Instituto Politécnico de Beja. Escola Superior de Tecnologia e Gestão. Licenciatura em Engenharia Informática. Relatório de Portfólio.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Instituto Politécnico de Beja. Escola Superior de Tecnologia e Gestão. Licenciatura em Engenharia Informática. Relatório de Portfólio."

Transcrição

1 Instituto Politécnico de Beja Escola Superior de Tecnologia e Gestão Licenciatura em Engenharia Informática Relatório de Portfólio GNU / Linux Nº 3113 Beja

2 Índice Índice... 2 Resumo... 3 A Actividade... 4 Introdução... 4 Material... 4 Distro (escolher/comparação)... 4 Instalação... 5 (Re)Compilação do Kernel... 6 Configuração... 6 Competências vs Tarefas... 8 Prazer... 8 Liberdade... 8 Aprendizagem e constante actualização... 8 Muita ajuda... 9 Sempre actualizado... 9 Ética... 9 Conclusão Desenvolvimento Pessoal Viver com o Linux Referências

3 Resumo O Open Source 1 tornou-se uma alternativa viável aos produtos de companhias comerciais como a Microsoft, Apple, Sun e IBM. O Gnu/Linux é apresentado hoje em dia com um vasto leque de distros 2, mas a sua base é a mesma em todos. Contudo muitos utilizadores (as) de computadores já ouviram falar do GNU/Linux, o sistema operativo alternativo, mas é ainda assustador, é algo marginal e sem credibilidade. O objectivo desta actividade é divulgar, mostrar como o novo sistema operativo é uma alternativa viável e que possui um futuro promissor. Pretendo mostrar o quanto é simples a sua instalação e configuração, o quanto se pode aprender ao entrar em contacto com este sistema operativo, que foi criado a nível global por vários engenheiros, programadores, curiosos e sempre com o intuito de não obter lucro, mas sim acreditar que é possível utilizar o intelecto para um objectivo comum. Divulgar que a comunidade que aposta na liberdade está sempre presente e que estão dispostos a partilhar o seu conhecimento através de fóruns, blogues, páginas pessoais, revistas, etc. 1 Software cujo código fonte é visível publicamente. 2 Distribuição, colecção de software livre criado por indivíduos, grupos e organizações de todo o mundo, organizada e pré-configurada. 3

4 A Actividade Introdução O Gnu/Linux é um sistema operativo completo, que é composto por um núcleo (Linux) e por outros programas de sistema, e em torno do núcleo correm as aplicações GNU daí a referência ao GNU/Linux. O Linux foi desenvolvido por Linus Torvalds como um projecto particular inspirado nos sistemas utilizado na Universidade de Helsínquia. O Linux seria inútil sem os utilitários que foram reunidos e desenvolvidos pelo Projecto GNU da Free Software Foundation, fundação criada por Richard Stallman. Material Uma distro 2 Um computador que funcione em algumas das arquitecturas/plataformas como x86, x86-64, ARM, PowerPC, Alpha etc ou até consolas de jogos. Distro 2 (escolher/comparação) Existem muitas distribuições, para as mais variadas utilizações. A escolha deve recair sobre a que satisfaz as necessidades de cada utilizador e com base na experiência do mesmo com o sistema operativo GNU/Linux. É sempre aconselhável testar as mais divulgadas, porque são mais estáveis e felizmente, cada distribuição aposta em pontos distintos que não agrada a todos os utilizadores, permanecendo sempre a sensação que falta complementar o sistema em algum aspecto. Não existe nenhuma distribuição que se possa considerar a melhor, no meu ponto de vista, mas é sempre um assunto discutível. 2 Distribuição, colecção de software livre criado por indivíduos, grupos e organizações de todo o mundo, organizada e pré-configurada. 4

5 Instalação Com a evolução do próprio sistema operativo GNU/Linux o modo de instalação, ao longo do tempo, tornou-se fácil e acessível ao mais comum dos utilizadores(as). Deve possuir um DVD/CD s da distro que são gratuitos. Quase todas as distribuições inicializam com um sistema de configuração muito simples, embora as distribuições sejam diferentes, os passos básicos e essenciais são iguais em todos. É necessário escolher o tipo de instalação que se pretende, servidor, estação de trabalho ou uma instalação personalizada, esta permite um maior controlo nas escolhas dos pacotes e opções. Mesmo com o apoio do instalador gráfico é necessário criar novas partições, embora disponibilize a opção automática de particionamento é sempre aconselhável a verificação e alteração consoante a máquina que se possui. Configurar o Boot Loader para o arranque do sistema, que tem de ser instalado no MBR 3. Na configuração de rede há que ter em atenção se se pretende obter endereço via DHCP 4 ou endereço fixo. De modo a obter um sistema seguro, é necessário configurar o nível de segurança do Firewall 5 como médio, é o suficiente para o(a) utilizador(a) que não tem a ideia do que pretende fazer por enquanto com o sistema. É importante a correcta configuração da língua do sistema e o fuso horário, porque caso contrário o(a) utilizador(a) irá obter efeitos negativos no que se refere à integridade dos dados do sistema. Definir o(s) utilizador(es)(as) do sistema, o utilizador root é o administrador(a) do sistema e é o único que possui autorização para mudar as configurações e instalar programas. Deve criar um utilizador(a) além do root, com menos permissões de modo a ficar protegido dos erros causados pelo mesmo. 3 (Master Boot Record) arranque de um sistema PC. 4 (Dynamic Host Configuration Protocol) permite que dispositivos de rede obtenham endereços IP automaticamente. 5 Dispositivo com função de regular o tráfego de rede entre redes distintas e impedir a transmissão e/ou recepção de dados nocivos ou não autorizados de uma rede a outra. 5

6 Os pacotes a instalar, geralmente vêm seleccionados por defeito, e são o suficiente para o correcto funcionamento do sistema. É recomendada a instalação de ambos ambientes gráficos do GNU/Linux, o Gnome e o KDE, dado que ambos conseguem interagir entre si e possuem aplicações distintas. A parte final do processo de instalação é simples e intuitivo, bastando responder às questões colocadas e aguardar a finalização instalação/configuração. Geralmente todo o hardware é detectado automaticamente, mas é possível verificar a correcta configuração após a conclusão de todo o processo. A instalação pode demorar alguns longos minutos, e após a instalação o computador é reiniciado, e durante o arranque é possível visualizar informações relativas ao computador, a configuração efectuada e aos recursos disponíveis. Inicializar o sistema com o nome utilizador e palavrachave definidos durante a instalação e o sistema está pronto a ser utilizado. (Re)Compilação do Kernel É bom ter presente que o processo de compilação de adaptação ao hardware não é uma tarefa aconselhada aos utilizadores recém-chegado ao GNU/Linux. Cada distro possui ferramentas específicas para compilar o Kernel através do código fonte, esta por sua vez já vem configurada para a generalidade das plataformas, mas é recomendável a recompilação do mesmo para a optimização do sistema, conforme as necessidades da máquina. Esta operação tem de ser efectuada com extra atenção, pois poderá colocar suportes para hardwares, colocar recursos, reduzir o tamanho, entre outras opções. Configuração Para (re)compilar o Kernel do Linux é necessário: O código fonte do Kernel. make 6 6 Programa concebido para compilar automaticamente o código fonte de um programa 6

7 gcc 7 gzip ou bzip2 e tar 8 ncurses 9 Este processo necessita do acesso administrativo, logo à que aceder ao sistema como root. Primeiro instalar o código fonte do kernel e descompactá-lo, executar o comando 'make menuconfig' 10, surge um menu em que é possível escolher várias opções de suporte, nesta parte há que escolher o que se pretende configurar, existem imensas opções e todas possuem ajuda referente a sua utilidade. Depois de configurado e salvo, um arquivo '.config' 11 é gerado dentro da directória da fonte do Kernel. Agora é hora de compilar, a maioria das distros já possuem comandos específicos para compilar e configurar o novo Kernel automaticamente, agora à quer ser paciente, a compilação pode demorar alguns minutos/horas, dependendo da sua configuração e velocidade do processador. Durante esta fase é criada a imagem e os módulos que posteriormente são instalados nos devidos lugares, ao mesmo tempo é ajustada a configuração do LILO ou GRUB para o novo Kernel, que indica a direcção para a recém-compilada imagem. A recompilação do Kernel é um processo que necessita que se reinicie a máquina. É provável que quando iniciar o sistema com o novo kernel, receba a bela mensagem com o famoso Kernel Panic, o que significa que algo correu mal na compilação. A solução é voltar a (re)compilar o Kernel, tentando descobrir que suporte/opção ficou desactivado na anterior configuração e em cada erro ir aprendendo. 7 Conjunto de compiladores de linguagens de programação 8 Softwares livres de compressão de dados. 9 Biblioteca que provê uma API para o desenvolvimento de interfaces em modo texto. 10 Gera/carrega o menu de configuração do kernel. 11 Arquivo contém todas as definições das configurações efectuadas. 7

8 Competências vs Tarefas Prazer O GNU/Linux equivale a uma arte, a uma criatividade universal. Liberdade O uso da GPL (Gnu Public Licence) 12, trata-se de uma licença com alguma complexidade e de interpretação por vezes, mas em termos gerais, a GPL baseia-se em 4 liberdades: 1. A liberdade de executar o programa, para qualquer propósito (liberdade nº 0) 2. A liberdade de estudar como o programa funciona e adaptá-lo às suas necessidades (liberdade nº 1). O acesso ao código-fonte é um pré-requisito para esta liberdade. 3. A liberdade de redistribuir cópias de modo que possa ajudar o próximo (liberdade nº 2). 4. A liberdade de aperfeiçoar o programa e permitir os aperfeiçoamentos, de modo que toda a comunidade beneficie deles (liberdade nº 3). O acesso ao código-fonte é um pré-requisito para esta liberdade. Com a garantia destas liberdades, a GPL permite que os programas sejam distribuídos e reaproveitados, mantendo, porém, os direitos do autor de forma a não permitir que essa informação seja utilizada de maneira que limite as liberdades originais. Aprendizagem e constante actualização A aprendizagem e a auto formação é muito importante nesta actividade, há sempre novas distros a surgirem no mercado, novas tecnologias e novas linguagens de programação. A melhor forma de estar actualizado passa pela constante consulta de revistas especializadas na matéria, sites de Internet e foruns relacionados com o assunto. 12 Licença que regula o copyright da grande maioria do software livre feito por indivíduos, empresas e comunidades no mundo. 8

9 É importante estar constantemente actualizado, isso permite ao utilizador(a) possuir um sistema fiável, seguro e a par das tendências do mercado. Toda esta informação permite melhorar as técnicas de organização e de aprendizagem, que podem ser aplicadas em outras actividades do quotidiano. Ao consultar toda esta informação o utilizador(a) aumenta o seu conhecimento a nível intelectual, social entre outras áreas complementares à actividade. Muita ajuda Existem enumeras listas de discussão, fóruns, guias para utilizadores(as) iniciantes de Gnu/Linux espalhados pela rede global. Todos são muito solicitados, não existem dúvidas que não sejam solucionadas, toda uma comunidade está presente para resolver problemas. Ao participar, o recém utilizador(a) com as experiências que vai adquirindo, torna-se igualmente útil e aberto a apoiar a resolução de problemas de outros utilizadores(as). Sempre actualizado Devido ao facto de ser um sistema operativo feito por uma enorme comunidade de utilizadores, praticamente todos dias existe algo a ser actualizado. Ética Existe toda uma cultura por detrás do mundo do Open Source, o que implicou o surgir da cultura hacker 13, que define um estilo próprio, e muitas das pessoas que se tornam hackers são programadores extraordinários com a atitude natural de construírem somente coisas para o bem. Neste sentido, os hackers 13 foram as pessoas que criaram a Internet, fizeram crescer o sistema operativo GNU/Linux, mantiveram a Usenet, e que fazem a World Wide Web funcionar, mantendo a cultura de desenvolvimento livre conhecida actualmente. 13 Indivíduos da sociedade moderna, e possuem conhecimentos avançados na área tecnológica e de informática 9

10 Conclusão O GNU/Linux continua a ser uma alternativa fantástica e tem cada vez mais importância no mundo do Software e da computação, além de ser um óptimo sistema operativo. Actualmente é o sistema operativo que utilizo no computador portátil para os meus trabalhos e formação escolar. A transição foi ligeiramente complicada, porque sentia uma certa sujeição à facilidade de certas tarefas do ambiente Windows que com o tempo foram desvanecendo. Neste momento tenho muita facilidade em interagir com ambos os sistemas operativos e estou confiante para novos desafios que possam vir a surgir. 10

11 Desenvolvimento Pessoal Permitiu melhorar o trabalho intelectual, acrescentou aos meus conhecimentos como especialista na área técnica a capacidade de programação e o interesse em tecnologia. Permitiu aumentar a minha necessidade de adquirir mais conhecimento e o desejo de tornar-me um pesquisador académico e conseguir ter como função, gestor de projectos informáticos e tecnológicos. Viver com o Linux O GNU/Linux era utilizado somente por técnicos ou curiosos, ninguém arriscava-se a substituir o sistema operativo Windows. Com o crescimento do Software livre tornou-se possível o uso do GNU/Linux no dia-a-dia. No presente, é utilizado em escolas, laboratórios, e inúmeras casas como sistema padrão, mas esse número de pessoas representa uma parcela insignificante em relação aos utilizadores do sistema operativo Windows, isto incluíndo a população que nunca utilizou um computador na vida. Todos os tipos de Softwares existentes no Windows possuem um correspondente para GNU/Linux. A grande maioria destes projectos são melhores ou mais maduros do que as versões apresentadas sistema operativo Windows. A compatibilidade de arquivos do Windows no GNU/Linux também é muito boa. O meu envolvimento com o mundo do Open Source, permitiu-me verificar que a partilha de informações pode ser bastante positiva, a troca de experiências e programação de Software livre, facilita o acesso à informação e os recursos disponíveis para computadores. 11

12 O movimento do Código Aberto foca as vantagens práticas que todos podem obter tendo uma comunidade de utilizadores que podem cooperar em intercâmbios e melhorias no Software. Aquela liberdade em cooperar com outras pessoas, liberdade de ter uma comunidade... é importante para a nossa qualidade de vida. É importante para ter uma boa sociedade onde possamos viver. (Richard Stallman) 12

13 Referências LOZANO, Fernando. Instalação e Operação do GNU/Linux (Aula 1),

16:21:50. Introdução à Informática com Software Livre

16:21:50. Introdução à Informática com Software Livre 16:21:50 Introdução à Informática com Software Livre 1 16:21:50 Hardware & Software 2 16:21:50 Hardware Hardware é a parte física de um computador, é formado pelos componentes eletrônicos, como por exemplo,

Leia mais

Aula 01. Introdução ao Linux

Aula 01. Introdução ao Linux Aula 01 Introdução ao Linux Introdução Objetivos aprender a usar um novo sistema aprender a usar uma nova interface Como no Windows navegar pela internet (e-mails, facebook, etc) criar pastas e arquivos

Leia mais

Librix...3. Software Livre...3. Manual Eletrônico...3. Opções de Suporte...3. Configuração de Dispositivos Básicos...4

Librix...3. Software Livre...3. Manual Eletrônico...3. Opções de Suporte...3. Configuração de Dispositivos Básicos...4 Índice Introdução Librix...3 Software Livre...3 Manual Eletrônico...3 Opções de Suporte...3 Dicas para a Instalação Configuração de Dispositivos Básicos...4 Teclado...4 Mouse...5 Vídeo...5 Rede...6 Configuração

Leia mais

Kernel Linux. Trabalho Realizador Por: Tiago Conceição Nº 11903. Representação artística do núcleo Linux

Kernel Linux. Trabalho Realizador Por: Tiago Conceição Nº 11903. Representação artística do núcleo Linux Kernel Linux Representação artística do núcleo Linux Trabalho Realizador Por: Tiago Conceição Nº 11903 Índice Introdução...2 O que é o Kernel...3 Como surgiu...4 Para que serve...5 Versões...6 Versões

Leia mais

Software Livre. Acesso ao código fonte Alterar o código fonte Redistribuir Utilizar como desejar

Software Livre. Acesso ao código fonte Alterar o código fonte Redistribuir Utilizar como desejar Software Livre Acesso ao código fonte Alterar o código fonte Redistribuir Utilizar como desejar Linux Licença GPL (Licença Pública Geral) Linux Licença GPL (Licença Pública Geral) - A liberdade de executar

Leia mais

Software de sistema Software aplicativo

Software de sistema Software aplicativo SOFTWARE O que é Software? Software, logicial ou programa de computador é uma sequência de instruções a serem seguidas e/ou executadas, na manipulação, redireccionamento ou modificação de um dado/informação

Leia mais

Manual de Instalação do Linux Educacional 1.0

Manual de Instalação do Linux Educacional 1.0 2007 Manual de Instalação do Linux Educacional 1.0 Por: Rafael Nink de Carvalho Web site: 2 Manual de Instalação do Linux Educacional 1.0 Por: Rafael Nink de Carvalho Machadinho D Oeste RO Agosto 2007

Leia mais

LINUX. Lapro I Profa. Fernanda Denardin Walker. - Aula 2 - Material adaptado de: Isabel Mansour, Marcia Moraes e Silvia Moraes SISTEMA OPERACIONAL

LINUX. Lapro I Profa. Fernanda Denardin Walker. - Aula 2 - Material adaptado de: Isabel Mansour, Marcia Moraes e Silvia Moraes SISTEMA OPERACIONAL LINUX Lapro I Profa. Fernanda Denardin Walker - Aula 2 - Material adaptado de: Isabel Mansour, Marcia Moraes e Silvia Moraes SISTEMA OPERACIONAL Para que o computador funcione e possibilite a execução

Leia mais

SOFTWARE LIVRE. Distribuições Live CD. Kernel. Distribuição Linux

SOFTWARE LIVRE. Distribuições Live CD. Kernel. Distribuição Linux SOFTWARE LIVRE A liberdade de executar o programa, para qualquer propósito. A liberdade de estudar como o programa funciona, e adaptá-lo para as suas necessidades. Acesso ao código-fonte é um pré-requisito

Leia mais

Curso de Linux Básico com o Linux Educacional

Curso de Linux Básico com o Linux Educacional Curso de Linux Básico com o Felipe Buarque de Queiroz felipe.buarque@gmail.com Unidade Gestora de Tecnologia da Informação - UGTI Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Alagoas - FAPEAL Maio de 2009

Leia mais

Administração de Sistemas Livres. Prof. Lais Farias Alves

Administração de Sistemas Livres. Prof. Lais Farias Alves Administração de Sistemas Livres Prof. Lais Farias Alves Administração de Sistemas Livres Software e Suas Licenças O que é um Software Livre? Software Livre x Software Proprietário Software e Suas Licenças

Leia mais

Oficina de ferramentas de Gerência para Redes em Linux. Prof. Jefferson Santiago

Oficina de ferramentas de Gerência para Redes em Linux. Prof. Jefferson Santiago Oficina de ferramentas de Gerência para Redes em Linux Prof. Jefferson Santiago Apresentação Qual seu nome? Já possui experiência na área? Questionário avaliativo Acesse: http://goo.gl/forms/4rfaomufim

Leia mais

Soluções em Linux. Linux no Desktop. Ambiente Doméstico e Profissional. Sandro Venezuela sandro@linux2business.com.br

Soluções em Linux. Linux no Desktop. Ambiente Doméstico e Profissional. Sandro Venezuela sandro@linux2business.com.br Linux no Desktop Ambiente Doméstico e Profissional Sandro Venezuela sandro@linux2business.com.br Agenda Introdução Instalação Configuração Gerenciamento de Pacotes Customização do Kernel Introdução ao

Leia mais

Gestão em Sistemas de Informação. Profa.: Me. Christiane Zim Zapelini E-mail: christianezapelini@nwk.edu.br

Gestão em Sistemas de Informação. Profa.: Me. Christiane Zim Zapelini E-mail: christianezapelini@nwk.edu.br Gestão em Sistemas de Informação Profa.: Me. Christiane Zim Zapelini E-mail: christianezapelini@nwk.edu.br Gestão em Sistemas de Informação Aula 34 Software livre e código aberto Aula 34 2 Gestão em Sistemas

Leia mais

SISTEMA OPERACIONAL & SOFTWARE LIVRE

SISTEMA OPERACIONAL & SOFTWARE LIVRE Curso Técnico em Redes de Computadores Disciplina de Sistemas Operacionais Livres SISTEMA OPERACIONAL & SOFTWARE LIVRE Professora: Juliana Cristina dos Santos E-mail: professora@julianacristina.com Site:

Leia mais

Sistema Operacional. História Sistema Operacional 1. QI Escolas e Faculdades Apostila de Linux

Sistema Operacional. História Sistema Operacional 1. QI Escolas e Faculdades Apostila de Linux 4 Capítulo 1 Sistema Operacional É uma coleção de programas que inicializa hardwares, fornece rotinas básicas para controle de dispositivos, mantém a integridade de um sistema. Um sistema operacional de

Leia mais

O que é o GNU/LINUX? O que e o Kernel?

O que é o GNU/LINUX? O que e o Kernel? O que é o GNU/LINUX? Muita gente confunde Linux com sistema operacional. Digamos que parcialmente não esteja errado. O Linux(núcleo, coração do sistema), ele e responsável pelo funcionamento do computador,

Leia mais

ACRONIS BACKUP AND RECOVERY 10 SERVER FOR LINUX

ACRONIS BACKUP AND RECOVERY 10 SERVER FOR LINUX Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para ACRONIS BACKUP AND RECOVERY 10 SERVER FOR LINUX. Você vai encontrar as respostas a todas suas

Leia mais

Introdução a Sistemas Abertos

Introdução a Sistemas Abertos Introdução a Sistemas Abertos Apresentação filipe.raulino@ifrn.edu.br Sistemas Abertos Qualquer programa de computador que pode ser usado, copiado, estudado e redistribuído inclusive com seu código fonte

Leia mais

Confrontada com o gabarito oficial e comentada. 75. A denominada licença GPL (já traduzida pra o português: Licença Pública Geral)

Confrontada com o gabarito oficial e comentada. 75. A denominada licença GPL (já traduzida pra o português: Licença Pública Geral) Prova Preambular Delegado São Paulo 2011 Módulo VI - Informática Confrontada com o gabarito oficial e comentada 75. A denominada licença GPL (já traduzida pra o português: Licença Pública Geral) a) Garante

Leia mais

NÚCLEO DE CIDADANIA DIGITAL Caminho Livre para o novo mundo! Conceitos básicos de Linux. www.ncd.ufes.br

NÚCLEO DE CIDADANIA DIGITAL Caminho Livre para o novo mundo! Conceitos básicos de Linux. www.ncd.ufes.br NÚCLEO DE CIDADANIA DIGITAL Caminho Livre para o novo mundo! Conceitos básicos de Linux www.ncd.ufes.br Licença Este trabalho é licenciado sob a licença Creative Commons Attribution NonCommercial-ShareAlike

Leia mais

Universidade Federal de Goiás. Alexandre Ferreira de Melo CERCOMP / UFG

Universidade Federal de Goiás. Alexandre Ferreira de Melo CERCOMP / UFG Universidade Federal de Goiás Ubuntu Desktop Alexandre Ferreira de Melo CERCOMP / UFG Conpeex / 2010 Agenda Introdução Conceitos Categorias de Software História do Linux Arquitetura do Linux Ubuntu Projeto

Leia mais

Software Livre na Escola

Software Livre na Escola Introdução Reflexão sucinta sobre a adopção de software livre na Escola "O alargamento do acesso às redes digitais, indispensável para que não se gerem novas formas de exclusão, pode passar pela consideração

Leia mais

A importância do Software Livre no mundo de hoje

A importância do Software Livre no mundo de hoje A importância do Software Livre no mundo de hoje Date : 15 de Janeiro de 2014 Por Luis da Costa para o Pplware! Uma questão de conceitos, termos e liberdades. Uma das grandes e mais importantes temáticas

Leia mais

Everson Scherrer Borges João Paulo de Brito Gonçalves

Everson Scherrer Borges João Paulo de Brito Gonçalves Everson Scherrer Borges João Paulo de Brito Gonçalves 1 Introdução ao Linux e Instalação do Ubuntu Linux História Em 1973, um pesquisador da Bell Labs, Dennis Ritchie, reescreveu todo o sistema Unix numa

Leia mais

CESPE - 2012 - FNDE - Técnico em Financiamento e Execução de Programas e Projetos Educacionais

CESPE - 2012 - FNDE - Técnico em Financiamento e Execução de Programas e Projetos Educacionais CESPE - 2012 - FNDE - Técnico em Financiamento e Execução de Programas e Projetos Educacionais De modo semelhante ao Linux, o Windows é considerado um software microbásico. Uma característica desse tipo

Leia mais

Acer econsole Manual do Utilizador

Acer econsole Manual do Utilizador Acer econsole Manual do Utilizador 1 Informações sobre software de outras empresas ou software gratuito O software pré-instalado, integrado ou distribuído com os produtos fornecidos pela Acer contém programas

Leia mais

Informática I. Aula 26. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Baseada no Capítulo 2 do Livro Introdução a Informática Capron e Johnson

Informática I. Aula 26. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Baseada no Capítulo 2 do Livro Introdução a Informática Capron e Johnson Informática I Aula 26 Baseada no Capítulo 2 do Livro Introdução a Informática Capron e Johnson http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 26-17/07/06 1 Ementa Histórico dos Computadores Noções de

Leia mais

Curso Tecnológico de Informática Matriz de Exame de Equivalência de Tecnologias Informáticas Prova Prática - Código 259

Curso Tecnológico de Informática Matriz de Exame de Equivalência de Tecnologias Informáticas Prova Prática - Código 259 Curso Tecnológico de Informática Matriz de Exame de Equivalência de Tecnologias Informáticas Prova Prática - Código 259 Escola Secundária c/ 3.º Ciclo D. Dinis Ano Lectivo 2008/2009 Grupos Conteúdos Objectivos/Competências

Leia mais

Sistema Operativo Linux

Sistema Operativo Linux Sistema Operativo Linux Linux É um sistema operativo da família UNIX, desenvolvido colaborativamente através da internet. É um software livre ou open source, com o código fonte disponível em www.kernel.org

Leia mais

INSS. Prof. Rafael Araújo. Informática. software assim licenciado. A esta versão de copyright, dá-se o nome de copyleft.

INSS. Prof. Rafael Araújo. Informática. software assim licenciado. A esta versão de copyright, dá-se o nome de copyleft. SOFTWARE LIVRE Software Livre é todo programa de computador que pode ser usado, copiado, estudado, modificado e redistribuído sem nenhuma restrição. O software livre tem seu modelo de desenvolvimento baseado

Leia mais

Curso Introdução ao Linux. Desmistificando o Software Livre. Nícholas André - www.iotecnologia.com.br - nicholas@iotecnologia.com.

Curso Introdução ao Linux. Desmistificando o Software Livre. Nícholas André - www.iotecnologia.com.br - nicholas@iotecnologia.com. Curso Introdução ao Linux Desmistificando o Software Livre Nícholas André - www.iotecnologia.com.br - nicholas@iotecnologia.com.br Índice 1 O que é Software Livre? 2 A história por trás do Software Livre.

Leia mais

Software de gestão em tecnologia Web

Software de gestão em tecnologia Web Software de gestão em tecnologia Web As Aplicações de Gestão desenvolvidas em Tecnologia Web pela Mr.Net garantem elevados níveis de desempenho, disponibilidade, segurança e redução de custos. A Mr.Net

Leia mais

Sistema Operacional LINUX

Sistema Operacional LINUX SISTEMA OPERACIONAL Sistema Operacional LINUX Para que o computador funcione e possibilite a execução de programas é necessária a existência de um sistema operacional. O sistema operacional é uma camada

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS ABERTOS Prof. Ricardo Rodrigues Barcelar http://www.ricardobarcelar.com

SISTEMAS OPERACIONAIS ABERTOS Prof. Ricardo Rodrigues Barcelar http://www.ricardobarcelar.com - Aula 9-1. O KERNEL DO LINUX Nos sistemas GNU/Linux, todas as distribuições baseadas nos sistemas GNU/Linux existentes são compatíveis, graças ao uso de um kernel único desenvolvido por uma equipe de

Leia mais

Guia do Sistema. =// GNU/Linux //= para o Usuário Desktop. Baseado no sistema. Slackware 11.0 / KDE 3.5. ### 4a. Edição ###

Guia do Sistema. =// GNU/Linux //= para o Usuário Desktop. Baseado no sistema. Slackware 11.0 / KDE 3.5. ### 4a. Edição ### Guia do Sistema =// GNU/Linux //= para o Usuário Desktop Baseado no sistema Slackware 11.0 / KDE 3.5 ### 4a. Edição ### Rio, 12 de Novembro de 2006. Copyright (C) 2002-2005 Ednei Pacheco de Melo. Permission

Leia mais

Carla Morais e João Paiva. Software Educativo 2009/2010

Carla Morais e João Paiva. Software Educativo 2009/2010 Carla Morais e João Paiva Software Educativo 2009/2010 Os conceitos: Software livre e Open Source O conceito de Software livre (Free Software, no original), anterior ao de Open source, foi cunhado por

Leia mais

1.1 A abordagem seguida no livro

1.1 A abordagem seguida no livro 1- Introdução A área de administração de sistemas e redes assume cada vez mais um papel fundamental no âmbito das tecnologias da informação. Trata-se, na realidade, de uma área bastante exigente do ponto

Leia mais

Soluções de Gestão de Clientes e Impressão Universal

Soluções de Gestão de Clientes e Impressão Universal Soluções de Gestão de Clientes e Impressão Universal Manual do utilizador Copyright 2007 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Windows é uma marca registada da Microsoft Corporation nos E.U.A. As informações

Leia mais

ZS Rest. Manual Avançado. Instalação em Rede. v2011

ZS Rest. Manual Avançado. Instalação em Rede. v2011 Manual Avançado Instalação em Rede v2011 1 1. Índice 2. Introdução... 2 3. Hardware... 3 b) Servidor:... 3 c) Rede:... 3 d) Pontos de Venda... 4 4. SQL Server... 5 e) Configurar porta estática:... 5 5.

Leia mais

Projecto SDAC 2010. Sistema Operativo Open Source. Curso: Técnico de Gestão de Equipamentos Informáticos

Projecto SDAC 2010. Sistema Operativo Open Source. Curso: Técnico de Gestão de Equipamentos Informáticos Projecto SDAC 2010 Sistema Operativo Open Source Curso: Técnico de Gestão de Equipamentos Informáticos Disciplina: Sistemas Digitais e Arquitectura de Computadores Professores: Catarina Santos/Paulo Guimarães

Leia mais

Agente local Aranda GNU/Linux. [Manual Instalación] Todos los derechos reservados Aranda Software www.arandasoft.com [1]

Agente local Aranda GNU/Linux. [Manual Instalación] Todos los derechos reservados Aranda Software www.arandasoft.com [1] Todos los derechos reservados Aranda Software www.arandasoft.com [1] Introdução O Agente Aranda para sistemas Linux se encarrega de coletar as seguintes informações em cada uma das estações de trabalho

Leia mais

Generated by Foxit PDF Creator Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only. Capitulo 1

Generated by Foxit PDF Creator Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only. Capitulo 1 Capitulo 1 Montagem de duas pequenas redes com a mesma estrutura. Uma é comandada por um servidor Windows e outra por um servidor linux, os computadores clientes têm o Windows xp Professional instalados.

Leia mais

O que é software livre

O que é software livre O que é software livre Publicado por brain em Sáb, 2006-03-25 17:12. :: Documentação [http://brlinux.org/linux/taxonomy/term/13] por Augusto Campos Este artigo responde a diversas dúvidas comuns de novos

Leia mais

UM PBX GENUINAMENTE BRASILEIRO MANUAL DE INSTALAÇÃO COM IMAGEM ISO

UM PBX GENUINAMENTE BRASILEIRO MANUAL DE INSTALAÇÃO COM IMAGEM ISO UM PBX GENUINAMENTE BRASILEIRO MANUAL DE INSTALAÇÃO COM IMAGEM ISO Criado por: Flavio Henrique Somensi flavio@opens.com.br Revisão: qui, 25 de abril de 2013 www.sneplivre.com.br Índice 1. Instalação...4

Leia mais

EIC. Projecto I. Manual do Utilizador. Vídeo Vigilância Abordagem Open Source. Curso: Engenharia de Informática e Comunicações Ano Lectivo: 2005/2006

EIC. Projecto I. Manual do Utilizador. Vídeo Vigilância Abordagem Open Source. Curso: Engenharia de Informática e Comunicações Ano Lectivo: 2005/2006 EIC Engenharia de Informática e Comunicações Morro do Lena, Alto Vieiro Apart. 4163 2401 951 Leiria Tel.: +351 244 820 300 Fax.: +351 244 820 310 E-mail: estg@estg.iplei.pt http://www.estg.iplei.pt Engenharia

Leia mais

Conceptronic C100BRS4H Guia de Instalação Rápida. Parabéns pela compra do seu Router de Banda Larga com 4 portas da Conceptronic.

Conceptronic C100BRS4H Guia de Instalação Rápida. Parabéns pela compra do seu Router de Banda Larga com 4 portas da Conceptronic. Conceptronic C100BRS4H Guia de Instalação Rápida Parabéns pela compra do seu Router de Banda Larga com 4 portas da Conceptronic. O seguinte Guia de Instalação de Hardware explica-lhe passo-a-passo como

Leia mais

Conteúdo. Uma visão social. O que é? Dá certo? Custos. Recomendações. Apresentação Ricardo Gazoni Semiotic Systems. Software Livre Junho de 2011

Conteúdo. Uma visão social. O que é? Dá certo? Custos. Recomendações. Apresentação Ricardo Gazoni Semiotic Systems. Software Livre Junho de 2011 Conteúdo Uma visão social O que é? Dá certo? Custos Recomendações Apresentação Ricardo Gazoni Semiotic Systems Página 2 Uma visão social História da computação: o começo de tudo 1936 década de 40 Máquina

Leia mais

Terceiro Resumo de Projeto de Engenharia de Software

Terceiro Resumo de Projeto de Engenharia de Software Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro Terceiro Resumo de Projeto de Engenharia de Software Grupo Open Source: Eduardo Telles Giovani Tadei Marco Aurélio Renata Monique Primeira Aula O aspecto

Leia mais

UM PBX GENUINAMENTE BRASILEIRO

UM PBX GENUINAMENTE BRASILEIRO UM PBX GENUINAMENTE BRASILEIRO MANUAL DE INSTALAÇÃO COM IMAGEM ISO Revisão: Seg, 21 de Março de 2011 www.sneplivre.com.br Índice 1. Instalação...4 1.1. Pré Requisitos...4 1.2. Na Prática...4 1.2.1. Download...4

Leia mais

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial 2 1. O Sistema PrinterTux O Printertux é um sistema para gerenciamento e controle de impressões. O Produto consiste em uma interface web onde o administrador efetua o cadastro

Leia mais

Acronis Servidor de Licença. Manual do Utilizador

Acronis Servidor de Licença. Manual do Utilizador Acronis Servidor de Licença Manual do Utilizador ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1 Descrição geral... 3 1.2 Política de licenças... 3 2. SISTEMAS OPERATIVOS SUPORTADOS... 4 3. INSTALAR O SERVIDOR DE LICENÇA

Leia mais

I N F O R M Á T I C A. Sistemas Operacionais Prof. Dr. Rogério Vargas Campus Itaqui-RS

I N F O R M Á T I C A. Sistemas Operacionais Prof. Dr. Rogério Vargas Campus Itaqui-RS I N F O R M Á T I C A Sistemas Operacionais Campus Itaqui-RS Sistemas Operacionais É o software que gerencia o computador! Entre suas funções temos: inicializa o hardware do computador fornece rotinas

Leia mais

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo de Administração de Servidores de Rede AULA 03. Prof. Gabriel Silva

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo de Administração de Servidores de Rede AULA 03. Prof. Gabriel Silva FTIN Formação Técnica em Informática Módulo de Administração de Servidores de Rede AULA 03 Prof. Gabriel Silva Temas da Aula de Hoje: Servidores Linux. Conceitos Básicos do Linux. Instalando Servidor Linux.

Leia mais

Escola Profissional Vasconcellos Lebre

Escola Profissional Vasconcellos Lebre CURSO UNIDADE LOCAL DE FORMAÇÃO DURAÇÃO FORMADORA EFA-NS/NÍVEL 3 TEC. INF. GESTÃO DE REDES FT5 SISTEMA OPERATIVO DISTRIBUIÇÃO LINUX ESCOLA PROFISSIONAL VASCONCELLOS LEBRE 50 HORAS Paulo Relvas Reflexão

Leia mais

Por: Rafael Nink de Carvalho www.linuxeducacional.com www.rafaelnink.com

Por: Rafael Nink de Carvalho www.linuxeducacional.com www.rafaelnink.com L I N2 U0 X0 9 Manual de Instalação do Linux Educacional 3.0 Por: Rafael Nink de Carvalho ü Configurando o SETUP do computador ü Rodando a versão Live CD ü Instalando o Linux www.linuxeducacional.com Educacional

Leia mais

Manual de Reposição de Linux Caixa Mágica

Manual de Reposição de Linux Caixa Mágica Manual de Reposição de Contract Ref.: Ref. Contrato Sistema de Reposição Date: Pages: Issue: State: Access: Reference: 10/9/2004 13 Draft Public i Approved Version: RR Name Function Signature Date Paulo

Leia mais

Partição Partição primária: Partição estendida: Discos básicos e dinâmicos

Partição Partição primária: Partição estendida: Discos básicos e dinâmicos Partição Parte de um disco físico que funciona como se fosse um disco fisicamente separado. Depois de criar uma partição, você deve formatá-la e atribuir-lhe uma letra de unidade antes de armazenar dados

Leia mais

Manifesto Software Livre

Manifesto Software Livre Manifesto Software Livre Histórico iniciou com a elaboração de um documento denominado: " Manifesto GNU " por Richard Stallman 1.984; marco histórico do surgimento de uma nova forma de criação de Software;

Leia mais

DELEGAÇÃO REGIONAL DO ALENTEJO CENTRO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL DE ÉVORA REFLEXÃO 3

DELEGAÇÃO REGIONAL DO ALENTEJO CENTRO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL DE ÉVORA REFLEXÃO 3 REFLEXÃO 3 Módulos 0771, 0773, 0774 e 0775 1/5 18-02-2013 Esta reflexão tem como objectivo partilhar e dar a conhecer o que aprendi nos módulos 0771 - Conexões de rede, 0773 - Rede local - instalação,

Leia mais

Introdução 12/06/2012. Software Livre

Introdução 12/06/2012. Software Livre Software Livre Introdução Software Livre, software de código aberto ou software aberto é qualquer programa de computador cujo código-fonte deve ser disponibilizado para permitir o uso, a cópia, o estudo

Leia mais

Revisão LPI101. Tópicos e Objetivos. - 1.102 Instalação e Gerenciamento de Pacotes do Linux. - 1.104 Dispositivos, Sistemas de Arquivos Linux e o FHS

Revisão LPI101. Tópicos e Objetivos. - 1.102 Instalação e Gerenciamento de Pacotes do Linux. - 1.104 Dispositivos, Sistemas de Arquivos Linux e o FHS Tópicos e Objetivos - 1.101 Hardware e Arquitetura - - 1.103 Comandos GNU e Unix - 1.104 Dispositivos, Sistemas de Arquivos Linux e o FHS - 1.1.10 Sistema Xwindow 65 Questões em 90 minutos = 1m24s por

Leia mais

INSTALAÇÃO DO SUSE LINUX ENT. DESKTOP 10

INSTALAÇÃO DO SUSE LINUX ENT. DESKTOP 10 Duração: 02:45 min INSTALAÇÃO DO SUSE LINUX ENT. DESKTOP 10 1. Inicializar o Virtual PC 2007 e criar uma máquina virtual. a. Salvar em C:\Laboratorio b. O nome da máquina virtual será: Linux_Suse_Seunome.vmc

Leia mais

Resolução de avarias de MPEG

Resolução de avarias de MPEG Resolução de avarias de MPEG Esta secção é para utilizadores de cardiologia que visualizam MPEGs. Consulte os seguintes tópicos para o ajudarem a resolver problemas detectados ao visualizar MPEGs. Componentes

Leia mais

Fundamentos e Prática em Informática Ensino Médio Integrado em Informática. Lara Popov Zambiasi Bazzi Oberderfer

Fundamentos e Prática em Informática Ensino Médio Integrado em Informática. Lara Popov Zambiasi Bazzi Oberderfer Fundamentos e Prática em Informática Ensino Médio Integrado em Informática Lara Popov Zambiasi Bazzi Oberderfer Interface amigável e de fácil instalação; Maior compatibilidade de programas

Leia mais

Inicialização rápida da instalação SUSE Linux Enterprise Server 11

Inicialização rápida da instalação SUSE Linux Enterprise Server 11 Inicialização rápida da instalação SUSE Linux Enterprise Server 11 NOVELL CARTÃO DE INICIALIZAÇÃO RÁPIDA Use os seguintes procedimentos para instalar uma nova versão do SUSE Linux Enterprise 11. Este documento

Leia mais

Instalando o Debian em modo texto

Instalando o Debian em modo texto Instalando o Debian em modo texto Por ser composto por um número absurdamente grande de pacotes, baixar os CDs de instalação do Debian é uma tarefa ingrata. Você pode ver uma lista dos mirrors disponíveis

Leia mais

Curso Técnico de Nível Médio

Curso Técnico de Nível Médio Curso Técnico de Nível Médio Disciplina: Informática Básica 3. Software Prof. Ronaldo Software Formado por um conjunto de instruções (algoritmos) e suas representações para o

Leia mais

Informática Instrumental

Informática Instrumental 1º PERÍODO.: GRADUAÇÃO EM REDES DE COMPUTADORES :. Madson Santos madsonsantos@gmail.com 2 Unidade I Unidade I Software 3 Software o é uma sentença escrita em uma linguagem de computador, para a qual existe

Leia mais

Apontamentos do livro de AI Linux. 1.5 Modo texto e modo gráfico

Apontamentos do livro de AI Linux. 1.5 Modo texto e modo gráfico Apontamentos do livro de AI Linux 1.5 Modo texto e modo gráfico 1 Modo texto e modo gráfico O sistema operativo Linux possui duas formas de acesso: modo texto e modo gráfico No modo gráfico, o utilizador

Leia mais

Introdução ao Linux MICHELLE NERY

Introdução ao Linux MICHELLE NERY Introdução ao Linux MICHELLE NERY O que é preciso saber para conhecer o Linux? Entender os componentes de um computador. Conhecimentos básicos de sistemas operacionais. Referência: Sistemas Operacionais

Leia mais

INSTALAÇÃO DE SOFTWARES ÚTEIS EM ENGENHARIA CARTOGRÁFICA

INSTALAÇÃO DE SOFTWARES ÚTEIS EM ENGENHARIA CARTOGRÁFICA INSTALAÇÃO DE SOFTWARES ÚTEIS EM ENGENHARIA CARTOGRÁFICA Primeiramente é importante observar a importância do desenvolvimento de softwares específicos para agilizar o trabalho do Engenheiro Cartógrafo.

Leia mais

O modelo Bazar de Produção de Softwares. O caso das Comunidades Virtuais de Software livre.

O modelo Bazar de Produção de Softwares. O caso das Comunidades Virtuais de Software livre. O modelo Bazar de Produção de Softwares O caso das Comunidades Virtuais de Software livre. Por Vicente Aguiar Fonte: Lucas Rocha Feced/2005 Sobre esta apresentação 2008 Vicente Aguiar

Leia mais

O Manual do Simond. Peter H. Grasch

O Manual do Simond. Peter H. Grasch Peter H. Grasch 2 Conteúdo 1 Introdução 6 2 Usar o Simond 7 2.1 Configuração do Utilizador................................ 7 2.2 Configuração de Rede................................... 9 2.3 Configuração

Leia mais

ServiceHD. Javier Abad Álvarez Iván Darío Otero López 1

ServiceHD. Javier Abad Álvarez Iván Darío Otero López 1 Javier Abad Álvarez Iván Darío Otero López 1 Índice: 1. Introdução 1.1. A empresa 1.2. Objectivos 2. InstalaçãoTrês computadores na mesma rede, IPs, nomes, gateway 2.1.1 Windows 7 2.1.2 Ubuntu 3.DNS alias

Leia mais

Jackson Barbosa de Azevedo

Jackson Barbosa de Azevedo <jacksonbazevedo@hotmail.com> Autor: Jackson Barbosa de Azevedo Revisores: Aecio Pires 1 Conteúdo Sobre o OpenSUSE... 3 Procedimento de Instalação... 3 Preparando a Instalação do

Leia mais

Sistemas Operacionais de Arquitetura Aberta

Sistemas Operacionais de Arquitetura Aberta Sistemas Operacionais de Arquitetura Aberta Dailson Fernandes www.dailson.com.br contato@dailson.com.br Facebook: dailson.fernandes Twitter: @dailson_ Habilidades Instalar o sistema operacional; Instalar

Leia mais

Curso de Instalação e Gestão de Redes Informáticas

Curso de Instalação e Gestão de Redes Informáticas ESCOLA PROFISSIONAL VASCONCELLOS LEBRE Curso de Instalação e Gestão de Redes Informáticas FICHA DE TRABALHO FIREWALL E NAT José Vitor Nogueira Santos FT 22-0841 Mealhada, 2009 1. Descrever o funcionamento

Leia mais

Manual do Nero MediaStreaming para MCE

Manual do Nero MediaStreaming para MCE Manual do Nero MediaStreaming para MCE Nero AG Informações sobre direitos de autor e marcas O manual e todos os seus conteúdos estão protegidos pelos direitos de autores e são propriedade da empresa Nero

Leia mais

Noções de Software. André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com)

Noções de Software. André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Noções de Software André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Noções de Software; Sistemas Operacionais: Evolução; Conceitos Básicos; Tipos; Exemplos. DEINFO/UFRPE

Leia mais

Manual do utilizador. Aplicação de agente

Manual do utilizador. Aplicação de agente Manual do utilizador Aplicação de agente Versão 8.0 - Otubro 2010 Aviso legal: A Alcatel, a Lucent, a Alcatel-Lucent e o logótipo Alcatel-Lucent são marcas comerciais da Alcatel-Lucent. Todas as outras

Leia mais

Criando sites com um Sistema de Gerenciamento de Conteúdo (CMS - Content Management Systems)

Criando sites com um Sistema de Gerenciamento de Conteúdo (CMS - Content Management Systems) Criando sites com um Sistema de Gerenciamento de Conteúdo (CMS - Content Management Systems) Sistema de Gerenciamento de Conteúdo (Content Management Systems - CMS) Entendendo o que são Servidor Web e

Leia mais

software livre: a tecnologia que liberta!

software livre: a tecnologia que liberta! software livre: a tecnologia que liberta! conteúdo original de www.cachorrosurtado.blogspot.com www.escolaep.blogspot.com copyleft 2010 (((SLIDE 01))) RELEMBRANDO O CONCEITO DE SOFTWARE SOFTWARE é o mesmo

Leia mais

PLANO DE AULA. Ambiente Operacional Unix Profa. Morganna

PLANO DE AULA. Ambiente Operacional Unix Profa. Morganna PLANO DE AULA 1. Sistema operacional Unix 2. Sistema operacional Linux 3. Utilização dos sistemas operacionais 1 - Sistema Operacional UNIX História 1964 sistema operacional MULTICS (Multiplexed Information

Leia mais

Tutorial: Instalando Linux Educacional em uma maquina virtual

Tutorial: Instalando Linux Educacional em uma maquina virtual Maria Augusta Sakis Tutorial: Instalando Linux Educacional em uma Máquina Virtual Máquinas virtuais são muito úteis no dia-a-dia, permitindo ao usuário rodar outros sistemas operacionais dentro de uma

Leia mais

Software da Impressora

Software da Impressora Software da Impressora Acerca do Software da Impressora O software Epson inclui o controlador de impressão e o EPSON Status Monitor 3. O controlador de impressão é um software que permite controlar a impressora

Leia mais

Conteúdo SOFTWARE LIVRE. Terminologia. Histórico de Software Livre. Terminologia: Software livre. Terminologia: Software livre

Conteúdo SOFTWARE LIVRE. Terminologia. Histórico de Software Livre. Terminologia: Software livre. Terminologia: Software livre Conteúdo SOFTWARE LIVRE SCE 186 - Engenharia de Software Profs. José Carlos Maldonado e Elisa Yumi Nakagawa 2 o semestre de 2002 Histórico de Software Livre Terminologia Fases do Licença de Software Livre

Leia mais

Librix. A LIBERDADE DO LINUX COM A QUALIDADE ITAUTEC Guia de referência

Librix. A LIBERDADE DO LINUX COM A QUALIDADE ITAUTEC Guia de referência Librix A LIBERDADE DO LINUX COM A QUALIDADE ITAUTEC Guia de referência índice Librix Introdução Librix...03 Manual Eletrônico...03 Opções de Suporte...03 Dicas para a Instalação Configurações Regionais...05

Leia mais

Licenças Livres. Terry Laundos Aguiar

Licenças Livres. Terry Laundos Aguiar Licenças Livres Terry Laundos Aguiar "Quando nos referimos a software livre, estamos nos referindo a liberdade e não a preço." Licença GPL Licenças de Softwares Comprar um software, geralmente, é como

Leia mais

Conteúdo do pacote. Lista de terminologia. Powerline Adapter

Conteúdo do pacote. Lista de terminologia. Powerline Adapter Powerline Adapter Note! Não expor o Powerline Adapter a temperaturas extremas. Não deixar o dispositivo sob a luz solar directa ou próximo a elementos aquecidos. Não usar o Powerline Adapter em ambientes

Leia mais

Curso de Instalação e Gestão de Redes Informáticas

Curso de Instalação e Gestão de Redes Informáticas ESCOLA PROFISSIONAL VASCONCELLOS LEBRE Curso de Instalação e Gestão de Redes Informáticas INSTALAÇÃO DO SUSE LINUX José Vitor Nogueira Santos FT5 Introdução: O QUE É O SUSE OpenSUSE, é uma distribuição

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR DO BACKUP HD SERIES

MANUAL DO UTILIZADOR DO BACKUP HD SERIES MANUAL DO UTILIZADOR DO BACKUP HD SERIES OBRIGADO por ter adquirido a aplicação ClickFree Backup. Estas instruções foram reunidas para o ajudar a utilizar o produto, mas de um modo geral esperamos que

Leia mais

16/09/2012. Agenda. Introdução. Introdução. Tipos de Software (Básico) Tipos de Software. Curso Conexão Noções de Informática

16/09/2012. Agenda. Introdução. Introdução. Tipos de Software (Básico) Tipos de Software. Curso Conexão Noções de Informática Curso Conexão Noções de Informática Aula 2 Arquitetura de Computadores (Software) Agenda Introdução; Tipos de Software; Básico; Aplicativo; Livre; Proprietário. Pirataria de Software; Demos, Freewares

Leia mais

VM Card. Referência das Definições Web das Funções Avançadas. Manuais do Utilizador

VM Card. Referência das Definições Web das Funções Avançadas. Manuais do Utilizador VM Card Manuais do Utilizador Referência das Definições Web das Funções Avançadas 1 Introdução 2 Ecrãs 3 Definição de Arranque 4 Informações de Função Avançada 5 Instalar 6 Desinstalar 7 Ferramentas do

Leia mais

UNIX & Linux. Histórico, distribuição licença, características. Taisy Weber

UNIX & Linux. Histórico, distribuição licença, características. Taisy Weber UNIX & Linux Histórico, distribuição licença, características Taisy Weber História de UNIX 1969 - Ken Thompson Bell Laboratories, PDP-7 Dennis Ritchie logo juntou-se a Thompson Ritchie havia trabalhado

Leia mais

Mini curso de GNU/Linux

Mini curso de GNU/Linux Rudson Ribeiro Alves Mestre em Física (Semi Condutores) Usuário Unix de 1991 1998 Usuário Slackware deste 1994 Professor da UVV deste 1998 Mini curso de GNU/Linux Noções básicas sobre GNU/Linux Plataforma

Leia mais

Instalação de Moodle 1

Instalação de Moodle 1 Instalação de Moodle (local em Windows XP) 1. Introdução...2 2. Instalação de XAMPP...3 3. Instalação de Moodle...9 3.1. Download de Moodle...9 3.2. Criar uma Base de Dados...10 3.3. Instalação de Moodle...11

Leia mais

Manual de Instalação Solução Alinex Salas TIC Pág. 1/32

Manual de Instalação Solução Alinex Salas TIC Pág. 1/32 Í n d i c e 1) Pré-requisitos...5 2) Apresentação da solução...5 3) Instruções Passo a Passo de instalação da Solução...6 4) Primeiros passos...7 a) Preparar o equipamento...7 b) Configuração RAID em Servidores

Leia mais