Criptografia e Certificação Digital Sétima Aula. Prof. Frederico Sauer, D.Sc.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Criptografia e Certificação Digital Sétima Aula. Prof. Frederico Sauer, D.Sc."

Transcrição

1 Criptografia e Certificação Digital Sétima Aula Prof. Frederico Sauer, D.Sc.

2 Segurança na Web A Internet é considerada essencial nos Planos de Negócios das empresas para alavancar lucros O ambiente capilar e repleto de vulnerabilidades demanda soluções para redução de riscos SSL/TLS e SET com ICP são soluções atuais Opções:

3 Ameaças e Possíveis Medidas

4 SSL Secure Socket Layer Posicionado entre Transporte e Aplicação (Sessão?) A versão 3 é compatível com TLS 1.0 Pode fazer parte do software básico ou ser embutido nas implementações particulares (ex.: browsers/web servers) Não é um protocolo, e sim uma arquitetura

5 Conceitos: Sessão Arquitetura SSL Associação entre Cliente e Servidor através do handshake protocol (Estabelecimento de Sessão) Protocolos e parâmetros negociados são mantidos Compartilhada por múltiplas conexões Conexão Relacionamento transiente ponto-a-ponto associado a uma sessão

6 Protocolo de Registro - Serviços Integridade MAC com chave secreta compartilhada Confidencialidade Criptografia Simétrica com a chave secreta compartilhada definida através do Handshake Protocol AES, IDEA, RC2-40, DES-40, DES, 3DES, Fortezza, RC4-40, RC4-128 Compressão da mensagem antes da encriptação

7 Protocolo de Registro A fragmentação pelo SSL é feita mas o transporte ainda é TCP Na versão 3 não há compactação por default (é opcional) Operação Formato

8 Protocolo de Mudança de Cifra e Protocolo de Alerta Payloads possíveis do Protocolo de Registro, além do handshake e dos dados Mudança de Cifra Única mensagem com um byte em 1 Mantém o estado atual Alerta Nível de warning (1) ou fatal (2) Várias mensagens para as partes envolvidas, como: Falhas em: descompactação, MAC, handshake Desconexão, problemas com certificados, etc.

9 Handshake Protocol Negociação entre clientes e servidores das chaves, protocolos e parâmetros (como chaves) Seqüência básica: Verificação de capacidades Autenticação do servidor e troca de chaves Autenticação do cliente e troca de chaves finalização

10 TLS Principais diferenças Padronizado pelo IETF e idêntico ao SSLv3 na maioria dos aspectos Diferenças principais: Algoritmo de hash é o HMAC Uma função pseudo-aleatória é usada para expandir segredos em blocos, simplificando e robustecendo a geração das chaves Códigos de alerta adicionais aos existentes Não admite o Fortezza Padding variável para maior robustez à criptoanálise

11 SET Secure Eletronic Transactions Iniciativa da Visa e Mastercard em 1996 Extrapola a função de possibilitar transações seguras com cartões de crédito Canal seguro entre partes de uma transação Uso de certificados X.509v3 Mecanismo de Confidencialidade e Controle de Acesso às informações de uma transação Comerciante não tem acesso às informações do cliente

12 Cenário SET 1. Cliente abre uma conta 2. Cliente recebe um certificado 3. Comerciante tem seu próprio certificado 4. Cliente faz um pedido 5. Comerciante é verificado 6. Pedido e pagamento são enviados 7. Comerciante requer autorização de pagamento 8. Comerciante confirma pedido 9. Comerciante entrega bem adquirido 10. Comerciante requer pagamento Obs.: Emissor banco Acquirer Intermediário entre as bandeiras e os comerciantes

13 Soluções Práticas Aceleradores Criptográficos Hardware especializado para reduzir custo computacional da criptografia (ex. SSL)

14 Soluções Práticas Tokens A idéia é possibilitar o SSO (Single Sign-on) Tipos Sem contato Baseado em RFID One-time passwords (OTP)» PIN + número pseudoaleatório Desafio-resposta» PIN + seqüência desafioresposta» Uma calculadora obtém a resposta à partir do desafio, após a introdução do PIN De contato Cartões magnéticos

15 Soluções Práticas Smart-Cards Podem possuir capacidade de processamento Pode manter informações biométricas do seu proprietário, certificados, etc. Tipos: Memory Cards Mais simples, sem poder de processamento, podem ou não permitir gravação de dados On-card COS (Card Operating System) Processam informações JavaCard Máquina virtual Java embutida

Criptografia e Segurança das Comunicações. TLS Transport Layer Security

Criptografia e Segurança das Comunicações. TLS Transport Layer Security Criptografia e Segurança das Comunicações TLS Transport Layer Security TLS : 1/21 Introdução (1) SSL- Secure Socket Layer, desenvolvido em 1995 pela Netscape para garantir segurança na transmissão de documentos

Leia mais

Protocolos Básicos e Aplicações. Segurança e SSL

Protocolos Básicos e Aplicações. Segurança e SSL Segurança e SSL O que é segurança na rede? Confidencialidade: apenas remetente e destinatário pretendido devem entender conteúdo da mensagem remetente criptografa mensagem destinatário decripta mensagem

Leia mais

Capítulo 8 Segurança na Rede Prof. Othon Marcelo Nunes Batista Mestre em Informática

Capítulo 8 Segurança na Rede Prof. Othon Marcelo Nunes Batista Mestre em Informática Capítulo 8 Segurança na Rede Prof. Othon Marcelo Nunes Batista Mestre em Informática slide 1 Capítulo 8: Esboço 8.1 O que é segurança na rede? 8.2 Princípios de criptografia 8.3 Integridade de mensagem

Leia mais

UNIP UNIVERSIDADE PAULISTA

UNIP UNIVERSIDADE PAULISTA UNIP UNIVERSIDADE PAULISTA GERENCIAMENTO DE REDES Segurança Lógica e Física de Redes 2 Semestre de 2012 SEGURANÇA LÓGICA: Criptografia Firewall Protocolos Seguros IPSec SSL SEGURANÇA LÓGICA: Criptografia

Leia mais

Segurança na Internet

Segurança na Internet Segurança na Internet Muito do sucesso e popularidade da Internet é por ela ser uma rede global aberta Por outro lado, isto faz da Internet um meio não muito seguro É difícil identificar com segurança

Leia mais

Assinatura Digital: problema

Assinatura Digital: problema Assinatura Digital Assinatura Digital Assinatura Digital: problema A autenticidade de muitos documentos, é determinada pela presença de uma assinatura autorizada. Para que os sistemas de mensagens computacionais

Leia mais

Protocolos de Aplicação SSL, TLS, HTTPS, SHTTP

Protocolos de Aplicação SSL, TLS, HTTPS, SHTTP Protocolos de Aplicação SSL, TLS, HTTPS, SHTTP SSL - Secure Socket Layer Protocolos criptográfico que provê comunicação segura na Internet para serviços como: Telnet, FTP, SMTP, HTTP etc. Provê a privacidade

Leia mais

Sistemas Distribuídos Introdução a Segurança em Sistemas Distribuídos

Sistemas Distribuídos Introdução a Segurança em Sistemas Distribuídos Sistemas Distribuídos Introdução a Segurança em Sistemas Distribuídos Departamento de Informática, UFMA Graduação em Ciência da Computação Francisco José da Silva e Silva 1 Introdução Segurança em sistemas

Leia mais

Conceitos de Segurança em Sistemas Distribuídos

Conceitos de Segurança em Sistemas Distribuídos Conceitos de Segurança em Sistemas Distribuídos Francisco José da Silva e Silva Laboratório de Sistemas Distribuídos (LSD) Departamento de Informática / UFMA http://www.lsd.ufma.br 30 de novembro de 2011

Leia mais

Auditoria e Segurança da Informação GSI536. Prof. Rodrigo Sanches Miani FACOM/UFU

Auditoria e Segurança da Informação GSI536. Prof. Rodrigo Sanches Miani FACOM/UFU Auditoria e Segurança da Informação GSI536 Prof. Rodrigo Sanches Miani FACOM/UFU Revisão Criptografia de chave simétrica; Criptografia de chave pública; Modelo híbrido de criptografia. Criptografia Definições

Leia mais

Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Área Departamental de Engenharia da Electrónica e Telecomunicações e de Computadores

Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Área Departamental de Engenharia da Electrónica e Telecomunicações e de Computadores Nome: Nº de aluno: Nota: Seja preciso e conciso nas suas respostas. Para responder às perguntas de resposta múltipla utilize a tabela abaixo. Não faça letra de médico. Quando terminar entregue apenas esta

Leia mais

Introdução. Criptografia. Aspectos de segurança em TCP/IP Secure Socket Layer (SSL) Rd Redes de Computadores. Aula 28

Introdução. Criptografia. Aspectos de segurança em TCP/IP Secure Socket Layer (SSL) Rd Redes de Computadores. Aula 28 Introdução Inst tituto de Info ormátic ca - UF FRGS Rd Redes de Computadores td Aspectos de segurança em /IP Secure Socket Layer (SSL) Aula 28 Na Internet, ninguém sabe que você é um cachorro. Peter Steiner,

Leia mais

Segurança do Wireless Aplication Protocol (WAP)

Segurança do Wireless Aplication Protocol (WAP) Universidade de Brasília UnB Escola de Extensão Curso Criptografia e Segurança na Informática Segurança do Wireless Aplication Protocol (WAP) Aluno: Orlando Batista da Silva Neto Prof: Pedro Antônio Dourado

Leia mais

Autenticação: mais uma tentativa. Autenticação: mais uma tentativa. ap5.0: falha de segurança. Autenticação: ap5.0. Assinaturas Digitais (mais)

Autenticação: mais uma tentativa. Autenticação: mais uma tentativa. ap5.0: falha de segurança. Autenticação: ap5.0. Assinaturas Digitais (mais) Autenticação: mais uma tentativa Protocolo ap3.1: Alice diz Eu sou Alice e envia sua senha secreta criptografada para prová-lo. Eu I am sou Alice encrypt(password) criptografia (senha) Cenário de Falha?

Leia mais

Criptografia fundamentos e prática. Italo Valcy CERT.Bahia / UFBA

Criptografia fundamentos e prática. Italo Valcy <italo@pop-ba.rnp.br> CERT.Bahia / UFBA Criptografia fundamentos e prática Italo Valcy CERT.Bahia / UFBA Licença de uso e atribuição Todo o material aqui disponível pode, posteriormente, ser utilizado sobre os termos da:

Leia mais

www.projetoderedes.com.br Gestão da Segurança da Informação Professor: Maurício AULA 08 Protocolos de Segurança

www.projetoderedes.com.br Gestão da Segurança da Informação Professor: Maurício AULA 08 Protocolos de Segurança www.projetoderedes.com.br Gestão da Segurança da Informação Professor: Maurício AULA 08 Protocolos de Segurança Protocolos de Segurança A criptografia resolve os problemas envolvendo a autenticação, integridade

Leia mais

Redes de Computadores II

Redes de Computadores II Redes de Computadores II Prof. Celio Trois portal.redes.ufsm.br/~trois/redes2 Criptografia, Certificados Digitais SSL Criptografia Baseada em Chaves CRIPTOGRAFA Texto Aberto (PlainText) Texto Fechado (Ciphertext)

Leia mais

Segurança da Informação

Segurança da Informação INF-108 Segurança da Informação ICP e Certificados Digitais Prof. João Henrique Kleinschmidt Santo André, junho de 2013 Criptografia de chave pública Oferece criptografia e também uma maneira de identificar

Leia mais

Processo para transformar a mensagem original em uma mensagem ilegível por parte de uma pessoa não autorizada

Processo para transformar a mensagem original em uma mensagem ilegível por parte de uma pessoa não autorizada Criptografia Processo para transformar a mensagem original em uma mensagem ilegível por parte de uma pessoa não autorizada Criptografia Onde pode ser usada? Arquivos de um Computador Internet Backups Redes

Leia mais

Criptografia e Certificação Digital Sexta Aula. Prof. Frederico Sauer, D.Sc.

Criptografia e Certificação Digital Sexta Aula. Prof. Frederico Sauer, D.Sc. Criptografia e Certificação Digital Sexta Aula Prof. Frederico Sauer, D.Sc. Segurança em Correio Eletrônico Aplicação mais usada no mundo Altamente vulnerável Serviços necessários: Confidencialidade Autenticação

Leia mais

Daniel F. Nunes de Oliveira, MSc. Dir. Desenvolvimento de Negócios SMARTCON (daniel.oliveira@smartcon.com.br) São Paulo - SP, 2 a 4 de maio

Daniel F. Nunes de Oliveira, MSc. Dir. Desenvolvimento de Negócios SMARTCON (daniel.oliveira@smartcon.com.br) São Paulo - SP, 2 a 4 de maio São Paulo - SP, 2 a 4 de maio Novas tendências na utilização de EMV: produtos de débito e crédito com EMV independente e EMV para proteger transações a partir de telefones celulares Daniel F. Nunes de

Leia mais

Segurança de Sessão. Jaime Dias FEUP > DEEC > MRSC > Segurança em Sistemas e Redes v3.1 SSL/TLS

Segurança de Sessão. Jaime Dias FEUP > DEEC > MRSC > Segurança em Sistemas e Redes v3.1 SSL/TLS Segurança de Sessão Jaime Dias FEUP > DEEC > MRSC > Segurança em Sistemas e Redes v3.1 SSL/TLS 1 SSL/TLS Introdução Netscape desenvolveu SSL (Secure Socket Layer) Versões 2 e 3 IETF TLS 1.0 (Transport

Leia mais

Segurança de Sessão. Jaime Dias FEUP > DEEC > MRSC > Segurança em Sistemas e Redes v3.1

Segurança de Sessão. Jaime Dias FEUP > DEEC > MRSC > Segurança em Sistemas e Redes v3.1 Segurança de Sessão Jaime Dias FEUP > DEEC > MRSC > Segurança em Sistemas e Redes v3.1 SSL/TLS SSL/TLS Introdução Netscape desenvolveu SSL (Secure Socket Layer) Versões 2 e 3 IETF TLS 1.0 (Transport Layer

Leia mais

Criptografia de chaves públicas

Criptografia de chaves públicas Marcelo Augusto Rauh Schmitt Maio de 2001 RNP/REF/0236 Criptografia 2001 RNP de chaves públicas Criptografia Introdução Conceito É a transformação de um texto original em um texto ininteligível (texto

Leia mais

Sistemas Distribuídos: Conceitos e Projeto Introdução a Criptografia e Criptografia Simétrica

Sistemas Distribuídos: Conceitos e Projeto Introdução a Criptografia e Criptografia Simétrica Sistemas Distribuídos: Conceitos e Projeto Introdução a Criptografia e Criptografia Simétrica Francisco José da Silva e Silva Laboratório de Sistemas Distribuídos (LSD) Departamento de Informática / UFMA

Leia mais

Introdução. Iremos procurar ver aqui alguns mecanismos de proteção mais utilizados como: criptografia e SSL. 1.0 Criptografia

Introdução. Iremos procurar ver aqui alguns mecanismos de proteção mais utilizados como: criptografia e SSL. 1.0 Criptografia Introdução Atualmente no mundo internacional das redes e com o comércio eletrônico, todo sistema de computador se tornou um alvo em potencial para intrusos. O problema é que não há como saber os motivos

Leia mais

Capítulo 8. Segurança de redes

Capítulo 8. Segurança de redes Capítulo 8 Segurança de redes slide 1 2011 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados. Computer Networks, Fifth Edition by Andrew Tanenbaum and David Wetherall, Pearson Education-Prentice Hall,

Leia mais

Conceitos de Criptografia e o protocolo SSL

Conceitos de Criptografia e o protocolo SSL Conceitos de Criptografia e o protocolo SSL TchêLinux Ulbra Gravataí http://tchelinux.org/gravatai Elgio Schlemer Ulbra Gravatai http://gravatai.ulbra.tche.br/~elgio 31 de Maio de 2008 Introdução Início

Leia mais

Auditoria e Segurança da Informação GSI536. Prof. Rodrigo Sanches Miani FACOM/UFU

Auditoria e Segurança da Informação GSI536. Prof. Rodrigo Sanches Miani FACOM/UFU Auditoria e Segurança da Informação GSI536 Prof. Rodrigo Sanches Miani FACOM/UFU Princípios de Criptografia Tópicos O papel da criptografia na segurança das redes de comunicação; Criptografia de chave

Leia mais

Instituto Superior de Engenharia de Lisboa

Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Nome Número Docente: JA VA Curso: LERCM MEIC MEET MERCM Exame (responda a todas as perguntas pares) / Repetição do 1º teste Nas questões de resposta múltipla (V/F) assinale com uma cruz a resposta correta.

Leia mais

CÓDIGO DA VAGA: TP08 QUESTÕES DE MÚLTIPLAS ESCOLHAS

CÓDIGO DA VAGA: TP08 QUESTÕES DE MÚLTIPLAS ESCOLHAS QUESTÕES DE MÚLTIPLAS ESCOLHAS 1) Em relação à manutenção corretiva pode- se afirmar que : a) Constitui a forma mais barata de manutenção do ponto de vista total do sistema. b) Aumenta a vida útil dos

Leia mais

Falaremos um pouco das tecnologias e métodos utilizados pelas empresas e usuários domésticos para deixar a sua rede segura.

Falaremos um pouco das tecnologias e métodos utilizados pelas empresas e usuários domésticos para deixar a sua rede segura. Módulo 14 Segurança em redes Firewall, Criptografia e autenticação Falaremos um pouco das tecnologias e métodos utilizados pelas empresas e usuários domésticos para deixar a sua rede segura. 14.1 Sistemas

Leia mais

Monografia sobre SSL para o Curso de Extensão Segurança em Redes de Computadores

Monografia sobre SSL para o Curso de Extensão Segurança em Redes de Computadores UnB - UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Monografia sobre SSL para o Curso de Extensão Segurança em Redes de Computadores (5 a Turma) por Luiz Aristides

Leia mais

Manual de Transferência de Arquivos

Manual de Transferência de Arquivos O Manual de Transferência de Arquivos apresenta a ferramenta WebEDI que será utilizada entre FGC/IMS e as Instituições Financeiras para troca de arquivos. Manual de Transferência de Arquivos WebEDI Versão

Leia mais

Entendendo a Certificação Digital

Entendendo a Certificação Digital Entendendo a Certificação Digital Novembro 2010 1 Sumário 1. Introdução... 3 2. O que é certificação digital?... 3 3. Como funciona a certificação digital?... 3 6. Obtendo certificados digitais... 6 8.

Leia mais

Criptografia. Módulo III Aplicações Correntes da Criptografia. M. B. Barbosa mbb@di.uminho.pt. Departamento de Informática Universidade do Minho

Criptografia. Módulo III Aplicações Correntes da Criptografia. M. B. Barbosa mbb@di.uminho.pt. Departamento de Informática Universidade do Minho Criptografia Módulo III Aplicações Correntes da Criptografia M. B. Barbosa mbb@di.uminho.pt Departamento de Informática Universidade do Minho 2005/2006 Online Certificate Status Protocol (OCSP) Pedidos

Leia mais

Segurança da Informação Prof. Anderson Oliveira da Silva 1

Segurança da Informação Prof. Anderson Oliveira da Silva 1 Segurança da Informação Prof. Anderson Oliveira da Silva 1 Segurança da Informação Prof. Anderson Oliveira da Silva D. Sc. Ciências em Informática Engenheiro de Computação anderson@inf.puc-rio.br Universidade

Leia mais

Segurança. Sistemas Distribuídos. ic-sod@mega.ist.utl.pt 09/05/2005 1

Segurança. Sistemas Distribuídos. ic-sod@mega.ist.utl.pt 09/05/2005 1 Segurança Sistemas Distribuídos ic-sod@mega.ist.utl.pt 1 Tópicos abordados I - Mecanismos criptográficos Cifra simétrica, cifra assimétrica, resumo (digest) Assinatura digital Geração de números aleatórios

Leia mais

Infoestrutura: Autenticação e Assinatura Digital

Infoestrutura: Autenticação e Assinatura Digital Infoestrutura: Autenticação e Assinatura Digital 1. Introdução No mundo físico, é fácil reconhecer quem é quem, seja vendo, escutando ou reconhecendo a caligrafia da pessoa. Entretanto, no mundo digital,

Leia mais

Processadores Invioláveis

Processadores Invioláveis Processadores Invioláveis MP202 Segurança da Informação Ana. C. L. Cabral Paulo H. N. Tavares 1 Roteiro Por que processadores seguros? O que são? Arquitetura Resposta a ataques Principais aplicações Padronização

Leia mais

Estamos seguros mesmo?

Estamos seguros mesmo? Grupo de Resposta a Incidentes de Segurança GRIS Departamento de Ciência da Computação Universidade Federal do Rio de Janeiro Segurança em WebMessengers: Meebo Estamos seguros mesmo? Por: Manoel Fernando

Leia mais

CERTIFICAÇÃO DIGITAL

CERTIFICAÇÃO DIGITAL Autenticidade Digital CERTIFICAÇÃO DIGITAL Certificação Digital 1 Políticas de Segurança Regras que baseiam toda a confiança em um determinado sistema; Dizem o que precisamos e o que não precisamos proteger;

Leia mais

TEORIA GERAL DE SISTEMAS

TEORIA GERAL DE SISTEMAS TEORIA GERAL DE SISTEMAS Vulnerabilidade dos sistemas e uso indevido Vulnerabilidade do software Softwares comerciais contém falhas que criam vulnerabilidades na segurança Bugs escondidos (defeitos no

Leia mais

João Bosco Beraldo - 014 9726-4389 jberaldo@bcinfo.com.br. José F. F. de Camargo - 14 8112-1001 jffcamargo@bcinfo.com.br

João Bosco Beraldo - 014 9726-4389 jberaldo@bcinfo.com.br. José F. F. de Camargo - 14 8112-1001 jffcamargo@bcinfo.com.br João Bosco Beraldo - 014 9726-4389 jberaldo@bcinfo.com.br José F. F. de Camargo - 14 8112-1001 jffcamargo@bcinfo.com.br BCInfo Consultoria e Informática 14 3882-8276 WWW.BCINFO.COM.BR Princípios básicos

Leia mais

PROTOCOLO SSL UNIÃO EDUCACIONAL MINAS GERAIS S/C LTDA FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS DE MINAS

PROTOCOLO SSL UNIÃO EDUCACIONAL MINAS GERAIS S/C LTDA FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS DE MINAS UNIÃO EDUCACIONAL MINAS GERAIS S/C LTDA FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS DE MINAS Autorizada pela Portaria no 577/2000 MEC, de 03/05/2000 CST EM REDES DE COMPUTADORES PROTOCOLO SSL Uberlândia 2006 LISTA

Leia mais

Walter Cunha Tecnologia da Informação Segurança

Walter Cunha Tecnologia da Informação Segurança Walter Cunha Tecnologia da Informação Segurança ESAF 2008 em Exercícios 37 (APO MPOG 2008) - A segurança da informação tem como objetivo a preservação da a) confidencialidade, interatividade e acessibilidade

Leia mais

HTTPS. Lucas Vieira Mathias Hillesheim. Instituto Federal de Santa Catarina IFSC. 16 de Junho de 2015

HTTPS. Lucas Vieira Mathias Hillesheim. Instituto Federal de Santa Catarina IFSC. 16 de Junho de 2015 HTTPS Lucas Vieira Mathias Hillesheim Instituto Federal de Santa Catarina IFSC campus São José 16 de Junho de 2015 Lucas Mathias (IFSC) HTTPS - Segurança na Internet 16 de Junho de 2015 1 / 28 Lucas Mathias

Leia mais

2. SEGURANÇA COMPUTACIONAL E CRIPTOGRAFIA

2. SEGURANÇA COMPUTACIONAL E CRIPTOGRAFIA 2. SEGURANÇA COMPUTACIONAL E CRIPTOGRAFIA A segurança tornou-se um aspecto fundamental diante da quantidade de informação que nos cerca e que é transmitida continuamente por meio eletrônico. Por conseqüência,

Leia mais

soluções transversais SOLUÇÕES segurança

soluções transversais SOLUÇÕES segurança soluções transversais SOLUÇÕES segurança RESUMO DA SOLUÇÃO single sign-on acessos prevenção autenticação Os serviços de segurança são implementados como um layer do tipo Black Box, utilizável pelos canais

Leia mais

Protocolos de autenticação

Protocolos de autenticação Protocolos de autenticação SEGURANÇA INFORMÁTICA E NAS ORGANIZAÇÕES SEGURANÇA INFORMÁTICA E NAS ORGANIZAÇÕES 1 Autenticação Prova de que uma entidade é quem afirma ser 1. Olá, sou o Zé 2. Prova-o! 3. Aqui

Leia mais

M3D4 - Certificados Digitais Aula 2 Certificado Digital e suas aplicações

M3D4 - Certificados Digitais Aula 2 Certificado Digital e suas aplicações M3D4 - Certificados Digitais Aula 2 Certificado Digital e suas aplicações Prof. Fernando Augusto Teixeira 1 2 Agenda da Disciplina Certificado Digital e suas aplicações Segurança Criptografia Simétrica

Leia mais

STCPSigner. Versão 4.0.0

STCPSigner. Versão 4.0.0 Versão 4.0.0 Conteúdo O que é o STCPSigner? 3 Arquitetura 4 Características Gerais 5 Fluxo de Assinatura 5 Fluxo da Validação 5 Fluxo de Criptografia 6 Fluxo de Decriptografia 7 Requisitos de software

Leia mais

Segurança da Informação. Prof. Gleison Batista de Sousa

Segurança da Informação. Prof. Gleison Batista de Sousa Segurança da Informação Prof. Gleison Batista de Sousa Ao longo do tempo e com a evolução tecnologia surgiram uma quantidade enorme de problemas desafiadores relacionados a segurança da informação. Quais

Leia mais

Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Departamento de Engenharia da Electrónica e das Telecomunicações e de Computadores

Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Departamento de Engenharia da Electrónica e das Telecomunicações e de Computadores Nota: Seja preciso e conciso nas suas respostas. Para responder às perguntas de resposta múltipla utilize a tabela abaixo. Todas as outras perguntas devem ser respondidas em folhas de teste. Não faça letra

Leia mais

Segurança da Informação. Criptografia, protocolos seguros e suas aplicações

Segurança da Informação. Criptografia, protocolos seguros e suas aplicações Segurança da Informação Criptografia, protocolos seguros e suas aplicações Criptografia Serviços Oferecidos Serviços Disponibilidade Integridade Controle de acesso Autenticidade da origem Não-repudiação

Leia mais

Nome: Nº de aluno: 1º teste 25 perguntas de 1 a 38 / 2º teste 25 perguntas de 30 a 58 / Exame Pares

Nome: Nº de aluno: 1º teste 25 perguntas de 1 a 38 / 2º teste 25 perguntas de 30 a 58 / Exame Pares Nome: Nº de aluno: 1º teste 25 perguntas de 1 a 38 / 2º teste 25 perguntas de 30 a 58 / Exame Pares Pergunta Resposta 1 A B C D E F 2 A B C D E F 3 A B C D E F 4 A B C D E F 5 A B C D E F 6 A B C D E F

Leia mais

Segurança da Informação: Criptografia & SSL

Segurança da Informação: Criptografia & SSL Segurança da Informação: Criptografia & SSL THIAGO ANDRÉ BALDISSERA, MARCOS NALIN EsAEx Escola de Administração do Exército, Rua Território do Amapá, Nº 455, Pituba, Salvador BA, Brasil thiagoandreb@bol.com.br,

Leia mais

Professor(es): Fernando Pirkel. Descrição da(s) atividade(s):

Professor(es): Fernando Pirkel. Descrição da(s) atividade(s): Professor(es): Fernando Pirkel Descrição da(s) atividade(s): Definir as tecnologias de redes necessárias e adequadas para conexão e compartilhamento dos dados que fazem parte da automatização dos procedimentos

Leia mais

SIP Complemento (parte 2) Telefonia IP MAB 618. Paulo Aguiar Tel. (0xx21) 2598-3165 e-mail: aguiar@nce.ufrj.br Departamento de Computação /IM da UFRJ

SIP Complemento (parte 2) Telefonia IP MAB 618. Paulo Aguiar Tel. (0xx21) 2598-3165 e-mail: aguiar@nce.ufrj.br Departamento de Computação /IM da UFRJ SIP Complemento (parte 2) Telefonia IP MAB 618 Paulo Aguiar Tel. (0xx21) 2598-3165 e-mail: aguiar@nce.ufrj.br Departamento de Computação /IM da UFRJ Sinalização Segura 2 Segurança Tripé Autenticação Quem

Leia mais

Segurança da Informação

Segurança da Informação Segurança da Informação (Extraído da apostila de Segurança da Informação do Professor Carlos C. Mello) 1. Conceito A Segurança da Informação busca reduzir os riscos de vazamentos, fraudes, erros, uso indevido,

Leia mais

3. ( ) Para evitar a contaminação de um arquivo por vírus, é suficiente salvá-lo com a opção de compactação.

3. ( ) Para evitar a contaminação de um arquivo por vírus, é suficiente salvá-lo com a opção de compactação. 1. Com relação a segurança da informação, assinale a opção correta. a) O princípio da privacidade diz respeito à garantia de que um agente não consiga negar falsamente um ato ou documento de sua autoria.

Leia mais

Smart Card Virtual e Autoridade Certificadora Distribuída. Jeroen van de Graaf Laboratório de Computação Científica UFMG jvdg@lcc.ufmg.

Smart Card Virtual e Autoridade Certificadora Distribuída. Jeroen van de Graaf Laboratório de Computação Científica UFMG jvdg@lcc.ufmg. Smart Card Virtual e Autoridade Certificadora Distribuída Jeroen van de Graaf Laboratório de Computação Científica UFMG jvdg@lcc.ufmg.br Programa O que é uma ICP? O que é ICP-EDU Qual é a proposta do GT-ICP-EDU

Leia mais

Tema 4a A Segurança na Internet

Tema 4a A Segurança na Internet Tecnologias de Informação Tema 4a A Segurança na Internet 1 Segurança na Internet Segurança Ponto de Vista da Empresa Ponto de vista do utilizador A quem Interessa? Proxy Firewall SSL SET Mecanismos 2

Leia mais

Capítulo 8. Segurança em redes de computadores

Capítulo 8. Segurança em redes de computadores 1 Capítulo 8 Segurança em redes de computadores 2 Redes de computadores I Prof.: Leandro Soares de Sousa E-mail: leandro.uff.puro@gmail.com Site: http://www.ic.uff.br/~lsousa Não deixem a matéria acumular!!!

Leia mais

1.264 Aula 17. Segurança na Internet: Criptografia (chave pública) SSL/TLS Assinaturas cegas (SET)

1.264 Aula 17. Segurança na Internet: Criptografia (chave pública) SSL/TLS Assinaturas cegas (SET) 1.264 Aula 17 Segurança na Internet: Criptografia (chave pública) SSL/TLS Assinaturas cegas (SET) Premissas para a segurança na Internet Navegador-rede-servidor são os 3 principais componentes Premissas

Leia mais

EMV PARA ADQUIRENTES

EMV PARA ADQUIRENTES EMV PARA ADQUIRENTES A Argotechno traz ao mercado brasileiro o melhor da educação profissional para o conhecimento e aplicação da norma EMV. São cursos e workshops sobre as abordagens mais utilizadas em

Leia mais

Criptografia de Chave Pública

Criptografia de Chave Pública Criptografia de Chave Pública Aplicações Privacidade, Autenticação: RSA, Curva Elíptica Intercâmbio de chave secreta: Diffie-Hellman Assinatura digital: DSS (DSA) Vantagens Não compartilha segredo Provê

Leia mais

EAP (Extensible Authentication Protocol) RFC 3748

EAP (Extensible Authentication Protocol) RFC 3748 EAP (Extensible Authentication Protocol) RFC 3748 Redes de Comunicação Departamento de Engenharia da Electrónica e Telecomunicações e de Computadores Instituto Superior de Engenharia de Lisboa EAP (Extensible

Leia mais

Curso de Engenharia Informática (2º Ciclo) Teste nº 2 (frequência), 19/Dez/2009 Segurança em Sistemas e Redes de Computadores SSRC-0910-EN-2.1.

Curso de Engenharia Informática (2º Ciclo) Teste nº 2 (frequência), 19/Dez/2009 Segurança em Sistemas e Redes de Computadores SSRC-0910-EN-2.1. Departamento de Informática Faculdade de Ciências e Tecnologia UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA Curso de Engenharia Informática (2º Ciclo) Teste nº 2 (frequência), 19/Dez/2009 Segurança em Sistemas e Redes

Leia mais

Pág. 3 de 7 EMV PARA EMISSORES

Pág. 3 de 7 EMV PARA EMISSORES EMV PARA EMISSORES A Argotechno traz ao mercado brasileiro o melhor da educação profissional para o conhecimento e aplicação da norma EMV. São cursos e workshops sobre as abordagens mais utilizadas em

Leia mais

Algoritmos Criptográficos Panorama Internacional. Prof. Dr. Paulo S. L. M. Barreto LARC/PCS/EPUSP

Algoritmos Criptográficos Panorama Internacional. Prof. Dr. Paulo S. L. M. Barreto LARC/PCS/EPUSP Algoritmos Criptográficos Panorama Internacional Prof. Dr. Paulo S. L. M. Barreto LARC/PCS/EPUSP Organização Segurança da informação: conceitos. Algoritmos criptográficos: estado-da-arte no cenário internacional.

Leia mais

WatchKey. WatchKey USB PKI Token. Versão Windows. Manual de Instalação e Operação

WatchKey. WatchKey USB PKI Token. Versão Windows. Manual de Instalação e Operação WatchKey WatchKey USB PKI Token Manual de Instalação e Operação Versão Windows Copyright 2011 Watchdata Technologies. Todos os direitos reservados. É expressamente proibido copiar e distribuir o conteúdo

Leia mais

ICSP INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS DO PARANÁ FESP FUNDAÇÃO DE ESTUDOS SOCIAIS DO PARANÁ BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

ICSP INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS DO PARANÁ FESP FUNDAÇÃO DE ESTUDOS SOCIAIS DO PARANÁ BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ICSP INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS DO PARANÁ FESP FUNDAÇÃO DE ESTUDOS SOCIAIS DO PARANÁ BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO SISTEMAS DE CRIPTOGRAFIA CURITIBA 2006 2 CARLOS EDUARDO DOS SANTOS SISTEMAS

Leia mais

Criptografia e Certificação Digital

Criptografia e Certificação Digital Criptografia e Certificação Digital Conheça os nossos produtos em criptografia e certificação digital. Um deles irá atender às necessidades de sua instituição. Criptografia e Certificação Digital Conheça

Leia mais

OSRC Segurança em Redes de Computadores Módulo 09: Hash, ICP e SSL/TLS

OSRC Segurança em Redes de Computadores Módulo 09: Hash, ICP e SSL/TLS OSRC Segurança em Redes de Computadores Módulo 09: Hash, ICP e SSL/TLS Prof. Charles Christian Miers e-mail: charles.miers@udesc.br Problema Comunicações em redes de computadores, e principalmente em redes

Leia mais

fonte: http://www.nit10.com.br/dicas_tutoriais_ver.php?id=68&pg=0

fonte: http://www.nit10.com.br/dicas_tutoriais_ver.php?id=68&pg=0 Entenda o que é um certificado digital SSL (OPENSSL) fonte: http://www.nit10.com.br/dicas_tutoriais_ver.php?id=68&pg=0 1. O que é "Certificado Digital"? É um documento criptografado que contém informações

Leia mais

COMPARANDO O USO DO IPSEC E DO SSL/TLS EM VPN

COMPARANDO O USO DO IPSEC E DO SSL/TLS EM VPN Nome da Revista Vol., Nº. 0, Ano 2011 COMPARANDO O USO DO IPSEC E DO SSL/TLS EM VPN autor Marcelo Fontes marcelofontesfsa@yahoo.com.br RESUMO A VPN (Virtual Private Network) é uma forma simples e de baixo

Leia mais

Nome: Curso: Número:

Nome: Curso: Número: Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Departamento de Engenharia da Electrónica e das Telecomunicações e de Computadores MEIC/MEET Teste global - 1ª época de SRC - 2008/06/30 Seja preciso e conciso

Leia mais

Centro Universitário Fundação Santo André. Disciplina Redes de Computadores Módulo 07

Centro Universitário Fundação Santo André. Disciplina Redes de Computadores Módulo 07 Centro Universitário Fundação Santo André Disciplina Redes de Computadores Módulo 07 2006 V1.0 Conteúdo INVASÃO AMEAÇAS AMEAÇAS INVASÃO AÇÃO CRIMINOSA DE PESSOAS OU GRUPO DE PESSOAS, VISANDO A QUEBRA DE

Leia mais

Segurança e Sistemas Eletrônicos de Pagamentos" Prof. Msc. Adolfo Colares

Segurança e Sistemas Eletrônicos de Pagamentos Prof. Msc. Adolfo Colares Segurança e Sistemas Eletrônicos de Pagamentos" Prof. Msc. Adolfo Colares 1 Objetivos" n Descrever sistemas de pagamento para e- commerce " n Identificar os requisitos de segurança para pagamentos eletrônicos

Leia mais

ICP-EDU II. Módulo de HW e Serviços Seguros em Redes de Computadores. Projeto RNP/UFSC/Unicamp/UFMG. Portal: http://icpedu.labsec.ufsc.

ICP-EDU II. Módulo de HW e Serviços Seguros em Redes de Computadores. Projeto RNP/UFSC/Unicamp/UFMG. Portal: http://icpedu.labsec.ufsc. ICP-EDU II Módulo de HW e Serviços Seguros em Redes de Computadores Projeto RNP/UFSC/Unicamp/UFMG Rio de Janeiro, 10 de Agosto de 2004 Portal: http://icpedu.labsec.ufsc.br Sumário Objetivos ICP-EDU I e

Leia mais

Segurança da Informação e Proteção ao Conhecimento. Douglas Farias Cordeiro

Segurança da Informação e Proteção ao Conhecimento. Douglas Farias Cordeiro Segurança da Informação e Proteção ao Conhecimento Douglas Farias Cordeiro Criptografia Revisando A criptografia trata da escrita de um texto em códigos de forma a torná-lo incompreensível; A informação

Leia mais

Execícios de Revisão Redes de Computadores Edgard Jamhour. Filtros de Pacotes Criptografia SSL

Execícios de Revisão Redes de Computadores Edgard Jamhour. Filtros de Pacotes Criptografia SSL Execícios de Revisão Redes de Computadores Edgard Jamhour Filtros de Pacotes Criptografia SSL Exercício 1 Configure as regras do filtro de pacotes "E" para permitir que os computadores da rede interna

Leia mais

67 das 88 vagas no AFRF no PR/SC 150 das 190 vagas no TRF no PR/SC 150 das 190 vagas no TRF Conquiste sua vitória ao nosso lado

67 das 88 vagas no AFRF no PR/SC 150 das 190 vagas no TRF no PR/SC 150 das 190 vagas no TRF Conquiste sua vitória ao nosso lado Carreira Policial Mais de 360 aprovados na Receita Federal em 2006 67 das 88 vagas no AFRF no PR/SC 150 das 190 vagas no TRF no PR/SC 150 das 190 vagas no TRF Conquiste sua vitória ao nosso lado Apostila

Leia mais

TECNOLOGIA WEB. Segurança na Internet Aula 4. Profa. Rosemary Melo

TECNOLOGIA WEB. Segurança na Internet Aula 4. Profa. Rosemary Melo TECNOLOGIA WEB Segurança na Internet Aula 4 Profa. Rosemary Melo Segurança na Internet A evolução da internet veio acompanhada de problemas de relacionados a segurança. Exemplo de alguns casos de falta

Leia mais

Criptografia. 1. Introdução. 2. Conceitos e Terminologias. 2.1. Criptografia. 2.2. Criptoanálise e Criptologia. 2.3. Cifragem, Decifragem e Algoritmo

Criptografia. 1. Introdução. 2. Conceitos e Terminologias. 2.1. Criptografia. 2.2. Criptoanálise e Criptologia. 2.3. Cifragem, Decifragem e Algoritmo 1. Introdução O envio e o recebimento de informações são uma necessidade antiga, proveniente de centenas de anos. Nos últimos tempos, o surgimento da Internet e de tantas outras tecnologias trouxe muitas

Leia mais

Problema. Controle de Acesso Lógico e Físico. Controle de Acesso Físico. Definição. Localização do CPD. Localização do CPD

Problema. Controle de Acesso Lógico e Físico. Controle de Acesso Físico. Definição. Localização do CPD. Localização do CPD Problema Controle de Acesso Lógico e Físico Prof. Alexandre Beletti Ferreira Com as informações armazenadas em computadores interligados com outros computadores no mundo todo surgi a necessidade de uma

Leia mais

Nível de segurança de uma VPN

Nível de segurança de uma VPN VPN Virtual Private Network (VPN) é uma conexão segura baseada em criptografia O objetivo é transportar informação sensível através de uma rede insegura (Internet) VPNs combinam tecnologias de criptografia,

Leia mais

Manual de Transferências de Arquivos Para o DDA

Manual de Transferências de Arquivos Para o DDA Manual de Transferências de Arquivos Para o DDA - Março, 2009 - - 2 - DDA - Manual de transferência de arquivos CÂMARA INTERBANCÁRIA DE PAGAMENTOS - CIP Manual de Transferências de arquivos para o DDA

Leia mais

UM ESTUDO SOBRE CERTIFICADOS DIGITAIS COMO SOLUÇÃO DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

UM ESTUDO SOBRE CERTIFICADOS DIGITAIS COMO SOLUÇÃO DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO UM ESTUDO SOBRE CERTIFICADOS DIGITAIS COMO SOLUÇÃO DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Emerson Henrique Soares Silva Prof. Ms. Rodrigo Almeida dos Santos Associação Paraibana de Ensino Renovado - ASPER Coordenação

Leia mais

Internet Protocol Security (IPSec)

Internet Protocol Security (IPSec) Internet Protocol Security (IPSec) Segurança de Computadores IPSec - Introdução Preocupados com a insegurança na Internet o IETF (Internet Engineering Task Force) desenvolveu um conjunto de protocolos,

Leia mais

Segurança em Redes SSL (Secure Sockets Layer)

Segurança em Redes SSL (Secure Sockets Layer) Segurança em Redes SSL (Secure Sockets Layer) Redes de Comunicação de Dados Departamento de Engenharia da Electrónica e das Telecomunicações e de Computadores Instituto Superior de Engenharia de Lisboa

Leia mais

Criptografia e Segurança de Sistemas Informáticos

Criptografia e Segurança de Sistemas Informáticos Criptografia e Segurança de Sistemas Informáticos Gestão da Segurança da Informação Aplicações Correntes da Criptografia M. B. Barbosa mbb@di.uminho.pt Departamento de Informática Universidade do Minho

Leia mais

Centro Universitário Fundação Santo André. Disciplina Redes de Computadores Módulo 07

Centro Universitário Fundação Santo André. Disciplina Redes de Computadores Módulo 07 Centro Universitário Fundação Santo André Disciplina Redes de Computadores Módulo 07 Segurança em Redes de Computadores 2006 V1.0 Conteúdo INVASÃO AMEAÇAS RECURSOS DE PROTEÇÃO AMEAÇAS TÉCNICAS DE PROTEÇÃO

Leia mais

DOCUMENTOS E DINHEIRO ELETRÔNICO COM SMART CARDS UTILIZANDO A TECNOLOGIA JAVA CARD. Cleber Giovanni Suavi Orientador: Marcel Hugo

DOCUMENTOS E DINHEIRO ELETRÔNICO COM SMART CARDS UTILIZANDO A TECNOLOGIA JAVA CARD. Cleber Giovanni Suavi Orientador: Marcel Hugo DOCUMENTOS E DINHEIRO ELETRÔNICO COM SMART CARDS UTILIZANDO A TECNOLOGIA JAVA CARD Cleber Giovanni Suavi Orientador: Marcel Hugo Roteiro introdução objetivos relevância fundamentação teórica smart cards

Leia mais

MERC. Aplicações e Implementações de Algoritmos Criptográficos. Relatório Pormenorizado. Grupo 1 : Bernardo Simões 63503 Guilherme Vale 64029

MERC. Aplicações e Implementações de Algoritmos Criptográficos. Relatório Pormenorizado. Grupo 1 : Bernardo Simões 63503 Guilherme Vale 64029 MERC Aplicações e Implementações de Algoritmos Criptográficos Relatório Pormenorizado Grupo 1 : Bernardo Simões 63503 Guilherme Vale 64029 Introdução No projecto de AISS foi nos pedido para desenvolver

Leia mais

Questionário de RC Nota3

Questionário de RC Nota3 Questionário de RC Nota3 Entrega: Individual e escrita à mão. Data de entrega: 30/10. Em todas as questões deverão constar o desenvolvimento da sua resposta, caso contrário a questão será desconsiderada.

Leia mais

IPSec. IPSec Internet Protocol Security OBJETIVO ROTEIRO ROTEIRO

IPSec. IPSec Internet Protocol Security OBJETIVO ROTEIRO ROTEIRO OBJETIVO Internet Protocol Security Antonio Abílio da Costa Coutinho José Eduardo Mendonça da Fonseca Apresentar conceitos sobre segurança em redes de comunicação de dados, relacionados ao Protocolo (Internet

Leia mais

Comunicado. Ataque LogJam - Nova vulnerabilidade no SSL/TLS. www.certisign.com.br

Comunicado. Ataque LogJam - Nova vulnerabilidade no SSL/TLS. www.certisign.com.br Ataque LogJam - Nova vulnerabilidade no SSL/TLS O que está acontecendo? O setor de TI recentemente tem divulgando diversos ataques sobre os protocolos de criptografia. E na última semana, foi descoberta

Leia mais

Segurança e Auditoria de Sistemas. Segurança de Redes VPN - Virtual Private Network

Segurança e Auditoria de Sistemas. Segurança de Redes VPN - Virtual Private Network Segurança e Auditoria de Sistemas Segurança de Redes VPN - Virtual Private Network Prof. Me Willians Bueno williansbueno@gmail.com UNIFEB/2013 INTRODUÇÃO; ROTEIRO APLICAÇÕES; VANTAGENS; CARACTERÍSTICAS;

Leia mais