ROTEIRO OPERACIONAL CONSIGNADO INSS REFINANCIAMENTO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ROTEIRO OPERACIONAL CONSIGNADO INSS REFINANCIAMENTO"

Transcrição

1 ROTEIRO OPERACIONAL CONSIGNADO INSS REFINANCIAMENTO

2 1. PÚBLICO ALVO Aposentados e pensionistas com contratos ativos na BV Financeira. ATENÇÃO: Esta vedada a contratação de empréstimos com Procuração, Termo de Tutela e Curatela. OBS.: Qualquer contratação nestas condições será de inteira responsabilidade da promotora em liquidar o contrato. 2. PARAMETROS IDADE: Mínima: 21 anos Máxima: Passível de solicitação de visita IN LOCO da Área Comercial. PRAZOS: Prazo mínimo de 6 meses e prazo máximo conforme abaixo: Até 79 anos 11 meses e 29 dias o prazo máximo será 60 meses Até 80 anos 11 meses e 29 dias o prazo máximo será 48 meses Até 81 anos 11 meses e 29 dias o prazo máximo será 36 meses Até 82 anos 11 meses e 29 dias o prazo máximo será 24 meses Até 83 anos 11 meses e 29 dias o prazo máximo será 12 meses Até 84 anos 11 meses e 29 dias o prazo máximo será 06 meses LIMITE DE CRÉDITO: Mínimo: R$ 150,00 Máximo: de acordo com a Margem Consignável Disponível TC E IOF: O IOF será financiado e não há cobrança de TC. 3. FLUXO DAS OPERAÇÕES TABELA CORTE DEV. ARQUIVO 3º dia útil/m 2º dia útil/m+1 RECEBIMENTO BANCO VECTO PARCELA BANCO 2º dia útil/m+1 25/M+1 07/M+2 07/M+2 Exemplo: TABELA 3º dia útil/02/2009 à 2º dia útil /03/2009 CORTE 2º útil/03/2009 DEVOLUÇÂO ARQ. 25/03/2009 PAGAMENTO 07/04/2009 VENC. PARCELA 07/04/ CONTRATAÇÃO DAS OPERAÇÕES A promotora deverá cadastrar a proposta no sistema da BV, através do seu login e senha. A inclusão das propostas no sistema da BV é detalhada no item 9 deste roteiro. Após a digitação, as operações serão enviadas à Dataprev para validação e aprovação. Assim que houver o primeiro retorno da Dataprev, será feita uma conferência de margem por parte da BV Financeira e se tudo estiver correto o arquivo será enviado novamente para o INSS para nova tentativa de averbação. Somente depois da aprovação da proposta por parte do INSS é que efetuamos o pagamento do contrato.

3 A Promotora deverá encaminhar para a BV o contrato físico do cliente, que é composto pelos seguintes documentos: CCB Cédula de Crédito Bancário 02 vias assinadas pelo aposentado/pensionista; Ficha Cadastral preenchida assinada 01 via preenchida (web ou manual) assinada pelo aposentado/pensionista; Cópia do CPF e RG; Extrato de Pagamento (Detalhamento de Crédito retirado pela Internet, conforme orientações do item 5) Autorização para Liquidação de Crédito 01 via assinada pelo cliente. Caso o beneficiário não seja alfabetizado o mesmo deverá colocar impressão digital do polegar no campo denominado assinatura e ao lado desta, assinatura de 02 testemunhas com nome completo, CPF e RG. O mesmo procedimento vale para os portadores de deficiência física, visual ou outras. A testemunha deverá escrever no contrato a seguinte frase: Documento lido e entendido pelo cliente. Para que possamos conceder empréstimo consignado aos índios, é necessária a assistência da Fundação Nacional do Índio - FUNAI, seu órgão tutelar. O envio do dossiê com a documentação acima deverá ser feito através dos envelopes porte pago fornecidos pela BV Financeira (sem custo para a Promotora). Enviar apenas 5 contratos por envelope. Para maior controle dos contratos enviados a BV disponibiliza para as promotoras um acesso ao sistema de Protocolo Eletrônico. O login e a senha de acesso devem ser providenciados pelo gerente de relacionamento da BV. Antes de enviar os contratos no envelope de porte pago, a promotora deverá acessar o sistema de protocolo eletrônico e cadastrar o(s) contrato(s) que estão sendo enviados para BV. O sistema vai gerar um número de protocolo e a promotora deverá anexar uma via deste protocolo. Através desse número será possível acompanhar via sistema o recebimento dos contratos físicos por parte da BV Financeira. 5. INCLUSÃO DE PROPOSTAS VIA WEB (Sistema BV) 1 Acesse o site da BV Financeira no endereço: com seu código de acesso (LOGIN) e senha. Digite o CPF do cliente, data de nascimento e clique em Iniciar nova proposta. O sistema informará se o cliente possui algum contrato que possa ser refinanciado, conforme tela a seguir:

4 4 Selecione o contrato a ser refinanciado e clique em Confirmar e preencha a proposta conforme as instruções abaixo: Dados Pessoais: O nome deverá ser digitado de acordo com o RG do aposentado SEM ACENTOS ou qualquer outro tipo de caractere, pois o INSS fará uma conferência do primeiro nome do beneficiário. O nome cadastrado na proposta deverá ser igual ao que consta no cadastro do INSS Endereço Residencial: Basta digitar o CEP que o sistema busca automaticamente o endereço (logradouro) Dados do Benefício: Informar o número do benefício do cliente e selecionar a espécie no campo ao lado. O sistema já esta parametrizado com os benefícios aceitos para consignação. No campo UF Matrícula é necessário informar o Estado cadastrado no benefício do cliente, lembrando que o INSS também vai validar essa informação. O sistema da BV calcula automaticamente a margem consignável disponível. Para isso o campo MR - Descontos deverá ser preenchido com base nas informações do Detalhamento de Crédito. Subtrair da MR todos os valores referentes a descontos (IR, pensão alimentícia. Etc.). Caso o cliente já possua outro empréstimo consignado, informar o valor no campo Outras Consignações desconsiderando o valor da parcela que está sendo refinanciada. Obs.: O cálculo do sistema é feito considerando a margem de 30%. Caso o cliente tenha reserva de cartão RMC o cálculo de margem deve ser feito manualmente, desconsiderando o cálculo feito pelo sistema Dados do Financiamento: Digite o valor de parcela (que deverá estar dentro do valor de margem disponível) e selecione a tabela que será utilizada. Informe o prazo da operação e clique no botão Calcular para gerar o valor total do contrato Dados para Pagamento: As operações de Refin devem conter 2 contas para crédito: a primeira com o favorecido BV Financeira, onde o valor do desdobro será o valor do saldo devedor. O segundo desdobro é referente ao valor que vai sobrar para o cliente.

5 Atenção ao preencher estes campos para que não haja problemas na efetivação do pagamento Pagamento através de TED/DOC = Informar os dados da conta onde o aposentado recebe seu benefício para que o crédito do financiamento possa ser efetuado (no campo agência informar o número da agência sem o dígito). Caso seja uma conta poupança é necessário informar selecionando o item Poupança Pagamento através de Ordem de Pagamento = O pagamento da operação através de ordem de pagamento só poderá ser realizado quando constar a informação CARTÃO MAGNÉTICO no campo Pagamento através de no Detalhamento de Crédito. Ao escolher a opção OP é necessário escolher o banco e informar o número da agência onde o cliente irá retirar o valor do empréstimo. O valor ficará disponível SOMENTE na agência informada, favor atentar-se ao preencher essas informações. IMPORTANTE: Não é possível refinanciar mais de um contrato na mesma proposta. INFORMAÇÕES IMPORTANTES PARA PREENCHIMENTO DAS PROPOSTAS A Dataprev efetua a validação de alguns dados de acordo com o cadastro do beneficiário. Nome do beneficiário O nome do aposentado deverá ser digitado de acordo com o nome cadastrado no INSS, SEM ACENTOS, devido à consistência efetuada do primeiro nome Número do benefício O número do benefício deve ser cadastrado corretamente para que o INSS possa efetuar a validação dos dados. Estado Haverá consistência do estado (UF) de recebimento do benefício pela Dataprev. Portanto no campo UF deverá ser digitado o estado onde o cliente recebe o benefício. Dados Bancários Se no Detalhamento de Crédito o campo Pagamento através de constar a informação CONTA CORRENTE o empréstimo deverá obrigatoriamente ser liberado nesta mesma conta corrente. Se no Detalhamento de Crédito constar no campo Pagamento através de a informação CARTÃO MAGNÉTICO os dados bancários não serão criticados pelo INSS e o cliente poderá receber via Ordem de Pagamento. Obs.: Se no campo Pagamento através de aparecer ECT ou Convênio INSS o benefício não autoriza a concessão de empréstimos.

Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos - ECT ROTEIRO DE CRITÉRIOS PARA CONCESSÃO DOS EMPRÉSTIMOS CONSIGNADOS

Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos - ECT ROTEIRO DE CRITÉRIOS PARA CONCESSÃO DOS EMPRÉSTIMOS CONSIGNADOS PÚBLICO ALVO Servidores celetistas que recebam pelo Correio. Atenderemos somente os servidores que possuam acima de 90 dias de admissão, pois até este período os colaboradores estão em fase de experiência,

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL CONSIGNADO INSS

ROTEIRO OPERACIONAL CONSIGNADO INSS ROTEIRO OPERACIONAL CONSIGNADO INSS 1. PÚBLICO ALVO Titulares de benefício de aposentadoria e pensão por morte, do Instituto Nacional do Seguro Social INSS, conforme legislação vigente. Os beneficiários

Leia mais

INSTRUÇÃO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO INSS. Data de atualização 26/04/2016

INSTRUÇÃO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO INSS. Data de atualização 26/04/2016 INSTRUÇÃO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO INSS Data de atualização Público-alvo Atendidos: Aposentados e pensionistas que recebem benefício das espécies mencionadas abaixo: Público-alvo Não atendidos: Aposentados

Leia mais

RO Roteiro Operacional GOVERNO DO MARANHÃO MA Área responsável: Gestão de Convênios

RO Roteiro Operacional GOVERNO DO MARANHÃO MA Área responsável: Gestão de Convênios Governo do Maranhão MA RO.04.15 Versão: 37 Exclusivo para Uso Externo RO Roteiro Operacional GOVERNO DO MARANHÃO MA Área responsável: Gestão de Convênios 1. PÚBLICO ALVO E REGRAS BÁSICAS 1.1. AUTORIZADOS

Leia mais

RO Roteiro Operacional. INSS Área responsável: Gerência de Produtos Consignados

RO Roteiro Operacional. INSS Área responsável: Gerência de Produtos Consignados RO Roteiro Operacional INSS RO.01.01 Versão: 35 Exclusivo para Uso Interno INSS Área responsável: Gerência de Produtos Consignados I - CONDIÇÕES GERAIS 1. PÚBLICO A SER ATENDIDO E REGRAS BÁSICAS Todos

Leia mais

GUIA DE DÚVIDAS E RESPOSTAS

GUIA DE DÚVIDAS E RESPOSTAS GUIA DE DÚVIDAS E RESPOSTAS 1) Qual o procedimento para aderir ao Débito Automático, para operações novas? A concessionária deverá acessar o Portal e seguir os passos abaixo: 1º) Cadastrar uma operação

Leia mais

MANUAL WEB PRESTADOR EXAMES OCUPACIONAIS

MANUAL WEB PRESTADOR EXAMES OCUPACIONAIS MANUAL WEB PRESTADOR EXAMES OCUPACIONAIS APRESENTAÇÃO O Manual Web apresenta o passo a passo para inclusão das informações das guias/procedimentos e avaliações clínicas, dos exames ocupacionais. Existem

Leia mais

EXÉRCITO ROTEIRO DE CRITÉRIOS PARA CONCESSÃO DOS EMPRÉSTIMOS CONSIGNADOS

EXÉRCITO ROTEIRO DE CRITÉRIOS PARA CONCESSÃO DOS EMPRÉSTIMOS CONSIGNADOS PUBLICO ALVO Servidores militares ativos, inativos e pensionistas que recebam pelo Exército. Obs: Estamos efetuando empréstimos para os servidores Analfabetos, seguindo o critério abaixo: O servidor analfabeto

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA - CIDADÃO 1. PORTAL DA SALA DE ATENDIMENTO AO CIDADÃO

MANUAL DO SISTEMA - CIDADÃO 1. PORTAL DA SALA DE ATENDIMENTO AO CIDADÃO 1. PORTAL DA SALA DE ATENDIMENTO AO CIDADÃO O portal da Sala de Atendimento ao Cidadão está disponível no endereço: www.cidadao.mpf.mp.br. Nesse ambiente é possível registrar uma manifestação, consultar

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL CONSIGNADO INSS VERSÃO 05-MAR/12

ROTEIRO OPERACIONAL CONSIGNADO INSS VERSÃO 05-MAR/12 ROTEIRO OPERACIONAL CONSIGNADO INSS Propriedade da Sulfinanceira Gerência de BackOffice / Crédito Consignado Página 1 de 12 1. PÚBLICO ALVO Titulares de benefício de aposentadoria e pensão por morte, do

Leia mais

Como Gerar Boletos? FS132

Como Gerar Boletos? FS132 Como Gerar Boletos? FS132 Sistema: Futura Server Caminho: Contas a Receber>Boleto>Boleto Envio Referência: FS132 Versão: 2016.02.15 Como Funciona: Esta tela é utilizada para gerar boletos através do sistema.

Leia mais

EXÉRCITO ROTEIRO OPERACIONAL

EXÉRCITO ROTEIRO OPERACIONAL PUBLICO ALVO Militares ativos, inativos e pensionistas que recebam pelo Exército. Para os pensionistas, se atentar a regra abaixo; Mulheres sempre seguindo o limite e idade pré-estabelecido. Homens apenas

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL CARTÃO DE CRÉDITO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO SIAPE MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO

ROTEIRO OPERACIONAL CARTÃO DE CRÉDITO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO SIAPE MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO E-MAILS DE CONTATO BANCO DAYCOVAL Negócio Roteiro Operacional Promotora MESA DE ANALISE CARTÃO CONSIGNADO cartaoliberacao@bancodaycoval.com.br Empréstimo Cartão Débito C/C SUPORTE PROMOTORA suportepromotora@bancodaycoval.com.br

Leia mais

RO Roteiro Operacional Prefeitura Municipal de Recife PE Área responsável: Gestão de Convênios

RO Roteiro Operacional Prefeitura Municipal de Recife PE Área responsável: Gestão de Convênios Prefeitura de Recife PE RO.05.205 Versão: 03 Exclusivo para Uso Externo RO Roteiro Operacional Prefeitura Municipal de Recife PE Área responsável: Gestão de Convênios 1. PÚBLICO ALVO E REGRAS BÁSICAS 1.1.

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL - CONSIGNADO SETOR PÚBLICO EXECUTIVO FEDERAL SIAPE

ROTEIRO OPERACIONAL - CONSIGNADO SETOR PÚBLICO EXECUTIVO FEDERAL SIAPE 1. OPERACIONALIZAÇÃO DAS CONTRATAÇÕES E SUPORTE Filial BV Financeira Matriz São Paulo - Fone: (11) 3268-3100. 2. PÚBLICO ALVO CONFORME LEGISLAÇÃO Servidores Ativos/Inativos; Aposentados; Cedidos; Pensionistas

Leia mais

POLÍTICA DE CRÉDITO PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS MILITARES DO EXÉRCITO

POLÍTICA DE CRÉDITO PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS MILITARES DO EXÉRCITO Emissor: Departamento Operacional Crédito Consignado Classificação: Pública Versão: 21 Data de Vigência: 30/06/2010 Código PC: OCC-11 POLÍTICA DE CRÉDITO PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS MILITARES DO EXÉRCITO

Leia mais

1 Natuur Online Cadastre-se Cadastre-se Tipo de Usuário Consultor

1 Natuur Online Cadastre-se Cadastre-se Tipo de Usuário Consultor 1 Essa é a tela de acesso do Natuur Online, clique aqui para acessar o site e siga o passo-apasso abaixo. Se esse é o seu primeiro acesso, clique em Cadastre-se. 2 Caso ainda não possua nenhum tipo de

Leia mais

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar.

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar. 1) ACESSO AO SISTEMA Digite o endereço www.unimedbh.com.br/consultorio em qualquer computador com acesso à internet. Preencha os campos com o seu usuário e a senha. Para o login, digite as letras ADM,

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica

Nota Fiscal Eletrônica Nota Fiscal Eletrônica Acessar a página www.passaquatro.mg.gov.br, ir a SERVIÇOS e clicar em NFS-e que será redirecionado para a tela de autenticação do usuário e precisará informar o Usuário (Login) e

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA TRT-5 PRESTADOR MÉDICO

MANUAL DO SISTEMA TRT-5 PRESTADOR MÉDICO Tribunal Regional do Trabalho 5ª Região MANUAL DO SISTEMA TRT-5 PRESTADOR MÉDICO Manual do Sistema TRT5-Saúde para Prestador Médico Baseado no modelo fornecido pelo TST-SAÙDE Versão 1.0 7/outubro/2014

Leia mais

Cadastro de Usuários Manual de Usuário 09/05/2011 FAPESP

Cadastro de Usuários Manual de Usuário 09/05/2011 FAPESP Cadastro de Usuários Manual de Usuário 09/05/2011 FAPESP Conteúdo Introdução... 3 Procedimento para cadastro... 3 Cadastro de Usuário Pesquisador... 4 Cadastro de Usuário Comum... 10 Ativação de Conta...

Leia mais

Manual de Uso do Aplicativo

Manual de Uso do Aplicativo Manual de Uso do Aplicativo Login Para acessar o aplicativo é necessário digitar login e senha. Caso não possua essas informações, clique no botão Cadastro, para criar um novo login (mais detalhes no item

Leia mais

OS 7 PASSOS PARA FAZER VENDA AGENCIADA COM CARTÃO DE CRÉDITO USANDO O SITE DA MAZER.

OS 7 PASSOS PARA FAZER VENDA AGENCIADA COM CARTÃO DE CRÉDITO USANDO O SITE DA MAZER. OS 7 PASSOS PARA FAZER VENDA AGENCIADA COM CARTÃO DE CRÉDITO USANDO O SITE DA MAZER. PASSO Faça login informando seu Usuário e Senha () de revendedor para acessar a área restrita do site. Caso sua revenda

Leia mais

Check-List. Cadastro de Instituições. ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária. www.anvisa.gov.br Brasília, 5 de novembro de 2007.

Check-List. Cadastro de Instituições. ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária. www.anvisa.gov.br Brasília, 5 de novembro de 2007. ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária Check-List Cadastro de Instituições Gerência-Geral de Gestão de Tecnologia da Informação Gerência de Desenvolvimento de Sistemas www.anvisa.gov.br Brasília,

Leia mais

Sistema de Cadastro de Pessoa Jurídica

Sistema de Cadastro de Pessoa Jurídica Manual do Usuário Sistema de Cadastro de Pessoa Jurídica SISTCADPJ Cadastro de Pessoa Jurídica Template Versão 1.1 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 3. Cadastro da Pessoa Jurídica...

Leia mais

Atraso de Bagagem. - Notas Fiscais originais da compra dos itens de primeira necessidade com relação dos itens adquiridos;

Atraso de Bagagem. - Notas Fiscais originais da compra dos itens de primeira necessidade com relação dos itens adquiridos; Atraso de Bagagem - Cópia RG e CPF ou CNH do(s) segurado(s) reclamante(s); - Cópia Comprovante de Residência (Qualquer comprovante atual em nome do(s) segurado(s) reclamante(s). Na ausência deste, enviar

Leia mais

RioCard Saúde Presente

RioCard Saúde Presente Sumário 1) Acesso ao Sistema... 2 1.1) Esqueci minha senha... 2 1.2) Alteração de Senha... 3 1.3) Seleção de Perfil de Acesso e Local de Atendimento... 3 2) Home... 5 3) Menu Cadastro... 5 3.1) Cadastrar

Leia mais

TUTORIAL - COMO SUBMETER ARTIGOS

TUTORIAL - COMO SUBMETER ARTIGOS TUTORIAL - COMO SUBMETER ARTIGOS 9º Encontro Internacional de Formação de Professores e o 10º Fórum Permanente Internacional de Inovação Educacional Para ter acesso ao envio do artigo para o 9º Encontro

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO AUTO ATENDIMENTO SETOR PÚBLICO DO BANCO DO BRASIL

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO AUTO ATENDIMENTO SETOR PÚBLICO DO BANCO DO BRASIL PREFEITURA DE JUIZ DE FORA SECRETARIA DA FAZENDA SUBSECRETARIA DO SISTEMA DE CONTROLE INTERNO DEPARTAMENTO DE NORMAS TÉCNICAS MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO AUTO ATENDIMENTO SETOR PÚBLICO DO BANCO DO BRASIL DATA:

Leia mais

Sumário. Credenciamento... 3. Ato de Concentração... 6. Requerimento de TCC... 10

Sumário. Credenciamento... 3. Ato de Concentração... 6. Requerimento de TCC... 10 Sumário Credenciamento... 3 Ato de Concentração... 6 Requerimento de TCC... 10 Credenciamento 1. O interessado deve acessar o sítio eletrônico do Cade (www.cade.gov.br) e realizar cadastro como Usuário

Leia mais

PJE. Cadastro Excepcional para Processos Digitais

PJE. Cadastro Excepcional para Processos Digitais PJE Cadastro Excepcional para Processos Digitais Objetivo: Este documento tem por objetivo descrever passo a passo do procedimento de Cadastro Excepcional para transpor os Processos Físicos, oriundos de

Leia mais

3) Preencher Ficha de Cadastro da Instituição de Acolhimento. 3.1) Promotoria da Instituição de Acolhimento

3) Preencher Ficha de Cadastro da Instituição de Acolhimento. 3.1) Promotoria da Instituição de Acolhimento 3) Preencher Ficha de Cadastro da Instituição de Acolhimento Para o preenchimento correto das informações referentes à Instituição de Acolhimento que está sendo cadastrada, siga os passos descritos nos

Leia mais

Solicitação de Eventos Planejamento Replanejamento. Área responsável: Controle Interno. Manual de Solicitação de Eventos - Planejamento 2014

Solicitação de Eventos Planejamento Replanejamento. Área responsável: Controle Interno. Manual de Solicitação de Eventos - Planejamento 2014 1 Solicitação de Eventos Planejamento Replanejamento Área responsável: Controle Interno. 2 ÍNDICE Pág. Índice Apresentação Troca de senha e acesso à ferramenta Solicitação de eventos e a descrição dos

Leia mais

MARINHA DO BRASIL Pagadoria de Pessoal da Marinha

MARINHA DO BRASIL Pagadoria de Pessoal da Marinha MARINHA DO BRASIL Pagadoria de Pessoal da Marinha BP ON LINE ÍNDICE 1. TELA INICIAL DO SISTEMA... 2 2. CADASTRAR USUÁRIO... 3 3. RECUPERAR OU ALTERAR USUÁRIO OU SENHA... 5 3.1. ESQUECI MEU USUÁRIO / SENHA...

Leia mais

CONTRATAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS FUNCEF PELO AUTOATENDIMENTO. 1. Acesse o Autoatendimento no sítio da FUNCEF- www.funcef.com.br.

CONTRATAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS FUNCEF PELO AUTOATENDIMENTO. 1. Acesse o Autoatendimento no sítio da FUNCEF- www.funcef.com.br. CONTRATAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS FUNCEF PELO AUTOATENDIMENTO 1. Acesse o Autoatendimento no sítio da FUNCEF- www.funcef.com.br. *Caso ainda não tenha acessado ao Autoatendimento, será necessário cadastrar uma

Leia mais

ART Eletrônica. Guia de Utilização - CRBIO-04

ART Eletrônica. Guia de Utilização - CRBIO-04 ART Eletrônica Guia de Utilização - CRBIO-04 Acesso ao CRBio04 Online Caso seja seu primeiro acesso siga as instruções para criar um login Entre com seu login e senha para emitir uma ART Incluir ART Eletrônica

Leia mais

Solicitação de Eventos Planejamento Replanejamento

Solicitação de Eventos Planejamento Replanejamento Manual de Solicitação de Eventos - Planejamento 2014 1 Solicitação de Eventos Planejamento Replanejamento Manual de Solicitação de Eventos - Planejamento 2014 2 Conteúdo Apresentação... 3 1. Endereço Eletrônico...

Leia mais

COMO FAZER A DECLARAÇÃO DE BENS E VALORES

COMO FAZER A DECLARAÇÃO DE BENS E VALORES COMO FAZER A DECLARAÇÃO DE BENS E VALORES 1 SUMÁRIO 1 - CADASTRO INICIAL...03 2 ACESSO AO PREENCHIMENTO DAS INFORMAÇÕES...08 3 CADASTRO DAS INFORMAÇÕES DO AGENTE PÚBLICO E DOS DEPENDENTES...09 4 PREENCHIMENTO

Leia mais

ATENDIMENTO NAS FILIAIS

ATENDIMENTO NAS FILIAIS ATENDIMENTO NAS FILIAIS Brasília, Salvador, São Luís e São Paulo ANS - Nº33967-9 www.centralnacionalunimed.com.br ÍNDICE ATENDIMENTO NAS FILIAIS CONHEÇA AS NOSSAS FACILIDADES AUTORIZAÇÕES ON-LINE SOLICITAÇÃO

Leia mais

Realizando seu primeiro pedido de vendas

Realizando seu primeiro pedido de vendas 1 Requisitos mínimos: Conhecimentos básicos de informática. Produtos e condições de pagamentos já cadastrados previamente. 1. Pedido de vendas: O pedido de vendas é realizado através do PDV. Para efetuar

Leia mais

Primeiro Passo. Na sequência, surgirá a tela de Login, onde você poderá realizar uma das seguintes tarefas:

Primeiro Passo. Na sequência, surgirá a tela de Login, onde você poderá realizar uma das seguintes tarefas: Primeiro Passo Tenha em mãos seu CPF, Documento de Identidade (RG) e conta de e-mail válida! Sem essa documentação não é possível realizar sua inscrição no Processo de Ingresso. De posse desses dados,

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA DE BIBLIOTECA

MANUAL DO SISTEMA DE BIBLIOTECA MANUAL DO SISTEMA DE BIBLIOTECA Objetivo desse manual: Orientar os profissionais que estão envolvidos na operacionalização do sistema de Biblioteca na escola sobre os principais procedimentos do referido

Leia mais

PROGRAMA ESCOLA DA FAMÍLIA DER ADAMANTINA Tutorial para inscrição Bolsa Universidade

PROGRAMA ESCOLA DA FAMÍLIA DER ADAMANTINA Tutorial para inscrição Bolsa Universidade 1º Passo Acesso ao Site: http://escoladafamilia.fde.sp.gov.br 2º Passo Acesse a pagina para a inscrição 3º Passo Acesso a inscrição 4º Passo Início da inscrição Fone (18) 3502-2333 E-mail: familiadamantina@hotmail.com

Leia mais

Documentos e Formulários para o Processo de Sinistro

Documentos e Formulários para o Processo de Sinistro Documentos e Formulários para o Processo de Sinistro Conte conosco! O Itaú está à sua disposição e sabe a importância de oferecer a você o apoio necessário neste momento. Por isso, preparamos este material

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA PREENCHIMENTO DE INSCRIÇÃO DE CASAS POPULARES

ORIENTAÇÕES PARA PREENCHIMENTO DE INSCRIÇÃO DE CASAS POPULARES ORIENTAÇÕES PARA PREENCHIMENTO DE INSCRIÇÃO DE CASAS POPULARES 1 - Configurações para iniciar o cadastro. Ao acessar o programa, abrirá mensagem inicial de orientação de cadastramento. Caso apareça a mensagem

Leia mais

Manual de Formalização Cartão Consignado Público Área responsável: Gerência de Produtos Consignados

Manual de Formalização Cartão Consignado Público Área responsável: Gerência de Produtos Consignados Manual de Formalização Cartão Consignado Público Área responsável: Gerência de Produtos Consignados ÍNDICE 1. OBJETIVO... 3 2. DEFINIÇÕES... 3 2.1. Definições Gerais... 3 3. CARACTERÍSTICAS GERAIS... 3

Leia mais

Sumário 1 ACESSANDO O PORTAL RH... 1 2 DADOS PESSOAIS... 3 3 ACESSO RÁPIDO... 4 3.1 Lista de Aniversário... 4 3.2 Meu Currículo... 4 3.

Sumário 1 ACESSANDO O PORTAL RH... 1 2 DADOS PESSOAIS... 3 3 ACESSO RÁPIDO... 4 3.1 Lista de Aniversário... 4 3.2 Meu Currículo... 4 3. Sumário 1 ACESSANDO O PORTAL RH... 1 2 DADOS PESSOAIS... 3 3 ACESSO RÁPIDO... 4 3.1 Lista de Aniversário... 4 3.2 Meu Currículo... 4 3.3 Meus Dependentes... 5 3.4 Cursos Realizados... 5 3.5 Atualização

Leia mais

1º PASSO: Acessar o site CHN SOCIAL www.cnhsocial.es.gov.br

1º PASSO: Acessar o site CHN SOCIAL www.cnhsocial.es.gov.br ATENÇÃO Siga cuidadosamente todas as orientações deste Manual durante o processo de inscrição online 1º PASSO: Acessar o site CHN SOCIAL www.cnhsocial.es.gov.br Essa é a página inicial do Sistema. Para

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS PREFEITURA DE SÃO PAULO

ROTEIRO OPERACIONAL PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS PREFEITURA DE SÃO PAULO Emissor: Departamento Operacional do Crédito Consignado Classificação: Pública Versão: 1 Vigência: 07.10.2013 Código RO: OCC-03 ROTEIRO OPERACIONAL PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS PREFEITURA DE SÃO PAULO

Leia mais

Apostila. Controle de Cheque

Apostila. Controle de Cheque Apostila Controle de Cheque Índice Introdução...3 Menu Cheque Pré-Datado...3 1. Financeiro / Cheque Pré-Datado...3 2. Opções de Controle...3 3. Cadastrando Cheques...3 4. Manutenção de Cheques por Aluno...7

Leia mais

AUTODECLARAÇÃO. Visão Requerente SISVISA. Sistema de Controle de Vigilância Sanitária

AUTODECLARAÇÃO. Visão Requerente SISVISA. Sistema de Controle de Vigilância Sanitária AUTODECLARAÇÃO Visão Requerente SISVISA Sistema de Controle de Vigilância Sanitária Versão 2.0 1 CONTROLE DE REVISÕES Versão Data Autor Comentário 1.0 19/11/2015 Equipe IVIG_COPPE_UFRJ SISVISA versão 1.0.0

Leia mais

Orientações para inscrição aos cursos de língua inglesa ofertados pelas universidades federais parceiras do Programa IsF

Orientações para inscrição aos cursos de língua inglesa ofertados pelas universidades federais parceiras do Programa IsF Orientações para inscrição aos cursos de língua inglesa ofertados pelas universidades federais parceiras do Programa IsF Prezad@ candidat@, Se você já realizou o TOEFL ITP pelo Programa IsF e é aluno (graduação,

Leia mais

Manual de Usuário Perfil Operador e Responsável Técnico e-crv Módulo Desmonte Cadastro de Veículo e Classificação de Peças

Manual de Usuário Perfil Operador e Responsável Técnico e-crv Módulo Desmonte Cadastro de Veículo e Classificação de Peças Manual de Usuário Perfil Operador e Responsável Técnico e-crv Módulo Desmonte Cadastro de Veículo e Classificação de Peças 1 Manual de usuário 1. Acesso ao sistema: Para acessar a página inicial do e-crv,

Leia mais

Financiamento de até 100% da mensalidade do curso escolhido. Taxa de juros de 3,4% ao ano. Parcelas do financiamento são mensais e com valores fixos

Financiamento de até 100% da mensalidade do curso escolhido. Taxa de juros de 3,4% ao ano. Parcelas do financiamento são mensais e com valores fixos O que é o FIES O Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (FIES) é um programa do Ministério da Educação destinado a financiar os alunos de graduação do ensino superior em instituições não

Leia mais

Haptech Soluções Inteligentes

Haptech Soluções Inteligentes Haptech Soluções Inteligentes SUPERINTENDÊNCIA DE T.I. DIRETORIA DE TI. PROJETOS E SISTEMAS Manual De Sistema HAPTECH 2015 Restrito Versão do template XXX 1 Copyrights Copyright 2013 HAPTEC Allrightsreserved.

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL CARTÃO DE CRÉDITO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL INSS

ROTEIRO OPERACIONAL CARTÃO DE CRÉDITO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL INSS E-MAILS DE CONTATO BANCO DAYCOVAL Negócio Roteiro Operacional Promotora MESA DE ANALISE CARTÃO CONSIGNADO cartaoliberacao@bancodaycoval.com.br Empréstimo Cartão Débito C/C SUPORTE PROMOTORA suportepromotora@bancodaycoval.com.br

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL FINANCIAMENTO/REFINANCIAMENTO INSS

MANUAL OPERACIONAL FINANCIAMENTO/REFINANCIAMENTO INSS MANUAL OPERACIONAL FINANCIAMENTO/REFINANCIAMENTO INSS 1 Formalização Documentação Necessária Novos formulários (Kit) O Kit é composto dos seguintes formulários: KIT DO FINANCIAMENTO/REFINANCIAMENTO 01

Leia mais

Inclusão de Novo Processo Administrativo

Inclusão de Novo Processo Administrativo Inclusão de Novo Processo Administrativo Tela Inicial Site: Ensino a Distância PROCERGS Curso: PROA - Processos Administrativos v5.0 Livro: Inclusão de Novo Processo Administrativo Impresso por: Glauco

Leia mais

Se você for substituir o seu bem por um USADO, providenciar a vistoria do bem (se for um bem NOVO, passar para o 2º passo)

Se você for substituir o seu bem por um USADO, providenciar a vistoria do bem (se for um bem NOVO, passar para o 2º passo) Orientações para Substituição de Garantia Bens Móveis Nesse documento você encontra todas as orientações para concluir a substituição do bem adquirido no Consórcio, de maneira ágil e fácil. Esse processo

Leia mais

Manual Certidão Web - Certidão Específica

Manual Certidão Web - Certidão Específica Manual Certidão Web - Certidão Específica 1 Sumário 1. NORMATIVA... 3 2. PROCEDIMENTO PARA SOLICITAÇÃO... 4 3. PROCEDIMENTO PARA ACOMPANHAR O ANDAMENTO DA SOLICITAÇÃO13 2 1. NORMATIVA De acordo com a INSTRUÇÃO

Leia mais

Manual. Cadastro de Instituições. www.anvisa.gov.br Brasília, 14 de maio de 2008.

Manual. Cadastro de Instituições. www.anvisa.gov.br Brasília, 14 de maio de 2008. Manual Cadastro de Instituições Gerência-Geral de Gestão de Tecnologia da Informação Gerência de Desenvolvimento de Sistemas www.anvisa.gov.br Brasília, 14 de maio de 2008. SUMÁRIO 1. CADASTRO DE INSTITUIÇÕES...

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS GOVERNO DE MINAS GERAIS

ROTEIRO OPERACIONAL PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS GOVERNO DE MINAS GERAIS Emissor: Departamento Operacional do Crédito Consignado Classificação: Pública Versão: 7 Vigência: 19.05.2014 Código RO: OCC 07 ROTEIRO OPERACIONAL PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS GOVERNO DE MINAS GERAIS

Leia mais

COMO PREENCHER A DECLARAÇÃO DE BENS E VALORES

COMO PREENCHER A DECLARAÇÃO DE BENS E VALORES COMO PREENCHER A DECLARAÇÃO DE BENS E VALORES 1 SUMÁRIO 1 - CADASTRO INICIAL...03 2 ACESSO AO PREENCHIMENTO DAS INFORMAÇÕES...08 3 CADASTRO DAS INFORMAÇÕES DO AGENTE PÚBLICO E DOS DEPENDENTES...09 4 PREENCHIMENTO

Leia mais

Contas a Receber - Veículos

Contas a Receber - Veículos Índice: Recebimento veículos Cap. 01 Cadastro de clientes Cap. 02 Recibo de pagamento de veículo Cap. 03 Efetivação de recebimento de veículo Cap. 04 Consulta parcela do pedido de venda Manutenções Cap.

Leia mais

COMISSÃO DE FINANÇAS E TRIBUTAÇÃO

COMISSÃO DE FINANÇAS E TRIBUTAÇÃO COMISSÃO DE FINANÇAS E TRIBUTAÇÃO PROJETO DE LEI N 6.902, DE 2010 Dispõe sobre a autorização para desconto de prestações em folha de pagamento dos servidores estatutários e funcionários públicos da administração

Leia mais

PASSO A PASSO CÂMBIO PARA INVESTIMENTO EM FOREX ENVIANDO RECURSOS AO EXTERIOR PARA INVESTIMENTO NO MERCADO FOREX

PASSO A PASSO CÂMBIO PARA INVESTIMENTO EM FOREX ENVIANDO RECURSOS AO EXTERIOR PARA INVESTIMENTO NO MERCADO FOREX PASSO A PASSO CÂMBIO PARA INVESTIMENTO EM FOREX ESSE MATERIAL FOI CRIADO PARA ORIENTAR PESSOAS FÍSICAS E JURÍDICAS DE COMO ENVIAR RECURSOS AO EXTERIOR COM A FINALIDADE DE INVESTIMENTOS ESTRANGEIROS, ESPECIFICAMENTE

Leia mais

Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E

Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO (*) Módulo HISTÓRICO ESCOLAR Guia de Referência

Leia mais

ORIENTAÇÕES REFERENTES À UTILIZAÇÃO DO SIPPEE PARA O PBDA 2011 (Edital 02/11)

ORIENTAÇÕES REFERENTES À UTILIZAÇÃO DO SIPPEE PARA O PBDA 2011 (Edital 02/11) ORIENTAÇÕES REFERENTES À UTILIZAÇÃO DO SIPPEE PARA O PBDA 2011 (Edital 02/11) 1 Acessar o sistema O SIPPEE está disponível em http://www10.unipampa.edu.br/sippee///index.php O login e a senha são os mesmos

Leia mais

Venda? - FS72. Sistema: Futura Server. Caminho: Vendas>Pedido de Vendas. Referência: FS72. Versão: 2016.08.29

Venda? - FS72. Sistema: Futura Server. Caminho: Vendas>Pedido de Vendas. Referência: FS72. Versão: 2016.08.29 Como Criar um Venda? - FS72 Pedido de Sistema: Futura Server Caminho: Vendas>Pedido de Vendas Referência: FS72 Versão: 2016.08.29 Como funciona: A tela de Pedido de Vendas é uma das ferramentas mais importante

Leia mais

RO Roteiro Operacional Prefeitura Municipal de Goiânia GO Área responsável: Gerência de Produtos Consignados

RO Roteiro Operacional Prefeitura Municipal de Goiânia GO Área responsável: Gerência de Produtos Consignados Prefeitura de Goiânia - GO RO. 05.014 Versão: 24 Exclusivo para Uso Externo RO Roteiro Operacional Prefeitura Municipal de Goiânia GO Área responsável: Gerência de Produtos Consignados 1. PÚBLICO ALVO

Leia mais

Procedimento Operacional Padrão nº 07 Cadastro de Usuários no SAJ5

Procedimento Operacional Padrão nº 07 Cadastro de Usuários no SAJ5 Procedimento Operacional Padrão nº 07 Cadastro de Usuários no SAJ5 1- Cadastro Geral Acessar SAJ5/ADM. No menu Usuários, acessar Cadastro e clicar no botão Novo, conforme Figura 1; Figura 1 Botão novo

Leia mais

Sumário 1 Primeiros Passos Acessando o Sistema Conhecendo a tela Inicial... 4

Sumário 1 Primeiros Passos Acessando o Sistema Conhecendo a tela Inicial... 4 Este manual tem como objetivo auxiliar os correspondentes na digitação e acompanhamento de propostas do produto Consignado, digitadas junto ao Banco Daycoval. A seguir, veremos o passo a passo para a digitação

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÕES EM EVENTOS DA ESAF

ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÕES EM EVENTOS DA ESAF ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÕES EM EVENTOS DA ESAF A ESAF trabalha com dois tipos de eventos: - Eventos abertos (demandados pelo cliente e/ou ofertados pela ESAF) qualquer pessoa pode se inscrever, desde que

Leia mais

SERVIÇO FLORESTAL BRASILEIRO

SERVIÇO FLORESTAL BRASILEIRO SERVIÇO FLORESTAL BRASILEIRO Orientações sobre o recolhimento dos valores devidos em face dos Contratos de Transição 1. Do Valor Devido 2. Do Recolhimento 2.1. Recolhimento por GRU Simples 2.2. Recolhimento

Leia mais

MANUAL PARA EMISSÃO DA AUTORIZAÇÃO DE TRANSPORTE SEM OBJETIVO COMERCIAL TSOC EVENTUAL

MANUAL PARA EMISSÃO DA AUTORIZAÇÃO DE TRANSPORTE SEM OBJETIVO COMERCIAL TSOC EVENTUAL 1 MANUAL PARA EMISSÃO DA AUTORIZAÇÃO DE TRANSPORTE SEM OBJETIVO COMERCIAL TSOC EVENTUAL Este manual tem como objetivo apresentar os procedimentos necessários para a emissão, on-line, da autorização para

Leia mais

modelo 4 ' ()! 2 345-)----- 345--)----- 6 345)-----7 6 * 2 345-)----- 6 +, 2 345-)----- 6 2 '( ) %!!) * "$ * "+&**',,$--.) */ ) 0 -.$ ! * * 8 /!

modelo 4 ' ()! 2 345-)----- 345--)----- 6 345)-----7 6 * 2 345-)----- 6 +, 2 345-)----- 6 2 '( ) %!!) * $ * +&**',,$--.) */ ) 0 -.$ ! * * 8 /! modelo 4!"#$ $ %&' '( ) %!!) * "$ * "+&**',,$--.) */ ) *01#$%& 2# ' ()! 2 345-)----- 345--)----- 6 345)-----7 6 * 2 345-)----- 6 +, 2 345-)----- 6 2 0 -.$! * * 8 /!9790 " +& * * :/!9 ' 5;$--. 90 /< **',5$--.)!

Leia mais

VIA FÁCIL - BOMBEIROS

VIA FÁCIL - BOMBEIROS SECRETARIA DO ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO CORPO DE BOMBEIROS VIA FÁCIL - BOMBEIROS MANUAL DO USUÁRIO Versão V1.0 1 Índice A INTRODUÇÃO, 4 B USUÁRIO NÃO

Leia mais

Acessando o Sistema. Acesse o endereço:

Acessando o Sistema. Acesse o endereço: Primeiros Passos 1. Computador deve estar conectado à Internet; 2. Utilizar preferencialmente os navegadores Internet Explorer 8 (ou superior) ou Mozilla Firefox ou Google Chrome; 3. Desativar bloqueadores

Leia mais

Configurar conta corrente para cada Forma de Pagamento

Configurar conta corrente para cada Forma de Pagamento Configurar conta corrente para cada Forma de Pagamento Primeiro de tudo cadastrar uma conta corrente para a conta. Entre no módulo Financeiro > conta corrente > cadastro de conta corrente. Atenção: É necessário

Leia mais

Manual do Portal do Beneficiário

Manual do Portal do Beneficiário 1 Manual do Portal do Beneficiário ÍNDICE Informações preliminares 3 1 Como chegar ao Portal da CASSE? 4 2 Acesso por cada Plano contratado 5 3 Cadastrar a senha 6 4 Esqueci a senha 8 5 Login / Acesso

Leia mais

CADASTRO ELETRÔNICO DE PESSOAS QUE DESEMPENHAM ATIVIDADES FLORESTAIS Manual do Usuário

CADASTRO ELETRÔNICO DE PESSOAS QUE DESEMPENHAM ATIVIDADES FLORESTAIS Manual do Usuário CADASTRO ELETRÔNICO DE PESSOAS QUE DESEMPENHAM ATIVIDADES FLORESTAIS Manual do Usuário Índice 1. Cadastro eletrônico de pessoas que desempenham Atividades Florestais... 3 2. Cadastrando uma nova pessoa

Leia mais

Regras de Negócio EXÉRCITO. Versão: 11 11 2013. *Últimas atualizações destacadas em vermelho

Regras de Negócio EXÉRCITO. Versão: 11 11 2013. *Últimas atualizações destacadas em vermelho Regras de Negócio EXÉRCITO Versão: 11 11 2013 *Últimas atualizações destacadas em vermelho REGRAS DE NEGÓCIO EXÉRCITO 1. Públicos alvo geral Servidores militares ativos, efetivos de Carreira. Serão identificados

Leia mais

Data de Nascimento Naturalidade Relação de Parentesco c/ titular

Data de Nascimento Naturalidade Relação de Parentesco c/ titular Nome do(a) Requerente: DADOS DO(A) REQUERENTE - PENSIONISTA Sexo ( ) M ( ) F Inválido ( ) SIM ( ) NÃO R.G. (Identidade) Data de Expedição Órgão Expedidor CPF do(a) Requerente Data de Nascimento Naturalidade

Leia mais

MANUAL PARA EMISSÃO DA AUTORIZAÇÃO DE TRANSPORTE SEM OBJETIVO COMERCIAL TSOC CONTINUO

MANUAL PARA EMISSÃO DA AUTORIZAÇÃO DE TRANSPORTE SEM OBJETIVO COMERCIAL TSOC CONTINUO 1 MANUAL PARA EMISSÃO DA AUTORIZAÇÃO DE TRANSPORTE SEM OBJETIVO COMERCIAL TSOC CONTINUO Este manual tem como objetivo apresentar os procedimentos necessários para a emissão, on-line, da autorização para

Leia mais

Tutorial - Módulo de Biblioteca

Tutorial - Módulo de Biblioteca Tutorial - Módulo de Biblioteca Conteúdo 1. Cadastrando Biblioteca... 2 2. Cadastros Auxiliares... 4 3. Cadastro do Acervo... 5 4. Como enviar sugestão de compra... 7 5. Como consultar o acervo... 8 6.

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Manual de Utilização Emissor de Nota Fiscal Eletrônica SORTEE v3.10 A partir de 01/04/2015 entra em vigor a versão 3.10 da Nota Fiscal Eletrônica. Nesta versão, a conexão com a SEFAZ é realizada diretamente

Leia mais

ORIENTAÇÃO DE PREENCHIMENTO DO PLANO DE TRABALHO PARA O PROGRAMA BRASIL ALFABETIZADO 2005

ORIENTAÇÃO DE PREENCHIMENTO DO PLANO DE TRABALHO PARA O PROGRAMA BRASIL ALFABETIZADO 2005 ORIENTAÇÃO DE PREENCHIMENTO DO PLANO DE TRABALHO PARA O PROGRAMA BRASIL ALFABETIZADO 2005 ANEXO 1 - DECLARAÇÃO DE CUMPRIMENTO DOS CONDICIONANTES LEGAIS Campo 1 - CNPJ com o número que consta no Cadastro

Leia mais

de todas as pessoas da unidade familiar CPF

de todas as pessoas da unidade familiar CPF Após concluir a sua inscrição no SisFIES, o estudante deverá validar suas informações na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA). Seguem documentos necessários a serem apresentados na

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL CONSIGNAÇÃO GOVERNO AMAZONAS

ROTEIRO OPERACIONAL CONSIGNAÇÃO GOVERNO AMAZONAS 1. DEFINIÇÃO DO PRODUTO Operação de Crédito Consignado em Folha de Pagamento para os Servidores do Estado do Governo do Amazonas mediante convênio com o Banco Industrial do Brasil. Modalidade de empréstimo

Leia mais

1. DO PROCESSO SELETIVO

1. DO PROCESSO SELETIVO EDITAL PTB Nº 26/2016 SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA MATRÍCULA NO CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA (FIC) Excel Intermediário - IFSP - CÂMPUS PIRITUBA O Câmpus Pirituba do Instituto Federal de Educação,

Leia mais

M A N U A L D O ADMINISTRADOR DO PORTAL

M A N U A L D O ADMINISTRADOR DO PORTAL M A N U A L D O ADMINISTRADOR DO PORTAL Versão 1.1 Sumário Introdução 1 Sobre o Administrador do Portal 1 Categorias de informação 2 Link adicional 3 Lista de arquivos 5 Anexos da licitação 9 Anexos do

Leia mais

lnclusão de Processos no E-Process para Baixa de GTM

lnclusão de Processos no E-Process para Baixa de GTM lnclusão de Processos no E-Process para Baixa de GTM Para a Solicitação de Baixa de GTM, devidamente acompanhada dos documentos indicados no Decreto Nº.56/003. Na página principal www.sefaz.mt.gov.br no

Leia mais

Cadastrando uma nova denúncia

Cadastrando uma nova denúncia Cadastrando uma nova denúncia Versão 1.0 Índice 1. Introdução... 2 2. Consultando uma denúncia... 2 3. Incluindo uma denúncia... 4 Cadastrando uma nova denúncia Pág. 2 1. Introdução O Conselho Tutelar

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO AOS SERVIÇOS DO PORTAL ECONOMUS (ACESSO EXCLUSIVO)

MANUAL DE ORIENTAÇÃO AOS SERVIÇOS DO PORTAL ECONOMUS (ACESSO EXCLUSIVO) MANUAL DE ORIENTAÇÃO AOS SERVIÇOS DO PORTAL ECONOMUS (ACESSO EXCLUSIVO) Divisão de Pagamentos e Análise de Contas Médicas - DIPAC Divisão de Credenciamento - DICRE Vigência: JANEIRO/2016. Versão 1 ÍNDICE

Leia mais

FIES Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior

FIES Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior FIES Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior O FIES é um programa do Ministério da Educação destinado a financiar a graduação na educação superior de estudantes matriculados em instituições

Leia mais

Tutorial Suporte Técnico da DTI

Tutorial Suporte Técnico da DTI Tutorial Suporte Técnico da DTI Sumário Como Fazer uma Requisição Como Acompanhar uma Requisição Como Avaliar uma Requisição Como Fazer uma Requisição Abra o navegador Chrome ou Firefox e acesse o seguinte

Leia mais

GUIA PRÁTICO DE USO Núcleo de Relacionamento com o Cliente

GUIA PRÁTICO DE USO Núcleo de Relacionamento com o Cliente GUIA PRÁTICO DE USO Núcleo de Relacionamento com o Cliente Seja bem vindo ao nosso canal de relacionamento! Neste Guia Prático de Uso você conhecerá como funciona esta ferramenta de gestão de relacionamento

Leia mais

Considerando a Lei nº. 14.653, de 22 de dezembro de 2011, que instituiu o regime de Previdência Complementar do Estado de São Paulo;

Considerando a Lei nº. 14.653, de 22 de dezembro de 2011, que instituiu o regime de Previdência Complementar do Estado de São Paulo; Instrução SP-PREVCOM / TJ nº 04/2013. Considerando a Lei nº. 14.653, de 22 de dezembro de 2011, que instituiu o regime de Previdência Complementar do Estado de São Paulo; A Fundação de Previdência Complementar

Leia mais

Aditamento do Fies 2015.2 (Renovação do Contrato) do FIES

Aditamento do Fies 2015.2 (Renovação do Contrato) do FIES Aditamento do Fies 2015.2 (Renovação do Contrato) do FIES Para realizar o aditamento 2015.2 a CPSA dará início ao processo de renovação semestral do contrato de financiamento, e o aluno terá até 20 (vinte)

Leia mais

Procedimento Operacional Padrão nº 26 Intimação de Sociedade de Advogados SUMÁRIO 1. USUÁRIOS DO SAJ/PG (USUÁRIOS INTERNOS)...2

Procedimento Operacional Padrão nº 26 Intimação de Sociedade de Advogados SUMÁRIO 1. USUÁRIOS DO SAJ/PG (USUÁRIOS INTERNOS)...2 1 Procedimento Operacional Padrão nº 26 Intimação de Sociedade de Advogados SUMÁRIO 1. USUÁRIOS DO SAJ/PG (USUÁRIOS INTERNOS)...2 1.1 Cadastro de Pessoas (Cadastro Controlado)...2 1.2 Cadastro de Partes

Leia mais