DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos SHOPPING CENTER ABRIL DE 2016

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos SHOPPING CENTER ABRIL DE 2016"

Transcrição

1 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos SHOPPING CENTER ABRIL DE

2 PRODUTOS 2

3 O COMÉRCIO RESPONDE POR 13% DO PIB BRASILEIRO O COMÉRCIO VAREJISTA É RESPONSÁVEL POR 42% DO COMÉRCIO GERAL 3

4 PARTICIPAÇÃO NO PIB 2014 Administração, saúde e educação públicas 16,9% Outros Serviços 36,5% Comércio 13,0% Produção e Distribuição de Eletricidade, gás e água 1,9% Extrativa Mineral 3,8% Transportes, armazenagem e correio 4,4% FONTE: IBGE ELABORAÇÃO: BRADESCO Agropecuária Total 5,3% Indústria de Transformação 11,7% Construção Civil 6,6%

5 Os Shopping Centers representam 19% do comércio varejista nacional (2014) Há 538 shoppings centers no Brasil (dados de 2015): R$ 142,28 bilhões de faturamento anual (2014) 14,64 milhões de m 2 de área bruta locável lojas salas de cinemas funcionários vagas de estacionamento tráfego de pessoas em milhões por mês (2014) FONTE: ABRASCE ELABORAÇÃO: BRADESCO 5

6 CLASSIFICAÇÃO DOS RAMOS DE VAREJO EM SHOPPINGS CENTER: Lojas Âncora São lojas que atraem o maior fluxo de clientes. Possuem uma área total superior a m 2. Lojas de Departamentos, hipermercados, supermercado e outros. Megalojas- São grandes lojas que possuem muita variabilidade de uma mesma mercadoria podendo ser de Vestuário, Eletrodomésticos, Móveis e decoração, artigos esportivos, livros/cds, outros. Vestuário Calçados, Vestuário Geral, Moda íntima, acessórios para vestuários, etc. Artigos para o Lar Artigos Diversos Informática, jóias, CDs, livrarias, brinquedos, papelarias, Perfumaria, etc. Alimentação Fast-Food, Restaurantes e outros. Conveniência e Serviços Foto revelação, Serviços Médicos, farmácias, Tabacaria, Correio, Academia, etc. Lazer Teatro, cinema, diversões (parques/ videogames), boliche, 6 etc.

7 SAZONALIDADE 7

8 A MAIOR DEMANDA NO COMÉRCIO OCORRE NAS DATAS COMEMORATIVAS: MAIO DIA DAS MÃES JUNHO DIA DOS NAMORADOS AGOSTO DIA DOS PAIS OUTUBRO DIA DAS CRIANÇAS NOVEMBRO BLACK FRIDAY DEZEMBRO NATAL 8

9 Normalmente, nos meses de férias (janeiro e julho), há menor nível de atividade do comércio nas regiões metropolitanas e maior atividade nas regiões turísticas; Geralmente, durante o 1º trimestre do ano, o nível de atividade no comércio é baixo, pois nesse período há concentração de pagamentos como IPTU e IPVA, o que comprime a renda da população. Nesse período, as lojas costumam fazer a reposição dos estoques. 9

10 SAZONALIDADE DAS VENDAS DO COMÉRCIO VAREJISTA ,0% 11,3% 10,0% 8,0% 8,1% 8,0% 7,8% 8,3% 7,9% 8,1% 8,3% 8,0% 8,4% 8,4% 7,3% 6,0% jan fev mar abr mai jun EM jul % ago set out nov dez FONTE: IBGE - PMC ELABORAÇÃO: BRADESCO

11 CUSTOS OPERACIONAIS 11

12 PRINCIPAIS CUSTOS OPERACIONAIS: Segurança Manutenção (energia elétrica, água, etc.) Serviços de limpeza Serviços administrativos Mão-de-obra Propaganda e publicidade 12

13 FORNECEDORES 13

14 PRINCIPAIS FORNECEDORES Escritórios de Engenharia e Arquitetura Lojistas Escritórios de advocacia Produtos e Serviços Empresas de lazer e entretenimento (cinema, teatro, etc.) Consultorias Agências de Publicidade Gestão de Shoppings Agência de promoções e eventos 14

15 REGIONALIZAÇÃO 15

16 DISTRIBUIÇÃO GEOGRÁFICA DO NÚMERO DE SHOPPINGS CENTERS NO BRASIL 2015 Centro-Oeste 9,3% Norte 4,8% Nordeste 14,7% Sudeste 54,4% Sul 16,8% FONTE: ABRASCE ELABORAÇÃO: BRADESCO 16

17 DISTRIBUIÇÃO GEOGRÁFICA DO NÚMERO DE SHOPPINGS CENTERS NO BRASIL Distribuição geográfica 2015 do número de shoppings centers São Paulo Rio de Janeiro Minas Gerais Rio Grande do Sul Paraná Goiás Bahia Santa Catarina Distrito Federal Ceará Pernambuco Amazonas Espírito Santo Pará Rio Grande do Norte Mato Grosso Maranhão Mato Grosso do Sul Paraíba Alagoas Piauí Sergipe Roraima Amapá Tocantins Acre Rondônia FONTE: ABRASCE ELABORAÇÃO: BRADESCO 8,2% 7,1% 5,8% 3,9% 3,9% 3,9% 3,3% 3,0% 2,8% 1,9% 1,7% 1,5% 1,3% 1,1% 1,1% 0,9% 0,9% 0,7% 0,6% 0,6% 0,4% 0,4% 0,4% 0,2% 0,2% 12,3% 17 32,2% 0,0% 5,0% 10,0% 15,0% 20,0% 25,0% 30,0% 35,0%

18 DISTRIBUIÇÃO GEOGRÁFICA DO NÚMERO DE SHOPPINGS CENTERS NO BRASIL 2015 Distribuição geográfica do número de shoppings centers São Paulo Rio de Janeiro Minas Gerais Rio Grande do Sul Paraná Goiás Bahia Santa Catarina Distrito Federal Ceará Pernambuco Amazonas Espírito Santo Pará Rio Grande do Norte Mato Grosso Maranhão Mato Grosso do Sul Paraíba Alagoas Piauí Sergipe Roraima Amapá Tocantins Acre Rondônia FONTE: ABRASCE ELABORAÇÃO: BRADESCO 18

19 ÁREA BRUTA LOCÁVEL POR MIL HABITANTES 2014 Distrito Federal São Paulo Rio de Janeiro Amazonas Santa Catarina Espírito Santo Goiás Brasil Roraima Rio Grande do Sul Amapá Paraná Pernambuco Mato Grosso do Sul Ceará Sergipe Minas Gerais Mato Grosso Paraíba Rio Grande do Norte Alagoas Piauí Acre Bahia Pará Tocantins Maranhão Rondônia 28,7 26,3 25,1 35,6 35,5 84,0 78,2 74,2 73,9 72,1 70,1 67,2 66,4 62,9 60,2 57,5 54,9 52,3 51,4 50,3 49,8 48,6 45,3 44, ,7 115,4 m 2 de ABL por mil habitantes 138,8 FONTE: ABRASCE ELABORAÇÃO: BRADESCO 19

20 ÁREA BRUTA LOCÁVEL POR MIL HABITANTES NAS PRINCIPAIS REGIÕES METROPOLITANAS 2014 ABL por mil habitantes nas capitais brasileiras Fonte: Abrasce Elaboração: Bradesco Fortaleza 105,5 Salvador 102,6 Rio de Janeiro 100,8 São Paulo 91,9 Belo Horizonte 90,4 Porto Alegre 90,0 Curitiba 89,2 Belém 82,9 Recife 75,0 m 2 de ABL por mil habitantes 60,0 70,0 80,0 90,0 100,0 110,0 120,0 FONTE: ABRASCE ELABORAÇÃO: BRADESCO 20

21 RANKING 21

22 PRINCIPAIS EMPRESAS ADMINISTRADORAS DE SHOPPING CENTERS NO BRASIL 2015 Nome Nº de Shopping centers BR Malls 36 Multiplan 19 Aliansce 15 Iguatemi 14 General 13 Ancar 11 Tenco 9 Sá Cavalcante 9 5R 8 Gazit 7 Sonae Sierra 6 Center Norte 2 TOTAL DO GRUPO 149 FONTE: EMPRESAS ELABORAÇÃO: BRADESCO 22

23 COMPARATIVO INTERNACIONAL ABL POR MIL HABITANTES X PIB PER CAPITA Comparativo Internacional - ABL por mil habitante versus PIB per capita Fonte: Abrasce e FMI Elaboração: Bradesco ABL por mil habitante EUA Canadá Austrália 500 África do Sul Japão Espanha França México Alemanha Colômbia Itália Brasil - PIB per capita (US$) FONTE: ABRASCE ELABORAÇÃO: BRADESCO DADOS DOS PAÍSES BRASIL 2015

24 CONSUMIDORES 24

25 PESQUISA IBOPE 2012 PERFIL DE CLIENTES DE SHOPPING CENTER 25

26 11 MILHÕES DE PESSOAS CIRCULAM DIARIAMENTE PELOS SHOPPING CENTERS DO PAÍS BUSCANDO PRODUTOS, LAZER, SERVIÇOS E ALIMENTAÇÃO. 26

27 AS CLASSES A E B RESPONDEM CONJUNTAMENTE POR 79% DOS FREQUENTADORES. JUNTANDO-SE A CLASSE C1, CHEGAMOS A 93% DOS FREQUENTADORES. 27

28 CLASSE SOCIOECONÔMICA DOS FREQUENTADORES 95% 93% 90% 85% 80% 79% 75% 70% A e B A, B e C1 28 FONTE: IBOPE ELABORAÇÃO: BRADESCO

29 RENDA MÉDIA MENSAL DOS FREQUENTADORES POR FAIXA ETÁRIA Em R$ RENDA MÉDIA MENSAL DOS FREQUENTADORES: R$ 6.550,00 7,960 8, , , , ou mais 29 FONTE: IBOPE ELABORAÇÃO: BRADESCO

30 FAIXA ETÁRIA DOS FREQUENTADORES Em % 32% 30,0% 24% 23,0% 20,0% 16% 14,0% 13,0% 8% 0% ou mais 30 FONTE: IBOPE ELABORAÇÃO: BRADESCO

31 APESAR DA MENOR PARTICIPAÇÃO NO NÚMERO DE FREQUENTADORES, O GRUPO COM 55 ANOS OU MAIS RESPONDE POR 19% DO VOLUME DE VENDAS DOS SHOPPING CENTERS. 31

32 MOTIVAÇÃO DOS FREQUENTADORES Em % 42% 40,0% 35% 28% 21% 16,0% 15,0% 14% 10,0% 7% 5,0% 5,0% 4,0% 0% Compras Passeio Alimentação Serviços Pagamento de conta Banco ou caixa Cinema 32 FONTE: IBOPE ELABORAÇÃO: BRADESCO

33 FATORES DE RISCO 33

34 O comércio varejista é um dos primeiros a sentir os impactos causados por mudanças na conjuntura econômica. As vendas do setor são dependentes de variáveis como: nível de renda do consumidor, nível de emprego, juros, condições e prazos de financiamento ao consumidor. Os resultados operacionais dos shopping centers dependem das vendas geradas pelas lojas. Escassez de terrenos livres nas áreas metropolitanas. 34

35 CENÁRIO ATUAL E TENDÊNCIAS 35

36 EVOLUÇÃO DO NÚMERO DE SHOPPINGS CENTERS NO BRASIL Fonte: ABRASCE Evolução do número de Shoppings centers no Brasil Em unidades Em unidades * FONTE E PROJEÇÃO: ABRASCE ELABORAÇÃO: BRADESCO 36

37 DOS 18 SHOPPINGS INAUGURADOS EM 2015, 11 ESTÃO ALOCADOS EM CIDADES QUE RECEBERÃO O PRIMEIRO SHOPPING DOS 40 SHOPPINGS A SEREM INAUGURADOS EM 2016, 17 ESTÃO ALOCADOS EM CIDADES QUE RECEBERÃO O PRIMEIRO SHOPPING 58% DAS INAUGURAÇÕES ESTARÃO EM CIDADES COM ATÉ 500 MIL HABITANTES. ESTA É UMA TENDÊNCIA, OU SEJA, CIDADES MENORES ATRAINDO OS LANÇAMENTOS. 37

38 * EVOLUÇÃO DO NÚMERO DE INAUGURAÇÕES DE SHOPPINGS CENTERS NO BRASIL Em unidades Em unidades Evolução do número de inaugurações no Brasil Fonte e projeção: ABRASCE Elaboração: Bradesc Inaugurados Previstos FONTE E PROJEÇÃO: ABRASCE ELABORAÇÃO: BRADESCO 38

39 * EVOLUÇÃO DA TAXA DE CRESCIMENTO DO NÚMERO DE SHOPPINGS Evolução CENTERS da taxa de crescimento NO do BRASIL número de Shoppings centers no Brasil Fonte: ABRASCE 9,5% 8,5% 8,3% 7,5% 6,5% 6,3% 5,5% 4,5% 3,5% 2,5% 4,6% 3,1% 4,6% 2,8% 2,8% 4,8% 3,4% 3,6% 4,3% 4,1% 5,4% 5,1% 3,5% 2,4% 1,5% 0,5% FONTE E PROJEÇÃO: ABRASCE ELABORAÇÃO: BRADESCO 39

40 EVOLUÇÃO REGIONAL DO NÚMERO DE SHOPPINGS CENTERS NO BRASIL Número de shoppings 2009 Part % 2013 Part % 2014 Part % 2015 Part % 2016* Part % Sudeste ,3% ,0% ,4% ,3% ,8% São Paulo ,4% ,5% ,2% ,2% ,3% Rio de Janeiro 50 12,8% 62 11,9% 66 12,3% 66 12,3% 68 11,8% Minas Gerais 30 7,7% 42 8,1% 44 8,2% 44 8,2% 47 8,1% Espírito Santo 3 0,8% 6 1,2% 9 1,7% 9 1,7% 9 1,6% Sul 77 19,6% 90 17,3% 90 16,8% 90 16,7% 97 16,8% Rio Grande do Sul 32 8,2% 36 6,9% 38 7,1% 38 7,1% 40 6,9% Paraná 28 7,1% 31 6,0% 31 5,8% 31 5,8% 34 5,9% Santa Catarina 17 4,3% 20 3,8% 21 3,9% 21 3,9% 23 4,0% Nordeste 55 14,0% 68 13,1% 79 14,7% 80 14,9% 93 16,1% Bahia 16 4,1% 17 3,3% 20 3,7% 21 3,9% 24 4,2% Ceará 10 2,6% 14 2,7% 16 3,0% 16 3,0% 18 3,1% Pernambuco 10 2,6% 14 2,7% 15 2,8% 15 2,8% 16 2,8% Rio Grande do Norte 6 1,5% 7 1,3% 7 1,3% 7 1,3% 7 1,2% Paraíba 4 1,0% 4 0,8% 5 0,9% 5 0,9% 6 1,0% Alagoas 2 0,5% 4 0,8% 4 0,7% 4 0,7% 4 0,7% Maranhão 2 0,5% 4 0,8% 6 1,1% 6 1,1% 8 1,4% Sergipe 2 0,5% 3 0,6% 3 0,6% 3 0,6% 4 0,7% Piauí 2 0,5% 2 0,4% 3 0,6% 3 0,6% 6 1,0% Centro-Oeste 36 9,2% 45 8,6% 50 9,3% 50 9,3% 55 9,5% Goiás 11 2,8% 17 3,3% 21 3,9% 21 3,9% 24 4,2% Distrito Federal 17 4,3% 17 3,3% 18 3,4% 18 3,3% 20 3,5% Mato Grosso 5 1,3% 5 1,0% 6 1,1% 6 1,1% 6 1,0% Mato Grosso do Sul 3 0,8% 5 1,0% 5 0,9% 5 0,9% 5 0,9% Norte 11 2,8% 26 5,0% 26 4,8% 26 4,8% 28 4,8% Amazonas 6 1,5% 8 1,5% 10 1,9% 10 1,9% 10 1,7% Pará 3 0,8% 7 1,3% 8 1,5% 8 1,5% 10 1,7% Tocantins 1 0,3% 2 0,4% 2 0,4% 2 0,4% 2 0,3% Amapá 0 0,0% 2 0,4% 2 0,4% 2 0,4% 2 0,3% Rondônia 1 0,3% 1 0,2% 1 0,2% 1 0,2% 1 0,2% Acre 0 0,0% 1 0,2% 1 0,2% 1 0,2% 1 0,2% Roraima 0 0,0% 0 0,0% 2 0,4% 2 0,4% 2 0,3% Brasil ,0% ,0% ,0% ,0% ,0% FONTE E PROJEÇÃO: ABRASCE ELABORAÇÃO: BRADESCO 40

41 EVOLUÇÃO DO FATURAMENTO DE SHOPPINGS CENTERS NO BRASIL Fonte: ABRASCE Em milhões de R$ Em milhões de R$ Evolução do faturamento de Shoppings centers no Brasil * FONTE: ABRASCE ELABORAÇÃO E PROJEÇÃO: BRADESCO 41

42 EVOLUÇÃO DA TAXA DE CRESCIMENTO DO FATURAMENTO DE Fonte: ABRASCE SHOPPINGS Evolução CENTERS da taxa de crescimento NO BRASIL do faturamento de Shoppings centers no Brasil 27,0% 24,0% 23,0% 21,0% 18,9% 18,0% 15,0% 13,3% 15,8% 16,0% 14,6% 12,0% 9,0% 10,0% 10,3% 9,3% 10,0% 11,4% 10,4% 8,2% 10,1% 6,0% 6,5% 6,5% 3,0% 0,0% * FONTE: ABRASCE ELABORAÇÃO: BRADESCO 42

43 * EVOLUÇÃO DA ÁREA BRUTA LOCÁVEL DOS SHOPPINGS CENTERS NO BRASIL Em mil m Evolução da Área Bruta Locável FONTE: ABRASCE ELABORAÇÃO E PROJEÇÃO: BRADESCO 43

44 EVOLUÇÃO DA TAXA DE CRESCIMENTO DA ÁREA BRUTA LOCÁVEL DOS Evolução SHOPPINGS da taxa de crescimento CENTERS da ABL de Shoppings NO centers BRASIL no Brasil Fonte: ABRASCE 20,0% 18,0% 18,0% 16,0% 14,0% 13,5% 12,0% 10,0% 10,7% 10,2% 8,7% 10,2% 8,0% 6,0% 5,8% 4,7% 5,0% 4,7% 7,0% 6,0% 6,5% 4,0% 2,0% 2,0% 1,8% 2,4% 0,0% * FONTE E PROJEÇÃO: ABRASCE ELABORAÇÃO: BRADESCO 44

45 EVOLUÇÃO DA ÁREA BRUTA LOCÁVEL DOS SHOPPINGS CENTERS NO BRASIL POR 100 HABITANTES * Em m 2 por 100 habitantes Evolução da Área Bruta Locável ,0 7,2 7,0 6,8 6,4 7,6 6,0 5,0 4,0 3,0 3,0 3,1 3,2 3,4 3,4 4,0 4,3 4,5 4,7 4,8 5,2 5,7 2,0 1,0 0,0 FONTE: ABRASCE ELABORAÇÃO: BRADESCO 45

46 EVOLUÇÃO DO NÚMERO DE LOJAS DOS SHOPPINGS CENTERS NO BRASIL Em unidades Evolução do número de lojas em shoppings centers FONTE: ABRASCE ELABORAÇÃO: BRADESCO 46

47 VOLUME DE VENDAS DO COMÉRCIO VAREJISTA RESTRITO - CRESCIMENTO ANUAL Volume de vendas do Comércio Varejista Restrito Fonte: IBGE Elaboração e Projeção: Bradesco 10,500 8,500 6,500 4,500 9,2 4,8 6,2 9,7 9,1 5,9 10,9 6,7 8,4 4,3 3,5 2,500,500 2,2 0,9-1,500-3,500-5,500-1,6-0,7-3,7-4,3-3,4 FONTE: IBGE ELABORAÇÃO E PROJEÇÃO: BRADESCO (*) Projeção

48 VENDAS NO VAREJO AMPLIADO (INCLUINDO VEÍCULOS E MATERIAL DE CONSTRUÇÃO): VENDAS NO VAREJO AMPLIADO 14,0 13,6 12,2 11,0 9,9 8,0 6,4 6,8 6,6 8,0 5,0 2,0 3,1 3,6 1,5 4,0-1,0-4,0-1,7-7,0-5,0-10,0-8,6 FONTE: IBGE ELABORAÇÃO E PROJEÇÃO: BRADESCO

49 Depec-Bradesco O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por suas publicações e projeções. Todos os dados ou opiniões dos informativos aqui presentes são rigorosamente apurados e elaborados por profissionais plenamente qualificados, mas não devem ser tomados, em nenhuma hipótese, como base, balizamento, guia ou norma para qualquer documento, avaliações, julgamentos ou tomadas de decisões, sejam de natureza formal ou informal. Desse modo, ressaltamos que todas as consequências ou responsabilidades pelo uso de quaisquer dados ou análises desta publicação são assumidas exclusivamente pelo usuário, eximindo o BRADESCO de todas as ações decorrentes do uso deste material. Lembramos ainda que o acesso a essas informações implica a total aceitação deste termo de responsabilidade e uso.

50 EVOLUÇÃO DO NÚMERO DE SHOPPINGS CENTERS NO BRASIL Fonte: ABRASCE Evolução do número de Shoppings centers no Brasil Em unidades Em unidades * FONTE E PROJEÇÃO: ABRASCE ELABORAÇÃO: BRADESCO 50

51 DOS 18 SHOPPINGS INAUGURADOS EM 2015, 11 ESTÃO ALOCADOS EM CIDADES QUE RECEBERÃO O PRIMEIRO SHOPPING DOS 40 SHOPPINGS A SEREM INAUGURADOS EM 2016, 17 ESTÃO ALOCADOS EM CIDADES QUE RECEBERÃO O PRIMEIRO SHOPPING 58% DAS INAUGURAÇÕES ESTARÃO EM CIDADES COM ATÉ 500 MIL HABITANTES. ESTA É UMA TENDÊNCIA, OU SEJA, CIDADES MENORES ATRAINDO OS LANÇAMENTOS. 51

52 * EVOLUÇÃO DO NÚMERO DE INAUGURAÇÕES DE SHOPPINGS CENTERS NO BRASIL Em unidades Em unidades Evolução do número de inaugurações no Brasil Fonte e projeção: ABRASCE Elaboração: Bradesc Inaugurados Previstos FONTE E PROJEÇÃO: ABRASCE ELABORAÇÃO: BRADESCO 52

53 * EVOLUÇÃO DA TAXA DE CRESCIMENTO DO NÚMERO DE SHOPPINGS Evolução CENTERS da taxa de crescimento NO do BRASIL número de Shoppings centers no Brasil Fonte: ABRASCE 9,5% 8,5% 8,3% 7,5% 6,5% 6,3% 5,5% 4,5% 3,5% 2,5% 4,6% 3,1% 4,6% 2,8% 2,8% 4,8% 3,4% 3,6% 4,3% 4,1% 5,4% 5,1% 3,5% 2,4% 1,5% 0,5% FONTE E PROJEÇÃO: ABRASCE ELABORAÇÃO: BRADESCO 53

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos SHOPPING CENTER NOVEMBRO DE 2016

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos SHOPPING CENTER NOVEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos SHOPPING CENTER NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos SHOPPING CENTER JUNHO DE 2017

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos SHOPPING CENTER JUNHO DE 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos SHOPPING CENTER JUNHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por

Leia mais

Nosso negócio é fazer negócios! MERCADO BRASILEIRO SHOPPING CENTERS

Nosso negócio é fazer negócios! MERCADO BRASILEIRO SHOPPING CENTERS MERCADO BRASILEIRO SHOPPING CENTERS O comércio responde por 13% do PIB brasileiro O comércio varejista é responsável por 42% do comércio geral Os Shopping Centers representam 19% do comércio varejista

Leia mais

COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2016

COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

COMÉRCIO VAREJISTA JUNHO DE 2017

COMÉRCIO VAREJISTA JUNHO DE 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos COMÉRCIO VAREJISTA JUNHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

O mercado de trabalho na Região Metropolitana de Salvador: uma análise retrospectiva de 2009 e as perspectivas para 2010

O mercado de trabalho na Região Metropolitana de Salvador: uma análise retrospectiva de 2009 e as perspectivas para 2010 ENCONTROS DE ATUALIDADES ECONÔMICAS O mercado de trabalho na Região Metropolitana de Salvador: uma análise retrospectiva de 2009 e as perspectivas para 2010 Prof. Dr. Laumar Neves de Souza Diagrama do

Leia mais

BOLETIM CAGED Cadastro Geral de Empregados e Desempregados. FEVEREIRO - 2016 Comportamento do Emprego - Limeira/SP.

BOLETIM CAGED Cadastro Geral de Empregados e Desempregados. FEVEREIRO - 2016 Comportamento do Emprego - Limeira/SP. BOLETIM CAGED Cadastro Geral de Empregados e Desempregados FEVEREIRO - 216 Comportamento do Emprego - Limeira/SP. A Consultoria Técnica Especializada da Câmara Municipal de Limeira apresenta os dados do

Leia mais

Diretoria de Pesquisas Coordenação de Serviços e Comércio - COSEC PESQUISA MENSAL DE SERVIÇOS PMS

Diretoria de Pesquisas Coordenação de Serviços e Comércio - COSEC PESQUISA MENSAL DE SERVIÇOS PMS Diretoria de Pesquisas Coordenação de Serviços e Comércio - COSEC PESQUISA MENSAL DE SERVIÇOS PMS 18/07/2013 OBJETIVO Acompanhar o desempenho conjuntural do setor de serviços, através de indicadores mensais,

Leia mais

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão Guido Mantega INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE Presidente Eduardo Pereira Nunes Diretor

Leia mais

VAREJO. Agosto de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

VAREJO. Agosto de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos VAREJO Agosto de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos DESEMPENHO DO VAREJO O comércio varejista já está apresentando retomada neste ano. Acomodação do mercado de trabalho aliada à

Leia mais

Evolução das Vendas do Varejo Cearense - Setembro de 2013

Evolução das Vendas do Varejo Cearense - Setembro de 2013 Enfoque Econômico é uma publicação do IPECE que tem por objetivo fornecer informações de forma imediata sobre políticas econômicas, estudos e pesquisas de interesse da população cearense. Por esse instrumento

Leia mais

Síntese do panorama da economia brasileira 3

Síntese do panorama da economia brasileira 3 Síntese do panorama da economia brasileira 3 O - PIB, no ano de 2012, acumulou crescimento de 1,0% em relação ao ano anterior. Em 2011, o crescimento acumulado no ano havia sido de 2,7%. Em função desse

Leia mais

Pesquisa Anual de Comércio

Pesquisa Anual de Comércio Comunicação Social 06 de maio de 2004 Pesquisa Anual de Comércio Em 2002, Supermercados e Combustíveis faturaram mais Em 2002, os ramos que mais se destacaram em termos de faturamento no comércio varejista

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MOTOCICLETAS JUNHO DE 2017

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MOTOCICLETAS JUNHO DE 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MOTOCICLETAS JUNHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MOTOCICLETAS DEZEMBRO DE 2016

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MOTOCICLETAS DEZEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MOTOCICLETAS DEZEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por

Leia mais

ANUÁRIO DO TRABALHO. e 2 O O 8

ANUÁRIO DO TRABALHO. e 2 O O 8 ANUÁRIO DO TRABALHO namicro e Pequena Empresa 2 O O 8 SEBRAE - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas Presidente do Conselho Deliberativo Nacional Adelmir Santana Diretor-Presidente Paulo

Leia mais

Retropolação. Tabela 1 - Participação (%) e taxa acumulada (1995-2007) do PIB a preços de mercado, segundo unidades da federação

Retropolação. Tabela 1 - Participação (%) e taxa acumulada (1995-2007) do PIB a preços de mercado, segundo unidades da federação Retropolação O IBGE divulga a retropolação das Contas Regionais do Brasil até 1995, que se junta a divulgação do ano de 2007, assim sendo fica disponível uma série de 1995 a 2007. Os resultados retropolados

Leia mais

DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO

DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO CARGO LOCAL DE VAGA TOTAL DE INSCRITOS QTD DE CANDIDATOS

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE SERVIÇOS PMS SETEMBRO/2013

PESQUISA MENSAL DE SERVIÇOS PMS SETEMBRO/2013 PESQUISA MENSAL DE SERVIÇOS PMS SETEMBRO/2013 PRINCIPAIS RESULTADOS Setor de serviços Crescimento nominal de 9,6% em Setembro de 2013, na comparação com igual mês do ano anterior Crescimento de 6,6 % em

Leia mais

1.2 Vitimização 1.2.6 Agressão física

1.2 Vitimização 1.2.6 Agressão física Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Características da vitimização e do acesso à justiça no Brasil 2009 Tabela 1.2.6.1.1 - Pessoas de 10 anos ou mais de idade que foram vítimas de agressão física,

Leia mais

Carteira de Trabalho.Não Assinada

Carteira de Trabalho.Não Assinada TABELA DO EMPREGO DOMÉSTICO PNAD 2011 do IBGE Aumento da FORMALIDADE de mais 1.3 milhão de empregados domésticos, passando de 30% para 50% com a aprovação da PEC 478/2010 + os Projetos de REDUÇÃO DOS CUSTOS

Leia mais

1. O mapa mostra a posição geográfica do Brasil na América do Sul.

1. O mapa mostra a posição geográfica do Brasil na América do Sul. 1. O mapa mostra a posição geográfica do Brasil na América do Sul. a) Pinte de amarelo o território brasileiro. b) Escreva no mapa o nome do oceano que banha o litoral brasileiro. c) Contorne com preto

Leia mais

COMENTÁRIOS Comércio Varejista Comércio Varejista Ampliado

COMENTÁRIOS Comércio Varejista Comércio Varejista Ampliado COMENTÁRIOS Em fevereiro de 2015, o Comércio Varejista do País registrou variação de -0,1%, para o volume de vendas e de 0,7% para a receita nominal, ambas as variações com relação ao mês anterior, ajustadas

Leia mais

Presença a do Estado no Brasil: Federação, Suas Unidades e Municipalidades

Presença a do Estado no Brasil: Federação, Suas Unidades e Municipalidades Presença a do Estado no Brasil: Federação, Suas Unidades e Municipalidades Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada BRASIL Marcio Pochmann Presidente Brasília, 15 de dezembro de 2009 Justificativa

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MATO GROSSO OUTUBRO DE 2015

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MATO GROSSO OUTUBRO DE 2015 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MATO GROSSO OUTUBRO DE 2015 DADOS GERAIS DO ESTADO DO MATO GROSSO Total Part % Brasil Part % Região Área Total - km² 903.386 10,63% 56,24% População

Leia mais

Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental. Webinar. A Crise Hídrica e a Redução dos Índices de Perdas de Água

Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental. Webinar. A Crise Hídrica e a Redução dos Índices de Perdas de Água Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental Webinar A Crise Hídrica e a Redução dos Índices de Perdas de Água Serão dois dias de palestras, debates e apresentações de estudos de caso. Entre

Leia mais

Sudeste Janeiro de 2019

Sudeste Janeiro de 2019 Sudeste Janeiro de 2019 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos PIB Variação anual real (em%) PIB - VARIAÇAO REAL 6,00 4,00 3,5037 3,9 3,0 Sudeste Brasil 2,00 1,9,00 0,5-2,00 -,4595-4,00-3,5-3,3-6,00

Leia mais

Comissão de Infraestrutura do Senado Federal Cenário do Saneamento Básico e suas Oportunidades 08.07.2015

Comissão de Infraestrutura do Senado Federal Cenário do Saneamento Básico e suas Oportunidades 08.07.2015 Comissão de Infraestrutura do Senado Federal Cenário do Saneamento Básico e suas Oportunidades 08.07.2015 O saneamento básico no Brasil não condiz com o país que é a 7ª. economia do mundo da população

Leia mais

ANUÁRIO CNT DO TRANSPORTE. Estatísticas consolidadas

ANUÁRIO CNT DO TRANSPORTE. Estatísticas consolidadas ANUÁRIO CNT DO TRANSPORTE Estatísticas consolidadas 2016 ANUÁRIO CNT DO TRANSPORTE Estatísticas consolidadas 2016 Anuário CNT do transporte estatísticas consolidadas 2016. 2ª tiragem. Brasília: CNT, 2016.

Leia mais

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE número 42 2012 Presidenta da República Dilma Rousseff Ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão Miriam Belchior INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE Presidenta Wasmália Bivar Diretor-Executivo

Leia mais

PRODUTO INTERNO BRUTO DO DISTRITO FEDERAL

PRODUTO INTERNO BRUTO DO DISTRITO FEDERAL PRODUTO INTERNO BRUTO DO DISTRITO FEDERAL 2010 Produto Interno Bruto - PIB Corresponde ao valor a preços de mercado, de todos os bens e serviços finais produzidos em um território, num determinado período

Leia mais

Economia Brasileira: performance e perspectivas

Economia Brasileira: performance e perspectivas 1 Economia Brasileira: performance e perspectivas DEPECON / FIESP Janeiro de 2005. Ano PIB Total PIB Industrial 1990-4,35-8,18 1991 1,03 0,26 1992-0,54-4,22 2004: 1993 4,92 7,01 1994 5,85 6,73 1995 4,22

Leia mais

Onde Estão as Micro e Pequenas Empresas no Brasil. Observatório das MPEs SEBRAE-SP 24/11/2006

Onde Estão as Micro e Pequenas Empresas no Brasil. Observatório das MPEs SEBRAE-SP 24/11/2006 Onde Estão as Micro e Pequenas Empresas no Brasil Observatório das MPEs SEBRAE-SP 24/11/2006 1 As Micro e Pequenas Empresas (MPEs) na economia 98% das empresas do país 67% das pessoas ocupadas (*) 56%

Leia mais

3º ANO PROF.: REGINA COSTA

3º ANO PROF.: REGINA COSTA 3º ANO PROF.: REGINA COSTA Aula 43 Conteúdo Gráfico de barras Habilidades Saber analisar e solucionar questões envolvendo gráfico de barras D35: Associar informações apresentadas em listas e/ou tabelas

Leia mais

11ºFestival Internacional de Teatro Palco e Rua -FIT Belo Horizonte, 20 de junho de 2012. Diálogo com o MinC. Incentivo Fiscal

11ºFestival Internacional de Teatro Palco e Rua -FIT Belo Horizonte, 20 de junho de 2012. Diálogo com o MinC. Incentivo Fiscal 11ºFestival Internacional de Teatro Palco e Rua -FIT Belo Horizonte, 20 de junho de 2012 Diálogo com o MinC Incentivo Fiscal SECRETARIA DE DE FOMENTO E INCENTIVO ÀCULTURA COORDENAÇÃO PRONAC DIRETORIA

Leia mais

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA DEPARTAMENTO NACIONAL DE PRODUÇÃO MINERAL PORTARIA Nº 374, DE 28 DE OUTUBRO DE 2010. Publicada no DOU de 29/10/2010

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA DEPARTAMENTO NACIONAL DE PRODUÇÃO MINERAL PORTARIA Nº 374, DE 28 DE OUTUBRO DE 2010. Publicada no DOU de 29/10/2010 MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA DEPARTAMENTO NACIONAL DE PRODUÇÃO MINERAL PORTARIA Nº 374, DE 28 DE OUTUBRO DE 2010 Publicada no DOU de 29/10/2010 Dispõe sobre a protocolização de requerimentos, documentos

Leia mais

Relatório das metas Nacionais 2014 - Justiça do Trabalho Dados Sigest - Janeiro a Dezembro de 2014

Relatório das metas Nacionais 2014 - Justiça do Trabalho Dados Sigest - Janeiro a Dezembro de 2014 Meta Nacional 1 : Julgar quantidade maior de processos de conhecimento do que os distribuídos no ano corrente. (1º grau) TRT 1-1ª região Rio de Janeiro 94,55 TRT 2-2ª região São Paulo 95,28 TRT 3-3ª região

Leia mais

Consumo nacional deve chegar a R$ 3,9 tri neste ano, mas expansão se mantém fora do eixo das capitais, diz estudo

Consumo nacional deve chegar a R$ 3,9 tri neste ano, mas expansão se mantém fora do eixo das capitais, diz estudo Consumo nacional deve chegar a R$ 3,9 tri neste ano, mas expansão se mantém fora do eixo das capitais, diz estudo Através da análise dos dados entre 2015 e 2016, o estudo IPC Maps mostra que o consumo

Leia mais

Norte Janeiro de 2019

Norte Janeiro de 2019 Norte Janeiro de 2019 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos PIB Variação anual real (em%) PIB - VARIAÇAO REAL 8,00 6,00 6,5 Norte Brasil 4,00 3,9 3,2 2,9 3,0 3,0 2,00 1,9 0,5,00-2,00-4,00-2,6-3,5-3,3-6,00

Leia mais

Emprego Industrial Abril de 2015

Emprego Industrial Abril de 2015 Emprego Industrial Abril de 2015 SUMÁRIO EXECUTIVO No mês de abril de 2015, o saldo de empregos em Santa Catarina reduziu em relação ao estoque de março (-4.209 postos e variação de -0,2%). A indústria

Leia mais

TELEFONIA FIXA E MÓVEL

TELEFONIA FIXA E MÓVEL DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos TELEFONIA FIXA E MÓVEL NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

3.4.1.1 Análise dos dados

3.4.1.1 Análise dos dados 3.4.1.1 Análise dos dados Os dados do período são os seguintes: A realização de procedimentos de alta complexidade em cardiologia teve uma variação positiva no período de 1995 a 2000, da ordem de 40,8%

Leia mais

ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 28 de junho de 2019 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 28 de junho de 2019 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 28 de junho de 2019 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos RELATÓRIO FOCUS 2019 2020 MEDIANA MÉDIA MEDIANA MÉDIA 21-jun 28-jun 21-jun 28-jun 21-jun 28-jun 21-jun

Leia mais

Acessibilidade Brasil

Acessibilidade Brasil Acessibilidade Brasil Novas Tecnologias de Informação e Informação para o Acesso Universal Acessibilidade Brasil A Importância da Acessibilidade A palavra acessibilidade deve ser compreendida não apenas

Leia mais

ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 1 de fevereiro de 2019 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 1 de fevereiro de 2019 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 1 de fevereiro de 2019 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos RELATÓRIO FOCUS 2019 2020 MEDIANA MÉDIA MEDIANA MÉDIA 25-jan 1-fev 25-jan 1-fev 25-jan 1-fev 25-jan

Leia mais

Sinopse Estatística do Ensino Superior Graduação - 1999

Sinopse Estatística do Ensino Superior Graduação - 1999 Sinopse Estatística do Ensino Superior - 1999,QVWLWXWRÃ1DFLRQDOÃGHÃ(VWXGRV HÃ3HVTXLVDVÃ(GXFDFLRQDLV Brasília-DF, 2000 1 0,1,67e5,2 '$Ã('8&$d 2 TIRAGEM: 4.500 exemplares INEP MEC Esplanada dos Ministérios,

Leia mais

Nordeste Janeiro de 2019

Nordeste Janeiro de 2019 Nordeste Janeiro de 2019 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos PIB Variação anual real (em %) PIB - VARIAÇAO REAL 6,0 4,0 2,0 4,1 3,9 3,0 3,1 1,9 3,0 2,8 Nordeste Brasil 0,0 0,5-2,0-4,0-3,4-3,5-3,3-6,0

Leia mais

Termo de Cooperação Técnica e Operacional COOPERAPORTOS

Termo de Cooperação Técnica e Operacional COOPERAPORTOS Termo de Cooperação Técnica e Operacional COOPERAPORTOS Eng MARCOS PAGNONCELLI Coordenador-Geral de Planejamento Estratégico Outubro de 2008 PRINCIPAIS PORTOS BRASILEIROS MANAUS SANTARÉM RORAIMA AMAPÁ

Leia mais

Ranking Brasileiro de Propriedade Industrial dos Institutos Federais

Ranking Brasileiro de Propriedade Industrial dos Institutos Federais Ranking Brasileiro de Propriedade Industrial dos Institutos Federais PATENTES ATÉ O ANO DE 0 Institutos Federais de Educação Tecnológica Instituto Federal do Espírito Santo Instituto Federal de Santa Catarina

Leia mais

Seção fechada com dados disponíveis até o dia 31/12/2015. Janeiro 2016 Conjuntura Econômica I

Seção fechada com dados disponíveis até o dia 31/12/2015. Janeiro 2016 Conjuntura Econômica I Índices Econômicos II Índices gerais II Índice de preços ao produtor amplo origem Brasil III Preços ao consumidor Brasil V Preços ao consumidor Rio de Janeiro V Preços ao consumidor São Paulo V Preços

Leia mais

SISTEMA PÚBLICO DE EMPREGO, TRABALHO E RENDA. Seguro Desemprego

SISTEMA PÚBLICO DE EMPREGO, TRABALHO E RENDA. Seguro Desemprego SISTEMA PÚBLICO DE EMPREGO, TRABALHO E RENDA 2 0 0 8 Seguro Desemprego DIEESE Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos Anuário Sistema Público de Emprego, Trabalho e Renda Livro

Leia mais

Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento

Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento Outubro de 2007 Apresentado por Fernando Chacon Diretor de Marketing de Cartões do Banco Itaú 1 Baixa Renda: O cartão como instrumento de crédito

Leia mais

mensário estatístico - exportação Janeiro 2011 CAFÉ EM GRÃOS

mensário estatístico - exportação Janeiro 2011 CAFÉ EM GRÃOS mensário estatístico - CAFÉ EM GRÃOS CONDIÇÕES Este relatório foi preparado pela Linus Galena Consultoria Econômica exclusivamente para uso de seus clientes e não poderá ser circulado, reproduzido, distribuído

Leia mais

Banco Central: Objetivos das Políticas Monetária, Creditícia e Cambial e Impacto Fiscal de suas Operações

Banco Central: Objetivos das Políticas Monetária, Creditícia e Cambial e Impacto Fiscal de suas Operações Banco Central: Objetivos das Políticas Monetária, Creditícia e Cambial e Impacto Fiscal de suas Operações Henrique de Campos Meirelles Setembro de 20 1 Prestação de Contas - LRF Objetivos das Políticas

Leia mais

Taxa de Ocupação (em %)

Taxa de Ocupação (em %) Ocupação de agosto dos hotéis cariocas atinge 66,12% Viagens de negócios e numero de turistas brasileiros tiveram aumento Os hotéis cariocas registraram 66,12% de ocupação no mês de agosto, ficando 1,06

Leia mais

CENÁRIO MACROECONÔMICO

CENÁRIO MACROECONÔMICO CENÁRIO MACROECONÔMICO 18 DE MAIO DE 2015 ELLEN REGINA STETER Economista do Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos - DEPEC 1 CENÁRIO GLOBAL 1980 1981 1982 1983 1984 1985 1986 1987 1988 1989 1990

Leia mais

RESOLUÇÃO CFM nº 2.115/2014

RESOLUÇÃO CFM nº 2.115/2014 RESOLUÇÃO CFM nº 2.115/2014 (Publicada no D.O.U., 23 dez. 2014, Seção I, p. 131-2) Aprova previsão orçamentária do Conselho Federal de Medicina e dos Conselhos Regionais de Medicina para o exercício de

Leia mais

CENSO BRASILEIRO DE SHOPPING CENTERS 2015/2016 CENSO BRASILEIRO DE SHOPPING CENTERS 2015/2016

CENSO BRASILEIRO DE SHOPPING CENTERS 2015/2016 CENSO BRASILEIRO DE SHOPPING CENTERS 2015/2016 CENSO BRASILEIRO DE SHOPPING CENTERS 2015/2016 V2 1 1. SETOR 2 UNIVERSO DISTRIBUIÇÃO MACRO REGIÕES SHOPPINGS EM OPERAÇÃO - UNIDADES 26 NORTE 80 NORDESTE 50 CENTRO OESTE 292 SUDESTE 520 +3,5% 538 SHOPPINGS

Leia mais

TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGAS

TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGAS DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGAS JUNHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

Sul. Janeiro de DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

Sul. Janeiro de DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Sul Janeiro de 2019 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos PIB Variação anual real (em%) 8,0 6,0 6,1 Sul Brasil 4,0 4,3 3,9 3,0 2,0 1,9 0,5 0,0-0,4-0,1-2,0-4,0-3,5-3,3-6,0 2011 2012 2013

Leia mais

Ano 5 Nº 41 14/Setembro/2015

Ano 5 Nº 41 14/Setembro/2015 Ano 5 Nº 41 14/Setembro/2015 Ano 7, n. 58 - Setembro/2016 Embrapa Gado de Leite Rua Eugênio do Nascimento, 610 - Bairro Dom Bosco 36038-330 Juiz de Fora/MG Telefone: (32) 3311-7400 Fax: (32) 3311-7424

Leia mais

CNI DIVULGA MAPA DO TRABALHO NO BRASIL Qui, 20 de Setembro de 2012 20:49 - Última atualização Qui, 20 de Setembro de 2012 21:07

CNI DIVULGA MAPA DO TRABALHO NO BRASIL Qui, 20 de Setembro de 2012 20:49 - Última atualização Qui, 20 de Setembro de 2012 21:07 O Rio Grande do Norte tem uma demanda por 69,6 mil profissionais, o que corresponde a 1,0% de todo o país. As ocupações com maior demanda (nível técnico) são as de coloristas, técnicos de controle de produção;

Leia mais

Latitude e longitude. espaço geográfico. descobrir alguns dos principais conceitos da Geografia, como espaço geográfico, espaço

Latitude e longitude. espaço geográfico. descobrir alguns dos principais conceitos da Geografia, como espaço geográfico, espaço 12_13.indd 12-13 12 1 Orientação e localização no espaço geográfico Prepare-se! Aqui começa a primeira Expedição dessa fantástica viagem pelo planeta. No Percurso 1, você vai descobrir alguns dos principais

Leia mais

CRESCIMENTO DO PIB MUNDIAL (%)

CRESCIMENTO DO PIB MUNDIAL (%) 1 1980 1981 1982 1983 1984 1985 1986 1987 1988 1989 1990 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 CRESCIMENTO DO PIB

Leia mais

Inadimplência Pessoa Física Regional

Inadimplência Pessoa Física Regional Inadimplência Pessoa Física Regional SUMÁRIO Dados referentes a abril de 2014 RELEASE DE IMPRENSA... 2 ANÁLISE ECONÔMICA (resumo)... 4 Região Norte... 8 Região Nordeste... 12 Região Sul... 16 Região Centro-Oeste...

Leia mais

Pesquisa Mensal de Emprego

Pesquisa Mensal de Emprego Comunicação Social 25 de março de 2004 Pesquisa Mensal de Emprego Taxa de desocupação é de 12% em fevereiro Em fevereiro de 2004, a taxa de desocupação ficou estável tanto em relação ao mês anterior (11,7%)

Leia mais

ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 5 de outubro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 5 de outubro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 5 de outubro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos RELATÓRIO FOCUS 2018 2019 MEDIANA MÉDIA MEDIANA MÉDIA 28-set 5-out 28-set 5-out 28-set 5-out 28-set

Leia mais

ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS. 6 de outubro de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS. 6 de outubro de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 6 de outubro de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos RELATÓRIO FOCUS 06/10/2017 2017 2018 MEDIANA MÉDIA MEDIANA MÉDIA 29-set 6-out 29-set 6-out 29-set

Leia mais

ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 6 de setembro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 6 de setembro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 6 de setembro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos RELATÓRIO FOCUS 2018 2019 MEDIANA MÉDIA MEDIANA MÉDIA 31-ago 6-set 31-ago 6-set 31-ago 6-set 31-ago

Leia mais

ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 1 de junho de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 1 de junho de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 1 de junho de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos RELATÓRIO FOCUS 2018 2019 MEDIANA MÉDIA MEDIANA MÉDIA 25-mai 1-jun 25-mai 1-jun 25-mai 1-jun 25-mai

Leia mais

ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 8 de junho de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 8 de junho de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 8 de junho de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos RELATÓRIO FOCUS 2018 2019 MEDIANA MÉDIA MEDIANA MÉDIA 1-jun 8-jun 1-jun 8-jun 1-jun 8-jun 1-jun 8-jun

Leia mais

ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 15 de junho de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 15 de junho de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 15 de junho de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos RELATÓRIO FOCUS 2018 2019 MEDIANA MÉDIA MEDIANA MÉDIA 8-jun 15-jun 8-jun 15-jun 8-jun 15-jun 8-jun

Leia mais

Centro-Oeste Janeiro de 2019

Centro-Oeste Janeiro de 2019 Centro-Oeste Janeiro de 2019 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos PIB Variação anual real (em%) PIB - VARIAÇAO REAL 6,0 4,0 2,0 4,6 3,9 4,4 1,9 3,9 3,0 2,5 Centro-Oeste Brasil 0,5 0,0-2,0-4,0-2,6-3,5-3,3

Leia mais

POSIÇÃO ESTADO MUNICÍPIO ATIVIDADE QUANTIDADE 1º PA MARABÁ SIDERURGIA

POSIÇÃO ESTADO MUNICÍPIO ATIVIDADE QUANTIDADE 1º PA MARABÁ SIDERURGIA SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO SIT/MTE REGISTRA UM AUMENTO DE 10,39% NO NÚMERO DE TRABALHADORES EM SITUAÇÃO ANÁLOGA À DE ESCRAVO EM 2012 Números finais contabilizados pela Divisão de Fiscalização para

Leia mais

Indicadores IBGE. Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil SINAPI. Julho de 2016

Indicadores IBGE. Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil SINAPI. Julho de 2016 Indicadores IBGE Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil SINAPI Julho de 2016 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE Vice-Presidente da República no Exercício

Leia mais

SuperShopping Osasco. O ponto certo dos seus negócios.

SuperShopping Osasco. O ponto certo dos seus negócios. SuperShopping Osasco O ponto certo dos seus negócios. Inaugurado em 27 de Outubro de 2005, o SuperShopping Osasco é hoje um dos principais centros comerciais da cidade atendendo a 600.000 consumidores

Leia mais

Resultados de março 2015

Resultados de março 2015 Resultados de março Em março de, as MPEs paulistas apresentaram queda de 4,8% no faturamento real sobre março de 2014 (já descontada a inflação). Por setores, no período, os resultados para o faturamento

Leia mais

Maio 2004. Belo Horizonte. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE

Maio 2004. Belo Horizonte. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE Pesquisa Mensal de Emprego Maio 2004 Região Metropolitana de Belo Horizonte Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE 1 PESQUISA MENSAL DE EMPREGO ESTIMATIVAS PARA O MÊS DE MAIO DE 2004 REGIÃO

Leia mais

NO ÂMBITO DA OCUPAÇÃO

NO ÂMBITO DA OCUPAÇÃO PRINCIPAIS DESTAQUES DA EVOLUÇÃO DO MERCADO DE TRABALHO NAS SEIS REGIõES METROPOLITANAS DO PAÍS ABRANGIDAS PELA PESQUISA MENSAL DE EMPREGO DO IBGE (RECiFE, SALVADOR, BELO HORIZONTE, RIO DE JANEIRO, SÃO

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE SUÍNA JUNHO DE 2017

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE SUÍNA JUNHO DE 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE SUÍNA JUNHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por suas

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos TRIGO NOVEMBRO DE 2016

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos TRIGO NOVEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos TRIGO NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por suas

Leia mais

TELEFONIA FIXA E MÓVEL

TELEFONIA FIXA E MÓVEL DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos TELEFONIA FIXA E MÓVEL JUNHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

o shopping 2 Shopping Guararapes

o shopping 2 Shopping Guararapes FOLDER CONGRESSO SG.indd 1 06/09/13 19:14 o shopping Com uma localização estratégica, o Shopping Guararapes está situado em uma das áreas de maior crescimento da Região Metropolitana do Recife. Recebe

Leia mais

ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 13 de abril de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 13 de abril de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 13 de abril de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos RELATÓRIO FOCUS 2018 2019 MEDIANA MÉDIA MEDIANA MÉDIA 6-abr 13-abr 6-abr 13-abr 6-abr 13-abr 6-abr

Leia mais

ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 10 de agosto de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 10 de agosto de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 10 de agosto de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos RELATÓRIO FOCUS 2018 2019 MEDIANA MÉDIA MEDIANA MÉDIA 3-ago 10-ago 3-ago 10-ago 3-ago 10-ago 3-ago

Leia mais

ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 7 de dezembro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 7 de dezembro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 7 de dezembro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos RELATÓRIO FOCUS 2018 2019 MEDIANA MÉDIA MEDIANA MÉDIA 30-nov 7-dez 30-nov 7-dez 30-nov 7-dez 30-nov

Leia mais

Indicadores IBGE. Pesquisa Mensal de Serviços. fevereiro 2015. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE

Indicadores IBGE. Pesquisa Mensal de Serviços. fevereiro 2015. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE Indicadores IBGE Pesquisa Mensal de Serviços fevereiro 2015 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE Presidenta da República Dilma Rousseff Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão Nelson

Leia mais

Experiência Brasileira

Experiência Brasileira SEGUNDA REUNIÓN REGIONAL SOBRE EVALUACIÓN Y ESTIMACIONES DEMOGRÁFICAS CON BASE EN INFORMACION CENSAL Análisis de la mortalidad adulta Experiência Brasileira Santiago, Chile, 11 al 16 junio de 2012 Tábuas

Leia mais

Pesquisa com visitantes domésticos e internacionais dos Jogos Rio 2016 Resultados Preliminares

Pesquisa com visitantes domésticos e internacionais dos Jogos Rio 2016 Resultados Preliminares Pesquisa com visitantes domésticos e internacionais dos Jogos Rio 2016 Resultados Preliminares Metodologia Público-alvo Pesquisa doméstica Turistas domésticos em viagem ao Rio de Janeiro, durante os Jogos

Leia mais

TRATORES E MÁQUINAS AGRÍCOLAS

TRATORES E MÁQUINAS AGRÍCOLAS DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos TRATORES E MÁQUINAS AGRÍCOLAS JUNHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

LABORATÓRIO DE ESTUDOS DA POBREZA - LEP

LABORATÓRIO DE ESTUDOS DA POBREZA - LEP LABORATÓRIO DE ESTUDOS DA POBREZA - LEP uo UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ UFC CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECONOMIA CAEN Nº 08 RELATÓRIO DE PESQUISA Uma Caracterização da Extrema Pobreza no Brasil Janeiro

Leia mais

TRANSPORTE AÉREO DE PASSAGEIROS

TRANSPORTE AÉREO DE PASSAGEIROS DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos TRANSPORTE AÉREO DE PASSAGEIROS MAIO DE 2016 1 PRODUTOS 2 O objetivo do transporte aéreo é fornecer o serviço de transporte de cargas e passageiros.

Leia mais

CENÁRIO MACROECONÔMICO. 22 DE ABRIL DE 2016 ELLEN REGINA STETER Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos - DEPEC

CENÁRIO MACROECONÔMICO. 22 DE ABRIL DE 2016 ELLEN REGINA STETER Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos - DEPEC CENÁRIO MACROECONÔMICO 22 DE ABRIL DE 2016 ELLEN REGINA STETER Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos - DEPEC CENÁRIO INTERNACIONAL 3 CRESCIMENTO DO PIB MUNDIAL (%) 6,0 5,4 5,0 4,8 4,8 4,6 3,9

Leia mais

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA EM OPERAÇÕES OU PRESTAÇÕES INTERESTADUAIS - ESTADOS SIGNATÁRIOS DE ACORDOS ATUALIZADO ATÉ 05/07/2011.

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA EM OPERAÇÕES OU PRESTAÇÕES INTERESTADUAIS - ESTADOS SIGNATÁRIOS DE ACORDOS ATUALIZADO ATÉ 05/07/2011. SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA EM OPERAÇÕES OU PRESTAÇÕES INTERESTADUAIS - ESTADOS SIGNATÁRIOS DE ACORDOS ATUALIZADO ATÉ 05/07/2011 O texto atualizado está disponível no link: http://info.fazenda.sp.gov.br/nxt/gateway.dll?f=templates&fn=default.htm&vid=sefaz_tributaria:vtribut

Leia mais