OBLAÇÃO Informativo da Congregação dos Oblatos de Cristo Sacerdote Dezembro/ 2013

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "OBLAÇÃO Informativo da Congregação dos Oblatos de Cristo Sacerdote Dezembro/ 2013"

Transcrição

1 OBLAÇÃO Informativo da Congregação dos Oblatos de Cristo Sacerdote Dezembro/ 2013 Pe. Geraldo, ocs Palavra do Superior Geral...2 Missões...3 Oblatos Leigos...4 Assembléia anual...5 Juniorato...6 Vocacional... 7

2 OBLAÇÃO informativo da Congregaçao dos Oblatos de Cristo Sacerdote, Dezembro/ 2013 Palavra do Superior Geral O Apóstolo esclarece que os melhores carismas nada são sem a caridade, e esta caridade é o caminho mais excelente que leva com segurança a Deus. (Sta. Teresinha) C aríssimos Irmãos na consagração evangélica, envio-vos esta mensagem com muita alegria e cheio de esperança, recordando a Exortação do Papa Francisco, que nos convida a nos alegrarmos pela boa notícia do Evangelho e a renovarmos nosso compromisso na vivência e anúncio do Evangelho. Em primeiro lugar, rendemos graças a Deus pela Ordenação Diaconal do Ir. Paulo Sérgio Mota, OCS, no dia 01 de dezembro, em nossa Casa Geral, presidida por nosso arcebispo, D. Raymundo Damasceno Cardeal Assis. Alegramo-nos com este nosso irmão que se coloca a serviço da mãe Igreja como um ministro ordenado. Agradecemos a Deus também por nossa assembléia anual, realizada nos dias 02, 03 e 04 de dezembro. A convite do Pe. Sérgio Henrique e Ir. Miguel Damasceno, articuladores da formação permanente, tivemos a assessoria do Pe. Pedro Cunha que refletiu conosco sobre a importância do cuidado uns com os outros, expresso na vida comunitária. No dia 08 de dezembro, nossos irmãos ordenados em 1993 e em 1998 completaram 20 e 15 anos de sacerdócio. Com grande alegria Celebramos todos juntos no dia 05, quinta-feira, na Casa Geral. Eis os aniversariantes: ordenados em 1993: Pe. Adão Albino Caetano, OCS, Pe. Ernestino Mendes Bueno, OCS, Pe. Geraldo Lélis de Andrade, OCS, Pe. José Roberto Rosa, OCS, Pe. Luís Carlos de Freitas, OCS e Pe. Paulo César da Costa, OCS. Ordenados em 1998 são: Pe. Benedicto Ortiz, OCS, Pe. José Maria da Silva, OCS, Pe. Nivaldo César de Souza, OCS e Pe. Sandrosvaldo Gonçalves, OCS; Os padres José Ignácio Sonsini e Bartolomeu de Oliveira, que não estão mais entre nós, também celebram seus aniversários de ordenação nesse dia. Nesta mesma ocasião abrimos oficialmente o Ano Capitular. Pedimos a todos que rezem por este importante acontecimento de nossa família religiosa, para que este seja um momento de revigorarmos nosso ideal de segmento a Cristo Sacerdote. Que as bênçãos de Deus desçam copiosas sobre todos os Oblatos e suas comunidades. Despeço-me, pedindo orações por nossa família religiosa, especialmente por nosso ano capitular. Em Cristo Sacerdote, Pe. Carlos Mariano, ocs Superior Geral Oração Pela Congregação dos Oblatos de Cristo Sacerdote Cristo Sacerdote, nós vos agradecemos, porque destes ao Pe. Januário Baleeiro, a inspiração, a graça e a missão de enriquecer a Igreja com uma Congregação destinada a viver o vosso amor e a vossa oblação, a serviço dos vossos Sacerdotes e Bispos. Concedei-nos viver em crescente amor fraterno, reconhecendo a vossa Face um no outro e, principalmente, em nossos Sacerdotes, abatidos pela doença ou idade avançada. Que cada um de nós seja servidor da comunhão, numa comunidade fraterna. Tornai-nos sempre mais atentos e generosos em procurar a vontade do Pai. Reavivai em nós o espírito da fundação, vivendo com entusiasmo os nossos carismas. Possa cada um de nós ser sempre disponível, na obediência alegre, anunciando a vossa misericórdia e sendo um verdadeiro Cireneu dos vossos Sacerdotes. Amém. 2

3 OBLAÇÃO informativo da Congregaçao dos Oblatos de Cristo Sacerdote, Dezembro/ 2013 Missão 3 missão é uma grande partilha da fé, por isso gostaria de partilhar um pouco de nossos trabalhos missionários, uma vez que a missão compete a todos os cristãos, a todas as dioceses e paróquias, instituições e associações eclesiais (RM. 2). ADesde o ano de 2011, nossa família religiosa vem discutindo em Assembléia a necessidade de assumirmos a dimensão missionária de nossa congregação de um modo mais intenso e carismático. As missões que vínhamos realizando eram esporádicas e tinham como foco primeiro a divulgação e espiritualidade da Sagrada Face. Em 2012, após quase um ano de contato e discernimento, realizamos a missão oblaciana no distrito de Primavera, SP, na diocese de Presidente Prudente. Estivemos na Paróquia Nossa Senhora Aparecida, do dia de 21 de setembro a 3 de outubro de 2012 atendendo a um convite do Pároco Padre Everton Aparecido da Silva. Esta missão tinha como prioridade os assentamentos dos sem terra da paróquia. Visitamos praticamente todas as famílias da zona rural, cada dia visitando um assentamento, abençoando, celebrando e nos fortalecendo através da história daquele povo, povo de Deus. Neste ano de 2013 assumimos três experiências missionárias, cada uma com sua particularidade. A primeira foi realizada entre os dias 21 a 28 de abril na Paróquia Santo Antônio, em Santo Antônio do Pinhal, SP, diocese de Taubaté a pedido do pároco Pe. Edson Carlos Alves Rodrigues. Esta missão teve início com os encontros formativos onde os leigos da paróquia, formada por cerca de 26 comunidades, a maioria rural, puderam partilhar suas realidades, se aprofundar na missiologia da Igreja e avançar para que as dificuldades encontradas pudessem ser superadas. Além destes momentos formativos e celebrativos, nossa missão foi marcada pela convivência entre os padres e religiosos oblatos com as irmãs de quatro congregações religiosas femininas, além da presença indispensável dos leigos. Hoje não conseguiríamos realizar nenhum trabalho missionário sem a presença de nossos irmãos e irmãs leigos. No mês de julho, através do convite do Pe. Sebastião César Moreira, ocs, nosso trabalho missionário aconteceu na Paróquia São Cristóvão em Pindamonhangaba, SP, diocese de Taubaté, de 21 a 28. Paróquia na qual nossa família religiosa atua há 15 anos. Nossos encontros formativos tiveram início no dia 08 de maio, onde junto às lideranças da paróquia, fomos a cada encontro nos aprofundando na missão da Igreja, missão de todos nós, partilhando as dificuldades e esperanças de cada comunidade. Como nas outras missões, os leigos, através de levantamentos de números de casas, ruas, igrejas não católicas, escolas e postos de saúde, comércio, pessoas enfermas e outros fatores importantes, tem contribuído muito para que a missão pudesse chegar a todos. Nossa última missão deste ano aconteceu em terras mineiras, nas cidades de Conselheiro Lafaiete e Congonhas, MG. Há vários anos nós Oblatos visitamos Conselheiro Lafaiete para o encerramento da Novena da Sagrada Face, neste ano realizamos um trabalho missionário do dia 21 ao dia 24 de setembro. Visitamos várias paróquias e comunidades, participamos de um programa de rádio, rezamos o Terço da Sagrada Face com os devotos e celebramos a Santa Missa. Contamos com as orações de todos, para que o Espírito missionário, que impulsionava Jesus, possa nos impulsionar no desejo ardente, de cada vez mais conhecer e amar Jesus Cristo, nos colocando assim disponíveis a estar onde Ele nos chama e envia. Verdadeiramente o Espírito Santo é o protagonista de toda a missão eclesial. (RM. 21). Quero através do coração sacerdotal de Jesus, agradecer a todos que se colocaram disponíveis para que estas missões pudessem acontecer: aos padres que nos confiaram estes trabalhos em suas paróquias, a todos meus irmãos oblatos, as religiosas, oblatos leigos e todo povo de Deus, que juntos pudemos partilhar a fé, o alimento, a oração, a vida; a missão renova a Igreja, revigora a sua fé e identidade, dá-lhe novo entusiasmo e novas motivações. É dando a fé que ela se fortalece! (RM. 2). Pe. Durvano Ap. Dourado Porto, OCS Animador missionário

4 OBLAÇÃO informativo da Congregaçao dos Oblatos de Cristo Sacerdote, Dezembro/ 2013 Oblatos Leigos Queridos irmãos e irmãs, Graça e paz a vós da Nossa Senhora das Vitórias, Ano da fé, Retiro Espiritual parte de Deus, nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo e Emissão das Promessas dos Oblatos Leigos durante a (Ef 1.2) Santa Missa das 18:00 hs no dia 10 de novembro. Cada encontro tem nos impulsionado a s encontros dos Oblatos Leigos de avançarmos para águas mais profundas na vida Cristo Sacerdote (OLCS) de 2013 oblaciana laical. Ocontaram com a participação de, na No dia 08 de dezembro de 2013, na Missa das média, de 25 pessoas. A maioria do grupo era formada 10h, os Oblatos Leigos que realizam os encontros no p o r p e s s o a s d a s c i d a d e s d e R o s e i r a e Mosteiro da Sagrada Face, emitiram e renovaram as Pindamonhangaba, além de outros irmãos vindos das Promessas Oblacianas. cidades de São José dos Campos, Cachoeira Paulista, Nosso convívio e formação têm a coordenação Aparecida, Pedreira e Santos, SP. do Pe. Durvano, OCS, assistido pelos irmãos Anderson, Bráulio e Alexandre, na Casa Geral de Neste o ano de 2013 foram realizados vários Roseira. Além destes, contamos com a presença de encontros no Mosteiro da Sagrada Face e o retiro outros membros da Congregação, vindos de outras espiritual, muito enriquecedor. Além da espiritualidade casas. e carisma da congregação foram trabalhados em Convidamos você a Roseira os seguintes temas: participar do próximo ciclo de - Retiro de Carnaval e Ato de Desagravo à Sagrada formação para os Oblatos Face, Estudos Bíblicos, litúrgicos, Batismo, Eucaristia, Leigos de Cristo Sacerdote, Cristo Sacerdote, Assunção de Nossa Senhora, Ano da que terá início na terça-feira Fé, vida do Pe. Baleeiro. de Carnaval, 04 de março de Na paróquia São José Operário, em Santos/ SP 2014, das 8h às 16h. foram realizados os seguintes encontros: - Conhecimento geral dos Oblatos Leigos: Carisma e Espiritualidade, Estatuto dos OLCS, Cristo Sacerdote, Joaquim F. Gonçalves Secretário dos OLCS Aniversariantes do da Congregação dos Oblatos de Cristo Sacerdote 4 D E Z E M B R O NATALÍCIO ORDENAÇÃO PRESBITERAL 17- Ir. Miguel Damasceno Figueiredo 03- Pe. Durvano A. Porto Dourado 23- Ir. Alexandre Francisco da Costa Pe. Ervane Benedito de Souza 30- Pe. Durvano A. Dourado Porto Pe. Rafael Ângelo de Carvalho Pe. Pedro Rosa Vicentini Filho Profissão Perpétua 08- Pe. Carlos Mariano 08- Pe. Afonso Magela Machado Pe. Geraldo de Almeida Sampaio PRIMEIROS VOTOS Pe. Sebastião Carneiro 08- Ir. Jerônimo Gonçalves Santos Pe. Adão Albino Caetano 12- Pe. Carlos Mariano Pe. Geraldo Lelis de Andrade 25- Ir. Joaquim Caetano Pe. Ernestino Mendes Bueno Pe. Luiz Carlos Freitas ORDENAÇÃO DIACONAL Pe. Sandrosvaldo Gonçalves 02- Pe. Onofre Caetano Pe. Nivaldo César de Sousa 27- Pe. Benedito Ortiz Pe. José Maria da Silva 29- Pe. Nivaldo César de Souza Pe. Paulo César da Costa Pe. José Roberto Rosa 12. Pe. Onofre Caetano, Pe. José Nicomedes Rosa, Pe. Carlos Mariano. Pe. Sebastião César Moreira 13- Pe. Agentil Eugênio da Silva, Pe. Diogo Gouveia da Silva

5 OBLAÇÃO informativo da Congregaçao dos Oblatos de Cristo Sacerdote,- Dezembro/ Assembleia anual Olá, caro leitor, que tem em mãos o identidade do consagrado. O que é um Quem está fincado no Ser, não Jornal Oblação, que a Paz esteja religioso? O religioso consagrado é se sente inseguro! Querer cuidar e ser contigo! alguém que está convencido que cuidado com alegria acontecerá Esta página tem por objetivo recebeu um chamado especial de quando o cuidador emergir do refletir sobre temas importantes para vida Deus, que descobriu um carisma (um profundo de cada um, do encontro com oblaciana e nesta edição, apresento um dom) para servir e que deseja conviver Cristo. Sempre teremos feridas, nossas resumo da meditação dirigida pelo Pe. com outros irmãos para realizar juntos e alheias, mas se a força vem do Pedro Cunha, da diocese de Lorena, aos a missão. Torna-se assim parte de um profundo nada nos impedirá, porque Oblatos que se reuniram na 6ª corpo, lugar onde a ferida de um irmão não vivemos a partir delas, mas apesar Assembleia anual, realizada em Roseira dói no outro, a dor do outro deve doer delas. Conhece-se a firmeza de 02 a 04 de dezembro passado. em mim, e cuidar das feridas seja de uma planta na tempestade: se tem Guiado pelo tema Fraternidade: empenho de todos. Se isso não raízes profundas poderá ter sua copa cuidar uns dos outros, Pe. Pedro Cunha acontece, o corpo está desligado e arrancada, mas sobreviverá; se as falou-nos durante a manhã da segunda- morre. raízes não são profundas, será feira, sobre o cuidar na vida de um No entanto, muitos não arrancada por inteiro e lançada longe! Oblato de Cristo Sacerdote. encontram alegria em cuidar, pelo Por isso, a oração é indispensável. É Para ele, o cuidar está no contrário, vêem como um peso cuidar necessário estar frequentemente com coração da Congregação dos Oblatos, e de si e de outros. Por que? Podemos Aquele que está no Eu profundo. É não é apenas a missão com os padres e dizer que quando uma decisão não preciso garantir uma oração profunda e bispos, mas a identidade de cada um, ou parte do Eu profundo, da instância pessoal cotidianamente! Ou entro em seja, o Oblato é um cuidador e não mais interior da pessoa, não se comunhão com Deus ou não chego ao poderia ser outra coisa. Não fomos feitos sustenta por muito tempo. Quando Ser (Eu profundo). Esta é uma via para nós mesmos, mas para algo, para um decidimos apenas pela razão (eu espiritual, não humana! Tem ideal e o Ideal do Oblato é ser cuidador! cerebral) ou pelos sentimentos desdobramentos humanos sim, mas é Cuidar é algo humano, está em (sensibilidade), influenciados pelos espiritual. E o caminho do Eu nossa natureza. Mas, então, porque é tão outros ou pelo ambiente não cerebral ao Eu profundo não é reto, difícil cuidar? conseguimos perseverar. Podemos mas um labirinto, que passa pelo país A Vida Religiosa Consagrada cuidar do outro a partir de qualquer de dos sentimentos, pela influência dos vem sofrendo muito desde a última nossas dimensões: do Eu cerebral : outros e do ambiente. Um caminho década, e um dos motivos desse eu decidi racionalmente que, como difícil! sofrimento é porque certo número de O b l a t o, d e v o c u i d a r ; d a O sonho de uma congregação é religiosos resolveu colocar o dedo na sensibilidade : porque me faz bem que muitos, quem dera todos, ferida do isolamento, do individualismo cuidar, porque gosto; do corpo : chegassem ao Eu profundo e, a partir dentro das comunidades, desejando viver porque me satisfaz afetivamente; dos dele, vivessem. A verdade é que nunca uma vida fraterna mais autêntica. Às outros ou do ambiente : para ser seremos perfeitos, não somos deuses! vezes, olhamos para a vida comunitária e reconhecido socialmente, para que os Mas é preciso haver referências, é como se todos tivéssemos feridas outros vejam que cuido. Tudo isso não mártires. Pessoas que chegaram ao Eu encobertas sob as roupas. A certa se sustenta por si só! Posso cuidar a profundo, ao encontro com Deus, e distância, cada um na sua, tudo é um vida inteira e será um sofrimento para por isso, irradiam luz! São iluminadas. paraíso, mas quando nos tocamos mim! Só permitindo que, do Eu Podem ser incompreendidas, acusadas, sentimos dor e por isso ficamos profundo emerja a decisão de cuidar julgadas, mas assim dão a vida e agressivos uns com os outros. A verdade é é que serei eu mesmo: Cuido do outro irradiam luz que ajudam outros a que temos feridas e que provocamos porque isso sou eu, não posso ser encontrar o caminho. A Congregação feridas. Resta-nos escolher entre o diferente, não posso não cuidar, senão precisa ter referências, pessoas que isolamento e a fraternidade. Esta, exige não serei eu mesmo. Isso trará a mergulharam em Deus e se tornam expor as feridas para que sejam vistas e realização! Em outras palavras, terei guias para os outros. E deve ter muitos! curadas. Sobre isso, recomendou-nos a sempre a consciência de que essa O que é cuidar do outro senão ajudá-lo leitura do livro de sua autoria: Escritos força para cuidar, e ser feliz cuidando, a encontrar o caminho do Eu de um andarilho. não vem de mim, mas d'aquele que profundo, a encontrar-se com Deus? Segundo ele, dentre tantas está no mais profundo de mim. Se Agradecemos ao Pe. Pedro feridas, a mais difícil de ser curada é a vivo assim, não preciso de elogios, Cunha por palavras tão especiais, pelo ferida de não-existência, aquela recompensas, de poder, de nada. Serei presente que nos deu estando entre nós formada por falta de amor, afeto, de apenas eu! e pedimos a Deus que o atenção e de espaço desde tenra idade. Mas, como chegar a isso? abençoe e ilumine em Ela é como um buraco sem fundo, onde Precisamos desenvolver uma s e u s i n ú m e r o s tudo o que se põe é perdido. É preciso espiritualidade consistente. Muitas trabalhos. Gratidão e muito amor gratuito (pois não se pode vezes nossa oração é superficial e bênção dos Oblatos de esperar nada em troca) e perseverante nosso relacionamento com Cristo Cristo Sacerdote! (muito tempo) para curá-la. A vida comunitária deve ser o lugar ideal para tal cura e, por ela, passa a também: na maioria das vezes cerebral, às vezes feito de sentimentos, raramente profundo. Pe. Samuel J. de Carvalho, ocs Mestre de Noviços

6 OBLAÇÃO informativo da Congregaçao dos Oblatos de Cristo Sacerdote, Dezembro/ 2013 Juniorato 6 A Congregação dos Oblatos de Cristo que nos cedeu sua chácara em Pindamonhangaba, para Sacerdote, conta atualmente com cinco junioristas, dos a realização do quarto e último encontro. quais quatro residem no Mosteiro Sagrada Face, em Roseira e um na Casa de Retiro Nossa Senhora das Os quatro encontros tiveram como eixo central a vida religiosa vista a partir dos documentos do Vitórias, em Vargem Grande Paulista. São eles: Ir. Vaticano II. Tivemos momentos de estudo, Aparecido Nunes dos Santos, natural de Bom Jesus da espiritualidade, partilha e confraternização, Lapa-BA; Ir Anderson Mina, natural do Potim-SP; Ir. fortalecendo assim nosso convívio fraterno. O Código Bráulio Nonato da Silva, natural de São João Del Rei- Direito Canônico, no Cân. 602 diz que A vida MG; Ir Roberto Mariano, natural de Silveiras-SP e Ir. fraterna, própria de cada instituto, pela qual todos os Lucas Calbi da Costa, natural de Taguatinga-DF. membros se unem como numa família especial em Cristo, seja definida de tal modo, que se torne para Os junioristas são Irmãos de Votos todos auxílio mútuo para a vivência da própria Temporários, que professam os votos de Castidade, vocação. Pela comunhão fraterna, porém, radicada e Pobreza e Obediência e os renovam a cada ano pelo fundamentada na caridade, os membros sirvam de período mínimo de três anos e exemplo da reconciliação no máximo de seis anos, universal em Cristo. A vida passando a ser, após a Primeira religiosa é pautada pela vida Profissão, membros jurídicos de comunidade, como da Congregação, vivenciando Irmãos vivendo numa sua espiritualidade e seu família. carisma. Esta é a ultima etapa S e n d o a s s i m, a da formação inicial. No gratidão e o afeto ao entanto, de um ponto de vista Reverendíssimo Superior e x i s t e n c i a l, t o d o s o s Geral Pe Carlos Mariano, R e l i g i o s o s, m e s m o o s OCS e ao seu Conselho que P e r p é t u o s, d e v e m t e r designou o Pe Moreira, formação permanente, pois a OCS para acompanhar os formação humana é sempre Junioristas. Se é visado o um processo de crescimento. crescimento dessa Família N e s s a e t a p a d a Religiosa, nada mais Formação Inicial, contamos importante que preparar e com o acompanhamento do Pe Sebastião Moreira, OCS formar bem os seus membros para que a Igreja seja P á r o c o d a P a r ó q u i a S ã o C r i s t ó v ã o e m servida com qualidade e a Congregação seja fermento Pindamonhangaba, que ao longo deste ano de 2013 se no meio do povo, Sal e Luz, cumprindo sempre seu dedicou à nossa Formação, não obstante as atividades carisma e disponibilizando os seus talentos para servir paroquiais de uma Paróquia que abrange grande o Reino de Deus na pessoa dos Senhores Bispos e território. Nosso formador foi preciso e eficiente em Sacerdotes Seculares, como é o princípio fundador seus trabalhos junto aos Irmãos Junioristas. dessa Família religiosa. Padre Sebastião Moreira, OCS, mais conhecido Ao Pe. Moreira, OCS a imensa gratidão, entre os Irmãos por Pe Moreira, desenvolveu durante os particularmente dos Junioristas, sempre pedindo que a quatro encontros deste ano, uma reflexão sobre o Virgem das Vitórias o cubra sempre com seu manto Concílio Vaticano II, que englobam a Vida Religiosa, e maternal e interceda a Cristo Sumo e Eterno Sacerdote as várias dimensões eclesiais, confrontando com a para o fortalecimento em seu ministério e em sua realidade prática do dia-a-dia. vocação. Com grande prontidão contamos com o auxílio Que a Face de Cristo do Mosteiro Sagrada Face, onde aconteceu o primeiro Sacerdote Resplandeça e encontro; da Casa de Noviciado São José, em Barretos, Permanece sempre com todos onde aconteceu o segundo encontro; da Paróquia São vocês! José em Santos, terceiro; de nossa amiga Hilda Paim, Ir. Bráulio Nonato da Silva, OCS

7 Aescolha vocacional é algo de grande importância na vida de cada um de nós, pois dela depende, em grande parte, a nossa felicidade. Mas, o que se entende por vocação? VOCAÇÃO, em sentido geral, é a aptidão ou inclinação de uma pessoa para determinado ofício ou profissão. Em sentido mais específico, na Igreja, é o chamado, o apelo que Deus faz a cada pessoa para cumprir uma função ou serviço ou missão no mundo. A palavra vem do latim VOCATIO que significa chamado, chamamento. Muitas pessoas acreditam que somente os padres, religiosos e religiosas possuem vocação, mas isso não é verdade. Todo ser humano é chamado por Deus. Em primeiro lugar, somos chamados à existência, à vida como seres humanos, a sermos pessoa, a viver de forma significativa neste mundo: é a vocação humana. Deus nos amou e nos quis participantes de seu projeto de criação como coordenadores responsáveis por tudo o que existe. Fomos todos criados à imagem e semelhança de Deus. Pelo batismo, somos chamados á santidade, a sermos filhos de Deus. Quem recebeu o Batismo foi chamado, vocacionado por Deus a fazer parte de seu povo eleito, de sua Igreja. Somos assim, eleitos e chamados pessoalmente por Cristo para ser, como cristãos, testemunhas e seguidores do Mestre Jesus: é a vocação Cristã. OBLAÇÃO informativo da Congregaçao dos Oblatos de Cristo Sacerdote, Dezembro/ 2013 O que é vocação? Vocacional Há ainda um chamado feito particularmente a cada pessoa. A este chamado denominamos Vocação Específica. A Vocação Específica é como vou responder a este chamado universal (a Vida e a Santidade). Podemos responder à Vocação humana e Cristã de diversas formas: como Leigos (solteiros ou casados); como Ministros Ordenados (diáconos, padres, bispos); como religiosos consagrados (irmão/ irmã) Como Deus nos chama? Ele c h a m a i n t e r i o r m e n t e, pessoalmente. Chama através dos acontecimentos de nossa história e do mundo que clama por libertação. Deus chama nos irmãos e irmãs sofredores, excluídos e não amados. Ele chama através do testemunho de vida de muitos que se doam à causa do Reino de Deus: Leigos, Pais de Família, Religiosos, Padres, Diáconos, Bispos. Para sabermos qual a nossa vocação específica, precisamos conhecer a nós mesmos. É refletindo sobre nossos gostos, valores e aptidões que descobriremos qual a nossa vocação. Somente quem se conhece pode responder com autenticidade ao chamado que Deus lhe faz. Ir. Alexandre Francisco da Costa, ocs animador vocacional Oração Vocacional Ó meu Jesus Cristo Sacerdote, por vosso infinito amor concedei-nos a imensa graça de enviar-nos Sacerdotes e Religiosos santos e perseverantes, que sejam ostensórios vivos de vossa Divina Face, em cuja luz as almas sejam iluminadas e fortificadas na fé, na esperança e no amor. Amém. ( Pe. Januário Baleeiro, OCS). 7

8 OBLAÇÃO informativo da Congregaçao dos Oblatos de Cristo Sacerdote, Dezembro/ 2013 Casas de encontros e retiros Casa Pe. Januário Baleiro (Roseira/SP) 8 Estrada dos Oblatos, km 01 Roseira/ SP Mosteiro da Sagrada Face Tel: (12) / (Tim) (Vivo) Casa Nossa Senhora das Vitórias (Vargem Grande Paulista/ SP) Rua São Paulo, 117, bairro Remanso Vargem Grande Paulista, SP - CEP: A 2 km da rodovia Raposo Tavares, no km 48 da rodovia Bunjiro Nakao, Tel: (11) CONGREGAÇÃO DOS OBLATOS DE CRISTO SACERDOTE Estrada dos Oblatos, km 01 CEP: Roseira/ SP Tel: (12)

Informativo da Congregação Pobres Servos da Divina Providência Delegação Nossa Senhora Aparecida. Permanece conosco

Informativo da Congregação Pobres Servos da Divina Providência Delegação Nossa Senhora Aparecida. Permanece conosco Notícias de Família Informativo da Congregação Pobres Servos da Divina Providência Delegação Nossa Senhora Aparecida 06 JUNHO 2014 Permanece conosco Vivemos dias de graça, verdadeiro Kairós com a Celebração

Leia mais

SUGESTÃO PARA A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA PAROQUIAL ORAÇÃO INICIAL

SUGESTÃO PARA A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA PAROQUIAL ORAÇÃO INICIAL SUGESTÃO PARA A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA PAROQUIAL ORAÇÃO INICIAL 1 Ivocação ao Espirito Santo (oração ou canto) 2- Súplica inicial. (Em 2 coros: H- homens; M- mulheres) H - Procuramos para a Igreja/ cristãos

Leia mais

OBLATOS ORIONITAS. linhas de vida espiritual e apostólica

OBLATOS ORIONITAS. linhas de vida espiritual e apostólica OBLATOS ORIONITAS linhas de vida espiritual e apostólica Motivos inspiradores da oblação orionita laical O "carisma" que o Senhor concede a um fundador, é um dom para o bem de toda a Igreja. O carisma

Leia mais

Congregação dos Missionários de São Francisco de Sales

Congregação dos Missionários de São Francisco de Sales Congregação dos Missionários de São Francisco de Sales Província do Brasil Pe. Tomson Michael Aerathedathu (Provincial) Casa da formação São Francisco de Sales Rua João Antônio Prosdócimo, 364 Uberaba

Leia mais

No Dia do Juízo, quando o Filho do Homem, na Sua glória, vier nos julgar, escreve o evangelista Mateus, Ele nos questionará sobre

No Dia do Juízo, quando o Filho do Homem, na Sua glória, vier nos julgar, escreve o evangelista Mateus, Ele nos questionará sobre Caridade e partilha Vivemos em nossa arquidiocese o Ano da Caridade. Neste tempo, dentro daquilo que programou o Plano de Pastoral, somos chamados a nos organizar melhor em nossos trabalhos de caridade

Leia mais

REQUERIMENTO. Ao Excelentíssimo e Reverendíssimo Senhor Dom OSVINO JOSÉ BOTH Arcebispo Militar do Brasil

REQUERIMENTO. Ao Excelentíssimo e Reverendíssimo Senhor Dom OSVINO JOSÉ BOTH Arcebispo Militar do Brasil REQUERIMENTO Ao Excelentíssimo e Reverendíssimo Senhor Dom OSVINO JOSÉ BOTH Arcebispo Militar do Brasil Documento elaborado de próprio punho. Eu, inscrito no CPF sob o nº e no RG nº aluno da Escola Diaconal

Leia mais

COMUNIDADE DE COMUNIDADES: UMA NOVA PARÓQUIA. Estudo 104 CNBB

COMUNIDADE DE COMUNIDADES: UMA NOVA PARÓQUIA. Estudo 104 CNBB COMUNIDADE DE COMUNIDADES: UMA NOVA PARÓQUIA Estudo 104 CNBB ASPECTOS GERAIS DO DOCUMENTO PERSPECTIVAS PASTORAIS TEXTOS BASES DESAFIOS FUNÇÕES DA PARÓQUIA PERSPECTIVA TEOLÓGICA MÍSTICA DO DOCUMENTO PERSPECTIVA

Leia mais

Repasse da 76a. Assembléia da CNBB Sul I Aparecida de 10 a 12/06/2013

Repasse da 76a. Assembléia da CNBB Sul I Aparecida de 10 a 12/06/2013 Repasse da 76a. Assembléia da CNBB Sul I Aparecida de 10 a 12/06/2013 1. Finalidade do Ano da Fé; 2. O que é a Fé; 3. A transmissão da Fé enquanto professada, celebrada, vivida e rezada; 4. O conteúdo

Leia mais

NOVENA DE NATAL 2015. O Natal e a nossa realidade. A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel.

NOVENA DE NATAL 2015. O Natal e a nossa realidade. A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel. NOVENA DE NATAL 2015 O Natal e a nossa realidade A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel. (Is 7,14) APRESENTAÇÃO O Natal se aproxima. Enquanto renovamos a esperança de

Leia mais

A Regra daterceira Ordem da Sociedade de São Francisco iii) Ordem para Admissões e Renovações I. O CONVITE

A Regra daterceira Ordem da Sociedade de São Francisco iii) Ordem para Admissões e Renovações I. O CONVITE A Regra daterceira Ordem da Sociedade de São Francisco iii) Ordem para Admissões e Renovações como ordenado pelo Capítulo Interprovincial da Terceira Ordem na Revisão Constitucional de 1993, e subseqüentemente

Leia mais

JANEIRO Escola para formadores

JANEIRO Escola para formadores JANEIRO Escola para formadores De 02 a 28, as Irmãs da casa de formação, tiveram a oportunidade de participar da escola para formadores. A mesma é promovida pela Associação Transcender, com sede em São

Leia mais

A GEMINAÇÃO 20/10/2013

A GEMINAÇÃO 20/10/2013 A GEMINAÇÃO 20/10/2013 CENTRO DE SANTA BAKHITA BAIRRO KALOSSOMBEKWA BENGUELA ANGOLA REVERENDO E ESTIMADO PE. RÚBENS! Diante dos povos, manifestou Deus a salvação Sl 97 A Providência de Deus, que concorre

Leia mais

A grande refeição é aquela que fazemos em torno da Mesa da Eucaristia.

A grande refeição é aquela que fazemos em torno da Mesa da Eucaristia. EUCARISTIA GESTO DO AMOR DE DEUS Fazer memória é recordar fatos passados que animam o tempo presente em rumo a um futuro melhor. O povo de Deus sempre procurou recordar os grandes fatos do passado para

Leia mais

20ª Hora Santa Missionária

20ª Hora Santa Missionária 20ª Hora Santa Missionária Tema: Missão é Servir Lema: Quem quiser ser o primeiro seja servo de todos Preparação do ambiente: cartaz do Mês missionário, Bíblia e fitas nas cores dos continentes, cruz e

Leia mais

3º Congresso Vocacional do Brasil

3º Congresso Vocacional do Brasil III CONGRESSO VOCACIONAL DO BRASIL Tema: Discípulos missionários a serviço das vocações Lema: Indaiatuba, Itaici, 03 a 07 de setembro de 2010 3º Congresso Vocacional do Brasil Dom Leonardo Ulrich Steiner

Leia mais

Os Sacramentos estão presentes em cada fase da vida do Cristão

Os Sacramentos estão presentes em cada fase da vida do Cristão Os Sacramentos estão presentes em cada fase da vida do Cristão A vida litúrgica começa muito cedo. Os Sacramentos são conhecidos como encontros pessoais com Cristo. Também são vistos como sinais da salvação.

Leia mais

Plano Diocesano da Animação Bíblico-Catequética

Plano Diocesano da Animação Bíblico-Catequética Plano Diocesano da Animação Bíblico-Catequética 2 0 1 2-2 0 1 5 DIOCESE DE FREDERICO WESTPHALEN - RS Queridos irmãos e irmãs, Com imensa alegria, apresento-lhes o PLANO DIOCESANO DE ANIMAÇÃO BÍBLICO -

Leia mais

CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO

CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO SOBRE NÓS FAZEI BRILHAR O ESPLENDOR DE VOSSA FACE! 3 º DOMINGO DA PÁSCOA- ANO B 22 DE ABRIL DE 2012 ANIM: (Saudações espontâneas)

Leia mais

GRUPOS DE ORAÇÃO EM DEFESA DA FAMÍLIA PLANO DE AÇÃO MINISTÉRIO PARA AS FAMÍLIAS RCC SÃO PAULO 2015-2016

GRUPOS DE ORAÇÃO EM DEFESA DA FAMÍLIA PLANO DE AÇÃO MINISTÉRIO PARA AS FAMÍLIAS RCC SÃO PAULO 2015-2016 GRUPOS DE ORAÇÃO EM DEFESA DA FAMÍLIA PLANO DE AÇÃO MINISTÉRIO PARA AS FAMÍLIAS RCC SÃO PAULO 2015-2016 Plano de Ação do Ministério Para as Famílias RCC São Paulo (2015-2016) Grupos de Oração em Defesa

Leia mais

PARÓQUIA SÃO MATEUS CALENDÁRIO 2014

PARÓQUIA SÃO MATEUS CALENDÁRIO 2014 Dia Dia da JANEIRO COM MARIA CONSTRUIR A PAZ 31 MISSA NA SÃO MATEUS 20H 01 Quarta SOLENIDADE DA SANTA MÃE DE DEUS, MARIA/ MISSA NA CAPELA SANTO ANTONIO 10H 2 MISSA NA SÃO MATEUS 19H30 3 HORARIO NORMAL

Leia mais

Entrada da Palavra: Comentário da Palavra: Permaneçamos em pé para acolher o Livro Santo de Nossa Fé, a Palavra de Deus, cantando.

Entrada da Palavra: Comentário da Palavra: Permaneçamos em pé para acolher o Livro Santo de Nossa Fé, a Palavra de Deus, cantando. Celebração de Encerramento PREPARAR 1. Bíblia e velas para a Procissão de Entrada da Palavra 2. Sementes de girassóis para cada catequista depositar num prato com terra diante do altar durante a homilia

Leia mais

Instituição e Renovação de Ministérios Extraordinários na Diocese

Instituição e Renovação de Ministérios Extraordinários na Diocese Instituição e Renovação de Ministérios Extraordinários na Diocese 1. RITO DE INSTITUIÇÃO DOS MINISTROS(AS) DA COMUNHÃO Diácono: Queiram levantar-se os que receberão o mandato de Ministros Extraordinários

Leia mais

CRIANÇAS AJUDAM E EVANGELIZAM CRIANÇAS

CRIANÇAS AJUDAM E EVANGELIZAM CRIANÇAS CRIANÇAS AJUDAM E EVANGELIZAM CRIANÇAS Infância/Adolescencia MISSÃO MISSÃO. Palavra muito usada entre nós É encargo, incumbência Missão é todo apostolado da Igreja. Tudo o que a Igreja faz e qualquer campo.

Leia mais

1. Com o Dízimo, aprendemos a AGRADECER a Deus e ao próximo.

1. Com o Dízimo, aprendemos a AGRADECER a Deus e ao próximo. 1. Com o Dízimo, aprendemos a AGRADECER a Deus e ao próximo. Ao contribuir com o dízimo, saímos de nós mesmos e reconhecemos que pertencemos tanto à comunidade divina quanto à humana. Um deles, vendo-se

Leia mais

SEMANA DE FORMAÇÃO TEOLÓGICA PARÓQUIA SANTO ANTONIO Itapira SP

SEMANA DE FORMAÇÃO TEOLÓGICA PARÓQUIA SANTO ANTONIO Itapira SP SEMANA DE FORMAÇÃO TEOLÓGICA PARÓQUIA SANTO ANTONIO Itapira SP CREIO (N)A SANTA IGREJA CATÓLICA I CRER DE MODO ECLESIAL NO CONTEÚDO DA FÉ CRISTÃ. A PROFISSÃO DE FÉ DA IGREJA A FÉ BATISMAL A PROFISSÃO DE

Leia mais

TOMADA DE POSSE DO NOVO PÁROCO - CELEBRAÇÃO (cf. Cerimonial dos Bispos, nn. 1185-1198) DIOCESE DE CRUZEIRO DO SUL AC/AM

TOMADA DE POSSE DO NOVO PÁROCO - CELEBRAÇÃO (cf. Cerimonial dos Bispos, nn. 1185-1198) DIOCESE DE CRUZEIRO DO SUL AC/AM Página 1 TOMADA DE POSSE DO NOVO PÁROCO - CELEBRAÇÃO (cf. Cerimonial dos Bispos, nn. 1185-1198) DIOCESE DE CRUZEIRO DO SUL AC/AM 01. Canto de Entrada 02. Saudação inicial do celebrante presidente 03. Leitura

Leia mais

3º Congresso Vocacional do Brasil Contagem regressiva

3º Congresso Vocacional do Brasil Contagem regressiva III CONGRESSO VOCACIONAL DO BRASIL Tema: Discípulos missionários a serviço das vocações Lema: Indaiatuba, Itaici, 03 a 07 de setembro de 2010 3º Congresso Vocacional do Brasil Contagem regressiva Ângelo

Leia mais

Oração na Vida Diária

Oração na Vida Diária Oração na Vida Diária ocê é convidado a iniciar uma experiência de oração. Às vezes pensamos que o dia-a-dia com seus ruídos, suas preocupações e sua correria não é lugar apropriado para levantar nosso

Leia mais

Plano de Pastoral Vocacional com Comunidades de Imigrantes Brasileiros

Plano de Pastoral Vocacional com Comunidades de Imigrantes Brasileiros 1 Plano de Pastoral Vocacional com Comunidades de Imigrantes Brasileiros Fr. Darci DaSilva 2 Plano de Pastoral Vocacional com Comuniddes Brasileiras 1. Objetivos: Criar e manter vivo em nossas Comunidades

Leia mais

Sumário. Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9. Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15. Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33

Sumário. Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9. Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15. Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33 1 a Edição Editora Sumário Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9 Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15 Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33 Santos, Hugo Moreira, 1976-7 Motivos para fazer

Leia mais

Celebrar e viver o Concílio Vaticano II

Celebrar e viver o Concílio Vaticano II Celebrar e viver o Concílio Vaticano II Nota Pastoral da Conferência Episcopal Portuguesa Celebrar os 50 anos da abertura do Concílio no Ano da Fé 1. Na Carta apostólica A Porta da Fé, assim se exprime

Leia mais

PASCOM. A PASCOM agradece a todos que colaboraram com esta edição do INFORMATIVO DA PENHA nos mandando fotos,

PASCOM. A PASCOM agradece a todos que colaboraram com esta edição do INFORMATIVO DA PENHA nos mandando fotos, PASCOM A PASCOM agradece a todos que colaboraram com esta edição do INFORMATIVO DA PENHA nos mandando fotos, t e x t o s e i d é i a s p a r a a s matérias! Nossa Senhora da Penha, que sabe o nome de cada

Leia mais

Apresentação. (Solicitação do saudoso Santo Padre o Beato João Paulo II)

Apresentação. (Solicitação do saudoso Santo Padre o Beato João Paulo II) Apresentação A Renovação Carismática Católica do Estado do Piauí, movimento eclesial da Igreja Católica, tem por objetivo proporcionar às pessoas uma experiência concreta com Jesus Cristo, através do Batismo

Leia mais

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa.

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Encontro com a Palavra Agosto/2011 Mês de setembro, mês da Bíblia 1 encontro Nosso Deus se revela Leitura Bíblica: Gn. 12, 1-4 A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Boas

Leia mais

A iniciação cristã como pedagogia de vida comunitária

A iniciação cristã como pedagogia de vida comunitária A iniciação cristã como pedagogia de vida comunitária A evangelização nos dá a alegria do encontro com a Boa Nova da Ressurreição de Cristo. A maioria das pessoas procura angustiada a razão de sua vida

Leia mais

DIA DE ORAÇÃO PELA JMJ RIO2013

DIA DE ORAÇÃO PELA JMJ RIO2013 ROTEIRO PARA O DIA DE ORAÇÃO PELA JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE RIO2013 Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude - CNBB CANTO DE ENTRADA (Canto a escolha) (Este momento de oração pode ser associado

Leia mais

Vigília Jubilar. Vigília do dia 17 para 18. Abrir às 21 horas do dia 17/10 e encerrar às 6h da manhã do dia 18/10.

Vigília Jubilar. Vigília do dia 17 para 18. Abrir às 21 horas do dia 17/10 e encerrar às 6h da manhã do dia 18/10. Vigília Jubilar Vigília do dia 17 para 18. Abrir às 21 horas do dia 17/10 e encerrar às 6h da manhã do dia 18/10. Material: Uma Bíblia Vela da missão Velas para todas as pessoas ou pedir que cada pessoa

Leia mais

OS SACRAMENTOS. O que é um Sacramento?

OS SACRAMENTOS. O que é um Sacramento? OS SACRAMENTOS Os sacramentos da nova lei foram instituídos por Cristo e são sete, a saber: o Batismo, a Crisma ou Confirmação, a Eucaristia, a Penitência, a Unção dos Enfermos, a Ordem e o Matrimônio.

Leia mais

Bispo Sr. Dr. Gebhard Fürst. O ESPÍRITO É VIVIFICADOR Desenvolver a Igreja em muitos lugares

Bispo Sr. Dr. Gebhard Fürst. O ESPÍRITO É VIVIFICADOR Desenvolver a Igreja em muitos lugares Bispo Sr. Dr. Gebhard Fürst O ESPÍRITO É VIVIFICADOR Desenvolver a Igreja em muitos lugares Carta Pastoral dirigida às igrejas da diocese de Rotemburgo-Estugarda na Quaresma Pascal de 2015 Bispo Sr. Dr.

Leia mais

INFORMATIVO DIOCESANO 24 a 30 de novembro Ano 2014 n.º 57 www.diocesesjp.org.br / aed@diocesesjp.org.br

INFORMATIVO DIOCESANO 24 a 30 de novembro Ano 2014 n.º 57 www.diocesesjp.org.br / aed@diocesesjp.org.br ANO DA PAZ TERÁ INÍCIO NO DIA 30 A paz é fruto da justiça. É importante superarmos as diferenças sociais em nosso país, disse o arcebispo de Aparecida (SP) e presidente da Conferência Nacional dos Bispos

Leia mais

Congregação dos Sagrados Estigmas de Nosso Senhor Jesus Cristo A INTEGRAÇÃO DA PASTORAL VOCACIONAL COM A CATEQUESE

Congregação dos Sagrados Estigmas de Nosso Senhor Jesus Cristo A INTEGRAÇÃO DA PASTORAL VOCACIONAL COM A CATEQUESE Congregação dos Sagrados Estigmas de Nosso Senhor Jesus Cristo 1 o Curso por Correspondência às Equipes Vocacionais Paroquiais SEXTO TEMA: A INTEGRAÇÃO DA PASTORAL VOCACIONAL COM A CATEQUESE E A PASTORAL

Leia mais

ORIENTAÇÕES PRÁTICAS PARA AS EQUIPES DE INTERCESSÃO

ORIENTAÇÕES PRÁTICAS PARA AS EQUIPES DE INTERCESSÃO ORIENTAÇÕES PRÁTICAS PARA AS EQUIPES DE INTERCESSÃO O Grupo de Oração é aberto para todos virem beber da água viva de Jesus, sendo inundados pelo Espírito Santo, onde louvam, cantam, e são alimentados

Leia mais

SETEMBRO Visita do governador do Estado - Ceará

SETEMBRO Visita do governador do Estado - Ceará SETEMBRO Visita do governador do Estado - Ceará No dia 04, ocorreu na Casa Cardeal Guarino, em Madalena um evento do governo do Estado do Ceará, o qual consistiu na entrega de uma cisterna de nº 500 mil,

Leia mais

Setembro/Outubro 2010

Setembro/Outubro 2010 Bimestral Irmãs Discípulas de Jesus Eucarístico Setembro/Outubro 2010 Caríssima Jovem, Rua Marquesa de Alorna, 160 Serra 30240-260 Belo Horizonte / MG (31) 3223-1623 vocacional@discipulasjesuseucaristico.com.br

Leia mais

CURSO PARA CAPACITAÇÃO DE LIDERANÇA E COORDENADORES DE GRUPOS JOVENS

CURSO PARA CAPACITAÇÃO DE LIDERANÇA E COORDENADORES DE GRUPOS JOVENS CURSO PARA CAPACITAÇÃO DE LIDERANÇA E COORDENADORES DE GRUPOS JOVENS Apresentação A JUVENTUDE MERECE ATENÇÃO ESPECIAL A Igreja Católica no Brasil diz que é preciso: Evangelizar, a partir de Jesus Cristo,

Leia mais

SOLENE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA

SOLENE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA SOLENE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA Antes da Solene celebração, entregar a lembrança do centenário No Final terá um momento de envio onde cada pessoa reassumirá a missão. O sinal deste momento será a colocação

Leia mais

LEMA: EU VIM PARA SERVIR (Mc 10,45) TEMA: FRATERNIDADE: IGREJA E SOCIEDADE

LEMA: EU VIM PARA SERVIR (Mc 10,45) TEMA: FRATERNIDADE: IGREJA E SOCIEDADE LEMA: EU VIM PARA SERVIR (Mc 10,45) TEMA: FRATERNIDADE: IGREJA E SOCIEDADE Introdução A CF deste ano convida-nos a nos abrirmos para irmos ao encontro dos outros. A conversão a que somos chamados implica

Leia mais

Oração na Vida Diária

Oração na Vida Diária Oração na Vida Diária Caro jovem,, Que alegria saber que como você muitos jovens estão encontrando um caminho para a oração pessoal e diária. Continue animado com a busca de um relacionamento mais pessoal

Leia mais

Rezando com o Bem aventurado Gaspar Stanggassinger

Rezando com o Bem aventurado Gaspar Stanggassinger Rezando com o Bem aventurado Gaspar Stanggassinger Oração Inicial A Nosso Estatuto 014ª recorda-nos de que é preciso suscitar no meio dos fiéis vocações missionárias que continuem em toda parte a obra

Leia mais

CELEBRAÇÃO PARA O DIA DO CATEQUISTA 2014

CELEBRAÇÃO PARA O DIA DO CATEQUISTA 2014 CELEBRAÇÃO PARA O DIA DO CATEQUISTA 2014 NO CAMINHO DO DISCIPULADO MISSIONÁRIO, A EXPERIÊNCIA DO ENCONCONTRO: TU ÉS O MESSIAS, O FILHO DO DEUS VIVO INTRODUÇÃO Queridos/as Catequistas! Com nossos cumprimentos

Leia mais

CONGRESSO EUCARÍSTICO. 1º ponto: O padre e a Eucaristia 2º ponto: Congresso Eucarístico

CONGRESSO EUCARÍSTICO. 1º ponto: O padre e a Eucaristia 2º ponto: Congresso Eucarístico CONGRESSO EUCARÍSTICO 1º ponto: O padre e a Eucaristia 2º ponto: Congresso Eucarístico O PADRE E A EUCARISTIA Eucaristia e Missão Consequência significativa da tensão escatológica presente na Eucaristia

Leia mais

Diocese de Aveiro IGREJA DIOCESANA RENOVADA NA CARIDADE É ESPERANÇA NO MUNDO

Diocese de Aveiro IGREJA DIOCESANA RENOVADA NA CARIDADE É ESPERANÇA NO MUNDO Diocese de Aveiro IGREJA DIOCESANA RENOVADA NA CARIDADE É ESPERANÇA NO MUNDO Plano Diocesano de Pastoral para o quinquénio 2008-2013 A PALAVRA DO SR. BISPO PONTO DE PARTIDA 1. INICIAMOS UMA NOVA PERSPECTIVA

Leia mais

Irmão Amadeu Gomes Teixeira, diácono

Irmão Amadeu Gomes Teixeira, diácono Missa das Exéquias Irmão Amadeu Gomes Teixeira, diácono Colégio Missionário Sagrado Coração 23 de Agosto de 2014 Primeira Leitura: Job. 19, 1.23-27a Salmo: Sl 26 Segunda Leitura: Rom 14, 7-12 Evangelho:

Leia mais

Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vai ao Pai senão por mim

Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vai ao Pai senão por mim 5º DOMINGO DA PÁSCOA 18 de maio de 2014 Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vai ao Pai senão por mim Leituras: Atos 6, 1-7; Salmo 32 (33), 1-2,4-5.18-19; Primeira Carta de Pedro 2, 4-9; João

Leia mais

DIRETÓRIO DO DIACONADO PERMANENTE NA ARQUIDIOCESE DE FORTALEZA

DIRETÓRIO DO DIACONADO PERMANENTE NA ARQUIDIOCESE DE FORTALEZA DIRETÓRIO DO DIACONADO PERMANENTE NA ARQUIDIOCESE DE FORTALEZA 1 1. NATUREZA DO DIACONADO PERMANENTE 1.1. No contexto da ministerialidade da Igreja, e mais especificamente, no âmbito do ministério ordenado,

Leia mais

Explicação da Missa MISSA

Explicação da Missa MISSA Explicação da Missa Reunidos todos os catequizandos na Igreja, num primeiro momento mostram-se os objetos da missa, ensinam-se os gestos e explicam-se os ritos. Em seguida celebra-se a missa sem interrupção.

Leia mais

NOVENA A SÃO PEREGRINO: PROTETOR DOS DOENTES DE CÂNCER. Comentarista: Quem foi São Peregrino? São Peregrino, foi um frade da Ordem dos

NOVENA A SÃO PEREGRINO: PROTETOR DOS DOENTES DE CÂNCER. Comentarista: Quem foi São Peregrino? São Peregrino, foi um frade da Ordem dos NOVENA A SÃO PEREGRINO: PROTETOR DOS DOENTES DE CÂNCER Comentarista: Quem foi São Peregrino? São Peregrino, foi um frade da Ordem dos Servos de Maria e ficou conhecido como o protetor contra o câncer.

Leia mais

O RITUAL DE INICIAÇÃO CRISTÃ DE ADULTOS: UM INSTRUMENTO PARA A TRANSMISSÃO DA FÉ

O RITUAL DE INICIAÇÃO CRISTÃ DE ADULTOS: UM INSTRUMENTO PARA A TRANSMISSÃO DA FÉ O RITUAL DE INICIAÇÃO CRISTÃ DE ADULTOS: UM INSTRUMENTO PARA A TRANSMISSÃO DA FÉ Pe. Thiago Henrique Monteiro Muito adultos convertem-se a Cristo e à Igreja Católica. Por exemplo, neste ano, nas dioceses

Leia mais

Lembrança da Primeira Comunhão

Lembrança da Primeira Comunhão Lembrança da Primeira Comunhão Jesus, dai-nos sempre deste pão Meu nome:... Catequista:... Recebi a Primeira Comunhão em:... de... de... Local:... Pelas mãos do padre... 1 Lembrança da Primeira Comunhão

Leia mais

APOSTOLADO DA ORAÇÃO

APOSTOLADO DA ORAÇÃO APOSTOLADO DA ORAÇÃO INFORMATIVO APOSTOLADO DA ORAÇÃO ARQUIDIOCESE DE FLORIANÓPOLIS - SC Outubro: Mês Missionário A missão é feita: com os pés dos que partem... com os joelhos dos que rezam... e as mãos

Leia mais

Diz respeito ao que vamos realizar em Cristo, pelo poder do Espírito Santo para cumprir a nossa missão:

Diz respeito ao que vamos realizar em Cristo, pelo poder do Espírito Santo para cumprir a nossa missão: II) NOSSA VISÃO Diz respeito ao que vamos realizar em Cristo, pelo poder do Espírito Santo para cumprir a nossa missão: A) Adorar a Deus em espírito e verdade Queremos viver o propósito para o qual Deus

Leia mais

IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS

IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS I. Nas celebrações do Tempo Advento Deus omnipotente e misericordioso, que vos dá a graça de comemorar na fé a primeira vinda do seu Filho Unigénito e de esperar

Leia mais

Igreja "em saída" missionária

Igreja em saída missionária Mês das Missões O mês de outubro é, para a Igreja, o período no qual são intensificadas as iniciativas de animação e cooperação em prol das Missões em todo o mundo. O objetivo é sensibilizar, despertar

Leia mais

VISITA PASTORAL NA ARQUIDIOCESE DE MARIANA

VISITA PASTORAL NA ARQUIDIOCESE DE MARIANA VISITA PASTORAL NA ARQUIDIOCESE DE MARIANA A Vista Pastoral constitui-se em momento privilegiado de contato do Arcebispo com o povo santo de Deus, confiado aos seus cuidados de pastor, com a preciosa colaboração

Leia mais

PROVÍNCIA MARISTA DO BRASIL NORTE

PROVÍNCIA MARISTA DO BRASIL NORTE PROVÍNCIA MARISTA DO BRASIL NORTE Espiritualidade Apostólica Marista Ir. José Milson de Mélo Souza Ano de Deus Pai LADAINHA DE SÃO MARCELINO CHAMPAGNAT (Ir. José Milson) V. Senhor, tende piedade de nós.

Leia mais

Calendário Paroquial 2015 Paróquia Santa Rita de Cássia Carapicuíba-SP

Calendário Paroquial 2015 Paróquia Santa Rita de Cássia Carapicuíba-SP Calendário Paroquial 2015 Paróquia Santa Rita de Cássia Carapicuíba-SP Janeiro 01 Q Solenidade Santa Maria, Mãe de Deus 02 S 03 S 15h00 Reunião de Coordenação da Catequese 04 D Solenidade Epifania do Senhor

Leia mais

ESCOPO GERAL. - Resultado da 52ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) -Aparecida/SP30deabrila9de maio de 2014.

ESCOPO GERAL. - Resultado da 52ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) -Aparecida/SP30deabrila9de maio de 2014. ESCOPO GERAL - Resultado da 52ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) -Aparecida/SP30deabrila9de maio de 2014. - Composição: 1) Apresentação de Dom Leonardo Steiner. 2) Introdução.

Leia mais

Tema 5: Vocação - um novo relacionamento Você também é Marista?

Tema 5: Vocação - um novo relacionamento Você também é Marista? Tema 5: Vocação - um novo relacionamento Você também é Marista? VOCÊ TAMBÉM É MARISTA? Um novo jeito de ser Marista: Na emergência de um novo tempo para o carisma Marista INTRODUÇÃO O relacionamento entre

Leia mais

PARÓQUIA N. SRA. DA CONCEIÇÃO DE RIO BONITO AGENDA PAROQUIAL 2015 JANEIRO/15

PARÓQUIA N. SRA. DA CONCEIÇÃO DE RIO BONITO AGENDA PAROQUIAL 2015 JANEIRO/15 PARÓQUIA N. SRA. DA CONCEIÇÃO DE RIO BONITO AGENDA PAROQUIAL 2015 JANEIRO/15 03/01 Evangelização na Praça da Matriz I Escola de Missão Espírito Santo - a partir das 09 horas 04/01 Experiência Missionária

Leia mais

Funchal. 2 de Fevereiro de 2014

Funchal. 2 de Fevereiro de 2014 Funchal 2 de Fevereiro de 2014 Ex.mo e Rev.mo Senhor Bispo da Diocese do Funchal D. António José Cavaco Carrilho, Senhores Bispos Eméritos, Ex.mo Senhor Representante da República na Região Autónoma da

Leia mais

Igreja sempre missionária

Igreja sempre missionária Igreja sempre missionária O mês de outubro é dedicado às missões. Jesus disse ao enviar os apóstolos para anunciar o ano da graça: Eis que vos envio como cordeiros em meio a lobos vorazes (Mt. 10,16).

Leia mais

OS DESAFIOS DACOMUNICAÇÃO

OS DESAFIOS DACOMUNICAÇÃO OS DESAFIOS DACOMUNICAÇÃO A contribuição das mídias. Como parte constitutiva da atual ambiência comunicacional, elas tornam-se recursos e ambientes para o crescimento pessoal e social. Constituem-se no

Leia mais

Boletim do Sector de Animação Vocacional do Patriarcado de Lisboa. Série 2 nº 28 Maio de 2013 O DOM DA MATERNIDADE

Boletim do Sector de Animação Vocacional do Patriarcado de Lisboa. Série 2 nº 28 Maio de 2013 O DOM DA MATERNIDADE Sinal Boletim do Sector de Animação Vocacional do Patriarcado de Lisboa Série 2 nº 28 Maio de 2013 O DOM DA MATERNIDADE O mês de Maio tem entre nós uma conotação maternal evidente, uma vez que nele celebramos

Leia mais

CARTA DE PRINCÍPIOS, CRENÇAS E VALORES 1 ALIANÇA CRISTÃ EVANGÉLICA BRASILEIRA Aliança Evangélica. A unidade na fé a caminho da missão

CARTA DE PRINCÍPIOS, CRENÇAS E VALORES 1 ALIANÇA CRISTÃ EVANGÉLICA BRASILEIRA Aliança Evangélica. A unidade na fé a caminho da missão CARTA DE PRINCÍPIOS, CRENÇAS E VALORES 1 ALIANÇA CRISTÃ EVANGÉLICA BRASILEIRA Aliança Evangélica A unidade na fé a caminho da missão Nossa Visão Manifestar a unidade da igreja por meio do testemunho visível

Leia mais

Servidores da Caridade

Servidores da Caridade Homilia da Missa Crismal 2011 Servidores da Caridade António Marto Catedral de Leiria 21 de Abril de 2011 Cantarei eternamente a bondade do Senhor A liturgia da Missa Crismal encerra uma beleza espiritual

Leia mais

ESCOLA DE PASTORAL CATEQUÉTICA ESPAC

ESCOLA DE PASTORAL CATEQUÉTICA ESPAC ESCOLA DE PASTORAL CATEQUÉTICA ESPAC 1. ESPAC O QUE É? A ESPAC é uma Instituição da Arquidiocese de Fortaleza, criada em 1970, que oferece uma formação sistemática aos Agentes de Pastoral Catequética e

Leia mais

Elementos da Vida da Pequena Comunidade

Elementos da Vida da Pequena Comunidade Raquel Oliveira Matos - Brasil A Igreja, em sua natureza mais profunda, é comunhão. Nosso Deus, que é Comunidade de amor, nos pede entrarmos nessa sintonia com Ele e com os irmãos. É essa a identidade

Leia mais

CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA

CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA Congregação das Irmãs Missionárias de São Carlos B. Scalabrinianas Centro de Estudos Migratórios Cristo Rei-CEMCREI Rua Castro Alves, 344 90430-130 Porto Alegre-RS cemcrei@cpovo.net www.cemcrei.org.br

Leia mais

1. APRESENTAÇÃO. Queridos Jovens,

1. APRESENTAÇÃO. Queridos Jovens, 1. APRESENTAÇÃO Queridos Jovens, Com grande prazer apresento este projeto 300 anos de bênçãos: com a Mãe Aparecida, Juventude em Missão!. Ele é um passo de aprofundamento de um caminho que vem sendo percorrido

Leia mais

INFORMATIVO DA PARÓQUIA IMACULADA CONCEIÇÃO DE GETÚLIO VARGAS. 10 de julho de 2015 MENSAGEM PARA A LITURGIA DO 14º DOMINGO DO TEMPO COMUM:

INFORMATIVO DA PARÓQUIA IMACULADA CONCEIÇÃO DE GETÚLIO VARGAS. 10 de julho de 2015 MENSAGEM PARA A LITURGIA DO 14º DOMINGO DO TEMPO COMUM: INFORMATIVO DA PARÓQUIA IMACULADA CONCEIÇÃO DE GETÚLIO VARGAS 10 de julho de 2015 MENSAGEM PARA A LITURGIA DO 14º DOMINGO DO TEMPO COMUM: A liturgia do 15º Domingo do Tempo Comum recorda-nos que Deus atua

Leia mais

NOVENA DOS PAIS QUE ORAM PELOS FILHOS

NOVENA DOS PAIS QUE ORAM PELOS FILHOS Pe. Nilton César Boni, cmf NOVENA DOS PAIS QUE ORAM PELOS FILHOS EDITORA AVE-MARIA Apresentação Aos membros da família cristã podem aplicar-se de modo particular as palavras com que Cristo promete a sua

Leia mais

Diocese de Amparo - SP

Diocese de Amparo - SP Formação sobre o documento da V Conferência do Episcopado da América Latina e do Caribe Diocese de Amparo - SP INTRODUÇÃO De 13 a 31 de maio de 2007, celebrou-se em Aparecida, Brasil, a V Conferência Geral

Leia mais

[ Art. 188 º ] Se um religioso é expulso da Congregação ou sai por sua própria

[ Art. 188 º ] Se um religioso é expulso da Congregação ou sai por sua própria [ Art. 185 º ] O documento de profissão dos votos, escrito e assinado pelo religioso que os professou e confirmado pelo superior maior ou seu delegado e mais duas testemunhas, será guardado no arquivo

Leia mais

MÍSTICA E CONSTRUÇÃO Por que pensar em Mística e Construção?

MÍSTICA E CONSTRUÇÃO Por que pensar em Mística e Construção? MÍSTICA E CONSTRUÇÃO Espiritualidade e profecia são duas palavras inseparáveis. Só os que se deixam possuir pelo espírito de Deus são capazes de plantar sementes do amanhã e renovar a face da terra. Todo

Leia mais

Tema 01 - Dimensão Psico - afetiva (processo da personalização. Quem sou Eu? )

Tema 01 - Dimensão Psico - afetiva (processo da personalização. Quem sou Eu? ) Tema 01 - Dimensão Psico - afetiva (processo da personalização. Quem sou Eu? ) Titulo 04 - Técnicas de Elaboração e Acompanhamento de Projeto Pessoal de Vida Dom Eduardo Pinheiro da Silva, sdb (Mestre

Leia mais

Acampamentos Católicos

Acampamentos Católicos Acampamentos Católicos O Acampamento Católico é uma nova forma de evangelizar. Utiliza uma metodologia de evangelização nascida na EVANGELIZAÇÃO 2000 (movimento católico da década de 80), como parte de

Leia mais

Paróquia, torna-te o que tu és!

Paróquia, torna-te o que tu és! Paróquia, torna-te o que tu és! Dom Milton Kenan Júnior Bispo Aux. de S. Paulo. Vigário Episcopal para Reg. Brasilândia Numa leitura rápida da Carta Pastoral de Dom Odilo, nosso Cardeal Arcebispo, à Arquidiocese

Leia mais

QUARESMA TEMPO DE REFLEXÃO E AÇÃO

QUARESMA TEMPO DE REFLEXÃO E AÇÃO QUARESMA TEMPO DE REFLEXÃO E AÇÃO Disponível em: www.seminariomaiordebrasilia.com.br Acesso em 13/03/2014 A palavra Quaresma surge no século IV e tem um significado profundo e simbólico para os cristãos

Leia mais

COM SÃO FRANCISCO, NA CARIDADE, BUSQUEMOS A ÉTICA EM PROL DO BEM COMUM

COM SÃO FRANCISCO, NA CARIDADE, BUSQUEMOS A ÉTICA EM PROL DO BEM COMUM CONVITE: A Paróquia de São Francisco de Assis tem a honra de lhes convidar para a Festa do Nosso Amado Padroeiro com o Tema: COM SÃO FRANCISCO, NA CARIDADE, BUSQUEMOS A ÉTICA EM PROL DO BEM COMUM Que realizar-se-á

Leia mais

Marcondes (Condinho) Coordenador Estadual da RCC RN. Confira a programação dos retiros da RCC no Rio Grande do Norte:

Marcondes (Condinho) Coordenador Estadual da RCC RN. Confira a programação dos retiros da RCC no Rio Grande do Norte: Alegria, alegria, povo de Deus! Está chegando o momento mais esperado pelos carismáticos em todo estado do Rio Grande do Norte, os retiros espirituais de Carnaval! De 01 a 04 de março de 2014, muitos Grupos

Leia mais

Capitulo 3 ESPIRITUALIDADE DA RENOVAÇÃO CARISMÁTICA CATÓLICA

Capitulo 3 ESPIRITUALIDADE DA RENOVAÇÃO CARISMÁTICA CATÓLICA Capitulo 3 ESPIRITUALIDADE DA RENOVAÇÃO CARISMÁTICA CATÓLICA Deus nos alerta pela profecia de Oséias de que o Povo dele se perde por falta de conhecimento. Cf. Os 4,6 1ª Tm 4,14 Porque meu povo se perde

Leia mais

Por isso, redescobrir a Eucaristia na plenitude é redescobrir o CRISTO. Hoje queremos agradecer este grande dom, que Cristo nos deu.

Por isso, redescobrir a Eucaristia na plenitude é redescobrir o CRISTO. Hoje queremos agradecer este grande dom, que Cristo nos deu. O Pão da Vida Na solenidade de Corpus Christi, queremos recordar que os atos redentores de Cristo, que culminam na sua morte e ressurreição, atualizam-se na Eucaristia, celebrada pelo Povo de Deus e presidida

Leia mais

República de Moçambique

República de Moçambique República de Moçambique Presidência da República Contributo da Missāo de Imbuho na forja da consciência patriótica Discurso de Sua Excelência Filipe Jacinto Nyusi, Presidente da República de Moçambique,

Leia mais

PSICOLOGIA DAS IDADES

PSICOLOGIA DAS IDADES PSICOLOGIA DAS IDADES Pe. Fausto dos Santos Oliveira Mestre, em obediência à vossa Palavra, lançarei as redes Oração Vocacional Senhor da Messe e Pastor do rebanho, faze ressoar em nossos ouvidos teu forte

Leia mais

ESCOLA NACIONAL DE FORMADORES JESUS BOM PASTOR

ESCOLA NACIONAL DE FORMADORES JESUS BOM PASTOR CONFERÊNCIA NACIONAL DOS BISPOS DO BRASIL 53ª Assembleia Geral da CNBB Aparecida, 15 a 24 de abril de 2015 06/53ª AG(Sub) ESCOLA NACIONAL DE FORMADORES JESUS BOM PASTOR 1. A DESEJADA RENOVAÇÃO ECLESIAL

Leia mais

DIRECTÓRIO GERAL DA CATEQUESE - SDCIA/ISCRA -2 Oração inicial Cântico - O Espírito do Senhor está sobre mim; Ele me enviou para anunciar aos pobres o Evangelho do Reino! Textos - Mc.16,15; Mt.28,19-20;

Leia mais

Setembro Mês da Bíblia

Setembro Mês da Bíblia Setembro Mês da Bíblia Discípulos missionários a partir do Evangelho de João Permanecei no Meu amor, para produzir muitos frutos (Cf. Jo 15, 9-16) Retiro Espiritual Arquidiocesano AO Pe. Vânio da Silva.

Leia mais

CONSELHOS EVANGÉLICOS

CONSELHOS EVANGÉLICOS CONSELHOS EVANGÉLICOS 1- RAZÃO TEOLÓGICA 1.1. Fato de Vida na Igreja A vivência da virgindade-pobreza-obediência de Jesus Cristo é fato de vida que existe na igreja desde suas origens. O estado religioso:

Leia mais

ITAICI Revista de Espiritualidade Inaciana

ITAICI Revista de Espiritualidade Inaciana ITAICI Revista de Espiritualidade Inaciana 93 ISSN - 1517-7807 9!BLF@FB:VWOOUWoYdZh outubro 2013 Que a saúde se difunda sobre a terra Escatologia e Exercícios Espirituais Pedro Arrupe, homem de Deus 1

Leia mais

ANIMAÇÃO LITÚRGICA INFORMATIVO DIOCESANO

ANIMAÇÃO LITÚRGICA INFORMATIVO DIOCESANO N O M E D A E M P R E S A INFORMATIVO DIOCESANO S E T E M B R O D E 2 0 1 3 B O L E T I M D O C L E R O - 2 3 1 ª E D I Ç Ã O ANIMAÇÃO LITÚRGICA Cuidar da beleza da liturgia significa ficar atento aos

Leia mais