JULIO SIMÕES LOGÍSTICA S.A. Companhia Aberta de Capital Autorizado CNPJ/MF n / NIRE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "JULIO SIMÕES LOGÍSTICA S.A. Companhia Aberta de Capital Autorizado CNPJ/MF n 52.548.435/0001-79 NIRE 35.300.362.683"

Transcrição

1 JULIO SIMÕES LOGÍSTICA S.A. Companhia Aberta de Capital Autorizado CNPJ/MF n / NIRE ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 19 DE AGOSTO DE 2010 Local, hora e data: Aos 19 dias do mês de agosto de 2010, às 18h00, na sede social da Julio Simões Logística S.A. ( Companhia ), situada na Cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, na Avenida Angélica, n 2346, 16 andar, parte B do escritório 161, Edifício New England, Consolação, Cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, CEP Convocação e Presenças: Dispensada a convocação em razão da presença da totalidade dos membros do Conselho de Administração da Companhia. Mesa: Sr. Fernando Antonio Simões - Presidente e Sr. Mauro Tomaz Postali - Secretário. Ordem do dia: Eleição de novo Diretor, sem designação específica, da Companhia. Deliberações: Os Srs. membros do Conselho de Administração, por unanimidade, elegem para ocupar o cargo de Diretor, sem designação específica, para mandato de 2 (dois) anos, a Sra. Silvia Emanoele Pereira de Paula Sewaybricker, brasileira, engenheira eletricista, casada, portadora da cédula de identidade RG nº SSP/SP, inscrita no CPF/MF sob nº , domiciliada na Av. Saraiva, 400, bairro Brás Cubas, município de Mogi das Cruzes, Estado de São Paulo, CEP A Sra. Silvia Emanoele Pereira de Paula Sewaybricker fica neste ato empossada no referido cargo mediante assinatura de termo de posse, no qual consigna que, sob as penas da lei, que não está impedida de exercer a diretoria/administração da Companhia, por lei especial, ou em virtude de condenação criminal, ou por se encontrar sob os efeitos dela, a pena que vede, ainda que temporariamente, o acesso a cargos públicos, ou por crime falimentar, de prevaricação, peita ou suborno, concussão, peculato, ou contra a economia popular, contra o sistema financeiro nacional, contra normas de defesa da concorrência, contra as relações de consumo, fé pública ou a propriedade. Encerramento: Nada mais havendo a tratar, foi encerrada a reunião, lavrando-se a presente ata, a qual foi lida, achada conforme, aprovada e por todos os presentes assinada. Mesa: Fernando Antonio Simões Presidente Mauro Tomaz Postali Secretário

2 Conselheiros presentes: Fernando Antonio Simões Fernando Antonio Simões Filho Álvaro Pereira Novis Adalberto Calil David Barioni Neto 2

3 TERMO DE POSSE E DECLARAÇÃO Pelo presente Termo de Posse e Declaração, toma posse nesta data a signatária abaixo, Sra. Silvia Emanoele Pereira de Paula Sewaybricker, brasileira, engenheira eletricista, casada, portadora da cédula de identidade RG nº SSP/SP, inscrita no CPF/MF sob nº , domiciliada na Av. Saraiva, 400, bairro Brás Cubas, município de Mogi das Cruzes, Estado de São Paulo, CEP , eleita para o cargo de Diretora, sem designação específica, da Julio Simões Logística S.A. na Reunião do Conselho de Administração realizada em 19 de agosto de 2010 para o mandato unificado de 02 (dois) anos. Neste ato, declara que se obriga a cumprir a lei e o Estatuto Social da Companhia, bem como que: I não está impedida por lei especial, ou condenada por crime falimentar, de prevaricação, peita ou suborno, concussão, peculato, contra a economia popular, a fé pública ou a propriedade, como previsto no parágrafo primeiro do art. 147 da Lei n o 6.404/76; II não está condenada à pena de suspensão ou inabilitação temporária aplicada pela Comissão de Valores Mobiliários, que o tome inelegível para os cargos de administração de companhia aberta, como estabelecido no parágrafo segundo do art. 147 da Lei n o 6.404/76; III atende ao requisito de reputação ilibada estabelecido pelo parágrafo terceiro do art. 147 da Lei n o 6.404/76; e IV não ocupa cargo em sociedade que possa ser considerada concorrente da Companhia e não tem, nem representa, interesse conflitante com o da Companhia, na forma dos incisos I e II do parágrafo terceiro do art. 147 da Lei n o 6.404/76. São Paulo, 19 de agosto de Silvia Emanoele Pereira de Paula Sewaybricker 3

REDENTOR ENERGIA S.A CNPJ 12.126.500/0001-53 - NIRE 31.3.0010645-4 COMPANHIA ABERTA

REDENTOR ENERGIA S.A CNPJ 12.126.500/0001-53 - NIRE 31.3.0010645-4 COMPANHIA ABERTA REDENTOR ENERGIA S.A REDENTOR ENERGIA S.A CNPJ 12.126.500/0001-53 - NIRE 31.3.0010645-4 COMPANHIA ABERTA ATA DAS ASSEMBLEIAS GERAIS ORDINÁRIA E EXTRAORDINÁRIA REALIZADAS, CUMULATIVAMENTE, EM 27 DE ABRIL

Leia mais

TELEFÔNICA BRASIL S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF 02.558.157/0001-62 - NIRE 35.3.0015881-4

TELEFÔNICA BRASIL S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF 02.558.157/0001-62 - NIRE 35.3.0015881-4 1. DATA, HORA e LOCAL: 11 de junho de 2013, às 11:00h, na sede social da Companhia, na Cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, na Avenida Eng. Luiz Carlos Berrini, nº 1376, Bairro Cidade Monções. 2.

Leia mais

MANUAL DE REGISTRO SOCIEDADE ANÔNIMA

MANUAL DE REGISTRO SOCIEDADE ANÔNIMA Presidência da República Secretaria da Micro e Pequena Empresa Secretaria de Racionalização e Simplificação Departamento de Registro Empresarial e Integração MANUAL DE REGISTRO SOCIEDADE ANÔNIMA Atualizado

Leia mais

MANUAL DE REGISTRO SOCIEDADE LIMITADA

MANUAL DE REGISTRO SOCIEDADE LIMITADA Presidência da República Secretaria da Micro e Pequena Empresa Secretaria de Racionalização e Simplificação Departamento de Registro Empresarial e Integração MANUAL DE REGISTRO SOCIEDADE LIMITADA Atualizado

Leia mais

EMPRESA INDIVIDUAL DE RESPONSABILIDADE LIMITADA - EIRELI

EMPRESA INDIVIDUAL DE RESPONSABILIDADE LIMITADA - EIRELI Presidência da República Secretaria da Micro e Pequena Empresa Secretaria de Racionalização e Simplificação Departamento de Registro Empresarial e Integração MANUAL DE REGISTRO EMPRESA INDIVIDUAL DE RESPONSABILIDADE

Leia mais

HRT PARTICIPAÇÕES EM PETRÓLEO S.A. CNPJ 10.629.105/0001-68 NIRE 33.3.0029084-2 ATA DE ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

HRT PARTICIPAÇÕES EM PETRÓLEO S.A. CNPJ 10.629.105/0001-68 NIRE 33.3.0029084-2 ATA DE ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA HRT PARTICIPAÇÕES EM PETRÓLEO S.A. CNPJ 10.629.105/0001-68 NIRE 33.3.0029084-2 ATA DE ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA REALIZADA EM 17 DE NOVEMBRO DE 2009 DATA, HORA E LOCAL DA ASSEMBLEIA: Aos 17 dias do

Leia mais

ACORDO DE ACIONISTAS SOBRE DIREITO DE VOTO E OUTRAS AVENÇAS DA S-VELAME ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS E PARTICIPAÇÕES S.A. Entre:

ACORDO DE ACIONISTAS SOBRE DIREITO DE VOTO E OUTRAS AVENÇAS DA S-VELAME ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS E PARTICIPAÇÕES S.A. Entre: ACORDO DE ACIONISTAS SOBRE DIREITO DE VOTO E OUTRAS AVENÇAS DA S-VELAME ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS E PARTICIPAÇÕES S.A Entre: 1. SANTA PERPÉTUA PARTICIPAÇÕES S.A., atual denominação da SANTA CATARINA PARTICIPAÇÕES

Leia mais

Como Formalizar uma Vinícola

Como Formalizar uma Vinícola Como Formalizar uma Vinícola Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas- SEBRAE SGAS Quadra 605, Conjunto A - CEP 70200-904 - Brasília - DF Tel.: (+55 61) 3348-7100 / Fax.: (+55 61) 3347-4120

Leia mais

CONVOCATÓRIA DA ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA DE ACIONISTAS EDP RENOVÁVEIS, S.A.

CONVOCATÓRIA DA ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA DE ACIONISTAS EDP RENOVÁVEIS, S.A. CONVOCATÓRIA DA ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA DE ACIONISTAS EDP RENOVÁVEIS, S.A. Os Senhores Administradores decidiram unanimemente convocar a Assembleia Geral Ordinária de Acionistas da EDP Renováveis, S.A.,

Leia mais

ASSEMBLEIA GERAL ANUAL CONVOCATÓRIA

ASSEMBLEIA GERAL ANUAL CONVOCATÓRIA ASSEMBLEIA GERAL ANUAL CONVOCATÓRIA Sociedade Comercial Orey Antunes, S.A. (sociedade aberta) Sede: Rua Carlos Alberto da Mota Pinto, n.º 17, 6.º andar, Freguesia de S. Isabel, Concelho de Lisboa Capital

Leia mais

SÃO PAULO TURISMO S. A.

SÃO PAULO TURISMO S. A. ESTATUTO SOCIAL SÃO PAULO TURISMO S. A. TITULO I DA DENOMINAÇÃO, SEDE E FORO, PRAZO DE DURAÇÃO E OBJETIVO SOCIAL. Artigo 1º - SÃO PAULO TURISMO S.A. é uma sociedade anônima de capital autorizado, regida

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARA RUA GAMA ROSA, S/N CENTRO - ARARA PB. CNPJ N 08.778.755/0001-23 Prefeito Eraldo Fernandes de Azevedo

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARA RUA GAMA ROSA, S/N CENTRO - ARARA PB. CNPJ N 08.778.755/0001-23 Prefeito Eraldo Fernandes de Azevedo Arara, 05 de junho de 2015. Atos do Poder Executivo e Administração Direta EDITAL Nº 01/2015 Dispõe sobre a regulamentação do primeiro processo unificado de escolha de Conselheiros Tutelares no Município

Leia mais

REGIMENTO DO 54º CONGRESSO DA UNE 03 A 07 DE JUNHO DE 2015

REGIMENTO DO 54º CONGRESSO DA UNE 03 A 07 DE JUNHO DE 2015 Seção I - DO CONGRESSO Art.1º - O Congresso da UNE é a instância máxima de deliberação da União Nacional dos Estudantes. Art. 2º - O 54º Congresso da UNE será realizado entre os dias 03 e 07 de junho de

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS CIRCULAR SUSEP N.º 510, DE 22 DE JANEIRO DE 2015.

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS CIRCULAR SUSEP N.º 510, DE 22 DE JANEIRO DE 2015. SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS CIRCULAR SUSEP N.º 510, DE 22 DE JANEIRO DE 2015. Dispõe sobre o registro de corretor de seguros, de capitalização e de previdência, pessoa física e pessoa jurídica,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO O atual Regimento Interno do CNE foi instituído por força da Portaria MEC nº 1.306 de 02/09/1999, resultante da homologação do Parecer CNE/CP nº 99, de julho de 1999. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

ESTATUTO DO SINDICATO DE ENGENHEIROS NO ESTADO DE MINAS GERAIS SENGE-MG APROVADO EM ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA REALIZADA EM 19 DE NOVEMBRO DE 2009

ESTATUTO DO SINDICATO DE ENGENHEIROS NO ESTADO DE MINAS GERAIS SENGE-MG APROVADO EM ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA REALIZADA EM 19 DE NOVEMBRO DE 2009 ESTATUTO DO SINDICATO DE ENGENHEIROS NO ESTADO DE MINAS GERAIS SENGE-MG APROVADO EM ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA REALIZADA EM 19 DE NOVEMBRO DE 2009 CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, DOS FINS DO SINDICATO E SEDE

Leia mais

LEI Nº 2.998/2007 CAPÍTULO I DA COMPOSIÇÃO

LEI Nº 2.998/2007 CAPÍTULO I DA COMPOSIÇÃO LEI Nº 2.998/2007 REGULAMENTA O CONSELHO MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO URBANO - COPLAN, CRIADO NO ARTIGO 2º, DA LEI COMPLEMENTAR N.º 037/2006, DE 15 DE DEZEMBRO, QUE DISPOE SOBRE NORMAS DE

Leia mais

Índice Estatuto da Câmara dos Solicitadores... 8

Índice Estatuto da Câmara dos Solicitadores... 8 Estatuto da Câmara dos Solicitadores Dec.-Lei n.º 88/2003, de 26.04 (Com as alterações introduzidas pelo Decreto-Lei n. 226/2008 de 20 de Novembro) Índice Estatuto da Câmara dos Solicitadores... 1 Estatuto

Leia mais

LEI Nº 5.194, DE 24 DEZ 1966

LEI Nº 5.194, DE 24 DEZ 1966 LEI Nº 5.194, DE 24 DEZ 1966 Regula o exercício das profissões de Engenheiro, Arquiteto e Engenheiro- Agrônomo, e dá outras providências. O Presidente da República Faço saber que o Congresso Nacional decreta

Leia mais

E S T A T U T O S O C I A L

E S T A T U T O S O C I A L Celesc Distribuição S. A. CNPJ: 08.336.783/0001-90 Inscr. Est.: 255266626 NIRE: 42300030759 Avenida Itamarati, 160 Itacorubi Blocos A1, B1 e B2 Florianópolis Santa Catarina Brasil CEP: 88034-900 E-mail:

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE RIO DAS OSTRAS ESTADO DO RIO DE JANEIRO

CÂMARA MUNICIPAL DE RIO DAS OSTRAS ESTADO DO RIO DE JANEIRO PROMULGADA EM 09 DE JUNHO DE 1994 REIMPRESSA, COM A INCLUSÃO DAS EMENDAS. Nº 01/95, 02/95, 03/95, 04/97,05/97, 06/97, 07/97, 08/97, 09/97, 010/98, 011/99, 012/00, 013/00 e 014/01, 015/01, 016/01,017/01,

Leia mais

PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO Nº 618, DE 2004 (Nº 885/2003, na Câmara dos Deputados)

PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO Nº 618, DE 2004 (Nº 885/2003, na Câmara dos Deputados) Maio de 2004 DIÁRIO DO SENADO FEDERAL Quinta-feira 27 16139 1) De acordo 2) Encaminhe-se o processo ao Departamento de Fiscalização e Outorgas para prosseguimento. São Paulo, 26 de junho de 1997. Eduardo

Leia mais

ESTATUTOS. LOULÉ CONCELHO GLOBAL, E.M., Unipessoal, S.A.

ESTATUTOS. LOULÉ CONCELHO GLOBAL, E.M., Unipessoal, S.A. CÂMARA MUNICIPAL DE LOULÉ Código Postal 8104-001 ESTATUTOS LOULÉ CONCELHO GLOBAL, E.M., Unipessoal, S.A. CAPÍTULO I Da Sociedade e do capital social ARTIGO 1.º Denominação A Sociedade adota a denominação

Leia mais

Manual de Responsabilidade Técnica do Administrador

Manual de Responsabilidade Técnica do Administrador Manual de Responsabilidade Técnica do Administrador 1ª EDIÇÃO - 2007 CONSELHO FEDERAL DE ADMINISTRAÇÃO CONSELHOS REGIONAIS DE ADMINISTRAÇÃO CÂMARA DE FISCALIZAÇÃO E REGISTRO SAUS Qd. 01, Bl L, Ed. CFA

Leia mais

Como criar uma ONG. A) LEI DO TERCEIRO SETOR: AS ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL DE INTERESSE PÚBLICO (OSCIPs)

Como criar uma ONG. A) LEI DO TERCEIRO SETOR: AS ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL DE INTERESSE PÚBLICO (OSCIPs) Como criar uma ONG Esta publicação foi editada pela Revista IntegrAção - CETS/EAESP/FGV em abril de 2000. Tem como principal fonte de informação o Programa Estadual de Apoio às ONGs PROAONG, da Secretaria

Leia mais

ASSOCIAÇÃO VIVER BEM. Capítulo I DA DENOMINAÇÃO, SEDE E FINS

ASSOCIAÇÃO VIVER BEM. Capítulo I DA DENOMINAÇÃO, SEDE E FINS ASSOCIAÇÃO VIVER BEM Capítulo I DA DENOMINAÇÃO, SEDE E FINS Art. 1. ASSOCIAÇÃO VIVER BEM, neste ato designada simplesmente como Associação, é uma associação civil sem fins econômicos, de duração por tempo

Leia mais

$(PSUHVDQR. Rodrigo Octávio Correia Barbosa e Sérgio Luiz Bastos Barbosa

$(PSUHVDQR. Rodrigo Octávio Correia Barbosa e Sérgio Luiz Bastos Barbosa &216(/+25(*,21$/ '(&217$%,/,'$'('2 5,2*5$1'('268/ $(PSUHVDQR 1RYR&yGLJR&LYLO Rodrigo Octávio Correia Barbosa e Sérgio Luiz Bastos Barbosa Julho de 2003 Edição: CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO RIO

Leia mais

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA 1884 Diário da República, 1.ª série N.º 74 16 de abril de 2015 ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA Lei n.º 29/2015 de 16 de abril Primeira alteração à Lei n.º 66 -A/2007, de 11 de dezembro, que define as competências,

Leia mais

REGIMENTO DO CONSELHO DE ARBITRAGEM DESPORTIVA DO TRIBUNAL ARBITRAL DO DESPORTO

REGIMENTO DO CONSELHO DE ARBITRAGEM DESPORTIVA DO TRIBUNAL ARBITRAL DO DESPORTO REGIMENTO DO CONSELHO DE ARBITRAGEM DESPORTIVA DO TRIBUNAL ARBITRAL DO DESPORTO Capítulo I Disposições gerais Artigo 1.º (Definição) O (CAD) é um dos órgãos integrantes do Tribunal Arbitral do Desporto

Leia mais

27. Convenção da Haia sobre a Lei Aplicável aos Contratos de Mediação e à Representação

27. Convenção da Haia sobre a Lei Aplicável aos Contratos de Mediação e à Representação 27. Convenção da Haia sobre a Lei Aplicável aos Contratos de Mediação e à Representação Os Estados signatários da presente Convenção: Desejosos de estabelecer disposições comuns sobre a lei aplicável aos

Leia mais