DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, segunda-feira, 11 de maio de Nº Presidente - Desª. Clara Leite de Rezende. Procuradores de Justiça

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, segunda-feira, 11 de maio de 2009. Nº 2849. Presidente - Desª. Clara Leite de Rezende. Procuradores de Justiça"

Transcrição

1 Page 1 of 267 DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, segunda-feira, 11 de maio de Nº 2849 Presidente - Des. Roberto Eugenio da Fonseca Porto Vice-Presidente - Des. Cezário Siqueira Neto Corregedor-Geral - Desª. Maria Aparecida Santos Gama da Silva Desª. Clara Leite de Rezende Desª. Marilza Maynard Salgado de Carvalho Des. José Alves Neto Des. Cláudio Dinart Déda Chagas Desª. Célia Pinheiro Silva Menezes Des. Luiz Antônio Araújo Mendonça Des. Osório de Araújo Ramos Filho Des. Netônio Bezerra Machado Des. Edson Ulisses de Melo Desª. Suzana Maria Carvalho Oliveira Procuradora-Geral de Justiça Drª Maria Cristina da G. e S. Foz Mendonça Secretária Judiciária Belª Ivana Rocha Melo Rezende (Sessão: quarta-feira, às 8h30min 8º andar) Presidente - Des. Roberto Eugenio da Fonseca Porto Des. José Alves Neto Des. Cezário Siqueira Neto Desª. Maria Aparecida Santos Gama da Silva Desª. Suzana Maria Carvalho Oliveira Suplentes Des.Luiz Antônio Araújo Mendonça Des. Edson Ulisses de Melo Procuradora-Geral de Justiça Drª Maria Cristina da G. e S. Foz Mendonça (Sessão: quarta-feira, após o Pleno 8º andar) TRIBUNAL PLENO CONSELHO DA MAGISTRATURA CÂMARA CRIMINAL Presidente - Desª. Clara Leite de Rezende Desª. Marilza Maynard Salgado de Carvalho Des. José Alves Neto Des. Cláudio Dinart Déda Chagas Des.Luiz Antônio Araújo Mendonça Des. Cezário Siqueira Neto Des. Osório de Araújo Ramos Filho Desª. Suzana Maria Carvalho Oliveira Procuradores de Justiça Dr. José Carlos de Oliveira Filho Drª Maria Cristina da G. e S. Foz Mendonça Drª Maria Izabel Santana de Abreu Drª Maria Luiza Vieira Cruz Dr. Rodomarques Nascimento Dr. Moacyr Soares da Motta Secretária Judiciária Subsecretária Belª Ivana Rocha Melo Rezende (Sessão: quinta-feira, às 8h30min, quinzenalmente 8º andar) Presidente - Desª. Clara Leite de Rezende GRUPO I Desª. Clara Leite de Rezende Des. José Alves Neto Des. Cláudio Dinart Déda Chagas GRUPO II Des. José Alves Neto Des. Cláudio Dinart Déda Chagas Desª. Suzana Maria Carvalho Oliveira Procuradores de Justiça Dr. José Carlos de Oliveira Filho Drª Maria Izabel Santana de Abreu Secretária Judiciária Belª Ivana Rocha Melo Rezende Subsecretária - Belª Luciana Goes Freitas Dantas CÂMARAS CÍVEIS REUNIDAS Belª Luciana Goes Freitas Dantas (Sessões: segunda-feira e terça-feira, às 8h30min - 8º andar) Presidente - Desª Marilza Maynard Salgado de Carvalho PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL GRUPO III Des. Cláudio Dinart Déda Chagas Desª. Suzana Maria Carvalho Oliveira Desª. Clara Leite de Rezende GRUPO IV Desª. Suzana Maria Carvalho Oliveira Desª. Clara Leite de Rezende Des. José Alves Neto SEGUNDA CÂMARA CÍVEL Presidente - Desª. Célia Pinheiro Silva Menezes Desª. Célia Pinheiro Silva Menezes Des. Netônio Bezerra Machado Des. Edson Ulisses de Melo Procuradores de Justiça Dr. José Luiz Melo Drª Maria Creuza Brito de Figueiredo Drª Maria Joselita Almeida Barbosa Secretária Judiciária Belª Ivana Rocha Melo Rezende Subsecretária - Belª Ana Vitória Mello Santos (Sessões: quinta-feira, às 8h30min - 8º andar) GRUPO I Desª. Marilza Maynard Salgado de Carvalho Des.Luiz Antônio Araújo Mendonça Des. Cezário Siqueira Neto GRUPO II Des.Luiz Antônio Araújo Mendonça Des. Cezário Siqueira Neto Des. Osório de Araújo Ramos Filho Procuradores de Justiça Drª Maria Cristina G. S. Foz Mendonça Drª Maria Luiza Vieira Cruz Dr. Rodomarques Nascimento Dr. Moacyr Soares da Motta Secretária Judiciária Belª Ivana Rocha Melo Rezende Subsecretário - Bel. Adriano dos Santos Leal (Sessões: segunda-feira e terça-feira, às 8 horas - 8º andar) GRUPO III Des. Cezário Siqueira Neto Des. Osório de Araújo Ramos Filho Desª. Marilza Maynard Salgado de Carvalho GRUPO IV Des. Osório de Araújo Ramos Filho Desª. Marilza Maynard Salgado de Carvalho Des.Luiz Antônio Araújo Mendonça PRESIDÊNCIA PRESIDÊNCIA DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA ATOS ADMINISTRATIVOS O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SERGIPE, no uso das suas atribuições, conferidas pelo art. 21 da Lei Complementar Estadual nº 88, de 30 de outubro de 2003 (Código de Organização Judiciária do Estado de Sergipe), baixou os seguintes Atos: A T O S Nº 757/ Coloca à disposição do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe a servidora Juliana Santos Ferreira, Técnico Judiciário, NM, letra C, sem prejuízo dos seus vencimentos, direitos e vantagens pessoais, com ônus para o órgão requisitante, pelo prazo de um ano, devendo a contribuição previdenciária ser recolhida pelo órgão cessionário ao SERGIPEPREVIDÊNCIA, em conformidade com a Lei Complementar nº 113/2005 e suas alterações posteriores. Nº 759/ Exonera, a pedido, João Eloy de Menezes, servidor requisitado, do cargo em comissão de Diretor de Segurança da Presidência do Tribunal de Justiça, símbolo CCE-03, a partir desta data. P O R T A R I A S Nº 153/ GP 4 - Concede a Desembargadora Suzana Maria Carvalho Oliveira trinta dias de férias, no período de 1º a 30 de julho de 2009, referentes ao exercício de 2009/1. Nº 160/ GP 4 - Concede a Desembargadora Suzana Maria Carvalho Oliveira trinta dias de férias, no período de 7 de janeiro a 6 de fevereiro de 2009, referentes ao exercício de 2009/2. Nº 165/ GP 4 - Concede a Dra. Maria de Fátima Ferreira de Barros, Juíza de Direito da 14ª Vara Cível da Comarca de Aracaju, dez dias de licença para tratamento de saúde, no período de 22 de abril a 1º de maio de 2009, conforme atestado médico. Nº 352/ GP 5 - Designa Sirley Maclaine da Graça, Chefe da Divisão de Auditoria, do Departamento de Controle Interno, para substituir, cumulativamente, Jurandi Conrado, Chefe desse Departamento, símbolo CCE- 02, enquanto durar o seu afastamento, por motivo de gozo de férias, pelo período de trinta dias, a partir de 01 de junho de 2009, tendo em vista que a substituta apresentou Declaração Negativa de Relação Familiar/Impedimento para os fins da Resolução nº 07, de 18 de outubro de 2005, do Conselho Nacional de Justiça, declarando não possuir relação familiar com membro ou servidor (investido em cargo de direção ou assessoramento) deste Poder Judiciário, ou qualquer outro impedimento previsto na aludida Resolução, bem como ser portadora de diploma de nível superior. Nº 368/ GP 5 - Designa Dra. Rosalgina Almeida Prata Libório, Juíza Corregedora, para presidir o casamento de Antônio Manoel de Carvalho Neto e Shirlei Dórea Costa, em substituição a Dr. João Hora Neto, Juiz de Direito da 5ª Vara Cível da Comarca de Aracaju, a ser realizado no dia 14 de maio de Nº 373/ GP 5 - Designa Auri José Maciel Guerra Júnior, Técnico Judiciário, lotado no Gabinete do Desembargador Cláudio Dinart Deda Chagas, para substituir Juliana Déda Oliveira, Secretária desse Desembargador, símbolo CCE-04, enquanto durar o seu afastamento, por motivo de licença para tratamento de saúde, pelo período de trinta dias, a contar de 7 de maio de 2009, tendo em vista que o substituto apresentou Declaração Negativa de Relação Familiar/Impedimento para os fins da Resolução nº 07, de 18 de outubro de 2005, do Conselho Nacional de Justiça, declarando não possuir relação familiar com membro ou servidor (investido em cargo de direção ou assessoramento) deste Poder Judiciário, ou qualquer outro impedimento previsto na aludida Resolução, bem como ser portador de diploma de nível superior. Nº 374/ GP 5 - Designa Anna Beatriz de Góis Déda, Técnico Judiciário, lotada no Gabinete do Desembargador Cláudio Dinart Deda Chagas, para substituir Juliana Déda Oliveira, Secretária desse Desembargador, símbolo CCE-04, enquanto durar o seu afastamento, por motivo de licença para tratamento de saúde, pelo período de trinta dias, a partir de 07 de junho de 2009, tendo em vista que a substituta apresentou Declaração Negativa de Relação Familiar/Impedimento para os fins da Resolução nº 07, de 18 de outubro de 2005, do Conselho Nacional de Justiça, declarando não possuir relação familiar com membro ou servidor (investido em cargo de direção ou assessoramento) deste Poder Judiciário, ou qualquer outro impedimento previsto na aludida Resolução, bem como ser portadora de diploma de nível superior. Nº 376/ GP 5 - Designa Dra. Geni Silveira Shuster, Juíza de Direito da 11ª Vara Criminal da Comarca de Aracaju, de entrância final, para substituir, exclusivamente, a Desembargadora Célia Pinheiro Silva Menezes, por motivo de licença prêmio, pelo período de cinqüenta e um dias, a partir de 11 de maio de Aracaju/SE, 11 de maio de DES. ROBERTO EUGENIO DA FONSECA PORTO, Presidente. *Todos os Atos acima especificados estão disponíveis, na sua íntegra, no site no menu Publicações. P O R T A R I A S CORREGEDORIA A DESEMBARGADORA MARIA APARECIDA SANTOS GAMA DA SILVA, Corregedora-Geral da Justiça do Estado de Sergipe, no uso de suas atribuições, conferidas pelo artigo 30 da Lei Complementar Estadual nº 88/2003, de 30 de outubro de 2003 (Código de Organização Judiciária do Estado de Sergipe), baixou as seguintes Portarias:

2 Page 2 of 267 Nº. 145/ REVOGA a contar de 11 de maio do corrente ano, a Portaria nº. 144/2009 que designou o DR. LUIZ EDUARDO DE ARAÚJO PORTELA, Juiz Substituto à disposição da Corregedoria-Geral da Justiça, para, no período de 07 a 31 de Maio de 2009, exercer as atribuições próprias de seu cargo, junto ao Juízo de Direito da Comarca de Gararu/SE. Nº. 146/ DESIGNA o DR. LUIZ EDUARDO DE ARAÚJO PORTELA, Juiz Substituto à disposição da Corregedoria-Geral da Justiça, para, no período de 11 a 31 de Maio de 2009, exercer as atribuições próprias de seu cargo, junto ao Juízo de Direito da 11 a. Vara Criminal da Comarca de Aracaju/SE, sem prejuízo das demais designações. Publique-se. Registre-se. Aracaju/SE, 8 de maio de MARIA APARECIDA SANTOS GAMA DA SILVA, Corregedora-Geral da Justiça. DEMONSTRATIVOS ESTATÍSTICOS TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SERGIPE ESTATÍSTICA CORREGEDORIA - ABRIL/2009 ESTATÍSTICA MENSAL DA CAPITAL CAPITAL VARAS CÍVEIS COMPETÊNCIA RESÍDUO AUDIÊNCIA ATÉ INI RET JUL AND TOTAL MAR REA NRE REM CAN ª Vara Cível ª Vara Cível ª Vara Cível ª Vara Cível ª Vara Cível ª Vara Cível ª Vara Cível ª Vara Cível ª Vara Cível ª Vara Cível ª Vara Cível ª Vara Cível ª Vara Cível ª Vara Cível ª Vara Cível ª Vara Privativa do Juizado da Infância e da Juventude 17ª Vara Civeljij ª Vara Civel ª Vara Civel ª Vara Civel ª Vara Cível Total Legenda: INI: Iniciados RET: Retorno a andamento JUL: Julgados no Período AND: Andamento (Resíduo + Iniciados + Retorno a andamento - Julgados) MAR: audiências marcadas REA: audiências realizadas NRE: audiências não realizadas REM: audiências remarcadas CAN: audiências canceladas CAPITAL VARAS CRIMINAIS COMPETÊNCIA RESÍDUO AUDIÊNCIA ATÉ INI RET JUL AND TOTAL MAR REA NRE REM CAN ª Vara Criminal ª Vara Criminal ª Vara Criminal ª Vara Criminal ª Vara Criminal ª Vara Criminal Vara de Execução de Medidas e Penas Alternativas 2ª Vara Criminal ª Vara Criminal ª Vara Criminal ª Vara Criminal Total Legenda: INI: Iniciados RET: Retorno a andamento JUL: Julgados no Período AND: Andamento (Resíduo + Iniciados + Retorno a andamento - Julgados) MAR: audiências marcadas REA: audiências realizadas NRE: audiências não realizadas REM: audiências remarcadas CAN: audiências canceladas CAPITAL VARAS DE ASSISTÊNCIA JUDICIÁRIA COMPETÊNCIA 1ª Vara Assist. Judiciária 2ª Vara Assist. Judiciária 3ª Vara Assist. Judiciária 4ª Vara Assist. Judiciária 5ª Vara RESÍDUO AUDIÊNCIA ATÉ INI RET JUL AND TOTAL MAR REA NRE REM CAN

3 Page 3 of 267 Privativa ª Vara Privativa ª Vara Assist Judiciária Total Legenda: INI: Iniciados RET: Retorno a andamento JUL: Julgados no Período AND: Andamento (Resíduo + Iniciados + Retorno a andamento - Julgados) MAR: audiências marcadas REA: audiências realizadas NRE: audiências não realizadas REM: audiências remarcadas CAN: audiências canceladas CAPITAL JUIZADOS COMPETÊNCIA RESÍDUO AUDIÊNCIA ATÉ INI RET JUL AND TOTAL MAR REA NRE REM CAN º Juizado Especial Civel º Juizado Especial Civel º Juizado Especial Civel º Juizado Especial Civel º Juizado Especial Civel º Juizado Civ. Acidente Trânsito 1º Juizado Especial Cível e Criminal de Aracaju Juizado Especial Criminal de Aracaju 2º Juizado Especial Civel e Criminal de Aracaju Total Legenda: INI: Iniciados RET: Retorno a andamento JUL: Julgados no Período AND: Andamento (Resíduo + Iniciados + Retorno a andamento - Julgados) MAR: audiências marcadas REA: audiências realizadas NRE: audiências não realizadas REM: audiências remarcadas CAN: audiências canceladas INTERIOR CÍVEIS ESTATÍSTICA MENSAL DO INTERIOR COMPETÊNCIA RESÍDUO AUDIÊNCIA ATÉ INI RET JUL AND TOTAL MAR REA NRE REM CAN ª Vara Civel de Estância ª Vara Civel de Estância ª Vara Civel de Itabaiana ª Vara Civel de Itabaiana ª Vara Civel de Lagarto ª Vara Civel de Lagarto ª Vara Civel de Socorro ª Vara Cível de Socorro ª Vara Civel de Estância ª Vara Civel de Estância ª Vara Civel de Itabaiana ª Vara Civel de Itabaiana ª Vara Civel de Lagarto ª Vara Civel de Lagarto ª Vara Civel de Socorro Total Legenda: INI: Iniciados RET: Retorno a andamento JUL: Julgados no Período AND: Andamento (Resíduo + Iniciados + Retorno a andamento - Julgados) MAR: audiências marcadas REA: audiências realizadas NRE: audiências não realizadas REM: audiências remarcadas CAN: audiências canceladas INTERIOR CRIMINAIS COMPETÊNCIA RESÍDUO AUDIÊNCIA ATÉ INI RET JUL AND TOTAL MAR REA NRE REM CAN 2005 Vara Criminal de Estância Vara Criminal de Itabaiana Vara Criminal de Lagarto Vara Criminal de São Cristóvão ª Vara Criminal de Socorro ª Vara Criminal de Socorro Total Legenda: INI: Iniciados RET: Retorno a andamento JUL: Julgados no Período

4 AND: Andamento (Resíduo + Iniciados + Retorno a andamento - Julgados) MAR: audiências marcadas REA: audiências realizadas NRE: audiências não realizadas REM: audiências remarcadas CAN: audiências canceladas Page 4 of 267 INTERIOR VARAS DE ASSISTÊNCIA JUDICIÁRIA E PRIVATIVAS COMPETÊNCIA RESÍDUO AUDIÊNCIA ATÉ INI RET JUL AND TOTAL MAR REA NRE REM CAN 2005 Vara ass. Jud. de São Cristóvão ª Vara de Assistência Judiciária de Socorro 2ª Vara de Assistência Judiciária de Socorro Total Legenda: INI: Iniciados RET: Retorno a andamento JUL: Julgados no Período AND: Andamento (Resíduo + Iniciados + Retorno a andamento - Julgados) MAR: audiências marcadas REA: audiências realizadas NRE: audiências não realizadas REM: audiências remarcadas CAN: audiências canceladas INTERIOR JUIZADOS CÍVEIS E CRIMINAIS COMPETÊNCIA RESÍDUO AUDIÊNCIA ATÉ INI RET JUL AND TOTAL MAR REA NRE REM CAN 2005 Juizado Especial Cível e Criminal de Estância Juizado Esp. Civ. Crim. Itabaiana Juizado. Esp. Civ.Crim Lagarto Juizado.Esp. Civ.Crim S.Cristóvão 1º Juiz. Esp. Civ.Crim N.Sra.Socorro 2º Juiz. Esp. Civ.Crim N.Sra.Socorro Total Legenda: INI: Iniciados RET: Retorno a andamento JUL: Julgados no Período AND: Andamento (Resíduo + Iniciados + Retorno a andamento - Julgados) MAR: audiências marcadas REA: audiências realizadas NRE: audiências não realizadas REM: audiências remarcadas CAN: audiências canceladas INTERIOR COMARCAS RESÍDUO AUDIÊNCIA COMPETÊNCIA ATÉ INI RET JUL AND TOTAL MAR REA NRE REM CAN ª Vara Cível E Criminal de Propriá ª Vara Cível E Criminal de Propriá (Cível) ª Vara Cível E Criminal de Propriá (Criminal) ª Vara Cível E Criminal de Propriá ª Vara Cível E Criminal de Propriá (Cível) ª Vara Cível E Criminal de Propriá (Criminal) Aquidabã Aquidabã (Cível) Aquidabã (Criminal) Canhoba Canhoba (Cível) Canhoba Criminal) Graccho Cardoso Graccho Cardoso (Cível) Graccho Cardoso (Criminal) Boquim Boquim (Cível) Boquim (Criminal) Capela Capela (Cível) Capela (Criminal) Muribeca Muribeca (Cível) Muribeca

5 Page 5 of 267 (Criminal) Campo do Brito Campo do Brito (Cível) Campo do Brito (Criminal) Macambira Macambira (Cível) Macambira (Criminal) São Domingos São Domingos (Cível) São Domingos (Criminal) Canindé do São Francisco Canindé do São Francisco (Cível) Canindé do São Francisco (Criminal) Carira Carira (Cível) Carira (Criminal) Cedro de São João Cedro de São João (Cível) Cedro de São João (Criminal) Amparo do São Francisco Amparo do São Francisco (Cível) Amparo do São Francisco (Criminal) Malhada dos Bois Malhada dos Bois (Cível) Malhada dos Bois (Criminal) São Francisco São Francisco (Cível) São Francisco (Criminal) Telha Telha (Cível) Telha (Criminal) Cristinápolis Cristinápolis (Cível) Cristinápolis (Criminal) Tomar do Geru Tomar do Geru (Cível) Tomar do Geru (Criminal) Frei Paulo Frei Paulo (Cível) Frei Paulo (Criminal) Pinhão Pinhão (Cível) Pinhão (Criminal) Pedra Mole Pedra Mole (Cível) Pedra Mole (Criminal) Gararú Gararú (Cível) Gararú (Criminal) Itabi Itabi (Cível) Itabi (Criminal) Nsa. Senhora de Lourdes Nsa. Senhora de Lourdes (Cível) Nsa. Senhora de Lourdes (Criminal) Itabaianinha Itabaianinha (Cível) Itabaianinha (Criminal) Itaporanga D Ajuda Itaporanga D Ajuda (Cível) Itaporanga D Ajuda (Criminal) Salgado Salgado (Cível) Salgado (Criminal) Japaratuba Japaratuba (Cível) Japaratuba (Criminal)

6 Page 6 of 267 Carmópolis Carmópolis (Cível) Carmópolis (Criminal) Pirambu Pirambu (Cível) Pirambu (Criminal) Laranjeiras Laranjeiras (Cível) Laranjeiras (Criminal) Areia Branca Areia Branca (Cível) Areia Branca (Criminal) Maruim Maruim (Cível) Maruim (Criminal) General Maynard General Maynard (Cível) General Maynard (Criminal) Rosário do Catete Rosário do Catete (Cível) Rosário do Catete (Criminal) Santo Amaro das Brotas Santo Amaro das Brotas (Cível) Santo Amaro das Brotas (Criminal) Neópolis Neópolis (Cível) Neópolis (Criminal) Japoatã Japoatã (Cível) Japoatã (Criminal) Santana do São Francisco Santana do São Francisco (Cível) Santana do São Francisco (Criminal) Nossa Senhora das Dores Nossa Senhora das Dores (Cível) Nossa Senhora das Dores (Criminal) Cumbe Cumbe (Cível) Cumbe (Criminal) Siriri Siriri (Cível) Siriri (Criminal) Nossa Senhora da Glória Nossa Senhora da Glória (Cível) Nossa Senhora da Glória (Criminal) Feira Nova Feira Nova (Cível) Feira Nova (Criminal) Pacatuba Pacatuba (Cível) Pacatuba (Criminal) Brejo Grande Brejo Grande (Cível) Brejo Grande (Criminal) Ilha das Flores Ilha das Flores (Cível) Ilha das Flores (Criminal) Poco Verde Poco Verde (Cível) Poco Verde (Criminal) Porto da Folha Porto da Folha (Cível) Porto da Folha (Criminal) Riachuelo Riachuelo (Cível) Riachuelo (Criminal) Malhador

7 Page 7 of 267 Malhador (Cível) Malhador (Criminal) Santa Rosa de Lima Santa Rosa de Lima (Cível) Santa Rosa de Lima (Criminal) Divina Pastora Divina Pastora (Cível) Divina Pastora (Criminal) Ribeirópolis Ribeirópolis (Cível) Ribeirópolis (Criminal) Moita Bonita Moita Bonita (Cível) Moita Bonita (Criminal) N. Srª Aparecida N. Srª Aparecida (Cível) N. Srª Aparecida (Criminal) São Miguel do Aleixo São Miguel do Aleixo (Cível) São Miguel do Aleixo (Criminal) Simão Dias Simão Dias (Cível) Simão Dias (Criminal) Tobias Barreto Tobias Barreto (Cível) Tobias Barreto (Criminal) Poço Redondo Poço Redondo (Cível) Poço Redondo (Criminal) Monte Alegre Monte Alegre (Cível) Monte Alegre (Criminal) Umbaúba Umbaúba (Cível) Umbaúba (Criminal) Indiaroba Indiaroba (Cível) Indiaroba (Criminal) Santa Luzia Santa Luzia (Cível) Santa Luzia (Criminal) Arauá Arauá (Cível) Arauá (Criminal) Riachao do Dantas Riachao do Dantas (Cível) Riachao do Dantas (Criminal) Pedrinhas Pedrinhas (Cível) Pedrinhas (Criminal) Barra dos Coqueiros Barra dos Coqueiros (Cível) Barra dos Coqueiros (Criminal) Total Legenda: INI: Iniciados RET: Retorno a andamento JUL: Julgados no Período AND: Andamento (Resíduo + Iniciados + Retorno a andamento - Julgados) MAR: audiências marcadas REA: audiências realizadas NRE: audiências não realizadas REM: audiências remarcadas CAN: audiências canceladas 1ª CÂMARA CÍVEL- PAUTA SECRETARIA JUDICIÁRIA PAUTA DA SESSÃO ORDINÁRIA DA 1A. CÂMARA CÍVEL A SER REALIZADA NO DIA 19/5/2009, ÀS 08H30MIN 1 - AGRAVO DE INSTRUMENTO (CONTINUAÇÃO DO JULGAMENTO)

8 Page 8 of 267 Nº DO FEITO /2008 Nº PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - II - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 6ª VARA CÍVEL RELATOR - DES. JOSÉ ALVES NETO MEMBRO - DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS MEMBRO - DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA PROCURADOR - DRA. MARIA CREUZA BRITO DE FIGUEIREDO AGRAVANTE - CLYFFSON CLELIO ANDRADE DE ARAUJO ADVOGADO - DENIZE MARIA DE BARROS FIGUEIREDO - OAB: 1176/SE AGRAVADO - ANA AMELIA DUARTE LIMA DE ARAUJO ADVOGADO - MARCELO AUGUSTO BARRETO DE CARVALHO - O AB: 2899/SE 2 - APELAÇÃO CÍVEL (CONTINUAÇÃO DO JULGAMENTO) NO. DO FEITO /2008 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - IV - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 19ª VARA CÍVEL RELATOR - DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA REVISOR - DESA. CLARA LEITE DE REZENDE MEMBRO - DES. JOSÉ ALVES NETO PROCURADOR - DR. RODOMARQUES NASCIMENTO APELANTE - MUNICIPIO DE ARACAJU PROC. MUNICIPIO - AMILTON NEVES BRITO FILHO - OAB: 26065/BA APELADO - HELIO LIMA DE MENDONCA BRAGA 3 - APELAÇÃO CÍVEL (CONTINUAÇÃO DO JULGAMENTO) NO. DO FEITO /2008 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - IV - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 19ª VARA CÍVEL RELATOR - DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA REVISOR - DESA. CLARA LEITE DE REZENDE MEMBRO - DES. JOSÉ ALVES NETO PROCURADOR - DR. RODOMARQUES NASCIMENTO APELANTE - MUNICIPIO DE ARACAJU PROC. MUNICIPIO - WENDELL HENRIQUE DE BARROS NASCIMENTO - OAB: 3378/SE APELADO - WILSON SANTANA CORTES 4 - APELAÇÃO CÍVEL (CONTINUAÇÃO DO JULGAMENTO) NO. DO FEITO /2008 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - IV - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 10ª VARA CÍVEL RELATOR - DESA. MARIA APARECIDA SANTOS GAMA DA SILVA REVISOR - DESA. CLARA LEITE DE REZENDE MEMBRO - DES. JOSÉ ALVES NETO APELANTE - PROTECTOR SEGURANÇA VIGILANCIA LTDA ADVOGADO - MARCIO MACEDO CONRADO - OAB: 3806/SE APELANTE - MARCELO DE OLIVEIRA GUIMARAES ADVOGADO - MARCIO MACEDO CONRADO - OAB: 3806/SE APELANTE - SEVIBA SEGURANÇA E VIGILANCIA DA BAHIA LTDA ADVOGADO - MARCIO MACEDO CONRADO - OAB: 3806/SE APELANTE - VERA LUCIA DE MEDEIROS GUIMARAES ADVOGADO - MARCIO MACEDO CONRADO - OAB: 3806/SE APELANTE - AFRANIO CESAR DE OLIVA MATOS ADVOGADO - MARCIO MACEDO CONRADO - OAB: 3806/SE APELADO - JAIRO BARREIROS DE ALMEIDA FILHO ADVOGADO - GERALDO RESENDE FILHO - OAB: 1666/SE ADVOGADO - RODOLFO DANTAS ANDRADE - OAB: 3196/SE APELADO - ADRIANO LIBERATO DE MATOS BRITO ADVOGADO - GERALDO RESENDE FILHO - OAB: 1666/SE ADVOGADO - RODOLFO DANTAS ANDRADE - OAB: 3196/SE 5 - APELAÇÃO CÍVEL (CONTINUAÇÃO DO JULGAMENTO) NO. DO FEITO /2009 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - IV - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 3ª VARA CÍVEL RELATOR - DESA. CLARA LEITE DE REZENDE REVISOR - DES. JOSÉ ALVES NETO MEMBRO - DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA APELANTE - MUNICIPIO DE ARACAJU PROC. MUNICIPIO - LUIZ CARLOS DE OLIVEIRA SANTANA - OAB: 985/SE APELADO - CARLOS AUGUSTO DE A. MORAES ADVOGADO - VINICIUS THIAGO SOARES DE OLIVEIRA - OAB: 3385/SE 6 - AGRAVO DE INSTRUMENTO NO. DO FEITO /2008 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - IV - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 6ª VARA CÍVEL RELATOR - DES. JOSÉ ALVES NETO MEMBRO - DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA MEMBRO - DESA. CLARA LEITE DE REZENDE PROCURADOR - DRA. MARIA CREUZA BRITO DE FIGUEIREDO AGRAVANTE - A.A.D.L.D.A. ADVOGADO - MARCELO AUGUSTO BARRETO DE CARVALHO - O AB: 2899/SE AGRAVADO - C.C.A.D.A. ADVOGADO - DENIZE MARIA DE BARROS FIGUEIREDO - OAB: 1176/SE 7 - AGRAVO DE INSTRUMENTO NO. DO FEITO /2008 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - III - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 10ª VARA CÍVEL RELATOR - DESA. CLARA LEITE DE REZENDE MEMBRO - DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS MEMBRO - DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA PROCURADOR - DRA. MARILENE PAES BARRETTO DE FIGUEIRED AGRAVANTE - JOSENILDE SOUZA FIGUEIREDO ADVOGADO - ALEXANDRE MIGUEL ABREU - OAB: 25787/BA AGRAVADO - CONDOMINIO GEMINI ADVOGADO - MARIA DA CONCEIÇÃO DANTAS GUERRA - OAB: 1440/SE 8 - AGRAVO DE INSTRUMENTO NO. DO FEITO /2008 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - IV - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 1ª VARA CÍVEL E CRIMINAL DE PROPRIÁ RELATOR - DESA. CLARA LEITE DE REZENDE MEMBRO - DES. JOSÉ ALVES NETO MEMBRO - DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA PROCURADOR - DRA. MARIA LUIZA VIEIRA CRUZ AGRAVANTE - EDENIA CURY ADVOGADO - ADERNOEL ALMEIDA DA CRUZ FILHO - OAB: 3182/SE AGRAVADO - MARLEIDE DE MORAIS ADVOGADO - ANTONIO RICARDO MENDONÇA DE ALMEIDA - O AB: 3232/SE 9 - AGRAVO DE INSTRUMENTO NO. DO FEITO /2009 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - II - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - BARRA DOS COQUEIROS

9 RELATOR - DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS MEMBRO - DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA MEMBRO - DES. JOSÉ ALVES NETO PROCURADOR - DRA. GLÁUCIA QUEIROZ DE MORAIS AGRAVANTE - VERA MÔNICA VIEIRA DE SOUZA ADVOGADO - JOICE ANGELI AUGUSTO CAMPOS DOS SANTOS - OAB: 3913/SE AGRAVADO - JOSE FERNANDES DOS SANTOS ADVOGADO - JOAO DE OLIVEIRA SANTOS - OAB: 713-A/SE Page 9 of REEXAME NECESSÁRIO NO. DO FEITO /2009 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - III - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - TOMAR DO GERU RELATOR - DESA. CLARA LEITE DE REZENDE MEMBRO - DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS MEMBRO - DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA PROCURADOR - DR. CELSO LUÍS DÓREA LÉO AUTOR - TEREZINHA MACEDO DE OLIVEIRA LIMA ADVOGADO - LUENIA PRATA DOS REIS - OAB: 3103/SE REU - MUNICIPIO DE TOMAR DO GERU ADVOGADO - MARCO AURELIO RIBEIRO - OAB: 2661-A/SE 11 - REEXAME NECESSÁRIO NO. DO FEITO /2009 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - III - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 18ª VARA CÍVEL RELATOR - DESA. CLARA LEITE DE REZENDE MEMBRO - DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS MEMBRO - DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA AUTOR - MUNICIPIO DE ARACAJU PROC. MUNICIPIO - LUIZ CARLOS DE OLIVEIRA SANTANA - OAB: 985/SE REU - PORTO COMERCIAL LTDA 12 - APELAÇÃO CÍVEL NO. DO FEITO /2007 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - I - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 3ª VARA CÍVEL RELATOR - DESA. CLARA LEITE DE REZENDE REVISOR - DES. ROBERTO EUGENIO DA FONSECA PORTO MEMBRO - DES. JOSÉ ALVES NETO PROCURADOR - DRA. MARIA EUGÊNIA DA SILVA RIBEIRO APELANTE - ESTADO DE SERGIPE PROC. ESTADO - ANDRÉ LUIS SANTOS MEIRA - OAB: 423-A/SE APELADO - MARIA ADJA OLIVEIRA DE GOIS ADVOGADO - DILSON JOSE DE OLIVEIRA LIMA - OAB: 1047/SE APELADO - KATIA SIMONE DE JESUS PRADO ADVOGADO - DILSON JOSE DE OLIVEIRA LIMA - OAB: 1047/SE 13 - APELAÇÃO CÍVEL NO. DO FEITO /2008 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - III - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 10ª VARA CÍVEL RELATOR - DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS REVISOR - DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA MEMBRO - DESA. CLARA LEITE DE REZENDE PROCURADOR - DR. MANOEL CABRAL MACHADO NETO APELANTE - RIOMAR CENTROS COMERCIAIS LTDA ADVOGADO - ANTONIO FERNANDO VALERIANO - OAB: 1986/SE APELADO - CONDOMINIO RIOMAR ADVOGADO - ROGERIO CARVALHO RAIMUNDO - OAB: 4046/SE APELADO - CAIXA DE PREVIDÊNCIA DOS FUNC BANCO DO BRASIL PRE VI ADVOGADO - BRUNO HENRIQUE DE AZEVEDO POTTES - OAB: 381-A/SE 14 - APELAÇÃO CÍVEL NO. DO FEITO /2008 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - III - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 4ª VARA CÍVEL RELATOR - DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS REVISOR - DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA MEMBRO - DESA. CLARA LEITE DE REZENDE PROCURADOR - DRA. MARIA IZABEL SANTANA DE ABREU APELANTE - BANCO CITICARD S/A ADVOGADO - MÁRIO DE FREITAS JATOBÁ JR - OAB: 22127/BA APELADO - DEVERLAN SOUZA DE OLIVEIRA ADVOGADO - LISSA ANDRADE TAVARES LOBAO - OAB: 3529/SE 15 - APELAÇÃO CÍVEL NO. DO FEITO /2008 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - I - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - PACATUBA RELATOR - DES. JOSÉ ALVES NETO REVISOR - DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS MEMBRO - DESA. CLARA LEITE DE REZENDE PROCURADOR - DR. WILTON ARAUJO SANTOS APELANTE - LUIZ CARLOS DOS SANTOS ADVOGADO - PAULO ERNANI DE MENEZES - OAB: 1686/SE APELADO - O MINISTERIO PÚBLICO DO ESTADO DE SERGIPE 16 - APELAÇÃO CÍVEL NO. DO FEITO /2008 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - IV - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 19ª VARA CÍVEL RELATOR - DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA REVISOR - DESA. CLARA LEITE DE REZENDE MEMBRO - DES. JOSÉ ALVES NETO PROCURADOR - DR. JOSE CARLOS DE OLIVEIRA FILHO APELANTE - MUNICIPIO DE ARACAJU PROC. MUNICIPIO - AMILTON NEVES BRITO FILHO - OAB: 26065/BA APELADO - ADRIANA BARROS CAVALCANTE COSTA 17 - APELAÇÃO CÍVEL NO. DO FEITO /2008 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - IV - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 19ª VARA CÍVEL RELATOR - DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA REVISOR - DESA. CLARA LEITE DE REZENDE MEMBRO - DES. JOSÉ ALVES NETO PROCURADOR - DR. JOSE CARLOS DE OLIVEIRA FILHO APELANTE - MUNICIPIO DE ARACAJU PROC. MUNICIPIO - GEILZA LUTTIGARDS DIAS - OAB: 21049/BA APELADO - MARCOS LUIZ ROCHA DEF. PUBLICO - ALBA MENEZES VASCONCELOS - OAB: 842/SE 18 - APELAÇÃO CÍVEL NO. DO FEITO /2009 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - II - 1A. CÂMARA CÍVEL

10 PROCEDÊNCIA - 9ª VARA CÍVEL RELATOR - DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA REVISOR - DES. JOSÉ ALVES NETO MEMBRO - DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS PROCURADOR - DRA. MARIA CREUZA BRITO DE FIGUEIREDO APELANTE - CONSORCIO NACIONAL VOLKSWAGEM LTDA ADVOGADO - ALDENIRA GOMES DINIZ - OAB: 5647-A/AL APELADO - JOAO DA SILVA DEF. PUBLICO - LUCIVÂNIA GUIMARAES SALLES - OAB: 2158/SE Page 10 of APELAÇÃO CÍVEL NO. DO FEITO /2009 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - I - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 12ª VARA CÍVEL RELATOR - DESA. CLARA LEITE DE REZENDE REVISOR - DES. JOSÉ ALVES NETO MEMBRO - DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS PROCURADOR - DRA. ANA CHRISTINA SOUZA BRANDI APELANTE - JOSEFINA DE ANDRADE MACHADO ADVOGADO - ADERBAL OLIVEIRA - OAB: 2280/SE APELADO - IPESAUDE ADVOGADO - CECILIANO JORGE SEIXAS CHAGAS - OAB: 975/SE 20 - APELAÇÃO CÍVEL NO. DO FEITO /2009 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - IV - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 19ª VARA CÍVEL RELATOR - DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA REVISOR - DESA. CLARA LEITE DE REZENDE MEMBRO - DES. JOSÉ ALVES NETO PROCURADOR - DR. JOSE CARLOS DE OLIVEIRA FILHO APELANTE - MUNICIPIO DE ARACAJU PROC. MUNICIPIO - LÚCIO LANDIM BATISTA DA COSTA - OAB: 21611/BA APELADO - LOTEPLAN 21 - APELAÇÃO CÍVEL NO. DO FEITO /2009 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - III - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 12ª VARA CÍVEL RELATOR - DESA. CLARA LEITE DE REZENDE REVISOR - DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS MEMBRO - DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA PROCURADOR - DRA. MARIA EUGÊNIA DA SILVA RIBEIRO APELANTE - MUNICIPIO DE ARACAJU PROC. MUNICIPIO - LILIAN OLIVEIRA DE AZEVEDO - OAB: 19189/BA APELADO - JULIO CEZAR RIBEIRO DE OLIVIERA ADVOGADO - LUIZ MÁRIO OLIVEIRA DANTAS - OAB: 2097/SE APELADO - JULIANA RIBEIRO OLIVEIRA ADVOGADO - LUIZ MÁRIO OLIVEIRA DANTAS - OAB: 2097/SE 22 - APELAÇÃO CÍVEL NO. DO FEITO /2009 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - I - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 3ª VARA CÍVEL RELATOR - DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS REVISOR - DESA. CLARA LEITE DE REZENDE MEMBRO - DES. JOSÉ ALVES NETO PROCURADOR - DR. JOSE CARLOS DE OLIVEIRA FILHO APELANTE - MUNICIPIO DE ARACAJU PROC. MUNICIPIO - SUZANA CECILA CORTES DE ARAUJO E SILVA - OAB: 25938/PE APELADO - JOSE CARVALHO DE OLIVEIRA 23 - APELAÇÃO CÍVEL NO. DO FEITO /2009 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - II - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 5ª VARA PRIVATIVA RELATOR - DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA REVISOR - DES. JOSÉ ALVES NETO MEMBRO - DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS PROCURADOR - DRA. MARIA FERNANDES DE BARROS APELANTE - E.D.S.Q. DEF. PUBLICO - MARCELO ROCHA MESQUITA - OAB: 313-A/SE APELADO - E.G.D.S.Q. DEF. PUBLICO - RICARDO MACHADO OLIVEIRA - OAB: 4119/SE 24 - APELAÇÃO CÍVEL NO. DO FEITO /2009 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - I - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 3ª VARA CÍVEL RELATOR - DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS REVISOR - DESA. CLARA LEITE DE REZENDE MEMBRO - DES. JOSÉ ALVES NETO PROCURADOR - DRA.MARIA JOSELITA ALMEIDA BARBOSA APELANTE - MUNICIPIO DE ARACAJU PROC. MUNICIPIO - LUIZ CARLOS DE OLIVEIRA SANTANA - OAB: 985/SE APELADO - JILTON DOS SANTOS 25 - APELAÇÃO CÍVEL NO. DO FEITO /2009 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - III - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 19ª VARA CÍVEL RELATOR - DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA REVISOR - DESA. CLARA LEITE DE REZENDE MEMBRO - DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS PROCURADOR - DRA. MARIA EUGÊNIA DA SILVA RIBEIRO APELANTE - MUNICIPIO DE ARACAJU PROC. MUNICIPIO - LÚCIO LANDIM BATISTA DA COSTA - OAB: 21611/BA APELADO - LOTEPLAN 26 - APELAÇÃO CÍVEL NO. DO FEITO /2009 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - II - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 3ª VARA CÍVEL RELATOR - DES. JOSÉ ALVES NETO REVISOR - DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA MEMBRO - DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS PROCURADOR - DR. MOACYR SOARES DA MOTTA APELANTE - ESTADO DE SERGIPE PROC. ESTADO - GUILHERME AUGUSTO MARCO ALMEIDA - OAB: 425-A/SE APELADO - ACACIA MARIA SILVA DE SOUZA XAVIER ADVOGADO - ANTONIO ELIZEU MENEZES DA SILVA - OAB: 531/SE 27 - APELAÇÃO CÍVEL NO. DO FEITO /2009 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - III - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 3ª VARA CÍVEL RELATOR - DESA. CLARA LEITE DE REZENDE

11 REVISOR - DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS MEMBRO - DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA PROCURADOR - DR. RODOMARQUES NASCIMENTO APELANTE - MUNICIPIO DE ARACAJU ADVOGADO - RAYNARA SOUZA MACEDO - OAB: 24380/BA APELADO - JOAO ROSENDO DOS SANTOS ADVOGADO - WALBER MUNIZ BEZERRA - OAB: 3862/SE Page 11 of APELAÇÃO CÍVEL NO. DO FEITO /2009 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - II - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 11ª VARA CÍVEL RELATOR - DES. JOSÉ ALVES NETO REVISOR - DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS MEMBRO - DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA PROCURADOR - DR. AUGUSTO CESAR LOBÃO MOREIRA APELANTE - SUPERMERCADO EXTRA ADVOGADO - MARIO JORGE TENORIO FORTES JUNIOR - OAB: 464-A/SE APELADO - MARTA RENOVATO DOS SANTOS ADVOGADO - RENATA DE SANTANA ARAÚJO - OAB: 4385/SE 29 - APELAÇÃO CÍVEL NO. DO FEITO /2009 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - III - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 8ª VARA CÍVEL RELATOR - DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS REVISOR - DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA MEMBRO - DESA. CLARA LEITE DE REZENDE PROCURADOR - DR. MOACYR SOARES DA MOTTA APELANTE - PORTO SEGURO CIA DE SEGUROS GERAIS ADVOGADO - KELLY CHRYSTIAN SILVA SANTANA - OAB: 2592/SE APELANTE - SEGURADORA LIDER DOS CONSORCIOS DPVAT SA ADVOGADO - KELLY CHRYSTIAN SILVA SANTANA - OAB: 2592/SE APELADO - WESLEY BALBINO COSTA ADVOGADO - ISABELLE SANTIAGO ALMEIDA - OAB: 3763/SE 30 - APELAÇÃO CÍVEL NO. DO FEITO /2009 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - IV - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - PORTO DA FOLHA RELATOR - DESA. CLARA LEITE DE REZENDE REVISOR - DES. JOSÉ ALVES NETO MEMBRO - DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA PROCURADOR - DR. AUGUSTO CESAR LOBÃO MOREIRA APELANTE - PAULINO ALVES DE SOUZA ADVOGADO - EWERTON OLIVEIRA MARTINS - OAB: 4480/SE APELADO - NAO CONSTA 31 - APELAÇÃO CÍVEL NO. DO FEITO /2009 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - III - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 5ª VARA PRIVATIVA RELATOR - DESA. CLARA LEITE DE REZENDE REVISOR - DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS MEMBRO - DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA PROCURADOR - DRA. MARIA LUIZA VIEIRA CRUZ APELANTE - MARIA APARECIDA DA SILVA MATOS DEF. PUBLICO - MARCELO ROCHA MESQUITA - OAB: 168-B/SE APELADO - JOSE FRANCISCO DOS SANTOS ADVOGADO - FERNANDO MAGALHAES FILHO - OAB: 1847/SE 32 - APELAÇÃO CÍVEL NO. DO FEITO /2009 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - II - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 3ª VARA CÍVEL RELATOR - DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA REVISOR - DES. JOSÉ ALVES NETO MEMBRO - DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS PROCURADOR - DRA. MARIA HELENA FERNANDES DE BARROS APELANTE - MUNICIPIO DE ARACAJU PROC. MUNICIPIO - LUIZ CARLOS DE OLIVEIRA SANTANA - OAB: 985/SE APELADO - RGA EMPREENDIMENTOS LTDA APELAÇÃO CÍVEL NO. DO FEITO /2009 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - IV - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 6ª VARA CÍVEL RELATOR - DES. JOSÉ ALVES NETO REVISOR - DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA MEMBRO - DESA. CLARA LEITE DE REZENDE PROCURADOR - DRA. GLÁUCIA QUEIROZ DE MORAIS APELANTE - A.M.B. ADVOGADO - JULIO ROCHADEL MOREIRA - OAB: 2968/SE APELADO - M.C.B.B. ADVOGADO - CLAUDIO MAYNART RABELO - OAB: 1043/SE 34 - APELAÇÃO CÍVEL NO. DO FEITO /2009 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - I - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 12ª VARA CÍVEL RELATOR - DESA. CLARA LEITE DE REZENDE REVISOR - DES. JOSÉ ALVES NETO MEMBRO - DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS PROCURADOR - DR. DEIJANIRO JONAS FILHO APELANTE - EMPRESA DE TRANSPORTE DE TURISMO LTDA ADVOGADO - EDUARDO ANTAR RIBEIRO - OAB: 11998/BA APELADO - MUNICIPIO DE ARACAJU PROC. MUNICIPIO - LUIZ CARLOS DE OLIVEIRA SANTANA - OAB: 985/SE 35 - APELAÇÃO CÍVEL NO. DO FEITO /2009 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - II - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 3ª VARA CÍVEL RELATOR - DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS REVISOR - DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA MEMBRO - DES. JOSÉ ALVES NETO APELANTE - BANESE BANCO DO ESTADO DE SERGIPE ADVOGADO - CARLOS AUGUSTO MONTEIRO NASCIMENTO - OAB: 1600/SE APELANTE - GILDA VASCONCELOS GAMA DA SILVA ADVOGADO - JULIANA CAMPOS DE CARVALHO CRUZ - OAB: 3554/SE APELANTE - JULIO PRADO VASCONCELOS ADVOGADO - JULIANA CAMPOS DE CARVALHO CRUZ - OAB: 3554/SE APELADO - JULIO PRADO VASCONCELOS ADVOGADO - JULIANA CAMPOS DE CARVALHO CRUZ - OAB: 3554/SE APELADO - GILDA VASCONCELOS GAMA DA SILVA ADVOGADO - ANTÔNIO SÉRGIO DE OLIVEIRA MOTA - OAB: 4294/SE 36 - APELAÇÃO CÍVEL NO. DO FEITO /2009

12 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - II - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 4ª VARA ASSIST. JUDICIÁRIA RELATOR - DES. JOSÉ ALVES NETO REVISOR - DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS MEMBRO - DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA PROCURADOR - DRA. MARIA CREUZA BRITO DE FIGUEIREDO APELANTE - PETROBRAS PETROLEO BRASILEIRO S A ADVOGADO - ANA PAULA MACHADO DOS ANJOS - OAB: 2556/SE APELADO - GUSTAVO DE OLIVEIRA PAIXÃO DEF. PUBLICO - LUCIGLEIDE PARAISO DA CRUZ DANTAS FONTE S - OAB: 1433/SE APELADO - ADDA OSEHIA DE OLIVEIRA DEF. PUBLICO - LUCIGLEIDE PARAISO DA CRUZ DANTAS FONTE S - OAB: 1433/SE Page 12 of APELAÇÃO CÍVEL NO. DO FEITO /2009 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - II - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 1ª VARA CIVEL DE LAGARTO RELATOR - DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS REVISOR - DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA MEMBRO - DES. JOSÉ ALVES NETO PROCURADOR - DR. AUGUSTO CESAR LOBÃO MOREIRA APELANTE - NOBRE SEGURADORA DO BRASIL S A ADVOGADO - KELLY CHRYSTIAN SILVA SANTANA - OAB: 2592/SE APELANTE - SEGURADORA LIDER DOS CONSORCIOS DO SEGURO DPVAT ADVOGADO - KELLY CHRYSTIAN SILVA SANTANA - OAB: 2592/SE APELADO - CHARLES ROBSON FERREIRA CAMPOS ADVOGADO - ERIVALDO MACEDO MENDES - OAB: 3512/SE 38 - APELAÇÃO CÍVEL NO. DO FEITO /2009 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - II - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 18ª VARA CÍVEL RELATOR - DES. JOSÉ ALVES NETO REVISOR - DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS MEMBRO - DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA PROCURADOR - DR. JOSENIAS FRANÇA DO NASCIMENTO APELANTE - KAEK ENGENHARIA LTDA ADVOGADO - ADEVILSON RAMALHO CHAGAS - OAB: 630/SE APELADO - MUNICIPIO DE ARACAJU PROC. MUNICIPIO - LUIZ CARLOS DE OLIVEIRA SANTANA - OAB: 985/SE 39 - APELAÇÃO CÍVEL NO. DO FEITO /2009 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - I - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 19ª VARA CÍVEL RELATOR - DESA. CLARA LEITE DE REZENDE REVISOR - DES. JOSÉ ALVES NETO MEMBRO - DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS APELANTE - MUNICIPIO DE ARACAJU PROC. MUNICIPIO - LUIZ CARLOS DE OLIVEIRA SANTANA - OAB: 985/SE APELADO - CARLOS AUGUSTO DE ALBUQUERQUE MORAES E OUTROS ADVOGADO - VINICIUS THIAGO SOARES DE OLIVEIRA - OAB: 3385/SE 40 - APELAÇÃO CÍVEL NO. DO FEITO /2009 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - I - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 19ª VARA CÍVEL RELATOR - DESA. CLARA LEITE DE REZENDE REVISOR - DES. JOSÉ ALVES NETO MEMBRO - DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS APELANTE - MUNICIPIO DE ARACAJU PROC. MUNICIPIO - LUIZ CARLOS DE OLIVEIRA SANTANA - OAB: 985/SE APELADO - CARLOS AUGUSTO DE A MORAES ADVOGADO - CLÉLIA PINTO RAMOS - OAB: 4365/SE 41 - APELAÇÃO CÍVEL NO. DO FEITO /2009 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - II - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 3ª VARA CÍVEL RELATOR - DES. JOSÉ ALVES NETO REVISOR - DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS MEMBRO - DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA PROCURADOR - DR. CELSO LUÍS DÓREA LÉO APELANTE - ESTADO DE SERGIPE PROC. ESTADO - EDSON WANDER DE ALMEIDA COSTA - OAB: 4156/SE APELADO - CARAMURU S/A ADVOGADO - MARIA JOSE NASCIMENTO DOS SANTOS - OAB: 2004/SE 42 - APELAÇÃO CÍVEL NO. DO FEITO /2009 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - I - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 3ª VARA CÍVEL RELATOR - DES. JOSÉ ALVES NETO REVISOR - DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS MEMBRO - DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA PROCURADOR - DR. WILTON ARAUJO SANTOS APELANTE - ESTADO DE SERGIPE PROC. ESTADO - ROBSON NASCIMENTO FILHO - OAB: 2954-A/SE APELADO - SERGIO AMORIM LEVITA / ADVOGADO - PAULO ERNANI DE MENEZES - OAB: 1686/SE 43 - APELAÇÃO CÍVEL NO. DO FEITO /2009 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - IV - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 12ª VARA CÍVEL RELATOR - DESA. CLARA LEITE DE REZENDE REVISOR - DES. JOSÉ ALVES NETO MEMBRO - DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA APELANTE - MUNICIPIO DE ARACAJU PROC. MUNICIPIO - LUIZ CARLOS DE OLIVEIRA SANTANA - OAB: 985/SE APELADO - CARLOS AUGUSTO A MORAES ADVOGADO - ANTONIO JOAO ROCHA MESSIAS - OAB: 1122/SE 44 - APELAÇÃO CÍVEL NO. DO FEITO /2009 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - II - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 12ª VARA CÍVEL RELATOR - DES. JOSÉ ALVES NETO REVISOR - DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS MEMBRO - DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA APELANTE - ESTADO DE SERGIPE PROC. ESTADO - GILDA B. M.CAFE - OAB: 11090/BA APELADO - RAYMUNDO SANTANA S/A / LUIZ ANTONI O COSTA SAN 45 - APELAÇÃO CÍVEL

13 NO. DO FEITO /2009 NO. PROCESSO A.ESCRIVANIA GRUPO - I - 1A. CÂMARA CÍVEL PROCEDÊNCIA - 9ª VARA CÍVEL RELATOR - DESA. CLARA LEITE DE REZENDE REVISOR - DES. JOSÉ ALVES NETO MEMBRO - DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS APELANTE - MBM SEGURADORA S/A ADVOGADO - RENATA VIEIRA MENEZES DE CARVALHO - OAB: 3677/SE APELANTE - SEGURADORA LIDER DOS CONSORCIOS DO SEGURO DPVAT ADVOGADO - RENATA VIEIRA MENEZES DE CARVALHO - OAB: 3677/SE APELADO - RICARDO DEIVYD ALVES DE OLIVEIRA CONCEIÇÃO ADVOGADO - BRENO VIEIRA NUNES - OAB: 3442/SE Page 13 of 267 ARACAJU, 08 DE MAIO DE LUCIANA GOES FREITAS DANTAS, SUBSECRETÁRIA DA 1A. CÂMARA CÍVEL. 1ª CÂMARA CÍVEL- PUBLICAÇÃO PUBLICAÇÃO DA 1A. CÂMARA CÍVEL APELAÇÃO CÍVEL NO. ACORDÃO...: 3285/2009 ESCRIVANIA...: 1A. NO. DO PROCESSO...: NO. DO FEITO...: 7033/2008 PROCEDÊNCIA...: 8ª VARA CÍVEL GRUPO...: II - 1A. CÂMARA CÍVEL RELATOR...: DES. JOSÉ ALVES NETO REVISOR...: DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS MEMBRO...: DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA PROCURADOR...: DRA. ANA CHRISTINA SOUZA BRANDI APELANTE...: NIKKE INDUSTRIA E COMERCIO LTDA ADVOGADO...: DANNIEL ALVES COSTA - OAB: 4416/BA ADVOGADO...: DANNIEL ALVES COSTA - OAB: 4416/SE APELANTE...: MMC AUTOMOTORES DO BRASIL LTDA. ADVOGADO...: LENORA VIANA DE ASSIS - OAB: 1787/SE APELADO...: MITSUBISHI MOTORS CORPORATION AUTOMOTORES DO BRASIL ADVOGADO...: LENORA VIANA DE ASSIS - OAB: 1787/SE APELADO...: NIKKE INDUSTRIA E COMERCIO LTDA ADVOGADO...: DANNIEL ALVES COSTA - OAB: 4416/BA ADVOGADO...: DANNIEL ALVES COSTA - OAB: 4416/SE APELADO...: SETANA MOTORS CONCESSINARIA DE VEICULOS LTDA ADVOGADO...: ZENOR DAS VIRGENS SILVA NETO - OAB: 738-B/BA APELADO...: MMC AUTOMOTORES DO BRASIL LTDA ADVOGADO...: LENORA VIANA DE ASSIS - OAB: 1787/SE EMENTA : APELAÇÃO CÍVEL E RECURSO ADESIVO - AÇÃO INDENIZATÓRIA - RECURSO PRINCIPAL - AUSÊNCIA DE DANOS MORAL E MATERIAL - PESSOA JURÍDICA - INEXISTE PROVA DE ABALO MORAL OBJETIVO E PATRIMONIAL - REPARAÇÃO INDEVIDA - RECURSO ADESIVO - HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS INALTERADOS - RECURSOS IMPROVIDOS - SENTENÇA MANTIDA - DECISÃO UNÂNIME. CONCLUSÃO: VISTOS, RELATADOS E DISCUTIDOS OS AUTOS, ACORDAM, POR UNANIMIDADE DE VOTOS, OS MEMBROS DO GRUPO II, DA 1ª CÂMARA CÍVEL DO EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SERGIPE, PRESIDIDA PELO DESEMBARGADOR JOSÉ ALVES NETO, EM CONHECER DOS RECURSOS PARA LHES NEGAR PROVIMENTO, NA CONFORMIDADE DO VOTO DO RELATOR A SEGUIR QUE FICA FAZENDO PARTE INTEGRANTE DESTE JULGADO. APELAÇÃO CÍVEL NO. ACORDÃO...: 3299/2009 ESCRIVANIA...: 1A. NO. DO PROCESSO...: NO. DO FEITO...: 1296/2009 PROCEDÊNCIA...: 4ª VARA CÍVEL GRUPO...: III - 1A. CÂMARA CÍVEL RELATOR...: DESA. CLARA LEITE DE REZENDE REVISOR...: DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS MEMBRO...: DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA APELANTE...: ROMILDO DE OLIVEIRA PORTO JUNIOR ADVOGADO...: WILSON WYNNE DE OLIVA MOTA - OAB: 4146/SE ADVOGADO...: ANDREA LEITE DE SOUZA - OAB: 4330/SE APELADO...: SANVEL VEICULOS LTDA ADVOGADO...: PAULO KLEBER MORAIS DA COSTA - OAB: 1844/SE ADVOGADO...: SILVIO DA SILVA COSTA - OAB: 1850/SE EMENTA : RECURSO DE APELAÇÃO. AÇÃO MONITÓRIA. AQUISIÇÃO DE VEÍCULO AUTOMOTOR. EXISTÊNCIA DE DEFEITOS NO PRODUTO ADQUIRIDO. SUSTAÇÃO DE CHEQUES. ANÁLISE SOBRE O CONTEXTO PROBATÓRIO DA LIDE. PRELIMINAR DE NÃO-CONHECIMENTO DO RECURSO AFASTADA. MANUTENÇÃO DA SENTENÇA.I - O TERMO DE RENÚNCIA AO MANDATO NÃO SE PERFECTIBILIZA SE O CONSTITUINTE NÃO É INTIMADO DA DESISTÊNCIA DE SEUS CAUSÍDICOS. SE OS ADVOGADOS, DIANTE DA INÉRCIA DO JUIZ EM INTIMAR A PARTE DA RENÚNCIA FORMULADA, LIVREMENTE CONTINUARAM NO PATROCÍNIO DA CAUSA, PARTICIPANDO DE AUDIÊNCIAS E, APRESENTANDO MEMORIAIS, NÃO HÁ QUE SE FALAR EM AUSÊNCIA DE REPRESENTAÇÃO PROCESSUAL APTA A TORNAR IMPOSSÍVEL O CONHECIMENTO DO RECURSO. II - O STJ, AO INTERPRETAR COMANDOS INSERTOS NO CDC, SUFRAGOU O ENTENDIMENTO SEGUNDO O QUAL NÃO SE MOSTRA INDISPENSÁVEL A NOTIFICAÇÃO FORMAL DO CONSUMIDOR AO FORNECEDOR DE SERVIÇOS, QUANDO, POR OUTROS MEIOS, RESTAR COMPROVADO QUE ESTE ÚLTIMO (O FORNECEDOR) TEVE CIÊNCIA INEQUÍVOCA DA EXISTÊNCIA DO DEFEITO, E QUEDOU-SE INEFICIENTE NA REPARAÇÃO DOS VÍCIOS. III - NÃO HÁ, ASSIM, COMO CONCEBER QUE O PRAZO DECADENCIAL PREVISTO NO ART. 26 DO CDC FLUA MESMO TENDO O CONSUMIDOR PROCURADO POR DIVERSAS VEZES A VENDEDORA DE VEÍCULOS PARA QUE ESTA PROVIDENCIASSE OS REPAROS DEVIDOS NO VEÍCULO. TRILHAR ENTENDIMENTO DIVERSO SERIA DESPRESTIGIAR UM DOS GRANDES VETORES DO DIREITO CIVIL CONTEMPORÂNEO: A BOA-FÉ NAS RELAÇÕES CONTRATUAIS. RECURSO CONHECIDO E DESPROVIDO. DECISÃO UNÂNIME. CONCLUSÃO: ACORDA A PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL, POR SEU GRUPO III, SOB A PRESIDÊNCIA DA DESEMBARGADORA CLARA LEITE DE REZENDE, À UNANIMIDADE, CONHECER DO RECURSO INTERPOSTO PARA O FIM DE DESPROVÊ-LO, NOS TERMOS DO VOTO PROFERIDO PELA EXCELENTÍSSIMA SENHORA RELATORA.VISTOS, RELATADOS E DISCUTIDOS ESTES AUTOS DE APELAÇÃO CÍVEL Nº 1296/2009, EM QUE FIGURAM COMO PARTES AS ACIMA INDICADAS. APELAÇÃO CÍVEL NO. ACORDÃO...: 3304/2009 ESCRIVANIA...: 1A. NO. DO PROCESSO...: NO. DO FEITO...: 1616/2009 PROCEDÊNCIA...: 19ª VARA CÍVEL GRUPO...: II - 1A. CÂMARA CÍVEL RELATOR...: DES. JOSÉ ALVES NETO REVISOR...: DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA MEMBRO...: DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS APELANTE...: ESTADO DE SERGIPE PROC. ESTADO...: GISELE DE ASSIS CAMPOS - OAB: 424-A/SE APELADO...: GILDACI OLIVEIRA DOS SANTOS ADVOGADO...: EDJANEY CRISTINA SANTOS BARRETO - OAB: 3882/SE EMENTA : APELAÇÃO CÍVEL - AÇÃO DE COBRANÇA - COMPROVADOS OS PREJUÍZOS VENCIMENTAIS NO PERÍODO EM QUE A AUTORA/APELADA ESTAVA CEDIDA À SEED - SENTENÇA MONOCRÁTICA QUE JULGOU PROCEDENTES OS PEDIDOS INSERTOS NA EXORDIAL - PLEITO DE REFORMA - PRELIMINAR DE CARÊNCIA DA AÇÃO POR NÃO ESTÁ A EXORDIAL INSTRUÍDA COM OS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS À SUA PROPOSITURA - NÃO ACOLHIMENTO - NO MÉRITO - A AUTORA FAZ JUS À PERCEPÇÃO DOS VALORES REFERENTES À GRATIFICAÇÃO DE REGÊNCIA DE CLASSE DURANTE TODO O PERÍODO EM QUE ESTEVE LOTADA NA SECRETÁRIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO - CORREÇÃO MONETÁRIA DEVIDA A PARTIR DA CESSÃO DA APELADA AO ESTADO DE SERGIPE - RECURSO CONHECIDO E IMPROVIDO - DECISÃO UNÂNIME - MANUTENÇÃO DA SENTENÇA. CONCLUSÃO: VISTOS, RELATADOS E DISCUTIDOS OS AUTOS, ACORDAM POR UNANIMIDADE DE VOTOS, OS MEMBROS DO GRUPO IV, DA 1ª CÂMARA CÍVEL, DO EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SERGIPE, PRESIDIDA PELO DESEMBARGADOR JOSÉ ALVES NETO, À UNANIMIDADE, CONHECER DO RECURSO E NEGAR-LHE PROVIMENTO, NA CONFORMIDADE DO VOTO DO RELATOR A SEGUIR QUE FICA FAZENDO PARTE INTEGRANTE DESTE JULGADO. APELAÇÃO CÍVEL NO. ACORDÃO...: 3307/2009 ESCRIVANIA...: 2A. NO. DO PROCESSO...: NO. DO FEITO...: 1198/2009 PROCEDÊNCIA...: 1º VARA CIVEL DE ESTÂNCIA GRUPO...: II - 1A. CÂMARA CÍVEL RELATOR...: DES. JOSÉ ALVES NETO REVISOR...: DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA MEMBRO...: DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS PROCURADOR...: DR. AUGUSTO CESAR LOBÃO MOREIRA APELANTE...: ESTADO DE SERGIPE PROC. ESTADO...: ROBSON NASCIMENTO FILHO - OAB: 2954-A/SE APELADO...: RPB AUTO POSTO LTDA POSTO ESTANCIANO ADVOGADO...: LÍLIAN OLIVEIRA BRITO - OAB: 13220/BA EMENTA : APELAÇÃO CÍVEL - AÇÃO DE REPETIÇÃO DE INDÉBITO C/C TUTELA ANTECIPADA - PRELIMINAR DE ILEGITIMIDADE ATIVA REJEITADA - INTEGRAÇÃO À LIDE DA ENERGISA - DESNECESSIDADE - FORNECIMENTO DE ENERGIA - DEMANDA CONTRATADA - ICMS - NÃO INCIDÊNCIA - INEXISTÊNCIA DE FATO GERADOR - O ICMS SOMENTE DEVE INCIDIR SOBRE O CONSUMO EFETIVO DA ENERGIA, NÃO SENDO RAZOÁVEL A SUA COBRANÇA SOBRE A ENERGIA QUE NÃO É UTILIZADA, POIS TÃO SOMENTE É POSTA À SUA DISPOSIÇÃO, PARA CASO DE EVENTUAL NECESSIDADE, POR FORÇA DO ART. 2º DA RESOLUÇÃO 456 DA ANEEL - PRECEDENTES JURISPRUDENCIAIS DO STJ - MANUTENÇÃO DA SENTENÇA - APELO CONHECIDO E IMPROVIDO - UNÂNIME.

14 Page 14 of 267 CONCLUSÃO: VISTOS, RELATADOS E DISCUTIDOS OS AUTOS DA PRESENTE APELAÇÃO CÍVEL, ACORDAM, POR UNANIMIDADE, OS MEMBROS DO GRUPO II, DA 1ª CÂMARA CÍVEL DO EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SERGIPE, PRESIDIDA PELO DESEMBARGADOR JOSÉ ALVES NETO, EM CONHECER DO RECURSO EM APREÇO PARA LHE NEGAR PROVIMENTO, NA CONFORMIDADE DO VOTO DO RELATOR A SEGUIR QUE FICA FAZENDO PARTE INTEGRANTE DESTE JULGADO. APELAÇÃO CÍVEL NO. ACORDÃO...: 3301/2009 ESCRIVANIA...: 2A. NO. DO PROCESSO...: NO. DO FEITO...: 2622/2009 PROCEDÊNCIA...: 11ª VARA CÍVEL GRUPO...: IV - 1A. CÂMARA CÍVEL RELATOR...: DES. JOSÉ ALVES NETO REVISOR...: DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA MEMBRO...: DESA. CLARA LEITE DE REZENDE APELANTE...: BANCO ABN AMRO REAL S/A ADVOGADO...: MARCUS VINÍCIUS SANTA RITA FREIRE SILVA - OAB: 2674/SE APELADO...: MARIA JOSE CARDOSO SANTOS ADVOGADO...: JOSE MESSIAS MENESES - OAB: 110-B/SE EMENTA : APELAÇÃO CÍVEL - AÇÃO DE REVISÃO CONTRATUAL - ALIENAÇÃO FIDUCIÁRIA - ALEGAÇÃO DE SENTENÇA EXTRA PETITA - DESCABIDA - APLICAÇÃO AUTOMÁTICA DO ART. 192, 3º - INADMISSIBILIDADE. - LIMITAÇÃO DOS JUROS REMUNERATÓRIOS À TAXA MÉDIA DE MERCADO PARA O PERÍODO DA CONTRATAÇÃO (2,11% A.M.), POR SER ESTA INFERIOR À TAXA CONTRATADA (4,67% A.M.), BEM COMO PELA IMPOSSIBILIDADE DA REFORMATIO IN PEJUS, HAJA VISTA QUE SOMENTE A INSITUIÇÃO FINANCEIRA APRESENTOU RECURSO APELATÓRIO - ANATOCISMO - VEDAÇÃO EM SUA FORMA INFERIOR À ANUAL - INCONSTITUCIONALIDADE DO ARTIGO 5º DA MEDIDA PROVISÓRIA Nº /2000, REEDITADA PELA MP / DESEQUILÍBRIO FINANCEIRO ENTRE OS CONTRATANTES - ART. 3º, 2º, DO CDC - APLICAÇÃO DA COMISSÃO DE PERMANÊNCIA - IMPOSSIBILIDADE, EM RAZÃO DA CUMULAÇÃO COM JUROS MORATÓRIOS, CORREÇÃO MONETÁRIA PELO INPC E MULTA CONTRATUAL - RECURSO CONHECIDO E IMPROVIDO. CONCLUSÃO: VISTOS, RELATADOS E DISCUTIDOS ESTES AUTOS, ACORDAM, À UNANIMIDADE, OS MEMBROS DO GRUPO IV, DA 1ª CÂMARA CÍVEL DESTE EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SERGIPE, PRESIDIDA PELO DESEMBARGADOR JOSÉ ALVES NETO, EM CONHECER O RECURSO PARA NEGAR-LHE PROVIMENTO, NOS TERMOS DO RELATÓRIO E VOTO QUE FICAM FAZENDO PARTE INTEGRANTE DESTE JULGADO. AGRAVO DE INSTRUMENTO NO. ACORDÃO...: 3298/2009 ESCRIVANIA...: 3A. NO. DO PROCESSO...: NO. DO FEITO...: 1007/2008 PROCEDÊNCIA...: 18ª VARA CÍVEL GRUPO...: IV - 1A. CÂMARA CÍVEL RELATOR...: DESA. CLARA LEITE DE REZENDE MEMBRO...: DES. JOSÉ ALVES NETO MEMBRO...: DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA PROCURADOR...: DR. JOSENIAS FRANÇA DO NASCIMENTO AGRAVANTE...: ESTADO DE SERGIPE PROC. ESTADO...: ANA QUEIROZ CARVALHO - OAB: 4142/SE AGRAVADO...: ADENILDE DE SOUZA DANTAS ADVOGADO...: MARCIA MENEZES NASCIMENTO - OAB: 2547/SE EMENTA : AGRAVO DE INSTRUMENTO. DECISÃO CONCESSIVA DE ANTECIPAÇÃO DE TUTELA CONTRA A FAZENDA PÚBLICA. POSSIBILIDADE. PRECEDENTES DO STJ. CONSTATAÇÃO DE QUE RESTARAM PREENCHIDOS OS REQUISITOS PREVISTOS NO ART. 273 DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL. REDUÇÃO DAS ASTREINTES. LITIGÂNCIA DE MÁ-FÉ AFASTADA.I - A PREVISÃO CONTIDA NO ART. 475 DO CPC NÃO IMPEDE A CONCESSÃO DE TUTELA ANTECIPADA CONTRA A FAZENDA PÚBLICA. PRECEDENTES DO STJ.II - CONFIGURAÇÃO, NA ESPÉCIE, DO FUNDADO RECEIO DE DANO IRREPARÁVEL OU DE DIFÍCIL REPARAÇÃO, HAJA VISTA O RISCO DE LESÃO IRREPARÁVEL À SAÚDE DA AGRAVADA CASO VOLTE A DESENVOLVER AS ATIVIDADES DO MAGISTÉRIO.III - REDUÇÃO DAS ASTREINTES A FIM DE ADEQUÁ-LAS AOS CRITÉRIOS DA RAZOABILIDADE E PROPORCIONALIDADE QUE O CASO REQUER.IV - EXCLUSÃO DA MULTA POR LITIGÂNCIA DE MÁ-FÉ EM VIRTUDE DE NÃO RESTAR CONFIGURADO O DOLO DA PROCRASTINAÇÃO E O PREJUÍZO PARA A PARTE CONTRÁRIA.RECURSO CONHECIDO E PARCIALMENTE PROVIDO. DECISÃO UNÂNIME. CONCLUSÃO: ACORDA A PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL, POR SEU GRUPO IV, SOB A PRESIDÊNCIA DA DESEMBARGADORA CLARA LEITE DE REZENDE, À UNANIMIDADE, CONHECER E PROVER PARCIALMENTE O RECURSO INTERPOSTO, NOS TERMOS DO VOTO PROFERIDO PELA EXCELENTÍSSIMA SENHORA DESEMBARGADORA RELATORA.VISTOS, RELATADOS E DISCUTIDOS ESTES AUTOS DE AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 1007/2008, EM QUE FIGURAM COMO PARTES AS ACIMA INDICADAS. APELAÇÃO CÍVEL NO. ACORDÃO...: 3288/2009 ESCRIVANIA...: 3A. NO. DO PROCESSO...: NO. DO FEITO...: 0112/2009 PROCEDÊNCIA...: 1ª VARA CÍVEL GRUPO...: I - 1A. CÂMARA CÍVEL RELATOR...: DES. JOSÉ ALVES NETO REVISOR...: DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS MEMBRO...: DESA. CLARA LEITE DE REZENDE PROCURADOR...: DRA. MARIA HELENA FERNANDES DE BARROS DIST. VINCULADO AO.: APELANTE...: HSBC BANK BRASIL S/A BANCO MULTIPLO ADVOGADO...: RICARDO ALCANTARA MACHADO - OAB: 2876/SE APELANTE...: EDUARDO JOSE BRAGA DE MOURA ADVOGADO...: CLAUDIO MAYNART RABELO - OAB: 1043/SE ADVOGADO...: MARIA EMILIA FERREIRA GUIMARÃES MAYNART RABELO - OAB: 2234/SE APELADO...: HSBC BANCK BRASIL S/A BANCO MULTIPLO ADVOGADO...: RICARDO ALCANTARA MACHADO - OAB: 2876/SE APELADO...: EDUARDO JOSE BRAGA DE MOURA ADVOGADO...: CLAUDIO MAYNART RABELO - OAB: 1043/SE ADVOGADO...: MARIA EMILIA FERREIRA GUIMARÃES MAYNART RABELO - OAB: 2234/SE EMENTA : APELAÇÕES CÍVEIS - AÇÃO INDENIZATÓRIA INTENTADA POR BANCO EM FACE DE SEU FUNCIONÁRIO - DESVIO DE VALORES DE CORRENTISTAS - RESSARCIMENTO PELA INSTITUIÇAO BANCÁRIA AOS CLIENTES LESADOS - DANO MORAL CONSTATADO - DANO MATERIAL EXISTENTE - QUANTUM INDENIZATÓRIO REDUZIDO - SENTENÇA REFORMADA - RECURSO PRINCIPAL PROVIDO E RECURSO ADESIVO PARCIALMENTE PROVIDO - DECISÃO UNÂNIME. CONCLUSÃO: VISTOS, RELATADOS E DISCUTIDOS OS AUTOS, ACORDAM, POR UNANIMIDADE DE VOTOS, OS MEMBROS DO GRUPO I, DA 1ª CÂMARA CÍVEL DO EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SERGIPE, PRESIDIDA PELO DESEMBARGADOR JOSÉ ALVES NETO, EM CONHECER DOS RECURSOS EM APREÇO PARA DAR PROVIMENTO AO PRINCIPAL E DAR PARCIAL PROVIMENTO AO ADESIVO, NA CONFORMIDADE DO VOTO DO RELATOR A SEGUIR QUE FICA FAZENDO PARTE INTEGRANTE DESTE JULGADO. APELAÇÃO CÍVEL NO. ACORDÃO...: 3308/2009 ESCRIVANIA...: 3A. NO. DO PROCESSO...: NO. DO FEITO...: 1223/2009 PROCEDÊNCIA...: 10ª VARA CÍVEL GRUPO...: I - 1A. CÂMARA CÍVEL RELATOR...: DES. JOSÉ ALVES NETO REVISOR...: DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS MEMBRO...: DESA. CLARA LEITE DE REZENDE PROCURADOR...: DRA. MARIA HELENA FERNANDES DE BARROS APELANTE...: COSMETICO CENTER LTDA ADVOGADO...: ANDERSON RAMOS SANTOS - OAB: 2818/SE APELADO...: EUNICE COSTA FERRARIO DE ALMEIDA ADVOGADO...: CLARISSE DE AGUIAR ROCHA RIBEIRO - OAB: 4324/SE APELADO...: FABIO COSTA FERRARIO DE ALMEIDA ADVOGADO...: CLARISSE DE AGUIAR ROCHA RIBEIRO - OAB: 4324/SE EMENTA : APELAÇÃO CÍVEL - EMBARGOS DE RETENÇÃO EM AÇÃO DE DESPEJO - VIA INADEQUADA - BENFEITORIAS - REFORMA DO ART. 744 DO CPC, QUE COM A NOVA REDAÇÃO DADA PELA LEI Nº /02, SOMENTE ADMITE OS EMBARGOS DE RETENÇÃO DE FORMA INCIDENTAL EM PROCESSO DE EXECUÇÃO - A PRETENSÃO PELA RETENÇÃO DAS BENFEITORIAS, EM AÇÃO DE DESPEJO, DEVE SER ARGUÍDA NA CONTESTAÇÃO - PRECLUSÃO CONSUMATIVA - RECURSO IMPROVIDO - MANUTENÇÃO DA SENTENÇA - DECISÃO UNÂNIME. CONCLUSÃO: VISTOS, EXAMINADOS E DISCUTIDOS OS AUTOS DA PRESENTE APELAÇÃO CÍVEL, ACORDAM POR UNANIMIDADE DE VOTOS, OS MEMBROS DO GRUPO I DA 1ª CÂMARA CÍVEL DO EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SERGIPE, PRESIDIDO PELO DESEMBARGADOR JOSÉ ALVES NETO, EM NEGAR PROVIMENTO, NOS TERMOS DO RELATÓRIO E VOTO DO RELATOR A SEGUIR, QUE FICAM FAZENDO PARTE INTEGRANTE DESTE JULGADO. APELAÇÃO CÍVEL NO. ACORDÃO...: 3310/2009 ESCRIVANIA...: 3A. NO. DO PROCESSO...: NO. DO FEITO...: 1741/2009 PROCEDÊNCIA...: 19ª VARA CÍVEL GRUPO...: II - 1A. CÂMARA CÍVEL RELATOR...: DES. JOSÉ ALVES NETO REVISOR...: DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS MEMBRO...: DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA PROCURADOR...: DR. AUGUSTO CESAR LOBÃO MOREIRA APELANTE...: ESTADO DE SERGIPE PROC. ESTADO...: JOAO MONTEIRO JUNIOR - OAB: 104-B/SE APELADO...: GERALDO CORREIA SANTOS ADVOGADO...: ANTONIO JOAQUIM DE A. NETO - OAB: 1061/SE EMENTA : APELAÇÃO CÍVEL - EMBARGOS DE DEVEDOR - EXECUÇÃO FISCAL - AUTO DE INFRAÇÃO REALIZADO SOB A ALEGAÇÃO DE QUE O DOCUMENTO FISCAL FORA EMITIDO APÓS O PRAZO DE VALIDADE - COMPROVAÇÃO DE QUE A

15 Page 15 of 267 NOTA FISCAL ESTAVA DENTRO DO PRAZO - MODIFICAÇÃO DO FUNDAMENTO DO AUTO DE INFRAÇÃO - NULIDADE DO LANÇAMENTO TRIBUTÁRIO - POSSIBILIDADE - PROCESSO ADMINISTRATIVO QUE FERIU OS PRINCÍPIOS DO CONTRADOTÓRIO E AMPLA DEFESA, JÁ QUE O AUTOR/APELADO NÃO TEVE A OPORTUNIDADE DE COMBATER O NOVO FUNDAMENTO UTILIZADO PELO ESTADO/APELANTE EM SUA DEFESA - RECURSO CONHECIDO E IMPROVIDO. CONCLUSÃO: VISTOS, RELATADOS E DISCUTIDOS ESTES AUTOS, ACORDAM OS MEMBROS DO GRUPO II, DA 1ª CÂMARA CÍVEL DESTE EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SERGIPE, PRESIDIDA PELO DESEMBARGADOR JOSÉ ALVES NETO, À UNANIMIDADE, CONHECER DO RECURSO APELATÓRIO INTERPOSTO PARA LHE NEGAR PROVIMENTO. EMBARGOS DE DECLARAÇÃO (C.CÍVEL) Nº ACÓRDÃO...: 3281/2009 ESCRIVANIA...: 3A. Nº DO PROCESSO...: NO. DO FEITO...: 0438/2009 GRUPO...: II - 1A. CÂMARA CÍVEL RELATOR...: DES. JOSÉ ALVES NETO MEMBRO...: DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS MEMBRO...: DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA DIST. VINCULADO AO.: EMBARGANTE...: MILENA SANTANA DE ARAUJO LIMA ADVOGADO...: CIRO BEZERRA REBOUCAS JUNIOR - OAB: 4101/SE EMBARGADO...: ESTADO DE SERGIPE PROC. ESTADO...: GISELE DE ASSIS CAMPOS - OAB: 424-A/SE EMENTA : EMBARGOS DE DECLARAÇÃO - OMISSÃO NO JULGADO - EXISTENCIA - SENTENÇA NÃO CONDENATORIA CUJO VALOR DA CAUSA NÃO PERMITE O REEXAME NOS TERMOS DO ART.475, 2º DO CPC - DECISÃO DO PLENO DESTE TRIBUNAL RESSALVANDO QUE NOS CASOS DO CONCURSO REFERENTE A ESCRIVÃO DA POLICIAL CIVIL, EDITAL 1/2005, O EXAME PSICOLÓGIO NÃO SERIA VÁLIDO EM FUNÇÃO DE OUTRAS DECISÕES NO MESMO SENTIDO - ACÓRDÃO REFORMADO - REEXAME NÃO CONHECIDO - MANUTENÇÃO DA DECISÃO DE PRIMEIRO GRAU - RECURSO PROVIDO. CONCLUSÃO: VISTOS, RELATADOS E DISCUTIDOS OS PRESENTES AUTOS, ACORDAM, POR UNANIMIDADE, OS MEMBROS DO GRUPO I, DA 1ª CÂMARA CIVEL DESTE EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, PRESIDIDA PELO DESEMBARGADOR JOSE ALVES NETO, CONHECER DOS EMBARGOS DE DECLARAÇÃO PARA LHES DAR PROVIMENTO, NOS TERMOS DO RELATÓRIO E VOTO QUE FICAM FAZENDO PARTE INTEGRANTE DESTE JULGADO. EMBARGOS DE DECLARAÇÃO (C.CÍVEL) NO. ACORDÃO...: 3282/2009 ESCRIVANIA...: 3A. NO. DO PROCESSO...: NO. DO FEITO...: 0439/2009 GRUPO...: II - 1A. CÂMARA CÍVEL RELATOR...: DES. JOSÉ ALVES NETO MEMBRO...: DES. CLÁUDIO DINART DÉDA CHAGAS MEMBRO...: DESA. SUZANA MARIA CARVALHO OLIVEIRA DIST. VINCULADO AO.: EMBARGANTE...: MILENA SANTANA DE ARAUJO LIMA ADVOGADO...: CIRO BEZERRA REBOUCAS JUNIOR - OAB: 4101/SE EMBARGADO...: ESTADO DE SERGIPE PROC. ESTADO...: GISELE DE ASSIS CAMPOS - OAB: 424-A/SE EMENTA : EMBARGOS DE DECLARAÇÃO - OMISSÃO NO JULGADO - EXISTENCIA - SENTENÇA NÃO CONDENATORIA CUJO VALOR DA CAUSA NÃO PERMITE O REEXAME NOS TERMOS DO ART.475, 2º DO CPC - DECISÃO DO PLENO DESTE TRIBUNAL RESSALVANDO QUE NOS CASOS DO CONCURSO REFERENTE A ESCRIVÃO DA POLICIAL CIVIL, EDITAL 1/2005, O EXAME PSICOLÓGIO NÃO SERIA VÁLIDO EM FUNÇÃO DE OUTRAS DECISÕES NO MESMO SENTIDO - ACÓRDÃO REFORMADO - REEXAME NÃO CONHECIDO - MANUTENÇÃO DA DECISÃO DE PRIMEIRO GRAU - RECURSO PROVIDO. CONCLUSÃO: VISTOS, RELATADOS E DISCUTIDOS OS PRESENTES AUTOS, ACORDAM, POR UNANIMIDADE, OS MEMBROS DO GRUPO I, DA 1ª CÂMARA CIVEL DESTE EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, PRESIDIDA PELO DESEMBARGADOR JOSE ALVES NETO, CONHECER DOS EMBARGOS DE DECLARAÇÃO PARA LHES DAR PROVIMENTO, NOS TERMOS DO RELATÓRIO E VOTO QUE FICAM FAZENDO PARTE INTEGRANTE DESTE JULGADO. RELAÇÃO DE ADVOGADOS CONSTANTES NESTA RESENHA : BEL(A) ANA QUEIROZ CARVALHO BEL(A) ANDERSON RAMOS SANTOS BEL(A) ANDREA LEITE DE SOUZA BEL(A) ANTONIO JOAQUIM DE A. NETO BEL(A) CIRO BEZERRA REBOUCAS JUNIOR BEL(A) CLARISSE DE AGUIAR ROCHA RIBEIRO BEL(A) CLAUDIO MAYNART RABELO BEL(A) DANNIEL ALVES COSTA BEL(A) EDJANEY CRISTINA SANTOS BARRETO BEL(A) GISELE DE ASSIS CAMPOS BEL(A) JOAO MONTEIRO JUNIOR BEL(A) JOSE MESSIAS MENESES BEL(A) LENORA VIANA DE ASSIS BEL(A) LÍLIAN OLIVEIRA BRITO BEL(A) MARCIA MENEZES NASCIMENTO BEL(A) MARCUS VINÍCIUS SANTA RITA FREIRE SILVA BEL(A) MARIA EMILIA FERREIRA GUIMARÃES MAYNART RABELO BEL(A) PAULO KLEBER MORAIS DA COSTA BEL(A) RICARDO ALCANTARA MACHADO BEL(A) ROBSON NASCIMENTO FILHO BEL(A) SILVIO DA SILVA COSTA BEL(A) WILSON WYNNE DE OLIVA MOTA BEL(A) ZENOR DAS VIRGENS SILVA NETO ARACAJU, 08 DE MAIO DE LUCIANA GOES FREITAS DANTAS, SUBSECRETÁRIA DA 1A. CÂMARA CÍVEL. 2ª CÂMARA CÍVEL - PUBLICAÇÃO PUBLICAÇÃO DA 2A. CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO NO. ACORDÃO...: 3320/2009 ESCRIVANIA...: 1A. NO. DO PROCESSO...: NO. DO FEITO...: 0155/2009 PROCEDÊNCIA...: 9ª VARA CÍVEL GRUPO...: I - 2A. CÂMARA CÍVEL RELATOR...: DESA. MARILZA MAYNARD SALGADO DE CARVALHO MEMBRO...: DES. LUIZ ANTÔNIO ARAÚJO MENDONÇA MEMBRO...: DES. OSÓRIO DE ARAUJO RAMOS FILHO AGRAVANTE...: PISOLAR COMERCIO DE TINTAS LTDA ADVOGADO...: GUILHERME SOBRAL SANTOS - OAB: 3058/SE AGRAVADO...: JAILTON OLIVEIRA COSTA EMENTA : PROCESSO CIVIL - CUMPRIMENTO DE SENTENÇA - PENHORA SOBRE CRÉDITO EM CONSÓRCIO - CABIMENTO - ART. 655, DO CPC - CONSTRIÇÃO CONDICIONADA À CONTEMPLAÇÃO NO CONSÓRCIO - AUSÊNCIA DE PLAUSIBILIDADE - DECISÃO REFORMADA. I - SENDO O CUMPRIMENTO DE DECISÃO UM PROCEDIMENTO QUE VISA AO EXCLUSIVO INTERESSE DO CREDOR, A PENHORA DEVE RECAIR EM BENS QUE LHE ASSEGUREM A GARANTIA E LIQUIDEZ NECESSÁRIA AO SEU CRÉDITO, NÃO OBSTANTE A RESSALVA CONTIDA NO ARTIGO 620 DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL, DE QUE A EXECUÇÃO DEVERÁ OCORRER DE MODO MENOS GRAVOSO PARA O DEVEDOR; II - REMETENDO-

16 Page 16 of 267 SE AO ART. 655, DO CPC, CONSTATA-SE QUE A PENHORA RECAIRÁ, PREFERENCIALMENTE, SOBRE DINHEIRO, EM ESPÉCIE OU EM DEPÓSITO OU APLICAÇÃO EM INSTITUIÇÃO FINANCEIRA, CONFORME PREVISTO NO INCISO I, DO REFERIDO ARTIGO; III - VERIFICA-SE QUE O DISPOSITIVO LEGAL SUPRACITADO NÃO IMPÔS QUALQUER CONDIÇÃO OU SUBMETEU A QUALQUER REQUISITO O DEFERIMENTO DA MEDIDA DE CONSTRIÇÃO JUDICIAL DE VALORES EM DINHEIRO OU CRÉDITOS DO DEVEDOR, NÃO SENDO PLAUSÍVEL CONDICIONÁ-LA À CONTEMPLAÇÃO, IN CASU, DO CONSÓRCIO MENCIONADO PELO RECORRIDO; IV - RECURSO CONHECIDO E PROVIDO. CONCLUSÃO: VISTOS, RELATADOS E DISCUTIDOS OS PRESENTES AUTOS, ACORDAM OS INTEGRANTES DO GRUPO I, DA SEGUNDA CÂMARA CÍVEL, DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SERGIPE, POR UNANIMIDADE, CONHECER DO RECURSO, PARA LHE DAR PROVIMENTO, EM CONFORMIDADE COM O RELATÓRIO E VOTO CONSTANTES DOS AUTOS, QUE FICAM FAZENDO PARTE INTEGRANTE DO PRESENTE JULGADO. APELAÇÃO CÍVEL NO. ACORDÃO...: 3297/2009 ESCRIVANIA...: 1A. NO. DO PROCESSO...: NO. DO FEITO...: 0326/2007 PROCEDÊNCIA...: 11ª VARA CÍVEL GRUPO...: II - 2A. CÂMARA CÍVEL RELATOR...: DES. CEZÁRIO SIQUEIRA NETO REVISOR...: DES. OSÓRIO DE ARAUJO RAMOS FILHO MEMBRO...: DESA. MARILZA MAYNARD SALGADO DE CARVALHO PROCURADOR...: DRA. GLÁUCIA QUEIROZ DE MORAIS APELANTE...: PETROBRAS - PETROLEO BRASILEIRO S/A ADVOGADO...: CAROLINA DE CASTRO LEITE E ANDRADE - OAB: 3329/SE APELADO...: ALEXANDRA BUARQUE RAMALHO ADVOGADO...: ANTONIO CORREIA MATOS - OAB: 1955/SE EMENTA : APELAÇÃO CÍVEL - AÇÃO ORDINÁRIA. RECURSO. PRELIMINARES. COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA ESTADUAL. RECONHECIDA. PERDA DO OBJETO DA AÇÃO. PATENTE. POR CONSEQUÊNCIA, INVIABILIZADA APRECIAÇÃO DE NORMA DE EDITAL ONDE SE EXIGE TEMPO MÍNIMO DE EXPERIÊNCIA PARA ASSUMIR CARGO DE PSICÓLOGO PLENO EM CONCURSO REALIZADO PELA PETROBRÁS. - A QUESTÃO DE ANALISAR NORMA CONTIDA NO EDITAL É DA COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA COMUM VISTO QUE A IMPUGNAÇÃO INICIAL NÃO DECORREU EM HIPÓTESE ALGUMA DE RELAÇÃO TRABALHISTA, SOMENTE SURGIDA A PARTIR DO MOMENTO EM QUE A RECORRIDA SE SUBMETEU AO CONTRATO LABORAL. - CONCERNENTE À ARGUIÇÃO DE PERDA DE OBJETO DA AÇÃO ESTA QUESTÃO, AGORA SIM, DEVE SER RECONHECIDA, POIS FATO POSTERIOR À SENTENÇA SE DEU, O QUE ENCERRA A QUIZILA NA JUSTIÇA COMUM, QUAL SEJA, DEMISSÃO POR JUSTA CAUSA E IMPROCEDÊNCIA DA DEMANDA TRABALHISTA, CUJO RECURSO FOI IMPROVIDO, DECORRENDO, INCLUSIVE, DO TRÂNSITO EM JULGADO DO ACÓRDÃO TRABALHISTA PRAZO PARA AJUIZAMENTO DE AÇÃO RESCISÓRIA NAQUELE ÂMBITO. - SENTENÇA REFORMADA, EXTINÇÃO DO PROCESSO SEM RESOLUÇÃO DO MÉRITO. CONCLUSÃO: VISTOS, RELATADOS E DISCUTIDOS OS PRESENTES AUTOS, ACORDAM, POR UNANIMIDADE, OS DESEMBARGADORES DO GRUPO II, DA 2A CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SERGIPE, SOB A PRESIDÊNCIA DA EXCELENTÍSSIMA DESEMBARGADORA MARILZA MAYNARD SALGADO DE CARVALHO, EM PROVER O RECURSO, NOS TERMOS DO VOTO DO RELATOR. APELAÇÃO CÍVEL NO. ACORDÃO...: 3311/2009 ESCRIVANIA...: 1A. NO. DO PROCESSO...: NO. DO FEITO...: 2578/2007 PROCEDÊNCIA...: 2ª VARA CÍVEL DE SOCORRO GRUPO...: II - 2A. CÂMARA CÍVEL RELATOR...: DES. CEZÁRIO SIQUEIRA NETO REVISOR...: DES. OSÓRIO DE ARAUJO RAMOS FILHO MEMBRO...: DES. LUIZ ANTÔNIO ARAÚJO MENDONÇA PROCURADOR...: DR. MOACYR SOARES DA MOTTA APELANTE...: VOLKSWAGEN LEASING S/A ARRENDAMENTO MERCANTIL ADVOGADO...: CANTIDIO WESPHALEN BARROS - OAB: 390-A/SE APELADO...: ARVORE DA VIDA PRESTADORADE SERVIÇOS LTDA ADVOGADO...: ALESSANDRA REGINA CANDIDO NASCIMENTO - OAB: 4227/SE EMENTA : APELAÇÃO CÍVEL - REVISIONAL - CONTRATO DE ARRENDAMENTO MERCANTIL - LEASING PARA FINANCIAMENTO DE VEÍCULO - CONHECIMENTO PARCIAL DO APELO, E, NA PARTE CONHECIDA, PARCIALMENTE PROVIDO. UNÂNIME. I - NÃO CONHECIMENTO DO APELO NOS TÓPICOS SOBRE: NOTA PROMISSÓRIA, JUROS DE MORA, MULTA CONTRATUAL E REPETIÇÃO DE INDÉBITO - SENTENÇA FAVORÁVEL AO RÉU APELANTE - AUSÊNCIA DE INTERESSE RECURSAL. II - MÉRITO: APLICABILIDADE DO CDC AOS CONTRATOS BANCÁRIOS - VRG - ANTECIPAÇÃO DE PAGAMENTO - NÃO DESCARACTERIZA O CONTRATO DE LEASING - JUROS REMUNERATÓRIOS - PARÂMETRO INEXISTENTE - ENTENDIMENTO QUANTO À APLICAÇÃO DA TAXA MÉDIA DE MERCADO - VEDADA CAPITALIZAÇÃO DE JUROS COM PERIODICIDADE INFERIOR À ANUAL - PERMISSÃO DESTA, DESDE QUE PACTUADA - IMPOSSIBILIDADE DE VERIFICAÇÃO - SENTENÇA QUE PERMITE A SUA COBRANÇA - PRINCÍPIO DA NÃO REFORMATIO IN PEJUS - COMISSÃO DE PERMANÊNCIA - PROIBIÇÃO DE COBRANÇA CUMULADA COM OUTROS ENCARGOS DURANTE O PERÍODO DE INADIMPLÊNCIA - MORA DA REQUERENTE - CONFIGURAÇÃO - REVOGAÇÃO DA TUTELA ANTECIPADAMENTE CONCEDIDA - REDIMENSIONAMENTO DA SUCUMBÊNCIA - PARTE DO APELO QUE SE CONHECE PARA LHE DAR PARCIAL PROVIMENTO. 1. NOTA PROMISSÓRIA, JUROS DE MORA E MULTA CONTRATUAL E REPETIÇÃO DE INDÉBITO. BASTA UMA ATENTA LEITURA DA SENTENÇA DE FLS. 42/49 PARA CONSTATAR QUE A JUÍZA A QUO INDEFERIU A ANULAÇÃO DA NOTA PROMISSÓRIA PELA AUSÊNCIA DE PROVA DE SUA EMISSÃO; MANTEVE OS PERCENTUAIS DOS JUROS MORATÓRIOS (1%) E MULTA CONTRATUAL (2%) CONTRATADOS, POIS QUE DE ACORDO COM A LEI; E INDEFERIU A REPETIÇÃO DO INDÉBITO, POR ENTENDER NÃO CARACTERIZADA. DESSA FORMA, VERIFICA-SE NÃO HAVER INTERESSE RECURSAL DO BANCO QUANTO A ESTES TÓPICOS. 2. O CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR É APLICÁVEL AOS CONTRATOS BANCÁRIOS, POR SEREM AS INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS EXPRESSAMENTE DEFINIDAS COMO PRESTADORAS DE SERVIÇO. SÚMULA 297 DO STJ; 3. VALOR RESIDUAL GARANTIDO (VRG). O SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA TEM ENTENDIMENTO SUMULADO NO SENTIDO DE QUE O PAGAMENTO ANTECIPADO DO VGR NÃO DESCARACTERIZA O CONTRATO DE ARRENDAMENTO MERCANTIL. SÚMULA 293; 4. JUROS REMUNERATÓRIOS. COM FULCRO NO POSICIONAMENTO DESTE TRIBUNAL E DA CORTE SUPERIOR, A AUSÊNCIA DA TAXA DE JUROS NO CONTRATO DOS AUTOS IMPEDE A VERIFICAÇÃO DA COMPATIBILIDADE DA TAXA DE JUROS REMUNERATÓRIOS PACTUADA COM A TAXA MEDIA DE MERCADO, TORNANDO ESTA APLICÁVEL AO CASO EM TELA; 5. CAPITALIZAÇÃO DE JUROS. - VEDAÇÃO À PRÁTICA DA CAPITALIZAÇÃO DE JUROS COM PERIODICIDADE INFERIOR A UM ANO, RESSALVADAS AS EXCEÇÕES LEGAIS, CONSIDERANDO A ARGUIÇÃO DE INCONSTITUCIONALIDADE DO ART. 5º DA MP Nº ACOLHIDA PELO TRIBUNAL PLENO DESTE E. TJ NO INCIDENTE Nº 005/2007, ALÉM DE QUE A MESMA SE DESTINOU A FIXAR REGRAS SOBRE A ADMINISTRAÇÃO DOS RECURSOS DO TESOURO NACIONAL. QUANTO À PERMISSIVIDADE DA CAPITALIZAÇÃO ANUAL AUTORIZADA PELA SENTENÇA, EM QUE PESE A JURISPRUDÊNCIA DO STJ SÓ ADMITI-LA QUANDO EXPRESSAMENTE PACTUADA, É DE MANTER-SE INALTERADA A SENTENÇA DE PRIMEIRO GRAU, EM VIRTUDE DO PRINCÍPIO DA NÃO REFORMATIO IN PEJUS; 6. INADMISSIBILIDADE DE PREVISÃO DA COMISSÃO DE PERMANÊNCIA DE FORMA CUMULATIVA COM OUTROS ENCARGOS DURANTE O PERÍODO DE INADIMPLÊNCIA, CONFORME JURISPRUDÊNCIA DOMINANTE DO STJ; 7. NO QUE DIZ RESPEITO À MORA DA APELADA, NOTA-SE QUE A MESMA SEQUER EFETUOU O DEPÓSITO DA QUANTIA INCONTROVERSA, OBJETO DO CONTRATO DE FINANCIAMENTO. ADEMAIS, NÃO VEM EFETUANDO OS DEPÓSITOS INCIDENTES CONFORME DETERMINADO EM SEDE DE ANTECIPAÇÃO DE TUTELA (DECISÃO DE FLS. 37/38), RESTANDO COMPROVADA SUA A MORA; 8. NÃO DEMONSTRADO UM DOS REQUISITOS PARA RETIRADA DO NOME DA EMPRESA AUTORA DOS ÓRGÃOS CREDITÍCIOS, DEVE SER REVOGADA A TUTELA ANTECIPADAMENTE CONCEDIDA; 9. DIANTE DA SUCUMBÊNCIA RECÍPROCA ENTRE AS PARTES, CONQUANTO AMBOS DECAÍRAM EM PARTE DE SEUS PEDIDOS, DEVE HAVER O REDIMENSIONAMENTO DA VERBA SUCUMBENCIAL; 10. RECURSO PARCIALMENTE CONHECIDO, E, NA PARTE CONHECIDA, PARCIALMENTE PROVIDO, PARA ALTERAR A SENTENÇA DE PRIMEIRO GRAU LIMITAR A TAXA DE JUROS À MÉDIA DE MERCADO, VEDAR A CUMULAÇÃO DA COMISSÃO DE PERMANÊNCIA COM OUTROS ENCARGOS MORATÓRIOS, RECONHECER A MORA DA APELADA A PARTIR DA PRIMEIRA PARCELA INADIMPLIDA, E REVOGAR A TUTELA ANTECIPADAMENTE CONCEDIDA, DETERMINANDO, AINDA, O RATEIO DAS CUSTAS E HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS ARBITRADOS, NA PROPORÇÃO DE 30% (TRINTA POR CENTO) PARA O DEMANDANTE E 70% (SETENTA POR CENTO) PARA O BANCO DEMANDADO, NOS TERMOS DO ARTIGO 21, CAPUT, DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL. CONCLUSÃO: VISTOS, RELATADOS, EXAMINADOS E DISCUTIDOS OS PRESENTES AUTOS, DECIDEM OS MEMBROS QUE COMPÕEM O GRUPO II, DA 2ª CÂMARA CÍVEL DESTE TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SERGIPE, SOB A PRESIDÊNCIA DA DESEMBARGADORA MARILZA MAYNARD SALGADO DE CARVALHO, POR UNANIMIDADE DE VOTOS, EM CONHECER PARCIALMENTE DO RECURSO, E, NA PARTE CONHECIDA, DAR-LHE PARCIAL PROVIMENTO, EM CONFORMIDADE COM O RELATÓRIO E VOTO CONSTANTES DOS AUTOS, QUE FICAM FAZENDO PARTE INTEGRANTE DO PRESENTE JULGADO. APELAÇÃO CÍVEL NO. ACORDÃO...: 3283/2009 ESCRIVANIA...: 1A. NO. DO PROCESSO...: NO. DO FEITO...: 3423/2007 PROCEDÊNCIA...: 11ª VARA CÍVEL GRUPO...: III - 2A. CÂMARA CÍVEL RELATOR...: DES. CEZÁRIO SIQUEIRA NETO REVISOR...: DES. OSÓRIO DE ARAUJO RAMOS FILHO MEMBRO...: DESA. MARILZA MAYNARD SALGADO DE CARVALHO PROCURADOR...: DRA. MARIA HELENA FERNANDES DE BARROS APELANTE...: UNICARD BANCO MUTIPLO S A ADVOGADO...: PATRÍCIA FREIRE DE PAIVA CARVALHO - OAB: 22784/PE ADVOGADO...: LUIZ FERNANDO VISCONTI - OAB: 892-A/PE APELADO...: KATIA LIMA GAMA DA SILVA ADVOGADO...: ALBERICO VIEIRA DE MELO JÚNIOR - OAB: 4289/SE EMENTA : APELAÇÃO CÍVEL - REVISIONAL - CONTRATO DE CARTÃO DE CRÉDITO - AGRAVO RETIDO CONTRA A DECISÃO QUE DETERMINOU A NÃO INCLUSÃO DO NOME DA RECORRIDA NOS CADASTROS RESTRITIVOS DE CRÉDITO - ALEGAÇÃO DE ILEGITIMIDADE DE PARTE EM RELAÇÃO À NEGATIVAÇÃO DO NOME - DESCABIMENTO - A INSTITUIÇÃO FINANCEIRA FOI RESPONSÁVEL PELA INCLUSÃO, DEVENDO RESPONSABILIZAR-SE TAMBÉM PELA RETIRADA DO NOME DA AUTORA DOS CADASTROS RESTRITIVOS DE CRÉDITO - JUROS REMUNERATÓRIOS - PARÂMETRO INEXISTENTE - ENTENDIMENTO QUANTO APLICAÇÃO DA TAXA MÉDIA DE MERCADO - VEDADA CAPITALIZAÇÃO DE JUROS COM PERIODICIDADE INFERIOR À ANUAL - PERMISSÃO DESTA, DESDE QUE PACTUADA - SENTENÇA QUE AFASTA APENAS A CAPITALIZAÇÃO MENSAL, MESMO DIANTE DA AUSÊNCIA DE INSTRUMENTO CONTRATUAL - PRINCÍPIO DA PROIBIÇÃO DA REFORMATIO IN PEJUS - JUROS DE MORA E MULTA DETERMINADA PELA A QUO EM CONFORMIDADE COM A LEGISLAÇÃO PÁTRIA - POSSIBILIDADE DE RESTITUIÇÃO DE QUANTIA - SUCUMBÊNCIA. ALTERADA. RECURSO CONHECIDO E PROVIDO PARCIALMENTE. I - JUROS REMUNERATÓRIOS. A AUSÊNCIA DO CONTRATO NOS AUTOS IMPEDE A VERIFICAÇÃO DA COMPATIBILIDADE DA TAXA DE JUROS REMUNERATÓRIOS PACTUADA COM A TAXA MÉDIA DE MERCADO, TORNANDO ESTA APLICÁVEL AO CASO EM TELA. SENTENÇA IRRETOCÁVEL II - VEDAÇÃO À PRÁTICA DA CAPITALIZAÇÃO DE JUROS COM PERIODICIDADE INFERIOR A UM ANO, RESSALVADAS AS EXCEÇÕES LEGAIS. SENTENÇA QUE APENAS AFASTA A POSSIBILIDADE DE COBRANÇA DE CAPITALIZAÇÃO MENSAL, EM QUE PESE A JURISPRUDÊNCIA DO STJ SÓ ADMITI-LA QUANDO EXPRESSAMENTE PACTUADA, É DE MANTER-SE INALTERADA A DISPOSIÇÃO SENTENCIAL DE PRIMEIRO GRAU, EM VIRTUDE DO PRINCÍPIO DA PROIBIÇÃO DA REFORMATIO IN PEJUS; III - O PERCENTUAL FIXADO PARA JUROS MORATÓRIOS E MULTA MORATÓRIA ESTABELECIDO PELA MAGISTRADA SINGULAR ATENDE AO DISPOSTO NA LEGISLAÇÃO PÁTRIA. MANUTENÇÃO DOS PERCENTUAIS FIXADOS, ATÉ PORQUE INEXISTENTE NOS AUTOS O CONTRATO PARA VERIFICAÇÃO DOS ENCARGOS PACTUADOS. IV - SUCUMBÊNCIA RECÍPROCA. V - RECURSO CONHECIDO E PARCIALMENTE PROVIDO. DECISÃO UNÂNIME. CONCLUSÃO: VISTOS, RELATADOS E DISCUTIDOS OS PRESENTES AUTOS, ACORDAM OS INTEGRANTES DA 2ª CÂMARA CÍVEL - GRUPO III, DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SERGIPE, SOB A PRESIDÊNCIA DA DESEMBARGADORA MARILZA MAYNARD SALGADO DE CARVALHO, POR UNANIMIDADE, CONHECER O RECURSO DE APELAÇÃO PARA LHE DAR PARCIAL PROVIMENTO. APELAÇÃO CÍVEL NO. ACORDÃO...: 3302/2009 ESCRIVANIA...: 1A. NO. DO PROCESSO...: NO. DO FEITO...: 5723/2007 PROCEDÊNCIA...: 1ª VARA CÍVEL GRUPO...: I - 2A. CÂMARA CÍVEL RELATOR...: DES. CEZÁRIO SIQUEIRA NETO REVISOR...: DESA. MARILZA MAYNARD SALGADO DE CARVALHO MEMBRO...: DES. OSÓRIO DE ARAUJO RAMOS FILHO PROCURADOR...: DRA. GLÁUCIA QUEIROZ DE MORAIS APELANTE...: BANCO DE CREDITO NACIONAL - BCN ADVOGADO...: CARLOS AUGUSTO MONTEIRO NASCIMENTO - OAB: 1600/SE APELADO...: E & C EMPREENDIMENTOS HOTELEIROS LTDA ADVOGADO...: GENISSON CRUZ DA SILVA - OAB: 2094/SE EMENTA : APELAÇÃO CÍVEL - REVISIONAL - CHEQUE ESPECIAL - INAPLICABILIDADE DO CDC AO CONTRATO EM ESPÉCIE -PESSOA JURÍDICA NO PÓLO ATIVO - NÃO SE CARACTERIZA CONSUMIDORA, POIS NÃO SE ENQUADRA COMO DESTINATÁRIA FINAL - POSSIBILIDADE DE REVISÃO DAS CLÁUSULAS CONTRATUAIS PELAS NORMAS CIVILISTAS - NOVAÇÃO - INOCORRÊNCIA - SÚMULA 286, DO STJ - JUROS REMUNERATÓRIOS - PARÂMETRO - TAXA MÉDIA DE MERCADO - TAXA DO CONTRATO - NÃO EXCESSIVA À MÉDIA - CAPITALIZAÇÃO DE JUROS - INCIDENTE DE INCONSTITUCIONALIDADE DO ART. 5º DA MEDIDA PROVISÓRIA / JUROS DE MORA EM 1% - LEGALIDADE - MULTA CONTRATUAL - MANUTENÇÃO DA TAXA PACTUADA EM 10% - NÃO INCIDÊNCIA DA LIMITAÇÃO DO ART. 52, 1º, DO CDC - CORREÇÃO MONETÁRIA - NÃO PREVISÃO DA TR - INCIDÊNCIA DO INPC - REVOGAÇÃO DA TUTELA ANTECIPADAMENTE CONCEDIDA SUCUMBÊNCIA ALTERADA. RECURSO PARCIALMENTE PROVIDO. I - NÃO SE APLICAM AS NORMAS DO CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR AO CONTRATO BANCÁRIO OBJETO DA DEMANDA, NA MEDIDA EM QUE A RECORRIDA NÃO SE ENQUADRA NA DEFINIÇÃO DE CONSUMIDORA, TENDO EM VISTA QUE SE UTILIZOU DO VALOR MUTUADO COMO MERA INTERMEDIÁRIA DO CAPITAL E NÃO COMO DESTINATÁRIA FINAL DOS

17 Page 17 of 267 RECURSOS. APESAR DA INAPLICABILIDADE, NA ESPÉCIE, DO CÓDIGO CONSUMEIRISTA, O CONTRATO EM TELA PODERÁ SER REVISTO, HAJA VISTA AS NORMAS CIVILISTAS QUE AUTORIZAM TANTO A RESOLUÇÃO DO CONTRATO (ART. 478) QUANTO A REVISÃO DE CLÁUSULA CONTRATUAL (ART. 317), MANTENDO-SE O CONTRATO; II - NOVAÇÃO. TENDO EM VISTA QUE HOUVE APENAS UM ÚNICO CONTRATO CONTINUADO, NÃO RESTOU CARACTERIZADO O INSTITUTO DA NOVAÇÃO, MOSTRANDO-SE PLENAMENTE POSSÍVEL A REVISÃO DOS RECÁLCULOS PACTUADOS SUCESSIVAMENTE, MORMENTE PORQUE, SALVO AS OBRIGAÇÕES SIMPLESMENTE ANULÁVEIS, NÃO PODEM SER OBJETO DE NOVAÇÃO OBRIGAÇÕES NULAS OU EXTINTAS. (ART. 367, DO CÓDIGO CIVIL). INTELIGÊNCIA DA SÚMULA 286, DO STJ; III - JUROS REMUNERATÓRIOS. DEVE-SE RESPEITAR O LIMITE ESTABELECIDO NO CONTRATO, UMA VEZ QUE INFERIOR À TAXA MÉDIA APLICADA PELO MERCADO NO PERÍODO EM QUE FOI FIRMADO; IV - CAPITALIZAÇÃO DE JUROS. DE ACORDO COM A NOVA JURISPRUDÊNCIA DO STJ, ADMITE-SE A CAPITALIZAÇÃO ANUAL, DESDE QUE EXPRESSAMENTE PACTUADA, O QUE NÃO OCORREU NO CASO DOS AUTOS, DEVENDO-SE MANTER INALTERADA A DISPOSIÇÃO SENTENCIAL DE PRIMEIRO GRAU, POR AUSÊNCIA DE PREVISÃO CONTRATUAL; V - ENCARGOS MORATÓRIOS. QUANTO AOS JUROS MORATÓRIOS, TENHO QUE SEU PERCENTUAL DEVE LIMITAR-SE A 1% AO MÊS, ATENDENDO AO DISPOSTO NOS ART. 406 DO CC C/C O ART. 161, 1º DO CTN. NO TOCANTE À MULTA CONTRATUAL ESTIPULADA EM 10% (DEZ POR CENTO), CONSIDERANDO A NÃO APLICAÇÃO DAS NORMAS DO CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR AO CASO CONCRETO, PORTANTO NÃO INCIDINDO A LIMITAÇÃO PREVISTA NO ART. 52, 1º DO CDC, TENHO QUE DEVE PERMANECER O PERCENTUAL CONTRATADO; VI - CORREÇÃO MONETÁRIA. APLICAÇÃO DO INPC, ÍNDICE QUE SE UTILIZA QUANDO NÃO DEMONSTRADA NO CONTRATO A PACTUAÇÃO DA TR; VII - NÃO COMPROVADO UM DOS REQUISITOS PARA RETIRADA DO NOME DO AUTOR DOS ÓRGÃOS CREDITÍCIOS - DEPÓSITO DA QUANTIA INCONTROVERSA, DEVE SER REVOGADA A TUTELA ANTECIPADAMENTE CONCEDIDA; VIII - REDIMENSIONAMENTO DA SUCUMBÊNCIA; IX - RECURSO PARCIALMENTE PROVIDO, PARA ALTERAR A SENTENÇA DE PRIMEIRO GRAU TÃO SOMENTE PARA MANTER A TAXA DE JUROS REMUNERATÓRIOS E O PERCENTUAL DA MULTA CONTRATUAL EM 10% (DEZ POR CENTO) CONFORME PACTUADOS, E REVOGAR A TUTELA ANTECIPADAMENTE CONCEDIDA, REDIRECIONANDO O ÔNUS DA SUCUMBÊNCIA, NOS TERMOS ACIMA INDICADOS. CONCLUSÃO: VISTOS, RELATADOS E DISCUTIDOS OS PRESENTES AUTOS, ACORDAM, POR UNANIMIDADE, OS DESEMBARGADORES DO GRUPO I, DA 2A CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SERGIPE, SOB A PRESIDÊNCIA DA EXCELENTÍSSIMA DESEMBARGADORA MARILZA MAYNARD SALGADO DE CARVALHO, EM DAR-LHE PARCIAL PROVIMENTO, EM CONFORMIDADE COM O RELATÓRIO E VOTO CONSTANTES DOS AUTOS, QUE FICAM FAZENDO PARTE INTEGRANTE DO PRESENTE JULGADO. APELAÇÃO CÍVEL NO. ACORDÃO...: 3314/2009 ESCRIVANIA...: 1A. NO. DO PROCESSO...: NO. DO FEITO...: 0684/2008 PROCEDÊNCIA...: 10ª VARA CÍVEL GRUPO...: II - 2A. CÂMARA CÍVEL RELATOR...: DES. OSÓRIO DE ARAUJO RAMOS FILHO MEMBRO...: DES. LUIZ ANTÔNIO ARAÚJO MENDONÇA MEMBRO...: DESA. MARILZA MAYNARD SALGADO DE CARVALHO PROCURADOR...: DR. MOACYR SOARES DA MOTTA APELANTE...: TADEU MATOS HENRIQUE NASCIMENTO ADVOGADO...: ALEXANDRE SOBRAL ALMEIDA - OAB: 2795/SE APELADO...: GILMAR HENRIQUE NASCIMENTO DEF. PUBLICO...: JORGE LUIS ALMEIDA FRAGA - OAB: 1311/SE EMENTA : APELAÇÃO CÍVEL - AÇÃO DE DESPEJO POR FALTA DE PAGAMENTO - PURGAÇÃO DA MORA - DEPÓSITO INSUFICIENTE - INTELIGÊNCIA DO ART. 62, II, DA LEI 8.245/91 - DECRETAÇÃO DO DESPEJO - SENTENÇA REFORMADA NESSA PARTE - JULGAMENTO PROCEDENTE DO PEDIDO FORMULADO NA AÇÃO DE DESPEJO C/C COBRANÇA DE ALUGUÉIS - INVERSÃO DO ÔNUS DA SUCUMBÊNCIA. 1 - PARA QUE O LOCATÁRIO EVITE A RESCISÃO DA LOCAÇÃO DEVE REQUERER O DEPÓSITO DO VALOR DO DÉBITO ATUALIZADO AÍ ESTANDO INCLUÍDOS OS ALUGUÉIS E ACESSÓRIOS DA LOCAÇÃO QUE VENCEREM ATÉ A SUA EFETIVAÇÃO, AS MULTAS OU PENALIDADES CONTRATUAIS, QUANDO EXIGÍVEIS, OS JUROS DE MORA E AS CUSTAS E OS HONORÁRIOS DO ADVOGADO DO LOCADOR, FIXADOS EM DEZ POR CENTO SOBRE O MONTANTE DEVIDO, SE DO CONTRATO NÃO CONSTAR DISPOSIÇÃO DIVERSA, CONFORME ESTABELECIDO NO ART. 62, II, DA LEI Nº 8.245/ A MULTA CONTRATUAL FOI CONSIDERADA LEGAL PELO JUIZ A QUO SENDO, PORTANTO, O VALOR DEPOSITADO INFERIOR AO MONTANTE DEVIDO, FAZENDO COM O QUE A RESCISÃO CONTRATUAL SEJA MEDIDA QUE SE IMPÕE LEGALMENTE. 3 - OCORRENDO A REFORMA PARCIAL DA SENTENÇA, ENSEJANDO O JULGAMENTO PROCEDENTE A AÇÃO DE DESPEJO C/C COBRANÇA DE ALUGUÉIS DEVE SER INVERTIDO O ÔNUS DA SUCUMBÊNCIA. CONCLUSÃO: VISTOS, RELATADOS E DISCUTIDOS OS PRESENTES AUTOS, ACORDAM OS MEMBROS DO GRUPO II, DA 2A CÂMARA CÍVEL, DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SERGIPE SOB A PRESIDÊNCIA DA EXCELENTÍSSIMA SRA. DESEMBARGADORA MARILZA MAYNARD SALGADO DE CARVALHO, POR UNANIMIDADE DE VOTOS, EM CONHECER DO RECURSO, PARA DAR-LHE PROVIMENTO, NOS TERMOS DO VOTO DO RELATOR QUE FICA FAZENDO PARTE INTEGRANTE DESTE JULGADO. APELAÇÃO CÍVEL NO. ACORDÃO...: 3325/2009 ESCRIVANIA...: 1A. NO. DO PROCESSO...: NO. DO FEITO...: 0884/2008 PROCEDÊNCIA...: PACATUBA GRUPO...: III - 2A. CÂMARA CÍVEL RELATOR...: DES. CEZÁRIO SIQUEIRA NETO REVISOR...: DES. OSÓRIO DE ARAUJO RAMOS FILHO MEMBRO...: DES. LUIZ ANTÔNIO ARAÚJO MENDONÇA PROCURADOR...: DR. MOACYR SOARES DA MOTTA APELANTE...: MUNICIPIO DE PACATUBA ADVOGADO...: LUZIANNA MARTINS SOUZA - OAB: 3724/SE APELADO...: JOSEILDE BISPO SANTOS ADVOGADO...: CINTIA REGINA SIMOES VEIGA - OAB: 2480/SE EMENTA : APELAÇÃO CÍVEL - AÇÃO DE COBRANÇA DE VENCIMENTOS - PRELIMINAR DE INCOMPETÊNCIA ABSOLUTA REJEITADA - INOCORRÊNCIA DE CERCEAMENTO DE DEFESA - FÉRIAS E RESPECTIVOS TERÇOS CONSTITUCIONAIS - VERBAS NÃO PREVISTAS NA LEGISLAÇÃO MUNICIPAL - IMPOSSIBILIDADE DE CONCESSÃO - RECURSO PROVIDO. I - NÃO EXISTE QUALQUER RELAÇÃO EMPREGATÍCIA ENTRE O ENTE MUNICIPAL E O CONSELHEIRO TUTELAR A ENSEJAR A COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA DO TRABALHO, SENDO COMPETENTE A JUSTIÇA COMUM; II - TRATA-SE DE MATÉRIA EXCLUSIVAMENTE DE DIREITO, SENDO POSSÍVEL O JULGAMENTO ANTECIPADO DA LIDE DIANTE DO ACERVO DOCUMENTAL ACOSTADO AOS AUTOS, NOS TERMOS DO ART. 330, INCISO I DO CPC, RAZÃO PELA QUAL NÃO SE PODE COGITAR A OCORRÊNCIA DE CERCEAMENTO DE DEFESA; III - TRATANDO-SE DE PLEITO DIRIGIDO À ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA QUE ESTÁ ADSTRITA AOS DITAMES DA LEI, NÃO HÁ COMO CONCEDER O PAGAMENTO DE FÉRIAS E SEUS RESPECTIVOS TERÇOS SE NÃO EXISTE PREVISÃO LEGISLATIVA PARA TAL; IV - RECURSO PROVIDO. CONCLUSÃO: VISTOS, RELATADOS E DISCUTIDOS OS PRESENTES AUTOS, ACORDAM, POR UNANIMIDADE, OS DESEMBARGADORES DO GRUPO III, DA 2A CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SERGIPE, SOB A PRESIDÊNCIA DO DESEMBARGADOR LUIZ ANTONIO MENDONÇA DE ARAUJO, EM CONHECER DOS RECURSOS, POR CABÍVEIS E TEMPESTIVOS, PARA DAR PROVIMENTO AO RECURSO. APELAÇÃO CÍVEL NO. ACORDÃO...: 3321/2009 ESCRIVANIA...: 1A. NO. DO PROCESSO...: NO. DO FEITO...: 3020/2008 PROCEDÊNCIA...: 11ª VARA CÍVEL GRUPO...: IV - 2A. CÂMARA CÍVEL RELATOR...: DESA. MARILZA MAYNARD SALGADO DE CARVALHO REVISOR...: DES. LUIZ ANTÔNIO ARAÚJO MENDONÇA MEMBRO...: DES. OSÓRIO DE ARAUJO RAMOS FILHO PROCURADOR...: DR. JOSENIAS FRANÇA DO NASCIMENTO DIST. VINCULADO AO.: APELANTE...: CONSORCIO NACIONAL PANAMERICANO LTDA ADVOGADO...: BETÂNIA CARLA SANTOS MELO - OAB: 3447/SE APELADO...: DEMETRIUS DOS ANJOS RODRIGUES ADVOGADO...: ACACIA GARDENIA SANTOS LELIS - OAB: 1513/SE EMENTA : CIVIL - AÇÃO DE DESFAZIMENTO DE CONTRATO C/C RESTITUIÇÃO DE COTAS DE CONSÓRCIO E - NEGÓCIO JURÍDICO EIVADO DE DOLO - ANULAÇÃO DO CONTRATO - DANO MORAL CONFIGURADO - DECISÃO MANTIDA. I - A CONDUTA DO APELANTE, QUE, NO MOMENTO DA CELEBRAÇÃO DO PACTO, GARANTIU AO RECORRIDO QUE A RESTRIÇÃO DESTE JUNTO AO BANCO DO BRASIL NÃO CONSTITUIRIA ÓBICE À EFETIVAÇÃO DO AJUSTE, E QUE, NO ENTANTO, RECUSOU A ENTREGA DA CARTA DE CRÉDITO A QUE FARIA JUS O APELADO, SOB O ARGUMENTO DA EXISTÊNCIA DA REFERIDA RESTRIÇÃO, DENOTA A EXISTÊNCIA DE DOLO NA CELEBRAÇÃO DO CONTRATO; II - ASSIM, PERCEBE-SE QUE O ATO VOLITIVO DO APELADO SOFREU GRAVE E FUNDAMENTAL VIOLAÇÃO AO SER-LHE OMITIDA CIRCUNSTÂNCIA QUE, ACASO TIVESSE SIDO REVELADA PELO APELANTE, IMPEDIRIA COMPLETAMENTE A ACEITAÇÃO E LAVRATURA DO AJUSTE, CONFORME O DISPOSTO NO ART. 147, DO CÓDIGO CIVIL; III - NÃO MERECE REPARO A SENTENÇA ORA FUSTIGADA, POIS UMA VEZ CONSTATADO O PROVEITO TIRADO PELO APELANTE EM PREJUÍZO DO RECORRIDO, E VISUALIZANDO-SE, CLARAMENTE, O DEFEITO NO NEGÓCIO JURÍDICO, IMPÕE-SE A ANULAÇÃO DO MESMO, E DEVOLUÇÃO DO VALOR PAGO AO CONSÓRCIO; IV - A QUANTIA FIXADA NA SENTENÇA A TÍTULO DE DANOS MORAIS, NÃO SE REVELA EXAGERADO OU DESPROPORCIONAL ÀS PECULIARIDADES DA ESPÉCIE POR SER, NO MEU ENTENDER, O MAIS RAZOÁVEL E MANTEDOR DO PRINCIPAL ESCOPO INDENIZATÓRIO, QUE É O DE REPELIR CONDUTAS IDÊNTICAS, SERVINDO COMO EXEMPLO, IN CASU, A FIM DE QUE A EMPRESA DE CONSÓRCIO REQUERIDA DESEMPENHE ADEQUADAMENTE A ATIVIDADE A ELA INERENTE, COM RESPEITO AOS PRINCÍPIOS NORTEADORES DO CONTRATO; III - RECURSO CONHECIDO E IMPROVIDO. CONCLUSÃO: VISTOS, RELATADOS E DISCUTIDOS OS PRESENTES AUTOS, ACORDAM OS INTEGRANTES DO GRUPO IV, DA SEGUNDA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SERGIPE, POR UNANIMIDADE, CONHECER DO RECURSO, PARA LHE NEGAR PROVIMENTO, EM CONFORMIDADE COM O RELATÓRIO E VOTO CONSTANTES DOS AUTOS, QUE FICAM FAZENDO PARTE INTEGRANTE DO PRESENTE JULGADO. APELAÇÃO CÍVEL NO. ACORDÃO...: 3303/2009 ESCRIVANIA...: 1A. NO. DO PROCESSO...: NO. DO FEITO...: 5963/2008 PROCEDÊNCIA...: 6ª VARA CÍVEL GRUPO...: III - 2A. CÂMARA CÍVEL RELATOR...: DES. OSÓRIO DE ARAUJO RAMOS FILHO REVISOR...: DESA. MARILZA MAYNARD SALGADO DE CARVALHO MEMBRO...: DES. LUIZ ANTÔNIO ARAÚJO MENDONÇA PROCURADOR...: DRA. MARIA IZABEL SANTANA DE ABREU APELANTE...: L.B.D.S.C.0. DEF. PUBLICO...: ELVIRA LORENZA QUARANTA LEITE - OAB: 1210/SE APELADO...: GILZA GOIS DA COSTA BRITO ADVOGADO...: JOSE DANTAS DE SANTANA - OAB: 2062/SE EMENTA : APELAÇÃO CÍVEL - CUMPRIMENTO DE SENTENÇA - ACORDO HOMOLOGADO JUDICIALMENTE QUANTO AO DIREITO DE VISITA CONCEDENTE AO GENITOR/APELANTE - ALEGAÇÃO DO PAI DE QUE A MÃE ESTÁ DIFICULTANDO A VISITA DO FILHO - EXTINÇÃO DO FEITO SEM RESOLUÇÃO DO MÉRITO - DESCABIMENTO - FALTA DE MATURAÇÃO DA CAUSA PARA JULGAMENTO DE MÉRITO POR ESTE COLEGIADO - OCORRÊNCIA - SENTENÇA DESCONSTITUÍDA PARA DETERMINAR O PROSSEGUIMENTO DO FEITO COM A INTIMAÇÃO DA EXECUTADA PARA QUE SE MANIFESTE - RECURSO CONHECIDO E PARCIALMENTE PROVIDO NÃO SE TRATA A LIDE DE QUESTÃO DE DIREITO PURAMENTE, MAS DE AVERIGUAÇÃO FÁTICA ACERCA DO CUMPRIMENTO OU NÃO NO TOCANTE AO DIREITO DE VISITAS, SENDO IMPERIOSO A OITIVA DA PARTE CONTRÁRIA, NÃO PODENDO O TRIBUNAL JULGAR DESDE LOGO. CONCLUSÃO: VISTOS, RELATADOS E DISCUTIDOS OS PRESENTES AUTOS, ACORDAM, POR UNANIMIDADE, OS MEMBROS DO GRUPO III, DA 2A CÂMARA CÍVEL, DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SERGIPE, SOB A PRESIDÊNCIA DA EXCELENTÍSSIMA SRA. DESEMBARGADORA MARILZA MAYNARD SALGADO DE CARVALHO, EM CONHECER DO RECURSO, POR CABÍVEL E TEMPESTIVO, PARA LHE DAR PARCIAL PROVIMENTO, NOS TERMOS DO VOTO DO RELATOR, QUE FICA FAZENDO PARTE INTEGRANTE DESTE JULGADO. APELAÇÃO CÍVEL NO. ACORDÃO...: 3296/2009

18 ESCRIVANIA...: 1A. NO. DO PROCESSO...: NO. DO FEITO...: 6909/2008 PROCEDÊNCIA...: 7ª VARA CÍVEL GRUPO...: I - 2A. CÂMARA CÍVEL RELATOR...: DESA. MARILZA MAYNARD SALGADO DE CARVALHO REVISOR...: DES. OSÓRIO DE ARAUJO RAMOS FILHO MEMBRO...: DR(A) ROSALGINA ALMEIDA P. LIBORIO (CONVOCADO) PROCURADOR...: DRA. MARIA IZABEL SANTANA DE ABREU APELANTE...: COMPANHIA EXCELSIOR DE SEGUROS ADVOGADO...: KELLY CHRYSTIAN SILVA SANTANA - OAB: 2592/SE APELADO...: ERNANIO MONTEIRO SANTOS ADVOGADO...: JOAO OLIVEIRA DORIA FILHO - OAB: 1827/SE Page 18 of 267 EMENTA : PROCESSO CIVIL E CIVIL - AÇÃO DE COBRANÇA - SEGURO OBRIGATÓRIO (DPVAT) - INVALIDEZ PERMANENTE - COMPLEMENTO DE -VALOR DA PREVISTA NO ART. 3.º, B, DA LEI N.º 6.194/74 - FIXAÇÃO EM SALÁRIOS MÍNIMOS - VALOR ARBITRADO PELO JUIZ CONSIDERADO RAZOÁVEL - DECISÃO MANTIDA. I - A QUITAÇÃO DADA REFERE-SE, TÃO-SOMENTE, À PARTE DO DÉBITO QUE FOI EFETIVAMENTE PAGA, NÃO SIGNIFICANDO RENÚNCIA AO RESTANTE DEVIDO; II - É CONSTITUCIONAL O CRITÉRIO ESTABELECIDO PELO ART. 3º DA LEI Nº 6.194/74, A QUAL NÃO FOI REVOGADA PELAS LEIS NºS 6.205/75 E 6423/77, POR NÃO SE CONSTITUIR O SALÁRIO MÍNIMO, NO CASO, EM INDEXADOR OU FATOR DE CORREÇÃO MONETÁRIA, MAS TÃO SOMENTE EM BASE PARA A QUANTIFICAÇÃO DO VALOR DA. PRECEDENTES DO STJ; III - O LAUDO PERICIAL ACOSTADO ÀS FLS. 15 COMPROVA QUE, EM DECORRÊNCIA DO ACIDENTE AUTOMOBILÍSTICO DE QUE FORA VÍTIMA, O AUTOR POSSUI DEBILIDADE PERMANENTE DE MEMBRO INFERIOR ESQUERDO, ALÉM DE SEQUELAS NEUROLÓGICAS; IV - SOPESANDO O GRAU DE INVALIDEZ PARA A CONSTATAÇÃO DO VALOR DEVIDO A TÍTULO DE, E HAVENDO A POSSIBILIDADE LEGAL DE SER ARBITRADA A QUANTIA DE ATÉ 40 SALÁRIOS MÍNIMOS, ENTENDO SER DEVIDO O MONTANTE INDENIZATÓRIO FIXADO PELO MAGISTRADO; V - RECURSO QUE SE CONHECE, PARA LHE NEGAR PROVIMENTO. CONCLUSÃO: VISTOS, RELATADOS E DISCUTIDOS OS PRESENTES AUTOS, ACORDAM OS INTEGRANTES DO GRUPO I, DA SEGUNDA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SERGIPE, POR UNANIMIDADE, CONHECER DO RECURSO, PARA LHE NEGAR PROVIMENTO, EM CONFORMIDADE COM O RELATÓRIO E VOTO CONSTANTES DOS AUTOS, QUE FICAM FAZENDO PARTE INTEGRANTE DO PRESENTE JULGADO. APELAÇÃO CÍVEL NO. ACORDÃO...: 3316/2009 ESCRIVANIA...: 1A. NO. DO PROCESSO...: NO. DO FEITO...: 6984/2008 PROCEDÊNCIA...: 2ª VARA CIVEL DE ESTÂNCIA GRUPO...: II - 2A. CÂMARA CÍVEL RELATOR...: DES. OSÓRIO DE ARAUJO RAMOS FILHO REVISOR...: DES. LUIZ ANTÔNIO ARAÚJO MENDONÇA MEMBRO...: DESA. MARILZA MAYNARD SALGADO DE CARVALHO PROCURADOR...: DRA. MARIA IZABEL SANTANA DE ABREU APELANTE...: ESTADO DE SERGIPE PROC. ESTADO...: KLEIDSON NASCIMENTO DOS SANTOS - OAB: 4488/SE APELADO...: AUREO GALVÃO FILHO ADVOGADO...: AUREO GALVAO FILHO - OAB: 1267/SE EMENTA : APELAÇÃO CÍVEL - EMBARGOS À EXECUÇÃO - EXECUÇÃO DE HONORÁRIOS SUCUMBENCIAIS - AUSÊNCIA DE TÍTULO EXECUTIVO - IMPOSSIBILIDADE - PRESSUPOSTO PROCESSUAL - REFORMA DA SENTENÇA DE 1º GRAU - RECURSO CONHECIDO E PROVIDO. CONCLUSÃO: VISTOS, RELATADOS E DISCUTIDOS OS AUTOS DA PRESENTE APELAÇÃO CÍVEL, ACORDAM, POR UNANIMIDADE, OS DESEMBARGADORES DO GRUPO II DA 2ª CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SERGIPE, SOB A PRESIDÊNCIA DA EXCELENTÍSSIMA SRA. DESEMBARGADORA MARILZA MAYNARD SALGADO DE CARVALHO, EM CONHECER DO RECURSO, PARA LHE DAR PROVIMENTO, NOS TERMOS DO VOTO DO RELATOR, QUE FICA FAZENDO PARTE INTEGRANTE DESTE JULGADO. APELAÇÃO CÍVEL NO. ACORDÃO...: 3315/2009 ESCRIVANIA...: 1A. NO. DO PROCESSO...: NO. DO FEITO...: 0001/2009 PROCEDÊNCIA...: RIACHAO DO DANTAS GRUPO...: III - 2A. CÂMARA CÍVEL RELATOR...: DES. CEZÁRIO SIQUEIRA NETO REVISOR...: DES. OSÓRIO DE ARAUJO RAMOS FILHO MEMBRO...: DESA. MARILZA MAYNARD SALGADO DE CARVALHO PROCURADOR...: DR. AUGUSTO CESAR LOBÃO MOREIRA APELANTE...: BANCO FINASA S/A ADVOGADO...: TAHIANA FERNANDES DE MACEDO - OAB: 23254/BA APELADO...: SIDNEY PEREIRA LIMA ADVOGADO...: WALTER GOMES MARQUES NETO - OAB: 4414/SE EMENTA : APELAÇÃO CÍVEL. BUSCA E APREENSÃO. EXTINÇÃO SEM RESOLUÇÃO DO MÉRITO EM RAZÃO DA PROCEDÊNCIA DA REVISIONAL. CONDENAÇÃO EM LITIGÂNCIA DE MÁ-FÉ. RECURSO PROVIDO. I - O AJUIZAMENTO DA REVISIONAL, UNICAMENTE, NÃO ESTABELECE UM PADRÃO DE GARANTIA A IMPEDIR A BUSCA E APREENSÃO, MÁXIME QUANDO OS ELEMENTOS COLHIDOS NOS AUTOS EVIDENCIAM UMA SÉRIE DE FATORES A CONTRIBUIR DE MODO DESFAVORÁVEL À MANUTENÇÃO NA POSSE DO BEM; II - NÃO COMPROVAÇÃO DA MÁ-FÉ. III - APELAÇÃO CÍVEL PROVIDA. CONCLUSÃO: VISTOS, RELATADOS E DISCUTIDOS OS PRESENTES AUTOS, ACORDAM, POR UNANIMIDADE, OS DESEMBARGADORES DO GRUPO III, DA 2A CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SERGIPE, SOB A PRESIDÊNCIA DA EXCELENTÍSSIMA DESEMBARGADORA MARILZA MAYNARD SALGADO DE CARVALHO, EM DAR PROVIMENTO AO RECURSO, NOS TERMOS DO RELATÓRIO E VOTO DO RELATOR. APELAÇÃO CÍVEL NO. ACORDÃO...: 3329/2009 ESCRIVANIA...: 1A. NO. DO PROCESSO...: NO. DO FEITO...: 2283/2009 PROCEDÊNCIA...: 21ª VARA CÍVEL GRUPO...: I - 2A. CÂMARA CÍVEL RELATOR...: DESA. MARILZA MAYNARD SALGADO DE CARVALHO REVISOR...: DES. LUIZ ANTÔNIO ARAÚJO MENDONÇA MEMBRO...: DES. OSÓRIO DE ARAUJO RAMOS FILHO PROCURADOR...: DRA. MARIA LUIZA VIEIRA CRUZ APELANTE...: BANCO BMG S/A ADVOGADO...: MARCIA MARIA NASCIMENTO CAVALCANTI - OAB: 2926/SE APELADO...: GENIVALDO DOS SANTOS ADVOGADO...: JOSE MESSIAS MENESES - OAB: 110-B/SE EMENTA : CONSTITUCIONAL E CIVIL - FINANCIAMENTO DE VEÍCULO - INCIDÊNCIA DO CDC - COMISSÃO DE PERMANÊNCIA - NÃO CUMULÁVEL I - O SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA, ATRAVÉS DA SÚMULA 297, CONSOLIDOU O ENTENDIMENTO DE QUE OS CONTRATOS BANCÁRIOS SUBMETEM-SE AO CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR. PROCURA-SE ESTABELECER UM EQUILÍBRIO CONTRATUAL, RELATIVIZANDO O PRINCÍPIO DO PACTA SUNT SERVANDA; II - INCABÍVEL A CUMULAÇÃO DA COMISSÃO DE PERMANÊNCIA COM CORREÇÃO MONETÁRIA, JUROS REMUNERATÓRIOS, MORATÓRIOS E MULTA CONTRATUAL NO PERÍODO DE INADIMPLÊNCIA. PRECEDENTES DO STJ; III - RECURSO CONHECIDO PARA LHE NEGAR PROVIMENTO. CONCLUSÃO: VISTOS, RELATADOS E DISCUTIDOS OS PRESENTES AUTOS, ACORDAM OS INTEGRANTES DO GRUPO I, DA SEGUNDA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SERGIPE, POR UNANIMIDADE, CONHECER DO RECURSO PARA LHE NEGAR PROVIMENTO, TUDO EM CONFORMIDADE COM O RELATÓRIO E VOTO CONSTANTES DOS AUTOS, QUE FICAM FAZENDO PARTE INTEGRANTE DO PRESENTE JULGADO. AGRAVO REGIMENTAL (C. CIVEL) NO. ACORDÃO...: 3300/2009 ESCRIVANIA...: 2A. NO. DO PROCESSO...: NO. DO FEITO...: 0107/2009 GRUPO...: I - 2A. CÂMARA CÍVEL RELATOR...: DES. LUIZ ANTÔNIO ARAÚJO MENDONÇA MEMBRO...: DES. CEZÁRIO SIQUEIRA NETO MEMBRO...: DESA. MARILZA MAYNARD SALGADO DE CARVALHO DIST. VINCULADO AO.: AGRAVANTE...: ROMUALDO SILVA JUNIOR ADVOGADO...: ALEX PEREIRA ALCANTARA - OAB: 4140/SE AGRAVADO...: CONSORCIO NACIONAL VOLKSWAGEN LTDA ADVOGADO...: CANTÍDIO WESTPHALEN BARROS - OAB: 227-B/BA ADVOGADO...: ANTONIO ALMIRO DAMACENO FERRAZ - OAB: 7893/BA EMENTA : AGRAVO REGIMENTAL - APELAÇÃO CÍVEL. DECISÃO MONOCRÁTICA QUE NEGOU SEGUIMENTO À APELAÇÃO DE Nº 0720/2009. INTELIGÊNCIA DO ART. 557, DO CPC. DECISÃO MANTIDA. REGIMENTAL IMPROVIDO. I - SE CONFIRMADO QUE A APELAÇÃO REALMENTE NÃO SE APRESENTA EM SINTONIA COM JURISPRUDÊNCIA DOMINANTE DO EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA LOCAL, MANTÉM-SE A DECISÃO QUE COM BASE NESTE FATO LHE NEGOU SEGUIMENTO. INTELIGÊNCIA DO ART. 557, DO CPC. II - REGIMENTAL IMPROVIDO. CONCLUSÃO: VISTOS, RELATADOS E DISCUTIDOS ESTES AUTOS EM QUE SÃO PARTES AS ACIMA INDICADAS, EM SESSÃO PRESIDIDA PELA DESEMBARGADORA MARILZA MAYNARD SALGADO DE CARVALHO, ACORDAM, OS MEMBROS DO GRUPO I DA 2A CÂMARA CÍVEL, POR UNANIMIDADE, EM NEGAR PROVIMENTO AO AGRAVO REGIMENTAL, NOS TERMOS DO VOTO DO RELATOR. AGRAVO REGIMENTAL (C. CIVEL) NO. ACORDÃO...: 3327/2009 ESCRIVANIA...: 2A. NO. DO PROCESSO...: NO. DO FEITO...: 0134/2009 GRUPO...: IV - 2A. CÂMARA CÍVEL RELATOR...: DESA. MARILZA MAYNARD SALGADO DE CARVALHO MEMBRO...: DES. LUIZ ANTÔNIO ARAÚJO MENDONÇA MEMBRO...: DES. OSÓRIO DE ARAUJO RAMOS FILHO

19 DIST. VINCULADO AO.: AGRAVANTE...: IPESAUDE ADVOGADO...: JULIANA PRADO VIEIRA RIOS - OAB: 355-B/SE AGRAVADO...: MARCIA PEREIRA DOS SANTOS SANTANA ADVOGADO...: ANTONIO RODRIGO MACHADO DE SOUZA - OAB: 4370/SE Page 19 of 267 EMENTA : CONSTITUCIONAL - CONTRATO TEMPORÁRIO DE TRABALHO - LICENÇA-GESTANTE - COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA ESTADUAL - RESPONSABILIDADE PELO PAGAMENTO - EMPREGADOR - LEGITIMIDADE DO IPESAÚDE - VEDAÇÃO QUANTO AO CABIMENTO DA MEDIDA LIMINAR - ART. 1º, 3º, DA LEI Nº 8.437/92 - FLEXIBILIZAÇÃO - PRECEDENTE DESTA CORTE - REMUNERAÇÃO DEVIDA NO PRAZO DA LICENÇA - ART. 7º, XVIII, DA CF E ART. 10, II, B. II, DO ADCT - DECISÃO MONOCRÁTICA MANTIDA. I - IN CASU, RESTA CLARA A COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA ESTADUAL, POIS É PERANTE O IPESAÚDE, COMO EMPREGADOR DA ORA AGRAVADA, QUE A MESMA DEVE SE DIRIGIR, COM O FIM DE EXIGIR O RECEBIMENTO DO SALÁRIO A QUE FAZ JUS, EM VIRTUDE DO NASCIMENTO DE SEU FILHO DURANTE A VIGÊNCIA DO CONTRATO DE TRABALHO, RESTANDO CONFIGURADA, TAMBÉM, POR CONSEGUINTE, A LEGITIMIDADE DA AUTARQUIA AGRAVANTE NO PRESENTE FEITO; II - COM ESTEIO NO PRINCÍPIO DA PROPORCIONALIDADE, HÁ QUE SE FLEXIBILIZAR A VEDAÇÃO AO DEFERIMENTO DE ANTECIPAÇÃO DE TUTELA QUE ESGOTE, NO TODO OU EM QUALQUER PARTE, O OBJETO DA AÇÃO, CONSOANTE O DISPOSTO NO ART. 1º, 3º, DA LEI Nº 8.437/92, MORMENTE NO CASO EM APREÇO, EM QUE SE CONTRAPÕE À DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA. PRECEDENTE DA 2A CÂMARA CÍVEL DESTA CORTE; III - O SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL VEM SE POSICIONANDO NO SENTIDO DE RECONHECER ÀS SERVIDORAS DETENTORAS DE VÍNCULO PRECÁRIO COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA O DIREITO À ESTABILIDADE PROVISÓRIA DECORRENTE DA GRAVIDEZ E À LICENÇA-MATERNIDADE, PREVISTA NOS ARTS. 7º, INCISO XVIII C/C 39, 3º DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL DE 1988; VI - COMO CEDIÇO, A LICENÇA MATERNIDADE (OU LICENÇA-GESTANTE) É BENEFÍCIO DE CARÁTER PREVIDENCIÁRIO, CONCEDIDO A TODA MULHER TRABALHADORA, SENDO GARANTIDO PELO ARTIGO 7º, XVIII, DA CONSTITUIÇÃO BRASILEIRA, CONSISTENTE EM CONCEDER À MULHER QUE DEU À LUZ LICENÇA REMUNERADA DE 120 DIAS; V - ESTANDO EVIDENTE O POSICIONAMENTO JURISPRUDENCIAL SOBRE A MATÉRIA, RAZÃO NÃO ASSISTE AO AGRAVANTE, UMA VEZ QUE A EMPREGADA, ORA AGRAVADA, FAZ JUS AO RECEBIMENTO DO RESTANTE DA LICENÇA-MATERNIDADE, PELO PERÍODO RELATIVO A JANEIRO, FEVEREIRO E MARÇO, COMPLETANDO-SE ASSIM OS 120 (CENTO E VINTE DIAS) DA LICENÇA ALUDIDA; VI - AGRAVO REGIMENTAL DESPROVIDO. CONCLUSÃO: VISTOS, RELATADOS E DISCUTIDOS OS PRESENTES AUTOS, ACORDAM OS INTEGRANTES DO GRUPO IV, DA SEGUNDA CÂMARA CÍVEL, DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SERGIPE, POR UNANIMIDADE, NEGAR PROVIMENTO AO AGRAVO REGIMENTAL PARA MANTER A DECISÃO AGRAVADA EM TODO SEU CONTEÚDO, EM CONFORMIDADE COM O RELATÓRIO E VOTO CONSTANTES DOS AUTOS, QUE FICAM FAZENDO PARTE INTEGRANTE DO PRESENTE JULGADO. APELAÇÃO CÍVEL NO. ACORDÃO...: 3287/2009 ESCRIVANIA...: 2A. NO. DO PROCESSO...: NO. DO FEITO...: 3230/2006 PROCEDÊNCIA...: 11ª VARA CÍVEL GRUPO...: III - 2A. CÂMARA CÍVEL RELATOR...: DES. CEZÁRIO SIQUEIRA NETO REVISOR...: DES. OSÓRIO DE ARAUJO RAMOS FILHO MEMBRO...: DESA. MARILZA MAYNARD SALGADO DE CARVALHO PROCURADOR...: DRA. MARIA EUGÊNIA DA SILVA RIBEIRO DEPENDENTE(S)...: APELAÇÃO CÍVEL APELANTE...: BANCO SUDAMERIS DO BRASIL S/A ADVOGADO...: ANTONIO CARLOS DE OLIVEIRA BEZERRA - OAB: 1637/SE ADVOGADO...: ALESSANDER SANTOS BARBOSA - OAB: 2912/SE APELADO...: LATICINIOS XINGO LTDA ADVOGADO...: RICARDO ALCANTARA MACHADO - OAB: 2876/SE EMENTA : APELAÇÃO CÍVEL - AÇÃO CAUTELAR. INSCRIÇÃO DE NOME EM INSTITUIÇÃO PROTETORA DO CRÉDITO. REQUISITOS CONFIRMATÓRIOS DA CAUTELAR. NÃO VERIFICADOS. ORIENTAÇÃO DO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA. RECURSO PROVIDO. - APRECIANDO A QUESTÃO INVOCADA NOS AUTOS DESTA CAUTELAR, NÃO SE CONSEGUE IDENTIFICAR OS REQUISITOS COMO DECIDIDO PELA SUPERIOR CORTE DE JUSTIÇA, ESPECIFICAMENTE, NADA DEPOSITANDO A TÍTULO DE QUANTIA INCONTROVERSA OU MESMO PRESTAÇÃO DE CAUÇÃO. (STJ, 2ª SEÇÃO, APLICANDO A REGRA DO ART. 543-C, DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL SOBRE RECURSOS REPETITIVOS, AO ANALISAR O RECURSO ESPECIAL Nº RS, RELATORIA DA MINª. NANCY ANDRIGHI) - RECURSO PROVIDO. SENTENÇA MANTIDA. CONCLUSÃO: VISTOS, RELATADOS E DISCUTIDOS OS PRESENTES AUTOS, ACORDAM OS MEMBROS DO GRUPO III, DA 2ª CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SERGIPE, SOB A PRESIDÊNCIA DA EXCELENTÍSSIMA DESEMBARGADORA MARILZA MAYNARD SALGADO DE CARVALHO, POR UNANIMIDADE DE VOTOS, EM PROVER O RECURSO, NOS TERMOS DO VOTO DO RELATOR. APELAÇÃO CÍVEL NO. ACORDÃO...: 3289/2009 ESCRIVANIA...: 2A. NO. DO PROCESSO...: NO. DO FEITO...: 3231/2006 PROCEDÊNCIA...: 11ª VARA CÍVEL GRUPO...: III - 2A. CÂMARA CÍVEL RELATOR...: DES. CEZÁRIO SIQUEIRA NETO REVISOR...: DES. OSÓRIO DE ARAUJO RAMOS FILHO MEMBRO...: DESA. MARILZA MAYNARD SALGADO DE CARVALHO PROCURADOR...: DRA. MARIA EUGÊNIA DA SILVA RIBEIRO DIST. VINCULADO AO.: DEPENDENTE(S)...: APELAÇÃO CÍVEL APELANTE...: BANCO SUDAMERIS DO BRASIL S/A ADVOGADO...: ANTONIO CARLOS DE OLIVEIRA BEZERRA - OAB: 1637/SE APELADO...: LATICINIOS XINGO LTDA ADVOGADO...: RICARDO ALCANTARA MACHADO - OAB: 2876/SE APELADO...: ANTONIO CARLOS MEDEIROS ALVES ADVOGADO...: RICARDO ALCANTARA MACHADO - OAB: 2876/SE EMENTA : APELAÇÃO CÍVEL - AÇÃO MONITÓRIA. CONTRATO DE EMPRÉSTIMO. JUROS REMUNERATÓRIOS REVISADOS À TAXA DE MERCADO. CAPITALIZAÇÃO DE JUROS. JUROS MORATÓRIOS. AUSÊNCIA DE INTERESSE RECURSAL. COMISSÃO DE PERMANÊNCIA CUMULADA COM DEMAIS ENCARGOS. IMPOSSIBILIDADE. HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS RATEADOS. RECURSO PARCIALMENTE CONHECIDO E, NA PARTE CONHECIDA, PARCIALMENTE PROVIDO. - OS JUROS REMUNERATÓRIOS NÃO SE APLICAM À ORDEM DE 1% AO MÊS, REFORMANDO-SE A SENTENÇA PARA QUE PREVALEÇA, CONQUANTO A IRRESIGNAÇÃO DO BANCO RECORRENTE, A TAXA DE MERCADO. (STJ, 2ª SEÇÃO, APLICANDO A REGRA DO ART. 543-C, DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL SOBRE RECURSOS REPETITIVOS, AO ANALISAR O RECURSO ESPECIAL Nº RS, RELATORIA DA MINª. NANCY ANDRIGHI) - CAPITALIZAÇÃO DE JUROS E SUA INCIDÊNCIA PELA MORA CUJO INTERESSE RECURSAL NÃO SE EVIDENCIA DIANTE DO COTEJO ENTRE A SENTENÇA E O APELO. - NÃO CABE A CUMULAÇÃO DE COMISSÃO DE PERMANÊNCIA COM DEMAIS ENCARGOS. - HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS RATEADOS DIANTE DA REFORMA EM PARTE DO DECISUM. - RECURSO PARCIALMENTE PROVIDO. CONCLUSÃO: VISTOS, RELATADOS E DISCUTIDOS OS PRESENTES AUTOS, ACORDAM OS MEMBROS DO GRUPO III, DA 2ª CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SERGIPE, SOB A PRESIDÊNCIA DA EXCELENTÍSSIMA DESEMBARGADORA MARILZA MAYNARD SALGADO DE CARVALHO, POR UNANIMIDADE DE VOTOS, EM PROVER PARCIALMENTE O RECURSO, NOS TERMOS DO VOTO DO RELATOR. APELAÇÃO CÍVEL NO. ACORDÃO...: 3290/2009 ESCRIVANIA...: 2A. NO. DO PROCESSO...: NO. DO FEITO...: 3232/2006 PROCEDÊNCIA...: 11ª VARA CÍVEL GRUPO...: III - 2A. CÂMARA CÍVEL RELATOR...: DES. CEZÁRIO SIQUEIRA NETO REVISOR...: DES. OSÓRIO DE ARAUJO RAMOS FILHO MEMBRO...: DESA. MARILZA MAYNARD SALGADO DE CARVALHO PROCURADOR...: DRA. MARIA EUGÊNIA DA SILVA RIBEIRO DIST. VINCULADO AO.: APELANTE...: BANCO SUDAMERIS DO BRASIL S/A ADVOGADO...: ANTONIO CARLOS DE OLIVEIRA BEZERRA - OAB: 1637/SE ADVOGADO...: ALESSANDER SANTOS BARBOSA - OAB: 2912/SE APELADO...: LATICINIOS XINGO LTDA ADVOGADO...: RICARDO ALCANTARA MACHADO - OAB: 2876/SE EMENTA : APELAÇÃO CÍVEL - CONTRATO DE EMPRÉSTIMO E CHEQUE ESPECIAL. JUROS REMUNERATÓRIOS REVISADOS À TAXA DE MERCADO. CAPITALIZAÇÃO DE JUROS. JUROS MORATÓRIOS. AUSÊNCIA DE INTERESSE RECURSAL. COMISSÃO DE PERMANÊNCIA CUMULA COM DEMAIS ENCARGOS. IMPOSSIBILIDADE. HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS RATEADOS. RECURSO PARCIALMENTE CONHECIDO E, NA PARTE CONHECIDA, PARCIALMENTE PROVIDO. - OS JUROS REMUNERATÓRIOS NÃO SE APLICAM À ORDEM DE 1% AO MÊS, REFORMANDO-SE A SENTENÇA PARA QUE PREVALEÇA, CONQUANTO A IRRESIGNAÇÃO DO BANCO RECORRENTE, A TAXA DE MERCADO. (STJ, 2ª SEÇÃO, APLICANDO A REGRA DO ART. 543-C, DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL SOBRE RECURSOS REPETITIVOS, AO ANALISAR O RECURSO ESPECIAL Nº RS, RELATORIA DA MINª. NANCY ANDRIGHI) - CAPITALIZAÇÃO DE JUROS E SUA INCIDÊNCIA PELA MORA CUJO INTERESSE RECURSAL NÃO SE EVIDENCIA DIANTE DO COTEJO ENTRE A SENTENÇA E O APELO. - NÃO CABE A CUMULAÇÃO DE COMISSÃO DE PERMANÊNCIA COM DEMAIS ENCARGOS. - HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS RATEADOS DIANTE DA REFORMA EM PARTE DO DECISUM. - RECURSO PARCIALMENTE CONHECIDO E, NA PARTE CONHECIDA, PARCIALMENTE PROVIDO. CONCLUSÃO: VISTOS, RELATADOS E DISCUTIDOS OS PRESENTES AUTOS, ACORDAM OS MEMBROS DO GRUPO III, DA 2ª CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SERGIPE, SOB A PRESIDÊNCIA DA EXCELENTÍSSIMA DESEMBARGADORA MARILZA MAYNARD SALGADO DE CARVALHO, POR UNANIMIDADE DE VOTOS, EM CONHECER PARCIALMENTE DO RECURSO E, NA PARTE CONHECIDA, PROVÊ-LO PARCIALMENTE, NOS TERMOS DO VOTO DO RELATOR. APELAÇÃO CÍVEL NO. ACORDÃO...: 3292/2009 ESCRIVANIA...: 2A. NO. DO PROCESSO...: NO. DO FEITO...: 3604/2007 PROCEDÊNCIA...: 2ª VARA CIVEL DE ESTÂNCIA GRUPO...: III - 2A. CÂMARA CÍVEL RELATOR...: DES. CEZÁRIO SIQUEIRA NETO REVISOR...: DES. OSÓRIO DE ARAUJO RAMOS FILHO MEMBRO...: DESA. MARILZA MAYNARD SALGADO DE CARVALHO PROCURADOR...: DRA. MARIA LUIZA VIEIRA CRUZ APELANTE...: PAULO CESAR DE OLIVEIRA ADVOGADO...: JOAO BATISTA RODRIGUES DOS SANTOS - OAB: 865/SE APELANTE...: GILSON FRANCISCO DE OLIVEIRA ADVOGADO...: JOAO BATISTA RODRIGUES DOS SANTOS - OAB: 865/SE APELANTE...: ANGELA MARIA FRANCISCA DE OLIVEIRA ADVOGADO...: JOAO BATISTA RODRIGUES DOS SANTOS - OAB: 865/SE APELANTE...: MARIA JOSE DE OLIVEIRA ADVOGADO...: JOAO BATISTA RODRIGUES DOS SANTOS - OAB: 865/SE APELADO...: JOSELITA DA SILVA SANTOS ADVOGADO...: SUELI ALVES PEREIRA FREIRE - OAB: 1712/SE EMENTA : USUCAPIÃO. PRESENÇA DOS PRESSUPOSTOS DA USUCAPIÃO: COISA HÁBIL, POSSE AD USUCAPIONEM, LAPSO TEMPORAL, JUSTO TÍTULO E BOA FÉ. - AS ALEGAÇÕES DOS RECORRENTES QUE A AUTORA NÃO TINHA A POSSE

20 MANSA, PACÍFICA E ININTERRUPTA DO IMÓVEL E QUE HOUVE FRAUDE NO NEGÓCIO JURÍDICO DE COMPRA E VENDA DO IMÓVEL, OBJETO DE USUCAPIÃO NÃO RESTARAM COMPROVADAS. Page 20 of 267 CONCLUSÃO: VISTOS, RELATADOS E DISCUTIDOS ESTES AUTOS, ACORDAM OS DESEMBARGADORES DESTA 2ª CÂMARA CÍVEL, GRUPO III, SOB A PRESIDÊNCIA DA EXCELENTÍSSIMA DESEMBARGADORA MARILZA MAYNARD SALGADO DE CARVALHO, EM CONHECER DO RECURSO PARA NEGAR-LHE PROVIMENTO. APELAÇÃO CÍVEL NO. ACORDÃO...: 3279/2009 ESCRIVANIA...: 2A. NO. DO PROCESSO...: NO. DO FEITO...: 4820/2007 PROCEDÊNCIA...: SIMÃO DIAS GRUPO...: III - 2A. CÂMARA CÍVEL RELATOR...: DES. CEZÁRIO SIQUEIRA NETO REVISOR...: DES. OSÓRIO DE ARAUJO RAMOS FILHO MEMBRO...: DESA. MARILZA MAYNARD SALGADO DE CARVALHO PROCURADOR...: DRA. MARIA CREUZA BRITO DE FIGUEIREDO APELANTE...: MUNICIPIO DE SIMAO DIAS ADVOGADO...: ROBERTO CARVALHO ANDRADE - OAB: 2971/SE APELADO...: EDNALVA DOS SANTOS ADVOGADO...: WALKER RABELO DIAS FILHO - OAB: 1930/SE EMENTA : APELAÇÃO CIVEL - EMBARGOS À EXECUÇÃO - OBRIGAÇÃO DE PEQUENO VALOR - ART. 100, 3º E 5º, DA CF E ART. 87 DO ADCT - POSSIBILIDADE DE FIXAÇÃO PELO MUNICÍPIO - CAPACIDADE ORÇAMENTÁRIA E FINANCEIRA - PRECEDENTE DO STF - RECURSO CONHECIDO E PROVIDO PARCIALMENTE. 1-A REGRA INSTITUÍDA NO ART. 87, I E II DO ADCT É DE CARÁTER TRANSITÓRIO, PORQUANTO AS QUANTIAS ESTABELECIDAS PARA O PAGAMENTO DAS OBRIGAÇÕES DE PEQUENO VALOR SOMENTE TERÃO EFICÁCIA ATÉ A EDIÇÃO DAS RESPECTIVAS LEIS DE CADA ENTE FEDERATIVO, OS QUAIS PODERÃO DISPOR LIVREMENTE DE ACORDO COM SUAS CAPACIDADES ORÇAMENTÁRIAS. CONCLUSÃO: VISTOS, RELATADOS E DISCUTIDOS OS PRESENTES AUTOS, ACORDAM, POR UNANIMIDADE, OS DESEMBARGADORES DO GRUPO IV, DA 2A CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SERGIPE, SOB A PRESIDÊNCIA DA EXCELENTÍSSIMA DESEMBARGADORA MARILZA MAYNARD SALGADO DE CARVALHO, CONHECER DO RECURSO, POR CABÍVEL E TEMPESTIVO, PARA PROVÊ-LO PARCIALMENTE. APELAÇÃO CÍVEL NO. ACORDÃO...: 3328/2009 ESCRIVANIA...: 2A. NO. DO PROCESSO...: NO. DO FEITO...: 4375/2008 PROCEDÊNCIA...: CAPELA GRUPO...: II - 2A. CÂMARA CÍVEL RELATOR...: DES. CEZÁRIO SIQUEIRA NETO REVISOR...: DES. OSÓRIO DE ARAUJO RAMOS FILHO MEMBRO...: DESA. MARILZA MAYNARD SALGADO DE CARVALHO PROCURADOR...: DRA. MARIA CREUZA BRITO DE FIGUEIREDO APELANTE...: ESPÓLIO DE ARIOSVALDO BARRETO REP ADVOGADO...: GILBERTO VIEIRA LEITE NETO - OAB: 2454/SE APELADO...: ACRISIO ESTEVAO DOS SANTOS ADVOGADO...: EDILBERTO MOTA RIBEIRO - OAB: 2072/SE APELADO...: ADALBERTO CUSTODIO DORIA ADVOGADO...: EDILBERTO MOTA RIBEIRO - OAB: 2072/SE EMENTA : APELAÇÃO CÍVEL - EXECUÇÃO - EXCEÇÃO DE PRÉ-EXECUTIVIDADE - ALEGAÇÃO DE IRREGULARIDADE FORMAL DO CONTRATO - SENTENÇA QUE EXTINGUIU O FEITO SEM JULGAMENTO DO MÉRITO - REFORMA - MATÉRIA QUE DEVERIA SER IMPUGNADA VIA EMBARGOS À EXECUÇÃO, CUJA OPORTUNIDADE O EMBARGANTE DEIXOU PRECLUIR. PRECEDENTES DA JURISPRUDENCIA, INCLUSIVE DO STJ, NO SENTIDO DE ADMITIR A CÓPIA DO CONTRATO COMO TÍTULO EXECUTIVO EXTRAJUDICIAL RECURSO PROVIDO PARA REFORMAR A SENTENÇA, INACOLHENDO A EXCEÇÃO DE PRÉ-EXECUTIVIDADE OPOSTA. CONCLUSÃO: VISTOS, RELATADOS E DISCUTIDOS ESTES AUTOS, ACORDAM OS DESEMBARGADORES DESTA 2ª CÂMARA CÍVEL, GRUPO II, SOB A PRESIDÊNCIA DA EXCELENTÍSSIMA DESEMBARGADORA MARILZA MAYNARD SALGADO DE CARVALHO, POR UNANIMIDADE, EM CONHECER DO RECURSO PARA DAR PROVIMENTO, NOS TERMOS DO VOTO DO RELATOR. APELAÇÃO CÍVEL NO. ACORDÃO...: 3306/2009 ESCRIVANIA...: 2A. NO. DO PROCESSO...: NO. DO FEITO...: 6249/2008 PROCEDÊNCIA...: 1ª VARA CÍVEL GRUPO...: I - 2A. CÂMARA CÍVEL RELATOR...: DES. CEZÁRIO SIQUEIRA NETO REVISOR...: DESA. MARILZA MAYNARD SALGADO DE CARVALHO MEMBRO...: DES. OSÓRIO DE ARAUJO RAMOS FILHO PROCURADOR...: DR. JOSENIAS FRANÇA DO NASCIMENTO APELANTE...: BRASIL TELECOM S/A ADVOGADO...: ANA SIMEI TEIXEIRA NERY - OAB: 1775/SE APELADO...: FRANCISCO DE ASSIS ROCHA ADVOGADO...: ELIANE REIS DE MELO - OAB: 3295/SE EMENTA : APELAÇÃO CÍVEL - AÇÃO ORDINÁRIA DE POR DANOS MORAIS - FALHA NA PRESTAÇÃO DO SERVIÇO - CONTRATAÇÃO FRAUDULENTA DE SERVIÇOS TELEFÔNICO, POR TERCEIRO MEDIANTE UTILIZAÇÃO DE CPF DO AUTOR - NEGLIGÊNCIA DA EMPRESA DE TELEFONIA - CONFIGURAÇÃO DE DANO MORAL PASSÍVEL DE REPARAÇÃO - INDEVIDA NEGATIVAÇÃO DE DADOS JUNTO AOS CADASTROS RESTRITIVOS DE CRÉDITO - ATO DE TERCEIRO QUE NÃO EXCLUI A CULPA DA CONCESSIONÁRIA DE TELEFONIA E QUE DEVE SER LEVADO EM CONSIDERAÇÃO COMO CRITÉRIO PARA FIXAÇÃO DO VALOR DA - DIMINUIÇÃO DO QUANTUM INDENIZATÓRIO ARBITRADO A TÍTULO DE DANO NÃO PATRIMONIAL AO PATAMAR FIXADO POR ESTA CORTE - PRECEDENTES - RECURSO QUE SE CONHECE PARA DAR PARCIAL PROVIMENTO. DECISÃO UNÂNIME. CONCLUSÃO: VISTOS, RELATADOS E DISCUTIDOS OS PRESENTES AUTOS, ACORDAM OS INTEGRANTES DESTA 2ª CÂMARA CÍVEL - GRUPO I, DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SERGIPE, SOB A PRESIDÊNCIA DA DESEMBARGADORA MARILZA MAYNARD SALGADO DE CARVALHO, POR UNANIMIDADE, CONHECER O RECURSO DE APELAÇÃO PARA DAR PARCIAL PROVIMENTO. APELAÇÃO CÍVEL NO. ACORDÃO...: 3319/2009 ESCRIVANIA...: 2A. NO. DO PROCESSO...: NO. DO FEITO...: 6883/2008 PROCEDÊNCIA...: BOQUIM GRUPO...: IV - 2A. CÂMARA CÍVEL RELATOR...: DESA. MARILZA MAYNARD SALGADO DE CARVALHO REVISOR...: DES. LUIZ ANTÔNIO ARAÚJO MENDONÇA MEMBRO...: DES. OSÓRIO DE ARAUJO RAMOS FILHO PROCURADOR...: DR. AUGUSTO CESAR LOBÃO MOREIRA DIST. VINCULADO AO.: APELANTE...: BANCO DO BRASIL S A ADVOGADO...: MARIA TERESA CAXICO BARRETO MACEDO - OAB: 1531/SE APELANTE...: ODENILDE REZENDE ADVOGADO...: ANA EDITE MENEZES VASCONCELOS SILVA - OAB: 1851/SE APELADO...: ODENILDE RESENDE ADVOGADO...: ANA EDITE MENEZES VASCONCELOS SILVA - OAB: 1851/SE APELADO...: BANCO DO BRASIL S/A ADVOGADO...: MARIA TERESA CAXICO BARRETO MACEDO - OAB: 1531/SE EMENTA : CONSTITUCIONAL E PROCESSUAL CIVIL - REVISIONAL - CÉDULA DE CRÉDITO RURAL - PRELIMINAR DE CERCEAMENTO DE DEFESA REJEITADA - JUROS REMUNERATÓRIOS 12% AO ANO - AUSÊNCIA DE INTERESSE RECURSAL - INCIDÊNCIA DO CDC - CAPITALIZAÇÃO MENSAL PERMITIDA - COMISSÃO DE PERMANÊNCIA - VEDAÇÃO LEGAL. I - NÃO HÁ MOTIVO PARA A IRRESIGNAÇÃO DO APELANTE/EMBARGANTE, JÁ QUE OS PONTOS POR ELE SUSCITADOS (JUROS REMUNERATÓRIOS E CAPITALIZAÇÃO), FORAM ANALISADOS PELO JUIZ DE 1º GRAU. ASSIM, NÃO SE VISLUMBRA RAZÃO PARA ANULAR A SENTENÇA; II - TENDO O DECISUM ADMITIDO A APLICAÇÃO DA TAXA DE JUROS REMUNERATÓRIOS COM O PERCENTUAL DE 12% AO ANO, INADMISSÍVEL O RECURSO DO AUTOR E DA INSTITUIÇÃO FINANCEIRA, CARECENDO OS APELANTES DE INTERESSE RECURSAL, NESTE CAPÍTULO DA SENTENÇA; III - O SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA, ATRAVÉS DA SUMULA 297, CONSOLIDOU O ENTENDIMENTO DE QUE OS CONTRATOS BANCÁRIOS SUBMETEM-SE AO CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR. PROCURA-SE ESTABELECER UM EQUILÍBRIO CONTRATUAL, RELATIVIZANDO O PRINCÍPIO DO PACTA SUNT SERVANDA; IV - EM SE TRATANDO DE CÉDULA DE CRÉDITO COMERCIAL É CABÍVEL A CAPITALIZAÇÃO MENSAL DE JUROS DESDE QUE PACTUADA; V - É DESCABIDA A PACTUAÇÃO DA COMISSÃO DE PERMANÊNCIA NAS CÉDULAS DE CRÉDITO RURAL; VI - RECURSOS CONHECIDOS EM PARTE, PARA, NA PARTE CONHECIDA, LHES NEGAR PROVIMENTO. CONCLUSÃO: VISTOS, RELATADOS E DISCUTIDOS OS PRESENTES AUTOS, ACORDAM OS INTEGRANTES DO GRUPO IV, DA SEGUNDA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SERGIPE, POR UNANIMIDADE, CONHECER DOS RECURSOS EM PARTE, PARA LHES NEGAR PROVIMENTO, NA PARTE CONHECIDA, EM CONFORMIDADE COM O RELATÓRIO E VOTO CONSTANTES DOS AUTOS, QUE FICAM FAZENDO PARTE INTEGRANTE DO PRESENTE JULGADO. APELAÇÃO CÍVEL NO. ACORDÃO...: 3294/2009 ESCRIVANIA...: 2A. NO. DO PROCESSO...: NO. DO FEITO...: 6910/2008 PROCEDÊNCIA...: BOQUIM GRUPO...: III - 2A. CÂMARA CÍVEL RELATOR...: DES. CEZÁRIO SIQUEIRA NETO REVISOR...: DES. OSÓRIO DE ARAUJO RAMOS FILHO MEMBRO...: DESA. MARILZA MAYNARD SALGADO DE CARVALHO PROCURADOR...: DRA.MARIA JOSELITA ALMEIDA BARBOSA APELANTE...: SONDIVAL JOSE DE LIMA ADVOGADO...: ANA EDITE MENEZES VASCONCELOS SILVA - OAB: 1851/SE APELADO...: JOSE ARNALDO DE LIMA ADVOGADO...: GERUZA SILVEIRA COSTA PASSOS - OAB: 520/SE EMENTA : APELAÇÃO CÍVEL - DANOS MORAIS - NÃO HOUVE A ALEGADA IMPUTAÇÃO FALSA A FATO DELITUOSO QUE ENSEJASSE. HOUVE, TÃO SOMENTE, PERQUIRIÇÃO SOBRE A ORIGEM DO COMPRESSOR DE AR PARA

LEIS QUE REGULAM OBRIGAÇÕES DE PEQUENO VALOR 13/01/2015

LEIS QUE REGULAM OBRIGAÇÕES DE PEQUENO VALOR 13/01/2015 LEIS QUE REGULAM OBRIGAÇÕES DE PEQUENO VALOR 13/01/2015 TETO DA PREVIDÊNCIA: R$ 4.663,75 (quatro mil, seiscentos e sessenta e três reais e setenta e cinco centavos) SALÁRIO MÍNIMO: R$ 788,00 (setecentos

Leia mais

PORTARIA Nº 1.944, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2016

PORTARIA Nº 1.944, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2016 PORTARIA Nº 1.944, DE 1 DE DEZEMBRO DE 216 Remaneja o limite financeiro anual referente à Assistência de Média e Alta Complexidade Hospitalar e Ambulatorial do Estado de Sergipe. O Secretário de Atenção

Leia mais

CORREGEDORIA. 334 108 184 125 187 938 71 3 77 935 87 60 7 1 11 4ª Vara Criminal. 317 80 111 98 314 920 140 15 146 929 123 94 0 2 11 5ª Vara Criminal

CORREGEDORIA. 334 108 184 125 187 938 71 3 77 935 87 60 7 1 11 4ª Vara Criminal. 317 80 111 98 314 920 140 15 146 929 123 94 0 2 11 5ª Vara Criminal 1/245 DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, segunda-feira, 22 de setembro de 2008. Nº 2707 Presidente - Desª. Célia Pinheiro Silva Menezes Vice-Presidente - Desª. Clara Leite de Rezende Corregedor-Geral - Des.

Leia mais

PLANTÃO JUDICIÁRIO PORTARIA Nº 076/2013 GP1 ANEXO I

PLANTÃO JUDICIÁRIO PORTARIA Nº 076/2013 GP1 ANEXO I PLANTÃO JUDICIÁRIO PORTARIA Nº 076/2013 GP1 ANEXO I PLANTÃO JUDICIÁRIO DE 07 DE JANEIRO A 19 DE DEZEMBRO DE 2014 E DE 07 DE JANEIRO A 13 DE FEVEREIRO DE 2015, REFERENTE AOS DIAS ÚTEIS NA COMARCA DE NOSSA

Leia mais

CALENDÁRIO 2015 COMARCAS DE ARACAJU E DO INTERIOR DO ESTADO E RESPECTIVOS DISTRITOS JANEIRO

CALENDÁRIO 2015 COMARCAS DE ARACAJU E DO INTERIOR DO ESTADO E RESPECTIVOS DISTRITOS JANEIRO CALENDÁRIO 2015 COMARCAS DE ARACAJU E DO INTERIOR DO ESTADO E RESPECTIVOS DISTRITOS JANEIRO 01/01 Confraternização Universal 15/01 Santo Amaro das Brotas (Padroeiro) 20/01 Poço Verde (Padroeiro) 20/01

Leia mais

CALENDÁRIO 2016 COMARCAS DE ARACAJU E DO INTERIOR DO ESTADO E RESPECTIVOS DISTRITOS JANEIRO

CALENDÁRIO 2016 COMARCAS DE ARACAJU E DO INTERIOR DO ESTADO E RESPECTIVOS DISTRITOS JANEIRO CALENDÁRIO 2016 COMARCAS DE ARACAJU E DO INTERIOR DO ESTADO E RESPECTIVOS DISTRITOS JANEIRO 01/01 Confraternização Universal 05/01 N. Sra. da Glória (Festa dos Santos Reis) 15/01 Santo Amaro das Brotas

Leia mais

CALENDÁRIO 2014 COMARCAS DE ARACAJU E DO INTERIOR DO ESTADO E RESPECTIVOS DISTRITOS

CALENDÁRIO 2014 COMARCAS DE ARACAJU E DO INTERIOR DO ESTADO E RESPECTIVOS DISTRITOS CALENDÁRIO 2014 COMARCAS DE ARACAJU E DO INTERIOR DO ESTADO E RESPECTIVOS DISTRITOS JANEIRO 01/01 Confraternização Universal 15/01 Santo Amaro das Brotas (Padroeiro) 20/01 Poço Verde (Padroeiro) 20/01

Leia mais

TABELA DA COMPETIÇÃO

TABELA DA COMPETIÇÃO Página1 TABELA DA COMPETIÇÃO REGIONAL VIII FUTSAL DRE 07 Aracaju 2010 Página2 SIGLAS DAS S Legenda Município Legenda Município Legenda Amparo do São Francisco ASF Indiaroba ID Pinhão PI Aquidabã AQ Itabaiana

Leia mais

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, terça-feira, 31 de março de 2009. Nº 2824

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, terça-feira, 31 de março de 2009. Nº 2824 Page 1 of 476 DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, terça-feira, 31 de março de 2009. Nº 2824 Presidente - Des. Roberto Eugenio da Fonseca Porto Vice-Presidente - Des. Cezário Siqueira Neto Corregedor-Geral -

Leia mais

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, quarta-feira, 15 de julho de 2009. Nº 2891. Presidente - Desª. Clara Leite de Rezende. Procuradores de Justiça

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, quarta-feira, 15 de julho de 2009. Nº 2891. Presidente - Desª. Clara Leite de Rezende. Procuradores de Justiça Page 1 of 257 DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, quarta-feira, 15 de julho de 2009. Nº 2891 Presidente - Des. Roberto Eugenio da Fonseca Porto Vice-Presidente - Des. Cezário Siqueira Neto Corregedor-Geral -

Leia mais

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, terça-feira, 16 de agosto de 2011. Nº 3367

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, terça-feira, 16 de agosto de 2011. Nº 3367 Página 1 de 432 DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, terça-feira, 16 de agosto de 2011. Nº 3367 TRIBUNAL PLENO CÂMARAS CÍVEIS REUNIDAS Presidente - Des. José Alves Neto Vice-Presidente - Des. Osório de Araújo

Leia mais

SISTEMA DE CONTAS CORRENTES Layout do Arquivo de Crédito (Convênios) Versão 2.10 1. CONTEÚDO DO ARQUIVO DE LANÇAMENTOS

SISTEMA DE CONTAS CORRENTES Layout do Arquivo de Crédito (Convênios) Versão 2.10 1. CONTEÚDO DO ARQUIVO DE LANÇAMENTOS 1. CONTEÚDO DO ARQUIVO DE LANÇAMENTOS 01 HEADER 02 REGISTRO DE LANÇAMENTOS 03 TRAILLER Tipo 0. Deverá ser o primeiro registro do arquivo. Contém a identificação do conveniado. Tipo 1. Estes registros correspondem

Leia mais

Conselhos Tutelares do Estado de Sergipe

Conselhos Tutelares do Estado de Sergipe Conselhos Tutelares do Estado de Sergipe Nº Município/Lei de Criação Endereço/ E-mail Telefone 01 Amparo do São Francisco 09/07 02 Aracaju 1º Distrito 03 Aracaju 2º Distrito 04 Aracaju 3º Distrito 05 Aracaju

Leia mais

PLENÁRIAS PARA ELEIÇÃO DE DELEGADOS APOSENTADOS POR R E G I Ã O. 1. S U L ( 9 municípios) Av.Dep.José Conde Sobral Indiaroba 11:30 h Escola do Divino

PLENÁRIAS PARA ELEIÇÃO DE DELEGADOS APOSENTADOS POR R E G I Ã O. 1. S U L ( 9 municípios) Av.Dep.José Conde Sobral Indiaroba 11:30 h Escola do Divino PLENÁRIAS PARA ELEIÇÃO DE DELEGADOS APOSENTADOS POR R E G I Ã O 1. S U L ( 9 municípios) Tomar do Geru 08/08 14 h EM Valdete Dórea (FUNPREV) Avenida Robério Dias, 188 Itaporanga 9 h Jardim de Infância

Leia mais

Planejamento Estratégico do Governo de Sergipe Aracaju, 31 de março de 2015 Ricardo Lacerda

Planejamento Estratégico do Governo de Sergipe Aracaju, 31 de março de 2015 Ricardo Lacerda Os desequilíbrios territoriais e as Políticas Públicas em Sergipe Planejamento Estratégico do Governo de Sergipe Aracaju, 31 de março de 2015 Ricardo Lacerda MAPA DOS TERRITÓRIOS DE PLANEJAMENTO DE SERGIPE

Leia mais

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, quinta-feira, 18 de junho de Nº Presidente - Desª. Clara Leite de Rezende. Procuradores de Justiça

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, quinta-feira, 18 de junho de Nº Presidente - Desª. Clara Leite de Rezende. Procuradores de Justiça Page 1 of 272 DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, quinta-feira, 18 de junho de 2009. Nº 2875 Presidente - Des. Roberto Eugenio da Fonseca Porto Vice-Presidente - Des. Cezário Siqueira Neto Corregedor-Geral -

Leia mais

TABELA DA COMPETIÇÃO

TABELA DA COMPETIÇÃO TABELA DA COMPETIÇÃO REGIONAL VI FUTSAL DRE 06 N. S. das Dores 2010 1 SIGLAS DAS CIDADES Legenda Município Legenda Município Legenda Amparo do São Francisco ASF Indiaroba ID Pinhão PI Município Aquidabã

Leia mais

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, quarta-feira, 22 de outubro de 2008. Nº 2729

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, quarta-feira, 22 de outubro de 2008. Nº 2729 1/400 DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, quarta-feira, 22 de outubro de 2008. Nº 2729 Presidente - Desª. Célia Pinheiro Silva Menezes Vice-Presidente - Desª. Clara Leite de Rezende Corregedor-Geral - Des. Luiz

Leia mais

Relação de Bibliotecas Públicas no Estado do Sergipe

Relação de Bibliotecas Públicas no Estado do Sergipe Relação de Bibliotecas Públicas no Estado do Sergipe Setembro de 2013 MUNICÍPIO NOME DA BIBLIOTECA ENDEREÇO BAIRRO CEP Amparo de São Francisco Biblioteca Pública Municipal Antonio Freire de Souza Rua João

Leia mais

Aracaju/SE, quarta-feira, 21 de novembro de 2.007. Nº 2.524 DIÁRIO OFICIAL - PARTE II TRIBUNAL DE JUSTIÇA CÂMARAS CÍVEIS REUNIDAS

Aracaju/SE, quarta-feira, 21 de novembro de 2.007. Nº 2.524 DIÁRIO OFICIAL - PARTE II TRIBUNAL DE JUSTIÇA CÂMARAS CÍVEIS REUNIDAS DIÁRIO DA JUSTIÇA Impresso Especial 49000.5052/DR/SE CORREIOS DIÁRIO OFICIAL - PARTE II TRIBUNAL DE JUSTIÇA TRIBUNAL PLENO Presidente - Des. José Artêmio Barreto Vice-Presidente - Desª Célia Pinheiro Silva

Leia mais

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, segunda-feira, 02 de fevereiro de 2009. Nº 2787

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, segunda-feira, 02 de fevereiro de 2009. Nº 2787 1/405 DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, segunda-feira, 02 de fevereiro de 2009. Nº 2787 Presidente - Desª. Célia Pinheiro Silva Menezes Vice-Presidente - Desª. Clara Leite de Rezende Corregedor-Geral - Des.

Leia mais

Diárias e passagens - Abril de 2014 1 de 8

Diárias e passagens - Abril de 2014 1 de 8 Estado de Sergipe Procuradoria Geral de Justiça 6.1.6. e Passagens (RESOLUÇÃO CNMP Nº 86/2012, ART. 5º, INCISO I, ALÍNEA ''F'') Nome Cargo Período Trecho Transporte Motivo Nº do Ticket ADLENIO MARINHO

Leia mais

1.2. A inscrição dos conselheiros será realizada pela Sociedade Semear, obedecidos aos critérios estabelecidos neste Edital.

1.2. A inscrição dos conselheiros será realizada pela Sociedade Semear, obedecidos aos critérios estabelecidos neste Edital. EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA INSCRIÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO BÁSICA DA ESCOLA DE CONSELHOS DE SERGIPE PARA CONSELHEIROS TUTELARES E CONSELHEIROS MUNICIPAIS DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE - 2011 A

Leia mais

Aracaju/SE, sexta-feira, 3 de outubro de 2003. Nº 1922 DIÁRIO OFICIAL - PARTE II TRIBUNAL DE JUSTIÇA CÂMARAS CÍVEIS REUNIDAS

Aracaju/SE, sexta-feira, 3 de outubro de 2003. Nº 1922 DIÁRIO OFICIAL - PARTE II TRIBUNAL DE JUSTIÇA CÂMARAS CÍVEIS REUNIDAS DIÁRIO DA JUSTIÇA CONTRATO 5052 ECT / DR / SE X SEGRASE DIÁRIO OFICIAL - PARTE II TRIBUNAL DE JUSTIÇA TRIBUNAL PLENO CÂMARAS CÍVEIS REUNIDAS SEGUNDA CÂMARA CÍVEL Presidente - Des. Manuel Pascoal Nabuco

Leia mais

&203(7Ç1&,$ 5(6Ë'82 $*1' $8',Ç1&,$6 )(,726 '(63-8/ $WpÃ,1, 5($7 $54 686 &$37-8/ $1' 0$5& 5($/ 1Ã5($/ 029,0 (;$5 '2Ã72 1ª VARA CÍVEL 568 157 270 419 237 48 4 3 11 0 19 1.670 34 24 10 671 272 2ª VARA CÍVEL

Leia mais

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, quinta-feira, 24 de julho de 2008. Nº 2666

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, quinta-feira, 24 de julho de 2008. Nº 2666 1/302 DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, quinta-feira, 24 de julho de 2008. Nº 2666 Presidente - Desª. Célia Pinheiro Silva Menezes Vice-Presidente - Desª. Clara Leite de Rezende Corregedor-Geral - Des. Luiz

Leia mais

Diário n. 180 de 05 de julho de 2016

Diário n. 180 de 05 de julho de 2016 Diário n. 180 de 05 de julho de 2016 Diário n. 180 de 05 de julho de 2016 2 1. PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA (Não houve atos para publicação) 2. COLÉGIO DE PROCURADORES DE JUSTIÇA Pauta de Reunião PAUTA

Leia mais

Aracaju/SE, segunda-feira, 22 de novembro de 2004. Nº 2094 DATA DE CIRCULAÇÃO 25/11/2004 DIÁRIO OFICIAL - PARTE II TRIBUNAL DE JUSTIÇA

Aracaju/SE, segunda-feira, 22 de novembro de 2004. Nº 2094 DATA DE CIRCULAÇÃO 25/11/2004 DIÁRIO OFICIAL - PARTE II TRIBUNAL DE JUSTIÇA DIÁRIO DA JUSTIÇA CONTRATO 5052 ECT / DR / SE X SEGRASE DIÁRIO OFICIAL - PARTE II TRIBUNAL DE JUSTIÇA TRIBUNAL PLENO CÂMARAS CÍVEIS REUNIDAS SEGUNDA CÂMARA CÍVEL Presidente - Des. Manuel Pascoal Nabuco

Leia mais

189ª SESSÃO ORDINÁRIA DE 07 DE DEZEMBRO DE 2015 13h30 h. (segunda-feira)

189ª SESSÃO ORDINÁRIA DE 07 DE DEZEMBRO DE 2015 13h30 h. (segunda-feira) PAUTAS EM CONSTRUÇÃO CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO TRIBUTÁRIO 189ª SESSÃO ORDINÁRIA DE 07 DE DEZEMBRO DE 2015 13h30 h. (segunda-feira) : FRANCISCA MARTA DE SOUSA : ANA PAULA FIGUEIREDO PORTO PROCESSO DE RECURSO

Leia mais

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, terça-feira, 16 de setembro de 2008. Nº 2703. Presidente - Desª. Clara Leite de Rezende

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, terça-feira, 16 de setembro de 2008. Nº 2703. Presidente - Desª. Clara Leite de Rezende 1/191 DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, terça-feira, 16 de setembro de 2008. Nº 2703 Presidente - Desª. Célia Pinheiro Silva Menezes Vice-Presidente - Desª. Clara Leite de Rezende Corregedor-Geral - Des. Luiz

Leia mais

CONCURSO DA PREFEITURA DE IGARASSU 2003 RESULTADO FINAL AUDITOR FISCAL

CONCURSO DA PREFEITURA DE IGARASSU 2003 RESULTADO FINAL AUDITOR FISCAL CLASSIFICADOS (Ocupam as Vagas) 1º ALBERTO JOSE BEZERRA MONTEIRO 103117 4758501 SSP-PE 10/03/78 CLASSIFICADO 93,00 4 3 0 20 0 0 0 0 0 20 3 0 70 0 0 0 0 0 2º STELIO FRANKLIN ALVES MEIRA MENEZES 202565 2862760

Leia mais

Aracaju/SE, segunda-feira, 19 de julho de 2004. Nº 2040 DIÁRIO OFICIAL - PARTE II TRIBUNAL DE JUSTIÇA CÂMARAS CÍVEIS REUNIDAS

Aracaju/SE, segunda-feira, 19 de julho de 2004. Nº 2040 DIÁRIO OFICIAL - PARTE II TRIBUNAL DE JUSTIÇA CÂMARAS CÍVEIS REUNIDAS DIÁRIO DA JUSTIÇA CONTRATO 5052 ECT / DR / SE X SEGRASE DIÁRIO OFICIAL - PARTE II TRIBUNAL DE JUSTIÇA TRIBUNAL PLENO CÂMARAS CÍVEIS REUNIDAS SEGUNDA CÂMARA CÍVEL Presidente - Des. Manuel Pascoal Nabuco

Leia mais

Ministério da Educação e Ciência

Ministério da Educação e Ciência Data realização: segunda, 18 de junho às 14:00 h Sala: 4 14348127 ADRIANA ISABEL PEREIRA RIBEIRO 1 14581488 ADRIANA RAQUEL BARBOSA SOUSA 2 14172404 ADRIANA SILVA DE CARVALHO 3 14557115 ALDA DANIELA SILVA

Leia mais

Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação Inscrição Nome Documento Dt. Nasc. Língua Port. Noções Inf. Noções Legisl.

Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação  Inscrição Nome Documento Dt. Nasc. Língua Port. Noções Inf. Noções Legisl. 5056040 Analista de Saneamento / Engenheiro (Engenharia Sanitária/Sanitária Ambiental) Cidade de Lotação de Vagas: Barreiras 1220263-0 ANCO MARCIO DOS SANTOS COSTA 1177397315 07/05/1985 8,00 2,00 4,00

Leia mais

Instituto Politécnico do Cávado e Ave Página: 1

Instituto Politécnico do Cávado e Ave Página: 1 2684 Marta Joana Silva Loureiro DI 3007 Rui Manuel Carneiro Barbosa Caridade ESIPL 3200 Marcos José Lopes Pais IM 3291 Angela Maria dos Santos e Melo DI 3293 Luís André Silva Cunha DGPL 3503 Paulo Jorge

Leia mais

Gestão de Recursos Humanos Quadro de Servidores Cedidos para o Ministério Público

Gestão de Recursos Humanos Quadro de Servidores Cedidos para o Ministério Público 1 1436 ADEILTON CARLOS DOS SANTOS AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS - 1ª Não se aplica 08/10/2015 requisitado ITAPORANGA D'AJUDA PREF. MUNICIPAL DE ITAPORANGA 30/11/2016 182 ADEILTON DE OLIVEIRA FIEL 3º SARGENTO

Leia mais

EQUIPES CLASSIFICADAS PARA A 2ª ETAPA DOS XXVI JOGOS DA PRIMAVERA - 2009 / OLIMPÍADAS ESCOLARES ETAPA ESTADUAL

EQUIPES CLASSIFICADAS PARA A 2ª ETAPA DOS XXVI JOGOS DA PRIMAVERA - 2009 / OLIMPÍADAS ESCOLARES ETAPA ESTADUAL EQUIPES CLASSIFICADAS PARA A 2ª ETAPA DOS XXVI JOGOS DA PRIMAVERA - 2009 / OLIMPÍADAS ESCOLARES ETAPA ESTADUAL RESULTADO FINAL DA REGIONAL I - FUTSAL Regional I Categoria " A" feminino Colégio DIDÁTICO

Leia mais

ENDEREÇOS E TELEFONES

ENDEREÇOS E TELEFONES ENDEREÇOS E TELEFONES 1ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro Juiz Titular: Américo César Brasil Corrêa 1º andar - (21) 3512-5101 2ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro Juiz Titular: Raquel Rodrigues Braga

Leia mais

Sergipe. Relatório 2011 COORDENAÇÃO GERAL: ERALDO DA SILVA RAMOS FILHO

Sergipe. Relatório 2011 COORDENAÇÃO GERAL: ERALDO DA SILVA RAMOS FILHO Sergipe Relatório 2011 COORDENAÇÃO GERAL: ERALDO DA SILVA RAMOS FILHO APOIO DATALUTA Banco de Dados da Luta pela Terra - Sergipe Relatório 2011 Coordenação LABERUR Laboratório de Estudos Rurais e Urbanos

Leia mais

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, quarta-feira, 12 de março de 2008. Nº 2580

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, quarta-feira, 12 de março de 2008. Nº 2580 1/334 DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, quarta-feira, 12 de março de 2008. Nº 2580 Presidente - Des. José Artêmio Barreto Vice-Presidente - Desª Célia Pinheiro Silva Menezes Corregedor-Geral - Des. Luiz Antônio

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Ata de Reunião da Comissão do Concurso Público de Provas e para Outorga de Delegações de Notas e de Registro pelo Poder Judiciário do Estado da Paraíba

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALAGOAS DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALAGOAS DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALAGOAS DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA SELEÇÃO DE BOLSISTAS EDITAL nº 02/2012/PROEN/DEPEAD/E-tec RESULTADO - 2ª ETAPA Disciplina: Direito Administrativo

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALAGOAS DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALAGOAS DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALAGOAS DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA SELEÇÃO DE BOLSISTAS EDITAL nº 02/2012/PROEN/DEPEAD/E-tec RESULTADO - 1ª ETAPA Curso: Infraestrutura

Leia mais

Centros Espíritas de Sergipe

Centros Espíritas de Sergipe Centros Espíritas de Sergipe Aracajú CENTRO DE ESTUDOS DA DOUTRINA ESPÍRITA AVENIDA CANAL STA MARIA, S/N, LOT.STA MARIA - DUTRA CEP: 49060-590 - ARACAJU - SE CENTRO ESPÍRITA AMOR E CARIDADE RUA RIACHÃO,

Leia mais

Conselho de Recursos da Previdência Social 10ª Junta de Recursos PAUTA PARA JULGAMENTO

Conselho de Recursos da Previdência Social 10ª Junta de Recursos PAUTA PARA JULGAMENTO Conselho de Recursos da Previdência Social 10ª Junta de Recursos PAUTA PARA JULGAMENTO Pauta para Julgamento dos recursos das sessões ordinárias a serem realizadas no curso do mês de setembro de 2015,

Leia mais

INFORMATIVO PRODUÇÃO VEGETAL

INFORMATIVO PRODUÇÃO VEGETAL Vegetal, com base na Pesquisa Pecuária Municipal, IBGE (2014) INFORMATIVO PRODUÇÃO VEGETAL N o 02-2015 Página 1 Vegetal, com base na Pesquisa Pecuária Municipal, IBGE (2014) Lavoura Temporária Abrange

Leia mais

RESULTADOS CIRCUITO SUL MINEIRO DE CORRIDA DE RUA SESI POUSO ALEGRE - 26/04/2014

RESULTADOS CIRCUITO SUL MINEIRO DE CORRIDA DE RUA SESI POUSO ALEGRE - 26/04/2014 - /0/0 RESULTADOS CATEGORIA INDUSTRIÁRIO Industriario Masculino 0 ELIO ALVES ALMEIDA FRANCISCO SALES PIRES RODRIGO ZONNELI WANDERLUCIO RODRIGUES ABEL MESSIAS PEREIRA RONALDO COUTINHO ASTROGILDO SOARES

Leia mais

Sistema de Automação das Pautas das Sessões SGS Pauta nº 33/2010 ( Plenário - Extraordinária Reservada ) Resumo da Pauta

Sistema de Automação das Pautas das Sessões SGS Pauta nº 33/2010 ( Plenário - Extraordinária Reservada ) Resumo da Pauta Resumo dos processos incluídos em pauta, para apreciação e julgamento pelo Plenário, na Sessão Extraordinária Reservada, em relação ou de forma unitária, nos termos dos artigos 15, 94, 97, 105, 130, 141,

Leia mais

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, segunda-feira, 21 de julho de 2008. Nº 2663

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, segunda-feira, 21 de julho de 2008. Nº 2663 1/481 DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, segunda-feira, 21 de julho de 2008. Nº 2663 Presidente - Desª. Célia Pinheiro Silva Menezes Vice-Presidente - Desª. Clara Leite de Rezende Corregedor-Geral - Des. Luiz

Leia mais

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, terça-feira, 04 de novembro de Nº 2737

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, terça-feira, 04 de novembro de Nº 2737 1/329 DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, terça-feira, 04 de novembro de 2008. Nº 2737 Presidente - Desª. Célia Pinheiro Silva Menezes Vice-Presidente - Desª. Clara Leite de Rezende Corregedor-Geral - Des. Luiz

Leia mais

48(67 2Ã 5(63267$Ã 01 D 02 E 03 C 04 D 05 A 06 D 07 A 08 B 09 E 10 A 11 B 12 C 13 B 14 A 15 E 16 B 17 C 18 A 19 B 20 D 21 C 22 D 23 D 24 D 25 E 26 C

48(67 2Ã 5(63267$Ã 01 D 02 E 03 C 04 D 05 A 06 D 07 A 08 B 09 E 10 A 11 B 12 C 13 B 14 A 15 E 16 B 17 C 18 A 19 B 20 D 21 C 22 D 23 D 24 D 25 E 26 C 48(67 2 5(63267$ 01 D 02 E 03 C 04 D 05 A 06 D 07 A 08 B 09 E 10 A 11 B 12 C 13 B 14 A 15 E 16 B 17 C 18 A 19 B 20 D 21 C 22 D 23 D 24 D 25 E 26 C 27 D 28 A 29 E 30 D 31 D 32 E 33 C 34 A 35 B 36 C 37 A

Leia mais

HORÁRIO DESTINO CAT. NÚMERO ATLETAS 07:00

HORÁRIO DESTINO CAT. NÚMERO ATLETAS 07:00 GOVERNO DE SERGIPE SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA DEF CIDADE SEDE: Aracaju DATA: 15/10/2016 DIA: sábado CONTATOS: Yonah 98814-4312 (TIM) 98836-6170 (OI) 99978-2750 (VIVO)

Leia mais

RESULTADO FINAL. Descrição do Concurso: PREFEITURA DE ITAGUAÍ Descrição do Cargo: TÉCNICO DE ENFERMAGEM

RESULTADO FINAL. Descrição do Concurso: PREFEITURA DE ITAGUAÍ Descrição do Cargo: TÉCNICO DE ENFERMAGEM 00063163 LEANDRO RAMOS VIEIRA 17/02/1980 46.00 52.00 98.00 00010798 LUIZ MIGUEL AZIZ EBAIDE 30/10/1965 35.00 51.00 86.00 00060143 FABIOLA DA SILVA SOARES 06/04/1980 35.00 51.00 86.00 00051933 TELMA DO

Leia mais

ESTADO DE SERGIPE MUNICÍPIO DE JAPOATÃ CONCURSO PÚBLICO N.º 001/2012 EDITAL PÚBLICO N.º 006/2012 LOCAIS DE APLICAÇÃO DAS PROVAS OBJETIVAS

ESTADO DE SERGIPE MUNICÍPIO DE JAPOATÃ CONCURSO PÚBLICO N.º 001/2012 EDITAL PÚBLICO N.º 006/2012 LOCAIS DE APLICAÇÃO DAS PROVAS OBJETIVAS A Comissão do Concurso Público n.º 001/2012 da Prefeitura de Japoatã/SE, devidamente constituída pelo Decreto n.º 326/2011, no uso de suas atribuições legais, resolve publicar os locais onde as PROVAS

Leia mais

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, segunda-feira, 12 de maio de 2008. Nº 2617

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, segunda-feira, 12 de maio de 2008. Nº 2617 1/367 DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, segunda-feira, 12 de maio de 2008. Nº 2617 Presidente - Des. José Artêmio Barreto Vice-Presidente - Desª Célia Pinheiro Silva Menezes Corregedor-Geral - Des. Luiz Antônio

Leia mais

Lista de candidatos para a Entrevista Profissional de Seleção (EPS)

Lista de candidatos para a Entrevista Profissional de Seleção (EPS) Lista de candidatos para a Entrevista Profissional de Seleção (EPS) Nome NIF Nota LUCINDA OLIVEIRA DAS NEVES 109xxx733 13,55 Aprovado(a) 10 de novembro 10h00 Auditório do ANTÓNIO MAGALHÃES AZEVEDO 149xxx341

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SERGIPE COMPANHIA DE SANEAMENTO DE SERGIPE DESO

GOVERNO DO ESTADO DE SERGIPE COMPANHIA DE SANEAMENTO DE SERGIPE DESO GOVERNO DO ESTADO DE SERGIPE COMPANHIA DE SANEAMENTO DE SERGIPE DESO A N E X O I D O E D I T A L D E R E S U L T A D O F I N A L E C L A S S I F I C A Ç Ã O D O S C A N D I D A T O S P Ó S - R E C U R

Leia mais

Aracaju/SE, segunda-feira, 14 de maio de 2007. Nº 2.446 DIÁRIO OFICIAL - PARTE II TRIBUNAL DE JUSTIÇA CÂMARAS CÍVEIS REUNIDAS

Aracaju/SE, segunda-feira, 14 de maio de 2007. Nº 2.446 DIÁRIO OFICIAL - PARTE II TRIBUNAL DE JUSTIÇA CÂMARAS CÍVEIS REUNIDAS DIÁRIO DA JUSTIÇA Impresso Especial 49000.5052/DR/SE CORREIOS DIÁRIO OFICIAL - PARTE II TRIBUNAL DE JUSTIÇA TRIBUNAL PLENO Presidente - Des. José Artêmio Barreto Vice-Presidente - Desª Célia Pinheiro Silva

Leia mais

BUCO MAXILO FACIAL RELAÇÃO DE DENTISTAS. PERITOS (Atendimento com hora marcada.) CLINICA ODONTOLÓGICA

BUCO MAXILO FACIAL RELAÇÃO DE DENTISTAS. PERITOS (Atendimento com hora marcada.) CLINICA ODONTOLÓGICA RELAÇÃO DE DENTISTAS PERITOS (Atendimento com hora marcada.) IVONE DOS SANTOS BARROS CRO 178 303 Fone: 3214-0370 JOÃO ALVES FEITOSA FRANCO CRO 168 Rua Construtor João Alves,75 Instituto Saint Germani de

Leia mais

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, segunda-feira, 12 de janeiro de 2009. Nº 2773

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, segunda-feira, 12 de janeiro de 2009. Nº 2773 1/342 DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, segunda-feira, 12 de janeiro de 2009. Nº 2773 Presidente - Desª. Célia Pinheiro Silva Menezes Vice-Presidente - Desª. Clara Leite de Rezende Corregedor-Geral - Des.

Leia mais

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, quarta-feira, 08 de abril de 2009. Nº 2830. Presidente - Desª. Clara Leite de Rezende. Procuradores de Justiça

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, quarta-feira, 08 de abril de 2009. Nº 2830. Presidente - Desª. Clara Leite de Rezende. Procuradores de Justiça Page 1 of 264 DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, quarta-feira, 08 de abril de 2009. Nº 2830 Presidente - Des. Roberto Eugenio da Fonseca Porto Vice-Presidente - Des. Cezário Siqueira Neto Corregedor-Geral -

Leia mais

1 38,942 Ana Paula Lemos Machado Correia. 2 36,014 Maria da Graça dos Santos Azevedo. 4 34,340 Maria Jacinta Estrela Pina Gomes

1 38,942 Ana Paula Lemos Machado Correia. 2 36,014 Maria da Graça dos Santos Azevedo. 4 34,340 Maria Jacinta Estrela Pina Gomes CONTRATAÇÃO DE ESCOLA 2015/2016 Grupo de recrutamento Horário n.º: 47 100-Pré Escolar N.º de horas: 25 Ordenação Graduação Profissional Nome 1 38,942 Ana Paula Lemos Machado Correia 2 36,014 Maria da Graça

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE ALBERTO SAMPAIO

ESCOLA SECUNDÁRIA DE ALBERTO SAMPAIO DATA DE REALIZAÇÃO: 23 de Janeiro às 15h20 min. Sala: A 3.5 C ADRIANA FERNANDES PEREIRA E ADRIANA GOMES ROCHA A ADRIANA JOSÉ F RODRIGUES F AFONSO RODRIGUES F O CARNEIRO A ALEXANDRA PATRÍCIA F F OLIVEIRA

Leia mais

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, terça-feira, 05 de agosto de 2008. Nº 2674

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, terça-feira, 05 de agosto de 2008. Nº 2674 1/383 DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, terça-feira, 05 de agosto de 2008. Nº 2674 Presidente - Desª. Célia Pinheiro Silva Menezes Vice-Presidente - Desª. Clara Leite de Rezende Corregedor-Geral - Des. Luiz

Leia mais

CONSELHO DISTRITAL DO PORTO. Recursos da Prova de Aferição

CONSELHO DISTRITAL DO PORTO. Recursos da Prova de Aferição 35816 Alberto Neves 10 12 12 Admitido 36037 Alexandra Cruz Pereira 10 10 11 Admitido 36019 Alexandre Cunha Ribeiro 10 13 10 Admitido 35737 Ana Almeida Campos 11 12 15 Admitido 32166 Ana Belém Cardoso 10

Leia mais

Aracaju/SE, quarta-feira, 11 de junho de 2003. Nº 1878 DIÁRIO OFICIAL - PARTE II TRIBUNAL DE JUSTIÇA CÂMARAS CÍVEIS REUNIDAS

Aracaju/SE, quarta-feira, 11 de junho de 2003. Nº 1878 DIÁRIO OFICIAL - PARTE II TRIBUNAL DE JUSTIÇA CÂMARAS CÍVEIS REUNIDAS DIÁRIO DA JUSTIÇA CONTRATO 5052 ECT / DR / SE X SEGRASE DIÁRIO OFICIAL - PARTE II TRIBUNAL DE JUSTIÇA TRIBUNAL PLENO Presidente - Des. Manuel Pascoal Nabuco D Ávila Vice-Presidente - Des. Roberto Eugenio

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 3ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 3ª REGIÃO Ato No. 0050/2013-NCE A Desembargadora Presidente do Tribunal Regional do Trabalho da Terceira Região, no uso de suas atribuições legais e regimentais, resolve Nomear em virtude de habilitação em Concurso

Leia mais

RELAÇÃO DE PROFESSORES Curso Docente Titulação Tempo Administração ANA PAULA GOMES BORGES Especialista 2 Administração ANDRE LUIZ NASCIMENTO

RELAÇÃO DE PROFESSORES Curso Docente Titulação Tempo Administração ANA PAULA GOMES BORGES Especialista 2 Administração ANDRE LUIZ NASCIMENTO RELAÇÃO DE PROFESSORES - 2015.2 Curso Docente Titulação Tempo Administração ANA PAULA GOMES BORGES Especialista 2 Administração ANDRE LUIZ NASCIMENTO KAERCHER Mestre 6 Administração ANNITA KELLY CARDOSO

Leia mais

RELAÇÃO DE SERVIDORES

RELAÇÃO DE SERVIDORES RELAÇÃO DE SERVIDORES PROC. ORIGINÁRIO Nº: 00024574519974058500 -RPV1079628-SE ROSA - ACACIA PRADO GUERRA PROC. ORIGINÁRIO Nº: 00024574519974058500 -RPV1079629-SE ROSA - ADELAIDE MENDONÇA BARBOSA PROC.

Leia mais

REGIMENTO DA 6ª CONFERÊNCIA ESTADUALDAS CIDADES CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS E FINALIDADES

REGIMENTO DA 6ª CONFERÊNCIA ESTADUALDAS CIDADES CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS E FINALIDADES REGIMENTO DA 6ª CONFERÊNCIA ESTADUALDAS CIDADES CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS E FINALIDADES Art.1º São objetivos da 6ª Conferência Estadual das Cidades: I propor a interlocução entre autoridades e gestores

Leia mais

APRESENTAÇÃO. O PAC 2 entra no ano IV e já é possível sentir o seu legado um país mais competitivo, de vida para todos.

APRESENTAÇÃO. O PAC 2 entra no ano IV e já é possível sentir o seu legado um país mais competitivo, de vida para todos. SERGIPE APRESENTAÇÃO Com mais de 30 mil empreendimentos espalhados por todo o território nacional, o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) completa três anos com alta execução. Até 31 dezembro

Leia mais

Agrupamento Escolas Castro Daire Escola Secundária com 3.º Ciclo do Ensino Básico d. Relação de Alunos

Agrupamento Escolas Castro Daire Escola Secundária com 3.º Ciclo do Ensino Básico d. Relação de Alunos 403118 - Escola Secundária com 3.º do Ensino Básico d Turma : A Ano Letivo 20 / 20 900 1 Ana Beatriz Almeida Andrade 168 2 Ana Carina Sousa Ferreira 10 3 Ana Sofia Almeida Pinto 92 4 Catarina Almeida Moita

Leia mais

Conselho Distrital do Porto

Conselho Distrital do Porto 35816P Alberto Neves 3 1,6 3,9 1 0,15 9,65 10 Admitido 33622P Alexandra S Amaro 3,8 1,8 2,3 1,25 0,3 9,45 10 Admitido 35054P Alexandre Almeida 2,84 3,5 3,1 0,65 0,55 10,64 10 Admitido 30422P Ana de Castro

Leia mais

SERGIPE, (SE) ARACAJU, RUA LEOPOLDO RODRIGUES DO NASCIMENTO, NÚMERO 601 / CENTRO ESTÂNCIA Cep: 49200-000, DDD (79)

SERGIPE, (SE) ARACAJU, RUA LEOPOLDO RODRIGUES DO NASCIMENTO, NÚMERO 601 / CENTRO ESTÂNCIA Cep: 49200-000, DDD (79) Somos uma equipe séria, que presta serviços para alunos das mais diversas Instituições de Ensino de todo o País. Possuímos mais de 25 pesquisadores das mais diversas áreas. Atuamos nesse ramo há mais de

Leia mais

Anexo à Acta n.º 4, Referência SAS.IPP-02/11 Lista, ordenada alfabeticamente, com os resultados obtidos no método de selecção PROVA DE CONHECIMENTOS

Anexo à Acta n.º 4, Referência SAS.IPP-02/11 Lista, ordenada alfabeticamente, com os resultados obtidos no método de selecção PROVA DE CONHECIMENTOS ADELAIDE MARGARIDA LOPES GOMES DE SOUSA 1,750 Excluído ADELINA MARIA DA MOTA CORREIA ALBANO MANUEL RIBEIRO PEREIRA 7,475 Excluído ALCINA DA CONCEIÇÃO CASTRO PÓVOAS GUEDES ANA CAROLINA COSTA DE CARVALHO

Leia mais

Categoria Faster - FST. Categoria Professional PRO 6.5. Categoria Professional PRO 7.5

Categoria Faster - FST. Categoria Professional PRO 6.5. Categoria Professional PRO 7.5 Categoria Faster - FST 12/05/2016 - Tempos válidos para a categoria - ABAIXO de 06.499s NÃO houve participantes nessa categoria Categoria Professional 6.5 - PRO 6.5 12/05/2016 - Tempos válidos para a categoria

Leia mais

PROCESSO SELETIVO EDITAL Nº 01/2015 PPGDOC/IEMCI/UFPA INSCRIÇÕES HOMOLOGADAS

PROCESSO SELETIVO EDITAL Nº 01/2015 PPGDOC/IEMCI/UFPA INSCRIÇÕES HOMOLOGADAS PROCESSO SELETIVO 2016 - EDITAL Nº 01/2015 PPGDOC/IEMCI/UFPA INSCRIÇÕES HOMOLOGADAS CANDIDATO ABRÃO TAVARES DA SILVA JÚNIOR ADRIANA PINHEIRO QUARESMA ADRIANO SANTOS DE MESQUITA ALESSANDRA OLIVEIRA DOS

Leia mais

FACULDADE PIO DÉCIMO

FACULDADE PIO DÉCIMO Governo de Sergipe Secretaria de Estado da Educação Departamento de Recursos Humanos- DRH SEGUNDA CHAMADA DO RESULTADO DA SELEÇÃO PARA ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO DAS FACULDADES PIO DÉCIMO, FAMA E IFS SEED

Leia mais

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, quarta-feira, 08 de setembro de 2010. Nº 3155

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, quarta-feira, 08 de setembro de 2010. Nº 3155 Página 1 de 484 DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, quarta-feira, 08 de setembro de 2010. Nº 3155 TRIBUNAL PLENO CÂMARAS CÍVEIS REUNIDAS Presidente - Des. Roberto Eugenio da Fonseca Porto Vice-Presidente - Des.

Leia mais

Pauta do Plenário PRIORIDADE 1

Pauta do Plenário PRIORIDADE 1 1 Pauta do Plenário Presidência: CONS. CLÓVIS BARBOSA DE MELO 12 ª Sessão Ordinária Aracaju, 12 de Maio de 2016 às 09:00 horas. Pauta n.º 12 PRIORIDADE 1 1. ABERTURA DA SESSÃO 1.1. Verificação de Número

Leia mais

Anexo III - Demonstrativo Anual - Exercício 2007. Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico - CIDE

Anexo III - Demonstrativo Anual - Exercício 2007. Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico - CIDE SE 07 ; Anexo III; 1 / 5 Processo nº: 50000.061533/2006-30 Anual - Diário Oficial da União em 21 de dezembro de 2006, seção I, página 121 1ª Alteração - Diário Oficial da União em 08 de junho de 2007,

Leia mais

Sergipe SERGIPE JANEIRO-ABRIL/2013

Sergipe SERGIPE JANEIRO-ABRIL/2013 Sergipe SERGIPE 7º Balanço JANEIRO-ABRIL/2013 apresentação O Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) melhora a vida de milhões de brasileiros que vivem nas grandes cidades e fora dos centros urbanos.

Leia mais

Provas Aferição - 6, 8 e 10 Janeiro 2014. Cédula Nome Profissional PC-OJ DP-IJ PP-DC/DH. 11901P Miguel Teixeira Sala 201 2º Curso 2012

Provas Aferição - 6, 8 e 10 Janeiro 2014. Cédula Nome Profissional PC-OJ DP-IJ PP-DC/DH. 11901P Miguel Teixeira Sala 201 2º Curso 2012 11901P Miguel Teixeira Sala 201 2º Curso 2012 29863P Milene Pinto Anf 101 Sala 201 Anf 101 1º Curso 2012 30849P Cláudia Gomes de Andrade Anf 101 1º Curso 2012 32166P Ana Belém Cardoso Anf 101 Sala 201

Leia mais

DECRETOS SIMPLES. O GOVERNADOR DO ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições, R E S O L V E

DECRETOS SIMPLES. O GOVERNADOR DO ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições, R E S O L V E DECRETOS SIMPLES O GOVERNADOR DO ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições, R E S O L V E DECRETOS SIMPLES Salvador, Bahia Quinta-feira 12 e 13 de Janeiro de 2013 Ano XCVII N o 21.041 e 21.042 exonerar

Leia mais

Regulamento n 02/2015 de 5 de maio de Capítulo I Da Realização

Regulamento n 02/2015 de 5 de maio de Capítulo I Da Realização Regulamento n 02/2015 de 5 de maio de 2015 Estabelece regras para o processo de Eleição dos Delegados(as) e Observadores ao II CONSEJU-SE. Capítulo I Da Realização Art. 1º O II CONSEJU-SE será realizado

Leia mais

SUPLEMENTO AO BOLETIM ADMINISTRATIVO. n. 142

SUPLEMENTO AO BOLETIM ADMINISTRATIVO. n. 142 Câmara dos Deputados Página: 1 CÂMARA DOS DEPUTADOS SUPLEMENTO AO BOLETIM ADMINISTRATIVO n. 142 de 27 de julho de 2016 Câmara dos Deputados Página: 2 PORTARIAS - SECRETÁRIOS PARLAMENTARES O Diretor da

Leia mais

PRÉ-SELECIONADOS PROUNI - 2.2016 2ª CHAMADA - ASA SUL

PRÉ-SELECIONADOS PROUNI - 2.2016 2ª CHAMADA - ASA SUL PRÉ-SELECIONADOS PROUNI - 2.2016 2ª CHAMADA - ASA SUL EVALDO CARLOS RESENDE ADMINISTRAÇÃO THOMAZ DE GUIMARAES CUSTODIO E BOTELHO ADMINISTRAÇÃO JORGE MAX DE OLIVEIRA BRITO JUNIOR ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO

Leia mais

TABELA DE HORA EXTRA, TROCA DE TURNO, ENTRE OUTROS

TABELA DE HORA EXTRA, TROCA DE TURNO, ENTRE OUTROS TABELA DE HORA EXTRA, TROCA DE TURNO, ENTRE OUTROS PROC. 78 ADAILTON DANTAS DA SILVA 0000712-03.2010.5.05.0122 1 PROC.56 ADILSON COSTA SARAIVA 0027000-27.2004.5.05.0132 2 PROC.56 AMARILDO CARMO MARQUES

Leia mais

HORA EXTRA, TROCA DE TURNO, INTERSTÍCIO

HORA EXTRA, TROCA DE TURNO, INTERSTÍCIO HORA EXTRA, TROCA DE TURNO, INTERSTÍCIO PROC. 78 ADAILTON DANTAS DA SILVA 0000712-03.2010.5.05.0122 1 PROC.56 ADILSON COSTA SARAIVA 0027000-27.2004.5.05.0132 2 PROC.56 AMARILDO CARMO MARQUES 0027000-27.2004.5.05.0132

Leia mais

RESULTADO DA AVALIAÇÃO CURRICULAR APÓS RECURSOS

RESULTADO DA AVALIAÇÃO CURRICULAR APÓS RECURSOS 900251 ADLER NETO NEVES 3468979-SDS-PE 0,00 0,00 0,00 900004 ADRIANA APARECIDA ISOLA VILAR 2182395-SDS-PE 0,00 0,00 0,00 O Candidato não apresentou experiência Profissional 900169 ADRIANO ACIOLI LOPES

Leia mais

Juiz de Direito em Estágio Área Tribunal Formador Área Administrativa Formador Área Tributária. Tribunal Administrativo e Fiscal de Sintra

Juiz de Direito em Estágio Área Tribunal Formador Área Administrativa Formador Área Tributária. Tribunal Administrativo e Fiscal de Sintra Juiz de Direito em Estágio Área Tribunal Formador Área Administrativa Formador Área Tributária Noémia Maria Ferreira Fernandes Santos Ana Cristina de Sá Lameira Isabel Maria Vaz Martins Fernandes Gomes

Leia mais

SENADO DE SÃO PAULO 1891 REPÚBLICA VELHA 1892 REPÚBLICA VELHA

SENADO DE SÃO PAULO 1891 REPÚBLICA VELHA 1892 REPÚBLICA VELHA SENADO DE SÃO PAULO 1891 REPÚBLICA VELHA ANTÔNIO CARLOS DE ARRUDA BOTELHO (CONDE DO PINHAL) PRP 24606 ANTÔNIO DE SOUZA CAMPOS PRP 25009 ANTÔNIO PINHEIRO DE ULHÔA CINTRA (BARÃO DE JAGUARA) PRP 25468 AUGUSTO

Leia mais

Ministério da Educação e Ciência

Ministério da Educação e Ciência 14996867 ABÍLIO RAFAEL DA SILVA NUNES Não -------- 056 06 06 (seis) ------------------- 14595584 ALEXANDRA VIEIRA DA SILVA Não -------- Faltou ---------------- ------- ------------------ -------------------

Leia mais

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, terça-feira, 19 de maio de Nº 2855

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, terça-feira, 19 de maio de Nº 2855 Page 1 of 419 DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, terça-feira, 19 de maio de 2009. Nº 2855 Presidente - Des. Roberto Eugenio da Fonseca Porto Vice-Presidente - Des. Cezário Siqueira Neto Corregedor-Geral - Desª.

Leia mais

Sergipe nas Eleições. Eleições Eleições 2014

Sergipe nas Eleições. Eleições Eleições 2014 Sergipe nas Eleições Eleições 2010 Peculiaridades: Nas eleições de 2010, dos três candidatos à reeleição para a Câmara dos Deputados, apenas dois obtiveram êxito, ou seja, houve uma renovação de 75% em

Leia mais

Ministério da Educação EXAMES FINAIS NACIONAIS DO ENSINO SECUNDÁRIO PAUTA DE CHAMADA

Ministério da Educação EXAMES FINAIS NACIONAIS DO ENSINO SECUNDÁRIO PAUTA DE CHAMADA Data realização: quarta, 22 de junho às 09:30 h Sala: A11 15495675 ALEXANDRA FILIPA SOUSA ALVES 1 15006793 ALINE FERNANDES LOPES 2 15807278 ANA ALEXANDRA COSTA SANTOS 3 15494534 ANA CATARINA BARBOSA BORGES

Leia mais

ADICIONAL DE 1% DO FPM SERGIPE

ADICIONAL DE 1% DO FPM SERGIPE ADICIONAL DE 1% DO FPM SERGIPE Dezembro de 2011 François E. J. de Bremaeker Salvador, dezembro de 2011 2 A Associação Transparência Municipal (ATM) é uma instituição brasileira sem fins lucrativos e de

Leia mais

Vencedores do Passatempo. Assiste em grande ao Europeu com o Totobola VENCEDOR GRANDE PRÉMIO. José Eduardo Gomes Luis VENCEDORES DOS PRÉMIOS IMEDIATOS

Vencedores do Passatempo. Assiste em grande ao Europeu com o Totobola VENCEDOR GRANDE PRÉMIO. José Eduardo Gomes Luis VENCEDORES DOS PRÉMIOS IMEDIATOS Vencedores do Passatempo Assiste em grande ao Europeu com o Totobola Nota: Todos os vencedores serão contactados para registo da morada de envio do prémio. O Departamento de Jogos Santa Casa não se responsabiliza

Leia mais

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, quarta-feira, 07 de abril de 2010. Nº 3054

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, quarta-feira, 07 de abril de 2010. Nº 3054 Page 1 of 476 DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, quarta-feira, 07 de abril de 2010. Nº 3054 Presidente - Des. Roberto Eugenio da Fonseca Porto Vice-Presidente - Des. Cezário Siqueira Neto Corregedor-Geral -

Leia mais

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, terça-feira, 03 de março de Nº 2805

DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, terça-feira, 03 de março de Nº 2805 Page 1 of 374 DIÁRIO DA JUSTIÇA Aracaju/SE, terça-feira, 03 de março de 2009. Nº 2805 Presidente - Des. Roberto Eugenio da Fonseca Porto Vice-Presidente - Des. Cezário Siqueira Neto Corregedor-Geral -

Leia mais