Detalhes que se traduzem em lucros

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Detalhes que se traduzem em lucros"

Transcrição

1 Detalhes que se traduzem em lucros 7/2013 Temos uma sobrecarga de dados. Durante as primeiras semanas de operação, o serviço de observação do espaço Sloan Digital Sky Survey (http://www.sdss.org) compilou mais dados que os acumulados ao longo de toda a história da astronomia. Em 2010, seu arquivo continha 140 terabytes de informação. O Grande Telescópio de Rastreio Sinóptico, que começará a operar no Chile em 2016, ofuscará essa façanha adquirindo essa quantidade de dados a cada cinco dias. Acontece a mesma coisa na indústria da mineração; a integração da tecnologia em quase todos os processos gera uma imensa quantidade de dados resultantes de um grande número de sistemas independentes. Os produtos operacionais do MineSight aliviaram a carga de reunir e compilar manualmente dados relevantes, centralizando os dados e proporcionando a inteligência empresarial e a análise do negócio para as operações, a engenharia e a gestão de todos os dias. As ferramentas de engenharia do MineSight Axis (MSAxis), utilizadas no cotidiano, compilam e processam a informação. As tarefas ETL (extrair, transformar e carregar, por sua sigla em inglês) realizadas por Mintec, junto com a centralização de dados do Axis, fornecem o Quê (a inteligência empresarial) frente à disparidade de dados proporcionados desde diversos sistemas de mineração. O MineSight Performance Management (MSPM) utiliza esta informação para melhorar as comunicações e para definir, otimizar e controlar os processos, baseando-se nas análises descritivas, preditivas e prescritivas. O novo sistema MineSight Performance Manager oferece o Por quê (a análise da atividade mineradora) e o impacto do Quê. As tarefas típicas de planejamento, geração de relatórios e intercâmbio de dados implicam a compilação de grandes quantidades de informação, utilizando conjuntos de planilhas de cálculo, bases de dados e relatórios que discordam entre si. Historicamente, esse processo lento foi o obstáculo que demorou a oportuna entrega de informação para uma análise adequada da fragmentação. A capacidade de administrar dados de fragmentação é o componente chave do MSPM. A otimização dos resultados do material fragmentado melhora a produção de caminhões e escavadeiras, a estabilidade de taludes e o piso de lavra; aumenta o processamento e a recuperação do minério. RECONCILIAÇÃO DE FOGOS - Desenho vs. Execução Uma das ferramentas centrais do MSPM é o painel do instrumento Shot Reconciliation, um conjunto de painéis navegáveis interativos para produzir relatórios que permitem a análise dos dados. 1

2 O painel superior, localizado à esquerda, contém o resumo dos indicadores chave, que normalmente se estabelecem nas diferentes fontes de dados e são compilados em uma intrincada combinação de livros do Microsoft Excel. O MSPM reúne toda essa informação em um painel de instrumento. Alguns dos indicadores padrão que administram esta ferramenta operativa são: Custos de perfuração Custos de explosivo Qualidade do furo Área/volume/tonelagem Consumo dos produtos KCAL (energia explosiva) Fatores de carga Taxas de penetração Com o MSPM, a informação fica disponível à medida que se completa cada uma das etapas dos processos de perfurações e detonações. Em alguns casos, a informação está disponível no mesmo instante da transferência automática desde os sistemas FMS ou DFMS (tempo real ou quase real). Os indicadores chave de desempenho (KPIs) estão unificados e ficam à disposição dos engenheiros, do pessoal das perfurações e detonações, também dos gerentes e pessoal encarregado da tomada de decisões, e que talvez não sejam usuários do MineSight nem especialistas na SQL ou nos dados, sem necessidade de abrir um documento do Excel. Clicando no local indicado, fica selecionada a coluna associada na tabela inferior, o gráfico apresenta a informação correspondente e o mapa 3D estará ganhando força. Avaliação e controle de qualidade dos planos de fogo O MSPM proporciona este relatório de avaliação e controle para examinar mais detalhadamente a execução do plano desenhado das perfurações. Os principais componentes desta ferramenta são o cartão de pontuação resumido (canto superior à esquerda), o detalhe/resumo dos furos fora do alcance (localizado à esquerda abaixo) e o mapa 3D, que contém o plano executado e os polígonos da área de influência (AOI). Esses polígonos servem de guia visual dos diversos indicadores porque comunicam seus valores nas categorias codificadas por cores, que oscilam entre cores frias (valores inferiores) e quentes (valores mais altos). 2

3 O resumo dos furos fora do alcance mostrado a seguir, indica a variação total, variação média e o desvio padrão, bem como mín. e máx.: Quando um indicador é ampliado, são apresentados os furos expostos. A seleção destaca estes poços no mapa mostrado à direita: 3

4 Fragmentação projetada (PF) Kuz-Ram é para a detonação o que Lerchs-Grossmann é para a otimização da cava. Combinando o desenho de planos de fogo no MineSight 3D, a compilação e a atribuição dos indicadores para Kuz-Ram no MineSight Interactive Planner (MSIP), para planejar detonações, junto com a avaliação dos resultados, o MSPM poderá realizar um fino ajuste do plano de detonação, com o objetivo de responder ao tamanho correto da fragmentação para cada cliente da mina. Um exemplo é que para satisfazer os requisitos econômicos e de produção para o moinho triturador, poderá haver a necessidade de um tamanho P80 de Possivelmente sejam requeridos tamanhos similares para poder satisfazer o material para mistura e pilha de estocagem. No entanto, quando se trata de material sem triturar (ROM) ou estéril, existe a possibilidade de enviar material ligeiramente maior, sem interromper a produtividade da escavadeira nem ocasionar problemas de segurança aos operadores. Neste caso, pode utilizar a Predicted Fragmentation para analisar o melhor cenário da fragmentação projetada, visando o controle de custos e processos posteriores à fragmentação. Pode ajustar o resultado projetado de modo que satisfaça os requisitos dos objetivos esperados, mudando o explosivo, o afastamento ( burden ), o espaçamento ou a profundidade do plano dentro do MineSight. Consideram-se nesta ferramenta os três fatores principais para a eficiência de uma detonação: Distribuição da energia Confinamento da energia Nível de energia explosiva Os princípios de um bom desenho de detonação apontam a uma distribuição equilibrada da energia dentro da massa rochosa para conseguir uma fragmentação uniforme. O afastamento e o espaçamento corretos para atingir a relação de rigidez adequada são essenciais, bem como a consideração das formações geológicas. As propriedades das rochas e suas estruturas têm uma influência enorme nos resultados da fragmentação. O relatório considera que as propriedades físicas da rocha, bem como a resistência à compressão não confinada (CNC), constituem um indicador importante na avaliação dos resultados projetados. 4

5 P80 vs. Taxa de arranque - Fragmentação vs. Produção Um método valioso para analisar os efeitos das perfurações e detonações sobre o rendimento consiste em medir a eficiência de lavra da frota de escavadeiras. A medida do tempo gasto dedicada para a carga, dentro do ciclo da escavadeira, é um bom indicador. A seguir, mostramos as toneladas/horas vs. P80 em uma janela de tempo: O painel de instrumento P80 vs. Digrate apresenta os resultados reais P80 junto com a curva em forma de sino desejada para o mesmo período. A linha azul mostrada acima (no gráfico), indica a média da taxa de arranque para a frota. É possível ver a tendência descendente na medida em que aumentam os tamanhos da categoria P80. Esse dado é possível relacionando os dados do seu sistema de gestão de frotas (FMS) e os de fragmentação. A mesma informação apresentada de maneira diferente mostra o pico de rendimento e a nivelação da taxa de arranque da frota (barras douradas), enquanto o resultado P80 ótimo (linha vermelha) fica mais perto do tamanho da categoria objetivada. Outros métodos incluem a observação de P80 em comparação com Kcal, tipo de rocha, afastamento e espaçamento, mineralogia ou litologia. Painel Explosive Consumption Esta é a solução interativa para a análise dos custos associados com a detonação, através do consumo de explosivos. É o resultado da combinação de explosivos reais utilizados, preços atuais no momento da execução e centralização desta informação a partir de uma implementação do MSAxis. 5

6 Este painel permite selecionar vários fogos em uuma bancada, com o objetivo de realizar o rastreamento de preços para um período específico ou uma categoria de padrões. Admite a exportação eletrônica para muitos formatos, inclusive para vários formatos de texto: Aplicação prática do MSPM com perfurações e detonações: A criação dos polígonos da área de influência (AOI) são um componente padrão no MSAxis D&B. Esta função emprega polígonos Thyssen baseados na relação espacial de cada furo de mina e outros existentes ao redor. O método AOI supera amplamente a simples designação de um fator fixo no que se baseia o afastamento e o espaçamento para cada poço. No MineSight 3D, é possível visualizar o fator KCal/Ton planejado (conhecido também como o fator de energia) no plano desenhado. O centro do fogo demonstra que a distribuição é bastante semelhante na maior parte do plano (desenho localizado abaixo à esquerda). Observam-se algumas questões óbvias relacionadas com o fator de energia ao redor de quase todo o perímetro do padrão. Assim mesmo, podemos ver no plano executado, a modificação da orientação do polígono AOI (imagem localizada abaixo no centro). Comparando o que foi executado sobre o que foi planejado, é possível ver claramente a variação que sofreu em relação ao desenho. 6

7 As discrepâncias são evidentes. Mas as dúvidas continuam: Quão ruim é isto? De quê maneira afetará meus resultados de fragmentação? O que eu posso fazer para resolvê-lo? Quando os polígonos AOI utilizam-se desde o MSPM, permitem obter uma amostra gráfica poderosa dos atributos selecionados. Uma vantagem chave dos produtos operacionais do MineSight é a capacidade de aproveitar uma compilação de dados centralizada (e, em alguns casos, automatizada) dentro de seus produtos fundamentais para o sistema de gestão de base de dados relacional (RDBMS, por sua sigla em inglês): MineSight Planning Database (MSPD) e MineSight Torque. Pode analisar e ajustar os dados poucos minutos depois de terminar seu plano (caso disponha de tempo antes que o fogo seja programado). Assim que for carregado e atribuído o último bit de informação relevada, é fácil visualizar o desvio em relação ao plano de perfuração. Normalmente, as variações que possuem menos da metade do diâmetro da broca são considerados desprezíveis. É designada uma maior importância para os casos em que os furos atingem uma variação que é muito maior do que o largo da broca em relação ao desenho; onde a variação Z é muito profunda ou curta, e no pior dos casos, acontece quando o furo falha e não pode ser carregado (conhecido frequentemente como poço tampado) ou ficou completamente omitido. Quando o tempo o permite, o buraco pode ser novamente perfurado ou então perfurar um novo perto da falha. Este é o melhor dos cenários. Com mais frequência que a desejada, a equipe de detonação fica ansiosamente esperando, em um extremo do plano, enquanto a sonda completa o último dos furos no outro extremo. Com o MSPM, você pode visualizar a área AOI executada e analisar a variação de KCAL/ton. para verificar se a nova distribuição de energia bastar para cobrir as necessidades de fragmentação pretendidas. As diferenças entre o plano planejado e o executado, podem ser ajustadas rapidamente com os produtos operacionais do MineSight. 7

8 É simples modificar os furos adjacentes para ajustar (aumentar) o fator de energia com MSAxis Calculate & Attribute: Selecione um polígono AOI com o propósito de escolher manualmente os furos necessários para aumentar ou reduzir o fator de energia. Depois de uniformar este fator e de acrescentar energia adicional ao redor dos buracos e os furos tampados, pode verificar a nova distribuição no MSPM: 8

9 É possível observar a homogeneização da energia onde o espaçamento é mais uniforme. As áreas em azul-claroe branco representam áreas de atenção ao redor de buracos e furos tampados. O último passo consiste em exportar o novo plano para a equipe de detonação com o MSAxis Exporter: Os produtos operacionais do MineSight são projetados para otimizar as operações diárias por meio de fluxos de trabalho repetíveis, auditáveis e fáceis de aprender para as operações de perfuração e detonação e controle de teores. O MSPM adiciona um valor único aos seus investimentos tecnológicos, nos sistemas FMS e DFMS, integrando seus dados de produtividade com os da engenharia e planejamento. O MSPM é uma plataforma centralizada para um conjunto de ferramentas analíticas e de criação de relatórios disponíveis para uma diversidade de usuários. A versão inicial irá incluir ferramentas para controle de teores, reconciliação e conformidade com o plano (Grade Control, Reconciliation e Compliance), além das perfurações e detonações (Drill and Blast) 9

Professor: Macêdo Firmino Informática para Administração Introdução ao Excel

Professor: Macêdo Firmino Informática para Administração Introdução ao Excel Professor: Macêdo Firmino Informática para Administração Introdução ao Excel Excel é um programa de planilhas do sistema Microsoft Office. Você pode usar o Excel para criar e formatar pastas de trabalho

Leia mais

UM PLANO DE MINA INTEGRADO: CONECTANDO ESTRATÉGIAS DE PLANIFICAÇÃO DE LONGO, MÉDIO E CURTO PRAZO EM PEÑASQUITO, DA GOLDCORP

UM PLANO DE MINA INTEGRADO: CONECTANDO ESTRATÉGIAS DE PLANIFICAÇÃO DE LONGO, MÉDIO E CURTO PRAZO EM PEÑASQUITO, DA GOLDCORP UM PLANO DE MINA INTEGRADO: CONECTANDO ESTRATÉGIAS DE PLANIFICAÇÃO DE LONGO, MÉDIO E CURTO PRAZO EM PEÑASQUITO, DA GOLDCORP Raul Ernesto Vivas, Mintec Inc., Tucson, AZ Angel Nava, Goldcorp, Zacatecas,

Leia mais

O MINESIGHT PARA GEÓLOGOS: Uma abordagem integrada quanto à modelagem geológica

O MINESIGHT PARA GEÓLOGOS: Uma abordagem integrada quanto à modelagem geológica a série mintec: integrada quanto à modelagem geológica O MINESIGHT PARA GEÓLOGOS: Uma abordagem integrada quanto à modelagem geológica O MineSight oferece aos geólogos, engenheiros e topógrafos uma solução

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft PowerPoint 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Encontre o que você precisa Clique

Leia mais

Version Notes (Notas da versão) Versão 4.11.1.7-26-02-2013

Version Notes (Notas da versão) Versão 4.11.1.7-26-02-2013 Florianópolis, 26 de fevereiro de 2013. Abaixo você confere as características e funcionalidades da nova versão 4.11.1.7 do Channel. Para quaisquer dúvidas ou na necessidade de maiores esclarecimentos,

Leia mais

PRIMAVERA P6 ANALYTICS DA ORACLE

PRIMAVERA P6 ANALYTICS DA ORACLE PRIMAVERA P6 ANALYTICS DA ORACLE O Primavera P6 Analytics da Oracle é um pacote de solução de inteligência de negócios que fornece percepções valiosas sobre seus projetos e portfólios no Primavera P6 Enterprise

Leia mais

Volvo construction equipment caretrack. guia técnico um tour das características on-line

Volvo construction equipment caretrack. guia técnico um tour das características on-line Volvo construction equipment caretrack guia técnico um tour das características on-line O CareTrack no trabalho O CareTrack é um sistema de monitoramento de máquinas projetado especificamente para ser

Leia mais

Dashboards dinâmicos para executivos

Dashboards dinâmicos para executivos dos produtos SAP Soluções SAP Crystal SAP Crystal Dashboard Design Objetivos Dashboards dinâmicos para executivos Transforme dados complexos em dashboards atraentes e interativos Transforme dados complexos

Leia mais

Unidade 1: O Painel de Controle do Excel *

Unidade 1: O Painel de Controle do Excel * Unidade 1: O Painel de Controle do Excel * material do 2010* 1.0 Introdução O Excel nos ajuda a compreender melhor os dados graças à sua organização em células (organizadas em linhas e colunas) e ao uso

Leia mais

Página 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA FERRAMENTA OFFICE ONLINE WORD ONLINE EXCEL ONLINE POWER POINT ONLINE

Página 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA FERRAMENTA OFFICE ONLINE WORD ONLINE EXCEL ONLINE POWER POINT ONLINE Página 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA FERRAMENTA OFFICE ONLINE WORD ONLINE EXCEL ONLINE POWER POINT ONLINE Página 2 Sumário Como começar usar?... 03 Iniciando o uso do OneDrive.... 04 Carregar ou Enviar os

Leia mais

Montar planilhas de uma forma organizada e clara.

Montar planilhas de uma forma organizada e clara. 1 Treinamento do Office 2007 EXCEL Objetivos Após concluir este curso você poderá: Montar planilhas de uma forma organizada e clara. Layout da planilha Inserir gráficos Realizar operações matemáticas 2

Leia mais

Microsoft Excel 2003

Microsoft Excel 2003 Associação Educacional Dom Bosco Faculdades de Engenharia de Resende Microsoft Excel 2003 Professores: Eduardo Arbex Mônica Mara Tathiana da Silva Resende 2010 INICIANDO O EXCEL Para abrir o programa Excel,

Leia mais

Ferramentas SIMARIS. Fácil, rápido e seguro planejamento de Distribuição de Energia Elétrica. Totally Integrated Power

Ferramentas SIMARIS. Fácil, rápido e seguro planejamento de Distribuição de Energia Elétrica. Totally Integrated Power s Totally Integrated Power Ferramentas SIMARIS Fácil, rápido e seguro planejamento de Distribuição de Energia Elétrica. Answers for infrastructure and cities. Planejamento de distribuição de energia mais

Leia mais

Volpe Enterprise Resource Planning

Volpe Enterprise Resource Planning Volpe Enterprise Resource Planning Este manual não pode, em parte ou no seu todo, ser copiado, fotocopiado, reproduzido, traduzido ou reduzido a qualquer mídia eletrônica ou máquina de leitura, sem a expressa

Leia mais

MSc. Daniele Carvalho Oliveira

MSc. Daniele Carvalho Oliveira MSc. Daniele Carvalho Oliveira AULA 2 Administração de Banco de Dados: MSc. Daniele Oliveira 2 CONCEITOS FUNDAMENTAIS DE BANCO DE DADOS Administração de Banco de Dados: MSc. Daniele Oliveira 3 Conceitos

Leia mais

Modelagem dos limites geológicos suaves

Modelagem dos limites geológicos suaves Modelagem dos limites geológicos suaves Introdução 7/2013 Antes de poder começar com o planejamento detalhado de uma mina, é necessário realizar uma minuciosa avaliação do recurso mineral. A avaliação

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO PRODUTO. Mais que um software, o método mais eficaz para conciliar.

APRESENTAÇÃO DO PRODUTO. Mais que um software, o método mais eficaz para conciliar. APRESENTAÇÃO DO PRODUTO Mais que um software, o método mais eficaz para conciliar. Com Conciliac é possível conciliar automaticamente qualquer tipo de transação; Bancos, Cartões de Crédito e Débito, Contas

Leia mais

Auto Treinamento. Versão 10.05.13

Auto Treinamento. Versão 10.05.13 Auto Treinamento Versão 10.05.13 Sumário 1. OBJETIVO... 3 2. CONCEITO DE BUSINESS INTELLIGENCE... 3 3. REALIZANDO CONSULTAS NO BI-PUBLIC... 4 3.2. Abrindo uma aplicação... 4 3.3. Seleções... 6 3.4. Combinando

Leia mais

20 Escola Digital Manual do Utilizador Professor

20 Escola Digital Manual do Utilizador Professor 20 Escola Digital Manual do Utilizador Professor Manual do Utilizador Professor... 1 1. Conhecer o 20 Escola Digital... 4 2. Autenticação... 6 2.1. Criar um registo na LeYa Educação... 6 2.2. Aceder ao

Leia mais

Manual de utilização da Plataforma Tracking.

Manual de utilização da Plataforma Tracking. Manual de utilização da Plataforma Tracking. A Plataforma Tracking é a mais moderna ferramenta para o rastreamento e monitoramento de veículos, objetos e pessoas que existe no mercado atualmente. Você

Leia mais

MICROSOFT EXCEL - AULA NÚMERO 06

MICROSOFT EXCEL - AULA NÚMERO 06 MICROSOFT EXCEL - AULA NÚMERO 06 IMPRIMINDO PLANILHAS E GRÁFICOS Até este ponto, você viu como introduzir dados e criar formulas, formatar texto e criar gráficos. Agora você vai apresentar os dados ou

Leia mais

Seu objetivo é encontrar o valor de T que maximiza o lucro médio por mês. Usando o Crystal Ball Crystal Ball implementa o seu modelo Excel permitindo

Seu objetivo é encontrar o valor de T que maximiza o lucro médio por mês. Usando o Crystal Ball Crystal Ball implementa o seu modelo Excel permitindo Política de Troca de Brocas de Perfuração Autor Crystal Ball Sumário Quando perfurando certos tipos de terrenos, a performance de uma broca de perfuração diminui com o tempo devido ao desgaste. Eventualmente,

Leia mais

Microsoft Access XP Módulo Um

Microsoft Access XP Módulo Um Microsoft Access XP Módulo Um Neste primeiro módulo de aula do curso completo de Access XP vamos nos dedicar ao estudo de alguns termos relacionados com banco de dados e as principais novidades do novo

Leia mais

Perguntas. Que todo usuário deveria fazer antes de comprar um software CAD de baixo custo. Por Robert Green, proprietário da Robert Green Consulting

Perguntas. Que todo usuário deveria fazer antes de comprar um software CAD de baixo custo. Por Robert Green, proprietário da Robert Green Consulting Perguntas Que todo usuário deveria fazer antes de comprar um software CAD de baixo custo Por Robert Green, proprietário da Robert Green Consulting 5 perguntas que todo usuário deveria fazer antes de comprar

Leia mais

Banco de Dados BrOffice Base

Banco de Dados BrOffice Base Banco de Dados BrOffice Base Autor: Alessandro da Silva Almeida Disponível em: www.apostilando.com 27/02/2011 CURSO TÉCNICO EM SERVIÇO PÚBLICO Apostila de Informática Aplicada - Unidade VI Índice Apresentação...

Leia mais

Curso de atualização Educação Integral e Integrada. Tutorial Moodle. Belo Horizonte, 2013.

Curso de atualização Educação Integral e Integrada. Tutorial Moodle. Belo Horizonte, 2013. Curso de atualização Educação Integral e Integrada Tutorial Moodle Belo Horizonte, 2013. 1. INTRODUÇÃO... 3 2. ACESSANDO O AMBIENTE... 4 3. CONHECENDO O AMBIENTE... 5 3.1. CAIXAS DE UTILIDADES... 5 4.

Leia mais

Noções de. Microsoft SQL Server. Microsoft SQL Server

Noções de. Microsoft SQL Server. Microsoft SQL Server Noções de 1 Considerações Iniciais Basicamente existem dois tipos de usuários do SQL Server: Implementadores Administradores 2 1 Implementadores Utilizam o SQL Server para criar e alterar base de dados

Leia mais

Clique no menu Iniciar > Todos os Programas> Microsoft Office > Publisher 2010.

Clique no menu Iniciar > Todos os Programas> Microsoft Office > Publisher 2010. 1 Publisher 2010 O Publisher 2010 é uma versão atualizada para o desenvolvimento e manipulação de publicações. Juntamente com ele você irá criar desde cartões de convite, de mensagens, cartazes e calendários.

Leia mais

A barra de menu a direita possibilita efetuar login/logout do sistema e também voltar para a página principal.

A barra de menu a direita possibilita efetuar login/logout do sistema e também voltar para a página principal. MANUAL DO SISCOOP Sumário 1 Menu de Navegação... 3 2 Gerenciar País... 5 3- Gerenciamento de Registro... 8 3.1 Adicionar um registro... 8 3.2 Editar um registro... 10 3.3 Excluir um registro... 11 3.4

Leia mais

CA Mainframe Chorus for DB2 Database Management Version 2.0

CA Mainframe Chorus for DB2 Database Management Version 2.0 FOLHA DO PRODUTO CA Mainframe Chorus for DB2 Database Management CA Mainframe Chorus for DB2 Database Management Version 2.0 Simplifique e otimize seu DB2 para tarefas de gerenciamento de carga de trabalho

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft Word 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Barra de Ferramentas de Acesso Rápido

Leia mais

PRINCÍPIOS DE INFORMÁTICA PRÁTICA 08 1. OBJETIVO 2. BASE TEÓRICA. 2.1 Criando Mapas no Excel. 2.2 Utilizando o Mapa

PRINCÍPIOS DE INFORMÁTICA PRÁTICA 08 1. OBJETIVO 2. BASE TEÓRICA. 2.1 Criando Mapas no Excel. 2.2 Utilizando o Mapa PRINCÍPIOS DE INFORMÁTICA PRÁTICA 08 1. OBJETIVO Aprender a utilizar mapas, colocar filtros em tabelas e a criar tabelas e gráficos dinâmicos no MS-Excel. Esse roteiro foi escrito inicialmente para o Excel

Leia mais

Atualização, backup e recuperação de software

Atualização, backup e recuperação de software Atualização, backup e recuperação de software Guia do Usuário Copyright 2006 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Microsoft e Windows são marcas registradas da Microsoft Corporation nos EUA. As informações

Leia mais

Derwent Innovations Index

Derwent Innovations Index Derwent Innovations Index DERWENT INNOVATIONS INDEX Cartão de referência rápida ISI Web of Knowledge SM O Derwent Innovations Index é uma ferramenta poderosa de pesquisa de patentes, que combina Derwent

Leia mais

Relatório Gerencial. Coordenação de Tecnologia da Informação e Comunicação FUNDEPAG 17/01/2013

Relatório Gerencial. Coordenação de Tecnologia da Informação e Comunicação FUNDEPAG 17/01/2013 2013 Relatório Gerencial Coordenação de Tecnologia da Informação e Comunicação FUNDEPAG 17/01/2013 Sumário 1. Objetivo... 4 2. Seleção dos registros... 4 2.1 Seleção dos executores... 4 2.2 Parâmetros...

Leia mais

Software de gerenciamento do sistema Intel. Guia do usuário do Pacote de gerenciamento do servidor modular Intel

Software de gerenciamento do sistema Intel. Guia do usuário do Pacote de gerenciamento do servidor modular Intel Software de gerenciamento do sistema Intel do servidor modular Intel Declarações de Caráter Legal AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE DOCUMENTO SÃO RELACIONADAS AOS PRODUTOS INTEL, PARA FINS DE SUPORTE ÀS PLACAS

Leia mais

Lidar com números e estatísticas não é fácil. Reunir esses números numa apresentação pode ser ainda mais complicado.

Lidar com números e estatísticas não é fácil. Reunir esses números numa apresentação pode ser ainda mais complicado. , ()! $ Lidar com números e estatísticas não é fácil. Reunir esses números numa apresentação pode ser ainda mais complicado. Uma estratégia muito utilizada para organizar visualmente informações numéricas

Leia mais

Banner Flutuante. Dreamweaver

Banner Flutuante. Dreamweaver Banner Flutuante Dreamweaver Começamos com um arquivo em branco no Dreamweaver MX. Para que o banner apareça sobre a página, precisamos inserir uma camada a mais no arquivo HTML. Selecione o menu Inserir

Leia mais

1 Inicie um novo. Guia de Referência Rápida de Gerenciamento de Projeto para o Project 2007. projeto

1 Inicie um novo. Guia de Referência Rápida de Gerenciamento de Projeto para o Project 2007. projeto Guia de Referência Rápida de Gerenciamento de Projeto para o Project 2007 1 Inicie um novo Antes de começar um novo, uma organização deve determinar se ele se enquadra em suas metas estratégicas. Os executivos

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft Publisher 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Barra de Ferramentas de Acesso

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NTIC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 PERFIL ALUNO Versão 1.0 2014 NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NTIC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE

Leia mais

IBM Cognos Business Intelligence Scorecarding

IBM Cognos Business Intelligence Scorecarding IBM Cognos Business Intelligence Scorecarding Unindo a estratégia às operações com sucesso Visão Geral O Scorecarding oferece uma abordagem comprovada para comunicar a estratégia de negócios por toda a

Leia mais

Aula 02 Excel 2010. Operações Básicas

Aula 02 Excel 2010. Operações Básicas Aula 02 Excel 2010 Professor: Bruno Gomes Disciplina: Informática Básica Curso: Gestão de Turismo Sumário da aula: 1. Operações básicas; 2. Utilizando Funções; 3. Funções Lógicas; 4. Gráficos no Excel;

Leia mais

Tutorial - Orçamento. As aplicações Memo possuem a seguinte estrutura: 1 - Portais Portal: Orçame nto Pessoal. Painel: Resultad o Análises

Tutorial - Orçamento. As aplicações Memo possuem a seguinte estrutura: 1 - Portais Portal: Orçame nto Pessoal. Painel: Resultad o Análises Esta é uma aplicação exemplo, que também pode ser usada como um Modelo ou Template para que voce possa utilizá- la com os seus dados pessoais. Pode ser modificada ou customizada para melhor atender outras

Leia mais

O USO DA FERRAMENTA SOLVER DO EXCEL NA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS DE PROGRAMAÇÃO LINEAR

O USO DA FERRAMENTA SOLVER DO EXCEL NA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS DE PROGRAMAÇÃO LINEAR O USO DA FERRAMENTA SOLVER DO EXCEL NA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS DE PROGRAMAÇÃO LINEAR João Batista de Jesus FATEC-JAHU Célio Favoni 2 FATEC-JAHU Resumo Este trabalho expõe de maneira sintetizada as funcionalidades

Leia mais

Curso de Imposto de Renda da Pessoa Jurídica e Contribuição Social sobre o Lucro Líquido. Manual do Aluno

Curso de Imposto de Renda da Pessoa Jurídica e Contribuição Social sobre o Lucro Líquido. Manual do Aluno Curso de Imposto de Renda da Pessoa Jurídica e Contribuição Social sobre o Lucro Líquido Manual do Aluno Março 2009 Mensagem de boas-vindas! Caro cursista! Seja bem-vindo ao curso de Formação de Tutores.

Leia mais

Outlook 2003. Apresentação

Outlook 2003. Apresentação Outlook 2003 Apresentação O Microsoft Office Outlook 2003 é um programa de comunicação e gerenciador de informações pessoais que fornece um local unificado para o gerenciamento de e-mails, calendários,

Leia mais

Noções de Informática

Noções de Informática Noções de Informática 2º Caderno Conteúdo Microsoft Excel 2010 - estrutura básica das planilhas; manipulação de células, linhas e colunas; elaboração de tabelas e gráficos; inserção de objetos; campos

Leia mais

COORDENAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA - EaD

COORDENAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA - EaD COORDENAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA - EaD TUTORIAL MOODLE VERSÃO ALUNO Machado/MG 2013 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 4 2. EDITANDO O PERFIL... 5 2.1 Como editar o perfil?... 5 2.2 Como mudar a senha?... 5 2.3

Leia mais

Rational Quality Manager. Nome: Raphael Castellano Campus: AKXE Matrícula: 200601124831

Rational Quality Manager. Nome: Raphael Castellano Campus: AKXE Matrícula: 200601124831 Rational Quality Manager Nome: Raphael Castellano Campus: AKXE Matrícula: 200601124831 1 Informações Gerais Informações Gerais sobre o RQM http://www-01.ibm.com/software/awdtools/rqm/ Link para o RQM https://rqmtreina.mvrec.local:9443/jazz/web/console

Leia mais

Dataloggers Diver e software para de águas subterrâneas confiáveis e precisos. Diver-Suite

Dataloggers Diver e software para de águas subterrâneas confiáveis e precisos. Diver-Suite Dataloggers Diver e software para de águas subterrâneas confiáveis e precisos Diver-Suite TECNOLOGIA DE MONITORAMENTO INTELIGENTE O Diver-Suite* da Schlumberger Water Services oferece aos especialistas

Leia mais

OI CONTA EMPRESA MANUAL DO USUÁRIO (exceto Administradores de Conta)

OI CONTA EMPRESA MANUAL DO USUÁRIO (exceto Administradores de Conta) OI CONTA EMPRESA MANUAL DO USUÁRIO (exceto Administradores de Conta) 1 Bem-vindo ao Oi Conta Empresa! A Oi tem o orgulho de lançar mais um produto para nossos clientes corporativos, o Oi Conta Empresa.

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido Microsoft PowerPoint 2013 apresenta uma aparência diferente das versões anteriores; desse modo, criamos este guia para ajudá-lo a minimizar a curva de aprendizado. Encontre o que

Leia mais

Módulo de Georreferenciamento. Sistema. Página 1/75

Módulo de Georreferenciamento. Sistema. Página 1/75 Módulo de Georreferenciamento Sistema Página 1/75 Para iniciar o Módulo de Georreferenciamento acesse, no AutoCAD a partir do Menu flutuante >Posição >Georreferenciamento >Módulo de Georreferenciamento.

Leia mais

Registrador de Dados VB300 3-Axis G- Force Versão 1.0 Novembro 2010

Registrador de Dados VB300 3-Axis G- Force Versão 1.0 Novembro 2010 Utilitário de Ajuda do Software Registrador de Dados VB300 3-Axis G- Force Versão 1.0 Novembro 2010 Introdução ao Software O software do registrador de dados é um programa que coleta dados do registrador

Leia mais

OS PRINCIPAIS PROBLEMAS DA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS

OS PRINCIPAIS PROBLEMAS DA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS OS PRINCIPAIS PROBLEMAS DA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS Esta seção apresenta alguns dos problemas da gestão da cadeia de suprimentos discutidos em mais detalhes nos próximos capítulos. Estes problemas

Leia mais

Grande parte dos planejadores

Grande parte dos planejadores ARTIGO Fotos: Divulgação Decidindo com o apoio integrado de simulação e otimização Oscar Porto e Marcelo Moretti Fioroni O processo de tomada de decisão Grande parte dos planejadores das empresas ainda

Leia mais

Plataformas de BI Qual é a mais adequada para o meu negócio?

Plataformas de BI Qual é a mais adequada para o meu negócio? Plataformas de BI Qual é a mais adequada para o meu negócio? Comparativo prático para escolher a ferramenta perfeita para a sua empresa Faça nosso Quiz e veja as opções que combinam com o seu perfil ÍNDICE

Leia mais

MICROSOFT VISIO 2013 MODELOS ELABORANDO ORGANOGRAMAS

MICROSOFT VISIO 2013 MODELOS ELABORANDO ORGANOGRAMAS MODELOS O Microsoft Office Visio 2013 possui uma ampla variedade de modelos pré-definidos para agilizar a produção de diagramas. A vantagem de escolhermos um modelo é a praticidade de que as formas que

Leia mais

Status. Barra de Título. Barra de Menu. Barra de. Ferramentas Padrão. Caixa de nomes. Barra de. Ferramentas de Formatação. Indicadores de Coluna

Status. Barra de Título. Barra de Menu. Barra de. Ferramentas Padrão. Caixa de nomes. Barra de. Ferramentas de Formatação. Indicadores de Coluna O que é uma planilha eletrônica? É um aplicativo que oferece recursos para manipular dados organizados em tabelas. A partir deles pode-se gerar gráficos facilitando a análise e interpretação dos dados

Leia mais

1º. Semestre de 2006 Marcelo Nogueira São José dos Campos - SP

1º. Semestre de 2006 Marcelo Nogueira São José dos Campos - SP 1. Objetivo da ListEx ou Lab: ITA Instituto Tecnológico de Aeronáutica Realizar, de forma apropriada, algumas operações em Bancos de Dados como usuário final de alto nível, utilizando-se de Softwares de

Leia mais

FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO @ribeirord FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Rafael D. Ribeiro, M.Sc,PMP. rafaeldiasribeiro@gmail.com http://www.rafaeldiasribeiro.com.br Lembrando... Aula 4 1 Lembrando... Aula 4 Sistemas de apoio

Leia mais

O catálogo On-line dos produtos da Pramet Tools s.r.o. contém parâmetros técnicos, desenhos e possibilidade de criar seu próprio kit de ferramentas.

O catálogo On-line dos produtos da Pramet Tools s.r.o. contém parâmetros técnicos, desenhos e possibilidade de criar seu próprio kit de ferramentas. Guia do Usuário [Versão 1.0, Atualizado em 1.11.2012] Pramet Tools s.r.o., [PRAMET E-catálogo Guia do Usuário ] O catálogo On-line dos produtos da Pramet Tools s.r.o. contém parâmetros técnicos, desenhos

Leia mais

Soluções de Gerenciamento de Clientes e de Impressão Universal

Soluções de Gerenciamento de Clientes e de Impressão Universal Soluções de Gerenciamento de Clientes e de Impressão Universal Guia do Usuário Copyright 2007 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Windows é uma marca registrada nos Estados Unidos da Microsoft Corporation.

Leia mais

Gerenciamento de Arquivos no mercado AEC utilizando o Autodesk Vault + Buzzsaw

Gerenciamento de Arquivos no mercado AEC utilizando o Autodesk Vault + Buzzsaw Gerenciamento de Arquivos no mercado AEC utilizando o Autodesk Vault + Buzzsaw Tiago Marçal Ricotta Brasoftware / quattrod O Autodesk Vault organiza, gerencia e rastreia os processos de criação de dados,

Leia mais

Introdução aos Projectos

Introdução aos Projectos Introdução aos Projectos Categoria Novos Usuários Tempo necessário 20 minutos Arquivo Tutorial Usado Iniciar um novo arquivo de projeto Este exercício explica a finalidade ea função do arquivo de projeto

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft Visio 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Modelos atualizados Os modelos ajudam

Leia mais

Aula 04 Word. Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br http://www.profbrunogomes.com.br/

Aula 04 Word. Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br http://www.profbrunogomes.com.br/ Aula 04 Word Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br http://www.profbrunogomes.com.br/ Agenda da Aula Editor de Texto - Word Microsoft Office Conjunto de aplicativos para escritório que contém programas

Leia mais

UFGD FCA PROF. OMAR DANIEL BLOCO 4 PROCESSAMENTO DE IMAGENS

UFGD FCA PROF. OMAR DANIEL BLOCO 4 PROCESSAMENTO DE IMAGENS UFGD FCA PROF. OMAR DANIEL BLOCO 4 PROCESSAMENTO DE IMAGENS Executar as principais técnicas utilizadas em processamento de imagens, como contraste, leitura de pixels, transformação IHS, operações aritméticas

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SERVIÇO DE BACKUP. Professor Carlos Muniz

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SERVIÇO DE BACKUP. Professor Carlos Muniz ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS O que é o Backup do Windows Server? O recurso Backup do Windows Server no Windows Server 2008 consiste em um snap-in do Console de Gerenciamento Microsoft (MMC) e

Leia mais

Este tutorial está publicado originalmente em http://www.baboo.com.br/absolutenm/anmviewer.asp?a=30405&z=300

Este tutorial está publicado originalmente em http://www.baboo.com.br/absolutenm/anmviewer.asp?a=30405&z=300 WinRAR: Conheça este excelente compactador de arquivos Introdução: É fato que a Internet está mais rápida com a popularização da banda larga, mas os compactadores de arquivos ainda apresentam muita utilidade

Leia mais

Ajudando as organizações a compreenderem seus negócios

Ajudando as organizações a compreenderem seus negócios Localização Inteligente Sistema de Informação Geográfica MapInfo Professional v12.5 A solução de localização inteligente de última geração - agora muito melhor, mais rápida e mais forte do que nunca! Ajudando

Leia mais

OI CONTA EMPRESA MANUAL DO USUÁRIO

OI CONTA EMPRESA MANUAL DO USUÁRIO OI CONTA EMPRESA MANUAL DO USUÁRIO 1 Bem-vindo ao Oi Conta Empresa! A Oi tem o orgulho de lançar mais um produto para nossos clientes corporativos, o Oi Conta Empresa. Nele, nossos clientes poderão acessar

Leia mais

Sincronização do Catálogo de Endereços no MDaemon 6.x com o uso do ComAgent, LDAP, MAPI e WAB

Sincronização do Catálogo de Endereços no MDaemon 6.x com o uso do ComAgent, LDAP, MAPI e WAB Sincronização do Catálogo de Endereços no MDaemon 6.x com o uso do ComAgent, LDAP, MAPI e WAB Alt-N Technologies, Ltd 1179 Corporate Drive West, #103 Arlington, TX 76006 Tel: (817) 652-0204 2002 Alt-N

Leia mais

Ferramenta: Spider-CL. Manual do Usuário. Versão da Ferramenta: 1.1. www.ufpa.br/spider

Ferramenta: Spider-CL. Manual do Usuário. Versão da Ferramenta: 1.1. www.ufpa.br/spider Ferramenta: Spider-CL Manual do Usuário Versão da Ferramenta: 1.1 www.ufpa.br/spider Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 14/07/2009 1.0 15/07/2009 1.1 16/07/2009 1.2 20/05/2010 1.3 Preenchimento

Leia mais

Microsoft Word 11/10/2012. Agenda. Introdução. Introdução. Introdução. Curso Conexão Noções de Informática. Aula 6 Microsoft Office

Microsoft Word 11/10/2012. Agenda. Introdução. Introdução. Introdução. Curso Conexão Noções de Informática. Aula 6 Microsoft Office Curso Conexão Noções de Informática Agenda Microsoft Office: Microsoft Word; Microsoft Excel; Microsoft PowerPoint. Aula 6 Microsoft Office Email: leomezzomo@hotmail.com Site: leomezzomo.xpg.com.br O Microsoft

Leia mais

15 Computador, projeto e manufatura

15 Computador, projeto e manufatura A U A UL LA Computador, projeto e manufatura Um problema Depois de pronto o desenho de uma peça ou objeto, de que maneira ele é utilizado na fabricação? Parte da resposta está na Aula 2, que aborda as

Leia mais

Oracle Hyperion Essbase

Oracle Hyperion Essbase Oracle Hyperion Essbase Guia Claudio Bonel Oracle Hyperion Essbase Guia Dedicatória Este Livro é dedicado a minha família. 2 Guia Oracle Hyperion Essbase Sumário Agradecimentos Introdução Capítulo 1: OLAP

Leia mais

Forms Composer. Document Producer 1. Document Producer

Forms Composer. Document Producer 1. Document Producer 1 O Lexmark versão 3.0 combina software de projeto de formulários eletrônicos com aplicativos de servidor de formulários eletrônicos. Agora você pode criar formulários personalizados e combiná-los com

Leia mais

CSF Designer Intuition SOLUÇÕES DE OUTPUT FIS

CSF Designer Intuition SOLUÇÕES DE OUTPUT FIS SOLUÇÕES DE OUTPUT FIS O CSF Designer Intuition TM da FIS ajuda organizações que lidam com o cliente a criar, de forma instantânea e interativa, documentos comerciais respeitando as regulações vigentes,

Leia mais

AUTOMATIZAÇÃO DE CÁLCULOS HIDRÁULICOS DE PROJETOS DE REDE DE ESGOTO DO MUNICÍPIO DE GUARULHOS

AUTOMATIZAÇÃO DE CÁLCULOS HIDRÁULICOS DE PROJETOS DE REDE DE ESGOTO DO MUNICÍPIO DE GUARULHOS AUTOMATIZAÇÃO DE CÁLCULOS HIDRÁULICOS DE PROJETOS DE REDE DE ESGOTO DO MUNICÍPIO DE GUARULHOS Fernando Cesar Uzan Graduando em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, atualmente trabalha na Coordenadoria

Leia mais

Soluções para controle industrial Sistema avançado de controle de traço térmico NGC-40

Soluções para controle industrial Sistema avançado de controle de traço térmico NGC-40 Soluções para controle industrial Sistema avançado de controle de traço térmico NGC-40 SOLUÇÕES PARA GERENCIAMENTO TÉRMICO WWW.THERMAL.PENTAIR.COM DIGITRACE NGC-40 O NGC-40 é um avançado sistema modular

Leia mais

Manual de utilização do programa

Manual de utilização do programa PCIToGCode Manual de utilização do programa PCIToGCode O PCITOGCODE é um aplicativo desenvolvido para converter imagem de uma placa de circuito impresso em um arquivo de códigos G. Com o arquivo de códigos

Leia mais

CRIANDO BANCOS DE DADOS NO SQL SERVER 2008 R2 COM O SQL SERVER MANAGEMENT STUDIO

CRIANDO BANCOS DE DADOS NO SQL SERVER 2008 R2 COM O SQL SERVER MANAGEMENT STUDIO CRIANDO BANCOS DE DADOS NO SQL SERVER 2008 R2 COM O SQL SERVER MANAGEMENT STUDIO Antes de criarmos um novo Banco de Dados quero fazer um pequeno parênteses sobre segurança. Você deve ter notado que sempre

Leia mais

Mapas Interativos de Saúde Ambiental: Principais Funções.

Mapas Interativos de Saúde Ambiental: Principais Funções. Ministério da Saúde Secretaria de Vigilância em Saúde Departamento de Vigilância em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador Mapas Interativos de Saúde Ambiental: Principais Funções. 1. Introdução O Mapas

Leia mais

Apostilas OBJETIVA Escrevente Técnico Judiciário TJ Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo - Concurso Público 2015. Índice

Apostilas OBJETIVA Escrevente Técnico Judiciário TJ Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo - Concurso Público 2015. Índice Índice Caderno 2 PG. MS-Excel 2010: estrutura básica das planilhas, conceitos de células, linhas, colunas, pastas e gráficos, elaboração de tabelas e gráficos, uso de fórmulas, funções e macros, impressão,

Leia mais

Processo de Envio de email

Processo de Envio de email Processo de Envio de email Introdução O envio de documentos de forma eletrônica vem sendo muito utilizado, assim o envio de arquivos, relatórios, avisos, informações é realizado via e-mail. O sistema disponibiliza

Leia mais

Exemplos: Análise de Valor Agregado (Ex_vagregado.SPRJ)

Exemplos: Análise de Valor Agregado (Ex_vagregado.SPRJ) Exemplos: Análise de Valor Agregado (Ex_vagregado.SPRJ) Este exemplo tem como base atividades descritas em um email distribuído na lista da E-Plan (planejamento@yahoogrupos.com.br) com o título Curva Física

Leia mais

SmartMine. O controle da mina em suas mãos

SmartMine. O controle da mina em suas mãos SmartMine. O controle da mina em suas mãos SmartMine. Alta tecnologia, máximo desempenho. O SmartMine é uma solução completa para a operação e otimização de minas subterrâneas e a céu aberto. Um conjunto

Leia mais

Passo a Passo do Cadastro Produtos no SIGLA Digital

Passo a Passo do Cadastro Produtos no SIGLA Digital Página 1 de 15 Passo a Passo do Cadastro Produtos no SIGLA Digital O cadastro de produtos permite organizar as informações relativas a produtos e serviços, como grupo, marca, peso, unidades e outros, que

Leia mais

DESAFIOS NA GESTÃO DE ATIVOS EM PROJETOS DE MINERAÇÃO DE PEQUENO PORTE: EXEMPLO PRÁTICO

DESAFIOS NA GESTÃO DE ATIVOS EM PROJETOS DE MINERAÇÃO DE PEQUENO PORTE: EXEMPLO PRÁTICO DESAFIOS NA GESTÃO DE ATIVOS EM PROJETOS DE MINERAÇÃO DE PEQUENO PORTE: EXEMPLO PRÁTICO Rodrigo O. Sabino, Richardson V. Agra, Giorgio De Tomi Departamento de Engenharia de Minas e de Petróleo Escola Politécnica

Leia mais

5 Dicas para aproveitar mais o Google Analytics

5 Dicas para aproveitar mais o Google Analytics 5 Dicas para aproveitar mais o Google Analytics Autores: Ross Perez e Brett Sheppard Abril de 2013 p2 O Google Analytics tem oferecido vários excelentes recursos novos para rastrear os visitantes, as fontes

Leia mais

Soluções para controle industrial Sistema avançado de controle de traço térmico NGC-30

Soluções para controle industrial Sistema avançado de controle de traço térmico NGC-30 Soluções para controle industrial Sistema avançado de controle de traço térmico NGC-30 SOLUÇÕES PARA GERENCIAMENTO TÉRMICO WWW.THERMAL.PENTAIR.COM digitrace ngc-30 O DigiTrace NGC-30 é um avançado sistema

Leia mais

Manual. Pedido Eletrônico

Manual. Pedido Eletrônico Manual Pedido Eletrônico ÍNDICE 1. Download... 3 2. Instalação... 4 3. Sistema de Digitação SantaCruz... 8 3.1. Configuração... 8 4. Utilização do Sistema Digitação SantaCruz... 11 4.1. Atualizar cadastros...11

Leia mais

PLANEJAMENTO - ESCOPO - TEMPO - CUSTO

PLANEJAMENTO - ESCOPO - TEMPO - CUSTO PLANEJAMENTO - ESCOPO - TEMPO - CUSTO PAULO SÉRGIO LORENA Julho/2011 1 Planejamento escopo, tempo e custo PROGRAMA DA DISCIPLINA Apresentação professor Programa da disciplina Avaliação Introdução Processos

Leia mais

Sistemas de Informação James A. O Brien Editora Saraiva Capítulo 5

Sistemas de Informação James A. O Brien Editora Saraiva Capítulo 5 Para entender bancos de dados, é útil ter em mente que os elementos de dados que os compõem são divididos em níveis hierárquicos. Esses elementos de dados lógicos constituem os conceitos de dados básicos

Leia mais

Guia Rápido. Projects & Teamwork

Guia Rápido. Projects & Teamwork Guia Rápido Projects & Teamwork Conteúdo 1. Meu Perfil, tutoriais y ajuda contextual... 3 2. Criar projetos... 6 3. Criar usuários e atribuir usuários a projetos e tarefas... 7 4. Criar e controlar tarefas...10

Leia mais

Manual do Usuário Características e recursos básicos Enterprise Resource Planning

Manual do Usuário Características e recursos básicos Enterprise Resource Planning Manual do Usuário Características e recursos básicos Enterprise Resource Planning www.pwi.com.br 1 Volpe Enterprise Resource Planning Este manual não pode, em parte ou no seu todo, ser copiado, fotocopiado,

Leia mais

Tutorial do Iniciante. Excel Básico 2010

Tutorial do Iniciante. Excel Básico 2010 Tutorial do Iniciante Excel Básico 2010 O QUE HÁ DE NOVO O Microsoft Excel 2010 é um programa de edição de planilhas eletrônicas muito usado no mercado de trabalho para realizar diversas funções como;

Leia mais