n 170 Conhecimento que gera valor Dezembro 10/Janeiro 11 CLIENTE: CONHEÇA A TEL TELECOMUNICAÇÕES e CONSULTORIA CONTÁBIL É PÁG. 03 PÁG.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "n 170 Conhecimento que gera valor Dezembro 10/Janeiro 11 CLIENTE: CONHEÇA A TEL TELECOMUNICAÇÕES e CONSULTORIA CONTÁBIL É PÁG. 03 PÁG."

Transcrição

1 n 170 Conhecimento que gera valor Dezembro 10/Janeiro 11 SUA empresa de AUDITORIA e CONSULTORIA CONTÁBIL É confiável? PÁG. 02 CLIENTE: CONHEÇA A TEL TELECOMUNICAÇÕES PÁG. 03

2 capa 02 a escolha certa Escolha certa evita problemas futuros com a auditoria e consultoria contábil. Conhecer e confiar no parceiro que faz a auditoria contábil da sua empresa pode ser o primeiro passo para a realização de um trabalho bem sucedido. Um empresário de sucesso pondera alguns critérios para decidir qual empresa fará a auditoria e consultoria contábil para a sua organização. Em 2010, foram divulgados na mídia casos de companhias sólidas que sofreram prejuízos como consequência de más escolhas. Por isso, é fundamental ter atenção na hora das contratações. Satisfação que gera novas contratações O comprometimento da empresa com seu cliente resulta em novos clientes. De acordo com estatísticas, cerca de 82% dos contratos de auditoria/consultoria são realizados por indicação. Ela ocorre quando o cliente está satisfeito com o trabalho apresentado, refletindo no desempenho do seu negócio.. Diferenciais Motivos para contratar a HLB Audilink: Qualificação constante da equipe através do Programa Educação Continuada; Equipe formada somente por profissionais de curso superior, com larga experiência na função de contador com pós graduação e mestrado; Possui 8 escritórios nas principais capitais do País; Realiza visitas e consultorias periódicas aos clientes; É associada a HLB Internacional, representada em mais de 100 países. Nossos valores: Ética e integridade; Cliente satisfeito; Profissionais comprometidos e atualizados; Agilidade e eficiência em tudo que faz; Crescimento e rentabilidade. Nossa missão: Aplicar nosso conhecimento em soluções e melhorias que gerem valor ao cliente. Veja o que dizem alguns clientes: O trabalho desenvolvido pela HLB Audilink tem contribuído para a legalidade e a fidedignidade dos registros nas áreas auditadas da nossa empresa. Ramon Belisário, do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop) Certamente, as decisões que tomamos, baseadas nos apontamentos da HLB Audilink, refletem na organização, tanto nos escritórios regionais quanto na nossa sede principal. Cláudia Fragozo dos Santos, do Dieese - Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio-Econômicos Graças ao atendimento prestado pela HLB Audilink, temos a tranquilidade de apresentar uma gestão tão bem auditada que não existe a possibilidade de corrermos algum risco nos campos tributário e fiscal. João Paulo Pompermayer, da Todeschini Nossa parceria com a HLB Audilink tem sido bastante profícua, dela aproveitamos ao máximo a experiência e a competência dos profissionais que nos atendem, os quais proporcionam um bom relacionamento e intercâmbio de informações, que certamente ajudam a alavancar nossos negócios. Marco Silva, do Grupo Jorlan

3 CLIENTE 03 Visando o crescimento A empresa Tel Telecom, há mais de 25 anos no mercado, acredita no profissionalismo responsável para atingir o sucesso econômico. A Tel Telecom, fundada em 2004, é formada por empresas de ponta com mais de 25 anos de expertise no mercado de telecomunicações. Com sede em São Paulo (SP), diversas filiais no Brasil e subsidiárias na Argentina e no Chile, ela conta hoje com mais de colaboradores. No ramo da prestação de serviços em telecomunicações e na telefonia fixa e móvel é uma referência. Entre suas características estão sua infraestrutura de redes de telecomunicações, de energia elétrica, saneamento básico, oleoduto e gasoduto, O&M - Operação e Manutenção da planta interna e externa da telefonia fixa, móvel, ADSL e TV Digital, e obra civil e implantação de Projeto Turn Key na telefonia fixa, móvel e Call Center. Pensamento no futuro Ter visão de longo prazo e a confiança de seus clientes é fator decisivo para a empresa que procura conduzir seus negócios de maneira responsável e sustentável. Soluções inovadoras, qualidade e desempenho superior na prestação de serviços, fazem a Tel obter um dos maiores crescimentos do setor. O EBITDA da empresa saltou de R$ milhões em 2005 para R$ milhões em 2009, ou seja, uma evolução de 83,37% em relação ao exercício anterior. Em 2010 foi rompida a marca em R$ 400 milhões de faturamento. Para o triênio 2011/2013 há perspectivas de investimentos em treinamento, melhoria de processos produtivos e controles, com foco em maior produtividade, qualidade, satisfação de clientes e melhor remuneração para os acionistas. Boas escolhas Na Tel sempre se tomam decisões importantes, vitais para o sucesso dos negócios, por isso, há a necessidade de informações corretas, de subsídios que contribuem para uma boa decisão. A contabilidade é o grande instrumento para auxiliar nas tomadas de decisões da administração. Com isso, a ação da HLB Audilink na Tel é fundamental e estende-se por todos os serviços, programas de operações e controles existentes na empresa, possibilitando sempre avaliações e validações de responsabilidade, profissionalismo e competência, disse o gerente financeiro da Tel, Antonio Carlos Miani.

4 NOTAS 04 Visita à Casa de Acolhimento A HLB Audilink fez nova visita à Casa de Acolhimento, em Porto Alegre (RS), e presenteou cerca de 85 crianças e adolescentes que vivem lá. Na ocasião, em 13 de outubro, foram entregues kits de higiene pessoal que alegraram a turma, além de balas e doces por conta do Dia das Crianças. O momento foi muito importante para os jovens, disse a gerente da Casa, Clarissa Rodrigues da Silveira. Eles vivem situações complicadas, então o apoio de toda a comunidade, de empresas parceiras e amigos é fundamental. Gostam de saber que outros lembram deles. Adoraram os presentes, destacou ela. Doces alegraram o Dia das Crianças na Casa de Acolhimento Por dentro dos encontros de Educação Continuada Na reunião técnica dos escritórios da HLB Audilink de Recife (PE), Salvador (BA) e Fortaleza (CE), em novembro, discutiu-se a importância dos laudos emitidos por fontes externas com vista a definição das taxas de depreciação de bens. Em São Paulo (SP), Brasília (DF) e Rio de Janeiro (RJ) foi discutida a importância e aplicabilidade da avaliação dos Controles Internos mantidos nas empresas auditadas visando à emissão do relatório da auditoria. Em relação à atividade profissional, destaque para a responsabilidade dos auditores e ratificada a necessidade desses se empenharem nas análises dos testes objetivos, com as devidas evidências nos seus papéis de trabalho. Nos escritórios de Porto Alegre (RS) e Curitiba (PR), tratou-se dos Ajustes a Valor Presente Pronunciamento Técnico CPC 12 e Ativo Imobilizado Pronunciamento Técnico CPC 27. Esse encontro completou, em 2010, mais de 80 horas de treinamentos e reuniões técnicas para os auditores da HLB Audilink. Novos Clientes Albatros do Brasil Ltda. São Paulo (SP). Atua com venda, distribuição, assistência técnica e manutenção dos produtos SEPSA (fabricante de conversores e sistemas de informação ferroviários) na América do Sul. Federação das Indústrias do Estado da Bahia FIEB Salvador (BA). Órgão de representação institucional cuja missão é articular a indústria com outros segmentos da sociedade. Centro das Indústrias do Estado da Bahia CIEB Salvador (BA). Entidade que congrega as empresas industriais do Estado e atua no apoio e fortalecimento das micro, pequenas e médias empresas junto ao FIEB. Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, Departamento Regional da Bahia SENAI/DR/BA Salvador (BA). Órgão que proporciona melhorias contínuas do padrão de qualidade e produtividade da indústria, através da educação profissional e da prestação de serviços especializados. Ligado ao FIEB. Instituto Euvaldo Lodi, Núcleo Regional da Bahia IEL/BA Salvador (BA). Centro de excelência que oferece soluções para melhorar a competitividade das indústrias baianas. Ligado ao FIEB. Serviço Social da Indústria, Departamento Regional da Bahia SESI/DR/BA Salvador (BA). Promove a qualidade de vida do trabalhador e de seus dependentes, com foco em educação, saúde e lazer, e estimular a gestão socialmente responsável da empresa industrial. Ligado ao FIEB. Sociedade Brasileira de Hipertensão São Paulo (SP). Organiza eventos para difundir o tema da hipertensão entre os médicos, demais profissionais da saúde e população em geral.

5 EDUCAÇãO PROFISSIONAL CONTINUADA 05 Termo de Inexibilidade Com diversas peculiaridades, a Deliberação CVM n.º 549/08, dá suporte ao poder público em contratar de forma sui generis (sem a necessidade da aplicação da Lei 8.666/93 por força da inexigibilidade da realização de processo licitatório). Ela é conveniente quando as entidades que tenham auditadas suas demonstrações contábeis do exercício social que se encerrar em 2011, optem por manter o mesmo auditor responsável pelas demonstrações do exercício social encerrado em Tal posicionamento adotado pela CVM se funda no novo arcabouço normativo a que as informações contábeis a serem divulgadas e devem alinhar-se, à IFRS. Diante da familiarização da Empresa que está realizando a Auditoria com as normas IFRS e, devido à evidente complexidade do trabalho de convergência, a CVM recomenda a manutenção do HLB audilink responde Como obter ou renovar o Certificado de Filantropia da sua Entidade de Interesse Social? A Lei nº /09, de 27 de novembro de 2009, estabeleceu novos critérios para a Certificação das Entidades Beneficentes de Assistência Social - CEBAS e, juntamente com os Decretos nº 7.237/10 e 7.300/10 e da Lei /10, regulamentou os expedientes para as entidades que pretendem obter a primeira certificação ou renová-los. Isso inclui a isenção das contribuições de seguridade social para as entidades que atuam nas áreas de Saúde, Educação e Assistência Social. Ficou estabelecido na Lei nº /09 que cada atividade terá o processo de certificação conduzido pelo Ministério relacionado com a área de atuação da entidade. Dessa forma a entidade que, por exemplo, atua na área de Educação deverá se dirigir ao Ministério da Educação para tratar diretamente do seu processo de certificação ou renovação. O mesmo ocorre com aquelas que atuam nas áreas de Saúde e Assistência Social e que terão de dirigir-se aos Ministérios da Saúde e de Desenvolvimento Social e Combate à Fome, respectivamente, para tratarem dos seus papéis. As entidades terão até o dia 20 de janeiro de 2011 para encaminhar documentos ou complementá-los. Concedida a certificação ou renovação, o prazo de validade será de três anos, que serão contados a partir da publicação em Diário Oficial da União (DOU). Equipe do Escritório Salvador (BA) Ubirajara e Juscelino mesmo Responsável Técnico do exercício de 2010 na realização da Auditora no exercício de A Deliberação no inciso II esclareceu que existe escolha, pela manutenção do mesmo auditor responsável pelo exercício social encerrado em 2010, nos próximos exercícios. Ainda permite que as companhias abertas possam fazer a substituição do auditor somente após o encerramento do exercício de Caroline Forte, advogada, pós-graduada em Direito Público, pós-graduanda em Direito Tributário. escrituração mantida A empresa tributada pelo Lucro Real, mais do que se estivesse em qualquer outro regime de tributação, deve manter a escrituração obedecendo à legislação comercial contábil e fiscal. saiba quais são os livros que se mantêm: a) Livro Diário; b) Livro Razão; c) Livro para Registro de Inventário; d) Livro para Registro de Entradas (compras); e) Livro de Apuração do Lucro Real - LALUR; f) Livro para registro permanente de estoque para as pessoas jurídicas que exercerem atividades de compra, venda, incorporação e construção de imóveis, loteamento ou desmembramento de terrenos para venda; g) Livro de Movimentação de Combustíveis, a ser escriturado diariamente pelo posto revendedor; h) Controle Fiscal Contábil de Transição - FCont (somente para optantes pelo RTT). Determina ainda a Lei nº de 1991 (com a alteração dada pela MP nº de 2001) que as pessoas jurídicas que utilizarem sistemas de processamento eletrônico de dados para registrar negócios e atividades econômicas ou financeiras, escriturar livros ou elaborar documentos de natureza contábil ou fiscal, ficam obrigadas a manter, à disposição da Secretaria da Receita Federal do Brasil, os respectivos arquivos digitais e sistemas, pelo prazo decadencial previsto na legislação tributária.

6 no brasil 06 Brasília Telefone: (61) Fax: (61) Curitiba Telefone: (41) Fax: (41) Fo r t a l e z a Telefone/Fax: (85) Porto Alegre Telefone/Fax: (51) Re c if e Telefone: (81) Fax: (81) Rio de Janeiro Telefone: (21) Fax: (21) Sa l v a d o r Telefone/Fax: (71) São Paulo Telefone/Fax: (11) Pensamento A sabedoria consiste em compreender que o tempo dedicado ao trabalho nunca é perdido. Ralph Emerson HLB INTERNACIONAL A world organization of accounting firms and business advisers A HLB Internacional, por meio dos seus 440 escritórios, pode atender clientes em mais de 100 países. São mil parceiros e mais de 12 mil colaboradores. A matriz fica na Inglaterra: 21 Ebury St, London SW1W 0LD Tel.: Fax: home page Saiba onde obter mais informações sobre a HLB Audilink Na In t e r n e t HLB Audilink In f o r m e No endereço você encontra dados sobre a HLB Audilink e seus serviços. Além de conferir as últimas novidades, é possível acessar links para os sites de diversos órgãos do governo, como o Banco Central, o Ministério do Trabalho, a Secretaria da Receita Federal e o Banco Nacional de Desenvolvimento, entre outros. O HLB Audilink Informe é a publicação da HLB Audilink voltada à constante atualização de seus clientes. O objetivo deste veículo consiste em manter seus leitores informados sobre os serviços da empresa e o cenário legislativo e tributário do país, bem como divulgar notícias e artigos referentes à área de auditoria.

Olanir Grazziotin Diretor Financeiro da Grazziotin S/A Edmíssio Lima Diretor Contábil da Drogarias Pacheco S/A

Olanir Grazziotin Diretor Financeiro da Grazziotin S/A Edmíssio Lima Diretor Contábil da Drogarias Pacheco S/A CLIENTE 05 NO BRASIL 06 Engenharia com versatilidade BRASÍLIA Telefone: (61) 3321-5481 Fax: (61) 3321-4274 brasilia@audilink.com.br n 156 A world organization of accounting firms and business advisers

Leia mais

saiba como funciona a auditoria nas empresas que têm contrato de concessão Conhecimento que gera valor n 169 Outubro/Novembro 10

saiba como funciona a auditoria nas empresas que têm contrato de concessão Conhecimento que gera valor n 169 Outubro/Novembro 10 n 169 Conhecimento que gera valor Outubro/Novembro 10 saiba como funciona a auditoria nas empresas que têm contrato de concessão PÁG. 02 AUDITORIA PODE GERAR ECONOMIA FISCAL PÁG. 04 11/3/10 11:08 AM CAPA

Leia mais

Sanções pecuniárias sobre obrigações acessórias. A world organization of accounting firms and business advisers Abril/ Maio 2008. n 154.

Sanções pecuniárias sobre obrigações acessórias. A world organization of accounting firms and business advisers Abril/ Maio 2008. n 154. A world organization of accounting firms and business advisers Abril/ Maio 2008 n 154 Sanções pecuniárias sobre obrigações acessórias PÁG. 02 Cliente: Fuja destes Grupo Amazonas encargos PÁG. 03 especial

Leia mais

Implantação da ifrs já demonstra bons resultados nas empresas PÁG. 02. Conhecimento que gera valor Junho/Julho 10. n 167

Implantação da ifrs já demonstra bons resultados nas empresas PÁG. 02. Conhecimento que gera valor Junho/Julho 10. n 167 Conhecimento que gera valor Junho/Julho 10 n 167 Implantação da ifrs já demonstra bons resultados nas empresas PÁG. 02 SHOPPING ARICANDUVA É O NOVO CLIENTE DA HLB AUDILINK PÁG. 03 capa 02 Os impactos da

Leia mais

Novos Clientes. Mudanças na RTT. audilink responde HLB INTERNACIONAL. Saiba onde obter mais informações sobre a Audilink

Novos Clientes. Mudanças na RTT. audilink responde HLB INTERNACIONAL. Saiba onde obter mais informações sobre a Audilink 05 NO BRASIL 06 BRASÍLIA Telefone: (61) 3321-5481 Fax: (61) 3321-4274 brasilia@audilink.com.br audilink responde Qual é o prazo para adoção do e-lalur? A Instrução Normativa RFB nº 1.139/11 DOU 1, de 29

Leia mais

Informações. Trabalho diferenciado

Informações. Trabalho diferenciado informe_abril.p65 1 6/5/2005, 14:18 Especial 02 IRPJ: em dia com o Leão A declaração do Imposto de Renda (IR) é decorrência de um trabalho realizado no ano inteiro. Trata-se de uma sinopse da contabilidade

Leia mais

Abril Maio 2012 N 177. Petrobras, novo cliente da AUDILINK especial. O que diz. a MP 563/2012 economia fiscal

Abril Maio 2012 N 177. Petrobras, novo cliente da AUDILINK especial. O que diz. a MP 563/2012 economia fiscal Abril Maio 2012 N 177 Petrobras, novo cliente da AUDILINK especial O que diz a MP 563/2012 economia fiscal 6 Institucional Alcance Mundial para atendimento local Brasília TEL.: (61) 3321.5481 brasilia@audilink.com.br

Leia mais

Due diligence nas empresas

Due diligence nas empresas Especial 02 Due diligence nas empresas Fusões e compras de empresas necessitam de muita segurança e garantia tanto ao comprador como ao proprietário. A HLB Audilink tem a melhor solução para esses casos:

Leia mais

Planejamento tributário: Ferramenta para sobreviver à crise. A world organization of accounting firms and business advisers Dezembro/ Janeiro 2009

Planejamento tributário: Ferramenta para sobreviver à crise. A world organization of accounting firms and business advisers Dezembro/ Janeiro 2009 n 158 A world organization of accounting firms and business advisers Dezembro/ Janeiro 2009 Planejamento tributário: Ferramenta para sobreviver à crise PÁG. 02 Cliente: Barcas S/A PÁG. 03 especial 02 Ferramenta

Leia mais

Serpro em dia com seus procedimentos tributários

Serpro em dia com seus procedimentos tributários 20799_Giornale_HLB.p65 1 23/8/2005, 21:27 Especial 02 Serpro em dia com seus procedimentos tributários HLB Audilink presta serviço de assessoria para a maior empresa pública de prestação de serviços em

Leia mais

HLB Audilink e as telecomunicações

HLB Audilink e as telecomunicações Especial 02 HLB Audilink e as telecomunicações A HLB Audilink foi contratada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para fazer dois relatórios que envolvem a análise econômicofinanceira das

Leia mais

experiência Uma excelente alternativa em serviços de auditoria

experiência Uma excelente alternativa em serviços de auditoria experiência Uma excelente alternativa em serviços de auditoria A Íntegra é uma empresa de auditoria e consultoria, com 25 anos de experiência no mercado brasileiro. Cada serviço prestado nos diferentes

Leia mais

Conhecimento que gera valor

Conhecimento que gera valor n 173 Conhecimento que gera valor Julho / Agosto 11 Receita Federal é o novo cliente da Audilink PÁG. 04 entenda qual será o impacto da crise financeira no brasil PÁG. 02 capa 02 O Brasil em meio à crise

Leia mais

Nossa atuação no setor financeiro

Nossa atuação no setor financeiro Nossa atuação no setor financeiro No mundo No Brasil O porte da equipe de Global Financial Services Industry (GFSI) da Deloitte A força da equipe do GFSI da Deloitte no Brasil 9.300 profissionais;.850

Leia mais

SÓCIOS DIRETORES O GRUPO ANDRADE & BASTOS DESENVOLVE SOLUÇÕES COMPLETAS PARA VOCÊ E SUA EMPRESA INSTITUCIONAL VISÃO MISSÃO

SÓCIOS DIRETORES O GRUPO ANDRADE & BASTOS DESENVOLVE SOLUÇÕES COMPLETAS PARA VOCÊ E SUA EMPRESA INSTITUCIONAL VISÃO MISSÃO O GRUPO ANDRADE & BASTOS DESENVOLVE SOLUÇÕES COMPLETAS PARA VOCÊ E SUA EMPRESA INSTITUCIONAL Com mais de 10 anos de experiência nos diversos segmentos em todo o território Nacional. Sua equipe é formada

Leia mais

Feliz ano velho, feliz ano novo!

Feliz ano velho, feliz ano novo! Especial 02 Feliz ano velho, feliz ano novo! Ao longo de 2006, uma série de acontecimentos e feitos importantes marcaram a trajetória da HLB Audilink. Os trabalhos nas empresas Furnas e Eletronuclear são

Leia mais

Entre as maiores. Informações com qualidade. Garantindo o futuro. Destaque 02. ParanaPrevidência em números (agosto): 23 mil pensionistas.

Entre as maiores. Informações com qualidade. Garantindo o futuro. Destaque 02. ParanaPrevidência em números (agosto): 23 mil pensionistas. Destaque 02 Entre as maiores A ParanaPrevidência é destaque entre as companhias e grupos do Paraná e da região Sul do País, segundo a revista Amanhã. A empresa, criada pelo governo do Paraná para garantir

Leia mais

Projeto SPED de A a Z

Projeto SPED de A a Z Consultoria e Treinamentos Apresentam: Projeto SPED de A a Z SPED Decreto nº 6.022 22/01/07 Instituir o Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) Promover a integração dos fiscos; Racionalizar e uniformizar

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ ORIGEM e COMPOSIÇÃO O Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC) foi idealizado a partir da união de esforços e comunhão de objetivos das seguintes entidades: -ABRASCA: Presidente - ANTONIO DUARTE CARVALHO

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 949, DE 16 DE JUNHO DE 2009 (DOU DE 17.06.09)

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 949, DE 16 DE JUNHO DE 2009 (DOU DE 17.06.09) INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 949, DE 16 DE JUNHO DE 2009 (DOU DE 17.06.09) Regulamenta o Regime Tributário de Transição (RTT), institui o Controle Fiscal Contábil de Transição (FCONT) e dá outras providências.

Leia mais

Grant Thornton Soluções integradas para o seu negócio

Grant Thornton Soluções integradas para o seu negócio Our partner to Grant Thornton Soluções integradas para o seu negócio 120+ where our Audit, Tax and and Advisory professional work together $4.2bn revenues 2012 2015 Grant Thornton Brazil Ltd. All rights

Leia mais

Planejar: estratégia para redução da carga tributária

Planejar: estratégia para redução da carga tributária Especial 02 Planejar: estratégia para redução da carga tributária Com uma carga tributária ainda pesada para o setor produtivo do País, a realização de um planejamento tornase uma alternativa para a diminuição

Leia mais

Gestão das organizações contábeis

Gestão das organizações contábeis Gestão das organizações contábeis Análise dos resultados da pesquisa Dezembro/2014 por Roberto Dias Duarte Sobre a pesquisa O Sistema Público de Escrituração Digital e seus vários subprojetos têm sido

Leia mais

Parceria de sucesso para sua empresa

Parceria de sucesso para sua empresa Parceria de sucesso para sua empresa A Empresa O Grupo Espaço Solução atua no mercado de assessoria e consultoria empresarial há 14 anos, sempre realizando trabalhos extremamente profissionais, pautados

Leia mais

Conhecimento que gera valor

Conhecimento que gera valor n 171 Conhecimento que gera valor Fevereiro / Março 11 Dicas para a sua empresa fazer um balanço nota 10 HLB Audilink r e s p o n d e: c o m o o c o r r e o r e c o n h e c i m e n t o d e r e c e i ta

Leia mais

A importância da informática nas auditorias

A importância da informática nas auditorias Tendência 02 A importância da informática nas auditorias HLB Audilink investe em ferramentas para otimizar processos Preocupada com a constante evolução mundial e em consonância sistemas dos clientes.

Leia mais

www.audicgroup.com.br DR SPED

www.audicgroup.com.br DR SPED www.audicgroup.com.br DR SPED a EMPRESA A Audic Group no Brasil tem o compromisso com os seus clientes de buscar a satisfação por eles desejada, para tanto dedica-se na identificação dos problemas, na

Leia mais

PRINCIPAIS DIFICULDADES PARA A APLICAÇÃO DO SPED CONTÁBIL E FISCAL 1

PRINCIPAIS DIFICULDADES PARA A APLICAÇÃO DO SPED CONTÁBIL E FISCAL 1 PRINCIPAIS DIFICULDADES PARA A APLICAÇÃO DO SPED CONTÁBIL E FISCAL 1 FERNANDES, Alexandre Roberto Villanova 2 ; KIRINUS, Josiane Boeira 3 1 Trabalho de Pesquisa _URCAMP 2 Curso de Ciências Contábeis da

Leia mais

Soluções em Tecnologia da Informação

Soluções em Tecnologia da Informação Soluções em Tecnologia da Informação Curitiba Paraná Salvador Bahia A DTS Sistemas é uma empresa familiar de Tecnologia da Informação, fundada em 1995, especializada no desenvolvimento de soluções empresariais.

Leia mais

CONSULTORIA MUDAR NEM SEMPRE É FÁCIL, MAS AS VEZES É NECESSÁRIO

CONSULTORIA MUDAR NEM SEMPRE É FÁCIL, MAS AS VEZES É NECESSÁRIO MUDAR NEM SEMPRE É FÁCIL, MAS AS VEZES É NECESSÁRIO CONTEÚDO 1 APRESENTAÇÃO 2 PÁGINA 4 3 4 PÁGINA 9 PÁGINA 5 PÁGINA 3 APRESENTAÇÃO 1 O cenário de inovação e incertezas do século 21 posiciona o trabalho

Leia mais

LAM AUDITORES INDEPENDENTES

LAM AUDITORES INDEPENDENTES COOPERATIVA DE ELETRIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA REGIÃO DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO CERRP Relatório de Auditoria das Demonstrações Contábeis do Exercício Findo em 31 de Dezembro de 2012. LAM AUDITORES INDEPENDENTES

Leia mais

Ementário e Bibliografia do curso de. Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04

Ementário e Bibliografia do curso de. Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 01 - ADMINISTRAÇÃO Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 Introdução à Administração. Antecedentes históricos da Administração. Escolas de Administração. Administração e suas perspectivas. Variáveis

Leia mais

Principais dificuldades

Principais dificuldades Principais dificuldades A maior dificuldade apontada pelas organizações contábeis pesquisadas foi receber informações dos clientes com qualidade e prazo. Apenas 16% delas indicaram problemas com a aderência

Leia mais

NEATS NÚCLEO DE ESTUDOS AVANÇADOS DO TERCEIRO SETOR

NEATS NÚCLEO DE ESTUDOS AVANÇADOS DO TERCEIRO SETOR NEATS NÚCLEO DE ESTUDOS AVANÇADOS DO TERCEIRO SETOR 1 APRESENTAÇÃO José Alberto Tozzi Adm. Empresas FGV MBA USP Mestre pela PUC-SP Instrutor de Gestão Financeira do GESC Instrutor do Curso de Contabilidade

Leia mais

SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL SPED FISCAL VANTAGENS E IMPORTÂNCIA

SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL SPED FISCAL VANTAGENS E IMPORTÂNCIA 1 SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL SPED FISCAL VANTAGENS E IMPORTÂNCIA Alfredo Baldini 1 * Acadêmico do Curso Ciências Contábeis Univás - Pouso Alegre/MG Fábio Luiz de Carvalho** Univás - Pouso

Leia mais

Projetos da Receita Federal

Projetos da Receita Federal Escrituração Fiscal Digital - EFD Projetos da Receita Federal A Escrituração Fiscal Digital - EFD é um arquivo digital, que se constitui de um conjunto de escriturações de documentos fiscais e de outras

Leia mais

CLIPPING Mídias de Primeiro Foco. Cliente: Fharos Data: 17/09/08 Veículo: DCI

CLIPPING Mídias de Primeiro Foco. Cliente: Fharos Data: 17/09/08 Veículo: DCI CLIPPING Mídias de Primeiro Foco Cliente: Fharos Data: 17/09/08 Veículo: DCI Cliente: Fharos Data: 10/09/08 Veículo: Executivos Financeiros 2 3 Cliente: Fharos Data: 12/09/08 Veículo: Canal Executivo 4

Leia mais

ECD + ECF - NOVAS REGRAS - 2014

ECD + ECF - NOVAS REGRAS - 2014 XII ENCONTRO ALAGOANO DE CONTABILIDADE CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DE ALAGOAS ECD + ECF - NOVAS REGRAS - 2014 Prof. Filemon Augusto de Oliveira MUITO PRAZER!!! Fé Família Trabalho AGRADECIMENTOS

Leia mais

Cenário Atual, Desafios e Perspectivas do Sistema Público de Escrituração Digital SPED. Newton Oller de Mello Newton.oller@gmail.

Cenário Atual, Desafios e Perspectivas do Sistema Público de Escrituração Digital SPED. Newton Oller de Mello Newton.oller@gmail. Cenário Atual, Desafios e Perspectivas do Sistema Público de Escrituração Digital SPED Newton Oller de Mello Newton.oller@gmail.com Agenda 1. Visão Geral e Situação Atual dos Projetos integrantes do SPED

Leia mais

Conheça a MRV Engenharia

Conheça a MRV Engenharia Conheça a MRV Engenharia MRV em Números Ficha técnica MRV Engenharia Número de empregados nas obras (média 2014)...23.704 Vendas Contratadas (R$ milhões) (2014)...R$ 6.005 Receita liquida (R$ milhões)

Leia mais

Novas vantagens do Supersimples poderão ser aprovadas ainda este ano

Novas vantagens do Supersimples poderão ser aprovadas ainda este ano Novas vantagens do Supersimples poderão ser aprovadas ainda este ano Ainda durante este ano, o Congresso Nacional poderá aprovar novas vantagens para as micro e pequenas empresas optantes do Simples Nacional,

Leia mais

Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04

Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 01 - ADMINISTRAÇÃO Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 Introdução à Administração. Antecedentes históricos da Administração. Escolas de Administração. Administração e suas perspectivas. Variáveis

Leia mais

Instrução Normativa RFB nº 1.397, de 16 de setembro de 2013

Instrução Normativa RFB nº 1.397, de 16 de setembro de 2013 Instrução Normativa RFB nº 1.397, de 16 de setembro de 2013 DOU de 17.9.2013 Dispõe sobre o Regime Tributário de Transição (RTT) instituído pelo art. 15 da Lei nº 11.941, de 27 de maio de 2009. O SECRETÁRIO

Leia mais

empresas constantes de seus anexos, de acordo com o Estado da Federação em que estava localizado o contribuinte.

empresas constantes de seus anexos, de acordo com o Estado da Federação em que estava localizado o contribuinte. SPED O Sistema Público de Escrituração Digital, mais conhecido como Sped, trata de um projeto/obrigação acessória instituído no ano de 2007, através do Decreto nº 6.022, de 22 de janeiro de 2007. É um

Leia mais

PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS. (Resumido)

PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS. (Resumido) FACULDADE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS E ADMINISTRATIVAS DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM ES Curso de Administração reconhecido pelo Decreto Federal nº 78.951, publicado no D.O.U. de 16-12-1976 Curso de Ciências Contábeis

Leia mais

Mazars: Apresentação Institucional

Mazars: Apresentação Institucional Mazars: Apresentação Institucional Mazars, no Mundo Integrada, Independente, Internacional. A MAZARS é uma organização integrada, independente e internacional, especializada em auditoria, terceirização

Leia mais

COMPRA. certa. Treinamento para o profissional de compras. Tributação e seus impactos na rentabilidade. www.contento.com.br

COMPRA. certa. Treinamento para o profissional de compras. Tributação e seus impactos na rentabilidade. www.contento.com.br COMPRA certa Treinamento para o profissional de compras www.contento.com.br 503117 Tributação e seus impactos na rentabilidade editorial Calculando a rentabilidade Gerir uma farmácia requer conhecimentos

Leia mais

FACULDADE DE SÃO VICENTE CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS

FACULDADE DE SÃO VICENTE CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS FACULDADE DE SÃO VICENTE CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS SANDRA REGINA ALMEIDA DE SOUZA CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO São Vicente 2011 SANDRA REGINA ALMEIDA DE SOUZA RELATÓRIO

Leia mais

Professor José Sérgio Fernandes de Mattos

Professor José Sérgio Fernandes de Mattos Professor Apresentação: 1. Instituído pelo Decreto nº 6.022, de 22 de janeiro de 2007, o Sistema Público de Escrituração Digital (Sped) faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento do Governo Federal

Leia mais

E-LALUR e a extinção do Regime Tributário de Transição (RTT)

E-LALUR e a extinção do Regime Tributário de Transição (RTT) E-LALUR e a extinção do Regime Tributário de Transição (RTT) Setembro de 2012 Celso Pompeu Alcantara 1 Regime Tributário de Transição (RTT) Durante 2011/2012, ouvimos discussões sobre 4 diferentes cenários:

Leia mais

A gente cuida de tudo que tem valor para você.

A gente cuida de tudo que tem valor para você. A gente cuida de tudo que tem valor para você. PRAZER, SOMOS A MAPMA. Somos uma empresa reconhecida pela vasta experiência profissional nas áreas de consultoria, corretagem de seguros e administração de

Leia mais

CEMEPE INVESTIMENTOS S/A

CEMEPE INVESTIMENTOS S/A CEMEPE INVESTIMENTOS S/A RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO Senhores Acionistas, Em cumprimento às disposições legais e estatutárias, submetemos à apreciação de V.Sas. as demonstrações contábeis do exercício encerrado

Leia mais

O IMPACTO DA LEI 11.638/07 NO MUNDO CONTÁBIL. Débora Cristina Dala Rosa¹, José César de Faria²

O IMPACTO DA LEI 11.638/07 NO MUNDO CONTÁBIL. Débora Cristina Dala Rosa¹, José César de Faria² O IMPACTO DA LEI 11.638/07 NO MUNDO CONTÁBIL Débora Cristina Dala Rosa¹, José César de Faria² ¹Universidade do Vale do Paraíba/Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas e Comunicação, Avenida Shishima Hifumi,

Leia mais

Lei n. 12.101/2009 Decreto n. 7.237/2010

Lei n. 12.101/2009 Decreto n. 7.237/2010 Lei n. 12.101/2009 Decreto n. 7.237/2010 LEI N. 12.101/2009 DECRETO N. 7237/2010 O principal objetivo da presente Lei é dispor sobre a certificação das entidades beneficentes de assistência social. Tem

Leia mais

Assistência Jurídica para a Construção de um Mundo dos Negócios Novo e Sustentável

Assistência Jurídica para a Construção de um Mundo dos Negócios Novo e Sustentável Assistência Jurídica para a Construção de um Mundo dos Negócios Novo e Sustentável Quem Somos Somos uma sociedade de advogados dedicada à assistência e orientação jurídica as empresas nacionais e estrangeiras.

Leia mais

www.avantassessoria.com.br

www.avantassessoria.com.br www.avantassessoria.com.br Nossa Empresa A AVANT Assessoria Contábil e Tributária é uma empresa de contabilidade especializada em consultoria e assessoria de empresas e profissionais liberais, oferecendo

Leia mais

RELEASE DE RESULTADOS 3T14 I 9M14

RELEASE DE RESULTADOS 3T14 I 9M14 RELEASE DE RESULTADOS 3T14 I 9M14 Contate RI: Adolpho Lindenberg Filho Diretor Financeiro e de Relações com Investidores Telefone: +55 (11) 3041-2700 ri@lindenberg.com.br www.grupoldi.com.br/relacao DIVULGAÇÃO

Leia mais

A LEI 12973 E OS NOVOS AJUSTES NA APURAÇÃO DO LUCRO REAL 16/08/2015 17:57 BLUMENAU/SC

A LEI 12973 E OS NOVOS AJUSTES NA APURAÇÃO DO LUCRO REAL 16/08/2015 17:57 BLUMENAU/SC CURRÍCULO DO PALESTRANTE Me. Marcos B. Rebello Mestre em Contabilidade/UFSC, Pós Graduado em Finanças, Auditoria e Controladoria/FGV, Graduado em Ciências Contábeis. Atua como consultor na adequação às

Leia mais

CARTA DE APRESENTAÇÃO

CARTA DE APRESENTAÇÃO 2 CARTA DE APRESENTAÇÃO Todos nós idealizamos planos, projetos, mudanças e perspectivas de novas realizações. Para atingirmos esses objetivos precisamos constituir nossas ações com persistência, entusiasmo

Leia mais

Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado

Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado Maio de 2010 Conteúdo Introdução...4 Principais conclusões...5 Dados adicionais da pesquisa...14 Nossas ofertas de serviços em mídias sociais...21

Leia mais

Metodologia. Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Público Alvo: Amostra: 500 entrevistas realizadas. Campo: 16 a 29 de Setembro de 2010

Metodologia. Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Público Alvo: Amostra: 500 entrevistas realizadas. Campo: 16 a 29 de Setembro de 2010 Metodologia Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Através de e-survey - via web Público Alvo: Executivos de empresas associadas e não associadas à AMCHAM Amostra: 500 entrevistas realizadas Campo: 16

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Comparativo leiaute DIPJ 2014 x ECF

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Comparativo leiaute DIPJ 2014 x ECF Comparativo leiaute DIPJ 2014 x ECF 05/05/2014 Título do documento Sumário Sumário... 2 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas Pelo Time da Eficiência Comercial... 3 3. Análise da Legislação... 4 3.1 Comparativo

Leia mais

Elaborado e apresentado por:

Elaborado e apresentado por: A CONSTRUÇÃO CIVIL E AS REGRAS INTERNACIONAIS DE CONTABILIDADE - ALTERAÇÕES CONTÁBEIS E TRIBUTÁRIAS: LEIS 11.638/2007, 11.941/2009 e 12.973/2014 UMA VISÃO CONTÁBIL E TRIBUTÁRIA Elaborado e apresentado

Leia mais

Futura Economista Futuro Economista. Bem-vindo. a esta maravilhosa profissão!

Futura Economista Futuro Economista. Bem-vindo. a esta maravilhosa profissão! Futura Economista Futuro Economista Bem-vindo a esta maravilhosa profissão! O Conselho Federal de Economia traz para você informações importantes sobre as perspectivas da profissão. Bem - Vindo O COFECON

Leia mais

ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL SPED ECF. PROFESSOR: FELLIPE GUERRA Sergipe, 24 de Agosto de 2015.

ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL SPED ECF. PROFESSOR: FELLIPE GUERRA Sergipe, 24 de Agosto de 2015. ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL SPED ECF PROFESSOR: FELLIPE GUERRA Sergipe, 24 de Agosto de 2015. PROFESSOR: FELLIPE GUERRA Contador, Consultor Empresarial e Especialista em SPED. Coordenador da Comissão

Leia mais

Building, Construction & Real Estate

Building, Construction & Real Estate KPMG no Brasil Building, Construction & Real Estate FINANCIAL SERVICES kpmg.com/br Quem somos Constituída na Suíça e com sede em Amsterdã, a KPMG International Cooperative (KPMG International) é uma rede

Leia mais

O setor de Telecomunicações

O setor de Telecomunicações O setor de Telecomunicações Tem pouco tempo, por volta de 14 anos.(nasceu logo após a privatização das Teles) No Brasil existem mais de 20.000 empresas atuando no segmento de vendas de serviços e produtos

Leia mais

Confiança e Credibilidade. Inteligência Jurídica na Geração de Resultados

Confiança e Credibilidade. Inteligência Jurídica na Geração de Resultados Confiança e Credibilidade Inteligência Jurídica na Geração de Resultados Pedro Aurélio de Mattos Gonçalves Sócio-fundador Advogado com 38 anos de atuação na advocacia Cível, Empresarial e Societária, pós-graduado

Leia mais

RMA - DN Automação (Autorização para Retorno de Mercadoria)

RMA - DN Automação (Autorização para Retorno de Mercadoria) RMA - DN Automação (Autorização para Retorno de Mercadoria) Orientações gerais aos parceiros de negócios A DN Automação trabalha exclusivamente através de parceiros de negócios (revendedores e agentes),

Leia mais

PREVENIR É A MELHOR ESTRATÉGIA!

PREVENIR É A MELHOR ESTRATÉGIA! APRESENTAÇÃO PREVENIR É A MELHOR ESTRATÉGIA! O desconhecimento do universo de leis vigentes no País e a falta de orientação técnica são as principais causas de problemas que atingem os empresários, impedindo

Leia mais

Direcional Engenharia S.A.

Direcional Engenharia S.A. 1 Direcional Engenharia S.A. Relatório da Administração Exercício encerrado em 31 / 12 / 2007 Para a Direcional Engenharia S.A., o ano de 2007 foi marcado por recordes e fortes mudanças: registramos marcas

Leia mais

Comitê de Pronunciamentos Contábeis CPC Origem

Comitê de Pronunciamentos Contábeis CPC Origem 1 * Comitê de Pronunciamentos Contábeis CPC Origem Em função das Necessidades de: - convergência internacional das normas contábeis (redução de custo de elaboração de relatórios contábeis, redução de riscos

Leia mais

metanor s.a. METANOR S.A. Metanol do Nordeste Camaçari - Bahia - Brasil Relatório da Administração de 2010 Metanol do Nordeste

metanor s.a. METANOR S.A. Metanol do Nordeste Camaçari - Bahia - Brasil Relatório da Administração de 2010 Metanol do Nordeste METANOR S.A. Camaçari - Bahia - Brasil Relatório da Administração de 2010 Senhores Acionistas, Em conformidade com as disposições legais e estatutárias, a administração da METANOR S.A. submete à apreciação

Leia mais

Medida Provisória 627/13 Giancarlo Matarazzo

Medida Provisória 627/13 Giancarlo Matarazzo Medida Provisória 627/13 Giancarlo Matarazzo 2 de Dezembro de 2013 1 Evolução Histórica Introdução no Brasil de regras contábeis compatíveis com os padrões internacionais de contabilidade IFRS Essência

Leia mais

SENAI. Historia Criado em 1942, para apoiar o lançamento da indústria brasileira. Necessidade de mão-de-obra qualificada.

SENAI. Historia Criado em 1942, para apoiar o lançamento da indústria brasileira. Necessidade de mão-de-obra qualificada. SENAI Missão Promover a educação profissional e tecnológica, a inovação e a transferência de tecnologias industriais, contribuindo para elevar a competitividade da indústria brasileira. Historia Criado

Leia mais

PORTFÓLIO INSTITUCIONAL GRUPO ASSETS - 2013 2014. Apresentação

PORTFÓLIO INSTITUCIONAL GRUPO ASSETS - 2013 2014. Apresentação 2013 2014 PORTFÓLIO INSTITUCIONAL GRUPO ASSETS - 2013 2014 Apresentação Assets Contadores e Consultores Associados, fundada ano 2000, é uma empresa jovem e totalmente dinâmica, que busca sempre o melhor

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL. 02/01/2013 rev. 00

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL. 02/01/2013 rev. 00 APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL 02/01/2013 rev. 00 PAUTA INSTITUCIONAL Sobre a Harpia OUTRAS INFORMAÇÕES Clientes Parceiros SERVIÇOS Responsabilidade Social Consultoria & Gestão Empresarial Planejamento Estratégico

Leia mais

O ECONOMISTA Fundamental em qualquer empresa por quê?

O ECONOMISTA Fundamental em qualquer empresa por quê? O profissional mais estratégico que a empresa precisa ter: O ECONOMISTA Fundamental em qualquer empresa por quê? Diagnostica. Avalia. Cria. Planeja. Resolve. O Economista é um profissional imprescindível

Leia mais

Visão Geral da Certificação CERTICS

Visão Geral da Certificação CERTICS Projeto 0113009300 - Implementação da CERTICS - Certificação de Tecnologia Nacional de Software IX Workshop Anual do MPS WAMPS 2013 Visão Geral da Certificação CERTICS Palestrante: Adalberto Nobiato Crespo

Leia mais

TERCEIRO SETOR, CULTURA E RESPONSABILIDADE SOCIAL

TERCEIRO SETOR, CULTURA E RESPONSABILIDADE SOCIAL TERCEIRO SETOR, CULTURA E RESPONSABILIDADE SOCIAL 22/12/2015 ATENÇÃO 1 Declaração de Imunidade Tributária Municipal deve ser enviada até 31.12.2015 Nos termos da Instrução Normativa nº 07/2015 da Secretaria

Leia mais

Material Institucional. accent. consultoria. auditoria. estratégia. caixa livre

Material Institucional. accent. consultoria. auditoria. estratégia. caixa livre Material Institucional accent consultoria. auditoria. estratégia. caixa livre Sobre a Accent Somos uma empresa brasileira que possui conhecimento especializado em auditoria, impostos, consultoria de gestão

Leia mais

Projeto SPED no Sistema USIMINAS. Emanuel da Silva Franco Jr Coordenador do Projeto SPED/NF-e

Projeto SPED no Sistema USIMINAS. Emanuel da Silva Franco Jr Coordenador do Projeto SPED/NF-e Projeto SPED no Sistema USIMINAS Emanuel da Silva Franco Jr Coordenador do Projeto SPED/NF-e Agenda O Sistema USIMINAS Premissas do Projeto SPED Um pouco de Tecnologia O Projeto na USIMINAS Fatores Críticos

Leia mais

QUEM SOMOS Brasil Brokers

QUEM SOMOS Brasil Brokers QUEM SOMOS Um dos maiores e mais completos grupos de venda de imóveis do país. Assim é a Brasil Brokers. Formado por 25 imobiliárias líderes em 12 estados, o grupo conta com mais de 14 mil corretores associados

Leia mais

IFRS A nova realidade de fazer Contabilidade no Brasil

IFRS A nova realidade de fazer Contabilidade no Brasil Ano X - Nº 77 - Julho/Agosto de 2014 IFRS A nova realidade de fazer Contabilidade no Brasil Profissionais da Contabilidade deverão assinar prestações de contas das eleições Ampliação do Simples Nacional

Leia mais

Incentivos do Poder Público à atuação de entidades civis sem fins lucrativos, na área social. (1) renúncia fiscal

Incentivos do Poder Público à atuação de entidades civis sem fins lucrativos, na área social. (1) renúncia fiscal Incentivos do Poder Público à atuação de entidades civis sem fins lucrativos, na área social Associação Fundação Privada Associação Sindical Partidos Políticos (1) renúncia fiscal Subvencionada 1 Entidades

Leia mais

ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR E REGIME TRIBUTÁRIO PROF. SERGIO MONELLO

ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR E REGIME TRIBUTÁRIO PROF. SERGIO MONELLO ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR E REGIME TRIBUTÁRIO PROF. SERGIO MONELLO 08/10/2013 Para as desonerações tributárias, as entidades podem ser divididas em dois campos: 1) as imunes 2) as isentas 2 IMUNIDADE

Leia mais

ITG 2002: Os principais desafios na implementação das novas práticas na visão da Auditoria Independente.

ITG 2002: Os principais desafios na implementação das novas práticas na visão da Auditoria Independente. ITG 2002: Os principais desafios na implementação das novas práticas na visão da Auditoria Independente. Evelyse Amorim Lourival Amorim Florianópolis, 11 de novembro de 2014 ITG 2002 Introdução e Principais

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Desde sua fundação, muitos vieram fazer parte da Família Cootravale. Transportando não só cargas, mas qualidade e satisfação.

APRESENTAÇÃO. Desde sua fundação, muitos vieram fazer parte da Família Cootravale. Transportando não só cargas, mas qualidade e satisfação. APRESENTAÇÃO Uma empresa projetada para o futuro. Assim é a administração da Cootravale, desde sua fundação em 1995. Sua constituição é fruto do sonho de um grupo de transportadores do município de Videira

Leia mais

A RESOLUÇÃO CFC Nº 1409/12 REFLEXOS NA CONTABILIDADE DAS ENTIDADES SEM FINALIDADE DE LUCROS

A RESOLUÇÃO CFC Nº 1409/12 REFLEXOS NA CONTABILIDADE DAS ENTIDADES SEM FINALIDADE DE LUCROS NUTRINDO RELAÇÕES A RESOLUÇÃO CFC Nº 1409/12 REFLEXOS NA CONTABILIDADE DAS ENTIDADES SEM FINALIDADE DE LUCROS APRESENTAÇÃO José Alberto Tozzi Adm. Empresas FGV MBA USP Mestre pela PUC-SP Instrutor de Gestão

Leia mais

Um software de gestão é realmente capaz de atender as necessidades de cada profissional? Saiba mais e usufrua de benefícios que tornarão sua empresa

Um software de gestão é realmente capaz de atender as necessidades de cada profissional? Saiba mais e usufrua de benefícios que tornarão sua empresa Um software de gestão é realmente capaz de atender as necessidades de cada profissional? Saiba mais e usufrua de benefícios que tornarão sua empresa mais ágil, com menos papel e mais resultados. 2 ÍNDICE

Leia mais

POR QUE FAZER O CURSO?

POR QUE FAZER O CURSO? POR QUE FAZER O CURSO? Os sistemas digitais tornaram-se onipresentes, há cerca de um bilhão de computadores conectados à internet, e essenciais às atividades humanas. A Contabilidade e o Tributário estão

Leia mais

CERTIFICADO DE ENTIDADE BENEFICENTE DE ASSISTÊNCIA SOCIAL (CEBAS)

CERTIFICADO DE ENTIDADE BENEFICENTE DE ASSISTÊNCIA SOCIAL (CEBAS) CERTIFICADO DE ENTIDADE BENEFICENTE DE ASSISTÊNCIA SOCIAL (CEBAS) XIII Oficina de Conhecimento Terceiro Setor: Gestão e Sustentabilidade Goiânia, 09/10/12 Wagner Nogueira da Silva Advogado OAB/GO 14.374

Leia mais

CONSELHO REGIONAL CONTABILIDADE RIO GRANDE DO SUL PALESTRA

CONSELHO REGIONAL CONTABILIDADE RIO GRANDE DO SUL PALESTRA CONSELHO REGIONAL CONTABILIDADE RIO GRANDE DO SUL PALESTRA ATIVIDADE IMOBILIÁRIA Compra e Venda, Incorporação, Loteamento e Construção para Venda de Imóveis Aspectos Contábeis e Tributários Sergio Renato

Leia mais

SOLUÇÕES DE TECNOLOGIA PARA O SEGMENTO DE SAÚDE

SOLUÇÕES DE TECNOLOGIA PARA O SEGMENTO DE SAÚDE SOLUÇÕES DE TECNOLOGIA PARA O SEGMENTO DE A gestão eficiente é o coração do seu negócio e garante a saúde da sua empresa. > www.totvs.com/saude 0800 70 98 100 3 Conceitos TOTVS Ser essencial é atender

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Instituto de Ciências Econômicas e Gerenciais Curso de Ciências Contábeis Contabilidade Intermediária Direito Tributário Introdução à Ciências Atuarial

Leia mais

BENEFÍCIOS COM A SMALL

BENEFÍCIOS COM A SMALL BENEFÍCIOS COM A SMALL 2012. Small Consultoria Avenida Engenheiro Caetano Álvares, 530 Casa Verde, São Paulo S.P. Tel. 11 2869.9699 / 11 2638.5372 Todos os direitos reservados. A IDEIA Dentre os exemplos

Leia mais

Módulo Contábil e Fiscal

Módulo Contábil e Fiscal Módulo Contábil e Fiscal SPED Contábil e Fiscal Objetivo O objetivo deste artigo é dar uma visão geral sobre o Módulo Contábil e Fiscal SPED. Todas informações aqui disponibilizadas foram retiradas no

Leia mais

(c) promover, realizar ou orientar a captação, em fontes internas e externas, de recursos a serem aplicados pela Companhia ou pela sua controlada;

(c) promover, realizar ou orientar a captação, em fontes internas e externas, de recursos a serem aplicados pela Companhia ou pela sua controlada; RELATORIO DA ADMINISTRAÇÃO SENHORES ACIONISTAS, Atendendo às disposições legais e estatutárias, a Administração da TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. sociedade anônima de capital aberto, submete à apreciação

Leia mais

Empreendimentos Florestais Santa Cruz Ltda. Demonstrações financeiras em 30 de setembro de 2009 e relatório dos auditores independentes

Empreendimentos Florestais Santa Cruz Ltda. Demonstrações financeiras em 30 de setembro de 2009 e relatório dos auditores independentes Empreendimentos Florestais Santa Cruz Ltda. Demonstrações financeiras em 30 de setembro de 2009 e relatório dos auditores independentes Relatório dos auditores independentes Aos Administradores e Quotistas

Leia mais

O Comitê de Pronunciamentos - CPC. Irineu De Mula Diretor da Fundação Brasileira de Contabilidade - FBC

O Comitê de Pronunciamentos - CPC. Irineu De Mula Diretor da Fundação Brasileira de Contabilidade - FBC O Comitê de Pronunciamentos - CPC Irineu De Mula Diretor da Fundação Brasileira de - FBC Objetivo: O estudo, o preparo e a emissão de Pronunciamentos Técnicos sobre procedimentos de e a divulgação de informações

Leia mais