Enunciado do Projecto

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Enunciado do Projecto"

Transcrição

1 C O M P U T A Ç Ã O M Ó V E L / Enunciado do Projecto 17 de Março de Objectivos Desenvolver uma aplicação num domínio aplicacional específico que envolva replicação e sincronização de dados entre múltiplas réplicas de um repositório de dados e um ou mais dispositivos móveis, tendo estes últimos a possibilidade de alterar alguns dados (actualização, remoção e inserção) e de replicar e sincronizar dados entre si enquanto estão desligados da rede. Os conflitos resultantes da replicação e posterior sincronização deverão ser resolvidos de acordo com a lógica inerente ao domínio aplicacional descrito. 2. Contexto A empresa GoldenAge Health Wellfare é uma empresa de prestação de cuidados de saúde especializada na assistência a pacientes, residentes em lares ou particulares, que por motivos de idade e/ou de saúde requeiram cuidados diários e monitorização constante. A empresa oferece um serviço de assistência e acompanhamento personalizado em função das necessidades reais de cada paciente. A empresa disponibiliza aos seus clientes e aos seus assistentes sociais um sistema de apoio e atendimento de elevada qualidade, baseado nas mais recentes tecnologias Serviços O cliente (tipicamente um familiar do paciente), impossibilitado de prestar pessoalmente os cuidados necessários ao paciente, recorre aos serviços oferecidos pela empresa através dos seus assistentes sociais. A gama de serviços disponibilizados engloba as seguintes áreas de intervenção: assistência à alimentação e controlo da dieta alimentar, prestação de cuidados de higiene, administração de medicamentação e acompanhamento em consultas médicas. Em função da disponibilidade do cliente e do 1

2 grau de dependência do paciente, o cliente pode optar por uma ou mais modalidades de serviço em horário definido pelo cliente. Para os fins deste projecto será considerado apenas o serviço de administração de medicamentação. Através da área reservada a clientes do site da empresa, o cliente pode efectuar, entre outras, as seguintes tarefas: Subscrever novas modalidades de serviço; Renunciar a modalidades subscritas; Alterar o horário de prestação de assistência ao paciente; Registar uma nova receita médica; Registar as doses administradas ao paciente; Etc. Todas estas acções também podem ser realizadas por telefone. Estas acções têm como repercussão a alteração das bases de dados nos servidores centrais da empresa. A celebração de um novo contrato e a terminação de um contrato em vigor não são suportadas pelo site e são realizadas através de diferentes canais de comunicação (deslocação aos escritórios da empresa, por carta, etc.) Funções do assistente social O assistente social é responsável pela prestação da assistência ao paciente de acordo com os moldes definidos pelo cliente. Compete ao assistente social assegurar-se de que o paciente consome rigorosamente a medicamentação indicada pelo seu médico. O assistente social poderá acompanhar o paciente às consultas médicas que estiverem agendadas e proceder à actualização do regime de medicamentação do paciente, de acordo com as indicações dadas pelo médico. Para os fins deste projecto não serão consideradas outras competências por parte do assistente social Personal digital assistant (PDA) 2

3 Cada assistente social dispõe de um PDA, no qual efectua o registo de todas as tarefas. Tipicamente no início do dia, o assistente transfere para o seu PDA os dados relativos aos pacientes que lhe estão atribuídos para esse dia a partir de um dos servidores da empresa (normalmente o servidor que se encontrar geograficamente mais próximo da localização do assistente social). Por limitações de memória, o PDA não deverá transportar mais que os dados relativos aos pacientes desse dia. Após a transferência dos dados dos pacientes, o PDA apresenta a lista de pacientes que o assistente deverá visitar nesse dia (previamente gerada e ordenada no servidor de acordo com o horário de assistência estipulado para cada paciente). O PDA apresenta lembretes para as várias tarefas ao assistente social à medida que se aproxima a hora para cada uma delas. Ocasionalmente (quando a ligação e a bateria do PDA assim o permitem), o assistente procede à sincronização de dados entre o seu PDA e um dos servidores (normalmente o servidor que se encontrar geograficamente mais próximo da localização do assistente social). O processo de sincronização permite que as actualizações aos dados de cada paciente efectuadas no PDA sejam reflectidas na base de dados do servidor (sendo posteriormente propagadas para os outros servidores segundo um protocolo de propagação e resolução de conflitos). Em alguns casos as actualizações aos dados no PDA de um assistente são úteis para outros assistentes. Por exemplo, quando mais do que um paciente reside no mesmo local (como é o caso dos lares) requerendo assim a presença de dois ou mais assistentes no mesmo local em simultâneo ou quando um paciente requer assistência e monitorização constante 24 horas e é necessário que vários assistentes trabalhem por turnos para prestar os cuidados necessários. Nestes casos, é desejável que os dados alterados num PDA sejam propagados rapidamente aos PDAs dos outros assistentes (por sincronização directa entre os PDAs) Sincronização de dados entre o PDA e o servidor ou entre PDAs Durante o processo de sincronização, as alterações mais recentes aos dados deverão ser reflectidas nas bases de dados mantidas no PDA e no servidor. No entanto, poderão ocorrer conflitos de dados no caso da mesma informação ter sido alterada em simultâneo no PDA e no servidor ou entre vários PDAs. 3

4 Durante o processo de sincronização, as seguintes regras deverão ser observadas: As alterações mais recentes a dados referentes a receitas médicas têm sempre precedência. (Assume-se que os relógios dos PDAs são suficientemente sincronizados.) As alterações aos dados referentes a doses de medicamentos administradas ao paciente devem ser conciliadas de modo a detectar casos de sobredosagem da medicamentação. As doses administradas ao paciente por mais que uma pessoa no mesmo dia devem ser somadas e registadas. Em seguida as doses totais administradas devem ser comparadas com a receita em vigor para detectar a ocorrência de sobredosagem, em cujo caso deverá ser lançado um alerta tanto para o assistente social, através do PDA, como para o cliente, através do site. O alerta assegura que seja prestada assistência médica ao paciente com a maior urgência possível. Para os fins deste projecto não será considerado o protocolo de propagação e resolução de conflitos entre os vários servidores. 3. Descrição O objectivo deste trabalho consiste no desenvolvimento de uma solução que suporte o modelo de utilização descrito, com vários servidores que armazenam os dados referidos e uma aplicação para os dispositivos móveis que permita a alteração de dados no decorrer da actividade diária. A solução deve suportar a sincronização de dados entre os dados que constam no PDA de cada assistente social e os dados que se encontram em cada servidor, assim como entre os dados que constam em PDAs distintos. Os conflitos que forem detectados no decorrer desta sincronização devem ser resolvidos de acordo com as regras descritas neste enunciado. A quantidade de informação transportada no PDA do assistente social deve ser minimizada, para optimizar o tempo de sincronização de dados e a utilização dos recursos limitados do PDA. Não é requerida a implementação do site da empresa ou do protocolo de propagação de actualizações e resolução de conflitos entre os vários servidores. Qualquer acção do cliente realizada por intermédio do site ou por telefone ou qualquer propagação de actualizações entre servidores é simulada através da actualização directa das bases de dados nos servidores. 4

5 Os esquemas das bases de dados ficarão ao critério dos alunos desde que suporte os requisitos de domínio anteriormente enunciados. Os alunos deverão ainda criar um conjunto de scripts SQL para criação do estado inicial das bases de dados dos servidores e para simular a propagação de actualizações entre os vários servidores nos vários cenários de teste e demonstração do projecto. A base de dados criada neste projecto deverá conter, pelo menos, a seguinte informação: Pacientes: nome, morada, horário de assistência; Regime de medicamentação (receitas): paciente, medicamento, dose diária; Registo de medicamentação: paciente, medicamento, dose administrada, hora; Assistentes sociais: nome, pacientes ao seu encargo. Os aspectos em aberto neste enunciado devem ser cuidadosamente analisados pelos alunos, e as decisões tomadas devem ser justificadas no relatório do projecto Arquitectura A solução apresentada deverá ter como base a plataforma.net Compact Framework 2.0 executada sobre o sistema operativo PocketPC 2003 SE (ou versão superior) e deverá ser desenvolvido em C# (versão 2.0), utilizando como servidores de bases de dados o SQL Server 2005 (repositório de dados) e o SQL Server Compact Edition v. 3.1 (PDAs). O projecto tem como objectivo não só permitir aos alunos ganhar experiência na utilização de produtos de bases de dados comerciais com suporte para sincronização e resolução automática de conflitos (neste caso a família de servidores de bases de dados Microsoft SQL Server 2005) como também permitir a aplicação dos conceitos adquiridos nas aulas teóricas através da implementação de protocolos de replicação, resolução de conflitos e garantias de sessão. De modo a atingir este objectivo, a implementação do projecto deverá decorrer em três fases Fase um Implementação da sincronização entre PDA e servidor através da funcionalidade de merge replication do SQL Server Compact Edition Nesta fase apenas será considerado um único servidor e não haverá sincronização directa entre PDAs. O objectivo desta fase consiste em implementar a sincronização 5

6 entre PDA e servidor através do recurso à funcionalidade de merge replication oferecida pelo SQL Server Compact Edition. No fim desta fase, a interface gráfica da aplicação cliente e a lógica de negócio do domínio aplicacional deverão estar completamente implementadas. A arquitectura geral nesta fase do projecto é ilustrada na seguinte figura: Dispositivo Móvel (PDA) Servidor IIS Aplicação Cliente Client Agent HTTP Server Agent (SSCESA31.DLL) SQL Server BD BD BD Custom Conflict Resolver(s) No caso específico dos conflitos na sincronização do registo de administração de medicamentos aos pacientes deverá ser desenvolvido um custom conflict resolver, de forma a incluir na resolução destes conflitos a lógica de negócio descrita acima no contexto do problema Fase dois Implementação da sincronização directa entre PDAs O objectivo desta fase consiste em adicionar à aplicação cliente desenvolvida na fase anterior a funcionalidade de sincronização directa entre PDAs. A funcionalidade de merge replication do SQL Server Compact Edition não suporta sincronização directa entre PDAs, pelo que esta deverá ser implementada de raiz (poderão ser utilizadas as funcionalidades de serialização XML oferecidas pela classe DataSet da API ADO.NET em conjunto com as classes TcpListener e TcpClient que oferecem uma implementação da API Sockets). 6

7 A arquitectura geral nesta fase do projecto é ilustrada na seguinte figura: Dispositivo Móvel (PDA) Dispositivo Móvel (PDA) Client Agent Aplicação Cliente Aplicação Cliente Client Agent BD DataSet XML DataSet BD Fase três Implementação do protocolo de replicação com suporte a múltiplos servidores O objectivo desta fase consiste em implementar a sincronização entre PDAs e múltiplos servidores. A aplicação cliente deverá permitir seleccionar qual o servidor com o qual será efectuada a sincronização a cada momento. Os dados obtidos pelo PDA a partir do servidor seleccionado devem satisfazer a garantia de sessão Read your Writes 1. Para tal será necessário implementar um protocolo de replicação que suporte múltiplos servidores, que substituirá o recurso à funcionalidade de merge replication oferecida pelo SQL Server Compact Edition. Não é necessário implementar a propagação de actualizações entre servidores, sendo esta simulada através de scrips SQL criados pelos alunos para os vários cenários de teste e demonstração. A aplicação cliente deverá continuar a suportar os modelos arquitecturais das fases anteriores, não sendo no entanto necessário suportar a interoperabilidade entre os diferentes modelos. 1 Terry, D. B., Demers, A. J., Petersen, K., Spreitzer, M., Theimer, M., and Welch, B. W Session Guarantees for Weakly Consistent Replicated Data. In Proceedings of the Third international Conference on Parallel and Distributed information Systems (September 28-30, 1994). IEEE Computer Society, Washington, DC,

8 A arquitectura geral nesta fase do projecto é ilustrada na seguinte figura: 3.2. Interface gráfica do dispositivo A partir da interface gráfica desenvolvida para o PDA do assistente social deverá ser possível executar (pelo menos) as seguintes acções: Efectuar o registo de uma nova receita médica. Efectuar o registo das doses de medicamentos administradas. Sincronizar explicitamente os dados locais com um dos repositórios de dados (SQL Server 2005) ou com outro PDA. 4. Avaliação A entrega do projecto tem como data limite o dia 23 de Maio de 2008 (inclusive). A seu tempo serão dados mais detalhes relativamente à hora limite e ao local da entrega do projecto. Dela devem constar os seguintes elementos: 8

9 Um CD com o código fonte do projecto, respectivos ficheiros de base de dados, e instruções de instalação gerais sobre como executar o vosso projecto, de forma a demonstrar os resultados pretendidos, bem como a versão electrónica (formato PDF, RTF ou documento do Word) do vosso relatório (ver ponto seguinte). O código deve estar devidamente comentado de forma a ser auto-explicativo; Um relatório sucinto (máx. 4 páginas) e elucidativo da abordagem do problema, no que diz respeito à arquitectura geral da solução adoptada e ao modo como as questões principais foram abordadas e resolvidas. Devem também referir as funcionalidades não implementadas e adicionais, bem como o esquema da base de dados criado para o sistema; Scripts SQL que permitam, respectivamente, e de acordo com o vossos esquemas de bases de dados, a criação do estado inicial das bases de dados nos servidores e a sua posterior actualização de modo a gerar conflitos durante a sincronização, tal como é referido nas secções anteriores. Estes scripts serão utilizados na visualização e discussão do projecto para facilitar a verificação do bom funcionamento da vossa resolução de conflitos, e para permitir uma certa automatização dos testes a efectuar. o Os scripts de criação do estado inicial das bases de dados devem permitir criar pelo menos a seguinte informação: Três assistentes sociais; Quatro pacientes e respectivos horários de assistência e receitas médicas; Cada um dos três primeiros pacientes é do encargo de um só assistente social, enquanto o quarto paciente requer assistência permanente 24 horas e os três assistentes sociais alternam entre si a prestação de assistência ao paciente em turnos de 8h. o Os scripts de geração de conflitos devem introduzir e alterar a seguinte informação: Registo de novas receitas médicas; Registo de administração de doses de medicamentos a fim de simular um caso de sobredosagem. 9

10 Fim do Enunciado 10

Mobile Business. Your sales on the move.

Mobile Business. Your sales on the move. Pág/02 O PRIMAVERA é um produto destinado a empresas que utilizem processos de auto-venda e/ou pré-venda com Equipas de Vendas que necessitem de um conjunto de informação e funcionalidades avançadas, disponíveis

Leia mais

ππ Definir em cada dispositivo os acessos de introdução ou altera-

ππ Definir em cada dispositivo os acessos de introdução ou altera- PHC Gama Pocket DESCRITIVO O Software PHC Pocket dispõe de múltiplas funcionalidades que estão disponíveis em todas as gamas e que permitem estender a capacidade de cada produto. Neste documento apresentamos

Leia mais

Enterprise 2007. A gama PHC Enterprise é um ERP desenvolvido de forma a satisfazer as exigentes necessidades das médias e grandes empresas.

Enterprise 2007. A gama PHC Enterprise é um ERP desenvolvido de forma a satisfazer as exigentes necessidades das médias e grandes empresas. Enterprise 2007 Descritivo completo A gama PHC Enterprise é um ERP desenvolvido de forma a satisfazer as exigentes necessidades das médias e grandes empresas. Com vista a satisfazer totalmente cada empresa

Leia mais

Especificações de oferta Monitorização da infra-estrutura remota

Especificações de oferta Monitorização da infra-estrutura remota Descrição dos serviços Especificações de oferta Monitorização da infra-estrutura remota Este serviço oferece serviços de Monitorização da infra-estrutura remota Dell (RIM, o Serviço ou Serviços ) conforme

Leia mais

De seguida, apresentamos algumas funcionalidades interessantes e que estão disponíveis em todos os módulos de PHC Corporate.

De seguida, apresentamos algumas funcionalidades interessantes e que estão disponíveis em todos os módulos de PHC Corporate. Corporate 2007 A gama Descritivo PHC completo Corporate foi desenvolvida para satisfazer totalmente as necessidades das micro-empresas. Possui módulos para automatizar todas as áreas e departamentos da

Leia mais

Uma Base de Dados é uma colecção de dados partilhados, interrelacionados e usados para múltiplos objectivos.

Uma Base de Dados é uma colecção de dados partilhados, interrelacionados e usados para múltiplos objectivos. 1. Introdução aos Sistemas de Bases de Dados Uma Base de Dados é uma colecção de dados partilhados, interrelacionados e usados para múltiplos objectivos. O conceito de base de dados faz hoje parte do nosso

Leia mais

Escola Superior de Tecnologia de Setúbal. Projecto Final

Escola Superior de Tecnologia de Setúbal. Projecto Final Instituto Politécnico de Setúbal Escola Superior de Tecnologia de Setúbal Departamento de Sistemas e Informática Projecto Final Computação na Internet Ano Lectivo 2002/2003 Portal de Jogos Executado por:

Leia mais

FAQ. Esperamos que aprecie a versão de teste do Siebel CRM On Demand da Oracle! Perguntas gerais sobre o produto -1-

FAQ. Esperamos que aprecie a versão de teste do Siebel CRM On Demand da Oracle! Perguntas gerais sobre o produto -1- Introdução As Perguntas Mais Frequentes (FAQ) fornecem respostas breves às perguntas mais frequentes que os novos utilizadores têm quando trabalham com o Siebel CRM On Demand da Oracle. Além deste recurso,

Leia mais

Guia de Rede. Configuração do Windows Utilizar um Servidor de Impressão Monitorizar e Configurar a Impressora Apêndice

Guia de Rede. Configuração do Windows Utilizar um Servidor de Impressão Monitorizar e Configurar a Impressora Apêndice Guia de Rede 1 2 3 4 Configuração do Windows Utilizar um Servidor de Impressão Monitorizar e Configurar a Impressora Apêndice Leia este manual cuidadosamente antes de utilizar o equipamento e mantenha-o

Leia mais

Uma Aplicação Móvel para Melhorar a Comunicação com os Beneficiários de um Perímetro de Rega

Uma Aplicação Móvel para Melhorar a Comunicação com os Beneficiários de um Perímetro de Rega Uma Aplicação Móvel para Melhorar a Comunicação com os Beneficiários de um Perímetro de Rega Gonçalo Gaiolas Instituto Superior Técnico, Lisboa, Portugal goncalo.gaiolas@tagus.ist.utl.pt João Maia Instituto

Leia mais

A versão básica disponibiliza a informação criada no Microsoft Navision em unidades de informação

A versão básica disponibiliza a informação criada no Microsoft Navision em unidades de informação O Business Analytics for Microsoft Business Solutions Navision ajuda-o a ter maior controlo do seu negócio, tomar rapidamente melhores decisões e equipar os seus funcionários para que estes possam contribuir

Leia mais

Escola Superior de Gestão de Santarém. Instalação e Manutenção de Redes e Sistemas Informáticos. Peça Instrutória G

Escola Superior de Gestão de Santarém. Instalação e Manutenção de Redes e Sistemas Informáticos. Peça Instrutória G Escola Superior de Gestão de Santarém Pedido de Registo do CET Instalação e Manutenção de Redes e Sistemas Informáticos Peça Instrutória G Conteúdo programático sumário de cada unidade de formação TÉCNICAS

Leia mais

Gama PHC Corporate CS

Gama PHC Corporate CS Gama PHC Corporate CS A gestão das micro-empresas A gestão de todas as áreas e departamentos das micro-empresas, por forma a aumentar significativamente a produtividade dos colaboradores. BUSINESS AT SPEED

Leia mais

O módulo dmanager permite ao gestor deter um controlo remoto constante sobre a sua empresa, onde quer que se encontre.

O módulo dmanager permite ao gestor deter um controlo remoto constante sobre a sua empresa, onde quer que se encontre. Descritivo completo PHC dmanager A solução ideal para monitorizar via Internet as áreas comercial e financeira da empresa e controlar as suas vendas, clientes e fornecedores, encomendas e stocks. Benefícios

Leia mais

Procedimento de Gestão PG 02 Controlo de Documentos e Registos

Procedimento de Gestão PG 02 Controlo de Documentos e Registos Índice 1.0. Objectivo. 2 2.0. Campo de aplicação 2 3.0. Referências e definições....... 2 4.0. Responsabilidades... 3 5.0. Procedimento... 3 5.1. Generalidades 3 5.2. Controlo de documentos... 4 5.3. Procedimentos

Leia mais

SEO LINKEDIN FACEBOOK GOOGLE REDES SOCIAS E-COMMERCE TWITTER UNICRE PAY PAL 6.0 PLATAFORMA INTEGRADA DE NEGÓCIO E COMUNICAÇÃO ONLINE

SEO LINKEDIN FACEBOOK GOOGLE REDES SOCIAS E-COMMERCE TWITTER UNICRE PAY PAL 6.0 PLATAFORMA INTEGRADA DE NEGÓCIO E COMUNICAÇÃO ONLINE LINKEDIN FACEBOOK TWITTER GOOGLE REDES SOCIAS E-COMMERCE PAY PAL SEO UNICRE 6.0 PLATAFORMA INTEGRADA DE NEGÓCIO E COMUNICAÇÃO ONLINE ACTUALIZE O SEU SITE VENDAS ONLINE MARKETING ONLINE A PLATAFORMA GCM

Leia mais

SIBS PROCESSOS cria solução de factura electrónica com tecnologias Microsoft

SIBS PROCESSOS cria solução de factura electrónica com tecnologias Microsoft SIBS PROCESSOS cria solução de factura electrónica com tecnologias Microsoft A solução MB DOX oferece uma vantagem competitiva às empresas, com a redução do custo de operação, e dá um impulso à factura

Leia mais

PHC ControlDoc BENEFÍCIOS. _Fim do papel a circular na empresa. _Rapidez de encontrar um documento

PHC ControlDoc BENEFÍCIOS. _Fim do papel a circular na empresa. _Rapidez de encontrar um documento Com o ControlDoc pode arquivar digitalmente todo o tipo de ficheiros (Imagens, Word, Excel, PDF, etc.) e relacioná-los com os dados existentes nas restantes aplicações. PHC ControlDoc Reduza os custos

Leia mais

EXCEL. Listas como Bases de Dados

EXCEL. Listas como Bases de Dados Informática II Gestão Comercial e da Produção EXCEL Listas como Bases de Dados (TÓPICOS ABORDADOS NAS AULAS DE INFORMÁTICA II) Curso de Gestão Comercial e da Produção Ano Lectivo 2002/2003 Por: Cristina

Leia mais

PADI Plataformas para Aplicações Distribuídas na Internet

PADI Plataformas para Aplicações Distribuídas na Internet PADI Plataformas para Aplicações Distribuídas na Internet Apresentação Prof. Luís Veiga IST/INESC-ID https://fenix.ist.utl.pt/lerci-pb/disciplinas/padi pb/disciplinas/padi https://fenix.ist.utl.pt/leic-taguspark

Leia mais

Modelo Genérico de Módulo de E/S Grande variedade de periféricos

Modelo Genérico de Módulo de E/S Grande variedade de periféricos Conteúdo Capítulo 7 Entrada/Saída Dispositivos externos Módulos E/S Técnicas de E/S E/S Programada E/S Conduzida por interrupções Processamento de interrupções Controlador Intel 82C59A Acesso Directo à

Leia mais

PHC ControlDoc CS BENEFÍCIOS. _Fim do papel a circular na empresa. _Rapidez na pesquisa de documentos. _Segurança detalhada no acesso aos documentos

PHC ControlDoc CS BENEFÍCIOS. _Fim do papel a circular na empresa. _Rapidez na pesquisa de documentos. _Segurança detalhada no acesso aos documentos Com o PHC ControlDoc pode arquivar digitalmente todo o tipo de ficheiros (Imagens, Word, Excel, PDF, etc.) e relacioná-los com os dados existentes nas restantes aplicações. PHC ControlDoc CS Reduza os

Leia mais

PHC ControlDoc CS. ππ Empresas e organizações que desejem acabar com a circulação de papel BENEFÍCIOS SOLUCÃO DESTINATÁRIOS

PHC ControlDoc CS. ππ Empresas e organizações que desejem acabar com a circulação de papel BENEFÍCIOS SOLUCÃO DESTINATÁRIOS Com o PHC ControlDoc pode arquivar digitalmente todo o tipo de ficheiros (Imagens, Word, Excel, PDF, etc.) e relacioná-los com os dados existentes nas restantes aplicações. PHC ControlDoc CS Reduza os

Leia mais

Principais Vantagens

Principais Vantagens dotlogic-cardio O dotlogic-cardio é um sistema de informação de cardiologia (CIS). Utiliza protocolos standard como HL7, DICOM ou GDT para comunicar com os diversos sistemas de informação e equipamentos

Leia mais

PHC dmanager. O módulo PHC dmanager permite ao gestor deter um controlo remoto constante sobre a sua empresa, onde quer que se encontre.

PHC dmanager. O módulo PHC dmanager permite ao gestor deter um controlo remoto constante sobre a sua empresa, onde quer que se encontre. PHC dmanager DESCRITIVO O módulo PHC dmanager permite ao gestor deter um controlo remoto constante sobre a sua empresa, onde quer que se encontre. PHC dmanager A solução ideal para monitorizar via Internet

Leia mais

PHC Suporte. Rentabilize a sua assistência pós-venda e, em simultâneo, surpreenda os seus clientes com o seu profissionalismo

PHC Suporte. Rentabilize a sua assistência pós-venda e, em simultâneo, surpreenda os seus clientes com o seu profissionalismo PHCSuporte DESCRITIVO O PHC Suporte permite a qualquer empresa com assistência a clientes pós-venda, gerir todo o seu parque instalado, a actividade de suporte ao público e a performance e produtividade

Leia mais

PONTDOC. Sistema de Gestão Documental. Dossier de Produto 02.01.2009 DP10.02. www.pontual.pt UGD 1 de 13

PONTDOC. Sistema de Gestão Documental. Dossier de Produto 02.01.2009 DP10.02. www.pontual.pt UGD 1 de 13 PONTDOC Sistema de Gestão Documental Dossier de Produto DP10.02 02.01.2009 www.pontual.pt UGD 1 de 13 PONTDoc Sistema de Gestão Documental A Pontual A Pontual é uma empresa de capitais 100% nacionais,

Leia mais

Manual do GesFiliais

Manual do GesFiliais Manual do GesFiliais Introdução... 3 Arquitectura e Interligação dos elementos do sistema... 4 Configuração do GesPOS Back-Office... 7 Utilização do GesFiliais... 12 Outros modos de utilização do GesFiliais...

Leia mais

Office 2010 e SharePoint 2010: Produtividade Empresarial no Seu Melhor. Folha de Factos

Office 2010 e SharePoint 2010: Produtividade Empresarial no Seu Melhor. Folha de Factos Office 2010 e SharePoint 2010: Produtividade Empresarial no Seu Melhor Folha de Factos A informação contida neste documento representa a visão actual da Microsoft Corporation sobre os assuntos discutidos,

Leia mais

Open Operational Platform

Open Operational Platform Open Operational Platform Visão Tecnológica 20.01.2009 Agenda Enquadramento Arquitectura Características Diferenciadoras Case Study 2 Enquadramento 3 Mobilidade Optimização Processos Tecnologia Operações

Leia mais

PERIVER PLATAFORMA SOFTWARE REQUIREMENT SPECIFICATION. Periver_SoftwareRequirementSpecification_2008-03-31_v1.0.doc. Versão 1.0

PERIVER PLATAFORMA SOFTWARE REQUIREMENT SPECIFICATION. Periver_SoftwareRequirementSpecification_2008-03-31_v1.0.doc. Versão 1.0 PLATAFORMA Versão 1.0 31 de Março de 2008 TABELA DE REVISÕES Versão Autores Descrição da Versão Aprovadores Data António Rocha Cristina Rodrigues André Ligeiro V0.1r Dinis Monteiro Versão inicial António

Leia mais

Software GEFISEME Aplicação destinada ao auxílio do serviço de Metrologia. Rua D. Afonso Henriques, 1726 4435-003 Rio Tinto www.worldsolutions.

Software GEFISEME Aplicação destinada ao auxílio do serviço de Metrologia. Rua D. Afonso Henriques, 1726 4435-003 Rio Tinto www.worldsolutions. Software GEFISEME Aplicação destinada ao auxílio do serviço de Metrologia Rua D. Afonso Henriques, 1726 4435-003 Rio Tinto www.worldsolutions.pt Conteúdo Introdução... 2 Gestão de acessos... 3 Ficha de

Leia mais

Microsoft Word 2007. Vantagens

Microsoft Word 2007. Vantagens Microsoft Word 2007 Vantagens Vantagens A versão 2007 do Microsoft Word permite elaborar documentos com um aspecto muito profissional. Para tal, esta versão utiliza um conjunto de ferramentas (novas e/ou

Leia mais

Software da Impressora

Software da Impressora Software da Impressora Acerca do Software da Impressora O software Epson inclui o controlador de impressão e o EPSON Status Monitor 3. O controlador de impressão é um software que permite controlar a impressora

Leia mais

PHC dteamcontrol Interno

PHC dteamcontrol Interno O módulo PHC dteamcontrol Interno permite acompanhar a gestão de todos os projectos abertos em que um utilizador se encontra envolvido. PHC dteamcontrol Interno A solução via Internet que permite acompanhar

Leia mais

Interface Homem Máquina para Domótica baseado em tecnologias Web

Interface Homem Máquina para Domótica baseado em tecnologias Web Interface Homem Máquina para Domótica baseado em tecnologias Web João Alexandre Oliveira Ferreira Dissertação realizada sob a orientação do Professor Doutor Mário de Sousa do Departamento de Engenharia

Leia mais

Benefícios Aumento de produtividade; Sincronização directa e sem problemas; Muito fácil de utilizar.

Benefícios Aumento de produtividade; Sincronização directa e sem problemas; Muito fácil de utilizar. Descritivo completo 2007 Se os seus vendedores precisam saber e actualizar as suas visitas e obter informação sobre os clientes e prospects quando estão no terreno, então esta é a solução ideal para si.

Leia mais

PHC Doc. Electrónicos CS

PHC Doc. Electrónicos CS PHC Doc. Electrónicos CS A diminuição dos custos da empresa A solução que permite substituir a típica correspondência em papel, agilizando os processos documentais e reduzindo os custos das empresas. BUSINESS

Leia mais

Referências de tarefas de comunicação do Sametime

Referências de tarefas de comunicação do Sametime Referências de tarefas de comunicação do Sametime ii Referências de tarefas de comunicação do Sametime Índice Referências de tarefas de comunicação do Sametime............ 1 iii iv Referências de tarefas

Leia mais

Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC

Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC PHC Mensagens SMS CS DESCRITIVO O módulo PHC Mensagens SMS CS permite o envio de mensagens a múltiplos destinatários em simultâneo, sem ser necessário criar e enviar uma a uma. Comunique com mais sucesso:

Leia mais

Formação Microsoft Excel Nível Intermédio

Formação Microsoft Excel Nível Intermédio Formação Microsoft Excel Nível Intermédio António Araújo Silva - 2010 INTRODUÇÃO O presente documento procura efectuar a Planificação de uma acção de formação a decorrer nas instalações da Escola EBI de

Leia mais

I. INTRODUÇÃO. SEINON Sistema Energético INtegral ONline. A melhor energia é a que não se consome

I. INTRODUÇÃO. SEINON Sistema Energético INtegral ONline. A melhor energia é a que não se consome I. INTRODUÇÃO SEINON Sistema Energético INtegral ONline A melhor energia é a que não se consome O sistema SEINON é uma ferramenta de gestão de consumo de energia que permite de forma simples e automática

Leia mais

Implementar servidores de Web/FTP e DFS. Disciplina: Serviços de Redes Microsoft Professor: Fernando Santorsula fernando.santorsula@esamc.

Implementar servidores de Web/FTP e DFS. Disciplina: Serviços de Redes Microsoft Professor: Fernando Santorsula fernando.santorsula@esamc. Implementar servidores de Web/FTP e DFS Disciplina: Serviços de Redes Microsoft Professor: Fernando Santorsula fernando.santorsula@esamc.br Conteúdo programático Introdução ao protocolo HTTP Serviço web

Leia mais

Factura Electrónica. Diminua os custos do processo de facturação da empresa. Factura Electrónica. Página 1

Factura Electrónica. Diminua os custos do processo de facturação da empresa. Factura Electrónica. Página 1 Diminua os custos do processo de facturação da empresa Página 1 O software PHC é uma ferramenta imprescindível na gestão diária de uma empresa. Trata-se de um software cuidadosamente estudado por utilizadores

Leia mais

Base de dados I. Base de dados II

Base de dados I. Base de dados II Base de dados I O que é? Uma base de dados é um simples repositório de informação, relacionada com um determinado assunto ou finalidade, armazenada em computador em forma de ficheiros Para que serve? Serve

Leia mais

DeltaV Logbooks. Benefícios. Introdução. Minimize riscos associados às mudanças de turnos. Documente eletrônicamente eventos, observações e notas.

DeltaV Logbooks. Benefícios. Introdução. Minimize riscos associados às mudanças de turnos. Documente eletrônicamente eventos, observações e notas. Sistema Digital de Controle Distribuido DeltaV Especificação do produto DeltaV Logbooks Minimize riscos associados às mudanças de turnos. Documente eletrônicamente eventos, observações e notas. Melhore

Leia mais

SGBDs Móveis. Sumário 12/06/11. Emmanuel Férrer & Gabriela Fernanda. Introdução. Desafios do armazenamento. SQL Anywhere Studio.

SGBDs Móveis. Sumário 12/06/11. Emmanuel Férrer & Gabriela Fernanda. Introdução. Desafios do armazenamento. SQL Anywhere Studio. SGBDs Móveis Emmanuel Férrer & Gabriela Fernanda Introdução Sumário Desafios do armazenamento SQL Anywhere Studio DB2 Everyplace Microsoft SQL Server Oracle9I Lite Aplicações Móveis Referências 1 Introdução

Leia mais

PHC Serviços CS. A gestão de processos de prestação de serviços

PHC Serviços CS. A gestão de processos de prestação de serviços PHC Serviços CS A gestão de processos de prestação de serviços A solução que permite controlar diferentes áreas de uma empresa: reclamações e respectivo tratamento; controlo de processos e respectivos

Leia mais

Os Investigadores da Universidade de Coimbra e as plataformas

Os Investigadores da Universidade de Coimbra e as plataformas Os Investigadores da Universidade de Coimbra e as plataformas & 1 Índice 2 Introdução...3 3 A Plataforma de Curricula DeGóis...3 3.1 É utilizada porque...3 3.2 Com a utilização do DeGóis ganho...4 3.1

Leia mais

A VISTA BACKSTAGE PRINCIPAIS OPÇÕES NO ECRÃ DE ACESSO

A VISTA BACKSTAGE PRINCIPAIS OPÇÕES NO ECRÃ DE ACESSO DOMINE A 110% ACCESS 2010 A VISTA BACKSTAGE Assim que é activado o Access, é visualizado o ecrã principal de acesso na nova vista Backstage. Após aceder ao Access 2010, no canto superior esquerdo do Friso,

Leia mais

3. PLANEAMENTO DA PRODUÇÃO (NÍVEL 1)

3. PLANEAMENTO DA PRODUÇÃO (NÍVEL 1) 3. PLANEAMENTO DA PRODUÇÃO (NÍVEL 1) Neste ponto, são abordados os módulos de planeamento da produção do software BaaN. Este software dispõe dos seguintes três módulos complementares de planeamento: MPS

Leia mais

Projecto de Modelação, Engenharia de Software e Sistemas Distribuídos 2008-09. Requisitos para a 3ª entrega do projecto.

Projecto de Modelação, Engenharia de Software e Sistemas Distribuídos 2008-09. Requisitos para a 3ª entrega do projecto. Departamento de Engenharia Informática Modelação, Engenharia de Software, Sistemas Distribuídos Requisitos para a 3ª entrega do projecto Test O Matic 10 de Maio de 2009 1 Índice 1 Índice... 1 2 Sumário...

Leia mais

PHC dteamcontrol Interno

PHC dteamcontrol Interno PHC dteamcontrol Interno A gestão remota de projectos em aberto A solução via Internet que permite acompanhar os projectos em aberto em que o utilizador se encontra envolvido, gerir eficazmente o seu tempo

Leia mais

Sem fios (somente em alguns modelos)

Sem fios (somente em alguns modelos) Sem fios (somente em alguns modelos) Manual do utilizador Copyright 2006 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Microsoft e Windows são marcas registadas da Microsoft Corporation nos EUA. Bluetooth

Leia mais

Computação Móvel 2007/2008

Computação Móvel 2007/2008 Computação Móvel 2007/2008 Tutorial 2 Criação de uma nova publicação de base de dados no SQL Server 2005 Standard Edition / Enterprise Edition / Developer Edition No computador cliente: 1. Estabelecer

Leia mais

Centro Atlântico, Lda., 2011 Ap. 413 4764-901 V. N. Famalicão, Portugal Tel. 808 20 22 21. geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.

Centro Atlântico, Lda., 2011 Ap. 413 4764-901 V. N. Famalicão, Portugal Tel. 808 20 22 21. geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico. Reservados todos os direitos por Centro Atlântico, Lda. Qualquer reprodução, incluindo fotocópia, só pode ser feita com autorização expressa dos editores da obra. Microsoft Excel 2010 Colecção: Software

Leia mais

Secullum Acesso.Net ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. Secullum Acesso.Net. Ficha Técnica. Serviço de Comunicação. Módulo. Estacionamento.

Secullum Acesso.Net ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. Secullum Acesso.Net. Ficha Técnica. Serviço de Comunicação. Módulo. Estacionamento. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Serviço de Comunicação Secullum Acesso.Net Estacionamento Gerencial Integração CFTV Pessoal Recepção Refeitório Automação Sistema Operacional: compatível com Windows XP ou superior

Leia mais

Oferta de Estágio. iscriptor. Setembro 2011

Oferta de Estágio. iscriptor. Setembro 2011 Oferta de Estágio iscriptor Setembro 2011 DESCRIÇÃO DO ESTÁGIO Um dos principais desafios das plataformas de informação e de negócio é o acesso e a disponibilidade da sua informação. Em particular e com

Leia mais

Seu manual do usuário NOKIA 6630 http://pt.yourpdfguides.com/dref/381534

Seu manual do usuário NOKIA 6630 http://pt.yourpdfguides.com/dref/381534 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a no manual do usuário (informação,

Leia mais

Engenharia de Software Sistemas Distribuídos. 2º Semestre, 2007/2008. Departamento Engenharia Informática. Enunciado do projecto: Loja Virtual

Engenharia de Software Sistemas Distribuídos. 2º Semestre, 2007/2008. Departamento Engenharia Informática. Enunciado do projecto: Loja Virtual Engenharia de Software Sistemas Distribuídos 2º Semestre, 2007/2008 Departamento Engenharia Informática Enunciado do projecto: Loja Virtual Fevereiro de 2008 Índice Índice...2 Índice de Figuras...3 1 Introdução...4

Leia mais

PLANIFICAÇÃO DE GESTÃO DE BASE DE DADOS

PLANIFICAÇÃO DE GESTÃO DE BASE DE DADOS PLANIFICAÇÃO DE GESTÃO DE BASE DE DADOS Ano Lectivo 2010/2011 José Júlio Frias R. 1. ENQUADRAMENTO ÁREA DE FORMAÇÃO ITINERÁRIO DE QUALIFICAÇÃO SAIDA(S)PROFISSIONAL(IS) 481. CIÊNCIAS INFORMÁTICAS 48101.

Leia mais

Tecnologias de Informação e Comunicação Página 1 de 5

Tecnologias de Informação e Comunicação Página 1 de 5 1. Descrição da prova A prova irá abranger várias tarefas de utilização do software do Microsoft Office2007 e software gráfico como o Adobe Photoshop CS4 ou Adobe Fireworks CS4. As principais áreas abrangidas

Leia mais

Especificação do Sistema Operativo CAMES - CAixa Mágica Enterprise Server

Especificação do Sistema Operativo CAMES - CAixa Mágica Enterprise Server Especificação do Sistema Operativo CAMES - CAixa Mágica Enterprise Server Versão: 1.06 Data: 2010-11-15 SO CAMES 1 ÍNDICE A Apresentação do CAMES - CAixa Mágica Enterprise Server - Sistema Operativo de

Leia mais

Manual Passo a Passo do Microsoft Windows Server Update Services 3.0 SP2

Manual Passo a Passo do Microsoft Windows Server Update Services 3.0 SP2 Manual Passo a Passo do Microsoft Windows Server Update Services 3.0 SP2 Microsoft Corporation Autor: Anita Taylor Editor: Theresa Haynie Resumo Este manual fornece instruções detalhadas para instalar

Leia mais

Departamento de Sistemas e Informática. Licenciatura em Engenharia Informática Industrial EDP

Departamento de Sistemas e Informática. Licenciatura em Engenharia Informática Industrial EDP Departamento de Sistemas e Informática Licenciatura em Engenharia Informática Industrial Projecto ARC Ano Lectivo de 2006/2007 EDP Processamento das Leituras dos Contadores de Electricidade dos Consumidores

Leia mais

Mestrado em Segurança da Informação e Direito no Ciberespaço

Mestrado em Segurança da Informação e Direito no Ciberespaço Escola Naval Mestrado em Segurança da Informação e Direito no Ciberespaço Segurança da informação nas organizações Supervisão das Politicas de Segurança Computação em nuvem Fernando Correia Capitão-de-fragata

Leia mais

Seu manual do usuário KASPERSKY LAB MOBILE SECURITY 7.0 ENTERPRISE EDITION http://pt.yourpdfguides.com/dref/3741532

Seu manual do usuário KASPERSKY LAB MOBILE SECURITY 7.0 ENTERPRISE EDITION http://pt.yourpdfguides.com/dref/3741532 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para KASPERSKY LAB MOBILE SECURITY 7.0 ENTERPRISE. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas

Leia mais

X10, Protocolo de comunicação X10, GPIO, Raspberry Pi, Interfaces X10, XHTML, CSS, PHP, JAVA, XML, XOM

X10, Protocolo de comunicação X10, GPIO, Raspberry Pi, Interfaces X10, XHTML, CSS, PHP, JAVA, XML, XOM Lista de Projetos Esta lista pretende mostrar alguns projetos realizados durante a licenciatura em Engenharia Informática, sendo que alguns projetos forma omitidos devido a sua menor importância CIICESI

Leia mais

Manual Brother Image Viewer para Android

Manual Brother Image Viewer para Android Manual Brother Image Viewer para Android Versão 0 POR Definições de notas Ao longo deste Manual do Utilizador, é utilizado o seguinte ícone: NOTA As Notas indicam o que fazer perante uma determinada situação

Leia mais

GIAE VERSÃO 2.1.1 28 JUNHO DE 2011 MUITO IMPORTANTE

GIAE VERSÃO 2.1.1 28 JUNHO DE 2011 MUITO IMPORTANTE GIAE VERSÃO 2.1.1 28 JUNHO DE 2011 MUITO IMPORTANTE Devido a um bug detectado no motor da base de dados, situação agora corrigida pelo fabricante, esta nova actualização do GIAE é disponibilizada numa

Leia mais

ESQUEMA DE FUNCIONAMENTO. 2. Como Funciona

ESQUEMA DE FUNCIONAMENTO. 2. Como Funciona 1 1. O que é? Sistema Inovador de Contacto; Tecnologia IVR Interactive Voice Response; Tecnologia TTS Text-to-speech; Tecnologia STT Speech-to-text; Criado e desenvolvido LOGICOMER, compatível com qualquer

Leia mais

PHC ControlDoc CS. A gestão documental da empresa ou organização

PHC ControlDoc CS. A gestão documental da empresa ou organização PHC ControlDoc CS A gestão documental da empresa ou organização O arquivo digital de todo o tipo de ficheiros (imagens, word, excel, pdf, etc.) e a possibilidade de os relacionar com os dados existentes

Leia mais

UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO. Licenciatura em Engenharia Informática e Computadores Alameda e Taguspark

UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO. Licenciatura em Engenharia Informática e Computadores Alameda e Taguspark UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO Licenciatura em Engenharia Informática e Computadores Alameda e Taguspark Sistemas Distribuídos e Engenharia de Software Projecto de 2010/2011

Leia mais

A gestão completa dos seus recursos humanos

A gestão completa dos seus recursos humanos PHC Recursos Humanos CS DESCRITIVO Optimize a selecção e recrutamento, proceda à correcta descrição de funções, execute as avaliações de desempenho e avalie as acções de formação. PHC Recursos Humanos

Leia mais

Centro de Gestão da Rede Informática do Governo Data de emissão Entrada em vigor Classificação Elaborado por Aprovação Ver. Página

Centro de Gestão da Rede Informática do Governo Data de emissão Entrada em vigor Classificação Elaborado por Aprovação Ver. Página 2002-02-27 Imediata AT CEGER/FCCN GA 2 1 de 11 Tipo: NORMA Revoga: Versão 1 Distribuição: Sítio do CEGER na Internet. Entidades referidas em IV. Palavras-chave: gov.pt. Registo de sub-domínios de gov.pt.

Leia mais

Software de Facturação e Gestão Comercial On-Line

Software de Facturação e Gestão Comercial On-Line Software de Facturação e Gestão Comercial On-Line Manual básico do Utilizador Software de Facturação e Gestão Comercial On-line Level 7 Basic, Light & Premium Este Software é fornecido com um número de

Leia mais

PHC Corporate CS. De seguida, apresentamos algumas funcionalidades interessantes e que estão disponíveis em todos os módulos de PHC Corporate CS.

PHC Corporate CS. De seguida, apresentamos algumas funcionalidades interessantes e que estão disponíveis em todos os módulos de PHC Corporate CS. PHC Corporate CS A gama PHC Corporate CS foi desenvolvida para satisfazer totalmente as necessidades das micro-empresas. Possui módulos para automatizar todas as áreas e departamentos da Empresa e aumentar

Leia mais

Relatório Técnico do projecto ARIADNE. Interface de utilizador do NewsSearch

Relatório Técnico do projecto ARIADNE. Interface de utilizador do NewsSearch Relatório Técnico do projecto ARIADNE Praxis XXI Interface de utilizador do NewsSearch Carlos Correia Norman Noronha Daniel Gomes Junho de 2000 Índice 1. INTRODUÇÃO...3 1.1 MOTIVAÇÃO...3 1.2 PROPOSTO...3

Leia mais

PROJECTO DE NORMA REGULAMENTAR

PROJECTO DE NORMA REGULAMENTAR PROJECTO DE NORMA REGULAMENTAR Princípios aplicáveis ao desenvolvimento dos Sistemas de Gestão de Riscos e de Controlo Interno das Empresas de Seguros As melhores práticas internacionais na regulamentação

Leia mais

Arquivo Digital de Trabalhos Práticos de Alunos

Arquivo Digital de Trabalhos Práticos de Alunos Arquivo Digital de Trabalhos Práticos de Alunos Projecto Integrado Engenharia de Linguagens Eduardo Ribeiro Miguel Nunes Objectivos Criação de uma interface Web para incorporação de Objectos Digitais;

Leia mais

Unidade 2. ROM BIOS (Basic Input/Output System) Sistema Operativo. Interacção entre as diferentes partes num computador: software e hardware

Unidade 2. ROM BIOS (Basic Input/Output System) Sistema Operativo. Interacção entre as diferentes partes num computador: software e hardware Interacção entre as diferentes partes num computador: software e hardware Unidade 2 Utilização do ambiente operativo Windows Aplicações Sistema Operativo ROM BIOS Processador+memória+... Software aplicacional

Leia mais

PHC dcrm. Aumente o potencial da força de vendas da sua empresa ao aceder remotamente à informação comercial necessária à sua actividade

PHC dcrm. Aumente o potencial da força de vendas da sua empresa ao aceder remotamente à informação comercial necessária à sua actividade PHC dcrm DESCRITIVO O módulo PHC dcrm permite aos comerciais da sua empresa focalizar toda a actividade no cliente, aumentando a capacidade de resposta aos potenciais negócios da empresa. PHC dcrm Aumente

Leia mais

Mensagens instantâneas

Mensagens instantâneas 2007 Nokia. Todos os direitos reservados. Nokia, Nokia Connecting People, Nseries e N77 são marcas comerciais ou marcas registadas da Nokia Corporation. Os nomes de outros produtos e empresas mencionados

Leia mais

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 1ª edição: Novembro de 2004

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 1ª edição: Novembro de 2004 FICHEIROS COM EXEMPLOS Envie um e-mail* para software@centroatlantico.pt para conhecer os endereços de Internet de onde poderá fazer o download dos ficheiros com os exemplos deste livro. Reservados todos

Leia mais

PHC Recursos Humanos CS

PHC Recursos Humanos CS PHCRecursos Humanos CS DESCRITIVO Optimize a selecção e recrutamento, proceda à correcta descrição de funções, execute as avaliações de desempenho e avalie as acções de formação. PHC Recursos Humanos CS

Leia mais

Bosch Video Management System Assegurando o futuro com IP

Bosch Video Management System Assegurando o futuro com IP Bosch Video Management System Assegurando o futuro com IP Segurança de vídeo IP Tudo interligado O Bosch Video Management System (VMS) gere todo o áudio e vídeo digital e IP, além de todos os dados de

Leia mais

LABWAY ROAD SHOW 2007 - Sessão #3

LABWAY ROAD SHOW 2007 - Sessão #3 Pedro Coutinho Paulo Rego jpcoutinho@ambidata.pt paulorego@ambidata.pt Agenda Porquê um LIMS? Os Nossos Pontos Fortes O Nosso Objectivo Características do LabWay - LIMS O Processo LabWay - LIMS Projectando

Leia mais

WinCEM: software para gestão de energia a nível municipal - Catalunha - Spain

WinCEM: software para gestão de energia a nível municipal - Catalunha - Spain WinCEM: software para gestão de energia a nível municipal - Catalunha - Spain - Print - Close - ICAEN (Instituto Català d Energia, a agência regional de energia da Catalunha) desenvolveu, promoveu e distribuiu

Leia mais

BlackBerry Internet Service. Versão: 4.5.1. Manual do Utilizador

BlackBerry Internet Service. Versão: 4.5.1. Manual do Utilizador BlackBerry Internet Service Versão: 4.5.1 Manual do Utilizador Publicado: 2014-01-09 SWD-20140109134740230 Conteúdos 1 Como começar... 7 Acerca dos planos de serviço de mensagens para o BlackBerry Internet

Leia mais

EasyNews, um projecto!

EasyNews, um projecto! EasyNews, um projecto! >Francisco Vitor Gomes Salvador Capitão Art Introdução O presente artigo foi elaborado com o intuito de dar a conhecer o trabalho desenvolvido no âmbito da Unidade Curricular de

Leia mais

Por algum motivo nos encontra em todo o lado!

Por algum motivo nos encontra em todo o lado! Por algum motivo nos encontra Novidades de produto 2010 Janitza. Sempre um passo à frente! A Janitza investe cerca de 8% da facturação anual em investigação e desenvolvimento de novos produtos. Ao introdzir

Leia mais

Porque as suas regras de negócio são específicas, precisa de uma sua solução de gestão que permite gerir essa diferença.

Porque as suas regras de negócio são específicas, precisa de uma sua solução de gestão que permite gerir essa diferença. Porquê NEXT Vision Porque as suas regras de negócio são específicas, precisa de uma sua solução de gestão que permite gerir essa diferença.... Poder de adaptação Porque cabe a si decidir como pretende

Leia mais

12 EXCEL MACROS E APLICAÇÕES

12 EXCEL MACROS E APLICAÇÕES INTRODUÇÃO O principal objetivo deste livro é auxiliar o leitor na sua aprendizagem sobre os recursos avançados do Excel em especial na interligação com o Visual Basic for Applications (VBA). Pretende-se

Leia mais

3 ao Quadrado - Agenda Web

3 ao Quadrado - Agenda Web 3 ao Quadrado - Agenda Web Relatório de Gestão de Projectos de Software - Grupo A - LEIC 2001/2002 http://gnomo.fe.up.pt/gps01a João Montenegro - ei97023@fe.up.pt André Teixeira - ei97024@fe.up.pt Carlos

Leia mais

PHC Recursos Humanos CS

PHC Recursos Humanos CS PHC Recursos Humanos CS A gestão total dos Recursos Humanos A solução que permite a optimização da selecção e recrutamento, a correcta descrição de funções, a execução das avaliações de desempenho e a

Leia mais

ILM e as Arquitecturas Empresariais por Pedro Sousa

ILM e as Arquitecturas Empresariais por Pedro Sousa ILM e as Arquitecturas Empresariais por Pedro Sousa Neste artigo clarifica-se os objectivos do ILM (Information Life Cycle Management) e mostra-se como estes estão dependentes da realização e manutenção

Leia mais