Haiti: conferência de doadores começou em Nova Iorque

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Haiti: conferência de doadores começou em Nova Iorque"

Transcrição

1 Gratuito Amanhã Sexta Quinta Hoje Porto Lisboa Directora Graça Franco Editor Raul Santos Grupo r/com ÚLTIMAS Gratuito SUBMARINOS: Portas nega contactos prévios com consórcio vencedor - ZONA EURO: Inflação está a subir Haiti: conferência de doadores» Pág.6 começou em Nova Iorque Desemprego Quarta-feira 31 Março de 2010 Taxa sem alteração em Fevereiro Leia mais 10,3%, nos cálculos do Eurostat. Na Zona Euro, houve subida e chegou-se aos dois dígitos.» Pág.5 Linha do Douro Troço Tua-Pocinho reabre amanhã A circulação estava suspensa devido a um desabamento de pedras ocorrido no Natal.» Pág.5 AVC Doença mata três portugueses por hora No Dia Mundial do Doente com AVC, são divulgados dados reveladores da dimensão do problema.» Pág.4 Casa da Música Submarinos Novas suspeitas agitam águas A revista Der Spiegel noticia que o cônsul honorário de Portugal em Munique, Jurgen Adolff, terá recebido um suborno de 1,6 milhões de euros para ajudar a concretizar a compra de dois submarinos pelo Estado português, em 2004.» Pág. 2 OPINIÃO O oráculo do liberalismo Verdade»Pág.3 José Miguel Sardica Graça Franco Lisboa AM chumba orçamento mas Costa mantém planos O presidente da Câmara de Lisboa disse à Renascença que vai cumprir os seus compromissos eleitorais com os lisboetas, apesar de a oposição, em maioria na Assembleia Municipal de Lisboa, ter rejeitado o orçamento e o plano para 2010.» Pág.5 Nova aposta é credibilização externa O administrador-delegado da Casa da Música, Nuno Azevedo, esteve no Terça à Noite.» Pág.9 Daguestão Duplo atentado fez 12 mortos Pelo menos nove polícias e três civis morreram em resultado de dois atentados suicidas.» Pág.7 A 31 de Março : fim da Inquisição em Portugal»Pág.11

2 DESTAQUE 02 Submarinos Investigação de revista alemã abre novas suspeitas Uma investigação da revista alemã Der Spiegel avança que o cônsul honorário de Portugal em Munique recebeu um suborno no âmbito do negócio de compra de dois submarinos pelo Estado protuguês, em Durão Barroso, então Primeiro-ministro, negou ter tido intervenção directa no assunto. O Governo suspendeu o cônsul honorário de Portugal em Munique, Jurgen Adolff, de todas as funções relacionadas com o exercício do cargo, na sequência da investigação, na Alemanha, de suspeitas de corrupção na venda de submarinos ao nosso país. A revista Der Spiegel noticia que Jurgen Adolff terá recebido um suborno de 1,6 milhões de euros da Man Ferrostaal para ajudar a concretizar a compra de dois submarinos pelo Estado português, em Em resultado de informação proveniente das autoridades alemães sobre a acção judicial em curso naquele país, o Governo suspendeu de todas as funções relacionadas com o exercício do cargo o cônsul honorário de Portugal em Munique, Alemanha, o senhor Jurgen Adolff, a partir de hoje, lê-se num comunicado do gabinete do secretário de Estado das Comunidades Portuguesas. A suspensão das funções de Jurgen Adolff do cargo de cônsul honorário de Portugal em Munique manter-se-á até cabal esclarecimento das investigações que o envolvem pessoalmente, acrescenta o gabinete de António Braga. Contactado pela agência Lusa, o cônsul agora suspenso, garantiu desconhecer as acusações de que é alvo. Não sei de nada, nem faço ideia do que me está a falar, respondeu Adolff, ao ser contactado telefonicamente a partir de Lisboa. Adolff asseverou que não tinha lido qualquer notícia na imprensa alemã ou portuguesa que lhe fizesse referência e disse não ter também conhecimento da sua suspensão, anunciada hoje de manhã pelo Governo português. Seria simpático se me tivessem informado de que estou suspenso, acrescentou o homem de negócios de Munique que é cônsul honorário de Portugal na capital da Baviera há 15 anos. Barroso diz que não interveio De acordo com a revista alemã, o cônsul honorário terá também organizado, no Verão de 2002, uma reunião entre a administração da Ferrostaal, a empresa que vendeu os submarinos, e o antigo Primeiro-ministro português, José Manuel Durão Barroso, actual presidente da Comissão Europeia. As autoridades judiciais de Munique, que efectuaram várias buscas na Ferrostaal, encontraram mais de uma dúzia de contratos de consultoria suspeitos, que visavam dissimular os canais de pagamento para que subornos pudessem ser enviados a responsáveis do Governo [português], dos ministérios e da Marinha, refere a revista. O presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, negou ter tido qualquer intervenção directa ou pessoal na compra de dois submarinos à empresa alemã Ferrostaal, em 2004, quando era Primeiro-ministro. Barroso tomou esta posição através de um comunicado. Paulo Portas, à época ministro da Defesa, recusou fazer qualquer comentário e em silêncio mantém-se também José Luis Arnault, presidente da Comissão Parlamentar de Defesa e ex-ministro-adjunto de Barroso, que disse desconhecer o assunto. Também contactado pela Renascença, António Martins da Cruz, antigo ministro dos Negócios Estrangeiros, recusou comentar. Já o secretário de Estado das Comunidades do Governo Barroso-Portas disse esta manhã, em entrevista à Renascença, desconhecer o assunto e o cônsul em causa. José Cesário mostrou surpresa face à noticia avançada pela revista Der Spiegel. Ferrostaal colabora Nas últimas horas, em comunicado, a Ferrostaal garante não ser o alvo da suspeita na investigação criminal em curso na Alemanha. O alvo da suspeita não é a empresa. A empresa foi informada de que se trata de acusações de suborno em alguns projectos específicos, salienta em comunicado. A empresa confirma que no âmbito de um processo de investigação criminal em relação a determinados indivíduos, o Ministério Público de Munique emitiu um mandato de busca e apreensão nas instalações da Ferrostaal AG em Essen e Geisenheim. A Ferrostaal irá colaborar estreitamente com o Ministério Público para acelerar o apuramento dos factos. Até isso se verificar, a empresa não prestará qualquer declaração sobre o assunto, refere o texto. Cônsul polémico Independentemente deste caso, em que é suspeito de ter recebido um suborno, o cônsul honorário de Portugal em Munique era já alvo de críticas por parte da comunidade portuguesa naquela região da Alemanha. O descontentamento teve mesmo tradução num abaixo-assinado contra Jurgen Adolff, como a Renascença pôde confirmar hoje junto de Manuel Gomes Samuel, o Cônsul-geral do nosso país em Estugarda. Partidos reagem O PS apoiou hoje a decisão do Governo de suspender o cônsul honorário de Portugal em Munique, defendendo que quem representa o Estado português deve estar acima de qualquer suspeita. O PCP, através do deputado António Filipe, classificou como extremamente grave a eventual existência de casos de corrupção e de subornos relacionados com a aquisição de submarinos por Portugal, defendendo a necessidade de uma investigação judicial até ao fim. O Bloco de Esquerda, por sua vez, manifestou-se, pela voz do deputado Heitor de Sousa, muito preocupado com a existência destas suspeitas e desafiou o Governo a colaborar no esclarecimento do caso.

3 OPINIÃO 03 José Miguel Sardica Professor da Universidade Católica Portuguesa O oráculo do liberalismo Pouca gente, e que eu saiba ninguém a título oficial, recordou, no passado Domingo, um aniversário que a todos os portugueses deveria dizer muito o do bicentenário do nascimento de uma das maiores figuras da cultura, da literatura, do pensamento e do activismo cívico da modernidade portuguesa. Alexandre Herculano nasceu a 28 de Março de 1810, numa casa térrea de um pátio perto da Rua de S. Bento, em Lisboa. Sem as vidas e as obras de homens como Herculano e da geração fundadora do século XIX revolucionário que ele integrou e simbolizou talvez o Estado de direito e a sociedade liberal e democrática em que hoje vivemos não fosse a mesma. Filho de um modesto funcionário público, Herculano foi mais um autodidacta das letras do que o produto de uma educação escolar. Perseguido pelo Miguelismo, viveu as agruras do exílio, em Inglaterra, em França e nos Açores, de onde aportou ao continente como soldado raso no desembarque no Mindelo, em Resolvida a Guerra Civil a favor dos liberais, Herculano acumulou a sua carreira literária com a do intelectual público, espécie de magistrado moral ou voz da consciência dos governos, leis e reformas que, nas décadas centrais do século XIX, institucionalizaram e consolidaram o Estado e a sociedade modernas em Portugal. O autor de Eurico, o Presbítero (uma das obras-primas do romantismo literário), o redactor do Panorama (a principal revista cultural do seu tempo), e o sábio da História de Portugal (a primeira obra científica da historiografia nacional), foi também um dos mais puros representantes do liberalismo clássico em Portugal. Em rigor, Herculano não era de esquerda nem de direita: era o homem do consenso, do meio-termo, fundamentalmente adepto do império da lei e da razão, que ele via, na política e na sociedade, equidistante tanto do despotismo de um só como do despotismo da multidão, e depositado numa classe média de talento, educação e responsabilidade pública. Nada querendo com o Antigo Regime que ajudara a derrubar, também nada queria com a democracia radical, horizontalmente niveladora e potencialmente anárquica, que servia de bandeira à extrema-esquerda. A sua fina lucidez, a sua independência cívica, a sua coragem iconoclasta fizeram-no ver que o catolicismo humanista e social, depurado de qualquer excesso de clericalismo ultramontano, era um cimento quotidiano indispensável para os seus concidadãos; que os comboios do fontismo tinham de ser equacionadas à luz dos recursos do país, e do equilíbrio entre a necessária europeização e a excessiva desnacionalização do mesmo; que a saúde do sistema político dependeria sempre da vitalidade cívica dos cidadãos, e que esta se conseguiria com a educação, o trabalho e a auto-responsabilização local através da descentralização administrativa o seu célebre municipalismo. Incensado em vida como um dos maiores portugueses do seu tempo, Herculano era escutado e lido como um oráculo pelos monarcas, pelos políticos e pelas massas. Apesar disso, nunca deixou de ser um simples plebeu, tendo recusado cargos e honrarias. Foi um patriota apaixonado e veemente. Quando morreu, em 1877, depois de uma década de retiro bucólico na sua quinta de Vale de Lobos, perto de Santarém, o país liberal perdeu um dos seus mais respeitados pais fundadores. Recordálo hoje, em 2010, não é evocar um velho monárquico de feitio rezingão; é lembrar que em todos os tempos fazem falta homens assim. Verdade O pior está para vir. E o que está, já é suficientemente mau para nos tirar o sono. Não é pessimismo, é verdade. E a verdade, infelizmente, não é favorável à retoma económica. Reduz a confiança e retrai investimento e consumo. Resta uma consolação: se a verdade pode contribuir para atrasar a retoma da confiança, foi a mentira sistémica, em que vivemos enredados nos últimos anos, que lhe minou os alicerces. Os consumidores sabem-no. É porque não se deixaram enganar que a sua confiança está em queda há cinco meses consecutivos. Desde os tempos em que o Governo ainda prometia um défice de 5,9, um crescimento em torno de um, e jurava a pés juntos que não aumentava impostos. Afinal, o défice acabou em 9,4. Não por simples efeito da redução do PIB mas, como reconhece, preto no branco, o próprio INE, devido a mais uma desagradável surpresa com os gastos das regiões e autarquias. Ontem, o Banco de Portugal avisou: afinal, Portugal crescerá, este ano, pouco mais de metade do que previa o OE o PEC. O consumo privado cairá para um terço em 2011 (estagnando nuns míseros 0,3%!). Quem tiver salários congelados chegará ao final do próximo ano com um corte de 2,3% do poder de compra. O aumento da carga fiscal reduzirá o rendimento disponível das famílias e não é certo que a consolidação embora inevitável não acabe por ter efeitos recessivos. Tanto mais que mais de metade das medidas propostas se concentrarão em É duro, mas pelo menos é verdade! Graça Franco

4 NACIONAL Dia Nacional do Doente com AVC Incidência em Portugal faz da doença problema de saúde pública O acidente vascular cerebral (AVC) tem uma dimensão alarmante em Portugal, com uma taxa de mortalidade de cerca de 200 por cada cem mil habitantes, o que corresponde a três mortes por hora. O dado é avançado pela Sociedade Portuguesa do Acidente Vascular Cerebral (SPAVC), no âmbito do Dia Nacional do Doente com AVC, que hoje se assinala. Portugal está, assim, em lugar cimeiro nas tabelas da União Europeia sobre a doença. O AVC está na origem do internamento de mais de 25 mil doentes por ano. Pedro Monteiro, especialista dos Hospitais da Universidade de Coimbra, caracteriza o AVC como um problema de saúde pública, dada a enorme incidência de acidentes e a elevada mortalidade e incapacidade que causam. A SPAVC pretende transmitir, neste dia, a mensagem de que a prevenção é fundamental e que o AVC tem tratamento, desde que seja considerado uma urgência e haja uma intervenção atempada. 04 Ano Europeu de Combate à Pobreza e Exclusão Social Pobreza no feminino foi temática de Março João Cravinho defendeu perante os deputados da Comissão Parlamentar para o Acompanhamento do Fenómeno da Corrupção que a corrupção política está à solta em Portugal. Para o antigo ministro socialista, este é o problema mais grave que o país enfrenta, sendo o tráfico de influências, por sua vez, a maior manifestação de corrupção política. Cravinho lamentou ainda o facto de não encontrar ninguém que publicamente defenda estas ideias. Apesar do quadro negro que detecta, João Cravinho deixou elogios ao trabalho que está a ser desenvolvido pelo presidente do Tribunal de Contas, Guilherme de Oliveira Martins, no plano da corrupção administrativa. No Parlamento, o antigo ministro insistiu na necessidade da criação do crime de enriquecimento não transparente ou não justificado, recusando a existência da menor inconstitucionalidade nesta proposta. LUSA NOTA DE ABERTURA Naquilo que sobre a pedofilia tem vindo a público é necessário fazer a distinção entre notícias e boatos, entre factos e suposições, entre interpretação e manipulação. No que diz respeito à Igreja, importa distinguir entre o que são crimes hediondos, praticados contra crianças indefesas, e aquilo que surge como uma ofensiva, programada e violenta, contra o Papa Bento XVI. De igual modo, é necessário perceber que sendo a pedofilia um crime repugnante, ele atinge diferentes patamares sociais e diversos ambientes familiares; pessoas que não têm fé e outros que a têm; pais de família e celibatários; variadas confissões religiosas e não apenas uma delas. O problema da pedofilia não pode ser desligado também da sexualidade irresponsável, flagelo recorrente na História da Humanidade. É por ser uma tragédia multifacetada, envergonhando diferentes sectores da vida social, que o fenómeno da pedofilia é mais preocupante. Estivesse a pedofilia circunscrita a uma só área e seria mais fácil combatê-la. A complexidade do tema implica uma análise séria e responsável, obrigando todas as Instituições a assumir a verdade e a colaborar com a Justiça; procurando proteger as vítimas e reforçando a prevenção. Essa é, de resto, a orientação da Igreja Católica.

5 NACIONAL 05 Desemprego Taxa estabilizou nos 10,3% em Fevereiro A taxa de desemprego em Portugal manteve-se estável - nos 10,3% - em Fevereiro face a Janeiro, de acordo com dados do Eurostat. A taxa portuguesa continua a ser superior à da média da Zona Euro, onde se registou uma subida de uma décima, para 10%, a cifra mais elevada desde 1998, o ano anterior ao da criação do euro. Ao atingir os dois dígitos, a realidade não confirmou a generaldiade das estimativas, evidenciando que a economia europeia não está ainda a crescer de uma forma suficiente para criar novos postos de trabalho. Lisboa Rejeição do orçamento não altera planos de Costa O presidente da Câmara de Lisboa disse, esta manhã, à Renascença, que vai cumprir os seus compromissos eleitorais com os lisboetas, apesar de a oposição, em maioria na Assembleia Municipal de Lisboa, ter rejeitado, ontem à noite, o orçamento e o plano da autarquia para PSD, PCP, PEV, BE, CDS-PP, PPM e MPT votaram contra a proposta, que recebeu voto favorável apenas dos eleitos do PS. Na Assembleia Municipal, António Costa manifestou disponibilidade para suspender a votação dos documentos, de modo a acolher propostas da oposição, mas o PSD considerou que o orçamento teria de ser retirado ou votado, sublinhando a possibilidade legal de o orçamento ser reformulado e novamente apresentado aos deputados municipais. Todos os partidos da oposição queixaram-se que o executivo não cumpriu o estatuto da oposição, ao não disponibilizar a documentação necessária em tempo útil, o que foi negado por António Costa. Sem as contas aprovadas, a Câmara vai ter que viver com o orçamento do ano passado, sendo necessário proceder, semanalmente, a alterações, de modo a adequar o orçamento de 2009 aos projectos de Num artigo no último número do semanário Expresso, o secretário de Estado do Tesouro e Finanças, Carlos Costa Pina, veio defender que se justifica a actual remuneração dos certificados de aforro (0,794% em Abril próximo). Mais: tendo em conta os prémios de permanência previstos, os certificados de aforro são subsidiados pelos contribuintes. Portanto, acrescento eu, interessa ao Estado acabar com os certificados de aforro (que, de resto, atraem cada vez menos investidores) e emitir novos títulos de poupança a prazo, atractivos para os portugueses. Por dois motivos. Primeiro, porque mais de dois terços da dívida do Estado estão hoje nas mãos de estrangeiros. Como se sabe, os nossos credores externos andam de olho nas finanças públicas portuguesas e exigem-nos um prémio de risco que já é alto e poderá subir. Em segundo lugar, no seu conjunto os portugueses gastam hoje mais de 10% acima daquilo que produzem. Logo, há que consumir menos e poupar mais. Isso já está a acontecer, mas não chega. Cabe ao Estado estimular mais a poupança. Linha do Douro Ponto de vista Estimular a poupança Francisco Sarsfield Cabral Jornalista Circulação Tua-Pocinho reposta amanhã A circulação no troço da Linha do Douro, entre o Tua e o Pocinho, será retomada amanhã, depois de mais de três meses suspensa devido a um desabamento de pedras. De acordo com a REFER, o serviço de passageiros será reiniciado com o horário que estava em vigor antes da suspensão da circulação. A reabertura do troço é possível devido à conclusão da primeira fase de intervenção na linha, uma empreitada que, na previsão da REFER, estará concluída no final de Setembro. Os cerca de 30 quilómetros da linha do Douro em causa estavam encerrados desde o dia de Natal de 2009, devido a uma derrocada de pedras de grande dimensão, verificada ao quilómetro 142,5. RR

6 INTERNACIONAL 06 Haiti Reconstrução debatida hoje na ONU Os países doadores estão reunidos, a partir de hoje, em Nova Iorque, nos Estados Unidos, para coordenar a ajuda à reconstrução do Haiti. Convocado pelas Nações Unidas, o encontro pretende contabilizar e assegurar os contributos de diversos países e entidades. A conferência da ONU quer, ainda, impulsionar a política económica do país, após 30 anos de estagnação e depois da destruição provocada pelo sismo. O objectivo é angariar, pelo menos, 3,8 mil milhões de dólares, revelou a administradora do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). A ajuda ao Haiti devido ao sismo de 12 de Janeiro tem vindo a diminuir e o apelo da ONU foi financiado em apenas 48%, alertou já a porta-voz do Gabinete de Coordenação dos Assuntos Humanitários da ONU (OCHA) em Genebra, Elisabeth Byrs. A porta-voz lamentou que o apelo de urgência tenha tido uma boa resposta de início e que, depois de revisto, se tenha observado uma estagnação das contribuições dos doadores. Apelo das ONG A propósito da mesma conferência, as organizações não-governamentais (ONG) Save the Children, SOS Children s Villages International, Plan International, World Vision International, Oxfam e a UNICEF sublinharam a importância de assegurar que as crianças, jovens e suas famílias estejam no centro de todos os esforços de reconstrução. As organizações humanitárias que se dedicam às questões relativas à infância reiteram que é crucial proporcionar aos mais jovens cidadãos do Haiti uma voz forte no debate acerca do futuro do seu país, para uma transformação bem sucedida. Num recente estudo de avaliação de riscos pós-catástrofe junto de mais de mil crianças, muitas disseram Colômbia Rebeldes das FARC libertam refém Os rebeldes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) libertaram um soldado sequestrado há mais de 12 anos. Pablo Emilio Moncayo, de 32 anos, foi entregue a uma missão humanitária liderada pela senadora Piedad Cordoba, que serviu de mediadora em todo o processo. A notícia já foi confirmada por um porta-voz do Comité Internacional da Cruz Vermelha e pela família do militar colombiano. A missão humanitária deslocou-se de helicóptero à selva do sul do país, onde decorreu a libertação de Pablo Emilio Moncayo. Este é o segundo refém que as FARC soltam nos últimos dias. No domingo, os guerrilheiros marxistas entregaram Josué Daniel Calvo, um elemento das forças de segurança capturado há cerca de um ano. que a sua prioridade era regressar à escola e prosseguir a sua escolaridade logo que possível. As crianças e adolescentes menores de 15 anos constituem quase 40% da população no Haiti e os jovens dos 15 aos 24 representam outros 20%. UE promete ajuda superior a 1,2 mil milhões de euros A União Europeia (UE) anunciou que vai contribuir com mais de 1,2 mil milhões de euros para a reconstrução do Haiti, durante a conferência de doadores. O primeiro objectivo da conferência é assegurar as dotações para recuperação e reconstrução do Haiti, através de contributos de todas as fontes - públicas, privadas e instituições não governamentais e multilaterais, refere uma nota divulgada pela missão da UE em Nova Iorque, nos Estados Unidos. A delegação europeia, chefiada pela Alta Representante para os Negócios Estrangeiros, Catherine Ashton, pretende ver sair da conferência também uma estratégia a longo prazo, para um período de dez anos, para projectos de reconstrução e desenvolvimento, avaliados em 10 mil milhões de euros. Actualmente, as FARC mantêm em cativeiro 22 polícias e militares. Mauricio Dueñas/EPA Sophia Paris/EPA

7 INTERNACIONAL Daguestão Duplo atentado faz 12 mortos Pelo menos nove polícias e três civis morreram hoje e 27 pessoas ficaram feridas em dois atentados suicidas na República do Daguestão, no norte do Cáucaso. Dos 27 hospitalizados, oito estão em estado considerado grave, segundo fontes de Kizliar, localidade onde ocorreram os atentados. A primeira explosão aconteceu no momento em que agentes da polícia pararam um carro para revistá-lo. Quando os agentes se aproximaram, o motorista do veículo accionou uma bomba, que matou dois agentes e uma mulher. Alguns minutos depois, quando os bombeiros já tinham chegado ao local da explosão, um outro terrorista suicida detonou um segundo engenho explosivo, matando sete agentes e mais dois civis. As explosões aconteceram a cerca de 300 metros de uma escola e dos escritórios do Ministério do Interior e do Serviço Federal de Segurança (antigo KGB). Este ataque acontece após os atentados suicidas no Metro de Moscovo, que causaram 39 mortos e 73 feridos. Quanto à autoria dos atentados, a maioria dos órgãos de informação aponta os rebeldes separatistas do Caúcaso. Em reacção ao duplo atentado de terça-feira, o Primeiro-ministro russo tinha garantido, no próprio dia, que os terroristas serão destruídos. O Primeiro-ministro Vladimir Putin já disse que os atentados de hoje podem ser da autoria do mesmo grupo. 07 EUA Obama e Sarkozy pressionam Irão O Presidente norte-americano, Barack Obama, defendeu ontem a aprovação de novas sanções contra o Irão já nas próximas semanas. Tenho esperança de conseguirmos fazer isso [sanções] esta Primavera. Estou interessado em ver o regime em vigor nas próximas semanas, disse Obama, em Washington, numa conferência de imprensa conjunta com o seu homólogo francês Nicolas Sarkozy. O líder francês defende que chegou a altura de tomar decisões sobre o programa nuclear do Irão. Sarkozy sublinha que, em conjunto com a Chanceler alemã Angela Merkel e o Primeiro-ministro britânico Gordon Brown, vai fazer os esforços necessários para garantir que a Europa, como um todo, chegue a um consenso sobre o regime de sanções. Clima 75 países comprometem-se com acordo de Copenhaga Reduzir ou limitar o aumento das emissões de gases com efeito de estufa até 2020 é o compromisso assumido por 75 países, responsáveis por mais de 80% destas emissões, no âmbito do acordo de Copenhaga, anunciou hoje a ONU. Por outro lado, 111 países e a União Europeia (UE) indicaram que apoiavam o acordo, precisou, em comunicado, o secretário da Convenção da ONU sobre as mudanças climáticas. Estes compromissos eram, em conjunto, conhecidos, em particular os referentes aos maiores poluidores do planeta, mas é a primeira vez que a ONU publica um documento oficial que os recapitula. Sérvia Parlamento aprova pedido de desculpas por Srebrenica O Parlamento sérvio aprovou um pedido de desculpas pelo massacre em Srebrenica em 1995 contra muçulmanos bósnios. A resolução mostra consideração pelas vítimas e pede desculpa por não ter sido feito o suficiente para evitar o massacre, mas foge à expressão genocídio. A proposta foi aprovada por pró-ocidentais e socialistas após 13 horas de debate, transmitido em directo pela televisão. Com este passo, estes partidos esperam conseguir o apoio de vários países vizinhos para a adesão à União Europeia. Os bósnios sérvios, liderados pelo General Ratko Mladic, mataram cerca de oito mil muçulmanos bósnios, naquele que foi o pior massacre na Europa desde a II Guerra Mundial. Slobodan Milosevic, ex-presidente jugoslavo, esteve a ser julgado em Haia precisamente por causa deste crime e morreu na cadeia. Agora é Radovan Karadzic que está em julgamento. EPA

8 RELIGIÃO 08 Porto Advogado de Cónego Ferreira dos Santos nega acusações de abuso O advogado do Cónego Ferreira dos Santos assegurou, hoje, que o seu cliente nunca foi ouvido ou acusado de alegados abusos sexuais. O Reitor da Igreja da Lapa, no Porto, tem sido alvo de acusações de abusos a um jovem. O advogado Gil Moreira dos Santos, em declarações à Renascença, afirma a intenção do seu cliente esclarecer o assunto junto do Ministério Público: Nunca o Sr. Dr. Ferreira dos Santos foi ouvido a propósito disso ou, muito menos, acusado, conforme diz essa notícia de jornal. Isso que aí está é falso. Se há outros factos, vamos averiguar. Houve, em tempos, um processo em que o Dr. Ferreira dos Santos era queixoso, por ter sido vítima de uma tentativa de extorsão, mas o Sr. Dr. Ferreira dos Santos entendeu fazer declaração de desistência de procedimento, sublinhou. De acordo com o advogado, o Cónego Ferreira dos Santos não está interessado em falar em público do assunto nesta altura. No entanto, Gil Moreira dos Santos afirma que o também Reitor da Igreja da Lapa, no Porto, não vai desistir da vontade de repor toda a verdade: Dessa atoarda, infelizmente, já resultaram efeitos que não se apagam, porque as parangonas em primeira página dificilmente se lavam. A Renascença apurou que, na noite da última segundafeira, o Cónego Ferreira dos Santos reuniu com o Bispo do Porto, D. Manuel Clemente. Do encontro resultou a vontade de ambos de esclarecer publicamente toda a situação. Alemanha Aberta linha para vítimas de abusos A Igreja Católica alemã decidiu criar uma linha telefónica gratuita para vítimas de abusos sexuais de menores, sendo o quarto país a tomar iniciativa semelhante. O Bispo designado porta-voz da Conferência Episcopal Alemã para esta matéria anunciou hoje que esta medida faz parte do esforço da igreja alemã para responder a este problema. Monsenhor Stephan Ackermann lembrou que o abuso sexual constitui um crime terrível. EUA Juiz eclesiástico esclarece caso Murphy O juiz do caso do Padre Murphy, que o jornal New York Times tentou relacionar com o actual Papa, comentou os factos num artigo publicado no seu jornal diocesano. Nas últimas semanas, o New York Times tem publicado uma série de artigos sobre um grave caso que decorreu em Milwaukee, nos Estados Unidos, na década de 90. No centro da questão estava o Padre Murphy, director de uma escola para crianças surdas, que terá abusado sexualmente de dezenas de jovens durante um longo período. O New York Times alega que a Igreja não fez o suficiente para processar eclesiasticamente o sacerdote e que não informou as autoridades civis. O jornal tenta ligar o então Prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, e actual Papa, a estes factos. Contudo, num artigo publicado no jornal Catholic Anchor, o Padre Thomas Brundage, que na altura foi o responsável por elaborar a acusação contra o Padre Murphy, desmente todas essas insinuações. Apesar de aparecer citado pelo jornal, o Padre Brundage nega ter sido contactado. O sacerdote esclarece ainda que, ao contrário do que sugere o New York Times, havia um processo canónico aberto contra o Padre na data da sua morte. Pelo contrário, as autoridades civis é que tinham arquivado o caso dado o tempo que passara desde os crimes e o estado de saúde do acusado. Por fim, o Padre Brundage recorda que à data destes acontecimentos os casos de abusos sexuais eram remetidos directamente para a Rota Romana e não para a Congregação. Diz ainda que imputar ao actual Papa qualquer má conduta naquele caso é totalmente despropositado. Vaticano Papa reza por vítimas dos atentados de Moscovo O Papa enviou um telegrama ao Presidente russo, Dmitri Medvedev, pelas vítimas do atentado no metropolitano de Moscovo. Bento XVI exprime a sua profunda dor e reprova firmemente os desenfreados actos de violência. O Papa manifesta a sua solidariedade, proximidade espiritual e condolências aos familiares das vítimas, reza pelos mortos e envia a consolação e bênçãos aos feridos. Por sua vez, o Patriarca Kiril, de Moscovo, também tomou uma posição sobre estes ataques, ordenando aos sacerdotes ortodoxos que visitem os feridos no hospital. Não respondamos a este perigo com medo, nem pânico ou desespero. Respondamos com a unidade do nosso povo, com uma firme vontade de derrotar os terroristas e quem os apoia, financia ou justifica. Acredito que o castigo de Deus encontrá-los-á, bem como a justiça humana, afirmou o Patriarca em comunicado. EPA

9 CULTURA 09 Nuno Azevedo Seria limitativo se a Casa da Música tivesse ópera O administrador-delegado da Casa da Música (CdM), Nuno Azevedo, considera que é uma mais-valia para a instituição não ter capacidade para realizar óperas tradicionais porque isso liberta-a para ter uma programa diversificada. Se a Casa da Música tivesse um fosso para ópera, haveria a expectativa de que programássemos uma temporada de operada clássica. E isso seria limitativo. Produzir ópera requer uma quantidade de recursos que iria minar o que me parece essencial para o projecto: ter uma casa aberta a um grande número de géneros musicais e que procura o cruzamento entre eles, afirmou Nuno Azevedo, em entrevista ao programa Terça à Noite, da Renascença. Nuno Azevedo mostra-se satisfeito por a CdM ter ultrapassado a turbulência dos primeiros tempos e por ser hoje um ícone da cidade e do país. Se isso acontece é porque as pessoas se apropriaram da Casa da Música, disse. Depois da credibilização nacional, agora é tempo de trabalhar na credibilização fora de portas e na construção de uma marca de criação artística internacional, que passa pelo reforço da excelência dos agrupamentos residentes da CdM. Na entrevista, que pode ouvir na íntegra no site da Renascença - -, Nuno Azevedo mostra-se optimista face ao potencial do Porto no panorama das indústrias criativas. O administrador-delegado lembra que a CdM e Serralves foram os dois principais promotores da ADDICT - Agência para o Desenvolvimento das Indústrias Criativas, que tem um grande número de sócios. RR Pequenos Violinos Alunos da Orquestra Metropolitana ajudam a construir escola na Guiné Seis músicos dos Pequenos Violinos da Orquestra Metropolitana de Lisboa (OML), com idades entre os 14 e os 18 anos, partem sexta-feira para a Guiné-Bissau, onde irão ajudar na construção de uma escola muçulmana do primeiro ciclo. A escola localizar-se-á na vila de Bolama (arquipélago dos Bijagós), onde haverá um concerto em que actuarão, quer os alunos portugueses, quer guineenses, disse à Lusa Inês Saraiva, responsável pelos Pequenos Violinos da Metropolitana. Os jovens músicos integram um programa especial da AMI denominado Missão Aventura Solidária, em que participam na construção de infraestruturas. Os alunos da OML partem de Bolama após a cerimónia de inauguração da escola. Estão muito entusiasmados e a excitação é completa, referiu a professora. Inês Saraiva defendeu o papel dos professores como formadores da personalidade, tendo a obrigação, tanto mais que passam mais tempo na escola que em casa, de lhes incutir [aos alunos] determinados valores, como o da solidariedade. Os Pequenos Violinos regressam a Lisboa dia 10 de Abril para realizar o tradicional concerto de solidariedade, em Lisboa, que acontecerá no Centro Cultural de Belém (CCB) no dia seguinte. A receita deste ano reverte para a Assistência Médica Internacional. OML Páscoa Actividades para todos os gostos Os museus e palácios nacionais vão ter actividades dirigidas aos jovens inspiradas no tema da Páscoa, época em que aumenta a afluência de visitantes. Visitas guiadas, cursos e oficinas experimentais de pintura, cerâmica, dança, teatro e gastronomia são algumas das actividades que estão a decorrer desde o início da semana e que vão prolongar-se até 9 de Abril. Em Lisboa, o Palácio Nacional da Ajuda está a realizar visitas temáticas intituladas Flores da Primavera e Ovos e o Museu Nacional do Azulejo realiza visitas e ateliês pedagógicos sobre A Primavera no Azulejo. O Museu dos Coches propõe um jogo de descoberta para os mais pequenos, o Museu Nacional do Traje organiza brincadeiras e actividades nos jardins, e a Casa-Museu Dr. Anastácio Gonçalves cursos sobre artes plásticas. Em Braga, o Museu D. Diogo de Sousa vai realizar um ateliê de recriação de receitas romanas, e, em Coimbra, o Museu Nacional Machado de Castro organizou cursos de iniciação ao teatro.

10 DESPORTO 10 Ponto Final A noite dos presidentes Ribeiro Cristóvão Jornalista Mesmo com uma noite bem preenchida por jogos da Liga dos Campeões, foram os presidentes a assumir o grande protagonismo da noite de terça-feira. Criou-se à sua volta uma enorme expectativa. A curiosidade centrava-se, mais do que no confronto entre si, nas grandes revelações que poderiam surgir e que até aqui tivessem escapado aos mais atentos observadores. Afinal, mais do que os presidentes dos dois principais clubes, Porto e Benfica, foi Ricardo Costa aquele que demonstrou capacidade para, através de um discurso muito denso do ponto de vista jurídico, demonstrar a fiabilidade das suas decisões e a quase impossibilidade de serem contraditadas. Acontece muitas vezes não haver só uma verdade para uma mesma questão, tudo dependendo do ponto de vista sob que é analisada. O presidente da Comissão Disciplinar da Liga quis, e foi capaz, de demonstrar que à luz dos regulamentos em vigor, as decisões que tomou são as que mais se adequam às infracções cometidas, aceitando, embora sem compreender, a palavra final do órgão de recurso que, mais tarde, viria a defender tese contrária. Fica para a história esta contradição jurídica, sobre a qual não deverá ser escrito mais nenhum capítulo. As corporações sabem defender-se, e na hora em que se recomenda silêncio, são capazes de o observar melhor do que ninguém. O clássico Benfica-Porto, transportado para as televisões em horário nobre e em simultâneo, através de Pinto da Costa/Luís Filipe Vieira, pouco trouxe de novo. Em certos momentos chegou mesmo a dar a ideia de um fogo cruzado, em que as abordagens ao mesmo tema eram, como convinha e esperável, diametralmente opostas. Não faltaram, como era inevitável, os remoques vindos de um lado e de outro, visando as insuficiências ou os defeitos que têm caracterizado a acção destes dois contendores. Fica, como muito importante, o anúncio de que ambos se vão perpetuar nos cargos que exercem, pelos vistos com intenções muito próximas: as de continuar uma guerra sem quartel, com reflexos no campo e fora ele, nos seus resultados e consequências, não deixando espaço para mais nenhum concorrente. É por isto que, tendo estado fora das discussões, o Sporting não ficou à margem da agenda da noite. Relegado para um plano secundário, simplesmente deixou de entrar no debate e de contar para qualquer confronto. Pelo que, se não for capaz de recuperar o espaço perdido, o Sporting ver-se-á relegado para uma situação talvez irreversível. Ouça a crónica de Ribeiro Cristóvão às 22h30, em Bola Branca FIFA/Ranking Portugal sobe para quarto A selecção nacional subiu duas posições no ranking da FIFA e ocupa agora a quarta posição, atrás de Espanha (1.º), Brasil (2.º) e Holanda (3.º). Portugal, que na última actualização estava no sexto lugar, ultrapassou a Itália e a Alemanha. Ainda no top-10, a Inglaterra trocou de posição com a França, subindo ao sétimo posto, enquanto a Croácia, décima do ranking, atirou para fora dos dez primeiros a Grécia. A Costa do Marfim e a Coreia do Norte, adversárias de Portugal juntamente com o Brasil, no Mundial de 2010, ocupam o 25.º e o 105.º postos, respectivamente. Liga dos Campeões Inter de Mourinho defronta russos O Inter de Milão joga hoje com o CSKA de Moscovo na primeira mão dos quartos-de-final da Liga dos Campeões. A jornada da Champions, iniciada ontem, fica concluída com o jogo do Estádio de San Siro e ainda com o Arsenal-Barcelona, que marca o regresso de Thierry Henry a Highbury Park. Por sua vez, o Inter, treinado por José Mourinho, vem de uma derrota no campeonato italiano frente à Roma, perdendo, quase por completo, a vantagem na prova, com os romanos e o AC Milan muito perto do primeiro lugar. Nos encontros de ontem, a jogar em casa, o Bayern de Munique deu a volta ao resultado e venceu o Manchester United por 2-1. Na outra partida, o Lyon venceu por 3-1 o Bordéus. Ténis Federer eliminado em Miami O tenista número 1 do mundo, Roger Federer, foi eliminado nos oitavos de final do Masters de Miami. O tenista suíço perdeu frente ao checo Thomas Berdych, pelos parciais de 4-6, 7-6 e 6-7.

11 ONTEM E HOJE 11 A 31 de Março de Decreto extingue Inquisição em Portugal» Filipe d Avillez Depois de uma breve experiência em 1532, que durou apenas cerca de um ano, a Inquisição foi instaurada a título mais definitivo no nosso país em Maio de 1536, mais de meio século depois de Espanha, mas antes de Roma. Ao longo de cerca de três séculos, foi julgado e condenado pelo tribunal do Santo Ofício em Portugal um total de pouco mais de duas mil pessoas. O último auto-da-fé realizado em Portugal, em 1794, diz respeito a uma mulher acusada de se fingir santa. Foi condenada à pena de degredo e de açoites, mas é errado, contudo, pensar que a Inquisição esteve inactiva nos 27 anos seguintes, até à sua extinção, a 31 de Março de Naturalmente, continuou a julgar casos de heresia, a um ritmo muito menor, só que as sentenças deixaram de ser apresentadas em autos-da-fé. A função da Inquisição não era celebrar autosda-fé. Estes, enquanto existiram, foram apenas um rito, sem dúvida importante na estratégia do Tribunal e com forte impacto na sociedade, explica o D. João III, em cujo reinado foi instituída a Inquisição em Portugal. Só a Revolução Liberal de 1820 permitiu a extinção historiador José Pedro Silva, da Universidade de Coimbra e colaborador do Centro de Estudos de História Religiosa da Universidade Católica. A decisão de pôr fim à inquisição portuguesa foi tomada em sessão das Cortes Gerais. Ao agir deste modo, os portugueses anteciparam-se em 13 anos aos vizinhos espanhóis e em cerca de 40 anos a Roma, que apenas dissolveu a inquisição em O decreto de extinção não disse respeito apenas à metrópole. Em 1821, foi extinto o Tribunal da Inquisição em Portugal, tanto no reino como no império. Antes, nos inícios do século XIX, já a Inquisição de Goa tinha sido desactivada, explica José Pedro Silva. Note-se que em alguns pontos do império a Inquisição não tinha uma presença activa. Os acusados no Brasil, por exemplo, eram enviados para a metrópole para serem julgados, uma vez que nunca chegou a existir um tribunal naquele território. Apesar da gradual extinção da Inquisição em todo o mundo Católico, a Igreja continuou a sentir a necessidade de ter uma agência que julgasse e se pronunciasse sobre certos aspectos da doutrina, eventuais heresias e pronunciamentos não conformes com a fé. É comum referir-se que a Congregação para a Doutrina da Fé é o sucessor da Inquisição. Aqui, estamos a deixar o plano português e a situar-nos no caso da Inquisição papal romana. A sucedânea dessa Congregação Romana é, de facto, a Congregação para a Doutrina da Fé que tem hoje jurisdição sobre todo o mundo católico, explica o historiador. Olhar O porta-aviões Charles de Gaulle, orgulho da Marinha francesa, está no Tejo, em escala, a caminho de missões no Oceano Atlântico e para exercícios com a Armada portuguesa. A partir de Algés, um cacilheiro serve de vaivém para visitantes e para os tripulantes que aproveitam os cinco dias de paragem para conhecer a capital portuguesa. Foto: Tiago Petinga/LUSA

12 ÚLTIMAS 12 Zona Euro Inflação a subir O Eurostat prevê que o nível de inflação registado na Zona Euro durante o mês de Março tenha atingido 1,5%, o valor mais alto desde finais de Os produtos começaram a ficar mais caros para os consumidores desde Novembro passado, depois de cinco meses consecutivos de inflação negativa. A subida constitui um sinal de recuperação económica, mas reflecte, acima de tudo, o aumento do preço do petróleo. A subida da inflacção poderá, segundo muitos analistas, antecipar uma subida da taxa de juros, que só era esperada para o final do ano. Parlamento Magalhães foi comprado poucas semanas antes da apresentação O presidente da JP Sá Couto disse hoje aos deputados da Comissão de Inquérito à Fundação para as Comunicações Móveis (FCM) que a empresa apresentou o computador Magalhães ao Governo na primeira ou segunda semana de Julho de 2008, poucas semanas antes da cerimónia de apresentação, realizada no dia 30 de Julho. O computador foi apresentado ao Governo em Julho [de 2008], não sei se na primeira ou na segunda semana, afirmou Jorge Couto. A cerimónia de apresentação do Magalhães decorreu no dia 30 de Julho, no Pavilhão Atlântico, em Lisboa. O evento foi pago pela Youtsu, um consórcio formado pela JP Sá Couto e pela Prológica. Submarinos Portas nega contactos com consórcio vencedor Paulo Portas garantiu nunca ter participado em qualquer reunião com os consórcios que participaram no concurso de adjudicação dos dois submarinos. Portas, à época ministro da Defesa, referiu, no Parlamento, que o concurso para a aquisição de submarinos foi estabelecido em 1998, pelo Executivo de António Guterres, tendo, no seu mandato, despachado o dossier tendo em atenção os seis requisitos estabelecidos na proposta de aquisição inicial. Por sua vez, o ministro da Defesa, Augusto Santos Silva, não quis comentar as investigações em curso, embora tenha revelado que já pediu um parecer ao Conselho Consultivo da Procuradoria Geral da República, no âmbito da legalidade dos contratos de contrapartidas. A fechar... Desemprego no pico TEMPO QUINTA SEXTA A ministra do Trabalho disse que os dados hoje divulgados pelo Eurostat sinalizam que Portugal poderá ter chegado ao pico do aumento do desemprego. LISBOA 16ºC/9ºC 15ºC/8ºC Enfermeiros: contas continuam diferentes PORTO 13ºC/8ºC 14ºC/10ºC O Ministério da Saúde anunciou hoje, terceiro dia da greve dos enfermeiros, uma adesão 74,52%. O sindicato do sector refere uma adesão de 93%. FARO 19ºC/9ºC 20ºC/9ºC PSP deteve suspeitos de tráfico A PSP de Coimbra anunciou a detenção de quatro presumíveis traficantes de droga, que operavam nos terrenos das instalações da antiga fábrica Estaco, na Pedrulha. Inglês procurado na Austrália detido em Portugal A PJ deteve um cidadão inglês, 71, no âmbito de um mandado de detenção internacional emitido pelas autoridades da Austrália, por suspeita de abuso sexual de menores. COIMBRA MADEIRA AÇORES 13ºC/7ºC 21ºC/14ºC 16ºC/11ºC 13ºC/6ºC 21ºC/14ºC 16ºC/12ºC Página1 é um jornal registado na ERC, sob o nº É propriedade/editor Rádio Renascença Lda, com o nº de pessoa colectiva nº O Conselho de Gerência é constituído por João Aguiar Campos, José Luís Ramos Pinheiro, Luís Manuel David Soromenho de Alvito e Luiz Gonzaga Torgal Mendes Ferreira. O capital da empresa é detido pelo Patriarcado de Lisboa e Conferência Episcopal Portuguesa. Rádio Renascença. Rua Ivens, Lisboa.

Direita admite mudanças na lei para criminalizar a má gestão. Direita admite mudanças na lei para criminalizar a má gestão

Direita admite mudanças na lei para criminalizar a má gestão. Direita admite mudanças na lei para criminalizar a má gestão Direita admite mudanças na lei para criminalizar a má gestão Diário de noticias, por Hugo Filipe Coelho 17-10-11 Direita admite mudanças na lei para criminalizar a má gestão Dinheiro público. PSD e CDS

Leia mais

Apoio judiciário a Vale e Azevedo contestado em Inglaterra

Apoio judiciário a Vale e Azevedo contestado em Inglaterra Apoio judiciário a Vale e Azevedo contestado em Inglaterra Lusa, 15.03.2012 Vale e Azevedo tem vários processos pendentes em Portugal É já enorme a quantia de dinheiro dos contribuintes portugueses que

Leia mais

1. António Costa promete mudança política, Antena 1 - Notícias, 07-04-2015 1

1. António Costa promete mudança política, Antena 1 - Notícias, 07-04-2015 1 Radios_8_Abril_2015 Revista de Imprensa 1. António Costa promete mudança política, Antena 1 - Notícias, 07-04-2015 1 2. Sindicatos da PSP enviam proposta conjunta ao ministério, TSF - Notícias, 07-04-2015

Leia mais

ALOCUÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O PRIMEIRO-MINISTRO KAY RALA XANANA GUSMÃO POR OCASIÃO DA INAUGURAÇÃO DA MATERNIDADE-ESCOLA DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA

ALOCUÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O PRIMEIRO-MINISTRO KAY RALA XANANA GUSMÃO POR OCASIÃO DA INAUGURAÇÃO DA MATERNIDADE-ESCOLA DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE GABINETE DO PRIMEIRO-MINISTRO ALOCUÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O PRIMEIRO-MINISTRO KAY RALA XANANA GUSMÃO POR OCASIÃO DA INAUGURAÇÃO DA MATERNIDADE-ESCOLA DE NOSSA SENHORA

Leia mais

GOVERNO UTILIZA EMPRESAS PUBLICAS PARA REDUZIR O DÉFICE ORÇAMENTAL, ENDIVIDANDO-AS E ARRASTANDO-AS PARA A SITUAÇÃO DE FALENCIA TÉCNICA

GOVERNO UTILIZA EMPRESAS PUBLICAS PARA REDUZIR O DÉFICE ORÇAMENTAL, ENDIVIDANDO-AS E ARRASTANDO-AS PARA A SITUAÇÃO DE FALENCIA TÉCNICA GOVERNO UTILIZA EMPRESAS PUBLICAS PARA REDUZIR O DÉFICE ORÇAMENTAL, ENDIVIDANDO-AS E ARRASTANDO-AS PARA A SITUAÇÃO DE FALENCIA TÉCNICA RESUMO DESTE ESTUDO Os principais jornais diários portugueses divulgaram

Leia mais

Apresentação e Discussão do Orçamento Retificativo para 2012

Apresentação e Discussão do Orçamento Retificativo para 2012 Apresentação e Discussão do Orçamento Retificativo para 2012 Excelentíssimo Senhor Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira Excelentíssimas Senhoras e Senhores Deputados A proposta do Orçamento

Leia mais

Senhor Ministro da Defesa Nacional, Professor Azeredo Lopes, Senhora Vice-Presidente da Assembleia da República, Dra.

Senhor Ministro da Defesa Nacional, Professor Azeredo Lopes, Senhora Vice-Presidente da Assembleia da República, Dra. Senhor Representante de Sua Excelência o Presidente da República, General Rocha Viera, Senhor Ministro da Defesa Nacional, Professor Azeredo Lopes, Senhora Vice-Presidente da Assembleia da República, Dra.

Leia mais

PARLAMENTO EUROPEU. Comissão do Desenvolvimento PROJECTO DE PARECER. destinado à Comissão dos Assuntos Externos

PARLAMENTO EUROPEU. Comissão do Desenvolvimento PROJECTO DE PARECER. destinado à Comissão dos Assuntos Externos PARLAMENTO EUROPEU 2004 ««««««««««««Comissão do Desenvolvimento 2009 PROVISÓRIO 2004/2168(INI) 22.2.2005 PROJECTO DE PARECER da Comissão do Desenvolvimento destinado à Comissão dos Assuntos Externos sobre

Leia mais

Senhor Presidente da Assembleia, Senhoras e Senhores Deputados, Senhor Presidente, Senhora e Senhores membros do Governo.

Senhor Presidente da Assembleia, Senhoras e Senhores Deputados, Senhor Presidente, Senhora e Senhores membros do Governo. Intervenção proferida pelo Deputado Luís Henrique Silva, na Sessão Plenária de Novembro de 2006 Senhor Presidente da Assembleia, Senhoras e Senhores Deputados, Senhor Presidente, Senhora e Senhores membros

Leia mais

1. Greve no Metro de Lisboa, Antena 1 - Notícias, 25-05-2015 1. 2. Greve no Metro de Lisboa, Antena 1 - Notícias, 25-05-2015 2

1. Greve no Metro de Lisboa, Antena 1 - Notícias, 25-05-2015 1. 2. Greve no Metro de Lisboa, Antena 1 - Notícias, 25-05-2015 2 Radios_25_Maio_2015 Revista de Imprensa 1. Greve no Metro de Lisboa, Antena 1 - Notícias, 25-05-2015 1 2. Greve no Metro de Lisboa, Antena 1 - Notícias, 25-05-2015 2 3. PS quer alterar o Código do IVA,

Leia mais

NOS@EUROPE. O Desafio da Recuperação Económica e Financeira. Prova de Texto. Nome da Equipa GMR2012

NOS@EUROPE. O Desafio da Recuperação Económica e Financeira. Prova de Texto. Nome da Equipa GMR2012 NOS@EUROPE O Desafio da Recuperação Económica e Financeira Prova de Texto Nome da Equipa GMR2012 Alexandre Sousa Diogo Vicente José Silva Diana Almeida Dezembro de 2011 1 A crise vista pelos nossos avós

Leia mais

Projecto de Lei n.º 304/XI /1.ª

Projecto de Lei n.º 304/XI /1.ª PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS Grupo Parlamentar Projecto de Lei n.º 304/XI /1.ª Revoga os benefícios fiscais concedidos a PPR s planos de poupança reforma - e ao regime público de capitalização Procede a

Leia mais

REVOLUÇÃO FRANCESA MCC

REVOLUÇÃO FRANCESA MCC REVOLUÇÃO FRANCESA MCC REVOLUÇÃO FRANCESA. MOVIMENTO BURGUÊS França antes da revolução TEVE APOIO DO POVO Monarquia absolutista Economia capitalista.(costumes feudais) sociedade estamental. 1º Estado-

Leia mais

1. (PT) - Jornal de Notícias, 28/06/2012, Autarca exorta câmaras a contestarem saída do "heli" 1

1. (PT) - Jornal de Notícias, 28/06/2012, Autarca exorta câmaras a contestarem saída do heli 1 28-06-2012 Revista de Imprensa 28-06-2012 1. (PT) - Jornal de Notícias, 28/06/2012, Autarca exorta câmaras a contestarem saída do "heli" 1 2. (PT) - Jornal de Notícias, 28/06/2012, Enfermeiros contra fim

Leia mais

MENSAGEM DE ANO NOVO DE SUA EXCELÊNCIA O PRESIDENTE DA REPÚBLICA

MENSAGEM DE ANO NOVO DE SUA EXCELÊNCIA O PRESIDENTE DA REPÚBLICA MENSAGEM DE ANO NOVO DE SUA EXCELÊNCIA O PRESIDENTE DA REPÚBLICA --- EMBARGO DE DIVULGAÇÃO ATÉ ÀS 21:00 HORAS DE 01.01.13 --- Palácio de Belém, 1 de janeiro de 2013 --- EMBARGO DE DIVULGAÇÃO ATÉ ÀS 21:00

Leia mais

Declaração ao país. António José Seguro. 19 de Julho de 2013. Boa tarde. Durante esta semana batemo-nos para que:

Declaração ao país. António José Seguro. 19 de Julho de 2013. Boa tarde. Durante esta semana batemo-nos para que: Declaração ao país António José Seguro 19 de Julho de 2013 Boa tarde. Durante esta semana batemo-nos para que: Não houvesse mais cortes nas reformas e nas pensões Não houvesse mais despedimentos na função

Leia mais

1. (PT) - Diário de Notícias, 14/08/2013, Células estaminais travam doença 1

1. (PT) - Diário de Notícias, 14/08/2013, Células estaminais travam doença 1 14-08-2013 Revista de Imprensa 14-08-2013 1. (PT) - Diário de Notícias, 14/08/2013, Células estaminais travam doença 1 2. (PT) - Diário de Notícias, 14/08/2013, Identificar Alzheimer antes dos sintomas

Leia mais

Protocolo Facultativo à Convenção sobre os Direitos da Criança relativo ao Envolvimento de Crianças em Conflitos Armados

Protocolo Facultativo à Convenção sobre os Direitos da Criança relativo ao Envolvimento de Crianças em Conflitos Armados Protocolo Facultativo à Convenção sobre os Direitos da Criança relativo ao Envolvimento de Crianças em Conflitos Armados Os Estados Partes no presente Protocolo, Encorajados pelo apoio esmagador à Convenção

Leia mais

LINHA DIRETA ASSISTÊNCIA AOS JORNALISTAS EM MISSÕES PERIGOSAS

LINHA DIRETA ASSISTÊNCIA AOS JORNALISTAS EM MISSÕES PERIGOSAS LINHA DIRETA ASSISTÊNCIA AOS JORNALISTAS EM MISSÕES PERIGOSAS Em conformidade com o Direito Internacional Humanitário, os jornalistas que estiverem em missão em áreas de conflitos armados devem ser respeitados

Leia mais

Relvas admite relatórios e propostas de nomes para as secretas.»

Relvas admite relatórios e propostas de nomes para as secretas.» Jornal Público 1. Na tarde de 16 de Maio, precisamente às 15.28, este Gabinete recebeu da jornalista uma pergunta dirigida ao Ministro-Adjunto e dos Assuntos Parlamentares sobre a audição parlamentar ocorrida

Leia mais

Tratado de Lisboa 13 Dezembro 2007. Conteúdo e desafios

Tratado de Lisboa 13 Dezembro 2007. Conteúdo e desafios Tratado de Lisboa 13 Dezembro 2007 Conteúdo e desafios Os Tratados Tratado de Paris (CECA) 18 de Abril de 1951 Tratados de Roma (CEE e CEEA) 25 de Março de 1957 Acto Único Europeu 17 de Fevereiro 1986

Leia mais

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após encontro com a Senadora Ingrid Betancourt

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após encontro com a Senadora Ingrid Betancourt Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após encontro com a Senadora Ingrid Betancourt São Paulo-SP, 05 de dezembro de 2008 Presidente: A minha presença aqui

Leia mais

IX Colóquio Direitos Humanos na Ordem do Dia promovido pelo Grupo Parlamentar Português para a População e Desenvolvimento

IX Colóquio Direitos Humanos na Ordem do Dia promovido pelo Grupo Parlamentar Português para a População e Desenvolvimento IX Colóquio Direitos Humanos na Ordem do Dia promovido pelo Grupo Parlamentar Português para a População e Desenvolvimento Lançamento do Relatório 2014 do UNFPA Painel: Jovens em Portugal Da Oportunidade

Leia mais

4. Síria. Repressão aumenta e EUA agravam sanções (págs. 1 e 14)

4. Síria. Repressão aumenta e EUA agravam sanções (págs. 1 e 14) RESUMO DE IMPRENSA Domingo, 01 de Maio de 2011 PÚBLICO (DOMINGO, 01) 1. Uma multidão em nome de João Paulo II. A beatificação de um papa obscurantista, ou do obreiro de um renascimento católico? (manchete,

Leia mais

COMISSÃO DE SAÚDE ACTA NÚMERO 145/XII/ 4.ª SL

COMISSÃO DE SAÚDE ACTA NÚMERO 145/XII/ 4.ª SL Aos 24 dias do mês de setembro de 2014, pelas 14:00 horas, reuniu a Comissão de Saúde, na sala 2 do Palácio de S. Bento, na presença dos Senhores Deputados constantes da folha de presenças que faz parte

Leia mais

Separação entre Estado e Igreja (20 de Abril de 1911) Cota CMPV/0015 Diários do Governo

Separação entre Estado e Igreja (20 de Abril de 1911) Cota CMPV/0015 Diários do Governo Separação entre Estado e Igreja (20 de Abril de 1911) Cota CMPV/0015 Diários do Governo NEWSLETTER: Dando continuidade à nossa nova rubrica on-line: Páginas de História com Estórias, passamos a apresentar

Leia mais

Conselho Nacional de Educação. Falecimento Prof. a Doutora Maria Teresa Ambrósio (1937-2006)

Conselho Nacional de Educação. Falecimento Prof. a Doutora Maria Teresa Ambrósio (1937-2006) Votos de Pesar VOTOS DE PESAR Conselho Nacional de Educação Falecimento Prof. a Doutora Maria Teresa Ambrósio (1937-2006) Faleceu hoje, vítima de doença prolongada, a Prof. a Doutora Maria Teresa Vieira

Leia mais

Senhor Presidente. Senhor Presidente,

Senhor Presidente. Senhor Presidente, Intervenção proferida pelo Deputado Clélio Meneses aquando da discussão do Plano e Orçamento para 2012. Senhor Presidente Senhoras e Senhores Deputados Senhor Presidente, Senhora e Senhores Membros do

Leia mais

Texto 1: 72 mil despedimentos em apenas um dia nos Estados Unidos e Europa 27.01.2009, Ana Rita Faria A Caterpillar e a Pfizer lideraram ontem a vaga

Texto 1: 72 mil despedimentos em apenas um dia nos Estados Unidos e Europa 27.01.2009, Ana Rita Faria A Caterpillar e a Pfizer lideraram ontem a vaga Dia: Duas notícias dominam as páginas dos jornais do dia 27 de Janeiro. Leia-as com atenção. Texto 1: A. Assinale com V ou F as afirmações que se seguem. 1. A onda de despedimentos só atinge as pequenas

Leia mais

1. (PT) - Jornal de Notícias, 27/09/2012, Linha Saúde 24 passa para a PT mas mantém funcionários 1

1. (PT) - Jornal de Notícias, 27/09/2012, Linha Saúde 24 passa para a PT mas mantém funcionários 1 27-09-2012 Revista de Imprensa 27-09-2012 1. (PT) - Jornal de Notícias, 27/09/2012, Linha Saúde 24 passa para a PT mas mantém funcionários 1 2. (PT) - Primeiro de Janeiro, 27/09/2012, Seminário de dispositivos

Leia mais

Marinho Pinto. O Ministério da Justiça está a ser usado para ajustes de contas

Marinho Pinto. O Ministério da Justiça está a ser usado para ajustes de contas Cavaco Silva convoca mandões da Justiça para Belém Marinho Pinto. O Ministério da Justiça está a ser usado para ajustes de contas De acordo com a Ordem dos Advogados, apenas 2238 processos estavam irregulares

Leia mais

Reportagem 2012 Escola Secundária de Raul Proença, Ana Beatriz Santos, Círculo Eleitoral de Leiria

Reportagem 2012 Escola Secundária de Raul Proença, Ana Beatriz Santos, Círculo Eleitoral de Leiria Reportagem 2012 Escola Secundária de Raul Proença, Ana Beatriz Santos, Círculo Eleitoral de Leiria A participação da Escola Secundária de Raul Proença (ESRP) no Parlamento dos Jovens foi sempre um motivo

Leia mais

1. Emprego criado entre Outubro de 2013 e junho deste ano é precário, diz CGTP, TSF - Notícias, 02-09- 2015

1. Emprego criado entre Outubro de 2013 e junho deste ano é precário, diz CGTP, TSF - Notícias, 02-09- 2015 Radios_2_Setembro_2015 Revista de Imprensa 1. Emprego criado entre Outubro de 2013 e junho deste ano é precário, diz CGTP, TSF - Notícias, 02-09- 2015 1 2. António Costa acusa o Governo de não ter sabido

Leia mais

Aproximam-se duas datas muito especiais. Mensagem do Presidente

Aproximam-se duas datas muito especiais. Mensagem do Presidente NOTÍCIAS DO MUTUALISMO Informação Quinzenal Edição n.º 55 - II Série 15 de outubro de 2014 Mensagem do Presidente Aproximam-se duas datas muito especiais para o Mutualismo e para os Mutualistas, a Comemoração

Leia mais

MENSAGEM DO PRESIDENTE2012

MENSAGEM DO PRESIDENTE2012 1. Pela 12 ª vez relatamos atividades e prestamos contas. Este é dos actos mais nobres de um eleito, mostrar o que fez, como geriu o dinheiro dos cidadãos, dar transparência à governação. Constitui um

Leia mais

Reestruturar o Sector Empresarial do Estado

Reestruturar o Sector Empresarial do Estado PROJECTO DE RESOLUÇÃO N.º 458/XI/2.ª Reestruturar o Sector Empresarial do Estado A descrição de carácter económico-financeiro apresentada na próxima secção não deixa dúvidas sobre a absoluta necessidade

Leia mais

Sessão de Abertura Muito Bom dia, Senhores Secretários de Estado Senhor Presidente da FCT Senhoras e Senhores 1 - INTRODUÇÃO

Sessão de Abertura Muito Bom dia, Senhores Secretários de Estado Senhor Presidente da FCT Senhoras e Senhores 1 - INTRODUÇÃO Sessão de Abertura Muito Bom dia, Senhores Secretários de Estado Senhor Presidente da FCT Senhoras e Senhores 1 - INTRODUÇÃO Gostaria de começar por agradecer o amável convite que a FCT me dirigiu para

Leia mais

1 - Publituris, 23-02-2007, Viagens e Turismo avaliados em 3 mil ME

1 - Publituris, 23-02-2007, Viagens e Turismo avaliados em 3 mil ME Noticias APAVT - Fevereiro 2007 Revista de Imprensa 09-10-2007 1 - Publituris, 23-02-2007, Viagens e Turismo avaliados em 3 mil ME 2 - Diário Económico, 22-02-2007, Segmento de negócios representa metade

Leia mais

O GOVERNO. Art.º 182º da Constituição da República Portuguesa

O GOVERNO. Art.º 182º da Constituição da República Portuguesa O GOVERNO Art.º 182º da Constituição da República Portuguesa «O Governo é o órgão de condução da política geral do país e o órgão superior da Administração Pública.» 1 Pela própria ideia que se retira

Leia mais

A Participação Cívica dos Jovens

A Participação Cívica dos Jovens A Participação Cívica dos Jovens 2 Parlamento dos Jovens 2009 Nos dias 25 e 26 de Maio de 2009, realizou-se em Lisboa, no Palácio de São Bento, a Sessão Nacional do Parlamento dos Jovens 2009 do Ensino

Leia mais

Século XXI. Sobre a cultura islâmica após os atentados de 11 de setembro. Palavras amáveis não custam nada e conseguem muito.

Século XXI. Sobre a cultura islâmica após os atentados de 11 de setembro. Palavras amáveis não custam nada e conseguem muito. Século XXI Oficialmente, o século XXI, inicia-se cronologicamente no final do ano 2000. Historicamente podemos destacar que os eventos que aconteceram um ano após a entrada do novo milênio marcam a chegada

Leia mais

150 munícipes operados em Cuba vão juntar-se hoje

150 munícipes operados em Cuba vão juntar-se hoje Page 1 of 5 Restaurantes Contactos A equipa RSS Receba por email Pesquisar Submeter consulta Home Actualidade As suas notícias Cultura Desporto Educação Entrevista Fotos Negócios Opinião Região Saúde Últimas

Leia mais

Câmara Municipal de VRSA cria página no facebook

Câmara Municipal de VRSA cria página no facebook Page 1 of 6 Restaurantes Contactos A equipa RSS Receba por email Pesquisar Submeter consulta Home Actualidade As suas notícias Cultura Desporto Educação Entrevista Fotos Negócios Opinião Região Saúde Últimas

Leia mais

O princípio da afirmação da sociedade civil.

O princípio da afirmação da sociedade civil. Dois dos Valores do PSD O Princípio do Estado de Direito, respeitante da eminente dignidade da pessoa humana - fundamento de toda a ordem jurídica baseado na nossa convicção de que o Estado deve estar

Leia mais

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA REGIONAL DOS AÇORES SESSÃO PLENÁRIA DE 11 a 13 NOVEMBRO DE 2002 Intervenção do Deputado Cabral Vieira

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA REGIONAL DOS AÇORES SESSÃO PLENÁRIA DE 11 a 13 NOVEMBRO DE 2002 Intervenção do Deputado Cabral Vieira ASSEMBLEIA LEGISLATIVA REGIONAL DOS AÇORES SESSÃO PLENÁRIA DE 11 a 13 NOVEMBRO DE 2002 Intervenção do Deputado Cabral Vieira O Plano e o Orçamento constituem documentos de grande importância para a economia

Leia mais

Apresentar queixa por corrupção à ICAC

Apresentar queixa por corrupção à ICAC Apresentar queixa por corrupção à ICAC A função da ICAC A Comissão Independente Contra a Corrupção foi fundada em 1988 para investigar e reduzir a corrupção no sector público de NSW. Sobre a ICAC A ICAC

Leia mais

6º Congresso Nacional da Administração Pública

6º Congresso Nacional da Administração Pública 6º Congresso Nacional da Administração Pública João Proença 30/10/08 Desenvolvimento e Competitividade: O Papel da Administração Pública A competitividade é um factor-chave para a melhoria das condições

Leia mais

Resumo de Imprensa. Sábado e domingo, 18 e 19 de Outubro de 2008

Resumo de Imprensa. Sábado e domingo, 18 e 19 de Outubro de 2008 Resumo de Imprensa Sábado e domingo, 18 e 19 de Outubro de 2008 PÚBLICO (domingo, 19) 1. Bastaram 20 minutos de chuva intensa para criar o caos em Lisboa (pág. 1 e 25) 2. Contestação ao Governo. Manifestação

Leia mais

Relatório Internacional Sobre Liberdade Religiosa PORTUGAL -- 2008

Relatório Internacional Sobre Liberdade Religiosa PORTUGAL -- 2008 Relatório Internacional Sobre Liberdade Religiosa PORTUGAL -- 2008 De acordo com a divulgação efectuada pela Divisão da Democracia, Direitos Humanos e Trabalho do Departamento de Estado dos E.U.A. 19 de

Leia mais

Jornalista: Eu queria que o senhor comentasse (incompreensível)?

Jornalista: Eu queria que o senhor comentasse (incompreensível)? Entrevista concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após cerimônia de apresentação dos resultados das ações governamentais para o setor sucroenergético no período 2003-2010 Ribeirão

Leia mais

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DA REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES COMISSÃO DE POLÍTICA GERAL INTRODUÇÃO

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DA REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES COMISSÃO DE POLÍTICA GERAL INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO A Comissão de Política Geral reuniu no dia 11 de junho de 2014, na delegação de Ponta Delgada da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, a fim de apreciar, relatar e dar parecer

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 65 Discurso na solenidade do Dia

Leia mais

OS TRIBUNAIS E O MINISTÉRIO PÚBLICO

OS TRIBUNAIS E O MINISTÉRIO PÚBLICO OS TRIBUNAIS E O MINISTÉRIO PÚBLICO Art.º 202º da Constituição da República Portuguesa «1. Os tribunais são órgãos de soberania com competência para Administrar a justiça em nome do povo. (...)» A lei

Leia mais

OBJECTIVO 2015. Cinco anos para construir uma verdadeira Parceria Global para o Desenvolvimento PROPOSTA DE ACÇÃO FEC

OBJECTIVO 2015. Cinco anos para construir uma verdadeira Parceria Global para o Desenvolvimento PROPOSTA DE ACÇÃO FEC OBJECTIVO 2015 Cinco anos para construir uma verdadeira Parceria Global para o Desenvolvimento PROPOSTA DE ACÇÃO INTRODUÇÃO O ano de 2010 revela-se, sem dúvida, um ano marcante para o combate contra a

Leia mais

Os Direitos do Consumidor:

Os Direitos do Consumidor: DIREITOS E DEVERES Segundo a legislação, consumidores são todas as pessoas que compram bens para uso pessoal, a alguém que faça da venda a sua profissão. A Lei n.º 24/96, de 31 de Julho estabelece os direitos

Leia mais

Manual de GUIA PRÁTICO ADOÇÃO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P. ISS, I.P. Departamento/Gabinete Pág. 1/13

Manual de GUIA PRÁTICO ADOÇÃO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P. ISS, I.P. Departamento/Gabinete Pág. 1/13 Manual de GUIA PRÁTICO ADOÇÃO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P ISS, I.P. Departamento/Gabinete Pág. 1/13 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Adoção (32 V4.08) PROPRIEDADE Instituto da Segurança Social,

Leia mais

As Estatísticas do Banco de Portugal, a Economia e as Empresas

As Estatísticas do Banco de Portugal, a Economia e as Empresas 30 11 2012 As Estatísticas do Banco de Portugal, a Economia e as Empresas Teodora Cardoso 1ª Conferência da Central de Balanços Porto, 13 Dezembro 2010 O Banco de Portugal e as Estatísticas O Banco de

Leia mais

A COLOCAÇÃO DE ESCRITÓRIOS PODE VOLTAR AOS 150 MIL/170 MIL M2 EM 2009

A COLOCAÇÃO DE ESCRITÓRIOS PODE VOLTAR AOS 150 MIL/170 MIL M2 EM 2009 OJE 3 de Dezembro 2008 (1/5) A COLOCAÇÃO DE ESCRITÓRIOS PODE VOLTAR AOS 150 MIL/170 MIL M2 EM 2009 O take-up de ESCRITÓRIOS vai regredir em 2009 para o nível dos anos de 2004 e 2005, embora o preço das

Leia mais

Ideias finais (Concurso Nacional de Ideias Cidades Criativas )

Ideias finais (Concurso Nacional de Ideias Cidades Criativas ) Ideias finais (Concurso Nacional de Ideias Cidades Criativas ) O Concurso "Cidades Criativas", iniciativa dirigida a jovens alunos de Área de Projecto do 12.º ano, chegou ao fim. Durante cerca de nove

Leia mais

DISCURSO PROFERIDO POR VÍTOR CALDEIRA, PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE CONTAS EUROPEU

DISCURSO PROFERIDO POR VÍTOR CALDEIRA, PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE CONTAS EUROPEU TRIBUNAL DE CONTAS EUROPEU ECA/09/69 DISCURSO PROFERIDO POR VÍTOR CALDEIRA, PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE CONTAS EUROPEU ******* APRESENTAÇÃO DO RELATÓRIO ANUAL RELATIVO AO EXERCÍCIO DE 2008 À COMISSÃO DO

Leia mais

NOS ÚLTIMOS 4 ANOS TIVEMOS DE RESPONDER A UMA SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA. A UM PROGRAMA DE EMERGÊNCIA FINANCEIRA, SOUBEMOS RESPONDER COM A CRIAÇÃO DE UM

NOS ÚLTIMOS 4 ANOS TIVEMOS DE RESPONDER A UMA SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA. A UM PROGRAMA DE EMERGÊNCIA FINANCEIRA, SOUBEMOS RESPONDER COM A CRIAÇÃO DE UM DISCURSO PROGRAMA DE GOVERNO 9.11.2015 MSESS PEDRO MOTA SOARES - SÓ FAZ FÉ VERSÃO EFECTIVAMENTE LIDA - SENHOR PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA SENHORAS E SENHORES DEPUTADOS NOS ÚLTIMOS 4 ANOS TIVEMOS

Leia mais

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES Vice - Presidência do Governo Gabinete do Vice-Presidente

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES Vice - Presidência do Governo Gabinete do Vice-Presidente Senhor Presidente da Assembleia Senhoras e Senhores Deputados Senhor Presidente Senhora e Senhores Membros do Governo Permitam-me que, pela primeira vez que tenho a honra de intervir nesta Assembleia,

Leia mais

MENSAGEM DE ANO NOVO. Palácio de Belém, 1 de Janeiro de 2008

MENSAGEM DE ANO NOVO. Palácio de Belém, 1 de Janeiro de 2008 MENSAGEM DE ANO NOVO Palácio de Belém, 1 de Janeiro de 2008 Portugueses No primeiro dia deste Novo Ano, quero dirigir a todos uma saudação amiga e votos de boa saúde e prosperidade. Penso especialmente

Leia mais

«Concurso Jovem Agricultor Português»

«Concurso Jovem Agricultor Português» «Concurso Jovem Agricultor Português» Como já é tradição, desde há muito, que a Caixa não descura a intenção de apoiar e estimular a economia nacional, assim como outras áreas de interesse, mostrando com

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 422/VIII

PROJECTO DE LEI N.º 422/VIII PROJECTO DE LEI N.º 422/VIII OBRIGA À DIVULGAÇÃO, POR ESCOLA E POR DISCIPLINA, DOS RESULTADOS DOS EXAMES DO 12.º ANO DE ESCOLARIDADE, BEM COMO DE OUTRA INFORMAÇÃO COMPLEMENTAR QUE POSSIBILITE O CONHECIMENTO

Leia mais

Na ditadura não a respeito à divisão dos poderes (executivo, legislativo e judiciário). O ditador costuma exercer os três poderes.

Na ditadura não a respeito à divisão dos poderes (executivo, legislativo e judiciário). O ditador costuma exercer os três poderes. Ditadura: É uma forma de governo em que o governante (presidente, rei, primeiro ministro) exerce seu poder sem respeitar a democracia, ou seja, governa de acordo com suas vontades ou com as do grupo político

Leia mais

Acelerar a resolução de litígios entre empresas e chamar arbitragens internacionais a Portugal são dois propósitos do novo quadro legal

Acelerar a resolução de litígios entre empresas e chamar arbitragens internacionais a Portugal são dois propósitos do novo quadro legal RESOLUÇÃO ALTERNATIVA DE LITÍGIOS Arbitragem voluntária tem nova lei a boleia da troika Acelerar a resolução de litígios entre empresas e chamar arbitragens internacionais a Portugal são dois propósitos

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 353/VIII CRIAÇÃO DE UM OBSERVATÓRIO NACIONAL DOS EFEITOS DAS ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS. Exposição de motivos

PROJECTO DE LEI N.º 353/VIII CRIAÇÃO DE UM OBSERVATÓRIO NACIONAL DOS EFEITOS DAS ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS. Exposição de motivos PROJECTO DE LEI N.º 353/VIII CRIAÇÃO DE UM OBSERVATÓRIO NACIONAL DOS EFEITOS DAS ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS Exposição de motivos O aquecimento global é indubitavelmente um dos mais sérios problemas ambientais

Leia mais

Regulamento do Conselho Municipal de Educação do Fundão. Preâmbulo

Regulamento do Conselho Municipal de Educação do Fundão. Preâmbulo REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DO FUNDÃO Publicação II SÉRIE N.º 98 20 de Maio de 2010 Regulamento do Conselho Municipal de Educação do Fundão Preâmbulo A Lei de Bases do Sistema Educativo

Leia mais

INTERVENÇÃO ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA 2008.10.02. José Pedro AGUIAR-BRANCO

INTERVENÇÃO ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA 2008.10.02. José Pedro AGUIAR-BRANCO INTERVENÇÃO ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA 2008.10.02 José Pedro AGUIAR-BRANCO Senhor Presidente Srs. Ministros Senhoras e Senhores Deputados 1. A segurança e a justiça constituem um pilar fundamental do Estado

Leia mais

MENSAGEM DE NATAL PM

MENSAGEM DE NATAL PM MENSAGEM DE NATAL PM Boa noite, Como todos sabemos, os últimos 3 anos foram fortemente marcados pela resposta ao colapso financeiro de 2011. Todos sentimos no nosso dia-a-dia as dificuldades e como nos

Leia mais

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO NOTA JUSTIFICATIVA

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO NOTA JUSTIFICATIVA NOTA JUSTIFICATIVA Em conformidade com os poderes regulamentares que lhes são atribuídos pelos artigos 112º n.º 8 e 241º da Lei Constitucional, devem os Municípios aprovar os respectivos regulamentos municipais,

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Diário da República, 1.ª série N.º 82 28 de Abril de 2010 1461

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Diário da República, 1.ª série N.º 82 28 de Abril de 2010 1461 Diário da República, 1.ª série N.º 82 28 de Abril de 2010 1461 Através do Decreto -Lei n.º 212/2006, de 27 de Outubro (Lei Orgânica do Ministério da Saúde), e do Decreto -Lei n.º 221/2007, de 29 de Maio,

Leia mais

1. QUADRO DE REFERÊNCIA

1. QUADRO DE REFERÊNCIA PROTOCOLO entre Ministério da Justiça Presidência do Conselho de Ministros APS Associação Portuguesa de Seguradores DECO Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor ACP Automóvel Clube de Portugal

Leia mais

Em primeiro lugar, gostaria, naturalmente, de agradecer a todos, que se disponibilizaram, para estar presentes nesta cerimónia.

Em primeiro lugar, gostaria, naturalmente, de agradecer a todos, que se disponibilizaram, para estar presentes nesta cerimónia. Cumprimentos a todas as altas individualidades presentes (nomeando cada uma). Caras Colegas, Caros Colegas, Minhas Senhoras, Meus Senhores, Meus Amigos Em primeiro lugar, gostaria, naturalmente, de agradecer

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º /X SERVIÇO UNIVERSAL DE ACESSO À INTERNET EM BANDA LARGA. Exposição de motivos

PROJECTO DE LEI N.º /X SERVIÇO UNIVERSAL DE ACESSO À INTERNET EM BANDA LARGA. Exposição de motivos Grupo Parlamentar PROJECTO DE LEI N.º /X SERVIÇO UNIVERSAL DE ACESSO À INTERNET EM BANDA LARGA Exposição de motivos O enorme atraso na democratização do acesso à internet é um motivo de preocupação para

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 49 Discurso no encontro com grupo

Leia mais

Portugal. 2. Quadro institucional e jurídico 2.1 Legislação

Portugal. 2. Quadro institucional e jurídico 2.1 Legislação Portugal 1. Informações gerais Em finais dos anos 90, algumas organizações não-governamentais começaram a detectar mudanças na prostituição de rua no norte de Portugal. Novos projectos tentaram identificar

Leia mais

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES Presidência do Governo Secretário Regional Adjunto da Presidência Gabinete do Secretário

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES Presidência do Governo Secretário Regional Adjunto da Presidência Gabinete do Secretário Excelência, Em resposta ao Requerimento em epígrafe, cumpre-me transmitir a V. Exª. a seguinte informação: 1. Repondo a verdade histórica da constituição do Clube de Golfe da Ilha Terceira, designado também

Leia mais

NEWSLETTER Nº 9 SETEMBRO CONHECIMENTO INOVAÇÃO CRIATIVIDADE EFICIÊNCIA VALOR POTENCIAMOS O VALOR DAS ORGANIZAÇÕES

NEWSLETTER Nº 9 SETEMBRO CONHECIMENTO INOVAÇÃO CRIATIVIDADE EFICIÊNCIA VALOR POTENCIAMOS O VALOR DAS ORGANIZAÇÕES NEWSLETTER Nº 9 SETEMBRO CONHECIMENTO INOVAÇÃO CRIATIVIDADE EFICIÊNCIA VALOR POTENCIAMOS O VALOR DAS ORGANIZAÇÕES O Novo Regime Jurídico do Sector Empresarial Local O novo regime jurídico do sector empresarial

Leia mais

É precisamente nestas alturas que temos de equacionar todos os meios possíveis para tornar viáveis, nomeadamente, os museus.

É precisamente nestas alturas que temos de equacionar todos os meios possíveis para tornar viáveis, nomeadamente, os museus. Museus Novos produtos para novos públicos António Ponte Paço dos Duques de Bragança PORTO, 2011-11-07 Ao iniciar esta apresentação quero agradecer o convite que nos foi endereçado para apresentar a situação

Leia mais

Utilizadores de internet participam mais em estruturas associativas

Utilizadores de internet participam mais em estruturas associativas 6. PARTICIPAÇÃO ASSOCIATIVA E INTERVENÇÃO CÍVICA participam mais em estruturas associativas Dos utilizadores de internet, 30% são membros de entidades associativas. São os utilizadores que pertencem mais

Leia mais

Desigualdades criam dificuldades à sustentabilidade da Segurança Social Pág. 1

Desigualdades criam dificuldades à sustentabilidade da Segurança Social Pág. 1 Desigualdades criam dificuldades à sustentabilidade da Segurança Social Pág. 1 A ELIMINAÇÃO DA DESIGUALDADE DAS REMUNERAÇÕES ENTRE HOMENS E MULHERES EM PORTUGAL MELHORARIA A REPARTIÇÃO DA RIQUEZA E A SUSTENTABILIDADE

Leia mais

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE DE TRANCOSO

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE DE TRANCOSO REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE DE TRANCOSO ÍNDICE Regulamento do Conselho Municipal de Juventude de Trancoso... 1 Preâmbulo... 1 CAPÍTULO I... 2 Parte Geral... 2 Artigo 1º... 2 Lei Habilitante

Leia mais

(Só faz fé a versão proferida)

(Só faz fé a versão proferida) Exmo. Senhor Presidente do Centro Desportivo e Cultural de Londres, Exmo. Senhor Embaixador, Exmo. Senhor Cônsul Geral, Exmo. Senhor Adido Social, Exmo. Senhor Conselheiro das Comunidades Madeirenses,

Leia mais

CONSELHO GERAL. 2013-17 Ata número treze

CONSELHO GERAL. 2013-17 Ata número treze CONSELHO GERAL 2013-17 Ata número treze -------- Aos vinte e nove dias do mês de Abril de dois mil e quinze reuniu, pelas dezoito horas o conselho geral para tratar da seguinte ordem de trabalhos: -----

Leia mais

I REUNIÃO DE MINISTROS DA ENERGIA DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA. Cascais, 23 de junho de 2015. Declaração de Cascais

I REUNIÃO DE MINISTROS DA ENERGIA DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA. Cascais, 23 de junho de 2015. Declaração de Cascais I REUNIÃO DE MINISTROS DA ENERGIA DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA Cascais, 23 de junho de 2015 Declaração de Cascais Os Ministros responsáveis pela Energia da Comunidade dos Países de Língua

Leia mais

Município de Vieira do Minho

Município de Vieira do Minho CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE VIEIRA DO MINHO REGIMENTO INTERNO A lei nº 159/99, de 14 de Setembro estabelece no seu artigo19º, nº 2, alínea b), a competência dos órgãos municipais para criar os conselhos

Leia mais

Câmara Municipal Gondomar REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE GONDOMAR

Câmara Municipal Gondomar REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE GONDOMAR Câmara Municipal Gondomar REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE GONDOMAR Aprovado pela Câmara em 6/02/2003, alterado em Reunião de Câmara de 18/09/2003 Aprovado pela Assembleia Municipal em

Leia mais

ESTATUTO DA ASSEMBLEIA PARLAMENTAR DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA

ESTATUTO DA ASSEMBLEIA PARLAMENTAR DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA ESTATUTO DA ASSEMBLEIA PARLAMENTAR DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA Nós, representantes democraticamente eleitos dos Parlamentos de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné- Bissau, Moçambique, Portugal,

Leia mais

Autores: Fatima Proença, ACEP / Luís Vaz Martins, LGDH. Lisboa, 17 de Setembro de 2015

Autores: Fatima Proença, ACEP / Luís Vaz Martins, LGDH. Lisboa, 17 de Setembro de 2015 Casa dos Direitos da Guiné-Bissau Uma aposta de cooperação numa cultura de Direitos Humanos como chave para construção da Paz e a realização dos Direitos Autores: Fatima Proença, ACEP / Luís Vaz Martins,

Leia mais

Regulamento do Conselho Municipal de Juventude. de S. João da Madeira. Artigo 1º. Definição. Artigo 2º. Objecto. Artigo 3º.

Regulamento do Conselho Municipal de Juventude. de S. João da Madeira. Artigo 1º. Definição. Artigo 2º. Objecto. Artigo 3º. Regulamento do Conselho Municipal de Juventude de S. João da Madeira Artigo 1º Definição O Conselho Municipal de Juventude é o órgão consultivo do município sobre matérias relacionadas com a política de

Leia mais

INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O MINISTRO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES. Eng. Mário Lino. Cerimónia de Abertura do WTPF-09

INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O MINISTRO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES. Eng. Mário Lino. Cerimónia de Abertura do WTPF-09 INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O MINISTRO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES Eng. Mário Lino Cerimónia de Abertura do WTPF-09 Centro de Congressos de Lisboa, 22 de Abril de 2009 (vale a versão

Leia mais

Discurso do ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, na cerimônia de transmissão de cargo

Discurso do ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, na cerimônia de transmissão de cargo Discurso do ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, na cerimônia de transmissão de cargo Brasília, 02 de janeiro de 2015. Ministra Miriam Belchior, demais autoridades, parentes e amigos aqui presentes.

Leia mais

SECRETÁRIA DE ESTADO ADJUNTA E DA DEFESA NACIONAL. Ciberespaço: Liderança, Segurança e Defesa na Sociedade em Rede

SECRETÁRIA DE ESTADO ADJUNTA E DA DEFESA NACIONAL. Ciberespaço: Liderança, Segurança e Defesa na Sociedade em Rede INTERVENÇÃO DA SECRETÁRIA DE ESTADO ADJUNTA E DA DEFESA NACIONAL BERTA DE MELO CABRAL 7º EIN Simpósio Internacional Ciberespaço: Liderança, Segurança e Defesa na Sociedade em Rede Lisboa, Academia Militar,

Leia mais

1. (PT) - TVI 24 - Política Mesmo, 25/06/2014, Discurso de António José Seguro: Direto 1

1. (PT) - TVI 24 - Política Mesmo, 25/06/2014, Discurso de António José Seguro: Direto 1 Tv's_25_Junho_2014 Revista de Imprensa 26-06-2014 1. (PT) - TVI 24 - Política Mesmo, 25062014, Discurso de António José Seguro: Direto 1 2. (PT) - RTP Informação - Grande Jornal, 25062014, Consultas no

Leia mais

ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos!

ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos! ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos! Documento final aprovado por adolescentes dos Estados do Amazonas, da Bahia, do Ceará, do Mato Grosso,

Leia mais

Figo: «Objetivo é ajudar quem precisa»

Figo: «Objetivo é ajudar quem precisa» MEIO: WWW.RECORD.PT CORES P&B DATA: 9 DE DEZEMBRO DE 2013 Figo: «Objetivo é ajudar quem precisa» Luís Figo recebeu quase mil crianças na festa de Natal da sua Fundação, no Circo Aquático Show, em Lisboa.

Leia mais

Decreto n.º 22/95 Acordo de Cooperação Cultural e Científica entre o Governo da República Portuguesa e o Governo da Federação da Rússia

Decreto n.º 22/95 Acordo de Cooperação Cultural e Científica entre o Governo da República Portuguesa e o Governo da Federação da Rússia Decreto n.º 22/95 Acordo de Cooperação Cultural e Científica entre o Governo da República Portuguesa e o Governo da Federação da Rússia Nos termos da alínea c) do n.º 1 do artigo 200.º da Constituição,

Leia mais