Educação Espírita: Um Convite À Juventude. Grupo Marcos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Educação Espírita: Um Convite À Juventude. Grupo Marcos"

Transcrição

1 Educação Espírita: Um Convite À Juventude 1

2 Espiritismo, um caminho cristão. 2

3 ÍNDICE Quem Somos...05 O nome Marcos é um homenagem a Eurípedes Barsanulfo nosso dirigente espiritual. Objetivo do Encontro Apresentar as principais característica do Espiritismo: ciência e filosofia que possui um método e que dialoga com outras ciências, filosofias, tradições e religiões valorizando-as. O Livro dos Espíritos: método e conteúdo...09 Método espírita: aplicação da Escala Espírita, controle universal do ensino dos Espíritos. Conteúdo do Espiritismo: revelação espiritual mais completa que Deus já permitiu. Jesus e Kardec...24 O Espírito da Verdade, Jesus, é o guia espiritual de Allan Kardec. 3

4 Iniciação Espírita Ser espírita sincero é melhorar-se e não aparentar santidade. Biografia

5 Quem Somos Somos um grupo de amigos e amigas que se dispõe a colaborar com as tarefas do Cristo no movimento espírita e na sociedade em geral. O nome Marcos é um homenagem a Eurípedes Barsanulfo, o nome se refere a encarnação em que encontrou com Jesus no mundo há mais de dois mil anos. Esse amigo é o diretor espiritual de nosso grupo. Nossos Princípios 1. Todos produtos do grupo Marcos (livros, DVDs, programas de áudio e de vídeo etc.) são colocado gratuitamente à disposição em nosso blog sendo previamente autorizado imprimir, copiar, divulgar. No caso do livros impressos ou DVDs gravados será cobrado o exato valor do custo. 2. As produções (mediúnicas ou não) levam apenas o nome Marcos e dos amigos espirituais, quando for o caso; 3. A filiação ao grupo não tem formalidade ou nem taxa, basta entrar em contato e falar como deseja ajudar; 5

6 4. Nosso maior compromisso é com a coerência, o estudo e divulgação da obra de Allan Kardec. A Codificação e a Revista Espírita norteiam todas as nossas produções; 5. Nosso compromisso específico é com a formação da Nova Geração, sem excluir ninguém de nossas atividades; 6. Nos propomos a produção de livros, de programas de áudio e de encontros de estudo como nossa principal contribuição ao movimento espírita. 6

7 Objetivo do Encontro Nesse encontro vamos conversar sobre o que é o Espiritismo e quais são suas principais características. É impossível apresentá-lo em sua grandeza em poucas linhas, o Espiritismo é uma área do saber que se expande, dialoga com outras ciências e filosofias e nos possibilita a compreensão dos ensinos de Jesus e de outros grandes mestres. Por isso, essa é uma apresentação rápida. O Espiritismo é uma ciência? O que o Espiritismo pode nos dar? Talvez você pergunte, afinal, para que serve o Espiritismo? Responderei. O Espiritismo é uma ciência, porque tem um método, regras e normas de pesquisa, e um objeto central de estudo, o Espírito. Essa ciência, que dá origem a uma filosofia existencial, uma forma de viver, pode nos dar, acima de tudo, um caminho de auto-realização, de conquista da verdadeira felicidade. Desejamos formar um grupo de amigos, dispostos a estudar e vivenciar o Espiritismo de forma ampla. Se você tem interesse em nossa proposta, escrevamos. Queremos lhe conhecer. No futuro marcaremos encontros para estudar, conversar, nos conhecer. Esperamos que você goste desta aula! 7

8 O caminho indicado é radical. É o do Evangelho entendido com uma lógica elevada que integra fenômenos mediúnicos, realidade espiritual, autoconhecimento, cura, magnetismo, regressão de memória, auto-perdão, arte e muito mais. A grandeza do Espiritismo se revela em nos ensinar a integrar a riqueza da vida em nosso ser de forma harmônica e segura, com desafios e sem ilusões. Quem conseguiu organizar os ensinos dos espíritos? Allan Kardec. Quem o amparou espiritualmente? Jesus de Nazaré, o Espírito da Verdade. Comecemos! Há um bom caminho a percorrer. 8

9 O Livro dos Espíritos: método e conteúdo Você sabe por que o nome Livro dos Espíritos? Ele é um conjunto das respostas que os Espíritos deram a Allan Kardec sobre o mais diversos assuntos. Olha que interessante: esse livro é uma conversa com espíritos muito sábios sobre a vida material e espiritual... São 1019 perguntas, vale a pena ler! 9

10 Apresentação O Livro dos Espíritos: método e conteúdo Ora, conversar com os espíritos é fácil! Todo mundo sempre se comunicou de um jeito ou de outro. Os judeus na época de Moisés, os gregos e os egípcios antigos; os índios no Brasil, bem como os africanos em seu vasto continente. Comunicação espiritual, nada tem de novo. Novo apenas é o que Kardec nos ensina, a forma de dialogarmos, de conversar, com os espíritos e a profundidade das respostas dadas pelos espíritos a Kardec com a permissão de Deus. Há uma curiosidade no atual momento que vivemos: o medo de se conversar com os amigos espirituais! Isso é explicado pela reencarnação, mas não vamos nessa aula estudar esse importante fenômeno psicológico. Por ora, deixemos o medo de lado, e aprendamos como Kardec ensina a nos comunicar com os vivos do lado de lá. 10

11 E por falar em Kardec, é preciso entender, ele não é como os sabichões que sabem uma coisa e usam para se promover e não querem ensinar a ninguém. Ele, logo no começo de O Livro dos Espíritos, diz como o livro foi feito e como todos fazer pesquisa espírita. Esse é nosso amigo Kardec! Você sabe por que o nome Livro dos Espíritos? Ele é um conjunto das respostas que os Espíritos deram a Allan Kardec sobre o mais diversos assuntos. Olha que interessante: esse livro é uma conversa com espíritos muito sábios sobre a vida material e espiritual... São 1019 perguntas, vale a pena ler! Allan Kardec aprendeu em suas experiências que espírito é gente, quer dizer, tem de todo tipo. Burro, inteligente, alegre e bem humorado, zangado e rabugento, maldoso e perverso, amigo e generoso. Espíritos iluminados e espíritos inferiores e entre estes extremos existem milhares de outros tipos. Como ele aprendeu isso? Conversando com milhares deles! Perguntando, pedindo que explicassem como viviam e analisando suas respostas. 11

12 Tem espírito que só fala besteira, tem outros que mentem e tem os inteligentes e sábios. Por isso, Kardec resolveu reunir os ensinos dos Espíritos mais sábios que teve contato [Entre esses espíritos, estão, São João Evangelista, Santo Agostinho, São Vicente de Paulo, São Luiz, Espírito da Verdade, Sócrates, Platão, Fénelon, Franklin, Swedenborg, apóstolo Paulo.] e assim organizou O Livro dos Espíritos e a Doutrina Espírita. Os livros que Kardec organizou foram feitos com muito critério. No mundo físico, Allan Kardec, para organizar a codificação espírita, utiliza-se de milhares de médiuns, inclusive jovens médiuns. No mundo espiritual, Jesus, o Espírito da Verdade, coordena milhares para que a obra se conclua. Cada um dos sábios espíritos, colaborou nos assuntos que mais conhecia. Publicado em 18 de Abril de 1857 A codificação espírita é a síntese de um imenso trabalho de grupo. O Livro dos Espíritos é a base. Apenas entendendo isso, começaremos a ter uma noção do valor desta obra. 12

13 Escala Espírita A Escala Espírita é para Kardec a chave da ciência espírita. 13

14 Método O método de Kardec é o da indagação a muitos espíritos por meio de diferentes médiuns e a análise crítica das respostas. Por isso, O Livro dos Espíritos é um livro de perguntas e respostas com comentários de Kardec. Mas para que o Livro dos Espíritos não fosse um conjunto confuso de ensinos espirituais em que estivessem misturados verdades e mentiras, ele aplicou a descoberta mais importante da história do mundo, no que se refere ao contato mediúnico, a Escala Espírita. Sem ela toda a obra de Kardec e do Espírito da Verdade estaria comprometida, sem ela o Espiritismo não passaria de um revelação pessoal e nunca seria a ciência do Espírito. A Escala Espírita é para Kardec a chave da ciência espírita. O método de Kardec funda-se na Escala Espírita. Como surge a Escala Espírita e o que ela é? Inicialmente, Kardec não aceita a informação que são os espíritos que se comunicam, observa. 14

15 De observar e testar, em outro momento falaremos destes testes, convence-se que, de fato, se trata de espíritos. Até aqui, nada de mais, eu e você também faríamos o mesmo, mas é depois desta constatação que Allan Kardec revoluciona a pesquisa espiritual. Ele descobre, dá-se conta e comprova: espírito é gente! Quer dizer, não é porque morreu que se torna sábio e senhor de todas as verdades. Dito de forma mais elegante, a individualidade sentimentos, hábitos e conhecimentos é preservada após a morte. Por que entender isso é tão importante? Porque ao se verificar a existência dos Espíritos, mesmo grandes sábios, tornam-se bobos ao pensar que eles sabem tudo. Kardec é melhor sábio, pois por comparação não cai em adoração vazia. Por exemplo, não é porque eu vivo no Brasil que necessariamente conheço toda história brasileira ou posso falar com propriedade da economia ou da sociedade brasileira. Portanto, não basta ter morrido para saber tudo da vida espiritual! Simples e genial.! 15

16 Desta compreensão, Kardec elabora a Escala Espírita e ensina como não aceitar informações de espíritos ignorantes ou mentirosos. Se toda a Doutrina Espírita se perdesse, com esse método seria possível reconstituí-la 16

17 A Escala Espírita Kardec expõe a Escala Espírita a partir do item 100. Mas para que ninguém se engane, na introdução de O Livro dos Espíritos explica o codificador. 17

18 Introdução O Livro dos Espíritos Item VI Resumo da Doutrina Espírita. Os Espíritos pertencem a diferentes classes, não sendo iguais em poder nem em inteligência, saber ou moralidade. Os da primeira ordem são os Espíritos Superiores que se distinguem pela perfeição, pelos conhecimentos e pela proximidade de Deus, pela pureza dos sentimentos e o amor do bem: são os anjos ou Espíritos puros. As demais classes se distanciam mais e mais desta perfeição. Os das classes inferiores são inclinados às nossas paixões: o ódio, a inveja, o ciúme, o orgulho, etc. E se comprazem no mal. Nesse número há os que não são nem muito bons, nem muito maus; antes, perturbadores e intrigantes do que maus; a malícia e a inconsequência parecem ser as suas características: são os Espíritos estouvados ou levianos. Porás no cabeçalho do livro o ramo de parreira que te desenhamos, porque é ele o emblema do trabalho do Criador. Todos os princípios materiais que podem melhor representar o corpo e o espírito nele se encontram reunidos: o corpo é o ramo; o espírito é a seiva; a alma, ou o espírito ligado à matéria é o bago. O homem quintessência o espírito pelo trabalho e tu sabes que não é senão pelo trabalho do corpo que o espírito adquire conhecimentos. Orientação dos Espíritos superiores a Kardec 18

19 Os Espíritos não pertencem eternamente à mesma ordem. Todos melhoram, passando pelos diferentes graus da hierarquia espírita. Esse melhoramento se verifica pela encarnação, que a uns é imposta como uma expiação, a outros como missão. A vida material é uma prova a que devem submeter-se repetidas vezes até atingirem a perfeição absoluta; é uma espécie de peneira ou depurador de que eles saem mais ou menos purificados. Ora, se existem espíritos de todo que é tipo e jeito, é preciso saber interrogá-los, ter cuidado com os mentirosos e saber aprender com os sábios. Isso entendeu Kardec e por causa da Escala Espírita elaborou um método de controle de qualidade, o Controle Universal do Ensino dos Espíritos. Observe que quem aceita uma informação doutrinária de apenas um espírito ou dois, não tem controle de qualidade. Quem não entender isso, ainda não sabe o que é Espiritismo. Após utilizar esse método por cerca de dez anos, Kardec escreve na introdução de O Evangelho Segundo o Espiritismo. 19

20 Introdução O Evangelho Segundo o Espiritismo O primeiro controle é, sem contradita, o da razão, ao qual é necessário submeter, sem exceção, tudo o que vem dos Espíritos. Toda teoria em contradição manifesta com o bom senso, com uma lógica rigorosa, com os dados positivos que possuímos, por mais respeitável que seja o nome que a assine, deve ser rejeitada. Mas esse controle é incompleto para muitos casos, em virtude da insuficiência de conhecimentos de certas pessoas, e da tendência de muitos, de tomarem seu próprio juízo por único árbitro da verdade. Em tais casos, que fazem os homens que não confiam absolutamente em si mesmos? Aconselham-se com os outros, e a opinião da maioria lhes serve de guia. Assim deve ser no tocante ao ensino dos Espíritos, que nos fornecem por si mesmos os meios de controle. A concordância no ensino dos Espíritos é portanto o seu melhor controle, mas é ainda necessário que ela se verifique em certas condições. A menos segura de todas é quando um médium interroga por si mesmo numerosos Espíritos sobre uma questão duvidosa. É claro que, se ele está sob o império de uma obsessão, ou se tem relações com um Espírito embusteiro, este Espírito pode dizer-lhe a mesma coisa sob nomes diferentes. No Evangelho Segundo o Espiritismo, Kardec explica os ensinamentos de Jesus com a ajuda dos Espíritos superiores. Veja que interessante, espíritos que conviveram com o Cristo ou que foram verdadeiros cristãos veem explicar o que eles ouviram ele ensinar! 20

21 Não há garantia suficiente, de mesma maneira, na concordância que se possa obter pelos médiuns de um mesmo centro, porque eles podem sofrer a mesma influência. A única garantia segura do ensino dos Espíritos está na concordância das revelações feitas espontaneamente, através de um grande número de médiuns, estranhos uns aos outros, e em diversos lugares. Compreende-se que não se trata aqui de comunicações relativas a interesses secundários, mas das que se referem aos próprios princípios da doutrina. A experiência prova que, quando um novo princípio deve ser revelado, ele é ensinado espontaneamente, ao mesmo tempo, em diferentes lugares, e de maneira idêntica, senão na forma, pelo menos quanto ao fundo. Se, portanto, apraz a um Espírito formular um sistema excêntrico, baseado em suas próprias ideias e fora da verdade, pode-se estar certo de que esse sistema ficará circunscrito, e cairá diante da unanimidade das instruções dadas por toda parte, como já mostraram números exemplos. 21

22 Conteúdo Vejamos o que é o Espiritismo. A resposta na 628 de O Livro dos Espíritos nos ajudará Por que a verdade não esteve sempre ao alcance de todos? -- É necessário que cada coisa venha a seu tempo. A verdade é como a luz: é preciso que nos habituemos a ela pouco a pouco, pois de outra maneira nos ofuscaria. Jamais houve um tempo em que Deus permitisse ao homem receber comunicações tão completas e tão instrutivas como as que hoje lhe são dadas. Havia na Antiguidade, como sabeis, alguns indivíduos que estavam de posse daquilo que consideravam uma ciência sagrada, e da qual faziam mistério para os que consideravam profanos. Deveis compreender, com o que conheceis das leis que regem esses fenômenos, que eles recebiam apenas verdades esparsas no meio de um conjunto equívoco e na maioria das vezes alegórico. Kardec reuniu os ensinos dos Espíritos coletados por ele e por outros pesquisadores no livro base do Espiritismo. 22

23 Não há, entretanto, para o homem de estudo, nenhum antigo sistema filosófico, nenhuma tradição, nenhuma religião a negligenciar, porque todos encerram os germens de grandes verdades, que embora pareçam contraditórias entre si, espalhadas que se acham entre acessórios sem fundamento, são hoje muito fáceis de coordenar, graças à chave que vos dá o Espiritismo de uma infinidade de coisas que até aqui vos pareciam sem razão, e cuja realidade vos é agora demonstrada de maneira irrecusável. Não deixeis de tirar temas de estudo desses materiais. São eles muito ricos e podem contribuir poderosamente para a vossa instrução. 23

24 Jesus e Kardec Em 15 de abril de 1864, 7 anos após a publicação de O Livro dos Espíritos, Kardec lança O Evangelho Segundo o Espiritismo. Mas o que nos interessa agora, são os bastidores da preparação deste livro, pois assim conseguiremos conhecer um pouco melhor de Allan Kardec por meio do livro Obras Póstumas. Obras Póstumas reúne mensagens que Kardec recebeu ao longo da vida e não divulgou. Destacamos dois trechos de mensagens recebidas em agosto e em setembro de 1863, sobre a preparação de O Evangelho Segundo o Espiritismo, em duas cidades e por médiuns diferentes. Ségur {localidade francesa}, 9 de Agosto de 1863 Capa do original de Obras Póstumas. Publicado em janeiro de Kardec desencarnou em 1869, dia 31 de março. Pergunta O que pensais da nova obra em que trabalho no momento? {Kardec não falara a ninguém que trabalhava no Evangelho Segundo o Espiritismo} (...) 24

25 Termina tua obra, e conta com a proteção do teu guia, o guia de todos nós, e com auxílio devotado de teus mais fiéis espíritos, em cujo número queira sempre incluir-me (...) Escolhendo-te, os espíritos sabiam da solidez das tuas convicções, e que a tua fé, como um muro de aço, resistiria a todos os ataques. (...) Tenho, porém, fé em ti, como tens fé em nós, e porque tua fé é daquelas que transportam montanhas e fazem caminhar sobre as águas. Coragem, pois, e que tua obra se complete. Conta conosco, e conta sobretudo com a grande alma do Mestre de todos nós, que te protege de um maneira muito particular. 25

26 Paris, 14 de setembro de 1863 (...) Nossa ação, sobretudo a do Espírito da Verdade, é constante em torno de ti, tal que não podes negar. (...) Adeus, caro companheiro de antanho {desde o passado}, discípulo fiel da verdade, que continua, através da vida, a obra a que outrora, nas mãos do grande espírito, que te ama e eu venero, juramos consagrar nossas forças e nossas existências até que ela estivesse acabada. Saúdo-te Allan Kardec nunca utilizou estas mensagens para se envaidecer ou se promover. Eles mostram a íntima relação de Jesus O Espírito da Verdade e seu amado protegido Allan Kardec. 26

27 Allan Kardec, depois da publicação do Evangelho, sem revolta ou maldade, enfrenta os preconceitos sociais, os ataques de religiosos e de cientistas positivistas contra a ciência e a religião espírita. Sua coragem inabalável e serena, faz que sempre coloque a Lei de Deus acima da opinião dos homens. Trata com a mesma atenção príncipes e operários que o procuravam, combate os preconceitos contra a mulher e o negro, inclui jovens entre os mais importantes médiuns da codificação. Por isso, nem sempre foi compreendido, por isso, é amado por todos os que buscam verdadeiramente a Deus, que é amor e inteligência suprema. 27

28 Agora é com você: iniciação espírita O que se precisa para ser espírita? Do ponto de vista moral, ético, eis a definição de Kardec. Reconhece-se o verdadeiro espírita pela sua transformação moral, e pelos esforços que faz para dominar suas más inclinações. (Evangelho Segundo o Espiritismo, capítulo XVII, Os Bons Espíritas) Quer dizer, espírita verdadeiro não é santo. É aquele que sinceramente busca se tornar melhor ou menos mal... Como disse Jesus, fazer mais o bem do que o mal. No aspecto intelectual é tornar-se capaz de pensar espiritamente, quer dizer, entender a vida, os acontecimentos sociais, as angústias pessoais com a ajuda da luz espírita. 28

29 Bibliografia Kardec, Allan. Pires, José Herculano (tradutor). O Livro dos Espíritos. Rio de Janeiro, Editora LAKE, Kardec, Allan. Ribeiro, Guillon (tradutor). O Evangelho Segundo o Espiritismo, FEB, Kardec, Allan. Carvalho, Maria Lucia Alcantara de. (tradutora) Obras Póstumas, Rio de Janeiro, CELD, Mendes, Artur (desenhista). Dos Espíritos. 29

30 Para isso é necessário conhecer os atributos de Deus, reencarnação, interação entre espíritos em diferentes dimensões, imortalidade e vida no mundo espiritual, planejamento reencarnatório, migração espiritual, magnetismo, entre outros assuntos, e pensar a partir destas verdades. O que fazer: compartilhar É importante saber transformar em benefício de alguém algo de bom que nos acontece. Se para você essa aula foi boa, tenho uma proposta: por que você não a envia a um amigo ou amiga? Talvez alguém também esteja precisando pensar um pouco sobre a própria imortalidade! Compartilhe, da forma que achar melhor, o que você aprendeu aqui. 30

CONHECIMENTO DA LEI NATURAL. Livro dos Espíritos Livro Terceiro As Leis Morais Cap. 1 A Lei Divina ou Natural

CONHECIMENTO DA LEI NATURAL. Livro dos Espíritos Livro Terceiro As Leis Morais Cap. 1 A Lei Divina ou Natural CONHECIMENTO DA LEI NATURAL Livro dos Espíritos Livro Terceiro As Leis Morais Cap. 1 A Lei Divina ou Natural O que é a Lei Natural? Conceito de Lei Natural A Lei Natural informa a doutrina espírita é a

Leia mais

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro III Ensinos e Parábolas de Jesus Parte 2 Módulo VI Aprendendo com Fatos

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro III Ensinos e Parábolas de Jesus Parte 2 Módulo VI Aprendendo com Fatos FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro III Ensinos e Parábolas de Jesus Parte 2 Módulo VI Aprendendo com Fatos Extraordinários Objetivos Explicar o fenômeno de transfiguração,

Leia mais

Palestra Virtual. Tema: Espiritismo e Espiritualismo. Palestrante: Altivo Pamphiro. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.

Palestra Virtual. Tema: Espiritismo e Espiritualismo. Palestrante: Altivo Pamphiro. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org. Palestra Virtual Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: Espiritismo e Espiritualismo Palestrante: Altivo Pamphiro Rio de Janeiro 01/08/2003 Organizadores da Palestra: Moderador:

Leia mais

O QUE É SER ESPÍRITA?

O QUE É SER ESPÍRITA? Suzane Câmara O QUE É SER ESPÍRITA? pessoa vinculada ao Espiritismo. os espíritas "mexem" com os mortos outros temem, outros permanecem indiferentes ir ao Centro, tomar passe, ouvir ou fazer palestras,

Leia mais

CONHECENDO AS SEITAS

CONHECENDO AS SEITAS CONHECENDO AS SEITAS RELIGIÃO: deriva do termo latino "Re-Ligare", que significa "religação" com o divino. SEITA: é um grupo que afirma ser cristão, porém nega uma verdade essencial do cristianismo bíblico.

Leia mais

Parte Terceira Capítulo XII Da perfeição moral

Parte Terceira Capítulo XII Da perfeição moral Parte Terceira Capítulo XII Da perfeição moral Caracteres do homem de bem Questão: 918 O homem de bem tira boas coisas do bom tesouro do seu coração e o mau tira as más do mau tesouro do seu coração; porquanto,

Leia mais

Chamados Para a Comunhão de Seu Filho (Mensagem entregue pelo irmão Stephen Kaung em Richmound- Virginia-USA no dia 11 de fevereiro de 2007)

Chamados Para a Comunhão de Seu Filho (Mensagem entregue pelo irmão Stephen Kaung em Richmound- Virginia-USA no dia 11 de fevereiro de 2007) Chamados Para a Comunhão de Seu Filho (Mensagem entregue pelo irmão Stephen Kaung em Richmound- Virginia-USA no dia 11 de fevereiro de 2007) Por favor, poderiam abrir em primeira aos Coríntios, a primeira

Leia mais

A DOUTRINA ESPÍRITA, À LUZ DA FÉ RACIOCINADA,

A DOUTRINA ESPÍRITA, À LUZ DA FÉ RACIOCINADA, Matéria Ufologiade capa A DOUTRINA ESPÍRITA, À LUZ DA FÉ RACIOCINADA, EXPLICA QUEM SÃO OS SERES ANGELICAIS Entrevista realizada pelo site www.irc-espiritismo.org.br Eles existem? Aorigem da idéia de que

Leia mais

Palestra Virtual. Tema: O Centro Espírita. Palestrante: Carlos Alberto. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.

Palestra Virtual. Tema: O Centro Espírita. Palestrante: Carlos Alberto. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org. Palestra Virtual Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: O Centro Espírita Palestrante: Carlos Alberto Rio de Janeiro 04/04/2003 Organizadores da Palestra: Moderador: "_Alves_"

Leia mais

Palestra Virtual. Tema: A Vida em Família. Palestrante: Amália Silveira. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.

Palestra Virtual. Tema: A Vida em Família. Palestrante: Amália Silveira. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org. Palestra Virtual Promovida pelo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: A Vida em Família Palestrante: Amália Silveira Rio de Janeiro 10/03/2000 Organizadores da palestra: Moderador: Brab (nick: < Moderador

Leia mais

O QUE É ESPIRITISMO (DOUTRINA ESPÍRITA)

O QUE É ESPIRITISMO (DOUTRINA ESPÍRITA) O QUE É ESPIRITISMO (DOUTRINA ESPÍRITA) Os fatos que o espiritismo nos trouxe a partir de 1857 existem faz tempo e tempo; mas somente a partir de 1857, com a publicação de O Livro dos Espíritos, eles vieram

Leia mais

ESTUDANDO O LIVRO DOS ESPÍRITOS

ESTUDANDO O LIVRO DOS ESPÍRITOS ESTUDANDO O LIVRO DOS ESPÍRITOS OBJETIVO GERAL: Com base em O Livro dos Espíritos, também eixo gerador das demais quatro obras básicas da Codificação Espírita, estudar a Doutrina Espírita, estudar ALLAN

Leia mais

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br. Tema: 8º Encontro Espírita Sobre a Mediunidade

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br. Tema: 8º Encontro Espírita Sobre a Mediunidade Palestra Virtual Promovida pelo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: 8º Encontro Espírita Sobre a Mediunidade 1ª Palestra: Modo de se Distinguirem os Bons dos Maus Espíritos 2ª Palestra: Os Bons Espíritos

Leia mais

ESPIRITA FELIZ - COMO FAZER PARA EVOLUIR NA ESCALA ESPIRITA - ESPIRITA FELIZ COMO FAZER PARA EVOLUIR NA ESCALA ESPIRITA ESPIRITISMO BENEFÍCIOS

ESPIRITA FELIZ - COMO FAZER PARA EVOLUIR NA ESCALA ESPIRITA - ESPIRITA FELIZ COMO FAZER PARA EVOLUIR NA ESCALA ESPIRITA ESPIRITISMO BENEFÍCIOS ESPIRITA FELIZ - COMO FAZER PARA EVOLUIR NA ESCALA ESPIRITA - ESPIRITA FELIZ COMO FAZER PARA EVOLUIR NA ESCALA ESPIRITA ESPIRITISMO BENEFÍCIOS MENSAGENS ESPIRITAS E-BOOK C.E.S. JOVEM ESPIRITA FELIZ COMO

Leia mais

SEMINÁRIO O SIGNIFICADO DAS LEIS DIVINAS NO TRABALHO VOLUNTÁRIO. www.espiritizar.com.br

SEMINÁRIO O SIGNIFICADO DAS LEIS DIVINAS NO TRABALHO VOLUNTÁRIO. www.espiritizar.com.br SEMINÁRIO O SIGNIFICADO DAS LEIS DIVINAS NO TRABALHO A PROGRAMAÇÃO DA REENCARNAÇÃO Meditando sobre o significado das Leis Divinas em nossas vidas: Feche os olhos e entre em contato com você mesmo(a) em

Leia mais

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br Palestra Virtual Promovida pelo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: Mediunidade (Consciência, Desenvolvimento e Educação) Palestrante: Vania de Sá Earp Rio de Janeiro 16/06/2000 Organizadores da palestra:

Leia mais

THEREZINHA OLIVEIRA CHEGANDO À CASA ESPÍRITA

THEREZINHA OLIVEIRA CHEGANDO À CASA ESPÍRITA THEREZINHA OLIVEIRA CHEGANDO À CASA ESPÍRITA Campinas SP 2013 CHEGANDO À CASA ESPÍRITA Alma irmã que estás chegando a esta Casa pela primeira vez, sê bem-vinda. Esta é uma Casa cujas atividades se baseiam

Leia mais

A Palavra de Deus. - É na Palavra de Deus que o homem encontra o conhecimento a respeito da Vida, de onde viemos e onde vamos viver a eternidade.

A Palavra de Deus. - É na Palavra de Deus que o homem encontra o conhecimento a respeito da Vida, de onde viemos e onde vamos viver a eternidade. A Palavra de Deus 2 Timóteo 3:16-17 Pois toda a Escritura Sagrada é inspirada por Deus e é útil para ensinar a verdade, condenar o erro, corrigir as faltas e ensinar a maneira certa de viver. 17 E isso

Leia mais

CONVERSANDO COM OS ESPÍRITOS

CONVERSANDO COM OS ESPÍRITOS THEREZINHA OLIVEIRA CONVERSANDO COM OS ESPÍRITOS NA REUNIÃO MEDIÚNICA CAMPINAS SP 2009 SUMÁRIO Apresentação...1 PRIMEIRA PARTE CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES 1. O diálogo com os espíritos...5 2. Como Kardec

Leia mais

CLAYTON LEVY ESPÍRITOS DIVERSOS DIRETRIZES ESPÍRITAS. 4 a EDIÇÃO

CLAYTON LEVY ESPÍRITOS DIVERSOS DIRETRIZES ESPÍRITAS. 4 a EDIÇÃO CLAYTON LEVY ESPÍRITOS DIVERSOS DIRETRIZES ESPÍRITAS 4 a EDIÇÃO CAMPINAS SP 2007 Sumário Mensagem de Bezerra...XI Apresentação...XIII Capítulo I Diretrizes Doutrinárias O papel do Espiritismo...3 Caráter

Leia mais

Instituição Beneficente A Luz Divina Grupo da Fraternidade CONDUTA DOS MÉDIUNS 07 / 08 / 2015

Instituição Beneficente A Luz Divina Grupo da Fraternidade CONDUTA DOS MÉDIUNS 07 / 08 / 2015 Instituição Beneficente A Luz Divina Grupo da Fraternidade CONDUTA DOS MÉDIUNS 07 / 08 / 2015 Durante os meus estudos, fiquei me perguntando, o que trazer de muito especial para compartilhar com os irmãos,

Leia mais

Em conversa com os Espíritos

Em conversa com os Espíritos Em conversa com os Espíritos Idnei Gomes Ramos Em conversa com os Espíritos 1ª edição Matão - SP 2013 1ª edição 6.000 exemplares Janeiro - 2013 Capa: Rogério Mota Casa Editora O Clarim (Propriedade do

Leia mais

1ª Carta de João. A Palavra da Vida. Deus é luz. Nós somos pecadores. Cristo, nosso defensor junto a Deus

1ª Carta de João. A Palavra da Vida. Deus é luz. Nós somos pecadores. Cristo, nosso defensor junto a Deus 1ª Carta de João A Palavra da Vida 1 1 O que era desde o princípio, o que ouvimos, o que vimos com os nossos olhos, o que contemplamos e o que as nossas mãos apalparam da Palavra da Vida 2 vida esta que

Leia mais

EVANGELIZAÇÃO É AMOR E LUZ É JESUS NO CORAÇÃO

EVANGELIZAÇÃO É AMOR E LUZ É JESUS NO CORAÇÃO EVANGELIZAÇÃO É AMOR E LUZ É JESUS NO CORAÇÃO Lenildo Solano EVANGELIZAÇÃO EM MÚSICA - Sequência Musical: 01- Aula de Evangelização 02- Deus 03- Jesus 04- Anjos da Guarda 05- Oração 06- Espiritismo 07-

Leia mais

O CONSOLADOR PROMETIDO. Cleto Brutes Apresentação disponível em www.searadomestre.com.br

O CONSOLADOR PROMETIDO. Cleto Brutes Apresentação disponível em www.searadomestre.com.br O CONSOLADOR PROMETIDO Cleto Brutes Apresentação disponível em www.searadomestre.com.br O Consolador Prometido... Se me amais, guardai os meus mandamentos; e Eu rogarei a meu Pai e Ele vos enviará outro

Leia mais

AMOR E EVOLUÇÃO ROTEIRO 6

AMOR E EVOLUÇÃO ROTEIRO 6 ROTEIRO 6 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, o Consolador Prometido por Jesus Módulo IV A humanidade regenerada OBJETIVOS Esclarecer por que a capacidade

Leia mais

1. Fatos Espíritas através dos Tempos... 11 2. Kardec e a Codifi cação... 21 3. O Que o Espiritismo Prega... 29 4. Diferenças Fundamentais...

1. Fatos Espíritas através dos Tempos... 11 2. Kardec e a Codifi cação... 21 3. O Que o Espiritismo Prega... 29 4. Diferenças Fundamentais... CAMPINAS-SP 2003 Sumário A Doutrina 1. Fatos Espíritas através dos Tempos...11 O anúncio de uma nova era...12 Em Hydesville, o primórdio...13 O neo-espiritualismo...17 2. Kardec e a Codificação...21 Primeiras

Leia mais

FILOSOFIA ESPÍRITA E MEDIUNIDADE

FILOSOFIA ESPÍRITA E MEDIUNIDADE FILOSOFIA ESPÍRITA E MEDIUNIDADE 11ª. AULA GRAUS DE MEDIUNIDADE E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO: CONHECIMENTO OU SENSO COMUM? AutorIa: Projeto Estudos Filosóficos Espíritas GRAU DA MEDIUNIDADE É POSSÍVEL MENSURAR

Leia mais

Tema 1 Qual o objetivo da Revelação Espírita?

Tema 1 Qual o objetivo da Revelação Espírita? Centro Espírita Léon Denis 31º Encontro Espírita sobre O Livro dos Espíritos Tema: ELEMENTOS GERAIS DO UNIVERSO LE: 17 a 36 Tema 1 Qual o objetivo da Revelação Espírita? Objetivo: Compreender que o objetivo

Leia mais

GRAÇA E FÉ por Rev. Fernando Almeida

GRAÇA E FÉ por Rev. Fernando Almeida 1 GRAÇA E FÉ por Rev. Fernando Almeida Introdução Muitos de nós ouvimos, com certa freqüência, pregadores que ao fazerem apelo, dizem coisas do tipo: dê uma chance para Jesus ou ainda deixe Jesus entrar

Leia mais

Palestra Virtual. Tema: Paixões. Palestrante: Vera Sá. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br

Palestra Virtual. Tema: Paixões. Palestrante: Vera Sá. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br Palestra Virtual Promovida pelo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: Paixões Palestrante: Vera Sá Rio de Janeiro 11/02/2000 Organizadores da palestra: Moderador: "Luno" (nick: [Moderador]) "Médium digitador":

Leia mais

As três revelações divinas: Moisés, Jesus e Kardec

As três revelações divinas: Moisés, Jesus e Kardec FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro II Ensinos e Parábolas de Jesus Módulo I Metodologia para o estudo do Evangelho à luz da Doutrina Espírita As três revelações

Leia mais

POR QUE NOSSAS PRECES NÃO SÃO ATENDIDAS?

POR QUE NOSSAS PRECES NÃO SÃO ATENDIDAS? POR QUE NOSSAS PRECES NÃO SÃO ATENDIDAS? 01/12/2003 POR QUE NOSSAS PRECES NÃO SÃO ATENDIDAS? 2 Índice Geral I POR QUE NÃO ORAMOS COM FREQUÊNCIA?... 4 II QUANDO NOSSAS PRECES NÃO SÃO ATENDIDAS... 5 III

Leia mais

CURSO FLUIDOTERAPIA ESPÍRITA: PASSES E ÁGUA FLUIDIFICADA

CURSO FLUIDOTERAPIA ESPÍRITA: PASSES E ÁGUA FLUIDIFICADA CURSO FLUIDOTERAPIA ESPÍRITA: PASSES E ÁGUA FLUIDIFICADA A APLICAÇÃO DE PASSES O MÉDIUM APLICADOR DE PASSES O MÉDIUM APLICADOR DE PASSES Vimos em nossa 4ª. vídeo-aula sobre fluidoterapia espírita que

Leia mais

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA NICODEMOS ROTEIRO 4 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro II Ensinos e Parábolas de Jesus Módulo II Ensinos Diretos de Jesus Objetivo Identificar os ensinamentos existentes

Leia mais

Explicar o significado de bem e de mal, segundo as orientações espíritas.

Explicar o significado de bem e de mal, segundo as orientações espíritas. Roteiro 1 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, o Consolador Prometido por Jesus Módulo III Os vícios e as virtudes Conceituar bem e mal Explicar o

Leia mais

4ª. Apostila de Filosofia História da Filosofia: Filosofia Grega: Período Helenístico Filosofia Medieval. Introdução

4ª. Apostila de Filosofia História da Filosofia: Filosofia Grega: Período Helenístico Filosofia Medieval. Introdução 1 4ª. Apostila de Filosofia História da Filosofia: Filosofia Grega: Período Helenístico Filosofia Medieval Introdução O último período da Filosofia Grega é o Helenístico (Sec. III a.c.-vi d.c.). É um período

Leia mais

A Doutrina Espírita e seus Postulados

A Doutrina Espírita e seus Postulados 26 Simpósio Espírita Instituição Beneficente A Luz Divina A Doutrina Espírita e seus Postulados O mês de abril é um mês de comemorações para nós espíritas. Há 155 anos, em 18 de abril de 1857, foi lançada

Leia mais

Curso de Discipulado

Curso de Discipulado cidadevoadora.com INTRODUÇÃO 2 Este curso é formado por duas partes sendo as quatro primeiras baseadas no evangelho de João e as quatro últimas em toda a bíblia, com assuntos específicos e muito relevantes

Leia mais

Palestra Virtual. Tema: O Programa do Senhor. Palestrante: Oswaldo Cruz. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.

Palestra Virtual. Tema: O Programa do Senhor. Palestrante: Oswaldo Cruz. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org. Palestra Virtual Promovida pelo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: O Programa do Senhor Palestrante: Oswaldo Cruz Rio de Janeiro 22/12/2000 Organizadores da palestra: Moderador: [HELENA] (nick: [Moderador])

Leia mais

Palestra Virtual. Tema: Desigualdades Sociais. Palestrante: Regina de Agostini. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.

Palestra Virtual. Tema: Desigualdades Sociais. Palestrante: Regina de Agostini. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org. Palestra Virtual Promovida pelo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: Desigualdades Sociais Palestrante: Regina de Agostini Rio de Janeiro 24/07/1998 Organizadores da palestra: Moderador: Macroz (nick:.[moderador])

Leia mais

Regis de Morais. Corações em Luz

Regis de Morais. Corações em Luz Regis de Morais Corações em Luz Campinas-SP 2003 Sumário O QUE É SANTIDADE? (Advertência)...13 PRECE DE SANTO AGOSTINHO (Meditações)...17 Oração de São Francisco de Assis... 19 1. Senhor... 21 2. Fazei

Leia mais

Primeiro vamos preparar todos o material de jogo:

Primeiro vamos preparar todos o material de jogo: Nesta Quaresma o Secretariado da Catequese desafia-te. Desafia-te a desafiares-te, desafia-te a desafiares a tua família para este pequeno/grande desafio. Primeiro vamos preparar todos o material de jogo:

Leia mais

COMO NOS LIBERTARMOS??

COMO NOS LIBERTARMOS?? COMO NOS LIBERTARMOS?? 1 / 9 O Espiritismo veio ensinar o processo de libertação. O modo de se libertar de todas as servidões inferiores. Suely Caldas Schubert - /Desobsessão Eu sou a porta. A verdade

Leia mais

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa.

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Encontro com a Palavra Agosto/2011 Mês de setembro, mês da Bíblia 1 encontro Nosso Deus se revela Leitura Bíblica: Gn. 12, 1-4 A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Boas

Leia mais

LEIS DA JUSTIÇA, AMOR e CARIDADE 1. O obje6vo deste tema, será o de possibilitar o entendimento das leis de jus6ça, amor e caridade.

LEIS DA JUSTIÇA, AMOR e CARIDADE 1. O obje6vo deste tema, será o de possibilitar o entendimento das leis de jus6ça, amor e caridade. LEIS DA JUSTIÇA, AMOR e CARIDADE 1 O obje6vo deste tema, será o de possibilitar o entendimento das leis de jus6ça, amor e caridade. DIREITOS NATURAIS 2 Direitos Naturais: São os mesmos para todos os indivíduos,

Leia mais

Pluralidade dos Mundos Habitados. Paulo Roberto de Mattos Pereira Centro Espírita Casa do Caminho - DF

Pluralidade dos Mundos Habitados. Paulo Roberto de Mattos Pereira Centro Espírita Casa do Caminho - DF Habitados Paulo Roberto de Mattos Pereira Centro Espírita Casa do Caminho - DF Jesus referiu-se em algum momento de suas pregações à existência de outros mundos habitados? Qualquer pessoa que pensa, ao

Leia mais

Curso OAM Turma 6 Módulo 2 1º Semestre 2015. LEI DIVINA ou NATURAL e LEI DE ADORAÇÃO

Curso OAM Turma 6 Módulo 2 1º Semestre 2015. LEI DIVINA ou NATURAL e LEI DE ADORAÇÃO Curso OAM Turma 6 Módulo 2 1º Semestre 2015 LEI DIVINA ou NATURAL e LEI DE ADORAÇÃO José Aparecido 18.03.2015 CURSO DOUTRINARIO OAM Turma 6 Módulo 2 1º Semestre 2015 Aulas Curso Doutrinário OAM Turma 6

Leia mais

ESDE. Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita

ESDE. Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita Unidade 2 Sub-unidade 3 ESDE Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita O Livro dos Espíritos trata da imortalidade da alma, da natureza dos Espíritos e de suas relações com os homens, das leis morais,

Leia mais

Preces POR QUE NOSSAS PRECES NÃO SÃO ATENDIDAS?

Preces POR QUE NOSSAS PRECES NÃO SÃO ATENDIDAS? Preces POR QUE NOSSAS PRECES NÃO SÃO ATENDIDAS? A grande maioria das pessoas só recorrem à oração quando estão com problemas de ordem material ou por motivo de doença. E sempre aguardando passivamente

Leia mais

A Mediunidade com Jesus

A Mediunidade com Jesus A Mediunidade com Jesus Casa do Caminho Paulo Roberto de Mattos Pereira 1 O que é mediunidade? A mediunidade é a faculdade humana pela qual se estabelecem as relações entre homens e espíritos, inerente

Leia mais

Considerações sobre o Evangelho de João

Considerações sobre o Evangelho de João 1 Considerações sobre o Evangelho de João. O Evangelho de João nasceu do anúncio vivo, da memória de homens e mulheres que guardavam e transmitiam os ensinamentos transmitidos por Jesus.. O chão = vida

Leia mais

INFLUÊNCIA DOS ESPÍRITOS EM NOSSOS PENSAMENTOS E ATOS

INFLUÊNCIA DOS ESPÍRITOS EM NOSSOS PENSAMENTOS E ATOS INFLUÊNCIA DOS ESPÍRITOS EM NOSSOS PENSAMENTOS E ATOS SINTONIA VIBRATÓRIA E AFINIDADE MORAL Vimos antes que matéria e energia são aspectos de uma mesma realidade. Podem parecer muito diferentes aos nossos

Leia mais

1. Apresentar a origem e a história do Espiritismo; 2. Explanar as principais divisões do espiritismo; 3. Mostar a diferença entre a heresia Espírita e a verdade das Escrituras Sagradas. Dt 18.10 Não se

Leia mais

LEI DE JUSTIÇA, AMOR E CARIDADE

LEI DE JUSTIÇA, AMOR E CARIDADE CAPÍTULO 11 LEI DE JUSTIÇA, AMOR E CARIDADE Justiça e direitos naturais Direito de propriedade. Roubo Caridade e amor ao próximo Amor maternal e filial JUSTIÇA E DIREITOS NATURAIS 873 O sentimento de justiça

Leia mais

TRÊS VALORES ESPÍRITAS

TRÊS VALORES ESPÍRITAS TRÊS VALORES ESPÍRITAS 1 2 ENCONTROS E DESENCONTROS DE DOIS MUNDOS Dados internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)(Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil) Azevedo, Israel Belo de O espiritismo

Leia mais

EVANGELHO DE JOÃO, Cap. 3. Evangelho de João Cap. 3. 1 Havia, entre os fariseus, um homem chamado Nicodemos, um dos principais dos judeus.

EVANGELHO DE JOÃO, Cap. 3. Evangelho de João Cap. 3. 1 Havia, entre os fariseus, um homem chamado Nicodemos, um dos principais dos judeus. EVANGELHO DE JOÃO, Cap. 3 LEMBRETE IMPORTANTE: As palavras da bíblia, são somente as frases em preto Alguns comentários explicativos são colocados entre os versículos, em vermelho. Mas é apenas com o intuito

Leia mais

Sociologia e Espiritismo

Sociologia e Espiritismo Sociologia e Espiritismo Sérgio Biagi Gregório SUMÁRIO: 1. Introdução. 2. Conceito: 2.1. Etimologia; 2.2. Objeto da Sociologia; 2.3. Natureza da Sociologia. 3. Histórico. 4. O Positivismo de Augusto Comte.

Leia mais

LIÇÃO 7 Da Pluralidade dos Mundos Habitados. 2010 United States Spiritist Council

LIÇÃO 7 Da Pluralidade dos Mundos Habitados. 2010 United States Spiritist Council LIÇÃO 7 Da Pluralidade dos Mundos Habitados 2010 United States Spiritist Council Existência*de*Deus! Existência dos espíritos e sua sobrevivência após a morte* Reencarnação* Pluralidade dos mundos habitados*

Leia mais

Jesus revela-nos que Deus é. Pai. Conselho Inter-paroquial de Catequese Esporões, 24 de Janeiro de 2008

Jesus revela-nos que Deus é. Pai. Conselho Inter-paroquial de Catequese Esporões, 24 de Janeiro de 2008 Jesus revela-nos que Deus é Pai Conselho Inter-paroquial de Catequese Esporões, 24 de Janeiro de 2008 Quem inventou Deus? Desde sempre que os homens acreditaram na existência de forças muito poderosas

Leia mais

ALIANÇA MUNICIPAL ESPÍRITA DE JUIZ DE FORA (AME-JF) AULA Nº 07 Departamento de Evangelização da Criança (DEC) IDADES: 09/10 PLANO DE AULA

ALIANÇA MUNICIPAL ESPÍRITA DE JUIZ DE FORA (AME-JF) AULA Nº 07 Departamento de Evangelização da Criança (DEC) IDADES: 09/10 PLANO DE AULA ALIANÇA MUNICIPAL ESPÍRITA DE JUIZ DE FORA (AME-JF) AULA Nº 07 Departamento de Evangelização da Criança (DEC) II CICLO B IDADES: 09/10 1. TEMA: Pai Nosso - A Oração Dominical. PLANO DE AULA 2. OBJETIVO:

Leia mais

Tormentos do Homem Moderno

Tormentos do Homem Moderno Tormentos do Homem Moderno Um análise à luz do Espiritismo André Henrique de Siqueira Atualidade Torna Caim ao fausto do proscênio. A Civilização regressa à taba. A força primitiva menoscaba A evolução

Leia mais

CONTRIBUIÇÃO DO ESDE NA EDIFICAÇÃO DE UM MUNDO MELHOR

CONTRIBUIÇÃO DO ESDE NA EDIFICAÇÃO DE UM MUNDO MELHOR FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA CONSELHO FEDERATIVO NACIONAL COMISSÕES REGIONAIS CONTRIBUIÇÃO DO ESDE NA EDIFICAÇÃO DE UM MUNDO MELHOR A importância do conhecimento O conhecimento fomenta o progresso intelectual

Leia mais

O Legado de um Mundo Melhor às Gerações Pósteras

O Legado de um Mundo Melhor às Gerações Pósteras O Legado de um Mundo Melhor às Gerações Pósteras Elio Mollo Nós, Espíritos eternos, somos hoje o que conseguimos através dos tempos. E tudo isso graças à maneira de como Deus construiu o Universo. Nele

Leia mais

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br. Tema: As Formas e Efeitos do Pensamento

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br. Tema: As Formas e Efeitos do Pensamento Palestra Virtual Promovida pelo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: As Formas e Efeitos do Pensamento Palestrante: Gilson Bordallo Rio de Janeiro 23/06/2000 Organizadores da palestra: Moderador: Stone_

Leia mais

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br. Tema: Não vim trazer a paz, mas a divisão.

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br. Tema: Não vim trazer a paz, mas a divisão. Palestra Virtual Promovida pelo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: Não vim trazer a paz, mas a divisão. Palestrante: Lúcia Moreira Rio de Janeiro 30/10/1998 Organizadores da palestra: Moderador: "Luno"

Leia mais

O GRANDE COMPROMISSO. www.searadomestre.com.br Grupo Espírita Seara do Mestre 25 de abril de 2011

O GRANDE COMPROMISSO. www.searadomestre.com.br Grupo Espírita Seara do Mestre 25 de abril de 2011 O GRANDE COMPROMISSO www.searadomestre.com.br Grupo Espírita Seara do Mestre 25 de abril de 2011 O grande compromisso Nesse desequilíbrio do sentimento e da razão é que repousa atualmente a dolorosa realidade

Leia mais

A PRÁTICA DO PRECEITO: AMAR O PRÓXIMO COMO A SI MESMO

A PRÁTICA DO PRECEITO: AMAR O PRÓXIMO COMO A SI MESMO CURSO A PRÁTICA DA FRATERNIDADE NOS CENTROS ESPÍRITAS A PRÁTICA DO PRECEITO: AMAR O PRÓXIMO COMO A SI MESMO A PRÁTICA DO PRECEITO: AMAR O PRÓXIMO COMO A SI MESMO Vimos na videoaula anterior que nas diversas

Leia mais

O Centro Espírita e seus Trabalhadores

O Centro Espírita e seus Trabalhadores FidelidadESPÍRITA Abril 2007 O Centro Espírita e seus Trabalhadores por Therezinha Oliveira 42 Uma publicação do Centro de Estudos Espíritas Nosso Lar Campinas/SP Abril 2007 FidelidadESPÍRITA Toda religião

Leia mais

LIÇÃO 3 O aspecto tríplice do Espiritismo

LIÇÃO 3 O aspecto tríplice do Espiritismo Religião Ciência Filosofia LIÇÃO 3 O aspecto tríplice do Espiritismo 2009 United States Spiritist Council O Espiritismo é ao mesmo tempo filosofia e um campo de estudo científico. Como ciência ele estuda

Leia mais

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br. Tema: Medicina Espírita e Mediunidade de Cura

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br. Tema: Medicina Espírita e Mediunidade de Cura Palestra Virtual Promovida pelo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: Medicina Espírita e Mediunidade de Cura Palestrante: Altivo Pamphiro Rio de Janeiro 13/10/2000 Organizadores da palestra: Moderador:

Leia mais

BÍBLIA E HERMENÊUTICAS JUVENIS EVANGELHO DE MARCOS - SAÚDE E VIOLÊNCIA. O que procuramos? Quem procura acha. Nem sempre achamos o que procuramos...!

BÍBLIA E HERMENÊUTICAS JUVENIS EVANGELHO DE MARCOS - SAÚDE E VIOLÊNCIA. O que procuramos? Quem procura acha. Nem sempre achamos o que procuramos...! BÍBLIA E HERMENÊUTICAS JUVENIS EVANGELHO DE MARCOS - SAÚDE E VIOLÊNCIA O que procuramos? Quem procura acha. Nem sempre achamos o que procuramos...! Quem procura acha. Módulo 2 Etapa 3 Nem sempre acha o

Leia mais

Jovens Líderes. Resumindo: O líder íntegro tem uma vida Reta diante de Deus e das pessoas.

Jovens Líderes. Resumindo: O líder íntegro tem uma vida Reta diante de Deus e das pessoas. Jovens Líderes Estudo preparado para a UniJovem dia 27/11/2010 Por Paulo Berberth Hoje teremos a eleição para a diretoria da UniJovem 2011 2012. Então achei importante destacar algumas Qualidades Imprescindíveis

Leia mais

THEREZINHA OLIVEIRA SUICÍDIO? UM DOLOROSO ENGANO. 3 a ed.

THEREZINHA OLIVEIRA SUICÍDIO? UM DOLOROSO ENGANO. 3 a ed. THEREZINHA OLIVEIRA SUICÍDIO? UM DOLOROSO ENGANO 3 a ed. Campinas SP 2006 PARA E PENSA A um passo do ato desesperado, para e pensa: O suicídio não trará solução para o momento aflitivo que atravessas.

Leia mais

O Evangelho no Lar. Segundo o espiritismo. Livro de instrução

O Evangelho no Lar. Segundo o espiritismo. Livro de instrução O Evangelho no Lar Segundo o espiritismo Livro de instrução O Evangelho no Lar, Versie 2.1 Produção e publicação: Concelho Espírita Holandês, 2007 website: www.nrsp.nl, email: info@nrsp.nl startpagina:

Leia mais

Quando vi Fátima pela primeira vez

Quando vi Fátima pela primeira vez ... Quando vi Fátima pela primeira vez Texto de Fernando Ben, falando resumidamente sobre sua experiência nos primeiros encontros mediúnicos com Fátima. As religiões são janelas para ver o céu. Você pode

Leia mais

Prefácio Não é o amor indefinível, uma questão de sentimento, não de pensamento? Pior: aprofundar essa emoção extremamente espontânea e misteriosa não é correr o risco de expulsar sua magia? E assim acabar

Leia mais

UMA VIDA DE PAZ, PACIÊNCIA E AMABILIDADE EM UM MUNDO HOSTIL.

UMA VIDA DE PAZ, PACIÊNCIA E AMABILIDADE EM UM MUNDO HOSTIL. UMA VIDA DE PAZ, PACIÊNCIA E AMABILIDADE EM UM MUNDO HOSTIL. Como sabemos o crescimento espiritual não acontece automaticamente, depende das escolhas certas e na cooperação com Deus no desenvolvimento

Leia mais

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br Palestra Virtual Promovida pelo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: Vida em Sociedade Palestrante: Regina de Agostini Rio de Janeiro 05/02/1999 Organizadores da palestra: Moderador: "Brab" (nick: [Moderador])

Leia mais

A Casa e a Causa Espírita, com Allan Kardec.

A Casa e a Causa Espírita, com Allan Kardec. A Casa e a Causa Espírita, com Allan Kardec. Agradecimentos: Aos meus pais, Maria da Conceição e Heitor, que me deram mais uma oportunidade de evolução nesta vida, às minhas três irmãs - tão diferentes

Leia mais

O Movimento dos Focolares A ESPIRITUALIDADE DA UNIDADE

O Movimento dos Focolares A ESPIRITUALIDADE DA UNIDADE O Movimento dos Focolares A ESPIRITUALIDADE DA UNIDADE O Movimento dos Focolares Movimento Internacional: Está presente em 182 países. Sede Central: Rocca di Papa (Roma), Itália No mundo: Membros: 120

Leia mais

O Antigo Testamento tem como seus primeiros livros a TORÀ, ou Livro das leis. É um conjunto de 5 livros.

O Antigo Testamento tem como seus primeiros livros a TORÀ, ou Livro das leis. É um conjunto de 5 livros. O Antigo Testamento tem como seus primeiros livros a TORÀ, ou Livro das leis. É um conjunto de 5 livros. A Torá é o texto mais importante para o Judaísmo. Nele se encontram os Mandamentos, dados diretamente

Leia mais

O PAI NOSSO DOS ESPÍRITAS

O PAI NOSSO DOS ESPÍRITAS O PAI NOSSO DOS ESPÍRITAS Estamos voltando a uma nova luta, infelizmente interrompida há mais de 10 anos, quando a estávamos executando a todo vapor, que diz respeito ao despertar dos ESPÍRITAS para a

Leia mais

FEB EADE - Livro III - Módulo II Roteiro 2 A autoridade de Jesus

FEB EADE - Livro III - Módulo II Roteiro 2 A autoridade de Jesus OBJETIVOS 1) Analisar em que se resume a autoridade do Cristo. 2) Esclarecer como o Espiritismo explica essa autoridade. IDEIAS PRINCIPAIS 1) Sob a autoridade moral do Cristo, somos guiados na busca pela

Leia mais

RS-SPEE-150anos/Perri

RS-SPEE-150anos/Perri CENTRO ESPÍRITA ORIGEM E CONCEITO RS-SPEE-150anos/Perri Rua dos Mártires, 8 2º. Andar - Fundos RS-SPEE-150anos/Perri Há 153 Anos... Palais Royal RS-SPEE-150anos/Perri RS-SPEE-150anos/Perri Allan Kardec

Leia mais

ESTUDOS NO EVANGELHO DE JOÃO

ESTUDOS NO EVANGELHO DE JOÃO ESTUDOS NO EVANGELHO DE JOÃO ESTUDO 1 NOVA VIDA O presente curso ajudará você a descobrir fatos da Palavra de Deus, fatos os quais você precisa para viver a vida em toda a sua plenitude. Por este estudo

Leia mais

ASSOCIAÇÃO ESPÍRITA CÉLIA XAVIER DEPARTAMENTO DE MEDIUNIDADE REGIMENTO INTERNO

ASSOCIAÇÃO ESPÍRITA CÉLIA XAVIER DEPARTAMENTO DE MEDIUNIDADE REGIMENTO INTERNO ASSOCIAÇÃO ESPÍRITA CÉLIA XAVIER DEPARTAMENTO DE MEDIUNIDADE REGIMENTO INTERNO CAPÍTULO I MISSÃO Art. 1º - Em consonância com o Regimento Interno da AECX, e sob a premissa de que a mediunidade é coisa

Leia mais

"Maria!"! !!!!!!!! Carta!de!Pentecostes!2015! Abade!Geral!OCist!

Maria!! !!!!!!!! Carta!de!Pentecostes!2015! Abade!Geral!OCist! CartadePentecostes2015 AbadeGeralOCist "Maria" Carissimos, vos escrevo repensando na Semana Santa que passei em Jerusalém, na Basílica do Santo Sepulcro, hóspede dos Franciscanos. Colhi esta ocasião para

Leia mais

Como levar alguém a Jesus Cristo usando o Cubo Evangelístico (Use as setas do cubo para ajudá-lo a abrir as figuras)

Como levar alguém a Jesus Cristo usando o Cubo Evangelístico (Use as setas do cubo para ajudá-lo a abrir as figuras) Como levar alguém a Jesus Cristo usando o Cubo Evangelístico (Use as setas do cubo para ajudá-lo a abrir as figuras) Mostre o "Homem em Pecado" separado de Deus Esta luz (aponte para o lado direito) representa

Leia mais

VIVER ALÉM DA RELIGIOSIDADE

VIVER ALÉM DA RELIGIOSIDADE VIVER ALÉM DA RELIGIOSIDADE É Preciso saber Viver Interpretando A vida na perspectiva da Espiritualidade Cristã Quem espera que a vida seja feita de ilusão Pode até ficar maluco ou morrer na solidão É

Leia mais

Os encontros de Jesus. sede de Deus

Os encontros de Jesus. sede de Deus Os encontros de Jesus 1 Jo 4 sede de Deus 5 Ele chegou a uma cidade da Samaria, chamada Sicar, que ficava perto das terras que Jacó tinha dado ao seu filho José. 6 Ali ficava o poço de Jacó. Era mais ou

Leia mais

Sobre esta obra, você tem a liberdade de:

Sobre esta obra, você tem a liberdade de: Sobre esta obra, você tem a liberdade de: Compartilhar copiar, distribuir e transmitir a obra. Sob as seguintes condições: Atribuição Você deve creditar a obra da forma especificada pelo autor ou licenciante

Leia mais

O Evangelho Segundo o Espiritismo e o Novo Testamento. Debate em 14/04/2012 www.gede.net.br

O Evangelho Segundo o Espiritismo e o Novo Testamento. Debate em 14/04/2012 www.gede.net.br O Evangelho Segundo o Espiritismo e o Novo Testamento Debate em 14/04/2012 www.gede.net.br Objetivo: Analisar as diferenças e semelhanças entre o NT e o ESE. Pontos a debater: 1) Definições; 2) Avaliação

Leia mais

Na Luz da Mediunidade

Na Luz da Mediunidade THEREZINHA OLIVEIRA Na Luz da Mediunidade (Os mortos vivem e se comunicam) Campinas-SP 2007 Sumário 1. Vida, Sempre Vida! A vida é um mistério...1 O temor da morte...2 Vida paralela à vida...3 Haverá vida

Leia mais

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC- Espiritismo http://www.ircespiritismo.org.br. Tema: Passes e Curas Espirituais. Palestrante: Alexandre Lobato

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC- Espiritismo http://www.ircespiritismo.org.br. Tema: Passes e Curas Espirituais. Palestrante: Alexandre Lobato Palestra Virtual Promovida pelo IRC- Espiritismo http://www.ircespiritismo.org.br Tema: Passes e Curas Espirituais Palestrante: Alexandre Lobato Rio de Janeiro 09/01/2004 Organizadores da palestra: Moderador:

Leia mais

ESCOLA BÍBLICA I. E. S.O.S JESUS

ESCOLA BÍBLICA I. E. S.O.S JESUS Data: 03/03/08 COMO A MORTE ENTROU NO MUNDO PECADO Significa errar o alvo, rebelião, desobediência. etc. HERMENEUTICA A arte de interpretar o sentido das palavras em leis, textos, Romanos, 5 : 12 12 Portanto,

Leia mais

Palestra Virtual. Tema:O Papel da Ciência na Gênese. Palestrante: Rosângela Pertile. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.

Palestra Virtual. Tema:O Papel da Ciência na Gênese. Palestrante: Rosângela Pertile. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org. Palestra Virtual Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema:O Papel da Ciência na Gênese. Palestrante: Rosângela Pertile Rio de Janeiro 18/02/2005 Organizadores da Palestra:

Leia mais

Roteiro 3 João Batista, o precursor

Roteiro 3 João Batista, o precursor FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro 1 Cristianismo e Espiritismo Módulo II O Cristianismo Roteiro 3 João Batista, o precursor Objetivo Identificar a missão de João

Leia mais

Deixando os rudimentos da Doutrina do Cristo, prossigamos até à perfeição. Paulo. (He., 6:1.)

Deixando os rudimentos da Doutrina do Cristo, prossigamos até à perfeição. Paulo. (He., 6:1.) Introdução Esta obra começa e termina ancorada no lúcido pensamento de Léon Denis, autor que muito admiramos; com respaldo nos postulados espíritas-cristãos exarados na Codificação Espírita e também no

Leia mais

Há... Mas quem sou eu senão uma formiguinha das menores, que anda pela terra cumprindo sua obrigação.

Há... Mas quem sou eu senão uma formiguinha das menores, que anda pela terra cumprindo sua obrigação. Há... Mas quem sou eu senão uma formiguinha das menores, que anda pela terra cumprindo sua obrigação. Apostila ESTEM - Programa 2 Apostila COEM 29ª S. Teórica vl.2 Objetivo: Apresentar a necessidade do

Leia mais