Histórico da Mídia no Brasil

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Histórico da Mídia no Brasil"

Transcrição

1 Prof. Edmundo W. Lobassi Início do século XX Anúncios vendem escravos, remédios e trabalhos de artesões. (Edmundo W. Lobassi) 01

2 Início do século XX Anúncios vendem escravos, remédios e trabalhos de artesões. Em 1821, inicia-se a mídia impressa no Brasil através do jornal de anúncios O Diário do Rio de Janeiro. Os jornais facilitam as transações comerciais e são os primeiros diários que sobrevivem de anunciantes. Os anúncios caracterizam-se por textos longos e poucas ilustrações como nos atuais classificados. Em pouco tempo, o país passa a ter importantes jornais e tablóides nas capitais e principais cidades. Os primeiros anúncios referemse à venda de imóveis, escravos, datas de leilões, ofertas de serviços de artesãos e profissionais liberais. Embora os jornais concentrassem a maioria dos anúncios, também eram utilizados outros meios de comunicação: cartazes, painéis pintados e panfletos. No início do século XX, com a melhoria do parque gráfico e o aparecimento das revistas - chamadas de Semanários Ilustrados, os anúncios ganham ilustrações e cores e seus textos tornam-se mais objetivos. Os anúncios que se sobressaem são a venda de remédios que aparecem principalmente em preto e branco e em tamanhos menores. Eles eram os responsáveis pela receita das revistas e jornais, pelo grande número de inserções. A principal característica dos anúncios nesse período é o uso caricaturas de políticos, com diálogos bem humorados vendendo produtos alimentícios, marcas ou comentando sobre lojas. O presidente da República e seus ministros são os personagens preferidos dos desenhistas. Em 1914, as primeiras agências iniciam como Empresas de Anúncios e evoluem para agências como foi o caso da Eclética sediada em São Paulo. No período da Primeira Guerra Mundial, São Paulo ganha outras agências: Pettinati, Edanée, a Valentim Haris e a Pedro Didier e Antônio Vaudagnoti. Década 20/30 Rádio no Brasil revoluciona a comunicação de massa. Em 1923, é fundada a Rádio Sociedade do Rio de Janeiro AM. É a primeira mídia eletrônica do Brasil. O rádio foi o meio de comunicação que mais contribuiu para o desenvolvimento da mídia brasileira. 02

3 Com o início do desenvolvimento industrial no país, chegam as empresas americanas e, com elas, as agências de propaganda que influenciam a nova estética e lay-out para os anúncios. A publicidade exige a profissionalização das áreas de serviços de comunicação envolvidas com a nova realidade da publicidade e propaganda. Desenhistas, fotógrafos, áreas de criação e gráficas ganham um novo impulso técnico e profissional para atender as necessidades e exigências das agências internacionais. A Ayer logo foi substituída pela J. Walter Thompson e o departamento de propaganda da GM tornou-se a gráfica Lanzara. Na década de 20, foram iniciadas as primeiras grandes campanhas de empresas multinacionais que se instalaram no país. A Bayer é a pioneira em campanhas estruturadas para promover seus produtos: Cafiaspirina, Aspirina e Alka-Seltzer. Mesmo com a crise de mundial de 29, a publicidade brasileira desenvolve-se a passos largos: aparecem os painéis de estradas, o out-door e os anúncios em revistas e jornais tornam-se mais sofisticados. Surgem os slides coloridos em lâminas de vidro que são exibidos nos cinemas e programas, além dos jingles para as rádios, criados dentro das agências. As pesquisas de mercado para conhecer o consumidor e seus hábitos tornam-se cada vez mais importantes e são exigências de empresas como Gessy, Coca-Cola e Bayer. O rádio cresce rapidamente a partir de 1931, quando o governo federal passa a conceder para a iniciativa privada a exploração do sinal de rádio. As agências passam não só a elaborar jingles e textos de publicidades para as rádios, como também produzem os programas que são patrocinados por grandes empresas, como o Repórter Esso. Neste período, cerca de 60% do capital destinado à comunicação é aplicado no rádio na forma de publicidade e/ou de patrocínio de programas. Década de 40 O Cruzeiro e Manchete mostram o estilo de vida do brasileiro. As revistas começam a ganhar destaque. As primeiras publicações de peso foram O Cruzeiro e Manchete, da editora Block no Rio de Janeiro. A vantagem competitiva das revistas era a inclusão de fotos e publicações coloridas, com maior qualidade da reprodução e envolvimento nas matérias. 03

4 Com a Segunda Guerra Mundial, acontece um decréscimo no movimento de anúncios, criando uma crise no setor da publicidade que passa a se recuperar somente a partir de O rádio ainda é o principal veículo de propaganda e as radionovelas, programas de auditório, humorísticos e radiojornais são os programas que mais recebem patrocínio das grandes empresas. Década de 50 TV TUPI, novos desafios para a propaganda e anunciantes Os primeiros países a terem televisão foram os Estados Unidos, Inglaterra e França. O Brasil é o primeiro país da América Latina e o 4 o do mundo a introduzir a televisão e se empenha em criar uma linguagem própria, adaptada à cultura e aos hábitos da população. Em 18 de setembro de 1950 entra no ar a PRF-3 TV TUPI em São Paulo, inaugurando uma nova era na comunicação brasileira. Todos os programas eram ao vivo e apresentavam seus quadros como uma adaptação das experiências das rádios: como novelas, o programa de jornalismo Repórter Esso e programas de auditório. As garotas propagandas ganham fama e prestígio. As mais importantes foram Idalina de Oliveira, Meire Nogueira, Wilma Chandler, Odete Lara, Maria Rosa e Neide Alexandre. A consolidação da sociedade de consumo acontece a partir do pósguerra e durante toda a década de 50, multiplicando a oferta de produtos como veículos, eletrodomésticos, refrigerantes, confecção e fazendo surgir os crediários que facilitam as compras, promovem o crescimento da produção e do consumo. O mercado publicitário cresce e os profissionais da área se organizam. Nasce a Associação Brasileira de Propaganda (ABA), o Conselho Nacional de Imprensa (CNI) em 1949 e, posteriormente, a ABAP Associação Brasileira de Agência de Propaganda. A televisão traz um novo impulso para a já sofisticada publicidade brasileira, criando mais um veículo para a divulgação de produtos e de campanhas. Com a TV Tupi, uma nova era eletrônica começa e são, mais uma vez, as agências como a McCann Erikson e a J. W. Thompson que irão trazer o knowhow, criando, redigindo e produzindo programas e comerciais de televisão ao vivo. 04

5 Neste momento, um bom profissional de criação chegava a trabalhar para diversas agências ao mesmo tempo, e uma mesma agência podia fazer a campanha política de diversos candidatos. O crescimento econômico e industrial do país refletia-se no crescimento das agências e do mercado de publicidade e propaganda. Década de 70/80 O mercado publicitário brasileiro cresce e conquista o mercado internacional. Em 1964, entra no ar a TV Globo, responsável pelos atuais padrões de qualidade e profissionalismo da televisão brasileira. Em 1968, o mercado tem seu I Anuário Brasileiro de Propaganda. Nos anos 70, surge o conceito de auto-serviço com o Peg e Pag e o shopping center. É inaugurado o Shopping Iguatemi, em São Paulo. A cidade é o principal centro de produção de publicidade e propaganda, atendendo aos setores em crescimento, principalmente o automobilístico com as marcas Jeep, Volkswagen, Ford, GM,e Chevrolet. A indústria cultural consolida-se no país e a mídia cresce e aperfeiçoa-se rapidamente. A programação e os anúncios ao vivo da televisão são substituídos rapidamente com a chegada do VT-Vídeo Tape, permitindo que as agências criassem e produzissem uma publicidade muito mais sofisticada. Do ponto de vista de criatividade e originalidade, podemos dizer que as década de 70 e 80 representaram a fase áurea da publicidade brasileira. Nas agências, aparecem pela primeira vez as duplas de criação trazidas do exterior por Alex Periscinotto. Em 1972, começam as premiações em festivais internacionais, com o primeiro Leão de Ouro em Cannes com a peça Homens com mais de 40 anos de Washington Olivetto (DPZ). As agências brasileiras multiplicam-se e profissionais como Duailibi, Petit, Zaragoza, Washington Olivetto, Alex Periscinotto, Geraldo Alonso, Marcello Serpa, Nizan Guanaes, Luiz Salles e Márcio Moreira, entre outros, ganham renome internacional. A publicidade brasileira é considerada uma das melhores do mundo, refletindo no número de premiações que as agências brasileiras alcançam nos festivais internacionais. 05

6 Aparados pela lei de 1965, que determina uma remuneração para as agência de 20% das verbas investidas pelos anunciantes na mídia, o setor de negócios da publicidade e propaganda consolida-se e torna-se cada vez mais sofisticado em termos de criação e uso de tecnologias. Durante todo o período da ditadura militar ( ), o setor cresceu sem grandes crises ou conflitos. No final do período, a crise econômica e os movimentos políticos refletem-se no setor, levando-o a apenas sobreviver nos dez anos seguintes. Década de 80/90 Novas tecnologias alteram o cenário das comunicações. As operações com TV a cabo e satélite ampliam as opções de entretenimento, disponibilizando mais de 140 alternativas de canais. Todos os veículos de comunicação passam por um forte processo de segmentação com programas, canais, títulos e propostas editoriais direcionadas aos mais variados públicos com seus estilos de vida e hábitos de consumo. Assis Chateaubriand, o Chatô Nascido em 1892 na Paraíba, o jornalista e político Assis Chateaubriand é considerado o pai da mídia brasileira. Em 1924, adquiriu o Jornal do Rio de Janeiro, iniciando uma cadeia de jornais e emissoras de rádio e televisão, os Diários Associados. BRASIL 100 ANOS DE PROPAGANDA - de Nelson Varon Cadena O livro Brasil 100 Anos de Propaganda foi escrito pelo colunista e estudioso do assunto há mais de duas décadas, Nelson Váron Cadena. Esse livro traça um papel minucioso do negócio da propaganda no país, iniciando no ano de 1900 até Ilustrado por cerca de 380 fotos, o livro permite que você conheça as fotos mais importantes, as peças e as campanhas mais marcantes e os profissionais que mais se destacaram no mercado de comunicação. A web e os programas internacionais para as redes de televisão representam um diferencial estratégico para a interação com seus diversos públicos, nacionais e internacionais. O final do século XX marca uma nova configuração econômica no mundo. A globalização obriga o mercado a posicionar-se de forma diferenciada, exigindo das agências uma reestruturação em termos de ganhos e de atendimento a seus clientes. Redução de quadros, de ganhos e maior maturidade do setor são as principais mudanças ocorridas. Esse fato permite um salto na criatividade publicitária nacional, alçando o país à condição de terceira potência mundial em criação publicitária na década de

7 A propaganda hoje é responsável pelo sustento de boa parte da mídia e é inseparável do setor de negócios e de produção. Sua maturidade e capacidade de adequar-se às novas realidades que se constituem através de todo o século XX é que a transforma em um dos bons setores de negócios do país. O exigente público brasileiro - acostumado com a alta qualidade e profissionalismo que se imprimiu às peças publicitárias veiculadas na mídia - é também responsável pela exigência de profissionais cada vez mais qualificados e preparados para atuarem nesse setor. Brasil Hoje Segundo no ranking mundial O Brasil é o segundo país no mundo em comunicação no que se refere à quantidade de veículos e ao consumo dos meios de comunicação pela população. Mais de cem países consomem nossas produções de novelas. A Rede Globo é a terceira no mundo e padrão de referência em qualidade de suas produções, perdendo apenas para as redes americanas ABC e NBC. A Revolução Digital A tecnologia digital será responsável pela revolução nos meios de comunicação através das novas possibilidades de interatividade e conectividade entre web, TV, celulares etc. O telespectador passará a ter uma participação ativa na seleção da programação e definição do conteúdo de seu interesse individual. Dificilmente, podemos definir o quanto e como ocorrerá essa nova revolução baseada na tecnologia digital. Podemos verificar, parcialmente, a revolução na forma como os meios interagem no Japão. A mídia no Brasil em números: - 7 redes de televisão, sendo 310 exibidoras; - mais de emissoras de rádio AM e FM; jornais, sendo 283 diários; títulos de revistas publicadas com regularidade; cartazes de outdoor; cinemas que exibem propaganda. 07

8 Anotações: 08 08

Sarah Aparecida Ribeiro Universidade do Vale do Sapucaí - UNIVÁS sarah_ribeiro_98@hotmail.com

Sarah Aparecida Ribeiro Universidade do Vale do Sapucaí - UNIVÁS sarah_ribeiro_98@hotmail.com Sarah Aparecida Ribeiro Universidade do Vale do Sapucaí - UNIVÁS sarah_ribeiro_98@hotmail.com Luciana Pereira Rezende Universidade do Vale do Sapucaí - UNIVÁS luciana.univas@gmail.com Maria Lucia Pagliarini

Leia mais

Programas de Comunicação Interativa

Programas de Comunicação Interativa Prof. Edmundo W. Lobassi O final do século XX marca uma nova configuração econômica no mundo. A globalização obriga o mercado a posicionar-se de forma diferenciada e esse fato exige, dos anunciantes e

Leia mais

Painel 2 O BUSINESS JORNAL E O POSICIONAMENTO MULTIPLATAFORMA

Painel 2 O BUSINESS JORNAL E O POSICIONAMENTO MULTIPLATAFORMA 29. 09. 2014 Geral Nome da pesquisa Painel 2 O BUSINESS JORNAL E O POSICIONAMENTO Autor 2 Apêndice: Pesquisa Painel 2 O BUSINESS JORNAL E O POSICIONAMENTO A reunião na agência foi muito positiva. Márcio

Leia mais

introdução a publicidade & propaganda Aula 3 - Departamentos e uxograma da agência de propaganda

introdução a publicidade & propaganda Aula 3 - Departamentos e uxograma da agência de propaganda introdução a publicidade & propaganda Aula 3 - Departamentos e uxograma da agência de propaganda professor Rafael Ho mann Campanha Conjunto de peças com o mesmo objetivo, conjunto de peças publicitárias

Leia mais

Prêmios Internacionais. cobertura

Prêmios Internacionais. cobertura Prêmios Internacionais cobertura Festivais Inegavelmente, o Brasil é uma potência criativa global. Essa posição de destaque tem se consolidado ainda mais nos últimos anos e a grande vitrine desse processo

Leia mais

A EDIÇÃO DE IMAGEM COMO ALIADA EM CATÁLOGOS DE MODA

A EDIÇÃO DE IMAGEM COMO ALIADA EM CATÁLOGOS DE MODA UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE UNESC CURSO DE ARTES VISUAIS FERNANDA COMIN UGGIONI A EDIÇÃO DE IMAGEM COMO ALIADA EM CATÁLOGOS DE MODA CRICIÚMA, JULHO DE 009 FERNANDA COMIN UGGIONI A EDIÇÃO DE

Leia mais

Regulamento PRÊMIO ACAERT DE RÁDIO E TELEVISÃO 2013

Regulamento PRÊMIO ACAERT DE RÁDIO E TELEVISÃO 2013 Regulamento PRÊMIO ACAERT DE RÁDIO E TELEVISÃO 2013 Conceito O Prêmio ACAERT de Rádio e Televisão é uma realização da Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão. O objetivo da premiação é

Leia mais

3 Q. se C-iQ. r a s. Nelson Varón Cadena

3 Q. se C-iQ. r a s. Nelson Varón Cadena 3 Q. se C-iQ r a s Nelson Varón Cadena Sumário Prefácio Na virada do século 1900-1910 Mercado em ebulição Novos segmentos Enfim, a comunicação de massa A mídia tradicional se renova A febre do cartão-postal

Leia mais

Prêmios Internacionais. cobertura

Prêmios Internacionais. cobertura Prêmios Internacionais cobertura Festivais Inegavelmente, o Brasil é uma potência criativa global. Essa posição de destaque tem se consolidado ainda mais nos últimos anos e a grande vitrine desse processo

Leia mais

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões MÍDIA KIT INTERNET Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões Segundo pesquisa da Nielsen IBOPE, até o 1º trimestre/2014 número 18% maior que o mesmo período de 2013. É a demonstração

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia Área de Comunicação Produção Multimídia Curta Duração Produção Multimídia Carreira em Produção Multimídia O curso superior de Produção Multimídia da FIAM FAAM forma profissionais preparados para o mercado

Leia mais

RADIOGRAFIA DAS AGÊNCIAS DE PUBLICIDADE E PROMOÇÃO COM 10 OU MAIS PESSOAS OCUPADAS

RADIOGRAFIA DAS AGÊNCIAS DE PUBLICIDADE E PROMOÇÃO COM 10 OU MAIS PESSOAS OCUPADAS RADIOGRAFIA DAS AGÊNCIAS DE PUBLICIDADE E PROMOÇÃO COM 10 OU MAIS PESSOAS OCUPADAS ABAP / IBGE 2009 FONTE: PSPP Pesquisa de Serviços de Publicidade e Promoção 1 ÍNDICE METODOLOGIA 5 NOTAS TÉCNICAS 6 OBJETIVO

Leia mais

Universidade. Estácio de Sá. Comunicação

Universidade. Estácio de Sá. Comunicação Universidade Estácio de Sá Comunicação A Estácio Hoje reconhecida como a maior instituição particular de ensino superior do país, a Universidade Estácio de Sá iniciou suas atividades em 1970, como Faculdades

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU INSTITUTO A VEZ DO MESTRE

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU INSTITUTO A VEZ DO MESTRE UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU INSTITUTO A VEZ DO MESTRE O MERCHANDISING NO CINEMA Por: Michelle Cabral Bianchine Dantas Orientador Prof. Antônio Ney Rio de Janeiro 2009 2 UNIVERSIDADE

Leia mais

Planejamento de Campanha de Propaganda. Aula 5. Contextualização. Instrumentalização. Meios e Veículos. Mídia Conceito. Profa.

Planejamento de Campanha de Propaganda. Aula 5. Contextualização. Instrumentalização. Meios e Veículos. Mídia Conceito. Profa. Planejamento de Campanha de Propaganda Aula 5 Contextualização Profa. Karin Villatore Esta aula tem como objetivo mostrar quais são as principais mídias que podem ser usadas em campanhas de publicidade

Leia mais

está aqui! A solução para a sua marca Projeto gráfico Jornais Publicações customizadas Revistas www.editoranovagestao.com.br

está aqui! A solução para a sua marca Projeto gráfico Jornais Publicações customizadas Revistas www.editoranovagestao.com.br A solução para a sua marca está aqui! Editora www.editoranovagestao.com.br Publicações customizadas Revistas Edição de textos Jornais Diagramação Projeto gráfico revisão Criação de layouts Criação de textos

Leia mais

Inovação e o Telejornalismo Digital

Inovação e o Telejornalismo Digital Inovação e o Telejornalismo Digital Prof. Antonio Brasil Cátedra UFSC - RBS 2011 Telejornalismo Digital Novas práticas, desafios e oportunidades O que é Telejornalismo Digital Inovação tecnológica Interatividade

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária Área de Comunicação Tecnologia em Produção Publicitária Curta Duração Tecnologia em Produção Publicitária CARREIRA EM PRODUÇÃO PUBLICITÁRIA Nos últimos anos, a globalização da economia e a estabilização

Leia mais

Apresentação da Disciplina

Apresentação da Disciplina Mídia - 2015.1 Nilmar Figueiredo 1 2 3 4 Calendário Acadêmico Comentários Apresentação da Disciplina Sistema de Avaliação 1 - Apresentação da Disciplina O que é Mídia? Departamento de Mídia - Organização

Leia mais

Mídia Kit Jornal Correio

Mídia Kit Jornal Correio Mídia Kit Jornal Correio Com mais de 77 anos de tradição, o Jornal Correio faz parte da história de Uberlândia e não para de evoluir. De olho no que acontece no país e no mundo, é um jornal moderno, completo

Leia mais

Comunicação Empresarial

Comunicação Empresarial MBA em Gestão Empresarial MBA em Gestão de Logística MBA em Recursos Humanos MBA em Gestão de Marketing Branding Publicidade e propaganda Comunicação Digital Comunicação Empresarial Prof. Msc Alice Selles

Leia mais

INTERCOM Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XXIV Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação Campo Grande MS

INTERCOM Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XXIV Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação Campo Grande MS A PROPAGANDA NO BRASIL: UMA BREVÍSSIMA RESENHA DO SÉCULO XX Itanel Bastos de Quadros Junior Instituição: Universidade Federal do Paraná RESUMO - A história moderna da propaganda no Brasil começa na segunda

Leia mais

REGULAMENTO 1º FESTIVAL IGUASSU DE COMUNICAÇÃO FIC 2015.

REGULAMENTO 1º FESTIVAL IGUASSU DE COMUNICAÇÃO FIC 2015. REGULAMENTO 1º FESTIVAL IGUASSU DE COMUNICAÇÃO FIC 2015. OBJETIVO: O FIC - Festival Iguassu de Comunicação tem o objetivo de incentivar a COMUNICAÇÃO criativa na região. Trazendo profissionais gabaritados

Leia mais

A LB Comunica desenvolve estratégias e ações de marketing e comunicação, feitas sob medida para a realidade e as necessidades de cada cliente.

A LB Comunica desenvolve estratégias e ações de marketing e comunicação, feitas sob medida para a realidade e as necessidades de cada cliente. .a agência A LB Comunica desenvolve estratégias e ações de marketing e comunicação, feitas sob medida para a realidade e as necessidades de cada cliente. Nosso compromisso é auxiliar empresas e organizações

Leia mais

Ementa das disciplinas optativas 2011.1 (em ordem alfabética independente do curso e do turno)

Ementa das disciplinas optativas 2011.1 (em ordem alfabética independente do curso e do turno) Ementa das disciplinas optativas 2011.1 (em ordem alfabética independente do curso e do turno) Disciplina Ementa Pré- requisito C.H. Curso Assessoria de Comunicação Conhecimento geral, reflexão e prática

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 001616 - TECNOLOGIA EM FOTOGRAFIA E IMAGEM Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 001616 - TECNOLOGIA EM FOTOGRAFIA E IMAGEM Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 001616 - TECNOLOGIA EM FOTOGRAFIA E IMAGEM Nivel: Superior Area Profissional: 0006 - COMUNICACAO Area de Atuacao: 0110 - EDITORACAO/COMUNICACAO

Leia mais

AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA

AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA Página 1 de 16 AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: serviço Tipo de Negócio: agência de publicidade e propaganda Produtos Ofertados/Produzidos:

Leia mais

Como Atrair Clientes

Como Atrair Clientes COMO ATRAIR CLIENTES QUESTÕES BÁSICAS Quem são os meus clientes? Quantos sãos? Onde estão? Como fazer para falar com eles? DEFINIÇÃO SEGMENTO DE MERCADO Significa um grupo de consumidores com necessidades

Leia mais

O USO DAS FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E ATENDIMENTO AO CLIENTE NAS AGÊNCIAS DE PEQUENO E GRANDE PORTE NO DISTRITO FEDERAL. JULIANA COSTA VEIRA

O USO DAS FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E ATENDIMENTO AO CLIENTE NAS AGÊNCIAS DE PEQUENO E GRANDE PORTE NO DISTRITO FEDERAL. JULIANA COSTA VEIRA CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRASÍLIA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS FASA CURSO: COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA DISCIPLINA: MONOGRAFIA ÁREA: ATENDIMENTO PUBLICITÁRIO PROFESSOR ORIENTADOR:

Leia mais

Fundamentos da Propaganda TV e Cinema. Prof. Adriano Portela

Fundamentos da Propaganda TV e Cinema. Prof. Adriano Portela Fundamentos da Propaganda TV e Cinema Prof. Adriano Portela Brasil, 1950. A chegada da televisão revoluciona a vida dos brasileiros. Os Anos de Chumbo, como foram chamados os 20 anos de ditadura, marcaram

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000023 - COMUNICACAO SOCIAL - JORNALISMO Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000023 - COMUNICACAO SOCIAL - JORNALISMO Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000023 - COMUNICACAO SOCIAL - JORNALISMO Nivel: Superior Area Profissional: 0006 - COMUNICACAO Area de Atuacao: 0110 - EDITORACAO/COMUNICACAO

Leia mais

Anexo I Ementário das Modalidades conforme Categorias DA EXPOCOM

Anexo I Ementário das Modalidades conforme Categorias DA EXPOCOM Anexo I Ementário das Modalidades conforme Categorias DA EXPOCOM JORNALISMO JO 01 Agência Jr. de Jornalismo (conjunto/ série) Modalidade voltada a agências de jornalismo experimentais, criadas, desenvolvidas

Leia mais

Mobiliário urbano Presente no cotidiano do consumidor brasileiro e na base de investimento do IBOPE Mídia

Mobiliário urbano Presente no cotidiano do consumidor brasileiro e na base de investimento do IBOPE Mídia Mobiliário urbano Presente no cotidiano do consumidor brasileiro e na base de investimento do IBOPE Mídia IBOPE Mídia Monitor IBOPE Mídia Monitor Fundada em 1996, esta divisão do IBOPE Mídia é responsável

Leia mais

I PRÊMIO CRIAR FTC. Etapas do regulamento

I PRÊMIO CRIAR FTC. Etapas do regulamento I PRÊMIO CRIAR FTC O I Prêmio Criar FTC se destina a estimular a técnica e a criatividade na realização dos diversos formatos de propaganda, assim como a valorização dos alunos de todos os semestres e

Leia mais

A HISTÓRIA DA PUBLICIDADE BRASILEIRA

A HISTÓRIA DA PUBLICIDADE BRASILEIRA A HISTÓRIA DA PUBLICIDADE BRASILEIRA Emilly Furtado Severino 1 Natália Moura Gomes 1 Samila Vicentini 1 Orientador: Profº. Ms. Paulo Cinti Resumo: O objetivo deste artigo é discutir a história da publicidade

Leia mais

EMENTÁRIO DO CURO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA

EMENTÁRIO DO CURO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA EMENTÁRIO DO CURO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA LET 02630 LÍNGUA PORTUGUESA Noções gerais da língua portuguesa. Leitura e produção de diferentes tipos de textos, em especial os relativos à comunicação de

Leia mais

Os tempos mudaram. Campanha de valorização

Os tempos mudaram. Campanha de valorização Campanha de valorização Os tempos mudaram Terceira fase da Campanha de Valorização do Marketing Direto enfatiza a revolução nas formas de conquistar o público e a proximidade da disciplina com as novas

Leia mais

MÍDIA MATERIAL DE REFERÊNCIA TEÓRICA 01. Prof. Rodrigo Duguay a partir de material base da Profa. Dra. Karla Patriota

MÍDIA MATERIAL DE REFERÊNCIA TEÓRICA 01. Prof. Rodrigo Duguay a partir de material base da Profa. Dra. Karla Patriota MÍDIA MATERIAL DE REFERÊNCIA TEÓRICA 01 Prof. Rodrigo Duguay a partir de material base da Profa. Dra. Karla Patriota MÍDIA Definição Mídia. Sf (ing. mass media) Propag. 1 Veículo ou meio de divulgação

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS Cultura Brasileira 1º PERÍODO O fenômeno cultural. Cultura(s) no Brasil. Cultura regional e

Leia mais

MANUAL DE PRESTAÇÃO DE CONTAS DE PATROCÍNIOS

MANUAL DE PRESTAÇÃO DE CONTAS DE PATROCÍNIOS MANUAL DE PRESTAÇÃO DE CONTAS DE PATROCÍNIOS INSTRUÇÕES GERAIS Leia com atenção todas as informações abaixo, antes de realizar a prestação de contas do seu projeto ao SEBRAE. A total liberação do recurso

Leia mais

JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ www.diariodaconstrucao.com.br

JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ www.diariodaconstrucao.com.br PROPOSTA DE PROPAGANDA - ANUNCIE NO JDC Apresentação de Plano de Publicidade Online no Site O JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ atende com o nome de JDC, porque é uma empresa que tem como sua atividade

Leia mais

QUADRO CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA QUADRO ANTERIOR A 2001 ATÉ O CURRICULO VIGENTE NO PRÓPRIO CURSO - 3 primeiros períodos

QUADRO CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA QUADRO ANTERIOR A 2001 ATÉ O CURRICULO VIGENTE NO PRÓPRIO CURSO - 3 primeiros períodos QUADRO CURSO D PUBLICIDAD PROPAGANDA QUADRO ANTRIOR A 2001 ATÉ O CURRICULO VIGNT NO PRÓPRIO CURSO - 3 primeiros períodos DISCIPLINA A DISCIPLINA B CÓDIGO DISCIPLINA - 2008 C/H CUR -SO DISCIPLINA C/H CÓDIGO

Leia mais

Televisão brasileira: o início da problemática 1

Televisão brasileira: o início da problemática 1 Televisão brasileira: o início da problemática 1 AUTOR: QUINTANA JÚNIOR, José CURSO: Comunicação Social Jornalismo/Unifra, Santa Maria, RS OBRA: CAPARELLI, Sérgio. Televisão e capitalismo no Brasil: com

Leia mais

A Indústria da Propaganda

A Indústria da Propaganda A Indústria da Propaganda Aprendendo com o Passado Transformando o Presente Vivendo o Futuro Junho 2004 Um Pouco de História As Relações Macro-Econômicas e o Desenvolvimento da Propaganda no Brasil Anos

Leia mais

CARACTERÍSTICAS DA MÍDIA Profa. Marli Hatje Educação Física e as Novas TICs CEFD/UFSM

CARACTERÍSTICAS DA MÍDIA Profa. Marli Hatje Educação Física e as Novas TICs CEFD/UFSM CARACTERÍSTICAS DA MÍDIA Profa. Marli Hatje Educação Física e as Novas TICs CEFD/UFSM Jornal Revista Televisão Rádio Internet - Relata o que já passou e o que vai acontecer; -Credibilidade; - Cobertura

Leia mais

Apresent Sobr Apr esent ão e a Mídia e a Mídia

Apresent Sobr Apr esent ão e a Mídia e a Mídia Sobre a Mídia A Midia Moving é uma empresa líder no segmento DMOOH (digital midia out of home) com mais de 10 anos de atuação no mercado, atendendo a grandes empresas. Somos líderes de mercado também no

Leia mais

DE LA CLASE A LA CUENTA: DA CLASSE AO MERCADO DCC/DCM Internacional. Aula 2

DE LA CLASE A LA CUENTA: DA CLASSE AO MERCADO DCC/DCM Internacional. Aula 2 DE LA CLASE A LA CUENTA: DA CLASSE AO MERCADO DCC/DCM Internacional Aula 2 Módulo 1 Formação de Agências Aula 2 Profa. Tamara Guaraldo MÓDULO 1 DO CURSO DA CLASSE AO MERCADO 2015 Quintas-feiras SALA 17

Leia mais

Mídia e Região na Era Digital: Diversidade Cultural & Convergência Midiática. (org. Anamaria Fadul e Maria Cristina Gobbi)

Mídia e Região na Era Digital: Diversidade Cultural & Convergência Midiática. (org. Anamaria Fadul e Maria Cristina Gobbi) Mídia e Região na Era Digital: Diversidade Cultural & Convergência Midiática (org. Anamaria Fadul e Maria Cristina Gobbi) XI Colóquio Internacional de Comunicação para o Desenvolvimento Regional (9,10,11

Leia mais

Internet e Tecnologia Digital

Internet e Tecnologia Digital Prof. Edmundo W. Lobassi O final do século XX marca uma nova configuração econômica no mundo: a globalização obriga o mercado a posicionar-se de forma diferenciada e esse fato exige dos anunciantes e agências

Leia mais

Apresentação. Público. Abrangência / Tiragem Atibaia / 3.000 exemplares impressos / edição on line

Apresentação. Público. Abrangência / Tiragem Atibaia / 3.000 exemplares impressos / edição on line CMídia Kit 2015 Apresentação O que é A revista Circulô Conceitual é um periódico quadrimestral, distribuído gratuitamente em locais estratégicos da cidade. Chega para suprir as necessidades e interesses

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO EDITAL

PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO EDITAL As Faculdades Integradas Barros Melo vêm tornar público aos alunos regularmente matriculados nos Cursos de Jornalismo,

Leia mais

COMUNICAÇÃO DE MARKETING

COMUNICAÇÃO DE MARKETING COMUNICAÇÃO DE MARKETING CONCEITOS O QUE É MÍDIA? CONCEITOS Não é o que você faz, mas onde você coloca Meios de comunicação como prolongamento da capacidade humana de se expressar. Qualquer meio pago usado

Leia mais

12. JORNAL DE ONTEM. 5 a e 8 a SÉRIES. A vida no Egito e México antigos. Guia do Professor

12. JORNAL DE ONTEM. 5 a e 8 a SÉRIES. A vida no Egito e México antigos. Guia do Professor 5 a e 8 a SÉRIES 12. JORNAL DE ONTEM A vida no Egito e México antigos Áreas: H, LP, G, PC SOFTWARES NECESSÁRIOS: ENCICLOPÉDIA MICROSOFT ENCARTA 2000 MICROSOFT WORD 2000 MICROSOFT EXCEL 2000 MICROSOFT PUBLISHER

Leia mais

VOLKSWAGEN - VAREJO JORNAL DA BAND

VOLKSWAGEN - VAREJO JORNAL DA BAND VOLKSWAGEN - VAREJO JORNAL DA BAND BAND.COM.BR O BAND.com.br é o endereço da melhor informação na web, com acesso direto ao conteúdo de 4 canais de televisão, 14 emissoras de rádio e 2 jornais impressos.

Leia mais

Divulgação do novo telefone da Central de Atendimento da Cemig: Análise da divulgação da Campanha

Divulgação do novo telefone da Central de Atendimento da Cemig: Análise da divulgação da Campanha XVIII Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2008-06 a 10 de outubro Olinda - Pernambuco - Brasil Divulgação do novo telefone da Central de Atendimento da Cemig: Análise da divulgação

Leia mais

Regulamento Concurso Par da Oktoberfest 2009

Regulamento Concurso Par da Oktoberfest 2009 Regulamento Concurso Par da Oktoberfest 2009 1. O Concurso Par da Oktoberfest, realizado pela Rádio Gaúcha S/A (Grupo RBS), tem por objetivo escolher dentre os interessados um casal que irá participar

Leia mais

REGULAMENTO PRÊMIO GANDHI DE COMUNICAÇÃO 2015 ATENÇÃO: INSCRIÇÕES PRORROGADAS!!!! Até 18 de setembro de 2015.

REGULAMENTO PRÊMIO GANDHI DE COMUNICAÇÃO 2015 ATENÇÃO: INSCRIÇÕES PRORROGADAS!!!! Até 18 de setembro de 2015. REGULAMENTO PRÊMIO GANDHI DE COMUNICAÇÃO 2015 ATENÇÃO: INSCRIÇÕES PRORROGADAS!!!! Até 18 de setembro de 2015. Justificativa O Prêmio Gandhi de Comunicação é uma iniciativa da Agência da Boa Notícia, Organização

Leia mais

Cerveja Heineken 1. PALAVRAS-CHAVE: Heineken; Fotografia; Latinhas; Festa; Diversão.

Cerveja Heineken 1. PALAVRAS-CHAVE: Heineken; Fotografia; Latinhas; Festa; Diversão. Cerveja Heineken 1 Lais Eloara Nunes 2 Camila Roberta Fernandes 3 Paulo Oliveira 4 Mérsia Alvarinho Casimiro 5 Thayne Cristina dos Santos 6 Cristiane Peixoto Nabarretti. 7 Faculdade Anhanguera de Limeira,

Leia mais

CURSO: COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA TURMA: CS5/CS6. Prof. Breno Brito. Apostila 3

CURSO: COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA TURMA: CS5/CS6. Prof. Breno Brito. Apostila 3 CURSO: COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA TURMA: CS5/CS6 PUBLICITÁRIA Apostila 3 SETEMBRO 2009 1 BREVE HISTÓRICO DA PROPAGANDA BRASILEIRA E A EVOLUÇÃO DA CRIATIVIDADE NOS ANÚNCIOS A história da

Leia mais

sz propaganda propaganda sz consulting sz webdesign sz branding sz design um novo começo. um novo começo. além da marca e muito mais

sz propaganda propaganda sz consulting sz webdesign sz branding sz design um novo começo. um novo começo. além da marca e muito mais sz propaganda um novo começo. propaganda sz um novo começo. sz consulting maximizando resultados sz branding além da marca sz design e muito mais sz webdesign sem portas fechadas Planejamento estratégico,

Leia mais

FTAD FORMAÇÃO TÉCNICA EM ADMINISTRAÇÃO MÓDULO DE MARKETING. Professor: Arlindo Neto

FTAD FORMAÇÃO TÉCNICA EM ADMINISTRAÇÃO MÓDULO DE MARKETING. Professor: Arlindo Neto FTAD FORMAÇÃO TÉCNICA EM ADMINISTRAÇÃO MÓDULO DE MARKETING Professor: Arlindo Neto Competências a serem trabalhadas GESTÃO DE MARKETING PUBLICIDADE E PROPAGANDA GESTÃO COMERCIAL FTAD FORMAÇÃO TÉCNICA EM

Leia mais

Paradigmas e paradoxos da sociedade da informação

Paradigmas e paradoxos da sociedade da informação Paradigmas e paradoxos da sociedade da informação As mudanças DebatePapo Mídia Dalton Pastore - ABAP Caio Barsotti - SECOM José Alves - IVC Orlando Lopes - ABA Impacto da Tecnologia Individualização Acesso

Leia mais

BREVE HISTÓRICO DA PROPAGANDA

BREVE HISTÓRICO DA PROPAGANDA CURSO: COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA TURMA: CS1/CS2 PRÁTICAS DE PROPAGANDA Apostila 5 BREVE HISTÓRICO DA PROPAGANDA OUTRUBRO 2007 BREVE HISTÓRICO DA PROPAGANDA Arqueólogos trabalhando em

Leia mais

Marketing digital NARCISO SANTAELLA

Marketing digital NARCISO SANTAELLA Marketing digital 1 Introdução As agências de publicidade recorrem ao marketing digital para conquistar o público que hoje tem na web uma das principais fontes de informação. Utilizar todos os recursos

Leia mais

O PROGRAMA. Colunistas fixos irão falar sobre moda, gastronomia, tecnologia, cinema e estilo.

O PROGRAMA. Colunistas fixos irão falar sobre moda, gastronomia, tecnologia, cinema e estilo. O PROGRAMA Claquete, sua revista eletrônica de entretenimento. Claquete: Sua revista eletrônica de entretenimento. Com seu bom humor e curiosidade característicos, Otávio Mesquita apresenta os bastidores

Leia mais

Uma empresa de comunicação capaz de diagnosticar suas necessidades e tratá-las com perfeição!!!

Uma empresa de comunicação capaz de diagnosticar suas necessidades e tratá-las com perfeição!!! Uma empresa de comunicação capaz de diagnosticar suas necessidades e tratá-las com perfeição!!! PORTFÓLIO Criatividade, compromisso e profissionalismo: resumem o Portal da Comunicação!!! PUBLICIDADE e

Leia mais

A criação para a TV era mera adaptação das peças criadas para o rádio. 1º salão nacional de Propaganda, em São Paulo 1ª emissora de TV, em São Paulo.

A criação para a TV era mera adaptação das peças criadas para o rádio. 1º salão nacional de Propaganda, em São Paulo 1ª emissora de TV, em São Paulo. 1950-1960 Surgem quase simultaneamente a Editora Abril e a TV Tupi Difusora e, em seguida, a revista Manchete. O setor ganha uma nova revista especializada: Propaganda Surge a Escola Superior de Propaganda

Leia mais

GEOTARGET PERNAMBUCO ENTRETENIMENTO

GEOTARGET PERNAMBUCO ENTRETENIMENTO GEOTARGET PERNAMBUCO ENTRETENIMENTO GEOTARGET: o que é? É uma forma de comprar mídia na internet. A compra por Geotarget permite o direcionamento das peças publicitárias para determinadas áreas geográficas.

Leia mais

Uma nova fase de sucesso em seu negócio pode começar agora

Uma nova fase de sucesso em seu negócio pode começar agora Uma nova fase de sucesso em seu negócio pode começar agora Afinal, tudo começa em sua maneira de pensar. E marketing é isto, uma questão de posicionamento. PROPOSTA DE SERVIÇOS Logotipos Web Sites Lojas

Leia mais

1 Introdução. 1.1 A Nova Era Digital

1 Introdução. 1.1 A Nova Era Digital 11 1 Introdução Com o advento da nova era da internet, conhecida com web 2.0, e o avanço das tecnologias digitais, o consumidor passa a ter maior acesso à informação bem como à facilidade de expressar

Leia mais

mensagem EMISSOR RECEPTOR MEIO

mensagem EMISSOR RECEPTOR MEIO EMISSOR MEIO mensagem RECEPTOR Grr Mesmo quando o homem primitivo gritava, pedindo ajuda por exemplo, este processo de comunicação se encaixa no esquema acima 1 A transformação dos fatos do cotidiano em

Leia mais

Alto Taquari em Pauta: uma experiência interdisciplinar em jornalismo digital 1

Alto Taquari em Pauta: uma experiência interdisciplinar em jornalismo digital 1 Alto Taquari em Pauta: uma experiência interdisciplinar em jornalismo digital 1 Aparecido Marden Reis 2 Marli Barboza da Silva 3 Universidade do Estado de Mato Grosso, Unemat - MT RESUMO O projeto experimental

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL A Profª. Ivânia Maria de Barros Melo dos Anjos Dias, Diretora Geral das Faculdades Integradas Barros Melo, no uso de suas

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL A Profª. Ivânia Maria de Barros Melo dos Anjos Dias, Diretora Geral das Faculdades Integradas Barros Melo, no uso de suas

Leia mais

Não adianta falar inglês sem fazer sentido. 1

Não adianta falar inglês sem fazer sentido. 1 Não adianta falar inglês sem fazer sentido. 1 BOGUSZEWSKI, Luiza. 2 SCHETTERT, Gabriela Antunes. 3 MENEZES, Sérgio. 4 Universidade Positivo, Curitiba, PR. 2013 RESUMO Com a disseminação da cultura norte-americana

Leia mais

MDD Mídias Interativas. A Evolução da TV no Brasil

MDD Mídias Interativas. A Evolução da TV no Brasil Pós-Graduação MDD Mídias Interativas A Evolução da TV no Brasil Apresentações Profª. Graciana Simoní Fischer de Gouvêa Email: graciana.fischer@prof.infnet.edu.br Evolução da TV Evolução do Homem x TV Evolução

Leia mais

Publicidade. Monitoramento: Percepções sobre Publicidade. Relatório de Monitoramento de Marcas e Conversações

Publicidade. Monitoramento: Percepções sobre Publicidade. Relatório de Monitoramento de Marcas e Conversações Crédito da imagem: ronnestam.com Anúncio Upex Publicidade Relatório de Monitoramento de Marcas e Conversações Introdução Foram realizadas buscas na mídia social Twitter, através de ferramenta de monitoramento

Leia mais

COMÉRCIO ELETRÔNICO UM BREVE HISTÓRICO

COMÉRCIO ELETRÔNICO UM BREVE HISTÓRICO UM BREVE HISTÓRICO COMÉRCIO ELETRÔNICO O comércio sempre existiu desde que surgiram as sociedades. Ele é dito como o processo de comprar, vender e trocar produtos e serviços. Inicialmente praticado pelos

Leia mais

A Realidade dos mercados regionais. Antonio Ricardo Ferreira

A Realidade dos mercados regionais. Antonio Ricardo Ferreira A Realidade dos mercados regionais Antonio Ricardo Ferreira Pesquisas nos mercados regionais É importante regionalizar o planejamento de mídía? Existem pesquisas regulares para viabilizar esta regionalização?

Leia mais

A Tecnologia Digital na Radiodifusão

A Tecnologia Digital na Radiodifusão A Tecnologia Digital na Radiodifusão Painel Setorial de Telecomunicações INMETRO/XERÉM-RJ 27 de outubro de 2006 Ronald Siqueira Barbosa O O pobre e o emergente de hoje são s o aqueles que no passado, perderam

Leia mais

COMO DIVULGAR SUA EMPRESA

COMO DIVULGAR SUA EMPRESA COMO DIVULGAR SUA EMPRESA João Abdalla Consultor de Marketing Unid. Org. Capital Sebrae SP Tel.: (0XX11) 3177-4500 joaon@sebraesp.com.br 4/1/2011 1 QUESTÕES BÁSICAS Quem são os meus clientes? Quantos são?

Leia mais

Revista Unimed Digital. Dr. Evandro Costa Rosa e João Ricardo Athas

Revista Unimed Digital. Dr. Evandro Costa Rosa e João Ricardo Athas Revista Unimed Digital Dr. Evandro Costa Rosa e João Ricardo Athas 2 Posicionar-se diante de temas importantes da nossa região e que estão ligados, diretamente, à saúde, é o que propõe a Revista Unimed.

Leia mais

Trabalhando em conjunto, trabalhando sempre.

Trabalhando em conjunto, trabalhando sempre. A AVY COMUNICAÇÃO A AVY Comunicação é uma agência de comunicação e marketing que desenvolve diferentes soluções utilizando a experiência e criatividade de sua equipe para gerar valor institucional, fidelidade

Leia mais

MAR SEM FIM. Redescobrindo a costa brasileira.

MAR SEM FIM. Redescobrindo a costa brasileira. MAR SEM FIM Redescobrindo a costa brasileira. Sempre na busca de uma linguagem inovadora, ao combinar educação e entretenimento, a TV Cultura se tornou a emissora mais premiada do Brasil com sua receita

Leia mais

Thaísa Fortuni. 15 dicas de Mídias Sociais para Moda. Copyright 2015 - Todos os direitos reservados

Thaísa Fortuni. 15 dicas de Mídias Sociais para Moda. Copyright 2015 - Todos os direitos reservados Thaísa Fortuni Thaísa Fortuni 15 dicas de Mídias Sociais para Moda Copyright 2015 - Todos os direitos reservados Sobre Thaísa Fortuni Publicitária por formação, escritora e empreendora digital. Trabalha

Leia mais

SELEÇÃO INTERNA UNINTER EXPOCOM 2014 REGIONAL

SELEÇÃO INTERNA UNINTER EXPOCOM 2014 REGIONAL SELEÇÃO INTERNA UNINTER EXPOCOM 2014 REGIONAL Está na hora de tirar os trabalhos da gaveta! Fique atento e participe!!! É para já!!! O que é o Expocom? O Expocom (Exposição de Pesquisa Experimental em

Leia mais

Planejamento de Campanha Publicitária

Planejamento de Campanha Publicitária Planejamento de Campanha Publicitária Prof. André Wander UCAM O briefing chegou. E agora? O profissional responsável pelo planejamento de campanha em uma agência de propaganda recebe o briefing, analisa

Leia mais

Assessoria de imprensa Conquista de espaço editorial Publicações Informação direta ao seu público Comunicação interna Muito além do jornalzinho

Assessoria de imprensa Conquista de espaço editorial Publicações Informação direta ao seu público Comunicação interna Muito além do jornalzinho # Tantas # Edição 01 # Ano 01 Assessoria de imprensa Conquista de espaço editorial Publicações Informação direta ao seu público Comunicação interna Muito além do jornalzinho Editorial Missão e Valores

Leia mais

1.108 IMPACTOS DIA.770 TELAS 9 CIDADES

1.108 IMPACTOS DIA.770 TELAS 9 CIDADES 1.108 IMPACTOS DIA.770 TELAS 9 CIDADES BUSTV BRASIL > Pertencente a HOLDING EUROPEIA do segmento de transporte e mídia > Início da operação no Brasil em 2006 > Uma das MAIORES RESERVAS TÉCNICAS DO SETOR

Leia mais

FACULDADE CÁSPER LÍBERO PROJETO CRIAR 2013 2 ANO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA 2º ANO DE RÁDIO E TV

FACULDADE CÁSPER LÍBERO PROJETO CRIAR 2013 2 ANO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA 2º ANO DE RÁDIO E TV FACULDADE CÁSPER LÍBERO PROJETO CRIAR 2013 2 ANO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA 2º ANO DE RÁDIO E TV O Projeto Criar é um projeto transdisciplinar, que envolve os cursos de Publicidade e Propaganda e Rádio

Leia mais

Produção Eletrônica em Rádio e TV

Produção Eletrônica em Rádio e TV Produção Eletrônica em Rádio e TV Programetes Vídeos Institucionais e Produções Informativas TVs Corporativas Prof. Dirceu Lemos dirceulemos@yahoo.com.br O que são programetes? Programetes são programas

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia Diretoria de Comunicação Social (Dirco) Políticas Públicas de Comunicação

Universidade Federal de Uberlândia Diretoria de Comunicação Social (Dirco) Políticas Públicas de Comunicação Universidade Federal de Uberlândia Diretoria de Comunicação Social Políticas Públicas de Comunicação...a presença ativa duma universidade, revigorada ao contato de seu núcleo mais vivo e ciosa do seu espaço

Leia mais

CANAIS 14 UHF 22 da NET

CANAIS 14 UHF 22 da NET www.facebook.com/tvredepaulista www.twitter.com/tvredepaulista www.youtube.com/tvredepaulista www.projectocom.com.br tvredepaulista Fundação Cultural Anhanguera R. Dr. Leonardo Cavalcanti, 56 Centro Jundiaí/SP

Leia mais

17º FESTIVAL BRASILEIRO DE CINEMA UNIVERSITÁRIO. 06.08 a 12.08 Rio de Janeiro 13.08 a 19.08 São Paulo

17º FESTIVAL BRASILEIRO DE CINEMA UNIVERSITÁRIO. 06.08 a 12.08 Rio de Janeiro 13.08 a 19.08 São Paulo 17º FESTIVAL BRASILEIRO DE CINEMA UNIVERSITÁRIO 06.08 a 12.08 Rio de Janeiro 13.08 a 19.08 São Paulo APRESENTAÇÃO O 17º Festival Brasileiro de Cinema Universitário acontecerá de 6 a 12 de agosto de 2012,

Leia mais

RÁDIO E TV TÉCNICO EM ATUAÇÃO NO MERCADO

RÁDIO E TV TÉCNICO EM ATUAÇÃO NO MERCADO O CEET - Centro Estadual de Educação Técnica Vasco Coutinho é uma Instituição de Ensino criada e mantida pelo Governo do Estado do Espírito Santo e transferido através da lei n 9.971/12, para Secretaria

Leia mais

multi media soluções em comunicação

multi media soluções em comunicação multi media soluções em comunicação PARANÁ multi media multi media 1 MI DE HABITANTES NA REGIÃO R$18 BI POTENCIAL DE CONSUMO R$ 12 BI EM INVESTIMENTOS NA REGIÃO 1º NO RANKING INDUSTRIAS R$ 18 BI PIB DA

Leia mais

Comunicação Integrada de marketing.

Comunicação Integrada de marketing. Comunicação Integrada de marketing. - COMPOSTO DE COMUNICAÇÃO - 4 A s - 4 C s Comunicação: é a transmissão de uma mensagem de um emissor para um receptor, de modo que ambos a entendam da mesma maneira.

Leia mais

Dia dos Namorados OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO

Dia dos Namorados OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO Dia dos Namorados OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO Dia dos Namorados Além de ser uma data cheia de glamour e romantismo, o Dia dos Namorados representa uma ótima oportunidade comercial. Para aproveitar esse momento,

Leia mais