O Circo de Santo Amaro. um filme de Chico Teixeira

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O Circo de Santo Amaro. um filme de Chico Teixeira"

Transcrição

1 O Circo de Santo Amaro um filme de Chico Teixeira

2 Esta tarde quando dormi tive um sonho, sonhei que Alma me dizia Pobre Frost, parece tão cansado e triste. Quer descansar?. Sim, eu disse. Vou deixa-lo tão pequeno quanto um feto e assim poderá dormir em paz, no meu ventre Então, eu me aninhei e dormi profundamente como se tivesse num berço. Fui ficando cada vez menor até me tornar uma semente e depois desapareci. Do Filme Noites de Circo de Ingmar Bergman

3 Dirigido por Chico Teixeira Roteiro por Chico Teixeira, Marcelo Gomes, César Turin e Sabina Anzuategui

4 Sinopse Serginho é um menino de 14 anos, confuso entre o abandono do pai e o despertar da sexualidade. Trabalhando numa feira, ele cuida da mãe alcoólatra e do irmão pequeno. Num cotidiaano sem fantasias, busca o encanto no Circo de Santo Amaro. 7 8

5 Nota de intenção O Circo de Santo Amaro busca um olhar emotivo e silencioso para uma história simples, de um cotidiano banal em que aparentemente nada acontece. Um filme de pequenos movimentos internos, com diálogos escassos e corriqueiros. Uma narrativa que se constrói através dos olhares, dos corpos e das pequenas ações, retratadas de forma quase documental. A minha intenção é mostrar situações subterrâneas que todos nós vivemos, mas pouco expomos; circunstâncias pessoais, dolorosas, opressivas. Pelos olhos de Serginho, um menino de 14 anos que se tornou adulto antes do tempo, quero mostrar um mundo de funções primitivas, de trancos pela sobrevivência, de solidão coletiva. Um filme sobre como as pessoas se incluem na vida. Um filme sobre territórios e lugares, sobre instalações humanas: o circo, a feira, a família, a adolescência, o individuo. O Circo de Santo Amaro vagueia por lugares que não se fixam, não se estabelecem. O circo é limite e proteção, segurança, todo fechado como na barriga da mãe. A feira é espaço aberto, muita gente que passa e perturba. Serginho aprende o sexo sozinho, seguindo vontades e impulsos, sem conclusões nem elaborações. Confunde afeto e sedução, transitando entre homens e mulheres, jovens e mais velhos. Ele se depara com a malícia e as mentiras, as promessas nunca cumpridas, o vazio e o abandono. Um vazio impresso no espaço, na casa marcada pelo que foi levado por seu pai, objetos que nunca foram repostos. Serginho é rodeado por pessoas que deveriam protegê-lo, mas o exploram. Um menino-homem, pulando a etapa da adolescência, pressionado entre a inocência e a exploração. Entre tantas relações desafetuosas, ele tenta seduzir o professor para se sentir querido. A recusa de Ney, único adulto que o respeita, soa como uma agressão. Serginho quer abandonar também, quer se vingar com uma fúria desordenada, do mundo, do seu pai, da sua mãe, da feira. Quer se vingar e sumir. Uma vingança sem direção, sem protagonista, uma vingança de desilusões, descontada justamente em quem lhe ajuda e quer bem. No final, Serginho se dá conta de seu engano. Nesse momento ele interrompe o ciclodas vinganças. Então ele procura O Circo de Santo Amaro, onde talvez possa encontrarum espaço de afeto e compreensão. 9 10

6 Estrutura e Gênero Dramático O Circo de Santo Amaro é um drama: um drama cotidiano, familiar, social, sexual,afetivo. Centrada na figura de Serginho, a trama mostra diversos aspectos da vida desse garoto precocemente amadurecido. O espectador segue o dia-a-dia de Serginho: seu papel de homem da casa, cuidando da mãe alcoólatra e do irmão mais novo; seu trabalho na feira e a tensão latente com seu chefe e tio Lazinho; sua amizade com Mudinho e Silvinha que quase se concretiza em um triângulo amoroso; e sua relação confusa, entre o sexo e o afeto, com o professor Ney. Como no novo cinema asiático de Hou Hsiau Hsien e Tsai Ming-Liang, o filme não propõe tramas complicadas ou eventos melodramáticos. Ele é um tecido de momentos da vida de um menino em transição. Momentos que revelam a subjetividade de Serginho e, por isso, criam uma intimidade entre ele e o espectador. É um filme com planos longos, com respiros e tempo para o espectador observar e refletir. Todas as ações são enquadradas com mesma abordagem incidental, sem criar hierarquia entre ações cotidianas e ações com função narrativa. Os enquadramentos vão alternar planos muito próximos e planos abertos, que englobam as ações de conjunto sem destacar o protagonista. Os diálogos cotidianos buscam representar as palavras soltas, as frases jogadas e pensamentos impulsivos. Busca-se um estilo também documental, em que a função narrativa às vezes fica em segundo plano, remetendo ao banal e ao inconsciente, ao pensamento amorfo e disperso de Serginho. O filme evita o uso excessivo de campo e contracampo. A câmera enquadra os personagens e permanece neles enquanto realizam seu movimento. Outras ações aparecem na periferia do quadro, eventualmente cobrem o personagem e saem de quadro novamente. Por isso o roteiro às vezes indica diálogos em OFF, sugerindo tais planos longos com câmera fixa

7 Argumento O Circo de Santo Amaro conta a história de um garoto de 14 anos, chamado Serginho. Ele trabalha na feira ajudando seu tio Lazinho, 47 anos, dono da barraca, a arrumar e entregar de bicicleta verduras nas casas dos clientes. Serginho também estuda à noite. Ele tem dificuldade em aprender, é disperso e já repetiu duas vezes de ano. Ele tem vergonha de sua caligrafia, principalmente quando escreve nos embrulhos para fazer as entregas. Serginho mora com sua mãe Luzia, 43 anos, e seu irmão William, 5 anos. Seu pai Jaci, 46 anos, abandonou sua família sem dar explicação alguma e levou tudo o que tinha comprado com seu dinheiro: desde microondas, mesa e cadeiras da sala até uma tampa da privada. A partir daí, a família tenta conviver com um vazio deixado dentro da casa, vazio físico (as peças não são repostas) e um grande vazio emocional. Luzia trabalha em casa fazendo bolos para fora, bolos de aniversário, bolos de casamento, recebe sempre encomendas da vizinhança. Uma mulher nervosa, beirando a bipolaridade: um dia está bem, amorosa, atenciosa e outro dia está destrutiva, irritada com tudo, agressiva com os filhos. Ela gosta de beber em casa, sozinha, e nem sempre consegue acabar as encomendas. Quando isso acontece, cai nas mãos de Serginho esse pequeno reparo. Serginho é um rapaz maduro para sua idade, não rouba, não se prostitui, não usa drogas, ajuda em casa, ajuda nas contas, ajuda a cuidar do irmão mais novo. Um dos prazeres e diversão de Serginho é andar de bicicleta quando faz as entregas e ir a um circo perto de sua casa chamado O Circo de Santo Amaro. Obcecado pelo circo, fascinado pelo mágico, ele acabou conhecendo todos os artistas do circo, frequentando os trailers e aprendendo alguns números de mágica, de que se gaba para seus clientes da feira. A feira é onde Serginho conhece a vida e onde trabalha seu melhor amigo, o Mudinho, um rapaz surdo de 15 anos, que toma conta dos carros. Mudinho e Serginho se entendem de uma forma muito própria, são gestos, cutucões, um pouco de leitura labial e muito silêncio. Mudinho é alegre, vivo, Serginho, mais contido, fala pouco. Porém, com Mudinho, ele solta um lado brincalhão e divertido, reparte suas experiências sexuais, suas paqueras, principalmente com a Silvinha, japonesa de 18 anos, também feirante, já comprometida com um namorado e que mais adiante irá provocar uma ruptura entre Serginho e Mudinho por um ciúme não direcionado que Serginho não sabe por quem sente, se é pelo Mudinho ou pela Silvinha ou pelos dois. Mudinho abandona a feira e Serginho nunca mais vê o amigo. Luzia, desequilibrada, resolve voltar para a Bahia, morar com a mãe e com seus parentes. Cansou de ser mãe, não agüenta mais as responsabilidades, os compromissos não cumpridos. Quer ser filha novamente, está cansada de tudo. Então, ela leva com ela o filho mais novo, William, e abandona Serginho morando com tio Lazinho, avarento, controlador e insensível com o sobrinho. Serginho tem um cliente muito querido, o professor Ney, homossexual (mas sem trejeitos femininos), 53 anos, solitário que mora com uma cachorrinha chamada Kenga, que Serginho adora. Ele é professor de português da sexta e sétima séries. Ney adora os garotos, tem atração por eles, mas nunca se deixou levar pelo desejo escondido. Professor Ney, íntimo de Serginho, pergunta de Luzia e a bebida, ajuda Serginho nos estudos tomando a lição, vendo suas notas, é a única pessoa para quem Serginho se abre e fala suas confidências, suas mágoas. Ney escuta-o com respeito e com um carinho quase paterno; se identifica muito com Serginho, suas perdas, os abandonos que sofreu ao longo da vida, além de se sentir extremamente atraído sexualmente pelo rapaz. Serginho tem uma fascinação e um enorme afeto pelo professor. Em um momento de confusão entre afeto e erotização, Serginho pede para dormir na casa do professor. Deitado no sofá da sala, ele não consegue dormir. Então, vai ao quarto do professor que está acordado vendo televisão e se deita ao seu lado. Aos poucos se aninha e tenta um beijo do professor, que o rejeita delicadamente. Essa rejeição se mistura com o sentimento de abandono, provocando uma perturbação na cabeça de Serginho. Não agüentando mais, Serginho quer se vingar do mundo. Ele sai da casa de Ney e procura a primeira delegacia com a intenção de denunciar o professor por abuso sexual. Na hora de espera e fazer o BO, ele desiste, sai pelas ruas sem rumo e acaba em uma rodoviária para comprar uma passagem para Jundiaí, onde O Circo de Santo Amaro está se apresentando

8 Justificativa de comercialização O Circo de Santo Amaro é o segundo longa-metragem de ficção de Chico Teixeira. O filme narra uma história simples entre pessoas comuns, destacando as emoções dos personagens com leveza cotidiana. A abordagem emotiva possibilita a comunicação com um público mais amplo, pois retrata sentimentos compartilhados por todos. Contamos com Fátima Toledo na preparação de elenco, profissional responsável pela preparação de atores de grandes feitos de bilheteria (Tropa de Elite 1 e 2, entre outros). O filme também já conta com a participação de Carla Ribas, atriz consagrada em festivais internacionais por seu papel no último filme do autor. A junção de profissionais que já trabalharam com Chico Teixeira como Marcos Pedroso (diretor de arte) e Lili Bandeira (produtora executiva) garantem uma qualidade técnica e artística inquestionáveis. Parcerias com produtoras internacionais têm sido negociadas pelo departamento de entretenimento da produtora Bossa Nova, presente nos mais importantes festivais e mercados de cinema do mundo. A trajetória de exibição de A Casa de Alice, longa-metragem anterior de Chico Teixeira, demonstra a viabilidade comercial desse projeto. O filme fez sua estréia no Festival de Berlim. Foi exibido em 63 festivais internacionais e 10 festivais nacionais, recebendo 33 prêmios. Teve 36 mil espectadores em salas de cinema no Brasil, e 100 mil espectadores no circuito universitário e alternativo nos EUA. Foram vendidos 12 mil DVDs para locação. A exibição em TV a cabo teve estimativa de 1 milhão de espectadores. Exibido também em TV aberta, na Rede Globo, houve público estimado de 10 milhões de pessoas. A experiência de A Casa de Alice também mostra os bons resultados de uma escolha do elenco que privilegia os atores por seu desempenho artístico e adequação ao personagem. O filme recebeu 14 prêmios para as atrizes Berta Zemel e Carla Ribas. Seguindo a mesma proposta de linguagem, O Circo de Santo Amaro conta com a recepção positiva baseada na experiência do filme anterior. O projeto já foi contemplado no Edital de produção da Prefeitura de São Paulo, e também no Edital de Fomento do Estado de São Paulo, como também um conseguiu um aporte da iniciativa privada, Logos Engenharia. Em fevereiro ultimo, o projeto foi escolhido para participar do Co Production Market, ligado ao festival de Cinema de Berlin, onde ampliou muito as chances de co produções internacionais

9 Diretor Chico Teixeira Com uma narrativa que se aproxima do documental, Chico Teixeira tem cada vezmais procurado em seus filmes histórias que retratam conflitos interiores e familiares. É na ansiedade de seus personagens e em seus desejos não realizados que o cineasta se concentra. Seu universo é um mundo verossímil e popular em que capta a intensidade das relações humanas em meio a uma vida simples, tornando-a singular. Chico Teixeira começou sua carreira dirigindo documentários, sempre com temas que tivessem uma estranheza. Possui em seu currículo o documentário Criaturas que nasciam em segredo (1995), que ganhou diversos prêmios, entre eles: Prêmio de Melhor Filme e Melhor Direção no 23 Festival de Gramado (Brasil); Prêmio Íbero Americano no Festival de Cinema de Huesca (Espanha); Prêmio Menção Honrosa do Júri para Melhor Documentário do 40 Festival Chileno Internacional Del Cortometraje (Chile); Segundo Melhor documentário pelo Juri Popular, no 40 Festival Internacional de Curtas Metragens de Vila do Conde (Portugal). Em seu segundo documentário, Carrego Comigo (2000) obteve financiamento da Jan Vrijman Foundation em Amsterdam, da Holanda. O filme foi exibido em diversos festivais internacionais como o IDFA, Bangkok Film Festival e Oslo International Film Festival. Mas foi a sua estreia na ficção com A Casa de Alice, (o filme foi convidado pelo Festival Internacional de Berlin para ter sua estéia mundial) que teve além de outros financiadores a Hubert Bals Foundation, que Chico ganhou destaque internacional. A Casa de Alice foi prestigiado por 63 festivais internacionais, entre eles: Festival Internacional de Berlim, San Sebastian International Film Festival, 37th International Film Festival Rotterdam, 18éme Rencontres Cinemas D Amerique Latine de Toulouse - Cine Construcion, Miami International Film Festival, 21th Fribourg Film Festival, 26th annual Vancouver International Film Festival, Edinburg International Film Festival, 3rd Berlinale in Athens Film Festival, Guadalajara International Film Festival, La Rochelle International Film Festival, Göteborg Film Festival, entre outros. O filme recebeu 33 prêmios - 11 para a atriz Carla Ribas em seu debut no cinema, o que confirma a grande habilidade de Chico Teixeira na direção de atores. Desses prêmios destacam-se: Chicago International Film Festival (2007) - melhor diretor latino americano, 21th Fribourg International Film Festival (Suiça, 2007) - prêmio Máximo de melhor filme e o prêmio do júri dos estudantes; Festival Internacional del Nuevo Cine Latinoamericano (Havana) - Primier Premio Coral mejor Largometrage de ficcion; 23 Festival Internacional de Cine em Guadalajara (México, 2007) - prêmio de Melhor atriz (Carla Ribas), Prêmio especial do Júri, Prêmio da Crítica internacional Fipresci (The International Federation of Film Critics); Festival Sesc dos Melhores Filmes (Brasil, 2008). Novamente, com seu segundo longa metragem O Circo de Santo Amaro, Chico retoma seu objeto de análise: as relações humanas, mas dessa vez pelo olhar de um adolescente imiscuído em seus conflitos: a casa, a família e, principalmente, a descoberta de sua sexualidade

10 produção co-produção DISTRIBUIção 19 20

11 Ficha Técnica Cronograma de Produção Formato: captação em super 16mm, cópia final em 35mm. Cor. Som: Dolby Digital 5.1 Gênero: Drama Duração: 90 minutos Diretor: Chico Teixeira Produtoras: Denise Gomes, Lili Bandeira e Paula Cosenza Produtora executiva: Lili Bandeira Roteiristas: Chico Teixeira, Marcelo Gomes, César Turim, Sabina Anzuategui Pré-produção Agosto Setembro de 2013 Filmagem Outubro Novembro de 2013 Montagem Dezembro de 2013 Janeiro de 2014 Pós-produção e finalização Fevereiro Março de 2014 Lançamento Julho de 2014 Participação no roteiro: Nudrama (Jean Claude Bernardet, Ana Paul, Sabina Anzuategui, Roberto Moreira) Diretor de arte: Marcos Pedroso Montador: Vânia Debs Som direto: Lia Camargo e Tide Borges Editor de som: Eduardo Santos Mendes Preparação de elenco: Fátima Toledo Distribuidora no Brasil: Imovision O roteiro foi selecionado para o 9* Berlinale Co-Production Market (Fevereiro, 12-14, 2012). Atualmente o projeto está em negociações com possíveis co-produtores e/ou distribuidores na Europa e no Canadá

12 Resumo do Orçamento Projeto aprovado pela ANCINE para captar recursos atraves da Lei do Audiovisual Valores aprovados: artigo 1* R$ ,00 artigo 1*A R$ ,00 artigo 3* R$ ,21 Total do orçamento aprovado para incentivo. R$ ,

13 INT/ Apartamento de Luzia /Quarto Noite 1/ Serginho leva sua mãe bêbeda para deitar. William já esta na cama, acordado. 2/ Serginho tira a roupa da mãe, até ela ficar de calcinha e camiseta. /Quarto Noite 3/ De mansinho, Luzia vai se aninhando no colo de Serginho. 4/ Na mesma cama Serginho deita ao lado do seu irmão William e em silêncio ficam se olhando, pensando no que aconteceu

14 EXT/ Circo de Santo Amaro /Dia 1/ Serginho chega no local onde estava montado o circo. /Dia 2/ Serginho stops and stares at the empty ground where the circus used to be. 3/ Serginho walks pensive trough the terrain where the circus were

15 INT/ Apartamento de Ney /Quarto /Banheiro/Sala Noite 1/ É tarde, Serginho chega da feira na casa de Ney, está triste, pede um abraço ao professor e chora em silêncio. 2/ Serginho pede para dormir lá esta noite, Ney faz a cama dele na sala, no sofá e sai para seu quarto. /Quarto Noite 3/ Serginho entra no quarto de Ney e pede para dormir lá, ta com insônia. 4/ Serginho decidido tenta beijar a boca de Ney, que não deixa, força o ombro de Serginho parando a ação

16 EXT/ Rua /Dia 1/ Serginho, Mudinho e Silvinha caminham pela rua. 2/ Serginho bate com a canela no pedal da bicicleta. /Dia 3/ Serginho e Mudinho beijam Silvinha. 4/ Serginho, Mudinho e Silvinha seguem o caminho em silêncio pela rua

17 Contato BossaNovaFilms Rua das Tabocas, Vila Beatriz - São Paulo/SP Cep: Telefone: Mariô Carneiro Paula Cosenza Denise Gomes bossanovafilms.com.br/projetos/ocircodesantoamaro/ 33 34

Testemunha 4. Sinopse. Apresentação. Rio de Janeiro, Brasil 2011 documentário 70 min HD cor

Testemunha 4. Sinopse. Apresentação. Rio de Janeiro, Brasil 2011 documentário 70 min HD cor Testemunha 4 Rio de Janeiro, Brasil 2011 documentário 70 min HD cor Sinopse Uma personagem, uma atriz e o passar das horas em um interrogatório do Holocausto. Apresentação O documentário acompanha a trajetória

Leia mais

Roteiro para curta-metragem. Nathália da Silva Santos 6º ano Escola Municipalizada Paineira TEMPESTADE NO COPO

Roteiro para curta-metragem. Nathália da Silva Santos 6º ano Escola Municipalizada Paineira TEMPESTADE NO COPO Roteiro para curta-metragem Nathália da Silva Santos 6º ano Escola Municipalizada Paineira TEMPESTADE NO COPO SINOPSE Sérgio e Gusthavo se tornam inimigos depois de um mal entendido entre eles. Sérgio

Leia mais

FUGA de Beatriz Berbert

FUGA de Beatriz Berbert FUGA de Beatriz Berbert Copyright Beatriz Berbert Todos os direitos reservados juventudecabofrio@gmail.com Os 13 Filmes 1 FUGA FADE IN: CENA 1 PISCINA DO CONDOMÍNIO ENTARDECER Menina caminha sobre a borda

Leia mais

UM SOL ALARANJADO. Roteiro de Eduardo Valente, a partir de argumento e com a colaboração de Rubio Campos. SEQUÊNCIA 1 - INTERIOR - DIA QUARTO

UM SOL ALARANJADO. Roteiro de Eduardo Valente, a partir de argumento e com a colaboração de Rubio Campos. SEQUÊNCIA 1 - INTERIOR - DIA QUARTO SEQUÊNCIA 1 - INTERIOR - DIA UM SOL ALARANJADO Roteiro de Eduardo Valente, a partir de argumento e com a colaboração de Rubio Campos. Por uma janela, vemos o sol nascendo ao fundo de uma série de casas

Leia mais

Fantasmas da noite. Uma peça de Hayaldo Copque

Fantasmas da noite. Uma peça de Hayaldo Copque Fantasmas da noite Uma peça de Hayaldo Copque Peça encenada dentro de um automóvel na Praça Roosevelt, em São Paulo-SP, nos dias 11 e 12 de novembro de 2011, no projeto AutoPeças, das Satyrianas. Direção:

Leia mais

Concurso Literário. O amor

Concurso Literário. O amor Concurso Literário O Amor foi o tema do Concurso Literário da Escola Nova do segundo semestre. Durante o período do Concurso, o tema foi discutido em sala e trabalhado principalmente nas aulas de Língua

Leia mais

não quero voltar sozinho nao quero voltar sozinho Lacuna Filmes apresenta dirigido por daniel ribeiro produzido por diana almeida

não quero voltar sozinho nao quero voltar sozinho Lacuna Filmes apresenta dirigido por daniel ribeiro produzido por diana almeida Lacuna Filmes apresenta eu não quero voltar sozinho eu nao quero dirigido por daniel ribeiro produzido por diana almeida voltar sozinho sobre o filme Drama leve que conta a história de três jovens. Leonardo

Leia mais

Cao Guimarães: "Não conseguir ficar sozinho é a maior solidão i

Cao Guimarães: Não conseguir ficar sozinho é a maior solidão i Cao Guimarães: "Não conseguir ficar sozinho é a maior solidão i O cineasta mineiro Cao Guimarães, 41, terá seu filme mais recente "Andarilho" (2006) exibido pela primeira vez na Quinzena de Realizadores,

Leia mais

SINOPSE CURTA SINOPSE

SINOPSE CURTA SINOPSE SINOPSE CURTA No início dos anos 1940, os irmãos Orlando, Cláudio e Leonardo Villas-Boas desistem do conforto da vida na cidade e alistam-se na expedição Roncador Xingu para descobrir e explorar as terras

Leia mais

INVERNO Um roteiro de Mikael Santiago 25/05/2009

INVERNO Um roteiro de Mikael Santiago 25/05/2009 INVERNO Um roteiro de Mikael Santiago 25/05/2009 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS COPYRIGHT MIKAEL SANTIAGO mikael@mvirtual.com.br RUA ITUVERAVA, 651/305 JACAREPAGUÁ RIO DE JANEIRO - RJ (21)9879-4890 (21)3186-5801

Leia mais

O Projeto. Polo Rio de Cine e Video Rua Carlos Machado, 155, 2º andar 21. 2439 3667 www.cineticafilmes.com.br

O Projeto. Polo Rio de Cine e Video Rua Carlos Machado, 155, 2º andar 21. 2439 3667 www.cineticafilmes.com.br O Projeto O Homem e a Bolsa é uma investigação documental a partir das principais bolsas de valores mundiais, incluindo-se aí a do Brasil. Em nossos levantamentos preliminares, buscamos as Bolsas de Nova

Leia mais

coleção Conversas #10 - junho 2014 - Respostas que podem estar sendo feitas para algumas perguntas Garoto de Programa por um.

coleção Conversas #10 - junho 2014 - Respostas que podem estar sendo feitas para algumas perguntas Garoto de Programa por um. coleção Conversas #10 - junho 2014 - Eu sou Estou garoto num de programa. caminho errado? Respostas para algumas perguntas que podem estar sendo feitas Garoto de Programa por um. A Coleção CONVERSAS da

Leia mais

AS MULHERES DE JACÓ Lição 16

AS MULHERES DE JACÓ Lição 16 AS MULHERES DE JACÓ Lição 16 1 1. Objetivos: Ensinar que Jacó fez trabalho duro para ganhar um prêmio Ensinar que se nós pedirmos ajuda de Deus, Ele vai nos ajudar a trabalhar com determinação para obter

Leia mais

BrLab. laboratório de desenvolvimento de projetos no Brasil

BrLab. laboratório de desenvolvimento de projetos no Brasil BrLab laboratório de desenvolvimento de projetos no Brasil De 5 a 11 de novembro de 2012 acontece na cidade de São Paulo a nova edição do laboratório de desenvolvimento de projetos no Brasil, o BrLab.

Leia mais

Roteiro para curta-metragem. Aparecida dos Santos Gomes 6º ano Escola Municipalizada Paineira NÃO ERA ASSIM

Roteiro para curta-metragem. Aparecida dos Santos Gomes 6º ano Escola Municipalizada Paineira NÃO ERA ASSIM Roteiro para curta-metragem Aparecida dos Santos Gomes 6º ano Escola Municipalizada Paineira NÃO ERA ASSIM SINOPSE José é viciado em drogas tornando sua mãe infeliz. O vício torna José violento, até que

Leia mais

Entendendo o que é Gênero

Entendendo o que é Gênero Entendendo o que é Gênero Sandra Unbehaum 1 Vila de Nossa Senhora da Piedade, 03 de outubro de 2002 2. Cara Professora, Hoje acordei decidida a escrever-lhe esta carta, para pedir-lhe ajuda e trocar umas

Leia mais

Pronac Nº 1111032 Você em Cenna é um concurso cultural que irá eleger atores e atrizes amadores de todo o país, que enviarão vídeos de suas performances para votação popular e de júri especializado. Os

Leia mais

Qual o Sentido do Natal?

Qual o Sentido do Natal? Qual o Sentido do Natal? Por Sulamita Ricardo Personagens: José- Maria- Rei1- Rei2- Rei3- Pastor 1- Pastor 2- Pastor 3-1ª Cena Uma música de natal toca Os personagens entram. Primeiro entram José e Maria

Leia mais

ROTEIRO: O LUGAR ONDE EU VIVO

ROTEIRO: O LUGAR ONDE EU VIVO ROTEIRO: O LUGAR ONDE EU VIVO Ideia: Produção realizada a partir de um fato marcante e em algumas situações ocorre a mesclagem entre narrações e demonstrações de cenas. Personagens: A filha da doméstica

Leia mais

1-PORTO SEGURO-BAHIA-BRASIL

1-PORTO SEGURO-BAHIA-BRASIL 1-PORTO SEGURO-BAHIA-BRASIL LUGAR: EUNÁPOLIS(BA) DATA: 05/11/2008 ESTILO: VANEIRÃO TOM: G+ (SOL MAIOR) GRAVADO:16/10/10 PORTO SEGURO BAHIA-BRASIL VOCÊ É O BERÇO DO NOSSO PAIS. PORTO SEGURO BAHIA-BRASIL

Leia mais

ENTRE FERAS CAPÍTULO 16 NOVELA DE: RÔMULO GUILHERME ESCRITA POR: RÔMULO GUILHERME

ENTRE FERAS CAPÍTULO 16 NOVELA DE: RÔMULO GUILHERME ESCRITA POR: RÔMULO GUILHERME ENTRE FERAS CAPÍTULO 16 NOVELA DE: RÔMULO GUILHERME ESCRITA POR: RÔMULO GUILHERME CENA 1. HOSPITAL. QUARTO DE. INTERIOR. NOITE Fernanda está dormindo. Seus pulsos estão enfaixados. Uma enfermeira entra,

Leia mais

Hoje. um filme de Tata Amaral dos mesmos produtores de Antônia e O Cheiro do Ralo. uma produção. entretenimento. Filmes

Hoje. um filme de Tata Amaral dos mesmos produtores de Antônia e O Cheiro do Ralo. uma produção. entretenimento. Filmes Hoje um filme de Tata Amaral dos mesmos produtores de Antônia e O Cheiro do Ralo uma produção entretenimento Filmes sinopse Duas mulheres tentam tomar as rédeas de suas vidas e são assombradas por homens

Leia mais

A CRIANÇA NA PUBLICIDADE

A CRIANÇA NA PUBLICIDADE A CRIANÇA NA PUBLICIDADE Entrevista com Fábio Basso Montanari Ele estuda na ECA/USP e deu uma entrevista para e seu grupo de colegas para a disciplina Psicologia da Comunicação, sobre sua história de vida

Leia mais

COISAS QUE APRENDI COM MEU PAI SOBRE TRABALHO E EMPREGO COISAS QUE APRENDI PAI TRABALHO E EMPREGO. CITYRH www.cityrh.com.

COISAS QUE APRENDI COM MEU PAI SOBRE TRABALHO E EMPREGO COISAS QUE APRENDI PAI TRABALHO E EMPREGO. CITYRH www.cityrh.com. COISAS QUE APRENDI PAI COM MEU SOBRE TRABALHO E EMPREGO TALENTO Qual é o seu talento? Como descobri-lo? Pense nas coisas que você faz bem e que as pessoas reconhecem e comentam: como você é bom nisto!

Leia mais

FANTASIAS SEXUAIS INFANTIS, AS CRIANÇAS FALAM. A intenção deste trabalho foi escutar crianças pequenas a respeito da

FANTASIAS SEXUAIS INFANTIS, AS CRIANÇAS FALAM. A intenção deste trabalho foi escutar crianças pequenas a respeito da FANTASIAS SEXUAIS INFANTIS, AS CRIANÇAS FALAM Maria Elisa França Rocha A intenção deste trabalho foi escutar crianças pequenas a respeito da sexualidade, bem como conhecer suas fantasias e as teorias que

Leia mais

Ap. Ozenir Correia TEMA: OPERAÇÃO JERICÓ X OPERAÇÃO LAVA JATO.

Ap. Ozenir Correia TEMA: OPERAÇÃO JERICÓ X OPERAÇÃO LAVA JATO. Ap. Ozenir Correia TEMA: OPERAÇÃO JERICÓ X OPERAÇÃO LAVA JATO. TEXTO: 1 Entrando em Jericó, atravessava Jesus a cidade. 2 Eis que um homem, chamado Zaqueu, maioral dos publicanos e rico, 3 procurava ver

Leia mais

Blog http://conquistadores.com.br. + dinheiro + mulheres + sucesso social (mini e-book grátis)

Blog http://conquistadores.com.br. + dinheiro + mulheres + sucesso social (mini e-book grátis) Blog http://conquistadores.com.br CONQUISTADORES + dinheiro + mulheres + sucesso social (mini e-book grátis) Blog http://conquistadores.com.br CONQUISTADORES + dinheiro + mulheres + sucesso social (Este

Leia mais

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA DESENGANO FADE IN: CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA Celular modelo jovial e colorido, escovas, batons e objetos para prender os cabelos sobre móvel de madeira. A GAROTA tem 19 anos, magra, não

Leia mais

JANELA SOBRE O SONHO

JANELA SOBRE O SONHO JANELA SOBRE O SONHO um roteiro de Rodrigo Robleño Copyright by Rodrigo Robleño Todos os direitos reservados E-mail: rodrigo@robleno.eu PERSONAGENS (Por ordem de aparição) Alice (já idosa). Alice menina(com

Leia mais

ZEROGRAU. A tampa da Privada. Um me de Daniel Torrieri Baldi

ZEROGRAU. A tampa da Privada. Um me de Daniel Torrieri Baldi ZEROGRAU f i l m e s. c o m A tampa da Privada Um me de Daniel Torrieri Baldi ZEROGRAU f i l m e s. c o m A Tampa da Privada é uma comédia que aborda a crise de meia idade de Mara, que encontrou na tampa

Leia mais

Cine Santander Cultural exibe cinco estreias exclusivas em julho

Cine Santander Cultural exibe cinco estreias exclusivas em julho Nota de Imprensa Cine Santander Cultural exibe cinco estreias exclusivas em julho Carreras, Vic+Flo Viram um Urso, Heli, Um Episódio na Vida de um Catador de Ferro-Velho e O Grande L estão na programação.

Leia mais

As prostitutas de BH perguntam: e a gente, como fica?

As prostitutas de BH perguntam: e a gente, como fica? As prostitutas de BH perguntam: e a gente, como fica? Categories : Copa Pública Date : 18 de setembro de 2012 Maria Aparecida Menezes Vieira, a Cida, de 46 anos, há mais de 20 anos faz ponto na rua Afonso

Leia mais

O LUGAR ONDE VIVO. Um roteiro de Ingredy Galvão

O LUGAR ONDE VIVO. Um roteiro de Ingredy Galvão O LUGAR ONDE VIVO Um roteiro de Ingredy Galvão FADE IN: 01 EXT. CASA DO GUARÁ DIA O caminhão da mudança chega à casa de, menina de 12 anos, magra, morena, estatura mediana, filha carinhosa. Ela tem em

Leia mais

5 ADOLESCÊNCIA. 5.1. Passagem da Infância Para a Adolescência

5 ADOLESCÊNCIA. 5.1. Passagem da Infância Para a Adolescência 43 5 ADOLESCÊNCIA O termo adolescência, tão utilizado pelas classes médias e altas, não costumam fazer parte do vocabulário das mulheres entrevistadas. Seu emprego ocorre mais entre aquelas que por trabalhar

Leia mais

MERGULHO de Betina Toledo e Thuany Motta

MERGULHO de Betina Toledo e Thuany Motta MERGULHO de Betina Toledo e Thuany Motta Copyright Betina Toledo e Thuany Motta Todos os direitos reservados juventudecabofrio@gmail.com Os 13 Filmes 1 MERGULHO FADE IN: CENA 1 PRAIA DIA Fotografia de

Leia mais

SEXUALIDADE: DESATANDO OS NÓS NA ADOLESCÊNCIA

SEXUALIDADE: DESATANDO OS NÓS NA ADOLESCÊNCIA SEXUALIDADE: DESATANDO OS NÓS NA ADOLESCÊNCIA Por Marcos Ribeiro* Um pouco dessa história começa por volta dos 10/12 anos, quando meninos e meninas começam a sofrer as primeiras transformações físicas,

Leia mais

II FESTIVAL NACIONAL CURTA NO CELULAR GUIA CURTA FÁCIL

II FESTIVAL NACIONAL CURTA NO CELULAR GUIA CURTA FÁCIL II FESTIVAL NACIONAL CURTA NO CELULAR GUIA CURTA FÁCIL O FEST CURT CELU Guia Curta Fácil 2 A câmera de cinema funciona como se fosse uma máquina fotográfica que dispara milhares de foto em um espaço muito

Leia mais

Filme: Como se morre no cinema 1 de Luelane Loiola Correa. Plano de Aula: Ensino Fundamental II e Ensino Médio

Filme: Como se morre no cinema 1 de Luelane Loiola Correa. Plano de Aula: Ensino Fundamental II e Ensino Médio Filme: Como se morre no cinema 1 de Luelane Loiola Correa Plano de Aula: Ensino Fundamental II e Ensino Médio Disciplinas/Áreas do Conhecimento: Língua Portuguesa; Arte; Inglês; Projeto Interdisciplinar;

Leia mais

O que é esse produto? Qual é a marca do produto? Que quantidade de produto há na embalagem? Em que país foi feito o produto?

O que é esse produto? Qual é a marca do produto? Que quantidade de produto há na embalagem? Em que país foi feito o produto? RÓTULOS Rótulo é toda e qualquer informação referente a um produto que esteja transcrita em sua embalagem. O Rótulo acaba por ser uma forma de comunicação visual, podendo conter a marca do produto e informações

Leia mais

ANSELMO SERRAT Fundador e Diretor do Circo Picolino

ANSELMO SERRAT Fundador e Diretor do Circo Picolino ANSELMO SERRAT Fundador e Diretor do Circo Picolino Anselmo Serrat criou a Escola Picolino de Artes do Circo em 1985, em parceria com Verônica Tamaoki. Criada como uma escola de circo particular, a Escola

Leia mais

Comunicação Não-Violenta

Comunicação Não-Violenta Comunicação Não-Violenta Setembro 2014, São Paulo Palestrante: Sven Fröhlich Archangelo XII Congresso Latino-Americano de PNL Julgamentos Egoista, incompetente, dono da verdade, mentirosa, grosseiro,

Leia mais

Lembro de uma cena em especial, no Hospital Psiquiátrico Cyro Martins, que muito

Lembro de uma cena em especial, no Hospital Psiquiátrico Cyro Martins, que muito UM TÊNUE LIMIAR... 1 Graciella Leus Tomé Lembro de uma cena em especial, no Hospital Psiquiátrico Cyro Martins, que muito me chocou. Foi a internação de uma jovem senhora, mãe, casada, profissão estável,

Leia mais

Benedicto Silva. Foto 1. Minha mãe e eu, fotografados pelo meu pai (setembro de 1956).

Benedicto Silva. Foto 1. Minha mãe e eu, fotografados pelo meu pai (setembro de 1956). 1. INTRODUÇÃO 1.1. MINHA RELAÇÃO COM A FOTOGRAFIA Meu pai tinha uma câmara fotográfica. Ele não era fotógrafo profissional, apenas gostava de fotografar a família e os amigos (vide Foto 1). Nunca estudou

Leia mais

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a João do Medo Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a mamãe dele. Um dia, esse menino teve um sonho ruim com um monstro bem feio e, quando ele acordou, não encontrou mais

Leia mais

Superando Seus Limites

Superando Seus Limites Superando Seus Limites Como Explorar seu Potencial para ter mais Resultados Minicurso Parte VI A fonte do sucesso ou fracasso: Valores e Crenças (continuação) Página 2 de 16 PARTE 5.2 Crenças e regras!

Leia mais

PEDRA NO RIM. Por ABRAÃO AGUIAR BAÊTA. Feito de 05/05/2010 a 08/05/2010

PEDRA NO RIM. Por ABRAÃO AGUIAR BAÊTA. Feito de 05/05/2010 a 08/05/2010 PEDRA NO RIM Por ABRAÃO AGUIAR BAÊTA Feito de 05/05/2010 a 08/05/2010 E-mails: baeta99@hotmail.com abraaoab@globo.com Telefones: (21) 7576-6771 HOMEM: tem aproximadamente trinta anos, bonito, atraente,

Leia mais

Regulamento para Inscrição na Mostra Competitiva Mercocidades -----------------------------------------------------

Regulamento para Inscrição na Mostra Competitiva Mercocidades ----------------------------------------------------- Regulamento para Inscrição na Mostra Competitiva Mercocidades ----------------------------------------------------- 1 - O Evento: O Primeiro Plano 2015 - Festival de Cinema de Juiz de Fora e Mercocidades,

Leia mais

A essa altura, você deve estar se perguntando qual é a diferença entre cinema e vídeo, audiovisual e multimídia, não é mesmo?

A essa altura, você deve estar se perguntando qual é a diferença entre cinema e vídeo, audiovisual e multimídia, não é mesmo? Pré-Vestibular Social Grupo SOA Suporte à Orientação Acadêmica Ela faz cinema Ela faz cinema Ela é demais (Chico Buarque) CINEMA Chegou o momento de escolher um curso. Diante de tantas carreiras e faculdades

Leia mais

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Escola Municipal de Ensino Fundamental David Canabarro Florianópolis, 3892 Mathias Velho/Canoas Fone: 34561876/emef.davidcanabarro@gmail.com DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Nome: Stefani do Prado Guimarães Ano

Leia mais

Destaque em Que horas ela volta?, Camila Márdila volta ao set

Destaque em Que horas ela volta?, Camila Márdila volta ao set Destaque em Que horas ela volta?, Camila Márdila volta ao set Em 'Altas expectativas', ela vive um romance com Gigante Leo por Josy Fichberg 14/02/2016 7:00 Gigante Leo e Camila Márdila no set de Altas

Leia mais

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES:

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES: Atividades gerais: Verbos irregulares no - ver na página 33 as conjugações dos verbos e completar os quadros com os verbos - fazer o exercício 1 Entrega via e-mail: quarta-feira 8 de julho Verbos irregulares

Leia mais

Guia Curta Fácil 1 Festival Nacional Curta no Celular de Taubaté

Guia Curta Fácil 1 Festival Nacional Curta no Celular de Taubaté 1 Conteúdo TIPOS DE PLANOS... 3 PLANO GERAL... 3 PLANO MÉDIO... 3 PLANO AMERICANO... 4 PRIMEIRO PLANO OU CLOSE-UP... 4 PRIMEIRÍSSIMO PLANO... 4 MOVIMENTOS DE CÂMERA... 5 PANORÂMICAS - PANS... 5 PANORÂMICA

Leia mais

1. ATELIÊ PRODUIRE AU SUD / IMAGEM DOS POVOS DE COPRODUÇÃO CINEMATOGRAFICA internacional

1. ATELIÊ PRODUIRE AU SUD / IMAGEM DOS POVOS DE COPRODUÇÃO CINEMATOGRAFICA internacional 1. ATELIÊ PRODUIRE AU SUD / IMAGEM DOS POVOS DE COPRODUÇÃO CINEMATOGRAFICA internacional Os Workshops do PRODUIRE AU SUD foram criados em 2000 em Nantes, França, dentro do Festival dos 3 Continents a fim

Leia mais

Área - Relações Interpessoais

Área - Relações Interpessoais Área - Relações Interpessoais Eu e os Outros ACTIVIDADE 1 Dar e Receber um Não. Dar e Receber um Sim. Tempo Previsível 60 a 90 m COMO FAZER? 1. Propor ao grupo a realização de situações de role play, em

Leia mais

CINEMA NOSSO. Ação educacional pela democratização e convergência do audiovisual

CINEMA NOSSO. Ação educacional pela democratização e convergência do audiovisual CINEMA NOSSO escola audiovisual Ação educacional pela democratização e convergência do audiovisual Nossa História Em Agosto de 2000, um grupo de duzentos jovens de áreas populares cariocas foi reunido

Leia mais

MULHER SOLTEIRA. Marcos O BILAU

MULHER SOLTEIRA. Marcos O BILAU MULHER SOLTEIRA REFRÃO: Ei, quem tá aí Se tem mulher solteira dá um grito que eu quero ouvir Ei, quem tá aí Se tem mulher solteira dá um grito que eu quero ouvir (Essa música foi feita só prás mulheres

Leia mais

Gtp+ PROGRAMAS E PROJETOS Grupo de Trabalhos em Prevenção Posithivo (GTP+) Fundação em 2000, Recife-PE O Grupo de Trabalhos em Prevenção Posithivo é a única ONG da Região Nordeste do Brasil coordenada

Leia mais

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak Entrevista com Ezequiel Quem é você? Meu nome é Ezequiel, sou natural do Rio de Janeiro, tenho 38 anos, fui

Leia mais

BRINCADEIRA. por. Vinícius Bernardes

BRINCADEIRA. por. Vinícius Bernardes BRINCADEIRA por Vinícius Bernardes baseado na crônica "Brincadeira" de Luís Fernando Veríssimo oliverplentz@gmail.com Copyright (c) 2015 This screenplay may not be used or reproduced without the express

Leia mais

A criança preocupada. Claudia Mascarenhas Fernandes

A criança preocupada. Claudia Mascarenhas Fernandes A criança preocupada Claudia Mascarenhas Fernandes Em sua época Freud se perguntou o que queria uma mulher, devido ao enigma que essa posição subjetiva suscitava. Outras perguntas sempre fizeram da psicanálise

Leia mais

OS 4 PASSOS ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM HIGHSTAKESLIFESTYLE.

OS 4 PASSOS ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM HIGHSTAKESLIFESTYLE. OS 4 PASSOS PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA HIGHSTAKESLIFESTYLE. Hey :) Gabriel Goffi aqui. Criei esse PDF para você que assistiu e gostou do vídeo ter sempre por perto

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL AUGUSTO AIRES DA MATA MACHADO. MATÉRIA: LÍNGUA PORTUGUESA. PROF.: MARCÉLIA ALVES RANULFO ASSUNTO: PRODUÇÃO DE TEXTO.

ESCOLA ESTADUAL AUGUSTO AIRES DA MATA MACHADO. MATÉRIA: LÍNGUA PORTUGUESA. PROF.: MARCÉLIA ALVES RANULFO ASSUNTO: PRODUÇÃO DE TEXTO. PROF.: MARCÉLIA ALVES RANULFO ALUNO: Victor Maykon Oliveira Silva TURMA: 6º ANO A ÁGUA A água é muito importante para nossa vida. Não devemos desperdiçar. Se você soubesse como ela é boa! Mata a sede de

Leia mais

Guia de como elaborar um Projeto de Documentário

Guia de como elaborar um Projeto de Documentário Guia de como elaborar um Projeto de Documentário Prof. Dr. Cássio Tomaim Departamento de Ciências da Comunicação Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)/Cesnors Adaptação: Prof. Claudio Luiz Fernandes

Leia mais

BOLA NA CESTA. Roteiro para curta-metragem de Marcele Linhares

BOLA NA CESTA. Roteiro para curta-metragem de Marcele Linhares BOLA NA CESTA Roteiro para curta-metragem de Marcele Linhares 25/04/2012 SINOPSE Essa é a história de Marlon Almeida. Um adolescente que tem um pai envolvido com a criminalidade. Sua salvação está no esporte.

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

Apoio. Patrocínio Institucional

Apoio. Patrocínio Institucional Patrocínio Institucional Parceria Apoio InfoReggae - Edição 83 Papo Reto com José Junior 12 de junho de 2015 O Grupo AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura

Leia mais

Coisas de pais. partes I e II Língua Portuguesa e Matemática. texto 1. Você pode utilizar o verso de todas as folhas e a última página como rascunho.

Coisas de pais. partes I e II Língua Portuguesa e Matemática. texto 1. Você pode utilizar o verso de todas as folhas e a última página como rascunho. Você pode utilizar o verso de todas as folhas e a última página como rascunho. partes I e II Língua Portuguesa e Matemática texto 1 Coisas de pais Eu estudava em um colégio bom, ele tinha uma ótima localização.

Leia mais

Sinopse. Um filme sobre amor, esperança, perdas e espera.

Sinopse. Um filme sobre amor, esperança, perdas e espera. De Thiago Luciano Apresentação Enquanto Espero é um longa-metragem destinado ao público do mundo mas, especialmente, ao brasileiro, que não conhece a presença do país na Legião Estrangeira. O roteiro é

Leia mais

EXPLORANDO A OBRA (ALUNOS SENTADOS EM CÍRCULO)

EXPLORANDO A OBRA (ALUNOS SENTADOS EM CÍRCULO) Explorando a obra EXPLORANDO A OBRA (ALUNOS SENTADOS EM CÍRCULO) INTRODUÇÃO Antes da leitura Peça para que seus alunos observem a capa por alguns instantes e faça perguntas: Qual é o título desse livro?

Leia mais

Institucional. Realização. Patrocínio. Parceria

Institucional. Realização. Patrocínio. Parceria Relatório Fotográfico Março, Abril e Maio de 2009 Institucional Realização Patrocínio Parceria Introdução Existe uma grande diferença entre as águas do mar e o azul das ondas. A água é concreta, objetiva,

Leia mais

coleção Conversas #19 - fevereiro 2015 - Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #19 - fevereiro 2015 - Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. coleção Conversas #19 - fevereiro 2015 - Eu posso dizer para "NÃO" filho? meu Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS da Editora AfroReggae nasceu

Leia mais

MEU TIO MATOU UM CARA

MEU TIO MATOU UM CARA MEU TIO MATOU UM CARA M eu tio matou um cara. Pelo menos foi isso que ele disse. Eu estava assistindo televisão, um programa idiota em que umas garotas muito gostosas ficavam dançando. O interfone tocou.

Leia mais

Mensagem Pr. Mário. Culto da Família Domingo 06 de abril de 2014

Mensagem Pr. Mário. Culto da Família Domingo 06 de abril de 2014 Mensagem Pr. Mário Culto da Família Domingo 06 de abril de 2014 VOCÊ RECONHECE ESTES SÍMBOLOS? E ESTES SÍMBOLOS? E ESTES? A BÍBLIA TAMBÉM TEM SEUS SÍMBOLOS ANTIGO TESTAMENTO NOVO TESTAMENTO AO LONGO DA

Leia mais

COLÉGIO SHALOM Ensino Fundamental 9º Ano Profº: Clécio Oliveira Língua 65 Portuguesa Aluno (a):. No.

COLÉGIO SHALOM Ensino Fundamental 9º Ano Profº: Clécio Oliveira Língua 65 Portuguesa Aluno (a):. No. COLÉGIO SHALOM Ensino Fundamental 9º Ano Profº: Clécio Oliveira Língua 65 Portuguesa Aluno (a):. No. Trabalho Avaliativo Valor: 30 % Nota: Minhas Férias Eu, minha mãe, meu pai, minha irmã (Su) e meu cachorro

Leia mais

Titulo - VENENO. Ext Capital de São Paulo Noite (Avista-se a cidade de cima, forrada de prédios, algumas luzes ainda acesas).

Titulo - VENENO. Ext Capital de São Paulo Noite (Avista-se a cidade de cima, forrada de prédios, algumas luzes ainda acesas). Titulo - VENENO Ext Capital de São Paulo Noite (Avista-se a cidade de cima, forrada de prédios, algumas luzes ainda acesas). Corta para dentro de um apartamento (O apartamento é bem mobiliado. Estofados

Leia mais

AS TRÊS EXPERIÊNCIAS

AS TRÊS EXPERIÊNCIAS Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSA O 8 Ọ ANO EM 2014 Disciplina: PoRTUGUÊs Prova: desafio nota: Texto para as questões de 1 a 7. AS TRÊS EXPERIÊNCIAS Há três coisas para

Leia mais

Linguagem digital na vizinhança ideal: os limites narrativos de The Sims. Fabiano Andrade Curi

Linguagem digital na vizinhança ideal: os limites narrativos de The Sims. Fabiano Andrade Curi Linguagem digital na vizinhança ideal: os limites narrativos de The Sims Fabiano Andrade Curi A história de The Sims Lançado em fevereiro de 2000, rapidamente se tornou um dos jogos mais vendidos na história

Leia mais

Paiol DIREÇÃO: JOÃO MARCELO GOMES

Paiol DIREÇÃO: JOÃO MARCELO GOMES Paiol DIREÇÃO: JOÃO MARCELO GOMES FICHA TÉCNICA Direção Assistente de Direção Direção de Produção Produção Executiva Assistentes de Produção Roteiro Pesquisa Montagem Direção de Fotografia Trilha Original

Leia mais

UM SOL ALARANJADO. Vemos de cima uma pequena vila de subúrbio com suas casas baixas. Amanhece, e pessoas começam a sair das casas.

UM SOL ALARANJADO. Vemos de cima uma pequena vila de subúrbio com suas casas baixas. Amanhece, e pessoas começam a sair das casas. SEQUÊNCIA 1 - EXTERIOR - DIA VILA UM SOL ALARANJADO Roteiro de Eduardo Valente, a partir de argumento e com a colaboração de Rubio Campos. Vemos de cima uma pequena vila de subúrbio com suas casas baixas.

Leia mais

O mar de Copacabana estava estranhamente calmo, ao contrário

O mar de Copacabana estava estranhamente calmo, ao contrário epílogo O mar de Copacabana estava estranhamente calmo, ao contrário do rebuliço que batia em seu peito. Quase um ano havia se passado. O verão começava novamente hoje, ao pôr do sol, mas Line sabia que,

Leia mais

RELAÇÃO DOS FESTIVAIS INTERNACIONAIS POR CATEGORIA

RELAÇÃO DOS FESTIVAIS INTERNACIONAIS POR CATEGORIA PROGRAMA DE APOIO À PARTICIPAÇÃO DE FILMES BRASILEIROS EM FESTIVAIS INTERNACIONAIS EM 2007 RELAÇÃO DOS FESTIVAIS INTERNACIONAIS POR CATEGORIA Apoio A Concessão de cópia legendada, envio de cópia e passagem

Leia mais

Atividades Pedagógicas. Abril2014

Atividades Pedagógicas. Abril2014 Atividades Pedagógicas Abril2014 III A JOGOS DIVERTIDOS Fizemos dois campeonatos com a Turma da Fazenda, o primeiro com o seguinte trajeto: as crianças precisavam pegar água em um ponto e levar até o outro,

Leia mais

POR QUE O MEU É DIFERENTE DO DELE?

POR QUE O MEU É DIFERENTE DO DELE? POR QUE O MEU É DIFERENTE DO DELE? Rafael chegou em casa um tanto cabisbaixo... Na verdade, estava muito pensativo. No dia anterior tinha ido dormir na casa de Pedro, seu grande amigo, e ficou com a cabeça

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Este projeto se constitui em modelo de distribuição e exibição do filme Sua Vida, Nossa Vida! em municípios do Rio Grande do Sul.

APRESENTAÇÃO. Este projeto se constitui em modelo de distribuição e exibição do filme Sua Vida, Nossa Vida! em municípios do Rio Grande do Sul. APRESENTAÇÃO Este projeto se constitui em modelo de distribuição e exibição do filme Sua Vida, Nossa Vida! em municípios do Rio Grande do Sul. Foi testado no município de Guaporé, em uma parceria da Promotoria

Leia mais

Dicas para investir em Imóveis

Dicas para investir em Imóveis Dicas para investir em Imóveis Aqui exploraremos dicas de como investir quando investir e porque investir em imóveis. Hoje estamos vivendo numa crise política, alta taxa de desemprego, dólar nas alturas,

Leia mais

www.thesimstv.net Não foi fácil chegar ao topo. Mas ela irá mostrar como.

www.thesimstv.net Não foi fácil chegar ao topo. Mas ela irá mostrar como. Não foi fácil chegar ao topo. Mas ela irá mostrar como. Querido Diário, hoje começo uma nova vida. Nem acredito, parece que foi ontem que entrei pela primeira vez naquele karaokê... Minha vida mudou completamente

Leia mais

JANEIRO DE 2013,SEXTA FEIRA DIA 11. escrito por: Antפnio Carlos Calixto. Filho. Personagens: Dana de. Oliveira uma moça. simples ingênua morena

JANEIRO DE 2013,SEXTA FEIRA DIA 11. escrito por: Antפnio Carlos Calixto. Filho. Personagens: Dana de. Oliveira uma moça. simples ingênua morena OSUTERBOS DE 2013,SEXTA FEIRA DIA 11. JANEIRO escrito por: Antפnio Carlos Calixto Filho Personagens: Dana de Oliveira uma moça simples ingênua morena olhos pretos como jabuticaba,1.70a,sarad a cabelos

Leia mais

PERSONAGENS DESTE CAPÍTULO.

PERSONAGENS DESTE CAPÍTULO. Roteiro de Telenovela Brasileira Central de Produção CAPÍTULO 007 O BEM OU O MAL? Uma novela de MHS. PERSONAGENS DESTE CAPÍTULO. AGENOR ALBERTO FERNANDO GABRIELE JORGE MARIA CLARA MARIA CAMILLA MARÍLIA

Leia mais

Um na Estrada Caio Riter

Um na Estrada Caio Riter Um na Estrada Caio Riter PROJETO DE LEITURA 1 O autor Caio Riter nasceu em 24 de dezembro, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. É bacharel em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Pontifícia

Leia mais

HERÓIS SEM ROSTOS - A Saga do Imigrante para os EUA Autor: Dirma Fontanezzi - dirma28@hotmail.com

HERÓIS SEM ROSTOS - A Saga do Imigrante para os EUA Autor: Dirma Fontanezzi - dirma28@hotmail.com HERÓIS SEM ROSTOS - A Saga do Imigrante para os EUA Autor: Dirma Fontanezzi - dirma28@hotmail.com TRECHO: A VOLTA POR CIMA Após me formar aos vinte e seis anos de idade em engenharia civil, e já com uma

Leia mais

Carnaval 2014. A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível

Carnaval 2014. A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível Carnaval 2014 A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível Nesta noite vamos fazer uma viagem! Vamos voltar a um tempo que nos fez e ainda nos faz feliz, porque afinal como

Leia mais

PRIMEIRA LINGUAGEM DE AMOR: PALAVRAS DE ENCORAJAMENTO

PRIMEIRA LINGUAGEM DE AMOR: PALAVRAS DE ENCORAJAMENTO 50 Nona Lição AS CINCO LINGUAGENS DE AMOR Alguma coisa em nossa natureza clama por sermos amados. No âmago da nossa existência há o íntimo desejo se sermos amados. O casamento foi idealizado para suprir

Leia mais

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão.

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO Código Entrevista: 2 Data: 18/10/2010 Hora: 16h00 Duração: 23:43 Local: Casa de Santa Isabel DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS Idade

Leia mais

O porco é fisicamente incapaz de olhar o céu. ( 7 )

O porco é fisicamente incapaz de olhar o céu. ( 7 ) O porco é fisicamente incapaz de olhar o céu. Isso o Ricardo me disse quando a gente estava voltando do enterro do tio Ivan no carro da mãe, que dirigia de óculos escuros apesar de não fazer sol. Eu tinha

Leia mais

CINE TEXTOS A OUTRA MARGEM

CINE TEXTOS A OUTRA MARGEM 1 CINE TEXTOS ```````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````` Informação reunida e trabalhada para apoio à exibição

Leia mais

O LAVA JATO MACABRO. Por JULIANO FIGUEIREDO DA SILVA

O LAVA JATO MACABRO. Por JULIANO FIGUEIREDO DA SILVA O LAVA JATO MACABRO Por JULIANO FIGUEIREDO DA SILVA Rua alameda dom Pedro II n 718 Venda da cruz São Gonçalo. e-mail:jfigueiredo759@gmail.com TEL: (21)92303033 EXT.LAGE DA CASA.DIA Renam está sentado na

Leia mais

UM CAMINHO DE UMA PRODUÇÃO AUDIOVISUAL

UM CAMINHO DE UMA PRODUÇÃO AUDIOVISUAL UM CAMINHO DE UMA PRODUÇÃO AUDIOVISUAL Existem infinitas maneiras de organizar, produzir e finalizar uma obra audiovisual. Cada pessoa ou produtora trabalha da sua maneira a partir de diversos fatores:

Leia mais

A ABDUZIDA. CELIORHEIS Página 1

A ABDUZIDA. CELIORHEIS Página 1 CELIORHEIS Página 1 A Abduzida um romance que pretende trazer algumas mensagens Mensagens estas que estarão ora explícitas ora implícitas, dependendo da ótica do leitor e do contexto em que ela se apresentar.

Leia mais