REQUERIMENTOS E DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS PARA A ÁREA DE ALIMENTOS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REQUERIMENTOS E DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS PARA A ÁREA DE ALIMENTOS"

Transcrição

1 ABERTURA / ALTERAÇÃO ENDEREÇO / ATIVIDADE / ENCERRAMENTO DE ALVARÁ 1 PASSO SOLICITAÇÃO REALIZADA VIA ONLINE PARA: ABERTURA ALTERAÇÃO ENDEREÇO ATIVIDADE ENCERRAMENTO DE ALVARÁ Endereço eletrônico ( site ) PASSO A PASSO: Serviços on-line / Cadastro mobiliário Eletrônico de Empresas e Autônomos / Opções: ABERTURA/ALTERAÇÃO/ENCERRAMENTO. Preencher os dados. Após o preenchimento essa DECAM gera um número de ID. Aguardar a vistoria e aprovação das todas as secretarias envolvidas, após a aprovação quando entra na 2ª fase, o DEREM envia um informando o requerente sobre a sua situação. Obs.: Para alteração de atividade somente na VISA, deverá ser solicitado o cancelamento de CEVS da atividade que será desativada. Quando essa atualização for somente relacionada à licença e já existir Alvara Municipal ( DEREM ), essas alterações e cancelamentos serão feitos somente no SIVISA ( sistema de informação em vigilância sanitária ), não necessitando de tramitação em outros departamentos do município. REQUERIMENTOS E DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS PARA A ÁREA DE ALIMENTOS ABERTURA/ALTERAÇÃO ENDEREÇO / ATIVIDADE BAR E LANCHONETE ANEXO XI DO FORMULARIO SIVISA CÓPIA DO CERTIFICADO DO CURSO BÁSICO DE MANIPULAÇÃO DE ALIMENTOS. CARTEIRA DE SAÚDE VALIDADA COM CONCLUSÃO DE APTIDÃO.

2 COPIA DE CARTÃO DE CNPJ ENQUADRAMENTO ME, EIRELI, EPP OU LTDA PADARIA / RESTAURANTE / ROTISSERIA / BUFÊ / MERCADOS E DEMAIS ESTABELECIMENTOS MANIPULADORES DE ALIMENTOS DE PORTE MAIOR. ANEXO XI DO FORMULARIO SIVISA CÓPIA DO CERTIFICADO DO CURSO BÁSICO DE MANIPULAÇÃO DE ALIMENTOS. CARTEIRA DE SAÚDE VALIDADA COM CONCLUSÃO DE APTIDÃO. COPIA DE CARTÃO DE CNPJ ENQUADRAMENTO ME, EIRELI, EPP OU LTDA O RESPONSAVEL LEGAL PELO ESTABELECIMENTO DEVERÁ POSSUIR CERTIFICADO DO CURSO DA RDC 216/04. MANUAL DE BOAS PRÁTICAS OPERACIONAIS (MBPO) PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRAO (POP), A CONFERENCIA DESTE DOCUMENTO, SERÁ REALIZADA IN-LOCO, DEVENDO SER MANTIDA UMA CÓPIA DO DOCUMENTO PARA CONSULTA DOS COLABORADORES DA EMPRESA.

3 RENOVAÇÃO DA LICENÇA DE ALIMENTOS (AMBULANTE E FEIRANTE) REQUERIMENTO DO PROTOCOLO ANEXO XI DO FORMULARIO SIVISA TAXA RENOVAÇÃO DA LICENÇA SANITÁRIA (SE A DATA DE VALIDADE JÁ ESTIVER SIDO EXPIRADA, EXISTIRÁ MULTA COM VENCIMENTO PARA 30 DIAS APARTIR DA DATA DE EMISSÃO DO BOLETO) EM CASO DE MULTA: ATRASO SEM NOTIFICAÇÃO, ACRÉSCIMO DE 20% DO VALOR DA TAXA DE RENOVAÇÃO; ATRASO COM NOTIFICAÇÃO, MULTA É 50% DO VALOR DA TAXA DE RENOVAÇÃO; CÓPIA DA LICENÇA ANTERIOR.

4 CABELEIREIRO MANICURE E PEDICURE OUTRAS ATIVIDADES DE BELEZA SEM PROCEDIMENTOS INVASIVOS ABERTURA / ALTERAÇÃO DE ENDEREÇO / ATIVIDADE ESSA ATIVIDADE NÃO É RENOVÁVEL ANEXO XI DO FORMULARIO SIVISA CÓPIA DO CERTIFICADO DO CURSO BÁSICO DE BIOSSEGURANÇA. COPIA DE CARTÃO DE CNPJ ENQUADRAMENTO ME, EIRELI, EPP OU LTDA CERTIFICADOS DAS ATIVIDADES PROFISSIONAIS CURSO BÁSICO DE BIOSSEGURANÇA ( REALIZADO PELA VISA ) Documentos: PESSOA FÍSICA CPF, RG, COMPROVANTE DE ENDEREÇO. PESSOA JURÍDICA - COPIA DE CARTÃO DE CNPJ ENQUADRAMENTO ME, EIRELI, EPP OU LTDA CLINICA DE ESTÉTICA COM RESPONSABILIDADE TÉCNICA

5 ANEXO XI DO FORMULARIO SIVISA CÓPIA DO CERTIFICADO DO CURSO BÁSICO DE BIOSSEGURANÇA. TAXA DE RESPONSABILIDADE TÉCNICA COPIA DE CARTÃO DE CNPJ ENQUADRAMENTO ME, EIRELI, EPP OU LTDA RESPONSÁVEL TÉCNICO DEVERÁ APRESENTAR, COPIA DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DEVIDAMENTE REGISTRADO EM CARTORIO DE NOTAS, OU REGISTRO EM CARTEIRA PROFISSIONAL. ( salvo no caso de um dos sócios ou o proprietário ser o RT ) COPIA DE CARTEIRA DE CONSELHO DE CLASSE PESSOA FÍSICA -CPF RG COMPROVANTE DE ENDEREÇO PESSOA JURÍDICA - COPIA DE CARTÃO DE CNPJ ENQUADRAMENTO ME, EIRELI, EPP OU LTDA CONTRATO SOCIAL E SUAS RESPECTIVAS ALTERAÇÕES OU REQUERIMENTO DE

6 DROGARIAS, FARMÁCIAS, COMERCIO ATACADISTA DE SANEANTES, COMERCIO ATACADISTA DE PRODUTOS PARA A SAÚDE, COMERCIO ATACADISTA DE CORRELATOS, INDÚSTRIA FAMOQUIMICA, INDÚSTRIAS DE MEDICAMENTOS, INDÚSTRIA DE SANEANTES DOMISSANITÁRIOS, E IMPORTADORAS ABERTURA/ ALTERAÇÃO DE ENDEREÇO / ATIVIDADE ANEXO XI E SUB ANEXO XI C TAXA DE RESPONSABILIDADE TÉCNICA DOCUMENTOS COPIA DE CARTÃO DE CNPJ ENQUADRAMENTO ME, EIRELI, EPP OU LTDA RESPONSÁVEL TÉCNICO DEVERÁ APRESENTAR, COPIA DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DEVIDAMENTE REGISTRADO EM CARTORIO DE NOTAS, OU REGISTRO EM CARTEIRA PROFISSIONAL. ( salvo no caso de um dos sócios ou o proprietário ser o RT ) COPIA DE CARTEIRA DE CONSELHO DE CLASSE CÓPIA DO LTA DEVIDAMENTE ATUALIZADO E APROVADO POR ESATA VISA (salvo em caso de Drogarias) RENOVAÇÃO REQUERIMENTO DE PROTOCOLO ANEXO XI E SUB-ANEXO XI C CÓPIA DA LICENÇA ANTERIOR OU MARCAR VENCIMENTO NO FORMULARIO DECLARAÇÕES DO CUMPRIMENTO DAS NORMAS SANITARIAS MÉDICOS, PSICÓLOGOS, FISIOTERAPEUTAS, TERAPEUTAS, DENTISTAS, PROTÉTICOS, NUTRICIONISTAS, PODÓLOGOS, ETC. ABERTURA, ALTERAÇÃO DE ENDEREÇO / ATIVIDADE. Todas as Atividades de Saúde precisam de Sub-Anexo XI A

7 ANEXO XI (Sub Anexo XI A, e se tiver equipamentos, Sub Anexo XI B) TAXAS DE VISTORIA SANITARIA TAXA DE RESPONSABILIDADE TECNICA (SE FOR O CASO). DOCUMENTOS PESSOA FÍSICA: CÓPIAS CPF, RG E CARTEIRA DO CONSELHO PARA A RESPONSABILIDADE TÉCNICA. DOCUMENTOS PESSOA JURÍDICA CONTRATO SOCIAL, DECLARAÇÃO DE EMPRESÁRIO INDIVIDUAL, CNPJ (ENQUADRAMENTO QUANDO FOR O CASO). DO RT: CARTEIRA DO CONSELHO, E (SE FOR OUTRO QUE NÃO O RL), PEDIR VÍNCULO EMPREGATÍCIO. RENOVAÇÃO REQUERIMENTO DE PROTOCOLO ANEXO XI, SUB ANEXO XI- A, E O SUB ANEXO XI-B, QUANDO O ESTABELECIMENTO CONTAR COM EQUIPAMENTO DE RAIOS X CÓPIA DA LICENÇA ANTERIOR OU VERIFICAR VALIDADE NO SIVISA. DECLARAÇÃO DA LEGISLAÇÃO SANITÁRIA.. OBS: SE FOR DENTISTA NÃO COBRA TAXA, SOMENTE SE ESTIVER ATRASADO COBRA MULTA 20%, OU 50% SE TIVER NOTIFICAÇÃO. EM CASO DE EQUIPAMENTO DE RX, TAMBÉM RECOLHER MULTA PARA EQUIPAMENTO TAMBEM. Os profissionais dentistas são isentos de taxa de renovação de licença, porém, não são isentos de penalidades de multa (em caso de atraso na solicitação da renovação de licença) PARA RECEITUÁRIOS É NECESSÁRIO: REQUERIMENTO DE PROTOCOLO

8 CÓPIA DA LICENÇA DE FUNCIONAMENTO EM PRAZO VIGENTE, PREENCHIMENTO TOTAL E CORRETO DO FORMULÁRIO, É NECESSÁRIO DAR INICIO AO TRAMITE DE PROCESSO ATRAVES DO DEPARTAMENTO DE O PROTOCOLO.

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA ABERTURA, ALTERAÇÃO E ENCERRAMENTO DA INSCRIÇÃO MUNICIPAL: PESSOA JURÍDICA E PESSOA FÍSICA

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA ABERTURA, ALTERAÇÃO E ENCERRAMENTO DA INSCRIÇÃO MUNICIPAL: PESSOA JURÍDICA E PESSOA FÍSICA DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA ABERTURA, ALTERAÇÃO E ENCERRAMENTO DA INSCRIÇÃO MUNICIPAL: PESSOA JURÍDICA E PESSOA FÍSICA ABERTURA : PESSOA JURÍDICA REQUERIMENTO PADRÃO (ANEXO III) (PREENCHER NO COMPUTADOR

Leia mais

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA REQUERER ALVARÁ SANITÁRIO/2012

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA REQUERER ALVARÁ SANITÁRIO/2012 DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA REQUERER ALVARÁ SANITÁRIO/2012 ESTABELECIMENTOS DE ALIMENTOS: 1ª SOLICITAÇÃO análises físico-químicas e microbiológicas da água); Cópia do Manual de Boas Práticas, conforme

Leia mais

Secretaria Municipal de Saúde Diretoria de Vigilância à Saúde Vigilância Sanitária LICENCIAMENTO DE DROGARIAS

Secretaria Municipal de Saúde Diretoria de Vigilância à Saúde Vigilância Sanitária LICENCIAMENTO DE DROGARIAS LICENCIAMENTO DE DROGARIAS Dispositivo legal: Lei Federal 6360/76, Lei Federal 5991/73, Lei Federal 13021/2014, Resolução RDC 17/2013 ANVISA/MS, Resolução SES/MG 307/99 e Resolução SES/MG 462/2004, Resolução

Leia mais

Como registrar uma empresa. Administração farmacêutica Leandro Verçoza, Luiz Batista, Suhelen Comarú

Como registrar uma empresa. Administração farmacêutica Leandro Verçoza, Luiz Batista, Suhelen Comarú Como registrar uma empresa Administração farmacêutica Leandro Verçoza, Luiz Batista, Suhelen Comarú Código civil Departamento Nacional de Registro do Comércio DNRC, determinou que a partir de 11/01/2003,

Leia mais

Secretaria Municipal de Saúde Diretoria de Vigilância à Saúde Vigilância Sanitária LICENCIAMENTO DE DROGARIAS

Secretaria Municipal de Saúde Diretoria de Vigilância à Saúde Vigilância Sanitária LICENCIAMENTO DE DROGARIAS LICENCIAMENTO DE DROGARIAS Dispositivo legal: Lei Federal 6360/76, Lei Federal 5991/73, Lei Federal 13021/2014, Resolução RDC 17/2013 ANVISA/MS, Resolução SES/MG 307/99 e Resolução SES/MG 462/2004, Resolução

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MOGI GUAÇU/SP Secretaria da Fazenda - Divisão de Arrecadação Setor de Cadastro Mobiliário CHECKLIST

PREFEITURA MUNICIPAL DE MOGI GUAÇU/SP Secretaria da Fazenda - Divisão de Arrecadação Setor de Cadastro Mobiliário CHECKLIST PREFEITURA MUNICIPAL DE MOGI GUAÇU/SP Secretaria da Fazenda - Divisão de Arrecadação Setor de Cadastro Mobiliário CHECKLIST OBSERVAÇÃO: POR PROPOSTA DESTE SETOR SUGERIMOS ANTES DE EFETUAR OS PROCEDIMENTOS

Leia mais

Constituição 1- N do protocolo da SES 2- Tipo do CNPJ 3- Natureza da pessoa. Solicitação

Constituição 1- N do protocolo da SES 2- Tipo do CNPJ 3- Natureza da pessoa. Solicitação 1 Formulário de Solicitação da Vigilância Sanitária Leia as instruções Constituição 1- N do protocolo da SES 2- Tipo do CNPJ 3- Natureza da pessoa 4- Tipo do Estabelecimento 5- Razão Social ( ) Matriz

Leia mais

LICENÇA DE OPERAÇÃO - LO

LICENÇA DE OPERAÇÃO - LO LICENÇA DE OPERAÇÃO - LO Autoriza o início da atividade, do empreendimento ou da pesquisa científica, após a verificação do efetivo cumprimento das medidas de controle ambiental e condicionantes determinadas

Leia mais

ADVERTÊNCIA Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial da União

ADVERTÊNCIA Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial da União ADVERTÊNCIA Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial da União Ministério da Saúde Agência Nacional de Vigilância Sanitária RESOLUÇÃO Nº 1, DE 13 DE JANEIRO DE 2010 Dispõe sobre os critérios

Leia mais

Unidade de Atendimento e Protocolo - UNIAP Listagem de Encaminhamento de Documentação em Caráter Precário Dia 28/03/2005

Unidade de Atendimento e Protocolo - UNIAP Listagem de Encaminhamento de Documentação em Caráter Precário Dia 28/03/2005 Unidade de Atendimento e Protocolo - UNIAP Listagem de Encaminhamento de Documentação em Caráter Precário Dia 28/03/2005 EMPRESA: GUTERRES & QUEIROZ LTDA CNPJ: 04.567.783/0001-40 PROCESSO: 25025.054244/2003-14

Leia mais

Unidade de Atendimento e Protocolo - UNIAP Listagem de Encaminhamento de Documentação em Caráter Precário Dia 19/09/2006

Unidade de Atendimento e Protocolo - UNIAP Listagem de Encaminhamento de Documentação em Caráter Precário Dia 19/09/2006 Unidade de Atendimento e Protocolo - UNIAP Listagem de Encaminhamento de Documentação em Caráter Precário Dia 19/09/2006 EMPRESA: DROGARIA PORFIRIO & SOUZA LTDA - ME CNPJ: 63.990.519/0001-84 PETIÇÃO: 492877/06-6

Leia mais

REQUERIMENTO ELETRÔNICO. Requerimento Eletrônico. Página 1 / 35

REQUERIMENTO ELETRÔNICO. Requerimento Eletrônico. Página 1 / 35 Requerimento Eletrônico Página 1 / 35 ÍNDICE INTRODUÇÃO... 3 REQUERIMENTO ELETRÔNICO DE CONSTITUIÇÃO... 4 Novo Requerimento de Constituição... 5 Dados da Pessoa Jurídica... 7 Qualificação dos Sócios e

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA SAREC Nº 01, de 02 de janeiro de 2014

INSTRUÇÃO NORMATIVA SAREC Nº 01, de 02 de janeiro de 2014 INSTRUÇÃO NORMATIVA SAREC Nº 01, de 02 de janeiro de 2014 Dispõe sobre os procedimentos a serem adotados nos processos administrativos relativos à baixa de inscrição. O SECRETÁRIO MUNICIPAL ADJUNTO DA

Leia mais

DECRETA: I INSCRIÇÃO PARA PROFISSIONAL LIBERAL ESTABELECIDO

DECRETA: I INSCRIÇÃO PARA PROFISSIONAL LIBERAL ESTABELECIDO DECRETO N.º 296 DE 26 DE NOVEMBRO DE 2014. Dispõe sobre a regulamentação de documentação necessária para abertura de inscrição inicial e outros procedimentos, em cumprimento ao parágrafo único do artigo

Leia mais

DOCUMENTOS PARA OBTER PRIMEIRO CREDENCIAMENTO; AUTÔNOMO PESSOA FÍSICA: MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL:

DOCUMENTOS PARA OBTER PRIMEIRO CREDENCIAMENTO; AUTÔNOMO PESSOA FÍSICA: MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL: DOCUMENTOS PARA OBTER PRIMEIRO CREDENCIAMENTO; AUTÔNOMO PESSOA FÍSICA: 1. Requerimento do interessado (acompanhado de cópia do RG ou CNH do mesmo); 2. Carteira Nacional de Habilitação Categoria D ou E

Leia mais

Tratamento Fitossanitário - Fumigação

Tratamento Fitossanitário - Fumigação 1 Objetivo Este documento visa descrever os procedimentos globais para realização das operações fumigação (expurgo). 2 Abrangência O presente documento se aplica às empresas requerentes e prestadoras de

Leia mais

ROTEIRO PARA INSCRIÇÃO DE PESSOAS FÍSICAS PROFISSIONAIS LIBERAIS, AMBULANTE, MOTORISTA E AUTÔNOMOS.

ROTEIRO PARA INSCRIÇÃO DE PESSOAS FÍSICAS PROFISSIONAIS LIBERAIS, AMBULANTE, MOTORISTA E AUTÔNOMOS. ROTEIRO PARA INSCRIÇÃO DE PESSOAS FÍSICAS PROFISSIONAIS LIBERAIS, AMBULANTE, MOTORISTA E AUTÔNOMOS. 1) Requerimento ao Ilmo. Senhor Prefeito solicitando a Inscrição Municipal; 2) Preenchimento e assinatura

Leia mais

INSCRIÇÃO DE EMPRESAS (sociedades, empresário individual, entidades, etc)

INSCRIÇÃO DE EMPRESAS (sociedades, empresário individual, entidades, etc) INSCRIÇÃO DE EMPRESAS (sociedades, empresário individual, entidades, etc) Legalidade: A inscrição no CROSP é obrigatória pelas Leis Federais 5.965/73 e 6.839/80 e Consolidação CFO, após registros em Cartório/Junta

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DO MUNICÍPIO DE BARBOSA FERRAZ - PESSOA JURÍDICA -

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DO MUNICÍPIO DE BARBOSA FERRAZ - PESSOA JURÍDICA - ANEXO XIV - NOVO: RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DO MUNICÍPIO DE BARBOSA FERRAZ 1. HABILITAÇÃO JURÍDICA - PESSOA JURÍDICA - 1.1 Registro Comercial, no caso de empresa

Leia mais

Check-List. Cadastro de Instituições. ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária. www.anvisa.gov.br Brasília, 5 de novembro de 2007.

Check-List. Cadastro de Instituições. ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária. www.anvisa.gov.br Brasília, 5 de novembro de 2007. ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária Check-List Cadastro de Instituições Gerência-Geral de Gestão de Tecnologia da Informação Gerência de Desenvolvimento de Sistemas www.anvisa.gov.br Brasília,

Leia mais

CONSIDERANDO as diretrizes do Código de Obras do Município de Macaé/RJ aprovadas através da Lei nº 016/1999 e alterações;

CONSIDERANDO as diretrizes do Código de Obras do Município de Macaé/RJ aprovadas através da Lei nº 016/1999 e alterações; DECRETO Nº 139 /2013 Dispõe sobre os procedimentos a serem adotados pela Secretaria Municipal de Obras Públicas e Urbanismo (SEMOB) na condução de processos administrativos que tenham por objeto requerimento

Leia mais

1 Natuur Online Cadastre-se Cadastre-se Tipo de Usuário Consultor

1 Natuur Online Cadastre-se Cadastre-se Tipo de Usuário Consultor 1 Essa é a tela de acesso do Natuur Online, clique aqui para acessar o site e siga o passo-apasso abaixo. Se esse é o seu primeiro acesso, clique em Cadastre-se. 2 Caso ainda não possua nenhum tipo de

Leia mais

Sistema de Cadastro de Pessoa Jurídica

Sistema de Cadastro de Pessoa Jurídica Manual do Usuário Sistema de Cadastro de Pessoa Jurídica SISTCADPJ Cadastro de Pessoa Jurídica Template Versão 1.1 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 3. Cadastro da Pessoa Jurídica...

Leia mais

DIAS E HORÁRIO DE ATENDIMENTO PARA A MATRÍCULA: DOCUMENTOS PARA MATRÍCULA E PARA COMPROVAÇÃO DAS POLÍTICAS DE AÇÕES AFIRMATIVAS

DIAS E HORÁRIO DE ATENDIMENTO PARA A MATRÍCULA: DOCUMENTOS PARA MATRÍCULA E PARA COMPROVAÇÃO DAS POLÍTICAS DE AÇÕES AFIRMATIVAS 2ª chamada de aprovados no SISU 2013/01 DIAS E HORÁRIO DE ATENDIMENTO PARA A MATRÍCULA: Dias 01, 04 e 05 de fevereiro de 2013. Horário: 10 horas às 11 horas e das 14horas às 20 horas. Local: Coordenação

Leia mais

- Para padarias, acrescentar o atestado de regularidade do Corpo de Bombeiros.

- Para padarias, acrescentar o atestado de regularidade do Corpo de Bombeiros. RENOVAÇÃO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO - RLO INDÚSTRIA: IMOBILIÁRIOS: ESGOTAMENTO SANITÁRIO: COMERCIAIS E SERVIÇOS: - Para padarias, acrescentar o atestado de regularidade do Corpo de Bombeiros. POSTO DE COMBUSTÍVEL:

Leia mais

AUTODECLARAÇÃO. Visão Requerente SISVISA. Sistema de Controle de Vigilância Sanitária

AUTODECLARAÇÃO. Visão Requerente SISVISA. Sistema de Controle de Vigilância Sanitária AUTODECLARAÇÃO Visão Requerente SISVISA Sistema de Controle de Vigilância Sanitária Versão 2.0 1 CONTROLE DE REVISÕES Versão Data Autor Comentário 1.0 19/11/2015 Equipe IVIG_COPPE_UFRJ SISVISA versão 1.0.0

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE AGÊNCIA ESTADUAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA-AGEVISA/PB

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE AGÊNCIA ESTADUAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA-AGEVISA/PB RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA ABERTURA DE LIVRO DE REGISTRO ESPECÍFICO DE SISTEMA INFORMATIZADO PARA INDÚSTRIA FARMOQUÍMICA, LABORATÓRIOS FARMACÊUTICOS, DISTRIBUIDORAS, DROGARIAS E FARMÁCIAS (PORTARIA 344/98)

Leia mais

O coordenador de Vigilância Sanitária de Rio Claro, COMUNICA que:

O coordenador de Vigilância Sanitária de Rio Claro, COMUNICA que: O coordenador de Vigilância Sanitária de Rio Claro, COMUNICA que: Razão Social: Pizza Gigante e Turbinada Ramo de Atividade: pizzaria CPF/CNPJ: 10.419.472/0001-37 Endereço: Avenida Felício Castellano 2600,

Leia mais

DECRETO N 001/2014 10 DEJANEIRO DE 2014

DECRETO N 001/2014 10 DEJANEIRO DE 2014 DECRETO N 001/2014 10 DEJANEIRO DE 2014 "REGULAMENTA LEI MUNICIPAL 2.592/2007, CRIA MODELOS DE DOCUMENTOS DE PORTE OBRIGATÓRIO PARA USO DOS PROFISSIONAIS AUTORIZADOS A PRESTAR SERVIÇO DE TRANSPORTE ESCOLAR

Leia mais

Instruções para o preenchimento do Formulário 13

Instruções para o preenchimento do Formulário 13 Instruções para o preenchimento do Formulário 13 O Formulário 13 tem como finalidade a comunicação de vínculos profissionais do farmacêutico, mas que não sejam como farmacêutico responsável técnico (RT),

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA A REDE DE PRESTADORES GUIA DE SOLICITAÇÃO DE INTERNAÇÃO

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA A REDE DE PRESTADORES GUIA DE SOLICITAÇÃO DE INTERNAÇÃO MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA A REDE DE PRESTADORES GUIA DE SOLICITAÇÃO DE INTERNAÇÃO Recife/2007 SUMÁRIO PAG I Objetivos... 02 II Orientações Gerais... 04 III Instruções para preenchimento da Guia de Resumo

Leia mais

INSCRIÇÃO NO CADASTRO MOBILIÁRIO FISCAL (para fins tributários)

INSCRIÇÃO NO CADASTRO MOBILIÁRIO FISCAL (para fins tributários) INSCRIÇÃO NO CADASTRO MOBILIÁRIO FISCAL (para fins tributários) - cópia simples da Cédula de Identidade R.G.; - cópia simples do Cadastro de Pessoa Física C.P.F.; - comprovante de residência (máximo 90

Leia mais

de todas as pessoas da unidade familiar CPF

de todas as pessoas da unidade familiar CPF Após concluir a sua inscrição no SisFIES, o estudante deverá validar suas informações na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA). Seguem documentos necessários a serem apresentados na

Leia mais

Como abrir uma empresa?

Como abrir uma empresa? Disciplina- Novos Negócios FONTES: 1- http://www.sebrae-rs.com.br/areaatuacao/empreendedorismo/setores/7-passos-para-abrir-minhaempresa/314.aspx 2- Entrevista com um contador 3- Boa Ideia! E Agora? 1.Situação

Leia mais

DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO DE SÃO PAULO DE 1º DE MARÇO DE 2016.

DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO DE SÃO PAULO DE 1º DE MARÇO DE 2016. DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO DE SÃO PAULO DE 1º DE MARÇO DE 2016. DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO Comunicado DH-04, de 04-02-2016 Dispõe sobre os documentos a serem apresentados pelos Centros de Formação

Leia mais

ANEXO I ENDEREÇO (RUA, AV) N.º COMPLEMENTO DADOS DO VEÍCULO

ANEXO I ENDEREÇO (RUA, AV) N.º COMPLEMENTO DADOS DO VEÍCULO ANEXO I AUTORIZATÁRIO ESCOLAR PESSOA NATURAL Solicito ao Presidente da Autarquia Municipal de Trânsito e Transportes de Contagem/MG- Transcon, o credenciamento como Autorizatário serviço de Escolar como

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA RESOLUÇÃO CFM Nº 1.975/2011 (Publicada no D.O.U. de 29 de julho de 2011, Seção I, p. 336-337) Revogada pela Resolução CFM nº 1979/2011 Fixa os valores das anuidades e taxas

Leia mais

Instruções para o preenchimento do Formulário 5

Instruções para o preenchimento do Formulário 5 Instruções para o preenchimento do Formulário 5 O Formulário 5 é o formulário mais utilizado para procedimentos de Pessoa Jurídica no CRF-SP. Nele são solicitados os procedimentos de Assunção, Renovação

Leia mais

Unidade de Atendimento e Protocolo - UNIAP Listagem de Encaminhamento de Documentação em Caráter Precário Dia 22/02/2005

Unidade de Atendimento e Protocolo - UNIAP Listagem de Encaminhamento de Documentação em Caráter Precário Dia 22/02/2005 Unidade de Atendimento e Protocolo - UNAP Listagem de Encaminhamento de Documentação em Caráter Precário Dia 22/02/2005 EMPRESA: DROGARA MACEDO LTDA CNPJ: 28.575.561/0001-38 PETÇÃO: 069974/05-8 do PROCESSO:

Leia mais

Sistema de Cadastro de Fornecedores SISCAF

Sistema de Cadastro de Fornecedores SISCAF Sistema de Cadastro de Fornecedores SISCAF O que é o SISCAF? O Sistema de Cadastro de Fornecedores de Porto Velho (SISCAF) é uma iniciativa voltada para a implantação de um sistema de registro e acompanhamento

Leia mais

1 Acesso ao Módulo de Agendamento do Portal de Serviços do Inmetro nos Estados

1 Acesso ao Módulo de Agendamento do Portal de Serviços do Inmetro nos Estados 1 Acesso ao Módulo de Agendamento do Para acessar o Módulo de Agendamento, o usuário deverá acessar o sitio do Portal de Serviços do Inmetro no Estados (PSIE), digitando na barra de endereço de seu navegador

Leia mais

GUIA DE INFORMAÇÕES PARA REGISTRO DE INDÚSTRIAS DE PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL

GUIA DE INFORMAÇÕES PARA REGISTRO DE INDÚSTRIAS DE PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL GUIA DE INFORMAÇÕES PARA REGISTRO DE INDÚSTRIAS DE PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL REGISTRO, RELACIONAMENTO E TRANSFERÊNCIA: Propriedades e Estabelecimentos sujeitos a registro: - Matadouro-Frigorífico; - Fábrica

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CONTAGEM SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO COMISSÃO PERMANENTE DE CADASTRO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CONTAGEM SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO COMISSÃO PERMANENTE DE CADASTRO PREFEITURA MUNICIPAL DE CONTAGEM SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO COMISSÃO PERMANENTE DE CADASTRO INSTRUÇÃO PARA CADASTRAMENTO (conforme Lei Federal nº 8.666/93 e Decreto Municipal nº 249/dezembro/2005)

Leia mais

ART: CONCEITOS BÁSICOS DA EMISSÃO E BAIXA

ART: CONCEITOS BÁSICOS DA EMISSÃO E BAIXA ART: CONCEITOS BÁSICOS DA EMISSÃO E BAIXA SISTEMA CONFEA/CREA É o sistema que fiscaliza o exercício das profissões na área tecnológica. 2 COMPONENTES DO SISTEMA CONFEA/CREA INSTITUIÇÕES DE ENSINO ATESTAM

Leia mais

DEPARTAMENTO DE CENTRAL DE COMPRAS SOLICITAÇÃO DE INSCRIÇÃO E/OU RENOVAÇÃO. À Comissão Permanente de Cadastro de Fornecedores;

DEPARTAMENTO DE CENTRAL DE COMPRAS SOLICITAÇÃO DE INSCRIÇÃO E/OU RENOVAÇÃO. À Comissão Permanente de Cadastro de Fornecedores; SOLICITAÇÃO DE INSCRIÇÃO E/OU RENOVAÇÃO À Comissão Permanente de Cadastro de Fornecedores;, requer sua Inscrição/Renovação no Cadastro Central de Fornecedores do CNPJ nas especialidades abaixo apresentado

Leia mais

1. OBJETIVO Prestar atendimento ao cidadão de maneira rápida, eficiente e eficaz, de acordo com os requisitos especificados pelo cliente.

1. OBJETIVO Prestar atendimento ao cidadão de maneira rápida, eficiente e eficaz, de acordo com os requisitos especificados pelo cliente. Sistema de Gestão da Qualidade SUPERINTENDÊNCIA DE VAPT VUPT E ATENDIMENTO AO PÚBLICO INSTRUÇÃO DE TRABALHO DE ATENDIMENTO AO CIDADÃO RECEITA MUNICIPAL DE SENADOR CANEDO Responsável: Vanderlúcia Cardoso

Leia mais

V - cópia simples da CADESP completa e atualizada (quando o caso);

V - cópia simples da CADESP completa e atualizada (quando o caso); Estabelece os documentos necessários para proceder a inscrição, alteração e/ou atualização de dados e cancelamento da inscrição no Cadastro Mobiliário Fiscal, para Fins Tributários, para Comércio, Indústria,

Leia mais

Manual Certidão Web - Certidão Específica

Manual Certidão Web - Certidão Específica Manual Certidão Web - Certidão Específica 1 Sumário 1. NORMATIVA... 3 2. PROCEDIMENTO PARA SOLICITAÇÃO... 4 3. PROCEDIMENTO PARA ACOMPANHAR O ANDAMENTO DA SOLICITAÇÃO13 2 1. NORMATIVA De acordo com a INSTRUÇÃO

Leia mais

Atualização do Cartão Nacional de Saúde para o Siscan

Atualização do Cartão Nacional de Saúde para o Siscan Atualização do Cartão Nacional de Saúde para o Siscan Quando um novo exame é requisitado no Siscan é necessário inserir o CNS do paciente para preenchimento dos campos do cadastro. Estes dados estão armazenados

Leia mais

VIA FÁCIL - BOMBEIROS

VIA FÁCIL - BOMBEIROS SECRETARIA DO ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO CORPO DE BOMBEIROS VIA FÁCIL - BOMBEIROS MANUAL DO USUÁRIO Versão V1.0 1 Índice A INTRODUÇÃO, 4 B USUÁRIO NÃO

Leia mais

A Coordenadoria de Vigilância Sanitária de Rio Claro, COMUNICA que:

A Coordenadoria de Vigilância Sanitária de Rio Claro, COMUNICA que: A Coordenadoria de Vigilância Sanitária de Rio Claro, COMUNICA que: Razão Social: Hospedaria Lar Feliz S/C Ltda Ramo de Atividade: Instituição de Longa Permanência para Idosos CPF/CNPJ: 03511977000161000

Leia mais

EXERCICIOS LEI 5991/73

EXERCICIOS LEI 5991/73 EXERCICIOS LEI 5991/73 1-A Lei Federal no 5991 de 17 de dezembro de 1973: (A) Trata da profissão do Farmacêutico Hospitalar. (B) Trata da ética farmacêutica. (C) Dispõe sobre o controle sanitário do comércio

Leia mais

HOMOLOGAÇÃO DO SIMULADOR

HOMOLOGAÇÃO DO SIMULADOR HOMOLOGAÇÃO DO SIMULADOR a) laudo técnico de avaliação, vistoria e verificação de conformidade do protótipo, expedido por Organismo Certificador de Produto OCP, acreditado pelo INMETRO na área de veículos

Leia mais

Circular 017/2012 São Paulo, 09 de janeiro de 2012.

Circular 017/2012 São Paulo, 09 de janeiro de 2012. Circular 017/2012 São Paulo, 09 de janeiro de 2012. PROVEDOR(A) ADMINISTRADOR(A) CRITÉRIOS DA AUTORIZAÇÃO ESPECIAL (AE) DOS ESTABELECIMENTOS DE FARMÁCIAS DE MANIPULAÇÃO Diário oficial da União Nº 6 Seção

Leia mais

FAQ Perguntas Frequentes versão 01/08/2013

FAQ Perguntas Frequentes versão 01/08/2013 Deferimento de Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) pela Junta Comercial 1. Quais são as modalidades de cadastro disponíveis para solicitação de CNPJ? No site da Receita Federal do Brasil (RFB)

Leia mais

Sumário. Credenciamento... 3. Ato de Concentração... 6. Requerimento de TCC... 10

Sumário. Credenciamento... 3. Ato de Concentração... 6. Requerimento de TCC... 10 Sumário Credenciamento... 3 Ato de Concentração... 6 Requerimento de TCC... 10 Credenciamento 1. O interessado deve acessar o sítio eletrônico do Cade (www.cade.gov.br) e realizar cadastro como Usuário

Leia mais

CONTROLE DE DOCUMENTOS

CONTROLE DE DOCUMENTOS 1. OBJETIVO Estabelecer critérios e regras quanto ao procedimento de conferência e arquivamento dos documentos fiscais. 2. REGRAS / CONSIDERAÇÕES GERAIS Esta instrução aplica-se a toda a empresa. Será

Leia mais

EDITAL Nº 001/2015 ACESSO POR TRANSFERÊNCIA CURSO DE MEDICINA ENTRADA 2015.2

EDITAL Nº 001/2015 ACESSO POR TRANSFERÊNCIA CURSO DE MEDICINA ENTRADA 2015.2 EDITAL Nº 001/2015 ACESSO POR TRANSFERÊNCIA CURSO DE MEDICINA ENTRADA 2015.2 A Faculdade Pernambucana de Saúde FPS, no uso de suas atribuições declara aberto processo seletivo para preenchimento de vagas

Leia mais

As inscrições deverão ser realizadas pelo site http://iep.hospitalsiriolibanes.org.br/web/iep/-/especializacaoem-informatica-em-saude,

As inscrições deverão ser realizadas pelo site http://iep.hospitalsiriolibanes.org.br/web/iep/-/especializacaoem-informatica-em-saude, Edital de Seleção ESPECIALIZAÇÃO EM INFORMÁTICA EM SAÚDE Ano letivo 2016. O Superintendente de Ensino do Instituto Sírio Libanês de Ensino e Pesquisa IEP/HSL, no uso de suas atribuições, faz saber que

Leia mais

MANUAL PARA EMISSÃO DA AUTORIZAÇÃO DE TRANSPORTE SEM OBJETIVO COMERCIAL TSOC EVENTUAL

MANUAL PARA EMISSÃO DA AUTORIZAÇÃO DE TRANSPORTE SEM OBJETIVO COMERCIAL TSOC EVENTUAL 1 MANUAL PARA EMISSÃO DA AUTORIZAÇÃO DE TRANSPORTE SEM OBJETIVO COMERCIAL TSOC EVENTUAL Este manual tem como objetivo apresentar os procedimentos necessários para a emissão, on-line, da autorização para

Leia mais

EDITAL DC/IT-NPL 2/2013

EDITAL DC/IT-NPL 2/2013 EDITAL DC/IT-NPL 2/2013 ABRE INSCRIÇÕES PARA O PROCESSO DE SELEÇÃO PARA OS CURSOS DE PÓS- GRADUAÇÃO LATO SENSU DO CAMPUS ITATIBA DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO USF NO 1º SEMESTRE DE 2014. O Diretor do Campus

Leia mais

CREAÇÃO PRÉ-VESTIBULAR FORMULÁRIO SOCIOECONÔMICO 2ª Etapa do Processo Seletivo - 2014

CREAÇÃO PRÉ-VESTIBULAR FORMULÁRIO SOCIOECONÔMICO 2ª Etapa do Processo Seletivo - 2014 CREAÇÃO PRÉ-VESTIBULAR FORMULÁRIO SOCIOECONÔMICO 2ª Etapa do Processo Seletivo - 2014 INSTRUÇÕES: após confirmada sua aprovação na prova, primeira etapa do processo seletivo (ver Edital que será publicado

Leia mais

Se você for substituir o seu bem por um USADO, providenciar a vistoria do bem (se for um bem NOVO, passar para o 2º passo)

Se você for substituir o seu bem por um USADO, providenciar a vistoria do bem (se for um bem NOVO, passar para o 2º passo) Orientações para Substituição de Garantia Bens Móveis Nesse documento você encontra todas as orientações para concluir a substituição do bem adquirido no Consórcio, de maneira ágil e fácil. Esse processo

Leia mais

CADASTRO PESSOA JURÍDICA

CADASTRO PESSOA JURÍDICA CADASTRO PESSOA JURÍDICA Nº Conta Corrente Elaboração Renovação Alteração 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Identificação da empresa CNPJ Nome fantasia N o de registro Data de constituição Capital social realizado

Leia mais

2º Passo Declaração de Início de Actividade e Inscrição no Ficheiro Central de Pessoas Colectivas 3º Passo Registo Comercial

2º Passo Declaração de Início de Actividade e Inscrição no Ficheiro Central de Pessoas Colectivas 3º Passo Registo Comercial O certificado de admissibilidade de firma é válido por cento e oitenta dias a contar da data da sua emissão. A Portaria nº 271/99, de 13 de Abril, veio considerar o empresário em nome individual como pessoa

Leia mais

Documentos necessários para o Candidato e Grupo Familiar quando Préselecionado (apresentar original e xerox de todos os documentos).

Documentos necessários para o Candidato e Grupo Familiar quando Préselecionado (apresentar original e xerox de todos os documentos). CRONOGRAMA DE INSCRIÇÕES FUNDAPLUB - 2007.2 Inscrições: 06 a 20 de Agosto Listagem dos Pré-selecionados: 23 de Agosto Entrega da Documentação: 24, 27, 28 e 29 de Agosto até às 20HS Entrega do novo boleto

Leia mais

ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO CHECK LIST DOCUMENTAÇÃO PARA RENOVAÇÃO DE CREDENCIAMENTO DE CFC.

ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO CHECK LIST DOCUMENTAÇÃO PARA RENOVAÇÃO DE CREDENCIAMENTO DE CFC. ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO CHECK LIST DOCUMENTAÇÃO PARA RENOVAÇÃO DE CREDENCIAMENTO DE CFC. Item DESCRIÇÃO 01 Requerimento solicitando a renovação assinado

Leia mais

ANEXO II INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 85 /PRES/INSS, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2016. (Substitui o Anexo LI da IN nº 77/PRES/INSS, de 21 de janeiro de 2015)

ANEXO II INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 85 /PRES/INSS, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2016. (Substitui o Anexo LI da IN nº 77/PRES/INSS, de 21 de janeiro de 2015) ANEXO II INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 85 /PRES/INSS, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2016 (Substitui o Anexo LI da IN nº 77/PRES/INSS, de 21 de janeiro de 2015) DESPACHO E ANÁLISE ADMINISTRATIVA DA ATIVIDADE ESPECIAL

Leia mais

ATENÇÃO: OS DIAS E HORÁRIOS DE FUNCIONAMENTO PARA COMPROVAÇÃO DAS BOLSAS DO PROUNI PARA O 2º SEMESTRE DE 2014 NA FEAD SERÃO:

ATENÇÃO: OS DIAS E HORÁRIOS DE FUNCIONAMENTO PARA COMPROVAÇÃO DAS BOLSAS DO PROUNI PARA O 2º SEMESTRE DE 2014 NA FEAD SERÃO: ATENÇÃO: OS DIAS E HORÁRIOS DE FUNCIONAMENTO PARA COMPROVAÇÃO DAS BOLSAS DO PROUNI PARA O 2º SEMESTRE DE 2014 NA FEAD SERÃO: Dia 29-07-2014 De 9 as 18h; Dia 30-07-2014 De 9 as 18h; INFORMAÇÕES, RELAÇÃO

Leia mais

TUTORIAL SOBRE EXPORTAÇÃO DE MATERIAL BIOLÓGICO Última Atualização: 21/08/2013.

TUTORIAL SOBRE EXPORTAÇÃO DE MATERIAL BIOLÓGICO Última Atualização: 21/08/2013. TUTORIAL SOBRE EXPORTAÇÃO DE MATERIAL BIOLÓGICO Última Atualização: 21/08/2013. Este tutorial, desenvolvido pelo Núcleo de Inovação Tecnológica do Centro de Pesquisas René Rachou, Unidade Técnico-Científica

Leia mais

Utilizar série 8 sempre que for gerar dados para o Converge.NET.

Utilizar série 8 sempre que for gerar dados para o Converge.NET. COMO CONFIGURAR E HOMOLOGAR O CGE PARA USAR CONVERGE.NET Para Usuários de NFS-e de Cascavel CONFIGURAÇÕES NFS-e NO CGE As configurações de notas fiscais de serviço no Gerenciador de Escritórios estão localizadas

Leia mais

PROCEDIMENTO PARA CADASTRO DE PRESTADOR DE SERVIÇO DE ARMAZENAGEM E DE ACONDICONAMENTO

PROCEDIMENTO PARA CADASTRO DE PRESTADOR DE SERVIÇO DE ARMAZENAGEM E DE ACONDICONAMENTO PROCEDIMENTO PARA CADASTRO DE PRESTADOR DE SERVIÇO DE ARMAZENAGEM E DE ACONDICONAMENTO CADASTRO DA SOLICITAÇÃO 1. Acessar www.agricultura.gov.br => Serviços e Sistemas => Sistemas => Sistemas Integrado

Leia mais

MOVIMENTAÇÃO DIÁRIA DE COMBUSTÍVEIS

MOVIMENTAÇÃO DIÁRIA DE COMBUSTÍVEIS MOVIMENTAÇÃO DIÁRIA DE COMBUSTÍVEIS INSTRUÇÕES PARA PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO NO RECEITA/PR O preenchimento do formulário online disponível no Receita/PR é uma das opções para transmissão das informações

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA RESOLUÇÃO CFM Nº 1.979/2011 (Publicada no D.O.U. 13 dez. 2011. Seção I, p.224-225) Fixa os valores das anuidades e taxas para o exercício de 2012, revoga as Resoluções CFM

Leia mais

PUBLICAÇÃO N. 006/14

PUBLICAÇÃO N. 006/14 Publicado no Diário Oficial Eletrônico: PUBLICAÇÃO N. 006/14 DESPACHOS DO COORDENADOR DA VIGILÂNCIA SANITÁRIA REFERENTES À: o LICENÇA DE FUNCIONAMENTO; o CADASTRO ESTADUAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA CEVS;

Leia mais

1.1. Usuários com e sem vínculos de representação. 1.2. O que significa ser responsável técnico e responsável legal

1.1. Usuários com e sem vínculos de representação. 1.2. O que significa ser responsável técnico e responsável legal Atualizado: 22 / 08 / 2013 - FAQ - AI 1. Responsável Técnico (RT) e Responsável Legal (RL) da empresa 1.1. Usuários com e sem vínculos de representação 1.2. O que significa ser responsável técnico e responsável

Leia mais

Processo Seletivo Renovação de Bolsa Filantropia

Processo Seletivo Renovação de Bolsa Filantropia REQUERIMENTO PARA A RENOVAÇÃO E CONCESSÃO DE BOLSA FILANTROPIA DA FACULDADE PADRE JOÃO BAGOZZI Nome: Curso: período atual: Telefone residencial: telefone celular: Email: Importante: - Não serão recebidos

Leia mais

INFORMATIVO. O Administrador Geral de Fernando de Noronha, no uso de suas atribuições:

INFORMATIVO. O Administrador Geral de Fernando de Noronha, no uso de suas atribuições: Fernando de Noronha, 19 de outubro de 2015. INFORMATIVO O Administrador Geral de Fernando de Noronha, no uso de suas atribuições: CONSIDERANDO a Lei Estadual Nº 14.133/2010; CONSIDERANDO ser imprescindível

Leia mais

E como se legalizar? Programa Estadual de Agroindústria Familiar. Porque devo legalizar uma agroindústria? Legalização Tributária: 22/01/2014

E como se legalizar? Programa Estadual de Agroindústria Familiar. Porque devo legalizar uma agroindústria? Legalização Tributária: 22/01/2014 Programa Estadual de Agroindústria Familiar Porque devo legalizar uma agroindústria? Eng. Bruna Bresolin Roldan Quando a produção não é destinada ao autoconsumo, mas sim a comercialização, ela passa a

Leia mais

Ano 2014. É educando. Não: Endereço:... Série 2014:... Identificação do

Ano 2014. É educando. Não: Endereço:... Série 2014:... Identificação do Formulário de Solicitação de d Bolsa de Estudos Ano 2014 É educando (a) matriculado (a) no Colégio Passionista São Paulo da Cruz? Sim: Não: Código Educando (a): Identificação do (a) Educando (a) Data de

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO DA FACULDADE EDUCACIONAL ARAUCÁRIA

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO DA FACULDADE EDUCACIONAL ARAUCÁRIA REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO DA FACULDADE EDUCACIONAL ARAUCÁRIA CAPÍTULO I DA DEFINIÇÃO E FINALIDADES DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO Art. 1 - O Estágio Supervisionado,

Leia mais

- Entrada Única - BDA (Banco de Declarações Ambientais)

- Entrada Única - BDA (Banco de Declarações Ambientais) DÚVIDAS FREQUENTES Sisemanet: - Entrada Única - BDA (Banco de Declarações Ambientais) Endereço de acesso ao site do Sisemanet pelo usuário externo (Cidadão): http://sisemanet.meioambiente.mg.gov.br 1 Sumário

Leia mais

Agência Nacional de Vigilância Sanitária. www.anvisa.gov.br. Consulta Pública nº 49, de 02 de agosto de 2012. D.O.U de 03/08/2012.

Agência Nacional de Vigilância Sanitária. www.anvisa.gov.br. Consulta Pública nº 49, de 02 de agosto de 2012. D.O.U de 03/08/2012. Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br Consulta Pública nº 49, de 02 de agosto de 2012. D.O.U de 03/08/2012. A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, no uso

Leia mais

1 - ÁREA DE ALIMENTOS

1 - ÁREA DE ALIMENTOS Lista de Documentos para Cadastro Inicial Observação sobre o vinculo empregatício e renovação do CMVS: Se o vinculo empregatício for carteira profissional, CTPS, trazer cópia simples da página dos dados

Leia mais

MANUAL DE PREENCHIMENTO DE ART MÚLTIPLA

MANUAL DE PREENCHIMENTO DE ART MÚLTIPLA MANUAL DE PREENCHIMENTO DE ART MÚLTIPLA A ART Múltipla que substitui o registro de diversas ARTs específicas, no caso de execução de obras ou prestação de serviços de rotina, deve ser registrada até o

Leia mais

1.1 Requerimento de inscrição no Cadastro.(ver modelo) 4 REGISTRO OU INSCRIÇÃO NA ENTIDADE DE CLASSE COMPETENTE

1.1 Requerimento de inscrição no Cadastro.(ver modelo) 4 REGISTRO OU INSCRIÇÃO NA ENTIDADE DE CLASSE COMPETENTE CADASTRO DE FORNECEDORES: O Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Casimiro, de Abreu com fulcro no 1º do artigo 34 da Lei 8666/93, que estará procedendo à atualização dos registros e cadastramento de novos

Leia mais

1. Período de matrículas

1. Período de matrículas Belo Horizonte, 21 de outubro de 2015. Srs. pais ou responsáveis, inicialmente, gostaríamos de parabenizar os alunos aprovados no Processo Seletivo do Colégio Bernoulli para o ano letivo 2016, bem como

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO CONTINUADA E PERMANENTE EM SAÚDE

Leia mais

Esta lista de perguntas e respostas esclarece dúvidas sobre procedimentos:

Esta lista de perguntas e respostas esclarece dúvidas sobre procedimentos: FAQ Sistema de Informação e Gestão da FAPES (SIGFAPES) Esta lista de perguntas e respostas esclarece dúvidas sobre procedimentos: 1. Como posso me cadastrar na plataforma SigFapes? Acessando o site do

Leia mais

MINISTÉRIO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR INSTRUÇÃO Nº 13, DE 11 DE MAIO DE 2006.

MINISTÉRIO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR INSTRUÇÃO Nº 13, DE 11 DE MAIO DE 2006. Edição nº 90, Seção 01, Página 56, de 12/maio/2006 Edição nº 90, Seção 01, Página 56, de 12/maio/2006 MINISTÉRIO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR INSTRUÇÃO Nº 13, DE 11 DE MAIO

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 356/IX DEFINIÇÃO DO NOVO REGIME JURÍDICO DAS FARMÁCIAS PRIVADAS. Exposição de motivos

PROJECTO DE LEI N.º 356/IX DEFINIÇÃO DO NOVO REGIME JURÍDICO DAS FARMÁCIAS PRIVADAS. Exposição de motivos PROJECTO DE LEI N.º 356/IX DEFINIÇÃO DO NOVO REGIME JURÍDICO DAS FARMÁCIAS PRIVADAS Exposição de motivos Desde 1965 que o regime jurídico da actividade farmacêutica se mantém o mesmo. A Lei n.º 2125, de

Leia mais

ART Eletrônica. Guia de Utilização - CRBIO-04

ART Eletrônica. Guia de Utilização - CRBIO-04 ART Eletrônica Guia de Utilização - CRBIO-04 Acesso ao CRBio04 Online Caso seja seu primeiro acesso siga as instruções para criar um login Entre com seu login e senha para emitir uma ART Incluir ART Eletrônica

Leia mais

Conheça o seu Certificado Digital

Conheça o seu Certificado Digital Conheça o seu Certificado Digital O que é o certificado digital? O certificado digital é o seu documento de identificação na internet. Ele permite: Comprovar sua identidade na internet. Acessar os serviços

Leia mais

RioCard Saúde Presente

RioCard Saúde Presente Sumário 1) Acesso ao Sistema... 2 1.1) Esqueci minha senha... 2 1.2) Alteração de Senha... 3 1.3) Seleção de Perfil de Acesso e Local de Atendimento... 3 2) Home... 5 3) Menu Cadastro... 5 3.1) Cadastrar

Leia mais

RESOLUÇÃO SMTR Nº 2434 DE 13 DE JANEIRO DE 2014. O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE TRANSPORTES no uso de suas atribuições legais:

RESOLUÇÃO SMTR Nº 2434 DE 13 DE JANEIRO DE 2014. O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE TRANSPORTES no uso de suas atribuições legais: RESOLUÇÃO SMTR Nº 2434 DE 13 DE JANEIRO DE 2014 Estabelece normas relativas a vistoria de todos os veículos de propriedade dos autorizatários autônomos cooperativados e de propriedade das empresas de transporte

Leia mais

CADASTRO DE FORNECEDORES SIMPLIFICADO-RCS (MATERIAL/SERVIÇOS)

CADASTRO DE FORNECEDORES SIMPLIFICADO-RCS (MATERIAL/SERVIÇOS) CADASTRO DE FORNECEDORES SIMPLIFICADO-RCS (MATERIAL/SERVIÇOS) ÍNDICE RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA CADASTRO DE FORNECEDORES -SIMPLIFICADO-MATERIAL/SERVIÇOS PÁGINAS 2 e 3 FICHA DE INFORMAÇÕES PARA CADASTRO

Leia mais

MANUAL PARA EMISSÃO DA AUTORIZAÇÃO DE TRANSPORTE SEM OBJETIVO COMERCIAL TSOC CONTINUO

MANUAL PARA EMISSÃO DA AUTORIZAÇÃO DE TRANSPORTE SEM OBJETIVO COMERCIAL TSOC CONTINUO 1 MANUAL PARA EMISSÃO DA AUTORIZAÇÃO DE TRANSPORTE SEM OBJETIVO COMERCIAL TSOC CONTINUO Este manual tem como objetivo apresentar os procedimentos necessários para a emissão, on-line, da autorização para

Leia mais

Este ano será possível fazer a declaração no modo online através do e-cac Fatos Relevantes:

Este ano será possível fazer a declaração no modo online através do e-cac Fatos Relevantes: Este ano será possível fazer a declaração no modo online através do ecac Fatos Relevantes: 1) Caso seu interesse seja Publicar no DIÁRIO OFICIAL do MUNICÍPIO do RJ Rio de Janeiro, CLIQUE AQUI 2) Caso seu

Leia mais

EDITAL DE MATRÍCULA 2014.2

EDITAL DE MATRÍCULA 2014.2 EDITAL DE MATRÍCULA 2014.2 Regula procedimento de matrícula inicial referente ao processo seletivo regido pelo Edital CESPA 009/2014, reabertura de matrícula e matrícula dos alunos veteranos para o Semestre

Leia mais

Bolsa Artigo 170. Lista de documentos e declarações. Apresentar obrigatoriamente 2 (dois) comprovantes distintos, dentre os relacionados abaixo:

Bolsa Artigo 170. Lista de documentos e declarações. Apresentar obrigatoriamente 2 (dois) comprovantes distintos, dentre os relacionados abaixo: Bolsa Artigo 170 Lista de documentos e declarações 1- Comprovante de residência atualizado: Apresentar obrigatoriamente 2 (dois) comprovantes distintos, dentre os relacionados abaixo: 1. Água; 2. Luz;

Leia mais