LIFE AT HOME 2015 [IT STARTS WITH THE FOOD] LISBOA, PORTUGAL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "LIFE AT HOME 2015 [IT STARTS WITH THE FOOD] LISBOA, PORTUGAL"

Transcrição

1 LIFE AT HOME 2015 [IT STARTS WITH THE FOOD] LISBOA, PORTUGAL

2 Sobre o questionário Questionário Local Lisboa (PT) Questionário online realizado em Lisboa entre 13 de abril e 23 de abril Foram recolhidas 1004 respostas e o tempo médio de resposta foi cerca de 14 minutos. A faixa etária dos entrevistados foi estabelecida entre os 18 e os 60 anos para todas as cidades, de forma a ser comparável. Questionário global Para o relatório global Life at Home, foram recolhidas respostas, estando os entrevistados equitativamente distribuídos entre Estocolmo, Nova Iorque, Londres, Paris, Berlim, Mumbai, Xangai e Moscovo. Em comparação com o total, é a média destes oito mercados que é referida.

3 VARIÁVEIS DE CONTEXTO

4 Entrevistados: contexto

5 Entrevistados: contexto Quem vive consigo? Por quantas pessoas é composto o seu agregado familiar? Em que tipo de casa vive?

6 Uso de redes sociais Pergunta: Durante uma semana normal, com que frequência utiliza as redes sociais? Preferências alimentares Pergunta : Tem alguma alergia, preferências ou práticas alimentares? Base: Lisboa

7 Satisfação global de vida Pergunta: ver opções de resposta Lisboa Total 0: Sem stress, 10: Muito stressante(a) 0: Não aprecia nada, 10: Aprecia muito 0: Nada satisfeito, 10: Muito satisfeito

8 Hábitos Sustentáveis Pergunta: Qual das seguintes opções faz em casa? (ou seja, na sua cozinha/em casa relativamente a comida e cozinhar) Base: Lisboa

9 Verdadeiros apaixonados por comida Pergunta: No que se refere à comida e a cozinhar, em que medida diria que aprecia o seguinte? 0: Não aprecio nada, 10: Aprecio bastante

10 LIFE AT HOME REPORT CAPÍTULOS Jantar a qualquer hora, em qualquer lugar Influência da criança interior Comemos o que vemos A cozinha como terapia A linguagem da partilha Cozinhar com crianças Cozinhar com a sua personalidade Cultivar uma casa feliz

11 LIFE AT HOME REPORT Jantar a qualquer hora, em qualquer lugar Inner child influence What you see is what you eat Kitchen therapy The language of sharing Cooking with kids Cooking your personality Growing a happy home

12 JANTAR A QUALQUER HORA, EM QUALQUER LUGAR Os lisboetas querem comer juntos mais vezes Pergunta: Se pensar na frequência com que come com as pessoas que vivem consigo, nos dias de semana: Qual das seguintes declarações melhor descreve como se sente em relação a isso? Mostrar amostra de entrevistados: Sinto-me culpado por não comermos juntos mais vezes e Não me sinto culpado, mas gostava que comêssemos juntos mais vezes

13 JANTAR A QUALQUER HORA, EM QUALQUER LUGAR 1 em cada 3 lisboetas desejam comer juntos mais vezes Pergunta: Se pensar na frequência com que come com as pessoas que vivem consigo, nos dias de semana: Qual das seguintes declarações melhor descreve como se sente em relação a isso? Viver com outra(s) pessoa(s)

14 JANTAR A QUALQUER HORA, EM QUALQUER LUGAR Lisboetas a viver sozinhos querem comer juntos mais vezes Pergunta: Se pensar na frequência com que come em casa com outras pessoas, nos dias de semana: Qual das seguintes declarações melhor descreve como se sente em relação a isso? Viver sozinho

15 JANTAR A QUALQUER HORA, EM QUALQUER LUGAR Refeições juntos em casa, os horários diferentes são a principal barreira Viver com outra(s) pessoa(s) Pergunta: Quais as principais barreiras que fazem com que não coma em casa juntamente com as pessoas que vivem consigo nos dias de semana? 2 em 3 lisboetas afirmam que os horários diferentes são a razão principal para não comerem com outras pessoas

16 JANTAR A QUALQUER HORA, EM QUALQUER LUGAR Falta de tempo, a principal barreira para comer em casa com outras pessoas Viver sozinho Pergunta: Quais as principais barreiras que fazem com que não coma em casa juntamente com outras pessoas nos dias de semana?

17 JANTAR A QUALQUER HORA, EM QUALQUER LUGAR 1 em cada 3 lisboetas comem habitualmente na sala de estar Pergunta: Durante uma semana normal de segunda a sexta-feira, onde come em casa, sozinho ou com outras pessoas? Lisboa Total

18 JANTAR A QUALQUER HORA, EM QUALQUER LUGAR Tradicionalistas da cozinha Pergunta: Durante uma semana normal de segunda a sexta-feira, onde come em casa, sozinho ou com outras pessoas? 6 em 10 lisboetas só comem na cozinha ou na sala durante os dias de semana (60%) 2 em 10 lisboetas nunca comem na cozinha nem no espaço de refeição durante os dias de semana (60%)

19 Hábitos alimentares em redor da casa Pergunta: Durante uma semana normal de segunda a sexta-feira, onde come em casa, sozinho ou com outras pessoas? Tradicionalistas da cozinha Só comem na cozinha ou no espaço de refeição durante a semana Novos tradicionalistas Nunca comem na cozinha nem no espaço de refeição durante a semana

20 LIFE AT HOME REPORT The anywhere, anytime dinner Influência da criança interior What you see is what you eat Kitchen therapy The language of sharing Cooking with kids Cooking your personality Growing a happy home

21 INFLUÊNCIA DA CRIANÇA INTERIOR Relação com a comida na infância Pergunta: Qual das seguintes declarações melhor descreve a sua relação com a alimentação enquanto criança?

22 INFLUÊNCIA DA CRIANÇA INTERIOR Variedade aos dia de semana Pergunta: Pense nas refeições que normalmente come de segunda a sexta-feira - qual das seguintes declarações melhor as descreve

23 INFLUÊNCIA DA CRIANÇA INTERIOR Variedade aos dias de semana Pergunta: Pense nas refeições que normalmente come de segunda a sexta-feira - qual das seguintes declarações melhor as descreve PEQUENO-ALMOÇO Como mais ou menos a mesma coisa todos os dias da semana JANTAR Como mais ou menos a mesma coisa vários dias da mesma semana (ou com maior frequência )

24 INFLUÊNCIA DA CRIANÇA INTERIOR Os lisboetas são curiosos em relação à comida Pergunta: Com qual das seguintes declarações concorda? Gostaria de experimentar mais vezes novos tipos de comida Sou bom a variar o que como em casa nos dias de semana Existem alimentos que digo que não gosto, mesmo nunca os tendo provado antes Aborrece-me a comida que como em casa em dias de semana Penso que sou intolerante ou alérgico a determinados alimentos, apesar de nunca ter sido testado Não gosto de experimentar novos tipos de comida Nenhuma das acima referidas 22% 22% 16% 16% 8% 14% 6% 7% 3% 4% 51% 50% 66% 59% Lisboa TOTAL

25 INFLUÊNCIA DA CRIANÇA INTERIOR 2 em cada 3 lisboetas gostariam de experimentar novos tipos de comida Pergunta: No que se refere à comida e a cozinhar, em que medida diria que aprecia o seguinte? Aborrece-me a comida que como em casa em dias de semana 22% de lisboetas afirmam não gostar de certos alimentos, mesmo sem ter provado 8% de lisboetas pensam que são intolerantes ou alérgicos a determinados alimentos, apesar de nunca terem sido testados

26 A maioria dos lisboetas gostaria de experimentar novos tipos de comida INFLUÊNCIA DA CRIANÇA INTERIOR Pergunta: Com qual das seguintes declarações concorda? Gostaria de experimentar mais vezes novos tipos de comida

27 LIFE AT HOME REPORT The anywhere, anytime dinner Inner child influence Comemos o que vemos Kitchen therapy The language of sharing Cooking with kids Cooking your personality Growing a happy home

28 COMEMOS O QUE VEMOS 6 em cada 10 lisboetas sentiam-se bem se um amigo visse a sua cozinha Pergunta: Como se sentiria se um amigo visse a sua cozinha?

29 COMEMOS O QUE VEMOS 1 em cada 10 lisboetas sentiam-se desconfortáveis se um amigo visse a sua cozinha Pergunta: Como se sentiria se um amigo visse a sua cozinha? Bem Neutro Desconfortável Envergonhado Não posso responder Lisboa 60% 30% 8% 2% Total 43% 40% 12% 2% Xangai 62% 26% 7% 2% Moscovo 36% 48% 11% 2% Berlim 33% 46% 15% 2% Paris 35% 43% 17% 2% Mumbai 50% 39% 9% 1% Londres 35% 46% 14% 2% Novo Iorque 43% 40% 12% 3% Estocolmo 46% 38% 12% 2%

30 COMEMOS O QUE VEMOS O aspeto da cozinha é o mais importante Sentia-me bem Sentia-me desconfortável e envergonhado Pergunta: Respondeu que se sentiria bem se um amigo visse a sua cozinha - porquê? Pergunta: Respondeu que se sentiria envergonhado ou desconfortável se um amigo visse a sua cozinha porquê?

31 COMEMOS O QUE VEMOS Hábitos Sustentáveis Pergunta: Qual das seguintes declarações melhor se aplica a si?

32 COMEMOS O QUE VEMOS 1 em cada 5 lisboetas sente-se mal com a quantidade de comida que deita fora todas as semanas Pergunta: Qual das seguintes declarações melhor se aplica a si? Sinto-me mal com a quantidade de comida que deito fora todas as semanas. 24% de lisboetas entre anos sentem-se mal com a quantidade de comida que deitam foram todas as semanas

33 COMEMOS O QUE VEMOS Sobras de comida, mais de 8 em cada 10 lisboetas comem sobras, pelo menos uma vez por semana (82%) Pergunta: Com que frequência come sobras de comida?

34 COMEMOS O QUE VEMOS Sobras, poupam tempo e dinheiro Como sobras uma ou mais vezes por semana Pergunta: Quais as razões mais importantes para comer sobras? Raramente ou nunca como sobras Pergunta: Respondeu que raramente ou nunca come sobras. Quais as razões mais importantes? Lisboa Média global

35 LIFE AT HOME REPORT The anywhere, anytime dinner Inner child influence What you see is what you eat A cozinha como terapia The language of sharing Cooking with kids Cooking your personality Growing a happy home

36 A COZINHA COMO TERAPIA 6 em cada 10 lisboetas gostam muito de cozinhar Pergunta: No que se refere à comida e a cozinhar, em que medida diria que aprecia o seguinte? Quão confiante se sente quando cozinha em casa? Gosto muito de cozinhar* *Respostas 7-10 em 0-10 em que 10: Gosto muito de cozinhar Confiança na cozinha *Respostas 7-10 em 0-10 em que 10: sente-se muito confiante a cozinhar em casa

37 A COZINHA COMO TERAPIA Cozinhar em casa, 9 em cada 10 lisboetas cozinham em casa pelo menos uma vez por semana Pergunta: Com que frequência cozinha em casa em dias de semana?

38 A COZINHA COMO TERAPIA Cozinhar todos os dias, lisboetas são os cozinheiros mais frequentes Pergunta: Com que frequência cozinha em casa em dias de semana?

39 A COZINHA COMO TERAPIA Comprar fora e comer em casa é menos comum em Lisboa Pergunta: Com que frequência compra comida fora e come em casa?

40 A COZINHA COMO TERAPIA Lisboetas menos confiantes na cozinha Pergunta: Quão confiante se sente quando cozinha em casa? Escala 0-10, 1: Nada confiante, 10: Muito confiante

41 A COZINHA COMO TERAPIA Cozinhar durante a semana, sentimentos diversos Pergunta: Que sentimentos melhor descrevem como normalmente se sente quando cozinha em dias de semana?

42 A COZINHA COMO TERAPIA Tempo, o maior obstáculo a cozinhar todos os dias Pergunta: Quais diria serem as suas maiores barreiras para cozinhar em casa em dias de semana?

43 LIFE AT HOME REPORT The anywhere, anytime dinner Inner child influence What you see is what you eat Kitchen therapy A linguagem da partilha Cooking with kids Cooking your personality Growing a happy home

44 A LINGUAGEM DA PARTILHA Durante as refeições, os lisboetas usam os dispositivos móveis de forma contida Pergunta: Durante uma semana normal, você ou alguém com quem vive utiliza dispositivos móveis quando comem em conjunto?

45 A LINGUAGEM DA PARTILHA e são ligeiramente mais céticos em relação aos mesmos Pergunta: Pense em como se sente em relação a smartphones e outros equipamentos móveis durante as refeições em casa com os seus amigos e família. Com qual das seguintes afirmações concorda? É aborrecido quando as pessoas utilizam o(s) equipamento(s) móvel(eis) quando comem em conj unto 53% 72% Gostaria que ninguém estivesse autorizado a utilizar equipamento(s) móvel(eis) durante as refeições em casa O(s) equipamento(s) móvel(eis) estão a tornar mais difícil para mim e para aqueles com quem vivo relacionarmo-nos enquanto comemos juntos 9% 31% 32% 25% Lisboa TOTAL 23% Não me importo que as pessoas utilizem um pouco o(s) equipamento(s) móvel(eis) enquanto comemos juntos em casa O(s) equipamento(s) móvel(eis) torna(m)as refeições menos solitárias, quando como sozinho 14% 17% 9% 16% dos jovens(18-29) lisboetas pensam que as redes sociais tornam as refeições menos solitárias, quando comem sozinhos Não deixo que as pessoas utilizem smartphones, tablets ou portáteis quando tomam refeições em conjunto em casa 2% 2% Nenhuma das acima 2% 4%

46 A LINGUAGEM DA PARTILHA A comida e as atividades nas redes sociais Pergunta: Qual dos seguintes fez recentemente? Procurei receitas específicas online Fiz chamadas, mandei mensagens ou troquei mensagens em redes sociais com amigos enquanto comia sozinho Pesquisei inspiração culinária ou receitas nas redes sociais Li websites ou blogs de culinária em busca de inspiração Enviei fotografias da comida que estou a comer à família ou amigos Vi vídeos de culinária (ex.: no YouTube) Vi fotografias de comida de determinadas contas em redes sociais Publiquei fotografias de comida nas redes sociais Ocultei publicações de pessoas que publicam demasiadas fotografias de alimentos nas plataformas sociais Li ou participei em discussões sobre comida em sítios web (ex.: fóruns, comentei receitas) Publiquei as minhas receitas nas redes sociais Publiquei em blog artigos sobre comida/cozinhar Nenhuma das acima 24% 17% 23% 22% 16% 24% 24% 27% 30% 18% 18% 19% 4% 2% 7% 14% 4% 10% 2% 9% 19% 20% 47% 44% 49% 41% Lisboa TOTAL

47 A LINGUAGEM DA PARTILHA 34% das mulheres em Lisboa preferiam que ninguém fosse autorizado a utilizar dispositivos móveis quando comem em conjunto em casa (27 % dos homens) 23% dos lisboetas entre anos afirmam que os dispositivos móveis fazem com que se sintam mais acompanhados quando comem sozinhos (13% nos 30-39, 9% nos e 7% nos 50-60) 18% dos homens em Lisboa não se importam que as pessoas utilizem um pouco os dispositivos quando comem em conjunto em casa (10 % das mulheres) 31% das mulheres em Lisboa visitam sites ou blogues de culinária para se inspirarem (15 % dos homens) Pergunta: Qual dos seguintes fez recentemente? Pergunta: Pense em como se sente em relação a smartphones e outros equipamentos móveis durante as refeições em casa com os seus amigos e família.

48 LIFE AT HOME REPORT The anywhere, anytime dinner Inner child influence What you see is what you eat Kitchen therapy The language of sharing Cozinhar com crianças Cooking your personality Growing a happy home

49 COZINHAR COM CRIANÇAS É importante para os lisboetas envolverem os filhos em atividades em redor da comida Pergunta: Quão importante é que as suas crianças ajudem de alguma forma em atividades relacionadas com a comida? 75% dos pais lisboetas pensam ser importante envolver os filhos em atividades em redor da comida 90% dos pais lisboetas julgam ser importante envolver, de alguma forma, os filhos em atividades em redor da comida

50 COZINHAR COM CRIANÇAS A importância de envolver crianças em redor da comida Pergunta: Quão importante é que as suas crianças ajudem de alguma forma em atividades relacionadas com a comida?

51 As crianças ajudam em atividades relacionadas com a comida com mais frequência em Lisboa Pergunta: De qual das seguintes formas as suas crianças ajudam em atividades relacionadas com a comida em dias de semana? COZINHAR COM CRIANÇAS

52 COZINHAR COM CRIANÇAS A reciclagem é uma brincadeira de crianças em Lisboa Pergunta: De qual das seguintes formas as suas crianças ajudam em atividades relacionadas com a comida em dias de semana? Tirar os pratos da mesa 48% 68% Lisboa Pôr/decorar a mesa 45% 68% TOTAL Desembalar/arrumar as mercearias em casa 40% 48% Ir às compras 39% 51% Ajudar a escolher o que todos comemos (pequeno-almoço, almoço ou jantar) 34% 36% Ajudar a cozinhar (cortar, medir, lavar, mexer, etc.) 39% 35% Lavar os pratos/pôr os pratos na máquina 33% 40% Preparar para cozinhar (ir buscar as mercearias, panelas e frigideiras, etc.) 34% 30% Ajudar com a separação do lixo/reciclagem 30% 52% Planear as refeições/decidir o que comprar 21% 27% Os meus filhos não ajudam nas atividades alimentares 8% 11%

53 COZINHAR COM CRIANÇAS Os pais lisboetas têm receio que os filhos se magoem quando estão na cozinha Pergunta: Quais as principais barreiras que fazem com que não envolva o(s) filho(s) nas atividades relacionadas com a preparação da comida em dias de semana? Preocupa-me que se magoem Estão demasiado ocupados com as suas tarefas para ajudarem São demasiado novos para ajudar Irá fazer com que demore mais tem po Gera demasiada confusão É difícil para eles alcançarem e utilizarem os utensílios Eles não querem ajudar Normalmente as crianças estão demasiado cansadas/rabugentas Requer demasiado esforço fazer com que eles ajudem Não sei como melhor os envolver Normalmente não cozinho em casa Não sei 28% 19% 26% 27% 23% 29% 22% 16% 16% 19% 11% 14% 8% 13% 6% 13% 5% 13% 6% 8% 2% 4% 17% 0% Lisboa TOTAL

54 LIFE AT HOME REPORT The anywhere, anytime dinner Inner child influence What you see is what you eat Kitchen therapy The language of sharing Cooking with kids Cozinhar a sua personalidade Growing a happy home

55 COZINHAR A SUA PERSONALIDADE 1 em cada 2 lisboetas cozinham com outras pessoas pelo menos uma vez por semana (49%) Pergunta: Com que frequência cozinha com outras pessoas? (O seu parceiro, amigos, outros familiares, etc.)

56 COZINHAR A SUA PERSONALIDADE 1 em cada 2 lisboetas gosta muito de cozinhar com outras pessoas Pergunta: Até que ponto aprecia cozinhar com outros?

57 COZINHAR A SUA PERSONALIDADE Cozinhar com outros Pergunta: Pense em cozinhar com outras pessoas. Qual das seguintes declarações descreve como é essa experiência para si? 16% das mulheres lisboetas acham que cozinhar juntos é uma das atividades de que mais gostam de fazer com outra pessoas (Homens 11%) 19% dos lisboetas aprendem coisas sobre si próprios que se tornam mais evidentes quando cozinham (mulheres 13%) Cozinhar com outras pessoas pode frequentemente ser stressante Mais confiante na cozinha Menos confiante na cozinha 13% 6% Escala :Muito confiante. 0:Nada confiante. Mais confiante=7-10, Menos confiante=0-3

58 COZINHAR A SUA PERSONALIDADE Cozinhar com outros Pergunta: : Pense em cozinhar com outras pessoas. Qual das seguintes declarações descreve como é essa experiência para si?

59 COZINHAR A SUA PERSONALIDADE Os homens lisboetas são um pouco mais confiantes na cozinha Pergunta: Quão confiante se sente quando cozinha em casa? *Respostas 7-10, escala 1-10, 10: Muito confiante

60 COZINHAR A SUA PERSONALIDADE Cozinhar com outras pessoas pode frequentemente ser stressante Pergunta: Quão confiante se sente quando cozinha em casa? *Resposta 7-10 e 0-3, escala 1-10, 10: Muito confiante

61 LIFE AT HOME REPORT The anywhere, anytime dinner Inner child influence What you see is what you eat Kitchen therapy The language of sharing Cooking with kids Cooking your personality Cultivar uma casa feliz

62 CULTIVAR UMA CASA FELIZ Uma maioria dos lisboetas cultiva Pergunta: Tem plantada alguma destas plantas/vegetais? 56% De lisboetas cultivam algo

63 Mais do que 1 em cada 2 lisboetas cultivam algo CULTIVAR UMA CASA FELIZ Pergunta: Tem plantada alguma destas plantas/vegetais? Percentagem 56% 60% que cultiva: Lisboa Total 69% 63% 74% Berlim Moscovo Xangai Percentagem que cultiva: 51% 50% 51% 67% 52% Estocolmo Nova Iorque Londres Mumbai Paris

64 CULTIVAR UMA CASA FELIZ Varandas: o sítio escolhido para cultivar em casa Pergunta: Onde tem plantados os vegetais e plantas? 46% de mulheres lisboetas cultivam plantas ou vegetais em casa ou no apartamento (homens 33%) Base: Não gostava de cultivar em casa

65 CULTIVAR UMA CASA FELIZ A maior parte dos lisboetas cultiva para ter produtos frescos para cozinhar Pergunta: Porque planta vegetais/plantas em casa?

66 CULTIVAR UMA CASA FELIZ Cultivar em casa, falta de espaço é a principal barreira para cultivar em casa Pergunta: Porque não planta vegetais/plantas em casa?

67

Vivências condicionadas do digital: as experiências de crianças e jovens do Programa Escolhas

Vivências condicionadas do digital: as experiências de crianças e jovens do Programa Escolhas Vivências condicionadas do digital: as experiências de crianças e jovens do Programa Escolhas Cristina Ponte, José Alberto Simões, Ana Jorge FCSH-UNL, Lisboa, 4 de Novembro 2011 Aspectos gerais Objectivo

Leia mais

O / 4 FAIXA ETÁRIA SEXO 1.5% 0.2% 6.1% 0.2% 13.5% 25.8% 52.6% 407 entrevistas foram realizadas nos dias 27 e 28 de janeiro de 2010. Feminino.

O / 4 FAIXA ETÁRIA SEXO 1.5% 0.2% 6.1% 0.2% 13.5% 25.8% 52.6% 407 entrevistas foram realizadas nos dias 27 e 28 de janeiro de 2010. Feminino. A TERCEIRA EDIÇÃO DA CAMPUS PARTY BRASIL, REALIZADA EM SÃO PAULO ENTRE OS DIAS 25 E 31 DE JANEIRO DE 2010, REUNIU QUASE 100 MIL PARTICIPANTES PARA DISCUTIR AS TENDÊNCIAS DA INTERNET E DAS MÍDIAS DIGITAIS.

Leia mais

Portugal: ambientes online de crianças e jovens. Resultados do Projecto EU Kids Online, Conferência nacional, 04.02. 2011 Cristina Ponte, FCSH-UNL

Portugal: ambientes online de crianças e jovens. Resultados do Projecto EU Kids Online, Conferência nacional, 04.02. 2011 Cristina Ponte, FCSH-UNL Portugal: ambientes online de crianças e jovens Resultados do Projecto EU Kids Online, Conferência nacional, 04.02. 2011 Cristina Ponte, FCSH-UNL Estrutura 1) Contextos familiares 2) Acesso à internet

Leia mais

ATÓRIO OBSERV. mcf*(penso) julho/agosto 2013

ATÓRIO OBSERV. mcf*(penso) julho/agosto 2013 OBSERV ATÓRIO Outro dia, por mais uma vez, decidi que freqüentaria a uma academia. Como acabei de me mudar de casa, busquei no Google maps do meu celular por Academia e de imediato diversos pontinhos vermelhos

Leia mais

EU Kids Online II (31/3/2010) 9-10 ANOS

EU Kids Online II (31/3/2010) 9-10 ANOS OPIAR Nº DA FOLHA DE ONTATO RESUMO ÓDIGO PAÍS 1 8 Nº PONTO DE AMOSTRAGEM Nº DA MORADA NOME E Nº ENTREVISTADOR MORADA: ÓDIGO REGIÃO ÓDIGO POSTAL NÚMERO DE TELEFONE EU Kids Online II (31/3/2010) 9-10 ANOS

Leia mais

Redes Sociais em Portugal

Redes Sociais em Portugal Relatório de Resultados Redes Sociais em Portugal Dezembro de 2009 Estudo NE396 Netsonda - Network Research Quem Somos? Com quase 10 anos de actividade, a Netsonda foi a primeira empresa em Portugal a

Leia mais

CRIANÇAS E MEIOS DIGITAIS MÓVEIS A MEDIAÇÃO DA ESCOLA NO ACESSO A REDES E USOS DE TELEMÓVEIS E SMARTPHONES

CRIANÇAS E MEIOS DIGITAIS MÓVEIS A MEDIAÇÃO DA ESCOLA NO ACESSO A REDES E USOS DE TELEMÓVEIS E SMARTPHONES CRIANÇAS E MEIOS DIGITAIS MÓVEIS A MEDIAÇÃO DA ESCOLA NO ACESSO A REDES E USOS DE TELEMÓVEIS E SMARTPHONES Alguns dados Utilização de wifi nas escolas Disponibilidade de wifi na escola Perto de três quartos

Leia mais

ÍNDICE DE STRESS PARENTAL

ÍNDICE DE STRESS PARENTAL ÍNDICE DE STRESS PARENTAL Tradução e adaptação de Parenting Stress Index - Short Form (Abidin, 990) por Ana Santos Flores e Teresa Brandão (997) U.T.L. Faculdade de Motricidade Humana Dep. Educação Especial

Leia mais

Nosso Planeta Mobile: Brasil

Nosso Planeta Mobile: Brasil Nosso Planeta Mobile: Brasil Como entender o usuário de celular Maio de 2013 1 Resumo executivo Os smartphones se tornaram indispensáveis para nosso cotidiano. A difusão dos smartphones atinge 26 % da

Leia mais

Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2012

Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2012 Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2012 06 de novembro de 2012 60% das pessoas dos 16 aos 74 anos utilizam Internet

Leia mais

QUAL É A SUA MAIOR DÚVIDA?

QUAL É A SUA MAIOR DÚVIDA? QUAL É A SUA MAIOR DÚVIDA? Sonhos, Execução e Responsabilidade. ROBERTO FERMINO (ROCO) Q uer saber... Esta semana você é minha prioridade! Fiquei tão movido pelas dúvidas e mensagens de apoio que o mínimo

Leia mais

Our Mobile Planet: Portugal

Our Mobile Planet: Portugal Our Mobile Planet: Portugal Compreender o Consumidor de Telemóveis Maio de 2013 Informações Confidenciais e de Propriedade da Google 1 Resumo Executivo Os smartphones tornaram-se uma parte indispensável

Leia mais

Resultados de Pesquisa sobre utilização empresarial de Plataformas Móveis

Resultados de Pesquisa sobre utilização empresarial de Plataformas Móveis Resultados de Pesquisa sobre utilização empresarial de Plataformas Móveis Apresentação Esta pesquisa sobre a utilização empresarial de Plataformas Móveis, teve como público-alvo profissionais de TI e executivos

Leia mais

1. INTRODUÇÃO. 2. Preparação para sua discussão com seu médico

1. INTRODUÇÃO. 2. Preparação para sua discussão com seu médico 1. INTRODUÇÃO Artrite reumatoide (AR) é uma doença inflamatória crônica que pode afetar diferentes áreas da vida.1 Como parte do controle de longo prazo da AR, seu médico* irá ajudá-lo a controlar melhor

Leia mais

Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa

Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa A Universidade de Lisboa está a fazer um estudo que procura saber como é que as crianças e os jovens portugueses utilizam a internet e o que pensam

Leia mais

Saúde e produtividade: um olhar sobre o cenário brasileiro. Cesar Lopes Líder de Saúde e Benefícios em Grupo, Towers Watson

Saúde e produtividade: um olhar sobre o cenário brasileiro. Cesar Lopes Líder de Saúde e Benefícios em Grupo, Towers Watson Saúde e produtividade: o valor de uma força de trabalho saudável para o sucesso nos negócios Saúde e produtividade: um olhar sobre o cenário brasileiro Cesar Lopes Líder de Saúde e Benefícios em Grupo,

Leia mais

Brasil Conectado Hábitos de Consumo de Mídia

Brasil Conectado Hábitos de Consumo de Mídia Brasil Conectado Hábitos de Consumo de Mídia Objetivos Buscar compreender a audiência online no Brasil, seu envolvimento com a Internet e os diversos tipos de tecnologia (habitos), percepções e atitudes

Leia mais

Como ganhar dinheiro online no Youtube: Um guia sem frescuras. Duas formas básicas de ganhar dinheiro com Youtube

Como ganhar dinheiro online no Youtube: Um guia sem frescuras. Duas formas básicas de ganhar dinheiro com Youtube Como ganhar dinheiro online no Youtube: Um guia sem frescuras Se você está procurando por maneiras de ganhar dinheiro online, o Youtube por ser uma verdadeira mina de ouro. Apesar de muitos acharem que

Leia mais

Trabalho sobre Social Media Como implementar Social Media na empresa

Trabalho sobre Social Media Como implementar Social Media na empresa Como implementar Social Media na empresa 1 As razões: Empresas ainda desconhecem benefícios do uso de redes sociais Das 2,1 mil empresas ouvidas em estudo do SAS Institute e da Harvard Business Review,

Leia mais

ESTUDO DE RECEPÇÃO DOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PORTUGUESES (ISCTE/ERC) A CRIANÇA/ADOLESCENTE DO ESTUDO E A FAMÍLIA

ESTUDO DE RECEPÇÃO DOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PORTUGUESES (ISCTE/ERC) A CRIANÇA/ADOLESCENTE DO ESTUDO E A FAMÍLIA ESTUDO DE RECEPÇÃO DOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PORTUGUESES (ISCTE/ERC) Questionário Pai / Mãe / Encarregado/a de Educação Nota: Não deve escrever o nome e/ou morada em nenhuma das páginas deste questionário

Leia mais

Avaliação do Projeto-Piloto de Tablets Acer-European Schoolnet

Avaliação do Projeto-Piloto de Tablets Acer-European Schoolnet PT Introdução de Tablets nas Escolas: Avaliação do Projeto-Piloto de Tablets Acer-European Schoolnet SUMÁRIO EXECUTIVO Editor European Schoolnet (EUN Partnership AISBL) Rue de Trèves 61 1040 Bruxelas -

Leia mais

Cover. Guia de Gestão de Contatos para Clínicas. Como converter novos contatos em agendamentos

Cover. Guia de Gestão de Contatos para Clínicas. Como converter novos contatos em agendamentos Cover Aprimorando o Atendimento ao Cliente para melhor Performance em Produtividade e Receita Text Guia de Gestão de Contatos para Clínicas Como converter novos contatos em agendamentos Gestão de contatos

Leia mais

O seu bem-estar emocional

O seu bem-estar emocional Your Emotional Wellbeing in pregnancy and beyond- Portuguese O seu bem-estar emocional na gravidez e períodos seguintes Breve guia 1 O seu bem-estar emocional na gravidez e períodos seguintes 2 Gravidez

Leia mais

Metro. é o que mais agrada. Transportes públicos

Metro. é o que mais agrada. Transportes públicos é o que mais agrada O metro é um dos meios de transporte mais usados e que mais satisfaz os inquiridos. Já o autocarro desilude a elevada percentagem que o usa METRO DO PORTO A empresa que lidera na satisfação

Leia mais

TOTAL DE RESPONDENTES: 698 entrevistados. DATA DE REALIZAÇÃO: 30 de maio e 01 de junho, nas ruas do centro do Rio de Janeiro.

TOTAL DE RESPONDENTES: 698 entrevistados. DATA DE REALIZAÇÃO: 30 de maio e 01 de junho, nas ruas do centro do Rio de Janeiro. Enquete Um estudo feito por matemáticos da Universidade de Vermont, nos Estados Unidos, mostrou que o dia preferido pelas pessoas é o domingo. Os pesquisadores analisaram 2,4 milhões de mensagens pela

Leia mais

Economia da Educação 2012/2013 Pedro Telhado Pereira Frequência 5/6/2011 (Duração - 120 minutos) Tópicos de resolução

Economia da Educação 2012/2013 Pedro Telhado Pereira Frequência 5/6/2011 (Duração - 120 minutos) Tópicos de resolução Economia da Educação 2012/2013 Pedro Telhado Pereira Frequência 5/6/2011 (Duração - 120 minutos) Tópicos de resolução Nome: Nº: As respostas devem ser dadas na folha de enunciado I Estudos têm mostrado

Leia mais

Nosso Planeta Mobile: Brasil

Nosso Planeta Mobile: Brasil Nosso Planeta Mobile: Brasil Como entender o usuário de celular Maio de 2012 1 Resumo executivo Os smartphones se tornaram indispensáveis para nosso cotidiano. A difusão dos smartphones atinge 14% da população,

Leia mais

Você Gostaria Que Eu Lhe Desse Um Plano, Para ATRAIR 3 Ou 4 Vezes Mais Clientes Para O Seu Negócio, De Graça?

Você Gostaria Que Eu Lhe Desse Um Plano, Para ATRAIR 3 Ou 4 Vezes Mais Clientes Para O Seu Negócio, De Graça? Você Gostaria Que Eu Lhe Desse Um Plano, Para ATRAIR 3 Ou 4 Vezes Mais Clientes Para O Seu Negócio, De Graça? Caro amigo (a) Se sua empresa está sofrendo com a falta de clientes dispostos a comprar os

Leia mais

Antes de tudo... Obrigado!

Antes de tudo... Obrigado! Antes de tudo... Obrigado! Eu, Luiz Felipe S. Cristofari, agradeço por ter baixado esse PDF. Criei esse material para ajudar você a ter mais sucesso com suas ideias na internet e fico muito feliz quando

Leia mais

questionários de avaliação da satisfação CLIENTES, COLABORADORES, PARCEIROS

questionários de avaliação da satisfação CLIENTES, COLABORADORES, PARCEIROS questionários de avaliação da satisfação creche CLIENTES, COLABORADORES, PARCEIROS 2ª edição (revista) UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu Governo da República Portuguesa SEGURANÇA SOCIAL INSTITUTO DA

Leia mais

Netsonda realiza estudo sobre o Natal e a Internet em Portugal Oeiras, 9 de Dezembro de 2013

Netsonda realiza estudo sobre o Natal e a Internet em Portugal Oeiras, 9 de Dezembro de 2013 Comunicado de Imprensa Netsonda realiza estudo sobre o Natal e a Internet em Portugal Oeiras, 9 de Dezembro de 2013 A Netsonda levou a cabo o estudo de opinião sobre um conjunto de questões relacionadas

Leia mais

Lidando com o Cão Dominante

Lidando com o Cão Dominante Lidando com o Cão Dominante De Eugênio Gomes, 2006. Baseado no texto Dealing With the Dominant Dog, de Ed Frawley. Introdução Muitas pessoas, incluindo treinadores experientes, entendem mal a dominância

Leia mais

3. Meu parceiro poderia ficar chateado se soubesse sobre algumas coisas que tenho feito com outras pessoas.

3. Meu parceiro poderia ficar chateado se soubesse sobre algumas coisas que tenho feito com outras pessoas. UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA NÚCLEO DE ANÁLISE DO COMPORTAMENTO Caro(a) participante: Esta é uma pesquisa do Departamento de Psicologia da Universidade Federal do Paraná e

Leia mais

EU Kids Online II (31/03/2010) 11-16 ANOS

EU Kids Online II (31/03/2010) 11-16 ANOS OPIAR Nº DA FOLHA DE ONTATO RESUMO ÓDIGO PAÍS Nº PONTO DE AMOSTRAGEM Nº DA MORADA NOME E Nº ENTREVISTADOR MORADA: ÓDIGO REGIÃO ÓDIGO POSTAL NÚMERO DE TELEFONE EU Kids Online II (31/03/2010) 11-16 ANOS

Leia mais

A criança preocupada. Claudia Mascarenhas Fernandes

A criança preocupada. Claudia Mascarenhas Fernandes A criança preocupada Claudia Mascarenhas Fernandes Em sua época Freud se perguntou o que queria uma mulher, devido ao enigma que essa posição subjetiva suscitava. Outras perguntas sempre fizeram da psicanálise

Leia mais

A REPUTAÇÃO ONLINE DOS HOTÉIS

A REPUTAÇÃO ONLINE DOS HOTÉIS A REPUTAÇÃO ONLINE DOS HOTÉIS Descubra a importância da reputação online do seu hotel na rentabilidade. Perceba qual a melhor maneira de tirar partido das ferramentas digitais. O PORQUÊ DE LER ESTE EBOOK!

Leia mais

AVALIE ENSINO MÉDIO 2013 Questionário do Estudante

AVALIE ENSINO MÉDIO 2013 Questionário do Estudante AVALIE ENSINO MÉDIO 2013 Questionário do Estudante Caro Estudante, O Projeto Avalie pretende conhecer melhor o perfil do estudante do Ensino Médio da Bahia, por isso a sua participação representa a garantia

Leia mais

FORMAÇÃO NO ÂMBITO DO PEFF/A 1ªSESSÃO

FORMAÇÃO NO ÂMBITO DO PEFF/A 1ªSESSÃO FORMAÇÃO NO ÂMBITO DO PEFF/A 1ªSESSÃO 28 DE NOVEMBRO - 21 HORAS RECONHECER AS SUAS EMOÇÕES 1-TESTE DE AUTO-AVALIAÇÃO Indique até que ponto cada uma das seguintes afirmações o descreve. Seja franco e 1

Leia mais

Anexo 1 - Pedido de Autorização às Escolas

Anexo 1 - Pedido de Autorização às Escolas Anexo 1 - Pedido de Autorização às Escolas Exmo. Senhor(a), Presidente do Conselho Diretivo da Escola Eu, Sara Alexandra Melo Mendes, no âmbito da minha dissertação de Mestrado em Psicologia Clínica estou

Leia mais

Tenho um Plano. Truques, recursos e calendários.

Tenho um Plano. Truques, recursos e calendários. Tenho um Plano. Truques, recursos e calendários. A.- Quero estar com as pessoas que mais amo. 1. Informar e dizer-lhe o que se passa comigo e do que preciso. 2. Telefonar a 3. Felicitar por 4. Estar com

Leia mais

Texto: Cinco pontos sobre redes sociais na Internet. Análise:

Texto: Cinco pontos sobre redes sociais na Internet. Análise: Texto: Cinco pontos sobre redes sociais na Internet Por Raquel Recuero Análise: Introdução: Ao longo da história do homem contemporâneo tivemos diversos avanços nas chamadas tecnologias de comunicação,

Leia mais

Combate ao Desperdício Alimentar. Dicas e sugestões

Combate ao Desperdício Alimentar. Dicas e sugestões Combate ao Desperdício Alimentar Dicas e sugestões 2014 A alimentação ocupa um lugar importante na gestão da economia familiar. No entanto, nas casas portuguesas são desperdiçadas cerca de 324 mil toneladas

Leia mais

Happy Home Wallet. Um guia que o ajuda a poupar recursos

Happy Home Wallet. Um guia que o ajuda a poupar recursos Um guia que o ajuda a poupar recursos 1 Introdução... 3 Como mudar os seus padrões de consumo?... 4 Como poupar os seus recursos diários: Água... 6 Como poupar os seus recursos diários: Energia... 8 Como

Leia mais

Flavia Mariano. Equilíbrio. a vida não faz acordos. 1ª Edição POD

Flavia Mariano. Equilíbrio. a vida não faz acordos. 1ª Edição POD Flavia Mariano Equilíbrio a vida não faz acordos 1ª Edição POD Petrópolis KBR 2011 Edição e revisão KBR Editoração APED Capa KBR Imagem da capa fotomontagem sobre arquivo Google Copyright 2011 Flavia Mariano

Leia mais

TESTE DE CONSCIÊNCIA EMOCIONAL. (Adaptado de Jonh Gottman e Joan DeClaire, em A Inteligência Emocional na Educação) IRA

TESTE DE CONSCIÊNCIA EMOCIONAL. (Adaptado de Jonh Gottman e Joan DeClaire, em A Inteligência Emocional na Educação) IRA TESTE DE CONSCIÊNCIA EMOCIONAL (Adaptado de Jonh Gottman e Joan DeClaire, em A Inteligência Emocional na Educação) O seguinte teste foi concebido para o ajudar a encarar a sua própria vida emocional, o

Leia mais

Anexo 4. ANEXO 4 Planeamento e guião dos focus groups

Anexo 4. ANEXO 4 Planeamento e guião dos focus groups ANEXO 4 Planeamento e guião dos focus groups 1 Passo 1 Antes Preparar documento com objetivos do estudo + secções que serão abordadas no focus group para entregar aos alunos. Arranjar sala. Acesso a meios

Leia mais

Harmonia. Alimentação Infantil. carlafernandes.eu

Harmonia. Alimentação Infantil. carlafernandes.eu Nutrir em Harmonia Alimentação Infantil carlafernandes.eu carlafernandes.eu Alimentação Infantil *Dicas práticas para o dia-a-dia Cada família tem uma cultura alimentar que é única. Única porque é marcada

Leia mais

Anexo 2.1 - Entrevista G1.1

Anexo 2.1 - Entrevista G1.1 Entrevista G1.1 Entrevistado: E1.1 Idade: Sexo: País de origem: Tempo de permanência 51 anos Masculino Cabo-verde 40 anos em Portugal: Escolaridade: Imigrações prévias : São Tomé (aos 11 anos) Língua materna:

Leia mais

Dinâmica e Animação de Grupo

Dinâmica e Animação de Grupo Dinâmica e Animação de Grupo Desenvolvimento de Competências Turma G3D Leandro Diogo da Silva Neves 4848 Índice 1. Introdução... 3 2. Planeamento de desenvolvimento individual... 4 2.1 Competências...

Leia mais

Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2013

Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2013 Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2013 38% DAS PESSOAS COM IDADE ENTRE 16 E 74 ANOS CONTACTAM COM ORGANISMOS

Leia mais

Transcrição de Entrevista nº 4

Transcrição de Entrevista nº 4 Transcrição de Entrevista nº 4 E Entrevistador E4 Entrevistado 4 Sexo Masculino Idade 43 anos Área de Formação Engenharia Electrotécnica E - Acredita que a educação de uma criança é diferente perante o

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

Enquete para Pais ou Responsáveis

Enquete para Pais ou Responsáveis MEXT Ministério da Educação, Cultura, Esportes, Ciência e Tecnologia do Japão Avaliação Nacional do Desempenho Escolar e Condições do Aprendizado em 2013 Pesquisa detalhada Enquete para Pais ou Responsáveis

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA Questões Objetivas

LÍNGUA PORTUGUESA Questões Objetivas LÍNGUA PORTUGUESA Questões Objetivas As questões 1 a 7 referem-se ao texto 1. Texto 1 NÃO HÁ ESTRANHOS, APENAS AMIGOS. Susan Andrews Revista Época, 17 de setembro de 2007. 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13

Leia mais

Consumo de produtos de beleza

Consumo de produtos de beleza Consumo de produtos de beleza Sophia Mind A Sophia Mind Pesquisa e Inteligência de Mercado é a empresa do grupo de comunicação feminina Bolsa de Mulher voltada para pesquisa e inteligência de mercado.

Leia mais

Questionário de Aferição de Estilos e Ritmos de Aprendizagem em Contexto Virtual. Parte I. Parte II

Questionário de Aferição de Estilos e Ritmos de Aprendizagem em Contexto Virtual. Parte I. Parte II Questionário de Aferição de Estilos e Ritmos de Aprendizagem em Contexto Virtual Instruções para Responder ao Questionário Este questionário tem como objectivo identificar o estilo e ritmo de aprendizagem

Leia mais

Unidades de Análise Registo Contexto

Unidades de Análise Registo Contexto TEMA Estigma CATEGORIA O Estigma nos Doentes Alcoólicos SUB-CATEGORIA Estigma e percurso até ao início do tratamento Unidades de Análise Formal Registo Semântica Contexto Forte influência do álcool na

Leia mais

Transcrição de Entrevista n º 24

Transcrição de Entrevista n º 24 Transcrição de Entrevista n º 24 E Entrevistador E24 Entrevistado 24 Sexo Feminino Idade 47 anos Área de Formação Engenharia Sistemas Decisionais E - Acredita que a educação de uma criança é diferente

Leia mais

INTRODUÇÃO Pesquisa Game Brasil 2015 é uma nova leitura de campo que traça o perfil do gamer brasileiro. Em 2013 a primeira versão realizada em parceria com o núcleo de Estudos e Negócios em Marketing

Leia mais

2011/2012 - Kit Piloto Automático => http://www.kitpilotoautomatico.com

2011/2012 - Kit Piloto Automático => http://www.kitpilotoautomatico.com 1 1 2 APRESENTAÇÃO Olá, Como vai, tudo bem? Meu nome é Devair F Morais, 35 anos, sou Empresário Individual, Programador de Sistemas PHP/MySQL e Web Marketing há aproximadamente 9 anos, moro em São Sebastião

Leia mais

Desafio de Perda de Peso da Herbalife

Desafio de Perda de Peso da Herbalife Desafio de Perda de Peso da Herbalife Um grupo de apoio para quem quer saber mais sobre nutrição equilibrada e controlo de peso. Nutrição para uma vida melhor. O que é que tem a perder? Não se trata apenas

Leia mais

METODOLOGIA AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO. A margem de erro máxima para o total da amostra é 2,0 pontos percentuais.

METODOLOGIA AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO. A margem de erro máxima para o total da amostra é 2,0 pontos percentuais. METODOLOGIA METODOLOGIA AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO 2.085 pessoas foram entrevistadas, a partir de 16 anos, de todos os níveis econômicos em todas as regiões do país. As entrevistas foram

Leia mais

A relação dos portugueses com o dinheiro e o crédito. 2 de Abril de 2008

A relação dos portugueses com o dinheiro e o crédito. 2 de Abril de 2008 A relação dos portugueses com o dinheiro e o crédito 2 de Abril de 2008 Caracterização dos inquiridos Sexo 37% 63% Feminino Masculino Idade 12% 18-25 anos 18% 26-35 anos 36-45 anos 54% 16% > de 45 anos

Leia mais

Cliocar Acessórios: A construção de um negócio. A história de um empresário que saiu da estaca zero e construiu uma loja virtual de sucesso.

Cliocar Acessórios: A construção de um negócio. A história de um empresário que saiu da estaca zero e construiu uma loja virtual de sucesso. Cliocar Acessórios: A construção de um negócio A história de um empresário que saiu da estaca zero e construiu uma loja virtual de sucesso. 2 Conteúdo Resumo executivo... 2 Conhecendo o mercado... 2 Loja

Leia mais

Fit für die Schule. Fit für die Schule. Was kleine Kinder von ihren Eltern brauchen

Fit für die Schule. Fit für die Schule. Was kleine Kinder von ihren Eltern brauchen Was kleine Kinder von ihren Eltern brauchen Erziehungsberatung Erziehungsdirektion des Kanton Bern Sulgeneckstrasse 70 3005 Bern Telefon 031 633 85 11 www.erz.be.ch/fit-fuer-die-schule Prezados Pais O

Leia mais

5Maneiras para Crescer Saudável

5Maneiras para Crescer Saudável 5Maneiras paracrescer Saudável 1 Troque as bebidas adoçadas por água Objetivo: Troque as bebidas adoçadas (como refrigerantes, bebidas esportivas e refrescos) por água. Você sabia? Os exemplos a seguir

Leia mais

Relatório de Avaliação do Grau de Satisfação dos Clientes do Serviço de Apoio Domiciliário da ABLA

Relatório de Avaliação do Grau de Satisfação dos Clientes do Serviço de Apoio Domiciliário da ABLA Relatório de Avaliação do Grau de Satisfação dos Clientes do Serviço de Apoio Domiciliário da ABLA Junho 3 Página de Introdução Entre os dias e 3 de Maio de 3, foi aplicado o Questionário de Avaliação

Leia mais

O Público dos Blogues

O Público dos Blogues O Público dos Blogues em Portugal Universidade Católica Portuguesa Comunicação Social e Cultural Variante Digital Interactiva Públicos e Audiências Dezembro 2005 Dinis Correia 130301088 Filipa Manha 130301505

Leia mais

Laboratório de Mídias Sociais

Laboratório de Mídias Sociais Laboratório de Mídias Sociais Aula 02 Análise Textual de Mídias Sociais parte I Prof. Dalton Martins dmartins@gmail.com Gestão da Informação Universidade Federal de Goiás O que é Análise Textual? Análise

Leia mais

Transcrição de Entrevista nº 5

Transcrição de Entrevista nº 5 Transcrição de Entrevista nº 5 E Entrevistador E5 Entrevistado 5 Sexo Feminino Idade 31 anos Área de Formação Engenharia Electrotécnica e Telecomunicações E - Acredita que a educação de uma criança é diferente

Leia mais

Estudo sobre a Uber em Portugal- Aferição da perceção dos consumidores em relação ao serviço e à marca

Estudo sobre a Uber em Portugal- Aferição da perceção dos consumidores em relação ao serviço e à marca Estudo sobre a Uber em Portugal- Aferição da perceção dos consumidores em relação ao serviço e à marca 20 Agosto 2015, versão sumário Estudo realizado pelo CEA-Centro de Estudos Aplicados da Católica Lisbon-

Leia mais

Prefácio CÂNCER DE MAMA 7

Prefácio CÂNCER DE MAMA 7 Prefácio Quantas vezes você já não ouviu alguém contar uma experiência difícil que viveu em seu ministério? Quantos já não passaram por situações em que não souberam o que dizer ou fazer? Pastores, líderes

Leia mais

Maior Foco no Cliente. Para experiências consistentes e melhoradas em todos os canais. Vodafone Power to you

Maior Foco no Cliente. Para experiências consistentes e melhoradas em todos os canais. Vodafone Power to you Maior Foco no Cliente Para experiências consistentes e melhoradas em todos os canais Vodafone Power to you 02 Neste momento estamos a usar 400 tablets no terreno. Podemos mostrar vídeos aos clientes, fazer

Leia mais

COMO VIAJAR BARATO EM 7 SIMPLES PASSOS O Seu guia definitivo para viajar pelo mundo sem gastar uma fortuna.

COMO VIAJAR BARATO EM 7 SIMPLES PASSOS O Seu guia definitivo para viajar pelo mundo sem gastar uma fortuna. COMO VIAJAR BARATO EM 7 SIMPLES PASSOS O Seu guia definitivo para viajar pelo mundo sem gastar uma fortuna. aprendaaviajarbarato.com.br ALINE BALTAZAR 1 Don t let your dreams be dreams... Jack Johnson

Leia mais

A Internet e o consumo de notícias online em Portugal

A Internet e o consumo de notícias online em Portugal A Internet e o consumo de notícias online em Portugal Julho de 2015 Publicações OberCom ISSN 2182-6722 0 Índice Sumário Executivo... 5 Análise de dados... 7 Caracterização geral da amostra... 7 Caracterização

Leia mais

Como criar e publicar um Website na Web 2.0 (Wordpress)

Como criar e publicar um Website na Web 2.0 (Wordpress) Como criar e publicar um Website na Web 2.0 (Wordpress) Este módulo irá ensinar-lhe como criar e publicar uma página de Internet (Webpage) na Web 2.0 usando o programa Wordpress. A produção e publicação

Leia mais

Diogo Caixeta 6 PASSOS PARA CONSTRUIR UM NEGÓCIO DIGITAL DE SUCESSO! WWW.PALAVRASQUEVENDEM.COM WWW.CONVERSAODIGITAL.COM.BR

Diogo Caixeta 6 PASSOS PARA CONSTRUIR UM NEGÓCIO DIGITAL DE SUCESSO! WWW.PALAVRASQUEVENDEM.COM WWW.CONVERSAODIGITAL.COM.BR Diogo Caixeta 6 PASSOS PARA CONSTRUIR UM NEGÓCIO DIGITAL DE SUCESSO! WWW.PALAVRASQUEVENDEM.COM WWW.CONVERSAODIGITAL.COM.BR INTRODUÇÃO Você está cansado de falsas promessas uma atrás da outra, dizendo

Leia mais

ANÁLISE DOS INQUÉRITOS SOBRE OS HÁBITOS ALIMENTARES

ANÁLISE DOS INQUÉRITOS SOBRE OS HÁBITOS ALIMENTARES ANÁLISE DOS INQUÉRITOS SOBRE OS HÁBITOS ALIMENTARES Os inquéritos foram realizados junto de alunos do 6º ano da Escola EB 2,3 de Matosinhos, durante o mês de Novembro de 24. Responderam ao inquérito 63

Leia mais

Transcrição de Entrevista n º 22

Transcrição de Entrevista n º 22 Transcrição de Entrevista n º 22 E Entrevistador E22 Entrevistado 22 Sexo Masculino Idade 50 anos Área de Formação Engenharia Electrotécnica E - Acredita que a educação de uma criança é diferente perante

Leia mais

Avaliação e Proposta de Melhoria de uma Solução Interativa

Avaliação e Proposta de Melhoria de uma Solução Interativa Avaliação e Proposta de Melhoria de uma Solução Interativa Website para avaliação: wwwmrpizzapt Introdução O Mr Pizza consiste numa cadeia de pizzarias baseada no franchising, fundada em 2001 em Portugal,

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Cuba 15-06-2011

Agrupamento de Escolas de Cuba 15-06-2011 Agrupamento de Escolas de Cuba 15-06-2011 copyright tmn2007 O Magalhães Especialmente concebido a pensar nas crianças, resistente ao choque e líquidos, o Magalhães é destinado a: Alunos do 1º ciclo, Professores

Leia mais

Ética e Segurança Digital RODRIGO JORGE CONSELHO TÉCNICO

Ética e Segurança Digital RODRIGO JORGE CONSELHO TÉCNICO 1 Ética e Segurança Digital RODRIGO JORGE CONSELHO TÉCNICO 2 O que é o Movimento? O Movimento é uma ação de Responsabilidade Social Digital que tem a missão de educar, capacitar e conscientizar os alunos,

Leia mais

IBH Transtorno de personalidade dependente. Dra. Lislie Schoenstatt

IBH Transtorno de personalidade dependente. Dra. Lislie Schoenstatt IBH Transtorno de personalidade dependente Dra. Lislie Schoenstatt Transtorno de Personalidade Dependente - TPD É uma necessidade invasiva e excessiva de ser cuidado, que leva a um comportamento submisso

Leia mais

COMO CONQUISTAR CLIENTES COM APLICATIVOS PARA CELULAR

COMO CONQUISTAR CLIENTES COM APLICATIVOS PARA CELULAR COMO CONQUISTAR CLIENTES COM APLICATIVOS PARA CELULAR CONTEÚDO 1 2 3 4 5 6 Por que as empresas precisam estar conectadas ao mundo mobile Como os aplicativos mobile podem atrair mais clientes. Como os aplicativos

Leia mais

Mordidas e agressões na escola

Mordidas e agressões na escola Mordidas e agressões na escola É muito comum que nas escolas de educação infantil, mais especificamente nas turmas de maternal, de crianças com aproximadamente dois anos de idade; aconteçam as mordidas

Leia mais

Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL. O que é Marketing Multicanal?

Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL. O que é Marketing Multicanal? Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL O que é Marketing Multicanal? Uma campanha MultiCanal integra email, SMS, torpedo de voz, sms, fax, chat online, formulários, por

Leia mais

Assunto Investimentos femininos

Assunto Investimentos femininos Assunto Investimentos femininos SOPHIA MIND A Sophia Mind Pesquisa e Inteligência de Mercado é a empresa do grupo de comunicação feminina Bolsa de Mulher voltada para pesquisa e inteligência de mercado.

Leia mais

coleção Conversas #7 - ABRIL 2014 - f o? Respostas que podem estar passando para algumas perguntas pela sua cabeça.

coleção Conversas #7 - ABRIL 2014 - f o? Respostas que podem estar passando para algumas perguntas pela sua cabeça. Eu quero não parar coleção Conversas #7 - ABRIL 2014 - de consigo.o usar que eu drogas f o? aç e Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS da Editora

Leia mais

Questionário de Dados Sociais Demográficos e Obstétricos

Questionário de Dados Sociais Demográficos e Obstétricos Nome: Questionário de Dados Sociais Demográficos e Obstétricos I. Dados Demográficos 1 Idade: 2 Profissão: 3 - Profissão do Companheiro 4 Está empregada Desempregada 5 - O seu companheiro está empregado

Leia mais

PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - NATAL

PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - NATAL PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - NATAL Natal, setembro de 2015 1 Sumário 1. Aspectos Metodológicos... 3 2. Descrição dos Resultados... 4 Itens de comemoração... 4 Gastos com presente... 4 Local e quando compra...

Leia mais

care XIII meeting Dra. Adriana Vidal Schmidt Médica Alergista - Mestre pela UFPR Professora do Ambulatório de Cosmiatria SBME - Regional Paraná

care XIII meeting Dra. Adriana Vidal Schmidt Médica Alergista - Mestre pela UFPR Professora do Ambulatório de Cosmiatria SBME - Regional Paraná XIII meeting care Dra. Adriana Vidal Schmidt Médica Alergista - Mestre pela UFPR Professora do Ambulatório de Cosmiatria SBME - Regional Paraná Se o seu coração é absoluto e sincero, você naturalmente

Leia mais

Armazenamento em nuvem

Armazenamento em nuvem Armazenamento em nuvem Pesquisa global GfK Setembro 2015 1 É crescente a discussão sobre o poder do armazenamento em nuvem e os impactos que terá sobre o consumo de conteúdo 1. Pensando nisso, a GfK investigou

Leia mais

Você sabia que... Alguns fatos sobre o meu país

Você sabia que... Alguns fatos sobre o meu país Índia Você sabia que... Todos devemos ajudar as pessoas que não são capazes de prover por si à alimentação adequada. Os cidadãos podem considerar as autoridades responsáveis por aquilo que fazem ou não,

Leia mais

você é o que você COMPARTILHA! jornalista Carlos Eduardo Xavier

você é o que você COMPARTILHA! jornalista Carlos Eduardo Xavier você é o que você COMPARTILHA! jornalista Carlos Eduardo Xavier você é o que você COMPARTILHA! x x x x x histórico das redes sociais características dos usuários as mídias sociais mais usadas configurações

Leia mais

Iniciação à PNL. www.cursosbrasil.com.br. Produção. Parte 2. Jimmy L. Mello. www.brasilpnl.com.br. www.brasilpnl.com.br

Iniciação à PNL. www.cursosbrasil.com.br. Produção. Parte 2. Jimmy L. Mello. www.brasilpnl.com.br. www.brasilpnl.com.br Serie: Cursos Profissionalizantes Brasil PNL Formação em "Programação neurolingüística" (PNL) Curso Gratuito Produção www.cursosbrasil.com.br Iniciação à PNL Parte 2 Jimmy L. Mello Distribuição gratuita

Leia mais

I Can Make You Happy. Dr. Hugh Willbourn. Filipa Rosário e João Paulo Oliveira. Inclui um CD de programação da mente GRÁTIS.

I Can Make You Happy. Dr. Hugh Willbourn. Filipa Rosário e João Paulo Oliveira. Inclui um CD de programação da mente GRÁTIS. I Can Make You Happy Editado por Dr. Hugh Willbourn Traduzido do inglês por Filipa Rosário e João Paulo Oliveira Inclui um CD de programação da mente GRÁTIS SOBRE O CD DE PROGRAMAÇÃO DA MENTE 7 CAPÍTULO

Leia mais

Plano de Ação para Mídias Sociais: ebook para agências de turismo. Copyright 2015. Agente no Turismo Strategia Consultoria Turística Ltda.

Plano de Ação para Mídias Sociais: ebook para agências de turismo. Copyright 2015. Agente no Turismo Strategia Consultoria Turística Ltda. Plano de Ação para Mídias Sociais: ebook para agências de turismo Copyright 2015 Agente no Turismo Strategia Consultoria Turística Ltda. Todos os direitos reservados. Pode ser compartilhado com conteúdo,

Leia mais

10 estratégias para gerar tráfego para seu blog

10 estratégias para gerar tráfego para seu blog Este E-book pode ser distribuído livremente. Autor : William Rossi http://www.sucessocomocriar.com/blog William Rossi - http://www.sucessocomocriar.com/blog Página 1 O maior problema que os blogueiros

Leia mais

Judith H. Katz e Frederick A. Miller. seja. grande

Judith H. Katz e Frederick A. Miller. seja. grande Judith H. Katz e Frederick A. Miller seja grande Com amor, para David, meu parceiro de vida, que mantém sua fé em meu desejo de ser GRANDE; para Fred, que me ensinou o que realmente significa ousar dar

Leia mais

criar colaborar comunicar Tecnologia para Crescer

criar colaborar comunicar Tecnologia para Crescer Tecnologia para Crescer Com o crescimento da banda larga e smartphones/ tablets, conteúdos têm sido criados e consumidos em uma taxa alarmante. Atualmente, a definição de conteúdo mudou e não se trata

Leia mais