Sistema Integrado Moinhos

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sistema Integrado Moinhos"

Transcrição

1 Sistema Integrado Moinhos A experiência do Hospital Moinhos de Vento no desenvolvimento de um modelo de gestão integrado Sandra de Mattos Analista de Gestão e Desenvolvimento Organizacional Hospital Moinhos de Vento Abril/2008

2 Perfil do Hospital Hospital Geral com 333 leitos operacionais Ênfase nas áreas: - Materno-Infantil - Cardiologia - Neurologia e Neurocirurgia - Oncologia - Traumato-Ortopedia Alta complexidade Tecnologia de ponta Perfil do público Classes A e B Alguns dos nossos números: colaboradores próprios médicos e odontólogos paciente dia/mês internações/mês

3 O caminho construído Adesão PGQP Troféu Bronze Troféu Prata Troféu Prata PAMQ Programa Auditoria Interna Acreditação Internacional Re-Acreditação Internacional Troféu Ouro

4 Gestão G E E S S T T R Ã A O T É G I C A Estratégia VENCEDORA Implantação FORTE Implantação de PROJETOS Gestão dos Processos GESTÃO ORGANIZACIONAL Competitividade Eficiência Resultados Modelo adaptado de Fairbanks, Michael & Lindsay, Stace, Arando o Mar, Qualitymark, 2000

5 Sistema Integrado Moinhos Gestão da Estratégia Projetos Estratégicos Projetos Estratégicos Gestão por Processos Gestão Matricial de Despesas Sistema Informatizado Gestão Operacional Gestão da Estratégia Sistema de Garantia da Qualidade Qualidade Percebida

6 Gestão da Estratégia Etapa 1 Principal Produto do Seminário 12 Direcionadores Estratégicos Levantamento e análise dos materiais de estratégia Entrevistas com os Stakeholders Realização do Seminário Moinhos 2010

7 Gestão da Estratégia Etapa 2 Construção Mapa Estratégico Indicadores Projetos

8 Visão: "Ser referência mundial nas ações da saúde, oferecendo em suas áreas de atuação soluções em todos os ciclos da vida, sendo reconhecido pela responsabilidade social, credibilidade e excelência em serviços. Missão Promover a Promover a Responsabilidade Responsabilidade Social de forma Social de forma sustentável sustentável Praticar ações de saúde com excelência e Praticar ações de saúde com excelência e responsabilidade social, a fim de melhorar a responsabilidade social, a fim de melhorar a qualidade de vida qualidade de vida Assegurar a sustentabilidade Assegurar a sustentabilidade econômico-financeira da Instituição econômico-financeira da Instituição Promover o desenvolvimento de educação e Promover o desenvolvimento de educação e pesquisa de forma sustentável pesquisa de forma sustentável Assistência Integral Soluções completas e inovadoras; Disponibilidade de leitos e serviços; Preços competitivos Credibilidade Fortalecer a instituição e sua Promover o acesso, a Fortalecer a instituição e sua Promover o acesso, a imagem a fim de alavancar fidelização e a satisfação de imagem a fim de alavancar fidelização e a satisfação de novas oportunidades clientes por meio da excelência novas oportunidades clientes por meio da excelência dos serviços dos serviços Áreas de Ênfase Mapa Estratégico Serviços em Todas composto Acesso por: Corpo Clínico os Ciclos da Vida Oncologia Consolidar e fortalecer Consolidar as e Cardiologia Estabelecer e Desenvolver formas Estabelecer e fortalecer áreas as Neurologia fortalecer ações Desenvolver Desenvolver, de captação para formas Desenvolver, Traumatolog fortalecer ações fortalecer e atualmente áreas ia orientadas à facilitar de captação o acesso para dos fortalecer e orientadas à implementar estabelecidas atualmente Materno Promoção da facilitar o acesso dos implementar infantil 22 objetivos Promoção da estratégicos clientes aos serviços políticas claras estabelecidas Saúde de forma clientes aos serviços políticas claras Saúde sustentável de forma Avaliar sustentável Garantir o equilíbrio Garantir o equilíbrio continuamente Avaliar 33 indicadores entre a disponibilidade Fortalecer o oportunidades continuamente entre a disponibilidade Fortalecer o Oferecer soluções de leitos e os serviços relacionamento para oportunidades novas áreas completas Oferecer soluções de leitos e os serviços relacionamento para o oferecidos duradouro com para de novas ênfase áreas cliente, completas 37 sustentadas para Projetos o oferecidos duradouro com de ênfase o Corpo Clínico cliente, pela Assistência sustentadas o Corpo Clínico pela Integral Assistência Integral Mapa Estratégico V5_HMV Financeir a Clientes Pacientes Equilíbrio Financeiro Qualificar o Qualificar o relacionamento com relacionamento com as fontes pagadoras as fontes pagadoras Otimizar estrutura Otimizar estrutura de custos mantendo de custos mantendo a excelência nos a excelência nos serviços serviços Buscar fontes Buscar fontes alternativas de alternativas de recursos recursos Processos Garantir um Garantir um ambiente ambiente diferenciado de diferenciado de trabalho para trabalho para todos todos Reter e atrair talentos, de forma a Reter promover e atrair as talentos, competências de forma (Técnicas, a promover Humanísticas as competências e Conceituais) (Técnicas, necessárias Humanísticas ao e alcance Conceituais) de nossos necessárias objetivos ao alcance de nossos objetivos Promover Promover uma cultura uma cultura orientada à orientada à visão visão Responsabilidade Social Visão estratégica Humanização Preservação dos valores Inovação Gestão Custo efetividade Desenvolver de forma proativa Desenvolver a Tecnologia de forma de Saúde, proativa de a Informação Tecnologia e de Saúde, Comunicação de Informação e Comunicação Buscar e implementar métodos e Buscar e implementar métodos e ferramentas de gestão com o ferramentas de gestão com o objetivo de otimizar os processos objetivo de otimizar os processos e resultados da Instituição e resultados da Instituição Aprendizado e Crescimento

9 Gestão da Estratégia Etapa 3 Gestão da Estratégia Reunião Conselho (bimestral) Gestão da Estratégia Gestão Operacional Gestão Operacional Reunião de Análise da Estratégia - RAE (bimestral) Reunião Mensal de Gestão de Macro-Processos Reunião Mensal de Gestão de Objetivo Estratégico Reunião Mensal de Gestão de Macro-Processos Reunião Mensal de Gestão de Objetivo Estratégico Reunião Mensal de Gestão de Macro-Processos Reunião Mensal de Gestão de Objetivo Estratégico Reunião na UGB Reunião na UGB Reunião na UGB Reunião na UGB Reunião na UGB Ciclo de acompanhamento contínuo da estratégia Sistema Gerenciamento da Estratégia

10 Ciclo de Acompanhamento da Gestão (Estratégia e Operacional)

11 Gestão da Estratégia Etapa 4 Plano de Comunicação Interna

12 Plano de Comunicação Público Azul: Colaboradores, Corpo Clinico Cadastrado, Terceiros Objetivo: Criar Adesão Conhece e compromete-se com as mudanças Público Verde: Sócios; Conselho e Lideranças Objetivo: Criar Advogados Conhece e defende o Sistema de Gestão Público Amarelo: Corpo Clínico Efetivo, Lideranças Informais, Técnico - científicos Objetivo: Envolver e Multiplicar Conhece e é responsável por disseminar as informações.

13 Plano de Comunicação Comunicação Colaboradores

14 Plano de Comunicação Comunicação Médicos

15 Mural de Gestão à Vista

16 Gestão da Estratégia Público envolvido Dados de Junho 2006

17 Sistema Integrado Moinhos Gestão da Estratégia Projetos Estratégicos Projetos Estratégicos Gestão por Processos Gestão Matricial de Despesas Sistema Informatizado Gestão Operacional Gestão da Estratégia Sistema de Garantia da Qualidade Qualidade Percebida

18 Gestão por Processo Centro Cirúrgico rgico ESTRATÉGIA Contribuição à Estratégia HMV Prontidão das Atividades Melhorias e Necessidades Oportunidades longo prazo PROCESSOS ATUAIS Workshop de Direcionadores para o Redesenho Mapa de Relacionamento Macro Mapeamento do Processo Índices de Controle Redesenho dos Processos Oportunidades curto prazo REDESENHO Retorna à agenda

19 Visão: "Ser referência mundial nas ações da saúde, oferecendo em suas áreas de atuação soluções em todos os ciclos da vida, sendo reconhecido pela responsabilidade social, credibilidade e excelência em serviços. Missão Praticar ações de saúde com excelência e Praticar ações de saúde com excelência e responsabilidade social, a fim de melhorar a responsabilidade social, a fim de melhorar a qualidade de vida qualidade de vida CENTRO CIRÚRGICO RGICO Assegurar a sustentabilidade Assegurar a sustentabilidade econômico-financeira da Instituição econômico-financeira da Instituição Financeira Fortalecer a instituição e sua Fortalecer a instituição e sua imagem a fim de alavancar imagem a fim de alavancar novas oportunidades novas oportunidades Promover o acesso, a fidelização e Promover o acesso, a fidelização e a satisfação de clientes por meio da a satisfação de clientes por meio da excelência dos serviços excelência dos serviços Assistência Integral Soluções completas e inovadoras; Disponibilidade de leitos e serviços; Preços competitivos Credibilidade Clientes Pacientes Promover a Promover a Responsabilidade Responsabilidade Social de forma Social de forma sustentável sustentável Áreas de Ênfase Consolidar e fortalecer Consolidar as e fortalecer áreas as atualmente áreas estabelecidas atualmente estabelecidas Oncologia Cardiologia Neurologia Traumatologi a Materno infantil Avaliar continuamente Avaliar oportunidades continuamente para oportunidades novas áreas para de novas ênfase áreas de ênfase Serviços em Todas os Ciclos da Vida Estabelecer e fortalecer Estabelecer ações e fortalecer orientadas ações à Promoção orientadas da à Saúde Promoção de forma da Saúde sustentável de forma sustentável Oferecer soluções completas Oferecer soluções para o cliente, completas sustentadas para o cliente, pela Assistência sustentadas pela Integral Assistência Integral Acesso Desenvolver formas de captação Desenvolver para facilitar formas de o acesso captação dos para clientes facilitar aos o acesso serviços dos clientes aos serviços Garantir o equilíbrio Garantir o equilíbrio entre a disponibilidade entre a disponibilidade de leitos e os serviços de leitos e os serviços oferecidos oferecidos Corpo Clínico Desenvolver, fortalecer Desenvolver, e implementar fortalecer e políticas implementar claras políticas claras Fortalecer o relacionamento Fortalecer o duradouro relacionamento com o duradouro Corpo Clínico com o Corpo Clínico Equilíbrio Financeiro Qualificar o Qualificar o relacionamento com relacionamento com as fontes pagadoras as fontes pagadoras Otimizar estrutura de Otimizar estrutura de custos mantendo a custos mantendo a excelência nos excelência nos serviços serviços Buscar fontes Buscar fontes alternativas de alternativas de recursos recursos Promover o desenvolvimento de educação e Promover o desenvolvimento de educação e pesquisa de forma sustentável pesquisa de forma sustentável Processos Garantir um Garantir um ambiente ambiente diferenciado de diferenciado de trabalho para todos trabalho para todos Reter e atrair talentos, de forma a Reter promover e atrair as talentos, competências de forma (Técnicas, a promover Humanísticas as competências e Conceituais) (Técnicas, necessárias Humanísticas ao e alcance Conceituais) de nossos necessárias objetivos ao alcance de nossos objetivos Promover uma Promover uma cultura cultura orientada à orientada à visão visão Responsabilidade Social Visão estratégica Humanização Preservação dos valores Inovação Gestão Custo efetividade Desenvolver de forma proativa Desenvolver a Tecnologia de forma de Saúde, proativa de a Informação Tecnologia e de Saúde, Comunicação de Informação e Comunicação Aprendizado e Crescimento Buscar e implementar métodos e Buscar e implementar métodos e ferramentas de gestão com o objetivo ferramentas de gestão com o objetivo de otimizar os processos e de otimizar os processos e resultados da Instituição resultados da Instituição Retorna à agenda

20 Sistema Integrado Moinhos Gestão da Estratégia Projetos Estratégicos Projetos Estratégicos Gestão por Processos Gestão Matricial de Despesas Sistema Informatizado Gestão Operacional Gestão da Estratégia Sistema de Garantia da Qualidade Qualidade Percebida

21 Sistemas de Garantia da Qualidade Modelo de Gestão PAMQ

22 Programa Interno para a Melhoria da Qualidade - PAMQ Processo de Avaliação interna que envolve os critérios de excelência do PGQP/PNQ, Acreditação internacional e Programa 8S adaptado a realidade do Hospital Moinhos de Vento Média Gestão UGBs Administrativas + Assistenciais (sem Avaliação Prontuário) ,36 38,62 37,35 40,31 35,96 34,04 41,09 37, Critério 1 - Liderança Critério 2 - Estratégias e Planos Critério 3 - Clientes Critério 4 - Inf. Específicas da UGB Critério 5 - Informações e Conhecimento Critério 6 - Pessoas Critério 7 - Processos Critério 8 - Resultados Meta

23 Reconhecimento das UGB s que atingiram a meta do PAMQ 2007 Entrega dos certificados nas UGB s com foto; Entrega dos certificados pelos Superintendentes aos destaques por porte com foto; Divulgação na revista Nosso Time.

24 Prêmio Qualidade RS Troféu Ouro 2007

25 Próximos desafios Excelência Diamante Classe Mundial Rumo a Excelência Compromisso com a Excelência

26 Revisão do Planejamento Estratégico Simplificação do mapa estratégico; - Ajuste e re-priorização das iniciativas estratégicas (maior foco no que é realmente estratégico); - Maior capacitação em torno de temas como gestão de iniciativas e metodologia para o desdobramento dos desafios para todas as áreas.

27 Lições Aprendidas Principais dificuldades Saber fazer acontecer o presente e criar o futuro Ser capaz de mudar e provocar mudanças Ter competências para promovê-las Aprendizagens Foco de discussão orientado à estratégia (RAE) Comunicar a estratégia Corporativa ao grupo operacional. Desdobramento Estratégico (tático e operacional) alinhado à Estratégia Corporativa Alinhamento Unidades de Negócio e de Apoio à Estratégia

28 Benefícios Integração dos processos Desenvolvimento do pensamento estratégico Desenvolvimento de Lideranças Envolvimento e aprendizagem de todas as partes interessadas Compreensão da estratégia em todos os níveis

29 Sistema Integrado Moinhos Sandra de Mattos Analista de Gestão e Desenvolvimento Organizacional Hospital Moinhos de Vento

A GESTÃO ESTRATÉGICA DE PORTFÓLIO COMO INDUTORA DO FORTALECIMENTO DO GERENCIAMENTO DE PROJETOS EM UMA EMPRESA DE SAÚDE SUPLEMENTAR.

A GESTÃO ESTRATÉGICA DE PORTFÓLIO COMO INDUTORA DO FORTALECIMENTO DO GERENCIAMENTO DE PROJETOS EM UMA EMPRESA DE SAÚDE SUPLEMENTAR. A GESTÃO ESTRATÉGICA DE PORTFÓLIO COMO INDUTORA DO FORTALECIMENTO DO GERENCIAMENTO DE PROJETOS EM UMA EMPRESA DE SAÚDE SUPLEMENTAR Francisco Tavares Contexto Fonte: relatório de Sustentabilidade 2015 Execução

Leia mais

BONCRED LEASING S/A. - Arrendamento Mercantil MANUAL DE POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL (PRSA)

BONCRED LEASING S/A. - Arrendamento Mercantil MANUAL DE POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL (PRSA) BONCRED LEASING S/A. - Arrendamento Mercantil MANUAL DE POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL (PRSA) BONCRED LEASING S/A. ARRENDAMENTO MERCANTIL Manual de Política de Responsabilidade Socioambiental

Leia mais

ACREDITAÇÃO HOSPITALAR: METODOLOGIA QUE GARANTE A MELHORIA DA GESTÃO DE PROCESSOS DA INSTITUIÇÃO

ACREDITAÇÃO HOSPITALAR: METODOLOGIA QUE GARANTE A MELHORIA DA GESTÃO DE PROCESSOS DA INSTITUIÇÃO ACREDITAÇÃO HOSPITALAR: METODOLOGIA QUE GARANTE A MELHORIA DA GESTÃO DE PROCESSOS DA INSTITUIÇÃO Setembro 2008 Hoje Visão sistêmica Foco: Atuação das Pessoas Hospitalidade Gestão de risco Anos 90 Foco:

Leia mais

POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE

POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE Classificação das Informações 5/5/2015 Confidencial [ ] Uso Interno [ X ] Uso Público ÍNDICE 1 PRINCÍPIOS... 3 2 OBJETIVOS... 3 3 GOVERNANÇA DA SUSTENTABILIDADE... 3 4 ABRANGÊNCIA DA POLÍTICA... 4 5 ATRIBUIÇÕES

Leia mais

P-55 - CASE HOSP. ALBERT EINSTEIN - Trilhas de Aprendizagem Einstein. Priscila Nardi Moreira Euma Ferreira de Sousa

P-55 - CASE HOSP. ALBERT EINSTEIN - Trilhas de Aprendizagem Einstein. Priscila Nardi Moreira Euma Ferreira de Sousa P-55 - CASE HOSP. ALBERT EINSTEIN - Trilhas de Aprendizagem Einstein Priscila Nardi Moreira Euma Ferreira de Sousa Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein - SBIBAE 2 Ano de 2014 Privado

Leia mais

Escritório de Processos. Palestrante: Marcelo Breyer Amorim Gerente do Centro de Serviços Compartilhados

Escritório de Processos. Palestrante: Marcelo Breyer Amorim Gerente do Centro de Serviços Compartilhados Escritório de Processos Palestrante: Marcelo Breyer Amorim Gerente do Centro de Serviços Compartilhados Agenda 1 O que é o Sistema FIRJAN 2 Fatores para implantação 3 4 Histórico de Processos Missão e

Leia mais

Quando duas pessoas trocam um objeto, cada

Quando duas pessoas trocam um objeto, cada Quando duas pessoas trocam um objeto, cada uma fica com apenas um dos objetos trocados Na troca de idéias e conhecimentos... Entre duas pessoas, eles se somam Entre muitas pessoas, eles se multiplicam

Leia mais

Ouvidoria Unimed-Rio Seminário de Atualização e Implantação de Ouvidoria do Sistema Unimed

Ouvidoria Unimed-Rio Seminário de Atualização e Implantação de Ouvidoria do Sistema Unimed Ouvidoria Unimed-Rio Seminário de Atualização e Implantação de Ouvidoria do Sistema Unimed Missão, Visão e Valores da Unimed-Rio Missão: Oferecer soluções éticas e de qualidade em saúde, compartilhando

Leia mais

Câmara Americana de Comércio Brasil-Estados Unidos (Amcham) POA.

Câmara Americana de Comércio Brasil-Estados Unidos (Amcham) POA. Câmara Americana de Comércio Brasil-Estados Unidos (Amcham) POA http://www.amcham.com.br/ Missão do Comitê de Sustentabilidade Promover o diálogo e a mobilização sobre sustentabilidade por meio de diferentes

Leia mais

Profa. Lillian Alvares Faculdade de Ciência da Informação, Universidade de Brasília

Profa. Lillian Alvares Faculdade de Ciência da Informação, Universidade de Brasília Modelo de Excelência em Gestão Profa. Lillian Alvares Faculdade de Ciência da Informação, Universidade de Brasília Conceitos Fundamentais Os Fundamentos da Excelência em Gestão expressam conceitos que

Leia mais

NOSSA HISTÓRIA É CHOCOLATE

NOSSA HISTÓRIA É CHOCOLATE NOSSA HISTÓRIA É CHOCOLATE HISTÓRICO: Fundada em 17 DE SETEMBRO DE 1891 TROCA ACIONÁRIA 1891 1982 Família Neugebauer 1982 1998 Grupo Fenícia 1998-2002 Parmalat 1º Setembro 2002 Florestal Alimentos SA A

Leia mais

SISTEMÁTICA DE ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO

SISTEMÁTICA DE ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO SISTEMÁTICA DE ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO JÚLIO MÜLLER DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO MATO GROSSO OUTUBRO DE 2013 SUMÁRIO MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO... 1 1. Núcleo de Informações

Leia mais

Pós-graduação Lean Operations Management. Pós-Graduação LEAN OPERATIONS MANAGEMENT

Pós-graduação Lean Operations Management. Pós-Graduação LEAN OPERATIONS MANAGEMENT Pós-Graduação LEAN OPERATIONS MANAGEMENT A Learning Factory tem actualmente como parceiros: 1. Plano curricular (módulos e carga horária) Formação Inicial (4 módulos) Learning Factory Workshop Estágio

Leia mais

Gestão de desempenho com base em competências

Gestão de desempenho com base em competências Gestão de desempenho com base em competências Working Paper EXECUTIVE 2 de abril de 2008 Sergio Ricardo Goes Oliveira Gestão de desempenho com base em competências Working Paper Objetivo Este documento

Leia mais

Instituto Sindipeças de Educação Corporativa

Instituto Sindipeças de Educação Corporativa Instituto Sindipeças de Educação Corporativa 2016 Instituto Sindipeças de Educação Corporativa Inovação e Sustentabilidade Gestão de Mercado Escolas Gestão de Negócios Manufatura e Supply Chain Gestão

Leia mais

Gestão do Conhecimento

Gestão do Conhecimento Encontro GIGCI Outubro, 2008 1 Grupo Gerdau 107 anos de existência Foco em siderurgia Mercado de capitais: Bovespa NYSE Latibex Toronto Brasil EUA Espanha Canadá Maior produtor de aços longos das Américas

Leia mais

Política de Comunicação Corporativa

Política de Comunicação Corporativa Assistência de Comunicação Institucional Julho de 2012 Introdução Nesta Política de Comunicação estão apresentados os fundamentos da estratégia de comunicação da Celesc Holding e das suas subsidiárias

Leia mais

Curso de Integração. Competência do HSPM no atendimento ao Servidor Público Municipal

Curso de Integração. Competência do HSPM no atendimento ao Servidor Público Municipal SAÚDE Curso de Integração Competência do HSPM no atendimento ao Servidor Público Municipal Realização: DERH/Cogep/Sempla Apoio: Gestão de Talentos/HSPM/SMS NÚCLEO ADMINISTRATIVO DO HSPM: Dra. Regina Lúcia

Leia mais

NOÇÕES DE GESTÃO PÚBLICA

NOÇÕES DE GESTÃO PÚBLICA NOÇÕES DE GESTÃO PÚBLICA FUNDAÇÃO CARLOS CHAGAS (FCC) TÉCNICO TRT s 06 PROVAS 33 QUESTÕES (2012 2010) A apostila contém provas de Noções de Gestão Pública de concursos da Fundação Carlos Chagas (FCC),

Leia mais

I Congresso CONSAD de Administração Pública

I Congresso CONSAD de Administração Pública I Congresso CONSAD de Administração Pública I Congresso CONSAD de Administração Pública Criação dos núcleos de administração sistêmica inovando a gestão de serviços administrativos em Mato Grosso. Antecedentes

Leia mais

CERTIFICAÇÃO DE DESEMPENHO DOS PAINÉIS DE CONTRIBUIÇÃO

CERTIFICAÇÃO DE DESEMPENHO DOS PAINÉIS DE CONTRIBUIÇÃO CERTIFICAÇÃO DE DESEMPENHO DOS PAINÉIS DE CONTRIBUIÇÃO Certificações O MPF passa por um processo de certificação de qualidade em suas várias instâncias. A certificação pode ser: Por exemplo, Certificação

Leia mais

Para garantir uma prestação de serviços de qualidade nas APAEs é fundamental que haja um Gerenciamento de Recursos Humanos com objetivos claros.

Para garantir uma prestação de serviços de qualidade nas APAEs é fundamental que haja um Gerenciamento de Recursos Humanos com objetivos claros. Para garantir uma prestação de serviços de qualidade nas APAEs é fundamental que haja um Gerenciamento de Recursos Humanos com objetivos claros. AS PESSOAS DETERMINAM A CAPACIDADE DE DESEMPENHO DE UMA

Leia mais

Workshop Engenharia de Vendas Paulo Emílio Vaz

Workshop Engenharia de Vendas Paulo Emílio Vaz Workshop Engenharia de Vendas Paulo Emílio Vaz 1 O Engenheiro de Vendas, perspectivas profissionais e de mercado e o modelo mais adequado para realizar suas vendas 2 Cenários Fusões Concorrência mais agressiva

Leia mais

Novembro de 2011. O fazemos:

Novembro de 2011. O fazemos: Novembro de 2011 O fazemos: A nossa missão é por excelência acolher, atender, informar e orientar os clientes para a resolução dos seus problemas dentro ou fora da Autarquia. Pretendemos ser reconhecidos

Leia mais

Quadro Demonstrativos dos Indicadores X Objetivos Estratégicos

Quadro Demonstrativos dos Indicadores X Objetivos Estratégicos Índice de métodos e técnicas de gestão de pessoas revistos, estruturados, registrados e validados OBJETIVO 1: Aperfeiçoar Política, Métodos e Técnicas de Gestão de Pessoas (ênfase na gestão por competências)

Leia mais

Centro de Excelência em Engenharia, Suprimento e Construção. Pedro Barusco Filho Gerente Executivo da ENGENHARIA

Centro de Excelência em Engenharia, Suprimento e Construção. Pedro Barusco Filho Gerente Executivo da ENGENHARIA Centro de Excelência em Engenharia, Suprimento e Construção Pedro Barusco Filho Gerente Executivo da ENGENHARIA São Paulo, 22 de novembro de 2006 Origem do Centro de Excelência O Projeto foi proposto pela

Leia mais

FERRAMENTA PRÁTICAS DE SUSTENTABILIDADE 11ª PRÊMIO BRASIL AMBIENTAL DA AMCHAM RIO - INOVAÇÃO

FERRAMENTA PRÁTICAS DE SUSTENTABILIDADE 11ª PRÊMIO BRASIL AMBIENTAL DA AMCHAM RIO - INOVAÇÃO FERRAMENTA PRÁTICAS DE SUSTENTABILIDADE 11ª PRÊMIO BRASIL AMBIENTAL DA AMCHAM RIO - INOVAÇÃO CONCREMAT 60 DE ATUAÇÃO ANOS NOSSA MISSÃO ASSUMIMOS DESAFIOS COM OUSADIA E COMPETÊNCIA, PROVENDO SOLUÇÕES INTEGRADAS

Leia mais

UNIVERSEG. Educação Financeira Cultura do Seguro. Abril 2014

UNIVERSEG. Educação Financeira Cultura do Seguro. Abril 2014 UNIVERSEG Educação Financeira Cultura do Seguro Abril 2014 Princípios da Organização Focado na Estratégia DIRECIONADORES ESTRATÉGICOS Clientes e Mercado Aprendizado e Crescimento Disseminar a Cultura do

Leia mais

Treinamento e Desenvolvimento

Treinamento e Desenvolvimento Aula 8 Treinamento e Desenvolvimento Agenda 1 Seminário 2 Treinamento e Desenvolvimento 3 Desenvolvimento de Lideranças 1 Seminário 3 The Young and the Clueless Bunker, K. A.; Kram, K. E.; Ting, S. HBR,

Leia mais

Governança de Processos no Serpro. Palestrante: Adinilson Martins

Governança de Processos no Serpro. Palestrante: Adinilson Martins Governança de Processos no Serpro Palestrante: Adinilson Martins Planejamento Estratégico Ciclo 2009-2010 Tornar claros os principais processos organizacionais identificando todas as conexões interáreas

Leia mais

Clique nos macroprocessos e conheça os processos da Unimed do Brasil

Clique nos macroprocessos e conheça os processos da Unimed do Brasil Clique nos macroprocessos e conheça os processos da Unimed do Brasil GESTÃO DA ESTRATÉGIA 1.1. Gestão da Estratégia FLX.019 GESTÃO ESTRATÉGICA 1.2. Gestão dos Indicadores de Desempenho FLX.026 GESTÃO ESTRATÉGICA

Leia mais

SEMINÁRIO INTERNACIONAL EM BUSCA DA EXCELÊNCIA

SEMINÁRIO INTERNACIONAL EM BUSCA DA EXCELÊNCIA SEMINÁRIO INTERNACIONAL EM BUSCA DA EXCELÊNCIA CONSTRUINDO A EXCELÊNCIA A AGENDA O Escritório de Engenharia Joal Teitelbaum - PERFIL O Projeto da Qualidade (Onde Começou) As Fundações (Fundamentos) A Estrutura

Leia mais

Visão, Missão, Estratégia e Valores

Visão, Missão, Estratégia e Valores Visão, Missão, Estratégia e Valores Nossa visão Ser a empresa de revestimentos de liderança mundial, oferecendo, de forma consistente, soluções de alta qualidade, inovadoras e sustentáveis, nas quais os

Leia mais

Público Alvo: Empresas de micro e pequeno porte do setor de Tecnologia da Informação.

Público Alvo: Empresas de micro e pequeno porte do setor de Tecnologia da Informação. GESTÃO COMERCIAL Entidade Proponente: IEL/NR Minas Gerais e SEBRAE Minas Público Alvo: Empresas de micro e pequeno porte do setor de Tecnologia da Informação. OBJETIVOS Geral: Apresentar abordagens integradas

Leia mais

Pesquisa, Inovação e Capacitação em Energia a experiência da FGV. Paulo César Cunha FGV Energia

Pesquisa, Inovação e Capacitação em Energia a experiência da FGV. Paulo César Cunha FGV Energia Pesquisa, Inovação e Capacitação em Energia a experiência da FGV Paulo César Cunha FGV Energia Há 70 anos a FGV nasceu com o objetivo de preparar pessoal qualificado para a administração pública e privada

Leia mais

Romagnole Produtos Elétricos S.A. Gestão de Pessoas

Romagnole Produtos Elétricos S.A. Gestão de Pessoas Romagnole Produtos Elétricos S.A. Gestão de Pessoas Linha do tempo Unidades e Negócios Transformadores Classe de tensão - 15kV; 24,2 kv e 36,2 kv Distribuição - Monofásico: 5 kva à 100 kva Distribuição

Leia mais

Elaboração do Plano de Gestão de Logística Sustentável do Senado Federal - PGLS

Elaboração do Plano de Gestão de Logística Sustentável do Senado Federal - PGLS Elaboração do Plano de Gestão de Logística Sustentável do Senado Federal - PGLS Sustentabilidade Contexto Aumento no número de pessoas Maior quantidade de recursos explorados Produção e consumo: compras

Leia mais

Os Desafios das Organizações

Os Desafios das Organizações Excelência em Gestão ao alcance de todos CAMINHO PARA A QUALIDADE E COTITIVIDADE Os Desafios das Organizações Novas exigências dos mercados consumidores, Demandas da sociedade, Globalização, Aumento da

Leia mais

F:\CPG\PLANO DIRETOR DE GESTÃO - PDG\Comunicação_PDG\Site\PDG_Doumento-Referência\Plano Diretor de Gestão_Fev-2008site.doc

F:\CPG\PLANO DIRETOR DE GESTÃO - PDG\Comunicação_PDG\Site\PDG_Doumento-Referência\Plano Diretor de Gestão_Fev-2008site.doc PLANO DIRETOR DE GESTÃO - PDG MAIO - 2007 F:\CPG\PLANO DIRETOR DE GESTÃO - PDG\Comunicação_PDG\Site\PDG_Doumento-Referência\Plano Diretor de Gestão_Fev-2008site.doc GOVERNADOR DO ESTADO Jaques Wagner SECRETÁRIO

Leia mais

Federação Brasileira de Administradores Hospitalares

Federação Brasileira de Administradores Hospitalares Federação Brasileira de Administradores Hospitalares Os mais recentes e importantes avanços da administração hospitalar estarão em discussão na Revista Administrador Hospitalar da FBAH, além de melhores

Leia mais

PPA e o SUS: gestão, participação e monitoramento

PPA e o SUS: gestão, participação e monitoramento PPA e o SUS: gestão, participação e monitoramento Jorge Abrahão de Castro Diretor de Temas Sociais da SPI/MPOG Brasília-DF, 26 de agosto de 2015 1 Inovações para o PPA 2016-2019 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO

Leia mais

Gestão de pessoas e desempenho organizacional

Gestão de pessoas e desempenho organizacional Aula 12 Gestão de pessoas e desempenho organizacional Agenda 1 Seminário 2 Medindo a performance do RH 1 Seminário 5 Competing on talent analytics. Davenport, Harris & Shapiro. Harvard Business Review,

Leia mais

Gestão Estratégica da Qualidade

Gestão Estratégica da Qualidade UNIVERSIDADE DE SOROCABA Curso Gestão da Qualidade Gestão Estratégica da Qualidade Aula 08 25/10 Professora: Esp. Débora Ferreira de Oliveira Missão, Visão e Valores Missão: razão de ser de uma empresa,

Leia mais

Objetivos de cada frente de trabalho. Modelo de gestão pública por resultados. Monitoramento e avaliação de resultados

Objetivos de cada frente de trabalho. Modelo de gestão pública por resultados. Monitoramento e avaliação de resultados 1) Gestão e Planejamento Objetivos de cada frente de trabalho Modelo de gestão pública por resultados Monitoramento e avaliação de resultados Sistemática de avaliação de desempenho individual do servidor

Leia mais

Certificação da Qualidade e da Inovação. Ana Oliveira Preto

Certificação da Qualidade e da Inovação. Ana Oliveira Preto Certificação da Qualidade e da Inovação Ana Oliveira Preto Tópicos Breve apresentação da APCER A norma ISO 9001 A norma NP 4457 Certificação Apresentação APCER A APCER posiciona-se como parceiro global

Leia mais

Troféu CAB inovar. Patrícia Mistura André Nascimento

Troféu CAB inovar. Patrícia Mistura André Nascimento Troféu CAB inovar Patrícia Mistura André Nascimento Sobre a CAB ambiental Troféu CAB inovar O que é? Por quê? Primeira e segunda edições Formato Dados relevantes e resultados Conclusões Terceira edição

Leia mais

Samantha Albini. Sócia fundadora da RADAR Gestão para Advogados

Samantha Albini. Sócia fundadora da RADAR Gestão para Advogados Ministrante Samantha Albini Sócia fundadora da RADAR Gestão para Advogados Advogada,com experiência no contencioso e consultivo Ex-Controller Jurídico (por 8 anos) Ex-Gerente Jurídico Ex-Advogada em departamento

Leia mais

4ª Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação

4ª Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação 4ª Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação Aureliano da Costa Representante Sudeste João Weyl Representante Norte Janesmar Cavalcante Representante Nordeste João Carlos de Souza Maia Representante

Leia mais

Índice de Sustentabilidade Empresarial ISE. Índice Janeiro de 2016 Sustentabilidade Empresarial - ISE Confidencial Uso Interno x Público 1

Índice de Sustentabilidade Empresarial ISE. Índice Janeiro de 2016 Sustentabilidade Empresarial - ISE Confidencial Uso Interno x Público 1 Índice de Sustentabilidade Empresarial ISE Índice Janeiro de 2016 Sustentabilidade Empresarial - ISE Confidencial Uso Interno x Público 1 Sustentabilidade em Bolsas de Valores Estímulo à transparência

Leia mais

EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E T

EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E T SETEC EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA XXXV ENDP Porto Alegre, 02 de setembro de 2015. Histórico Organização da Educação Brasileira EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA Formação Inicial e Continuada

Leia mais

Experiência do Serviço Social no processo de acreditação no HUSH. TANIA MARA MAZUROK Assistente Social

Experiência do Serviço Social no processo de acreditação no HUSH. TANIA MARA MAZUROK Assistente Social Experiência do Serviço Social no processo de acreditação no HUSH TANIA MARA MAZUROK Assistente Social Hospital Unimed Santa Helena Desde 2000 é administrado pela Unimed Paulistana Estrutura Pronto Atendimento

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO GERENCIAL ANALISTA FGV EM MARKETING. www.strong.com.br

CURSO DE FORMAÇÃO GERENCIAL ANALISTA FGV EM MARKETING. www.strong.com.br CURSO DE FORMAÇÃO GERENCIAL ANALISTA FGV EM MARKETING ANALISTA FGV MARKETING 1 COORDENAÇÃO Coordenação Acadêmica: Prof Ricardo Franco Teixeira, Mestre 2 APRESENTAÇÃO O curso Analista capacita o profissional

Leia mais

Programa de Desenvolvimento Gerencial em Gestão de Projetos Instituto Brasileiro do Algodão - IBA

Programa de Desenvolvimento Gerencial em Gestão de Projetos Instituto Brasileiro do Algodão - IBA Programa de Desenvolvimento Gerencial em Gestão de Projetos Instituto Brasileiro do Algodão - IBA Proposta Ibmec Programa de Desenvolvimento Gerencial em Gestão de Projetos Módulo Planejamento e Gerenciamento

Leia mais

Construindo Gestão Eficaz da Segurança de Alimentos. Workshop Food Safety Campinas Abril / 2014

Construindo Gestão Eficaz da Segurança de Alimentos. Workshop Food Safety Campinas Abril / 2014 Construindo Gestão Eficaz da Segurança de Alimentos Workshop Food Safety Campinas Abril / 2014 Momentos de Reflexão... PENSE NA SUA EMPRESA OU NEGÓCIO E REFLITA : Minha Empresa / Negócio possuí planos

Leia mais

BABok 2.0, O Guia de Referência de Análise de Negócio

BABok 2.0, O Guia de Referência de Análise de Negócio Primeiro Módulo: Parte 2 BABok 2.0, O Guia de Referência de Análise de Negócio AN V 3.0 [60] Rildo F Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.br www.etecnologia.com.br http://etecnologia.ning.com

Leia mais

Sobre o Grupo Algar. Sobre a Algar Telecom

Sobre o Grupo Algar. Sobre a Algar Telecom Sobre o Grupo Algar É um dos principais grupos empresariais do Brasil, de capital nacional, empreendedor, fundado em 1929 e com atuação em todo o território nacional, Argentina, Colômbia e Chile. No grupo

Leia mais

Mecanismos Financeiros Ações em andamento no MMA. Secretaria de Biodiversidade e Florestas - SBF

Mecanismos Financeiros Ações em andamento no MMA. Secretaria de Biodiversidade e Florestas - SBF Mecanismos Financeiros Ações em andamento no MMA Secretaria de Biodiversidade e Florestas - SBF Iniciativas em andamento A Economia dos Ecossistemas e da Biodiversidade TEEB Brasil Compensação por significativo

Leia mais

Modelagem de processos e gestão da qualidade da fundação uniselva. Prof. Dr. Cristiano Maciel Diretor

Modelagem de processos e gestão da qualidade da fundação uniselva. Prof. Dr. Cristiano Maciel Diretor Modelagem de processos e gestão da qualidade da fundação uniselva Prof. Dr. Cristiano Maciel Diretor Fundação UNISELVA Missão: Apoiar as atividades de pesquisa, ensino, extensão, trinômio de sustentação

Leia mais

Título do Slide Máximo de 2 linhas

Título do Slide Máximo de 2 linhas Título do Slide 13ª Seminário Internacional de Gerenciamento de Projetos Perfil das funções dos escritórios de projetos em empresas desenvolvedoras de novos produtos Sanderson César M. Barbalho Setembro,

Leia mais

Sucesso é uma escolha.

Sucesso é uma escolha. Sucesso é uma escolha. Quem é Vanessa Agenda Lima? Dia 1 Especialista em Coaching Executivo e de Carreira. Psicóloga, formada pela PUC-Minas, pós-graduada em Gestão de Pessoas na Fundação Dom Cabral, cursou

Leia mais

Prof. Cleber Ricardo Paiva. Sistemas de Gestão Integrados Pós-graduação Latu Sensu em Gestão Empresarial. Sistemas de Gestão Integrados.

Prof. Cleber Ricardo Paiva. Sistemas de Gestão Integrados Pós-graduação Latu Sensu em Gestão Empresarial. Sistemas de Gestão Integrados. 1 Sistemas de Gestão Integrados Gestão da Qualidade Pós graduação Latu Sensu em Gestão Empresarial Ribeirão Preto E-mail: crpaiva@faap.br CONTEÚDO Motivações Fundamentos de Gestão da Qualidade Evolução

Leia mais

EDUCAÇÃO CORPORATIVA EDUCAÇÃO PARA A VIDA PROFISSIONAL

EDUCAÇÃO CORPORATIVA EDUCAÇÃO PARA A VIDA PROFISSIONAL EDUCAÇÃO CORPORATIVA EDUCAÇÃO PARA A VIDA PROFISSIONAL O que é o SENAI? Criado em 1942, por iniciativa do empresariado do setor, o SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) é hoje um dos mais

Leia mais

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL PUBLICADO EM 01/08/2015 VÁLIDO ATÉ 31/07/2020 ÍNDICE POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL 1. OBJETIVO...3 2. APLICAÇÃO...3 3. IMPLEMENTAÇÃO...3 4. REFERÊNCIA...3

Leia mais

I Seminário Internacional de Atenção Primária em Saúde de São Paulo. Consolidando a eficiência do Sistema e a qualidade da atenção à saúde

I Seminário Internacional de Atenção Primária em Saúde de São Paulo. Consolidando a eficiência do Sistema e a qualidade da atenção à saúde I Seminário Internacional de Atenção Primária em Saúde de São Paulo Consolidando a eficiência do Sistema e a qualidade da atenção à saúde Missão A OS -ACSC, imbuída de filosofia cristã, tem como missão

Leia mais

PLANEJAMENTO & GESTÃO. Pensando estrategicamente...

PLANEJAMENTO & GESTÃO. Pensando estrategicamente... PLANEJAMENTO & GESTÃO Pensando estrategicamente... Situações capazes de provocar mudanças crises e incertezas; novas oportunidades; novas diretrizes internas ou externas. Pensar e Agir Estrategicamente

Leia mais

Centro Rio+ Centro Mundial para o Desenvolvimento Sustentável

Centro Rio+ Centro Mundial para o Desenvolvimento Sustentável Comunicado à Imprensa Fonte: Ministério das Relações Exteriores Centro Rio+ Centro Mundial para o Desenvolvimento Sustentável O Governo Federal, em coordenação com o Governo do Estado do Rio de Janeiro,

Leia mais

PLANO DE AÇÃO. Planejamento Estratégico 2015-2019. Planilha1 5. CONSOLIDAR A IDENTIDADE E IMAGEM INSTITUCIONAL. Objetivo Estratégico:

PLANO DE AÇÃO. Planejamento Estratégico 2015-2019. Planilha1 5. CONSOLIDAR A IDENTIDADE E IMAGEM INSTITUCIONAL. Objetivo Estratégico: Planilha1 5. CONSOLIDAR A IDENTIDADE E IMAGEM INSTITUCIONAL Indicador: Relação candidato X vaga Meta: 6 Ano: 215 Comunicação da Estratégia institucional UG Responsável: Gabinete / Campus Prazo: 1 de janeiro

Leia mais

GESTÃO POR PROCESSOS

GESTÃO POR PROCESSOS GESTÃO POR PROCESSOS O que é um Processo: Uma série de ações que produz um resultado que agrega valor ao produto ou serviço. Gestão de Processos: Conjunto de ações sistemáticas, baseadas em fatos e dados

Leia mais

Criatividade, Processos e Tecnologia: a arte de viabilizar projetos

Criatividade, Processos e Tecnologia: a arte de viabilizar projetos Criatividade, Processos e Tecnologia: a arte de viabilizar projetos Resumo 1. A Fiotec. 2. O problema: demandas que conferem valor agregado ao projeto, mas que fogem ao padrão de apoio. 3. O ambiente:

Leia mais

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA APRESENTAÇÃO CORPORATIVA Apresentação Soluções de Futuro A TwoSoft Systems é uma empresa angolana que se dedica ao Desenvolvimento de Software, Consultoria Informática e Assistência Técnica Especializada.

Leia mais

AHPTUS. PLANEIE O FUTURO DA SUA ORGANIZAÇÃO. AhptusAcademia de. Competências

AHPTUS. PLANEIE O FUTURO DA SUA ORGANIZAÇÃO. AhptusAcademia de. Competências AHPTUS. PLANEIE O FUTURO DA SUA ORGANIZAÇÃO. AhptusAcademia de Competências AHPTUS. PLANEIE O FUTURO DA SUA ORGANIZAÇÃO. AhptusAcademia de Competências AHPTUS AHPTUS. A SUA ORGANIZAÇÃO CRESCE CONNOSCO.

Leia mais

Fotos: istockphoto e acervo Perfipar

Fotos: istockphoto e acervo Perfipar Fotos: istockphoto e acervo Perfipar Caro Funcionário, A Política de Recursos Humanos da Perfipar tem como objetivo definir as estratégias relacionadas às ações com seus profissionais. Estas estão sempre

Leia mais

Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde. Ministério da Saúde

Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde. Ministério da Saúde Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde Ministério da Saúde COOPERAÇÃO TÉCNICA BRASIL/CUBA/HAITI FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS DE NÍVEL MÉDIO DA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE Oficina de trabalho

Leia mais

5.1 Processo de Avaliação de Organizações Prestadoras de Serviços Hospitalares O processo de avaliação e visita deve ser orientado pela aplicação do

5.1 Processo de Avaliação de Organizações Prestadoras de Serviços Hospitalares O processo de avaliação e visita deve ser orientado pela aplicação do 5. PROCEDIMENTOS 5.1 Processo de Avaliação de Organizações Prestadoras de Serviços Hospitalares O processo de avaliação e visita deve ser orientado pela aplicação do Manual Brasileiro de Acreditação das

Leia mais

ASSESSORIA, CONSULTORIA E DESENVOLVIMENTO DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA O UP DA START-UP

ASSESSORIA, CONSULTORIA E DESENVOLVIMENTO DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA O UP DA START-UP ASSESSORIA, CONSULTORIA E DESENVOLVIMENTO DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA O UP DA START-UP Temas Introdução a Inovação O que é Inovação? Quais os tipos de Inovação? Por que Inovar? Como Inovar? O ciclo

Leia mais

DIAGNÓSTICO SITUACIONAL DO PODER JUDICIÁRIO DE SANTA CATARINA QUESTIONÁRIO

DIAGNÓSTICO SITUACIONAL DO PODER JUDICIÁRIO DE SANTA CATARINA QUESTIONÁRIO DIAGNÓSTICO SITUACIONAL DO PODER JUDICIÁRIO DE SANTA CATARINA QUESTIONÁRIO 1 APRESENTAÇÃO O Poder Judiciário de Santa Catarina (PJSC), dando início ao processo de revisão do seu Planejamento Estratégico

Leia mais

Sumário. 1. A AGERBA e o Relacionamento com a Sociedade. 2. Projeto Crescendo: regulação e cidadania ativa

Sumário. 1. A AGERBA e o Relacionamento com a Sociedade. 2. Projeto Crescendo: regulação e cidadania ativa Sumário 1. A AGERBA e o Relacionamento com a Sociedade 2. Projeto Crescendo: regulação e cidadania ativa Papel do Regulador Promover o equilíbrio entre usuários, prestadores e o poder concedente, em prol

Leia mais

MANUAL Árvore de Indicadores

MANUAL Árvore de Indicadores MANUAL Árvore de Indicadores Revisão do Planejamento Estratégico e desdobramentos Sumário Apresentação Árvore de Indicadores Conceitos e Desafios 03 03 Relação de Causa e Efeito 05 Construção da árvore

Leia mais

Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade

Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade Rede de pessoas e organizações voluntárias da nação brasileira, apartidária, ecumênica e plural, que visa o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento do

Leia mais

Formação COMPETÊNCIAS FORMAÇÃO PARA A PRODUTIVIDADE. Consultoria SERVIÇOS SOLUÇÕES À MEDIDA DE CADA CLIENTE PARA AUMENTO DE EFICIÊNCIA

Formação COMPETÊNCIAS FORMAÇÃO PARA A PRODUTIVIDADE. Consultoria SERVIÇOS SOLUÇÕES À MEDIDA DE CADA CLIENTE PARA AUMENTO DE EFICIÊNCIA OFERECEMOS SERVIÇOS DIFERENCIADOS, EM PARCERIA COM OS NOSSOS CLIENTES, DE FORMA A ULTRAPASSAR AS SUAS EXPECTATIVAS E A PRODUZIR RESULTADOS TRANSFORMATIVOS Ao unir o talento dos profissionais de todo o

Leia mais

ABNT NBR 16001:2012 Sistema de gestão em responsabilidade social

ABNT NBR 16001:2012 Sistema de gestão em responsabilidade social ABNT NBR 16001:2012 Sistema de gestão em responsabilidade social III Seminário sobre o Programa Brasileiro de Certificação em Responsabilidade Social José Salvador da Silva Filho Curso de Auditor Líder

Leia mais

Pilares do. médico de sucesso

Pilares do. médico de sucesso 3 Pilares do médico de sucesso 1 DESENVOLVER ALTA PERFORMANCE 2 CONHECER SOBRE O MARKETING 3 CONHECER SOBRE GESTÃO EM SAÚDE CELIANE GONÇALVES Atua na área de Marketing em Saúde há mais de 20 anos. É empreendedora,

Leia mais

Titulo (Tahoma 28, branco, bold)

Titulo (Tahoma 28, branco, bold) Titulo (Tahoma 28, branco, bold) Lançamento PQA 2011 22 de março 2011 Manaus /AM Histórico Corporativo Criação da Elektro a partir da Cisão da CESP Elektroé privatizada Tranferênciapara Prisma Energy

Leia mais

PMO. Gerente / Diretor. Cargo Função Superior CBO

PMO. Gerente / Diretor. Cargo Função Superior CBO Especificação de FUNÇÃO Função: PMO Código: Cargo Função Superior CBO Analista de Informática Gerente / Diretor Missão da Função Desafios Critérios de Medição - Manter Cliente satisfeito - Apoiar os Gerentes

Leia mais

Torne-se um Vendedor de Alta Performance!

Torne-se um Vendedor de Alta Performance! Torne-se um Vendedor de Alta Performance! O mais Atual e Efetivo Programa de Capacitação de Vendedores do Brasil! Desperte seu Potencial Infinito! Desenvolva uma Comunicação Poderosa e Realize Vendas de

Leia mais

Seminário Preparatório HABITAÇÃO

Seminário Preparatório HABITAÇÃO Seminário Preparatório Inclusão Social Como usar CT&I para promover a inclusão Social? HABITAÇÃO Engenheiro Teodomiro Diniz Camargos C â m a r a d a I n d ú s t r i a d a C o n s t r u ç ã o - F I E M

Leia mais

AGENDA DE PLANEJAMENTO 2012-2014. SUPERINTENDÊNCIA CENTRAL DE PLANEJAMENTO Dezembro de 2011 Vs 01 23/12/2011

AGENDA DE PLANEJAMENTO 2012-2014. SUPERINTENDÊNCIA CENTRAL DE PLANEJAMENTO Dezembro de 2011 Vs 01 23/12/2011 AGENDA DE PLANEJAMENTO 2012-2014 SUPERINTENDÊNCIA CENTRAL DE PLANEJAMENTO Dezembro de 2011 Vs 01 23/12/2011 Apresentação É fundamental, para a consolidação das ações previstas no Plano de Governo e no

Leia mais

INDICADORES e METAS Planejamento Estratégico

INDICADORES e METAS Planejamento Estratégico INDICADORES e METAS Planejamento Estratégico INDICADOR 1: Índice de satisfação do cliente Percentual de satisfação dos usuários com os serviços prestados pelo TRT, e dos magistrados e servidores com a

Leia mais

Novos Passos e Novo Modelo no Desenvolvimento do SIBRATEC Sistema Brasileiro de Tecnologia. Cristina Shimoda MCTI Edgard Rocca - Finep

Novos Passos e Novo Modelo no Desenvolvimento do SIBRATEC Sistema Brasileiro de Tecnologia. Cristina Shimoda MCTI Edgard Rocca - Finep Novos Passos e Novo Modelo no Desenvolvimento do SIBRATEC Sistema Brasileiro de Tecnologia Cristina Shimoda MCTI Edgard Rocca - Finep Sibratec Sistema Brasileiro de Tecnologia Decreto de instituição do

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO CONTINUADA E PERMANENTE EM SAÚDE

Leia mais

NAGEH Pessoas 17/06/2015. Compromisso com a Qualidade Hospitalar - 1991-2015. NAGEH Pessoas

NAGEH Pessoas 17/06/2015. Compromisso com a Qualidade Hospitalar - 1991-2015. NAGEH Pessoas 17/06/2015 Agenda 2015 Data de Reuniões Notificação por email Conteúdo 28/09/2015 14/09/2015 Eixo: Capacitação e Desenvolvimento de Pessoas 12 e 13/11/2015 Inscrições APM/CQH Curso: Gestão de Pessoas 14/12/2015

Leia mais

Centro Nacional de Conservação da Flora - CNCFLORA

Centro Nacional de Conservação da Flora - CNCFLORA INSTITUTO DE PESQUISAS JARDIM BOTÂNICO DO RIO DE JANEIRO JBRJ/MMA Centro Nacional de Conservação da Flora - CNCFLORA Projeto Nacional de Ações Integradas Público-Privadas para Biodiversidade PROBIO II

Leia mais

INSTRUMENTOS DE GESTÃO DA POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL. Prof. Eline Alcoforado Maranhão de Sá

INSTRUMENTOS DE GESTÃO DA POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL. Prof. Eline Alcoforado Maranhão de Sá INSTRUMENTOS DE GESTÃO DA POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL Prof. Eline Alcoforado Maranhão de Sá 1 A Norma Operacional NOB/SUAS 2005, da Política Nacional de Assistência Social consagra os eixos estruturantes

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Sobre a GFAI História A GFAI nasceu em 2010 a partir de um grupo formado por amigos e familiares cujo objetivo era democratizar o acesso a investimentos, planejamento financeiro

Leia mais

Contratação dos Profissionais de Enfermagem: a importância do processo de seleção na qualidade da assistência.

Contratação dos Profissionais de Enfermagem: a importância do processo de seleção na qualidade da assistência. Contratação dos Profissionais de Enfermagem: a importância do processo de seleção na qualidade da assistência. Autores: Mariangela Zoppi Marilene Ap. Leite Papa Patrícia Jorias ÁREA DE AÇÃO: - Santa Bárbara

Leia mais

Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização CGI EM AÇÃO NEP-MA

Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização CGI EM AÇÃO NEP-MA Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização CGI EM AÇÃO NEP-MA PROGRAMA GESPÚBLICA COMPETÊNCIAS BENEFÍCIOS NÍVEL DE RESPONSABILIDADES ATUAÇÃO Os Membros do Comitê Gestor Interno (CGI) PERFIL

Leia mais

Área de CONSTRUÇÃO CIVIL RESULTADOS ADEQUAÇÃO DE PROCESSOS NORMA DE DESEMPENHO GRUPO MINAS GERAIS S E N A I C I M A T E C REALIZAÇÃO

Área de CONSTRUÇÃO CIVIL RESULTADOS ADEQUAÇÃO DE PROCESSOS NORMA DE DESEMPENHO GRUPO MINAS GERAIS S E N A I C I M A T E C REALIZAÇÃO Palestra - NBR 15575 Desempenho das Edificações RESULTADOS ADEQUAÇÃO DE PROCESSOS NORMA DE DESEMPENHO GRUPO MINAS GERAIS REALIZAÇÃO APRESENTAÇÃO DA EMPRESA APRESENTAÇÃO A Construtora Lage foi fundada em

Leia mais

OTIC- IPS Oficina de Transferência de Tecnologia e Conhecimento

OTIC- IPS Oficina de Transferência de Tecnologia e Conhecimento INSTITUTO POLITÉCNICO DE SETÚBAL OTIC- IPS Oficina de Transferência de Tecnologia e Conhecimento 28 de Novembro de 2006 Agenda Como surgiu Missão Objectivos Estrutura organizativa Principais linhas de

Leia mais

FUNÇÃO DESENVOLVER PESSOAS:

FUNÇÃO DESENVOLVER PESSOAS: FUNÇÃO DESENVOLVER PESSOAS: Treinamento É o conjunto de métodos usados para transmitir aos funcionários novos e antigos as habilidades necessárias para o desempenho do trabalho. Treinamento Custo ou investimento?

Leia mais

FUNÇÃO DESENVOLVER PESSOAS:

FUNÇÃO DESENVOLVER PESSOAS: FUNÇÃO DESENVOLVER PESSOAS: Treinamento É o conjunto de métodos usados para transmitir aos funcionários novos e antigos as habilidades necessárias para o desempenho do trabalho. Referências: CHIAVENATO

Leia mais