MANUAL DO SISTEMA CONTROLE DE PONTO 1.0 Feito por Amaral Produções de Sistemas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MANUAL DO SISTEMA CONTROLE DE PONTO 1.0 Feito por Amaral Produções de Sistemas"

Transcrição

1 MANUAL DO SISTEMA CONTROLE DE PONTO 1.0 Feito por Amaral Produções de Sistemas 1 PRÉ-REQUISITOS Este documento deve ser utilizado em conjunto com o sistema PONTO 1.0. O programa pode ser carregado da Internet no endereço: Baixe o arquivo PONTO.ZIP e descompacte-o usando o WinZIP, você pode baixar o descompactador gratuitamente em vários sites na internet. Para facilitar e diminuir a extensão deste documento presumo que o usuário já tenha conhecimento básico de computadores: ligar, desligar, uso do mouse e do teclado no sistema operacional Microsoft Windows. Para trabalhar bem com este programa você terá que usar um equipamento com, no mínimo, essas características: - Microprocessador com clock mínimo de 800 Mhz - HD com pelo menos 5 Gbytes livres com velocidade de 5400 rpm - Memória RAM com 512 Mbytes - Microsoft Windows XP (ou 2000) instalado e completamente operacional (senha administrativa) - Resolução preferencial: 1024 x Monitor de 17 polegas aconselhável - Placa de rede 10/100 para funcionamento em rede local - Impressora jato de tinta ou laser, recomendável. 2 INSTALAÇÃO Após descompactar o arquivo PONTO.ZIP você terá disponível o aplicativo SETUP.EXE, abra-o dando um clique duplo sobre ele, é o programa instalador do software. Siga o assistente clicando em PRÓXIMO (ou NEXT dependendo da versão) até que apareça a última tela com o botão CONCLUÍDO (ou FINISH). Ao terminar a instalação terá sido criado o ícone para entrada no sistema: 3 ENTRANDO NO SISTEMA PELA PRIMEIRA VEZ Após instalar o sistema dê um clique duplo no ícone do relógio criado na área de trabalho. Se o ícone não tiver sido criado crie um atalho manualmente apontando para o aplicativo C:\DESENV\PONTO\PONTO.EXE na sua área de trabalho. Na primeira vez serão verificados alguns parâmetros na configuração e se necessário, reajustados, nesse caso você deverá entrar novamente uma 2ª vez e deve aparecer o ícone perto do relógio do Windows. Dê um duplo clique nele e a janela de configuração inicial se abre: Nesta janela você configura os parâmetros principais do programa: Empresa: informe o nome ou fantasia da empresa a ser controlada Bando de dados: informe o caminho para a pasta do programa, se você não alterou na instalação deve ser C:\DESENV\PONTO\ Senha do administrador: informe a senha do administrador do programa Iniciar c/windows: marque esta opção para o programa iniciar automaticamente sempre que o Windows abrir. ENTER automático no código: marque esta opção para que o programa inclua uma pressão da tecla <ENTER> após ler o código de barras. Bloquear F1 na busca: impede que a pessoa use outra forma sem ser o crachá de localizar os seus dados para marcação do ponto Calcular hora noturna: marque para que os relatórios saiam calculando também as horas noturnas, caso existam. Clique no botão: para escolher o controlador de WebCam a ser usado no seu sistema, caso exista uma. Na janela apenas abra a lista e escolha uma das que aparecem, o programa irá usar esta WebCam para captura das fotos dos funcionários. Para funcionar em rede simplesmente instale o programa em todos os computadores que forem usá-lo, escolha qual será o servidor. Nele compartilhe a unidade C: depois em cada computador estação mapeie uma nova unidade, exemplo X: (sempre letra), apontando para aquela unidade compartilhada no servidor. Torne o mapeamento persistente, ou seja, sempre que entrar na estação o mapeamento será recriado automaticamente, assim você não precisa fazê-lo novamente todas às vezes. Os detalhes de como fazer isso fogem ao escopo deste manual. Consulte um técnico em redes para auxiliá-lo. Para que o programa da estação opere no Banco de Dados do servidor, no campo Bando de dados, mude o caminho local C:\DESENV\CAMPANHA para o caminho mapeado para o servidor, no exemplo, X:\DESENV\PONTO e clique no OK. Pronto, agora quando acessar o programa nesta estação, você estará trabalhando na base de dados compartilhada no servidor. O programa passou a funcionar em sua rede local. Ao clicar no botão OK as configurações serão salvas, porém antes será pedida a senha do administrador como confirmação que você pode fazer isso, se ela não coincidir com a da ficha, não será salvo. Por padrão a senha inicial é x (sem aspas e minúsculo).

2 4 TELA PRINCIPAL: CONTROLE DE PONTO A tela principal se abre logo após serem feitas as primeiras configurações válidas (tópico anterior). Esta tela principal é na verdade a que será usada pelo sistema para coletar os dados de entrada e saída de qualquer funcionário da empresa. Ao informar o código, automaticamente será registrada uma Entrada ou Saída para o funcionário. Esse código poderá ser digitado pelo teclado ou lido por um leito óptico (scanner) do crachá funcional, ou ainda, se a opção estiver disponível, teclar F1 sobre o campo para buscar na lista do cadastro diretamente. O registro da entrada sempre antecede à saída, sendo assim, se o funcionário não marcar sua saída, na próxima entrada será computada como saída. Desta forma tem que se tomar cuidado, evitando esquecer de bater o ponto. Os campos desta tela são: Código: código do funcionário que Entra/Sai Nome (F1-busca): nome do funcionário F1 para abrir a lista e buscar por ordem alfabética CPF: número do CPF se estiver cadastrado Ao ser registrada uma entrada ou saída aparece na área à direita a foto do funcionário (se existir no cadastro). Aparece também em baixo da foto um E (entrada) ou um S (saída) com a hora à frente indicando o registro no banco de dados do movimento ocorrido. Após cada movimento o sistema fica aproximadamente 2 segundos mostrando o registro e então libera para outro registro. Na parte mais de cima da tela poderá aparecer uma faixa (banner) de propaganda, ela só está aí no programa demonstrativo. Quando da aquisição do mesmo esta faixa desaparecerá. Os botões disponíveis na tela principal e suas funções: - Clique neste botão para abrir o cadastro dos funcionários, somente com a senha do administrador. - Clique neste botão para listar os relatórios disponíveis no sistema - Clique neste botão para abrir a planilha de marcação dos pontos para todos os funcionários. - Abre o menu que pode ser aberto também clicando com o botão inverso do mouse no ícone da bandeja do Windows. 5 UMA PARADA PARA APRENDER OS CONTROLES MAIS COMUNS O programa é todo baseado em bibliotecas de software, assim você sempre encontrará controles comuns nas diversas tarefas que realizar. Então antes de prosseguir detalhamos uma única vez o uso de cada controle comum às diversas tarefas em diferentes locais: 5.1 BARRA DE COMANDOS PARA FICHA DE CADASTRO Esta barra se apresenta em todas as fichas de cadastro básico: Clientes, Produtos, etc. Cada desenho é na verdade um controle de alguma ação a ser feita no cadastro aberto. Se o controle está meio apagado indica sua indisponibilidade aquele momento. Se o desenho está claro, colorido, como acima, indica a disponibilidade da função, ou seja, pode clicar com o mouse nele e algo acontecerá. As tarefas associadas são: - Clique neste controle para fechar o cadastro e salvar todas as pendências e alterações feitas por você. - Esse comanda a saída do cadastro, fecha a janela, sem salvar nenhuma pendência ou alteração. - Esses são para navegar pelo cadastro, em ordem da esquerda para direita: ver o primeiro cadastrado, ir para o anterior, ir para o próximo e, por último, ir ao fim do cadastro. - Use esse comando para incluir um novo registro no cadastro. Ele limpa a ficha e destaca o primeiro dado da mesma para que você comece a digitação preenchendo os campos na janela até o final. - Clique aqui se desejar excluir o cadastro da ficha que está sendo mostrada. Você será perguntado para confirmar a ação de exclusão dos dados: SIM ou NÃO será sua resposta.

3 - Trabalhando em rede, outras pessoas podem estar usando o mesmo cadastro que você, alterando dados. Esse botão faz uma atualização, buscando os dados mais recentes no banco de dados. - Se disponível (verde), pode ser clicado para salvar os dados digitados sem fechar a janela - Se disponível (vermelho), ao ser clicado cancela as alterações feitas na ficha sem fechar a janela. - Localizar uma ficha específica do cadastro, depende da ordem que está o mesmo: código, nome, etc. - Gerenciador de relatórios: permite criar, ver e imprimir relatórios do cadastro sendo visto. - Tabela. Abre os dados do cadastro em forma de uma tabela (linhas X colunas) - Permite escolher a ordem de apresentação dos dados na ficha para sua navegação. Todos os comandos em uma ficha só estarão disponíveis quando o sistema deixar, isto é, o programa controla o uso de cada um não permitindo seu funcionamento em momentos que possam prejudicar os cadastros. Em qualquer ficha de cadastro, um campo é uma caixa de texto onde pode ser digitados dados pelo teclado ou mouse. Os campos são dispostos em ordem de cima para baixo e da esquerda para direita. Ao ser focado, ou seja selecionado, o campo de texto toma outra cor amarelada no fundo, indicando que a digitação sairá nele. Para passar ao próximo campo na ficha simplesmente tecle ENTER, TAB ou SETA PARA BAIXO, para voltar no campo anterior tecle SETA PARA CIMA ou SHIFT TAB, ainda pode usar o mouse para clicar sobre o campo desejado focando-o. Na parte superior das fichas normalmente existem algumas Abas (orelhas). Elas indicam informações a mais do cadastro. 5.2 BARRA DE CONTROLE NAS TABELAS O botão Tabela, nas fichas, permite ver os dados como planilha: linhas X colunas (tópico anterior). Nas tabelas há uma barra de controle específica para operá-las. Essa barra pode ser vista aqui: Esses botões servem para navegar pela tabela: primeiro, anterior, próximo e último. Use este comando para incluir uma nova linha (registro) na tabela. Use este botão para excluir uma linha, você será questionado a confirmar tal ação. Este controle permite editar e alterar o dado da célula ativa (célula com cor destaca na planilha) Atualiza a planilha com os dados mais recentes do Banco de Dados Localiza uma linha específica na tabela em função de como está ordenada Salva alterações pendentes, somente quando existirem este componente fica ligado Cancela qualquer alteração pendente na tabela, fica ativo somente se tiverem alterações pendentes Controle para substituir dados textuais em uma coluna como um todo (cuidado) Abre o gerenciador de relatórios: cria, altera, visualiza ou imprime relatórios da tabela Exporta os dados da tabela para um arquivo TXT com campos separados por vírgula Totaliza uma coluna somando todos os valores da mesma Seleciona todos os registros da tabela sem exceções Cria uma seleção filtrando as linhas de acordo com critérios de escolha Ordenar a tabela por: código, nome, etc. apenas o que estiver disponível. Escolha o tipo de apresentação dos dados: tabela ou ficha. Indicadores localizados à esquerda das grades (planilhas) e seus significados: Indica que os dados da linha estão sendo editados, alterados. Esta seta indica que a linha está em foco, a célula ativa está nela mas nada está sendo feito, só consulta Indicador de novo registro, quando aparece é porque a linha está sendo incluída na tabela (nova linha)

4 6 CADASTRO DOS FUNCIONÁRIOS Antes de entrar nesta ficha de cadastro você deve informar a senha do administrador, somente ele tem acesso aos dados do funcionário. Os campos para esta ficha são: Código: número automático (não mude) Nome: nome completo do funcionário CPF: número do CPF RG: número da identidade no Registro Geral Empresa: nome da empresa em que trabalha Depto: nome do departamento lotado Setor: nome do setor em que está lotado Dt.Nasc.: data de nascimento Idade: idade em anos (automático) Endereço: Rua, avenida, travessa, etc. Nº: número do imóvel residencial Bairro: nome do bairro Cidade: nome da cidade UF: estado da federação CEP: código postal Fone e Celular: telefones de contato. Na parte da direita existe uma caixa maior onde pode ser incluída a foto do funcionário. Você pode optar por buscar a foto de um arquivo, dando um duplo-clique sobre essa área branca ou clicar no botão da câmera para capturar a foto na hora através da sua WebCam (se disponível) e se você configurou o controlador padrão no botão das ferramentas. Esta parte da tela de cadastro dos funcionários permite que você informe os horários de trabalho do funcionário: Horas diárias normais: informe as horas e minutos que o funcionário trabalha por dia de forma contratual. Normalmente serão 08:00 Horas normais do sábado: o mesmo do anterior só que para o dia de sábado Máximo de horas extra a 50%: hora extra para o sistema é a quantidade que o funcionário trabalha além das horas normais. Existem 2 tipos de horas extra: 50% e 100%. O limite entre elas é este campo da tela. Normalmente o divide são 2 horas, ou seja, se o funcionário trabalhar até 2 horas a mais serão horas extras pagas a 50% a mais da hora normal, o que passar das 2 horas extras a 50% serão horas extras pagas 100% a mais das horas normais. Início do horário noturno: hora do dia (00:00-24:00) que se inicia o horário noturno para o funcionário (normalmente 19:00). Término do horário noturno: hora do dia (00:00-24:00) que termina o horário noturno para o funcionário. Caso o término seja menor que o início então o sistema entende automaticamente que o final se refere ao próximo dia, passando da meia noite. Essas partes dos horários são as mais importantes para os cálculos de horas trabalhadas, horas extras a 50%, horas extras a 100% e horas noturnas. Se forem informados incorretamente os cálculos serão errôneos, portanto muito cuidado ao fazê-lo. 7 TABELA DO CONTROLE DE PONTO Na tela principal, ao clicar no botão TABELA o sistema abre a planilha contendo os dados de todos os dias de trabalho de todos os funcionários. A primeira coisa que se pede é a senha do administrador, se informada incorretamente, a planilha se abre somente para consultas e se estiver correta então, neste caso, como administrador você poderá alterar as marcas de ponto registradas, se assim o desejar. Isso é útil quando por algum erro ou esquecimento o funcionário deixar de bater o ponto de saída, por exemplo. Caso o sistema não encontre um horário de saída para o correspondente de entrada esse horário será desprezado nos cálculos finais. Assim é conveniente que o administrador possa manusear essa planilha uma ou outra vez. A planilha de registro dos pontos tem um botão diferenciado dos demais, já citados anteriormente no tópico 5.2 deste manual. Clique neste botão para emitir um relatório com todos os batimentos de ponto dentro de um período de datas que você deverá informar. Você tem a opção ainda de fornecer um funcionário específico para casos de dirimir dúvidas quanto ao horário calculado. 8 RELATÓRIOS PRINCIPAIS DO SISTEMA Na tela principal, ao clicar no botão RELATÓRIO o sistema abre uma janela para você informar o período da marcação de ponto para cálculo. Depois do período você deve optar entre 2 tipos de relatórios: resumido ou detalhado.

5 8.1 RELATÓRIO RESUMIDO Esse relatório contém informações resumidas para cada funcionário das horas calculadas no período anteriormente informado. Informa o total das horas normais, horas extra a 50%, horas extra a 100% e horas noturnas (se tiver configurado tópico 3). 8.1 RELATÓRIO DETALHADO Esse relatório contém informações detalhadas por dia para cada funcionário das horas calculadas no período informado. Você ainda tem a opção de escolher somente um funcionário da lista do cadastro, e imprimi-lo como um recibo comprovante. 9 MENU DE OPÇÕES Para acessar o menu de controle na tela principal clique no + ou no ícone da bandeja, perto do relógio, clique com o botão invertido do mouse. Neste meu, somente duas opções são mais importantes que as outras: configurar e reindexar. A opção de configurar já foi explicada anteriormente neste manual no tópico 3. O banco de dados possui os arquivos de dados e os arquivos de índices. problemas como queda de energia, travamento do sistema operacional e desligamento incorreto durante o uso do sistema podem causar rupturas nos índices causando erros no sistema. Use essa opção para refazer esses índices e corrigir os problemas. 10 CONFIGURAÇÃO EXTRA: CONTROLADOR DE WEBCAM Essa tela é exibida ao clicar no botão com as ferramentas na janela de configuração (tópico 3) ou na janela de cadastro de funcionário (tópico 6). Ela permite configurar o driver controlador da WebCam disponível no sistema, você pode escolher outros dispositivos de captura de imagens também: scanners, máquinas digitais, etc. mas é aconselhável usar uma WebCam de boa qualidade para esse propósito. Abra a caixa de seleção clicando no botão com a seta para baixo, a lista dos controladores aparece, se tiver algum. Se a lista está vazia é porque não existe no seu sistema um dispositivo para capturar de imagens. Caso a lista se abra com opções, então escolha uma a ser usada pelo programa e clique no botão Definir para confirmar. 11 SUPORTE TECNICO Telefone para contato e suporte: (34) , s: ou

MANUAL DO SISTEMA CONTROLE DE PRESENÇA Feito por Amaral Produções de Sistemas

MANUAL DO SISTEMA CONTROLE DE PRESENÇA Feito por Amaral Produções de Sistemas MANUAL DO SISTEMA CONTROLE DE PRESENÇA Feito por Amaral Produções de Sistemas 1 PRÉ-REQUISITOS Este documento deve ser utilizado em conjunto com o sistema CONGRES. O programa pode ser carregado da Internet

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA CAMPANHA 1.0 Feito por Amaral Produções de Sistemas

MANUAL DO SISTEMA CAMPANHA 1.0 Feito por Amaral Produções de Sistemas MANUAL DO SISTEMA CAMPANHA 1.0 Feito por Amaral Produções de Sistemas 1 PRÉ-REQUISITOS Este documento deve ser utilizado em conjunto com o sistema CAMPANHA 1.0. O programa pode ser carregado da Internet

Leia mais

ÍNDICE. Sobre o SabeTelemarketing 03. Contato. Ícones comuns à várias telas de gerenciamento. Verificar registros 09. Tela de relatórios 09

ÍNDICE. Sobre o SabeTelemarketing 03. Contato. Ícones comuns à várias telas de gerenciamento. Verificar registros 09. Tela de relatórios 09 ÍNDICE Sobre o SabeTelemarketing 03 Ícones comuns à várias telas de gerenciamento Contato Verificar registros 09 Telas de cadastro e consultas 03 Menu Atalho Nova pessoa Incluir um novo cliente 06 Novo

Leia mais

Tutorial Administrativo (Backoffice)

Tutorial Administrativo (Backoffice) Manual - Software ENTRANDO NO SISTEMA BACKOFFICE Para entrar no sitema Backoffice, digite no seu navegador de internet o seguinte endereço: http://pesquisa.webbyapp.com/ Entre com o login e senha. Caso

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

VESOFTWARE - DESENVOLIMENTO DE SISTEMAS E WEBSITES Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 www.vesoftware.com.

VESOFTWARE - DESENVOLIMENTO DE SISTEMAS E WEBSITES Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 www.vesoftware.com. Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 www.vesoftware.com.br 1-15 INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior,

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

VESOFTWARE - DESENVOLIMENTO DE SISTEMAS E WEBSITES Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 1-13

VESOFTWARE - DESENVOLIMENTO DE SISTEMAS E WEBSITES Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 1-13 1-13 INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

Usar Atalhos para a Rede. Logar na Rede

Usar Atalhos para a Rede. Logar na Rede GUIA DO USUÁRIO: NOVELL CLIENT PARA WINDOWS* 95* E WINDOWS NT* Usar Atalhos para a Rede USAR O ÍCONE DA NOVELL NA BANDEJA DE SISTEMA Você pode acessar vários recursos do software Novell Client clicando

Leia mais

Manual. Rev 2 - junho/07

Manual. Rev 2 - junho/07 Manual 1.Desbloquear o software ------------------------------------------------------------------02 2.Botões do programa- --------------------------------------------------------------------- 02 3. Configurações

Leia mais

Gerenciador USB do Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro. Versão 3.6

Gerenciador USB do Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro. Versão 3.6 Gerenciador USB do Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro Versão 3.6 O Gerenciador é um Software para ambiente Windows que trabalha em conjunto com o Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro, através de

Leia mais

SIAP - Sistema de Apoio ao Professor

SIAP - Sistema de Apoio ao Professor Introdução O SIAP, Sistema de Apoio ao Professor, é um programa que vai contribuir, de forma decisiva, com o cotidiano escolar de alunos, professores, gestores e funcionários administrativos. Com a implantação

Leia mais

1- Requisitos mínimos. 2- Instalando o Acesso Full. 3- Iniciando o Acesso Full pela primeira vez

1- Requisitos mínimos. 2- Instalando o Acesso Full. 3- Iniciando o Acesso Full pela primeira vez Manual Conteúdo 1- Requisitos mínimos... 2 2- Instalando o Acesso Full... 2 3- Iniciando o Acesso Full pela primeira vez... 2 4- Conhecendo a barra de navegação padrão do Acesso Full... 3 5- Cadastrando

Leia mais

Manual. Pedido Eletrônico

Manual. Pedido Eletrônico Manual Pedido Eletrônico ÍNDICE 1. Download... 3 2. Instalação... 4 3. Sistema de Digitação SantaCruz... 8 3.1. Configuração... 8 4. Utilização do Sistema Digitação SantaCruz... 11 4.1. Atualizar cadastros...11

Leia mais

MANUAL DE NAVEGAÇÃO DO MILLENNIUM BUSINESS

MANUAL DE NAVEGAÇÃO DO MILLENNIUM BUSINESS MANUAL DE NAVEGAÇÃO DO MILLENNIUM BUSINESS 1 Conteúdo Apresentação... 3 1 Página Principal do Sistema... 4 2 Telas de busca... 8 3 Teclas de Navegação... 11 4 Tela de Menu de Relatório... 12 5 Telas de

Leia mais

Manual Instalação Pedido Eletrônico

Manual Instalação Pedido Eletrônico Manual Instalação Pedido Eletrônico 1 Cliente que não utiliza o Boomerang, mas possui um sistema compatível. 1.1 Instalação do Boomerang Inserir o CD no drive do computador, clicar no botão INICIAR e em

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO

Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO Versão 1.0 Julho/2012 ÍNDICE 1 REQUISITOS MÍNIMOS PARA INSTALAÇÃO... 4 1.1 Equipamento e Sistemas Operacionais 4 1.1.1

Leia mais

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1 MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 2.1. Instalação... 4 2.1.1. Servidor - Computador Principal... 4 2.1.2. Estação - Computador na Rede... 6 2.1.3. Estação - Mapeamento

Leia mais

Instalação do SisAlu 1. Apostila de Instalação do SisAlu

Instalação do SisAlu 1. Apostila de Instalação do SisAlu Instalação do SisAlu 1 Apostila de Instalação do SisAlu 2 Instalação do SisAlu Instalação do SisAlu 3 Índice 1. Objetivo... 4 2. Instalação... 5 2.1. Kit de Instalação... 5 2.2. Requisitos do sistema...

Leia mais

MANUAL DO PVP SUMÁRIO

MANUAL DO PVP SUMÁRIO Manual PVP - Professores SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 6 2 ACESSANDO O PVP... 8 3 TELA PRINCIPAL... 10 3.1 USUÁRIO... 10 3.2 INICIAL/PARAR... 10 3.3 RELATÓRIO... 10 3.4 INSTITUIÇÕES... 11 3.5 CONFIGURAR... 11

Leia mais

INDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONFIGURAÇÃO MÍNIMA... 4 3. INSTALAÇÃO... 4 4. INTERLIGAÇÃO DO SISTEMA... 5 5. ALGUNS RECURSOS... 6 6. SERVIDOR BAM...

INDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONFIGURAÇÃO MÍNIMA... 4 3. INSTALAÇÃO... 4 4. INTERLIGAÇÃO DO SISTEMA... 5 5. ALGUNS RECURSOS... 6 6. SERVIDOR BAM... 1 de 30 INDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONFIGURAÇÃO MÍNIMA... 4 3. INSTALAÇÃO... 4 3.1. ONDE SE DEVE INSTALAR O SERVIDOR BAM?... 4 3.2. ONDE SE DEVE INSTALAR O PROGRAMADOR REMOTO BAM?... 4 3.3. COMO FAZER

Leia mais

Apostila Oultlook 2007 Prof. Fabrício Melo

Apostila Oultlook 2007 Prof. Fabrício Melo INTRODUÇÃO O Microsoft Outlook 2007 é um programa de gestão de informações pessoais e de mensagens que auxilia no gerenciamento de mensagens, compromissos, contatos, tarefas e partilhar informações com

Leia mais

MANUAL EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO

MANUAL EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO MANUAL EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO Diretoria de Vigilância Epidemiológica/SES/SC 2006 1 Módulo 04 - Exportação e Importação de Dados Manual do SINASC Módulo Exportador Importador Introdução O Sistema SINASC

Leia mais

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano Informática Aplicada Aula 2 Windows Vista Professora: Cintia Caetano AMBIENTE WINDOWS O Microsoft Windows é um sistema operacional que possui aparência e apresentação aperfeiçoadas para que o trabalho

Leia mais

1. Conhecendo o Pligg

1. Conhecendo o Pligg MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Conhecendo o Pligg....................................................... 1 2. Como instalar o Pligg...................................................... 2 3. Como ativar

Leia mais

Caso já seja usuário do SCAW siga as instruções a partir da página X.

Caso já seja usuário do SCAW siga as instruções a partir da página X. Caso já seja usuário do SCAW siga as instruções a partir da página X. Para iniciar o sistema dê um duplo clique no ícone, que se encontra na área de trabalho. 1 Login do sistema. Esta é a tela de login

Leia mais

Como funciona? SUMÁRIO

Como funciona? SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Introdução... 2 2. Benefícios e Vantagens... 2 3. Como utilizar?... 2 3.1. Criar Chave / Senha de Usuário... 2 3.2. Recursos da Barra Superior... 2 3.2.1. Opções... 3 3.2.1.1. Mover Para...

Leia mais

Manual da AGENDA GRACES 2011

Manual da AGENDA GRACES 2011 1 Agenda Graces Manual da AGENDA GRACES 2011 O Sistema Agenda Graces integrada ao Sistema Graces e Agenda Graces Grátis foi desenvolvido pela empresa Quorum Informática. Este Manual tem por objetivo atender

Leia mais

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO?

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO? Índice BlueControl... 3 1 - Efetuando o logon no Windows... 4 2 - Efetuando o login no BlueControl... 5 3 - A grade de horários... 9 3.1 - Trabalhando com o calendário... 9 3.2 - Cancelando uma atividade

Leia mais

INSTALAÇÃO DO SISTEMA CONTROLGÁS

INSTALAÇÃO DO SISTEMA CONTROLGÁS INSTALAÇÃO DO SISTEMA CONTROLGÁS 1) Clique duas vezes no arquivo ControlGasSetup.exe. Será exibida a tela de boas vindas do instalador: 2) Clique em avançar e aparecerá a tela a seguir: Manual de Instalação

Leia mais

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas GerNFe 1.0 Manual do usuário Página 1/13 GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas O programa GerNFe 1.0 tem como objetivo armazenar em local seguro e de maneira prática para pesquisa,

Leia mais

Principais Característic

Principais Característic Principais Característic Características as Software para agendamento e controle de consultas e cadastros de pacientes. Oferece ainda, geração de etiquetas, modelos de correspondência e de cartões. Quando

Leia mais

Manual do Módulo SAC

Manual do Módulo SAC 1 Manual do Módulo SAC Índice ÍNDICE 1 OBJETIVO 4 INICIO 4 SAC 7 ASSOCIADO 9 COBRANÇA 10 CUSTO MÉDICO 10 ATENDIMENTOS 11 GUIAS 12 CREDENCIADO 13 LIVRETO 14 BUSCA POR RECURSO 15 CORPO CLÍNICO 16 MENU ARQUIVO

Leia mais

Shop Control 8 Pocket. Guia do usuário

Shop Control 8 Pocket. Guia do usuário Shop Control 8 Pocket Guia do usuário Abril / 2007 1 Pocket O módulo Pocket permite fazer vendas dos produtos diretamente em handhelds Pocket PC, pelos vendedores externos da empresa. Os cadastros (clientes,

Leia mais

Instruções para download e instalação da atualização de Mapa GPS (v3)

Instruções para download e instalação da atualização de Mapa GPS (v3) Instruções para download e instalação da atualização de Mapa GPS (v3) Antes de iniciar o processo, você precisará um pen drive USB com uma capacidade de 2 GB ou maior. Em caso de dúvida ou dificuldade

Leia mais

VISTORIA DO SISTEMA REGIN PREFEITURAS

VISTORIA DO SISTEMA REGIN PREFEITURAS Página 1 / 29 ÍNDICE ÍNDICE... 2 APRESENTAÇÃO... 3 MÓDULO DE ACESSO... 3 CONFIGURAÇÃO MÓDULO VISTORIA... 4 ANÁLISE DOS PROTOCOLOS... 5 CONTROLE DE EXPORTAÇÃO MÓDULO VISTORIA... 8 DISPOSITIVO REGIN PREFEITURA...

Leia mais

INSTALAÇÃO DO CHEF FOODS NET

INSTALAÇÃO DO CHEF FOODS NET INSTALAÇÃO DO CHEF FOODS NET Obs.: Caso já possua um programa compactador de arquivo pular a etapa 1. 1 - Compactador de Arquivo Para instalar o Chef Foods Net você precisa de um programa descompactador

Leia mais

O computador organiza os programas, documentos, músicas, fotos, imagens em Pastas com nomes, tudo separado.

O computador organiza os programas, documentos, músicas, fotos, imagens em Pastas com nomes, tudo separado. 1 Área de trabalho O Windows XP é um software da Microsoft (programa principal que faz o Computador funcionar), classificado como Sistema Operacional. Abra o Bloco de Notas para digitar e participar da

Leia mais

Manual de Operação. SCP Sistema de Controle de Pesagem

Manual de Operação. SCP Sistema de Controle de Pesagem SCP Sistema de Controle de Pesagem Fábrica, Administração, Vendas, Locação e Assistência Técnica. Fone/Fax: 41 3377 1577 Rua O Brasil para Cristo, 364 Boqueirão CEP 81650 110 CURITIBA PR comercial@digitronbalancas.com.br

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Online Web Opinião Versão 1.0.5

Manual do Teclado de Satisfação Online Web Opinião Versão 1.0.5 Manual do Teclado de Satisfação Online Web Opinião Versão 1.0.5 09 de julho de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação

Leia mais

Manual do Usuário Cyber Square

Manual do Usuário Cyber Square Manual do Usuário Cyber Square Criado dia 27 de março de 2015 as 12:14 Página 1 de 48 Bem-vindo ao Cyber Square Parabéns! Você está utilizando o Cyber Square, o mais avançado sistema para gerenciamento

Leia mais

USANDO O ROUNDCUBE WEBMAIL

USANDO O ROUNDCUBE WEBMAIL USANDO O ROUNDCUBE WEBMAIL ATENÇÃO! Para utilizar este tutorial não se esqueça: Onde estiver escrito seusite.com.br substitua pelo ENDEREÇO do seu site (domínio). Ex.: Se o endereço do seu site é casadecarnessilva.net

Leia mais

Manual de uso PSIM Client 2010

Manual de uso PSIM Client 2010 MANUAL DE USO PSIM CLIENT VERSÃO 2010 ÍNDICE Manual de uso PSIM Client 2010 INSTALAÇÃO...2 INSTALAÇÃO LOCAL...2 INICIANDO O SISTEMA...13 UTILIZANDO O ÍCONE DA ÁREA DE TRABALHO...13 UTILIZANDO O MENU INICIAR...16

Leia mais

Gerenciador de Imóveis

Gerenciador de Imóveis Gerenciador de Imóveis O Corretor Top é o mais completo sistema de gestão de imóveis do mercado, onde corretores terão acesso à agenda, cadastro de imóveis, carteira de clientes, atendimento, dentre muitas

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. - INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

Sistema Click Principais Comandos

Sistema Click Principais Comandos Sistema Click Principais Comandos Sumário Sumário... 1 1. Principais Funções:... 2 2. Inserção de Registro (F6):... 3 3. Pesquisar Registro (F7):... 4 3.1 Pesquisa por letras:... 5 3.2 Pesquisa por números:...

Leia mais

Sistema de de Bilhetagem Eletrônica MANUAL MÓDULO PDV

Sistema de de Bilhetagem Eletrônica MANUAL MÓDULO PDV Sistema de de Eletrônica SETRANSP DOTFLEX MANUAL MÓDULO PDV REGIÃO MANUAL METROPOLITANA MÓDULO PESSOA Revisão JURÍDICA 02 / Setembro SBE de 2008 - DOTFLEX Revisão 00 / Março de 2009 MANUAL MÓDULO EMPRESA

Leia mais

Capture Pro Software. Introdução. A-61640_pt-br

Capture Pro Software. Introdução. A-61640_pt-br Capture Pro Software Introdução A-61640_pt-br Introdução ao Kodak Capture Pro Software e Capture Pro Limited Edition Instalando o software: Kodak Capture Pro Software e Network Edition... 1 Instalando

Leia mais

Sistema de Controle de Cheques GOLD

Sistema de Controle de Cheques GOLD Sistema de Controle de Cheques GOLD Cheques GOLD é um sistema para controlar cheques de clientes, terceiros ou emitidos. Não há limitações quanto as funcionalidades do programa, porém pode ser testado

Leia mais

Instruções para instalação do Virtual Lab (ChemLab 2.5 ou Physics 3.0)

Instruções para instalação do Virtual Lab (ChemLab 2.5 ou Physics 3.0) Instruções para instalação do Virtual Lab (ChemLab 2.5 ou Physics 3.0) 1. Pré-requisitos para instalação do Virtual Lab Windows XP, Windows Vista ou Windows 7 Adobe AIR instalado. Disponível em: http://get.adobe.com/br/air/

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS 1 - A TELA AGENDA 1.1 - TIPOS DE AGENDA 1.1.1 AGENDA NORMAL 1.1.2 AGENDA ENCAIXE 2 - AGENDANDO CONSULTAS 2.1 - AGENDANDO UMA CONSULTA NA AGENDA

Leia mais

Sistema de Instalação e Criação da Estrutura do Banco de Dados MANUAL DO INSTALADOR. Julho/2007. Ministério da saúde

Sistema de Instalação e Criação da Estrutura do Banco de Dados MANUAL DO INSTALADOR. Julho/2007. Ministério da saúde Sistema de Instalação e Criação da Estrutura do Banco de Dados MANUAL DO INSTALADOR Julho/2007 Ministério da saúde SUMÁRIO Módulo 1. Instalação... 4 Introdução... 4 Configurações de equipamentos para instalação

Leia mais

O WINDOWS 98 é um sistema operacional gráfico, multitarefa, produzido pela Microsoft.

O WINDOWS 98 é um sistema operacional gráfico, multitarefa, produzido pela Microsoft. WINDOWS O WINDOWS 98 é um sistema operacional gráfico, multitarefa, produzido pela Microsoft. Área de Trabalho Ligada a máquina e concluída a etapa de inicialização, aparecerá uma tela, cujo plano de fundo

Leia mais

Manual. ID REP Config Versão 1.0

Manual. ID REP Config Versão 1.0 Manual ID REP Config Versão 1.0 Sumário 1. Introdução... 3 2. Pré-Requisitos... 3 2.1. Atualização... 3 3. Instalação do ID REP Config... 4 4. Visão Geral do Programa... 6 4.1. Tela Principal... 6 4.2.

Leia mais

Guia de Instalação e Inicialização. Para WebReporter 2012

Guia de Instalação e Inicialização. Para WebReporter 2012 Para WebReporter 2012 Última revisão: 09/13/2012 Índice Instalando componentes de pré-requisito... 1 Visão geral... 1 Etapa 1: Ative os Serviços de Informações da Internet... 1 Etapa 2: Execute o Setup.exe

Leia mais

Procedimentos para Instalação e Utilização do PEP Programa automatizado de apoio à Elaboração de Projetos

Procedimentos para Instalação e Utilização do PEP Programa automatizado de apoio à Elaboração de Projetos MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria-Executiva Unidade de Coordenação de Programas Esplanada dos Ministérios Bl. P 4º Andar Salas 409/410 CEP 70.048-900 Brasília DF Tel: (61) 3412.2492 email: ucp@fazenda.gov.br

Leia mais

DRIVE CONTÁBIL NASAJON

DRIVE CONTÁBIL NASAJON DRIVE CONTÁBIL NASAJON Módulo Gestão de Documentos Versão 1.0 Manual do Usuário 1 Sumário Os Módulos do Gerenciador de NFe: Informações Básicas Primeiro Acesso: Requisitos Acesso ao Drive Contábil Nasajon

Leia mais

MALA DIRETA 2000 ACESSANDO O SISTEMA: 1 - Dê um clique no botão Iniciar do Windows para abrir o menu Iniciar.

MALA DIRETA 2000 ACESSANDO O SISTEMA: 1 - Dê um clique no botão Iniciar do Windows para abrir o menu Iniciar. MALA DIRETA 2000 ACESSANDO O SISTEMA: 1 - Dê um clique no botão Iniciar do Windows para abrir o menu Iniciar. 2 - Selecione Programas, Sistemas BISA 2000. 3 - Selecione o ícone do sistema Mala 2000. Surgirá

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA SECRETÁRIAS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA SECRETÁRIAS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA SECRETÁRIAS 1 - A TELA AGENDA 1.1 - TIPOS DE AGENDA 1.1.1 AGENDA NORMAL 1.1.2 AGENDA ENCAIXE 2 - AGENDANDO CONSULTAS 2.1 - AGENDANDO UMA CONSULTA NA

Leia mais

SI-AIU SISTEMA DE APURAÇÂO DE IMUNOBIOLÓGICOS UTILIZADOS

SI-AIU SISTEMA DE APURAÇÂO DE IMUNOBIOLÓGICOS UTILIZADOS MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE DEPARTAMENTO DE VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA COORDENAÇÃO GERAL DO PROGRAMA NACIONAL DE IMUNIZAÇÕES MS / - Departamento de Informática do SUS SIPPS - Equipe

Leia mais

Manual Sistema de Autorização Online GW

Manual Sistema de Autorização Online GW Sistema de Autorização Online GW Sumário Introdução...3 Acesso ao sistema...4 Logar no sistema...4 Autorizando uma nova consulta...5 Autorizando exames e/ou procedimentos...9 Cancelamento de guias autorizadas...15

Leia mais

Manual de Utilização do Sistema GRServer Cam on-line (Gerenciamento de Câmeras On-line)

Manual de Utilização do Sistema GRServer Cam on-line (Gerenciamento de Câmeras On-line) Manual de Utilização do Sistema GRServer Cam on-line (Gerenciamento de Câmeras On-line) Criamos, desenvolvemos e aperfeiçoamos ferramentas que tragam a nossos parceiros e clientes grandes oportunidades

Leia mais

Manual de uso PSIM Client 2010

Manual de uso PSIM Client 2010 MANUAL DE USO PSIM MESSENGER VERSÃO 2010 ÍNDICE Manual de uso PSIM Client 2010 INSTALAÇÃO...2 INSTALAÇÃO LOCAL...2 CONFIGURAÇÃO DE USUÁRIO NO PSIM CLIENT 2010...12 QUANDO O FUNCIONÁRIO JÁ ESTÁ CADASTRADO

Leia mais

9. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU UTILITÁRIOS...2

9. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU UTILITÁRIOS...2 1 9. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU UTILITÁRIOS...2 9.1 Cópia de Segurança (Backup)...2 9.1.a Adicionar ou Remover Empresas da Lista... 2 9.1.b Empresas Cadastradas no Sistema... 2 9.1.c Inserir uma Empresa...

Leia mais

KalumaFin. Manual do Usuário

KalumaFin. Manual do Usuário KalumaFin Manual do Usuário Sumário 1. DICIONÁRIO... 4 1.1 ÍCONES... Erro! Indicador não definido. 1.2 DEFINIÇÕES... 5 2. DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 7 3. ACESSAR O SISTEMA... 8 4. PRINCIPAL... 9 4.1 MENU

Leia mais

Digitalização. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424

Digitalização. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424 Digitalização Este capítulo inclui: Digitalização básica na página 4-2 Instalando o driver de digitalização na página 4-4 Ajustando as opções de digitalização na página 4-5 Recuperando imagens na página

Leia mais

LASERTECK SOFTECK MANUAL DO USUÁRIO

LASERTECK SOFTECK MANUAL DO USUÁRIO LASERTECK SOFTECK MANUAL DO USUÁRIO 2013 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 REQUISITOS DO SISTEMA... 3 3 INSTALAÇÃO... 3 4 COMO COMEÇAR... 3 5 FORMULÁRIOS DE CADASTRO... 4 6 CADASTRO DE VEÍCULO... 6 7 ALINHAMENTO...

Leia mais

ArpPrintServer. Sistema de Gerenciamento de Impressão By Netsource www.netsource.com.br Rev: 02

ArpPrintServer. Sistema de Gerenciamento de Impressão By Netsource www.netsource.com.br Rev: 02 ArpPrintServer Sistema de Gerenciamento de Impressão By Netsource www.netsource.com.br Rev: 02 1 Sumário INTRODUÇÃO... 3 CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS DO SISTEMA... 3 REQUISITOS DE SISTEMA... 4 INSTALAÇÃO

Leia mais

SophiA Biblioteca - Treinamento Cadastro de Usuários

SophiA Biblioteca - Treinamento Cadastro de Usuários SophiA Biblioteca - Treinamento Cadastro de Usuários Para realizar um cadastro de usuário, clique na aba USUÁRIOS e em seguida no botão. Aba Dados Nome: cadastro do nome do novo usuário. Código: É possível

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO PROGRAMA PRO-ÍRIS (Controle Clínico e Irisdiagnose)

MANUAL DE UTILIZAÇÃO PROGRAMA PRO-ÍRIS (Controle Clínico e Irisdiagnose) MANUAL DE UTILIZAÇÃO PROGRAMA PRO-ÍRIS (Controle Clínico e Irisdiagnose) O Programa Pró Íris foi desenvolvido pela Castells, visando tornar-se uma valiosa ferramenta auxiliar de ajuda ao profissional da

Leia mais

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Neste capítulo nós iremos examinar as características da interface do gerenciador de arquivos Konqueror. Através dele realizaremos as principais operações com arquivos

Leia mais

Portaria Express 3.0

Portaria Express 3.0 Portaria Express 3.0 A portaria do seu condomínio mais segura e eficiente. Com a preocupação cada vez mais necessária de segurança nos condomínio e empresas, investe-se muito em segurança. Câmeras, cercas,

Leia mais

Manual Simulador de Loja

Manual Simulador de Loja Manual Simulador de Loja Índice Início Menu Loja Modelo Loja Modelo Menu Criar Minha Loja Criar Minha Loja Abrir Projeto Salvo Teste Seu Conhecimento 0 04 05 08 09 8 9 0 Início 5 4 Figura 00. Tela inicial.

Leia mais

Requerimento: Digitador de Pedidos ProfarmaNet. Manual de Apoio. Preparado por: Versão: 1.0. Sumário

Requerimento: Digitador de Pedidos ProfarmaNet. Manual de Apoio. Preparado por: Versão: 1.0. Sumário Vanderlei Manual de Apoio Resumo Módulo Básico Especifico para Instalação e Usabilidade Lista de Distribuição Nome Área / Função Histórico de modificações Versão Data Descrição Responsável 13/12/2013 Versão

Leia mais

A barra de menu a direita possibilita efetuar login/logout do sistema e também voltar para a página principal.

A barra de menu a direita possibilita efetuar login/logout do sistema e também voltar para a página principal. MANUAL DO SISCOOP Sumário 1 Menu de Navegação... 3 2 Gerenciar País... 5 3- Gerenciamento de Registro... 8 3.1 Adicionar um registro... 8 3.2 Editar um registro... 10 3.3 Excluir um registro... 11 3.4

Leia mais

Gerenciador de Conteúdo Magellan 2.0

Gerenciador de Conteúdo Magellan 2.0 Gerenciador de Conteúdo Magellan 2.0 Instalando o Gerenciador de Conteúdo Magellan. 1. Baixe o Gerenciador de Conteúdo Magellan de www.magellangps.com. 2. Dê um duplo clique no arquivo CM_Setup que foi

Leia mais

Manual Unilote. Versão 2.1

Manual Unilote. Versão 2.1 Manual Unilote Versão 2.1 1 INDICE Apresentação...4 Principais Características...4 Requisitos Mínimos...4 Requisitos Mínimos de Software...4 Instalação...5 PRIMEIRO PASSOS Dados da Empresa...6 Acessando

Leia mais

Smart Laudos 1.9. A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos. Manual do Usuário

Smart Laudos 1.9. A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos. Manual do Usuário Smart Laudos 1.9 A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos Manual do Usuário Conteúdo 1. O que é o Smart Laudos?... 3 2. Características... 3 3. Instalação... 3 4. Menu do Sistema... 4 5. Configurando

Leia mais

Manual Web Viewer PACS Unimed Rio Claro - http://pacs.unimedrc.com.br

Manual Web Viewer PACS Unimed Rio Claro - http://pacs.unimedrc.com.br Manual Web Viewer PACS Unimed Rio Claro - http://pacs.unimedrc.com.br Atualizado em 29/01/2013 Este documento orienta sobre a utilização do aplicativo Web Viewer para acesso ao sistema PACS (Sistema de

Leia mais

TRANSMISSOR ECF. Sistema de transmissão de arquivos Nota Fiscal Paulista. Manual de Utilização

TRANSMISSOR ECF. Sistema de transmissão de arquivos Nota Fiscal Paulista. Manual de Utilização TRANSMISSOR ECF Sistema de transmissão de arquivos Nota Fiscal Paulista Manual de Utilização 1. Histórico de alterações Data Versão Alteração 04/12/2012 1 Criação do documento 28/02/2013 2 Revisão 2. Proposta

Leia mais

Seu manual do usuário XEROX 6279 http://pt.yourpdfguides.com/dref/5579951

Seu manual do usuário XEROX 6279 http://pt.yourpdfguides.com/dref/5579951 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para XEROX 6279. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a XEROX 6279 no manual

Leia mais

Serviço Seguro de Mensagens Instantâneas

Serviço Seguro de Mensagens Instantâneas COORDENADORIA DA RECEITA ESTADUAL GERÊNCIA DE CONTROLE E INFORMAÇÕES Serviço Seguro de Mensagens Instantâneas Jabber & Exodus Jabber é um protocolo aberto, baseado em XML para troca de mensagens instantâneas.

Leia mais

Manual (Office 365) Para acesso ao sistema de e-mails, os passos iniciais continuam os mesmos.

Manual (Office 365) Para acesso ao sistema de e-mails, os passos iniciais continuam os mesmos. Histórico de Alterações Versão Data Autor Função Descrição 1 14/09/2012 Roberto Gouveia Analista de Help Desk Criação inicial 2 19/11/2013 Roberto Gouveia Analista de Help Desk Atualização A partir de

Leia mais

Versão 1.0 CARBON SYSTEM. Manual do Software Ponto Legal. Manual do PONTO LEGAL

Versão 1.0 CARBON SYSTEM. Manual do Software Ponto Legal. Manual do PONTO LEGAL Versão 1.0 CARBON SYSTEM Manual do Software Ponto Legal Manual do PONTO LEGAL S O F T W A R E P A R A E M I S S Ã O D O R E L A T Ó R I O E S P E L H O D E P O N T O Manual do Ponto Legal Versão 1.0 Carbon

Leia mais

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios Portal Sindical Manual Operacional Empresas/Escritórios Acesso ao Portal Inicialmente, para conseguir acesso ao Portal Sindical, nos controles administrativos, é necessário acessar a página principal da

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Sistema Nota Fiscal Eletrônica. Sil Tecnologia LTDA

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Sistema Nota Fiscal Eletrônica. Sil Tecnologia LTDA Sistema Nota Fiscal Eletrônica Sil Tecnologia LTDA SUMÁRIO INTRODUÇÃO 4 1. CONHECENDO OS COMANDOS DO SISTEMA 5 1.1 Tela Inicial do Sistema 5 1.2 Navegador de registros 6 1.3 Filtro de Registros 6 2. TELA

Leia mais

Manual do Usuário. SCA - Sistema de Controle de Acesso

Manual do Usuário. SCA - Sistema de Controle de Acesso Manual do Usuário SCA - Sistema de Controle de Acesso Equipe-documentacao@procergs.rs.gov.br Data: Julho/2012 Este documento foi produzido por Praça dos Açorianos, s/n CEP 90010-340 Porto Alegre, RS (51)

Leia mais

Aplicativo para configuração da interface de celular ITC 4000

Aplicativo para configuração da interface de celular ITC 4000 MANUAL DO USUÁRIO Aplicativo para configuração da interface de celular ITC 4000 Este aplicativo roda em plataforma Windows e comunica-se com a ITC 4000 via conexão USB. Através do ITC 4000 Manager, o usuário

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA MÉDICOS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA MÉDICOS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA MÉDICOS 1 CADASTRANDO CLIENTES 1.1 BUSCANDO CLIENTES 1.1.1 BUSCANDO CLIENTES PELO NOME 1.1.2 BUSCANDO CLIENTES POR OUTRAS BUSCAS 1.2 CAMPO OBSERVAÇÕES 1.3

Leia mais

Apresentação...2. 1. Como acessar o sistema...3

Apresentação...2. 1. Como acessar o sistema...3 Índice: Apresentação...2 1. Como acessar o sistema...3 1.1. Já estando cadastrado... 3 1.2. Não estando cadastrado... 4 1.2.1 Como cadastrar um Consultor... 4 1.2.2 Salvando o cadastro... 8 1.2.3 Inserindo

Leia mais

AULA 3 FERRAMENTAS E APLICATIVOS DE NAVEGAÇÃO, DE CORREIO ELETRÔNICO, DE GRUPOS DE DISCUSSÃO, DE BUSCA E PESQUISA (PARTE II)

AULA 3 FERRAMENTAS E APLICATIVOS DE NAVEGAÇÃO, DE CORREIO ELETRÔNICO, DE GRUPOS DE DISCUSSÃO, DE BUSCA E PESQUISA (PARTE II) AULA 3 FERRAMENTAS E APLICATIVOS DE NAVEGAÇÃO, DE CORREIO ELETRÔNICO, DE GRUPOS DE DISCUSSÃO, DE BUSCA E PESQUISA (PARTE II) A seguir vamos ao estudo das ferramentas e aplicativos para utilização do correio

Leia mais

mobile PhoneTools Guia do Usuário

mobile PhoneTools Guia do Usuário mobile PhoneTools Guia do Usuário Conteúdo Requisitos...2 Antes da instalação...3 Instalar mobile PhoneTools...4 Instalação e configuração do telefone celular...5 Registro on-line...7 Desinstalar mobile

Leia mais

Volpe Enterprise Resource Planning

Volpe Enterprise Resource Planning Volpe Enterprise Resource Planning Este manual não pode, em parte ou no seu todo, ser copiado, fotocopiado, reproduzido, traduzido ou reduzido a qualquer mídia eletrônica ou máquina de leitura, sem a expressa

Leia mais

Iniciação à Informática

Iniciação à Informática Meu computador e Windows Explorer Justificativa Toda informação ou dado trabalhado no computador, quando armazenado em uma unidade de disco, transforma-se em um arquivo. Saber manipular os arquivos através

Leia mais

4 DIGITAR, CONSULTAR E ALTERAR DADOS DIGITAR DADOS

4 DIGITAR, CONSULTAR E ALTERAR DADOS DIGITAR DADOS Sphinx APRENDIZ - p.94 4 DIGITAR, CONSULTAR E ALTERAR DADOS DIGITAR DADOS Depois de o questionário estar pronto, seus formulários definidos e as respostas coletadas ou prontas a coletar/importar, é possível

Leia mais

Página 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA FERRAMENTA OFFICE ONLINE WORD ONLINE EXCEL ONLINE POWER POINT ONLINE

Página 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA FERRAMENTA OFFICE ONLINE WORD ONLINE EXCEL ONLINE POWER POINT ONLINE Página 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA FERRAMENTA OFFICE ONLINE WORD ONLINE EXCEL ONLINE POWER POINT ONLINE Página 2 Sumário Como começar usar?... 03 Iniciando o uso do OneDrive.... 04 Carregar ou Enviar os

Leia mais

Sumário 1. SOBRE O NFGoiana DESKTOP... 3 1.1. Apresentação... 3 1.2. Informações do sistema... 3 1.3. Acessando o NFGoiana Desktop... 3 1.4.

Sumário 1. SOBRE O NFGoiana DESKTOP... 3 1.1. Apresentação... 3 1.2. Informações do sistema... 3 1.3. Acessando o NFGoiana Desktop... 3 1.4. 1 Sumário 1. SOBRE O NFGoiana DESKTOP... 3 1.1. Apresentação... 3 1.2. Informações do sistema... 3 1.3. Acessando o NFGoiana Desktop... 3 1.4. Interface do sistema... 4 1.4.1. Janela Principal... 4 1.5.

Leia mais

Sistema Protocolo, Tramitação e Arquivamento de Processos Manual do Usuário

Sistema Protocolo, Tramitação e Arquivamento de Processos Manual do Usuário SERVIÇO PÚBLICO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ ARQUIVO CENTRAL Sistema Protocolo, Tramitação e Arquivamento de Processos Manual do Usuário Belém Pará Fevereiro 2000 Sumário Introdução... 3 Acesso ao Sistema...

Leia mais

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE GERAÇÃO DE BOLETOS BRADESCO NO FINANCE 2 Índice Como gerar Boleto Bancário pelo Bradesco... 3 Como gerar os arquivos de Remessa para o Banco pelo Finance... 14 Como enviar

Leia mais