Reino Monera. PROF.º EUDINEY PIFFER

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Reino Monera. PROF.º EUDINEY PIFFER eudineypiffer@gmail.com"

Transcrição

1 Reino Monera PROF.º EUDINEY PIFFER

2

3

4 As bactérias são os menores organismos e os mais numerosos. A estrutura celular bacteriana é mais complexa do que supõem-se geralmente. exibem diversidade considerável na estrutura e no metabolismo. são responsáveis por muitas doenças mas fazem também contribuições importantes aos ecossistemas.

5 A vida na terra não poderia existir sem bactérias porque elas fazem muitas das funções essenciais dos ecossistemas, incluindo: 1. a captação do nitrogênio da atmosfera, 2. a decomposição da matéria orgânica, 3. em muitas comunidades aquáticas, a fotossíntese. 4. A pesquisa bacteriana continua a fornecer introspecções extraordinárias na genética, ecologia, e em curas para muitas doenças

6

7 Classificação das bactérias Quanto`a forma Quanto`a coloração pelo método de gram Quanto`a nutrição Quanto ao metabolismo energético

8 beta, haemolytic, streptococci, bactérias

9 Quanto`a forma Isoladas Cocos Espirilos ou espiroquetas Vibriões Bacilos Coloniais Diplococos Estafilococos Sarcinas Tétrades Estreptococos Diplobacilos Estreptobacilos

10

11 Bacterial morphology diagram

12

13 Quanto`a coloração pelo método de GRAM (1884) : esfregaço (30 ) violeta genciana (1 ) Gram + (ficam roxas) Gram (ficam vermelhas) São mais resistentes a antibióticos que atuam na parede celular

14

15

16 Quanto`a nutrição Autótrofas: Quimiossintetizantes Fotossintetizantes Heterótrofas: saprófitas = decomposição por enzimas, da matéria orgânica morta mutualismo = nódulos de raízes de leguminosas (feijão, ervilha) (FIXADORAS DE N2 NO2- ; NO3-) parasitas (doenças) patogênicas

17 Quanto ao metabolismo energético Aeróbias estritas: respiração aeróbia Anaeróbias estritas : fermentação Anaeróbias facultativas: respiram ou fermentam

18 TIPOS DE FERMENTAÇÃO * Fermentação alcoólica: leveduras e algumas bactérias fermentam açúcares produzindo álcool etílico e gás carbônico: Glicose (6C)= 2 etanol (2C) + 2 CO2 + energia * Fermentação lática: os lactobacilos fermentam a lactose (açúcar do leite) produzindo ácido lático: Glicose (6C) = 2 ácido lático (3C) + energia Fermentação acética: as acetobactérias fazem fermentação acética, em que o produto final é o ácido acético. Elas provocam o azedamento do vinho e dos sucos de frutas, sendo responsáveis pela produção de vinagre: Glicose (6C) = 2 ácido acético (2C) + CO2 + energia * Fermentação ácida ou butírica: algumas bactérias fermentam gorduras produzindo ácido butírico. São responsáveis pelo gosto rançoso da manteiga.

19 Movimento

20 Muitas bactérias vivem em ambientes que são considerados extremos para os outros seres vivos e são, por isso, denomimnadas extremófilas, como por exemplo: termófilas vivem a altas temperaturas halófilas que vivem em lugares com altas concentrações de sal acidófilas e alcalinófilos vivem em ambientes ácidos e alcalinos, respectivamente psicrófilas as bactérias que vivem nos glaciares (baixas temperaturas)

21

22

23 Bactérias - estrutura Estruturas sempre presentes 1. Membrana plasmática (lipoprotéica) 2. Parede celular (peptideoglicano) 3. Nucleóide (DNA circular não associado à proteínas) 4. Ribossomos 5. Mesossomo: invaginação da MP que apresenta enzimas respiratórias.

24 A-Pili B-Ribossomas; C-Cápsula; D-Parede celular; E-Flagelo; F-Citoplasma; G-Vacúolo; H-Plasmídeo; I-Nucleído; J-Membrana celular

25 Estruturas que podem ou não estar presentes 1. Cápsula : formada por substâncias pegajosas secretadas pela própria bactéria, fornece aderência a superfícies e aumento da patogenicidade 2. Flagelos: formados por uma proteínas denominada flagelina (locomoção) 3. Plasmídeos : DNA circular extra-cromossômico relacionado à resistência bacteriana aos antibióticos 4. Fímbrias: mesma constituição dos flagelos (adesão à superfícies, receptores para bacteriófagos, capacidade de conjugação)

26

27 REPRODUÇÃO Assexuada

28 REPRODUÇÃO Sexuada

29 REPRODUÇÃO Sexuada

30 REPRODUÇÃO Sexuada

31 Antibióticos São substâncias produzidas por diferentes tipos de microorganismos (bactérias, fungos) que inibem o crescimento de outros microorganismos, podendo até mesmo destruí-los. Atualmente a maioria dos antibióticos é sintetizada em laboratório e utilizada pelo homem como medicamento no combate a bactérias patogênicas. Em vista da grande variabilidade genética das bactérias, essas drogas atuam como agentes seletivos, favorecendo a sobrevivência das raras bactérias resistentes, presentes na população de um determinado ambiente. Tais bactérias podem então passar a outras os genes que lhe conferem tal resistência, tornando o medicamento ineficaz.

32 Os antibióticos sintetizados atuam de várias formas na bactéria: 1- Inibição da formação da parede celular; 2- Alteração da permeabilidade da membrana plasmática; 3- Inibição da síntese protéica por interferência no trabalho dos ribossomos; 4- Alteração no metabolismo dos ácidos nucléicos bacterianos

33 E. coli

34

35 H. pilory

36

37 Bacteria green

38

39

40 BACTÉRIAS : - importância! farmacêutica (produção de antibióticos) : tirotricina; bacitracina; subtilina; polimixina B; estreptomicina; aureomicina e terramicina. na agricultura : fixação do nitrogênio; parasitas (fitopatologia). na indústria : vinagre (fermentação acética); coalhadas (fermentação lática); bebidas alcoólicas (fermentação alcoólica ou etílica); na medicina e veterinária : doenças em genética e biologia molecular (estudos): mutação, reprodução, engenharia genética, etc. decompositores cadeias alimentares - reciclagem

41 Bactérias destruidoras de lixo

42

43 BACTÉRIAS DE IMPORTÂNCIA MÉDICA PARA O HOMEM Bactéria Mycobacterium leprae Mycobacterium tuberculosis Clostridium tetani Neisseria gonorrheae Streptococcus pneumoniae Salmonella thuphi Corynebacterium diphteriae Vibrio cholerae Brucella melitensis Yersinia pestis Treponema pallidum Salmonella sp./ Shigella sp. Leptospira interrogans Doença Causada Hanseníase ou Lepra Tuberculose Tétano Gonorréia Pneumonia Febre Tifóide Difteria Cólera Brucelose Peste Bubônica Sífilis Disenterias Lepstospirose

44 Exercício (UFPE e UFRPE 2005_1) Na figura está representada esquematicamente uma bactéria. Sabendo-se que as enzimas relacionadas com a respiração nesses organismos estão ligadas à face interna de uma determinada estrutura, assinale a alternativa que indica esta estrutura e o número que a representa na figura. A) citoplasma(1). B) membrana plasmática (2). C) núcleo (3). D) parede celular (4). E) cápsula (5).

REINO MONERA. Características: Procariontes - Unicelulares ou coloniais - Representantes: bactérias e cianobactérias

REINO MONERA. Características: Procariontes - Unicelulares ou coloniais - Representantes: bactérias e cianobactérias Características: Procariontes - Unicelulares ou coloniais - Representantes: bactérias e cianobactérias GRUPO: EUBACTÉRIAS Autótrofas: Quimiossíntese e fotossíntese; Heterótrofas: Aeróbicas Anaeróbicas

Leia mais

O Reino MONERA se divide em: Filo Schizophyta (bactérias) Filo Cyanophyta (Cianobactérias ou cianofíceas ou popularmente algas azuis)

O Reino MONERA se divide em: Filo Schizophyta (bactérias) Filo Cyanophyta (Cianobactérias ou cianofíceas ou popularmente algas azuis) Reino Monera Reino Monera Os Moneras são seres vivos unicelulares e procariontes. A célula dos Moneras não apresenta organelas celulares membranosas. As únicas organelas celulares existentes no citoplasma

Leia mais

As Bactérias A palavra bactéria vem do Grego, onde bakteria

As Bactérias A palavra bactéria vem do Grego, onde bakteria BACTÉRIAS As Bactérias A palavra bactéria vem do Grego, onde bakteria significa bastão. As bactérias são encontradas em todos os ambientes da Terra. As bactérias são seres microscópicos. Bactérias São

Leia mais

Procariontes. Não possuem membrana nuclear. Unicelulares Constituídos por uma única célula

Procariontes. Não possuem membrana nuclear. Unicelulares Constituídos por uma única célula Reino Monera Denise Mello do Prado Biologia www.e-conhecimento.com.br Características Gerais Procariontes Não possuem membrana nuclear Unicelulares Constituídos por uma única célula Parede celular Diferentes

Leia mais

Dannubia Bastos. Acadêmica de Medicina / UECE

Dannubia Bastos. Acadêmica de Medicina / UECE Reino Monera Dannubia Bastos Acadêmica de Medicina / UECE Reino Monera Estrutura celular simples Procariontes Unicelulares Ex: Bactérias e cianobactérias (algas azuis) Variedade de ambientes Não possuem

Leia mais

Prof. Giovani - Biologia

Prof. Giovani - Biologia Prof. Giovani - Biologia 1.(UFRS) Tanto em uma célula eucarionte quanto em uma procarionte podemos encontrar: a) membrana plasmática e retículo endoplasmático. b) ribossomos e aparelho de Golgi. c) mitocôndrias

Leia mais

Reino Monera. Anabelle B. de Paiva CEFET-SC/Unidade Sj

Reino Monera. Anabelle B. de Paiva CEFET-SC/Unidade Sj Reino Monera Anabelle B. de Paiva CEFET-SC/Unidade Sj Características O Reino Monera é formado por seres vivos unicelulares. Inclui as bactérias e as cianofíceas (algas azuis). A estrutura da célula desses

Leia mais

ZOOLOGIA - REINO MONERA

ZOOLOGIA - REINO MONERA ZOOLOGIA - REINO MONERA REINO MONERA Unicelulares Procariontes Isoladas ou Colônias Ausência de estruturas membranosas Autótrofos ou Heterótrofos Obrigatórios ou facultativos Aeróbico / Anaeróbico Bactéria

Leia mais

Conhecendo a Estrutura das Bactérias

Conhecendo a Estrutura das Bactérias Reino moneras Reino Monera O Reino Monera é formado pelas bactérias e cianobactérias, seres muito simples cuja característica mais marcante é o fato de não apresentarem núcleo diferenciado, ou seja, são

Leia mais

As bactérias são organismos unicelulares procarióticos e não apresentam núcleo ou organelas membranosas;

As bactérias são organismos unicelulares procarióticos e não apresentam núcleo ou organelas membranosas; REINO MONERA CAP. 6: ORGANIZAÇÃO INTERNA DA CÉLULA BATERIANA As bactérias são organismos unicelulares procarióticos e não apresentam núcleo ou organelas membranosas; As bactérias podem apresentar: + Nutrição:

Leia mais

REINO MONERA (Procariontes)

REINO MONERA (Procariontes) REINO MONERA (Procariontes) REINO MONERA (Procariontes) São as células mais simples, chamadas PROCARIONTES. São desprovidas de carioteca e da maioria das organelas (possuem apenas ribossomo). CAPSULA CITOPLASMA

Leia mais

REINO MONERA (Procariontes)

REINO MONERA (Procariontes) Reino Monera REINO MONERA (Procariontes) REINO MONERA (Procariontes) São as células mais simples, chamadas PROCARIONTES. São desprovidas de carioteca e da maioria das organelas (possuem apenas ribossomo).

Leia mais

Metabolismo Energético das Células. Processos Exergônicos: Respiração Celular Fermentação

Metabolismo Energético das Células. Processos Exergônicos: Respiração Celular Fermentação Metabolismo Energético das Células Processos Exergônicos: Respiração Celular Fermentação Introdução Processos endergônicos - Característica: Precisam receber energia. - Ex.: Fotossíntese e quimiossíntese.

Leia mais

Reino Monera. Telmo Giani- Fonte: Internet

Reino Monera. Telmo Giani- Fonte: Internet Reino Monera Telmo Giani- Fonte: Internet Célula bacteriana Membrana plasmática Citoplasma Mesossomo Ribossomos Parede celular Cápsula Fímbrias Enzimas relacionadas com a respiração, ligadas à face interna

Leia mais

REINO MONERA (Procariontes)

REINO MONERA (Procariontes) REINO MONERA (Procariontes) REINO MONERA (Procariontes) São as células mais simples, chamadas PROCARIONTES. São desprovidas de carioteca e da maioria das organelas. CAPSULA CITOPLASMA MEMBRANA PLASMATICA

Leia mais

REINO MONERA (Procariontes)

REINO MONERA (Procariontes) REINO MONERA (Procariontes) REINO MONERA (Procariontes) São as células mais simples, chamadas PROCARIONTES. São desprovidas de carioteca e da maioria das organelas (possuem apenas ribossomo). CAPSULA CITOPLASMA

Leia mais

Célula Procarionte X Célula Eucarionte

Célula Procarionte X Célula Eucarionte Célula Procarionte X Célula Eucarionte Células procarióticas (grego protos, primitivo, e Karyon, núcleo) Núcleo antigo Surgimento a bilhões de anos atrás Bactérias e Cianobactérias (algas) Não apresenta

Leia mais

Bacterioses. Prof. Wbio

Bacterioses. Prof. Wbio Bacterioses Prof. Wbio Toxinas produzidas por cinaobactérias Microcistinas hepatotóxicas ( encontradas em várias espécies em todo o planeta); Nodularin - primeira toxina descoberta de cianobactéria causou

Leia mais

Prof.: David Silveira

Prof.: David Silveira Prof.: David Silveira Reino Monera Bactérias e Cianobactérias. Procariontes. Apenas ribossomos como organóides. Revestimento: parede celular e membrana plasmática. Mesossomo: dobra da membrana onde ocorre

Leia mais

Bacteriologia 29/03/2016. Estrutura geral das bactérias. Estrutura bacteriana. Bactérias

Bacteriologia 29/03/2016. Estrutura geral das bactérias. Estrutura bacteriana. Bactérias Bactérias Profª Fernanda Silva Pereira Bacteriologia A palavra bactéria vem do Grego, onde bakteria significa bastão. São seres procariontes, pertencentes ao Reino Monera, unicelulares, visíveis somente

Leia mais

Características Gerais. Representantes: Bactérias e cianobactérias (algas azuis).

Características Gerais. Representantes: Bactérias e cianobactérias (algas azuis). REINO MONERA Características Gerais Representantes: Bactérias e cianobactérias (algas azuis). Procariontes: ausência de carioteca e organelas membranosas no citoplasma. Unicelulares - Isolados ou coloniais.

Leia mais

A disposição da vida na Terra

A disposição da vida na Terra Aula 01 A disposição da vida na Terra O que é a vida? Existe vida em outros planetas? Podemos viver sem o Sol? O nosso sistema solar possui os seguintes planetas: Mercúrio, Vênus, Terra, Marte Júpiter,

Leia mais

1º ano Pró Madá TEORIAS MODERNAS SOBRE ORIGEM DA VIDA

1º ano Pró Madá TEORIAS MODERNAS SOBRE ORIGEM DA VIDA 1º ano Pró Madá TEORIAS MODERNAS SOBRE ORIGEM DA VIDA Panspermia cósmica As substâncias que contribuíram para a formação das primeiras formas de vida podem ter chegado ao planeta, e não terem sido formadas

Leia mais

REINO MONERA. Prof. André Maia COMO AS BACTÉRIAS DESEMPENHAM AS FUNÇÕES REINO MONERA BACTÉRIAS E CIANOBACTÉRIAS. Considerações do Professor

REINO MONERA. Prof. André Maia COMO AS BACTÉRIAS DESEMPENHAM AS FUNÇÕES REINO MONERA BACTÉRIAS E CIANOBACTÉRIAS. Considerações do Professor REINO MONERA Prof. André Maia REINO MONERA BACTÉRIAS E CIANOBACTÉRIAS COMO AS BACTÉRIAS DESEMPENHAM AS FUNÇÕES Considerações do Professor No reino Monera encontramos as bactérias e as cianobactérias. Dos

Leia mais

Resumidamente, podemos sintetizar assim as características gerais dos seres vivos.

Resumidamente, podemos sintetizar assim as características gerais dos seres vivos. 1 2 Resumidamente, podemos sintetizar assim as características gerais dos seres vivos. 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 Os heterótrofos podem ser: consumidores: alimentam-se de outros organismos. Todos

Leia mais

Fundamentos de Bacteriologia

Fundamentos de Bacteriologia Fundamentos de Bacteriologia 1 Definição do grego bakteríon, pequeno bastão. Trata se de organismos unicelulares pertencentes ao reino Monera, vivendo isolados ou constituindo colônias filamentosas móveis

Leia mais

Microrganismos e Fermentação Isabel Lopes

Microrganismos e Fermentação Isabel Lopes Microrganismos e Fermentação Isabel Lopes Como é possível? 1/8 da população mundial não tem alimentos suficientes para comer. 146 milhões de crianças entre os 3 e os 6 anos têm peso abaixo da média. A

Leia mais

BACTÉRIAS. Prof. Kauê Costa kaue.costa@ymail.com 2014

BACTÉRIAS. Prof. Kauê Costa kaue.costa@ymail.com 2014 BACTÉRIAS Prof. Kauê Costa kaue.costa@ymail.com 2014 A célula bacteriana Estruturas bacterianas Parede celular Multicamadas. A camada interna é composta por peptideoglicanos; a camada externa varia quanto

Leia mais

Exercícios de Respiração e Fermentação

Exercícios de Respiração e Fermentação Exercícios de Respiração e Fermentação Material de apoio do Extensivo 1. (UFV) Enquanto os organismos superiores utilizam a respiração aeróbia para obter energia, algumas bactérias e fungos utilizam a

Leia mais

Microorganismos. Cláudia Minazaki

Microorganismos. Cláudia Minazaki Microorganismos Cláudia Minazaki Microorganismos Micróbios Minúsculos seres vivos (muito pequenos para serem vistos a olho nu) Incluem: Bactérias Fungos (leveduras e mofos) Protozoários Algas microscópicas

Leia mais

Matéria: Biologia Assunto: Unicelulares e multicelulares - Eucariotos Fungos Prof. Enrico Blota

Matéria: Biologia Assunto: Unicelulares e multicelulares - Eucariotos Fungos Prof. Enrico Blota Matéria: Biologia Assunto: Unicelulares e multicelulares - Eucariotos Fungos Prof. Enrico Blota Biologia Identidade dos seres vivos Unicelulares e Multicelulares - Eucariotos Fungos Possuem grande biodiversidade,

Leia mais

A ORIGEM DA VIDA. Hipótese autotrófica e heterotrófica

A ORIGEM DA VIDA. Hipótese autotrófica e heterotrófica A ORIGEM DA VIDA Hipótese autotrófica e heterotrófica HIPÓTESE AUTOTRÓFICA Necessidade de alimento Seres autotróficos: capazes de produzir o alimento necessário plantas clorofiladas e algumas bactérias

Leia mais

REINO MONERA. Capítulo 8 Sistema Poliedro de Ensino Professora Giselle Cherutti

REINO MONERA. Capítulo 8 Sistema Poliedro de Ensino Professora Giselle Cherutti REINO MONERA Capítulo 8 Sistema Poliedro de Ensino Professora Giselle Cherutti CARACTERÍSTICAS GERAIS Formado por arqueas, bactérias e cianobactérias. São seres muito simples - unicelulares e procariontes.

Leia mais

CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS

CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS Lista de Exercícios de Biologia / 3º ano Professor(a): RÔMULO Data: / FEV./2016. De sonhos e conquistas Aluno(a): 01 - (FATEC SP) Vírus de computador são programas

Leia mais

Origem da vida. Professor Fláudio

Origem da vida. Professor Fláudio Origem da vida Professor Fláudio Origem da vida Objetivos desta aula Entender as teorias que explicam a origem dos primeiros seres vivos. Diferentes tipos de células e seus componentes químicos. Níveis

Leia mais

I SIMPÓSIO TOCANTINENSE DE MICROBIOLOGIA E DOENÇAS VEICULADAS POR ALIMENTOS MINICURSO DE BACTERIOLOGIA PROF. KRAMER

I SIMPÓSIO TOCANTINENSE DE MICROBIOLOGIA E DOENÇAS VEICULADAS POR ALIMENTOS MINICURSO DE BACTERIOLOGIA PROF. KRAMER I SIMPÓSIO TOCANTINENSE DE MICROBIOLOGIA E DOENÇAS VEICULADAS POR ALIMENTOS MINICURSO DE BACTERIOLOGIA PROF. KRAMER COMPORTAMENTO MORFOTINTORIAL As células bacterianas são caracterizadas morfologicamente

Leia mais

Quais os seres vivos que fazem parte do reino Monera? Qual a importância desses seres para o ser humano e para o planeta?

Quais os seres vivos que fazem parte do reino Monera? Qual a importância desses seres para o ser humano e para o planeta? Quais os seres vivos que fazem parte do reino Monera? Qual a importância desses seres para o ser humano e para o planeta? Todos os seres do reino Monera causam doenças? Qual o tamanho desses seres? Que

Leia mais

Aluno(a): Nº. Professor: Mário Neto Série: 1º Disciplina: Ciências da Natureza/ Biologia

Aluno(a): Nº. Professor: Mário Neto Série: 1º Disciplina: Ciências da Natureza/ Biologia Lista de Exercícios Aluno(a): Nº. Professor: Mário Neto Série: 1º Disciplina: Ciências da Natureza/ Biologia Data da prova: 1) (Fuvest-SP) O organismo A é um parasita intracelular constituído por uma cápsula

Leia mais

PROCARIONTES PROF. FERNANDO BELAN BIOLOGIA MAIS

PROCARIONTES PROF. FERNANDO BELAN BIOLOGIA MAIS PROCARIONTES PROF. FERNANDO BELAN BIOLOGIA MAIS Seres unicelulares, sem núcleo organizado. Bactérias e cianobactérias. São agrupadas na reino monera. Os procariontes podem ser de vida livre, simbiótcos,

Leia mais

Características gerais

Características gerais Citoplasma Citoplasma Características gerais Um vertebrado é formado por dezenas de tipos de células. Citoplasma Características gerais Um vertebrado é formado por dezenas de tipos de células. Neurônio

Leia mais

Procariontes. Profª Lourdes

Procariontes. Profª Lourdes Procariontes Profª Lourdes Representantes Bactérias, Cianobactérias e arqueas Ausência de carioteca; Citoplasma simples :apenas ribossomos como organoides. Revestimento: parede celular e membrana plasmática.

Leia mais

Morfologia e Estrutura Bacteriana

Morfologia e Estrutura Bacteriana Morfologia e Estrutura Bacteriana Bactérias São seres vivos microscópicos que ocupam os mais diversos ambientes e ainda, podem apresentar formas distintas, que podem varias entre: Esféricas Cilíndricas

Leia mais

Apostila de Biologia 09 Energia e Matéria nos Ecossistemas

Apostila de Biologia 09 Energia e Matéria nos Ecossistemas Apostila de Biologia 09 Energia e Matéria nos Ecossistemas Matheus Borges 1.0 Fluxo de energia A fonte de energia para os seres vivos é o Sol. No ecossistema, é sempre o produtor que apresenta o maior

Leia mais

Curso Técnico em Análises Químicas Disciplina: Microbiologia. Aula 3 Bactérias

Curso Técnico em Análises Químicas Disciplina: Microbiologia. Aula 3 Bactérias Curso Técnico em Análises Químicas Disciplina: Microbiologia Aula 3 Bactérias CARACTERÍSTICAS: Bactérias existem há mais do que 3,5 bilhões anos; Pertencem ao Reino Monera; São unicelulares e procarióticas.

Leia mais

1) (Fuvest-SP) 2) (Mackenzie-SP) 3) (UDESC-SC) 4) (ENEM) 5) (UNIOESTE-PR)

1) (Fuvest-SP) 2) (Mackenzie-SP) 3) (UDESC-SC) 4) (ENEM) 5) (UNIOESTE-PR) 1) (Fuvest-SP) As mitocôndrias são consideradas as casas de força das células vivas. Tal analogia refere-se ao fato de as mitocôndrias: a) estocarem moléculas de ATP produzidas na digestão de alimentos.

Leia mais

Quais os seres vivos que fazem parte do reino Monera? Qual a importância desses seres para o ser humano e para o planeta?

Quais os seres vivos que fazem parte do reino Monera? Qual a importância desses seres para o ser humano e para o planeta? Quais os seres vivos que fazem parte do reino Monera? Qual a importância desses seres para o ser humano e para o planeta? Todos os seres do reino Monera causam doenças? Qual o tamanho desses seres? Que

Leia mais

Procariotos. Thiago Lins do Nascimento

Procariotos. Thiago Lins do Nascimento Procariotos 1 Thiago Lins do Nascimento tiagolinsnasc@gmail.com Monera (Procariontes) Desde 1970 a existência do táxon Monera vem sendo contestada. Os organismos antes classificados como monera passam

Leia mais

21/07/2015 CITOLOGIA E CITOPLASMA CITOESQUELETO ORGANELAS

21/07/2015 CITOLOGIA E CITOPLASMA CITOESQUELETO ORGANELAS CITOLASMA CITOLOGIA E CITOLASMA rof. Leonardo F. Stahnke É a parte da célula localizada entre a membrana plasmática e a membrana nuclear. É composta basicamente por três partes: Citosol: Material gelatinoso

Leia mais

Microbiologia de Alimentos

Microbiologia de Alimentos Microbiologia de Alimentos 1) Introdução à Microbiologia de Alimentos A Microbiologia de Alimentos é um ramo da biologia que estuda os microrganismos e suas atividades, envolvendo a análise das características

Leia mais

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 27 REINO MONERA

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 27 REINO MONERA BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 27 REINO MONERA Enzimas relacionadas à respiração e que estão ligadas à face interna da membrana plasmática Como pode cair no enem? (ENEM) O uso prolongado de lentes de contato,

Leia mais

Célula bacteriana. Membrana plasmática Parede celular Cápsula. DNA associado ao mesossomo. Mesossomo

Célula bacteriana. Membrana plasmática Parede celular Cápsula. DNA associado ao mesossomo. Mesossomo Reino Monera Célula bacteriana Mesossomo DNA associado ao mesossomo Membrana plasmática Parede celular Cápsula Enzimas relacionadas com a respiração, ligadas à face interna da membrana plasmática Flagelo

Leia mais

Lista de Exercícios- Prof. João Paulo. Reino Monera

Lista de Exercícios- Prof. João Paulo. Reino Monera 01) (UFABC/2009) Lista de Exercícios- Prof. João Paulo Reino Monera A explosão demográfica no mundo pobre foi tão sensacional porque as taxas de nascimento básicas nesses países foram em geral muito mais

Leia mais

POTENCIAL DE PRODUÇÃO DE PLANTAS FORRAGEIRAS. Maria Aparecida Salles Franco Curso de Veterinária Disciplina: Forragicultura e Plantas Tóxicas

POTENCIAL DE PRODUÇÃO DE PLANTAS FORRAGEIRAS. Maria Aparecida Salles Franco Curso de Veterinária Disciplina: Forragicultura e Plantas Tóxicas POTENCIAL DE PRODUÇÃO DE PLANTAS FORRAGEIRAS Maria Aparecida Salles Franco Curso de Veterinária Disciplina: Forragicultura e Plantas Tóxicas Um pouco sobre nutrientes nos alimentos Do ano de 1917 para

Leia mais

CONSERVAÇÃO DE ALIMENTOS POR FERMENTAÇÃO

CONSERVAÇÃO DE ALIMENTOS POR FERMENTAÇÃO 1 CONSERVAÇÃO DE ALIMENTOS POR FERMENTAÇÃO INTRODUÇÃO CONCEITO DE FERMENTAÇÃO: BIOQUÍMICO: CONJUNTO DE TROCAS OU DECOMPOSIÇÕES QUÍMICAS PRODUZIDAS PELA ATIVIDADE DE M.OS. VIVOS EM UM SUBSTRATO ORGÂNICO.

Leia mais

A CÉLULA. Natércia Charruadas 2011. Biologia e Geologia 10º ano

A CÉLULA. Natércia Charruadas 2011. Biologia e Geologia 10º ano A CÉLULA Natércia Charruadas 2011 Biologia e Geologia 10º ano O entendimento dos processos biológicos depende do conhecimento da célula enquanto unidade fundamental da Vida. As dimensões das células, geralmente

Leia mais

A CÉLULA EUCARIÓTICA

A CÉLULA EUCARIÓTICA A CÉLULA EUCARIÓTICA ... A célula é a unidade básica, estrutural e funcional de todos os seres vivos... A maioria das células têm um tamanho de 10 a 100 micrômetros e formas variadas QUAIS AS DIFERENÇAS

Leia mais

Reino Monera Características da célula

Reino Monera Características da célula Reino Monera Características da célula Características da célula procariótica Procariontes Unicelulares Maior resistência 1 Peptidoglicano: onde os antibióticos atacam 2 Características da célula procariótica

Leia mais

FISIOLOGIA BACTERIANA

FISIOLOGIA BACTERIANA FISIOLOGIA BACTERIANA 1. Analises as afirmativas e veja se são verdadeiras ou falsas Os macronutrientes são os nutrientes requeridos em grandes quantidades por serem os principais constituintes dos compostos

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO CELULAR

CLASSIFICAÇÃO CELULAR BACTERIOLOGIA Prof. Danielly Cantarelli CLASSIFICAÇÃO CELULAR CÉLULAS EUCARIÓTICAS Possuem núcleo verdadeiro, contendo cromossomos circundados por membrana nuclear; Mitose Organelas (mitocôndrias, lisossomos),

Leia mais

Metabolismo dos Carboidratos

Metabolismo dos Carboidratos Metabolismo dos Carboidratos Disciplina: Nutrição Aplicada a Educação Física Prof ₐ Mda. Vanessa Ribeiro dos Santos Definição O que são carboidratos? Os carboidratos são compostos orgânicos que contêm:

Leia mais

Exercício A. Tabuleiro Nº de folhas inicial Nº de folhas final (enraizadas e prontas para transplantar A 15 8 B 15 2 C 15 14 D 15 0

Exercício A. Tabuleiro Nº de folhas inicial Nº de folhas final (enraizadas e prontas para transplantar A 15 8 B 15 2 C 15 14 D 15 0 1 Exercício A 1.- Considera o seguinte procedimento experimental: 1. Marque 4 tabuleiros com as letras A, B, C e D e encha-os até metade da sua altura com uma mistura de turfa e granulado de esferovite.

Leia mais

CIÊNCIAS 7º ano 1º Trimestre BATERIA DE EXERCÍCIOS

CIÊNCIAS 7º ano 1º Trimestre BATERIA DE EXERCÍCIOS CIÊNCIAS 7º ano 1º Trimestre BATERIA DE EXERCÍCIOS 1. Os ecossistemas terrestres apresentam características bem diferentes uns dos outros devido à influência de fatores abióticos, como temperatura, luminosidade

Leia mais

Prof. Msc. Cleysyvan Macedo

Prof. Msc. Cleysyvan Macedo Prof. Msc. Cleysyvan Macedo PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DOS VÍRUS: Não possui estruturas celulares (membrana plasmática, citoplasma, etc.). São formado basicamente por uma cápsula protéica denominada capsômero

Leia mais

Bactérias. Meios de Cultura e Curva de crescimento in vitro. Meios de cultura

Bactérias. Meios de Cultura e Curva de crescimento in vitro. Meios de cultura Bactérias Meios de Cultura e Curva de crescimento in vitro Microbiologia profª Janara Meios de cultura NUTRIÇÃO Obtenção de ENERGIA (ATP) e construção de componentes celulares. Nutrientes necessários à

Leia mais

BIOLOGIA CITOLOGIA E DIVISÃOCELULAR PROF ESTEVAM

BIOLOGIA CITOLOGIA E DIVISÃOCELULAR PROF ESTEVAM BIOLOGIA CITOLOGIA E DIVISÃOCELULAR PROF ESTEVAM PADRÕES CELULARES 1) (VUNESP) Os procariontes diferenciam-se dos eucariontes porque os primeiros, entre outras características, a) não possuem material

Leia mais

Professor: Paulo Disciplina: Biologia Campus Aquidauana CITOLOGIA

Professor: Paulo Disciplina: Biologia Campus Aquidauana CITOLOGIA Professor: Paulo Disciplina: Biologia Campus Aquidauana CITOLOGIA CITOLOGIA A área da Biologia que estuda a célula, no que diz respeito à sua estrutura e funcionamento. Kytos (célula) + Logos (estudo)

Leia mais

15/10/2009 IMPORTÂNCIA E CARACTERIZAÇÃO DOS MICRORGANISMOS CITOLOGIA I E II. Prof. Renata F. Rabello UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE.

15/10/2009 IMPORTÂNCIA E CARACTERIZAÇÃO DOS MICRORGANISMOS CITOLOGIA I E II. Prof. Renata F. Rabello UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE. UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE MICROBIOLOGIA GERAL (BACTERIOLOGIA) NUTRIÇÃO IMPORTÂNCIA E CARACTERIZAÇÃO DOS MICRORGANISMOS CITOLOGIA I E II Prof. Renata F. Rabello Introdução Microbiologia: Ciência que

Leia mais

MORFOLOGIA DA CÉLULA; AGREGAÇÃO DA COLÔNIA; COMPOSIÇÃO DA PAREDE

MORFOLOGIA DA CÉLULA; AGREGAÇÃO DA COLÔNIA; COMPOSIÇÃO DA PAREDE Classificação das Bactérias: As bactérias podem ser classificadas quanto a: RESPIRAÇÃO; MORFOLOGIA DA CÉLULA; AGREGAÇÃO DA COLÔNIA; COMPOSIÇÃO DA PAREDE CELULAR;Menores e mais Quanto ao grau de agregação

Leia mais

REINO MONERA (Procariontes) Prof. MsC. Leandro Felício

REINO MONERA (Procariontes) Prof. MsC. Leandro Felício REINO MONERA (Procariontes) Prof. MsC. Leandro Felício REINO MONERA (Procariontes) São as células mais simples, chamadas PROCARIONTES. São desprovidas de carioteca e da maioria das organelas (possuem apenas

Leia mais

LIPÍDIOS. 1º ano Pró Madá

LIPÍDIOS. 1º ano Pró Madá LIPÍDIOS 1º ano Pró Madá O QUE SÃO? Também chamados de gorduras Compostos com estrutura molecular variada principalmente, por moléculas de hidrogênio, oxigênio, carbono Característica principal insolubilidade

Leia mais

Projeto de Recuperação Semestral - 1ª Série (EM)

Projeto de Recuperação Semestral - 1ª Série (EM) Projeto de Recuperação Semestral - 1ª Série (EM) Biologia 1 MATÉRIA A SER ESTUDADA Nome do Fascículo Aula Exercícios Origem da Vida e Cap Aplicação e Aprofundamento Evolução 1 Origem da Vida e Evolução

Leia mais

FICHA (IN)FORMATIVA Nº 3 Biologia e Geologia Módulo 2. Célula

FICHA (IN)FORMATIVA Nº 3 Biologia e Geologia Módulo 2. Célula FICHA (IN)FORMATIVA Nº 3 Biologia e Geologia Módulo 2 A célula e o transporte transmembranar Célula Teoria celular a célula é a unidade estrutural e funcional de todos os organismos; as novas células formam-se

Leia mais

Microbiologia Geral- Jean Berg Biotecnologia - UFERSA

Microbiologia Geral- Jean Berg Biotecnologia - UFERSA O corpo humano é continuamente habitado por vários microrganismos diferentes, em sua maioria bactérias que, em condições normais e em um indivíduo sadio, são inofensivos e podem até ser benéficos. Comensal:

Leia mais

Objetivo 02/03/2015. Profª Lucia R. Iori luciaiori@gmail.com. Carga horária total: 60H Teórica: 40H Prática: 20H. Conteúdo Programático

Objetivo 02/03/2015. Profª Lucia R. Iori luciaiori@gmail.com. Carga horária total: 60H Teórica: 40H Prática: 20H. Conteúdo Programático Carga horária total: 60H Teórica: 40H Prática: 20H Profª Lucia R. Iori luciaiori@gmail.com Presença/ Ausência Horário Notas Material de Estudo/ slides Objetivo Caracterizar os diferentes grupos de microorganismos

Leia mais

Profa. Carmen Saramago

Profa. Carmen Saramago UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE INSTITUTO BIOMÉDICO DEPARTAMENTO DE MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA INTRODUÇÃO À MICROBIOLOGIA Profa. Carmen Saramago

Leia mais

GUIÃO PARA A REALIZAÇÃO DE UMA ACTIVIDADE LABORATORIAL

GUIÃO PARA A REALIZAÇÃO DE UMA ACTIVIDADE LABORATORIAL ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS DAS TAIPAS GUIÃO PARA A REALIZAÇÃO DE UMA ACTIVIDADE LABORATORIAL CLASSIFICAÇÃO DE BACTÉRIAS PELO MÉTODO DE GRAM Maria Augusta Oliveira da Silva Crespo Ferreira Caldas das Taipas,

Leia mais

REINO MONERA BACTÉRIAS

REINO MONERA BACTÉRIAS REINO MONERA BACTÉRIAS 7º ANO - CIÊNCIAS PROFESSORA LISIANE VIEL MORFOLOGIA Parede celular DNA circular e pedaços de DNA = plastídeos Presença de flagelos = locomoção Ribossomos e grãos de glicogênio =

Leia mais

PlanetaBio Resolução de Vestibulares UFRJ 2008 2ª fase

PlanetaBio Resolução de Vestibulares UFRJ 2008 2ª fase 1- Na China, os pulgões da espécie Toxoptera aurantii causam grandes prejuízos às plantações de Chá Preto (Camellia sinensis). O gráfico a seguir mostra os resultados de duas experiências, feitas em laboratório,

Leia mais

DESCOBRINDO O MUNDO MICROBIANO

DESCOBRINDO O MUNDO MICROBIANO Microbiologia Ambiental Aplicada Estudo das bactérias e dos fungos Prof. Dra. Marta Cristina Souza DESCOBRINDO O MUNDO MICROBIANO Em todas as questões humanas há um único fator dominante; o tempo. Para

Leia mais

Bacterioses: Aula Programada Biologia. Prof. : Chico Pires

Bacterioses: Aula Programada Biologia. Prof. : Chico Pires : Aula Programada Biologia Prof. : Chico Pires Difteria (crupe) Agente Etiológico: Corynebacterium diphtheriae Forma de transmissão: Pelo ar contaminado e pela saliva Sintomas: Inflamação das tonsilas

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina EAF210 Microbiologia de Alimentos

Programa Analítico de Disciplina EAF210 Microbiologia de Alimentos 0 Programa Analítico de Disciplina Campus de Florestal - Campus de Florestal Número de créditos: 4 Teóricas Práticas Total Duração em semanas: 5 Carga horária semanal 2 2 4 Períodos - oferecimento: I Carga

Leia mais

A Química da Vida. Anderson Dias Felipe Knak

A Química da Vida. Anderson Dias Felipe Knak A Química da Vida Anderson Dias Felipe Knak A ÁGUA NAS CÉLULAS A água é imprescindível à vida dos indivíduos, independendo da espécie, idade, metabolismo e/ou grupo celular. A água exerce função de transporte

Leia mais

1. Os principais carboidratos de reserva nos vegetais e animais são, respectivamente:

1. Os principais carboidratos de reserva nos vegetais e animais são, respectivamente: COLÉGIO JOÃO PAULO I ENSINO MÉDIO 2009 CITOLOGIA PROF. XANDI 1. Os principais carboidratos de reserva nos vegetais e animais são, respectivamente: a) amido e glicogênio b) glicose e maltose c) sacarose

Leia mais

Características gerais

Características gerais Reino das Plantas Características gerais São organismos: Eucariontes Pluricelulares Autótrofos Possuem diversos pigmentos, como os fotossintetizantes e os acessórios. Características gerais Capacidade

Leia mais

NERVITON PLUS É MAIS ENERGIA!!!

NERVITON PLUS É MAIS ENERGIA!!! M.S 6.6969.0027.001-8 FÓRMULA ESPECIAL : GUARANÁ + 21 VITAMINAS E MINERAIS UMA CÁPSULA AO DIA 1200 MG. ALTO PODER DE CONCENTRAÇÃO NÃO ENGORDA! NERVITON PLUS É MAIS ENERGIA!!! É um polivitamínico completo

Leia mais

1. (Unicamp 2015) A figura abaixo representa relações existentes entre organismos vivos.

1. (Unicamp 2015) A figura abaixo representa relações existentes entre organismos vivos. 1. (Unicamp 2015) A figura abaixo representa relações existentes entre organismos vivos. a) O que é representado na figura? Que tipo de organismo é representado por X? b) Qual seria a consequência do desaparecimento

Leia mais

CIÊNCIAS 7º ano 1º Trimestre / 2016 BATERIA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES

CIÊNCIAS 7º ano 1º Trimestre / 2016 BATERIA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES CIÊNCIAS 7º ano 1º Trimestre / 2016 BATERIA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES 1. Mico-leão-dourado: o mascote da conservação da biodiversidade Alimenta-se de frutos, animais invertebrados e pequenos invertebrados.

Leia mais

Prof (a) Dra Luciana D. Carvalho

Prof (a) Dra Luciana D. Carvalho Universidade Federal de Juiz de Fora Instituto de Ciências Biológicas Departamento de Parasitologia, Microbiologia e Imunologia. Disciplina: MICROBIOLOGIA GERAL E APLICADA A ENFERMAGEM Prof (a) Dra Luciana

Leia mais

Capítulo 1 Parte 2 CARACTERÍSTICAS DOS SERES VIVOS

Capítulo 1 Parte 2 CARACTERÍSTICAS DOS SERES VIVOS Capítulo 1 Parte 2 CARACTERÍSTICAS DOS SERES VIVOS PROBLEMATIZAÇÃO Para que serve o alimento que ingerimos? Para que serve o oxigênio que respiramos? O que significa seres AUTOTRÓFICOS? Cite exemplos.

Leia mais

7ª série Ciências Naturais

7ª série Ciências Naturais 7ª série Ciências Naturais Lista de exercícios O homem vive em sociedade e dependem do ambiente para supri todas as suas necessidades. As grandes funções vitais são desempenhadas por sistemas orgânicos,

Leia mais

PlanetaBio Resolução de Vestibulares UNICAMP 2014 1ª fase

PlanetaBio Resolução de Vestibulares UNICAMP 2014 1ª fase 1- O tecido muscular cardíaco apresenta fibras a) lisas, de contração voluntária e aeróbia. b) lisas, de contração involuntária e anaeróbia. c) estriadas, de contração involuntária e aeróbia. d) estriadas,

Leia mais

CITOLOGIA E FISIOLOGIA DA CÉLULA BACTERIANA

CITOLOGIA E FISIOLOGIA DA CÉLULA BACTERIANA CITOLOGIA E FISIOLOGIA DA CÉLULA BACTERIANA Prof a. Dr a. Vânia Lúcia da Silva ÁRVORE FILOGENÉTICA DA VIDA Classificação dos seres vivos, de acordo com Whittaker (1969) 1 ÁRVORE FILOGENÉTICA DA VIDA Classificação

Leia mais

Procariontes. (Bactérias e Cianobactérias) Prof Diogo Nery Maciel

Procariontes. (Bactérias e Cianobactérias) Prof Diogo Nery Maciel Procariontes (Bactérias e Cianobactérias) Prof Diogo Nery Maciel Classificação- grupos de Bactérias Atualmente compõem dois Domínios(Archaea e Eubacteria) O Reino Monera é dividido em duas Divisões (Filos):

Leia mais

Doenças Bacterianas. Prof. Fernando Belan - BIOLOGIA MAIS

Doenças Bacterianas. Prof. Fernando Belan - BIOLOGIA MAIS Doenças Bacterianas Prof. Fernando Belan - BIOLOGIA MAIS 2016 Botulismo É uma doenças causada pela intoxicação por toxina botulínica, produzida pelo Clostridium botulinum, presente em alimentos industrializados

Leia mais

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Lista de exercícios de Ciências - 1º Bimestre Nome: Ano: 7º A / B Prof. Paula Jacinto N.: / /17 Volume 1: Conhecendo a Biosfera Vírus e bactérias Protistas 1) Explique

Leia mais

Características Gerais das Bactérias

Características Gerais das Bactérias Universidade Estadual do Oeste do Paraná Especialização em Microbiologia Aplicada Características Gerais das Bactérias Profª. Graziela Braun Características Gerais das Bactérias Morfologia Cocos: bactérias

Leia mais

Sistema Urinário. 2º ano 2013 Profa. Rose Lopes

Sistema Urinário. 2º ano 2013 Profa. Rose Lopes Sistema Urinário 2º ano 2013 Profa. Rose Lopes Considerações iniciais Excretas Produto indesejável do metabolismo celular Excretas nitrogenadas Produtos indesejáveis do metabolismo de proteínas ou ácidos

Leia mais