KARL STORZ AUTOCON II 400 SCB

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "KARL STORZ AUTOCON II 400 SCB"

Transcrição

1 UNITS /2015-PT KARL STORZ AUTOCON II 400 SCB Aparelhos cirúrgicos de alta frequência

2 O novo aparelho de alta frequência AUTOCON II 400 SCB Para utilização interdisciplinar tanto em intervenções endoscópicas quanto na cirurgia aberta O primeiro aparelho de alta frequência com um touch screen confortável, a cores e fácil de desinfetar Dependendo do modelo do aparelho, ele está equipado com duas saídas de alta frequência bipolar ou unipolar Peça aplicada tipo CF à prova de desfibrilhador para maior segurança do paciente e do utilizador Em aplicações unipolar, permanente segurança graças ao monitoramento contínuo da qualidade do contato entre o paciente e o eletrodo neutro Dependendo do modo é possível ativar a energia de alta frequência através dos interruptores automático, manual ou de pedal Autoteste do aparelho para maior segurança do paciente e do utilizador Para atender as necessidades individuais de cada aplicação, há versões do aparelho para utilizações padrão, para ressecção bipolar e para termofusão de vasos volumosos Maior facilidade de operação do aparelho graças aos até 28 procedimentos pré-programados para inúmeras especialidades. No total estão disponíveis 100 espaços de memória para a programação individual Maior facilidade de manuseio graças à seleção de modo automática: O aparelho reconhece a combinação entre instrumentos e cabos utilizados Áreas de aplicação Cirurgia Geral Ginecologia Urologia Gastroenterologia Cirurgia Minimamente Invasiva (CMI) Cirurgia Plástica Cirurgia Torácica Neurocirurgia Artroscopia Cirurgia Cardiovascular Pneumologia Cirurgia ORL Cirurgia Pediátrica Cirurgia Bucomaxilofacial 2

3 unipolar bipolar bipolar NaCl BiVascularSafe 3

4 Características principais e de segurança do aparelho de alta frequência AUTOCON II 400 SCB Regulador de tensão ou de comprimento e de tensão do arco elétrico integrados Os dois tipos de gerador mais recentes garantem potências de corte e de coagulação cirúrgicos ideais que, especialmente em caso de estruturas e impedâncias de tecidos muito variáveis, permanecem ajustados de forma precisa à respectiva indicação. É necessário apertar um único botão para trocar entre o regulador de comprimento e de tensão do arco elétrico (modo TOP-CUT) e o regulador de tensão (modo POWER-CUT). Modo TOP-CUT Nesse modo, a energia de alta frequência necessária para um efeito de corte é automaticamente reduzida ao respectivo mínimo. Um efeito cirúrgico constante é garantido graças ao nível invariável do arco elétrico o que, em aplicações precisas, representa uma clara vantagem de segurança, que leva a um corte menos invasivo para o tecido e, consequentemente, para o paciente. Assim, este modo adequa-se sobretudo também para aplicações com frequência unipolar e solução de irrigação não condutora. Equipado com 2 saídas unipolares ou 2 saídas bipolares A vantagem de segurança do aparelho AUTOCON II 400 SCB é obtida através da utilização da mais nova e rápida tecnologia de microprocessadores e sensores, com a qual o aparelho registra todos os parâmetros importantes como a velocidade variável durante o corte, a geometria do eletrodo ativo, o comportamento variável da impedância dos tipos de tecido biológico e de soluções, bem como as resistências de passagem e de contato, ajustando a potência de saída e a tensão de alta frequência. Dessa forma é garantido que o aparelho de alta frequência seja adaptado da melhor maneira às técnicas de aplicação e operação e não que o operador seja limitado em seu trabalho e obrigado a ajustar-se ao aparelho de alta frequência. 4

5 Modo POWER-CUT com tensão e potência de alta frequência constantes Este modo garante um efeito cirúrgico permanente e uma eficácia de corte constante em uma grande área de impedância e em diversos tipos de tecido. Sistema RAM Return Electrode Application Monitoring Este sistema de segurança monitora permanentemente a qualidade de contato entre o eletrodo neutro e a pele do paciente e indica adicionalmente esses valores. Através de sinais visuais e acústicos, o sistema de segurança sinaliza antecipadamente quando há uma redução da superfície de contato prevenindo queimaduras na área de aplicação do eletrodo. Para aumentar a segurança do paciente, o usuário pode excluir a aplicação de um eletrodo neutro com uma superfície única. Gastro-Cut e Papillo-Cut Desenvolvidos pela KARL STORZ especialmente para a utilização na endoscopia flexível, estes dois novos modos de ressecção permitem um corte controlado, fracionado e sem hemorragias. A tecnologia especial do gerador de alta frequência permite uma saída controlada da corrente para a coagulação e para o corte na qual tanto a sequência quanto a frequência do pulso podem ser ajustadas separadamente pelo utilizador. Aparelho de alta frequência com touch screen para uma utilização cômoda Correntes de fuga de alta e baixa frequência Graças a alguns critérios de construção, as correntes de fuga de baixa e de alta frequência e os respectivos riscos de queimaduras são minimizados. Compatível com SCB e OR1 Os aparelhos foram programados para uma conexão com o Communication Bus KARL STORZ (SCB). A possibilidade de uma integração total do aparelho de alta frequência na sala de cirurgia do futuro, conectada em rede ou até mesmo controlada por comando de voz, atualmente já faz parte do equipamento padrão (requisito do sistema: RUI software release ou mais recente). 5

6 Modo C-Cut e modo LAP-C-CUT: O modo de corte e coagulação intermitente no AUTOCON II 400 SCB Concebida para realizar, em laparoscopias, um corte sem hemorragia ou mesmo sob uma irrigação constante e equipada com uma modulação específica, a corrente fornece uma coagulação de corte reprodutível e altamente eficiente. Coagulações posteriores, que requerem muito tempo, se tornam, assim, desnecessárias. Dessa maneira, a utilização do modo C-Cut diminui a necessidade de transfusões de sangue, abreviando a duração da intervenção - o que reduz os custos totais da cirurgia e, adicionalmente, oferece ao paciente uma segurança a mais contra a síndrome de RTU que ocorre em urologia. Gerador bipolar com potência de alta frequência de 370 W Este excelente espectro de desempenho permite o uso de acessórios bipolares padrão e especiais, recém-desenvolvidos. Com este dispositivo de altíssima qualidade é possível realizar mesmo as intervenções feitas sob solução de irrigação, que até então só eram realizadas com aparelhos de alta frequência especiais. Assim, as intervenções unipolares, que até então eram o padrão, podem ser realizadas com a segurança da técnica bipolar da KARL STORZ, de modo que a aplicação de um eletrodo neutro se torna desnecessária. Atualização simples através de uma conexão de serviço Gerador unipolar com potência de alta frequência de 300 W Com uma potência máxima de 300 W, o AUTOCON II 400 SCB está perfeitamente equipado para qualquer intervenção unipolar em todas as áreas de aplicação. Ajuste e limitação de potência precisos Para intervenções que exigem a mais alta precisão com as menores potências foi desenvolvido um ajuste sutil e preciso, com intervalos de 1 W. Até 8 efeitos hemostáticos Seleção individual de até 8 efeitos hemostáticos para corte unipolar e bipolar permite, em qualquer situação, um excelente controle do processo de coagulação e do efeito cirúrgico. 6

7 Pinças com função auto start Quando as pontas da pinça entram em contato com o tecido, a coagulação bipolar é ativada automaticamente de acordo com um ajuste pré-selecionado que pode ser determinado em até 9,9 segundos. Touch screen de 6,5" Com um touch screen a cores, o AUTOCON II 400 SCB é o primeiro aparelho de alta frequência com essa nova tecnologia de manuseio confortável o que, em última análise, permite também uma limpeza mais simples e a desinfecção manual. Memorização de 100 programas Os parâmetros relacionados a indicações do aparelho são simples de programar, fazendo com que a utilização do AUTOCON II 400 SCB seja fácil e intuitiva uma vez que todos os programas podem ser armazenados em uma ordem numérica ou baseada em texto, com o nome do usuário e a indicação. Nessa lista de indicações, os programas armazenados podem ser acessados através do pressionamento do touch screen. Função Auto Stop da coagulação bipolar Quando o processo de coagulação chega ao fim, a potência desliga automaticamente. Autoteste do aparelho Um conceito de segurança abrangente do software permite um funcionamento eficaz e seguro assim que o aparelho é ligado. Os erros de componentes detectados são exibidos com um código de erro, permitindo uma solução rápida de problemas. Optou-se conscientemente por incluir no auto-teste uma verificação dos acessórios conectados ao aparelho para minimizar o tempo de espera na preparação da cirurgia. Atualização do software Graças a uma conexão de serviço na parte traseira do aparelho, é possível ampliar as funções do AUTOCON II 400 SCB de maneira econômica para utilizar as futuras formas de terapia que também empreguem alta frequência. Assim, o AUTOCON II 400 SCB permanece sempre atualizado. Também é possível instalar ou descarregar novos procedimentos para o aparelho via USB. 7

8 Maior segurança combinada com o melhor desempenho: AUTOCON II 400 SCB e o ressectoscópio bipolar da KARL STORZ Graças ao novo design da alça do ressectoscópio bipolar, a KARL STORZ revoluciona a ressecção em solução salina nas áreas de urologia e ginecologia. Segurança para o paciente e para o utilizador É sempre preferível uma aplicação bipolar a uma unipolar. Uma vez que no corpo e em tecidos biológicos, a corrente de alta frequência flui apenas através de pequenas distâncias, isso requer uma potência de saída mais baixa. Fundamentalmente, menos potência significa também menores riscos. Ao trabalhar em solução salina comum, o risco de uma síndrome de RTU pode ser reduzido significativamente. Além disso, geralmente a utilização de solução salina permite, quando necessário, prolongar a duração da cirurgia. Por esses motivos, a KARL STORZ desenvolveu um ressectoscópio bipolar que possui um eletrodo ativo e um eletrodo neutro com retorno de corrente. Ambos são eletricamente isolados em relação ao tubo externo. Dessa forma, realizando uma hemostasia ideal, a corrente de alta frequência especialmente otimizada para a AUTOCON II 400 SCB com uma caixa de ressecção ressecção flui de maneira segura e restrita pelo o tecido e pela solução condutiva de volta para o eletrodo de retorno. Os modos Saline C-Cut, Saline Coag, Saline C-Cut ++ e Saline Coag ++ do AUTOCON II 400 SCB foram especialmente otimizados para a ressecção em solução salina, proporcionam as melhores condições de corte e, graças à minimização de hemorragias, fazem com que, na maioria dos casos, uma coagulação posterior seja desnecessária. Manuseio mais fácil e compatibilidade Uma vez que o utilizador domina a técnica unipolar, não há necessidade de uma fase de familiarização com o manuseio do novo ressectoscópio bipolar. Graças à compatibilidade do inserte de trabalho bipolar com todos os tubos externos padrão da KARL STORZ para ressectoscópios e endoscópios, os benefícios de segurança da tecnologia bipolar estão disponíveis para todos os usuários, sem grandes gastos adicionais. 8

9 Cirurgia aberta Inúmeras possibilidades de aplicação Graças à técnica já comprovada de sobrepor lateralmente várias coagulações, vasos maiores também são selados termicamente antes que a dissecção vascular seja realizada, sem que para tanto seja necessária uma ligadura ou uma clipagem. Desta forma, essa técnica reduz o consumo de material e de tempo uma vez que não é necessário trocar os instrumentos. Graças também à possibilidade de ligar dois pedais simultaneamente ao AUTOCON II 400 SCB, em intervenções assistidas, além do modo Bi-Vascular-Safe, é possível utilizar ainda um outro modo de coagulação. A técnica Devido ao ajuste de impedância particularmente baixo do gerador de alta frequência no modo Bi-Vascular-Safe, também no processo de ressecção vascular é aplicada permanentemente energia térmica bipolar de forma eficaz. O final da aplicação da corrente de alta frequência é determinado através de uma avaliação contínua da impedância do tecido que também ocorre durante a ativação da corrente. Ele é indicado por um sinal acústico que, ao mesmo tempo, marca o término da aplicação. O critério para a interrupção do funcionamento é o aumento da impedância, causado pela dissecção do tecido, e, reciprocamente, a redução da admissão de energia de alta frequência ao longo do tempo de aplicação. O instrumental e o equipamento Com os novos instrumentos Bi-Vascular-Clamp e o modo Bi-Vascular-Safe do AUTOCON II 400 SCB, a KARL STORZ oferece a solução ideal para essa técnica cirúrgica comprovada, reduzindo não só o consumo de material, mas também a duração da intervenção. 9

10 AUTOCON II 400 SCB Conjunto padrão recomendado x-12x AUTOCON II 400 SCB, tensão de serviço VAC, 50/60 Hz inclui: Cabo de rede Cabo de conexão SCB, 100 cm de comprimento xU12x AUTOCON II 400 SCB, tensão de serviço VAC, 50/60 Hz inclui: Cabo de rede Cabo de conexão SCB, 100 cm de comprimento Quadro sinóptico das diferentes versões do aparelho Utilização Padrão: Mono/Bi High End -122 ( VAC) -125 ( VAC) Versão do aparelho U122 ( VAC) U125 ( VAC) Número do aparelho x x125 Aparelho básico x125 Aparelho básico incl. caixa de ressecção x125 Aparelho básico incl. modo Bi-Vascular-Safe x125 Aparelho básico incl. caixa de ressecção e modo Bi-Vascular-Safe Número do conjunto do aparelho x / 02 / 03 / 04x125 Posição da tomada Combinação bipolar Combinação bipolar Combinação bipolar Unipolar de 3 pinos e Erbe Jack EN de 6,3 mm e 2 pinos Multifunção bipolar Unipolar de 3 pinos e Erbe Jack EN de 6,3 mm e 2 pinos 10

11 AUTOCON II 400 SCB Acessórios opcionais* Interruptor de pedal triplo, para utilização com AUTOCON II 400 SCB Interruptor de pedal duplo, para utilização com AUTOCON II 400 SCB e AUTOCON II Interruptor de pedal HF único, pedal azul, um nível, para utilização com AUTOCON II 400 SCB e AUTOCON II Eletrodo neutro, de silicone condutor com 2 faixas elásticas para fixação, área de contato A = 500 cm 2, para utilização com cabo de conexão Cabo de conexão para eletrodo neutro, para os eletrodos neutros e E, 400 cm de comprimento UR Cabo de conexão para eletrodo neutro, para o eletrodo neutro Eletrodo neutro, para uma única utilização, área de contato dividida em duas partes, A = 169 cm 2, embalagem de 50 unidades, necessita de um cabo de conexão Cabo de conexão, para a conexão do eletrodo neutro 27802, 500 cm de comprimento Empunhadura para eletrodo, com 2 teclas para ativar o gerador unipolar, tecla amarela: corte unipolar; tecla azul: coagulação unipolar, necessita do cabo de conexão Cabo de alta frequência, para empunhadura para eletrodo , 400 cm de comprimento Empunhadura para eletrodo, sem teclas, com cabo de conexão integrado, 300 cm de comprimento 11

12 AUTOCON II 400 SCB Acessórios opcionais BiVascularClamp, 20 cm de comprimento total, com isolamento térmico, para a cirurgia aberta, cabo MF integrado com 4 m de comprimento, para utilização com AUTOCON II 400 SCB a partir da versão do software do gerador BiVascularClamp, 21 cm de comprimento total, mandíbulas com superfícies onduladas, para a cirurgia aberta, cabo MF integrado com 4 m de comprimento, para utilização com AUTOCON II 400 SCB a partir da versão do software do gerador BiVascularClamp, 27 cm de comprimento total, com isolamento térmico, para a cirurgia aberta, cabo MF integrado com 4 m de comprimento, para utilização com AUTOCON II 400 SCB a partir da versão do software do gerador B Atualização externa do hardware AUTOCON II 400 SCB (versão High End) para a função ressecção bipolar inclui: Módulo adicional para ressecção Cabo de alta frequência bipolar Módulo adicional para o componente de suporte Válido para aparelhos com software de comando do gerador versão e superior, versão -115 / -116 /-125*. Para aparelhos com o software de comando do gerador anterior à versão é necessário adicionalmente uma atualização de software e de hardware, efetuada na fábrica pela KARL STORZ. * Lista de compatibilidades, ver página 16 12

13 Estojo para eletrodos cirúrgicos Acessórios unipolar Estojo para eletrodos cirúrgicos inclui Dispositivo para esterilização, sem eletrodos, com recipiente e tampa para 16 eletrodos com 4 mm de Ø Laço de arame, 5 mm Idem, 10 mm Laço de fita, 10 mm Eletrodo espátula de KIRSCHNER, reto Eletrodo de bisturi de MAGENAU, angulado Eletrodo de bisturi, em forma de lança Eletrodo com ponta esférica, 2 mm Idem, 4 mm Idem, 6 mm Elétrodo de agulha Elétrodo plano, 8 x 10 mm Idem, 10 x 15 mm Para utilização com as empunhaduras para eletrodo , e

14 Acessórios Cabo de alta frequência unipolar Cabos de alta frequência unipolar para utilização com insertes de trabalho C/D/E, D/E, E, E e ER Instrumento KARL STORZ Aparelho cirúrgico de alta frequência unipolar 277 Cabo de alta frequência unipolar, com plugue de 4 mm, 300 cm de comprimento, para utilização com modelos antigos de aparelhos KARL STORZ e Erbe T 277 A Cabo de alta frequência unipolar, com plugue de 4 mm, 300 cm de comprimento, para utilização com aparelhos Berchtold e Martin 277 KE Cabo de alta frequência unipolar, com plugue de 5 mm, 300 cm de comprimento, para utilização com aparelhos KARL STORZ AUTOCON II 400 SCB (séries 111, 115, 122, 125), AUTOCON II 200, AUTOCON II 80, AUTOCON (série 50, 200, 350) e Erbe ICC Cabos de alta frequência unipolar para utilização com insertes de trabalho E 279 Cabo de alta frequência unipolar, com plugue de 4 mm para modelos antigos de aparelhos KARL STORZ e Erbe T, 300 cm de comprimento 279 A Cabo de alta frequência unipolar com plugue de 4 mm para aparelhos Berchtold e Martin, 300 cm de comprimento 279 KE Cabo de alta frequência unipolar, com plugue de 5 mm para aparelhos KARL STORZ e Erbe ICC, 300 cm de comprimento Cabos de alta frequência unipolar para utilização com instrumentos unipolares CLICKLINE M Cabo de alta frequência unipolar, com plugue de 4 mm, 300 cm de comprimento, para utilização modelos antigos de aparelhos KARL STORZ, Erbe T e Ellman M Cabo de alta frequência unipolar, com plugue de 4 mm, 300 cm de comprimento, para utilização com aparelhos Berchtold e Martin M Cabo de alta frequência unipolar, com plugue de 5 mm, 300 cm de comprimento, para utilização com sistema AUTOCON II 400 SCB (111, 115, 122, 125), AUTOCON II 200, AUTOCON II 80, sistema AUTOCON KARL STORZ (50, 200, 350) e Erbe tipo ICC Atenção: O comprimento padrão do cabo de alta frequência é de 300 cm. Para pedir cabos com 500 cm de comprimento, é necessário acrescentar a letra L ao número do artigo correspondente, por ex., ML, LVL. 14

15 Acessórios Cabo de alta frequência bipolar Cabos de alta frequência bipolar para utilização com instrumentos RoBi Instrumento KARL STORZ Aparelho cirúrgico de alta frequência bipolar LE Cabo de alta frequência bipolar, para AUTOCON II 400 SCB (séries 111, 113, 115, 122, 125), AUTOCON II 200, AUTOCON II 80, coagulador KARL STORZ B/C/D, B/C/D, B/C/D, B/C/D, AUTOCON (séries 50, 200, 350), coagulador Erbe das séries T e ICC, 300 cm de comprimento LM Cabo de alta frequência bipolar, para coaguladores Martin e Berchtold, 300 cm de comprimento LV Cabo de alta frequência bipolar, para aparelhos KARL STORZ AUTOCON II 400 SCB (séries 112, 114, 116, 122, 125) e coagulador Valleylab, 300 cm de comprimento LW Cabo de alta frequência bipolar Cabo de alta frequência bipolar, 300 cm de comprimento, distância entre os pinos (no aparelho): 22 mm, para utilização com aparelhos cirúrgicos de alta frequência com tomada bipolar com pinos a 22 mm de distância Cabo de alta frequência bipolar para ressectoscópios bipolares para utilização em solução salina bipolar NaCl LEB Cabo de alta frequência bipolar, para aparelhos KARL STORZ AUTOCON II 400 SCB (High End), 300 cm de comprimento, para utilização com ressectoscópios bipolares KARL STORZ LEBL Idem, 500 cm de comprimento 15

16 Quadro sinóptico Possibilidades de utilização do cabo de alta frequência no AUTOCON II 400 SCB Autocon AUTOCON II 400 II Artikelnummer 400 SCB Número Kabel do artigo EU US + MF EU/US EU/US + MF EU/US + MF Cabo Unipolar UR US KE 277 KB KE 279 KB M M M Bipolar LE LW LV E V W E V MF apenas apenas LEB LEBL

17 Unidade móvel de AF SHORT-E A nova unidade móvel para AF adaptase com perfeição aos aparelhos de alta frequência da KARL STORZ, possibilitando um transporte flexível do aparelho pela área estéril e o posicionamento ergonômico do mesmo junto ao paciente. Na prateleira superior há uma gancho onde podem ser pendurados acessórios, como por exemplo, o cabo do eletrodo neutro. Existe ainda a possibilidade de colocar mais uma prateleira ou trilhos para aparelhos adicionais. Nesses trilhos é possível montar suportes para pedais especialmente ajustados para os pedais dos aparelhos de alta frequência da KARL STORZ, de forma que o pedal possa ser acomodado de maneira segura e estar sempre à mão. 17

18 Unidade móvel de AF SHORT-E Unidade móvel de AF SHORT-E composta por: Quatro rodízios antiestáticos, dos quais dois são traváveis Canal para cabos integrado na calha central Dispositivo para enrolar cabo Prateleira adequada para utilização com AF para AUTOCON II 400 SCB com gancho de suporte Carga máx.: 51 kg Dimensões: Unidade móvel: 670 x 1020 x 670 mm (L x A x P) Prateleira adequada para utilização com AF: 455 x 375 mm (L x P) Diâmetro dos rodízios: 100 mm 18

19 Acessórios adequados Trilho para aparelhos, para montagem na calha central, inclusive material de montagem, dimensões: 350 x 25 x 10 mm (B x H x T), para utilização com as peças de montagem para suporte móvel e AK Cesta, para acessórios, para montagem no trilho para aparelhos, dimensões: mm (L A P) HFH Suporte para interruptor de pedal duplo, suspenso, para montagem no trilho para aparelhos, para utilização com interruptores de pedal e HFE Suporte para interruptor de pedal único, suspenso, para montagem no trilho para aparelhos, para utilização com interruptor de pedal único DFH Suporte para interruptor de pedal duplo, para montagem no trilho para aparelhos, para utilização com pedais , , , , , , e EFH Suporte para interruptor de pedal único, para montagem no trilho para aparelhos, para utilização com pedais , e Prateleira, capacidade de carga máx. de 12 kg, dimensões: 490 x 395 mm (B x T), para utilização com as peças de mongem para suporte móvel e

20 AUTOCON II 400 SCB Dados técnicos Modos de alta frequência * Só para aparelhos com caixa de ressecção ** Com pacote de software "Bi-Vascular-Safe" Dados técnicos: Efeitos Sistemas de segurança P máx. em 500 Ohm - Autoteste do aparelho - Dosagem incorreta - Monitorização dos eletrodos neutros (EN dinâmicos, de duas peças, de uma e duas peças) - Monitor de corrente de fuga de BF/AF - Duração de ativação - Ativação de AF desligável V P máx. em 500 Ohm Tensão de serviço x-12x VAC, 50/60 Hz xU12x VAC, 50/60 Hz Fator de crista Regulagem do arco voltaico Dimensões L x A x P (mm) Regulagem da tensão Peso (kg) Modelo do aparelho V Unipolar TOP-Cut ,4 l l l Power-Cut ,4 l l l C-Cut ,0 3,8 l l l LAP-C-Cut ,0 3,8 l l l Gastro-Cut ,4 l l l Papillo-Cut ,4 l l l Standard Coag (em ,4 l l l Ohm) Forced Coag ,0 l l l Spray Coag ,4 l l l Bipolar Bipolar-Cut ,4 l l l Saline-C-Cut ,4 l l Saline-Time- C-Cut Saline-C- Cut++/Saline- Time-C-Cut++* 8 tempo 0,1-1 s 8 tempo 0,1-1 s Saline Coag 8 Saline-Time- Coag Saline Coag++ / Saline-Time- Coag++* Bipolar Soft Coag Bipolar Soft com Auto-Stop Bi-Vascular- Safe (opcional)** 8 tempo 0,1-1 s 8 tempo 0,1-1 s ,4 l l 300 (em 75 Ohm 200 (em 75 Ohm) 200 (em 75 Ohm) 200 (em 50 Ohm) 120 (em 75 Ohm) 120 (em 75 Ohm) 120 (em 75 Ohm) 490 1,4 l l 190 1,4 l l 190 1,4 l l 190 1,4 l l 190 1,4 l l l 190 1,4 l l l 190 1,4 l l V Tipo de construção CEI CE segundo a Medical Device Directive (MDD) 20

21 Anotações 21

22 Anotações 22

23 Anotações É aconselhável certificar-se da aplicação adequada dos produtos antes de sua utilização em determinada intervenção. 23

24 KARL STORZ Marketing América do Sul Ltda. Rua Joaquim Floriano, andar - Itaim Bibi São Paulo-SP, Brasil Tel.: Fax: KARL STORZ GmbH & Co. KG Mittelstraße 8, Tuttlingen, Alemanha Postbox 230, Tuttlingen, Alemanha Telefone: +49 (0) Fax: +49 (0) UNITS /2015/EW-PT

Ressectoscópios bipolares GYN 21 12.0 07/2015-PT

Ressectoscópios bipolares GYN 21 12.0 07/2015-PT Ressectoscópios bipolares GYN 21 12.0 07/2015-PT Ressecção bipolar: Cirurgia intrauterina de alta frequência mais segura e eficaz Os ressectoscópios bipolares são equipados com um eletrodo de trabalho

Leia mais

ART 42 9.1 07/2014-PT. ARTHROPUMP Power. O sistema inteligente para a gestão de líquidos em Artroscopia

ART 42 9.1 07/2014-PT. ARTHROPUMP Power. O sistema inteligente para a gestão de líquidos em Artroscopia ART 42 9.1 07/2014-PT ARTHROPUMP Power O sistema inteligente para a gestão de líquidos em Artroscopia ARTHROPUMP Power O sistema inteligente para a gestão de líquidos em Artroscopia inovador simples potente

Leia mais

A série E da KARL STORz:

A série E da KARL STORz: EndoWorld UNITS 3-2-PT/07-2011 A série E da KARL STORz: Ergonómica Elegante Eficiente Carro para monitores TROLL-E O novo carro para monitores da KARL STORz oferece-lhe toda a liberdade para deslocar e

Leia mais

MULTISWITCH Distribuição completa de imagem em um aparelho compacto MICRO 12 3.0 06/2015-PT

MULTISWITCH Distribuição completa de imagem em um aparelho compacto MICRO 12 3.0 06/2015-PT MULTISWITCH Distribuição completa de imagem em um aparelho compacto MICRO 12 3.0 06/2015-PT MULTISWITCH Simples Flexível Compacto Através de uma solução compacta é possível distribuir vários sinais de

Leia mais

UNITS 10 1.0 02/2015-PT COR. A peça central na sala de cirurgia

UNITS 10 1.0 02/2015-PT COR. A peça central na sala de cirurgia UNITS 10 1.0 02/2015-PT COR A peça central na sala de cirurgia COR A peça central para sua sala de cirurgia! Em qualquer sala de cirurgia na qual são realizadas intervenções, a unidade móvel com todos

Leia mais

ORL 119 11.1 10/2015-PT. Tecnologia CMOS em Otorrinolaringologia. Diagnóstico completo através da compatibilidade máxima

ORL 119 11.1 10/2015-PT. Tecnologia CMOS em Otorrinolaringologia. Diagnóstico completo através da compatibilidade máxima ORL 119 11.1 10/2015-PT Tecnologia CMOS em Otorrinolaringologia Diagnóstico completo através da compatibilidade máxima 2 Videorrinolaringoscópio CMOS O videorrinolaringoscópio CMOS da KARL STORZ é uma

Leia mais

GYN 37-1 08/2012-PT TROPHYSCOPE. de CAMPO

GYN 37-1 08/2012-PT TROPHYSCOPE. de CAMPO GYN 37-1 08/2012-PT TROPHYSCOPE de CAMPO TROPHYSCOPE de CAMPO Prefácio O novo histeroscópio compacto TROPHYSCOPE foi desenvolvido especialmente para histeroscopias no consultório e no ambulatório. Ele

Leia mais

SERVICE 2 3.0 08/2015-PT. MicroStop. Recipientes de esterilização e acessórios

SERVICE 2 3.0 08/2015-PT. MicroStop. Recipientes de esterilização e acessórios SERVICE 2 3.0 08/2015-PT MicroStop Recipientes de esterilização e acessórios Recipientes de esterilização MicroStop A ponte entre a cirurgia, o descarte, a esterilização e a armazenagem para uma rotina

Leia mais

A nova alça renal da KARL STORZ

A nova alça renal da KARL STORZ URO 39 4.0 03/2015-PT A nova alça renal da KARL STORZ Um passo decisivo contra a isquemia quente na ressecção laparoscópica parcial do rim A nova alça renal da KARL STORZ - Um passo decisivo contra a isquemia

Leia mais

NAV 3 1.0 12/2015-PT KARL STORZ. NAV1 optical

NAV 3 1.0 12/2015-PT KARL STORZ. NAV1 optical NAV 3 1.0 12/2015-PT KARL STORZ NAV1 optical KARL STORZ NAV1 optical Integração com economia de espaço em qualquer sala de cirurgia Com o NAV1 optical, você se beneficia de uma solução de navegação de

Leia mais

Instrumentos RoBi NOVO. Pinças de apreensão e tesouras bipolares rotativas nos tamanhos 3,5 mm e 5 mm. RoBi agora. também com 3,5 mm de Ø

Instrumentos RoBi NOVO. Pinças de apreensão e tesouras bipolares rotativas nos tamanhos 3,5 mm e 5 mm. RoBi agora. também com 3,5 mm de Ø LAP 45 16.0 08/2015-PT Instrumentos RoBi Pinças de apreensão e tesouras bipolares rotativas nos tamanhos 3,5 mm e 5 mm NOVO RoBi agora também com 3,5 mm de Ø Instrumentos bipolares rotativos de 3,5 mm

Leia mais

ORL 134 3.0 08/2015-PT TELE PACK X LED. Estroboscopia LED em uma nova dimensão

ORL 134 3.0 08/2015-PT TELE PACK X LED. Estroboscopia LED em uma nova dimensão ORL 134 3.0 08/2015-PT TELE PACK X LED Estroboscopia LED em uma nova dimensão O TELE PACK X LED segue a tradição dos sistemas all in one da KARL STORZ. Sua área de atuação vai desde consultórios médicos

Leia mais

Videocistoscopia portátil da KARL STORZ

Videocistoscopia portátil da KARL STORZ URO 43 7.0 07/2015-PT Videocistoscopia portátil da KARL STORZ Faça a tecnologia de imagem digital te acompanhar 2 Soluções completas digitais Videocistoscopia portátil da KARL STORZ Com o videocistoscópio

Leia mais

POINT SETTER * Sistema médico de sustentação universal MICRO 3-3 05/2013-PT

POINT SETTER * Sistema médico de sustentação universal MICRO 3-3 05/2013-PT POINT SETTER * Sistema médico de sustentação universal MICRO 3-3 05/2013-PT POINT SETTER * Preciso, estável, seguro, de fácil manuseio POINT SETTER * 2 3 Sistema médico de sustentação universal O sistema

Leia mais

BETTOCCHI Integrated Office Hysteroscope (B.I.O.H. )

BETTOCCHI Integrated Office Hysteroscope (B.I.O.H. ) EW GYN 34-6 07-2012-PT BETTOCCHI Integrated Office Hysteroscope (B.I.O.H. ) Para a histeroscopia diagnóstica e cirúrgica 2 3 "Exceda as expectativas" Em 1996 revolucionámos o mundo da histeroscopia, ao

Leia mais

Laringoscópios Brite Blade AN 12-2 06/2014-PT

Laringoscópios Brite Blade AN 12-2 06/2014-PT Laringoscópios Brite Blade AN 12-2 06/2014-PT Espátulas laringoscópicas com luz fria Vantagens dos laringoscópios KARL STORZ O mais alto padrão de qualidade A utilização de materiais de alta qualidade,

Leia mais

TELE PACK X LED KARL STORZ

TELE PACK X LED KARL STORZ TP 45 2.0 07/2015-PT TELE PACK X LED KARL STORZ Sistema compacto all in one com fonte de luz LED O TELE PACK X LED prossegue a tradição dos sistema portáteis all in one da KARL STORZ. Sua área de atuação

Leia mais

ELETROCIRURGIA V I O 3 0 0 S

ELETROCIRURGIA V I O 3 0 0 S ELETROCIRURGIA V I O 3 0 0 S Eletrocirurgia com sistema: dosagem automátic a de potência par a o centro cirúrgico. Dosagem automátic a da potência no VIO 300 S par a efeitos reproduzíveis no tecido Com

Leia mais

ORL 88 8.0 06/2015-PT CLEARVISION II. Para a limpeza intra-operatória da lente frontal

ORL 88 8.0 06/2015-PT CLEARVISION II. Para a limpeza intra-operatória da lente frontal ORL 88 8.0 06/2015-PT CLEARVISION II Para a limpeza intra-operatória da lente frontal Sistema CLEARVISION II: Para a limpeza intra-operatória da lente frontal Realiza o seu diagnóstico ou cirurgia de forma

Leia mais

SPS Secure Portal System

SPS Secure Portal System ART 21 10.0 07/2015-PT SPS Secure Portal System Sistema de portais na artroscopia do ombro SPS Secure Portal System O sistema de portal seguro (SPS) simplifica o posicionamento de portais na artroscopia

Leia mais

MICRO 6 6.0 06/2015-PT H3-M COVIEW. Cabeçote de câmera FULL HD para microscopia

MICRO 6 6.0 06/2015-PT H3-M COVIEW. Cabeçote de câmera FULL HD para microscopia MICRO 6 6.0 06/2015-PT H3-M COVIEW Cabeçote de câmera FULL HD para microscopia H3-M COVIEW SPIES TM : Cabeçote de câmera FULL HD para microscopia Aproveite seu microscópio cirúrgico ao máximo com as soluções

Leia mais

Laringoscópio para operação seg. DEDO ORL 125 2.0 02/2015-PT

Laringoscópio para operação seg. DEDO ORL 125 2.0 02/2015-PT Laringoscópio para operação seg. DEDO ORL 125 2.0 02/2015-PT Laringoscópio para operação seg. DEDO A característica especial do laringoscópio seg. DEDO é o formato da extremidade proximal em forma de uma

Leia mais

LASER de hólmio CALCULASE II 20 W

LASER de hólmio CALCULASE II 20 W URO 32-9 07/2014-PT LASER de hólmio CALCULASE II 20 W Aplicações avançadas LASER de hólmio CALCULASE II 20 W Experimente o tratamento a laser exato e rápido, que satisfaz as exigências máximas da litotripsia,

Leia mais

Cabo de luz de fibra ótica

Cabo de luz de fibra ótica TP 26 10.0 07/2015-PT Cabo de luz de fibra ótica Tecnologia inovadora da KARL STORZ, iluminando a prática médica há 60 anos 2 Cabo de luz de fibra ótica para fontes de luz fria Atenção: A alta concentração

Leia mais

KARL STORZ OR1 TM Streaming Solutions. Estabeleça conexões

KARL STORZ OR1 TM Streaming Solutions. Estabeleça conexões KARL STORZ OR1 TM Streaming Solutions Estabeleça conexões Atualmente, a necessidade de ter acesso à sala de cirurgia e a observação do seu fluxo de trabalho exige soluções adequadas no âmbito das tecnologias

Leia mais

A solução completa de PDD da KARL STORZ

A solução completa de PDD da KARL STORZ URO 17-3 07/2014-PT A solução completa de PDD da KARL STORZ para diagnóstico, terapia e cuidados pós-operatórios em câncer de bexiga A solução completa de PDD da KARL STORZ para diagnóstico, terapia e

Leia mais

UNIDRIVE S III NEURO. A solução completa para Neurocirurgia e para Cirurgia da Coluna Vertebral NEURO 28 6.0 01/2016-PT

UNIDRIVE S III NEURO. A solução completa para Neurocirurgia e para Cirurgia da Coluna Vertebral NEURO 28 6.0 01/2016-PT UNIDRIVE S III NEURO A solução completa para Neurocirurgia e para Cirurgia da Coluna Vertebral NEURO 28 6.0 01/2016-PT UNIDRIVE S III NEURO A solução completa para Neurocirurgia e para Cirurgia da Coluna

Leia mais

Otoscópio para consultórios veterinários de animais de pequeno porte VET 17 8.0 10/2015-PT

Otoscópio para consultórios veterinários de animais de pequeno porte VET 17 8.0 10/2015-PT Otoscópio para consultórios veterinários de animais de pequeno porte VET 17 8.0 10/2015-PT Otoscópio para consultórios veterinários de animais de pequeno porte A otoscopia diagnóstica é um dos principais

Leia mais

Rinoplastia em perfeição

Rinoplastia em perfeição ORL 132 3.0 09/2015-PT Rinoplastia em perfeição Conjunto de Rinoplastia do Prof. G. J. Nolst Trenité Rinoplastia em perfeição Conjunto de Rinoplastia do Prof. G. J. Nolst Trenité 2 Para rinoplastia moderna,

Leia mais

Laparoscopia e toracoscopia no consultório veterinário de equinos VET 22 3.0 06/2015-PT

Laparoscopia e toracoscopia no consultório veterinário de equinos VET 22 3.0 06/2015-PT Laparoscopia e toracoscopia no consultório veterinário de equinos VET 22 3.0 06/2015-PT Laparoscopia e toracoscopia no consultório veterinário de equinos Os métodos minimamente invasivos em equinos, quando

Leia mais

VET 30-5 07/2014-PT. Minilaparoscopia. Para animais com um peso inferior a 10 kg

VET 30-5 07/2014-PT. Minilaparoscopia. Para animais com um peso inferior a 10 kg VET 30-5 07/2014-PT Minilaparoscopia Para animais com um peso inferior a 10 kg Morbilidade e mortalidade reduzidas Recuperação e cicatrização mais rápidas Um conjunto básico de instrumentos para veterinários

Leia mais

O acesso endoscópico de DESTANDAU com tubo cirúrgico ENDOSPINE móvel

O acesso endoscópico de DESTANDAU com tubo cirúrgico ENDOSPINE móvel CV 2 8.1 06/2015-PT O acesso endoscópico de DESTANDAU com tubo cirúrgico ENDOSPINE móvel Em casos de hérnias de disco de medial até lateral profundo e de estenoses espinhais lombares O acesso endoscópico

Leia mais

Ótica nova e aperfeiçoada de aplicação universal para o consultório veterinário de animais de pequeno porte VET 16 7.0 07/2015-PT

Ótica nova e aperfeiçoada de aplicação universal para o consultório veterinário de animais de pequeno porte VET 16 7.0 07/2015-PT Ótica nova e aperfeiçoada de aplicação universal para o consultório veterinário de animais de pequeno porte VET 16 7.0 07/2015-PT Ótica de aplicação universal para o consultório veterinário de animais

Leia mais

CIRURGIA POR JATO DE ÁGUA ERBEJET 2

CIRURGIA POR JATO DE ÁGUA ERBEJET 2 CIRURGIA POR JATO DE ÁGUA ERBEJET 2 A diversidade da cirurgia por jato de água: ERBEJET 2 com Instrumentos híbridos Intervenções menos invasivas na cirurgia e endoscopia A cirurgia por jato de água com

Leia mais

QUINTUS e QUINTUS ZOOM

QUINTUS e QUINTUS ZOOM EndoWorld MICRO 9 01/2013-PT QUINTUS e QUINTUS ZOOM Adaptador de TV de alto rendimento para microscópios cirúrgicos da Leica Microsystems QUINTUS e QUINTUS ZOOM Adaptador de TV de alto rendimento para

Leia mais

TP 43 4.0 09/2015-PT IMAGE1 SPIES. IMAGE1 CONNECT e H3-LINK Your Link to Perfection

TP 43 4.0 09/2015-PT IMAGE1 SPIES. IMAGE1 CONNECT e H3-LINK Your Link to Perfection TP 43 4.0 09/2015-PT IMAGE1 SPIES IMAGE1 CONNECT e H3-LINK Your Link to Perfection 2 Da tradição KARL STORZ sempre é referência na área de aquisição de imagem endoscópica. Assim, em 2007, ela trouxe ao

Leia mais

Design compacto e imagens excelentes Os novos monitores da KARL STORZ TP 46 1.0 07/2015-PT

Design compacto e imagens excelentes Os novos monitores da KARL STORZ TP 46 1.0 07/2015-PT Design compacto e imagens excelentes Os novos monitores da KARL STORZ TP 46 1.0 07/2015-PT Uma imagem endoscópica brilhante é resultado de uma sequência de imagens de alta qualidade, perfeitamente sincronizadas

Leia mais

Manuseio simples combinado com a máxima força

Manuseio simples combinado com a máxima força GYN 20-12 08/2013-PT Manuseio simpes combinado com a máxima força ROTOCUT G1 ROTOCUT G1 Com o sistema de morceadores ROTOCUT G1, a KARL STORZ oferece um sistema competo desenvovido para atender as mais

Leia mais

Histeroscópios KARL STORZ

Histeroscópios KARL STORZ GYN 47 1.1 03/2015-PT Histeroscópios KARL STORZ Soluções diagnósticas e cirúrgicas para a histeroscopia ambulatorial BETTOCCHI Integrated Office Hysteroscope (B.I.O.H. ) Baseado em uma ótica de lentes

Leia mais

VITOM Um sistema de visualização único para cirurgia aberta da mão ART 54 2.0 02/2015-PT

VITOM Um sistema de visualização único para cirurgia aberta da mão ART 54 2.0 02/2015-PT VITOM Um sistema de visualização único para cirurgia aberta da mão ART 54 2.0 02/2015-PT Prefácio Em intervenções abertas na mão, utilizamos ou óculos com lupa ou trabalhamos a olho nu. Para intervenções

Leia mais

ASPIRADOR CIRÚRGICO MEDAP-TWISTA SP 1070

ASPIRADOR CIRÚRGICO MEDAP-TWISTA SP 1070 ASPIRADOR CIRÚRGICO MEDAP-TWISTA SP 1070 The Gold Standard Surgical Workplaces TWISTA SP 1070 3 ASPIRADOR CIRÚRGICO SILENCIOSO PARA MAIOR RENDIMENTO NO CENTRO CIRÚRGICO MAQUET - THE GOLD STANDARD Desempenho

Leia mais

Highlights 2016. Edição do 2 trimestre de 2016. Otorrinolaringologia

Highlights 2016. Edição do 2 trimestre de 2016. Otorrinolaringologia Highlights 2016 Edição do 2 trimestre de 2016 Otorrinolaringologia O novo TIPCAM 1 S 3D ORL Uma dimensão à frente Ótica 3D com 4 mm de diâmetro Através de uma extraordinária exibição em três dimensões

Leia mais

LAP 61 4.1 06/2015-PT. Sistema D-LIGHT P. Para a avaliação por perfusão de fluorescência em anastomoses colorretais

LAP 61 4.1 06/2015-PT. Sistema D-LIGHT P. Para a avaliação por perfusão de fluorescência em anastomoses colorretais LAP 61 4.1 06/2015-PT Sistema D-LIGHT P Para a avaliação por perfusão de fluorescência em anastomoses colorretais Introdução Para visualizar alterações no corpo humano que não são perceptíveis através

Leia mais

Discectomia endoscópica percutânea lombar (DEPL) e outras intervenções na coluna torácica e lombar com o sistema SpineTIP

Discectomia endoscópica percutânea lombar (DEPL) e outras intervenções na coluna torácica e lombar com o sistema SpineTIP CV 17 3.0 10/2015-PT Discectomia endoscópica percutânea lombar (DEPL) e outras intervenções na coluna torácica e lombar com o sistema SpineTIP Dr. med. Thomas Lübbers, Departamento de Neurocirurgia, Centro

Leia mais

Manipulador uterino seg. TINTARA

Manipulador uterino seg. TINTARA GYN 23 3.0 02/2015-PT Manipulador uterino seg. TINTARA Prof. Hatern Tintara Manipulador uterino seg. TINTARA O manipulador uterino é indispensável para a laparoscopia ginecológica. O manipulador uterino

Leia mais

Highlights 2016. Edição do 1 trimestre de 2016. Otorrinolaringologia

Highlights 2016. Edição do 1 trimestre de 2016. Otorrinolaringologia Highlights 2016 Edição do 1 trimestre de 2016 Otorrinolaringologia Vídeo-otoscópio USB Diagnóstico móvel, fácil de realizar Ideal para otorrinolaringologistas e audiologistas Características Especiais:

Leia mais

Instrumentos para a reconstrução do LCP ART 40 7.0 09/2015-PT

Instrumentos para a reconstrução do LCP ART 40 7.0 09/2015-PT Instrumentos para a reconstrução do LCP ART 40 7.0 09/2015-PT Instrumentos para a reconstrução do LCP Para a reconstrução do Ligamento Cruzado Posterior (LCP) é necessário um instrumental especial. Para

Leia mais

Fazemos de grandes inovações uma realidade

Fazemos de grandes inovações uma realidade URO 44-2 06/2015-PT Fazemos de grandes inovações uma realidade Os novos ureterorrenoscópios da KARL STORZ Novas dimensões na ureterorrenoscopia Atualmente não avançar significa ficar para trás. Por isso,

Leia mais

EndoWorld THOR 7-PT/06-2011. MediaFIT. A nova geração de pinças desmontáveis para a mediastinoscopia

EndoWorld THOR 7-PT/06-2011. MediaFIT. A nova geração de pinças desmontáveis para a mediastinoscopia EndoWorld THOR 7-PT/06-2011 MediaFIT A nova geração de pinças desmontáveis para a mediastinoscopia MediaFIT mais ergonomia e maior facilidade de uso O design ergonômico das novas pinças MediaFIT facilita

Leia mais

Instrumentos KARL STORZ para a ductoscopia. EndoWorld GYN 41-1 06/2014/EW-PT

Instrumentos KARL STORZ para a ductoscopia. EndoWorld GYN 41-1 06/2014/EW-PT Instrumentos KARL STORZ para a ductoscopia EndoWorld GYN 41-1 06/2014/EW-PT Prefácio A secreção dos mamilos é um sintoma frequentemente associado às doenças do peito, cuja frequência é estimada em 1 a

Leia mais

Macro porta-agulhas de KOH LAP 63 3.0 02/2015-PT

Macro porta-agulhas de KOH LAP 63 3.0 02/2015-PT Macro porta-agulhas de KOH LAP 63 3.0 02/2015-PT Qualidade insuperável macro porta-agulhas de KOH Os macro porta-agulhas de KOH, com 5 mm de diâmetro, combinam um excelente rendimento a uma ampla gama

Leia mais

Retrator modular iluminado para a cirurgia minimamente invasiva da coluna vertebral CV 14 2.0 04/2015-PT

Retrator modular iluminado para a cirurgia minimamente invasiva da coluna vertebral CV 14 2.0 04/2015-PT Retrator modular iluminado para a cirurgia minimamente invasiva da coluna vertebral CV 14 2.0 04/2015-PT Retrator modular iluminado para a cirurgia minimamente invasiva da coluna vertebral Introdução O

Leia mais

Histeroscopia ambulatorial

Histeroscopia ambulatorial Histeroscopia ambulatorial Histeroscópio de BETTOCCHI com instrumentos semirrígidos GYN 24-7 06/2014/EW-PT Histeroscopia ambulatorial Histeroscópio de BETTOCCHI com instrumentos semirrígidos Introdução

Leia mais

SISTEMA CIRÚRGICO ELETRO-TÉRMICO VULCAN EAS

SISTEMA CIRÚRGICO ELETRO-TÉRMICO VULCAN EAS SISTEMA CIRÚRGICO ELETRO-TÉRMICO VULCAN EAS Bisturi Elétrico Explicação de Símbolos Internacionais e Símbolos Utilizados Eletrodo Neutro (aterramento) Pedal Isolamento de Paciente / parte aplicada tipo

Leia mais

Vídeo-endoscópios para animais de grande porte VET 28 3.0 08/2015-PT

Vídeo-endoscópios para animais de grande porte VET 28 3.0 08/2015-PT Vídeo-endoscópios para animais de grande porte VET 28 3.0 08/2015-PT Vídeo-endoscópios para a medicina veterinária da KARL STORZ um novo critério para a qualidade da imagem e a versatilidade Com os novos

Leia mais

Novo nefroscópio percutâneo de 18/22 Fr. com canal de trabalho ampliado

Novo nefroscópio percutâneo de 18/22 Fr. com canal de trabalho ampliado URO 23 10.0 08/2015-PT Novo nefroscópio percutâneo de 18/22 Fr. com canal de trabalho ampliado Modelo Slender Nefroscopia percutânea de 18/22 Fr. Modelo Slender para retirada percutânea de cálculos renais

Leia mais

VET 36 3.0 01/2016-PT TELE PACK VET X LED. Sistema de vídeo completo para documentação endoscópica ambulatorial

VET 36 3.0 01/2016-PT TELE PACK VET X LED. Sistema de vídeo completo para documentação endoscópica ambulatorial VET 36 3.0 01/2016-PT TELE PACK VET X LED Sistema de vídeo completo para documentação endoscópica ambulatorial Cinco aparelhos, um O TELE PACK VET X LED da KARL STORZ é um sistema único, compacto e portátil,

Leia mais

Highlights 2016. Edição do 1 trimestre de 2016 OR1

Highlights 2016. Edição do 1 trimestre de 2016 OR1 Highlights 2016 Edição do 1 trimestre de 2016 OR1 KARL STORZ OR1 FUSION O melhor comando para a sala de cirurgia KARL STORZ OR1 FUSION é uma plataforma que proporciona roteamento de áudio/vídeo, documentação

Leia mais

Endoscopia em animais exóticos de pequeno porte

Endoscopia em animais exóticos de pequeno porte VET 23 7.0 08/2015-PT Endoscopia em animais exóticos de pequeno porte Conjunto para aves, répteis, anfíbios, pequenos animais domésticos e peixes Endoscopia um método indispensável no consultório de espécies

Leia mais

Sistema de aspiração de fluidos

Sistema de aspiração de fluidos MAIORES INFORMAÇÕES WWW.VACUUBRAND.COM Sistema de aspiração de fluidos Econômico, seguro e confortável BVC basic, BVC control, BVC professional Tecnologia de vácuo Sistema de aspiração de fluidos BVC -

Leia mais

SELAGEM DE VASOS E R B E B i C i s i o n. Termofusão e dissecç ão com a vantagem π

SELAGEM DE VASOS E R B E B i C i s i o n. Termofusão e dissecç ão com a vantagem π SELAGEM DE VASOS E R B E B i C i s i o n Termofusão e dissecç ão com a vantagem π O conceito de segur anç a do BiCision: Má xima termofusão mínima borda de coagul aç ão Com o BiCision vasos e tecidos poderão

Leia mais

Invólucros estéreis para os rinofaringolaringoscópios flexíveis KARL STORZ ORL 138 2.0 05/2016-PT

Invólucros estéreis para os rinofaringolaringoscópios flexíveis KARL STORZ ORL 138 2.0 05/2016-PT Invólucros estéreis para os rinofaringolaringoscópios flexíveis KARL STORZ ORL 138 2.0 05/2016-PT Os invólucros estéreis podem ser utilizados com o rinofaringolaringoscópio flexível em exames endoscópicos

Leia mais

Levantamento do assoalho do seio maxilar assistido Endoscopicamente

Levantamento do assoalho do seio maxilar assistido Endoscopicamente OMFS 10 1.0 02/2015-PT Levantamento do assoalho do seio maxilar assistido Endoscopicamente (EIS Endoscopically Assisted Internal Sinus Lift) Conjunto recomendado pelo Dr. Peter SCHLEIER Levantamento do

Leia mais

Simulador cirúrgico da KARL STORZ

Simulador cirúrgico da KARL STORZ NEURO 27 4.0 02/2016-PT Simulador cirúrgico da KARL STORZ para o treinamento de técnicas neurocirúrgicas endoscópicas In house Training Solutions da KARL STORZ Treinamento do uso de endoscópios diretamente

Leia mais

ph de Bancada Guia Seletivo

ph de Bancada Guia Seletivo ph de Bancada Guia Seletivo Use o quadro abaixo para encontrar o melhor Medidor de ph para sua necessidade. Veja páginas 18 a 22 para informações mais detalhadas sobre estes produtos. Veja página número

Leia mais

Endoscópio veterinário para inseminação artificial e histeroscopia VET 33 7.1 03/2016-PT

Endoscópio veterinário para inseminação artificial e histeroscopia VET 33 7.1 03/2016-PT Endoscópio veterinário para inseminação artificial e histeroscopia VET 33 7.1 03/2016-PT Uma revolução na inseminação artificial A endoscopia é o melhor método para o diagnóstico e tratamento do trato

Leia mais

EndoWorld DOK/LK 28-3-PT/04-2006. Cabeças de câmara TRICAM e TELECAM Parfocal Zoom autoclaváveis

EndoWorld DOK/LK 28-3-PT/04-2006. Cabeças de câmara TRICAM e TELECAM Parfocal Zoom autoclaváveis EndoWorld DOK/LK 28-3-PT/04-2006 Cabeças de câmara TRICAM e TELECAM Parfocal Zoom autoclaváveis Quanto mais quente melhor Cabeças de câmara TRICAM e TELECAM Parfocal Zoom autoclaváveis As novas cabeças

Leia mais

Estes módulos estão disponível para: DST4602, GCXXX DST4601PX

Estes módulos estão disponível para: DST4602, GCXXX DST4601PX DITHERM, DIGRIN, DIVIT são módulos eletrônicos microprocessados que permitem expandir as entradas analógicas de vários controladores SICES para grupos geradores. Mais concretamente: O módulo DITHERM permite

Leia mais

LOCALIZADORES AVANÇADOS DE CABOS E CONDUTAS SUBTERRADAS SISTEMA ULTRA

LOCALIZADORES AVANÇADOS DE CABOS E CONDUTAS SUBTERRADAS SISTEMA ULTRA LOCALIZADORES AVANÇADOS DE CABOS E CONDUTAS SUBTERRADAS SISTEMA ULTRA A complexidade de serviços subterrados, tais como cabos elétricas, condutas de água, cabos de telecomunicações, etc. aumenta cada vez

Leia mais

CORTINA MOTORIZADA G3 G U I A T É C N I C O

CORTINA MOTORIZADA G3 G U I A T É C N I C O G U I A T É C N I C O A Ambiente G3 agradece seu interesse em nossos produtos garantindo o total envolvimento com a qualidade e compromisso com os clientes. Nosso objetivo é levar ao seu espaço conforto

Leia mais

Especificação Técnica

Especificação Técnica Divinolândia, 19 de Fevereiro de 2015 Prezados senhores interessados Esta comissão de Julgamento de Licitação do Conderg Hospital Regional de Divinolândia, esclarece através deste, alterações feita no

Leia mais

Especifi cação Técnica. Pavimentadora de Concreto SP 92 / SP 92 i

Especifi cação Técnica. Pavimentadora de Concreto SP 92 / SP 92 i Especifi cação Técnica Pavimentadora de Concreto SP 92 / SP 92 i Especifi cação Técnica Pavimentadora de Concreto SP 92 SP 92 i Vibradores e circuitos Vibração hidráulica Vibração elétrica Vibradores de

Leia mais

Mobilidade a partir de um único fornecedor

Mobilidade a partir de um único fornecedor EndoWorld UNITS 2-2-PT/11-2009 Mobilidade a partir de um único fornecedor SMARTCART A nova linha de carros de aparelhos da KARL STORZ Mobilidade a partir de um único fornecedor. SMARTCART A nova linha

Leia mais

VAAFT: Video-Assisted Anal Fistula Treatment (Tratamento de fístulas anais assistido por vídeo)

VAAFT: Video-Assisted Anal Fistula Treatment (Tratamento de fístulas anais assistido por vídeo) VAAFT: Video-Assisted Anal Fistula Treatment (Tratamento de fístulas anais assistido por vídeo) com o fechamento do orifício interno da fístula mediante grampeador Técnica de MEINERO PRO 3 5.0 10/2015-PT

Leia mais

Família PS 6000 A perfeição da engenharia em solda por resistência

Família PS 6000 A perfeição da engenharia em solda por resistência Família PS 6000 A perfeição da engenharia em solda por resistência 2 Família PS 6000 A perfeição da engenharia em solda por resistência A Família PS 6000 é o mais recente sistema de solda por resistência

Leia mais

EQUIPAMENTO ESTERILIZADOR - Autoclave Horizontal - Especificação Técnica

EQUIPAMENTO ESTERILIZADOR - Autoclave Horizontal - Especificação Técnica EQUIPAMENTO ESTERILIZADOR - Autoclave Horizontal - Especificação Técnica Descrição Geral: Equipamento esterilizador horizontal automático para esterilização por vapor saturado de alta temperatura com duas

Leia mais

Soluções ergonômicas para manipulação de materiais. Novo! Sistemas de manipulação a vácuo

Soluções ergonômicas para manipulação de materiais. Novo! Sistemas de manipulação a vácuo Soluções ergonômicas para manipulação de materiais Novo! Sistemas de manipulação a vácuo Tubo de elevação a vácuo JumboFlex Tubo de elevação a vácuo JumboFlex Manipulação flexível e eficiente do material

Leia mais

Solução para continuidade de serviço em toda e qualquer situação

Solução para continuidade de serviço em toda e qualquer situação Catálogo Técnico Solução para continuidade de serviço em toda e qualquer situação Monitor de isolação 203-02/2006-0 Tudo sob controle Em aplicações, onde a falta de tensão pode causar graves conseqüências

Leia mais

C I R U R G I A C O M J A T O D E Á G U A. Uma nova dimensão em cirurgia com jato de água:

C I R U R G I A C O M J A T O D E Á G U A. Uma nova dimensão em cirurgia com jato de água: C I R U R G I A C O M J A T O D E Á G U A E r b E J E T 2 Uma nova dimensão em cirurgia com jato de água: o ERBEJET 2 no sistema VIO cirurgia com jato de água O procedimento suave no centro cirúrgico.

Leia mais

Este manual de instruções é parte integrante do produto e deve ficar na posse do cliente final. Imagem 1: Vista frontal

Este manual de instruções é parte integrante do produto e deve ficar na posse do cliente final. Imagem 1: Vista frontal Painel de comando e sinalização N.º art. MBT 2424 Manual de instruções 1 Indicações de segurança A instalação e a montagem de aparelhos eléctricos apenas devem ser realizadas por electricistas especializados.

Leia mais

E L E T R O C I R U R G I A / C I R U R G I A C O M J A T O D E Á G U A. HybridKnife

E L E T R O C I R U R G I A / C I R U R G I A C O M J A T O D E Á G U A. HybridKnife E L E T R O C I R U R G I A / C I R U R G I A C O M J A T O D E Á G U A E s t a ç ã o d e t r a b a l h o E S D c o m H y b r i d K n i f e HybridKnife 4 Passos de Tr abalho 1 Instrumento. Elevaç ão e

Leia mais

C2 NERVEMONITOR. Identificar - Proteger - Detectar

C2 NERVEMONITOR. Identificar - Proteger - Detectar C2 NerveMonitor C2 NERVEMONITOR Identificar - Proteger - Detectar O C2 NerveMonitor aumenta a segurança durante as intervenções cirúrgicas, uma vez que auxilia na prevenção e diagnóstico precoce de possíveis

Leia mais

GYN 40-4 07/2014-PT. VITOM Um sistema de visualização único para cirurgias de excisão com alça diatérmica

GYN 40-4 07/2014-PT. VITOM Um sistema de visualização único para cirurgias de excisão com alça diatérmica GYN 40-4 07/2014-PT VITOM Um sistema de visualização único para cirurgias de excisão com alça diatérmica O sistema VITOM para exoscopias não ambulatoriais Caros colegas, A conização com alça deve ser feita

Leia mais

UMG 96S-Instrumento de medição universal com montagem embutida UMG 96S

UMG 96S-Instrumento de medição universal com montagem embutida UMG 96S UMG 96S UMG 96S-Instrumento de medição universal com montagem embutida Os instrumentos de medição universal com montagem embutida da família de produto UMG 96S foram principalmente concebidos para utilização

Leia mais

Especifi cação técnica Pavimentadora de Concreto SP 850

Especifi cação técnica Pavimentadora de Concreto SP 850 Especifi cação técnica Pavimentadora de Concreto SP 850 Especificação técnica Pavimentadora de concreto SP 850 Vibradores e circuitos Vibração elétrica 24 conexões Vibradores acionados eletricamente Curvos

Leia mais

Manual de Instalação e Operação

Manual de Instalação e Operação Manual de Instalação e Operação ATCP Engenharia Física Rua Lêda Vassimon, n 735-A - Ribeirão Preto - SP / Brasil CEP 14026-567 Telefone: +55 (16) 3289-9481 www.atcp.com.br Manual de Instalação e Operação

Leia mais

EndoWorld OMFS 8-1-PT/02-2010. Conjunto HANNOVER para o aumento da crista alveolar

EndoWorld OMFS 8-1-PT/02-2010. Conjunto HANNOVER para o aumento da crista alveolar EndoWorld OMFS 8-1-PT/02-2010 Conjunto HANNOVER para o aumento da crista alveolar Novos métodos e técnicas do aumento biologicamente adequado da crista alveolar Transplante ósseo exacto, minimamente invasivo,

Leia mais

Acompanha 4 garras de corrente flexível para até 3.000A. NORMAS CE PT 61010-032 EN 61010-1 LVD Directiva 2006/95/CE EMC 2004/108/EC

Acompanha 4 garras de corrente flexível para até 3.000A. NORMAS CE PT 61010-032 EN 61010-1 LVD Directiva 2006/95/CE EMC 2004/108/EC Profissional analisador de qualidade de energia para as fase monofásica e trifásica geral O Analisador modelo78 é um analisador de rede profissional para medição e registro dos parâmetros elétricos da

Leia mais

CONDICIONADORES DE SINAIS

CONDICIONADORES DE SINAIS Condicionadores de Sinais de Montagem em Trilho DIN A/IN A/OUT Série DRG-SC U Modelos disponíveis para termopares, RTDs, tensão e corrente CC, frequência, ponte do sensor de deformação/tensão, tensão e

Leia mais

EVOLUTION 7403 7405. Usinagem CNC completa em formato compacto. oferece uma usinagem completa nos 4 cantos da peça de trabalho e na superfície.

EVOLUTION 7403 7405. Usinagem CNC completa em formato compacto. oferece uma usinagem completa nos 4 cantos da peça de trabalho e na superfície. Coladeiras de bordas Centros de usinagem CNC Serras para painéis verticais Seccionadoras Manipulação de material Usinagem CNC completa em formato compacto EVOLUTION 7403 7405 É única. A EVOLUTION 7405

Leia mais

GETINGE FD1800 LAVADORAS DESINFECTORA

GETINGE FD1800 LAVADORAS DESINFECTORA GETINGE FD1800 LAVADORAS DESINFECTORA 2 Getinge FD1800 Getinge FD1800 3 COMPROVADAS NA LUTA CONTRA A INFECÇÃO CRUZADA O excelente desempenho de lavagem e desinfecção da Getinge FD1800 garantiu-lhe o respeito

Leia mais

Sistema para Gerenciamento de

Sistema para Gerenciamento de Sistema para Gerenciamento de Dosagem Getinge 2 Sistema para Gerenciamento de Dosagem Getinge Sistema para Gerenciamento de Dosagem Getinge (CMS) UM PROCESSO APRIMORADO, UMA SOLUÇÃO ÚNICA A Getinge pode

Leia mais

A R T I C U L A D O R. Cirúrgico-MT

A R T I C U L A D O R. Cirúrgico-MT A R T I C U L A D O R Cirúrgico-MT s o l u ç õ e s i n t e l i g e n t e s MANUAL DE INSTRUÇÕES ÍNDICE 1 - Introdução... 2 - Especificações técnicas... 3 - Conteúdo da embalagem... 4 - Instruções para

Leia mais

MICRO 8 8.0 09/2015-PT VITOM. Um sistema de visualização único para cirurgias abertas de acesso mínimo

MICRO 8 8.0 09/2015-PT VITOM. Um sistema de visualização único para cirurgias abertas de acesso mínimo MICRO 8 8.0 09/2015-PT VITOM Um sistema de visualização único para cirurgias abertas de acesso mínimo 2 VITOM Um sistema de visualização único para cirurgia aberta de acesso mínimo O sistema VITOM é uma

Leia mais

Duas capacidades de armazenamento de digitais: 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 digitais (opcional);

Duas capacidades de armazenamento de digitais: 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 digitais (opcional); Características Possui estrutura com design moderno e LEDs que indicam a confirmação de registros; Os dados são gravados em um cartucho USB. Este modo de gravação oferece total proteção contra a perda

Leia mais

Cirurgia laparoscópica da obesidade

Cirurgia laparoscópica da obesidade LAP 55.6.0 07/2015-PT Cirurgia laparoscópica da obesidade Instrumental 5/10 de CADIÈRE 2 Cirurgia laparoscópica da obesidade Instrumental 5/10 de CADIÈRE Introdução Em países industrializados, a obesidade

Leia mais

Artroscopia em animais de pequeno porte VET 18 9.0 06/2015-PT

Artroscopia em animais de pequeno porte VET 18 9.0 06/2015-PT Artroscopia em animais de pequeno porte VET 18 9.0 06/2015-PT Artroscopia em cães A artroscopia é o método padrão para realizar a maior parte das cirurgias das articulações tanto em seres humano quanto

Leia mais

Manual de instalação e operação

Manual de instalação e operação Manual de instalação e operação Central de alarme de incêndio endereçável INC 2000 Central de alarme de incêndio INC 2000 Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Engesul.

Leia mais

ESTATIVAS DE TETO ALPHA-PORT CONHEÇA O FUTURO

ESTATIVAS DE TETO ALPHA-PORT CONHEÇA O FUTURO ESTATIVAS DE TETO ALPHA-PORT CONHEÇA O FUTURO SURGICAL WORKPLACES Surgical Workplaces The Gold Standard ALPHAPORT 3 ALPHAPORT CONHEÇA O FUTURO MAQUET - THE GOLD STANDARD Durante 65 anos, o nome MAQUET

Leia mais

ESTADO DA ARTE. ALTA FREQUÊNCIA de 4MHz ISO13485 ISO 9001. www.loktal.com

ESTADO DA ARTE. ALTA FREQUÊNCIA de 4MHz ISO13485 ISO 9001. www.loktal.com Qualidade Precisão Segurança Experiência ESTADO DA ARTE ALTA FREQUÊNCIA de 4MHz Wavetronic 5000 Digital, Electrocirurgia de Alta Frequência tecnologia de 4MHz ISO13485 CERTIFIED CERTIFIED ISO 9001 l ta

Leia mais