Apostila. Controle de Cheque

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Apostila. Controle de Cheque"

Transcrição

1 Apostila Controle de Cheque

2 Índice Introdução...3 Menu Cheque Pré-Datado Financeiro / Cheque Pré-Datado Opções de Controle Cadastrando Cheques Manutenção de Cheques por Aluno Altera Situação dos Cheques Pré-datados Renegociação de Cheques Relatório / Financeiro / Cheque Pré-Datado Relatório / Financeiro / Vínculo de Cheque

3 Introdução Este material foi preparado de forma a esclarecer as dúvidas dos usuários quanto ao registro e controle de cheques dentro do ASP Gestão Educacional Online. Opções de Controle 1. Cadastro / Institucional / Instituição de Ensino / Parâmetro Financeiro Antes de iniciar os recebimentos em cheque, você precisa saber o tipo de controle de cheques que a Instituição deseja adotar, uma vez que isto irá determinar o caminho que irá seguir. Esta definição deverá ser feita através da tela de Parâmetro Financeiro campo Recebimento de Cheque, sendo que a Instituição pode optar por: Nenhum Controle: deve ser selecionado caso a Instituição de Ensino não tenha interesse em controlar os cheques movimentados pelo pagamento de títulos, recebimento de títulos e parcelas de alunos. A partir disto, nas telas de recebimento e pagamento do ASP, ao ser selecionada a forma de pagamento ou recebimento de cheque, o sistema fará o tratamento dessa forma de pagamento sem precisar informar os dados do cheque e, principalmente, sem nenhum controle posterior dos cheques liquidados, devolvidos, etc. Registrar e Controlar: deve ser selecionado caso a Instituição de Ensino deseje controlar os cheques relacionados aos recebimentos e pagamentos realizados através do ASP. Desta forma, o sistema passa a permitir o cadastro dos cheques, informando seus dados e o posterior controle de liquidação, devolução, etc. Menu Cheque Pré-Datado 1. Financeiro / Cheque Pré-Datado Na página principal do ASP, selecione a opção de menu Financeiro / Cheque Pré-Datado : 3. Cadastrando Cheques O cadastro dos cheques pode ser feito de pelo menos quatro formas distintas: por intermédio da tela de Cadastro de Cheque, através da tela de recebimento de caixa Recebimento, através das telas de Negociação ou pela própria tela de matrícula na pasta Financeiro : 3.1 O mais comum é que você cadastre os cheques utilizando a tela de caixa, pois irá passar todos os dados no momento em que está efetuando os procedimentos de recebimento ou pagamento de parcelas e títulos. Dessa forma, já efetua o vínculo com o item pago ou recebido. 3

4 3.2 Quando selecionada na tela de caixa a forma de cobrança Cheque Pré, são habilitados campos para inserção dos dados do cheque. Ao inserir esses dados e finalizar o recebimento, é gerado automaticamente um cadastro na tela de cadastro de cheque com as informações repassadas e a parcela ou título ficará vinculado a ele. Essa transação efetuada via caixa ficará registrada na movimentação do dia e aparecerá nos devidos relatórios de extrato de caixa. 3.3 Utilizando a tela cadastro de cheque você pode efetuar o cadastro e vínculo citado no item anterior, porém de uma forma um pouco diferenciada. É possível cadastrar aqui os cheques que não serão vinculados a nenhuma espécie de título ou parcela, mas que você gostaria de controlar e guardar registros (a pagar ou receber sem título). 4

5 3.4 Nesta tela informe os dados do cheque, assim como da instituição, atentando para o Tipo de Cheque que faz relação com o tipo de pagamento ou recebimento efetuado com este cheque a ser cadastrado, podendo ser: Mensalidade; A receber sem título; A pagar sem título; A receber com título; A pagar com título. 3.5 Caso o cheque esteja relacionado a um título ou mensalidade, passe para a aba financeiro, ainda dentro da tela de cadastro de cheques, na qual você irá selecionar o item que estará sendo pago ou recebido com este cheque. 3.6 Selecione o botão para pesquisar a parcela ou título. 3.7 Ao selecionar o botão, será apresentada uma janela onde você irá pesquisar pelo item a ser vinculado ao cheque. Selecione o aluno (para parcelas) ou a fonte (para títulos) e faça a pesquisa de registro para que sejam listadas as pendências financeiras passíveis de serem vinculadas ao cheque. 3.8 Selecione um ou mais itens que serão vinculados ao cheque marcando o campo no início da linha. Feito isso, volte à aba cheque e salve a tela para finalizar o processo de cadastro e vínculo. 3.9 Quando selecionar mais de uma parcela ou título, você deve marcar o cheque como sendo agrupador, ou seja, informar que ele será vinculado a mais de um documento É importante lembrar que a partir do momento em que vinculamos um cheque a um título ou parcela, é o cheque que passa a comandar a pendência financeira. Este ficará em aberto e a parcela/título com situação de baixado e não liquidado, sendo necessário efetuar a baixa do cheque no ASP quando este for compensado, para que o aluno não apareça em relatórios de inadimplência. 5

6 3.11 Para facilitar o entendimento e controle das situações utilizadas, veja a seguir cada uma das possibilidades disponibilizadas pelo ASP. Para evitar equívocos, é possível desabilitar situações que a Instituição não irá utilizar, desmarcando o campo ativo em Cadastro / Tabelas / Financeiro / A pagar e Receber / Situação do Cheque ABERTO: (Sit. Mensalidade: Aberto) - Essa é a situação inicial de cada cheque/parcela. Sempre que a situação de um cheque for aberto, a parcela constará como aberta. Mesmo que o cheque já tenha sido baixado e o usuário repassar novamente para aberto, a parcela reabrirá (cuidado) BAIXADO: (Sit. Mensalidade: Baixado e Liquidado) - Situação de cheque em que baixa a parcela. Cheques com esta situação devem ter a data de baixa (data de pagamento/liquidação). A data da situação é alterada manualmente CANCELADO: (Sit. Mensalidade: Cancelado) - Quando um cheque ainda não foi depositado e, por algum motivo, foi cancelado, juntamente com a parcela. Somente será usado para casos de parcelas ainda não baixadas. Não possui data de baixa e possui data de situação, que deve ser atualizada manualmente DEVOLVIDO: (Sit. Mensalidade: Baixado e Não Liquidado) Situação em que um cheque que já foi baixado anteriormente foi devolvido. Ele só atualiza a situação do cheque ERRO DE DIGITAÇÃO: (Sit. Mensalidade: Excluído) - Esta situação deve ser usada com muito cuidado, visto que REABRE a parcela. Se um cheque foi baixado errado, por exemplo, você deverá reabrir a parcela e depois baixar novamente. Deve ser usada somente em casos de erro, não possui data de baixa e deve ter data de situação disponível para atualização RENEGOCIAÇÃO DE CHEQUE: (Sit. Mensalidade: Baixado e Não Liquidado) - O cheque é colocado nesta situação quando passa pelo processo de renegociação de cheques, ou seja, quando o responsável resgata um cheque entregue à instituição e o substitui por um ou mais cheques que somem o saldo devedor do aluno Além das formas citadas anteriormente, há a possibilidade de, no momento da matrícula de um aluno, incluir dados de cheques que o mesmo tenha fornecido para pagamento das parcelas daquele ano/semestre Para essa inclusão, clique na aba financeiro da matricula e acione o botão Negociação. Uma nova janela será aberta e os detalhes de cada parcela a ser gerada serão apresentados. 6

7 3.14 Você pode alterar a forma de cobrança da parcela para Cheque pré e serão habilitados os campos para que faça a inclusão dos dados dos cheques Os cheques ainda podem ser vinculados às parcelas através das telas de Renegociação do ASP. Para tal, no momento da renegociação, basta no campo Forma de Cobrança informar a opção de cheque e os campos de digitação dos dados do cheque serão apresentados. Faz-se então o preenchimento dos campos e gravação da renegociação Os cheques informados na tela de matrícula ou renegociação também serão cadastrados no ASP, assim como aqueles incluídos pelas telas de caixa e cadastro. Atenção: Para a Instituição que optar apenas pelo cadastramento do cheque, sem controle de devolução ou compensação por intermédio do ASP, os procedimentos a seguir não serão necessários. 4. Manutenção de Cheques por Aluno Feito o vínculo inicial, continue o controle dos cheques até que estes sejam compensados. Você pode trabalhar esse controle de formas diferenciadas, dependendo do resultado que deseja obter. É possível trabalhar a manutenção de vários cheques de um mesmo aluno através da tela Manutenção de cheques por aluno. 4.1 Você pode fazer alterações para vários cheques de um aluno ao mesmo tempo, sendo possível alterar a situação, valor do cheque, data de emissão e vencimento, entre outros, além de inclusão de data de baixa, conta em que este foi compensado e alguma observação pertinente. 7

8 4.2 Feitas as alterações necessárias, basta salvar para que as modificações sejam atualizadas na tela de cadastro de cheque. 5. Altera Situação dos Cheques Pré-datados Outra possibilidade é fazer alterações em massa de vários cheques utilizando-se da tela Altera situação dos Cheques pré-datados. 5.1 Através dessa tela você pode baixar, de uma única vez, todos os cheques compensados em determinado período, ou informar quais foram devolvidos de acordo com a data de vencimento ou emissão. Pode também reabrir cheques já baixados através da tela de cadastro de cheque ou manutenção por aluno. 5.2 Ao preencher os campos relacionados no topo da tela, as informações ali repassadas são copiadas nos devidos campos de todos os cheques listados, evitando que seja necessário digitar diversas vezes a mesma informação. Caso os dados não sejam os mesmos para todos os cheques, você pode corrigir as informações destes na linha de referência do mesmo. 6. Renegociação de Cheques O tratamento de cheques devolvidos também pode ser efetuado por intermédio do ASP, utilizando a tela de Renegociação de cheque, tendo a possibilidade de dizer em quantos cheques será negociado um cheque devolvido pelo banco. 8

9 6.1 Ao efetuar a pesquisa na tela de renegociação de cheques, serão listados apenas aqueles que estiverem com situação de devolvido e relacionados ao aluno pesquisado. Marque os cheques que serão renegociados e informe em quantos novos cheques serão divididos. 6.2 Ao informar a quantidade e acionar o botão calcular, será gerada uma linha para cada novo cheque a ser cadastrado. Você deverá inserir os dados de cada cheque, incluindo data de vencimento, valor, situação e etc. 6.3 Salve a tela para que a renegociação seja concluída. 9

10 7. Relatório / Financeiro / Cheque Pré-Datado Para auxiliar no controle de cheques, é possível emitir alguns relatórios, veja: 7.1 Existe alguns modelos diferenciados de relatórios, de acordo com a necessidade de apresentação das informações. Abaixo segue um destes modelos. 10

11 8. Relatório / Financeiro / Vínculo de Cheque Você pode ainda verificar os cheques com problemas de vínculos através de tela: 8.1 Há opções de relatórios com os dados dos cheques que possuem alguma questão relacionada a vínculos com as parcelas. Você pode visualizar abaixo um destes modelos. Com isso finalizamos o processo de controle de cheque. Caso você tenha alguma dúvida em relação aos procedimentos, solicite auxílio ao Gestor ASP em sua instituição, que poderá entrar em contato com nosso Suporte Técnico para mais informações. 11

Tutorial - Módulo de Biblioteca

Tutorial - Módulo de Biblioteca Tutorial - Módulo de Biblioteca Conteúdo 1. Cadastrando Biblioteca... 2 2. Cadastros Auxiliares... 4 3. Cadastro do Acervo... 5 4. Como enviar sugestão de compra... 7 5. Como consultar o acervo... 8 6.

Leia mais

Cadastrando uma nova denúncia

Cadastrando uma nova denúncia Cadastrando uma nova denúncia Versão 1.0 Índice 1. Introdução... 2 2. Consultando uma denúncia... 2 3. Incluindo uma denúncia... 4 Cadastrando uma nova denúncia Pág. 2 1. Introdução O Conselho Tutelar

Leia mais

Tutorial de utilização do Sistema E-CONTROLE. Maio 2013

Tutorial de utilização do Sistema E-CONTROLE. Maio 2013 Tutorial de utilização do Sistema E-CONTROLE Maio 2013 Tutorial de utilização do Sistema E-Controle Índice 1) Associar usuário externo à Unidade Jurisdicionada (UJ) 2) Relatórios de usuário por Unidade

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.05

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.05 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.05 Considerações Gerais...1 Configurações...2 Configurando Tipo de Ordem de Serviço...3 Inserindo um Controle de Recall / Campanha...4 Chassis em Recall / Campanha...6 Aviso

Leia mais

Como Gerar Boletos? FS132

Como Gerar Boletos? FS132 Como Gerar Boletos? FS132 Sistema: Futura Server Caminho: Contas a Receber>Boleto>Boleto Envio Referência: FS132 Versão: 2016.02.15 Como Funciona: Esta tela é utilizada para gerar boletos através do sistema.

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA DE BIBLIOTECA

MANUAL DO SISTEMA DE BIBLIOTECA MANUAL DO SISTEMA DE BIBLIOTECA Objetivo desse manual: Orientar os profissionais que estão envolvidos na operacionalização do sistema de Biblioteca na escola sobre os principais procedimentos do referido

Leia mais

PEME Web. Versão 1.0

PEME Web. Versão 1.0 PEME Web Versão 1.0 fl. 2 de 12 Histórico de Revisões Data Versão Descrição 26/01/2015 1.0 Elaboração do documento. Autor José Navasconi Junior fl. 3 de 12 Índice Analítico 1. INTRODUÇÃO... 4 1.1 FINALIDADE......

Leia mais

Venda? - FS72. Sistema: Futura Server. Caminho: Vendas>Pedido de Vendas. Referência: FS72. Versão: 2016.08.29

Venda? - FS72. Sistema: Futura Server. Caminho: Vendas>Pedido de Vendas. Referência: FS72. Versão: 2016.08.29 Como Criar um Venda? - FS72 Pedido de Sistema: Futura Server Caminho: Vendas>Pedido de Vendas Referência: FS72 Versão: 2016.08.29 Como funciona: A tela de Pedido de Vendas é uma das ferramentas mais importante

Leia mais

Matrículas Semestre 2013.1. Período 14 a 25 de janeiro. tutorial

Matrículas Semestre 2013.1. Período 14 a 25 de janeiro.  tutorial Período 14 a 25 de janeiro www.unipe.br tutorial Caro Aluno (a), Esse tutorial irá ajudá-lo (a) no processo de Matrícula para o Semestre 2013.1 do UNIPÊ. Inicialmente, acesse o Portal da Instituição (www.unipe.br)

Leia mais

Table of Contents. mymix 7. Index 0

Table of Contents. mymix 7. Index 0 Table of Contents mymix 7 1 11 - mymix... 7 1147 - Manutenção... de inventário rotativo 7 Como Gerenciar... Manutenção de Inventário Rotativo 7 Montar Inventário... Rotativo/Geral 8 Montar Inventário...

Leia mais

Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido- DMPL

Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido- DMPL Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido- DMPL Para efetuar a parametrização da DMPL, deverá clicar no menu Cadastro, e em seguida clicar na opção Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido

Leia mais

Sistema de Cadastro de Pessoa Jurídica

Sistema de Cadastro de Pessoa Jurídica Manual do Usuário Sistema de Cadastro de Pessoa Jurídica SISTCADPJ Cadastro de Pessoa Jurídica Template Versão 1.1 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 3. Cadastro da Pessoa Jurídica...

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO AUTO ATENDIMENTO SETOR PÚBLICO DO BANCO DO BRASIL

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO AUTO ATENDIMENTO SETOR PÚBLICO DO BANCO DO BRASIL PREFEITURA DE JUIZ DE FORA SECRETARIA DA FAZENDA SUBSECRETARIA DO SISTEMA DE CONTROLE INTERNO DEPARTAMENTO DE NORMAS TÉCNICAS MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO AUTO ATENDIMENTO SETOR PÚBLICO DO BANCO DO BRASIL DATA:

Leia mais

1 Acesso ao Módulo de Agendamento do Portal de Serviços do Inmetro nos Estados

1 Acesso ao Módulo de Agendamento do Portal de Serviços do Inmetro nos Estados 1 Acesso ao Módulo de Agendamento do Para acessar o Módulo de Agendamento, o usuário deverá acessar o sitio do Portal de Serviços do Inmetro no Estados (PSIE), digitando na barra de endereço de seu navegador

Leia mais

Portal de Carapicuíba Painel Administrativo

Portal de Carapicuíba Painel Administrativo Portal de Carapicuíba Painel Administrativo Guia de Uso ÍNDICE 1. Introdução 2. Acesso ao Painel Administrativo 3. Usuários 4. Notícias 5. Seções 6. Álbum de Fotos 7. Vídeos 8. Banners 9. Atos Oficiais

Leia mais

Dicas Logycware Como utilizar o módulo de Vendas. Copyright Logycware Sistemas de Informática 2009 Todos os Direitos Reservados

Dicas Logycware Como utilizar o módulo de Vendas. Copyright Logycware Sistemas de Informática 2009 Todos os Direitos Reservados Dicas Logycware Como utilizar o módulo de Vendas Copyright Logycware Sistemas de Informática 2009 Todos os Direitos Reservados 1. INTRODUÇÃO Este tutorial tem por objetivo abordar o processo para efetuar

Leia mais

M A N U A L D O ADMINISTRADOR DO PORTAL

M A N U A L D O ADMINISTRADOR DO PORTAL M A N U A L D O ADMINISTRADOR DO PORTAL Versão 1.1 Sumário Introdução 1 Sobre o Administrador do Portal 1 Categorias de informação 2 Link adicional 3 Lista de arquivos 5 Anexos da licitação 9 Anexos do

Leia mais

TUTORIAL - COMO SUBMETER ARTIGOS

TUTORIAL - COMO SUBMETER ARTIGOS TUTORIAL - COMO SUBMETER ARTIGOS 9º Encontro Internacional de Formação de Professores e o 10º Fórum Permanente Internacional de Inovação Educacional Para ter acesso ao envio do artigo para o 9º Encontro

Leia mais

Manual Escrituração Fiscal Digital

Manual Escrituração Fiscal Digital Manual Escrituração Fiscal Digital 29/11/2013 Sumário 1 Introdução... 3 2 Funcionalidade... 3 3 Navegação no Sistema... 3 3.1 Inicialização... 3 4 Configurações Gerais... 6 4.1 Domínios... 6 4.2 Configuração

Leia mais

MANUAL - ALTERAÇÃO DO ESTOQUE DA ESCOLA - Versão 3

MANUAL - ALTERAÇÃO DO ESTOQUE DA ESCOLA - Versão 3 MANUAL - ALTERAÇÃO DO ESTOQUE DA ESCOLA - Versão 3 Prezados, Informamos que a partir do dia 18/04/2016, as escolas não poderão mais alterar o estoque através da tela Editar Produto em Estoque. Sendo assim,

Leia mais

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar.

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar. 1) ACESSO AO SISTEMA Digite o endereço www.unimedbh.com.br/consultorio em qualquer computador com acesso à internet. Preencha os campos com o seu usuário e a senha. Para o login, digite as letras ADM,

Leia mais

ART Eletrônica. Guia de Utilização - CRBIO-04

ART Eletrônica. Guia de Utilização - CRBIO-04 ART Eletrônica Guia de Utilização - CRBIO-04 Acesso ao CRBio04 Online Caso seja seu primeiro acesso siga as instruções para criar um login Entre com seu login e senha para emitir uma ART Incluir ART Eletrônica

Leia mais

COMO FAZER A DECLARAÇÃO DE BENS E VALORES

COMO FAZER A DECLARAÇÃO DE BENS E VALORES COMO FAZER A DECLARAÇÃO DE BENS E VALORES 1 SUMÁRIO 1 - CADASTRO INICIAL...03 2 ACESSO AO PREENCHIMENTO DAS INFORMAÇÕES...08 3 CADASTRO DAS INFORMAÇÕES DO AGENTE PÚBLICO E DOS DEPENDENTES...09 4 PREENCHIMENTO

Leia mais

PESQUISA PRÉVIA DE PREÇOS

PESQUISA PRÉVIA DE PREÇOS INSTRUÇÃO FDE / DRA Nº 005/2011 PESQUISA PRÉVIA DE PREÇOS NOVA SISTEMÁTICA DE LANÇAMENTO NO SISTEMA GDAE Fevereiro/2011 Página 1 de 13 1 Apresentação Com o objetivo de aprimorar e tornar mais consistentes

Leia mais

PRÉ-MATRICULA 2015/1

PRÉ-MATRICULA 2015/1 Olá, é um prazer receber você como nosso Aluno!!! Para agilizar seu processo de Matrícula, a Multivix criou a pré-matrícula online, que consiste em você acessar o portal acadêmico da Multivix pela internet,

Leia mais

Informativo de Versão 19.10

Informativo de Versão 19.10 Informativo de Versão 19.10 Índice Compras... 2 Solicitação de Compras de Produtos (Chamado 28228)... 2 ERP Faturamento... 3 Máscara de Telefone (Chamado 28025)... 3 Digitação / Emissão NF-e de Exportação

Leia mais

MANUAL PARA EMISSÃO DA AUTORIZAÇÃO DE TRANSPORTE SEM OBJETIVO COMERCIAL TSOC EVENTUAL

MANUAL PARA EMISSÃO DA AUTORIZAÇÃO DE TRANSPORTE SEM OBJETIVO COMERCIAL TSOC EVENTUAL 1 MANUAL PARA EMISSÃO DA AUTORIZAÇÃO DE TRANSPORTE SEM OBJETIVO COMERCIAL TSOC EVENTUAL Este manual tem como objetivo apresentar os procedimentos necessários para a emissão, on-line, da autorização para

Leia mais

Realizando seu primeiro pedido de vendas

Realizando seu primeiro pedido de vendas 1 Requisitos mínimos: Conhecimentos básicos de informática. Produtos e condições de pagamentos já cadastrados previamente. 1. Pedido de vendas: O pedido de vendas é realizado através do PDV. Para efetuar

Leia mais

COMO PREENCHER A DECLARAÇÃO DE BENS E VALORES

COMO PREENCHER A DECLARAÇÃO DE BENS E VALORES COMO PREENCHER A DECLARAÇÃO DE BENS E VALORES 1 SUMÁRIO 1 - CADASTRO INICIAL...03 2 ACESSO AO PREENCHIMENTO DAS INFORMAÇÕES...08 3 CADASTRO DAS INFORMAÇÕES DO AGENTE PÚBLICO E DOS DEPENDENTES...09 4 PREENCHIMENTO

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e)

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e) Manual de Declaração de Serviços Sistema desenvolvido por Tiplan Tecnologia em Sistema de Informação. Todos os direitos reservados. http://www.tiplan.com.br Página 2 de 30 Índice ÍNDICE... 2 1. CONSIDERAÇÕES

Leia mais

MANUAL WEB PRESTADOR EXAMES OCUPACIONAIS

MANUAL WEB PRESTADOR EXAMES OCUPACIONAIS MANUAL WEB PRESTADOR EXAMES OCUPACIONAIS APRESENTAÇÃO O Manual Web apresenta o passo a passo para inclusão das informações das guias/procedimentos e avaliações clínicas, dos exames ocupacionais. Existem

Leia mais

Sistema de Controle de Biblioteca Manual do Usuário

Sistema de Controle de Biblioteca Manual do Usuário Sistema de Controle de Biblioteca Página 2 de 11 1. Acesso ao Clique no ícone do NAL Explorer e, logo após, na árvore TST. Em seguida, na pasta Sistemas Administrativos, escolha a opção Sistema de Controle

Leia mais

TUTORIAL CONTROLE DE VALES

TUTORIAL CONTROLE DE VALES Últimas alterações Abaixo, descrição da criação e das últimas alterações efetuadas no documento especificando, a data, a versão e o comentário da alteração realizada. Data Versão Comentário 28/12/2012

Leia mais

Table of Contents. WinThor 7. Index 0. 1 34 - Gestão... Patrimonial

Table of Contents. WinThor 7. Index 0. 1 34 - Gestão... Patrimonial Table of Contents WinThor 7 1 34 - Gestão... Patrimonial 7 3421 Saída de... bens patrimoniais 7 Como Controlar... a entrada e o cancelamento de nota fiscal 7 Nova nota fiscal de... saída 8 Cancelar nota

Leia mais

Cartilha de Acesso Rápido

Cartilha de Acesso Rápido Cartilha de Acesso Rápido (UTILIZAÇÃO SIL) Como criar um Layout na tela APRESENTAÇÃO: O SIL SISTEMA INTEGRADO DE LOGÍSTICA é uma ferramenta capaz de gerar diferenciais competitivos estratégicos ao proporcionar

Leia mais

MANUAL PARA EMISSÃO DA AUTORIZAÇÃO DE TRANSPORTE SEM OBJETIVO COMERCIAL TSOC CONTINUO

MANUAL PARA EMISSÃO DA AUTORIZAÇÃO DE TRANSPORTE SEM OBJETIVO COMERCIAL TSOC CONTINUO 1 MANUAL PARA EMISSÃO DA AUTORIZAÇÃO DE TRANSPORTE SEM OBJETIVO COMERCIAL TSOC CONTINUO Este manual tem como objetivo apresentar os procedimentos necessários para a emissão, on-line, da autorização para

Leia mais

Cadastro de Profissional Escolar em Sala de Aula Censo Escolar 2016

Cadastro de Profissional Escolar em Sala de Aula Censo Escolar 2016 Cadastro de Profissional Escolar em Sala de Aula Censo Escolar 2016 SISTEMA DE CADASTRO DE ALUNOS DEINF - Departamento de Informação e Monitoramento CIMA - Coordenadoria de Informação, Monitoramento e

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.00

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.00 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.00 Utilizando I.S.C (Índice de Satisfação do Cliente)....2 Configurações...2 Grupo I.S.C....2 Perguntas I.S.C....4 Saudação/Finalização I.S.C....7 Pesquisa I.S.C....8 Visualizando

Leia mais

RioCard Saúde Presente

RioCard Saúde Presente Sumário 1) Acesso ao Sistema... 2 1.1) Esqueci minha senha... 2 1.2) Alteração de Senha... 3 1.3) Seleção de Perfil de Acesso e Local de Atendimento... 3 2) Home... 5 3) Menu Cadastro... 5 3.1) Cadastrar

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÕES MÓDULO DE CADASTRAMENTO DE ATLETAS 1º PASSO DOWNLOAD DO MÓDULO DE CADASTRAMENTO

MANUAL DE ORIENTAÇÕES MÓDULO DE CADASTRAMENTO DE ATLETAS 1º PASSO DOWNLOAD DO MÓDULO DE CADASTRAMENTO 1º PASSO DOWNLOAD DO MÓDULO DE CADASTRAMENTO 1. Entrar no Site Oficial dos Jogos Escolares do Paraná, na aba INSCRIÇÕES / INFORMAÇÕES INSCRIÇÕES ATLETAS. 2. Clicar em para fazer o download. Ao clicar aparecerá

Leia mais

Sistema de Prefeitura Eletrônica (SPE)

Sistema de Prefeitura Eletrônica (SPE) Sistema de Prefeitura Eletrônica (SPE) Manual de Declaração de Serviços Sistema desenvolvido por Tiplan Tecnologia em Sistema de Informação. Todos os direitos reservados. http://www.tiplan.com.br Página

Leia mais

Sistema de Prefeitura Eletrônica (SPE)

Sistema de Prefeitura Eletrônica (SPE) Sistema de Prefeitura Eletrônica (SPE) Manual de Declaração de Serviços Sistema desenvolvido por Tiplan Tecnologia em Sistema de Informação. Todos os direitos reservados. http://www.tiplan.com.br Página

Leia mais

PROCEDIMENTO DO CLIENTE

PROCEDIMENTO DO CLIENTE PROCEDIMENTO DO CLIENTE Título: Plug-in Webclass Objetivo: Aprender a utilizar a ferramenta webclass. Onde: Empresa Quem: Cliente Quando: Início A ferramenta webclass visa facilitar os processos da educação

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA TRT-5 PRESTADOR MÉDICO

MANUAL DO SISTEMA TRT-5 PRESTADOR MÉDICO Tribunal Regional do Trabalho 5ª Região MANUAL DO SISTEMA TRT-5 PRESTADOR MÉDICO Manual do Sistema TRT5-Saúde para Prestador Médico Baseado no modelo fornecido pelo TST-SAÙDE Versão 1.0 7/outubro/2014

Leia mais

Contas a Receber - Veículos

Contas a Receber - Veículos Índice: Recebimento veículos Cap. 01 Cadastro de clientes Cap. 02 Recibo de pagamento de veículo Cap. 03 Efetivação de recebimento de veículo Cap. 04 Consulta parcela do pedido de venda Manutenções Cap.

Leia mais

Aplicativo da Cultura

Aplicativo da Cultura Aplicativo da Cultura Instruções de Uso 1. Como definir um usuário administrador. É considerado um usuário administrador aquele que possui algumas permissões especiais. Apesar disso, ele não poderá incluir

Leia mais

SICLOM Mapa Mensal. 1 Mapa Mensal. Versão: 2012. Manual de preenchimento do mapa mensal no SICLOM Gerencial

SICLOM Mapa Mensal. 1 Mapa Mensal. Versão: 2012. Manual de preenchimento do mapa mensal no SICLOM Gerencial 1 Mapa Mensal SICLOM Mapa Mensal Manual de preenchimento do mapa mensal no SICLOM Gerencial Versão: 2012 2 Mapa Mensal 3 Mapa Mensal Índice.. Introdução. 5 Como Acessar o SICLOM Gerencial. 5 Menu Geral.

Leia mais

MAPA Manual do Usuário PGA SIGSIF Registro de Produto

MAPA Manual do Usuário PGA SIGSIF Registro de Produto PGA SIGSIF Registro de Produto Versão 1.0 Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor 20/06/2016 1.0 Criação do manual Juan Nunez 22/06/2016 1.1 Revisão do manual Vinícius Sales 27/06/2016 1.2 Revisão

Leia mais

Manual Certidão Web - Certidão Específica

Manual Certidão Web - Certidão Específica Manual Certidão Web - Certidão Específica 1 Sumário 1. NORMATIVA... 3 2. PROCEDIMENTO PARA SOLICITAÇÃO... 4 3. PROCEDIMENTO PARA ACOMPANHAR O ANDAMENTO DA SOLICITAÇÃO13 2 1. NORMATIVA De acordo com a INSTRUÇÃO

Leia mais

Inclusão de Novo Processo Administrativo

Inclusão de Novo Processo Administrativo Inclusão de Novo Processo Administrativo Tela Inicial Site: Ensino a Distância PROCERGS Curso: PROA - Processos Administrativos v5.0 Livro: Inclusão de Novo Processo Administrativo Impresso por: Glauco

Leia mais

Manual do Portal Educacional Faculdade e Pós-Graduação Bagozzi

Manual do Portal Educacional Faculdade e Pós-Graduação Bagozzi Manual do Portal Educacional Faculdade e Pós-Graduação Bagozzi Sumário 1. Acesso... 04 2. Funcionalidades... 06 2.1 Acesso às Notas ou Faltas... 06 2.2 Upload de Materiais... 08 2.3 Extrato Financeiro...

Leia mais

Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E

Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO (*) Módulo HISTÓRICO ESCOLAR Guia de Referência

Leia mais

e-nota G Módulo de Guarda da Nota Fiscal eletrônica

e-nota G Módulo de Guarda da Nota Fiscal eletrônica Página1 e-nota G Módulo de Guarda da Nota Fiscal eletrônica Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página2 Índice 1. Safeweb e-nota G... 03 2. O que é XML... 04 3. Acesso e-nota G... 06

Leia mais

1 Natuur Online Cadastre-se Cadastre-se Tipo de Usuário Consultor

1 Natuur Online Cadastre-se Cadastre-se Tipo de Usuário Consultor 1 Essa é a tela de acesso do Natuur Online, clique aqui para acessar o site e siga o passo-apasso abaixo. Se esse é o seu primeiro acesso, clique em Cadastre-se. 2 Caso ainda não possua nenhum tipo de

Leia mais

Tutorial de orientação para o processo de rematrícula Newton

Tutorial de orientação para o processo de rematrícula Newton Tutorial de orientação para o processo de rematrícula Newton Para iniciar o processo de rematrícula, clique na opção Matricula on-line do sistema acadêmico. Na janela do contexto educacional, conforme

Leia mais

Manual de Uso do Aplicativo

Manual de Uso do Aplicativo Manual de Uso do Aplicativo Login Para acessar o aplicativo é necessário digitar login e senha. Caso não possua essas informações, clique no botão Cadastro, para criar um novo login (mais detalhes no item

Leia mais

Sistema PROJUDI Vara de Execuções Penais

Sistema PROJUDI Vara de Execuções Penais Manual do Usuário Sistema PROJUDI Vara de Execuções Penais Assessor do Promotor Template Versão 1.1 SUMÁRIO Introdução... 3 Requisitos Básicos... 3 Softwares Requeridos... 3 Softwares Úteis... 3 Orientações

Leia mais

O material a seguir foi preparado de forma a orientar os usuários quanto aos procedimentos para cadastro e utilização do Caixa.

O material a seguir foi preparado de forma a orientar os usuários quanto aos procedimentos para cadastro e utilização do Caixa. Apostila Caixa Índice Introdução... 3 Conceito... 3 Cadastro de Caixa... 3 Liberação de Caixa... 3 Abertura de Caixa... 4 Movimentação do Caixa... 4 1. Receber... 4 2. Estornar... 6 Emissão de 2ª Via...

Leia mais

3) Preencher Ficha de Cadastro da Instituição de Acolhimento. 3.1) Promotoria da Instituição de Acolhimento

3) Preencher Ficha de Cadastro da Instituição de Acolhimento. 3.1) Promotoria da Instituição de Acolhimento 3) Preencher Ficha de Cadastro da Instituição de Acolhimento Para o preenchimento correto das informações referentes à Instituição de Acolhimento que está sendo cadastrada, siga os passos descritos nos

Leia mais

Procedimento Operacional Padrão nº 26 Intimação de Sociedade de Advogados SUMÁRIO 1. USUÁRIOS DO SAJ/PG (USUÁRIOS INTERNOS)...2

Procedimento Operacional Padrão nº 26 Intimação de Sociedade de Advogados SUMÁRIO 1. USUÁRIOS DO SAJ/PG (USUÁRIOS INTERNOS)...2 1 Procedimento Operacional Padrão nº 26 Intimação de Sociedade de Advogados SUMÁRIO 1. USUÁRIOS DO SAJ/PG (USUÁRIOS INTERNOS)...2 1.1 Cadastro de Pessoas (Cadastro Controlado)...2 1.2 Cadastro de Partes

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA - CIDADÃO 1. PORTAL DA SALA DE ATENDIMENTO AO CIDADÃO

MANUAL DO SISTEMA - CIDADÃO 1. PORTAL DA SALA DE ATENDIMENTO AO CIDADÃO 1. PORTAL DA SALA DE ATENDIMENTO AO CIDADÃO O portal da Sala de Atendimento ao Cidadão está disponível no endereço: www.cidadao.mpf.mp.br. Nesse ambiente é possível registrar uma manifestação, consultar

Leia mais

Sistema Salas - (MRBS¹)

Sistema Salas - (MRBS¹) Sistema Salas - (MRBS¹) Manual de utilização Versão 1.1 Rua Princesa Isabel Feliz RS 95770-000 T. (51) 3637-4424 sti@feliz.ifrs.edu.br http://salas.feliz.ifrs.edu.br 1 - MRBS MEETING ROOM BOOKING SYSTEM

Leia mais

PROGRAMA TERRITÓRIOS DA CIDADANIA. # Manual Operacional # Matriz de Ações 2013

PROGRAMA TERRITÓRIOS DA CIDADANIA. # Manual Operacional # Matriz de Ações 2013 PROGRAMA TERRITÓRIOS DA CIDADANIA # Manual Operacional # Matriz de Ações 2013 Para informar os dados de programação da(s) sua(s) ação(ões) para o ano de 2013, você deve seguir os seguintes passos: 1. Acesse

Leia mais

Manual do Usuário ENADE

Manual do Usuário ENADE Sistema de Informações e Gestão Acadêmica Manual do Usuário ENADE Página - Sistema de Informações e Gestão Acadêmica Índice 1 Introdução... 3 2 Funcionalidades do ENADE... 3 2.1 Parâmetros Ano-Base...

Leia mais

PJE. Cadastro Excepcional para Processos Digitais

PJE. Cadastro Excepcional para Processos Digitais PJE Cadastro Excepcional para Processos Digitais Objetivo: Este documento tem por objetivo descrever passo a passo do procedimento de Cadastro Excepcional para transpor os Processos Físicos, oriundos de

Leia mais

CONTROLE DE PARCELAMENTO POR CLASSIFICAÇÃO MERCADOLÓGICA DO PRODUTO

CONTROLE DE PARCELAMENTO POR CLASSIFICAÇÃO MERCADOLÓGICA DO PRODUTO Sumário Apresentação... 2 1. Procedimentos iniciais... 2 2. Cadastrar Parcelamento por Classificação Mercadológica... 3 3. Editar o cadastro de parcelamento... 5 4. Inativar cadastro de parcelamento...

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica

Nota Fiscal Eletrônica Nota Fiscal Eletrônica Acessar a página www.passaquatro.mg.gov.br, ir a SERVIÇOS e clicar em NFS-e que será redirecionado para a tela de autenticação do usuário e precisará informar o Usuário (Login) e

Leia mais

Manual SAGe Versa o 1.1

Manual SAGe Versa o 1.1 Manual SAGe Versa o 1.1 Emissão de Parecer de Assessoria (após a versão 12.14.00) Conteúdo 1. Introdução... 2 2. Recebimento do e-mail de solicitação de parecer... 3 3. Operações no sistema SAGe... 3 3.1

Leia mais

Alteração do Status da Denúncia

Alteração do Status da Denúncia Alteração do Status da Denúncia Versão 1.0 Índice 1. Introdução... 2 2. Alterando o status da denúncia... 2 Alteração do Status da Denúncia Pág. 2 1. Introdução Como já vimos em módulos anteriores, uma

Leia mais

SISTEMA/MÓDULO: SYSMO S1 / LOGÍSTICA - WMS LIBERAÇÃO DE PRODUTOS VERSÃO: 1.00 DATA: 25/11/2006

SISTEMA/MÓDULO: SYSMO S1 / LOGÍSTICA - WMS LIBERAÇÃO DE PRODUTOS VERSÃO: 1.00 DATA: 25/11/2006 SISTEMA/MÓDULO: SYSMO S1 / LOGÍSTICA - WMS ASSUNTO: LIBERAÇÃO DE PRODUTOS VERSÃO: 1.00 DATA: 25/11/2006 1 DESCRIÇÃO As implementações realizadas na etapa de liberação de produtos do WMS tratam dos seguintes

Leia mais

Pergamum Mobile. Guia Técnico. Versão 9.0 Web

Pergamum Mobile. Guia Técnico. Versão 9.0 Web Guia Técnico Versão 9.0 Web Histórico da Revisão DATA VERSÃO DO DESCRIÇÃO AUTOR SISTEMA 11/09/2013 8.1 Criação do manual Cirineo Zenere 12/06/2014 8.1 Atualização do manual Josilaine O. Cézar Confidencial

Leia mais

Passo a Passo para utilização do Sistema de Registro Integrado REGIN Entidade Municipal

Passo a Passo para utilização do Sistema de Registro Integrado REGIN Entidade Municipal JUNTA COMERCIAL Sistema MANUAL de ADMINISTRADOR Registro Integrado LOCAL REGIN Passo a Passo para utilização do Sistema de Registro Integrado REGIN Entidade Municipal ENTIDADE MUNICIPAL MANUAL ADMINISTRADOR

Leia mais

GUIA SISTEC ÓRGÃO VALIDADOR

GUIA SISTEC ÓRGÃO VALIDADOR MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (SISTEC) GUIA SISTEC ÓRGÃO VALIDADOR http://portal.mec.gov.br/sistec sistec@mec.gov.br

Leia mais

TUTORIAL PRECIFICAÇÃO MYMIX

TUTORIAL PRECIFICAÇÃO MYMIX Apresentação Este tutorial orienta o usuário a precificar produtos por embalagem, conferir, cadastrar a margem ideal e montar lista agilizando na pesquisa dos produtos pré-definidos, auxiliando na manutenção

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO MARCAÇÃO DE CONSULTAS MÉDICAS FUNASG

MANUAL DE UTILIZAÇÃO MARCAÇÃO DE CONSULTAS MÉDICAS FUNASG MANUAL DE UTILIZAÇÃO MARCAÇÃO DE CONSULTAS MÉDICAS FUNASG Introdução Esse documento tem como objetivo descrever as principais funcionalidades do Sistema de Cadastro e Marcação de Consulta da FUNASG e possibilitar

Leia mais

Manual Básico. Para utilização do Gerenciador de Imóveis

Manual Básico. Para utilização do Gerenciador de Imóveis Manual Básico Para utilização do Gerenciador de Imóveis Acessando o gerenciador 3 O Gerenciador é o local restrito onde o administrador responsável pelas informações do site, poderá fazer alterações de

Leia mais

TUTORIAL ABASTECIMENTO DE LOJA

TUTORIAL ABASTECIMENTO DE LOJA Apresentação O abastecimento de loja é realizado através da rotina 2027- Abastecimento de loja, que por meio de suas abas: Produtos para reposição e Ordens de abastecimento, monitora o estoque dos produtos

Leia mais

GUIA PRÁTICO DE USO Núcleo de Relacionamento com o Cliente

GUIA PRÁTICO DE USO Núcleo de Relacionamento com o Cliente GUIA PRÁTICO DE USO Núcleo de Relacionamento com o Cliente Seja bem vindo ao nosso canal de relacionamento! Neste Guia Prático de Uso você conhecerá como funciona esta ferramenta de gestão de relacionamento

Leia mais

AUTODECLARAÇÃO. Visão Requerente SISVISA. Sistema de Controle de Vigilância Sanitária

AUTODECLARAÇÃO. Visão Requerente SISVISA. Sistema de Controle de Vigilância Sanitária AUTODECLARAÇÃO Visão Requerente SISVISA Sistema de Controle de Vigilância Sanitária Versão 2.0 1 CONTROLE DE REVISÕES Versão Data Autor Comentário 1.0 19/11/2015 Equipe IVIG_COPPE_UFRJ SISVISA versão 1.0.0

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO CASA CIVIL CORREGEDORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO. SAAD - Sistema de Acompanhamento e Apuração de Denúncias

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO CASA CIVIL CORREGEDORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO. SAAD - Sistema de Acompanhamento e Apuração de Denúncias GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO CASA CIVIL CORREGEDORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO SAAD - Sistema de Acompanhamento e Apuração de Denúncias (Sistema em implantação na produção - observar sempre a Data de Atualização

Leia mais

SISTEMA CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL. MANUAL DO ADMINISTRADOR Módulo Dados Pessoais

SISTEMA CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL. MANUAL DO ADMINISTRADOR Módulo Dados Pessoais SISTEMA CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL MANUAL DO ADMINISTRADOR Módulo Dados Pessoais Prodesp Tecnologia da Informação SDS Superintendência Desenvolvimento de Sistemas DVP - Gerência de Desenvolvimento Folha

Leia mais

Check-List. Cadastro de Instituições. ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária. www.anvisa.gov.br Brasília, 5 de novembro de 2007.

Check-List. Cadastro de Instituições. ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária. www.anvisa.gov.br Brasília, 5 de novembro de 2007. ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária Check-List Cadastro de Instituições Gerência-Geral de Gestão de Tecnologia da Informação Gerência de Desenvolvimento de Sistemas www.anvisa.gov.br Brasília,

Leia mais

ECF: A Geração do Arquivo

ECF: A Geração do Arquivo ECF: A Geração do Arquivo 1 Sumário Apresentação... 3 Como gerar o arquivo da ECF... 4 Configuração do Livro Caixa... 5 Gerar arquivo da ECF (Parte II)... 6 Como configurar o layout?... 7 É importante

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL CONSIGNADO INSS REFINANCIAMENTO

ROTEIRO OPERACIONAL CONSIGNADO INSS REFINANCIAMENTO ROTEIRO OPERACIONAL CONSIGNADO INSS REFINANCIAMENTO 1. PÚBLICO ALVO Aposentados e pensionistas com contratos ativos na BV Financeira. ATENÇÃO: Esta vedada a contratação de empréstimos com Procuração, Termo

Leia mais

Selo de Autorização para Circulação de Carga Autorização para Estacionamento - AE. 2. Cadastro da Pessoa Jurídica / Pessoa Física

Selo de Autorização para Circulação de Carga Autorização para Estacionamento - AE. 2. Cadastro da Pessoa Jurídica / Pessoa Física Selo de Autorização para Circulação de Carga Autorização para Estacionamento - AE 1. Acessando o Sistema 2. Cadastro da Pessoa Jurídica / Pessoa Física 3. Alterando a Senha 4. Alterando o Cadastro 5. Recuperando

Leia mais

SISTEMA SFUST. 1 A empresa deve designar um ou mais funcionários autorizados para acessar o Sistema Boleto em nome da entidade.

SISTEMA SFUST. 1 A empresa deve designar um ou mais funcionários autorizados para acessar o Sistema Boleto em nome da entidade. SISTEMA SFUST Acessar o site http://sistemas.anatel.gov.br/sis/sistemasinterativos.asp e clicar no link SFUST - Sistema de Acolhimento da Declaração do FUST. 1 A empresa deve designar um ou mais funcionários

Leia mais

Processo: Logística. Motivação. Nome do Processo: Inventário Cíclico

Processo: Logística. Motivação. Nome do Processo: Inventário Cíclico Desenvolvimento BM-1483 Inventário com filial de divergência Versão 2009 5 Release 61 33 Autor Jaciara Silva Processo: Logística Nome do Processo: Inventário Cíclico Motivação Foi feita uma alteração no

Leia mais

PROCEDIMENTO PARA PAGAMENTO DA CONDUÇÃO AOS OFICIAIS DE JUSTIÇA NAS COMARCAS QUE POSSUEM SAJ/PG-5

PROCEDIMENTO PARA PAGAMENTO DA CONDUÇÃO AOS OFICIAIS DE JUSTIÇA NAS COMARCAS QUE POSSUEM SAJ/PG-5 ORIENTAÇÕES CGJ N. 43 30/11/2012 Atualização: novembro/2013 PROCEDIMENTO PARA PAGAMENTO DA CONDUÇÃO AOS OFICIAIS DE JUSTIÇA NAS COMARCAS QUE POSSUEM SAJ/PG-5 Senhores chefes de cartório, coordenadores

Leia mais

Cadastro de Usuários Manual de Usuário 09/05/2011 FAPESP

Cadastro de Usuários Manual de Usuário 09/05/2011 FAPESP Cadastro de Usuários Manual de Usuário 09/05/2011 FAPESP Conteúdo Introdução... 3 Procedimento para cadastro... 3 Cadastro de Usuário Pesquisador... 4 Cadastro de Usuário Comum... 10 Ativação de Conta...

Leia mais

UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE REGULARIDADE SEBRAE/ES (SRS/ES) FORNECEDORES E PARCEIROS

UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE REGULARIDADE SEBRAE/ES (SRS/ES) FORNECEDORES E PARCEIROS 1. Sumário 1. Sumário... 1 2. Objetivo... 1 3. Responsável e aprovador... 1 4. Procedimentos relacionados... 2 5. Termos e definições... 2 6. Atividades... 2 6.1 Acessar o SRS/ES... 2 6.2 Enviar Documentos

Leia mais

EstoqMan PAF-ECF 4.5 Manual de início rápido para o usuário

EstoqMan PAF-ECF 4.5 Manual de início rápido para o usuário EstoqMan PAF-ECF 4.5 Manual de início rápido para o usuário Este guia de início rápido auxiliará o usuário nas operações básicas do sistema EstoqMan PAF-ECF 4.5. Serão listadas aqui as principais funcionalidades

Leia mais

Manual do Portal do Beneficiário

Manual do Portal do Beneficiário 1 Manual do Portal do Beneficiário ÍNDICE Informações preliminares 3 1 Como chegar ao Portal da CASSE? 4 2 Acesso por cada Plano contratado 5 3 Cadastrar a senha 6 4 Esqueci a senha 8 5 Login / Acesso

Leia mais

TUTORIAL PROCEDIMENTOS CEST

TUTORIAL PROCEDIMENTOS CEST Sumário Apresentação... 1 1. Procedimentos iniciais... 3 2. Vincular Código CEST... 4 2.1 Vincular Código CEST Manualmente... 4 2.2 Vincular Código CEST Automaticamente... 5 2.3 Vincular Código CEST por

Leia mais

TUTORIAL PRÁTICO ECD ESCRITURAÇÃO CONTABIL DIGITAL

TUTORIAL PRÁTICO ECD ESCRITURAÇÃO CONTABIL DIGITAL TUTORIAL PRÁTICO ECD ESCRITURAÇÃO CONTABIL DIGITAL Cadastros 1) Cadastro > Empresa 2) Cadastro > Contador 3) Documentações > Sócios Plano de Contas 4) Cadastro > Plano de Contas > Plano de Contas Contábil

Leia mais

MANUAL DO SIGAD ICT-SJC

MANUAL DO SIGAD ICT-SJC MANUAL DO SIGAD ICT-SJC Amauri Mendes da Silva Manual do SIGAD - SJC Página 1 Conteúdo 1-SIGAD... 3 2-USUÁRIO TRÂMITE... 3 3-ACESSO AO SISTEMA... 3 4- SOLICITAR MUDANÇA DE PERFIL PARA USUÁRIO TRÂMITE...

Leia mais

GUIA DE DÚVIDAS E RESPOSTAS

GUIA DE DÚVIDAS E RESPOSTAS GUIA DE DÚVIDAS E RESPOSTAS 1) Qual o procedimento para aderir ao Débito Automático, para operações novas? A concessionária deverá acessar o Portal e seguir os passos abaixo: 1º) Cadastrar uma operação

Leia mais

Fundamentos de Informática. Tiago Alves de Oliveira

Fundamentos de Informática. Tiago Alves de Oliveira Fundamentos de Informática Tiago Alves de Oliveira Seleção, Cópia e Movimentação de Texto Seleção Como selecionar o texto? Copiar o texto Seleção, Cópia e Movimentação de Texto Copiar o texto Movimentar

Leia mais

Serviço de Edição e Informação Técnico-Científica/abril 2012 SISTEMA DE INFORMAÇÃO DO CÂNCER (SISCAN)

Serviço de Edição e Informação Técnico-Científica/abril 2012 SISTEMA DE INFORMAÇÃO DO CÂNCER (SISCAN) Serviço de Edição e Informação Técnico-Científica/abril 2012 SISTEMA DE INFORMAÇÃO DO CÂNCER (SISCAN) 1 O que é a versão web SISCAN? É a versão em plataforma web que integra os Sistemas de Informação do

Leia mais

AUCON AUTOMAÇÃO E CONTROLE LTDA

AUCON AUTOMAÇÃO E CONTROLE LTDA EMISSÃO DE BOLETOS NO ECLOUD 1. CONFIGURAÇÃO 1.1 Cadastrar conta Bancária: Acesse GERÊNCIA CONFIGURAÇÕES TABELA DE CONTAS BANCÁRIAS. Informe os dados da conta bancária e clique em SALVAR. 1.2 Configuração

Leia mais

Contas a Pagar da Administradora - Sami ERP++

Contas a Pagar da Administradora - Sami ERP++ Contas a Pagar da Administradora - Sami ERP++ Este roteiro divide-se em duas partes. A primeira parte são as configurações para preparar o Sistema para utilizar o Contas a Pagar. A segunda parte são os

Leia mais