PROJETO CULTURA DIGITAL E MOBILIZAÇÃO SOCIAL

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROJETO CULTURA DIGITAL E MOBILIZAÇÃO SOCIAL"

Transcrição

1 PROJETO CULTURA DIGITAL E MOBILIZAÇÃO SOCIAL

2 Apresentação Objetivo Geral e Justificativa Objetivos Específicos Resultados Metodologia Operacionalização Formas de investimento Orçamento Contrapartidas

3 Apresentação O presente projeto faz parte das atividades do CDI Campinas, organização não governamental que atua em rede com outros CDIs Regionais no Brasil e exterior, com propósito de promover a construção e o exercício da cidadania através do uso consciente das tecnologias digitais para a inclusão social. Desde maio de 2000 o CDI Campinas cria e acompanha CDIs Comunidade, auto-gerenciáveis em comunidades em risco social, visando a formação do cidadão crítico e pleno através do uso das ferramentas digitais, utilizando-se de sua Proposta Político Pedagógica baseada na metodologia do educador Paulo Freire. O CDI Campinas conta atualmente com uma rede de 26 parcerias.

4 Rede CDI e Rede CDI Campinas

5 CDIs Comunidades Criados em parcerias com outras ONGs e espaços públicos Espaços de Cultura Digital para Mobilização Social Metodologia Pedagógica do CDI dos 5 passos fundamentada em Paulo Freire Oferta de cursos, oficinas, acesso livre e orientado à internet e serviços à comunidade e promoção de espaço de convivência.

6 Objetivo Geral O objetivo do projeto é o empoderamento de grupos de adolescentes para a realização de mobilizações sociais em suas comunidades, utilizando as tecnologias digitais como ferramenta. Justificativa As comunidades em risco social não tem tido oportunidades para a conscientização, a construção da cidadania, o pensamento crítico, o desenvolvimento pessoal e de sua comunidade. Assim como não tem acesso às novas tecnologias digitais. Para o CDI Campinas o direito à informação, à reflexão, à educação e ao aprendizado do uso das tecnologias deve ser visto como base essencial para a conquista de direitos, a participação cidadã efetiva e o aprofundamento da democracia.

7 Objetivos Específicos Realizar 2 turmas de 15 alunos do curso Cultura Digital para Mobilização Social do CDI Campinas para adolescentes em risco social e para educadores de adolescentes, com vivência da Metodologia dos 5 passos com desenvolvimento de projetos de ação social utilizando as tecnologias digitais como ferramentas. Realizar 4 turmas de 12 alunos da Oficina de produção de vídeo, como ferramenta para divulgação e mobilização das ações sociais. Desenvolvimento da capacidade de compreensão da realidade dos alunos, da escolha de uma causa para atuar, do planejar e agir, e da utilização das tecnologias digitais para transformação social. Permitir o acesso a fontes de informação e a espaços de sociabilidade que propiciam a busca coletiva de soluções para os problemas enfrentados pelas comunidades.

8 Resultados 30 adolescentes e educadores de adolescentes participantes do curso Cultura Digital para Mobilização Social, formados como cidadãos conscientes, ativos e aptos a usarem as tecnologias digitais como ferramenta. 2 mobilizações feitas pelas turmas do curso, com ações sociais que contribuirão para a melhora da qualidade de vida das comunidades envolvidas. 60 adolescentes formados na Oficina de produção de vídeo, como ferramenta para divulgação e mobilização das ações sociais. Vídeos de mobilizações e ações sociais produzidos e divulgados

9 Metodologia

10 Metodologia A metodologia de trabalho do CDI Campinas é definida em sua Proposta Político Pedagógica, baseada na teoria e prática de Paulo Freire. Todo o processo baseia-se na horizontalidade, na necessidade de educador e educandos conviverem, se conhecerem, trocarem e construírem conhecimento. Através da metodologia dos 5 passos, realizamos o processo de conscientização, leitura e compreensão de mundo, escolha de uma causa e ação social de transformação da comunidade, sempre usando as tecnologias digitais como ferramenta. Paulo Freire nos ensina: É a diferença entre o operador de máquina, que se coloca por trás da tela e o sujeito que se coloca à frente da máquina ao se perceber capaz de pensar, de perceber criticamente o mundo e de agir para transformá-lo, se apropriando da tecnologia ao usá-la de forma inteligente e criativa na produção de possibilidades. As técnicas não possuem, por si só, a capacidade de transformar uma sociedade. São os homens conjugados à técnica que operam mudanças. Portanto, o trabalho do educador não deve esgotar-se no domínio da técnica, já que esta não existe sem os homens e estes não existem fora da história, fora da realidade que devem transformar".

11 Operacionalização O curso e a oficina serão ministrados de acordo com a metodologia do CDI Campinas, Uma turma do curso Cultura Digital para Mobilização Social será ministrada na sede do CDI Campinas e a outra em um dos CDIs Comunidade da Rede CDI Campinas, no primeiro semestre de O curso tem carga horário de 60 horas, As quatro turmas da Oficina de produção de vídeo serão ministradas em 4 CDIs Comunidade da Rede CDI Campinas diferentes, no primeiro semestre de A oficina tem carga horária de 30 horas, A finalização da mobilização e ação social das turmas e a divulgação dos vídeos serão feitas no segundo semestre, culminando com o 13 o. Encontro da Cidadania, O curso e a oficina serão ministrados pela equipe do CDI Campinas, ação que depende de educador e gestor pedagógico.

12 Formas de Investimento O projeto poderá ser apoiado das seguintes formas: Investimento financeiro através de destinação de imposto de renda ao FMDCA - Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, escolhendo o CDI Campinas como ONG a receber a destinação. Investimento financeiro através de doação direta ao CDI Campinas. Investimento de equipamentos: doação de equipamentos para o desenvolvimento do projeto, demandas a serem definidas conforme interesse do parceiro. Investimento através de programa de voluntariado.

13 Orçamento

14 Contrapartidas 1. Visibilidade da marca da empresa como patrocinadora do projeto: - Redes Sociais página do CDI Campinas no Facebook - Site institucional - Balanço Social - DOAR - Revista da Cidadania, com distribuição a todos os parceiros 2. Voluntariado: oportunidade de espaços de voluntariado para os colaboradores da empresa patrocinadora. 3. Oportunidade de envolvimento em causas territoriais, públicas e decorrentes de educandos participantes do projeto.

15 Contato Helena Whyte

ANEXO I FORMULÁRIO DE APRESENTAÇÃO DE PROJETOS EM CONSONÂNCIA AO EDITAL Nº 01/2015

ANEXO I FORMULÁRIO DE APRESENTAÇÃO DE PROJETOS EM CONSONÂNCIA AO EDITAL Nº 01/2015 ANEXO I FORMULÁRIO DE APRESENTAÇÃO DE PROJETOS EM CONSONÂNCIA AO EDITAL Nº 01/2015 NOME DO PROJETO: ORGANIZAÇÃO PROPONENTE: DATA : / / ÍNDICE DO PROJETO ASSUNTO PÁG. I - CARACTERIZAÇÃO DO PROJETO - TÍTULO

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE RONDÔNIA CENTRO DE APOIO OPERACIONAL DA INFÂNCIA E JUVENTUDE E DA DEFESA DOS USUÁRIOS DOS SERVIÇOS DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE RONDÔNIA CENTRO DE APOIO OPERACIONAL DA INFÂNCIA E JUVENTUDE E DA DEFESA DOS USUÁRIOS DOS SERVIÇOS DE EDUCAÇÃO "A educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela tampouco a sociedade muda. Se a nossa opção é progressista, se estamos a favor da vida e não da morte, da equidade e não da injustiça, do direito

Leia mais

EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS

EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS A universalização da inclusão digital, através do desenvolvimento de uma Política Pública de Inclusão Digital, que contemple a criação de um Sistema Municipal de Inclusão Digital,

Leia mais

MOBILIZAÇÃO DOS CONSELHEIROS MUNICIPAIS DE EDUCAÇÃO DE RIO LARGO/AL: O PROJECTU DA PARTICIPAÇÃO NA PROMOÇÃO DA GESTÃO DEMOCRÁTICA

MOBILIZAÇÃO DOS CONSELHEIROS MUNICIPAIS DE EDUCAÇÃO DE RIO LARGO/AL: O PROJECTU DA PARTICIPAÇÃO NA PROMOÇÃO DA GESTÃO DEMOCRÁTICA MOBILIZAÇÃO DOS CONSELHEIROS MUNICIPAIS DE EDUCAÇÃO DE RIO LARGO/AL: O PROJECTU DA PARTICIPAÇÃO NA PROMOÇÃO DA GESTÃO DEMOCRÁTICA Javan Sami Araújo dos Santos Secretaria Municipal de Educação de Rio Largo/AL

Leia mais

PROGRAMA EDUCAÇÃO INFANTIL PROJETO PARALAPRACÁ

PROGRAMA EDUCAÇÃO INFANTIL PROJETO PARALAPRACÁ PROGRAMA EDUCAÇÃO INFANTIL PROJETO PARALAPRACÁ MODELO DE FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO PARA PROPOSTAS 2013 Documento de preparação para inscrições. A proposta final deverá ser encaminhada em formulário idêntico

Leia mais

CONCURSO NACIONAL DE ARTES PLÁSTICAS IMAGENS CONTRA A CORRUPÇÃO

CONCURSO NACIONAL DE ARTES PLÁSTICAS IMAGENS CONTRA A CORRUPÇÃO CONCURSO NACIONAL DE ARTES PLÁSTICAS IMAGENS CONTRA A CORRUPÇÃO Organização Destinatários: Turmas de alunos do 4º ano - do1º ciclo das redes pública e privada do Inscrições até 31 de Outubro de 2013 Entrega

Leia mais

Plano de Promoção. e Proteção dos Direitos da Criança. do Concelho de Marvão

Plano de Promoção. e Proteção dos Direitos da Criança. do Concelho de Marvão Plano de Promoção e Proteção dos Direitos da Criança do Concelho de Marvão 1 Índice Introdução I. Fundamentação A - Estratégias 1 Estudo e análise da realidade concelhia. 2 Promoção dos Direitos da Criança...

Leia mais

O direito à participação juvenil

O direito à participação juvenil O direito à participação juvenil Quem nunca ouviu dizer que os jovens são o futuro do país? Quase todo mundo, não é verdade? Porém a afirmativa merece uma reflexão: se os jovens são o futuro do país, qual

Leia mais

ESPELHO DE EMENDAS DE INCLUSÃO DE META

ESPELHO DE EMENDAS DE INCLUSÃO DE META COMISSÃO MISTA DE PLANOS, ORÇAMENTOS E FISCALIZ SISTEMA DE ELABOR DE EMENDAS ÀS LEIS ORÇAMENTÁRIAS Página: 1 de 28 A EMENDA 1 COMISSÃO Participação da União na implantação do PRODETUR NACIONAL 10X0 Participação

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO 2010

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO 2010 PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO 2010 Curso: Pedagogia Disciplina: Gestão Escolar II Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 5º 1 - Ementa (sumário, resumo) Gestão escolar democrática: aspectos

Leia mais

Apoio Pedagógico à Casa da Mãe Abigail

Apoio Pedagógico à Casa da Mãe Abigail ÁREA TEMÁTICA: DIRETOS HUMANOS E JUSTIÇA GEPES - Grupo de Estudos em Políticas Educacionais e Sociais UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, CULTURA E COMUNIDADE COORDENADORIA

Leia mais

Fundação Municipal de Esportes e Lazer

Fundação Municipal de Esportes e Lazer QUADRA VIVA Fundação Municipal de Esportes e Lazer PREFEITO MUNICIPAL Carlos Amastha PRESIDENTE DA FUNDAÇÃO Tenente Cleyton Alen EQUIPE TÉCNICA Allan de Brito Dutra Fabion Giorggio Rego de Arruda Lúcio

Leia mais

EDUCAÇÃO, PEDAGOGOS E PEDAGOGIA questões conceituais. Maria Madselva Ferreira Feiges Profª DEPLAE/EDUCAÇÃO/UFPR

EDUCAÇÃO, PEDAGOGOS E PEDAGOGIA questões conceituais. Maria Madselva Ferreira Feiges Profª DEPLAE/EDUCAÇÃO/UFPR EDUCAÇÃO, PEDAGOGOS E PEDAGOGIA questões conceituais Maria Madselva Ferreira Feiges Profª DEPLAE/EDUCAÇÃO/UFPR EDUCAÇÃO prática social NÃO-ESCOLAR - fábrica - igreja - mídia - partido político - ONGs -

Leia mais

ARTICULAÇÃO PEDAGÓGICA

ARTICULAÇÃO PEDAGÓGICA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS MOSTEIRO E CÁVADO ORGANOGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DA ARTICULAÇÃO PARA O TRIÉNIO 2010-13 MARÇO 2013 ORGANOGRAMA DE DESENV. DA ARTICULAÇÃO 2010-2013 ARTICULAÇÃO 2010/11 2011/12 2012/13

Leia mais

Roteiro para Elaboração de Projeto Social(1)

Roteiro para Elaboração de Projeto Social(1) Roteiro para Elaboração de Projeto Social(1) Gestão Social: Elaboração de Projetos, Indicadores e Avaliação de Políticas Públicas Profa. Simone Jorge UNICASTELO ( 1 ) B A S E A D O EM: K I S I L, R O S

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 3-CEPE/UNICENTRO, DE 5 DE JANEIRO DE 2011. Aprova o Curso de Especialização em Educação e Diversidade, modalidade regular, a ser ministrado no Campus de Irati, da UNICENTRO. O VICE-REITOR,

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE RONDÔNIA CENTRO DE APOIO OPERACIONAL DA INFÂNCIA E JUVENTUDE E DA DEFESA DOS USUÁRIOS DOS SERVIÇOS DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE RONDÔNIA CENTRO DE APOIO OPERACIONAL DA INFÂNCIA E JUVENTUDE E DA DEFESA DOS USUÁRIOS DOS SERVIÇOS DE EDUCAÇÃO APRESENTAÇÃO A humanidade não pode libertarse da violência senão por meio da não-violência. Mahatma Gandhi Em concordância com o Plano Geral de Atuação 2009/2010 do Ministério Público do Estado de Rondônia,

Leia mais

Curitiba 2011. I Encontro Internacional de Curitiba em Gestão Pública para Resultados

Curitiba 2011. I Encontro Internacional de Curitiba em Gestão Pública para Resultados Gestão Prezados Senhores, Na história da administração pública de Curitiba, é frequente a adoção de soluções criativas e inovadoras. A cidade detém uma das mais expressivas tradições de planejamento urbano.

Leia mais

O papel da educação financeira na construção da cidadania Maria Helena Krüger

O papel da educação financeira na construção da cidadania Maria Helena Krüger O papel da educação financeira na construção da cidadania Maria Helena Krüger Parceria : CNEC Cidadania e o Banco Central do Brasil Campanha Nacional de Escolas da Comunidade CNEC Associação civil de fins

Leia mais

NORMAS DE FUNCIONAMENTO DO ORÇAMENTO PARTICIPATIVO JOVEM DE BOTICAS. Preâmbulo. O Orçamento Participativo Jovem vem introduzir mais um meio

NORMAS DE FUNCIONAMENTO DO ORÇAMENTO PARTICIPATIVO JOVEM DE BOTICAS. Preâmbulo. O Orçamento Participativo Jovem vem introduzir mais um meio NORMAS DE FUNCIONAMENTO DO ORÇAMENTO PARTICIPATIVO JOVEM DE BOTICAS Preâmbulo O Orçamento Participativo Jovem vem introduzir mais um meio de atuação, para além dos existentes, junto da população juvenil

Leia mais

Interdisciplinar II Módulo CST: GESCOM

Interdisciplinar II Módulo CST: GESCOM UniãoMetropolitana deeducaçãoecultura Interdisciplinar II Módulo CST: GESCOM Lauro de Freitas - BAHIA 2013 2 JUSTIFICATIVA A principal justificativa para o desenvolvimento e implementação do projeto interdisciplinar

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e comunicação CURSO: Técnico em Informática FORMA/GRAU:( x )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

PLANO DA ACÇÃO DE FORMAÇÃO. Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho

PLANO DA ACÇÃO DE FORMAÇÃO. Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho Pág: 1/5 1. Enquadramento A segurança e a saúde são vectores que assumem cada vez maior importância na vivência diária dos trabalhadores das empresas. Indubitavelmente, as condições de segurança mas também

Leia mais

PLANO DE TRABALHO PEDAGÓGICO

PLANO DE TRABALHO PEDAGÓGICO PLANO DE TRABALHO PEDAGÓGICO Justificativa. Considerando a necessidade da organização, coordenação e implementação de uma melhor qualidade no processo ensino e aprendizagem se faz necessário o trabalho

Leia mais

SÍNTESE DO LEVANTAMENTO DE DEMANDAS DE PROJETOS DO TERRITÓRIO

SÍNTESE DO LEVANTAMENTO DE DEMANDAS DE PROJETOS DO TERRITÓRIO SÍNTESE DO LEVANTAMENTO DE DEMANDAS DE PROJETOS DO TERRITÓRIO Ministério do Meio Ambiente O Projeto de Elaboração do Plano de Desenvolvimento Territorial Sustentável Socioambientais Prioritários/Vale do

Leia mais

JÁ PENSOU SE VOCÊ PUDESSE DAR UM LIVRO PARA CADA CRIANÇA DA SUA CIDADE? www.timokids.com.br

JÁ PENSOU SE VOCÊ PUDESSE DAR UM LIVRO PARA CADA CRIANÇA DA SUA CIDADE? www.timokids.com.br JÁ PENSOU SE VOCÊ PUDESSE DAR UM LIVRO PARA CADA CRIANÇA DA SUA CIDADE? POVO? E SE ALÉM DA SUA CIDADE, TODAS AS CIDADES DO MUNDO PUDESSEM CONHECER SUA RIQUEZA HISTÓRICA E CULTURAL? E SE ESSE LIVRO CONTASSE

Leia mais

PLANO DE AÇÃO. O presente plano tem como objetivo estabelecer políticas que contribuam para a democratização e melhoria da escola pública.

PLANO DE AÇÃO. O presente plano tem como objetivo estabelecer políticas que contribuam para a democratização e melhoria da escola pública. PLANO DE AÇÃO Objetivos Gerais: O presente plano tem como objetivo estabelecer políticas que contribuam para a democratização e melhoria da escola pública. Ações Gestão Democrática O gestor deve transmitir

Leia mais

IDEIAS QUE INSPIRAM KIT DE VENDAS

IDEIAS QUE INSPIRAM KIT DE VENDAS IDEIAS QUE INSPIRAM KIT DE VENDAS DMM Um sonho compartilhado A 5ª edição do Dental Marketing Meeting DMM2016 - ABMO, maior evento de marketing em odontologia do mundo, será realizada em 26 de novembro

Leia mais

GERÊNCIA DE ENSINO Coordenação do Curso de Licenciatura em Letras Português/Inglês CONCURSO DO PROJETO DE INTERVENÇÃO PPP III CIRCUITO 9

GERÊNCIA DE ENSINO Coordenação do Curso de Licenciatura em Letras Português/Inglês CONCURSO DO PROJETO DE INTERVENÇÃO PPP III CIRCUITO 9 GERÊNCIA DE ENSINO Coordenação do Curso de Licenciatura em Letras Português/Inglês CONCURSO DO PROJETO DE INTERVENÇÃO PPP III CIRCUITO 9 SALVADOR - BAHIA - BRASIL 2009 CONCURSO PARA ESCOLHA DO MELHOR PROJETO

Leia mais

TÍTULO: PROJETO EDUCAÇÃO JOVENS E ADULTOS (EJA) CIDADÃO: UMA EXPERIÊNCIA DE PARCERIA ENTRE UNIVERSIDADE ESCOLA.

TÍTULO: PROJETO EDUCAÇÃO JOVENS E ADULTOS (EJA) CIDADÃO: UMA EXPERIÊNCIA DE PARCERIA ENTRE UNIVERSIDADE ESCOLA. Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: PROJETO EDUCAÇÃO JOVENS E ADULTOS (EJA) CIDADÃO: UMA EXPERIÊNCIA DE PARCERIA ENTRE UNIVERSIDADE

Leia mais

Histórico e Objetivos

Histórico e Objetivos Histórico e Objetivos A PINI, ao longo de sua trajetória tem contribuído de forma ativa para a formação, atualização e treinamento profissional de engenheiros, arquitetos, projetistas e gestores da construção

Leia mais

Cidadania e Participação: Responsabilidade Social (RS)

Cidadania e Participação: Responsabilidade Social (RS) Cidadania e Participação: Responsabilidade Social (RS) Introdução RS reflexão ética: conversão a novos valores RS a complexidade dos problemas tomar decisões com base na cooperação RS atitude democrática

Leia mais

Cursos Científico-Humanísticos Ano Lectivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL ECONOMIA A (11º ano)

Cursos Científico-Humanísticos Ano Lectivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL ECONOMIA A (11º ano) GRUPO DE ECONOMIA E CONTABILIDADE Cursos Científico-Humanísticos Ano Lectivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL ECONOMIA A (11º ano) Página 1 de 7 Competências Gerais Perspectivar a Economia no conjunto das

Leia mais

Seminário Cidades Sustentáveis Novembro, 2009. EDUCAÇÃO E GESTÃO SOCIOAMBIENTAL: O Caso SER Utramig. Professora: Michelle Queiroz Coelho

Seminário Cidades Sustentáveis Novembro, 2009. EDUCAÇÃO E GESTÃO SOCIOAMBIENTAL: O Caso SER Utramig. Professora: Michelle Queiroz Coelho Seminário Cidades Sustentáveis Novembro, 2009 EDUCAÇÃO E GESTÃO SOCIOAMBIENTAL: O Caso SER Utramig Professora: Michelle Queiroz Coelho APRESENTAÇÃO OBS: SLIDE PRETO ECONOMIA ENERGIA APRESENTAÇÃO Formação:

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010 PLANO DE ENSINO Curso: Pedagogia PROJETO PEDAGÓGICO: 2010 Disciplina: Estrutura e Funcionamento da Educação Básica II Carga Horária Semestral: 40 horas Semestre do Curso: 4º 1 - Ementa (sumário, resumo)

Leia mais

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS CONDECA/SP

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS CONDECA/SP ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS 2009 CONDECA/SP Página 1 de 11 ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO CONDECA/SP O Projeto deverá ser apresentado com a seguinte folha de rosto: I IDENTIFICAÇÃO 1.1 - Nome

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores METODOLOGIA CIENTÍFICA Redes de Computadores Metodologia e Introdução à Pesquisa AULA Inaugural AGENDA EMENTA OBJETIVOS GERAIS OBJETIVOS ESPECÍFICOS JUSTIFICATIVA COMPETÊNCIAS REFERÊNCIAS BIBLIOGRAFICAS

Leia mais

Regulamento. Sorteio de espaço em dois capítulos do livro Quais de Mim Você Procura 50 Mães Empreendedoras Os Desafios de Gerir um Negócio e Ser Mãe

Regulamento. Sorteio de espaço em dois capítulos do livro Quais de Mim Você Procura 50 Mães Empreendedoras Os Desafios de Gerir um Negócio e Ser Mãe Regulamento Sorteio de espaço em dois capítulos do livro Quais de Mim Você Procura 50 Mães Empreendedoras Os Desafios de Gerir um Negócio e Ser Mãe Iniciativa: Sindicato dos Contabilistas de São Paulo

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA ESCOLA

ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA ESCOLA ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA ESCOLA Ipezal/Angélica MS Maio de 2012. ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA ESCOLA PROFESSORES RESPONSÁVEIS: ALDO ARARIPE PEIXOTO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CUIABÁ SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO EMEB. PROF.ª MARIA DIMPINA LOBO DUARTE PROJETO DE LEITURA

PREFEITURA MUNICIPAL DE CUIABÁ SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO EMEB. PROF.ª MARIA DIMPINA LOBO DUARTE PROJETO DE LEITURA PREFEITURA MUNICIPAL DE CUIABÁ SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO EMEB. PROF.ª MARIA DIMPINA LOBO DUARTE PROJETO DE LEITURA 1. JUSTIFICATIVA 1 Percebemos que a realidade atual vem afastando cada vez mais

Leia mais

LIVRO DIDÁTICO E SALA DE AULA OFICINA PADRÃO (40H) DE ORIENTAÇÃO PARA O USO CRÍTICO (PORTUGUÊS E MATEMÁTICA)

LIVRO DIDÁTICO E SALA DE AULA OFICINA PADRÃO (40H) DE ORIENTAÇÃO PARA O USO CRÍTICO (PORTUGUÊS E MATEMÁTICA) O LIVRO DIDÁTICO NA SALA DE AULA DO ENSINO FUNDAMENTAL: 5ª A 8ª SÉRIES CLEITON BATISTA DE VASCONCELOS 2 LIVRO DIDÁTICO E SALA DE AULA: ESCOLHA E MODOS DE USAR (PNLD EM AÇÃO) LIVRO DIDÁTICO E SALA DE AULA

Leia mais

Curso de Capacitação para Museus Módulo IV Ação Educativa 1/73

Curso de Capacitação para Museus Módulo IV Ação Educativa 1/73 Curso de Capacitação para Museus Módulo IV Ação Educativa 1/73 Exposições 2/73 Longa duração maior tempo para pesquisar e conhecer o acervo, pensar a comunicação e as ações, desenvolver estratégias, avaliar

Leia mais

DESAFIO DA SOLIDARIEDADE E RESPONSABILIDADE SOCIAL. 08 a 29 de maio de 2012

DESAFIO DA SOLIDARIEDADE E RESPONSABILIDADE SOCIAL. 08 a 29 de maio de 2012 DESAFIO DA SOLIDARIEDADE E RESPONSABILIDADE SOCIAL 08 a 29 de maio de 2012 TOLEDO PR 2012 APRESENTAÇÃO O Desafio da Solidariedade e Responsabilidade Social da FASUL é um projeto cuja ideia central é incentivar

Leia mais

Marta Lima Gerente de Políticas Educacionais de Educação em Direitos Humanos, Diversidade e Cidadania.

Marta Lima Gerente de Políticas Educacionais de Educação em Direitos Humanos, Diversidade e Cidadania. Marta Lima Gerente de Políticas Educacionais de Educação em Direitos Humanos, Diversidade e Cidadania. FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS DEMOCRACIA REGIME PAUTADO NA SOBERANIA POPULAR E NO RESPEITO

Leia mais

Plano de melhoria (2013/14)

Plano de melhoria (2013/14) Plano de melhoria (2013/14) Introdução Agrupamento Vertical de Portel Escola EB 2,3 de D. João de Portel A ação, os resultados e o impacto da biblioteca escolar na prestação de serviços, no desenvolvimento

Leia mais

O ENSINO NUMA ABORDAGEM CTS EM ESCOLA PÚBLICA DE GOIÂNIA

O ENSINO NUMA ABORDAGEM CTS EM ESCOLA PÚBLICA DE GOIÂNIA O ENSINO NUMA ABORDAGEM CTS EM ESCOLA PÚBLICA DE GOIÂNIA Rafaella Rodrigues Santos 1 Danielle Regina de Ávila 2 Paulo Vinícius de Carvalho 3 Mirian Pacheco Silva 4 RESUMO: Pensando na formação de sujeitos

Leia mais

REDE SOCIAL DE ALANDROAL

REDE SOCIAL DE ALANDROAL REDE SOCIAL DE ALANDROAL CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL (MAIO ) Área de Intervenção: Equipamentos e Respostas Sociais e Serviços Objetivo Geral Objetivos Específicos Ação População - Alvo Entidades/ Parceiros

Leia mais

PORTARIA/SS/GAB/Nº041/2011

PORTARIA/SS/GAB/Nº041/2011 PORTARIA/SS/GAB/Nº041/2011 Aprova a Política Municipal de Educação Permanente em Saúde e dá outras providências O Secretário Municipal de Saúde, no uso das atribuições que lhe confere o Art.82, inciso

Leia mais

WORKSHOP 1. Como reforçar o trabalho dos cuidados de saúde primários e das autarquias para mais ganhos em saúde?

WORKSHOP 1. Como reforçar o trabalho dos cuidados de saúde primários e das autarquias para mais ganhos em saúde? Como reforçar o trabalho dos cuidados de saúde primários e das autarquias para mais ganhos em GRUPO DE TRABALHO: Isabel Loureiro - ENSP Helena Cargaleiro - ACES Amadora Mª da Luz Pereira - ACES Seixal

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO FACULDADE DE ENGENHARIA DE ILHA SOLTEIRA. Relatório Parcial Projeto de Extensão - PROEX

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO FACULDADE DE ENGENHARIA DE ILHA SOLTEIRA. Relatório Parcial Projeto de Extensão - PROEX UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO FACULDADE DE ENGENHARIA DE ILHA SOLTEIRA Relatório Parcial Projeto de Extensão - PROEX Empresa Amiga do PAS (Projeto Agrícola Social) - parcerias

Leia mais

Bases fundamentais. Convenção Relativa à Luta contra a Discriminação no Campo do Ensino

Bases fundamentais. Convenção Relativa à Luta contra a Discriminação no Campo do Ensino Bases fundamentais Lei 10.639/2003 Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana O sucesso das políticas

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES DE ESTÁGIO (PAE)

PLANO DE ATIVIDADES DE ESTÁGIO (PAE) Núcleo de Apoio à Prática Profissional das Licenciaturas CURSOS DE LICENCIATURAS PLANO DE ATIVIDADES DE ESTÁGIO (PAE) ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO Atualizado em 17 jun 2016 5º. PERÍODO 4º. PERÍODO

Leia mais

CIDADANIA: será esse o futuro do desenvolvimento do País?

CIDADANIA: será esse o futuro do desenvolvimento do País? THATIANA SOUZA CIDADANIA: será esse o futuro do desenvolvimento do País? Projeto de pesquisa apresentado ao Programa de Pós- Graduação do Cefor como parte das exigências do curso de Especialização em Legislação

Leia mais

Cenário Educacional Brasileiro. Instituto Algar

Cenário Educacional Brasileiro. Instituto Algar Cenário Educacional Brasileiro Instituto Algar Equador, Guayaquil, Setembro 2011 Cenários Dados Sociais Brasileiros Dados Educacionais Brasileiros Contribuição da Algar para a Educação Pesquisa Censo GIFE

Leia mais

V CONFERÊNCIA DOS CHEFES DE ESTADO E DE GOVERNO DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA São Tomé, 26 e 27 de Julho de 2004

V CONFERÊNCIA DOS CHEFES DE ESTADO E DE GOVERNO DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA São Tomé, 26 e 27 de Julho de 2004 V CONFERÊNCIA DOS CHEFES DE ESTADO E DE GOVERNO DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA São Tomé, 26 e 27 de Julho de 2004 DECLARAÇÃO SOBRE A SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO COMO CONTRIBUTO PARA A BOA GOVERNAÇÃO

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular Estágio Ano Lectivo 2010/2011

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular Estágio Ano Lectivo 2010/2011 Programa da Unidade Curricular Estágio Ano Lectivo 2010/2011 1. Unidade Orgânica Serviço Social (1º Ciclo) 2. Curso Serviço Social 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular Estágio (L4325) 5. Área Científica

Leia mais

CRAS Centro de Referência de Assistência Social. Coordenadores, Assistentes Sociais, Técnicos. (Organização)

CRAS Centro de Referência de Assistência Social. Coordenadores, Assistentes Sociais, Técnicos. (Organização) 2 ANÁLISE AMBIENTAL 2.1 A organização, Centro Referência e Assistência Social (CRAS) senvolveu um plano ação, o qual tem como base três serviços que são fundamentais para a existência da instituição; Serviço

Leia mais

2. CAIXA DE SAPATO EDIÇÃO

2. CAIXA DE SAPATO EDIÇÃO 1. APRESENTAÇÃO O projeto Caixa de Sapato foi criado há quatro anos pelo Instituto Conexão para levar o bem, a alegria para crianças carentes de Montes Claros no Natal. Como resultado observase a elevação

Leia mais

DECRETO No- 7.559, DE 1o- DE SETEMBRO DE 2011

DECRETO No- 7.559, DE 1o- DE SETEMBRO DE 2011 DECRETO No- 7.559, DE 1o- DE SETEMBRO DE 2011 Dispõe sobre o Plano Nacional do Livro e Leitura - PNLL e dá outras providências. A PRESIDENTA DA REPÚBLICA, no uso das atribuições que lhe confere o art.

Leia mais

Não existem fronteiras para as mudanças climáticas. Hoje, mais de 50% das

Não existem fronteiras para as mudanças climáticas. Hoje, mais de 50% das J O U R N A L I S M MOTIVAÇÃO Não existem fronteiras para as mudanças climáticas. Hoje, mais de 50% das emissões de carbono no mundo vêm do ambiente urbano. No Brasil, número superior a 80% da população

Leia mais

CURSO VOCACIONAL DE ARTE E PUBLICIDADE

CURSO VOCACIONAL DE ARTE E PUBLICIDADE CURSO VOCACIONAL DE ARTE E PUBLICIDADE Planificação Anual - 2015-2016 Ensino Básico 9º Ano 2º Ano - Atividade Vocacional FOTOGRAFIA DIGITAL MATRIZ DE CONTEÚDOS E DE PROCEDIMENTOS Conteúdos Procedimentos

Leia mais

LEYA BIKES CARTA- CONVITE LICITAÇÃO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE CONSULTORIA

LEYA BIKES CARTA- CONVITE LICITAÇÃO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE CONSULTORIA LEYA BIKES CARTA- CONVITE LICITAÇÃO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE CONSULTORIA 1. OBJETO 1.1. A LEYA BIKES S.A realizará licitação para a prestação dos serviços de Consultoria em Comunicação, levando em conta

Leia mais

Rua da Profissionalização. Municipalino:

Rua da Profissionalização. Municipalino: Esta área é muito importante para os adolescentes e jovens da nossa Cidade dos Direitos porque representa a entrada no mundo do trabalho profissional. O acesso a este mundo deve ser garantido a todos e

Leia mais

PROGRAMA DE GOVERNO ELEIÇÕES 2012 CANDIDATA: ANGELA MARIA FERREIRA ALVES 13 PT POCRANE MG

PROGRAMA DE GOVERNO ELEIÇÕES 2012 CANDIDATA: ANGELA MARIA FERREIRA ALVES 13 PT POCRANE MG PROGRAMA DE GOVERNO ELEIÇÕES 2012 CANDIDATA: ANGELA MARIA FERREIRA ALVES 13 PT POCRANE MG 1 Implantação de um governo com planejamento, participação popular, ética e transparência. I- EDUCAÇÃO: Potencializar

Leia mais

TURISMO SUSTENTÁVEL & INFÂNCIA: EVENTOS ESPORTIVOS

TURISMO SUSTENTÁVEL & INFÂNCIA: EVENTOS ESPORTIVOS CONFERÊNCIA REGIONAL E NACIONAL DE PREVENÇÃO E INTERVENÇÃO AO TRÁFICO DE CRIANÇAS Moçambique, 09 de Outubro de 2008 TURISMO SUSTENTÁVEL & INFÂNCIA: EVENTOS ESPORTIVOS Partilhando lições aprendidas e desenvolvendo

Leia mais

6 nov 09 APDE Assessoria de Políticas para Pessoas com Deficiência

6 nov 09 APDE Assessoria de Políticas para Pessoas com Deficiência APDE Assessoria de Políticas para Pessoas com Deficiência 242 anos São José dos Campos População estimada: 615.000 habitantes Pólo industrial e tecnológico Três fortes segmentos: Automotivo, Petrolífero

Leia mais

Plano Especial: Caminhos e Parcerias O Brasil que funciona. Rádio e TV Cultura Tel: 3874-3015 / Fax: 3611-2060

Plano Especial: Caminhos e Parcerias O Brasil que funciona. Rádio e TV Cultura Tel: 3874-3015 / Fax: 3611-2060 Plano Especial: Caminhos e Parcerias O Brasil que funciona. Rádio e TV Cultura Tel: 3874-3015 / Fax: 3611-2060 FUNDAÇÃO PADRE ANCHIETA TV CULTURA E RÁDIOS CULTURA AM E FM A programação da TV Cultura abrange

Leia mais

Gestão das Políticas Públicas e Participação Social Naidison de Quintella Baptista *

Gestão das Políticas Públicas e Participação Social Naidison de Quintella Baptista * Gestão das Políticas Públicas e Participação Social Naidison de Quintella Baptista * Todos nos somos cidadãos. Temos direitos e deveres. Muitos destes direitos e deveres estão nas leis. Pressionar e colaborar

Leia mais

EDITAL. 11. No caso de algum candidato admitido desistir expressamente da matrícula e inscrição ou

EDITAL. 11. No caso de algum candidato admitido desistir expressamente da matrícula e inscrição ou EDITAL 1. Faz-se público que está aberto concurso para admissão ao Curso de Mestrado em Supervisão Pedagógica, a iniciar no 1º semestre do ano letivo de 2016/2017 na Escola Superior de Educação do Instituto

Leia mais

REALIZAÇÃO DO TRABALHO

REALIZAÇÃO DO TRABALHO PROJETO DE LEITURA Não basta ter uma biblioteca para a formação de uma comunidade leitora. É preciso, sobretudo, um plano de ação que se preocupe com as práticas de incentivo à leitura. Nós criamos estratégias

Leia mais

Roteiro para elaboração de projetos CMDCA JUNDIAÍ. 1. ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO CMDCA/Jundiaí-SP

Roteiro para elaboração de projetos CMDCA JUNDIAÍ. 1. ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO CMDCA/Jundiaí-SP Roteiro para elaboração de projetos CMDCA JUNDIAÍ 1. ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO CMDCA/Jundiaí-SP I IDENTIFICAÇÃO O Projeto deverá ser apresentado com a seguinte folha de rosto: 1.1- Nome do Projeto:

Leia mais

CONTEÚDOS DE FILOSOFIA POR BIMESTRE PARA O ENSINO MÉDIO COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO

CONTEÚDOS DE FILOSOFIA POR BIMESTRE PARA O ENSINO MÉDIO COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO DE FILOSOFIA POR BIMESTRE PARA O ENSINO MÉDIO COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO GOVERNADOR DE PERNAMBUCO João Lyra Neto SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO E ESPORTES Ricardo Dantas SECRETÁRIA

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 70, DE 2015

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 70, DE 2015 PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 70, DE 2015 Altera a redação dos arts. 32 e 36 da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996 (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional), para inserir novas disciplinas obrigatórias

Leia mais

Manifesto pela TV Pública independente e democrática

Manifesto pela TV Pública independente e democrática Manifesto pela TV Pública independente e democrática Nós, representantes das emissoras Públicas, Educativas, Culturais, Universitárias, Legislativas e Comunitárias, ativistas da sociedade civil e militantes

Leia mais

participar da centros urbanos Como sua comunidade pode plataforma dos Plataforma dos Centros Urbanos www.unicef.org.br Aliados estratégicos:

participar da centros urbanos Como sua comunidade pode plataforma dos Plataforma dos Centros Urbanos www.unicef.org.br Aliados estratégicos: Como sua comunidade pode participar da plataforma dos centros urbanos? www.unicef.org.br Aliados estratégicos: Ilustração: Jonatas Tobias Parceiros técnicos: Plataforma dos Centros Urbanos COMO SUA COMUNIDADE

Leia mais

Família e escola : encontro de saberes e vivências Oficina de colares Tecendo olhares

Família e escola : encontro de saberes e vivências Oficina de colares Tecendo olhares Família e escola : encontro de saberes e vivências Oficina de colares Tecendo olhares E.M.E.F. anexa ao EDUCANCÁRIO DOM DUARTE Sala 6 / 1ª. Sessão Professor(es) Apresentador(es): Gislaine Rosa dos Santos

Leia mais

PROJETO NÚCLEO DE ESTUDOS DE ENSINO DA MATEMÁTICA NA FORMAÇÃO CONTINUADA DO PROFESSOR

PROJETO NÚCLEO DE ESTUDOS DE ENSINO DA MATEMÁTICA NA FORMAÇÃO CONTINUADA DO PROFESSOR PROJETO NÚCLEO DE ESTUDOS DE ENSINO DA MATEMÁTICA NA FORMAÇÃO CONTINUADA DO PROFESSOR Márcia Aurélia Stopassoli (Universidade Regional de Blumenau stopa@furb.br) Rosinete Gaertner (Universidade Regional

Leia mais

que o nascimento do projeto foi motivado pela percepção da inexistência de oportunidades de inclusão social para a população

que o nascimento do projeto foi motivado pela percepção da inexistência de oportunidades de inclusão social para a população ações de cidadania Equipe Linha Direta Resgate, preservação e difusão cultural Fotos: Divulgação Instituição de João Pessoa se mobiliza em defesa da inclusão social Só somos capazes de realizar mudanças

Leia mais

Professores Regentes: Angela Aparecida Bernegozze Marlei Aparecida Lazarin Asoni Marlene Antonia de Araujo

Professores Regentes: Angela Aparecida Bernegozze Marlei Aparecida Lazarin Asoni Marlene Antonia de Araujo 4 1. IDENTIFICAÇÃO Título do Projeto: Trabalhando a tabuada através de jogos on-line Público Alvo: Alunos do 3º e 5º do Ensino Fundamental Turno: Matutino Disciplinas Envolvidas: Matemática Professores

Leia mais

SUSTENTABILIDADE: Uma Questão de Educação

SUSTENTABILIDADE: Uma Questão de Educação II MOSTRA CULTURAL DAS ESCOLAS MUNICIPAIS DE TEÓFILO OTONI SUSTENTABILIDADE: Uma Questão de Educação EVENTO: II MOSTRA LITERÁRIA DAS ESCOLAS MUNICIPAIS DE TEÓFILO OTONI DATA: 26/10/2012 HORÁRIO: 9H 16H

Leia mais

vamos cuidar do planeta

vamos cuidar do planeta REGULAMENTO Conferência Internacional Infanto-Juvenil - Vamos cuidar do Planeta Brasília, 5 a 10 de junho de 2010 A Conferência Internacional Infanto-Juvenil Vamos cuidar do Planeta (Confint) é uma ação

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO

ESTADO DO MARANHÃO SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO ESTADO DO MARANHÃO SECRETARIA DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO Edital IEMA nº 08, de 03 de maio de 2016 EDITAL DE INSCRIÇÃO SELEÇÃO INTERNA

Leia mais

Escola Secundária Dr. João Carlos Celestino Gomes. Curso de Educação e Formação Nível 2 Tipo 2 (Despacho Conjunto nº 453/2004, de 27 de Julho)

Escola Secundária Dr. João Carlos Celestino Gomes. Curso de Educação e Formação Nível 2 Tipo 2 (Despacho Conjunto nº 453/2004, de 27 de Julho) Escola Secundária Dr. João Carlos Celestino Gomes Curso de Educação e Formação Nível 2 Tipo 2 (Despacho Conjunto nº 453/04, de 27 de Julho) Área de Formação: 523-ELETRÓNICA E AUTOMAÇÃO Saída profissional:

Leia mais

Concurso de Livro de Contos Infantis Histórias da Ajudaris: Pequenos Gestos Grandes Corações. Regulamento. Artigo 1º Apresentação

Concurso de Livro de Contos Infantis Histórias da Ajudaris: Pequenos Gestos Grandes Corações. Regulamento. Artigo 1º Apresentação Concurso de Livro de Contos Infantis Histórias da Ajudaris: Pequenos Gestos Grandes Corações Regulamento Artigo 1º Apresentação A Ajudaris, a Rede de Bibliotecas Escolares (RBE) e o Plano Nacional de Leitura

Leia mais

INFORMAÇÕES GERAIS RESULTADOS GARANTIDOS

INFORMAÇÕES GERAIS RESULTADOS GARANTIDOS INFORMAÇÕES GERAIS CARGA-HORÁRIA: 12 horas PÚBLICO-ALVO: Profissionais interessados em conhecer e desenvolver seu potencial criativo para atuar em programas de capacitação, seleção de pessoal, avaliação

Leia mais

Programa Competências Transversais

Programa Competências Transversais Programa Competências Transversais o Consumo Consciente de Energia o Desenho Arquitetônico o Educação Ambiental o Empreendedorismo o Fundamentos de Logística o Finanças Pessoais o Legislação Trabalhista

Leia mais

PLANO DE GOVERNO UNIÃO DEMOCRÁTICA E POPULAR 2013-2016 SAÚDE

PLANO DE GOVERNO UNIÃO DEMOCRÁTICA E POPULAR 2013-2016 SAÚDE PLANO DE GOVERNO UNIÃO DEMOCRÁTICA E POPULAR 2013-2016 SAÚDE Valorização dos profissionais dentro disso; analisar a possibilidade da criação de plano de carreira de todos os profissionais da prefeitura;

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010 PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010 Curso: Pedagogia Disciplina: Didática II Carga Horária Semestral: 40 horas Semestre do Curso: 5º 1 - Ementa (sumário, resumo) Compreensão dos conceitos de competências

Leia mais

GRUPO DE TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS HUMANOS DA FACULDADE DE FILOSOFIA E CIENCIAS CAMPUS DE MARILIA

GRUPO DE TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS HUMANOS DA FACULDADE DE FILOSOFIA E CIENCIAS CAMPUS DE MARILIA GRUPO DE TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS HUMANOS DA FACULDADE DE FILOSOFIA E CIENCIAS CAMPUS DE MARILIA 1. INTRODUÇÃO RELATORIO FINAL DE ATIVIDADES DO EXERCÍCIO DE 2014 De acordo com o Programa

Leia mais

TEATRO INICIANTES SEGUNDA-FEIRA

TEATRO INICIANTES SEGUNDA-FEIRA 1/2/2016 Coordenadora: Ana Loureiro TEATRO INICIANTES SEGUNDA-FEIRA 4ª, 5ª e 6ª séries/ef Professor: Marcelo Oliveira PLANEJAMENTO ANUAL 2016 INTENÇÃO FORMADORA DA ÁREA: Desenvolvimento do potencial humano

Leia mais

PLANO DE AÇÃO - EQUIPE PEDAGÓGICA

PLANO DE AÇÃO - EQUIPE PEDAGÓGICA PLANO DE AÇÃO - EQUIPE PEDAGÓGICA JUSTIFICATIVA O ato de planejar faz parte da história do ser humano, pois o desejo de transformar sonhos em realidade objetiva é uma preocupação marcante de toda pessoa.

Leia mais

PROGRAMA INTRODUÇÃO OBJETIVOS DO CURSO

PROGRAMA INTRODUÇÃO OBJETIVOS DO CURSO DEPARTAMENTO.. : GESTÃO PÚBLICA CURSO... : MESTRADO E DOUTORADO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E GOVERNO (CMCDAPG) DISCIPLINA... : PARTICIPAÇÃO SOCIAL, MOBILIZAÇÃO E POLÍTICAS PÚBLICAS. PROFESSOR... : ANA CRISTINA

Leia mais

Boletim: 0002-2013 Publicado por: Núcleo de Informações Educacionais e Tecnologia Data: 05/08/2013

Boletim: 0002-2013 Publicado por: Núcleo de Informações Educacionais e Tecnologia Data: 05/08/2013 A peça teatral Para sempre quase eterno foi inspirada no livro O vampiro que descobriu o Brasil de Ivan Jaf. A ideia de organizar um grupo de teatral na escola foi decorrente de um projeto de leitura que

Leia mais

Nome do Projeto: Livro: Porta de Entrada para a Cidadania.

Nome do Projeto: Livro: Porta de Entrada para a Cidadania. Programa: Cidadania Educação Incentivo à Leitura. Nome do Projeto: Livro: Porta de Entrada para a Cidadania. 1. Apresentação: O artigo 205 da Constituição Federal insere a educação como um direito de todos

Leia mais

A importância das escolas corporativas

A importância das escolas corporativas A importância das escolas corporativas Milena de Senne Ranzini 1 Encontro Intermunicipal das Escolas de Governo da Região de Sorocaba Sorocaba, 12 de março/14 Quem é a Equipe? O que é? Escola de Governo

Leia mais

MAIS EDUCAÇÃO. Brasília, 2008. Instituído pela Portaria Interministerial nº 17/2007, de 24/04/2007

MAIS EDUCAÇÃO. Brasília, 2008. Instituído pela Portaria Interministerial nº 17/2007, de 24/04/2007 Instituído pela Portaria Interministerial nº 17/2007, de 24/04/2007 -Ministério da Educação -Ministério do Esporte -Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome -Ministério da Cultura -Ministério

Leia mais

Palavras-chave: Paulo Freire. Formação Permanente de Professores. Educação Infantil.

Palavras-chave: Paulo Freire. Formação Permanente de Professores. Educação Infantil. FORMAÇÃO PERMANENTE DOS EDUCADORES EM UMA UNIDADE ESCOLAR DO MUNICÍPIO DE GUARULHOS NA PERSPECTIVA FREIREANA Ilka Campos Amaral Arnholdt Pontifícia Universidade Católica PUC/SP RESUMO Esta pesquisa tem

Leia mais

l Seminário SUSEP de Educação Financeira 19 de Maio Hotel Prodigy SDU

l Seminário SUSEP de Educação Financeira 19 de Maio Hotel Prodigy SDU l Seminário SUSEP de Educação Financeira 19 de Maio Hotel Prodigy SDU 1 Quem Somos? 2 Players Iniciativa Realização Patrocínio Parceria Execução Ministério do Trabalho e Previdência Social Ministério do

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE

PLANO DE TRABALHO DOCENTE PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1. IDENTIFICAÇÃO DO DOCENTE DOCENTE: NICOLLE MARRA IVANOSKI SIAPE: 2213521 REGIME DE TRABALHO: ( X ) Dedicação Exclusiva ( X ) 40 h ( ) 20 h CONTRATO: ( X ) EFETIVO ( ) TEMPORÁRIO

Leia mais

Prefeitura Municipal de Curitiba Secretaria da Informação e Tecnologia

Prefeitura Municipal de Curitiba Secretaria da Informação e Tecnologia Prefeitura Municipal de Curitiba Secretaria da Informação e Tecnologia A SIT Secretaria da Informação e Tecnologia Restabelecer a Governança de Tecnologia da Informação e Comunicação na Administração Municipal

Leia mais