3) não leva em consideração a DISTRIBUIÇÃO e sim a MOVIMENTAÇÃO para um GABINETE, independente deste ser o titular ou substituto.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "3) não leva em consideração a DISTRIBUIÇÃO e sim a MOVIMENTAÇÃO para um GABINETE, independente deste ser o titular ou substituto."

Transcrição

1 Dados que compõem este relatório foram atualizados em: 09/04/ :30:02. Ministério Público Federal Sistema Único - GCONS - Gerador de Consultas Usuário: Data: 09/04/2014 Hora: 13:19:48 GCONS AJ/IPL - estatística MOVIMENTAÇÃO setores INTERNOS - Classe/Ofício (analítico) Filtro..: (UF (sigla) = 'sp') E (Data do recebimento!entre (01/03/2014) E (31/03/2014)) E (Unidade do MPF (sigla) = 'prm-campinas') E ( CONVTXT(Localização (digite parte da sigla do gabinete ou do nome do Procurador da República. Ex. GABPR1)) LIKE '%' CONVTXT('amml') '%') O presente relatório totaliza o número de autos judiciais (AJ) e inquéritos policiais (IPL) conforme o GABINETE e ÁREA DE ATUAÇÃO, conforme os seguintes parâmetros: 1) data de recebimento no GABINETE, ou seja, independente da data do envio para o GAB, o que se leva em consideranção é a data de recebimento no sistema do respectivo GABINETE; 2) contabiliza autos que tenham por origem um órgão externo (Ex.: Justiça, Polícia, etc) ou de um setor interno onde estava acautelado ou encaminhado para realização de diligência (Ex.: seção/núcleo/divisão criminal, núcleo de perícia, assessoria, etc); e 3) não leva em consideração a DISTRIBUIÇÃO e sim a MOVIMENTAÇÃO para um GABINETE, independente deste ser o titular ou substituto. PRM-CAMPINAS GABPRM1-AMML-AUREO MARCUS MAKIYAMA LOPES CÍVEL - CUSTOS LEGIS CLASSE NÚMERO DO AJ/IPL DATA DO ENVIO PARA LOCALIZAÇÃO DATA DO RECEBIMENTO NA LOCALIZ TOTAL PRIAÇÃO PRIAÇÃO A ORD MS A ORD A ORD MS MS MS de 13 09/04/ :20

2 2 de 13 09/04/ :20 PRIAÇÃO OPÇÃO DE NACIONALIDADE AÇÃO CAUTELAR MS MS MS MS ACP MS ONAC CAUTELA A ORD

3 3 de 13 09/04/ :20 PRIAÇÃO PRIAÇÃO MS A ORD

4 4 de 13 09/04/ :20 PRIAÇÃO PRIAÇÃO PRIAÇÃO ACP MS ACP MS MS MS ACP MS ACP

5 5 de 13 09/04/ :20 EXECUÇÕES DIVERSAS ACP MS EX DIVER MS MS MS

6 6 de 13 09/04/ :20 PRIAÇÃO PRIAÇÃO CARTA PRECATÓRIA PRIAÇÃO PRIAÇÃO MS MS C PREC

7 7 de 13 09/04/ :20 PRIAÇÃO PRIAÇÃO OPÇÃO DE NACIONALIDADE MS ONAC MS

8 8 de 13 09/04/ :20 PRIAÇÃO - TUTELA COLETIVA - PREVIDENCIÁRIA EMBARGOS À EXECUÇÃO PRIAÇÃO PRIAÇÃO ORD(TC) A ORD PREV MS EMBEXEC

9 9 de 13 09/04/ :20 PRIAÇÃO PRIAÇÃO MS

10 10 de 13 09/04/ :20 PRIAÇÃO PRIAÇÃO PRIAÇÃO PRIAÇÃO PRIAÇÃO PRIAÇÃO A ORD MS MS ACP MS MS MS MS

11 11 de 13 09/04/ :20 PRIAÇÃO PRIAÇÃO AÇÃO DIVERSA OPÇÃO DE NACIONALIDADE PRIAÇÃO PRIAÇÃO MS A DIV ONAC MS

12 PRIAÇÃO PRIAÇÃO PRIAÇÃO MS MS TOTAL(CÍVEL - CUSTOS LEGIS) 284 CÍVEL - TUTELA COLETIVA CLASSE NÚMERO DO AJ/IPL DATA DO ENVIO PARA LOCALIZAÇÃO DATA DO RECEBIMENTO NA LOCALIZ TOTAL ACP ACP de 13 09/04/ :20

13 13 de 13 09/04/ :20 AÇÃO DIVERSA - TUTELA COLETIVA PRIAÇÃO ACP DIV(TC) ACP TOTAL(CÍVEL - TUTELA COLETIVA) TOTAL(GABPRM1-AMML-AUREO MARCUS MAKIYAMA LOPES) TOTAL(PRM-CAMPINAS) TOTAL 298 AJ/IPL recebidos em GABINETE, agrupados por ÁREA DE ATUAÇÃO e CLASSE Dados que compõem este relatório foram atualizados em: 09/04/ :30:02. GCONS

1 de 5 10/03/2014 13:03

1 de 5 10/03/2014 13:03 Dados que compõem este relatório foram atualizados em: 08/03/2014 05:25:54. Ministério Público Federal Sistema Único - GCONS - Gerador de Consultas Usuário: pcspassini@prsp.mpf Data: 10/03/2014 Hora: 13:02:27

Leia mais

26/04/2013 Consumidor e Ordem Econômica FINALIZADO SERAP/PRM-SP - SETOR DE ACOMPANHAMENTO PROCESSUAL DA PRM/CAMPINAS 26/04/2013

26/04/2013 Consumidor e Ordem Econômica FINALIZADO SERAP/PRM-SP - SETOR DE ACOMPANHAMENTO PROCESSUAL DA PRM/CAMPINAS 26/04/2013 de 6 03/0/203 5:56 Dados que compõem este relatório foram atualizados em: 02/0/203 07:20:3. MINISTÉRIO PÚBLO FERAL GCONS Usuário: pcspassini@prsp.mpf Data: 03/0/203 Hora: 5:55:04 GCONS 6483 - AA-Distribuição-TITULAR.3.REMANESCENTE

Leia mais

de 5 10/02/2014 13:31

de 5 10/02/2014 13:31 erador de Relatórios WEB Dados que compõem este relatório foram atualizados em: 08/02/204 06:49:40. MINISTÉRIO PÚBLO FEDERAL Usuário: pcspassini@prsp.mpf Data: 0/02/204 Hora: 3:30:40 6483 - AA-Distribuição-TITULAR.3.REMANESCENTE

Leia mais

Dados que compõem este relatório foram atualizados em: 05/06/2013 09:06:28.

Dados que compõem este relatório foram atualizados em: 05/06/2013 09:06:28. Dados que compõem este relatório foram atualizados em: 05/06/203 09:06:28. MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL Usuário: pcspassini@prsp.mpf Data: 05/06/203 Hora: 4:2:54 6483 - AA-Distribuição-TITULAR.3.REMANESCENTE

Leia mais

26/04/2013 Consumidor e Ordem Econômica FINALIZADO SERAP/PRM-SP - SETOR DE ACOMPANHAMENTO PROCESSUAL DA PRM/CAMPINAS 26/04/2013

26/04/2013 Consumidor e Ordem Econômica FINALIZADO SERAP/PRM-SP - SETOR DE ACOMPANHAMENTO PROCESSUAL DA PRM/CAMPINAS 26/04/2013 de 5 28/08/203 3:39 Dados que compõem este relatório foram atualizados em: 28/08/203 08:53:28. MINISTÉRIO PÚBLO FERAL Usuário: pcspassini@prsp.mpf Data: 28/08/203 Hora: 3:38:35 6483 - AA-Distribuição-TITULAR.3.REMANESCENTE

Leia mais

DISTRIBUIÇÃO PROCESSUAL

DISTRIBUIÇÃO PROCESSUAL DISTRIBUIÇÃO PROCESSUAL Manual de Normas e Procedimentos Anexo da Instrução de Serviço PRRJ nº 01/2014 Escritório de Processos da PR/RJ Gestão Documental DISTRIBUIÇÃO PROCESSUAL Manual de Normas e Procedimentos

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 4ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 4ª REGIÃO PORTARIA Nº 59, DE 14 DE MARÇO DE 2008. Dispõe sobre alterações no Manual de Atribuições da Seção Judiciária do Paraná e estabelece outras providências. O VICE-PRESIDENTE, NO EXERCÍCIO DA PRESIDÊNCIA DO

Leia mais

Dados que compõem este relatório foram atualizados em: 01/05/2013 15:12:58.

Dados que compõem este relatório foram atualizados em: 01/05/2013 15:12:58. Dados que compõem este relatório foram atualizados em: 0/05/203 5:2:58. MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL Usuário: pcspassini@prsp.mpf Data: 03/05/203 Hora: 3:43:6 6483 - AA-Distribuição-TITULAR.3.REMANESCENTE

Leia mais

Relatório de Atividades desenvolvidas pela DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DE ALAGOAS de Janeiro a Dezembro de 2002. Capital Área Cível

Relatório de Atividades desenvolvidas pela DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DE ALAGOAS de Janeiro a Dezembro de 2002. Capital Área Cível Relatório de Atividades desenvolvidas pela DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DE ALAGOAS de Janeiro a Dezembro de 2002. Capital Área Cível Atendimentos 11874 Ações ajuizadas 1770 Acordos 1135 Contestações 307

Leia mais

NAJ Sistemas em Informática LTDA.

NAJ Sistemas em Informática LTDA. CADASTRAR PROCESSOS NO SISTEMA NAJ 1ª PARTE Campo Código: Código gerado automático pelo sistema Botão Binóculo: Utilize para pesquisar o processo pelo código automático gerado pelo sistema Botão Lupa:

Leia mais

GABINETE DA CORREGEDORIA SETOR DE CORREIÇÃO/2014

GABINETE DA CORREGEDORIA SETOR DE CORREIÇÃO/2014 GABINETE DA CORREGEDORIA SETOR DE CORREIÇÃO/2014 23ª VARA FEDERAL DO RIO DE JANEIRO JUÍZA FEDERAL TITULAR DRA. MARIA AMELIA ALMEIDA SENOS DE CARVALHO JUÍZA FEDERAL SUBSTITUTA DRA. LUCIANA DA CUNHA VILLAR

Leia mais

GABINETE DA CORREGEDORIA SETOR DE CORREIÇÃO/2014 3º JUIZADO ESPECIAL FEDERAL DO RIO DE JANEIRO JUIZ FEDERAL TITULAR DR. MARCO FALCÃO CRITSINELIS

GABINETE DA CORREGEDORIA SETOR DE CORREIÇÃO/2014 3º JUIZADO ESPECIAL FEDERAL DO RIO DE JANEIRO JUIZ FEDERAL TITULAR DR. MARCO FALCÃO CRITSINELIS GABINETE DA CORREGEDORIA SETOR DE CORREIÇÃO/2014 3º JUIZADO ESPECIAL FEDERAL DO RIO DE JANEIRO JUIZ FEDERAL TITULAR DR. MARCO FALCÃO CRITSINELIS Partindo de levantamentos realizados no questionário da

Leia mais

PROVIMENTO CONJUNTO Nº 13, DE 5 DE NOVEMBRO DE 2014.

PROVIMENTO CONJUNTO Nº 13, DE 5 DE NOVEMBRO DE 2014. PROVIMENTO CONJUNTO Nº 13, DE 5 DE NOVEMBRO DE 2014. Regulamenta os procedimentos a serem adotados no âmbito da Justiça do Trabalho da 4ª Região em virtude da implantação do PJe- JT, revoga o Provimento

Leia mais

SIDAP 1º INSTÂNCIA. Resolução CNJ 65 Padronização do número dos Processos Judiciais

SIDAP 1º INSTÂNCIA. Resolução CNJ 65 Padronização do número dos Processos Judiciais SIDAP 1º INSTÂNCIA Resolução CNJ 65 Padronização do número dos Processos Judiciais ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO... 3 2. RESOLUÇÃO Nº 65/2008 - OBJETIVOS DA NUMERAÇÃO PADRONIZADA... 3 3. NUMERAÇÃO PADRONIZADA

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA DE SÃO JOÃO DE MERITI

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA DE SÃO JOÃO DE MERITI PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA DE SÃO JOÃO DE MERITI PROCESSO: 0007733-93.2015.4.02.5110 (2015.51.10.007733-0) AUTOR: MINISTERIO PUBLICO FEDERAL REU: MUNICIPIO DE BELFORD ROXO Fls

Leia mais

CORREGEDORIA-GERAL PROVIMENTO Nº 001 DE 13 DE MARÇO DE 2002. CONSIDERANDO as conclusões apresentadas pelo Fórum de Juízes Distribuidores da 2ª Região;

CORREGEDORIA-GERAL PROVIMENTO Nº 001 DE 13 DE MARÇO DE 2002. CONSIDERANDO as conclusões apresentadas pelo Fórum de Juízes Distribuidores da 2ª Região; CORREGEDORIA-GERAL PROVIMENTO Nº 001 DE 13 DE MARÇO DE 2002 A Excelentíssima Doutora MARIA HELENA CISNE CID, Corregedora- Geral da Justiça Federal da 2ª Região, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

Leia mais

Manual do Sistema de Consulta ao Terminal de Autoatendimento

Manual do Sistema de Consulta ao Terminal de Autoatendimento Manual do Usuário Manual do Sistema de Consulta ao Terminal de Autoatendimento CONSPROCTAA Template Versão 1.1 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 Consulta por Numeração Única... 6 Consulta

Leia mais

Procedimento Institucional Finalístico 13/10/15. Promotor de Justiça. Promotor de. Justiça. Promotor de Justiça Promotor de Justiça.

Procedimento Institucional Finalístico 13/10/15. Promotor de Justiça. Promotor de. Justiça. Promotor de Justiça Promotor de Justiça. 1/6 Unidade de Aplicação: Promotorias de do MP-PR. Objetivo do Processo: Responsável(is) envolvido(s): Secretarias, assessorias e promotores de justiça. Abertura e encaminhamento de Notícia de Fato. Histórico

Leia mais

SETOR UNIFICADO DE CARTAS PRECATÓRIAS CÍVEIS, DE FAMÍLIA E SUCESSÕES E ACIDENTES DO TRABALHO

SETOR UNIFICADO DE CARTAS PRECATÓRIAS CÍVEIS, DE FAMÍLIA E SUCESSÕES E ACIDENTES DO TRABALHO SETOR UNIFICADO DE CARTAS PRECATÓRIAS CÍVEIS, DE FAMÍLIA E SUCESSÕES E ACIDENTES DO TRABALHO - LOCALIZAÇÃO O Setor de Cartas Precatórias Cíveis está instalado no Fórum Hely Lopes Meirelles, no centro da

Leia mais

21ª PROMOTORIA DE JUSTIÇA DE INVESTIGAÇÃO PENAL DA 1ª CENTRAL DE INQUÉRITOS (cód. 300586)

21ª PROMOTORIA DE JUSTIÇA DE INVESTIGAÇÃO PENAL DA 1ª CENTRAL DE INQUÉRITOS (cód. 300586) CRAAI RIO DE JANEIRO RIO DE JANEIRO FORO REGIONAL BANGU 21ª PROMOTORIA DE JUSTIÇA DE INVESTIGAÇÃO PENAL DA 1ª CENTRAL DE INQUÉRITOS (cód. 300586) Investigação Penal 33522 Feitos extrajudiciais recebidos

Leia mais

RESOLUÇÃO/PRESI 600-25 DE 07 DE DEZEMBRO DE 2009

RESOLUÇÃO/PRESI 600-25 DE 07 DE DEZEMBRO DE 2009 RESOLUÇÃO/PRESI 600-25 DE 07 DE DEZEMBRO DE 2009 Institui o Processo Digital e-jur no âmbito da Justiça Federal da Primeira Região. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO, no uso

Leia mais

ATO DO DIRETOR-GERAL Nº 1516, DE 2005

ATO DO DIRETOR-GERAL Nº 1516, DE 2005 ATO DO DIRETOR-GERAL Nº 1516, DE 2005 Estabelece as competências da Secretaria de Segurança Legislativa do Senado Federal e das Subsecretarias e Serviços a ela subordinados. O DIRETOR-GERAL DO SENADO FEDERAL,

Leia mais

RESOLUÇÃO STJ N. 1 DE 4 DE FEVEREIRO DE 2014.

RESOLUÇÃO STJ N. 1 DE 4 DE FEVEREIRO DE 2014. RESOLUÇÃO STJ N. 1 DE 4 DE FEVEREIRO DE 2014. Dispõe sobre o pagamento de custas judiciais e porte de remessa e retorno de autos no âmbito do Superior Tribunal de Justiça. O PRESIDENTE DO SUPERIOR TRIBUNAL

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE SERGIPE ARQUIVO GERAL DO JUDICIÁRIO

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE SERGIPE ARQUIVO GERAL DO JUDICIÁRIO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE SERGIPE ARQUIVO GERAL DO JUDICIÁRIO TABELA DE TEMPORALIDADE DE DOCUMENTOS UNIFICADA - JUSTIÇA ESTADUAL - 1º GRAU - MENOR INFÂNCIA E JUVENTUDE CLASSES CNJ Correspondente Código

Leia mais

MPF/PRR-3 SGP-PRR/3 ago-09 fls. 1. SGP-PRR/3: CRONOGRAMA DE IMPLANTAÇÃO 21 de agosto de 2009 PROCESSOS PUSH HC

MPF/PRR-3 SGP-PRR/3 ago-09 fls. 1. SGP-PRR/3: CRONOGRAMA DE IMPLANTAÇÃO 21 de agosto de 2009 PROCESSOS PUSH HC MPF/PRR-3 SGP-PRR/3 ago-09 fls. 1 SGP-PRR/3: CRONOGRAMA DE IMPLANTAÇÃO 21 de agosto de 2009 Dados da 1ª Instância PROCESSOS Novas informações Documentos Multimídia NOE NUCRIM NTC CIVEL CÍVEL CRIMINAL PREFEITOS

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL BRASÍLIA-DF, QUARTA-FEIRA, 24 DE NOVEMBRO DE 2010 BOLETIM DE SERVIÇO N o.

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL BRASÍLIA-DF, QUARTA-FEIRA, 24 DE NOVEMBRO DE 2010 BOLETIM DE SERVIÇO N o. MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL BRASÍLIA-DF, QUARTA-FEIRA, 24 DE NOVEMBRO DE 2010 BOLETIM DE SERVIÇO N o. 222 1 a. PARTE ATOS DO DIRETOR-GERAL INSTRUÇÃO NORMATIVA N o. 42/2010-DG/DPF,

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL Seção de São Paulo SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA STJ. Atualizado em 08/09/2015

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL Seção de São Paulo SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA STJ. Atualizado em 08/09/2015 SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA STJ Atualizado em 08/09/2015 RESOLUÇÃO STJ/GP N. 3 DE 5 DE FEVEREIRO DE 2015. Dispõe sobre o pagamento de custas judiciais e porte de remessa e retorno de autos no âmbito do

Leia mais

Ato Normativo nº. 428/2006 - PGJ/CGMP, de 20 de fevereiro de 2006

Ato Normativo nº. 428/2006 - PGJ/CGMP, de 20 de fevereiro de 2006 Ato Normativo nº. 428/2006 - PGJ/CGMP, de 20 de fevereiro de 2006 Alterado por Ato Normativo nº 905/2015, de 11/06/2015 (PT nº. 20.243/06) Aprova o Plano de Classificação de Documentos e a Tabela de Temporalidade

Leia mais

Atuação Extrajudicial Cível

Atuação Extrajudicial Cível Atuação Extrajudicial Cível Manual de Normas e Procedimentos Versão 1.0 Julho de 2014 Escritório de Processos da PR/AC 1 Esta edição do Manual foi atualizada até 04/07/2014. Ministério Público Federal

Leia mais

MANUAL SISTEMA AJG/CJF

MANUAL SISTEMA AJG/CJF MANUAL DO SISTEMA AJG/CJF ÍNDICE 1. SEJA BEM VINDO AO AJG... 3 1.1 Seja Bem-Vindo!... 3 2. SOBRE A AJUDA... 4 2.1 Como navegar no ajuda on-line... 4 3. SOBRE O SISTEMA... 5 3.1 Sobre o sistema... 5 3.2

Leia mais

= PIB Dados D PJ PIB G 1

= PIB Dados D PJ PIB G 1 ANO-BASE 2003 1. INSUMOS, DOTAÇÕES E GRAUS DE UTILIZAÇÃO DESPESAS 1.1. DESPESA DA JUSTIÇA FEDERAL SOBRE O PIB G 1 DPJ PIB Dados D PJ PIB G 1 1ª Região 735.982.911 418.705.626.864 0,176% 2ª Região 433.545.338

Leia mais

EXMO. SR. DR. JUIZ FEDERAL DA VARA ESPECIALIZADA CRIMINAL DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESTADO DA BAHIA. IPL 1-928/2006 (autos n. 2006.33.00.

EXMO. SR. DR. JUIZ FEDERAL DA VARA ESPECIALIZADA CRIMINAL DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESTADO DA BAHIA. IPL 1-928/2006 (autos n. 2006.33.00. EXMO. SR. DR. JUIZ FEDERAL DA VARA ESPECIALIZADA CRIMINAL DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESTADO DA BAHIA IPL 1-928/2006 (autos n. 2006.33.00.012426-0) O MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL, por um de seus Procuradores

Leia mais

COMO EMITIR A GRU. Passo-a-passo para preenchimento de GRU de Custas Iniciais, Complementares, Recursais/Finais, Agravo de Instrumento e Certidões

COMO EMITIR A GRU. Passo-a-passo para preenchimento de GRU de Custas Iniciais, Complementares, Recursais/Finais, Agravo de Instrumento e Certidões COMO EMITIR A GRU Passo-a-passo para preenchimento de GRU de Custas Iniciais, Complementares, Recursais/Finais, Agravo de Instrumento e Certidões Atenção: As custas devem ser recolhidas por meio de GRU

Leia mais

* DECRETO Nº 21.459, DE 16 DE DEZEMBRO DE 2009. A GOVERNADORA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, no uso de suas atribuições legais,

* DECRETO Nº 21.459, DE 16 DE DEZEMBRO DE 2009. A GOVERNADORA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, no uso de suas atribuições legais, Governo do Estado do Rio Grande do Norte Gabinete Civil Coordenadoria de Controle dos Atos Governamentais * DECRETO Nº 21.459, DE 16 DE DEZEMBRO DE 2009. Institui o Programa Estadual de Proteção a Vitimas

Leia mais

Segue, em anexo ao presente relatório, cópia do Termo de Abertura.

Segue, em anexo ao presente relatório, cópia do Termo de Abertura. PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL SEÇÃO JUDICIÁRIA DO RIO DE JANEIRO Subseção Judiciária de Barra do Piraí 1ª Vara Federal/Juizado Especial Federal Adjunto RELATÓRIO INSPEÇÃO ORDINÁRIA 2014 EXCELENTÍSSIMA

Leia mais

Peticionar Inquérito e Outros Documentos

Peticionar Inquérito e Outros Documentos Peticionar Inquérito e Outros Documentos Este manual se destina a orientar a Polícia Civil a realizar o Peticionamento de Inquéritos e Outros Documentos (exceto Auto de Prisão em Flagrante) para o Tribunal

Leia mais

AGENDA OFICIAL DOS MEMBROS - CGMP MÊS ATIVIDADE LEGISLAÇÃO PRAZO

AGENDA OFICIAL DOS MEMBROS - CGMP MÊS ATIVIDADE LEGISLAÇÃO PRAZO AGENDA OFICIAL DOS MEMBROS - encaminhar a o roteiro para inspeção dos serviços de Até 15.01 - MP/PGJ/, Os Promotores de Justiça que ministram aula devem informar a o horário e a instituição de ensino que

Leia mais

ANEXO IV TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO TABELA DE TEMPORALIDADE E DESTINAÇÃO DE DOCUMENTOS - ÁREA- FIM

ANEXO IV TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO TABELA DE TEMPORALIDADE E DESTINAÇÃO DE DOCUMENTOS - ÁREA- FIM TABELA DE TEMPORALIDADE E DE DOCUMENTOS - ÁREA- FIM 700 ATIVIDADES JUDICIÁIS DE 1ª INSTÂNCIA 710 VARAS DO TRABALHO 710.1 - Alvará de Seguro Desemprego Original - Requerente Até retirada Via - Pasta 2 anos

Leia mais

MANUAL DA VERSÃO 1.4.7.4 1º Grau

MANUAL DA VERSÃO 1.4.7.4 1º Grau MANUAL DA VERSÃO 1.4.7.4 1º Grau Equipe de elaboração: DESEMBARGADOR RICARDO ANTONIO MOHALLEM TRT 3ª REGIÃO JUÍZA GISELA AVILA LUTZ TRT 1º REGIÃO ANTONIO CARLOS DOS SANTOS TRT 7ª REGIÃO NADJA MARIA PRATES

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 543, DE 13 DE JANEIRO DE 2015

RESOLUÇÃO Nº 543, DE 13 DE JANEIRO DE 2015 RESOLUÇÃO Nº 543, DE 13 DE JANEIRO DE 2015 Dispõe sobre as Tabelas de Custas e a Tabela de Porte de Remessa e Retorno dos Autos e dá outras providências. O PRESIDENTE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL, no uso

Leia mais

Ato Normativo nº. 473-CPJ, de 27 de julho de 2006. (pt. nº. 3.556/06)

Ato Normativo nº. 473-CPJ, de 27 de julho de 2006. (pt. nº. 3.556/06) Ato Normativo nº. 473-CPJ, de 27 de julho de 2006 (pt. nº. 3.556/06) Constitui, na comarca da Capital, o Grupo de Atuação Especial de Inclusão Social, e dá providências correlatas. O Colégio de Procuradores

Leia mais

RECOMENDAÇÃO MINISTERIAL Nº 002/2015

RECOMENDAÇÃO MINISTERIAL Nº 002/2015 Procedimento administrativo nº 201400036940 RECOMENDAÇÃO MINISTERIAL Nº 002/2015 Objeto: Dispõe sobre o dever de atuação de diversas autoridades públicas, durante a Romaria Nossa Senhora d'abadia do Muquém

Leia mais

PORTARIA Nº 1079, de 18 de setembro de 2012

PORTARIA Nº 1079, de 18 de setembro de 2012 PORTARIA Nº 1079, de 18 de setembro de 2012 Cria o programa de desenvolvimento da transparência no âmbito do Ministério Público Federal em São Paulo, em caráter suplementar à Portaria PGR/MPF 246/2012

Leia mais

MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DE ASSESSOR JUDICIAL DA PRESIDÊNCIA. Responsável por assessorar a Presidência nas questões que envolvam matéria judicial.

MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DE ASSESSOR JUDICIAL DA PRESIDÊNCIA. Responsável por assessorar a Presidência nas questões que envolvam matéria judicial. MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DE ASSESSOR JUDICIAL DA PRESIDÊNCIA ASSESSOR JUDICIAL DA PRESIDÊNCIA (CJ-3) Área: Judiciária Unidade: Secretaria Geral da Presidência ATIVIDADE PRINCIPAL Responsável por assessorar

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA SAJPG5 PROCESSOS EM PAPEL E PROCESSOS DIGITAIS

IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA SAJPG5 PROCESSOS EM PAPEL E PROCESSOS DIGITAIS IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA SAJPG5 PROCESSOS EM PAPEL E PROCESSOS DIGITAIS ORIENTAÇÕES GERAIS No decorrer do ano de 2012/2013 o Plano PUMA implantou sistema único em todo o Estado. Tal sistema abrange área

Leia mais

PRAZOS DE GUARDA AC AI. 1 ano Eliminação. 3 + Interessado 1 Unidade. 1 ano após regularização. 1 Processo Prazo de processo

PRAZOS DE GUARDA AC AI. 1 ano Eliminação. 3 + Interessado 1 Unidade. 1 ano após regularização. 1 Processo Prazo de processo 100 ADMINISTRAÇÃO JUDICIÁRIA 101 Normatização de procedimentos judiciais PRAZOS DE GUARDA DESTINAÇÃO Cf. interesse Guarda Permanente VER TAMBÉM: classificação 010 110 ADMINISTRAÇÃO DE GABINETES / EXPEDIENTES

Leia mais

Egrégio Tribunal de Ética e Disciplina da Ordem dos Advogados do Brasil Secção de São Paulo Quarta Turma Disciplinar TED IV

Egrégio Tribunal de Ética e Disciplina da Ordem dos Advogados do Brasil Secção de São Paulo Quarta Turma Disciplinar TED IV Egrégio Tribunal de Ética e Disciplina da Ordem dos Advogados do Brasil Secção de São Paulo Quarta Turma Disciplinar TED IV [ 11/09/2010 ECT 72900491 RJ256496422BR ] Por meu sangue, por minha honra e por

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 149/2010. O Tribunal de Justiça do Estado do Acre, no uso das atribuições legais,

RESOLUÇÃO Nº 149/2010. O Tribunal de Justiça do Estado do Acre, no uso das atribuições legais, RESOLUÇÃO Nº 149/2010 Autoriza a implantação do Processo Eletrônico no âmbito do Tribunal de Justiça do Estado do Acre e dá outras providências. O Tribunal de Justiça do Estado do Acre, no uso das atribuições

Leia mais

GERIR CONTEÚDO DO BANCO DE DADOS DE AÇÕES CIVIS PÚBLICAS 1 OBJETIVO

GERIR CONTEÚDO DO BANCO DE DADOS DE AÇÕES CIVIS PÚBLICAS 1 OBJETIVO Proposto por: Equipe da Divisão de Organização de Acervos de Conhecimento (DICAC) Analisado por: Diretor do Departamento de Gestão e Disseminação do Conhecimento (DECCO) Aprovado por: Diretor-Geral da

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO - JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Estado de Sergipe 7ª Vara Federal FLUXOGRAMA 28 - AÇÃO MONITÓRIA

PODER JUDICIÁRIO - JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Estado de Sergipe 7ª Vara Federal FLUXOGRAMA 28 - AÇÃO MONITÓRIA PODER JUDICIÁRIO - JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Estado de Sergipe 7ª Vara Federal FLUXOGRAMA 28 - AÇÃO MONITÓRIA INÍCIO análise inicial Verificar a existência de demonstrativo de débito e contrato

Leia mais

ATO NORMATIVO Nº 94 DE 14 DE OUTUBRO DE 2014.

ATO NORMATIVO Nº 94 DE 14 DE OUTUBRO DE 2014. ATO NORMATIVO Nº 94 DE 14 DE OUTUBRO DE 2014. REGULAMENTA A APLICAÇÃO DOS DISPOSITIVOS PREVISTOS NAS RESOLUÇÕES TJAL Nº 02/2014 E 18/2014, REVOGA OS ATOS NORMATIVOS Nº 12, DE 19 DE MARÇO DE 2014 E Nº 19,

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0071.07.034954-4/001 Númeração 0349544- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Bitencourt Marcondes Des.(a) Bitencourt Marcondes 25/03/2009 30/04/2009

Leia mais

RECOMENDAÇÃO ADMINISTRATIVA nº 01/2012

RECOMENDAÇÃO ADMINISTRATIVA nº 01/2012 RECOMENDAÇÃO ADMINISTRATIVA nº 01/2012 CONSIDERANDO: 1. A existência do Procedimento Preparatório n. 0089.11.000011-7, cujo objeto é apurar eventual irregularidade em casa de abrigo para idosos na Rua

Leia mais

Etapa 1: Criação do bloco e escolha da(s) unidade(s) que devem assinar os documentos

Etapa 1: Criação do bloco e escolha da(s) unidade(s) que devem assinar os documentos Passo-a-passo para a utilização do Bloco de Assinatura Etapa 1: Criação do bloco e escolha da(s) unidade(s) que devem assinar os documentos 1- Para criar um Bloco de Assinatura, o primeiro passo é clicar

Leia mais

Protocolo Nº Data / Hora de Entrada no Protocolo Projeto Resolução Projeto Decreto. / /, Legislativo Proposição Nº Moção de Aplausos Emenda

Protocolo Nº Data / Hora de Entrada no Protocolo Projeto Resolução Projeto Decreto. / /, Legislativo Proposição Nº Moção de Aplausos Emenda X Indicação Requerimento Protocolo Nº Data / Hora de Entrada no Projeto de Lei SENHOR PRESIDENTE: Protocolo Projeto Resolução Projeto Decreto / /, Legislativo Proposição Nº Moção de Aplausos Emenda AUTOR:

Leia mais

1 - AÇÕES DE JURISDIÇÃO CONTENCIOSA OU QUE ASSUMAM ESTE CARÁTER

1 - AÇÕES DE JURISDIÇÃO CONTENCIOSA OU QUE ASSUMAM ESTE CARÁTER Tabela de honorários de advogados dativos - 2013 (Resolução-Conjunta TJMG/AGE/ OAB 001/2013) ANEXO I - PARTE ESPECIAL 1 - AÇÕES DE JURISDIÇÃO CONTENCIOSA OU QUE ASSUMAM ESTE CARÁTER Salvo outra disposição

Leia mais

III-137 AÇÃO CIVIL PÚBLICA: OPORTUNIDADE PARA A SOLUÇÂO DE CONFLITOS AMBIENTAIS EM UM CASO DE RESÍDUOS INDUSTRIAIS PERIGOSOS

III-137 AÇÃO CIVIL PÚBLICA: OPORTUNIDADE PARA A SOLUÇÂO DE CONFLITOS AMBIENTAIS EM UM CASO DE RESÍDUOS INDUSTRIAIS PERIGOSOS III-137 AÇÃO CIVIL PÚBLICA: OPORTUNIDADE PARA A SOLUÇÂO DE CONFLITOS AMBIENTAIS EM UM CASO DE RESÍDUOS INDUSTRIAIS PERIGOSOS Sheila Telles Meyer (1) Engenheira Química pela Universidade Federal do Rio

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CODÓ ESTADO DO MARANHÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CODÓ ESTADO DO MARANHÃO LEI Nº 1552, DE 18 DE AGOSTO DE 2011. Disciplina a dação em pagamento de obras, serviços e bem móvel como forma de extinção da obrigação tributária no Município de Codó, prevista no inciso XI do artigo

Leia mais

Execução de Pagamento de Contratos

Execução de Pagamento de Contratos PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS DIVISÃO DE GESTÃO DA QUALIDADE Sistema de Gestão da Qualidade PROCEDIMENTO P.TJAM 22 Execução de Pagamento de Elaborado por: Aprovado por: Sidney

Leia mais

Cadastro de Processos

Cadastro de Processos Cadastro de Processos O módulo de Processos atende às necessidades básicas do escritório para o Acompanhamento de Processos dos clientes sob responsabilidade do escritório. Este módulo segue o fluxo normal

Leia mais

JUSTICA FEDERAL DA 2A REGIAO

JUSTICA FEDERAL DA 2A REGIAO Nº CNJ : 0001267-24.2014.4.02.0000 RELATORA : DESEMBARGADORA FEDERAL CORREGEDORA DRA. SALETE MARIA POLITA MACCALÓZ REQUERENTE : CORREGEDORA-REGIONAL DA JUSTICA FEDERAL DA 2A REGIAO REQUERIDO : SETORES

Leia mais

Anuário Estatístico do Município de Belém 2011 2-11 JUSTIÇA 1 2-11 JUSTIÇA

Anuário Estatístico do Município de Belém 2011 2-11 JUSTIÇA 1 2-11 JUSTIÇA Anuário Estatístico do Município de Belém 2011 2-11 JUSTIÇA 1 2-11 JUSTIÇA Nesta seção, encontram-se variáveis a respeito do movimento eleitoral do município como eleitores por sexo, faixa etária e zona

Leia mais

Foram criadas três empresas padrões que podem ser importadas na criação de novas siglas no SIGER, sendo uma para cada forma de tributação.

Foram criadas três empresas padrões que podem ser importadas na criação de novas siglas no SIGER, sendo uma para cada forma de tributação. Foram implementadas no módulo de Contabilidade do ERP SIGER, a partir da versão 15.30a, melhorias que visam agilizar e facilitar principalmente o trabalho dos Escritórios Contábeis e também poderá ser

Leia mais

Apresentação. O acompanhamento dos planos de ação que vierem a seguir a ferramenta é de responsabilidade da unidade autora e executora da proposta.

Apresentação. O acompanhamento dos planos de ação que vierem a seguir a ferramenta é de responsabilidade da unidade autora e executora da proposta. Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado do Ceará Secretaria Especial de Planejamento e Gestão FERRAMENTA PARA ELABORAÇÃO E ACOMPANHAMENTO DE PLANOS DE AÇÃO 1 Apresentação Com o objetivo de oferecer

Leia mais

Agrupadores. GESTÃO DE VARA ELETRÔNICA - PJE Jessiane Carla Siqueira Moreira Assessoria de Apoio à Primeira Instância JUIZ E SEUS ASSISTENTES

Agrupadores. GESTÃO DE VARA ELETRÔNICA - PJE Jessiane Carla Siqueira Moreira Assessoria de Apoio à Primeira Instância JUIZ E SEUS ASSISTENTES Agrupadores JUIZ E SEUS ASSISTENTES»Processos com pedido liminar ou de antecipação de tutela não apreciado GESTÃO DE VARA ELETRÔNICA - PJE DIRETOR E SEUS ASSISTENTES»Processos com Petições Avulsas»Processos

Leia mais

EDITAL ESMPU nº 204 /2008

EDITAL ESMPU nº 204 /2008 EDITAL ESMPU nº 204 /2008 A Escola Superior do Ministério Público da União ESMPU comunica que está aberto o processo seletivo para participação do curso Crimes, Computadores, Perícias e Internet. 1. Promoção

Leia mais

Inspeção Cartorária. Objetivos da inspeção judicial

Inspeção Cartorária. Objetivos da inspeção judicial Inspeção Cartorária A inspeção cartorária é um instrumento de fiscalização e controle da administração da justiça e da atividade dos órgãos e dos serviços judiciários e administrativos. O seu propósito

Leia mais

ATO CONJUNTO PGJ-CGMP N. 02/2014

ATO CONJUNTO PGJ-CGMP N. 02/2014 ATO CONJUNTO PGJ-CGMP N. 02/2014 Dispõe sobre a regulamentação e a metodologia da inteligência de sinais a ser utilizada no âmbito do Ministério Público do Estado de Goiás. O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA

Leia mais

1. NOVIDADES DO NÚMERO ÚNICO DE PROCESSO. 1.1 Resolução nº 65 do CNJ. 1.2 Conversão do Número do Processo. 1.3 Novos ícones

1. NOVIDADES DO NÚMERO ÚNICO DE PROCESSO. 1.1 Resolução nº 65 do CNJ. 1.2 Conversão do Número do Processo. 1.3 Novos ícones 1. NOVIDADES DO NÚMERO ÚNICO DE PROCESSO 1.1 Resolução nº 65 do CNJ 1.2 Conversão do Número do Processo 1.3 Novos ícones 1 Tela Antiga Tela Nova 2 2. NOVIDADES DA VISUALIZAÇÃO DAS FILAS DE TRABALHO 2.1

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA JUSTIÇA, CIDADANIA E DIREITOS HUMANOS GABINETE DA SECRETÁRIA RESOLUÇÃO N 126/2012 GS/SEJU

SECRETARIA DE ESTADO DA JUSTIÇA, CIDADANIA E DIREITOS HUMANOS GABINETE DA SECRETÁRIA RESOLUÇÃO N 126/2012 GS/SEJU RESOLUÇÃO N 126/2012 GS/SEJU Dispõe sobre a criação da Central de Alvarás de Soltura e disciplina os procedimentos administrativos para o encaminhamento, cumprimento e execução dos alvarás de soltura eletrônicos.

Leia mais

O que é o Sinesp? julho de 2012, que tornará obrigatória a produção e o envio de

O que é o Sinesp? julho de 2012, que tornará obrigatória a produção e o envio de O que é o Sinesp? O Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública, Prisional e sobre Drogas (Sinesp) é um portal de informações integradas, possibilitando consultas operacionais, investigativas

Leia mais

Formulário de Visita Técnica à Delegacia de Polícia Estadual

Formulário de Visita Técnica à Delegacia de Polícia Estadual Formulário de Visita Técnica à Delegacia de Polícia Estadual Resolução CNMP Nº 20 de 28/05/2007 Dados da Entidade Visitada Nome: CPF ou CNPJ:: Endereço: Município: UF: Telefones c/ddd: Seção I Identificação

Leia mais

Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Programa de Residência Médica em Medicina Legal

Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Programa de Residência Médica em Medicina Legal Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Programa de Residência Médica em Medicina Legal 1) Objetivos do programa O principal objetivo da Residência em Medicina Legal é a formação de especialistas

Leia mais

PROVIMENTO nº 42/2013-CGJ

PROVIMENTO nº 42/2013-CGJ PROVIMENTO nº 42/2013-CGJ O Excelentíssimo Senhor Desembargador SEBASTIÃO DE MORAES FILHO, Corregedor Geral da Justiça do Estado de Mato Grosso, no uso de suas atribuições legais, previstas nos artigos

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO RESOLUÇÃO Nº 25, DE 03 DE DEZEMBRO DE 2007.

CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO RESOLUÇÃO Nº 25, DE 03 DE DEZEMBRO DE 2007. CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO RESOLUÇÃO Nº 25, DE 03 DE DEZEMBRO DE 2007. Cria o Núcleo de Ação Estratégica NAE, altera dispositivos da Resolução n. 12, de 2006, e dá outras providências. O CONSELHO

Leia mais

Art. 2º Recebidos os ofícios requisitórios (precatórios) da Autarquia, estes serão remetidos, de imediato, à Procuradoria Jurídica.

Art. 2º Recebidos os ofícios requisitórios (precatórios) da Autarquia, estes serão remetidos, de imediato, à Procuradoria Jurídica. NORMA DE EXECUÇÃO/INCRA/Nº 14, DE 31 DE MAIO DE 2001 (Publicação: Diário Oficial n 110-E, de 7/6/2001, seção 1, pág. 123 e Boletim de Serviço n 24, de 11/6/2001) Estabelece procedimentos técnicos e administrativos

Leia mais

LANÇAMENTO DE PROCESSOS

LANÇAMENTO DE PROCESSOS LANÇAMENTO DE PROCESSOS Objetivo: Demonstrar como funciona o novo Menu Lançamentos de Processos - criado dentro da aba esocial Grupo Movimentos Menu Lançamento de Processos - que permite o cadastro (inclusão

Leia mais

Manual Mercador WEB. Sistema Mercador. Cia Quatro de Software Ltda. Versão 1.0

Manual Mercador WEB. Sistema Mercador. Cia Quatro de Software Ltda. Versão 1.0 Manual Mercador WEB Sistema Mercador Cia Quatro de Software Ltda. Versão 1.0 Menu do Vendedor... 4 Cadastros... 4 Consultas... 4 Analises... 4 Entrando no Sistema Mercador WEB... 5 Equipamento necessário...

Leia mais

Responsabilidade em saúde

Responsabilidade em saúde Responsabilidade em saúde Cível:obrigação de indenização indene de prejuízo Constituição Federal/Código civil/cdc Elementos de responsabilidade Autor Ato Culpa Dano Nexo causal CÓDIGO CIVIL Art. 186 Aquele

Leia mais

RELATÓRIO DE INSPEÇÃO CORRECIONAL ORDINÁRIA ICO 138/2012

RELATÓRIO DE INSPEÇÃO CORRECIONAL ORDINÁRIA ICO 138/2012 RELATÓRIO DE INSPEÇÃO CORRECIONAL ORDINÁRIA ICO 138/2012 1. INTRODUÇÃO. a) Órgão: Coordenadoria de Distribuição dos Feitos de Novo Hamburgo b) Jurisdição: Lindolfo Collor, Morro Reuter, Novo Hamburgo,

Leia mais

"CURSO DE FORMAÇÃO DE PERITOS JUDICIAIS e ASSISTENTES TÉCNICOS"

CURSO DE FORMAÇÃO DE PERITOS JUDICIAIS e ASSISTENTES TÉCNICOS "CURSO DE FORMAÇÃO DE PERITOS JUDICIAIS e ASSISTENTES TÉCNICOS" 1. Objetivo do Curso: Torne-se um perito judicial, profissão com grande flexibilidade de horários, prazos e que figura como uma das atividades

Leia mais

Posição Financeira ABRACAF Nota Técnica de Configurações

Posição Financeira ABRACAF Nota Técnica de Configurações Posição Financeira ABRACAF Nota Técnica de Configurações Em caso de dúvidas operacionais, entrar em contato com o Help Desk da Ação Informática, ura contábil. NOTA TÉCNICA 1. Descrição: Posicao Economica

Leia mais

Estatística de comunicações registradas na Ouvidoria em maio de 2014

Estatística de comunicações registradas na Ouvidoria em maio de 2014 Estatística de comunicações registradas na Ouvidoria em maio de 014 91 19% 1% 67 % Internet -.474 Telefone - 91 Sede - 67 Ouvidoria Itinerante -.474 78% TOTAL:.1 Estatística de comunicações recebidas via

Leia mais

TÉCNICAS DE INVESTIGAÇÃO

TÉCNICAS DE INVESTIGAÇÃO TÉCNICAS DE INVESTIGAÇÃO PNLD 26-09-2013 2 Técnicas de Investigação Materialidade e autoria de atividades ilícitas 3 INVESTIGAÇÃO 4 Técnicas de Investigação Pesquisas Interceptação de Sinais Quebras de

Leia mais

2 - FORO JUDICIAL - OUTROS DOCUMENTOS

2 - FORO JUDICIAL - OUTROS DOCUMENTOS 2 - FORO JUDICIAL - OUTROS DOCUMENTOS 2-1 - Acórdãos 2-1 - Acórdãos 5 anos* 5 anos X - *Cópias de acórdãos -1-1 - -1-2 - -1-3 - 2-1-1 - Acórdãos - conclusões 2-1-2 - Acórdãos - publicados 2-1-3 - Acórdãos

Leia mais

CENTRO DE APOIO OPERACIONAL DAS PROMOTORIAS DE JUSTIÇA CÍVEIS FALIMENTARES, DE LIQUIDAÇÕES EXTRAJUDICIAIS, DAS FUNDAÇÕES E DO TERCEIRO SETOR

CENTRO DE APOIO OPERACIONAL DAS PROMOTORIAS DE JUSTIÇA CÍVEIS FALIMENTARES, DE LIQUIDAÇÕES EXTRAJUDICIAIS, DAS FUNDAÇÕES E DO TERCEIRO SETOR CONSULTA N.º 12/2013 CAOP Cível OBJETO: Cumprimento de Sentença Medidas Cabíveis Para a Localização de Veículos Encontrados por meio do Sistema RENAJUD, e que se encontram na Posse de Terceiros INTERESSADA:

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR Este questionário objetiva diagnosticar a realidade dos tribunais em relação às aprovadas no II Encontro Nacional do Judiciário, bem como subsidiar medidas concretas a serem

Leia mais

CONSELHO SUPERIOR DA DEFENSORIA PÚBLICA RESOLUÇÃO CSDPE Nº 016/2013

CONSELHO SUPERIOR DA DEFENSORIA PÚBLICA RESOLUÇÃO CSDPE Nº 016/2013 CONSELHO SUPERIOR DA DEFENSORIA PÚBLICA RESOLUÇÃO CSDPE Nº 016/2013 Dispõe sobre as atribuições da Coordenação de Atendimento ao Preso Provisório da Defensoria Pública da Capital e dá outras providências.

Leia mais

Manual Configuração Esquema Contábil

Manual Configuração Esquema Contábil Manual Configuração Esquema Contábil MARÇO/2013 Sumário 1. Introdução... 3 2. Funcionalidade... 3 3. Acesso ao Sistema Parâmetros... 3 4. Configurar o Esquema Contábil... 4 4.1. Inserir Palavra Chave...

Leia mais

ANTONIO FERNANDO BARROS E SILVA DE SOUZA Presidente do Conselho Nacional do Ministério Público

ANTONIO FERNANDO BARROS E SILVA DE SOUZA Presidente do Conselho Nacional do Ministério Público CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO RESOLUÇÃO Nº 33, de 15º DE DEZEMBRO DE 2008. Altera a Resolução n 25, de 03 de dezembro de 2007 O CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO, no exercício das atribuições

Leia mais

1. NAVEGUE NO LEGAL SOFT

1. NAVEGUE NO LEGAL SOFT MANUAL DO USUÁRIO SUMÁRIO 1. NAVEGUE NO LEGAL SOFT... 04 1.1. Acesso ao site e login... 04 1.2. Alteração de senha... 05 1.3. Conhecendo o menu de navegação... 06 1.4. Conhecendo o painel inicial... 09

Leia mais

Planejamento e Gestão para Cumprimento da Meta 02. *Cristiane Pederzolli Rentzsch*

Planejamento e Gestão para Cumprimento da Meta 02. *Cristiane Pederzolli Rentzsch* Planejamento e Gestão para Cumprimento da Meta 02 *Cristiane Pederzolli Rentzsch* I - Introdução II - A Meta 02 III - Experiência da 17ª Vara da SJDF IV - Conclusão V - Agradecimentos I. Introdução O Conselho

Leia mais

Regulamento SIGA. Versão 1.0. Outubro, 2013. Página 1 de 16

Regulamento SIGA. Versão 1.0. Outubro, 2013. Página 1 de 16 Regulamento SIGA Versão 1.0 Outubro, 2013 Página 1 de 16 Sumário Objetivo deste Regulamento...3 Introdução...4 Definição...4 O que é documento para o SIGA...4 Numeração dos documentos no SIGA...4 Disposição

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS EMPRESAS DE REPRODUÇÃO AUTOMÁTICA DE ÁUDIO E VÍDEO E SIMILARES Associação Nacional de Classe do Mercado de Jukebox

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS EMPRESAS DE REPRODUÇÃO AUTOMÁTICA DE ÁUDIO E VÍDEO E SIMILARES Associação Nacional de Classe do Mercado de Jukebox MATERIAL DE APRESENTAÇÃO DA APROVA, SUA ESTRUTURA E ATIVIDADES JURÍDICAS NO FOMENTO AO COMBATE A CONTRAFAÇÃO DE FONOGRAMAS E VIDEOFONOGRAMAS EM JUKEBOXES 1ª Edição 2013 ÍNDICE SOBRE A APROVA 03 ESTRUTURA

Leia mais

RELATÓRIO DA CORREIÇÃO EXTRORDINÁRIA PARCIAL REALIZADA NA SEGUNDA AUDITORIA DA JUSTIÇA MILITAR ESTADUAL

RELATÓRIO DA CORREIÇÃO EXTRORDINÁRIA PARCIAL REALIZADA NA SEGUNDA AUDITORIA DA JUSTIÇA MILITAR ESTADUAL RELATÓRIO DA CORREIÇÃO EXTRORDINÁRIA PARCIAL REALIZADA NA SEGUNDA AUDITORIA DA JUSTIÇA MILITAR ESTADUAL Período da realização da correição: de 23 de maio a 13 de junho de 2014. Juiz de Direito Titular:

Leia mais

Número: 00218.001006/2012-09 Unidade Examinada: Universidade Federal Fluminense

Número: 00218.001006/2012-09 Unidade Examinada: Universidade Federal Fluminense Número: 00218.001006/2012-09 Unidade Examinada: Universidade Federal Fluminense Relatório de Demandas Externas n 00218.001006/2012-09 Sumário Executivo Este Relatório apresenta o resultado da ação de controle

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL V EXAME UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA PROVA DO DIA 4/12/2011 DIREITO CIVIL

CONSELHO FEDERAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL V EXAME UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA PROVA DO DIA 4/12/2011 DIREITO CIVIL DIREITO CIVIL PEÇA PRÁTICO-PROFISSIONAL Trata-se da hipótese em que o(a) examinando(a) deverá se valer de medidas de urgência, sendo cabíveis cautelares preparatórias, com pedido de concessão de medida

Leia mais

Gestão de Ativos. Manual do Usuário. Treinamento Fase 1 (TRN 01)

Gestão de Ativos. Manual do Usuário. Treinamento Fase 1 (TRN 01) Gestão de Ativos Manual do Usuário Treinamento Fase 1 (TRN 01) Índice 1. Introdução... 3 2. Movimentações de Ativos... 4 2.1. Monitoração... 4 2.1.1. Monitor de Movimentação de Ativos...4 2.2. Transações...15

Leia mais

TABELA DE CORRELAÇÃO DOS CONHECIMENTOS/HABILIDADES COM OS CURSOS DA ESAJ INFORMÁTICA

TABELA DE CORRELAÇÃO DOS CONHECIMENTOS/HABILIDADES COM OS CURSOS DA ESAJ INFORMÁTICA TABELA DE CORRELAÇÃO DOS CONHECIMENTOS/HABILIDADES COM OS CURSOS DA ESAJ INFORMÁTICA Nº Conhecimento / Habilidade Curso ESAJ 1 2 3 Sistema Operacional (Windows) Processador de Texto (Word, Broffice Writer)

Leia mais