Pagamentos por Serviços Ambientais Teoria e Experiências no Brasil

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Pagamentos por Serviços Ambientais Teoria e Experiências no Brasil"

Transcrição

1 Pagamentos por Serviços Ambientais Teoria e Experiências no Brasil Stefano Pagiola Environment Department World Bank 1818 H Str NW Washington DC USA The opinions expressed in this presentation are the author s own and do not necessarily represent those of the World Bank Group. The materials in this presentation may be freely reproduced with appropriate credit to the author and the World Bank. Stefano Pagiola Departamento Desenvolvimento Sustentável, America Latina e Caribe Banco Mundial Workshop sobre Experiências de Pagamentos por Serviços Ambientais (PSA) no Brasil São Paulo, Brasil, de março, 2011

2 Impacto da degradação da bacia Estação de tratamento de água Carapina (Vitoria, ES) Fonte: CESAN Stefano Pagiola, Banco Mundial,

3 Degradação da bacia Rio Santa Maria de Vitória Foto: Erick Fernandes Stefano Pagiola, Banco Mundial,

4 Impacto da degradação da bacia Estação de tratamento de água Carapina (Vitoria, ES) Source: Data from CESAN Stefano Pagiola, Banco Mundial,

5 Impacto da degradação da bacia Estação de tratamento de água Carapina (Vitoria, ES) Investimento adicional Custos operacionais mais altos Fonte: Dados CESAN + Custo de interrupções + Custos de bombeio mais altos Stefano Pagiola, Banco Mundial,

6 O problema Desmatamento e uso para pasto Conservação Benefícios aos usuários da terra (R$) Custos às populações rio abaixo e outros (R$) Água Carbono Biodiversidade Stefano Pagiola, Banco Mundial,

7 Respostas anteriores tem falhado Intervenção governamental direta Métodos demonstrativos Métodos regulatórios Subsídios de curta duração (em dinheiro ou em espécie) Baixas taxas de adoção Adotado logo abandonado Stefano Pagiola, Banco Mundial,

8 A lógica de pagamentos por serviços ambientais Desmatamento e uso para pasto Conservação com pagamento por serviços Benefícios aos usuários da terra (R$) Pagamento Custos às populações rio abaixo e outros (R$) Água Carbono Biodiversidade Importante! Esta lógica se repete cada ano» Precisa de pagamentos anuais» Precisa de financiamento sustentável Stefano Pagiola, Banco Mundial,

9 Definição de PSA Um mecanismo para prover serviços ambientais indiretos no qual: Aqueles que fornecem os serviços ambientais são pagos por prover-los ( provedor recebedor ) Aqueles que se beneficiam dos serviços ambientais pagam por sua provisão ( usuário pagador ) Os pagamentos são condicionais A participação é voluntaria Serviços Provedores de serviços Usuários de serviços Pagamento Stefano Pagiola, Banco Mundial,

10 O que faz o PSA atrativo? Gera seu próprio financiamento: Traz novos financiamentos anteriormente não disponíveis para conservação Eficiente: Enfoca esforços onde os benefícios da conservação são mais altos e os custos mais baixos Potencialmente bem sustentável: Não depende dos desejos caprichosos de doadores, ONGs, mas no interesse próprio dos usuários e provedores de serviços Para que isso funcione, é necessário: Basear pagamentos aos provedores nos pagamentos pelos usuários Entregar os Serviços Hídricos de fato: acertando a ciência é critico Ajustar o mecanismo às condições locais específicas Stefano Pagiola, Banco Mundial,

11 PSA financiado por o governo A mecanismo para para prover serviços ambientais indiretos no qual: Aqueles que fornecem os serviços ambientais são pagos por prover-los ( provedor recebedor ) El governo paga por sua provisão Os pagamentos são condicionais A participação é voluntaria Provedores de serviços Serviços Pagamento Usuários de serviços Governo Stefano Pagiola, Banco Mundial,

12 Da teoria à pratica 1. Entendendo a ciência e a economia Irrigação Associação usuários d água Produtores Usuários Efeitos Produção da terra hidrológicos hidroelétrica Produtor hidroelétrico Consumidores eletricidade Fornecimento água Companhia de água Consumidores de água Pagamento 2. Cobrando quem usa o serviço 3. Pagando quem fornece o serviço 4. Estabelecendo o marco institucional (regras, arranjos) Stefano Pagiola, Banco Mundial,

13 Programas PSA no Brasil Peugeot Poco de Carbono Genesis Pipiripipau Emas-Taquari Monte Claros MPPB Programas de PSA Água Programas de PSA Carbono Programas PSA estaduais Oásis Apucarana Manancial Vivo AES-Tietê Plantar Guandu Extrema PdA-PCJ Projeto Oásis Joinville Camboriú Florestas para Vida Stefano Pagiola, Banco Mundial,

14 Programas PSA no Brasil Peugeot Poco de Carbono Genesis Pipiripipau Emas-Taquari Monte Claros MPPB Programas de PSA Água Programas de PSA Carbono Programas PSA estaduais Oásis Apucarana Manancial Vivo AES-Tietê Plantar Guandu Extrema PdA-PCJ Projeto Oásis Joinville Camboriú Florestas para Vida Stefano Pagiola, Banco Mundial,

15 Apoio Banco Mundial ao PSA no Brasil Espírito Santo Biodiversity and Watershed Conservation and Restoration Project ( Florestas para Vida ): $4.2M GEF Rio de Janeiro Sustainable Integrated Ecosystem Management in Production Landscapes of the North-Northwestern Fluminense: $6.8 M GEF Rio de Janeiro Sustainable Rural Development ( Rio Rural ): $79M BM + $40M GEF Santa Catarina Rural Competitiveness: $90M BM São Paulo Ecosystem Restoration of Riparian Forests ( Mata Ciliares ): $8M BM São Paulo Sustainable Rural Development and Access to Markets ( Microbacias II ): $78M BM Plantar (Minas Gerais) - PCF AES-Tietê Afforestation-Reforestion (São Paulo) BioCF Em implementação Em preparação Paraná Ceará Espírito Santo Rio de Janeiro São Paulo Santa Catarina Stefano Pagiola, Banco Mundial,

16 Mais informação Stefano Pagiola, Banco Mundial,

Pagamentos por Serviços Ambientais

Pagamentos por Serviços Ambientais Pagamentos por Serviços Ambientais l Adriana Moreira Departamento de Desenvolvimento Sustentável da América Latina e Caribe Banco Mundial Stefano Pagiola, World Bank, 2010 1 Degradação de bacia hidrográfica

Leia mais

PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS. JOSÉ RENATO CASAGRANDE Governador do Estado do ES ALADIM FERNANDO CERQUEIRA Diretor Presidente do IEMA

PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS. JOSÉ RENATO CASAGRANDE Governador do Estado do ES ALADIM FERNANDO CERQUEIRA Diretor Presidente do IEMA PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS JOSÉ RENATO CASAGRANDE Governador do Estado do ES ALADIM FERNANDO CERQUEIRA Diretor Presidente do IEMA O QUE SÃO SERVIÇOS AMBIENTAIS? QUAL A RELAÇÃO ENTRE COBERTURA FLORESTAS,

Leia mais

Pagamentos por Serviços Ambientais

Pagamentos por Serviços Ambientais Pagamentos por Serviços Ambientais Encontro Água e Floresta: Vivenciar para Agir Jaboticabal/SP Julho de 2008 Serviços Ecossistêmicos: Benefícios providos pelos ecossistemas Provisão comida água madeira

Leia mais

COMUNICAÇÃO TÉCNICA. Redução de custos da recuperação de áreas degradadas por meio do pagamento por serviços ambientais

COMUNICAÇÃO TÉCNICA. Redução de custos da recuperação de áreas degradadas por meio do pagamento por serviços ambientais COMUNICAÇÃO TÉCNICA 170786 Redução de custos da recuperação de áreas degradadas por meio do pagamento por serviços ambientais Caroline Almeida Souza Maria Lucia Solera Trabalho apresentado no Workshop

Leia mais

Pagamento por Serviços Ambientais. Novembro 2012

Pagamento por Serviços Ambientais. Novembro 2012 Pagamento por Serviços Ambientais Novembro 2012 PREMISSAS O impacto da lei não é igual em todos os imóveis: diferentes percentuais de APP diferentes potenciais de produção agropecuária O custo da conservação

Leia mais

Pagamento por Serviços Ambientais no Brasil. 09.05.2012 Congresso Nacional

Pagamento por Serviços Ambientais no Brasil. 09.05.2012 Congresso Nacional Pagamento por Serviços Ambientais no Brasil 09.05.2012 Congresso Nacional PSA Mercado atual: ausente ou incompleto SA = Externalidade positiva + SA = Bens públicos Mercado falho! Provedores de SA não recebem

Leia mais

Pagamentos por Serviços Ecossistêmicos: Potenciais e Limitações

Pagamentos por Serviços Ecossistêmicos: Potenciais e Limitações Pagamentos por Serviços Ecossistêmicos: Potenciais e Limitações Peter H. May CPDA / UFRRJ e REBRAF Lançamento do Projeto de Recuperação de Matas Ciliares do Estado de São Paulo Tipos de serviços gerados

Leia mais

Pagamento por Serviços Ambientais. Fevereiro 2013

Pagamento por Serviços Ambientais. Fevereiro 2013 Pagamento por Serviços Ambientais Fevereiro 2013 PREMISSAS Os imóveis rurais têm características diferentes: diferentes percentuais de APP diferentes potenciais de produção agropecuária e de geração de

Leia mais

PROGRAMA PRODUTOR DE ÁGUA NO GUARIROBA

PROGRAMA PRODUTOR DE ÁGUA NO GUARIROBA PROGRAMA PRODUTOR DE ÁGUA NO GUARIROBA Rossini Ferreira Matos Sena Especialista em Recursos Hídricos Superintendência de Implementação de Programas e Projetos Devanir Garcia dos Santos Gerente de Uso Sustentável

Leia mais

O Projeto Florestas para a Vida em Espírito Santo, Brasil

O Projeto Florestas para a Vida em Espírito Santo, Brasil PES Learning Paper 2012-1P Public Disclosure Authorized O Projeto Florestas para a Vida em Espírito Santo, Brasil Marcos F. Sossai, Fabiano Z. Novelli, Sandro Rodrigo A. de Souza, Rafael Boni e Raphael

Leia mais

CICLO DE PALESTRAS E DEBATES

CICLO DE PALESTRAS E DEBATES CICLO DE PALESTRAS E DEBATES PLC PROGRAMA Nº 30/11 NOVO PRODUTOR CÓDIGO FLORESTAL DE ÁGUA Ã NO GUARIROBA Á COMISSÃO DE AGRICULTURA E REFORMA AGRÁRIA DO SENADO FEDERAL Devanir Garcia dos Santos Gerente

Leia mais

A ECONOMIA VERDE E O DIREITO AMBIENTAL NO BRASIL

A ECONOMIA VERDE E O DIREITO AMBIENTAL NO BRASIL 32º Fórum de Debates Brasilianas.org A ECONOMIA VERDE A ECONOMIA VERDE E O DIREITO AMBIENTAL NO BRASIL Perspectivas e contribuições do Direito para a Sustentabilidade Socioambiental Prof. Dr. José Gustavo

Leia mais

Instrumentos e Econômicos para Incentivo à Restauração Ecológica

Instrumentos e Econômicos para Incentivo à Restauração Ecológica Instrumentos e Econômicos para Incentivo à Restauração Ecológica Seminário Reflorestamento da Mata Atlântica no Estado do Rio de Janeiro Aurélio Padovezi Coordenador de Restauração Florestal Photos by

Leia mais

MODELO DE ESTRUTURA PARA A CARTILHA COMO ELABORAR PROJETOS PSA

MODELO DE ESTRUTURA PARA A CARTILHA COMO ELABORAR PROJETOS PSA MODELO DE ESTRUTURA PARA A CARTILHA COMO ELABORAR PROJETOS PSA 1. INTRODUÇÃO Este documento está dirigido principalmente aos tomadores de decisões em nível de governo regional e municipal, departamentos

Leia mais

PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS (PSA) Renato Rosenberg 06-09-2012

PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS (PSA) Renato Rosenberg 06-09-2012 PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS (PSA) Renato Rosenberg 06-09-2012 CONCEITO PSA: transação voluntária, na qual um serviço ambiental bem definido é comprado por um comprador de um provedor, sob a condição

Leia mais

Pagamentos por Serviços Ambientais

Pagamentos por Serviços Ambientais 1 Pagamentos por Serviços Ambientais O que são? 2 Serviços Ecossistêmicos x Serviços Ambientais Benefícios gerados pelos ecossistemas, independentemente da atuação humana; Ocorrem em grande escala; Normalmente

Leia mais

IMPACTOS DO PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS SOBRE OS RECURSOS HÍDRICOS

IMPACTOS DO PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS SOBRE OS RECURSOS HÍDRICOS IMPACTOS DO PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS SOBRE OS RECURSOS HÍDRICOS Devanir Garcia dos Santos Gerente de Uso Sustentável de Água e Solo Superintendência de Implementação de Programas e Projetos DISPONIBILIDADE

Leia mais

Conteúdo da apresentação

Conteúdo da apresentação Aspectos Econômicos da Conservação Marcos Amend São Paulo, Novembro de 2009 Conteúdo da apresentação O que é a Conservação Estratégica? Economia da conservação Economia da degradação Instrumentos de política

Leia mais

Resumo do Relatório. Objetivos e Escopo do Relatório. Estatísticas Gerais

Resumo do Relatório. Objetivos e Escopo do Relatório. Estatísticas Gerais SITUAÇÃO DOS PAGAMENTOS POR SERVIÇOS HÍDRICOS: UM MERCADO EMERGENTE - SUMÁRIO EXECUTIVO Por Tracy Stanton, Marta Echavarria, Katherine Hamilton e Caroline Ott 2010 Resumo do Relatório Um esforço de pesquisa

Leia mais

O Programa Produtor de Água

O Programa Produtor de Água O Programa Produtor de Água Arcabouço Legal e Institucional Lei nº 9.433 de 8.01.97 Titulo I - Da Política Nacional de Recursos Hídricos Capitulo II Dos Objetivos Artigo 2º - São objetivos da Política

Leia mais

I Fórum Sustentabilidade da Cadeia do Cacau

I Fórum Sustentabilidade da Cadeia do Cacau I Fórum Sustentabilidade da Cadeia do Cacau Produção e Mercado de Cacau com Responsabilidade Socioambiental: Criação de Capacidades em Boas Práticas e Certificação na Cadeia do Cacau do Brasil. Missão:

Leia mais

II Reunión de la Alianza Latinoamericana de Fondos de Agua

II Reunión de la Alianza Latinoamericana de Fondos de Agua II Reunión de la Alianza Latinoamericana de Fondos de Agua Mejores practicas em los Fondos de Agua: Esquemas de pagos por servicios ambientales em fondos de agua caso Brasil Panamá, 19 de junio/2013 Helena

Leia mais

Gestão de Água em Unidades de Conservação Peter H. May CPDA/UFRRJ REBRAF ECOECO

Gestão de Água em Unidades de Conservação Peter H. May CPDA/UFRRJ REBRAF ECOECO Gestão de Água em Unidades de Conservação Peter H. May CPDA/UFRRJ REBRAF ECOECO Encontro Florestas e Água SEMA-SP, 08 de dezembro de 2005 BASE LEGAL PARA COBRANÇA Conceito Protetor- Recebedor Conceito

Leia mais

Fundação O Boticário de Proteção à Natureza PROJETO OÁSIS

Fundação O Boticário de Proteção à Natureza PROJETO OÁSIS Fundação O Boticário de Proteção à Natureza PROJETO OÁSIS Instituição privada e sem fins lucrativos. Criada em 1990. É uma das organizações que mais financia projetos de conservação da natureza no Brasil.

Leia mais

DOCUMENTO DE INFORMAÇÃO DE PROJETO (DIP) ESTÁGIO CONCEITUAL Relatório n o : PIDC859

DOCUMENTO DE INFORMAÇÃO DE PROJETO (DIP) ESTÁGIO CONCEITUAL Relatório n o : PIDC859 DOCUMENTO DE INFORMAÇÃO DE PROJETO (DIP) ESTÁGIO CONCEITUAL Relatório n o : PIDC859 Nome do Projeto Região País Setor(es) Tema(s) Instrumento de Empréstimo ID do Projeto Mutuário(s) Agência Implementadora

Leia mais

Programa de Conservação e Recuperação da Cobertura Florestal e dos Recursos Hídricos do Espírito Santo

Programa de Conservação e Recuperação da Cobertura Florestal e dos Recursos Hídricos do Espírito Santo Programa de Conservação e Recuperação da Cobertura Florestal e dos Recursos Hídricos do Espírito Santo MARIA DA GLÓRIA BRITO ABAURRE Secretária de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos CONTEXTO O

Leia mais

B. OBJETIVOS. Geral :

B. OBJETIVOS. Geral : TERMO DE REFERENCIA ELABORAÇÃO DE ESTUDO JURÍDICO/INSTITUCIONAL PARA INSTITUIÇÃO E OPERAÇÃO DE FUNDO FINANCEIRO MUNICIPAL DE PROJETO DE PAGAMENTOS POR SERVIÇOS AMBIENTAIS PROJETO PRODUTOR DE ÁGUA DO RIO

Leia mais

Oportunidades de Eficiência Energética em Belo Horizonte

Oportunidades de Eficiência Energética em Belo Horizonte Oportunidades de Eficiência Energética em Belo Horizonte Uso da Ferramenta para Avaliação Rápida de Energia na Cidade (TRACE) em Belo Horizonte Uma Cidade Sustentável no Brasil O município de Belo Horizonte,

Leia mais

Fontes de Financiamento para REDD+ Visão geral

Fontes de Financiamento para REDD+ Visão geral Fontes de Financiamento para REDD+ Visão geral Dezembro / 2012 Agenda Como se dá o financiamento? Quais são as fontes de financiamento? Qual fonte usar? Agenda Como se dá o financiamento? Quais são as

Leia mais

Fontes de financiamento para REDD+: doadores e mercados

Fontes de financiamento para REDD+: doadores e mercados Forest Carbon Partnership Facility Fontes de financiamento para REDD+: doadores e mercados Andre Aquino & Frauke Jungbluth Seminario sobre Quadro Legal e Institucional para a REDD+ em Mocambique Maputo,

Leia mais

CONSERVADOR DAS ÁGUAS LEI MUNICIPAL 2.100/2005

CONSERVADOR DAS ÁGUAS LEI MUNICIPAL 2.100/2005 CONSERVADOR DAS ÁGUAS LEI MUNICIPAL 2.100/2005 EXTREMA EXTREMO SUL DE MINAS. SERRA DA MANTIQUEIRA. 480 KM BH E 100 KM DA CIDADE DE SP. POPULAÇÃO 24.800 HABITANTES. CONTINUIDADE ADMINISTRATIVA DE 20 ANOS

Leia mais

38º Café com Sustentabilidade FEBRABAN

38º Café com Sustentabilidade FEBRABAN 38º Café com Sustentabilidade FEBRABAN THE NATURE CONSERVANCY - TNC Programa de Conservação Floresta Atlântica e Savana Central Samuel Barrêto 10 de Junho 2014 TNC no mundo O que mudou na agenda hídrica?

Leia mais

PROJETO DE RECUPERAÇÃO DE MATAS CILIARES NO ESTADO DE SÃO PAULO. Programa Operacional do GEF: OP#15 (sustainable land management)

PROJETO DE RECUPERAÇÃO DE MATAS CILIARES NO ESTADO DE SÃO PAULO. Programa Operacional do GEF: OP#15 (sustainable land management) PROJETO DE RECUPERAÇÃO DE MATAS CILIARES NO ESTADO DE SÃO PAULO Proposta para obtenção de recursos do GEF (doação sem encargos de US$7,05 milhões) Programa Operacional do GEF: OP#15 (sustainable land management)

Leia mais

DECRETO ESTADUAL Nº 49.723, DE 24 DE JUNHO DE 2005

DECRETO ESTADUAL Nº 49.723, DE 24 DE JUNHO DE 2005 DECRETO ESTADUAL Nº 49.723, DE 24 DE JUNHO DE 2005 Institui o Programa de Recuperação de Zonas Ciliares do Estado de São Paulo e dá providências correlatas GERALDO ALCKMIN, Governador do Estado de São

Leia mais

Projeto de Recuperação de Matas Ciliares do Estado de São Paulo

Projeto de Recuperação de Matas Ciliares do Estado de São Paulo Projeto de Recuperação de Matas Ciliares do Estado de São Paulo novembro de 2007 Uso do solo pela agropecuária Produzir! Preservar!? Produzir ou Preservar? Novo Paradigma PRODUZIR E PRESERVAR RESTAURAR

Leia mais

ESTUDO DE VIABILIDADE DE IMPLANTAÇÃO DO PROGRAMA PRO-PSA NA REGIÃO HIDROGRÁFICA DO GUANDU RIO DE JANEIRO (em desenvolvimento)

ESTUDO DE VIABILIDADE DE IMPLANTAÇÃO DO PROGRAMA PRO-PSA NA REGIÃO HIDROGRÁFICA DO GUANDU RIO DE JANEIRO (em desenvolvimento) ESTUDO DE VIABILIDADE DE IMPLANTAÇÃO DO PROGRAMA PRO-PSA NA REGIÃO HIDROGRÁFICA DO GUANDU RIO DE JANEIRO Reunião CTEP, 07 de novembro de 2013 Photo credits: (Top) Mark Godfrey; (Bottom) Sergio Pucci; Rick

Leia mais

PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS

PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS Helena Carrascosa von Glehn Secretaria do Meio Ambiente Assessoria Técnica do Gabinete Seminário de Gestão Integrada dos Recursos Hídricos do Estado de São Paulo Subsídios

Leia mais

XIX CONGRESSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UFLA 27 de setembro a 01 de outubro de 2010

XIX CONGRESSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UFLA 27 de setembro a 01 de outubro de 2010 PAGAMENTOS POR SERVIÇOS AMBIENTAIS (PSA): VISÃO GLOBAL DO MERCADO E EXPERIÊNCIAS PRÁTICAS PARA PROTEÇÃO DA ÁGUA E BIODIVERSIDADE MYRIAM ANGÉLICA DORNELAS 1, ANTONIO CLAUDIO DAVIDE 2, MARCIO TORRES GOTIERRE

Leia mais

I CURSO DE PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS PARA O MOSAICO DO EXTREMO SUL DA BAHIA ELEMENTOS DE UM PSA

I CURSO DE PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS PARA O MOSAICO DO EXTREMO SUL DA BAHIA ELEMENTOS DE UM PSA Gunars Platais Dept. Meio Ambiente p/ America Latina Banco Mundial I CURSO DE PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS PARA O MOSAICO DO EXTREMO SUL DA BAHIA ELEMENTOS DE UM PSA Da Teoria à Pratica Elementos

Leia mais

5/9/2013. Pior seca dos últimos 40 anos, o nível do rio Acre chegou a 1,57 m

5/9/2013. Pior seca dos últimos 40 anos, o nível do rio Acre chegou a 1,57 m Pior seca dos últimos 40 anos, o nível do rio Acre chegou a 1,57 m Rio Acre em Rio Branco, Acre, Brasil 1 de Setembro 2011 1 a maior inundação da história chegou a 17,64m±4cm Rio Acre em Rio Branco, Acre,

Leia mais

Serviços Ambientais & Esquemas de Pagamento e Compensação

Serviços Ambientais & Esquemas de Pagamento e Compensação Serviços Ambientais & Esquemas de Pagamento e Compensação CURSO DE CAPACITAÇÃO EM SERVIÇOS AMBIENTAIS PARA TÉCNICOS DO GOVERNO DO ACRE 9 12 de Novembro de 2010 Rio Branco, Acre Beto Borges Programa Comunidades

Leia mais

Érika Dolores Izenez Portela Karina do Espírito Santo Laís Guerra Taynãn Paes

Érika Dolores Izenez Portela Karina do Espírito Santo Laís Guerra Taynãn Paes Érika Dolores Izenez Portela Karina do Espírito Santo Laís Guerra Taynãn Paes POLÍTICAS PÚBLICAS ATRAVÉS DA VALORAÇÃO DE SERVIÇOS AMBIENTAIS: ESTUDO DE CASO PARANÁ / MATA CILIAR Juiz de Fora 2008 3 Érika

Leia mais

Nome da operação. Região País Setor. Número da operação Instrumento de crédito Mutuário(s) Entidade executora

Nome da operação. Região País Setor. Número da operação Instrumento de crédito Mutuário(s) Entidade executora Nome da operação Região País Setor DOCUMENTO DE INFORMAÇÃO DO PROGRAMA (PID) ETAPA CONCEITUAL Relatório nº: AB7437 (O número do relatório é gerado automaticamente pelo IDU e não

Leia mais

Banco Interamericano de Desenvolvimento Patrick Doyle Patrickd@iadb.org. Agosto 2015

Banco Interamericano de Desenvolvimento Patrick Doyle Patrickd@iadb.org. Agosto 2015 Banco Interamericano de Desenvolvimento Patrick Doyle Patrickd@iadb.org Agosto 2015 Desde 1959 A principal fonte de financiamento para o desenvolvimento da América Latina e Caribe 26 Países Conta com 26

Leia mais

WORKSHOP INTERNACIONAL SOBRE MERCADOS DE CARBONO NA AMÉRICA LATINA. São Paulo Setembro - 2015

WORKSHOP INTERNACIONAL SOBRE MERCADOS DE CARBONO NA AMÉRICA LATINA. São Paulo Setembro - 2015 WORKSHOP INTERNACIONAL SOBRE MERCADOS DE CARBONO NA AMÉRICA LATINA São Paulo Setembro - 2015 A BIOFÍLICA ATUAÇÃO A Biofílica Investimentos Ambientais S.A. é a primeira empresa brasileira focada na gestão

Leia mais

Centro de Pesquisas Ambientais do Nordeste

Centro de Pesquisas Ambientais do Nordeste Centro de Pesquisas Ambientais do Nordeste Ambiente Jurídico para PSA em Pernambuco KLAUS MACIEL Recife, 2010 Contextualização Global Política Nacional de Biodiversidade (Decreto n 4339/2002) Política

Leia mais

TERMO DE REFERENCIA. Swiss Reinsurance Company ou Schweizerische Rückversicherungs-Gesellschaft AG (www.swissre.com).

TERMO DE REFERENCIA. Swiss Reinsurance Company ou Schweizerische Rückversicherungs-Gesellschaft AG (www.swissre.com). TERMO DE REFERENCIA IDENTIFICAÇÃO DE DIRETRIZES PARA APLICAÇÃO DE ELEMENTOS DE ADAPTAÇÃO E MITIGAÇÃO ÀS MUDANÇAS CLIMÁTICAS COMO INDICADORES DE PRIORIZAÇÃO DE AÇÕES PROJETO PRODUTOR DE ÁGUA DO RIBEIRÃO

Leia mais

Pagamento de Serviços Ambientais Contribuição do Programa MERCADO MATA ATLÂNTICA Reserva da Biosfera da Mata Atlântica - Brasil

Pagamento de Serviços Ambientais Contribuição do Programa MERCADO MATA ATLÂNTICA Reserva da Biosfera da Mata Atlântica - Brasil Pagamento de Serviços Ambientais Contribuição do Programa MERCADO MATA ATLÂNTICA Reserva da Biosfera da Mata Atlântica - Brasil 1º Seminário Paulista de PSA- Novembro de 2009 - Clayton F. Lino A natureza

Leia mais

DOCUMENTO DE INFORMAÇÕES DO PROJETO (DIP) ETAPA CONCEITUAL Relatório nº: PIDC1054

DOCUMENTO DE INFORMAÇÕES DO PROJETO (DIP) ETAPA CONCEITUAL Relatório nº: PIDC1054 Nome do projeto Região País DOCUMENTO DE INFORMAÇÕES DO PROJETO (DIP) ETAPA CONCEITUAL Relatório nº: PIDC1054 Desenvolvimento de sistemas para prevenir incêndios florestais e monitorar a cobertura da vegetação

Leia mais

Serviços Ambientais. Programa Comunidades - Forest Trends

Serviços Ambientais. Programa Comunidades - Forest Trends Serviços Ambientais OFICINA DE FORMACAO Rio Branco, Acre 12 de Marco, 2013 Beto Borges Programa Comunidades e Mercados FOREST TRENDS Programa Comunidades - Forest Trends Promovendo participação e beneficios

Leia mais

A Economia dos Ecossistemas e da Biodiversidade (TEEB)

A Economia dos Ecossistemas e da Biodiversidade (TEEB) A Economia dos Ecossistemas e da Biodiversidade (TEEB) Helena Boniatti Pavese Coordenadora Regional, América Latina e Caribe UNEP - World Conservation Monitoring Centre 10 de Novembro de 2010 Panorama

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Programa Águas de Araucária

Mostra de Projetos 2011. Programa Águas de Araucária Mostra de Projetos 2011 Programa Águas de Araucária Mostra Local de: Araucária. Categoria do projeto: I - Projetos em implantação, com resultados parciais. Nome da Instituição/Empresa: Secretaria Municipal

Leia mais

INTERNATIONAL FINANCE CORPORATION A Member of the World Bank Group

INTERNATIONAL FINANCE CORPORATION A Member of the World Bank Group 2121 PENNSYLVANIA AVENUE, NW WASHINGTON, DC 20433, USA TELEPHONE (202) 477-1234 FACSIMILE (202) 477-6391 INTERNATIONAL FINANCE CORPORATION A Member of the World Bank Group Para: FASE/ES Federação de Órgãos

Leia mais

INFRAESTRUTURA VERDE. Uma solução para reduzir riscos e alcançar uma gestão corporativa sustentável da água

INFRAESTRUTURA VERDE. Uma solução para reduzir riscos e alcançar uma gestão corporativa sustentável da água INFRAESTRUTURA VERDE Uma solução para reduzir riscos e alcançar uma gestão corporativa sustentável da água Aspectos chaves Os riscos relacionados a água podem afetar o crescimento da empresa ou impactá-la

Leia mais

ATIVIDADE DE ANALISE CRITICA DOS EIXOS, PROG

ATIVIDADE DE ANALISE CRITICA DOS EIXOS, PROG ATIVIDADE DE ANALISE CRITICA DOS EIXOS, PROG EIXOS E PROGRAMAS EIXO 1 - Uso sustentável dos recursos naturais Programa de fortalecimento do sistema de gestão ambiental Programa de formação e manutenção

Leia mais

EDITAL DE PSA HÍDRICO Nº 01/2015

EDITAL DE PSA HÍDRICO Nº 01/2015 PREFEITURA MUNICIPAL DE IBIRAPITANGA SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA, DESENVOLVIMENTO RURAL E MEIO AMBIENTE SADERMA COMITÊ GESTOR DO PROGRAMA MUNICIPAL DE PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS CGP EDITAL

Leia mais

Crise da água: causas, consequências e enfrentamentos. O papel do direito e dos serviços ecossistêmicos no enfrentamento da crise hídrica

Crise da água: causas, consequências e enfrentamentos. O papel do direito e dos serviços ecossistêmicos no enfrentamento da crise hídrica Crise da água: causas, consequências e enfrentamentos O papel do direito e dos serviços ecossistêmicos no enfrentamento da crise hídrica Local da Fala O reflexo da mudança climática nos recursos hídricos

Leia mais

MANUTENÇÃO DO SOLO E ÁGUA ATRAVÉS DE PROGRAMAS DE PAGAMENTOS POR SERVIÇOS AMBIENTAIS

MANUTENÇÃO DO SOLO E ÁGUA ATRAVÉS DE PROGRAMAS DE PAGAMENTOS POR SERVIÇOS AMBIENTAIS MANUTENÇÃO DO SOLO E ÁGUA ATRAVÉS DE PROGRAMAS DE PAGAMENTOS POR SERVIÇOS AMBIENTAIS Mônica de Oliveira Cardoso 1 * & Ana Paula Dias Turetta 2 & Rachel Bardy Prado 3 Resumo Atuando principalmente na conservação

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE PREFEITURA DE SUMARÉ SECRETARIA MUNICIPAL DE AÇÃO SOCIAL SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE 3M DO BRASIL

SECRETARIA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE PREFEITURA DE SUMARÉ SECRETARIA MUNICIPAL DE AÇÃO SOCIAL SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE 3M DO BRASIL SECRETARIA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE PREFEITURA DE SUMARÉ SECRETARIA MUNICIPAL DE AÇÃO SOCIAL SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE 3M DO BRASIL SOCIEDADE HUMANA DESPERTAR LABORATÓRIO DE ECOLOGIA E RESTAURAÇÃO

Leia mais

Aplicação da ferramenta Invest para identificação de Áreas de Risco de Contaminação no âmbito do Plano de Segurança da Água

Aplicação da ferramenta Invest para identificação de Áreas de Risco de Contaminação no âmbito do Plano de Segurança da Água Aplicação da ferramenta Invest para identificação de Áreas de Risco de Contaminação no âmbito do Plano de Segurança da Água João Guimarães Dezembro/2012 60 anos Brasil 1988 32 países 3.500 funcionários

Leia mais

PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS. Eduardo de Araujo Rodrigues

PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS. Eduardo de Araujo Rodrigues PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS Eduardo de Araujo Rodrigues Nos últimos 50 anos, os ecossistemas do mundo foram agredidos e modificados pela ação do homem, mais rápido e profundamente que em qualquer

Leia mais

SERVIÇOS AMBIENTAIS. Fórum Permanente Sociedade e Desenvolvimento LEICI/FCA/Unicamp Erika Bechara 07.Outubro.2014

SERVIÇOS AMBIENTAIS. Fórum Permanente Sociedade e Desenvolvimento LEICI/FCA/Unicamp Erika Bechara 07.Outubro.2014 SERVIÇOS AMBIENTAIS 1 Fórum Permanente Sociedade e Desenvolvimento LEICI/FCA/Unicamp Erika Bechara 07.Outubro.2014 O USO DE INSTRUMENTOS ECONÔMICOS EM PROL DO MEIO AMBIENTE Instrumentos da política ambiental:

Leia mais

Prof. Pedro Brancalion

Prof. Pedro Brancalion Prof. Pedro Brancalion Situação 1 Situação 2 X A natureza tem um preço? Mas é muito valiosa!!! Custo da poluição da água Custo de enchentes Perda de bens naturais Custo da poluição do ar Perdas agrícolas

Leia mais

Mapeamento e Inventário da Flora e dos Reflorestamentos de Minas Gerais. Capítulo III

Mapeamento e Inventário da Flora e dos Reflorestamentos de Minas Gerais. Capítulo III Mapeamento e Inventário da Flora e dos Reflorestamentos de Minas Gerais. Capítulo III Projeto monitoramento 2005 Resumo do livro Mapeamento e Inventário da Flora e dos Reflorestamentos de Minas Gerais.

Leia mais

Águas & Território. Boletim. nº8 - Janeiro 2015 Publicação da Diretoria de Gestão das Águas e do Território (Digat)

Águas & Território. Boletim. nº8 - Janeiro 2015 Publicação da Diretoria de Gestão das Águas e do Território (Digat) Boletim Águas & Território nº8 - Janeiro 2015 Publicação da Diretoria de Gestão das Águas e do Território (Digat) Mananciais e Pagamento por Serviços Ambientais (PSA) Foto: Hendrik Mansur (Acervo AMLD)

Leia mais

O debate sobre Pagamento por Serviços Ambientais

O debate sobre Pagamento por Serviços Ambientais 2º Curso Abiove para Jornalistas Nova Governança Ambiental Desafios do Agronegócio 2013: nova lei ambiental e requisitos de sustentabilidade da propriedade rural O debate sobre Pagamento por Serviços Ambientais

Leia mais

PERSPECTIVAS: DESENVOLVIMENTO DE POLÍTICAS DE PSA NO MUNDO

PERSPECTIVAS: DESENVOLVIMENTO DE POLÍTICAS DE PSA NO MUNDO Iguazu Falls TNC Scott Warren PERSPECTIVAS: DESENVOLVIMENTO DE POLÍTICAS DE PSA NO MUNDO FERNANDO VEIGA Gerente de serviços ambientais São Paulo, 03 de Novembro de 2009 Mark Godfrey Quem somos? Fundada

Leia mais

Projeto Oásis. Pagamento por Serviços Ambientais. Renato Atanazio Analista de Projetos Ambientais

Projeto Oásis. Pagamento por Serviços Ambientais. Renato Atanazio Analista de Projetos Ambientais Projeto Oásis Pagamento por Serviços Ambientais Renato Atanazio Analista de Projetos Ambientais Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza :: Criada em 1990 como uma fundação de direito privado; ::

Leia mais

Elaboração: Maio de 2014. Revisão: Fevereiro de 2015. Página1

Elaboração: Maio de 2014. Revisão: Fevereiro de 2015. Página1 Página 0 Elaboração: Maio de 2014 Revisão: Fevereiro de 2015 Página1 SUMÁRIO I. APRESENTAÇÃO 3 II. INTRODUÇÃO 4 III. PRINCÍPIOS 6 IV. DIRETRIZES 8 V. OBJETIVOS 10 VI. METAS 11 VII. ESTRUTURA E PRINCIPAIS

Leia mais

EXPERIÊNCIAS E TENDÊNCIAS EM PSA PARA A BACIA DO PARAÍBA DO SUL

EXPERIÊNCIAS E TENDÊNCIAS EM PSA PARA A BACIA DO PARAÍBA DO SUL EXPERIÊNCIAS E TENDÊNCIAS EM PSA PARA A BACIA DO PARAÍBA DO SUL Helena Carrascosa von Glehn Gerente Técnica Ambiental do PDRS Assessoria Técnica do Gabinete www.ambiente.sp.gov.br hcarrascosa@sp.gov.br

Leia mais

Legislação Ambiental Brasileira: Entraves, Sucessos e Propostas Inovadoras no Âmbito da Pequena Propriedade

Legislação Ambiental Brasileira: Entraves, Sucessos e Propostas Inovadoras no Âmbito da Pequena Propriedade Legislação Ambiental Brasileira: Entraves, Sucessos e Propostas Inovadoras no Âmbito da Pequena Propriedade Fórum sobre Área de Preservação Permanente e Reserva Legal na Paisagem e Propriedade Rural Piracicaba,

Leia mais

Valoração Econômica de Bens Ambientais: um Suporte à Formulação de Políticas Públicas para o Turismo em Áreas Naturais

Valoração Econômica de Bens Ambientais: um Suporte à Formulação de Políticas Públicas para o Turismo em Áreas Naturais Valoração Econômica de Bens Ambientais: um Suporte à Formulação de Políticas Públicas para o Turismo em Áreas Naturais Economic valuation of environmental goods: a support for the formulation of public

Leia mais

Serviços Ambientais e PSA, uma Visão Geral

Serviços Ambientais e PSA, uma Visão Geral Serviços Ambientais e PSA, uma Visão Geral Beto Borges Programa Comunidades e Mercados FOREST TRENDS Seminário sobre Pagamento por Serviços Ambientais 21 de Agosto, 2009 Rio Branco, Acre FOREST TRENDS

Leia mais

1.1.1 SECRETARIA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE

1.1.1 SECRETARIA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE BINETE DO SECRETÁRIO PUBLICADA NO DOE DE 25-06-2010 SEÇÃO I PÁG 75 RESOLUÇÃO SMA-061, DE 24 DE JUNHO DE 2010 Define as diretrizes para a execução do Projeto Mina D água - Projeto de Pagamento por Serviços

Leia mais

ISPN. Instituto Sociedade, População e Natureza

ISPN. Instituto Sociedade, População e Natureza ISPN Instituto Sociedade, População e Natureza 2013 ISPN Instituto Sociedade, População e Natureza Nossa missão é contribuir para viabilizar o desenvolvimento sustentável com maior equidade social e equilíbrio

Leia mais

A Ibá e o Setor de Florestas Plantadas

A Ibá e o Setor de Florestas Plantadas A Ibá e o Setor de Florestas Plantadas Beatriz P. Milliet Câmara Temática de Infraestrutura e Logística do Agronegócio Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento 30 de setembro- 2015 1 1 A Ibá

Leia mais

VI Simpósio Ítalo Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental

VI Simpósio Ítalo Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental IV-004 - AVALIAÇÃO DA DEMANDA DE ÁGUA X DISPONIBILIDADE HÍDRICA DOS MANANCIAIS SUPERFICIAIS DE SISTEMAS DE ABASTECIMENTO PÚBLICO DO NORTE DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO Ricardo Augusto Pereira Rezende (1)

Leia mais

9 de fevereiro de2012. 12 de julho de 2012

9 de fevereiro de2012. 12 de julho de 2012 Public Disclosure Authorized Public Disclosure Authorized Public Disclosure Authorized Public Disclosure Authorized DOCUMENTO DE INFORMAÇÃO SOBRE PROJETO (PID) FASE DE AVALIAÇÃO Relatório n o. AB6969 Nome

Leia mais

Especialização em Direito Ambiental. 3. As principais funções das matas ciliares são:

Especialização em Direito Ambiental. 3. As principais funções das matas ciliares são: Pedro da Cunha Barbosa. Especialização em Direito Ambiental. Área do conhecimento jurídico que estuda as relações entre o homem e a natureza, é um ramo do direito diferenciado em suas especificidades e,

Leia mais

O PROBLEMA MUNDIAL DA ÁGUA Você sabia que:

O PROBLEMA MUNDIAL DA ÁGUA Você sabia que: O PROBLEMA MUNDIAL DA ÁGUA Você sabia que: 1.1 bilhão de pessoas - uma em cada cinco - não tem água potável para consumirem 2.4 bilhões de pessoas - duas em cada cinco - vivem sem saneamento básico 3.4

Leia mais

Marco Legal e Engenharia Institucional PSA São José dos Campos

Marco Legal e Engenharia Institucional PSA São José dos Campos São José dos Campos Marco Legal e Engenharia Institucional PSA São José dos Campos Lei Municipal 8703/12 - Institui Programa Municipal de Pagamento por Serviços Ambientais; Lei nº 8905/13 Cria o Fundo

Leia mais

Impacto das Alterações do Código Florestal: Quais Políticas de Conservação no Pós Código?

Impacto das Alterações do Código Florestal: Quais Políticas de Conservação no Pós Código? Impacto das Alterações do Código Florestal: Quais Políticas de Conservação no Pós Código? Dr. Sergius Gandolfi IV Simpósio sobre RAD - Ibt 16/11/2011-14h- Capital (SP) Biólogo, Laboratório de Ecologia

Leia mais

César Piccirelli Santos Plinio Barbosa de Camargo

César Piccirelli Santos Plinio Barbosa de Camargo UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Centro de Energia Nuclear na Agricultura Programa de Pós Graduação Interunidades em Ecologia César Piccirelli Santos Plinio Barbosa de Camargo Objetivos Avaliar a qualidade da

Leia mais

O que é a Conservação Estratégica? Economia da conservação Economia da degradação Instrumentos de política ambiental Pagamento por Serviços Ambientais

O que é a Conservação Estratégica? Economia da conservação Economia da degradação Instrumentos de política ambiental Pagamento por Serviços Ambientais O que é a Conservação Estratégica? Economia da conservação Economia da degradação Instrumentos de política ambiental Pagamento por Serviços Ambientais Serviços ambientais Caso demonstrativo Conceito básico

Leia mais

COMISSÃO MISTA SOBRE MUDANÇAS CLIMÁTICAS

COMISSÃO MISTA SOBRE MUDANÇAS CLIMÁTICAS COMISSÃO MISTA SOBRE MUDANÇAS CLIMÁTICAS VALORAÇÃO DA BIODIVERSIDADE E PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS Deputado Arnaldo Jardim Brasília Março de 2013 LEGISLAÇÃO AMBIENTAL BRASILEIRA Política Nacional

Leia mais

Consequências da escassês ou desaparecimento dos serviços ambientais. Hannah Murray

Consequências da escassês ou desaparecimento dos serviços ambientais. Hannah Murray Consequências da escassês ou desaparecimento dos serviços ambientais Hannah Murray Objetivos Oferecer exemplos concretos de serviços das florestas relacionados aos recursos hídricos, seqüestro de carbono,

Leia mais

III Congresso Brasileiro de Reflorestamento Ambiental Vitória - 05 a 07 de Novembro de 2014. Gunars Platais Banco Mundial

III Congresso Brasileiro de Reflorestamento Ambiental Vitória - 05 a 07 de Novembro de 2014. Gunars Platais Banco Mundial III Congresso Brasileiro de Reflorestamento Ambiental Vitória - 05 a 07 de Novembro de 2014 Gunars Platais Banco Mundial Proteger a terra, reduzir escorrentia de águas superficiais & melhorar a infiltração

Leia mais

Os participantes concordaram em nove tópicos-chave nos quais houve semelhanças em problemas de água e gestão. São estes:

Os participantes concordaram em nove tópicos-chave nos quais houve semelhanças em problemas de água e gestão. São estes: A Academia Brasileira de Ciências (ABC), em parceria com o Instituto Internacional de Ecologia (IIE) - e com o suporte da Rede Interamericana de Academias de Ciências (IANAS), da Rede Africana de Academias

Leia mais

PROJETO DE RECUPERAÇÃO DE MATAS CILIARES

PROJETO DE RECUPERAÇÃO DE MATAS CILIARES TERMOS DE REFERÊNCIA PARA A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA PARA MONITORAMENTO DE PROJETOS DE RECUPERAÇÃO DE MATAS CILIARES DESENVOLVIDOS POR MEIO DE SISTEMAS AGRO- FLORESTAIS 1. IDENTIFICAÇÃO DOS

Leia mais

O QUE É O CAR? Lei 12.651/2012 Novo Código Florestal

O QUE É O CAR? Lei 12.651/2012 Novo Código Florestal 1 MARCO LEGAL MARCO LEGAL O QUE É O CAR? Lei 12.651/2012 Novo Código Florestal Cadastro Ambiental Rural CAR: Âmbito Nacional Natureza declaratória Obrigatório para todas as propriedades e posses Base de

Leia mais

Pagamento por Serviços Ambientais (PSA)

Pagamento por Serviços Ambientais (PSA) Pagamento por Serviços Ambientais (PSA) Comissão do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (CMADS) Renato Rosenberg Programa Nacional do Meio Ambiente Questão Central Os ecossistemas produzem bens

Leia mais

Mudanças Climáticas: Efeitos Sobre a Vida e Impactos nas Grandes Cidades. Água e Clima As lições da crise na região Sudeste

Mudanças Climáticas: Efeitos Sobre a Vida e Impactos nas Grandes Cidades. Água e Clima As lições da crise na região Sudeste Mudanças Climáticas: Efeitos Sobre a Vida e Impactos nas Grandes Cidades Água e Clima As lições da crise na região Sudeste Mudanças Climáticas: Efeitos Sobre a Vida e Impactos nas Grandes Cidades A água

Leia mais

1.1.1 SECRETARIA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE

1.1.1 SECRETARIA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE BINETE DO SECRETÁRIO PUBLICADA NO DOE DE 12-06-2012 SEÇÃO I PÁG 142-144 RESOLUÇÃO SMA Nº 37, DE 05 DE JUNHO DE 2012 Define as diretrizes para a execução do Projeto de Pagamento por Serviços Ambientais

Leia mais

Carbon and Beyond: New Economic Instruments to Promote Forest Benefits

Carbon and Beyond: New Economic Instruments to Promote Forest Benefits Carbon and Beyond: New Economic Instruments to Promote Forest Benefits Kenneth M. Chomitz Development Research Group World Bank SIR Image: Musinsky and Saatchi, courtesy CI The findings, interpretations,

Leia mais

PAGAMENTOS POR SERVIÇOS AMBIENTAIS

PAGAMENTOS POR SERVIÇOS AMBIENTAIS Iguazu Falls TNC Scott Warren Mark Godfrey PAGAMENTOS POR SERVIÇOS AMBIENTAIS FERNANDO VEIGA Gerente de serviços ambientais São Paulo, 17 de Novembro de 2009 Quem somos? Fundada nos EUA em 1951; trabalha

Leia mais

Iniciativa de Água Potável e Saneamento

Iniciativa de Água Potável e Saneamento Banco Interamericano de Desenvolvimento Iniciativa de Água Potável e Saneamento Recife - PE, 11 de junho de 2007 Desde 1990 América Latina realizou avanços na provisão de água e saneamento... Coberturas

Leia mais

PAGAMENTOS POR SERVIÇOS ECOSSISTÊMICOS PARA MANUTENÇÃO DE PRÁTICAS AGRÍCOLAS SUSTENTÁVEIS EM MICROBACIAS DO NORTE E NOROESTE DO RIO DE JANEIRO i

PAGAMENTOS POR SERVIÇOS ECOSSISTÊMICOS PARA MANUTENÇÃO DE PRÁTICAS AGRÍCOLAS SUSTENTÁVEIS EM MICROBACIAS DO NORTE E NOROESTE DO RIO DE JANEIRO i PAGAMENTOS POR SERVIÇOS ECOSSISTÊMICOS PARA MANUTENÇÃO DE PRÁTICAS AGRÍCOLAS SUSTENTÁVEIS EM MICROBACIAS DO NORTE E NOROESTE DO RIO DE JANEIRO i Resumo. Peter Herman May ii Leonardo Geluda iii O meio ambiente

Leia mais

PSA 2009. I Seminário Paulista sobre pagamento por serviços ambientais. JORGE KHOURY Deputado Federal. 3 de novembro de 2009 Auditório Augusto Ruschi

PSA 2009. I Seminário Paulista sobre pagamento por serviços ambientais. JORGE KHOURY Deputado Federal. 3 de novembro de 2009 Auditório Augusto Ruschi PSA 2009 I Seminário Paulista sobre pagamento por serviços ambientais JORGE KHOURY Deputado Federal 3 de novembro de 2009 Auditório Augusto Ruschi 1 PSA 2009 PROJETO DE LEI NACIONAL SOBRE SERVIÇOS AMBIENTAIS

Leia mais

PROGRAMA DE AÇÃO A DE COMBATE À DESERTIFICAÇÃO E MITIGAÇÃO DOS EFEITOS DA SECA- PAN-Brasil

PROGRAMA DE AÇÃO A DE COMBATE À DESERTIFICAÇÃO E MITIGAÇÃO DOS EFEITOS DA SECA- PAN-Brasil PROGRAMA DE AÇÃO A NACIONAL DE COMBATE À DESERTIFICAÇÃO E MITIGAÇÃO DOS EFEITOS DA SECA- PAN-Brasil Secretaria de Extrativismo e Desenvolvimento Rural Sustentável Coordenação de Combate à Desertificação

Leia mais

CONVITE À APRESENTAÇÃO DE MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE SERVIÇOS DE CONSULTORIA País: Brasil

CONVITE À APRESENTAÇÃO DE MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE SERVIÇOS DE CONSULTORIA País: Brasil CONVITE À APRESENTAÇÃO DE MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE SERVIÇOS DE CONSULTORIA País: Brasil Nome do Processo de Seleção: Consultor Bioma Mata Atlântica da Cooperação Técnica BR-X1028 O Ministério da Agricultura,

Leia mais