Normas Gerais para Projetos de Pesquisa

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Normas Gerais para Projetos de Pesquisa"

Transcrição

1 Elaborado pelo Prof. Ms. Jaime dos Santos da Silva UERN DEC/ASSU-RN Governo do Estado do Rio Grande do Norte Secretaria de Estado da Educação, da Cultura e dos Desportos SECD UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE UERN CGC / Reconhecida pela Portaria Ministerial Nº 874/93 CFE Campus Avançado Prefeito Walter de Sá Leitão Departamento de Economia Normas Gerais para Projetos de Pesquisa Assu-RN 2013

2 Elaborado pelo Prof. Ms. Jaime dos Santos da Silva UERN DEC/ASSU-RN SUMÁRIO O PROJETO DE PESQUISA... 1 COMPONENTES DE EM PROJETO DE PESQUISA DEFINIÇÃO DO TEMA... 1 DELIMITAÇÃO DO TEMA... 1 PROBLEMATIZAÇÃO JUSTIFICATIVA OBJETIVOS FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA OU REVISÃO BIBLIOGRÁFICA PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS CRONOGRAMA... 2 BIBLIOGRAFIA... 2 ANEO 1 FORMULÁRIO PARA AVALIAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA

3 O PROJETO DE PESQUISA O projeto de pesquisa constitui-se num documento que apresenta, detalhadamente, o planejamento do caminho que será empreendido para a execução de uma investigação científica, e, com isso, na elaboração de um conhecimento científico novo. Para Departamento de Economia do Campus Avançado Walter de Sá Leitão - UERN. COMPONENTES DE UM PROJETO DE PESQUISA Na definição dos caminhos a serem percorridos pelo pesquisador o projeto deve oferecer respostas para as seguintes perguntas: 1. O que pesquisar dentro de minha área de formação? (escolha do tema, sua delimitação e problemática) 2. Por que pesquisar? (Justificativa) 3. Para que pesquisar? (Objetivos) 4. Qual a concepção norteadora da pesquisa (Fundamentação Teórica) 5. Como pesquisar? (Metodologia) 6. Quando pesquisar? (Cronograma) 1. DEFINIÇÃO DO TEMA O TEMA é o assunto de interesse do pesquisador. Trata-se da escolha de uma área do conhecimento a ser melhor investigada. Exemplos: - Sigilo bancário - Gestão de Recursos Humanos - Assédio moral - Politicas públicas de geração de emprego e renda. DELIMITAÇÃO DO TEMA Ao se fazer a delimitação do tema do estudo, o pesquisador estabelece os limites do tema pois cada tema traz em si uma infinidade de possibilidades de estudo, daí que deve-se proceder os recortes ao tema. Ex: - As politicas públicas locais de geração de emprego e renda no município de Assu-RN. 2. PROBLEMATIZAÇÃO A problematização é uma auxiliar na delimitação da pesquisa, indicando a idéia central do trabalho e por isso uma etapa que se definida com sucesso pode assegurar um melhor desempenho do pesquisador frente aquilo que ele efetivamente pode e deve realizar. Neste sentido, alguns questionamentos podem ajudar o pesquisador na formulação de sua problemática: A problemática, em geral, é expressa no projeto através de pergunta(s). 1. Seu problema é original e relevante? 2. Tenho hoje possibilidades reais para executar tal pesquisa? 3. Existem recursos (materiais, tempo, etc.) para a pesquisa? 4. Há tempo suficiente para investigar tal questão? Ex: - Quais as politicas públicas locais de geração de emprego e renda no município de Assu-RN.? 3. JUSTIFICATIVA A elaboração da justificativa envolve aspectos de ordem teórica, de ordem pessoal/profissional, de ordem institucional (universidade e empresa) e de ordem social (contribuição para a sociedade) e deve responder o porque da pesquisa: sua relevância, suas contribuições para a ciência e para a sociedade em geral. Para a justificativa é importante destacar: 1. A contextualização do tema na atualidade 2 Ineditismo 3 interesses pessoais e profissionais do autor 1

4 4 importância do tema 5 Pertinência do tema ao cenário das ciências econômicas 2 4. OBJETIVOS A elaboração dos objetivos explicita o que se pretende investigar. É a transcrição de onde se pretende chegar e para isto pode haver caminhos menores a percorrer que são os objetivos específicos. Objetivo(s) geral(is): determinação do resultado pretendido. Por exemplo: identificar, levantar, descobrir, caracterizar, descrever, traçar, analisar, explicar, etc. Objetivos específicos: etapas que levarão à realização dos objetivos gerais. Por exemplo: classificar, aplicar, distinguir, enumerar, exemplificar, selecionar, etc. 5. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA OU REVISÃO DE LITERATURA Uma pesquisa científica não uma mera transcrição de dados pesquisados, mas uma reflexão sobre estes e esta reflexão deve ocorrer fundamentalmente em pesquisadores mais experientes e reconhecidos como efetivos conhecedores daquele tema. Ao escolher determinado autor para seu trabalho também está se indicando as concepções e ideologias do autor sobre o tema mesmo em uma pesquisa teórica, empírica ou histórica. Para melhor êxito na pesquisa o pesquisador deve responder as seguintes questões: Quem já escreveu e o que já foi publicado sobre o assunto? Que aspectos já foram abordados? Quais as lacunas existentes na literatura? Pode ser uma revisão. 6. PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS Os procedimentos metodológicos devem responder: Como a pesquisa será empreendida? Com quê? Onde? 7. CRONOGRAMA Tempo necessário para a realização de cada uma das partes propostas na pesquisa. E: Março Abril Maio Junho Elaboração do Projeto de pesquisa Avaliação pelo Orientador Elaboração do questionário e teste Aplicação do questionário e tabulação dos dados Elaboração das analises e conclusões Defesa

5 3 8. Bibliografia Básica ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 15287: Informação e documentação Projeto de pesquisa Apresentação. Rio de Janeiro, GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina de Andrade. Metodologia do trabalho científico. São Paulo: Atlas, ROESCH, Sylvia Maria Azevedo. Projetos de Estágio do Curso de Administração: guia para projetos, estágios e trabalhos de conclusão de curso. São Paulo: Atlas, Identificação do Projeto Título Aluno(a) Orientador (a) Avaliação FORMULÁRIO PARA AVALIAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA 1 1 O texto está claro e bem escrito? Sim Não 2 Os objetivos estão bem estabelecidos? Sim Não 3 A justificativa baseia-se em bibliográfica atual e abrangente? Sim Não 4 Os procedimentos metodológicos propostos permitem que os objetivos sejam Sim Não alcançados? 5 O tema proposto se enquadra nos requisitos necessários para um trabalho de Sim Não Conclusão de Curso para Administração? 6 A apresentação gráfica do projeto enquadra-se dentro das normas da ABNT e do NCGA-UNIRON? Sim Não Aceitação Considerando a qualidade geral do plano de pesquisa, atribua notas variando de 1 a 10 para permitir classificação do projeto:. Nota Qualidade Condição de aceitação 9-10 Muito bom Aceito 7-8 Bom Aceito 5-6 Razoável Aceito condicionado a correções antes do término do bimestre. 3-4 Fraco Rejeitado 1-2 Muito Fraco Rejeitado Comentários (Use folha adicional se necessário) Identificação e assinatura do professessor Nome Data Assinatura Instituição 1 Adaptado da UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO (USP) -

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC PROF. MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: TUPÃ Eixo Tecnológico: AMBIENTE E SAÚDE Habilitação Profissional: Técnico em Farmácia Qualificação: Auxiliar

Leia mais

NOME DO CANDIDATO TÍTULO DO PRÉ-PROJETO

NOME DO CANDIDATO TÍTULO DO PRÉ-PROJETO 1 NOME DO CANDIDATO TÍTULO DO PRÉ-PROJETO Pré-projeto de Pesquisa apresentado ao Programa de Pós-Graduação em Educação, das Faculdades Integradas de Goiás, como requisito parcial do processo seletivo.

Leia mais

CURSO DE PSICOLOGIA PLANO DE ENSINO. Turma: 9º

CURSO DE PSICOLOGIA PLANO DE ENSINO. Turma: 9º CURSO DE PSICOLOGIA PLANO DE ENSINO Módulo: Trabalho de Conclusão de Curso I Semestre: Período Letivo: Turno: Turma: 9º 2012/01 Matutino D 90 Carga Horária semestral (h/a): 80 Carga Horária semanal (h/a):

Leia mais

Cursos Educar [PRODUÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO] Prof. M.Sc. Fábio Figueirôa

Cursos Educar [PRODUÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO] Prof. M.Sc. Fábio Figueirôa Cursos Educar Prof. M.Sc. Fábio Figueirôa [PRODUÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO] O curso tem o objetivo de ensinar aos alunos de graduação e de pós-graduação, as técnicas de produção de artigos científicos, nas

Leia mais

Autor: Profª Msª Carla Diéguez METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA

Autor: Profª Msª Carla Diéguez METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA Autor: Profª Msª Carla Diéguez METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA OBJETIVO DA AULA AULA 3 O PROJETO E O ARTIGO PARTE 1 A ESTRUTURA DO PROJETO E DO ARTIGO Objetivo Geral Auxiliar o aluno na elaboração do

Leia mais

MODELO PRÉ-PROJETO TCC DIREITO 2011.2

MODELO PRÉ-PROJETO TCC DIREITO 2011.2 MODELO PRÉ-PROJETO TCC DIREITO 2011.2 Margem superior 3 cm NOME DO ACADÊMICO (Times 12, sem negrito, maiúsculo, centralizado) Margem Esquerda 3 cm Margem Direita 2 cm TEMA (Times 12, em negrito, maiúsculo,

Leia mais

Modelo do Pré-Projeto

Modelo do Pré-Projeto Modelo do Pré-Projeto EDITAL N o 02/2015 - ENGETEC ESCLARECIMENTOS GERAIS A apresentação do pré-projeto de extensão nesse formato é OBRIGATÓRIA para todos os candidatos. Usar Fonte Arial 10 com espaçamento

Leia mais

PROJETO DE PESQUISA FINALIDADE TEMA ESCOLHA DO PROFESSOR ORIENTADOR GUIA SEGURANÇA NA COLETA DE MATERIAIS ESPAÇO PARA FICHAMENTOS

PROJETO DE PESQUISA FINALIDADE TEMA ESCOLHA DO PROFESSOR ORIENTADOR GUIA SEGURANÇA NA COLETA DE MATERIAIS ESPAÇO PARA FICHAMENTOS FINALIDADE GUIA SEGURANÇA NA COLETA DE MATERIAIS ESPAÇO PARA FICHAMENTOS TEMA ESCOLHA DO PROFESSOR ORIENTADOR 1 TEMA DELIMITAÇÃO DO TEMA JUSTIFICATIVA 2 PROBLEMAS Sistemas de problematização Formato indagação

Leia mais

ARTIGO CIENTÍFICO. Metodologia Científica. Graduação Tecnológica. Prof. Éder Clementino dos Santos. Prof. Éder Clementino dos Santos

ARTIGO CIENTÍFICO. Metodologia Científica. Graduação Tecnológica. Prof. Éder Clementino dos Santos. Prof. Éder Clementino dos Santos ARTIGO CIENTÍFICO Metodologia Científica Graduação Tecnológica O conhecimento é público Uma grande descoberta científica não passa a existir apenas por força da autoridade moral ou do talento literário

Leia mais

Contribuir para a evolução do conhecimento humano em todos os setores. Deve seguir normas metodológicas consagradas

Contribuir para a evolução do conhecimento humano em todos os setores. Deve seguir normas metodológicas consagradas TID TRABALHO INTERDISCIPLINAR DIRIGIDO Pesquisa Científica Objetivo principal Contribuir para a evolução do conhecimento humano em todos os setores Deve seguir normas metodológicas consagradas pela Ciência

Leia mais

ESTRUTURA DO PROJETO DE PESQUISA

ESTRUTURA DO PROJETO DE PESQUISA ESTRUTURA DO PROJETO DE PESQUISA O projeto de pesquisa, norteador da investigação científica, deve contemplar, com base na ABNT - NBR 15287- válida a partir de 30.01.2006, os elementos: Título da pesquisa:

Leia mais

UFRN/CCSA DCC CONSTRUINDO O SEU TCC PASSO A PASSO

UFRN/CCSA DCC CONSTRUINDO O SEU TCC PASSO A PASSO UFRN/CCSA DCC CONSTRUINDO O SEU TCC PASSO A PASSO Prof. Dr. Ridalvo Medeiros Alves de Oliveira Prof. M. Sc. Daniele da Rocha Carvalho Começando a conversa... Cronograma Resolução Começando o projeto: escolha

Leia mais

Título do artigo. Alunos: Nome dos autores (até 3 alunos) 1 Orientador: Roberto Campos Leoni 2

Título do artigo. Alunos: Nome dos autores (até 3 alunos) 1 Orientador: Roberto Campos Leoni 2 Título do artigo Alunos: Nome dos autores (até 3 alunos) 1 Orientador: Roberto Campos Leoni 2 Resumo Este trabalho apresenta os elementos que constituem a estrutura básica de um artigo científico, bem

Leia mais

APLICAÇÃO DA LÍNGUA INGLESA NO SETOR HOTELEIRO DO MUNICÍPIO DE MAUÉS-AM UM ESTUDO DAS NECESSIDADES NA SITUAÇÃO-ALVO

APLICAÇÃO DA LÍNGUA INGLESA NO SETOR HOTELEIRO DO MUNICÍPIO DE MAUÉS-AM UM ESTUDO DAS NECESSIDADES NA SITUAÇÃO-ALVO APLICAÇÃO DA LÍNGUA INGLESA NO SETOR HOTELEIRO DO MUNICÍPIO DE MAUÉS-AM UM ESTUDO DAS NECESSIDADES NA SITUAÇÃO-ALVO RESUMO Denilma Ferreira Ferreira 1 Yna Honda de Sousa 2 Apresentar os diferentes modos

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores METODOLOGIA CIENTÍFICA Redes de Computadores Metodologia e Introdução à Pesquisa AULA Inaugural AGENDA EMENTA OBJETIVOS GERAIS OBJETIVOS ESPECÍFICOS JUSTIFICATIVA COMPETÊNCIAS REFERÊNCIAS BIBLIOGRAFICAS

Leia mais

Orientações Para o Preenchimento do Formulário de Inscrição Preliminar dos Projetos

Orientações Para o Preenchimento do Formulário de Inscrição Preliminar dos Projetos Orientações Para o Preenchimento do Formulário de Inscrição Preliminar dos Projetos O presente documento tem como objetivo apresentar as diretrizes e orientar no preenchimento do formulário de inscrição

Leia mais

METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA ETAPA 2. PROJETO de pesquisa

METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA ETAPA 2. PROJETO de pesquisa METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA ETAPA 2 PROJETO de pesquisa 1. Orientações Gerais 1.1. Oferta da disciplina de Metodologia da Pesquisa Científica A disciplina de Metodologia da Pesquisa é oferecida

Leia mais

Faculdade de Odontologia Mestrado em Odontologia - Ortodontia. Projeto de Pesquisa. Titulo. Pesquisador:

Faculdade de Odontologia Mestrado em Odontologia - Ortodontia. Projeto de Pesquisa. Titulo. Pesquisador: Faculdade de Odontologia Mestrado em Odontologia - Ortodontia Projeto de Pesquisa Titulo Pesquisador: Niterói 2014 1 PROJETO DE PESQUISA 1-Titulo: 2- Resumo Objetivos: Aquilo que se quer descobrir com

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS SIMONSEN REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO RESOLUÇÃO Nº 1, DE 12 DE JULHO 2013.

FACULDADES INTEGRADAS SIMONSEN REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO RESOLUÇÃO Nº 1, DE 12 DE JULHO 2013. FACULDADES INTEGRADAS SIMONSEN REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO RESOLUÇÃO Nº 1, DE 12 DE JULHO 2013. A Resolução nº1, de julho de 2013, que estabelece seus objetivos no projeto de pesquisa,

Leia mais

TÍTULO (arial 14, negrito, caixa alta, centralizado)

TÍTULO (arial 14, negrito, caixa alta, centralizado) CAPA ESCOLA ESTADUAL JD. MONTESANO (arial 12, caixa alta, centralizado) NOME DO(AS) ALUNO(AS) (arial 12, caixa alta, centralizado) TÍTULO (arial 14, negrito, caixa alta, centralizado) LOCAL ANO (arial

Leia mais

R E S O L U Ç Ã O Nº 044/2016

R E S O L U Ç Ã O Nº 044/2016 R E S O L U Ç Ã O Nº 044/2016 Aprova o Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso de Administração da Faculdade de Tecnologia La Salle Estrela. O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CONSEPE), face

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA CÓDIGO DISCIPLINA REQUISITOS. SAU 223 PESQUISA EM SAÚDE SAU 222 Metodologia da Pesquisa em Saúde II

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA CÓDIGO DISCIPLINA REQUISITOS. SAU 223 PESQUISA EM SAÚDE SAU 222 Metodologia da Pesquisa em Saúde II UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA U.E.F.S DEPARTAMENTO DE SAÚDE CURSO DE ENFERMAGEM PROGRAMA DE DISCIPLINA CÓDIGO DISCIPLINA REQUISITOS SAU 223 PESQUISA EM SAÚDE SAU 222 Metodologia da Pesquisa

Leia mais

Generated by Foxit PDF Creator Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only. PROFa. CARLA GIANI MARTELLI UNESP

Generated by Foxit PDF Creator Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only. PROFa. CARLA GIANI MARTELLI UNESP PROFa. CARLA GIANI MARTELLI UNESP O QUE É MONOGRAFIA? Monos = um só Graphéin = escrever Monografia é o documento que representa o resultado de estudo, devendo expressar conhecimento do assunto escolhido,

Leia mais

CNPq CONSELHO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO

CNPq CONSELHO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO 1 - IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO DE INICIAÇÂO CIENTÌFICA TÍTULO DO PROJETO Duração da bolsa De : / / até / / 2 - ORIENTADOR Nome Completo, sem abreviação Faculdade de vinculação 3 - BOLSISTA Nome Completo,

Leia mais

CURSO DE FILOSOFIA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

CURSO DE FILOSOFIA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CURSO DE FILOSOFIA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Aspectos Formais O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) é a apresentação objetiva do resultado de um estudo sistemático. Mostra os resultados de seu esforço

Leia mais

INFORMAÇÕES PRELIMINARES SOBRE O PRÉ-PROJETO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Assunto, Tema e Problema

INFORMAÇÕES PRELIMINARES SOBRE O PRÉ-PROJETO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Assunto, Tema e Problema INFORMAÇÕES PRELIMINARES SOBRE O PRÉ-PROJETO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Assunto, Tema e Problema 1 / 18 ESTRUTURA GERAL DO PRÉ-PROJETO ASSUNTO Gosto pessoal Importância Fonte de dados Meu departamento

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DE CURRICULOS E PROGRAMAS PROGRAMA DE LICENCIATURA PROLICEN/ UFPB/2015

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DE CURRICULOS E PROGRAMAS PROGRAMA DE LICENCIATURA PROLICEN/ UFPB/2015 UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DE CURRICULOS E PROGRAMAS PROGRAMA DE LICENCIATURA PROLICEN/ UFPB/2015 A Pró-Reitoria de Graduação, no uso de suas atribuições

Leia mais

PROJETO DAS FACULDADES MAGSUL 2012

PROJETO DAS FACULDADES MAGSUL 2012 Pedagogia: Aut. Dec. nº 93110 de 13/08/86 / Reconhecido Port. Nº 717 de 21/12/89/ Renovação Rec. Port. nº 3.648 de 17/10/2005 Educação Física: Aut. Port. nº 766 de 31/05/00 / Rec. Port. nº 3.755 de 24/10/05

Leia mais

PRODUÇÃO CIENTÍFICA DOS PESQUISADORES DA UEL, NA ÁREA DE AGRONOMIA: TRABALHOS PUBLICADOS EM EVENTOS DE 2004 A 2008.

PRODUÇÃO CIENTÍFICA DOS PESQUISADORES DA UEL, NA ÁREA DE AGRONOMIA: TRABALHOS PUBLICADOS EM EVENTOS DE 2004 A 2008. PRODUÇÃO CIENTÍFICA DOS PESQUISADORES DA UEL, NA ÁREA DE AGRONOMIA: TRABALHOS PUBLICADOS EM EVENTOS DE 2004 A 2008. Karina de Oliveira Pinho (PIBIC/ UEL), Ana Esmeralda Carelli (Orientador), e-mail: carelliana@uel.br

Leia mais

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO IFRJ-Reitoria Rio de Janeiro 2014 2 C O M I S S Ã O D E E L A B O R A Ç Ã O Portaria n 0092 de 05 de agosto de 2013 Cláudia de Souza Teixeira Fernanda Kamp

Leia mais

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ILHA SOLTEIRA CNPJ: 03.117.139/0001-08 FACULDADE DE ILHA SOLTEIRA - FAISA

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ILHA SOLTEIRA CNPJ: 03.117.139/0001-08 FACULDADE DE ILHA SOLTEIRA - FAISA INSTITUTO DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ILHA SOLTEIRA CNPJ: 03.117.139/0001-08 FACULDADE DE ILHA SOLTEIRA - FAISA ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE PEDAGOGIA GESTÃO ESCOLAR Ilha Solteira SP 2014

Leia mais

SÍNTESE DO LEVANTAMENTO DE DEMANDAS DE PROJETOS DO TERRITÓRIO

SÍNTESE DO LEVANTAMENTO DE DEMANDAS DE PROJETOS DO TERRITÓRIO SÍNTESE DO LEVANTAMENTO DE DEMANDAS DE PROJETOS DO TERRITÓRIO Ministério do Meio Ambiente O Projeto de Elaboração do Plano de Desenvolvimento Territorial Sustentável Socioambientais Prioritários/Vale do

Leia mais

DIRETRIZES PARA ESTRUTURAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

DIRETRIZES PARA ESTRUTURAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO DIRETRIZES PARA ESTRUTURAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO INTRODUÇÃO O curso de Engenharia de Produção da Escola Superior de Tecnologia e Educação de

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico ETEC São José do Rio Pardo Código: 150 Município: São José do Rio Pardo Eixo Tecnológico: GESTÃO E NEGÓCIOS Habilitação Profissional: TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Metodologia do Trabalho Científico

Metodologia do Trabalho Científico Metodologia do Trabalho Científico Engenharia de Segurança do Trabalho Profª. Drª. Yara Maria Botti Mendes de Oliveira Profª. Drª. Ivanilda Matile 2007 METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO Objetivos da disciplina

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ÍTALO BRASILEIRO

CENTRO UNIVERSITÁRIO ÍTALO BRASILEIRO CENTRO UNIVERSITÁRIO ÍTALO BRASILEIRO PROGRAMA DE AUXÍLIO À PESQUISA 2014 PROGRAMA DE AUXÍLIO À PESQUISA O objetivo principal do Programa de Auxílio à Pesquisa é propiciar condições favoráveis ao desenvolvimento

Leia mais

A Elaboração do Projeto de Pesquisa

A Elaboração do Projeto de Pesquisa A Elaboração do Projeto de Pesquisa Projetar quer dizer lançar para frente. Um projeto, portanto, é um plano para o futuro. Realizar um projeto de pesquisa é poder imaginar antes o que vai ser realizado

Leia mais

Tecnologia em Logística

Tecnologia em Logística Coordenador: Prof. Me. Osvaldo Contador Júnior Jaú, 2014.2 NORMAS PARA DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS INTERDISCIPLINARES E DEFINIÇÕES DAS ATIVIDADES ATRIBUÍDAS AOS ALUNOS OBJETIVO redefinir e padronizar as

Leia mais

Instruções para elaboração de Artigo Científico

Instruções para elaboração de Artigo Científico MANUAL DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GASTRONOMIA Instruções para elaboração de Artigo Científico 1. Definição da temática O aluno deverá definir a temática do TCC do CSTG

Leia mais

MÉTODO CIENTÍFICO E MÉTODO DE PESQUISA

MÉTODO CIENTÍFICO E MÉTODO DE PESQUISA MÉTODO CIENTÍFICO E MÉTODO DE PESQUISA Características do conhecimento SENSO COMUM: a forma mais amplamente empregada Solução de problemas imediatos Linguagem genérica Não se preocupa com a validade dos

Leia mais

PIM III. Projeto Integrado Multidisciplinar GESTÃO MERCADOLOGICA

PIM III. Projeto Integrado Multidisciplinar GESTÃO MERCADOLOGICA PIM III Projeto Integrado Multidisciplinar GESTÃO MERCADOLOGICA 1 PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: O aluno deverá escolher uma empresa de qualquer porte ou segmento e, com base no cenário desta

Leia mais

3 cm UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE - UNESC PÓS-GRADUAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM...

3 cm UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE - UNESC PÓS-GRADUAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM... 3 cm UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE - UNESC PÓS-GRADUAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM... Toda capa em letras maiúsculas, tamanho 12, em negrito, alinhamento centralizado NOME DO ACADÊMICO 3 cm TÍTULO DO

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA Pós-graduação UNIANCHIETA. TRABALHO DE CURSO Modalidade: projeto corporativo

CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA Pós-graduação UNIANCHIETA. TRABALHO DE CURSO Modalidade: projeto corporativo TRABALHO DE CURSO Modalidade: projeto corporativo Jundiaí/SP 2015 Introdução No Brasil, o ambiente corporativo, antes muito a mercê das práticas e decisões relativamente simples, em função dos novos padrões

Leia mais

Classificação da Pesquisa:

Classificação da Pesquisa: Classificação da Pesquisa: Do ponto de vista da sua natureza, ou seja, aquilo que compõe a substância do ser ou essência da pesquisa. Pesquisa Pura: Pesquisa Aplicada: Objetiva gerar conhecimentos novos

Leia mais

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE PESQUISA

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE PESQUISA ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE PESQUISA O objetivo desse roteiro é orientar os estudantes de Estatística para a realização do trabalho proposto conforme previsto no plano de ensino da disciplina.

Leia mais

VALÉRIA NUNES DE OLIVEIRA

VALÉRIA NUNES DE OLIVEIRA SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO SERVIÇO SOCIAL VALÉRIA NUNES DE OLIVEIRA OS PROCESSOS DE TRABALHO Itapetinga/Ba 2015 VALÉRIA NUNES DE OLIVEIRA OS PROCESSOS DE TRABALHO Trabalho apresentado ao Curso

Leia mais

Normas para apresentação dos trabalhos

Normas para apresentação dos trabalhos Normas para apresentação dos trabalhos 1. Da inscrição Os trabalhos só poderão ser inscritos mediante submissão de resumo. O resumo deverá obedecer ao seguinte formato: - ter no mínimo de 350 e no máximo

Leia mais

Universidade Estadual de Maringá Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Programa de Pós-Graduação em Educação MESTRADO E DOUTORADO

Universidade Estadual de Maringá Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Programa de Pós-Graduação em Educação MESTRADO E DOUTORADO RESOLUÇÃO Nº. 021/2014-PPE Aprova regulamento para o Processo de Seleção de alunos para Ingresso no Mestrado em Educação Turma 2015. Considerando a Reunião do Conselho Acadêmico do PPE realizada em 25/07/2014;

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PRÉ-PROJETO MESTRADO

INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PRÉ-PROJETO MESTRADO INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PRÉ-PROJETO MESTRADO O pré-projeto deve conter no máximo 15 laudas (considerando da introdução a resultados esperados), digitadas em fonte Times New Roman 12, espaço 1,5,

Leia mais

TÍTULO: A ARTE COMO PROCESSO EDUCATIVO: UM ESTUDO SOBRE A PRÁTICA DO TEATRO NUMA ESCOLA PÚBLICA.

TÍTULO: A ARTE COMO PROCESSO EDUCATIVO: UM ESTUDO SOBRE A PRÁTICA DO TEATRO NUMA ESCOLA PÚBLICA. Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: A ARTE COMO PROCESSO EDUCATIVO: UM ESTUDO SOBRE A PRÁTICA DO TEATRO NUMA ESCOLA PÚBLICA. CATEGORIA:

Leia mais

METODOLOGIA DA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM FISIOTERAPIA TRAUMATO- ORTOPÉDICA

METODOLOGIA DA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM FISIOTERAPIA TRAUMATO- ORTOPÉDICA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM FISIOTERAPIA TRAUMATO- ORTOPÉDICA METODOLOGIA DA INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA Profª. Dra. Paula Silva de Carvalho Chagas Faculdade de Fisioterapia UFJF Doutora em Ciências da Reabilitação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS FACULDADE DE FILOSOFIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS FACULDADE DE FILOSOFIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS FACULDADE DE FILOSOFIA REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO BACHARELADO EM FILOSOFIA PREÂMBULO Este Regulamento

Leia mais

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso null - null. Ênfase. Disciplina 0003805A - Metodologia da Pesquisa em Arte

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso null - null. Ênfase. Disciplina 0003805A - Metodologia da Pesquisa em Arte Curso null - null Ênfase Identificação Disciplina 0003805A - Metodologia da Pesquisa em Arte Docente(s) Joedy Luciana Barros Marins Bamonte Unidade Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação Departamento

Leia mais

RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA

RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA É o documento que visa apresentar a descrição do local onde foi realizado o estágio, o período de duração e as atividades desenvolvidas pelo estagiário.

Leia mais

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO SÃO PAULO. Relatório de Estágio Supervisionado

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO SÃO PAULO. Relatório de Estágio Supervisionado FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO SÃO PAULO Relatório de Estágio Supervisionado 2011 1. O Estágio segundo a LEI 11.788/08 RELATÓRIO DE ESTÁGIO Segundo a Lei 11.788/08 em seu artigo 1º, a definição de estágio

Leia mais

TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS NOME DO ALUNO TÍTULO DO TRABALHO

TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS NOME DO ALUNO TÍTULO DO TRABALHO TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS NOME DO ALUNO TÍTULO DO TRABALHO CARAGUATATUBA 2014 NOME DO ALUNO TÍTULO DO TRABALHO Trabalho de Conclusão de Curso TCC, apresentado ao Instituto Federal de Educação,

Leia mais

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO 1 Modelo de Artigo de periódico baseado na NBR 6022, 2003. Título do artigo, centralizado. COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO Maria Bernardete Martins Alves * Susana Margaret de Arruda ** Nome do (s) autor

Leia mais

Universidade Anhanguera-Uniderp Pró-Reitoria de Graduação. Curso: PSICOLOGIA PLANO DE ENSINO E APRENDIZAGEM

Universidade Anhanguera-Uniderp Pró-Reitoria de Graduação. Curso: PSICOLOGIA PLANO DE ENSINO E APRENDIZAGEM Universidade Anhanguera-Uniderp Pró-Reitoria de Graduação Curso: PSICOLOGIA PLANO DE ENSINO E APRENDIZAGEM Disciplina ou Módulo: Estágio em Psicologia Organizacional I Série/Semestre: Período Letivo: 2011.

Leia mais

A USUCAPIÃO E O ABANDONO DO LAR CONJUGAL

A USUCAPIÃO E O ABANDONO DO LAR CONJUGAL FACULDADE DE DIREITO DE VITÓRIA VIT MUNZ A USUCAPIÃO E O ABANDONO DO LAR CONJUGAL VITÓRIA/ES 2012 VIT MUNZ A USUCAPIÃO E O ABANDONO DO LAR CONJUGAL Projeto de monografia apresentado a Faculdade de Direito

Leia mais

Regulamento Interno Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) Artes Visuais - Licenciatura e Bacharelado

Regulamento Interno Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) Artes Visuais - Licenciatura e Bacharelado Regulamento Interno Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) Artes Visuais - Licenciatura e Bacharelado atualizado em 03/2013 1. Apresentação Este regulamento normatiza as atividades de elaboração do Trabalho

Leia mais

ESTATÍSTICA E TÉCNICAS DE AMOSTRAGEM

ESTATÍSTICA E TÉCNICAS DE AMOSTRAGEM ESTATÍSTICA E TÉCNICAS DE AMOSTRAGEM Valdir Cereali Auditor Público Externo - TCE/MT Março de 2013 Estatística e Técnicas de Amostragem OBJETIVOS Fornecer uma visão geral sobre técnicas de amostragem utilizadas

Leia mais

PROJETO EM GESTÃO DE PRODUÇÃO

PROJETO EM GESTÃO DE PRODUÇÃO PROJETO EM GESTÃO DE PRODUÇÃO Aula 5 Profª. Ms. Eng. Aline Soares Pereira SISTEMAS PRODUTIVOS I 1 Objetivo da aula Apresentar conceitos sobre o que é projeto de gestão da produção. Quais objetivos a atividade

Leia mais

Instituto de Educação

Instituto de Educação Instituto de Educação Universidade de Lisboa Oferta Formativa Pós-Graduada Doutoramento em Educação Especialização: Administração e Política Educacional (Regime Intensivo) 16 17 Edição Instituto de Educação

Leia mais

TÉCNICAS DE ESTUDO E PESQUISA TÉCNICAS DE ESTUDO E PESQUISA

TÉCNICAS DE ESTUDO E PESQUISA TÉCNICAS DE ESTUDO E PESQUISA TÉCNICAS DE ESTUDO E PESQUISA Graduação 1 UNIDADE 5 A ELABORAÇÃO DO PROJETO DE PESQUISA Esta unidade aborda o processo de construção de um importante instrumento da pesquisa: o projeto. Algumas unidades

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico. Qualificação: Assistente Administrativo

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico. Qualificação: Assistente Administrativo .. Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico Etec Prof Massuyuki Kawano Código: 136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnico em Administração Qualificação:

Leia mais

Como Fazer uma Monografia

Como Fazer uma Monografia Como Fazer uma Monografia Profa. Mara Abel Instituto de Informática / UFRGS marabel@inf.ufrgs.br O que é uma monografia? A descrição, através de um texto com formato pré-definido, dos resultados obtidos

Leia mais

MANUAL DE ESTÁGIOS 2016 SUMÁRIO

MANUAL DE ESTÁGIOS 2016 SUMÁRIO MANUAL DE ESTÁGIOS 2016 SUMÁRIO 1. Introdução 2. Professores orientadores de estágio 3. Relatório de estágio 3.1 Apresentação do relatório 4. Roteiro do relatório de estágio 4.1 Estagiário 4.2 Funcionário

Leia mais

Ementa do Curso Gerenciamento de Obras Roberto Rafael Guidugli Filho 1. Introdução 2. O Gerenciamento versus Fiscalização de Obras Públicas

Ementa do Curso Gerenciamento de Obras Roberto Rafael Guidugli Filho 1. Introdução 2. O Gerenciamento versus Fiscalização de Obras Públicas Ementa do Curso Gerenciamento de Obras Roberto Rafael Guidugli Filho Engenheiro Civil pela Universidade Federal de Ouro Preto Especialista em Engenharia Econômica pela Fundação Dom Cabral Mestre em Engenharia

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE SERVIDORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO EDITAL Nº 045/2009 - PRORH DÚVIDAS FREQUENTES

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE SERVIDORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO EDITAL Nº 045/2009 - PRORH DÚVIDAS FREQUENTES EDITAL Nº 045/2009 - PRORH DÚVIDAS FREQUENTES 1. Onde estão as informações importantes? Resposta: No edital. O candidato deve ler atentamente o Edital que está disponível no sítio: www.concurso.ufjf.br.

Leia mais

EXTRATO DO EDITAL N 57/2015 PRÊMIO MELHOR TCC 2014

EXTRATO DO EDITAL N 57/2015 PRÊMIO MELHOR TCC 2014 EXTRATO DO EDITAL N 57/2015 UEPA A Universidade do Estado do Pará, por meio da Pró-Reitoria de Graduação, torna público no âmbito desta Instituição o processo de seleção de Trabalhos de Conclusão de Curso

Leia mais

ANEXO IV. MODELO PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO PARA REVISTA DA DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO TOCANTINS i

ANEXO IV. MODELO PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO PARA REVISTA DA DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO TOCANTINS i ANEXO IV MODELO E NORMAS DE FORMATAÇÃO ARTIGO MODELO PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO PARA REVISTA DA DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO TOCANTINS i RESUMO PRIMEIRO AUTOR 1 SEGUNDO AUTOR TERCEIRO AUTOR

Leia mais

Marcio E. S. Corpes Nicole Dominique Oliva Vanessa Lermen Corpes

Marcio E. S. Corpes Nicole Dominique Oliva Vanessa Lermen Corpes UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL CENTRO DE FILOSOFIA E EDUCAÇÃO PROJETO NOSSA ESCOLA PESQUISA SUA OPINIÃO - PÓLO RS CURSO ESCOLA E PESQUISA: UM ENCONTRO POSSÍVEL Marcio E. S. Corpes Nicole Dominique Oliva

Leia mais

COORDENAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL REGULAMENTO PARA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

COORDENAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL REGULAMENTO PARA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO COORDENAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL REGULAMENTO PARA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Institui as normas para a realização do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) e as condições de aproveitamento, para

Leia mais

ASPECTOS DA REFLEXÃO DE RENÉ DESCARTES NA PRIMEIRA E SEGUNDA MEDITAÇÃO METAFÍSICA

ASPECTOS DA REFLEXÃO DE RENÉ DESCARTES NA PRIMEIRA E SEGUNDA MEDITAÇÃO METAFÍSICA ASPECTOS DA REFLEXÃO DE RENÉ DESCARTES NA PRIMEIRA E SEGUNDA MEDITAÇÃO METAFÍSICA Thauana Aparecida Teixeira* Marco Antonio Facione Berbel** JUSTIFICATIVA A história da humanidade perpassa por vários momentos

Leia mais

Roteiro para Elaboração de Projeto Social(1)

Roteiro para Elaboração de Projeto Social(1) Roteiro para Elaboração de Projeto Social(1) Gestão Social: Elaboração de Projetos, Indicadores e Avaliação de Políticas Públicas Profa. Simone Jorge UNICASTELO ( 1 ) B A S E A D O EM: K I S I L, R O S

Leia mais

Elaboração do Plano de Gestão de Logística Sustentável do Senado Federal - PGLS

Elaboração do Plano de Gestão de Logística Sustentável do Senado Federal - PGLS Elaboração do Plano de Gestão de Logística Sustentável do Senado Federal - PGLS Sustentabilidade Contexto Aumento no número de pessoas Maior quantidade de recursos explorados Produção e consumo: compras

Leia mais

Trabalho 001- Estratégias oficiais de reorientação da formação profissional em saúde: contribuições ao debate. 1.Introdução

Trabalho 001- Estratégias oficiais de reorientação da formação profissional em saúde: contribuições ao debate. 1.Introdução Trabalho 001- Estratégias oficiais de reorientação da formação profissional em saúde: contribuições ao debate. 1.Introdução As pesquisas e os investimentos que influenciaram as mudanças nas propostas para

Leia mais

PROGRAMA da Certificação Internacional em Integração Sensorial

PROGRAMA da Certificação Internacional em Integração Sensorial PROGRAMA da Certificação Internacional em Integração Sensorial A University of Southern California Divisão de Ciência Ocupacional e Terapia Ocupacional, juntamente com a Western Psychological Services

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC DE NOVA ODESSA Código: 234 Município: Nova Odessa Eixo Tecnológico: Segurança Habilitação Profissional: Técnico em Segurança do Trabalho Qualificação:

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO. Estágio no exterior para alunos em intercâmbio

REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO. Estágio no exterior para alunos em intercâmbio REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO Estágio no exterior para alunos em intercâmbio o Documentos comprobatórios o Relatório de Estágio Estágio realizado anteriormente o Documentos comprobatórios

Leia mais

Interdisciplinar II Módulo CST: GESCOM

Interdisciplinar II Módulo CST: GESCOM UniãoMetropolitana deeducaçãoecultura Interdisciplinar II Módulo CST: GESCOM Lauro de Freitas - BAHIA 2013 2 JUSTIFICATIVA A principal justificativa para o desenvolvimento e implementação do projeto interdisciplinar

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO DE ENGENHARIA CIVIL OU TECNOLOGIA EM CONSTRUÇÃO CIVIL INSTITUTO DE COMPUTAÇÃO

EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO DE ENGENHARIA CIVIL OU TECNOLOGIA EM CONSTRUÇÃO CIVIL INSTITUTO DE COMPUTAÇÃO EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO DE ENGENHARIA CIVIL OU TECNOLOGIA EM CONSTRUÇÃO CIVIL INSTITUTO DE COMPUTAÇÃO Processo nº 34P-214/2016 A(O) INSTITUTO DE COMPUTAÇÃO da Unicamp faz

Leia mais

3 Metodologia de Pesquisa 3.1 Tipo de Pesquisa

3 Metodologia de Pesquisa 3.1 Tipo de Pesquisa 47 3 Metodologia de Pesquisa 3.1 Tipo de Pesquisa Neste capítulo será apresentado o tipo de pesquisa desenvolvida, a unidade de análise, o processo de escolha dos sujeitos de pesquisa, a coleta e o tratamento

Leia mais

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS CONDECA/SP

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS CONDECA/SP ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS 2009 CONDECA/SP Página 1 de 11 ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO CONDECA/SP O Projeto deverá ser apresentado com a seguinte folha de rosto: I IDENTIFICAÇÃO 1.1 - Nome

Leia mais

CONTRATO DE PARCERIA

CONTRATO DE PARCERIA CONTRATO DE PARCERIA Entre:, legalmente representada por na qualidade de., legalmente representada por na qualidade de., legalmente representada por na qualidade de., legalmente representada por na qualidade

Leia mais

50 anos a trabalhar pela saúde das pessoas

50 anos a trabalhar pela saúde das pessoas 50 anos a trabalhar pela saúde das pessoas 0 Intervenções Prácticas para a Melhora dos Processos de Planificação e Gestão Sanitária Mapas Sanitários da Área Municipal da Cidade de Maputo Março Julho 2013

Leia mais

REGULAMENTO PARA REALIZAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO EM ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS ECÔNOMICAS E CIÊNCIAS CONTÁBEIS.

REGULAMENTO PARA REALIZAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO EM ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS ECÔNOMICAS E CIÊNCIAS CONTÁBEIS. REGULAMENTO PARA REALIZAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO EM ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS ECÔNOMICAS E CIÊNCIAS CONTÁBEIS. CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º - Este Regulamento tem como objetivo

Leia mais

Manual Para Elaboração de Relatórios de Estágios do IF Tocantins Campus Araguatins

Manual Para Elaboração de Relatórios de Estágios do IF Tocantins Campus Araguatins MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DO TOCANTINS CAMPUS ARAGUATINS Manual Para Elaboração de Relatórios de Estágios do IF Tocantins Campus Araguatins

Leia mais

EDITAL N.º 248/2015 PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL: SELEÇÃO DE TUTOR PET PRODUÇÃO E POLÍTICA CULTURAL

EDITAL N.º 248/2015 PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL: SELEÇÃO DE TUTOR PET PRODUÇÃO E POLÍTICA CULTURAL EDITAL N.º 248/215 PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL: SELEÇÃO DE TUTOR PET PRODUÇÃO E POLÍTICA CULTURAL A REITORA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, considerando

Leia mais

ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO Licenciatura Habilitação: Aluno(a): ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO IDENTIFICAÇÃO DO ALUNO Curso - Habilitação: Nome do(a) Aluno(a): Orientador de Estágio: ESTÁGIO

Leia mais

2 Fase conceptual da investigação. 2.2. Escolha e construção do problema 2.3. Quadro de referência teórico

2 Fase conceptual da investigação. 2.2. Escolha e construção do problema 2.3. Quadro de referência teórico 2 Fase conceptual da investigação 2.2. Escolha e construção do problema 2.3. Quadro de referência teórico Investigação científica como um processo 1 Identificação do assunto Formulação e delimitação do

Leia mais

LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE

LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE SECRETARIA NACIONAL DE ESPORTE EDUCACIONAL Palestra: Douglas Morato Ferrari Aspectos Normativos e a Manifestação Esporte Educacional. Enquadramento Normativo Elementos e Focos de Análise Técnica Disfunções

Leia mais

Aplicada aos Processos Produtivos. Sant'Ana do Livramento/RS 1097EAD.07 19 (código 1097EAD) Foz do Iguaçu/PR 1097EAD.06 17

Aplicada aos Processos Produtivos. Sant'Ana do Livramento/RS 1097EAD.07 19 (código 1097EAD) Foz do Iguaçu/PR 1097EAD.06 17 EDITAL Nº 021/2016/UFSM/PRPGP, DE 14 DE ABRIL DE 2016 ADENDO E ALTERAÇÃO AO EDITAL Nº 020/2016/UFSM/PRPGP, DE 11 DE ABRIL DE 2016, REABERTURA DE INSCRIÇÃO AO PROCESSO SELETIVO DE PÓS-GRADUAÇÃO, REFERENTE

Leia mais

ORIENTAÇÃO PARA ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO

ORIENTAÇÃO PARA ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO ORIENTAÇÃO PARA ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO Este documento tem por objetivo orientar a estruturação e formatação do relatório de estágio. O texto está dividido em duas partes: 1) Normas de formatação,

Leia mais

Representação de organizações não governamentais e suas relações com o Poder Legislativo um estudo de caso da APAE

Representação de organizações não governamentais e suas relações com o Poder Legislativo um estudo de caso da APAE CÂMARA DOS DEPUTADOS Centro De Formação, Treinamento E Aperfeiçoamento CEFOR Representação de organizações não governamentais e suas relações com o Poder Legislativo um estudo de caso da APAE MARIA ROSA

Leia mais

3.1 CARACTERIZAÇÃO DA PESQUISA: CARÁTER EXPLORATÓRIO-DESCRITIVO E QUALITATIVO.

3.1 CARACTERIZAÇÃO DA PESQUISA: CARÁTER EXPLORATÓRIO-DESCRITIVO E QUALITATIVO. 3 PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS Descrevem-se, neste capítulo, os procedimentos metodológicos que nortearam esta pesquisa. Aborda-se, primeiramente, a caracterização da pesquisa que teve um caráter exploratório-descritivo

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2012. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2012. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2012 Ensino Técnico ETEC Monsenhor Antonio Magliano Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio em Marketing

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO - UFOP PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO - PROGRAD PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO - UFOP PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO - PROGRAD PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO - UFOP PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO - PROGRAD PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL EDITAL PROGRAD/PET nº 16/2015, de 11 de março de 2015 Dispõe sobre o processo de seleção de tutor

Leia mais

Avaliação Qualitativa de Políticas Públicas

Avaliação Qualitativa de Políticas Públicas RECEBIDO EM: / / PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO ANEXO IV CURSOS DE EXTENSÃO N o TÍTULO DO CURSO Avaliação Qualitativa de Políticas Públicas PROPONENTE IDENTIFICAÇÃO DO RESPONSÁVEL PELO PROJETO: Nome: João Victor

Leia mais

INTRODUÇÃO... 16 1. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA: REVISÃO DA LITERATURA... 21

INTRODUÇÃO... 16 1. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA: REVISÃO DA LITERATURA... 21 Jacqueline Andréa Furtado de Sousa 15 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 16 Situação problema...18 Justificativa...19 Objetivos da pesquisa...19 Contexto da investigação...20 1. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA: REVISÃO DA LITERATURA...

Leia mais