Orientação das Empresas. Prof. Amaral

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Orientação das Empresas. Prof. Amaral"

Transcrição

1 Orientação das Empresas Prof. Amaral

2 Marketing é A ciência que faz as pessoas gastarem o que não têm com aquilo que elas não precisam. Autor Desconhecido

3 Hierarquia das Necessidades Auto-Satisfação Auto Realização Férias, Cursos no Exterior, Desenvolvimento Pessoal,Organizações de Caridade, Investimentos em Arte... Status, Respeito, Auto-estima Estima Marcas de Prestígio, Resorts, Spas, Cruzeiros Amizade, Amor, Filiação, Associação Sociais Títulos de Clube, Cartões de Agradecimento Física e Financeira Segurança Fechaduras, Seguros, Poupança, Previdência Básicas: Comida, água, sexo,descanso,ar Fisiológicas Feijão, Luz, Água Encanada

4 Marketing é o processo de planejar e executar a concepção, estabelecimento de preços, promoção e distribuição de idéias, produtos e serviços a fim de criar trocas que satisfaçam metas individuais e organizacionais. American Marketing Association

5 Marketing Não vendemos produtos. Vendemos benefícios.

6 Clientes Consumidores Organizacionais. Produtos existem para satisfazer necessidades.

7 Qual produto é melhor?

8 Qual produto é melhor?

9 Qual produto é melhor?

10 O mundo em que vivemos... Término da Guerra Fria Empresas e Produtos em competição global. Informação Quebra da Bolsa de NY x Atentado 11/09

11 Informação é importante?

12 O mundo em que vivemos... Diferenças sérias de renda Deterioração ambiental Infra-estrutura precária Estagnação Econômica Baixa Formação de mão de obra Problemas Econômicos, Políticos e Sociais

13 Opções Abraçar o Problema x Resolver o Problema

14 Problemas = Oportunidades Baixa Participação de Mercado Concorrência Agressiva Falta de Recursos para Investimentos Produto não gira no PDV Desconhecimento da Marca Lay out Embalagem defasado Preço fora de mercado Fraca distribuição Falta de Motivação Equipe Comercial

15 Orientações de Marketing Receita de Bolo???? Como está posicionada sua empresa? Quais são seus objetivos? Qual a importância do Marketing para seu negócio? Sua empresa tem visão estratégica?

16 Orientações de Marketing Produção Orientações Vendas Marketing Valor

17 Orientação para Produção Concentração na fabricação de produtos buscando excelência como reconhecimento. Pressupõe-se que se os produtos forem melhores os clientes irão comprá-los. O papel de MKT é orientado para a produção essencialmente no sentido de entregar os produtos em locais onde possam ser comprados. Demanda > Oferta Engenharia Forte Marketing Técnico

18 Orientação para Produção Em 1913, Henry Ford: Cria a linha de montagem para o modelo T Agiliza a produção Reduz o preço dos carros Revoluciona o mercado de automóveis

19 Orientações para Produção Você pode comprar qualquer carro desde que seja um Ford Modelo T preto.

20 Orientação para Vendas Envolve a concentração das atividades de Marketing na venda de produtos disponíveis Na realidade a preocupação é produzir bens e serviços ir até os clientes e levá-los a comprar. Normalmente a oferta > demanda

21 Orientação para Vendas Mais Baratos Produtos Marcas Secundárias Marcas Próprias Ações Promoção Vendas Ações de PDV

22 Orientação para Marketing Abordagens voltadas para produção e vendas logicamente são muito apropriadas, porém as chances de sucesso em longo prazo tornam-se muito maiores quando existe uma orientação para Marketing. Depende da compreensão das necessidades e desejos dos clientes e construir produtos para satisfazê-los. Marca, Reputação, Qualidade e Posicionamento tornam-se importantes nesta proposta.

23 Orientação para Valor Segundo Churchill : Existem 6 tipos de princípios de MKT voltados para valor que trabalhados SIMULTANEAMENTE formam a essência desta postura.

24 Orientação para Valor Princípio do Cliente Cliente é o foco do negócio. As negociações com clientes são a vida das organizações. Busca constante no sentido de compreender seus clientes, saber o que pensam, sentir como compram e usam seus produtos e serviços. A base é a construção do relacionamento a longo prazo

25 ORGANOGRAMA COM FOCO NO CLIENTE CEO CLIENTES Diretor de Marketing Diretor de Vendas Diretor Financeiro Gerência Marketing Gerência Vendas Gerência Financeira Gerência Produtos Supervisor Vendas Gerência Contábil CEO - CHIEF EXECUTIVE OFFICER

26 Orientação para Valor Princípio do Cliente Relacionamento Direto Cadastro : Nome, Endereço, Telefone, Preferências, Hábitos, Pesquisas... Base Conhecer bem os seus clientes e criar valor superior para eles.

27 Orientação para Valor Princípio do Cliente Relacionamento Indireto Utilizar produtos e marcas para estabelecer relacionamento com clientes por período prolongado. Marcas líderes Share of Mind utilizam esta estratégia para manter relacionamento com seus clientes. Base Conhecer bem os seus clientes e criar valor superior para eles. Os consumidores acreditam na sua reputação e continuam comprando.

28 Orientação para Valor Princípio do Concorrente Avalie sua concorrência e estabeleça valor superior para seu produto/marca. Transforme os pontos fortes de seu concorrente em fraqueza

29 Orientação para Valor Princípio do Concorrente Briefing anos de mercado Marca Globalizada Marca mais Valiosa Referência em Distribuição Comunicação Eficiente

30 Orientação para Valor Princípio do Concorrente Sabor da Nova Geração Contatos Imediatos do Terceiro Grau

31 Orientação para Valor Princípio do Concorrente Sabor da Nova Geração Michael Jackson

32 Orientação para Valor Princípio do Concorrente Sabor da Nova Geração Lionel Ritchie

33 Orientação para Valor Princípio do Concorrente Sabor da Nova Geração Spice Girls

34 Orientação para Valor Princípio do Concorrente Sabor da Nova Geração Rick Martin

35 Orientação para Valor Princípio do Concorrente Sabor da Nova Geração Britney an friends

36

37 Orientação para Valor Princípio do Concorrente

38 Orientação para Valor Princípio do Concorrente

39 Orientação para Valor Princípio Proativo Os profissionais de MKT não podem esperar mudanças de mercado para reagir a elas. É necessário mudar o ambiente para melhorar suas chances de sucesso.

40 Orientação para Valor Princípio Proativo 1. Influenciar acionistas e proprietários a investir $ 2. Convencer grupos de interesse. (ANAD) 3. Fornecedores Melhor relação Custo x Benefício.

41 Orientação para Valor Princípio Proativo 4. Aprovação de Projetos junto ao governo. 5. Clientes comprarem seus produtos. 6. Mudar Estratégias de Concorrentes. 7. Influenciar consumidores a mudarem de marcas.

42 Orientação para Valor Princípio Melhoria Contínua O Marketing Voltado para valor reconhece a necessidade de que as organizações trabalhem sistematicamente para melhorar suas operações, processos, estratégias, produtos, serviços, atendimento... Controlar as atividades de Marketing com revisões e auditorias periódicas é um recurso valioso, mas é útil que os pessoal de Marketing e de outras áreas busque melhores maneiras de criar valor para os clientes.

43 Orientação para Valor Princípio Interfuncional Marketing é uma área de trabalho de relacionamento interno e externo. É uma função importante dentro da empresa, porém não é a única. As empresas têm limitações produtivas, financeiras, comerciais... É extremamente importante que MKT interaja com outros grupos funcionais.

44 Orientação para Valor Princípio Interfuncional Lançamento de Produto Convencimento da Presidência Pesquisa e Desenvolvimento Produção Logística Recursos Humanos Financeiro Jurídico

45 Orientação para Valor Públicos Importantes. Embora o Marketing voltado para valor seja centrado no cliente, ele não ignora as obrigações e relações importantes com outros públicos da organização. Fornecedores Financiadores Órgãos Governamentais Grupos de Pressão Formadores de Opinião Funcionários Comunidades Locais Sociedade em Geral

46 Tipos de Marketing Produto Destinado a criar trocas para produtos tangíveis Alimentos, Bebidas, Computadores, Carros... Cerveja

47 Tipos de Marketing Serviço Destinado a criar trocas para produtos intangíveis Aluguel carros, 5 a SEC Restaurantes, Hotéis... DHL

48 Tipos de Marketing Serviço Destinado a criar trocas para produtos intangíveis Aluguel carros, 5 a SEC Restaurantes, Hotéis... Cia Atlética

49 Tipos de Marketing Pessoa Destinado a criar ações favoráveis em relação as pessoas Políticos, Publicitários...

50 Tipos de Marketing Causa Destinado a criar apoio para idéias e questões ou levar as pessoas a mudar comportamento socialmente indesejáveis Drogas, Camisinha Doações de Sangue

51 Tipos de Marketing Causa Destinado a criar apoio para idéias e questões ou levar as pessoas a mudar comportamento socialmente indesejáveis Drogas, Camisinha Doações de Sangue

52 Tipos de Marketing Organização Destinado a atrair doadores membros, participantes ou voluntários Número de associados de fã clube.

GESTÃO ESTRATÉGICA DE MARKETING

GESTÃO ESTRATÉGICA DE MARKETING GESTÃO ESTRATÉGICA DE MARKETING PÓS-GRADUAÇÃO / FIB-2009 Prof. Paulo Neto O QUE É MARKETING? Marketing: palavra em inglês derivada de market que significa: mercado. Entende-se que a empresa que pratica

Leia mais

Pesquisa de Marketing

Pesquisa de Marketing Pesquisa de Marketing CONCEITOS INICIAIS Prof. Daciane de Oliveira Silva Fonte: MALHORTA, Naresh K. Pesquisa de Marketing: uma orientação aplicada. 4 ed. Porto Alegre: Bookman, 2006. MATTAR, Fauze Najib.

Leia mais

AVALIANDO O AMBIENTE EXTERNO

AVALIANDO O AMBIENTE EXTERNO AVALIANDO O AMBIENTE EXTERNO MARKETING ESTRATÉGICO José Manuel de Sacadura Rocha jsacadura@ultrarapida.com.br Marketing Estratégico Philip Kotler Composto de Mkt:...o conjunto de ferramentas que a empresa

Leia mais

MARKETING NO AGRONEGÓCIO

MARKETING NO AGRONEGÓCIO MARKETING NO AGRONEGÓCIO O QUE VOCÊ ENTENDE DE MARKETING? Marketing é um processo social e gerencial pelo qual indivíduos e grupos obtêm o que necessitam e desejam através da criação, oferta e troca de

Leia mais

Balanced Scorecard. Planejamento Estratégico através do. Curso e- Learning

Balanced Scorecard. Planejamento Estratégico através do. Curso e- Learning Curso e- Learning Planejamento Estratégico através do Balanced Scorecard Todos os direitos de cópia reservados. Não é permitida a distribuição física ou eletrônica deste material sem a permissão expressa

Leia mais

Introdução ao Marketing. História do Conceito

Introdução ao Marketing. História do Conceito História do Conceito O termo marketing, de acordo com Cobra (1988, p. 34) é uma expressão anglo-saxônica derivada da palavra mercari, do latim, que significa comércio, ou ato de mercar, comercializar ou

Leia mais

Estratégia de negócio, segmentação e posicionamento Prof. Dr. Raul Amaral

Estratégia de negócio, segmentação e posicionamento Prof. Dr. Raul Amaral Estratégia de negócio, segmentação e posicionamento Prof. Dr. Raul Amaral Estratégia de negócio, estratégias de segmentação e posicionamento. Análise do potencial de demanda. Definição da missão. liderança.

Leia mais

Conceito de Marketing

Conceito de Marketing Conceito de Marketing Marketing é uma função organizacional e uma série de processos para a criação, comunicação e entrega de valor para clientes, e para a gerência de relacionamentos com eles de forma

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO MERCADOLÓGICA MÓDULO 2 OUTRAS DEFINIÇÕES DE MARKETING

ADMINISTRAÇÃO MERCADOLÓGICA MÓDULO 2 OUTRAS DEFINIÇÕES DE MARKETING ADMINISTRAÇÃO MERCADOLÓGICA MÓDULO 2 OUTRAS DEFINIÇÕES DE MARKETING Índice 1. Outras definições de marketing...3 2. O profissional de marketing e as condições de demanda.5 3. Então, o marketing é...6 3.1.

Leia mais

Marketing cria ou satisfaz necessidades e desejos??? Argumente

Marketing cria ou satisfaz necessidades e desejos??? Argumente AULA 2 Marketing Marketing cria ou satisfaz necessidades e desejos??? Argumente Para Peter Drucker, um dos principais pensadores da administração: O objetivo do marketing é tornar a venda supérflua. É

Leia mais

Gestão de Negócios. Unidade III FUNDAMENTOS DE MARKETING

Gestão de Negócios. Unidade III FUNDAMENTOS DE MARKETING Gestão de Negócios Unidade III FUNDAMENTOS DE MARKETING 3.1- CONCEITOS DE MARKETING Para a American Marketing Association: Marketing é uma função organizacional e um Marketing é uma função organizacional

Leia mais

Marketing e Merchandising. Facilitador: Bruno Carnevali- Consultor, BOSS Consultoria

Marketing e Merchandising. Facilitador: Bruno Carnevali- Consultor, BOSS Consultoria Marketing e Merchandising no PDV 1 Quais são as definições de Marketing Marketing 1-Todas as atividades direcionadas a fazer uma troca para satisfazer necessidades ou desejos do homem 2-Processo pelo qual

Leia mais

MARKETING AGRONEGÓCIO. Prof. André Roese E:mail: andre_roese@yahoo.com.br SITE:www.upoffice.com.br PÓS-GRADUAÇÃO

MARKETING AGRONEGÓCIO. Prof. André Roese E:mail: andre_roese@yahoo.com.br SITE:www.upoffice.com.br PÓS-GRADUAÇÃO AGRONEGÓCIO Prof. André Roese E:mail: andre_roese@yahoo.com.br SITE:www.upoffice.com.br CRONOGRAMA - EMENTAS A importância do marketing O escopo do marketing As novas realidades do marketing Orientação

Leia mais

Com bom planejamento, empresário começa negócio sem dinheiro próprio.

Com bom planejamento, empresário começa negócio sem dinheiro próprio. Com bom planejamento, empresário começa negócio sem dinheiro próprio. Plano de negócios estruturado ajuda na hora de conseguir financiamento. Veja dicas de especialistas e saiba itens que precisam constar

Leia mais

Marketing e Portfólio de Moda Professora: Fabiana Besen

Marketing e Portfólio de Moda Professora: Fabiana Besen FUNDAMENTOS DO MARKETING Marketing e Portfólio de Moda Professora: Fabiana Besen O que é Marketing? Conceitos relacionados ao Marketing Funções do Marketing Relações de Marketing e Moda Um comercial na

Leia mais

CONSULTOR CARLOS MARTINS AÇAO EM MARKETING

CONSULTOR CARLOS MARTINS AÇAO EM MARKETING CONSULTOR CARLOS MARTINS CRIA - AÇAO EM MARKETING SUA EMPRESA Copyright Consultor Carlos Martins - Todos os direitos reservados wwwcarlosmartinscombr - consultor@carlosmartinscombr Como conquistar Clientes

Leia mais

Estudo de Viabilidade e Pesquisa de Campo

Estudo de Viabilidade e Pesquisa de Campo Estudo de Viabilidade e Pesquisa de Campo Estudo de viabilidade As perguntas seguintes terão que ser respondidas durante a apresentação dos resultados do estudo de viabilidade e da pesquisa de campo FOFA.

Leia mais

GESTÃO DE MARKETING RECAPITULANDO. Prof. Marcopolo Marinho

GESTÃO DE MARKETING RECAPITULANDO. Prof. Marcopolo Marinho GESTÃO DE MARKETING RECAPITULANDO Prof. Marcopolo Marinho Marketing: É a área do conhecimento que engloba todas as atividades referente às relações de troca de bens entre pessoas ou instituições, buscando

Leia mais

EMPREENDEDORISMO PASSOS PARA ABRIR UM NEGÓCIO

EMPREENDEDORISMO PASSOS PARA ABRIR UM NEGÓCIO EMPREENDEDORISMO PASSOS PARA ABRIR UM NEGÓCIO Odilio Sepulcri odilio@emater.pr.gov.br www.odiliosepulcri.com.br www.emater.pr.gov.br Telefone: (41) 3250-2252 ROTEIRO DA APRESENTAÇÃO 1. Perfil para empreender

Leia mais

Branding e Estratégia de Marca. Prof. Msc. Cárbio Almeida Waqued

Branding e Estratégia de Marca. Prof. Msc. Cárbio Almeida Waqued Branding e Estratégia de Marca Prof. Msc. Cárbio Almeida Waqued BRANDING TERAPIA DAS MARCAS Eu até queria falar de Marca com eles, mas eles só falam de comunicação... Comentário real de um CEO, sobre uma

Leia mais

Unidade IV. Gerenciamento de Produtos, Serviços e Marcas. Prof a. Daniela Menezes

Unidade IV. Gerenciamento de Produtos, Serviços e Marcas. Prof a. Daniela Menezes Unidade IV Gerenciamento de Produtos, Serviços e Marcas Prof a. Daniela Menezes Tipos de Mercado Os mercados podem ser divididos em mercado de consumo e mercado organizacional. Mercado de consumo: o consumidor

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Marketing. Conteúdo Programático. Administração Geral / 100h

Curso Superior de Tecnologia em Marketing. Conteúdo Programático. Administração Geral / 100h Administração Geral / 100h O CONTEÚDO PROGRAMÁTICO BÁSICO DESTA DISCIPLINA CONTEMPLA... Administração, conceitos e aplicações organizações níveis organizacionais responsabilidades Escola Clássica história

Leia mais

Plano de Negócios. Passo a passo sobre como iniciar um Plano de Negócios para sua empresa. Modelo de Planejamento prévio

Plano de Negócios. Passo a passo sobre como iniciar um Plano de Negócios para sua empresa. Modelo de Planejamento prévio Plano de Negócios Passo a passo sobre como iniciar um Plano de Negócios para sua empresa Modelo de Planejamento prévio Fraiburgo, 2015 Plano de Negócios Um plano de negócios é uma descrição do negócio

Leia mais

A importância do branding

A importância do branding A importância do branding Reflexões para o gerenciamento de marcas em instituições de ensino Profª Ligia Rizzo Branding? Branding não é marca Não é propaganda Mas é sentimento E quantos sentimentos carregamos

Leia mais

Estruturas organizacionais em instituições privadas de ensino superior

Estruturas organizacionais em instituições privadas de ensino superior Estruturas organizacionais em instituições privadas de ensino superior por Maurício Garcia*, agosto de 2005 A influência do modelo público A maioria das instituições privadas de ensino superior copiou,

Leia mais

Cap. 6 Criando um Plano de Negócios Eficiente

Cap. 6 Criando um Plano de Negócios Eficiente Política de Negócios e Empreendedorismo Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios Cap. 6 Criando um Plano de Negócios Eficiente Um bom plano

Leia mais

introdução a publicidade & propaganda Aula 2 - Conceitos básicos de marketing

introdução a publicidade & propaganda Aula 2 - Conceitos básicos de marketing introdução a publicidade & propaganda Aula 2 - Conceitos básicos de marketing professor Rafael Ho mann De nição Conjunto de estratégias empresariais que visam adequar seus produtos, serviços, etc. às necessidades

Leia mais

Duas verdades inconvenientes: 1 - Toda atividade humana apresenta impactos positivos e negativos sobre a sociedade e o planeta. 2 O ser humano escapa

Duas verdades inconvenientes: 1 - Toda atividade humana apresenta impactos positivos e negativos sobre a sociedade e o planeta. 2 O ser humano escapa Duas verdades inconvenientes: 1 - Toda atividade humana apresenta impactos positivos e negativos sobre a sociedade e o planeta. 2 O ser humano escapa à dinâmica do equilíbrio ecológico. Cabe às organizações:

Leia mais

Marketing para Empresas de Contabilidade

Marketing para Empresas de Contabilidade IX CONVENÇÃO DOS CONTABILISTAS DO ESTADO DA BAHIA Marketing para Empresas de Contabilidade Fernanda Rocha Grupo Fortes de Serviços Vamos entender... O que é Contabilidade? O que é Contabilidade? A solteira

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO. Questão nº 1. Padrão de Resposta Esperado:

ADMINISTRAÇÃO. Questão nº 1. Padrão de Resposta Esperado: Questão nº 1 Produto Para fazer frente ao problema de prazo de entrega do produto, a Megabooks poderia compensá-lo com uma agregação de valor ao produto. Poderia, por exemplo, utilizar uma sobrecapa personalizada

Leia mais

GLEISON CORTINA BENASSI OBJETIVOS PROFISSIONAIS. Áreas: Gestão Empresarial; Gestão Administrativo-Financeira; Comercial; Nível Hierárquico: Gerente

GLEISON CORTINA BENASSI OBJETIVOS PROFISSIONAIS. Áreas: Gestão Empresarial; Gestão Administrativo-Financeira; Comercial; Nível Hierárquico: Gerente GLEISON CORTINA BENASSI Estado Civil Casado, com filhos. Telefone (62) 8141-9485 - (62) 9693-2773 Natural Erechim - RS E-mail benassirs@gmail.com Redes Sociais Facebook: Gleison Benassi Linkedin: Gleison

Leia mais

Marketing de Causas Sociais

Marketing de Causas Sociais Marketing de Causas Sociais Denilson Motta denilson.motta@yahoo.com.br AEDB Lúcia Maria Aparecido Vieira lucivie3@hotmail.com UBM Vanderléia Duarte potter_van@yahoo.com.br AEDB Rayanna Mattos Viana rayannamviana@gmail.com

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial. Conteúdo Programático. Administração Geral / 100h

Curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial. Conteúdo Programático. Administração Geral / 100h Administração Geral / 100h O CONTEÚDO PROGRAMÁTICO BÁSICO DESTA DISCIPLINA CONTEMPLA... Administração, conceitos e aplicações organizações níveis organizacionais responsabilidades Escola Clássica história

Leia mais

Estratégia De Diferenciação Competitiva Através Do Marketing De Relacionamento. Profa. Dra. Maria Isabel Franco Barretto

Estratégia De Diferenciação Competitiva Através Do Marketing De Relacionamento. Profa. Dra. Maria Isabel Franco Barretto Estratégia De Diferenciação Competitiva Através Do Marketing De Relacionamento Profa. Dra. Maria Isabel Franco Barretto CURRÍCULO DO PROFESSOR Administradora com mestrado e doutorado em engenharia de produção

Leia mais

Conceito de Marketing Considerações Preliminares Atendimento

Conceito de Marketing Considerações Preliminares Atendimento Conceito de Marketing Considerações Preliminares Atendimento Metodologia de Ensino 1) Noções de Marketing 2) Marketing de Serviço 3) Marketing de Relacionamento 1 2 1) Noções de Marketing 3 4 5 6 www.lacconcursos.com.br

Leia mais

Um dos objetivos deste tema é orientar as ações sistemáticas na busca satisfazer o consumidor estimulando a demanda e viabilizando o lucro.

Um dos objetivos deste tema é orientar as ações sistemáticas na busca satisfazer o consumidor estimulando a demanda e viabilizando o lucro. PLANO DE MARKETING Andréa Monticelli Um dos objetivos deste tema é orientar as ações sistemáticas na busca satisfazer o consumidor estimulando a demanda e viabilizando o lucro. 1. CONCEITO Marketing é

Leia mais

MERCADOLOGIA 2º ANO DE ADMINISTRAÇÃO FARN 2009.1. sc. Prof. Franklin Marcolino de Souza, M.sc. Slide 01

MERCADOLOGIA 2º ANO DE ADMINISTRAÇÃO FARN 2009.1. sc. Prof. Franklin Marcolino de Souza, M.sc. Slide 01 MERCADOLOGIA 2º ANO DE ADMINISTRAÇÃO FARN 2009.1 Prof. Franklin Marcolino de Souza, M.sc sc. Slide 01 O QUE O MARKETING NÃO É? MARKETING NÃO É PROPAGANDA. MARKETING NÃO É VENDAS. MARKETING NÃO É MERAMENTE

Leia mais

INTRODUÇÃO A ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA. Prof. Eric Duarte Campos

INTRODUÇÃO A ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA. Prof. Eric Duarte Campos INTRODUÇÃO A ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Prof. Eric Duarte Campos Objetivos da aula: O objetivo dessa aula é apresentar Noções de tipos básicos de tomadas de decisões; Objetivos da Administração Financeira.

Leia mais

- Propaganda. Desenvolver um programa integrado de Marketing que proporcione valor superior. - Conceber produtos, serviços e marcas

- Propaganda. Desenvolver um programa integrado de Marketing que proporcione valor superior. - Conceber produtos, serviços e marcas Introdução e Noções de Mercados Compreendendo o processo de Marketing ADMINISTRAÇÃO - Produtos - Serviços - Mercados - Processos MARKETING COMUNICAÇÃO - Propaganda Marketing é uma filosofia de negócio

Leia mais

Estratégia e inovação. Gestão de Risco. Meio Ambiente, saúde e segurança

Estratégia e inovação. Gestão de Risco. Meio Ambiente, saúde e segurança Favor indicar o departamento no qual opera: 16% 5% Relações externas, Comunicação N=19 79% Estratégia e inovação Gestão de Risco Outros Meio Ambiente, saúde e segurança Outros: Desenvolvimento Sustentável

Leia mais

Módulo 6. O Produto. 6.1. Conceito de produto

Módulo 6. O Produto. 6.1. Conceito de produto Módulo 6. O Produto Para os consumidores a existência de uma multiplicidade de produtos expostos no mercado, cheio de características e adicionais, é de encher os olhos. A livre concorrência possibilita

Leia mais

Análise de Mercado. Análise da Indústria/Setor. Descrição do Segmento de Mercado. Artigos de PN Como fazer Análise de Mercado. josedornelas.com.

Análise de Mercado. Análise da Indústria/Setor. Descrição do Segmento de Mercado. Artigos de PN Como fazer Análise de Mercado. josedornelas.com. Artigos de PN Como fazer Análise de Mercado Análise de Mercado A análise de mercado é um dos componentes do plano de negócios que está relacionado ao marketing da organização. Ela apresenta o entendimento

Leia mais

Universidade de Brasília. Faculdade de Ciência da Informação. Disciplina: Projeto de Implementação de Sistemas Arquivísticos. Profa.

Universidade de Brasília. Faculdade de Ciência da Informação. Disciplina: Projeto de Implementação de Sistemas Arquivísticos. Profa. Universidade de Brasília Faculdade de Ciência da Informação Disciplina: Projeto de Implementação de Sistemas Arquivísticos Profa. Lillian Alvares Produto É algo que pode ser oferecido para satisfazer um

Leia mais

Produto da Divisão Marketing

Produto da Divisão Marketing Marketing para o Terceiro Setor Produto da Divisão Marketing OBJETIVO Dispor ao mercado de entidades relacionadas ao Terceiro Setor, um leque de atividades relacionados ao marketing e comunicação voltados

Leia mais

1. INTRODUÇÃO SISTEMA INTEGRADO DE CONTABILIDADE

1. INTRODUÇÃO SISTEMA INTEGRADO DE CONTABILIDADE 1. INTRODUÇÃO A contabilidade foi aos poucos se transformando em um importante instrumento para se manter um controle sobre o patrimônio da empresa e prestar contas e informações sobre gastos e lucros

Leia mais

COMPOSTO DE ADMINISTRAÇÃO AMBIENTE DE MARKETING AMBIENTE DE MARKETING PROF. RICARDO PAJÉ

COMPOSTO DE ADMINISTRAÇÃO AMBIENTE DE MARKETING AMBIENTE DE MARKETING PROF. RICARDO PAJÉ ADMINISTRAÇÃO MERCADOLÓGICA PROF. RICARDO PAJÉ AMBIENTE E COMPOSTO DE MARKETING AMBIENTE DE MARKETING É O CONJUNTO DE ATORES E FORÇAS ( INTERNAS E EXTERNAS) QUE AFETAM DIRETA OU INDIRETAMENTE A TOMADA

Leia mais

CLUBE DE SEGUROS DE PESSOAS DE MINAS GERAIS

CLUBE DE SEGUROS DE PESSOAS DE MINAS GERAIS CLUBE DE SEGUROS DE PESSOAS DE MINAS GERAIS ENCONTRO DE CORRETORES Agosto/2011 Rogério Araújo 26/08/2011 A ESCOLHA ACERTIVA POR UM MERCADO DE OPORTUNIDADES E EXCELENTES PERSPECTIVAS ESTABILIDADE ECONÔMICA

Leia mais

AS PRINCIPAIS FERRAMENTAS DO MARKETING PESSOAL EMPREGADAS PELO MERCADO

AS PRINCIPAIS FERRAMENTAS DO MARKETING PESSOAL EMPREGADAS PELO MERCADO AS PRINCIPAIS FERRAMENTAS DO MARKETING PESSOAL EMPREGADAS PELO MERCADO No mundo globalizado e competitivo em que vivemos, surgem novas necessidades tanto para o consumidor como para as empresas, saber

Leia mais

Plano de Negócio. Microcervejaria Rugbeer. Centro Universitário de Belo Horizonte - UNI-BH Curso de Processos Gerenciais Segundo Semestre/2009

Plano de Negócio. Microcervejaria Rugbeer. Centro Universitário de Belo Horizonte - UNI-BH Curso de Processos Gerenciais Segundo Semestre/2009 Plano de Negócio Microcervejaria Rugbeer Centro Universitário de Belo Horizonte - UNI-BH Curso de Processos Gerenciais Segundo Semestre/2009 Idealizadores André Sampaio Fábio Nogueira Gleidson Silva João

Leia mais

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO FACILIDADES EMPRESARIAIS - ESCRITÓRIO VIRTUAL

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO FACILIDADES EMPRESARIAIS - ESCRITÓRIO VIRTUAL OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO FACILIDADES EMPRESARIAIS - ESCRITÓRIO VIRTUAL 2009 SEBRAE-DF Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Distrito Federal. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta

Leia mais

SÉRIE IPO s: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE ABERTURA DE CAPITAL. Parte 4: Como tornar sua Empresa uma Companhia de Capital Aberto

SÉRIE IPO s: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE ABERTURA DE CAPITAL. Parte 4: Como tornar sua Empresa uma Companhia de Capital Aberto SÉRIE IPO s: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE ABERTURA DE CAPITAL Parte 4: Como tornar sua Empresa uma Companhia de Capital Aberto o O que é Abertura de Capital o Vantagens da abertura o Pré-requisitos

Leia mais

Marketing de Feiras e Eventos: Promoção para Visitantes, Expositores e Patrocinadores

Marketing de Feiras e Eventos: Promoção para Visitantes, Expositores e Patrocinadores Gestão e Organização de Conferências e Reuniões Organização de conferências e reuniões, nos mais variados formatos, tais como reuniões educativas, encontros de negócios, convenções, recepções, eventos

Leia mais

MEETING DO MARKETING

MEETING DO MARKETING MEETING DO MARKETING Reputação Corporativa Ativo com Resultados Tangíveis Cristina Panella Cristina Panella Setembro Pág1 2007 Toda empresa funciona num meio ambiente de públicos Philip Kotler Pág2 Tipos

Leia mais

Aula 3 Contextualização

Aula 3 Contextualização Gestão de Marketing Aula 3 Contextualização Profa. Me. Karin Sell Schneider Canais de Distribuição Comunicação Produto é um conjunto de atributos tangíveis e intangíveis, que proporciona benefícios reais

Leia mais

Gestão Perdas e Quebras Operacionais FCN 2008 (APAS) Ronaldo Jarnyk

Gestão Perdas e Quebras Operacionais FCN 2008 (APAS) Ronaldo Jarnyk Gestão Perdas e Quebras Operacionais FCN 2008 (APAS) Ronaldo Jarnyk 1- Abertura 2- Cenário do Varejo Brasileiro 3- Quebra Contabil Conceitos 4- Quebra Operacional Agenda 5- Perdas, fraudes e furtos 6-

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos carlos@oficinadapesquisa.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Usando o SI como vantagem competitiva Vimos

Leia mais

ANEXO 1: Formato Recomendado de Planos de Negócios - Deve ter entre 30 e 50 páginas

ANEXO 1: Formato Recomendado de Planos de Negócios - Deve ter entre 30 e 50 páginas ANEXO 1: Formato Recomendado de Planos de Negócios - Deve ter entre 30 e 50 páginas 1) Resumo Executivo Descrição dos negócios e da empresa Qual é a ideia de negócio e como a empresa se chamará? Segmento

Leia mais

INVENÇÃO E INOVAÇÃO INTRODUÇÃO. Desenvolvimento de Novos Produtos: Aspectos Conceituais e Critérios rios de Planejamento. Definição de Produto

INVENÇÃO E INOVAÇÃO INTRODUÇÃO. Desenvolvimento de Novos Produtos: Aspectos Conceituais e Critérios rios de Planejamento. Definição de Produto INTRODUÇÃO Cenário político e econômico da Globalização Desenvolvimento de Novos Produtos: Aspectos Conceituais e Critérios rios de Planejamento Viçosa Novembro de 2012 Ceres Mattos Della Lucia ceresnut@yahoo.com.br

Leia mais

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey Executivos em todos os níveis consideram que a sustentabilidade tem um papel comercial importante. Porém, quando se trata

Leia mais

Como lutar em uma guerra de preços

Como lutar em uma guerra de preços Como lutar em uma guerra de preços Juliana Kircher Macroplan Prospectiva, Estratégia e Gestão Julho de 2006 Guerras de preços já são fatos concretos que ocorrem frequentemente em todos os mercados, seja

Leia mais

Prof. Marcelo Mello. Unidade IV DISTRIBUIÇÃO E

Prof. Marcelo Mello. Unidade IV DISTRIBUIÇÃO E Prof. Marcelo Mello Unidade IV DISTRIBUIÇÃO E TRADE MARKETING Trade Marketing é confundido por algumas empresas como um conjunto de ferramentas voltadas para a promoção e a comunicação dos produtos. O

Leia mais

AS DECISÕES REFERENTES AOS CANAIS DE MARKETING ESTÃO ENTRE AS MAIS CRÍTICAS COM QUE AS GERÊNCIAS PRECISAM LIDAR

AS DECISÕES REFERENTES AOS CANAIS DE MARKETING ESTÃO ENTRE AS MAIS CRÍTICAS COM QUE AS GERÊNCIAS PRECISAM LIDAR KOTLER, 2006 AS DECISÕES REFERENTES AOS CANAIS DE MARKETING ESTÃO ENTRE AS MAIS CRÍTICAS COM QUE AS GERÊNCIAS PRECISAM LIDAR. OS CANAIS AFETAM TODAS AS OUTRAS DECISÕES DE MARKETING Desenhando a estratégia

Leia mais

LIDERANÇA SITUACIONAL E EMPREENDEDORA LIDERANÇA SITUACIONAL E EMPREENDEDORA LIDERANÇA SITUACIONAL E EMPREENDEDORA GESTÃO AMBIENTAL E DA QUALIDADE

LIDERANÇA SITUACIONAL E EMPREENDEDORA LIDERANÇA SITUACIONAL E EMPREENDEDORA LIDERANÇA SITUACIONAL E EMPREENDEDORA GESTÃO AMBIENTAL E DA QUALIDADE MUITOS DOS PROBLEMAS MAIS CRÍTICOS NÃO ESTÃO NO MUNDO DAS COISAS, MAS NO MUNDO DAS PESSOAS. DESENVOLVIMENTO: APTIDÕES TÉCNICAS >>> HABILIDADES SOCIAIS CIÊNCIAS BEM SUCEDIDAS X CIÊNCIAS MAL SUCEDIDAS. -

Leia mais

Stage-Gate, aumente as chances de sucesso de seus produtos

Stage-Gate, aumente as chances de sucesso de seus produtos Stage-Gate, aumente as chances de sucesso de seus produtos A importância da aplicação de um processo de desenvolvimento de produtos André L. C. Silveira, PMP Não importa o segmento em que sua empresa atue,

Leia mais

Capítulo 9. O líder empreendedor e a equipe

Capítulo 9. O líder empreendedor e a equipe O líder empreendedor e a equipe Este material é parte integrante do livro Criação de Novos Negócios e pode ser distribuído livremente desde que citada a fonte: www.elsevier.com.br/josedornelas ou www.josedornelas.com.br.

Leia mais

Comércio Varejista de Alimentos. Profª Caroline P. Spanhol

Comércio Varejista de Alimentos. Profª Caroline P. Spanhol Comércio Varejista de Alimentos Profª Caroline P. Spanhol Panorama geral do varejo Conceito de varejo Varejo consiste em todas as atividades que englobam o processo de venda de bens e serviços para atender

Leia mais

Canais de marketing. Trade Marketing. Trade Marketing. Trade marketing é uma ferramenta que atua diretamente em três níveis:

Canais de marketing. Trade Marketing. Trade Marketing. Trade marketing é uma ferramenta que atua diretamente em três níveis: Canais de marketing Prof. Ricardo Basílio ricardobmv@gmail.com Trade Marketing Trade Marketing Trade marketing é uma ferramenta que atua diretamente em três níveis: Distribuidores; Clientes; Ponto de venda.

Leia mais

Funções de uma Organização. Funções de uma Organização. Áreas Funcionais. Áreas Funcionais. Áreas Funcionais FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO VI

Funções de uma Organização. Funções de uma Organização. Áreas Funcionais. Áreas Funcionais. Áreas Funcionais FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO VI Funções de uma Organização FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO VI As funções representam o conjunto de processos que aplicam um recurso da organização. Cada função é realizada dentro de uma organização

Leia mais

E-business: Como as Empresas Usam os Sistemas de Informação

E-business: Como as Empresas Usam os Sistemas de Informação Capítulo 2 E-business: Como as Empresas Usam os Sistemas de Informação 2.1 2007 by Prentice Hall OBJETIVOS DE ESTUDO Identificar e descrever as principais características das empresas que são importantes

Leia mais

5 lições-chave para aumentar a rentabilidade de seu e-commerce

5 lições-chave para aumentar a rentabilidade de seu e-commerce 5 lições-chave para aumentar a rentabilidade de seu e-commerce SAMUEL GONSALES Analista de Sistemas MBA em Gestão de Negócios PÓS em Sistemas Integrados de Gestão. Gerente de Produtos e-commerce responsável

Leia mais

Estudo de Natal e Fim de Ano 2015

Estudo de Natal e Fim de Ano 2015 Estudo de Natal e Fim de Ano 2015 Os desejos dos brasileiros para 2016 se concentram em melhorar sua situação econômica % 71 73 64 63 46 46 43 41 Metas financeiras Aumentar minha renda Guardar dinheiro

Leia mais

Modelo para elaboração do Plano de Negócios

Modelo para elaboração do Plano de Negócios Modelo para elaboração do Plano de Negócios 1- SUMÁRIO EXECUTIVO -Apesar de este tópico aparecer em primeiro lugar no Plano de Negócio, deverá ser escrito por último, pois constitui um resumo geral do

Leia mais

A Competitividade no Seguro de Automóvel

A Competitividade no Seguro de Automóvel A Competitividade no Seguro de Automóvel Murilo Setti Riedel Diretor Técnico HDI Seguros Logo Apresentação O Preço do Seguro de Automóvel O elevado grau de concorrência do segmento no Brasil se traduz

Leia mais

Módulo 3. O Ambiente de Marketing

Módulo 3. O Ambiente de Marketing Módulo 3. O Ambiente de Marketing O ambiente de marketing é constituído de atores e forças externas ao marketing que afetam a capacidade da administração de desenvolver e manter bons relacionamentos com

Leia mais

PROPOSTA CURRICULAR DO ENSINO MÉDIO INTEGRADO COM ADMINISTRAÇÃO PARTE TÉCNICA GESTÃO EMPRESARIAL

PROPOSTA CURRICULAR DO ENSINO MÉDIO INTEGRADO COM ADMINISTRAÇÃO PARTE TÉCNICA GESTÃO EMPRESARIAL PROPOSTA CURRICULAR DO ENSINO MÉDIO INTEGRADO COM ADMINISTRAÇÃO PARTE TÉCNICA GESTÃO EMPRESARIAL 1. História da Teoria da Administração: fundamentos da Administração: Era Clássica; Revolução Industrial;

Leia mais

MARKETING II. UVA-Prof.: José Claudeci Bezerra Correia

MARKETING II. UVA-Prof.: José Claudeci Bezerra Correia MARKETING II UVA-Prof.: José Claudeci Bezerra Correia PORQUE OS PRODUTOS NOVOS FRACASSAM Idéias impostas, contrariando pesquisas Mercado superestimado O produto não é bem projetado Posicionamento incorreto

Leia mais

A Década Esportiva para o Brasil. Desafios Oportunidades Legados

A Década Esportiva para o Brasil. Desafios Oportunidades Legados A Década Esportiva para o Brasil Desafios Oportunidades Legados Por que o Esporte? Porque é a resposta para uma nova comunicação... Exposição Conteúdo Marketing Connecting Consumidor Quantidade Tribo Emoção

Leia mais

FIDELIZAÇÃO: DICAS PARA SEUS CLIENTES VOLTAREM E COMPRAREM MAIS

FIDELIZAÇÃO: DICAS PARA SEUS CLIENTES VOLTAREM E COMPRAREM MAIS Como conquistar e manter clientes Marketing de Relacionamento Visa a orientar como utilizar as ferramentas do marketing de relacionamento para aumentar as vendas e fidelizar clientes. Público-alvo: empresários

Leia mais

Desenvolvimento do Mix de Marketing

Desenvolvimento do Mix de Marketing Desenvolvimento do Mix de Marketing Mix de Marketing O composto de marketing é conhecido no escopo mercadológico como os 4Ps denominados por Jeronme Mc Carthy como: product, price, place e promotion. Na

Leia mais

PLANO DE NEGÓCIOS INTRODUÇÃO

PLANO DE NEGÓCIOS INTRODUÇÃO PLANO DE NEGÓCIOS INTRODUÇÃO É um instrumento que visa estruturar as principais concepções e alternativas para uma análise correta de viabilidade do negócio pretendido, proporcionando uma avaliação antes

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PESSOAL

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PESSOAL PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PESSOAL Nome: Elaboração: / / Inspiração empresarial A criação desse modelo de Planejamento Estratégico Pessoal foi baseada numa reportagem da Revista Você S/A (Dez/2002: Paul

Leia mais

PROGRAMA DE PROTEÇÃO DE PI

PROGRAMA DE PROTEÇÃO DE PI GUIA PARA MELHORAR O SEU Principais Práticas para a Proteção de PI PROGRAMA DE PROTEÇÃO DE PI 2013 Centro para Empreendimento e Comércio Responsáveis TABELA DE CONTEÚDO CAPÍTULO 1: Introdução à Proteção

Leia mais

PLANO DE NEGÓCIOS W ARTE "SERRALHARIA E ESQUADRIA RAPOSÃO" Empreendedor(a): WALBER MACEDO DOS SANTOS

PLANO DE NEGÓCIOS W ARTE SERRALHARIA E ESQUADRIA RAPOSÃO Empreendedor(a): WALBER MACEDO DOS SANTOS PLANO DE NEGÓCIOS W ARTE "SERRALHARIA E ESQUADRIA RAPOSÃO" Empreendedor(a): WALBER MACEDO DOS SANTOS Maio/2013 SUMÁRIO 1 SUMÁRIO EXECUTIVO 1.1 Resumo dos principais pontos do plano de negócio 1.2 Empreendedores

Leia mais

Introdução. Introdução

Introdução. Introdução Prof. Dr. ANDERSON SONCINI PELISSARI Introdução O propósito do marketing e satisfazer as necessidades e desejos dos clientes-alvo. Dessa forma, a análise do comportamento do consumidor visa identificar

Leia mais

Conceitos Básicos de Gestão de Projetos

Conceitos Básicos de Gestão de Projetos Administração Conceitos Básicos de Gestão de Projetos Luciano Venelli Costa Objetivos Diferenciar um de um processo. Compreender o ambiente que cerca os s. Identificar as fases do ciclo de vida de um.

Leia mais

2 DESENVOLVIMENTO DO PLANO 2.1 MISSÃO:

2 DESENVOLVIMENTO DO PLANO 2.1 MISSÃO: RESUMO O presente trabalho constitui em uma elaboração de um Plano de Marketing para a empresa Ateliê Delivery da Cerveja com o objetivo de facilitar a compra de bebidas para os consumidores trazendo conforto

Leia mais

GESTÃO NO DESIGN DE INTERIORES: O Designer, Métodos e Práticas Interdisciplinares I. Professora: Bárbara Ribeiro

GESTÃO NO DESIGN DE INTERIORES: O Designer, Métodos e Práticas Interdisciplinares I. Professora: Bárbara Ribeiro GESTÃO NO DESIGN DE INTERIORES: O Designer, Métodos e Práticas Interdisciplinares I Professora: Bárbara Ribeiro B-RIBEIRO.COM Aula 06: 08-Junho GESTÃO BRANDING, MARKETING, PLANO DE NEGÓCIOS OBJETIVO VIABILIZAR

Leia mais

Metodologia. Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Público Alvo: Amostra: 500 entrevistas realizadas. Campo: 16 a 29 de Setembro de 2010

Metodologia. Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Público Alvo: Amostra: 500 entrevistas realizadas. Campo: 16 a 29 de Setembro de 2010 Metodologia Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Através de e-survey - via web Público Alvo: Executivos de empresas associadas e não associadas à AMCHAM Amostra: 500 entrevistas realizadas Campo: 16

Leia mais

Atendimento Marketing. Ricardo M. Rico Nunes

Atendimento Marketing. Ricardo M. Rico Nunes Atendimento Marketing Ricardo M. Rico Nunes Conceito Marketing Processo pelo qual se planeja e efetua a concepção, a fixação de preço, a promoção e a distribuição de idéias, bens e serviços que satisfazem

Leia mais

FAZER ESTES ITENS NO FINAL, QUANDO O TRABALHO ESTIVER PRONTO

FAZER ESTES ITENS NO FINAL, QUANDO O TRABALHO ESTIVER PRONTO 1. CAPA 2. SUMÁRIO 3. INTRODUÇÃO FAZER ESTES ITENS NO FINAL, QUANDO O TRABALHO ESTIVER PRONTO 4. DESCRIÇÃO DA EMPRESA E DO SERVIÇO 4.1 Descrever sua Visão, VISÃO DA EMPRESA COMO VOCÊS IMAGINAM A EMPRESA

Leia mais

Marketing Prof. Raimundo Donizete de Camargo. Marketing de Serviços. Marketing de Serviços. Marketing de Serviços

Marketing Prof. Raimundo Donizete de Camargo. Marketing de Serviços. Marketing de Serviços. Marketing de Serviços Marketing Prof. Raimundo Donizete de Camargo Objetivos Definir ; Conhecer as diferenças básicas entre Produtos (Bens e Serviços); Analisar uma visão geral do Setor de Serviços; Conhecer o processo de Prestação

Leia mais

IMAGEM E REPUTAÇÃO NAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO: A PESQUISA E RESULTADOS NO IMAGE E MARKET SHARE

IMAGEM E REPUTAÇÃO NAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO: A PESQUISA E RESULTADOS NO IMAGE E MARKET SHARE IMAGEM E REPUTAÇÃO NAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO: A PESQUISA E RESULTADOS NO IMAGE E MARKET SHARE GEduc 2012 - Novos Rumos para a Gestão Educacional Pág 1 Temas Pressupostos teórico-metodológicos As necessidades

Leia mais

Módulo 4.1 PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO

Módulo 4.1 PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Módulo 4.1 PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO EVOLUÇÃO DA COMPETIÇÃO NOS NEGÓCIOS 1. Revolução industrial: Surgimento das primeiras organizações e como consequência, a competição pelo mercado de commodities. 2.

Leia mais

Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler

Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler AULA 3 - AS PERSPECTIVAS DO BSC - FINANCEIRA E CLIENTES PLANEJAMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA

Leia mais

GESTÃ T O O E P RÁ R TI T C I AS DE R E R CUR U S R OS

GESTÃ T O O E P RÁ R TI T C I AS DE R E R CUR U S R OS Ensinar para administrar. Administrar para ensinar. E crescermos juntos! www.chiavenato.com GESTÃO E PRÁTICAS DE RECURSOS HUMANOS Para Onde Estamos Indo? Idalberto Chiavenato Algumas empresas são movidas

Leia mais

Plataforma da Informação. Impacto para o Cliente

Plataforma da Informação. Impacto para o Cliente Plataforma da Informação Impacto para o Cliente Objetivos Treinamento Estabelecer estratégias para realizar uma prospecção de clientes adequada. Prospecção de Clientes O que é Prospecção de Clientes? Porque

Leia mais

Guia Prático. PGRural. Adendo Livro Caixa Avançado

Guia Prático. PGRural. Adendo Livro Caixa Avançado Guia Prático PGRural Adendo Livro Caixa Avançado Índice Sobre o PGRural... 3 Conceito... 3 Configurando a empresa... 4 Plano de contas... 5 Conta padrão para participante... 6 Forçar vínculo... 6 Tela

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Turismo. Conteúdo Programático. Administração Geral / 100h

Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Turismo. Conteúdo Programático. Administração Geral / 100h Administração Geral / 100h O CONTEÚDO PROGRAMÁTICO BÁSICO DESTA DISCIPLINA CONTEMPLA... Administração, conceitos e aplicações organizações níveis organizacionais responsabilidades Escola Clássica história

Leia mais

Fig. A: A imagem da rede total e da rede imediata de suprimentos Fonte: Slack, Nigel e outros. Administração da Produção

Fig. A: A imagem da rede total e da rede imediata de suprimentos Fonte: Slack, Nigel e outros. Administração da Produção Fascículo 5 Projeto da rede de operações produtivas Se pensarmos em uma organização que produza algo, é impossível imaginar que essa organização seja auto-suficiente, isto é, que produza tudo o que irá

Leia mais

10 Coisas Simples Que Você Pode. Fazer Agora Para Gerar Tráfego e Leads Gratuitamente

10 Coisas Simples Que Você Pode. Fazer Agora Para Gerar Tráfego e Leads Gratuitamente 10 Coisas Simples Que Você Pode Fazer Agora Para Gerar Tráfego e Leads Gratuitamente Geração de tráfego e converter os leads resultantes em vendas é o último desafio para qualquer comerciante ou empreendedor,

Leia mais