1.4 Acidentede veículo - Ônus da prova compete a quem alega ter sofridoo acidente... 2 CONDOMÍNIO e BEM IMÓVEL...

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1.4 Acidentede veículo - Ônus da prova compete a quem alega ter sofridoo acidente... 2 CONDOMÍNIO e BEM IMÓVEL..."

Transcrição

1 ejumário Parte I ajireilo CJrnalerial 1 ACIDENTE DE TRÂNSITO Colisãona traseira de veículo - Responsabilidade solidária Colisãoprovocadapor mudança de faixa de rolamento por um dos veículos- Colisão pela traseira - Culpa presumida não elidida - Responsabilidadecivil evidenciada Acidentede trânsito - Manobra de mudança de faixa em via de váriasfaixasde rolamento e de conversão à direita Acidentede veículo - Ônus da prova compete a quem alega ter sofridoo acidente CONDOMÍNIO e BEM IMÓVEL Direito de vizinhança - Necessidade de limitação do direito de propriedade. 2.2 Cobrançade taxa condominial - Ações de cobrança das despesas de condomínio Direitocivil- Possessória- Habitação a título gratuito de imóvel- Posteriorbenfeitoria - Esbulho Direitopossessório- Reintegração na posse esbulhada - Herdeiro necessário compossuidor

2 3 DIREITO AUTORAL E USO INDEVIDO DA 59 IMA GEM Veiculação do nome em matériajoma1ística com imputação da prática de crime 59 4 BANCO E INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS Relação de consumo- Restrição crediticia do consumidor por título quitado Taxa de manutenção de cadastro - Desconto em conta corrente - Conta utilizada unicamente para o recebimento dos proventos Compensação do cheque com valor numérico alterado - Devolução sem provisão de fundos - Inclusão no CCF Abertura de crédito com documento falso - Protesto indevido Cancelamento de cheque especial sem prévio aviso Conta salário não provada - Contratação de cheque especial e CDC automático Devolução de cheques - Saldo em conta suficiente a cobertura dos títulos - ato ilícito Débito em conta corrente sem prévia autorização da correntista.. 92 Saque em terminal bancário de auto-atendimento - Dinheiro não retirado - Defeito no registro de transação - Valor debitado em conta corrente Devolução de cheque por irregularidade no preenchimento - Não efetivada quitação de fatura de cartão de crédito - Bloqueio Sacador de título de crédito que recebe o pagamento do valor atualizado da cártula e não restitui o título ao sacadorpara promover a exclusão de seu nome de cadastro do spc Falta de convicção legal que comprove ter sofrido coação referente à assinatura de documentos

3 5 CARTÃO DE CRÉDITO Bloqueio indevido de cartão de crédito ensejando a recusa do mesmo em estabelecimento comercial Cancelamentoindevido de cartão de crédito, sem prévio aviso -. -,. - N tifi D '. da ' egauvaçaosempreviano caçao. IVl s prescntas Bloqueioindevido de cartão de crédito - Negativação no SPC - Inexistênciade inadimplência Relação de consumo ~ Compras não realizadas por haver ultrapassado o limite do credito - Pagamento efetuado num dia em,.. que os tres dias segmntes senam dias nao -" utels Cartãode crédito- Responsabilidade civil- Indevido bloqueio de cartãopor ausênciade repasse de pagamento pelo agente recebedor credenciado Relação de consumo - Impedimento de realizar compras após quitaçãode parcelamento de débito - Ausência de notificação de cancelamentodo cartão Parcelamentode débito- Manutenção de inscrição em cadastro de restrição Cartãomagnético furtado -Falha do fornecedor por não conferir o cartão com outros documentos do pretenso consumidor Diminuiçãodo limite rotativo do cartão de crédito sem comprovado e prévio aviso ao usuário Contrato de cartão de crédito -Pagamento de quantia inferior ao minimoprevistode amortização das faturas Dependentes - Portadoras de cartão - Gastos e despesas serão assumidas, perante a emissora, exclusivamente pelo titular - Obrigaçãodo titular, manter o cartão em boa guarda, conservandoo em segurança,na qualidade de fiel depositário CADASTRO DE RESTRIÇÃO Fornecedor de serviço que solicita a exclusão do nome do exdevedorem órgãos restritivos de crédito tem o dever de se certificar se a exclusão ocorreu 141

4 6.2 Negativação indevida de consumidor em cadastro de inadimplentes sem prévio aviso Negativação anotada no SERASA e SPC - Débito oriundo de consumo anterior ao cancelamento de linha teletonica celular - Ausência de prova quanto à existência de débito Negativação no SPC- Falha na prestação de serviço- Negativação anotada em nome de pessoa não responsável pela unidade de consumo de energia elétrica Dívida paga - Indevida anotação e manutenção no cadastro de serasa 15 O 6.6. Recebimento de cheque roubado - Anotação em cadastro de restrição ao crédito PLANO DE SAÚD E Atendimento de emergência - não decorrido o prazo de carência contratado Seguro saúde - Relação de consumo - Recusa de cobertura sob alegação de exclusão contratual- Cláusula restritiva de direito não previamente informada ao consumidor Manutençãodo plano de saúdeapós a perda do vinculoempregaticio Prestação de serviçosmédico-hospitalares- Cobertura- Limitação de despesas com exame e material cirúrgico - Cláusula limitativa não informada previamente ao consumidor Seguro saúde -Exame que não consta da tabela do plano 167 Seguro Saúde - Negativa de cobertura de tratamento de quimioterapia 17 O Aumento de plano de saúde - Abusividade Prótese ou endoprótese quando necessária ao pleno restabelecimento da saúde- Cláusula limitadora de cobertura Reajustede mensalidadepor mudança de faixa etária ainda que não haja previsão no contrato Seguro Saúde - Descredenciamento coletivo de médicos 189

5 7.11 SeguroSaúde- Contrato para viagens internacionais Examequenãoconstadatabela-reembolso Planode saúde- Cancelamento indevido por falta de pagamento antes do decursodo prazo de inadimplência previsto no contrato O1 8 SEGUROS 2O3 8.1 Seguro de vida - indevido cancelamento por iniciativa exclusiva da,. segurad ora - ausenciad e mteresse. do segurado Segurodevida e invalidezpermanente definitiva- Policial militar - Incapacidadetotal e definitiva para os atos da vida civil e militar Segurode vida e invalidez permanente definitiva -incapacidade para o trabalho Segurode veículo - Alegação de agravamento do risco por culpa do segurado Seguro de veículo - Acidente de trânsito envolvendo veículo segurado que arcou com os danos materiais causados a veículo à sua frente - Recusa da seguradora em restituir em dobro o montante despendido pela seguradora ante a ausência de culpabilidade do veículo seguradora Segurode veículo - Empresa seguradora a qual teve acesso ao nomee documentosautoraisemitindoequivocadamenteurnaapólice de seguro de outro veículo que o não contratado pelo queixoso Segurode veículo- RecLlsade cobertura- Carroconduzidopor pessoa diversa daquela indicada na cláusula perfil Seguro de veículo - Valor da indenização - Pedido de complementação Segurode veículo - Apólice de seguro de outro veículo que o não contratado pelo queixoso Segurode automóvel- Sinistro- Negativa de cobertura em face do condutor do veículo se enquadrar em faixa etária que exclui a cobertura securitária contratada Seguroobrigatório (DPVAT)valor de indenização Seguroobrigatório (DPVAT)- morte - valor de indenização

6 8.13 Seguroobrigatório (DPVAT)competência dojuizado especial cível para cobrança- comprovaçãoda condiçãode companheira Seguro obrigatório (DPVAT)- Acidente provocado por veículo não identificado de transporte coletivo de passageiros e ocorrido antes da vigência da Lei 8.441/ SERVIÇOS DE TELEFONIA E DE ACESSO À INTERNE T ".""" Telefonia fixa - Cobrança de pulsos além da franquia sem o respectivo detalhamento das ligações c Telefonia fixa - Falta de prova de titularidade de linha - Dano moral 3 O8 9.3 Telefonia fixa - Contestação de ligações internacionais Telefonia fixa - Desconstituição de plano - Prazo de duração atendido - Comunicação prévia e por escrito ao consumidor Telefoniafixa - Cobrançapela operadorade multa pendentede conta telefônica em atraso Telefonia fixa - Instalação não solicitada nem utilizada pelo postulante. """""""""""""""""""""""""""""""""""""""""" Telefonia fixa - Linha telefônica não instalada - Cobrança indevida - Inscrição indevida no SPC "'"'''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''' Telefoniafixa- Cancelamentode linhatelefônica- utilizaçãopor terceiro sem a devidabaixa na titularidade Telefonia fixa - Cancelamento de serviço - solicitação formulada por central telefônica - atraso no cumprimento de providência requerida Telefoniafixa - Pagamento de fatura telefônica em duplicidade Tarifa de assinatura mensal de linha telefônica Telefonia móvel - Atraso no fornecimento do serviço contratado para inclusão de bônus e créditos """""""""""'''''''''''''''''''''''''' Telefoniamóvel- Plano promocional- Gratuidade de ligaçõespor determinadolapsode tempo- descumprimentopelaoperadora Telefonia móve1- Plano promocional de gratuidade de ligação nos finais de semana - Inexistência de exclusão da promoção para ligações simultâneas (conferência) """""'"''''''''''''''''''''''''''''''''''

7 9.15 Telefoniamóvel- Víciode qualidadeem aparelho celularverificado duranteo prazode garantia contratual Telefoniamóvel- Bloqueioinjusto de serviço - erro da operadora Telefoniamóvel- Bloqueioindevido -Danomoral Bloqueio de linha celular em face de suspeita de fraude não confirmada """"" Telefonia móvel- Obrigação da operadora de entregar no domicílio do consumidor notas fiscais de prestação de serviços de telefonia Telefonia móvel- Bloqueio indevido de linha telefônica por dívida refutada Telefonia móvel - Bloqueio efetivado antes do prazo minimo contratualmenteprevisto Telefoniamóvel- Clonagemde aparelho celular Serviço de telefonia - Inexistência de pedido expresso do consumidorquanto a prestação do serviço - Serviço considerado comoamostragrátis Telefoniamóvel- Solicitaçãode cancelamentode linha móvelapós cumprimentodo prazo de carência contratado- Cobrança indevida Telefonia móvel - TIM TORPEDOS - Ausência de prova da utilizaçãodo serviçopelo consumidor Contratode telefonia móvel - Ruptura do pacto por iniciativa do consumidor Bloqueiode linha telefônicamóvelpor falta de pagamento- Faturas não enviadas ao endereço do consumidor Telefoniamóvel - Pagamento através de débito automático não identificadopela empresa de telefonia - Defeito na prestação de serviçomóvel Telefoniamóvel- Defeitona prestação de serviço- Impossibilidade de receberligações Telefoniamóvel- Roubode aparelho celular Mudançade plano pedida e não efetivada """"""""'"'''''''''''''''' Acesso à internet - Exigência contratual da escolha de provedor dentre aqueles relacionados pela fornecedora do serviço de acesso rápido (banda larga)

8 10 SERVIÇOS DE FORNECIMENTO DE ÁGUA E DE ENERGIA ELÉTRICA Acidente sofrido por descarga elétrica - Responsabilidade civil 101 Corte no fornecimento de energia elétricaem razão de retirada do medidor pelo usuário fucerisco iminente de curto circuitoem virtude de acúmulo de águanolocal Cobrança de taxa mínima em dobro por existir no, mesmo imóvel, duas residências Corte de energia elétrica - Demora no restabelecimentoapós acordo com a companhia Suspensãono fornecimentode energia indevida- Desviode energia não comprovado Fornecimento de energia elétrica - Inadimplência - Contrato de locação - Responsabilidade do locador Suspensão do fornecimento de energia elétrica por falta de pagamento de débito do antigo locatário Suspensão indevida - Ausência de débito - Dano moral configurado Suspensão de fornecimento de energia elétrica por falta de pagamento - Ato praticado sem a presença de qualquer morador do imóvel- Dano moral não configurado Suspensão de fornecimento de água - Corte indevido - Hidrômetro quebrado TRANSPORTE AÉREO E TERRESTRE Transporte aéreo - Relação de consumo - Pacote turístico - Overbooking Transporte aéreo - Falha na prestação de serviço- Vôo contratado sem escala,porém realizadocom escalas- falta de assistênciadevida Transporte aéreo - Atraso da passageira ao embarque no horário. 427 previsto Transporte aéreo - Extravio de bagagem - Demora na entrega Transporte aéreo - Desistência Transporte aéreo -Atraso em vôo """"""""""""""""""""""'" 437

9 11.7 Transporteaéreo - Atraso da chegada do vôo no primeiro trecho da viagemgerando a perda do vôo programado Transporteinterestadual- Assalto durante a execução do contrato de transporte Transportecoletivo- Queda de passageiro no interior do ônibus Transportecoletivo- Viagemconcluídacomgrandeatrasofacea quebrado primeiroônibus substituídopor um segundoque também quebrou Empresade transporte - Serviço não prestado -Constrangimento ilegale cárcereprivado Transporteterrestre - Acidente de ônibus CONTRATOS EM GERAL Consórciode bens- Desistência- devoluçãodas parcelaspagas Contrato de seguro de renda mensal temporária por invalidez - Notificação prévia expedida pela seguradora no sentido de comunicar ao segurado a sua intenção de não mais renovar a respectivaapólice Contratode empréstimo consignado para desconto das prestações fixas em folha de pagamento - comprovada a realização dos descontosfora dos termos contratados Contratode assinatura de revista mediante expediente que induziu o consumidorem erro Contratode locação de peça de vestuário - Desistência da locação por parte da consumidora locatária - Cláusula penal Financiamentode carro - Depósito do segundo cheque pós-datado, provocando a devolução do mesmo por insuficiência de fundos excessivamente onerosa Empréstimo em consignação - Repasse não efetuado - Falha na prestação do empregador Contratode locação de imóvel- Inadimplência do locatário Contrato de serviços educacionais - Cobrança indevida de valor no ato da matricula Contrato de serviços educacionais - Cancelamento da matrícula depoisde iniciadas as aulas Contrato de serviços educacionais - Cancelamento da matricula antes de iniciadas as aulas

10 12.12Aquisição de imóvel - Desistência da consumidora - Obra paralisada - Restituição de parcelas pagas Arrendamento mercantil - Valor residual garantido adimplido antecipadamente Arrendamento mercantil- Rescisão contratual por inadimplência do arrendatário Contrato de fornecimento de jornal - Renovação automática - Ausência de demonstrativo de prévia aquiescência do consumidor Contrato de financiamentoimobiliário- Devoluçãode quantia paga Cobrança de honorários advocatícios - Ausência de contrato comprovando """""""""""" Contrato de seguro de automóvel - Cancelamento do contrato de seguro Contrato de locação - Débitos anteriores ao contrato Má execuçãoda obra- Víciosurgidoapóso términodoprazode garantia legal PRODUTOS E SERVIÇOS EM GERAL """"""""""" Direitode consumidor- Prioridadena tramitaçãodo processoofensa à portaria n.062!2004 que garante o acesso do idoso pela porta traseira quando o local reservado estiver ocupado por outros. passageiros Oxidação de peças da motocicleta no prazo de garantia contratual Propagandaenganosademonstrada- Dano moral Telefonecelular- Oxidação Vício em aparelho eletrônico adquirido - Dano moral Defeitono produto- Celulardefeituosonão se prestandoaosfins almejados Defeitono produto- Cancelamentoda compra- Estornoparcial do valor pago - Atraso na retirada do produto Defeito no produto por inadequação Aquisição de veículo - Isenção de IFI - Taxista - Faturamento de venda sem o documento relativo à isenção - defeito do serviço Prestação de serviço- Não entrega do bem -Demora na restituição do valor pago 586

11 13.11Relaçãode consumo- Pagamento mediante cheque pós-datado- Apresentação antes da data aprazada Defeito no produto - Substituição por outro da mesma espécie Demora injustificada na realização dos serviços contratados - Dano moral. 597 I3.1.tConsertode equipamento de informática - Serviços defeituosos 599 I3.15Demoraem restituirao consumidoraparelho celular Serviçode construção-prejuízosadvindosno imóvel Viciodo produto- Injustificadarecusade sanarvíciodoproduto Viciodequalidadede produto durável- Responsabilidadesolidária do comerciante Relaçãode consumo - Propaganda enganosa - Plano de TV por assinatura Serviçosnão prestados - Cobrança e negativação indevidas OUTROS CASOS DE RESPONSABILIDADE CIVIL t.1 Responsabilidadedo laboratório de exame de gravidez Compraevenda deveículo- Cadastrodo consumidornão aprovado pelobanco financiador da compra t.3 Furtodeveiculoem estabelecimentocomercial Responsabilidadecivil- Furto em estacionamento de condomínio Estacionamentopago - Prestação de serviço - Veículodanificado Suspeitade furto - Abordagem Responsabilidade Civil - Acidente sofrido em estabelecimento comercial , Prestaçãode serviço - Bens de cliente furtados no interior da loja Recusa indevida de recebimento de parcela vincenda de financiamento pelo credor - Ilicitude que não enseja necessariamenteo pagamento de indenização por dano moral Cobrançade dívida - Ilicitude evidenciada - Cobranças abusadas e telefonemas grosseiros comprovados que se tornaram públicas e expõem a imagem do consumidor Disparo de alarme de segurança quando da saída da cliente em face da ausência de retirada do sensor acoplado ao produto adquirido 662

12 14.12Relação de consumo - Dispositivo de segurança disparado Responsabilidade civil- Recusa em atendimento hospital- Exercício regular de direto Assalto à mão armada em coletivo de transporte Assalto em local destinado a transporte de passageiro Responsabilidade civil - Equívoco em reportagem veiculada na imprensa escrita - Matéria jomalística Responsabilidade civil - Empresa jomalística - exposição da intimidadedoautor Responsabilidade Civil - falha na prestação de serviço - dano moral configurado Relação de consumo - Hipossuficiência - Inversão do ônus da prova - Prática abusiva Relação de consumo - Extravio de exame de saúde Ingestão de alimento tipo estragado -Infecção intestinal Responsabilidade civil- Direito do idoso - Usuário de ônibus Responsabilidade civil- Hoteleiro - Dever de guarda Empresa de locação de trajes finos - Entrega incompatível com objeto da locação - descumprimento contratual Tratamento indevido na prestação de serviço - Aborto sofrido logo após o ocorrido entre as partes...".." " ",,,.,,,, 14.26Avaria em mangueira do bico injetor da injeção eletrônica de automóvel - causado por rato da garagem do prédio

13 Parte 11 (j)ireifo B?ocessual 1 COMPETÊNCIA DO JUIZADO ESPECIAL CÍVEL Hipótesesde Competência dojuizado Especial Cível " Capacidade postulatória de pessoa jurídíca - Mícroempresa - Juizados Especíais Representação comercial - Pessoa jurídica -Ausência de relação detrabalho- Competênciada Justiça Comum Provapericial- Desnecessidade Hipótesesde incompetência dojuizado Especial Danosmorais oriundos de relação de trabalho Provapericial-Necessidade - Defeito reclamado no automóvel Açãode cobrança- Contrato de prestação de serviço- Relação de trabalho Provapericial- Necessidade - Assinatura lançada em contrato Impossibilidadede pessoa interditada ser parte em processo nos JuizadosEspeciais Cíveis......,

14 2 NULIDADESPROCESSUAIS Casos de nulidade processual LI Falta de oportunidade de produção de prova - Nulidade Aplicação da pena de revelia não dispensa a fundamentação da sentença com apresentação da matéria fática - Nulidade Audiência de instrução e julgamento - Defeito de representação - Negativa de prazo para saná-lo - Decretação de revelia e condenação Revelia decretada - Cerceamento de defesa - Procuração Pública- Nulidade Comparecimento de preposto à audiência de instrução e julgamento assistido por advogado sem carta de preposição - Excesso de rigor - Não revelia Indispensabilidade de instauração de litisconsorte passivo necessário Sentença "extra petita" Sentença "citra petita" Inexistência de sentença por falta de assinatura dojuiz Sentençaque não decidiurespeitode todosos pedidosformuladosna. queixa Recurso inexistente - Ausência de assinatura nas razões recursais LI2 Julgamento da causa com base em fatos não alegados na queixa EXTlNÇÃO DOPROCESSO SEM JULGAMENTO DOMÉRITO Preliminar de ilegitimidade passiva ad causam acolhida - extinção do processo semjulgamento meritório 755 Litisconsórcio necessário - desistência da ação em face dos litisconsortes - impõe a extinção do processo 756 Litispendência -Ação em curso no juizado especial e justiça comum 759

15 4 EXECUÇÃOEEMBARGOSÀEXECUÇÃO Execução Embargos à execução - Prazo apresentado além do legal - lntempestividade l1.2 Execuçãoda multapor retardamento no cumprimento de não fazer 763 ~.1.3Execuçãoda multapor retardamentono cumprimento de obrigação defazer lia Embargosà execuçãode sentença - condenação de obrigação de fazer- prosseguimentoda execução 771 ~.1.5Recursocontra sentença em embargos à execução - Excesso da - execuçao""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""'" 776 H.6 Embargos à execução - Legitimidade passiva da executada recorrentepara figurar no pólo passivo da execução, em face da condenaçãoque lhe foi imposta na sentença - Citação entregue ao prepostoda pessoajuridica demandada no endereço desta 779 H7 Reduçãodemultadiária-Possibilidade-Reduçãoquejá foifeitaumavez 781 ~.1.8Execução- Valorbloqueado não corrigido - Novo bloqueio 786 U9 Execução- Multa diária Embargosde Terceiro ~.2.l Decisãoque extinguiu embargos de terceiro - União estável - Ausênciade prévio reconhedmento judicial - Impossibilidade de tergiversação RECURSOSNÃOCONHECIDOS Intempestividade Recurso intempestivo - Retomada do prazo recursal após a suspensãodecorrente de interposição de embargos declaratórios Mudançade endereço sem comunicação ao juizo Pedido de correção de erro material não constitui embargos declaratórios- Não suspende o prazo recursal 797

16 5.1.4Interposiçãode recurso -intempestividade constatada Recurso intempestivo - Dias decorridos entre a intimação da sentença e a interposição dos embargos integram o cômputo do prazo para apresentação do recurso Deserção """."""."".""."".""".""."""".".""""."""".""""".""" Beneficiárioda gratuidade- Obrigatoriedadedodepósitorecursal Pagamento das custas e taxasjudiciárias por meio de guia incorreta Preparo do recurso -Prazo em horas - Contagem minuto a minuto Preparo irregular - Guia de recolhimento das custas e da taxa judiciária - Preenchimentoirregular do códigorelativo a taxa judiciária Insuficiência do preparo - Inobservância dosjuros legais Insuficiência do preparo - Valorinferior ao devido Irregularidadenopagamentodataxajudiciária- Pagamentofeitoa menor Inexistência de representação por advogado Ausência de instrumento procuratório em via recursal Instrumento procuratório em cópia inautêntica Substabelecimento sem o instrumento de procuração Outros casos de não conhecimento do Recurso Pessoajurídica - Vício de representação - Inaplicabilidade do art. 13 do CPC EJ\mARGOS DEDECLARAÇÃO Inexistênciade omissãoe contradição- Ausênciade ofensa à constituição federal 821 Intempestividade dos embargos declaratórios 826

17 Embargosde declaração- Omissão - Ocorrência - Preliminar de deserçãoem face de preparo a menor não examinada por ocasião dojulgamento do recurso Juizado fechado para reforma no dia do término final para interposiçãodos embargos declaratórios Concessãode efeitos infringentes não configurada Embargosdeclaratórios - Indeferimentodomandadodesegurança C d. -. ' al - d C nfi ontra lçaoe erromaten no acor ao - o 19uraçao Acórdãoque deu provimento ao recurso e julgou improcedente o pedido formulado na queixa - Inadmissibilidade da mera reapreciaçãoda matéria MANDADODESEGURANÇA Mandadode segurançacomo sucedâneoda reclamação para atacar decisãointerlocutóriaque nega seguimento ao recurso inominado por intempestivo Decisãojudicial comtrânsito emjulgado Mandadode segurança contra decisão que em sede de execução deacordojudicial limitouo cálculo da multa cominatória Faltade liquideze certeza- Indeferimento da justiça gratuita Contraatojurisdicional que configura vício de atividade ou "error in procedendo"dojuiz no processo Atosujeitoa recursoprevisto no art. 14da lei 9.099/95., Mandadode segurança em substituição a recurso... 8 OUTRASQUESTÕESPROCESSUAIS Competência- Forododomicíliodoautor Conexãode ações- Ausênciade demonstração lnterposiçãode recursopor via postal Exceçãode suspeiçãode magistrado Reclamaçãocontra despacho que indeferiu a gratuidade da justiça 866

18 9 RECLAMAÇÃO Reclamação não conhecida - inobservância do art. 38 do regimento Interno. """"".""" Inobservância do art. 39 do regimento interno - Preparo não realizado -Reclamação não conhecida... Reclamação - Justiça gratuita - Deferimento mediante simples afirmação de pobreza - desnecessidade de patrocínio por defensor público. Reclamaçãonãoconhecida- Incomprovadaincapacidadefinanceira - Contrariedade ao enunciado n.07 - Deserção... Reclamação não conhecida -Documentos necessários... Reclamação- Presunção de pobreza- Recursoinominado remetido aojuizo "ad quem" DELIBERAÇÕES,

SUMÁRIO DIREITOS DO CONSUMIDOR

SUMÁRIO DIREITOS DO CONSUMIDOR SUMÁRIO DIREITOS DO CONSUMIDOR 1. E nós consumidores... 21 1.1. Um pouco de historia... 22 1.2. Todos tem o mesmo direito?... 23 1.3. O que podemos fazer?... 24 1.4. Que direitos básicos temos como consumidores?...

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01/2015 R E S O L V E:

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01/2015 R E S O L V E: ESTADO DO PARANÁ INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01/2015 O Desembargador Fernando Wolff Bodziak, 2º Vice-Presidente e Supervisor-Geral dos Juizados Especiais, no uso de suas atribuições legais e CONSIDERANDO o

Leia mais

Petições Trabalhistas 3.0

Petições Trabalhistas 3.0 Contestações 1. Contestação - ação de cobrança de contribuição sindical 2. Contestação - ação rescisória trabalhista 3. Contestação - adicional de insalubridade - limpeza de banheiro - empresa 4. Contestação

Leia mais

Rio de Janeiro, setembro de 2003. APRESENTAÇÃO

Rio de Janeiro, setembro de 2003. APRESENTAÇÃO Rio de Janeiro, setembro de 2003. APRESENTAÇÃO A EMERJ está lançando o 2º volume da coletânea de sentenças dos Juízes dos Juizados Especiais Cíveis do Estado do Rio de Janeiro, que se denominou Direito

Leia mais

2 - Qualquer pessoa pode reclamar seu direito nos Juizados Especiais Cíveis?

2 - Qualquer pessoa pode reclamar seu direito nos Juizados Especiais Cíveis? Tribunal de Justiça do Estado de Goiás Juizados Especias Perguntas mais freqüentes e suas respostas 1 - O que são os Juizados Especiais Cíveis? Os Juizados Especiais Cíveis são órgãos da Justiça (Poder

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ADMINISTRAÇÃO DE CARTÕES DE CRÉDITO DA DMCARD CONTRATO DE CARTÃO DE CRÉDITO

CONDIÇÕES GERAIS DO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ADMINISTRAÇÃO DE CARTÕES DE CRÉDITO DA DMCARD CONTRATO DE CARTÃO DE CRÉDITO CONTRATO DE CARTÃO DE CRÉDITO PARA APROVEITAR TODOS OS BENEFÍCIOS E FAZER O MELHOR USO POSSÍVEL DO SEU CARTÃO É MUITO IMPORTANTE QUE VOCÊ LEIA COM ATENÇÃO, AS SEGUINTES CONDIÇÕES GERAIS: 1. DEFINIÇÕES:

Leia mais

Telecomunicações: faça valer seus direitos

Telecomunicações: faça valer seus direitos Telecomunicações: faça valer seus direitos Exercer nosso direito à comunicação é uma questão de cidadania. Os serviços de telecomunicações estão entre os que mais geram dúvidas e reclamações. Veja aqui

Leia mais

AÇÃO DE CONSIGNAÇÃO EM PAGAMENTO

AÇÃO DE CONSIGNAÇÃO EM PAGAMENTO AÇÃO DE CONSIGNAÇÃO EM PAGAMENTO 1 1) O DIREITO MATERIAL DE PAGAMENTO POR CONSIGNAÇÃO a) Significado da palavra consignação b) A consignação como forma de extinção da obrigação c) A mora accipiendi 2 c)

Leia mais

Poder Judiciário da União Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios

Poder Judiciário da União Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios Poder Judiciário da União Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios Órgão 2ª Turma Recursal dos Juizados Especiais do Distrito Federal Processo N. Apelação Cível do Juizado Especial 20110710091144ACJ

Leia mais

Portaria PGFN nº 164, de 27.02.2014 - DOU de 05.03.2014

Portaria PGFN nº 164, de 27.02.2014 - DOU de 05.03.2014 Portaria PGFN nº 164, de 27.02.2014 - DOU de 05.03.2014 Regulamenta o oferecimento e a aceitação do seguro garantia judicial para execução fiscal e seguro garantia parcelamento administrativo fiscal para

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO MÓVEL PESSOAL SMP (PÓS-PAGO) QUALIFICAÇÃO DO CLIENTE DADOS DO SERVIÇO

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO MÓVEL PESSOAL SMP (PÓS-PAGO) QUALIFICAÇÃO DO CLIENTE DADOS DO SERVIÇO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO MÓVEL PESSOAL SMP (PÓS-PAGO) Nome do cliente: QUALIFICAÇÃO DO CLIENTE CPF/CNPJ n.º RG n.º Endereço: DADOS DO SERVIÇO Plano

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO TELEFÔNICO FIXO COMUTADO (STFC)

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO TELEFÔNICO FIXO COMUTADO (STFC) CONTRATO DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO TELEFÔNICO FIXO COMUTADO (STFC) Pelo presente instrumento particular ( Contrato ), de um lado, ALGAR TELECOM S/A, prestadora de serviços de telecomunicações, inscrita no

Leia mais

SEGUNDA PROVA ESCRITA DISCURSIVA SENTENÇA CÍVEL

SEGUNDA PROVA ESCRITA DISCURSIVA SENTENÇA CÍVEL SEGUNDA PROVA ESCRITA DISCURSIVA SENTENÇA CÍVEL Nesta prova, faça o que se pede, usando os espaços para rascunho indicados no presente caderno. Em seguida, transcreva o texto para o CADERNO DE TEXTO DEFINITIVO

Leia mais

VOLUME I CAPÍTULO I. Administrativo

VOLUME I CAPÍTULO I. Administrativo Sumário -~ VOLUME I CAPÍTULO I Administrativo Contestação à reclamação administrativa... Defesa administrativa em notificação por falta de alvará de licença de localização... Defesa administrativa à Secretaria

Leia mais

REGULAMENTO. Presenteador: É a pessoa física ou jurídica que adquire o VALE-VIAGEM CVC, mediante a compra direta de cargas de valores.

REGULAMENTO. Presenteador: É a pessoa física ou jurídica que adquire o VALE-VIAGEM CVC, mediante a compra direta de cargas de valores. REGULAMENTO A CVC BRASIL OPERADORA E AGÊNCIA DE VIAGENS S.A., o Presenteador e o Presenteado do VALE-VIAGEM CVC, a primeira, na qualidade de prestadora de serviços de turismo, e o segundo, aderindo às

Leia mais

PLANO DE BENEFÍCIOS CARRO RESERVA 1.0 DO OBJETIVO DO PLANO:

PLANO DE BENEFÍCIOS CARRO RESERVA 1.0 DO OBJETIVO DO PLANO: PLANO DE BENEFÍCIOS CARRO RESERVA 1.0 DO OBJETIVO DO PLANO: 1.1 A destinação deste plano de benefício é disponibilizar, ora contratado, diárias de veículo econômico com ar para as pessoas físicas ou jurídicas

Leia mais

Nº 70034654392 COMARCA DE NOVO HAMBURGO BRUNA MACHADO DE OLIVEIRA

Nº 70034654392 COMARCA DE NOVO HAMBURGO BRUNA MACHADO DE OLIVEIRA AGRAVO DE INSTRUMENTO. DECISÃO MONOCRÁTICA. AÇÃO DE COBRANÇA DE SEGURO OBRIGATÓRIO. DPVAT. LEGITIMIDADE PASSIVA. RESPONSABILIDADE DE QUALQUER SEGURADORA INTEGRANTE DO CONSÓRCIO. INCLUSÃO DA SEGURADORA

Leia mais

O CONVÊNIO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO E A UNIVERSIDADE DO OESTE PAULISTA: RESULTADOS ESTATÍSTICOS (ANO BASE 2007) DO CARTÓRIO DO

O CONVÊNIO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO E A UNIVERSIDADE DO OESTE PAULISTA: RESULTADOS ESTATÍSTICOS (ANO BASE 2007) DO CARTÓRIO DO O CONVÊNIO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO E A UNIVERSIDADE DO OESTE PAULISTA: RESULTADOS ESTATÍSTICOS (ANO BASE 2007) DO CARTÓRIO DO ANEXO II DO JUIZADO ESPECIAL CÍVEL DA UNOESTE... 969

Leia mais

TERMO DE ADESÃO AO PLANO ALTERNATIVO DO SERVIÇO

TERMO DE ADESÃO AO PLANO ALTERNATIVO DO SERVIÇO TERMO DE ADESÃO AO PLANO ALTERNATIVO DO SERVIÇO INTERNET TODA HORA Pelo presente instrumento particular de contrato de prestaçào de serviço (o Contrato ), de um lado, a BRASIL TELECOM S/A, doravante denominada

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL Determinada pessoa jurídica declarou, em formulário próprio estadual, débito de ICMS. Apesar de ter apresentado a declaração, não efetuou o recolhimento do crédito

Leia mais

CLÁUSULAS GERAIS DO CONTRATO DE CREDENCIAMENTO DE ESTABELECIMENTO COMERCIAL AO CARTÃO DE CRÉDITO AVISTA

CLÁUSULAS GERAIS DO CONTRATO DE CREDENCIAMENTO DE ESTABELECIMENTO COMERCIAL AO CARTÃO DE CRÉDITO AVISTA CLÁUSULAS GERAIS DO CONTRATO DE CREDENCIAMENTO DE ESTABELECIMENTO COMERCIAL AO CARTÃO DE CRÉDITO AVISTA Pelo presente instrumento de Contrato de Credenciamento de Estabelecimento Comercial ao Cartão de

Leia mais

MODELO DE PETIÇÃO INICIAL RITO ORDINÁRIO. (espaço aproximadamente 10 cm 4 )

MODELO DE PETIÇÃO INICIAL RITO ORDINÁRIO. (espaço aproximadamente 10 cm 4 ) Modelos práticos 1. Petição inicial rito ordinário MODELO DE PETIÇÃO INICIAL RITO ORDINÁRIO EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO 1 DA VARA CÍVEL 2 DO FORO DA COMARCA DE CAMPINAS 3 NO ESTADO DE

Leia mais

REGULAMENTO. Capítulo 1º. Definições:

REGULAMENTO. Capítulo 1º. Definições: REGULAMENTO A OPERADORA E AGÊNCIA DE VIAGENS CVC TUR LTDA., o Presenteador e o Presenteado do VALE-VIAGEM CVC, a primeira, na qualidade de prestadora de serviços de turismo, e o segundo, aderindo às condições

Leia mais

Rio de Janeiro, 2º semestre de 2007 APRESENTAÇÃO

Rio de Janeiro, 2º semestre de 2007 APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO Rio de Janeiro, 2º semestre de 2007 A Comissão Estadual dos Juizados Especiais do Estado do Rio de Janeiro concluiu o 9º volume de sua Revista, com o título Direito em Movimento nas Turmas

Leia mais

E M E N T A A C Ó R D Ã O

E M E N T A A C Ó R D Ã O 856367 Órgão Fl. : 1ª Turma Recursal dos Juizados Especiais do Distrito Federal Classe : ACJ Apelação Cível no Juizado Especial Nº Processo : 2014 03 1 017486-9 Apelante : ADRIANA LOPES DE OLIVEIRA Apelado

Leia mais

2 FASE DIREITO CIVIL ESTUDO DIRIGIDO DE PROCESSO CIVIL 2. Prof. Darlan Barroso - GABARITO

2 FASE DIREITO CIVIL ESTUDO DIRIGIDO DE PROCESSO CIVIL 2. Prof. Darlan Barroso - GABARITO Citação 2 FASE DIREITO CIVIL ESTUDO DIRIGIDO DE PROCESSO CIVIL 2 Prof. Darlan Barroso - GABARITO 1) Quais as diferenças na elaboração da petição inicial do rito sumário e do rito ordinário? Ordinário Réu

Leia mais

RETROATIVIDADE DO SEGURO: O Protector possibilita a contratação de cobertura retroativa para fatos desconhecidos de até 5 anos.

RETROATIVIDADE DO SEGURO: O Protector possibilita a contratação de cobertura retroativa para fatos desconhecidos de até 5 anos. SEGURADO: Sócio Administrador (Pessoa Física) Limite: São 6 opções entre R$ 100.000 e R$ 500.000. O limite do seguro poderá ser utilizado para um ou uma série de sinistros indenizados durante a vigência

Leia mais

MANUAL DO SEGURADO SEGURO DE PERDA OU ROUBO DE CARTÕES

MANUAL DO SEGURADO SEGURO DE PERDA OU ROUBO DE CARTÕES MANUAL DO SEGURADO SEGURO DE PERDA OU ROUBO DE CARTÕES Estipulante: ATUAL TECNOLOGIA E ADMINISTRACAO DE CARTOES. CNPJ: 07.746.799/0001-09 1. OBJETIVO DO SEGURO O presente contrato de seguro tem por objetivo

Leia mais

O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO

O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO Competitividade Perenidade Sobrevivência Evolução Orienta na implantação e no desenvolvimento de seu negócio de forma estratégica e inovadora. O que são

Leia mais

CARTILHA DO. Consumidor

CARTILHA DO. Consumidor CARTILHA DO Consumidor OAB-BA GESTÃO 2013-2015 Luiz Viana Queiroz PRESIDENTE Fabrício de Castro Oliveira VICE-PRESIDENTE Ilana Kátia Vieira Campos SECRETÁRIA-GERAL Antônio Adonias Aguiar Bastos SECRETÁRIO-GERAL

Leia mais

As Alterações na Regulamentação do Serviço Móvel Pessoal SMP

As Alterações na Regulamentação do Serviço Móvel Pessoal SMP As Alterações na Regulamentação do Serviço Móvel Pessoal SMP Em decorrência da Consulta Pública nº 642, de 15 de Setembro de 2005 - Propostas de Alterações na Regulamentação do Serviço Móvel Pessoal SMP,

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DOS INTEGRANTES DAS AUDITORIAS INTERNAS DAS ENTIDADES VINCULADAS AO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

ASSOCIAÇÃO DOS INTEGRANTES DAS AUDITORIAS INTERNAS DAS ENTIDADES VINCULADAS AO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO ASSOCIAÇÃO DOS INTEGRANTES DAS AUDITORIAS INTERNAS DAS ENTIDADES VINCULADAS AO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO ROTEIRO DE VERIFICAÇÃO TOMADA DE CONTAS ESPECIAL GT - 8 O QUE É De acordo com o art. 3º da Instrução

Leia mais

Dados Pessoais ASSINATURA DO CLIENTE. Oi ATENDE: *144 do seu Oi ou 1057 de qualquer telefone fixo ou acesse www.oi.com.br

Dados Pessoais ASSINATURA DO CLIENTE. Oi ATENDE: *144 do seu Oi ou 1057 de qualquer telefone fixo ou acesse www.oi.com.br PROMOÇÃO VÁLIDA DE 14/09/2009 a 17/01/2010. Certificamos a sua adesão às ofertas NOVO CRÉDITO OI NOS CARTÕES VISA OU MASTERCARD E 15 MIL MINUTOS+TORPEDOS. A Oferta NOVO CRÉDITO OI NOS CARTÕES VISA OU MASTERCARD

Leia mais

SUMÁRIO CAPÍTULO I FUNÇÃO E CARREIRA DO ADVOGADO... 19 CAPÍTULO II - DO PROCESSO CIVIL... 39

SUMÁRIO CAPÍTULO I FUNÇÃO E CARREIRA DO ADVOGADO... 19 CAPÍTULO II - DO PROCESSO CIVIL... 39 SUMÁRIO Apresentação da Coleção...15 CAPÍTULO I FUNÇÃO E CARREIRA DO ADVOGADO... 19 1. Antecedentes históricos da função de advogado...19 2. O advogado na Constituição Federal...20 3. Lei de regência da

Leia mais

FUTURAINVEST DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS LTDA. CARTILHA DO CONSUMIDOR

FUTURAINVEST DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS LTDA. CARTILHA DO CONSUMIDOR FUTURAINVEST DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS LTDA. CARTILHA DO CONSUMIDOR 1 Sumário 1 - A origem do Código de Defesa do Consumidor...3 2 - Código de Defesa do Consumidor... 3 3 - Direitos

Leia mais

BANCOS: SAIBA QUAIS SÃO OS SEUS DIREITOS

BANCOS: SAIBA QUAIS SÃO OS SEUS DIREITOS BANCOS: SAIBA QUAIS SÃO OS SEUS DIREITOS Entre os primeiros no ranking de reclamações As instituições financeiras sempre estiveram entre os setores com maior número de queixas por parte do consumidor.

Leia mais

1.2. Presenteador: pessoa física ou jurídica que adquire o FLOT TRAVEL CARD mediante a compra direta de carga de valor.

1.2. Presenteador: pessoa física ou jurídica que adquire o FLOT TRAVEL CARD mediante a compra direta de carga de valor. REGULAMENTO DO FLOT TRAVEL CARD FLOT OPERADORA TURÍSTICA LTDA., o Presenteador e o Presenteado do FLOT TRAVEL CARD, a primeira, na qualidade de prestadora de serviços de turismo, o segundo e o terceiro,

Leia mais

DÚVIDAS FREQUENTES SEGURO AUTOMOTIVO

DÚVIDAS FREQUENTES SEGURO AUTOMOTIVO DÚVIDAS FREQUENTES SEGURO AUTOMOTIVO 1. DEVO FAZER O BOLETIM DE ACIDENTES DE TRÂNSITO (BAT)? Sim, principalmente se houver terceiros envolvidos e se você for o culpado pelo acidente. 2. QUER DIZER QUE

Leia mais

TERMO DE AUTORIZAÇÃO DE USO DE MÁQUINA DE FRANQUEAR DIGITAL CLIENTE AUTORIZADO

TERMO DE AUTORIZAÇÃO DE USO DE MÁQUINA DE FRANQUEAR DIGITAL CLIENTE AUTORIZADO TERMO DE AUTORIZAÇÃO DE USO DE MÁQUINA DE FRANQUEAR DIGITAL CLIENTE AUTORIZADO TERMO DE AUTORIZAÇÃO DE USO DE MÁQUINA DE FRANQUEAR DIGITAL, QUE ENTRE SI FAZEM A EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS

Leia mais

EXAME DA OAB 2011.1 2ª FASE DIREITO DO TRABALHO REVISÃO DE TEMAS DE DIREITO DO TRABALHO E DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO

EXAME DA OAB 2011.1 2ª FASE DIREITO DO TRABALHO REVISÃO DE TEMAS DE DIREITO DO TRABALHO E DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO EXAME DA OAB 2011.1 2ª FASE DIREITO DO TRABALHO REVISÃO DE TEMAS DE DIREITO DO TRABALHO E DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO ATUALIZAÇÕES - NOVA SÚMULA 426 DO TST DEPÓSITO RECURSAL. UTILIZAÇÃO DA GUIA GFIP.

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL X EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL X EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL Em ação de indenização, em que determinada empresa fora condenada a pagar danos materiais e morais a Tício Romano, o Juiz, na fase de cumprimento de sentença, autorizou

Leia mais

Estado de Mato Grosso do Sul Poder Judiciário Sonora Juizado Especial Adjunto

Estado de Mato Grosso do Sul Poder Judiciário Sonora Juizado Especial Adjunto fls. 213 Estado de Mato Grosso Poder Judiciário Sonora CERTIDÃO CARTORÁRIA Autos n.º 0001764-60.2011.8.12.0055 parte interessada se manifestar transcorreu em 26.1.2015. CERTIFICO, para os devidos fins,

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ADMINISTRAÇÃO DO CARTÃO DE CRÉDITO ULTRACRED PAULISTA

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ADMINISTRAÇÃO DO CARTÃO DE CRÉDITO ULTRACRED PAULISTA CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ADMINISTRAÇÃO DO CARTÃO DE CRÉDITO ULTRACRED PAULISTA 1. PARTES INTEGRANTES DO CONTRATO: 1.1. EMISSOR/ADMINISTRADORA: ULTRACRED PAULISTA ADMINISTRADORA DE CARTÕES LTDA,

Leia mais

Condições Gerais do Aditamento para Parcelamento

Condições Gerais do Aditamento para Parcelamento Condições Gerais do Aditamento para Parcelamento (Versão 05/2014) Estas são as Condições Gerais do Aditamento para Parcelamento, solicitado por você e contratado por meio de digitação de senha ou ligação

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TRACKER AUTO

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TRACKER AUTO Página 1 de 1 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TRACKER AUTO ET DO BRASIL LTDA., empresa com sede à Rua Alexandre Dumas, 2200, térreo, Chácara Santo Antônio, São Paulo/SP, doravante denominada simplesmente

Leia mais

A seguir você encontrará um resumo dos seus direitos e deveres e das principais condições e informações a respeito do seu Cartão.

A seguir você encontrará um resumo dos seus direitos e deveres e das principais condições e informações a respeito do seu Cartão. SUMÁRIO EXECUTIVO Resumo do Contrato de Utilização American Express Linha Crédito A seguir você encontrará um resumo dos seus direitos e deveres e das principais condições e informações a respeito do seu

Leia mais

Resolução CNSP Nº 315 DE 26/09/2014 Publicado no DO em 29 set 2014

Resolução CNSP Nº 315 DE 26/09/2014 Publicado no DO em 29 set 2014 Resolução CNSP Nº 315 DE 26/09/2014 Publicado no DO em 29 set 2014 Dispõe sobre as regras e os critérios para operação do seguro viagem. A Superintendência de Seguros Privados - SUSEP, no uso da atribuição

Leia mais

VALOR ATUAL IGPM ACUMULADO CORREÇÃO PARTE GERAL: 1 - Ações de Jurisdição Contenciosa ou que assumam este caráter: 2.084,74 3,8476 80,21 2.

VALOR ATUAL IGPM ACUMULADO CORREÇÃO PARTE GERAL: 1 - Ações de Jurisdição Contenciosa ou que assumam este caráter: 2.084,74 3,8476 80,21 2. 2 0 0 7 PARTE GERAL: 1 - Ações de Jurisdição Contenciosa ou que assumam este caráter: 2.084,74 3,8476 80,21 2.164,95 2 - Recursos: A) interposição de qualquer recurso 1.042,37 3,8476 40,11 1.082,47 B)

Leia mais

Principais Direitos dos Usuários e Obrigações das Prestadoras de Serviços de Telecomunicações

Principais Direitos dos Usuários e Obrigações das Prestadoras de Serviços de Telecomunicações Telefonia Móvel Banda Larga Telefonia Fixa TV por Assinatura Principais Direitos dos Usuários e Obrigações das Prestadoras de Serviços de Telecomunicações Telefonia Móvel 1. Adesão A prestação do Serviço

Leia mais

Autos nº: 201403216112 SENTENÇA I? RELATÓRIO

Autos nº: 201403216112 SENTENÇA I? RELATÓRIO Autos nº: 201403216112 SENTENÇA I? RELATÓRIO ALEX DA SILVA CALDEIRA propôs ação de cobrança de seguro por invalidez decorrente de doença em face de ITAÚ SEGUROS S/A, já qualificados, afirmando que foi

Leia mais

SERVIÇOS DE TV POR ASSINATURA

SERVIÇOS DE TV POR ASSINATURA SERVIÇOS DE TV POR ASSINATURA Veja como funciona, como contratar, quais os seus direitos e como reclamar no caso de problemas. COMO FUNCIONA A transmissão pode ser via cabo, satélite ou microonda, sendo

Leia mais

MINUTA MODELO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE EMISSÃO E ADMINISTRAÇÃO DOS CARTÕES DE CRÉDITO BGN - CETELEM

MINUTA MODELO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE EMISSÃO E ADMINISTRAÇÃO DOS CARTÕES DE CRÉDITO BGN - CETELEM CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE EMISSÃO E ADMINISTRAÇÃO DOS CARTÕES DE CRÉDITO BGN - CETELEM Por este contrato, entre CETELEM BRASIL S.A. CRÉDITO, FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO, sediada na Alameda

Leia mais

VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO JURISPRUDÊNCIA CIVIL. Ação Regressiva-Jurisprudência do STJ-Especial

VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO JURISPRUDÊNCIA CIVIL. Ação Regressiva-Jurisprudência do STJ-Especial VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO JURISPRUDÊNCIA CIVIL Ação Regressiva-Jurisprudência do STJ-Especial Orientador Empresarial A JURISPRUDÊNCIA DO STJ SOBRE AÇÃO REGRESSIVA

Leia mais

CONTRATO DE ADESÃO E TERMO DE RESPONSABILIDADE PARA A UTILIZAÇÃO DO CARTÃO DE CRÉDITO ULTRACRED PAULISTA

CONTRATO DE ADESÃO E TERMO DE RESPONSABILIDADE PARA A UTILIZAÇÃO DO CARTÃO DE CRÉDITO ULTRACRED PAULISTA CONTRATO DE ADESÃO E TERMO DE RESPONSABILIDADE PARA A UTILIZAÇÃO DO CARTÃO DE CRÉDITO ULTRACRED PAULISTA 1) PARTES INTEGRANTES DO CONTRATO: 1.1. EMISSOR/ADMINISTRADORA: ULTRACRED PAULISTA ADMINISTRADORA

Leia mais

RETROATIVIDADE DO SEGURO: O Protector possibilita a contratação de cobertura retroativa para fatos desconhecidos de até 5 anos.

RETROATIVIDADE DO SEGURO: O Protector possibilita a contratação de cobertura retroativa para fatos desconhecidos de até 5 anos. SEGURADO: Médicos (pessoa física) ou Clinicas e Consultórios (pessoa jurídica) Limite: São 6 opções entre R$ 100.000 e R$ 500.000. O limite do seguro poderá ser utilizado para um ou uma série de sinistros

Leia mais

REGULAMENTO EMPRÉSTIMO CASANPREV

REGULAMENTO EMPRÉSTIMO CASANPREV REGULAMENTO EMPRÉSTIMO CASANPREV 1/9 CAPÍTULO I Do Objeto Art. 1º Este documento, doravante denominado Regulamento de Empréstimo, estabelece os direitos e as obrigações da CASANPREV, dos Participantes,

Leia mais

RETROATIVIDADE DO SEGURO: O Protector possibilita a contratação de cobertura retroativa para fatos desconhecidos de até 5 anos.

RETROATIVIDADE DO SEGURO: O Protector possibilita a contratação de cobertura retroativa para fatos desconhecidos de até 5 anos. SEGURADO: Diretor, Conselheiro, CEO, CFO ou cargo Equivalente (pessoa física) Limite: São 6 opções entre R$ 100.000 e R$ 500.000. O limite do seguro poderá ser utilizado para um ou uma série de sinistros

Leia mais

GUIA RESUMIDO DE SEGUROS E ASSISTÊNCIAS DE VIAGENS.

GUIA RESUMIDO DE SEGUROS E ASSISTÊNCIAS DE VIAGENS. SETEMBRO 2013 GUIA RESUMIDO DE SEGUROS E ASSISTÊNCIAS DE VIAGENS. *As informações contidas neste guia são válidas exclusivamente para cartões MasterCard Black e Visa Infinite. SERVIÇO DE CONCIERGE Você

Leia mais

CCB Cédula de Crédito Bancário Consignação INSS

CCB Cédula de Crédito Bancário Consignação INSS CCB Cédula de Crédito Bancário Consignação INSS Pela presente CÉDULA DE CRÉDITO BANCARIO, doravante designada como CÉDULA, pagarei ao Banco Ibi S.A. Banco Múltiplo, com sede na Alameda Rio Negro, 585,

Leia mais

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE VEICULOS CARRENT ALUGUEL & VEICULOS LTDA, CNPJ sob n.o 23.002.258/0001 22 com Rua Bento Albuquerque 2653 A Papicu 60 191 355

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE VEICULOS CARRENT ALUGUEL & VEICULOS LTDA, CNPJ sob n.o 23.002.258/0001 22 com Rua Bento Albuquerque 2653 A Papicu 60 191 355 CONTRATO DE LOCAÇÃO DE VEICULOS CARRENT ALUGUEL & VEICULOS LTDA, CNPJ sob n.o 23.002.258/0001 22 com Rua Bento Albuquerque 2653 A Papicu 60 191 355 doravante identificada LOCADORA e a pessoa física ou

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 963.454 - SC (2007/0143805-5) RELATOR RECORRENTE ADVOGADOS RECORRIDO PROCURADOR INTERES. : MINISTRO PAULO DE TARSO SANSEVERINO : LIBERTY PAULISTA SEGUROS S/A : SÉRGIO ALEXANDRE SODRÉ

Leia mais

DECISÃO MONOCRÁTICA CONTRATO DE SEGURO DE VIDA E INVALIDEZ PERMANENTE EM GRUPO. PRESCRIÇÃO. INOCORRÊNCIA. SEGURADO COM LESÃO NEUROLÓGICA QUE

DECISÃO MONOCRÁTICA CONTRATO DE SEGURO DE VIDA E INVALIDEZ PERMANENTE EM GRUPO. PRESCRIÇÃO. INOCORRÊNCIA. SEGURADO COM LESÃO NEUROLÓGICA QUE DÉCIMA SEXTA CÂMARA CÍVEL APELAÇÃO N.º 0402603-95.2008.8.19.0001 APELANTE: SULAMÉRICA SEGUROS DE VIDA E PREVIDENCIA APELADO: FRANCISCO DE SOUZA COELHO JUNIOR RELATOR: DES. LINDOLPHO MORAIS MARINHO DECISÃO

Leia mais

5. Tarifas: Sumário Executivo do Contrato Itaucard Desconto em Folha

5. Tarifas: Sumário Executivo do Contrato Itaucard Desconto em Folha CONTRATO DE Cartão ITAUCARD DESCONTO EM FOLHA Sumário Executivo do Contrato Itaucard Desconto em Folha Preocupados em manter a total transparência com você, preparamos um resumo do contrato do seu cartão.

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL (ao abrigo do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 133/2009, de 2 de Junho) A. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL OAB EXAME DE ORDEM 2010/2 PROVA DISCURSIVA DIREITO TRIBUTÁRIO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL OAB EXAME DE ORDEM 2010/2 PROVA DISCURSIVA DIREITO TRIBUTÁRIO Questão 1 MÁRIO ROBERTO possui terreno limítrofe entre as zonas urbana e rural do município de Pedra Grande. No ano de 2009, ele recebeu o carnê do IPTU, emitido pela Secretaria de Fazenda de Pedra Grande,

Leia mais

Contrato de adesão aos serviços de gestão e intermediação de pagamentos

Contrato de adesão aos serviços de gestão e intermediação de pagamentos Contrato de adesão aos serviços de gestão e intermediação de pagamentos 1 PARTES I. CONTA DE RECEBIMENTO, Conta Global de Recebimento Ltda., empresa estabelecida na cidade de Campinas SP, na Rua Luis Gama,

Leia mais

2. ADESÃO AO PROGRAMA 2.1. A adesão pelos CLIENTES ao PROGRAMA será automática quando do desbloqueio dos CARTÕES.

2. ADESÃO AO PROGRAMA 2.1. A adesão pelos CLIENTES ao PROGRAMA será automática quando do desbloqueio dos CARTÕES. REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BENEFÍCIOS PAN+ 1. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1.1. Este Regulamento estabelece as regras de participação dos clientes pessoa física Titulares e Adicionais ("CLIENTES" ou "CLIENTE")

Leia mais

ASSISTÊNCIA 24 HORAS - VEÍCULOS DE PASSEIO E HR

ASSISTÊNCIA 24 HORAS - VEÍCULOS DE PASSEIO E HR ASSISTÊNCIA 24 HORAS - VEÍCULOS DE PASSEIO E HR DEFINIÇÕES Beneficiário Entende-se por Beneficiário, todo o condutor de veículo Assistido, devidamente habilitado e autorizado, assim como, toda pessoa transportadora

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo fls. 278 Registro: 2014.0000422637 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Agravo de Instrumento nº 2051171-74.2014.8.26.0000, da Comarca de, em que é agravante MADRID INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS

Leia mais

neste regulamento. 2. DOS CONCEITOS FUNDAMENTAIS

neste regulamento. 2. DOS CONCEITOS FUNDAMENTAIS 1. DAS PARTES 1.1. A constituição e o funcionamento de grupos de consórcio formados pela empresa Sponchiado Administradora de Consórcios Ltda., pessoa neste regulamento. 2. DOS CONCEITOS FUNDAMENTAIS promovida

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS MEGA, PLUS E SEM LIMITE. Pelo presente instrumento, de um lado a COMPANHIA DE TELECOMUNICAÇÕES DO

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS MEGA, PLUS E SEM LIMITE. Pelo presente instrumento, de um lado a COMPANHIA DE TELECOMUNICAÇÕES DO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS MEGA, PLUS E SEM LIMITE Pelo presente instrumento, de um lado a COMPANHIA DE TELECOMUNICAÇÕES DO BRASIL CENTRAL, prestadora de serviços de telecomunicações, inscrita

Leia mais

SUMÁRIO EXECUTIVO. Resumo do Contrato de Utilização do Cartão Cencosud

SUMÁRIO EXECUTIVO. Resumo do Contrato de Utilização do Cartão Cencosud SUMÁRIO EXECUTIVO Resumo do Contrato de Utilização do Cartão Cencosud SUMÁRIO EXECUTIVO Resumo do Contrato de Utilização do Cartão Cencosud A seguir você encontrará um resumo das principais condições a

Leia mais

Breves Considerações sobre o Superendividamento

Breves Considerações sobre o Superendividamento 116 Breves Considerações sobre o Superendividamento Luiz Eduardo de Castro Neves 1 O empréstimo de valores é realizado com a cobrança de juros, de forma a permitir uma remuneração pelo valor emprestado.

Leia mais

consumidor consulte seus direitos

consumidor consulte seus direitos Câmara dos Deputados consumidor consulte seus direitos com VINICIUS CARVALHO Deputado Federal Centro de Documentação e Informação Coordenação de Publicações BRASÍLIA 2008 05948.indd 1 25/04/2008 13:50:24

Leia mais

PRODUTOS: FAÇA VALER SEUS DIREITOS NA HORA DA COMPRA E NO PÓS-VENDA!

PRODUTOS: FAÇA VALER SEUS DIREITOS NA HORA DA COMPRA E NO PÓS-VENDA! PRODUTOS: FAÇA VALER SEUS DIREITOS NA HORA DA COMPRA E NO PÓS-VENDA! CUIDADOS AO COMPRAR UM PRODUTO Houve um tempo em que o consumidor se sentia desamparado na hora de adquirir um produto. Sem contar com

Leia mais

a ADMINISTRADORA, pelo próprio TITULAR, na condição de devedor principal.

a ADMINISTRADORA, pelo próprio TITULAR, na condição de devedor principal. G4 ADMINISTRADORA DE CARTÕES DE CRÉDITO LTDA, pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ sob o nº 15.284.476/0001-79, com sede na Rua Primeiro de Março, 437 Sala 04 na cidade de São Leopoldo-RS,

Leia mais

- 2 - Olá, eu sou o. Zé Virtual. e estou aqui para tirar suas dúvidas quanto ao Juizado Central

- 2 - Olá, eu sou o. Zé Virtual. e estou aqui para tirar suas dúvidas quanto ao Juizado Central - 2 - Olá, eu sou o Zé Virtual e estou aqui para tirar suas dúvidas quanto ao Juizado Central - 3 - JUIZADO CENTRAL uma Justiça mais rápida e acessível O Juizado Central foi criado para solucionar, de

Leia mais

CONTRATO DE ADESÃO AO PLANO ALTERNATIVO PLANO SUPER LIGAÇÃO 15 TARIFA ÚNICA TODO DIA TODA HORA

CONTRATO DE ADESÃO AO PLANO ALTERNATIVO PLANO SUPER LIGAÇÃO 15 TARIFA ÚNICA TODO DIA TODA HORA CONTRATO DE ADESÃO AO PLANO ALTERNATIVO PLANO SUPER LIGAÇÃO 15 TARIFA ÚNICA TODO DIA TODA HORA Por este instrumento, em que são partes: de um lado a TELEFÔNICA BRASIL S.A, prestadora do serviço telefônico

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TRACKER LOG

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TRACKER LOG Página 1 de 8 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TRACKER LOG ET DO BRASIL LTDA., empresa com sede à Rua Federação Paulista de Futebol, 777, Várzea da Barra Funda, São Paulo/SP, doravante denominada simplesmente

Leia mais

Poder Judiciário da União Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios

Poder Judiciário da União Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios Poder Judiciário da União Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios Órgão 2ª Turma Recursal dos Juizados Especiais do Distrito Federal Processo N. Apelação Cível do Juizado Especial 20120111781267ACJ

Leia mais

Resumo do Regulamento de Utilização do Cartão American Express Business

Resumo do Regulamento de Utilização do Cartão American Express Business Resumo do Regulamento de Utilização do Cartão American Express Business IMPORTANTE: LEIA ESTE SUMÁRIO COM ATENÇÃO Este Sumário apresenta um resumo das principais informações que a Empresa Associada e o

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL V EXAME UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA PROVA DO DIA 4/12/2011 DIREITO CIVIL

CONSELHO FEDERAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL V EXAME UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA PROVA DO DIA 4/12/2011 DIREITO CIVIL DIREITO CIVIL PEÇA PRÁTICO-PROFISSIONAL Trata-se da hipótese em que o(a) examinando(a) deverá se valer de medidas de urgência, sendo cabíveis cautelares preparatórias, com pedido de concessão de medida

Leia mais

1.5. E-commerce: site de vendas do Cartão JOYCARD (www.joycard.com.br) e Hot sites segmentados dos produtos.

1.5. E-commerce: site de vendas do Cartão JOYCARD (www.joycard.com.br) e Hot sites segmentados dos produtos. Prezado(a) Cliente: Seguem abaixo o Termo e Condições de Uso dos produtos JOYCARD comercializados neste site pela ELEMENT. Solicitamos a leitura do Termo do cartão a ser adquirido: Partes De um lado, ELEMENT

Leia mais

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE VEÍCULO

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE VEÍCULO CONTRATO DE LOCAÇÃO DE VEÍCULO 1 DA LOCAÇÃO: 1.1 O Veículo objeto da presente locação, inclusive acessórios, devidamente caracterizado no anverso, está sendo entregue em perfeitas condições de funcionamento

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS CONTRATO DE EMPRÉSTIMO

CONDIÇÕES GERAIS CONTRATO DE EMPRÉSTIMO CONDIÇÕES GERAIS CONTRATO DE EMPRÉSTIMO Estas são as condições gerais do Empréstimo, solicitado e contratado por você. Leia atentamente estas condições gerais, que serão aplicáveis durante todo o período

Leia mais

CONTRATO DE PLANO DE SAÚDE ANIMAL

CONTRATO DE PLANO DE SAÚDE ANIMAL CONTRATO DE PLANO DE SAÚDE ANIMAL Contrato nº CONTRATADA NOME SITUADA na Rua, Vl. CEP Sorocaba / SP, Inscrição Estadual n., Inscrição Municipal n., CNPJ n., através de seu representante legal Nome, brasileiro,

Leia mais

PROVA ORAL PONTO II DISCIPLINA: DIREITO CIVIL QUESTÃO 1

PROVA ORAL PONTO II DISCIPLINA: DIREITO CIVIL QUESTÃO 1 DISCIPLINA: DIREITO CIVIL QUESTÃO 1 Discorra sobre a utilização da usucapião como instrumento de defesa em ações petitórias e possessórias. DISCIPLINA: DIREITO CIVIL QUESTÃO 2 Considere que um indivíduo,

Leia mais

executivo e sua remuneração era de R$ 3.000,00 acrescida de gratificação de um terço de seu salário.

executivo e sua remuneração era de R$ 3.000,00 acrescida de gratificação de um terço de seu salário. EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE FLORIANÓPOLIS/SC ANA KARENINA, estado civil..., profissão..., residente e domiciliada na Rua..., nº..., cidade... estado..., CEP..., representada

Leia mais

ADQUIRENTES: Empresas responsáveis pela comunicação das TRANSAÇÕES entre o ESTABELECIMENTO, o BANCO EMISSOR e as bandeiras de CARTÃO DE CRÉDITO.

ADQUIRENTES: Empresas responsáveis pela comunicação das TRANSAÇÕES entre o ESTABELECIMENTO, o BANCO EMISSOR e as bandeiras de CARTÃO DE CRÉDITO. CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE GESTÃO DE PAGAMENTOS E OUTRAS AVENÇAS ESTABELECIMENTO AO SISTEMA EVOLUCARD Pelo presente instrumento particular, as Partes, de um lado, EVOLUCARD S/A., com sede na

Leia mais

MANUAL DE CONTROLES INTERNOS POLÍTICAS CORPORATIVAS

MANUAL DE CONTROLES INTERNOS POLÍTICAS CORPORATIVAS 9 - Regulamentos Política de Empréstimos 9.1 Condições para associação O Funcionário, na sua admissão na empresa, assina a Proposta de Admissão e Depósito na Cooperativa, se for de seu interesse, sendo

Leia mais

5) COMPROMISSO PARTICULAR DE VENDA E COMPRA E OUTRAS COMPROMISSÁRIO VENDEDOR:..., brasileiro, solteiro, produtor rural, inscrito no CPF sob o

5) COMPROMISSO PARTICULAR DE VENDA E COMPRA E OUTRAS COMPROMISSÁRIO VENDEDOR:..., brasileiro, solteiro, produtor rural, inscrito no CPF sob o 5) COMPROMISSO PARTICULAR DE VENDA E COMPRA E OUTRAS AVENÇAS PARTES CONTRATANTES COMPROMISSÁRIO VENDEDOR:..., brasileiro, solteiro, produtor rural, inscrito no CPF sob o n.... e no RG sob o n...., residente

Leia mais

MODALIDADE: SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL EVENTOS RESUMO DAS COBERTURAS E CONDIÇÕES

MODALIDADE: SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL EVENTOS RESUMO DAS COBERTURAS E CONDIÇÕES MODALIDADE: SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL EVENTOS RESUMO DAS COBERTURAS E CONDIÇÕES SEGURADO: Pessoa Jurídica organizadora, participante ou patrocinadora de um evento, feira ou exposição. LIMITE: São

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS FACULDADES - 2014

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS FACULDADES - 2014 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS FACULDADES - 2014 Pelo presente contrato, a FUNDAÇÃO EDUCACIONAL "DR. RAUL BAUAB" - JAHU, com sede em Jaú, SP, na Rua Tenente Navarro, nº 642, CNPJ nº 50.761.121/0001-24,

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO COMARCA DE FERNANDÓPOLIS FORO DISTRITAL DE OUROESTE JUIZADO ESPECIAL CÍVEL E CRIMINAL

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO COMARCA DE FERNANDÓPOLIS FORO DISTRITAL DE OUROESTE JUIZADO ESPECIAL CÍVEL E CRIMINAL fls. 1 CONCLUSÃO Aos 12 de julho de 2013, faço os presentes autos conclusos ao MM. Juiz de Direito Dr. LUIZ GUSTAVO ROCHA MALHEIROS. Eu (Daniela Dacyszyn Leme Macedo), Escrivã Judicial II Substituta, digitei.

Leia mais

GUIA INFORMATIVO - CARTÕES DE CRÉDITO

GUIA INFORMATIVO - CARTÕES DE CRÉDITO 2013 GUIA INFORMATIVO - CARTÕES DE CRÉDITO CARTÕES DE CRÉDITO Definição Cartão de crédito é modalidade de pagamento à vista, objeto de um contrato de adesão entre o consumidor e uma administradora de cartões,

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro 17ª Câmara Cível

Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro 17ª Câmara Cível Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro 17ª Câmara Cível APELAÇÃO CÍVEL Nº 0018776-5.2009.8.19.0206 APELANTE: ALENCAR DA SILVA NOGUEIRA FILHO APELADO 1: AMICO SAÚDE LTDA APELADO 2 : ASSOCIAÇÃO

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MATO GROSSO SENTENÇA MATÉRIA CÍVEL

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MATO GROSSO SENTENÇA MATÉRIA CÍVEL PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MATO GROSSO CONCURSO DE INGRESSO NA MAGISTRATURA PROVA ESCRITA RESOLUÇÃO SENTENÇA MATÉRIA CÍVEL 23.07.2006 SENTENÇA SOBRE MATÉRIA CÍVEL João e Maria, casados

Leia mais

SEGURO DE VIDA EM GRUPO OURO VIDA PRODUTOR RURAL

SEGURO DE VIDA EM GRUPO OURO VIDA PRODUTOR RURAL SEGURO DE VIDA EM GRUPO OURO VIDA PRODUTOR RURAL Condições Gerais e Particulares Processo SUSEP Nº 10.005221/99-41 Deficientes Auditivos ou de Fala: 0800 729 0088 / Ouvidoria: 0800 880 2930 Endereço: Rua

Leia mais

CONTRATO DE ADESÃO AO PLANO ALTERNATIVO LINHA HÍBRIDA TARIFA PLANA LOCAL

CONTRATO DE ADESÃO AO PLANO ALTERNATIVO LINHA HÍBRIDA TARIFA PLANA LOCAL CONTRATO DE ADESÃO AO PLANO ALTERNATIVO LINHA HÍBRIDA TARIFA PLANA LOCAL Por este instrumento, em que fazem parte de um lado, Telecomunicações de São Paulo S.A. TELESP, devidamente inscrita no CNPJ/MF

Leia mais