ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA"

Transcrição

1 REQUISITOS PARA INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, OBJETIVANDO A FORMAÇÃO DE CADASTRO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE EXCEPCIONAL INTERESSE PÚBLICO, Nº 065/02/2016 DE 14/04/2016. PROCESSO Nº 2050/ Circuitos Elétricos I(Eletrotécnica); 1.1. Licenciado: ser portador de diploma de graduação superior em uma das habilitações relacionadas no subitem 1.2 e possuir certificado equivalente ao da licenciatura plena Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Eletroeletrônica, Eletromecânica, Eletrônica, Eletrotécnica, Informática Industrial, Instrumentação e Equipamentos Industriais, Telecomunicações com Esquema II Graduado (Bacharel ou Tecnólogo): ser portador de diploma de graduação superior em Engenharia de Automação e Controles, Engenharia de Automação e Sistemas, Engenharia de Controle e Automação, Engenharia de Controle e Automação Mecatrônica, Engenharia de Instrumentação, Automação e Robótica, Engenharia de Operação - Modalidade Eletrônica, Engenharia de Operação - Modalidade Eletrotécnica, Engenharia de Operação em Telecomunicações, Engenharia de Produção Elétrica, Engenharia de Produção, Eletricista, Engenharia de Telecomunicações, Engenharia de Telemática, Engenharia Elétrica, Engenharia Elétrica - Modalidade Eletrônica, Engenharia Elétrica - Modalidade Eletrotécnica, Engenharia Elétrica Ênfase Eletrônica, Engenharia Elétrica Ênfase Eletrônica para Telecomunicações, Engenharia Elétrica Ênfase em Computação, Engenharia Elétrica Ênfase em Sistemas de Energia e Automação, Engenharia Elétrica Ênfase em Telecomunicações, Engenharia Eletrônica, Engenharia Eletrônica - Ênfase em Telecomunicações, Engenharia Eletrotécnica, Engenharia Industrial - Modalidade Elétrica/ Eletrotécnica, Engenharia Industrial Elétrica, Engenharia Mecânica - Automação e Sistemas, Engenharia Mecânica - Controle e Automação, Engenharia Mecatrônica, Engenharia Operacional Elétrica - Modalidade Eletrotécnica. Ser portador de diploma de curso superior de Tecnologia (em) Mecânica de Precisão, Tecnologia em Automação, Tecnologia em Automação e Controle, Tecnologia em Automação Industrial, Tecnologia em Eletricidade, Tecnologia em Eletricidade - Modalidade Eletrônica, Tecnologia em Eletrônica, Tecnologia em Eletrônica - Modalidade Automação Industrial, Tecnologia em Eletrônica - Modalidade Autotrônica, Tecnologia em Eletrônica - Modalidade Técnicas Digitais, Tecnologia em Eletrônica Automotiva, Tecnologia em Eletrônica de Sistemas

2 Digitais, Tecnologia em Eletrônica Industrial, Tecnologia em Eletrotécnica, Tecnologia em Materiais - Processos e Componentes Elétricos, Tecnologia em Mecatrônica, Tecnologia em Mecatrônica Industrial, Tecnologia em Sistemas de Energia, Tecnologia em Sistemas Elétricos, Tecnologia em Sistemas Elétricos - Modalidade Distribuição de Energia, Tecnologia em Sistemas Elétricos - Modalidade Eletrônica, Tecnologia em Sistemas Eletrônicos, Tecnologia em Técnicas Digitais, Tecnologia em Telecomunicações. 2 Eletrônica III (Eletrotécnica); 2.1. Licenciado: ser portador de diploma de graduação superior em uma das habilitações relacionadas no subitem 2.2 e possuir certificado equivalente ao da licenciatura plena Eletromecânica, Eletrônica, Eletrotécnica com Esquema II Graduado (Bacharel ou Tecnólogo): Ser portador de diploma de graduação superior em Engenharia de Automação e Controles, Engenharia de Automação e Sistemas, Engenharia de Controle e Automação, Engenharia de Controle e Automação Mecatrônica, Engenharia de Instrumentação, Automação e Robótica, Engenharia de Operação, Engenharia de Operação - Modalidade Eletrônica, Engenharia de Operação Eletrotécnica, Engenharia de Operação em Telecomunicações, Engenharia de Produção Elétrica, Engenharia de Produção, Eletricista, Engenharia de Telecomunicações, Engenharia de Telemática, Engenharia Elétrica, Engenharia Elétrica - Modalidade Eletrônica, Engenharia Elétrica - Modalidade Eletrotécnica, Engenharia Elétrica - Modalidade Eletrotécnica/ Eletrônica, Engenharia Elétrica Ênfase Eletrônica, Engenharia Elétrica Ênfase Eletrônica para Telecomunicações, Engenharia Elétrica Ênfase em Computação, Engenharia Elétrica Ênfase em Sistemas de Energia e Automação, Engenharia Elétrica Ênfase em Telecomunicações, Engenharia Eletrônica, Engenharia Industrial - Modalidade Elétrica/ Eletrotécnica, Engenharia Industrial Elétrica, Engenharia Mecânica - Automação e Sistemas, Engenharia Mecânica - Controle e Automação, Engenharia Mecatrônica, Engenharia Operacional Elétrica - Habilitação Eletrônica, Engenharia Operacional Elétrica - Modalidade Eletrotécnica. Ser portador de diploma de curso superior de Tecnologia (em) Mecânica de Precisão, Tecnologia em Automação e Controle, Tecnologia em Automação Industrial, Tecnologia em Elétrica - Modalidade Eletrotécnica, Tecnologia em Elétrica - Modalidade Máquinas Elétricas, Tecnologia em Eletricidade, Tecnologia em Eletricidade - Modalidade Eletrônica, Tecnologia em Eletrônica, Tecnologia em Eletrônica - Modalidade Automação Industrial, Tecnologia em Eletrônica - Modalidade

3 Autotrônica, Tecnologia em Eletrônica - Modalidade Técnicas Digitais, Tecnologia em Eletrônica Automotiva, Tecnologia em Eletrônica de Sistemas Digitais, Tecnologia em Eletrônica Digital, Tecnologia em Eletrotécnica, Tecnologia em Instalações Elétricas, Tecnologia em Materiais - Processos e Componentes Elétricos, Tecnologia em Materiais - Processos e Componentes Eletrônicos, Tecnologia em Mecatrônica, Tecnologia em Mecatrônica Industrial, Tecnologia em Sistemas de Energia, Tecnologia em Sistemas Elétricos, Tecnologia em Sistemas Elétricos - Modalidade Distribuição de Energia, Tecnologia em Sistemas Elétricos - Modalidade Eletrônica, Tecnologia em Técnicas Digitais, Tecnologia em Telecomunicações. 3 Geração, Transmissão e Distribuição de Energia/ Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica(Eletrotécnica); 3.1. Licenciado: ser portador de diploma de graduação superior em uma das habilitações relacionadas no subitem 3.2 e possuir Certificado equivalente ao da licenciatura plena Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Eletroeletrônica; Eletrônica; Eletrotécnica com Esquema II. 3.2 Graduado (Bacharel ou Tecnólogo): Ser portador de diploma de graduação superior em Engenharia de Automação e Controles; Engenharia de Automação e Sistemas; Engenharia de Controle e Automação; Engenharia de Controle e Automação Mecatrônica; Engenharia de Instrumentação, Automação e Robótica; Engenharia de Operação - Modalidade Eletrônica; Engenharia de Operação - Modalidade Eletrotécnica; Engenharia de Operação em Telecomunicações; Engenharia de Produção Elétrica; Engenharia de Telecomunicações; Engenharia de Telemática; Engenharia Elétrica; Engenharia Elétrica - Modalidade Eletrônica; Engenharia Elétrica - Modalidade Eletrotécnica; Engenharia Elétrica - Modalidade Eletrotécnica/ Eletrônica; Engenharia Elétrica Ênfase Eletrônica; Engenharia Elétrica Ênfase Eletrônica para Telecomunicações; Engenharia Elétrica Ênfase em Computação; Engenharia Elétrica Ênfase em Sistemas de Energia e Automação; Engenharia Elétrica Ênfase em Telecomunicações; Engenharia Eletrônica; Engenharia Eletrotécnica; Engenharia Industrial - Modalidade Elétrica/ Eletrotécnica; Engenharia Industrial Elétrica; Engenharia Mecânica - Automação e Sistemas; Engenharia Mecânica - Controle e Automação; Engenharia Mecatrônica; Engenharia Operacional Elétrica - Habilitação Eletrônica ;Engenharia Operacional Elétrica - Modalidade Eletrotécnica. Ser portador de diploma de curso superior de Tecnologia em Automação; Tecnologia em Automação e Controle; Tecnologia em Automação Industrial; Tecnologia em Elétrica - Modalidade

4 Eletrotécnica; Tecnologia em Elétrica - Modalidade Máquinas Elétricas; Tecnologia em Eletricidade; Tecnologia em Eletricidade - Modalidade Eletrônica; Tecnologia em Eletrônica; Tecnologia em Eletrônica - Modalidade Automação Industrial; Tecnologia em Eletrônica - Modalidade Técnicas Digitais; Tecnologia em Eletrônica de Sistemas Digitais; Tecnologia em Eletrônica Industrial; Tecnologia em Eletrotécnica; Tecnologia em Instalações Elétricas; Tecnologia em Materiais - Processos e Componentes Eletrônicos; Tecnologia em Mecatrônica; Tecnologia em Mecatrônica Industrial; Tecnologia em Sistemas de Energia; Tecnologia em Sistemas Elétricos; Tecnologia em Sistemas Elétricos - Modalidade Distribuição de Energia; Tecnologia em Sistemas Elétricos - Modalidade Eletrônica; Tecnologia em Técnicas Digitais; Tecnologia em Telecomunicações. 4 Máquinas Elétricas II(Eletrotécnica); 4.1 Licenciado: ser portador de diploma de graduação superior em uma das habilitações relacionadas no subitem 4.2 e possuir Certificado equivalente ao da licenciatura plena Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Eletroeletrônica; Eletromecânica; Eletrônica; Eletrotécnica; Informática Industrial; Mecatrônica com Esquema II. 4.2 Graduado (Bacharel ou Tecnólogo): ser portador de diploma de graduação superior em Engenharia de Automação e Controles; Engenharia de Automação e Sistemas; Engenharia de Controle e Automação; Engenharia de Controle e Automação Mecatrônica; Engenharia de Instrumentação, Automação e Robótica; Engenharia de Operação - Modalidade Eletrônica; Engenharia de Operação - Modalidade Eletrotécnica; Engenharia de Operação em Telecomunicações; Engenharia de Produção Elétrica; Engenharia de Telecomunicações; Engenharia de Telemática; Engenharia Elétrica; Engenharia Elétrica - Modalidade Eletrônica; Engenharia Elétrica - Modalidade Eletrotécnica; Engenharia Elétrica - Modalidade Eletrotécnica/ Eletrônica; Engenharia Elétrica Ênfase Eletrônica; Engenharia Elétrica Ênfase Eletrônica para Telecomunicações; Engenharia Elétrica Ênfase em Computação; Engenharia Elétrica Ênfase em Sistemas de Energia e Automação; Engenharia Elétrica Ênfase em Telecomunicações; Engenharia Eletrônica; Engenharia Eletrotécnica; Engenharia Industrial - Modalidade Elétrica/ Eletrotécnica; Engenharia Industrial Elétrica; Engenharia Mecânica - Automação e Sistemas; Engenharia Mecânica - Controle e Automação; Engenharia Mecatrônica; Engenharia Operacional Elétrica - Habilitação Eletrônica; Engenharia Operacional Elétrica - Modalidade Eletrotécnica. Ser portador

5 de diploma de curso superior de Tecnologia (em) Mecânica de Precisão; Tecnologia em Automação; Tecnologia em Automação e Controle; Tecnologia em Automação Industrial; Tecnologia em Elétrica - Modalidade Eletrotécnica; Tecnologia em Elétrica - Modalidade Máquinas Elétricas; Tecnologia em Eletricidade; Tecnologia em Eletricidade - Modalidade Eletrônica; Tecnologia em Eletrônica; Tecnologia em Eletrônica - Modalidade Automação Industrial; Tecnologia em Eletrônica - Modalidade Técnicas Digitais; Tecnologia em Eletrônica de Sistemas Digitais; Tecnologia em Eletrônica Industrial; Tecnologia em Eletrotécnica; Tecnologia em Materiais - Processos e Componentes Eletrônicos; Tecnologia em Mecatrônica; Tecnologia em Mecatrônica Industrial; Tecnologia em Sistemas de Energia; Tecnologia em Sistemas Elétricos; Tecnologia em Sistemas Elétricos - Modalidade Distribuição de Energia; Tecnologia em Sistemas Elétricos - Modalidade Eletrônica; Tecnologia em Sistemas Eletrônicos; Tecnologia em Técnicas Digitais; Tecnologia em Telecomunicações. 5 Máquinas Elétricas III (Eletrotécnica); 5.1 Licenciado: ser portador de diploma de graduação superior em uma das habilitações relacionadas no subitem 5.2 e possuir Certificado equivalente ao da licenciatura plena Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Eletroeletrônica; Eletromecânica; Eletrônica; Eletrotécnica; Informática Industrial; Mecatrônica com Esquema II. 5.2 Graduado (Bacharel ou Tecnólogo): ser portador de diploma de graduação superior em Engenharia de Automação e Controles; Engenharia de Automação e Sistemas; Engenharia de Controle e Automação; Engenharia de Controle e Automação Mecatrônica; Engenharia de Instrumentação, Automação e Robótica; Engenharia de Operação - Modalidade Eletrônica ;Engenharia de Operação - Modalidade Eletrotécnica; Engenharia de Operação em Telecomunicações; Engenharia de Produção Elétrica; Engenharia de Telecomunicações; Engenharia de Telemática; Engenharia Elétrica; Engenharia Elétrica - Modalidade Eletrônica; Engenharia Elétrica - Modalidade Eletrotécnica; Engenharia Elétrica - Modalidade Eletrotécnica/ Eletrônica; Engenharia Elétrica Ênfase Eletrônica; Engenharia Elétrica Ênfase Eletrônica para Telecomunicações; Engenharia Elétrica Ênfase em Computação; Engenharia Elétrica Ênfase em Sistemas de Energia e Automação; Engenharia Elétrica Ênfase em Telecomunicações; Engenharia Eletrônica; Engenharia Eletrotécnica; Engenharia Industrial - Modalidade Elétrica/ Eletrotécnica; Engenharia Industrial Elétrica; Engenharia Mecânica - Automação e Sistemas; Engenharia Mecânica - Controle e Automação; Engenharia Mecatrônica; Engenharia Operacional Elétrica - Habilitação

6 Eletrônica; Engenharia Operacional Elétrica - Modalidade Eletrotécnica. Ser portador de diploma de curso superior de Tecnologia (em) Mecânica de Precisão; Tecnologia em Automação; Tecnologia em Automação e Controle; Tecnologia em Automação Industrial; Tecnologia em Elétrica - Modalidade Eletrotécnica; Tecnologia em Elétrica - Modalidade Máquinas Elétricas; Tecnologia em Eletricidade; Tecnologia em Eletricidade - Modalidade Eletrônica; Tecnologia em Eletrônica; Tecnologia em Eletrônica - Modalidade Automação Industrial; Tecnologia em Eletrônica - Modalidade Técnicas Digitais; Tecnologia em Eletrônica de Sistemas Digitais ;Tecnologia em Eletrônica Industrial; Tecnologia em Eletrotécnica; Tecnologia em Materiais - Processos e Componentes Eletrônicos; Tecnologia em Mecatrônica; Tecnologia em Mecatrônica Industrial; Tecnologia em Sistemas de Energia; Tecnologia em Sistemas Elétricos; Tecnologia em Sistemas Elétricos - Modalidade Distribuição de Energia; Tecnologia em Sistemas Elétricos - Modalidade Eletrônica; Tecnologia em Sistemas Eletrônicos; Tecnologia em Técnicas Digitais; Tecnologia em Telecomunicações. 6 Matemática (Base Nacional Comum) (Ensino Medio - BNC / PD ); 6.1 Licenciado: Ser portador de Licenciatura Plena em Ciências com Habilitação em Matemática; Ciências Exatas com Habilitação em Física; Ciências Exatas com Habilitação em Matemática; Ciências Exatas com Habilitação em Química; Física; Matemática. 7 Língua Estrangeira Moderna - Inglês (Parte Diversificada) (Ensino Medio - BNC / PD ); 7.1 Licenciado: ser portador de diploma de graduação superior em uma das habilitações relacionadas no subitem 7.2 e possuir Certificado equivalente ao da licenciatura plena Letras com Habilitação em Inglês; Letras com Habilitação em Português e Inglês; Letras com Habilitação em Secretário Executivo Bilíngue/ Inglês; Letras com Habilitação em Tradutor e Intérprete/ Inglês; Secretariado Executivo com Habilitação em Inglês; Tecnologia em Automação de Escritórios e Secretariado/ Inglês; Tecnologia em Formação de Secretário/ Inglês; Tecnologia em Secretariado Executivo Bilíngue/ Inglês; Tecnologia em Secretariado Executivo Trilíngue/ Inglês; Tradutor e Intérprete com Habilitação em Inglês. 7.2 Graduado (Bacharel ou Tecnólogo): ser portador de diploma de graduação superior em Secretariado Executivo Trilíngue/ Inglês.

7 8 Enfermagem em Centro Cirúrgico e Central de Material(Enfermagem); 8.1 Licenciado: ser portador de diploma de graduação superior em uma das habilitações relacionadas no subitem 8.2 e possuir Certificado equivalente ao da licenciatura plena Enfermagem. 8.2 Graduado (Bacharel ou Tecnólogo): ser portador de diploma de graduação superior em Enfermagem; Enfermagem e Obstetrícia. 9 Assistência à Saúde da Mulher e da Criança I(Enfermagem); 9.1 Licenciado: ser portador de diploma de graduação superior em uma das habilitações relacionadas no subitem 9.2 e possuir Certificado equivalente ao da licenciatura plena Enfermagem. 9.2 Graduado (Bacharel ou Tecnólogo): ser portador de diploma de graduação superior em Enfermagem; Enfermagem e Obstetrícia. 10 Enfermagem Gerontológica e Geriátrica(Enfermagem); 10.1 Licenciado: ser portador de diploma de graduação superior em uma das habilitações relacionadas no subitem 10.2 e possuir Certificado equivalente ao da licenciatura plena Enfermagem Graduado (Bacharel ou Tecnólogo): ser portador de diploma de graduação superior em Enfermagem; Enfermagem e Obstetrícia. 11 Ética e Gestão em Enfermagem(Enfermagem); 11.1 Licenciado: ser portador de diploma de graduação superior em uma das habilitações relacionadas no subitem 11.2 e possuir Certificado equivalente ao da licenciatura plena

8 Enfermagem Graduado (Bacharel ou Tecnólogo): ser portador de diploma de graduação superior em Enfermagem; Enfermagem e Obstetrícia. 12 Saúde Coletiva II (Enfermagem); 12.1 Licenciado: ser portador de diploma de graduação superior em uma das habilitações relacionadas no subitem 12.2 e possuir Certificado equivalente ao da licenciatura plena Enfermagem Graduado (Bacharel ou Tecnólogo): ser portador de diploma de graduação superior em Enfermagem; Enfermagem e Obstetrícia. 13 Vigilância em Saúde(Enfermagem); 13.1 Licenciado: ser portador de diploma de graduação superior em uma das habilitações relacionadas no subitem 13.2 e possuir Certificado equivalente ao da licenciatura plena Enfermagem Graduado (Bacharel ou Tecnólogo): ser portador de diploma de graduação superior em Enfermagem; Medicina com Habilitação em Saúde Pública; Odontologia. 14 Enfermagem em Saúde Mental(Enfermagem); 14.1 Licenciado: ser portador de diploma de graduação superior em uma das habilitações relacionadas no subitem 14.2 e possuir Certificado equivalente ao da licenciatura plena

9 Enfermagem Graduado (Bacharel ou Tecnólogo): ser portador de diploma de graduação superior em Enfermagem; Enfermagem e Obstetrícia. 15 Gestão em Saúde(Enfermagem); 15.1 Licenciado: ser portador de diploma de graduação superior em uma das habilitações relacionadas no subitem 15.2 e possuir Certificado equivalente ao da licenciatura plena por intermédio de outras legislações específicas Graduado (Bacharel ou Tecnólogo): ser portador de diploma de graduação superior em Arquitetura com Especialização em Segurança do Trabalho; Enfermagem; Enfermagem com Especialização em Enfermagem do Trabalho; Engenharia com Especialização em Segurança do Trabalho; Fisioterapia; Medicina. Ser portador de diploma de curso superior de Tecnologia em Segurança do Trabalho. 16 Técnicas e Práticas de Lazer(Eventos); 16.1 Licenciado: ser portador de diploma de graduação superior em uma das habilitações relacionadas no subitem 16.2 e possuir Certificado equivalente ao da licenciatura plena Educação Física. Ser portador de diploma de curso de Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Turismo com Esquema II Graduado (Bacharel ou Tecnólogo): ser portador de diploma de graduação superior em Administração - Habilitação em Gestão Turística e Hotelaria; Administração em Hotelaria; Administração em Turismo; Administração em Turismo e Hotelaria; Educação Física; Hotelaria; Lazer e Turismo; Turismo; Turismo com Ênfase em Hotelaria; Turismo e Hotelaria. Ser portador de diploma de curso superior de Tecnologia em Eventos; Tecnologia em Gestão de Eventos; Tecnologia em Gestão de Turismo; Tecnologia em Gestão Hoteleira; Tecnologia em Hotelaria; Tecnologia em Lazer e Recreação; Tecnologia em Lazer e Turísmo; Tecnologia em Turismo; Tecnologia em Turismo e Hospitalidade; Tecnologia em Turismo e Hotelaria.

10 17 Teoria e Técnica da Hospitalidade(Eventos); 17.1 Licenciado: ser portador de diploma de graduação superior em uma das habilitações relacionadas no subitem 17.2 e possuir Certificado equivalente ao da licenciatura plena Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Turismo com Esquema II Graduado (Bacharel ou Tecnólogo): ser portador de diploma de graduação superior em Administração - Habilitação em Hotelaria e Turismo; Administração em Hotelaria; Administração em Turismo; Administração em Turismo e Hotelaria; Administração Hoteleira; Hotelaria; Lazer e Turismo; Turismo; Turismo com Ênfase em Hotelaria; Turismo e Hotelaria. Ser portador de diploma de curso superior de Tecnologia em Administração de Eventos; Tecnologia em Administração Hoteleira; Tecnologia em Eventos; Tecnologia em Gestão de Empreendimentos de Turismo e Hotelaria; Tecnologia em Gestão de Empresas Turísticas; Tecnologia em Gestão de Eventos; Tecnologia em Gestão de Turismo; Tecnologia em Gestão de Turismo e Hospitalidade; Tecnologia em Gestão de Turismo e Hotelaria; Tecnologia em Gestão Hoteleira; Tecnologia em Turismo; Tecnologia em Turismo e Hospitalidade; Tecnologia em Turismo e Hotelaria. 18 Automação Industrial I (para a Habilitação Mecânica) (Mecânica ); 18.1 Licenciado: ser portador de diploma de graduação superior em uma das habilitações relacionadas no subitem 18.2 e possuir Certificado equivalente ao da licenciatura plena Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Desenho de Projetos de Mecânica; Eletromecânica; Mecânica; Mecânica de Precisão com Esquema II Graduado (Bacharel ou Tecnólogo): ser portador de diploma de graduação superior em Engenharia da(de) Produção; Engenharia de Automação e Controles; Engenharia de Automação e Sistemas; Engenharia de Automação Empresarial; Engenharia de Controle e Automação; Engenharia de Controle e Automação Mecatrônica; Engenharia de Instrumentação, Automação e Robótica; Engenharia de Materiais; Engenharia de Operação - Habilitação em Máquinas e Ferramentas; Engenharia de Operação - Habilitação em Mecânica Automobilística; Engenharia de Operação - Habilitação em Mecânica de Máquinas; Engenharia de Produção de Materiais; Engenharia de Produção Mecânica; Engenharia de Produção Metalúrgica; Engenharia de Sistemas e Automação;

11 Engenharia Elétrica; Engenharia Eletrônica; Engenharia Industrial - Modalidade Elétrica/ Eletrotécnica; Engenharia Industrial de Materiais; Engenharia Industrial Mecânica; Engenharia Industrial Metalúrgica; Engenharia Mecânica; Engenharia Mecânica - Automação e Sistemas; Engenharia Mecânica - Ênfase em Ciência dos Materiais; Engenharia Mecânica - Ênfase em Mecatrônica; Engenharia Mecânica - Ênfase Mecânica Automobilística; Engenharia Mecânica - Modalidade Controle e Automação; Engenharia Mecatrônica; Engenharia Metalúrgica; Engenharia Operacional - Modalidade Máquinas Operacionais. Ser portador de diploma de curso superior de Tecnologia (em) Mecânica; Tecnologia (em) Mecânica - Modalidade Desenhista Projetista; Tecnologia (em) Mecânica - Modalidade Mecânica de Precisão; Tecnologia (em) Mecânica - Modalidade Oficinas; Tecnologia (em) Mecânica - Modalidade Processos de Produção; Tecnologia (em) Mecânica - Modalidade Projetos; Tecnologia (em) Mecânica - Modalidade Soldagem; Tecnologia (em) Mecânica Processos de Soldagem; Tecnologia em Automação; Tecnologia em Automação e Controle; Tecnologia em Automação Industrial; Tecnologia em Automobilística; Tecnologia em Eletrônica - Modalidade Automação Industrial; Tecnologia em Eletrotécnica - Modalidade Automação e Acionamentos Industriais; Tecnologia em Fabricação Mecânica; Tecnologia em Manutenção Industrial; Tecnologia em Materiais; Tecnologia em Mecatrônica; Tecnologia em Mecatrônica Industrial; Tecnologia em Processos de Produção; Tecnologia em Produção (da/de Produção); Tecnologia em Produção Industrial; Tecnologia em Projetos Mecânicos. 19 Projetos Mecânicos (Mecânica ); 19.1 Licenciado: ser portador de diploma de graduação superior em uma das habilitações relacionadas no subitem 19.2 e possuir Certificado equivalente ao da licenciatura plena Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Desenho de Projetos de Mecânica; Eletromecânica; Mecânica; Mecânica de Precisão com Esquema II Graduado (Bacharel ou Tecnólogo): ser portador de diploma de graduação superior em Engenharia de Automação e Controles; Engenharia de Automação e Sistemas; Engenharia de Controle e Automação; Engenharia de Controle e Automação Mecatrônica; Engenharia de Instrumentação, Automação e Robótica; Engenharia de Materiais; Engenharia de Operação Elétrica - Modalidade Eletrônica; Engenharia de Produção de Materiais; Engenharia de Produção Mecânica; Engenharia de Produção Metalúrgica; Engenharia Industrial de Materiais; Engenharia Industrial Mecânica; Engenharia Industrial Metalúrgica; Engenharia Mecânica; Engenharia Mecânica -

12 Automação e Sistemas; Engenharia Mecânica - Ênfase em Ciência dos Materiais; Engenharia Mecânica - Ênfase em Mecatrônica; Engenharia Mecânica - Ênfase Mecânica Automobilística; Engenharia Mecânica - Modalidade Controle e Automação; Engenharia Mecatrônica; Engenharia Metalúrgica; Engenharia Operacional Elétrica - Habilitação Eletrônica. Ser portador de diploma de curso superior de Tecnologia (em) Mecânica; Tecnologia (em) Mecânica - Modalidade Desenhista Projetista; Tecnologia (em) Mecânica - Modalidade Mecânica de Precisão; Tecnologia (em) Mecânica - Modalidade Oficinas; Tecnologia (em) Mecânica - Modalidade Processos de Produção; Tecnologia (em) Mecânica - Modalidade Projetos; Tecnologia (em) Mecânica - Modalidade Soldagem; Tecnologia (em) Mecânica Projetos; Tecnologia (em) Mecânica Automobilística; Tecnologia (em) Mecânica Processos de Soldagem; Tecnologia em Automação; Tecnologia em Automação e Controle; Tecnologia em Automação Industrial; Tecnologia em Automobilística; Tecnologia em Fabricação Mecânica; Tecnologia em Gestão da Produção; Tecnologia em Manutenção Industrial; Tecnologia em Manutenção Mecânica Industrial; Tecnologia em Materiais; Tecnologia em Mecatrônica; Tecnologia em Mecatrônica Industrial; Tecnologia em Processos de Produção; Tecnologia em Produção Industrial; Tecnologia em Projetos Mecânicos. 20 Resistência dos Materiais(Mecânica ); 20.1 Licenciado: ser portador de diploma de graduação superior em uma das habilitações relacionadas no subitem 20.2 e possuir Certificado equivalente ao da licenciatura plena Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Mecânica com Esquema II Graduado (Bacharel ou Tecnólogo): ser portador de diploma de graduação superior em Engenharia Aeroespacial; Engenharia Aeronáutica; Engenharia Civil; Engenharia da(de) Produção; Engenharia de Automação e Sistemas; Engenharia de Controle e Automação Mecatrônica; Engenharia de Materiais; Engenharia de Produção de Materiais; Engenharia de Produção Mecânica; Engenharia Industrial de Materiais; Engenharia Industrial Mecânica; Engenharia Mecânica; Engenharia Mecânica Aeronáutica; Engenharia Mecânica - Automação e Sistemas; Engenharia Mecânica - Ênfase em Ciência dos Materiais; Engenharia Mecânica - Ênfase em Mecatrônica; Engenharia Mecânica - Ênfase Mecânica Automobilística; Engenharia Mecânica - Modalidade Controle e Automação; Engenharia Mecatrônica. Ser portador de diploma de curso superior de Tecnologia (em) Mecânica; Tecnologia (em) Mecânica - Modalidade Desenhista Projetista; Tecnologia (em) Mecânica - Modalidade Mecânica

13 de Precisão; Tecnologia (em) Mecânica - Modalidade Oficinas; Tecnologia (em) Mecânica - Modalidade Processos de Produção; Tecnologia (em) Mecânica - Modalidade Projetos; Tecnologia (em) Mecânica - Modalidade Soldagem; Tecnologia (em) Mecânica Projetos; Tecnologia (em) Mecânica Automobilística; Tecnologia (em) Mecânica de Precisão; Tecnologia (em) Mecânica Processos de Soldagem; Tecnologia em Automação e Manufatura Digital; Tecnologia em Automobilística; Tecnologia em Ciências Aeronáuticas; Tecnologia em Construção e Manutenção de Sistemas de Navegação; Tecnologia em Construção Naval; Tecnologia em Fabricação Mecânica; Tecnologia em Manufatura Aeronáutica; Tecnologia em Manutenção de Aeronaves; Tecnologia em Materiais; Tecnologia em Processos de Produção; Tecnologia em Projetos Mecânicos. 21 Tecnologia em Manutenção(Mecânica ); 21.1 Licenciado: ser portador de diploma de graduação superior em uma das habilitações relacionadas no subitem 21.2 e possuir Certificado equivalente ao da licenciatura plena Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Desenho de Projetos de Mecânica; Eletromecânica; Mecânica; Mecânica de Precisão com Esquema II Graduado (Bacharel ou Tecnólogo): ser portador de diploma de graduação superior em Engenharia de Automação e Controles; Engenharia de Automação e Sistemas; Engenharia de Automação Empresarial; Engenharia de Controle e Automação; Engenharia de Controle e Automação Mecatrônica; Engenharia de Instrumentação, Automação e Robótica; Engenharia de Materiais; Engenharia de Operação - Habilitação em Mecânica de Máquinas; Engenharia de Operação - Modalidade Mecânica Automobilística; Engenharia de Produção de Materiais; Engenharia de Produção e Qualidade; Engenharia de Produção Mecânica; Engenharia de Produção Metalúrgica; Engenharia Industrial de Materiais; Engenharia Industrial Mecânica; Engenharia Industrial Metalúrgica; Engenharia Mecânica; Engenharia Mecânica - Automação e Sistemas; Engenharia Mecânica - Ênfase em Ciência dos Materiais; Engenharia Mecânica - Ênfase em Mecatrônica; Engenharia Mecânica - Ênfase Mecânica Automobilística; Engenharia Mecânica - Modalidade Controle e Automação; Engenharia Mecatrônica; Engenharia Metalúrgica; Engenharia Operacional - Modalidade Máquinas e Ferramentas; Engenharia Operacional - Modalidade Máquinas Operacionais; Engenharia Operacional - Modalidade Máquinas Operatrizes e Ferramentas. Ser portador de diploma de curso superior de Tecnologia (em) Mecânica; Tecnologia (em) Mecânica - Modalidade Desenhista Projetista; Tecnologia (em)

14 Mecânica - Modalidade Mecânica de Precisão; Tecnologia (em) Mecânica - Modalidade Oficinas; Tecnologia (em) Mecânica - Modalidade Processos de Produção; Tecnologia (em) Mecânica - Modalidade Projetos; Tecnologia (em) Mecânica - Modalidade Soldagem; Tecnologia (em) Mecânica Projetos; Tecnologia (em) Mecânica Automobilística; Tecnologia (em) Mecânica Processos de Soldagem; Tecnologia em Automação; Tecnologia em Automação e Controle; Tecnologia em Automação Industrial; Tecnologia em Automobilística; Tecnologia em Fabricação Mecânica; Tecnologia em Manutenção Industrial; Tecnologia em Manutenção Mecânica Industrial; Tecnologia em Materiais; Tecnologia em Mecatrônica; Tecnologia em Mecatrônica Industrial; Tecnologia em Processos de Produção; Tecnologia em Produção (da/de Produção); Tecnologia em Produção Industrial; Tecnologia em Projetos Mecânicos. 22 Tecnologia Mecânica I(Mecânica ); 22.1 Licenciado: ser portador de diploma de graduação superior em uma das habilitações relacionadas no subitem 22.2 e possuir Certificado equivalente ao da licenciatura plena Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Desenho de Projetos de Mecânica; Eletromecânica; Mecânica; Mecânica de Precisão com Esquema II Graduado (Bacharel ou Tecnólogo): ser portador de diploma de graduação superior em Engenharia da(de) Produção; Engenharia de Automação e Controles; Engenharia de Automação e Sistemas; Engenharia de Controle e Automação; Engenharia de Controle e Automação Mecatrônica; Engenharia de Materiais; Engenharia de Produção de Minas; Engenharia de Produção Mecânica; Engenharia de Produção Metalúrgica; Engenharia Industrial de Materiais; Engenharia Industrial Mecânica; Engenharia Industrial Metalúrgica; Engenharia Mecânica; Engenharia Mecânica - Automação e Sistemas; Engenharia Mecânica - Ênfase em Ciência dos Materiais; Engenharia Mecânica - Ênfase em Mecatrônica; Engenharia Mecânica - Ênfase Mecânica Automobilística; Engenharia Mecânica - Modalidade Controle e Automação; Engenharia Mecatrônica; Engenharia Metalúrgica. Ser portador de diploma de curso superior de Tecnologia (em) Mecânica; Tecnologia (em) Mecânica - Modalidade Desenhista Projetista; Tecnologia (em) Mecânica - Modalidade Mecânica de Precisão; Tecnologia (em) Mecânica - Modalidade Oficinas; Tecnologia (em) Mecânica - Modalidade Processos de Produção; Tecnologia (em) Mecânica - Modalidade Projetos; Tecnologia (em) Mecânica - Modalidade Soldagem; Tecnologia (em) Mecânica Projetos; Tecnologia (em) Mecânica Automobilística; Tecnologia (em) Mecânica de

15 Precisão; Tecnologia (em) Mecânica Processos de Soldagem; Tecnologia em Automação; Tecnologia em Automação e Controle; Tecnologia em Automação Industrial; Tecnologia em Automobilística; Tecnologia em Fabricação Mecânica; Tecnologia em Manutenção Industrial; Tecnologia em Manutenção Mecânica Industrial; Tecnologia em Materiais; Tecnologia em Mecatrônica; Tecnologia em Mecatrônica Industrial; Tecnologia em Processos de Produção; Tecnologia em Processos Metalúrgicos; Tecnologia em Produção (da/de Produção); Tecnologia em Produção Industrial; Tecnologia em Projetos Mecânicos. 23 Empreendedorismo no Setor de Turismo(Turismo Receptivo); 23.1 Licenciado: ser portador de diploma de graduação superior em uma das habilitações relacionadas no subitem 23.2 e possuir Certificado equivalente ao da licenciatura plena Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Administração com Esquema II Graduado (Bacharel ou Tecnólogo): ser portador de diploma de graduação superior em Administração; Administração - Habilitação em Administração de Empresas; Administração - Habilitação em Administração Geral; Administração - Habilitação em Administração Hoteleira; Administração - Habilitação em Comércio Exterior; Administração - Habilitação em Hotelaria e Turismo; Administração - Habilitação em Marketing; Administração de Empresas; Administração de Empresas e Negócios; Administração de Sistemas de Informação; Administração em Turismo e Hotelaria; Administração Geral; Administração Hoteleira; Ciências Administrativas; Ciências Contábeis; Ciências Econômicas; Ciências Econômicas e Administrativas; Ciências Gerenciais e Orçamentárias; Ciências Gerenciais e Orçamentos Contábeis; Economia; Hotelaria; Lazer e Turismo; Turismo; Turismo com Ênfase em Hotelaria; Turismo e Hotelaria; Turismo e Meio Ambiente. Ser portador de diploma de curso superior de Tecnologia em Administração Hoteleira; Tecnologia em Gestão de Empreendimentos de Turismo e Hotelaria; Tecnologia em Gestão de Empresas Turísticas; Tecnologia em Gestão de Finanças; Tecnologia em Gestão de Serviços e Negócios; Tecnologia em Gestão de Turismo; Tecnologia em Gestão de Turismo e Hospitalidade; Tecnologia em Gestão de Turismo e Hotelaria; Tecnologia em Gestão Empresarial; Tecnologia em Gestão Hoteleira; Tecnologia em Hotelaria; Tecnologia em Informática - Ênfase em Gestão de Negócios; Tecnologia em Informática - Modalidade de Gestão Financeira; Tecnologia em Informática - Modalidade Gestão Financeira; Tecnologia em Informática para (a) Gestão de Negócios; Tecnologia em Planejamento Administrativo e Programação Econômica; Tecnologia em Planejamento e Programação Econômica;

16 Tecnologia em Turismo; Tecnologia em Turismo e Hospitalidade; Tecnologia em Turismo e Hotelaria. 24 Inglês Aplicado no Setor de Turismo(Turismo Receptivo); 24.1 Licenciado: ser portador de diploma de graduação superior em uma das habilitações relacionadas no subitem 24.2 e possuir Certificado equivalente ao da licenciatura plena Inglês; Letras com Habilitação em Inglês Graduado (Bacharel ou Tecnólogo): ser portador de diploma de graduação superior em Letras - Tradutor e Intérprete; Letras com Habilitação em Português e Inglês; Letras com Habilitação em Secretariado Bilíngue/ Inglês; Letras com Habilitação em Secretário Executivo Bilíngue/ Inglês; Letras com Habilitação em Tradutor e Intérprete/ Inglês; Letras com Habilitação Tradutor/ Inglês; Secretariado Bilíngue - Habilitação Português/ Inglês; Secretariado Executivo com Habilitação em Inglês. Ser portador de diploma de curso superior de Tecnologia em Automação de Escritórios e Secretariado/ Inglês; Tecnologia em Automação em Secretariado Executivo Bilíngue/ Inglês; Tecnologia em Formação de Secretariado/ Inglês; Tecnologia em Formação de Secretário/ Inglês; Tecnologia em Secretariado Executivo Bilíngue/ Inglês; Tradutor e Intérprete; Tradutor e Intérprete com Habilitação em Inglês. 25 Marketing Aplicado ao Turismo(Turismo Receptivo); 25.1 Licenciado: ser portador de diploma de graduação superior em uma das habilitações relacionadas no subitem 25.2 e possuir Certificado equivalente ao da licenciatura plena Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Comercialização e Mercadologia; Comunicação Mercadológica; Publicidade com Esquema II Graduado (Bacharel ou Tecnólogo): ser portador de diploma de graduação superior em Administração - Habilitação em Hotelaria e Turismo; Administração em Marketing; Comunicação Mercadológica; Comunicação Social com Habilitação em Marketing; Comunicação Social com Habilitação em Propaganda e Marketing; Comunicação Social com Habilitação em Publicidade e Propaganda; Comunicação Social com Habilitação em Relações Públicas; Marketing; Propaganda e Marketing; Publicidade;

17 Publicidade e Propaganda; Publicidade, Propaganda e Criação; Publicidade, Propaganda, Criação e Produção; Relações Públicas; Turismo; Turismo e Hotelaria; Turismo e Meio Ambiente. Ser portador de diploma de curso superior de Tecnologia em Criação e Produção Publicitária; Tecnologia em Eventos; Tecnologia em Gestão de Marketing; Tecnologia em Gestão de Turismo; Tecnologia em Gestão Mercadológica; Tecnologia em Hotelaria; Tecnologia em Marketing; Tecnologia em Marketing de Varejo; Tecnologia em Marketing Gerencial; Tecnologia em Produção Publicitária; Tecnologia em Publicidade, Propaganda e Marketing. 26 Patrimônio, Arte e Manifestações Populares no Estado de SP(Turismo Receptivo); 26.1 Licenciado: ser portador de diploma de graduação superior em uma das habilitações relacionadas no subitem 26.2 e possuir Certificado equivalente ao da licenciatura plena Artes Plásticas e Desenho; Artes Visuais; Ciências Sociais; Desenho e Plástica; Educação Artística; Sociologia Graduado (Bacharel ou Tecnólogo): ser portador de diploma de graduação superior em Administração em Turismo; Arquitetura; Arquitetura e Urbanismo; Artes Cênicas; Artes Plásticas; Artes Visuais; Ciências Sociais; Desenho; Desenho e Plástica; Educação Artística com Habilitação em Artes Cênicas; Educação Artística com Habilitação em Artes Plásticas; Educação Artística com Habilitação em Desenho; Educação Artística com Habilitação em Música; Música; Sociologia; Turismo. Ser portador de diploma de curso superior de Tecnologia em Gestão de Turismo; Tecnologia em Turismo; Tecnologia em Turismo e Hospitalidade; Tecnologia em Turismo e Hotelaria. 27 Teoria e Técnica em Eventos(Eventos) 27.1 Licenciado: ser portador de diploma de graduação superior em uma das habilitações relacionadas no subitem 27.2 e possuir Certificado equivalente ao da licenciatura plena Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Turismo - Cred. no Min. do Turismo (Guia de Turismo Regional ou de Excursão Nacional e América do Sul) com Esquema II.

18 27.2 Graduado (Bacharel ou Tecnólogo): ser portador de diploma de graduação superior em Administração - Habilitação em Hotelaria e Turismo; Administração em Turismo; Qualquer Bach. ou Grad. Tecnológica, com Cred. no Min. do Turismo (Guia de Turismo Regional ou Guia de Turismo de Excursão Nacional e América do Sul); Turismo. Ser portador de diploma de curso superior de Tecnologia em Gestão de Turismo; Tecnologia em Turismo; Tecnologia em Turismo e Hospitalidade; Tecnologia em Turismo e Hotelaria.

ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA

ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA REQUISITOS PARA INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, OBJETIVANDO A FORMAÇÃO DE CADASTRO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE EXCEPCIONAL INTERESSE PÚBLICO, Nº 065/01/2016 de 05/04/2016. Processo nº 2216/2016.

Leia mais

Aviso de Abertura 141/03/2014, de 22/12/2014 - Processo Nº 6771/2014

Aviso de Abertura 141/03/2014, de 22/12/2014 - Processo Nº 6771/2014 Aviso de Abertura 141/03/2014, de 22/12/2014 - Processo Nº 6771/2014 COMPONENTE CURRICULAR 1. Língua Portuguesa e Literatura (Base Nacional Comum - Ensino Médio; Informática para Internet Integrado ao

Leia mais

ETEC PROF. DR. JOSÉ DAGNONI SANTA BÁRBARA D OESTE CLASSE DESCENTRALIZADA E.E. EMÍLIO ROMI

ETEC PROF. DR. JOSÉ DAGNONI SANTA BÁRBARA D OESTE CLASSE DESCENTRALIZADA E.E. EMÍLIO ROMI ETEC PROF. DR. JOSÉ DAGNONI SANTA BÁRBARA D OESTE CLASSE DESCENTRALIZADA E.E. EMÍLIO ROMI AVISO DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, OBJETIVANDO A FORMAÇÃO DE CADASTRO PARA CONTRATAÇÃO

Leia mais

CATÁLOGO DE REQUISITOS DE TITULAÇÃO

CATÁLOGO DE REQUISITOS DE TITULAÇÃO CATÁLOGO DE REQUISITOS DE TITULAÇÃO Administração Cálculos Financeiros Administração Administração (EII) Administração - Habilitação em Administração de Empresas Administração - Habilitação em Administração

Leia mais

Nº de Vagas Turno Curso Instituição de Ensino Superior

Nº de Vagas Turno Curso Instituição de Ensino Superior Nº de Vagas Turno Curso Instituição de Ensino Superior 1 MATUTINO ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS UNIA - CENTRO UNIVERSITÁRIO ANHANGUERA - (242) 1 NOTURNO ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS UNIA

Leia mais

Requisitos de Titulação para Inscrição no Processo Seletivo de Docentes Aviso 064.06.2012 Processo 8969/2012

Requisitos de Titulação para Inscrição no Processo Seletivo de Docentes Aviso 064.06.2012 Processo 8969/2012 Etec Professor Horácio Augusto da Silveira Classe Descentralizada E.M. Mufarrege Salomão Chamma Requisitos de Titulação para Inscrição no Processo Seletivo de Docentes Aviso 064.06.2012 Processo 8969/2012

Leia mais

Carreira 170 Economia Empresarial e Controladoria Ribeirão Preto Curso 35: Bacharelado em Economia Empresarial e Controladoria

Carreira 170 Economia Empresarial e Controladoria Ribeirão Preto Curso 35: Bacharelado em Economia Empresarial e Controladoria Carreira 100 Administração Ribeirão Preto Curso 10: Administração Diurno Curso 11: Administração Noturno Carreira 105 Arquitetura FAU Curso 12: Arquitetura e Urbanismo Carreira 110 Arquitetura São Carlos

Leia mais

MAPA DO ENSINO SUPERIOR NO ESTADO DE SÃO PAULO RODRIGO CAPELATO

MAPA DO ENSINO SUPERIOR NO ESTADO DE SÃO PAULO RODRIGO CAPELATO MAPA DO ENSINO SUPERIOR NO ESTADO DE SÃO PAULO 2013 RODRIGO CAPELATO www.semesp.org.br Realização Apoio www.semesp.org.br Dados 1. Matrículas - Cursos presenciais, tecnológicos e EAD 2. Pirâmides - Cursos

Leia mais

VAGAS OCIOSAS PARA TRANSFERÊNCIA 2016-1 CAMPUS PONTAL - Ituiutaba - MG

VAGAS OCIOSAS PARA TRANSFERÊNCIA 2016-1 CAMPUS PONTAL - Ituiutaba - MG ** Turno matutino aulas/atividades preferencialmente no período da manhã / Turno diurno aulas/atividades preferencialmente nos períodos da manhã e tarde. / ** Turno noturno - aulas/atividades preferencialmente

Leia mais

Leia-se: (...) 1362 vagas remanescentes, no período indicado no cronograma 13.2, nos termos abaixo estabelecidos:

Leia-se: (...) 1362 vagas remanescentes, no período indicado no cronograma 13.2, nos termos abaixo estabelecidos: UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS - UFT EDITAL DE RETIFICAÇÃO N 002/2016 PROGRAD/COPESE, DE 08/06/2016 RETIFICAÇÃO DO EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA INTERNA E FACULTATIVA, REINGRESSO E DE

Leia mais

1. Introdução: Bem-vind@s ao V Dia na USP!

1. Introdução: Bem-vind@s ao V Dia na USP! 1. Introdução: Bem-vind@s ao V Dia na USP! Programação do V Dia na USP 3. Como vencer o vestibular? Orientações: Informações sobre o Dia na USP: orientações. 3. Informações sobre o ingresso na usp: as

Leia mais

Chamada Pública MCTI/CNPq/SPM-PR/Petrobras nº 18/2013 ANEXO I

Chamada Pública MCTI/CNPq/SPM-PR/Petrobras nº 18/2013 ANEXO I ANÁLISE DE SISTEMAS ANÁLISE DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ANÁLISE DE SISTEMAS E TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS ANÁLISE ESTATÍSTICA ASTROFÍSICA ASTROFÍSICA E FÍSICA COMPUTACIONAL

Leia mais

Nº de Vagas Lei Decreto nº

Nº de Vagas Lei Decreto nº Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul EDITAL Nº 19/2016 ANEXO II QUADRO DE VAGAS Nº de Vagas

Leia mais

1ª ETAPA - TURMA D e K

1ª ETAPA - TURMA D e K CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL I PF 3 CIÊNCIAS DO AMBIENTE PF 3 ÉTICA E CIDADANIA I PF 3 FÍSICA GERAL I PF 3 GEOMETRIA ANALÍTICA E VETORES PF 3 FÍSICA EXPERIMENTAL I COMPUTAÇÃO, ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO

Leia mais

Regim Renda Inferior a 1. Ampla Concorrencia. Não declarados Pretos, Pardos ou Iindigenas

Regim Renda Inferior a 1. Ampla Concorrencia. Não declarados Pretos, Pardos ou Iindigenas Cursos Modalidade Ampla Concorrencia AGRONOMIA Bacharelado Manhã e Tarde Areia - PB 29 3 CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Licenciatura Manhã, Tarde e Noite Areia - PB 8 0 CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Bacharelado Manhã, Tarde

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2015 / 1 - IF SUDESTE MG

PROCESSO SELETIVO 2015 / 1 - IF SUDESTE MG PROCESSO SELETIVO 2015 / 1 - IF SUDESTE MG CAMPUS AVANÇADO BOM SUCESSO RELAÇÃO DE / TÉCNICO CONCOMITANTE AO 2º OU 3º ANO DO ENSINO MÉDIO OU SUBSEQUENTE Técnico em Informática - Noturno - Grupo A 15 40

Leia mais

SISU/UFMG 1ª EDIÇÃO DE 2016 Máximos e Mínimos por Curso/Modalidade

SISU/UFMG 1ª EDIÇÃO DE 2016 Máximos e Mínimos por Curso/Modalidade UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS Registro Discente Departamento de Registro e Controle Acadêmico SISU/UFMG 1ª EDIÇÃO DE 2016 Máximos e Mínimos por Curso/Modalidade Informações geradas Após após 3ª

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE SANTOS

CÂMARA MUNICIPAL DE SANTOS RELAÇÃO DE CURSOS DE GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO UNISANTOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DESCONTO DE 20% ADMINISTRAÇÃO ARQUITETURA E URBANISMO CIÊNCIAS BIOLÓGICAS CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO CIÊNCIAS ECONÔMICAS COMÉRCIO

Leia mais

UF IES IES Curso Qtd. Vagas SP FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Ciência e Tecnologia ** 389 MT UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO Enfermagem 207

UF IES IES Curso Qtd. Vagas SP FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Ciência e Tecnologia ** 389 MT UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO Enfermagem 207 UF IES IES Curso Qtd. Vagas SP FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Ciência e Tecnologia ** 389 MT UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO Enfermagem 207 MG UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA

Leia mais

Boletim Informativo 0

Boletim Informativo 0 Boletim Informativo 0 ADMISSÃO Vestibular de 2016 da UnB teve mais de 21 mil inscritos Edição trouxe novidades com o SISUnB. Primeira chamada foi divulgada em 11 de julho O Cebraspe divulgou, em 11 de

Leia mais

FAHOR - FACULDADE HORIZONTINA

FAHOR - FACULDADE HORIZONTINA Ciências Econômicas - 2º Semestre de 2016 - Noturno EC2013 0100 - Análise de Conjuntura Econômica 0104 - Auditoria nas Organizações 0101 - Tópicos Especiais em Economia 0099 - Fundamentos de Marketing

Leia mais

EDITAL Nº 16 / 2011/ SED

EDITAL Nº 16 / 2011/ SED ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO EDITAL Nº 16 / 2011/ SED O SECRETÁRIO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições legais e considerando o disposto no artigo 3º da Lei nº

Leia mais

Professor: Técnico e Linguagem de Sinais

Professor: Técnico e Linguagem de Sinais Professor: Técnico e Linguagem de Sinais 26 C 02 D 27 D 03 C 28 B 04 B 29 D 05 A 30 C 06 D 31 A 07 E 32 E 08 B 33 E 09 C 34 D 10 B 35 B 11 B 36 E 12 A 12 E 37 A 13 B 13 C 38 B 14 A 14 C 39 A 15 E 15 B

Leia mais

Anexo 2 Quadro de Cursos / Vagas

Anexo 2 Quadro de Cursos / Vagas Anexo 2 Quadro de Cursos / Vagas I. Academia de Bombeiro Militar D. Pedro II / CBMERJ Oficial do Corpo de Bombeiros Militar (candidatos de sexo masculino e feminino) II. Centro Universitário Estadual da

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO ANEXO 8 Quadro demonstrativo das provas, nº de questões e seus valores, pontuação mínima e máxima nas provas

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO ANEXO 8 Quadro demonstrativo das provas, nº de questões e seus valores, pontuação mínima e máxima nas provas MÍNIMO e 1.1.Licenciatura Plena - Letras / Português e Literatura da Língua Portuguesa I e 1.2.Licenciatura Plena Letras/ Inglês e Literatura da Língua Inglesa ou Habilitação através de Curso Especial

Leia mais

FURNAS Centrais Elétricas S.A. Concurso Público - 01/2009 - Acompanhamento das Convocações

FURNAS Centrais Elétricas S.A. Concurso Público - 01/2009 - Acompanhamento das Convocações Prof. de Nível Médio Suporte - Tec. Adm. - Suporte ao Negócio - Adm. Aparecida de Goiânia - GO 2 Prof. de Nível Médio Suporte - Tec. Adm. - Suporte ao Negócio - Adm. Paracatu - MG 2 Prof. de Nível Médio

Leia mais

A PUCRS oferece a possibilidade de ingresso extravestibular nos cursos de graduação através de reopção a partir de 18 de abril de 2016.

A PUCRS oferece a possibilidade de ingresso extravestibular nos cursos de graduação através de reopção a partir de 18 de abril de 2016. Ingresso Extravestibular 2016/2 - Reopção A PUCRS oferece a possibilidade de ingresso extravestibular nos cursos de graduação através de reopção a partir de 18 de abril de 2016. Não serão aceitos pedidos

Leia mais

COMPANHIA PAULISTA DE TRENS METROPOLITANOS - CPTM CONCURSO PÚBLICO Nº 004/2012

COMPANHIA PAULISTA DE TRENS METROPOLITANOS - CPTM CONCURSO PÚBLICO Nº 004/2012 COMPANHIA PAULISTA DE TRENS METROPOLITANOS - CPTM CONCURSO PÚBLICO Nº 004/2012 Aviso nº 006 - GABARITO PRELIMINAR DAS PROVAS APLICADAS NO DIA 17/06/2012. 101 - Advogado Júnior 31 - A 32 - B 33 - D 34 -

Leia mais

CARGO 1: TÉCNICO EM GESTÃO DE INOVAÇÃO ÁREA: ADMINISTRAÇÃO TIPO A CARGO 2: TÉCNICO EM GESTÃO DE DESENVOLVIMENTO, CIÊNCIA, TECNOLOGIA E

CARGO 1: TÉCNICO EM GESTÃO DE INOVAÇÃO ÁREA: ADMINISTRAÇÃO TIPO A CARGO 2: TÉCNICO EM GESTÃO DE DESENVOLVIMENTO, CIÊNCIA, TECNOLOGIA E Agenda I 12 e 13/5/2008 Período provável para entrega dos documentos referentes à avaliação de títulos (para cargos de nível superior) e para a entrega dos documentos necessários à comprovação de idade

Leia mais

ANEXO I MATRIZ CURRICULAR

ANEXO I MATRIZ CURRICULAR ANEXO I MATRIZ CURRICULAR Na Tabela 1 encontram-se as disciplinas do Núcleo Comum organizadas em ordem alfabética. Na Tabela 2 encontram-se as disciplinas de natureza obrigatória do Núcleo Específico (Grupo

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ANHANGUERA DE SANTO ANDRÉ

CENTRO UNIVERSITÁRIO ANHANGUERA DE SANTO ANDRÉ CENTRO UNIVERSITÁRIO ANHANGUERA DE SANTO ANDRÉ I ATO AUTORIZATIVO EXPEDIDO PELO MEC COM DATA DE PUBLICAÇÃO NO DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO. ATO LEGAL PORTARIA CREDENCIAMENTO CREDENCIADO-DECRETO FEDERAL65747DE26/11/1969

Leia mais

CAMPUS DO POLO ABATETETUBA ANANINDEUA BELEM BRAGANÇA BREVES CASTANHAL PARAGOMINAS

CAMPUS DO POLO ABATETETUBA ANANINDEUA BELEM BRAGANÇA BREVES CASTANHAL PARAGOMINAS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PARÁ CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTODE CARGO EFETIVO DA CARREIRA DE MAGISTÉRIODO ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO EDITAL

Leia mais

Disciplinas que têm material didático

Disciplinas que têm material didático Disciplinas que têm material didático Código CCE0001 GST0001 GST0027 GST0002 GST0003 CCA0066 CCE0002 CCT0001 GST0029 GST0030 GST0031 GST0032 CEL0014 SDE0022 SDE0002 CCE0091 CEL0001 CCA0068 CCT0013 SDE0004

Leia mais

TITULAÇÕES LEGENDAS: LP (LICENCIATURA PLENA) EII (ESQUEMA II)

TITULAÇÕES LEGENDAS: LP (LICENCIATURA PLENA) EII (ESQUEMA II) TITULAÇÕES LEGENDAS: LP (LICENCIATURA PLENA) EII (ESQUEMA II) 01 - Eletricidade (Manutenção e Suporte em Informática) Eletroeletrônica (EII) Eletromecânica (EII) Eletrônica (EII) Eletrotécnica (EII) Engenharia

Leia mais

ANEXO II. Regime de Trabalho. Código da Vaga. Número de Vagas. Cargo. Pré-requisitos. Reitoria Cargos de Nível D

ANEXO II. Regime de Trabalho. Código da Vaga. Número de Vagas. Cargo. Pré-requisitos. Reitoria Cargos de Nível D SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL ANEXO II EDITAL N.º 09 DE 31 DE

Leia mais

1. DAS MODALIDADES OU NÍVEIS EDUCACIONAIS, UNIDADES CURRICULARES, PERFIS/HABILITAÇÕES EXIGIDAS, VAGAS E REGIME DE TRABALHO

1. DAS MODALIDADES OU NÍVEIS EDUCACIONAIS, UNIDADES CURRICULARES, PERFIS/HABILITAÇÕES EXIGIDAS, VAGAS E REGIME DE TRABALHO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA COORDENAÇÃO PERMANENTE DE CONCURSOS PÚBLICOS PROFESSOR EFETIVO DE ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E

Leia mais

Edital nº 5/2013 PROEXT/IFAP

Edital nº 5/2013 PROEXT/IFAP 1. Função: PROFESSOR/INSTRUTOR Local de atuação: CÂMPUS MACAPÁ Rodovia BR 2010, KM 03, s/n, Brasil Novo, Macapá-AP Cód. Vaga Curso FIC SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA TECNOLOGIA

Leia mais

CONCURSO DO ESTUDANTE INTERNACIONAL PARA O ANO LETIVO DE 2016/2017

CONCURSO DO ESTUDANTE INTERNACIONAL PARA O ANO LETIVO DE 2016/2017 CUJOS CANDIDATOS QUE NÃO SEJAM TITULARES DE S DO ENSINO CON DO ESTUDANTE INTERNACIONAL PARA O ANO LETIVO DE 2016/2017 FACULDADE DE ARQUITETURA Arquitetura, área de especialização em Arquitetura de Interiores

Leia mais

ESTATÍSTICA - RELAÇÃO CANDIDATO/VAGA. Biológicas. masculino feminino geral cand/vaga. curso

ESTATÍSTICA - RELAÇÃO CANDIDATO/VAGA. Biológicas. masculino feminino geral cand/vaga. curso Biológicas 101-5 102-3 103-1 104-0 105-8 106-6 107-4 108-2 109-0 110-4 111-2 112-0 113-9 114-7 115-5 116-3 117-1 118-0 119-8 120-1 121-0 122-8 123-6 124-4 Agronomia - integral Agronomia - integral Agronomia

Leia mais

ANEXO II TRANSFERÊNCIA FACULTATIVA CURSOS MINISTRADOS EM NITERÓI

ANEXO II TRANSFERÊNCIA FACULTATIVA CURSOS MINISTRADOS EM NITERÓI CURSO PRETENDIDO ANTROPOLOGIA ARQUIVOLOGIA ARTES BIBLIOTECONOMIA E DOCUMENTAÇÃO BIOMEDICINA ANEXO II TRANSFERÊNCIA FACULTATIVA CURSOS MINISTRADOS EM NITERÓI CURSO DE ORIGEM REQUISITOS ESPECÍFICOS CARGA

Leia mais

Parcerias Educacionais e Recreativas 2014

Parcerias Educacionais e Recreativas 2014 Parcerias Educacionais e Recreativas 2014 HRD Human Resources Development VERSO CAPA ÍNDICE PÁGINA EM BRANCO INSTITUIÇÕES EDUCACIONAIS PÁGINA EM BRANCO Faculdade Dom Bosco Rua Boa Morte, 1835 Piracicaba/SP

Leia mais

TURMAS MÓDULO B - 2015 TURMAS MÓDULO C - 2015 TURMAS. Início Término Disciplinas. Início Término Disciplinas. Início Término Disciplinas

TURMAS MÓDULO B - 2015 TURMAS MÓDULO C - 2015 TURMAS. Início Término Disciplinas. Início Término Disciplinas. Início Término Disciplinas BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO Calouros - Quintas-feiras, das 18h20 às 20h25 (C3) - Núcleo Comum 03 primeiros Módulos, Veteranos - Quintas-feiras das 20h30 às 22h35 (C3) 2013/02 2012/08 - - - - MÓDULO NÚCLEO

Leia mais

Vagas 2016. Vagas 2015. Nota Último Colocado 2015. Código Curso. Establecimento Curso

Vagas 2016. Vagas 2015. Nota Último Colocado 2015. Código Curso. Establecimento Curso Código Curso Establecimento Curso Universidade dos Açores - Faculdade de Ciências Agrárias e do Ambiente 8031 Ciências Farmacêuticas (Preparatórios) 15 15 129,3 8086 Medicina Veterinária (Preparatórios)

Leia mais

Curso de Engenharia Elétrica. Francisco Carlos Moreira Abreu Eng. Eletricista

Curso de Engenharia Elétrica. Francisco Carlos Moreira Abreu Eng. Eletricista Curso de Engenharia Elétrica Francisco Carlos Moreira Abreu Eng. Eletricista Engenharia Elétrica Formação e Mercado de Trabalho Engenharia Elétrica Ramo da engenharia que lida com o estudo e a aplicação

Leia mais

Corpo Docente ETEC Prof. Marcos Uchôas dos Santos Penchel - 2016

Corpo Docente ETEC Prof. Marcos Uchôas dos Santos Penchel - 2016 Corpo Docente ETEC Prof. Marcos Uchôas dos Santos Penchel - 2016 Professores Formação Adilson José D. Campos Adriana A. Palmeira G. de França Adriano Sene Gonçalves Alessandro Macedo Euzébio Ana Cristina

Leia mais

TERCEIRA RETIFICAÇÃO EDITAL nº 30/2013-DG/CA PRONATEC DOCENTE

TERCEIRA RETIFICAÇÃO EDITAL nº 30/2013-DG/CA PRONATEC DOCENTE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CÂMPUS CAICÓ TERCEIRA RETIFICAÇÃO EDITAL nº 30/23-DG/CA

Leia mais

DOU Nº 240, quinta-feira, 12 de dezembro de 2002 358 1 ISSN 1676-2339

DOU Nº 240, quinta-feira, 12 de dezembro de 2002 358 1 ISSN 1676-2339 DOU Nº 240, quinta-feira, 12 de dezembro de 2002 358 1 ISSN 1676-2339 CONSELHO FEDERAL DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA RESOLUÇÃO Nº 473, DE 26 DE NOVEMBRO DE 2002 Institui Tabela de

Leia mais

Pós-Graduação. Ampliação da abrangência da pós-graduação da UFMG, através de mudanças

Pós-Graduação. Ampliação da abrangência da pós-graduação da UFMG, através de mudanças Pós-Graduação Ampliação da abrangência da pós-graduação da UFMG, através de mudanças Na concepção do processo seletivo, de modo a ampliar a abrangência regional e nacional da pós-graduação; Número de Alunos

Leia mais

ORIENTAÇÃO TÉCNICA 9 Áreas de Educação e Formação (atualizada ada em setembro de 2014)

ORIENTAÇÃO TÉCNICA 9 Áreas de Educação e Formação (atualizada ada em setembro de 2014) As entidades formadoras certificadas pela Direção-Geral do Emprego e das Relações de Trabalho (DGERT), para além da formação modular da componente de formação tecnológica dos referenciais de formação do

Leia mais

INTRODUÇÃO A ENGENHARIA

INTRODUÇÃO A ENGENHARIA Agenda A profissão Engenheiro Mecânico Funções do Engenheiro O Engenheiro e a Sociedade A atuação do Engenheiro Mecânico Como a sociedade vê um Engenheiro Pré-requisitos: Ter raciocínio lógico; Ser prático

Leia mais

PRIMEIRA RETIFICAÇÃO EDITAL nº 30/2013-DG/CA PRONATEC DOCENTE

PRIMEIRA RETIFICAÇÃO EDITAL nº 30/2013-DG/CA PRONATEC DOCENTE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CÂMPUS CAICÓ PRIMEIRA RETIFICAÇÃO EDITAL nº 30/23-DG/CA

Leia mais

CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 1º GSI001 1º GSI002 1º GSI003 Componentes Curriculares BSI Per. Código Componente Curricular Empreendedorismo em Informática Introdução à Programação de Computadores Introdução aos Sistemas de Informação

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2016-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Pares instituição/curso objeto de concurso nacional Código Instit.

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2016-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Pares instituição/curso objeto de concurso nacional Código Instit. ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - 1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Nome da Instituição Nome do Grau (cont. geral) 0140 8031 Universidade dos Açores - Faculdade de Ciências Agrárias e do Ambiente Ciências

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE CANOAS Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE CANOAS Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão EDITAL Nº. 39/2015 - CHAMAMENTO PÚBLICO Nº. 5/2015 CHAMAMENTO PÚBLICO PARA INSCRIÇÕES DE ESTAGIÁRIOS, PARA FORMAÇÃO DE CADASTRO RESERVA E PREENCHIMENTO DAS VAGAS DE ESTÁGIO NO ÂMBITO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

Leia mais

CURSO: Engenharia de Controle e Automação Campus Praça XI Missão

CURSO: Engenharia de Controle e Automação Campus Praça XI Missão CURSO: Engenharia de Controle e Automação Campus Praça XI Missão O Curso de Engenharia de Controle e Automação da Universidade Estácio de Sá tem por missão formar profissionais com sólidos conhecimentos

Leia mais

SELETIVO ESPECIAL Edital nº074/vrg/2015 2º semestre de 2016 QUADRO DE CURSOS

SELETIVO ESPECIAL Edital nº074/vrg/2015 2º semestre de 2016 QUADRO DE CURSOS SELETIVO ESPECIAL Edital nº074/vrg/2015 2º semestre de 2016 QUADRO DE CURSOS CAMPUS ITAJAÍ Biomedicina (1) Ciência da Computação Ciências Biológicas Ciências Contábeis Comércio Exterior Construção Naval

Leia mais

QUADRO II - PROFESSOR PESQUISADOR CÂMPUS / POLO: LARANJAL DO JARI

QUADRO II - PROFESSOR PESQUISADOR CÂMPUS / POLO: LARANJAL DO JARI A COMISSÃO - N 346/DO PROCESSO SELEÇÃO SIMPLIFICADO do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amapá IFAP, usando das atribuições que lhe confere a Portaria 1402 IFAP 2015 de 19 de novembro

Leia mais

CURSO e IFES: LICENCIATURA EM PEDAGOGIA/UENF

CURSO e IFES: LICENCIATURA EM PEDAGOGIA/UENF Música e Educação Educação de Jovens e Adultos Língua Portuguesa na Educação 2 Licenciatura plena em Letras (todas as habilitações) ou Linguística Teatro e Educação Estágio Curricular Supervisionado 1

Leia mais

Ano lectivo - 2014 / 2015 - Anual Época Especial

Ano lectivo - 2014 / 2015 - Anual Época Especial MAPA DE SALAS Escola Superior de Tecnologia e Gestão Ano lectivo - 2014 / 2015 - Anual Época Especial Dia Hora Unidade Curricular Nº alunos Curso Sala 01-set 10h História e Crítica do Design DA S 2.7 04-set

Leia mais

TÉCNICO EM CONTABILIDADE Código 101

TÉCNICO EM CONTABILIDADE Código 101 TÉCNICO OPERACIONAL DE SAÚDE-TOS NÍVEL II GRAU A TÉCNICO EM CONTABILIDADE Código 101 Questão 01: D Questão 11: C Questão 21: D Questão 31: B Questão 02: A Questão 12: A Questão 22: A Questão 32: C Questão

Leia mais

Ministério Público Federal Procuradoria Geral da República

Ministério Público Federal Procuradoria Geral da República ANEXO II Ministério Público Federal Procuradoria Geral da República RELAÇÃO DOS CANDIDATOS DESCLASSIFICADOS NO 1º PROCESSO SELETIVO PÚBLICO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIOS DE NÍVEL SUPERIOR DA PGR CURSO

Leia mais

O Engenheiro. Introdução à Engenharia Elétrica Prof. Edmar José do Nascimento

O Engenheiro. Introdução à Engenharia Elétrica  Prof. Edmar José do Nascimento O Engenheiro Introdução à Engenharia Elétrica http://www.univasf.edu.br/~edmar.nascimento Prof. Edmar José do Nascimento Introdução à Engenharia Elétrica Carga horária 30 horas (15 encontros) Professores

Leia mais

CONCURSOS PÚBLICOS DA FEPAM 2014 EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N.º 01/2014 ANEXO

CONCURSOS PÚBLICOS DA FEPAM 2014 EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N.º 01/2014 ANEXO CONCURSOS PÚBLICOS DA FEPAM 204 EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N.º 0/204 ANEXO 0 Quadro demonstrativo dos empregos, do salário, das vagas, das vagas para portadores de 0 - Analista - Administrador 02 - Analista

Leia mais

PROVA NACIONAL INTEGRADA

PROVA NACIONAL INTEGRADA PROVA NACIONAL INTEGRADA DISCIPLINAS INTEGRANTES DA PROVA NACIONAL INTEGRADA CÓDIGO CCE0001 GST0242 GST0068 GST0069 GST0001 GST0243 GST0027 GST0002 CCT0037 GST0070 GST0003 CCA0066 CCE0002 CCT0001 CCE0086

Leia mais

HORÁRIO DO CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA. 1º PERÍODO 1º SEMESTRE DE 2016 Horário Segunda Terça Quarta Quinta Sexta. 908 Oficinas P1

HORÁRIO DO CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA. 1º PERÍODO 1º SEMESTRE DE 2016 Horário Segunda Terça Quarta Quinta Sexta. 908 Oficinas P1 HORÁRIO DO CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA 1º PERÍODO 1º SEMESTRE DE 2016 407 Introdução à Engenharia Mecânica (8-9h) e P2 (9-10h) 0171 ICC P2 0165 Física I - T3 908 Oficinas - P2 908 Oficinas P3 0171 ICC

Leia mais

30/set - Informações Específicas para a Etapa da Prova Escrita

30/set - Informações Específicas para a Etapa da Prova Escrita 30/set - Informações Específicas para a Etapa da Prova Escrita EDITAL 078/13 - UNIDADE DE ARAXÁ Automação Eletrônica de Processos Elétricos e Industriais e Controle de Processos Eletrônicos e Retroalimentação

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE ANAPURUS-MA CNPJ: 06.116.461/0001-00 INSTITUTO MACHADO DE ASSIS Seriedade, compromisso e competência

ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE ANAPURUS-MA CNPJ: 06.116.461/0001-00 INSTITUTO MACHADO DE ASSIS Seriedade, compromisso e competência ANEXO II DEMONSTRATIVO DE S, REQUISITOS, VALOR DA INSCRIÇÃO, QUANTIDADE DE, CARGA HORÁRIA, SALÁRIO BÁSICO E LOTAÇÃO A CRITÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO) VALOR DAS TAXAS DE INSCRIÇÕES S DE NÍVEL FUNDAMENTAL 45,00

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO FINAL PROGRAMA DE MONITORIA EDITAL Nº 001/2016

CLASSIFICAÇÃO FINAL PROGRAMA DE MONITORIA EDITAL Nº 001/2016 CLASSIFICAÇÃO FINAL PROGRAMA DE MONITORIA EDITAL Nº 001/2016 CLASSIFICAÇÃO UNIDADE CURSO DISCIPLINA 1 Guaíba Eng. da Computação Produção Textual 2 Guaíba Eng. da Computação Circuitos Elétricos I 3 Guaíba

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL CONCURSOS PÚBLICOS DA PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO PARDO EDITAL Nº 075/2015- CONCURSOS PÚBLICOS N.

GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL CONCURSOS PÚBLICOS DA PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO PARDO EDITAL Nº 075/2015- CONCURSOS PÚBLICOS N. GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL CONCURSOS PÚBLICOS DA PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO PARDO EDITAL Nº 075/2015- CONCURSOS PÚBLICOS N.º 001/2015 ANEXO I Quadro demonstrativo dos empregos, do salário,

Leia mais

LATO SENSU CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO

LATO SENSU CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Nº ÁREA SOCIAL 01 GESTÃO DO SUAS - SISTEMA ÚNICO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL 495 HORAS 02 INSTRUMENTALIDADE DO SERVIÇO SOCIAL 495 HORAS 03 PEDAGOGIA SOCIAL E ELABORAÇÃO DE

Leia mais

L E I Nº 7.474, DE 27 DE SETEMBRO DE 2010. A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO PARÁ estatui e eu sanciono a seguinte Lei:

L E I Nº 7.474, DE 27 DE SETEMBRO DE 2010. A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO PARÁ estatui e eu sanciono a seguinte Lei: L E I Nº 7.474, DE 27 DE SETEMBRO DE 2010 Altera a Lei nº 7.283, de 1º de julho de 2009, que dispõe sobre a organização do Departamento de Trânsito do Estado do Pará DETRAN, e dá outras providências. A

Leia mais

Listagem de Estágios - 5ª Edição

Listagem de Estágios - 5ª Edição Listagem de Estágios - 5ª Edição Projecto Função Habilitações Literárias exigidas Entidade / Local 1 WEB Designer ou Licenciatura Global Score -Consultores, Lda. 2 Programador / Técnico Informático Licenciatura

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO. Concurso Público para provimento efetivo de vagas no cargo de Professor da Carreira de Magistério Superior

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO. Concurso Público para provimento efetivo de vagas no cargo de Professor da Carreira de Magistério Superior UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO Concurso Público para provimento efetivo de vagas no cargo de Professor da Carreira de Magistério Superior Edital Nº 5, de 9 de junho de 06 Anexo III - Quadro de

Leia mais

CURSOS CIDADE VAGAS INSCRITOS C/V

CURSOS CIDADE VAGAS INSCRITOS C/V Agronomia - integral Botucatu 80 673 8,4 Agronomia - integral Ilha Solteira 40 355 8,9 Agronomia - integral Jaboticabal 100 914 9,1 Ciências Biológicas (Bac - vespertino/noturno) e (Lic. - noturno) Ilha

Leia mais

RELAÇÃO DOS DIRIGENTES E COORDENADORES DE CURSOS. Presidente Fundação Mineira de Educação e Cultura Prof. Tiago Fantini Magalhães

RELAÇÃO DOS DIRIGENTES E COORDENADORES DE CURSOS. Presidente Fundação Mineira de Educação e Cultura Prof. Tiago Fantini Magalhães RELAÇÃO DOS DIRIGENTES E COORDENADORES DE CURSOS Presidente Fundação Mineira de Educação e Cultura Prof. Tiago Fantini Magalhães Conselho de Curadores Prof. Pedro Arthur Victer - Presidente Prof. Walter

Leia mais

Auxiliar Administrativo II 1 R$991,44 Pedreiro 15 R$991,44

Auxiliar Administrativo II 1 R$991,44 Pedreiro 15 R$991,44 Cargos Efetivos Quant. Salário Agente de Obras e Serviços Públicos 234 R$907,80 Agente de Serviços Gerais 124 R$907,80 Agente Auxiliar de Expediente R$907,80 Merendeira 65 R$907,80 Artífice de Obras e

Leia mais

Nível de Classificação: E (nível superior)

Nível de Classificação: E (nível superior) Nível de Classificação: E (nível superior) Gabarito Definitivo S01 Administrador e b b a c a d X c e c b e c d c b a d c d e a b e d b e c d a b d e a b a e d c S02 Analista de Tecnologia da Informação

Leia mais

NOTA INFORMATIVA VALOR DA MENSALIDADE DO CURSO DE ARQUITETURA/MANHÃ PARA O PROUNI. Caro (a) candidato (a),

NOTA INFORMATIVA VALOR DA MENSALIDADE DO CURSO DE ARQUITETURA/MANHÃ PARA O PROUNI. Caro (a) candidato (a), VALOR DA MENSALIDADE DO CURSO DE ARQUITETURA/MANHÃ PARA O PROUNI Informamos que o valor cadastrado no ProUni para o curso de Arquitetura e Urbanismo do turno manhã está incorreto, apresentando para inscrição

Leia mais

PERÍODOS SEGUNDA TERÇA QUARTA QUINTA SEXTA

PERÍODOS SEGUNDA TERÇA QUARTA QUINTA SEXTA TÉCNICO EM COZINHA SUBSEQUENTE TURMA 10C (SALA 308) Obs.: O horário de início e de término ainda está por ser definido com todos os alunos do curso, portanto, está sujeito a alterações. 15:10 16:00 16:00

Leia mais

BAURU. Regime de Contratação Outros 1 Engenheiro civil C.L.T. Agudos Graduação 0

BAURU. Regime de Contratação Outros 1 Engenheiro civil C.L.T. Agudos Graduação 0 Setor da Economia Qtde Vagas Ocupação Regime de Contratação Local de Trabalho Escolaridade Outros 1 Engenheiro civil C.L.T. Agudos Graduação 0 Serviços 5 Trabalhador da manutenção de edificações Experiência

Leia mais

Reitoria. Universidade do Minho, 2 de outubro de 2015

Reitoria. Universidade do Minho, 2 de outubro de 2015 Reitoria despacho RT-52/2015 No âmbito do Despacho RT-51/2015, de 2 de tubro, são aprovadas, para o ano letivo de 2016/2017, as provas de ingresso para titulares do ensino secundário português e pré-requisitos

Leia mais

1.VAGAS. Curso Disciplina Perfil docente (formação acadêmica mínima) Engenharia Mecânica

1.VAGAS. Curso Disciplina Perfil docente (formação acadêmica mínima) Engenharia Mecânica EDITAL PARA PROCESSO DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE DOCENTES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO DA BAHIA A Estácio divulga processo seletivo para Professor

Leia mais

Oferta Formativa Ensino Profissional - Ciclo de Formação 2008-2011 Por Família Profissional/Curso

Oferta Formativa Ensino Profissional - Ciclo de Formação 2008-2011 Por Família Profissional/Curso Oferta Formativa Ensino Profissional - Ciclo de Formação 2008-2011 Por Família Profissional/Curso Família Curso Portaria Escola Profissional Localidade Turmas por Turma Artes do Espetáculo - Cenografia,

Leia mais

Quantidade de Inscrições Homologadas

Quantidade de Inscrições Homologadas CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS INTEGRANTES DO PLANO DE CARGOS E CARREIRAS DOS TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO (PCCTAE) DO IFAP. NÍVEL FUNDAMENTAL, NÍVEL

Leia mais

10000721141 1-4 DAS 13H30MIN ÀS 18H30MIN, DE SEGUNDA A SEXTA-FEIRA 26/04/2016 CURITIBA CAMPO COMPRIDO 500.00 MÊS SIM NÃO

10000721141 1-4 DAS 13H30MIN ÀS 18H30MIN, DE SEGUNDA A SEXTA-FEIRA 26/04/2016 CURITIBA CAMPO COMPRIDO 500.00 MÊS SIM NÃO Curso: 2056 - (4 S) TECNOLOGIA EM MARKETING Página: 1 10000721141 1-4 DAS 13H30MIN ÀS 18H30MIN, DE SEGUNDA A 26/04/2016 CURITIBA CAMPO COMPRIDO 500.00 MÊS SIM NÃO 10000721255 1-4 DAS 13H30MIN ÀS 18H30MIN,

Leia mais

Tabela das correspondências dos cursos de engenharia professados em escolas nacionais e as especialidades estruturadas na Ordem Índice

Tabela das correspondências dos cursos de engenharia professados em escolas nacionais e as especialidades estruturadas na Ordem Índice Tabela das correspondências dos cursos de engenharia professados em escolas nacionais e as especialidades estruturadas na Ordem [de acordo com a alínea h) do artigo 147º do Estatuto da Ordem dos Engenheiros,

Leia mais

PREFEITURA DE JUIZ DE FORA

PREFEITURA DE JUIZ DE FORA PREFEITURA DE JUIZ DE FORA A N E X O I D O S R E Q U I S I T O S E A T R I B U I Ç Õ E S D O S C A R G O S E D I T A L D E C O N C U R S O P Ú B L I C O N º 0 2 / 2 0 1 6 R E T I F I C A D O NÍVEL FUNDAMENTAL

Leia mais

EDITAL. 1º As disciplinas não-passíveis e passíveis de Avaliação de Suficiência e Exame de Proficiência estão descritas no quadro anexo a este Edital.

EDITAL. 1º As disciplinas não-passíveis e passíveis de Avaliação de Suficiência e Exame de Proficiência estão descritas no quadro anexo a este Edital. EDITAL SG N.º 19/2011 DISPÕE SOBRE O PROCESSO DE INSCRIÇÃO PARA A AVALIAÇÃO DE SUFICIÊNCIA E O EXAME DE PROFICIÊNCIA DA FAE CENTRO UNIVERSITÁRIO. O Secretário-Geral da FAE Centro Universitário, no uso

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR EN - ESCOLA DE COMUNICAÇÃO E NEGÓCIOS COMUNICAÇÃO SOCIAL - HAB. PUBLICIDADE E PROPAGANDA (100 )

MATRIZ CURRICULAR EN - ESCOLA DE COMUNICAÇÃO E NEGÓCIOS COMUNICAÇÃO SOCIAL - HAB. PUBLICIDADE E PROPAGANDA (100 ) Página de. Disciplinas Obrigatórias ª SÉRIE - COMUNICAÇÃO SOCIAL - HAB. PUBLICIDADE E PROPAGANDA 0 FILOSOFIA E ÉTICA NFH.000_0 0 FOTOGRAFIA PUB._0 0 HISTÓRIA DA ARTE E DA CULTURA PUB.0_0 0 HISTÓRIA DA

Leia mais

BAIXADA SANTISTA. Regime de Contratação

BAIXADA SANTISTA. Regime de Contratação Setor da Economia Qtde Vagas Ocupação Outros 1 Comércio 4 Motociclista no transporte de documentos e pequenos volumes Técnico em eletromecânica / Técnico de manutenção eletrônica / Técnico de manutenção

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL PDI CAMPUS SALTO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL PDI CAMPUS SALTO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL PDI CAMPUS SALTO - 2018 1 1.PERFIL INSTITUCIONAL 1.1 Missão 1.2 Visão 1.3 Valores 1.4 Histórico UNIDADES IMPLANTADAS ATÉ AGOSTO 2008

Leia mais

Curso: ENGENHARIA MECÂNICA Curriculo: 0003-B DISCIPLINAS EM OFERTA 1º Semestre de 2016 - NOT

Curso: ENGENHARIA MECÂNICA Curriculo: 0003-B DISCIPLINAS EM OFERTA 1º Semestre de 2016 - NOT Curriculo: 0003-B GR02149 GR02152 GR02161 GR02173 GR02177 SEMESTRE 1 Carga Horária Docentes Algoritmos Computacionais 72.00 Estefania Bissoni Cálculo Fundamental 72.00 Paulo César da Penha Física Fundamental

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 002/2005-COU/UNICENTRO

RESOLUÇÃO Nº 002/2005-COU/UNICENTRO RESOLUÇÃO Nº 002/2005-COU/UNICENTRO Autoriza a realização de Teste Seletivo para admissão de Professor Colaborador e dá outras providências. O REITOR DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO:

Leia mais

QUADRO IV VALOR DO DISPONÍVEL PARA CONCORRÊNCIA Nº DE VAGAS AMPLA PNE

QUADRO IV VALOR DO DISPONÍVEL PARA CONCORRÊNCIA Nº DE VAGAS AMPLA PNE ADVOGA CURSO SUPERIOR EM DIREITO + REGISTRO NO CONSELHO 03 0 1.158,99 58,00 40 HORAS LINGUA PORTUGUESA CONHECIMENTOS ESPECIFICOS 02 AGENTE ADMINISTRATIVO 2º GRAU 09 1 900,00 44,00 40 HORAS LÍNGUA PORTUGUESA

Leia mais

GABARITOS DO DIA 08/07/2007

GABARITOS DO DIA 08/07/2007 NÍVEL SUPERIOR Administrador Júnior Advogado Júnior 21 - A 22 - E 23 - E 24 - C 25 - B 26 - E 27 - A 28 - B 29 - D 30 - B 31 - E 32 - B 33 - C 34 - A 35 - D 36 - E 37 - A 38 - E 39 - B 40 - C 21 - A 22

Leia mais

Edital nº 005/2013 - PROEXT/IFAP REABERTURA DO PROCESSO DE SELEÇÃO EXTERNA SIMPLIFICADA PARA BOLSISTAS NO ÂMBITO DO PRONATEC

Edital nº 005/2013 - PROEXT/IFAP REABERTURA DO PROCESSO DE SELEÇÃO EXTERNA SIMPLIFICADA PARA BOLSISTAS NO ÂMBITO DO PRONATEC SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA TECNOLOGIA DO AMAPÁ IFAP PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO Edital nº 005/2013 - PROEXT/IFAP REABERTURA DO PROCESSO DE SELEÇÃO EXTERNA SIMPLIFICADA

Leia mais

ENGARGO: PROFESSOR. Candidato: CLAUDIA CRISTINA DE ALMEIDA Exigência mínima: Bacharelado ou Licenciatura em Administração

ENGARGO: PROFESSOR. Candidato: CLAUDIA CRISTINA DE ALMEIDA Exigência mínima: Bacharelado ou Licenciatura em Administração MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RORAIMA-IFRR COORDENAÇÃO GERAL PROGRAMA PRONATEC/CÂMPUS BOA VISTA RESULTADO

Leia mais

FACULDADE SÃO MIGUEL - Rua Dom Bosco, 1308 - Boa Vista - Recife Fone: 81 2128-2580.

FACULDADE SÃO MIGUEL - Rua Dom Bosco, 1308 - Boa Vista - Recife Fone: 81 2128-2580. FACULDADE SÃO MIGUEL - Rua Dom Bosco, 1308 - Boa Vista - Recife Fone: 81 2128-2580. Desconto de 43% (quarenta e três por cento) nas mensalidades para os que ingressarem no curso de Administração. Desconto

Leia mais

Função Salário Inicial Salário Final

Função Salário Inicial Salário Final Função Salário Inicial Salário Final Qt de Profissionais por Função Advogado R$ 4.565,09 R$ 7.988,91 5 Agente de Educação em Saúde R$ 4.037,68 R$ 7.065,94 2 Ajudante de Manutenção R$ 1.240,43 R$ 2.170,74

Leia mais