Arte e história em Oriximiná

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Arte e história em Oriximiná"

Transcrição

1 Ano XV Nº 150 OUTUBRO 2007 R$ 2,00 Arte e história em Oriximiná Na região do Alto Trombetas ainda há muito o que ser descoberto, nos sítios arqueológicos em locais praticamente inacessíveis. Paralelamente às prospecções, o Museu Emílio Goeldi resgata a tradição ceramista. VARIEDADES PÁG 8. MUNICÍPIOS Parcelamento pode ser em até 240 vezes Tábua de salvação é para os que municipalizaram a educação e estão endividados. CIDADES Pág 3. REIVINDICAÇÃO Deputados querem suas prerrogativas Com atuação esvaziada pela Câmara Federal, o parlamento estadual vai à luta. REGIONAL Pág 5. POPULAÇÃO Perda de FPM causa risco de "apagão" Arquivo gráfico pode acabar com a confusão de limites entre os municípios. CIDADES Pág 3. Pintura rupestre: excelência e durabilidade que suscitam admiração e encantamento, uma constante nos sítios arqueológicos em toda a região Gabriel pediu providências urgentes SEGURANÇA Guerreiro faz alerta para a criminalidade Cidades antes pacatas agora são palco de selvagerias. Polícia está desaparelhada. REGIONAL Pág 5. MÚSICA "Lírica" foi a vencedora do XI Festival CRAS/PAIF Inaugurados novos prédio em Oriximiná Óbidos recebeu com festa Dois Centros de Referência intérpretes e compositores e da Assistência Social estão em revelou novos talentos. áreas de vulnerabilidade. ATUALIDADES Pág 7. POLÍTICA Pág 4. Asssitente social atendendo uma família no CRAS: dignidade e cidadania EDUCAÇÃO Nicolino na semifinal do Cultura Viva Festival de Danças da Escola de Oriximiná pemiado pelo Ministério da Cultura. VARIEDADES Pág 8.

2 2 OUTUBRO SERVIÇO Prefeito leva melhoria ao Alto Trombetas Os moradores das comunidades do Alto Trombetas tiveram a oportunidade de conversar sobre suas prioridades durante a visita do prefeito Argemiro Diniz, que percorre sistematicamente as localidades da zona rural para averiguar pessoalmente a situação das famílias. No caso da Escola Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, na comunidade do Moura, o prefeito observou que as instalações estavam mesmo precisando de alguns reparos. A instalação elétrica infelizmente foi danificada, o motor está com problemas, mas já foi enviado para cidade para ser recuperado... Na verdade nós queríamos realmente ver de perto esta situação disse o gestor. Argemiro Diniz constatou que a rede elétrica da escola foi cortada, o que considerou um abuso e um desrespeito ao patrimônio público. Desde já a gente pede para que os comunitários zelem pelo patrimônio que é deles. A gente precisa ter esse olhar com mais carinho nos bens que são da comunidade, lamentou Argemiro. Marluce Gato da Silva, coordenadora da Escola Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, ficou surpresa pela resposta imediata do prefeito. Eu não estava confiando muito na resposta e na iniciativa, achando que o Moura estava abandonado pelos órgãos municipais e depois que fomos e conversamos com o prefeito Argemiro Diniz, mudei de opinião! Isso demonstra que realmente o trabalho da Prefeitura Municipal está funcionando, disse a professora. A comunidade do Acari, no Alto Trombetas, também recebeu a visita do prefeito de Oriximiná e sua comitiva. Nessa comunidade a população vem enfrentando problemas no Argemiro Diniz ouve reivindicações na comunidade do Moura. abastecimento de água potável. Toda vez que chega o verão e o rio seca demais, os lagos ficam desabastecidos. Além de uma questão social, para o prefeito Argemiro Diniz é também uma questão de saúde, pois as pessoas precisam de água potável para sua sobrevivência. No Acari nós temos algumas demandas, principalmente na questão do abastecimento de água. Esse é um dos nossos compromissos. Dotar todas as comunidades com água boa, declarou o prefeito. Em alguns lugares onde não é possível resolver o problema, a prefeitura irá construir microssistemas como, por exemplo, na comunidade do Batata, para que os ribeirinhos tenham água com melhor qualidade. Todas as demandas dessas comunidades foram anotadas pelo prefeito, que assumiu o compromisso de tomar providências imediatas. A Prefeitura de Oriximiná entregou na comunidade São José no Rio Cachoeiry um armário para armazenar os remédios do Posto de Saúde local. Posto de Saúde São José no Rio Cachoery ganha armazém para remédios De acordo com o coordenador da comunidade, Waldomiro Reis Leite, o posto realmente merecia ganhar o bem, pois os medicamentos naquele ambiente ficavam numa mesa expostos ao ar livre. Agora com este armário a profissional vai poder armazenar esses medicamentos num lugar seguro e a gente agradece ao governo municipal por ter nos agraciado com este bem, disse. O prefeito em exercício, Roberto Souza, enfatizou que aquele patrimônio estava sendo entregue naquele momento graças ao excelente trabalho que a profissional de saúde vinha desenvolvendo para a comunidade e no posto de saúde. Esta profissional é exemplo a outros que cuidam dos bens públicos do município na área rural. Aqui a gente percebe que tudo é muito bem cuidado e asseado, então é uma satisfação que temos em reconhecer este trabalho, concluiu. Humanização na Gestão da Saúde, Aprendendo falar com as mãos: Língua Brasileira de sinais Libras; Excelência no atendimento ao público; Contabilidade pública básica; redação oficial e gramatical aplicada; Desenvolvimento de habilidades gerenciais; direito Administrativo com enfoque no RJU; Segurança Programa qualifica mais de 800 Servidores Públicos em Oriximiná no trabalho; relações humanas e interpessoais no trabalho e oratória: arte de falar em público. Esses foram os cursos oferecidos pela Escola do Governo do Estado em parceria com a Prefeitura Municipal de Oriximiná. Segundo informações da assessoria da Semed, mais de 800 servidores públicos municipais e estaduais participaram da qualificação, ocorridos entre os dias 01 e 05/10, na escola de Ensino Médio Padre José Nicolino de Souza, com uma duração de 20 horas/aulas. Feliz por estar celebrando com os servidores públicos a conquista, o prefeito Argemiro Diniz, mais uma vez em seu discurso destacou a importância da educação para a qualidade de vida de uma população. Nós queremos agradecer à governadora Ana Júlia Carepa pela oportunidade que nos deu de trazer a Escola de Governo a Oriximiná e nós esperamos que outras parcerias surjam com o município. Nós já temos na área de segurança pública e nós queremos mais, como resolver a situação do bairro do Penta o bairro do Novo Horizonte, porque isso é felicidade para o nosso povo; bem-estar e qualidade de vida. Então a gente espera que ela possa nos ajudar mais ainda, concluiu. Para a coordenadora dos cursos da Escola de Governo, Darlene Nevoa, os cursos em Oriximiná foram muito bem aproveitados. Tenho certeza de que o prefeito, a nossa governadora e o povo de Oriximiná estão de parabéns, disse. Para atender a demanda, as turmas foram divididas em dois turnos, uma pela parte da manhã e outro pela parte da tarde, pois a procura foi muito grande tanto pelos servidores da área urbana, como da área rural do município. Hemopa/Oriximiná supera expectativas e ainda premia doadora Doadora Rosana Carvalho e o diretor do Hemopa de Oriximiná Cento e oitenta e nove bolsas de sangue foram coletadas na ultima campanha de doação de sangue realizada em Oriximiná, superando as expectativas da direção do Hemopa. Como estratégia para atrair os doadores de sangue, a direção do Hemopa/Oriximiná distribuiu 300 camisas e ainda sorteou uma TV de 14. Cerca de 30% estavam doando sangue pela primeira vez e, dentre eles, a dona de casa Rosana Costa de Carvalho, moradora do bairro Santa Terezinha, acabou sendo a privilegiada no sorteio, contou o diretor do Hemopa/Oriximiná, Hirdes Pereira. Estou feliz em ter doado o meu sangue pela primeira vez, pois não é um bicho de sete cabeças, gostei e vou doar até o fim da minha vida, além disso, ainda tive o privilégio de ganhar esta TV, que vai para o quarto dos meus filhos, disse, contente, Rosana Carvalho. Feliz por ter superado as expectativas da campanha, o diretor do Hemopa/Oriximiná agradeceu aos doadores que compareceram e participaram da campanha. Agora temos um estoque significativo de sangue, essas bolsas serão enviadas para Santarém, onde serão realizados os exames de rotina, após ser liberado fica à disposição do Hospital Municipal. E para os casos emergenciais, sempre há um estoque mínimo para atender as necessidades, revelou Hirdes Pereira. Quem participa da doação de sangue ganha, grátis, exames para HIV, Hepatites, Doença de Chagas, HLTV I e II, Sífilis, além da tipagem sanguínea. De acordo com o Hemopa, o doador recebe o resultado num prazo máximo de 30 dias. Diretora-Editora responsável Franssinete Florenzano Colaborador especial Emanuel Nassar Editoração eletrônica Calazans Fotolito e impressão Rua Gaspar Viana, 778 Tel. 0xx PREFEITURA MUNICIPAL DE ORIXIMINÁ ÀS SUAS ORDENS TELEFONES ÚTEIS Secretaria Municipal de Cultura (93) Secretaria Municipal de Turismo (93) Gabinete do Prefeito (93) Hospital - Maternidade São Domingos Sávio (93) Secretaria Municipal de Educação (93) Hospital Municipal (93) Secretaria Municipal de Bem-Estar e Assistência Social (93) Defensoria Pública (93) Av. Independência, 1857 Oriximiná-PA. CEP Tel/Fax. 0xx CNPJ / Secretaria Municipal de Saúde (93) Secretaria Municipal de Infra-Estrutura (93) Fórum (93) Polícia Civil (93)

3 Municípios perdem FPM por indefinição de limites O deputado Alexandre Von declarou estar convicto de que a integração dos municípios da região oeste do Pará é fundamental. Por isso, logo no início do ano apresentou um Projeto de Resolução criando a Comissão Permanente de Integração e Desenvolvimento Regional. Justificando sua proposta, ressaltou que não figura nesta Casa Legislativa, especificamente em suas comissões temáticas, uma que reúna e abrigue um foro permanente para discussão das grandes questões relacionadas com a integração e com o desenvolvimento sustentável das diferentes regiões que compõem nosso Estado. Para o deputado, a criação da Comissão Permanente de Integração e Desenvolvimento Regional irá permitir a discussão dos temas com o enfoque centrado na diminuição das desigualdades regionais. Além desse Projeto, Alexandre Von defende a junção de interesses da classe política e da classe empresarial, com a necessária participação de outros segmentos da sociedade, como sindicatos patronais, sindicatos de trabalhadores, conselhos profissionais e instituições de ensino superior. A idéia é criar o Fórum Permanente de Desenvolvimento Regional do Oeste do Pará, que teria como principal A implantação de um arquivo gráfico do Estado do Pará com a finalidade de rediscutir os limites geográficos dos municípios paraenses e acabar com as divisas territoriais determinadas por linhas imaginárias, como é feito atualmente, é a medida que poderá sanar a confusão em que várias localidades se encontram no Pará, localizadas e mantidas em determinados municípios, mas pertencentes a outros. O coordenador regional do IBGE, Antônio Biffi, propôs aos prefeitos e deputados estaduais que a Assembléia Legislativa inicie o processo. A proposta foi feita durante a audiência pública realizada pela Alepa para debater a perspectiva de redução do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) por causa da contagem reduzida da população em 55% dos municípios paraenses. A audiência pública foi solicitada pelo líder da bancada do PT, Carlos Bordalo, e contou com a presença dos deputados Cássio Andrade (PSB) e Márcio Miranda (DEM). Os prefeitos presentes na audiência reclamaram que os dados populacionais divulgados pelo IBGE são confusos e que a perspectiva de redução do FPM vai tornar muitas administrações municipais inviáveis. A contagem populacional serve de base para a distribuição da cota-parte do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), o que significa que, se há redução populacional, conseqüentemente há diminuição dos valores nos municípios. De acordo com Carlos Bordalo, não ficou evidente na pesquisa que motivos desencadearam a redução populacional. Desde o anúncio, os prefeitos e associações dos municípios correm atrás de informações, a fim de esclarecer os fatos para evitar o prejuízo. Muitos municípios sobrevivem apenas de repasses dos fundos constitucionais, já que a economia interna A circulação de cães de grande e médio porte, tais como das raças Pit Bull, Dobermann, Fila Brasileiro, Pastor Alemão, entre outros, nas vias públicas, praças, parques, jardins e locais de aglomeração de pessoas agora está proibida, exceto se conduzidos por seus donos, adestradores ou tratadores sob coleira, corrente ou guia curta (máximo de 1,5m), enforcador de aço e utilizando focinheira. O projeto de Júnior Ferrari alcançou grande repercussão e motivou horas de debate no plenário da Assembléia Legislativa. A polêmica foi causada depois que mais uma criança morreu em um ataque é muito pequena, o que torna a situação ainda mais preocupante, explica o líder do PT na Alepa. O prefeito de São Miguel do Guamá, Vildemar Fernandes, contou que, de 2000 a 2005, a estimativa era de crescimento de 1 mil por ano no município, mas o IBGE divulgou uma queda na contagem populacional local de 48 mil para 43 mil habitantes. O prefeito ressaltou que em 2005 a maior parte da zona rural recebeu energia elétrica, portanto não houve êxodo e também nesse período surgiram três novos bairros na cidade, o que o leva a questionar os dados. Eu não vim aqui buscar aumento do FPM, mas para segurar o que temos, pois o que é repassado hoje em dia mal dá para manter a municipalidade, e se houver redução vai ser o caos, alertou. O caso de Acará é ainda mais gritante. A estimativa de crescimento levaria a população a alcançar 63.1 mil habitantes em 2007, mas o de cão da raça Pit Bull, em Belém. O caso repercutiu na mídia e isso foi usado como exemplo pelos deputados para justificar as restrições à criação de animais de médio e grande porte. A Assembléia Legislativa já aprovou uma lei em 1999, de autoria do deputado Luís Afonso Sefer (DEM), que proíbe a criação IBGE só constatou 47.8 mil e o município pode perder cerca de 4 pontos no coeficiente de repasse do FPM. Prefeitos de Curuçá, Moju, Castanhal, Ipixuna do Pará e outros municípios reclamaram igualmente da estimativa da queda populacional alegando que, se a medida for concretizada, as prefeituras municipais vão enfrentar apagão administrativo a partir de Antônio Biffi deixou claro que houve redução na estimativa de crescimento e não população real. E que o perfil do aumento da população mudou nos últimos dez anos. Dos 139 municípios onde houve contagem populacional, em 74 municípios não houve alteração; em 33 municípios houve subida nos números e em 32 houve redução populacional. A redução do FPM vai depender do entendimento do Tribunal de Contas da União já que, no geral, o Pará aumentou a taxa de crescimento em 2.01% ao ano, sendo a 4ª maior do País. Aprovado projeto de Ferrrari proibindo cães ferozes na rua e comercialização de animais dessa raça e determina a esterilização dos animais que já são criados no Pará. Mas a lei nunca foi regulamentada. Júnior Ferrari acredita que, de agora em diante, muitas tragédias serão evitadas e vidas serão poupadas, com a adoção das medidas previstas em seu projeto de lei. Von propõe união em prol da região Oeste do Pará A intenção é juntar forças suprapartidárias para alavancar o desenvolvimento regional missão o estabelecimento de uma Agenda Comum para o desenvolvimento regional, composta de ações e projetos estratégicos de investimentos públicos e privados que concorram para o processo de desenvolvimento sustentável da nossa região, estabelecendo formas de ações conjuntas que possam viabilizá-los, de forma a alcançar os resultados esperados por todos. Uma segunda missão seria o acompanhamento da implementação dos investimentos públicos e privados no atendimento de demandas históricas, tais como conclusão da pavimentação das rodovias BR-163 e BR-230, construção da hidrelétrica de Belo Monte, transposição do Tramoeste para os municípios da Calha Norte e a construção do Terminal Fluvial Regional de Santarém, obras relacionadas no Programa de Aceleração do Crescimento, do Governo Federal. Alexandre Von entende que outros investimentos estratégicos também necessitam ser priorizados pelas diferentes esferas do poder público e monitorados pela sociedade regional, como por exemplo a implantação da hidrovia Tapajós/Teles Pires, a construção da nova estação de passageiros do Aeroporto de Santarém e os investimentos de alcance regional em saneamento básico, eletrificação CIDADES rural, pavimentação das rodovias estaduais e a elaboração do Zoneamento Ecológico-econômico como instrumento norteador dos investimentos produtivos na região. Para o deputado, os esforços na busca do desenvolvimento sustentável da nossa região seriam otimizados através das ações integradas do Fórum, evitando, assim, as ações dispersas que hoje ocorrem, sem grandes chances de conseguir alcançar os resultados esperados. Todos os parlamentares eleitos pela região Oeste do Pará no último pleito, assim como os prefeitos e vereadores dos municípios que a integram devem integrar o Fórum. informes O deputado Gabriel Guerreiro pediu que seja criada uma comissão temporária para fazer estudos técnicos acerca dos limites entre os municípios paraenses, para dar um fim às brigas por causa de distorções na contagem da população, que refletem no repasse de recursos municipais. Como é o caso de Monte Alegre e Alenquer, por exemplo, cujos prefeitos estão em pé de guerra faz tempo. Jornalista processado OUTUBRO Factual, imparcial e não-ofensiva, a reportagem Madeireira devasta Floresta do Paru, rendeu ao jornalista José Maria Piteira processo movido pelo madeireiro Juvenal Piovezan Ribas, de Monte Alegre. A acusação é de calúnia, com base na tristemente famosa Lei de Imprensa, que amordaçou o Brasil no período de A matéria relatou denúncias da Prefeitura e de líderes comunitários locais contra o madeireiro. O processo corre na 16ª Vara Penal do Fórum da Capital. O advogado Jarbas Vasconcelos cuida da defesa de Piteira. Mordaça, não! Piteira acompanha, como jornalista, as ações de madeireiros e grileiros em Monte Alegre, assim como as reações do poder público e de entidades civis locais, desde Mais de uma dezena de reportagens assinadas por ele já foram publicadas em jornais de Belém e da região, com reprodução em vários sites do Brasil. Matas ciliares Projeto do deputado Aírton Faleiro determina a manutenção e a reposição das matas ciliares nos rios e igarapés do Pará. Com pareceres favoráveis das comissões de Constituição e Justiça, Finanças e Ecologia, teve a votação em plenário adiada para permitir emendas. O assoreamento de rios já é um dos maiores problemas ambientais e vários deputados querem incluir mecanismos em defesa do ecossistema. Informações não vêm Alexandre Von reiterou a solicitação de documentos e informações acerca das obras de reconstrução das PA-370 e PA-431, em Santarém. Questiona a demora da Setran em enviar documentos e informações pedidos pela Assembléia Legislativa desde maio. Dentre eles, Von quer o contrato de financiamento firmado entre o Governo do Estado e o BNDES, o contrato e o plano de trabalho firmado entre o Estado e o consórcio que administra as obras, bem como informações sobre a qualidade dos serviços e o cronograma físico-financeiro da execução das obras. Sistema pioneiro O escritório regional da Emater em Santarém realizou a 1ª Conferência Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário, com palestras científicas, oficinas e apresentação de propostas. Foram identificadas demandas e celebradas parcerias, a exemplo da Comunidade do Cucurunã, onde 100 famílias implantaram um sistema pioneiro de autogestão, valorizando as tradições, diversificando a produção e promovendo o beneficiamento agroindustrial. Cursos para servidores A Escola de Governo realizará, de 5 a 9 de novembro, dez cursos de qualificação em Altamira. Serão beneficiados servidores públicos de Vitória do Xingu, Senador José Porfírio, Porto de Moz, Anapu e Pacajá. Algumas vagas são destinadas à comunidade, via associações de moradores e outras instituições. Os temas são Cerimonial e Protocolo em eventos Institucionais; Elaboração de Projetos Sociais; Excelência no atendimento ao público; Humanização na Gestão de Saúde; Técnicas de Arquivo e Controle de Documentos; Didática para Facilitadores da Aprendizagem; Qualidade da Voz; Direito Administrativo; Gestão Ambiental; Redação Oficial e Gramática Aplicada; Oficina Natureza e Arte. Discrição é bom O vice-governador Odair Corrêa ficou numa saia justa danada, em Santarém. Na titularidade do governo, ele foi à terra natal com toda pompa e circunstância. Os conterrâneos não gostaram de seu jeito celebridade, sempre cercado de seguranças. Levou vaia no estádio lotado e foi solenemente ignorado até pelos dirigentes locais de órgãos estaduais, que não atenderam convocação para reunião. Alguém precisa dizer ao vice que menos é mais. Nada de $$$$ Nas emendas da bancada federal do Pará ao PPA, não consta nem uma brecha para a continuidade dos estudos ambientais destinados à implantação da hidrovia do Tapajós. Só nos resta torcer para que o governador do Mato Grosso, que é dono da Hermasa e da Maggi e indicou o diretor geral do Dnit, faça algo acontecer.

4 4 OUTUBRO POLÍTICA Argemiro Diniz visita Cachoeira Porteira A Prefeitura de Oriximiná inaugurou o prédio do CRAS/PAIF Centro de Referência de Assistência Social/Programa de Atenção Integral à Família. O PAIF foi criado no município em 18 de abril de 2004, através da Portaria nº 78, pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Em dezembro de 2006, Oriximiná foi contemplada com recursos federais para a Implantação e implementação das ações do 1º PAIF. A prefeitura construiu com recursos próprios dois Centros de Referência da Assistência Social, localizados em áreas de vulnerabilidade social Bairros de São Pedro e Cidade Nova, sendo que o primeiro CRAS/PAIF do município está funcionando no bairro do São Pedro. O prefeito Argemiro Diniz esclareceu que o Programa de Atenção Integral à Família é o principal programa da Proteção Social Básica do Cerca de 100 famílias que sobrevivem da pesca e do extrativismo, na Vila Nova em Cachoeira Porteira, receberam a visita de uma comitiva da Prefeitura de Oriximiná, liderada pelo prefeito Argemiro Diniz e integrada pela secretária de Educação, Iza Sarubi, a secretária adjunta Maria do Carmo Paternostro, o vereador Raimundo das Graças Viana (Xito), a tesoureira Maria das Graças Costa, assessores e técnicos da Secretaria de Educação. A viagem serviu para elaborar o Plano Municipal de Educação com a participação de todos naquela comunidade. Aproveitando a oportunidade o prefeito Argemiro Diniz conversou com moradores locais e anotou as principais reivindicações. Para melhorar a Educação, solicitaram a recuperação da quadra da escola, com o o piso e a iluminação. A coordenadora da Escola, Sebastiana Silva, recebeu elogios do prefeito Argemiro por zelar pelo patrimônio. Esta escola está limpa, bem organizada e cercada por um belo jardim, admirou o prefeito. Além disso, os alunos contam com vários projetos pedagógicos desenvolvidos na Escola. Argemiro Diniz informou à comunidade que estava naquele momento autorizando a recuperação imediata da quadra, enviando pedreiros para realizem o trabalho e um eletricista para verificar a iluminação. Uma das principais reivindicações foi a remoção urgente de pacientes de Cachoeira Porteira para o Hospital em Porto Trombetas. Segundo os moradores a lancha que a Prefeitura mantém na comunidade para realizar esse tipo de trabalho está com problemas; além disso, falta gasolina para fazê-la funcionar, por isso solicitaram uma reserva, já que o trajeto até ao Hospital dessa localidade gasta, em média, 50 litros por viagem. O Coordenador da Comunidade, José Lúcio, conversou com o prefeito sobre a possibilidade de se ter um médico permanente na comunidade. O prefeito ouviu atentamente as reivindicações dos comunitários e garantiu que vai recuperar o Posto de Saúde no sistema de mutirão. Pediu que trouxessem com urgência o motor da lancha para reforma, além de disponibilizar uma reserva de 100 litros de gasolina para as viagens emergenciais. Quanto à contratação de um médico permanente, Argemiro Diniz explicou o quanto é difícil, pois até mesmo para a cidade há dificuldade de se contratar médicos, mas prometeu conversar com o vice-prefeito Roberto Souza para que ele leve um comando médico pelo menos uma vez por mês na comunidade. Além disso, Argemiro chamou a atenção de todos para a importância de fazer uma campanha preventiva de detetização e orientação para combater o mosquito da malária, lembrando que já foram registrados 06 casos só na Vila Nova. Uma das iniciativas do líder da comunidade foi pedir ao prefeito ajuda para resolver o problema da água. No inver- Sistema Único de Assistência Social. Desenvolve ações e serviços básicos continuados para famílias em situação de vulnerabilidade social. A idéia é fortalecer vínculos familiares e comunitários, o direito à Proteção Social Básica e a ampliação da capacidade de proteção social e de prevenção de situações de risco. O programa objetiva contribuir para efetivar a política de assistência como política pública garantidora de direitos de cidadania e promotora de desenvolvimento social; promover o acompanhamento sócio-assistencial de famílias do bairro do São Pedro e seu entorno; potencializar a família como unidade de referência, fortalecendo vínculos internos e externos de solidariedade; promover o acesso e emancipação social das famílias, fomentando seu protagonismo; além disso, desenvolver ações para romper o ciclo de reprodução da pobreza entre gerações e atuar no a distribuição de água é a contento, mas quando chega o verão, a única fonte de água que abastece a comunidade seca e a população sofre com a falta de água em suas casas. Argemiro foi com os líderes da comunidade até o local onde está instalado o sistema de abastecimento de água, que eles chamam de mina e, após olhar atentamente, sugeriu aos comunitários a construção de uma represa para que o problema seja resolvido. O líder comunitário José Lúcio gostou da visita do prefeito. Achei muito importante essa iniciativa do prefeito em vir à nossa comunidade, ouvir as nossas reivindicações e se sensibilizar, solucionando-as de uma vez, disse, contente. O vereador Xito Viana frisou: O mais importante de tudo é que a comunidade saiba que o Prefeito está trabalhando arduamente para levar melhorias não somente a cidade mas também à zona rural, pois em menos de três anos o Dr. Argemiro tem se mostrado um prefeito exemplar na sua administração, elogiou o vereador. Prefeitura Municipal inaugura prédio do CRAS/PAIF em Oriximiná CRAS -PAIF no bairro de São Pedro, o primeiro a funcionar Argemiro Diniz e sua comitiva chegando nas comunidades da área rural: estreitamento nas relações com os ribeirinhos. Prefeito inspecionou o poço artesiano da comunidade Crianças na brinquedoteca do CRAS: importante espaço lúdico e de interação social de forma preventiva, evitando que essas famílias tenham seus direitos violados, recaindo em situações de risco. O atendimento do CRAS/PAIF destina-se à família em situação de vulnerabilidade social decorrente da pobreza, ou seja, é priorizado o atendimento às famílias referenciadas cadastradas no Cadastramento Único dos Programas Sociais do Governo Federal, beneficiárias do Programa Bolsa-Família ou Benefício de Prestação Continuada, que necessitem de atenção básica, contou Argemiro Diniz. De acordo com a Norma Operacional Básica da Assistência Social, a capacidade de atendimento no município de Oriximiná é de Pequeno Porte II, referente a municípios de a habitantes. A capacidade de atendimento do CRAS é de até famílias referenciadas. O serviço é desenvolvido por meio de uma rede básica de ações articuladas e serviços próximos à sua localização. O espaço físico compreende 01 recepção, 01 sala de coordenação, 02 salas reservadas para entrevistas do Assistente Social e Psicólogo, 01 sala para brinquedoteca, e 02 salas para reuniões com grupos de família, 01 auditório, 01 cozinha, 01 área de serviço, 02 banheiros comuns, e 02 banheiros com adaptações Argemiro junto aos comunitários de Cachoeira Porteira necessárias a acessibilidade de idosos e/ou portadores de deficiência. Argemiro dotou o CRAS de uma assistente social, Eneida Maria Campos Figueira; uma psicóloga, Cleonice Bezerra Farias; assistente administrativo Elizete Moitinho Bentes e uma monitora, Ana Paula da Rocha Wanzeler. Todo o trabalho visa promover a emancipação social das famílias, desenvolvendo a cidadania para cada um de seus membros. Entre os serviços e ações do PAIF figuram recepção, acolhida e cadastramento das famílias; levantamento e identificação das necessidades das famílias cadastradas; atendimento sócio-assistencial e psicossocial; encaminhamento para acesso a bens e serviços comunitários; mapeamento e articulação da rede de serviços locais; acompanhamento e avaliação de resultados dos trabalhos desenvolvidos com as famílias; monitoramento e avaliação dos serviços assistenciais; registro de todos os contados realizados com o grupo familiar; e desligamento das famílias. Já entre as ações desenvolvidas no CRAS estão incluídas entrevista familiar; visita domiciliar; palestras voltadas à comunidade ou à família, seus membros e indivíduos; grupo: oficina de convivência e de trabalho sócio-educativos para famílias, seus membros e indivíduos; ações de capacitação e de inserção produtiva; campanhas sócio-educativas; encaminhamento e acompanhamento de famílias, seus membros e indivíduos; reuniões e ações comunitárias; articulação e fortalecimento de grupos sociais locais; e brinquedoteca para crianças de 03 a 06 anos de idade. Também são oferecidos cursos de capacitação; produção de material para capacitação e inserção produtiva, oficinas lúdicas e campanhas sócio-educativas, tais como vídeos, brinquedos, materiais pedagógicos e outros destinados aos serviços sócio-assistenciais. O funcionamento é em 02 turnos, das 8h às 11h e das 14h às 17h.

5 REGIONAL OUTUBRO Prefeituras podem parcelar em 240 vezes Os prefeitos paraenses já podem planejar o parcelamento das dívidas previdenciárias dos municípios. Atendendo solicitação do líder da bancada do PT na Assembléia Legislativa, deputado Carlos Bordalo, a governadora Ana Júlia Carepa enviou para o Legislativo Estadual o Projeto de Lei Nº 302/07, propondo o programa de parcelamento das dívidas em até 240 vezes, destinado às prefeituras que municipalizaram a educação em 2000 e tiveram dificuldades em recolher as contribuições previdenciárias e de assistência à saúde dos servidores até setembro deste ano. O projeto foi aprovado por unanimidade, demonstrando a importância da matéria para as administrações municipais. Segundo cálculos do Governo do Estado, a dívida dos municípios com o Ipasep e Igeprev já ultrapassa os R$ 60 milhões. A medida atende à reivindicação dos prefeitos municipais, que enfrentam problemas por causa da dívida, já que a inadimplência dos municípios ameaça a perda do Certificado Regularidade Previdenciária (CRP), o que poderá implicar no impedimento dos municípios em realizar convênios com o governo para realização de obras. No plenário, parlamentares da base aliada do Governo e da oposição reconheceram a necessidade de ampliar a negociação da dívida previdenciária dos municípios com o Estado. O relator da matéria, depu- Carlos Bordalo: alívio para os municípios tado Cássio Andrade (PSB), destacou que é uma forma de garantir condições para as prefeituras inadimplentes renegociarem as dívidas e conseguirem o Certificado de Regularização junto à Previdência, única forma das prefeituras conseguirem firmar convênios públicos com a administração estadual. Desde 2000, foi determinado que os municípios recolhessem os valores do IGEPREV, segundo explicou Carlos Bordalo, e que estes valores seriam repassados ao Estado. Grande parte das administrações municipais não conseguiu fazer o repasse da contribuição previdenciária dos servidores, por isso, o grande volume de inadimplência se tornou uma questão de prioridade administrativa do Governo Estadual, como explica o líder do PT. A partir da publicação da nova lei no Diário Oficial do Estado (DOE), os municípios terão 120 dias para aderir ao programa de parcelamento da dívida previdenciária. Aqueles que já haviam firmado acordo com o Governo do Estado, antes da matéria ter sido aprovada, poderão requerer a adesão ao novo modelo. Este novo repactuamento da dívida dos municípios é uma amostra da disposição política do Governo do Estado de negociar condições mais reais de aplicação de recursos públicos nos municípios, através dos convênios entre as prefeituras e o Estado, acentua Carlos Bordalo. Guerreiro alerta para o aumento da criminalidade A necessidade urgente de reforçar as providências na área de segurança pública tem sido defendida pelo deputado Gabriel Guerreiro, líder do PV. O parlamentar foi à tribuna chamar a atenção para a onda de homicídios com requintes de perversidade que vêm ocorrendo em Oriximiná, onde num período menor do que uma semana quatro pessoas foram mutiladas e depois assassinadas a facadas, entre elas uma jovem de 14 anos que, depois de ter sofrido abuso sexual, teve seu seio extirpado e o corpo jogado num lixão da cidade. Todas estas mortes estão sem solução. A polícia ainda não fez nada e a população está apavorada, afirmou o deputado, denunciando que a situação se repete nos municípios de toda a região. A rede de tráfico de drogas em Óbidos e Oriximiná é muito forte, a violência está fora de controle, precisamos de ações emergenciais, apelou. Gabriel Guerreiro acentuou a extrema importância da área de segurança pública, que sofre de uma carência estrutural e lembrou as mortes de maneira bárbara e não esclarecida de quatro pessoas, em Oriximiná, entre elas um radialista, uma empresária e uma jovem de 14 anos. É devido a esses exemplos que o filme Tropa de Elite está fazendo tanto sucesso, pontuou, acrescentando que, enquanto o sistema proteger criminosos, colocando os direitos humanos acima da justiça, pessoas inocentes continuarão a morrer por aí. Relatando sua preocupação com o aumento da criminalidade em Oriximiná, Guerreiro revelou que a situação é ainda mais alarmante porque nenhum dos crimes foi esclarecido. A polícia no município não tem condições para atuar, está desaparelhada e sem comando. Uma das vítimas foi o radialista Afonso Vinente. Ele foi assassinado porque teria informações a respeito de outro crime, enfatizou o parlamentar. O parlamentar lamenta que a situação tenha chegado a esse ponto, desfigurando inclusive a tradição das famílias do interior, que sempre foram acostumadas a conversar na rua, em frente às residências, e os jovens a passear sozinhos sem preocupações,o que já não acontece mais diante da violência crescente. O líder do PV também discursou a respeito da política ambiental, que já vem há muito tempo promovendo o progresso em vários setores. O homem teve a grande capacidade de entender a natureza, e dela explorou suas riquezas para benefício próprio. Cito como exemplo as células-tronco, que podem se transformar em qualquer célula do corpo, e nelas reside toda a história biológica da humanidade. Mas, para que a natureza continue a contribuir para o progresso na vida do homem é necessária sua preservação. É preciso que exista uma conscientização geral para preservar essa riqueza, conclamou Gabriel Guerreiro. Gabriel Guerreiro: é preciso agir com urgência e eficácia. Alepa recebe delegação da Unale e reforça luta nacional A Assembléia Legislativa do Pará recebeu uma delegação da União Nacional dos Legislativos Estaduais. Os deputados Alexandre Postal (PMDB-RS), César Halum (DEM-TO), Clóvis Ferraz (DEM-BA), Giovani Cherini (PDT-RS) e Erci de Moraes (PPS-RR) vieram divulgar a necessidade de pressionar o Congresso para votar a proposta de emenda constitucional que devolve às 27 Assembléias Estaduais o direito de legislar sobre emancipação, fusão e anexação de áreas territoriais dentro dos Estados. Nós estamos empenhados no fortalecimento de uma entidade que congrega os 1059 deputados estaduais e as 27 Casas Legislativas do Brasil, divulgando os benefícios e as vantagens de uma entidade forte, que represente todos os deputados estaduais e que fortaleça a luta junto ao Congresso Nacional para devolver às Assembléias Legislativas as prerrogativas de legislar, disse o deputado Alexandre Postal, presidente da Unale. O presidente da Assembléia Legislativa do Pará, deputado Domingos Juvenil, em seu pronunciamento de boas vindas, realçou que a visita representa o estreitamento das relações com os parlamentares do Pará. É um esforço efetivo de união para o fortalecimento da democracia e do resgate da autonomia dos parlamentos estaduais, enfatizou Domingos Juvenil. Para o deputado Cezar Colares (PSDB), membro da direção nacional da Unale, a vinda da diretoria amplia o entrosamento da Assembléia do Pará com a entidade, que defende bandeiras de caráter nacional, mas de interesse de cada parlamento estadual, como a luta pela ampliação do poder de legislar, que vem diminuindo cada vez mais. Participaram da reunião os deputados Ana Cunha (PSDB), Roberto Santos (PRB), Josefina Carmo (PMDB), Eduardo Costa (PTB), Cássio Andrade (PSB), Regina Barata (PT), Airton Faleiro (PT), Gabriel Guerreiro (PV), Simone Morgado (PMDB), João Salame (PPS), José Megale (PSDB), Carlos Martins (PT), Tetê Santos (PSDB) e Júnior Ferrari (PTB). Belém faz parte da história da União Nacional dos Legislativos Estaduais. Foi na capital paraense que a entidade nasceu, em 30 de maio de 1996, criada por iniciativa do colegiado de presidentes das 26 Assembléias Legislativas e da Câmara Legislativa do Distrito Federal, além da UPI - União Parlamentar Interestadual. A entidade foi instalada em Brasília e, em 1998, ganhou sede própria. São órgãos da Unale a Assembléia Geral, que reúne todos os associados; o Conselho Consultivo e Fiscal, formado pelos ex-presidentes da entidade; o Conselho Deliberativo, composto pelos presidentes das Assembléias e da Câmara Legislativa do Distrito Federal; e a Diretoria Executiva, eleita pela Assembléia Geral para mandato de um ano e que é responsável pela gestão da entidade. A Unale tem, ainda, cinco diretores regionais e uma Secretaria de Mulheres, também eleitos; um gerentegeral profissional, encarregado das atividades administrativas; e dez funcionários em vários setores. Carlos Martins defende prerrogativas parlamentares estaduais A luta pela ampliação das competências dos Estados e a autonomia para legislar foram a tônica da discussão de 14 titulares das Assembléias Legislativas e três representantes, durante o Encontro do Colégio de Presidentes das Assembléias Legislativas e da Câmara Distrital, realizado nos últimos dias 25 e 26, em Boa Vista, Roraima. Sob o argumento de que a verdadeira igualdade está em tratar de forma desigual os desiguais, os parlamentares elaboraram um documento em que reiteram a disposição de ampliar as prerrogativas das Assembléias pelos meios constitucionais. Nesse encontro, o deputado Carlos Martins participou, representando a bancada do PT, como um dos integrantes da comitiva do presidente da Alepa, Domingos Juvenil (PMDB). Conforme é descrito na Carta de Roraima, assinada por todos os participantes ao final do evento, uma das principais deliberações compreende o aumento do poder de legislação do parlamento estadual. Diz o documento: É o parlamentar estadual que conhece a realidade do Estado e de sua região. É ele quem, pela proximidade com o cidadão, percebe mais fortemente os anseios e necessidades do seu povo, e pode, com muito mais acerto, oferecer soluções efetivas para os problemas que surgem a cada dia. A concentração exagerada de poderes na União Federal provoca distorções ao submeter toda a federação a uma visão centralista muitas vezes míope, incapaz de perceber as nuances e peculiaridades de cada Estado, de cada região. Um dos fatores que sustentam o discurso e justificam as reivindicações dos parlamentares é a extrema concentração do poder de legislar no Congresso Nacional. De acordo com o presidente do Colégio, Alberto Coelho, isso acaba reduzindo a atuação das assembléias para legislar sobre questões que se referem à segurança pública, infra-estrutura e problemas ambientais, por exemplo. Onde houver oportunidade, nós queremos ampliar o espaço com respaldo e a legitimidade das iniciativas para serem analisadas pelo Congresso Nacional, declarou em entrevista. O deputado Carlos Martins relatou que se identificou com essas medidas, porque, apesar de estar em seu primeiro mandato estadual, tem atuado no sentido de promover a autonomia e a qualificação do Poder Legislativo. Uma de suas iniciativas é o projeto de lei que trata da consolidação de normas, fazendo com que a Assembléia organize todas as leis existentes; outro projeto seu cria regras para elaboração de norma; e um projeto de emenda constitucional possibilita a apresentação de lei que trate de atribuições de secretarias do Executivo, sem que isso caracterize invasão de competência.

6 6 OUTUBRO OPINIÃO JOSÉ WILSON MALHEIROS graça do nosso amadorismo. Catraieiros como o nosso amigo Caolho eram condutores de passageiros, de pescadores e de artesãos, esses artistas do povo que pintam quadros, fazem bol- Se forem mal utilizados, esses vegetais venenosos também servem para intoxicar o peixe, fazendo com que venha sobrenadar desnorteado, na tona, facilitando a captura de montões com alguns dos grandes futebolistas dos times santarenos: Taro, Pelicano, Flecha, Darito lá do Arapixuna (este, o patriarca de uma geração de craques da terra da laranja doce, como Adilson Quando chegavam os navios de grande porte os catraieiros corriam para avisar e Dona Mundoca saía com sua imensa jibóia enrolada no corpo, carregando seus artesanatos para sas, chapéus e cuias para vender a bordo dos navios que passavam e de pescado, de uma pegada só, causando desequilíbrio no sis- e Edvar). É que além do futebol todos vender a bordo. Ela, as duas filhas e o moleque Chico. passam pela frente da cidade, no tema ecológico. eram pescadores e falavam das A cobra era um recurso rumo de Manaus e em tempos Essa prática extermina pei- piracemas que antes abarrota- marqueteiro para valorizar a idos paravam geralmente para xes de todos os portes, impede vam as igaras com piramutabas, mercadoria. Ela não entrava no Dona Mundoca e piracemas e catraias se abastecer da água límpida do rio azul. Enquanto meu companheiro de pescaria vai tenteando o o crescimento das espécies e vai acabando a conta-gotas com os cardumes, que vão se retirando cada vez mais para longe, até que pirapitingas, surubins, jaraquis, tucunarés, tambaquis e outras tantas espécies e quantidades de pescado. navio. Ficava mantendo o equilíbrio, em pé, enquanto as catraias balançavam no banzeiro. E assim ia negociando e anzol e molhando o olhar na um dia, quem sabe, não tenham Chegavam de manhãzinha fazendo propaganda das coisas Alô, Franssi, da Matriz. madorna do rio, observo que mais para onde alargar-se. e traziam as montarias cheias de bonitas de nossa terra, enquanto Imagina uma noite de agos- A canoa era tão pequena que desde aquela época década de Hoje em dia esses recursos peixe para vender na escadaria os moleques mais ousados di- to, em Santarém. A lua vestida a gente ficava praticando equili- sessenta - o peixe já começava a parecem coisa de brinquedo do mercado velho. vertiam os turistas, ganhando de maravilhas, como se fosse brismo a todo instante para não ficar escasso se comparado com quando se compara com os Outra figura que marcou algumas moedinhas para se uma noiva tomando banho no emborcar no meio do perau. a fartura de antigamente. métodos das grandes empresas minha infância foi dona Mun- atirar de flecha lá de cima do rio Tapajós. No meio do rio, perto do Com certeza um dos prin- de pesca. doca, que morava em frente à navio. Eu e meu primo Miguel encontro das águas, passamos cipais motivos era a pesca com Quando eu era garoto meu nossa casa, em Santarém. Os catraieiros são os taxis- saímos para pescar em uma horas silentes para não espantar açacu, timbó, tingui, cunambi, pai me levava ao mercado, toda Era conhecida como Cobra tas fluviais e acho que já estão catraia empurrada pelas faias do os peixes, deixando a alma mer- bombas e outros venenos extra- manhã, para ajudar a carregar Grande. Era sogra da afamada por merecer uma homenagem catraieiro Pedro Caolho. Fica- gulhar no paraíso da noite. ídos da floresta que os caboclos o paneiro de compras e tomar Dona Dica Frazão, cametaense formal pelos grandes serviços mos bem na frente da cidade, Não pescamos quase nada. usavam para pegar mais peixe e mingau. de nascimento e santarena por prestados ao povo há mais de entre a Ponta Negra e a Praça Acho que os peixes até achavam vender no Mercado Municipal. Ele gostava de conversar adoção. um século. WALCYR MONTEIRO mudo ficou durante oito dias e oito noites, período em que não comeu nada e nem ao menos bebeu água... Depois deste tempo, quando voltou a falar, contou para a mãe que, ao mergulhar, encontrou uma cobra encantada, que não sabia se era homem ou mulher. A cobra levou-o para uma cidade no O mergulho fundo do rio, cidade esta que também era encantada. Em tudo parecia com as cidades da superfície, com uma só diferença: os seus habitantes Início da década de daquele mergulho não viram eram todos cobras, cobras setenta. mais Severino, razão por que encantadas... Em Melgaço, depois de pensaram que ele tivesse se A cobra que levou Severino jogar uma pelada, Severino escondido. convidou-o para ficar. Convite Araújo Dias, de 10 anos, e A mãe ficou desesperada e recusado, insistiu prometendo dois colegas resolveram to- convidou várias pessoas para muitas coisas: casa, riqueza, o mar banho no rio, indo para procurar. E mesmo de noite, que Severino quisesse. Nova- o antigo trapiche de açaizeiro, iniciaram a busca no trapiche, mente a recusa. Aproveitando bem diferente do trapiche na beira e nada encontraram. que Severino estava com fome, atual. Só quase 11 horas da noite é a cobra disse que lhe daria de Quem vai contando a que foi encontrado pelo seu comer, mas se ele comesse história é Maria Telma Araújo Bebê Chorão, um senhor lá daquela comida, não mais Dias, estudante, residente na de Melgaço. Severino estava retornaria à superfície, ficando cidade de Melgaço e sobrinha todo molhado e liso, liso, liso, ali para sempre. Voltar, só se de Severino. todo enrolado, parecendo uma ele não comesse nada. Severino Eram seis horas da tarde. cobra... controlou-se para não comer. E Os três tomavam banho ale- Quando foram segurá-lo, não se lembrava de mais nada, gremente, até que Severino não conseguiram. Apesar de ter até ser encontrado na beira deu um mergulho e não só 10 anos, parecia ter uma força do rio... voltou mais. Os outros dois, descomunal e tentava voltar para Depois disto, Severino sen- pensando que ele estava brin- dentro d água. Distribuía socos tia-se muito atraído pelo rio. cando e tinha se escondido e ponta-pés e, liso como estava, Quando passava perto, queria nos barrancos, depois de cha- se tornava muito difícil segurá- se jogar n água. Foi necessário marem bastante e esperarem lo, tanto que cinco homens não que a mãe dele o levasse à um bocado, foram embora. conseguiram. Aí começaram a pajé (ou pajôa?) D. Celeste, Às sete horas, a avó de rezar, a rezar, a rezar e só com que, com muita reza e outras Telma, portanto, mãe de Se- muita reza, com muitas orações invocações, conseguiu livrá-lo verino, resolveu ir atrás e foi é que conseguiram finalmente da atração que sentia pelo rio à casa de Canhoto, um dos tirar Severino da beira do rio e e pela cidade escondida lá no amigos, que contou o que se levá-lo para casa. fundo, habitada por encantadas passara, afirmando que depois Severino não falava. E cobras... ADEMAR AYRES DO AMARAL touça(toiça também pode, e até flui melhor), formando o que os cabocos( pra todo o sempre), acostumados naquela lida de todo ano, chamam de beiju. Por cima dum beiju, qualquer que os viajantes usam como uma das portas para se chegar ao Lago do Salé e ao Lago Grande do Curuai. Junto com meu pai, lembro de ter passado algumas tapages o apelido certeiro de Filhotão de Curica. No retorno da festa, ficou combinado com o frei Ricardo - de quem meu pai era muito amigo que o barco dele seria mará. Trajando sua tradicional e grossa batina de franciscano, e suando por todas as bicas, o Filhotão de Curica fazia parte dos que estavam nesse último grupo. Lá pelas tantas, já muito pessoa pode andar como se fosse históricas na minha infância. atrelado ao nosso, para jun- cansado de tanta lida, mas cheio em terra firme. Mas, ainda hoje, eu não es- tarmos forças a fim de vencer, de confiança no padroeiro São Existem tapages de até cem queço de um beijuzão que nós com mais facilidade, a tal tapage Sebastião, ele enfia o mará no metros de comprimento, ou enfrentamos, nos anos sessenta, que já nos esperava no igarapé grosso tapete do capim, joga mais. Viagens que durariam quando cismamos de passar, do Salé. Era fácil prever o que todo o peso do corpo para dar O padre e a tapage algumas horas, transformamse em pesadelos de dois ou três dias, sem contar os carapanãs sinfônicos que buscam nosso num janeiro chuvoso de 62, a famosa festa de São Sebastião, na comunidade de Tabatinga, um vilarejo perdido de tanta lonjura, encontraríamos na volta, diante do sacrifício do que foi a ida e em função da quantidade de capim que se juntava com a correnteza mais impulsão e, azar dele, a vara atravessa a massa, fazendo o piedoso cura perder o equilíbrio e dar uma cambalhota no ar, sangue e apoquentam os ou- nascido há mais de um século, do igarapé. E assim aconteceu. ficando estatelado no meio do Ai daquele que, por algum boclo, e rebujo é muito mais vidos, se por obra do tinhoso ali nas cabeceiras escondidas do Lá chegando, a coisa estava braba capinzal. Ante a inevitável gar- acaso desta vida, ou por pura bonito que rebojo, a forma cor- alguém anoiteça enfiado num Lago do Salé. O encarregado de se ver. Meu pai logo procurou galhada dos que presenciaram a precisão, tenha tido a infelici- reta, conforme está no mestre desses terríveis matupás. Nesse de dirigir os festejos era Frei organizar as turmas para facilitar cena hilariante, ele se levantou dade de passar um dia inteiro Aurélio. caso, o jeito é esperar amanhe- Ricardo, o poderoso vigário de o trabalho. Quando eu digo possesso, espanou a lama mal socado numa tapagem, empur- Pois não queiram saber o que cer e rogar a Deus para que Juruti, um padre alemão austero turmas, é porque a festa da Taba- cheirosa da batina e esbrave- rando embarcação com mará. é varar um igarapé de várzea nes- apareça, no dia seguinte, alguma e de pavio curto, mas muito tinga era de encher nosso barco jou com um sotaque alemão No Baixo Amazonas, a gente sas condições. É qualquer coisa alma caridosa para dar um ad- reverenciado pelos fieis. Além de gente. Assim, uma equipe ia inconfundível: prefere chamar esse fenômeno de fazer cabra valente chorar de jutório. Os igarapés campeões da conhecida austeridade, era na frente cortando o capim com -Vão rir da puta que os de tapage que, convenhamos, raiva. Os igarapés são estreitís- das piores tapages, ali na região de baixa estatura, ainda carre- terçado, outro ajuntamento de pariu! é um modo bem mais pai d égua simos e a correnteza da cheia de Juruti, são os igarapés do gava raras penugens na cabeça gente nas margens, puxando na E sem dizer mais nada, subiu de dizer. Do mesmo jeito que vai juntando capim por cima de Curumucurí, o do Muriteua e e tinha o nariz adunco, o que corda, e alguns em cima da tolda novamente na tolda do barco, caboco é melhor do que ca- capim, enroscando touça com o longuíssimo Igarapé do Salé, logo inspirou nos paroquianos do barco, empurrando com o para continuar forcejando.

7 O Santo Antônio Futebol Clube é o grande vencedor do Campeonato Oriximinaense de Futebol 2007 (válido pela primeira divisão). O goleiro Rubenildo foi o herói do time alviverde após defender dois pênaltis. No jogo de volta da grande final o Trombetas mandou em campo durante todo o jogo. No início os times deram indícios de que seria uma partida equilibrada. Com Jorgete no meio, Didi e Paulo Bacabeira nas laterais e o artilheiro do campeonato Camisinha, ao lado de Carlinho no ataque, o Trombetas não deu chances ao Santo Antônio. Após a saída do meio campista Eder, o alviverde passou a jogar no contra-ataque agüentando a pressão e velocidade do tricolor. E foi com esse entrosamento que Carlinhos abriu o placar de cabeça, 1x0. Na volta do intervalo mais Trombetas no ataque. E o Santo Antônio só defendia! Uma vitória de 2x0 do ATUALIDADES Trombetas levaria a disputa para os pênaltis, já que o Santo Antônio tinha vencido a primeira partida também por 2x0. Quase aos 40 minutos, Camisinha ganhou a bola na linha de fundo e tocou para Carlinho, sozinho, marcar o segundo dele no jogo e o segundo do Trombetas. Na disputa dos pênaltis brilhou a estrela do melhor goleiro do Campeonato. Rubenildo pegou os pênaltis de Paulo Bacabeira e Caçapa e deu a vitória por 4x1 (nos pênaltis) para o Santo Antônio comemorar o título. Essa vitória foi da força e da garra que o nosso amigo Cabeca sempre demonstrou pra gente. Esse título é dele. Rubenildo (Goleiro do Santo Antônio) Todo o campeonato e apoio aos clubes são pagos pela Prefeitura de Oriximiná, através de convênio com a Liga Esportiva do município e Clubes participantes. BRUNO GIVONI OUTUBRO Santo Antônio leva o título nos pênaltis Tradicional no calendário oficial de eventos obidense, o Festival já revelou muitos talentos e todos os anos atrai uma entusiasmada platéia. Músicos de outros municípios e até de Belém participam. Alfredo Reis vence o Festival de Música de Óbidos Óbidos ferveu durante o XI Festival da Música Obidense, juntando a programação às comemorações alusivas ao aniversário da cidade. Os obidenses lotaram a Praça do Sesquicentenário que torceu, vibrou e aplaudiu a cada apresentação do festival. Na abertura oficial houve apresentação do coral da escola de música Manoel Rodrigues, seguida de performance do grupo de dança do projeto Curro Velho. 24 composições competiram. No primeiro dia, após as 12 primeiras concorrentes, das quais foram classificada seis, teve show do cantor obidense Eduardo Dias. No segundo dia, outras 12 músicas, com Foi um final de semana muito animado, com atrações extras de bandas de Santarém, além das músicas que disputaram prêmios. classificação de mais seis, e após houve o show do cantor santareno Nato Aguiar, encerrando com o resultado das 12 finalistas. No domingo dia 21, depois das apresentações das músicas finalistas, foi a vez do show do cantor maranhense Tom Kleber. Como melhor letra ganhou a música Sete ausências, do compositor Wander Andrade, interpretada por Ádria Góes; melhor interprete a música Lírica, do compositor e intérprete Alfredo Reis; melhor arranjo, música Lírica, também com a composição e interpretação de Alfredo Reis; aclamação popular, música Girassóis Vermelhos, do compositor Paulo PH e Adriana Feitosa, intérprete Adriana Feitosa. O resultado final ficou a seguinte classificação: 1º Lugar: Lírica, interpretada por Alfredo Reis; 2º Lugar: Sete ausências, composição de Wander de Andrade e interpretada por Ádria Góes; e 3º Lugar: Onde a alma se torna incolor, interpretada por Pedrinho Cavalero. A música classificada em primeiro lugar recebeu o prêmio de R$ 4 mil, e troféu; o segundo lugar recebeu R$ 2 mil e troféu e o terceiro lugar recebeu o prêmio de R$ 1 mil e troféu. As músicas finalistas serão gravadas no CD do Festival da Música de Óbidos, que deverá ser lançado em breve. A Banda Adrenalina de Santarém encerrou a festa obidense. Desde que me entendo como gente, vejo-me tocando piano, sob a orientação de meu pai (Wilson Fonseca, maestro Isoca), que me despertou o gosto pela música. Papai me dizia que, quando muito criança ainda, eu gostava de ouvir Chopin ( ), principalmente as suas belas valsas. Sempre tive uma predileção, que vem desde aquela época, pela música do balé Les Sylphides, peça orquestral extraída de obras para piano do gênio polonês (prelúdio, noturno, mazurcas, polonaise e valsas), com arranjos de diversos compositores (Alexander Glazunov, Roy Douglas e outros). Com meu pai e em companhia de meus irmãos Conceição e Agostinho Neto executamos peças para piano a 4 mãos, em Santarém, na década de 50 do VICENTE MALHEIROS DA FONSECA Valsa itinerante século XX, notadamente em recitais no Centro Recreativo. Foi ainda com tenra idade que tentei escrever a minha primeira composição, a que dei o título de Experimentar e dediquei ao meu tio Wilmar Fonseca, autor da letra da Canção de Minha Saudade ( Nunca vi praias tão belas/prateadas como aquelas/do torrão em que nasci... ), com música de Wilson Fonseca. Até hoje guardo a partitura daquela relíquia. Nem a propósito, alguns anos depois ( ), fui morar com meu tio Wilmar, em São Paulo, onde estudei no Conservatório Musical Padre José Maurício, dirigido pelas Professoras Rachel e Gioconda Peluso, santarenas. Foi ali que mantive contatos com obras do paulista Francisco Mignone e do amazonense Arnaldo Rebello, os quais tive o privilégio de conhecer pessoalmente. De volta a Santarém, em 1964, organizei o conjunto musical Tapajoara. Nessa ocasião, eu tocava trombone de piston e barítono. No ano seguinte, dirigi o quarteto vocal Os Tapajônicos. E até 1966 integrei a Banda Marcial do Colégio Dom Amando, executando barítono. Na mesma época, fiz parte da Banda de Música Prof. José Agostinho ; e toquei teclado digital num conjunto musical criado pelo Odilson Matos ( Os Hippies ) e no cast do programa de calouros promovido pela Rádio Rural, dirigido pelo Ércio Bemerguy ( Domingo Após a Missa ), na Casa Cristo-Rei. Essas atividades contribuíram para a minha formação musical, ao lado dos estudos da música erudita e do gosto que sempre tive pela bossa-nova (Tom Jobim, Chico Buarque e outros). Em 1967 vim para Belém cursar Direito, na Universidade Federal do Pará. Fui jurado em festivais de música promovidos pela Faculdade de Direito e pela Casa da Juventude, onde morei quando universitário. Participei de concursos de composição. Entretanto, sempre mantive estreitas ligações com Santarém, onde ajudei a organizar o 1º Festival de Música do Baixo Amazonas (1970). No dia de minha colação de grau em direito (1971), eu estava participando de um festival estudantil. Em 1972 atuei na famosa Semana de Santarém, nesta capital, onde me apresentei, pela primeira vez, no Theatro da Paz, em companhia de amigos e parentes, tocando piano, violão e até cantando. Esse vínculo com a terra querida despertou-me a vocação de compositor. Embora residindo em Belém, muitas de minhas composições foram feitas na Pérola do Tapajós, na casa de meus pais, onde eu passava deliciosas férias. Ah! Aqueles pianos, aquelas paisagens, aquele clima mocorongo... Em 1973 ingressei na magistratura trabalhista, numa época em que a Justiça do Trabalho da 8ª Região tinha jurisdição sobre toda a Amazônia, do Pará ao Acre. E por motivos profissionais, funcionei, como magistrado, em diversas cidades desta imensa Região Norte do Brasil. A música, porém, sempre foi a minha grande paixão, além de minha família. Compositor desde, pelo menos, 1968 (no próximo ano faz 40 anos, quem diria...), escrevi peças musicais em diversos lugares onde morei ou estive apenas de passagem. Já são quase 800 obras. A grande maioria de minhas composições foi elaborada em Santarém e em Belém. Mas lembro-me de que também já compus músicas nas cidades de Boa Vista (RR), Manaus, Macapá, Abaetetuba, Rio de Janeiro, São Paulo, Campos do Jordão, Florianópolis e Marabá. Cheguei até a iniciar uma composição numa cidade, prosseguir na outra e concluir numa terceira. Por longo tempo venho compondo a série de Valsas Santarenas (atualmente, 62), inspiradas na minha terra natal, destinadas a piano solo, mas com alguns arranjos camerísticos e orquestrais. Não nego que, nesse particular, sofri influências de meu avô José Agostinho da Fonseca (valsa Tapajônia ), de meu pai ( Pérola do Tapajós e outras), de Francisco Mignone ( Valsas de Esquina ) e de Arnaldo Rebello ( Valsas Amazônicas ). A valsa santarena mais recente (de nº 62) foi composta em Marabá, onde estive para proferir a conferência de abertura no Seminário Os novos rumos do processo do trabalho diante das reformas constitucional e processual civil, em 18 de outubro último, promovido pela Escola da Magistratura da Justiça do Trabalho da 8ª Região e AMATRA-VIII. A esta valsa dei o subtítulo de Itinerante, por sugestão da servidora Karla Paes, que trabalha como Assistente, em meu Gabinete, no TRT. Algumas valsas santarenas possuem letras, de minha autoria. É o caso da Itinerante (cuja música fiz em Marabá e a letra, em Belém), com a qual encerro este artigo, em homenagem à Pérola do Tapajós : Oh! Santarém,/Terra do amor/rio Tapajós/Alter-do-Chão/Onde plantei/minha paixão/eu voltarei/nesta canção.//ah! Nesta viagem levo o pentagrama como meu farol/e vou tecendo o som da melodia/nesta serenata que guardei aqui/sim, mais uma valsa,/escuta bem,/à foz do rio azul/eu vou cantar pra ti.//oh! Minha amada/tens meu coração/vem mais pra perto de mim/quero olhar bem nos teus olhos/e ver a luz que me cega de amor/me aquece com tanto ardor.//santarém/ Vou voltar/pra te ver/e amar./ Eis-me aqui/sou também/teu cantor/santarém.

8 8 OUTUBRO VARIEDADES Pará apela pelos recursos para a BR-230 O ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, é esperado na segunda feira, 5 de novembro, para uma vistoria às obras e asfaltamento dos primeiros 85 Km da rodovia Transamazônica (BR-230), no trecho entre Altamira e Medicilândia. Ele será acompanhado pela governadora Ana Júlia Carepa, pelo presidente da Assembléia Legislativa, deputado Domingos Juvenil, e pelo deputado federal Zé Geraldo. O governo diz que já empenhou R$ 50 milhões, através do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e do Programa Piloto de Investimentos (PPI), além de mais 30 milhões por medida provisória. Mas nenhum tostão foi liberado até agora, e a época de chuvas está chegando. A empresa responsável pela obra é a construtora Andrade Gutierrez, que instalou o seu canteiro de obras com as máquinas pesadas, caçambas basculantes, uma britadeira e uma usina de asfalto. De acordo com o engenheiro responsável pela obra, Luiz Carlos da Silva, os trabalhos da rodovia seguem o padrão nacional com pistas asfaltadas, drenagem, acostamento, sinalização vertical e horizontal e alto padrão de segurança. Reivindicada há décadas, a obra é de enorme importância para a indústria, o comércio e a agricultura da região, que precisa garantir o escoamento do cacau, café e grãos, além dos produtos da bacia leiteira e gado de abate, gerando, assim, renda, emprego, mais arrecadação para os municípios, o Estado e o governo federal. "Precisamos estimular novos investimentos para a Transamazônica, fortalecer a agricultura familiar e outros setores importantes da economia do Oeste do Pará", defende o deputado Domingos Juvenil. O governo promete que, para o exercício de 2008, o asfaltamento dos trechos entre Altamira e Marabá e de Itaituba a Rurópolis contarão com um aporte de R$ 250 milhões. Para 2009, o volume de investimentos previstos é de R$ 350 milhões entre Medicilândia e Rurópolis. Em 2010, para o trecho de Medicilândia até Itaituba, a previsão atinge aproximadamente R$ 300 milhões. Peças interessantes em cerâmica, ponto forte da cultura paraense e riqueza dos sítios arqueológicos ainda em processo de resgate nas áreas mais inacessíveis em Oriximiná Arte e história no artesanato de Oriximiná A arte de produzir cerâmica é presente em Oriximiná, principalmente no Alto Trombetas, desde a sua pré-história, mas vinha perdendo fôlego nas últimas décadas, correndo risco de desaparecer. A partir do programa de salvamento arqueológico em Porto Trombetas, coordenado pela arqueóloga Vera Guapindaia, instituído em 2001, através de convênio entre o Museu Paraense Emílio Goeldi, Mineração Rio do Norte e Fundação de Amparo e Desenvolvimento à Pesquisa, os artesãos ganharam novo alento. O projeto de educação ambiental e patrimonial do Museu Goeldi realiza diversas atividades, sob a coordenação do educador Luiz Videira. Quatro comunidades da região dos antigos quilombos são atendidas: Boa Vista, Lago Moura, Lago Batata e Aracuã. Um grupo de artesãos Alepa pede prorrogação de prazo dos temporários A bancada do PT na Assembléia Legislativa do Pará solicitou formalmente a prorrogação do contrato dos temporários junto ao Ministério Público do Trabalho. O pedido é fruto de requerimento apresentado na Alepa e que teve a adesão de todas as lideranças partidárias, incluindo o presidente da Casa, deputado Domingos Juvenil. de Oriximiná, formado por quatro ceramistas e dois desenhistas de Boa Vista e do Lago Moura, aprendeu inclusive a produzir réplicas de cerâmica arqueológica da cultura Konduri. Eles foram deslocados a Belém, para uma oficina ministrada no Parque Zoobotânico do Museu Goeldi, pelo artesão Levy Cardoso, ceramista de Icoaraci. O foco do curso foi a identidade do estilo Konduri, complexo cerâmico encontrado na região dos rios Nhamundá e Trombetas, no baixo Amazonas, caracterizado por modelagem e incisões elaboradas. Considerado um estilo recente pela Arqueologia, o Konduri está relacionado estilisticamente e cronologicamente ao estilo Santarém, encontrado na foz do rio Tapajós. Oriunda de terraspretas, a cerâmica Konduri apresenta aspecto barroco, rico em ornamentação e em apliques modelados, com o "Ao começar a cumprir a decisão de rescindir o contrato dos servidores temporários e lançar editais de concurso público, a governadora se credenciou junto à Justiça Trabalhista a pedir esta prorrogação, para que o Estado possa atenuar o impacto social que será gerado pelo afastamento de cerca 20 mil temporários, ainda em atividade", argumentou o Paciência e técnica ao queimar o barro para obter qualidade predomínio de adornos antropomorfos (figuras humanas) e zoomorfos (animais). Estudos arqueológicos revelam que este tipo de cerâmica era temperada com cauixi, esponjas das águas doces da Amazônia. Alguns grupos indígenas ainda misturam as cinzas destas esponjas com argila, para a confecção de peças de cerâmica. Zuleide Viana dos Santos, uma das mais antigas Faleiro: compromisso ceramistas da comunidade de Boa Vista, produz panelas, pratos, tigelas, potes e alguidares. Ela usa a técnica do morrão ou rolinho, em que a argila é trabalhada na forma de cordões como se fosse massa de doce. Ela explica: Tudo é manual. Tem que ter muita sabedoria e paciência para fazer uma peça. Para levantar uma peça ela mistura o barro com a casca de caripé, que dá resistência à cerâmica. Eu via deputado Aírton Faleiro, líder do Governo. No documento que os deputados entregaram à procuradora-chefe do Ministério Público do Trabalho da 8º Região, Leona Lia Gentil Uliana, os parlamentares alegam que a governadora está tomando medidas concretas para resolver definitivamente o problema dos servidores Passados de pais para filhos, o talento e a tradição se mantêm minha avó fazendo as peças, conta. Maria do Carmo Oliveira de Jesus, do Lago Moura, trabalha com cerâmica há quatro anos. Para ela, a valorização dessa arte representa também o resgate da cultura negra na região. Antes as pessoas tinham vergonha de mexer no barro. Os jovens achavam que não podiam nem comer em um prato de barro, revela. Os desenhistas Reney dos Santos Rocha e Ailton dos Santos temporários. Explicando que estão em andamento todos os editais de concurso público e que foram feitos distratos expressivos durante este ano, a bancada petista reconhece que dificilmente essas providências serão concluídas até o final de dezembro de 2007, por isso considera necessário e adequado para proceder sem trabalham em parceria com as ceramistas e são responsáveis pela pintura e decoração das peças. Vêm experimentando técnicas de pintura que vão desde a utilização de sal e de tintas naturais até o uso de bauxita extraída na região para colorir as peças cerâmicas. Ailton gosta de reproduzir desenhos das culturas Marajoara e Tapajônica, além de pinturas e gravuras rupestres encontradas na região. maiores transtornos para o funcionamento dos serviços essenciais", diz o documento. Os deputados garantiram ao Ministério Público do Trabalho e à Justiça do Trabalho que este será o último pedido de prorrogação de prazo, e que necessário para cumprir a transitoriedade na administração pública estadual, disse o deputado Faleiro. Escola de Oriximiná é uma das semifinalistas do "Cultura Viva" O Festival de Danças da Escola Estadual de Ensino Médio Padre José Nicolino de Souza, de Oriximiná, é um dos 120 trabalhos semifinalistas do Prêmio "Cultura Viva", promovido pelo Ministério da Cultura. Por conta disso, a escola será uma das representantes do Estado do Pará, no Teia, maior encontro de diversidade cultural do país, que este ano acontece em Belo Horizonte (MG), de 7 a 11 de novembro. O Festival de Danças da escola acontece há 14 anos e já virou patrimônio cultural de Oriximiná. De acordo com a diretora da escola, Lucilene Silva, em todas as edições do festival a participação social no evento ultrapassou os muros da escola. "Além dos nossos alunos, professores, pais e a comunidade do entorno, observamos o envolvimento de toda a sociedade aqui do município em torno do festival. Este foi um dos critérios para que este trabalho se classificasse ao prêmio", ressalta a diretora. A escola concorreu com mais de 3 mil iniciativas enviadas à 2ª edição do prêmio, sendo uma das 17 escolas classificadas na categoria Escola Pública de Ensino Médio, pelo fato do Festival de Danças ser uma prática cultural e educativa, que envolve o campo das artes, do patrimônio e da comunicação cultural, desenvolvido para e com a participação da comunidade do município. Devido ao destaque do trabalho, a escola foi convidada a participar de um dos Pontos de Cultura do Programa Nacional de Cultura, Educação e Cidadania - Cultura Viva, do Ministério da Cultura, no Teia. Durante o encontro, o representante da escola ajudará a construir de forma sistematizada, organizada e democrática uma política pública de cultura para o País, respaldada e orientada pelo Plano e pelo Sistema Nacional de Cultura. ESTADO DO PARÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE ORIXIMINÁ A Prefeitura Municipal de Oriximiná informa a abertura do Processo Licitatório na modalidade CONCORREN- CIA PÚBLICA Nº 008/2007-PMO Objeto: Prestação de Serviços de Coleta, Transporte e destinação final do Lixo e Limpeza Urbana, Recursos Próprios do Município. Abertura no dia 17/12/2007 às 09:00 horas compra do Edital e seus anexos estão disponíveis no prédio da P.M.O das 08:00 as 13:00 no valor de R$ 10,00. Informamos CPL ( ) Oriximiná/Pa, 29/10/2007 CPL.

Estatística de projetos de leis protocolados, aprovados e em tramitação

Estatística de projetos de leis protocolados, aprovados e em tramitação PROPOSIÇÕES 2010 2011 Mensagens do Prefeito Municipal 084 79 Anteprojetos de Leis 056 26 Projetos de Leis (de autoria dos Senhores Vereadores) 098 70 Projetos de Leis Complementares 015 8 Projetos de Decretos

Leia mais

Press Release Nº 121 ANO I Santarém - Pará, 23 de Setembro de 2015.

Press Release Nº 121 ANO I Santarém - Pará, 23 de Setembro de 2015. Press Release Nº 121 ANO I Santarém - Pará, 23 de Setembro de 2015. Reunião de trabalho discute custos da energia elétrica O vereador Luiz Alberto (PP), em sua fala na tribuna da câmara, sessão desta quarta-feira,

Leia mais

Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos Secretaria Executiva de Desenvolvimento e Assistência Social Gerência de Planejamento,

Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos Secretaria Executiva de Desenvolvimento e Assistência Social Gerência de Planejamento, Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos Secretaria Executiva de Desenvolvimento e Assistência Social Gerência de Planejamento, Projetos e Capacitação Ministério do Desenvolvimento Social

Leia mais

PROJETO REDE ITINERANTE CONTRA VIOLÊNCIA DOMÉSTICA DIVULGAÇÃO E MEMORIAL FOTOGRÁFICO DO PROJETO

PROJETO REDE ITINERANTE CONTRA VIOLÊNCIA DOMÉSTICA DIVULGAÇÃO E MEMORIAL FOTOGRÁFICO DO PROJETO Veículo: Site Institucional do Ministério Público do Pará http://www.mppa.mp.br/index.php?action=menu.interna&id=4963&class=n Principal SANTARÉM: Rede itinerante de serviços de combate à violência doméstica

Leia mais

Projeto Alvorada: ação onde o Brasil é mais pobre

Projeto Alvorada: ação onde o Brasil é mais pobre Projeto Alvorada: ação onde o Brasil é mais pobre N o Brasil há 2.361 municípios, em 23 estados, onde vivem mais de 38,3 milhões de pessoas abaixo da linha de pobreza. Para eles, o Governo Federal criou

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE CANOAS SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE CANOAS SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 01/2011 - SMDS O Município de Canoas, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, torna público o presente e convida os interessados e as interessadas a apresentar

Leia mais

1 Revista LIBERDADE e CIDADANIA Ano I n. 4 abril / junho, 2009 www.flc.org.br

1 Revista LIBERDADE e CIDADANIA Ano I n. 4 abril / junho, 2009 www.flc.org.br 1 Revista LIBERDADE e CIDADANIA Ano I n. 4 abril / junho, 2009 www.flc.org.br TEMA EM DEBATE Cidadania e Solidariedade Por Marina Klamas Tanigushi * Quando iniciamos nosso trabalho na Prefeitura de Curitiba,

Leia mais

Aprova o Regimento Interno do Centro de Referência de Assistência Social - CRAS. D E C R E T A:

Aprova o Regimento Interno do Centro de Referência de Assistência Social - CRAS. D E C R E T A: DECRETO N 1.289, DE 28 DE AGOSTO DE 2014. Aprova o Regimento Interno do Centro de Referência de Assistência Social - CRAS. O PREFEITO MUNICIPAL DE DOURADOS, Estado de Mato Grosso do Sul, no uso das atribuições

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia em comemoração ao Dia Internacional da Mulher

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia em comemoração ao Dia Internacional da Mulher , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia em comemoração ao Dia Internacional da Mulher Palácio do Planalto, 12 de março de 2003 Minha cara ministra Emília Fernandes, Minha cara companheira Benedita da

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 42 Discurso no Hotel Tropical MANAUS,

Leia mais

Press Release Nº 138 ANO I Santarém - Pará, 28 de outubro de 2015.

Press Release Nº 138 ANO I Santarém - Pará, 28 de outubro de 2015. Press Release Nº 138 ANO I Santarém - Pará, 28 de outubro de 2015. Servidores públicos recebem parabéns da Câmara de Santarém 28 de outubro é um dia para celebrar, reconhecer, valorizar e continuarmos

Leia mais

Primeiro escritório de inclusão social da América Latina

Primeiro escritório de inclusão social da América Latina Primeiro escritório de inclusão social da América Latina 18 de setembro Nós do Centro: mais uma ação para a comunidade do Grupo Orsa O Grupo Orsa, por meio da Fundação Orsa, inaugura um espaço inovador

Leia mais

ORDEM DO DIA PROJETO DE LEI Nº 031/2005, conforme emendado VEREADOR MARCO ANTÔNIO GRILLO

ORDEM DO DIA PROJETO DE LEI Nº 031/2005, conforme emendado VEREADOR MARCO ANTÔNIO GRILLO ATA DA QUADRAGÉSIMA SÉTIMA SESSÃO, EXTRAORDINÁRIA, DA 1ª SESSÃO LEGISLATIVA, DA 5ª LEGISLATURA DA CÂMARA MUNICIPAL DE VENDA NOVA DO IMIGRANTE, ESTADO DO ESPÍRITO SANTO... Aos vinte e sete dias do mês de

Leia mais

ANEXO IV PROPOSTAS APROVADAS NA CONFERÊNCIA ESTADUAL. Eixo MOBILIZAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO MONITORAMENTO

ANEXO IV PROPOSTAS APROVADAS NA CONFERÊNCIA ESTADUAL. Eixo MOBILIZAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO MONITORAMENTO PROPOSTAS APROVADAS NA CONFERÊNCIA ESTADUAL ANEXO IV Eixo MOBILIZAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO MONITORAMENTO 1-Promoção dos Direitos de Crianças e Adolescentes Buscar apoio das esferas de governo (Federal e Estadual)

Leia mais

Minuta PARECER Nº, DE 2011. RELATORA: Senadora LÚCIA VÂNIA

Minuta PARECER Nº, DE 2011. RELATORA: Senadora LÚCIA VÂNIA Minuta PARECER Nº, DE 2011 Da COMISSÃO DE ASSUNTOS SOCIAIS, sobre o Projeto de Lei da Câmara nº 189, de 2010 (Projeto de Lei nº 3.077, de 2008, na origem), do Poder Executivo, que altera a Lei nº 8.742,

Leia mais

Excelentíssimo Senhor Presidente da Câmara de Vereadores e demais Edis.

Excelentíssimo Senhor Presidente da Câmara de Vereadores e demais Edis. MENSAGEM Nº. 02/2013 Excelentíssimo Senhor Presidente da Câmara de Vereadores e demais Edis. Com nossos cordiais cumprimentos encaminhamos a V. Exa. e digníssimos Pares dessa R. Casa Legislativa, o Projeto

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 65 Discurso na solenidade do Dia

Leia mais

Sr. Ministro, a quem agradeço, em nome do Fórum Nacional de Prevenção

Sr. Ministro, a quem agradeço, em nome do Fórum Nacional de Prevenção DESAFIO DA ERRADICAÇÃO DAS PIORES FORMAS DE TRABALHO INFANTIL NO BRASIL Isa Maria de Oliveira * Sr. Ministro, a quem agradeço, em nome do Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil,

Leia mais

Você sabia que... Alguns fatos sobre o meu país

Você sabia que... Alguns fatos sobre o meu país Brasil Você sabia que... A pobreza e a desigualdade causam a fome e a malnutrição. Os alimentos e outros bens e serviços básicos que afetam a segurança dos alimentos, a saúde e a nutrição água potável,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BAURU ESTADO DE SÃO PAULO Secretaria Municipal do Bem Estar Social

PREFEITURA MUNICIPAL DE BAURU ESTADO DE SÃO PAULO Secretaria Municipal do Bem Estar Social Padrão Normativo da Rede de Proteção Social Básica Programa de Inclusão Produtiva de 3º Fase Auxílio Produção Administração: Rodrigo Antônio de Agostinho Mendonça Secretária do Bem Estar Social: Darlene

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE FUNDAÇÃO ASSISTÊNCIA SOCIAL E CIDADANIA

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE FUNDAÇÃO ASSISTÊNCIA SOCIAL E CIDADANIA PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE FUNDAÇÃO ASSISTÊNCIA SOCIAL E CIDADANIA 1 DADOS DE IDENTIFICAÇÃO PROJETO TÉCNICO: ACESSUAS TRABALHO / PRONATEC EQUIPE RESPONSÁVEL: Proteção Social Básica PERÍODO: Setembro

Leia mais

A vez e a voz das crianças

A vez e a voz das crianças 119 outubro de 2010-ESPECIAL CRIANÇA PARA LER NO AR A vez e a voz das crianças Às vésperas de 12 de outubro, Dia das Crianças, eu convido você, ouvinte, a refletir sobre os direitos das meninas e meninos

Leia mais

Leia a íntegra do pronunciamento da presidente eleita Dilma Rousseff

Leia a íntegra do pronunciamento da presidente eleita Dilma Rousseff 31/10/2010 23h56 - Atualizado em 01/11/2010 11h24 Leia a íntegra do pronunciamento da presidente eleita Dilma Rousseff Em Brasília, ela fez primeiro discurso após anúncio do resultado da eleição. Ela afirmou

Leia mais

PLANO DE MOBILIZAÇÃO SOCIAL PELA EDUCAÇÃO

PLANO DE MOBILIZAÇÃO SOCIAL PELA EDUCAÇÃO PLANO DE MOBILIZAÇÃO SOCIAL PELA EDUCAÇÃO Este documento é resultado do chamado do Ministério da Educação à sociedade para um trabalho voluntário de mobilização das famílias e da comunidade pela melhoria

Leia mais

Termo de Referência para Elaboração de Plano de Gestão de Praça do PAC modelo de 700m 2

Termo de Referência para Elaboração de Plano de Gestão de Praça do PAC modelo de 700m 2 MINISTÉRIO DA CULTURA Diretoria de Infraestrutura Cultural Secretaria Executiva Termo de Referência para Elaboração de Plano de Gestão de Praça do PAC modelo de 700m 2 1. Objetivos A Praça do PAC é de

Leia mais

Bala Rocha na Comissão de Direitos Humanos

Bala Rocha na Comissão de Direitos Humanos Bala Rocha na Comissão de Direitos Humanos O PDT escolheu os nomes de Pompeo de Mattos (RS) e de Sebastião Bala Rocha (AP) para ocupar, respectivamente, a presidência e a vice-presidência da Comissão de

Leia mais

Patrocínio Institucional Parceria Apoio

Patrocínio Institucional Parceria Apoio Patrocínio Institucional Parceria Apoio InfoReggae - Edição 81 O Ajuste Fiscal e as ONGs 08 de maio de 2015 O Grupo AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura

Leia mais

José Carlos de Oliveira Lima recebe homenagem especial da Fundação Vanzolini por sua atuação em prol da construção sustentável

José Carlos de Oliveira Lima recebe homenagem especial da Fundação Vanzolini por sua atuação em prol da construção sustentável José Carlos de Oliveira Lima recebe homenagem especial da Fundação Vanzolini por sua atuação em prol da construção sustentável Placa de reconhecimento foi entregue ao engenheiro durante a Conferência Aqua,

Leia mais

O ENEM de 2014 teve 15 mil candidatos idosos inscritos, o que mostra a vontade dessa população em investir em formação superior.

O ENEM de 2014 teve 15 mil candidatos idosos inscritos, o que mostra a vontade dessa população em investir em formação superior. IDOSOS O Solidariedade, ciente da importância e do aumento população idosa no País, defende o reforço das políticas que priorizam este segmento social. Neste sentido, destaca-se a luta pela consolidação

Leia mais

1) Socorro e Desastre Itaóca

1) Socorro e Desastre Itaóca 1) Socorro e Desastre Itaóca A Cruz Vermelha Brasileira Filial do Estado de São Paulo deslocou um grupo de voluntários para prestar ajuda aos moradores da cidade de Itaóca, localizada no interior do estado,

Leia mais

PREFEITURA DE MONTES CLAROS SECRETARIA MUNCIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO

PREFEITURA DE MONTES CLAROS SECRETARIA MUNCIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO 1ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 004/2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PESSOAL PARA ATENDER A RECENSEAMENTO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA E A DIVERSOS OUTROS PROGRAMAS E SERVIÇOS

Leia mais

Leia os textos e assinale a alternativa correta: 1) O que Ana quer que Pedro faça?

Leia os textos e assinale a alternativa correta: 1) O que Ana quer que Pedro faça? UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL PROGRAMA DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS PLE CERIFICADO INTERNACIONAL DE LÍNGUA PORTUGUESA CILP SIMULADO COMPREENSÃO LEITORA E ASPECTOS LINGUÍSTICOS NÍVEL BÁSICO ESCOLAR A2 Leia os

Leia mais

Câmara Municipal de Tijucas do Sul

Câmara Municipal de Tijucas do Sul ATA DA 9 a SESSÃO ORDINÁRIA DO PRIMEIRO PERÍODO ORDINÁRIO DA PRIMEIRA SESSÃO LEGISLATIVA DA 15 a LEGISLATURA EM 07/04/2014. Aos sete dias do mês de abril do ano de dois mil e quatorze, nesta cidade de

Leia mais

Oficina de Voluntariado

Oficina de Voluntariado ++++++++++++++++++++++ +++++++++++++++++++++ ++++++++++++++++++++++ Oficina de Voluntariado Fevereiro/2016 2 25/02/2016 Voluntariado Transformador ++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++ +++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

Leia mais

A oficina contou com 26 participantes, representando 11 diferentes entidades da sociedade civil local.

A oficina contou com 26 participantes, representando 11 diferentes entidades da sociedade civil local. Relatoria da Oficina de Praia Grande 12 de junho de 2012 A Oficina Desafios para o Desenvolvimento Sustentável de Praia Grande, realizada no dia 12 de julho de 2012, na Associação Comercial de Praia Grande,

Leia mais

Conselho protesta contra prefeitura

Conselho protesta contra prefeitura Informativo Eletrônico da SE/CNS para os conselheiros nacionais Ano VI, Brasília, 08/04/2009. Prezado (a) conselheiro (a), Estamos encaminhando um clipping de notícias do CNS na mídia. A intenção é socializar

Leia mais

O BRASIL SEM MISÉRIA NO SEU MUNICÍPIO Município: VITÓRIA DA CONQUISTA / BA O Plano Brasil Sem Miséria O Plano Brasil Sem Miséria foi lançado com o desafio de superar a extrema pobreza no país. O público

Leia mais

Programa Mínimo de Governo de João Pavinato

Programa Mínimo de Governo de João Pavinato Programa Mínimo de Governo de João Pavinato João Pavinato e Cidinha Pascueto, candidatos a prefeito e vice-prefeita, respectivamente, da coligação A Vitória do Povo, formada pela união dos partidos PSDB,

Leia mais

VITÓRIA DAS MULHERES: RÉU AUTOR DE HOMICÍDIO QUALIFICADO É CONDENADO A 12 ANOS DE RECLUSÃO

VITÓRIA DAS MULHERES: RÉU AUTOR DE HOMICÍDIO QUALIFICADO É CONDENADO A 12 ANOS DE RECLUSÃO VITÓRIA DAS MULHERES: RÉU AUTOR DE HOMICÍDIO QUALIFICADO É CONDENADO A 12 ANOS DE RECLUSÃO A promotora Lucinery Helena Resende Ferreira do Nascimento sustentou acusação contra o réu OSVALDINO COSTA NEGRÃO,

Leia mais

PORTARIA NORMATIVA INTERMINISTERIAL Nº- 17, DE 24 DE ABRIL DE 2007

PORTARIA NORMATIVA INTERMINISTERIAL Nº- 17, DE 24 DE ABRIL DE 2007 PORTARIA NORMATIVA INTERMINISTERIAL Nº- 17, DE 24 DE ABRIL DE 2007 Institui o Programa Mais Educação, que visa fomentar a educação integral de crianças, adolescentes e jovens, por meio do apoio a atividades

Leia mais

A CÂMARA MUNICIPAL DE CAIAPÔNIA, ESTADO DE GOIÁS, APROVA E EU, PREFEITO MUNICIPAL, SANCIONO A SEGUINTE LEI: TÍTULO II DISPOSIÇÕES GERAIS

A CÂMARA MUNICIPAL DE CAIAPÔNIA, ESTADO DE GOIÁS, APROVA E EU, PREFEITO MUNICIPAL, SANCIONO A SEGUINTE LEI: TÍTULO II DISPOSIÇÕES GERAIS LEI N o 1.633 DE 14 DE JANEIRO DE 2013. DEFINE A NOVA ESTRUTURA ADMINISTRATIVA DO MUNICÍPIO DE CAIAPÔNIA E DETERMINA OUTRAS PROVIDÊNCIAS A CÂMARA MUNICIPAL DE CAIAPÔNIA, ESTADO DE GOIÁS, APROVA E EU, PREFEITO

Leia mais

DO PROCESSO DE EMANCIPAÇÃO A PRIMEIRA ELEIÇÃO MUNICIPAL

DO PROCESSO DE EMANCIPAÇÃO A PRIMEIRA ELEIÇÃO MUNICIPAL DO PROCESSO DE EMANCIPAÇÃO A PRIMEIRA ELEIÇÃO MUNICIPAL O processo de emancipação e a primeira eleição municipal de São João da Ponta ocorreram com muitas dificuldades. Para entendermos um pouco mais como

Leia mais

Nós, da GWA, estamos contentes por esta cartilha ter chegado às suas mãos. Por meio dela, conversaremos com você sobre assuntos muito importantes e

Nós, da GWA, estamos contentes por esta cartilha ter chegado às suas mãos. Por meio dela, conversaremos com você sobre assuntos muito importantes e ,, 3, Nós, da GWA, estamos contentes por esta cartilha ter chegado às suas mãos. Por meio dela, conversaremos com você sobre assuntos muito importantes e muito atuais. Em primeiro lugar, gostaríamos de

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE LAURENTINO CONSELHO MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE COMAM REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE

PREFEITURA MUNICIPAL DE LAURENTINO CONSELHO MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE COMAM REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE PREFEITURA MUNICIPAL DE LAURENTINO CONSELHO MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE COMAM REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE APRESENTADO PARA SER DISCUTIDO E APROVADO na reunião do Conselho CAPÍTULO

Leia mais

Vereador de Verdade. Vejam só: Vereador de Verdade é Eneias.

Vereador de Verdade. Vejam só: Vereador de Verdade é Eneias. Vereador de Verdade Vereador de Verdade é Eneias. É gente da gente e busca soluções para transformar nossa cidade numa Feliz Cidade. Não basta apenas fiscalizar e denunciar. É claro que isso tem que ser

Leia mais

- REGIMENTO INTERNO -

- REGIMENTO INTERNO - - REGIMENTO INTERNO - Secretaria de Assistência Social Leis nº 6.529/05 e nº 6.551/06, Decretos nº 12.634/06, nº 13.239/07, nº 15.181/11, 15.454/12 e nº 15.581/12 I - Secretaria Executiva: - auxiliar e

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, durante visita às obras da usina hidrelétrica de Jirau

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, durante visita às obras da usina hidrelétrica de Jirau , Luiz Inácio Lula da Silva, durante visita às obras da usina hidrelétrica de Jirau Porto Velho-RO, 12 de março de 2009 Gente, uma palavra apenas, de agradecimento. Uma obra dessa envergadura não poderia

Leia mais

Datas das próximas viagens da UFMG. Visitas às casas dos moradores de Lagedo e Riacho

Datas das próximas viagens da UFMG. Visitas às casas dos moradores de Lagedo e Riacho Ano 2 Lagedo, Domingo, 25 de janeiro de 2015 N o 8 Datas das próximas viagens da UFMG Data Casa 8 23 a 25 de janeiro de 2015 Lúcia 9 27 de fevereiro a 1 de março de 2015 Irene/Paulo 10 27 de março a 29

Leia mais

A Semana no Congresso Nacional

A Semana no Congresso Nacional A Semana no Congresso Nacional Brasília, 10/08/2015 CÂMARA Câmara instalará seis comissões mistas para analisar MPs Relator da CPI do BNDES apresentará plano de trabalho Comissão de Finanças e Tributação

Leia mais

I Fórum Políticas Públicas do Idoso"

I Fórum Políticas Públicas do Idoso I Fórum Políticas Públicas do Idoso" O idoso no mundo Em 2050, a Organização das Nações Unidas (ONU) estima que 30% da população mundial será de idosos; 2 bilhões dos habitantes do planeta terão mais de

Leia mais

José Evilásio de Araújo Prefeito

José Evilásio de Araújo Prefeito LEI Nº 1.745/2012. Dispõe sobre a Revisão da Parcela Anual do Plano Plurianual para o exercício financeiro de 2013 e dá outras providências. O Prefeito do Município de Taquaritinga do Norte, Estado de

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 13 Discurso na solenidade de abertura

Leia mais

Pronunciamento da Deputada Telma de Souza no dia 09 de Agosto de 2005 Breves Comunicações. Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Parlamentares

Pronunciamento da Deputada Telma de Souza no dia 09 de Agosto de 2005 Breves Comunicações. Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Parlamentares Pronunciamento da Deputada Telma de Souza no dia 09 de Agosto de 2005 Breves Comunicações Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Parlamentares Para dar ciência à Câmara Federal, solicitando sua transcrição

Leia mais

Projeto Ética, Cidadania e Política

Projeto Ética, Cidadania e Política Projeto Ética, Cidadania e Política Colégio Estadual Joaquim Gomes Crespo São Francisco de Itabapoana Rio de Janeiro Maria Suzana De Stefano Menin Juliana Aparecida Matias Zechi Relatora do projeto: Professora

Leia mais

REGIÃO SUL. Grupo 1 EXPLORAÇÃO SEXUAL Políticas Envolvidas. Assistência Social. Saúde. Segurança pública. Sistema de justiça. Turismo.

REGIÃO SUL. Grupo 1 EXPLORAÇÃO SEXUAL Políticas Envolvidas. Assistência Social. Saúde. Segurança pública. Sistema de justiça. Turismo. REGIÃO SUL Eixos de Atuação 1. Informação e Mobilização Planejamento das Ações Intersetoriais 1.1 Realizar campanhas articuladas entre as políticas para prevenção do turismo sexual (agentes de saúde, professores

Leia mais

9 anos acreditando na comunidade! 05.05 - RELATÓRIO GERAL DE ATIVIDADES 2012 / 2013

9 anos acreditando na comunidade! 05.05 - RELATÓRIO GERAL DE ATIVIDADES 2012 / 2013 INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO ESPERANÇA BRASIL OSCIP ORGANIZAÇÃO DA SOCIEDADE CIVIL DE INTERESSE PÚBLICO 9 anos acreditando na comunidade! 05.05 - RELATÓRIO GERAL DE ATIVIDADES 2012 / 2013 Janeiro de 2014.

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL Pesquisa e Consultoria Relatório Síntese PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL RODADA 89 CNT 18 a 22 de Junho de 2007 SAS Q 06 - Lote 03 - Bloco J Rua Grão Pará, 737-4º andar Ed. Camilo Cola - 2 o andar

Leia mais

FÓRUM MUNDIAL DE DIREITOS HUMANOS. Data: 10 a 13 de Dezembro de 2013 Local: Brasília

FÓRUM MUNDIAL DE DIREITOS HUMANOS. Data: 10 a 13 de Dezembro de 2013 Local: Brasília FÓRUM MUNDIAL DE DIREITOS HUMANOS Data: 10 a 13 de Dezembro de 2013 Local: Brasília Nome do Evento: Fórum Mundial de Direitos Humanos Tema central: Diálogo e Respeito às Diferenças Objetivo: Promover um

Leia mais

AGENDA DA FAMÍLIA. 1 O que é a Agenda da Família?

AGENDA DA FAMÍLIA. 1 O que é a Agenda da Família? AGENDA DA FAMÍLIA Marcelo Garcia é assistente social. Exerceu a Gestão Social Nacional, Estadual e Municipal. Atualmente é professor em cursos livres, de extensão e especialização, além de diretor executivo

Leia mais

Parlamentares fazem trajeto Porto Velho/Manaus pela BR-319

Parlamentares fazem trajeto Porto Velho/Manaus pela BR-319 Meio: Portal do Holanda Editoria: Economia Hora: 10:36h Data: 27/10/ 15 Portal do Holanda Parlamentares fazem trajeto Porto Velho/Manaus pela BR-319 Postado em 27/10/2015 às 10h36 A Fecomércio AM acompanha

Leia mais

Comissão de Ensino Médio, Modalidades e Normas Gerais Indicação nº. 006/2012 Processo nº. 001.047780.11.8

Comissão de Ensino Médio, Modalidades e Normas Gerais Indicação nº. 006/2012 Processo nº. 001.047780.11.8 PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SISTEMA MUNICIPAL DE ENSINO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO Comissão de Ensino Médio, Modalidades e Normas Gerais Indicação nº. 006/2012 Processo nº. 001.047780.11.8

Leia mais

Curso de Especialização em Saúde da Pessoa Idosa

Curso de Especialização em Saúde da Pessoa Idosa Curso de Especialização em Saúde da Pessoa Idosa Módulo Unidade 01 Tópico 01 Políticas na Atenção do Idoso Introdução as Políticas Públicas Políticas Públicas Ao longo do tempo o papel do Estado frente

Leia mais

MEU TIO MATOU UM CARA

MEU TIO MATOU UM CARA MEU TIO MATOU UM CARA M eu tio matou um cara. Pelo menos foi isso que ele disse. Eu estava assistindo televisão, um programa idiota em que umas garotas muito gostosas ficavam dançando. O interfone tocou.

Leia mais

Carta Pedagógica da Rede de Educação Cidadã- Acre. Rio Branco (AC), Maio a Julho de 2013

Carta Pedagógica da Rede de Educação Cidadã- Acre. Rio Branco (AC), Maio a Julho de 2013 Carta Pedagógica da Rede de Educação Cidadã- Acre Rio Branco (AC), Maio a Julho de 2013 Companheiras e companheiros de caminhada, nossas sinceras saudações. Há aqueles que lutam um dia; e por isso são

Leia mais

RESOLUÇÃO CONJUNTA CNAS/CONANDA Nº 001 DE 09 DE JUNHO DE 2010

RESOLUÇÃO CONJUNTA CNAS/CONANDA Nº 001 DE 09 DE JUNHO DE 2010 RESOLUÇÃO CONJUNTA CNAS/CONANDA Nº 001 DE 09 DE JUNHO DE 2010 Estabelece parâmetros para orientar a constituição, no âmbito dos Estados, Municípios e Distrito Federal, de Comissões Intersetoriais de Convivência

Leia mais

Elas formam um dos polos mais dinâmicos da economia brasileira, e são o principal sustentáculo do emprego e da distribuição de renda no país.

Elas formam um dos polos mais dinâmicos da economia brasileira, e são o principal sustentáculo do emprego e da distribuição de renda no país. Fonte: http://www.portaldaindustria.org.br 25/02/2015 PRONUNCIAMENTO DO PRESIDENTE DO CONSELHO DELIBERATIVO NACIONAL (CDN) DO SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS (SEBRAE), NA SOLENIDADE

Leia mais

Início da implementação do programa Brasil Sem Miséria pelas prefeituras.

Início da implementação do programa Brasil Sem Miséria pelas prefeituras. Ao longo do mês Início da implementação do programa Brasil Sem Miséria pelas prefeituras. Merece destaque também a ação da Polícia Federal e Força Nacional nos Estados e Municípios onde ocorreram mortes

Leia mais

LEI Nº 310/2009, DE 15 DE JUNHO DE 2009.

LEI Nº 310/2009, DE 15 DE JUNHO DE 2009. LEI Nº 310/2009, DE 15 DE JUNHO DE 2009. DISPÕE SOBRE A REESTRUTURAÇÃO DO DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE SAÚDE, CRIAÇÃO DO DEPARTAMENTO DE ASSISTÊNCIA E DESENVOLVIMENTO SOCIAL, DA DIVISÃO DE MEIO-AMBIENTE E

Leia mais

Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome POLÍTICA DE ATENDIMENTO AO IDOSO NO ÂMBITO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL - S U A S

Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome POLÍTICA DE ATENDIMENTO AO IDOSO NO ÂMBITO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL - S U A S POLÍTICA DE ATENDIMENTO AO IDOSO NO ÂMBITO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL - S U A S MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Data de Criação: 23 de janeiro de 2004. Objetivo: aumentar a intersetorialidade

Leia mais

Planejamento estratégico do Movimento Nossa São Paulo

Planejamento estratégico do Movimento Nossa São Paulo Planejamento estratégico do Movimento Nossa São Paulo Contribuições construídas pelo GT Juventude A avaliação das entidades e grupos que compõe o GT Juventude faz da atuação do Movimento em 2008 é extremamente

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL SOBRE A APLICAÇÃO DA LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO NO SENADO FEDERAL

RELATÓRIO ANUAL SOBRE A APLICAÇÃO DA LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO NO SENADO FEDERAL RELATÓRIO ANUAL SOBRE A APLICAÇÃO DA LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO NO SENADO FEDERAL Brasília 2013 SUMÁRIO MOTIVAÇÃO DO RELATÓRIO... 3 INTRODUÇÃO... 3 INICIATIVAS DO SENADO FEDERAL PARA ADEQUAÇÃO À LEI DE

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO Escola Judiciária Eleitoral

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO Escola Judiciária Eleitoral TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO Escola Judiciária Eleitoral Abril 2013 TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Presidente Desembargadora Letícia De Faria Sardas Corregedor

Leia mais

14/Mar/2013 :: Edição 31 ::

14/Mar/2013 :: Edição 31 :: 14/Mar/2013 :: Edição 31 :: Cadernos do Poder Executivo Poder Geraldo Julio de Mello Filho Executivo DECRETO Nº 26.993 DE 13 DE MARÇO DE 2013 EMENTA: Descreve as competências e atribuições dos cargos comissionados

Leia mais

o pensar e fazer educação em saúde 12

o pensar e fazer educação em saúde 12 SUMÁRIO l' Carta às educadoras e aos educadores.................5 Que história é essa de saúde na escola................ 6 Uma outra realidade é possível....... 7 Uma escola comprometida com a realidade...

Leia mais

Medicina de corpo e alma

Medicina de corpo e alma Entrevista Revista 15 Medicina de corpo e alma A vontade inicial de ser engenheiro mudou no colégio, quando o jovem Ildefonso não aprovou o comportamento do pessoal que se preparava para a engenharia,

Leia mais

CARTA DENÚNCIA: VIOLAÇÃO DE DIREITOS - DESPEJO FAMÍLIAS JD. DA UNIÂO

CARTA DENÚNCIA: VIOLAÇÃO DE DIREITOS - DESPEJO FAMÍLIAS JD. DA UNIÂO CARTA DENÚNCIA: VIOLAÇÃO DE DIREITOS - DESPEJO FAMÍLIAS JD. DA UNIÂO Viemos a partir dessa, denunciar e solicitar ações em relação às violações de direitos sofridas no dia 16 de setembro pelas FAMÍLIAS

Leia mais

Parecer sobre a Administração da Santa Casa

Parecer sobre a Administração da Santa Casa Relatório da Comissão Especial de Saúde e PSF Relatório Final. Frente ao reclame da população do Município de Ubatuba, e diante do caos que se instalou na saúde, a Comissão de Estudos apresenta o Relatório

Leia mais

PREFEITO CONFÚCIO MOURA AUTORIZA:

PREFEITO CONFÚCIO MOURA AUTORIZA: PREFEITO CONFÚCIO MOURA AUTORIZA: PLANO DE SAÚDE, REFORMA E AMPLIAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO DOS SERVIDORES PLANO DE SAÚDE Em audiência realizada no mês de Janeiro, o Prefeito Confúcio Moura convocou os Presidentes

Leia mais

Como o Brasil enfrenta a exploração sexualcomercial de crianças e adolescentes

Como o Brasil enfrenta a exploração sexualcomercial de crianças e adolescentes Como o Brasil enfrenta a exploração sexualcomercial de crianças e adolescentes 1. Introdução Fenômeno dos mais graves de nosso tempo, a exploração sexual-comercial de crianças e adolescentes não deve ser

Leia mais

DIRETRIZES A SEREM DEBATIDAS NAS CONFERÊNCIAS NO ANO DE 2015 E 2016

DIRETRIZES A SEREM DEBATIDAS NAS CONFERÊNCIAS NO ANO DE 2015 E 2016 DIRETRIZES A SEREM DEBATIDAS NAS CONFERÊNCIAS NO ANO DE 2015 E 2016 A Constituição de 1988 criou a possibilidade de que os cidadãos possam intervir na gestão pública. Pela via do controle social, influenciam

Leia mais

PROTEÇÃO SOCIAL BÁSICA DO SUAS

PROTEÇÃO SOCIAL BÁSICA DO SUAS PROTEÇÃO SOCIAL BÁSICA DO SUAS CRAS Centro de Referência de Assistência Social PÚBLICO-ALVO: A PROTEÇÃO SOCIAL BÁSICA B DO SUAS Famílias, seus membros e indivíduos em situação de vulnerabilidade social

Leia mais

GRUPO: MOBILIZAÇÃO E EDUCAÇÃO AMBIENTAL (Prefeitura de Contagem - Agenda 21- Contagem - Governo de Minas I.E.F. e COPASA)

GRUPO: MOBILIZAÇÃO E EDUCAÇÃO AMBIENTAL (Prefeitura de Contagem - Agenda 21- Contagem - Governo de Minas I.E.F. e COPASA) GRUPO: MOBILIZAÇÃO E EDUCAÇÃO AMBIENTAL (Prefeitura de Contagem - Agenda 21- Contagem - Governo de Minas I.E.F. e COPASA) PORTFÓLIO DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS NA ESCOLA ( COM CORPO DOCENTE E CRIANÇAS

Leia mais

Quem nunca refletiu sobre o problema da desigualdade social no Brasil? Será que OPORTUNIDADES ENTREVISTA UMA REDE DE. 6 REVISTA girassol

Quem nunca refletiu sobre o problema da desigualdade social no Brasil? Será que OPORTUNIDADES ENTREVISTA UMA REDE DE. 6 REVISTA girassol ENTREVISTA COM EDGAR BORTOLINI UMA REDE DE OPORTUNIDADES Quem nunca refletiu sobre o problema da desigualdade social no Brasil? Será que todas as pessoas têm as mesmas oportunidades? A resposta é muito

Leia mais

Conhecendo a Fundação Vale

Conhecendo a Fundação Vale Conhecendo a Fundação Vale 1 Conhecendo a Fundação Vale 2 1 Apresentação Missão Contribuir para o desenvolvimento integrado econômico, ambiental e social dos territórios onde a Vale atua, articulando e

Leia mais

MENSAGEM Nº, de 2008.

MENSAGEM Nº, de 2008. MENSAGEM Nº, de 2008. = Tenho a honra de submeter à elevada consideração de Vossas Excelências o projeto de Lei anexo, que objetiva criar o Conselho Municipal Antidrogas COMAD. Um dos mais graves problemas

Leia mais

Câmara Municipal de Volta Redonda RJ PROGRAMA Nº - 132

Câmara Municipal de Volta Redonda RJ PROGRAMA Nº - 132 PROGRAMA Nº - 132 Benefícios Eventuais SUB-FUNÇÃO: 244 ASSISTÊNCIA COMUNITÁRIA Implantar e implementar serviços de Benefícios Eventuais. Operacionalização para concessão dos Benefícios Eventuais - Art.

Leia mais

Caros ouvintes vos peço. Atenção uma vez mais. Para fazer uma análise. Creio interessa demais. O tema é muito importante. Me escutem por um instante

Caros ouvintes vos peço. Atenção uma vez mais. Para fazer uma análise. Creio interessa demais. O tema é muito importante. Me escutem por um instante A POLÍTICA E A POLITICAGEM Literatura de cordel Autor: PAULO TARCISO Caros ouvintes vos peço Atenção uma vez mais Para fazer uma análise Creio interessa demais O tema é muito importante Me escutem por

Leia mais

PROJETO BÁSICO E PLANO DE TRABALHO FORTALECIMENTO E APOIO ÀS AÇÕES DE PREVENÇÃO A VIOLÊNCIA E A CRIMINALIDADE

PROJETO BÁSICO E PLANO DE TRABALHO FORTALECIMENTO E APOIO ÀS AÇÕES DE PREVENÇÃO A VIOLÊNCIA E A CRIMINALIDADE GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE JUSTIÇA E DE SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA CIVIL QUARTA DELEGACIA DE POLÍCIA CIVIL DE CAMPO GRANDE MS PROJETO BÁSICO E PLANO DE TRABALHO FORTALECIMENTO

Leia mais

Trabalho Interdisciplinar: Desafios e possibilidades para uma vida melhor. Bairro São Geraldo

Trabalho Interdisciplinar: Desafios e possibilidades para uma vida melhor. Bairro São Geraldo CAMPANHA NACIONAL DE ESCOLAS DA COMUNIDADE COLEGIO CENECISTA NOSSA SENHORA DOS ANJOS GRAVATAÍ - RS Trabalho Interdisciplinar: Desafios e possibilidades para uma vida melhor Bairro São Geraldo Nomes: Ana,

Leia mais

SERVIÇOS DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS SCFV

SERVIÇOS DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS SCFV SERVIÇOS DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS SCFV SOCIOASSISTENCIAL X SOCIOEDUCATIVO SOCIOASSISTENCIAL apoio efetivo prestado a família, através da inclusão em programas de transferência de renda

Leia mais

O que é o Plano de Mobilização Social Pela Educação (PMSE)

O que é o Plano de Mobilização Social Pela Educação (PMSE) O que é o Plano de Mobilização Social Pela Educação (PMSE) É o chamado do Ministério da Educação (MEC) à sociedade para o trabalho voluntário de mobilização das famílias e da comunidade pela melhoria da

Leia mais

Comude de Parobé - RS

Comude de Parobé - RS CONSELHO MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO DE PAROBÉ Presidente: Geraldo Antonio Both Gestão 2009/2011 2 Parobé dados População:51.634 habitantes Tamanho: 104 km² Principais Atividades Econômicas: Empresas

Leia mais

ORINDIÚVA OBRAS E AÇÕES - GESTÃO 2011-2014

ORINDIÚVA OBRAS E AÇÕES - GESTÃO 2011-2014 ORINDIÚVA OBRAS E AÇÕES - GESTÃO 2011-2014 CULTURA: Pólo do Projeto Guri: O Projeto Guri tem como objetivo resgatar a auto-estima dos adolescentes, utilizando a música como agente transformador. Pólo Rua

Leia mais

PLANO DE TRABALHO 2008

PLANO DE TRABALHO 2008 PLANO DE TRABALHO 2008 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO 1.1. NOME DA ENTIDADE: Casa de Nazaré Centro de Apoio ao Menor 1.2. Endereço: Rua Coronel Timóteo nº 350 1.3. Bairro: Cristal 1.4. Região CORAS: 05 1.5.

Leia mais

Minuta de Lei para criação do Sistema Municipal do Meio Ambiente

Minuta de Lei para criação do Sistema Municipal do Meio Ambiente Minuta de Lei para criação do Sistema Municipal do Meio Ambiente Faço saber que a Câmara Municipal de, Estado de Goiás, decreta e eu, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte Lei: Art. 1.º - Esta lei, com

Leia mais

CARTILHA ORIENTADORA PARA CRIAÇÃO E FUNCIONAMENTO DOS CONSELHOS DE DIREITOS DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA

CARTILHA ORIENTADORA PARA CRIAÇÃO E FUNCIONAMENTO DOS CONSELHOS DE DIREITOS DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA CARTILHA ORIENTADORA PARA CRIAÇÃO E FUNCIONAMENTO DOS CONSELHOS DE DIREITOS DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA Dilma Rousseff Presidenta da República Federativa do Brasil Maria do Rosário Nunes Ministra de Estado

Leia mais

Por que defender o Sistema Único de Saúde?

Por que defender o Sistema Único de Saúde? Por que defender o Sistema Único de Saúde? Diferenças entre Direito Universal e Cobertura Universal de Saúde Cebes 1 Direito universal à saúde diz respeito à possibilidade de todos os brasileiros homens

Leia mais

DINÂMICA LOCAL INTERATIVA I FORTALECENDO SABERES CIÊNCIAS NAT. CIÊNCIAS HUM. CONTEÚDO E HABILIDADES DESAFIO DO DIA. Conteúdo:

DINÂMICA LOCAL INTERATIVA I FORTALECENDO SABERES CIÊNCIAS NAT. CIÊNCIAS HUM. CONTEÚDO E HABILIDADES DESAFIO DO DIA. Conteúdo: CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA I Conteúdo: - Alguns aspectos que interferem na saúde das pessoas - Saúde como Direito Constitucional dos brasileiros

Leia mais

Projeto. Amigos da Rede

Projeto. Amigos da Rede PREFEITURA MUNICIPAL DE MAUÁ e Ribeirão Pires Projeto Amigos da Rede Mauá Dez/2009. 1. APRESENTAÇÃO O município de Mauá, que integra a Região metropolitana de São Paulo, realizou sua emancipação a partir

Leia mais

Voluntariado. Sete dicas para ser um voluntário. Por Redação EcoD

Voluntariado. Sete dicas para ser um voluntário. Por Redação EcoD Voluntariado Sete dicas para ser um voluntário Por Redação EcoD O Dia Internacional dos Voluntários, celebrado no dia 5 de dezembro, pode inspirar muitas pessoas a dedicarem seu tempo e talento em prol

Leia mais