PROGRAMA ACOMPANHAMENTO. ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório. Agrupamento de Escolas Eduardo Gageiro, Sacavém

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROGRAMA ACOMPANHAMENTO. ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório. Agrupamento de Escolas Eduardo Gageiro, Sacavém"

Transcrição

1 PROGRAMA ACOMPANHAMENTO ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório Agrupamento de Escolas Eduardo Gageiro, Sacavém LOURES Setembro 2019 Área Territorial de Inspeção do Sul

2 Introdução A Inspeção-Geral da Educação e Ciência (IGEC), no âmbito das atividades que desenvolve, tem vindo a implementar metodologias de trabalho que fomentam a intervenção dos elementos da comunidade escolar na conceção e implementação de medidas que visam a melhoria do desempenho da escola e o consequente sucesso educativo das crianças e jovens que a frequentam. A atividade Acompanhamento da Ação Educativa, inscrita nos sucessivos Planos de Atividades da IGEC, desde 2013, decorre das suas atribuições, especialmente as consignadas na alínea c) do n.º 2 do artigo 2.º do Decreto Regulamentar n.º 15/2012 de 27 de janeiro e desenvolve-se no respeito pela autonomia das escolas consignada no n.º 1 do artigo 8.º do Decreto-Lei n.º 75/2008, de 22 de abril. A Atividade Acompanhamento da Ação Educativa tem como objetivo geral promover nas escolas uma atuação estratégica face à resolução das suas dificuldades, em especial naquelas que apresentam elevadas taxas de retenção no ensino básico, garantindo uma efetiva aprendizagem, participação e inclusão de todos os alunos. Pretende-se assim promover uma escola que se mobiliza e organiza para proporcionar uma educação inclusiva, para todos e cada um dos alunos, tendo como referencial da sua ação educativa o Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória. A atividade toma por referência algumas das ações/medidas de melhoria concebidas pelas escolas na sequência da avaliação externa e dos seus processos de autoavaliação (planos de melhoria), bem como as medidas contempladas noutros documentos orientadores, tais como os planos de ação estratégica, concebidos no âmbito do Programa Nacional de Promoção do Sucesso Escolar, ou os planos plurianuais de melhoria, no caso das escolas que integram o Programa Territórios Educativos de Intervenção Prioritária. Consagra, como metodologia de trabalho com as escolas, um acompanhamento regular, em momentos diferentes, ao longo do ano letivo, relativamente às estratégias por estas implementadas, com especial enfoque nos mecanismos internos de coordenação e supervisão pedagógica do trabalho docente. Objetivos da atividade: Conhecer as áreas de intervenção que a escola elegeu como prioritárias; Acompanhar e aprofundar ações/medidas de melhoria identificadas pela escola e explicitadas nos seus documentos orientadores, tendo em vista a superação das fragilidades diagnosticadas; Suscitar a reflexão sobre o rigor objetividade, pertinência, adequação, credibilidade, exequibilidade e a eficácia das ações/medidas de melhoria privilegiadas; Induzir a monitorização da execução e dos resultados das ações/medidas de melhoria implementadas; 1

3 Conhecer e questionar as práticas de coordenação e supervisão implementadas, promovendo o trabalho colaborativo, no âmbito da gestão do currículo; Incentivar a implementação de estratégias sustentadas na regular supervisão do trabalho dos docentes por parte dos coordenadores de departamento. Este relatório deve ser objeto de debate por toda a comunidade escolar. Identificação das escolas/agrupamentos Designação: Escola-Sede: Endereço: Agrupamento de Escolas Eduardo Gageiro Escola Secundária de Sacavém Rua Sport Grupo Sacavenense Localidade: Sacavém Código Postal: Concelho Loures Distrito Lisboa Telefone: institucional: Intervenções Início Fim 1.ª ª ª Identificação das principais fragilidades da escola: Assiduidade irregular, algumas situações de indisciplina e taxas de abandono escolar relativamente elevadas, limitando as aprendizagens e os resultados escolares dos alunos. Reduzida participação dos pais e encarregados de educação na vida escolar dos seus educandos. Práticas pouco consolidadas de articulação vertical e horizontal dos currículos. Práticas pouco generalizadas de trabalho colaborativo, em particular no que respeita ao planeamento e concretização do processo de ensino e de avaliação das aprendizagens. 2

4 2 Áreas de intervenção objeto de acompanhamento por parte da IGEC, conforme estipulado no Programa de Acompanhamento: Planeamento do ensino e das aprendizagens Realização do ensino e das aprendizagens Trabalho prático no ensino das ciências A APRECIAÇÃO FINAL DAS AÇÕES Área de intervenção: Trabalho prático no ensino das ciências Pequeno Cientista Fragilidade: Práticas pouco generalizadas de trabalho colaborativo e pouco consolidadas de articulação vertical do currículo. Ação n.º 1 Melhorias conseguidas: Incremento do trabalho colaborativo entre os docentes da educação pré-escolar e do 1.º ciclo e entre estes e os do 2.º ciclo, o que permitiu uma efetiva articulação ao nível do currículo, no âmbito da atividade experimental no ensino das ciências. Maior visibilidade ao trabalho realizado na educação pré-escolar. Melhor conhecimento dos documentos curriculares da educação pré-escolar e dos do 1.º e 2.º ciclos (Orientações Curriculares para a Educação Pré-Escolar e Aprendizagens Essenciais), assim como do Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória, por parte dos docentes envolvidos no planeamento das atividades. Planeamento sequencial de atividades de base experimental, entre a EPE e ao longo dos quatro anos do 1.º ciclo que garantem, para os mesmos conteúdos/temas, aprendizagens científicas de nível crescente de complexidade. Realização de atividades de base experimental, envolvendo as crianças da EPE e os alunos do 1.º ano, com assunção de responsabilidades que promovem o desenvolvimento de competências adicionais às previstas no âmbito da experiência planeada (comunicação, relacionamento interpessoal, autonomia), de acordo com o Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória. Articulação entre as atividades experimentais realizadas e as diferentes áreas de conteúdo/curriculares, tanto na educação pré-escolar como no 1.º ciclo, potenciadas pela colaboração da biblioteca escolar, na seleção de livros alusivos aos temas das experiências. Capacitação dos docentes na área da avaliação das aprendizagens, o que potencializou a reformulação dos documentos associados ao projeto Pequeno Cientista e à avaliação formativa. Criação de um plano de monitorização que impulsionou a concretização das diversas atividades relacionadas com a ação. Oportunidades de melhoria: Integração do projeto Pequeno Cientista nas ações planeadas semanalmente no 3

5 âmbito da gestão flexível do currículo (projeto Tu e Eu, Nós), potenciando a articulação com as diferentes áreas curriculares e o aprofundamento e sustentabilidade do mesmo. Generalização das estratégias implementadas no âmbito deste projeto, designadamente aquelas que promovem o desenvolvimento da autonomia e da capacidade de autorregulação das aprendizagens (explicitação dos objetivos e das aprendizagens a desenvolver com as atividades, autoavaliação ) por parte de crianças e alunos. Aprofundamento do trabalho colaborativo entre os docentes da EPE, do 1.º e do 2.º ciclos, através da concretização de atividades de articulação curricular planeadas conjuntamente. Constrangimentos ao desenvolvimento da atividade: Insuficiência de equipamento informático e de acesso à internet, na generalidade/maioria dos estabelecimentos de educação/ensino, comprometendo a integração das TIC nas atividades planeadas. Área de intervenção: Realização do ensino e das aprendizagens Saber + Matemática Fragilidade: Fraco desempenho escolar dos alunos na disciplina de Matemática, nas avaliações interna e externa. Ação n.º 2 Melhorias conseguidas: Criação de instrumentos de monitorização das aprendizagens facilitadores da identificação das reais dificuldades dos alunos, alinhados com os normativos em vigor e que, adaptados, são passíveis de serem utilizados pelas restantes disciplinas. Alguma reflexão conjunta com identificação de estratégias pedagógicas a implementar, para superação das dificuldades diagnosticadas. Incremento dos momentos avaliativos com consequências positivas na motivação para as aprendizagens e em alguns resultados dos alunos. Oportunidades de melhoria: Integração da avaliação em todas as fases do planeamento e desenvolvimento dos processos de ensino e de aprendizagem, explicitando as aprendizagens e os desempenhos esperados, assim como os procedimentos que permitirão recolher e transmitir essa informação aos alunos. Generalização da explicitação dos diferentes domínios de aprendizagem nos processos de planeamento, desenvolvimento e avaliação das aprendizagens (formativa e sumativa), fomentando o desenvolvimento da autorregulação por 4

6 parte dos alunos. Criação de um plano de monitorização que integre indicadores que permitam medir a progressão nas aprendizagens dos alunos envolvidos na ação (Saber + Matemática) e possibilite o reajustamento e/ou a reformulação das estratégias utilizadas. Realização do planeamento, entre professor titular e assessor, com explicitação das atividades e das estratégias pedagógicas a implementar para superar as dificuldades dos alunos. Área de intervenção: Planeamento do ensino e das aprendizagens - articulação entre ciclos e departamentos Fragilidade: Práticas pouco consolidadas de articulação vertical e horizontal do currículo. Ação n.º 3 Melhorias conseguidas: Maior conhecimento da sequencialidade do currículo em cada área disciplinar e entre disciplinas/áreas disciplinares, por parte dos docentes. Identificação e integração, nas planificações de algumas disciplinas/áreas disciplinares, de conhecimentos, capacidades e atitudes a reforçar a montante, para potenciar aprendizagens mais sustentadas nos anos subsequentes. Sistematização, num documento em construção progressiva, das aprendizagens passíveis de articulação interdisciplinar a partilhar e utilizar por todos os docentes do Agrupamento. Oportunidades de melhoria: Formalização, em , da articulação interdisciplinar como opção de gestão do currículo, concretizada no planeamento e desenvolvimento de projetos em cada uma das turmas dos 5.º e dos 7.º anos, propiciando o desenvolvimento das áreas de competências do Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória. Alargamento das dinâmicas de articulação do currículo, encetadas com os 5.º e os 7.º anos, aos restantes anos de escolaridade, em particular os abrangidos pelo DL 55/2018, beneficiando do trabalho de sistematização das aprendizagens passíveis de articulação, realizado no âmbito do Programa de Acompanhamento. Planeamento e consecução dos projetos e das restantes dinâmicas interdisciplinares contemplando a avaliação como parte integrante de todo o processo de intervenção pedagógica, explicitando as aprendizagens a realizar, os desempenhos esperados e os procedimentos de avaliação, perspetivando a autorregulação por parte dos alunos. Assegurar a monitorização dos processos anteriores, garantindo que se mantém a 5

7 intencionalidade e o foco nas aprendizagens essenciais e no desenvolvimento das áreas de competências do Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória. B- APRECIAÇÃO GLOBAL DO PROGRAMA DE ACOMPANHAMENTO 1. Grau de consecução das ações. Área de intervenção: Trabalho prático no ensino das ciências Pequeno Cientista Foram cumpridas todas as atividades, de acordo com as metas previstas no âmbito desta ação, à exceção da atividade 4 (Integração das TIC nas tarefas a realizar), inviabilizada pela insuficiência de equipamento informático/ acesso à internet. Os objetivos propostos foram atingidos. Importa, agora, aprofundar e alargar a outras áreas os processos de articulação e colaboração iniciados, rentabilizar os instrumentos já construídos e dar continuidade aos mecanismos de monitorização das diversas medidas, no sentido de permitir, em tempo, proceder a eventuais reformulações. Área de intervenção: Realização do ensino e das aprendizagens Saber + Matemática Foram concretizadas as atividades relacionadas com o diagnóstico das dificuldades e pontos fortes dos alunos; o incremento da diversidade e a frequência dos momentos avaliativos; a explicitação, nos instrumentos de avaliação, de elementos conducentes à autorregulação das aprendizagens por parte dos alunos. As atividades que envolviam o trabalho colaborativo entre os docentes titular e de assessoria ocorreram pontualmente. A monitorização regular dos progressos dos alunos integrados na ação, não foi conseguida de acordo com a meta definida. Deste modo, os objetivos desta ação foram apenas, em parte, atingidos. Área de intervenção: Planeamento do ensino e das aprendizagens - Articulação entre Ciclos e Departamentos As atividades relacionadas com esta ação foram globalmente cumpridas, ainda que de forma não generalizada; as metas estabelecidas no Programa de Acompanhamento foram melhor conseguidas entre a 1.ª e a 2.ª intervenções, não se tendo registado evolução significativa e consistente entre esta e o final do ano letivo. Assim, os objetivos definidos foram parcialmente atingidos. 6

8 2. Ganhos ao nível das áreas de intervenção objeto de acompanhamento. Incremento da atividade experimental no 1.º ciclo, potenciado pelo desenvolvimento do Projeto Pequeno Cientista, promovendo o envolvimento ativo dos alunos em aprendizagens mais significativas e integradas. Melhoria da articulação entre a educação pré-escolar e o 1.º ciclo e entre este e o 2.º, permitindo o planeamento e o desenvolvimento conjuntos de atividades de base experimental. Incremento dos momentos avaliativos, no âmbito da ação Saber + Matemática, com consequências positivas na motivação, nas aprendizagens e em alguns resultados dos alunos. Criação de instrumentos de monitorização das aprendizagens na disciplina de Matemática, facilitadores da identificação das reais dificuldades dos alunos, alinhados com os normativos em vigor e que, adaptados, são passíveis de serem utilizados pelas restantes disciplinas. Conhecimento mais aprofundado e sustentado dos currículos das diferentes áreas disciplinares/disciplinas, facilitado pela identificação das aprendizagens essenciais /conteúdos abordados em cada ano e ao longo da escolaridade, facilitando o planeamento e o desenvolvimento sequencial e interdisciplinar das aprendizagens. Valorização crescente da gestão interdisciplinar e articulada do currículo, como forma de promover aprendizagens mais integradas e significativas. O reforço do trabalho colaborativo e a reflexão conjunta acerca das práticas de gestão do currículo e de avaliação das aprendizagens, constituem ganhos transversais a todas as ações do Programa de Acompanhamento o qual, no ano letivo , passará a ser potenciado pela disponibilização de um tempo destinado para esse efeito nos horários dos docentes. A reflexão suscitada sobre a objetividade, a pertinência e a adequação das ações e das medidas de melhoria concebidas pelo Agrupamento e desenvolvidas no âmbito do Programa de Acompanhamento, permitiu o respetivo aprofundamento, imprimindo maior consistência às atividades e estratégias associadas. A integração destas mesmas ações e medidas no Plano Plurianual de Melhoria evidencia a relevância que o Agrupamento lhes atribui, como forma de aperfeiçoar os processos de ensino e de aprendizagem para melhorar os resultados dos alunos, afigurando-se como garantia da sua continuidade. 3. Práticas pedagógicas inovadoras, em contexto de sala de aula, com impacto nas aprendizagens. Criação de instrumentos que favorecem a monitorização das aprendizagens 7

9 realizadas pelos alunos e que, organizados em domínios de aprendizagem, facilitam: (i) a identificação das reais dificuldades e progressos de cada um; (ii) um melhor conhecimento da eficácia do trabalho realizado; (iii) a redefinição, em função dos resultados, dos planos e das estratégias pedagógicas conducentes à melhoria das aprendizagens. 4. Compromisso da escola para dar continuidade e/ou aprofundar o trabalho já realizado. O Agrupamento assume o compromisso de manter o foco no aperfeiçoamento das metodologias de ensino e de aprendizagem e da monitorização dos processos, tendo em vista a melhoria contínua das aprendizagens e dos resultados escolares. Os trabalhos recentemente iniciados no âmbito da gestão flexível do currículo, a par da integração, no Plano Plurianual de Melhoria , das ações e das medidas desenvolvidas no âmbito do Programa de Acompanhamento, demonstram o desejo efetivo de dar continuidade, e/ou aprofundar aquelas dinâmicas. A criação de condições nos horários dos docentes, no presente ano letivo, para o desenvolvimento do trabalho colaborativo, evidencia essa mesma intencionalidade. Data: A Equipa Inspetiva: Helena Afonso e Isabel Barata Concordo À consideração do Senhor Inspetor-Geral da Educação e Ciência, para homologação. Homologo O Inspetor-Geral da Educação e Ciência A Chefe de Equipa Multidisciplinar da Área Territorial de Inspeção do Sul Maria Filomena Aldeias Por delegação de competências do Senhor Ministro da Educação nos termos do Despacho n.º 3407/2020, publicado no D.R. n.º 55, Série II, de 18 de março de

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório Agrupamento de Escolas de Moura JULHO 2017 Introdução A Inspeção-Geral da Educação e Ciência (IGEC), no âmbito das atividades que desenvolve,

Leia mais

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório Agrupamento de Escolas de Coruche Julho 2018 Introdução A Inspeção-Geral da Educação e Ciência (IGEC), no âmbito das atividades que desenvolve,

Leia mais

PROGRAMA ACOMPANHAMENTO. ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório. Agrupamento de Escolas de Dr. Ramiro Salgado TORRE DE MONCORVO

PROGRAMA ACOMPANHAMENTO. ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório. Agrupamento de Escolas de Dr. Ramiro Salgado TORRE DE MONCORVO PROGRAMA ACOMPANHAMENTO ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório Agrupamento de Escolas de Dr. Ramiro Salgado TORRE DE MONCORVO Junho de 2018 Introdução A Inspeção-Geral da Educação e Ciência (IGEC),

Leia mais

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório Agrupamento de Escolas de SARDOAL Março de 2017 Introdução A Inspeção-Geral da Educação e Ciência (IGEC), no âmbito das atividades que

Leia mais

PROGRAMA ACOMPANHAMENTO. ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório. Agrupamento de Escolas de Resende

PROGRAMA ACOMPANHAMENTO. ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório. Agrupamento de Escolas de Resende PROGRAMA ACOMPANHAMENTO ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório Agrupamento de Escolas de Resende Setembro 2017 Introdução A Inspeção-Geral da Educação e Ciência (IGEC), no âmbito das atividades que

Leia mais

PROGRAMA ACOMPANHAMENTO. ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório

PROGRAMA ACOMPANHAMENTO. ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório PROGRAMA ACOMPANHAMENTO ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório Agrupamento de Escolas de Lousada Este Julho 2018 Introdução A Inspeção-Geral da Educação e Ciência (IGEC), no âmbito das atividades que

Leia mais

PROGRAMA ACOMPANHAMENTO. ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório

PROGRAMA ACOMPANHAMENTO. ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório PROGRAMA ACOMPANHAMENTO ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório Agrupamento de Escolas José Silvestre Ribeiro, Idanha-a-Nova Julho 2017 Introdução A Inspeção-Geral da Educação e Ciência (IGEC), no âmbito

Leia mais

PROGRAMA ACOMPANHAMENTO. ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório. Agrupamento de Escolas de Felgueiras

PROGRAMA ACOMPANHAMENTO. ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório. Agrupamento de Escolas de Felgueiras PROGRAMA ACOMPANHAMENTO ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório Agrupamento de Escolas de Felgueiras Setembro de 2017 Introdução A Inspeção-Geral da Educação e Ciência (IGEC), no âmbito das atividades

Leia mais

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA PROGRAMA DE ACOMPANHAMENTO

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA PROGRAMA DE ACOMPANHAMENTO ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA PROGRAMA DE ACOMPANHAMENTO A Inspeção-Geral da Educação e Ciência (IGEC), no âmbito das atividades que desenvolve, tem vindo a implementar metodologias de trabalho que

Leia mais

PROGRAMA ACOMPANHAMENTO. ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório

PROGRAMA ACOMPANHAMENTO. ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório PROGRAMA ACOMPANHAMENTO ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório Agrupamento de Escolas Visconde de Chanceleiros Outubro de 2017 Introdução A Inspeção-Geral da Educação e Ciência (IGEC), no âmbito das

Leia mais

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório Agrupamento de Escolas São João da Talha Dezembro de 2016 Introdução A Inspeção-Geral da Educação e Ciência (IGEC), no âmbito das atividades

Leia mais

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório Agrupamento de Escolas de ALGUEIRÃO julho 2017 Introdução A Inspeção-Geral da Educação e Ciência (IGEC), no âmbito das atividades que

Leia mais

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório Agrupamento de Escolas de Casquilhos OUTUBRO 2017 Introdução A Inspeção-Geral da Educação e Ciência (IGEC), no âmbito das atividades que

Leia mais

PROGRAMA ACOMPANHAMENTO. ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório. Agrupamento de Escolas de S. Pedro da Cova GONDOMAR

PROGRAMA ACOMPANHAMENTO. ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório. Agrupamento de Escolas de S. Pedro da Cova GONDOMAR PROGRAMA ACOMPANHAMENTO ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório Agrupamento de Escolas de S. Pedro da Cova GONDOMAR Julho 2018 Introdução A Inspeção-Geral da Educação e Ciência (IGEC), no âmbito das

Leia mais

PROGRAMA ACOMPANHAMENTO. ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório. Agrupamento de Escolas de Cascais

PROGRAMA ACOMPANHAMENTO. ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório. Agrupamento de Escolas de Cascais PROGRAMA ACOMPANHAMENTO ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório Agrupamento de Escolas de Cascais Novembro 2018 Introdução A Inspeção-Geral da Educação e Ciência (IGEC), no âmbito das atividades que

Leia mais

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório Agrupamento de Escolas de Pedrouços MAIA Setembro de 2017 Introdução A Inspeção-Geral da Educação e Ciência (IGEC), no âmbito das atividades

Leia mais

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório Agrupamento de Escolas de PENICHE Janeiro de 2017 1 Introdução A Inspeção-Geral da Educação e Ciência (IGEC), no âmbito das atividades

Leia mais

PROGRAMA ACOMPANHAMENTO. ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório. Agrupamento de Escolas de Melgaço

PROGRAMA ACOMPANHAMENTO. ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório. Agrupamento de Escolas de Melgaço PROGRAMA ACOMPANHAMENTO ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório Agrupamento de Escolas de Melgaço Junho 2018 Introdução A Inspeção-Geral da Educação e Ciência (IGEC), no âmbito das atividades que desenvolve,

Leia mais

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório Agrupamento de Escolas de Cascais novembro 2018 Introdução A Inspeção-Geral da Educação e Ciência (IGEC), no âmbito das atividades que

Leia mais

PROGRAMA ACOMPANHAMENTO. ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório. Agrupamento de Escolas de Fafe

PROGRAMA ACOMPANHAMENTO. ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório. Agrupamento de Escolas de Fafe PROGRAMA ACOMPANHAMENTO ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório Agrupamento de Escolas de Fafe Julho de 2018 Introdução A Inspeção-Geral da Educação e Ciência (IGEC), no âmbito das atividades que desenvolve,

Leia mais

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório Agrupamento de Escolas de Piscinas - Olivais Janeiro 2018 Introdução A Inspeção-Geral da Educação e Ciência (IGEC), no âmbito das atividades

Leia mais

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA PROGRAMA DE ACOMPANHAMENTO

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA PROGRAMA DE ACOMPANHAMENTO ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA PROGRAMA DE ACOMPANHAMENTO A Inspeção-Geral da Educação e Ciência (IGEC), no âmbito das atividades que desenvolve, tem vindo a implementar metodologias de trabalho que

Leia mais

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA PROGRAMA DE ACOMPANHAMENTO A - IDENTIFICAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DO AGRUPAMENTO / ESCOLA

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA PROGRAMA DE ACOMPANHAMENTO A - IDENTIFICAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DO AGRUPAMENTO / ESCOLA PROGRAMA DE ACOMPANHAMENTO A - IDENTIFICAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DO AGRUPAMENTO / ESCOLA 1. Dados gerais Código DGAE: 170574 ATI: Designação: Escola-Sede: Área territorial de inspeção do Sul Agrupamento de

Leia mais

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório Agrupamento de Escolas de FORTE DA CASA Janeiro de 2017 Introdução A Inspeção-Geral da Educação e Ciência (IGEC), no âmbito das atividades

Leia mais

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA Relatório Escola Secundária São Pedro VILA REAL Junho 2018 Introdução A Inspeção-Geral da Educação e Ciência (IGEC), no âmbito das atividades que

Leia mais

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA RELATÓRIO DA 3ª INTERVENÇÃO. Início 21 de junho de Fim 23 de junho de 2016

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA RELATÓRIO DA 3ª INTERVENÇÃO. Início 21 de junho de Fim 23 de junho de 2016 RELATÓRIO DA 3ª INTERVENÇÃO Área territorial da IGEC SUL Agrupamento ou Escola Data da intervenção Código 170574 Designação AE Vale Aveiras Início 21 de junho de 2016 Fim 23 de junho de 2016 PLANEAMENTO

Leia mais

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA RELATÓRIO DA 2ª INTERVENÇÃO

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA RELATÓRIO DA 2ª INTERVENÇÃO ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA RELATÓRIO DA 2ª INTERVENÇÃO Área territorial da IGEC SUL Agrupamento ou Escola Código 171591 Designação Agrupamento de Escolas do Algueirão Data da intervenção Início 18.01.2017

Leia mais

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS INSPEÇÃO-GERAL DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS RELATÓRIO Escola Secundária Henrique Medina 2017 RELATÓRIO DE ESCOLA Escola Secundária Henrique Medina

Leia mais

GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO DO INGLÊS NO 1.º e 2.º CICLOS DO ENSINO BÁSICO

GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO DO INGLÊS NO 1.º e 2.º CICLOS DO ENSINO BÁSICO GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO DO INGLÊS NO 1.º e 2.º CICLOS DO ENSINO BÁSICO RELATÓRIO Agrupamento de Escolas D. Pedro I Distrito do Porto Concelho de Vila Nova de Gaia Data da intervenção: de 17-11-2017

Leia mais

GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO DO INGLÊS NO 1.º e 2.º CICLOS DO ENSINO BÁSICO

GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO DO INGLÊS NO 1.º e 2.º CICLOS DO ENSINO BÁSICO GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO DO INGLÊS NO 1.º e 2.º CICLOS DO ENSINO BÁSICO RELATÓRIO Agrupamento de Escolas Alcaides de Faria Distrito de Braga Concelho de Barcelos Data da intervenção: 9 a 13 de abril

Leia mais

Plano de Melhoria 2016/2019

Plano de Melhoria 2016/2019 Plano de Melhoria 20162019 Outubro 2016 20162017 Índice INTRODUÇÃO... 2 OBJETIVO... 4 ÁREAS DE MELHORIA... 4 IMPLEMENTAÇÃO E MONITORIZAÇÃO... 5 PLANO DE MELHORIA... 6 CONCLUSÃO... 18 ANEXOS... 19 1 INTRODUÇÃO

Leia mais

Plano de Ações de Melhoria

Plano de Ações de Melhoria Plano de Ações de Escola Básica Elias Garcia Escola Básica Miquelina Pombo J. I. da Sobreda 2014/2015 1 INTRODUÇÃO O presente plano de ações de melhoria 2014/15 - resulta da avaliação do plano de ações

Leia mais

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS INSPEÇÃO-GERAL DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS RELATÓRIO Agrupamento de Escolas de Prado 2017 RELATÓRIO DE ESCOLA Agrupamento de Escolas de Prado Concelho

Leia mais

GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO DO INGLÊS NO 1.º e 2.º CICLOS DO ENSINO BÁSICO

GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO DO INGLÊS NO 1.º e 2.º CICLOS DO ENSINO BÁSICO GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO DO INGLÊS NO 1.º e 2.º CICLOS DO ENSINO BÁSICO RELATÓRIO Agrupamento de Escolas Alexandre Herculano Distrito do Porto Concelho do Porto Data da intervenção: de 07-05-2018 a

Leia mais

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS INSPEÇÃO-GERAL DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS RELATÓRIO Agrupamento de Escolas de Briteiros 2016 RELATÓRIO DE ESCOLA Agrupamento de Escolas de Briteiros

Leia mais

GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO DO INGLÊS NO 1.º e 2.º CICLOS DE ENSINO BÁSICO

GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO DO INGLÊS NO 1.º e 2.º CICLOS DE ENSINO BÁSICO GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO DO INGLÊS NO 1.º e 2.º CICLOS DE ENSINO BÁSICO RELATÓRIO Agrupamento de Escolas Daniel Faria Distrito do Porto Concelho de Paredes Data da intervenção: de 15-05-2018 a 22-05-2018

Leia mais

Plano de Melhoria. Avaliação Externa IGEC. 13 a 16 de abril 2015

Plano de Melhoria. Avaliação Externa IGEC. 13 a 16 de abril 2015 Plano de Melhoria Avaliação Externa IGEC 13 a 16 de abril 2015 Agosto de 2015 1 ÍNDICE Introdução 3 Metodologia usada 3 Pontos fortes e áreas de melhoria. 3 Plano de melhoria 6 Nota relativa a crédito

Leia mais

AGRUPAMENTO ESCOLAS SANTOS SIMÕES PLANO DE MELHORIA

AGRUPAMENTO ESCOLAS SANTOS SIMÕES PLANO DE MELHORIA AGRUPAMENTO ESCOLAS SANTOS SIMÕES PLANO DE MELHORIA SETEMBRO 2014 Enquadramento O presente documento surge na sequência do processo de Avaliação Externa realizada ao Agrupamento de Escolas Santos Simões

Leia mais

GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO DO INGLÊS NO 1.º e 2.º CICLOS DO ENSINO BÁSICO

GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO DO INGLÊS NO 1.º e 2.º CICLOS DO ENSINO BÁSICO GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO DO INGLÊS NO 1.º e 2.º CICLOS DO ENSINO BÁSICO RELATÓRIO Agrupamento de Escolas de Estremoz Distrito de Évora Concelho de Estremoz Data da intervenção: De 26-02-2018 a 02-03-2018

Leia mais

GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO DO INGLÊS NO 1.º e 2.º CICLOS DO ENSINO BÁSICO

GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO DO INGLÊS NO 1.º e 2.º CICLOS DO ENSINO BÁSICO GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO DO INGLÊS NO 1.º e 2.º CICLOS DO ENSINO BÁSICO RELATÓRIO Agrupamento de Escolas da Abrigada Distrito de Lisboa Concelho de Alenquer Data da intervenção: de 08-05-2018 a 15-05-2018

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VILA NOVA DE CERVEIRA. Plano de Melhoria

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VILA NOVA DE CERVEIRA. Plano de Melhoria AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VILA NOVA DE CERVEIRA Plano de Melhoria Avaliação Externa de Escolas 2012-2013 Índice I. Resumo... 2 Objetivo Introdução Ponto de partida II. Áreas de intervenção... 4 A1 - O

Leia mais

GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO DO INGLÊS NO 1.º e 2.º CICLOS DO ENSINO BÁSICO

GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO DO INGLÊS NO 1.º e 2.º CICLOS DO ENSINO BÁSICO GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO DO INGLÊS NO 1.º e 2.º CICLOS DO ENSINO BÁSICO RELATÓRIO Agrupamento de Escolas D. António Ferreira Gomes Distrito do Porto Concelho de Penafiel Data da intervenção: de 24-11-2017

Leia mais

GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO DO INGLÊS NO 1.º e 2.º CICLOS DO ENSINO BÁSICO

GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO DO INGLÊS NO 1.º e 2.º CICLOS DO ENSINO BÁSICO GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO DO INGLÊS NO 1.º e 2.º CICLOS DO ENSINO BÁSICO RELATÓRIO Agrupamento de Escolas de Vagos Distrito de Aveiro Concelho de Vagos Data da intervenção: de 20-11-2017 a 23-11-2017

Leia mais

AUTOAVALIAÇÃO DO AGRUPAMENTO PLANO DE MELHORIA 15/16

AUTOAVALIAÇÃO DO AGRUPAMENTO PLANO DE MELHORIA 15/16 AUTOAVALIAÇÃO DO AGRUPAMENTO PLANO DE MELHORIA 15/16 O Projeto de ações de melhoria 15/16 resulta da triangulação de diferentes fontes de informação: Relatório de Diagnóstico Organizacional (2015), Relatório

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Arruda dos Vinhos

Agrupamento de Escolas de Arruda dos Vinhos Agrupamento de Escolas de Arruda dos Vinhos Plano de Melhoria 2015/2019 Plano de Melhoria do Agrupamento de Escolas de Arruda dos Vinhos 2015/2019 Introdução O presente documento enquadra-se no processo

Leia mais

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS INSPEÇÃO-GERAL DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS RELATÓRIO Agrupamento de Escolas de Coronado e Castro 2017 RELATÓRIO DE ESCOLA Agrupamento de Escolas

Leia mais

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA PROGRAMA DE ACOMPANHAMENTO A - IDENTIFICAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DO AGRUPAMENTO / ESCOLA

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA PROGRAMA DE ACOMPANHAMENTO A - IDENTIFICAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DO AGRUPAMENTO / ESCOLA PROGRAMA DE ACOMPANHAMENTO A - IDENTIFICAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DO AGRUPAMENTO / ESCOLA 1. Dados gerais Código DGAE: 151841 ATI: Designação: Escola-Sede: Endereço: Área territorial de inspeção do Norte Agrupamento

Leia mais

GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO DO INGLÊS NO 1.º e 2.º CICLOS DO ENSINO BÁSICO

GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO DO INGLÊS NO 1.º e 2.º CICLOS DO ENSINO BÁSICO GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO DO INGLÊS NO 1.º e 2.º CICLOS DO ENSINO BÁSICO RELATÓRIO Agrupamento de Escolas da Nazaré Distrito de Leiria Concelho de Nazaré Data da intervenção: de 28-02-2018 a 05-03-2018

Leia mais

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS INSPEÇÃO-GERAL DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS RELATÓRIO Agrupamento de Escolas Miguel Torga 2017 RELATÓRIO DE ESCOLA Agrupamento de Escolas Miguel

Leia mais

áreas de intervenção prioritária/de melhoria Recursos

áreas de intervenção prioritária/de melhoria Recursos PLANO DE MELHORIA O Plano de Melhoria que se apresenta resulta de um processo de avaliação amplamente participado, realizado quer pelo próprio Agrupamento através do trabalho desenvolvido pela Equipa de

Leia mais

GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO DO INGLÊS NO 1.º e 2.º CICLOS DO ENSINO BÁSICO

GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO DO INGLÊS NO 1.º e 2.º CICLOS DO ENSINO BÁSICO GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO DO INGLÊS NO 1.º e 2.º CICLOS DO ENSINO BÁSICO RELATÓRIO Agrupamento de Escolas Soares dos Reis Distrito de Porto Concelho de Vila Nova de Gaia Data da intervenção: de 12-03-2018

Leia mais

AUTOAVALIAÇÃO DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. FRANCISCO SANCHES (AvAEFS) ANO LETIVO 2015/2016

AUTOAVALIAÇÃO DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. FRANCISCO SANCHES (AvAEFS) ANO LETIVO 2015/2016 AUTOAVALIAÇÃO DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. FRANCISCO SANCHES (AvAEFS) ANO LETIVO 2015/2016 I - Enquadramento legal Definição do âmbito da Autoavaliação do AEFS Decreto-Lei n.º 137/2012 de 2 de julho (alteração

Leia mais

Código PLANO DE [2016/2020] (IGEC) MELHORIA

Código PLANO DE [2016/2020] (IGEC) MELHORIA Código 160635 PLANO DE [2016/2020] (IGEC) MELHORIA ÍNDICE 1. Introdução... 2 2. Metodologia de trabalho... 3 3. Identificação das áreas de melhoria... 4 4. Desenvolvimento da estratégia... 5 5. Conclusão...

Leia mais

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS INSPEÇÃO-GERAL DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS RELATÓRIO Agrupamento de Escolas de Vila Nova de Paiva 2017 RELATÓRIO DE ESCOLA Agrupamento de Escolas

Leia mais

Terceiro Ciclo da Avaliação Externa das Escolas. Campos de análise Referentes Indicadores

Terceiro Ciclo da Avaliação Externa das Escolas. Campos de análise Referentes Indicadores Quadro de referência Domínios, campos de análise, referentes e indicadores O quadro de referência do terceiro ciclo da Avaliação Externa das Escolas estrutura-se em quatro domínios Autoavaliação, Liderança

Leia mais

GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO DO INGLÊS NO 1.º e 2.º CICLOS DO ENSINO BÁSICO

GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO DO INGLÊS NO 1.º e 2.º CICLOS DO ENSINO BÁSICO GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO DO INGLÊS NO 1.º e 2.º CICLOS DO ENSINO BÁSICO RELATÓRIO Agrupamento de Escolas D. Maria II - Braga Distrito de Braga Concelho de Braga Data da intervenção: de 06-03-2018 a

Leia mais

GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO DO INGLÊS NO 1.º e 2.º CICLOS DO ENSINO BÁSICO

GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO DO INGLÊS NO 1.º e 2.º CICLOS DO ENSINO BÁSICO GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO DO INGLÊS NO 1.º e 2.º CICLOS DO ENSINO BÁSICO RELATÓRIO Agrupamento de Escolas Levante da Maia Distrito do Porto Concelho da Maia Data da intervenção: de 16-04-2018 a 20-04-2018

Leia mais

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS INSPEÇÃO-GERAL DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS RELATÓRIO Agrupamento de Escolas de Valadares 2017 RELATÓRIO DE ESCOLA Agrupamento de Escolas de Valadares

Leia mais

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS INSPEÇÃO-GERAL DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS RELATÓRIO Agrupamento de Escolas Trigal de Santa Maria 2016 RELATÓRIO DE ESCOLA Agrupamento de Escolas

Leia mais

AUTOAVALIAÇÃO DO AGRUPAMENTO PLANO DE MELHORIA 15/16

AUTOAVALIAÇÃO DO AGRUPAMENTO PLANO DE MELHORIA 15/16 AUTOAVALIAÇÃO DO AGRUPAMENTO PLANO DE MELHORIA 15/16 O Projeto de ações de melhoria 15/16 resulta da triangulação de diferentes fontes de informação: Relatório de Diagnóstico Organizacional (2015), Relatório

Leia mais

Plano de Melhoria. Agrupamento de Escolas Joaquim Inácio da Cruz Sobral

Plano de Melhoria. Agrupamento de Escolas Joaquim Inácio da Cruz Sobral Agrupamento de Escolas Joaquim Inácio da Cruz Sobral julho 2015 Introdução O presente Plano de Melhoria insere-se no âmbito do Relatório elaborado pela Equipa de Avaliação Externa da IGEC, em resultado

Leia mais

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA RELATÓRIO FINAL

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA RELATÓRIO FINAL RELATÓRIO FINAL Código DGAE: 161007 IDENTIFICAÇÃO DO AGRUPAMENTO / ESCOLA ATI: Designação: Escola-Sede: Área territorial de inspeção do Centro Agrupamento de Escolas da Mealhada Escola Secundária da Mealhada

Leia mais

Plano de Melhoria do Agrupamento - Período de intervenção 2014/ Reformulação para 2015/2016

Plano de Melhoria do Agrupamento - Período de intervenção 2014/ Reformulação para 2015/2016 Plano de Melhoria do Agrupamento - Período de intervenção 2014/2017 - Reformulação para 2015/2016 Nota Prévia Este Plano de Melhoria sustenta-se na matriz do modelo de autoavaliação CAF (Common Assessment

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA O PLANO DE TURMA

ORIENTAÇÕES PARA O PLANO DE TURMA ORIENTAÇÕES PARA O PLANO DE TURMA A melhoria da eficácia da resposta educativa decorre de uma articulação coerente entre: Projeto Educativo Currículo Plano de Turma Assim, o Plano de Turma, assume a forma

Leia mais

GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO EXPERIMENTAL DAS CIÊNCIAS

GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO EXPERIMENTAL DAS CIÊNCIAS GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO EXPERIMENTAL DAS CIÊNCIAS RELATÓRIO Agrupamento de Escolas de Freixo Distrito de Viana do Castelo Concelho de Ponte de Lima Data da intervenção: de 21-11-2016 a 25-11-2016 Área

Leia mais

2017/2018 Agrupamento de Escolas Cidade do Entroncamento

2017/2018 Agrupamento de Escolas Cidade do Entroncamento 2017/2018 Agrupamento de Escolas Cidade do Entroncamento Plano de Ação de Melhoria ÍNDICE 1- Introdução 2 2- Estrutura do Plano de Melhoria 2 3- Visão Global do Plano 3 4- Fichas de Ação de Melhoria 4

Leia mais

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS INSPEÇÃO-GERAL DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS RELATÓRIO Agrupamento de Escolas de Figueiró dos Vinhos 2017 RELATÓRIO DE ESCOLA Agrupamento de Escolas

Leia mais

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS INSPEÇÃO-GERAL DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS RELATÓRIO Agrupamento de Escolas da Maia 2017 RELATÓRIO DE ESCOLA Agrupamento de Escolas da Maia Concelho

Leia mais

2017/2020 PLANO DE MELHORIA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MOIMENTA DA BEIRA

2017/2020 PLANO DE MELHORIA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MOIMENTA DA BEIRA 2017/2020 PLANO DE MELHORIA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MOIMENTA DA BEIRA 0 FICHA TÉCNICA Título Plano de Melhoria do Agrupamento Equipa Alzira Gomes (Coordenadora e Ensino Secundário) Maria Emília Soares

Leia mais

PLANO DE MELHORIA DO AGRUPAMENTO

PLANO DE MELHORIA DO AGRUPAMENTO 2016-2018 PLANO DE MELHORIA DO AGRUPAMENTO (Relatório de Avaliação Externa 2016) INTRODUÇÃO O Plano de Melhoria do Agrupamento (PMA) foi elaborado de acordo com a Recomendação nº 1/2011, de 7 de janeiro,

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PROFESSOR PAULA NOGUEIRA

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PROFESSOR PAULA NOGUEIRA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PROFESSOR PAULA NOGUEIRA Plano de Formação do Agrupamento 2015/2018 Índice 1. Nota Introdutória... 3 2. Enquadramento do Plano de Formação... 4 3. Diagnóstico... 6 4. Objetivos Gerais...

Leia mais

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS INSPEÇÃO-GERAL DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS RELATÓRIO Escola Secundária de Viriato 2017 RELATÓRIO DE ESCOLA Escola Secundária de Viriato Concelho

Leia mais

Plano de Melhoria para 2018/19 INTRODUÇÃO

Plano de Melhoria para 2018/19 INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO O presente Plano de Melhoria foi concebido na sequência da avaliação externa realizada neste Agrupamento de Escolas durante 2016/17 e das áreas de melhoria apontadas, pela Inspeção-Geral da

Leia mais

GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO DO INGLÊS NO 1.º e 2.º CICLOS DO ENSINO BÁSICO

GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO DO INGLÊS NO 1.º e 2.º CICLOS DO ENSINO BÁSICO GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO DO INGLÊS NO 1.º e 2.º CICLOS DO ENSINO BÁSICO RELATÓRIO Agrupamento de Escolas de Real Distrito de Braga Concelho de Braga Data da intervenção: de 20-11-2017 a 23-11-2017 Área

Leia mais

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS INSPEÇÃO-GERAL DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS RELATÓRIO Escola Básica e Secundária Quinta das Flores, Coimbra 2017 RELATÓRIO DE ESCOLA Escola Básica

Leia mais

PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICA

PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICA Código 160635 [2016/2018] (DGE) PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICA ÍNDICE 1. Identificação do Agrupamento de Escolas Viseu Norte... 2 2. Compromisso social do Agrupamento / Histórico e metas de sucesso... 2 3.

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PONTE DE LIMA PLANO DE MELHORIA

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PONTE DE LIMA PLANO DE MELHORIA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PONTE DE LIMA PLANO DE MELHORIA 2016-2018 Plano de Melhoria do Agrupamento de Escolas de Ponte de Lima Pág. 2 Índice Introdução... 3 Plano de Melhoria por Área... 6 A. Identificação

Leia mais

Reunião de Rede LVT Fevereiro de Equipa Regional de Lisboa e Vale do Tejo

Reunião de Rede LVT Fevereiro de Equipa Regional de Lisboa e Vale do Tejo Reunião de Rede LVT Fevereiro de 2019 Equipa Regional de Lisboa e Vale do Tejo Programa 10:00 Abertura Enquadramento da AFC 10:20 Sessões paralelas Grupos de Trabalho Tema A / Tema B / Tema C 11:20 Intervalo

Leia mais

GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO EXPERIMENTAL DAS CIÊNCIAS

GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO EXPERIMENTAL DAS CIÊNCIAS GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO EXPERIMENTAL DAS CIÊNCIAS RELATÓRIO Agrupamento de Escolas de Carregal do Sal Distrito de Viseu Concelho de Carregal do Sal Data da intervenção: de 14-11-2016 a 18-11-2016 Área

Leia mais

Autonomia e Flexibilidade Curricular. III Reunião com as Escolas do Projeto Julho de 2017

Autonomia e Flexibilidade Curricular. III Reunião com as Escolas do Projeto Julho de 2017 Autonomia e Flexibilidade Curricular III Reunião com as Escolas do Projeto Julho de 2017 AUTONOMIA E FLEXIBILIDADE CURRICULAR C RESPONSABILIDADE N F A U T O N O M I A A ACOMPANHAMENTO Ç F L E X I B I L

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VALLIS LONGUS PLANO DE AÇÃO DE MELHORIA

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VALLIS LONGUS PLANO DE AÇÃO DE MELHORIA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VALLIS LONGUS PLANO DE AÇÃO DE MELHORIA VALONGO, JUNHO 2013 INTRODUÇÃO O Plano de Melhoria constitui-se como instrumento de suporte à programação e à implementação da melhoria

Leia mais

Plano de Ações de Melhoria Inicial

Plano de Ações de Melhoria Inicial Plano de Ações de Melhoria Inicial PAM Inicial 2016/2017 Outubro de 2016 Índice Pág. 2 1. Introdução 2. Plano de Ações de Melhoria Inicial 2.1. Enquadramento das ações de melhoria nos Critérios da CAF

Leia mais

PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICA

PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICA Uma educação de, e para o Futuro Agrupamento de Escolas de Vila Flor PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICA Uma escola de valores, que educa para os valores Vila Flor, 05 de julho de 2016 1 - IDENTIFICAÇÃO DO AGRUPAMENTO

Leia mais

Plano de Ação Estratégica

Plano de Ação Estratégica Plano de Ação Estratégica No âmbito do Programa Nacional de Promoção do Sucesso Escolar Período de vigência: 2016/2020 Ano letivo: 2016/2017 Escola Secundária de Caneças, Odivelas Escolas de Caneças, Odivelas

Leia mais

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS INSPEÇÃO-GERAL DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS RELATÓRIO Agrupamento de Escolas de Montelongo 2017 RELATÓRIO DE ESCOLA Agrupamento de Escolas de Montelongo

Leia mais

Plano de Ações de Melhoria (Inicial) /2017

Plano de Ações de Melhoria (Inicial) /2017 Plano de Ações de Melhoria (Inicial) - 2016/2017 Plano de Ações de Melhoria 2016/2017 Visão global do PAM Priorida de 1 Ação de melhoria Planeamento do ensino e das aprendizagens Responsável pelo Projeto

Leia mais

PLANO DE MELHORIA ANO LETIVO 2016/2017

PLANO DE MELHORIA ANO LETIVO 2016/2017 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MARTIM DE FREITAS Agrupamento de Escolas Martim de Freitas PLANO DE MELHORIA ANO LETIVO 2016/ 7 INDÍCE 1. - Introdução 3 2. - Contextualização 4 3. Áreas e Ações de Melhoria 6

Leia mais

PLANO DE MELHORIA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO COUTO MINEIRO DO PEJÃO

PLANO DE MELHORIA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO COUTO MINEIRO DO PEJÃO PLANO DE MELHORIA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO COUTO MINEIRO DO PEJÃO ÍNDICE 1. ENQUADRAMENTO...3 2. ÁREAS DE MELHORIA...3 3. CRONOGRAMA DO PLANO DE MELHORIA...5 FICHA DE AÇÃO DE MELHORIA 1...6 FICHA DE AÇÃO

Leia mais

Autoavaliar para Melhorar

Autoavaliar para Melhorar Autoavaliar para Melhorar INFORMAR, SENSIBILIZAR, ENVOLVER E VALORIZAR o papel de todos os elementos da comunidade educativa. A melhoria do Agrupamento só é possível com o contributo de todos. «Se a autoavaliação

Leia mais

A educação que faz a diferença Um esforço coletivo

A educação que faz a diferença Um esforço coletivo A educação que faz a diferença Um esforço coletivo Pág. 1 Nota Introdutória AGRUPAMENTO DE ESCOLAS CAMILO CASTELO BRANCO (151762) O Agrupamento de Escolas Camilo Castelo Branco (AECCB), no ano letivo 2014/2015,

Leia mais

GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO EXPERIMENTAL DAS CIÊNCIAS

GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO EXPERIMENTAL DAS CIÊNCIAS GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO EXPERIMENTAL DAS CIÊNCIAS RELATÓRIO Agrupamento de Escolas de Arcozelo Ponte de Lima Distrito de Viana do Castelo Concelho de Ponte de Lima Data da intervenção: de 15-05-2017

Leia mais

GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO EXPERIMENTAL DAS CIÊNCIAS

GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO EXPERIMENTAL DAS CIÊNCIAS GESTÃO DO CURRÍCULO: ENSINO EXPERIMENTAL DAS CIÊNCIAS RELATÓRIO Agrupamento de Escolas Amadeu de Souza-Cardoso Distrito de Porto Concelho de Amarante Data da intervenção: de 13-03-2017 a 17-03-2017 Área

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS FRANCISCO DE HOLANDA. Plano de Melhoria

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS FRANCISCO DE HOLANDA. Plano de Melhoria AGRUPAMENTO DE ESCOLAS FRANCISCO DE HOLANDA Plano de Melhoria Adenda ao plano de melhoria_caf_2016 de acordo com as observações constantes no relatório final relativo à intervenção realizada no âmbito

Leia mais

PLANO DE MELHORIA. Agrupamento de Escolas Henriques Nogueira

PLANO DE MELHORIA. Agrupamento de Escolas Henriques Nogueira PLANO DE MELHORIA Agrupamento de Escolas Henriques Nogueira ENQUADRAMENTO Importa que a avaliação externa das escolas seja um processo útil para o desenvolvimento e a melhoria de cada escola. Para tal,

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALHANDRA, SOBRALINHO E SÃO JOÃO DOS MONTES PLANO DE MELHORIA IGEC

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALHANDRA, SOBRALINHO E SÃO JOÃO DOS MONTES PLANO DE MELHORIA IGEC AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALHANDRA, SOBRALINHO E SÃO JOÃO DOS MONTES PLANO DE MELHORIA IGEC SETEMBRO DE 2013 FUNDAMENTOS DO PLANO DE MELHORIA 2013/2015 O Agrupamento assume-se como construtor de uma visão

Leia mais

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA RELATÓRIO DA 2ª INTERVENÇÃO

ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA RELATÓRIO DA 2ª INTERVENÇÃO ACOMPANHAMENTO DA AÇÃO EDUCATIVA RELATÓRIO DA 2ª INTERVENÇÃO Área territorial da IGEC Área Territorial Sul Agrupamento ou Escola Código 145520 Designação Agrupamento de Escolas de Alcoutim Data da intervenção

Leia mais

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS INSPEÇÃO-GERAL DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS RELATÓRIO Agrupamento de Escolas Vieira de Araújo 2017 RELATÓRIO DE ESCOLA Agrupamento de Escolas Vieira

Leia mais

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS INSPEÇÃO-GERAL DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS RELATÓRIO Escola Secundária de Pinhal Novo 2017 RELATÓRIO DE ESCOLA Escola Secundária de Pinhal Novo

Leia mais

2.2. Fichas das ações de melhoria

2.2. Fichas das ações de melhoria 2.2. Fichas das ações de melhoria 2.2.2. Ação de Melhoria 2 Designação da ação de melhoria Melhoria dos processos de ensino e aprendizagem e impacto nos resultados escolares Coordenadores da Equipa Operacional

Leia mais

PLANO DE MELHORIA

PLANO DE MELHORIA PLANO DE MELHORIA 2013 2015 1 - Introdução Entende-se por Plano de Melhoria da Escola um conjunto de procedimentos e estratégias organizadas e implementadas com o objetivo de promover a melhoria dos processos

Leia mais