TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES"

Transcrição

1 TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES Fls 079. PROCESSO Nº: UNIDADE GESTORA: INTERESSADO: ASSUNTO: RELATÓRIO DE INSTRUÇÃO PRELIMINAR: REC-13/ Secretaria de Estado da Saúde Dalmo Claro de Oliveira Recurso de Agravo da decisão exarada no processo REP-13/ Irregularidades no Edital de Pregão Presencial nº 2807/2012 DLC - 352/ INTRODUÇÃO Trata-se de Recurso de Agravo interporto pelo Sr. Dalmo Claro de Oliveira Secretário Estadual de Saúde em face da decisão que foi exarada no processo REP 13/ , nos seguintes termos: Decido 1. Revogar a medida cautelar constante do Despacho n GASNI 020/2013, datado de 07/05/2013, ante a adoção das seguintes providências: 1.1. Retificação do item do edital, definindo a comprovação de regularidade junto ao Conselho Regional de Nutrição como requisito para comprovar a qualificação técnica dos licitantes; 1.2. Inclusão dos serviços afetos à área de engenharia e química junto ao projeto básico, abstendo-se de exigir a regularidade junto ao CREA ou ao CRC no momento da qualificação técnica; 1.3. Retificação do item 2.1 do Anexo V do edital, que trata da metragem da área, conferindo-lhe nova redação no sentido de tornar o edital mais claro nesse aspecto. 2. Determinar aos responsáveis, Sra. Carla Giane da Rocha e Sr. Dalmo Claro de Oliveira, além da comissão de licitação da Secretaria de Estado de Saúde, que encaminhem a este Tribunal, no prazo de 48 horas, comprovante da republicação do edital para fins de comprovação da adoção das medidas condicionantes da revogação. 3. Dar ciência do presente despacho à Representante, aos Responsáveis, à Comissão de Licitações, à Assessoria Jurídica e ao Controle Interno da Secretaria de Estado da Saúde. Objetiva o recorrente a reforma da referida Decisão e respectiva alteração do Edital no que tange às exigências de comprovação de regularidade junto ao Conselho Regional de Química ou CREA, e de comprovação de regularidade junto ao Conselho Regional de Nutrição. Diante, portanto, da interposição do referido recurso, vieram os autos para esta Diretoria de Controle, para adoção das providências devidas. 1

2 2. ANÁLISE 2.1. Admissibilidade Os pressupostos de admissibilidade do recurso de agravo estão previstos no art. 82 da Lei Complementar nº 202/2000 e art. 141 da Resolução nº TC-06/2001, que dispõem: Art. 82. De decisão preliminar do Tribunal e das Câmaras e de despacho singular do relator cabe Agravo, sem efeito suspensivo, podendo ser interposto pelo responsável ou interessado no prazo de cinco dias do recebimento da comunicação ou da publicação, conforme o caso, na forma estabelecida no Regimento Interno. Art O Agravo poderá ser interposto pelo prejudicado no prazo de cinco dias contados da publicação da decisão preliminar, ou da data do recebimento da comunicação ou notificação do despacho do Relator, devendo conter: I - a exposição do fato e do direito; II - as razões do pedido de reforma; III - a indicação das peças do processo que devam ser trasladadas. No caso, o recurso foi interposto por parte legítima, contendo a exposição dos fatos e do direito, as razões do pedido de reforma, cópia da decisão recorrida e preenche o requisito da tempestividade (Decisão Singular publicada no DOTC-e 11/06/2013 e petição protocolizada aos 14/06/2013). Assim, satisfeitos os pressupostos de admissibilidade deve ser conhecido o agravo Mérito Em que pese num primeiro momento a Secretaria Estadual de Saúde tenha readequado o Edital de Pregão Presencial nº 2807/2012, nos moldes determinado pela decisão ora impugnada, consoante se verifica dos autos do Processo REP 13/ às fls. 185 a 265, inclusive com a respectiva juntada do edital em comento devidamente alterado, vem o Sr. Dalmo Claro de Oliveira atual Secretário Estadual de Saúde, através do presente Recurso de Agravo, rever o posicionamento então firmado pela Secretaria de sua gestão, para buscar a reforma da Decisão e respectiva alteração do Edital no que tange à inclusão da 2

3 080 Fls. exigência de comprovação de regularidade junto ao Conselho Regional de Química ou CREA, e exclusão da exigência de comprovação de regularidade junto ao Conselho Regional de Nutrição. Consoante informado, em um primeiro momento a Unidade, em atenção ao prazo concedido para adoção das providências determinadas através do Despacho nº GASNI 024/2013, lavrado nos autos do Processo REP nº 13/ , manifestou-se informando que procedeu a alteração recomendada por este Tribunal, abstendo-se, portanto, de exigir a comprovação de regularidade junto ao CREA ou CRQ, bem como juntou o respectivo Edital alterado. Agora, por ocasião do Recurso de Agravo, sustenta o Sr. Secretário Estadual de Saúde, que a exigência de comprovação de regularidade junto ao Conselho Regional de Química ou CREA decorre do fato de que a operacionalidade da empresa será dentro da Unidade Hospitalar. Reforça também o recorrente que a execução compreende diretamente armazenamento de alimentos, envolvendo riscos inerente à tal atividade, e que: Há previsão de que a empresa promova periodicamnete a desinsetização e desratização, tenha plano de gerenciamento de resíduos e do lixo, bem como, assuma os riscos decorrentes de DTA (Doeças Transmissíveis por Alimentos), conforme consta nas fls. 96, 105, 143. Responsabilidades estas que são de profissionais pertencentes aos conselhos supramencionados. Prosseguindo, colacionou o que dispõe a Resolução nº 194/98, do Conselho Federal de Química, acerca das atribuições destes profissionais, e afirmou no sentido de não restringir a competitividade oportunizando ainda a comprovação de regularidade junto ao CREA, colacionando jurisprudências acerca do assuntado. Ao final, ponderou que o ato típico da profissão é o que determinará a competência do conselho de fiscalização, asseverando que se uma empresa ou pessoa física se situa na área de produção de alimentos, deverá ela registrar-se no CREA ou CRQ, e que a exigência além de tecnicamente viável, visa assegurar uma boa execução dos serviços prestados. Passa-se à análise. Por ocasião da sedimentação da restrição nos autos do processo REP nº 13/ , esta área técnica considerou, através de seu Relatório de Instrução nº 158/2013, que: [...] 3

4 Ainda que outro possa ser o entendimento, entende-se que os argumentos trazidos pela empresa representante são bem consistentes e suficientes para a formalização da restrição. Somado às alegações da representante deve-se salientar que o próprio Anexo I- A, que consiste no Manual de Dietas do Serviço de Nutrição e Dietética do Hospital Governador Celso Ramos, com o objetivo de detalhar o tipo de alimentação a ser servida por ocasião da execução dos serviços, restou elaborado por uma equipe de quatro profissionais, todas nutricionistas, o que denota a relação entre o objeto e os profissionais daquela especialidade. Desta forma, mostra-se controverso o Edital ao exigir comprovação de regularidade da proponente junto ao Conselho Regional de Química ou ao Conselho Regional de Engenharia, abstendo-se de exigir, alternativamente, a comprovação de regularidade junto ao Conselho Regional de Nutrição. Neste contexto, a exigência contida no Edital parece representar limitação ao caráter competitivo do certame, representando violação ao que resta disposto no artigo 3º, parágrafo 1º, inciso I, da Lei nº 8.666/93. [...] Os fundamentos restaram reforçados pela Exma. Relatora, que em seu Despacho nº GASNI 024/2013, assim exarou: [...] Contudo, verifico que o objeto principal da contratação é a produção e distribuição de refeições no ambiente hospitalar, atividade esta afeta ao profissional da área de nutrição, razão pela qual o registro junto ao Conselho Regional de Nutrição deve ser exigido como condição para a qualificação técnica. Destaco que em pesquisa a editais relativos a outros hospitais, como o Pregão Eletrônico n , promovido pela Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, e o Pregão Presencial n , relativo ao Hospital Dr. Mario Gatti, promovido pela Prefeitura Municipal de Campinas - SP, verifiquei que foi estabelecida exigência de comprovação de regularidade junto ao Conselho Regional de Nutrição. Ressalto ainda que os serviços de desintetização, desratização e de gerenciamento de resíduos são acessórios ao objeto principal. Sendo assim, constituem-se em requisitos para a execução do contrato, devendo sua especificação constar do projeto básico, inclusive com a exigência de que haja profissional responsável. Sendo assim, o estabelecimento da regularidade junto ao Conselho Regional de Nutrição deve ser incluído como requisito para a habilitação técnica dos licitantes, enquanto que os serviços afetos à área de engenharia e química devem ser definidos junto ao projeto básico, não sendo pertinente a exigência de regularidade junto ao CREA e ao CRC no momento da qualificação técnica. (grifou-se) Ora, os fundamentos que levaram ao entendimento, tanto pela área técnica, como pela Exma. Relatora do processo restam embasados na verificação de que a atividade preponderante que se pretende contratar através do Pregão Presencial nº 2807/2012, está afeta a atividade ligada à profissão de nutricionista e, portanto, à respectiva comprovação de regularidade junto ao Conselho Regional de Nutrição. 4

5 081 Fls. Reforçando o entendimento firmado, cabe salientar o que dispõe a Resolução nº 380/2005 do Conselho Federal de Nutrição, que dispõe sobre a definição das áreas de atuação do nutricionista e suas atribuições, e estabelece parâmetros numéricos de referência, por área de atuação, e dá outras providências: Art. 2º. São definidas as seguintes áreas de atuação do nutricionista: I. Alimentação Coletiva - atividades de alimentação e nutrição realizadas nas Unidades de Alimentação e Nutrição (UAN), como tal entendidas as empresas fornecedoras de serviços de alimentação coletiva, serviços de alimentação auto-gestão, restaurantes comerciais e similares, hotelaria marítima, serviços de buffet e de alimentos congelados, comissarias e cozinhas dos estabelecimentos assistenciais de saúde; atividades próprias da Alimentação Escolar e da Alimentação do Trabalhador; II. Nutrição Clínica - atividades de alimentação e nutrição realizadas nos hospitais e clínicas, nas instituições de longa permanência para idosos, nos ambulatórios e consultórios, nos bancos de leite humano, nos lactários, nas centrais de terapia nutricional, nos Spa e quando em atendimento domiciliar; III. Saúde Coletiva - atividades de alimentação e nutrição realizadas em políticas e programas institucionais, de atenção básica e de vigilância sanitária; IV. Docência - atividades de ensino, extensão, pesquisa e coordenação relacionadas à alimentação e à nutrição; V. Indústria de Alimentos - atividades de desenvolvimento e produção de produtos relacionados à alimentação e à nutrição; (grifou-se). Neste sentido, considerando a própria informação trazida pelo recorrente de que a atividade básica que se pretende contratar através do Pregão Presencial nº 2807/2012 é a produção de alimentos, e considerando o que resta disposto no artigo 2º da Resolução nº 380/2005 do Conselho Federal de Nutrição, somadas ainda aos fundamentos que levaram à consolidação do apontamento, entende-se que não assiste razão à recorrente, devendo ser mantida na integralidade a Decisão recorrida. 3. CONCLUSÃO Considerando que não se vislumbram elementos suficientes para a revisão do entendimento já consolidado no processo REP 13/ ; Diante do exposto, a Diretoria de Controle de Licitações e Contratações sugere ao Exmo. Sr. Relator: 5

6 3.1. CONHECER do Recurso de Agravo, interposto nos termos do art. 82 da Lei Complementar nº 202, de 15 de dezembro de 2000, contra o Despacho nº GASNI 024/2013, exarado nos autos do Processo REP-13/ , para no mérito negar-lhe provimento, ratificando na íntegra a Decisão Recorrida, tendo em vista que as razões de defesa e documentos apresentados no recurso não são suficientes para afastar os indícios de irregularidades que motivaram a sustação da licitação DETERMINAR o ARQUIVAMENTO dos Autos Dar ciência do Relatório Técnico e da Decisão ao Responsável, Sr. Dalmo Claro de Oliveira Secretário Estadual de Saúde, à Assessoria Jurídica e ao Controle Interno da Secretaria de Estado da Saúde É o Relatório. Diretoria de Controle de Licitações e Contratações, em 01 de julho de GUSTAVO PICCOLI PFITSCHER AUDITOR FISCAL DE CONTROLE EXTERNO De acordo: ANTONIO CARLOS BOSCARDIN FILHO CHEFE DA DIVISÃO DENISE REGINA STRUECKER COORDENADORA Encaminhem-se os Autos à elevada consideração do Exmo. Sr. Relator Sabrina Nunes Iocken. FLAVIA LETICIA FERNANDES BAESSO MARTINS DIRETORA 6

FUNDAMENTOS E HISTÓRIA DA NUTRIÇÃO. Profª Omara Machado Araujo de Oliveira

FUNDAMENTOS E HISTÓRIA DA NUTRIÇÃO. Profª Omara Machado Araujo de Oliveira FUNDAMENTOS E HISTÓRIA DA NUTRIÇÃO Profª Omara Machado Araujo de Oliveira Nutricionista (UFF) Mestre em Saúde Coletiva (UFF) Pós-Graduada em Nutrição Clínica ( UFF) ATRIBUIÇÕES LEGAIS E ESPECÍFICAS DO

Leia mais

ÁREAS DE ATUAÇÃO, PERFIL E COMPETÊNCIAS DOS EGRESSOS DOS NOVOS CURSOS

ÁREAS DE ATUAÇÃO, PERFIL E COMPETÊNCIAS DOS EGRESSOS DOS NOVOS CURSOS CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA ACADÊMICA ÁREAS DE ATUAÇÃO, PERFIL E COMPETÊNCIAS DOS EGRESSOS DOS NOVOS CURSOS 3. CURSO DE NUTRIÇÃO Área de atuação De acordo com a RESOLUÇÃO

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE ATOS DE PESSOAL Inspetoria 1 DIVISÃO 1

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE ATOS DE PESSOAL Inspetoria 1 DIVISÃO 1 TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE ATOS DE PESSOAL Inspetoria 1 DIVISÃO 1 PROCESSO Nº: REP 11/00278840 UNIDADE GESTORA: PREFEITURA MUNICIPAL DE TIJUCAS INTERESSADO:

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES 930. PROCESSO Nº: REP-12/00509274 UNIDADE GESTORA: Secretaria de Estado da Administração RESPONSÁVEL: Milton

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES Fls 134. PROCESSO Nº: UNIDADE GESTORA: RESPONSÁVEL: INTERESSADO: ASSUNTO: RELATÓRIO REINSTRUÇÃO: DE REP-13/00665910

Leia mais

MARCO ANTÔNIO TEOBALDI, ex-prefeito MUNICIPAL DE JOINVILLE ASSUNTO

MARCO ANTÔNIO TEOBALDI, ex-prefeito MUNICIPAL DE JOINVILLE ASSUNTO Fls. 353 TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES INSPETORA 2 DIVISÃO 6 PROCESSO Nº REP 09/00054654 UNIDADE GESTORA PREFEITURA MUNICIPAL DE JOINVILLE

Leia mais

O trabalho do CFN amplia o campo de atuação dos nutricionistas.

O trabalho do CFN amplia o campo de atuação dos nutricionistas. O trabalho do CFN amplia o campo de atuação dos nutricionistas. Quando o campo se expande, mais profissionais chegam ao mercado, mais áreas de atuação se formam e a categoria conquista mais visibilidade.

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES. UNIDADE GESTORA: Prefeitura Municipal de Lages

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES. UNIDADE GESTORA: Prefeitura Municipal de Lages TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES PROCESSO Nº: REP-14/00239335 UNIDADE GESTORA: Prefeitura Municipal de Lages RESPONSÁVEL: Elizeu Mattos

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES PROCESSO Nº: UNIDADE GESTORA: RESPONSÁVEIS: INTERESSADO: ASSUNTO: RELATÓRIO REINSTRUÇÃO: DE ELC-14/00549369

Leia mais

DECISÃO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº 04/2014 PROCESSO LICITATÓRIO Nº 034/2014

DECISÃO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº 04/2014 PROCESSO LICITATÓRIO Nº 034/2014 DECISÃO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº 04/2014 PROCESSO LICITATÓRIO Nº 034/2014 Impugnação ao edital da licitação em epígrafe, proposta por PLANINVESTI ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇOS LTDA, mediante

Leia mais

RESPOSTA À IMPUGNAÇÃO

RESPOSTA À IMPUGNAÇÃO Processo n.º: 08008.000216/2014-11 Interessado: COSEG Assunto: Resposta à Impugnação do Sindicato das Empresas de Asseio, Conservação, Trabalho Temporário e Serviços Terceirizáveis do DF SEAC/DF, ao Pregão

Leia mais

Tendências no mercado da nutrição

Tendências no mercado da nutrição Parceiros Tendências no mercado da nutrição Apresentação: Nut. Juliana Tolêdo de Faria Graduada em Nutrição FANUT/UFG Esp. Nutrição em Saúde Pública FANUT/UFG Esp. Atividade Física e suas Bases Nutricionais

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA CONSULTORIA GERAL

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA CONSULTORIA GERAL TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA CONSULTORIA GERAL 018 PROCESSO Nº: REC-12/00060226 UNIDADE GESTORA: Polícia Militar do Estado de Santa Catarina RESPONSÁVEL: Alvir Antonio Schneider INTERESSADO:

Leia mais

JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO. Referência: Pregão Presencial para Registro de Preço n 071/2013 Processo Administrativo de compras n 146/2013

JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO. Referência: Pregão Presencial para Registro de Preço n 071/2013 Processo Administrativo de compras n 146/2013 Betim (MG), 27 de Fevereiro de 2014 JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO Referência: Pregão Presencial para Registro de Preço n 071/2013 Processo Administrativo de compras n 146/2013 Cuida-se de resposta do Pedido

Leia mais

DECISÃO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº 05/2011

DECISÃO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº 05/2011 DECISÃO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº 05/2011 Impugnação ao edital da licitação em epígrafe, proposta por NORTH SEGURANÇA LTDA, mediante protocolo nº 2011/004806, datado de 06/09/2011. 1

Leia mais

PROCESSO Nº TST-RR-1132-24.2011.5.23.0008. A C Ó R D Ã O (1ª Turma) GMWOC/th/af

PROCESSO Nº TST-RR-1132-24.2011.5.23.0008. A C Ó R D Ã O (1ª Turma) GMWOC/th/af A C Ó R D Ã O (1ª Turma) GMWOC/th/af RECURSO DE REVISTA. REGULARIDADE DE REPRESENTAÇÃO. DECLARAÇÃO DE AUTENTICIDADE DO MANDATO FIRMADA PELO ADVOGADO CONSTITUÍDO. A Lei nº 11.925/2009, que alterou a redação

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE INFORMÁTICA. UNIDADE GESTORA: Câmara Municipal de São José

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE INFORMÁTICA. UNIDADE GESTORA: Câmara Municipal de São José TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE INFORMÁTICA 134 Fls. PROCESSO Nº: REP-14/00211406 UNIDADE GESTORA: Câmara Municipal de São José RESPONSÁVEL: Sanderson Almeci de Jesus INTERESSADO:

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES 2158. PROCESSO Nº: UNIDADE GESTORA: RESPONSÁVEIS: INTERESSADO: ASSUNTO: RELATÓRIO DE INSTRUÇÃO DESPACHO:

Leia mais

FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Contratação de Empresa Especializada na Prestação de Serviços de Limpeza na Sede da FAPESP

FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Contratação de Empresa Especializada na Prestação de Serviços de Limpeza na Sede da FAPESP 1 Processo: A 06/018 Interessado: Assunto: Gerência Administrativa Contratação de Empresa Especializada na Prestação de Serviços de Limpeza na Sede da FAPESP Referência: Impugnação ao Edital do Pregão

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO RELATOR - CONSELHEIRO ANTONIO ROQUE CITADINI 12ª SESSÃO ORDINÁRIA DA SEGUNDA CÂMARA, DIA 06/05/2014 ITENS: 35 e 36 Processo: TC-006335/026/10 Representante(s): Albatroz Segurança e Vigilância Ltda., por

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES INSPETORIA 2 DIVISÃO 5

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES INSPETORIA 2 DIVISÃO 5 TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES INSPETORIA 2 DIVISÃO 5 PROCESSO RPL 06/00331939 UNIDADE GESTORA SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA - SEF INTERESSADO

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Acórdão 236/97 - Plenário - Ata 42/97 Processo nº TC 299.048/93-4. Interessados: Byron Costa Queiroz, Presidente, e Osmundo Evangelista Rebouças, Presidente

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES Fls 034. PROCESSO Nº: REP-13/00722905 UNIDADE GESTORA: Defensoria Pública do Estado de Santa Catarina RESPONSÁVEL:

Leia mais

OFÍCIO N. 46/2013 - TERMO DE REMESSA DOS PRESENTES AUTOS COM RELATÓRIO AO GABINETE DA PREFEITA DO MUNICÍPIO DE JEQUIÉ- BAHIA

OFÍCIO N. 46/2013 - TERMO DE REMESSA DOS PRESENTES AUTOS COM RELATÓRIO AO GABINETE DA PREFEITA DO MUNICÍPIO DE JEQUIÉ- BAHIA Jequié-Bahia, 13 de maio de 2013. OFÍCIO N. 46/2013 - TERMO DE REMESSA DOS PRESENTES AUTOS COM RELATÓRIO AO GABINETE DA PREFEITA DO MUNICÍPIO DE JEQUIÉ- BAHIA EXMA. SRA. DRA. TÂNIA DINIZ CORREIA LEITE

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO AUDITORIA INTERNA SECRETARIA DE ORIENTAÇÃO E AVALIAÇÃO PARECER SEORI/AUDIN-MPU Nº 2.266/2014

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO AUDITORIA INTERNA SECRETARIA DE ORIENTAÇÃO E AVALIAÇÃO PARECER SEORI/AUDIN-MPU Nº 2.266/2014 MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO AUDITORIA INTERNA SECRETARIA DE ORIENTAÇÃO E AVALIAÇÃO PARECER SEORI/AUDIN-MPU Nº 2.266/2014 Referência : Ofício nº 056/2014-AJC-PRT/8ª. Protocolo AUDIN-MPU 1306/2014. Assunto

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União NOTA TÉCNICA /2012/OGU/CGU-PR Referência: 99903.000086/2012-14 Assunto: Recurso contra decisão prolatada sobre recurso em 2º instância, referente ao pedido de acesso à informação requerido ao Ministério

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina Fl. Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina PREGÃO N. 86/2011 PROTOCOLO N. 53.405/2011 ASSUNTO: Contratação de empresa especializada para execução dos serviços de desinsetização e desratização dos

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA EM SERGIPE ASSESSORIA JURÍDICA

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA EM SERGIPE ASSESSORIA JURÍDICA Parecer Jurídico n.º 010/2015 Impugnação ao Edital n 01/2015 MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA EM SERGIPE ASSESSORIA JURÍDICA IMPUGNAÇÃO AO EDITAL. LICITAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS

Leia mais

Decisão de Pregoeiro n 0032/2009-SLC/ANEEL. Em 14 de julho de 2009.

Decisão de Pregoeiro n 0032/2009-SLC/ANEEL. Em 14 de julho de 2009. Decisão de Pregoeiro n 0032/2009-SLC/ANEEL Em 14 de julho de 2009. Processo nº: 48500.003047/2009-67 Licitação: Pregão Eletrônico nº 45/2009 Assunto: Análise da IMPUGNAÇÃO AO EDITAL apresentada pela empresa

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS - 6ª REGIÃO PE - AL - PB - RN - PI - MA - CE REGULAMENTO PRÊMIO EMÍLIA AURELIANO DE ALENCAR MONTEIRO 2013

CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS - 6ª REGIÃO PE - AL - PB - RN - PI - MA - CE REGULAMENTO PRÊMIO EMÍLIA AURELIANO DE ALENCAR MONTEIRO 2013 REGULAMENTO PRÊMIO EMÍLIA AURELIANO DE ALENCAR MONTEIRO 2013 CAPÍTULO I - DA CRIAÇÃO DO PRÊMIO SEÇÃO I DA INSTITUIÇÃO Artigo 1 º O PRÊMIO EMÍLIA AURELIANO DE ALENCAR MONTEIRO foi instituído pelo Plenário

Leia mais

CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO

CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO Origem: PRT 2ª Região Interessado(s) 1: Sigiloso Interessado(s) 2: Prefeitura de São Paulo Secretaria Municipal de Planejamento Orçamento e Gestão Coordenadoria de Gestão

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES INSPETORIA 2 DIVISÃO 4

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES INSPETORIA 2 DIVISÃO 4 205 TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES INSPETORIA 2 DIVISÃO 4 PROCESSO REP- 08/00692748 UNIDADE GESTORA Companhia Águas de Joinville INTERESSADO

Leia mais

DECISÃO Nº 0001/2015 DE IMPUGNAÇÃO DE LICITAÇÃO

DECISÃO Nº 0001/2015 DE IMPUGNAÇÃO DE LICITAÇÃO DECISÃO Nº 0001/2015 DE IMPUGNAÇÃO DE LICITAÇÃO PROCESSO nº: 0012/2015 REFERÊNCIA: PREGÃO PRESENCIAL nº 04/2015 OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA ORGANIZAÇÃO E REALIZAÇÃO DA SEMANA SERGIPANA

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO Secretaria de Gestão Pública Departamento de Políticas de Saúde, Previdência e Benefícios do Servidor Esplanada dos Ministérios, Bloco C, 7º andar, Sala 793

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO Substituto de Conselheiro Josué Romero Tribunal Pleno Sessão: 4/2/2015 46 TC-000598/010/10 - RECURSO ORDINÁRIO Recorrente(s): Prefeitura Municipal de Porto Ferreira e Maurício Sponton Rasi Prefeito à época.

Leia mais

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO TOCANTINS EDITAL PREGÃO PRESENCIAL 008/2015 ASSUNTO:

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO TOCANTINS EDITAL PREGÃO PRESENCIAL 008/2015 ASSUNTO: SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO TOCANTINS EDITAL PREGÃO PRESENCIAL 008/2015 ASSUNTO: Impugnação ao Edital oferecida pela empresa QATIVE TECNOLOGIA E EVENTOS LTDA. DECISÃO DA COMISSÃO PERMANENTE

Leia mais

TRIBUNAL PLENO - SESSÃO: 05/11/2014 EXAME PRÉVIO DE EDITAL SEÇÃO MUNICIPAL

TRIBUNAL PLENO - SESSÃO: 05/11/2014 EXAME PRÉVIO DE EDITAL SEÇÃO MUNICIPAL TRIBUNAL PLENO - SESSÃO: 05/11/2014 EXAME PRÉVIO DE EDITAL SEÇÃO MUNICIPAL (M-003) EXPEDIENTE: TC - 005074.989.14-6. REPRESENTANTE: CONTE & CONTE COMÉRCIO E SERVIÇOS DE INFORMÁTICA. REPRESENTADA: PREFEITURA

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA CONSULTORIA GERAL

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA CONSULTORIA GERAL TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA CONSULTORIA GERAL 020 Fls. PROCESSO Nº: REC-13/00069128 UNIDADE GESTORA: Câmara Municipal de Santa Rosa de Lima RESPONSÁVEL: Nivaldo Vandresen ASSUNTO: Recurso

Leia mais

RELATÓRIO. O Sr. Des. Fed. FRANCISCO WILDO (Relator):

RELATÓRIO. O Sr. Des. Fed. FRANCISCO WILDO (Relator): APELAÇÃO CÍVEL Nº 511146/AL (0002840-14.2010.4.05.8000) APTE : CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS DA 6ª REGIÃO (AL/PE/PB/RN/CE/PI/MA) ADV/PROC : ALINE JANISZEWSKI LINS APDO : SHBRS/AL - SINDICATO DOS

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES. UNIDADE GESTORA: Prefeitura Municipal de Palhoça

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES. UNIDADE GESTORA: Prefeitura Municipal de Palhoça TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES Fls 109. PROCESSO Nº: REP-12/00376967 UNIDADE GESTORA: Prefeitura Municipal de Palhoça RESPONSÁVEL: Ronério

Leia mais

RESOLUÇÃO CFN N.º 229/1999

RESOLUÇÃO CFN N.º 229/1999 RESOLUÇÃO CFN N.º 229/1999 DISPÕE SOBRE O REGISTRO E CADASTRO DE PESSOAS JURÍDICAS NOS CONSELHOS REGIONAIS DE NUTRICIONISTAS, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS O Conselho Federal de Nutricionistas (CFN), no uso

Leia mais

FL. 1 de 6 VOTO PROCESSO: 48500.000092/2014-27. INTERESSADO: Copel Distribuição S.A. - Copel Dis. RELATOR: Diretor André Pepitone da Nóbrega

FL. 1 de 6 VOTO PROCESSO: 48500.000092/2014-27. INTERESSADO: Copel Distribuição S.A. - Copel Dis. RELATOR: Diretor André Pepitone da Nóbrega FL. 1 de 6 VOTO PROCESSO: 48500.000092/2014-27 INTERESSADO: Copel Distribuição S.A. - Copel Dis RELATOR: Diretor André Pepitone da Nóbrega RESPONSÁVEL: DIRETORIA DIR ASSUNTO: Recurso Administrativo interposto

Leia mais

Pregão Eletrônico nº 04/2013-CGTI/DPF Processo administrativo nº 08206.000881/2012-14 JULGAMENTO DE RECURSO

Pregão Eletrônico nº 04/2013-CGTI/DPF Processo administrativo nº 08206.000881/2012-14 JULGAMENTO DE RECURSO Pregão Eletrônico nº 04/2013-CGTI/DPF Processo administrativo nº 08206.000881/2012-14 JULGAMENTO DE RECURSO Trata-se do Pregão Eletrônico para Formação de Registro de Preços para futura contratação de

Leia mais

Apreciação de Recurso Administrativo Pregão Presencial nº. 18/2007

Apreciação de Recurso Administrativo Pregão Presencial nº. 18/2007 Processo: A 07/204 Interessado: Assunto: Gerência Administrativa Contratação de empresa especializada para a prestação de serviços em implementação de windows server 2003 enterprise, active directory,

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES 102 Fls. TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES PROCESSO Nº: REP-10/00106362 UNIDADE GESTORA: Prefeitura Municipal de Tubarão RESPONSÁVEIS: Manoel

Leia mais

Tribunal de Contas da União. Assunto: Solicitação do Congresso Nacional. Colegiado: Plenário. Classe: Classe II

Tribunal de Contas da União. Assunto: Solicitação do Congresso Nacional. Colegiado: Plenário. Classe: Classe II Tribunal de Contas da União Assunto: Solicitação do Congresso Nacional. Colegiado: Plenário Classe: Classe II Sumário: Solicitação de Auditoria na Prefeitura Municipal de Cajuri - MG, para esclarecer questões

Leia mais

A C Ó R D Ã O SEDC/2008 GMFEO/MEV

A C Ó R D Ã O SEDC/2008 GMFEO/MEV A C Ó R D Ã O SEDC/2008 GMFEO/MEV RECURSO ORDINÁRIO. DISSÍDIO COLETIVO DE NATUREZA ECONÔMICA. ULTRAFÉRTIL S.A. ILEGITIMIDADE PASSIVA AD CAUSAM. O sindicato-suscitante, na qualidade de representante de

Leia mais

PARECER JURÍDICO N 110/2014 - ASJUR

PARECER JURÍDICO N 110/2014 - ASJUR PROCESSO(S) N(S)º : 56356509/2014 e 57368845/2014 INTERESSADO : L. D. Equipamentos Profissionais Ltda. ASSUNTO : Impugnação Pregão Presencial n 019/2014 PARECER JURÍDICO N 110/2014 - ASJUR Os autos aportaram

Leia mais

Entidade: Unidade: Coordenação de Serviços Gerais da Secretaria de Administração-Geral do Ministério da Educação e do Desporto

Entidade: Unidade: Coordenação de Serviços Gerais da Secretaria de Administração-Geral do Ministério da Educação e do Desporto Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0237-21/99-1 Identidade do documento: Acórdão 237/1999 - Primeira Câmara Ementa: Tomada de Contas. Coordenação de Serviços Gerais da Secretaria de Administração-Geral

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO EXAME PRÉVIO DE EDITAL RELATOR CONSELHEIRO SIDNEY ESTANISLAU BERALDO TRIBUNAL PLENO - SESSÃO DE 26-03-2014 MUNICIPAL REFERENDO ============================================================ Processo: TC-001177.989.14-2

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE RORAIMA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE RORAIMA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE RORAIMA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO Assunto: Interposição de recurso administrativo impetrado pela empresa MENDONÇA & CIA LTDA, CNPJ 05.624.684/0001-16, situada a Av.

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo

Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo Processo Administrativo Digital 1 n. 5.414/2014 Assunto: Pregão Eletrônico Federal n. 15/2015, referente ao registro de preços para contratação de serviços de manutenção de extintores de incêndio. Impugnante:

Leia mais

RESPOSTA À IMPUGNAÇÃO IMPUGNANTE: RIBAL LOCADORA DE VEÍCULOS LTDA CNPJ.: 07.605.506/0001-73

RESPOSTA À IMPUGNAÇÃO IMPUGNANTE: RIBAL LOCADORA DE VEÍCULOS LTDA CNPJ.: 07.605.506/0001-73 MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO GERAL DE ADMINISTRAÇÃO E RECURSOS HUMANOS COORDENAÇÃO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO

Leia mais

AGRAVO DE INSTRUMENTO: Conceito: é o recurso adequado para a impugnação das decisões que denegarem seguimento a outro recurso.

AGRAVO DE INSTRUMENTO: Conceito: é o recurso adequado para a impugnação das decisões que denegarem seguimento a outro recurso. AGRAVO DE INSTRUMENTO: Conceito: é o recurso adequado para a impugnação das decisões que denegarem seguimento a outro recurso. Por que se diz instrumento: a razão pela qual o recurso se chama agravo de

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO RELATÓRIO

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO RELATÓRIO MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO Recurso n2 5.550 - CRSNSP Processo n2 15414.005009/2005-35- SUSEP Recorrente

Leia mais

PROCURADORIA-GERAL DO TRABALHO CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO

PROCURADORIA-GERAL DO TRABALHO CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO Origem: PRT da 4ª Região Órgão Oficiante: Dr. Roberto Portela Mildner Interessado 1: Sindicato dos Bancários de Porto Alegre e Região. Interessado 2: Banco Bradesco S/A. Assuntos: Meio ambiente do trabalho

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO 1 Ref.: PA Nº 1255/2012 Manifestação da Pregoeira em face da Impugnação apresentada pela empresa EMPRESA BRASILEIRA DE TELECOMUNICAÇÕES S.A. - EMBRATEL, referentes ao Edital do Pregão Eletrônico nº 069/2012.

Leia mais

DIÁRIO OFICIAL Nº 004/2014 DO DIA 11/01/2014

DIÁRIO OFICIAL Nº 004/2014 DO DIA 11/01/2014 DIÁRIO OFICIAL Nº 004/2014 DO DIA 11/01/2014 LEI Nº 17.976 /2014 Delibera sobre o Processo Administrativo Tributário da Secretaria de Finanças e altera dispositivos da Lei nº 15.563, de 27 de dezembro

Leia mais

PORTARIA TRT 18ª GP/DG nº 045/2013 (Republicada por força do art. 2 da Portaria TRT 18ª GP/DG nº 505/2014) Dispõe sobre a competência, a estrutura e

PORTARIA TRT 18ª GP/DG nº 045/2013 (Republicada por força do art. 2 da Portaria TRT 18ª GP/DG nº 505/2014) Dispõe sobre a competência, a estrutura e PORTARIA TRT 18ª GP/DG nº 045/2013 (Republicada por força do art. 2 da Portaria TRT 18ª GP/DG nº 505/2014) Dispõe sobre a competência, a estrutura e a atuação da Secretaria de Controle Interno e dá outras

Leia mais

Interessados: INTERESSADA: ELESERVICE do Brasil - Componentes Eletrônicos Ltda.

Interessados: INTERESSADA: ELESERVICE do Brasil - Componentes Eletrônicos Ltda. Tribunal de Contas da União Número do documento: DC-0255-19/99-P Identidade do documento: Decisão 255/1999 - Plenário Ementa: Representação formulada por licitante. Possíveis irregularidades praticadas

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO SECRETARIA DE ESTADO DE DIREITOS HUMANOS E PARTICIPAÇÃO POPULAR VIVA CIDADÃO

ESTADO DO MARANHÃO SECRETARIA DE ESTADO DE DIREITOS HUMANOS E PARTICIPAÇÃO POPULAR VIVA CIDADÃO Folha nº Processo nº Rubrica: Matrícula: Processo n.º 148030/2015 Assunto: Análise do pedido de impugnação do Edital do Pregão nº 13/2015 referente à contratação de empresa especializada na aquisição e

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA CONSULTORIA GERAL

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA CONSULTORIA GERAL TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA CONSULTORIA GERAL 092 Fls. PROCESSO Nº: REC-10/00748712 UNIDADE GESTORA: Agência de Fomento do Estado de Santa Catarina S.A. - BADESC RESPONSÁVEL: Renato

Leia mais

PODER JUDICIáRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO JUIZ FRANCISCO CAVALCANTI

PODER JUDICIáRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO JUIZ FRANCISCO CAVALCANTI APELAÇÃO / REEXAME NECESSÁRIO Nº 26674 PB (0000052-38.2012.4.05.8200) APELANTE : CONSELHO FEDERAL DE BIOMEDICINA - CFBM ADV/PROC : AUGUSTO CESAR DE ARAUJO APELADO : UFPB - UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO DE MINAS GERAIS AUTARQUIA CRIADA PELA LEI Nº 4.769, DE 09/09/1965

CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO DE MINAS GERAIS AUTARQUIA CRIADA PELA LEI Nº 4.769, DE 09/09/1965 COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO Referência : Processo n.º 6/2014 Carta Convite nº 01/2014 Ementa: Análise do recurso administrativo apresentado pela licitante Borges 2 Borges Consultoria e Treinamento

Leia mais

GILIC/BR Gerência de Filial de Licitações e Contratações SCS Quadra 04 Bloco A lotes 106/136 Edifício Centro Oeste CEP 70304-906 Brasília/DF

GILIC/BR Gerência de Filial de Licitações e Contratações SCS Quadra 04 Bloco A lotes 106/136 Edifício Centro Oeste CEP 70304-906 Brasília/DF GILIC/BR Gerência de Filial de Licitações e Contratações SCS Quadra 04 Bloco A lotes 106/136 Edifício Centro Oeste CEP 70304-906 Brasília/DF Ofício nº 1-0020/2009 GILIC/BR - Licitação Brasília, 6 de abril

Leia mais

Assunto: Relatório de Auditoria Operacional realizada na Escola Agrotécnica Federal de Catu-BA.

Assunto: Relatório de Auditoria Operacional realizada na Escola Agrotécnica Federal de Catu-BA. Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Decisão 6/93 - Plenário - Ata 03/93 Processo nº TC 250.488/91-4 Responsável: João Batista Alves Novaes - Diretor Entidade: Escola Agrotécnica Federal de CATU-BA

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Acórdão 291/96 - Segunda Câmara - Ata 17/96 Processo nº TC 399.124/93-4 Responsável: Sebastião Fernandes Barbosa Entidade: Prefeitura Municipal de Minas Novas

Leia mais

EMPRESA MUNICIPAL DE INFORMÁTICA S/A IPLANRIO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ESCLARECIMENTO PROCESSO 01.300.180/2012 PE 0266/2012

EMPRESA MUNICIPAL DE INFORMÁTICA S/A IPLANRIO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ESCLARECIMENTO PROCESSO 01.300.180/2012 PE 0266/2012 EMPRESA MUNICIPAL DE INFORMÁTICA S/A IPLANRIO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ESCLARECIMENTO PROCESSO 01.300.180/2012 PE 0266/2012 Trata-se de impugnações interpostas pelas licitantes abaixo relacionadas,

Leia mais

JULGAMENTO RECURSO ADMINISTRATIVO DA EMPRESA ITS VIAGENS E TURISMO LTDA. EPP, CNPJ nº 03.667.498/0001-39

JULGAMENTO RECURSO ADMINISTRATIVO DA EMPRESA ITS VIAGENS E TURISMO LTDA. EPP, CNPJ nº 03.667.498/0001-39 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO Assessoria Especial para Modernização da Gestão Central de Compras e Contratações JULGAMENTO RECURSO ADMINISTRATIVO DA EMPRESA ITS VIAGENS E TURISMO LTDA.

Leia mais

Brasília, 05 de setembro de 2007

Brasília, 05 de setembro de 2007 DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO - DAD COORDENAÇÃO GERAL DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS CGADM COORDENAÇÃO DE INFRA-ESTRUTURA - COINF SERVIÇO DE LICITAÇÃO - SELIC Brasília, 05 de setembro de 2007 Ref.: Processo

Leia mais

Adoção do instituto jurídico do credenciamento para prestação de consultas médicas

Adoção do instituto jurídico do credenciamento para prestação de consultas médicas Adoção do instituto jurídico do credenciamento para prestação de consultas médicas CONSULTA N. 811.980 EMENTA: Consulta Prefeitura Municipal I. Realização de sistema de credenciamento para prestação de

Leia mais

MI ISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO ESTADO DE SERGIPE ASSESSORIA ESPECIAL PARECER

MI ISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO ESTADO DE SERGIPE ASSESSORIA ESPECIAL PARECER MI ISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO ESTADO DE SERGIPE ASSESSORIA ESPECIAL Proc. 0. 1.35.000.000335/2011-18 Assunto: Obra de construção do edifício-sede desta Procuradoria. PARECER Retomam

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Decisão 243/95 - Primeira Câmara - Ata 36/95 Processo nº TC 625.046/94-3 Responsáveis: José Alcides Marques Menezes, Antonio Carlos Menna Barreto Filho, Cléber

Leia mais

RESPOSTA À IMPUGNAÇÃO

RESPOSTA À IMPUGNAÇÃO RESPOSTA À IMPUGNAÇÃO IMPUGNANTE: DOMÍNIO INFORMÁTICA PROCESSO Nº.: 20120836 Recebia tempestivamente as razões de impugnação ao Edital da Concorrência nº 02/2012, que tem por objeto o REGISTRO DE PREÇOS

Leia mais

EXCELENTÍSSIMA SENHORA PRESIDENTE DO CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO. Objeto: Prestação de Serviço de Manutenção Predial

EXCELENTÍSSIMA SENHORA PRESIDENTE DO CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO. Objeto: Prestação de Serviço de Manutenção Predial EXCELENTÍSSIMA SENHORA PRESIDENTE DO CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO Pregão Presencial nº. 003/2008 Objeto: Prestação de Serviço de Manutenção Predial EMENTA: AUSÊNCIA DE COMPROVAÇÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES. - Junta de Revisão Fiscal

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES. - Junta de Revisão Fiscal PUBLICADA A DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. de / / Fls. Processo n.º: E-04/897.015/1999 SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES Sessão de 07 de Novembro de 2000 PRIMEIRA CÂMARA RECURSO N.º

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO A C Ó R D Ã O 3ª T U R M A PODER JUDICIÁRIO FEDERAL MEMBRO DE CONSELHO CONSULTIVO. ESTABILIDADE. DESCABIMENTO. Não faz jus à estabilidade sindical o empregado eleito pelo órgão consultivo da entidade,

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Acórdão 18/98 - Plenário - Ata 07/98 Processo nº TC 014.945/95-9 Interessados: Vânia Regina Soares Marques, Francisco Eduardo Pereira, Sérgio Eduardo Langkjer

Leia mais

Responsável (CPF): Nelson Monteiro da Rocha (549.133.147-34)

Responsável (CPF): Nelson Monteiro da Rocha (549.133.147-34) Tribunal de Contas da União Data DOU: 19/07/2004 Colegiado: Segunda Câmara Número da Ata: 25/2004 Texto do Documento: RELAÇÃO Nº 58/2004 - Segunda Câmara - TCU Gabinete do Ministro Benjamin Zymler Relação

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES. UNIDADE GESTORA: Prefeitura Municipal de Botuverá

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES. UNIDADE GESTORA: Prefeitura Municipal de Botuverá TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES Fls 095. PROCESSO Nº: REP-10/00773407 UNIDADE GESTORA: Prefeitura Municipal de Botuverá RESPONSÁVEL: Zenor

Leia mais

PROCURADORIA GERAL DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

PROCURADORIA GERAL DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO Referência: Pregão presencial nº 024/2012 Processo: 1.00.000.00100028/2012-41 Assunto: Impugnação de Edital PROCURADORIA GERAL DA REPÚBLICA A empresa JC CONTROLE AMBIENTAL LTDA-EPP, interpõe impugnação

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO GABINETE DO CONSELHEIRO EDUARDO BITTENCOURT CARVALHO

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO GABINETE DO CONSELHEIRO EDUARDO BITTENCOURT CARVALHO PROCESSO: CONTRATANTE: FUNDAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO - FDE RESPONSÁVEIS PELA CONTRATANTE: ARY JAMES PISSINATTO, DIRETOR ADMINISTRATIVO-FINANCEIRO; MÁRCIA ESTEVES MONTEIRO, RESPONDENDO PELA

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO DE MINAS GERAIS

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO DE MINAS GERAIS TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO DE MINAS GERAIS Belo Horizonte, 19 de outubro de 2015. ASSUNTO: ENCAMINHAMENTO AO PRESIDENTE: DECISÃO DA PREGOEIRA EM RELAÇÃO AO RECURSO ADMINISTRATIVO APRESENTADO

Leia mais

Tribunal reforma decisão denegatória de registro de ato de aposentadoria

Tribunal reforma decisão denegatória de registro de ato de aposentadoria Tribunal reforma decisão denegatória de registro de ato de aposentadoria RECURSO DE REVISÃO N. 734.672 EMENTA: Recurso de revisão Autarquia estadual Servidor ocupante de função pública Registro de aposentadoria

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.374.048 - RS (2013/0073161-8) RELATOR RECORRENTE ADVOGADO RECORRIDO ADVOGADO : MINISTRO HUMBERTO MARTINS : FAZENDA NACIONAL : PROCURADORIA-GERAL DA FAZENDA NACIONAL : EMERSON DA SILVA

Leia mais

ILUSTRÍSSIMA AUTORIDADE SUPERIOR POR INTERMÉDIO DO SENHOR PREGOEIRO DESIGNADO PELA PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO VERDE

ILUSTRÍSSIMA AUTORIDADE SUPERIOR POR INTERMÉDIO DO SENHOR PREGOEIRO DESIGNADO PELA PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO VERDE ILUSTRÍSSIMA AUTORIDADE SUPERIOR POR INTERMÉDIO DO SENHOR PREGOEIRO DESIGNADO PELA PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO VERDE REF.: PREGÃO PRESENCIAL Nº 148/2013 SAMTRONIC INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA., pessoa jurídica

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO PRIMEIRA CÂMARA SESSÃO DE 11/03/2014 ITEM 57

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO PRIMEIRA CÂMARA SESSÃO DE 11/03/2014 ITEM 57 PRIMEIRA CÂMARA SESSÃO DE 11/03/2014 ITEM 57 TC-039329/026/12 Contratante: Empresa de Transporte Coletivo de Diadema ETCD. Contratada: Ipiranga Produtos de Petróleo S/A. Autoridade Responsável pela Abertura

Leia mais

TRIBUNAL PLENO SESSÃO DE 11/09/2013 SECÇÃO MUNICIPAL EXAME PRÉVIO DE EDITAL. Representante: Vanderleia Silva Melo Advogada OAB/SP nº 293.

TRIBUNAL PLENO SESSÃO DE 11/09/2013 SECÇÃO MUNICIPAL EXAME PRÉVIO DE EDITAL. Representante: Vanderleia Silva Melo Advogada OAB/SP nº 293. TRIBUNAL PLENO SESSÃO DE 11/09/2013 SECÇÃO MUNICIPAL EXAME PRÉVIO DE EDITAL Processo: 1929.989.13-5 Representante: Vanderleia Silva Melo Advogada OAB/SP nº 293.204 Representada: Prefeito: Assunto: Prefeitura

Leia mais

Referência: Impugnação ao Edital do Pregão Presencial nº. 17/2006

Referência: Impugnação ao Edital do Pregão Presencial nº. 17/2006 1/6 Processo: A 06/166 Interessado: Gerência Administrativa Assunto: Aquisição de Toner Referência: Impugnação ao Edital do Pregão Presencial nº. 17/2006 A empresa JDM dos Anjos Cartuchos ME, inscrita

Leia mais

ANÁLISE CONSELHEIRO RELATOR RODRIGO ZERBONE LOUREIRO

ANÁLISE CONSELHEIRO RELATOR RODRIGO ZERBONE LOUREIRO CONSELHEIRO RELATOR ANÁLISE NÚMERO E ORIGEM: 114/2014-GCRZ DATA: 16/10/2014 RODRIGO ZERBONE LOUREIRO 1. ASSUNTO Recurso Administrativo interposto pela NEXTEL TELECOMUNICAÇÕES LTDA, CNPJ nº 66.970.229/0001-67,

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. 525/2008 TCE PLENO

RESOLUÇÃO Nº. 525/2008 TCE PLENO RESOLUÇÃO Nº. 525/2008 TCE PLENO 1. Processo nº: 03755/2007 2. Classe de Assunto: Procedimento Licitatório Dispensa 3. Origem: Secretaria da Saúde SESAU 4. Responsável: Eugênio Pacceli de Freitas Coelho

Leia mais

RESPOSTA À IMPUGNAÇÃO AO INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO Nº 004/2011

RESPOSTA À IMPUGNAÇÃO AO INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO Nº 004/2011 Processo nº: 00565/2011 Origem: Tribunal de Contas do Estado do Tocantins. Assunto: Impugnação ao Instrumento Convocatório. Interessado: GHS Indústria e Serviços LTDA. RESPOSTA À IMPUGNAÇÃO AO INSTRUMENTO

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 96, DE 16 JANEIRO DE 2012

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 96, DE 16 JANEIRO DE 2012 MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 96, DE 16 JANEIRO DE 2012 Dispõe sobre procedimentos para a divulgação e fiscalização do cumprimento da legislação

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO EM MANDADO DE SEGURANÇA Nº 37.688 - MG (2012/0080829-7) RELATOR : MINISTRO MAURO CAMPBELL MARQUES RECORRENTE : JOEL JORGE DAMASCENO ALVES E OUTRO ADVOGADO : HÉLIO SILVA DA COSTA E OUTRO(S) RECORRIDO

Leia mais

ATA DE JULGAMENTO DA IMPUGNAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 030/2010 PROCESSO Nº E-18/001.673 /2010 PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE CONSERVAÇÃO, LIMPEZA E HIGIENE.

ATA DE JULGAMENTO DA IMPUGNAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 030/2010 PROCESSO Nº E-18/001.673 /2010 PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE CONSERVAÇÃO, LIMPEZA E HIGIENE. AO ORDENADOR DE DESPESAS GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO ATA DE JULGAMENTO DA IMPUGNAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 030/2010 PROCESSO Nº E-18/001.673 /2010 PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE CONSERVAÇÃO, LIMPEZA E

Leia mais

Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER. Recurso contra decisão denegatória ao pedido de acesso à informação.

Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER. Recurso contra decisão denegatória ao pedido de acesso à informação. Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER Referência: 99902.000976/201-71 Assunto: Restrição de acesso: Ementa: Órgão ou entidade recorrido (a): Recurso contra decisão denegatória ao

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA imprimir Norma: RESOLUÇÃO Órgão: Conselho Federal de Medicina Número: 1980 Data Emissão: 07-12-2011 Ementa: Fixa regras para cadastro, registro, responsabilidade técnica e cancelamento para as pessoas

Leia mais

PROCESSO ADMINISTRATIVO (NUP) Nº 64592.000304/2011-06 PREGÃO ELETRÔNICO N 016/2011

PROCESSO ADMINISTRATIVO (NUP) Nº 64592.000304/2011-06 PREGÃO ELETRÔNICO N 016/2011 MINISTERIO DA DEFESA EXERCITO BRASILEIRO HOSPITAL DE GUARNIÇÃO DE NATAL (H Mil Natal/1941) PROCESSO ADMINISTRATIVO (NUP) Nº 64592.000304/2011-06 PREGÃO ELETRÔNICO N 016/2011 Senhor Ordenador de Despesas,

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO EM MANDADO DE SEGURANÇA Nº 26.044 - MS (2008/0000154-1) RELATORA RECORRENTE ADVOGADO RECORRIDO PROCURADOR : MINISTRA MARIA THEREZA DE ASSIS MOURA : MÁRCIA ARAÚJO LIMA : IGOR NAVARRO RODRIGUES CLAURE

Leia mais

Sindicato dos Corretores de Planos de Saúde Médicos e Odontológicos - SINCOPLAN Interessado 2:

Sindicato dos Corretores de Planos de Saúde Médicos e Odontológicos - SINCOPLAN Interessado 2: MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA GERAL DO TRABALHO GABINETE DA SUBPROCURADORA-GERAL DO TRABALHO IVANA AUXILIADORA MENDONÇA SANTOS Processo PGT/CCR/PP 6105/2014 Origem: PRT 2ª Região Interessado

Leia mais