Número 3 Dez notas (à mão elevada) sobre a nova ordem simbólica Leonardo Gorostiza / Editorial Flory Kruger

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Número 3 Dez notas (à mão elevada) sobre a nova ordem simbólica Leonardo Gorostiza / Editorial Flory Kruger"

Transcrição

1 Septiembre 2011 / Número 3 Editorial / Dez notas (à mão elevada) sobre a nova ordem simbólica. Leonardo Gorostiza / Imprensa e difusão / Internet e Página Web/ Inscrições /Hospedagem e Turismo / Zaha Hadid Editorial Este terceiro número de Hurry Up lhes trará várias novidades. Em primeiro lugar e como a melhor expressão da Escola Una, as 10 notas à mão levantada que Leonardo Gorostiza escreveu enquanto escutava a conferência que nosso querido amigo, Oscar Ventura, nos transmitiu em Buenos Aires, na primeira noite preparatória ao Congresso. Notas que depois leu no Brasil, por ocasito do Congresso que a EBP realizou em Tiradentes. A outra novidade importante é a carta que recebemos assinada pela Presidência da Nação, declarando o nosso Congresso, de interesse cultural, reconhecimento que nos devolve a envergadura que tem em nosso país, a presença da Psicanálise de Orientação Lacaniana. Outro avanço para a comodidade de nossos colegas é a inclusão da inscrição via internet, com cartões de crédito. Neste boletim, vocês poderão encontrar a explicação detalhada de como realizá-la. Da Secretaria de Hospedagem e Turismo, lhes apresentamos a agência que será responsável por encontrar as melhores alternativas para sua estadia em nossa cidade. E como encerramento do Hurry Up, outra mostra deslumbrante da arquitetura do Século XXI. Tradução: Mª Cristina Maia Fernandes Flory Kruger Nos dias 29 e 30 do passado mês de abril, aconteceu na cidade de Tiradentes, Brasil, o IX Congresso da EBP, convocado sob o título "Os limites do simbólico". As notas de Leonardo Gorostiza que reproduzimos a seguir foram publicadas em Um por Um n 123, Boletim Preparatório do citado Congresso, que marcou o início do trabalho na EBP rumo a Buenos Aires Nelas, vocês poderão ler algumas ideias suscitadas pela conferência que Oscar Ventura, membro da ELP, ofereceu na EOL poucos dias antes, no marco das atividades preparatórias ao próximo Congresso da AMP. Pode-se perceber, deste modo e neste caso particular, como a transferência de trabalho suscitada entre membros de distintas Escolas da AMP é, ao mesmo tempo, aquilo que dá vida ao laço na Escola Una.

2 Dez notas (à mão elevada) sobre a nova ordem simbólica Leonardo Gorostiza O que se segue são algumas notas suscitadas à mão elevada pela escuta da conferência de Oscar Ventura. 1) Oscar Ventura começou dizendo que a primeira vez que viu o cartaz do Congresso demorou a orientar-se. Bom sinal. Não há nada de mal que o cartaz sobre a ordem simbólica no século XXI provoque esse efeito. É como se evocasse no espectador, algo do sujeito desorientado que em nossa época precisa da bússola das identificações do passado. Se bem me recordo, O homem desbussolado foi a fórmula proposta há anos por Jorge Forbes para designá-lo. 2) Nova ordem simbólica? Podemos chamar o que nesta época ocorre - estritamente falando - uma nova ordem? O termo ordem pressupõe sempre uma articulação entre elementos. Segundo a hipótese de Jacques-Alain Miller em Uma fantasia, os elementos do discurso hipermoderno estão disjuntos, quer dizer, não estão articulados no que chamamos especificamente um discurso. Nesta perspectiva, a instalação do discurso analítico implica, sim, uma articulação, quer dizer, uma ordem, mas uma ordem que não se confunde nem com a ordem da lei de ferro da época nem com a ordem do Nome do Pai. Tratase de uma nova ordem: a articulação dos elementos em um discurso que não guarda com o real (o real analítico), uma relação de desconhecimento. 3) Se o discurso do mestre da contemporaneidade já não é o avesso do discurso psicanalítico, como isto afeta a operação analítica? Uma primeira resposta possível: o acento já não cairá tanto sobre o efeito de desidentificação, mas sobre a produção de significantes sintomáticos. É uma operação que tem como horizonte, a identificação ao sintoma. Bem entendido, não se trata de que o discurso analítico deixe de operar por des-identificação (por exemplo: identidades de gênero, grupos monossintómaticos ou categorias diagnósticas da época), mas o acento recairá na produção dos S1 singulares, a partir dos quais, o sujeito poderá encontrar uma orientação dada pelo limite do simbólico com o real como impossível. 4) Oscar Ventura introduziu como diferença com a narração clássica, a escritura de Joyce que chamou uma letra ilegível, mas, a partir da qual, o fora de sentido pode ser lido. Interessante para pensar suas consequencias sobre a interpretação analítica que, nesta perspectiva, pode ser concebida como uma leitura que não é do sentido. 5) Ao caracterizar alguns traços da época, nomeou a alucinação do novo e do rápido. Se damos ao termo alucinação todo seu alcance, como entendê-lo? Algo a trabalhar.

3 6) Se, como diz Lacan em Encore, a invenção do inconsciente freudiano não foi senão um ato de caridade com a espécie dos seres falantes e Freud afirmou que a psicanálise não haveria visto a luz a não ser que houvesse produzido antes o declínio das religiões, não poderíamos, por acaso, dizer que a invenção do inconsciente freudiano foi, de certo modo, a invenção de uma nova ordem simbólica? A congruência colocada por Lacan entre o inconsciente freudiano e o discurso do mestre parece confirmar. 7) Oscar Ventura postulou que a tecnociência é o que, na contemporaneidade, ocupa o lugar de uma ordem simbólica consistente. Pode-se chamar isso, estritamente falando, uma ordem simbólica? Se pensarmos que a tecnociência, na realidade, ocupa o lugar do sujeito suposto saber e subverte a ordem simbólica, poderíamos concluir que a tecnociência - ao dirigir-se a para todos de um universal e subverter a ordem simbólica tradicional (Nome do Pai), que é como as tradições, da ordem do particular - introduz um funcionamento afim à psicose: o sujeito suposto saber sem a limitação do sem sentido do Nome do Pai. 8) A menção aos efeitos sobre a noção de garantia na contemporaneidade poderia nos orientar a pensar como influi a nova ordem sobre as garantias da Escola. A garantia do passe, o título de AE fundado na série dos uns da identificação ao sintoma, parece adequar-se bem à época. Enquanto o título de AME - que Lacan situava em relação ao Pai e ao Outro consistente do piso inferior do grafo, como uma garantia simbólica ligada ao reconhecimento - não parece tanto. Questão para trabalhar na AMP: os limites da garantia simbólica. 9) A menção aos efeitos da nova ordem sobre o trabalho de luto é um ponto destacável. O rechaço de dito trabalho através do que Oscar Ventura chamou uma substituição fulminante correlativa ao empuxo a levar o objeto no bolso e como dita presença do objeto no mundo tem por correlato, a angústia generalizada, abre uma via interessante para indagar o valor e o lugar da perda neste século e como isso afeta a prática analítica. 10) Finalmente, durante a discussão, nossa colega da EOL, Silvia Botto, introduziu a pergunta sobre se já podemos falar das consequências sobre a cura da ordem simbólica no século XXI, quando na realidade, só transcorreu uma década e contamos com o ensino de Lacan que se realizou no século XX. Não se trata de que devemos inventar algo, nós mesmos?, acrescentou. Penso que o acento posto no título do próximo Congresso da AMP sobre este século, é preciso lê-lo no sentido de que, sim, cabe a nós inventar a prática lacaniana deste novo século e que, para isso, contamos com dois pontos de apoio: o último ensino de Lacan e a elucidação que nos últimos anos, propõe Jacques-Alain Miller. Entendo que esta tarefa de invenção será o eixo central do Congresso da AMP Imprensa e difusão

4 Estimados colegas, Temos a satisfação de lhes informar que a SECRETARIA DE CULTURA DA PRESIDÊNCIA DA NAÇÃO resolveu auspiciar e declarar de interesse cultural, o VIII CONGRESSO DA ASSOCIAÇÃO MUNDIAL DE PSICANÁLISE: A ORDEM SIMBÓLICA NO SÉCULO XXI. NÃO É MAIS O QUE ERA. QUE CONSEQUÊNCIAS PARA A CURA? Secretaria de Imprensa e Difusão Marisa Morao Inscrições Estimados colegas: A inscrição para o Congresso 2012 já está disponível na página e pode ser feita por meio dos cartões Visa, Mastercard e American Express, em um pagamento sem juros, 3, 6, 9 ou 12 pagamentos com juros. Brevemente vocês também poderão fazer a inscrição em seu idioma. A cota de inscrições é limitada, em função da capacidade do Hotel Hilton onde o Congresso será realizado. Os Membros da AMP terão prioridade de inscrição, até o mês de novembro. Por esta razão sugerimos que vocês se inscrevam com antecedência, pois já estamos recebendo alto número de inscrições. Saudações cordiais. Patricio Alvarez, Tesoureiro da Comissão Organizadora Hospedagem e Turismo Continuamos organizando todo o necessário para que a semana de trabalho em Buenos Aires seja a mais prazerosa possível. Nossa secretaria contará com a colaboração de uma agência de turismo receptiva que já está trabalhando na busca de hotéis adequados à medida de cada um. Queremos lhes informar que contamos com uma quantia limitada de apartamentos no Hotel Hilton com tarifa especial, à disposição de todos os inscritos no Congresso.

5 As tarifas são realmente interessantes, ao que se soma a comodidade de hospedar-se no local do Congresso, com arredores lindíssimos, como é obairro portenho de Puerto Madero. Vocês podem se informar e fazer as reservas através da internet, ingresando no link Hospedagem e turismo. Lá, encontrarão os dados da agência de turismo Equinoxe. A agência terá uma pessoa dedicada a responder todas as suas inquietudes e necessidades: reserva de hotéis, passeios pela cidade, saidas noturnas, assessoramento sobre espetáculos e eventos culturais e, para os que desejam conhecer nosso bonito país, a agência tem preparados, vários pacotes de mini-turismo que vocês poderão consultar. Além disso, eles poderão resolver para vocês, tudo o que necessitarem sobre reservas e vendas de passagens aéreas e terrestres. Durante o congresso, contaremos com um lugar destinado à agencia que todos os colegas poderão consultar para solucionar os problemas que se apresentem. Não duvidem em consultar!!! Analía Trachter, Secretaria de Hospedagem e Turismo Internet e Página Web Continuamos incentivando a participação através de nosso Facebook. Mais de impressões, quer dizer, visitas ao site, e sua informação mostram o interesse suscitado pelo Congresso.

6 Zaha Hadid, arquiteta iraniana, diva do desenho internacional. Logrou que seus projetos sejam dos mais cobiçados e esperados do mundo. Pelos mais remotos lugares, todas as escalas e campos do desenho, joias, calçados, indumentária, acessórios, automóveis, edifícios e cidades hoje levam a marca de seu provocativo selo morfológico. Em seus primeiros anos, exibe um enorme desenvolvimento teórico de ideias que geram um enorme atrativo e uma grande incerteza, devido à dificuldade de levar a cabo, essas novas construções. Formada em pleno apogeu do conservador revisionismo histórico pós-moderno, transita um caminho discordante que propõe, a partir da corrente desconstrutivista, uma releitura da modernidade. Sua obra apresenta um tratamento topográfico do solo absolutamente inovador e particular. Desafia todos os convencionalismos, assim como as noções do espaço. Transmite uma sensação de energia com linhas dinâmicas e referiu inspirar-se em temas orgânicos ou da natureza, para a concepção de sua obra. Sua visão da arquitetura é, antes de tudo, otimista: A arquitetura é realmente sobre o bem estar. Creio que as pessoas querem se sentir bem em um espaço. Por um lado, se trata de habitação, mas também de prazer O projeto do Centro de artes cênicas de Abu Dhabi nos Emirados Árabes do ano de 2007 inclui cinco espaços para música, concertos, teatro, ópera e um polivalente com uma capacidade de assentos. A sala principal de concertos encontra-se no nível inferior, debaixo dos outros quatro teatros, permitindo a entrada da luz solar e umas vistas dramáticas sobre o mar em uma janela enorme, exatamente atrás do cenário. Cada teatro tem sua própria sala de espera orientada para o mar, com a intenção de permitir ao visitante, o contato permanente com seu entorno. A autora disse do edifício: "Enquanto se retorce no lugar, a arquitetura se incrementa em complexidade, ganhando em altura e profundidade e alcançando múltiplas alturas nos corpos que albergam os espaços de espetáculo, os quais brotam da estrutura, como frutos em um vinhedo e se enfrentam ao oeste, em direção à água". Tradução: Mª Cristina Maia Fernandes

Junho 2011 / Número 2

Junho 2011 / Número 2 Junho 2011 / Número 2 A toda força Eventos e Relações Públicas / Hospedagem e turismo Internet e Página Web / Livraria / Imprensa e divulgação Relações Internacionais / Tesouraria / Salas e Som / Secretaria

Leia mais

CLINICA DA ANSIEDADE: Um projeto terapêutico

CLINICA DA ANSIEDADE: Um projeto terapêutico CLINICA DA ANSIEDADE: Um projeto terapêutico De nossos antecedentes Existem instituições onde a psicanálise aplicada da orientação lacaniana tem lugar há muitos anos, como é o caso do Courtil e L Antenne

Leia mais

Almanaque on-line entrevista Uma questão para a AMP-América

Almanaque on-line entrevista Uma questão para a AMP-América Almanaque on-line entrevista Uma questão para a AMP-América Entrevistada: Elisa Alvarenga Diretora Geral do IPSM-MG e Presidente da FAPOL (Federação Americana de Psicanálise de Orientação Lacaniana). E-mail:

Leia mais

Introdução. instituição. 1 Dados publicados no livro Lugar de Palavra (2003) e registro posterior no banco de dados da

Introdução. instituição. 1 Dados publicados no livro Lugar de Palavra (2003) e registro posterior no banco de dados da Introdução O interesse em abordar a complexidade da questão do pai para o sujeito surgiu em minha experiência no Núcleo de Atenção à Violência (NAV), instituição que oferece atendimento psicanalítico a

Leia mais

ISSO NÃO ME FALA MAIS NADA! (SOBRE A POSIÇÃO DO ANALISTA NA DIREÇÃO DA CURA) 1

ISSO NÃO ME FALA MAIS NADA! (SOBRE A POSIÇÃO DO ANALISTA NA DIREÇÃO DA CURA) 1 ISSO NÃO ME FALA MAIS NADA! (SOBRE A POSIÇÃO DO ANALISTA NA DIREÇÃO DA CURA) 1 Arlete Mourão 2 Essa frase do título corresponde à expressão utilizada por um ex-analisando na época do final de sua análise.

Leia mais

Hurry up! / 25. VIII Congreso AMP. 23-27 de abril 2012 / Hotel Hilton. Macacha Guemes 351 Puerto Madero Buenos Aires Argentina

Hurry up! / 25. VIII Congreso AMP. 23-27 de abril 2012 / Hotel Hilton. Macacha Guemes 351 Puerto Madero Buenos Aires Argentina Hurry up! / 25 VIII Congreso AMP 23-27 de abril 2012 / Hotel Hilton Macacha Guemes 351 Puerto Madero Buenos Aires Argentina Futebol e tango em uma só noite. Dois expoentes do que há de mais profundo da

Leia mais

Clínica psicanalítica com crianças

Clínica psicanalítica com crianças Clínica psicanalítica com crianças Ana Marta Meira* A reflexão sobre a clínica psicanalítica com crianças aponta para múltiplos eixos que se encontram em jogo no tratamento, entre estes, questões referentes

Leia mais

Do todos iguais ao um por um Oscar Zack

Do todos iguais ao um por um Oscar Zack Opção Lacaniana online nova série Ano 2 Número 6 novembro 2011 ISSN 2177-2673 Oscar Zack O espetáculo não é um conjunto de imagens, mas uma relação social entre as pessoas mediatizadas pelas imagens. Guy

Leia mais

APO TAME TOS SOBRE A A GÚSTIA EM LACA 1

APO TAME TOS SOBRE A A GÚSTIA EM LACA 1 APO TAME TOS SOBRE A A GÚSTIA EM LACA 1 Elza Macedo Instituto da Psicanálise Lacaniana IPLA São Paulo, 2008 A angústia é um afeto Lacan (2005) dedica o Seminário de 1962-1963 à angústia. Toma a experiência

Leia mais

O desenho e sua interpretação: quem sabe ler?

O desenho e sua interpretação: quem sabe ler? O desenho e sua interpretação: quem sabe ler? Sonia Campos Magalhães Em seu artigo Uma dificuldade da psicanálise de criança, Colette Soler 1 lança uma questão aos psicanalistas que se ocupam desta prática,

Leia mais

A ética na pesquisa com seres humanos sob um ponto de vista psicanalítico

A ética na pesquisa com seres humanos sob um ponto de vista psicanalítico 1 A ética na pesquisa com seres humanos sob um ponto de vista psicanalítico Samyra Assad Foi a oportunidade de falar sobre o tema da ética na pesquisa em seres humanos, que me fez extrair algumas reflexões

Leia mais

Desdobramentos: A mulher para além da mãe

Desdobramentos: A mulher para além da mãe Desdobramentos: A mulher para além da mãe Uma mulher que ama como mulher só pode se tornar mais profundamente mulher. Nietzsche Daniela Goulart Pestana Afirmar verdadeiramente eu sou homem ou eu sou mulher,

Leia mais

2- Ruptura com o Gozo Fálico: como Pensar a Neurose e a Psicose em Relação à Toxicomania?

2- Ruptura com o Gozo Fálico: como Pensar a Neurose e a Psicose em Relação à Toxicomania? 2- Ruptura com o Gozo Fálico: como Pensar a Neurose e a Psicose em Relação à Toxicomania? Giselle Fleury(IP/UERJ), Heloisa Caldas(IP/UERJ) Para pensar, neste trabalho, a neurose e a psicose em relação

Leia mais

Clínica Psicanalítica e Ambulatório de Saúde Mental

Clínica Psicanalítica e Ambulatório de Saúde Mental Clínica Psicanalítica e Ambulatório de Saúde Mental Trabalho apresentado na IV Jornada de Saúde Mental e Psicanálise na PUCPR em 21/11/2009. A prática da psicanálise em ambulatório de saúde mental pode

Leia mais

O REAL DA LÍNGUA O REAL DA HISTÓRIA considerações a partir do texto La Lengua de Nunca Acabar. Pêcheux e Gadet (1987)

O REAL DA LÍNGUA O REAL DA HISTÓRIA considerações a partir do texto La Lengua de Nunca Acabar. Pêcheux e Gadet (1987) O REAL DA LÍNGUA O REAL DA HISTÓRIA considerações a partir do texto La Lengua de Nunca Acabar. Pêcheux e Gadet (1987) Blanca de Souza Viera MORALES (UFRGS) Para Pêcheux e Gadet a lingüística não pode reduzir-se

Leia mais

Transferência e desejo do analista: os nomes do amor na experiência analítica ou Amar é dar o que não se tem

Transferência e desejo do analista: os nomes do amor na experiência analítica ou Amar é dar o que não se tem 1 Transferência e desejo do analista: os nomes do amor na experiência analítica ou Amar é dar o que não se tem Palavras-chave: Transferência, Desejo do analista, Formação Que haja amor à fraqueza, está

Leia mais

A fala freada Bernard Seynhaeve

A fala freada Bernard Seynhaeve Opção Lacaniana online nova série Ano 1 Número 2 Julho 2010 ISSN 2177-2673 Bernard Seynhaeve Uma análise é uma experiência de solidão subjetiva. Ela pode ser levada suficientemente longe para que o analisante

Leia mais

De: Alina Fernandes Enviado: sexta-feira, 19 de Abril de 2013 14:58 Para: ijportugal@pt.intrum.com Assunto: Regularização de valores relativos a serviços CABOVISÃO - SOC. TELEVISÃO

Leia mais

Latusa digital ano 0 N 2 setembro de 2003

Latusa digital ano 0 N 2 setembro de 2003 Latusa digital ano 0 N 2 setembro de 2003 O forçamento da psicanálise * Ruth Helena Pinto Cohen ** A ciência moderna tende a excluir a poética de seu campo e a psicanálise, a despeito de ter nascido a

Leia mais

Latusa digital ano 2 N 19 outubro de 2005

Latusa digital ano 2 N 19 outubro de 2005 Latusa digital ano 2 N 19 outubro de 2005 Sinthoma e fantasia fundamental no caso do homem dos ratos * Cleide Maschietto Doris Rangel Diogo ** O Homem dos ratos 1 é um caso de neurose muito comentado,

Leia mais

Considerações sobre a elaboração de projeto de pesquisa em psicanálise

Considerações sobre a elaboração de projeto de pesquisa em psicanálise Considerações sobre a elaboração de projeto de pesquisa em psicanálise Manoel Tosta Berlinck Um projeto de pesquisa é um objeto escrito que resulta de um processo de elaboração, esclarecimento e precisão.

Leia mais

O corpo para a psicanálise: notas sobre inibição e psicossomática. 1

O corpo para a psicanálise: notas sobre inibição e psicossomática. 1 O corpo para a psicanálise: notas sobre inibição e psicossomática. 1 Miriam A. Nogueira Lima 2 1ª - O corpo para a psicanálise é o corpo afetado pela linguagem. Corpo das trocas, das negociações. Corpo

Leia mais

A importância teórica e prática do ensino de Jacques Lacan Palavras-chaves: Lacan, ensino, subversão, orientação. Zelma Abdala Galesi

A importância teórica e prática do ensino de Jacques Lacan Palavras-chaves: Lacan, ensino, subversão, orientação. Zelma Abdala Galesi A importância teórica e prática do ensino de Jacques Lacan Palavras-chaves: Lacan, ensino, subversão, orientação. Zelma Abdala Galesi As inúmeras homenagens prestadas durante o ano de 2001, ao centenário

Leia mais

Freud, S. Inibições, sintomas e ansiedade (1925). Em: Obras completas. Rio de Janeiro: Imago, 1969. 2

Freud, S. Inibições, sintomas e ansiedade (1925). Em: Obras completas. Rio de Janeiro: Imago, 1969. 2 DAR CORPO AO SINTOMA NO LAÇO SOCIAL Maria do Rosário do Rêgo Barros * O sintoma implica necessariamente um corpo, pois ele é sempre uma forma de gozar, forma substitutiva, como Freud bem indicou em Inibição,

Leia mais

Adolescência Márcio Peter de Souza Leite (Apresentação feita no Simpósio sobre Adolescência- Rave, EBP, abril de 1999, na Faculdade de Educação da

Adolescência Márcio Peter de Souza Leite (Apresentação feita no Simpósio sobre Adolescência- Rave, EBP, abril de 1999, na Faculdade de Educação da Adolescência 1999 Adolescência Márcio Peter de Souza Leite (Apresentação feita no Simpósio sobre Adolescência- Rave, EBP, abril de 1999, na Faculdade de Educação da USP) O que é um adolescente? O adolescente

Leia mais

Este texto é parte do Diseño Curricular para la Educación Primaria

Este texto é parte do Diseño Curricular para la Educación Primaria Este texto é parte do Diseño Curricular para la Educación Primaria Tradução livre para fins didáticos Dirección General de Cultura e Educación de la Provincia de Buenos Aires, 2008. Equipe de especialista

Leia mais

Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura e Teatro de Anônimo apresentam

Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura e Teatro de Anônimo apresentam Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura e Teatro de Anônimo apresentam EDITAL DO PROCESSO DE SELEÇÃO PROGRAMA POLO CARIOCA DE CIRCO CASA ESCOLA BENJAMIM Inscrições Abertas!

Leia mais

A sua revista eletrônica CONTEMPORANEIDADE E PSICANÁLISE 1

A sua revista eletrônica CONTEMPORANEIDADE E PSICANÁLISE 1 A sua revista eletrônica CONTEMPORANEIDADE E PSICANÁLISE 1 Patrícia Guedes 2 Comemorar 150 anos de Freud nos remete ao exercício de revisão da nossa prática clínica. O legado deixado por ele norteia a

Leia mais

Considerações acerca da transferência em Lacan

Considerações acerca da transferência em Lacan Considerações acerca da transferência em Lacan Introdução Este trabalho é o resultado um projeto de iniciação científica iniciado em agosto de 2013, no Serviço de Psicologia Aplicada do Instituto de Psicologia

Leia mais

Reconhecida como uma das maiores autoridades no campo da análise infantil na

Reconhecida como uma das maiores autoridades no campo da análise infantil na 48 1.5. Aberastury: o nascimento de um neo-kleinianismo Reconhecida como uma das maiores autoridades no campo da análise infantil na Argentina, Arminda Aberastury fazia parte do grupo de Angel Garma, que

Leia mais

Instituto Nacional de Estatística de Cabo Verde Estatísticas do Turismo Movimentação de Hóspedes 1º Tr. 2015

Instituto Nacional de Estatística de Cabo Verde Estatísticas do Turismo Movimentação de Hóspedes 1º Tr. 2015 1 FICHA TÉCNICA Presidente António dos Reis Duarte Editor Instituto Nacional de Estatística Direcção de Método e Gestão de Informação Serviço de Conjuntura Direcção de Contas Nacionais, Estatísticas Económicas

Leia mais

Novos fundamentos para a psicanálise: Teoria da feminilidade generalizada

Novos fundamentos para a psicanálise: Teoria da feminilidade generalizada Novos fundamentos para a psicanálise: Teoria da feminilidade generalizada 2001 Novos fundamentos para a psicanálise: Teoria da feminilidade generalizada Márcio Peter de Souza Leite Conteúdo Argumento...

Leia mais

Contardo Calligaris. Introdução a uma Clínica Diferencial das Psicoses. z Zagodoni. 2 a edição. Editora

Contardo Calligaris. Introdução a uma Clínica Diferencial das Psicoses. z Zagodoni. 2 a edição. Editora Contardo Calligaris Introdução a uma Clínica Diferencial das Psicoses 2 a edição z Zagodoni Editora Copyright 2013 by Contardo Calligaris Todos os direitos desta edição reservados à Zagodoni Editora Ltda.

Leia mais

Novas possibilidades de leituras na escola

Novas possibilidades de leituras na escola Novas possibilidades de leituras na escola Mariana Fernandes Valadão (UERJ/EDU/CNPq) Verônica da Rocha Vieira (UERJ/EDU/CNPq) Eixo 1: Leitura é problema de quem? Resumo A nossa pesquisa pretende discutir

Leia mais

MOURA, Marisa Decat de (ORG). Psicanálise e hospital 3 Tempo e morte: da urgência ao ato analítico. Revinter: Rio de Janeiro, 2003.

MOURA, Marisa Decat de (ORG). Psicanálise e hospital 3 Tempo e morte: da urgência ao ato analítico. Revinter: Rio de Janeiro, 2003. MOURA, Marisa Decat de (ORG). Psicanálise e hospital 3 Tempo e morte: da urgência ao ato analítico. Revinter: Rio de Janeiro, 2003. Prefácio Interessante pensar em um tempo de começo. Início do tempo de

Leia mais

Título: Entrevista com Luis Darío Salamone

Título: Entrevista com Luis Darío Salamone Título: Entrevista com Luis Darío Salamone Autor: Didier Velásquez Vargas Psicanalista em Medellín, Colômbia. Psychoanalyst at Medellín, Colômbia. E-mail: didiervelasquezv@une.net.co Resumo: Entrevista

Leia mais

RESENHA. SANTAELLA, L. Por que as comunicações e as artes estão convergindo? São Paulo: Paulus, 2005.

RESENHA. SANTAELLA, L. Por que as comunicações e as artes estão convergindo? São Paulo: Paulus, 2005. 1 RESENHA Mónica Santos Pereira Defreitas 1 SANTAELLA, L. Por que as comunicações e as artes estão convergindo? São Paulo: Paulus, 2005. O livro de Lúcia Santaella, Por que as comunicações e as artes estão

Leia mais

Ser mãe hoje. Cristina Drummond. Palavras-chave: família, mãe, criança.

Ser mãe hoje. Cristina Drummond. Palavras-chave: família, mãe, criança. Ser mãe hoje Cristina Drummond Palavras-chave: família, mãe, criança. Hoje em dia, a diversidade das configurações familiares é um fato de nossa sociedade. Em nosso cotidiano temos figuras cada vez mais

Leia mais

Instituto Nacional de Estatística de Cabo Verde Estatísticas do Turismo Movimentação de Hospedes 2º Trimestre 2015

Instituto Nacional de Estatística de Cabo Verde Estatísticas do Turismo Movimentação de Hospedes 2º Trimestre 2015 FICHA TÉCNICA Presidente António dos Reis Duarte Editor Instituto Nacional de Estatística Direcção de Contas Nacionais, Estatísticas Económicas e dos Serviços Divisão de Estatísticas do Turismo Av. Amilcar

Leia mais

Márcio Peter de Souza Leite 4 de abril de 1997 PUC

Márcio Peter de Souza Leite 4 de abril de 1997 PUC O Pai em Freud 1997 O Pai em Freud Márcio Peter de Souza Leite 4 de abril de 1997 PUC Conteudo: Pais freudianos... 3 O pai de Dora... 3 O pai de Schreber.... 4 O pai castrador, que é o terceiro em Freud,

Leia mais

Os princípios da prática analítica com crianças

Os princípios da prática analítica com crianças Os princípios da prática analítica com crianças Cristina Drummond Palavras-chave: indicação, tratamento, criança, princípios. As indicações de um tratamento para crianças Gostaria de partir de uma interrogação

Leia mais

Matemática Financeira II

Matemática Financeira II Módulo 3 Unidade 8 Matemática Financeira II Para início de conversa... Passagens de ônibus ficam mais caras este mês Vitor Ferri (vferri@redegazeta.com.br)_ Redação Multimídia A Agência Nacional de Saúde

Leia mais

1. Você conhecia a história do bairro de Pinheiros? sim não 4 19

1. Você conhecia a história do bairro de Pinheiros? sim não 4 19 1. Você conhecia a história do bairro de Pinheiros? sim não 4 19 Você conhecia a história do bairro de Pinheiros? sim 17% não 83% 2. O que achou da transformação do Largo de Pinheiros? Diferente, muito

Leia mais

O Planejamento Participativo

O Planejamento Participativo O Planejamento Participativo Textos de um livro em preparação, a ser publicado em breve pela Ed. Vozes e que, provavelmente, se chamará Soluções de Planejamento para uma Visão Estratégica. Autor: Danilo

Leia mais

Elvira Cristina de Azevedo Souza Lima' A Utilização do Jogo na Pré-Escola

Elvira Cristina de Azevedo Souza Lima' A Utilização do Jogo na Pré-Escola Elvira Cristina de Azevedo Souza Lima' A Utilização do Jogo na Pré-Escola Brincar é fonte de lazer, mas é, simultaneamente, fonte de conhecimento; é esta dupla natureza que nos leva a considerar o brincar

Leia mais

UMA ANÁLISE DISCURSIVA DE DICIONÁRIOS* Joelma Aparecida Bressanin joelmaab@hotmail.com Doutoranda Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT)

UMA ANÁLISE DISCURSIVA DE DICIONÁRIOS* Joelma Aparecida Bressanin joelmaab@hotmail.com Doutoranda Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT) Introdução UMA ANÁLISE DISCURSIVA DE DICIONÁRIOS* Joelma Aparecida Bressanin joelmaab@hotmail.com Doutoranda Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT) O projeto História das Ideias Linguísticas 1

Leia mais

SEÇÃO ENTREVISTA A INICIAÇÃO CIENTÍFICA E A PUBLICAÇÃO NA GRADUAÇÃO COMO MEIOS DE QUALIDADE NA FORMAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR JOSÉ ROBERTO RUS PEREZ

SEÇÃO ENTREVISTA A INICIAÇÃO CIENTÍFICA E A PUBLICAÇÃO NA GRADUAÇÃO COMO MEIOS DE QUALIDADE NA FORMAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR JOSÉ ROBERTO RUS PEREZ Revista Eventos Pedagógicos v.5, n.4 (13. ed.), número regular, p. 115-121, nov./dez. 2014 SEÇÃO ENTREVISTA A INICIAÇÃO CIENTÍFICA E A PUBLICAÇÃO NA GRADUAÇÃO COMO MEIOS DE QUALIDADE NA FORMAÇÃO DE ENSINO

Leia mais

REGULAMENTO 6º CONCURSO DE LEITORES - 2015

REGULAMENTO 6º CONCURSO DE LEITORES - 2015 REGULAMENTO 6º CONCURSO DE LEITORES - 2015 APRESENTAÇÃO A prefeitura Municipal de Colatina através da Secretaria Municipal de Cultura e da Biblioteca Municipal promove o 6º CONCURSO DE LEITORES, com a

Leia mais

I FESTIVAL HIP HOP/ STREET DANCE CAMPOS DOS GOYTACAZES

I FESTIVAL HIP HOP/ STREET DANCE CAMPOS DOS GOYTACAZES I FESTIVAL HIP HOP/ STREET DANCE CAMPOS DOS GOYTACAZES A dança tem se mostrado uma referência Nacional e Internacional na cidade de Campos dos Goytacazes. O I festival aberto de Hip Hop /Street dance,

Leia mais

Senhor Presidente. Senhor Presidente,

Senhor Presidente. Senhor Presidente, Intervenção proferida pelo Deputado Clélio Meneses aquando da discussão do Plano e Orçamento para 2012. Senhor Presidente Senhoras e Senhores Deputados Senhor Presidente, Senhora e Senhores Membros do

Leia mais

Devastação: um nome para dor de amor Gabriella Dupim e Vera Lopes Besset

Devastação: um nome para dor de amor Gabriella Dupim e Vera Lopes Besset Opção Lacaniana online nova série Ano 2 Número 6 novembro 2011 ISSN 2177-2673 Gabriella Dupim e Vera Lopes Besset No início da experiência analítica, foi o amor, diz Lacan 1 parafraseando a fórmula no

Leia mais

INGLÊS EM. SUCESSO EM diversos PAÍSES

INGLÊS EM. SUCESSO EM diversos PAÍSES INGLÊS EM 7 DIAS SUCESSO EM diversos PAÍSES Índice O que é? Como funciona O que você vai aprender? Diferenciais Aprimore seu Conhecimento Vídeos Certi cação Local Data Investimento Formas de Pagamento

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA DO INTÉRPRETE

CÓDIGO DE ÉTICA DO INTÉRPRETE CÓDIGO DE ÉTICA DO INTÉRPRETE O intérprete do surdocego deve ter consciência da importância de seu trabalho. Deve ser uma pessoa preparada para transmitir mensagens faladas e sinalizadas, saber e adaptar-se

Leia mais

MAIS HUMANAS! Quanto eu devo pagar - Para utilizar nossa estrutura, o instrutor além de não pagar, ainda recebe 60% pelos cursos vendidos

MAIS HUMANAS! Quanto eu devo pagar - Para utilizar nossa estrutura, o instrutor além de não pagar, ainda recebe 60% pelos cursos vendidos Cursos humanizados - A Educar e Transformar se dedica ao sonho de gerar cursos para lideranças profissionais de recursos humanos, com mentalidade de humanização na administração, cursos para líderes, motivação,

Leia mais

Título: Entrevista com Fabián Naparstek

Título: Entrevista com Fabián Naparstek Título: Entrevista com Fabián Naparstek Autor: Didier Velásquez Vargas Psicanalista em Medellín, Colômbia. Psychoanalyst at Medellín, Colômbia. E-mail: didiervelasquezv@une.net.co Resumo: Entrevista com

Leia mais

Falar de si na contemporaneidade. máquina de impostura? 1 Ana Paula Britto Rodrigues

Falar de si na contemporaneidade. máquina de impostura? 1 Ana Paula Britto Rodrigues Opção Lacaniana online nova série Ano 2 Número 5 Julho 2011 ISSN 2177-2673 : uma máquina de impostura? 1 Ana Paula Britto Rodrigues O que tem sido feito do silêncio no mundo atual? Acabou o silêncio? Se

Leia mais

é de queda do juro real. Paulatinamente, vamos passar a algo parecido com o que outros países gastam.

é de queda do juro real. Paulatinamente, vamos passar a algo parecido com o que outros países gastam. Conjuntura Econômica Brasileira Palestrante: José Márcio Camargo Professor e Doutor em Economia Presidente de Mesa: José Antonio Teixeira presidente da FENEP Tentarei dividir minha palestra em duas partes:

Leia mais

REGULAMENTO 1º PRÊMIO SPORT INFRATECH DE INFRAESTRUTURA ESPORTIVA

REGULAMENTO 1º PRÊMIO SPORT INFRATECH DE INFRAESTRUTURA ESPORTIVA REGULAMENTO 1º PRÊMIO SPORT INFRATECH DE INFRAESTRUTURA ESPORTIVA 1. OBJETIVOS O 1º Prêmio Sport Infratech de Infraestrutura Esportiva visa reconhecer o esforço de organizações e profissionais envolvidos

Leia mais

Portadores. Luz. Por Neale Donald Walsch. Autor de Conversando com Deus

Portadores. Luz. Por Neale Donald Walsch. Autor de Conversando com Deus Portadores da Luz Por Neale Donald Walsch Autor de Conversando com Deus Em memória de Francis H. Treon um Futzu (Mestre) em Gohn Dagow (uma clássica, chinesa, suave, monacal forma de autodesenvolvimento)

Leia mais

Produtos e Sistemas Comercializados

Produtos e Sistemas Comercializados Aquapc Quality Computers Apresentação da Empresa, produtos e serviços, guia sobre formas de compra local e envio de encomendas para Cidadãos e Empresas Angolanas O Projecto Aquapc A Aquapc Quality Computers,

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA

SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA R E G U L A M E N T O 2º FESTIVAL DE MPB DE ITAPEMIRIM-ES A Prefeitura Municipal de Itapemirim - ES, através da Secretaria Municipal de Cultura e Secretaria Municipal de

Leia mais

PROJETO DE PESQUISA. Antonio Joaquim Severino 1. Um projeto de bem elaborado desempenha várias funções:

PROJETO DE PESQUISA. Antonio Joaquim Severino 1. Um projeto de bem elaborado desempenha várias funções: PROJETO DE PESQUISA Antonio Joaquim Severino 1 Um projeto de bem elaborado desempenha várias funções: 1. Define e planeja para o próprio orientando o caminho a ser seguido no desenvolvimento do trabalho

Leia mais

Universidade Federal de Alfenas

Universidade Federal de Alfenas Universidade Federal de Alfenas Projeto e Análise de Algoritmos Aula 02 Um pouco da história da computação humberto@bcc.unifal-mg.edu.br Última aula... Fundamentos de Matemática; Medida do Tempo de Execução

Leia mais

Objetivo do trabalho 4

Objetivo do trabalho 4 CC-226 Introdução à Análise de Padrões Prof. Carlos Henrique Q. Forster Instruções para Trabalho 4 Objetivo do trabalho 4 Relatar os resultados obtidos no trabalho 3 e estendidos na forma de escrita científica

Leia mais

CINEMA, CULTURA E TRANSMISSÃO DA PSICANÁLISE. aspecto, a Arte e, principalmente, o Cinema, percebemos uma questão recorrente entre

CINEMA, CULTURA E TRANSMISSÃO DA PSICANÁLISE. aspecto, a Arte e, principalmente, o Cinema, percebemos uma questão recorrente entre CINEMA, CULTURA E TRANSMISSÃO DA PSICANÁLISE Tereza Raquel Tomé Adeodato Laéria Bezerra Fontenele Miguel Fernandes Vieira Filho Orlando Soeiro Cruxên Quando nos deparamos com a interseção entre Psicanálise

Leia mais

UMA ANÁLISE SOBRE AS DIVERSAS PAISAGENS DA LAGOA MAIOR EM TRÊS LAGOAS/MS

UMA ANÁLISE SOBRE AS DIVERSAS PAISAGENS DA LAGOA MAIOR EM TRÊS LAGOAS/MS UMA ANÁLISE SOBRE AS DIVERSAS PAISAGENS DA LAGOA MAIOR EM TRÊS LAGOAS/MS Cínthia dos Santos Sêna 1 Esp Luziane Albuquerque 2 RESUMO O presente trabalho visa analisar as diversas paisagens que compõem a

Leia mais

REGULAMENTO. As empresas podem inscrever um ou mais Cases, nas seguintes categorias:

REGULAMENTO. As empresas podem inscrever um ou mais Cases, nas seguintes categorias: REGULAMENTO 1. O PRÊMIO O PRÊMIO SMART, regido por este regulamento, tem como objetivo distinguir e reconhecer as melhores práticas de relacionamento com o cliente em Utilities e Telecom: Energia Elétrica,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 49 Discurso no encontro com grupo

Leia mais

Como saber se sua empresa é. Sustentável Guia Definitivo para Diagnóstico

Como saber se sua empresa é. Sustentável Guia Definitivo para Diagnóstico Como saber se sua empresa é Sustentável Guia Definitivo para Diagnóstico Sumário 02 Introdução Presença na estratégia Práticas Pré produção Práticas Produção Práticas Gestão Como verificar 03 04 06 07

Leia mais

Opção Lacaniana online nova série Ano 3 Número 8 julho 2012 ISSN 2177-2673. Há um(a) só. Analícea Calmon

Opção Lacaniana online nova série Ano 3 Número 8 julho 2012 ISSN 2177-2673. Há um(a) só. Analícea Calmon Opção Lacaniana online nova série Ano 3 Número 8 julho 2012 ISSN 2177-2673 Analícea Calmon Seguindo os passos da construção teórico-clínica de Freud e de Lacan, vamos nos deparar com alguns momentos de

Leia mais

A Outra: o delírio da histérica

A Outra: o delírio da histérica Opção Lacaniana online nova série Ano 2 Número 6 novembro 2011 ISSN 2177-2673 1 Ana Martha Maia e Maria Fátima Pinheiro Desde Freud, podemos dizer que a fantasia e o delírio são construções ficcionais

Leia mais

AMOR, TRANSFERÊNCIA E DESEJO

AMOR, TRANSFERÊNCIA E DESEJO AMOR, TRANSFERÊNCIA E DESEJO Lucia Serrano Pereira 1 Afirmo em nada mais ser entendido, senão nas questões do amor. Isso é o que está dito por Sócrates na obra de Platão O Banquete. O Banquete nos é indicado

Leia mais

Açores precisam de mudança de políticas. Senhora e Senhores Membros do Governo,

Açores precisam de mudança de políticas. Senhora e Senhores Membros do Governo, Açores precisam de mudança de políticas 18 de Junho de 2015 Isto está que não se aguenta disse recentemente, na ilha Terceira, o presidente da Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo. E assim juntou a

Leia mais

O SIGNIFICANTE NA NEUROSE OBSESSIVA: O SINTOMA E SUA RELAÇÃO COM O DESEJO RILMA DO NASCIMENTO MEDEIROS E MARGARIDA ELIA ASSAD - UFPB

O SIGNIFICANTE NA NEUROSE OBSESSIVA: O SINTOMA E SUA RELAÇÃO COM O DESEJO RILMA DO NASCIMENTO MEDEIROS E MARGARIDA ELIA ASSAD - UFPB O SIGNIFICANTE NA NEUROSE OBSESSIVA: O SINTOMA E SUA RELAÇÃO COM O DESEJO RILMA DO NASCIMENTO MEDEIROS E MARGARIDA ELIA ASSAD - UFPB É a verdade do que esse desejo foi em sua história que o sujeito grita

Leia mais

RESULTADOS DO ENEM 2014

RESULTADOS DO ENEM 2014 RESULTADOS DO ENEM 2014 Boletim IDados da Educação nº 2015-02 Dezembro 2015 RESULTADOS DO ENEM 2014 Boletim IDados da Educação Dezembro 2015 APRESENTAÇÃO O Boletim IDados da Educação é uma publicação do

Leia mais

O AMOR NOSSO DE CADA DIA * Palavras chave: Amor; felicidade; sintoma; semblante

O AMOR NOSSO DE CADA DIA * Palavras chave: Amor; felicidade; sintoma; semblante O AMOR NOSSO DE CADA DIA * Palavras chave: Amor; felicidade; sintoma; semblante Heloisa Caldas ** Minha contribuição para este número de Latusa visa pensar o amor como um semblante que propicia um tratamento

Leia mais

Abaixo você conhecerá algumas técnicas de SEO utilizadas para obter grande sucesso com as postagens no WordPress.

Abaixo você conhecerá algumas técnicas de SEO utilizadas para obter grande sucesso com as postagens no WordPress. 1 TUTORIAL PARA DEIXAR POSTAGENS E PÁGINAS BEM POSICIONADAS Abaixo você conhecerá algumas técnicas de SEO utilizadas para obter grande sucesso com as postagens no WordPress. Conhecimento básico de Html

Leia mais

Latusa Digital ano 3 Nº 24 setembro de 2006

Latusa Digital ano 3 Nº 24 setembro de 2006 Latusa Digital ano 3 Nº 24 setembro de 2006 Filho, não vês que estou queimando! Ondina Maria Rodrigues Machado * Fui a Salvador para o XV Encontro Brasileiro do Campo Freudiano, mas não só para isso. Fui

Leia mais

, como desenvolver o seu primeiro infoproduto

, como desenvolver o seu primeiro infoproduto Olá! Seja bem-vindo a essa série de três vídeos, onde eu quero mostrar exatamente como criar, como desenvolver e como fazer um marketing do seu próprio produto digital, criando um negócio altamente lucrativo

Leia mais

TENDÊNCIAS RECENTES DOS ESTUDOS E DAS PRÁTICAS CURRICULARES

TENDÊNCIAS RECENTES DOS ESTUDOS E DAS PRÁTICAS CURRICULARES TENDÊNCIAS RECENTES DOS ESTUDOS E DAS PRÁTICAS CURRICULARES Inês Barbosa de Oliveira O desafio de discutir os estudos e as práticas curriculares, sejam elas ligadas à educação de jovens e adultos ou ao

Leia mais

ANEXO I CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ANEXO I CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 1 ANEXO I CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS EDITAL DO PREGÃO AMPLO Nº 008/2010-ER05-Anatel PROCESSO Nº 53528.001004/2010 Projeto Executivo e Estudos de Adequação da nova Sala de Servidores da rede de

Leia mais

ESTUDAR E BRINCAR OU BRINCAR E ESTUDAR? ESTUDAR E BRINCAR OU BRINCAR E ESTUDAR?

ESTUDAR E BRINCAR OU BRINCAR E ESTUDAR? ESTUDAR E BRINCAR OU BRINCAR E ESTUDAR? ESTUDAR E BRINCAR OU BRINCAR E ESTUDAR? O que dizem as crianças sobre o brincar e a brincadeira no 1 ano do Ensino Fundamental? Resumo JAIRO GEBIEN - UNIVALI 1 Esta pesquisa visa investigar os momentos

Leia mais

Fomento a Projetos Culturais nas Áreas de Música e de Artes Cênicas

Fomento a Projetos Culturais nas Áreas de Música e de Artes Cênicas Programa 0166 Música e Artes Cênicas Objetivo Aumentar a produção e a difusão da música e das artes cênicas. Público Alvo Sociedade em geral Ações Orçamentárias Indicador(es) Número de Ações 7 Taxa de

Leia mais

UMA EXPERIÊNCIA PSICOPEDAGÓGICA NA FACULDADE DE ENGENHARIA DA PUCRS

UMA EXPERIÊNCIA PSICOPEDAGÓGICA NA FACULDADE DE ENGENHARIA DA PUCRS UMA EXPERIÊNCIA PSICOPEDAGÓGICA NA FACULDADE DE ENGENHARIA DA PUCRS Jorge Ferreira da Silva Filho Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Viegas Ribas Pesquisador e Consultor Psicopedagógico

Leia mais

EDITAL DO CONCURSO DE FOTOGRAFIA DO ECOMUSEU ILHA GRANDE OLHARES: ÁGUA E VIDA NA ILHA GRANDE

EDITAL DO CONCURSO DE FOTOGRAFIA DO ECOMUSEU ILHA GRANDE OLHARES: ÁGUA E VIDA NA ILHA GRANDE EDITAL DO CONCURSO DE FOTOGRAFIA DO ECOMUSEU ILHA GRANDE OLHARES: ÁGUA E VIDA NA ILHA GRANDE DO CONCURSO 1. O CONCURSO de fotografia Olhares: Água e Vida na Ilha Grande, doravante denominado simplesmente

Leia mais

AGOSTINHO, TEMPO E MEMÓRIA

AGOSTINHO, TEMPO E MEMÓRIA AGOSTINHO, TEMPO E MEMÓRIA Fábio de Araújo Aluno do Curso de Filosofia Universidade Mackenzie Introdução No decorrer da história da filosofia, muitos pensadores falaram e escreveram há cerca do tempo,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 10 RELAÇÕES DIPLOMÁTICAS AGRADECIMENTO

Leia mais

Abertura do I Colóquio sobre Psicanálise e Educação Clínica d ISS

Abertura do I Colóquio sobre Psicanálise e Educação Clínica d ISS Abertura do I Colóquio sobre Psicanálise e Educação Clínica d ISS Samyra Assad Abrir o Iº Colóquio sobre Psicanálise e Educação é, dar início não somente aos trabalhos que a partir de agora se seguirão,

Leia mais

ASSESSORIA DE IMPRENSA 1 Felipe Plá Bastos 2

ASSESSORIA DE IMPRENSA 1 Felipe Plá Bastos 2 ASSESSORIA DE IMPRENSA 1 Felipe Plá Bastos 2 RESUMO: O presente trabalho tem como objetivo saber como é desenvolvido o trabalho de Assessoria de Imprensa, sendo um meio dentro da comunicação que através

Leia mais

AS PERSPECTIVAS DA ECONOMIA CRIATIVA NO BRASIL PARA GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA

AS PERSPECTIVAS DA ECONOMIA CRIATIVA NO BRASIL PARA GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA AS PERSPECTIVAS DA ECONOMIA CRIATIVA NO BRASIL PARA GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA Miranda Aparecida de Camargo luckcamargo@hotmail.com Acadêmico do Curso de Ciências Econômicas/UNICENTRO Luana Sokoloski sokoloski@outlook.com

Leia mais

TRADUÇÃO Hope Gordon Silva Regina Aranha

TRADUÇÃO Hope Gordon Silva Regina Aranha TRADUÇÃO Hope Gordon Silva Regina Aranha 7 João Desfrutando João ao máximo Pode-se resumir o fato mais relevante de toda a história em quatro palavras: Jesus Cristo é Deus! A maior declaração da Bíblia

Leia mais

Latusa digital ano 2 N 19 outubro de 2005

Latusa digital ano 2 N 19 outubro de 2005 Latusa digital ano 2 N 19 outubro de 2005 Angústia: acting-out e passagem ao ato * Manoel Barros da Motta ** Jacques-Alain Miller, ao estabelecer o Seminário X de Lacan, A angústia 1, dividiu-o em quatro

Leia mais

7º ano - Criação e percepção - de si, do outro e do mundo

7º ano - Criação e percepção - de si, do outro e do mundo RELATÓRIO DE ARTES 1º Semestre/2015 Turma: 7º ano Professora: Mirna Rolim Coordenação pedagógica: Maria Aparecida de Lima Leme 7º ano - Criação e percepção - de si, do outro e do mundo Sinto que o 7º ano

Leia mais

Ficha Técnica: Design e Impressão Mediana Global Communication

Ficha Técnica: Design e Impressão Mediana Global Communication Uma Cidade para Todos Ficha Técnica: Design e Impressão Mediana Global Communication Colaboração Nuno Oliveira, coordenador do Serviço de Psicologia do 1º ciclo do Ensino Básico da EMEC - Empresa Municipal

Leia mais

Há um acontecimento de corpo

Há um acontecimento de corpo Opção Lacaniana online nova série Ano 5 Número 13 março 2014 ISSN 2177-2673 1 Ram Avraham Mandil Para uma discussão sobre a lógica do tratamento a partir do Seminário...ou pior, de Jacques Lacan, gostaria

Leia mais

Empreendedorismo na prática

Empreendedorismo na prática Empreendedorismo na prática Autor: José Carlos Assis Dornelas Aluno: Douglas Gonzaga; Diana Lorenzoni; Paul Vogt; Rubens Andreoli; Silvia Ribeiro. Turma: 1º Administração Venda Nova do Imigrante, Maio

Leia mais

10º ENCONTRO NACIONAL DE CINEMA E VÍDEO DOS SERTÕES Realização ESCALET Produções Cinematográficas Patrocínio PETROBRAS. De 04 a 08 de novembro de 2015

10º ENCONTRO NACIONAL DE CINEMA E VÍDEO DOS SERTÕES Realização ESCALET Produções Cinematográficas Patrocínio PETROBRAS. De 04 a 08 de novembro de 2015 10º ENCONTRO NACIONAL DE CINEMA E VÍDEO DOS SERTÕES Realização ESCALET Produções Cinematográficas Patrocínio PETROBRAS De 04 a 08 de novembro de 2015 REGULAMENTO I DA DATA E LOCAL Art. 1º: O 10º ENCONTRO

Leia mais

8 Andréa M.C. Guerra

8 Andréa M.C. Guerra Introdução A loucura sempre suscitou curiosidade, temor, atração. Desde a época em que os loucos eram confinados em embarcações errantes, conforme retratado na famosa tela Nau dos loucos, de Hieronymus

Leia mais

Habilitação Profissional do Tecnólogo em Gestão do Turismo

Habilitação Profissional do Tecnólogo em Gestão do Turismo PERFIL PROFISSIONAL Habilitação Profissional do Tecnólogo em Gestão do Turismo É o profissional que atua em agências de viagens, em meios de hospedagem, em empresas de transportes e de eventos; promove

Leia mais

PALÍNDROMO Nº 7 /2012 Programa de Pós Graduação em Artes Visuais CEART/UDESC

PALÍNDROMO Nº 7 /2012 Programa de Pós Graduação em Artes Visuais CEART/UDESC ENTREVISTA MUSEO DE ARTE LATINOAMERICANO DE BUENOS AIRES MALBA FUNDACIÓN CONSTANTINI Entrevista realizada com a educadora Florencia González de Langarica que coordenou o educativo do Malba até 2012, concedida

Leia mais