PDTI SAC-PR Plano Diretor de Tecnologia de Informação

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PDTI SAC-PR 2015-2016 Plano Diretor de Tecnologia de Informação"

Transcrição

1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL PRESÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE AVIAÇÃO CIVIL COMITÊ GESTOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PDTI SAC-PR Plano Diretor de Tecnologia de Informação Brasília, DF, Março de 2015

2 SECRETARIA DE AVIAÇÃO CIVIL DA PRESÊNCIA DA REPÚBLICA Eliseu Lemos Padilha Ministro de Estado Chefe da Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República Comitê Gestor de Tecnologia da Informação (Portaria SAC-PR nº 260, de 9 de outubro de 2014) Guilherme Walder Mora Ramalho Secretário-Executivo Rogério Teixeira Coimbra Secretário de Política Regulatória de Aviação Civil Eduardo Henn Bernardi Secretário de Aeroportos, Substituto Juliano Noman Secretário de Navegação Aérea Civil Gustavo Henrique Rigodanzo Canuto Chefe de Gabinete do Ministro Sérgio Cruz Diretor do Departamento de Administração Interna João Roberto Rovo Junior Representante da Coordenação-Geral de Gestão de Pessoas e Recursos Logísticos do Departamento de Administração Interna Equipe de Elaboração do PDTI (Portarias CGTI/SAC-PR Nº 01, de 31 de outubro de 2014 e Nº 03, de 25 de março de 2015) Julierme Rodrigues da Silva (Coordenador) Carlos Eduardo de Souza Pereira Cláudia de Araújo Guimarães Kattar Felipe Pereira de Sousa Flavia Monteiro de Castro Campos Gabriel Helene Alves Ferreira Giovano Palma Guilherme Lima Braga Gustavo Santana Nery Hugo do Vale Christofidis João Roberto Rovo Junior Julio César de Carvalho Julio Cesar Ferreira da Silva Luciana de Almeida Neto Marcelo Herculano Szervinsk Marco Antônio Ferreira Delgado Quésia de Freitas Ribeiro Ferreira Rosângela Patrício da Silva Rubem Oliveira de Paula Teotonio Ko Freitag Vitor Isaac Tannus Souza Apoio Consultoria SISP Marcelo Moreira de Oliveira 2/71

3 Março / 2015 HISTÓRICO DE REVISÕES Data Versão Descrição Autor 27/03/ Versão Inicial Equipe PDTI/SAC-PR 3/71

4 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO Objetivo do PDTI Conteúdo do PDTI Abrangência do PDTI Período de vigência do PDTI Período de revisão do PDTI TERMOS E ABREVIAÇÕES METODOLOGIA APLICADA DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA PRINCÍPIOS E DIRETRIZES ORGANIZAÇÃO DA TI RESULTADOS DO PDTI ANTERIOR REFERENCIAL ESTRATÉGICO DE TI Missão Visão Valores Objetivos Estratégicos Análise SWOT ALINHAMENTO COM A ESTRATÉGIA DA ORGANIZAÇÃO INVENTÁRIO DE NECESSADES Critérios de Priorização Necessidades Identificadas PLANO DE METAS E DE AÇÕES PLANO DE GESTÃO DE PESSOAS Estimativa de aumento do quadro de servidores da área de TI Plano de capacitação PLANO DE EXECUÇÃO DAS AÇÕES, INVESTIMENTO E CUSTEIO PLANO DE GESTÃO DE RISCOS PROPOSTA ORÇAMENTÁRIA DE TI PROCESSO DE REVISÃO DO PDTI FATORES CRÍTICOS PARA A IMPLANTAÇÃO DO PDTI CONCLUSÃO /71

5 APRESENTAÇÃO Criada pela Medida Provisória n 527, de 18 de março de 2011 (convertida na Lei n , de 4 de agosto de 2011) e regulamentada pelo Decreto nº 7.476, de 10 de maio de 2011, a Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República (SAC-PR) desempenha papel estratégico para o Estado brasileiro, uma vez que é responsável pela formulação, coordenação e supervisão das políticas para o desenvolvimento do setor de aviação civil e das infraestruturas aeroportuária e aeronáutica civil, a coordenação dos órgãos e entidades do sistema de aviação civil e a articulação com o Ministério da Defesa no que se refere à política de navegação aérea civil. Dentre algumas de suas competências, têm-se: administrar recursos, fundos e programas de desenvolvimento da infraestrutura de aviação civil; coordenar os órgãos e entidades do sistema de aviação civil, em articulação, no que couber, com o Ministério da Defesa; transferir para Estados, Distrito Federal e Municípios, por meio de convênios de delegação, a implantação, administração, operação, manutenção e exploração de aeródromos públicos, direta ou indiretamente; e atribuir a infraestrutura aeroportuária a ser implantada, administrada, operada e explorada pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária - Infraero. É importante destacar que a SAC-PR ainda não conta com Planejamento Estratégico Institucional. Assim, o Plano Plurianual (PPA) representa um referencial estratégico fundamental para nortear as ações desta Pasta. No âmbito do PPA , este órgão é responsável pela condução do Programa de Aviação Civil, o qual visa endereçar os principais desafios do setor mediante o estabelecimento de objetivos, metas e iniciativas voltados para, dentre outras especificidades, a ampliação da malha aeroviária; o aperfeiçoamento do marco regulatório para o setor; a adequação e ampliação da infraestrutura aeroportuária tanto para carga quanto para passageiros; a desconcentração regional dos voos; a segurança operacional e contra atos de interferência ilícita; além de aspectos relacionados à capacitação de profissionais e a redução de impactos ambientais. 5/71

6 1 INTRODUÇÃO Segundo LUFTMAN 1, Governança em Tecnologia da Informação (GTI) é um modelo operacional de como a organização tomará decisões sobre o uso da Tecnologia da Informação. Aborda decisões sobre a alocação de recursos, a avaliação de iniciativas e riscos de negócios, priorização de projetos, medidas de desempenho e mecanismos de rastreamento, determinação de custos e de como estes são alocados, e a avaliação do valor de investimento de TI. Desta forma, quanto maior for a capacidade organizacional em fornecer direcionamento adequado ao uso dos recursos e aos investimentos de TI frente às suas necessidades e demandas, maior será o caráter estratégico que essa temática assumirá dentro da organização. Assim, o desenvolvimento de uma governança de acordo com os investimentos e recursos de TI irá contribuir para que as ações inerentes ao planejamento, a gestão e o controle sejam realizadas de forma efetiva, seja associado ao fornecimento de soluções estratégicas para o negócio ou ao suporte operacional. 1.1 Objetivo do PDTI O objetivo do PDTI da SAC-PR é ser uma ferramenta de planejamento, diagnóstico e gestão dos processos e recursos de TI, apresentando o direcionamento das ações e necessidades de TI para que a organização atue de forma a alcançar suas metas institucionais e seus objetivos. O PDTI agrega valor para o órgão, proporcionando gestão eficiente e eficaz dos recursos da TI, como alocação mais adequada dos recursos, de acordo com as prioridades institucionais. O principal fator motivacional para sua construção reside na necessidade de alinhamento da TI com as estratégias institucionais. Outro fator a ser destacado é a implementação do planejamento alinhado ao que preconiza a Instrução Normativa MP/SLTI nº 04/2014, viabilizando as contratações de serviços, soluções e materiais, de forma a atender as demandas de Tecnologia da Informação necessárias para suportar as necessidades de negócio da SAC-PR. 1.2 Conteúdo do PDTI Este documento foi produzido pela equipe de elaboração do PDTI, com auxílio da área de TI e aprovado pelo presidente do Comitê Gestor de TI. Ele está organizado da seguinte forma: As seções 1 a 9 apresentam o contexto no qual o PDTI foi elaborado, contendo introdução, termos e abreviações, metodologia aplicada na elaboração do plano, documentos de referência, princípios e diretrizes, organização da TI, resultados do PDTI anterior, referencial estratégico de TI e alinhamento com a estratégia da organização; A seção 10 destaca o inventário de necessidades; As seções 11 a 14 tratam dos planos de metas e de ações, de gestão de pessoas, de investimentos e custeio e de gestão de riscos; As seções 15 a 17 discorrem sobre a proposta orçamentária de TI, o processo de revisão do PDTI e os fatores críticos para a implantação do PDTI; por fim, A seção 18 traz as considerações finais da equipe de elaboração do PDTI. 1 LUFTMAN, Jerry N; Managing the information technology resource: Leadership in the information age; 2004; Ed. Prentice Hall, New Jersey - USA. 6/71

7 1.3 Abrangência do PDTI Este Plano Diretor estende-se à toda a Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República, excetuando as unidades vinculadas. 1.4 Período de vigência do PDTI O período de vigência compreende o biênio Período de revisão do PDTI O PDTI é um instrumento dinâmico que deve ser atualizado quando forem identificadas mudanças no ambiente interno ou externo da área de TI no âmbito desta Secretaria. Ao longo do período de sua vigência, este Plano deve ser revisto e atualizado para atender às novas necessidades e estratégias. Nesse cenário, a DITEC será responsável por revisar este documento a cada 6 (seis) meses, a partir da data de sua publicação, e o CGTI/SAC-PR terá a responsabilidade de aprovar as adaptações e alterações, caso existam. 7/71

8 2 TERMOS E ABREVIAÇÕES Termo ANAC ASJUR CF CGCOF CGPEL CGTI CNJ COBIT CISET DEADI DISEG DISUP DITEC EGTIC e-ping GABMIN GTI GSI/PR MP PDTI PETIC PPA PMBOK SAC-PR SAUT SE SEAP SEDES SENAV SIC SISP SLTI SPR TI Descrição Agência Nacional de Aviação Civil Assessoria Jurídica Constituição da República Federativa do Brasil Coordenação-Geral de Planejamento, Orçamento e Finanças Coordenação-Geral de Gestão de Pessoas e Recursos Logísticos Comitê Gestor de Tecnologia da Informação Conselho Nacional de Justiça Control Objectives for Information and related Technology Coordenação de Tecnologia e Infraestrutura Secretaria de Controle Interno da Presidência da República Departamento de Administração Interna Divisão de Serviços Gerais Divisão de Suprimentos Divisão de Tecnologia da Informação Estratégia Geral de Tecnologia da Informação e Comunicações Padrões de Interoperabilidade de Governo Eletrônico Gabinete do Ministro Governança em Tecnologia da Informação Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Plano Diretor de Tecnologia da Informação Plano Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação Plano Plurianual Project Management Body of Knowledge Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República Seção de Atendimento ao Usuário e Administração de Redes Secretaria Executiva Secretaria de Aeroportos Seção de Desenvolvimento de Sistemas Secretaria de Navegação Aérea Civil Segurança da Informação e Comunicações Sistema de Administração dos Recursos de Informação e Informática Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação Secretaria de Política Regulatória da Aviação Civil Tecnologia da Informação 8/71

9 3 METODOLOGIA APLICADA A metodologia seguida no processo de elaboração do PDTI foi a utilização do Modelo de Referência PDTI e o Guia Prático de Elaboração do PDTI versão 1.0 propostos pela Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (SLTI/MP). A metodologia utilizada orienta o desenvolvimento do PDTI pautado em três fases: Preparação, Diagnóstico e Planejamento. Conforme ilustrado no macroprocesso abaixo: Figura 1. Metodologia usada no processo de elaboração do PDTI A Fase de Preparação representa o início do projeto de elaboração do PDTI. O projeto inicia-se com o Comitê de TI definindo a abrangência, período e indicação da equipe de elaboração do PDTI. Em seguida, são conduzidas as atividades de definição da metodologia de elaboração do Plano, identificação dos documentos de referência, princípios e diretrizes, as quais compõem uma proposta de Plano de Trabalho a ser aprovada pelo Comitê de TI e Autoridade Máxima da organização, ao final da fase. Após a fase de preparação, na qual foram organizadas as principais atividades do projeto de elaboração do PDTI, inicia-se a Fase de Diagnóstico. Essa fase caracteriza-se por buscar compreender a situação atual da TI na organização para, em consonância com esse quadro, identificar as necessidades (problemas ou oportunidades) que se espera resolver, contemplando os processos relacionados à análise do planejamento anterior, análise estratégica e levantamento de necessidades. Após a fase de diagnóstico, na qual foi analisada a situação atual da TI na organização e identificadas as necessidades de TI, inicia-se a Fase de Planejamento. Essa fase caracteriza-se por planejar o atendimento das necessidades, estabelecendo os planos e as ações adequadas para o alcance dos objetivos esperados, considerando os processos relacionados à priorização das necessidades e planejamento de metas e ações, abrangendo aspectos de pessoal, orçamentários e riscos. 9/71

10 4 DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA A elaboração do PDTI segue as diretrizes, padrões, normas e orientações de políticas da SAC-PR, bem como as políticas governamentais de conhecimento público. A tabela abaixo apresenta os documentos de referência que serviram como material de apoio e consulta na elaboração deste Plano. Documento DR01 Constituição da República Federativa do Brasil (CF) de 1988 DR02 Lei nº , de 04 de agosto de 2011 (Criação da SAC-PR). DR03 Decreto nº 7.476, de 10 de maio de 2011 (Estrutura organizacional da SAC-PR). DR04 Lei nº , de 5 de fevereiro de (Plano Plurianual da União a 2015). DR05 Instrução Normativa SLTI/MP nº 04, de 11 de setembro de 2014 (Processo de contratação de TI pelos órgãos integrantes do Sistema de Administração dos Recursos de Informação e Informática SISP). DR06 Instrução Normativa GSI/PR nº 01, de 13 de junho de 2008 e Normas Complementares decorrentes. DR07 Estratégia Geral de Tecnologia da Informação e Comunicações - EGTIC DR08 Plano Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação do Comitê de Gestão de TI da Presidência da República - PETIC/CGTI-PR DR09 Relatório de Auditoria CISET Avaliação da Gestão da SAC-PR. DR10 Decreto nº 5.707, de 23 de fevereiro de 2006 (Institui a Política e as Diretrizes para o Desenvolvimento de Pessoal da Administração Pública Federal Direta, Autárquica e Fundacional). DR11 Decreto nº 2271, de 7 de julho de 1997 (Dispõe sobre a contratação de serviços pela Administração Pública Federal). DR12 Decreto-lei nº 200/1967 (Estabelece a descentralização de atividades de execução da Administração Federal para possibilitar à Administração se dedicar às tarefas de planejamento, coordenação, supervisão e controle.) DR13 CONTROL OBJECTIVES FOR INFORMATION AND RELATED TECHNOLOGY (COBIT 5). APO02 - Manage Strategy APO Understand enterprise direction. APO Define the target IT capabilities. APO Conduct a gap analysis. APO Define the strategic plan and road map. DR14 Guia de Gestão de Processos de Governo (Gestão de Processos de Negócio). DR15 Portaria nº 05, de 14 de Julho de 2005 (Institucionaliza os Padrões de Interoperabilidade de Governo Eletrônico - e-ping, no âmbito do Sistema de Administração dos Recursos de Informação e Informática SISP, cria sua Coordenação, definindo a competência de seus integrantes e a forma de atualização das versões do Documento). 10/71

11 5 PRINCÍPIOS E DIRETRIZES Na tabela a seguir são apresentados os princípios e diretrizes de TI que norteiam a elaboração e a execução do PDTI desta Secretaria. Documento Origem PD01 A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, CF/1988, art. 37 impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência (...) PD02 Estabelecimento de ações para implantação e fortalecimento da Gestão de Segurança da Informação e Comunicações (SIC), bem como para instituição de política de SIC e proteção dos IN GSI/PR 01/2008 ativos informacionais. PD03 Investimento no desenvolvimento de competências e na ampliação e fortalecimento do quadro de pessoal. EGTIC Relatório de PD04 Instituição na SAC-PR de unidade administrativa com força de Auditoria CISET trabalho de TI Avaliação da Gestão da SAC-PR PD05 Aprimoramento da gestão de pessoas de TIC. PETIC - CGTI/PR PD06 Estabelecimento de independência tecnológica em relação à Decreto nº Presidência da República /2011, art. 10 PD07 Desenvolvimento permanente do servidor público. Decreto nº 5.707/96 PD08 Priorização do uso de software livre. EGTIC PD09 Contratações de bens e serviços de Tecnologia da Informação precedidas de planejamento, seguindo o previsto no Plano IN SLTI-MP 04/2014 Diretor de Tecnologia da Informação - PDTI. PD10 A contratação de serviços visa o atendimento de objetivos do negócio avaliados por meio de mensuração e avaliação de Decreto 2271/97 resultados. PD11 Descentralização de atividades de execução da Administração Decreto-lei nº Federal para possibilitar à Administração se dedicar às tarefas 200/1967 de planejamento, coordenação, supervisão e controle. Guia de Gestão de PD12 Adoção de ferramentas de gestão por processos. Processos de Governo 11/71

12 6 ORGANIZAÇÃO DA TI A estrutura organizacional desta Secretaria foi instituída em maio de 2011, pelo Decreto nº 7.476, tendo sido conferida à Secretaria Geral da Presidência da República competência para prestar apoio administrativo à pasta até a sua completa instalação, de acordo com o art. 10 do mencionado diploma legal. O apoio concedido pela Presidência da República abrange, em especial, as ações de tecnologia da informação, por intermédio da Diretoria de Tecnologia da Presidência da República DITEC/SA/PR, que é responsável pela gestão de TI e o consequente atendimento às necessidades de infraestrutura tecnológica da SAC-PR, até a sua completa instalação. Neste contexto, o Departamento de Administração Interna (DEADI), que está ligado diretamente à Secretaria Executiva (SE), tem estabelecido ações no sentido de formalizar unidade administrativa de TI por meio da publicação de regimento interno de suas áreas vinculadas, provendo a referida unidade de pessoal técnico especializado. Dessa forma, estabeleceu-se, então, a criação da Coordenação de Tecnologia e Infraestrutura (), em destaque na Figura 2, dentro da Coordenação-Geral de Gestão de Pessoas e Recursos Logísticos (CGPEL). SAC-PR GABMIN SENAV SE SPR SEAP DEADI ASJUR CGCOF CGPEL COGEP Figura 2. Localização da no organograma da SAC-PR Dentre as competências da inerentes à área de TI estão: coordenar a elaboração e implementação de normas, políticas e procedimentos de Tecnologia da Informação e Comunicação; coordenar e avaliar os processos de atendimento operacional e técnico aos usuários e aos clientes internos; e coordenar e planejar atividades que proporcionem a integração e evolução tecnológica dos recursos de rede de telecomunicações. Além dessas, a ainda apresenta outras competências que não estão relacionadas à área de TI, e sim à área de serviços gerais e de logística. 12/71

13 Abaixo da encontra-se a Divisão de Tecnologia da Informação (DITEC), cujas principais competências são: apoiar a elaboração, implementação e revisão de normas, políticas e procedimentos de TI; gerir os serviços e ambientes de TI; integrar e gerir as ações referentes à arquitetura técnica, redes de telecomunicações, projetos de infraestrutura computacional, bem como os processos de suporte e atividades operacionais, visando qualidade, padronização, disponibilidade dos serviços de TI que compõem os ambientes tecnológicos da SAC-PR. Como áreas subordinadas à DITEC existem a Seção de Desenvolvimento de Sistemas (SEDES) e a Seção de Atendimento ao Usuário e Administração de Redes (SATRE), como ilustra a Figura 3. DISEG DITEC DISUP SEDES SATRE Figura 3. Áreas subordinadas à 13/71

14 7 RESULTADOS DO PDTI ANTERIOR Este é o primeiro PDTI elaborado para a SAC-PR, dessa forma, não existe necessidade de realizar avaliação anterior. 14/71

15 8 REFERENCIAL ESTRATÉGICO DE TI 8.1 Missão Missão é a finalidade de ser de uma organização. De forma a contribuir para que a SAC-PR alcance suas metas e objetivos, a área de Tecnologia da Informação desta Pasta tem como missão: Prover soluções, de forma eficiente e eficaz, que contribuam para a melhoria dos processos por meio do uso inteligente e responsável da tecnologia da informação, agregando valor ao negócio da Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República. 8.2 Visão A Visão é o estado que uma organização deseja alcançar em um dado horizonte de tempo, normalmente de longo prazo. Nesse contexto, a visão da TI da SAC-PR é: Ser reconhecida como setor estratégico da SAC-PR pela qualidade, eficiência, eficácia e relevância dos serviços prestados. 8.3 Valores Valores são crenças e ideias fundamentais em torno das quais a organização foi construída. Os valores direcionam as ações das pessoas na organização. Estes representam os princípios que regem a conduta dos membros da : Valor Cooperação Eficiência Ética Profissionalismo Transparência Descrição Trabalhar em equipe na busca de soluções. Atingir os objetivos institucionais por meio da otimização dos recursos. Conduta pautada em valores morais, culturais e institucionais. Capacidade de exercer as atividades de forma responsável, objetiva e planejada. Capacidade de dar visibilidade às ações da para a SAC-PR. 8.4 Objetivos Estratégicos a. Prover infraestrutura de TI. b. Fornecer serviços e sistemas de TI. c. Promover a segurança da informação no âmbito da TI. d. Promover a gestão e governança de TI. e. Promover o desenvolvimento profissional dos servidores de TI. f. Focar a atuação dos servidores de TI da SAC-PR na gestão, estimulando a terceirização das atividades de execução. 8.5 Análise SWOT Uma das ferramentas mais utilizadas para fazer análise de ambiente é a análise SWOT, sendo adotada como base para gestão e planejamento estratégico corporativo, podendo ser utilizada em qualquer tipo de análise de cenário. A análise SWOT ajuda a ter clareza do negócio, possibilitando que se identifiquem quais pontos ajudam a determinar a posição atual da organização e antecipar seu futuro, visando o aproveitamento das oportunidades e a mitigação dos riscos. 15/71

16 Em seu processo de planejamento interno, a construiu a seguinte análise de seu ambiente de atuação: Ambiente Interno Forças Equipe profissional dedicada Ambiente organizacional favorável às mudanças Bom ambiente departamental Ambiente Externo Oportunidades Apoio e comprometimento da alta direção Existência de Comitê de TI Credibilidade da equipe técnica junto aos usuários Ambiente político favorável Apoio da SLTI/MP Maior integração da atuação de TI na Administração Pública Federal, em conformidade com as diretrizes do Ministério do Planejamento Fraquezas Quadro insuficiente de profissionais de TI Ausência de Infraestrutura de TI adequada Falta de formalização de políticas e procedimentos de TI Inexistência de processos de contratação de TI Inexistência de processos de desenvolvimento de sistemas e gestão da segurança da informação Nenhuma formalização da base de conhecimento de serviços de TI. Acúmulo de demandas não atendidas na área de desenvolvimento de sistemas Ameaças Possibilidade de restrição orçamentária Posicionamento da área de TI na estrutura organizacional Mudanças de prioridade nos aspectos políticos Dependência tecnológica da Presidência da República Expectativa por resultados imediatos 16/71

17 9 ALINHAMENTO COM A ESTRATÉGIA DA ORGANIZAÇÃO O alinhamento do PDTI com a estratégia organizacional foi embasado nos objetivos do PPA e nas competências da SAC-PR. Esse alinhamento é fundamental para assegurar que a TI contribua com o alcance dos objetivos institucionais. Objetivo do PPA Adequar a prestação dos serviços aeroportuários e a capacidade de processamento 0083 de aeronaves, passageiros e cargas à demanda existente e futura Ampliar a oferta de transporte aéreo regular de passageiros e cargas. Promover a segurança da aviação civil, ampliando a segurança operacional e a 0085 proteção contra atos de interferência ilícita. Desenvolver a aviação civil mediante o planejamento e coordenação de atividades 0086 ligadas à indústria aeronáutica, à formação de profissionais e à sustentabilidade ambiental. Formular, coordenar e supervisionar as políticas para o desenvolvimento da 0087 infraestrutura aeronáutica civil, com vistas ao atendimento da demanda por transporte aéreo, de forma segura e eficiente. I II III IV V VI VII VIII IX X XI Competências (Decreto nº 7.476, de 10/05/2011) Formular, coordenar e supervisionar as políticas para o desenvolvimento do setor de aviação civil e das infraestruturas aeroportuária e aeronáutica civil, em articulação, no que couber, com o Ministério da Defesa. Elaborar estudos e projeções relativos aos assuntos de aviação civil e de infraestruturas aeroportuária e aeronáutica civil e sobre a logística do transporte aéreo e do transporte intermodal e multimodal, ao longo de eixos e fluxos de produção, em articulação com os demais órgãos governamentais competentes. Formular e implementar o planejamento estratégico do setor, definindo prioridades dos programas de investimentos. Elaborar e aprovar os planos de outorgas para exploração da infraestrutura aeroportuária, ouvida a Agência Nacional de Aviação Civil ANAC. Propor ao Presidente da República a declaração de utilidade pública, para fins de desapropriação ou instituição de servidão administrativa, dos bens necessários à construção, manutenção e expansão das infraestruturas aeronáutica e aeroportuária. Administrar recursos, fundos e programas de desenvolvimento da infraestrutura de aviação civil. Coordenar os órgãos e entidades do sistema de aviação civil, em articulação, no que couber, com o Ministério da Defesa. Transferir para Estados, Distrito Federal e Municípios, por meio de convênios de delegação, a implantação, administração, operação, manutenção e exploração de aeródromos públicos, direta ou indiretamente. Formular, implementar, avaliar e monitorar as políticas do setor de aviação civil, promovendo a concorrência, de forma a assegurar a prestação adequada dos serviços, a modicidade de tarifas e a agregação de novos usuários ao modal de transporte aéreo. Atribuir a infraestrutura aeroportuária a ser implantada, administrada, operada e explorada pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária Infraero. Coordenar e acompanhar os assuntos referentes à aviação civil, as infraestruturas aeroportuária e aeronáutica civil que necessitem de posicionamento do Brasil junto aos organismos internacionais, respeitadas as competências legais dos demais órgãos e entidades. 17/71

18 A tabela abaixo demonstra a relação das necessidades de TI com cada objetivo do PPA e competência da SAC-PR, tais necessidades são destacadas e priorizadas na próxima seção. Necessidade Objetivos do PPA Competências N-01 Aprimoramento da gestão e 0083;0084;0085;0086; I;II;III;V;VI;VII;VIII; governança de TI 0087 IX;X;XI N-02 Adequação qualitativa e quantitativa do quadro de profissionais de TI N-03 Posicionamento estratégico da área de TI N-04 Aprimoramento da gestão de contratos de TI N-05 Aprimoramento da gestão da segurança da Informação N-11 Serviço de Telefonia Fixa e Móvel Internalização, Sustentação e N-12 Gestão de Demandas do sistema HÓRUS e Painel de Governança N-14 Solução de monitoramento das operações aeroportuárias N-15 Solução de Big Data N-16 Solução de Business Intelligence (BI) N-06 Modernização e manutenção do 0083;0084;0085;0086; I;II;III;IV;V;VI;VII; parque tecnológico 0087 VIII;IX;X;XI Desenvolvimento e manutenção N-07 (evolutiva e adaptativa) de sistemas de informação N-08 Modernização e manutenção de softwares aplicativos N-09 Serviços de impressão e digitalização N-10 Solução de rede wireless N-13 Internalização e sustentação de 0083;0084;0086 I; II; IV; VII; VIII; sistemas cedidos pela Presidência IX; X;XI N-17 Serviço de Banco de Imagens 0083;0086 I;III;VII;XI 18/71

19 10 INVENTÁRIO DE NECESSADES 10.1 Critérios de Priorização O termo necessidade é utilizado neste documento no sentido de indicar o que deve ser atendido pela área de TI a fim de satisfazer as demandas das áreas de negócio da SAC-PR e aprimorar a infraestrutura, gestão e processos da unidade de tecnologia da informação. O processo adotado para priorização das necessidades foi a Matriz GUT. Essa ferramenta permite quantificar cada necessidade de acordo com sua Gravidade (G), Urgência (U) e Tendência (T) no âmbito organizacional, conforme destacado nos parâmetros a seguir. a) Gravidade (G): impacto do problema sobre coisas, pessoas, resultados, processos ou organizações e efeitos que surgirão em longo prazo se o problema não for resolvido; b) Urgência (U): relação com o tempo disponível ou necessário para resolver o problema. c) Tendência (T): potencial de crescimento do problema, avaliação da tendência de crescimento, redução ou desaparecimento do problema. Esses parâmetros foram pontuados de 1 a 5 para cada necessidade de TI levantada, de acordo com o nível de G, U e T apresentado na tabela abaixo. Valor (G)ravidade (U)rgência (T)endência Os prejuízos ou É necessária uma ação 5 dificuldades são imediata. extremamente graves. Se nada for feito, o agravamento será imediato. 4 Muito graves. É urgente. Vai piorar a curto prazo. 3 Graves. O mais rápido possível. Vai piorar a médio prazo. 2 Pouco Graves. Pouco urgente. Vai piorar a longo prazo. 1 Sem gravidade. Pode esperar. Não vai piorar. Ao final da indicação da pontuação das necessidades, multiplicou-se os resultados (G x U x T) obtendo-se o valor da priorização, o qual foi ordenado de forma decrescente definindo a prioridade das necessidades de TI. 19/71

20 10.2 Necessidades Identificadas As necessidades priorizadas no PDTI de acordo com a ferramenta Matriz GUT e a priorização das áreas de negócio da SAC-PR encontram-se listadas na tabela a seguir. N-01 N-03 N-06 N-07 N-14 Tipo da Necessidade/ Domínio Gestão e Governança de TI Processos Internos Infraestrutura de TI Sistemas de Informação Sistemas de Informação N-02 Pessoas N-04 N-05 N-13 Processos Internos Gestão e Governança de TI Sistemas de Informação Descrição da Necessidade de TI Aprimoramento da gestão e governança de TI G U T Priorização Classificação Posicionamento estratégico da área de TI Modernização e manutenção do parque tecnológico 1 Desenvolvimento e manutenção (evolutiva e adaptativa) de sistemas de informação Solução de monitoramento das operações aeroportuárias Adequação qualitativa e quantitativa do quadro de profissionais de TI Aprimoramento da gestão de contratos de TI Aprimoramento da gestão da segurança da informação Internalização e sustentação de sistemas cedidos pela Presidência Modernização e manutenção de N-08 Sistemas de Informação softwares aplicativos Infraestrutura de Serviços de impressão e N TI digitalização 27 Infraestrutura de N-10 Solução de rede wireless TI N-11 Serviços de TI Serviço de Telefonia Fixa e Móvel 27 Internalização, Sustentação e 4 N-12 Sistemas de Gestão de Demandas do Informação sistema HÓRUS e Painel de 27 Governança. N-15 Sistemas de Informação Solução de Big Data N-16 Sistemas de Solução de Business Inteligence Informação (BI) 27 N-17 Serviços de TI Serviço de Banco de Imagens /71

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação (PETI) Secretaria de Tecnologia da Informação Florianópolis, março de 2010. Apresentação A informatização crescente vem impactando diretamente

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇAO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA COMISSÃO DE ELABORAÇÃO DO PLANO DIRETOR DE TI

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇAO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA COMISSÃO DE ELABORAÇÃO DO PLANO DIRETOR DE TI MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇAO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA COMISSÃO DE ELABORAÇÃO DO PLANO DIRETOR DE TI Plano de Trabalho Elaboração do Plano Diretor de Tecnologia da Informação

Leia mais

ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário

ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário RESOLUÇÃO Nº 99, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009 Dispõe sobre o Planejamento Estratégico de TIC no âmbito do Poder Judiciário e dá outras providências. ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário Planejamento

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA RESOLUÇÃO Nº 99, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009

CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA RESOLUÇÃO Nº 99, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009 CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA RESOLUÇÃO Nº 99, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009 Institui o Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação no âmbito do Poder Judiciário. O PRESIDENTE DO CONSELHO

Leia mais

Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação PDTI Plano Diretor de Tecnologia da Informação

Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação PDTI Plano Diretor de Tecnologia da Informação PDTI Plano Diretor de Tecnologia da Informação 1 Agenda Contexto SISP Planejamento de TI PDTI 2 SISP Sistema de Administração dos Recursos de Informação e Informática Decreto nº 1.048, de 21 de janeiro

Leia mais

Modelo de Referência 2011-2012

Modelo de Referência 2011-2012 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação - SLTI Modelo de Referência 2011-2012 Plano Diretor de Tecnologia de Informação Ministério do Planejamento,

Leia mais

RESOLUÇÃO - TCU Nº 247, de 7 de dezembro de 2011

RESOLUÇÃO - TCU Nº 247, de 7 de dezembro de 2011 RESOLUÇÃO - TCU Nº 247, de 7 de dezembro de 2011 Dispõe sobre a Política de Governança de Tecnologia da Informação do Tribunal de Contas da União (PGTI/TCU). O TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO, no uso de suas

Leia mais

PDTI - Definição. Instrumento de diagnóstico, planejamento e

PDTI - Definição. Instrumento de diagnóstico, planejamento e PDTI - Definição Instrumento de diagnóstico, planejamento e gestão dos recursos e processos de Tecnologia da Informação que visa atender às necessidades tecnológicas e de informação de um órgão ou entidade

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PERÍODO 2012 A 2016 MANAUS/AM VERSÃO 1.0 1 Equipe de Elaboração João Luiz Cavalcante Ferreira Representante da Carlos Tiago Garantizado Representante

Leia mais

Plano Diretor de Tecnologia

Plano Diretor de Tecnologia Governo Federal Ministério da Cultura Fundação Cultural Palmares Plano Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação 2013 2015 Brasília DF 2013 Presidenta da República Dilma Vana Rousseff Ministério

Leia mais

PDTI UFLA: Plano Diretor de Tecnologia da Informação Segundo Modelo de Referência da SLTI/MPOG

PDTI UFLA: Plano Diretor de Tecnologia da Informação Segundo Modelo de Referência da SLTI/MPOG PDTI UFLA: Plano Diretor de Tecnologia da Informação Segundo Modelo de Referência da SLTI/MPOG Forplad Regional Sudeste 22 de Maio de 2013 Erasmo Evangelista de Oliveira erasmo@dgti.ufla.br Diretor de

Leia mais

A NOVA POLÍTICA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

A NOVA POLÍTICA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO Centro de Convenções Ulysses Guimarães Brasília/DF 4, 5 e 6 de junho de 2012 A NOVA POLÍTICA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO Pablo Sandin Amaral Renato Machado Albert

Leia mais

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul Planejamento Estratégico de TIC da Justiça Militar do Estado do Rio Grande do Sul MAPA ESTRATÉGICO DE TIC DA JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO (RS) MISSÃO: Gerar, manter e atualizar soluções tecnológicas eficazes,

Leia mais

Planejamento Estratégico da Tecnologia da Informação (PETI)

Planejamento Estratégico da Tecnologia da Informação (PETI) 00 dd/mm/aaaa 1/15 ORIGEM Instituto Federal da Bahia Comitê de Tecnologia da Informação ABRANGÊNCIA Este da Informação abrange todo o IFBA. SUMÁRIO 1. Escopo 2. Documentos de referência 3. Metodologia

Leia mais

Pode Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DE DIREÇÃO E CHEFIAS DA SETIC

Pode Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DE DIREÇÃO E CHEFIAS DA SETIC Pode Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DE DIREÇÃO E CHEFIAS DA SETIC 1. Diretor da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação Coordenar

Leia mais

Relato sobre a elaboração do PDTIC da UFMA

Relato sobre a elaboração do PDTIC da UFMA Relato sobre a elaboração do PDTIC da UFMA Nélio Alves Guilhon Tereza Cristina Brito Moreira Lima HISTÓRICO TI DA UFMA 1976: Resolução 423/76 ( 26/04/1976 ) Cria o Centro de Processamento de Dados (CPD)

Leia mais

PORTARIA Nº 7.596, DE 11 DE DEZEMBRO DE 2014.

PORTARIA Nº 7.596, DE 11 DE DEZEMBRO DE 2014. PORTARIA Nº 7.596, DE 11 DE DEZEMBRO DE 2014. Regulamenta as atribuições e responsabilidades da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicações do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região e dá

Leia mais

AVALIAÇÃO QUALITATIVA E QUANTITATIVA DO QUADRO DE SERVIDORES DA COTEC

AVALIAÇÃO QUALITATIVA E QUANTITATIVA DO QUADRO DE SERVIDORES DA COTEC MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE DIRETORIA DE PLANEJAMENTO, ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA Coordenação-Geral de Administração e Tecnologia da Informação Coordenação

Leia mais

COBIT. Governança de TI. Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br

COBIT. Governança de TI. Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br COBIT Governança de TI Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br Sobre mim Juvenal Santana Gerente de Projetos PMP; Cobit Certified; ITIL Certified; OOAD Certified; 9+ anos de experiência em TI; Especialista

Leia mais

Governança de TI no Governo. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação Paulo Roberto Pinto

Governança de TI no Governo. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação Paulo Roberto Pinto Governança de TI no Governo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação Paulo Roberto Pinto Agenda Agenda Contexto SISP IN SLTI 04/2008 EGTI Planejamento

Leia mais

Minuta Relatório de resultados do PDTI anterior

Minuta Relatório de resultados do PDTI anterior RELATÓRIO DE RESULTADOS DO PDTI ANTERIOR Outubro de 2011 Elaborado pelo Grupo de Trabalho Intersetorial para elaboração do Plano Diretor de Tecnologia de Informação PDTI, nos termos da Portaria nº 4551,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 3ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 3ª REGIÃO Controle de Versões Autor da Solicitação: Subseção de Governança de TIC Email:dtic.governanca@trt3.jus.br Ramal: 7966 Versão Data Notas da Revisão 1 03.02.2015 Versão atualizada de acordo com os novos

Leia mais

Medida Provisória 652: Novo cenário para a Aviação Regional. Ana Cândida de Mello Carvalho amcarvalho@tozzinifreire.com.br

Medida Provisória 652: Novo cenário para a Aviação Regional. Ana Cândida de Mello Carvalho amcarvalho@tozzinifreire.com.br Medida Provisória 652: Novo cenário para a Aviação Regional Ana Cândida de Mello Carvalho amcarvalho@tozzinifreire.com.br Sumário 1. Dados da SAC sobre o Setor Aeroportuário 2. Plano Geral de Outorgas

Leia mais

Diretoria de Informática TCE/RN 2012 PDTI PLANO DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Brivaldo Marinho - Consultor. Versão 1.0

Diretoria de Informática TCE/RN 2012 PDTI PLANO DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Brivaldo Marinho - Consultor. Versão 1.0 TCE/RN 2012 PDTI PLANO DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Brivaldo Marinho - Consultor Versão 1.0 CONTROLE DA DOCUMENTAÇÃO Elaboração Consultor Aprovação Diretoria de Informática Referência do Produto

Leia mais

..: FormSus :.. http://formsus.datasus.gov.br/site/popup_unidade_detalhe.php?id_aplica...

..: FormSus :.. http://formsus.datasus.gov.br/site/popup_unidade_detalhe.php?id_aplica... 1 de 1 19/4/212 17:17 EGTI 211/212 - Autodiagnostico 21 Imprimir Identificação 1. Qual a identificação do órgão? AGÊNCIA NACIONAL DE TRANSPORTES AQUAVIÁRIOS 2. Qual o âmbito de preenchimento do formulário?

Leia mais

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727)

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Pergunta: Sua resposta Data de envio: 12/06/2014 13:58:56 Endereço IP: 200.252.42.196 1. Liderança da alta administração 1.1. Com

Leia mais

Programa de Reestruturação Organizacional Elaboração e Implantação do Portal de Governança de TI da TERRACAP FASE IV

Programa de Reestruturação Organizacional Elaboração e Implantação do Portal de Governança de TI da TERRACAP FASE IV P D T I Plano Diretor de Tecnologia da Informação Programa de Reestruturação Organizacional Elaboração e Implantação do Portal de Governança de TI da TERRACAP FASE IV EQUIPE DE ELABORAÇÃO Plano Diretor

Leia mais

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727)

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Pergunta: Sua resposta Data de envio: 13/06/2014 14:08:02 Endereço IP: 177.1.81.29 1. Liderança da alta administração 1.1. Com

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 345/SETIN.SEGP.GP, DE 16 DE JUNHO DE 2015

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 345/SETIN.SEGP.GP, DE 16 DE JUNHO DE 2015 TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 345/SETIN.SEGP.GP, DE 16 DE JUNHO DE 2015 Reestrutura as unidades vinculadas à Secretaria de Tecnologia da Informação SETIN do Tribunal Superior do Trabalho.

Leia mais

Plano Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação

Plano Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação PDTIC UFMA 2012-2014 2012 2014 Plano Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação Aprovado pela Resolução CONSAD nº 132/2013 São Luís/MA 2012 PDTIC UFMA 2012-2014 Fundação Universidade Maranhão Avenida

Leia mais

Questionário de Governança de TI 2014

Questionário de Governança de TI 2014 Questionário de Governança de TI 2014 De acordo com o Referencial Básico de Governança do Tribunal de Contas da União, a governança no setor público compreende essencialmente os mecanismos de liderança,

Leia mais

PDTI Plano Diretor de Tecnologia da Informação

PDTI Plano Diretor de Tecnologia da Informação 1 PDTI Plano Diretor de Tecnologia da Informação 2011-2015 Coordenação Geral de Tecnologia da Informação 2 Controle de Revisão Rev. Natureza da Revisão Data Elaborador Revisor 001 Versão inicial 18/07/11

Leia mais

PLANO DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

PLANO DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DO MARANHÃO PLANO DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PDTI - MPMA 2015-2016 VERSÃO 1.0 SÃO LUÍS - MA, 2014 Procuradora-Geral de Justiça Regina Lúcia de Almeida Rocha Procuradora de Justiça Diretor-Geral

Leia mais

Modelo de Referência. Plano Diretor de Tecnologia da Informação PDTI 2010

Modelo de Referência. Plano Diretor de Tecnologia da Informação PDTI 2010 Modelo de Referência Plano Diretor de Tecnologia da Informação PDTI 2010 Versão 1.0 Premissas do modelo 1. Este modelo foi extraído do material didático do curso Elaboração do Plano Diretor de Tecnologia

Leia mais

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016 Versão 1.0 1 APRESENTAÇÃO O Planejamento

Leia mais

Incentivar a inovação em processos funcionais. Aprimorar a gestão de pessoas de TIC

Incentivar a inovação em processos funcionais. Aprimorar a gestão de pessoas de TIC Incentivar a inovação em processos funcionais Aprendizagem e conhecimento Adotar práticas de gestão participativa para garantir maior envolvimento e adoção de soluções de TI e processos funcionais. Promover

Leia mais

PORTARIA Nº 076 DE 21 DE JANEIRO DE 2014.

PORTARIA Nº 076 DE 21 DE JANEIRO DE 2014. PORTARIA Nº 076 DE 21 DE JANEIRO DE 2014. Dispõe sobre aprovação da Política de Segurança da Informação do IFMG. O REITOR DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS, no uso

Leia mais

ANEXO X DIAGNÓSTICO GERAL

ANEXO X DIAGNÓSTICO GERAL ANEXO X DIAGNÓSTICO GERAL 1 SUMÁRIO DIAGNÓSTICO GERAL...3 1. PREMISSAS...3 2. CHECKLIST...4 3. ITENS NÃO PREVISTOS NO MODELO DE REFERÊNCIA...11 4. GLOSSÁRIO...13 2 DIAGNÓSTICO GERAL Este diagnóstico é

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO DIRETORIA DE SISTEMAS E INFORMAÇÃO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO DIRETORIA DE SISTEMAS E INFORMAÇÃO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO DIRETORIA DE SISTEMAS E INFORMAÇÃO PLANO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TRIÊNIO /2015 DSI/CGU-PR Publicação - Internet 1 Sumário 1. RESULTADOS

Leia mais

Gestão e Tecnologia da Informação

Gestão e Tecnologia da Informação Gestão e Tecnologia da Informação Superintendência de Administração Geral - SAD Marcelo Andrade Pimenta Gerência-Geral de Gestão da Informação - ADGI Carlos Bizzotto Gilson Santos Chagas Mairan Thales

Leia mais

Plano Diretor de Tecnologia da Informação 2012-2015

Plano Diretor de Tecnologia da Informação 2012-2015 Plano Diretor de Tecnologia da Informação 2012-2015 Fundação Nacional do Índio Diretoria de Administração e Gestão Coordenação de Gestão em Tecnologia da Informação Plano Diretor de Tecnologia da Informação

Leia mais

PDTI - Plano Diretor de Tecnologia da Informação, incluindo a revisão do Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2013-2014

PDTI - Plano Diretor de Tecnologia da Informação, incluindo a revisão do Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2013-2014 PDTI - Plano Diretor de Tecnologia da Informação, incluindo a revisão do Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2013-2014 Índice 1 Introdução...1 2 Apresentação...2 3 Referencial e Alinhamento

Leia mais

00P6 - Subvenção Econômica para o Desenvolvimento da Aviação Regional (MP nº 652, de 2014)

00P6 - Subvenção Econômica para o Desenvolvimento da Aviação Regional (MP nº 652, de 2014) Programa 2017 - Aviação Civil Número de Ações 26 Tipo: Operações Especiais 00P6 - Subvenção Econômica para o Desenvolvimento da Aviação Regional (MP nº 652, de 2014) Esfera: 10 - Orçamento Fiscal Função:

Leia mais

Planejamento Estratégico de TIC

Planejamento Estratégico de TIC Planejamento Estratégico de TIC Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe 2010 a 2014 Versão 1.1 Sumário 2 Mapa Estratégico O mapa estratégico tem como premissa de mostrar a representação visual o Plano

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 506, DE 28 DE JUNHO DE 2013

RESOLUÇÃO Nº 506, DE 28 DE JUNHO DE 2013 Publicada no DJE/STF, n. 127, p. 1-3 em 3/7/2013. RESOLUÇÃO Nº 506, DE 28 DE JUNHO DE 2013 Dispõe sobre a Governança Corporativa de Tecnologia da Informação no âmbito do Supremo Tribunal Federal e dá outras

Leia mais

Plano Diretor de Tecnologia da Informação DETIC/DEINT

Plano Diretor de Tecnologia da Informação DETIC/DEINT DIRETORIA DE TECNOLOGIA DITEC Plano Diretor de Tecnologia da Informação DETIC/DEINT 2013-2014 1 CASA DA MOEDA DO BRASIL Francisco de Assis Leme Franco Presidente Marcone da Silva Leal Diretor Vice-Presidente

Leia mais

Fundação Municipal de Tecnologia da Informação e Comunicação de Canoas Diretoria Executiva PLANO DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Fundação Municipal de Tecnologia da Informação e Comunicação de Canoas Diretoria Executiva PLANO DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Fundação Municipal de Tecnologia da Informação e Comunicação de Canoas Diretoria Executiva PLANO DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 2012 2015 Controle de Revisão Ver. Natureza Data Elaborador Revisor

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 141, DE 03 DE SETEMBRO DE 2009.

LEI COMPLEMENTAR Nº 141, DE 03 DE SETEMBRO DE 2009. LEI COMPLEMENTAR Nº 141, DE 03 DE SETEMBRO DE 2009. O GOVERNADOR DO ESTADO DE PERNAMBUCO: Dispõe sobre o Modelo Integrado de Gestão do Poder Executivo do Estado de Pernambuco. Faço saber que a Assembléia

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA No XXX Contrato por Produto - Nacional. Elaboração de Plano de Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação.

TERMO DE REFERÊNCIA No XXX Contrato por Produto - Nacional. Elaboração de Plano de Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação. TERMO DE REFERÊNCIA No XXX Contrato por Produto - Nacional 1. Função no Projeto: Elaboração de Plano de Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação. 2. Nosso Número BRA/12/010 3. Antecedentes A missão

Leia mais

Atuação da Auditoria Interna na Avaliação da Gestão de Tecnologia da Informação

Atuação da Auditoria Interna na Avaliação da Gestão de Tecnologia da Informação Atuação da Auditoria Interna na Avaliação da Gestão de Tecnologia da Informação Emerson de Melo Brasília Novembro/2011 Principais Modelos de Referência para Auditoria de TI Como focar no negócio da Instituição

Leia mais

EDITAL DO LEILÃO Nº 2/2011 ANEXO 9 DO CONTRATO PLANO DE TRANSFERÊNCIA OPERACIONAL (PTO)

EDITAL DO LEILÃO Nº 2/2011 ANEXO 9 DO CONTRATO PLANO DE TRANSFERÊNCIA OPERACIONAL (PTO) EDITAL DO LEILÃO Nº 2/2011 CONCESSÃO PARA AMPLIAÇÃO, MANUTENÇÃO E EXPLORAÇÃO DOS AEROPORTOS INTERNACIONAIS BRASÍLIA CAMPINAS GUARULHOS EDITAL DO LEILÃO Nº 2/2011 ANEXO 9 DO CONTRATO PLANO DE TRANSFERÊNCIA

Leia mais

RESOLUÇÃO CNJ nº 90/09

RESOLUÇÃO CNJ nº 90/09 RESOLUÇÃO CNJ nº 90/09 29 de setembro de 2009 PLANO DE TRABALHO - PDTI O presente Plano de Trabalho objetiva o nivelamento do Tribunal de Justiça do Estado de Roraima aos requisitos de tecnologia da informação

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE MANAUS DIRETORIA LEGISLATIVA

CÂMARA MUNICIPAL DE MANAUS DIRETORIA LEGISLATIVA LEI Nº 2.054, DE 29 DE OUTUBRO DE 2015 (D.O.M. 29.10.2015 N. 3.763 Ano XVI) DISPÕE sobre a estrutura organizacional da Secretaria Municipal de Finanças, Tecnologia da Informação e Controle Interno Semef,

Leia mais

ANTAQ Secretaria de Tecnologia da Informação. Plano de Trabalho. Elaboração do Plano Diretor de Tecnologia da Informação

ANTAQ Secretaria de Tecnologia da Informação. Plano de Trabalho. Elaboração do Plano Diretor de Tecnologia da Informação ANTAQ Secretaria de Tecnologia da Informação Plano de Trabalho Elaboração do Plano Diretor de Tecnologia da Informação Histórico de Versões Data Versão Descrição Autor 14/07/2011 1.0 Criação do documento

Leia mais

1. Escopo ou finalidade da iniciativa

1. Escopo ou finalidade da iniciativa 1. Escopo ou finalidade da iniciativa Esta iniciativa tem como finalidade reorganizar a área de Tecnologia da Informação TI do TJMG, sob o ponto de vista de gestão e infraestrutura, baseados em sua estrutura

Leia mais

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação 2016-2019. Versão 0 1.0

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação 2016-2019. Versão 0 1.0 PETI Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação 2016-2019 Versão 0 1.0 Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação 2016-2019 Presidente Luiz Otávio Pimentel Vice-Presidente Mauro Sodré

Leia mais

Relatório de Consultoria PD.33.10.83A.0080A/RT-05-AA. Levantamento da Gestão de TIC

Relatório de Consultoria PD.33.10.83A.0080A/RT-05-AA. Levantamento da Gestão de TIC Relatório de Consultoria PD.33.10.83A.0080A/RT-05-AA Levantamento da Gestão de TIC Cotação: 23424/09 Cliente: PRODABEL Contato: Carlos Bizzoto E-mail: cbizz@pbh.gov.br Endereço: Avenida Presidente Carlos

Leia mais

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS METODOLOGIA DE AUDITORIA PARA AVALIAÇÃO DE CONTROLES E CUMPRIMENTO DE PROCESSOS DE TI NARDON, NASI AUDITORES E CONSULTORES CobiT

Leia mais

A Estratégia do Conselho da Justiça Federal 2015/2020 CJF-POR-2015/00359, de 26 de agosto de 2015

A Estratégia do Conselho da Justiça Federal 2015/2020 CJF-POR-2015/00359, de 26 de agosto de 2015 A Estratégia do Conselho da Justiça Federal CJF-POR-2015/00359, de 26 de agosto de 2015 SUEST/SEG 2015 A estratégia do CJF 3 APRESENTAÇÃO O Plano Estratégico do Conselho da Justiça Federal - CJF resume

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO SETIC CAPÍTULO I CATEGORIA

REGIMENTO INTERNO DA SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO SETIC CAPÍTULO I CATEGORIA REGIMENTO INTERNO DA SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO SETIC CAPÍTULO I CATEGORIA Art. 1º. A Secretaria de Tecnologia de Informação e Comunicação SETIC é um Órgão Suplementar Superior

Leia mais

Ângela F. Brodbeck. Ana Maria Rizzo Silva

Ângela F. Brodbeck. Ana Maria Rizzo Silva Alinhamento Estratégico entre TI e Negócio Alinhamento entre Ações Estratégicas, Processos e iniciativas de Tecnologia de Informação Novembro, 2013 Ângela F. Brodbeck Universidade Federal do Rio Grande

Leia mais

Governança de TI no Ministério da Educação

Governança de TI no Ministério da Educação Governança de TI no Ministério da Educação José Henrique Paim Fernandes Secretário Executivo Ministério da Educação Novembro de 2008 Governança de TI no Ministério da Educação Contexto Gestão e Tecnologia

Leia mais

Apresentação Plano de Integridade Institucional da Controladoria-Geral da União (PII)

Apresentação Plano de Integridade Institucional da Controladoria-Geral da União (PII) PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO Secretaria-Executiva Diretoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional Plano de Integridade Institucional (PII) 2012-2015 Apresentação Como

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Competências Analista 1. Administração de recursos de infra-estrutura de tecnologia da informação 2.

Leia mais

Auditoria Interna na Área de Tecnologia da Informação

Auditoria Interna na Área de Tecnologia da Informação Auditoria Interna na Área de Tecnologia da Informação André Luiz Furtado Pacheco, CISA 4º Workshop de Auditoria de TI da Caixa Brasília, agosto de 2011 Agenda Introdução Exemplos de Deliberações pelo TCU

Leia mais

A Secretaria de Tecnologias da Informação e da Comunicação (STI) foi criada a partir da Resolução do Conselho Diretor nº 44, de 31 de outubro de 2008.

A Secretaria de Tecnologias da Informação e da Comunicação (STI) foi criada a partir da Resolução do Conselho Diretor nº 44, de 31 de outubro de 2008. 1 PLANO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 001/2009 1.0 Introdução A Secretaria de Tecnologias da Informação e da Comunicação (STI) foi criada a partir da Resolução do Conselho Diretor nº 44, de 31

Leia mais

Marcelo Narvaes Fiadeiro Subsecretário de Planejamento, Orçamento e Administração

Marcelo Narvaes Fiadeiro Subsecretário de Planejamento, Orçamento e Administração Marta Suplicy Ministra da Cultura Ana Cristina Wanzeler Secretária-Executiva Marcelo Narvaes Fiadeiro Subsecretário de Planejamento, Orçamento e Administração Paulo Cesar Kluge Coordenador-Geral de Tecnologia

Leia mais

Plano Diretor de Tecnologia da Informação (PDTI) Plano de Trabalho

Plano Diretor de Tecnologia da Informação (PDTI) Plano de Trabalho Plano Diretor de Tecnologia da Informação (PDTI) Plano de Trabalho Versão 1.0 Superintendência da Gestão Técnica da Informação SGI Agência Nacional de Energia Elétrica ANEEL Índice INTRODUÇÃO... 3 FINALIDADE...

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de Pelotas Tecnologia da Informação

Ministério da Educação Universidade Federal de Pelotas Tecnologia da Informação Ministério da Educação Universidade Federal de Pelotas Tecnologia da Informação Relatório de Gestão 2011/2012 Centro de Gerenciamento de Informações e Concursos - CGIC Introdução A principal finalidade

Leia mais

José Geraldo Loureiro Rodrigues Orientador: João Souza Neto

José Geraldo Loureiro Rodrigues Orientador: João Souza Neto José Geraldo Loureiro Rodrigues Orientador: João Souza Neto Análise dos três níveis: Governança Corporativa Governança de TI Gerenciamento da Área de TI ORGANIZAÇÃO Governança Corporativa Governança

Leia mais

PDTI 2015 2019 (Versão 1.1)

PDTI 2015 2019 (Versão 1.1) PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE MATO GROSSO Data Emissão: 10/12/2014 Elaborado por: Marcelo Gaspar Revisado por: Cintia Aldrighi Data Aprovação: Verificado por: Aprovado por: REGISTRO DE REVISÕES Revisão

Leia mais

12.1 AÇÕES E INDICAÇÕES DE PROJETOS

12.1 AÇÕES E INDICAÇÕES DE PROJETOS 43 Considerando os Objetivos Estratégicos, Indicadores e Metas, foram elaboradas para cada Objetivo, as Ações e indicados Projetos com uma concepção corporativa. O Plano Operacional possui um caráter sistêmico,

Leia mais

Relatório de Gestão DGTI

Relatório de Gestão DGTI Relatório de Gestão DGTI 1.Contextualização Histórico Administrativa Com o projeto de expansão do Governo Federal que criou os Institutos Federais em todo o Brasil, o antigo Centro Federal de Educação

Leia mais

PDTI Plano Diretor de Tecnologia da Informação

PDTI Plano Diretor de Tecnologia da Informação 1 PDTI Plano Diretor de Tecnologia da Informação 2011-2015 Revisão 1-2012 Coordenação Geral de Tecnologia da Informação 2 Controle de Revisão Rev. Natureza da Revisão Data Elaborador Revisor 001 Versão

Leia mais

LEI DE ACESSO A INFORMAÇÃO DIREITO DO CIDADÃO

LEI DE ACESSO A INFORMAÇÃO DIREITO DO CIDADÃO DESCRIÇÃO DO SIGAI O SIGAI (Sistema Integrado de Gestão do Acesso à Informação) é uma solução de software que foi desenvolvida para automatizar os processos administrativos e operacionais visando a atender

Leia mais

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE SECRETARIA-EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE GESTÃO DE PESSOAS

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE SECRETARIA-EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE GESTÃO DE PESSOAS MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE SECRETARIA-EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE GESTÃO DE PESSOAS DIVISÃO DE CAPACITAÇÃO, TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO BOLETIM

Leia mais

PROJETO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL. Projeto 914 BRA5065 - PRODOC-MTC/UNESCO DOCUMENTO TÉCNICO Nº 01

PROJETO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL. Projeto 914 BRA5065 - PRODOC-MTC/UNESCO DOCUMENTO TÉCNICO Nº 01 PROJETO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL Diretrizes e Estratégias para Ciência, Tecnologia e Inovação no Brasil Projeto 914 BRA5065 - PRODOC-MTC/UNESCO DOCUMENTO TÉCNICO Nº 01 LEVANTAMENTO, MODELAGEM

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 66, DE 13 DE NOVEMBRO DE 2012.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 66, DE 13 DE NOVEMBRO DE 2012. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 66, DE 13 DE NOVEMBRO DE 2012. Institui o Programa de Fortalecimento Institucional da ANAC. A DIRETORIA DA AGÊNCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL - ANAC, no exercício das competências

Leia mais

Governança de TI: O desafio atual da Administração Pública. André Luiz Furtado Pacheco, CISA SECOP 2011 Porto de Galinhas, setembro de 2011

Governança de TI: O desafio atual da Administração Pública. André Luiz Furtado Pacheco, CISA SECOP 2011 Porto de Galinhas, setembro de 2011 Governança de TI: O desafio atual da Administração Pública André Luiz Furtado Pacheco, CISA SECOP 2011 Porto de Galinhas, setembro de 2011 André Luiz Furtado Pacheco, CISA Graduado em Processamento de

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA REALIZAÇÃO DE CONSULTORIA EM AUDITORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA REALIZAÇÃO DE CONSULTORIA EM AUDITORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA REALIZAÇÃO DE CONSULTORIA EM AUDITORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TERMOS DE REFERÊNCIA 1.OBJETO Contratação de Serviço de Consultoria especializada em AUDITORIA

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMGESP Nº 004/2013 01, de 12.06.13

INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMGESP Nº 004/2013 01, de 12.06.13 INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMGESP Nº 004/2013 01, de 12.06.13 Dispõe sobre os procedimentos de gestão da Tecnologia da Informação. O Prefeito Municipal e o Secretário Municipal de Gestão e Planejamento, no exercício

Leia mais

Implantação da Governança a de TI na CGU

Implantação da Governança a de TI na CGU Implantação da Governança a de TI na CGU José Geraldo Loureiro Rodrigues Diretor de Sistemas e Informação Controladoria-Geral da União I Workshop de Governança de TI da Embrapa Estratégia utilizada para

Leia mais

ANEXO À RESOLUÇÃO Nº /2010 REGIMENTO DA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

ANEXO À RESOLUÇÃO Nº /2010 REGIMENTO DA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO ANEXO À RESOLUÇÃO Nº /2010 REGIMENTO DA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Art. 1º - A Diretoria de Tecnologia de Informação e Comunicação DTIC da Universidade FEDERAL DO ESTADO DO RIO

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TI

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TI PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TI PETI MPMA 2015 2016 Procuradora Geral de Justiça VERSÃO 1.0 SÃO LUIS MA, 2014 Regina Lúcia de Almeida Rocha Procuradora de Justiça Diretor Geral Luís Gonzaga Martins Coelho

Leia mais

Plano Diretor de Tecnologia da Informação

Plano Diretor de Tecnologia da Informação INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA COMITÊ GESTOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Plano Diretor de Tecnologia da Informação 2015 2016 I Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE MANAUS

CÂMARA MUNICIPAL DE MANAUS O PREFEITO DE MANAUS LEI DELEGADA N 10, DE 31 DE JULHO DE 2013 (D.O.M. 31.07.2013 N. 3221 Ano XIV) DISPÕE sobre a estrutura organizacional da SECRETARIA MUNICIPAL DE FINANÇAS, TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Leia mais

ANEXO I. Colegiado Gestor e de Governança

ANEXO I. Colegiado Gestor e de Governança ANEXO I CENTRO DE SERVIÇOS COMPARTILHADOS DO CAU Política de Governança e de Gestão da Tecnologia da Informação do Centro de Serviço Compartilhado do Conselho de Arquitetura e Urbanismo Colegiado Gestor

Leia mais

ANEXO X REGIMENTO INTERNO DA SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO CAPÍTULO I CATEGORIA E FINALIDADE

ANEXO X REGIMENTO INTERNO DA SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO CAPÍTULO I CATEGORIA E FINALIDADE (Portaria GM-MP nº 220, de 25 de junho de 2014 ) ANEXO X REGIMENTO INTERNO DA SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO CAPÍTULO I CATEGORIA E FINALIDADE Art. 1º À Secretaria de Logística e Tecnologia

Leia mais

PLANO DIRETOR DE INFORMÁTICA Outubro de 2014

PLANO DIRETOR DE INFORMÁTICA Outubro de 2014 PLANO DIRETOR DE INFORMÁTICA Outubro de 2014 DIVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - DTI PLANO DIRETOR DE INFORMÁTICA - 1 SUMÁRIO 1. OBJETIVOS 2. CENÁRIO ATUAL DE TI 2.1. AVALIAÇÃO E DIAGNÓSTICO DO CENÁRIO

Leia mais

Implantação do modelo integrado de consultoria para aumentar a maturidade de governança de tecnologia da informação do Estado brasileiro

Implantação do modelo integrado de consultoria para aumentar a maturidade de governança de tecnologia da informação do Estado brasileiro Implantação do modelo integrado de consultoria para aumentar a maturidade de governança de tecnologia da informação do Estado brasileiro Vinicius Eloy dos Reis Tiago Chaves Oliveira Introdução O Brasil

Leia mais

Dados de Identificação. Dirigente máximo da instituição. Nome/Sigla da instituição pública. Nome do dirigente máximo. Nome/Cargo do dirigente de TI

Dados de Identificação. Dirigente máximo da instituição. Nome/Sigla da instituição pública. Nome do dirigente máximo. Nome/Cargo do dirigente de TI Dados de Identificação Dirigente máximo da instituição Nome/Sigla da instituição pública Nome do dirigente máximo Nome/Cargo do dirigente de TI Endereço do setor de TI 1 Apresentação O Tribunal de Contas

Leia mais

Capítulo XIII SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

Capítulo XIII SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Capítulo XIII SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO FINALIDADE A Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação, órgão de direção especializada, subordinada ao diretor-geral da Secretaria

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 1/CONSUP/IFRO, DE 5 DE MARÇO DE 2015.

RESOLUÇÃO Nº 1/CONSUP/IFRO, DE 5 DE MARÇO DE 2015. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 1/CONSUP/IFRO, DE 5 DE MARÇO DE 2015.

Leia mais

Regimento da Superintendência de Tecnologia da Informação

Regimento da Superintendência de Tecnologia da Informação SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA Regimento da Superintendência de Tecnologia da Informação DOS OBJETIVOS E ORGANIZAÇÃO DA SUPERINTENDÊNCIA Capítulo I - DA

Leia mais

Anexo 7 Demandas oriundas das recomendações da Estratégia Geral de Tecnologia da Informação. Indicadores. Descrição 2011 2012

Anexo 7 Demandas oriundas das recomendações da Estratégia Geral de Tecnologia da Informação. Indicadores. Descrição 2011 2012 Plano Diretor Tecnologia da Informação 2012-2013 146 Anexo 7 Demandas oriundas das recomendações da Estratégia Geral Tecnologia da Informação Objetivos Objetivo 1 - Aprimorar a Gestão Pessoas TI (Cobit

Leia mais

PDTI 2012-2015. Plano Diretor de Tecnologia da Informação

PDTI 2012-2015. Plano Diretor de Tecnologia da Informação Universidade Federal de Viçosa Comissão de Elaboração do Plano Diretor de Tecnologia da Informação Portaria nº 1094/2011/RTR PDTI 2012-2015 Plano Diretor de Tecnologia da Informação Viçosa MG 2013 Aprovado

Leia mais

Plano Diretor de Tecnologia da Informação PDTI

Plano Diretor de Tecnologia da Informação PDTI Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia Plano Diretor de Tecnologia da Informação PDTI 2015-2017 Presidente da República Dilma Vana Rousseff

Leia mais

Plano Diretor de Tecnologia da Informação

Plano Diretor de Tecnologia da Informação MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR Plano Diretor de Tecnologia da Informação 2015/2016 Plano Diretor de Tecnologia da Informação 2015-2016 Brasília- DF MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO,

Leia mais

Carlos Henrique Santos da Silva

Carlos Henrique Santos da Silva GOVERNANÇA DE TI Carlos Henrique Santos da Silva Mestre em Informática em Sistemas de Informação UFRJ/IM Certificado em Project Management Professional (PMP) PMI Certificado em IT Services Management ITIL

Leia mais