Literatura 148 GUIA DE PROGRAMAS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Literatura 148 GUIA DE PROGRAMAS"

Transcrição

1 Literatura O programas da seção têm contos de fadas, fábulas, poemas, novelas, romances, peças de teatro. Vários gêneros, inúmeros autores: de William Shakespeare a Hans Christian Andersen, de Monteiro Lobato a Luis Fernando Veríssimo. Escritores falam de seu ofício. Personagens de um desenho animado vivem em um ambiente cheio de livros e imaginação. Destaque: a série Revista Literária, de entrevistas com escritores brasileiros contemporâneos. 148 GUIA DE PROGRAMAS

2 BIBLIOTECA NACIONAL EALIZAÇÃO: MINC. BRASIL, 1997 IREÇÃO: ANDREA TONACCI URAÇÃO: A Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro, após restauração. Depoimentos de escritores e funcionários sobre o seu papel como centro de pesquisa, consulta e registro de obras, e sua importância para a memória do País. CONEXA: HISTÓRIA BOA HISTÓRIA, UMA Série, 5 programas EALIZAÇÃO: LIGHTYEAR / CORONET. EUA, 1989/93 Mitos do imaginário popular, clássicos da literatura infantil e uma história bíblica narrados por meio de animações. 1. A arca de Noé (20 36 ) A passagem bíblica é referência para três personagens concluírem que ainda há muito o que aprender sobre convívio. 2. Pégaso (20 39 ) Introdução aos mitos única explicação do mundo antes do surgimento da Ciência. 3. A bela e a fera (20 28 ) Clássico da literatura infantil utilizado para discussão sobre os elementos essenciais de uma boa narrativa. 4. A rainha da neve (23 27 ) As experiências de duas crianças, personagens do conto de fadas de Andersen, sugerem os motivos que levam as pessoas a tomar atitudes boas ou más. 5. Merlin e os dragões (27 56 ) A literatura e o processo criativo. Como desenvolver uma nova história a partir das várias lendas do rei Artur. S CIDADES SONHADAS, CIDADES REAIS Série, 6 programas Documentários sobre seis cidades, com suas paisagens, histórias e culturas, apresentadas a partir de textos de romances, contos, crônicas, poemas e cartas nas quais foram descritas. 1. Paris (26 23 ) 2. Veneza (27 07 ) 3. Jerusalém (26 59 ) 4. Viena (25 25 ) 5. Alexandria (26 57 ) 6. Havana (25 30 ) S CONEXAS: GEOGRAFIA, HISTÓRIA, PLURALIDADE CULTURAL, ARTE, LÍNGUA CONTOS DE ANDERSEN Série, 6 programas EALIZAÇÃO: CORONET. EUA, 1982 Algumas das mais célebres fábulas da literatura ocidental, que tratam de questões como desigualdade social, abandono infantil, falta de solidariedade, diferenças individuais, aceitação, rejeição e necessidade de adaptação ao meio. 1. A pequena vendedora de fósforos (17 06 ) 2. O patinho feio (16 59 ) 3. A pequena sereia (13 31 ) 4. O rou- xinol (15 38 ) 5. Polegarzinha (16 41 ) 6. A roupa nova do impera- dor (11 05 ) S O MUNDO MÁGICO DE BIA E BETO EALIZAÇÃO: LA CINQUIÈME. FRANÇA GUIA DE PROGRAMAS 149

3 Literatura BIBLIOTECA NACIONAL MÁRIO, UM HOMEM DESINFELIZ DÉCIMA SEGUNDA NOITE, A IREÇÃO: MARIA MUAT URAÇÃO: Animação baseada na comédia Noite de reis, de William Shakespeare. Viola encontra-se de luto pela suposta morte de seu irmão gêmeo, Sebastião, mas algumas pessoas estão decididas a acabar com essa tristeza. ENCONTRO MARCADO COM A ARTE Série, 53 programas EALIZAÇÃO: WORK VÍDEO / IBM. BRASIL, 1996 IREÇÃO: ARAKEN TÁVORA A arte na palavra de romancistas, poetas, cronistas, dramaturgos e outros criadores. 1. Affonso Romano de Sant anna (10 56 ) 2. Geraldo Carneiro Poe- ta sem profissão (10 26 ) 3. Chico Caruso (10 40 ) 4. Jaguar (11 19 ) 5. Ziraldo (13 11 ) 6. Armando Noguei- ra (17 59 ) 7. Zuenir Ventura (9 55 ) 8. Luiz Claudio (11 28 ) 9. Walmor Chagas (11 58 ) 10. Zé Andrade (10 55 ) Antonio Callado (11 36 ) 12. Antonio Torres (12 16 ) 13. Au- tran Dourado (12 22 ) 14. Carlos Eduardo Novaes (14 36 ) 15. Deo- nísio da Silva (12 30 ) 16. Eliane Ma- ciel (13 10 ) 17. Eric Nepomuceno (12 12 ) 18. Fernando Morais (11 13 ) 19. Fernando Gabeira (9 58 ) 20. Ignácio de Loyola Bran- dão (11 33 ) 21. João Antonio (9 36 ) 22. Josué Montello (10 56 ) 23. Luis Fernando Verissimo (13 47 ) 24. Márcio Souza (12 50 ) 25. Marina Colassanti (13 38 ) 26. Moacyr Scliar (12 30 ) 27. Nélida Piñon (11 41 ) 28. Oswaldo França Jr. (7 32 ) 29. Paulo Coelho (12 42 ) 30. Rachel Jar- dim (11 12 ) 31. Silviano Santiago (12 05 ) 32. Fernando Sabino (11 23 ) 33. Rubem Braga (12 01 ) 34. Paulo Mendes Campos (10 ) 35. Orígenes Lessa (13 01 ) 36. Adélia Prado (12 05 ) 37. Rachel de Quei- roz (23 34 ) 38. Lygia Fagundes Tel- les (19 59 ) 39. Fernanda Montene- gro (13 52 ) 40. Dias Gomes (10 49 ) 41. Doc Comparato (15 22 ) 42. Mauro Rasi (12 54 ) 43. Millôr Fer- nandes (14 49 ) 44. Ariano Suassu- na (16 52 ) 45. Ferreira Gullar (12 51 ) 46. Mário Quintana (15 16 ) 47. Jorge Amado (15 ) 48. Chico Buarque (14 05 ) 49. Hermínio Be- llo de Carvalho (16 26 ) 50. Sérgio Cabral (15 46 ) 51. Thiago de Mello (13 43 ) 52. Waly Salomão (22 31 ) 53. Antônio Nóbrega (27 38 ) S, PLURALIDADE CULTURAL ÉPICOS ANIMADOS Série, 5 programas EALIZAÇÃO: SALSA DISTRIBUITION / SAC. INGLATERRA Animações recriam clássicos da literatura universal. 1. Os contos de Canterbury Dei- xando Londres (27 17 ) Um grupo de amigos sai de Londres para ir à cidade de Canterbury, onde vai receber uma bênção, no Santuá- 150 GUIA DE PROGRAMAS

4 rio de São Tomás. Para passar o tempo, contam histórias. Dos Contos de Canterbury, de Chaucer. 2. Os contos de Canterbury Che- gando a Canterbury (26 47 ) Depois de uma longa viagem, o grupo chega à cidade de Canterbury. Antes de ir ao Santuário de São Tomás, eles param para beber, comer e contar histórias. 3. Dom Quixote de la Mancha (27 ) Um fidalgo arruinado e louco encarna seu alter-ego, Dom Quixote, e, ao lado de seu fiel escudeiro, Sancho Pança, e de seu cavalo, Rocinante, sai à procura de aventuras na Espanha medieval. Animação baseada no clássico de Miguel de Cervantes. 4. Moby Dick (25 46 ) A obsessão de um velho pirata em capturar a baleia que lhe arrancou a perna. Do romance Moby Dick, de Herman Melville. 5. Beowulf (26 24 ) A história do guerreiro Beowulf, que defendeu seu povo do ataque do guardião dos tesouros escondidos há anos nas profundezas da terra. Do tradicional poema anônimo inglês Beowulf. ESCRITORES TESTEMUNHAS DE SEU TEMPO Série, 12 programas EALIZAÇÃO: CENTRE NATIONAL DE DOCUMENTATION PÉDAGOGIQUE CNDP. FRANÇA, 1995 Vida e obra de grandes autores da literatura universal, com análise de trechos de suas principais obras. 1. Michel de Montaigne (13 30 ) 2. Molière (14 39 ) 3. Beaumarchais (13 50 ) 4. René de Chateaubriand (13 12 ) 5. Charles Dickens (14 06 ) 6. Émile Zola (13 28 ) 7. Jean de La Fontaine (13 36 ) 8. Jean-Jacques Rousseau (13 59 ) 9. Goethe (13 40 ) 10. Honoré de Balzac (13 22 ) Gustave Flaubert (13 57 ) 12. Gargantua François Rabelais (21 02 ) FÁBULAS DE ESOPO Série, 5 programas EALIZAÇÃO: CORONET. EUA Histórias curtas, com intenção moralizante. 1. A formiga e a pomba (7 52 ) 2. A formiga e o gafanhoto (10 49 ) 3. O urso e o rato (7 35 ) 4. O vento nor- te e o sol (7 22 ) 5. O rato do campo e o rato da cidade (5 23 ) S CONEXAS: ARTE, ÉTICA HAMLET IREÇÃO: NATALIA ORLOVA URAÇÃO: ESCRITORES TESTEMUNHAS DE SEU TEMPO MÁRIO, UM HOMEM DESINFELIZ CONEXA: HISTÓRIA GUIA DE PROGRAMAS 151

5 Literatura LUMAAQ, UMA LENDA ESQUIMÓ EALIZAÇÃO: NATIONAL FILM BOARD OF CANADA. CANADÁ, 1975 IREÇÃO: CO HOEDEMAN URAÇÃO: 7 55 Animação baseada em uma lenda esquimó, do povo Inuit, que fala das atribulações de um menino cego abandonado pela mãe. MACBETH S CONEXAS: ARTE, PLURALIDADE CULTURAL Animação da clássica tragédia de William Shakespeare. HISTÓRIA DA CINDERELA PINGÜIM, A EALIZAÇÃO: NATIONAL FILM BOARD OF CANADA. CANADÁ IREÇÃO: JANET PERLMAN URAÇÃO: 9 47 Animação com ilustrações de estilo medieval contam uma versão da história de Cinderela. ÍCARO EALIZAÇÃO: NATIONAL FILM BOARD OF CANADA. CANADÁ IREÇÃO: PAUL BOCHNER URAÇÃO: 7 33 Versão da lenda grega de Ícaro, o impetuoso filho de Dédalo, que ignora as advertências do pai em sua fuga de Creta e acaba encontrando a morte. LEÃO E O RATO, O EALIZAÇÃO: NATIONAL FILM BOARD OF CANADA. CANADÁ IREÇÃO: EVELYN LAMBART URAÇÃO: 4 05 Adaptação de fábula de Esopo, em que os animais falam com o som de instrumentos musicais. MACBETH IREÇÃO: NIKOLAI SEREBRIAKOV URAÇÃO: Animação baseada na obra de William Shakespeare. O general Macbeth e sua esposa, levados pela ambição, matam o rei da Escócia. A legitimidade do poder e a ausência de escrúpulos para conquistá-lo são o tema central da história. MÁRIO DE ANDRADE EALIZAÇÃO: TV CULTURA. BRASIL URAÇÃO: Biografia do escritor Mário de Andrade, com depoimentos de familiares e amigos, e leitura de alguns de seus textos. S CONEXAS: HISTÓRIA, LÍNGUA MÁRIO, UM EALIZAÇÃO: UFF / NUTES / UFRJ. BRASIL, 1993 IREÇÃO: JORGE LUIZ ALBERNAZ, LUIZ REZENDE FILHO, ROGÉRIO MARTINS, MARCELO GONÇALVES, ULISSES VENTURA E MAURÍCIO DIAS URAÇÃO: E PRETO E BRANCO Documentário em homenagem ao centenário de nascimento de Mário 152 GUIA DE PROGRAMAS

6 de Andrade. Ilustrado com trechos de sua obra, reconstitui o ambiente da época em que viveu e relembra a Semana de Arte Moderna de 1922, com opiniões do escritor. S CONEXAS: ARTE, HISTÓRIA MÁRIO, UM HOMEM DESINFELIZ Da série Encontros EALIZAÇÃO: INSTITUTO ITAÚ CULTURAL. BRASIL, 1993 IREÇÃO: ADILSON RUIZ URAÇÃO: Um passeio pela cidade de São Paulo, através do olhar poético de Mário de Andrade. S CONEXAS: ARTE, HISTÓRIA, LÍNGUA MESTRE ASCENSO FERREIRA EALIZAÇÃO: FUNDAÇÃO JOAQUIM NABUCO / MEC. BRASIL, 1988 URAÇÃO: Vida e obra do poeta pernambucano Ascenso Ferreira. A narrativa é conduzida por seus poemas, muitos deles recitados pelo próprio autor. CONEXA: LÍNGUA MESTRE GRAÇA, O EALIZAÇÃO: JCV / MINC. BRASIL, 1996 IREÇÃO: ANDRÉ LUIZ DA CUNHA URAÇÃO: E PRETO E BRANCO Vida e obra de Graciliano Ramos, o Mestre Graça. S CONEXAS: GEOGRAFIA, HISTÓRIA, LÍNGUA obras e influências, comentadas por críticos, amigos e familiares. S, HISTÓRIA MONTEIRO LOBATO, O, VÍRGULA, PONTO E VÍRGULA Da série Encontros EALIZAÇÃO: INSTITUTO ITAÚ CULTURAL. BRASIL, 1996 IREÇÃO: RENATO BARBIERI URAÇÃO: E PRETO E BRANCO Emília e o Visconde de Sabugosa, do Sítio do Pica-pau Amarelo, apresentam seu criador, Monteiro Lobato. CONEXA: LÍNGUA MUNDO MÁGICO DE BIA E BETO, O Série, 52 programas EALIZAÇÃO: TFO / MEGAFUN / FILMOPTION. CANADÁ, 1996 Bia e Beto são grandes amigos; brigam e se divertem juntos, num mundo cheio de livros e imaginação. 1. História para chorar,, história para rir (14 25 ) As histórias de Joãozinho e Maria e Robin Hood. 2. Diário íntimo (14 24 ) Bia aprende que diário é algo pessoal e decide escrever um. A DÉCIMA SEGUNDA NOITE MIRAMAR DE ANDRADE EALIZAÇÃO: TV CULTURA. BRASIL, 1991 IREÇÃO: CRISTINA FONSECA URAÇÃO: Biografia do escritor modernista Oswald de Andrade: suas principais GUIA DE PROGRAMAS 153

7 Literatura ENCONTRO MARCADO COM A ARTE 3. Robinson Crusoé (14 24 ) Bia e Beto lêem a história e decidem montar um espetáculo baseado nela. 4. O gato tem personalidade (14 24 ) Uma comparação entre nossa relação com um livro e com o animal preferido. 5. Biografias (14 25 ) As histórias de Marie Curie, Amadeus Mozart e Louis Pasteur. 6. A menina dos fósforos (14 24 ) Bia e Beto lêem o conto e vivem uma situação semelhante. 7. Sim e não (14 24 ) Uma fábula de La Fontaine é lida enquanto todos estão na cozinha fazendo pãezinhos. 8. As marionetes (14 24 ) Bia perde o livro que estava lendo, e isso se torna um pretexto para a montagem de um espetáculo de marionetes. 9. Dom Quixote (14 25 ) Pelo computador, Bia e Beto pesquisam a história de Dom Quixote. 10. Aprendiz de escritor (14 25 ) Bia e Beto escrevem uma peça de teatro Qualidades e defeitos (14 25 ) Baseada em critérios de uma história que acaba de ler, Bia decide escolher seus amigos. 12. Contos de um país distante (14 25 ) Beto faz uma pesquisa em livros sobre o Marrocos. 13. A vida em poesia (14 25 ) Crianças lêem e escrevem poemas. 14. A pesquisa (14 25 ) O dicionário de nomes próprios desaparece. 15. Gostaria de saber (14 25 ) Crianças inventam uma história para escrever um livro ilustrado. 16. Antigüidades (14 24 ) A superenciclopédia de conhecimentos universais. 17. Carta de desculpas (14 24 ) Mal-entendido faz com que uma carta seja escrita. 18. Jornal doméstico (14 25 ) A partir de um anúncio que lê num jornal, Bia propõe a seus amigos que produzam um jornal doméstico. Cada um fica responsável por uma das seções da publicação. 19. Inspiração (14 25 ) Uma história é contada a partir da visão de um livro de arte. 20. Quando as folhas caem (14 25 ) Reconstituição de um nascimento por meio de consulta a livros. 21. É proibido ler! (14 25 ) Uma briga provoca situação em que livros são censurados. 22. O pesadelo (14 25 ) Beto está com a doença das palavras e não consegue mais nomear as coisas. 23. O gato de Baskerville (14 25 ) Bia e Beto se divertem brincando de Sherlock Holmes. 24. As aventuras de Beto (14 25 ) Bia e Beto brigam por causa de um livro emprestado. 25. Missão secreta (14 25 ) Depois de ler um livro de espionagem, Bia decide se transformar em um agente secreto. 26. A magia das vozes (14 25 ) História de um chapéu mágico que realiza desejos. 27. Dia de eleição (14 25 ) Num dia de eleição, o avô prepara um discurso. 28. Safári fotográfico (14 25 ) Um itinerário de viagem pela África é elaborado. 29. Câmera, ação (14 25 ) Como fazer um filme. 30. O livro encantado (14 25 ) Episódio sobre crianças e livros mágicos. 31. Vivam as férias (14 25 ) Leitura de um romance e de um guia de viagem ajuda a escolher local para as férias. 154 GUIA DE PROGRAMAS

8 32. O namorado (14 25 ) Bia recebe carta de um novo amigo ameríndio, que vive numa reserva indígena do Canadá, mas faz mistério sobre sua identidade. Isto instiga a curiosidade e a imaginação de seus amigos, e o ciúme de Beto. 33. Corrida contra o relógio (14 25 ) Uma corrida de bicicletas fica comprometida, pois não foi consultado o manual de instruções. 34. História em quadrinhos (14 24 ) Bia tem a idéia de criar uma história em quadrinhos, depois que dona Lola lhe mostra alguns dos desenhos que fez. E aprende, assim, como são feitos os quadrinhos. 35. Abracadabra (14 25 ) Bia lê um livro sobre mágica para aprender a fotografar. 36. Caça ao tesouro (14 25 ) A Ilha do tesouro, clássico de Robert Louis Stephenson, inspira uma caça ao tesouro. 37. Surpresa (14 25 ) Bia e Beto decidem preparar uma festa surpresa para dona Lola. 38. O melhor amigo da Bia (14 25 ) Bia decide ir para o deserto à procura do Pequeno Príncipe. 39. O concurso (14 24 ) Crianças procuram em uma enciclopédia respostas para um concurso. 40. A comédia musical (14 24 ) Beto procura no dicionário a definição de comédia musical. 41. Uma história de terror (14 25 ) Uma leitura coletiva das Noites de Arthur. 42. O imperador Betus (14 25 ) Bia lê sobre o imperador Nero. 43. Bom dia, estrelas! (14 25 ) Bia recebe de dona Lola um livro sobre as estrelas. 44. A revista (14 25 ) Bia encontra uma revista de dona Lola colada no personagem Grudete. 45. Tchá, tchá, tchá (14 25 ) Bia e Beto fazem um cartão de aniversário. 46. Os antepassados de Grudete (14 25 ) Grudete precisa saber quem são seus antepassados. 47. A poetisa (14 25 ) Bia estuda para se tornar uma poetisa. 48. Minha correspondente de Portu- gal (14 25 ) Bia recebe carta de uma amiga que vive em Portugal e aprende o que é correspondente. 49. As grandes catástrofes (14 25 ) Bia está convencida de que uma grande catástrofe está para acontecer. 50. Carta de protesto (14 25 ) Corte de orçamento nas bibliotecas provoca carta de protesto. 51. Seguir as instruções (14 25 ) Bia se entretém com um manual de instruções. 52. A escrita (14 25 ) Bia e Beto estão insatisfeitos com suas caligrafias. S NASCER OU NÃO NASCER Da série A saga do Prêmio Nobel EALIZAÇÃO: GILGAMESH / LA CINQUIÈME. FRANÇA URAÇÃO: E PRETO E BRANCO A obra dos dramaturgos Luigi Pirandello e Samuel Beckett, ganhadores do Prêmio Nobel de Literatura. S CONEXAS: ÉTICA, HISTÓRIA Veja também, nesta seção, Os peregrinos do Oriente, e outros 11 programas da série A saga do Prêmio Nobel em Ciências (10) e Ética (1) SONHOS DE UMA NOITE DE VERÃO ESCRITORES TESTEMUNHAS DE SEUS TEMPOS GUIA DE PROGRAMAS 155

9 Literatura A obra dos escritores Rabindranath Tagore e Herman Hesse, ganhadores do Prêmio Nobel de Literatura. S CONEXAS: ÉTICA, HISTÓRIA Veja também, nesta seção, Nascer ou não nascer, e outros 11 programas da série A saga do Prêmio Nobel em Ciências (10) e Ética (1). O RIO DE MACHADO DE ASSIS NELSON RODRIGUES, PERSONAGEM DE SI MESMO EALIZAÇÃO: TV CULTURA. BRASIL, 1993 IREÇÃO: CRISTINA FONSECA URAÇÃO: Reconstituição da trajetória do jornalista e dramaturgo Nelson Rodrigues, com depoimentos do autor. S ODISSÉIA, A Série, 8 programas EALIZAÇÃO: CHANNEL 4 LEARNING. INGLATERRA, Adaptação em desenho animado de A Odisséia, obra clássica da literatura grega atribuída ao poeta Homero. 1. O Cavalo de Tróia (13 46 ) 2. Cí- clonos e lotófagos (13 33 ) 3. Cíclope (13 59 ) 4. Éolo e os lestrigões (13 56 ) 5. Circe, hades e sereias (13 59 ) 6. Cila, caribde, calipso e nausicaa (13 59 ) 7. Odisseu retorna (13 12 ) 8. A vitória de Odisseu (13 59 ) CONEXA: HISTÓRIA PEREGRINOS DO ORIENTE, OS Da série A saga do Prêmio Nobel EALIZAÇÃO: GILGAMESH / LA CINQUIÈME. FRANÇA URAÇÃO: E PRETO E BRANCO PETRUSHKA EALIZAÇÃO: CHANNEL 4 LEARNING. INGLATERRA URAÇÃO: 30 Animação que conta a história de Petrushka, um boneco feito de madeira, como Pinóquio. POESIA DE CADA DIA, A Da série Aspectos da cultura brasileira EALIZAÇÃO: INSTITUTO ITAÚ CULTURAL. BRASIL, 1994 URAÇÃO: A poesia presente no dia-a-dia, em publicações, canções populares, pára-choques de caminhão, outdoors e rezas. CONEXA: PLURALIDADE CULTURAL REVISTA LITERÁRIA Série, 12 programas EALIZAÇÃO: TV IMAGINÁRIA PRODUÇÕES. BRASIL Depoimentos e diálogos de escritores, músicos e diretores de cinema sobre a ligação da literatura com outras artes. 1. Romance (30 31 ) Diálogo entre o escritor Silviano Santiago e o diretor de cinema Bruno Barreto sobre a ligação e as diferenças entre cinema e literatura. 2. Poesia (26 50 ) Depoimentos de poetas e músicos, como Ferreira Gullar, Ivan Junqueira, Caetano Veloso e Adriana Calcanhoto, sobre a relação entre música, poesia e desejo. 156 GUIA DE PROGRAMAS

10 3. Contos (27 09 ) A relação entre conto e teatro. Os escritores Carlos Sussekind e Moacyr Scliar relembram seu primeiro contato com o mundo literário, e o ator Paulo Autran fala do desafio de interpretar um texto que não foi feito para o teatro. 4. Antônio Torres e Zuenir Ventura (29 19 ) 5. Fausto Wolff e Carlos Heitor Cony (25 07 ) 6. Heloísa Seixas e Elvira Vigna (27 48 ) 7. Arthur Xexéo e Maria José de Quei- roz (29 33 ) 8. Flávio Moreira da Costa e Bráulio Tavares (30 21 ) 9. Esdras do Nascimento e Marcos Santarrita (26 40 ) 10. Ivan Junqueira e Ferreira Gullar (30 ) Augusto Boal e Alcione Araújo (30 ) 12. Cecília Costa e Cristina Costa (30 ) S CONEXAS: LÍNGUA, ARTE RIO DE MACHADO DE ASSIS, O Série, 3 programas EALIZAÇÃO: NB PRODUÇÕES / GLOBOSAT. BRASIL O Rio de Janeiro, na perspectiva das obras e personagens de Machado de Assis. 1. O Rio Machado de Assis 1 (20 53 ) 2. O Rio Machado de Assis 2 (26 46 ) 3. O Rio Machado de Assis 3 (20 13 ) CONEXA: HISTÓRIA ROMEU E JULIETA IREÇÃO: EPHIM GAMBOURG URAÇÃO: Animação sobre uma das mais conhecidas histórias de amor impossível. SONHOS DE UMA NOITE DE VERÃO IREÇÃO: ROBERT SAAKIANTS URAÇÃO: Animação de comédia de William Shakespeare sobre uma noite de acontecimentos inusitados em uma floresta. Dois casais de namorados tentam resolver suas questões amorosas, enquanto trabalhadores ensaiam uma peça de teatro e espíritos causam uma grande confusão. TEMPESTADE, A IREÇÃO: STANISLAV SOKOLOV URAÇÃO: Animação, feita com bonecos, de peça de William Shakespeare: uma tempestade leva a tripulação de um navio para a ilha onde mora exilado o duque Próspero, sua filha Miranda e os espíritos de Ariel e Caliban. A TEMPESTADE HAMLET GUIA DE PROGRAMAS 157

Literatura 138 GUIA DE PROGRAMAS

Literatura 138 GUIA DE PROGRAMAS Literatura Contos de fadas, fábulas, poemas, novelas, romances, peças de teatro. Vários gêneros, muitos autores: de William Shakespeare a Hans Christian Andersen, de Monteiro Lobato a Luis Fernando Verissimo.

Leia mais

Sistema de Ensino CNEC. 1 o ano Ensino Fundamental Data: / / Nome:

Sistema de Ensino CNEC. 1 o ano Ensino Fundamental Data: / / Nome: 1 o ano Ensino Fundamental Data: / / Nome: A literatura infantil surgiu no século XVII, no intuito de educar as crianças moralmente. Em homenagem ao escritor dinamarquês Hans Christian Andersen, foi criado

Leia mais

Poderiam perderse todos os exemplares do Quixote, em castelhano e nas traduções

Poderiam perderse todos os exemplares do Quixote, em castelhano e nas traduções Aluno(a) Turma N o Série 5 a Ensino Fundamental Data / / 06 Matérias Português Professora Carmen Valverde LISTA DE RECUPERAÇÃO PARALELA UNIDADE I Poderiam perderse todos os exemplares do Quixote, em castelhano

Leia mais

Jussara Braga. Suplemento do professor Elaborado por Camila Tardelli da Silva. Ilustrações de Rogério Borges

Jussara Braga. Suplemento do professor Elaborado por Camila Tardelli da Silva. Ilustrações de Rogério Borges Jussara Braga Suplemento do professor Elaborado por Camila Tardelli da Silva Ilustrações de Rogério Borges 1 O desejo das águas é um livro poético escrito em prosa, mas cheio de poesia e lirismo. Por isso,

Leia mais

3º Ano. O amor é paciente. I Coríntios 13:4. Roteiro Semanal de Atividades de Casa (15 a 19 de abril de 2013)

3º Ano. O amor é paciente. I Coríntios 13:4. Roteiro Semanal de Atividades de Casa (15 a 19 de abril de 2013) 3º Ano O amor é paciente. I Coríntios 13:4 Roteiro Semanal de Atividades de Casa (15 a 19 de abril de 2013) 18 de Abril - Dia Nacional do Livro Infantil conhecimento. Nos livros aprendemos sobre nós mesmos

Leia mais

1. A TRADIÇÃO REALISTA

1. A TRADIÇÃO REALISTA 1. A TRADIÇÃO REALISTA Se você alguma vez passou os olhos por um livro chamado Raízes do Brasil (1936)*, talvez tenha lido uma passagem famosa, que refere uma característica portuguesa que Sérgio Buarque

Leia mais

Livros Paradidáticos 2015 6º ano

Livros Paradidáticos 2015 6º ano Livros Paradidáticos 2015 6º ano 1º Trimestre Livro 1 (livro escolhido pelo aluno) - Início da leitura: 13/02/2015 Livro 2 - Início da leitura: 06/03/2015 Título: Se eu fosse aquilo Série: Para gostar

Leia mais

PRÉ-FLI PROGRAMAÇÃO COMPLETA

PRÉ-FLI PROGRAMAÇÃO COMPLETA OFICINAS DE LEITURA E ESCRITA PRÉ-FLI PROGRAMAÇÃO COMPLETA Anúncios Literários, com Ericka Martin Leitura do livro "Chapeuzinho (Anuncie aqui) Vermelho", seguida da criação de anúncios para a história

Leia mais

História da Música Ocidental

História da Música Ocidental História da Música Ocidental A Música na Idade Média e no Renascimento Música medieval é o nome dado à música típica do período da Idade Média. Essas práticas musicais aconteceram há quase 1500 anos atrás.

Leia mais

Programação Cultural Casa do Clube de Autores na FLIP 2011

Programação Cultural Casa do Clube de Autores na FLIP 2011 Dia 6 de julho, quarta- feira. Pela Manhã: 10:30 12:00 Titulo: 5 Passos para se tornar um autor independente. Conteúdo: Dicas, bastidores, conselhos e confidências de um autor independente bem sucedido.

Leia mais

1º lugar: Programa de Bibliotecas da Rede Municipal de Ensino de Belo Horizonte.

1º lugar: Programa de Bibliotecas da Rede Municipal de Ensino de Belo Horizonte. Programas Vencedores: cinco 10º Concurso FNLIJ / Petrobras Os Melhores Programas de Incentivo à Leitura junto a Crianças e Jovens de todo o Brasil 2005 1º lugar: Programa de Bibliotecas da Rede Municipal

Leia mais

Autor (a): Januária Alves

Autor (a): Januária Alves Nome do livro: Crescer não é perigoso Editora: Gaivota Autor (a): Januária Alves Ilustrações: Nireuda Maria Joana COMEÇO DO LIVRO Sempre no fim da tarde ela ouvia no volume máximo uma musica, pois queria

Leia mais

CONTO LITERÁRIO: UM INCENTIVO À LEITURA RESUMO

CONTO LITERÁRIO: UM INCENTIVO À LEITURA RESUMO CONTO LITERÁRIO: UM INCENTIVO À LEITURA * Lúcia Helena dos Santos Mattos * Mônica Rejiane Bierhals * Renata Faria Amaro da Silva ** Adriana Lemes RESUMO Como estimular a leitura através do conto literário?

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Sobre Fernando Pessoa

APRESENTAÇÃO. Sobre Fernando Pessoa SUMÁRIO APRESENTAÇÃO Sobre Fernando Pessoa... 7 Ricardo Reis, o poeta clássico... 21 ODES DE RICARDO REIS... 29 CRONOLOGIA... 170 ÍNDICE DE POEMAS... 175 5 6 APRESENTAÇÃO Sobre Fernando Pessoa Falar de

Leia mais

ESCOLA MONTEIRO LOBATO Unidade 2 Luís Eduardo Magalhães Bahia

ESCOLA MONTEIRO LOBATO Unidade 2 Luís Eduardo Magalhães Bahia PROFESSOR (A): MARGARIDA MIEKO NOCE KURODA DISCIPLINA: LÍNGUA PORTUGUESA / REDAÇÃO ATIVIDADES PROJETO DE LEITURA (OBRAS): - AS MIL E UMA NOITES (CONTOS), VERSÃO ADAPTADA DE PAULO SÉRGIO DE VACONCELOS.

Leia mais

Disciplina:História Professora: Andréa Alexandre

Disciplina:História Professora: Andréa Alexandre Disciplina:História Professora: Andréa Alexandre Montanhas e costas marítimas; Mar Mediterrâneo, Mar Egeo e Mar Jônico. Costa bastante recortada com 80% de montanhas; Grande numero de Ilhas; Formação

Leia mais

Xixi na Cama. Cara Professora, Caro Professor,

Xixi na Cama. Cara Professora, Caro Professor, Xixi na Cama Cara Professora, Caro Professor, Estamos oferecendo a você e a seus alunos mais um livro da coleção Revoluções: Xixi na Cama, do autor mineiro Drummond Amorim. Junto com a obra, estamos também

Leia mais

400 anos do cavaleiro sonhador

400 anos do cavaleiro sonhador 400 anos do cavaleiro sonhador Há 400 anos, Miguel de Cervantes publicava a primeira parte de Dom Quixote, livro que marcou a história da literatura. Críticos e estudiosos retomam a efeméride para discutir

Leia mais

Na sala de aula com as crianças

Na sala de aula com as crianças O CD Rubem Alves Novas Estórias, volume 3, abre novas janelas de oportunidade para quem gosta da literatura. Através do audiolivro podemos apreciar encantadoras histórias e deixar fluir a imaginação. Rubem

Leia mais

Escolha PNBE 2005 Catálogo acervo 7

Escolha PNBE 2005 Catálogo acervo 7 100082 Marieta Julieta Raimunda da Selva Amazônica da Silva e Sousa Mariana Massarani Manati Produções Editoriais Uma menina em férias faz uma coroa, vira princesa de nome aristocrático e sai com seus

Leia mais

Competência(s) / Objetivo(s) de Aprendizagem Conhecer a vida e a obra do poeta Carlos Drummond de Andrade a partir de um documentário não tradicional;

Competência(s) / Objetivo(s) de Aprendizagem Conhecer a vida e a obra do poeta Carlos Drummond de Andrade a partir de um documentário não tradicional; Ensino Médio Cinema e Educação: O Poeta das Sete Faces Disciplinas/Áreas do Conhecimento: Língua Portuguesa; Arte; História; Sociologia; Competência(s) / Objetivo(s) de Aprendizagem Conhecer a vida e a

Leia mais

1. O que é Folclore? Uma análise histórica e crítica do conceito.

1. O que é Folclore? Uma análise histórica e crítica do conceito. Objetivos Proporcionar o entendimento das características gerais do processo folclórico brasileiro; Estruturar o profissional de Eventos para conhecer particularidades de alguns acontecimentos que envolvem

Leia mais

LITERATURA INFANTIL E JUVENIL E A FORMAÇÃO DE LEITORES NA BIBLIOTECA ESCOLAR. Lília Santos

LITERATURA INFANTIL E JUVENIL E A FORMAÇÃO DE LEITORES NA BIBLIOTECA ESCOLAR. Lília Santos LITERATURA INFANTIL E JUVENIL E A FORMAÇÃO DE LEITORES NA BIBLIOTECA ESCOLAR Lília Santos NA BIBLIOTECA ESCOLAR, a MEDIAÇÃO com crianças e jovens acontece o tempo todo. É preciso ter atenção com os conteúdos

Leia mais

Formação. Edição 234 Agosto 2010 Título original: Nunca é tarde para gostar de ler

Formação. Edição 234 Agosto 2010 Título original: Nunca é tarde para gostar de ler Page 1 of 5 Formação Formação continuada Professores Prática Edição 234 Agosto 2010 Título original: Nunca é tarde para gostar de ler Muitos professores brasileiros não tiveram a chance de construir uma

Leia mais

Projeto Conto de Fadas

Projeto Conto de Fadas Projeto Conto de Fadas 1. Título: Tudo ao contrário 2. Dados de identificação: Nome da Escola: Escola Municipal Santo Antônio Diretora: Ceriana Dall Mollin Tesch Coordenadora do Projeto: Mônica Sirtoli

Leia mais

Finalmente, chegamos ao último Roteiro de Estudos do Segundo ano! Você já sabe como proceder! Organize seu material, revise o conteúdo e mãos à obra!

Finalmente, chegamos ao último Roteiro de Estudos do Segundo ano! Você já sabe como proceder! Organize seu material, revise o conteúdo e mãos à obra! ROTEIRO DE ESTUDOS DE LITERATURA PARA A 3ª ETAPA 2ª SÉRIE Finalmente, chegamos ao último Roteiro de Estudos do Segundo ano! Você já sabe como proceder! Organize seu material, revise o conteúdo e mãos à

Leia mais

Escolha PNBE 2005 Catálogo acervo 9

Escolha PNBE 2005 Catálogo acervo 9 100147 Contos Árabes para jovens de todos os lugares Maria Luísa Soriano Martins Algazarra Editorial Seleção de contos inspirados na tradição literária popular árabe. Dentre eles, há adaptações de trechos

Leia mais

Nome Curso Golos Amarelos Vermelhos

Nome Curso Golos Amarelos Vermelhos Nome Curso s Amarelos Vermelhos Carlos Júnior Mestrado 4 Jogo 15 Rui Nascimento Mestrado Jerónimo Mestrado 1 Jogo 15 Pedro Francês Mestrado 1 Andre Figueiredo Mestrado 3 Jogo6 Artur Daniel Mestrado 2 João

Leia mais

Projeto EI São José do Rio Preto Assessoria: Debora Rana e Silvana Augusto 2 o encontro: 09 de abril de 2014 *Anotações do Grupo de CPs da manhã

Projeto EI São José do Rio Preto Assessoria: Debora Rana e Silvana Augusto 2 o encontro: 09 de abril de 2014 *Anotações do Grupo de CPs da manhã Projeto EI São José do Rio Preto Assessoria: Debora Rana e Silvana Augusto 2 o encontro: 09 de abril de 2014 *Anotações do Grupo de CPs da manhã Pauta de encontro Olá coordenadoras, mais uma vez estaremos

Leia mais

Cara Professora, Caro Professor,

Cara Professora, Caro Professor, A olhinhos menina de rasgados Cara Professora, Caro Professor, Estamos oferecendo a você e a seus alunos um belo livro de narrativa A menina de olhinhos rasgados, do premiado autor mineiro Vanderlei Timóteo.

Leia mais

ANEXO G (RELAÇÃO DOS LIVROS PARADIDÁTICOS) ao PGE/2015 - CMPA. ENSINO FUNDAMENTAL 6º ANO DISCIPLINA TÍTULOS AUTORES EDITORA Língua Portuguesa

ANEXO G (RELAÇÃO DOS LIVROS PARADIDÁTICOS) ao PGE/2015 - CMPA. ENSINO FUNDAMENTAL 6º ANO DISCIPLINA TÍTULOS AUTORES EDITORA Língua Portuguesa ANEXO G (RELAÇÃO DOS LIVROS PARADIDÁTICOS) ao PGE/2015 - CMPA ENSINO FUNDAMENTAL 6º ANO O 6º ano desenvolve um projeto especial de leitura paradidática. Os alunos do referido ano poderão optar, durante

Leia mais

O livro que falava com o vento e outros contos

O livro que falava com o vento e outros contos LER a partir dos 10 anos GUIA DE LEITURA MARIAALZIRACABRAL O livro que falava com o vento e outros contos JOSÉ JORGE LETRIA Ilustrações de Alain Corbel Apresentação da obra O Livro Que Falava com o Vento

Leia mais

ATIVIDADES PEDAGÓGICAS. Abril 2015

ATIVIDADES PEDAGÓGICAS. Abril 2015 ATIVIDADES PEDAGÓGICAS Abril 2015 EM DESTAQUE Acompanhe aqui um pouco do dia-a-dia de nossos alunos em busca de novos aprendizados. ATIVIDADES DE SALA DE AULA IVA Sacola de férias, momento de compartilhar

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO 1

PROJETO PEDAGÓGICO 1 PROJETO PEDAGÓGICO 1 Projeto Pedagógico Por Beatriz Tavares de Souza* O legado de Chico Rei para a nossa cultura A questão da escravidão e da presença do negro no Brasil passa tanto pela história quanto

Leia mais

RELAÇÃO DOS LIVROS DE LITERATURA/2013 --------------------------------------------------------------------------------------------------------

RELAÇÃO DOS LIVROS DE LITERATURA/2013 -------------------------------------------------------------------------------------------------------- ( X ) Ensino Fundamental Série: 5ª Componente Curricular: Língua Portuguesa e Literatura ( ) Ensino Médio Série: Professoras: Adiles F. D.Cella Maria das Graças Silva Michele Andresa Steffens +++++++++++++++++++++++

Leia mais

SE EU FOSSE VOCÊ 2. material de apoio FICHA TÉCNICA ELENCO

SE EU FOSSE VOCÊ 2. material de apoio FICHA TÉCNICA ELENCO material de apoio DIVULGAÇÃO SE EU FOSSE VOCÊ FICHA TÉCNICA ELENCO BRASIL, 009 GÊNERO: COMÉDIA DURAÇÃO: 00 MINUTOS CLASSIFICAÇÃO: 0 ANOS SITE OFICIAL: Glória Pires - Helena Tony Ramos - Cláudio Isabelle

Leia mais

Um na Estrada Caio Riter

Um na Estrada Caio Riter Um na Estrada Caio Riter PROJETO DE LEITURA 1 O autor Caio Riter nasceu em 24 de dezembro, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. É bacharel em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Pontifícia

Leia mais

Teatro para Crianças

Teatro para Crianças 09/11 (Segunda-feira) 14h VAGOR & BELLAVITA Vagor é um viajante solitário. Ninguém sabe de onde vem, talvez de muito longe, quem sabe de um outro país. Bellavita vive debaixo de uma ponte movimentada e

Leia mais

CENTRO DE APRENDIZAGEM LICEU SAPIENTIA. 1º Bimestre. 2º Bimestre. 3º Bimestre Os livros serão indicados pelas professoras de Inglês e Espanhol

CENTRO DE APRENDIZAGEM LICEU SAPIENTIA. 1º Bimestre. 2º Bimestre. 3º Bimestre Os livros serão indicados pelas professoras de Inglês e Espanhol RELAÇÃO DOS LIVROS DE LITERATURA 8º ANO PROF. Josias/ Eliane/Iara Data: 05/02/2014 As Aventuras de Tom Sawyer Tom Sawyer é um menino travesso e muito aventureiro. Ao mesmo tempo em que apronta poucas e

Leia mais

WORKSHOPS DE INGLÊS TEENS

WORKSHOPS DE INGLÊS TEENS WORKSHOPS DE INGLÊS TEENS Avenida dos Bombeiros Voluntários de Algés, 29-2º 1495-024 Algés Portugal T. 214102910 www.imagineacademies.com business@imagineacademies.com NIF - 508.835.445 Capital Social

Leia mais

OS DOZE TRABALHOS DE HÉRCULES

OS DOZE TRABALHOS DE HÉRCULES OS DOZE TRABALHOS DE HÉRCULES Introdução ao tema A importância da mitologia grega para a civilização ocidental é tão grande que, mesmo depois de séculos, ela continua presente no nosso imaginário. Muitas

Leia mais

LISTA DE LIVROS INDICADOS PARA A BIBLIOTECA DE CLASSE DO 8º ANO 2015

LISTA DE LIVROS INDICADOS PARA A BIBLIOTECA DE CLASSE DO 8º ANO 2015 Diário de Pilar na Grécia - Flávia Lins e Silva - Editora: Zahar O diário de Anne Frank - Anne Frank - Editora: Record O diário de Zlata - Zlata Filipovíc - Editora: Cia das Letras A menina do mar - Sophia

Leia mais

Clube de Teatro Escola EB - 2,3 de Perafita

Clube de Teatro Escola EB - 2,3 de Perafita 1 Clube de Teatro Escola EB - 2,3 de Perafita Ana Moreira, Coordenadora O Clube de Teatro da Escola E.B. 2,3 de Perafita apresentou-se em cena nos dias 21 e 24 de Maio, com o seu mais recente trabalho

Leia mais

COMO ESCREVER UM LIVRO INFANTIL. Emanuel Carvalho

COMO ESCREVER UM LIVRO INFANTIL. Emanuel Carvalho COMO ESCREVER UM LIVRO INFANTIL Emanuel Carvalho 2 Prefácio * Edivan Silva Recebi o convite para prefaciar uma obra singular, cujo título despertou e muita minha atenção: Como escrever um livro infantil,

Leia mais

Escolha PNBE 2005 Catálogo acervo 15

Escolha PNBE 2005 Catálogo acervo 15 101317 O toque de ouro Nathaniel Hawthorne Editora 34 O rei Midas acreditava que a maior felicidade da vida seria deixar para sua filha um reino repleto de ouro. Com essa idéia na cabeça faz um pedido

Leia mais

AÇOUGUE CULTURAL T-BONE LER PARA CRESCER

AÇOUGUE CULTURAL T-BONE LER PARA CRESCER AÇOUGUE CULTURAL T-BONE LER PARA CRESCER BRASÍLIA / DF 1 APRESENTAÇÃO O Açougue Cultural T-Bone desenvolve desde 2003 vários projetos na área da cultura, o principal é a Biblioteca Comunitária T-Bone,

Leia mais

Rede Marista de Colégios do Rio Grande do Sul e Brasília Pag. 1 PERGAMUM - Sistema Integrado de Bibliotecas

Rede Marista de Colégios do Rio Grande do Sul e Brasília Pag. 1 PERGAMUM - Sistema Integrado de Bibliotecas Rede Marista de Colégios do Rio Grande do Sul e Brasília Pag. 1 Data do cadastro: 01/08/2014 a : Localização de exemplar : 2-3 - 1 - Livro 41714 - TUCCI, William. A rebelião dos acentos. 1. ed. São Paulo:

Leia mais

A ponte. Projeto: leitura e produção de texto. Texto de Heinz Janisch e ilustrações de Helga Bansch. Elaborado por: Ana Lúcia Maestrello

A ponte. Projeto: leitura e produção de texto. Texto de Heinz Janisch e ilustrações de Helga Bansch. Elaborado por: Ana Lúcia Maestrello A ponte Texto de Heinz Janisch e ilustrações de Helga Bansch Tradução: José Feres Sabino Projeto: leitura e produção de texto Indicação: Fundamental 1 Elaborado por: Ana Lúcia Maestrello às diferenças.

Leia mais

PROJETO DE LEITURA A PEDRA NO SAPATO DO HERÓI ORÍGENES LESSA INTENÇÃO: INSTIGAR A CURIOSIDADE E AMPLIAR O REPERTÓRIO DO ALUNO

PROJETO DE LEITURA A PEDRA NO SAPATO DO HERÓI ORÍGENES LESSA INTENÇÃO: INSTIGAR A CURIOSIDADE E AMPLIAR O REPERTÓRIO DO ALUNO PARTE 1 PROJETO DE LEITURA A PEDRA NO SAPATO DO HERÓI ORÍGENES LESSA PRÉ-LEITURA ATIVIDADES ANTERIORES À LEITURA INTENÇÃO: INSTIGAR A CURIOSIDADE E AMPLIAR O REPERTÓRIO DO ALUNO 1. Conhecendo o autor...

Leia mais

QUESTÃO 04 QUESTÃO 05

QUESTÃO 04 QUESTÃO 05 QUESTÃO 01 Arte abstrata é uma arte: a) que tem a intenção de representar figuras geométricas. b) que não pretende representar figuras ou objetos como realmente são. c) sequencial, como, por exemplo, a

Leia mais

Educação Especial 60 GUIA DE PROGRAMAS

Educação Especial 60 GUIA DE PROGRAMAS Educação Especial O direito à inclusão é o principal tema desta seção. Os programas mostram os obstáculos enfrentados por crianças e jovens portadores de deficiências, apresentados como pessoas apenas

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE

PLANO DE TRABALHO DOCENTE COLÉGIO ESTADUAL CRISTO REI ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO Rua das Ameixeiras, 119 Núcleo Cristo Rei Fone/Fax: 0xx42 3624 3095 CEP 85060-160 Guarapuava Paraná grpcristorei@seed.pr.gov.br PLANO DE TRABALHO

Leia mais

Literatura e cinema: algumas reflexões sobre a produção voltada para o público infantil

Literatura e cinema: algumas reflexões sobre a produção voltada para o público infantil Literatura e cinema: algumas reflexões sobre a produção voltada para o público infantil Fábio Augusto Steyer Universidade Estadual de Ponta Grossa PR A atual produção cinematográfica voltada para o público

Leia mais

Autora: SUELY BARROS BERNARDINO DA SILVA. Secretaria de Estado de Educação do Amazonas LEITURA: UM CAMINHO PARA O CONHECIMENTO INTRODUÇÃO

Autora: SUELY BARROS BERNARDINO DA SILVA. Secretaria de Estado de Educação do Amazonas LEITURA: UM CAMINHO PARA O CONHECIMENTO INTRODUÇÃO Autora: SUELY BARROS BERNARDINO DA SILVA Secretaria de Estado de Educação do Amazonas LEITURA: UM CAMINHO PARA O CONHECIMENTO INTRODUÇÃO Este foi um projeto piloto, o qual consistiu em desenvolver um trabalho

Leia mais

Língua Portuguesa. 1º ano. Unidade 1

Língua Portuguesa. 1º ano. Unidade 1 Língua Portuguesa 1º ano Unidade 1 Linguagem Linguagem, língua, fala Unidade 4 - capítulo 12 Linguagem verbal e não verbal Unidade 4 - capítulo 12 e 13 Signo linguístico Unidade 4 - capítulo 12 Denotação

Leia mais

DIRETORIA DE TECNOLOGIA E APOIO EDUCACIONAL GERÊNCIA DE NÚCLEO DE AUDIOVISUAL

DIRETORIA DE TECNOLOGIA E APOIO EDUCACIONAL GERÊNCIA DE NÚCLEO DE AUDIOVISUAL LÍNGUA PORTUGUESA 01 "IR"COM "ONDE"/CEAR OU CEIAR? ERROS EM TEXTO IMPRESSO 27'17'' Aula Ens. Med. 23.05.06 031/06 02 2ª SEMANA DE POESIA, PARTE 1 120' Documen. Ens.F/M 17.10.05 061/05 03 2ª SEMANA DE POESIA,

Leia mais

MÚSICA. ÔNCALO GRUPO PAULISTANO 1º de fevereiro

MÚSICA. ÔNCALO GRUPO PAULISTANO 1º de fevereiro MÚSICA ÔNCALO GRUPO PAULISTANO 1º de fevereiro Espalhando o conceito de street band no país e no mundo, o Grupo Ôncalo traz um repertório instrumental que homenageia Tim Maia, inovando o conceito de Fanfarra

Leia mais

A FORMAÇÃO DE LEITORES: O CASO DO GRUPO AIMIRI OS CONTADORES DE HISTÓRIAS

A FORMAÇÃO DE LEITORES: O CASO DO GRUPO AIMIRI OS CONTADORES DE HISTÓRIAS XIV Encontro Regional dos Estudantes de Biblioteconomia, Documentação, Ciência da Informação e Gestão da Informação - Região Sul - Florianópolis - 28 de abril a 01 de maio de 2012 A FORMAÇÃO DE LEITORES:

Leia mais

Ana Carolina Pereira Pires

Ana Carolina Pereira Pires Aimê Pinheiro Pires universidades e centros de pesquisa na geração de novos negócios, Ana Carolina Pereira Pires Ana Cristina Angelo Rocha Ana Paula Andrade Galvão Andre Araujo André Lopes Andre Luiz Santos

Leia mais

Antes que me esqueçam, meu nome é Edy Star

Antes que me esqueçam, meu nome é Edy Star Antes que me esqueçam, meu nome é Edy Star O documentário aborda a trajetória artística de Edvaldo Souza, o Edy Star, cantor, ator, dançarino, produtor teatral e artista plástico baiano. Edy iniciou a

Leia mais

Paulo Leminski é celebrado o no Café Literário na Bienal do Livro Rio

Paulo Leminski é celebrado o no Café Literário na Bienal do Livro Rio Paulo Leminski é celebrado o no Café Literário na Bienal do Livro Rio Com a presença da filha do poeta, a mesa Leminski vive reuniu admiradores de sua obra No Café Literário desta noite (5), na Bienal

Leia mais

2. 1 A poesia trovadoresca - Leitura de cantigas de amor e de amigo semântico, sintático, lexical e sonoro;

2. 1 A poesia trovadoresca - Leitura de cantigas de amor e de amigo semântico, sintático, lexical e sonoro; EIXO TEMÁTICO: 1 TEXTO LITERÁRIO E NÃO LITERÁRIO 1) Analisar o texto em todas as suas dimensões: semântica, sintática, lexical e sonora. 1. Diferenciar o texto literário do não-literário. 2. Diferenciar

Leia mais

LITERATURA E SOCIEDADE PARANAVAÍ

LITERATURA E SOCIEDADE PARANAVAÍ PARANAVAÍ 1 PROGRAMAÇÃO PARANAVAÍ Semana Literária Feira do Livro Literatura e Sociedade Autor homenageado Antonio Cândido Período 12 a 16 de Setembro Contação de História Histórias do Mundo Dia 12/09

Leia mais

Caro programador: Polichinelo sensibiliza para a diferença, para o respeito pelo outro. Uma peça de teatro que estimula a imaginação e a criatividade

Caro programador: Polichinelo sensibiliza para a diferença, para o respeito pelo outro. Uma peça de teatro que estimula a imaginação e a criatividade Caro programador: Polichinelo sensibiliza para a diferença, para o respeito pelo outro. Uma peça de teatro que estimula a imaginação e a criatividade com a criação de um mundo de magia e fantasia. Sinopse

Leia mais

Boas férias! Equipe do 2º ano

Boas férias! Equipe do 2º ano Nome: 2º ano Querido(a) aluno(a), No primeiro semestre, falamos muito sobre registros e o quanto eles nos ajudam a resgatar na memória a história de cada um. Pensamos neste Diário como forma de ajudá-lo

Leia mais

Poder Judiciário Página 1 of 6 Justiça Federal - 2a Região Seção Judiciária do RJ

Poder Judiciário Página 1 of 6 Justiça Federal - 2a Região Seção Judiciária do RJ Poder Judiciário Página 1 of 6 Justiça Federal - 2a Região Seção Judiciária do RJ ATA DA 7ª SESSÃO DE JULGAMENTO DO ANO DE 2015 DA 05ªTR, REALIZADA NO DIA 30/06/2015 ÀS 14:00 h QUANDO PUBLICADAS AS DECISÕES,

Leia mais

SEQUÊNCIA LISTA NOMINAL DOS CANDIDATOS APROVADOS 1 MAURO ROBERTO P. DUARTE 2 PAULO RENATO PEDRONI DE ALMEIDA 3 ALEX LOPES LYRIO 4 MARCOS ANDRE MURTA

SEQUÊNCIA LISTA NOMINAL DOS CANDIDATOS APROVADOS 1 MAURO ROBERTO P. DUARTE 2 PAULO RENATO PEDRONI DE ALMEIDA 3 ALEX LOPES LYRIO 4 MARCOS ANDRE MURTA LISTA NOMINAL DOS CANDIDATOS APROVADOS 1 MAURO ROBERTO P. DUARTE 2 PAULO RENATO PEDRONI DE ALMEIDA 3 ALEX LOPES LYRIO 4 MARCOS ANDRE MURTA RIBEIRO 5 ALEXANDRE FERREIRA DE MENEZES 6 ADALBERTO GOMES DA SILVA

Leia mais

SUPLEMENTO DE ATIVIDADES

SUPLEMENTO DE ATIVIDADES SUPLEMENTO DE ATIVIDADES NOME: N O : ESCOLA: SÉRIE: 1 Considerado um dos mais importantes escritores de todos os tempos, Edgar Allan Poe se inscreveu na história da literatura mundial com seu estilo inconfundível.

Leia mais

SHAKESPEARE REALIZA O IDEAL DO ANALISTA

SHAKESPEARE REALIZA O IDEAL DO ANALISTA SHAKESPEARE REALIZA O IDEAL DO ANALISTA Luiz Carlos Bresser-Pereira Valor, 2.6.2000. Apresentado originalmente como comentário ao filme (de Mazursky) e à peça (de Shakespeare) A Tempestade, em debate promovido

Leia mais

PROJETO DE LEITURA PRÉ-LEITURA

PROJETO DE LEITURA PRÉ-LEITURA PROJETO DE LEITURA PRÉ-LEITURA ATIVIDADES ANTERIORES À LEITURA INTENÇÃO: LEVANTAR HIPÓTESES SOBRE A AUTORA, SOBRE O LIVRO, INSTIGAR A CURIOSIDADE E AMPLIAR O REPERTÓRIO DO ALUNO Para o professor Ou isto

Leia mais

MEMÓRIAS DE UM SARGENTO DE MILÍCIAS E SUAS ADAPTAÇÕES

MEMÓRIAS DE UM SARGENTO DE MILÍCIAS E SUAS ADAPTAÇÕES MEMÓRIAS DE UM SARGENTO DE MILÍCIAS E SUAS ADAPTAÇÕES Simone de Souza Burguês (PIBIC/CNPq-UEM), Mirian Hisae Yaegashi Zappone (Orientadora), e-mail: mirianzappone@gmail.com Universidade Estadual de Maringá/Departamento

Leia mais

DELEGAÇÃO DISTRITAL DE FORMAÇÃO DE LISBOA FORMAÇÃO MINISTRADA NO ANO 2005 CORPO DE BOMBEIROS

DELEGAÇÃO DISTRITAL DE FORMAÇÃO DE LISBOA FORMAÇÃO MINISTRADA NO ANO 2005 CORPO DE BOMBEIROS DELEGAÇÃO DISTRITAL DE FORMAÇÃO DE LISBOA ESCOLA NACIONAL DE BOMBEIROS FEDERAÇÃO DOS BOMBEIROS DO DISTRITO DE LISBOA FORMAÇÃO MINISTRADA NO ANO 2005 CURSO DE ORGANIZAÇÃO DE POSTOS DE COMANDO Total de formandos:

Leia mais

O livro errado. Texto e ilustrações de Nick Bland. Tradução: Gilda de Aquino. Projeto: leitura e produção de texto. Indicação: Fundamental 1

O livro errado. Texto e ilustrações de Nick Bland. Tradução: Gilda de Aquino. Projeto: leitura e produção de texto. Indicação: Fundamental 1 O livro errado Texto e ilustrações de Nick Bland Tradução: Gilda de Aquino Projeto: leitura e produção de texto Indicação: Fundamental 1 Elaborado por: Ana Lúcia Maestrello Temas: Seres fantásticos, criatividade,

Leia mais

Disciplina:História Professora: Andréa Alexandre

Disciplina:História Professora: Andréa Alexandre Disciplina:História Professora: Andréa Alexandre Cidadania Democracia Filosofia Geometria Teatro Período Pré-Homérico (2800 1100 a. C.) povoamento da Grécia. Período Homérico (1100 800 a. C.) poemas

Leia mais

Informações e instruções para os candidatos

Informações e instruções para os candidatos A preencher pelo candidato: Nome: N.º de inscrição: Documento de identificação: N.º: Local de realização da prova: A preencher pelo avaliador: Classificação final: Ass: Informações e instruções para os

Leia mais

Unidade II Cultura: a pluralidade na expressão humana Aula 13.1 Conteúdo: Outras formas de narrar: o conto

Unidade II Cultura: a pluralidade na expressão humana Aula 13.1 Conteúdo: Outras formas de narrar: o conto 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Unidade II Cultura: a pluralidade na expressão humana Aula 13.1 Conteúdo: Outras formas de narrar: o conto 3 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO

Leia mais

Projetos. Outubro 2012

Projetos. Outubro 2012 Projetos Outubro 2012 Assunto de gente grande para gente pequena. No mês de outubro os brasileiros foram às urnas para eleger prefeitos e vereadores e a Turma da Lagoa não poderia ficar fora deste grande

Leia mais

DIA 07 DE NOVEMBRO (QUARTA FEIRA) HORÁRIO: Das 14h 30 às 17h30 horas

DIA 07 DE NOVEMBRO (QUARTA FEIRA) HORÁRIO: Das 14h 30 às 17h30 horas DIA 07 DE NOVEMBRO (QUARTA FEIRA) HORÁRIO: Das 14h 30 às 17h30 horas GUARANÁ, OLHO DE GENTE MEU PAÍS NOSSO MUNDO MEXICO A ÁRVORE DA FORTUNA * DOC - documentários YOJANAN MONTAÑO DOC 35 É um documentário

Leia mais

Biblioteca Escolar - EPALF. Novidades do mês (200909)

Biblioteca Escolar - EPALF. Novidades do mês (200909) Biblioteca Escolar - EPALF Novidades do mês (200909) 6596. ALVES, António Gouveia Manual de MS-DOS 5.0 / António Gouveia Alves, João Andrade Martins. - Lisboa : Fundação para a Divulgação das Tecnologias

Leia mais

Perfil dos personagens que passam a integrar o elenco da novela Chiquititas, do SBT

Perfil dos personagens que passam a integrar o elenco da novela Chiquititas, do SBT SBT CANAL 04 DE SÃO PAULO ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO INFORMA: Perfil dos personagens que passam a integrar o elenco da novela Chiquititas, do SBT Maria (Sophia Valverde) Doce e graciosa, Maria encanta a

Leia mais

Um grupo de alunos e uma professora. que decidiram escrever um livro...

Um grupo de alunos e uma professora. que decidiram escrever um livro... Um grupo de alunos e uma professora que decidiram escrever um livro... Tudo começou com um garoto chamado Luan que, num belo dia, resolveu compartilhar sua história... Luan Cardoso era um menino de apenas

Leia mais

Animais em extinção - Formação de palavras (jogo de sílabas) - Letra O - Letra P - Formação de palavras (jogo de sílabas e jogo de letras)

Animais em extinção - Formação de palavras (jogo de sílabas) - Letra O - Letra P - Formação de palavras (jogo de sílabas e jogo de letras) ABEU COLÉGIOS Disciplina: Língua Portuguesa Série: 1 ano / Fundamental I 1 Caderno 1 Seleção de módulos do Sistema de Ensino Ser 2014 Símbolos e Mensagens - Diferenciação de letra, palavra e número - Placas

Leia mais

CONSTRUÇÃO DO EU LÍRICO E O RETRATO NA POETICA CECÍLIA MEIRELES

CONSTRUÇÃO DO EU LÍRICO E O RETRATO NA POETICA CECÍLIA MEIRELES CONSTRUÇÃO DO EU LÍRICO E O RETRATO NA POETICA CECÍLIA MEIRELES Silvia Eula Muñoz¹ RESUMO Neste artigo pretendo compartilhar os diversos estudos e pesquisas que realizei com orientação do Prof. Me. Erion

Leia mais

Escolha PNBE 2005 Catálogo acervo 5

Escolha PNBE 2005 Catálogo acervo 5 100526 As serpentes que roubaram a noite e outros mitos Daniel Munduruku Editora Fundação Peirópolis Um grupo de crianças do povo Munduruku, admiradoras da sabedoria dos mais velhos, não se cansava de

Leia mais

Projeto de Leitura. Turma: 124. Professora Karine Beppler

Projeto de Leitura. Turma: 124. Professora Karine Beppler Projeto de Leitura Turma: 124 Professora Karine Beppler Objetivos - Adquirir o prazer pela leitura. - Estabelecer relação entre o texto lido e outros já conhecidos. - Desenvolver a capacidade de comentar

Leia mais

FIDELINO DE FIGUEIREDO

FIDELINO DE FIGUEIREDO CONGRESSO INTERNACIONAL FIDELINO DE F i l o s o f i a e L i t e r a t u r a Um Homem na sua Humanidade 12 a 15 de outubro, 2015 Faculdade de Letras da Universidade Porto Faculdade de Letras da Universidade

Leia mais

Aluno(a): Nº. Disciplina: Português Data da prova: 03/10/2014. P1-4 BIMESTRE. Análise de textos poéticos. Texto 1. Um homem também chora

Aluno(a): Nº. Disciplina: Português Data da prova: 03/10/2014. P1-4 BIMESTRE. Análise de textos poéticos. Texto 1. Um homem também chora Lista de Exercícios Aluno(a): Nº. Professor: Daniel Série: 9 ano Disciplina: Português Data da prova: 03/10/2014. P1-4 BIMESTRE Análise de textos poéticos Texto 1 Um homem também chora Um homem também

Leia mais

PRIMEIRA TEMPORADA: Meu Intelectual Favorito

PRIMEIRA TEMPORADA: Meu Intelectual Favorito PRIMEIRA TEMPORADA: Meu Intelectual Favorito Breve Resumo Cada programa trará uma personalidade midiática em um emocionante e revelador encontro com seu Favorito, um ídolo em algum campo de conhecimento,

Leia mais

NÃO SE ENCONTRA O QUE SE PROCURA

NÃO SE ENCONTRA O QUE SE PROCURA NÃO SE ENCONTRA O QUE SE PROCURA Do Autor: ficção Não te deixarei morrer, David Crockett (Contos e Crónicas), 2001 Equador (Romance), 2003 Premio Grinzane Cavour Narrativa Straniera (Itália) Rio das Flores

Leia mais

I ATOS E PORTARIAS DA DIREÇÃO DO FORO 1. Portarias

I ATOS E PORTARIAS DA DIREÇÃO DO FORO 1. Portarias PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE 1º GRAU SEÇÃO JUDICIÁRIA DA BAHIA Boletim Interno Informativo Nº 186/2005 Salvador, 20 de outubro de 2005 (Quinta-feira). TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 1ª REGIÃO Presidente:

Leia mais

Colégio Nomelini Ensino Fundamental II LISTA Nº 04 9º ANO

Colégio Nomelini Ensino Fundamental II LISTA Nº 04 9º ANO Trazer a tarefa resolvida no dia: 22/03/2013 (Sexta-feira) Prof. Vanessa Matos Interpretação de textos LISTA Nº 04 9º ANO DESCRIÇÃO: A seleção de atividades é para a leitura e interpretação. Responda os

Leia mais

Atualidades. Prof Rodrigo Ocampo Barbati

Atualidades. Prof Rodrigo Ocampo Barbati Atualidades Prof Rodrigo Ocampo Barbati SOCIEDADE Módulo XXV Ano Nacional Joaquim Nabuco - 2010 Há cem anos, em janeiro de 1910, morria o abolicionista pernambucano que ajudou a libertar os escravos. Entre

Leia mais

Especial Online RESUMO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO. Design 2011-1 ISSN 1982-1816. www.unifoa.edu.br/cadernos/especiais.

Especial Online RESUMO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO. Design 2011-1 ISSN 1982-1816. www.unifoa.edu.br/cadernos/especiais. Especial Online ISSN 1982-1816 www.unifoa.edu.br/cadernos/especiais.html DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO Design 2011-1 DESENVOLVENDO A IDENTIDADE VISUAL DE UMA POUSADA EM CONSERVATÓRIA Alunos: OLIVEIRA,

Leia mais

Dia 8 de novembro às 11h

Dia 8 de novembro às 11h TEATRO Excêntrica Com Cia Eros Teatral A história narra a jornada de uma mulher sedutora, que habita em seus pensamentos mais cruéis. Sua memória solitária fará ela se relacionar com todos os personagens,

Leia mais

Lista de Obras do Plano Nacional de Leitura Leitura Orientada na Sala de Aula. 7º Ano

Lista de Obras do Plano Nacional de Leitura Leitura Orientada na Sala de Aula. 7º Ano Alegre, Manuel Lista de Obras do Plano Nacional de Leitura 7º Ano Andresen, Sophia de Mello Breyner Barros, João de Bessa-Luís, Agustina Doze naus Histórias da Terra e do Mar AENA 14 O Cavaleiro da Dinamarca

Leia mais

RELAÇÃO DE LIVROS DIDÁTICOS E PARADIDÁTICOS 2012

RELAÇÃO DE LIVROS DIDÁTICOS E PARADIDÁTICOS 2012 9 ANO PADRÃO ENSINO FUNDAMENTAL II PORTUGUÊS 1. GRAMÁTICA Gramática da Língua Portuguesa (10ª. Edição). Autor: Roberto Melo Mesquita 2. LITERATURA BRASILEIRA Tempos, Leitores e Leituras Autoras: Maria

Leia mais

Um grande abraço! Equipe Central de Produção Na Passagem

Um grande abraço! Equipe Central de Produção Na Passagem É com muito prazer que apresentamos o Catálogo Brincante, uma iniciativa do Polo Criativo Na Passagem. Reunimos trabalhos de artistas que mergulham na essência da infância para construir propostas de trabalhos

Leia mais

PAJERAMA LATA TEMPO DE CRIANÇA. O RETORNO DE SATURNO GAROTO BARBA

PAJERAMA LATA TEMPO DE CRIANÇA. O RETORNO DE SATURNO GAROTO BARBA DIA 29 DE MARCO CINEMA DE PRAIA 14H30 APRESENTAÇÃO DE ELIAKIM RUFINO PRIARA JÕ - DEPOIS DO OVO, A GUERRA MAPINGUARI O GUARDIÃO DA MATA LATA TEMPO DE CRIANÇA. O RETORNO DE SATURNO GAROTO BARBA REMOTO CONTROLE

Leia mais

Documentários, filmes promocionais e institucionais sobre o jornalismo e a mídia no Brasil, por ordem do ano de produção.

Documentários, filmes promocionais e institucionais sobre o jornalismo e a mídia no Brasil, por ordem do ano de produção. Documentários, filmes promocionais e institucionais sobre o jornalismo e a mídia no Brasil, por ordem do ano de produção. O jornal O Estado de S. Paulo (Brasil, 1919) Produção:? Fotografia: Armando Pamplona

Leia mais

2ª Etapa: Propor a redação de um conto de mistério utilizando os recursos identificados na primeira etapa da atividade.

2ª Etapa: Propor a redação de um conto de mistério utilizando os recursos identificados na primeira etapa da atividade. DRÁCULA Introdução ao tema Certamente, muitas das histórias que atraem a atenção dos jovens leitores são as narrativas de terror e mistério. Monstros, fantasmas e outras criaturas sobrenaturais sempre

Leia mais