O Circo de Santo Amaro. um filme de Chico Teixeira

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O Circo de Santo Amaro. um filme de Chico Teixeira"

Transcrição

1 O Circo de Santo Amaro um filme de Chico Teixeira

2 Esta tarde quando dormi tive um sonho, sonhei que Alma me dizia Pobre Frost, parece tão cansado e triste. Quer descansar?. Sim, eu disse. Vou deixa-lo tão pequeno quanto um feto e assim poderá dormir em paz, no meu ventre Então, eu me aninhei e dormi profundamente como se tivesse num berço. Fui ficando cada vez menor até me tornar uma semente e depois desapareci. Do Filme Noites de Circo de Ingmar Bergman

3 Dirigido por Chico Teixeira Roteiro por Chico Teixeira, Marcelo Gomes, César Turin e Sabina Anzuategui

4 Sinopse Serginho é um menino de 14 anos, confuso entre o abandono do pai e o despertar da sexualidade. Trabalhando numa feira, ele cuida da mãe alcoólatra e do irmão pequeno. Num cotidiaano sem fantasias, busca o encanto no Circo de Santo Amaro. 7 8

5 Nota de intenção O Circo de Santo Amaro busca um olhar emotivo e silencioso para uma história simples, de um cotidiano banal em que aparentemente nada acontece. Um filme de pequenos movimentos internos, com diálogos escassos e corriqueiros. Uma narrativa que se constrói através dos olhares, dos corpos e das pequenas ações, retratadas de forma quase documental. A minha intenção é mostrar situações subterrâneas que todos nós vivemos, mas pouco expomos; circunstâncias pessoais, dolorosas, opressivas. Pelos olhos de Serginho, um menino de 14 anos que se tornou adulto antes do tempo, quero mostrar um mundo de funções primitivas, de trancos pela sobrevivência, de solidão coletiva. Um filme sobre como as pessoas se incluem na vida. Um filme sobre territórios e lugares, sobre instalações humanas: o circo, a feira, a família, a adolescência, o individuo. O Circo de Santo Amaro vagueia por lugares que não se fixam, não se estabelecem. O circo é limite e proteção, segurança, todo fechado como na barriga da mãe. A feira é espaço aberto, muita gente que passa e perturba. Serginho aprende o sexo sozinho, seguindo vontades e impulsos, sem conclusões nem elaborações. Confunde afeto e sedução, transitando entre homens e mulheres, jovens e mais velhos. Ele se depara com a malícia e as mentiras, as promessas nunca cumpridas, o vazio e o abandono. Um vazio impresso no espaço, na casa marcada pelo que foi levado por seu pai, objetos que nunca foram repostos. Serginho é rodeado por pessoas que deveriam protegê-lo, mas o exploram. Um menino-homem, pulando a etapa da adolescência, pressionado entre a inocência e a exploração. Entre tantas relações desafetuosas, ele tenta seduzir o professor para se sentir querido. A recusa de Ney, único adulto que o respeita, soa como uma agressão. Serginho quer abandonar também, quer se vingar com uma fúria desordenada, do mundo, do seu pai, da sua mãe, da feira. Quer se vingar e sumir. Uma vingança sem direção, sem protagonista, uma vingança de desilusões, descontada justamente em quem lhe ajuda e quer bem. No final, Serginho se dá conta de seu engano. Nesse momento ele interrompe o ciclodas vinganças. Então ele procura O Circo de Santo Amaro, onde talvez possa encontrarum espaço de afeto e compreensão. 9 10

6 Estrutura e Gênero Dramático O Circo de Santo Amaro é um drama: um drama cotidiano, familiar, social, sexual,afetivo. Centrada na figura de Serginho, a trama mostra diversos aspectos da vida desse garoto precocemente amadurecido. O espectador segue o dia-a-dia de Serginho: seu papel de homem da casa, cuidando da mãe alcoólatra e do irmão mais novo; seu trabalho na feira e a tensão latente com seu chefe e tio Lazinho; sua amizade com Mudinho e Silvinha que quase se concretiza em um triângulo amoroso; e sua relação confusa, entre o sexo e o afeto, com o professor Ney. Como no novo cinema asiático de Hou Hsiau Hsien e Tsai Ming-Liang, o filme não propõe tramas complicadas ou eventos melodramáticos. Ele é um tecido de momentos da vida de um menino em transição. Momentos que revelam a subjetividade de Serginho e, por isso, criam uma intimidade entre ele e o espectador. É um filme com planos longos, com respiros e tempo para o espectador observar e refletir. Todas as ações são enquadradas com mesma abordagem incidental, sem criar hierarquia entre ações cotidianas e ações com função narrativa. Os enquadramentos vão alternar planos muito próximos e planos abertos, que englobam as ações de conjunto sem destacar o protagonista. Os diálogos cotidianos buscam representar as palavras soltas, as frases jogadas e pensamentos impulsivos. Busca-se um estilo também documental, em que a função narrativa às vezes fica em segundo plano, remetendo ao banal e ao inconsciente, ao pensamento amorfo e disperso de Serginho. O filme evita o uso excessivo de campo e contracampo. A câmera enquadra os personagens e permanece neles enquanto realizam seu movimento. Outras ações aparecem na periferia do quadro, eventualmente cobrem o personagem e saem de quadro novamente. Por isso o roteiro às vezes indica diálogos em OFF, sugerindo tais planos longos com câmera fixa

7 Argumento O Circo de Santo Amaro conta a história de um garoto de 14 anos, chamado Serginho. Ele trabalha na feira ajudando seu tio Lazinho, 47 anos, dono da barraca, a arrumar e entregar de bicicleta verduras nas casas dos clientes. Serginho também estuda à noite. Ele tem dificuldade em aprender, é disperso e já repetiu duas vezes de ano. Ele tem vergonha de sua caligrafia, principalmente quando escreve nos embrulhos para fazer as entregas. Serginho mora com sua mãe Luzia, 43 anos, e seu irmão William, 5 anos. Seu pai Jaci, 46 anos, abandonou sua família sem dar explicação alguma e levou tudo o que tinha comprado com seu dinheiro: desde microondas, mesa e cadeiras da sala até uma tampa da privada. A partir daí, a família tenta conviver com um vazio deixado dentro da casa, vazio físico (as peças não são repostas) e um grande vazio emocional. Luzia trabalha em casa fazendo bolos para fora, bolos de aniversário, bolos de casamento, recebe sempre encomendas da vizinhança. Uma mulher nervosa, beirando a bipolaridade: um dia está bem, amorosa, atenciosa e outro dia está destrutiva, irritada com tudo, agressiva com os filhos. Ela gosta de beber em casa, sozinha, e nem sempre consegue acabar as encomendas. Quando isso acontece, cai nas mãos de Serginho esse pequeno reparo. Serginho é um rapaz maduro para sua idade, não rouba, não se prostitui, não usa drogas, ajuda em casa, ajuda nas contas, ajuda a cuidar do irmão mais novo. Um dos prazeres e diversão de Serginho é andar de bicicleta quando faz as entregas e ir a um circo perto de sua casa chamado O Circo de Santo Amaro. Obcecado pelo circo, fascinado pelo mágico, ele acabou conhecendo todos os artistas do circo, frequentando os trailers e aprendendo alguns números de mágica, de que se gaba para seus clientes da feira. A feira é onde Serginho conhece a vida e onde trabalha seu melhor amigo, o Mudinho, um rapaz surdo de 15 anos, que toma conta dos carros. Mudinho e Serginho se entendem de uma forma muito própria, são gestos, cutucões, um pouco de leitura labial e muito silêncio. Mudinho é alegre, vivo, Serginho, mais contido, fala pouco. Porém, com Mudinho, ele solta um lado brincalhão e divertido, reparte suas experiências sexuais, suas paqueras, principalmente com a Silvinha, japonesa de 18 anos, também feirante, já comprometida com um namorado e que mais adiante irá provocar uma ruptura entre Serginho e Mudinho por um ciúme não direcionado que Serginho não sabe por quem sente, se é pelo Mudinho ou pela Silvinha ou pelos dois. Mudinho abandona a feira e Serginho nunca mais vê o amigo. Luzia, desequilibrada, resolve voltar para a Bahia, morar com a mãe e com seus parentes. Cansou de ser mãe, não agüenta mais as responsabilidades, os compromissos não cumpridos. Quer ser filha novamente, está cansada de tudo. Então, ela leva com ela o filho mais novo, William, e abandona Serginho morando com tio Lazinho, avarento, controlador e insensível com o sobrinho. Serginho tem um cliente muito querido, o professor Ney, homossexual (mas sem trejeitos femininos), 53 anos, solitário que mora com uma cachorrinha chamada Kenga, que Serginho adora. Ele é professor de português da sexta e sétima séries. Ney adora os garotos, tem atração por eles, mas nunca se deixou levar pelo desejo escondido. Professor Ney, íntimo de Serginho, pergunta de Luzia e a bebida, ajuda Serginho nos estudos tomando a lição, vendo suas notas, é a única pessoa para quem Serginho se abre e fala suas confidências, suas mágoas. Ney escuta-o com respeito e com um carinho quase paterno; se identifica muito com Serginho, suas perdas, os abandonos que sofreu ao longo da vida, além de se sentir extremamente atraído sexualmente pelo rapaz. Serginho tem uma fascinação e um enorme afeto pelo professor. Em um momento de confusão entre afeto e erotização, Serginho pede para dormir na casa do professor. Deitado no sofá da sala, ele não consegue dormir. Então, vai ao quarto do professor que está acordado vendo televisão e se deita ao seu lado. Aos poucos se aninha e tenta um beijo do professor, que o rejeita delicadamente. Essa rejeição se mistura com o sentimento de abandono, provocando uma perturbação na cabeça de Serginho. Não agüentando mais, Serginho quer se vingar do mundo. Ele sai da casa de Ney e procura a primeira delegacia com a intenção de denunciar o professor por abuso sexual. Na hora de espera e fazer o BO, ele desiste, sai pelas ruas sem rumo e acaba em uma rodoviária para comprar uma passagem para Jundiaí, onde O Circo de Santo Amaro está se apresentando

8 Justificativa de comercialização O Circo de Santo Amaro é o segundo longa-metragem de ficção de Chico Teixeira. O filme narra uma história simples entre pessoas comuns, destacando as emoções dos personagens com leveza cotidiana. A abordagem emotiva possibilita a comunicação com um público mais amplo, pois retrata sentimentos compartilhados por todos. Contamos com Fátima Toledo na preparação de elenco, profissional responsável pela preparação de atores de grandes feitos de bilheteria (Tropa de Elite 1 e 2, entre outros). O filme também já conta com a participação de Carla Ribas, atriz consagrada em festivais internacionais por seu papel no último filme do autor. A junção de profissionais que já trabalharam com Chico Teixeira como Marcos Pedroso (diretor de arte) e Lili Bandeira (produtora executiva) garantem uma qualidade técnica e artística inquestionáveis. Parcerias com produtoras internacionais têm sido negociadas pelo departamento de entretenimento da produtora Bossa Nova, presente nos mais importantes festivais e mercados de cinema do mundo. A trajetória de exibição de A Casa de Alice, longa-metragem anterior de Chico Teixeira, demonstra a viabilidade comercial desse projeto. O filme fez sua estréia no Festival de Berlim. Foi exibido em 63 festivais internacionais e 10 festivais nacionais, recebendo 33 prêmios. Teve 36 mil espectadores em salas de cinema no Brasil, e 100 mil espectadores no circuito universitário e alternativo nos EUA. Foram vendidos 12 mil DVDs para locação. A exibição em TV a cabo teve estimativa de 1 milhão de espectadores. Exibido também em TV aberta, na Rede Globo, houve público estimado de 10 milhões de pessoas. A experiência de A Casa de Alice também mostra os bons resultados de uma escolha do elenco que privilegia os atores por seu desempenho artístico e adequação ao personagem. O filme recebeu 14 prêmios para as atrizes Berta Zemel e Carla Ribas. Seguindo a mesma proposta de linguagem, O Circo de Santo Amaro conta com a recepção positiva baseada na experiência do filme anterior. O projeto já foi contemplado no Edital de produção da Prefeitura de São Paulo, e também no Edital de Fomento do Estado de São Paulo, como também um conseguiu um aporte da iniciativa privada, Logos Engenharia. Em fevereiro ultimo, o projeto foi escolhido para participar do Co Production Market, ligado ao festival de Cinema de Berlin, onde ampliou muito as chances de co produções internacionais

9 Diretor Chico Teixeira Com uma narrativa que se aproxima do documental, Chico Teixeira tem cada vezmais procurado em seus filmes histórias que retratam conflitos interiores e familiares. É na ansiedade de seus personagens e em seus desejos não realizados que o cineasta se concentra. Seu universo é um mundo verossímil e popular em que capta a intensidade das relações humanas em meio a uma vida simples, tornando-a singular. Chico Teixeira começou sua carreira dirigindo documentários, sempre com temas que tivessem uma estranheza. Possui em seu currículo o documentário Criaturas que nasciam em segredo (1995), que ganhou diversos prêmios, entre eles: Prêmio de Melhor Filme e Melhor Direção no 23 Festival de Gramado (Brasil); Prêmio Íbero Americano no Festival de Cinema de Huesca (Espanha); Prêmio Menção Honrosa do Júri para Melhor Documentário do 40 Festival Chileno Internacional Del Cortometraje (Chile); Segundo Melhor documentário pelo Juri Popular, no 40 Festival Internacional de Curtas Metragens de Vila do Conde (Portugal). Em seu segundo documentário, Carrego Comigo (2000) obteve financiamento da Jan Vrijman Foundation em Amsterdam, da Holanda. O filme foi exibido em diversos festivais internacionais como o IDFA, Bangkok Film Festival e Oslo International Film Festival. Mas foi a sua estreia na ficção com A Casa de Alice, (o filme foi convidado pelo Festival Internacional de Berlin para ter sua estéia mundial) que teve além de outros financiadores a Hubert Bals Foundation, que Chico ganhou destaque internacional. A Casa de Alice foi prestigiado por 63 festivais internacionais, entre eles: Festival Internacional de Berlim, San Sebastian International Film Festival, 37th International Film Festival Rotterdam, 18éme Rencontres Cinemas D Amerique Latine de Toulouse - Cine Construcion, Miami International Film Festival, 21th Fribourg Film Festival, 26th annual Vancouver International Film Festival, Edinburg International Film Festival, 3rd Berlinale in Athens Film Festival, Guadalajara International Film Festival, La Rochelle International Film Festival, Göteborg Film Festival, entre outros. O filme recebeu 33 prêmios - 11 para a atriz Carla Ribas em seu debut no cinema, o que confirma a grande habilidade de Chico Teixeira na direção de atores. Desses prêmios destacam-se: Chicago International Film Festival (2007) - melhor diretor latino americano, 21th Fribourg International Film Festival (Suiça, 2007) - prêmio Máximo de melhor filme e o prêmio do júri dos estudantes; Festival Internacional del Nuevo Cine Latinoamericano (Havana) - Primier Premio Coral mejor Largometrage de ficcion; 23 Festival Internacional de Cine em Guadalajara (México, 2007) - prêmio de Melhor atriz (Carla Ribas), Prêmio especial do Júri, Prêmio da Crítica internacional Fipresci (The International Federation of Film Critics); Festival Sesc dos Melhores Filmes (Brasil, 2008). Novamente, com seu segundo longa metragem O Circo de Santo Amaro, Chico retoma seu objeto de análise: as relações humanas, mas dessa vez pelo olhar de um adolescente imiscuído em seus conflitos: a casa, a família e, principalmente, a descoberta de sua sexualidade

10 produção co-produção DISTRIBUIção 19 20

11 Ficha Técnica Cronograma de Produção Formato: captação em super 16mm, cópia final em 35mm. Cor. Som: Dolby Digital 5.1 Gênero: Drama Duração: 90 minutos Diretor: Chico Teixeira Produtoras: Denise Gomes, Lili Bandeira e Paula Cosenza Produtora executiva: Lili Bandeira Roteiristas: Chico Teixeira, Marcelo Gomes, César Turim, Sabina Anzuategui Pré-produção Agosto Setembro de 2013 Filmagem Outubro Novembro de 2013 Montagem Dezembro de 2013 Janeiro de 2014 Pós-produção e finalização Fevereiro Março de 2014 Lançamento Julho de 2014 Participação no roteiro: Nudrama (Jean Claude Bernardet, Ana Paul, Sabina Anzuategui, Roberto Moreira) Diretor de arte: Marcos Pedroso Montador: Vânia Debs Som direto: Lia Camargo e Tide Borges Editor de som: Eduardo Santos Mendes Preparação de elenco: Fátima Toledo Distribuidora no Brasil: Imovision O roteiro foi selecionado para o 9* Berlinale Co-Production Market (Fevereiro, 12-14, 2012). Atualmente o projeto está em negociações com possíveis co-produtores e/ou distribuidores na Europa e no Canadá

12 Resumo do Orçamento Projeto aprovado pela ANCINE para captar recursos atraves da Lei do Audiovisual Valores aprovados: artigo 1* R$ ,00 artigo 1*A R$ ,00 artigo 3* R$ ,21 Total do orçamento aprovado para incentivo. R$ ,

13 INT/ Apartamento de Luzia /Quarto Noite 1/ Serginho leva sua mãe bêbeda para deitar. William já esta na cama, acordado. 2/ Serginho tira a roupa da mãe, até ela ficar de calcinha e camiseta. /Quarto Noite 3/ De mansinho, Luzia vai se aninhando no colo de Serginho. 4/ Na mesma cama Serginho deita ao lado do seu irmão William e em silêncio ficam se olhando, pensando no que aconteceu

14 EXT/ Circo de Santo Amaro /Dia 1/ Serginho chega no local onde estava montado o circo. /Dia 2/ Serginho stops and stares at the empty ground where the circus used to be. 3/ Serginho walks pensive trough the terrain where the circus were

15 INT/ Apartamento de Ney /Quarto /Banheiro/Sala Noite 1/ É tarde, Serginho chega da feira na casa de Ney, está triste, pede um abraço ao professor e chora em silêncio. 2/ Serginho pede para dormir lá esta noite, Ney faz a cama dele na sala, no sofá e sai para seu quarto. /Quarto Noite 3/ Serginho entra no quarto de Ney e pede para dormir lá, ta com insônia. 4/ Serginho decidido tenta beijar a boca de Ney, que não deixa, força o ombro de Serginho parando a ação

16 EXT/ Rua /Dia 1/ Serginho, Mudinho e Silvinha caminham pela rua. 2/ Serginho bate com a canela no pedal da bicicleta. /Dia 3/ Serginho e Mudinho beijam Silvinha. 4/ Serginho, Mudinho e Silvinha seguem o caminho em silêncio pela rua

17 Contato BossaNovaFilms Rua das Tabocas, Vila Beatriz - São Paulo/SP Cep: Telefone: Mariô Carneiro Paula Cosenza Denise Gomes bossanovafilms.com.br/projetos/ocircodesantoamaro/ 33 34

Testemunha 4. Sinopse. Apresentação. Rio de Janeiro, Brasil 2011 documentário 70 min HD cor

Testemunha 4. Sinopse. Apresentação. Rio de Janeiro, Brasil 2011 documentário 70 min HD cor Testemunha 4 Rio de Janeiro, Brasil 2011 documentário 70 min HD cor Sinopse Uma personagem, uma atriz e o passar das horas em um interrogatório do Holocausto. Apresentação O documentário acompanha a trajetória

Leia mais

não quero voltar sozinho nao quero voltar sozinho Lacuna Filmes apresenta dirigido por daniel ribeiro produzido por diana almeida

não quero voltar sozinho nao quero voltar sozinho Lacuna Filmes apresenta dirigido por daniel ribeiro produzido por diana almeida Lacuna Filmes apresenta eu não quero voltar sozinho eu nao quero dirigido por daniel ribeiro produzido por diana almeida voltar sozinho sobre o filme Drama leve que conta a história de três jovens. Leonardo

Leia mais

Cine Santander Cultural exibe cinco estreias exclusivas em julho

Cine Santander Cultural exibe cinco estreias exclusivas em julho Nota de Imprensa Cine Santander Cultural exibe cinco estreias exclusivas em julho Carreras, Vic+Flo Viram um Urso, Heli, Um Episódio na Vida de um Catador de Ferro-Velho e O Grande L estão na programação.

Leia mais

Hoje. um filme de Tata Amaral dos mesmos produtores de Antônia e O Cheiro do Ralo. uma produção. entretenimento. Filmes

Hoje. um filme de Tata Amaral dos mesmos produtores de Antônia e O Cheiro do Ralo. uma produção. entretenimento. Filmes Hoje um filme de Tata Amaral dos mesmos produtores de Antônia e O Cheiro do Ralo uma produção entretenimento Filmes sinopse Duas mulheres tentam tomar as rédeas de suas vidas e são assombradas por homens

Leia mais

Sinopse. Um filme sobre amor, esperança, perdas e espera.

Sinopse. Um filme sobre amor, esperança, perdas e espera. De Thiago Luciano Apresentação Enquanto Espero é um longa-metragem destinado ao público do mundo mas, especialmente, ao brasileiro, que não conhece a presença do país na Legião Estrangeira. O roteiro é

Leia mais

Cao Guimarães: "Não conseguir ficar sozinho é a maior solidão i

Cao Guimarães: Não conseguir ficar sozinho é a maior solidão i Cao Guimarães: "Não conseguir ficar sozinho é a maior solidão i O cineasta mineiro Cao Guimarães, 41, terá seu filme mais recente "Andarilho" (2006) exibido pela primeira vez na Quinzena de Realizadores,

Leia mais

A trama acompanha um dia fantástico na vida de um jovem negro, funcionário de uma

A trama acompanha um dia fantástico na vida de um jovem negro, funcionário de uma DIA DE PRETO, primeiro filme de longa-metragem do trio Marcial Renato, Daniel Mattos e Marcos Felipe, vai estrear em salas de cinema na sexta-feira dia 23 de novembro de 2012, quando se comemora a Semana

Leia mais

Pronac Nº 1111032 Você em Cenna é um concurso cultural que irá eleger atores e atrizes amadores de todo o país, que enviarão vídeos de suas performances para votação popular e de júri especializado. Os

Leia mais

FUGA de Beatriz Berbert

FUGA de Beatriz Berbert FUGA de Beatriz Berbert Copyright Beatriz Berbert Todos os direitos reservados juventudecabofrio@gmail.com Os 13 Filmes 1 FUGA FADE IN: CENA 1 PISCINA DO CONDOMÍNIO ENTARDECER Menina caminha sobre a borda

Leia mais

A essa altura, você deve estar se perguntando qual é a diferença entre cinema e vídeo, audiovisual e multimídia, não é mesmo?

A essa altura, você deve estar se perguntando qual é a diferença entre cinema e vídeo, audiovisual e multimídia, não é mesmo? Pré-Vestibular Social Grupo SOA Suporte à Orientação Acadêmica Ela faz cinema Ela faz cinema Ela é demais (Chico Buarque) CINEMA Chegou o momento de escolher um curso. Diante de tantas carreiras e faculdades

Leia mais

O Projeto. Polo Rio de Cine e Video Rua Carlos Machado, 155, 2º andar 21. 2439 3667 www.cineticafilmes.com.br

O Projeto. Polo Rio de Cine e Video Rua Carlos Machado, 155, 2º andar 21. 2439 3667 www.cineticafilmes.com.br O Projeto O Homem e a Bolsa é uma investigação documental a partir das principais bolsas de valores mundiais, incluindo-se aí a do Brasil. Em nossos levantamentos preliminares, buscamos as Bolsas de Nova

Leia mais

BrLab. laboratório de desenvolvimento de projetos no Brasil

BrLab. laboratório de desenvolvimento de projetos no Brasil BrLab laboratório de desenvolvimento de projetos no Brasil De 5 a 11 de novembro de 2012 acontece na cidade de São Paulo a nova edição do laboratório de desenvolvimento de projetos no Brasil, o BrLab.

Leia mais

RELAÇÃO DOS FESTIVAIS INTERNACIONAIS POR CATEGORIA

RELAÇÃO DOS FESTIVAIS INTERNACIONAIS POR CATEGORIA PROGRAMA DE APOIO À PARTICIPAÇÃO DE FILMES BRASILEIROS EM FESTIVAIS INTERNACIONAIS EM 2007 RELAÇÃO DOS FESTIVAIS INTERNACIONAIS POR CATEGORIA Apoio A Concessão de cópia legendada, envio de cópia e passagem

Leia mais

APRESENTAÇÃO. circuito de festivais pelo mundo.

APRESENTAÇÃO. circuito de festivais pelo mundo. APRESENTAÇÃO Na Hora Certa é um curta-metragem com duração de 15 minutos, que trata do cotidiano de uma família de classe média alta. Os pais da família vivem na correria do dia a dia para serem bem sucedidos

Leia mais

CINE TEXTOS O MIÚDO DA BICICLETA

CINE TEXTOS O MIÚDO DA BICICLETA 1 CINE TEXTOS ```````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````` Informação reunida e trabalhada para apoio à exibição

Leia mais

Roteiro para curta-metragem. Nathália da Silva Santos 6º ano Escola Municipalizada Paineira TEMPESTADE NO COPO

Roteiro para curta-metragem. Nathália da Silva Santos 6º ano Escola Municipalizada Paineira TEMPESTADE NO COPO Roteiro para curta-metragem Nathália da Silva Santos 6º ano Escola Municipalizada Paineira TEMPESTADE NO COPO SINOPSE Sérgio e Gusthavo se tornam inimigos depois de um mal entendido entre eles. Sérgio

Leia mais

INVERNO Um roteiro de Mikael Santiago 25/05/2009

INVERNO Um roteiro de Mikael Santiago 25/05/2009 INVERNO Um roteiro de Mikael Santiago 25/05/2009 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS COPYRIGHT MIKAEL SANTIAGO mikael@mvirtual.com.br RUA ITUVERAVA, 651/305 JACAREPAGUÁ RIO DE JANEIRO - RJ (21)9879-4890 (21)3186-5801

Leia mais

All You Zombies. Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959. Versão Portuguesa, Brasil. Wendel Coelho Mendes

All You Zombies. Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959. Versão Portuguesa, Brasil. Wendel Coelho Mendes All You Zombies Wendel Coelho Mendes Versão Portuguesa, Brasil Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959 Esse conto é minha versão sobre a verdadeira história de All You Zombies,

Leia mais

JANELA SOBRE O SONHO

JANELA SOBRE O SONHO JANELA SOBRE O SONHO um roteiro de Rodrigo Robleño Copyright by Rodrigo Robleño Todos os direitos reservados E-mail: rodrigo@robleno.eu PERSONAGENS (Por ordem de aparição) Alice (já idosa). Alice menina(com

Leia mais

Mestres 1 RESUMO. 4. Palavras-chave: Comunicação; audiovisual; documentário. 1 INTRODUÇÃO

Mestres 1 RESUMO. 4. Palavras-chave: Comunicação; audiovisual; documentário. 1 INTRODUÇÃO Mestres 1 Tiago Fernandes 2 Marcelo de Miranda Noms 3 Mariane Freitas 4 Tatiane Moura 5 Felipe Valli 6 Bruno Moura 7 Roberto Salatino 8 Conrado Langer 9 Prof. Msc. Luciana Kraemer 10 Centro Universitário

Leia mais

Alzheimer: de Volta ao Começo 1

Alzheimer: de Volta ao Começo 1 Alzheimer: de Volta ao Começo 1 Marcelo de Paula LEMOS 2 Marcela Terra Cunha MATARIM 3 Mariana Alves MENDES 4 Celi CAMARGO 5 Universidade de Uberaba, Uberaba, MG RESUMO Alzheimer: de Volta ao Começo é

Leia mais

Roteiro para curta-metragem. Aparecida dos Santos Gomes 6º ano Escola Municipalizada Paineira NÃO ERA ASSIM

Roteiro para curta-metragem. Aparecida dos Santos Gomes 6º ano Escola Municipalizada Paineira NÃO ERA ASSIM Roteiro para curta-metragem Aparecida dos Santos Gomes 6º ano Escola Municipalizada Paineira NÃO ERA ASSIM SINOPSE José é viciado em drogas tornando sua mãe infeliz. O vício torna José violento, até que

Leia mais

ZEROGRAU. A tampa da Privada. Um me de Daniel Torrieri Baldi

ZEROGRAU. A tampa da Privada. Um me de Daniel Torrieri Baldi ZEROGRAU f i l m e s. c o m A tampa da Privada Um me de Daniel Torrieri Baldi ZEROGRAU f i l m e s. c o m A Tampa da Privada é uma comédia que aborda a crise de meia idade de Mara, que encontrou na tampa

Leia mais

Guia de como elaborar um Projeto de Documentário

Guia de como elaborar um Projeto de Documentário Guia de como elaborar um Projeto de Documentário Prof. Dr. Cássio Tomaim Departamento de Ciências da Comunicação Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)/Cesnors Adaptação: Prof. Claudio Luiz Fernandes

Leia mais

Apresentação. Acompanho os acontecimentos relativos à sexualidade

Apresentação. Acompanho os acontecimentos relativos à sexualidade A Apresentação Acompanho os acontecimentos relativos à sexualidade desde 1966, ano da minha graduação na faculdade de Medicina. É difícil imaginar outro período de tempo assim curto no qual tenham ocorrido

Leia mais

Aula 05. CINEMA: profissões

Aula 05. CINEMA: profissões Aula 05 CINEMA: profissões Profissões do Cinema O cinema pode ser dividido em diversos processos, onde se envolvem diferentes tipos de profissionais: Roteiro Produção Realização Decupagem Decupagem de

Leia mais

Regulamento para Inscrição na Mostra Competitiva Mercocidades -----------------------------------------------------

Regulamento para Inscrição na Mostra Competitiva Mercocidades ----------------------------------------------------- Regulamento para Inscrição na Mostra Competitiva Mercocidades ----------------------------------------------------- 1 - O Evento: O Primeiro Plano 2015 - Festival de Cinema de Juiz de Fora e Mercocidades,

Leia mais

SINOPSE CURTA SINOPSE

SINOPSE CURTA SINOPSE SINOPSE CURTA No início dos anos 1940, os irmãos Orlando, Cláudio e Leonardo Villas-Boas desistem do conforto da vida na cidade e alistam-se na expedição Roncador Xingu para descobrir e explorar as terras

Leia mais

REGULAMENTO CURTA-SE 12 - Festival Iberoamericano de Cinema de Sergipe. De 17 a 22 de Setembro 2012.

REGULAMENTO CURTA-SE 12 - Festival Iberoamericano de Cinema de Sergipe. De 17 a 22 de Setembro 2012. Regulamento REGULAMENTO CURTA-SE 12 - Festival Iberoamericano de Cinema de Sergipe. De 17 a 22 de Setembro 2012. I FINALIDADE O Curta-SE 12 tem por finalidade levar ao público sergipano a produção de cinema

Leia mais

CINEMA NOSSO. Ação educacional pela democratização e convergência do audiovisual

CINEMA NOSSO. Ação educacional pela democratização e convergência do audiovisual CINEMA NOSSO escola audiovisual Ação educacional pela democratização e convergência do audiovisual Nossa História Em Agosto de 2000, um grupo de duzentos jovens de áreas populares cariocas foi reunido

Leia mais

O 9 FESTIVAL DE CINEMA CURTA CABO FRIO, acontecerá no mês de outubro de 2015 na cidade de Cabo Frio - Região dos Lagos - Rio de Janeiro.

O 9 FESTIVAL DE CINEMA CURTA CABO FRIO, acontecerá no mês de outubro de 2015 na cidade de Cabo Frio - Região dos Lagos - Rio de Janeiro. O 9 FESTIVAL DE CINEMA CURTA CABO FRIO, acontecerá no mês de outubro de 2015 na cidade de Cabo Frio - Região dos Lagos - Rio de Janeiro. Nos meses posteriores ao Festival serão realizadas mostras itinerantes

Leia mais

UM SOL ALARANJADO. Roteiro de Eduardo Valente, a partir de argumento e com a colaboração de Rubio Campos. SEQUÊNCIA 1 - INTERIOR - DIA QUARTO

UM SOL ALARANJADO. Roteiro de Eduardo Valente, a partir de argumento e com a colaboração de Rubio Campos. SEQUÊNCIA 1 - INTERIOR - DIA QUARTO SEQUÊNCIA 1 - INTERIOR - DIA UM SOL ALARANJADO Roteiro de Eduardo Valente, a partir de argumento e com a colaboração de Rubio Campos. Por uma janela, vemos o sol nascendo ao fundo de uma série de casas

Leia mais

Fantasmas da noite. Uma peça de Hayaldo Copque

Fantasmas da noite. Uma peça de Hayaldo Copque Fantasmas da noite Uma peça de Hayaldo Copque Peça encenada dentro de um automóvel na Praça Roosevelt, em São Paulo-SP, nos dias 11 e 12 de novembro de 2011, no projeto AutoPeças, das Satyrianas. Direção:

Leia mais

UM CAMINHO DE UMA PRODUÇÃO AUDIOVISUAL

UM CAMINHO DE UMA PRODUÇÃO AUDIOVISUAL UM CAMINHO DE UMA PRODUÇÃO AUDIOVISUAL Existem infinitas maneiras de organizar, produzir e finalizar uma obra audiovisual. Cada pessoa ou produtora trabalha da sua maneira a partir de diversos fatores:

Leia mais

MICHAEL RUMAN FORMAÇÃO ACADÊMICA EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL DOCENTE

MICHAEL RUMAN FORMAÇÃO ACADÊMICA EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL DOCENTE MICHAEL RUMAN Professor, Cineasta, Diretor, Montador, Roteirista, Produtor e Editor de Som Como Diretor, realizou o longa metragem Os Xeretas (lançado em junho 2001); 5 curtas metragens e o seriado Disney

Leia mais

RAPHAEL SANTA CRUZ O mágico-

RAPHAEL SANTA CRUZ O mágico- RAPHASANTACRUZ RAPHAEL SANTA CRUZ O mágico- Natural de Caruaru, Pernambuco, Raphael Santa Cruz, atua profissionalmente há dez anos. Em 2008, organizou no SESC Caruaru, o MAGIFEST, evento com palestras,

Leia mais

MERGULHO de Betina Toledo e Thuany Motta

MERGULHO de Betina Toledo e Thuany Motta MERGULHO de Betina Toledo e Thuany Motta Copyright Betina Toledo e Thuany Motta Todos os direitos reservados juventudecabofrio@gmail.com Os 13 Filmes 1 MERGULHO FADE IN: CENA 1 PRAIA DIA Fotografia de

Leia mais

O porco é fisicamente incapaz de olhar o céu. ( 7 )

O porco é fisicamente incapaz de olhar o céu. ( 7 ) O porco é fisicamente incapaz de olhar o céu. Isso o Ricardo me disse quando a gente estava voltando do enterro do tio Ivan no carro da mãe, que dirigia de óculos escuros apesar de não fazer sol. Eu tinha

Leia mais

PROJETO DE PESQUISA TÍTULO: CINEMA E PUBLICIDADE: RELAÇÕES INTERTEXTUAIS E MERCADOLÓGICAS. CURSO: Programa de Mestrado em Comunicação

PROJETO DE PESQUISA TÍTULO: CINEMA E PUBLICIDADE: RELAÇÕES INTERTEXTUAIS E MERCADOLÓGICAS. CURSO: Programa de Mestrado em Comunicação PROJETO DE PESQUISA TÍTULO: CINEMA E PUBLICIDADE: RELAÇÕES INTERTEXTUAIS E MERCADOLÓGICAS CURSO: Programa de Mestrado em Comunicação LINHA DE PESQUISA: Inovações na Linguagem e na Cultura Midiática PROFESSOR

Leia mais

A ABDUZIDA. CELIORHEIS Página 1

A ABDUZIDA. CELIORHEIS Página 1 CELIORHEIS Página 1 A Abduzida um romance que pretende trazer algumas mensagens Mensagens estas que estarão ora explícitas ora implícitas, dependendo da ótica do leitor e do contexto em que ela se apresentar.

Leia mais

REGULAMENTO. CURTA5 I Festival de Curtas-Metragens do Instituto Federal da Bahia - IFBA

REGULAMENTO. CURTA5 I Festival de Curtas-Metragens do Instituto Federal da Bahia - IFBA Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia Campus Eunápolis COORDENAÇÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL Av. David Jonas Fadini, s/ n, Juca Rosa, Eunápolis BA CEP 45823-431

Leia mais

Ficção e Documentário

Ficção e Documentário Trabalhos realizados em cinema e vídeo, teve as seguintes experiências: Ficção e Documentário Vou Dançar (2001) ficção/docmentário, produção, roteiro e direção Diaulas Ullysses, Primeiro trabalho audiovisual

Leia mais

PANORAMA DO CINEMA BRASILEIRO (2000-2009) Por Roberto Moreira, Débora Ivanov e Fabrício Gallinucci São Paulo, Dezembro de 2010

PANORAMA DO CINEMA BRASILEIRO (2000-2009) Por Roberto Moreira, Débora Ivanov e Fabrício Gallinucci São Paulo, Dezembro de 2010 PANORAMA DO CINEMA BRASILEIRO (2000-2009) Por Roberto Moreira, Débora Ivanov e Fabrício Gallinucci São Paulo, Dezembro de 2010 A pesquisa foi realizada a partir de banco de dados da Ancine Agência Nacional

Leia mais

SOUL LOVE, A NOITE O CÉU É PERFEITO

SOUL LOVE, A NOITE O CÉU É PERFEITO SOUL LOVE, A NOITE O CÉU É PERFEITO ALUNA: LAIANE ZANOTTO GEMELLI ANO: 2012 LOCAL: Chapecó DESCRIÇÃO DOS PERSONAGENS PRINCIPAIS Jenna: 17 anos, alta, magra, ruiva, cabelos lisos, olhos verdes, traços delicados,

Leia mais

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Escola Municipal de Ensino Fundamental David Canabarro Florianópolis, 3892 Mathias Velho/Canoas Fone: 34561876/emef.davidcanabarro@gmail.com DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Nome: Stefani do Prado Guimarães Ano

Leia mais

Regulamento 2014. Objetivos

Regulamento 2014. Objetivos Regulamento 2014 Objetivos O É Tudo Verdade Festival Internacional de Documentários tem por objetivo promover o documentário e proporcionar uma maior reflexão sobre o gênero. Período A 19ª edição do festival

Leia mais

REGULAMENTO 2015 / 6ª edição

REGULAMENTO 2015 / 6ª edição REGULAMENTO 2015 / 6ª edição Inscrições até 15 de dezembro de 2014 O FESTin Festival de Cinema Itinerante da Língua Portuguesa tem por objetivo promover as produções audiovisuais dos países que integram

Leia mais

QUESTIONAMENTO 1 DO CONCURSO AA Nº 02/2015 BNDES

QUESTIONAMENTO 1 DO CONCURSO AA Nº 02/2015 BNDES QUESTIONAMENTO 1 gostaria de saber se podemos inscrever no edital projeto contemplando o desenvolvimento do roteiro. Pergunto porque temos até agora apenas o argumento. O Concurso é voltado para o apoio

Leia mais

PROTOCOLO LUSO-BRASILEIRO DE COPRODUÇÃO CINEMATOGRÁFICA REGULAMENTO

PROTOCOLO LUSO-BRASILEIRO DE COPRODUÇÃO CINEMATOGRÁFICA REGULAMENTO PROTOCOLO LUSO-BRASILEIRO DE COPRODUÇÃO CINEMATOGRÁFICA REGULAMENTO Na sequência do Protocolo Luso-Brasileiro de Coprodução Cinematográfica, celebrado em Berlim, em 11 de fevereiro de 2014, entre o Instituto

Leia mais

Maria Beatriz, 12ºA, nº23

Maria Beatriz, 12ºA, nº23 Estes dois irmãos sofrem, obviamente, com os acontecimentos do passado, uma nãoinfância : duas crianças que tiveram de crescer sozinhos, cuidar um do outro e, juntos do irmão mais novo, lidar com uma mãe

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Este projeto se constitui em modelo de distribuição e exibição do filme Sua Vida, Nossa Vida! em municípios do Rio Grande do Sul.

APRESENTAÇÃO. Este projeto se constitui em modelo de distribuição e exibição do filme Sua Vida, Nossa Vida! em municípios do Rio Grande do Sul. APRESENTAÇÃO Este projeto se constitui em modelo de distribuição e exibição do filme Sua Vida, Nossa Vida! em municípios do Rio Grande do Sul. Foi testado no município de Guaporé, em uma parceria da Promotoria

Leia mais

I FESTIVAL DE CINEMA DE CARUARU REGULAMENTO CONVOCATÓRIA FINAL

I FESTIVAL DE CINEMA DE CARUARU REGULAMENTO CONVOCATÓRIA FINAL REGULAMENTO CONVOCATÓRIA FINAL I. DAS FINALIDADES O é um espaço de difusão dos elementos culturais locais. Está em sintonia com o desenvolvimento econômico e acadêmico de Caruaru e região nas últimas décadas

Leia mais

O Projeto. Um descarrego de energia! Um programa bem humorado, sarcástico e debochado!

O Projeto. Um descarrego de energia! Um programa bem humorado, sarcástico e debochado! O Projeto Um descarrego de energia! Um programa bem humorado, sarcástico e debochado! O projeto foi idealizado por Miguel Rodrigues, Gus Fernandes e Márcio Américo, fazendo parte do Núcleo de Entretenimento

Leia mais

PEDRA NO RIM. Por ABRAÃO AGUIAR BAÊTA. Feito de 05/05/2010 a 08/05/2010

PEDRA NO RIM. Por ABRAÃO AGUIAR BAÊTA. Feito de 05/05/2010 a 08/05/2010 PEDRA NO RIM Por ABRAÃO AGUIAR BAÊTA Feito de 05/05/2010 a 08/05/2010 E-mails: baeta99@hotmail.com abraaoab@globo.com Telefones: (21) 7576-6771 HOMEM: tem aproximadamente trinta anos, bonito, atraente,

Leia mais

Introdução. Colóquio Mediar: Comunicação e Gênero. O Colóquio Mediar surgiu como uma proposta de grupo focal organizado pelo projeto de

Introdução. Colóquio Mediar: Comunicação e Gênero. O Colóquio Mediar surgiu como uma proposta de grupo focal organizado pelo projeto de Colóquios Mediar: As competências midiáticas dos profissionais de audiovisual¹ Amanda Cordeiro Padilha² Carla Gonçalves da Silva³ Gabriela Borges Martins Faculdade de Comunicação (FACOM) da Universidade

Leia mais

WORKSHOP Sanguecine Sanguecine

WORKSHOP Sanguecine Sanguecine WORKSHOP Sanguecine é um workshop sobre a história, a produção e o mercado de cinema de gênero em âmbito mundial. Ele é derivado de um cineclube dedicado exclusivamente ao cinema fantástico e de gênero

Leia mais

7º ENCONTRO NACIONAL DE CINEMA E VÍDEO DOS SERTÕES Realização ESCALET e Pontão de Cultura Cultura Viva ao Alcance de Todos Patrocínio - PETROBRAS

7º ENCONTRO NACIONAL DE CINEMA E VÍDEO DOS SERTÕES Realização ESCALET e Pontão de Cultura Cultura Viva ao Alcance de Todos Patrocínio - PETROBRAS 1 7º ENCONTRO NACIONAL DE CINEMA E VÍDEO DOS SERTÕES Realização ESCALET e Pontão de Cultura Cultura Viva ao Alcance de Todos Patrocínio - PETROBRAS De 07 a 11 de novembro de 2012 Floriano - PI REGULAMENTO

Leia mais

UM EPIDÓDIO NA VIDA DE UM CATADOR DE FERRO-VELHO

UM EPIDÓDIO NA VIDA DE UM CATADOR DE FERRO-VELHO UM EPISÓDIO NA VIDA DE UM CATADOR DE FERRO-VELHO 2013, 75 min, Bósnia e Herzegovina/ França/ Eslovênia /Itália, DCP Um filme de Danis Tanovic A família Mujic, de origem cigana, vive na periferia dos centros

Leia mais

É O AMOR, de João Canijo

É O AMOR, de João Canijo É O AMOR, de João Canijo por Daniel Ribas Da experiência do amor: um filme-processo Em 2012, o festival de cinema Curtas Vila do Conde organizou o Campus / Estaleiro, um intenso programa com estudantes

Leia mais

3.1. MOSTRA ESTUDANTIL

3.1. MOSTRA ESTUDANTIL REGULAMENTO 2015 1 - O EVENTO O 14º Festival Nacional de Cinema Estudantil de Guaíba / RS, o CinestudantilGuaíba acontece de 20 a 29 de novembro de 2015, em Guaíba, Rio Grande do Sul. O evento tem por

Leia mais

4º ENCONTRO NACIONAL DE CINEMA E VÍDEO DOS SERTÕES De 1 a 12 de dezembro de 2009. Floriano - PI REGULAMENTO

4º ENCONTRO NACIONAL DE CINEMA E VÍDEO DOS SERTÕES De 1 a 12 de dezembro de 2009. Floriano - PI REGULAMENTO 4º ENCONTRO NACIONAL DE CINEMA E VÍDEO DOS SERTÕES De 1 a 12 de dezembro de 2009. Floriano - PI 1 REGULAMENTO I DA DATA E LOCAL Art. 1º: O 4º ENCONTRO NACIONAL DE CINEMA E VÍDEO DOS SERTÕES será realizado

Leia mais

Autora: Lourdes Mara Costa Silveira Psicóloga, Especialista em Psicologia Clínica,

Autora: Lourdes Mara Costa Silveira Psicóloga, Especialista em Psicologia Clínica, Título: Stella/Winnicott: meio ambiente facilitador. Autora: Lourdes Mara Costa Silveira Psicóloga, Especialista em Psicologia Clínica, Mestre em Saúde Mental pela Universidade Estadual de Campinas: UNICAMP.

Leia mais

Paiol DIREÇÃO: JOÃO MARCELO GOMES

Paiol DIREÇÃO: JOÃO MARCELO GOMES Paiol DIREÇÃO: JOÃO MARCELO GOMES FICHA TÉCNICA Direção Assistente de Direção Direção de Produção Produção Executiva Assistentes de Produção Roteiro Pesquisa Montagem Direção de Fotografia Trilha Original

Leia mais

Qual o Sentido do Natal?

Qual o Sentido do Natal? Qual o Sentido do Natal? Por Sulamita Ricardo Personagens: José- Maria- Rei1- Rei2- Rei3- Pastor 1- Pastor 2- Pastor 3-1ª Cena Uma música de natal toca Os personagens entram. Primeiro entram José e Maria

Leia mais

Regulamento 2015. Objetivos

Regulamento 2015. Objetivos Regulamento 2015 Objetivos O É Tudo Verdade Festival Internacional de Documentários tem por objetivo promover o documentário e proporcionar uma maior reflexão sobre o gênero. Período A 20ª edição do festival

Leia mais

1. ATELIÊ PRODUIRE AU SUD / IMAGEM DOS POVOS DE COPRODUÇÃO CINEMATOGRAFICA internacional

1. ATELIÊ PRODUIRE AU SUD / IMAGEM DOS POVOS DE COPRODUÇÃO CINEMATOGRAFICA internacional 1. ATELIÊ PRODUIRE AU SUD / IMAGEM DOS POVOS DE COPRODUÇÃO CINEMATOGRAFICA internacional Os Workshops do PRODUIRE AU SUD foram criados em 2000 em Nantes, França, dentro do Festival dos 3 Continents a fim

Leia mais

Verdade? 1. Geraldo Augusto Aquino Guimarães 2 Jefferson José Ribeiro de Moura 3 Faculdades Integradas Teresa D Ávila - Lorena, SP

Verdade? 1. Geraldo Augusto Aquino Guimarães 2 Jefferson José Ribeiro de Moura 3 Faculdades Integradas Teresa D Ávila - Lorena, SP Verdade? 1 Geraldo Augusto Aquino Guimarães 2 Jefferson José Ribeiro de Moura 3 Faculdades Integradas Teresa D Ávila - Lorena, SP RESUMO No trabalho apresentado aqui, tem-se um roteiro, um unitário com

Leia mais

REGULAMENTO FESTIVAL DE CINEMA ESCOLAR DE ALVORADA-RS. Alvorada - Rio Grande do Sul - Brasil. Professores Proponentes Adailton Moreira André Bozzetti

REGULAMENTO FESTIVAL DE CINEMA ESCOLAR DE ALVORADA-RS. Alvorada - Rio Grande do Sul - Brasil. Professores Proponentes Adailton Moreira André Bozzetti REGULAMENTO FESTIVAL DE CINEMA ESCOLAR DE ALVORADA-RS Alvorada - Rio Grande do Sul - Brasil Professores Proponentes Adailton Moreira André Bozzetti Alvorada, agosto de 2015. Festival de Cinema Escolar

Leia mais

Evolução Filmes e Processo Multiartes Grafo Audiovisual, Par ou Ímpar e Off Beat apresentam

Evolução Filmes e Processo Multiartes Grafo Audiovisual, Par ou Ímpar e Off Beat apresentam Evolução Filmes e Processo Multiartes Grafo Audiovisual, Par ou Ímpar e Off Beat apresentam direção_adriano Esturilho e Fábio Allon Longa-metragem digital de ficção contemplado pelo Prêmio Estadual de

Leia mais

A criança preocupada. Claudia Mascarenhas Fernandes

A criança preocupada. Claudia Mascarenhas Fernandes A criança preocupada Claudia Mascarenhas Fernandes Em sua época Freud se perguntou o que queria uma mulher, devido ao enigma que essa posição subjetiva suscitava. Outras perguntas sempre fizeram da psicanálise

Leia mais

CINE TEXTOS A OUTRA MARGEM

CINE TEXTOS A OUTRA MARGEM 1 CINE TEXTOS ```````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````` Informação reunida e trabalhada para apoio à exibição

Leia mais

M a r i a A u g u s t a R a m o s

M a r i a A u g u s t a R a m o s M a r i a A u g u s t a R a m o s BIOGRAFIA Maria Augusta Ramos nasceu em Brasília em 1964. Depois de se graduar em música pela Universidade de Brasília, mudou-se para a Europa onde estudou Musicologia

Leia mais

VídeoFilmes e Matizar apresentam. Dirigido por. Guilherme Coelho. Com roteiro de Márcia Watzl, Guilherme Coelho e Nathaniel Leclery

VídeoFilmes e Matizar apresentam. Dirigido por. Guilherme Coelho. Com roteiro de Márcia Watzl, Guilherme Coelho e Nathaniel Leclery VídeoFilmes e Matizar apresentam Dirigido por Guilherme Coelho Com roteiro de Márcia Watzl, Guilherme Coelho e Nathaniel Leclery FICHA TÉCNICA Direção: Guilherme Coelho Roteiro: Márcia Watzl, Guilherme

Leia mais

coleção Conversas #10 - junho 2014 - Respostas que podem estar sendo feitas para algumas perguntas Garoto de Programa por um.

coleção Conversas #10 - junho 2014 - Respostas que podem estar sendo feitas para algumas perguntas Garoto de Programa por um. coleção Conversas #10 - junho 2014 - Eu sou Estou garoto num de programa. caminho errado? Respostas para algumas perguntas que podem estar sendo feitas Garoto de Programa por um. A Coleção CONVERSAS da

Leia mais

A CRIANÇA NA PUBLICIDADE

A CRIANÇA NA PUBLICIDADE A CRIANÇA NA PUBLICIDADE Entrevista com Fábio Basso Montanari Ele estuda na ECA/USP e deu uma entrevista para e seu grupo de colegas para a disciplina Psicologia da Comunicação, sobre sua história de vida

Leia mais

O HOMEM DE VERDADE 1 : Olhando pelas lentes pelas quais vêem as mulheres

O HOMEM DE VERDADE 1 : Olhando pelas lentes pelas quais vêem as mulheres Introdução O HOMEM DE VERDADE 1 : Olhando pelas lentes pelas quais vêem as mulheres Sonia de Alcantara IFRJ/UGB sonia.alcantara@ifrj.edu.br Letícia Mendes Pereira, Lohanna Giovanna Gonçalves da Silva,

Leia mais

*Confira todas as datas de pré-estreias e estreias nacionais em AGENDA no fim do texto.

*Confira todas as datas de pré-estreias e estreias nacionais em AGENDA no fim do texto. Raça estreia no Brasil em circuito nacional Filme dirigido por Joel Zito Araújo e sobre igualdade racial estreia nas telas nacionais dia 17 de maio São Paulo, maio de 2013 O documentário longa-metragem

Leia mais

Universidade Federal de Alagoas. Luciana Fonseca Oliveira

Universidade Federal de Alagoas. Luciana Fonseca Oliveira Universidade Federal de Alagoas Luciana Fonseca Oliveira O tempo e espaço do filme A Rosa Púrpura do Cairo, uma análise para Fundamentos em Cinema Maceió, dezembro de 2012. Cristian Metz em seu texto A

Leia mais

ÇÃO Chico Buarque DORME A CIDADE RESTA UM CORAÇÃO MISTERIOSO FAZ UMA ILUSÃO SOLETRA UM VERSO LARGA MELODIA SINGELAMENTE DOLOROSAMENTE

ÇÃO Chico Buarque DORME A CIDADE RESTA UM CORAÇÃO MISTERIOSO FAZ UMA ILUSÃO SOLETRA UM VERSO LARGA MELODIA SINGELAMENTE DOLOROSAMENTE DOCE A MÚSICA SILENCIOSA LARGA MEU PEITO SOLTA-SE NO ESPAÇO FAZ-SE CERTEZA MINHA CANÇÃO RESTIA DE LUZ ONDE DORME O MEU IRMÃO... DORME A CIDADE RESTA UM CORAÇÃO MISTERIOSO FAZ UMA ILUSÃO SOLETRA UM VERSO

Leia mais

Curso de Formação Profissional para Cinema abre inscrições

Curso de Formação Profissional para Cinema abre inscrições Curso de Formação Profissional para Cinema abre inscrições É hora de se profissionalizar. Em sua nona edição, curso promove um diálogo com experientes profissionais do mercado brasileiro sobre os processos

Leia mais

BRINCADEIRA. por. Vinícius Bernardes

BRINCADEIRA. por. Vinícius Bernardes BRINCADEIRA por Vinícius Bernardes baseado na crônica "Brincadeira" de Luís Fernando Veríssimo oliverplentz@gmail.com Copyright (c) 2015 This screenplay may not be used or reproduced without the express

Leia mais

ROTEIRO: O LUGAR ONDE EU VIVO

ROTEIRO: O LUGAR ONDE EU VIVO ROTEIRO: O LUGAR ONDE EU VIVO Ideia: Produção realizada a partir de um fato marcante e em algumas situações ocorre a mesclagem entre narrações e demonstrações de cenas. Personagens: A filha da doméstica

Leia mais

O tema desta edição do EVP em Notícias é: Conexões

O tema desta edição do EVP em Notícias é: Conexões O tema desta edição do EVP em Notícias é: Conexões Nosso entrevistado é o Prof. Dr. Rogério da Costa, da PUC-SP. A partir de um consistente referencial teórico-filosófico, mas em uma linguagem simples,

Leia mais

Filme: Como se morre no cinema 1 de Luelane Loiola Correa. Plano de Aula: Ensino Fundamental II e Ensino Médio

Filme: Como se morre no cinema 1 de Luelane Loiola Correa. Plano de Aula: Ensino Fundamental II e Ensino Médio Filme: Como se morre no cinema 1 de Luelane Loiola Correa Plano de Aula: Ensino Fundamental II e Ensino Médio Disciplinas/Áreas do Conhecimento: Língua Portuguesa; Arte; Inglês; Projeto Interdisciplinar;

Leia mais

Concurso Literário. O amor

Concurso Literário. O amor Concurso Literário O Amor foi o tema do Concurso Literário da Escola Nova do segundo semestre. Durante o período do Concurso, o tema foi discutido em sala e trabalhado principalmente nas aulas de Língua

Leia mais

Videoclipe: Só sei dançar com você 1

Videoclipe: Só sei dançar com você 1 Videoclipe: Só sei dançar com você 1 Bruno Olhero BOTAS 2 Gabriela dos Santos SILVA 3 Grazielli FERRACCIOLLI 4 Guilherme Henrique de SOUZA 5 Isa Dias Colombo SANTOS 6 Rahessa da Silva VITÓRIO 7 Yasmin

Leia mais

II FESTIVAL NACIONAL CURTA NO CELULAR GUIA CURTA FÁCIL

II FESTIVAL NACIONAL CURTA NO CELULAR GUIA CURTA FÁCIL II FESTIVAL NACIONAL CURTA NO CELULAR GUIA CURTA FÁCIL O FEST CURT CELU Guia Curta Fácil 2 A câmera de cinema funciona como se fosse uma máquina fotográfica que dispara milhares de foto em um espaço muito

Leia mais

UM SOL ALARANJADO. Vemos de cima uma pequena vila de subúrbio com suas casas baixas. Amanhece, e pessoas começam a sair das casas.

UM SOL ALARANJADO. Vemos de cima uma pequena vila de subúrbio com suas casas baixas. Amanhece, e pessoas começam a sair das casas. SEQUÊNCIA 1 - EXTERIOR - DIA VILA UM SOL ALARANJADO Roteiro de Eduardo Valente, a partir de argumento e com a colaboração de Rubio Campos. Vemos de cima uma pequena vila de subúrbio com suas casas baixas.

Leia mais

FILME EM MINAS - PROGRAMA DE ESTÍMULO AO AUDIOVISUAL BIÊNIO 2011/2012

FILME EM MINAS - PROGRAMA DE ESTÍMULO AO AUDIOVISUAL BIÊNIO 2011/2012 FILME EM MINAS - PROGRAMA DE ESTÍMULO AO AUDIOVISUAL BIÊNIO 2011/2012 ANEXO I: REGULAMENTO: PRODUÇÃO DE LONGAS-METRAGENS 1. DO OBJETO DO PATROCÍNIO 1.1 Serão aceitos projetos inéditos para a produção de

Leia mais

WORKSHOP DE EXPRESSÃO AUDIOVISUAL

WORKSHOP DE EXPRESSÃO AUDIOVISUAL WORKSHOP DE EXPRESSÃO AUDIOVISUAL PROGRAMA Tronco Comum SESSÃO 1 Apresentação do Workshop e Introdução à Linguagem Audiovisual 3 horas Apresentação dos intervenientes (formador e formandos). Apresentação

Leia mais

MARIANA: Fátima? Você tem certeza que seu pai vai gostar? Ele é meio careta, apesar de que é uma linda homenagem.

MARIANA: Fátima? Você tem certeza que seu pai vai gostar? Ele é meio careta, apesar de que é uma linda homenagem. Pais e filhos 1º cena: música ambiente (início da música pais e filhos legião urbana - duas pessoas entram com um mural e começam a confeccionar com frases para o aniversário do pai de uma delas (Fátima),

Leia mais

A GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA

A GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA A GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA Edna G. Levy A questão da gravidez na adolescência é muito mais comum do que parece ser, a reação inicial e geral é que este problema só acontece na casa dos outros, na nossa

Leia mais

PRIMEIRA TEMPORADA: Meu Intelectual Favorito

PRIMEIRA TEMPORADA: Meu Intelectual Favorito PRIMEIRA TEMPORADA: Meu Intelectual Favorito Breve Resumo Cada programa trará uma personalidade midiática em um emocionante e revelador encontro com seu Favorito, um ídolo em algum campo de conhecimento,

Leia mais

Assim Foi um Dia PERSONAGENS

Assim Foi um Dia PERSONAGENS Assim Foi um Dia PERSONAGENS APRESENTADOR (Carlos Roberto): Alegre, enérgico. Movimenta- se bastante no palco e mexe com o público com sua performance. Apresenta um programa educativo, que busca exemplos

Leia mais

Comunicação Não-Violenta

Comunicação Não-Violenta Comunicação Não-Violenta Setembro 2014, São Paulo Palestrante: Sven Fröhlich Archangelo XII Congresso Latino-Americano de PNL Julgamentos Egoista, incompetente, dono da verdade, mentirosa, grosseiro,

Leia mais

Titulo - VENENO. Ext Capital de São Paulo Noite (Avista-se a cidade de cima, forrada de prédios, algumas luzes ainda acesas).

Titulo - VENENO. Ext Capital de São Paulo Noite (Avista-se a cidade de cima, forrada de prédios, algumas luzes ainda acesas). Titulo - VENENO Ext Capital de São Paulo Noite (Avista-se a cidade de cima, forrada de prédios, algumas luzes ainda acesas). Corta para dentro de um apartamento (O apartamento é bem mobiliado. Estofados

Leia mais

Brújula Volume 10 Spring 2015. Topographies. Santiago Nazarian e a literatura brasileira underground. Alexandre Lima University of Texas at Austin

Brújula Volume 10 Spring 2015. Topographies. Santiago Nazarian e a literatura brasileira underground. Alexandre Lima University of Texas at Austin Brújula Volume 10 Spring 2015 Topographies Santiago Nazarian e a literatura brasileira underground Alexandre Lima University of Texas at Austin Santiago Nazarian é um escritor brasileiro, além de tradutor

Leia mais

Entrevistado: Data da Entrevista: Entrevista: 1- Como você percebe o processo de criação de marcas?

Entrevistado: Data da Entrevista: Entrevista: 1- Como você percebe o processo de criação de marcas? Entrevistado: Guto Lacaz Data da Entrevista: 19 de Julho de 2011 Entrevista: Pessoalmente Formado em Arquitetura pela Faculdade de Arquitetura de São José dos Campos, faculdade onde também realizou cursos

Leia mais