Programações de Automação Biotécnica COBAS MIRA S

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Programações de Automação Biotécnica COBAS MIRA S"

Transcrição

1 Página 1

2 Página 2 Indice ÁCIDO ÚRICO 03 ALBUMINA 04 -AMILASE 05 ALT/TGP 06 AST/TGO 07 BILIRRUBINA DIRETA (MONO) 08 BILIRRUBINA DIRETA (BI) 09 BILIRRUBINA TOTAL (MONO) 10 BILIRRUBINA TOTAL (BI) 11 CÁLCIO ASX 12 CALCIO CPC 13 CK NAC 14 CK MB 15 CLORO 16 COLESTEROL 17 COLINESTERASE 18 CREATININA 19 CREATININA MONO 20 DESIDROGENASE LÁTICA 21 FERRO FEZ 22 FOSFATASE ALCALINA 23 FÓSFORO UV 24 FRUTOSAMINA 25 GAMA GT 26 GLICOSE 27 HDL PRECIPITANTE 28 HDL COLESTEROL DIRETO 29 IBC 30 LACTATO 31 LDL COLESTEROL 32 LIPASE 33 MAGNÉSIO 34 PROTEINAS TOTAIS 35 PROTEÍNA URINÁRIA 36 TRIGLICÉRIDES 37 UREIA UV 38 As programações Biotécnica servem como guia para operação do Para o bom funcionamento é ideal que a implantação do reagente seja acompanha por profissional técnico capacitado que será capaz de executar ajustes necessários. A BioTécnica não se responsabiliza pelo uso indevido dessas programações. Em caso de dúvida entre em contato com nosso SAC.

3 Página 3 ÁCIDO ÚRICO CATÁLOGO BT COLORIMÉTRICO ENZIMÁTICO Nº DETERMINAÇÕES Apresentação Apresentação Reagente pronto para uso. GENERAL TEST RANGE LOW 0.0 mg/dl MEASUREMENT MODE ABSORB HIGH 20.0 mg/dl CLEANER NO CALCULATION STEPS A ENDPOINT WAVELENGTH 500 nm READING FIRST T1 DECIMAL POSITION 2 LAST 18 UNIT mg/dl CALIBRATION POST DIL. FACTOR 2 TIME NO VOLUME 5 µl REAGENT RANGE LOW NO VOLUME 30 µl STANDARD POS * VOLUME 250 µl STD-2 STD-3 CALCULATION REPLICATE DUPL SAMPLE LIMIT NO DEVIATION 10.0 % REACTION DIRECTION INCREASE CONTROL CHECK ON CS1 POS * CONVERSION FACTOR CS2 POS * OFFSET CS3 POS - Inserir a concentração indicada no calibrador Biotécnica

4 Página 4 ALBUMINA CATÁLOGO BT COLORIMÉTRICO Nº DETERMINAÇÕES APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO Reagente pronto para uso. GENERAL TEST RANGE LOW 0.00 g/dl MEASUREMENT MODE ABSORB HIGH 6.00 g/dl CLEANER NO CALCULATION STEPS A ENDPOINT WAVELENGTH 600 nm READING FIRST CB DECIMAL POSITION 2 LAST 3 UNIT g/dl CALIBRATION POST DIL. FACTOR NO TIME VOLUME 2.0 µl REAGENT RANGE LOW ΔA DILUTION NAME H2O HIGH ΔA VOLUME 30.0 µl STANDARD POS * VOLUME 300 µl STD-2 NO CALCULATION STD-3 NO SAMPLE LIMIT NO REPLICATE DUPL REACTION DIRECTION INCREASE DEVIATION 10.0 % CHECK OFF CONTROL CONVERSION FACTOR CS1 POS * OFFSET CS2 POS * CS3 POS - Inserir a concentração indicada no calibrador Biotécnica

5 Página 5 -AMILASE CATÁLOGO BT CINÉTICO COLORIMÉTRICO Nº DETERMINAÇÕES APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO Reagente pronto para uso. GENERAL TEST RANGE LOW NO MEASUREMENT MODE ABSORB HIGH 1000 CALIBRATION MODE SLOPE AVG HIGH NO CLEANER BEFORE CALCULATION STEPS A KINETIC WAVELENGTH 405 nm READING FIRST 8 DECIMAL POSITION 1 LAST 15 UNIT U/L REACTION LIMIT NO CALIBRATION POST DIL. FACTOR 2 TIME NO VOLUME 4 µl REAGENT RANGE LOW NO VOLUME 10.0 µl STANDARD POS * REAGENT CYCLE 1 VOLUME 250 µl CONTROL CALCULATION CS1 POS * SAMPLE LIMIT NO CS2 POS * REACTION DIRECTION INCREASE CS3 POS * CHECK ON CONVERSION FACTOR OFFSET - Inserir a concentração indicada no calibrador Biotécnica

6 Página 6 ALT/TGP CATÁLOGO BT CINÉTICO UV Nº DETERMINAÇÕES APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO Reagente de trabalho: Misturar 4 partes do Reagente A com 1 parte do Reagente B e homogeneizar suavemente. CALIBRADORES CONTROLES GENERAL TEST RANGE LOW NO MEASUREMENT MODE ABSORB HIGH 350 CLEANER BEFORE CALCULATION STEPS A KINSEARCH WAVELENGTH 340 nm READING FIRST 3 DECIMAL POSITION 1 LAST 11 UNIT U/L REACTION LIMIT NO CALIBRATION POST DIL. FACTOR 8 TIME NO VOLUME 15.0 µl REAGENT RANGE LOW NO VOLUME 10.0 µl STANDARD POS * REAGENT CYCLE 1 VOLUME 150 µl CONTROL CALCULATION CS1 POS * SAMPLE LIMIT NO CS2 POS * REACTION DIRECTION DECREASE CS3 POS * CHECK ON CONVERSION FACTOR OFFSET - Inserir a concentração indicada no calibrador Biotécnica

7 Página 7 AST/TGO CATÁLOGO BT CINÉTICO UV Nº DETERMINAÇÕES APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO Reagente de trabalho: Misturar 4 partes do Reagente A com 1 parte do Reagente B e homogeneizar suavemente. CALIBRADORES CONTROLES GENERAL TEST RANGE LOW NO MEASUREMENT MODE ABSORB HIGH 440 CALIBRATION MODE SLOP AVG HIGH NO CLEANER BEFORE CALCULATION STEPS A KINSEARCH WAVELENGTH 340 nm READING FIRST 3 DECIMAL POSITION 1 LAST 11 UNIT U/L REACTION LIMIT NO CALIBRATION POST DIL. FACTOR 8 TIME NO VOLUME 15.0 µl REAGENT RANGE LOW NO VOLUME 10.0 µl STANDARD POS * REAGENT CYCLE 1 VOLUME 150 µl CONTROL CALCULATION CS1 POS * SAMPLE LIMIT NO CS2 POS * REACTION DIRECTION DECREASE CS3 POS * CHECK ON CONVERSION FACTOR OFFSET - Inserir a concentração indicada no calibrador Biotécnica

8 Página 8 BILIRRUBINA DIRETA (MONORREAGENTE) CATÁLOGO BT COLORIMÉTRICO Nº DETERMINAÇÕES Apresentação Apresentação Misturar 30 partes do Reagente 1 (Bilirrubina Direta) + 1 parte do Reagente 3 (Nitrito) e homogeneizar suavemente. CALIBRADORES CONTROLES GENERAL TEST RANGE LOW 0.00 mg/dl MEASUREMENT MODE ABSORB HIGH mg/dl CALIBRATION MODE SLOP AVG HIGH NO CLEANER NO CALCULATION STEPS A ENDPOINT WAVELENGTH 550 nm READING FIRST 2 DECIMAL POSITION 2 LAST 14 UNIT mg/dl CALIBRATION POST DIL. FACTOR NO TIME SAMPLE CYCLE 3 HIGH NO VOLUME 15.0 µl REAGENT RANGE LOW NO VOLUME 20.0 µl STANDARD POS * VOLUME 250 µl STD-2 - CALCULATION STD-3 - SAMPLE LIMIT NO REPLICATE DUPL REACTION DIRECTION INCREASE DEVIATION * CHECK ON CONTROL CONVERSION FACTOR CS1 POS * OFFSET CS2 POS * CS3 POS - Inserir a concentração indicada no calibrador Biotécnica

9 Página 9 BILIRRUBINA DIRETA (BI-REAGENTE) CATÁLOGO BT COLORIMÉTRICO Nº DETERMINAÇÕES Apresentação Apresentação Reagentes pronto para Uso. R1 Bilirrubina Direta RNi Nitrito CALIBRADORES CONTROLES GENERAL TEST RANGE LOW 0.00 mg/dl MEASUREMENT MODE ABSORB HIGH mg/dl REACTION MODE R-S-SR1 NORM RANGE LOW NO CLEANER NO CALCULATION STEPS A ENDPOINT WAVELENGTH 550 nm READING FIRST 1 DECIMAL POSITION 2 LAST 10 UNIT mg/dl ANALYSIS CALIBRATION POST DIL. FACTOR NO CALIB. INTERVAL ON REQUEST CONC. FACTOR NO TIME SAMPLE CYCLE 2 BLANK RANGE LOW NO VOLUME 25 µl HIGH NO DILUTION NAME H2O REAGENT RANGE LOW NO VOLUME 10.0 µl HIGH NO REAGENT CYCLE 1 STANDARD POS * VOLUME 375 µl START R1 CYCLE 1 STD-2 - VOLUME 15 μl STD-3 - DILUENT NAME H2O VOLUME 10.0 µl REPLICATE DUPL CALCULATION DEVIATION * SAMPLE LIMIT NO REACTION DIRECTION INCREASE CONTROL CHECK ON CS1 POS * CONVERSION FACTOR CS2 POS * OFFSET CS3 POS - Inserir a concentração indicada no calibrador Biotécnica

10 Página 10 BILIRRUBINA TOTAL (MONORREAGENTE) CATÁLOGO BT COLORIMÉTRICO Nº DETERMINAÇÕES Apresentação Apresentação Misturar 30 partes do Reagente 2 (Bilirrubina Total) + 1 parte do Reagente 3 (Nitrito) e homogeneizar suavemente. CALIBRADORES CONTROLES GENERAL TEST RANGE LOW 0.00 mg/dl MEASUREMENT MODE ABSORB HIGH mg/dl CALIBRATION MODE SLOP AVG HIGH NO CLEANER NO CALCULATION STEPS A ENDPOINT WAVELENGTH 550 nm READING FIRST 2 DECIMAL POSITION 2 LAST 14 UNIT mg/dl CALIBRATION POST DIL. FACTOR NO TIME SAMPLE CYCLE 3 HIGH NO VOLUME 15.0 µl REAGENT RANGE LOW NO VOLUME 20.0 µl STANDARD POS * VOLUME 250 µl STD-2 - CALCULATION STD-3 - SAMPLE LIMIT NO REPLICATE DUPL REACTION DIRECTION INCREASE DEVIATION * CHECK ON CONTROL CONVERSION FACTOR CS1 POS * OFFSET CS2 POS * CS3 POS - Inserir a concentração indicada no calibrador Biotécnica

11 Página 11 BILIRRUBINA TOTAL (BI-REAGENTE) CATÁLOGO BT COLORIMÉTRICO Nº DETERMINAÇÕES Apresentação Apresentação Reagentes pronto para Uso. R1 Bilirrubina Total RNi Nitrito CALIBRADORES CONTROLES GENERAL TEST RANGE LOW 0.00 mg/dl MEASUREMENT MODE ABSORB HIGH mg/dl REACTION MODE R-S-SR1 NORM RANGE LOW NO CLEANER NO CALCULATION STEPS A ENDPOINT WAVELENGTH 550 nm READING FIRST 1 DECIMAL POSITION 2 LAST 10 UNIT mg/dl ANALYSIS CALIBRATION POST DIL. FACTOR NO CALIB. INTERVAL ON REQUEST CONC. FACTOR NO TIME SAMPLE CYCLE 2 BLANK RANGE LOW NO VOLUME 25 µl HIGH NO DILUTION NAME H2O REAGENT RANGE LOW NO VOLUME 10.0 µl HIGH NO REAGENT CYCLE 1 STANDARD POS * VOLUME 375 µl START R1 CYCLE 1 STD-2 - VOLUME 15 μl STD-3 - DILUENT NAME H2O VOLUME 10.0 µl REPLICATE DUPL CALCULATION DEVIATION * SAMPLE LIMIT NO REACTION DIRECTION INCREASE CONTROL CHECK ON CS1 POS * CONVERSION FACTOR CS2 POS * OFFSET CS3 POS - Inserir a concentração indicada no calibrador Biotécnica

12 Página 12 CÁLCIO ASX CATÁLOGO BT ARSENAZO III Nº DETERMINAÇÕES 330 Reagente pronto para uso. GENERAL TEST RANGE LOW NO MEASUREMENT MODE ABSORB HIGH 20 mg/dl CLEANER BEFORE CALCULATION STEPS A ENDPOINT WAVELENGTH 600 nm READING FIRST 1 DECIMAL POSITION 1 LAST 6 UNIT mg/dl CALIBRATION POST DIL. FACTOR NO TIME ** SAMPLE CYCLE 2 HIGH NO VOLUME 3.0 µl REAGENT RANGE LOW NO VOLUME 10.0 µl STANDARD POS * VOLUME 300 µl STD-2 NO STD-3 NO CALCULATION REPLICATE DUPL SAMPLE LIMIT NO DEVIATION 10.0 % REACTION DIRECTION INCREASE CONTROL CHECK ON CS1 POS * CONVERSION FACTOR CS2 POS * OFFSET CS3 POS - Inserir a concentração indicada no calibrador Biotécnica

13 Página 13 CÁLCIO CATÁLOGO BT CPC Nº DETERMINAÇÕES 330 Misturar o Reagente A + Reagente B na proporção de 1:1. O Reagente de trabalho é estável 24 horas em temperatura de 10 a 30 ºC. Estabilidade do Reagente de Trabalho GENERAL TEST RANGE LOW NO MEASUREMENT MODE ABSORB HIGH 20 mg/dl CLEANER NO CALCULATION STEPS A ENDPOINT WAVELENGTH 550 nm READING FIRST 1 DECIMAL POSITION 2 LAST 11 UNIT mg/dl CALIBRATION POST DIL. FACTOR 2 TIME NO SAMPLE CYCLE 2 HIGH NO VOLUME 3 µl REAGENT RANGE LOW NO VOLUME 30 µl STANDARD POS * VOLUME 300 µl STD-2 STD-3 CALCULATION REPLICATE DUPL SAMPLE LIMIT NO DEVIATION 10% REACTION DIRECTION INCREASE CONTROL CHECK ON CS1 POS * CONVERSION FACTOR CS2 POS * OFFSET CS3 POS - Inserir a concentração indicada no calibrador Biotécnica

14 Página 14 CK NAC CATÁLOGO BT CINÉTICO UV Nº DETERMINAÇÕES APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO Reagente de trabalho: Misturar 4 partes do Reagente A com 1 parte do Reagente B e homogeneizar suavemente. CALIBRADORES CONTROLES GENERAL TEST RANGE LOW 0.0 U/L MEASUREMENT MODE ABSORB HIGH U/L CALIBRATION MODE SLOP AVG HIGH NO CLEANER NO CALCULATION STEPS A KINETIC WAVELENGTH 340 nm READING FIRST 5 DECIMAL POSITION 1 LAST 13 UNIT U/L REACTION LIMIT ΔA POINT 1 CALIBRATION POST DIL. FACTOR 2.00 TIME NO VOLUME 8.0 µl REAGENT RANGE LOW NO VOLUME 10.0 µl STANDARD POS * VOLUME 190 µl CONTROL CALCULATION CS1 POS * SAMPLE LIMIT NO CS2 POS * REACTION DIRECTION INCREASE CS3 POS * CHECK ON CONVERSION FACTOR OFFSET - Inserir a concentração indicada no calibrador Biotécnica

15 Página 15 CK MB CATÁLOGO BT CINÉTICO UV Nº DETERMINAÇÕES APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO Reagente de trabalho: Misturar 4 partes do Reagente A com 1 parte do Reagente B e homogeneizar suavemente. CALIBRADORES. Utilizar Fator Fixo CONTROLES Para avaliar o desempenho do teste, sugere-se a utilização do controle de CKMB Incluso no KIT. GENERAL TEST RANGE LOW NO MEASUREMENT MODE ABSORB HIGH 600 U/L CALIBRATION MODE FACTOR HIGH NO CLEANER BEFORE CALCULATION STEPS A KINETIC WAVELENGTH 340 nm READING FIRST 5 DECIMAL POSITION 1 LAST 18 UNIT U/L REACTION LIMIT ΔA POINT 1 CALIBRATION POST DIL. FACTOR 2.00 VOLUME 8.0 µl REAGENT RANGE LOW NO VOLUME 10.0 µl FACTOR REAGENT CYCLE 1 CONTROL VOLUME 190 µl CS1 POS * CALCULATION CS2 POS * SAMPLE LIMIT NO CS3 POS * REACTION DIRECTION INCREASE CHECK ON CONVERSION FACTOR OFFSET 0.000

16 Página 16 CLORO CATÁLOGO BT COLORIMÉTRICO Nº DETERMINAÇÕES Apresentação Apresentação Reagente pronto para uso. GENERAL TEST RANGE LOW 70.0 meq /L MEASUREMENT MODE ABSORB HIGH meq/l CLEANER NO CALCULATION STEPS A ENDPOINT WAVELENGTH 500 nm READING FIRST CB DECIMAL POSITION 1 LAST 10 UNIT meq/l CALIBRATION POST DIL. FACTOR 2.00 VOLUME 2.0 µl REAGENT RANGE LOW NO VOLUME 20.0 µl STANDARD POS * VOLUME 400 µl STD-2 NO CALCULATION STD-3 NO SAMPLE LIMIT ΔA REPLICATE DUPL POINT T1 DEVIATION 10% REACTION DIRECTION INCREASE CONTROL CHECK ON CS1 POS * CONVERSION FACTOR CS2 POS * OFFSET CS3 POS - Inserir a concentração indicada no calibrador Biotécnica

17 Página 17 COLESTEROL CATÁLOGO BT ENZIMÁTICO COLORIMÉTRICO Nº DETERMINAÇÕES APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO Reagente pronto para uso. GENERAL TEST RANGE LOW 0.0 mg/dl MEASUREMENT MODE ABSORB HIGH mg/dl CLEANER BEFORE CALCULATION STEPS A ENDPOINT WAVELENGTH 500 nm READING FIRST 1 DECIMAL POSITION 1 LAST 12 UNIT mg/dl CALIBRATION POST DIL. FACTOR 2.00 TIME NO SAMPLE CYCLE 2 HIGH NO VOLUME 3.0 µl REAGENT RANGE LOW NO VOLUME 30.0 µl STANDARD POS * VOLUME 300 µl STD-2 NO CALCULATION STD-3 NO SAMPLE LIMIT NO REPLICATE DUPL REACTION DIRECTION INCREASE DEVIATION 10% CHECK ON CONTROL CONVERSION FACTOR CS1 POS * OFFSET CS2 POS * CS3 POS - Inserir a concentração indicada no calibrador Biotécnica

18 Página 18 COLINESTERASE CATÁLOGO BT CINÉTICA N DETERMINAÇÕES APRESENTAÇÃO 1 95 ABRIL/2012 Reagentes pronto para uso Utilizar o Fator de Para avaliar o desempenho do teste, sugere-se a utilização dos controles do Programa Calibração Nacional de Controle de Qualidade e ControlLab. GENERAL TEST RANGE LOW 500 MEASUREMENT MODE ABSORB HIGH REACTION MODE R-S-SR1 NORM RANGE LOW NO CALIBRATION MODE FACTOR HIGH NO CLEANER NO CALCULATION STEPS A KINETIC WAVELENGTH 405 nm READING FIRST 7 DECIMAL POSITION 0 LAST 10 UNIT U/L REACTION LIMIT NO ANALYSIS CALIBRATION POST DIL. FACTOR NO CONC. FACTOR NO CALIB. INTERVAL ON REQUEST SAMPLE CYCLE 1 TIME NO VOLUME 4.8 µl DILUTION NAME H2O BLANK RANGE LOW NO VOLUME 10 µl HIGH NO REAGENT CYCLE 1 VOLUME 230 REAGENT RANGE LOW NO START R1 CYCLE 4 HIGH NO VOLUME 38 FACTOR DILUENT NAME H2O VOLUME 10.0 µl CONTROL CALCULATION CS1 POS * SAMPLE LIMIT NO CS2 POS * REACTION DIRECTION DECREASE CS3 POS * CHECK OFF CONVERSION FACTOR OFFSET 0.000

19 Página 19 CREATININA CATÁLOGO BT COLORIMÉTRICO Nº DETERMINAÇÕES APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO Misturar 1 parte do Reagente A + 1 parte do Reagente B. GENERAL TEST RANGE LOW 0.0 mg/dl MEASUREMENT MODE ABSORB HIGH 12.0 mg/dl CLEANER NO CALCULATION STEPS A ENDPOINT WAVELENGTH 500 nm READING FIRST 2 DECIMAL POSITION 2 LAST 4 UNIT mg/dl CALIBRATION POST DIL. FACTOR 2.00 VOLUME 20.0 µl REAGENT RANGE LOW NO VOLUME 20.0 µl STANDARD POS * VOLUME 200 µl STD-2 NO CALCULATION STD-3 NO SAMPLE LIMIT NO REPLICATE DUPL REACTION DIRECTION INCREASE DEVIATION 10% CHECK ON CONTROL CONVERS FACTOR CS1 POS * OFFSET CS2 POS * CS3 POS - Inserir a concentração indicada no calibrador Biotécnica

20 Página 20 CREATININA MONO CATÁLOGO BT COLORIMÉTRICO Nº DETERMINAÇÕES APRESENTAÇÃO 750 MAR/2014 Reagente pronto para Uso. GENERAL TEST RANGE LOW 0.0 mg/dl MEASUREMENT MODE ABSORB HIGH 20.0 mg/dl CLEANER NO CALCULATION STEPS A ENDPOINT WAVELENGTH 500 nm READING FIRST 1 DECIMAL POSITION 2 LAST 5 UNIT mg/dl CALIBRATION POST DIL. FACTOR 2.00 VOLUME 20.0 µl REAGENT RANGE LOW NO VOLUME 10.0 µl STANDARD POS * VOLUME 200 µl STD-2 NO CALCULATION STD-3 NO SAMPLE LIMIT NO REPLICATE DUPL REACTION DIRECTION INCREASE DEVIATION 10% CHECK ON CONTROL CONVERS FACTOR CS1 POS * OFFSET CS2 POS * CS3 POS - Inserir a concentração indicada no calibrador Biotécnica

21 Página 21 DESIDROGENASE LÁCTICA CATÁLOGO BT CINÉTICO UV Nº DETERMINAÇÕES 220 Reagente de trabalho: Misturar 4 partes do Reagente A com 1 parte do Reagente B e homogeneizar suavemente. CALIBRADORES CONTROLES GENERAL TEST RANGE LOW 0.0 U/L MEASUREMENT MODE ABSORB HIGH U/L CALIBRATION MODE SLOP AVG HIGH NO CLEANER NO CALCULATION STEPS A KINETIC WAVELENGTH 340 nm READING FIRST 3 DECIMAL POSITION 1 LAST 11 UNIT U/L REACTION LIMIT ΔA POINT T1 CALIBRATION POST DIL. FACTOR 2.00 CONC. FACTOR NO REAGENT RANGE LOW NO VOLUME 5.0 µl BLANK RANGE LOW NO VOLUME 20.0µL STANDARD POS * REAGENT CYCLE 1 CONTROL VOLUME 225 µl CS1 POS * CALCULATION CS2 POS * SAMPLE LIMIT ΔA CS3 POS * POINT: T1 REACTION DIRECTION DECREASE CHECK ON CONVERSION FACTOR OFFSET - Inserir a concentração indicada no calibrador Biotécnica

22 Página 22 FERRO FEZ CATÁLOGO BT FEROZINE Nº DETERMINAÇÕES 160 Reagente 1: Reagente A. Reagente 2: Reagente B (Ferrozine) Utilizar o Padrão de Para avaliar o desempenho do teste, sugere-se a utilização de Controles Ferro (Incluso no KIT) GENERAL CONVERSION FACTOR MEASUREMENT MODE ABSORB OFFSET REACTION MODE R-S-SR1 TEST RANGE LOW 0.0 µg/dl CALIBRATION MODE SLOPE AVG HIGH µg/dl REAGENT BLANK REAG/DIL NORM RANGE LOW NO CLEANER NO HIGH NO WAVELENGTH 550 nm NUMBER OF STEPS 1 DECIMAL POSITION 1 CALCULATION STEPS A ENDPOINT UNIT g/dl READING FIRST 3 ANALYSIS LAST 10 POST DIL. FACTOR NO CALIBRATION CONC. FACTOR NO CALIB. INTERVAL ON REQUEST SAMPLE CYCLE 1 VOLUME 75.0 µl BLANK RANGE LOW NO VOLUME 20.0 µl REAGENT RANGE LOW NO REAGENT CYCLE 1 HIGH NO VOLUME 250 µl STANDARD POS * START R1 CYCLE 4 VOLUME 62.0 µl STD-2 NO DILUTION NAME H2O STD-3 NO VOLUME 20.0 µl REPLICATE DUPL CALCULATION DEVIATION 10% SAMPLE LIMIT NO CONTROL REACTION DIRECTION INCREASE CS1 POS * CHECK ON CS2 POS * CS3 POS - Inserir a concentração indicada no calibrador Biotécnica

23 Página 23 FOSFATASE ALCALINA CATÁLOGO BT CINÉTICO COLORIMÉTRICO Nº DETERMINAÇÕES 220 Reagente de trabalho: Misturar 4 partes do Reagente A com 1 parte do Reagente B e homogeneizar suavemente. CALIBRADORES CONTROLES GENERAL TEST RANGE LOW 0.0 U/L MEASUREMENT MODE ABSORB HIGH U/L CALIBRATION MODE SLOP AVG HIGH NO CLEANER NO CALCULATION STEPS A KINETIC WAVELENGTH 405 nm READING FIRST 4 DECIMAL POSITION 1 LAST 12 UNIT U/L REACTION LIMIT A POINT T1 CALIBRATION POST DIL. FACTOR 5.00 VOLUME 5.0 µl REAGENT RANGE LOW NO VOLUME 25.0 µl STANDARD POS * REAGENT CYCLE 1 CONTROL VOLUME 225 µl CS1 POS * CALCULATION CS2 POS * SAMPLE LIMIT A CS3 POS * POINT T1 REACTION DIRECTION INCREASE CHECK ON CONVERSION FACTOR OFFSET - Inserir a concentração indicada no calibrador Biotécnica

24 Página 24 FÓSFORO UV CATÁLOGO BT MOLIBIDATO UV Nº DETERMINAÇÕES Apresentação Apresentação Reagente pronto para uso. GENERAL TEST RANGE LOW 0.0 mg/dl MEASUREMENT MODE ABSORB HIGH 15.0 mg/dl CLEANER NO CALCULATION STEPS A ENDPOINT WAVELENGTH 340 nm READING FIRST 1 DECIMAL POSITION 2 LAST 6 UNIT mg/dl CALIBRATION POST DIL. FACTOR 2.00 SAMPLE CYCLE 2 HIGH NO VOLUME 4.0 µl REAGENT RANGE LOW NO VOLUME 20.0 µl STANDARD POS * VOLUME 250 µl STD-2 NO CALCULATION STD-3 NO SAMPLE LIMIT NO REPLICATE DUPL REACTION DIRECTION INCREASE DEVIATION 10.0 % CHECK ON CONTROL CONVERSION FACTOR CS1 POS * OFFSET CS2 POS * CS3 POS - Inserir a concentração indicada no calibrador Biotécnica

25 Página 25 FRUTOSAMINA CATÁLOGO Cinético Colorimétrico Nº DETERMINAÇÕES 330 Reagente pronto para uso. Calibrador de Frutosamina (incluso no kit) GENERAL TEST RANGE LOW 0.0 µmol/l MEASUREMENT MODE ABSORB HIGH 800 µmol/l CLEANER NO CALCULATION STEPS A ENDPOINT WAVELENGTH 550 nm READING FIRST 25 DECIMAL POSITION 2 LAST 37 UNIT mmol/l CALIBRATION POST DIL. FACTOR NO VOLUME 15.0 µl REAGENT RANGE LOW NO VOLUME 10.0 µl STANDARD POS * VOLUME 300 µl STD-2 NO CALCULATION STD-3 NO SAMPLE LIMIT ON REPLICATE DUPL REACTION DIRECTION INCREASE DEVIATION 10.0 % CHECK ON CONTROL CONVERSION FACTOR CS1 POS * OFFSET CS2 POS * CS3 POS - Inserir a concentração indicada no calibrador Biotécnica Calibrador de Frutosamina

26 Página 26 GAMA GT CATÁLOGO BT CINÉTICO COLORIMÉTRICO Nº DETERMINAÇÕES 220 Reagente de trabalho: Misturar 4 partes do Reagente A com 1 parte do Reagente B e homogeneizar suavemente. CALIBRADORES CONTROLES GENERAL TEST RANGE LOW 0.0 U/L MEASUREMENT MODE ABSORB HIGH 250 U/L CALIBRATION MODE SLOP AVG HIGH NO CLEANER NO CALCULATION STEPS A KINETIC WAVELENGTH 405 nm READING FIRST 4 DECIMAL POSITION 1 LAST 8 UNIT U/L REACTION LIMIT A POINT T1 CALIBRATION POST DIL. FACTOR 5.00 TIME ** VOLUME 25µL REAGENT RANGE LOW NO VOLUME 25 µl STANDARD POS * REAGENT CYCLE 1 CONTROL VOLUME 225 µl CS1 POS * CALCULATION CS2 POS * SAMPLE LIMIT NO CS3 POS * REACTION DIRECTION INCREASE CHECK ON CONVERSION FACTOR OFFSET - Inserir a concentração indicada no calibrador Biotécnica

27 Página 27 GLICOSE CATÁLOGO BT COLORIMÉTRICO ENZIMÁTICO Nº DETERMINAÇÕES APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO Reagente pronto para uso. GENERAL TEST RANGE LOW 0.0 mg/dl MEASUREMENT MODE ABSORB HIGH 400 mg/dl CLEANER NO CALCULATION STEPS A ENDPOINT WAVELENGTH 500 nm READING FIRST 1 DECIMAL POSITION 1 LAST 20 UNIT mg/dl CALIBRATION POST DIL. FACTOR 2 TIME NO VOLUME 2,5 µl REAGENT RANGE LOW NO VOLUME 10 µl STANDARD POS * VOLUME 250 µl STD-2 CALCULATION STD-3 SAMPLE LIMIT NO REPLICATE DUPL REACTION DIRECTION INCREASE DEVIATION 10.0 % CHECK ON CONTROL CONVERSION FACTOR CS1 POS * OFFSET CS2 POS * CS3 POS - Inserir a concentração indicada no calibrador Biotécnica

28 Página 28 HDL COLESTEROL CATÁLOGO BT ENZIMÁTICO COLORIMÉTRICO Nº PRECIPITAÇÕES 500 Reagente pronto para uso. CALIBRADORES Padrão de Colesterol HDL (incluso no kit). CONTROLES Para avaliar o desempenho do teste, sugere-se a utilização dos controles Biotécnica: Para proceder o cálculo do fator de calibração considerar a concentração do padrão = 40 mg/dl - Antes de realizar a colorimetria, preparar a amostra conforme orientações das Instruções de Uso do Kit. - Para realizar a colorimetria é necessário utilizar o reagente de Colesterol CAT BT GENERAL TEST RANGE LOW 0.0 mg/dl MEASUREMENT MODE ABSORB HIGH mg/dl CLEANER BEFORE CALCULATION STEPS A ENDPOINT WAVELENGTH 500 nm READING FIRST CB DECIMAL POSITION 1 LAST 18 UNIT mg/dl CALIBRATION POST DIL. FACTOR 2.00 VOLUME 20 µl REAGENT RANGE LOW NO VOLUME 10.0 µl STANDARD POS * VOLUME 200 µl STD-2 NO CALCULATION STD-3 NO SAMPLE LIMIT NO REPLICATE DUPL REACTION DIRECTION INCREASE DEVIATION 10% CHECK ON CONTROL CONVERSION FACTOR CS1 POS * OFFSET CS2 POS * CS3 POS - Inserir a concentraçã 40mg/dL

29 Página 29 HDL COLESTEROL DIRETO CATÁLOGO BT DIRETO SEM PRECIPITAÇÃO Nº DETERMINAÇÕES APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO Reagente pronto para uso. Calibrador de HDL (incluso no Kit) Utilizar a concentração que está expressa no rótulo do calibrador. GENERAL TEST RANGE LOW NO MEASUREMENT MODE ABSORB HIGH 180 REACTION MODE R-S-SR1 NORM RANGE LOW NO CLEANER NO CALCULATION STEPS A ENDPOINT WAVELENGTH 600 nm READING FIRST 11 DECIMAL POSITION 0 LAST 24 UNIT mg/dl CALIBRATION POST DIL. FACTOR NO TIME NO VOLUME 2.5 µl REAGENT RANGE LOW NO VOLUME 20 µl STANDARD POS * VOLUME 190 µl STD-2 START R1 CYCLE 12 STD-3 VOLUME 65 REPLICATE DUPL DILUTION NAME H2O DEVIATION 10.0 % VOLUME 10 CALCULATION CONTROL SAMPLE LIMIT NO CS1 POS * REACTION DIRECTION INCREASE CS2 POS * CHECK ON CS3 POS * CONVERSION FACTOR OFFSET - Inserir a concentração indicada no calibrador de HDL

30 Página 30 IBC CATÁLOGO AUTOMÁTICO SET/2011 Reagentes pronto para uso. Calibrador de IBC (incluso no Kit) Utilizar a concentração que está expressa no rótulo do calibrador. GENERAL TEST RANGE LOW 10 MEASUREMENT MODE ABSORB HIGH 500 REACTION MODE R-S-SR1 NORM RANGE LOW NO CLEANER BEFORE CALCULATION STEPS A ENDPOINT WAVELENGTH 550 nm READING FIRST 12 DECIMAL POSITION 1 LAST 24 UNIT ug/dl CALIBRATION POST DIL. FACTOR NO TIME NO VOLUME 25 µl REAGENT RANGE LOW NO VOLUME 30 µl STANDARD POS * VOLUME 184 µl STD-2 START R1 CYCLE 13 STD-3 VOLUME 50 REPLICATE DUPL DILUTION NAME H2O DEVIATION 10.0 % VOLUME 20 CALCULATION CONTROL SAMPLE LIMIT NO CS1 POS * REACTION DIRECTION DECREASE CS2 POS * CHECK ON CS3 POS * CONVERSION FACTOR OFFSET - Inserir a concentração indicada no calibrador de IBC

31 Página 31 LACTATO CATÁLOGO BT Enzimático Colorimétrico Nº DETERMINAÇÕES 330 Reagente pronto para uso. Calibrador de Lactato (incluso no kit) GENERAL TEST RANGE LOW 0.0 mg/dl MEASUREMENT MODE ABSORB HIGH mg/dl CLEANER NO CALCULATION STEPS A ENDPOINT WAVELENGTH 550 nm READING FIRST 1 DECIMAL POSITION 1 LAST 12 UNIT mg/dl CALIBRATION POST DIL. FACTOR 2 TIME NO VOLUME 3 µl REAGENT RANGE LOW NO VOLUME 10 µl STANDARD POS * VOLUME 300 µl STD-2 CALCULATION STD-3 SAMPLE LIMIT NO REPLICATE DUPL REACTION DIRECTION INCREASE DEVIATION 10.0 % CHECK ON CONTROL CONVERSION FACTOR CS1 POS * OFFSET CS2 POS * CS3 POS - Inserir a concentração indicada no calibrador Biotécnica Calibrador de Lactato

32 Página 32 LDL COLESTEROL CATÁLOGO BT COLORIMÉTRICO ENZIMÁTICO Nº DETERMINAÇÕES 105 Jun/2011 Reagente pronto para uso. Calibrador de LDL (incluso no Kit) Utilizar a concentração que está expressa no rótulo do calibrador. GENERAL OFFSET MEASUREMENT MODE ABSORB TEST RANGE LOW 0.0 mg/dl REACTION MODE R-S-SR1 HIGH 400 mg/dl CALIBRATION MODE SLOPE AVG NORM RANGE LOW NO REAGENT BLANK REAG/DIL HIGH NO CLEANER NO NUMBER OF STEPS 1 WAVELENGTH 550 nm CALCULATION STEPS A ENDPOINT DECIMAL POSITION 1 READING FIRST 11 UNIT mg/dl LAST 24 ANALYSIS CALIBRATION POST DIL. FACTOR NO CALIB. INTERVAL ON REQUEST CONC. FACTOR NO SAMPLE CYCLE 1 BLANK RANGE LOW NO VOLUME 2,5 µl HIGH NO DILUTION NAME H2O REAGENT RANGE LOW NO VOLUME 10 µl HIGH NO REAGENT CYCLE 1 STANDARD POS * VOLUME 240 µl START R1 CYCLE 12 STD-2 NO VOLUME 80 µl STD-3 NO DILUTION NAME H2O REPLICATE DUPL VOLUME 5 µl DEVIATION 10% CALCULATION CONTROL SAMPLE LIMIT NO CS1 POS * REACTION DIRECTION INCREASE CS2 POS * CHECK OFF CS3 POS * CONVERSION FACTOR - Inserir a concentração indicada no calibrador de LDL

33 Página 33 LIPASE CATÁLOGO BT CINÉTICO UV JUL/2012 Reagentes Pronto para uso. Não há reagente de Trabalho CALIBRADORES CONTROLES GENERAL TEST RANGE LOW NO MEASUREMENT MODE ABSORB HIGH 300 REACTION MODE R-S-SR1 NORM RANGE LOW NO CLEANER NO CALCULATION STEPS A ENDPOINT WAVELENGTH 550 nm READING FIRST 6 DECIMAL POSITION 0 LAST 12 UNIT U/L REACTION LIMIT NO ANALYSIS POST DIL. FACTOR 2.00 CALIBRATION CONC. FACTOR NO CALIB. INTERVAL ON REQUEST SAMPLE CYCLE 1 VOLUME 3.0 µl REAGENT RANGE LOW NO VOLUME 20.0µL BLANK RANGE LOW NO REAGENT CYCLE 1 HIGH NO VOLUME 240 µl START R1 CYCLE 2 STD-2 NO VOLUME 60 µl CONTROL DILUENT NAME H2O VOLUME 0,0 µl CS1 POS * CALCULATION CS2 POS * SAMPLE LIMIT ΔA CS3 POS * POINT: T1 REACTION DIRECTION INCREASE CHECK ON CONVERSION FACTOR OFFSET - Inserir a concentração indicada no calibrador

34 Página 34 MAGNÉSIO CATÁLOGO BT MAGON Nº DETERMINAÇÕES Apresentação Apresentação Reagente pronto para uso. GENERAL TEST RANGE LOW 0.0 mg/dl MEASUREMENT MODE ABSORB HIGH 4.5 mg/dl CLEANER BEFORE CALCULATION STEPS A ENDPOINT WAVELENGTH 500 nm READING FIRST CB DECIMAL POSITION 2 LAST 6 UNIT mg/dl CALIBRATION POST DIL. FACTOR 2 VOLUME 3 µl REAGENT RANGE LOW NO VOLUME 10 µl STANDARD POS * VOLUME 300 µl STD-2 CALCULATION STD-3 SAMPLE LIMIT NO REPLICATE DUPL REACTION DIRECTION INCREASE DEVIATION 10.0 % CHECK ON CONTROL CONVERSION FACTOR CS1 POS * OFFSET CS2 POS * CS3 POS - Inserir a concentração indicada no calibrador Biotécnica

35 Página 35 PROTEÍNA TOTAL CATÁLOGO BT COLORIMÉTRICO Nº DETERMINAÇÕES APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO Reagente pronto para uso. GENERAL TEST RANGE LOW 0.0 g/dl MEASUREMENT MODE ABSORB HIGH 12 g/dl CLEANER BEFORE CALCULATION STEPS A ENDPOINT WAVELENGTH 550 nm READING FIRST T1 DECIMAL POSITION 2 LAST 18 UNIT g/dl CALIBRATION POST DIL. FACTOR 2 SAMPLE CYCLE 2 HIGH NO VOLUME 3 µl REAGENT RANGE LOW NO VOLUME 30 µl STANDARD POS * VOLUME 250 µl STD-2 - CALCULATION STD-3 - SAMPLE LIMIT NO REPLICATE DUPL REACTION DIRECTION INCREASE DEVIATION 10.0 % CHECK ON CONTROL CONVERSION FACTOR CS1 POS * OFFSET CS2 POS * CS3 POS * Definido pelo - Inserir a concentração indicada no calibrador Biotécnica

36 Página 36 PROTEÍNA URINÁRIA CATÁLOGO BT COLORIMÉTRICO Nº DETERMINAÇÕES 330 REVISÃO Reagente pronto para uso. Padrão de Proteína Para avaliar o desempenho do teste, sugere-se a utilização dos Controles Biotécnica: (incluso no kit) - Controle Urinário (Incluso no Kit) GENERAL TEST RANGE LOW 30 mg/l MEASUREMENT MODE ABSORB HIGH 3000 mg/l REAGENT BLANK NO BLANK NUMBER OF STEPS 1 CLEANER NO CALCULATION STEPS A ENDPOINT WAVELENGTH 600 nm READING FIRST 1 DECIMAL POSITION 1 LAST 12 UNIT mg/l ANALYSIS CALIBRATION POST DIL. FACTOR NO CALIB. INTERVAL ON REQUEST CONC. FACTOR 3.00 SAMPLE CYCLE 2 BLANK RANGE LOW NO VOLUME 5 µl HIGH NO DILUTION NAME H2O REAGENT RANGE LOW NO VOLUME 10 µl HIGH NO REAGENT CYCLE 1 STANDARD POS * VOLUME 300 µl CALCULATION STD-2 SAMPLE LIMIT NO STD-3 REACTION DIRECTION INCREASE REPLICATE DUPL CHECK ON DEVIATION 10.0 % CONVERSION FACTOR CONTROL OFFSET CS1 POS * CS2 POS * CS3 POS - Inserir a concentração indicada no calibrador de Proteína Urinária.

37 Página 37 TRILICÉRIDES CATÁLOGO BT COLORIMÉTRICO ENZIMÁTICO Nº DETERMINAÇÕES APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO Reagente pronto para uso. GENERAL TEST RANGE LOW 0.0 mg/dl MEASUREMENT MODE ABSORB HIGH mg/dl CLEANER BEFORE CALCULATION STEPS A ENDPOINT WAVELENGTH 500 nm READING FIRST 1 DECIMAL POSITION 1 LAST 18 UNIT mg/dl CALIBRATION POST DIL. FACTOR 3 SAMPLE CYCLE 2 HIGH NO VOLUME 3,0 µl REAGENT RANGE LOW NO VOLUME 10 µl STANDARD POS * VOLUME 250 µl STD-2 CALCULATION STD-3 SAMPLE LIMIT NO REPLICATE DUPL REACTION DIRECTION INCREASE DEVIATION 10.0 % CHECK ON CONTROL CONVERSION FACTOR CS1 POS * OFFSET CS2 POS * CS3 POS - Inserir a concentração indicada no calibrador Biotécnica

38 Página 38 URÉIA UV CATÁLOGO BT CINÉTICO ENZIMÁTICO UV Nº DETERMINAÇÕES APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO Reagente de trabalho: Misturar 4 partes do Reagente A com 1 parte do Reagente B e homogeneizar suavemente. CALIBRADORES CONTROLES GENERAL TEST RANGE LOW 0.0 mg/dl MEASUREMENT MODE ABSORB HIGH mg/dl CLEANER NO CALCULATION STEPS A ENDPOINT WAVELENGTH 340 nm READING FIRST 2 DECIMAL POSITION 1 LAST 8 UNIT mg/dl CALIBRATION POST DIL. FACTOR 3 VOLUME 3 µl REAGENT RANGE LOW NO VOLUME 30 µl STANDARD POS * VOLUME 220 µl STD-2 CALCULATION STD-3 SAMPLE LIMIT NO REPLICATE DUPL REACTION DIRECTION DECREASE DEVIATION 10.0 % CHECK ON CONTROL CONVERSION FACTOR CS1 POS * OFFSET CS2 POS * CS3 POS - Inserir a concentração indicada no calibrador Biotécnica

Programações de Automação Biotécnica COBAS MIRA S

Programações de Automação Biotécnica COBAS MIRA S Indice α-1-glicoproteína ÁCIDA 3 APO A 4 APO B 5 ASO TURBILATEX 6 COMPLEMENTO C3 7 COMPLEMENTO C4 8 FATOR REUMATOIDE 9 FERRITINA 10 HbA1c 11 IMUGLOBULINA A (IgA) 12 IMUGLOBULINA G (IgG) 13 IMUGLOBULINA

Leia mais

COBAS MIRA PLUS ATUALIZAÇÃO JULHO 2004. Visite nosso site :

COBAS MIRA PLUS ATUALIZAÇÃO JULHO 2004. Visite nosso site : CBAS MIRA PLUS ATUALIZAÇÃ JULH 2004 Av. Pedroso de Morais, 613, 3 º andar CEP 05419-000 - São Paulo SP Brasil Fone: (11) 3816 5968 Fax: (11) 3212 3017 e-mail: labinbraz@wiener-lab.com.br Visite nosso site

Leia mais

Programações de Automação Biotécnica Clinline 150

Programações de Automação Biotécnica Clinline 150 Indice ÁCIDO ÚRICO - MONO 3 ALBUMINA 4 α-amilase 5 ALT / TGP 6 AST / TGO 7 BILIRRUBINA DIRETA 8 BILIRRUNINA TOTAL 9 CÁLCIO ASX 10 CÁLCIO 11 CK NAC 12 CK MB 13 CLORO 14 COLESTEROL 15 CREATININA 16 DESIDROGENASE

Leia mais

ÁCIDO ÚRICO Liquiform Página 1 Determinações Catálogo Monoreagente Bi-reagente 73-4/30 480 400 73-2/100 800 666 Revisão: 31/01/07

ÁCIDO ÚRICO Liquiform Página 1 Determinações Catálogo Monoreagente Bi-reagente 73-4/30 480 400 73-2/100 800 666 Revisão: 31/01/07 ÁCIDO ÚRICO Liquiform Página 1 Determinações Catálogo Monoreagente Bi-reagente 73-4/30 480 400 73-2/100 800 666 Revisão: 31/01/07 O número de determinações (brancos, calibradores e amostras) corresponde

Leia mais

ÁCIDO ÚRICO. REAGENTES Primary Inject (A): Reagente de Cor O reagente está pronto para uso. Aconselhamos a leitura das Instruções de Uso.

ÁCIDO ÚRICO. REAGENTES Primary Inject (A): Reagente de Cor O reagente está pronto para uso. Aconselhamos a leitura das Instruções de Uso. ÁCIDO ÚRICO Primary Inject (A): Reagente de Cor O reagente está pronto para uso. Aconselhamos a leitura das Instruções de Uso. # Usar os calibrador protéico da Katal. Verificar os parâmetros da aplicação

Leia mais

Preparação e estabilidade do reagente de trabalho: utilizar as instruções de uso.

Preparação e estabilidade do reagente de trabalho: utilizar as instruções de uso. Úrico Ácido Úrico Padrão 4 20 Reduzir 10 Pto final Onda primária 505 Reag. Nulo 16 20 Tempo reação 38 42 Decimal 0.1 mg/dl Int linear 0 20 Serum inferior/superior 3,6---8,2 Water + topkal ALB Albumina

Leia mais

Protocolos de Aplicação

Protocolos de Aplicação Protocolos de Aplicação IN VITRO Diagnóstica MEGA Rua Cromita 278 - Distrito Industrial - Itabira - MG Telefax: 31 3834-6400 e.mail: dsa@invitro.com.br ÁCIDO ÚRICO ENZIMÁTICO Cat: 10687 Volume: 100 ml

Leia mais

MEGA ÍNDICE. Manual de Automação - Mega LANÇAMENTOS! CÁLCIO ARSENAZO MICROPROTE pirogalol KIT PÁGINA

MEGA ÍNDICE. Manual de Automação - Mega LANÇAMENTOS! CÁLCIO ARSENAZO MICROPROTE pirogalol KIT PÁGINA Manual de Automação MEGA LANÇAMENTOS! CÁLCIO ARSENAZO MICROPROTE pirogalol * ÍNDICE KIT PÁGINA ALBUMINA...01-02 ALT/TGP CINÉTICA...03-04 AMILASE CNPG...05-06 AST/TGO CINÉTICA...07-08 CÁLCIO ARSENAZO (LANÇAMENTO)...09-10

Leia mais

QUICK LAB / Drake ÁCIDO ÚRICO MONOREAGENTE. NOME ÁCIDO ÚRICO Preparo do Reagente de Cor: MODO PONTO FINAL O Reagente está pronto para uso.

QUICK LAB / Drake ÁCIDO ÚRICO MONOREAGENTE. NOME ÁCIDO ÚRICO Preparo do Reagente de Cor: MODO PONTO FINAL O Reagente está pronto para uso. ÁCIDO ÚRICO MONOREAGENTE NOME ÁCIDO ÚRICO Preparo do Reagente de Cor: MODO PONTO FINAL O Reagente está pronto para uso. LEITURA MONOCROMÁTICA FILTRO 546 nm Estabilidade do Reagente de Uso: TEMPERATURA

Leia mais

REVISÃO: 14 (11/2013) CKMB HDLD LDL D C C EMOGLOBINA ICROALBUMINÚRIA. HbA1c URBIDIMÉTRICO P P

REVISÃO: 14 (11/2013) CKMB HDLD LDL D C C EMOGLOBINA ICROALBUMINÚRIA. HbA1c URBIDIMÉTRICO P P Manual de Automação A15 REVISÃO: 14 (11/2013) M A F R C SLOTEST C P P H T OLESTEROL OLESTEROL T U URBIDIMÉTRICO T HDLD LDL D T IRETO IRETO ERRITINA TURBIDIMÉTRICA EMOGLOBINA ICROALBUMINÚRIA CRTEST CRTEST

Leia mais

KATAL. BTS 302 a 310 BioSystems ACIDO URICO. SAC INTERTECK KATAL : (_11) LOCALIDAD...* PUNTO FINAL COM ESTANDAR

KATAL. BTS 302 a 310 BioSystems ACIDO URICO. SAC INTERTECK KATAL : (_11) LOCALIDAD...* PUNTO FINAL COM ESTANDAR ACIDO URICO : mg/dl MODO LECTURA : MONOCROMÁTICA : 546nm TIEMPO ESTABIL. : 1 VOL.ASP. :800 TIPO DE REACCION : CRESCIENTE ESTANDAR : * Reagente de trabalho: Pronto para uso. Estabilidade: 18 meses, se armazenado

Leia mais

APLICAÇÕES GOLD ANALISA PARA O QUICK LAB

APLICAÇÕES GOLD ANALISA PARA O QUICK LAB ÁCIDO ÚRICO - PP - Cat. 451 200 Determinações - Volume: 200 ml Técnica de Análise: Seguir as Instruções de Uso do produto. Calibração Para a calibração, usar o (1) do kit ou o Calibrador Gold Analisa Cat.

Leia mais

Programações de Automação Biotécnica BIO 2000 - CONCEPT - LABQUEST

Programações de Automação Biotécnica BIO 2000 - CONCEPT - LABQUEST Site: www.biotecnica.ind.br / e-mail: sacbiotecnicaltda.com.br α-1-glicoproteína ÁCIDA 3 APOLIPOPROTEÍNA A 4 APOLIPOPROTEÍNA B 5 ASO TURBILATEX 6 COMPLEMENTO C3 7 COMPLEMENTO C4 8 FATOR REUMATÓIDE 9 FERRITINA

Leia mais

APLICAÇÕES GOLD ANALISA PARA O BIO 2000

APLICAÇÕES GOLD ANALISA PARA O BIO 2000 ÁCIDO ÚRICO - Cat. 430M ÁCIDO ÚRICO - Cat. 430 100 Determinações - Volume: 100 ml 200 Determinações - Volume: 200 ml 3-Para a Calibração, usar o Padrão do kit ou Calibrador Gold Analisa Cat. 410. 4-É importante

Leia mais

PROTOCOLO DE APLICAÇÃO TARGA 3000

PROTOCOLO DE APLICAÇÃO TARGA 3000 ÁCIDO ÚRICO ENZIMÁTICO CÓDIGO VOLUME (ml) Nº. TESTES 100/100-100 100 333 100/100-200 200 666 AUR Pt. Final Único Filtros (A/B) 510 mg/dl Trinder Number of Needle Washes 1 Incub. Reagentes (Sec) 300 Tempo

Leia mais

α1 Glicoproteína Ácida Mono

α1 Glicoproteína Ácida Mono α1 Glicoproteína Ácida Mono Artigo 4080050K 4080100K Apresentação 2 x 25 ml + 1 x 1 ml padrão de α1 Glicoproteína Ácida 4 x 25 ml + 1 x 1 ml padrão de α1 Glicoproteína Ácida Protocolo de Automação - DIMENSION

Leia mais

REVISÃO: 06 (04/2012) A SLOTEST TURBIDIMÉTRICO CKMB T P CRTEST TURBIDIMÉTRICO

REVISÃO: 06 (04/2012) A SLOTEST TURBIDIMÉTRICO CKMB T P CRTEST TURBIDIMÉTRICO Manual de Automação VITALAB ECLIPSE PLUS REVISÃO: 06 (04/2012) A SLOTEST TURBIDIMÉTRICO CKMB MICROALBUMINÚRIA T URBIDIMÉTRICO P CRTEST TURBIDIMÉTRICO ÍNDICE REVISÃO: 06 (04/2012) KIT PÁGINA ALBUMINA...01

Leia mais

Programa Nacional de Controle de Qualidade Ltda. PNCQ Patrocinado pela SOCIEDADE BRASILEIRA DE ANÁLISES CLÍNICAS - SBAC

Programa Nacional de Controle de Qualidade Ltda. PNCQ Patrocinado pela SOCIEDADE BRASILEIRA DE ANÁLISES CLÍNICAS - SBAC Àcido Lático Ácido Úrico Albumina Alfa 1 Glicoproteína Lactato Oxidase mg/dl 20,2 3,7 TODOS OS PARTICIPANTES mg/dl 18,6 5,2 mg/dl 18,7 5,2 DE mg/dl 13,4 9,1 Fosfotungstato mg/dl 3,2 0,6 Uricase colorimétrico

Leia mais

BIO PLUS / BIO 2000 PROTOCOLOS DE APLICAÇÃO

BIO PLUS / BIO 2000 PROTOCOLOS DE APLICAÇÃO α-amilase 027 120 ml 120 MODO: CIN IMPRESSÃO: EXTENSA WL1: 405 INTERVALO CINÉTICO: 60 WL2: - Nº INTERVALOS: 2 BLANK: NÃO DA/min: 0.220 BLANK- AMOSTRA / PAD: NAO % LIM. LIN: 20 CUB. FLUXO: SIM DIR: INCR

Leia mais

APLICAÇÕES GOLD ANALISA PARA O ECLIPSE PLUS

APLICAÇÕES GOLD ANALISA PARA O ECLIPSE PLUS ALBUMINA PP - Cat. 419 500 Determinações - Volume: 250 ml Antes da execução da metodologia, é importante uma leitura atenciosa das Instruções de Uso do produto. ALBUMINA ENDPOINT Filter 620 Temp 25 g/dl

Leia mais

Programa Nacional de Controle de Qualidade Ltda. PNCQ Patrocinado pela SOCIEDADE BRASILEIRA DE ANÁLISES CLÍNICAS - SBAC

Programa Nacional de Controle de Qualidade Ltda. PNCQ Patrocinado pela SOCIEDADE BRASILEIRA DE ANÁLISES CLÍNICAS - SBAC Íon Seletivo mg/dl 6,9 2,0 Lactato Oxidase mg/dl 7,3 1,0 Roche mg/dl 7,6 0,4 Siemens Advia mg/dl 6,6 0,5 Ácido Lático Siemens Dimension mg/dl 6,1 1,0 U.V. mg/dl 7,4 1,4 TODOS OS PARTICIPANTES mg/dl 7,2

Leia mais

Programa Nacional de Controle de Qualidade Ltda. PNCQ Patrocinado pela SOCIEDADE BRASILEIRA DE ANÁLISES CLÍNICAS - SBAC

Programa Nacional de Controle de Qualidade Ltda. PNCQ Patrocinado pela SOCIEDADE BRASILEIRA DE ANÁLISES CLÍNICAS - SBAC Íon Seletivo mg/dl 7,1 0,4 Lactato Oxidase mg/dl 7,1 0,8 Bioclin U.V. mg/dl 7,4 0,8 Johnson & Johnson mg/dl 6,3 1,5 Roche mg/dl 7,1 0,5 Ácido Lático Siemens Advia mg/dl 6,2 0,7 Siemens Dimension mg/dl

Leia mais

Resultados Anteriores:89.0[19/04/2016];91.0[30/09/2015];113.0[09/09/2015];101.0[28/07/2015];85.0[26/06/2015];

Resultados Anteriores:89.0[19/04/2016];91.0[30/09/2015];113.0[09/09/2015];101.0[28/07/2015];85.0[26/06/2015]; Pag.: 1 de 7 GLICOSE (GLICEMIA JEJUM) 84.0 mg/dl MÉTODO:CINÉTICO ENZIMÁTICO - ADVIA 1800 - SIEMENS VALORES DE REFERÊNCIA: 60-99 mg/dl Resultados Anteriores:89.0[19/04/2016];91.0[30/09/2015];113.0[09/09/2015];101.0[28/07/2015];85.0[26/06/2015];

Leia mais

ECLIPSE. Indice ÁCIDO ÚRICO 3 ALBUMINA 4

ECLIPSE. Indice ÁCIDO ÚRICO 3 ALBUMINA 4 Indice ÁCIDO ÚRICO 3 ALBUMINA 4 α-amilase 5 BILIRRUBINA DIRETA 6 BILIRRUBINA TOTAL 7 CÁLCIO 8 CÁLCIO AZUL DE METILTIMOL 9 CLORETO 10 COLESTEROL 11 COLESTEROL HDL 12 CREATININA 13 CREATINO KINASE MB (CK-MB)

Leia mais

Resultados de Exames. Data do Exame: 16/04/2015. GASOMETRIA VENOSA Método: Potenciometria/Amperometria/Espectrofotometria

Resultados de Exames. Data do Exame: 16/04/2015. GASOMETRIA VENOSA Método: Potenciometria/Amperometria/Espectrofotometria Data do Exame: 16/04/2015 Paciente: CLAUDIA MACEDO Resultados de Exames GASOMETRIA VENOSA Método: Potenciometria/Amperometria/Espectrofotometria ph : 7,37 7,33 a 7,43 po2 : 157 mmhg 30 a 50 mmhg pco2:

Leia mais

HEMOGRAMA COMPLETO

HEMOGRAMA COMPLETO ERITROGRAMA HEMOGRAMA COMPLETO REFERENCIAIS PARA ADULTOS ------------------------- Homem Mulher Hemácias em Milhoes/mL...: 4,58 4,5 a 6,5 3,9 a 5,8 Hemoglobina em gdl...: 14,7 13,5 a 18,0 11,5 a 16,4 Hematócrito

Leia mais

SORO CONTROLE CONTROLE INTERNO. NF 3P Novembro / 2006 Volume ANVISA/REBLAS ANALI-036

SORO CONTROLE CONTROLE INTERNO. NF 3P Novembro / 2006 Volume ANVISA/REBLAS ANALI-036 CONTROLE INTERNO SORO CONTROLE Lote Validade NF 3P Novembro / 2006 Volume 3.0 ml ANVISA/REBLAS ANALI-036 CNPJ 29.511.607/0001-18 Rua Ana Neri, 416 Benfica Rio de Janeiro/RJ CEP 20911-442 Tel (21) 3891-9900

Leia mais

São investimentos como estes que consolidam cada vez mais a marca Bioclin.

São investimentos como estes que consolidam cada vez mais a marca Bioclin. LINHA DE PRODUTOS A Quibasa/Bioclin tem empregado todos os seus esforços no desenvolvimento contínuo e no aprimoramento tecnológico para fornecer as melhores soluções em diagnóstico in vitro, visando contribuir

Leia mais

Parasitológico de Fezes

Parasitológico de Fezes Data de impressão: 03/04/2012 14:52:53 Parasitológico de Fezes Material: Fezes (a fresco) Método: HPJ e Microscopia Ótica Resultado: Análise Macroscópica: - Consistência: Pastosa - Coloração...: Castanho

Leia mais

UREIA CREATININA...: Nome...: CESAR AUGUSTO CAVALARI Prontuário.: Destino...: HZS - PS (PÓS CONSULTA)

UREIA CREATININA...: Nome...: CESAR AUGUSTO CAVALARI Prontuário.: Destino...: HZS - PS (PÓS CONSULTA) Destino...: HZS - PS (PÓS CONSULTA) Pág.: 1 /8 UREIA Material: Soro Coletado em: 11/01/2017 13:16 Método: Enzimático Automatizado URÉIA...: 15 mg/dl 10 a 52 mg/dl CREATININA CREATININA...: 0,73 mg/dl TGO

Leia mais

Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra Ano Lectivo 2010/2011. Unidade Curricular de BIOQUÍMICA II Mestrado Integrado em MEDICINA 1º Ano

Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra Ano Lectivo 2010/2011. Unidade Curricular de BIOQUÍMICA II Mestrado Integrado em MEDICINA 1º Ano Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra Ano Lectivo 2010/2011 Unidade Curricular de BIOQUÍMICA II Mestrado Integrado em MEDICINA 1º Ano ENSINO PRÁTICO E TEORICO-PRÁTICO 9ª AULA PRÁTICA 1. Determinação

Leia mais

Material: Sangue c/edta Método..: Citometria/Automatizado e estudo morfológico em esfregaço corado

Material: Sangue c/edta Método..: Citometria/Automatizado e estudo morfológico em esfregaço corado HEMOGRAMA COMPLETO Material: Sangue c/edta Método..: Citometria/Automatizado e estudo morfológico em esfregaço corado ERITROGRAMA V.R: Homens Mulheres Hemacias em milhoes/mm3...: 5,08 4,5 a 5,9 4,0 a 5,4

Leia mais

Nome que consta no Site Nome Correto (conforme Linha de Produtos) Nomes dos arquivos para acrescentar. Anti - HBc --- Anti - HBs ---

Nome que consta no Site Nome Correto (conforme Linha de Produtos) Nomes dos arquivos para acrescentar. Anti - HBc --- Anti - HBs --- Ácido Úrico Uric Acid AFP AFP Albumina 001 Albumina AlfaAmilase a-amilase Amilase 002 Amilase Anti - HBc --- Anti - HBs --- Anti - HCV Anti-HCV Anti-HCV Double Spot Test --- Anti-n-DNA quick teste SLE

Leia mais

Determinação quantitativa in vitro da atividade catalítica da CKMB em soro e plasma humano.

Determinação quantitativa in vitro da atividade catalítica da CKMB em soro e plasma humano. POP n.º: B07 Página 1 de 5 1. Sinonímia: CKMB, MB. Mnemônico: MB 2. Aplicabilidade: Bioquímicos do setor de bioquímica do LAC-HNSC. 3. Aplicação clínica: Determinação quantitativa in vitro da atividade

Leia mais

TABELA DE EXAMES PERFIS HEMATOLOGIA BIOQUÍMICOS

TABELA DE EXAMES PERFIS HEMATOLOGIA BIOQUÍMICOS TABELA DE EXAMES PERFIS Cardiopata I (Hemog., creatinina, uréia, Na, K, AST, lactato) Cardiopata II (Hemog., creat., uréia, Na, K, AST, lactato, CK, Ca, P, prot. totais, albumina) Geriátrico (Hemog., creatinina,

Leia mais

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLÍNICAS. Dúvidas Técnicas: Telefone: PABX (011) 3053-6611 Ramal: 2028

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLÍNICAS. Dúvidas Técnicas: Telefone: PABX (011) 3053-6611 Ramal: 2028 Telefone PABX (011) 3053-6611 e-mail hcor@hcor.com.br Dúvidas Técnicas Telefone PABX (011) 3053-6611 Ramal 2028 EQUIPE CLINIC CHECK UP Num. Pedido 050802886 10/08/2005 060000 Emissão 11/08/2005 135055

Leia mais

Data de liberação: 20/01/ :31

Data de liberação: 20/01/ :31 SOROLOGIA PARA CITOMEGALOVIRUS Anticorpos de Classe IgG: Superior a 250.0 UA/mL Anticorpos de Classe IgM: Não Reagente Método: Imunoensaio por Quimioluminescência Valores de Referência IgG: Não reagente:

Leia mais

Valores para o cálculo dos Intervalos. < 1mg/dL: faixa 1 mg/dl: ± 20% Potássio ± 10% T4 Total ± 20%

Valores para o cálculo dos Intervalos. < 1mg/dL: faixa 1 mg/dl: ± 20% Potássio ± 10% T4 Total ± 20% BIOQUÍMICA I Lote Validade Apresentação QGH-3N Março/2012 5 x 3,0 ml TGH-3P Outubro/2012 5 x 3,0 ml ANVISA/REBLAS ANALI-036 CNPJ 29.511.607/0001-18 Rua Ana Neri, 416 Benfica Rio de Janeiro/RJ CEP 20911-442

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MEDINA ESTADO DE MINAS GERAIS CNPJ: 18.414.607/0001-83

PREFEITURA MUNICIPAL DE MEDINA ESTADO DE MINAS GERAIS CNPJ: 18.414.607/0001-83 3 EXTRATO DO RESULTADO DE JULGAMENTO DAS PROPOSTAS da Pregão Presencial nº 011/2016 A Comissão Permanente de Licitação, após análise e julgamento da proposta de preço, em conformidade com as Leis 10.520/02

Leia mais

BIOQUÍMICA CONTROLE INTERNO. AHH-3N Mar/2014 5 x 3,0 ml. BHH-3P Jun/2014 5 x 3,0 ml. Apresentação Soro humano liofilizado.

BIOQUÍMICA CONTROLE INTERNO. AHH-3N Mar/2014 5 x 3,0 ml. BHH-3P Jun/2014 5 x 3,0 ml. Apresentação Soro humano liofilizado. CONTROLE INTERNO Lote Validade Apresentação AHH-3N Mar/2014 5 x 3,0 ml BHH-3P Jun/2014 5 x 3,0 ml CNPJ 29.511.607/0001-18 Rua Ana Neri, 416 Benfica Rio de Janeiro/RJ CEP 20911-442 Tel (21) 3891-9900 Fax

Leia mais

Standatrol S-E 2 niveles

Standatrol S-E 2 niveles Lote: 1410150720 (Exp.: 2016/10) Nivel 1: 150720 (Exp.: 2016/10) Nivel 2: 150720 (Exp.: 2016/10) C Standatrol S-E 2 niveles Suero liofilizado para control de precisión en química clínica APLI CA CIO NES

Leia mais

PSA - ANTÍGENO ESPECÍFICO Coleta: 20/11/ :05 PROSTÁTICO LIVRE. PSA - ANTIGENO ESPECÍFICO Coleta: 20/11/ :05 PROSTÁTICO TOTAL

PSA - ANTÍGENO ESPECÍFICO Coleta: 20/11/ :05 PROSTÁTICO LIVRE. PSA - ANTIGENO ESPECÍFICO Coleta: 20/11/ :05 PROSTÁTICO TOTAL AUTENTICIDADE: 31BA47 Set.Tecnico Imunoensaio PSA - ANTÍGENO ESPECÍFICO Coleta: 20/11/2004 07:05 PROSTÁTICO LIVRE Resultado 0.15 ng/ml Metodo: Eletroquimioluminescência (ECLIA) Referencial: Até 0.72 ng/ml

Leia mais

Lista de Promoção Outubro 2014

Lista de Promoção Outubro 2014 A Suprilab tem por missão a busca constante de novas tecnologias e inovação em produtos e serviços para as mais diversas áreas do campo das análises clínicas. Desta maneira trazemos ao mercado as melhores

Leia mais

Publicações Resumidas CFE. L. º M. ART. 98, 3º em 05/08/2008 Publicado em: 06/agosto/2008

Publicações Resumidas CFE. L. º M. ART. 98, 3º em 05/08/2008 Publicado em: 06/agosto/2008 Publicações Resumidas CFE. L. º M. ART. 98, 3º em 05/08/2008 Publicado em: 06/agosto/2008 Contrato nº 114/08 Prorrogação ao contrato 255/08 para construção civil do Ginásio de Esportes da Escola Municipal

Leia mais

SÓDIO 139 meq/l Valores de ref erência: 134 a 147 meq/l Material: Soro Anteriores:(11/10/2016): 139 Método: Eletrodo Seletiv o

SÓDIO 139 meq/l Valores de ref erência: 134 a 147 meq/l Material: Soro Anteriores:(11/10/2016): 139 Método: Eletrodo Seletiv o SÓDIO 139 meq/l Valores de ref erência: 134 a 147 meq/l (11/10/2016): 139 Método: Eletrodo Seletiv o POTÁSSIO 3,6 meq/l Valores de ref erência: 3,5 a 5,4 meq/l Método: Eletrodo Seletiv o URÉIA 37 mg/dl

Leia mais

TABELA DE PREÇOS. BIOQUÍMICA SÉRICA VALOR MATERIAL PRAZO Ácidos biliares totais (jejum) 115,00 Soro sanguíneo 5 dias

TABELA DE PREÇOS. BIOQUÍMICA SÉRICA VALOR MATERIAL PRAZO Ácidos biliares totais (jejum) 115,00 Soro sanguíneo 5 dias TABELA DE PREÇOS ANÁLISE CITOLÓGICA VALOR MATERIAL PRAZO Líquidos cavitários (pleural, pericárdico e peritoneal) 100,00 Fluido em tubo seco e EDTA 24 horas Líquor 100,00 Fluido em tubo seco 24 horas Citologia

Leia mais

Relatório de Caso Clínico

Relatório de Caso Clínico UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL Faculdade de Veterinária Departamento de Patologia Clínica Veterinária Disciplina de Bioquímica e Hematologia Clínica (VET03121) http://www.ufrgs.br/favet/bioquimica

Leia mais

Standatrol S-E 2 niveles

Standatrol S-E 2 niveles Lote: 1504164150 Nivel 1: 164150 Nivel 2: 164150 C Standatrol S-E 2 niveles Suero liofilizado para control de precisión en química clínica APLI CA CIO NES Stan da trol S-E 2 niveles es adap ta ble a dis

Leia mais

Perfil de Resultados. Módulo: Urinálise Rodada: Jun/2006

Perfil de Resultados. Módulo: Urinálise Rodada: Jun/2006 Ácido Úrico (mg/24hs) Item UR 01 Item UR 02 Qtd M DP CV % Qtd M DP CV % Fabricante/Método/Equipamento Bayer Uricase - Colorimétrico Bayer Advia 1650/2400 17 386.9 22.3 5.8 17 146.7 7.0 4.8 Bioclin Uricase

Leia mais

LÍQUIDOS CAVITÁRIOS BIOQUÍMICA, IMUNOLOGIA E CONTAGEM CELULAR (CÂMARA)

LÍQUIDOS CAVITÁRIOS BIOQUÍMICA, IMUNOLOGIA E CONTAGEM CELULAR (CÂMARA) ,, IMUNOLOGIA E CONTAGEM CELULAR (CÂMARA) Lote Validade Apresentação LCD70 Fev/2017 2unid x 3,0 ml LCD71 Fev/2017 2unid x 3,0 ml CNPJ 29.511.607/0001-18 Rua Ana Neri, 416 Benfica Rio de Janeiro/RJ CEP

Leia mais

Descrição do Procedimento VALOR (R$) Prazo de entrega Material enviado. Ácidos biliares totais (jejum ou pós prandial) 130,00 4 dias Soro sanguíneo

Descrição do Procedimento VALOR (R$) Prazo de entrega Material enviado. Ácidos biliares totais (jejum ou pós prandial) 130,00 4 dias Soro sanguíneo Bioquímicos Ácidos biliares totais (jejum ou pós prandial) 130,00 4 dias Soro sanguíneo Ácidos biliares totais (2 dosagens- jejum e pós prandial) 250,00 4 dias Soro sanguíneo Ácido úrico 47,00 48 horas

Leia mais

Exames de análises clínicas Laboratório Central

Exames de análises clínicas Laboratório Central Exames de análises clínicas Laboratório Central Simples o Ácido úrico sérico o Ácido úrico urinário o Albumina o Amilase (LIQUOR) o Amilase (sérica) o Anti estreptolisina (ASLO) o Antibiograma o Baciloscopia

Leia mais

LABORATÓRIO BOM JESUS

LABORATÓRIO BOM JESUS GLICEMIA...: 74 Metodo: Colorimetrico Valor de Referencia: 70 a 110,0 mg/dl UREIA...: 32 Metodo : Urease/GluDH Valor de Referencia: 15 a 38 mg/dl CREATININA...: 0,65 Metodo : Picrato Alcalino Homens :

Leia mais

HEMOGRAMA LUCAS WILBERT MARILIA DE N. C. BERGAMASCHI

HEMOGRAMA LUCAS WILBERT MARILIA DE N. C. BERGAMASCHI HEMOGRAMA ERITROGRAMA Hemácias milhões/mm3...: 4,67 4,00 a 5,10 Hemoglobina g/dl...: 13,00 11,20 a 15,10 Hematócrito %...: 37,80 34,00 a 43,00 Vol. Glob. Média em fl...: 80,94 78,00 a 92,00 Hem. Glob.

Leia mais

COMPARAÇÃO DOS VALORES DO SORO CONTROLE ESTABELECIDOS PELO FABRICANTE E OS VALORES CALCULADOS NO LABORATÓRIO CLÍNICO PUC GOIÁS*

COMPARAÇÃO DOS VALORES DO SORO CONTROLE ESTABELECIDOS PELO FABRICANTE E OS VALORES CALCULADOS NO LABORATÓRIO CLÍNICO PUC GOIÁS* COMPARAÇÃO DOS VALORES DO SORO CONTROLE ESTABELECIDOS PELO FABRICANTE E OS VALORES CALCULADOS NO LABORATÓRIO CLÍNICO PUC GOIÁS* CARLA FABIANA SOARES, SÉRGIO HENRIQUE NASCENTE COSTA,IASMIM RIBEIRO DA COSTA

Leia mais

HEMOGRAMA COMPLETO Método : Análise realizada por Citometria de fluxo fluorescente e impedância "XE2100-Sysmex" Material: SANGUE TOTAL COM EDTA

HEMOGRAMA COMPLETO Método : Análise realizada por Citometria de fluxo fluorescente e impedância XE2100-Sysmex Material: SANGUE TOTAL COM EDTA Unidade :CRISPIM Página: 1/18 HEMOGRAMA COMPLETO Método : Análise realizada por Citometria de fluxo fluorescente e impedância "XE2100-Sysmex" Material: SANGUE TOTAL COM EDTA Eritrograma Valores de Referência

Leia mais

Eritrograma. Leucograma

Eritrograma. Leucograma Pág.: 1 / 9 HEMOGRAMA Material: SANGUE TOTAL Coletado em: 10/07/2013 07:32 Método: Automação Cell-Dyn Eritrograma Eritrócitos...: 4,96 milhões/mm Hemoglobina...: 14,40 g% Volume globular...: 42,2 % Volume

Leia mais

Importância da codificação de métodos, equipamentos, reagentes e calibradores

Importância da codificação de métodos, equipamentos, reagentes e calibradores Guia de utilização do Livro de Codificação de Química Clínica O livro de codificação serve para consulta e deverá ser guardado no laboratório para utilização sempre que tiver de preencher o seu formulário

Leia mais

Anexo Técnico de Acreditação Nº E0009-1 Accreditation Annex nr.

Anexo Técnico de Acreditação Nº E0009-1 Accreditation Annex nr. Tel +351.212 948 21 Fax +351.212 948 22 Anexo Técnico de Acreditação Nº E9-1 A entidade a seguir indicada está acreditada como Laboratório Clínico, segundo a norma NP EN ISO 15189:27 Endereço Address Contacto

Leia mais

Índice 1 Descrição 1.1 1.2 1.3 2 2.1 2.2 2.3 2.4 2.5 3 3.1 3.2 4 4.1 4.1.1 4.1.2 4.1.3 4.1.4 4.2 4.2.1 4.2.2 4.3 4.3.1 4.3.2 4.3.3 4.3.3.1 4.3.3.

Índice 1 Descrição 1.1 1.2 1.3 2 2.1 2.2 2.3 2.4 2.5 3 3.1 3.2 4 4.1 4.1.1 4.1.2 4.1.3 4.1.4 4.2 4.2.1 4.2.2 4.3 4.3.1 4.3.2 4.3.3 4.3.3.1 4.3.3. Índice 1 Descrição 3 1.1 Princípio 3 1.2 Ambiente De Trabalho 3 1.3 Especificações Técnicas 3 2 Instalações 3 2.1 Instruções 3 2.2 Ambiente De Trabalho 3 2.3 Retirar Da Embalagem 4 2.4 Instalações 4 2.5

Leia mais

FERRITINA TURBIQUEST PLUS

FERRITINA TURBIQUEST PLUS FERRITINA TURBIQUEST PLUS Instruções de Uso Ref.:334 MS 10009010199 Finalidade. Sistema para determinação quantitativa de ferritina em amostras de soro por imunoturbidimetria. [Somente para uso diagnóstico

Leia mais

SÓDIO ENZIMÁTICO. 01 Português - Ref.: 124. Ref.:124 MS Instruções de Uso. Finalidade. Princípio. Precauções e cuidados especiais

SÓDIO ENZIMÁTICO. 01 Português - Ref.: 124. Ref.:124 MS Instruções de Uso. Finalidade. Princípio. Precauções e cuidados especiais SÓDIO ENZIMÁTICO Instruções de Uso Ref.:24 MS 000900230 Finalidade. Sistema para determinação quantitativa do íon sódio em amostras de soro, por reação enzimática, em modo cinético. [Somente para uso diagnóstico

Leia mais

CREATININA PROTEÍNAS TOTAIS E FRAÇÕES

CREATININA PROTEÍNAS TOTAIS E FRAÇÕES _ CREATININA Valor de Referncia CREATININA: 0,6 mg/dl 0,5 a 1,1 mg/dl erfg: 137 erfg Afrodescendente: 166 erfg Doença Renal Crônica: < 60 ml/min/1,73m2 erfg Insuficiência Renal : < 15 ml/min/1,73m2 Obs.:

Leia mais

3231.5653 MANUAL DE COLETA O L aboratório de Patologia Animal- SANIMAL foi fundado com o intuito

3231.5653 MANUAL DE COLETA O L aboratório de Patologia Animal- SANIMAL foi fundado com o intuito Laboratório de Patologia Animal - SANIMAL Rua Antônio Augusto, 2083 - Lj. 3 - Aldeota - Fone: (85) 3231.5653 - CEP 60110-370 E-mail: sanimal@labsanimal.com.br Fortaleza - Ceará MANUAL DE COLETA O Laboratório

Leia mais

ÁCIDO ÚRICO Liquiform Ref. 73

ÁCIDO ÚRICO Liquiform Ref. 73 ÁCIDO ÚRICO Liquiform Ref. 73 Princípio O ácido úrico é oxidado pela uricase à alantoína e peróxido de hidrogênio. O peróxido de hidrogênio na presença da peroxidase reage com o DHBS e a 4-aminoantipirina,

Leia mais

Layout de Importação de Resultado de Exames

Layout de Importação de Resultado de Exames Nefrodata-ACD Automação para Centros de Hemodiálise Layout de Importação de Resultado de Exames O processo de atualização dos resultados de exames laboratoriais é uma tarefa extensa e exaustiva. Para tal,

Leia mais

CRF-RS. Cartilha Analítica. Comissão de Análises Clínicas 2007

CRF-RS. Cartilha Analítica. Comissão de Análises Clínicas 2007 CRF-RS Cartilha Analítica Comissão de Análises Clínicas 2007 APRESENTAÇÃO A presente Cartilha Analítica foi elaborada pela Comissão Assessora de Análises Clínicas do CRF-RS, gestão 2006/2007, composta

Leia mais

Isaac de Melo Xavier Junior Fernando Jose Goncalves Cardoso

Isaac de Melo Xavier Junior Fernando Jose Goncalves Cardoso 535C5710 «$E9T"J0 03.362451.01.41:15 Setor Técnico Urinalise Emissão 03/10/2008 SUMARIO DE URINA Coleta: 03/10/2008 ASPECTOS FÍSICO-QUÍMICOS Valores de referência Cor Amarelo claro Amarelo claro - amarelo

Leia mais

Trabalho nº 4. Estudo da Estabilidade da α-quimotripsina a ph Alcalino por Absorção no UV

Trabalho nº 4. Estudo da Estabilidade da α-quimotripsina a ph Alcalino por Absorção no UV Trabalho nº 4 Estudo da Estabilidade da α-quimotripsina a ph Alcalino por Absorção no UV Laboratórios de Engenharia Biológica I 2014-2015 Objectivo Medir a estabilidade térmica da α-quimotripsina a ph

Leia mais

Termo de Referência correspondente ao PAM 016/HAMN/2014

Termo de Referência correspondente ao PAM 016/HAMN/2014 Termo de Referência correspondente ao PAM 016/HAMN/2014 REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA SÉTIMO COMANDO AÉREO REGIONAL HOSPITAL DE AERONÁUTICA DE MANAUS TERMO

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Ata de R.P. Nº 96/2014. Pregão Presencial Nº 078/2014 Validade: 12 (doze) meses. REGISTRO DE PREÇOS PARA AQUISIÇÃO DE TESTES PARA REALIZAÇÃO DE EXAMES LABORATORIAIS E LOCAÇÃO

Leia mais

Hytronic Automação Ltda.

Hytronic Automação Ltda. 1/8 2/8 HSP68N Instruções de Instalação A instalação mecânica do HSP é feita por 4 parafusos. Faça 4 furos com rosca M5 conforme o espaçamento mostrado na figura 1. Monte o HSP68N com o prensa cabo para

Leia mais

A ÁLISE TITRIMÉTRICA

A ÁLISE TITRIMÉTRICA A ÁLISE TITRIMÉTRICA Análise titrimétrica - O termo análise titrimétrica refere-se à análise química quantitativa feita pela determinação do volume de uma solução, cuja concentração é conhecida com exatidão,

Leia mais

TABELA DE PREÇOS PARA VETERINÁRIOS CONVENIADOS. Tabela a partir de 01/06/2017.

TABELA DE PREÇOS PARA VETERINÁRIOS CONVENIADOS. Tabela a partir de 01/06/2017. TABELA DE PREÇOS PARA VETERINÁRIOS CONVENIADOS Tabela a partir de 01/06/2017. OBSERVAÇÃO: **VALORES PARA AMOSTRAS ENVIADAS COLHIDAS PARA O LABORATÓRIO. ***PREÇOS PARA VETERINÁRIOS HEMATOLOGIA veterinários

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FLORAÍ ESTADO DO PARANÁ

PREFEITURA MUNICIPAL DE FLORAÍ ESTADO DO PARANÁ ATA REFERENTE Á ABERTURA E JULGAMENTO Nº 078/2014 CHAMADA PÚBLICA N 003/2014 Processo. : 146/2014 Chamada Pública n 003/2014 OBJETO DA LICITAÇÃO: Contratação de laboratório para realização de exames clínicos

Leia mais

Método: RESISTIVIDADE - IMPEDÂNCIA - MICROSCOPIA

Método: RESISTIVIDADE - IMPEDÂNCIA - MICROSCOPIA HEMOGRAMA COMPLETO Método: RESISTIVIDADE - IMPEDÂNCIA - MICROSCOPIA ERITOGRAMA: Referências Hemácias...: 4,45 milhões/mm³ 3,9 a 5,3 milhões/mm³ Hemoglobina...: 12,2 g/dl 12,0 a 16,0 g/dl Hematócrito...:

Leia mais

CÁLCULO: amostra/padrão x 800 = mg/di NORMAL: 500 a 750 mg/di.

CÁLCULO: amostra/padrão x 800 = mg/di NORMAL: 500 a 750 mg/di. ANEXOS A-ÁCIDO ÚRICO ANEXOS PRINCÍPIO: O ácido úrico é oxidado enzimaticamente pela uricase A alantoina com produção de dióxido de carbono e Água oxigenada, a qual, em união com o reativo peroxidase/4-aminofenazona

Leia mais

Transferpette. Leve precisa robusta confiável! S possuem todas as características. As pipetas Transferpette

Transferpette. Leve precisa robusta confiável! S possuem todas as características. As pipetas Transferpette Leve precisa robusta confiável! Transferpette Solutions for S cience F I R S T C L A S S B R A N D As pipetas Transferpette S possuem todas as características necessárias para pipetagens em aplicações

Leia mais

Gabinete Medicina do Trabalho

Gabinete Medicina do Trabalho Gabinete Medicina do Trabalho Este gabinete foi criado em Março de 1996, tendo por base diversos contactos desenvolvidos pela União junto de diversas entidades, em que se incluem as empresas Associadas.

Leia mais

RELATÓRIO DE ESTÁGIO. Introdução 1

RELATÓRIO DE ESTÁGIO. Introdução 1 ÍNDICE RELATÓRIO DE ESTÁGIO Introdução 1 Técnicas / Equipamentos Utilizados Bioquímica 2 1. Cálculo Urinário 3 2. Contagem de Addis 4 3. Espermograma 5 4. Grau de digestão das Fezes 6 5. Pesquisa de Drogas

Leia mais

Sistema Urinário. 2º ano 2013 Profa. Rose Lopes

Sistema Urinário. 2º ano 2013 Profa. Rose Lopes Sistema Urinário 2º ano 2013 Profa. Rose Lopes Considerações iniciais Excretas Produto indesejável do metabolismo celular Excretas nitrogenadas Produtos indesejáveis do metabolismo de proteínas ou ácidos

Leia mais

EXAMES LABORATORIAIS Avaliação do Estado Nutricional. CURSO TÉCNICO EM NUTRIÇÃO E DIETÉTICA Química e Bioquímica Aplicada Prof.

EXAMES LABORATORIAIS Avaliação do Estado Nutricional. CURSO TÉCNICO EM NUTRIÇÃO E DIETÉTICA Química e Bioquímica Aplicada Prof. m CURSO TÉCNICO EM NUTRIÇÃO E DIETÉTICA Química e Bioquímica Aplicada Prof. Adriano Silva Estado Nutricional Composição da alimentação (tipo e quantidade dos alimentos ingeridos); Necessidades do organismo

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS: N 112/2014 PREGÃO ELETRONICO Nº 004/2014 REGISTRO DE PREÇOS VALIDADE: 12 (DOZE) MESES

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS: N 112/2014 PREGÃO ELETRONICO Nº 004/2014 REGISTRO DE PREÇOS VALIDADE: 12 (DOZE) MESES ATA DE REGISTRO DE PREÇOS: N 112/2014 PREGÃO ELETRONICO Nº 004/2014 REGISTRO DE PREÇOS VALIDADE: 12 (DOZE) MESES Aos nove dias do mês de junho do ano de 2014, O MUNICÍPIO DE JUÍNA, ESTADO DE MATO GROSSO,

Leia mais

DETERMINAÇÃO DA MASSA VOLÚMICA DE UM SÓLIDO

DETERMINAÇÃO DA MASSA VOLÚMICA DE UM SÓLIDO Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos de Santo António Ciências Físico-Químicas 2009/2010 DETERMINAÇÃO DA MASSA VOLÚMICA DE UM SÓLIDO Trabalho realizado por: Ano: Nº T: Índice Introdução 3 Objectivos.4 Material/

Leia mais

FUNÇÃO HEPÁTICA. Msc. Danielle Rachel

FUNÇÃO HEPÁTICA. Msc. Danielle Rachel FUNÇÃO HEPÁTICA Msc. Danielle Rachel 1 S FÍGADO 2 FUNÇÃO S Órgão de funções múltiplas e fundamentais para o funcionamento do organismo. Entre elas, destacam-se: ü Armazenamento de glicose: O glicogênio

Leia mais

Qualidade do leite para os laticínios

Qualidade do leite para os laticínios Qualidade do leite para os laticínios Paulo Henrique Fonseca da Silva Doutor em Ciência dos Alimentos EPAMIG/ILCT Minas Gerais Qualidade do leite para os laticínios Juiz de Fora - MG Instituto de Laticínios

Leia mais

Coombs Indireto Soro Jejum desnecessário Fibrinogênio Plasma Jejum desnecessário Grupo Sangüíneo Sangue total com EDTA e K3 Jejum desnecessário

Coombs Indireto Soro Jejum desnecessário Fibrinogênio Plasma Jejum desnecessário Grupo Sangüíneo Sangue total com EDTA e K3 Jejum desnecessário HEMATOLOGIA: Células LE Sangue sem anticoagulante Jejum desnecessário Coombs Direto Sangue total com EDTA Jejum desnecessário Coombs Indireto Soro Jejum desnecessário Fibrinogênio Plasma Jejum desnecessário

Leia mais

Como Interpretar um Boletim de Análises Clínicas

Como Interpretar um Boletim de Análises Clínicas um Boletim Cristina V. Almeida Análises - Definição Conjunto de exames e testes, realizados normalmente a pedido do médico, executados em laboratórios de análise clínica. Os produtos biológicos mais comuns

Leia mais

Especificação Unid. Fornecedor Marca Ofer. Descto. (%) Preço Unitário DIAGNOSTICA CATARINENSE COMERCIO DE PRODUTOS LABOR (10792)

Especificação Unid. Fornecedor Marca Ofer. Descto. (%) Preço Unitário DIAGNOSTICA CATARINENSE COMERCIO DE PRODUTOS LABOR (10792) Página: 1/8 1 HDL COLESTEROL COLOR 50ML LIQUIDO PRECIPITANTE UNID ANALISA 0 15,0000 1 4 ASLO LATEX 2,5ML COMPLETO C/100 UNID BIOMARCHESINI PRODUTOS CIENTIFICOS LTDA (10129) EBRAM 0 61,3100 1 WAMA 0 106,5000

Leia mais

MICROALBUMINÚRIA TURBIQUEST PLUS

MICROALBUMINÚRIA TURBIQUEST PLUS MICROALBUMINÚRIA TURBIQUEST PLUS Instruções de Uso Ref.:348 MS 10009010226 Finalidade. Sistema para determinação quantitativa de albumina em amostras de urina (albuminúria) por imunoturbidimetria. [Somente

Leia mais

CBHPM 4.03.01.40-0 AMB 28.01.032-9. 20 40,078 1.112 K 1,0 1.713 K 1,550 g/cm 3 Ca [Ar]4s 2 Cálcio

CBHPM 4.03.01.40-0 AMB 28.01.032-9. 20 40,078 1.112 K 1,0 1.713 K 1,550 g/cm 3 Ca [Ar]4s 2 Cálcio CÁLCIO Ca CBHPM 4.03.01.40-0 AMB 28.01.032-9 Sinonímia: Ca. Calcemia. Cálcio total. Calciúria. Cálcio urinário. Sulkowitch = prova obsoleta para calciúria. Fisiologia: 20 40,078 1.112 K 1,0 1.713 K 1,550

Leia mais

HEMOGRAMA COMPLETO Valores de Referencia (Adultos - Masculino) ERITROCITOS...: 5.54 milhoes/mm3 4.5 a 6.0

HEMOGRAMA COMPLETO Valores de Referencia (Adultos - Masculino) ERITROCITOS...: 5.54 milhoes/mm3 4.5 a 6.0 Resultados Página: 1/10 HEMOGRAMA COMPLETO Valores de Referencia (Adultos - Masculino) ERITROCITOS...: 5.54 milhoes/mm3 4.5 a 6.0 HEMOGLOBINA...: 16.1 g/dl 13.0 a 20.0 Exame assinado eletronicamente por

Leia mais

Defeito da MCAD. Caso Clínico. Caso Clínico. Caso Clínico. Antecedentes Pessoais. História da doença: Unidade de Doenças Metabólicas

Defeito da MCAD. Caso Clínico. Caso Clínico. Caso Clínico. Antecedentes Pessoais. História da doença: Unidade de Doenças Metabólicas Unidade de Doenças Metabólicas Teresa Almeida Campos 10 de Março de 2010 TCS, sexo feminino, 3 anos de idade, etnia cigana Admitida no Hospital de São João a 6/7/1993, após transferência do Hospital de

Leia mais

Prefeitura Municipal de Venda Nova do Imigrante

Prefeitura Municipal de Venda Nova do Imigrante Lote LOTE 01 00001 00029574 TUBO DE ENSAIO DE VIDRO 12X75MM - TUBO 600,0 00002 00032308 TUBO DE ENSAIO DE VIDRO 13 X 100 MM - 600,0 00003 00029575 TUBO DE ENSAIO DE VIDRO 15X100MM - TUBO 300,0 00004 00005

Leia mais

A solução mais econômica

A solução mais econômica Tecnologia comprovada e moderna que supri todas as suas necessidades: rentabilidade, flexibilidade, conveniência e economia. Suas peculiaridades e especificações fazem desse equipamento um analisador para

Leia mais

PCR TURBIQUEST PLUS Instruções de Uso

PCR TURBIQUEST PLUS Instruções de Uso PCR TURBIQUEST PLUS Instruções de Uso Ref.:331 MS 10009010198 Proteína C reativa Finalidade. Sistema para determinação quantitativa da proteína C-reativa (PCR) em amostras de soro por imunoturbidimetria.

Leia mais

Valores de Referencia (Adultos - Homens) HEMACIAS: 4.85 milhoes/mm3. Relativo (%) /mm3 VR (%) VR (mm3) LEUCOCITOS: 4.400

Valores de Referencia (Adultos - Homens) HEMACIAS: 4.85 milhoes/mm3. Relativo (%) /mm3 VR (%) VR (mm3) LEUCOCITOS: 4.400 Resultados Página: 1/13 HEMOGRAMA ERITROGRAMA Valores de Referencia (Adultos - Homens) HEMACIAS: 4.85 milhoes/mm3 04.50 a 06.10 HEMOGLOBINA: 13.5 g/dl 13.00 a 16.50 HEMATOCRITO: 41.1 % 36.00 a 54.00 VCM:

Leia mais

Calibração Pulverizador de Barras

Calibração Pulverizador de Barras Calibração Pulverizador de Barras INÍCIO ANALISAR pulverizador e corrigir Medir a VELOCIDADE do tractor Medir DÉBITO dos BICOS Usar apenas água na calibragem do pulverizador PULVERIZAR Preparar a CALDA

Leia mais