28/03/2014. Silvio Helder Lencioni Senne março/2014 BASE LEGAL

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "28/03/2014. Silvio Helder Lencioni Senne março/2014 BASE LEGAL"

Transcrição

1 Silvio Helder Lencioni Senne março/2014 BASE LEGAL 2 1

2 CONSTITUIÇÃO FEDERAL, Art. 37, XXII AS ADMINISTRAÇÕES TRIBUTÁRIAS DA UNIÃO, DOS ESTADOS, DO DISTRITO FEDERAL E DOS MUNICÍPIOS ATUARÃO DE FORMA INTEGRADA, INCLUSIVE COM O COMPARTILHAMENTO DE CADASTROS E DE INFORMAÇÕES FISCAIS 3 PREPARAR FOLHAS DE PAGAMENTO DAS REMUNERAÇÕES PAGAS OU CREDITADAS A TODOS OS SEGURADOS A SEU SERVIÇO A empresa é também obrigada a: LEI Nº 8.212/1991, ART

3 O SPED É INSTRUMENTO QUE UNIFICA AS ATIVIDADES DE RECEPÇÃO, VALIDAÇÃO, ARMAZENAMENTO E AUTENTICAÇÃO DE LIVROS E DOCUMENTOS QUE INTEGRAM A ESCRITURAÇÃO COMERCIAL E FISCAL DOS EMPRESÁRIOS E DAS SOCIEDADES EMPRESÁRIAS FLUXO ÚNICO, COMPUTADORIZADO, DE INFORMAÇÕES Decreto nº 6.022/2007 Art. 2º 5 Ato Declaratório Executivo SUFIS nº 5 DE 17/07/2013 DOU de Aprova e divulga o leiaute do Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas - esocial. Aprova e divulga o leiaute do Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas - esocial. Circular CAIXA nº 642/2014 DOU de

4 7 NF-e EFD CT-e ECD e-lalur FCont esocial EFD - IRPJ NFS-e EFD - Contribuições 8 4

5 CENÁRIO ATUAL 9 O implantação do esocial dependerá da publicação de um pacote de novas leis e regulamentos? 10 5

6 PROBLEMAS DO SISTEMA ATUAL DE TRANSMISSÃO DE INFORMAÇÕES DESORGANIZAÇÃO NO FLUXO DE GERAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO NAS EMPRESAS 11 PROBLEMAS DO SISTEMA ATUAL DE TRANSMISSÃO DE INFORMAÇÕES DESORGANIZAÇÃO NO FLUXO DE GERAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO NAS EMPRESAS GRANDE QUANTIDADE DE ERROS NA GFIP 12 6

7 PROBLEMAS DO SISTEMA ATUAL DE TRANSMISSÃO DE INFORMAÇÕES DESORGANIZAÇÃO NO FLUXO DE GERAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO NAS EMPRESAS GRANDE QUANTIDADE DE ERROS NA GFIP REPETIÇÃO DE INFORMAÇÕES 13 QUEM ESTÁ OBRIGADO? I - o empregador, inclusive o doméstico, a empresa e a eles equiparados em legislação específica; e II - o segurado especial inclusive em relação a trabalhadores que lhe prestem serviço. 14 7

8 OBJETO GESTÃO COMPARTILHADA O esocial tem por objeto, informações trabalhistas, previdenciárias, tributárias e fiscais relativas à contratação e utilização de mão de obra onerosa, com ou sem vínculo empregatício e também de outras informações previdenciárias e fiscais previstas na Lei n 8.212/1991. Ministérios da Fazenda (MF), da Previdência Social (MPS), do Trabalho e Emprego (MTE). Secretaria da Receita Federal (MF), Instituto Nacional do Seguro Social (MPS), Secretarias do Trabalho (MTE), Conselho Curador do FGTS (CAIXA). 15 VISÃO DO PROJETO 16 8

9 17 FOLHA DE PAGAMENTO 18 9

10 FOLHA DE PAGAMENTO

11 PADRONIZAÇÃO SIMPLIFICAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO 21 ESCRITURAÇÃO DIGITAL CONTENDO INFORMAÇÕES FISCAIS, PREVIDENCIÁRIAS E TRABALHISTAS PADRONIZAÇÃO SIMPLIFICAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO 22 11

12 CUMPRIMENTO DE OBRIGAÇÕES PADRONIZAÇÃO SIMPLIFICAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO 23 PADRONIZAÇÃO SIMPLIFICAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO QUALIDADE DAS INFORMAÇÕES 24 12

13 IDENTIFICADORES 25 EMPREGADOR CPF CNPJ CAEPF CNO CADASTRO DA PESSOA FÍSICA CADASTRO NACIONAL DA PESSOA JURÍDICA CADASTRO ESPECÍFICO DE PESSOA FÍSICA - Pessoa física empregador/equiparado a empresa CADASTRO NACIONAL DE OBRAS - Obra (Construção Civil) 26 13

14 EMPREGADO CPF CADASTRO DA PESSOA FÍSICA NIS Número de Inscrição do Trabalhador NIT Programa de Integração Social PIS Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público PASEP 27 ATENÇÃO! O trio de informações CPF x NIS x DATA DE NASCIMENTO deverá estar consistente com o Cadastro Nacional de Informações Sociais - CNIS, e será validado no ato da transmissão. SUA INCONSISTÊNCIA GERARÁ RECUSA NO RECEBIMENTO DO EVENTO DE CADASTRAMENTO INICIAL DOS VÍNCULOS, ADMISSÃO OU TRABALHADOR SEM VÍNCULO

15 QUALIFICAÇÃO CADASTRAL

16 31 TRANSMISSÃO DOS ARQUIVOS 32 16

17 AUTENTICAÇÃO E ASSINATURA DIGITAL Autenticação e assinatura digital utilizando CERTIFICADO DIGITAL válido no âmbito da Infra-Estrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP-Brasil), salvo as exceções legais e os casos relacionados a seguir: EMPREGADORES DOMÉSTICOS; MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL (MEI); CONTRIBUINTE INDIVIDUAL EQUIPARADO À EMPRESA, COM ATÉ 2 (DOIS) EMPREGADOS; PEQUENO PRODUTOR RURAL, COM ATÉ 2 (DOIS) EMPREGADOS PERMANENTES; E SEGURADO ESPECIAL. A transmissão e a assinatura digital dos eventos poderão ser feitas por procuradores com poderes outorgados de acordo com modelos adotados pelos partícipes. 33 SEQUENCIAMENTO LÓGICO 34 17

18 EVENTOS INICIAIS E EVENTOS DE TABELAS EVENTOS NÃO PERIÓDICOS (ALEATÓRIOS) EVENTOS PERIÓDICOS (FOLHA DE PAGAMENTO) 35 ATO LEGAL INÍCIO DO esocial EMPRESAS EVENTOS INICIAIS E TABELAS 36 18

19 EVENTOS NÃO PERIÓDICOS ATO LEGAL INÍCIO DO esocial EMPRESAS EVENTOS INICIAIS E TABELAS EVENTOS PERIÓDICOS 37 EVENTOS NÃO PERIÓDICOS ATO LEGAL INÍCIO DO esocial EMPRESAS EVENTOS INICIAIS E TABELAS VALIDAÇÃO EVENTOS PERIÓDICOS MANUTENÇÃO 38 19

20 EVENTOS INICIAIS EVENTOS DE TABELAS 39 EVENTOS INICIAIS IDENTIFICAÇÃO DO EMPREGADOR, DE SEUS ESTABELECIMENTOS E OBRAS DE CONSTRUÇÃO CIVIL enviado antes de qualquer outra informação VÍNCULOS MANTIDOS NO MOMENTO DO INÍCIO DA OBRIGATORIEDADE DA UTILIZAÇÃO DO esocial antes do envio de qualquer evento periódico ou não periódico e até o final do 1º (primeiro) mês de sua obrigatoriedade)

21 EVENTOS DE TABELA CONJUNTO DE REGRAS ESPECÍFICAS NECESSÁRIAS PARA VALIDAÇÃO DOS EVENTOS DO ESOCIAL rubricas da folha de pagamento lotações de trabalho cargos e funções jornada de trabalho Outras (enviadas previamente à transmissão de qualquer evento que requeira essas informações); 41 EVENTOS INICIAIS S-1000 Informações do Empregador/Contribuinte S-2100 Cadastramento Inicial do Vínculo S-1060 Tabela de Estabelecimentos e Obras de Construção Civil 42 21

22 EVENTOS DE TABELA S-1010 Tabela de Rubricas S-1020 Tabela de Lotações S-1030 Tabela de Cargos S-1040 Tabela de Funções S-1050 Tabela de Horários/Turnos de Trabalho S-1070 Tabela de Processos Administrativos/Judiciais S-1080 Tabela de Operadores Portuários 43 TRANSMISSÃO DOS EVENTOS INICIAIS E TABELAS (PRAZOS ESTIMADOS) Até Em análise junto aos Ministérios e à Secretaria da Micro e Pequena Empresa Até 31/01/2015 Lucro Real Lucro Presumido Entidades Imunes e Isentas Simples Nacional Microempreendedor Individual (MEI), Contribuinte individual equiparado à empresa Outros equiparados a empresa ou a empregador Órgãos da administração direta da União, Estados, Distrito Federal e Municípios, bem como suas autarquias e fundações 44 22

23 EVENTOS TRABALHISTAS (NÃO PERIÓDICOS) 45 EVENTOS TRABALHISTAS (não periódicos) ADMISSÃO DE EMPREGADO OU CONTRATAÇÃO DE TRABALHADOR SEM VÍNCULO EMPREGATÍCIO (deverão ser enviadas até o final do dia imediatamente anterior ao do início da prestação do serviço) ACIDENTE DE TRABALHO (deverão ser enviadas até o 1º (primeiro) dia útil seguinte ao da ocorrência e, em caso de morte, de imediato) 46 23

24 EVENTOS TRABALHISTAS (não periódicos) DESLIGAMENTO (deverão ser enviadas até o 1º (primeiro) dia útil seguinte à data do desligamento, no caso de aviso prévio trabalhado, ou do término de contrato por prazo determinado e até 10 (dez) dias seguintes à data do desligamento nos demais casos); DEMAIS EVENTOS NÃO PERIÓDICOS, INCLUSIVE AS ATUALIZAÇÕES DO REGISTRO DE EMPREGADOS E DEMAIS TRABALHADORES (deverão ser enviadas até o dia 7 (sete) do mês seguinte ao que se referem ou até o envio dos eventos mensais de folha de pagamento) Antecipa-se o vencimento para o dia útil imediatamente anterior quando não houver expediente bancário nas datas indicadas. 47 EVENTOS TRABALHISTAS (não periódicos) S 2200 Admissão do Trabalhador S 2220 Alteração de Dados Cadastrais do Trabalhador S 2240 Alteração de Contrato de Trabalho S 2260 Comunicação de Acidente de Trabalho - CAT S 2280 Atestado de Saúde Ocupacional - ASO S 2320 Afastamento Temporário S 2325 Alteração de Motivo de Afastamento S 2330 Retorno de Afastamento Temporário S 2340 Estabilidade - Início 48 24

25 EVENTOS TRABALHISTAS (não periódicos) S 2345 Estabilidade - Término S Condição Diferenciada de Trabalho - Início S Condição Diferenciada de Trabalho - Término S 2400 Aviso Prévio S Cancelamento de Aviso Prévio S Trabalhador S/ Vínculo de Emprego - Início S Trabalhador S/ Vínculo de Emprego - Alteração Contratual S Trabalhador S/ Vínculo de Emprego - Término S Desligamento 49 EVENTOS TRABALHISTAS (PERIÓDICOS) 50 25

26 EVENTOS PERIÓDICOS FOLHAS DE PAGAMENTO DAS REMUNERAÇÕES E DEMAIS RENDIMENTOS PAGOS, DEVIDOS OU CREDITADOS A TODOS OS TRABALHADORES (deverão ser transmitidos até o dia 7 (sete) do mês seguinte ao que se refiram); OUTROS FATOS GERADORES, DEDUÇÕES, BASES DE CÁLCULO E VALORES DEVIDOS DE CONTRIBUIÇÕES PREVIDENCIÁRIAS, CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS DE QUE TRATA A LEI COMPLEMENTAR Nº 110/2001, CONTRIBUIÇÕES SINDICAIS, FGTS E IMPOSTO SOBRE A RENDA RETIDO NA FONTE (deverão ser transmitidas até o dia 7 (sete) do mês seguinte ao que se refiram). Antecipa-se o vencimento para o dia útil imediatamente anterior quando não houver expediente bancário nas datas indicadas. 51 EVENTOS PERIÓDICOS S 1100 Abertura S 1200 Remuneração do Trabalhador S 1300 Pagamentos Diversos S 1310 Serviços Tomados - Cessão de Mão de Obra S 1320 Serviços Prestados - Cessão de Mão de Obra S 1330 Serviços Tomados Cooperativa de Trabalho S 1340 Serviços Prestados - Cooperativa de Trabalho S 1350 Aquisição de Produção S 1360 Comercialização da Produção 52 26

27 EVENTOS PERIÓDICOS S 1370 Associação Desportiva Futebol Profissional S 1380 Informações Complementares Desoneração S 1390 Receita de Atividades Concomitantes S 1399 Fechamento S 1800 Espetáculo Desportivo S 1400 Bases, Retenção, Deduções e Contribuições (*) (*) DCTF Prev Unificação dos procedimentos no âmbito da RFB de cobrança, parcelamento e certidão negativa. 53 S 2900 Exclusão de Eventos EXCLUSÃO DE EVENTOS 54 27

28 TABELAS DO esocial 55 TABELAS DO e-social Tabela 1 Categorias de Trabalhadores Tabela 2 Grau de Exposição a Agentes Nocivos Tabela 3 Natureza das Rubricas da Folha de Pagamento Tabela 4 Códigos e Alíquotas de FPAS/Terceiros Tabela 5 Tipos de Inscrição Tabela 6 Classificação de Serviços Prestados mediante Cessão de Mão de Obra/Empreitada Sujeitos à Retenção de Contribuição Previdenciária Tabela 7 Riscos Ocupacionais Específicos Agentes Nocivos Tabela 8 Classificação Tributária Tabela 9 Tipos de Arquivo do e-social 56 28

29 TABELAS DO e-social Tabela 10 Tipos de Lotação Tabela 11 Códigos X Siglas X Alíquotas de Outras Entidades e Fundos Tabela 12 Tabelas de Códigos de Contribuição Previdenciária Tabela 13 Parte do Corpo Atingida Tabela 14 Agente Causador do Acidente de Trabalho Tabela 15 Agente Causador/Situação Geradora de Doença Profissional Tabela 16 Situação Geradora de Acidente de Trabalho Tabela 17 Descrição da Natureza da Lesão Tabela 18 Motivos de Afastamento 57 TABELAS DO e-social Tabela 19 Motivos de Desligamento Tabela 20 Tabelas de Tipos de Logradouros Tabela 21 Resultado da Monitorização Biológica Tabela 22 Países 58 29

30 SIMPLIFICAÇÕES 59 RFB - OUTRAS SIMPLIFICAÇÕES Único documento de arrecadação DARF: Pagamento de vários tributos em um único documento (Contribuições Previdenciárias e IRRF) numerado e emitido pela Internet Extinção gradual da Guia da Previdência Oficial (GPS) Compensação e pedidos de Restituição e Reembolso (Cessão de Mão de Obra/Salário Família e Salário Maternidade) pelo PER/DCOMP Parcelamento unificado 60 30

31 CRONOGRAMA (ESTIMADO) 61 SUPORTE À GERAÇÃO DO esocial Março 2014 Disponibilização do aplicativo para qualificação do cadastro dos trabalhadores existentes nas empresas Consulta CPF, PIS/NIT e Data de nascimento na base do sistema CNIS. Abril 2014 Manual de especificação técnica do XML e conexão webservice Maio 2014 Julho 2014 Ambiente de testes para conexão webservice e recepção dos eventos iniciais (pré-produção) Ambiente de testes para conexão webservice e recepção do cadastramento inicial dos trabalhadores 62 31

32 PRODUTOR RURAL PESSOA FÍSICA E SEGURADO ESPECIAL A partir de Implantação do esocial com Recolhimento unificado EMPRESAS DO LUCRO REAL Até COMPETÊNCIA OUTUBRO 2014 A partir de 01/2015 Cadastramento inicial Envio dos eventos mensais de folha e apuração dos tributos Substituição da GFIP 63 EMPRESAS DO LUCRO PRESUMIDO, SIMPLES NACIONAL, ENTIDADES IMUNES OU ISENTAS, MEI, PRODUTORES RURAIS E DEMAIS EQUIPARADOS À EMPRESA Em análise junto aos Ministérios e a Secretaria da Micro e Pequena Empresa. ENTES PÚBLICOS ADMINISTRAÇÃO DIRETA, AUTÁRQUICA E FUNDACIONAL DA UNIÃO, ESTADOS, DISTRITO FEDERAL E MUNICÍPIOS Até COMPETÊNCIA JANEIRO 2015 Cadastramento inicial Envio dos eventos mensais de folha e apuração dos tributos 64 32

33 Doméstico Obrigação de prestar a obrigação via esocial 120 dias após a publicação da Regulamentação da EC nº 72/2013 (*) A partir de 2015 Substituição da DIRF, RAIS, CAGED e outras informações acessórias janeiro/2015 Entrada do módulo da reclamatória trabalhista 65 COMO SE PREPARAR PARA A REALIDADE DO esocial 66 33

34 1. Qualificação Profissional PREPARAÇÃO 2. Laudos Ambientais e Avaliação de Riscos (PPRA, PCMSO, PPP) 3. Rubricas Natureza das Rubricas - Incidências Legais Discussões Judiciais/Administrativas 4. Gestão de Controle e Cumprimento do Contrato de Trabalho 5. Terceirização/Obras Serviços Tomados e Prestados Retenção previdenciária 6. Regulamento Interno da Empresa 67 CAPACITAÇÃO TECNOLÓGICA E SUPORTE FOLHA DE PAGAMENTO 68 34

35 CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL Palestras/Cursos Livros/Manuais Produtos Técnico/Legal 69 ANTIGO CENÁRIO 70 35

36 NOVO CENÁRIO EMPRESA PREPARADA PARA A REALIDADE DO esocial 71 Silvio Helder Lencioni Senne OBRIGADO! 72 36

esocial Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (Decreto nº 8.373, 11/12/2014 )

esocial Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (Decreto nº 8.373, 11/12/2014 ) O que é o? esocial Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (Decreto nº 8.373, 11/12/2014 ) É um projeto do governo federal que vai unificar o envio de informações

Leia mais

Rio de Janeiro, 15/10/2013

Rio de Janeiro, 15/10/2013 Rio de Janeiro, 15/10/2013 Daniel Belmiro Fontes José Alberto Maia O que é o esocial? Cenário atual Os empregadores são obrigados a preencher diversas declarações e documentos que possuem as mesmas informações...

Leia mais

Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas esocial. Perguntas e Respostas

Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas esocial. Perguntas e Respostas Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas esocial Perguntas e Respostas O Ato Declaratório Executivo Sufis nº 5, de 18 de julho de 2013, aprovou e divulgou o leiaute

Leia mais

esocial esocial Compartilhar informações integradas e atualizadas através de um único banco de dados entre os órgãos envolvidos;

esocial esocial Compartilhar informações integradas e atualizadas através de um único banco de dados entre os órgãos envolvidos; Ref.: nº 34/2013 esocial 1. Conceito O esocial é um projeto do Governo Federal que vai coletar as informações descritas em seu objeto, armazenando-as em Ambiente Nacional, possibilitando aos órgãos participantes,

Leia mais

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. ACIL Leme, 18/12/2013

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. ACIL Leme, 18/12/2013 ACIL Leme, 18/12/2013 Jeziel Tadeu Fior Auditor Fiscal da Receita Federal do Brasil Sustentador Regional do Estado de São Paulo 8ª Região Fiscal e-social Sistema de Escrituração Digital das Obrigações

Leia mais

APRESENTAÇÃO INTERNA: INFORMAÇÕES RELEVANTES esocial ABRIL/2014 02/05/2014 1

APRESENTAÇÃO INTERNA: INFORMAÇÕES RELEVANTES esocial ABRIL/2014 02/05/2014 1 APRESENTAÇÃO INTERNA: INFORMAÇÕES RELEVANTES esocial ABRIL/2014 02/05/2014 1 - é um sistema do governo federal cujo objetivo é unificar, integrar e padronizar o envio de informações pelo empregador em

Leia mais

Trabalhista/Previdenciária Mês: 08/2016

Trabalhista/Previdenciária Mês: 08/2016 Trabalhista/Previdenciária Mês: 08/2016 Dia: 05 GFIP - Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e Informações à Previdência Social Envio da Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia

Leia mais

Joaquim Jackson Gomes de Oliveira

Joaquim Jackson Gomes de Oliveira Joaquim Jackson Gomes de Oliveira E-Social 120 horas Com certificado online Este material é parte integrante do curso online "E - Social" do INTRA (www.intra-ead.com.br) conforme a lei nº 9.610/98. É proibida

Leia mais

3. GPS FORMAS DE PREENCHIMENTO

3. GPS FORMAS DE PREENCHIMENTO 3. GPS FORMAS DE PREENCHIMENTO - Retenção previdenciária GUIA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL GPS 1. NOME OU RAZÃO SOCIAL/FONE/ENDEREÇO: preencher com o nome da empresa prestadora de serviços em seguida acrescentando

Leia mais

Não muda legislação, muda procedimentos.

Não muda legislação, muda procedimentos. Versão 1.1 esocial Não muda legislação, muda procedimentos. esocial = Transparência Fiscal Circular n. 642, de 06/01/2014 Aprova e divulga o leiaute do Sistema de Escrituração Fiscal Digital das obrigações

Leia mais

O que é o esocial? As empresas são obrigadas a preencher diversas declarações e documentos que possuem as mesmas informações...

O que é o esocial? As empresas são obrigadas a preencher diversas declarações e documentos que possuem as mesmas informações... O que é o esocial? As empresas são obrigadas a preencher diversas declarações e documentos que possuem as mesmas informações... Consequências Dificuldades para garantir os direitos dos trabalhadores 2,5

Leia mais

AGENDA TRIBUTÁRIA: DE 01 A 07 DE SETEMBRO DE 2016

AGENDA TRIBUTÁRIA: DE 01 A 07 DE SETEMBRO DE 2016 AGENDA TRIBUTÁRIA: DE 01 A 07 DE SETEMBRO DE 2016 Até: Quinta-feira, dia 1 Histórico: Transportador revendedor retalhista (TRR) Entrega das informações relativas às operações interestaduais com combustíveis

Leia mais

18/07/2017. Pesquisa. Fonte: Daniel Belmiro. Pesquisa. Fonte: Daniel Belmiro

18/07/2017. Pesquisa. Fonte: Daniel Belmiro. Pesquisa. Fonte: Daniel Belmiro Pesquisa Fonte: Daniel Belmiro Pesquisa Fonte: Daniel Belmiro 1 Pesquisa Fonte: Daniel Belmiro Pesquisa Fonte: Daniel Belmiro Pesquisa Fonte: Daniel Belmiro 2 Relação Empresário - Contador Decreto nº 8.373,

Leia mais

Finalidade. Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas. Renata Santana Santos renata@ensicon.com.

Finalidade. Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas. Renata Santana Santos renata@ensicon.com. esocial Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas renata@ensicon.com.br Finalidade A Escrituração Fiscal Digital Social tem por finalidade: a) Prestar

Leia mais

Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas

Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas O que é o esocial? Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas Decreto 8373/2014 É um projeto do governo federal que visa unificar, em uma só ferramenta, o envio

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria da Receita Federal do Brasil ATO DECLARATÓRIO EXECUTIVO CODAC Nº 110, DE 26 DE DEZEMBRO DE 2012.

MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria da Receita Federal do Brasil ATO DECLARATÓRIO EXECUTIVO CODAC Nº 110, DE 26 DE DEZEMBRO DE 2012. MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria da Receita Federal do Brasil ATO DECLARATÓRIO EXECUTIVO CODAC Nº 110, DE 26 DE DEZEMBRO DE 2012. Divulga a Agenda Tributária do mês de janeiro de 2013. Alterado em 28 de

Leia mais

SUMÁRIO Capítulo 1 Seguridade Social e a Previdência Social

SUMÁRIO Capítulo 1 Seguridade Social e a Previdência Social S UMÁRIO Capítulo 1 Seguridade Social e a Previdência Social... 1 1.1. Seguridade Social... 1 1.1.1. A Saúde... 2 1.1.2. A Assistência Social... 5 1.1.3. A Previdência Social... 10 1.1.3.1. Natureza jurídica

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Rendimentos Recebidos Acumuladamente x Licença Maternidade

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Rendimentos Recebidos Acumuladamente x Licença Maternidade 02/01/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 4. Conclusão... 5 5. Informações Complementares... 5 6. Referências... 6 7.

Leia mais

Agenda Tributária: de 12 a 18 de maio de 2016

Agenda Tributária: de 12 a 18 de maio de 2016 Agenda Tributária: de 12 a 18 de maio de 2016 Até: Quinta-feira, dia 12 dígito do CNPJ corresponda a 2, devem efetuar o registro eletrônico dos documentos Até: Sexta-feira, dia 13 dígito do CNPJ corresponda

Leia mais

Empregado Doméstico Trimestral - NIT/PIS/PASEP - (que recebe até um salário mínimo)

Empregado Doméstico Trimestral - NIT/PIS/PASEP - (que recebe até um salário mínimo) CÓDIGO DE GUIAS GPS Recolhimento Relação de Códigos de Pagamento Código Descrição 1007 Contribuinte Individual - Recolhimento Mensal NIT/PIS/PASEP 1104 Contribuinte Individual - Recolhimento Trimestral

Leia mais

e-social Alexandre Corrêa

e-social Alexandre Corrêa e-social Alexandre Corrêa e-social O e-social consiste na escrituração digital da folha de pagamento e das obrigações trabalhistas, previdenciárias e fiscais. Permitirá uma fiscalização muito mais eficaz,

Leia mais

ECF DIPJ INCLUÍDA NO SPED

ECF DIPJ INCLUÍDA NO SPED ECF DIPJ INCLUÍDA NO SPED O que é ECF Escrituração Contábil Fiscal? Demonstra o cálculo do IRPJ e da CSLL Sucessora da DIPJ Faz parte do projeto SPED Instituída pela Instrução Normativa RFB 1.422/2013

Leia mais

As informações dos Eventos Trabalhistas alimentarão uma base de dados denominada RET Registro de Eventos Trabalhistas.

As informações dos Eventos Trabalhistas alimentarão uma base de dados denominada RET Registro de Eventos Trabalhistas. Objeto do esocial O esocial tem por objeto, informações trabalhistas, previdenciárias, tributárias e fiscais relativas à contratação e utilização de mão de obra onerosa, com ou sem vínculo empregatício

Leia mais

Problema CULTURAL ESOCIAL. Palestra dia 28/04/2014 Palestrante: Ricardo Cruz Miranda

Problema CULTURAL ESOCIAL. Palestra dia 28/04/2014 Palestrante: Ricardo Cruz Miranda Problema CULTURAL ESOCIAL Palestra dia 28/04/2014 Palestrante: Ricardo Cruz Miranda DECRETO n.º 6.022/2007 Cria o SPED (PAC 2007 2010 - Informatização) ATO DECLARATÓRIO EXECUTIVO N.º 5, DE 17 DE JULHO

Leia mais

1. RESUMO DAS OBRIGAÇÕES

1. RESUMO DAS OBRIGAÇÕES 1. RESUMO DAS OBRIGAÇÕES OBRIGAÇÕES IMPOSTO DE RENDA VENCIMENTO PENALIDADES (Pág.) IMPOSTO DE RENDA Recolhimento........................................................................... 20 5 OUTROS ASSUNTOS

Leia mais

esocial ASSESSORIA TRIBUTÁRIA Ref.: nº 34/2013

esocial ASSESSORIA TRIBUTÁRIA Ref.: nº 34/2013 Ref.: nº 34/2013 1. Conceito O esocial é um projeto do Governo Federal que vai coletar as informações descritas em seu objeto, armazenando-as em Ambiente Nacional, possibilitando aos órgãos participantes,

Leia mais

A desoneração da folha trocada em miúdos Qui, 25 de Outubro de 2012 00:00. 1. Introdução

A desoneração da folha trocada em miúdos Qui, 25 de Outubro de 2012 00:00. 1. Introdução 1. Introdução Com a publicação da Medida Provisória 563/12 convertida na Lei 12.715/12 e posteriormente regulamentada pelo Decreto 7.828/12, determinadas empresas de vários setores terão a contribuição

Leia mais

OBRIGAÇÕES FISCAIS SOCIAIS DA APM

OBRIGAÇÕES FISCAIS SOCIAIS DA APM COMUNICADO FDE / DRA Nº 001/2013 OBRIGAÇÕES FISCAIS E SOCIAIS DA APM 2 0 1 3 Página 1 de 9 O objetivo deste texto é informar aos dirigentes das APMs - Associações de Pais e Mestres de Escolas Estaduais

Leia mais

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. Fortaleza,

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. Fortaleza, uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. Fortaleza, 11.03.2014 Daniel Belmiro Fontes uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. Cenário atual Os empregadores

Leia mais

Escrituração Contábil Digital (ECD) Ano Calendário 2015

Escrituração Contábil Digital (ECD) Ano Calendário 2015 Escrituração Contábil Digital (ECD) Ano Calendário 2015 O SISTEMA CONSISANET já está apto para a geração do arquivo SPED Contábil ano calendário 2015 desde que seguida algumas configurações, conforme demonstramos

Leia mais

14/11/2013. Centralização do FGTS. Surgimento do REMAG. Surgimento da GFIP. Surgimento do SPED. Histórico das Obrigações JOHNATAN ABREU

14/11/2013. Centralização do FGTS. Surgimento do REMAG. Surgimento da GFIP. Surgimento do SPED. Histórico das Obrigações JOHNATAN ABREU JOHNATAN ABREU Histórico das Obrigações Centralização do FGTS Surgimento do REMAG Surgimento da GFIP Surgimento do SPED 1 Objetivos do Projeto OBJETIVO: O esocial tem por objeto, informações trabalhistas,

Leia mais

RELAÇÃO DE CÓDIGOS DE PAGAMENTO

RELAÇÃO DE CÓDIGOS DE PAGAMENTO RELAÇÃO DE CÓDIGOS DE PAGAMENTO Código Descrição 1007 Contribuinte Individual Recolhimento Mensal NIT/PIS/PASEP 1104 Contribuinte Individual Recolhimento Trimestral NIT/PIS/PASEP 1120 Contribuinte Individual

Leia mais

As novas obrigações trabalhistas e previdenciárias

As novas obrigações trabalhistas e previdenciárias As novas obrigações trabalhistas e previdenciárias JOHNATAN ABREU Janeiro de 2014 O que é o esocial? De acordo com o art. 2º da minuta da Portaria interministerial que regulamenta a ferramenta, é um instrumento

Leia mais

facebook/mapaetecnicofiscal Prepare-se!!! MAPA ETECNICO FISCAL - - facebook/mapaetecnicofiscal 1

facebook/mapaetecnicofiscal Prepare-se!!! MAPA ETECNICO FISCAL -  - facebook/mapaetecnicofiscal 1 www.etecnico.com.br facebook/mapaetecnicofiscal Prepare-se!!! facebook/mapaetecnicofiscal 1 O que é o esocial? É o instrumento de unificação da prestação de informações referentes à escrituração das obrigações

Leia mais

ÍNDICE. 1. Tabela Progressiva - a partir de Abril/2015... 2. 2. Exemplos Práticos... 3. 2.1. Declarante 1 Empregador pessoa física...

ÍNDICE. 1. Tabela Progressiva - a partir de Abril/2015... 2. 2. Exemplos Práticos... 3. 2.1. Declarante 1 Empregador pessoa física... ÍNDICE 1. Tabela Progressiva - a partir de Abril/2015.... 2 2. Exemplos Práticos... 3 2.1. Declarante 1 Empregador pessoa física... 3 2.2. Declarante 2 Rendimento pago ao exterior Fonte pagadora pessoa

Leia mais

AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA JUNHO DE 2013

AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA JUNHO DE 2013 AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA JUNHO DE 2013 Até dia Obrigação 5 IRRF 6 Salário de Maio/2013 FGTS Dacon Histórico ocorridos no período de 21 a 31.05.2013, incidente sobre rendimentos de (art. 70,

Leia mais

SUMÁRIO. Capítulo 1 A seguridade social no Brasil... 17

SUMÁRIO. Capítulo 1 A seguridade social no Brasil... 17 SUMÁRIO Capítulo 1 A seguridade social no Brasil... 17 1. Evolução hist rica e composição... 17 2. Definição e natureza jurídica... 18 3. Competência legislativa... 19 4. Princípios informadores... 20

Leia mais

AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA AGOSTO DE 2013

AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA AGOSTO DE 2013 AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA AGOSTO DE 2013 Até dia Obrigação 5 IRRF Histórico ocorridos no período de 21 a 31.07.2013, incidente sobre rendimentos de (art. 70, I, letra "b", da Lei nº 11.196/2005):

Leia mais

Relatório Trabalhista

Relatório Trabalhista Rotinas de Pessoal & Recursos Humanos www.sato.adm.br - sato@sato.adm.br - fone (11) 4742-6674 Desde 1987 Legislação Consultoria Assessoria Informativos Treinamento Auditoria Pesquisa Qualidade Relatório

Leia mais

esocial e PUC Programa de Unificação do Crédito e PUC

esocial e PUC Programa de Unificação do Crédito e PUC esocial e PUC Programa de Unificação do Crédito VI Fórum Interestadual de Regularidade 9 de outubro de 2014 Frederico Faber Coordenador de Cobrança Cenário Atual Os empregadores são obrigados a preencher

Leia mais

esocial 08/04/2015 Sua Empresa Está Preparada? Sincotecpel- 08/04/2015 Legislação Básica:

esocial 08/04/2015 Sua Empresa Está Preparada? Sincotecpel- 08/04/2015 Legislação Básica: esocial Sua Empresa Está Preparada? Sincotecpel- 08/04/2015 Apresentação: César Thompsen Contador, Empresário Contábil, Diretor de Comunicação e Mídia do SINCOTECPEL, Orientador de Cursos de Educação Profissional

Leia mais

NONO NONONO NO NONO NONO NONONO NONO

NONO NONONO NO NONO NONO NONONO NONO SPED Sistema Público de Escrituração Digital NONO NONONO NO esocial NONO NONO NONONO NONO Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (DR de Sorocaba) 23 de janeiro de 2014 O Sistema Público de Escrituração

Leia mais

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. ABEMI Associação Brasileira de Engenharia Industrial São Paulo, 03/12/2013

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. ABEMI Associação Brasileira de Engenharia Industrial São Paulo, 03/12/2013 ABEMI Associação Brasileira de Engenharia Industrial São Paulo, 03/12/2013 Jeziel Tadeu Fior Auditor Fiscal da Receita Federal do Brasil O que é o esocial? Sistema de Escrituração Digital das Obrigações

Leia mais

Cenário atual. Os empregadores são obrigados a preencher diversas declarações e documentos que possuem as mesmas informações...

Cenário atual. Os empregadores são obrigados a preencher diversas declarações e documentos que possuem as mesmas informações... OBJETIVOS Objetivos Ter um único cadastro de Empregados com vínculo empregatício, com informações trabalhistas, previdenciárias, tributárias e fiscais, facilitando seu controle, pelo Governo e Empregadores,

Leia mais

Agenda Tributária: de 21 a 27 de janeiro de 2016

Agenda Tributária: de 21 a 27 de janeiro de 2016 Agenda Tributária: de 21 a 27 de janeiro de 2016 Dia: 22 DCTF - Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais - Mensal NOVEMBRO/2015 As pessoas jurídicas de direito privado em geral, inclusive

Leia mais

Andrezza Célia Moreira

Andrezza Célia Moreira Andrezza Célia Moreira Contadora e Perita Sócia da JANIR MOREIRA & CONTADORES ASSOCIADOS Conselheira do Conselho Regional de Contabilidade de Minas Gerais CRC-MG O esocial é um projeto do governo federal

Leia mais

Sistema Público de Escrituração Digital. Folha de Pagamento Digital. Reunião Cofis, 17 de dezembro de 2009

Sistema Público de Escrituração Digital. Folha de Pagamento Digital. Reunião Cofis, 17 de dezembro de 2009 Folha de Pagamento Digital Reunião Cofis, 17 de dezembro de 2009 Objetivos Tratar todas as Informações Sociais de Trabalhadores, com ou sem vínculo empregatício, e demais fatos geradores de contribuições

Leia mais

RESUMO ALÍQUOTAS - CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS

RESUMO ALÍQUOTAS - CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS RESUMO ALÍQUOTAS - CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS - DAS EMPRESAS EM GERAL, sobre: Folha de Pagamento (EMP./AVULSOS) 20% Remunerações pagas aos CI 20% Terceiros (EMP./AVULSOS) 5,8% RAT (EMP./AVULSOS) 1% (leve) 2%

Leia mais

e-social - (ex-efd Social)

e-social - (ex-efd Social) Relações do Trabalho, Folha de Pagamento e Obrigações á partir de JANEIRO-2014! O QUE VAI MUDAR? NOVO MODELO OPERACIONAL? POR ONDE COMEÇAR? E - SOCIAL e-social - (ex-efd Social) Projeto e-social Com a

Leia mais

Prefeitura de Castanhal

Prefeitura de Castanhal Prefeitura de Castanhal Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e) Declaração Eletrônica do ISSQN (DEISS) Documento da Apresentação Oficial aos Contabilistas Apresentação aos Contabilistas NFS-e / DEISS

Leia mais

Assunto. esocial. Diminuir o custo de produção, o controle e disponibilização das informações trabalhistas, previdenciárias e fiscais;

Assunto. esocial. Diminuir o custo de produção, o controle e disponibilização das informações trabalhistas, previdenciárias e fiscais; Ref.: nº 34/2013 esocial 1. Conceito O esocial é um projeto do Governo Federal que vai coletar as informações descritas em seu objeto, armazenando-as em Ambiente Nacional, possibilitando aos órgãos participantes,

Leia mais

Uma marca global, para uma empresa com serviços globais!

Uma marca global, para uma empresa com serviços globais! Uma marca global, para uma empresa com serviços globais! Quem somos? Fundada em 1998 em Curitiba, a Executiva é focada em soluções na área de Recursos Humanos, mais especificamente em Outsourcing de Processos

Leia mais

CFC. Brasília, Maio de 2013

CFC. Brasília, Maio de 2013 CFC Brasília, Maio de 2013 Agenda Abrangência Atual Infraestrutura de TI Contingência Formas de Recepção Uso da Informação Estatísticas esocial Perguntas? Abrangência Atual NF-e CT-e ECD FCont EFD IRPJ

Leia mais

Saúde Ocupacional e Regulamentação dos Planos de Saúde

Saúde Ocupacional e Regulamentação dos Planos de Saúde Saúde Ocupacional e Regulamentação dos Planos de Saúde Regulamentação dos planos Resolução CONSU 10 Art. 2º, 2º Nos contratos de planos coletivos, não é obrigatória a cobertura para os procedimentos relacionados

Leia mais

Quarta esocial. Conceito, legislação e o que muda no nosso cenário atual.

Quarta esocial. Conceito, legislação e o que muda no nosso cenário atual. Quarta esocial Conceito, legislação e o que muda no nosso cenário atual. O Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (esocial) é um projeto do governo federal

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VÁRZEA PAULISTA ESTADO DE SÃO PAULO

PREFEITURA MUNICIPAL DE VÁRZEA PAULISTA ESTADO DE SÃO PAULO Institui o módulo eletrônico de arrecadação de ISSQN e a Nota Fiscal Eletrônica de Serviços e dá outras providências. EDUARDO TADEU PEREIRA, Prefeito Municipal de Várzea Paulista, Estado de São Paulo,

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Análise Comparativa RAIS ANO BASE 2013 x ANO BASE 2014

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Análise Comparativa RAIS ANO BASE 2013 x ANO BASE 2014 Análise Comparativa RAIS ANO BASE 2013 x ANO BASE 2014 14/01//2015 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 4. Conclusão... 5 5.

Leia mais

esocial EFD FOLHA DE PAGAMENTO

esocial EFD FOLHA DE PAGAMENTO Le f is c L e g i s l a c a o F i s c a l CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO RIO GRANDE DO SUL MINÁRIO DE ASSUNTOS CONTÁBEIS DE PORTO ALEGRE SEMINÁRIO ASSUNTOS CONTÁBEIS DE PORTO ALEGRE SEMINÁRIO DE

Leia mais

VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX PREVIDÊNCIA SOCIAL. GPS - Códigos de Recolhimento

VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX PREVIDÊNCIA SOCIAL. GPS - Códigos de Recolhimento VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX PREVIDÊNCIA SOCIAL GPS - Códigos de Recolhimento Orientador Empresarial ATO DECLARATÓRIO EXECUTIVO CODAC nº 79/2010 - DOU: 28.10.2010

Leia mais

AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA ABRIL DE 2013

AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA ABRIL DE 2013 AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA ABRIL DE 2013 Até dia Obrigação 3 IRRF Histórico ocorridos no período de 21 a 31.03.2013, incidente sobre rendimentos de (art. 70, I, letra "b", da Lei nº 11.196/2005):

Leia mais

Com Circular nº642 que aprova o leiaute oficial e o prazo de envio das informações.

Com Circular nº642 que aprova o leiaute oficial e o prazo de envio das informações. SEMINÁRIO esocial Versão 1.1 MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA AS ÁREAS TRABALHISTA/PREVIDENCIÁRIA/ CONTÁBIL/MEDICINA E SEGURANÇA DO TRABALHO COM PPP/CAT e ASO s Com Circular nº642 que aprova o leiaute oficial

Leia mais

Escrituração Contábil Fiscal - ECF

Escrituração Contábil Fiscal - ECF EMPRESAS LUCRO PRESUMIDO As empresas que são tributadas pelo Lucro Presumido, pagam o IRPJ e a CSLL aplicando uma alíquota de presunção, definida por lei, sobre as suas receitas, e sobre esse valor é aplicado

Leia mais

Dispõe sobre o Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (esocial).

Dispõe sobre o Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (esocial). Ministério do Trabalho e Emprego GABINETE DO MINISTRO COMITÊ GESTOR DO ESOCIAL RESOLUÇÃO Nº 1, DE 20 DE FEVEREIRO DE 2015 Dispõe sobre o Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias

Leia mais

AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA JANEIRO DE 2014

AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA JANEIRO DE 2014 AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA JANEIRO DE 2014 Até dia Obrigação Histórico 6 IRRF geradores ocorridos no período de 21 a.12.2013, incidente sobre rendimentos de (art. 70, I, letra "b", da Lei nº 11.196/2005

Leia mais

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- GFIP - SEFIP 8.40 (22/03/202) TABELAS 35.0 (/0/206) EMPRESA: COMPROVANTE DE DECLARAÇÃO DAS CONTRIBUIÇÕES A RECOLHER À PREVIDÊNCIA SOCIAL E A OUTRAS ENTIDADES E FUNDOS POR FPAS EMPRESA Nº ARQUIVO: Dsebv9N5P30000-3

Leia mais

AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA ABRIL DE 2014

AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA ABRIL DE 2014 AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA ABRIL DE 2014 Até dia Obrigação 3 IRRF 4 7 10 Salário de março/2014 FGTS CAGED Cadastro Geral de Empregados e Desempregados Comprovante de juros sobre capital próprio-

Leia mais

AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA OUTUBRO DE 2013. c) multa ou qualquer vantagem por rescisão de contratos.

AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA OUTUBRO DE 2013. c) multa ou qualquer vantagem por rescisão de contratos. Até dia Obrigação AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA OUTUBRO DE 2013 Histórico Recolhimento do Imposto de Renda Retido na Fonte correspondente a fatos geradores ocorridos no período de 21 a 30.09.2013,

Leia mais

MANUAL DE PREENCHIMENTO DE ART MÚLTIPLA

MANUAL DE PREENCHIMENTO DE ART MÚLTIPLA MANUAL DE PREENCHIMENTO DE ART MÚLTIPLA A ART Múltipla que substitui o registro de diversas ARTs específicas, no caso de execução de obras ou prestação de serviços de rotina, deve ser registrada até o

Leia mais

IN RFB 1.009/10 - IN - Instrução Normativa RECEITA FEDERAL DO BRASIL - RFB nº 1.009 de 10.02.2010

IN RFB 1.009/10 - IN - Instrução Normativa RECEITA FEDERAL DO BRASIL - RFB nº 1.009 de 10.02.2010 IN RFB 1.009/10 - IN - Instrução Normativa REEITA FEDERAL DO BRASIL - RFB nº 1.009 de 10.02.2010 D.O.U.: 11.02.2010 Adota Tabelas de ódigos a serem utilizadas na formalização da Escrituração Fiscal Digital

Leia mais

esocial - Regularização de Procedimentos Internos para Implantação Lincoln Ferrarezi

esocial - Regularização de Procedimentos Internos para Implantação Lincoln Ferrarezi esocial - Regularização de Procedimentos Internos para Implantação Lincoln Ferrarezi Conceito O esocial é um projeto do governo federal que visa coletar informações trabalhistas, previdenciárias, tributárias

Leia mais

AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA MAIO DE 2015. Até dia

AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA MAIO DE 2015. Até dia AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA MAIO DE 2015 Até dia Obrigação 6 IRRF Salário de Abril de 2015 Histórico ocorridos no período de 21 a 30.04.2015, incidente sobre rendimentos de (art. 70, I, letra "b",

Leia mais

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. FIESP, 23/10/2013

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. FIESP, 23/10/2013 FIESP, 23/10/2013 O que é o esocial? Cenário atual Os empregadores são obrigados a preencher diversas declarações e documentos que possuem as mesmas informações... Termo de Rescisão Seguro Desemprego Consequências

Leia mais

GABINETE DO MINISTRO COMITÊ GESTOR DO ESOCIAL RESOLUÇÃO Nº 1, DE 20 DE FEVEREIRO DE 2015

GABINETE DO MINISTRO COMITÊ GESTOR DO ESOCIAL RESOLUÇÃO Nº 1, DE 20 DE FEVEREIRO DE 2015 GABINETE DO MINISTRO COMITÊ GESTOR DO ESOCIAL RESOLUÇÃO Nº 1, DE 20 DE FEVEREIRO DE 2015 Dispõe sobre o Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (esocial).

Leia mais

LICENÇA POR ACIDENTE EM SERVIÇO

LICENÇA POR ACIDENTE EM SERVIÇO LICENÇA POR ACIDENTE EM SERVIÇO DEFINIÇÃO INFORMAÇÕES GERAIS INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES PROCEDIMENTO FUNDAMENTAÇÃO LEGAL PERGUNTAS FREQUENTES DEFINIÇÃO Licença concedida em decorrência de dano físico ou

Leia mais

e-cac Portal de Serviços Comunicação Eletrônica entre o Cidadão e a Receita Estadual

e-cac Portal de Serviços Comunicação Eletrônica entre o Cidadão e a Receita Estadual ATENDIMENTO RECEITA ESTADUAL e-cac Portal de Serviços Comunicação Eletrônica entre o Cidadão e a Receita Estadual Diretrizes de Atendimento Receita Estadual Aumentar transparência facilitando o acesso

Leia mais

LEI GERAL DA MICRO E PEQUENA EMPRESA. Marco legal e institucional para Pequenos Negócios

LEI GERAL DA MICRO E PEQUENA EMPRESA. Marco legal e institucional para Pequenos Negócios LEI GERAL DA MICRO E PEQUENA EMPRESA Marco legal e institucional para Pequenos Negócios A SOBREVIVÊNCIA E O SUCESSO DOS NEGÓCIOS DEPENDE DE SUA COMPETITIVIDADE Os pequenos negócios (em sua maioria) têm

Leia mais

CADASTRAMENTO DE CONSIGNATÁRIAS NOVA SISTEMÁTICA

CADASTRAMENTO DE CONSIGNATÁRIAS NOVA SISTEMÁTICA CADASTRAMENTO DE CONSIGNATÁRIAS NOVA SISTEMÁTICA Jan/2014 SUSPENSÃO DO RECADASTRAMENTO E DE NOVOS CADASTRAMENTOS Portaria nº 138, publicada no D.O.U. de 16/04/2013 (180 dias) Portaria nº 477, publicada

Leia mais

esocial esocial Diminuir o custo de produção, o controle e disponibilização das informações trabalhistas, previdenciárias e fiscais;

esocial esocial Diminuir o custo de produção, o controle e disponibilização das informações trabalhistas, previdenciárias e fiscais; Ref.: nº 05/2017 esocial 1. Conceito O esocial é um projeto do Governo Federal que vai coletar as informações descritas em seu objeto, armazenando-as em Ambiente Nacional, possibilitando aos órgãos participantes,

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 122, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2012

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 122, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2012 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 122, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2012 MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR SECRETARIA DE COMÉRCIO E SERVIÇOS DEPARTAMENTO NACIONAL DE REGISTRO DO COMÉRCIO DOU de

Leia mais

DOM DE 03/09/2014 Republicada, no DOM de 09/09/2014, por ter saído incompleta. Alterada pela IN nº 36/2014, no DOM de 15/10/2014.

DOM DE 03/09/2014 Republicada, no DOM de 09/09/2014, por ter saído incompleta. Alterada pela IN nº 36/2014, no DOM de 15/10/2014. DOM DE 03/09/2014 Republicada, no DOM de 09/09/2014, por ter saído incompleta. Alterada pela IN nº 36/2014, no DOM de 15/10/2014. INSTRUÇÃO NORMATIVA SEFAZ/DGRM Nº 29/2014 Dispõe sobre os procedimentos

Leia mais

O que o trabalhador espera do agente homologador

O que o trabalhador espera do agente homologador O que o trabalhador espera do agente homologador Conhecimento da legislação trabalhista e inclusive CC ou ACT; Prática de cálculos rescisórios; Segurança; Linguagem fácil; Boa comunicação; Orientar sobre

Leia mais

Sistema Público de Escrituração Digital SPED

Sistema Público de Escrituração Digital SPED Sistema Público de Escrituração Digital SPED NF-e NFS-e ECD Contábil F-cont EFD - Folha EFD ICMS CT-e e-lalur EFD PIS/Cofins Contribuições Contribuinte RFB SEFAZ Leiaute Banco de Dados Procuração Eletrônica

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 748, DE 2 JULHO DE 2015.

RESOLUÇÃO Nº 748, DE 2 JULHO DE 2015. RESOLUÇÃO Nº 748, DE 2 JULHO DE 2015. Disciplina o pagamento do Abono Salarial referente ao exercício de 2015/2016. O Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador - CODEFAT, no uso das atribuições

Leia mais

ANO XXIV - 2013-1ª SEMANA DE OUTUBRO DE 2013 BOLETIM INFORMARE Nº 40/2013

ANO XXIV - 2013-1ª SEMANA DE OUTUBRO DE 2013 BOLETIM INFORMARE Nº 40/2013 ANO XXIV - 2013-1ª SEMANA DE OUTUBRO DE 2013 BOLETIM INFORMARE Nº 40/2013 ASSUNTOS PREVIDENCIÁRIOS CONSTRUÇÃO CIVIL - INFORMAÇÕES NA GFIP/SEFIP... Pág.1072 ASSUNTOS TRABALHISTAS ALIMENTAÇÃO - PAT (PROGRAMA

Leia mais

ORIENTAÇÃO TÉCNICA Nº. 38/2009 TODAS AS UNIDADES ORÇAMENTÁRIAS

ORIENTAÇÃO TÉCNICA Nº. 38/2009 TODAS AS UNIDADES ORÇAMENTÁRIAS ORIENTAÇÃO TÉCNICA Nº. 38/2009 UNIDADE ORÇAMENTÁRIA: RESPONSÁVEL: Com Cópia: ASSUNTO: TODAS AS UNIDADES ORÇAMENTÁRIAS Secretário Executivo Coordenador Financeiro Procedimentos de Recolhimento de Contribuição

Leia mais

1. Cadastro de Funcionários

1. Cadastro de Funcionários Pró-labore 1. Cadastro de Funcionários... 2 1.1. Tela Dados... 2 1.2. Tela Ident. Adm.... 3 1.3. Tela Outros... 3 2. Eventos dos Pró-labores... 4 3. Digitação... 5 4. Impressão de Recibo... 6 5. Folha

Leia mais

Decreto 6.022 de 22/01/2007 Procedimentos para Janeiro de 2014

Decreto 6.022 de 22/01/2007 Procedimentos para Janeiro de 2014 Decreto 6.022 de 22/01/2007 Procedimentos para Janeiro de 2014 ...Art. 2º O Sped (Sistema Público de Escrituração Digital) é instrumento que unifica as atividades de recepção, validação, armazenamento

Leia mais

de 2002, permanecem com a alíquota da Cofins reduzida a zero, em que pesem as alterações introduzidas pela Lei nº 10.865, de 2004.

de 2002, permanecem com a alíquota da Cofins reduzida a zero, em que pesem as alterações introduzidas pela Lei nº 10.865, de 2004. DIVISÃO DE TRIBUTAÇÃO 4. Região Fiscal SOLUÇÃO DE CONSULTA Nº 1, DE 13 DE JANEIRO DE 2009 EMENTA: GFIP - Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e Informações à Previdência Social.

Leia mais

AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA JULHO DE 2014. c) multa ou qualquer vantagem por rescisão de contratos.

AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA JULHO DE 2014. c) multa ou qualquer vantagem por rescisão de contratos. Até dia Obrigação AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA JULHO DE 2014 Histórico Recolhimento do Imposto de Renda Retido na Fonte correspondente a fatos geradores ocorridos no período de 21 a 30.06.2014,

Leia mais

Este ano será possível fazer a declaração no modo online através do e-cac Fatos Relevantes:

Este ano será possível fazer a declaração no modo online através do e-cac Fatos Relevantes: Este ano será possível fazer a declaração no modo online através do ecac Fatos Relevantes: 1) Caso seu interesse seja Publicar no DIÁRIO OFICIAL do MUNICÍPIO do RJ Rio de Janeiro, CLIQUE AQUI 2) Caso seu

Leia mais

CONFERÊNCIA esocial. Campinas/SP 14/10/2014. Paulo Roberto Magarotto Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil

CONFERÊNCIA esocial. Campinas/SP 14/10/2014. Paulo Roberto Magarotto Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil CONFERÊNCIA esocial Campinas/SP 14/10/2014 Paulo Roberto Magarotto Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil e-social Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas.

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VÁRZEA PAULISTA ESTADO DE SÃO PAULO

PREFEITURA MUNICIPAL DE VÁRZEA PAULISTA ESTADO DE SÃO PAULO Institui o módulo eletrônico de arrecadação de ISSQN e a Nota Fiscal Eletrônica de Serviços e dá outras providências. EDUARDO TADEU PEREIRA, Prefeito Municipal de Várzea Paulista, Estado de São Paulo,

Leia mais

Desoneração da Folha de Pagamento - Tributação sobre Receita

Desoneração da Folha de Pagamento - Tributação sobre Receita Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400, 3824-5433 (teleatendimento), fax (11) 3824-5487 Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva,

Leia mais

AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA JUNHO DE 2016

AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA JUNHO DE 2016 AGENDA DAS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA JUNHO DE 2016 Até dia Obrigação Histórico 03 IRRF Recolhimento do Imposto de Renda Retido na Fonte correspondente a fatos geradores ocorridos no período de 21 a 31.05.2016,

Leia mais

Cruzamento de Informações da Receita Federal - Contábil x DIPJ x DACON x DCTF x DIRF x DCOMP

Cruzamento de Informações da Receita Federal - Contábil x DIPJ x DACON x DCTF x DIRF x DCOMP Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400, 3824-5433 (teleatendimento), fax (11) 3824-5487 Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva,

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA PREENCHIMENTO DA DECLARAÇÃO DA RAIS ANO-BASE 2005

ORIENTAÇÕES PARA PREENCHIMENTO DA DECLARAÇÃO DA RAIS ANO-BASE 2005 ORIENTAÇÕES PARA PREENCHIMENTO DA DECLARAÇÃO DA RAIS ANO-BASE 2005 PREENCHIMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES SINDICAIS DAS CONTRIBUIÇÕES PAGAS PELAS EMPRESAS CONTRIBUIÇÃO SINDICAL Entidade Sindical Patronal beneficiada

Leia mais

ANEXO L PLANILHA DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS

ANEXO L PLANILHA DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS ANEXO L PLANILHA DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS Número do Processo Licitação nº Dia / / às : horas. Discriminação dos serviços: (Dados referentes à contratação) A Data de apresentação da proposta (dia/mês/ano)

Leia mais

Evento esocial. Prof. Edison Garcia Junior

Evento esocial. Prof. Edison Garcia Junior Evento esocial Prof. Edison Garcia Junior INTRODUÇÃO PROJETO SPED (esocial 2009): AD EXECUTIVO SUFIS Nº 05, DE 17/07/2013 INTRODUÇÃO esocial: Preparado para ter uma DR com seus terceiros?? INTRODUÇÃO esocial:

Leia mais

PARECER TÉCNICO N.º 014/SCM/2013 Processo ANP Nº 48610.000959/2012-35

PARECER TÉCNICO N.º 014/SCM/2013 Processo ANP Nº 48610.000959/2012-35 - 1 - PARECER TÉCNICO N.º 014/SCM/2013 Processo ANP Nº 48610.000959/2012-35 1. ASSUNTO Autorização para o Exercício da Atividade de Comercialização de Gás Natural e obtenção de Registro de Agente Vendedor

Leia mais