Circular nº. 037/2013

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Circular nº. 037/2013"

Transcrição

1 Circular nº. 037/2013 SEFAZ/CE - Substituição Tributária do ICMS Material de Construção, Ferragens e Ferramentas (Decreto /2013) Tópicos principais: 1 A partir de 1 de Outubro de 2013 as empresas fabricantes e comerciantes atacadistas e varejistas nas operações com material de construção, ferragens e ferramentas (CNAE-Fiscal principal), relacionados nos anexos do Decreto Est. CE nº /2013, ficam responsáveis, na condição de sujeito passivo por substituição tributária, pela retenção e recolhimento do ICMS devido nas operações subseqüentes, até o consumidor final, quando da saída do estabelecimento industrial, ou, quando da entrada da mercadoria neste Estado ou no estabelecimento de contribuinte, conforme o caso, da forma e condições que especifica; 2 Verificar os casos em que não se aplicará o disposto nessa Circular; 3 Os estabelecimentos atacadistas e varejistas constantes dos Anexos I e II do Decreto /2013, deverão arrolar o estoque das mercadorias sujeitas à presente sistemática, existente no estabelecimento em 30 de Setembro de 2013*; *Ver nota sobre o assunto na Circular. 4 O ICMS apurado na forma do item 3 acima, desde que solicitado junto às unidades da SEFAZ, até 31 de Outubro de 2013, poderá ser recolhido em até 6 (seis) parcelas mensais, iguais e sucessivas. 1 A Secretaria da Fazenda do Estado do Ceará (SEFAZ/CE), através do Decreto nº /2013, dispõe que os estabelecimentos enquadrados nas atividades econômicas indicadas nas tabelas abaixo (como CNAE-Fiscal principal) ficam responsáveis, na condição de sujeito passivo por substituição tributária, pela retenção e recolhimento do ICMS devido nas operações subseqüentes, até o consumidor final, quando da saída do estabelecimento industrial, ou, quando da entrada da mercadoria neste Estado ou no estabelecimento de contribuinte, conforme o caso, da forma e condições que especifica.

2 ANEXO I CNAE-FISCAL DESCRIÇÃO DA CNAE-FISCAL Fabricação de vidro plano e de segurança Fabricação de artigos de vidro Fabricação de estruturas pré-moldadas de concreto armado, em série e sob encomenda Fabricação de azulejos e pisos Fabricação de artefatos de cerâmica e barro cozido para uso na construção, exceto azulejos e pisos Fabricação de produtos cerâmicos não-refratários não especificados anteriormente Fabricação de cal e gesso Comércio atacadista de lustres, luminárias e abajures Comércio atacadista de ferragens e ferramentas Comércio atacadista de material elétrico Comércio atacadista de tintas, vernizes e similares Comércio atacadista de vidros, espelhos e vitrais Comércio atacadista especializado de materiais de construção não especificados anteriormente Comércio atacadista de materiais de construção em geral CNAE-FISCAL ANEXO II DESCRIÇÃO DA CNAE-FISCAL Comércio varejista de tintas e materiais para pintura Comércio varejista de material elétrico Comércio varejista de vidros Comércio varejista de ferragens e ferramentas Comércio varejista de materiais hidráulicos Comércio varejista de materiais de construção não especificados anteriormente Comércio varejista de materiais de construção em geral Comércio varejista de artigos de iluminação

3 2 Salvo disposição em contrário, na forma que dispuser a legislação, o regime tributário de que trata o referido Decreto não se aplica às operações: - com mercadoria ou bem destinados ao ativo imobilizado ou consumo do estabelecimento, as quais estão sujeitas apenas ao recolhimento do ICMS relativo ao diferencial de alíquotas; - com mercadoria isenta ou não tributada; - sujeitas ao regime de substituição tributária, às quais se aplica a legislação pertinente, inclusive as decorrentes de cargas líquidas estabelecidas com base na Lei nº /2008; - com mercadoria já contemplada com redução da base de cálculo do ICMS ou com crédito presumido, ou que, por qualquer outro mecanismo, tenha a sua carga tributária reduzida, exceto os produtos da cesta básica; - com equipamentos e materiais elétricos, hidráulicos, sanitários, eletrônicos, eletroeletrônicos, de telefonia, eletrodomésticos e móveis, ferragens e ferramentas; - com artigos de vestuário e produtos de cama, mesa e banho; - com jóias, relógios e bijuterias. 3 Os estabelecimentos atacadistas e varejistas constantes dos Anexos I e II do Decreto, deverão: I - arrolar o estoque das mercadorias sujeitas à presente sistemática, existente no estabelecimento em 30 de Setembro de 2013*, informando-o no SPED/EFD; *O Decreto menciona que deve ser arrolado o estoque existente em 31 de Agosto de 2013, entretanto, entendemos que isso foi conseqüência de uma falha na redação dessa legislação. Estamos aguardando posicionamento da SEFAZ/CE sobre o assunto. II - separar as mercadorias de acordo com os seguintes enquadramentos: a) produtos de informática constantes de Ato do Secretário da Fazenda (ver Instrução Normativa SEFAZ/CE nº 16/2013); b) cesta-básica, sujeita à carga tributária de 7% (sete por cento); c) cesta-básica sujeita à carga tributária de 12% (doze por cento); d) sujeitas à alíquota de 17% (dezessete por cento); e) sujeitas à alíquota de 25% (vinte e cinco por cento);

4 III - em relação às mercadorias arroladas no item II (supracitado), indicar as quantidades e os valores unitários e total, tomando-se por base o valor médio da aquisição, ou, na falta deste, o valor da aquisição mais recente, acrescido do IPI e do percentual de 35% (trinta e cinco por cento); a) aplicar sobre o valor total de cada grupo o percentual da carga tributária líquida constante do Anexo III do Decreto /2013 (citado no fim dessa Circular), estabelecido para as operações internas; b) encontrar o valor total do imposto das mercadorias inventariadas mediante o somatório do imposto correspondente a cada grupo de mercadorias. 4 O ICMS apurado na forma do sub-item "b" do item III, acima, desde que solicitado junto às unidades da SEFAZ, até 31 de Outubro de 2013, poderá ser recolhido em até 6 (seis) parcelas mensais, iguais e sucessivas, sendo a primeira com vencimento na data do pedido e as demais até o ultimo dia útil dos meses subsequentes. O recolhimento do ICMS sobre estoque nos moldes expostos não dispensa o pagamento do ICMS Antecipado de que trata o art. 767 do Decreto nº /1997, relativo às mercadorias entradas até a data do levantamento dos estoques. Não será exigido o recolhimento do ICMS apurado sobre o estoque, dos estabelecimentos atacadistas detentores de Regime Especial de Tributação para o recolhimento do imposto de que trata a presente sistemática. O crédito fiscal relativo ao estoque das mercadorias arroladas na forma em pauta, inclusive os créditos de oriundos de ICMS Antecipado, não poderá ser utilizado para abater do imposto calculado na forma prevista acima, devendo ser objeto de estorno. A legislação retromencionada entra em vigor em 1º de Outubro de ANEXO III CONTRIBUINTE DESTINATÁRIO/REMETENTE MERCADORIA (Alíquota interna efetiva) O Próprio Estado ou Exterior do País Regiões Norte, Nordeste, Centro Oeste e Estado do Espírito Santo Regiões Sul e Sudeste, exceto o Estado do Espírito Santo INDÚSTRIA (Anexo I) Normal Normal Normal Normal Produtos de Informática; 3,70% 4,80% 4,80% 7% - Cesta Básica; 2,70% 4,70% 6,80% 12% - Cesta Básica; 4,60% 8,10% 11,60% ATACADISTA (Anexo I) 17% - (geral); 6,50% 14,95% 16,80% 25% - (vinhos, sidras e bebidas quentes, exceto aguardente) 7,26% 25,85% 33,00%

5 VAREJISTA (Anexo II) Produtos de Informática; 3,70% 4,80% 4,80% 7% - Cesta Básica; 1,05% 3,46% 5,52% 12% - Cesta Básica; 1,80% 5,93% 9,46% 17% - (geral); 6,50% 14,95% 16,80% 25% - (vinhos, sidras e bebidas quentes, exceto 7,26% 25,85% 33,00% aguardente). Fundamentação Legal: Decreto Est. CE nº /2013. A Consultoria Fortaleza-CE, 26 de Agosto de 2013.

LEI Nº 14.237, de 10 de novembro de 2008. DISPÕE SOBRE O REGIME DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA NAS OPERAÇÕES REALIZADAS POR CONTRIBUINTES DO IMPOSTO

LEI Nº 14.237, de 10 de novembro de 2008. DISPÕE SOBRE O REGIME DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA NAS OPERAÇÕES REALIZADAS POR CONTRIBUINTES DO IMPOSTO LEI Nº 14.237, de 10 de novembro de 2008. DISPÕE SOBRE O REGIME DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA NAS OPERAÇÕES REALIZADAS POR CONTRIBUINTES DO IMPOSTO SOBRE OPERAÇÕES RELATIVAS À CIRCULAÇÃO DE MERCADORIAS E

Leia mais

DECRETO N 29.560, DE 27 DE NOVEMBRO DE 2008

DECRETO N 29.560, DE 27 DE NOVEMBRO DE 2008 DECRETO N 29.560, DE 27 DE NOVEMBRO DE 2008 DECRETO N 29.560, DE 27 DE NOVEMBRO DE 2008 27/11/2008 * Publicado no DOE em 27/11/2008. REGULAMENTA A LEI Nº14.237, DE 10 DE NOVEMBRO DE 2008, QUE DISPÕE SOBRE

Leia mais

DECRETO N , DE 06 DE AGOSTO DE 2009

DECRETO N , DE 06 DE AGOSTO DE 2009 DECRETO N 29.816, DE 06 DE AGOSTO DE 2009 * Publicado no DOE em 07/08/2009. ALTERA DISPOSIÇÕES DO DECRETO 24.569, DE 31 DE JULHO DE 1997, QUE CONSOLIDA E REGULAMENTA A LEGISLAÇÃO DO IMPOSTO SOBRE OPERAÇÕES

Leia mais

O Guia Prático das Operações de Circulações de Mercadorias. Facilitador: Paulo Almada

O Guia Prático das Operações de Circulações de Mercadorias. Facilitador: Paulo Almada O Guia Prático das Operações de Circulações de Mercadorias Facilitador: Paulo Almada Dec. 31.270/13 - ICMS-ST MATERIAL DE CONSTRUÇÃO, FERRAGENS E FERRAMENTAS Dec. 31.270/13 Art. 11. O disposto neste Decreto

Leia mais

DECRETO Nº , DE 1º DE AGOSTO DE 2013.

DECRETO Nº , DE 1º DE AGOSTO DE 2013. DECRETO Nº 31.270, DE 1º DE AGOSTO DE 2013. Publicado no DOE em 02/08/2013 DISPÕE SOBRE O REGIME DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA COM CARGA LÍQUIDA DO ICMS NAS OPERAÇÕES COM MATERIAL DE CONSTRUÇÃO, FERRAGENS

Leia mais

FIOS, TECIDOS, ARTIGOS DE ARMARINHO E CONFECÇÕES. PERGUNTAS E RESPOSTAS Atualizado em 05/01/2016 Incluídas perguntas 11 e 12

FIOS, TECIDOS, ARTIGOS DE ARMARINHO E CONFECÇÕES. PERGUNTAS E RESPOSTAS Atualizado em 05/01/2016 Incluídas perguntas 11 e 12 FIOS, TECIDOS, ARTIGOS DE ARMARINHO E CONFECÇÕES PERGUNTAS E RESPOSTAS Atualizado em 05/01/2016 Incluídas perguntas 11 e 12 2 PERGUNTAS E RESPOSTAS 1. Em que consiste a sistemática simplificada de tributação

Leia mais

GIPSITA, GESSO E SEUS DERIVADOS

GIPSITA, GESSO E SEUS DERIVADOS atualizado em 02/03/2016 alterados os itens 2.1, 2.2, 2.3, 2.4 e 3 HISTÓRICO DE ATUALIZAÇÕES DATA ATUALIZAÇÃO ITENS ALTERADOS 24/02/2016 1, 2.3 e 2.4 04/02/2016 1 e 3 19/11/2015 1, 2.1, 2.2, 2.3 e 2.4

Leia mais

DECRETO N , DE 28 DE NOVEMBRO DE 2012

DECRETO N , DE 28 DE NOVEMBRO DE 2012 *Publicado no DOE em 30/11/2012 DECRETO N 31.066, DE 28 DE NOVEMBRO DE 2012 DISPÕE SOBRE O REGIME DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA COM CARGA LÍQUIDA DO ICMS NAS OPERAÇÕES COM PRODUTOS DE INFORMÁTICA, NA FORMA

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos ICMS Complementar de redução de carga tributária de atacadista - ES

Parecer Consultoria Tributária Segmentos ICMS Complementar de redução de carga tributária de atacadista - ES ICMS 30/12/2013 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 3 4. Conclusão... 6 5. Referências... 6 6. Histórico de Alterações... 6

Leia mais

CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA SOBRE A RECEITA BRUTA COMÉRCIO VAREJISTA

CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA SOBRE A RECEITA BRUTA COMÉRCIO VAREJISTA CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA SOBRE A RECEITA BRUTA COMÉRCIO VAREJISTA Ope Legis Consultoria Empresarial RECEITA BRUTA COMÉRCIO VAREJISTA Governo desloca a contribuição previdenciária patronal sobre a folha

Leia mais

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA. 1 - Substituição Tributária:

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA. 1 - Substituição Tributária: GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA 1 - Substituição Tributária: A substituição tributária, denominada por muitos como o instituto da substituição tributária, é uma técnica de tributação,

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA GERÊNCIA TRIBUTÁRIA SUBGERÊNCIA DE LEGISLAÇÃO E ORIENTAÇÃO TRIBUTÁRIA

GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA GERÊNCIA TRIBUTÁRIA SUBGERÊNCIA DE LEGISLAÇÃO E ORIENTAÇÃO TRIBUTÁRIA PARECER N 268 / 2015 ASSUNTO: PARECER INFORMATIVO EMENTA: ICMS AUTO PEÇAS USADAS NOTA FISCAL DE ENTRADA OBRIGATORIEDADE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA VENDA PARA CONSUMIDOR FINAL INAPLICABILIDADE REDUÇÃO DE BASE

Leia mais

ATUALIZADO ATÉ O DECRETO Nº 13.273, DE 23/09/08 1 DECRETO Nº 11.442, DE 21 DE JULHO DE 2004.

ATUALIZADO ATÉ O DECRETO Nº 13.273, DE 23/09/08 1 DECRETO Nº 11.442, DE 21 DE JULHO DE 2004. REVOGADO EM 01/01/2009 PELO DEC. 13.501, DE 23/12/2008 *VER DECRETO. 13.500/08 ATUALIZADO ATÉ O DECRETO Nº 13.273, DE 23/09/08 1 DECRETO Nº 11.442, DE 21 DE JULHO DE 2004. Dispõe sobre a substituição tributária

Leia mais

DECRETO Nº , DE 26 DE ABRIL DE 2011

DECRETO Nº , DE 26 DE ABRIL DE 2011 Publicado no DOE em 28/04/2011 DECRETO Nº 30.519, DE 26 DE ABRIL DE 2011 DISPÕE SOBRE O REGIME DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA COM CARGA LÍQUIDA DO ICMS NAS OPERAÇÕES COM PEÇAS, COMPONENTES E ACESSÓRIOS PARA

Leia mais

LEIAUTE ARQUIVO TEXTO GIAM ELETRÔNICA VERSÃO 9.4

LEIAUTE ARQUIVO TEXTO GIAM ELETRÔNICA VERSÃO 9.4 LEIAUTE ARQUIVO TEXTO GIAM ELETRÔNICA VERSÃO 9.4 Alterações para versão 9.4: Atualização da versão do arquivo segmento A33; Atualização da tabela de bases legais; Segmento A Informações Econômico-Fiscais

Leia mais

DECRETO Nº 7.799 DE 09 DE MAIO DE 2000 (Publicado no Diário Oficial de 10/05/2000)

DECRETO Nº 7.799 DE 09 DE MAIO DE 2000 (Publicado no Diário Oficial de 10/05/2000) DECRETO Nº 7.799 DE 09 DE MAIO DE 2000 (Publicado no Diário Oficial de 10/05/2000) Alterado pelos Decretos nºs 7.848/00, 7.887/00, 7.902/01, 7.984/01, 8.409/02, 8.435/03, 8.511/03, 8.548/03, 8.666/03,

Leia mais

Dia 02/01 Pelo Transportador Revendedor Retalhista (TRR) Pelo importador. Dia 03/01. Pelo Transportador Revendedor Retalhista (TRR) Pelo importador

Dia 02/01 Pelo Transportador Revendedor Retalhista (TRR) Pelo importador. Dia 03/01. Pelo Transportador Revendedor Retalhista (TRR) Pelo importador Janeiro/2012 Dia 02/01 Pelo Transportador Revendedor Retalhista (TRR) Dia 03/01 Pelo Transportador Revendedor Retalhista (TRR) Dia 04/01 O contribuinte que tiver recebido o combustível de outro contribuinte

Leia mais

DECRETO Nº 10.628 DE 04 DE SETEMBRO DE 2001.

DECRETO Nº 10.628 DE 04 DE SETEMBRO DE 2001. DECRETO Nº 10.628 DE 04 DE SETEMBRO DE 2001. Altera dispositivos do Decreto nº 9.513, de 14 de junho de 1996, que dispõe sobre a utilização de equipamento Emissor de Cupom Fiscal-ECF, por contribuinte

Leia mais

IN RFB 1.009/10 - IN - Instrução Normativa RECEITA FEDERAL DO BRASIL - RFB nº 1.009 de 10.02.2010

IN RFB 1.009/10 - IN - Instrução Normativa RECEITA FEDERAL DO BRASIL - RFB nº 1.009 de 10.02.2010 IN RFB 1.009/10 - IN - Instrução Normativa REEITA FEDERAL DO BRASIL - RFB nº 1.009 de 10.02.2010 D.O.U.: 11.02.2010 Adota Tabelas de ódigos a serem utilizadas na formalização da Escrituração Fiscal Digital

Leia mais

AGENDA TRIBUTÁRIA ESTADUAL: MAIO DE 2016 - COM. CAT Nº 11, DE 25 DE ABRIL DE 2016

AGENDA TRIBUTÁRIA ESTADUAL: MAIO DE 2016 - COM. CAT Nº 11, DE 25 DE ABRIL DE 2016 AGENDA TRIBUTÁRIA ESTADUAL: MAIO DE 2016 COM. CAT Nº 11, DE 25 DE ABRIL DE 2016 Declara as datas fixadas para cumprimento das obrigações principais e acessórias, do mês de maio de 2016. O Coordenador da

Leia mais

Coordenação-Geral de Tributação

Coordenação-Geral de Tributação Fls. 2 1 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 212 - Data 14 de julho de 2014 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: SIMPLES NACIONAL SIMPLES NACIONAL. ESTABELECIMENTO COMERCIAL EQUIPARADO

Leia mais

DECRETO Nº , DE 26 DE ABRIL DE 2011

DECRETO Nº , DE 26 DE ABRIL DE 2011 *Publicado no DOE em 28/04/2011 DECRETO Nº 30.519, DE 26 DE ABRIL DE 2011 DISPÕE SOBRE O REGIME DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA COM CARGA LÍQUIDA DO ICMS NAS OPERAÇÕES COM PEÇAS, COMPONENTES E ACESSÓRIOS PARA

Leia mais

de 2002, permanecem com a alíquota da Cofins reduzida a zero, em que pesem as alterações introduzidas pela Lei nº 10.865, de 2004.

de 2002, permanecem com a alíquota da Cofins reduzida a zero, em que pesem as alterações introduzidas pela Lei nº 10.865, de 2004. DIVISÃO DE TRIBUTAÇÃO 4. Região Fiscal SOLUÇÃO DE CONSULTA Nº 1, DE 13 DE JANEIRO DE 2009 EMENTA: GFIP - Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e Informações à Previdência Social.

Leia mais

No rodapé de cada slide é indicado o instrumento legal que dá base às informações. É recomendado que cheque se não ocorreu nenhuma alteração.

No rodapé de cada slide é indicado o instrumento legal que dá base às informações. É recomendado que cheque se não ocorreu nenhuma alteração. Versão 11/03/2014 Não é pretensão desta apresentação esgotar totalmente os procedimentos de ICMS ST. Representa opinião da ABIHPEC podendo haver entendimento divergente. No rodapé de cada slide é indicado

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Emissão de Documento Fiscal pelo contribuinte substituído no recebimento de mercadorias com ICMS-ST

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Emissão de Documento Fiscal pelo contribuinte substituído no recebimento de mercadorias com ICMS-ST Segmentos Emissão de Documento Fiscal pelo contribuinte substituído no recebimento de mercadorias com ICMS-ST 07/03/2014 Título do documento Sumário 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente...

Leia mais

CALENDÁRIO DE OBRIGATORIEDADE EMISSAO DE NOTA FISCAL DE CONSUMIDOR ELETRONICA NO ESTADO DO PARANÁ

CALENDÁRIO DE OBRIGATORIEDADE EMISSAO DE NOTA FISCAL DE CONSUMIDOR ELETRONICA NO ESTADO DO PARANÁ CALENDÁRIO DE OBRIGATORIEDADE EMISSAO DE NOTA FISCAL DE CONSUMIDOR ELETRONICA NO ESTADO DO PARANÁ A Secretaria de Fazenda do estado do Paraná publicou no último dia 09/04/2015 a Resolução SEFA 145/2015

Leia mais

de 21 de junho de 2011, e considerando o disposto na Lei nº 5.147, de 25 de julho de 2005, resolve:

de 21 de junho de 2011, e considerando o disposto na Lei nº 5.147, de 25 de julho de 2005, resolve: Instrução Normativa SMR nº 5, de 15 de outubro de 2015. Estabelece os procedimentos para dedução da base de cálculo do ISS dos valores dos materiais empregados na construção civil. O SECRETÁRIO MUNICIPAL

Leia mais

CENTRAL DE DISTRIBUIÇÃO DE SUPERMERCADOS E LOJAS DE DEPARTAMENTOS. atualizado em 09/11/2015 alterados os itens 5.1 e 6 acrescentado o item 7

CENTRAL DE DISTRIBUIÇÃO DE SUPERMERCADOS E LOJAS DE DEPARTAMENTOS. atualizado em 09/11/2015 alterados os itens 5.1 e 6 acrescentado o item 7 atualizado em 09/11/2015 alterados os itens 5.1 e 6 acrescentado o item 7 CENTRAL DE DISTRIBUIÇÃO DE SUPERMERCADOS E LOJAS DE DEPARTAMENTOS 2 ÍNDICE 1. CONCEITO...5 2. INAPLICABILIDADE...5 3. CREDENCIAMENTO...5

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Fundo Estadual de Combate a Pobreza - Energia Elétrica e Comunicação - RJ

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Fundo Estadual de Combate a Pobreza - Energia Elétrica e Comunicação - RJ Parecer Consultoria Tributária Segmentos Fundo Estadual de Combate a Pobreza - Energia Elétrica e Comunicação - RJ 04/02/2016 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente...

Leia mais

ANEXO I. SEGMENTO ECONÔMICO/CLASSIFICAÇÃO NACIONAL DE ATIVIDADES ECONÔMICAS CNAE (principal)

ANEXO I. SEGMENTO ECONÔMICO/CLASSIFICAÇÃO NACIONAL DE ATIVIDADES ECONÔMICAS CNAE (principal) ANEXO I SEGMENTO ECONÔMICO/CLASSIFICAÇÃO NACIONAL DE ATIVIDADES ECONÔMICAS CNAE (principal) SEGMENTO ECONÔMICO CNAE (Subclasse) Alimentação 1091102 Alimentação 4721102 Alimentação 4721103 Alimentação 4721104

Leia mais

SEÇÃO IX. Do Regime de Substituição Tributária nas Operações com Farinha de Trigo. e seus derivados

SEÇÃO IX. Do Regime de Substituição Tributária nas Operações com Farinha de Trigo. e seus derivados DOE Nº 11.169 Data: 11/02/2006 Decreto nº 18.878, de 10 de fevereiro de 2006. Altera o Regulamento do ICMS, aprovado pelo Decreto 13.640, de 13 de novembro de 1997, para dispor sobre substituição tributária

Leia mais

ESTADO DE ALAGOAS GABINETE DO GOVERNADOR

ESTADO DE ALAGOAS GABINETE DO GOVERNADOR DECRETO Nº 4.105, DE 29 DE JANEIRO DE 2009. ALTERA O REGULAMENTO DO ICMS, APROVADO PELO DECRETO Nº 35.245, DE 26 DE DEZEMBRO DE 1991, PARA IMPLEMENTAR DISPOSIÇÕES DOS PROTOCOLOS ICMS 107, DE 16 DE NOVEMBRO

Leia mais

CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA SOBRE A RECEITA BRUTA - Lei 12.546/2011 DESONERAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTOS NO SETOR DA CONSTRUÇÃO CIVIL LEI 13.

CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA SOBRE A RECEITA BRUTA - Lei 12.546/2011 DESONERAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTOS NO SETOR DA CONSTRUÇÃO CIVIL LEI 13. CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA SOBRE A RECEITA BRUTA - Lei 12.546/2011 DESONERAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTOS NO SETOR DA CONSTRUÇÃO CIVIL LEI 13.161/2015 Conceito A desoneração da folha de pagamento consiste

Leia mais

DECRETO Nº 7.799 DE 09 DE MAIO DE 2000 (Publicado no Diário Oficial de 10/05/2000)

DECRETO Nº 7.799 DE 09 DE MAIO DE 2000 (Publicado no Diário Oficial de 10/05/2000) DECRETO Nº 7.799 DE 09 DE MAIO DE 2000 (Publicado no Diário Oficial de 10/05/2000) Alterado pelos Decretos nºs 7848/00, 7887/00, 7902/01, 7984/01, 8.409/02, 8.435/03, 8.511/03, 8.548/03, 8.666/03, 8.740/03,

Leia mais

Desoneração da Folha de Pagamento - Tributação sobre Receita

Desoneração da Folha de Pagamento - Tributação sobre Receita Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400, 3824-5433 (teleatendimento), fax (11) 3824-5487 Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva,

Leia mais

GOVERNO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE ESTADO DE FINANÇAS COORDENADORIA DA RECEITA ESTADUAL GETRI GERÊNCIA DE TRIBUTAÇÃO

GOVERNO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE ESTADO DE FINANÇAS COORDENADORIA DA RECEITA ESTADUAL GETRI GERÊNCIA DE TRIBUTAÇÃO ASSUNTO : Consulta Operações com cartões de celulares. PARECER Nº 096/06/GETRI/CRE/SEFIN SÚMULA: OPERAÇÃO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO DISPONIBILIZADA ATRAVÉS DE CARTÕES PARA TELEFONIA MÓVEL

Leia mais

01. ENTRADAS 02. SAÍDAS 03. OUTRAS SITUAÇÕES

01. ENTRADAS 02. SAÍDAS 03. OUTRAS SITUAÇÕES 1 INTRODUÇÃO Este trabalho tem o intuito de auxiliar os usuários do SISIF a informar corretamente as informações que devem ser enviadas de acordo com as especificações estabelecidas no layout. Essa idéia

Leia mais

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA DO ICMS - Exclusão de Produtos do Regime em Santa Catarina a Partir de 01.08.2012

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA DO ICMS - Exclusão de Produtos do Regime em Santa Catarina a Partir de 01.08.2012 SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA DO ICMS - Exclusão de Produtos do Regime em Santa Catarina a Partir de 01.08.2012 Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 02.08.2012. Sumário: 1 - INTRODUÇÃO 2 - PRODUTOS

Leia mais

A desoneração da folha trocada em miúdos Qui, 25 de Outubro de 2012 00:00. 1. Introdução

A desoneração da folha trocada em miúdos Qui, 25 de Outubro de 2012 00:00. 1. Introdução 1. Introdução Com a publicação da Medida Provisória 563/12 convertida na Lei 12.715/12 e posteriormente regulamentada pelo Decreto 7.828/12, determinadas empresas de vários setores terão a contribuição

Leia mais

Agenda Tributária: de 21 a 27 de janeiro de 2016

Agenda Tributária: de 21 a 27 de janeiro de 2016 Agenda Tributária: de 21 a 27 de janeiro de 2016 Dia: 22 DCTF - Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais - Mensal NOVEMBRO/2015 As pessoas jurídicas de direito privado em geral, inclusive

Leia mais

O impacto da alteração do ICMS sobre o E-commerce no Brasil

O impacto da alteração do ICMS sobre o E-commerce no Brasil O impacto da alteração do ICMS sobre o E-commerce no Brasil + Agenda de hoje Apresentação de 45 minutos; Anote suas perguntas; 15 minutos de papo ao final de apresentação; Apresentação já está disponibilizada

Leia mais

AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRIBUTÁRIAS DE SAO PAULO SETEMBRO DE 2013

AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRIBUTÁRIAS DE SAO PAULO SETEMBRO DE 2013 VOLTAR AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRIBUTÁRIAS DE SAO PAULO SETEMBRO DE 2013 Dias 02 e 03 - Segunda-feira e Terça-feira Descrição: Apresentação, pelo contribuinte Transportador Revendedor Retalhista (TRR), das

Leia mais

REMESSA PARA DEMONSTRAÇÃO E REMESSA PARA MOSTRUÁRIO. atualizado em 25/05/2016. Alterados os itens 2, 3.1, e 3,2 Incluídos os itens 4, 5, 6, e 7

REMESSA PARA DEMONSTRAÇÃO E REMESSA PARA MOSTRUÁRIO. atualizado em 25/05/2016. Alterados os itens 2, 3.1, e 3,2 Incluídos os itens 4, 5, 6, e 7 REMESSA PARA DEMONSTRAÇÃO E REMESSA PARA MOSTRUÁRIO atualizado em 25/05/2016 Alterados os itens 2, 3.1, e 3,2 Incluídos os itens 4, 5, 6, e 7 2 ÍNDICE 1. CONCEITO...5 1.1. Remessa para Demonstração...5

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Nota Fiscal de Transferencia de ICMS entre Estabelecimentos - MG

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Nota Fiscal de Transferencia de ICMS entre Estabelecimentos - MG Nota 07/01/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 4 3.1. Preenchimento campos da NF-e... 6 4. Conclusão... 8 5. Referências...

Leia mais

PORTARIA Nº 53, DE 28 DE ABRIL DE 2011.

PORTARIA Nº 53, DE 28 DE ABRIL DE 2011. Sistema Integrado de Normas Jurídicas do Distrito Federal PORTARIA Nº 53, DE 28 DE ABRIL DE 2011. Fixa preço de venda final a consumidor para fins de base de cálculo de substituição tributária do ICMS

Leia mais

GOVERNO DE ALAGOAS SECRETARIA DA FAZENDA

GOVERNO DE ALAGOAS SECRETARIA DA FAZENDA GOVERNO DE ALAGOAS SECRETARIA DA FAZENDA DECRETO Nº 43, de 23 de fevereiro de 2001 DOE 01.03.2001 Altera o Regulamento do ICMS, aprovado pelo Decreto nº 35.245, de 26 de dezembro de 1991, implementando

Leia mais

QUAIS AS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DOS IMPOSTOS MAIS IMPORTANTES - PARTE I

QUAIS AS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DOS IMPOSTOS MAIS IMPORTANTES - PARTE I QUAIS AS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DOS - PARTE I! Imposto de Renda! Lucro Presumido! Lucro Arbitrado! Lucro Real por apuração mensal! COFINS Francisco Cavalcante(f_c_a@uol.com.br) Administrador de Empresas

Leia mais

LEI Nº 5.985 DE 5 DE OUTUBRO DE 2015. O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, faço saber que a Câmara Municipal decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

LEI Nº 5.985 DE 5 DE OUTUBRO DE 2015. O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, faço saber que a Câmara Municipal decreta e eu sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 5.985 DE 5 DE OUTUBRO DE 2015. Institui incentivos fiscais a investimentos na prestação de serviços de representação realizados através de centrais de teleatendimento estabelecidas nas áreas que

Leia mais

Evento Especial Antecipação Tributária Art. 426 A do RICMS. Apresentação: Helen Mattenhauer José A. Fogaça Neto

Evento Especial Antecipação Tributária Art. 426 A do RICMS. Apresentação: Helen Mattenhauer José A. Fogaça Neto Evento Especial Antecipação Tributária Art. 426 A do RICMS Apresentação: Helen Mattenhauer José A. Fogaça Neto 19/08/2015 Substituição Tributária A substituição tributária do ICMS é um regime jurídico

Leia mais

LEIAUTE ARQUIVO TEXTO DIF ELETRÔNICO - VERSÃO 2016

LEIAUTE ARQUIVO TEXTO DIF ELETRÔNICO - VERSÃO 2016 ANEXO II À PORTARIA SEFAZ N o 1.289, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2015. ANEXO III À PORTARIA SEFAZ N o 1.859 DE 23 DE DEZEMBRO DE 2009 LEIAUTE ARQUIVO TEXTO DIF ELETRÔNICO - VERSÃO 2016 1. DADOS TÉCNICOS DE GERAÇÃO

Leia mais

Coordenação-Geral de Tributação

Coordenação-Geral de Tributação Fls. 2 1 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 56 - Data 20 de fevereiro de 2014 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS PREVIDENCIÁRIAS CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Instrução Normativa sobre Ressarcimento de ICMS ST no Estado CE

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Instrução Normativa sobre Ressarcimento de ICMS ST no Estado CE Instrução Normativa sobre Ressarcimento de ICMS ST no 18/03/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 3.1 Instrução Normativa

Leia mais

FISCOSoft Impresso. Simples Nacional - "Supersimples" - Cálculo para recolhimento - Sistemática Comentário - Federal - 2007/2055.

FISCOSoft Impresso. Simples Nacional - Supersimples - Cálculo para recolhimento - Sistemática Comentário - Federal - 2007/2055. FISCOSoft Impresso Publicado em nosso site em 18/06/2007 Simples Nacional - "Supersimples" - Cálculo para recolhimento - Sistemática Comentário - Federal - 2007/2055 Introdução Neste Comentário pretendemos

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE ESTADO DE FINANÇAS COORDENADORIA DA RECEITA ESTADUAL

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE ESTADO DE FINANÇAS COORDENADORIA DA RECEITA ESTADUAL GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE ESTADO DE FINANÇAS COORDENADORIA DA RECEITA ESTADUAL RESOLUÇÃO CONJUNTA N. 006/2014/GAB/SEFIN/CRE Porto Velho, 09 de julho de 2014 Publicada no DOE nº 2533,

Leia mais

PROJETO DE LEI DA CÂMARA N. 125/2015 EMENDA MODIFICATIVA N

PROJETO DE LEI DA CÂMARA N. 125/2015 EMENDA MODIFICATIVA N PROJETO DE LEI DA CÂMARA N. 125/2015 EMENDA MODIFICATIVA N O caput e 1º a 3º do artigo 18 e os Anexos I a V da Lei Complementar nº 123, de 2006, na forma prevista no art. 1º e Anexos I a VI do PLC 125/2015,

Leia mais

Agenda Tributária: de 01 a 09 de maio de 2014

Agenda Tributária: de 01 a 09 de maio de 2014 Agenda Tributária: de 01 a 09 de maio de 2014 Dia: 02 ICMS-SP - Antecipação - Aquisição Interestadual - Substituição Tributária - Simples Nacional O Contribuinte sujeito às normas do Regime Especial Unificado

Leia mais

REMESSA EM CONSIGNAÇÃO. atualizado em 04/05/2016 alterado o item 3

REMESSA EM CONSIGNAÇÃO. atualizado em 04/05/2016 alterado o item 3 atualizado em 04/05/2016 alterado o item 3 HISTÓRICO DE ATUALIZAÇÕES DATA ATUALIZAÇÃO ITENS ALTERADOS 29/03/2016 - alterado: 3 2 3 ÍNDICE 1. CONCEITO...5 2. FASES...5 3. PROCEDIMENTOS...5 3.1. Remessa

Leia mais

DECRETO Nº 14.254 DE 28 DE DEZEMBRO DE 2012 (Publicada no Diário Oficial de 29 e 30/12/2012)

DECRETO Nº 14.254 DE 28 DE DEZEMBRO DE 2012 (Publicada no Diário Oficial de 29 e 30/12/2012) DECRETO Nº 14.254 DE 28 DE DEZEMBRO DE 2012 (Publicada no Diário Oficial de 29 e 30/12/2012) Procede à Alteração nº 9 ao Regulamento do ICMS e dá outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DA BAHIA, no

Leia mais

Linha de Financiamento BNDES Exim Pré-embarque Programa BNDES de Sustentação do Investimento BNDES PSI Subprograma BNDES PSI Exportação Pré-embarque

Linha de Financiamento BNDES Exim Pré-embarque Programa BNDES de Sustentação do Investimento BNDES PSI Subprograma BNDES PSI Exportação Pré-embarque Classificação: Documento Ostensivo Unidade Gestora: AEX Anexos à Circular nº 73, de 21 de dezembro de 2012. Linha de Financiamento BNDES Exim Pré-embarque Programa BNDES de Sustentação do Investimento

Leia mais

BENEFÍCIOS FISCAIS CONDICIONADOS AO RECOLHIMENTO DA CONTRIBUIÇÃO AO PROTEGE GOIÁS

BENEFÍCIOS FISCAIS CONDICIONADOS AO RECOLHIMENTO DA CONTRIBUIÇÃO AO PROTEGE GOIÁS BENEFÍCIOS FISCAIS CONDICIONADOS AO RECOLHIMENTO DA CONTRIBUIÇÃO AO PROTEGE GOIÁS (Lei no 14.541, de 30 de setembro de 2003, e art. 1o, 3o do Anexo IX do RCTE) Dispositivo legal Art. 6º, LXXI, Anexo IX

Leia mais

Coordenação-Geral de Tributação

Coordenação-Geral de Tributação Fls. 1 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 35 - Data 26 de fevereiro de 2015 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS PREVIDENCIÁRIAS CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA

Leia mais

EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 87/15 VENDAS INTERESTADUAIS A CONSUMIDORES FINAIS NÃO CONTRIBUINTES DO ICMS

EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 87/15 VENDAS INTERESTADUAIS A CONSUMIDORES FINAIS NÃO CONTRIBUINTES DO ICMS EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 87/15 VENDAS INTERESTADUAIS A CONSUMIDORES FINAIS NÃO CONTRIBUINTES DO ICMS A Emenda Constitucional 87/2015 alterou a sistemática de recolhimento do ICMS nas operações e prestações

Leia mais

RECEITA ESTADUAL RS CÁLCULOS AMPARA RS (LEI 14.742/15) E EMENDA CONSTITUCIONAL 87/15

RECEITA ESTADUAL RS CÁLCULOS AMPARA RS (LEI 14.742/15) E EMENDA CONSTITUCIONAL 87/15 RECEITA ESTADUAL RS CÁLCULOS AMPARA RS (LEI 14.742/15) E EMENDA CONSTITUCIONAL 87/15 (A PARTIR DE 01/01/2016) SUMÁRIO 1. OPERAÇÕES COMUNS (SEM AMPARA E SEM EC 87/15) 2. OPERAÇÕES SEM ST 2.1 OPERAÇÃO INTERNA

Leia mais

PORTARIA N o 86, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2015 (Publicada no D.O.U. de 23/12/2015)

PORTARIA N o 86, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2015 (Publicada no D.O.U. de 23/12/2015) MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR SECRETARIA DE COMÉRCIO EXTERIOR PORTARIA N o 86, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2015 (Publicada no D.O.U. de 23/12/2015) Altera a Portaria SECEX n o 23,

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 306 1

LEI COMPLEMENTAR Nº 306 1 LEI COMPLEMENTAR Nº 306 1 O PREFEITO MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE. Institui hipótese de responsabilidade pelo pagamento do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza - ISSQN e dá outras providências. Faço

Leia mais

Março/ 2015. Santa Catarina ARQUIVO ELETRÔNICO SCANC; São Paulo. Minas Gerais. Santa Catarina

Março/ 2015. Santa Catarina ARQUIVO ELETRÔNICO SCANC; São Paulo. Minas Gerais. Santa Catarina Março/ 2015 02 a) Contribuintes optantes pelo Simples Nacional - Diferencial de alíquotas- FG Dezembro/2014; b) SIMPLES NACIONAL Pagamento Antecipado na entrada no Estado de de mercadorias sujeitas ao

Leia mais

RAT x FAP Lei 10666/2003, art. 10 Decretos 6042 e 6257, de 2007

RAT x FAP Lei 10666/2003, art. 10 Decretos 6042 e 6257, de 2007 RAT x FAP Lei 10666/2003, art. 10 Decretos 6042 e 6257, de 2007 1 Lei 10.666/2003 artigo 10 (RAT x FAP) A alíquota de contribuição de 1%, 2% ou 3%; destinada ao financiamento do benefício de aposentadoria

Leia mais

Tabela 5.1.1 Fundamentação Legal. Artigo 116, I do RICMS/00 pagar. Própria Entrada de mercadoria, oriunda de outro Estado, destinada a uso, consumo ou

Tabela 5.1.1 Fundamentação Legal. Artigo 116, I do RICMS/00 pagar. Própria Entrada de mercadoria, oriunda de outro Estado, destinada a uso, consumo ou SP000202 Diferença de imposto apurada por contribuinte. 002.02 Artigo 108 do RICMS/00 Entrada de mercadoria com imposto a pagar ou utilização de serviços com imposto a Artigo 116, I do RICMS/00 SP000206

Leia mais

AUTOPEÇAS. Novos percentuais de MVA (Protocolo ICMS 61/2012 e Protocolo ICMS 62/2012) Disposições quanto à regulamentação e à aplicabilidade

AUTOPEÇAS. Novos percentuais de MVA (Protocolo ICMS 61/2012 e Protocolo ICMS 62/2012) Disposições quanto à regulamentação e à aplicabilidade AUTOPEÇAS Novos percentuais de MVA (Protocolo ICMS 61/2012 e Protocolo ICMS 62/2012) Disposições quanto à regulamentação e à aplicabilidade UF SIGNATÁRIA PROTOCOLO ICMS 41/2008 SIGNATÁRIA PROTOCOLO ICMS

Leia mais

País (0101010101 + 0101010102 + 0101010103 + 0101010104 + 0101010105 + 0101010106). 0101010101 Exposição Ativa Comprada em Dólares dos EUA

País (0101010101 + 0101010102 + 0101010103 + 0101010104 + 0101010105 + 0101010106). 0101010101 Exposição Ativa Comprada em Dólares dos EUA Instruções de Preenchimento do documento 2011 (versão de 01/07/2008) Código Nome Descrição 0101010000 Total da Exposição Somatório do Total da Exposição Ativa Comprada na Cesta de Moedas no Ativa Comprada

Leia mais

CEST. Alterdata Software

CEST. Alterdata Software CEST Alterdata Software O que é CEST? Através do Convênio ICMS 92/2015 foi criado a obrigatoriedade de informar, na nota fiscal, o Código Especificador da Substituição Tributária CEST, que identifica a

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Venda para Entrega Futura por Nota

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Venda para Entrega Futura por Nota Venda 11/03/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 4 3.1. Convênio CONFAZ... 4 3.2. Estado do Rio Grande do Sul... 5 3.3.

Leia mais

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA DO CAFÉ TORRADO E MOÍDO

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA DO CAFÉ TORRADO E MOÍDO SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA DO CAFÉ TORRADO E MOÍDO Janeiro 2016 Substituição Tributária do Café Torrado e Moído Introdução Em função das modificações promovidas pela Lei Complementar n.º 147/2014 no Estatuto

Leia mais

10ª REGIÃO FISCAL - DIVISÃO DE TRIBUTAÇÃO

10ª REGIÃO FISCAL - DIVISÃO DE TRIBUTAÇÃO 10ª REGIÃO FISCAL - DIVISÃO DE TRIBUTAÇÃO SOLUÇÃO DE CONSULTA Nº 109, DE 4 DE SETEMBRO DE 2008: ASSUNTO: Regimes Aduaneiros EMENTA: ADMISSÃO TEMPORÁRIA COM PAGAMENTO PROPORCIONAL DE TRIBUTOS. Inadmissível

Leia mais

ANEXO 4.31. V - Anexo V: informar o resumo das aquisições interestaduais de álcool etílico

ANEXO 4.31. V - Anexo V: informar o resumo das aquisições interestaduais de álcool etílico ANEXO 4.31 PROCEDIMENTOS PARA O CONTROLE DE OPERAÇÕES INTERESTADUAIS COM COMBUSTÍVEIS DERIVADOS DE PETRÓLEO E ÀLCOOL ETÍLICO ANIDRO COMBUSTÍVEL-AEAC E BIODIESEL B100. Acrescentado pelo DECRETO nº 26.256

Leia mais

PIS/ COFINS EM NOTÍCIAS

PIS/ COFINS EM NOTÍCIAS PIS/ COFINS EM NOTÍCIAS I NOVAS SOLUÇÕES DE CONSULTAS. A) A FACULDADE DA DEPRECIAÇÃO ACELERADA DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS DESTINADOS À PRODUÇÃO, ADQUIRIDOS A PARTIR DE 01-10- 04, PODE SER EXERCIDA DESDE

Leia mais

Pergunte à CPA. Transferência de Mercadorias e Bens. Apresentação: Helen Mattenhauer

Pergunte à CPA. Transferência de Mercadorias e Bens. Apresentação: Helen Mattenhauer Pergunte à CPA Transferência de Mercadorias e Bens Apresentação: Helen Mattenhauer 08/08/2013 Conceito Para efeitos da aplicação da legislação do imposto considera-se transferência, a operação que decorra

Leia mais

Relatório. Data 19 de dezembro de 2014 Processo Interessado CNPJ/CPF

Relatório. Data 19 de dezembro de 2014 Processo Interessado CNPJ/CPF 1 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 376 - Cosit Data 19 de dezembro de 2014 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: SIMPLES NACIONAL GANHO DE CAPITAL NA ALIENAÇÃO DE BENS DO ATIVO IMOBILIZADO.

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE CAPÍTULO II

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE CAPÍTULO II LEI N. 1.340, DE 19 DE JULHO DE 2000 seguinte Lei: O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE Estabelece tratamento diferenciado, simplificado e favorecido às microempresas, empresas de pequeno porte e dá outras providências.

Leia mais

Agenda Tributária: de 12 a 18 de maio de 2016

Agenda Tributária: de 12 a 18 de maio de 2016 Agenda Tributária: de 12 a 18 de maio de 2016 Até: Quinta-feira, dia 12 dígito do CNPJ corresponda a 2, devem efetuar o registro eletrônico dos documentos Até: Sexta-feira, dia 13 dígito do CNPJ corresponda

Leia mais

Orientações Consultoria de Segmentos ICMS Substituição Tributação por CNAE

Orientações Consultoria de Segmentos ICMS Substituição Tributação por CNAE ICMS Substituição Tributação por CNAE 24/01/2017 Título do documento Sumário Sumário... 2 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 4. Conclusão... 8 5. Informações

Leia mais

REGIÕES AUTÓNOMAS 01 N.º DE IDENTIFICAÇÃO FISCAL (NIF) 02 PERÍODO REGIÕES AUTÓNOMAS REPARTIÇÃO DO VOLUME ANUAL DE NEGÓCIOS

REGIÕES AUTÓNOMAS 01 N.º DE IDENTIFICAÇÃO FISCAL (NIF) 02 PERÍODO REGIÕES AUTÓNOMAS REPARTIÇÃO DO VOLUME ANUAL DE NEGÓCIOS MODELO EM VIGOR A PARTIR DE JANEIRO DE 2015 03 R P MINISTÉRIO DAS FINANÇAS AUTORIDADE TRIBUTÁRIA E ADUANEIRA DECLARAÇÃO D E RENDIMENTOS Volume global de negócios não isento REGIÕES AUTÓNOMAS 01 Nº DE IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

DOM DE 03/09/2014 Republicada, no DOM de 09/09/2014, por ter saído incompleta. Alterada pela IN nº 36/2014, no DOM de 15/10/2014.

DOM DE 03/09/2014 Republicada, no DOM de 09/09/2014, por ter saído incompleta. Alterada pela IN nº 36/2014, no DOM de 15/10/2014. DOM DE 03/09/2014 Republicada, no DOM de 09/09/2014, por ter saído incompleta. Alterada pela IN nº 36/2014, no DOM de 15/10/2014. INSTRUÇÃO NORMATIVA SEFAZ/DGRM Nº 29/2014 Dispõe sobre os procedimentos

Leia mais

COMENTÁRIOS ÀS QUESTÕES PROPOSTAS

COMENTÁRIOS ÀS QUESTÕES PROPOSTAS COMENTÁRIOS ÀS QUESTÕES PROPOSTAS 1- Assinale a opção correta: O fato gerador do Imposto de Renda das Pessoas Jurídicas ocorre na data de encerramento do período-base, a) exceto para aquelas que apuram

Leia mais

Ficha 1A Controle de Materiais PERÍODO:

Ficha 1A Controle de Materiais PERÍODO: Ficha 1A Controle de Materiais Produto: Código: Unidade : Dados Gerais Entrada Saída Saldo Número Ficha de Código de Outros Quantidade Valor Valor de Tipo do Número da DI Remetente ou Origem ou Origem

Leia mais

DECRETO N , DE 27 DE NOVEMBRO DE 2008

DECRETO N , DE 27 DE NOVEMBRO DE 2008 * Publicado no DOE em 27/11/2008. DECRETO N 29.560, DE 27 DE NOVEMBRO DE 2008 REGULAMENTA A LEI Nº 14.237, DE 10 DE NOVEMBRO DE 2008, QUE DISPÕE SOBRE O REGIME DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA NAS OPERAÇÕES

Leia mais

Portaria CAT - 108, de Portaria CAT - 109, de

Portaria CAT - 108, de Portaria CAT - 109, de Portaria CAT - 108, de 29-8-2008 Estabelece a base de cálculo na saída de bebida alcoólica, exceto cerveja e chope, a que se refere o artigo 313-D do Regulamento do ICMS. O Coordenador da Administração

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Redução da Base de Cálculo no ICMS ST

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Redução da Base de Cálculo no ICMS ST Redução 10/04/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 3 4. Conclusão... 4 5. Informações Complementares... 4 6. Referências...

Leia mais

A Tributação dos Síndicos, Subsíndicos e Conselheiros (IRPF INSS)

A Tributação dos Síndicos, Subsíndicos e Conselheiros (IRPF INSS) A Tributação dos Síndicos, Subsíndicos e Conselheiros (IRPF INSS) QUAL É O CONCEITO DE SÍNDICO PREVISTO NO CÓDIGO CIVIL DE 2002? O Síndico é definido como sendo administrador do Condomínio (art. 1.346).

Leia mais

ICMS/SP - Principais operações - Consignação mercantil

ICMS/SP - Principais operações - Consignação mercantil ICMS/SP - Principais operações - Consignação mercantil Sumário 1. Introdução... 2 2. IPI - valor tributável na consignação mercantil... 3 3. Procedimentos fiscais nas saídas em consignação... 4 3.1 Nota

Leia mais

O CONGRESSO NACIONAL decreta:

O CONGRESSO NACIONAL decreta: Inclui artigo ao Decreto-Lei nº 1.455, de 7 de abril de 1976, que dispõe sobre bagagem de passageiro procedente do exterior, disciplina o regime de entreposto aduaneiro, estabelece normas sobre mercadorias

Leia mais

Recadastramento de ECF Perguntas e Respostas

Recadastramento de ECF Perguntas e Respostas Recadastramento de ECF Perguntas e Respostas Setembro/2007 1) Qual o instituto normativo que dispõe sobre o recadastramento de ECF? A Instrução Normativa nº 11/07, de 24 de agosto de 2007, publicada no

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 24, DE 04 DE JULHO DE 2011. O SECRETÁRIO DA FAZENDA DO ESTADO DO CEARÁ, no uso de suas atribuições legais, e

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 24, DE 04 DE JULHO DE 2011. O SECRETÁRIO DA FAZENDA DO ESTADO DO CEARÁ, no uso de suas atribuições legais, e INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 24, DE 04 DE JULHO DE 2011 Publicada no DOE em 11/07/2011 Dispõe sobre o valor da base de cálculo do ICMS, para fins de substituição tributária com sorvetes e picolés, de que trata

Leia mais

Distorções tributárias na Indústria de Óleos Vegetais

Distorções tributárias na Indústria de Óleos Vegetais - Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais Distorções tributárias na Indústria de Óleos Vegetais Fórum de Competitividade do Sistema Agroindustrial - MDIC Fabio Trigueirinho Secretário Brasília

Leia mais

As Condições de Financiamento estabelecidas nesta Circular representarão a Condição Operacional Vigente código PO2016.

As Condições de Financiamento estabelecidas nesta Circular representarão a Condição Operacional Vigente código PO2016. Grau: Documento Ostensivo Unidade Gestora: AOI CIRCULAR SUP/AOI Nº 44/2015-BNDES Rio de Janeiro, 29 de dezembro de 2015. Ref.: Produtos BNDES Finame, BNDES Finame Agrícola e BNDES Finame Leasing (Circulares

Leia mais

Decreto nº 8.137/99 Legislação Tributária de Niterói

Decreto nº 8.137/99 Legislação Tributária de Niterói Decreto nº 8.137/99 Legislação Tributária de Niterói Publicada no D.O. de 07/10/1999 Regulamenta as disposições do Art. 38 da Lei n.º 1.627, de 30 de dezembro de 1997, e dá outras providências. O PREFEITO

Leia mais

REAVALIAÇÃO DE BENS BASE LEGAL PARA O PROCEDIMENTO DE AVALIAÇÃO DE BENS

REAVALIAÇÃO DE BENS BASE LEGAL PARA O PROCEDIMENTO DE AVALIAÇÃO DE BENS 1 de 5 31/01/2015 15:34 REAVALIAÇÃO DE BENS BASE LEGAL PARA O PROCEDIMENTO DE AVALIAÇÃO DE BENS Até 31.12.2007, a Lei 6.404/76 (também chamada Lei das S/A), em seu artigo 8º, admitia a possibilidade de

Leia mais

CIRCULAR Nº 10/2009 SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA DO ICMS: NOVOS PRODUTOS

CIRCULAR Nº 10/2009 SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA DO ICMS: NOVOS PRODUTOS São Paulo, 27 de abril de 2009. Prezado Cliente, CIRCULAR Nº 10/2009 SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA DO ICMS: NOVOS PRODUTOS Tem sido prática reiterada do governo estadual a publicação de Decreto elevando a lista

Leia mais

Lançamento das NFe no CONSISANET de acordo com a PORTARIA 07/2017 (MATERIAL DE CONSTRUÇÃO)

Lançamento das NFe no CONSISANET de acordo com a PORTARIA 07/2017 (MATERIAL DE CONSTRUÇÃO) Lançamento das NFe no CONSISANET de acordo com a PORTARIA 07/2017 (MATERIAL DE CONSTRUÇÃO) LANÇAMENTO LIVRO FISCAL COMPRA INTERESTADUAL VALOR RECOLHIDO ANTES DA SAIDA DA MERCADORIA Essa observação deve

Leia mais

Coordenação-Geral de Tributação

Coordenação-Geral de Tributação Fls. 21 20 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 18 - Data 4 de novembro de 2013 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS PREVIDENCIÁRIAS CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA

Leia mais