E D I T A L. 1 A(s) proposta(s) do Plano de Ensino, inciso II, deverá(ão) considerar, aproximadamente, 18 (dezoito) semanas de aula.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "E D I T A L. 1 A(s) proposta(s) do Plano de Ensino, inciso II, deverá(ão) considerar, aproximadamente, 18 (dezoito) semanas de aula."

Transcrição

1 EDITAL DA 05/21 DISPÕE SOBRE O PROCESSO INTERNO DE SELEÇÃO DE DOCENTES PARA OS CURSOS E COMPONENTES ES COM PREVISÃO DE OFERTA NO SEGUNDO SEMESTRE DE 21. A Diretora Acadêmica da Faculdade FAE Sévigné Porto Alegre, no uso das atribuições que lhe confere o Regimento e observando ao disposto na Portaria DG n. 37/20, de 1 de outubro de 20, baixa o seguinte E D I T A L Art. 1º A Diretoria Acadêmica da Faculdade FAE Sévigné Porto Alegre, nos termos da legislação de Ensino Superior e do Regimento, torna público o Edital que dispõe sobre a abertura de vagas para o Processo Interno de Seleção de Docentes para atender os Cursos e Componentes Curriculares, conforme tabela anexa a este Edital, que serão ofertados no 2º (segundo) semestre letivo de 21. Art. 2º A inscrição deverá ser requerida e protocolada no período de 10 a 15 de junho de 21, na Secretaria da Faculdade FAE Sévigné Porto Alegre, nos horários das 10h às 12h e das 13h30 às 22h, mediante a entrega dos seguintes documentos: I. (uma) via da(s) proposta(s) do Plano(s) de Ensino para o(s) componente(s) curricular(es) a(aos) qual(is) se candidata, e que ainda não tenha ministrado na Faculdade FAE Sévigné Porto Alegre, conforme modelo em anexo; II. preenchimento de formulário que será entregue pela Faculdade FAE Sévigné Porto Alegre no ato da inscrição, indicando a(s) disciplina(s) de interesse para o 2 semestre de 21 e as disciplinas ainda não ministradas, a justificativa pela escolha desta(s) disciplina(s) e a informação de disponibilidade semanal para ministrar, no mínimo, 02 (duas) disciplinas. 1 A(s) proposta(s) do Plano de Ensino, inciso II, deverá(ão) considerar, aproximadamente, 18 (dezoito) semanas de aula. 2 Mais informações poderão ser obtidas pelo telefone (51) ou pelo endereço eletrônico: Art. 3º Os candidatos serão avaliados em duas etapas: I. Análise da documentação entregue, momento em que serão validadas as inscrições; II. Entrevista individual com apresentação da proposta de trabalho constante no(s) Plano(s) de Ensino. Rua Duque de Caxias, 1475 Centro Porto Alegre/RS CEP: Telefone (51) Fax: (51)

2 1 A realização da etapa de entrevista individual, inciso II, condiciona-se ao deferimento da análise da documentação, inciso I. 2 A Diretoria Acadêmica e a Coordenação de Curso realizarão as entrevistas individuais com os candidatos selecionados nos dias 16 e 17 de junho de 21, a partir das 13h. Art. 4º Os resultados do processo de seleção serão divulgados no dia 18 de junho de 21, por meio de Edital da Diretoria Acadêmica, publicado no site institucional (www2.fae.edu/sevigne) e afixado na Secretaria da FAE Sévigné Porto Alegre. Art. 5º Publique-se e dê-se ciência aos docentes da Faculdade FAE Sévigné Porto Alegre para que o presente produza seus efeitos. Porto Alegre, 09 de junho de 21. Vera de Fátima Dullius Diretora Acadêmica Rua Duque de Caxias, 1475 Centro Porto Alegre/RS CEP: Telefone (51) Fax: (51)

3 COMPONENTES ES/S Anexos ao Edital DA N. 05/21 Pedagogia, licenciatura COMPONENTE Movimento e Identidade Corporal I 35h Educação e Saúde 35h Letramento e Alfabetização I 70h Educação e Criança: contexto histórico-cultural 35h Leitura e Produção de Textos II 70h Construção da imagem do corpo e da consciência corporal do(a) educador(a). O conhecimento sobre o corpo e suas possibilidades de interação com o espaço. Estudo do movimento como dimensão da cultura humana e condição de saúde. Estudos sobre educação como prevenção em saúde: o desenvolvimento da autonomia para o auto-cuidado por parte da criança, jovens e adultos, estratégias para o acompanhamento da saúde integral dos seres humanos. Estudos sobre letramento e alfabetização como processos indissociáveis na aquisição da leitura e da escrita. Contribuições da psicolingüística para compreensão do processo de alfabetização. Concepção de infância como construção histórica e social. Delineamento da história da infância, da família e do processo educativo, abordando precursores da Educação Infantil. Desenvolvimento de habilidades de leitura e escrita em diferentes gêneros textuais e das competências lingüísticas: cognitivas, semânticas e discursivas necessárias à produção acadêmica. Análise e produção textual numa abordagem intersubjetiva. Estudo dos principais mecanismos de textualização. FREIRE, João Batista. Educação de corpo inteiro: teoria e prática da educação física São Paulo: Scipione, 1997 NEGRINE, Airton. O corpo na educação infantil Caxias do Sul EDUCS, 2002 FELDENKRAIS, Moshe. Consciência pelo movimento (tradução de Daisy ª C. Souza) São Paulo, Summus, Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil / Ministério da Educação. Secretaria da Educação Fundamental 3 ed, Brasília, A Secretaria, 1998 BONDIOLI, Anna. MANTOVANI, Susanna. Manual de educação infantil: 0 a 3 anos uma abordagem reflexiva. Porto Alegre: Artmed, ROSSETTI-FERREIRA Maria Clotilde et al. (Orgs.). Os fazeres na Educação Infantil. SP: Cortez, Parâmetros Curriculares Nacionais: Ciências Naturais / Ministério da Educação. Secretaria da Educação Fundamental 3 ed, Brasília, A Secretaria, 20. OLIVEIRA, Daysi Lara de Oliveira. (org.) Ciências nas salas de aula. Porto Alegre: Mediação, FERREIRO, Emília. Reflexões sobre alfabetização 24. Ed. Atualizada São Paulo: Cortez, 20 (Coleção Questões da Nossa Época; v. 14) SOARES, Magda. Letramento: um tema em três gêneros 2. Ed.. 6. Reimpr. Belo Horizonte: Autêntica, ELIAS, Marisa Del Cioppo. A trajetória da alfabetização São Paulo: Scipione, 2000 Parâmetros Curriculares Nacionais: Língua Portuguesa / Ministério da Educação. Secretaria da Educação Fundamental 3 ed, Brasília, A Secretaria, 20 Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil / Ministério da Educação. Secretaria da Educação Fundamental 3 ed, Brasília, A Secretaria, 1998 ARIÈS, Philippe. História social da criança e da família. Rio de Janeiro: Zahar, KUHLMANN Jr., Moysés. Infância e educação infantil: uma abordagem histórica. Porto Alegre: Mediação, ROSEMBERG, Fúlvia; CAMPOS, Maria Malta; FERREIRA, Isabel M. (Orgs.). Creches e pré-escolas no Brasil. SP: Cortez, ROUSSEAU. J. J. Emílio ou da educação. SP: Difusão européia do livro, COSTA VAL, Maria da Graça. Redação e textualidade 2ª ed. São Paulo: Martins Fontes, 1999 GUIMARÃES, Elisa. A articulação do texto. SP: Ática, GUIMARÃES, Eduardo. Texto e argumentação: um estudo de conjunções do português Campinas, SP Pontes, 3ª edição, 2002 Rua Duque de Caxias, 1475 Centro Porto Alegre/RS CEP: Telefone (51) Fax: (51)

4 COMPONENTE Movimento e Identidade Corporal II 35h Conhecimentos das Ciências da Vida I 35h Conhecimentos das Ciências da Vida II 70h Conhecimentos da Sociedade I 70h Trabalho de conclusão de curso em Pedagogia I 70h O corpo como aspecto fundamental no trabalho com as crianças, jovens e adultos. Desenvolvimento da consciência corporal: brinquedos, jogos, brincadeiras e materiais. Fundamentos e metodologia da Educação Física. Construção e resgate de conceitos fundamentais da Biologia, Física e Química, a partir do eixo temático: vida e ambiente, ser humano e saúde, tecnologia e educação. Estudo do campo das ciências na Educação Infantil e anos Inicias do Ensino Fundamental. Produção de materiais. Adequação de Conteúdos e métodos Construção e resgate de conceitos fundamentais da área: A relação tempo e espaço geográficohistórico; a História e a Geografia como Ciência e sua importância dentro do contexto escolar. Parâmetros Curriculares Nacionais: Educação Física / Ministério da Educação. Secretaria da Educação Fundamental 3 ed, Brasília, A Secretaria, 20 CHÂTEU, Jean. O jogo e a criança São Paulo: Summus,1987 MOYLES, Janet R. Só brincar? O papel do brincar na educação infantil Porto Alegre: Artmed Editora, 2002 Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil / Ministério da Educação. Secretaria da Educação Fundamental 3 ed, Brasília, A Secretaria, 1998 KISHIMOTO, Tizuko M. O jogo na Educação Infantil. MATURANA, Humberto R. A árvore do conhecimento: as bases biológicas da compreensão humana São Paulo: Palas Athena, 20 PIAGET, Jean. Biologia e conhecimento: ensaio sobre as relações entre as regulações orgânicas e os processos cognoscitivos Petrópolis, RJ: Vozes, 1996 Parâmetros curriculares nacionais: Meio Ambiente: Saúde / Ministério da Educação. Secretaria da Educação Fundamental 3 ed, Brasília, A Secretaria, 20 Parâmetros Curriculares Nacionais: Ciências Naturais / Ministério da Educação. Secretaria da Educação Fundamental 3 ed, Brasília, A Secretaria, 20 Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil / Ministério da Educação. Secretaria da Educação Fundamental 3 ed, Brasília, A Secretaria, 1998 DELIZOICOV, Demetrio. Metodologia do ensino de ciências. 2. ed. Ver. São Paulo: Cortez, 20. BRASIL, Secretaria da Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Ciências Naturais. Brasília. Vol. 4. MEC/SEC, SANTOS, Luís Henrique Sacchi dos (org.). Biologia dentro e fora da escola: meio ambiente, estudos culturais e outras questões. Porto Alegre: mediação, ANTUNES, Aracy do Rego. Estudos sociais: teoria e prática Rio de Janeiro: Access, CASTROGIOVANNI, Antonio Carlos (Org.) et. Al. Geografia em sala de aula: práticas e reflexões Porto Alegre Editora da UFRGS, 20. CAVALCANTI, Lana de Souza. Geografia, escola e construção de conhecimento.campinas, SP: Papirus, 1998 CABRINI, Conceição (Org.). O Ensino de História Uma revisão urgente. São Paulo, Brasiliense, 1986 GUAZZELLI, César A. B. & al. Questões de Teoria e Metodologia da História. Porto Alegre, Universidade, SILVA, Vera Alice Cardoso. Regionalismo: O Enfoque Metodológico e a Concepção Histórica. In: SILVA, Marcos A. da. A República em Migalhas. São Paulo, Marco Zero, Regulamento Próprio. Rua Duque de Caxias, 1475 Centro Porto Alegre/RS CEP: Telefone (51) Fax: (51)

5 COMPONENTE Orientação de Estágio Supervisionado em Educação Infantil 35h Conhecimento Lógico-Matemático II 70h Artes Visuais I 35h Prática de ensino sob a forma de estágio supervisionado em espaços de Educação Infantil com crianças de 0 a 6 anos ou em classes dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental com crianças, jovens ou adultos em espaços escolares ou não escolares. Fundamentos subjacentes à prática de ensino e à aprendizagem de Matemática. Contextos pedagógicos para a construção de conceitos lógicos matemáticos. Conteúdos matemáticos na Educação Infantil e nos anos iniciais do EF. Produção de materiais. Adequação de Conteúdos e métodos. Estudo da arte enquanto produto cultural e histórico: o fazer, o apreciar e o refletir sobre arte, enquanto produto simbólico da subjetividade FRIZZO, M. Nunes et al. Prática de ensino e estágio Supervisionado. Editora da Unijuí, Ijuí, SCHÖN, Donald A. Educando profissional reflexivo, São Paulo, Contexto, ENRICONE, Délcia (Org.). Ser Professor. Porto Alegre, EDIPUCRS, 20 TOLCHINSKY, Liliana e Cols. Processos de aprendizagem e formação docente, São Pulo, Contexto, FREIRE, Paulo. Professora sim, tia não cartas a quem ousa ensinar. São Paulo: Olho D água, PIMENTA, Selma G e LIMA, Maria Socorro. Estágio e docência. SP: Cortez, ZABALZA, Miguel. Diários de aula. POA: ARTMED, NUNES, Terezinha; BRYANT, Peter. Crianças fazendo matemática. Porto Alegre: Artes médicas, GOLBERT, Clarissa. Novos rumos na aprendizagem da Matemática. Porto Alegre: Mediação, KAMII, Constance. Reinventando a matemática: Implicações da teoria de Piaget 4ª edição Campinas, SP: Papirus, 1991 KNIJNIK,Gelsa.WANDERER, Fernanda; OLIVEIRA,Cláudio José.Etnomatemática:currículo e formação de professores.sc.edunisc,2004. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil / Ministério da Educação. Secretaria da Educação Fundamental 3 ed, Brasília, A Secretaria, 1998 OLIVEIRA, Jô. Explicando a arte: uma iniciação para entender e apreciar as artes visuais Rio de Janeiro: Ediouro, 2003 BARBOSA, Ana Mae. A imagem no ensino da arte: anos oitenta e novos tempos. São Paulo/Porto Alegre: Perspectiva/Fundação Ioschpe, PILLAR, Analice Dutra. (org). A educação do olhar no ensino das artes. Porto Alegre: Mediação, Parâmetros Curriculares Nacionais: Arte / Ministério da Educação. Secretaria da Educação Fundamental 3 ed, Brasília, A Secretaria, 20. Rua Duque de Caxias, 1475 Centro Porto Alegre/RS CEP: Telefone (51) Fax: (51)

6 Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Matriz 2009 COMPONENTE Tópicos Avançados em Novas Tecnologias 35h Análise e Projetos Baseados em Objetos 70h Desenvolvimento de Software II 70h Inovações tecnológicas decorrentes de desenvolvimentos recentes. O Estado da Arte em Novas Tecnologias. Possibilidades de desenvolvimento e demandas do mercado de software. Novas arquiteturas de computadores e estado da ampliação das capacidades. AKITA, Fabio. Repensando a Web com Rails. Rio de Janeiro: Brasport, LIMA Jr., Almir Wirth. Telecomunicações multimídia : ADSL, ATM, convergência das redes de telecomunicações \23 VoIP, VioIP, RDSI, redes de computadores, SDSL. Rio de Janeiro: Book Express, 20. WIRTH, Almir. Formação e aperfeiçoamento profissional em telecomunicações & redes de computadores. Rio de Janeiro: Axcel Books, Conceitos básicos, características, DEITEL, H. M.; DEITEL, P. J. C++ Como programar. Porto benefícios das técnicas OO. Diretrizes Alegre: Artes Médicas, 20. básicas. Modelos baseados em objetos. Categorias de objetos. Relacionamentos MARTIN, James. Princípios de análise e projetos baseados entre tipos de objetos. Estado e em objetos. Rio de Janeiro: Campus, mudanças de estado. Eventos, gatilhos e MONTEIRO, Silvio Tavares. Projetos : como fazer e operações. Regras. Linguagens de gerenciar usando a informática. Florianopolis: Visual programação e ferramentas OO. Banco Books, de Dados OO. Ambientes de Desenvolvimento. Técnicas de projeto, construção, seleção e o uso de Ambientes e Ferramentas de Desenvolvimento. Desenvolvimento de objetos de aprendizagem. C++ XML, PHP, ASP,.NET, UML. SAP on Rails. Conceitos básicos de interação Homem- Computador. Aspectos cognitivos e ergonômicos. Projeto baseado em tarefas. Projeto centrado no usuário. LEME Filho, Trajano. Metodologia de desenvolvimento de sistemas. Rio de Janeiro: Axcell Books, GUEDES, Gilleares T. A. UML: uma abordagem prática. 2ed. São Paulo: Novatec Editora, AKITA, Fabio. Repensando a Web com Rails. Rio de Janeiro: Brasport, KOSCIANSKI, André; SOARES, Michel dos S. Qualidade de software. São Paulo: Novatec Editora, PATTON, Robert. Projetando e administrando banco de dados SQL Server 2000.NET como servidor Enterprise. Rio de Janeiro: Alta Books, CAMARÃO, Carlos. Programação de computadores em java. Rio de Janeiro: LTC, Orientação de PI Regulamento Próprio Rua Duque de Caxias, 1475 Centro Porto Alegre/RS CEP: Telefone (51) Fax: (51)

7 Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Matriz 20 COMPONENTE Paradigmas de Programação 70h Ergonomia e Meio- Ambiente 70h Gerenciamento de Servidores 35h Tipos de escopo, tempo de amarração de variáveis, Subrotina, co-rotinas, passagens de parâmetros, recursividade. Paralelismo, sincronização, Paradigmas de Programação: Imperativo, Funcional e Lógico Riscos ergonômicos. Ergonomia e design de laboratórios de TI. Impacto ambiental e planejamento e controle de dejetos e poluentes. Desenvolvimento e meioambiente. Cidadania e meio-ambiente Instalação e funcionamento de servidores. Servidores de arquivos, de nomes, de autorização e de tipos. Servidor web e . Servidores open source e proprietário. Licenciamento. Gerenciamento de redes heterogêneas. Gerência de processadores e escalonamento. Sistemas de backup e de prevenção a falhas. Monitoramento dos recursos do sistema. Auditoria e integridade dos dados. Básica: SEBESTA, R. W. Conceitos de Linguagens de Programação. Editora Bookman, VAREJÃO, Flávio Miguel. Linguagens de Programação: conceitos e técnicas. Rio de Janeiro: Elsevier, Complementar: CAMARÃO, Carlos. Programação de computadores em java. Rio de Janeiro: LTC, DEITEL, H. M.; DEITEL, P. J. C++ Como programar. Porto Alegre: Artes Médicas, 20 KROEMER, K.H.E.. Manual de ergonomia: adaptando o trabalho ao homem. Porto Alegre: Bookman, LIDA, Itiro. Ergonomia: projeto e produção. São Paulo: Edgar Blüncher, 2005 DREW, David. Processos interativos homem-meio ambiente. 5. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, GRANDJEAN, E.; GRANDJEAN, Etienne. Manual de Ergonomia: adaptando o trabalho ao homem, 4 ed. Porto Alegre: Artes Médicas, MORAES, A; MONT ALVÃO, C. Ergonomia: conceitos e aplicações. Rio de Janeiro: iuser, YOURDON, Edward. A bomba-relogio 2000 : o impacto da crise dos computadores no ano 2000 sobre pessoas, empresas e governos. Rio de Janeiro: Campus, BARBIERI, Jose Carlos. Desenvolvimento e meio ambiente : as estratégias de mudanças da agenda ed. Petrópolis: Vozes, GALLO, Michael A.. Comunicação entre computadores e tecnologias de rede. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, LOPES, Raquel Vigolvino. Melhores práticas para gerência de redes de computadores. Rio de Janeiro: Campus, KUROSE, James F. Redes de computadores e a internet : uma nova abordagem. São Paulo: Addison-Wesley, HANNESSY, John L. Organização e projeto de computadores : a interface hardware/software. 2. ed. Rio de Janeiro: LTC, MORIMOTO, Carlos E. Redes e servidores Linux Guia Prático. Porto Alegre: Sulina, THOMPSON, Marco Aurélio. Windows server 2003 Administração de Redes. São Paulo: Érica, TSUJI, Hidenori. Configurando um servidor Linux. São Paulo: Makron Books, Rua Duque de Caxias, 1475 Centro Porto Alegre/RS CEP: Telefone (51) Fax: (51)

8 COMPONENTE Programação Orientada a Objetos 70h Desenvolvimento de Software I 70h Princípios da programação Orientada a Objetos. Objetos, instâncias, atributos e métodos, herança, polimorfismo, funções virtuais e ligação dinâmica de dados. Paradigma concorrente. Concorrência, paralelismo, comunicação e sincronização entre processos. Recursividade nos paradigmas imperativo e orientado a objetos.programação funcional. Recursividade como método de construção de programas funcionais. Listas. Programação em lógica. Recursividade em programação em lógica. Unificação. Ambientes de programação. Edição e compilação, execução e execução passoa-passo. Modelagem de dados e funções envolvendo classes. UML e Java. Programação com objetos. Programas orientados a objeto com seleção. Programas orientados a objeto com iteração. Processo de teste e depuração. Estratégias de teste. Programas orientados a objeto com herança e polimorfismo de subclasses. Programas orientados a objeto com sobrescrita de métodos. Vetores. Tratamento de exceção. TAFNER, Malcon A.; CORREIA, Carlos. Análise Orientada a Objetos. Florianópolis: Visual Books, KEOGH, James. OOP desmistificando: programação Orientada a Objetos. Rio de Janeiro: Alta Books, CELES Filho, Waldemar. Introdução a estruturas de dados: com técnicas de programação em C. Rio de Janeiro: Elsevier Editora, CAMARÃO, Carlos. Programação de computadores em java. Rio de Janeiro: LTC, PRESSMAN, Roger S. Engenharia de software. 6. ed. São Paulo: McGraw-Hill, KOSCIANSKI, André; SOARES, Michel dos S. Qualidade de software. São Paulo: Novatec Editora, MONTEIRO, Silvio Tavares. Projetos : como fazer e gerenciar usando a informática. Florianopolis: Visual Books, PAESANI, Liliana Minardi. Direito de informatica : comercialização e desenvolvimento internacional do software. 4.ed. Sao Paulo: Atlas, BECK, Leland L.. Desenvolvimento de software basico. Rio de Janeiro: Campus, NETTO, Alvim Antonio de Oliveira. IHC: modelagem e gerência de interfaces com o usuário. Visual Books, PREECE, J. e outros. Designs de interação: além da interação Homem-Computador. Bookman, Interação Homem- Computador 35h Conceitos e componentes da IHC. Aspectos Humanos e aspectos tecnológicos. Design da interação: métodos e técnicas. Ferramentas de suporte ao design. Avaliação. JOHNSON, Steven. Cultura da Interface. Como o computador transforma nossa maneira de criar e comunicar. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 20. Tradução: Maria Luiza X.de A. Borges. HIX, D. e HARTSON, H. R. Developing User Interfaces: Ensuring Usability Through Product and Process. New York: John Wiley, DOMINGUES, Diana. Arte e vida no século XXI. São Paulo, SP, UNESP, Rua Duque de Caxias, 1475 Centro Porto Alegre/RS CEP: Telefone (51) Fax: (51)

9 Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos COMPONENTE Matemática Financeira e Estatística 70h Introdução à Contabilidade Gerencial 70h Planejamento Estratégico 35h Razão, Proporção, Regra de Três Simples e Composta, Juros, Capital, Taxa e Período, Juros Simples, Desconto Simples, Desconto Composto, Rendas, Prestações, Tabelas de Amortização do capital, capitalização e taxas de juros. Índices Financeiros e de Inflação, População, dados amostrais, dados populacionais, séries de dados, medidas de tendência central, inferências Estatísticas, Regressão, Linear, Correlação entre variáveis, Números Indicies, Probabilidades estatísticas e aplicação de estudos amostrais e populacionais. Patrimônio, álgebra contábil, equação do patrimônio, formação dos demonstrativos Financeiros, o Balanço Patrimonial e a demonstração do Resultado do Exercício, o Método das partidas dobradas, os livros fiscais obrigatórios nas empresas, lançamentos contábeis nos livros fiscais, diário, razão, livro de apuração dos impostos federais, estaduais e municipais, o balancete contábil completo com legislação tributária básica e aplicando a lei 6404/76 na estrutura das demonstrações contábeis, a legislação trabalhista aplicada à contabilidade, balancete com apuração de contribuições e folha de pagamento a Contabilidade Básica nas Empresas e o sistema tributário aplicado. O processo produtivo, a empresa, missão, valores, Organização, estruturas básicas de empresas e a utilização dos fatores de produção, o planejamento da empresa e a formação empreendedora, o Planejamento Estratégico, Tático e Operacionalização das empresas, formas de aplicação, elaboração, análise e relatórios de proposição para melhorias na organização e planejamento funcional da empresa. Laureano, José Luiz. Leite, Olimpio Vissoto. Os segredos da Matemática Financeira. Ed. Ática. São Paulo 1995 Viana, Fernando. Matemática Financeira é Fácil. Editora Lê. 2ª ed Silva, André Luiz Carvalhal. Matemática Financeira Aplicada. Editora Atlas S/A. São Paulo Farhat, Cecília Aparecida Vaiano. Introdução à Estatística Aplicada. Editora FTD São Paulo Bussab, Wilton O. e Morettin, Pedro A. Estatística Básica. Métodos Quantitativos. Editora Atual. São Paulo Downing Douglas e Clark Jeffrey. Estatística Aplicada. 2ª ed. São Paulo. Editora Saraiva Arend, Lauro. Contabilidade Básica. Editora Sagra Luzatto: Porto Alegre, Franco, Hilário. Contabilidade Geral. Editora Atlas S/A: São Paulo. 22ª ed Ribeiro, Osni Moura. Contabilidade Básica. Editora Saraiva. São Paulo. 23ª ed Crepaldi. Contabilidade Gerencial. Teoria e Prática. Editora Atlas S/A, Chiavenatto, Idalberto. Teoria Geral da Administração. Vol. I. 6ª Edição. São Paulo. Editora Campus. 20 Bateman/Snell, Administração.Management Construindo a Vantagem Competitiva. São Paulo. Editora Atlas S/A Montana, Patrick J. Administração 2 o. Edição. São Paulo. Editora Saraiva Fernandes, Bruno Henrique Rocha e Berton, Luiz Hamilton. Administração Estratégica da competência empreendedora a avaliação de desempenho. São Paulo. Editora Saraiva Relações Trabalhistas e Sindicais 35h Organização do Trabalho. Organização empresarial. Relações empregado empregador na história do Brasil. Relações trabalhistas. História dos Sindicatos. Formação, regulamentação lutas trabalhistas no Mundo e no Brasil. Principais sindicatos Regionais. Sociedades modernas capitalistas e socialistas. Análise das Leis trabalhistas no mundo e Leis Sindicais. Dissídios das categorias. Sindicato patronal, organização, lutas e estruturação. Rodrigues, Leôncio Martins. O sindicato corporativo no Brasil, in Partidos e Sindicatos. São Paulo: Editora Ática, Lopes Melo, Marlene C. O e Antônio Moreira de Carvalho Neto. Negociação Coletiva e Relações de Trabalho: O Debate Atual. Coleção ABET, Rua Duque de Caxias, 1475 Centro Porto Alegre/RS CEP: Telefone (51) Fax: (51)

10 COMPONENTE Legislação Estatutária Pública 35h Legislação Previdenciária Pública e Privada 35h Legislação Trabalhista 70h História do Estatuto do servidor público civil e militar no Brasil. Três poderes.constituição e suas referências ao servidor público civil e militar.estatuto nos Estados e Municípios. Direitos e deveres do servidor. Sindicato do servidor público Dissídios, história das reivindicações, relação trabalho versus capital. Estado e a lei de responsabilidade fiscal. Servidor público os novos paradigmas. Previdência Social no mundo e no Brasil evolução histórica, lutas no setor público e privado. Legislação atual do SFN lei 4595/64 e a SUSEP. Previdência social do Governo suas contas. Formas de receita e despesas. Financiamento da dívida social. Legislação previdenciária para o trabalhador da iniciativa privada e do setor público. Aposentadoria. Invalidez. Morte -pecúlio e pensão. Classes trabalhadores. Legislação atual da previdência pública e privada. INSS. Perícia e as aposentadorias, formas de cálculo e processos administrativos da previdência publica e organização da previdência privada.projetos do governo e formas de cálculo para empresas privadas. Constituição Federativa do Brasil e a Consolidação das Leis no Trabalho Brasileiro. Direitos do trabalhador: remuneração fixa, variável, horas extras, repouso remunerado, adicional noturno, periculosidade, insalubridade, salário família, direitos no contrato de trabalho. Tipos de trabalhadores. CBO. Carteira de trabalho e contrato de trabalho. Acordos coletivos e dissídios das categorias profissionais. Total da remuneração, salário bruto. Benefícios Sociais. Abonos salariais. Salário mínimo regional, nacional. Contribuições Sociais dos trabalhadores: previdência social, imposto de renda pessoa física na fonte. Contribuição Sindical e Confederativa. Vale transporte, refeição, descontos legais, contribuições patronais a previdência social. Sindicato patronal, os custos do patrão sobre a folha de pagamentos. Direitos trabalhistas Férias + Abono, 13 salário, prêmio produtividade, participação nos lucros. Elaboração e prática do direito trabalhista. Tributos sobre a Folha de Pagamentos. Documentos obrigatórios no departamento pessoal: ficha de funcionários, quadro funcional, controle de frequência do trabalhador, livro registro. Termos e ocorrências do INSS. (CAGED, RAIS, SEFIP, GPS). Rescisão trabalhista, com justa causa, sem justa causa promovida pelo patrão, empregado ou abandono de emprego.rescisões trabalhistas e seus tramites legais. Constituição da Republica Federativa do Brasil, Constituição da Republica Federativa do Brasil, CLT. Editora Saraiva: São Paulo, CLT- Legislação. Editora Saraiva: São Paulo, Constituição da Republica Federativa do Brasil, CLT. Editora Saraiva: São Paulo,2006. CLT- Legislação. Editora Saraiva: São Paulo, Rua Duque de Caxias, 1475 Centro Porto Alegre/RS CEP: Telefone (51) Fax: (51)

11 COMPONENTE Psicologia Aplicada às Organizações 35h Técnicas de Recrutamento e Seleção de Pessoal na Empresa 70h Teoria e Prática de Grupo 35h Administração de Conflitos 35h Gestão da Qualidade 35h Psicologia e mundo do trabalho. Personalidade e as principais tendências teóricas. Personalidade e a organização. Influência de fatores individuais. Comportamento e a organização como meio social. Criatividade. Motivação e produtividade. Qualidade de vida no trabalho. Stress. Relações interpessoais. Comunicação. Tolerância. Resiliência. Grupo e seus processos interativos. Liderança na organização. Histórico. Conceitos. Objetivos. Princípios. Técnicas. Conceituação de sistema. Empresa como sistema. Sistema de recursos humanos. Administração de recursos humanos. Filosofia da empresa e do RH. Ambiente da administração de RH em mudança. Diversidade da força de trabalho. RH e a estratégia empresarial. Planejamento e recrutamento de pessoa. Processo de recrutamento e seleção, planejamento e previsão da força de trabalho. Recrutamento por competência. Recrutamento interno e externo. Terceirização das atividades de captação. Captação de talentos. Recrutamento on line, de pessoas portadoras de deficiência e da terceira idade. Recolocação de pessoal. Responsabilidade social. RH: Grupos e Organização. Profissional de RH. Práticas e Instrumentos com Grupos em RH: seleção, desenvolvimento e avaliação. Análise e estudo de casos de gestão de pessoas em empresas modernas. Sociodrama. Comunicação verbal e não verbal nos processos grupais. Tipos de organização. Grupo operativo de Pichon- Rivière. Conceitos chave da Psicodinâmica. Intervenção em grupos nas organizações. Sistema de relações industriais. Sindicatos e mercado de trabalho SRI brasileiro. Empresas e seus representantes (sindicatos patronais). SRI brasileiro: o governo e as relações de trabalho. SRI: processos e resultados. SRI brasileiro: Justiça do Trabalho. Negociação da participação nos lucros ou resultados. Consórcio de empregadores. Reforma sindical e trabalhista. Globalização. Planejamento e preparação de uma negociação. Conhecimentos, habilidades e atitudes. Histórico e Conceito da qualidade. Ferramentas da qualidade: diagrama de Ishikawa, 5S; gráfico de Pareto.W. Conhecimento e habilidades. Ciclo PDCA Conhecimento e habilidades. ISO 9.0, 2.000: requisitos para certificação. Certificação e formas de certificação. História das certificações Spctor, Paul E. Psicologia nas Organizações. 2ª ed. Editora Saraiva: São Paulo, Bock, Ana Mercês Bahia et ali. Psicologias. Uma introdução ao Estudo da Psicologia. Editora Saraiva: São Paulo, ULRICH, Dave. Recursos humanos estratégicos. São Paulo: Futura, CHIAVENATO, I. Planejamento, recrutamento e seleção de pessoal. São Paulo: Vozes, 20. GONÇALVES, Ana Maria e PERPETUO, Susan Chiod. Dinâmica de grupos na formação de lideranças. 9ª ed. Rio de Janeiro: DP&A Editora, WEIL, Pierre. Dinâmica de grupo e desenvolvimento em relações humanas. São Paulo: Itatiaia, ANDRADE, Suely Gregori. Teoria e prática de dinâmica de grupo: jogos e exercícios. 1ª Edição. Ed. Casa do Psicólogo, São Paulo ROBBINS, S. Comportamento Organizacional. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos Editora S/A, CHIAVENATO, I. Gerenciando Pessoas: O passo decisivo para a administração participativa. São Paulo: Makron Books, MELLO, Carlos Henrique Pereira et al. Iso 90:2000: sistema de gestão da qualidade para operações de produção e serviços. 1. ed. São Paulo: Atlas, p. ISBN PREISS, Kenneth; GOLDMAN, Steven L.; NAGEL, Roger N. Cooperar para competir: construindo parcerias eficazes. São Paulo: Futura, Rua Duque de Caxias, 1475 Centro Porto Alegre/RS CEP: Telefone (51) Fax: (51)

12 COMPONENTE Segurança no Trabalho e Saúde Ocupacional 70h Higiene e Segurança do Trabalho. Segurança e Medicina do Trabalho no contexto da Administração de Recursos Humanos. Acidentes e doenças profissionais. Estratégias de prevenção e controle de acidentes e doenças profissionais. CIPA, SESMT, NRs, PCMSO, PPRA. Atividades e operações insalubres e perigosas. Perícia trabalhista. OLIVEIRA, Paulo Antonio Barros. Trabalho Coletivo: a construção de espaços de cooperação e de trocas cognitivas entre trabalhadores. In: JAQUES, Maria da Graça; CODO, Wanderley (Org.). Saúde mental & trabalho: leituras. Petrópolis: Vozes, NETZ, Jacéia; MACHADO, Mauro Salles. A luta sindical por saúde do trabalhador: a experiência dos bancários no Rio Grande do Sul. In: MERLO, Álvaro Roberto Crespo. Saúde e trabalho no Rio Grande do Sul: realidade, pesquisa e intervenção. Porto Alegre: UFRGS, Planejamento de Carreira 35h Gestão de Programas de Remuneração e Benefícios 70h Treinamento Organizacional e Desenvolvimento de Pessoal 70h Programa de Sistema de Compensação. Impacto na performance da organização. Componentes e um sistema de Remuneração. Remuneração por habilidade. Pesquisa Salarial. Elaboração de um Plano Salarial.Participação nos lucros e resultados. Aspectos legais da Remuneração de Benefícios. Política de Benefícios de Carreiras. Planejamento de Carreira de Formulação de políticas e estratégias de RH. Bandas salariais. Bonificação. Programa de Participação nos Resultados. Participação nos Lucros. Distribuição de Ações. Remuneração Por Habilidades e Competências. Campanhas de incentivo. Prática das etapas do Plano de Cargos e Salários. Prática de PPR, de PL, de montagem de Bonificações e de Programas de Incentivos Salariais. Papel do Estado frente e da sociedade face à responsabilidade social. Papel das organizações face à responsabilidade social. Certificações sociais. Marketing social. Reconhecimento e as premiações sociais. Papéis e o perfil gerencial. Competências e habilidades necessárias à equipe gerencial. Desenvolvimento gerencial. Carreira e a sucessão gerencial. Planejamento de recursos humanos no contexto organizacional. Instrumentos do planejamento de recursos humanos. Diagnóstico oganizacional. Formulação de políticas e diretrizes de RH. Estratégia de gestão do quadro de pessoal. Conceitos sobre o trabalho da Consultoria Interna de RH. Modelo de implantação da consultoria interna de RH. Tipos de resistência para a implantação de novos modelos de Recursos Humanos. Controles internos. CASE, Thomas A. e Botelho, Joaquim Maria. Gerenciamento da Carreira do Executivo Brasileiro: Uma ciência exata. São Paulo, 20. TOFFLER, B. L. Ética no trabalho: tomando decisões difíceis no mundo competitivo dos negócios. São Paulo: Makron Books, CHIAVENATO, Idalberto. Gestão de pessoas: e o novo papel dos recursos humanos nas organizações. Rio de Janeiro: Elsevier, Borges,Andrade, j. e.; morandi, d. c. & machado, m. s. Impacto de Treinamento Gerencial e Efetividade de Equipes em Ambientes de Inovação Tecnológica, TOLEDO, F. de. Recursos Humanos: crise e mudança. São Paulo: Atlas, TOFFLER, B. L. Ética no trabalho: tomando decisões difíceis no mundo competitivo dos negócios. São Paulo: Makron Books, ALBUQUERQUE, L. G. Estratégias de Recursos Humanos e competitividade. In: Administração Contemporânea: perspectivas estratégicas. Marcelo Milano Falcão Vieira, Lúcia Maria Barbosa de Oliveira (organizadores). São Paulo: Atlas, BOOG, G.G. Manual de treinamento e desenvolvimento ABTD. São Paulo: Mkron Books, 1994 PI 50h Regulamento Próprio Rua Duque de Caxias, 1475 Centro Porto Alegre/RS CEP: Telefone (51) Fax: (51)

13 Curso Superior de Tecnologia em Gestão Financeira COMPONENTE Matemática Financeira e Estatística 70h Introdução à Contabilidade Gerencial 70h Planejamento Estratégico 35h Legislação Tributária Nacional e Prática Tributária 35h Gestão de Custos 70h Razão, Proporção, Regra de Três Simples e Composta, Juros, Capital, Taxa e Período, Juros Simples, Desconto Simples, Desconto Composto, Rendas, Prestações, Tabelas de Amortização do capital, capitalização e taxas de juros. Índices Financeiros e de Inflação, População, dados amostrais, dados populacionais, séries de dados, medidas de tendência central, inferências Estatísticas, Regressão, Linear, Correlação entre variáveis, Números Indicies, Probabilidades estatísticas e aplicação de estudos amostrais e populacionais. Patrimônio, álgebra contábil, equação do patrimônio, formação dos demonstrativos Financeiros, o Balanço Patrimonial e a demonstração do Resultado do Exercício, o Método das partidas dobradas, os livros fiscais obrigatórios nas empresas, lançamentos contábeis nos livros fiscais, diário, razão, livro de apuração dos impostos federais, estaduais e municipais, o balancete contábil completo com legislação tributária básica e aplicando a lei 6404/76 na estrutura das demonstrações contábeis, a legislação trabalhista aplicada à contabilidade, balancete com apuração de contribuições e folha de pagamento a Contabilidade Básica nas Empresas e o sistema tributário aplicado. O processo produtivo, a empresa, missão, valores, Organização, estruturas básicas de empresas e a utilização dos fatores de produção, o planejamento da empresa e a formação empreendedora, o Planejamento Estratégico, Tático e Operacionalização das empresas, formas de aplicação, elaboração, análise e relatórios de proposição para melhorias na organização e planejamento funcional da empresa. Legislação comercial Brasileira. Código Civil Brasileiro. Código tributário Nacional. Tributos, Contribuições e Taxas Federais, Estaduais e Municipais para as Micro, Pequenas, Médias, Grandes Empresas. Legislação tributária Nacional nas empresas. A Nova lei das Concordatas e Falências. A lei 6404/76 S/A e seus desdobramentos e implicações jurídicas. Análise das contas das demonstrações financeiras. Processo produtivo nas empresas de serviços, comerciais, industriais. Intermediadoras financeiras. Despesas, custos e receitas das empresas.gastos Fixos e Variáveis por tipo de atividade empresarial. Análise de custos padrão. Análise pelo método Variável ou Marginal.Metodologia de Custos ABC (Activity Based Costing). Laureano, José Luiz. Leite, Olimpio Vissoto. Os segredos da Matemática Financeira. Ed. Ática: São Paulo, Viana, Fernando. Matemática Financeira é Fácil. 2ª ed. Editora Lê, Silva, André Luiz Carvalhal. Matemática Financeira Aplicada. Editora Atlas S/A: São Paulo, Farhat, Cecília Aparecida Vaiano. Introdução à Estatística Aplicada. Editora FTD: São Paulo Bussab, Wilton O. e Morettin, Pedro A. Estatística Básica. Métodos Quantitativos. Editora Atual: São Paulo, Downing Douglas e Clark Jeffrey. Estatística Aplicada. 2ª ed. São Paulo: Editora Saraiva, Arend, Lauro. Contabilidade Básica. Porto Alegre: Editora Sagra Luzatto, Franco, Hilário. Contabilidade Geral. 22ª ed. São Paulo: Editora Atlas S/A, Ribeiro, Osni Moura. Contabilidade Básica. 23ª ed. Editora Saraiva. São Paulo, Crepaldi. Contabilidade Gerencial. Teoria e Prática. Editora Atlas S/A, Chiavenatto, Idalberto. Teoria Geral da Administração. Vol. I. 6ª Edição. São Paulo. Editora Campus. 20 Bateman/Snell, Administração.Management Construindo a Vantagem Competitiva. São Paulo. Editora Atlas S/A Montana, Patrick J. Administração 2 o. Edição. São Paulo. Editora Saraiva Fernandes, Bruno Henrique Rocha e Berton, Luiz Hamilton. Administração Estratégica da competência empreendedora a avaliação de desempenho. São Paulo. Editora Saraiva Código Civil Brasileiro. 10ª ed. São Paulo: Saraiva, Código Comercial Brasileiro. 10ª ed. São Paulo: Saraiva. GARRISON, Ray H. e NORREN, Eric W. Contabilidade Gerencial. 9ª ed. Rio de Janeiro: LTC Editora, HANSEN, Don R. & MOWEN, Maryanne M. Gestão de custos: contabilidade e controle. 1ª ed. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 20. Rua Duque de Caxias, 1475 Centro Porto Alegre/RS CEP: Telefone (51) Fax: (51)

14 COMPONENTE Administração Financeira e Orçamentária 70h Sistema Financeiro Nacional 70h Projetos de Captação de Recursos 70h Mercado Financeiro e de Capitais 70h Finanças Bancárias 70h Administração das Contas a pagar e receber das empresas. Contas de caixa. Bancos os títulos de crédito e notas de pagamento. Fluxo de Caixa Empresarial, contábil e financeiro. Elaboração, análise e critica dos demonstrativos. Contábeis do ponto de vista financeiro. Orçamento empresarial integrado nas empresas. Moeda e o crédito ao longo do tempo. Intermediadores financeiros. Lei 4595/64 do sistema financeiro Nacional. Órgãos normativos, operativos do sistema financeiro Nacional. Instituições financeiras. Produtos e serviços. Formação, atuação e mercados. Dealers. Spread bancário. Análise dos produtos bancários: poupança, CDB, RDB, letra de cambio, debêntures, ações, títulos públicos do tesouro e do banco central, CDI, ouro, dólar, eurodólares, taxa overnight, a tesouraria dos Bancos. Projetos de Investimento. Situação contábil e econômica. Cenários, orçamentos, projeções financeiras, necessidades de capital, custos de oportunidade, fontes de recursos de curto e longo prazos. Obtenção de crédito junto aos Bancos oficiais de crédito de curto e longo prazos. Análise de cenários para captação de recursos, fontes de crédito. Análise de viabilidade, risco e retorno. Bolsas de valores. Ações ON. PN. Analise fundamentalista e agressiva do mercado acionário. Mercado a vista, a termo e por opções a BOVESPA. Corretoras de valores e a Bolsa de mercadorias e futuros. Operações de Hedge e Swap. Eliminação do risco e retorno da Carteira. Setor bancário. Evolução, produtos e serviços. Bancos múltiplos. Dealers. Fusões. Incorporações. SBP. Acordo da Basiléia. Banco Central do Brasil. Operações no mercado aberto, cambio e juros. Conselho Monetário Nacional. COPOM. FEBRABAN. Sindicatos Bancários. Resoluções do Banco Central. Setor de estratégias. Mercado Imobiliário. Setor nominal da economia. Captação de recursos junto ao sistema financeiro nacional e internacional. Setor Bancário - perspectivas no Brasil e no Mundo. ROSS, Stephen A. Ross. Princípios de Administração Financeira. São Paulo. Editora Atlas. 2ª. Edição GITMAN, Laurence. Princípios de Administração Financeira. 2ª. Edição.São Paulo. Editora Atlas SANVICENTE, Antonio Zanoratto. Administração Financeira. 3ª. Edição. São Paulo. Editora Atlas. S/A NAKAGAWA, M. Introdução a Controladoria. São Paulo: Atlas, FORTUNA, Eduardo. Mercado financeiro Produtos e serviços. Qualitymark Editora, Confederação Nacional das Bolsas. Mercado de Capitais. 6 o. edição. Editora Campus. São Paulo BERTOLUCCI, Aldo Vincenzo. Uma contribuição ao estudo da incidência dos Custos de Conformidade às leis e disposições tributárias: um panorama mundial e pesquisa dos custos das companhias de capital aberto no Brasil. São Paulo: FEA/USP, 20. LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL. Lei Complementar n. 1, de São Paulo: Saraiva, CRUZ, Célia e ESTRAVIZ, Marcelo. Captação de Diferentes Recursos para Organizações Sem Fins Lucrativos. Editora Global, 20. AZEVEDO, Tasso Rezende. Buscando Recursos para Seus Projetos. São Paulo: Texto Novo, Manual de Administração Jurídica, Contábil e Financeira para Organizações não-governamentais. São Paulo: Editora Peiropólis, LANDIM, Leilah (org.). Ações em Sociedade. Rio de Janeiro: Nau Editora, ASSAF NETO, A. Mercado financeiro. 4ª ed. São Paulo: Atlas, 20. FORTUNA, E. Mercado financeiro: produtos e serviços. 15. ed. rev. e atual. Rio de Janeiro: Qualitymark, BEINSTEIN, J. Capitalismo senil: a grande crise da economia global. Rio de Janeiro: Record, 20. FERNANDES, A. A. G. O Brasil e o sistema financeiro nacional. Rio de Janeiro: Qualitymark, PINHEIRO, J. L. Mercado de capitais: fundamentos e técnicas. São Paulo: Atlas, SZTAJN, Rachel. Futuros e Swaps,São Paulo, MPA Salles,20. ASSAF, Neto, Alexandre. Finanças Corporativas e Valor - São Paulo. Editora Atlas, BRIGHAM, Eugene. Fundamentos da Moderna Administração Financeira Rio de Janeiro. Editora Campus BITTENCOURT, Gilson A. Cooperativismo de crédito solidário: constituição e funcionamento ADS/CUT. São Paulo/SP, ARMANDO, Mellagi Filho. Mercado Financeiro e de Capitais-Uma Introdução. Editora Atlas: São Paulo, EDUARDO, Fortuna.Mercado Financeiro/ Produtos e Serviços- Qualitymark Editora, 7ª edição, Rio de Janeiro, Rua Duque de Caxias, 1475 Centro Porto Alegre/RS CEP: Telefone (51) Fax: (51)

15 COMPONENTE Finanças Corporativas 70h Fusões. Incorporações. Formação de holding, cartéis, a centralização e oligopolização das empresas. Setor bancário. Custos versus benefícios. Análise de viabilidade de formação de conglomerados empresariais. CADE e o governo. Mercado econômico e proteção da livre concorrência empresarial.. Estratégias e perspectivas dos diversos setores da economia. AFONSO, A.; Barros, C.P.; Calado, J.; Borges, M.R.; Garcia, T.; Relvas, R; Introdução à Economia Financeira. Editora Escolar: Micro crédito e desenvolvimento territorial SEBRAE, Rio de Janeiro, 20. ROSS, Stephen A. Ross. Randolph w. westerield, Jordan. Bradford. Princípios de Administração Financeira. São Paulo. Editora Atlas. 2 o. Edição Finanças Internacionais 35h Jogos de Negócios 70h Administração de Recursos de Longo Prazo 35h Tópicos Especiais de Gestão Financeira 70h Projeto Integrador 50h Balanço de pagamentos. Balança comercial. Serviços. Transações correntes e transferências. Teorias das vantagens comparativas e absolutas. Teorias econômicas do desenvolvimento e crescimento econômico. Empresas multinacionais e grandes corporações nacionais. Sistema Financeiro Americano, FED. Bolsa de New York, Frankfourt, Argentina (Merval).Mercados emergentes Asiáticos, Latinos, negócios internacionais no Brasil. Acordos comerciais, negócios internacionais, exportações e importações de produtos e serviços do exterior para o Brasil e vice versa. Negócios e transações empresariais. Teoria dos investimentos, diversificação, estratégias empresariais. Gestão financeira de empresas. Atividade empresariais. Formas de captação e recursos junto às instituições financeiras públicas e privadas. Condições de crédito, prazos, retorno nos mercados, riscos financeiros e de mercado. Captação de recursos próprios e de terceiros. Custos e benefícios. Alavancagem financeira. Operacional, combinada, risco e retorno de mercados. Credito junto ao sistema financeiro internacional. ADR. Fusões. GDR. Debêntures. Ações ON e PN. Mercados de capitais e financeiros no Brasil e no Exterior. Estudo das questões contemporâneas da gestão financeira. Regulamento Próprio KRUGMAN, Paul; Ostfeld, Maurice. Economia internacional. Teoria e política. 5 o. ed. São Paulo. Pearson Educacion do Brasil. 20 LOPES, Alexsandro. Finanças Internacionais. São Paulo. Editora Atlas S/a STEIFUS, Ricardo. Manual das organizações Internacionais. 2 o. edição. São Paulo. Livraria do Advogado ROBBIN, Stephen P. Administração: mudanças, perspectivas. São Paulo: Saraiva, PORTER, Michel E. On competition: competições estratégicas essenciais. Rio de Janeiro: Campus, LBERTINI, A L. Administração de informações: funções e fatores críticos do sucesso. São Paulo: Atlas, BERNARDI, Luis Antônio. Política e formação do preço: uma abordagem competitiva, sistêmica e integrada: São Paulo, Atlas, ROSS, Stephen A. Ross. Randolph w. westerield, Jordan. Bradford. Princípios de Administração Financeira. São Paulo. Editora Atlas. 2 o. Edição GITMAN. Laurence. Princípios de Adminisração Financeira. 2 o. Edição.São Paulo. Editora Atlas, SANVINCENTE, Antonio Zanoratto. Administração Financeira. 3 o. Edição. São Paulo Periódicos atualizados da área, indicação de sites e obras publicadas. Rua Duque de Caxias, 1475 Centro Porto Alegre/RS CEP: Telefone (51) Fax: (51)

16 PROPOSTA DO PLANO DE ENSINO Disciplina: Carga Horária: 35 ou 70 horas-aula 1. OBJETIVO Descreva aqui o objetivo do componente curricular. 2. Espaço para a ementa oficial do componente curricular. 3. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1. Expor na forma de itens ou tópicos numerados 1.1. Com sub-itens ou sub-tópicos se necessário; 4. a) Básica Conforme definido no projeto do curso, seguindo as normas da ABNT. Ex.: GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, b) Complementar À critério do docente, ou conforme projeto do curso, seguindo as normas da ABNT Rua Duque de Caxias, 1475 Centro Porto Alegre/RS CEP: Telefone (51) Fax: (51)

17 C R O N O G R AM A D E D I S C I P L I N A Curso: Disciplina: Código Ano/Semestre: 21-2 Créditos Acadêmicos: Professor Responsável: Horário: C R O N O G R A M A S E M A N A L D E D I S C I P L I N A Semana Dia Assunto Recursos Materiais Observações para preenchimento: 1. Campo curso: a) Cursos Superiores de Tecnologia (no caso de turmas mistas, com mais de um curso); b) Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas; c) Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos; d) Curso Superior de Tecnologia em Gestão Financeira; e) Curso de Licenciatura Graduação em Pedagogia. 2. Campo Créditos acadêmicos: a)1 ou 2, conforme c.h. Rua Duque de Caxias, 1475 Centro Porto Alegre/RS CEP: Telefone (51) Fax: (51)

E D I T A L FACULDADES INTEGRADAS SÉVIGNÉ

E D I T A L FACULDADES INTEGRADAS SÉVIGNÉ EDITAL DA N.º 02/2009 DISPÕE SOBRE O PROCESSO DE SELEÇÃO EXTERNO DE DOCENTES PARA OS CURSOS E COMPONENTES CURRICULARES OFERTADOS NO SEGUNDO SEMESTRE LETIVO DE 2009 DAS FACULDADES INTEGRADAS SÉVIGNÉ. A

Leia mais

E D I T A L DISCIPLINA EMENTA BIBLIOGRAFIA. Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas DISCIPLINA EMENTA BIBLIOGRAFIA

E D I T A L DISCIPLINA EMENTA BIBLIOGRAFIA. Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas DISCIPLINA EMENTA BIBLIOGRAFIA EDITAL DA N.º 05/2010 DISPÕE SOBRE O PROCESSO EXTERNO DE SELEÇÃO DE DOCENTES PARA OS CURSOS E COMPONENTES CURRICULARES COM PREVISÃO DE OFERTA NO SEGUNDO SEMESTRE LETIVO DE 2010. A Diretora Acadêmica da

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Matriz Curricular aprovada pela Resolução nº 18/09-CONSUNI, de 1º de dezembro de 2009. MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Válida para os acadêmicos ingressantes

Leia mais

E D I T A L FACULDADES INTEGRADAS SÉVIGNÉ

E D I T A L FACULDADES INTEGRADAS SÉVIGNÉ EDITAL DA N.º 0/009 DISPÕE SOBRE O PROCESSO DE SELEÇÃO INTERNO DE DOCENTES PARA OS CURSOS E COMPONENTES CURRICULARES COM PREVISÃO DE OFERTA NO PRIMEIRO SEMESTRE LETIVO DE 00. A Diretora Acadêmica das Faculdades

Leia mais

Ementário do Curso de Administração Grade 2010-2 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa:

Ementário do Curso de Administração Grade 2010-2 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa: 1 da Produção I Ementário do Curso de Introdução à administração da produção; estratégias para definição do sistema de produção; estratégias para o planejamento do arranjo físico; técnicas de organização,

Leia mais

1º SEMESTRE 2º SEMESTRE

1º SEMESTRE 2º SEMESTRE 1º SEMESTRE 7ECO003 ECONOMIA DE EMPRESAS I Organização econômica e problemas econômicos. Demanda, oferta e elasticidade. Teoria do consumidor. Teoria da produção e da firma, estruturas e regulamento de

Leia mais

Ementário do Curso de Administração Grade 2008-1 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa:

Ementário do Curso de Administração Grade 2008-1 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa: 1 da Produção I Ementário do Curso de Introdução à administração da produção; estratégias para definição do sistema de produção; estratégias para o planejamento do arranjo físico; técnicas de organização,

Leia mais

Ementário e Bibliografia do curso de. Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04

Ementário e Bibliografia do curso de. Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 01 - ADMINISTRAÇÃO Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 Introdução à Administração. Antecedentes históricos da Administração. Escolas de Administração. Administração e suas perspectivas. Variáveis

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO 1 CURSO DE EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2010.2 A BRUSQUE (SC) 2014 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 INFORMÁTICA APLICADA À... 4 02 MATEMÁTICA APLICADA À I... 4 03 METODOLOGIA CIENTÍFICA... 4 04 PSICOLOGIA... 5 05

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 039/2004-COU/UNICENTRO

RESOLUÇÃO Nº 039/2004-COU/UNICENTRO RESOLUÇÃO Nº 039/2004-COU/UNICENTRO REVOGADA PELA RESOLUÇÃO Nº 128/2014- COU/UNICENTRO. DISPOSITIVOS DO PROJETO PEDAGÓGICO APROVADO POR ESTA RESOLUÇÃO, ESTÃO ALTERADOS PELA RESOLUÇÃO Nº 26/2009-COU/UNICENTRO.

Leia mais

ADM002 Filosofia e Ética Empresarial - 2 36 ADM003 Contabilidade Geral - 4 72 ADM004 Metodologia Científica - 2 36 ADM005 Métodos Quantitativos - 4 72

ADM002 Filosofia e Ética Empresarial - 2 36 ADM003 Contabilidade Geral - 4 72 ADM004 Metodologia Científica - 2 36 ADM005 Métodos Quantitativos - 4 72 Matriz Curricular do Curso de Administração 2015.1 1ª Fase CÓDIGO DISCIPLINAS PRÉ- REQUISITOS CRED ADM001 Interpretação e Produção de Textos - ADM002 Filosofia e Ética Empresarial - 2 36 ADM003 Contabilidade

Leia mais

RECURSOS HUMANOS EMENTAS DO CURSO 1º P TÉCNICAS DE COMUNICAÇÃO ORAL E ESCRITA COMPLEMENTOS DE MATEMÁTICA PARA CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÃO

RECURSOS HUMANOS EMENTAS DO CURSO 1º P TÉCNICAS DE COMUNICAÇÃO ORAL E ESCRITA COMPLEMENTOS DE MATEMÁTICA PARA CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÃO RECURSOS HUMANOS EMENTAS DO CURSO 1º P TÉCNICAS DE COMUNICAÇÃO ORAL E ESCRITA Técnicas de leitura, interpretação e produção de textos, expressão oral e apresentação de trabalhos acadêmicos, argumentação

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Matriz Curricular aprovada pela Resolução nº 16/09-CONSUNI, de 1º de dezembro de 2009. MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Fase Cód. I

Leia mais

ROLL DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

ROLL DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ROLL DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DISCIPLINAS CARGA HORÁRIA Linguagem e Interpretação de Texto 80 Contabilidade I 80 Economia 80 Matemática 80 Teoria Geral da Administração

Leia mais

Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04

Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 01 - ADMINISTRAÇÃO Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 Introdução à Administração. Antecedentes históricos da Administração. Escolas de Administração. Administração e suas perspectivas. Variáveis

Leia mais

DISCIPLINAS DE FORMAÇÃO BÁSICA GERAL

DISCIPLINAS DE FORMAÇÃO BÁSICA GERAL CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Turno: MATUTINO/NOTURNO Matutino Currículo nº 8 Noturno Currículo nº 8 Reconhecido pelo Decreto n 83.799, de 30.07.79, D.O.U. de 31.07.79 Renovação de Reconhecimento Decreto

Leia mais

HORARIOS DE TUTORIAS: É necessário agendamento para tutoria.

HORARIOS DE TUTORIAS: É necessário agendamento para tutoria. HORARIOS DE TUTORIAS: É necessário agendamento para tutoria. Matemática: Luiz Paulo Tavares Disciplinas em que atua: Administração Financeira Contabilidade Estatística Estatística Aplicada Formação de

Leia mais

FACULDADE MORAES JÚNIOR CARGA HORÁRIA DAS DISCIPLINAS POR CURSO CIÊNCIAS CONTÁBEIS CARGA HORÁRIA SÉRIE DISCIPLINA SEMANAL ANUAL 2ª

FACULDADE MORAES JÚNIOR CARGA HORÁRIA DAS DISCIPLINAS POR CURSO CIÊNCIAS CONTÁBEIS CARGA HORÁRIA SÉRIE DISCIPLINA SEMANAL ANUAL 2ª FACULDADE MORAES JÚNIOR DAS DISCIPLINAS POR CURSO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Duração do Curso: 4 anos. Total de 3.200 horas-aula CIÊNCIAS CONTÁBEIS SÉRIE DISCIPLINA SEMANAL ANUAL 2ª Contabilidade e Análise

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Financeira e Controladoria

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Financeira e Controladoria Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Financeira e Controladoria Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão Financeira e Controladoria tem por objetivo o fornecimento

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS 1 CURSO DE EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2009.1A BRUSQUE (SC) 2014 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 ADMINISTRAÇÃO... 4 02 CONTABILIDADE INTRODUTÓRIA I... 4 03 MATEMÁTICA... 4 04 METODOLOGIA CIENTÍFICA... 4 05 NOÇÕES

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Matriz Curricular vigente a partir de 2010/1 Fase Cód. Disciplina Carga Horária Prérequisitos

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Fase Cód. I II Matriz Curricular vigente a partir de 2010-1 Disciplina Prérequisitos Carga

Leia mais

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 1 CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2011.1 BRUSQUE (SC) 2015 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 ARQUITETURA DE COMPUTADORES... 4 02 FILOSOFIA... 4 03 FUNDAMENTOS MATEMÁTICOS PARA COMPUTAÇÃO...

Leia mais

Ementário do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial

Ementário do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial 01 ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS I EMENTA: Introdução à administração de recursos humanos; orçamento de pessoal; processo de recrutamento e seleção de pessoal; processo de treinamento e desenvolvimento

Leia mais

PLANO DE CURSO. Universidade Federal de Viçosa - Campus UFV Florestal Central de Ensino e Desenvolvimento Agrário de Florestal

PLANO DE CURSO. Universidade Federal de Viçosa - Campus UFV Florestal Central de Ensino e Desenvolvimento Agrário de Florestal Dados da Instituição Razão Social Esfera Administrativa Site de Instituição PLANO DE CURSO Universidade Federal de Viçosa - Campus UFV Florestal Central de Ensino e Desenvolvimento Agrário de Florestal

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA (EAD) CIÊNCIAS CONTÁBEIS CIÊNCIAS CONTÁBEIS COMUNICAÇÃO E EXPRESSÃO A leitura como vínculo leitor/texto, através da subjetividade contextual, de atividades

Leia mais

RESOLUÇÃO. Esta Resolução entra em vigor nesta data, revogadas as disposições contrárias. Campinas, 16 de novembro de 2004.

RESOLUÇÃO. Esta Resolução entra em vigor nesta data, revogadas as disposições contrárias. Campinas, 16 de novembro de 2004. RESOLUÇÃO CONSEAcc CPS 3 /2004 APROVA AS EMENTAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, DO CÂMPUS DE CAMPINAS, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente do Conselho Acadêmico por Câmpus CONSEAcc, do câmpus de Campinas,

Leia mais

FACULDADE ANHANGUERA DE INDAIATUBA Rua Claudio Dal Canton, 89 - Cidade Nova II - Indaiatuba -SP - CEP 13334-390 (19) 3885-6700 www.portalpos.com.

FACULDADE ANHANGUERA DE INDAIATUBA Rua Claudio Dal Canton, 89 - Cidade Nova II - Indaiatuba -SP - CEP 13334-390 (19) 3885-6700 www.portalpos.com. A pós-graduação é fundamental para manter-se bem colocado no mercado de trabalho e para aperfeiçoar competências profissionais. Além de enriquecer o currículo, este tipo de especialização ajuda a melhorar

Leia mais

Resolução 038/2001 CONSEPE

Resolução 038/2001 CONSEPE Resolução 038/2001 CONSEPE Aprova as normas de funcionamento do Curso de Administração do Centro de Ciências da Administração CCA/ESAG. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Fase Cód. Disciplina I Matriz Curricular vigente a partir de 2012/1 Prérequisito s Carga Horária

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: MERCADO DE CAPITAIS Código: CTB 000 Pré-requisito: ------- Período Letivo: 2014.2 Professor:

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Decanato Acadêmico

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Decanato Acadêmico Unidade Universitária: Centro de Ciências Sociais e Aplicadas Curso: Administração Disciplina: Criação de Negócios Inovadores Carga horária: 4 horas Ementa: ( X ) Teórica ( ) Prática Núcleo Temático: Formação

Leia mais

Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: ADMINISRAÇÃO FINANCEIRA

Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: ADMINISRAÇÃO FINANCEIRA C U R S O D E C I Ê N C I A S C O N T Á B E I S Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: ADMINISRAÇÃO FINANCEIRA Código: CNB CH Total: 72H Pré-Requisito: Período

Leia mais

DISCIPLINA: EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO

DISCIPLINA: EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO PROCESSO SELETIVO DE MONITORIA - EDITAL Nº08/2013.2 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO PARA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DISCIPLINA: EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO Conteúdo Programático: UNIDADE I: O Universo Organizacional

Leia mais

2. Classificar atos e fatos contábeis.

2. Classificar atos e fatos contábeis. MÓDULO II Qualificação Técnica de Nível Médio de ASSISTENTE FINANCEIRO II.1 PROCESSOS DE OPERAÇÕES CONTÁBEIS Função: Planejamento de Processos Contábeis 1. Interpretar os fundamentos e conceitos da contabilidade.

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Sem. CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS I II III IV V VI VI I Matriz Curricular válida para os acadêmicos ingressantes

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS Matemática I 1º PERÍODO Matrizes e sistemas lineares. Funções: lineares, afins quadráticas,

Leia mais

MBA Gestão de Negócios e Pessoas

MBA Gestão de Negócios e Pessoas PROJETO PEDAGÓGICO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Nome do Curso MBA Gestão de Negócios e Pessoas Área de Conhecimento Ciências Sociais Aplicadas Nome do Coordenador do Curso e Breve Currículo: Prof.

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL 1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO SUPERIOR DE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2011.1 BRUSQUE (SC) 2014 Atualizado em 6 de junho de 2014 pela Assessoria de

Leia mais

SEGUNDA CHAMADA PARA INSCRIÇÕES NO CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DE 3º GRAU ABERTO PELO EDITAL Nº 92 DE 05 DE NOVEMBRO DE 2012 (Campus Arapiraca)

SEGUNDA CHAMADA PARA INSCRIÇÕES NO CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DE 3º GRAU ABERTO PELO EDITAL Nº 92 DE 05 DE NOVEMBRO DE 2012 (Campus Arapiraca) UNIVERSIDA FERAL ALAGOAS PRÓ-REITORIA GESTÃO PESSOAS E DO TRABALHO EDITAL Nº 105 23 NOVEMBRO 2012. Publicado no Diário Oficial da União de 27/11/2012, Seção 03, p. 83-85 SEGUNDA CHAMADA PARA INSCRIÇÕES

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO/2013 1.ª SÉRIE

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO/2013 1.ª SÉRIE Curso: Graduação: Regime: Duração: MATRIZ CURRICULAR PROCESSOS GERENCIAIS (Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios) TECNOLÓGICA SERIADO ANUAL - NOTURNO 3 (TRÊS) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL

Leia mais

Instituto Federal de Brasília PLANO DE CURSO FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA FIC. Campus Ceilândia

Instituto Federal de Brasília PLANO DE CURSO FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA FIC. Campus Ceilândia Instituto Federal de Brasília PLANO DE CURSO FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA FIC Campus Ceilândia GESTÃO E PRÁTICAS EMPREENDEDORAS PARA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS Ceilândia, Fevereiro de 2014. CURSO DE FORMAÇÃO

Leia mais

FACULDADE TECSOMA DEPARTAMENTO DE PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO MBA EM GESTÃO EMPRESARIAL

FACULDADE TECSOMA DEPARTAMENTO DE PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO MBA EM GESTÃO EMPRESARIAL FACULDADE TECSOMA DEPARTAMENTO DE PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO MBA EM GESTÃO EMPRESARIAL 1. OBJETIVOS Proporcionar aos discentes conhecimentos teóricos e práticos acerca da gestão empresarial com intuito de

Leia mais

ANEXO 01. CURSO: Ciências Contábeis - UFRJ SELEÇÃO DE DOCENTES

ANEXO 01. CURSO: Ciências Contábeis - UFRJ SELEÇÃO DE DOCENTES ANEXO 01 CURSO: Ciências Contábeis - UFRJ SELEÇÃO DE DOCENTES DISCIPLINA/FUNÇÃO PROGRAMA/ATIVIDADES PERFIL DOS CANDIDATOS 1 2 3 4 de Custos Intermediária Introdução à Adm e Comp Organizacional Economia

Leia mais

FACULDADE DO SUL DA BAHIA CALENDÁRIO DE PROVA FINAL CURSO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS. Quarta-feira 17/12

FACULDADE DO SUL DA BAHIA CALENDÁRIO DE PROVA FINAL CURSO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS. Quarta-feira 17/12 CURSO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS 1ª aula **** Matemática Informática 2ª aula **** **** **** 1ª aula Contabilidade Comercial Psicologia Administração 2ª aula Introdução à Economia Introd. Direito Público e Privado

Leia mais

Ingresso Março 2014 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba

Ingresso Março 2014 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba Ingresso Março 2014 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba MBA em Finanças e Governança Corporativa Desenvolver conhecimentos e habilidades que possibilitem ao profissional dominar os conteúdos

Leia mais

Administração. Curso de Graduação Bacharelado em

Administração. Curso de Graduação Bacharelado em Curso de Graduação Bacharelado em Administração O curso de Administração está enquadrado como uma ciência social aplicada. Estuda-se em profundidade técnicas e instrumentos analíticos, além de simulações

Leia mais

GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS

GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS Graduação PROCESSOS GERENCIAIS 1.675 HORAS Prepara os estudantes para o empreendedorismo e para a gestão empresarial. Com foco nas tendências

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão de Pessoas tem por objetivo o fornecimento de instrumental que possibilite

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS 1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO SUPERIOR DE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2011.1 BRUSQUE (SC) 2014 Atualizado em 6 de junho de 2014 pela Assessoria

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO. Sumário I) OBJETIVO 02. 1) Público alvo 02. 2) Metodologia 02. 3) Monografia / Trabalho final 02

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO. Sumário I) OBJETIVO 02. 1) Público alvo 02. 2) Metodologia 02. 3) Monografia / Trabalho final 02 Sumário Pág. I) OBJETIVO 02 II) ESTRUTURA DO CURSO 1) Público alvo 02 2) Metodologia 02 3) Monografia / Trabalho final 02 4) Avaliação da aprendizagem 03 5) Dias e horários de aula 03 6) Distribuição de

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico ETEC Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão em Negócios Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico em

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado plea Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado plea Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado plea Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: Administração Financeira Orçamentária I Código: ADM 353 Pré-Requisito: Contabilidade de Custos

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº09/2011 Aprova a estrutura curricular do Curso de Administração do Centro de

Leia mais

RESOLUÇÃO. São Paulo, 18 de novembro de 2004. Prof. Milton Mayer Presidente

RESOLUÇÃO. São Paulo, 18 de novembro de 2004. Prof. Milton Mayer Presidente RESOLUÇÃO CONSEAcc - SP 006/2004 APROVA AS EMENTAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, DO CÂMPUS DE SÃO PAULO, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente do Conselho Acadêmico por Câmpus CONSEAcc, do câmpus de

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE 083/2003 APROVA AS EMENTAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO.

RESOLUÇÃO CONSEPE 083/2003 APROVA AS EMENTAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. RESOLUÇÃO CONSEPE 083/2003 APROVA AS EMENTAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE,

Leia mais

RESOLUÇÃO. Itatiba, 17 novembro de 2004. Prof. Milton Mayer Presidente

RESOLUÇÃO. Itatiba, 17 novembro de 2004. Prof. Milton Mayer Presidente RESOLUÇÃO CONSEAcc - IT 12/2004 APROVA AS EMENTAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÂO DO CÂMPUS DE ITATIBA, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente do Conselho Acadêmico por Câmpus, do câmpus de Itatiba, no

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA Executivo em Saúde Coordenação Acadêmica: Profª TANIA FURTADO EMENTA DO CURSO 1) Gestão dos Serviços em Saúde A participação dos serviços em uma Organização

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DA FUNETEC-PB. Presidente da FUNETEC-PB Cícero Nicácio do Nascimento Lopes. Superintendente Anselmo Guedes de Castilho

ADMINISTRAÇÃO DA FUNETEC-PB. Presidente da FUNETEC-PB Cícero Nicácio do Nascimento Lopes. Superintendente Anselmo Guedes de Castilho ADMINISTRAÇÃO DA FUNETEC-PB Presidente da FUNETEC-PB Cícero Nicácio do Nascimento Lopes Superintendente Anselmo Guedes de Castilho Diretora Escolar Helena Mercedes Monteiro Gerente de Ensino Adeane Nunes

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Identificação do Curso Nome do Curso: Sistemas de Informação Titulação: Bacharelado Modalidade de ensino: Presencial

Leia mais

Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ

Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ Um jeito Diferente, Inovador e Prático de fazer Educação Corporativa Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ Objetivo: Auxiliar o desenvolvimento

Leia mais

BOLETIM DE SERVIÇO - FIPAR ON LINE

BOLETIM DE SERVIÇO - FIPAR ON LINE BOLETIM DE SERVIÇO - FIPAR ON LINE ANO II Nº 003 Editado pela Secretaria Geral das FIPAR Faculdades Integradas de Paranaíba FIPAR Paranaíba, 08 de agosto de 2008. AVISO DE PUBLICAÇÃO E ADEQUAÇÃO DE MATRIZ

Leia mais

MBA EM FINANÇAS E GOVERNANÇA CORPORATIVA MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Agosto 2013 ESPM-SUL. Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS.

MBA EM FINANÇAS E GOVERNANÇA CORPORATIVA MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Agosto 2013 ESPM-SUL. Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS. MBA EM FINANÇAS E GOVERNANÇA CORPORATIVA MANUAL DO CANDIDATO Ingresso Agosto 2013 ESPM-SUL Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS. Informações: Central de Candidatos: (51) 3218-1400 Segunda

Leia mais

Relação completa dos cursos do Estude Sem Fronteiras

Relação completa dos cursos do Estude Sem Fronteiras Relação completa dos cursos do Estude Sem Fronteiras Curso Carga horária Área: Direito Direito Coletivo do Trabalho 40 Direito Empresarial 40 Direito Municipal e Urbanístico Direito Tributário Aplicado

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Habilitação: Regime: Duração: PEDAGOGIA LICENCIATURA FORMAÇÃO PARA O MAGISTÉRIO EM EDUCAÇÃO INFANTIL SERIADO ANUAL - NOTURNO 4 (QUATRO) ANOS LETIVOS Integralização:

Leia mais

DISCIPLINAS DO PROCESSO DE RECUPERAÇÃO DE DISCIPLINAS 2015.1

DISCIPLINAS DO PROCESSO DE RECUPERAÇÃO DE DISCIPLINAS 2015.1 O presente quadro Processo de Recuperação 2015.1, indica as disciplinas que serão ofertadas nesse processo. O quadro especifica disciplina, período e o curso que a disciplina pertence. Fundamentos históricos

Leia mais

Inscrições Abertas. Dia e horário das aula: Sexta-Feira 18h30 às 22h30 Quinzenal Sábado 08h30 às 17h30 Quinzenal

Inscrições Abertas. Dia e horário das aula: Sexta-Feira 18h30 às 22h30 Quinzenal Sábado 08h30 às 17h30 Quinzenal MBA Recursos Humanos Inscrições Abertas Dia e horário das aula: Sexta-Feira 18h30 às 22h30 Quinzenal Sábado 08h30 às 17h30 Quinzenal Carga horária: 600 Horas Duração: 24 meses *As informações podem sofrer

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO. MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégias

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO. MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégias CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégias Coordenação Acadêmica: Maria Elizabeth Pupe Johann 1 OBJETIVOS: Objetivo Geral: - Promover o desenvolvimento

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Negócios

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Negócios Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Negócios Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão Estratégica de Negócios tem por objetivo desenvolver a

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO Nome da disciplina Evolução do Pensamento Administrativo I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação;

Leia mais

Princípios de Finanças

Princípios de Finanças Princípios de Finanças Apostila 01 Finanças e Empresas Professora: Djessica Karoline Matte 1 SUMÁRIO Finanças e Empresas... 3 1. Introdução a Administração Financeira... 3 2. Definições... 3 2.1. Empresas...

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA N O 02/2015

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA N O 02/2015 1 A Coordenação do Curso de Administração, da Unidade de Ensino Superior Dom Bosco, no uso de suas atribuições e em cumprimento ao Art. 5 o do Regulamento de Monitoria, Anexo da Resolução de 21 de dezembro

Leia mais

HORÁRIO DE PROVAS 3º BIMESTRE

HORÁRIO DE PROVAS 3º BIMESTRE CURSO DE PEDAGOGIA Gestão Escolar e Organização do Trabalho Pedagógico I 23.09.13 19horas Fundamentos da Língua Portuguesa: Leitura e Produção de 23.09.13 21horas Textos Psicologia da Educação I 24.09.13

Leia mais

Faculdade Vizinhança Vale do Iguaçu

Faculdade Vizinhança Vale do Iguaçu Faculdade Vizinhança Vale do Iguaçu Centro Pastoral, Educacional e Assistencial Dom Carlos - CPEA PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR DA EDUCAÇÃO SUPERIOR EDITAL N 06/2013 VIZIVALI A FACULDADE

Leia mais

Organização Curricular do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Empreendedora

Organização Curricular do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Empreendedora Organização Curricular do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Empreendedora - TGE 2005-2 Organização Curricular do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Empreendedora 1 DADOS LEGAIS: Reconhecido pela

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Gestão e Negócios Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: Superior em Administração FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( x ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016

EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016 EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016 901491 - EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação; a evolução da teoria organizacional

Leia mais

UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE-FAC-CG

UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE-FAC-CG UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE-FAC-CG CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING MÓDULO I 304101 FUNDAMENTOS DE MARKETING Fundamentos do Marketing. Processo de Marketing.

Leia mais

Comunicamos ainda, que o Curso terá início em março de 2005 e as inscrições já se encontram abertas no nosso site: www.eac.fea.usp.

Comunicamos ainda, que o Curso terá início em março de 2005 e as inscrições já se encontram abertas no nosso site: www.eac.fea.usp. São Paulo, 13 de setembro de 2004 Prezado (a) Senhor (a) É com prazer que comunicamos o lançamento da 5ª Turma do MBA - Finanças, Comunicação e Relações com Investidores, organizado pela FIPECAFI - Fundação

Leia mais

PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS. (Resumido)

PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS. (Resumido) FACULDADE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS E ADMINISTRATIVAS DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM ES Curso de Administração reconhecido pelo Decreto Federal nº 78.951, publicado no D.O.U. de 16-12-1976 Curso de Ciências Contábeis

Leia mais

Ementas e bibliografia básica das disciplinas

Ementas e bibliografia básica das disciplinas Ementas e bibliografia básica das disciplinas Gestão do Conhecimento e Inteligência Competitiva (10h) Conceitos gerais de gestão do conhecimento Conceitos gerais de inteligência competitiva Ferramentas

Leia mais

Ementas e Bibliografias das Disciplinas

Ementas e Bibliografias das Disciplinas Ementas e Bibliografias das Disciplinas 2.3.1 Metodologia do Ensino Superior Carga Horária: 30h/a Ementa: Metodologia do ensino e as principais técnicas didático pedagógicas. Reflexões sobre o papel do

Leia mais

INSERÇÃO PROFISSIONAL DO PSICÓLOGO EM ORGANIZAÇÕES E NO TRABALHO 30h/a

INSERÇÃO PROFISSIONAL DO PSICÓLOGO EM ORGANIZAÇÕES E NO TRABALHO 30h/a PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL E DO TRABALHO EMENTAS E BIBLIOGRAFIAS INSERÇÃO PROFISSIONAL DO PSICÓLOGO EM ORGANIZAÇÕES E NO TRABALHO 30h/a EMENTA: Visão clássica da psicologia organizacional: história e desdobramentos.

Leia mais

E D I T A L DISCIPLINA EMENTA BIBLIOGRAFIA FACULDADE FAE SÉVIGNÉ PORTO ALEGRE

E D I T A L DISCIPLINA EMENTA BIBLIOGRAFIA FACULDADE FAE SÉVIGNÉ PORTO ALEGRE EDITAL DA N.º 04/2010 DISPÕE SOBRE O PROCESSO INTERNO DE SELEÇÃO DE DOCENTES PARA OS CURSOS E COMPONENTES CURRICULARES COM PREVISÃO DE OFERTA NO SEGUNDO SEMESTRE LETIVO DE 2010. A Diretora Acadêmica das

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec ETEC PAULINO BOTELHO Código: 91 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão de Negócios Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de TÉCNICO

Leia mais

MBA EM GESTÃO DO MARKETING ESTRATÉGICO - EMENTAS

MBA EM GESTÃO DO MARKETING ESTRATÉGICO - EMENTAS MBA EM GESTÃO DO MARKETING ESTRATÉGICO - EMENTAS Branding Corporativo O que é Branding. O que é uma marca. História da Marcas. Naming. Arquitetura de Marcas. Tipos de Marcas. Brand Equity. Gestão de Marcas/Branding.

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Fundamentos

Gerenciamento de Projetos Fundamentos Gerenciamento de Fundamentos MBA EM GESTÃO DE PROJETOS - EMENTAS Definição de Projeto. Contexto e Evolução do Gerenciamento de. Areas de conhecimento e os processos de gerenciamento do PMI - PMBoK. Ciclo

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Regime: Duração: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE S (ÁREA: GESTÃO) TECNÓLOGO SERIADO ANUAL - NOTURNO 3 (TRÊS) ANOS LETIVOS Integralização:A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO

Leia mais

PLANO DE ENSINO. CARGA HORÁRIA TOTAL: 72hs TEORIA: 72hs PRÁTICA: PRÉ-REQUISITOS: ADF

PLANO DE ENSINO. CARGA HORÁRIA TOTAL: 72hs TEORIA: 72hs PRÁTICA: PRÉ-REQUISITOS: ADF UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN DEPARTAMENTO: DCC PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: MERCADO DE CAPITAIS SIGLA: MCP

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS

CURSO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS Matemática I CURSO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1º PERÍODO Matrizes e sistemas lineares. Funções: lineares, afins quadráticas, exponenciais

Leia mais

MBA em Gestão de Pessoas e Comportamento Organizacional -Matutino e Noturno

MBA em Gestão de Pessoas e Comportamento Organizacional -Matutino e Noturno MBA em Gestão de Pessoas e Comportamento Organizacional -Matutino e Noturno Apresentação CAMPUS STIEP Inscrições Abertas Turma 12 (Noturno) -->Últimas Vagas até o dia 27/05/2013 CAMPUS IGUATEMI Turma 13

Leia mais

Plano Educação. www.planoeducacao.com.br LISTA COMPLETA DE CURSOS DO PLANO EDUCAÇÃO. Área Assunto Titulo

Plano Educação. www.planoeducacao.com.br LISTA COMPLETA DE CURSOS DO PLANO EDUCAÇÃO. Área Assunto Titulo Plano Educação LISTA COMPLETA DE CURSOS DO PLANO EDUCAÇÃO 1 Administração Comércio, Vendas e Negociações Administração de Mercado Exterior Administração Comércio, Vendas e Negociações Atendimento ao cliente

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO INTERNO E EXTERNO PARA PEDAGOGIA. N 2015/05 18 de NOVEMBRO A 10 DE DEZEMBRO

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO INTERNO E EXTERNO PARA PEDAGOGIA. N 2015/05 18 de NOVEMBRO A 10 DE DEZEMBRO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO INTERNO E EXTERNO PARA PEDAGOGIA N 2015/05 18 de NOVEMBRO A 10 DE DEZEMBRO Dispõe sobre o TESTE SELETIVO INTERNO E EXTERNO para PROFESSOR integrante da carreira docente das

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO Evolução de Pensamento Administrativo I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação; a evolução

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRICULO PLENO 1.ª SÉRIE CÓDIGO DISCIPLINAS TEOR PRÁT CHA PRÉ-REQUISITO

MATRIZ CURRICULAR CURRICULO PLENO 1.ª SÉRIE CÓDIGO DISCIPLINAS TEOR PRÁT CHA PRÉ-REQUISITO MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Regime: Duração: ADMINISTRAÇÃO BACHARELADO SERIADO ANUAL - NOTURNO 4 (QUATRO) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 04 (QUATRO) ANOS LETIVOS - MÁXIMO

Leia mais

LOGÍSTICA EMENTAS DO CURSO

LOGÍSTICA EMENTAS DO CURSO LOGÍSTICA EMENTAS DO CURSO 1º P TÉCNICAS DE COMUNICAÇÃO ORAL E ESCRITA Técnicas de leitura, interpretação e produção de textos, expressão oral e apresentação de trabalhos acadêmicos, argumentação científica.

Leia mais

ETEC BENTO QUIRINO - CAMPINAS PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, NOS TERMOS DO COMUNICADO CEETEPS N 1/2009, E SUAS ALTERAÇÕES.

ETEC BENTO QUIRINO - CAMPINAS PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, NOS TERMOS DO COMUNICADO CEETEPS N 1/2009, E SUAS ALTERAÇÕES. ETEC BENTO QUIRINO - CAMPINAS PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, NOS TERMOS DO COMUNICADO CEETEPS N 1/2009, E SUAS ALTERAÇÕES. AVISO Nº 043/01/14 DE 17/02/2014. PROCESSO Nº 0953/2014. AVISO DE DEFERIMENTO

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão. Objetivo Geral. Objetivos Específicos

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão. Objetivo Geral. Objetivos Específicos SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: CIÊNCIAS CONTÁBEIS Missão A missão do curso é formar profissionais em Ciências Contábeis com elevada competência técnica, crítica, ética e social, capazes de conceber

Leia mais

MBA CONTROLADORIA, FINANÇAS E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO

MBA CONTROLADORIA, FINANÇAS E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO MBA CONTROLADORIA, FINANÇAS E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO 1. APRESENTAÇÃO O curso de MBA em Controladoria, Finanças e Planejamento Tributário desenvolvido pela FAACZ visa oferecer aos participantes instrumentais

Leia mais

R E S O L U Ç Ã O Nº 069/2000-CEPE/UNICENTRO

R E S O L U Ç Ã O Nº 069/2000-CEPE/UNICENTRO R E S O L U Ç Ã O Nº 069/2000-CEPE/UNICENTRO Aprova o Curso de Extensão Gestão Empresarial, com ênfase na Gestão de Negócios, a ser ministrado no Campus Universitário de Guarapuava e na Extensão da UNICENTRO,

Leia mais