CONVENIADA OBJETO DOE Nº. E DATA INÍCIO FINAL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONVENIADA OBJETO DOE Nº. E DATA INÍCIO FINAL"

Transcrição

1 Nº CONVÊNIO Nº CPA UDESC CONVENIADA OBJETO DOE Nº. E DATA INÍCIO FINAL VIGÊNCIA (PRAZO) /969 (antigo) 76/960 (antigo) UNIVERSIDADE DO PORTO PORTUGAL Universidade Aberta (Portugal) Universidade dos Açores (Portugal) Cooperação Acadêmica, a troca de experiências e o intercâmbio de conhecimentos científicos, em todas as /9/1989 indeterminado possíveis áreas de interesse mútuo em que possam ser desenvolvidos programas conjuntos. Cooperação entre as duas Univ. signatárias intercâmbio de professores, investigadores e outros especialistas, troca de idéias, de documentação e de informações, a participação em programas conjuntos de educação. Desenvolvimento da cooperação nos domínios do ensino, pesquisa e extensão. /5/1996 indeterminado 007/1998 Prefeitura Municipal de Witmarsum Possibilitar um programa de cooperação técnico-científica mútua no campo do ensina, da pesquisa e da extensão. 6/8/1998 indeterminado 069/ /00 Município de São Bento do Sul Cecrisa Revestimentos Cerâmicos S/A Tem por objetivo a manifestação expressa da intenção de implantação de campus da UDESC na cidade de São Bento do Sul. Concessão de estágio profissional a alunos regularmente matriculados na UDESC e que freqüentam efetivamente cursos ligados à área. DOE 16744, pg., de 1/09/01 DOE 16884, pg. 15, de 1/04/0 9/4/001 Indeterminado Indeterminado

2 014/00 Fundação Municipal de Esportes de Florianópolis - FME Estabelecer e regulamentar a admissão de alunos UDESC como estagiários do FME. DOE 1698, pg. 41, de 18/06/0 1//00 Indeterminado 006/587 1 TERMO ADITIVO AO CONV. 07/0 TERMO ADITIVO AO CONV. 07/0 04/00 007/579 15/008 FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ESPORTES DE FLORIANÓPOLIS - FME Fundação Educacional da Região de Joinville FURJ/UNI Faculdade de Motricidade Humana da Universidade Técnica de Lisboa FMH, Portugal UDESC e a Faculdade de Motricidade Humana da Universidade Técnica de Lisboa FMH, Portugal O objeto do presente convênio visa desenvolver em conjunto projetos de pesquisa e extensão, bem como propiciar a concessão de campo de estágios acadêmicos dos cursos de graduação em Ed. Física do CEFID/UDESC. Os projetos, planos de trabalho serão apresentados anualmente, respeitando os tramites legais, com a previsão das atividades de pesquisa, extensão e/ou estágios. Estabelecer e manter acordo entre as partes visando atividades conjuntas que propiciem a operacionalização de programas de estágios para estudantes. PRORROGAR A VIGÊNCIA POR MAIS 05 (CINCO) ANOS, TENDO INÍCIO EM 11/06/07 ATÉ 10/06/01. Retificação do PRIMEIRO termo aditivo ao convênio 07/00 Onde se lê UNIVERSIDAD TÉCNICA DEL NORTE, substitui-se por FACULDADE de Motricidade Humana da Universidade Técnica de Lisboa. Dpempresarial e UDESC Regulamentar as condições de estágio curricular de cooperação educacional para alunos da UDESC remunerado ou não. DOE 1794, DE 14/07/06, PÁGINA 7 DOE 16969, pg. 09, de 14/08/0 DOE 18181, pg. 41, de 08/08/07 DOE 18181, DE 08/08/07, PÁGINA 41. DOE 17107, pg. 08, de 05/0/0 14/7/006 14/7/01 1 1/5/00 Indeterminado 11/6/007 Data de Vigência permanec e inalterada Até 10/6/01 10/6/01 5//00 indeterminado

3 06/004 Primeiro Termo Aditivo ao Conv 06/04 (acima) UDSC 04/008 54/ /04 571/009 PREFEITURA MUNICIPAL - MUNICÍPIO DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ MUNICÍPIO DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ Núcleo Brasileiro de Estágios NUBE E Centro de Desenvolvimento Profissional CEDEP Conjugar esforços para o desenvolvimento e cooperação nos domínios do ensino, pesquisa, extensão e administração, mais especificamente objetivando estabelecer e regulamentar a implantação do curso de graduação em Administração de Serviços Públicos,na cidade de Balneário Camboriú. Cláusula Primeira: Fica aditada a cláusula sexta Da Vigência do convênio devidamente autorizado através da Lei Municipal n.67, de 0 de Junho de 004, passando a ter a seguinte redação: Cláusula sexta O presente convênio vigorará pelo período de 0 (três) anos, a contar da data de assinatura deste termo aditivo. Cláusula segunda - Ficam mantidas inalteradas as demais Cláusulas do convênio mencionado na cláusula primeira deste termo aditivo, alheias a presente matéria. A Renovação do Acordo de Cooperação de Estagio objetiva desenvolver ações conjuntas para implementar programas de Estágio de Estudante, de caráter compulsório ou facultativo, mas de interesse curricular, cumprido durante o curso e apto a proporcionar ao estudande treinamento prático em sua formação profissional especifica e em situação reais do cotidiano, de conformidade com a Lei nº /008. DOE 17450, pg., de 04/08/04 DOE 1888, DE 0/05/10 4/6/009 D.O de 1/08/09 1/8/009 4/8/004 4/8/009 4/6/01 1/8/01 4

4 08/04 10/008 1 TERMO ADITIVO 09/04 114/05 Processo UDSC 58/050 Processo UDSC 58/ /007 UDSC 41/008 UDSC 008/4967 Serviço Social do Comércio - SESC Serviço Social do Comércio - SESC MEC MANUTENÇÃO ELÉTRICA LTDA. AGROAVICOLA VENETO LTDA. ÉRICA WIESE THIESEN Tem por finalidade o aprimoramento técnico, profissional, cultural e social do estudante estagiário de nível superior, mediante a aprendizagem e participação prática junto aos departamentos competentes da empresa concedente. Execução do Programa Bolsas de Estágio do ensino superior. Cláusula Terceira O prazo convencionado é de 0 (três) anos, contados a partir de 01/10/07, com término em 0/09/010, podendo suas disposições ser alteradas a qualquer tempo, por mútua concordância das partes. As demais cláusulas permanecem inalteradas. de alunos da UDESC como estagiários da Convenente. de alunos da UDESC como estagiários da empresa. de alunos da UDESC como estagiários da empresa. DOE 17509, pg. 1, de 0/11/04 DOE 18, DE 08/10/07, página 19. DOE 1770, de 16/08/05, pg DOE 17648, de , pág. 4 DOE 17648, de , pág. 4 /11/004 16/8/005 /11/00 7 0/9/ /8/01 0 (vide abaixo Até 0/09/010) 1/6/005 1/6/010 1/6/005 1/6/010 Processo UDSC 601/055 UDSC 008/498 INCORPOSUL EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES LTDA. de alunos da UDESC como estagiários da empresa. DOE 17651, de 06/06/05, página 16 6/6/005 6/6/010

5 16/05 14/05 17/05 19/05 151/05 15/05 154/05 UDSC 008/4915 UDSC 008/4914 UDSC 008/4911 UDSC 008/4909 UDSC 008/4908 UDSC 008/494 UDSC 008/5059 UDSC 008/5058 UNIVERSITÉ BLAISE- PASCAL CLERMONT- FERRAND FRANCE II FRANÇA PARADESIGN DESENHOS LTDA. SOFTEXPERT INFORMÁTICA E AUTOMAÇÃO LTDA. VECTRA PARTICIPAÇÕES E CONSTRUÇÕES LTDA. META RECURSOS HUMANOS TUPER S.A. SÓ BERÇOS INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE MÓVEIS LTDA. MULTICOMP INFORMÁTICA As duas partes decidem instaurar ações destinadas a promover um conjunto de projetos acadêmicos, científicos e culturais de interesse das duas instituições. Desenvolver os intercâmbios de alunos, pessoa da área da pesquisa, da formação e da administração, no âmbito dos proj de coop. Para os quais elas terão obtido os financiamentos. Cada proj terá um protocolo especial que será anexado à esta convenção após a aprovação por cada uma das partes. de alunos da UDESC como estagiários da empresa. de alunos da UDESC como estagiários da empresa. de alunos da UDESC como estagiários da empresa. de alunos da UDESC como estagiários da empresa. de alunos da UDESC como estagiários da empresa. de alunos da UDESC como estagiários da empresa. de alunos da UDESC como estagiários da empresa. DOE 17654, de , página 54 DOE 1765, de 07/06/05, página 7 DOE 1765, de 07/06/05, página 7 DOE 17657, 14/06/05, pg54 DOE 17657, 14/06/05, pg 54 DOE 17670, de 01/07/05, página 7 DOE 17670, de 01/07/05, página 7 DOE 17670, de 01/07/05, página 7 1/5/005 1/5/01 0 7/6/005 7/6/010 7/6/005 7/6/010 14/6/005 14/6/005 14/6/ /6/01 0 1/7/005 1/7/010 1/7/005 1/7/010 1/7/005 1/7/010

6 161/05 UDSC 008/5057 CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SANTA CATARINA CREMESC de alunos da UDESC como estagiários da Instituição. DOE 17666, DE 7/06/05, PG.16 7/6/005 7/6/ /05 167/05 17/05 17/05 181/05 UDSC 008/505 UDSC 008/5049 UDSC 008/5044 UDSC 008/5060 UDSC 008/4977 TERRANOVA BRASIL LTDA. BATTISTELLA IND. COM. LTDA. CENTRO DE INTEGRAÇÃO NACIONAL DE ESTÁGIOS PARA ESTUDANTES - CEINEE JCR MÓVEIS SOB MEDIDA LTDA. GOVERNO DO ESTADO DE SANTA CATARINA, ATRAVÉS DA SECRETARIA DE de alunos da UDESC como estagiários da empresa. de alunos da UDESC como estagiários da empresa. Estabelece cooperação recíproca entre as partes, visando o desenvolvimento de atividades conjuntas capazes de propiciar a plena operacionalização do Decreto 87497/8, que regulamenta a Lei 6494/77, bem como o contido na Lei 8.859/94, na Lei 994/96, que estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional e na sua regulamentação, relacionados ao Estágio Curricular, obrigatório ou não, de estudantes, entendido o Estágio como uma Estratégia de Profissionalização, que completa o Processo Ensino-Aprendizagem. de alunos da UDESC como estagiários da empresa. Concessão de Bolsas de Estágio para alunos regularmente matriculados e que freqüentam cursos de nível superior na UDESC, nas seguintes DOE 17670, de 01/07/05, página 7 DOE 17670, de 01/07/05, página 7 DOE 17675, de 08/07/05, página 56. DOE 17670, de 01/07/05, página 7 DOE 17681, de 18/07/05, página 5. 1/7/005 1/7/010 1/7/005 1/7/010 7/6/005 7/6/01 0 1/7/005 1/7/010 18/7/005 18/7/01 0

7 ESTADO DO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL - SDS áreas: Geografia, Ciência da Computação e Engenharia Civil. 18/05 006/ /05 189/05 19/05 196/05 UDSC 008/508 UDSC 008/500 UDSC 008/505 UDSC 008/ /05 006/591 TERMO ADITIVO AO CONVENI O 198/05 (Acima) 9140/009 SECRETARIA DE ESTADO DO DESENVOLVIMENTO REGIONAL ITAJAÍ TAFISA BRASIL S/A FISCHER AGRÍCOLA LTDA. MÓVEIS RUDNICK S/A GERAL RECURSOS HUMANOS UNIVERSIDADE DO PAÍS BASCO - ESPANHA UNIVERSIDADE DEL PAÍS VASCO Concessão de Bolsas de Estágio para alunos regularmente matriculados e que frequentam regularmente cursos de nível superior na UDESC. Concessão de Bolsas de Estágio nos termos do Programa A Primeira Chance. de alunos da UDESC como estagiários da EMPRESA. de alunos da UDESC como estagiários da CONVENENTE. de alunos da UDESC como estagiários da EMPRESA. de alunos da UDESC como estagiários da Convenente. Este Acordo é estabelecido para desenvolver programas de estudos conjuntos, intercâmbio e cooperação no campo da docência, formação de estudantes e pesquisa. As partes acordam prorrogar de mútuo acordo, por outros quatro anos, o Convénio de colaboração, ao qual se refere o item primeiro da parte expositiva. DOE 1779, de 07/10/05, página 1. DOE 17675, de 08/07/05, página 56. DOE 17684, DE 1/07/05, PÁGINA 08. DOE 17675, de 08/07/05, página 56. DOE 17684, DE 1/07/05, PÁGINA 08. DOE 17784, DE 19/1/05, PÁGINA 6. DOE 18894, DE /07/10 /6/005 /6/01 0 8/7/005 8/7/010 1/7/005 1/7/01 0 8/7/005 8/7/010 1/7/005 9/11/00 5 1/7/01 0 9/11/ anos da data ass. 04 anos

8 199/05 01/05 04/05 05/05 UDSC 008/508 UDSC 008/4970 UDSC 008/497 06/05 006/1550 UNIVERSIDADE DE AUVERGNE CLERMONT FERRAND IFRANCE FUNDAÇÃO INSTITUTO DE ESTUDOS E PESQUISAS SÓCIO- ECONÔMICO FIESE AGRÍCOLA JANDELLE LTDA. ISLA SEMENTES LTDA. CENTRAL DE ESTÁGIOS GELRE AGENTE DE INTEGRAÇÃO LTDA. As duas Universidades se esforçarão para cooperar nas áreas de eletrônica, instrumentação e robótica, podendo ser de interesse comum em matéria de educação e de pesquisa. Este acordo tem por objetivo estimular contatos diretos e uma cooperação entre os membros das duas Faculdades. de alunos da UDESC como estagiários da Convenente. de alunos da UDESC como estagiários da Convenente. de alunos da UDESC como estagiários da Convenente. Tem por objetivo estabelecer as condições básicas do acordo de cooperação firmado entre a Instituição de Ensino e a Central de Estágios Gelre, para o desenvolvimento de atividades conjuntas, com o fim de proporcionar oportunidades de estágio aos estudantes regularmente matriculados e que venham freqüentando, efetivamente, cursos ministrados pela Instituição de Ensino. DOE 17684, DE 1/07/05, PÁGINA 08. DOE 17691, DE 01/08/05, PÁGINA. DOE 17691, DE 01/08/05, PÁGINA. DOE 17714, de 01/09/05, página 1. 1/7/005 1/7/ anos da data da assinatura 1/8/005 1/8/010 1/8/005 1/8/010 1/7/005 1/7/01 0

9 10/05 UDSC 008/497 ESTÁGIO SANTA CATARINA de alunos da UDESC como estagiários da Convenente. DOE 17691, DE 01/08/05, PÁGINA. 1/8/005 1/8/010 4/05 006/1709 6/05 165/059 9/05 006/1548 NUTRON ALIMENTOS LTDA. CENTRO TECNOLÓGICO DO COURO, CALÇADOS E AFINS CTCCA e UDESC/CEFID FUNDAÇÃO DE APOIO AO ESTUDANTE CATARINENSE FAEC de alunos da UDESC como estagiários da Convenente. Tem por objetivo o estabelecimento de um programa de ampla cooperação e intercâmbio científico e tecnológico, abrangendo atividades de pesquisa, desenvolvimento, formação e treinamento de recursos humanos, absorção e transferência de tecnologia, assessoria tecnológica e a utilização mútua de instalações e de equipamentos. de alunos da UDESC como estagiários da Convenente. DOE 1770, DE 6/09/05, PÁGINA 09 DOE 17716, DE 05/09/05, PÁGINA 16. DOE de 1/09/05, página 58. 6/9/005 0/5/005 1/9/005 6/9/01 0 0/5/01 0 1/9/ /05 006/1541 5/05 006/1545 IOCH ENGENHARIA LTDA. MACHINING ON LINE LTDA. de alunos da UDESC como estagiários da Convenente. de alunos da UDESC como estagiários da Convenente. DOE 1777, de 1/09/05, página 77. DOE 1778, de 06/10/05, página 4. 1/9/005 6/10/005 1/9/01 0 6/10/01 0

10 54/05 006/ /05 006/ /05 006/ /05 006/154 71/05 006/156 96/05 PRIMEIRO TERMO ADITIVO AO CONVÊNI O 96/05 97/05 UDSC 006/159 Proc. UDSC 007/47 UDSC 006/46 99/05 006/170 MADEFINGER LTDA. LINKS DESIGN E TECNOLOGIA EM SERVIÇOS DE INFORMÁTICA LTDA ME ADRIANO KOLLROSS ME TREMÓVEL INDÚSTRIA DE MÓVEIS NOCSOFT SISTEMAS LTDA. UNIVERSIDADE TÉCNICA DEL NORTE IBARRA ECUADOR UNIVERSIDADE TÉCNICA DEL NORTE IBARRA ECUADOR FUNDAÇÃO INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA IBGE TERMOTÉCNICA LTDA. de alunos da UDESC como estagiários da Convenente. de alunos da UDESC como estagiários da Convenente. de alunos da UDESC como estagiários da Convenente. de alunos da UDESC como estagiários da Convenente. de alunos da UDESC como estagiários da Convenente. Estabelecer programas de cooperação acadêmica, científica e técnica. Renova a vigência por mais 0 anos, com início em 8/07/07 a 8/07/09. Constitui objeto do presente convênio o estabelecimento de normas de procedimento entre a UDESC e o IBGE, visando a cooperação em matéria de informações estatísticas e geocientíficas do Brasil disponíveis em seus acervos. de alunos da UDESC como estagiários da Convenente. DOE 17859, DE 06/04/06, PÁGINA 1 DOE 177, DE 14/09/05, PÁGINA 19. DOE 177, DE 14/09/05, PÁGINA 19. DOE 177, de 14/09/05, página 19. DOE 1777, DE 05/10/05, PÁGINA 19. DOE 17757, de 08/11/06, PÁGINA 0. publicação pelo IBGE no Rio de Janeiro, em DOU (cláusula sétima quinto dia útil ao mês subseqüente da assinatura) DOE 1774, DE 14/10/05, PÁGINA 60. 6/4/006 6/4/011 14/9/005 14/9/005 14/9/005 5/10/005 8/7/005 8/7/007 /8/006 14/10/ /9/ /9/ /9/01 0 5/10/01 0 8/7/00 7 8/7/00 9 /8/ /10/ ANOS 0 ANOS DA DATA DA ASSINATURA

11 00/05 006/1616 0/05 006/1664 TECHINFO MANUTENÇÃO LTDA. POLIGRAPH SISTEMAS E REPRESENTAÇÕES LTDA. de alunos da UDESC como estagiários da Convenente. de alunos da UDESC como estagiários da DOE 1777, DE 05/10/05, PÁGINA 19. DOE 17740, de 10/10/05, página 6 5/10/005 10/10/00 5 5/10/ /10/ /05 006/6186 0/05 006/1706 4/05 006/168 0/05 006/1471 4/05 006/ /05 006/16 51/05 006/1715 5/05 5/05 DELEGACIA DA COMARCA DE SÃO BENTO DO SUL NASA INDUSTRIAL IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO DE MANUFATURADOS LTDA. INDÚSTRIA DE MÓVEIS AMÉRICA LTDA. ECOER COMÉRCIO E REPRESENTAÇÃO LTDA ME KRONA INDÚSTRIA DE PLÁSTICO LTDA. FACULDADE DA SERRA GAÚCHA KONSULTA REPRESENTAÇÕES LTDA. INSTITUTO UNIVERSITÁRIO DOM AFONSO III PORTUGAL de alunos da UDESC como estagiários da Convenente. de alunos da UDESC como estagiários da Convenente. de alunos da UDESC como estagiários da Indústria. de alunos da UDESC como estagiários da ECOER. de alunos da UDESC como estagiários da Convenente. Tem por objeto estimular e implementar programas de cooperação técnicocientífica e cultural, em conformidade com a legislação vigente. de alunos da UDESC como estagiários da Convenente. Conjugar esforços com vista ao desenvolvimento de cooperação nos domínios do ensino e da investigação científica e Técnica. DOE 17861, DE 10/04/06, PÁGINA 6. DOE 1774, DE 14/10/05, PÁGINA 60. DOE 1774, DE 14/10/05, PÁGINA 60. DOE 1774, DE 14/10/05, PÁGINA 60. DOE 1774, DE 14/10/05, PÁGINA 60. DOE 17741, de 11/10/05, página 1 DOE 17749, DE 4/10/05, PÁGINA 18. DOE 17948, DE 17/08/06, PÁGINA 15 10/4/006 14/10/ /10/ /10/ /10/ /4/ /10/ /10/ /10/ /10/0 10 1/8/005 1/8/010 4/10/ /8/006 4/10/ /8/ ANOS

12 5/05 UDSC 006/550 54/05 006/594 55/05 006/9 FURNAS CENTRAIS ELÉTRICAS S.A. Prestação por FURNAS à Instituição de Ensino dos Serviços de Concessão de Estágios a estudantes previamente indicados pela Instituição de Ensino e aprovados por FURNAS, visando à complementação do ensino e da aprendizagem teóricos através de treinamento prático, de aperfeiçoamento técnico-cultural e científico. UNIVERSIA BRASIL S/A Implementar portal na Internet de acesso a informações e serviços relacionados ao mundo universitário, que se torne referência para a comunidade acadêmica como fonte de difusão e intercâmbio de informações e debate. ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL E TECNOLÓGICA DE SANTA CATARINA, mantenedora do INSTITUTO TECNOLÓGICO ASSESSORITEC de alunos da UDESC como estagiários da Associação. DOE 178, de 4/0/06, página 48 DOE 17764, DE 1/11/05, PÁGINA 0 DOE 17784, DE 19/1/05, PÁGINA 6. 19/10/00 5 1/11/ /1/ /10/0 10 1/11/ /1/0 10 6/05 006/444 SINDICATO DOS TRABALHADORES RURAIS DE CAXAMBÚ DO SUL de alunos da UDESC como estagiários da DOE 17759, DE 10/11/05, PÁGINA 4 10/11/ /11/ ANOS 6/05 006/48 CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL RENATO RAMOS DA SILVA de alunos do CEDUP como estagiários da UDESC. DOE 17759, DE 10/11/05, PÁGINA 4 10/11/ /11/0 10

13 CEDUP 64/05 006/48 COOPERATIVA REGIONAL AGROPECUÁRIA DE CAMPOS NOVOS de alunos da UDESC como estagiários da DOE 17759, DE 10/11/05, PÁGINA 4 10/11/ /11/ ANOS 65/05 006/548 66/05 006/5 67/05 006/478 UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO SECURITATIS CORRETORA DE SEGUROS ASSOCIAÇÃO DE VOLUNTÁRIOS DE SAÚDE DO HOSPITAL INFANTIL JOANA DE GUSMÃO Estabelecer programas de cooperação acadêmica, científica e técnica. de alunos da UDESC como estagiários da de alunos da UDESC como estagiários da DOE 17787, DE /1/05, PÁGINA 4 DOE 1776, DE 18/11/05, PÁGINA 9 DOE 1776, DE 18/11/05, PÁGINA 9 1/8/005 18/11/ /11/00 5 1/8/ /11/ /11/ /05 006/476 NATATORIUM ACADEMIA DE NATAÇÃO E HIDROGINÁSTICA LTDA. de alunos da UDESC como estagiários da DOE 17764, DE 1/11/05, PÁGINA 0 1/11/00 5 1/11/ /05 006/4 HACKER INDUSTRIAL LTDA. de alunos da UDESC como estagiários da Convenente. DOE 17784, DE 19/1/05, PÁGINA 6. 19/1/ /1/0 10

14 77/05 006/480 79/05 006/6 81/05 006/8 8/05 006/47 91/05 006/191 94/05 006/547 ELETROSUL CENTRAIS ELÉTRICAS S.A. DAAT ASSESSORIA E CONSULTORIA EMPRESARIAL LTDA SOLUÇÕES COMUNICAÇÃO MARKETING E TECNOLOGIA LTDA. MÍDIA EXPRESS COMUNICAÇÃO LTDA. UNIVERSIDADE NACIONAL - COSTA RICA UNIVERSIDADE DA CORUÑA ESPANHA Tem por objeto propiciar oportunidades de estágios aos alunos da UDESC, visando o aperfeiçoamento técnicoprofissional, através de práticas compatíveis com a natureza e âmbito de cada Curso, e promover a integração ELETROSUL- UNIVERSIDADE-COMUNIDADE. de alunos da UDESC como estagiários da DAAT de alunos da UDESC como estagiários da EMPRESA. de alunos da UDESC como estagiários da Desenvolver ações conjuntas universitárias entre a Universidade Nacional e a UDESC dirigidas a uma mútua compreensão de processo educativos integrais entre estudantes acadêmicos e administrativos como um esforço a mais para contribuir para o desenvolvimento internacional de ambas instituições. Desenvolver programas de estudo conjuntos, intercâmbio e cooperação no campo da docência, formação de estudantes e pesquisa, de acordo com os termos estabelecidos. O acordo deverá ser levado a cabo dentro do marco de colaboração cultural e científico, estabelecido entre os dois países. DOE 1777, DE 0/1/05, PÁGINA 45 DOE 17784, DE 19/1/05, PÁGINA 6. DOE 17784, DE 19/1/05, PÁGINA 6. DOE 17784, DE 19/1/05, PÁGINA 6. DOE 17890, de 5/05/06, página 1 DOE 1788, DE 17/0/06, PÁGINA 18 /11/ /1/ /1/ /1/00 5 /11/ /1/ /1/ /1/0 10 1/1/006 1/1/011 9//006 9// ANOS

15 95/05 006/16 96/05 006/595 97/05 006/596 98/05 006/190 TIAGO MENGARDA ORGANIZAÇÃO CATARINENSE DE LIMPEZA LTDA. FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU FURB UNIVERSIDADE DO PAÍS BASCO de alunos da UDESC como estagiários da Convenente. de alunos da UDESC como estagiários da de alunos da UDESC como estagiários da Desenvolver um programa recíproco de intercâmbio de alunos para o enriquecimento acadêmico e cultural de ambas as universidades. DOE 1784, de 1/0/06, página 0. DOE 1788, DE 17/0/06, PÁGINA 18 DOE 1788, DE 17/0/06, PÁGINA 18 DOE 17890, de 5/05/06, página 1 1//006 17//006 17//006 8/4/006 1// // //01 1 8/4/ ANOS TERMO ADITIVO AO CONVÊNI O NRO. 98/05 99/05 (Vide Proc UDSC 007/116) Novo Nro. 007/415 UNIVERSIDADE DO PAÍS BASCO UNIVERSIDADE DE LEÓN ULE Primeira Ampliar o intercâmbio, fazendo-o extensivo aos alunos dos cursos de pós-graduação e professores. Segunda A seguir após a de número 1 do convênio acima mencionado, adicionar a seguinte cláusula: 1. Intercâmbio de alunos dos cursos; 1.1. Duração dos Intercâmbios; 1.. Requisitos e, 1. Equilíbrio no número de intercâmbios. Terceira Os números 1 e 14 do convênio original passam a levar respectivamente os números 14 e 15. (Vide Proc UDSC 007/116) Programa de Trabalho com objetivo único de Intercâmbio de Estudantes. DOE 184, DE 16/04/08, PÁGINA 4. DOE 18104, DE 17/04/07, PÁGINA 7. 8/4/006 7//007 8/4/01 0 1/9/00 9 A vigência permanece inalterada. Deverá ser a do convênio marco 98/ ANOS

16 004/06 006/46 006/06 006/59 008/06 006/0 009/06 010/06 006/ /06 119/ /06 006/50 CONPESA CONSTRUÇÃO PESADA LTDA UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS UFLA SADIA S/A UNIDADE DE FAXINAL DOS GUEDES WHITE MARTINS GASES INDUSTRIAIS LTDA. VITAGRI INDUSTRIA, COMÉRCIO E SERVIÇOS LTDA. INSTITUTO NACIONAL DE PROPRIEDADE INDUSTRIAL INPI SIEMENS SERVIÇOS TÉCNICOS LTDA. de alunos da UDESC como estagiários da Propiciar a oportunidade de concessão de estágios, aos estudantes regularmente matriculados nas Instituições de Ensino, visando ao aperfeiçoamento técnico profissional, por meio de práticas afins com a natureza de cada curso e promover a integração à comunidade. de alunos da UDESC como estagiários da A Empresa concederá estágios curriculares mediante bolsas, a estudantes selecionados dentre os que estejam realizando cursos técnico profissionalizante ou de graduação na Instituição de Ensino. de alunos da UDESC como estagiários da Conjugação de esforços e recursos com vistas à qualificação de recursos na área de propriedade intelectual e transferência de tecnologia no âmbito do Estado de Santa Catarina, através da realização de cursos voltados a profissionais ligados à área de Ciência, Tecnologia e Inovação, envolvendo conhecimentos introdutórios, intermediários e avançados. de alunos da UDESC como estagiários da DOE 17866, DE 19/04/06, PÁGINA 1 DOE 1788, DE 17/0/06, PÁGINA 18 DOE 17851, DE 7/0/06, PÁGINA 1. DOE 17844, DE 15/0/06, PÁGINA 7. DOE 17861, DE 10/04/06, PÁGINA 6. DOE 17840, DE 09/0/06, PÁGINA 19/4/006 1/1/006 7//006 19/4/01 1 1/1/01 1 7//01 1 fev/06 fev/11 10/4/006 10/4/ meses da data da assinatura 9//006 9//011

17 05/06 006/708 06/06 006/ /06 PROC UDSC 006/0 07/06 006/05 09/06 006/0 040/06 006/ /06 006/56 ESC CLERMONT UNIVERSIDADE DE VERSAILLES SAINT- QUENTIN-EM-YVELINES VERTICAL ENGENHARIA LTDA. FUNDAÇÃO DAS ESCOLAS UNIDAS DO PLANALTO CATARINENSE FUNDAÇÃO UNIPLAC Acordo de cooperação acadêmica. As Universidades concordam com as seguintes formas de cooperação: Intercâmbio de pessoas ligadas ao ensino e pesquisa, intercâmbio de estudantes, intercâmbio de trabalhos científicos e didáticos, desenvolvimento de projetos colaborativos de pesquisa, organização conjunta de conferências, simpósios e seminários. Acordo de cooperação cultural, científica e educacional. de alunos da UDESC como estagiários da Promoção de intercâmbio didático, científico e cultural, em nível de graduação, pós-graduação e extensão, bem como o compartilhamento de recursos e infra-estrutura para a realização de projetos conjuntos de ensino, de pesquisa, de desenvolvimento tecnológico e de extensão entre a UNIPLAC e UDESC. BOSCH REXROTH LTDA. de alunos da UDESC como estagiários da CÁSSIO ROBERTO PEREIRA MODOTTE CONDOMÍNIO EDIFÍCIO DO MULLER SHOPPING CENTER JOINVILLE de alunos da UDESC como estagiários da de alunos da UDESC como estagiários da DOE 17859, DE 06/04/06, PÁGINA 1 DOE 181, DE 0/05/07, página 15 DOE 17851, DE 7/0/06, PÁGINA 1. DOE 17861, DE 10/04/06, PÁGINA 6. DOE 17861, DE 10/04/06, PÁGINA 6. DOE 17861, DE 10/04/06, PÁGINA 6. DOE 17861, DE 10/04/06, PÁGINA 6. 6/4/006 6/4/ ANOS /5/007 /5/ ANOS 7//006 10/4/006 10/4/006 10/4/006 10/4/006 7// /4/ /4/ /4/ /4/ anos DOE

18 04/06 04/06 006/ /06 006/ /06 05/06 05/06 006/45 061/06 06/06 Processo 006/11 TOTVS S.A. VIRA LATA HOSPITAL VETERINÁRIO WJR MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO CCI CONSTRUÇÕES LTDA. ESCOLA DE ENSINO MÉDIO GOVERNADOR CELSO RAMOS CONSTRUTORA VISEU LTDA. COOPERATIVA DOS AGRICULTORES DA REGIÃO DE ORLÂNDIA de alunos da UDESC como estagiários da de alunos da UDESC como estagiários da de alunos da UDESC como estagiários da WJR MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO. de alunos da UDESC como estagiários da de alunos da UDESC como estagiários da de alunos da UDESC como estagiários da Propiciar oportunidade de estágio aos alunos da instituição de ensino, visando o aperfeiçoamento técnico profissional através de práticas afins com a natureza de cada curso e, promover a integração de ensino-comunidade. DOE 17861, DE 10/04/06, PÁGINA 6. DOE 17861, DE 10/04/06, PÁGINA 6. DOE 17861, DE 10/04/06, PÁGINA 6 DOE 17866, DE 19/04/06, PÁGINA 1 DOE 17866, DE 19/04/06, PÁGINA 1 DOE 17866, DE 19/04/06, PÁGINA 1 10/4/006 10/4/006 10/4/006 19/4/006 19/4/006 19/4/006 10/4/ /4/ /4/ /4/ /4/ /4/ ANOS DOE 067/06 006/07 069/06 006/09 EUAX CONSULTORIA EM PROJETOS E PROCESSOS LTDA. ESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA ENG. ANNES GUALBERTO de alunos da UDESC como estagiários da de alunos da UDESC como estagiários da DOE 17868, DE 4/04/06, PÁGINA 0 DOE 17868, DE 4/04/06, PÁGINA 0 4/4/006 4/4/006 4/4/01 1 4/4/01 1

19 071/06 074/06 078/06 08/06 08/06 09/06 Ou UDSC 006/1581 UDSC 006/78 Proc UDESC 006/8 Proc UDSC 006/5 101/06 006/080 UDESC/CAV E FACULDADE DE AGRONOMIA DO ALMA MATER STUDIORUM UNIVERSIDADE DE BOLONHA (Faculdade de Agronomia de Bolonha) RUDOLPH USINADOS DE PRECISÃO LTDA. INDÚSTRIA DE MÓVEIS IRMÃOS S.A. FRIGORÍFICO E INTEGRAÇÃO AVÍCOLA LTDA. - FRINAL EPAGRI CMO-P PLANEJAMENTO, COMÉRCIO E SERVIÇOS LTDA. BAMAK EQUIPAMENTOS LTDA. Intercâmbio Acadêmico. de alunos da UDESC como estagiários da concedente. de alunos da UDESC como estagiários da INDÚSTRIA DE MÓVEIS IRMÃOS S.A.. de alunos da UDESC como estagiários da concedente. Propiciar oportunidades de estágio de complementação educacional aos estudantes, visando o aprimoramento técnico-científico em sua formação e maior proximidade do aluno com as condições reais de trabalho, por intermédio de práticas adequadas às especificidades do curso. de alunos da UDESC como estagiários da de alunos da UDESC como estagiários da concedente. DOE 1809, DE 9/0/07, PÁGINA 8 DOE 17869, DE 5/04/06, PÁGINA 71. DOE 17869, DE 5/04/06, PÁGINA 71. DOE 17869, DE 5/04/06, PÁGINA 71. DOE 17880, DE 11/05/06, PÁGINA 17 DOE 17887, DE /05/06, PÁGINA 14 //007 5/4/006 5/4/006 5/4/006 11/5/006 /5/006 //01 5/4/01 1 5/4/01 1 5/4/ /5/01 1 /5/01 1 da data da assinatura

20 109/06 006/080 ASSOCIAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DA GRANDE FLORIANÓPOLIS de alunos da ASSOCIAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DA GRANDE FLORIANÓPOLIS como estagiários da concedente (UDESC). DOE 17888, DE /05/06, PÁGINA 19 /5/006 /5/ /06 006/ /06 006/ /06 006/ /06 006/ /06 44/060 AGENTE DE INTEGRAÇÃO SISTEMA DE ENSINO E INTEGRAÇÃO DO BRASIL LTDA. - SEIBRAS EMPRESA HYDRUS TECNOLOGIA HIDRÁULICA LTDA. SIPREVI INSTALAÇÕES INDUSTRIAIS LTDA. RIBEIRÃO AGROPECUÁRIA LTDA. PREFEITURA MUNICIPAL DE FLORIANÓPOLIS, SETUR, SUSP, FCFC, IPUF, IGEOF, SMCAFDS, SEBRAE, MAGIARTE E UDESC Tem por objetivo a prestação de serviços, de forma não exclusiva, do Agente de Integração na intermediação de oportunidades de complementação educacional a alunos regularmente matriculados na Instituição de Ensino, através da realização de estágios superv de alunos da UDESC como estagiários da concedente. de alunos da UDESC como estagiários da concedente. de alunos da UDESC como estagiários da concedente. Implementar, apoiar e estimular a organização da ARTE FLORIPA FEIRA DE ARTESANATO, GASTRONOMIA E CULTURA DA GRANDE FLORIANÓPOLIS, a ser realizada todos os sábados, das 08:00 às 14:00 no Parque da Luz (alto da rua Felipe Schmitz). DOE 17888, DE /05/06, PÁGINA 19 DOE 17888, DE /05/06, PÁGINA 19 DOE 17890, DE 5/05/06, PÁGINA 1 DOE 17890, DE 5/05/06, PÁGINA 1 DOE 17815, DE 1/01/06, PÁGINA 59. 5/5/006 5/5/011 /5/006 5/5/006 5/5/006 /5/01 1 5/5/01 1 5/5/01 1 Indeterminado

21 10/06 006/06 11/06 006/0756 1/06 006/075 15/06 006/ /06 006/ /06 006/ /06 006/ /06 006/0981 UNIVERSIDADE DO ESTADO DO ARIZONA (ARIZONA STATE UNIVERSITY ASU) MUNICÍPIO DE CAIBI SECRETARIA DE ESTADO DO DESENVOLVIMENTO REGIONAL HELPCON CONSTRUÇÕES PROJETOS E SERVIÇOS SC NETO CONSULTORIA DE PRODUTIVIDADE LTDA. Acordo de Cooperação entre a UDESC e a ASU nas áreas de interesse e benefício para ambas instituições e servirá de estrutura geral para a cooperação. Formado para facilitar o desenvolvimento de programas de cooperação bilaterais específicos. de alunos da UDESC como estagiários da concedente. de alunos da UDESC como estagiários da concedente. de alunos da UDESC como estagiários da concedente. de alunos da UDESC como estagiários da concedente. BANCO DO BRASIL S.A. de alunos da UDESC como estagiários da concedente. MUNICÍPIO DE CUNHA PORÃ GTF REBARBAÇÃO DE PEÇAS LTDA. de alunos da UDESC como estagiários da concedente. de alunos da UDESC como estagiários da concedente. DOE 17900, DE 08/06/06, PÁGINA 18 DOE 17900, DE 08/06/06, PÁGINA 18 DOE 1789, DE 9/05/06, PÁGINA 45 DOE 17900, DE 08/06/06, PÁGINA 18 DOE 17900, DE 08/06/06, PÁGINA 18 DOE 17900, DE 08/06/06, PÁGINA 18 DOE 17900, DE 08/06/06, PÁGINA 18 5/4/ anos da data da assinatura 8/6/006 8/6/ ANOS 8/6/006 8/6/ ANOS 9/5/006 9/5/01 1 8/6/006 8/6/011 8/6/006 8/6/011 8/6/006 8/6/ ANOS 8/6/006 8/6/011

Atualização na WEB em 05/12/2011. UNIDADE: DIRETORIA/GERÊNCIA:

Atualização na WEB em 05/12/2011. UNIDADE: DIRETORIA/GERÊNCIA: Atualização na WEB em 05/12/2011. UNIDADE: DIRETORIA/GERÊNCIA: RELAÇÃO DE ATOS JURÍDICOS CELEBRADOS (CONVÊNIOS, TERMOS ADITIVOS E OUTROS) PERÍODO DE: / / à / / Nº. de Ord. Ano Convênio Nº. 01/89-05/96

Leia mais

Desenvolvimento da cooperação nos domínios do ensino, pesquisa e extensão.

Desenvolvimento da cooperação nos domínios do ensino, pesquisa e extensão. Nº CONVÊNIO Nº CPA UDESC CONVENIADA OBJETO DOE Nº. E DATA VIGÊNCIA (PRAZO) 1989 UNIVERSIDADE DO PORTO PORTUGAL Cooperação Acadêmica, a troca de experiências e o intercâmbio de conhecimentos científicos,

Leia mais

Atualização na WEB em 01/04/2012. UNIDADE: DIRETORIA/GERÊNCIA:

Atualização na WEB em 01/04/2012. UNIDADE: DIRETORIA/GERÊNCIA: Atualização na WEB em 01/04/2012. UNIDADE: DIRETORIA/GERÊNCIA: RELAÇÃO DE ATOS JURÍDICOS CELEBRADOS (CONVÊNIOS, TERMOS ADITIVOS E OUTROS) PERÍODO DE: / / à / / Nº. de Ord. Ano Convênio Nº. 01/89-1989 05/96

Leia mais

O CREA-RN se compromete a divulgar para seus servidores e dependentes, os cursos, eventos e informações de interesse do UNI-RN, bem como:

O CREA-RN se compromete a divulgar para seus servidores e dependentes, os cursos, eventos e informações de interesse do UNI-RN, bem como: ACORDO DE COOPERAÇÃO INSTITUCIONAL QUE ENTRE SI CELEBRAM O CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA E O CENTRO UNIVERSITÁRIO DO RIO GRANDE DO NORTE -UNI-RN. O CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA,

Leia mais

TOTAL DE VAGAS FURB 957

TOTAL DE VAGAS FURB 957 ANEXO I QUADRO DE CURSOS E VAGAS Universidade Regional de Blumenau - FURB FURB Campus Blumenau ADMINISTRAÇÃO Noturno 60 ARQUITETURA E URBANISMO Matutino 30 BIOMEDICINA Noturno 25 CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO

Leia mais

CONVÊNIOS ESTÁGIO CAV/UDESC AGRO AMAZONIA PRODUTOS AGROPECUÁRIOS LTDA ÁGUIA FLORESTAL INDÚSTRIA DE MADEIRAS LTDA

CONVÊNIOS ESTÁGIO CAV/UDESC AGRO AMAZONIA PRODUTOS AGROPECUÁRIOS LTDA ÁGUIA FLORESTAL INDÚSTRIA DE MADEIRAS LTDA CONVÊNIOS ESTÁGIO CAV/UDESC Nº CONVÊNIO CPA CONVENIADA DOE - DATA INÍCIO VIGÊNCIA AD'ORO S/A 28/26/13 27/06/2018 AGÊNCIA REGULADORA DE SERVIÇO DE SANEAMENTO BÁSICO DO ESTADO DE SC AGRO AMAZONIA PRODUTOS

Leia mais

CONVÊNIOS CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR NORTE DO RIO GRANDE DO SUL

CONVÊNIOS CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR NORTE DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUIÇÃO / ORGÃO OBJETIVO VIGÊNCIA/ASSINAT.RESP. Município de Irai Protocolo de Intenções 25/03/14 25/03/09 Direção do CESNORS Município de Taquaruçu do Sul Vitrola Comercial Fonográfica Ltda. - :Zootecnia,

Leia mais

FURB Universidade Regional de Blumenau. FURB Campus Blumenau Informações gerais dos cursos a serem oferecidos

FURB Universidade Regional de Blumenau. FURB Campus Blumenau Informações gerais dos cursos a serem oferecidos FURB Universidade Regional de Blumenau FURB Campus Blumenau ADMINISTRAÇÃO Gestão Empresarial Matutino 25 ADMINISTRAÇÃO Gestão Empresarial Noturno 50 ARQUITETURA E URBANISMO Matutino 25 CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROJETO DE LONGA DURAÇÃO 1. IDENTIFICAÇÃO 1.1 Título do Projeto:

Leia mais

ANEXO I QUADRO DE CURSOS E VAGAS

ANEXO I QUADRO DE CURSOS E VAGAS ANEXO I QUADRO DE CURSOS E VAGAS Universidade Regional de Blumenau FURB Campus I ADMINISTRAÇÃO Matutino 30 ADMINISTRAÇÃO Noturno 30 ARQUITETURA E URBANISMO Matutino 30 BIOMEDICINA Noturno 24 CIÊNCIA DA

Leia mais

DIMENSÃO 1 A MISSÃO E O PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL

DIMENSÃO 1 A MISSÃO E O PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL Faculdade Educacional da Lapa 1 FAEL RESULTADOS - AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2012 O referido informativo apresenta uma súmula dos resultados da autoavaliação institucional, realizada no ano de 2012, seguindo

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 186/2001-CAD/UNICENTRO

RESOLUÇÃO Nº 186/2001-CAD/UNICENTRO RESOLUÇÃO Nº 186/2001-CAD/UNICENTRO Celebra Termo de Convênio firmado entre a UNICENTRO e a COPACOL. O REITOR DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO: Faço saber que o Conselho de Administração,

Leia mais

Universidade Regional de Blumenau - FURB

Universidade Regional de Blumenau - FURB Universidade Regional de Blumenau - FURB FURB Campus Blumenau ADMINISTRAÇÃO Matutino 25 ADMINISTRAÇÃO Noturno 50 ARQUITETURA E URBANISMO Matutino 25 BIOMEDICINA Noturno 30 CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Noturno

Leia mais

FURB Campus II Blumenau Informações gerais dos cursos a serem oferecidos. FURB Campus III Blumenau Informações gerais dos cursos a serem oferecidos

FURB Campus II Blumenau Informações gerais dos cursos a serem oferecidos. FURB Campus III Blumenau Informações gerais dos cursos a serem oferecidos ANEXO I QUADRO DE CURSOS E VAGAS FURB Universidade Regional de Blumenau FURB Campus I Blumenau ADMINISTRAÇÃO Comércio Exterior Noturno 35 ADMINISTRAÇÃO Gestão Empresarial Noturno 70 ADMINISTRAÇÃO Gestão

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACERES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACERES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACERES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º As Atividades Complementares são componentes curriculares obrigatórios

Leia mais

RESOLUÇÃO n o 35 de 16/12/2011- CAS

RESOLUÇÃO n o 35 de 16/12/2011- CAS RESOLUÇÃO n o 35 de 16/12/2011- CAS Estabelece a política de pesquisa, desenvolvimento, inovação e extensão da Universidade Positivo (UP). O CONSELHO ACADÊMICO SUPERIOR (CAS), órgão da administração superior

Leia mais

RESOLUÇÃO UNIV N o 31 DE 27 DE JULHO DE 2011.

RESOLUÇÃO UNIV N o 31 DE 27 DE JULHO DE 2011. RESOLUÇÃO UNIV N o 31 DE 27 DE JULHO DE 2011. Aprova o novo Regulamento da Agência de Inovação e Propriedade Intelectual da Universidade Estadual de Ponta Grossa, e revoga a Resolução UNIV n o 27, de 20

Leia mais

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DO MARANHÃO-IESMA UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR DO SUL DO MARANHÃO-UNISULMA NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DO MARANHÃO-IESMA UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR DO SUL DO MARANHÃO-UNISULMA NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DO MARANHÃO-IESMA UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR DO SUL DO MARANHÃO-UNISULMA NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Especialização em Metodologia do Ensino Superior Imperatriz

Leia mais

CAPÍTULO I DA NATUREZA E DEFINIÇÃO

CAPÍTULO I DA NATUREZA E DEFINIÇÃO CAPÍTULO I DA NATUREZA E DEFINIÇÃO Art. 1º As atividades de Pesquisa da Universidade de Santo Amaro UNISA buscam fomentar o conhecimento por meio da inovação técnica, científica, humana, social e artística,

Leia mais

Associação Catarinense das Fundações Educacionais - ACAFE VESTIBULAR DE VERÃO ACAFE 2015/1 Relatório de demanda de cursos - Preliminar

Associação Catarinense das Fundações Educacionais - ACAFE VESTIBULAR DE VERÃO ACAFE 2015/1 Relatório de demanda de cursos - Preliminar UNIPLAC - UNIVERSIDADE DO PLANALTO CATARINENSE Campus: UNIPLAC - Campus Lages 7091 ARQUITETURA E URBANISMO MATUTINO/VESPERTINO 36 45 1,25 1121 BIOMEDICINA INTEGRAL 36 36 1,00 0014 DIREITO MATUTINO 40 43

Leia mais

negócios agroindustriais

negócios agroindustriais graduação administração linha de formação específica negócios agroindustriais Características gerais A Linha de Formação Específica de Negócios Agroindustriais da Univates visa ao desenvolvimento de competências

Leia mais

PLANO DE TRABALHO CAMPUS DE FRANCISCO BELTRÃO QUATRIÊNIO 2016-2019

PLANO DE TRABALHO CAMPUS DE FRANCISCO BELTRÃO QUATRIÊNIO 2016-2019 PLANO DE TRABALHO CAMPUS DE FRANCISCO BELTRÃO QUATRIÊNIO 2016-2019 Candidato Gilmar Ribeiro de Mello SLOGAN: AÇÃO COLETIVA Página 1 INTRODUÇÃO Considerando as discussões realizadas com a comunidade interna

Leia mais

Parâmetros para avaliação de mestrado profissional*

Parâmetros para avaliação de mestrado profissional* Parâmetros para avaliação de mestrado profissional* 1. Natureza do mestrado profissional A pós-graduação brasileira é constituída, atualmente, por dois eixos claramente distintos: o eixo acadêmico, representado

Leia mais

Tribunal de Contas do Estado do Paraná Comissão Permanente de Licitação

Tribunal de Contas do Estado do Paraná Comissão Permanente de Licitação - Tribunal de Contas do Estado do Paraná TERMO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA - ESTÁGIO NÃO REMUNERADO O TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO PARANÁ, localizado na cidade de Curitiba no Estado do Paraná, na Praça Nossa

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE ESTÁGIO VOLUNTÁRIO

SOLICITAÇÃO DE ESTÁGIO VOLUNTÁRIO SOLICITAÇÃO DE ESTÁGIO VOLUNTÁRIO Sr(a) Chefe de Departamento, Curitiba, de de. Eu,, aluno(a) regularmente matriculado(a) no Curso de matrícula nº, solicito estágio não remunerado no Departamento de, Laboratório

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO CET-FAESA

APRESENTAÇÃO DO CET-FAESA APRESENTAÇÃO DO CET-FAESA A FAESA, com atuação na área de ensino há mais de 40 anos, fundou em 2004 a Faculdade de Tecnologia FAESA, CET-FAESA, que há 10 anos oferece graduações Tecnológicas de forma pioneira

Leia mais

REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE ENFERMAGEM

REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE ENFERMAGEM ENFERMAGEM REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE ENFERMAGEM CAPÍTULO I DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES E SUAS FINALIDADES Art. 1º. As atividades complementares, no âmbito do Curso de Enfermagem,

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO AUTÔNOMO DO BRASIL CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PROFESSOR ME. ORLEI JOSÉ POMBEIRO REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES

CENTRO UNIVERSITÁRIO AUTÔNOMO DO BRASIL CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PROFESSOR ME. ORLEI JOSÉ POMBEIRO REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES CENTRO UNIVERSITÁRIO AUTÔNOMO DO BRASIL CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PROFESSOR ME. ORLEI JOSÉ POMBEIRO REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURITIBA 2015 1 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

Leia mais

RESOLUÇÃO UnC-CONSUN 033/2012 (PARECER Nº 045/2012 CONSUN)

RESOLUÇÃO UnC-CONSUN 033/2012 (PARECER Nº 045/2012 CONSUN) RESOLUÇÃO UnC-CONSUN 033/2012 (PARECER Nº 045/2012 CONSUN) Dispõe sobre o quadro de cursos em funcionamento e respectivos números de vagas e da extinção dos cursos que não estão sendo ofertados. O Presidente

Leia mais

UNIVERSIDADE ZAMBEZE GABINETE DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS TABELA DESCRITIVA DOS ACORDOS DE COOPERACÃO ASSINADOS EM 2014-2015

UNIVERSIDADE ZAMBEZE GABINETE DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS TABELA DESCRITIVA DOS ACORDOS DE COOPERACÃO ASSINADOS EM 2014-2015 ORDEM ACORDO/CONVENIO/MEMORANDO/PROT OCOLO ENTRE UNIZAMBEZE E OBJECTIVO/ÁREAS DE COOPERAÇÃO INSTITUIÇÕES NACIONAIS 1 Total Moçambique SARL -Realização de palestras, cursos académicos, apresentações por

Leia mais

CONVÊNIO ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO

CONVÊNIO ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO CONVÊNIO ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM A UNIÃO SOCIAL CAMILIANA - CENTRO UNIVERSITARIO SÃO CAMILO - ESPIRITO SANTO E, VISANDO A CONCESSÃO DE CAMPO DE ESTÁGIO CURRICULAR

Leia mais

Resolução nº 02-07 CONSUNI

Resolução nº 02-07 CONSUNI Resolução nº 02-07 CONSUNI O Conselho Universitário da Universidade de Caxias do Sul UCS, no uso das suas atribuições estatutárias e regimentais, e considerando a Portaria n. º 170, de 15 de maio de 1998,

Leia mais

Departamento de Estágios FACCAMP. Procedimentos Básicos para assinatura de Convênio e Contrato de Estágio

Departamento de Estágios FACCAMP. Procedimentos Básicos para assinatura de Convênio e Contrato de Estágio Departamento de Estágios FACCAMP Procedimentos Básicos para assinatura de Convênio e Contrato de Estágio OBRIGAÇÕES DO ESTAGIÁRIO. Solicitar na Secretaria Geral da FACCAMP declaração de autorização para

Leia mais

CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO-CONSEPE

CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO-CONSEPE CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO-CONSEPE RESOLUÇÃO Nº 14/2008, DE 25 DE JULHO DE 2008 Regulamenta o planejamento, acompanhamento e registro das Atividades Complementares, necessárias à integralização

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 74/2010

RESOLUÇÃO Nº 74/2010 RESOLUÇÃO Nº 74/2010 Institui e regulamenta o estágio supervisionado curricular nos cursos de graduação da UFES. O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO, no

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Município de Venâncio Aires

Estado do Rio Grande do Sul Município de Venâncio Aires PROJETO-DE-LEI Nº 082, DE 09 DE JULHO DE 2014 Poder Executivo Autoriza a assinatura de Convênio com o CENECT - Centro Integrado de Educação, Ciência e Tecnologia LTDA., mantenedor do Centro Universitário

Leia mais

REGULAMENTO Prêmio IEL de Estágio 2014

REGULAMENTO Prêmio IEL de Estágio 2014 REGULAMENTO Prêmio IEL de Estágio 2014 Curitiba, Fevereiro de 2014 Sumário 1. O PRÊMIO... 3 2. OBJETIVOS... 4 3. CATEGORIAS DE PREMIAÇÃO... 5 4. ETAPAS DE AVALIAÇÃO... 5 5. PREMIAÇÃO... 5 6. PARTICIPAÇÃO/INSCRIÇÃO...

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS COLEGIADO DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS COLEGIADO DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Regulamento do Estágio Curricular Obrigatório do Bacharelado em Ciências Biológicas 1 CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS COLEGIADO DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS REGULAMENTO DO ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO

Leia mais

VERIFICAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE OFERTA PARA FINS DE RECONHECIMENTO DE CURSOS DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA VETERINÁRIA

VERIFICAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE OFERTA PARA FINS DE RECONHECIMENTO DE CURSOS DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA VETERINÁRIA 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR - SESu COORDENAÇÃO DAS COMISSÕES DE ESPECIALISTAS DE ENSINO COMISSÃO DE ESPECIALISTAS EM ENSINO EM MEDICINA VETERINÁRIA VERIFICAÇÃO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ CONSELHO UNIVERSITÁRIO. Resolução n 027/2011-CONSU De 22 de dezembro de 2011

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ CONSELHO UNIVERSITÁRIO. Resolução n 027/2011-CONSU De 22 de dezembro de 2011 Resolução n 027/2011-CONSU De 22 de dezembro de 2011 Regulamenta as normas para o relacionamento entre a Universidade Federal do Amapá e as Fundações de Apoio prevista na Lei n 8.958, de 20 de dezembro

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

ATIVIDADES COMPLEMENTARES ATIVIDADES COMPLEMENTARES Regulamento das Atividades Complementares dos Cursos de Graduação da Faculdade Barretos Art. 1º - O presente Regulamento tem por finalidade definir normas e critérios para a seleção

Leia mais

RESOLUÇÃO nº 18 DE 17 DE DEZEMBRO DE 2009

RESOLUÇÃO nº 18 DE 17 DE DEZEMBRO DE 2009 RESOLUÇÃO nº 18 DE 17 DE DEZEMBRO DE 2009 Aprova o Regimento Interno do Núcleo de Educação Técnica e Tecnológica Aberta e a Distância NETTAD - CAVG. O Presidente em exercício do Conselho Coordenador do

Leia mais

DIRETRIZES CURRICULARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UTFPR

DIRETRIZES CURRICULARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UTFPR Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional DIRETRIZES CURRICULARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UTFPR APROVADO PELA RESOLUÇÃO

Leia mais

TERMO DE CONVÊNIO DE ESTÁGIO ( IES x ENTIDADE CONCEDENTE)

TERMO DE CONVÊNIO DE ESTÁGIO ( IES x ENTIDADE CONCEDENTE) TERMO DE CONVÊNIO DE ESTÁGIO ( IES x ENTIDADE CONCEDENTE) PARTES ESSENCIAIS: I- QUALIFICAÇÃO DAS PARTE; II- INFORMAÇÕES RELEVANTES; III- CLÁUSULAS; IV- ASSINATURAS: das partes através de seus representantes

Leia mais

Consulta Pública ESTRATÉGIAS

Consulta Pública ESTRATÉGIAS Plano Municipal de Educação PME Secretaria Municipal de Educação São Francisco do Sul Fórum Municipal de Educação Consulta Pública META 3: Universalizar, até 2016, o atendimento escolar para toda a população

Leia mais

SUA EMPRESA CONVÊNIADA COM A UNICAMPO

SUA EMPRESA CONVÊNIADA COM A UNICAMPO SUA EMPRESA CONVÊNIADA COM A UNICAMPO Objetivo: Incentivar a busca do ensino superior através de descontos ofertados pelo convênio estudantil UNICAMPO, que objetiva conveniar empresas, independente de

Leia mais

CASULO Incubadora de Empresas do UniCEUB

CASULO Incubadora de Empresas do UniCEUB CASULO Incubadora de Empresas do UniCEUB TERMO ADITIVO AO EDITAL nº 02/2013 PROCESSO DE SELEÇÃO DE EMPRESAS ALTERAÇÃO DE DATAS E FORMA DE APRESENTAÇÃO DE PROJETOS Apoio: Brasília, 28 de agosto de 2013.

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 Curso Superior em Tecnologia em Design de Moda Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente

Leia mais

285 328 1,15 285 328 1,15. Total Campus: Total Instituição: ACAFE - Processamento de dados. segunda-feira, 7 de abril de 2014 Página 1 de 22

285 328 1,15 285 328 1,15. Total Campus: Total Instituição: ACAFE - Processamento de dados. segunda-feira, 7 de abril de 2014 Página 1 de 22 BOM JESUS-IELUSC - INSTITUTO SUPERIOR E CENTRO EDUCACIONAL LUTERANO BOM JESUS-IELUSC - Joinville COMUNICAÇÃO SOCIAL - Jornalismo NOTURNO 50 87 1,74 COMUNICAÇÃO SOCIAL - Publicidade e Propaganda NOTURNO

Leia mais

As partes acima qualificadas celebram entre si o presente convênio de estágio para estudantes, mediante as seguintes condições:

As partes acima qualificadas celebram entre si o presente convênio de estágio para estudantes, mediante as seguintes condições: CONVÊNIO DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO NÍVEL SUPERIOR E NÍVEL MÉDIO PROFISSIONAL, DE ACORDO COM A LEI Nº 11.788 DE 25 DE SETEMBRO DE 2008, COM A LEI Nº 9.394 DE 20 DE DEZEMBRO DE 1996 LEI DE DIRETRIZES

Leia mais

ACAFE - ASSOCIAÇÃO CATARINENSE DAS FUNDAÇÕES EDUCACIONAIS VESTIBULAR DE VERÃO 2016

ACAFE - ASSOCIAÇÃO CATARINENSE DAS FUNDAÇÕES EDUCACIONAIS VESTIBULAR DE VERÃO 2016 BOM JESUS-IELUSC - INSTITUTO SUPERIOR E CENTRO EDUCACIONAL LUTERANO BOM JESUS-IELUSC - Joinville ADMINISTRAÇÃO - NOTURNO 50 15 0,30 COMUNICAÇÃO SOCIAL - Jornalismo - NOTURNO 50 62 1,24 COMUNICAÇÃO SOCIAL

Leia mais

REFERENCIA INSTITUCIONAL:

REFERENCIA INSTITUCIONAL: TITULO: Programa de Integração Docente Assistencial entre a Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP e a Secretaria Municipal de Saúde de Diadema - PIDA-DIADEMA EIXO: Extensão, Docência e Investigação

Leia mais

Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006

Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006 Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006 Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para o curso de graduação em Engenharia Agrícola e dá outras providências.

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO LICENCIATURA EM PEDAGOGIA REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO

CURSO DE GRADUAÇÃO LICENCIATURA EM PEDAGOGIA REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE GRADUAÇÃO LICENCIATURA EM PEDAGOGIA REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO GUARUJÁ 2013 REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE PEDAGOGIA CAPÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO Artigo 1º - O Estágio

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSAS PARA ESTUDOS DE DOUTORADO UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA (UNESP) DO BRASIL

PROGRAMA DE BOLSAS PARA ESTUDOS DE DOUTORADO UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA (UNESP) DO BRASIL PROGRAMA DE BOLSAS PARA ESTUDOS DE DOUTORADO UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA (UNESP) DO BRASIL PROGRAMA DE APOIO A ESTUDANTES DE DOUTORADO DO EXTERIOR (PAEDEX) CONVOCATÓRIA 2012 APRESENTAÇÃO O Programa

Leia mais

EDITAL N o EXPANSÃO DA REDE DO MESTRADO PROFISSIONAL EM HISTÓRIA PROFHISTÓRIA CHAMADA A PROPOSTAS DE ADESÃO

EDITAL N o EXPANSÃO DA REDE DO MESTRADO PROFISSIONAL EM HISTÓRIA PROFHISTÓRIA CHAMADA A PROPOSTAS DE ADESÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA MESTRADO PROFISSIONAL EM HISTÓRIA EDITAL N o EXPANSÃO DA REDE DO MESTRADO PROFISSIONAL EM HISTÓRIA

Leia mais

GT de Graduação Estágio. Adriana Ferreira de Faria (UFV)

GT de Graduação Estágio. Adriana Ferreira de Faria (UFV) XII Encep Encontro Nacional de Coordenadores de Cursos de EP 21 a 23 de Maio de 2007 - Bauru GT de Graduação Estágio Adriana Ferreira de Faria (UFV) Legislação do Estágio Regulamentação no Brasil: Lei

Leia mais

REGULAMENTO DA PROPRIEDADE INTELECTUAL DA UTFPR CAPÍTULO I DA FINALIDADE E LEGISLAÇÃO DE REFERÊNCIA

REGULAMENTO DA PROPRIEDADE INTELECTUAL DA UTFPR CAPÍTULO I DA FINALIDADE E LEGISLAÇÃO DE REFERÊNCIA REGULAMENTO DA PROPRIEDADE INTELECTUAL DA UTFPR CAPÍTULO I DA FINALIDADE E LEGISLAÇÃO DE REFERÊNCIA Art. 1º O presente Regulamento tem por finalidade regulamentar as atividades de propriedade intelectual

Leia mais

CONVÊNIO. Convênio n 027/2010 MPGO DAS PARTES:

CONVÊNIO. Convênio n 027/2010 MPGO DAS PARTES: Convênio n 027/2010 MPGO CONVÊNIO CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS E A FACULDADE MONTES BELOS FMB, POR INTERMÉDIO DA PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA, VISANDO A CONCESSÃO

Leia mais

REGIMENTO INTERNO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA ESCOLA DO PARLAMENTO DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO

REGIMENTO INTERNO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA ESCOLA DO PARLAMENTO DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO REGIMENTO INTERNO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA ESCOLA DO PARLAMENTO DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO Sumário TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES... 3 CAPÍTULO I Da Caracterização do Curso... 3 CAPÍTULO

Leia mais

SOCIEDADE PIAUIENSE DE ENSINO SUPERIOR LTDA. INSTITUTO CAMILLO FILHO

SOCIEDADE PIAUIENSE DE ENSINO SUPERIOR LTDA. INSTITUTO CAMILLO FILHO SOCIEDADE PIAUIENSE DE ENSINO SUPERIOR LTDA. INSTITUTO CAMILLO FILHO CONSELHO SUPERIOR Anexo Único à Resolução nº 008/2014, de 11 de dezembro de 2014, do Conselho Superior (CONSUP) REGULAMENTO DO ESTÁGIO

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO À EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA EDITAL 2015 CAMPUS NATAL

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO À EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA EDITAL 2015 CAMPUS NATAL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA EDITAL DE EXTENSÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO À EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA EDITAL 2015 CAMPUS NATAL 1. EDITAL A Universidade Potiguar UnP, através da Pró-Reitoria Acadêmica, torna

Leia mais

CRONOGRAMA DE IMPLEMENTAÇÃO DO PDI

CRONOGRAMA DE IMPLEMENTAÇÃO DO PDI CRONOGRAMA DE IMPLEMENTAÇÃO DO PDI A implementação do Plano de Desenvolvimento Institucional, envolve além dos objetivos e metas já descritos, o estabelecimento de indicadores, como forma de se fazer o

Leia mais

Serão ofertadas as vagas definidas pela UPIS, conforme edital ou condições específicas, a serem disponibilizadas semestralmente em seu site.

Serão ofertadas as vagas definidas pela UPIS, conforme edital ou condições específicas, a serem disponibilizadas semestralmente em seu site. CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM A UNIÃO PIONEIRA DE INTEGRAÇÃO SOCIAL UPIS E A FEDERAÇÃO TRADICIONALISTA GAÚCHA DO PLANALTO CENTRAL FTG-PC UNIÃO PIONEIRA DE INTEGRAÇÃO SOCIAL UPIS, inscrita no CNPJ sob

Leia mais

REGIMENTO INTERNO Aprovado dia 02 de julho de 1982

REGIMENTO INTERNO Aprovado dia 02 de julho de 1982 REGIMENTO INTERNO Aprovado dia 02 de julho de 1982 Artigo 1º. - A FUNDAÇÃO DE ESTUDOS E PESQUISAS EM AGRONOMIA, MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA - FUNEP, além das disposições constantes de seu Estatuto

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS CAMPO GRANDENSES INSTRUÇÃO NORMATIVA 002/2010 17 05 2010

FACULDADES INTEGRADAS CAMPO GRANDENSES INSTRUÇÃO NORMATIVA 002/2010 17 05 2010 O Diretor das Faculdades Integradas Campo Grandenses, no uso de suas atribuições regimentais e por decisão dos Conselhos Superior, de Ensino, Pesquisa, Pós Graduação e Extensão e de Coordenadores, em reunião

Leia mais

setores administrativos Barreiro

setores administrativos Barreiro setores administrativos Barreiro PUC Minas no atualização março de 2010 Pró-reitoria Adjunta Local: Prédio 4, sala 102 Telefone: 3328 9508 E-mail: proreitoriasec.bar@pucminas.br Diretoria Acadêmica Local:

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS CURRICULARES COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS CURRICULARES COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS CURRICULARES COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS EDITORIAL Profª. Dra. Lúcia Helena Vasques Diretora Acadêmica Prof. Me. Domingos Sávio

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIOS DO CURSO DE BIOMEDICINA I. INTRODUÇÃO

REGULAMENTO DE ESTÁGIOS DO CURSO DE BIOMEDICINA I. INTRODUÇÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIOS DO CURSO DE BIOMEDICINA I. INTRODUÇÃO Este documento regulamenta os estágios obrigatórios e não obrigatórios do Curso de Bacharelado em Biomedicina visando à formação integral do

Leia mais

CONVÊNIOS COM INSTITUIÇÕES DE ENSINO

CONVÊNIOS COM INSTITUIÇÕES DE ENSINO CONVÊNIOS COM INSTITUIÇÕES DE ENSINO A Imediata Consultoria e Serviços LTDA possui convênios com instituições de ensino no âmbito de divulgação de vagas de estágio e de percentual de bolsas de estudos.

Leia mais

RELAÇÕES ENTRE O IFRS E AS FUNDAÇÕES DE APOIO AUTORIZADAS PELO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO (MEC) E PELO MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO (MCTI)

RELAÇÕES ENTRE O IFRS E AS FUNDAÇÕES DE APOIO AUTORIZADAS PELO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO (MEC) E PELO MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO (MCTI) RELAÇÕES ENTRE O IFRS E AS FUNDAÇÕES DE APOIO AUTORIZADAS PELO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO (MEC) E PELO MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO (MCTI) Dispõe sobre as normas que regulamentam as relações

Leia mais

TERMO Nº 003/541/2007.

TERMO Nº 003/541/2007. PUBLICADO no D.O. Em 05/07/07 Fls. 03 TERMO Nº 003/541/2007. CONVÊNIO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA QUE AJUSTAM O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO E A UNIVERSIDADE VEIGA DE ALMEIDA, MANTIDA PELA

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 133/2005-CAD/UNICENTRO

RESOLUÇÃO Nº 133/2005-CAD/UNICENTRO RESOLUÇÃO Nº 133/2005-CAD/UNICENTRO Celebra Termo de Convênio firmado entre a UNICENTRO e a Middle West Cisco Academy, MWCA, e o Termo Aditivo I a esse Convênio. O REITOR DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.529, DE 12 DE JUNHO DE 2007

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.529, DE 12 DE JUNHO DE 2007 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.529, DE 12 DE JUNHO DE 2007 Dispõe sobre a oferta de cursos de pósgraduação lato sensu

Leia mais

Projeto Integrador. Faculdade Senac

Projeto Integrador. Faculdade Senac Projeto Integrador Faculdade Senac Faculdade de Tecnologia SENAC Goiás adota o Projeto Integrador nos cursos da área de Tecnologia da Informação com o intuito de possibilitar ao aluno criação de um produto

Leia mais

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE TECNÓLOGO EM PRODUÇÃO DO VESTUÁRIO (com ênfase em calçados)

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE TECNÓLOGO EM PRODUÇÃO DO VESTUÁRIO (com ênfase em calçados) Mantenedora: Fundação Educacional Fausto Pinto da Fonseca - CNPJ : 04.149.536/0001-24 Av. Dom Cabral, 31 Centro - CEP: 35.519-000 - Nova Serrana - MG Fone: (37) 3226-8200 - Site: www.fanserrana.com.br

Leia mais

POLÍTICA DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL

POLÍTICA DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL POLÍTICA DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL Abril / 2014 Apresentação O Estágio Supervisionado em Serviço Social é um ato educativo que acontece no ambiente de trabalho e

Leia mais

EDITAL Nº 01/2015 SELEÇÃO PARA ESTÁGIO REMUNERADO, NÃO REMUNERADO E BOLSISTA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA NA EMBRAPA ALGODÃO

EDITAL Nº 01/2015 SELEÇÃO PARA ESTÁGIO REMUNERADO, NÃO REMUNERADO E BOLSISTA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA NA EMBRAPA ALGODÃO EDITAL Nº 01/2015 SELEÇÃO PARA ESTÁGIO REMUNERADO, NÃO REMUNERADO E BOLSISTA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA NA EMBRAPA ALGODÃO 1. OBJETIVO 1.1. Este Edital tem o objetivo de formar cadastro de reserva para contratação

Leia mais

MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO - MEDICINA VETERINÁRIA

MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO - MEDICINA VETERINÁRIA 1. IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO - MEDICINA Estágio Supervisionado Obrigatório (ESO) é uma disciplina curricular da Faculdade de Medicina Veterinária da Faculdade

Leia mais

Resolução nº 352, de 12 de dezembro de 2007.

Resolução nº 352, de 12 de dezembro de 2007. Resolução nº 352, de 12 de dezembro de 2007. Recepciona a Legislação Federal sobre o estágio de estudantes e disciplina a aplicação dos estágios curriculares no âmbito da Câmara Municipal de Canoas. Art.

Leia mais

1. Objetivo. 2. Elegíveis

1. Objetivo. 2. Elegíveis 1. Objetivo Estabelecer diretrizes, critérios e condições para a concessão de bolsa integral de estudo aos candidatos aprovados com os melhores desempenhos dos cursos presenciais de Graduação Bacharelado

Leia mais

Regulamento Estágio Curricular Obrigatório

Regulamento Estágio Curricular Obrigatório Regulamento Estágio Curricular Obrigatório CST em Fabricação Mecânica CST em Gestão de Recursos Humanos CST em Mecatrônica Industrial 1 CAPÍTULO I DA JUSTIFICATIVA E FINALIDADES Art. 1º - O programa de

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS BACHARELADO

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS BACHARELADO FASIPE CENTRO EDUCACIONAL LTDA. Mantenedora Faculdade Cenecista de Sinop Facenop/FASIPE Mantida REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS BACHARELADO SINOP / MATO GROSSO

Leia mais

UNIFACS. As melhores NOTAS NO VESTIBULAR Ganham BOLSA NA UNIFACS. unifacs.br

UNIFACS. As melhores NOTAS NO VESTIBULAR Ganham BOLSA NA UNIFACS. unifacs.br seletiva UNIFACS As melhores NOTAS NO VESTIBULAR Ganham BOLSA NA UNIFACS unifacs.br 1. Objetivo Estabelecer diretrizes, critérios e condições para a concessão de bolsa parcial de aos candidatos aprovados

Leia mais

RESOLUÇÃO N o 012, de 27 de março de 2008. 1 (Modificado o Regimento pela Res. 022/2011 e 061/2011)

RESOLUÇÃO N o 012, de 27 de março de 2008. 1 (Modificado o Regimento pela Res. 022/2011 e 061/2011) RESOLUÇÃO N o 012, de 27 de março de 2008. 1 (Modificado o Regimento pela Res. 022/2011 e 061/2011) Cria o Núcleo de Educação a Distância (NEAD) e aprova seu Regimento Interno. O PRESIDENTE DO CONSELHO

Leia mais

Comprometidos com o Futuro da Educação

Comprometidos com o Futuro da Educação Comprometidos com o Futuro da Educação Comprometidos com o Futuro da Educação Educação Assim se Constroem as Grandes Nações A educação é vital para criar uma cultura baseada na excelência. A demanda por

Leia mais

RESOLUÇÃO N. 176/04-CEE/MT.

RESOLUÇÃO N. 176/04-CEE/MT. RESOLUÇÃO N. 176/04-CEE/MT. Estabelece Diretrizes para a organização e a realização de Estágio de alunos da Educação Profissional de Nível Técnico e do Ensino Médio, inclusive nas modalidades de Educação

Leia mais

1. Objetivo. 2. Elegíveis

1. Objetivo. 2. Elegíveis 1. Objetivo Estabelecer diretrizes, critérios e condições para a concessão de bolsa de estudo para os candidatos participantes da Campanha Mérito ENEM 2016.1 dos cursos de Graduação Presencial (Graduação

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM PUBLICIDADE E PROPAGANDA

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM PUBLICIDADE E PROPAGANDA UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM PUBLICIDADE E PROPAGANDA CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente regulamento

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 2014

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 2014 1 FACULDADE DE ESTUDOS SOCIAIS DO ESPÍRITO SANTO PIO XII CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO EM COMÉRCIO EXTERIOR I INTRODUÇÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 2014 O currículo

Leia mais

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS LEI Nº 14.830, de 11 de agosto de 2009 Dispõe sobre a criação do Conselho Estadual do Artesanato e da Economia Solidária - CEAES, e adota outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DE SANTA CATARINA,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA UNILA CONSELHO UNIVERSITÁRIO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA UNILA CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO CONSUN Nº 029 DE 1º DE OUTUBRO DE 2014 Aprova as Diretrizes da Política de Mobilidade Acadêmica da Universidade Federal da Integra ção Latino-Americana UNILA. O Conselho Universitário da Universidade

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 44, DE 20 DE MARÇO DE 2015.

RESOLUÇÃO Nº 44, DE 20 DE MARÇO DE 2015. RESOLUÇÃO Nº 44, DE 20 DE MARÇO DE 2015. O CONSELHO DE FACULDADE DA FACULDADE DE COMPUTAÇÃO da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, no uso de suas atribuições legais e considerando a Resolução

Leia mais

Especialização em Gestão Estratégica de Projetos Sociais

Especialização em Gestão Estratégica de Projetos Sociais Especialização em Gestão Estratégica de Apresentação CAMPUS COMÉRCIO Inscrições Abertas Turma 02 --> Início Confirmado: 07/06/2013 últimas vagas até o dia: 05/07/2013 O curso de Especialização em Gestão

Leia mais

RESOLUÇÃO CNE/CEB Nº 1, DE 21 DE JANEIRO DE 2004.(*) CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA

RESOLUÇÃO CNE/CEB Nº 1, DE 21 DE JANEIRO DE 2004.(*) CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA RESOLUÇÃO CNE/CEB Nº 1, DE 21 DE JANEIRO DE 2004.(*) CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA RESOLUÇÃO CNE/CEB Nº 1, DE 21 DE JANEIRO DE 2004.(*) Estabelece Diretrizes Nacionais para a

Leia mais

FACULDADE 7 DE SETEMBRO LABORATÓRIO DE PESQUISA DE OPINIÃO E MERCADO

FACULDADE 7 DE SETEMBRO LABORATÓRIO DE PESQUISA DE OPINIÃO E MERCADO FACULDADE 7 DE SETEMBRO LABORATÓRIO DE PESQUISA DE OPINIÃO E MERCADO CAPÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO, FINS E OBJETIVOS Art. 1º As presentes normas visam regulamentar e disciplinar, em termos de sua administração,

Leia mais

Quer trilhar uma carreira de sucesso? Então esta é a oportunidade para dar o primeiro passo! PROGRAMA ALI AGENTES LOCAIS DE INOVAÇÃO 2012-2014

Quer trilhar uma carreira de sucesso? Então esta é a oportunidade para dar o primeiro passo! PROGRAMA ALI AGENTES LOCAIS DE INOVAÇÃO 2012-2014 Quer trilhar uma carreira de sucesso? Então esta é a oportunidade para dar o primeiro passo! PROGRAMA ALI AGENTES LOCAIS DE INOVAÇÃO 2012-2014 O Programa O SEBRAE, em parceria com o CNPq, desenvolveu o

Leia mais

REGULAMENTO DO ESTÁGIO OBRIGATÓRIO CURSO DE LETRAS PORTUGUÊS/INGLÊS

REGULAMENTO DO ESTÁGIO OBRIGATÓRIO CURSO DE LETRAS PORTUGUÊS/INGLÊS REGULAMENTO DO ESTÁGIO OBRIGATÓRIO CURSO DE LETRAS PORTUGUÊS/INGLÊS CAPÍTULO I DA NATUREZA DO ESTÁGIO Art. 1º O Estágio Obrigatório previsto na Estrutura Curricular do Curso de Letras, Licenciatura Português/Inglês

Leia mais

RESOLUÇÃO nº 177, de 11 de setembro de 2015. R E S O L V E:

RESOLUÇÃO nº 177, de 11 de setembro de 2015. R E S O L V E: RESOLUÇÃO nº 177, de 11 de setembro de 2015. O Conselho Universitário CONSUNI, no uso de suas atribuições, em conformidade com Parecer nº 030, de 20 de agosto de 2015, R E S O L V E: Art. 1º - Aprovar

Leia mais

CONVÊNIO. Convênio n 016/2010 MPGO DAS PARTES:

CONVÊNIO. Convênio n 016/2010 MPGO DAS PARTES: Convênio n 016/2010 MPGO CONVÊNIO CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS E O CENTRO UNIVERSITÁRIO DE DESENVOLVIMENTO DO CENTRO-OESTE UNIDESC, POR INTERMÉDIO DA PROCURADORIA-GERAL

Leia mais