-2-

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "www.consulplan.net atendimento@consulplan.com -2- www.pciconcursos.com.br"

Transcrição

1 CCAARGO: : AANAALLIISSTTAA D EE IINFFORMÁÁTTIICCAA TEXTO: Ouve só. A gente esvaziando a casa da tia neste carnaval. Móvel, roupa de cama, louça, quadro, livro. Aquela confusão, quando ouço dois dos meus filhos me chamarem. Mãe! Faaala. A gente achou uma coisa incrível. Se ninguém quiser, pode ficar para a gente? Hein? Depende. Que é? Os dois falavam juntos, animadíssimos. Ééé... uma máquina, mãe. É só uma máquina meio velha. É, mas funciona, está ótima! Minha filha interrompeu o irmão mais novo, dando uma explicação melhor. Deixa que eu falo: é assim, é uma máquina, tipo um... teclado de computador, sabe só o teclado? Só o lugar que escreve? Sei. Então. Essa máquina tem assim, tipo... uma impressora, ligada nesse teclado, mas assim, ligada direto. Sem fio. Bem, a gente vai, digita, digita... Ela ia se animando, os olhos brilhando.... e a máquina imprime direto na folha de papel que a gente coloca ali mesmo! É muuuito legal! Direto, na mesma hora, eu juro! Eu não sabia o que falar. Eu ju-ro que não sabia o que falar diante de uma explicação dessas, de menina de 12 anos, sobre uma máquina de escrever. Era isso mesmo?... entendeu mãe?... zupt, a gente escreve e imprime, a gente até vê a impressão tipo na hora, e não precisa essa coisa chata de entrar no computador, ligar, esperar hóóóras, entrar no word, de escrever olhando na tela, mandar para a impressora, esse monte de máquina, de ter que ter até estabilizador, comprar cartucho caro, de nada, mãe! É muuuito legal, e nem precisa de colocar na tomada! Funciona sem energia e escreve direto na folha da impressora! Nossa, filha só tem duas coisas: não dá para trocar a fonte nem aumentar a letra, mas não tem problema. Vem, que a gente vai te mostrar. Vem... Eu parei e olhei, pasma, a máquina velha. Eles davam pulinhos de alegria. (Mário Prata. Estado de S. Paulo 12/03/2003 fragmento: A máquina da Canabrava) 01) Assinale a alternativa correta a respeito das relações de coesão no texto: A) O desenvolvimento das ideias no texto mostra que a expressão Ela ia se animando... refere-se ao sentimento da filha ao relatar com detalhes a máquina encontrada. B) Em Deixa que eu falo: é assim, é uma máquina, tipo um..., a expressão tipo retoma, no desenvolvimento do texto, a ideia de máquina. C) Em É, mas funciona, está ótima!, o elemento de coesão mas expressa uma conclusão. D) No período: Se ninguém quiser, pode ficar para a gente?, se invertermos a ordem das orações expressas, haverá uma incoerência textual. E) A expressão grifada em: A gente esvaziando a casa da tia neste carnaval. mostra uma especificação. 02) Nesta crônica de Mário Prata, é correto afirmar quanto à estrutura textual que: A) Verifica-se a escolha de palavras incomuns nos meios urbanos. B) Ocorre o emprego de elementos que caracterizam o texto, principalmente, como um exemplo de linguagem referencial. C) Observa-se a ocorrência de marcas da linguagem oral. D) Observa-se o uso de uma linguagem rebuscada com o objetivo de valorizar elementos do mundo moderno. E) Observa-se o uso de uma linguagem hiperbólica, para registrar a importância do achado das crianças. 03) A partir do texto, analise as afirmativas abaixo: I. No primeiro parágrafo do texto, a expressão aquela confusão é uma síntese do cenário descrito anteriormente. II. A expressão ouve só no primeiro parágrafo, exprime uma interferência da linguagem oral no campo da linguagem escrita. III. Em A gente achou uma coisa incrível., a expressão coisa para designar a máquina de escrever encontrada demonstra uma diferença cultural. Está(ão) correta(s) apenas a(s) afirmativa(s): A) I B) II C) III D) I, II E) I, II, III -2-

2 04) A respeito da descrição da máquina de escrever encontrada pelas crianças, é correto afirmar que: A) É feita uma descrição surrealista, já que parte de interlocutores com uma grande defasagem cultural. B) É uma descrição coerente tendo em vista a diferença cultural dos interlocutores. C) É uma descrição exagerada, já que a máquina de escrever não possui todas as propriedades atribuídas a ela pelas crianças. D) É uma descrição fantasiosa, fato que se confirma pelos comentários da mãe. E) É uma descrição deficiente diante dos comentários da mãe. 05) Assinale a alternativa em que a reescritura da passagem do texto Eu ju-ro que não sabia o que falar diante de uma explicação dessas, de menina de 12 anos, sobre uma máquina de escrever. NÃO altera as relações semânticas estabelecidas: A) Eu ju-ro que não sabia o que falar diante disso, uma explicação de uma menina de 12 anos, sobre uma máquina de escrever. B) Eu ju-ro que não sabia o que falar, desta forma, diante de uma explicação dessas, de menina de 12 anos, sobre uma máquina de escrever. C) Eu ju-ro que não sabia falar diante de uma explicação dessas, sobre uma máquina de escrever. D) Eu ju-ro que não sabia o que falar ainda diante de uma explicação dessas, de menina de 12 anos, sobre uma máquina de escrever. E) Eu ju-ro que não sabia quando falar diante de uma explicação dessas, de menina de 12 anos, sobre uma máquina de escrever. LEGISLAÇÃO BÁSICA 06) A Constituição Federal de 1988 estabeleceu em seu Capítulo relativo ao Poder Legislativo que cada território elegerá quatro, e cada Estado e o Distrito Federal elegerão três. Assinale a alternativa que completa corretamente as lacunas na assertiva anterior, conforme a ordem apresentada: A) vereadores / secretários de governo D) vereadores / senadores B) deputados / senadores E) secretários de governo / governadores C) governadores / deputados 07) A Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 teve como uma de suas finalidades, a repartição dos poderes e, via de consequência, a atribuição de determinadas competências exclusivas aos seus órgãos, de maneira a viabilizar a gestão do país. Considere as atribuições listadas e as correlacione ao órgão correspondente: 1. Congresso Nacional. 2. Senado Federal. ( ) Sustar os atos normativos do Poder Executivo que exorbitem do poder regulamentar ou dos limites de delegação legislativa. ( ) Escolher dois terços dos membros do Tribunal de Contas da União. ( ) Aprovar, por maioria absoluta e por voto secreto, a exoneração, de ofício, do Procurador-Geral da República antes do término de seu mandato. ( ) Autorizar referendo e convocar plebiscito. ( ) Aprovar previamente, por voto secreto, após arguição pública, a escolha de Ministros do Tribunal de Contas da União indicados pelo Presidente da República. A sequência está correta em: A) 1, 1, 2, 1, 2 B) 2, 1, 2, 1, 2 C) 1, 2, 2, 1, 1 D) 2, 1, 1, 2, 2 E) 1, 2, 1, 1, 1 08) A doutrina pátria ensina que cláusulas pétreas são normas que o Poder Constituinte Originário entendeu que deveriam ter um tratamento especial, devido sua importância para a manutenção do Estado, definindo que estas cláusulas não podem ser sequer passivas de proposta de alteração tendente a aboli-las pelo Poder Constituinte Derivado. Com isso, em nosso ordenamento constitucional vigente, é vedada, proposta de emenda tendente a abolir, EXCETO: A) A forma federativa de Estado. D) Os direitos e as garantias individuais. B) A separação dos Poderes. E) Os Ministérios e os órgãos da administração pública. C) O voto direto, secreto, universal e periódico. 09) No que tange a edição e elaboração de medidas provisórias, assinale a alternativa correta: A) Em caso de relevância e urgência, o Presidente do Supremo Tribunal Federal poderá adotar medidas provisórias, com força de lei, devendo submetê-las de imediato ao Congresso Nacional. B) Medida provisória que implique instituição ou majoração de impostos, exceto os casos previstos na Constituição, produzirá efeitos no exercício financeiro vigente. C) É vedada a edição de medidas provisórias sobre matéria relativa a partidos políticos e direito eleitoral. D) A deliberação de cada uma das Casas do Congresso Nacional sobre o mérito das medidas provisórias dependerá de juízo prévio sobre o atendimento de seus pressupostos constitucionais. E) Não é permitida a edição de medidas provisórias acerca de matéria reservada a lei ordinária. -3-

3 10) A Constituição Federal de 1988 conferiu ao Tribunal de Contas da União o papel de auxiliar o Congresso Nacional no exercício do controle externo. As competências constitucionais privativas do Tribunal constam dos artigos 71 a 74 e 161. No que concerne a tais competências a ele atribuídas, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas: ( ) Sustar, se não atendido, a execução do ato impugnado, comunicando a decisão à Câmara dos Deputados e ao Senado Federal. ( ) Apreciar as contas prestadas anualmente pelo Presidente da República, mediante parecer prévio que deverá ser elaborado em sessenta dias a contar de seu recebimento. ( ) Aplicar aos responsáveis, em caso de ilegalidade de despesa ou irregularidade de contas, as sanções previstas em lei. ( ) Fixar, por proposta do Presidente da República, limites globais para o montante da dívida consolidada da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios. A sequência está correta em: A) V, V, V, F B) V, V, V, V C) F, F, V, F D) F, F, V, V E) F, F, F, V 11) A iniciativa das leis complementares e ordinárias, conforme a Constituição, pode ser exercida por quaisquer das pessoas/órgãos citados, EXCETO: A) Membro ou Comissão da Câmara dos Deputados. D) Supremo Tribunal Federal. B) Procurador-Geral da República. E) Vice-presidente da República. C) Cidadãos. 12) O Plano de Cargos e Carreiras dos Servidores Públicos da Câmara Municipal de Manhuaçu/MG estabelece as formas com que serão providos seus cargos. Relacione as formas de provimento às assertivas: Código Formas de Provimento 1 Nomeação 2 Aproveitamento 3 Reintegração 4 Reversão 5 Promoção ( ) É a reinvestidura no serviço público do servidor estável demitido, com ressarcimento de todas as vantagens e prejuízos decorrentes do afastamento. ( ) É feita em caráter efetivo ou em caráter comissionado, conforme a natureza do cargo a ser provido. ( ) Consiste no retorno ao serviço público do servidor aposentado por invalidez, quando inexistentes os motivos nos quais se deu a aposentadoria. ( ) É concedida obedecendo-se ao critério do tempo de exercício mínimo em cada classe e ao merecimento, assim entendido o desempenho de forma eficiente da função, assim como outros critérios, como a assiduidade, pontualidade e disciplina. ( ) Configura-se no reingresso ao serviço público do servidor em disponibilidade. A sequência está correta em: A) 1, 2, 3, 4, 5 B) 5, 1, 2, 4, 3 C) 3, 1, 4, 5, 2 D) 2, 1, 4, 3, 5 E) 4, 5, 2, 1, 3 13) O vencimento e a remuneração dos servidores da Câmara Municipal de Manhuaçu/MG obedecem às normatizações contidas no Capítulo II, Seção I, de seu Estatuto e Plano de Carreira. Acerca disso, considerando o diploma legal mencionado, podemos afirmar que, EXCETO: A) Nenhum servidor poderá perceber, mensalmente, a título de remuneração, importância superior à soma dos valores percebidos a título de subsídio pelo Presidente da Câmara Municipal. B) O vencimento é a retribuição pecuniária mensal pelo exercício regular de cargo público ou função pública do Legislativo Municipal. C) Nos casos de faltas sucessivas serão computados para efeito do desconto, os dias de repouso, domingos e feriados, intercalados nas faltas. D) O vencimento, a remuneração e o provento poderão ser objetos de arresto, sequestro ou penhora, em caso de prestação de alimentos resultante de decisão judicial. E) O vencimento dos cargos ou funções públicas pode ser reduzido mediante deliberação da maioria absoluta do Plenário. 14) NÃO compete ao Município de Manhuaçu, privativamente: A) Editar diploma legal acerca de normas gerais de licitação e contratação. B) Criar, organizar e suprimir distritos, observada a legislação estadual. C) Legislar sobre tarifas ou preços públicos. D) Dispor sobre administração, utilização e alienação de seus bens. E) Planejar e controlar o uso, o parcelamento e a ocupação do solo urbano. -4-

4 15) Consoante a Lei Orgânica do Município de Manhuaçu/MG, qualquer anistia ou remissão, que envolva matéria tributária ou previdenciária de competência do Município, só poderá ser concedida mediante: A) Lei Específica Municipal, de iniciativa do Poder Executivo. B) Deliberação do Plenário da Câmara Municipal. C) Medida provisória, de iniciativa do Poder Legislativo. D) Lei Estadual, de iniciativa do Poder Executivo Estadual. E) Emenda à Lei Orgânica Municipal, de iniciativa do Prefeito Municipal. CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 16) Com base nos termos empregados na programação orientada a objetos, é INCORRETO afirmar que: A) Herança: capacidade de uma classe filho (subclasse) herdar um ou mais atributos e métodos de uma ou mais classes (classe pai). B) Polimorfismo: representação de um elemento do mundo real. Instância de uma classe, que pode ser persistente ou transitória. C) Operações: lógica de operação contida em uma determinada classe com o objetivo de designar-lhe um determinado comportamento. D) Classe: conjunto de objetos que possuem uma ou mais características comuns, podendo ser abstratas ou concretas. E) Colaboração: capacidade de uma determinada classe trabalhar em conjunto com outra classe, a fim de desempenharem suas funções em conjunto. 17) Sobre a utilização de funções Transact-SQL em MS SQLServer comandos, analise: I. CONTAINS: é um predicado usado em uma cláusula WHERE para pesquisar colunas que contêm tipos de dados baseados em caracteres para obter correspondências precisas ou difusas (menos precisas) para palavras e frases únicas, a proximidade de palavras com uma determinada distância entre si ou correspondências ponderadas. II. LIKE: determina se uma cadeia de caracteres específica corresponde a um padrão especificado. Um padrão pode incluir caracteres normais e curingas. Durante a correspondência de padrões, os caracteres normais devem corresponder exatamente aos caracteres especificados na cadeia de caracteres. III. SELECT: recupera linhas do banco de dados e permite a seleção de uma ou mais linhas ou colunas de uma ou mais tabelas. IV. BACKUP: faz backup de um banco de dados completo ou de um ou mais arquivos ou grupos de arquivos (BACKUP DATABASE). Além disso, no modelo de recuperação completa ou no modelo de recuperação bulklogged, faz o backup do log de transações (BACKUP LOG). Estão corretas apenas as afirmativas: A) I, II, III, IV B) I, II C) I, II, III D) I, II, IV E) I, III, IV 18) A partir das práticas de gerenciamento de redes baseadas no modelo de referência OSI, analise os seguintes problemas: I. Saturação de banda em seguimentos Ethernet compartilhados. II. Validade da cache ARP inadequada. III. Cliente DNS mal configurado. IV. Servidor de correio eletrônico com repasse totalmente fechado. A organização dos problemas nas camadas do modelo OSI é, respectivamente: A) Camada de Enlace / Camada Física / Camada de Aplicação / Camada de Rede B) Camada Física / Camada de Enlace / Camada de Rede / Camada de Aplicação C) Camada Física / Camada de Aplicação / Camada de Rede / Camada de Enlace D) Camada de Transporte / Camada Física / Camada de Sessão / Camada de Enlace E) Camada de Enlace / Camada de Transporte / Camada de Aplicação / Camada de Sessão 19) No sistema operacional Linux, assinale o comando para criação de diretórios: A) MDIR B) MD C) KMDIR D) MKDIR E) MAKEDIR 20) Na implementação de serviços em redes TCP/IP (configuração padrão), há os números conhecidos como portas de serviços específicos. Assinale o serviço descrito com o número de portas INCORRETO: A) Porta 21 FTP D) Porta 27 POP3 B) Porta 23 Telnet E) Porta 80 http C) Porta 25 SMTP 21) No Borland Delphi (versão 7), são propriedades do componente TTable do BDE (Borland Database Engine) utilizado na programação de aplicações com acesso a banco de dados, EXCETO: A) Active. B) DatabaseName. C) TableName. D) Fields. E) Time. -5-

5 22) Na estrutura de funções do SQLServer, analise as afirmativas sobre Triggers: I. Trigger é um comando executado pelo sistema automaticamente, em consequência de uma modificação no banco de dados. II. São dois tipos de Trigger que podem ser usados em uma tabela: Statement-level-Trigger: essa trigger tem os seus comandos executados para todas as linhas que sejam afetadas pelo comando que gerou o acionamento do trigger. Row-level-Trigger: essa trigger é disparada apenas uma vez. Por exemplo, se o comando update atualizar 15 linhas, os comandos contidos na trigger serão executados uma única vez. III. Uma trigger pode ser disparada antes (BEFORE), ou depois (AFTER) que um dos comandos de ativação (INSERT, UPDATE, DELETE) for executado. IV. Quando uma trigger é criada, fica automaticamente ativa, sendo disparada toda vez que o comando de disparo e condição de execução for verdadeiro. Para ativar ou desativar a execução de uma trigger, deve ser usado o comando ALTER TRIGGER com a cláusula DISABLE. Estão corretas apenas as afirmativas: A) I, II, III, IV B) I, II C) I, II, III D) I, II, IV E) I, III, IV 23) O Microsoft Windows XP Professional possui uma ferramenta que possibilita personalizar uma série de recursos do Windows através da ativação ou desativação de diversas configurações de diretivas. Por exemplo, pode-se remover o acesso ao recurso Adicionar / Remover programas do Painel de Controle e impedir a execução do Windows Messenger. Este recurso pode ser acessado através do comando Executar: A) gpedit.msc B) msconfig C) regedit D) Shell E) Ipconfig 24) Na linguagem de programação Java, assinale a alternativa que descreve corretamente a sintaxe de um tipo de diálogo de mensagem: A) JOptionPane.CRITICAL_MESSAGE D) JOptionPane.SYSTEM_MESSAGE B) JOptionPane.EXCLAMATION_MESSAGE E) JOptionPane.APPLICATION_MESSAGE C) JOptionPane.QUESTION_MESSAGE 25) Acerca dos conceitos básicos de recomendações para proteção contra ameaças e vírus de computadores em sistemas operacionais Microsoft, analise: I. Um firewall ajuda a proteger o computador de hackers, que podem tentar excluir informações, causar uma pane no computador ou até mesmo roubar senhas ou números de cartões de crédito. Certifique-se de que o firewall esteja sempre ativado. II. As atualizações de alta prioridade são críticas a segurança e a confiabilidade do computador. Elas oferecem a proteção mais recente contra atividades maliciosas online. A Microsoft fornece atualizações, conforme necessário, periodicamente. III. Vírus e spyware são tipos de software mal-intencionados contra os quais é preciso proteger o computador. É necessário um aplicativo antivírus para ajudar evitar vírus, que deverá ser mantido sempre atualizado. IV. Os sistemas operacionais Windows (versões ME e 2000) possuem nativamente sistemas Antivírus e AntiSpyware, que fazem o trabalho de proteção contra ameaças computacionais. Estão corretas apenas as afirmativas: A) I, II, III, IV B) I, II C) I, II, III D) I, II, IV E) I, III, IV 26) A interface de comunicação paralela (25 pinos) é uma das interfaces mais utilizadas para ligação de dispositivos de entrada e de saída de computadores utilizados para automação e monitoramento de processos. Em sua versão EPP (Extended Parallel Port), os pinos de entrada e saída de dados são: A) Do pino 1 ao 8. D) Do pino 4 ao 11. B) Do pino 2 ao 9. E) Do pino 11 ao 18. C) Do pino 3 ao ) Em relação aos Projetos de Sistemas de Software, assinale a sequência correta de desenvolvimento de um sistema: A) Análise, Projeto, Implementação, Testes, Instalação/Implantação B) Projeto, Análise, Implementação, Instalação/Implantação, Testes C) Análise, Projeto, Implementação, Instalação/Implantação, Testes D) Projeto, Implementação, Análise, Instalação/Implantação, Testes E) Testes, Análise, Projeto, Implementação, Instalação/Implantação 28) Os resultados das conversões do valor decimal 124 para Hexadecimal e do valor Hexadecimal 8F41 para binário são, respectivamente: A) 7C e D) C8 e B) C7 e E) 8C e C) 8C e

6 29) Sobre a arquitetura de microprocessadores, analise: I. São duas as arquiteturas de computação usadas em processadores: CISC (Computador com um Conjunto Reduzido de Instruções) usada em processadores PowerPC (da Apple, Motorola e IBM) e SPARC (SUN); possui um conjunto pequeno de instruções (tipicamente algumas dezenas) implementadas diretamente em hardware. Nesta técnica, não é necessário realizar a leitura em uma memória e, por isso, a execução das instruções é muito rápida (normalmente um ciclo de clock por instrução). Por outro lado, as instruções são muito simples e para a realização de certas tarefas são necessárias mais instruções que no modelo CISC. RISC (Computador com um Conjunto Complexo de Instruções) usada em processadores Intel e AMD; possui um grande conjunto de instruções (tipicamente centenas) que são armazenadas em uma pequena memória nãovolátil interna ao processador. Cada posição desta memória contém as microinstruções, ou seja, os passos a serem realizados para a execução de cada instrução. Quanto mais complexa a instrução, mais microinstruções ela possuirá, e mais tempo levará para ser executada. O conjunto de todas as microinstruções contidas no processador denomina-se microcódigo. Esta técnica de computação baseada em microcódigo é denominada microprogramação. II. É composto de uma unidade lógica aritmética e uma unidade de controle. Unidade lógica e aritmética: responsável por executar efetivamente as instruções dos programas, como instruções lógicas, matemáticas, desvio, etc. Unidade de controle: Responsável por gerar todos os sinais que controlam as operações no exterior da CPU e, ainda, por dar todas as instruções para o correto funcionamento interno da CPU. III. A Memória Cache é uma pequena quantidade de memória estática de alto desempenho, tendo por finalidade aumentar o desempenho do processador, realizando uma busca antecipada na memória RAM. Está(ão) correta(s) apenas a(s) afirmativa(s): A) I, II, III B) I, II C) I, III D) II, III E) III 30) Assinale o software que representa um aplicativo específico e exclusivo para Backup de dados: A) Fedora. B) Red Rat. C) ArcServe. D) Windows Server. E) Mac OS. CONHECIMENTOS GERAIS 31) Pelo menos 90 pessoas, em sua maioria talibãs, morreram nesta sexta-feira em um ataque aéreo da Otan contra dois caminhões-tanque no norte do Afeganistão. A Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf) da Otan anunciou que investiga as informações de que civis morreram no bombardeio contra os caminhões, que haviam sido sequestrados pelos talibãs na província de Kunduz. Noventa pessoas morreram e em sua maioria são talibãs. Foi um ataque aéreo das forças da Otan, declarou à AFP Mahbubullah Sayedi, porta-voz do governo de Kunduz. Uma pequena quantidade de vítimas é de civis locais, incluindo algumas crianças, que buscavam gasolina gratuita completou, sem revelar mais detalhes. O Exército alemão negou pouco antes que o ataque tivesse provocado vítimas civis e anunciou a morte de 56 talibãs no bombardeio. (Com agência France-Press 04/09/09 Os talibãs são, na verdade: A) Representantes de uma religião ocidental no Oriente Médio. B) Grupo fundamentalista que comandou a Independência dos Emirados Árabes. C) Grupo militante que surgiu por volta de 1994 e que envolvia aprendizes do Islã sunita, que pegavam em armas. O grupo aplicou no país uma interpretação rígida da Sharia, a lei islâmica. D) Descendentes diretos do profeta Moisés, criador do Islamismo. E) Representantes da única seita religiosa que permaneceu no Afeganistão, após a imposição do catolicismo ocidental. 32) Democracia: governo em que o povo exerce a soberania.; Sistema comprometido com a igualdade ou a distribuição igualítária do poder. (Minidicionário Houaiss da Língua portuguesa. Edição Editora Objetiva) Todos os critérios abaixo relacionados são, teoricamente, imprescindíveis para haver democracia num país, com EXCEÇÃO de: A) Eleições competitivas e livres para o Legislativo e o Executivo. B) Direito do voto, que deve ser extensivo à maioria da população adulta, ou seja, cidadania abrangente no processo de escolha dos candidatos. C) Proteção e garantia das liberdades civis e dos direitos políticos, mediante instituições sólidas, como a liberdade de imprensa, por exemplo. D) Controle efetivo das instituições legais e de segurança e repressão, para que o genuíno poder das autoridades eleitas se efetive. E) Estabelecimento de um número reduzido de partidos políticos para evitar a descaracterização dos ideais democráticos. -7-

7 33) A agricultura orgânica tem como objetivo preservar a saúde do meio ambiente, a biodiversidade, os ciclos e as atividades biológicas do solo. Exclui o uso de fertilizantes sintéticos de alta solubilidade e agrotóxicos, além de excluir reguladores de crescimento e aditivos sintéticos para a alimentação animal. Sobre a agricultura orgânica no Brasil, é correto afirmar que: A) Devido à sua condição precária em relação à agricultura orgânica, o Brasil ainda não faz parte do seleto grupo de exportadores desse tipo de alimento. B) As perspectivas para os negócios com a agricultura orgânica, devido à demanda mundial reduzida de alimentos, são desanimadoras. C) A legislação brasileira, já dispõe sobre normas específicas em relação à produção de alimentos orgânicos, através do Ministério da Agricultura. D) Não existe ainda, devido a uma questão cultural brasileira, um nicho de consumo para produtos orgânicos. E) É importante que o Estado não intervenha nos processos relacionados à implantação de culturas orgânicas, pois se tratam de atividades familiares e de subsistência. 34) O mundo do trabalho está cada vez mais complexo, e nesse contexto, manter o bem-estar do trabalhador está se tornando uma tarefa difícil. Muitas vezes, o indivíduo não se percebe como capaz ou não é capaz realmente, de responder às demandas que o trabalho exige. O organismo vai se tornando estressado, podendo evoluir para uma síndrome denominada: A) Síndrome de Down. D) Síndrome de Alseimer. B) Síndrome de Imunodeficiência. E) Síndrome de Burnout. C) Síndrome de L.E.R. 35) Mais estudo, menos violência Ao ampliar o turno de escolas encravadas em favelas cariocas, programa da prefeitura dá nova perspectiva a crianças que ficavam ociosas e expostas à criminalidade. Há tempos tornou-se um lugar-comum dizer que, na ausência do estado, o tráfico de drogas se transformou num poder paralelo nas favelas cariocas. Entre os muitos males dessa situação, talvez o mais terrível seja o contínuo aliciamento de crianças para o crime. Pois acaba de ser lançado pela prefeitura do Rio de Janeiro um programa que promete oferecer a essas mesmas crianças novas perspectivas de vida, afastando-as de um cotidiano violento. Nesse programa, a educação é o poder paralelo. O Escolas do Amanhã abrange 73 favelas, 150 escolas, alunos. Um de seus pilares é a adoção do turno integral, que mantém as crianças no colégio por sete horas e meia quase o dobro do turno normal. Não se trata da primeira iniciativa que amplia a jornada de estudos em escolas brasileiras. Tampouco é a primeira vez que isso ocorre numa favela. Mas o Escolas do Amanhã também se destaca por sua ênfase na qualidade de ensino. Em outras palavras, sua filosofia é a de que não basta manter os alunos dentro dos muros do colégio é preciso ensiná-los de maneira efetiva. (Edição da semana/acervo digital/veja on line) Segundo o artigo, essa não foi a primeira experiência nesse sentido de escola integral, nem no Brasil e nem no Rio de Janeiro especificamente. Na década de 1980, Darcy Ribeiro, então Secretário de Educação criou os no governo de. Assinale a alternativa que completa corretamente a afirmativa anterior: A) CEFETs / Fernando Henrique Cardoso D) CIEPs / Leonel Brizola B) MOBRAL / Antony Garotinho E) CESECs / Sérgio Cabral C) EJAs / Itamar Franco CONHECIMENTOS LOCAIS 36) Sobre o município de Manhuaçu, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas: ( ) Acredita-se que os primeiros habitantes tenham sido os índios tupis, posteriormente, apelidados puris, pelos pioneiros da região. ( ) Às margens do rio São Luís, foram implantados os primeiros estabelecimentos agrícolas. ( ) Índios foram alugados para abertura das primeiras estradas da região, beneficiando a criação de suínos e o cultivo do café. Está(ão) correta(s) apenas a(s) afirmativa(s): A) V, V, V B) F, V, V C) V, V, F D) F, V, F E) V, F, V 37) São distritos do município de Manhuaçu, EXCETO: A) Realeza. D) Tabuleiro. B) Ponte do Silva. E) Dom Corrêa. C) Vilanova. 38) Assinale o gentílico de Manhuaçu: A) Manhuense. D) Manhuacense. B) Manhuaçuense. E) N.R.A. C) Açuense. -8-

8 39) Analise as afirmativas: I. Os primeiros desbravadores do município de Manhuaçu estavam a procura de ouro e poaia. II. O topônimo originou-se de mayguaçu, palavra indígena que significa rio Grande, usada pelos gentios para designar o rio local. III. Muitos estabelecimentos agrícolas foram surgindo e o povoamento progrediu. Está(ão) correta(s) apenas a(s) afirmativa(s): A) II B) I, II, III C) III D) I, II E) II, III 40) É um município limítrofe ao município de Manhuaçu: A) Aimorés. D) Governador Valadares. B) Teófilo Otone. E) Manhumirim. C) Ipatinga. -9-

Subseção I Disposição Geral

Subseção I Disposição Geral Subseção I Disposição Geral Art. 59. O processo legislativo compreende a elaboração de: I - emendas à Constituição; II - leis complementares; III - leis ordinárias; IV - leis delegadas; V - medidas provisórias;

Leia mais

O SENADO FEDERAL resolve:

O SENADO FEDERAL resolve: PROJETO DE RESOLUÇÃO DO SENADO Nº 27, DE 2015 Altera o inciso II do caput do art. 383 do Regimento Interno do Senado Federal para disciplinar, no âmbito das comissões, a arguição pública dos indicados

Leia mais

PROGRAMA TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL

PROGRAMA TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL LÍNGUA PORTUGUESA Compreensão e interpretação de textos Tipologia textual Ortografia oficial Acentuação gráfica Emprego das classes de palavras Emprego do sinal indicativo de crase Sintaxe da oração e

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 97, DE 9 DE JUNHO DE 1999. Dispõe sobre as normas gerais para a organização, o preparo e o emprego das Forças Armadas.

LEI COMPLEMENTAR Nº 97, DE 9 DE JUNHO DE 1999. Dispõe sobre as normas gerais para a organização, o preparo e o emprego das Forças Armadas. LEI COMPLEMENTAR Nº 97, DE 9 DE JUNHO DE 1999 Dispõe sobre as normas gerais para a organização, o preparo e o emprego das Forças Armadas. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta

Leia mais

AULA 02 ROTEIRO CONSTITUIÇÃO FEDERAL ART. 5º; 37-41; 205 214; 227 229 LEI 8.069 DE 13/07/1990 ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE E C A PARTE 02

AULA 02 ROTEIRO CONSTITUIÇÃO FEDERAL ART. 5º; 37-41; 205 214; 227 229 LEI 8.069 DE 13/07/1990 ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE E C A PARTE 02 AULA 02 ROTEIRO CONSTITUIÇÃO FEDERAL ART. 5º; 37-41; 205 214; 227 229 LEI 8.069 DE 13/07/1990 ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE E C A PARTE 02 CAPÍTULO VII DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA SEÇÃO I DISPOSIÇÕES

Leia mais

CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL 1988

CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL 1988 CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL 1988 TÍTULO IV DA ORGANIZAÇÃO DOS PODERES CAPÍTULO I DO PODER LEGISLATIVO Seção II Das Atribuições do Congresso Nacional Art. 49. É da competência exclusiva

Leia mais

ATA - Exercícios Informática Carlos Viana. 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

ATA - Exercícios Informática Carlos Viana. 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. ATA - Exercícios Informática Carlos Viana 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. ATA EXERCÍCIOS CARLOS VIANA 22 - ( ESAF - 2004 - MPU - Técnico Administrativo ) O

Leia mais

Política de Privacidade

Política de Privacidade Política de Privacidade Este documento tem por objetivo definir a Política de Privacidade da Bricon Security & IT Solutions, para regular a obtenção, o uso e a revelação das informações pessoais dos usuários

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988 Emendas Constitucionais Emendas Constitucionais de Revisão Ato das Disposições

Leia mais

AFRE. a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento, como o LILO ou o GRUB. a. ( ) Data Werehouse ; Internet ; Linux

AFRE. a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento, como o LILO ou o GRUB. a. ( ) Data Werehouse ; Internet ; Linux 1. De que forma é possível alterar a ordem dos dispositivos nos quais o computador procura, ao ser ligado, pelo sistema operacional para ser carregado? a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento,

Leia mais

Aulas 1 e 2 de Direito Eleitoral Professor: Will

Aulas 1 e 2 de Direito Eleitoral Professor: Will Aulas 1 e 2 de Direito Eleitoral Professor: Will 1) Mudanças que se sujeitam ao princípio da anualidade: a) mudança na lei partidária (filiação, convenção, coligações, número de candidatos etc). b) mudança

Leia mais

DO MINISTÉRIO PÚBLICO art.170 a art175

DO MINISTÉRIO PÚBLICO art.170 a art175 CONSTITUIÇÃO FEDERAL 88 DO MINISTÉRIO PÚBLICO art.127 a art.130- A Art. 127. O Ministério Público é instituição permanente, essencial à função jurisdicional do Estado, incumbindo-lhe a defesa da ordem

Leia mais

CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL 1988...

CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL 1988... CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL 1988 TÍTULO VII DA ORDEM SOCIAL CAPÍTULO VIII DOS ÍNDIOS Art. 231. São reconhecidos aos índios sua organização social, costumes, línguas, crenças e tradições,

Leia mais

PROVA ESPECÍFICA Cargo 24

PROVA ESPECÍFICA Cargo 24 17 PROVA ESPECÍFICA Cargo 24 QUESTÃO 36 Considere que, no algoritmo em alto nível a seguir, V seja um vetor de inteiros contendo 10 posições indexadas de 0 a 9, e as demais variáveis sejam inteiras. 1.

Leia mais

300 Questões Comentadas do Poder Executivo

300 Questões Comentadas do Poder Executivo 1 Para adquirir a apostila de 300 Questões Comentadas acesse o site: www.odiferencialconcursos.com.br ESTA APOSTILA SERÁ ATUALIZADA ATÉ A DATA DO ENVIO S U M Á R I O Apresentação...3 Questões...4 Respostas...82

Leia mais

b) Estabilizador de tensão, fonte no-break, Sistema Operacional, memória principal e memória

b) Estabilizador de tensão, fonte no-break, Sistema Operacional, memória principal e memória CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA SISUTEC DISCIPLINA: INTRODUÇÃO A COMPUTAÇÃO PROF.: RAFAEL PINHEIRO DE SOUSA ALUNO: Exercício 1. Assinale a opção que não corresponde a uma atividade realizada em uma Unidade

Leia mais

Marcones Libório de Sá Prefeito

Marcones Libório de Sá Prefeito Mensagem n. 010 /2015 Salgueiro, 14 de Setembro de 2015. Senhor Presidente, Senhores (as) Vereadores (as), Considerando os princípios de descentralização e transparência, que tem levado esta administração

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PILÕES CNPJ: 08.148.488/0001-00 CEP: 59.5960-000

PREFEITURA MUNICIPAL DE PILÕES CNPJ: 08.148.488/0001-00 CEP: 59.5960-000 1 9 6 3 1 9 6 3 PREFEITURA MUNICIPAL DE PILÕES CNPJ: 08.148.488/0001-00 CEP: 59.5960-000 Lei nº 299/ 2008. Dispõe sobre a criação do Conselho Municipal do Idoso, do Fundo Municipal do Idoso e dá outras

Leia mais

Certificado Digital A1

Certificado Digital A1 Certificado Digital A1 Geração Todos os direitos reservados. Imprensa Oficial do Estado S.A. - 2012 Página 1 de 41 Pré-requisitos para a geração Dispositivos de Certificação Digital Para que o processo

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS. 01) Considere as seguintes assertivas sobre conceitos de sistemas operacionais:

SISTEMAS OPERACIONAIS. 01) Considere as seguintes assertivas sobre conceitos de sistemas operacionais: SISTEMAS OPERACIONAIS 01) Considere as seguintes assertivas sobre conceitos de sistemas operacionais: I. De forma geral, os sistemas operacionais fornecem certos conceitos e abstrações básicos, como processos,

Leia mais

FLÁVIO ALENCAR DIREITO CONSTITUCIONAL

FLÁVIO ALENCAR DIREITO CONSTITUCIONAL FLÁVIO ALENCAR DIREITO CONSTITUCIONAL 78 QUESTÕES DE PROVAS DA BANCA ORGANIZADORA DO CONCURSO SEFAZ/MS E DE OUTRAS INSTITUIÇÕES DE MS GABARITADAS. Seleção das Questões: Prof. Flávio Alencar Coordenação

Leia mais

Planejando uma política de segurança da informação

Planejando uma política de segurança da informação Planejando uma política de segurança da informação Para que se possa planejar uma política de segurança da informação em uma empresa é necessário levantar os Riscos, as Ameaças e as Vulnerabilidades de

Leia mais

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA REDAÇÃO FINAL PROJETO DE LEI Nº 6.047-D, DE 2005. O CONGRESSO NACIONAL decreta:

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA REDAÇÃO FINAL PROJETO DE LEI Nº 6.047-D, DE 2005. O CONGRESSO NACIONAL decreta: COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA REDAÇÃO FINAL PROJETO DE LEI Nº 6.047-D, DE 2005 Cria o Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional - SISAN com vistas em assegurar o direito

Leia mais

Modelo - Projeto de Lei Municipal de criação do Conselho Municipal do Idoso

Modelo - Projeto de Lei Municipal de criação do Conselho Municipal do Idoso Fonte: Ministério Público do Rio Grande do Norte Responsável: Dra. Janaína Gomes Claudino Criação do Conselho Municipal do Idoso Modelo - Projeto de Lei Municipal de criação do Conselho Municipal do Idoso

Leia mais

2. (CESPE/MMA/2009) O modelo de federalismo brasileiro é do tipo segregador.

2. (CESPE/MMA/2009) O modelo de federalismo brasileiro é do tipo segregador. 1. (CESPE/SEJUS-ES/2009) A CF adota o presidencialismo como forma de Estado, já que reconhece a junção das funções de chefe de Estado e chefe de governo na figura do presidente da República. 2. (CESPE/MMA/2009)

Leia mais

1 - Processamento de dados

1 - Processamento de dados Conceitos básicos sobre organização de computadores 2 1 - Processamento de dados O que é processamento? O que é dado? Dado é informação? Processamento é a manipulação das informações coletadas (dados).

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 313 DE 02 DE DEZEMBRO DE 2013.

RESOLUÇÃO Nº 313 DE 02 DE DEZEMBRO DE 2013. RESOLUÇÃO Nº 313 DE 02 DE DEZEMBRO DE 2013. DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO E IMPLANTAÇÃO DO CONTROLE INTERNO DO PODER LEGISLATIVO DE POCONÉ E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS O Presidente da Câmara Municipal de Poconé,

Leia mais

DO CONSELHO NACIONAL DE ARQUIVOS

DO CONSELHO NACIONAL DE ARQUIVOS DECRETO Nº 4.073, DE 3 DE JANEIRO DE 2002 Regulamenta a Lei no 8.159, de 8 de janeiro de 1991, que dispõe sobre a política nacional de arquivos públicos e privados. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da

Leia mais

1. CAPÍTULO COMPUTADORES

1. CAPÍTULO COMPUTADORES 1. CAPÍTULO COMPUTADORES 1.1. Computadores Denomina-se computador uma máquina capaz de executar variados tipos de tratamento automático de informações ou processamento de dados. Os primeiros eram capazes

Leia mais

Informática. Rodrigo Schaeffer

Informática. Rodrigo Schaeffer Informática Rodrigo Schaeffer PREFEITURA DE PORTO ALEGRE- INFORMÁTICA Conceitos básicos de Word 2007; formatar, salvar e visualizar arquivos e documentos; alinhar, configurar página e abrir arquivos; copiar,

Leia mais

Introdução a Computação

Introdução a Computação Sistemas Operacionais: Software Oculto Introdução a Computação Sistemas Operacionais Serve como um intermediário entre o hardware e os softwares aplicativos. Sistema Operacional Software de sistemas Kernel

Leia mais

PROVA DE NOÇÕES DE DIREITO

PROVA DE NOÇÕES DE DIREITO 12 PROVA DE NOÇÕES DE DIREITO QUESTÃO 41 NÃO está correta a seguinte definição: a) DIREITO POSITIVO: o ordenamento ideal, correspondente a uma justiça superior e intrinsecamente boa e legítima. b) DIREITO

Leia mais

Institui a Política de Segurança da Informação da Advocacia-Geral da União, e dá outras providências.

Institui a Política de Segurança da Informação da Advocacia-Geral da União, e dá outras providências. PORTARIA No- 192, DE 12 DE FEVEREIRO DE 2010 Institui a Política de Segurança da Informação da Advocacia-Geral da União, e dá outras providências. O ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO, no uso de suas atribuições

Leia mais

DIREITO CONSTITUCIONAL. SIMULADO Prof. Cristiano Lopes

DIREITO CONSTITUCIONAL. SIMULADO Prof. Cristiano Lopes DIREITO CONSTITUCIONAL SIMULADO Prof. Cristiano Lopes SIMULADO DIREITO CONSTITUCIONAL 1. (FCC - 2013 - TRT - 18ª Região (GO) - Técnico Judiciário - Tecnologia da Informação) Analise o Art. 2, da Constituição

Leia mais

PROGRAMA BÁSICO - MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO

PROGRAMA BÁSICO - MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO PROGRAMA BÁSICO - MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO LÍNGUA PORTUGUESA Compreensão e interpretação de textos Tipologia textual Ortografia oficial Acentuação gráfica Emprego das classes de palavras Emprego do

Leia mais

12. Assinale a opção correta a respeito da composição e do funcionamento das juntas eleitorais.

12. Assinale a opção correta a respeito da composição e do funcionamento das juntas eleitorais. TRE-MT ANALIS. JUD. ADM CESPE 9. Assinale a opção correta com relação aos órgãos da justiça eleitoral. a) A justiça eleitoral é composta pelo Tribunal Superior Eleitoral ( TSE ), pelo TRE, na capital de

Leia mais

ParanáBanco. REGULAMENTO DE USO DO NETBANKING PARANÁ BANCO Atualizado em 16/09/2015

ParanáBanco. REGULAMENTO DE USO DO NETBANKING PARANÁ BANCO Atualizado em 16/09/2015 O Cliente, pela assinatura física e/ou eletrônica do Termo de Adesão e Uso do NetBanking Paraná Banco, adere ao presente Regulamento, definido conforme os seguintes termos e condições: 1. Regras de uso

Leia mais

BOAS PRÁTICAS DE SEGURANÇA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (TI)

BOAS PRÁTICAS DE SEGURANÇA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (TI) BOAS PRÁTICAS DE SEGURANÇA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (TI) André Gustavo Assessor Técnico de Informática MARÇO/2012 Sumário Contextualização Definições Princípios Básicos de Segurança da Informação Ameaças

Leia mais

DO CONSELHO MUNICIPAL DE DIREITOS DO IDOSO. Art. 2º. Compete ao Conselho Municipal de Direitos do Idoso:

DO CONSELHO MUNICIPAL DE DIREITOS DO IDOSO. Art. 2º. Compete ao Conselho Municipal de Direitos do Idoso: PROJETO DE LEI Nº 2.093/09, de 30 de junho de 2.009 Dispõe sobre criação do Conselho Municipal de Direitos do Idoso e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE GOIATUBA, Estado de Goiás, faz saber

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 11.346, DE 15 DE SETEMBRO DE 2006. Cria o Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional SISAN com vistas em assegurar

Leia mais

Professor: Roberto Franciscatto. Curso: Engenharia de Alimentos 01/2010 Aula 3 Sistemas Operacionais

Professor: Roberto Franciscatto. Curso: Engenharia de Alimentos 01/2010 Aula 3 Sistemas Operacionais Professor: Roberto Franciscatto Curso: Engenharia de Alimentos 01/2010 Aula 3 Sistemas Operacionais Um conjunto de programas que se situa entre os softwares aplicativos e o hardware: Gerencia os recursos

Leia mais

Sistemas Operacionais. (Capítulo 3) INTRODUÇÃO À ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO. Professor: Rosalvo Ferreira de Oliveira Neto

Sistemas Operacionais. (Capítulo 3) INTRODUÇÃO À ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO. Professor: Rosalvo Ferreira de Oliveira Neto Sistemas Operacionais (Capítulo 3) INTRODUÇÃO À ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO Professor: Rosalvo Ferreira de Oliveira Neto Estrutura 1. Definições 2. Classificações 3. CPU 4. Memória 5. Utilitários O que se

Leia mais

Senado Federal Subsecretaria de Informações

Senado Federal Subsecretaria de Informações Senado Federal Subsecretaria de Informações Data 19/12/2003 EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 41 Modifica os arts. 37, 40, 42, 48, 96, 149 e 201 da Constituição Federal, revoga o inciso IX do 3º do art. 142 da

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 4.073, DE 3 DE JANEIRO DE 2002. Regulamenta a Lei n o 8.159, de 8 de janeiro de 1991, que dispõe sobre a política nacional

Leia mais

Painel de Controle e Configurações

Painel de Controle e Configurações Painel de Controle e Configurações Painel de Controle FERRAMENTAS DO PAINEL DE CONTROLE: - Adicionar Hardware: Você pode usar Adicionar hardware para detectar e configurar dispositivos conectados ao seu

Leia mais

Painel de Controle Windows XP

Painel de Controle Windows XP Painel de Controle Windows XP Autor: Eduardo Gimenes Martorano Pág - 1 - APOSTILA PAINEL DE CONTROLE Pág - 2 - ÍNDICE INTRODUÇÃO:...4 PAINEL DE CONTROLE...4 TRABALHANDO COM O PAINEL DE CONTROLE:...4 ABRINDO

Leia mais

Certificado Digital A1

Certificado Digital A1 Abril/ Certificado Digital A1 Geração Página 1 de 32 Abril/ Pré requisitos para a geração Dispositivos de Certificação Digital Para que o processo de instalação tenha sucesso, é necessário obedecer aos

Leia mais

FAT32 ou NTFS, qual o melhor?

FAT32 ou NTFS, qual o melhor? FAT32 ou NTFS, qual o melhor? Entenda quais as principais diferenças entre eles e qual a melhor escolha O que é um sistema de arquivos? O conceito mais importante sobre este assunto, sem sombra de dúvidas,

Leia mais

200 Questões Fundamentadas do Ministério Público

200 Questões Fundamentadas do Ministério Público 1 Para adquirir a apostila digital de 200 Questões Fundamentadas acesse o site: www.odiferencialconcursos.com.br S U M Á R I O Apresentação...3 Questões...4 Respostas...59 Bibliografia...101 2 APRESENTAÇÃO

Leia mais

Softwares de Sistemas e de Aplicação

Softwares de Sistemas e de Aplicação Fundamentos dos Sistemas de Informação Softwares de Sistemas e de Aplicação Profª. Esp. Milena Resende - milenaresende@fimes.edu.br Visão Geral de Software O que é um software? Qual a função do software?

Leia mais

LEI Nº 2.699, DE 8 DE SETEMBRO DE 2014.

LEI Nº 2.699, DE 8 DE SETEMBRO DE 2014. LEI Nº 2.699, DE 8 DE SETEMBRO DE 2014. Dispõe sobre adequação da Lei nº 1.253, de 12 de abril de 1996 que instituiu o Conselho de Alimentação Escolar do Município de Ananindeua, e dá outras providências.

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE IMPERATRIZ GABINETE DO PREFEITO

ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE IMPERATRIZ GABINETE DO PREFEITO LEI COMPLEMENTAR Nº 003/2014 Dispõe sobre a instituição do Regime Jurídico Único dos Servidores Públicos Efetivos do Município de Imperatriz, e dá outras providências. SEBASTIÃO TORRES MADEIRA, PREFEITO

Leia mais

MODELO REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO MUNICIPAL DE ACOMPANHAMENTO E CONTROLE SOCIAL DO FUNDEB NO MUNICÍPIO DE DA FINALIDADE E COMPETÊNCIA DO CONSELHO

MODELO REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO MUNICIPAL DE ACOMPANHAMENTO E CONTROLE SOCIAL DO FUNDEB NO MUNICÍPIO DE DA FINALIDADE E COMPETÊNCIA DO CONSELHO MODELO O conteúdo desse Modelo de Regimento Interno representa a contribuição do MEC, colocada à disposição dos Governos Municipais, a título de apoio técnico, previsto no art. 30, I, da Lei nº 11.494,

Leia mais

Curso de Aprendizado Industrial Desenvolvedor WEB

Curso de Aprendizado Industrial Desenvolvedor WEB Curso de Aprendizado Industrial Desenvolvedor WEB Disciplina: Programação Orientada a Objetos II Professor: Cheli dos S. Mendes da Costa Modelo Cliente- Servidor Modelo de Aplicação Cliente-servidor Os

Leia mais

Introdução... 1. Instalação... 2

Introdução... 1. Instalação... 2 ONTE DO Introdução... 1 O que é IPP?... 1 Qual é a função de um software Samsung IPP?... 1 Instalação... 2 Requisitos do sistema... 2 Instalar o software Samsung IPP... 2 Desinstalar o software Samsung

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE AGRONÔMICA ESTADO DE SANTA CATARINA

PREFEITURA MUNICIPAL DE AGRONÔMICA ESTADO DE SANTA CATARINA EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO Nº 01/2014 JULGAMENTO DOS RECURSOS CONTRA QUESTÕES E GABARITO DAS PROVAS ESCRITAS Número de recursos Prova/Conteúdo Questão Despacho Decisão Dois candidatos impetraram recurso

Leia mais

PARECER Nº, DE 2013. RELATOR: Senador SÉRGIO SOUZA I RELATÓRIO

PARECER Nº, DE 2013. RELATOR: Senador SÉRGIO SOUZA I RELATÓRIO PARECER Nº, DE 2013 Da COMISSÃO DE MEIO AMBIENTE, DEFESA DO CONSUMIDOR E FISCALIZAÇÃO E CONTROLE, em decisão terminativa, sobre o Projeto de Lei do Senado nº 398, de 2012, do Senador Pedro Taques, que

Leia mais

Cartilha Ponto Biométrico

Cartilha Ponto Biométrico Cartilha Ponto Biométrico Secretaria Municipal de Administração, Orçamento e Informação 2 CONTROLE E APURAÇÃO DA FREQUÊNCIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS DA ADMINISTRAÇÃO DIRETA DO MUNICÍPIO DE DIVINÓPOLIS Prezado

Leia mais

LEI N. 108/91, DE 17 DE AGOSTO (LEI DO CONSELHO ECONÓMICO E SOCIAL)

LEI N. 108/91, DE 17 DE AGOSTO (LEI DO CONSELHO ECONÓMICO E SOCIAL) LEI N. 108/91, DE 17 DE AGOSTO (LEI DO CONSELHO ECONÓMICO E SOCIAL) Com as alterações introduzidas pelas seguintes leis: Lei n.º 80/98, de 24 de Novembro; Lei n.º 128/99, de 20 de Agosto; Lei n.º 12/2003,

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 067, DE 2011

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 067, DE 2011 PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 067, DE 2011 Regulamenta o exercício das profissões de transcritor e de revisor de textos em braille. O CONGRESSO NACIONAL decreta: Art. 1º Na produção de textos no sistema

Leia mais

LEI N 501, DE 02 DE JULHO DE 2009.

LEI N 501, DE 02 DE JULHO DE 2009. Pág. 1 de 6 LEI N 501, DE 02 DE JULHO DE 2009. CRIA COMISSÃO DE HIGIENE, SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO CIPA E A COMISSÃO GERAL DE HIGIENE, SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO CIPAG, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

Leia mais

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº, DE 2015

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº, DE 2015 PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº, DE 2015 As Mesas da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, nos termos do 3º do art. 60 da Constituição Federal, promulgam a seguinte Emenda ao texto constitucional:

Leia mais

- INFORMÁTICA - Noções de Informática. Banco do Brasil Escriturário Janeiro/2013 Caderno de Prova ESC, Tipo 004

- INFORMÁTICA - Noções de Informática. Banco do Brasil Escriturário Janeiro/2013 Caderno de Prova ESC, Tipo 004 - INFORMÁTICA - Banco do Brasil Escriturário Janeiro/2013 Caderno de Prova ESC, Tipo 004 49. Pedro esta utilizando o Microsoft Windows 7 Professional (em português) e deseja que uma pessoa, que utiliza

Leia mais

C0NTEÚDO PROGRAMÁTICO CURSO TROPA DE ELITE POLÍCIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL

C0NTEÚDO PROGRAMÁTICO CURSO TROPA DE ELITE POLÍCIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL C0NTEÚDO PROGRAMÁTICO CURSO TROPA DE ELITE POLÍCIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL 1. CONHECIMENTOS GERAIS 1.1. LÍNGUA PORTUGUESA: 1. Compreensão e intelecção de textos. 2. Tipologia textual. 3. Ortografia

Leia mais

REGULAMENTO DO AUTO-ATENDIMENTO SETOR PÚBLICO

REGULAMENTO DO AUTO-ATENDIMENTO SETOR PÚBLICO REGULAMENTO DO AUTO-ATENDIMENTO SETOR PÚBLICO O presente instrumento estabelece as normas regulamentares do AUTO-ATENDIMENTO SETOR PÚBLICO, destinado ao atendimento de Pessoas Jurídicas de direito público,

Leia mais

Microsoft Internet Explorer. Browser/navegador/paginador

Microsoft Internet Explorer. Browser/navegador/paginador Microsoft Internet Explorer Browser/navegador/paginador Browser (Navegador) É um programa que habilita seus usuários a interagir com documentos HTML hospedados em um servidor web. São programas para navegar.

Leia mais

RESOLUÇÃO CNRM/004/2001

RESOLUÇÃO CNRM/004/2001 RESOLUÇÃO CNRM/004/2001 A PRESIDENTE DA COMISSÃO NACIONAL DE RESIDÊNCIA MÉDICA (CNRM), no uso de sua atribuições previstas no art. 5.º do Decreto n.º 80.281, de 05 de setembro de 1977, e considerando o

Leia mais

a. Efetivos b. Autônomos c. Comissionados d. Empregados

a. Efetivos b. Autônomos c. Comissionados d. Empregados CONHECIMENTOS GERAIS 5 QUESTÕES 1. Segundo o Art. 5º do Estatuto do Servidor Público Municipal de Bom Jardim da Serra, quanto às formas de provimento os cargos públicos dividem-se em, exceto: a. Efetivos

Leia mais

Diretrizes e Procedimentos de Auditoria do TCE-RS RESOLUÇÃO N. 987/2013

Diretrizes e Procedimentos de Auditoria do TCE-RS RESOLUÇÃO N. 987/2013 Diretrizes e Procedimentos de Auditoria do TCE-RS RESOLUÇÃO N. 987/2013 Dispõe sobre as diretrizes e os procedimentos de auditoria a serem adotados pelo Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI N o 8.662, DE 7 DE JUNHO DE 1993. (Mensagem de veto). Dispõe sobre a profissão de Assistente Social e dá outras providências O

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO UNIVERSITÁRIO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO UNIVERSITÁRIO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 32/2014 Institui a política de segurança da informação da UFPB, normatiza procedimentos com esta finalidade e

Leia mais

Capítulo 12 PROVIMENTO ART. 8º

Capítulo 12 PROVIMENTO ART. 8º PROVIMENTO ART. 8º Capítulo 12 PROVIMENTO ART. 8º Significa o preenchimento de um cargo público, consubstanciado mediante ato administrativo de caráter funcional, pois o ato é que materializa ou formaliza

Leia mais

Aula 12 Lista de verificação de segurança para o Windows 7

Aula 12 Lista de verificação de segurança para o Windows 7 Aula 12 Lista de verificação de segurança para o Windows 7 Use esta lista de verificação para ter certeza de que você está aproveitando todas as formas oferecidas pelo Windows para ajudar a manter o seu

Leia mais

César Assis & Advogados

César Assis & Advogados BRASÍLIA, 21 DE MAIO DE 2013. EXMO SR. VEREADOR CARLOS HENRIQUE PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE BAEPENDI MINAS GERAIS. SENHOR PRESIDENTE. Consulta-nos esta Casa de Leis, sobre a obrigatoriedade dos Srs.

Leia mais

Formação dos integrantes do Conselho de Planejamento e Orçamento Participativos (CPOP)

Formação dos integrantes do Conselho de Planejamento e Orçamento Participativos (CPOP) Formação dos integrantes do Conselho de Planejamento e Orçamento Participativos (CPOP) Conceitos gerais de gestão pública: princípios e regras da administração pública, processos de licitação, contratos

Leia mais

PROVA DE CONHECIMENTOS GERAIS. Assinale a alternativa INCORRETA no que se refere aos direitos e deveres individuais e coletivos.

PROVA DE CONHECIMENTOS GERAIS. Assinale a alternativa INCORRETA no que se refere aos direitos e deveres individuais e coletivos. 12 PROVA DE CONHECIMENTOS GERAIS QUESTÃO 21: Assinale a alternativa INCORRETA no que se refere aos direitos e deveres individuais e coletivos. a) É livre a expressão da atividade intelectual, independentemente

Leia mais

Altera e consolida o Plano de Cargos e Salários da Câmara Municipal de Córrego do Ouro, e dá outras providências.

Altera e consolida o Plano de Cargos e Salários da Câmara Municipal de Córrego do Ouro, e dá outras providências. LEI N o 0692/2012 Córrego do Ouro/GO.,06 de Dezembro de 2012. Altera e consolida o Plano de Cargos e Salários da Câmara Municipal de Córrego do Ouro, e dá outras providências. O Prefeito Municipal. Faço

Leia mais

Poder Judiciário. Tabela 1 Poder Judiciário Primeira Instância Segunda Instância

Poder Judiciário. Tabela 1 Poder Judiciário Primeira Instância Segunda Instância O é a instituição encarregada de administrar justiça por meio dos tribunais. Sua função é assegurar o amparo, proteção ou tutela dos direitos dispostos nas leis. A Suprema Corte de Justiça é a máxima autoridade

Leia mais

PROVA CONTÁBEIS. A) painel de controle. B) windows explorer. C) internet explorer. D) calculadora. E) paint.

PROVA CONTÁBEIS. A) painel de controle. B) windows explorer. C) internet explorer. D) calculadora. E) paint. PROVA CONTÁBEIS 01. Quando selecionamos um arquivo e pressionamos simultaneamente as teclas SHIFT e DEL (ou DELETE) no sistema operacional Windows, estamos A) enviando o arquivo para a pasta Meus Documentos.

Leia mais

PONTO 1: Poderes Administrativos: - Poder Hierárquico continuação. - Poder de Polícia. - Poder Vinculado. - Poder Discricionário.

PONTO 1: Poderes Administrativos: - Poder Hierárquico continuação. - Poder de Polícia. - Poder Vinculado. - Poder Discricionário. 1 DIREITO ADMINISTRATIVO PONTO 1: Poderes Administrativos: - Poder Hierárquico continuação. - Poder de Polícia. - Poder Vinculado. - Poder Discricionário. 1)Poderes Administrativos: Poder hierárquico continuação:

Leia mais

Confrontada com o gabarito oficial e comentada. 75. A denominada licença GPL (já traduzida pra o português: Licença Pública Geral)

Confrontada com o gabarito oficial e comentada. 75. A denominada licença GPL (já traduzida pra o português: Licença Pública Geral) Prova Preambular Delegado São Paulo 2011 Módulo VI - Informática Confrontada com o gabarito oficial e comentada 75. A denominada licença GPL (já traduzida pra o português: Licença Pública Geral) a) Garante

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração do Sistema Cali LAB View

Manual de Instalação e Configuração do Sistema Cali LAB View Manual de Instalação e Configuração do Sistema Cali LAB View www.cali.com.br - Manual de Instalação e Configuração do Sistema Cali LAB View - Página 1 de 29 Índice INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO (FIREBIRD E

Leia mais

Medida Provisória nº de de 2008

Medida Provisória nº de de 2008 Medida Provisória nº de de 008 Dispõe sobre a criação da Gratificação de Desempenho de Atividade de Controle Interno e de Apoio Técnico ao Controle Interno no âmbito das Instituições Federais vinculadas

Leia mais

CONGRESSO NACIONAL MEDIDA PROVISÓRIA Nº 675 DE, 21 DE MAIO DE 2015.

CONGRESSO NACIONAL MEDIDA PROVISÓRIA Nº 675 DE, 21 DE MAIO DE 2015. CONGRESSO NACIONAL MEDIDA PROVISÓRIA Nº 675 DE, 21 DE MAIO DE 2015. (Mensagem nº 153, de 2015, na origem) Altera a Lei nº 7.689, de 15 de dezembro de 1988, para elevar a alíquota da Contribuição Social

Leia mais

ANEXO II PERFIL DOS TÉCNICOS E ANALISTAS, FORMAÇÃO E ATIVIDADES A DESENVOLVER

ANEXO II PERFIL DOS TÉCNICOS E ANALISTAS, FORMAÇÃO E ATIVIDADES A DESENVOLVER PERFIL DOS TÉCNICOS E ANALISTAS, FORMAÇÃO E ATIVIDADES A DESENVOLVER 1. FORMAÇÃO, CONHECIMENTO E HABILIDADES EXIGIDAS 1.1. PERFIL DE TÉCNICO EM INFORMÁTICA: 1.1.1.DESCRIÇÃO DO PERFIL: O profissional desempenhará

Leia mais

PORTARIA Nº 7876. O PREFEITO DE JUIZ DE FORA, no uso das atribuições que lhe confere a Legislação vigente,

PORTARIA Nº 7876. O PREFEITO DE JUIZ DE FORA, no uso das atribuições que lhe confere a Legislação vigente, PORTARIA Nº 7876 Dispõe sobre a Norma PSI/N.0001 - Utilização da Estação de Trabalho, nos termos dos arts. 20 e 24, da Resolução nº 041/2010-SPDE. O PREFEITO DE JUIZ DE FORA, no uso das atribuições que

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO

CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO RESOLUÇÃO N.º 13, DE 02 DE OUTUBRO DE 2006. (Alterada pela Res. 111/2014) Regulamenta o art. 8º da Lei Complementar 75/93 e o art. 26 da Lei n.º 8.625/93, disciplinando, no âmbito do Ministério Público,

Leia mais

O recurso argumenta que a opção D também poderia ser assinalada como correta.

O recurso argumenta que a opção D também poderia ser assinalada como correta. DEFENSORIA PÚBLICA ESTADO DO TOCANTINS CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS NOS CARGOS DE NÍVEL INTERMEDIÁRIO E NÍVEL SUPERIOR Analista em Gestão Especializado Administração Disciplina: Conhecimentos

Leia mais

constitucional dos Estados e Municípios d) supletiva da legislação dos Estados e Municípios e) concorrente com os Estados e os Municípios

constitucional dos Estados e Municípios d) supletiva da legislação dos Estados e Municípios e) concorrente com os Estados e os Municípios 01- O estabelecimento de normas gerais em matéria de legislação tributária sobre obrigação, lançamento, crédito, prescrição e decadência tributários, deverá fazer-se, segundo norma contida na Constituição,

Leia mais

*50425D34* Mensagem n o 342. Senhores Membros do Congresso Nacional,

*50425D34* Mensagem n o 342. Senhores Membros do Congresso Nacional, ** Mensagem n o 342 Senhores Membros do Congresso Nacional, Nos termos do disposto no art. 49, inciso I, combinado com o art. 84, inciso VIII, da Constituição, submeto à elevada consideração de Vossas

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 105, DE 10 DE JANEIRO DE 2001.

LEI COMPLEMENTAR Nº 105, DE 10 DE JANEIRO DE 2001. LEI COMPLEMENTAR Nº 105, DE 10 DE JANEIRO DE 2001. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, Dispõe sobre o sigilo das operações de instituições financeiras e dá outras providências. Faço saber que o Congresso Nacional

Leia mais

Correio Eletrônico Outlook Express. Prof. Rafael www.facebook.com/rafampsilva rafampsilva@yahoo.com.br

Correio Eletrônico Outlook Express. Prof. Rafael www.facebook.com/rafampsilva rafampsilva@yahoo.com.br Correio Eletrônico Outlook Express Prof. Rafael www.facebook.com/rafampsilva rafampsilva@yahoo.com.br O Microsoft Outlook é o principal cliente de mensagens e colaboração para ajudá-lo a obter os melhores

Leia mais

EMENTAS DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

EMENTAS DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS EMENTAS DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO 60 h 1º Evolução histórica dos computadores. Aspectos de hardware: conceitos básicos de CPU, memórias,

Leia mais

PARECER Nº, DE 2010. RELATOR: Senador ALVARO DIAS RELATOR AD HOC: Senador ANTONIO CARLOS JÚNIOR

PARECER Nº, DE 2010. RELATOR: Senador ALVARO DIAS RELATOR AD HOC: Senador ANTONIO CARLOS JÚNIOR PARECER Nº, DE 2010 Da COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA, sobre a Proposta de Emenda à Constituição nº 95, de 2003, primeiro signatário o Senador Paulo Paim, que dá nova redação ao inciso III,

Leia mais

Unidade III FUNDAMENTOS DE SISTEMAS. Prof. Victor Halla

Unidade III FUNDAMENTOS DE SISTEMAS. Prof. Victor Halla Unidade III FUNDAMENTOS DE SISTEMAS OPERACIONAIS Prof. Victor Halla Conteúdo Arquitetura de Processadores: Modo Operacional; Velocidade; Cache; Barramento; Etc. Virtualização: Maquinas virtuais; Gerenciamento

Leia mais

ASSISTÊNCIA BB PROTEÇÃO MÓDULO INFORMÁTICA Manual do Associado

ASSISTÊNCIA BB PROTEÇÃO MÓDULO INFORMÁTICA Manual do Associado ASSISTÊNCIA BB PROTEÇÃO MÓDULO INFORMÁTICA Manual do Associado OS SERVIÇOS DE ASSISTÊNCIA SÃO PRESTADOS PELA BRASIL ASSISTÊNCIA S.A., CNPJ: 68.181.221/0001-47 ASSISTÊNCIA BB PROTEÇÃO Ao necessitar de algum

Leia mais

Turma TCMRJ Técnico de Controle Externo 123 Módulo 1 4

Turma TCMRJ Técnico de Controle Externo 123 Módulo 1 4 Turma TCMRJ Técnico de Controle Externo 123 Módulo 1 4 Banca: SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO/RJ Edital SMA Nº 84/2010 (data da publicação: 27/09/2010) Carga horária (aulas presenciais): 126 horas

Leia mais

Sumário. Capítulo I Introdução à Informática... 13. Capítulo II Hardware... 23. INFORMATICA 29jun.indd 7 22/07/2014 15:18:01

Sumário. Capítulo I Introdução à Informática... 13. Capítulo II Hardware... 23. INFORMATICA 29jun.indd 7 22/07/2014 15:18:01 Sumário Capítulo I Introdução à Informática... 13 1. Conceitos Básicos... 13 2. Hardware... 15 3. Software... 15 4. Peopleware... 16 5. Os Profissionais de Informática:... 16 6. Linguagem de Computador

Leia mais

Para resolver as questões abaixo considere o Sistema Operacional Microsoft Windows Vista

Para resolver as questões abaixo considere o Sistema Operacional Microsoft Windows Vista Nome: Gabarito Para resolver as questões abaixo considere o Sistema Operacional Microsoft Windows Vista 1) O Centro das configurações do Windows, onde pode ser acessado cada um dos dispositivos componentes

Leia mais

CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL. (Do Deputado Robério Negreiros) ~1.. ::J ".,,.",

CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL. (Do Deputado Robério Negreiros) ~1.. ::J .,,., CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL EMENDA N 1 /2015 (MODIFICATIVA) (Do Deputado Robério Negreiros) Ao Projeto de Lei no 145 de 2015 que "Dispõe sobre a publicação mensal, em diário oficial e outros

Leia mais