Um Modelo de Indicadores de Desempenho em e-commerce Pré-projeto

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Um Modelo de Indicadores de Desempenho em e-commerce Pré-projeto"

Transcrição

1 Universidade Federal de Santa Catarina Programa de Pós-Graduação em Eng. e Gestão do Conhecimento Um Modelo de Indicadores de Desempenho em e-commerce Pré-projeto Rafael Tezza

2 Introdução Clientes de e-commerce usufruem de uma ampla gama de ofertas (Cox e Dale, 2001; Douglas et al., 2003; Singh, 2002; Yang et al. 2003), e um número crescente de empresas estão entrando no mercado B2C contribuindo para este fenômeno (Dale e Duffy, 2002). Como resultado, os clientes têm completas e detalhadas informações que lhes permita avaliar as ofertas de cada empresa numa base individual. Este, por sua vez, conduz a clientes mais exigentes tenham uma idéia muito clara do que querem e aoo que estão dispostos a tolerar em termos de erros (Bitner, 2001; Cox e Dale, 2001; Douglas et al., 2003; Muir e Douglas, 2001; Singh, 2002; Yang et al., 2003). Desta forma os sites de B2C devem trabalhar duro no sentido de exceder as expectativas dos clientes. Para ter sucesso em uma organização B2C precisa não só de bons produtos e marketing, necessita de excelência nos seus processos, com uma cultura de melhoria contínua e de alto desempenho (Duffy e Dale, 2002).

3 Eixos que informam a pesquisa Acessibilidade na WEB Comércio Eletrônico Desempenho Logístico Eixos teóricos que informam a pesquisa Cadeia de Valor Avaliação de Desempenho

4 Eixos que informam a pesquisa MODELO SERVQUAL O modelo foi desenvolvido em 1988 por Parasuraman, Berry e Zeithalm. Trabalha com medidas de qualidade de serviços em cinco dimensões Tangibilidade são os elementos físicos, como móveis, escritório, formulários, aparência física dos empregados, roupas e uniformes, equipamentos e disposição física. Confiabilidade é a habilidade de se ter o que foi prometido, na data combinada. Capacidade de resposta é a habilidade de entender os problemas e dificuldades dos clientes e responder de uma forma positiva. Segurança é percepção que o cliente tem da habilidade do empregado da empresa em responder às suas necessidades. Empatia é a disposição que o empregado tem e manifesta nos cuidados e atenção individualizados prestados ao cliente.

5 Objetivos Objetivo Geral: Elabora um modelo de indicadores de desempenho para o comércio eletrônico Objetivos Específicos Analisar a perspectiva do consumidor frente a modalidade de comércio eletrônico; Analisar a percepção dos usuários de comércio eletrônico quando a requisitos técnicos e funcionais como segurança, interação gráfica, logística, pós-venda e outros. Analisar os impactos destas percepções no desempenho das lojas de e- commerce

6 Metodologia Fazer um levantamento bibliográfico dos eixos que informam a pesquisa; Definir uma primeira versão do atributos de desempenho a ser analisado; Testar os atributos sugeridos em um grupo de usuário; Reavaliar e redefinir os atributos; Definição o método estatístico a ser utilizado; A coleta de dados será feita com consumidores e em sites de e- commerce; Aplicação de técnicas estatísticas para avaliação dos resultados; Proposta de um modelo de indicadores de desempenho.

7 Proposta do Modelo Padrões utilizados Tipo de autenticação Certificações Grau de Privacidade Usabilidade Velocidade de acesso Suporte técnico Qualidade do conteúdo Número de Intermediário Tempo de ciclo do pedido Prática do pedido perfeito Fornecedor on-line Financeiro Segurança Interação gráfica Percepção do usuário Logística Cliente Pós-venda Custo de Operação ROI Tipo de Garantia Meios de contato Tempo de resposta Grau de Personalização Grau de Privacidade

8 Proposta do Modelo Desempenho total = Σaf + Σas + Σapu + Σait + Σal + Σapv Onde: Σaf = atributos financeiros; Σas = atributos de segurança; Σapu = atributos da percepção do usuário; Σait = atributos de interação gráfica; Σal = atributos logísticos; Σapv = atributos pós-venda.

Trabalho Final. Apresentação do site de Comércio Eletrônico (.ppt) : Elaborar o Site de Comércio Eletrônico proposto:

Trabalho Final. Apresentação do site de Comércio Eletrônico (.ppt) : Elaborar o Site de Comércio Eletrônico proposto: Comércio Eletrônico Faculdade de Tecnologia SENAC Curso Superior de Análise e Desenvolvimento de Sistemas Unidade Curricular: Comércio Eletrônico Edécio Fernando Iepsen (edecio@terra.com.br) Apresentação

Leia mais

Comércio Eletrônico AULA 18. Sistemas para Internet. Professora Ms Karen Reis

Comércio Eletrônico AULA 18. Sistemas para Internet. Professora Ms Karen Reis Comércio Eletrônico AULA 18 Professora Ms Karen Reis 2011 Sistemas para Internet 1 REFLEXÃO Faça uma busca na internet por certificados digitais. Escreva quatro ou cinco parágrafos sobre como usar os certificados

Leia mais

Sistemas para internet e software livre

Sistemas para internet e software livre Sistemas para internet e software livre Aula 3 - Plataformas e sistemas para e- commerce Image: FreeDigitalPhotos.net E-commerce: Por onde começar? Projeto de e-commerce Plataforma de TI Treinamento de

Leia mais

Poucas inovações na história da humanidade reúnem tantos benefícios potenciais quanto o Comércio Eletrônico (também conhecido como e-commerce).

Poucas inovações na história da humanidade reúnem tantos benefícios potenciais quanto o Comércio Eletrônico (também conhecido como e-commerce). Poucas inovações na história da humanidade reúnem tantos benefícios potenciais quanto o Comércio Eletrônico (também conhecido como e-commerce). A natureza global da tecnologia, a oportunidade de atingir

Leia mais

Comércio Eletrônico em Números

Comércio Eletrônico em Números Comércio Eletrônico em Números Evolução do E-commerce no Brasil 23 milhões é um grande número. 78 milhões 23 milhões Enorme potencial de crescimento no Brasil Mas fica pequeno se comprarmos com o número

Leia mais

Curso Gestão da Qualidade Qualidade de Serviços

Curso Gestão da Qualidade Qualidade de Serviços Gestão da Qualidade Qualidade em Serviços Clientes Diferentes... Expectativas Diferentes Resultados Diferentes 1 Parte 1 Serviços: Definições e Características Gerais O Crescimento dos Serviços País 1980

Leia mais

Qualidade Percebida e Tecnologia da Informação na Indústria de Jeanswear

Qualidade Percebida e Tecnologia da Informação na Indústria de Jeanswear Qualidade Percebida e Tecnologia da Informação na Indústria de Jeanswear Heitor M. Quintella D.Sc Professor da Universidade Federal Fluminense UFF Certified Management Consultant hquintel@uninet.com.br

Leia mais

A qualidade na prestação de serviços de calibração de instrumentos em laboratório de metrologia

A qualidade na prestação de serviços de calibração de instrumentos em laboratório de metrologia A qualidade na prestação de serviços de calibração de instrumentos em laboratório de metrologia Resumo Renato Gallina (Centro Universitário da FEI) gallina@fei.edu.br Roberto G. Rotondaro (Depto Eng. Produção

Leia mais

S IM O N S E N ASSOCIADOS ABEMD INDICADORES 2009

S IM O N S E N ASSOCIADOS ABEMD INDICADORES 2009 ABEMD ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE MARKETING DIRETO INDICADORES 2009 INDICADORES ABEMD MERCADO BRASILEIRO DE MARKETING DIRETO Maio de 2009 EMPRESAS CONSULTADAS: ATUALIZAÇÃO: ESTUDO SOBRE 2008 S IM O N S E

Leia mais

Livro: E-Commerce na Corda Bamba organização. EGC 9003-11 - Comércio Eletrônico Denise T. Mesquita Nelcimar Ribeiro Modro Prof Luis Alberto Gómez

Livro: E-Commerce na Corda Bamba organização. EGC 9003-11 - Comércio Eletrônico Denise T. Mesquita Nelcimar Ribeiro Modro Prof Luis Alberto Gómez Livro: E-Commerce na Corda Bamba organização EGC 9003-11 - Comércio Eletrônico Denise T. Mesquita Nelcimar Ribeiro Modro Prof Luis Alberto Gómez INTRODUÇÃO Livro anterior: Como vender seu peixe na internet,

Leia mais

Política de privacidade V2

Política de privacidade V2 Política de privacidade V2 Para os fins desta Política de Privacidade, as palavras grifadas em maiúsculo terão os seguintes significados: V2 é uma loja virtual disponibilizada na Internet para comercialização

Leia mais

Comércio Eletrônico. Comércio Eletrônico. Grau de digitalização. Caracteriza-se Comércio eletrônico pelo grau de digitalização:

Comércio Eletrônico. Comércio Eletrônico. Grau de digitalização. Caracteriza-se Comércio eletrônico pelo grau de digitalização: Comércio Eletrônico FTS Faculdade Taboão da Serra Curso de Administração de Sistemas de Informações Disciplina: Comércio Eletrônico Comércio Eletrônico Caracteriza-se Comércio eletrônico pelo grau de digitalização:

Leia mais

Anderson L. S. Moreira

Anderson L. S. Moreira Tecnologia da Informação Aula 13 E-commerce Anderson L. S. Moreira anderson.moreira@ifpe.edu.br Instituto Federal de Pernambuco Recife PE Esta apresentação está sob licença Creative Commons 15 de Outubro

Leia mais

Evolução do Desempenho Logístico no Varejo Virtual do Brasil

Evolução do Desempenho Logístico no Varejo Virtual do Brasil Evolução do Desempenho Logístico no Varejo Virtual do Brasil Leonardo Uehara 1. O e-commerce e a Logística Muitas controvérsias surgem quando se fala no futuro do e-commerce no Brasil. Raríssimas empresas

Leia mais

GERENCIAMENTO DE CLÍNICAS

GERENCIAMENTO DE CLÍNICAS GERENCIAMENTO DE CLÍNICAS A administração eficiente de qualquer negócio requer alguns requisitos básicos: domínio da tecnologia, uma equipe de trabalho competente, rigoroso controle de qualidade, sistema

Leia mais

Perspectivas do E-Commerce Brasileiro

Perspectivas do E-Commerce Brasileiro Perspectivas do E-Commerce Brasileiro Perspectivas do E-Commerce Brasileiro 78 Milhões de usuários de internet no Brasil Tíquete médio de compras pela web em 2011 foi de R$ 350,00 São mais de 3.000 de

Leia mais

ISO - 9126. Aécio Costa

ISO - 9126. Aécio Costa ISO - 9126 Aécio Costa A evolução da Qualidade do Produto Qualidade = funcionalidade Confiabilidade Realização de funções críticas Produto de qualidade = sem bugs Controle de qualidade Teste do produto

Leia mais

ecommerce 25.fev.2012 http://www.kso.com.br/kso/fce/

ecommerce 25.fev.2012 http://www.kso.com.br/kso/fce/ ecommerce 4 25.fev.2012 http://www.kso.com.br/kso/fce/ ecommerce Recapitulando Elementos Básicos Análise de Segmentação Análise SWOT/TOW Considerações Finais ecommerce Conceitos Básicos Principais Elementos

Leia mais

Sobre Nós. Primeiro, pensamos em construir negócios. O seu negócio!

Sobre Nós. Primeiro, pensamos em construir negócios. O seu negócio! mistura.ws Sobre Nós Primeiro, pensamos em construir negócios. O seu negócio! Depois misturamos a melhor estratégia, design e tecnologia para oferecer excelentes resultados e garantir o seu sucesso. Somos

Leia mais

O que significa esta sigla?

O que significa esta sigla? CRM Para refletir... Só há duas fontes de vantagem competitiva. A capacidade de aprender mais sobre nossos clientes, mais rápido que o nosso concorrente e a capacidade de transformar este conhecimento

Leia mais

Qualidade em e-serviços multicanal

Qualidade em e-serviços multicanal Qualidade em e-serviços multicanal Em anos recentes temos assistido a um grande crescimento dos serviços prestados pela internet (e-serviços). Ao longo deste percurso, os e-serviços têm também adquirido

Leia mais

Para construir marcas com resultado, vá direto ao ponto.

Para construir marcas com resultado, vá direto ao ponto. Para construir marcas com resultado, vá direto ao ponto. Nas próximas páginas, você vai acompanhar a campanha de valorização do marketing direto que mostra como essa disciplina permite estabelecer um relacionamento

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CONCEITOS

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CONCEITOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CONCEITOS 1. Sabe-se que o conceito de Sistema de Informação envolve uma série de sistemas informatizados com diferentes características e aplicações, os quais, porém, têm em comum

Leia mais

Prof. Marcelo Mello. Unidade III DISTRIBUIÇÃO E

Prof. Marcelo Mello. Unidade III DISTRIBUIÇÃO E Prof. Marcelo Mello Unidade III DISTRIBUIÇÃO E TRADE MARKETING Canais de distribuição Canal vertical: Antigamente, os canais de distribuição eram estruturas mercadológicas verticais, em que a responsabilidade

Leia mais

SEGURANÇA DE OPERAÇÕES

SEGURANÇA DE OPERAÇÕES NEW SCIENCE SEGURANÇA DE OPERAÇÕES REVISTA UL.COM/NEWSCIENCE-BRAZIL NOVOS DESAFIOS PEDEM POR NEW SCIENCE O progresso é uma força transformadora e não para jamais. As novas tecnologias, os avanços de produtos

Leia mais

Comércio Eletrônico e-commerce Aula 5. Prof. Msc. Ubirajara Junior biraifba@gmail.com

Comércio Eletrônico e-commerce Aula 5. Prof. Msc. Ubirajara Junior biraifba@gmail.com Comércio Eletrônico e-commerce Aula 5 Prof. Msc. Ubirajara Junior biraifba@gmail.com Introdução Mudança no ambiente empresarial; Ligação com o desenvolvimento de tecnologia da informação. Características

Leia mais

Consultoria em Marketing Online

Consultoria em Marketing Online Consultoria em Marketing Online Objetivo Hoje com a Internet muitos de nossos clientes, usuários, interessados e outros acessam nosso website, nossas rede sociais ao invés de ligar, mandar um e-mail ou

Leia mais

Aplicação Web para comércio eletrônico institucional Guilherme CORRÊA¹; Thiago DIAS².

Aplicação Web para comércio eletrônico institucional Guilherme CORRÊA¹; Thiago DIAS². Aplicação Web para comércio eletrônico institucional Guilherme CORRÊA¹; Thiago DIAS². ¹Estudante do curso Análise e Desenvolvimento de sistemas. Instituto Federal de Minas Gerais campus Bambuí. Rod. Bambuí

Leia mais

Aula 7 Aplicações e questões do Comércio Eletrônico.

Aula 7 Aplicações e questões do Comércio Eletrônico. Aula 7 Aplicações e questões do Comércio Eletrônico. TENDÊNCIAS NO COMÉRCIO ELETRÔNICO Atualmente, muitos negócios são realizados de forma eletrônica não sendo necessário sair de casa para fazer compras

Leia mais

10. Defina Sistemas Distribuídos: Um conjunto de computadores independentes que se apresenta a seus usuários como um sistema único e coerente

10. Defina Sistemas Distribuídos: Um conjunto de computadores independentes que se apresenta a seus usuários como um sistema único e coerente 1. Quais os componentes de um sistema cliente-servidor? Clientes e servidores 2. Na visão do hardware, defina o que é cliente e o que é servidor: Clientes. Qualquer computador conectado ao sistema via

Leia mais

Muito ALÉM de uma simples LOJA VIRTUAL. Vanessa Kupczik

Muito ALÉM de uma simples LOJA VIRTUAL. Vanessa Kupczik Muito ALÉM de uma simples LOJA VIRTUAL. Vanessa Kupczik Mestre em Design (UFPR). MBA e pós-graduação em Marketing (UFPR). Pós-graduada em Web Design (PUCPR). Graduação em Desenho Industrial (UFPR). Técnico

Leia mais

Evolução do Desempenho Logístico no Varejo Virtual do Brasil

Evolução do Desempenho Logístico no Varejo Virtual do Brasil Evolução do Desempenho Logístico no Varejo Virtual do Brasil Leonardo Uehara Resumo Este artigo apresenta a evolução do desempenho logístico no setor de e-commerce B2C no Brasil ao longo do ano de 2000.

Leia mais

Comércio eletrônico 05/05/15. Objetivos de estudo. Qual o papel do e- commerce nos negócios e quais as aplicações mais importantes?

Comércio eletrônico 05/05/15. Objetivos de estudo. Qual o papel do e- commerce nos negócios e quais as aplicações mais importantes? Escola Superior de Gestão e Tecnologia Comércio eletrônico Mercados digitais, mercadorias digitais Prof. Marcelo Mar3ns da Silva Objetivos de estudo Qual o papel do e- commerce nos negócios e quais as

Leia mais

Startup de e-business terceirização de processos de negócios consolidação estratégias resultados prática, eficiente e segura produto impecável

Startup de e-business terceirização de processos de negócios consolidação estratégias resultados prática, eficiente e segura produto impecável Manual de Bordo e-dealers é uma Startup de e-business, a qual atua através da terceirização de processos de negócios (Business Process Outsorcing), que visem a consolidação de marcas em ambientes digitais,

Leia mais

The Director s Report: The State of ecommerce in Brazil. Por Lariza Carrera, Executive Director, etail Brazil

The Director s Report: The State of ecommerce in Brazil. Por Lariza Carrera, Executive Director, etail Brazil The Director s Report: The State of ecommerce in Brazil Por Lariza Carrera, Executive Director, etail Brazil etailbrazil.com 2014 O mercado está se ajustando a uma realidade multi-canal não excludente,

Leia mais

PLATAFORMA DE NEGÓCIOS

PLATAFORMA DE NEGÓCIOS SOBRE NOSSA PLATAFORMA COMPLETA A Plataforma de Negocio da Tommasi foi formada ao longo de 20 anos de experiência no ramo de importação e exportação e de uma equipe especializada para formação de uma estrutura

Leia mais

Avaliação da Qualidade do Congresso Brasileiro de Informática em Saúde de 2004

Avaliação da Qualidade do Congresso Brasileiro de Informática em Saúde de 2004 Avaliação da Qualidade do Congresso Brasileiro de Informática em Saúde de 2004 Evandro Eduardo Seron Ruiz Departamento de Física F e Matemática tica Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão

Leia mais

Palavras-chave: marketing de serviço, qualidade de serviço, SERVQUAL

Palavras-chave: marketing de serviço, qualidade de serviço, SERVQUAL MARKETING DE SERVIÇOS ANÁLISE DA PERCEPÇÃO DA QUALIDADE DE SERVIÇOS ATRAVÉS DA FERRAMENTA SERVQUAL EM UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DE SANTA CATARINA Resumo Brígida Dettmer 1 Ceci Socorro 2 Heitor

Leia mais

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE EM SERVIÇOS PRESTADOS PELAS REDES SOCIAIS

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE EM SERVIÇOS PRESTADOS PELAS REDES SOCIAIS AVALIAÇÃO DA QUALIDADE EM SERVIÇOS PRESTADOS PELAS REDES SOCIAIS Beatriz Antunes Santiago Bastos (UFF) beatrizantunes@live.com Beatriz da Costa Inacio (UFF) beatrizcinacio@gmail.com Nissia Carvalho Rosa

Leia mais

AVALIAÇÃO DE SATISFAÇÃO DE CLIENTES DE SERVIÇOS ONLINE: APLICAÇÃO DO MODELO SERVQUAL NO SETOR DE E-COMMERCE

AVALIAÇÃO DE SATISFAÇÃO DE CLIENTES DE SERVIÇOS ONLINE: APLICAÇÃO DO MODELO SERVQUAL NO SETOR DE E-COMMERCE AVALIAÇÃO DE SATISFAÇÃO DE CLIENTES DE SERVIÇOS ONLINE: APLICAÇÃO DO MODELO SERVQUAL NO SETOR DE E-COMMERCE Marina Maia Szocs (UPM) marina.szocs@gmail.com Roxana Maria Martinez Orrego (UPM) mack.eng.prod@gmail.com

Leia mais

Sistemas web e comércio eletrônico. Aula 02 Arquiteturas de comércio eletrônico

Sistemas web e comércio eletrônico. Aula 02 Arquiteturas de comércio eletrônico Sistemas web e comércio eletrônico Aula 02 Arquiteturas de comércio eletrônico Tópicos abordados Arquitetura do e-commerce Aspectos importantes do e-commerce Modelos de negócios Identificação do modelo

Leia mais

Personalização da Loja: Personalizamos a sua loja com base na identidade visual da empresa, logomarca, personalização de botões e cores.

Personalização da Loja: Personalizamos a sua loja com base na identidade visual da empresa, logomarca, personalização de botões e cores. Curitiba, 03 de Dezembro de 2014. CLIENTE: Vidri FONE: 3272-9598 RESPONSÁVEL: Luciano Plataforma e-commerce Ideal Loja Apresentação: A Plataforma e-commerce Ideal Loja, é uma plataforma própria em uso

Leia mais

EXP Digital, desenvolvendo soluções personalizadas para sua empresa alcançar a melhor performance no mundo virtual.

EXP Digital, desenvolvendo soluções personalizadas para sua empresa alcançar a melhor performance no mundo virtual. EXP Digital, desenvolvendo soluções personalizadas para sua empresa alcançar a melhor performance no mundo virtual. Somos uma empresa especializada em soluções voltadas ao segmento digital como: criação,

Leia mais

B2Q WEB TECNOLOGIA APLICADA

B2Q WEB TECNOLOGIA APLICADA B2Q WEB TECNOLOGIA APLICADA O DESAFIO: A qualidade dos produtos finais e serviços prestados, é requisito mínimo nos dias de hoje para as organizações que desejam estar à frente. O mercado encontra-se cada

Leia mais

Objetivos. Universo. Transformação. Administração 10/10/2012. Entender as definições de e-business e e- commerce;

Objetivos. Universo. Transformação. Administração 10/10/2012. Entender as definições de e-business e e- commerce; Objetivos Administração Profª Natacha Pouget Módulo: Gestão de Inovação e Ativos Intangíveis Tema da Aula: E-Business e Tecnologia da Informação I Entender as definições de e-business e e- commerce; Conhecer

Leia mais

Faculdade de Tecnologia Senac Goiás. Alunos: Erik de Oliveira Douglas Ferreira, Raphael Beghelli, João Victor Alves. Professor : Diogo Ananias

Faculdade de Tecnologia Senac Goiás. Alunos: Erik de Oliveira Douglas Ferreira, Raphael Beghelli, João Victor Alves. Professor : Diogo Ananias Faculdade de Tecnologia Senac Goiás. Alunos: Erik de Oliveira Douglas Ferreira, Raphael Beghelli, João Victor Alves. Professor : Diogo Ananias CONSULTORIA COMÉRCIO ELETRÔNICO CONSULTORIA PARA IMPLANTAÇÃO

Leia mais

ATRIBUTOS DE VALOR PARA O CONSUMIDOR NO VAREJO: um estudo no setor de material de construção na cidade de são paulo.

ATRIBUTOS DE VALOR PARA O CONSUMIDOR NO VAREJO: um estudo no setor de material de construção na cidade de são paulo. 0 CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FEI WILLIAM JOSÉ SOARES PONTUAL ATRIBUTOS DE VALOR PARA O CONSUMIDOR NO VAREJO: um estudo no setor de material de construção na cidade de são paulo. SãoPaulo 2009 1 WILLIAM JOSÉ

Leia mais

LB Marketing O verdadeiro foco no cliente PROPOSTA DE PROJETO DE AUDITORIA DE ATENDIMENTO AO CLIENTE NO PDV

LB Marketing O verdadeiro foco no cliente PROPOSTA DE PROJETO DE AUDITORIA DE ATENDIMENTO AO CLIENTE NO PDV LB Marketing O verdadeiro foco no cliente PROPOSTA DE PROJETO DE AUDITORIA DE ATENDIMENTO AO CLIENTE NO PDV Santa Maria-RS, Março de 2012 2 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 1. MÉTODO DE PESQUISA CLIENTE OCULTO...

Leia mais

Obtenha esta apresentação em www.uniconsult.com.br/forum2012-2

Obtenha esta apresentação em www.uniconsult.com.br/forum2012-2 1 Obtenha esta apresentação em www.uniconsult.com.br/forum2012-2 2 Apresentadores Fernando Di Giorgi Sócio-fundador da USS - Uniconsult Sistemas e Serviços. 30 anos de experiência na área administrativa

Leia mais

Especificação Suplementar

Especificação Suplementar Especificação Suplementar Versão Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 29/10/2014 2.0 2.1 funcionalidade e segurança de M. Vinícius acesso 30/10/2014

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Mídias Digitais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Mídias Digitais Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Mídias Digitais Apresentação A emergência de novas tecnologias de informação e comunicação e sua convergência exigem uma atuação de profissionais com visão

Leia mais

Como o Distribuidor pode aumentar as suas vendas com Comércio Eletrônico

Como o Distribuidor pode aumentar as suas vendas com Comércio Eletrônico Como o Distribuidor pode aumentar as suas vendas com Comércio Eletrônico O quê o Cliente procura quando liga para um Distribuidor? Onde estão os meus pedidos?!!! Qual é o preço/o quê o produto faz?!!!

Leia mais

Aula 2: RIA - Aplicações Ricas para Internet Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina

Aula 2: RIA - Aplicações Ricas para Internet Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina Programação para Internet Rica 1 Aula 2: RIA - Aplicações Ricas para Internet Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina Objetivo: Identificar as principais características de uma Aplicação Internet Rica.

Leia mais

Análise de critérios para qualidade no atendimento ao consumidor em serviço

Análise de critérios para qualidade no atendimento ao consumidor em serviço VIII WORKSHOP DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA DO CENTRO PAULA SOUZA São Paulo, 9 e 10 de outubro de 2013 Sistemas produtivos: da inovação à sustentabilidade ISSN: 2175-1897 Análise de critérios para qualidade

Leia mais

USABILIDADE NA WEB : Projetando Websites com Qualidade

USABILIDADE NA WEB : Projetando Websites com Qualidade Universidade Federal de Santa Catarina Programa de Pós-Graduação em Eng. e Gestão do Conhecimento USABILIDADE NA WEB : Projetando Websites com Qualidade Jakob Nielsen Hoa Loranger Rafael Tezza SOBRE A

Leia mais

Fundamentos de comércio internacional para pequenas e médias empresas

Fundamentos de comércio internacional para pequenas e médias empresas Fundamentos de comércio para pequenas e médias empresas Bruno Roque Cignacco 1ª edição 2009 Fundamentos de comércio para pequenas e médias empresas Bruno Roque Cignacco Contador formado pela Faculdade

Leia mais

Pequenas Empresas na Web

Pequenas Empresas na Web fevereiro 2010 :: ano 7 :: nº 74 :: www.revistawebdesign.com.br E D I T O R A R$ 11,90 Pequenas Empresas na Web Você sabia que, neste nicho de mercado, 80% NÃO possuem sites? Saiba como atraí-las para

Leia mais

FER IA IBEROAMERI C A N A DE GA S T R O N O M Í A

FER IA IBEROAMERI C A N A DE GA S T R O N O M Í A 17,18,19 DE NOVIEMBRE 2015 APRESENTAÇÃO DE FIBEGA A oferta cultural iberoamericana, que tantas manifestações artísticas abarca, deve incluir, também, a gastronomia, tanto em sua vertente criativa como

Leia mais

Especialização em Marketing Digital - NOVO

Especialização em Marketing Digital - NOVO Especialização em Marketing Digital - NOVO Apresentação Previsão de Início Agosto/2013 Inscrições em Breve - Turma 01 - Campus Stiep O ambiente de negócios tem sido modificado pelas Novas Tecnologias da

Leia mais

Acesse: www.eyenet.com.br ou ligue : (11) 5049-0441

Acesse: www.eyenet.com.br ou ligue : (11) 5049-0441 1 2 1) Proposta Comercial 2) Cases 3) Apresentação Eyenet 3 Objetivos do Projeto Construir uma intranet, oferecendo aos gestores, uma ferramenta web de fácil atualização de conteúdos, tornando-o um meio

Leia mais

A Estratégia na Gestão de Serviços em uma Grande Empresa de Telefonia na Cidade de São Paulo: um Estudo de Caso na Empresa Xyz

A Estratégia na Gestão de Serviços em uma Grande Empresa de Telefonia na Cidade de São Paulo: um Estudo de Caso na Empresa Xyz A Estratégia na Gestão de Serviços em uma Grande Empresa de Telefonia na Cidade de São Paulo: um Estudo de Caso na Empresa Xyz Marcelo Rabelo Henrique marcelo@mrhenriqueconsult.com.br Unicastelo José Abel

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC DE SÃO MIGUEL DO OESTE

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC DE SÃO MIGUEL DO OESTE FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC DE SÃO MIGUEL DO OESTE CREDENCIAMENTO DA FACULDADE Portaria Nº 1450 de 28 de novembro de 2008, publicada no DOU em 01 de dezembro de 2008. Diretor da Faculdade: Adilson José

Leia mais

Daciane de Oliveira Silva www.daciane.wordpress.com

Daciane de Oliveira Silva www.daciane.wordpress.com Daciane de Oliveira Silva www.daciane.wordpress.com Marketing direto e mediação eletrônica Como a internet criou novos meios de intermediação entre as pessoas e as organizações? O que é marketing direto?

Leia mais

DESAFIOS NA IMPLEMENTAÇÃO DO COMÉRCIO ELETRÔNICO AULA 2. MBA Gestão de TI. Luciano Roberto Rocha. www.lrocha.com

DESAFIOS NA IMPLEMENTAÇÃO DO COMÉRCIO ELETRÔNICO AULA 2. MBA Gestão de TI. Luciano Roberto Rocha. www.lrocha.com DESAFIOS NA IMPLEMENTAÇÃO DO COMÉRCIO ELETRÔNICO AULA 2 MBA Gestão de TI Luciano Roberto Rocha www.lrocha.com 2 3 Um otimista vê uma oportunidade em cada calamidade; um pessimista vê uma calamidade em

Leia mais

Autoria Web Apresentação e Visão Geral sobre a Web

Autoria Web Apresentação e Visão Geral sobre a Web Apresentação e Visão Geral sobre a Web Apresentação Thiago Miranda Email: mirandathiago@gmail.com Site: www.thiagomiranda.net Objetivos da Disciplina Conhecer os limites de atuação profissional em Web

Leia mais

A Qualidade do Serviço da Polícia Militar no Município de Juiz de Fora

A Qualidade do Serviço da Polícia Militar no Município de Juiz de Fora A Qualidade do Serviço da Polícia Militar no Município de Juiz de Fora Juliana Maioli Laval Bernardo jmlbernardo@gmail.com UFF Mara Telles Salles marasalles.uff@gmail.com UFF Resumo:O objetivo principal

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC DE FLORIANOPOLIS

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC DE FLORIANOPOLIS FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC DE FLORIANOPOLIS CREDENCIAMENTO DA FACULDADE Portaria Nº 39 de 13 de janeiro de 2012, publicada no DOU em 16 de janeiro de 2012. Diretor da Faculdade: Ivanir Salete Bazzei

Leia mais

MARKETING NA INTERNET

MARKETING NA INTERNET MARKETING NA INTERNET HUGO HOCH CONSULTOR DE MARKETING ER. BAURU SEBRAE-SP hugoh@sebraesp.com.br Marketing na Internet O que é? o Marketing na Internet, também referido como: i-marketing, web marketing,

Leia mais

Gerentes de Ecommerce

Gerentes de Ecommerce ECOMMERCE SCHOOL Fundada em junho de 2007, com o objetivo de ser um centro voltado para o desenvolvimento de profissionais de Internet, reunindo parcerias com escolas de excelência e importantes centros

Leia mais

Requisitos de business intelligence para TI: O que todo gerente de TI deve saber sobre as necessidades reais de usuários comerciais para BI

Requisitos de business intelligence para TI: O que todo gerente de TI deve saber sobre as necessidades reais de usuários comerciais para BI Requisitos de business intelligence para TI: O que todo gerente de TI deve saber sobre as necessidades reais de usuários comerciais para BI Janeiro de 2011 p2 Usuários comerciais e organizações precisam

Leia mais

FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Rafael D. Ribeiro, M.Sc,PMP. rafaeldiasribeiro@gmail.com http://www.rafaeldiasribeiro.com.br @ribeirord Pesquisa e Propagação do conhecimento: Através da Web, é possível

Leia mais

Fundamentos do Sistema de Informação nas Empresas. Objetivos do Capítulo

Fundamentos do Sistema de Informação nas Empresas. Objetivos do Capítulo Objetivos do Capítulo Explicar por que o conhecimento dos sistemas de informação é importante para os profissionais das empresas e identificar as cinco áreas dos sistemas de informação que esses profissionais

Leia mais

Pesquisa sobre Ensino de IHC 2010-2012. Clodis Milene Raquel Sílvia Simone

Pesquisa sobre Ensino de IHC 2010-2012. Clodis Milene Raquel Sílvia Simone Pesquisa sobre Ensino de IHC 2010-2012 Clodis Milene Raquel Sílvia Simone 1 abril a junho de 2013 75 respondentes válidos cursos: graduação pós-graduação stricto sensu pós-graduação lato sensu avulsos

Leia mais

Proposta de trabalho para produção do website do Programa Café Colombo. Walmar Andrade atendimento@fatorw.com (81) 9922-7168

Proposta de trabalho para produção do website do Programa Café Colombo. Walmar Andrade atendimento@fatorw.com (81) 9922-7168 Proposta de trabalho para produção do website do Programa Café Colombo Walmar Andrade atendimento@fatorw.com (81) 9922-7168 01. Apresentação Fator W é a marca fantasia através da qual o desenvolvedor web

Leia mais

Unidade IV MERCADOLOGIA. Profº. Roberto Almeida

Unidade IV MERCADOLOGIA. Profº. Roberto Almeida Unidade IV MERCADOLOGIA Profº. Roberto Almeida Conteúdo Aula 4: Marketing de Relacionamento A Evolução do Marketing E-marketing A Internet como ferramenta As novas regras de Mercado A Nova Era da Economia

Leia mais

AULA 4 Marketing de Serviços

AULA 4 Marketing de Serviços AULA 4 Marketing de Serviços Mercado Conjunto de todos os compradores reais e potenciais de um produto ou serviço. Trata-se de um sistema amplo e complexo, que envolve: FORNECEDORES CONCORRENTES CLIENTES

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UERJ LETÍCIA SAMPAIO DE MENEZES MACIEL ANÁLISE DA QUALIDADE PERCEBIDA PELOS USUÁRIOS DE SERVIÇOS

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UERJ LETÍCIA SAMPAIO DE MENEZES MACIEL ANÁLISE DA QUALIDADE PERCEBIDA PELOS USUÁRIOS DE SERVIÇOS UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UERJ LETÍCIA SAMPAIO DE MENEZES MACIEL ANÁLISE DA QUALIDADE PERCEBIDA PELOS USUÁRIOS DE SERVIÇOS LOGÍSTICOS TERCEIRIZADOS: UM ESTUDO DE CASO RIO DE JANEIRO 2009

Leia mais

Capítulo 3 Sistemas de E-Commerce

Capítulo 3 Sistemas de E-Commerce Capítulo 3 Sistemas de E-Commerce 3.1 Fundamentos do Comércio Eletrônico Introdução O comércio eletrônico é mais do que a mera compra e venda de produtos online. Em lugar disso, ele engloba o processo

Leia mais

Fundamentos do Comércio Eletrônico

Fundamentos do Comércio Eletrônico Administração e Finanças Uniban Notas de Aula Comércio (e-commerce) Prof. Amorim Fundamentos do Comércio Comércio Mais do que a mera compra e venda de produtos on-line. Engloba o processo on-line inteiro:

Leia mais

Você ainda não tem um Web Site? Que pena! Seu concorrente já.

Você ainda não tem um Web Site? Que pena! Seu concorrente já. 1 Porque ter um site? Você ainda não tem um Web Site? Que pena! Seu concorrente já. Em um mundo globalizado, ter um site na internet não é mais um luxo para poucos, e sim uma regra geral para empresas

Leia mais

DIFERENCIAIS SERVIÇOS. 1. Desenvolvimento De Sites Personalizados

DIFERENCIAIS SERVIÇOS. 1. Desenvolvimento De Sites Personalizados DIFERENCIAIS Acredito que o desenvolvimento de soluções para Internet não é um trabalho qualquer, deve-se ter certa experiência e conhecimento na área para projetar sistemas que diferenciem você de seu

Leia mais

Curso de GOOGLE ADWORDS

Curso de GOOGLE ADWORDS ECOMMERCE SCHOOL Fundada em junho de 2007, com o objetivo de ser um centro voltado para o desenvolvimento de profissionais de Internet, reunindo parcerias com escolas de excelência e importantes centros

Leia mais

Método servqual: um estudo de satisfação em uma escola de idiomas

Método servqual: um estudo de satisfação em uma escola de idiomas Método servqual: um estudo de satisfação em uma escola de idiomas Leonardo Francisco Figueiredo Neto (UFMS) lffneto@nin.ufms.br Leandro Sauer (UFMS) sauer@uol.com.br Gerusa Rodrigues Cruvinel Borges (UFMS)

Leia mais

Estratégia e Regras do Negócio: E-Commerce. O que é e-commerce?

Estratégia e Regras do Negócio: E-Commerce. O que é e-commerce? E-Commerce O que é e-commerce? Comércio electrónico ou e-commerce é um conceito aplicável a qualquer tipo de negócio ou transação comercial que implique a transferência de informação através da Internet.

Leia mais

O que é comércio eletrônico?

O que é comércio eletrônico? COMÉRCIO ELETRÔNICO O que é comércio eletrônico? O comércio eletrônico ou e-commerce é a compra e venda de mercadorias ou serviços por meio da Internet, onde as chamadas Lojas Virtuais oferecem seus produtos

Leia mais

PERFIL DO PROFISSIONAL EGRESSO

PERFIL DO PROFISSIONAL EGRESSO PERFIL DO CURSO Estuda os produtos e serviços da empresa, caracteriza o tipo de clientes e recolhe informações sobre a concorrência e o mercado em geral. Prepara ações de venda. Promove e efetua a venda

Leia mais

Fundamentos da Qualidade

Fundamentos da Qualidade Fundamentos da Qualidade Luiz Carlos Monteiro Gerente da Divisão de Orientação e Incentivo à Qualidade Quando surgiu a qualidade? Quando o Homem sente necessidades e cria expectativas. O que é qualidade?

Leia mais

IV. Intercâmbio Eletrônico de Dados (EDI)

IV. Intercâmbio Eletrônico de Dados (EDI) IV. Intercâmbio Eletrônico de Dados (EDI) 1. Funcionamento do EDI 2. EDI tradicional X WEB EDI 3. EDI Tradicional 4. WEB EDI Intercâmbio Eletrônico de Dados (EDI) EDI: Electronic Data Interchange Troca

Leia mais

Primeira Pesquisa Nacional do Varejo Online

Primeira Pesquisa Nacional do Varejo Online Primeira Pesquisa Nacional do Varejo Online DADOS SOBRE A PESQUISA Data de início: 09/06/14 Data de Termino: 11/07/14 Base: E-commerce Brasil Amostra: 668 respondentes Confiança: 95% Margem de Erro: 4,0%

Leia mais

QUALIDADE E LIDERANÇA NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS: UMA AVALIAÇÃO USANDO ESCALA SERVQUAL E LPI

QUALIDADE E LIDERANÇA NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS: UMA AVALIAÇÃO USANDO ESCALA SERVQUAL E LPI 1 QUALIDADE E LIDERANÇA NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS: UMA AVALIAÇÃO USANDO ESCALA SERVQUAL E LPI Heitor L. M. M. Quintella, DSc Consultor Certificado, Professor Universidade Federal Fluminense Robson K. B.

Leia mais

apresentação iagente shop

apresentação iagente shop apresentação iagente shop Rua Sport Clube São José, 54 506. Porto Alegre Rio Grande do Sul CEP: 91030-510 Fone: (51) 3398.7638 e-mail: www.iagenteshop.com.br www.iagente.com.br Data: 01 de Abril de 2009

Leia mais

(LOQ4208) Processos da Indústria de Serviços

(LOQ4208) Processos da Indústria de Serviços Processos da Indústria de Serviços (LOQ4208) 10 Síntese Curso CRONOGRAMA - CURSO Data Assunto Detalhamento 8/mar Op. Serviço EC: Cumbuca 2 grupos (10%) 15/mar Op. Serviço EC: Cumbuca 2 grupos (10%) 22/mar

Leia mais

INNOVA. Soluções de software que capacitam os processadores de aves a...

INNOVA. Soluções de software que capacitam os processadores de aves a... INNOVA Soluções de software que capacitam os processadores de aves a... Maximizar o rendimento e a produtividade Estar em conformidade com os padrões de qualidade e garantir a segurança dos alimentos Obter

Leia mais

Subáreas. Marketing estratégico: Marketing de varejo

Subáreas. Marketing estratégico: Marketing de varejo Marketing estratégico: Marketing de varejo Marketing de serviços: Marketing de agronegócios Área: Marketing e Vendas Competências diagnóstico mercadológico; metodologia de análise e segmentação de mercado

Leia mais

6 Modelo proposto: projeto de serviços dos sites de compras coletivas

6 Modelo proposto: projeto de serviços dos sites de compras coletivas 6 Modelo proposto: projeto de serviços dos sites de compras coletivas A partir do exposto, primeiramente apresentam-se as fases discriminadas no modelo proposto por Mello (2005), porém agora direcionadas

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING CERTIFICAÇÃO INTERMEDIÁRIA POR MÓDULOS

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING CERTIFICAÇÃO INTERMEDIÁRIA POR MÓDULOS CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING CERTIFICAÇÃO INTERMEDIÁRIA POR MÓDULOS 2 CERTIFICAÇÃO INTERMEDIÁRIA POR MÓDULOS A estrutura curricular do Curso Superior de Tecnologia em Marketing da Faculdade

Leia mais

VISÃO GERAL DO CAPÍTULO

VISÃO GERAL DO CAPÍTULO CAPÍTULO 8.I Sistemas de e-commerce VISÃO GERAL DO CAPÍTULO O propósito deste capítulo é descrever e apresentar os componentes básicos do processo de sistemas de e-commerce, e explicar importantes tendências,

Leia mais

A empresa digital: comércio e negócios eletrônicos

A empresa digital: comércio e negócios eletrônicos Universidade Federal do Vale do São Francisco Curso de Administração Tecnologia e Sistemas de Informação - 06 Prof. Jorge Cavalcanti jorge.cavalcanti@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti

Leia mais

SISTEMAS PARA INTERNET

SISTEMAS PARA INTERNET Unidade II SISTEMAS PARA INTERNET E SOFTWARE LIVRE Prof. Emanuel Matos Sumário Unidade II Comércio Eletrônico Tecnologia de Comércio Eletrônico Categorias do Comércio Eletrônico M-commerce Comércio eletrônico

Leia mais

SERVQUAL Aplicado à Avaliação de Serviços Mecânicos em Veículos

SERVQUAL Aplicado à Avaliação de Serviços Mecânicos em Veículos SERVQUAL Aplicado à Avaliação de Serviços Mecânicos em Veículos Roxana M. Martínez Orrego Raquel Cymrot Daniel A. de Oliveira Barbosa Emiliana R. Beraldo RESUMO Neste artigo apresentam-se e discutem-se,

Leia mais