esocial Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (Decreto nº 8.373, 11/12/2014 )

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "esocial Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (Decreto nº 8.373, 11/12/2014 )"

Transcrição

1

2 O que é o?

3 esocial Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (Decreto nº 8.373, 11/12/2014 ) É um projeto do governo federal que vai unificar o envio de informações pelo empregador em relação aos seus empregados, que faz parte de uma ação conjunta dos órgãos e entidades do governo federal.

4 Obrigações acessórias que serão substituídas Com a implantação do esocial gradualmente as obrigações fiscais serão substituídas: Livro de registro de empregado CAGED, RAIS, DIRF, MANAD, GFIP/SEFIP Comunicação de acidente de trabalho (CAT) Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP) Comunicação do Seguro Desemprego Substituição GPS por DARF Mais facilidade na entrega das obrigações trabalhistas!

5 Quais as etapas do?

6 Etapas do esocial QUALIFICAÇÃO CADASTRAL SANEAMENTO DOS DADOS INICIAIS NÃO

7 Etapas do esocial QUALIFICAÇÃO CADASTRAL SANEAMENTO DOS DADOS É necessário que os cadastros de CPF (Cadastro de Pessoa Física) e NIS (Número de Identificação Social) estejam qualificados. A validação dos dados do Trabalhador se dará pela informação dos seguintes dados: CPF / NIS / Data de Nascimento / Nome NÃO INICIAIS

8 Etapas do esocial QUALIFICAÇÃO CADASTRAL SANEAMENTO DOS DADOS INICIAIS NÃO Todos os dados que estão relacionados às tabelas fixas do esocial devem ser avaliados e vinculados, tais como: Eventos x Rubricas Tipo de Colaborador Motivo de Afastamento Causa de Rescisão Tipo de classificação tributária Tipo de lotação tributária Categoria de Trabalhadores

9 Etapas do esocial QUALIFICAÇÃO CADASTRAL S-1000 Informações do SANEAMENTO Empregador/Contribuinte DOS DADOS S-1005 Tabela de Estabelecimentos e Obras de Construção Civil S-1010 Tabela de Rubricas S-1020 Tabela de Lotações Tributárias S-1030 Tabela de Cargos/Empregos Públicos S-1040 Tabela de Funções/Cargos em Comissão S-1050 Tabela de Horários/Turnos de Trabalho S-1060 Tabela de Ambientes de Trabalho S-1070 NÃO Tabela de Processos Administrativos/Judiciais S-1080 Tabela de Operadores Portuários S-2100 Cadastramento Inicial do Vínculo INICIAIS

10 Etapas do esocial QUALIFICAÇÃO CADASTRAL NÃO SANEAMENTO DOS DADOS S-2190 Admissão de Trabalhador Registro Preliminar S-2200 Admissão de Trabalhador S-2205 Alteração de Dados Cadastrais do Trabalhador S-2206 Alteração de Contrato de Trabalho S-2210 Comunicação de Acidente de Trabalho S-2220 Monitoramento da Saúde do Trabalhador S-2230 Afastamento Temporário INICIAIS S-2240 Condições Ambientais do Trabalho - Fatores de Risco S-2241 Insalubridade, Periculosidade e Aposentadoria Especial S-2250 Aviso Prévio S-2298 Reintegração S-2299 Desligamento S-2300 Trabalhador Sem Vínculo - Início S-2305 Trabalhador Sem Vínculo - Alteração Contratual S-2399 Trabalhador Sem Vínculo Término S-3000 Exclusão de Eventos O S-4000 Solicitação de Totalização de Eventos, Bases e Contribuições S-4999 Adesão Antecipada ao esocial

11 Etapas do esocial S-1200 Remuneração do Trabalhador S-1210 Pagamentos de Rendimentos do Trabalho S-1220 Pagamentos a Beneficiários Não Identificados S-1250 Aquisição de Produção Rural QUALIFICAÇÃO CADASTRAL S-1260 Comercialização da Produção Rural Pessoa Física S-1270 Contratação de Trabalhadores Avulsos Não Portuários S-1280 Informações Complementares aos Eventos Periódicos S-1298 Reabertura dos Eventos Periódicos S-1299 Fechamento dos Eventos Periódicos S-1300 Contribuição Sindical Patronal SANEAMENTO DOS DADOS INICIAIS NÃO

12 Envio dos eventos e recebimento dos protocolos e recibos

13 E quais são as alterações de leiaute 1.1 para 2.0?

14 Novos leiautes S-1005 Tabela de Estabelecimentos e Obras de Construção Civil S-1210 Pagamentos de Rendimentos do Trabalho S-1220 Pagamentos a Beneficiários Não Identificados S-1270 Contratação de Trabalhadores Avulsos Não Portuários S-1280 Informações Complementares aos Eventos Periódicos S-1298 Reabertura dos Eventos Periódicos S-2190 Admissão de Trabalhador Registro Preliminar S-2220 Monitoramento da Saúde do Trabalhador S-2240 Condições Ambientais do Trabalho - Fatores de Risco S-2241 Insalubridade, Periculosidade e Aposentadoria Especial S-3000 Exclusão de Eventos S-4999 Adesão Antecipada ao esocial Principais alterações do manual 1.1 para 2.0 Novas tabelas Tabela 11 Compatibilidade entre Categoria de Trabalhadores, Classificação Tributária e Tipos de Lotação Tabela 12 Compatibilidade entre Tipos de Lotação e Classificação Tributária Tabela 22 Fator de Risco para Insalubridade/Periculosidade/Penosidade - MTE Tabela 23 Aposentadoria Especial INSS Tabela 24 Compatibilidade entre FPAS e Classificação Tributária

15 Leiautes excluídos S Pagamentos Diversos S Serviços Tomados mediante Cessão de Mão de Obra S Serviços Prestados mediante Cessão de Mão de Obra S Serviços Tomados de Cooperativa de Trabalho S Serviços Prestados pela Cooperativa de Trabalho S Recursos Recebidos ou Repassados para Associação Desportiva que mantenha equipe de Futebol Profissional S Informações complementares Desoneração S Espetáculo Desportivo Leiautes que saíram do esocial no manual 2.0 EFD-REINF Escrituração Fiscal Digital Retenções e Informações S-1300 R-1300 S-1310 R-1310 S-1320 R-1320 S-1330 R-1330 S-1380 R-1380 S-1370 R-1370 S-1800 R-1800

16 Como trabalhar a mudança cultural?

17 Recursos humanos Contabilidade Jurídico Financeiro Medicina do trabalho Trabalhe seus times e processos! Segurança do trabalho

18 Mudança de cultura da empresa para atender o esocial Saneamento dos dados do colaborador e da empresa Qualificação Cadastral CPF do dependente Códigos do esocial x Códigos da empresa Processo de admissão Reintegração Contrato de Experiência Período de Apuração do ponto Pagamento após rescisão de trabalho Pagamento de Benefícios Data do ASO O quanto antes todos se programarem, melhor!

19 Quais são as datas de entrega dos eventos?

20 Datas de entregas dos eventos INICIAIS NÃO Antes do início do esocial Quando ocorrer a alteração Até o dia 07 do mês seguinte

21 Datas de entregas dos eventos INICIAIS Antes do início do esocial NÃO Quando ocorrer a alteração* *S-2190 Admissão do trabalhador registro preliminar: Deve ser enviado com 30 dias de antecedência até um dia antes da efetiva admissão *S-2200 Admissão do Trabalhador: Pode ser enviado até o dia 7 do mês seguinte. *S-2210 Comunicação do Acidente de Trabalho: Até o 1.o dia útil após acidente, salvo se houver óbito que nesse caso deve ser enviado no mesmo dia. *S-2250 Aviso Prévio: Enviar até 10 dias após a comunicação Até o diaao 07 do colaborador mês seguinte

22 Datas de entregas dos eventos INICIAIS NÃO Antes do início do esocial Quando ocorrer a alteração Até o dia 07 do mês seguinte

23 Calendário extraoficial Cronograma previsto de Implantação 09/2015 Ambiente de pré-produção 01/2016 Opção (exceto SST/AP) Substituição da GFIP e da DIRF (AC 2016) 07/2016 Empresas com faturamento em 2014 superior a 78 milhões (exceto SST/AP 01/2017) 01/2017 Todos os demais (exceto SST/AP 07/2017) Dados obtidos na apresentação do auditor fiscal da RFB, Paulo Roberto Magaratto, 03/03/15

24 Temos pouco tempo para realizar as adequações nos processos e procedimentos. Mãos à obra!

As informações dos Eventos Trabalhistas alimentarão uma base de dados denominada RET Registro de Eventos Trabalhistas.

As informações dos Eventos Trabalhistas alimentarão uma base de dados denominada RET Registro de Eventos Trabalhistas. Objeto do esocial O esocial tem por objeto, informações trabalhistas, previdenciárias, tributárias e fiscais relativas à contratação e utilização de mão de obra onerosa, com ou sem vínculo empregatício

Leia mais

Escopo do Produto. Permite copiar e inativar eventos, além de vincular um evento ao evento padrão, obtendo as mesmas características do evento Mega;

Escopo do Produto. Permite copiar e inativar eventos, além de vincular um evento ao evento padrão, obtendo as mesmas características do evento Mega; Escopo do Produto Módulo do Mega Empresarial: RH Folha de Pagamento Última Atualização: 01/04/2016 Gerente de Produto: Pedro Oliveira Descrição do Módulo O módulo de Folha de Pagamento do Mega Empresarial

Leia mais

Descobrindo o esocial

Descobrindo o esocial Descobrindo o esocial O que é? Histórico Índice Clique nos temas para navegar pela apresentação. Objetivos O que diz a Legislação Dúvidas frequentes Treinamentos e consultoria O que é? O esocial é um projeto

Leia mais

esocial ASSESSORIA TRIBUTÁRIA Ref.: nº 34/2013

esocial ASSESSORIA TRIBUTÁRIA Ref.: nº 34/2013 Ref.: nº 34/2013 1. Conceito O esocial é um projeto do Governo Federal que vai coletar as informações descritas em seu objeto, armazenando-as em Ambiente Nacional, possibilitando aos órgãos participantes,

Leia mais

esocial esocial Diminuir o custo de produção, o controle e disponibilização das informações trabalhistas, previdenciárias e fiscais;

esocial esocial Diminuir o custo de produção, o controle e disponibilização das informações trabalhistas, previdenciárias e fiscais; Ref.: nº 05/2017 esocial 1. Conceito O esocial é um projeto do Governo Federal que vai coletar as informações descritas em seu objeto, armazenando-as em Ambiente Nacional, possibilitando aos órgãos participantes,

Leia mais

Desafios da aderência

Desafios da aderência esocial Desafios da aderência O esocial é uma obrigação multisciplinar Mais complexo e oneroso no âmbito do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) - obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas

Leia mais

Com Circular nº642 que aprova o leiaute oficial e o prazo de envio das informações.

Com Circular nº642 que aprova o leiaute oficial e o prazo de envio das informações. SEMINÁRIO esocial Versão 1.1 MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA AS ÁREAS TRABALHISTA/PREVIDENCIÁRIA/ CONTÁBIL/MEDICINA E SEGURANÇA DO TRABALHO COM PPP/CAT e ASO s Com Circular nº642 que aprova o leiaute oficial

Leia mais

Visão Geral do esocial

Visão Geral do esocial Roteiro 1) Visão geral do esocial; 2) Vantagem do novo modelo; 3) Funcionamento e os eventos do esocial; 5) Situação atual do projeto; 6) Cronograma de implantação. Visão Geral do esocial O que é o esocial

Leia mais

Cartilha. esocial. Elaborada com base nas informações constantes do Manual de Orientação do esocial, versão 2.1

Cartilha. esocial. Elaborada com base nas informações constantes do Manual de Orientação do esocial, versão 2.1 Elaborada com base nas informações constantes do Manual de Orientação do, versão 2.1 Índice Introdução... 3 Legislação... 4 Perguntas e Respostas... 5 2 Introdução Com a criação do Sistema Público de Escrituração

Leia mais

esocial o novo módulo do Sistema SPED

esocial o novo módulo do Sistema SPED www.pwc.com.br/esocial esocial o novo módulo do Sistema SPED Outubro de 2014 Agenda 1 2 3 4 5 6 A chegada do esocial Estrutura da nova obrigação acessória Cronologia Overview e abrangência Pontos críticos

Leia mais

esocial objetivos e desafios, situação atual e cronograma do projeto

esocial objetivos e desafios, situação atual e cronograma do projeto esocial objetivos e desafios, situação atual e cronograma do projeto José Maia Auditor-fiscal do Trabalho Secretaria de Inspeção do Trabalho/MTb jose.maia@mte.gov.br Apresentação Visão geral do projeto

Leia mais

esocial N O V A E R A N A S R E L A Ç Õ E S E N T R E E M P R E G A D O S, E M P R E G A D O R E S E G O V E R N O Novembro/2015

esocial N O V A E R A N A S R E L A Ç Õ E S E N T R E E M P R E G A D O S, E M P R E G A D O R E S E G O V E R N O Novembro/2015 esocial N O V A E R A N A S R E L A Ç Õ E S E N T R E E M P R E G A D O S, E M P R E G A D O R E S E G O V E R N O Novembro/2015 O que é o esocial SPED Sistema Público de Escrituração Digital Decreto nº

Leia mais

O esocial para o Setor Público. Agosto/2016. Auditor Fiscal da Receita Federal do Brasil Eduardo Tanaka

O esocial para o Setor Público. Agosto/2016. Auditor Fiscal da Receita Federal do Brasil Eduardo Tanaka O esocial para o Setor Público Agosto/2016 Auditor Fiscal da Receita Federal do Brasil Eduardo Tanaka Entendendo o esocial O que é o esocial? É o instrumento de unificação da prestação de informações referentes

Leia mais

Sistema Público de Escrituração Digital. Folha de Pagamento Digital. Reunião Cofis, 17 de dezembro de 2009

Sistema Público de Escrituração Digital. Folha de Pagamento Digital. Reunião Cofis, 17 de dezembro de 2009 Folha de Pagamento Digital Reunião Cofis, 17 de dezembro de 2009 Objetivos Tratar todas as Informações Sociais de Trabalhadores, com ou sem vínculo empregatício, e demais fatos geradores de contribuições

Leia mais

esocial e EFD-Reinf Integrações com RFB e Caixa Rio de Janeiro, 24 de novembro de 2016

esocial e EFD-Reinf Integrações com RFB e Caixa Rio de Janeiro, 24 de novembro de 2016 esocial e EFD-Reinf Integrações com RFB e Caixa Rio de Janeiro, 24 de novembro de 2016 O que é o esocial O esocial é o instrumento de unificação da prestação das informações referentes à escrituração das

Leia mais

SEMANA DO CONHECER, AGIR E CRESCER

SEMANA DO CONHECER, AGIR E CRESCER SEMANA DO CONHECER, AGIR E CRESCER Aulas Gratuitas + Material para Download www.semanaesocial.com.br Prof. Zenaide Carvalho O que você vai aprender na Semana do esocial? CONHECER O que é o esocial AGIR

Leia mais

esocial O que sua empresa precisa saber

esocial O que sua empresa precisa saber esocial O que sua empresa precisa saber Anelore B Tolardo esocial - Fenabrave-SC 1 O que é o esocial Nova forma de enviar as informações dos trabalhadores para o governo: SPED Sistema Público de Escrituração

Leia mais

esocial Desafios e Impactos

esocial Desafios e Impactos www.pwc.com esocial Desafios e Impactos Setembro de 2014 O esocial é um sistema de coleta de informações trabalhistas, previdenciárias, tributárias e fiscais relacionadas à contratação de mão de obra com

Leia mais

E Social na Prática e Legislação Trabalhista para ME e EPP Novos Procedimentos Administrativas Necessários para Atendimento à Norma

E Social na Prática e Legislação Trabalhista para ME e EPP Novos Procedimentos Administrativas Necessários para Atendimento à Norma E Social na Prática e Legislação Trabalhista para ME e EPP Novos Procedimentos Administrativas Necessários para Atendimento à Norma Painelistas: Cátia Maria Soares Medeiros e Edval Henrique de Oliveira

Leia mais

O que é o esocial? As empresas são obrigadas a preencher diversas declarações e documentos que possuem as mesmas informações...

O que é o esocial? As empresas são obrigadas a preencher diversas declarações e documentos que possuem as mesmas informações... O que é o esocial? As empresas são obrigadas a preencher diversas declarações e documentos que possuem as mesmas informações... Consequências Dificuldades para garantir os direitos dos trabalhadores 2,5

Leia mais

12/02/14. E-social Fev/2014. } E-social Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais Previdenciárias e Trabalhistas.

12/02/14. E-social Fev/2014. } E-social Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais Previdenciárias e Trabalhistas. E-social Fev/2014 } E-social Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais Previdenciárias e Trabalhistas. 1 } O E-social é um projeto do governo federal que vai coletar informações trabalhistas,

Leia mais

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. José Maia Auditor-fiscal do Trabalho 07/08/2015

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. José Maia Auditor-fiscal do Trabalho 07/08/2015 José Maia Auditor-fiscal do Trabalho 07/08/2015 Apresentação: - Visão geral do esocial; - Situação atual do projeto; - SST no esocial; Visão Geral do esocial O que é o esocial O esocial é o instrumento

Leia mais

AGENDA T R A B A L H I S T A E P R E V I D E N C I Á R I A

AGENDA T R A B A L H I S T A E P R E V I D E N C I Á R I A AGENDA T R A B A L H I S T A E P R E V I D E N C I Á R I A JANEIRO / 2017 D S T Q Q S S 01 02 03 04 05 06 06 07 08 09 10 10 11 12 13 13 14 15 15 16 16 17 18 19 20 20 21 22 23 24 25 25 26 27 28 29 30 31

Leia mais

a) Eventos iniciais: são eventos que identificam o empregador/contribuinte e o cadastramento inicial dos vínculos.

a) Eventos iniciais: são eventos que identificam o empregador/contribuinte e o cadastramento inicial dos vínculos. Manual e-social INTRODUÇÃO O esocial está chegando para mudar a vida dos trabalhadores da Gestão de Pessoas em todos os níveis. Ele vem para instaurar uma nova era nas relações entre empregados, empregadores

Leia mais

IOB - Guia Prático. Orientações Gerais e Principais Eventos. 2ª edição

IOB - Guia Prático. Orientações Gerais e Principais Eventos. 2ª edição IOB - Guia Prático do esocial Orientações Gerais e Principais Eventos 2ª edição Sumário 1. INTRODUÇÃO... 11 SISTEMA DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL DAS OBRIGAÇÕES FISCAIS, PREVIDENCIÁRIAS E TRA- BALHISTAS (ESOCIAL)...

Leia mais

Onde são informadas atualmente?

Onde são informadas atualmente? EFD-Reinf O que é EFD-Reinf? Escrituração Fiscal Digital das Retenções e Informações da Contribuição Previdenciária Substituída (CPRB). A EFD-Reinf abarca todas as retenções do contribuinte sem relação

Leia mais

Impacto nos Processos - esocial Anselmo Sellera

Impacto nos Processos - esocial Anselmo Sellera Impacto nos Processos - esocial Anselmo Sellera anselmo.sellera@xrisk.com.br Café da Manhã ANEFAC Grupo Técnico Processos e Riscos Diretoria Executiva Eduardo Nunes de Carvalho São Paulo, 8/10/2013 Linha

Leia mais

NORMAS ATUALIZADAS PARA IMPLANTAÇÃO E OPERAÇÃO (PARTES 1 E 2) Ricardo Cruz Miranda

NORMAS ATUALIZADAS PARA IMPLANTAÇÃO E OPERAÇÃO (PARTES 1 E 2) Ricardo Cruz Miranda NORMAS ATUALIZADAS PARA IMPLANTAÇÃO E OPERAÇÃO (PARTES 1 E 2) Ricardo Cruz Miranda ESOCIAL A esocial, fora incialmente chamada de EFD Social Escrituração Fiscal Digital Social, é um projeto do Governo

Leia mais

esocial Uma nova forma de registro das informações de Saúde e Segurança do Trabalhador

esocial Uma nova forma de registro das informações de Saúde e Segurança do Trabalhador esocial Uma nova forma de registro das informações de Saúde e Segurança do Trabalhador Orion Sávio Santos de Oliveira Analista Técnico de Políticas Sociais ATPS DPSSO/SPPS/MF orion.oliveira@previdencia.gov.br

Leia mais

Introdução. Versão 2.2 de Setembro de Esta versão substitui a anterior.

Introdução. Versão 2.2 de Setembro de Esta versão substitui a anterior. esocial - FAQ Introdução O esocial, assim como outras grandes iniciativas do governo (Brasil Maior, Portaria 1510 etc.), representa um programa complexo, com um período longo de definição e de ajustes

Leia mais

Sistema esocial. Mensagens do Sistema

Sistema esocial. Mensagens do Sistema Sistema esocial Mensagens do Sistema Versão 1.0 Julho de 2017 Data Versão Descrição 18/07/2017 1.0 Versão inicial Histórico de versões 2 Índice 1. INTRODUÇÃO...4 2. MENSAGENS...4 3 1. Introdução Este documento

Leia mais

Manual esocial - HMW Engenharia

Manual esocial - HMW Engenharia Manual esocial - HMW Engenharia Fique bem informado sobre tudo que a sua empresa precisa saber Website: Fone: (17)3631-5213 Whatsapp: (17) 98105-2496 Ÿ O que é esocial? Ÿ Cronograma Ÿ Fiscalização e Penalidades.

Leia mais

ÍNDICE CURSO DE DEPARTAMENTO PESSOAL. DEPARTAMENTO PESSOAL ONLINE

ÍNDICE CURSO DE DEPARTAMENTO PESSOAL. DEPARTAMENTO PESSOAL ONLINE ÍNDICE INTRODUÇÃO... 008 DISPOSIÇÕES GERAIS... 009 Conceito de empregador... 009 Conceito de empregado... 009 Direitos do empregado... 010 ASSÉDIO MORAL E SEXUAL NO TRABALHO... 014 Assédio moral no trabalho...

Leia mais

A Questor Sistemas ESTÁ PRONTA PARA AJUDAR SUA EMPRESA A SE ADEQUAR AO esocial!!!

A Questor Sistemas ESTÁ PRONTA PARA AJUDAR SUA EMPRESA A SE ADEQUAR AO esocial!!! A Questor Sistemas ESTÁ PRONTA PARA AJUDAR SUA EMPRESA A SE ADEQUAR AO esocial!!! Para quem perdeu alguma coisa sobre o prazo de início do esocial, conforme a Resolução 02 do Comitê Diretivo do esocial,

Leia mais

CFC. Brasília, Maio de 2013

CFC. Brasília, Maio de 2013 CFC Brasília, Maio de 2013 Agenda Abrangência Atual Infraestrutura de TI Contingência Formas de Recepção Uso da Informação Estatísticas esocial Perguntas? Abrangência Atual NF-e CT-e ECD FCont EFD IRPJ

Leia mais

10 passos para. implantação do esocial

10 passos para. implantação do esocial 10 passos para implantação do esocial O que é o esocial? É um projeto do Governo Federal que irá unificar o envio de informações pelo empregador em relação aos seus trabalhadores. O sistema irá requerer

Leia mais

Trabalhista/Previdenciária Mês: 03/2016

Trabalhista/Previdenciária Mês: 03/2016 Trabalhista/Previdenciária Mês: 03/2016 Dia: 07 GFIP - Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e Informações à Previdência Social Envio da Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia

Leia mais

GABINETE DO MINISTRO COMITÊ GESTOR DO ESOCIAL RESOLUÇÃO Nº 1, DE 20 DE FEVEREIRO DE 2015

GABINETE DO MINISTRO COMITÊ GESTOR DO ESOCIAL RESOLUÇÃO Nº 1, DE 20 DE FEVEREIRO DE 2015 GABINETE DO MINISTRO COMITÊ GESTOR DO ESOCIAL RESOLUÇÃO Nº 1, DE 20 DE FEVEREIRO DE 2015 Dispõe sobre o Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (esocial).

Leia mais

Calendário Mensal das Obrigações Fiscais, Trabalhistas e Previdenciárias Outubro de 2016

Calendário Mensal das Obrigações Fiscais, Trabalhistas e Previdenciárias Outubro de 2016 Calendário Mensal das Obrigações Fiscais, Trabalhistas e Previdenciárias Outubro de 2016 Nota: Em caso de feriados estaduais e municipais, os vencimentos das obrigações principais deverão ser antecipados

Leia mais

Palestra. expert PDF. Trial. e-social - Atualidades Práticas. Agosto Elaborado por:

Palestra. expert PDF. Trial. e-social - Atualidades Práticas. Agosto Elaborado por: Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400 - ramal 1529 (núcleo de relacionamento) Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva, 60 Higienópolis

Leia mais

AGENDA T R A B A L H I S T A E P R E V I D E N C I Á R I A

AGENDA T R A B A L H I S T A E P R E V I D E N C I Á R I A AGENDA T R A B A L H I S T A E P R E V I D E N C I Á R I A MARÇO / 2015 D S T Q Q S S 01 02 03 04 05 06 06 07 08 09 10 10 11 12 13 13 14 15 16 16 17 18 19 20 20 21 22 23 24 25 25 26 27 28 29 30 31 31-1

Leia mais

Informativo. Adequação dos sistemas TOTVS ao esocial

Informativo. Adequação dos sistemas TOTVS ao esocial Adequação dos sistemas TOTVS ao esocial A TOTVS S.A., na condição de desenvolvedora e provedora de sistema empresarial, vem divulgar aos seus clientes, o escopo de atuação para adequação de seus sistemas

Leia mais

Impacto dos sistemas de informática no esocial para SST. Marcos Taquetto NEXO CS Informática S.A.

Impacto dos sistemas de informática no esocial para SST. Marcos Taquetto NEXO CS Informática S.A. Impacto dos sistemas de informática no esocial para SST Marcos Taquetto NEXO CS Informática S.A. DADOS ACIMA APLICÁVEIS PARA FOLHA E EVENTOS SIMILARES. Ondas evolutivas na área de SST ONDAS de evolução

Leia mais

Relação trabalhista e previdenciária DOMÉSTICAS. Cartilha esocial

Relação trabalhista e previdenciária DOMÉSTICAS. Cartilha esocial Relação trabalhista e previdenciária DOMÉSTICAS Cartilha esocial 2 O que é o esocial? ESOCIAL DOMÉSTICO / SIMPLES DOMÉSTICO O recolhimento obrigatório a partir da competência OUTUBRO/2015. Por intermédio

Leia mais

Coleção de Cartilhas Jurídicas da FecomercioSP

Coleção de Cartilhas Jurídicas da FecomercioSP 1 Coleção de Cartilhas Jurídicas da FecomercioSP CONHECENDO O e-social 2 Conhecendo o esocial 3 CONHECENDO O e-social 4 Conhecendo o esocial 5 7 introdução 15 do registro preliminar 9 da definição do e-social

Leia mais

CONFERÊNCIA esocial. Campinas/SP 14/10/2014. Paulo Roberto Magarotto Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil

CONFERÊNCIA esocial. Campinas/SP 14/10/2014. Paulo Roberto Magarotto Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil CONFERÊNCIA esocial Campinas/SP 14/10/2014 Paulo Roberto Magarotto Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil e-social Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas.

Leia mais

Folha de Pagamento e Previdência (parte 2)

Folha de Pagamento e Previdência (parte 2) Folha de Pagamento e Previdência (parte 2) A Unipública Conceituada Escola de Gestão Municipal do sul do país, especializada em capacitação e treinamento de agentes públicos atuantes em áreas técnicas

Leia mais

Aula 12 Constituição Formal de Empresa

Aula 12 Constituição Formal de Empresa Considerações iniciais Todas as sociedades empresariais e entidades, independente do seu objeto social e porte econômico, estão sujeitas às regras estabelecidas pelo MTE, quando tiverem pessoas físicas

Leia mais

Adequação ao esocial Como se preparar?

Adequação ao esocial Como se preparar? www.pwc.com.br/esocial Adequação ao esocial Como se preparar? 28 de abril de 2014 Agenda 1 2 3 4 5 Introdução O que é o esocial? Pesquisa Como as empresas estão se preparando? Impactos Quais são os principais

Leia mais

AGENDA T R A B A L H I S T A E P R E V I D E N C I Á R I A FEVEREIRO / 2017 DEPARTAMENTO PESSOAL ONLINE D S T Q Q S S

AGENDA T R A B A L H I S T A E P R E V I D E N C I Á R I A FEVEREIRO / 2017 DEPARTAMENTO PESSOAL ONLINE D S T Q Q S S AGENDA T R A B A L H I S T A E P R E V I D E N C I Á R I A FEVEREIRO / 2017 D S T Q Q S S 01 02 03 04 05 07 07 08 09 10 10 11 12 13 14 15 15 16 17 18 19 20 20 21 22 23 24 24 25 26 27 27 28 28-1 - 02/2017

Leia mais

AGENDA T R A B A L H I S T A E P R E V I D E N C I Á R I A

AGENDA T R A B A L H I S T A E P R E V I D E N C I Á R I A AGENDA T R A B A L H I S T A E P R E V I D E N C I Á R I A MAIO / 2016 D S T Q Q S S 01 02 03 04 05 06 06 07 08 09 10 10 11 12 13 13 14 15 16 16 17 18 19 20 20 21 22 23 24 25 25 26 27 28 29 30 31 31-1

Leia mais

Trabalhista/Previdenciária Mês: 10/2016

Trabalhista/Previdenciária Mês: 10/2016 Trabalhista/Previdenciária Mês: 10/2016 Dia: 07 GFIP - Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e Informações à Previdência Social Envio da Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia

Leia mais

GFIP - Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e Informações à Previdência Social NOVEMBRO/2016

GFIP - Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e Informações à Previdência Social NOVEMBRO/2016 Previdência Trabalhista/Previdenciária Mês: 12/2016 Dia: 07 GFIP - Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e Informações à Previdência Social Envio da Guia de Recolhimento do Fundo

Leia mais

E-SOCIAL O que deve ser observado na Teoria e na Prática (Software) Fevereiro/2014

E-SOCIAL O que deve ser observado na Teoria e na Prática (Software) Fevereiro/2014 E-SOCIAL O que deve ser observado na Teoria e na Prática (Software) Fevereiro/2014 Página 1 de 21 Sumário 1.Apresentação pg 3 2.Finalidade pg 3 3.Informações pg 3 4.Obrigações que tendem a ser extintas

Leia mais

AGENDA T R A B A L H I S T A E P R E V I D E N C I Á R I A

AGENDA T R A B A L H I S T A E P R E V I D E N C I Á R I A AGENDA T R A B A L H I S T A E P R E V I D E N C I Á R I A MAIO / 2017 D S T Q Q S S 01 02 03 04 05 05 06 06 07 08 09 10 10 11 12 13 14 15 15 16 17 18 19 19 20 21 22 22 23 24 25 25 26 27 28 29 30 31 31-1

Leia mais

AGENDA T R A B A L H I S T A E P R E V I D E N C I Á R I A

AGENDA T R A B A L H I S T A E P R E V I D E N C I Á R I A AGENDA T R A B A L H I S T A E P R E V I D E N C I Á R I A FEVEREIRO / 2016 D S T Q Q S S 01 02 03 04 05 05 06 07 08 09 10 10 11 12 13 14 15 15 16 17 18 19 19 20 21 22 23 24 25 26 27 25 28 29 29-1 - AGENDA

Leia mais

ARMANDO AUGUSTO MARTINS CAMPOS

ARMANDO AUGUSTO MARTINS CAMPOS ARMANDO AUGUSTO MARTINS CAMPOS Mestre em Sistemas de Gestão; Aluno do Curso de Doutorado da Engenharia Civil da Universidade Federal Fluminense; Engenheiro Mecânico, Engenheiro de Segurança do Trabalho;

Leia mais

esocial São Paulo - SP 16/02/2016 Paulo Roberto Magarotto Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil

esocial São Paulo - SP 16/02/2016 Paulo Roberto Magarotto Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil esocial São Paulo - SP 16/02/2016 Paulo Roberto Magarotto Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil Decreto nº 8.373, de 11/12/2014 e-social Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias

Leia mais

AGENDA TRIBUTÁRIA: DE 01 A 07 DE DEZEMBRO DE 2016

AGENDA TRIBUTÁRIA: DE 01 A 07 DE DEZEMBRO DE 2016 AGENDA TRIBUTÁRIA: DE 01 A 07 DE DEZEMBRO DE 2016 Até: Quinta-feira, dia 1 Histórico: Transportador revendedor retalhista (TRR) Entrega das informações relativas às operações interestaduais com combustíveis

Leia mais

ABMES/DF 09/08/2016 Brasília/DF

ABMES/DF 09/08/2016 Brasília/DF ABMES/DF 09/08/2016 Brasília/DF O que é o esocial O esocial é o instrumento de unificação da prestação das informações referentes à escrituração das obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas e

Leia mais

AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS E PREVIDENCIÁRIAS AGOSTO DE /08/2016

AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS E PREVIDENCIÁRIAS AGOSTO DE /08/2016 AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS E PREVIDENCIÁRIAS AGOSTO DE 2016 SALÁRIOS 05/08/2016 FGTS Pagamento de salários - mês de JULHO/2016 - Para maiores detalhes, acesse o tópico Salários - Prazo de Pagamento.

Leia mais

GFIP - Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e Informações à Previdência Social OUTUBRO/2016

GFIP - Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e Informações à Previdência Social OUTUBRO/2016 Previdência Dia: 07 Trabalhista/Previdenciária Mês: 11/2016 GFIP - Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e Informações à Previdência Social Envio da Guia de Recolhimento do Fundo

Leia mais

Slide 1 O CRUZAMENTO DE INFORMAÇÕES FISCAIS ATRAVÉS DAS OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS. Slide 2. Slide 3 DADOS DISPONÍVEIS AO FISCO

Slide 1 O CRUZAMENTO DE INFORMAÇÕES FISCAIS ATRAVÉS DAS OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS. Slide 2. Slide 3 DADOS DISPONÍVEIS AO FISCO Slide 1 O CRUZAMENTO DE INFORMAÇÕES FISCAIS ATRAVÉS DAS OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS Nilson José Goedert Contador 2016 Slide 2 Obrigações Federais para Pessoas Jurídicas em Geral: 1. SPED Sistema Público de Escrituração

Leia mais

Retenção na fonte de CSLL, PIS e COFINS FGTS

Retenção na fonte de CSLL, PIS e COFINS FGTS TRIBUTOS CÓDIGOS VENCIMENTO PERIODICIDADE PIS PIS - FOLHA DE PAGAMENTO DARF 8301 25º (vigésimo quinto) dia do mês subsequente ao mês de ocorrência dos fatos geradores. COFINS COFINS - Somente sobre as

Leia mais

Sumário. Introdução, 1

Sumário. Introdução, 1 S Sumário Introdução, 1 1 Folha de Pagamento, 7 1 Salário, 8 1.1 Salário-hora para 40 horas semanais: divisor 200 (duzentos), 9 1.2 Depósito de salários em conta bancária, 9 2 Horas extras, 10 2.1 Integração

Leia mais

AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS E PREVIDENCIÁRIAS JANEIRO DE Pagamento de salários - mês de DEZEMBRO/2010

AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS E PREVIDENCIÁRIAS JANEIRO DE Pagamento de salários - mês de DEZEMBRO/2010 Page 1 of 5 AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS E PREVIDENCIÁRIAS JANEIRO DE 2011 07/01/2011 SALÁRIOS Pagamento de salários - mês de DEZEMBRO/2010 Base legal: Art. 459, parágrafo único da CLT. FGTS Recolhimento

Leia mais

Posicionamento Consultoria De Segmentos Emissão do Recibo Pagamento de Autônomo (RPA)

Posicionamento Consultoria De Segmentos Emissão do Recibo Pagamento de Autônomo (RPA) Emissão do Recibo Pagamento de Autônomo (RPA) 11/06/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 4 4. Conclusão... 4 5. Informações

Leia mais

Racionalizar e uniformizar as obrigações acessórias. Tornar mais célere a identificação de ilícitos tributários

Racionalizar e uniformizar as obrigações acessórias. Tornar mais célere a identificação de ilícitos tributários ORIGEM O Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) surgiu em 2007 da necessidade de integrar (uniformizar) as informações prestadas pelos contribuintes com o fisco brasileiro. OBJETIVOS DO PROJETO

Leia mais

expert PDF Trial E-Social - Impactos nos Processos de Controle das Empresas Elaborado por: Ademir Macedo de Oliveira

expert PDF Trial E-Social - Impactos nos Processos de Controle das Empresas Elaborado por: Ademir Macedo de Oliveira Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400 - ramal 1529 (núcleo de relacionamento) Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva, 60 Higienópolis

Leia mais

AGENDA T R A B A L H I S T A E P R E V I D E N C I Á R I A

AGENDA T R A B A L H I S T A E P R E V I D E N C I Á R I A AGENDA T R A B A L H I S T A E P R E V I D E N C I Á R I A DEZEMBRO / 2016 D S T Q Q S S 01 02 03 04 05 06 06 07 07 08 09 09 10 11 12 13 14 15 15 16 17 18 19 20 20 21 22 23 23 24 25 26 27 28 29 30 30 31-1

Leia mais

Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas. Ariane Mendonça Renata Santana Santos

Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas. Ariane Mendonça Renata Santana Santos esocial Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas ariane@ensicon.com.br renata@ensicon.com.br Finalidade A Escrituração Fiscal Digital Social tem por

Leia mais

Tempo de Guarda para Documentos Fiscais, Contábeis e Trabalhistas

Tempo de Guarda para Documentos Fiscais, Contábeis e Trabalhistas Tempo de Guarda para Documentos Fiscais, Contábeis e Trabalhistas A presente tabela contém os principais documentos fiscais, contábeis e trabalhistas das empresas com o tempo que deve ser mantido em arquivo

Leia mais

Trabalhista/Previdenciária Mês: 02/2015

Trabalhista/Previdenciária Mês: 02/2015 Trabalhista/Previdenciária Mês: 02/2015 Dia: 06 GFIP - Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e Informações à Previdência Social Envio da Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia

Leia mais

Finalidade. Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas. Ariane Mendonça

Finalidade. Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas. Ariane Mendonça esocial Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas ariane@ensicon.com.br Finalidade A Escrituração Fiscal Digital Social tem por finalidade: a) Prestar

Leia mais

25º - CONGRESSO. esocial Oportunidades e Desafios

25º - CONGRESSO. esocial Oportunidades e Desafios 25º - CONGRESSO esocial Oportunidades e Desafios ANO 2016 Quem somos Competê ncias integradas: Tecnologia e Arquitetura de TI Gestão de Projetos e Processos Gestão de Pessoas Comunicação Do que vamos falar?

Leia mais

Agenda de Obrigações Trabalhistas e Previdenciárias Fevereiro de 2015

Agenda de Obrigações Trabalhistas e Previdenciárias Fevereiro de 2015 Agenda de Obrigações Trabalhistas e Previdenciárias Fevereiro de 2015 Dia: 06/02/2015 Pagamento de Salários Pagamento mensal de salários até o 5º dia útil. Fundamento: 1º do art. 459 e art. 465, ambos

Leia mais

Neste bip. Antecipação de Reajuste Salarial. Você Sabia? Edição 62 Outubro de 2015

Neste bip. Antecipação de Reajuste Salarial. Você Sabia? Edição 62 Outubro de 2015 Neste bip Antecipação de Reajuste Salarial... 1 Como informar retenções (notas do registro A100)de PIS e Cofins na EFD Contribuições?... 2 Importação de Extratos Bancários... 2 Recolhimento de FGTS torna-se

Leia mais

PROCEDIMENTO PARA ENTREGA MENSAL DE DOCUMENTAÇÃO DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS CAJAMAR SKF FÁBRICA JORANESIA C.D SKF CAJAMAR ICS EXTERNO -SF

PROCEDIMENTO PARA ENTREGA MENSAL DE DOCUMENTAÇÃO DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS CAJAMAR SKF FÁBRICA JORANESIA C.D SKF CAJAMAR ICS EXTERNO -SF PROCEDIMENTO PARA ENTREGA MENSAL DE DOCUMENTAÇÃO DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS CAJAMAR SKF FÁBRICA JORANESIA C.D SKF CAJAMAR ICS EXTERNO -SF ÍNDICE Dica! Para ler sobre um Tópico, clique na Página relacionada

Leia mais

AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS E PREVIDENCIÁRIAS MARÇO DE 2014

AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS E PREVIDENCIÁRIAS MARÇO DE 2014 AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS E PREVIDENCIÁRIAS MARÇO DE 2014 Dia: 06 Salário Pagamento mensal de salários até o 5º dia útil. Fundamento: 1º do art. 459 e art. 465, ambos da CLT. Quando o pagamento

Leia mais

EFD-Reinf 29/06/2016. Apresentação. I -O que é o EFD-Reinf

EFD-Reinf 29/06/2016. Apresentação. I -O que é o EFD-Reinf EFD-Reinf Escrituração Fiscal Digital das Retenções e Informações da Contribuição Previdenciária Substituída O que vem por ai??? Danilo Lollio Estaapresentaçãoé de propriedade da Wolters Kluwer Prosoft.

Leia mais

AGENDA T R A B A L H I S T A E P R E V I D E N C I Á R I A

AGENDA T R A B A L H I S T A E P R E V I D E N C I Á R I A AGENDA T R A B A L H I S T A E P R E V I D E N C I Á R I A NOVEMBRO / 2016 D S T Q Q S S 01 02 03 04 05 06 07 07 08 09 10 10 11 12 13 14 14 15 16 16 17 18 18 19 20 21 22 23 24 25 25 26 27 28 29 30 30-1

Leia mais

OUTUBRO/2015. GEIFS Grupo Especial de Inteligência Fiscal

OUTUBRO/2015. GEIFS Grupo Especial de Inteligência Fiscal OUTUBRO/2015 GEIFS Grupo Especial de Inteligência Fiscal MANHA 1. Agenda Fiscal: Régua Fiscal 2016 2. Discussão sobre a planilha 5W2H de agosto/2015 TARDE 3. esocial a) Notícias b) Análise das Perguntas/Respostas

Leia mais

Criada em Outubro de 2013.

Criada em Outubro de 2013. Criada em Outubro de 2013. O e-social é um projeto do governo federal que tem por objetivo unificar a captação das informações trabalhistas, previdenciárias, tributarias e fiscais. Elas serão armazenadas

Leia mais

Consulta Qualificação Cadastral e Saneamento da base CNIS

Consulta Qualificação Cadastral e Saneamento da base CNIS Consulta Qualificação Cadastral e Saneamento da base CNIS CNPS 08/2016 Consulta Qualificação Cadastral Ferramenta simples de consulta que permite ao empregador ou trabalhador ter o conhecimento prévio

Leia mais

CALENDÁRIO DE OBRIGAÇÕES MENSAIS

CALENDÁRIO DE OBRIGAÇÕES MENSAIS Data Vencimento Obrigação Código Receita Fato Gerador e Fundamento Legal Período Apuração 04 (Sexta-feira) (*) Salário-Maternidade Salário-Família Parto e aborto espontâneo, conforme certidão de nascimento

Leia mais

O IMPACTO DA IMPLANTAÇÃO DO E-SOCIAL PARA A SEGURANÇA E A SAÚDE DOS TRABALHADORES SEMINÁRIO SUDESTE DA ANAMT 2015 VITÓRIA

O IMPACTO DA IMPLANTAÇÃO DO E-SOCIAL PARA A SEGURANÇA E A SAÚDE DOS TRABALHADORES SEMINÁRIO SUDESTE DA ANAMT 2015 VITÓRIA O IMPACTO DA IMPLANTAÇÃO DO E-SOCIAL PARA A SEGURANÇA E A SAÚDE DOS TRABALHADORES SEMINÁRIO SUDESTE DA ANAMT 2015 VITÓRIA PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DO CRESCIMENTO PAC 2007 A 2010 SPED Fiscal (Sistema Público

Leia mais

Companhia Estadual de Águas e Esgotos Márcia Dulce de Andrade Pereira Jacob Lopes Hallison Daniel do Carmo Marques. Maio/2016

Companhia Estadual de Águas e Esgotos Márcia Dulce de Andrade Pereira Jacob Lopes Hallison Daniel do Carmo Marques. Maio/2016 Companhia Estadual de Águas e Esgotos Márcia Dulce de Andrade Pereira Jacob Lopes Hallison Daniel do Carmo Marques Maio/2016 Motivação O governo federal estabelece a criação de um único canal para prestação

Leia mais

AGENDA T R A B A L H I S T A E P R E V I D E N C I Á R I A

AGENDA T R A B A L H I S T A E P R E V I D E N C I Á R I A AGENDA T R A B A L H I S T A E P R E V I D E N C I Á R I A DEZEMBRO / 2015 D S T Q Q S S 01 02 03 04 05 05 06 07 07 08 08 09 10 10 11 12 13 14 15 15 16 17 18 18 19 20 20 21 22 23 24 24 25 26 27 28 29 30

Leia mais

Página 1 de 5 FISCOAgenda Trabalhista/Previdenciária Mês: 01/2015 Previdência Dia: 07 GFIP - Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e Informações à Previdência Social Envio da Guia

Leia mais

AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS E PREVIDENCIÁRIAS FEVEREIRO DE 2014

AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS E PREVIDENCIÁRIAS FEVEREIRO DE 2014 AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS E PREVIDENCIÁRIAS FEVEREIRO DE 2014 Dia: 06 Salário Pagamento mensal de salários até o 5º dia útil. Fundamento: 1º do art. 459 e art. 465, ambos da CLT. Quando o pagamento

Leia mais

SPED Um ano de grandes mudanças

SPED Um ano de grandes mudanças SPED 2016 - Um ano de grandes mudanças Palestra: EFD-REINF Luis Claudio Palese Março 2016 O que é EFD-Reinf? Quem está obrigado? Blocos EFD-Reinf esocial vs. EFD-Reinf Estrutura EFD-Reinf vs esocial Integração

Leia mais

ESTEJA PREPARADO PARA A CHEGADA DA EFD - REINF

ESTEJA PREPARADO PARA A CHEGADA DA EFD - REINF ESTEJA PREPARADO PARA A CHEGADA DA EFD - REINF EFD-REINF 2017 1 INDICE EFD - REINF ACESSO À INFORMAÇÃO E TRANSPARÊNCIA O QUE INFORMAR NA EFD-REINF? QUEM DEVE INFORMAR? ALIADO NO ENVIO E NO ARMAZENAMENTO

Leia mais

UM GUIA COMPLETO SOBRE O ESOCIAL

UM GUIA COMPLETO SOBRE O ESOCIAL UM GUIA COMPLETO SOBRE O ESOCIAL Índice O que é o esocial?.............................. Ações para adequação ao esocial na LG........... Como se preparar para o esocial?................. Checklist: estou

Leia mais

Fechamento Anual/ Geração da RAIS

Fechamento Anual/ Geração da RAIS Fechamento Anual/ Geração da RAIS A Relação Anual de Informações Anual (RAIS) tem por objetivo: o suprimento às necessidades de controle da atividade trabalhista no País, o fornecimento de dados para a

Leia mais

Página 1 de 5 FISCOAgenda Trabalhista/Previdenciária Mês: 07/2015 Previdência Dia: 07 GFIP - Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e Informações à Previdência Social Envio da Guia

Leia mais

Cartilha de Orientação. esocial - Escrituração Fiscal Digital Social

Cartilha de Orientação. esocial - Escrituração Fiscal Digital Social Cartilha de Orientação esocial - Escrituração Fiscal Digital Social SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL O NOVO SISTEMA DE ARRECADAÇÃO RURAL 1 a Edição Novembro/2013 Brasília/DF Amigo produtor, amiga

Leia mais

esocial: Como Atender Esta Novidade

esocial: Como Atender Esta Novidade ÍNDICE 1 DEFINIÇÕES 4 1.1 O que não é o esocial 4 1.2 O que é o esocial 4 1.3 Quem está obrigado a entregar 4 1.4 O que será e o que não será substituído 5 1.4.1 Diferenças para com os atuais aplicativos

Leia mais

A Repercussão Previdenciária e Tributária dos Acidentes de Trabalho

A Repercussão Previdenciária e Tributária dos Acidentes de Trabalho A Repercussão Previdenciária e Tributária dos Acidentes de Trabalho Orion Sávio Santos de Oliveira Analista Técnico de Políticas Sociais ATPS DPSSO/SPPS/MF orion.oliveira@previdencia.gov.br Roteiro da

Leia mais

INSS/FGTS/IRRF Tabela de incidências

INSS/FGTS/IRRF Tabela de incidências INSS/FGTS/IRRF Tabela de incidências Tabela de incidências Fonte: ECONET EDITORA RUBRICAS INCIDÊNCIAS INSS FGTS IR 28, I, Lei n de qualquer natureza, salvo o de Sim. Arts. 3 e 7 e 1, art. férias 457 da

Leia mais

Introdução

Introdução Maria Antônia S. Almeida SRTE/MG Junho/2012 1 Introdução O Objetivo é apresentar o Sistema HomologNet sob o prisma das empresas e contabilidades na produção do TRCT. O primeiro passo é o cadastro no sistema

Leia mais