FT - FM2 CABOS DE FIBRA ÓPTICA FIBRA ÓPTICA PARA SENSORES FIBRAS ÓPTICAS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FT - FM2 CABOS DE FIBRA ÓPTICA FIBRA ÓPTICA PARA SENSORES FIBRAS ÓPTICAS"

Transcrição

1 FIBRA ÓPTICA PARA SENSORES F FIBRAS ÓPTICAS Modelos fotosensor e barreira. Ideal para detecção de marcas. Versão com microprocessador. Grande versatilidade de modelos. Modelo FT - fibra óptica por barreira FD - fibra óptica por difusão FX - lentes FZ-11 - FD-L1 - FD-L2 - FD-L - FD-L4 - FT - FM2 Tipo FM2 - uso geral AFM2 - detecção de área H1 - alta temperatura H-M2 - alta temperatura até 0 H-M2 - alta temperatura até 0 C Outros Modelos: - ponteira dobrável - dimensão reduzida - foco fixo - longa distância - alta precisão - ponteira ultra fina - face sensora lateral - alta flexibilidade - vácuo - nível - proteção contra ação química 14.1

2 FD Sistema Fotosensor Modelo FD-61/FD-61G FD-62 FD-61S FD-FM2S4 FD-T80 FD-T40 Desenho Característica uso geral longa distância ponteira dobrável ponteira dobrável uso geral dimensão reduzida FX-01 / FX11 - Modo Long mm 480 mm 270 mm 270 mm 270 mm 90 mm Modo Standard 140 mm 2 mm 1 mm 1 mm 1 mm 4 mm Modo Fast 0 mm 160 mm 8 mm 8 mm 8 mm mm Modo SD 47 mm 7 mm 9 mm 9 mm 9 mm 16 mm Ponteira roscável roscável roscável roscável roscável roscável Rosca M 6 M 6 M 6 M 6 M 4 M Comprimento da rosca 1 mm 1 mm 1 mm 1 mm mm mm Dimensões Bico, mm ( liso ) - 2, mm ( liso ) 2, mm ( liso ) - - Rosca de bico Comprimento do bico mm - 90 mm 40 mm - - Curvatura do bico - - R mm R mm - - Tipo de cabo cortável cortável cortável cortável cortável cortável Comprimento 2 m 2 m 2 m 2 m 2 m 2 m Diâmetro 2,2 mm 2,2 mm 2,2 mm 2,2 mm 1, mm 1 mm Curvatura do cabo R 2 mm R 2 mm R 2 mm R 2 mm R 2 mm R 2 mm Lentes aplicável não não não não não não FD-61-FD FD-61S FD-62 Ø. M6 X Ø FD-62 Ø 2. M6 X 0.7 Ø FD-61S. M6 X Ø FD-1 M4 X 0.7 Ø 1. Ø 2. M6 X 0.7 Ø

3 FD Sistema Fotosensor Modelo FD-S2 FD-S1 FD-41S FD-41S FD-SV FD-V0 Desenho Características dimensão reduzida dimensão reduzida ponteira dobrável ponteira dobrável face lateral face lateral FX-01 / FX11 - Modo Long 270 mm 90 mm 90 mm 90 mm 0 mm mm Modo Standard 1 mm 4 mm 4 mm 4 mm 4 mm 2 mm Modo Fast 8 mm mm mm mm 2 mm 17 mm Modo SD 9 mm 16 mm 16 mm 16 mm 16 mm 9 mm Ponteira lisa lisa roscável roscável lisa lisa Rosca - - M 4 M Comprimento da rosca - - mm mm - - Dimensões x 1 mm 2, x 8 mm - - x 1 mm x 1 mm Bico - - 1,48 mm ( liso ) 1,48 mm ( liso ) 2 mm ( liso ) 1, mm ( liso ) Rosca de bico Comprimento do bico mm 40 mm mm mm Curvatura do bico - - R mm R mm - - Tipo de cabo cortável cortável cortável cortável cortável cortável Comprimento 2 m 2 m 2 m 2 m 2 m 2 m Diâmetro 1, mm 1 mm 1 mm 1 mm 2,2 mm 1 mm Curvatura do cabo R 2 mm R 2 mm R 2 mm R 2 mm R 2 mm R 2 mm Lentes aplicável não não não não não não FD-S FD-41S ,7. FD-S1 Ø.0 Ø.2 Ø 1. FD-V Ø 1.48 M4 X FD-41S FD-V0 Ø 2.0 Ø Ø 1.48 M4 X 0.7 Ø 1. Ø.0 Ø.2 14.

4 FD Sistema Fotosensor Modelo FD-Z0HW D-L21/FD-L21W FD-WL42 FD-AL11 FD-41G FD-2G Desenho Características longa distância foco fixo foco fixo área alta precisão alta precisão FX-01 / FX11 - Modo Long 480 mm 14 mm, mm 2 mm 1 mm 1 mm Modo Standard 20 mm mm 2,7 mm 1 mm mm mm Modo Fast 170 mm mm 2, mm 78 mm 42 mm 42 mm Modo SD Ponteira retângular retângular retângular retângular retângular retângular Rosca M 4 M Comprimento da rosca mm mm Dimensões 1 x 9, x,2 mm 24 x 21 x 4 mm 1 x 19 x mm x x mm - - Bico ,2 mm 2, mm ( liso ) Rosca de bico M - Comprimento do bico mm 1,2 mm Curvatura do bico Tipo de cabo cortável cortável cortável cortável cortável cortável Comprimento 2 m 2 m 2 m 2 m 2 m 2 m Diâmetro 2,2 mm 1 mm 1 mm 2,2 mm 2,2 mm 1,2 mm Curvatura do cabo R 1 mm R 1 mm R 1 mm R 2 mm R 2 mm R 2 mm Lentes aplicável não não não não sim sim FD-Z0HW FD-AL11 FD-L21 - FD-L21W FD , Ø 1.2 FD-WL FD-2G 2,2 M X 0. M4 X Ø ,8 1,8 7 Ø.0 2, M X 0. Ø.2 Ø

5 FD Sistema Fotosensor Modelo FD-E1 FD-LH FD-F8Y FD-F41 FD-64X Desenho Características ultra fina foco fixo detecção nível detecção nível alta flexibilidade FX-01 / FX11 - Modo Long 11 mm 18 mm detecção por contato detecção através de 18 mm Modo Standard 6 mm mm detecção por contato tubo 80 mm Modo Fast 4 mm 11 mm detecção por contato transperente 60 mm Modo SD 1 mm 9, mm mm Ponteira lisa retângular lisa retângular roscável Rosca M 6 Comprimento da rosca mm Dimensões 1, x 1 mm 18 x 14 x 6 mm 6 x 2 mm 2 x x 1 mm - Bico mm ( liso ) Rosca de bico Comprimento do bico mm - 8 mm - - Curvatura do bico R mm Cabo óptico plástico plástico plástico plástico plástico com capa Tipo de cabo - cortável cortável cortável - Comprimento 1 m 2 m 2 m 2 m 1 m Diâmetro 0,9 mm 1 mm 2,2 mm 1 mm Q2,2 mm Curvatura do cabo - - R 40 mm - - Lentes aplicável não não não não não FD-E FD-F Ø.0 Ø 0. FD-LH 6 Ø 1. Ø , Ø.7 00 Ø 0.9 FD-P64X 4, 2 X Ø , 18 FD-F8Y 2 X Ø.0 1 Ø.0 M6 x 0.7 Ø. Ø 6.0 Ø

6 FD Sistema Fotosensor Modelo FD-H1-FM2 FD-H-M1 FD-H-M2 FD-6V Desenho Características alta temp C alta temp. 0 0 C alta temp. 0 0 C vácuo FX-01 / FX11 - Modo Long mm 270 mm 270 mm 16 mm Modo Standard 140 mm 140 mm 140 mm 7 mm Modo Fast 0 mm 0 mm 0 mm 2 mm Modo SD 47 mm 47 mm 47 mm 26 mm Ponteira roscável roscável roscável roscável Rosca M 6 M 6 M 6 M 6 Comprimento da rosca 1 mm 1 mm 22 mm mm Dimensões Bico mm ( liso ), mm ( liso ) 4 mm ( liso ) - Rosca de bico Comprimento do bico mm mm mm - Curvatura do bico Cabo óptico plástico plástico plástico plástico Tipo de cabo cortável Comprimento 2 m 1 m 2 m 1 m Diâmetro 2,2 mm 2,2 mm 2,2 mm 1,4 mm Curvatura do cabo R 2 mm R 2 mm R 2 mm R 0 mm Lentes aplicável não não não sim FD-H1-FM2 FD-H-M , 1 Ø.0 M6 x 0.7 FD-H-M1 FD-6V D Ø. M6 x 0.7 Ø 4.2 Ø 9.0 Ø 2.9 P M6 x 0.7 Ø

7 FT Sistema Barreira 8 Modelo FT-42 FT-42S FT-42 FT-S2 FT-1 FT-1S Desenho Características uso geral ponteira dobrável uso geral dimensões reduzidas uso geral ponteira dobrável FX-01 / FX11 - Modo Long 780 mm 780 mm 780 mm 780 mm 270 mm 270 mm Modo Standard 400 mm 400 mm 400 mm 400 mm 140 mm 140 mm Modo Fast 280 mm 280 mm 280/ 280 mm 0 mm 0 mm Modo SD 10 mm 10 mm 10 mm 10 mm 49 mm 49 mm Ponteira roscável roscável roscável lisa roscável roscável Rosca M 4 M 4 M - M M Comprimento da rosca mm mm mm - mm mm Dimensões , x 8 mm - - Bico roscável 1,48 mm ( liso ) roscável - 2 mm ( liso ) 0,8 mm ( liso ) Rosca de bico M 2,6 - M 2, Comprimento do bico mm 90 mm 2, mm - mm 90 mm Curvatura do bico - R mm R mm Tipo de cabo cortável cortável cortável cortável cortável cortável Comprimento 2 m 2 m 2 m 2 m 2 m 2 m Diâmetro 2,2 mm 2,2 mm 1, mm 2,2 mm 1 mm 1 mm Curvatura do cabo R 2 mm R 2 mm R 2 mm R 2 mm R 2 mm R 2 mm Lentes aplicável sim não sim não não não FT FT-S FT-42S. M 2.6 x FT-1 Ø Ø.0 00 FT-42 Ø , 00 FT-1S 2.7 Ø 2.0 M x M 2.6 x 0.4. M x 0. Ø.2 Ø 1. Ø 0.88 Ø 2.0 M x

8 FT Sistema Barreira Modelo FT-V40 FT-V2 FT-4 FT-2 FT-140 FT-A2/FT-A2W Desenho Características face lateral face lateral dimensão reduzida longa distância longa distância feixe largo (2 mm) FX-01 / FX11 - Modo Long mm 90 mm 1.0 mm mm mm.00 mm Modo Standard mm 180 mm 0 mm 800 mm mm.00 mm Modo Fast 800 mm mm 400 mm 80 mm.000 mm.00 mm Modo SD 0 mm 6 mm 180 mm 280 mm.800 mm.00 mm Ponteira lisa lisa roscável lisa roscável retângular Rosca - - M 4 - M 14 - Comprimento da rosca - - mm - 2 mm - Dimensões 4 x 2 mm 2 x 1 mm - 2, x 8 mm - 69 x x mm Bico - liso roscável Rosca de bico - - M 2, Comprimento do bico - 1 x mm mm Curvatura do bico Tipo de cabo cortável - cortável cortável cortável cortável Comprimento 2 m 1 m 2 m 2 m m 2 m Diâmetro 2,2 mm 1, mm 2,2 mm 2,2 mm 2,2 mm 2,2 mm Curvatura do cabo R 2 mm R 2 mm R 2 mm R 2 mm R 2 mm R 1 mm Lentes aplicável não não sim não sim não FT-V40 FT-S FT-V FT-140 Ø 2. Ø.0 19, Ø 2.0 Ø 2. Ø 1. FT FT-A-FT-A2W sensora ( x 2) M 2.6 x Ø.2

9 FT Sistema Barreira Modelo FT-PS11 FT-E1 FT-P4X FT-6V FT-L8Y FT-AL0 Desenho Características dimensão reduzida diâmetro ultra fino alta flexibilidade vacuo proteção contra ação quimica área FX-01 / FX11 - Modo Long 80 mm 18 mm 60 mm 470 mm.00 mm 60 mm Modo Standard 40 mm mm mm 20 mm 1.00 mm 0 mm Modo Fast 80 mm 8 mm 20 mm 16 mm mm 2 mm Modo SD 17 mm mm 1 mm 80 mm 0 mm 11 mm Ponteira lisa lisa roscável roscável lisa quadrada Rosca - - M 4 M Comprimento da rosca - - mm 17 mm - - Dimensões 1 x 6 mm x mm - -, x 1 x 1 x mm Bico - ultra fino roscável roscável - - Rosca de bico - - M 2,6 M 2,6 - - Comprimento do bico - 0,2 x mm mm mm - - Curvatura do bico - - R mm Tipo de cabo cortável cortável Comprimento 00 mm 00 mm 1 m 1 m 2 m 2 m Diâmetro 0,7 mm 1,2 mm 2 mm 1,4 mm 2,2 mm 2,2 mm Curvatura do cabo R 4 mm R mm - R 0 mm R 0 mm R 2 mm Lentes aplicável não não sim sim não não FT-S FT-6V , 11 FT-E1 Ø FT-L8Y M2.6 x 0.4 Ø Ø , FT-4X. Ø 0.2 Ø.0 Ø FT-A0 Ø. M2.6 x

10 FT Sistema Barreira Modelo FT-H1-FM2 FT-HW-M1 FT-H-M2 FT-6V FT-A2 Desenho Características alta temp C alta temp. 0 0 C alta temp. 0 0 C Vácuo Área FX-01 / FX11 - Modo Long 880 mm mm 0 mm 470 mm 00 mm Modo Standard 440 mm 140 mm 280 mm 20 mm 00 mm Modo Fast 00 mm 0 mm 0 mm 16 mm 00 mm Modo SD 1 mm 0 mm 90 mm 80 mm 00 mm Ponteira roscável roscável roscável roscável não Rosca M 4 M 4 M 4 M 4 - Comprimento da rosca mm mm 17 mm 17 mm - Dimensões Bico mm ( liso ) roscável roscável roscável - Rosca de bico - M 2,6 M 2,6 M 2,6 - Comprimento do bico mm mm mm mm - Curvatura do bico - R mm Cabo óptico plástico plástico plástico plástico plástico Tipo de cabo cortável - - cortável cortável Comprimento 2 m 1 m 2 m 1 m 2 m Diâmetro 2,2 mm 2,2 mm 1,6 mm 1,4 mm 6 mm Curvatura do cabo R 2 mm - R 2 mm R 0 mm R mm Lentes aplicável sim sim sim sim não , Ø 1. Ø.0 FT-H1-FM2 Ø 0.8 M2.6 x 0.4 Ø 1.6 FT-HW-M Ø 1.2 Ø 2.9 FT-H-M2 M2.6 x 0.4 Ø 1.4 Ø 8.0 FT- 6V Rebaixo 06 FT- A2 14.

11 - - Lentes Modelo Barreira FX-LE1 FX-LE2 FX-SV1 Características expansão de distância super expansão de distância feixe lateral Modo de operação do sensor long STD fast SD long STD fast SD long STD fast SD Cabo de fibra FT-FM FT-B FT-T FT-P81X T-HFT-H1-FM FW-M FT-H-M LENTES FX-LE1 FX-LE2 FX-SV1 Lente 22,2 17 2, 9,2 4. M 2. x 0.4 Interno, M 2.6 x 0.4 Interno Modelo Fotosensor FXMR1 FXMR2 FXMR FXMR FXMR6 Características ponto focal zoo spot fino face lateral spot fino Cabo de fibra FD-G4 spot 0, 6 mm 7 18 mm 7, mm 0, 1 mm 0,4 7 mm FD-G6 spot - - 7, mm - 0,4 7 mm Lente Ø Ø7.1 M 4 x 0.7 Interno 11 Ø 6.0 Ø 8.0 M 4 x 0.7 Interno FXMR1 FXMR2 FXMR Lente Ø.0, 22, 8.., 0 4 Ø F F X R M X R M x 0. Interno 4 Ø M x 0. Interno M 6, 2, Ø.0 FXMR FXMR

Sensor para Fibra Óptica SÉRIE FXS. Alta tecnologia, maior precisão em detecção

Sensor para Fibra Óptica SÉRIE FXS. Alta tecnologia, maior precisão em detecção Sensor para Fibra Óptica SÉRIE FXS Alta tecnologia, maior precisão em detecção Chave de Códigos Sensor Para Fibra Modelo com potenciômetro Modelo com jog switch Luz verde, vermelha, azul ou infravermelha

Leia mais

FX3 - A3R -P SENSORES PARA FIBRA ÓPTICA. Chave de código: FX / FZ

FX3 - A3R -P SENSORES PARA FIBRA ÓPTICA. Chave de código: FX / FZ SENSORES PARA FIBRA ÓPTICA FX / FZ Sensores para fibra óptica série FX Todos os modelos microprocessados. Alta repetibilidade e precisão. Indicação da quantidade de luz recebida através de display 4 dígitos

Leia mais

LX - 101 - P - Z LS - 401P - C2 LS - H91F - A SENSOR PARA FIBRA OPTICA SENSOR DE MARCA / CORES SENSOR A LASER. Sensor de marca série LX-101

LX - 101 - P - Z LS - 401P - C2 LS - H91F - A SENSOR PARA FIBRA OPTICA SENSOR DE MARCA / CORES SENSOR A LASER. Sensor de marca série LX-101 SENSOR PARA FIBRA OPTICA SENSOR DE MARCA / CORES LX 100 LX SENSOR A LASER 100 Sensor de marca série LX101 Sensor de marca de alta resolução. Detecta qualquer cor marca pois possui sistema RGB (combinação

Leia mais

GUIA DE SELEÇÃO DE FIBRA ÓPTICA

GUIA DE SELEÇÃO DE FIBRA ÓPTICA GUIA DE SELEÇÃO DE FIBRA ÓPTICA Uma Seleção de Desenhos de Aplicação Detecção sem Contato de Líquido em Tubulação Sensor: D10DPFP, Fibra: PDI46U-LLD Controle de Nível de Laço de Arame de Solda Sensor:

Leia mais

GE Measurement & Control Solutions. Fibroscópios. Inspeção Visual Remota. Componentes ópticos de precisão Construção durável Bom custo-benefício

GE Measurement & Control Solutions. Fibroscópios. Inspeção Visual Remota. Componentes ópticos de precisão Construção durável Bom custo-benefício GE Measurement & Control Solutions Fibroscópios Inspeção Visual Remota Componentes ópticos de precisão Construção durável Bom custo-benefício Corpo ergonômico O corpo compacto e bem acabado é confortável

Leia mais

Cabos Ópticos. Tecnologia em Redes de Computadores 5º Período Disciplina: Sistemas e Redes Ópticas Prof. Maria de Fátima F.

Cabos Ópticos. Tecnologia em Redes de Computadores 5º Período Disciplina: Sistemas e Redes Ópticas Prof. Maria de Fátima F. Cabos Ópticos Tecnologia em Redes de Computadores 5º Período Disciplina: Sistemas e Redes Ópticas Prof. Maria de Fátima F. Bueno Marcílio 1 Cabos Ópticos Estruturas de encapsulamento e empacotamento de

Leia mais

Seleção de Produtos. Sensor Fotoelétrico. Como especificar. TECNI-AR Ltda - Tel: 31 3362-2400 w.tecni-ar.com.br

Seleção de Produtos. Sensor Fotoelétrico. Como especificar. TECNI-AR Ltda - Tel: 31 3362-2400 w.tecni-ar.com.br Seleção de Produtos Sensor Fotoelétrico Como especificar Saída coletor PNP aberto Saída coletor NPN aberto Temporizador embutido Tipo padrão Tipo relflexivo (Tipo Difuso) Tipo feixe estreito Emissor Receptor

Leia mais

SISTEMAS AVANÇADOS DE CÂMARAS DE VIDEO PARA INSPEÇÃO

SISTEMAS AVANÇADOS DE CÂMARAS DE VIDEO PARA INSPEÇÃO SISTEMAS AVANÇADOS DE CÂMARAS DE VIDEO PARA INSPEÇÃO MODELOS VIS 200 / VIS 250 Generalidades: Os sistemas de inspeção VIS 200 e VIS 250 são equipamentos de grande robustez, a preço económico, mas de elevada

Leia mais

Chave de Nível tipo Boia Magnética Miniatura Série CBM-MC - Boia Ø 28 mm - Prensa cabo

Chave de Nível tipo Boia Magnética Miniatura Série CBM-MC - Boia Ø 28 mm - Prensa cabo CARACTERÍSTICAS GERAIS A chave de Nível CBM-MC é um equipamento utilizado na detecção e controle de nível em tanques ou reservatórios onde são armazenados materiais líquidos como água, produtos químicos

Leia mais

Paquimetro Digital especial. (Métrico) 0,01 ± 0,05. (Polegada/Métrico) .0005/0,01 ± 0,05. Paquimetro Digital especial com face em metal duro

Paquimetro Digital especial. (Métrico) 0,01 ± 0,05. (Polegada/Métrico) .0005/0,01 ± 0,05. Paquimetro Digital especial com face em metal duro Paquimetro Digital especial (Métrico) 0,01 ± 0,05 (Polegada/Métrico) pol/.0005/0,01 ± 0,05 Paquimetro Digital especial com face em metal duro 0,01 ± 0,02 Paquimetro Especial Paquimetro com bico tipo Lâmina

Leia mais

LOCALIZADORES AVANÇADOS DE CABOS E CONDUTAS SUBTERRADAS SISTEMA ULTRA

LOCALIZADORES AVANÇADOS DE CABOS E CONDUTAS SUBTERRADAS SISTEMA ULTRA LOCALIZADORES AVANÇADOS DE CABOS E CONDUTAS SUBTERRADAS SISTEMA ULTRA A complexidade de serviços subterrados, tais como cabos elétricas, condutas de água, cabos de telecomunicações, etc. aumenta cada vez

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES PRELIMINARES BICICLETA ESCOLAR. Aro 20. Item Descrição Medidas Tolerância. Diâmetro interno - Usinado e Calibrado - mm

ESPECIFICAÇÕES PRELIMINARES BICICLETA ESCOLAR. Aro 20. Item Descrição Medidas Tolerância. Diâmetro interno - Usinado e Calibrado - mm MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO GERAL DE ARTICULAÇÃO E CONTRATOS COORDENAÇÃO DE REGISTRO DE PREÇOS ESPECIFICAÇÕES PRELIMINARES

Leia mais

Superficie Externa. Cor. 25-50 - 100 metros. Lance. -20º à + 60º. Temperatura

Superficie Externa. Cor. 25-50 - 100 metros. Lance. -20º à + 60º. Temperatura SERINGA DUPLA DESIGUAL EM POLIURETANO 1 VIA (NEW-ODONTO-02) poliuretano atóxico, atendendo as especificações quanto a alta resistência mecânica, química, que é comprovadamente garantida nas especificações

Leia mais

Desenho de Placas para Husky Manifold Systems

Desenho de Placas para Husky Manifold Systems Desenho de Placas para Husky Manifold Systems Como utilizar este Guia Este guia foi criado para auxiliar o fabricante de molde a integrar a Câmara Quente Husky Manifold System com as placas e ao molde.

Leia mais

Grupo 13 Bico quente especial + acessórios para sistemas de câmara quente

Grupo 13 Bico quente especial + acessórios para sistemas de câmara quente Grupo 13 Bico quente especial + acessórios para sistemas de câmara quente Fornecedor: Tipo Descrição Página -13 Introdução -01-01 + 02 Aplicação dos bicos especiais -02-01 Resistências para bicos 10 Resistência

Leia mais

Chaves posicionadoras eletromecânicas múltiplas e simples

Chaves posicionadoras eletromecânicas múltiplas e simples e Conteúdo. 00 conf. DIN 43697.4 6.6 6.8 7.0 46. 40 eletromecânicas.4 F 60 conf. DIN 43693.6 99 00 s s múltiplas 00 6 6 7 46 40 s s F 60 99 00 Acessórios Peças de reposição. múltiplas conf. DIN 43697 para

Leia mais

Ambientais Processamento ecológico Materiais recicláveis Material electrônico e sintético facilmente separável

Ambientais Processamento ecológico Materiais recicláveis Material electrônico e sintético facilmente separável OH720, OP720, HI720, HI722 Detectores automáticos de incêndio Para o bus de detecção C-NET Cerberus PRO O detector de fumaça ideal para todas as aplicações Processamento de sinais com algoritmos de detecção

Leia mais

Catálogo de produtos

Catálogo de produtos Catálogo de produtos Escovas Cilíndricas As escovas cilíndricas SUISSA são usadas em diversos tipos de máquinas, algumas de suas aplicações são nas varredeiras industriais de pisos, nos equipamentos de

Leia mais

Lista de Revisão Óptica na UECE e na Unifor Professor Vasco Vasconcelos

Lista de Revisão Óptica na UECE e na Unifor Professor Vasco Vasconcelos Lista de Revisão Óptica na UECE e na Unifor Professor Vasco Vasconcelos 0. (Unifor-998. CE) Um objeto luminoso está inicialmente parado a uma distância d de um espelho plano fixo. O objeto inicia um movimento

Leia mais

AUTOMATION. Soluções em sensoriamento industrial. Sensores fotoelétricos e laser, digitais e analógicos

AUTOMATION. Soluções em sensoriamento industrial. Sensores fotoelétricos e laser, digitais e analógicos Sensores fotoelétricos e laser, digitais e analógicos Sensores Indutivos, capacitivos e ultrassônicos Sistemas de medição laser e visão industrial Cabos e conectores de campo AUTOMATION. Soluções em sensoriamento

Leia mais

Acesse: http://fuvestibular.com.br/

Acesse: http://fuvestibular.com.br/ Esse torno só dá furo! Na aula sobre furação, você aprendeu que os materiais são furados com o uso de furadeiras e brocas. Isso é produtivo e se aplica a peças planas. Quando é preciso furar peças cilíndricas,

Leia mais

ÓPTICA GEOMÉTRICA. Lista de Problemas

ÓPTICA GEOMÉTRICA. Lista de Problemas Universidade Federal do Rio Grande do Sul Instituto de Física Departamento de Física FIS01044 UNIDADE II ÓPTICA GEOMÉTRICA Lista de Problemas Problemas extraídos de HALLIDAY, D., RESNICK, R., WALKER, J.

Leia mais

LENTES E ESPELHOS. O tipo e a posição da imagem de um objeto, formada por um espelho esférico de pequena abertura, é determinada pela equação

LENTES E ESPELHOS. O tipo e a posição da imagem de um objeto, formada por um espelho esférico de pequena abertura, é determinada pela equação LENTES E ESPELHOS INTRODUÇÃO A luz é uma onda eletromagnética e interage com a matéria por meio de seus campos elétrico e magnético. Nessa interação, podem ocorrer alterações na velocidade, na direção

Leia mais

PRÁTICA 1: MICROSCOPIA DE LUZ

PRÁTICA 1: MICROSCOPIA DE LUZ PRÁTICA 1: MICROSCOPIA DE LUZ INTRODUÇÃO: O microscópio de luz é um aparelho que destina-se a observação de objetos muito pequenos, difíceis de serem examinados em detalhes a olho nu. O tipo de microscópio

Leia mais

ÍNDICE. 11. Instalação do CONTROLADOR ELETRO ELETRÔNICO E SENSORES...31. 13. Capa TÉRMICA...33

ÍNDICE. 11. Instalação do CONTROLADOR ELETRO ELETRÔNICO E SENSORES...31. 13. Capa TÉRMICA...33 ÍNDICE 1. PRODUTO SORIA...04 2. ALGUMAS VANTAGENS...05 3. PRODUTO SORIA...06 4. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS...07 5. KIT DE INSTALAÇÃO...08 6. ACESSÓRIOS...09 7. DIMENSIONAMENTO DOS COLETORES...10 8. Dimensionamento

Leia mais

Relógio Comparador M 2 T. Resolução 0,01 mm Curso 10 mm Ø do mostrador 58 mm Precisão segundo norma DIN 878

Relógio Comparador M 2 T. Resolução 0,01 mm Curso 10 mm Ø do mostrador 58 mm Precisão segundo norma DIN 878 Relógio Comparador M 2 T Relógio Comparador M 2/30 T Curso 30 mm Relógio Comparador KM 4/5 T Curso 5 mm Ø do mostrador 40 mm Relógios Comparadores Um excelente desenho aliado a uma fabricação precisa e

Leia mais

Meios Físicos de Comunicação

Meios Físicos de Comunicação Meios Físicos de Comunicação Aula 5 Fibra Óptica Meios Físicos de Comunicação - Fibra Óptica 1 Conteúdo Conceitos Iniciais Tipos Fatores de Perdas Medição e Teste Vantagens Conversores e Conectores Meios

Leia mais

Fusíveis e Porta-fusíveis

Fusíveis e Porta-fusíveis 2014 2015 Fusíveis MICRO - 58V FC02 Cinzento 2 A. FC03 Lilás 3 A. FC04 Rosa 4 A. FC05 Castanho claro 5 A. FC75 Castanho 7,5 A. FC10 Vermelho 10 A. FC15 Azul 15 A. FC20 Amarelo 20 A. FC25 Transparente 25

Leia mais

Automação industrial Sensores

Automação industrial Sensores Automação industrial Sensores Análise de Circuitos Sensores Aula 01 Prof. Luiz Fernando Laguardia Campos 3 Modulo Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina Cora Coralina O que são sensores?

Leia mais

INDICADOR DE NÍVEL. Tipo Régua Externa. Modelo 059 REV 02/00

INDICADOR DE NÍVEL. Tipo Régua Externa. Modelo 059 REV 02/00 INDICADOR DE NÍVEL Tipo Régua Externa REV 02/00 Sistema mecânico, de baixo custo, ideal para tanques externos, internos ou subterrâneos. Visualização fácil do nível nas réguas graduadas. Para líquidos

Leia mais

Sensores indutivos cilíndricos para detecção de peças metálicas em corrente contínua

Sensores indutivos cilíndricos para detecção de peças metálicas em corrente contínua Cilíndricos de corrente contínua Proteções... Tensão de trabalho... Sensores indutivos cilíndricos para detecção de peças metálicas em corrente contínua Faceada (blindados) Cabo de 3 fios comp. 3 m (5

Leia mais

Grupo 16 Instrumentos de medição

Grupo 16 Instrumentos de medição BRALE Grupo 16 Instrumentos de medição Fornecedor: Tipo Descrição Página Instrumentos de medição em geral 00 Paquímetro com leitura analógica 01 Características 01-01 Produtos 01-02 Paquímetro com leitura

Leia mais

Validade: Os valores e medidas apresentadas são válidas salvo erro de edição e são sujeitos a alteração sem aviso prévio. Validade dos Preços: salvo

Validade: Os valores e medidas apresentadas são válidas salvo erro de edição e são sujeitos a alteração sem aviso prévio. Validade dos Preços: salvo TUBOS INOX Validade: Os valores e medidas apresentadas são válidas salvo erro de edição e são sujeitos a alteração sem aviso prévio. Validade dos Preços: salvo erro de edição, os preços são válidos para

Leia mais

EVOLUÇÃO QUE TRAZ RESULTADOS Industrial Agrícola Suin

EVOLUÇÃO QUE TRAZ RESULTADOS Industrial Agrícola Suin Solução completa. Da gestação à terminação. Fundada em 1979, a é referência na fabricação de equipamentos para a alimentação animal, como bebedouros e comedouros, sempre buscando acompanhar o desenvolvimento

Leia mais

Óptica. Estudo da luz, como sendo a onda eletromagnética pertencentes à faixa do espectro visível (comprimento de 400 nm até 700 nm).

Óptica. Estudo da luz, como sendo a onda eletromagnética pertencentes à faixa do espectro visível (comprimento de 400 nm até 700 nm). Óptica Estudo da luz, como sendo a onda eletromagnética pertencentes à faixa do espectro visível (comprimento de 400 nm até 700 nm). Fenômenos ópticos Professor: Éder (Boto) Sobre a Luz O que emite Luz?

Leia mais

Cabo Óptico Pré-Conectorizado LC/SC

Cabo Óptico Pré-Conectorizado LC/SC Cabo Óptico Pré-Conectorizado LC/SC Tipo do Produto Descrição Cabo Óptico Pré-Conectorizado Cabo óptico de construção tipo tight buffer (indoor ou indoor/outdoor) pré-conectorizado em fábrica com conectores

Leia mais

IBM FD Shelter Data Center

IBM FD Shelter Data Center IBM FD Shelter Data Center Site and Facilities Services Fevereiro de 2007 2007 IBM Corporation Data Center IBM FD Shelter Solução chave na mão, desenhada pela IBM, onde estão incluídas as mais avançadas

Leia mais

Física FUVEST ETAPA. ε = 26 cm, e são de um mesmo material, Resposta QUESTÃO 1 QUESTÃO 2. c) Da definição de potência, vem:

Física FUVEST ETAPA. ε = 26 cm, e são de um mesmo material, Resposta QUESTÃO 1 QUESTÃO 2. c) Da definição de potência, vem: Física QUESTÃO 1 Um contêiner com equipamentos científicos é mantido em uma estação de pesquisa na Antártida. Ele é feito com material de boa isolação térmica e é possível, com um pequeno aquecedor elétrico,

Leia mais

KC/7 Transmissor de Consistência Microondas. Com a última tecnologia microondas para medição de consistência total

KC/7 Transmissor de Consistência Microondas. Com a última tecnologia microondas para medição de consistência total KC/7 Transmissor de Consistência Microondas Com a última tecnologia microondas para medição de consistência total O que é Microondas? Microondas são basicamente alta frequencia de ondas de rádio, utilizadas

Leia mais

AMOSTRADORES. São um total de nove famílias de amostradores disponíveis para cobrir as mais diversas aplicações.

AMOSTRADORES. São um total de nove famílias de amostradores disponíveis para cobrir as mais diversas aplicações. AMOSTRADORES Os amostradores Ecil Met Tec foram especificamente desenvolvidos para a coleta de amostras em fornos elétricos, conversores, panelas, tundish e outras estações de processamento de metal líquido.

Leia mais

Descritivo de produto. Fornecedor. www.pginstruments.com

Descritivo de produto. Fornecedor. www.pginstruments.com Descritivo de produto Fornecedor www.pginstruments.com ESPECTROFOTÔMETRO T90+ DESCRIÇÃO O T90 + é um espectrofotômetro duplo feixe de alto desempenho com largura de banda espectral variável 0.1. 0.2, 0.5,

Leia mais

FUNCIONAMENTO DE UM MONITOR CONTÍNUO DE OZÔNIO

FUNCIONAMENTO DE UM MONITOR CONTÍNUO DE OZÔNIO FUNCIONAMENTO DE UM MONITOR CONTÍNUO DE OZÔNIO 1. Introdução A melhor tecnologia para o monitoramento de baixas concentrações de ozônio (O 3 ) no ar ambiente é a da absorção de luz na faixa do Ultra Violeta

Leia mais

fibra optica:layout 1 27-01-2011 00:23 Page 23

fibra optica:layout 1 27-01-2011 00:23 Page 23 fibra optica:layout 1 27-01-2011 00:23 Page 23 Fibra Óptica fibra optica:layout 1 27-01-2011 00:23 Page 24 FIBRA ÓPTICA Fibra Óptica é um pedaço de vidro com capacidade de transmitir luz. Tal filamento

Leia mais

Programa de Retomada de Conteúdo 1º Bimestre

Programa de Retomada de Conteúdo 1º Bimestre Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio Regular. Rua Cantagalo 313, 325, 337 e339 Tatuapé Fones: 2293-9393 e 2293-9166 Diretoria de Ensino Região LESTE 5 Programa de Retomada de Conteúdo 1º

Leia mais

Óptica Geométrica Ocular Séries de Exercícios 2009/2010

Óptica Geométrica Ocular Séries de Exercícios 2009/2010 Óptica Geométrica Ocular Séries de Exercícios 2009/2010 2 de Junho de 2010 Série n.1 Propagação da luz 1. A velocidade da luz amarela de sódio num determinado líquido é 1, 92 10 8 m/s. Qual o índice de

Leia mais

Roteiro elaborado com base na documentação que acompanha o conjunto por: Osvaldo Guimarães PUC-SP

Roteiro elaborado com base na documentação que acompanha o conjunto por: Osvaldo Guimarães PUC-SP 1 Roteiro elaborado com base na documentação que acompanha o conjunto por: Osvaldo Guimarães PUC-SP Alguns experimentos de óptica básica Este item é composto por um conjunto de peças avulsas que permitem

Leia mais

Infra-Estrutura de Redes

Infra-Estrutura de Redes Faculdade Anhanguera de São Caetano do Sul Infra-Estrutura de Redes Curso: Tecnologia em Redes de Computadores Prof:Eduardo M. de Araujo Site-http://www.professoreduardoaraujo.com Objetivos: Camada física

Leia mais

u a r d a s TRANSFORMAMOS AS SUAS IDEIAS Tel: 244.618.700 Fax:244.618.709 Email:geral@vidrariadujoca.com Site: www.vidrariadujoca.

u a r d a s TRANSFORMAMOS AS SUAS IDEIAS Tel: 244.618.700 Fax:244.618.709 Email:geral@vidrariadujoca.com Site: www.vidrariadujoca. u a r d a s PRUMO INOX H Guarda com prumo inox 304/316 em barra c/espigão para chumbar ao pavimento para interior ou exterior, para aplicar com vidro laminado ou laminado temperado de varias espessuras.

Leia mais

TEORIA 08/12/2014. Reflexão. Refração INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO REFLEXÃO E REFRACÃO RAIOS INTRODUÇÃO 1 1 = 2 2 O ÍNDICE DE REFRAÇÃO

TEORIA 08/12/2014. Reflexão. Refração INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO REFLEXÃO E REFRACÃO RAIOS INTRODUÇÃO 1 1 = 2 2 O ÍNDICE DE REFRAÇÃO ÍNDICE DE REFRAÇÃ INTRDUÇÃ Ótica Lentes Esféricos DEFIJI Semestre204-2 Quando a luz passa de um meio para outro, sua velocidade aumenta ou diminui devido as diferenças das estruturas atômicas das duas

Leia mais

FORMATO DA REDE. Basicamente existem dois formatos de rede: aberto ou em circuito fechado (anel). Formato Aberto: Formato Fechado:

FORMATO DA REDE. Basicamente existem dois formatos de rede: aberto ou em circuito fechado (anel). Formato Aberto: Formato Fechado: FORMATO DA REDE Basicamente existem dois formatos de rede: aberto ou em circuito fechado (anel). Formato Aberto: Quando não justifica fazer um anel, pode-se levar uma rede única que alimente os pontos

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO. Corpo de Bombeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº 24/2011

SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO. Corpo de Bombeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº 24/2011 Instrução Técnica nº 24/2011 - Sistema de chuveiros automáticos para áreas de depósito 519 SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO Corpo de Bombeiros

Leia mais

www.fisicanaveia.com.br

www.fisicanaveia.com.br www.fisicanaveia.com.br Lentes Esféricas Lentes Esféricas: construção Biconvexa Lentes Esféricas: construção PLANO-CONVEXA Lentes Esféricas: construção CÔNCAVO-CONVEXA Lentes Esféricas: construção BICÔNCAVA

Leia mais

Preparação para a Prova Final de Matemática 2.º Ciclo do Ensino Básico Olá, Matemática! 6.º Ano

Preparação para a Prova Final de Matemática 2.º Ciclo do Ensino Básico Olá, Matemática! 6.º Ano Geometria Sólidos geométricos e volumes Prisma, pirâmide, cilindro, cone e esfera Planificação e construção de modelos de sólidos geométricos Volume do cubo, do paralelepípedo e do cilindro Unidades de

Leia mais

MICROSCÓPIO DIGITAL ISM-PM200SA

MICROSCÓPIO DIGITAL ISM-PM200SA MICROSCÓPIO DIGITAL ISM-PM200SA suporte obter foto ajuste de intensidade da iluminação ajuste de foco ajuste de ampliação placa branca/preta Computador não incluso Pode-se obter fotos ou vídeos. Fornecido

Leia mais

TERMORESISTÊNCIA. pote. resina. rabicho. solda do. rabicho. pote. resina. rabicho. solda do. rabicho

TERMORESISTÊNCIA. pote. resina. rabicho. solda do. rabicho. pote. resina. rabicho. solda do. rabicho TERMORESISTÊNCIA GRÁFICO DEMONSTRATIVO DOS DESVIOS NAS TERMORESISTÊNCIAS CLASSES A e B TOLERÂNCIA ºC,,,0,,,,,0,,,,,0 0, 0, 0, 0, TERMORESISTÊNCIA CLASSE B TERMORESISTÊNCIA CLASSE A -00-00 0,0 00 00 00

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO. Corpo de Bombeiros

SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO. Corpo de Bombeiros SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO Corpo de Bombeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº 024/2010 EM REVISÃO Sistema de chuveiros automáticos para áreas de

Leia mais

TIPOS DE FIBRA FIBRA MULTIMODO ÍNDICE DEGRAU. d 1. diâmetro do núcleo de 50 µm a 200 µm. (tipicamente 50 µm e 62,5 µm) d 2

TIPOS DE FIBRA FIBRA MULTIMODO ÍNDICE DEGRAU. d 1. diâmetro do núcleo de 50 µm a 200 µm. (tipicamente 50 µm e 62,5 µm) d 2 TIPOS DE FIBRA FIBRA MULTIMODO ÍNDICE DEGRAU d 1 diâmetro do núcleo de 50 µm a 200 µm (tipicamente 50 µm e 62,5 µm) d 2 diâmetro da fibra óptica (núcleo + casca) de 125 µm a 280 µm (tipicamente 125 µm)

Leia mais

Espelhos Esféricos. Definições e Elementos:

Espelhos Esféricos. Definições e Elementos: Definições e Elementos: Calota Esférica. Espelho Esférico é uma calota esférica na qual uma das faces é refletora. Espelho Côncavo Superfície refletora interna. Espelho Convexo Superfície refletora externa.

Leia mais

KIT Nº 14 KIT Nº 2 0.905

KIT Nº 14 KIT Nº 2 0.905 KIT Nº 1 KIT Nº 2 01 Bandeja Grande Ref.0.2823 01 Rolo de Espuma Pop 23 cm Ref.0.13 com cabo Ref. 0.2072 01 Rolo de Espuma Pop 09 cm com cabo Ref. 0.1109. 01 Rolo de Espuma Pop 05 cm c/ cabo Ref. 0.1105

Leia mais

Valtra Vol. Linha Média 10/1/09 11:27 AM Page 1. www.valtra.com.br BM 100. Foto meramente ilustrativa. Valtra é uma marca mundial da AGCO.

Valtra Vol. Linha Média 10/1/09 11:27 AM Page 1. www.valtra.com.br BM 100. Foto meramente ilustrativa. Valtra é uma marca mundial da AGCO. Valtra Vol. Linha Média 10/1/09 11:27 AM Page 1 www.valtra.com.br BM 100 Valtra é uma marca mundial da AGCO. Foto meramente ilustrativa. Valtra Vol. Linha Média 10/1/09 11:27 AM Page 2 Características

Leia mais

DMS 680 - Inspeção de calibradores

DMS 680 - Inspeção de calibradores DMS 680 - Inspeção de calibradores Banco universal de medida calibrações segundo a norma»iso 9000«JOINT OINT J 2 3 JOINT Banco universal de medida DMS 680 Grande campo de aplicações Calibração de vários

Leia mais

Manual de Instruções F60050 - F70060M F80060M - F90060M. www.equifoto.com.br 1

Manual de Instruções F60050 - F70060M F80060M - F90060M. www.equifoto.com.br 1 Manual de Instruções F60050 - F70060M F80060M - F90060M www.equifoto.com.br 1 A) Capa de lente B) Protetor de lente C) Lente objetiva 1) Controle ajuste fino de altitude D) Tubo principal 2) Trava azimutal

Leia mais

Para que possam oferecer a protecção adequada os produtos deverão ser:

Para que possam oferecer a protecção adequada os produtos deverão ser: proteção facial Proteção Facial Porquê o uso de viseiras? As viseiras são concebidas para proteger os olhos e o rosto. A protecção pode ser conferida através de uma rede metálica de malha fina ou em material

Leia mais

DEFIJI Semestre2014-1 10:07:19 1 INTRODUÇÃO

DEFIJI Semestre2014-1 10:07:19 1 INTRODUÇÃO 1 DEFIJI Semestre2014-1 Ótica Lentes Esféricos Prof. Robinson 10:07:19 1 O ÍNDICE DE REFRAÇÃO INTRODUÇÃO Quando a luz passa de um meio para outro, sua velocidade aumenta ou diminui devido as diferenças

Leia mais

DF1101-Ex Detector de chama por infravermelhos Coletivo/SynoLINE 600 Para áreas com perigo de explosão das zonas 1 e 2

DF1101-Ex Detector de chama por infravermelhos Coletivo/SynoLINE 600 Para áreas com perigo de explosão das zonas 1 e 2 DF1101-Ex Detector de chama por infravermelhos Coletivo/SynoLINE 600 Para áreas com perigo de explosão das zonas 1 e 2 AlgoRex Synova Sinteso Cerberus PRO Para aplicações interiores e exteriores Avaliação

Leia mais

CATÁLOGO DE EPI S. www.mssegmed.com.br Tel: (11) 2851-9391. Rua Potengi, 1225 Jd. Rio das Pedras Cotia/SP

CATÁLOGO DE EPI S. www.mssegmed.com.br Tel: (11) 2851-9391. Rua Potengi, 1225 Jd. Rio das Pedras Cotia/SP CATÁLOGO DE EPI S www.mssegmed.com.br Tel: (11) 2851-9391 Rua Potengi, 1225 Jd. Rio das Pedras Cotia/SP Proteção para Solda Autoescurecimento Óculos Celeron / Polipropileno 109 s de Solda Speedglass Série

Leia mais

História dos Raios X. 08 de novembro de 1895: Descoberta dos Raios X Pelo Professor de física teórica Wilhelm Conrad Röntgen.

História dos Raios X. 08 de novembro de 1895: Descoberta dos Raios X Pelo Professor de física teórica Wilhelm Conrad Röntgen. História dos Raios X 08 de novembro de 1895: Descoberta dos Raios X Pelo Professor de física teórica Wilhelm Conrad Röntgen. História dos Raios X 22 de dezembro de 1895, Röntgen fez a primeira radiografia

Leia mais

Camada Física. Bruno Silvério Costa

Camada Física. Bruno Silvério Costa Camada Física Bruno Silvério Costa Sinais Limitados por Largura de Banda (a) Um sinal digital e suas principais frequências de harmônicas. (b) (c) Sucessivas aproximações do sinal original. Sinais Limitados

Leia mais

Eberhardt Comércio e Assist. Técnica. Ltda.

Eberhardt Comércio e Assist. Técnica. Ltda. Rua das Cerejeiras, 80 Ressacada CEP 88307-330 Itajaí SC Indicador Universal i304 Fone/Fax: (47) 3349 6850 Email: vendas@ecr-sc.com.br O indicador microprocessado I304 possui opções de entrada configurável

Leia mais

Kit de conexão EMK padrão

Kit de conexão EMK padrão EMK Kits de conexão Kit de conexão EMK padrão Vantagens Todos os componentes de conexão necessários em um kit Seleção simples dos componentes necessários Grande diversidade Economia de tempo; manuseio

Leia mais

Catálogo de Produtos. Informações técnicas disponíveis em: http://www.optex-fa.com. Catálogo de Produtos

Catálogo de Produtos. Informações técnicas disponíveis em: http://www.optex-fa.com. Catálogo de Produtos Catálogo de Produtos Informações técnicas disponíveis em: http://www.optex-fa.com Catálogo de Produtos Catálogo de Produtos A resposta do futuro para controle de qualidade... Conteúdo Índice de produtos

Leia mais

INSTRUÇÃO DE TRABALHO HISTÓRICO DE VERSÕES

INSTRUÇÃO DE TRABALHO HISTÓRICO DE VERSÕES HISTÓRICO DE VERSÕES 1/25 Versão Data Elaborado por Motivo da Revisão Revisado por Aprovado por 01 03 14/10/2013 09/04/2014 28/07/2014 Lucival B. R. Rocha Marco Antonio F. da Silva Inclusão montagem conector

Leia mais

CONTAINERS COMUM ou DRYVAN. 20 Pes Standard 20 'x 8' x 8 6" Descrição. 40 Pes Standard 40 'x 8' x 8' 6" Descrição

CONTAINERS COMUM ou DRYVAN. 20 Pes Standard 20 'x 8' x 8 6 Descrição. 40 Pes Standard 40 'x 8' x 8' 6 Descrição TIPOS DE CONTAINERS CONTAINERS COMUM ou DRYVAN 20 Pes Standard 20 'x 8' x 8 6" 2300 kg / 5070 lb 28180 kg/62130 lb 30480 kg/67200 lb Disponível para qualquer carga normal seca. Exemplos: sacos, pallets,

Leia mais

ÓPTICA GEOMÉTRICA MENU DE NAVEGAÇÃO. LENTES ESFÉRICAS LENTES CONVERGENTES Elementos

ÓPTICA GEOMÉTRICA MENU DE NAVEGAÇÃO. LENTES ESFÉRICAS LENTES CONVERGENTES Elementos ÓPTICA GEOMÉTRICA MENU DE NAVEGAÇÃO Clique em um item abaixo para iniciar a apresentação LENTES ESFÉRICAS LENTES CONVERGENTES Elementos Propriedades Construção Geométrica de Imagens LENTES DIVERGENTES

Leia mais

QUINTUS e QUINTUS ZOOM

QUINTUS e QUINTUS ZOOM EndoWorld MICRO 9 01/2013-PT QUINTUS e QUINTUS ZOOM Adaptador de TV de alto rendimento para microscópios cirúrgicos da Leica Microsystems QUINTUS e QUINTUS ZOOM Adaptador de TV de alto rendimento para

Leia mais

CADASTRO TÉCNICO DE FORNECEDORES SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO MATERIAIS PADRONIZADOS APLICADOS EM CÂMARA DE TRANSFORMAÇÃO 15KV - ATENDIMENTO COLETIVO

CADASTRO TÉCNICO DE FORNECEDORES SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO MATERIAIS PADRONIZADOS APLICADOS EM CÂMARA DE TRANSFORMAÇÃO 15KV - ATENDIMENTO COLETIVO SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO CADASTRO TÉCNICO CÓDIGO TÍTULO VERSÃO CD.DT.PDN.03.14.001 03 APROVADO POR MARCELO POLTRONIERI ENGENHARIA E CADASTRO (DEEE) SUMÁRIO 1. OBJETIVO... 3 2. HISTÓRICO DAS REVISÕES...

Leia mais

CATÁLOGO DAS MÁQUINAS DE Alcatifas e estofos

CATÁLOGO DAS MÁQUINAS DE Alcatifas e estofos CATÁLOGO DAS MÁQUINAS DE Alcatifas e estofos EXTRACT P25 FIMAP Máquina multifuncional de injeção/extracção para lavagem de estofos e tapetes/alcatifas, muito versátil. Pode também ser usada como aspirador

Leia mais

Chapas de gesso acartonado

Chapas de gesso acartonado VERDE INOVAÇÃO CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL Chapas de gesso acartonado Ideal para paredes, forros, revestimentos e mobiliário fixo. Panel Rey é um Sistema com mais de 25 Anos de Experiência As chapas de gesso

Leia mais

Parecer Técnico de Conformidade NR 17 e NBR 13966 MESA REUNIÃO REDONDA

Parecer Técnico de Conformidade NR 17 e NBR 13966 MESA REUNIÃO REDONDA Parecer Técnico de Conformidade NR 17 MESA REUNIÃO REDONDA Parecer Técnico de Conformidade NR 17 A SEFIT Serviços Especializados de Fisioterapia do Trabalho Ltda, inscrita no CNPJ n.º 04.207.225/0001-74,

Leia mais

TC501 componentes. Cabeçote de conexão tipo B

TC501 componentes. Cabeçote de conexão tipo B TE 65.30 Termopares Modelo reto com inserto de medição substituível Medição Eletrônica de Temperatura para medição de gás de combustão Modelo TC 501 Aplicações - altos fornos, aquecedores de ar - processos

Leia mais

Iluminação de piscinas com fibras ópticas Fábio Magalhães

Iluminação de piscinas com fibras ópticas Fábio Magalhães 1 de 9 01/11/2010 22:17 Iluminação de piscinas com fibras ópticas Fábio Magalhães O sistema mais utilizado atualmente para a iluminação de piscinas é composto por projetores submersíveis, portanto, instalados

Leia mais

Comprovação dos índices de refração

Comprovação dos índices de refração Comprovação dos índices de refração 1 recipiente de vidro; 1 bastão de vidro, e Glicerina. 1. Encha até a metade o recipiente com glicerina, depois basta afundar o bastão de vidro na glicerina e pronto!

Leia mais

A INSTITUTO FEDERAL DE MINAS GERAIS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES Fone:(31)2513-5198 Fax: (31) 2513-5203 PREGÃO ELETRÔNICO 175/2013

A INSTITUTO FEDERAL DE MINAS GERAIS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES Fone:(31)2513-5198 Fax: (31) 2513-5203 PREGÃO ELETRÔNICO 175/2013 A INSTITUTO FEDERAL DE MINAS GERAIS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES Fone:(31)2513-5198 Fax: (31) 2513-5203 PREGÃO ELETRÔNICO 175/2013 1 1. DADOS DO FORNECEDOR 1.1 Dados Cadastrais da Empresa Razão Social:

Leia mais

SENSOR INFRAVERMELHO ATIVO DUPLO FEIXE

SENSOR INFRAVERMELHO ATIVO DUPLO FEIXE SENSOR INFRAVERMELHO ATIVO DUPLO FEIXE duoiva-3010 MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO LEIA TODO O CONTEÚDO DESTE MANUAL ANTES DE INICIAR A INSTALAÇÃO Esta página foi intencionalmente deixada em branco. INTRODUÇÃO

Leia mais

DISTRIBUIDOR - REPRESENTANTE

DISTRIBUIDOR - REPRESENTANTE PRODUTO: SEL-SV-U0-O21- K4 FOLHA TÉCNICA 1/5 1. CERTIFICAÇÕES DA SELCON 2. APLICAÇÃO Sensor utilizado para indicar a presença de chama em queimadores de gás, óleos leves ou qualquer outro combustível que

Leia mais

NPT 024 SISTEMA DE CHUVEIROS AUTOMÁTICOS PARA ÁREAS DE DEPÓSITOS

NPT 024 SISTEMA DE CHUVEIROS AUTOMÁTICOS PARA ÁREAS DE DEPÓSITOS Janeiro 2012 Vigência: 08 Janeiro 2012 NPT 024 Sistema de chuveiros automáticos para áreas de depósitos CORPO DE BOMBEIROS BM/7 Versão: 02 Norma de Procedimento Técnico 107páginas SUMÁRIO 1 Objetivo 2

Leia mais

Técnicas de microscopia eletrônica de varredura para caracterização de materiais PMT-5858

Técnicas de microscopia eletrônica de varredura para caracterização de materiais PMT-5858 Técnicas de microscopia eletrônica de varredura para caracterização de materiais PMT-5858 Prática Laboratorial Prof. Dr. André Paulo Tschiptschin (PMT-EPUSP) DEPENDÊNCIA ENTRE OS CONCEITOS BÁSICOS DE OPERAÇÃO

Leia mais

HYDRUS MEDIDOR ULTRASSÔNICO

HYDRUS MEDIDOR ULTRASSÔNICO HYDRUS APLICAÇÃO Medidor de água ultrassônico estático para medição e registro precisos em todas as aplicações de fornecimento de água. CARACTERÍSTICAS 4 Comunicação de dados reais, telegrama de medição

Leia mais

Norma Técnica Interna SABESP NTS 051

Norma Técnica Interna SABESP NTS 051 Norma Técnica Interna SABESP NTS 051 Tubos de Polietileno - Determinação das Dimensões Método de Ensaio São Paulo Fevereiro - 1999 NTS 051 : 1999 Norma Técnica Interna SABESP S U M Á R I O 1 OBJETIVO...1

Leia mais

Válvula Plástica de Diafragma RAF - P. Irrigação. Válvula Plástica. www.idealtrading.com.br / Tel: 71-35032799

Válvula Plástica de Diafragma RAF - P. Irrigação. Válvula Plástica. www.idealtrading.com.br / Tel: 71-35032799 Válvula Plástica de Diafragma RAF - P Irrigação Válvula Plástica www.idealtrading.com.br / Tel: 71-502799 Ideal Trading - Válvula Hidráulica de Controle RAF - P Válvula de Controle de Diafragma - Alta

Leia mais

Introdução: Mas, todas estas lentes podem ser na verdade convergentes ou divergentes, dependendo do que acontece com a luz quando esta passa por ela.

Introdução: Mas, todas estas lentes podem ser na verdade convergentes ou divergentes, dependendo do que acontece com a luz quando esta passa por ela. Introdução: Com este trabalho experimental pretende-se observar o comportamento de feixes ao atravessar lentes e, ao mesmo tempo, verificar o comportamento dos feixes ao incidir em espelhos. Os conceitos

Leia mais

A eficiência do laser. The Bend The Combi The Laser The Punch The System The Software

A eficiência do laser. The Bend The Combi The Laser The Punch The System The Software A eficiência do laser The Bend The Combi The Laser The Punch The System The Software Inovação e experiência Econômica e ecológica A máquina de corte a laser PLATINO Fiber 2D tem perfeito balanço entre

Leia mais

V-PAD Termopares para superfície de tubos Modelo TC59-V

V-PAD Termopares para superfície de tubos Modelo TC59-V Medição Elétrica de Temperatura V-PAD Termopares para superfície de tubos Modelo TC59-V Folha de dados WIKA TE 65.59 Aplicações Indústrias Químicas Aplicações com vapor super aquecido Refinarias Fornos

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES TL-350

MANUAL DE INSTRUÇÕES TL-350 MANUAL DE INSTRUÇÕES TL-350 1. COMO COLOCAR BOBINA No tirante rosqueado, coloque as seguintes peças na ordem: Suporte de alumínio, arruela cônica e arruela rosqueada. Coloca-se a bobina de BOPP. Na outra

Leia mais

Manômetros de 100 e 150mm Standard ou com Glicerina

Manômetros de 100 e 150mm Standard ou com Glicerina Manômetros de 100 e 150mm Standard ou com Glicerina Aplicação Foram desenvolvidos para indicarem com precisão a pressão que se quer monitorar nas linhas de vapor, gases ou líquidos, e em equipamentos.

Leia mais

Linha para Piso Elevado

Linha para Piso Elevado Linha para Piso Elevado Linha para Piso Elevado Linha para Piso Elevado Calha para piso elevado... 53 Derivações... Caixa para piso elevado... 54 Metálico... 54 Nylon... 56 Latão... 58 54 Sistemas para

Leia mais

Oficina de fotografia e tratamento de imagem. Facilitadora: Camila Silva Aula: 05

Oficina de fotografia e tratamento de imagem. Facilitadora: Camila Silva Aula: 05 Oficina de fotografia e tratamento de imagem Facilitadora: Camila Silva Aula: 05 Objetivas É uma lente óptica ou conjunto de lentes usada em conjunto com um corpo de câmera e um mecanismo para reproduzir

Leia mais

Cabo Óptico Tubo Único Dielétrico

Cabo Óptico Tubo Único Dielétrico Os cabos ópticos Telcon proporcionam excelente performance de transmissão. Este cabo tem como diferencial ser constituído por um único tubo loose, protegidos por termoplástico preto retardante a chama

Leia mais

para quem domina todas as peças.

para quem domina todas as peças. F A Z PA R T E D O S E U C A M I N H O R Climatização é um jogo para quem domina todas as peças. Nós da Climatruck temos a satisfação de contar com uma equipe de larga experiência no seguimento de peças

Leia mais

Fibras Ópticas Medição da atenuação, comprimento e perdas de um cabo óptico com OTDR

Fibras Ópticas Medição da atenuação, comprimento e perdas de um cabo óptico com OTDR Fibras Ópticas Medição da atenuação, comprimento e perdas de um cabo óptico com OTDR Equipamento: * ANDO Mini-OTDR AQ7255 * Cabo de fibra óptica monomodo standard. Objectivos: * Determinação da atenuação,

Leia mais