Aplic. distribuídas e protocolos da camada de aplic.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Aplic. distribuídas e protocolos da camada de aplic."

Transcrição

1 Camada de Aplicação Características dos protocolos da camada de aplicação modelos de serviço (cliente/servidor; P2P) Requisitos sobre os serviços de transporte Protocolos comuns: HTTP ( Hypertext Transfer Protocol ) DNS ( Domain Name System protocol ) FTP ( File Transfer Protocol ) SMTP ( Simple Mail Transfer Protocol ) Partilha de ficheiros ( Peer-to-Peer P2P file sharing ) 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I 2.1 Aplic. distribuídas e protocolos da camada de aplic. Aplicações distribuídas programas que se executam nos computadores da rede necessitam trocar mensagens através da rede para fornecerem o resultado para que foram desenhadas e.g., , WWW, tranferência de ficheiros Protocolos da camada de aplicação são partes integrantes de uma aplicação distribuída definem as mensagens a trocar e as acções que resultam dessas mensagens usam serviços de comunicação fornecidos pelas entidades das camadas de protocolo inferiores application transport network data link physical application transport network data link physical application transport network data link physical 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I 2.2 1

2 Aplicações distribuídas: definição de termos Um processo é um programa que se executa num único computador. No mesmo computador, dois processos comunicam usando ferramentas do sistema operativo ( interprocess communication ). Processos que se executam em diferentes computadores comunicam através de um protocolo da camada de aplicação. Um e de utilizador ( ) é uma interface entre um utilizador e uma aplicação distribuída. WWW: browser leitor de correio audio/video: media player 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I 2.3 Modelos de serviço: Cliente/Servidor Cliente: inicia o contacto com o servidor tipicamente é o cliente que faz um pedido de serviço Servidor: tipicamente encontra-se à espera de pedidos de serviços que satisfaz quando requisitados pelo cliente application transport network data link physical request reply A maior parte das aplicações distribuidas existentes funcionam segundo o modelo cliente/servidor application transport network data link physical 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I 2.4 2

3 Modelos de serviço: P2P ( Peer-to-Peer ) Servidores não necessariamente sempre activos Sistemas terminais arbitrários podem comunicar directamente Sistemas pares têm ligações intermitentes e mudam de endereço Exemplo: Gnutella 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I 2.5 Camada de Aplicação Características dos protocolos da camada de aplicação modelos de serviço (cliente/servidor; P2P) Requisitos sobre os serviços de transporte Protocolos comuns: HTTP ( Hypertext Transfer Protocol ) FTP ( File Transfer Protocol ) SMTP ( Simple Mail Transfer Protocol ) DNS ( Domain Name System protocol ) Partilha de ficheiros ( Peer-to-Peer P2P file sharing ) 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I 2.6 3

4 Requisitos sobre os serviços de transporte Perdas algumas aplicações (e.g., audio) toleram perdas de informação outras aplicações (e.g., telnet ) exigem fiabilidade total Largura de banda algumas aplicações (e.g., multimedia) exigem uma banda mínima para funcionar correctamente outras aplicações ( elastic apps ) conseguem usar a banda disponível em cada instante Timing algumas aplicações (e.g., telefone, jogos interactivos) exigem um pequeno atraso extremo a extremo aproximadamente constante durante a sua execução 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I 2.7 Requisitos sobre os serviços de transporte Aplicação Perdas Banda Time Sensitive transf. de ficheiros documentos WWW audio/vídeo tempo real audio/vídeo gravado jogos interactivos aplic. financeiras intolerante intolerante intolerante tolerante tolerante tolerante intolerante elástica elástica elástica audio: 5Kb-1Mb vídeo:10kb-5mb audio: 5Kb-1Mb vídeo:10kb-5mb > 10Kb elástica não não não 100 mseg alguns seg 100 mseg º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I 2.8 4

5 Aplicações, protocolos de aplicação e transporte Aplicação acesso remoto WWW transf. de ficheiros multimedia servidor de ficheiros telefone Prot. da camada de aplicação smtp [RFC 2821] telnet [RFC 854] http [RFC 2616] ftp [RFC 959] proprietários (e.g. RealNetworks) NFS proprietários (e.g., Vocaltec) Prot. da camada de transporte TCP TCP TCP TCP TCP or UDP TCP or UDP tipicamente UDP 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I 2.9 Camada de Aplicação Características dos protocolos da camada de aplicação modelos de serviço (cliente/servidor; P2P) Requisitos sobre os serviços de transporte Protocolos comuns: HTTP ( Hypertext Transfer Protocol ) DNS ( Domain Name System protocol ) FTP ( File Transfer Protocol ) SMTP ( Simple Mail Transfer Protocol ) Partilha de ficheiros ( Peer-to-Peer P2P file sharing ) 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I

6 WWW: algumas designações Web page : é constituida por objectos ; em geral, uma página HTML que referencia outros objectos endereçada por um URL Um URL tem duas componentes: host name e path name : O e de utilizador WWW chama-se browser : MS Internet Explorer Netscape Communicator O servidor Web chama-se Web : Apache MS Internet Information Server A aplicação World Wide Web foi introduzida por Berners-Lee em º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I 2.11 O protocolo HTTP http: hypertext transfer protocol Protocolo da camada de aplicação modelo cliente/servidor cliente: browser que pede, recebe e apresenta objectos servidor: Web que envia objectos em resposta aos pedidos do cliente http1.0: RFC 1945 http1.1: RFC 2616 PC running Explorer http request http response http request http response Server running NCSA Web Mac running Navigator 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I

7 O protocolo HTTP Não tem memória O servidor não mantém informação sobre os pedidos anteriores do cliente Usa o serviço de transporte TCP o cliente inicia uma ligação TCP (cria um socket ) com o servidor no porto 80 o servidor aceita ligações TCP do cliente trocam-se mensagens http (mensagens do protocolo da camada de aplicação) entre o browser (cliente http) e o Web (servidor http) a ligação TCP é encerrada 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I 2.13 Exemplo HTTP URL: 1a. http client initiates TCP connection to http (process) at Port 80 is default for http. (contains text, references to 10 jpeg images) 1b. http at host waiting for TCP connection at port 80. accepts connection, notifying client 2. http client sends http request message (containing URL) into TCP connection socket 3. http receives request message, forms response message containing requested object (somedepartment/home.index), sends message into socket time 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I

8 Exemplo HTTP (cont.) 4. http closes TCP connection. time 5. http client receives response message containing html file, displays html. Parsing html file, finds 10 referenced jpeg objects 6. Steps 1-5 repeated for each of 10 jpeg objects 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I 2.15 Ligações persistentes e não persistentes Não persistentes HTTP/1.0 o servidor interpreta o pedido, responde e fecha a ligação TCP 2 RTTs para obter cada objecto; no entanto, na maior parte dos casos, usam-se várias ligações TCP em paralelo Cada transferência é sujeita ao período slow start do TCP Persistentes HTTP/1.1 (por omissão) na mesma ligação TCP o servidor pode responder a vários pedidos o cliente envia pedidos para todos os objectos referenciados na mesma página de base. 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I

9 Formato da mensagem http Dois tipos de mensagens http: request, response (ASCII) request request line (GET, POST, HEAD commands) header lines GET /somedir/page.html HTTP/1.0 User-: Mozilla/4.0 Accept: text/html, image/gif,image/jpeg Accept-language:fr (extra carriage return, line feed) Carriage return line feed indicates end of message 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I 2.17 Formato da mensagem http: request 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I

10 Formato da mensagem http response status line (protocol status code status phrase) data, e.g., requested html file header lines HTTP/ OK Date: Thu, 06 Aug :00:15 GMT Server: Apache/1.3.0 (Unix) Last-Modified: Mon, 22 Jun Content-Length: 6821 Content-Type: text/html data data data data data... 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I 2.19 Interacção utilizador/servidor: autenticação client Objectivo: controlo de acesso aos documentos no servidor stateless : O cliente tem de apresentar autorização em cada pedido autorização: tipicamente name e password numa linha do cabeçalho de um pedido o browser memoriza normalmente o conjunto name e password para evitar perguntar ao seu utilizador em cada pedido usual http request msg 401: authorization req. WWW authenticate: usual http request msg + Authorization:line usual http response msg usual http request msg + Authorization:line usual http response msg time 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I

11 Interacção utilizador/servidor: cookies O servidor envia um cookie ao cliente na mensagem response Set-cookie: o cliente apresenta o cookie em futuras mensagens request cookie: o servidor valida o cookie autenticação preferências do utilizador client usual http request msg usual http response + Set-cookie: # usual http request msg cookie: # usual http response msg usual http request msg cookie: # usual http response msg cookiespecific action cookiespecific action 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I 2.21 Interacção utilizador/servidor: GET condicional Objectivo: evitar a transmissão de um objecto que existe memorizado no cliente cliente: especifica a data da cópia que possui na mensagem request If-modified-since: <date> servidor: a resposta não inclui o objecto se o cliente o tem actualizado: HTTP/ Not Modified client http request msg If-modified-since: <date> http response HTTP/ Not Modified http request msg If-modified-since: <date> http response HTTP/ OK <data> object not modified object modified 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I

12 Web Caches (proxy ) Objectivo: satisfazer o pedido de um cliente sem envolver o servidor origem O utilizador instrói o browser para aceder via web cache todos os pedidos http são enviados à web cache se o objecto existe na web cache o pedido é imediatamente satisfeito caso contrário a web cache consulta o servidor origem, memoriza o objecto (para futura utilização) e responde ao pedido do cliente. client client http request http response http request http response Proxy http request http response http request http response origin origin 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I 2.23 Camada de Aplicação Características dos protocolos da camada de aplicação modelos de serviço (cliente/servidor; P2P) Requisitos sobre os serviços de transporte Protocolos comuns: HTTP ( Hypertext Transfer Protocol ) DNS ( Domain Name System protocol ) FTP ( File Transfer Protocol ) SMTP ( Simple Mail Transfer Protocol ) Partilha de ficheiros ( Peer-to-Peer P2P file sharing ) 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I

13 DNS ( Domain Name System ) Motivação as máquinas ligadas à Internet têm um nome, e.g., mega.ist.utl.pt, mas para lhe enviar pacotes é necessário conhecer o endereço IP não é razoável colocar num único ponto o mapeamento nome/endereço IP (falhas, volume de tráfego, distância, manutenção) Solução Muitos servidores de nomes ( name s ), com informação parcial, organizados de forma hierárquica, que colaboram, em cada caso, para a tradução nome/endereço através de um protocolo de comunicação da camada de aplicação (protocolo DNS). Outros serviços: Para além da tradução nome/endereço IP a aplicação presta ainda serviços de host aliasing, mail aliasing, e distribuição de carga 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I 2.25 Tipos de servidores de nomes Servidores de nomes locais Cada máquina, para conhecer um mapeamento nome/endereço começa por interrogar o seu servidor local. Em geral, cada ISP tem um servidor de nomes local Servidores de nomes authoritative Cada máquina tem um servidor de nomes onde a tradução nome/endereço está armazenada obrigatoriamente Servidores de nomes raiz ( root ) Quando um servidor de nomes local não consegue resolver um pedido interroga um dos root s. 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I

14 Servidores Root a Verisign, Dulles, VA c Cogent, Herndon, VA (also Los Angeles) d U Maryland College Park, MD g US DoD Vienna, VA h ARL Aberdeen, MD j Verisign, ( 11 locations) k RIPE London (also Amsterdam, Frankfurt) i Autonomica, Stockholm (plus 3 other locations) e NASA Mt View, CA f Internet Software C. Palo Alto, CA (and 17 other locations) m WIDE Tokyo b USC-ISI Marina del Rey, CA l ICANN Los Angeles, CA 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I 2.27 Exemplo A máquina surf.eurecom.fr pretende o endereço IP de gaia.cs.umass.edu 1. Contacta o seu servidor de nomes local, dns.eurecom.fr 2. Se for necessário, dns.eurecom.fr contacta um servidor de nomes raiz 3. Se for necessário o servidor de nomes raiz contacta o servidor de nomes authoritative dns.umass.edu local name dns.eurecom.fr surf.eurecom.fr root name authoritative name dns.umass.edu gaia.cs.umass.edu 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I

15 Exemplo root name O servidor de nomes raiz pode não conhecer o endereço do servidor authoritative, mas de um servidor intermédio Procedimento recursivo local name dns.eurecom.fr 1 8 requesting host surf.eurecom.fr intermediate name dns.umass.edu 4 5 authoritative name dns.cs.umass.edu gaia.cs.umass.edu 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I 2.29 Exemplo root DNS Cada servidor de nomes pode apenas fornecer o endereço do próximo servidor TLD DNS 5 Procedimento iterativo local DNS dns.poly.edu 1 8 requesting host cis.poly.edu 7 6 authoritative DNS dns.cs.umass.edu gaia.cs.umass.edu 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I

16 Registos DNS DNS: base de dados distribuida que armazena Resource Records (RR) RR format: (name, value, type,ttl) Type=A name - hostname value - endereço IP Type=NS name - domain (e.g. foo.com) value - endereço IP do servidor de nomes authoritative deste domain Type=CNAME name - nome alternativo para uma dada máquina value - nome real da máquina Type=MX value - nome da máquina servidora de mail associada com name Ex.: Suponha que cria um novo domínio, xxx.com. Os registos a inserir são: (xxx.com, dns.xxx.com, NS) (dns.xxx.com, , A) 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I 2.31 Protocolo DNS Protocolo que usa o serviço de transporte não fiável UDP; porto 53 Os servidores de nomes funcionam, em geral, como cliente e servidor As mensagens pergunta e resposta têm o mesmo formato: 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I

17 Camada de Aplicação Características dos protocolos da camada de aplicação modelos de serviço (cliente/servidor; P2P) Requisitos sobre os serviços de transporte Protocolos comuns: HTTP ( Hypertext Transfer Protocol ) DNS ( Domain Name System protocol ) FTP ( File Transfer Protocol ) SMTP ( Simple Mail Transfer Protocol ) Partilha de ficheiros ( Peer-to-Peer P2P file sharing ) 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I 2.33 Transferência de ficheiros - FTP at host FTP interface FTP client local file system file transfer FTP remote file system Transferência de ficheiros de/para um computador remoto Modelo cliente/servidor cliente: inicia a transferência servidor: computador remoto Servidor ftp: porto 21 RFC 959 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I

18 Separação das ligações de dados e de controlo O cliente FTP contacta o servidor FTP especificando o protocolo de transporte TCP e o porto 21. São criadas ligações TCP em paralelo: controlo: troca de comandos e respostas entre o cliente e o servidor - out of band control dados: transferência de dados (ficheiros) entre o cliente e o servidor. Uma ligação TCP por cada ficheiro a enviar. O servidor FTP mantém o estado em cada sesssão: identificação do utilizador, directoria actual. FTP client TCP control connection port 21 TCP data connection port 20 FTP 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I 2.35 Comandos e respostas Comandos: enviados em texto ASCII através do canal de controlo Exemplos: USER name PASS password LIST (envia a lista de ficheiros da directoria actual) RETR filename (o servidor envia o ficheiro para o cliente) STOR filename (o cliente envia o ficheiro para o servidor que o armazena) Respostas Constituídos por um número e uma frase (como no HTTP) Exemplos: 331 Username OK, password required 125 data connection already open; transfer starting 425 Can t open data connection 452 Error writing file 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I

19 Camada de Aplicação Características dos protocolos da camada de aplicação modelos de serviço (cliente/servidor; P2P) Requisitos sobre os serviços de transporte Protocolos comuns: HTTP ( Hypertext Transfer Protocol ) DNS ( Domain Name System protocol ) FTP ( File Transfer Protocol ) SMTP ( Simple Mail Transfer Protocol ) Partilha de ficheiros ( Peer-to-Peer P2P file sharing ) 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I 2.37 Correio Electrónico Componentes principais: es de utilizador servidores de correio o protocolo SMTP Simple Mail Transfer Protocol Agente de Utilizador Interface para compor, modificar e ler mensagens de correio electrónico Mensagens que chegam ou que vão ser enviadas são armazenadas no servidor Exemplos: Eudora, Outlook, elm, Netscape Messenger mail SMTP mail SMTP SMTP outgoing message queue mail mailbox 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I

20 Servidor de correio electrónico Componentes Caixa do correio ( Mailbox ) que contém as mensagens do utilizador ainda não lidas Fila de mensagens de saída para as que ainda não foram enviadas Implementação do protocolo SMTP para comunicação entre servidores: cliente: aquele que envia mensagens servidor: aquele que recebe mail SMTP mail SMTP SMTP mail 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I 2.39 SMTP ( Simple Mail Transfer Protocol ) Usa o protolo de transporte TCP para transferência fiável de mensagens de correio Modelo cliente/servidor; ao servidor corresponde o porto 25 Transferência directa entre emissor e receptor Três fases na comunicação entre cliente e servidor apresentação ( handshaking ) transferência de mensagens fecho Interacção na forma de comando - resposta comando: texto ASCII resposta: código e frase (como nos protocolos anteriores) As mensagens têm de ser formadas em 7-bit ASCII RFC º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I

21 Exemplo de interacção SMTP S: 220 hamburger.edu C: HELO crepes.fr S: 250 Hello crepes.fr, pleased to meet you C: MAIL FROM: S: 250 Sender ok C: RCPT TO: S: 250 Recipient ok C: DATA S: 354 Enter mail, end with "." on a line by itself C: Estas bem por ai? C: Confirmo a minha chegada ai no Sabado. Um abraco. C:. S: 250 Message accepted for delivery C: QUIT S: 221 hamburger.edu closing connection 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I 2.41 Comparação SMTP/HTTP HTTP a informação é puxada pelo cliente cada objecto é encapsulado numa mensagem de resposta SMTP a informação (mensagens) é empurrada pelo cliente múltiplos objectos podem constituir uma única mensagem de correio usa CRLF.CRLF para identificar o fim da mensagem e portanto esta sequência não pode aparecer no texto Ambos usam interacção na forma de comando/resposta em ASCII 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I

22 Formato das mensagens O protocolo SMTP não define o formato das mensagens As mensagens de texto são normalizadas pelo RFC 822: Cabeçalho, To: From: Subject: Corpo da mensagem apenas caracteres ASCII header body Linha em branco 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I 2.43 Formato das mensagens: extensões MIME: Multipurpose Internet Mail Extensions, RFC 2045, 2046 MIME version method used to encode data multimedia data type, subtype, parameter declaration encoded data From: To: Subject: Picture of yummy crepe. MIME-Version: 1.0 Content-Transfer-Encoding: base64 Content-Type: image/jpeg base64 encoded data base64 encoded data 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I

23 Tipos MIME Tipo/subtipo Text exemplos de subtipos: plain, html Video exemplos de subtipos : mpeg, quicktime Image exemplos de subtipos : jpeg, gif Audio exemplos de subtipos : basic (8- bit mu-law), 32kadpcm Application dados que têm de ser processados por uma aplicação exemplos de subtipos : msword, octet-stream 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I 2.45 Formato das mensagens: tipo multipart From: To: Subject: Picture of yummy crepe. MIME-Version: 1.0 Content-Type: multipart/mixed; boundary= Content-Transfer-Encoding: quoted-printable Content-Type: text/plain Dear Bob, Please find a picture of a crepe Content-Transfer-Encoding: base64 Content-Type: image/jpeg base64 encoded data base64 encoded data º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I

24 Protocolos de acesso SMTP SMTP POP3 or IMAP or HTTP sender s mail receiver s mail SMTP: usado para enviar/armazenar mensagens para os servidores Protocolos de acesso: usados para receber/ler mensagens presentes nos servidores POP: Post Office Protocol [RFC 1939] autorização (e <-->servidor) e transferência IMAP: Internet Mail Access Protocol [RFC 2060] manipulação de mensagens no servidor HTTP: manipulação de mensagens no servidor; e.g., Hotmail, Yahoo! 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I 2.47 Post Office Protocol v.3 (POP3) Fase de autorização comandos do cliente: : name pass: password respostas do servidor +OK -ERR Fase de transacção, cliente: list: mostra o nº das mens. retr: transfere a mens. pelo nº dele: apaga quit S: +OK POP3 ready C: alice S: +OK C: pass hungry S: +OK successfully logged on C: list S: S: S:. C: retr 1 S: <message 1 contents> S:. C: dele 1 C: retr 2 S: <message 1 contents> S:. C: dele 2 C: quit S: +OK POP3 signing off 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I

25 Camada de Aplicação Características dos protocolos da camada de aplicação modelos de serviço (cliente/servidor; P2P) Requisitos sobre os serviços de transporte Protocolos comuns: HTTP ( Hypertext Transfer Protocol ) DNS ( Domain Name System protocol ) FTP ( File Transfer Protocol ) SMTP ( Simple Mail Transfer Protocol ) Partilha de ficheiros ( Peer-to-Peer P2P file sharing ) 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I 2.49 Peer-to-Peer File Sharing Pesquisa em Directório Centralizado (e.g., NAPSTER) Registo Registo Pedido Registo Transferência de dados 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I

26 Peer-to-Peer File Sharing Pesquisa sem Directório (e.g., GNUTELLA) Query QueryHit Query QueryHit Query QueryHit Query Query 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I 2.51 Peer-to-Peer File Sharing Pesquisa em Directório Distribuído (e.g., KAZAA) Ordinary peer Group-leader peer 1º Semestre 2005/2006 Redes de Computadores I

Capítulo 2: Camada de Aplicação

Capítulo 2: Camada de Aplicação Capítulo 2: Camada de Aplicação Nossos objetivos: conceitual, aspectos de implementação de protocolos de aplicação para redes paradigma clienteservidor modelos de serviço aprenda sobre protocolos examinando

Leia mais

7 ). ( ) *! +, # $ % & ' ! " o modelos de serviço da camada de transporte o paradigma clienteservidor. o paradigma P2P , 5 6 ' 6 +) 8 - :

7 ). ( ) *! +, # $ % & ' !  o modelos de serviço da camada de transporte o paradigma clienteservidor. o paradigma P2P , 5 6 ' 6 +) 8 - : o modelos de serviço da camada de transporte o paradigma clienteservidor o paradigma P2P o HTTP o FTP o SMTP / POP3 / IMAP o DNS " # & ( -..( - /012 3. (. (. 6 6 7. o Transferência de arquivos é P2P o

Leia mais

Camada de aplicação. Camada de aplicação

Camada de aplicação. Camada de aplicação Camada de aplicação Camada de aplicação Nossos objetivos: Conceitual, aspectos de implementação de protocolos de aplicação de redes Modelos de serviço da camada de transporte Paradigma cliente-servidor

Leia mais

FTP: protocolo de transferência de arquivos

FTP: protocolo de transferência de arquivos FTP: protocolo de transferência de arquivos no hospedeiro interface cliente de FTP FTP sistema de arquivo local transf. de arquivos servidor FTP sistema de arquivo remoto transfere arquivo de/para hospedeiro

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES. Prof. Evandro Cantú

REDES DE COMPUTADORES. Prof. Evandro Cantú REDES DE COMPUTADORES Prof. Evandro Cantú Prof. Evandro Cantú, evandro.cantu@ifpr.edu.br Slides adaptados de J. Kurose & K. Ross 2 Curso de Capacitação Intelbras Redes Computadores Maio 2007 Camada de

Leia mais

Transferência de arquivos (FTP)

Transferência de arquivos (FTP) Transferência de arquivos (FTP) Protocolo de transferência de arquivos (File Transfer Protocol) Descrito na RFC 959 Usa o TCP, a porta 21 (conexão de controle) e a porta 20 (conexão de dados) Em uma mesma

Leia mais

Correio Eletrônico e os protocolos SMTP, POP3 e IMAP

Correio Eletrônico e os protocolos SMTP, POP3 e IMAP Correio Eletrônico e os protocolos, POP3 e IMAP Thiago Cunha Pinto Correio eletrônico Três componentes principais: s do servidores de Simple Mail Transfer Protocol: Agente do também chamado leitor de redigir,

Leia mais

FPROT HTTP(s), FTP, DHCP, SQUID e SAMBA. Aula 1 SENAC TI Fernando Costa

FPROT HTTP(s), FTP, DHCP, SQUID e SAMBA. Aula 1 SENAC TI Fernando Costa FPROT HTTP(s), FTP, DHCP, SQUID e SAMBA Aula 1 SENAC TI Fernando Costa Camada de Aplicação Objetivos: aspectos conceituais dos protocolos de aplicação em redes modelos de serviço da camada de transporte

Leia mais

Camada de Aplicação. Prof. Tiago Semprebom. tisemp@sj.cefetsc.edu.br www.sj.cefetsc.edu.br/~tisemp. 2: Camada de aplicação 1

Camada de Aplicação. Prof. Tiago Semprebom. tisemp@sj.cefetsc.edu.br www.sj.cefetsc.edu.br/~tisemp. 2: Camada de aplicação 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CAMPUS SÃO JOSÉ SANTA CATARINA Camada de Aplicação Prof. Tiago Semprebom tisemp@sj.cefetsc.edu.br

Leia mais

2Arquitetura cliente-servidor

2Arquitetura cliente-servidor Redes de computadores e a Internet Capítulo Camada de aplicação Nossos objetivos: Conceitual, aspectos de implementação de protocolos de aplicação de redes Paradigma cliente-servidor Paradigma peer-to-peer

Leia mais

Camada de aplicação. Aplicações em rede

Camada de aplicação. Aplicações em rede Camada de aplicação Conceitos, implementação de protocolos da camada de aplicação Paradigma cliente-servidor Modelos de serviço Protocolos da camada de aplicação HTTP FTP SMTP, POP DNS Programação de protocolos

Leia mais

Camada de aplicação Conceitos, implementação de protocolos da camada de aplicação

Camada de aplicação Conceitos, implementação de protocolos da camada de aplicação Camada de aplicação Conceitos, implementação de protocolos da camada de aplicação Paradigma cliente-servidor Modelos de serviço Protocolos da camada de aplicação HTTP FTP SMTP, POP DNS CDN P2P Programação

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Sockets, FTP, Correio Eletrônico, P2P Prof. Jó Ueyama Março/2014 1 Capítulo 2.7 e 2.8 - Camada de Aplicação Programação de sockets 2 Programação de Sockets Objetivo: Socket: aprender

Leia mais

INTRODUÇÃO ÀS REDES DE COMPUTADORES

INTRODUÇÃO ÀS REDES DE COMPUTADORES INTRODUÇÃO ÀS REDES DE COMPUTADORES CAMADA DE APLICAÇÃO Teresa Vazão 2 INTRODUÇÃO Internet para todos.. 1979 Tim Burners Lee (invesngador do CERN): Inventor do conceito de navegação por hyper- texto 25

Leia mais

Redes de Computadores I

Redes de Computadores I UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Redes de Computadores I Nível de Aplicação ( & ) Prof. Helcio Wagner da Silva. p.1/27

Leia mais

Camada de Aplicação!

Camada de Aplicação! !! Camada de Aplicação! Camada de aplicação 2.1 Princípios de aplicações de rede 2.2 Web e HTTP 2.3 FTP 2.4 Correio electrônico SMTP, POP3, IMAP 2.5 DNS 2-1 Algumas aplicações de rede E-mail Web Mensagem

Leia mais

Camada de Aplicação. Prof. Arliones Hoeller. arliones.hoeller@ifsc.edu.br. 14 de fevereiro de 2014

Camada de Aplicação. Prof. Arliones Hoeller. arliones.hoeller@ifsc.edu.br. 14 de fevereiro de 2014 Camada de Aplicação arliones.hoeller@ifsc.edu.br fevereiro de 2014 1 Camada de aplicação 2.1 Princípios de aplicações de rede 2.2 Web e HTTP 2.3 FTP 2.4 Correio electrônico SMTP, POP3, IMAP 2.5 DNS 2.6

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Camada de Aplicação 1 Camada de Aplicação Nossos objetivos: aspectos conceituais e de implementação de protocolos de aplicação em redes paradigma cliente modelos de serviço aprender

Leia mais

Servidor de E-mails e Protocolo SMTP. Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviços de Redes

Servidor de E-mails e Protocolo SMTP. Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviços de Redes Campus Cachoeiro Curso Técnico em Informática Servidor de E-mails e Protocolo SMTP Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviços de Redes Definições Servidor de Mensagens Um servidor de

Leia mais

Aula 6 Camada de Aplicação Sistema de correio eletrônico e DNS

Aula 6 Camada de Aplicação Sistema de correio eletrônico e DNS Departamento de Ciência da Computação Instituto de Computação Universidade Federal Fluminense Aula 6 Camada de Aplicação Sistema de correio eletrônico e DNS Igor Monteiro Moraes Redes de Computadores I

Leia mais

Redes de Computadores (RCOMP 2014/2015)

Redes de Computadores (RCOMP 2014/2015) Redes de Computadores (RCOMP 2014/2015) Correio eletrónico. Protocolos SMTP, POP3 e IMAP. Formato MIME 1 Correio eletrónico O objectivo do correio eletrónico é o envio de mensagens off-line (não interactivo)

Leia mais

Redes TCP/IP. Prof. M.Sc. Alexandre Fraga de Araújo. alexandref@ifes.edu.br. INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Campus Cachoeiro de Itapemirim

Redes TCP/IP. Prof. M.Sc. Alexandre Fraga de Araújo. alexandref@ifes.edu.br. INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Campus Cachoeiro de Itapemirim Redes TCP/IP alexandref@ifes.edu.br Camada de Aplicação 2 Camada de Aplicação Algumas aplicações de rede E-mail Web Mensagem instantânea Login remoto P2P file sharing Jogos de rede multiusuário Telefonia

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Parte II: Camada de Aplicação Março, 2012 Professor: Reinaldo Gomes reinaldo@dsc.ufcg.edu.br Camada de aplicação 2.1 Princípios de aplicações em rede de computadores 2.2 Web e HTTP

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Parte II: Camada de Aplicação 2.1 Princípios de aplicações em rede de computadores 2.2 Web e HTTP 2.3 FTP 2.4 Correio electrônico SMTP, POP3, IMAP 2.5 DNS 2.6 Compartilhamento de

Leia mais

REC- Redes de Computadores. Capítulo 5 Camada de Aplicação

REC- Redes de Computadores. Capítulo 5 Camada de Aplicação REC- Redes de Computadores Capítulo 5 Camada de Aplicação Capítulo 5: Camada de aplicação Princípios de aplicações de rede A Web e o HTTP FTP Correio eletrônico SMTP, POP3, IMAP DNS Programação de sockets

Leia mais

Camada de Aplicação. Protocolos. Tópicos & Objetivos 16/01/13

Camada de Aplicação. Protocolos. Tópicos & Objetivos 16/01/13 Camada de Aplicação Protocolos Mário Meireles Teixeira. UFMA-DEINF Tópicos & Objetivos Objetivos principais: conceitual, aspectos de implementação de protocolos de aplicação para redes paradigma clienteservidor

Leia mais

Redes de computadores e a Internet. Capítulo2. Camada de aplicação

Redes de computadores e a Internet. Capítulo2. Camada de aplicação Redes de computadores e a Internet Capítulo Camada de aplicação Camada de aplicação.1 Princípios de aplicações de rede. Web e HTTP.3 FTP.4 Correio eletrônico SMTP, POP3, IMAP.5 DNS Pilha de protocolos

Leia mais

HYPERTEXT TRANSFER PROTOCOL

HYPERTEXT TRANSFER PROTOCOL REDES DE COMPUTADORES Prof. Esp. Fabiano Taguchi http://fabianotaguchi.wordpress.com fabianotaguchi@gmail.com HYPERTEXT TRANSFER PROTOCOL 1 HTTP Uma página WWW é composta de objetos e endereçado por uma

Leia mais

Capítulo 2 Camada de aplicação

Capítulo 2 Camada de aplicação Capítulo 2 Camada de aplicação Nota sobre o uso destes slides ppt: Estamos disponibilizando estes slides gratuitamente a todos (professores, alunos, leitores). Eles estão em formato do PowerPoint para

Leia mais

Sistemas Distribuídos. Professora: Ana Paula Couto DCC 064

Sistemas Distribuídos. Professora: Ana Paula Couto DCC 064 Sistemas Distribuídos Professora: Ana Paula Couto DCC 064 Nomeação Estruturada, Nomeação Baseada em Atributo Capítulo 5 Agenda Nomeação Estruturada (cont.) Implementação de um Espaço de Nomes DNS Definição

Leia mais

Teleprocessamento e Redes

Teleprocessamento e Redes Teleprocessamento e Redes Aula 21: 06 de julho de 2010 1 2 3 (RFC 959) Sumário Aplicação de transferência de arquivos de/para um host remoto O usuário deve prover login/senha O usa duas conexões TCP em

Leia mais

INTRODUÇÃO ÀS REDES DE COMPUTADORES

INTRODUÇÃO ÀS REDES DE COMPUTADORES INTRODUÇÃO ÀS REDES DE COMPUTADORES CAMADA DE APLICAÇÃO Teresa Vazão 2 INTRODUÇÃO Internet para todos.. 1979 Tim Burners Lee (invesngador do CERN): Inventor do conceito de navegação por hyper- texto 25

Leia mais

Sistemas Distribuídos Capítulos 5 e 6 - Aula 9

Sistemas Distribuídos Capítulos 5 e 6 - Aula 9 Sistemas Distribuídos Capítulos 5 e 6 - Aula 9 Aula Passada Comentários Prova Nomes, Identificadores, Endereços Nomeação Simples Nomeação Estruturada Aula de hoje Nomeação estruturada Implementação de

Leia mais

Redes de Computadores. Camada de Aplicação Profa. Priscila Solís Barreto

Redes de Computadores. Camada de Aplicação Profa. Priscila Solís Barreto Redes de Computadores Camada de Aplicação Profa. Priscila Solís Barreto Criando uma nova aplicação de rede Escrever programas que Executem sobre diferentes sistemas finais e Se comuniquem através de uma

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Capítulo 2 Gustavo Reis gustavo.reis@ifsudestemg.edu.br - Protocolos de Internet Mensagem M Aplicação HTTP, SMTP, FTP, DNS Segmento Ht M Transporte TCP, UDP Datagrama Hr Ht M Rede

Leia mais

Redes de Computadores Camada de Aplicação. Prof. MSc. Hugo Souza

Redes de Computadores Camada de Aplicação. Prof. MSc. Hugo Souza Redes de Computadores Camada de Aplicação Prof. MSc. Hugo Souza É a camada que dispõe a programação para as aplicações de rede através dos protocolos de aplicação; Provém a implantação da arquitetura de

Leia mais

Servidor de E-mails e Protocolo SMTP

Servidor de E-mails e Protocolo SMTP Campus Cachoeiro Curso Técnico em Informática Servidor E-mails e Protocolo SMTP Professor: João Paulo Brito Gonçalves Disciplina: Serviços Res Definições Servidor Mensagens Um servidor mensagens é responsável

Leia mais

Tecnologia de Redes de Computadores

Tecnologia de Redes de Computadores Tecnologia de Redes de Computadores Prof. Sidney Nicolau Venturi Filho 34. CAMADA DE APLICAÇÃO Camada de Aplicação Compreende aplicações p/ várias finalidades Telnet, Rlogin - sessão remota FTP- transferência

Leia mais

Camada de Aplicação. Redes de Computadores e a Internet, 6a ed, Kurose & Ross

Camada de Aplicação. Redes de Computadores e a Internet, 6a ed, Kurose & Ross Camada de Aplicação Mário Meireles Teixeira UFMA DEINF 2016 Redes de Computadores e a Internet, 6a ed, Kurose & Ross Protocolos Protocolo: Conjunto de regras e formatos usados para comunicação entre entidades,

Leia mais

DNS Domain Name System

DNS Domain Name System Departamento de Engenharia de Teleunicações - UFF Protocolos de Nível de Disciplina: Nível de de, Correio Eletrônico,, Profa. Profa. Débora Débora Muchaluat Saade Saade deborams@tele.uff. Enlace Física

Leia mais

Redes de Computadores. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com

Redes de Computadores. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Redes de Computadores Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Nível de Aplicação Responsável por interafir com os níveis inferiores de uma arquitetura de protocolos de forma a disponibilizar

Leia mais

Aulas 4 e 5 Camada de Aplicação Princípios, arquiteturas e requisitos, HTTP e FTP

Aulas 4 e 5 Camada de Aplicação Princípios, arquiteturas e requisitos, HTTP e FTP Departamento de Ciência da Computação Instituto de Computação Universidade Federal Fluminense Aulas 4 e 5 Camada de Aplicação Princípios, arquiteturas e requisitos, HTTP e FTP Igor Monteiro Moraes Redes

Leia mais

Redes de Computadores e a Internet

Redes de Computadores e a Internet Redes de Computadores e a Internet Magnos Martinello Universidade Federal do Espírito Santo - UFES Departamento de Informática - DI Laboratório de Pesquisas em Redes Multimidia - LPRM 2010 Camada de Aplicação

Leia mais

Introdução. Caixa postal (mailbox) Componentes do sistema de correio eletrônico. Correio eletrônico (SMTP, POP e IMAP)

Introdução. Caixa postal (mailbox) Componentes do sistema de correio eletrônico. Correio eletrônico (SMTP, POP e IMAP) Introdução Inst tituto de Info ormátic ca - UF FRGS Rd Redes de Computadores td Correio eletrônico (, POP e IMAP) Aula 26 Correio eletrônico é uma das aplicações mais populares da Internet Originalmente

Leia mais

TCP/IP - NÍVEL APLICAÇÃO (utilizador)

TCP/IP - NÍVEL APLICAÇÃO (utilizador) Protocolos de Aplicação (Telnet, FTP, SMTP, POP, HTTP) TCP/IP - NÍVEL APLICAÇÃO (utilizador) TCP UDP ICMP IP ARP Acesso à rede Secção de Redes de Comunicação de Dados Redes de Computadores Correio Electrónico

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES I 2007/2008 LEIC - Tagus-Park TPC Nº 2. Avaliação sumária da matéria do Capítulo 2

REDES DE COMPUTADORES I 2007/2008 LEIC - Tagus-Park TPC Nº 2. Avaliação sumária da matéria do Capítulo 2 REDES DE COMPUTADORES I 2007/2008 LEIC - Tagus-Park TPC Nº 2 Avaliação sumária da matéria do Capítulo 2 Pergunta: 1 A figura (ver Anexo) ilustra três diagramas de mensagens referentes a pedidos que clientes

Leia mais

DNS e Serviço de Nomes. Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviço de Redes

DNS e Serviço de Nomes. Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviço de Redes Campus Cachoeiro Curso Técnico em Informática DNS e Serviço de Nomes Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviço de Redes Pontos importantes Nomes (Ex: URLs) são ligados a objetos (Ex:

Leia mais

Web. Até a década de 1990, a Internet era utilizada. por pesquisadores, acadêmicos e universitários, para troca de arquivos e para correio eletrônico.

Web. Até a década de 1990, a Internet era utilizada. por pesquisadores, acadêmicos e universitários, para troca de arquivos e para correio eletrônico. A Web e o HTTP Web Até a década de 1990, a Internet era utilizada por pesquisadores, acadêmicos e universitários, para troca de arquivos e para correio eletrônico. Então, no início dessa década, iniciou-se

Leia mais

Redes de Computadores Aula 4

Redes de Computadores Aula 4 Redes de Computadores Aula 4 Aula passada Protocolo em camadas Aplicações C/S x P2P Aula de hoje DNS Sockets Programação com sockets Web DNS: Domain Name System Pessoas: muitos idenftificadores: CPF, passaporte,

Leia mais

Redes de Computadores LFG TI

Redes de Computadores LFG TI Redes de Computadores LFG TI Prof. Bruno Guilhen Camada de Aplicação Fundamentos Fundamentos Trata os detalhes específicos de cada tipo de aplicação. Mensagens trocadas por cada tipo de aplicação definem

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo CCA UFES. Centro de Ciências Agrárias CCA UFES Departamento de Computação. Programação WEB

Universidade Federal do Espírito Santo CCA UFES. Centro de Ciências Agrárias CCA UFES Departamento de Computação. Programação WEB Universidade Federal do Espírito Santo Centro de Ciências Agrárias CCA UFES Departamento de Computação Universidade Federal do Espírito Santo CCA UFES Programação WEB Desenvolvimento de Sistemas para WEB

Leia mais

Roteiro Resumido. Aplicações: O Que Mudou? Parte III. Aplicações: O Que São? Importância das Aplicações. Redes de Computadores

Roteiro Resumido. Aplicações: O Que Mudou? Parte III. Aplicações: O Que São? Importância das Aplicações. Redes de Computadores Roteiro Resumido Princípios básicos da Internet Redes de Computadores Prof. Miguel Elias Mitre Campista http://www.gta.ufrj.br/~miguel Princípios básicos de comunicação em redes Descrição das diferentes

Leia mais

Prof. Luís Rodolfo. Unidade II REDES DE COMPUTADORES E TELECOMUNICAÇÃO

Prof. Luís Rodolfo. Unidade II REDES DE COMPUTADORES E TELECOMUNICAÇÃO Prof. Luís Rodolfo Unidade II REDES DE COMPUTADORES E TELECOMUNICAÇÃO Redes de computadores e telecomunicação Objetivos da Unidade II Estudar, em detalhes, as camadas: Aplicação Apresentação Sessão Redes

Leia mais

Correio Electrónico. Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Departamento de Engenharia de Electrónica e Telecomunicações e de Computadores

Correio Electrónico. Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Departamento de Engenharia de Electrónica e Telecomunicações e de Computadores Correio Electrónico Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Departamento de Engenharia de Electrónica e Telecomunicações e de Computadores Redes de Computadores Correio electrónico: user agent Três

Leia mais

INTRODUÇÃO ÀS REDES DE COMPUTADORES

INTRODUÇÃO ÀS REDES DE COMPUTADORES INTRODUÇÃO ÀS REDES DE COMPUTADORES CAMADA DE APLICAÇÃO Teresa Vazão 2 INTRODUÇÃO Internet para todos.. 1979 Tim Burners Lee (invesngador do CERN): Inventor do conceito de navegação por hyper- texto 25

Leia mais

PROTOCOLOS DE COMUNICAÇÃO

PROTOCOLOS DE COMUNICAÇÃO PROTOCOLOS DE COMUNICAÇÃO 3º ANO / 2º SEMESTRE 2014 INFORMÁTICA avumo@up.ac.mz Ambrósio Patricio Vumo Computer Networks & Distribution System Group Services Provided by DNS nós, seres humanos, podemos

Leia mais

Redes de Computadores e a Internet

Redes de Computadores e a Internet Redes de Computadores e a Internet Magnos Martinello Universidade Federal do Espírito Santo - UFES Departamento de Informática - DI Laboratório de Pesquisas em Redes Multimidia - LPRM 2010 Camada de Aplicação

Leia mais

O espaço de nomes DNS Registros de recursos de domínio Servidores de nome

O espaço de nomes DNS Registros de recursos de domínio Servidores de nome DNS Sistema de Nomes de Domínio O espaço de nomes DNS Registros de recursos de domínio Servidores de nome Camada de Aplicação DNS Telnet e SSH SNMP SMTP, POP e IMAP WWW FTP O espaço de nomes DNS Parte

Leia mais

Introdução. Caixa postal (mailbox) Componentes do sistema de correio eletrônico. Correio eletrônico (SMTP, POP e IMAP)

Introdução. Caixa postal (mailbox) Componentes do sistema de correio eletrônico. Correio eletrônico (SMTP, POP e IMAP) Introdução Inst tituto de Info ormátic ca - UF FRGS Rd Redes de Computadores td Correio eletrônico (, POP e IMAP) Aula 26 Correio eletrônico é uma das aplicações mais populares da Internet Originalmente

Leia mais

Wireshark. Captura de Protocolos da camada de aplicação. Maicon de Vargas Pereira

Wireshark. Captura de Protocolos da camada de aplicação. Maicon de Vargas Pereira Wireshark Captura de Protocolos da camada de aplicação Maicon de Vargas Pereira Camada de Aplicação Introdução HTTP (Hypertext Transfer Protocol) 2 Introdução Camada de Aplicação Suporta os protocolos

Leia mais

A Camada de Aplicação

A Camada de Aplicação A Camada de Aplicação Romildo Martins Bezerra CEFET/BA Redes de Computadores II Afinal, o que faz a camada de aplicação?... 2 Paradigma Cliente/Servidor [4]... 2 Endereçamento... 2 Tipo de Serviço... 2

Leia mais

Telecomunicações e Redes de Computadores. 2 Níveis de Aplicação e de Transporte

Telecomunicações e Redes de Computadores. 2 Níveis de Aplicação e de Transporte Telecomunicações e Redes de Computadores 2 Níveis de Aplicação e de Transporte Prof. Paulo Lobato Correia IST, DEEC Área Científica de Telecomunicações Objectivos Nível de Aplicação: Arquitecturas de aplicação:

Leia mais

Rede de Computadores (REC)

Rede de Computadores (REC) Rede de Computadores (REC) Aula 04 Camada de Aplicação Prof. Jackson Mallmann dcc2jm@joinville.udesc.br Exemplos de requisição via telnet. iniciar / executar / cmd (Windows) telnet endereço telnet 192.168.1.3

Leia mais

Redes de Computadores 1

Redes de Computadores 1 Universidade Federal do Piauí UESPI Centro de Tecnologia e Urbanismo CTU Ciências da Computação Redes de Computadores 1 Prof. José BRINGEL Filho bringeluespi@gmail.com h?p://bringel.webnode.com/ Capitulo

Leia mais

Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Universidade Federal do Rio Grande do Norte Universidade Federal do Rio Grande do Norte Redes de Computadores - Camada de Aplicação Curso de Engenharia de Software Prof. Marcos Cesar Madruga/Thiago P. da Silva Material basedado em [Kurose&Ross 2009]

Leia mais

INTRODUÇÃO ÀS REDES DE COMPUTADORES

INTRODUÇÃO ÀS REDES DE COMPUTADORES INTRODUÇÃO ÀS REDES DE COMPUTADORES CAMADA DE APLICAÇÃO Teresa Vazão 2012/2013 IRC - Introdução às Redes de Computadores - LERC/LEE 2 INTRODUÇÃO Internet para todos.. 1979 Tim Burners Lee (invesngador

Leia mais

( ) *! +, o modelos de serviço da camada de transporte o paradigma clienteservidor. o paradigma P2P ! " $ % & '

( ) *! +, o modelos de serviço da camada de transporte o paradigma clienteservidor. o paradigma P2P !  $ % & ' o modelos de serviço da camada de transporte o paradigma clienteservidor o paradigma P2P o HTTP o FTP o SMTP / POP3 / IMAP o DNS! " # % & ( ) *!, -). 1 .( )- /012 3. ( 44. 4 ) ) % (., 5 6 6 ) 2 7 ). 8

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Capítulo 2.5 - DNS Prof. Jó Ueyama Março/2014 1 DNS: Domain Name System Pessoas: muitos identificadores: RG, nome, passaporte. Hosts e roteadores na Internet: endereços IP (32 bits)

Leia mais

DNS - Domain Name System

DNS - Domain Name System DNS - Domain Name System IFSC UNIDADE DE SÃO JOSÉ CURSO TÉCNICO SUBSEQUENTE DE TELECOMUNICAÇÕES! Prof. Tomás Grimm DNS Pessoas: muitos identificadores: RG, nome, passporte Internet hosts, roteadores: endereços

Leia mais

Teia de alcance mundial (World Wide Web WWW) Web composta de

Teia de alcance mundial (World Wide Web WWW) Web composta de Web Teia de alcance mundial (World Wide Web WWW) Web composta de Agentes de usuário para a Web (browsers) Servidores Web Protocolo de transferência de hipertexto (HyperText Transfer Protocol HTTP) Web

Leia mais

Imagem digital. Configuração de 640 x 480 e 24 bits/pixel (RGB) 7,37 Mbits Solução compactação

Imagem digital. Configuração de 640 x 480 e 24 bits/pixel (RGB) 7,37 Mbits Solução compactação Imagem digital Configuração de 640 x 480 e 24 bits/pixel (RGB) 7,37 Mbits Solução compactação Imagem digital - compactação - JPEG Joint Photographic Experts Group Definido no padrão internacional 10918

Leia mais

Redes de Computadores Grupo de Redes de Computadores

Redes de Computadores Grupo de Redes de Computadores Redes de Computadores Grupo de Redes de Computadores HTTP HyperText Transport Protocol Introdução ao protocolo HTTP Origem Definido na iniciativa da WWW HTML e HTTP Modelo cliente servidor Protocolo sem

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES O QUE É PROTOCOLO? Na comunicação de dados e na interligação em rede, protocolo é um padrão que especifica o formato de dados e as regras a serem seguidas. Sem protocolos, uma rede

Leia mais

www.victorpinheiro.jimdo.com www.victorpinheiro.jimdo.com

www.victorpinheiro.jimdo.com www.victorpinheiro.jimdo.com SERVIÇOS DE REDES DE COMPUTADORES Prof. Victor Guimarães Pinheiro/victor.tecnologo@gmail.com www.victorpinheiro.jimdo.com www.victorpinheiro.jimdo.com Modelo TCP/IP É o protocolo mais usado da atualidade

Leia mais

Redes - Internet. Sumário 26-09-2008. Aula 3,4 e 5 9º C 2008 09 24. } Estrutura baseada em camadas. } Endereços IP. } DNS -Domain Name System

Redes - Internet. Sumário 26-09-2008. Aula 3,4 e 5 9º C 2008 09 24. } Estrutura baseada em camadas. } Endereços IP. } DNS -Domain Name System Redes - Internet 9º C 2008 09 24 Sumário } Estrutura baseada em camadas } Endereços IP } DNS -Domain Name System } Serviços, os Servidores e os Clientes } Informação Distribuída } Principais Serviços da

Leia mais

Capítulo 8 - Aplicações em Redes

Capítulo 8 - Aplicações em Redes Capítulo 8 - Aplicações em Redes Prof. Othon Marcelo Nunes Batista Mestre em Informática 1 de 31 Roteiro Sistemas Operacionais em Rede Modelo Cliente-Servidor Modelo P2P (Peer-To-Peer) Aplicações e Protocolos

Leia mais

Correio eletrônico. Adriano Mauro Cansian. adriano@acmesecurity.org. Tópicos em Sistemas de Computação

Correio eletrônico. Adriano Mauro Cansian. adriano@acmesecurity.org. Tópicos em Sistemas de Computação Correio eletrônico Adriano Mauro Cansian adriano@acmesecurity.org Tópicos em Sistemas Computação Sistema correio eletrônico Os usuários possuem uma relação amor e ódio com o e mail: eles amam usá lo, e

Leia mais

Sistemas Distribuídos (DCC/UFRJ)

Sistemas Distribuídos (DCC/UFRJ) Sistemas Distribuídos (DCC/UFRJ) Aula 8: 2 de maio de 2016 Aplicações de email Eletronic mail é uma forma de comunicação assíncrona (pessoas não precisam coordenar/sincronizar o tempo de envio e recebimento

Leia mais

Programação para Internet Flávio de Oliveira Silva, M.Sc.

Programação para Internet Flávio de Oliveira Silva, M.Sc. INTERNET Grande conjunto de redes de computadores interligadas pelo mundo. Começou como uma rede interligando Universidades no E.U.A A partir de 1993 a Internet começou a ser explorada comercialmente.

Leia mais

Universidade Federal de Mato Grosso

Universidade Federal de Mato Grosso Universidade Federal de Mato Grosso Programação III Curso de Ciência da Computação Prof. Thiago P. da Silva thiagosilva@ufmt.br Material basedado em [Kurose&Ross 2009] e [Gonçalves, 2007] Agenda Internet

Leia mais

Redes de Computadores e a Internet

Redes de Computadores e a Internet Redes de Computadores e a Internet Magnos Martinello Universidade Federal do Espírito Santo - UFES Departamento de Informática - DI Laboratório de Pesquisas em Redes Multimidia - LPRM 2011 Camada de Aplicação

Leia mais

Cap 03 - Camada de Aplicação Internet (Kurose)

Cap 03 - Camada de Aplicação Internet (Kurose) Cap 03 - Camada de Aplicação Internet (Kurose) 1. Qual a diferença entre um Programa de computador e um Processo dentro do computador? R. Processo é um programa que está sendo executado em uma máquina/host,

Leia mais

Redes de Computadores Aula 3

Redes de Computadores Aula 3 Redes de Computadores Aula 3 Aula passada Comutação: circuito x pacotes Retardos e perdas Aula de hoje Protocolo em camadas Aplicações C/S x P2P Web Estruturando a Rede Como organizar os serviços de uma

Leia mais

Internet e protocolos web. A Internet é uma rede descentralizada de recursos computacionais. Topologia tem de fornecer caminhos alternativos

Internet e protocolos web. A Internet é uma rede descentralizada de recursos computacionais. Topologia tem de fornecer caminhos alternativos Internet e protocolos web A Internet é uma rede descentralizada de recursos computacionais Tolerante a falhas (no single point of failure) Topologia tem de fornecer caminhos alternativos entre 2 computadores

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Camada de Aplicação POP3 IMAP DNS Slide 1 SMTP Rede de Computadores Protocolos de Acesso protocolo utilizado para a comunicação entre os servidores (push protocol); POP3 (Post Office

Leia mais

Internet. O que é a Internet?

Internet. O que é a Internet? O que é a Internet? É uma rede de redes de computadores, em escala mundial, que permite aos seus utilizadores partilharem e trocarem informação. A Internet surgiu em 1969 como uma rede de computadores

Leia mais

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Faculdade de Engenharia Departamento de Informática

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Faculdade de Engenharia Departamento de Informática 1 Este é o seu teste de avaliação de frequência. Leia as perguntas com atenção antes de responder. Escreva as suas respostas nesta folha de teste, marcando um círculo em volta da opção ou opções que considere

Leia mais

PROTOCOLOS DE COMUNICAÇÃO

PROTOCOLOS DE COMUNICAÇÃO PROTOCOLOS DE COMUNICAÇÃO 3º ANO / 2º SEMESTRE 2014 INFORMÁTICA avumo@up.ac.mz Ambrósio Patricio Vumo Computer Networks & Distribution System Group Descrição do File Transfer Protocol - FTP FTP significa

Leia mais

DNS Domain Name System

DNS Domain Name System Departamento de Engenharia de Teleunicações - UFF Protocolos de Nível de Aplicação Disciplina: Nível de de Aplicação DNS, DNS, Correio Eletrônico,, Introdução à Comutação Introdução à Comutação de de Rótulos

Leia mais

Redes de Computadores II

Redes de Computadores II Redes de Computadores II INTERNET Protocolos de Aplicação Intranet Prof: Ricardo Luís R. Peres As aplicações na arquitetura Internet, são implementadas de forma independente, ou seja, não existe um padrão

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE REDES DE COMPUTADORES 7/11/2005 UALG/FCT/DEEI 2005/2006

ADMINISTRAÇÃO DE REDES DE COMPUTADORES 7/11/2005 UALG/FCT/DEEI 2005/2006 ADMINISTRAÇÃO DE REDES DE COMPUTADORES e-mail; sendmail 7/11/2005 Engª de Sistemas e Informática Licenciatura em Informática UALG/FCT/DEEI 2005/2006 1 Como funciona o email 1º passo Utilizando um programa

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES Camada de Aplicação

REDES DE COMPUTADORES Camada de Aplicação REDES DE COMPUTADORES Camada de Aplicação Alexandre Augusto Giron ROTEIRO Revisão Princípios e Arquiteturas das aplicações de rede Camada de Aplicação Aplicações e seus Protocolos Aplicações P2P Resumo

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES Camada de Aplicação. Alexandre Augusto Giron

REDES DE COMPUTADORES Camada de Aplicação. Alexandre Augusto Giron REDES DE COMPUTADORES Camada de Aplicação Alexandre Augusto Giron ROTEIRO Revisão Princípios e Arquiteturas das aplicações de rede Camada de Aplicação Aplicações e seus Protocolos Aplicações P2P Resumo

Leia mais

Redes de Computadores I Licenciatura em Eng. Informática e de Computadores 1 o Semestre, 26 de Outubro de 2005 1 o Teste A

Redes de Computadores I Licenciatura em Eng. Informática e de Computadores 1 o Semestre, 26 de Outubro de 2005 1 o Teste A Redes de Computadores I Licenciatura em Eng. Informática e de Computadores 1 o Semestre, 26 de Outubro de 2005 1 o Teste A Número: Nome: Duração: 1 hora O teste é sem consulta O teste deve ser resolvido

Leia mais

HyperText Transfer Protocol (HTTP)

HyperText Transfer Protocol (HTTP) Programação Na Web HyperText Transfer Protocol () António Gonçalves Arquitectura Protocolo de transporte de documentos hypertexto RFC 1945 - Versão 1.0 RFC 2616 - Versão 1.1 O pedido é feito em ASCII e

Leia mais

Camada de Aplicação, sistemas de nomes de domínio, correio eletrônico e world wide web

Camada de Aplicação, sistemas de nomes de domínio, correio eletrônico e world wide web Camada de Aplicação, sistemas de nomes de domínio, correio eletrônico e world wide web Apresentação dos protocolos da camada de aplicação do modelo OSI. DNS É mais fácil de lembrar de um nome de host do

Leia mais

4 Serviços de Aplicação

4 Serviços de Aplicação 4 Serviços de Aplicação A existência de um suporte de comunicação permite a interligação de diversos dispositivos e também a disponibilização de diversas aplicações que adicionam funcionalidades ao sistema.

Leia mais

Aula-28 Camada Aplicação - DNS. Prof. Dr. S. Motoyama

Aula-28 Camada Aplicação - DNS. Prof. Dr. S. Motoyama Aula-28 Camada Aplicação - DNS Prof. Dr. S. Motoyama 1 Camada Aplicação Escrever programas que Executem sobre diferentes sistemas finais e Se comuniquem através de uma rede. Ex.: Web software de servidor

Leia mais

2. Camada de aplicação

2. Camada de aplicação 2. Camada de aplicação Redes de Computadores Objetivos Discutir os aspetos conceptuais e de implementação dos protocolos da camada de aplicação Aprender conceitos fundamentais dos protocolos de aplicação

Leia mais

Introdução às Redes de Computadores e à Internet

Introdução às Redes de Computadores e à Internet Introdução às Redes de Computadores e à Internet J. Legatheaux Martins Departamento de Informática da Faculdade de Ciências e Tecnologia da UNL Nota prévia A apresentação utiliza algumas das figuras do

Leia mais