mangm Revista Oficial do Club Athletico Paulistano - Ano XVII - n Março de 2005 MULHERES PAULISTANAS PESQUISA 0 sócio está satisfeito?

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "mangm Revista Oficial do Club Athletico Paulistano - Ano XVII - n 193 - Março de 2005 MULHERES PAULISTANAS PESQUISA 0 sócio está satisfeito?"

Transcrição

1 *«i mangm Revista Oficial do Club Athletico Paulistano - Ano XVII - n Março de 2005 MULHERES PAULISTANAS PESQUISA 0 sócio está satisfeito?

2

3 p)0 Paulistano MULHERES PAULISTANAS PESQUISA satiswto? Foto: Daniel de Oliveira 0 Paulistano Revista do Club Athletico Paulistano Ano XVII Março de 2005 Periodicidade: mensal Tiragem: Coordenador de Marketing e Comunicação Rubens Figueiredo Editora Mariluza Costa (MTB 5.049) Reportagem e edição Murillo Pessoa Dianella Bianconi (MTB ) Fotografia Fábio Silva Daniel de Oliveira Colaboração Daniel Pereira, Tânia Pereira de Sousa, Alessandra Villano de Oliveira e Edson Correa Flores Jr. Revisão Mônica de Aguiar Rocha Club Athletico Paulistano: (11) Redação: (11) Publicidade: (11) Daniela Cury: (11) Rua Honduras, Jardim América - São Paulo (SP) CEP Produção Gráfica Central Business I FIQUE ATENTO Obras e novidades do GAP...i--05 CAPA Especial: perfil de m ulher...*...06 GOURMET Bacalhau à Moda do Porto...*...09 FLASHES Carnaval do Paulistano...jt...lO PAULISTANAS Flagrantes do cotidiano...*...14 MODA Tendências de inverno no Fashion Week...*...16 OUVIDORIA O caminho das sugestões e críticas...*...20 CULTURAL Música, teatro, palestras e cursos: program e-se...*...25 SOCIAL Confira a programação do Bar Social...*...37 GALERA Dicas dos nossos calouros para passar no vestibular *...42 EU FUI Pausa para um café no Paulistano...*...44 ESPORTE Concurso de Uniformes: os prêmios dos vencedores *...45 MEMÓRIA No tempo das debutantes...*...58 FRASES Voulez-vous parler français?...,...62 Os artigos assinados e os anúncios veiculados não representam, necessariamente, a opinião da Revista, da Diretoria do Clube e de seus associados, sendo de inteira responsabilidade dos respectivos autores e anunciantes. Críticas e Sugestões OUVIDORIA Mário Frederico Carneiro Cilento (11) ouvidoria( paulistano.org.br

4 RAZÕES DE MOTlVAÇAO N esta edição de O Paulistano três matérias merecem destaque. A prim eira é um a reportagem sobre a m ulher, que produzim os especialmente para este mês de março, em que se comemora, no dia 8, o Dia Internacional da Mulher. A segunda é sobre a pesquisa de satisfação que foi buscar, no final de 2004, a opinião dos associados. A terceira diz respeito ao trabalho desenvolvido pela Ouvidoria Geral, que existe para receber e encaminhar as críticas e sugestões, funcionando como um canal de relacionamento entre a Diretoria e os associados. A matéria "Mulheres" apresenta q u atro nuances do pen sam en to feminino, com associadas em diferentes fases de suas vidas, refletindo a m arcante e inquestionável presença das mulheres no GAP - elas já somam mais da metade do número total de sócios. As informações levantadas pela pesquisa demonstram que o esforço da Diretoria em atender às expectativas dos sócios tem trazido resultados positivos - 90% dos entrevistados afirm aram que estão satisfeitos. Já o levantamento que publicamos sobre os processos abertos na O uvidoria m ostra que o setor está funcionando como um importante canal de comunicação. A equipe trabalha para que ninguém fique sem resposta e que essas sejam encam inhadas dentro do prazo. Pelo retorno dos associados, podemos perceber que nossos esforços já se fazem sentir, aumentando o em penho e m otivação para continuar nosso trabalho. Tudo isso nos dá a sensação de que estamos cumprindo as metas estabelecidas. E ouvindo o que pensam e esperam aqueles que são a razão da existência do Club Athletico Paulistano que conseguiremos desempenhar bem o nosso papel. A todos vocês uma boa leitura. José M anuel Castro Santos Presidente

5 iqüe Atento CADASTRAM ENTO Concorra a uma viagem ao se cadastrar no site do Paulistano. Preencha o formulário encartado nesta edição e coloque-o na urna da Portaria Social. Se preferir, você pode se cadastrar diretamente no site. E não se esqueça: a promoção vale também para recadastramento dos sócios que já recebem o boletim Acontece. A, REFORMA DA SALA DE EXPOSIÇOES A Sala de Exposições vai ganhar visual novo. Está em pleno vapor a reforma com pintura e carpete novos. Para maior conforto dos associados, foram construídos mais dois banheiros, um masculino e outro feminino, que serão usados pelos freqüentadores do cinema. Também instalaramse trilhos especiais para fixação das obras, evitando o contato direto com a parede. MAIS BRILHO o 1 andar recebeu tratam ento especial com a restauração do piso de mármore. O chão foi totalmente lavado e polido com produtos e m áquinas específicos. Quem passar pelo local vai notar a diferença. RECICLAGEM Vamos cuidar do meio ambiente e jogar as baterias e pilhas em local adequado. O CAP implantou mais esta etapa do programa de coleta seletiva de lixo, com a instalação de caixas coletoras de pilhas e baterias de celulares. As lixeiras cor de laranja estão nas portarias das Ruas Estados Unidos e Honduras e no caixa da garagem. TELEFONES UTEIS - PREFIXO Achados e Perdidos 2147 Ambulatório Médico 2150 Bar Piscina 2117 Bar Social 2101 Barbearia 2201 Biblioteca Circulante 2054 Biblioteca Social 2053 Bilhar 2079 Boulevard 2119 Brinquedoteca 2063 Administrativo 2130 Bares e Restaurantes 2110 Cuitural 2050 Esportes 2070 Marketing e Comunicação 2065 Social 2092 Diretoria 2011 Escola de Esportes 2077 Expresso 2120 Fiscalização 2139 Fisioterapia 2152 Museu 2057 Podólogo 2200 Portaria Social - Estados Unidos 2033 Presidência 2005 Recanto Infantil 2060 Restaurante U andar 2103 Salão de Beleza 2202 Salão de Jogos 2093 Sauna Feminina 2096 Sauna Masculina 2095 Sec. Avançada - Garagem 2034 Sec. Avançada - Honduras 2030 Sec. Central - Atendimento 2020 Solarium 2118 Sport Shop 2199 Telefonista 2000 Tênis 2083 Tesouraria 2040 Xadrez 2082

6 special MULHERES Dos pouco mais de 25 mü associados do Club Athletico Paulistano, são mulheres. O dia 8 deste mês é comemorado no mundo como Dia Internacional da Mulher. O CAP também presta a sua homenagem, apresentando o pensamento e a trajetória de quatro mulheres que representam as várias nuances do universo feminino. Murillo Pessoa e Dianella Bianconi Fotos: Daniel de Oliveira SONHOS DE ADOLESCENTE Thais Cardoso Del Papa tem 14 anos e c u rsa o prim eiro ano do Ensino M édio no Colégio D ante A lighieri. E x a la n d o j u v e n tu d e, a a g ita d a e f a la n te a s s o c ia d a vem ao Clube pelo m e n o s trê s v e z e s p o r se m an a, o n d e p ratica h an d eb o l e b alé clássico. "Eu danço há nove anos. Q uando m inha mãe me colocou no curso, eu era m uito pequena e não gostava. Hoje, adoro." No P au listan o, Thais se e n contra com os am igos, com quem sai para se divertir. "Também gosto de passar tem po com a m inha fam ília, viajar para praia", diz ela. Profissão: jornalista Com a vida inteira pela frente, a sócia já começa a definir em que área gostaria de trabalhar no futuro. "Penso em fazer Jornalism o, saber o que acontece no m undo, conhecer pessoas. Também me interesso por A rquitetura e gostaria de seguir com o balé de algum a form a." Thais já tem opinião form ada até sobre a falta de igualdade entre hom ens e m ulheres no m ercado de trabalho. "Acho que m elhorou m uito, m as ainda há um pouco de preconceito contra as m ulheres. Talvez quando m inha neta for adulta, hom ens e m ulheres sejam vistos da m esm a form a", im agina. Se ela pensa em ficar em casa após se casar? "N unca, vou trabalhar sem pre." Realm ente Thais não se preocupa com diferenças entre hom ens e m ulheres. Tanto é que adora futebol, torce pelo Palm eiras e seu m aior ídolo é o fenôm eno R onaldo, atacante do Real M adrid. "G osto dele como pessoa e como jogador." Ela quer namorar sério N a v id a am orosa, d ife ren te m e n te de m u itas garotas de sua idade, que só pensam em "ficar", Thais gostaria de nam orar sério. "É bom ter sem pre um a pessoa ao lado, para conversar, dar e ganhar carinho." A relação com a mãe é sem pre im portante na vida de qualquer adolescente. Com Thais, isso tam bém ocorre. "C onsidero m inha m ãe um a grande am iga, confio m uito nela. Também a adm iro, pois sem pre trabalhou, exercendo seu direito como m ulher." Com tantas idéias e valores, Thais é um exem plo concreto de como o anteriorm ente cham ado "sexo frágil" tem tudo para assum ir um a influência ainda m aior em todos os cam pos da sociedade. 6

7 31 I?'; DESAFIOS DE MAE E PROFISSIONAL Cuidar dos filhos e disputar o concorrido mercado de trabalho são tarefas que a m ulher contem porânea tem de adm inistrar, e Cláudia Cianflone Faus não abre mão desses desafios. Exemplo claro de garra e perseverança, ela está sem pre disposta a enfrentar as adversidades do dia-a-dia e crescer profissionalmente. C láudia fez faculdade de D esign Gráfico e trab a lhou no departam ento de M arketing do restaurante Galeto's. Logo depois abriu um a confecção de roupas infantis e, em 1996, ela descobriu um novo nicho de m ercado: confecção de uniform es personalizados. Com seu jeito desem baraçado e determ inado, conquistou, passo a passo, im portantes clientes como o Rubayat e outros restaurantes do mesmo porte. Experiência como executiva Em 2001, Cláudia e sua sogra tornaram -se sócias p ro p rietárias do escritório que com ercializa com exclusividade o Spress Café. "'Este trabalho foi desgastante, m as me trouxe m u ita experiência p ro fissional, porque trabalhava em pé de igualdade com grandes executivos", conta. N aquela época, ela não encontrava tem po para se dedicar como gostaria aos desenhos dos uniform es e nem à família, atividades que lhe davam m uito prazer. Vender sua parte na sociedade foi a saída, embora tenha continuado a prestar consultoria a alguns clientes, como o Paulistano. Objetivo: se dedicar às filhas Cláudia casou-se em 1995 e tem duas filhas: Giulia, de 5 anos, e Victoria, de 7. Hoje, aos 32 anos e com m uita bagagem profissional acum ulada, acredita que há inúm eras conquistas pela frente em sua carreira e novos m ercados para explorar. Sem desanim ar um segundo sequer, resolveu in v estir novam ente na em presa de uniform es personalizados. Na fazenda, onde produz macadâmias, pretende trabalhar com um projeto que está engatinhando, mas prom ete render m uitos frutos. Depois de tantas idas e vindas no lado profissional, C láudia agora tem um grande objetivo: se dedicar mais às filhas. "Quero ter tem po de levar Giulia e Victoria à natação e à escola e tam bém participar mais da vida delas", com enta. ili iiii CORAGEM DE MUDAR Dar a volta por cima e começar de novo não foi problem a para Claudia Fló, que aos 33 anos resolveu m udar de vida. Como bióloga, ela lecionou no colégio Dante Alighieri até "Não estava contente com aquilo que fazia e tive a certeza de que deveria m udar tudo", declara. Sem m edo de ser feliz, ela enfrentou outro vestibular, e dessa vez para Fisioterapia. A USP foi a porta de entrada para a realização profissional de Claudia, que em seguida resolveu especializar-se em Fisioterapia R espiratória. A hora da virada Em 1997, já separada de seu m arido, com quem foi casada durante 16 anos, partiu para o m estrado na Escola Paulista de M edicina, e em 2003 term inou o doutorado, tam bém na USP. Entre um período e outro, fez o curso de especialização em Ciências de A tividade Física e Envelhecim ento (Gerontologia). "É possível m udar de profissão aos 33 anos, basta ter coragem ", aconselha Claudia. Seus olhos brilham quando lembra do dia em que entrou para a faculdade de Fisioterapia. Os colegas eram bem mais jovens, mas nem por isso sofreu discriminação. "M inhas melhores am igas tinham 18 anos", com pleta. O prazer de cuidar das pessoas Hoje, aos 48 anos, e com dois filhos, Patrick de 22 e Philipe de 18, Claudia se sente m uito realizada profissionalm ente. Há sete anos ela é supervisora de estágio da U niversidade C idade de São Paulo (Unicid), realizado no H ospital das Clínicas. O utra atividade que lhe dá m uito prazer é atender, três vezes por semana, em domicílio, seus pacientes idosos com problem as respiratórios. "Além da boa rem uneração, é um trabalho que me traz m uito retorno, porque sei que estou cuidando de pessoas que vão se sentir m elhor", diz. Embora a vida de C laudia esteja voltada para sua profissão, ela não descuida do corpo, e quase todos os dias faz m usculação e natação no Paulistano.

8 A FRENTE DE SEU TEMPO S em pre e x istira m m u lh e re s à frente de seu tem po. Viúva de Cláudio Luzzi de Barros, mãe de C arlos A lberto, Stella e R enata, Vilm a Scortecci Luzzi de Barros é, com certeza, um exem plo desse seleto g rupo. A p rim e ira demonstração de seu pioneirism o aconteceu quando ainda era adolescente, aos 16 anos, m uito antes da revolução fem inista. Ao lado das amigas Elza e Carlota Marsiglio, inscreveu-se e com pletou o curso de pilotagem do Aeroclube de Jaú, onde fazia aulas de decolagem, aterrissagem e com andava pequenos aviões. "Era meu esporte radical. Q uando voávamos com o instrutor Ernesto Pires, ele dava dooping', 'folha seca'. Eu adorava", lembra. A então jovem pilota adorava sobrevoar sua casa, na cidade de Dois Córregos. "Passava bem baixinho. Não tinha problem a, pois meu pai autorizava." De pilota à artista V ilm a d e s ta c o u -s e tam b é m na vida artística. Form ou-se em E d u cação A rtístic a e D esen h o Pedagógico e, anos m ais tarde, participou de bancas examinadoras para a contratação de professores do Estado. Ela chegou a participar de um a exposição coletiva do MAM (Museu de Arte M oderna) e atualm ente dedica-se à cerâmica. A associada voltou a m ostrar visão do futuro quando, em 1975, formou-se na 1^ turm a de Turismo da U n iv e rsid a d e A nhem bi Morum bi. No céu da Alemanha Há pouco m ais de três anos, a associada passou por um a das experiências m ais m arcantes de sua vida, quando foi a Bonn, na Alemanha, ver um a exposição de sua filha Renata. "Ela fez um a surpresa pra mim ao me levar para um passeio de avião. Quem pilotava era um alemão, mas lá em cima eu comandei o manche por um tempo. Senti que tudo na m inha vida estava voltando". Ao regressar ao aeroporto, Vilma tom ou um susto: "As torres gêmeas do World Trade Center haviam sido atacadas em Nova York. Só estavam esperando a chegada de meu avião para fechar o aeroporto". Vilma continua m o stran d o espírito aventureiro e corajoso. "No começo do ano, em férias com a família pela Europa, desci e depois subi centen as de d e g ra u s p a ra avistar o lindo Mar de Gelo, junto ao Mont Blanc, e entrar nas fam o sas grutas de gelo." Sem esconder a assum ida vaidade, a associada gosta de m ostrar aos netos fotos de quando era um a jovem pilota: "Não quero que eles pensem que sempre fui velha", afirma a associada, dona do espírito mais jovem que alguém pode desejar. Conquistas da mulher brasileira A mulher brasileira conquistou o direito ao voto em 1934, e a prim eira governadora foi eleita 60 anos depois. De acordo com a Fundação Getúlio Vargas, o aumento da participação das mulheres no mercado de trabalho foi de 111% no período de 1981 a Hoje, elas representam 41% da população economicamente ativa: são 30 milhões de mulheres no mercado de trabalho. Para a psiquiatra Aleuda Radesco, lembrar o Dia Internacional da Mulher ainda é preciso, porque nem todas as conquistas foram feitas. "Ainda precisamos frisar uma data que marque a questão feminina. Esperamos que em breve seja irrelevante esta questão, porque as diferenças teriam sido resolvidas e a data não teria mais sentido", diz a associada, que trabalha há 40 anos. "Na minha turma de Medicina havia 60 alunos, só 8 eram mulheres e muitas desistiram", conta. Aleuda, que tem três filhas, posou como modelo de mãos para a capa desta edição. Origens do Dia Internacional da Mulher Não faltam motivos para a existência de uma celebração como o dia 8 de março. Dia Intemacional da Mulher. O fato de poder dar à luz um novo ser já é mérito suficiente para render homenagens etemas às mulheres. Existem várias versões sobre a origem desta data. A mais conhecida é a greve de 8 de março de 1857, em que 129 trabalhadoras de uma fábrica têxtil de Nova York cruzaram os braços para reivindicar melhores condições e redução da jomada de trabalho. As mulheres refugiaram-se na fábrica depois que a polícia foi chamada e, segundo consta, elas foram queimadas por um incêndio causado pelos patrões. Em 1910, a ativista alemã Clara Zetkin propôs a criação do Dia Intemacional da Mulher na data da tragédia. Já no ano seguinte, um milhão de mulheres européias saíram às mas em homenagem às operárias norte-americanas. Em 1975, a Assembléia Geral das Organizações das Nações Unidas (ONU) decretou o dia 8 de março como Dia Intemacional da Mulher. 8

9 ourmet o SABOR DO BACALHAU Receita do cardápio do Paulistano Sexta-feira Santa é dia de saborear um delicioso bacalhau. O restaurante Terraço vai oferecer duas opções de pratos especiais. Outros tipos de peixes, massas, risotos e saladas também farão parte do cardápio de almoço da Sexta-feira Santa. O Bacalhau à Moda do Porto é uma das grandes pedidas. Ingredientes: 250 g de bacalhau do Porto 2 batatas cozidas 1/2 pimentão vermelho e 1 / 2 pimentão amarelo cortados em tiras 1/2 cebola grande cortada ao meio 3 cebolas pequenas 3 azeitonas verdes grandes sem caroço 3 azeitonas pretas grandes sem caroço 50 g de brócolis 1 ovo cozido 1 porção de ceboletes picadas 1/2 xícara de vinho branco Azeite de oliva Modo de preparo: Deixar o bacalhau de molho por 48 horas em água na geladeira. Trocar a água 4 a 5 vezes ao dia. Cozinhar o bacalhau em água e vinho branco por 5 minutos. Retirá-lo da água e reservá-la. Cozinhar as batatas, cebolas e brócolis na água reservada do bacalhau. Grelhar o bacalhau no azeite em frigideira antiaderente. Enfeitar o bacalhau com os legumes, azeitonas, pimentões e o ovo. Regar com azeite de oliva. Salpicar com ceboletes. A lim ento milenar O b^içalhau é um alim en to m i p a r originário3itos águas frias c límpiéms dos mares que circulam o Pólo Norte. Registros indicam a existência de fábricas para seu processamento na Islândia e Noruega desde o século IX. Os vikings são considerados pioneiros na sua descoberta, mas deve-se aos bascos, povo que habitava os Pirineus Ocidentais, do lado da Espanha e da França, o comércio do bacalhau. Desde o ano 1000, na costa da Espanha, o peixe começou a ser salgado e depois seco nas rochas, ao ar livre, para que fosse mais bem conservado. Os portugueses descobriram o bacalhau no século XV, época das grandes navegações, Eles precisavam de p ro d u to s não perecíveis e que suportassem as longas viagens que, m uitas vezes, duravam cerca de três m eses de travessia pelo Atlântico. O hábito de comer bacalhau veio para o Brasil com os colonizadores. De lá para cá tornou-se tradição o consumo do peixe, prin cip alm en te na época do N atal e Sem ana Santa.

10 Milene, Hosane, Ricardo, Rita e Joõo Bucno da Costa Camila Siqueira, Stcirá Macicl e Marilia Gabrida V. C Andrade Claudia Stefan, Paulo Marques e Camila Cardoso de Almeida FLASHES Outros carnavais Yara Augusta Gouveia e Ana Christina Scartezzini Na segunda de carnaval o CAP enfeitou-se de cores, luzes e alegria para receber os sócios que vieram brincar nos salões revivendo os bailes de outros tempos. Camarotes coloridos ficaram lotados de foliões, que se divertiram ao som de marchinhas, usando máscaras, chapéus, óculos, chocalhos e cornetas distribuídos na festa. Rodolfo Fleury, Teresa Rocha e Ana Sampaio Camilia Portugal De Marco, Heloisa Nasralla, M ari Quadros Malta, Dalva Pompeu de Camargo, Giselda Penteado Di Guglielmo e amigos Adriana Silberberg, Maria Fernanda M. Comini, Monika Cavaliere e Ana Luiza Ana Luiza Fernandes, Cristiana Ribas e André Bernadini

11 Marino e Gabriel Rolim, Paula Ferraz e Olivia Moreira Patricia do Couto Rosa, Duda e Mareio Ribeiro de Luca, Inaia e Eder do Lago Mendes Ferreira, Alvaro do Couto Rosa Neto, Carla e Ricardo Sampaio Vidal Gusmão Betina Beznos e Luciana Caran Julio e Biba Brisola Juliana e Ta tia na Erhardt Marisa e Carlos A. Campos, Zezé e Paulo Santana, Nezu e Carlos Jahara É i Esteia Stolar, Luciana e Ana Lucia Placucci Beth Prado e Osvaldo Coutinho Umberto Jeimoni, Sônia e Maria Angela Gonçalves e Neide Fernandes Renata Affonseca, Silvia Lopes, Celina Affonseca, Gabriela e Cássio Nicoleilis e Emilio Julianelli Adriana Duarte, Daniela Erederico e Ana Claudia Pedro tti Rui Ribeiro, Fernanda Junqueira, Alexandre Werneck e Camila Junqueira 11

12 FLASHES Baile infantil A matinê, na terça de carnaval, encheu de alegria a tarde do Paulistano com a presença dos pequenos foliões. Maquiadores contratados pelo CAP deram o toque final às fantasias infantis. II Isabella e Ana Beatriz Caro M ontini Moiso Morois Cact e Jovanna Mazzini Giovane José Bernardi, Nicolas Di Pierro Correra e Adriana Gomes Cardim Ano Lídia e Paloma M artins Giovanna e Amanda Cardoso Andrea e Bruno Reis S tdia Huertas e Luiza M otta Rodrigues Tiago e Silvia Antoniazzi Giovanna Luiza e Giuiianna Caroline Tibiriça Nina Bueno e Luana Tripoli Tatiana e Rafael da Ponte Rodrigo e Raffaelia Braga 12

13 A temporada 2005 do Auditório do Club Athletico Paulistano foi aberta com um dos melhores proseccos italianos, ANTO NINI CERESA, oferta da Toque de Vinho e Magna Import i';? " c A J -xo Na Toque de Vinho você encontra: vinhos nacionais e importados, preços competitivos, fácil acesso, espaço para pequenos eventos e degustação, ar condicionado. Condições especiais para sócios do Paulistano(*). (J SVV5 van Visite-nos e beba uma taça de prosecco por nossa conta(*). P o R T Rua João Moura, 531 Jd. Paulista - F: (11) ( ) condições válidas até 31/3, mersante apresentação de carteira de sócio do CAP

14 14 C/D ío Pode Pm do que f7n? ^"cdiílc * y Clube d r! í P^íod* ^ 5 P S ^ Qualidade Paulistano O jo rn a l O Valor p u b lic o u na seção ''E u& C onsum o" da ed iç ã o de 10 de fevereiro um a referência ao Club Athletico Paulistano, em nota sobre as eleições da Diretoria do Jockey Clube de São Paulo. Segundo a nota intitulada "Páreo do lazer", "a equipe presidida por Márcio Toledo já arregaça as mangas para colocar em ação seu ambicioso plano de transformar o lugar num 'quase Paulistano'". O texto afirma que a mensalidade do CAP sai por R$ 450,00, mas há dois esclarecimentos a fazer: o primeiro é que a mensalidade é de R$ 203,95 (individual) e R$ 339,92 (familiar) e, o segundo, que Márcio Toledo é sócio do Paulistano e irá suceder a Vicente Renato Paolillo, conselheiro do CAP. g Mela Hora Depois A b an d a M eia H ora D epois, form ada pelos m úsicos Denis Venosa, associado do Paulistano, Fê Sztok, Júlio Santos e Carlos Martinelli, recebeu elogios de Lulu Santos. O cantor e compositor se rendeu ao talento dos rapazes depois de ouvir o CD Cenas: "Não é que o som é redondinho?", escreveu ele em seu site (www.lulusantos.com.br). A banda Meia Hora Depois foi criada em 1977, faz shows em casas noturnas e no CAP, mas o sonho dos músicos é apresentar-se no bar Bourbon Street, para um público apreciador de blues e jazz. Hino Paulistano, sem pre O CAP ganhou os direitos de uso e divulgação do hino "Paulistano, sempre", com letra de José Eduardo de Barros Ferreira, falecido em 2003, e música de Mário Albanese. Na cerimônia de assinatura do documento, compareceram o presidente José Manuel Castro Santos, Mário Albanese e a família de Ferreira: a viúva Lucia Elisabeth Marson Barros Ferreira, com os três filhos, Eduardo Marson Ferreira, Fábio Marson Ferreira e Luciana Marson Ferreira Sbeghen. O hino está no site do Paulistano (www.paulistano.org.br).

15 Jogo histórico Ao ler a biografia de Roberto Marinho, escrita pelo jornalista Pedro Bial, o l"" secretário da Diretoria, José Antonio Taylor Martins, deparou-se com uma informação curiosa: o Paulistano foi notícia na edição piloto do Jomal O Globo. No dia 14 de julho de 1925, na época feriado nacional pelo aniversário da Queda da Bastilha, o Paulistano jogou contra o Fluminense em Laranjeiras, no Rio de Janeiro, vencendo por 1 a 0. Atleta na Flórida Juliana Franco Elia, 18 anos, primeira classe de tênis. atleta do CAP, agora está na Flagler University, em St. Augustine, Flórida (EUA). Ela estuda Comunicações e joga como número 2 no time de tênis da faculdade. B asquete prestigiado A participação da equipe do Paulistano no Campeonato Nacional de Basquete tem trazido cada vez mais sócios ao Ginásio Antônio Prado Júnior. Entre os entusiasmados com o desempenho do CAP nas quadras, está o presidente José Manuel Castro Santos, que aparece na foto entre o conselheiro Carlos Neves e o diretor de Esportes Eder do Lago Mendes Ferreira. No canto esquerdo, o sócio Antonio Carlos Lima Pompeo. C orredores rebeldes Considerados '"ótimos tenistas" pelos corredores do CAP, Paulo Ferreira e Luiz Giudice decidiram se rebelar e criar uma equipe independente. "Falsamente e duramente criticados, fomos considerados pelo grupo de elite da corrida um risco para a vitória certa na Volta à Ilha de Florianópolis", afirma Luiz. A intenção da dupla é provar que os 50 anos de cada vencerão os 75 quilômetros reservados a cada competidor na difícil prova. "Só não se sabe quantos dias levaremos", brincam. 15

16 M oda FASHION WEEK TENDÊNCIAS DE INVERNO Dianella Bianconi "Olhares do Brasil" foi o tema da 18^ edição do São Paulo Fashion Week, para o inverno O objetivo foi levar às passarelas, no prédio da Bienal do Parque do Ibirapuera, a diversidade de idéias observada nas vitrines e lojas das diferentes regiões brasileiras. Como fonte de inspiração, os estilistas buscaram a arte brasileira e européia, em especial a pintura, o carnaval e o futebol, além de cenas das ruas. Foram 47 desfiles com 820 modelos no maior evento de moda do País, que está na lista dos melhores do mundo. A grife masculina VR apostou no couro e no índigo, além das lãs e dos tecidos com lycra. A idéia foi misturar materiais sem perder de vista a elegância. Veludo com jeans, jeans com sarja, couro com lã, direito e avesso foram algumas opções apresentadas. Na carteia de cores, predominaram os tons da natureza, como marrom, cáqui, telha e terrosos. Marinho, cinza e bordô tam bém serão muito usados na nova estação. O desfile de inverno 2005 da Cori trouxe peças artesanais como destaque da coleção. O tricô ganhou bordados e aplicações que dão o toque especial ao in verno tropical. Sianinhas e galões coloriram saias volumosas, casacos, jaquetas, minivestidos e vestidos-camiseta. O floral, com fundo preto em vestidos, blusas, jaquetas e bermudas, aparece em grande parte dos modelos da coleção. 16

17 A estilista Lourdinha Noyama observou as criações do início do século XVII, quando frotas de navios holandeses invadiram o nordeste do Brasil. Resgatou manuscritos e realizou um extensivo estudo sobre as obras do pintor holandês Frans Post, pesquisando a história e os costumes da época. O resultado foi uma coleção recheada de elementos brasileiros, mesclados com luxo e ouro. Nos tecidos, Lourdinha apostou em organza e sedas rústicas, contrapondo com gobelin. As cores vieram em tons marrom, bege, palha, prata e dourado. Os contrastes são a marca registrada da estilista, que mistura ouro com fibras naturais. A grife Cavalera também inspirou-se no passado para criar seus modelos, em uma homenagem ao Brasil imperial e à família real. A sofisticação das m angas e golas bufantes, estilo barroco, reinou em tecidos como meia malha. O jeans e o patchwork vieram em azul e preto. Cavalera apresenta em sua coleção a ousadia e simplicidade das estampas rústicas nas cores azul-turquesa, rosa, amarelo, coral, pérola, bordô, verde-im pério e m arinho. A coleção de inverno 2005 do estilista Carlos Tufvesson apresentou três linhas diferentes: couro, jeansw ear e prêt-à-porter. Os tecidos são m o ld ad o s no corpo, ganhando geometria e volumes. Os vestidos podem ser longos ou curtos. O diferencial fica por conta do jeans que se contrapõe aos cetins de seda pura, dando o toque delicado dos lingeries. Os modelos são confeccionados basicamente na gama de terrosos m arrons e berinjelas. 17

18 M oda A Ellus trouxe o velho e indispensável jeans, misturado com peças esportivas. Os vestidos e as blusas esvoaçantes estão em bordados delicados, inspirados na flora e fauna brasileiras. As cores são suaves como o bege em tons de chá, dégradés em rosa, verde e marrom. Para os homens, a inspiração veio da rebeldia do jeans nos anos 50 e 60. Além do índigo, que predominou, estão presentes o branco, o preto, o vermelho e o natural. á A coleção de inverno de Claudia Simões foi inspirada no hipismo e nas roupas country britânicas, com destaque para modelos de cintura m arcada. A estilista resgata a feminilidade da década de 50 com longos de cetim, seda e renda. Tricôs rendados e cardigãs com trança contrastam com o brilho dos tecidos acetinados e sedosos. Os tons da coleção são sóbrios e fortes, com destaque para preto, ervilha e espinafre. 18

19 Hotéis Econômicos 3 noites com café do monhâ em opto. standard. A partir de 5 X R$210,00 À visto R$ 1050,00 3 noites com café da manhã em apto. standard. A partir de 5 X R$251,20 À visto R$1256,00 3 noites com café da manhõ em apto. standard. A partir de 5 X R$269,20 À visto R$ 1346,00 3 noites com café da manhã em apto. standard. A partir de 5 X R$204,00 À visto R$ 1020,00 3 noites com café da manhã em apto. standard. A partir de 5 X R$203,60 À visto R$1018,00 3 noites com café da manhã em apto. standard. A partir de 5 X R$159,60 À visto R$798,00 3 noites com café da manhã em apto. standard. A partir de 5 X R$ 195,20 À visto R$976,00 3 noites com café da manhã em apto. standard. A partir de 5 X R$320,80 À visto R$1604,00 3 noites com café da manhã em apto. standard. A partir de 5 X R$301,60 À visto R$1508,00 3 noites com café da manhã em apto. standard. A partir de 5 X R$319,00 À visto R$1595,00 3 noites com café da manhã em apto. standard. A partir de 5 X R$342,60 À visto R$1713,00 Pocotes Nacionais: incluem parte aérea ida e volta em vôo regular TAM, traslado de chegada e saída e city tour, hospedagem em apto. standard, passeios conforme mencionados e bolso de viagem. Preço por pessoa nõo incluso taxo de embarque. Tarifa válida pára emoarque saindo de São Paulo o partir de 03/03/2005 a 30/06/2005. Nos reservamos o direito de alterar, a qualquer momento, sem prévio aviso, esta promoçõo, assim como suas datas de validade. Internacional Passagem aérea São Paulo/Orlando/São Paulo com American Airlines. 6 noites em O rlando no Holidoy Inn International Drive, 1 semana de carro econômico com seguro. A partir de 1+2 X R$801,00 À vista US$ (QWD) Passagem aérea São Paulo/San Francisco/ São Paulo com American Airlines. 4 noites em San Francisco no Holidoy Inn Civic Center, 1 semana de carro econômico com seguro. A partir de 1+2 X R$1044,00 À visto US$ {QWD) Passagem aérea São Paulo/Orlando e Miami/ São Paulo com American Airlines. 2 noites de hospedagem no Best Western South Miami. 4 noites de hospedagem em Orlando no Holidoy Inn International Drive Resort. 1 semana de carro econômico com seguro. A partir de 1+2 X R$815/40 À visto US$ (QWD) wv/w.monark.tur.br AIways Great Travei. ' (11) Passagem a é re a São P aulo/n ew York/ São Paulo com American Airlines. 4 noites em New York no Hotel Ariington. Transfer de c h e g a d a e sa íd a e seg u ro viagem. A partir de 1+2 X R$913,50 À visto US$ (DBL) Passagem aérea com Lan Chile. 2 noites em Sontioao com café da manhã no Hotel Galeria. Traslado aeroporto/hotel/aeroporto e citytour. A partir de 1+2 X R$629,10 À visto US$ (DBL) Passagem aérea São Paulo/Buenos Aires/São Paulo com Aerolineas Argentinas. 3 noites de hospedagem com café da manhã no Aspen Suites.Iroslado de chegado e saída e city tour. A partir de 1 +2 X R$369,00 À visto US$ (DBL) Todos os preços sõo por pessoa em apto descrito no pacote. Tarifas válidas para embarque de São Paulo em dia de semana. Tarifas caloibdas 14 Fevereiro 2CX)5, câmbb para o internacional R$2,70 sujeito a variação cambial do dia. Embarque a partir de Ò2/Março. Estadia até 31/M arço (Exceto Feriados). Nos reservamos o direito de alterar, a qualquer momento, sem prévio aviso, esto promoção, assim como suo doto de volidode. Taxas de embarque e segurança, taxas da Ioo3ção de veículos, taxo de inscrição não induídos nas tarifas. Consulte nossas condições poro a suo empresa Consulte seu agente de viagens

20 ntrevista OUVIDORIA UM CANAL DE RELACIONAMENTO Desde abril de 2004, quando teve início o trabalho da atual diretoria do Club Athletico Paulistano, a Ouvidoria registrou 524 processos com 566 sugestões e reclamações. Desses, 481 já foram concluídos. Pela análise do relatório apresentado pelo setor, os homens manifestaram-se mais do que as mulheres; e quem mais solicita a Ouvidoria são os associados na faixa etária acima dos 50 anos. No comando do setor está o associado Mário Frederico Carneiro Cilento, que explicou à revista O Paulistano como funciona este trabalho. Fotos: Daniel de Oliveira Quando foi criada a Ouvidoria do CAP c com que objetivos? A Ouvidoria foi criada em 8 de agosto de 2000, por iniciativa do presidente José Manuel Castro Santos, com a finalidade de receber e formalizar sugestões e reclamações a respeito dos serviços oferecidos aos associados, quer diretamente, quer por terceiros credenciados, sistematizando as informações recebidas e elaborando críticas que visam a elevar a qualidade dos serviços. Há quanto tempo o senhor está à frente do setor? Fui designado ouvidor no início desta gestão, em março de A grande imprensa, como o jomal Folha de S. Paulo, tem um profissional no cargo de ombudsman, com a função de analisar o veículo, criticar os erros e elogiar os acertos. A sua função é similar à de ombudsman? Dotada de autonomia funcional e adm i nistrativa, a Ouvidoria no CAP aproximase m uito do m odelo instituído para o om budsm an do jomal Folha de S. Paulo, mas mais abrangente, um a vez que polariza o relacionamento institucional do associado com a Diretoria do CAP. Quais as suas principais metas? Meta é quantificação que visa a medir o progresso para se alcançar um objetivo. Não sei se cabe no processo esse tipo de aferição, já que os pilares da nossa gestão repousam na representatividade do quanto ouço, vejo ou dialogo. Como é o trâmite dos processos gerados pela Ouvidoria? Todo docum ento contendo crítica ou sugestão recebido na O uvidoria é formalizado num processo e encaminhado à Diretoria de área, para as providências cabíveis. A Ouvidoria segue e acompanha a tramitação de todos os processos até a sua conclusão para que possa, ao final, responder ao associado, autor da demanda. Quais as sugestões atendidas que mais se destacaram até agora? Das críticas, as que tiveram mais complexidade para o atendimento, pois envolviam investimentos de grande monta, foram sobre o sistema de sonorização do cinema, que já foi trocado, e sobre o Parquinho / Brinquedoteca, cuja reforma está em curso. A mais simples - e funcional -, dentre as muitas sugestões recebidas, foi para a colocação de bancos para acomodar os sócios na espera de atendimento no restaurante Boulevard. Como o senhor analisa o desempenho da atual diretoria, tendo acesso a tantas opiniões dos associados? B rinquedoteca Boulevard ' 20

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ Entrevista com DJ Meu nome é Raul Aguilera, minha profissão é disc-jóquei, ou DJ, como é mais conhecida. Quando comecei a tocar, em festinhas da escola e em casa, essas festas eram chamadas de "brincadeiras

Leia mais

Belo Horizonte 2013 EXPOSIÇÃO. Divulgação

Belo Horizonte 2013 EXPOSIÇÃO. Divulgação NOV Belo Horizonte 2013 Divulgação Amilcar de Castro 13 de novembro a 27 de janeiro de 2014 Divulgação Foto: Anna FERNANDO SABINO 90 ANOS 25 de setembro a 04 de novembro Mostra multimídia em homenagem

Leia mais

Informativo EDIÇÃO 12 ANO IV. Julho/ Agosto/ Setembro 2015. PACER comemora 12 anos de história DESTAQUES DESTA EDIÇÃO TRANSPORTE DE CARGAS:

Informativo EDIÇÃO 12 ANO IV. Julho/ Agosto/ Setembro 2015. PACER comemora 12 anos de história DESTAQUES DESTA EDIÇÃO TRANSPORTE DE CARGAS: EDIÇÃO 12 ANO IV (11) 3648-4700 / (21) 3161-8600 www.pacer.com.br Informativo Julho/ Agosto/ Setembro 2015 PACER comemora 12 anos de história DESTAQUES DESTA EDIÇÃO TRANSPORTE DE CARGAS: 10 ANOS PACER:

Leia mais

Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social. O Projeto Social Luminando

Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social. O Projeto Social Luminando Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social O Projeto Social Luminando O LUMINANDO O Luminando surgiu como uma ferramenta de combate à exclusão social de crianças e adolescentes de comunidades

Leia mais

Restaurante Top 5. 10 passos para deixar seus convidados mais felizes sem gastar um centavo a mais

Restaurante Top 5. 10 passos para deixar seus convidados mais felizes sem gastar um centavo a mais Restaurante Top 5 10 passos para deixar seus convidados mais felizes sem gastar um centavo a mais Mensagem do Restaurante Olá, Sabemos que é momento de comemorar. E se não fosse uma data ou momento especial,

Leia mais

DATAS COMEMORATIVAS. FESTAS JUNINAS 12 de junho Santo Antônio 24 de junho São João 29 de junho São Pedro

DATAS COMEMORATIVAS. FESTAS JUNINAS 12 de junho Santo Antônio 24 de junho São João 29 de junho São Pedro FESTAS JUNINAS 12 de junho Santo Antônio 24 de junho São João 29 de junho São Pedro As festas juninas fazem parte da tradição católica, mas em muitos lugares essas festas perderam essa característica.

Leia mais

Público escolhe o repertório do próximo show de Oswaldo Montenegro. No mesmo ano: cinema, música, televisão e teatro

Público escolhe o repertório do próximo show de Oswaldo Montenegro. No mesmo ano: cinema, música, televisão e teatro Público escolhe o repertório do próximo show de Oswaldo Montenegro No mesmo ano: cinema, música, televisão e teatro Consagrado pela crítica e pelo público Para comemorar o sucesso de tantos lançamentos

Leia mais

REFERÊNCIAS DE ALGUNS DOS NOSSOS CLIENTES INDIVIDUAIS

REFERÊNCIAS DE ALGUNS DOS NOSSOS CLIENTES INDIVIDUAIS Ana Patricia Da Silva, Turismóloga, guia de turismo na Calábria e responsável comercial do operador Bonjour Italie Partita IVA (CNPJ da Itália): 03187610781 Skype: anapatriciaconsultant www.touristico.it

Leia mais

QUEM SOMOS intercâmbio

QUEM SOMOS intercâmbio alemanha Programa HIGH SCHOOL QUEM SOMOS intercâmbio O Number One Intercâmbio possui mais de 15 anos de mercado oferecendo as melhores opções de viagem para você e sua família, seja a lazer, trabalho ou

Leia mais

MEU TIO MATOU UM CARA

MEU TIO MATOU UM CARA MEU TIO MATOU UM CARA M eu tio matou um cara. Pelo menos foi isso que ele disse. Eu estava assistindo televisão, um programa idiota em que umas garotas muito gostosas ficavam dançando. O interfone tocou.

Leia mais

Boas férias! Equipe do 2º ano

Boas férias! Equipe do 2º ano Nome: 2º ano Querido(a) aluno(a), No primeiro semestre, falamos muito sobre registros e o quanto eles nos ajudam a resgatar na memória a história de cada um. Pensamos neste Diário como forma de ajudá-lo

Leia mais

Atividades sociais pre -congresso (20 a 23/06/2015) e po s-congresso (28/06 a 01/07/2015):

Atividades sociais pre -congresso (20 a 23/06/2015) e po s-congresso (28/06 a 01/07/2015): Atividades sociais pre -congresso (20 a 23/06/2015) e po s-congresso (28/06 a 01/07/2015): Viagens de 20 a 23/06/2015 ou 28/06 a 01/07/2015 (4 dias) Viagem ao Rio de Janeiro Essa é a oportunidade de conhecer

Leia mais

Região. Mais um exemplo de determinação

Região. Mais um exemplo de determinação O site Psicologia Nova publica a entrevista com Úrsula Gomes, aprovada em primeiro lugar no concurso do TRT 8 0 Região. Mais um exemplo de determinação nos estudos e muita disciplina. Esse é apenas o começo

Leia mais

Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008 Humberto Cordeiro Carvalho admitido pela companhia em 1 de julho de 1981. Eu nasci em 25 de maio de 55 em Campos do Goytacazes. FORMAÇÃO Segundo grau Escola

Leia mais

Quem mais torce, incentiva, acompanha e

Quem mais torce, incentiva, acompanha e Capa esporte de pai para filho Edgard Rondina, o filho Felipe e uma paixão em comum: velejar no Lago Paranoá Por Leane Ribeiro Quem mais torce, incentiva, acompanha e muitas vezes até sofre com a carreira

Leia mais

Texto: Patricia Lins Ilustrações: Isac Kosminsky e Juliana Santos

Texto: Patricia Lins Ilustrações: Isac Kosminsky e Juliana Santos Texto: Patricia Lins Ilustrações: Isac Kosminsky e Juliana Santos Texto: Patricia Lins Ilustrações: Isac Kosminsky e Juliana Santos Salvador, BA - 2015 Copyright 2015 by Patricia Lins Ilustradores: Isac

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca Programa transmitido em 26 de fevereiro

Leia mais

Carnaval 2014. A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível

Carnaval 2014. A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível Carnaval 2014 A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível Nesta noite vamos fazer uma viagem! Vamos voltar a um tempo que nos fez e ainda nos faz feliz, porque afinal como

Leia mais

Duração: Aproximadamente um mês. O tempo é flexível diante do perfil de cada turma.

Duração: Aproximadamente um mês. O tempo é flexível diante do perfil de cada turma. Projeto Nome Próprio http://pixabay.com/pt/cubo-de-madeira-letras-abc-cubo-491720/ Público alvo: Educação Infantil 2 e 3 anos Disciplina: Linguagem oral e escrita Duração: Aproximadamente um mês. O tempo

Leia mais

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA DESENGANO FADE IN: CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA Celular modelo jovial e colorido, escovas, batons e objetos para prender os cabelos sobre móvel de madeira. A GAROTA tem 19 anos, magra, não

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

Unidade 01- Estamos apenas começando Deus criou, eu cuidarei

Unidade 01- Estamos apenas começando Deus criou, eu cuidarei Olhando as peças Histórias de Deus:Gênesis-Apocalipse 3 a 6 anos Unidade 01- Estamos apenas começando Deus criou, eu cuidarei O velho testamento está cheio de histórias que Deus nos deu, espantosas e verdadeiras.

Leia mais

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES:

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES: Atividades gerais: Verbos irregulares no - ver na página 33 as conjugações dos verbos e completar os quadros com os verbos - fazer o exercício 1 Entrega via e-mail: quarta-feira 8 de julho Verbos irregulares

Leia mais

Atividades Pedagógicas. Outubro 2013

Atividades Pedagógicas. Outubro 2013 Atividades Pedagógicas Outubro 2013 EM DESTAQUE Acompanhe aqui um pouco do dia-a-dia de nossos alunos em busca de novos aprendizados. ATIVIDADES DE SALA DE AULA GRUPO IV A GRUPO IV B GRUPO IV C GRUPO IV

Leia mais

PESQUISA DE CABELEIREIRA/TÉCNICO DE ESTÉTICA:

PESQUISA DE CABELEIREIRA/TÉCNICO DE ESTÉTICA: Fundo Perpétuo de Educação PESQUISA DE CABELEIREIRA/TÉCNICO DE ESTÉTICA: Os depoimentos, ensinamentos e metas dos participantes mais bem sucedidos. A escolha da escola fez a diferença na sua colocação

Leia mais

Uma experiência inesquecível e marcante que mudará a gestão e a forma de enxergar o seu negócio. www.dmc3.com.br

Uma experiência inesquecível e marcante que mudará a gestão e a forma de enxergar o seu negócio. www.dmc3.com.br Uma experiência inesquecível e marcante que mudará a gestão e a forma de enxergar o seu negócio. 100% de satisfação dos participantes das turmas de 2013 e 2014 O mercado exige que sua empresa se diferencie!

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 37 Discurso na cerimónia de retomada

Leia mais

cultura: o que querem e fazem os cariocas

cultura: o que querem e fazem os cariocas cultura: o que querem e fazem os cariocas perfil cultural dos cariocas como foi feita a pesquisa 1.501 pessoas entrevistadas, a partir de 12 anos, de todos os níveis econômicos, em todas as regiões da

Leia mais

Prova Escrita de Português Língua Não Materna

Prova Escrita de Português Língua Não Materna EXAME NACIONAL DO ENSINO BÁSICO E DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova 28 739 /1.ª Chamada 1.ª Fase / 2008 Decreto-Lei n.º 6/2001, de 18 de Janeiro e Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março A PREENCHER PELO ESTUDANTE

Leia mais

ENTRE FRALDAS E CADERNOS

ENTRE FRALDAS E CADERNOS ENTRE FRALDAS E CADERNOS Entre Fraldas e Cadernos Proposta metodológica: Bem TV Educação e Comunicação Coordenação do projeto: Márcia Correa e Castro Consultoria Técnica: Cláudia Regina Ribeiro Assistente

Leia mais

12/02/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República

12/02/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração da Escola Municipal Jornalista Jaime Câmara e alusiva à visita às unidades habitacionais do PAC - Pró-Moradia no Jardim do Cerrado e Jardim Mundo

Leia mais

AULA CRIATIVA DE HISTÓRIA - FOLCLORE

AULA CRIATIVA DE HISTÓRIA - FOLCLORE AULA CRIATIVA DE HISTÓRIA - FOLCLORE Mesmo não acreditando na Educação Criativa, o professor pode fazer uma experiência para ver o resultado. É o caso da professora deste relato. Glorinha Aguiar glorinhaaguiar@uol.com.br

Leia mais

Com fantasias, alunos do Infantil dançaram as marchinhas do Carnaval

Com fantasias, alunos do Infantil dançaram as marchinhas do Carnaval FourC leva o sambódromo para a Escola, unindo diversão e aprendizagem Máscaras, samba-enredo, alegorias, fantasias e muita alegria aliada ao estudo, o aprendizado e a diversão! Foi assim o Carnaval na

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE AMAR NOSSAS NOTÍCIAS. Ir. Adma recebe Prêmio Internacional Don Pino Puglisi

ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE AMAR NOSSAS NOTÍCIAS. Ir. Adma recebe Prêmio Internacional Don Pino Puglisi ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE AMAR NOSSAS NOTÍCIAS Ir. Adma recebe Prêmio Internacional Don Pino Puglisi No dia 31 de outubro foi realizada, no Consulado Geral da Itália, a entrega do Prêmio Internacional Don

Leia mais

Para gostar de pensar

Para gostar de pensar Rosângela Trajano Para gostar de pensar Volume III - 3º ano Para gostar de pensar (Filosofia para crianças) Volume III 3º ano Para gostar de pensar Filosofia para crianças Volume III 3º ano Projeto editorial

Leia mais

Veja todo o material ou clique no índice abaixo para ir direto para o que precisa.

Veja todo o material ou clique no índice abaixo para ir direto para o que precisa. 1 Carta às Noivas Olá, em primeiro lugar, parabéns por estar se casando! Esperamos que este material à ajude a saber mais sobre casamentos e também no planejamento correto da sua festa. Veja todo o material

Leia mais

consulta participativa de opinião

consulta participativa de opinião consulta participativa de opinião Interesses e perspectivas dos jovens da Brasilândia, Cachoeirinha e Freguesia do Ó CONSULTA PARTICIPATIVA DE OPINIÃO: INTERESSES E PERSPECTIVAS DOS JOVENS DA BRASILÂNDIA,

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA (RN)

RESOLUÇÃO NORMATIVA (RN) RESOLUÇÃO NORMATIVA (RN) RN-017/00 EMITENTE Diretorias: Cultural, Social, de Bares e Restaurantes e de Esportes APROVADA PELA DIRETORIA RN-017/00 22/7/2014 ASSUNTO Agendamento de Eventos através do EXTRACAP

Leia mais

cinema: o que os cariocas querem ver

cinema: o que os cariocas querem ver cinema: o que os cariocas querem ver perfil cultural dos cariocas como foi feita a pesquisa 1.501 pessoas entrevistadas, a partir de 12 anos, de todos os níveis econômicos, em todas as regiões da cidade.

Leia mais

- Você sabe que vai ter que falar comigo em algum momento, não sabe?

- Você sabe que vai ter que falar comigo em algum momento, não sabe? Trecho do romance Caleidoscópio Capítulo cinco. 05 de novembro de 2012. - Você sabe que vai ter que falar comigo em algum momento, não sabe? Caçulinha olha para mim e precisa fazer muita força para isso,

Leia mais

1. Você conhecia a história do bairro de Pinheiros? sim não 4 19

1. Você conhecia a história do bairro de Pinheiros? sim não 4 19 1. Você conhecia a história do bairro de Pinheiros? sim não 4 19 Você conhecia a história do bairro de Pinheiros? sim 17% não 83% 2. O que achou da transformação do Largo de Pinheiros? Diferente, muito

Leia mais

Metodologia. Entrevistas com amostra de usuárias brasileiras de internet via questionário online.

Metodologia. Entrevistas com amostra de usuárias brasileiras de internet via questionário online. Assunto E-commerce Metodologia Entrevistas com amostra de usuárias brasileiras de internet via questionário online. Quantidade de entrevistas realizadas: 1.652 mulheres Perfil: 18 a 50 anos Mercado: Brasil

Leia mais

No E-book anterior 5 PASSOS PARA MUDAR SUA HISTÓRIA, foi passado. alguns exercícios onde é realizada uma análise da sua situação atual para

No E-book anterior 5 PASSOS PARA MUDAR SUA HISTÓRIA, foi passado. alguns exercícios onde é realizada uma análise da sua situação atual para QUAL NEGÓCIO DEVO COMEÇAR? No E-book anterior 5 PASSOS PARA MUDAR SUA HISTÓRIA, foi passado alguns exercícios onde é realizada uma análise da sua situação atual para então definir seus objetivos e sonhos.

Leia mais

Dez EXPOSIÇÃO. 13 de novembro a 27 de janeiro. Belo Horizonte 2013. Divulgação

Dez EXPOSIÇÃO. 13 de novembro a 27 de janeiro. Belo Horizonte 2013. Divulgação Dez Belo Horizonte 2013 Divulgação Amilcar de Castro 13 de novembro a 27 de janeiro Foto: Jomar Bragança S T Q Q S S D Pátio e 3º pavimento AMILCAR DE CASTRO: REPETIÇÃO E SÍNTESE 13 de novembro a 27 de

Leia mais

Menu. Comidas típicas. Contribuições para o Brasil e Ijuí. Significado da bandeira Árabe. Costumes

Menu. Comidas típicas. Contribuições para o Brasil e Ijuí. Significado da bandeira Árabe. Costumes Árabes Componentes: Sabrina, Lucille,Giovana, M, Lucas C, João Vitor Z, Samuel. Disciplina: Estudos Sociais, Informática Educativa, Língua Portuguesa. Professores: Uiliam Michael, Cristiane Keller, Daniele

Leia mais

OSVALDO. Como também foi determinante a motivação e a indicação feita por um professor.

OSVALDO. Como também foi determinante a motivação e a indicação feita por um professor. OSVALDO Bom dia! Meu nome é Osvaldo, tenho 15 anos, sou de Santa Isabel SP (uma cidadezinha próxima à Guarulhos) e, com muito orgulho, sou bolsista ISMART! Ingressei no ISMART este ano e atualmente estou

Leia mais

2015 - ano 06 - nº 14 www.acmsaopaulo.org NESTA EDIÇÃO: :: CONHEÇA O NOVO AMIGUINHO DA TURMA: ZÉ NOTINHA! :: KIDS RUN: CORRIDA PARA CRIANÇAS.

2015 - ano 06 - nº 14 www.acmsaopaulo.org NESTA EDIÇÃO: :: CONHEÇA O NOVO AMIGUINHO DA TURMA: ZÉ NOTINHA! :: KIDS RUN: CORRIDA PARA CRIANÇAS. 2015 - ano 06 - nº 14 www.acmsaopaulo.org NESTA EDIÇÃO: :: CONHEÇA O NOVO AMIGUINHO DA TURMA: ZÉ NOTINHA! :: KIDS RUN: CORRIDA PARA CRIANÇAS. OLÁ! VOU APRESENTAR A VOCÊ NOSSO MAIS NOVO AMIGUINHO: O ZÉ

Leia mais

Dinâmicas para Jovens - Brincadeiras para Jovens Atividades para grupos. Quem sou eu? Dinâmica de Apresentação para Grupo de Jovens

Dinâmicas para Jovens - Brincadeiras para Jovens Atividades para grupos. Quem sou eu? Dinâmica de Apresentação para Grupo de Jovens Disponível no site Esoterikha.com: http://bit.ly/dinamicas-para-jovens Dinâmicas para Jovens - Brincadeiras para Jovens Atividades para grupos As dinâmicas de grupo já fazem parte do cotidiano empresarial,

Leia mais

PERSONAGENS DESTE CAPÍTULO.

PERSONAGENS DESTE CAPÍTULO. Roteiro de Telenovela Brasileira Central de Produção CAPÍTULO 007 O BEM OU O MAL? Uma novela de MHS. PERSONAGENS DESTE CAPÍTULO. AGENOR ALBERTO FERNANDO GABRIELE JORGE MARIA CLARA MARIA CAMILLA MARÍLIA

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

Numa recente e longa entrevista concedida para a rede de emissoras rádio via satélite AMERICAN SAT, o cantor PAULINHO BOCA lembrou dos fatos mais

Numa recente e longa entrevista concedida para a rede de emissoras rádio via satélite AMERICAN SAT, o cantor PAULINHO BOCA lembrou dos fatos mais Numa recente e longa entrevista concedida para a rede de emissoras rádio via satélite AMERICAN SAT, o cantor PAULINHO BOCA lembrou dos fatos mais importantes que marcaram a trajetória da MPB nos últimos

Leia mais

A Escolinha do Mar. Atividades

A Escolinha do Mar. Atividades A Escolinha do Mar Atividades Turma: 1º ano da Educação Infantil Professoras: Eloane Tavares / Ercyany dos Santos CUIDANDO DO PLANETA O trabalho foi iniciado por meio de um teatro apresentado pelas próprias

Leia mais

3,3 milhões de exemplares* por mês e 8,7 milhões de leitores**

3,3 milhões de exemplares* por mês e 8,7 milhões de leitores** 16 revistas 3,3 milhões de exemplares* por mês e 8,7 milhões de leitores** Fonte: *IV (Out/09 a Set/10) E **Ipsos-Estudos Marplan/EGM- Out/09 a Set/10 Leitores Ambos, 10/+ anos Audiência Líquida das Revistas

Leia mais

Temos hoje mais de 6.000 clientes agenciados de 18 a 62 anos de idade.

Temos hoje mais de 6.000 clientes agenciados de 18 a 62 anos de idade. A Empresa Criada há 14 anos atrás após eu voltar de Londres onde morei por 2 anos e trabalhei em fazendas, hotéis e navios cruzeiros. Percebi que não tinha no Brasil uma agência de intercâmbios focadas

Leia mais

Programa de Incentivo à Leitura Infantil Revista EBD Aprender+ 1º Tri 2016: O Ministério de Jesus

Programa de Incentivo à Leitura Infantil Revista EBD Aprender+ 1º Tri 2016: O Ministério de Jesus O PIL KIDS foi desenvolvido para ajudar na fixação das lições das revistas EBD infantil da Editora Betel de forma lúdica e contém várias atividades semanais elaboradas dentro de uma perspectiva e linguagem

Leia mais

Editora. Palavra da. Rosana Di Hipolito Editora da Revista Arraso

Editora. Palavra da. Rosana Di Hipolito Editora da Revista Arraso Mídia Kit 2015 Palavra da Editora Mas por que falar só de moda se ela não se restringe ao seu closet? A moda está na sala da sua casa, no seu jardim, na festa do seu casamento, na educação dos seus filhos

Leia mais

A S S O C I A Ç Ã O R E C R E A T I V A D O S E M P R E G A D O S D O S C O R R E I O S - S Ã O P A U L O M E T R O P O L I T A N A

A S S O C I A Ç Ã O R E C R E A T I V A D O S E M P R E G A D O S D O S C O R R E I O S - S Ã O P A U L O M E T R O P O L I T A N A A S S O C I A Ç Ã O R E C R E A T I V A D O S E M P R E G A D O S D O S C O R R E I O S - S Ã O P A U L O M E T R O P O L I T A N A EDIÇÃO 05/2014 São Paulo, 06 de fevereiro de 2014 A ARCO/SPM disponibilizará

Leia mais

NOTÍCIAS. Parque da Cidade é o escolhido para grandes eventos em Natal. V.4 - N.4 - Setembro de 2015

NOTÍCIAS. Parque da Cidade é o escolhido para grandes eventos em Natal. V.4 - N.4 - Setembro de 2015 V.4 - N.4 - Setembro de 2015 Vilma Lúcia da Silva 05 Assessora de Comunicação do Parque da Cidade Parque da Cidade é o escolhido para grandes eventos em Natal Só no mês de setembro o Parque da Cidade recebeu

Leia mais

PERSONAL SHOPPER MARY KAY

PERSONAL SHOPPER MARY KAY PERSONAL SHOPPER MARY KAY O QUE É? Personal shopping é uma ocupação, na qual se ajuda alguém a fazer suas compras, dando conselhos e fazendo sugestões para os clientes. A personal shopper vai dar ao cliente

Leia mais

ROTEIRO: O LUGAR ONDE EU VIVO

ROTEIRO: O LUGAR ONDE EU VIVO ROTEIRO: O LUGAR ONDE EU VIVO Ideia: Produção realizada a partir de um fato marcante e em algumas situações ocorre a mesclagem entre narrações e demonstrações de cenas. Personagens: A filha da doméstica

Leia mais

PARA SABER MAIS. Consulte o site do IAB www.alfaebeto.org.br COLEÇÃO PEQUENOS LEITORES GUIA DE LEITURA. Cabe aqui na minha mão!

PARA SABER MAIS. Consulte o site do IAB www.alfaebeto.org.br COLEÇÃO PEQUENOS LEITORES GUIA DE LEITURA. Cabe aqui na minha mão! CLÁUDIO MARTINS & MAURILO ANDREAS PARA SABER MAIS Consulte o site do IAB www.alfaebeto.org.br COLEÇÃO PEQUENOS LEITORES LÚCIA HIRATSUKA JASON GARDNER Priscilla Kellen Cabe aqui na minha mão! Frutas GUIA

Leia mais

PARA SABER MAIS. Consulte o site do IAB www.alfaebeto.org.br COLEÇÃO PEQUENOS LEITORES GUIA DE LEITURA. Cabe aqui na minha mão!

PARA SABER MAIS. Consulte o site do IAB www.alfaebeto.org.br COLEÇÃO PEQUENOS LEITORES GUIA DE LEITURA. Cabe aqui na minha mão! CLÁUDIO MARTINS & MAURILO ANDREAS PARA SABER MAIS Consulte o site do IAB www.alfaebeto.org.br COLEÇÃO PEQUENOS LEITORES LÚCIA HIRATSUKA JASON GARDNER Priscilla Kellen Cabe aqui na minha mão! Frutas GUIA

Leia mais

TOTAL DE RESPONDENTES: 698 entrevistados. DATA DE REALIZAÇÃO: 30 de maio e 01 de junho, nas ruas do centro do Rio de Janeiro.

TOTAL DE RESPONDENTES: 698 entrevistados. DATA DE REALIZAÇÃO: 30 de maio e 01 de junho, nas ruas do centro do Rio de Janeiro. Enquete Um estudo feito por matemáticos da Universidade de Vermont, nos Estados Unidos, mostrou que o dia preferido pelas pessoas é o domingo. Os pesquisadores analisaram 2,4 milhões de mensagens pela

Leia mais

Cemitério Municipal de Curitiba traz histórias e arte a céu aberto

Cemitério Municipal de Curitiba traz histórias e arte a céu aberto 1 de 7 04/06/2013 12:52 globo.com notícias esportes entretenimento vídeos ASSINE JÁ CENTRAL E-MAIL criar e-mail globomail free globomail pro ENTRAR Paraná 04/06/2013 09h20 - Atualizado em 04/06/2013 12h15

Leia mais

Artigo: Um olhar feminino na Internet

Artigo: Um olhar feminino na Internet Artigo: Um olhar feminino na Internet Por Tatiane Pocai Dellapiazza - aluna do primeiro ano do Curso de Comunicação Social - Centro UNISAL - Americana. Introdução: O Brasil chega perto de comemorar seu

Leia mais

Autor (a): Januária Alves

Autor (a): Januária Alves Nome do livro: Crescer não é perigoso Editora: Gaivota Autor (a): Januária Alves Ilustrações: Nireuda Maria Joana COMEÇO DO LIVRO Sempre no fim da tarde ela ouvia no volume máximo uma musica, pois queria

Leia mais

Benedicto Silva. Foto 1. Minha mãe e eu, fotografados pelo meu pai (setembro de 1956).

Benedicto Silva. Foto 1. Minha mãe e eu, fotografados pelo meu pai (setembro de 1956). 1. INTRODUÇÃO 1.1. MINHA RELAÇÃO COM A FOTOGRAFIA Meu pai tinha uma câmara fotográfica. Ele não era fotógrafo profissional, apenas gostava de fotografar a família e os amigos (vide Foto 1). Nunca estudou

Leia mais

Respostas dos alunos para perguntas do Ciclo de Debates

Respostas dos alunos para perguntas do Ciclo de Debates Respostas dos alunos para perguntas do Ciclo de Debates 1º ano do Ensino Fundamental I O que você gosta de fazer junto com a sua mã e? - Dançar e jogar um jogo de tabuleiro. - Eu gosto de jogar futebol

Leia mais

paraíso Novo rumo no Inspiração one experience Relatos de quem tem história

paraíso Novo rumo no Inspiração one experience Relatos de quem tem história Novo rumo no paraíso Como uma viagem para a ilha de Saint Barths fez a mercadóloga Jordana Gheler trocar a carreira que tinha no Brasil por outra muito mais ensolarada [ depoimento concedido a Ana Luiza

Leia mais

5- Cite, em ordem de preferência, três profissões que você mais gostaria de exercer: 1º 2º 3º

5- Cite, em ordem de preferência, três profissões que você mais gostaria de exercer: 1º 2º 3º 18. DICAS PARA A PRÁTICA Orientação para o trabalho A- Conhecimento de si mesmo Sugestão: Informativo de Orientação Vocacional Aluno Prezado Aluno O objetivo deste questionário é levantar informações para

Leia mais

readquire a alegria de viver. O incrível universo do jardim fortalece a amizade entre as crianças e traz de volta o sorriso ao rosto do senhor Craven.

readquire a alegria de viver. O incrível universo do jardim fortalece a amizade entre as crianças e traz de volta o sorriso ao rosto do senhor Craven. O JARDIM SECRETO Introdução ao tema Mais que um simples romance sobre a descoberta de um lugar proibido, O jardim secreto revela o fascínio dos primeiros contatos com a natureza e a importância que ela

Leia mais

Observação na Escolinha EMEI Cebolinha no Dia 02 de setembro de 2015

Observação na Escolinha EMEI Cebolinha no Dia 02 de setembro de 2015 Observação na Escolinha EMEI Cebolinha no Dia 02 de setembro de 2015 Acadêmica: Ewelyn Sampaio Cardoso Ao chegar à Escola EMEI cebolinha ás 08h00min, a professora do pré I já estava na escola com uma aluna

Leia mais

OLHAR GLOBAL. Inspirado no mito da Fênix, Olivier Valsecchi cria imagens com cinzas. A poeira do. renascimento. Fotografe Melhor n o 207

OLHAR GLOBAL. Inspirado no mito da Fênix, Olivier Valsecchi cria imagens com cinzas. A poeira do. renascimento. Fotografe Melhor n o 207 OLHAR GLOBAL Inspirado no mito da Fênix, Olivier Valsecchi cria imagens com cinzas A poeira do renascimento 36 Fotografe Melhor n o 207 Olivier convida pessoas que encontra na rua ou na internet para posarem

Leia mais

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a João do Medo Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a mamãe dele. Um dia, esse menino teve um sonho ruim com um monstro bem feio e, quando ele acordou, não encontrou mais

Leia mais

Uma experiência inesquecível e marcante que mudará a gestão e a forma de enxergar o seu negócio. www.dmc3.com.br

Uma experiência inesquecível e marcante que mudará a gestão e a forma de enxergar o seu negócio. www.dmc3.com.br Uma experiência inesquecível e marcante que mudará a gestão e a forma de enxergar o seu negócio. 100% de satisfação dos participantes da turma de 2013 40% dos presentes em 2013 já reservaram suas vagas

Leia mais

MINHA HISTÓRIA NO NOVOTEL

MINHA HISTÓRIA NO NOVOTEL MINHA HISTÓRIA NO NOVOTEL Lembro-me que haviam me convocado para uma entrevista de trabalho no NOVOTEL. Lembro-me de estar ansioso e ter passado a noite anterior preparando a minha entrevista. Como iria

Leia mais

SOU NOVO AQUI! COMO FAÇO PARTE DE UM PEQUENO GRUPO? CONTRIBUIÇÃO NOSSA PROGRAMAÇÃO ROGRAM

SOU NOVO AQUI! COMO FAÇO PARTE DE UM PEQUENO GRUPO? CONTRIBUIÇÃO NOSSA PROGRAMAÇÃO ROGRAM A Igreja Batista Central de Fortaleza é uma comunidade comprometida em amar a Deus, amar uns aos outros e proclamar Jesus. Vivemos relacionamentos em pequenos grupos, de casa em casa, e também nos grandes

Leia mais

I. Complete o texto seguinte com as formas correctas dos verbos ser ou estar. (5 pontos)

I. Complete o texto seguinte com as formas correctas dos verbos ser ou estar. (5 pontos) I. Complete o texto seguinte com as formas correctas dos verbos ser ou estar. Hoje. domingo e o tempo. bom. Por isso nós. todos fora de casa.. a passear à beira-mar.. agradável passar um pouco de tempo

Leia mais

PERFIL DOS OUVINTES. Alcance: 776.533 ouvintes por mês ALCANCE 30 DIAS - 05/05h. Audiência: 71.701 ouvintes por minuto SS 06/19h FAIXA ETÁRIA

PERFIL DOS OUVINTES. Alcance: 776.533 ouvintes por mês ALCANCE 30 DIAS - 05/05h. Audiência: 71.701 ouvintes por minuto SS 06/19h FAIXA ETÁRIA A Rádio que é o AMOR DO RIO tem uma programação popular de sucesso formada pelas melhores músicas dos mais variados estilos, com grandes comunicadores e com as mais atraentes promoções, entretenimento

Leia mais

Como utilizar este caderno

Como utilizar este caderno INTRODUÇÃO O objetivo deste livreto é de ajudar os grupos da Pastoral de Jovens do Meio Popular da cidade e do campo a definir a sua identidade. A consciência de classe, ou seja, a consciência de "quem

Leia mais

TRIBO? "O QUE UNE AS PESSOAS DE UMA TRIBO É O COMPROMISSO COMUM COM A ATIVIDADE QUE NASCERAM PARA FAZER."

TRIBO? O QUE UNE AS PESSOAS DE UMA TRIBO É O COMPROMISSO COMUM COM A ATIVIDADE QUE NASCERAM PARA FAZER. TRIBO? "O QUE UNE AS PESSOAS DE UMA TRIBO É O COMPROMISSO COMUM COM A ATIVIDADE QUE NASCERAM PARA FAZER." CONCEITO : No QUAL É A SUA TRIBO? podemos ser quem desejamos, praticar novos esportes e atividades

Leia mais

QUEM SOMOS intercâmbio

QUEM SOMOS intercâmbio França Programa HIGH SCHOOL QUEM SOMOS intercâmbio O Number One Intercâmbio possui mais de 15 anos de mercado oferecendo as melhores opções de viagem para você e sua família, seja a lazer, trabalho ou

Leia mais

Nosso sonho não é ganhar dinheiro com o grupo, mas formar músicos profissionais a partir do talento natural que não está sendo desenvolvido no

Nosso sonho não é ganhar dinheiro com o grupo, mas formar músicos profissionais a partir do talento natural que não está sendo desenvolvido no Nosso sonho não é ganhar dinheiro com o grupo, mas formar músicos profissionais a partir do talento natural que não está sendo desenvolvido no Brasil. Tudo que essa juventude precisa é de uma chance. (John

Leia mais

Checklist para Planejar o seu Casamento

Checklist para Planejar o seu Casamento http://www.havan.com.br/ http://www.bloghavan.com.br/ Checklist para Planejar o seu Casamento Mais de 1 ano antes Escolha a data do casamento e defina o seu orçamento. Se a cerimônia for na igreja, preocupe-se

Leia mais

UNIDADE 3: MUNDO PERDIDO PESSOAS PERDIDAS PRECISAM OUVIR A HISTÓRIA DE JESUS

UNIDADE 3: MUNDO PERDIDO PESSOAS PERDIDAS PRECISAM OUVIR A HISTÓRIA DE JESUS Frutos-1 Impact0 LIÇÃO 12 VIVENDO A VIDA COM DEUS UNIDADE 3: MUNDO PERDIDO PESSOAS PERDIDAS PRECISAM OUVIR A HISTÓRIA DE JESUS 9-11 Anos HISTÓRIA BÍBLICA João 1:12; I Pedro 3:15, 18 A Bíblia nos ensina

Leia mais

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar MELHORES MOMENTOS Expressão de Louvor Acordar bem cedo e ver o dia a nascer e o mato, molhado, anunciando o cuidado. Sob o brilho intenso como espelho a reluzir. Desvendando o mais profundo abismo, minha

Leia mais

A formação moral de um povo

A formação moral de um povo É um grande desafio evangelizar crianças nos dias de hoje. Somos a primeira geração que irá dizer aos pais e evangelizadores como evangelizar os pequeninos conectados. Houve um tempo em que nos colocávamos

Leia mais

Relatório da viagem a França

Relatório da viagem a França Escola Básica e Secundária À Beira Douro- Medas Relatório da viagem a França Março de 2014 Realizado por: Joana Teixeira 9.º D Mariana Carvalho 9.º D Elaborado a 18 de Maio de 2014 Introdução A viagem

Leia mais

Iracema estava na brinquedoteca

Iracema estava na brinquedoteca Estórias de Iracema Maria Helena Magalhães Ilustrações de Veridiana Magalhães Iracema estava na brinquedoteca com toda a turma quando recebeu a notícia de que seu sonho se realizaria. Era felicidade que

Leia mais

MATEMÁTICA. Data de Nascimento do estudante

MATEMÁTICA. Data de Nascimento do estudante SAEMI SISTEMA DE AVALIAÇÃO EDUCACIONAL MUNICIPAL DO IPOJUCA 2014 MATEMÁTICA 3º ano do Ensino Fundamental Caderno M0301 Nome do estudante Data de Nascimento do estudante Caro(a) estudante, Você está participando

Leia mais

Destaque em Que horas ela volta?, Camila Márdila volta ao set

Destaque em Que horas ela volta?, Camila Márdila volta ao set Destaque em Que horas ela volta?, Camila Márdila volta ao set Em 'Altas expectativas', ela vive um romance com Gigante Leo por Josy Fichberg 14/02/2016 7:00 Gigante Leo e Camila Márdila no set de Altas

Leia mais

A importância da leitura na fase infantil.

A importância da leitura na fase infantil. EDIÇÃO II VOLUME 3 01/04/2011 A importância da leitura na fase infantil. O desenvolvimento de interesses e hábitos permanentes de leitura é um processo constante, que principia no lar, aperfeiçoa-se sistematicamente

Leia mais

Cinema. Exposições. Música. Teatro. EDIÇÃO Nº 10 25 de abril a 1º de maio de 2014 *

Cinema. Exposições. Música. Teatro. EDIÇÃO Nº 10 25 de abril a 1º de maio de 2014 * EDIÇÃO Nº 10 25 de abril a 1º de maio de 2014 * Cinema Exposições Música Teatro * Os eventos apresentados na Acontece da Semana foram selecionados a partir dos principais jornais e portais de comunicação.

Leia mais

Itaúna, 22 de junho de 2012 - Ano XIX - Edição 622 - R$ 1,00

Itaúna, 22 de junho de 2012 - Ano XIX - Edição 622 - R$ 1,00 Itaúna, 22 de junho de 2012 - Ano XIX - Edição 622 - R$ 1,00 Os ganhadores da Campanha Dias de Amor Diretor de Habitação fala sobre sorteio das 440 casas no sábado POLÍTICA Vereador Gleisinho cria projeto

Leia mais

BOM DIA DIÁRIO. Guia: Em nome do Pai

BOM DIA DIÁRIO. Guia: Em nome do Pai BOM DIA DIÁRIO Segunda-feira (04.05.2015) Maria, mãe de Jesus e nossa mãe Guia: 2.º Ciclo: Padre Luís Almeida 3.º Ciclo: Padre Aníbal Afonso Mi+ Si+ Uma entre todas foi a escolhida, Do#- Sol#+ Foste tu,

Leia mais

Manual prático de criação publicitária. (O dia-a-dia da criação em uma agência)

Manual prático de criação publicitária. (O dia-a-dia da criação em uma agência) Manual prático de criação publicitária (O dia-a-dia da criação em uma agência) MANUAL final2.indd 1 14/3/2006 23:19:58 Flávio Waiteman Manual prático de criação publicitária (O dia-a-dia da criação em

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 25 Discurso na cerimónia de entrega

Leia mais

Arthur de Carvalho Jaldim Rubens de Almeida Oliveira CÃO ESTELAR. EDITORA BPA Biblioteca Popular de Afogados

Arthur de Carvalho Jaldim Rubens de Almeida Oliveira CÃO ESTELAR. EDITORA BPA Biblioteca Popular de Afogados Arthur de Carvalho Jaldim Rubens de Almeida Oliveira O CÃO ESTELAR EDITORA BPA Biblioteca Popular de Afogados Texto e Pesquisa de Imagens Arthur de Carvalho Jaldim e Rubens de Almeida Oliveira O CÃO ESTELAR

Leia mais