Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em Administração

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em Administração"

Transcrição

1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE GESTÃO E NEGÓCIOS Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em Administração REITOR: Prof. Dr. Alfredo Júlio Fernandes Neto VICE-REITOR: Prof. Dr. Darizon Alves de Andrade PRÓ-REITOR DE GRADUAÇÃO: Prof. Dr. Waldenor Barros Moraes Filho PRÓ-REITOR DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO: Prof. Dr. Alcimar Barbosa Soares PRÓ-REITOR DE ADMINISTRAÇÃO E PLANEJAMENTO: Prof. Dr. Valder Steffen Júnior PRÓ-REITOR DE RECURSOS HUMANOS: Prof. Dr. Sinésio Gomide Júnior PRÓ-REITOR DE EXTENSÃO, CULTURA E ASSUNTOS ESTUDANTIS: Prof. Dr. Alberto Martins da Costa DIRETOR DA FACULDADE DE GESTÃO E NEGÓCIOS: Prof. Reinaldo Campos Andraus COORDENADOR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO Prof. Dr. João Bento de Oliveira Filho Uberlândia, Junho de 2011.

2 SUMÁRIO 1 IDENTIFICAÇÃO ENDEREÇOS APRESENTAÇÃO PRINCÍPIOS E FUNDAMENTOS CARACTERIZAÇÃO DO EGRESSO OBJETIVOS DO CURSO ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Componentes curriculares Introdutórias de Administração Componentes curriculares de Formação Básica e Humanística 8.3 Componentes curriculares para Formação Empreendedora 8.4 Componentes curriculares para Formação em Pesquisa Componentes curriculares de Funções Organizacionais Componentes curriculares em Formação Quantitativa e Qualitativa Componentes curriculares Optativas Estrutura Curricular Completa 8.9 Fichas de Componentes curriculares, Ementas, Pré-Requisitos e Bibliografia Fichas de Componentes curriculares Introdutórias de Administração Fichas de Componentes curriculares de Formação Básica e Humanística Fichas de Componentes curriculares de Formação Empreendedora Fichas de Componentes curriculares de Formação em Pesquisa Fichas de Componentes curriculares de Funções Organizacionais Área de Finanças Fichas de Componentes curriculares de Funções Organizacionais Área de Marketing Fichas de Componentes curriculares de Funções Organizacionais Área de Produção e Operações Fichas de Componentes curriculares de Funções Organizacionais Área de Org. e Recursos Humanos Fichas de Componentes curriculares de Formação Quantitativa e Qualitativa Fichas de Componentes curriculares Optativas da Área de Finanças Fichas de Componentes curriculares Optativas da Área de Marketing Fichas de Componentes curriculares Optativas da Área de Organizações e Recursos Humanos Fichas de componentes curriculares optativas da Área de Produção e Operações Estágio Curricular Supervisionado 8.11 Trabalho de Curso (TC) Atividades Complementares Categorias que integram as Atividades Complementares 9. DIRETRIZES GERAIS PARA O MÉTODO DO ENSINO 10. AS DIRETRIZES PARA OS PROCESSOS DE AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM E DO CURSO 10.1 Avaliação da Aprendizagem 10.2 Avaliação do Curso 10.3 Núcleo Docente Estruturante

3 1 IDENTIFICAÇÃO Denominação do Curso: Graduação em Administração Modalidade oferecida: Bacharelado Habilitação: Administração Titulação Conferida: Bacharel em Administração Ano de Início de Funcionamento do Curso: 02/04/1969 N o do ato de reconhecimento do curso: em 11/11/1971 obteve o reconhecimento do curso de Administração pelo MEC, pelo Decreto Lei /71 Regime Acadêmico: Semestral. Turnos de Oferta: Noturno e Integral Carga Horária Total: 3510 horas Carga Horária obrigatória: 2910 horas Carga Horária mínima optativa: 600 horas Carga Horária de estágio: 300 horas Carga Horária complementar: 150 horas Duração do Curso Noturno: 5 anos. Mínimo: 5 anos (10 semestres); Máximo: 7 anos. Duração do Curso Integral: 4 anos. Mínimo: 4 anos; Máximo: 7 anos. Número de Vagas Oferecidas: 80 vagas por semestre assim distribuídas: 40 vagas por semestre para o Turno Noturno e 40 vagas por semestre para o Turno Integral 2 ENDEREÇOS Da Instituição: Universidade Federal de Uberlândia. Campus Santa Mônica Av. João Naves de Ávila, 2121 Bairro Santa Mônica. CEP: Uberlândia, MG Brasil.. Fone: (34) ; Fax: (34) Da Unidade: FAGEN Faculdade de Gestão e Negócios. Campus Santa Mônica Bloco 1F Sala 1F216. Av. João Naves de Ávila, 2121 Bairro Santa Mônica. CEP: Uberlândia, MG Brasil.. Fone: (34) ; (34) Do Curso: Curso de Administração. Campus Santa Mônica Bloco 1F Sala 1F216. Av. João Naves de Ávila, 2121 Bairro Santa Mônica. CEP: Uberlândia, MG Brasil.. Fone: (34) ;

4 3 APRESENTAÇÃO Este documento apresenta o projeto pedagógico do curso de administração da Faculdade de Gestão e Negócios (FAGEN), da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Entende-se como projeto pedagógico o documento oficial de apresentação da organização didáticopedagógica de um curso de graduação. Como se observa na resolução n. 02/2004 do CONGRAD, corresponde ao conjunto de orientações teórico práticas e de ações sócio políticas e educacionais voltadas para a formação de profissionais numa determinada área do conhecimento, constituindo-se, por isso, no referencial básico de orientação para o desenvolvimento e avaliação do curso de graduação. O projeto pedagógico se estrutura em capítulos, considerando os aspectos introdutórios e identificação, endereços, apresentação, justificativa, princípios e fundamentos, caracterização do egresso, objetivos do curso, estrutura curricular, diretrizes gerais para o desenvolvimento metodológico do ensino, diretrizes gerais para os processos de avaliação da aprendizagem e do curso, duração do curso, fichas de componentes curriculares, regulamento para atividades complementares, normas para o trabalho de curso e estágio supervisionado. 4 - JUSTIFICATIVA A matriz curricular proposta para o curso de Administração da UFU é resultado de diversas pesquisas que os membros do Colegiado do Curso de Administração fizeram em instituições de referências na área, tanto em âmbito nacional quanto internacional, e procura superar uma noção fragmentada e especialista de formação, enfatizando uma formação generalista. Busca a interdisciplinaridade e oferece múltiplos conteúdos interconectados ao objeto de análise da administração: a gestão. No mundo atual, com a terceira fase da globalização, ocorrem mudanças no ambiente institucional, que demandam por um sujeito (neste caso sujeito administrador) que possa atuar em diversas esferas que vão do local ao transnacional, exigindo especialização e, ao mesmo tempo, generalização. Assim, busca-se, por meio desta proposta, a construção de um sujeito consciente, crítico e reflexivo que consiga fazer escolhas de forma a aprofundar o seu conhecimento e, ainda, garantir um olhar que contemple o todo. Ressalta-se que a profundidade no ensino da administração, propriamente dita, é conseguida ofertando-se uma formação geral, mas que possibilite a especialização. Os administradores, gestores principais das empresas, deverão estar atualizados com a nova realidade da tecnologia da informação e de comunicação, com a inovação constante de novos produtos e processos, novas necessidades dos consumidores e estratégias diferenciadas para proporcionar bem estar para a comunidade, e, assim, contribuir para elevar o padrão de vida da população. Em um âmbito local, os administradores são também os profissionais que contribuem para a sobrevivência das micro e pequenas empresas, grandes empregadoras no Brasil. As pequenas empresas contribuem para que a maior parte da população de classe média e baixa tenha condições de alimentar suas famílias, além de permitir aos seus funcionários o sonho dar uma boa educação para os filhos, para que possam ter um padrão de vida melhor no futuro. Esse é o cenário da área de atuação dos administradores, e, devido a isso, propomos a reforma curricular nos Cursos de Administração, integral e noturno, para que os estudantes possam estar mais conectados com o mercado de trabalho e continuarem sendo competitivos em relação aos egressos dos melhores cursos de administração do Brasil.

5 5 - PRINCÍPIOS E FUNDAMENTOS Este Projeto Pedagógico deve ser aplicado aos cursos de Administração da Faculdade de Gestão e Negócios (FAGEN) da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Para o Curso Noturno, deverão ser oferecidas 5 (cinco) componentes curriculares por semestre, com uma carga horária de 300 horas/aula. Para o Curso Integral, serão oferecidas mais de 5 (cinco) componentes curriculares por semestre, sendo os componentes curriculares distribuídas durante todo o dia (manhã e tarde), não havendo concentração de turno por semestre. Os componentes curriculares optativos serão oferecidos sempre à noite. Durante os dois últimos semestres, os alunos do Curso Integral cursarão os componentes curriculares optativos à noite. Desta forma, a previsão de conclusão do Curso Noturno será de 5 (cinco) anos, e a previsão para a conclusão do Curso Integral será de 4 (quatro) anos. O Curso de Administração poderá oferecer, de forma facultativa, 20% (vinte por cento) dos componentes curriculares na modalidade Educação à Distância (EAD). O Curso de Administração segue os seguintes Princípios e Fundamentos, em consonância com o artigo 7º da Resolução 2/2004 do CONGRAD. 1. Qualidade do ensino: A linha preconizada para o Curso de Administração quanto à qualidade do ensino é de que o nível do curso deve seguir um padrão de classe mundial, sujeitando-se todas as demais premissas a esta. Especificamente, o padrão está configurado em: 1.1 Componentes curriculares de Métodos Quantitativos e Qualitativos (300 horas-aula): contemplam uma sólida base em cálculo, álgebra linear e geometria, ladeadas por um conhecimento de tratamento de dados e análise qualitativa. Os componentes curriculares são Matemática I, Matemática II, Análise de Dados I e Análise de Dados II, além de componentes curriculares optativos. Com elas procura-se cobrir todo o ciclo de aplicação do tratamento de dados em ciências sociais. 1.2 Componentes curriculares Introdutórios de Administração (240 horas-aula): Neste currículo procuramos introduzir os conceitos básicos de administração, necessárias à formação de um administrador generalista, logo no início do curso para que os alunos possam conhecer a essência do curso que escolheram, evitando-se, assim, descontentamento e evasão. Procuramos apresentar as áreas da administração como Organizações e Recursos Humanos, Marketing e Finanças. Apenas o componente curricular introdutório da área de Produção e Operações está no quinto período, devido a necessidade de conhecimentos de métodos quantitativos para a melhor assimilação do conteúdo. Esses componentes curriculares são: Fundamentos de Administração; Fundamentos de Marketing; Dados e Informações Empresariais I, e Sistema Estratégico de Produção. 1.3 Componentes curriculares de Formação Básica (600 horas): Composto por Psicologia Organizacional; Criação de Empresas; Gestão de Custos; Dados e Informações Empresariais II; Informações e Negócios; Organizações e Sociedade; Dimensão Antropológica das Organizações; Empresa e Produto; Ética em Organizações; Direito, e Economia. Este grupo de componentes curriculares visa despertar o discente para as proposições de cidadania e formação multidimensional (o individuo, o grupo, a sociedade e suas interconexões) essenciais a compreensão consciente desta sociedade. Além disso, elas

6 são fundamentais para o entendimento apropriado dos conteúdos aplicados ao conhecimento administrativo. 1.4 Componentes curriculares de Formação Empreendedora (180 horas-aula): Demonstrando uma visão moderna e inovadora ao proporcionar que o estudante aprenda a pensar na geração de valor a que sua atividade pode levar, eventualmente materializado em atividades que possam efetivamente levar o resultado do trabalho do administrador e empreendedor para a sociedade. Os componentes curriculares são: Empreendedorismo e Geração de Idéias; Planos de Negócios; Modelos de Negócios. No Trabalho de Curso, uma das opções é um Plano de Negócio ou um Plano Estratégico, com o objetivo de estimular esta formação empreendedora no Curso. 1.5 Componentes curriculares de Formação em Pesquisa (90 horas-aula): Visam ofertar a base da pesquisa em administração (formatação, normalização, elaboração de trabalhos acadêmicos, métodos e técnicas de pesquisa, análise de dados de pesquisa, entre outros conhecimentos na área.). Os procedimentos quantitativos e qualitativos de pesquisa irão detalhar as práticas de coleta de dados e, principalmente, instruir a análise dos dados, necessários para a elaboração de Trabalhos de Curso. Os componentes curriculares são Métodos e Técnicas de Pesquisa; Estágio Supervisionado, e Acompanhamento de Trabalho de Curso (TC). O componente curricular Acompanhamento de TC é oferecido no momento em que os estudantes farão o seu trabalho de curso. O professor deste componente curricular complementa o trabalho do orientador. Cinqüenta por cento da nota será atribuída pelo professor do componente curricular a partir do cumprimento das atividades propostas. O restante da nota advém da avaliação final do Trabalho de Curso pela banca examinadora. 1.6 Componentes curriculares de Formação Específica (1080 horas-aula): Apresentam e trabalham o conteúdo das quatro funções organizacionais ou áreas administrativas (Marketing, Finanças, Organizações e Recursos Humanos, e Produção e Operações). A conclusão das mesmas permitirá ao discente se formar como um generalista. Cada área conta com componentes curriculares assim distribuídas. Área de Finanças: Matemática Financeira e Análise de Investimentos; Finanças de Curto Prazo; Finanças de Longo Prazo; Planejamento e Controle Financeiro. Área de Marketing: Comportamento do Consumidor; Gerência de Produto e Preço; Canais e Comunicação de Marketing; Estratégia Mercadológica. Área de Produção e Operações: Administração de Operações; Pesquisa Operacional; Logística e Cadeia de Suprimentos; Gestão de Projetos; Gestão de Estoques. Área de Organizações de Recursos Humanos: Teorias da Administração; Cultura e Mudança Organizacional; Estratégia; Gestão de Pessoas I, e Gestão de Pessoas II. 1.7 Componentes curriculares Optativas (600 horas-aula): Os alunos terão que cursar no mínimo 600 horas de componentes curriculares optativos. Serão oferecidas 600 horas de componentes curriculares optativos por área de concentração, sendo 120 horas de Tópicos Especiais, a ser submetida à aprovação do Colegiado do Curso de Administração. Por semestre, cada área disponibilizará aos alunos no mínimo 120 horas aula de componentes curriculares optativos. Os componentes curriculares optativos que efetivamente forem oferecidas em um semestre não poderão ser oferecidos no semestre seguinte. Os componentes curriculares optativos do Curso de Administração serão ofertados no período noturno, tanto para os estudantes do curso noturno como do curso integral, tão logo eles tenham concluído os componentes curriculares de formação básicas.

7 Para cada componente curricular oferecido, terá que ter um mínimo de 10 alunos matriculados por turma e um máximo de 30 alunos por turma. Havendo procura por mais de 30 alunos para um componente curricular optativo, deverá ser seguido o seguinte critério para a formação das turmas, observando que cada estudante deve cursar pelo menos um componente curricular optativo de cada área. Critérios para formação de turma de componente curricular optativo: 1) estudante que cursou os componentes curriculares obrigatórios e tem situação regular para cursar as optativas; 2) estudante com maior CRA Coeficiente de Rendimento Acadêmico, constante no histórico escolar dos estudantes; 3) estudantes de períodos anteriores que estiverem adiantando componentes curriculares; 4) estudantes que terminaram os créditos e desejam cursar mais componentes curriculares para enriquecimento de currículo e conhecimentos; 5) antiguidade (idade do aluno). Obs: Deverão ser obedecidos os pré-requisitos, caso a s a ser cursada exija. Interação social: O Curso de Administração enfatiza a interação da universidade com a sociedade ao proporcionar uma formação empreendedora de seus alunos. O resultado do processo de aprendizagem não é formação do aluno em si, mas a possibilidade de que o fruto dessa aprendizagem possa ser efetivamente disponibilizado para a sociedade, através da geração de empresas que levem produtos valorizados pela sociedade. Além dessa postura filosófica do Curso, a interação social será estimulada pela participação dos alunos em atividades complementares como: participação em projetos de pesquisa nos Núcleo de Pesquisa regulamentados na FAGEN; colaboração em projetos da Empresa Junior; pesquisas acadêmicas com professores; projetos na incubadora de empresas ligada à UFU e interação com alunos de outros cursos da UFU, com o fim de gerar utilidade para a sociedade. Ensino, pesquisa e extensão indissociáveis: Também aqui a visão de empreendedorismo que permeia o Curso de Administração contribui para tentar sanar a notória dificuldade da universidade de ultrapassar seus muros para levar o produto de seu saber para a sociedade. A pesquisa, inerente ao desenvolvimento do conhecimento e da inovação que devem estar presentes nos negócios empreendidos pelos alunos, até seu Trabalho de Curso. Flexibilidade curricular: Além da possível alteração da estrutura curricular, que poderá ocorrer a qualquer tempo por iniciativa do Colegiado do Curso, a flexibilidade curricular aparece explicitada no Curso de Administração em dois momentos: na escolha dos componentes curriculares optativos, aberta para qualquer área da administração, e no grande elenco de atividades complementares requeridas pelo Curso. Trato teórico-prático, histórico e metodológico: Neste aspecto, o Curso de Administração parte da convicção de que o conteúdo dos componentes curriculares deve privilegiar o ensino teórico e a aplicação de práticas, nunca perdendo de vista que as tecnologias são mutáveis, mas os preceitos conceituais são aplicáveis a todas as formas que a inovação assume. Ética: A ética de basear a geração de valor para a sociedade através de soluções empreendidas, em detrimento da postura do caminho mais curto e da obtenção de vantagem a todo custo, constitui a linha mestra da educação que o Curso de Administração pretende levar aos seus alunos.

8 Avaliação emancipatória: O Curso de Administração adota o princípio de que seu sucesso e permanência são continuamente colocados à prova pelo sucesso dos seus egressos. A opção foi por assumir esse risco: se o Curso não for capaz de formar alunos que realmente gerem valor para a sociedade, isto ficará rapidamente evidente e a demanda pelo curso irá arrefecer. Assim, menos importante do que prover um diploma ou certificado, o Curso de Administração deverá ser continuamente confrontado com a capacidade de seus egressos de gerar valor. 6 - CARACTERIZAÇÃO DO EGRESSO O Curso de Administração da Faculdade de Gestão e Negócios da UFU pretende que os alunos tenham uma formação generalista para competir no mercado, com habilidade para liderança e capacidade empreendedora para atuar na gestão dos negócios. O perfil desejado do profissional egresso do Curso de Administração, após a análise das peculiaridades profissionais e o contexto social em que estamos vivendo, orientou a escolha dos conteúdos, da habilitação e composição e estrutura do currículo. O egresso estará capacitado a contribuir para a sociedade em que vive, gerando valor para as organizações ou para a sociedade em geral, atendendo suas necessidades e contribuindo para uma melhoria de vida, tanto através de novos produtos como pela contribuição para o aumento da eficiência organizacional, através da Administração. Em relação aos atributos profissionais, ele deve reunir condições para: solucionar questões técnicas e gerenciais das organizações de modo analítico, crítico, criativo e inovador; reunir flexibilidade intelectual e adaptabilidade contextualizada; e ter visão sistêmica e multidisciplinar no seu campo de atuação. Em relação aos atributos humanos e sociais, ele deve: ter atitude ética; promover a inclusão e responsabilidade social; desenvolver o espírito de equipe e cooperação; possuir visão crítica e abertura para a mudança; e ter capacidade de interpretar, criticar, intervir e transformar a realidade. Com isso, o curso de Administração reúne condições para que o egresso seja capaz de: ter capacidade de identificar problemas, estabelecer metas e equacionar soluções. Exercer o processo de tomada de decisão; ter capacidade de desenvolver e transferir conhecimentos da vida e da experiência cotidiana para o ambiente de trabalho e do seu campo de atuação profissional; ter iniciativa, criatividade, determinação, vontade política e administrativa, abertura às mudanças e consciência da qualidade de atuação profissional, em diferentes modelos organizacionais; ter consciência da formação continuada e aprimoramento contínuo; desenvolver atitude ética e empreendedora; desenvolver expressão e comunicação no exercício profissional, incluindo processos de negociação e nas comunicações interpessoais ou intergrupais; desenvolver capacidade para elaborar e gerenciar projetos em organizações;

9 desenvolver capacidade de realizar consultoria em gestão e administração, pareceres e perícias administrativas, gerenciais, organizacionais, estratégicos e operacionais; e desenvolver a visão de futuro e análise de conjunturas para tomada de decisão em ambiente instável e condições adversas. Assim, o Curso de Administração pretende que os alunos que nele se formam tenham desenvolvido a capacidade de aprender a aprender, para absorver constantemente maneiras novas de fazer coisas velhas ou maneiras novas de fazer coisas novas. A autonomia intelectual e forte base em métodos quantitativos e lógica possibilitarão a esses alunos uma qualidade de raciocínio lógico e abstrato, capaz de fazê-lo compreender sistemas complexos e dinâmicos das organizações. Com a linha de empreendedorismo e seu conteúdo interdisciplinar ministrado ao longo de todo o curso, espera-se também que os alunos sejam capazes de ter atitude, de comunicar, de pensar horizontalmente e de interligar coisas de diferentes componentes curriculares. Isto permite a interação com pessoas de outras áreas, características estas valiosas no mundo moderno. O curso procura possibilitar que os alunos sejam mais flexíveis no trabalho e capazes de adaptar melhor a tarefas não rotineiras e a mudanças organizacionais, estabelecendo relações solidárias, éticas, cooperativas e coletivas. Espera-se também, que após a obtenção de experiência prática de trabalho e construção de networking profissional, os egressos do curso sejam capazes de ter novas ideias, identificar oportunidades valiosas, propor inovações em sua área de atuação e aceitarem o desafio de criar novos negócios, formando equipes de trabalho capazes de interagir com outras empresas e gerar empregos para novos formandos. Por fim, espera-se que os egressos sejam capazes de refletir e pensar critica e propositivamente acerca da realidade que os cerca. Com isto, serão decisores, solucionadores de problemas e criadores de valor para a sociedade e para o país, produzindo e disponibilizando para a sociedade conhecimentos e tecnologias através da empresa em que trabalhe ou que tenha empreendido. Em particular, o egresso do Curso de Administração deverá ser capaz de: 1. reconhecer e definir problemas, equacionar soluções, pensar estrategicamente, introduzir modificações no processo produtivo, atuar preventivamente, transferir e generalizar conhecimentos e exercer, em diferentes graus de complexidade, o processo da tomada de decisão; 2. desenvolver expressão e comunicação compatíveis com o exercício profissional, inclusive nos processos de negociação e nas comunicações interpessoais ou intergrupais; 3. refletir e atuar criticamente sobre a esfera da produção, compreendendo sua posição e função na estrutura produtiva sob seu controle e gerenciamento; 4. desenvolver raciocínio lógico, crítico e analítico para operar com valores e formulações matemáticas presentes nas relações formais e causais entre fenômenos produtivos, administrativos e de controle, bem assim expressando-se de modo crítico e criativo diante dos diferentes contextos organizacionais e sociais; 5. ter iniciativa, criatividade, determinação, vontade política e administrativa, vontade de aprender, abertura às mudanças e consciência da qualidade e das implicações éticas do seu exercício profissional; 6. desenvolver capacidade de transferir conhecimentos da vida e da experiência cotidianas para o ambiente de trabalho e do seu campo de atuação profissional, em diferentes modelos organizacionais, revelando-se profissional adaptável;

10 7. desenvolver capacidade para elaborar, implementar e consolidar projetos em organizações; e 8. desenvolver capacidade para realizar consultoria em gestão e administração, pareceres e perícias administrativas, gerenciais, organizacionais, estratégicos e operacionais. 7 - OBJETIVOS DO CURSO Os objetivos do curso de Administração servem como diretrizes no processo de tomada de decisões, além de serem guias para aumentar a eficiência e eficácia do curso e avaliação do seu desempenho. Objetivo geral Formar administradores por meio da transmissão, construção, análise e questionamento de um conjunto de conhecimentos e ferramentas que favoreçam o desenvolvimento de competências profissionais, humanas e sociais. Objetivos específicos Preparar as pessoas para a cidadania de modo que venham a atuar como agentes de transformação nas comunidades nas quais estejam inseridos. Proporcionar uma formação técnica sólida e diversificada em conhecimentos para essenciais para uma gestão eficiente e eficaz da organização.. Formar profissionais solucionadores de problemas. Contribuir para o planejamento da carreira e do futuro profissional do aluno. Contribuir para o aluno desenvolver a iniciativa, criatividade, determinação e vontade político-administrativa. Contribuir para o aluno transferir conhecimentos da vida e da experiência cotidiana para o ambiente de trabalho e dos conhecimentos profissionais para a vida. Incentivar espírito empreendedor nos alunos, bem como a elaboração e gestão de projetos pessoais e nas organizações. Desenvolver o processo de comunicação e negociação estimulando o ato de compartilhar, defender ou transformar idéias. Incentivar a visão crítica, o diagnóstico e a identificação de oportunidades para melhoria dos resultados nas organizações por meio de consultoria. Incentivar nos alunos a sistemática de visão de futuro e entendimento de ambientes e análise crítica do risco em condições de adversidades. Incentivar a atitude ética na vida profissional e pessoal dos alunos. Despertar nos alunos a responsabilidade pela inclusão e responsabilidade social. Orientar o desenvolvimento de pesquisas na área, oferecendo uma gama de conteúdos, principalmente por meio dos componentes curriculares de metodologia científica, componentes curriculares optativos e do trabalho de curso. 8 - ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO A partir de iniciativa da Pró-Reitoria de Graduação no âmbito da Universidade Federal de Uberlândia, as discussões e debates a respeito das questões curriculares e dos projetos pedagógicos vêm ocorrendo de forma mais intensa desde 2002, com o intuito de que fossem estabelecidos os parâmetros e referenciais institucionais orientadores.

11 As discussões então culminaram com a aprovação da resolução 02/2004 do Conselho de Graduação, dispondo sobre a elaboração e/ou reformulação de projeto pedagógico de cursos de graduação. Além disso, em 2005, foi editado o documento intitulado Orientações Gerais para a Elaboração de Projetos Pedagógicos de Cursos de Graduação, em consonância com a resolução citada, mas cujo nível de detalhamento proporcionava um maior embasamento para as discussões dos respectivos projetos pedagógicos. Estes documentos institucionais representam o posicionamento político da UFU acerca da matéria, em coerência com os debates realizados pelos vários Conselhos Profissionais e com os princípios e direcionamentos emanados do Poder Público Federal por meio da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Lei de dezembro de O curso objeto deste projeto pedagógico baseia-se nas referências acima, bem como está de acordo com a Resolução n. 04, de 13 de julho de 2005, CNE/CES, em que se preconiza que os cursos de graduação em Administração deverão contemplar, em seus projetos pedagógicos e em sua organização curricular, conteúdos que revelem inter-relações com a realidade nacional e internacional, segundo uma perspectiva histórica e contextualizada de sua aplicabilidade no âmbito das organizações e do meio através da utilização de tecnologias inovadoras e que atendam aos seguintes campos interligados de formação: I - Conteúdos de Formação Básica: relacionados com estudos antropológicos, sociológicos, filosóficos, psicológicos, ético-profissionais, políticos, comportamentais, econômicos e contábeis, bem como os relacionados com as tecnologias da comunicação e da informação e das ciências jurídicas; II - Conteúdos de Formação Profissional: relacionados com as áreas específicas, envolvendo teorias da administração e das organizações e a administração de recursos humanos, mercado e marketing, materiais, produção e logística, financeira e orçamentária, sistemas de informações, planejamento estratégico e serviços; III - Conteúdos de Estudos Quantitativos e suas Tecnologias: abrangendo pesquisa operacional, teoria dos jogos, modelos matemáticos e estatísticos e aplicação de tecnologias que contribuam para a definição e utilização de estratégias e procedimentos inerentes à administração; e IV - Conteúdos de Formação Complementar: estudos opcionais de caráter transversal e interdisciplinar para o enriquecimento do perfil do formando. Alinhado ao desenvolvimento dessas competências, o Curso de Administração se assenta em quatro eixos de formação que se refletem na estrutura curricular. Com isto, a estrutura curricular dispõe está composta de: 1. formação generalista em administração e componentes curriculares afins; 2. formação empreendedora; 3. formação humanística; 4. formação quantitativa e metodológica. Esses quatro eixos são descritos a seguir, com os componentes curriculares que os compõem. Além dos eixos disciplinares, que envolvem uma carga de horas-aula, complementam os requisitos curriculares para a conclusão do Curso de Administração, um Estágio Curricular Supervisionado de 300 horas, a participação de um conjunto de Atividades Complementares com um mínimo de 150 horas e a criação e defesa perante Banca de um Trabalho de Curso. Esses elementos essenciais são descritos em seguida ao currículo de componentes curriculares. Aproveitando a bem sucedida experiência da FAGEN na oferta de Educação a Distância, da carga de ensino de 3000 horas-aula, o Curso de Administração prevê a

12 implantação de até 20% de carga horária com prática de ensino a distância (Educação a Distância EaD), de acordo com a PORTARIA MEC Nº 4.059, DE 10/12/2004 (DOU de 13/12/2004, Seção1, p. 34). Assim, a proposta deste projeto pedagógico está em conformidade com o que foi estabelecido pelo MEC COMPONENTES CURRICULARES INTRODUTÓRIOS DE ADMINISTRAÇÃO Este é um curso que forma um profissional de Administração que deve ter um sólido conhecimento em gestão de organizações. Neste projeto, isto é obtido através de um conjunto de componentes curriculares ligadas às Áreas da Administração. Neste currículo procuramos introduzir os conceitos básicos de administração, necessários à formação de um administrador generalista, logo no início do curso, para que os alunos possam conhecer a essência do curso que escolheram, evitando-se, assim, descontentamento e evasão. Procuramos apresentar as áreas da administração como Organizações e Recursos Humanos, Marketing e Finanças. Apenas o componente curricular introdutório da área de Produção e Operações está no quinto período devido a necessidade de conhecimentos de métodos quantitativos para a melhor assimilação do conteúdo. Esses componentes curriculares são: Fundamentos de Administração; Fundamentos de Marketing; Dados e Informações Empresariais I; e Sistema Estratégico de Produção. Componentes Curriculares Introdutórios de Administração Denominação do Componente Curricular Carga Horária Carga Horária (CH) Natureza Teo Prát Total Fundamentos de Administração Obrigatória Fundamentos de Marketing Obrigatória Dados e Informações Empresariais I Obrigatória Sistema Estratégico de Produção Obrigatória Carga Horária (CH) COMPONENTES CURRICULARES DE FORMAÇÃO BÁSICA E HUMANÍSTICA Este núcleo é composto por Psicologia Organizacional; Criação de Empresas; Gestão de Custos; Dados e Informações Empresariais II; Organizações e Sociedade; Dimensão Antropológica das Organizações; Informações e Negócios; Empresa e Produto; Ética em Organizações; Direito; e Introdução à Macroeconomia. Este grupo de componentes curriculares visa despertar o discente para as proposições de cidadania e formação multidimensional (o individuo, o grupo, a sociedade e suas interconexões) essenciais a compreensão consciente desta sociedade Além disso, elas são fundamentais para o entendimento apropriado dos conteúdos aplicados ao conhecimento administrativo. Componentes curriculares de Formação Básica e Humanística Denominação do Componente curricular Carga Horária Carga Horária (CH) Natureza Teo Prát Total Psicologia Organizacional Obrigatória

13 Criação de Empresas Obrigatória Gestão de Custos Obrigatória Dados e Informações Empresariais II Obrigatória Organizações e Sociedade Obrigatória Dimensão Antropológica das Organizações Obrigatória Informações e Negócios Obrigatória Empresa e Produto Obrigatória Ética em Organizações Obrigatória Direito Obrigatória Introdução à Macroeconomia Obrigatória Carga Horária (CH) COMPONENTES CURRICULARES PARA FORMAÇÃO EMPREENDEDORA Procura-se demonstrar uma visão moderna e inovadora ao proporcionar que o estudante aprenda a pensar na geração de valor a que sua atividade pode levar, eventualmente materializado em atividades que possam efetivamente levar o resultado do trabalho do administrador e empreendedor para a sociedade. Os componentes curriculares são: Empreendedorismo e Geração de Ideias; Planos de Negócios; Modelos de Negócios. No Trabalho de Curso, uma das opções é a elaboração de um Plano de Negócio com o objetivo de estimular a formação empreendedora no Curso. Componentes curriculares de Formação Empreendedora Denominação do Componente Curricular Carga Horária Carga Horária (CH) Natureza Teo Prát Total Empreendedorismo e Geração de Ideias Obrigatória Planos de Negócios Obrigatória Modelos de Negócios Obrigatória Carga Horária (CH) COMPONENTES CURRICULARES PARA FORMAÇÃO EM PESQUISA Propõe-se ofertar a base da pesquisa em administração (formatação, normas, construção das diversas partes de um trabalho acadêmico, formas de se coletar os dados etc.). Os procedimentos quantitativos e qualitativos de pesquisa irão detalhar as práticas de coleta e principalmente, instruir a análise dos dados, necessários para a elaboração de Trabalho de Curso (TC) na modalidade de Artigos Científicos. O componente curricular Acompanhamento de Trabalho de Curso constitui-se no momento em que os alunos farão o seu trabalho de curso. O professor da disciplina, que complementa o trabalho do orientador, será o condutor do processo, demanda a realização do trabalho por etapas (o que seria recompensado por nota relativa ao processo, complementar à nota do trabalho final propriamente dito). Os componentes curriculares são Métodos e Técnicas de Pesquisa; Estágio Supervisionado; e Acompanhamento de Trabalho de Curso (TC).

14 Componentes curriculares de Formação em Pesquisa Denominação do Componente curricular Carga Horária Carga Horária (CH) Natureza Teo Prát Total Métodos e Técnicas de Pesquisa Obrigatória Trabalho de Curso I Obrigatória Trabalho de Curso II Obrigatória Carga Horária (CH) COMPONENTES CURRICULARES DE FUNÇÕES ORGANIZACIONAIS Apresentam e trabalham o conteúdo das funções organizacionais ou áreas administrativas (Marketing, Finanças, Organizações e Recursos Humanos, e Produção e Operações). A conclusão das mesmas permitirá ao discente se formar como um generalista. Cada área conta com quatro componentes curriculares assim distribuídas. Área de Finanças: Matemática Financeira e Investimentos; Finanças de Curto Prazo; Finanças de Longo Prazo; Planejamento e Controle Financeiro. Área de Marketing: Comportamento do Consumidor; Gerência de Produto e Preço; Canais e Comunicação de Marketing; Estratégia Mercadológica. Área de Produção e Operações: Administração de Operações; Pesquisa Operacional; Logística e Cadeia de Suprimentos; Gestão de Projetos; Gestão de Estoques. Área de Organizações de Recursos Humanos: Teorias da Administração; Cultura e Mudança Organizacional; Estratégia; Gestão de Pessoas I, e Gestão de Pessoas II. Por se tratar de curso generalista, propõe-se que cada área apresente componentes curriculares introdutórios e específicos. O restante do conteúdo de cada área deve ser apresentado nos componentes curriculares optativos.

15 Componentes curriculares de Funções Organizacionais Denominação do Componente curricular Carga Horária Carga Horária (CH) Teo Prát Total ÁREA DE FINANÇAS Natureza Matemática Financeira e Investimentos Obrigatória Finanças de Curto Prazo Obrigatória Finanças de Longo Prazo Obrigatória Planejamento e Controle Financeiro Obrigatória CH Horária Total da Área 270 ÁREA DE MARKETING Natureza Comportamento do Consumidor Obrigatória Gerência de Produto e Preço Obrigatória Canais e Comunicação de Marketing Obrigatória Estratégia Mercadológica Obrigatória CH Horária Total da Área 240 ÁREA DE PRODUÇÃO Natureza Administração de Operações Obrigatória Pesquisa Operacional Obrigatória Logística e Cadeia de Suprimentos Obrigatória Gestão de Projetos Obrigatória Gestão de Estoques Obrigatória CH Horária Total da Área 270 ÁREA DE ORGANIZAÇÕES E RECURSOS HUMANOS Natureza Teorias da Administração Obrigatória Cultura e Mudança Organizacional Obrigatória Estratégia Obrigatória Gestão de Pessoas I Obrigatória Gestão de Pessoas II Obrigatória CH Horária Total da Área FORMAÇÃO QUANTITATIVA E QUALITATIVA O profissional desejável de Administração deve ter uma excelente capacidade analítica. A razão para essa forte capacitação é possibilitar que o profissional compreenda a organização como um conjunto de informações que devem ser selecionadas e analisadas para a tomada de decisão. Assim, ela servirá como base para todos os componentes curriculares. Assim, como parte dessa formação a estrutura curricular prevê os componentes curriculares de Matemática I, Matemática II, Análise de Dados I, Análise de Dados II, e Análise Qualitativa. Os componentes curriculares de formação em análise quantitativa e qualitativa estão no quadro a seguir: Componentes curriculares de Formação Quantitativa e Qualitativa

16 Denominação do Componente curricular Carga Horária Carga Horária (CH) Natureza Teo Prát Total Matemática I Obrigatória Matemática II Obrigatória Análise de Dados I Obrigatória Análise de Dados II Obrigatória Análise Qualitativa Obrigatória Carga Horária (CH) 300 Deverão ser ofertadas 120 horas-aula de Matemática, visando que o aluno tenha a capacidade de trabalho com os métodos de cálculo e também que ele possa adquirir o rigor analítico exigido nesses componentes curriculares. Há uma área particularmente importante em Administração, que diz respeito ao tratamento da informação. Isto ocorre nitidamente na área de estratégia e pesquisa mercadológica. A natureza dos dados oriundos da gestão da empresa e do mercado leva à necessidade de uma abordagem de ciência social no tratamento da informação. Para o Curso de Administração, optou-se por enfatizar o tratamento integrado dos aspectos quantitativos e qualitativos da informação. Assim, propomos o componente curricular Análise Qualitativa, como parte da formação quantitativa dos componentes curriculares de Análise de Dados COMPONENTES CURRICULARES OPTATIVOS Os estudantes deverão cursar dez (10) componentes curriculares optativos. Serão oferecidas 600 horas de componentes curriculares optativos por área de concentração. Por semestre, cada área disponibilizará aos estudantes de 120 a 300 horas/aula de disciplinas optativas. Desses componentes curriculares optativos, cada área poderá ofertar 120 horas de Tópicos Especiais, a ser submetida à aprovação do Colegiado do Curso de Administração. Os componentes curriculares optativos do Curso de Administração serão ofertados no período noturno, para os alunos do curso noturno e do curso integral, tão logo eles estejam concluindo os componentes curriculares de formação básicas e específicas das áreas de administração. Para atender as exigências legais em vigor, os alunos poderão optar pelo componente curricular LIBRAS I, oferecida pela Faculdade de Educação (FACED), como um componente curricular optativo.

17 QUADROS DE COMPONENTES CURRICULARES OPTATIVOS QUADRO componentes curriculares optativos da área de finanças Componentes curriculares Optativos da área de Finanças Denominação do Componente curricular Carga Horária Natureza Teo Prát Total Finanças Comportamentais Optativa Finanças Internacionais Optativa Gestão Avançada de Custos Optativa Gestão Baseada no Valor Optativa Gestão de Riscos e Engenharia Financeira Optativa Gestão Financeira Municipal Optativa Governança Corporativa Optativa Mercado de Capitais Optativa Métodos Quantitativos Aplicados a Finanças Optativa Precificação de Ativos Financeiros Optativa Risco de Crédito e Credit Scoring Optativa QUADRO de componentes curriculares optativos da área de marketing Componentes curriculares Optativos da área de Marketing Denominação do Componente curricular Carga Horária Natureza Teo Prát Total Administração Varejista Optativa Branding Optativa e-marketing Optativa Marketing Business to Business Optativa Marketing de Novos Negócios Optativa Marketing de Relacionamento Optativa Marketing de Serviços Optativa Marketing Experiencial Optativa Marketing Global Optativa Pesquisa de Marketing Optativa TEM1 - Marketing para Mercados Emergentes Optativa TEM2 - Marketing Esportivo Optativa TEM3 - Simulação Estratégica de Marketing Optativa TEM4 - Estratégia do Oceano Azul Optativa TEM5 - Marketing para Empreendimentos Sociais Optativa TEM6 - Marketing Público Optativa

18 QUADRO de componentes curriculares optativos da Área de Organizações e Recursos Humanos Componentes curriculares Optativos da área de Organizações e Recursos Humanos Denominação do Componente curricular Carga Horária Natureza Teo Prát Total Administração em Ambientes Optativa Multiculturais Comportamento Estratégico da Optativa Organização Empresa Familiar Optativa Gestão da Educação Corporativa Optativa Gestão de Carreira e Projeto de Vida Optativa Gestão de Clima Organizacional Optativa Gestão de Pessoas na Internacionalização Optativa de Empresas Gestão do Desenvolvimento de Pessoas Optativa Gestão Social e Sustentabilidade Optativa Inovação e Gestão do Conhecimento Optativa Liderança e Construção de Optativa Relacionamentos Negociação e Gestão de Conflitos Optativa Tópicos Especiais em Gestão de Pessoas Optativa Tópicos Especiais em Organizações e Estratégia Optativa QUADRO de componentes curriculares optativos da Área de Produção e Operações Componentes curriculares Optativos da área de Produção e Operações Denominação do Componente curricular Carga Horária Carga Horária (CH) Natureza Teo Prát Total Consultoria Empresarial Optativa Controle Estatístico de Processos Optativa Gestão Ambiental Optativa Gestão da Cadeia de Suprimentos Optativa Gestão da Inovação Optativa Gestão da Qualidade e Certificações Optativa Teoria dos Jogos Optativa Gestão em Serviços Optativa Negociação Optativa Sustentabilidade em Produção e Operações Optativa Projeto e Desenvolvimento de Produtos Optativa

19 Redes: logística, custos e tecnologia Optativa Tópicos Especiais de APO I - Tendências Optativa em Cadeias de Valor Tópicos Especiais de APO II Terceirização, integração e formas de parcerias na produção e operações Optativa ESTRUTURA CURRICULAR COMPLETA A conjunção dos componentes curriculares mencionados anteriormente, Introdutórias de Administração; Formação Básica e Humanística; Formação Empreendedora; Formação em Pesquisa; de Funções Organizacionais; de Formação Quantitativa e Qualitativa; e Optativas, acima detalhados, ensejam as estruturas curriculares dos Cursos de Administração Noturno e Integral apresentados adiante, seguida da apresentação das ementas de cada componente curricular, com a bibliografia principal e pré-requisitos pertinentes. O Curso de Administração Noturno possui dez semestres, podendo ser concluído em cinco anos. O Curso de Administração Integral possui oito semestres, podendo ser concluído em quatro anos. Os componentes curriculares optativos, a serem ministradas nos dois últimos semestres, serão oferecidos no período noturno. FLUXO CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO NOTURNO

20 MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO NOTURNO

Informações sobre o Curso de Administração

Informações sobre o Curso de Administração Objetivo Geral do Curso: Informações sobre o Curso de Administração Prover a sociedade de profissional dotado de senso crítico e comportamento ético-profissional qualificado. Um Administrador criativo,

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, BACHARELADO Administração LFE em Administração de Empresas Lajeado 4811 Administração LFE em Administração

Leia mais

Faculdade Figueiredo Costa 16/73

Faculdade Figueiredo Costa 16/73 16/73 CAPITULO IV GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO PERFIL PROFISSIONAL O Curso de Graduação em Administração deve ensejar como perfil desejado do formando, capacitação e aptidão para compreender as questões

Leia mais

FACULDADE PASCHOAL DANTAS

FACULDADE PASCHOAL DANTAS FACULDADE PASCHOAL DANTAS PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO ÊNFASE GESTÃO DE PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SÃO PAULO - SP NOVEMBRO DE 2008 ÍNDICE 1. Visão e Missão da FPD...3 2. ORGANIZAÇÃO

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO. Concepção do Curso de Administração

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO. Concepção do Curso de Administração CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Concepção do Curso de Administração A organização curricular do curso oferece respostas às exigências impostas pela profissão do administrador, exigindo daqueles que integram a instituição

Leia mais

Curso de Graduação. Dados do Curso. Administração. Contato. Modalidade a Distância. Ver QSL e Ementas. Universidade Federal do Rio Grande / FURG

Curso de Graduação. Dados do Curso. Administração. Contato. Modalidade a Distância. Ver QSL e Ementas. Universidade Federal do Rio Grande / FURG Curso de Graduação Administração Modalidade a Distância Dados do Curso Contato Ver QSL e Ementas Universidade Federal do Rio Grande / FURG 1) DADOS DO CURSO: COORDENAÇÃO: Profª MSc. Suzana Malta ENDEREÇO:

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO 6 ANEXO II METODOLOGIAS (A) CURSO DE ADMINISTRAÇÃO 7 A) Metodologias utilizadas no Curso de Administração, bacharelado: a) Aulas Expositivas, Fórum de Debates, Dinâmica de Grupo, Seminários, Estudos de

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, BACHARELADO Administração LFE em Administração de Empresas Administração LFE em Análise de Sistemas

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N 72/2009 Aprova o Projeto Político-Pedagógico do Curso de Sistemas de Informação, modalidade

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO DO CURSO

1. IDENTIFICAÇÃO DO CURSO 1. IDENTIFICAÇÃO DO CURSO O Curso de Secretariado Executivo das Faculdades Integradas de Ciências Exatas Administrativas e Sociais da UPIS, reconhecido pelo MEC desde 1993, pela Portaria 905, de 24.06,1993,

Leia mais

R E S O L U Ç Ã O. Artigo 2º - O Currículo, ora alterado, será implantado no início do ano 2000, para os matriculados no 1º semestre.

R E S O L U Ç Ã O. Artigo 2º - O Currículo, ora alterado, será implantado no início do ano 2000, para os matriculados no 1º semestre. RESOLUÇÃO CONSEPE 30/99 ALTERA O PLANO CURRICULAR E O REGIME DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE, no uso da atribuição

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº09/2011 Aprova a estrutura curricular do Curso de Administração do Centro de

Leia mais

O Curso de Administração da ESAG. Prof. Dr. Nério Amboni (ESAG/UDESC) 2011.2

O Curso de Administração da ESAG. Prof. Dr. Nério Amboni (ESAG/UDESC) 2011.2 O Curso de Administração da ESAG Prof. Dr. Nério Amboni (ESAG/UDESC) 2011.2 Missão da ESAG A ESAG tem por missão realizar o ensino, a pesquisa, a extensão, de modo articulado, a fim de contribuir na formação

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO. Curso de Graduação Tecnológica em Marketing

PROJETO PEDAGÓGICO. Curso de Graduação Tecnológica em Marketing PROJETO PEDAGÓGICO Curso de Graduação Tecnológica em Marketing Porto alegre, 2011 1 1. Objetivos do Curso O projeto do curso, através de sua estrutura curricular, está organizado em módulos, com certificações

Leia mais

Administração. Curso de Graduação Bacharelado em

Administração. Curso de Graduação Bacharelado em Curso de Graduação Bacharelado em Administração O curso de Administração está enquadrado como uma ciência social aplicada. Estuda-se em profundidade técnicas e instrumentos analíticos, além de simulações

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO. 1. TURNOS: Matutino HABILITAÇÃO: Bacharelado em Administração Noturno. PRAZO PARA CONCLUSÃO: Mínimo = 5 anos

ADMINISTRAÇÃO. 1. TURNOS: Matutino HABILITAÇÃO: Bacharelado em Administração Noturno. PRAZO PARA CONCLUSÃO: Mínimo = 5 anos ADMINISTRAÇÃO 1. TURNOS: Matutino HABILITAÇÃO: Bacharelado em Administração Noturno GRAU ACADÊMICO: Bacharel em Administração PRAZO PARA CONCLUSÃO: Mínimo = 5 anos Máximo = 8 anos 2. HISTÓRICO DO CURSO

Leia mais

CÓD. 1739 - CURSO DE ADMINISTRAÇÃO TURNO: NOITE Currículo nº 02 MATRIZ CURRICULAR

CÓD. 1739 - CURSO DE ADMINISTRAÇÃO TURNO: NOITE Currículo nº 02 MATRIZ CURRICULAR Aprovado no CONGRAD: 08.05.2012 Vigência: para os ingressos a partir 2012/2 CÓD. 1739 - CURSO DE ADMINISTRAÇÃO TURNO: NOITE Currículo nº 02 MATRIZ CURRICULAR CÓD. ÁREAS DE FORMAÇÃO I - CONTEÚDOS DE FORMAÇÃO

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CONCEPÇÃO DO CURSO. Perfil do curso

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CONCEPÇÃO DO CURSO. Perfil do curso CURSO DE ADMINISRAÇÃO CONCEPÇÃO DO CURSO Perfil do curso O curso superior de Administração ora proposto foi estruturado em função das orientações e normas da Lei das Diretrizes e Bases da Educação (Lei

Leia mais

BACHARELADOS INTERDISCIPLINARES

BACHARELADOS INTERDISCIPLINARES BACHARELADOS INTERDISCIPLINARES Bacharelados Interdisciplinares (BIs) e similares são programas de formação em nível de graduação de natureza geral, que conduzem a diploma, organizados por grandes áreas

Leia mais

DIRETRIZES CURRICULARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UTFPR

DIRETRIZES CURRICULARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UTFPR Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional DIRETRIZES CURRICULARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UTFPR APROVADO PELA RESOLUÇÃO

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO Nome da disciplina Evolução do Pensamento Administrativo I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação;

Leia mais

Projeto Pedagógico do Curso

Projeto Pedagógico do Curso Projeto Pedagógico do Curso Fundamentação Diretrizes curriculares do MEC Diretrizes curriculares da SBC Carta de Princípios da UNICAP Projeto Pedagógico Institucional da UNICAP Diretrizes Curriculares

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 2014

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 2014 1 FACULDADE DE ESTUDOS SOCIAIS DO ESPÍRITO SANTO PIO XII CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO EM COMÉRCIO EXTERIOR I INTRODUÇÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 2014 O currículo

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Conselho Nacional de Educação/Câmara de Educação UF: DF Superior ASSUNTO: Diretrizes Curriculares Nacionais para

Leia mais

EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016

EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016 EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016 901491 - EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação; a evolução da teoria organizacional

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Resolução n 90/ 2011 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em Relações Públicas, Bacharelado,

Leia mais

FACULDADE ESTÁCIO MONTESSORI DE IBIÚNA ESTÁCIO FMI SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1

FACULDADE ESTÁCIO MONTESSORI DE IBIÚNA ESTÁCIO FMI SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: ADMINISTRAÇÃO - BACHARELADO MISSÃO DO CURSO Formar profissionais de elevado nível de consciência crítica, competência técnica empreendedora, engajamento

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO Evolução de Pensamento Administrativo I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação; a evolução

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Identificação do Curso Nome do Curso: Sistemas de Informação Titulação: Bacharelado Modalidade de ensino: Presencial

Leia mais

a importância de formar profissionais para atuar nos campos de trabalho emergentes na área;

a importância de formar profissionais para atuar nos campos de trabalho emergentes na área; SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Resolução n. 66/ 2012 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em Computação, Licenciatura

Leia mais

31956 Monografia II 31926

31956 Monografia II 31926 Currículo Novo 2006/01 Duração: 182 créditos 2.730h, acrescidas de 270h de atividades complementares, totalizando 3.000h 31544 Teoria das Organizações I - 31554 Matemática I - 31564 Teoria das Organizações

Leia mais

GRADUAÇÃO - ADMINISTRAÇÃO APRESENTAÇÃO

GRADUAÇÃO - ADMINISTRAÇÃO APRESENTAÇÃO GRADUAÇÃO - ADMINISTRAÇÃO APRESENTAÇÃO O Curso de Administração da Faculdade de Campina Grande FAC- CG, criado por meio da Portaria MEC 2.001 de 22/07/2003, publicada no DOU de 23/07/2003, foi implementado

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO ELABORAÇÃO DO PPC INTRODUÇÃO O Projeto Pedagógico de Curso (PPC) deve orientar a ação educativa, filosófica e epistemológica do mesmo, explicitando fundamentos políticos,

Leia mais

MANUAL DE ESTÁGIO CIÊNCIAS CONTÁBEIS. Profa. LUCIANE ALVES FERNANDES. Coordenação de Estágio e Trabalho de Conclusão.

MANUAL DE ESTÁGIO CIÊNCIAS CONTÁBEIS. Profa. LUCIANE ALVES FERNANDES. Coordenação de Estágio e Trabalho de Conclusão. MANUAL DE ESTÁGIO CIÊNCIAS CONTÁBEIS Profa. LUCIANE ALVES FERNANDES Porto Alegre/RS 2014 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. O ESTÁGIO... 3 3. FUNDAMENTAÇÃO LEGAL DO ESTÁGIO... 3 4. OBJETIVOS DO ESTÁGIO... 3

Leia mais

Presidência da República Federativa do Brasil Ministério da Educação Secretaria Executiva Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais

Presidência da República Federativa do Brasil Ministério da Educação Secretaria Executiva Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Presidência da República Federativa do Brasil Ministério da Educação Secretaria Executiva Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira INEP Diretoria de Avaliação da Educação

Leia mais

GRADUAÇÃO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING DENOMINAÇÃO: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING / ÁREA PROFISSIONAL: GESTÃO E NEGÓCIOS.

GRADUAÇÃO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING DENOMINAÇÃO: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING / ÁREA PROFISSIONAL: GESTÃO E NEGÓCIOS. GRADUAÇÃO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING CARACTERIZAÇÃO DO CURSO DENOMINAÇÃO: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING / ÁREA PROFISSIONAL: GESTÃO E NEGÓCIOS. DIPLOMA CONFERIDO: TECNÓLOGO DE

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO COLEGIADO CES

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO COLEGIADO CES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Conselho Nacional de Educação / Câmara de Educação Superior ASSUNTO: Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Engenharia RELATOR(A):

Leia mais

CHECK-LIST PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO

CHECK-LIST PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO CHECK-LIST PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO Com a finalidade de otimizar o processo de elaboração e avaliação dos Projetos Pedagógicos do Cursos (PPC), sugere-se que os itens a seguir sejam

Leia mais

CRIAÇÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO

CRIAÇÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D A B A H I A P r ó - R e i t o r i a d e E n s i n o d e G r a d u a ç ã o Palácio da Reitoria - Rua Augusto Viana s/n - Canela - 40.110-060 - Salvador Bahia E-mails:

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTE. Curso: Licenciatura em Educação Física Projeto Pedagógico

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTE. Curso: Licenciatura em Educação Física Projeto Pedagógico UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTE Curso: Licenciatura em Educação Física Projeto Pedagógico Ingressantes em 2007 Dados: Sigla: Licenciatura em Educação Física Área: Biológicas

Leia mais

Regulamento do Estágio Supervisionado do Curso de Administração

Regulamento do Estágio Supervisionado do Curso de Administração CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ENSINO SUPERIOR DO ESTADO DO AMAZONAS Rua Pedro Dias Leme, 231 Bairro Flores CEP 69058-818 Manaus AM Fones: 3643-4200 FAX 3642-4243 E-mail: ciesa@ciesabr Regulamento do Estágio

Leia mais

O CURSO DE GESTÃO PÚBLICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS: UMA CONCEPÇÃO AMPLIADA DE GESTÃO PÚBLICA

O CURSO DE GESTÃO PÚBLICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS: UMA CONCEPÇÃO AMPLIADA DE GESTÃO PÚBLICA O CURSO DE GESTÃO PÚBLICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS: UMA CONCEPÇÃO AMPLIADA DE GESTÃO PÚBLICA Vera Alice Cardoso SILVA 1 A origem: motivações e fatores indutores O Curso de Gestão Pública

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO Das Disposições

Leia mais

XIII ENCONTRO ANUAL DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO NO BRASIL TEMA: INOVAÇÕES E INVESTIMENTOS NO ENSINO DE ADMINISTRAÇÃO NO BRASIL

XIII ENCONTRO ANUAL DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO NO BRASIL TEMA: INOVAÇÕES E INVESTIMENTOS NO ENSINO DE ADMINISTRAÇÃO NO BRASIL XIII ENCONTRO ANUAL DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO NO BRASIL TEMA: INOVAÇÕES E INVESTIMENTOS NO ENSINO DE ADMINISTRAÇÃO NO BRASIL COMUNICAÇÃO SUBTEMA: QUESTÕES DIDÁTICO-PEDAGÓGICAS A MATEMÁTICA

Leia mais

CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO

CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO NOME DO CURSO: Curso de Administração TÍTULO: Bacharel em Administração TURNO: Diurno e Noturno CARGA HORÁRIA: 3.300 horas aula NÚMERO DE VAGAS: 200 Anuais COORDENADOR:

Leia mais

Sistemas de Informação

Sistemas de Informação Atividades Complementares Sistemas de Informação 1. Introdução Nos cursos de graduação, além das atividades de aprendizagem articuladas pelas disciplinas que compõem a matriz curricular, deverão ser inseridas

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRICULO PLENO 1.ª SÉRIE CÓDIGO DISCIPLINAS TEOR PRÁT CHA PRÉ-REQUISITO

MATRIZ CURRICULAR CURRICULO PLENO 1.ª SÉRIE CÓDIGO DISCIPLINAS TEOR PRÁT CHA PRÉ-REQUISITO MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Regime: Duração: ADMINISTRAÇÃO BACHARELADO SERIADO ANUAL - NOTURNO 4 (QUATRO) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 04 (QUATRO) ANOS LETIVOS - MÁXIMO

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Matriz Curricular aprovada pela Resolução nº 16/09-CONSUNI, de 1º de dezembro de 2009. MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Fase Cód. I

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N 64/2011 Altera a Resolução nº. 57/2007 do CONSEPE, que aprova o Projeto Político-Pedagógico

Leia mais

Faculdades Integradas do Vale do Ivaí Instituto Superior de Educação - ISE

Faculdades Integradas do Vale do Ivaí Instituto Superior de Educação - ISE DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO 1 Do estágio curricular supervisionado A modalidade de Estágio Supervisionado é uma importante variável a ser considerada no contexto de perfil do egresso. A flexibilidade prevista

Leia mais

Relações Internacionais

Relações Internacionais Curso de Graduação Bacharelado em Relações Internacionais O curso de Relações Internacionais está enquadrado no campo da ciência Humana e social, onde estuda-se em profundidade as políticas Internacionais

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Resolução n 69/ 2011 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em, Bacharelado, do Centro

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO (PPC)

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO (PPC) , INCLUINDO ESSE, DEVEM SER RETIRADOS DO TEXTO FINAL, POIS SERVEM SOMENTE COMO ORIENTAÇÃO PARA ELABORAÇÃO DO DOCUMENTO FINAL> PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO (PPC)

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DO ICSP/FESP CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DO ICSP/FESP CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS 1 FESP ICSP INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS DO PARANÁ Mantenedora: Fundação de Estudos Sociais do Paraná CGC/MF: 76.602.895/0001-04 Inscr. Estadual: Isento Rua General Carneiro, 216 Fone/Fax (0xx41) 264-3311

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 012/07 CONSUNI

RESOLUÇÃO Nº 012/07 CONSUNI RESOLUÇÃO Nº 012/07 CONSUNI APROVA A ALTERAÇÃO DA MATRIZ CURRICULAR DOS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO, ADMINISTRAÇÃO HABILITAÇÃO EM COMÉRCIO EXTERIOR E ADMINISTRAÇÃO HABILITAÇÃO EM MARKETING E O REGULAMENTO

Leia mais

FACULDADE STELLA MARIS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO BACHARELADO PRESENCIAL Estrutura Curricular (Janeiro 2010)

FACULDADE STELLA MARIS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO BACHARELADO PRESENCIAL Estrutura Curricular (Janeiro 2010) FACULDADE STELLA MARIS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO BACHARELADO PRESENCIAL Estrutura Curricular (Janeiro 2010) MÓDULO: COMUNICAÇÃO E GERÊNCIA EMPRESARIAL 1.º Período DC0130 Teoria Geral da Administração 60 -

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira INEP Diretoria de Avaliação da Educação Superior - DAES SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR

Leia mais

REGULAMENTO MES MECANISMOS DE ESTUDOS SISTÊMICOS Universidade Ibirapuera Aprovado pela Res. CONSUN nº 10/07, de 19.09.07 REGULAMENTO MES - MECANISMOS DE ESTUDOS SISTÊMICOS TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

Leia mais

ENADE e CPC Como compreender seu desempenho e estratégias de melhoria de resultados. PROF. AMÉRICO DE ALMEIDA FILHO aalmeidaf@yahoo.com.

ENADE e CPC Como compreender seu desempenho e estratégias de melhoria de resultados. PROF. AMÉRICO DE ALMEIDA FILHO aalmeidaf@yahoo.com. ENADE e CPC Como compreender seu desempenho e estratégias de melhoria de resultados PROF. AMÉRICO DE ALMEIDA FILHO aalmeidaf@yahoo.com.br CPC Conceito Preliminar de Curso 1 - Nota dos Concluintes no ENADE

Leia mais

FATEC EaD TECNOLOGIA EM GESTÃO EMPRESARIAL PROJETO INTERDISCIPLINAR SÃO PAULO 2014

FATEC EaD TECNOLOGIA EM GESTÃO EMPRESARIAL PROJETO INTERDISCIPLINAR SÃO PAULO 2014 1 FATEC EaD TECNOLOGIA EM GESTÃO EMPRESARIAL PROJETO INTERDISCIPLINAR SÃO PAULO 2014 2 Sumário 1. Introdução... 3 2. Finalidade do Projeto Interdisciplinar... 3 3. Disciplinas Contempladas... 4 4. Material

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR NORTE - RS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR NORTE - RS UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR NORTE - RS PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO CIÊNCIAS BIOLÓGICAS LICENCIATURA PLENA ESTRATÉGIAS PEDAGÓGICAS O Curso de Ciências Biológicas, através

Leia mais

PROPOSTA CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS 2012.2. Noturno

PROPOSTA CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS 2012.2. Noturno PROPOSTA CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS 2012.2 DENOMINAÇÃO: PORTARIA DE AUTORIZAÇÃO: PORTARIA DE RECONHECIMENTO: REGIME ESCOLAR: NÚMERO DE VAGAS ANUAIS: TURNOS DE FUNCIONAMENTO: NÚMERO DE ALUNOS POR TURMA:

Leia mais

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR do Curso de Serviço Social

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR do Curso de Serviço Social ORGANIZAÇÃO CURRICULAR do Curso de Serviço Social O Projeto pedagógico do Curso de Serviço Social do Pólo Universitário de Rio das Ostras sua direção social, seus objetivos, suas diretrizes, princípios,

Leia mais

MANUAL DA MUDANÇA DA MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE DIREITO (2007 2011)

MANUAL DA MUDANÇA DA MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE DIREITO (2007 2011) MANUAL DA MUDANÇA DA MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE DIREITO (2007 2011) Aplicável a partir de 2013/1 1 SUMÁRIO 1 Apresentação... 3 2 Quais os critérios para que a Instituição de Ensino Superior altere a

Leia mais

DIRETRIZES CURRICULARES PARA OS CURSOS DE BACHARELADO E LICENCIATURA DA UTFPR

DIRETRIZES CURRICULARES PARA OS CURSOS DE BACHARELADO E LICENCIATURA DA UTFPR Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional DIRETRIZES CURRICULARES PARA OS CURSOS DE BACHARELADO E LICENCIATURA DA UTFPR Resolução

Leia mais

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Gestão de Marketing e Vendas

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Gestão de Marketing e Vendas DESCRITIVO DE CURSO MBA em Gestão de Marketing e Vendas 1. Posglobal Após a profunda transformação trazida pela globalização estamos agora em uma nova fase. As crises econômica, social e ambiental que

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.087, DE 15 DE DEZEMBRO DE 2010

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.087, DE 15 DE DEZEMBRO DE 2010 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.087, DE 15 DE DEZEMBRO DE 2010 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Bacharelado em

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.672 DE 06 DE MARÇO DE 2008

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.672 DE 06 DE MARÇO DE 2008 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.672 DE 06 DE MARÇO DE 2008 Homologa o Parecer nº 013/2008-CEG que aprova o Projeto Político

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES (937Q)

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES (937Q) REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES (937Q) ENGENHARIA CIVIL GOIÂNIA/GO 1. ATIVIDADES COMPLEMENTARES As Atividades Complementares são componentes curriculares enriquecedores e complementadores do

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Matriz Curricular vigente a partir de 2010/1 Fase Cód. Disciplina Carga Horária Prérequisitos

Leia mais

Proposta do novo Projeto Pedagógico do Curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Núcleo Docente Estruturante (NDE)

Proposta do novo Projeto Pedagógico do Curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Núcleo Docente Estruturante (NDE) Proposta do novo Projeto Pedagógico do Curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Núcleo Docente Estruturante (NDE) 20/05/2015 Agenda 1 2 3 4 5 6 Introdução e Motivação Resultados da

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO INTRODUÇÃO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO (PPC) Articulação com o Plano de Desenvolvimento Institucional PDI Projeto Político Pedagógico Indissociabilidade entre ensino, pesquisa

Leia mais

Curso Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação - 2013 -

Curso Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação - 2013 - Curso Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação - 2013 - O Curso Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação é um curso da área de informática e tem seu desenho curricular estruturado por competências

Leia mais

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Liderança e Gestão de Pessoas

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Liderança e Gestão de Pessoas DESCRITIVO DE CURSO MBA em Liderança e Gestão de Pessoas 1. Posglobal Após a profunda transformação trazida pela globalização estamos agora em uma nova fase. As crises econômica, social e ambiental que

Leia mais

POLÍTICA DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL

POLÍTICA DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL POLÍTICA DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL Abril / 2014 Apresentação O Estágio Supervisionado em Serviço Social é um ato educativo que acontece no ambiente de trabalho e

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Fase Cód. Disciplina I Matriz Curricular vigente a partir de 2012/1 Prérequisito s Carga Horária

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CAPITULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CAPITULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1 REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CAPITULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º - Este regulamento normatiza as atividades relacionadas ao Estágio Curricular do Curso de Administração

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 039/2004-COU/UNICENTRO

RESOLUÇÃO Nº 039/2004-COU/UNICENTRO RESOLUÇÃO Nº 039/2004-COU/UNICENTRO REVOGADA PELA RESOLUÇÃO Nº 128/2014- COU/UNICENTRO. DISPOSITIVOS DO PROJETO PEDAGÓGICO APROVADO POR ESTA RESOLUÇÃO, ESTÃO ALTERADOS PELA RESOLUÇÃO Nº 26/2009-COU/UNICENTRO.

Leia mais

4 - Seu Curso. 4.1 - Informações Específicas sobre o Curso. 4.1.1 - Objetivos. 4.1.2 - Perfil do Egresso. 4.1.3 - Estrutura Curricular

4 - Seu Curso. 4.1 - Informações Específicas sobre o Curso. 4.1.1 - Objetivos. 4.1.2 - Perfil do Egresso. 4.1.3 - Estrutura Curricular 4 - Seu Curso 4.1 - Informações Específicas sobre o Curso 4.1.1 - Objetivos O Curso de Bacharelado em Relações Internacionais, oferecido pelo IEUFU, tem como objetivo a formação de profissionais capazes

Leia mais

Inscrições Abertas. Dia e horário das aula: Sexta-Feira 18h30 às 22h30 Quinzenal Sábado 08h30 às 17h30 Quinzenal

Inscrições Abertas. Dia e horário das aula: Sexta-Feira 18h30 às 22h30 Quinzenal Sábado 08h30 às 17h30 Quinzenal MBA Recursos Humanos Inscrições Abertas Dia e horário das aula: Sexta-Feira 18h30 às 22h30 Quinzenal Sábado 08h30 às 17h30 Quinzenal Carga horária: 600 Horas Duração: 24 meses *As informações podem sofrer

Leia mais

FACULDADE MORAES JÚNIOR CARGA HORÁRIA DAS DISCIPLINAS POR CURSO CIÊNCIAS CONTÁBEIS CARGA HORÁRIA SÉRIE DISCIPLINA SEMANAL ANUAL 2ª

FACULDADE MORAES JÚNIOR CARGA HORÁRIA DAS DISCIPLINAS POR CURSO CIÊNCIAS CONTÁBEIS CARGA HORÁRIA SÉRIE DISCIPLINA SEMANAL ANUAL 2ª FACULDADE MORAES JÚNIOR DAS DISCIPLINAS POR CURSO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Duração do Curso: 4 anos. Total de 3.200 horas-aula CIÊNCIAS CONTÁBEIS SÉRIE DISCIPLINA SEMANAL ANUAL 2ª Contabilidade e Análise

Leia mais

MBA em Marketing Estratégico

MBA em Marketing Estratégico MBA em Marketing Estratégico Público - alvo O MBA em Marketing Estratégico é indicado para profissionais com experiência profissional mínima de três anos, com formação universitária em qualquer área e

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL Seja bem-vindo à FADERGS! A seguir, apresentamos as principais informações sobre o seu curso, válidas para o semestre 2015/1. OS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 6, DE 10 DE MARÇO DE 2004 (*)

RESOLUÇÃO Nº 6, DE 10 DE MARÇO DE 2004 (*) RESOLUÇÃO Nº 6, DE 10 DE MARÇO DE 2004 (*) Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Ciências Contábeis, bacharelado, e dá outras providências. O Presidente da Câmara de Educação

Leia mais

FACULDADE DE TALENTOS HUMANOS

FACULDADE DE TALENTOS HUMANOS FACULDADE DE TALENTOS HUMANOS PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO UBERABA MG INSTITUTO EDUCACIONAL GUILHERME DORÇA PRESIDENTE: LUIZ HUMBERTO DORÇA FACULDADE DE TALENTOS HUMANOS DIRETOR

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 004/2011, DE 11 DE AGOSTO DE 2011.

RESOLUÇÃO Nº 004/2011, DE 11 DE AGOSTO DE 2011. RESOLUÇÃO Nº 004/2011, DE 11 DE AGOSTO DE 2011. Aprova o Manual de Procedimentos para o Projeto Integrador do Curso Superior de Tecnologia em Marketing, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

DIRETRIZES PARA A GESTÃO DAS ATIVIDADES DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO DO IFPB

DIRETRIZES PARA A GESTÃO DAS ATIVIDADES DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO DO IFPB Ministério da Educação Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia da Paraíba Pró-Reitoria de Ensino Pró-Reitoria de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação Pró-Reitoria de Extensão DIRETRIZES PARA A

Leia mais

REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES NORMAS OPERACIONAIS PARA ACOMPANHAMENTO E REGISTRO DOS ESTUDOS COMPLEMENTARES

REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES NORMAS OPERACIONAIS PARA ACOMPANHAMENTO E REGISTRO DOS ESTUDOS COMPLEMENTARES REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES NORMAS OPERACIONAIS PARA ACOMPANHAMENTO E REGISTRO DOS ESTUDOS COMPLEMENTARES O Parecer do CNE/CES nº 492/2001, assim define as atividades complementares:

Leia mais

PROJETO DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Gestão e Relações Internacionais

PROJETO DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Gestão e Relações Internacionais PROJETO DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Gestão e Relações Internacionais IDENTIFICAÇÃO DO CURSO Curso de Especialização em Gestão e Relações Internacionais Área de Conhecimento: Ciências Sociais Aplicadas

Leia mais

GUIA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA

GUIA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA GUIA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA 2013 ATIVIDADES COMPLEMENTARES O que são? São práticas acadêmicas de múltiplos formatos, obrigatórias, que podem ser realizadas dentro ou fora

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS CURRÍCULO NOVO ORGANIZAÇÃO CURRICULAR

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS CURRÍCULO NOVO ORGANIZAÇÃO CURRICULAR UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS CURRÍCULO NOVO ORGANIZAÇÃO CURRICULAR Toda reforma implica um processo de readaptação da estrutura acadêmica vigente, composta principalmente

Leia mais

MANUAL DISCENTE 2012

MANUAL DISCENTE 2012 MANUAL DISCENTE 2012 SUMARIO 1. Apresentação da Instituição 02 2. Organização Institucional 03 3. Missão, Visão, Princípios e Valores 04 4. Procedimentos Acadêmicos 05 5. Estágio Supervisionado e Trabalho

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso março 2011. ESPM Unidade Porto Alegre. Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS.

MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso março 2011. ESPM Unidade Porto Alegre. Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS. MANUAL DO CANDIDATO Ingresso março 2011 ESPM Unidade Porto Alegre Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS. Informações: Central de Candidatos: (51) 3218-1400 Segunda a sexta-feira 9h00

Leia mais

Manual do Candidato PROCESSO SELETIVO DE INVERNO 2013 CURSOS:

Manual do Candidato PROCESSO SELETIVO DE INVERNO 2013 CURSOS: Manual do Candidato PROCESSO SELETIVO DE INVERNO 2013 CURSOS: Bacharelado em Sistemas de Informação (Reconhecido pela Portaria MEC nº 315 D.O.U. 31/12/2012) Bacharelado em Administração de Empresas (Reconhecido

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 13, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2006 (*)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 13, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2006 (*) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 13, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2006 (*) Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Turismo

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 Curso Superior em Tecnologia em Design de Moda Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N 18/2006 Aprova o Projeto Político-Pedagógico do Curso de Ciências Sociais, Bacharelado,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação a Distância SEED Departamento de Regulação e Supervisão da Educação a Distância - Dresead Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DE ESTÁGIOS

REGULAMENTO GERAL DE ESTÁGIOS REGULAMENTO GERAL DE ESTÁGIOS Dispõe sobre os estágios realizados pelos discentes do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais - IFMG, em cumprimento da Lei nº 11.788, de 25 de setembro

Leia mais