Gerência de Escopo de Projetos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Gerência de Escopo de Projetos"

Transcrição

1 1 Gerência de Escopo de Projetos Professor: Carlos Magno Xavier (M.Sc, PMP) V21 1 Nome... Tipo de projeto para exemplo... Hobby... 2

2 Sumário 2 Iniciando o projeto Definindo o escopo do projeto Criando a Estrutura Analítica do Projeto (EAP) Obtendo a aceitação do escopo do projeto Controlando o escopo do projeto 3 Bibliografia Sotille, Mauro e outros Gerenciamento de de Escopo em Projetos Editora FGV, 2006 Xavier, Carlos Magno -- Gerenciamento de de Projetos Como definir e controlar o escopo do do projeto --Editora Saraiva PMI -- PMBOK (Project Management Body of of Knowledge) Guide (versão oficial português) Xavier, Carlos Magno e outros Metodologia de de Gerenciamento de de Projetos Methodware Brasport

3 Critério rio de avaliação 3 Prova individual (60%) Trabalho em grupo (40%) (prazo: 30 dias após o último dia de aula) 5 O que fazer? (PMBOK) Precisamos fazer certo, a combinação certa dos projetos certos! Paul Dinsmore Metodologia de Gerenciamento de Projetos Como fazer? 6

4 Gerenciamento de projetos e portfólio 4 Portfolio Management PMBOK 7 O que é o escopo de um projeto? 8

5 Gerenciamento do Escopo 5 É um conjunto de processos exigidos para assegurar que o projeto inclua todo o trabalho, e somente o necessário, para completar o projeto de forma bem sucedida (PMBOK) A preocupação fundamental compreende em definir e controlar o escopo que está ou não incluído no projeto 9 Gerenciamento do Escopo O escopo (trabalho) do projeto consiste na geração e entrega de produtos e serviços (deliverables) => O CLIENTE NÃO QUER RECEBER ATIVIDADES (TAREFAS), E SIM PRODUTOS E SERVIÇOS 10

6 DELIVERABLE (entrega) 6 É qualquer saída (produto ou serviço), tangível e verificável, que deve ser produzido obrigatoriamente para conclusão do projeto ou de parte dele. Muitas vezes utilizado mais especificamente com referência a uma entrega sujeita à aprovação do patrocinador ou do cliente do projeto. Ex.: Estudo de viabilidade, Manual do sistema, Projeto Básico etc. 11 A DIFICULDADE DA DEFINIÇÃO DE ESCOPO EU SEI QUE VOCÊ ACREDITA QUE ENTENDEU O QUE VOCÊ PENSA QUE EU DISSE, MAS EU NÃO ESTOU CERTO QUE VOCÊ COMPREENDEU QUE O QUE VOCÊ OUVIU NÃO É O QUE EU QUIS DIZER (AUTOR ANÔNIMO) 12

7 Escopo do produto X Escopo do projeto 7 Escopo do Produto X Escopo do Projeto As características ou funções que devem ser incluídas no produto ou serviço REQUISITOS / ESPECIFICAÇÕES O conjunto de produtos e serviços (deliverables) que devem ser gerados pelo projeto WBS 13 Deliverable: Gerência de escopo Atividades: Gerência de tempo 14

8 8 Qual é o escopo do seu projeto? 15 ESCOPO DO PROJETO X ESCOPO DO CLIENTE Plano de Gerenciamento do Projeto, treinamento da equipe etc. Deliverables do cliente Escopo do cliente Escopo do Projeto 16

9 Estudo de caso - A construção da termoelétrica trica de Mossoró 9 Transporte turbina, seguro, dragagem porto, sondagem cais etc. Termoelétrica Escopo do cliente Escopo do Projeto 17 A INTERFACE DO ESCOPO COM AS DEMAIS ÁREAS DE GERENCIAMENTO Comunicações Base de Referência Escopo Qualidade Aquisições Riscos Tempo custo Recursos Humanos Integração do projeto 18

10

11 Como gerenciar o escopo em projetos, reduzindo a pressão dos stakeholders? Iniciando o projeto 22

12 SOLICITAÇÕES DE MUDANÇAS Sumário da disciplina (esquema) Controlando o escopo LINHA DE BASE AJUSTADA EAP + DICIONÁRIO 12 Iniciando o projeto ENTREGAS TERMO DE ABERTURA DO PROJETO Definindo o escopo Obtendo a aceitação do escopo DECLARAÇÃO DO ESCOPO Criando a EAP EAP + DICIONÁRIO 23 ENTREGAS ACEITAS O ESCOPO COMEÇA A A SER DELINEADO NA INICIAÇÃO Grupos de Processos de Gerenciamento de Projetos Iniciação Iniciação Planejamento Planejamento Controle Controle Execução Execução Fechamento Fechamento 24

13 Iniciando o projeto 13 O processo Desenvolver o Termo de Abertura do Projeto faz parte da área de Integração Processo de seleção e autorização formal de um novo projeto ou da continuação de um projeto jáj existente para uma nova fase Tem um importante papel de divulgação do projeto e contém m a primeira idéia ia do escopo do projeto 25 escopo do projeto O gerenciamento do escopo começa a na proposta Cliente (Interno ou externo) Solicitação de Proposta Proposta de projeto ou Proposta comercial Fornecedor (Interno ou externo) 26

14 14 INICIANDO O PROJETO Processos de Iniciação Solicitação de proposta I 1 - Elaboração da Proposta N I 2 - Aprovação pela gerência (de quem elaborou) Aprovado? S Planejamento I 4 - Autorização do projeto S Aprovado? I 3 - Seleção de projetos / Aprovação do Cliente N Termo de Abertura do Projeto Proposta de projeto arquivada 27 Exemplo de trabalho para elaboração de proposta interna Detalhamento depende do tempo para elaboração da proposta e da necessidade de exatidão nas estimativas 28

15 Processo de seleção interna de projetos Alinhamento estratégico / Valor para o negócio X Orçamento da empresa Priorização (Scorecard) 15 Idéias Projetos Candidatos Projetos Projetos Priorizados Rejeições 29 Exemplo de trabalho para elaboração de proposta externa Detalhamento depende do tempo para elaboração da proposta e da necessidade de exatidão nas estimativas Detalhamento depende do tempo para elaboração da proposta e da necessidade de exatidão nas estimativas 30

16 Project Charter (Termo de Abertura do Projeto / Termo de Referência do Projeto / Autorização para início do Projeto / Documento inicial do projeto) 16 Documento que formalmente autoriza um projeto 31 Project Charter Emitido (assinado) por um autorizador (ex.: patrocinador) externo ao projeto O GP pode ou não estar pessoalmente envolvido na criação (elaboração) do Project Charter 32

17 Conteúdo do Project Charter Objetivos (para o negócio) ou justificativa do projeto (referência ao contrato, ou business case, se houver) Escopo do Projeto (descrição de alto nível) ou Requisitos do Produto, para a geração do qual o projeto está sendo autorizado Gerente de projeto designado e nível de autoridade Premissas Restrições Outros itens possíveis no Project Charter Organizações funcionais e suas participações Ligações com outros projetos Responsabilidades do Cliente Cronograma e orçamento sumarizados Etc. 34

18 Restrições ao projeto 18 Fatores que limitam as opções da equipe de gerenciamento do projeto. Exemplos: O projeto de reforma deverá ser conduzido com o laboratório em funcionamento; O projeto tem um prazo total de 12 meses, sendo que no final do primeiro mês deverão ser iniciados os trabalhos de construção no campo; e A verba do orçamento a ser utilizada nesse projeto é de um milhão e quinhentos mil reais (R$ ,00), não podendo ultrapassar 10% desse valor no primeiro mês. 35 Não são restrições ao projeto e sim ao produto (escopo) A bicicleta, ao ser guardada, deverá ocupar um espaço inferior ao disponível, por exemplo, atrás de uma porta residencial, com no máximo 15 centímetros de profundidade; O novo pátio de pouso e decolagem a ser dimensionado terá, aproximadamente, ,00 m2. => Escopo do produto deve ser incluído no item Descrição de alto nível do projeto (não deve ser listado como restrição ao projeto) 36

19 Premissas = Assumptions (hipótese) 19 São fatores que, para fins de planejamento, são assumidos (considerados) como verdadeiros, reais ou certos. Exemplos: Serão disponibilizados cinco Analistas da Área de Recursos Humanos em período integral e três analistas da Área de Tecnologia da Informação em período part time; O cliente disponibilizará até o dia 01/02/2008 toda a infra-estrutura de hardware e software necessária para o desenvolvimento e instalação do sistema; A equipe do projeto estará autorizada a utilizar as dependências do setor de manufatura durante 24 horas por dia, todos os 7 dias da semana. 37 Estudo de caso 38

20 20 Exercício cio Project Charter Justificativa, Produto (s) do projeto, Designação GP, Restrições e Premissas 39 Definindo o escopo do projeto 40

21 O ESCOPO NO PLANEJAMENTO DO PROJETO 21 Grupos de Processos de Gerenciamento de Projetos Iniciação Iniciação Planejamento Planejamento Controle Controle Execução Execução Fechamento Fechamento 41 VOCÊ FOI DESIGNADO GERENTE DE UM PROJETO. QUAL SERIA O SEU PRIMEIRO PASSO PARA O PLANEJAMENTO DO PROJETO? Falhando no planejamento, estamos planejando para falhar (Kerzner) 42

22 22 Jogar tudo para o alto? Fazer beicinho? Rezar para que a coisa dê certo? 43 Iniciando Planejando o Projeto P1 - Levantar os envolvidos P2 Estabelecer a organização do projeto e formar a equipe de planejamento P3 Definir o escopo do cliente e a estratégia do projeto P7 - Planejar as Comunicações P4 - Elaborar a Estrutura Analítica do Projeto (WBS) P10 - Planejar a Qualidade P8 -Planejar as Aquisições P5 - Elaborar o Cronograma P11 - Planejar Recursos Humanos P9 - Planejar as Respostas a Riscos P6 - Calcular o custo das atividades e do projeto (orçamento) P12 - Planejar a Integração do projeto P13 - Consolidar e aprovar o Plano do Projeto 44 Executando e controlando

23 SOLICITAÇÕES DE MUDANÇAS Sumário da disciplina (esquema) Controlando o escopo LINHA DE BASE AJUSTADA EAP + DICIONÁRIO 23 Iniciando o projeto ENTREGAS TERMO DE ABERTURA DO PROJETO Definindo o escopo Obtendo a aceitação do escopo DECLARAÇÃO DO ESCOPO Criando a EAP EAP + DICIONÁRIO 45 ENTREGAS ACEITAS Definição do Escopo A definição do escopo é o processo de definir e documentar o escopo do cliente e a estratégia para desenvolvimento do trabalho (escopo) do projeto que irá gerar o produto do projeto 46

24 24 NIVELANDO EXPECTATIVAS?? Cliente Equipe do Projeto 47 Processo de Definir o escopo do cliente e a estratégia do projeto Definir o escopo do cliente - - Selecionar a estratégia para condução do projeto Emitir a Declaração de Escopo 48

25 25 Como definir o escopo do cliente? 49 ESCOPO DO PROJETO X ESCOPO DO CLIENTE Depende da estratégia de condução do projeto Deliverables do cliente Escopo do cliente Plano de Gerenciamento do Projeto, treinamento da equipe etc. Escopo do Projeto 50

26 Exemplos de estratégias de condução do projeto Na área de de Tecnologia da da Informação, para desenvolver um Sistema de de Informação podemos utilizar o modelo tradicional (cascata) ou ou o modelo em espiral (iterações); Na área de de engenharia, um caso típico é a utilização ou ou não da da engenharia simultânea. A Engenharia Simultânea é uma metodologia de de trabalho e modelo organizacional, que consiste na na realização de de várias fases de de um projeto de de modo colaborativo e com execução de de várias funções de de engenharia simultaneamente (ou em paralelo). Por exemplo, à medida que o autor do do projeto arquitetônico desenvolve o projeto básico os os projetos especializados são realizados simultaneamente; Na área de de construção naval podemos ter ter as as alternativas de de construir todo o navio em um único estaleiro ou ou utilizar vários estaleiros fazendo seções do do navio para depois ser feita a montagem final;

27 Exemplos de alternativas de condução do projeto Na área de Telecomunicações, as as peças para a montagem de uma antena podem vir em blocos pré-montados em algum outro local ou serem totalmente montados no local em que a antena será erguida; para a construção de uma casa, pode ser utilizado o sistema de casas pré-fabricadas (em que os os módulos são construídos em uma fábrica e transportados para o local de edificação) ou ser elaborado um projeto (design) específico com a construção in-loco; e Na área de engenharia civil, uma ferrovia pode ser iniciada simultaneamente de cada ponto ou ser construída a partir de uma das pontas ou do meio para as as pontas

28 A logística no escopo de um projeto 28 Estudo de casos A construção da termoelétrica de Mossoró A construção do Porto de Trombetas 55 EUROTÚNEL => ESTRATÉGIA DE DESMOBILIZAÇÃO INFLUENCIANDO NO ESCOPO DO PROJETO 56

29 O Ciclo de Vida como parte da estratégia de condução do projeto O ciclo de vida do projeto consiste no conjunto de fases do projeto, geralmente em ordem seqüencial Uma fase é marcada pela entrega de um ou mais produtos ou serviços (deliverables ou entregas) O ciclo de vida depende do produto a ser gerado e faz parte da estratégia de condução do projeto Qual é o meu? Fases de um projeto de Grande Porte (Independent( Project Analysis IPA) FEL-1 FEL-2 FEL-3 58

30 AS FASES DE UM PROJETO AS FASES DE UM PROJETO DE CONSTRUÇÃO E MONTAGEM 60

31 Declaração de Escopo ( Scope Statement ) Fornece uma base documentada para decisões do projeto e para confirmar ou desenvolver uma compreensão comum do escopo do projeto entre os interessados (stakeholders) Pode ser uma ata de reunião É o anteprojeto do escopo A Declaração do Escopo pode incluir: Escopo do Projeto (mais detalhado que no Termo de Abertura, contendo as principais entregas do projeto, que podem estar associadas às fases) Escopo não incluído no projeto Critério de Aceite do Projeto Restrições Premissas 62

32 Declaração do Escopo pode incluir: 32 Principais estratégias de condução do projeto Ligações com outros projetos Responsabilidades do Cliente Responsabilidades dos gerentes funcionais Etc. 63 Estudo de caso 64

33 33 Exemplo Treinamento Declaração de escopo Descrição do Produto do projeto, Critério de aceitação do treinamento, Escopo não incluído, Estratégias de condução do projeto, Novas Premissas 65 Criando a Estrutura Analítica do Projeto (EAP) 66

34 SOLICITAÇÕES DE MUDANÇAS Sumário da disciplina (esquema) Controlando o escopo LINHA DE BASE AJUSTADA EAP + DICIONÁRIO 34 Iniciando o projeto ENTREGAS TERMO DE ABERTURA DO PROJETO Definindo o escopo Obtendo a aceitação do escopo DECLARAÇÃO DO ESCOPO Criando a EAP EAP + DICIONÁRIO 67 ENTREGAS ACEITAS Iniciando EM UMA METODOLOGIA P1 - Levantar os envolvidos P2 Estabelecer a organização do projeto e formar a equipe de planejamento P3 Definir o escopo do cliente e a estratégia do projeto P7 - Planejar as Comunicações P4 - Elaborar a Estrutura Analítica do Projeto (WBS) P10 - Planejar a Qualidade P8 -Planejar as Aquisições P5 - Elaborar o Cronograma P11 - Planejar Recursos Humanos P9 - Planejar as Respostas a Riscos P6 - Calcular o custo das atividades e do projeto (orçamento) P12 - Planejar a Integração do projeto P13 - Consolidar e aprovar o Plano do Projeto 68 Executando e controlando

35 35 A A EAP é uma decomposição hierárquica rquica orientada às s entregas do projeto A A EAP organiza e define o escopo total do projeto, subdividindo o trabalho do projeto em partes menores e mais facilmente gerenciáveis 69 Work BreakDown Structure (WBS) A EAP ou WBS é o coração de todo o esforço o de planejamento do Projeto Forma hierárquica rquica (árvore( ou lista identada) ) para decomposição do escopo do projeto em deliverables mensuráveis e controláveis 70

36 Work BreakDown Structure (WBS) 36 1 Projeto Projeto Computador Documentação Computador Pessoal Pessoal Estrutura Estrutura Placa-Mãe Placa-Mãe Disco Disco Rígido Rígido Fonte Fonte Montagem Montagem Teste Sistema Sistema Sistema Operacional Operacional Gerenciamento do do Projeto Projeto 71 A WBS COM DELIVERABLES (ESCOPO) E ATIVIDADES (TEMPO) Deliverable Atividades 72

37 ESTRUTURA ANALÍTICA (DE PONDERAÇÃO) ÃO) DO PROJETO - EXCEL 37 NÍVEIS A. Físico Executado ITEM DESCRIÇÃO I II III NO MÊS Acum. Atual 0 EMPREENDIMENTO 100,00 1 SERVIÇOS 75% 100,00% 1.1 MOBILIZAÇÃO 4% 4,00% 4,00% 1.2 PROJETO EXECUTIVO - "AS BUILT" e "DATA BOOK" (Correspondente a 2% da soma dos itens 3.1 ao % 2,00% 2,00% 1.3 TUBULAÇÃO 10% 10,00% 10,00% 1.4 MECÂNICA 1,00% 1,00% 1,00% 1.5 PINTURA 10% 10,00% 10,00% 1.6 ESTRUTURA METÁLICA 22% 22,00% 22,00% 1.7 ELÉTRICA E INSTRUMENTAÇÃO 18% 18,00% 18,00% 1.8 CIVIL 24% 24,00% 24,00% 1.9 Equipes de "stand-by" e "start-up" para atendimento às atividades de pré-operação assistida e condicionamento 8% 8,00% 8,00% 1.10 Equipamentos para as equipes de "stand-by" e "start-up". 1% 1,00% 1,00% 2 BENS 25% 24,83% 24,83% 73 EXEMPLO WBS 74

38 Criando a Estrutura Analítica do Projeto (EAP) É a subdivisão dos deliverables do projeto em componentes menores e mais gerenciáveis, de maneira a: Definir e controlar melhor as entregas Aumentar a exatidão das estimativas Definir uma base de referência para a medição e controle do desempenho Facilitar a definição clara de responsabilidades Estratégia para a elaboração da WBS I. Colocar no primeiro nível o nome do projeto. II. Colocar no segundo nível (também chamado de primeiro nível de decomposição) as fases que estabelecem o ciclo de vida do projeto. 76

39 Estratégia para a elaboração da WBS III. Acrescentar um elemento, no segundo nível, à esquerda, para conter os deliverables necessários ao gerenciamento do projeto (Planejamento e Controle) e, à direita, para o fechamento do projeto Estratégia para a elaboração da WBS IV. Identificar os subprodutos necessários para que seja alcançado o sucesso do projeto em cada fase, inclusive os relativos ao gerenciamento do projeto. OBS.: O planejamento das outras áreas de conhecimento contribuem para o escopo do projeto V. Para cada deliverable colocado na EAP, verificar se o planejamento e controle podem ser desenvolvidos nesse nível de detalhe. Se a resposta for negativa, decompor o elemento da EAP. VI. Rever e refinar a EAP, utilizando os dez mandamentos da EAP. 78

40 40 79 EXEMPLO WBS 80

41 41 EXEMPLO WBS 81 EXEMPLO CONSTRUÇÃO DE PLATAFORMA DE PETRÓLEO 82

42 42 EXEMPLO WBS 83 Estudo de caso 84

43 43 Exercício cio Estrutura Analítica - WBS 85 Os dez mandamentos da WBS I Cobiçarás a WBS do próximo II - Explicitarás todos os subprodutos, inclusive os necessários ao gerenciamento do projeto III - Não usarás os nomes em vão IV Guardarás a descrição dos pacotes de trabalho no Dicionário da WBS V - Decomporás até o nível de detalhe (pacote de trabalho) que permita o planejamento e controle do trabalho necessário para a entrega do subproduto. 86

44 Os dez mandamentos da WBS VI - Não decomporás em demasia, de forma a que o custo / tempo de planejamento e controle não traga o benefício correspondente. VII Honrarás o pai VIII Decomporás de forma que a soma dos subprodutos dos elementos componentes (filhos) corresponda ao subproduto do elemento pai (Mandamento dos 100%) Os dez mandamentos da WBS IX - Não decomporás em somente um subproduto X Não repetirás o mesmo elemento como componente de mais de um subproduto 88

45 Decomposição A decomposição de um nível para o outro, além das fases, também pode ser: por deliverables (ex.: decompor uma bicicleta em suas partes principais); por sistema funcional (ex.: sistema elétrico, sistema hidráulico, sistema mecânico...); por localização física (ex.: região nordeste, região sul); por Unidade Administrativa a executar (ex.: divisões, departamentos...); ou Unidades do cliente (ex.: de acordo com a fiscalização) Exemplo de WBS com decomposição inicial não sendo em fases 90

46 PACOTES DE TRABALHO 46 Os elementos não decompostos em uma WBS são chamados de pacotes de trabalho (Work Packages) Os Pacotes de Trabalho devem ser descritos no Dicionário da WBS 91 Pacotes de trabalho 92

47 DICIONÁRIO DA WBS O Dicionário da WBS descreve o conteúdo dos pacotes de trabalho. 47 Identificação WBS PACOTE DE TRABALHO Treinamento da equipe na metodologia DESCRIÇÃO Treinamento para a equipe do projeto sobre a metodologia a fim de alinhar as percepções uniformizar conhecimentos. Será realizado na sede do PMI Rio. CRITÉRIO DE ACEITAÇÃO Toda a metodologia ter sido coberta. Os participantes e preencheram os ficha de avaliação cuja média tenha sido igual ou superior a Exercício cio Descrição de Pacote de Trabalho 94

48 O ESCOPO NO CONTROLE DO PROJETO 48 Grupos de Processos de Gerenciamento de Projetos Iniciação Iniciação Planejamento Planejamento Controle Controle Execução Execução Fechamento Fechamento 95 Obtendo a aceitação do escopo do projeto 96

49 SOLICITAÇÕES DE MUDANÇAS Sumário da disciplina (esquema) Controlando o escopo LINHA DE BASE AJUSTADA EAP + DICIONÁRIO 49 Iniciando o projeto ENTREGAS TERMO DE ABERTURA DO PROJETO Definindo o escopo Obtendo a aceitação do escopo DECLARAÇÃO DO ESCOPO Criando a EAP EAP + DICIONÁRIO 97 ENTREGAS ACEITAS Obtendo a aceitação do Escopo É o processo de obtenção da aceitação formal do escopo (entregas) do projeto 98

50 50 Requer uma inspeção dos subprodutos do projeto para garantir que foram completados de maneira correta e satisfatória, com o objetivo de obter a aceitação dos mesmos pelos clientes externos ou internos 99 Embora o processo seja bem simples em termos de objetivos, ele tem papel preponderante para a continuidade do projeto no caminho certo. A validação da WBS e também m do Dicionário da WBS, durante o planejamento do projeto, tem papel importante neste processo, uma vez que as entregas e seus critérios rios de aceitação devem estar lá explicitados. Se não estiverem claros, será grande a probabilidade de conflitos durante a entrega dos subprodutos. 100

51 A formalização do aceite do escopo 51 A formalidade da aceitação tem dois objetivos principais: Cuidado na aceitação Documentação 101 Controlando o escopo do projeto 102

52 SOLICITAÇÕES DE MUDANÇAS Sumário da disciplina (esquema) Controlando o escopo LINHA DE BASE AJUSTADA EAP + DICIONÁRIO 52 Iniciando o projeto ENTREGAS TERMO DE ABERTURA DO PROJETO Definindo o escopo Obtendo a aceitação do escopo DECLARAÇÃO DO ESCOPO Criando a EAP 103 EAP + DICIONÁRIO ENTREGAS ACEITAS Controle do Escopo O controle do escopo do projeto trata de acompanhar os fatores que criam mudanças no escopo do projeto e de controlar o impacto dessas mudanças. O processo de Controle do Escopo deve garantir que todas as mudanças solicitadas e ações corretivas recomendadas sejam controladas. 104

53 53 O O ESCOPO CONGELADO EM UM PROJETO E O ABOMINÁVEL HOMEM DAS NEVES TÊM ALGO EM COMUM: AMBOS SÃO MITOS E DESAPARECEM QUANDO SUFICIENTE CALOR É APLICADO 105 O Plano de Gerenciamento do Escopo Este plano, também um dos resultados do planejamento do projeto, descreve como os pedidos de alterações do escopo serão gerenciados e como as mudanças autorizadas serão integradas ao projeto. Deve incluir uma descrição clara de como as mudanças de escopo serão identificadas, avaliadas e autorizadas. Deve estabelecer o formulário de pedido de alteração de escopo. Exemplo na apostila 106

54 Problemas que ocorrem com mais freqüência em projetos

55 Origens das Alterações no Escopo 55 Erros na avaliação inicial de como atingir a meta do projeto Novas informações sobre o produto do projeto Um novo mandato Mudanças no negócio / ambiente da empresa Entusiasmo da equipe Requisitos esperados (implícitos) 109 Reduzindo os problemas das alterações de escopo Ter usuários / clientes como integrantes da equipe do projeto Reuniões periódicas Formalizar a aprovação do escopo do projeto. Utilizar um processo (previsto no Plano de gerenciamento de escopo) para tratar os pedidos de mudanças Avaliar o impacto das alterações do escopo no projeto em termos de cronograma, custo, qualidade e risco. 110

56 Replanejamento X Reprogramação 56 Um pedido de alteração no projeto pode ser uma evolução (também chamada tradicionalmente de mudança de escopo) ou uma correção. Consideramos evolução de escopo quando a mudança é no escopo solicitado pelo cliente / patrocinador. Neste caso é feito um replanejamento para implementação da mudança, podendo ser alterada a base de referência do projeto. Caso seja uma correção (aí incluída uma alteração de estratégia para atender ao mesmo escopo do cliente) fazemos uma reprogramação ão, sem alterar a base de referência do projeto. 111 Exercício cio Mudança de Escopo 112

57 Exercício de Alteração de escopo 1) No projeto do treinamento, após a entrega da apostila o instrutor pediu demissão da empresa. A equipe de planejamento se reuniu e decidiu contratar uma empresa especializada para aplicar o treinamento. a) Isso é uma mudança no escopo do cliente? E do projeto? Por quê? b) É um replanejamento ou uma reprogramação? c) Deve ser alterada a base de referência do projeto? d) Como ficaria a EAP com essa alteração de estratégia? 114

58 Alteração de escopo 2) No projeto do treinamento, após a conclusão da fase de preparação, o patrocinador, em razão da grande procura, decidiu por solicitar ao gerente do projeto mais uma turma de treinamento para o mesmo público alvo, a ser ministrado pelo mesmo instrutor. a) Isso é uma mudança no escopo do cliente? E do projeto? Por quê? b) É um replanejamento ou uma reprogramação? c) Deve ser alterada a base de referência do projeto? d) Como ficaria a EAP com essa alteração de estratégia? 116

59 Discussões em relação ao controle de alterações de escopo Uma alteração de escopo pode ser solicitada tanto pelo cliente como pela equipe do projeto? Quem autoriza as alterações de escopo do projeto é o Gerente do Projeto? 118

60 60 Discussões em relação ao controle de alterações de escopo Quem é o Guru da FALTA DE CONTROLE de alterações de escopo? Quem é o Guru do CONTROLE de alterações de escopo? 119 SOLICITAÇÕES DE MUDANÇAS Sumário da disciplina (esquema) Controlando o escopo LINHA DE BASE AJUSTADA EAP + DICIONÁRIO Iniciando o projeto ENTREGAS TERMO DE ABERTURA DO PROJETO Definindo o escopo Obtendo a aceitação do escopo DECLARAÇÃO DO ESCOPO Criando a EAP 120 EAP + DICIONÁRIO ENTREGAS ACEITAS

61 61 SUCESSO! 121 Currículo do Professor Carlos Magno da da Silva Xavier é mestre em em Sistemas e Computação pelo Instituto Militar de de Engenharia (IME). É Sócio-Diretor da da Beware Consultoria Empresarial Ltda. Sua experiência profissional, de de mais de de dezesseis anos em em gerência de de projetos inclui a consultoria de de implantação de de metodologia de de gerenciamento de de projetos em em grandes empresas (TIM, BR BR Distribuidora e Petrobras), assim como o gerenciamento de de riscos na na contratação, construção e automação de de grandes empreendimentos (Plataforma de de Petróleo, Sede empresarial e Fábricas). Autor dos dos livros Projetando com Qualidade a Tecnologia em em Sistemas de de Informação (LTC Livros Técnicos Científicos) e Gerenciamento de de Projetos Como definir e controlar o escopo do do projeto (Editora Saraiva), e co-autor dos dos livros Como se se tornar um um profissional em em Gerenciamento de de Projetos (Qualitymark Editora), Metodologia de de Gerenciamento de de Projetos Methodware (Brasport), Gerenciamento de de Aquisições em em Projetos (Editora FGV) e O O Perfil do do Gerente de de Projeto Brasileiro (Brasport). É certificado Project Management Professional (PMP) pelo Project Management Institute (PMI), Vice-Presidente de de Comunicação do do PMI-Rio e Líder do do Grupo PMI-Rio no no Terceiro Setor. 122

Como criar a Estrutura Analítica de um Projeto (EAP)

Como criar a Estrutura Analítica de um Projeto (EAP) Como criar a Estrutura Analítica de um Projeto (EAP) A ferramenta utilizada para a representação das entregas de um projeto é a Estrutura Analítica do Projeto (EAP), tradução para o português de Work Breakdown

Leia mais

GERENCIAMENTO DE ESCOPO EM PROJETOS

GERENCIAMENTO DE ESCOPO EM PROJETOS GERENCIAMENTO DE ESCOPO EM PROJETOS Profa. Tânia Belmiro EXEMPLO DE UM PROJETO PARA ELABORAÇÃO DE PROPOSTA INTERNA Detalhamento depende do tempo para elaboração da proposta e da necessidade de exatidão

Leia mais

Como Utilizar uma Metodologia de Gerenciamento de Projetos na Elaboração de Propostas? Carlos Magno da Silva Xavier (M.Sc., PMP)

Como Utilizar uma Metodologia de Gerenciamento de Projetos na Elaboração de Propostas? Carlos Magno da Silva Xavier (M.Sc., PMP) Como Utilizar uma Metodologia de Gerenciamento de s na Elaboração de Propostas? Carlos Magno da Silva Xavier (M.Sc., PMP) Abstract do Mini-Curso O Gerenciamento de um Começa Durante a Elaboração de sua

Leia mais

QUAL O ESCOPO ADEQUADO DE UM PROJETO DE MELHORIA DA MATURIDADE DO GERENCIAMENTO DE PROJETOS?

QUAL O ESCOPO ADEQUADO DE UM PROJETO DE MELHORIA DA MATURIDADE DO GERENCIAMENTO DE PROJETOS? QUAL O ESCOPO ADEQUADO DE UM PROJETO DE MELHORIA DA MATURIDADE DO GERENCIAMENTO DE PROJETOS? APRESENTAÇÃO: CARLOS MAGNO DA SILVA XAVIER magno@beware.com.br www.beware.com.br O QUE ESSES EVENTOS TÊM EM

Leia mais

DESCOMPLICANDO O GERENCIAMENTO DE PROJETOS: UMA METODOLOGIA GRATUITA E SIMPLIFICADA PARA O GERENCIAMENTO DE PROJETOS

DESCOMPLICANDO O GERENCIAMENTO DE PROJETOS: UMA METODOLOGIA GRATUITA E SIMPLIFICADA PARA O GERENCIAMENTO DE PROJETOS DESCOMPLICANDO O GERENCIAMENTO DE PROJETOS: UMA METODOLOGIA GRATUITA E SIMPLIFICADA PARA O GERENCIAMENTO DE PROJETOS APRESENTAÇÃO: CARLOS MAGNO DA SILVA XAVIER magno@beware.com.br www.beware.com.br - www.methodware.com.br

Leia mais

Gerenciamento de Aquisições em Projetos. Palestrante: Carlos Magno da Silva Xavier, M.Sc., PMP magno@beware.com.br

Gerenciamento de Aquisições em Projetos. Palestrante: Carlos Magno da Silva Xavier, M.Sc., PMP magno@beware.com.br Gerenciamento de Aquisições em Projetos Palestrante: Carlos Magno da Silva Xavier, M.Sc., PMP magno@beware.com.br Agenda I - O Gerenciamento de Aquisições em Projetos II - A Importância do Gerenciamento

Leia mais

PROCESSOS DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS SEGUNDO O PMBOK. Faculdade PITÁGORAS Unidade Raja Prof. Valéria E-mail: valeriapitagoras@gmail.

PROCESSOS DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS SEGUNDO O PMBOK. Faculdade PITÁGORAS Unidade Raja Prof. Valéria E-mail: valeriapitagoras@gmail. PROCESSOS DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS SEGUNDO O PMBOK Faculdade PITÁGORAS Unidade Raja Prof. Valéria E-mail: valeriapitagoras@gmail.com 1 Processos Processos, em um projeto, é um conjunto de ações e atividades

Leia mais

Módulo 5: Elaboração de uma EAP

Módulo 5: Elaboração de uma EAP ENAP Diretoria de Desenvolvimento Gerencial Coordenação Geral de Educação a Distância Gerência de Projetos - Teoria e Prática Conteúdo para impressão Módulo 5: Elaboração de uma EAP Brasília 2014 Atualizado

Leia mais

Gerenciamento de Escopo em Projetos

Gerenciamento de Escopo em Projetos 29 MBA Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Escopo em Projetos Mauro Afonso Sotille, PMP Mauro.sotille@pmtech.com.br www.linkedin.com/in/maurosotille Agenda Conceituação Iniciação do projeto Planejar

Leia mais

Simulações em Aplicativos

Simulações em Aplicativos Simulações em Aplicativos Uso Avançado de Aplicativos Prof. Marco Pozam mpozam@gmail.com A U L A 0 4 Programação da Disciplina 20/Agosto: Conceito de Project Office. 27/Agosto: Tipos de Project Office.

Leia mais

Engenharia de Software II: Criando a Declaração de Escopo. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br

Engenharia de Software II: Criando a Declaração de Escopo. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Engenharia de Software II: Criando a Declaração de Escopo Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Sumário Desenvolvendo o Plano de Gerenciamento do Projeto. Coletando Requisitos. Declarando

Leia mais

Elaboração dos documentos

Elaboração dos documentos Estudo de Caso Área de conhecimento Gerência de Escopo Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A. A Presidência dos Correios vislumbrou a possibilidade da Empresa apresentar aos seus clientes

Leia mais

ÁREAS DE CONHECIMENTO DO PMBOK. Faculdade PITÁGORAS Unidade Raja Prof. Valéria E-mail: valeriapitagoras@gmail.com

ÁREAS DE CONHECIMENTO DO PMBOK. Faculdade PITÁGORAS Unidade Raja Prof. Valéria E-mail: valeriapitagoras@gmail.com ÁREAS DE CONHECIMENTO DO PMBOK Faculdade PITÁGORAS Unidade Raja Prof. Valéria E-mail: valeriapitagoras@gmail.com 1 As 10 áreas de Conhecimento 2 INTEGRAÇÃO 3 Gerência da Integração Processos necessários

Leia mais

GERÊNCIA DE ESCOPO EM

GERÊNCIA DE ESCOPO EM MBA em Gerência de Projetos GERÊNCIA DE ESCOPO EM PROJETOS Carlos Magno da Silva Xavier (M.Sc., PMP) magno@fgvmail.br Realização Fundação Getulio Vargas FGV Management ii Sumário 1. PROGRAMA DA DISCIPLINA

Leia mais

Artigo elaborado por C. Magno Xavier (M.Sc., PMP) magno@beware.com.br. Como criar uma WBS

Artigo elaborado por C. Magno Xavier (M.Sc., PMP) magno@beware.com.br. Como criar uma WBS Como criar uma WBS A WBS pode ser criada totalmente nova ou reutilizar partes de uma outra WBS ou de modelos (templates) da organização. Ela deve conter subprodutos necessários ao gerenciamento do projeto,

Leia mais

Metodologia de Gerenciamento de Projetos. Qual a melhor para a sua Organização?

Metodologia de Gerenciamento de Projetos. Qual a melhor para a sua Organização? Metodologia de Gerenciamento de Projetos Qual a melhor para a sua Organização? Carlos Magno da Silva avier magno@beware.com.br Apresentação disponível em www.beware.com.br Alguns Clientes 2 O QUE ESSES

Leia mais

A Importância da Gestão de Projetos para a TI

A Importância da Gestão de Projetos para a TI A Importância da Gestão de Projetos para a TI DEZEMBRO DE 2006 Consultor: Carlos Magno Xavier (M.Sc, PMP) magno@beware.com.br AGENDA A IMPORTÂNCIA DOS PROJETOS NAS ORGANIZAÇÕES SITUAÇÃO ATUAL DO GERENCIAMENTO

Leia mais

Estudo de Caso. Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A.

Estudo de Caso. Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A. Estudo de Caso Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A. A Presidência dos Correios vislumbrou a possibilidade da Empresa apresentar aos seus clientes um novo serviço, que foi denominado de

Leia mais

MINI-CURSO Gerenciamento de Projetos para Economistas

MINI-CURSO Gerenciamento de Projetos para Economistas MINI-CURSO Gerenciamento de Projetos para Economistas ECONOMISTA - RIVAS ARGOLO 2426/D 62 9905-6112 RIVAS_ARGOLO@YAHOO.COM.BR Objetivo deste mini curso : Mostrar os benefícios do gerenciamento de projetos

Leia mais

- Project Management Institute. Disciplina de Engenharia de Software. PMP- Project Management Professional PMBOK

- Project Management Institute. Disciplina de Engenharia de Software. PMP- Project Management Professional PMBOK Disciplina de Engenharia de Software Material elaborado por Windson Viana de Carvalho e Rute Nogueira Pinto em 19/07/2004 Material alterado por Rossana Andrade em 22/04/2009 - Project Management Institute

Leia mais

GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE CONSTRUÇÃO CIVIL

GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE CONSTRUÇÃO CIVIL GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE CONSTRUÇÃO CIVIL Carlos Magno da Silva Xavier Luiz Fernando da Silva Xavier Maury Melo JUNHO/2014 Agenda A importância de uma Metodologia de Gerenciamento de Projetos As Peculiaridades

Leia mais

24/04/2011 GERÊNCIA DO ESCOPO PMBOK GESTÃO DE PROJETOS NA PRÁTICA

24/04/2011 GERÊNCIA DO ESCOPO PMBOK GESTÃO DE PROJETOS NA PRÁTICA GESTÃO DE PROJETOS NA PRÁTICA Prof. Me. Luís Felipe Schilling "Escolha batalhas suficientemente grandes para importar, suficientemente pequenas para VENCER." Jonathan Kozol 1 No contexto do projeto, o

Leia mais

Carlos Magno da Silva Xavier

Carlos Magno da Silva Xavier Carlos Magno da Silva Xavier Metodologia de Gerenciamento de Projetos Qual a melhor para a sua Organização? magno@beware.com.br O QUE ESSES EVENTOS TÊM EM COMUM? Agenda Introdução Padrões Metodologias

Leia mais

Gerenciamento de Projetos. Prof. Dr. Rodolfo Miranda de Barros rodolfomdebarros@gmail.com

Gerenciamento de Projetos. Prof. Dr. Rodolfo Miranda de Barros rodolfomdebarros@gmail.com Gerenciamento de Projetos Prof. Dr. Rodolfo Miranda de Barros rodolfomdebarros@gmail.com MODELO DE GERENCIAMENTO PMI PMI (Project Management Institute); O modelo PMI é divido em áreas de conhecimento da

Leia mais

TEMPLATES DE REFERÊNCIA PARA PLANEJAMENTO DE PROJETOS DE INVESTIMENTO

TEMPLATES DE REFERÊNCIA PARA PLANEJAMENTO DE PROJETOS DE INVESTIMENTO TEMPLATES DE REFERÊNCIA PARA PLANEJAMENTO DE PROJETOS DE INVESTIMENTO Estratégia & Desempenho Empresarial Gerência de Análise e Acompanhamento de Projetos de Investimento Março 2010 SUMÁRIO 1. Introdução...

Leia mais

Título do Slide Máximo de 2 linhas PONTES PARA UM CRESCIMENTO SUSTENTÁVEL RECIFE, 15, 16 E 17 DE JUNHO DE 2015

Título do Slide Máximo de 2 linhas PONTES PARA UM CRESCIMENTO SUSTENTÁVEL RECIFE, 15, 16 E 17 DE JUNHO DE 2015 Título do Slide Máximo de 2 linhas PONTES PARA UM CRESCIMENTO SUSTENTÁVEL RECIFE, 15, 16 E 17 DE JUNHO DE 2015 NOME DA PALESTRA O que é mais importante no Gerenciamento de Projetos, Programas e Portfólios?

Leia mais

Gerenciamento do escopo

Gerenciamento do escopo Gerenciamento do escopo Gerenciamento do escopo Escopo pode ser definido como a soma dos produtos de um projeto, bem como a descrição de seus requisitos. O momento de definir o escopo é a hora em que o

Leia mais

GESTÃO DE PROJETOS. Carlos Magno da Silva Xavier, M.Sc. magno@fgvmail.br. Realização Fundação Getulio Vargas FGV Management. Gerência de Projetos

GESTÃO DE PROJETOS. Carlos Magno da Silva Xavier, M.Sc. magno@fgvmail.br. Realização Fundação Getulio Vargas FGV Management. Gerência de Projetos 21 GESTÃO DE PROJETOS Carlos Magno da Silva Xavier, M.Sc. magno@fgvmail.br Realização Fundação Getulio Vargas FGV Management Gerência de Projetos 22 SUMÁRIO 1. PROGRAMA DA DISCIPLINA... 24 1.1 EMENTA...

Leia mais

Gerenciamento de Projetos. Faculdade Unisaber 2º Sem 2009

Gerenciamento de Projetos. Faculdade Unisaber 2º Sem 2009 Semana de Tecnologia Gerenciamento de Projetos Faculdade Unisaber 2º Sem 2009 ferreiradasilva.celio@gmail.com O que é um Projeto? Projeto é um "esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos (ref. capítulos 1 a 3 PMBOK) TC045 Gerenciamento de Projetos Sergio Scheer - scheer@ufpr.br O que é Gerenciamento de Projetos? Aplicação de conhecimentos, habilidades, ferramentas

Leia mais

As Boas Práticas no Gerenciamento de Projetos e a Importância das Pessoas na sua Execução

As Boas Práticas no Gerenciamento de Projetos e a Importância das Pessoas na sua Execução As Boas Práticas no Gerenciamento de Projetos e a Importância das Pessoas na sua Execução Palestrante: Carlos Magno da Silva Xavier (M.Sc., PMP) magno@fgvmail.br O QUE ESSES EVENTOS TÊM EM COMUM? Sumário

Leia mais

Gestão de Projetos Logísticos

Gestão de Projetos Logísticos Gestão de Projetos Logísticos Professor: Fábio Estevam Machado CONTEÚDO DA AULA ANTERIOR Teoria Gestão de Projetos Projetos Atualidades Tipos de Projetos Conceitos e Instituições Certificação Importância

Leia mais

GESTAO DE PROJETOS. Núcleo de Engenharia e TI Prof. Esdras E-mail: esdraseler@terra.com.br

GESTAO DE PROJETOS. Núcleo de Engenharia e TI Prof. Esdras E-mail: esdraseler@terra.com.br Planejamento de Tempo e Escopo do Projeto Faculdade Pitágoras Faculdade Pitágoras Núcleo de Engenharia e TI Prof. Esdras E-mail: esdraseler@terra.com.br 1 Templates de Documentos http://www.projectmanagementdocs.com

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO DE PROJETOS

ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO DE PROJETOS ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO DE PROJETOS Atualizado em 31/12/2015 GESTÃO DE PROJETOS PROJETO Para o PMBOK, projeto é um esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço ou resultado exclusivo.

Leia mais

PMBOK - Project Management Body of Knowledge PORTUGUÊS

PMBOK - Project Management Body of Knowledge PORTUGUÊS PMBOK - Project Management Body of Knowledge PORTUGUÊS Sr(as) Gerentes de Projeto, O PMBOK, compilado pela expertise do PMI Project Management Institute, é a linha mestra que nos conduz ao conhecimento

Leia mais

Gerenciamento do Escopo do Projeto Produto do Projeto

Gerenciamento do Escopo do Projeto Produto do Projeto Gerenciamento do Escopo do Projeto Produto do Projeto 5. Gerenciamento do escopo do projeto PMBOK 2000 PMBOK 2004 5.1 Iniciação *** Reescrita e transferida para o capítulo 4 5.2 Planejamento do escopo

Leia mais

FINANÇAS EM PROJETOS DE TI

FINANÇAS EM PROJETOS DE TI FINANÇAS EM PROJETOS DE TI 2012 Material 1 Prof. Luiz Carlos Valeretto Jr. 1 E-mail valeretto@yahoo.com.br Objetivo Objetivos desta disciplina são: reconhecer as bases da administração financeira das empresas,

Leia mais

Consultoria Empresarial Ltda

Consultoria Empresarial Ltda Curso: Gerenciando Projetos com a Metodologia Methodware (totalmente alinhada com o PMBOK 2004) Objetivo: Capacitar profissionais de projetos no uso sistematizado de uma metodologia de gerenciamento de

Leia mais

Gerenciamento da Integração com metodologia PMBOK 30 h/a

Gerenciamento da Integração com metodologia PMBOK 30 h/a da Integração com 30 h/a Facundo Barbosa, MBA, PMP, ITIL, CSP 85 9444.9544 e 85 4005.5644 facunndo@mdb.com.br Slide 1 Metodologia Explanação Discussões em grupo Exercícios práticos Apresentação e estudo

Leia mais

Capítulo 5. Tradução livre do PMBOK 2000, V 1.0, disponibilizada através da Internet pelo PMI MG em março de 2001

Capítulo 5. Tradução livre do PMBOK 2000, V 1.0, disponibilizada através da Internet pelo PMI MG em março de 2001 Capítulo 5 GERÊNCIA DO ESCOPO DO PROJETO A Gerência do Escopo do Projeto abrange os processos requeridos para assegurar que o projeto inclua todo o trabalho necessário, e tão somente o trabalho necessário,

Leia mais

fagury.com.br. PMBoK 2004

fagury.com.br. PMBoK 2004 Este material é distribuído por Thiago Fagury através de uma licença Creative Commons 2.5. É permitido o uso e atribuição para fim nãocomercial. É vedada a criação de obras derivadas sem comunicação prévia

Leia mais

A Importância da Gestão do Escopo para a Gestão de Projetos

A Importância da Gestão do Escopo para a Gestão de Projetos Resumo A Importância da Gestão do Escopo para a Gestão de Projetos Mariana da Silva Gazen - mariana.gazen@gmail.com MBA em Gestão de Projetos em Engenharia e Arquitetura Instituto de Pós-Graduação e Graduação

Leia mais

Projeto real de implantação de metodologia de gerenciamento de projetos com apoio do ambiente Microsoft Enterprise Project Management (EPM)

Projeto real de implantação de metodologia de gerenciamento de projetos com apoio do ambiente Microsoft Enterprise Project Management (EPM) Projeto real de implantação de metodologia de gerenciamento de s com apoio do ambiente Microsoft Enterprise Project Management (EPM) Rodolfo Campos PMO da Presidência da TIM Líder do Projeto racampos@timbrasil.com.br

Leia mais

Quais são as Balas de Prata no Gerenciamento de Projetos? (Autores: Carlos Magno da Silva Xavier e Alberto Sulaiman Sade Júnior) Resumo

Quais são as Balas de Prata no Gerenciamento de Projetos? (Autores: Carlos Magno da Silva Xavier e Alberto Sulaiman Sade Júnior) Resumo Quais são as Balas de Prata no Gerenciamento de Projetos? (Autores: Carlos Magno da Silva Xavier e Alberto Sulaiman Sade Júnior) Resumo A metáfora bala de prata se aplica a qualquer ação que terá uma extrema

Leia mais

Gestão da Produção ESTRATÉGIA. Prof. Dr. Marco Antonio Pereira marcopereira@usp.br. O que são Indicadores? Ferramentas, Instrumentos de Medida

Gestão da Produção ESTRATÉGIA. Prof. Dr. Marco Antonio Pereira marcopereira@usp.br. O que são Indicadores? Ferramentas, Instrumentos de Medida Gestão da Produção ESTRATÉGIA Revisão Conceitos Fundamentais Prof. Dr. Marco Antonio Pereira marcopereira@usp.br Indicadores, Metas O que são Indicadores? Ferramentas, Instrumentos de Medida O que são

Leia mais

DEBATE: GESTÃO INTEGRADA DE PROCESSOS, PROJETOS, PROGRAMAS E PORTFÓLIO (GIP4)

DEBATE: GESTÃO INTEGRADA DE PROCESSOS, PROJETOS, PROGRAMAS E PORTFÓLIO (GIP4) DEBATE: GESTÃO INTEGRADA DE PROCESSOS, PROJETOS, PROGRAMAS E PORTFÓLIO (GIP4) André Barcaui Carlos Magno da Silva Xavier Luiz Fernando da Silva Xavier Gestão Integrada de Processos e Projetos 2 Programa

Leia mais

Desmembrando o PMBoK através de mapas mentais (Mindmaps)

Desmembrando o PMBoK através de mapas mentais (Mindmaps) PMI O Que é o PMBoK Guide 3º Edition? O PMBoK Guide 3º Edition (2004) é uma denominação que representa todo o somatório de conhecimento dentro da área de gerenciamento de projetos, além de fornecer uma

Leia mais

Gerenciamento do Escopo. PMBOK Guide 2000

Gerenciamento do Escopo. PMBOK Guide 2000 PMBOK Guide 2000 Objetivos Apresentar os processos, ferramentas e técnicas utilizadas para gerenciar o escopo de um projeto Hermano Perrelli CIn-UFPE 2 Ao final desta aula você será capaz de... Organizar

Leia mais

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT MASTER IN PROJECT MANAGEMENT PROJETOS E COMUNICAÇÃO PROF. RICARDO SCHWACH MBA, PMP, COBIT, ITIL Atividade 1 Que modelos em gestão de projetos estão sendo adotados como referência nas organizações? Como

Leia mais

O que é um projeto? Características de um projeto. O Que é o PMBoK Guide 3º Edition? Desmembrando o PMBoK através de mapas mentais (Mindmaps)

O que é um projeto? Características de um projeto. O Que é o PMBoK Guide 3º Edition? Desmembrando o PMBoK através de mapas mentais (Mindmaps) O que é um projeto? Projeto é um empreendimento não repetitivo, caracterizado por uma sequência clara e lógica de eventos, com início, meio e fim, que se destina a atingir um objetivo claro e definido,

Leia mais

PLANEJAMENTO DO ESCOPO

PLANEJAMENTO DO ESCOPO PLANEJAMENTO DO ESCOPO Dr. rer. nat. Christiane Gresse von Wangenheim, PMP Objetivo de aprendizagem desta aula Ao final desta aula, você deverá ser capaz de: Motivar a importância do planejamento de escopo.

Leia mais

Consultoria Empresarial Ltda

Consultoria Empresarial Ltda METHODWARE - UMA METODOLOGIA DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS A Methodware é uma metodologia de gerenciamento de projetos, desenvolvida pela Beware Consultoria Empresarial Ltda, tendo como base os processos

Leia mais

COACHING NO PLANEJAMENTO E ACOMPANHAMENTO DE PROJETOS

COACHING NO PLANEJAMENTO E ACOMPANHAMENTO DE PROJETOS COACHING NO PLANEJAMENTO E ACOMPANHAMENTO DE PROJETOS Esta consultoria consiste no apoio aos gerentes de projeto no planejamento e acompanhamento de projetos, onde a própria equipe do projeto elabora os

Leia mais

Preparatório para o Exame de PMP Autora: Rita Mulcahy Edição: 8ª, em português (alinhado ao Guia PMBoK 2013 5ª Edição)

Preparatório para o Exame de PMP Autora: Rita Mulcahy Edição: 8ª, em português (alinhado ao Guia PMBoK 2013 5ª Edição) Preparatório para Certificação PMP Objetivo Este treinamento tem como finalidade preparar o profissional que atua como gerente de projetos, para que possa realizar com segurança o exame de Certificação

Leia mais

Gestão de Projetos MBE_UFRGS_2012

Gestão de Projetos MBE_UFRGS_2012 Gestão de Projetos MBE_UFRGS_2012 Istefani Carísio de Paula Programa 07/03 - Conceitos, definições e método de GP 14/03 Gestão de Portfólio 21/03- Gestão de Portfólio 28/03 Iniciação e Planejamento do

Leia mais

Gerência do Escopo do Projeto

Gerência do Escopo do Projeto Gestão de Projetos e Empreendimentos Work Breakdown Structure WBS ou Estrutura Analítica do Projeto EAP Gerência do Escopo do Projeto Prof. Luciel H. de Oliveira luciel@fae.br Referência: Cap. 5 PMBOK

Leia mais

Gestão da Qualidade em Projetos

Gestão da Qualidade em Projetos Gestão da Qualidade em Projetos EAP Escopo Uma vez que o documento do escopo do projeto tenha sido preparado e acordado, a próxima etapa na fase de planejamento é criar uma Estrutura Analítica do Projeto,

Leia mais

INSTRUÇÃO DE SERVIÇO PARA ELABORAÇÃO DE PLANOS GERAIS DE PROJETOS DE SISTEMAS OU APLICATIVOS

INSTRUÇÃO DE SERVIÇO PARA ELABORAÇÃO DE PLANOS GERAIS DE PROJETOS DE SISTEMAS OU APLICATIVOS INSTRUÇÃO DE SERVIÇO PARA ELABORAÇÃO DE PLANOS GERAIS DE PROJETOS DE SISTEMAS OU APLICATIVOS IS-CGMI-02/2005 Aprovada pela Portaria nº 1494 de 22/11/2005 Histórico de Versões Data Versão Descrição Autor

Leia mais

Projetos na área de TI. Prof. Hélio Engholm Jr

Projetos na área de TI. Prof. Hélio Engholm Jr Projetos na área de TI Prof. Hélio Engholm Jr Projetos de Software Ciclo de Vida do Projeto Concepção Iniciação Encerramento Planejamento Execução e Controle Revisão Ciclo de Vida do Produto Processos

Leia mais

Aula 04 - Planejamento Estratégico

Aula 04 - Planejamento Estratégico Aula 04 - Planejamento Estratégico Objetivos da Aula: Os objetivos desta aula visam permitir com que você saiba definir o escopo do projeto. Para tal, serão apresentados elementos que ajudem a elaborar

Leia mais

Capítulo 3 Aplicando o PMBoK ao Microsoft Office Project 2003

Capítulo 3 Aplicando o PMBoK ao Microsoft Office Project 2003 Capítulo 3 Aplicando o PMBoK ao Microsoft Office Project 2003 29 3.1 GERENCIAMENTO DO ESCOPO O Gerenciamento do Escopo do Projeto engloba os processos necessários para assegurar que o projeto inclua todas

Leia mais

Implementação utilizando as melhores práticas em Gestão de Projetos

Implementação utilizando as melhores práticas em Gestão de Projetos Implementação utilizando as melhores práticas em Gestão de Projetos Objetivo dessa aula é mostrar a importância em utilizar uma metodologia de implantação de sistemas baseada nas melhores práticas de mercado

Leia mais

Objetivos da aula. Planejamento, Execução e Controle de Projetos de Software. O que é um plano de projeto? O que é um projeto?

Objetivos da aula. Planejamento, Execução e Controle de Projetos de Software. O que é um plano de projeto? O que é um projeto? Planejamento, Execução e Controle de Projetos de Software. Objetivos da aula 1) Dizer o que é gerenciamento de projetos e a sua importância; 2) Identificar os grupos de processos do gerenciamento de projetos

Leia mais

Definição da estrutura analítica de projeto (WBS) WBS de uma Casa. Por que uma WBS?

Definição da estrutura analítica de projeto (WBS) WBS de uma Casa. Por que uma WBS? Definição da estrutura analítica de projeto (WBS) Instrumento utilizado para representação do escopo; Uma árvore orientada à tarefa ou a produto, dividida em hardware, software, serviço, dados e outras

Leia mais

Gerenciamento de Projetos (PMI) e sua aplicação em projetos de transporte público.

Gerenciamento de Projetos (PMI) e sua aplicação em projetos de transporte público. Gerenciamento de Projetos (PMI) e sua aplicação em projetos de transporte público. Sérgio Ricardo Fortes 1 ; Ana Cristina Dalborgo 2 1 EMTU Rua Joaquim Casemiro, 290, Bairro Planalto São Bernardo do Campo-SP

Leia mais

PMI - PMBoK PMI PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE. PMBoK PROJECT MANAGEMENT BODY OF KNOWLEDGE

PMI - PMBoK PMI PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE. PMBoK PROJECT MANAGEMENT BODY OF KNOWLEDGE PMI - PMBoK PMI PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE PMBoK PROJECT MANAGEMENT BODY OF KNOWLEDGE 1 PMI- Project Management Institute Fundado nos Estudos Unidos em 1969; Instituto sem fins lucrativos, dedicado ao

Leia mais

Por Margareth Carneiro, PMP Introdução Um colega ficou surpreso quando disse que escreveria sobre WBS Work Breakdown Structure, pois na edição anterior de MundoPM tinha escrito sobre Escritórios de Projetos.

Leia mais

Conteúdo. Apresentação do PMBOK. Projeto 29/07/2015. Padrões de Gerenciamento de Projetos. Fase 01 1.PMBOK e PMI. 2. Conceitos 3.

Conteúdo. Apresentação do PMBOK. Projeto 29/07/2015. Padrões de Gerenciamento de Projetos. Fase 01 1.PMBOK e PMI. 2. Conceitos 3. 02m Conteúdo Apresentação do PMBOK Brasília, 25 de Junho de 2015 Fase 01 1.PMBOK e PMI 2. Conceitos 3.Processos Fase 02 4. Áreas de Conhecimento 10m Gerenciamento de Projetos Projeto A manifestação da

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU FACULDADE INTEGRADA AVM

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU FACULDADE INTEGRADA AVM UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU FACULDADE INTEGRADA AVM A IMPORTANCIA DO GERENCIAMENTO DO ESCOPO E SEU GERENCIAMENTO PARA O SUCESSO DO PROJETO Por: Wagner Luis Ferreira de Souza Orientador

Leia mais

O que acontece antes do projeto começar?

O que acontece antes do projeto começar? O que acontece antes do projeto começar? Selecionar o projeto com base no alinhamento estratégico e retorno para o negócio Identificar necessidades do negócio e oportunidades que serão atendidas pelo projeto

Leia mais

W Projeto. Gerenciamento. Construindo a WBS e gerando o Cronograma. Autor: Antonio Augusto Camargos, PMP 1/12

W Projeto. Gerenciamento. Construindo a WBS e gerando o Cronograma. Autor: Antonio Augusto Camargos, PMP 1/12 W Projeto BS Construindo a WBS e gerando o Cronograma. Gerenciamento Autor: Antonio Augusto Camargos, PMP 1/12 Índice Remissivo Resumo...3 1. Introdução...3 2. Conceituando a WBS (Work Breakdown Structure/Estrutura

Leia mais

Engenharia de Software II: Criando a EAP e planejando a Qualidade. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br

Engenharia de Software II: Criando a EAP e planejando a Qualidade. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Engenharia de Software II: Criando a EAP e planejando a Qualidade Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Sumário Criando EAP. Planejando a qualidade. Criando a Estrutura Analítica do Projeto

Leia mais

EAP Estrutura Analítica do Projeto

EAP Estrutura Analítica do Projeto EAP Estrutura Analítica do Projeto Disciplina de: Professores: Apresentação: TC045 Gerenciamento de Projetos Curitiba, 18/03/2014. Prof. Dr. Sérgio Scheer Prof.ª. Msc. Helena Fernanda Graf Eng. Civil Marlon

Leia mais

BOA NOITE! Gerenciamento de Escopo em Projetos. Trabalho (2,0 pontos) 30/11/2012. Fabio Bahia. Informações Gerais. Avaliação:

BOA NOITE! Gerenciamento de Escopo em Projetos. Trabalho (2,0 pontos) 30/11/2012. Fabio Bahia. Informações Gerais. Avaliação: Fabio Bahia BOA NOITE! Gerenciamento de Escopo em Projetos Fabio Bahia Iniciou carreira na Embratel em 1985. Foco na área de viabilidade econômica de novos serviços. Em 1992 (após 2 anos estudando nos

Leia mais

Fatores Críticos de Sucesso em GP

Fatores Críticos de Sucesso em GP Fatores Críticos de Sucesso em GP Paulo Ferrucio, PMP pferrucio@hotmail.com A necessidade das organizações de maior eficiência e velocidade para atender as necessidades do mercado faz com que os projetos

Leia mais

Teoria e Prática. Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009. Rosaldo de Jesus Nocêra, PMP, PMI-SP, MCTS. do PMBOK do PMI. Acompanha o livro:

Teoria e Prática. Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009. Rosaldo de Jesus Nocêra, PMP, PMI-SP, MCTS. do PMBOK do PMI. Acompanha o livro: Gerenciamento de Projetos Teoria e Prática Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009 do PMBOK do PMI Acompanha o livro: l CD com mais de 70 formulários exemplos indicados pelo PMI e outros desenvolvidos

Leia mais

APRESENTAÇÃO DE PORTFOLIO DE SERVIÇOS

APRESENTAÇÃO DE PORTFOLIO DE SERVIÇOS APRESENTAÇÃO DE PORTFOLIO DE SERVIÇOS Versão 1 2010 A SIX SIGMA BRASIL apresenta a seguir seu portfolio de capacitação e consultoria de serviços de gerenciamento de projetos, processos (lean e seis sigma)

Leia mais

METODOLOGIA DE GERENCIAMENTO DE PROJETO DE SOFTWARE ORIENTADO A OBJETO COM PMBOK

METODOLOGIA DE GERENCIAMENTO DE PROJETO DE SOFTWARE ORIENTADO A OBJETO COM PMBOK V EPCC Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 23 a 26 de outubro de 2007 METODOLOGIA DE GERENCIAMENTO DE PROJETO DE SOFTWARE ORIENTADO A OBJETO COM PMBOK Cleber Lecheta Franchini 1 Resumo:

Leia mais

Gestão de Projetos em Design. Aula 05 Gestão de projetos /

Gestão de Projetos em Design. Aula 05 Gestão de projetos / Escola Politécnica da USP Departamento Engenharia Produção - Aula 05 projetos / Planejamento do escopo WBS / EAP Agosto/2009 Prof. Clovis Alvarenga Netto Aula 05 O que é escopo do projeto? Como finir a

Leia mais

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo de Gestão Aplicada a TIC AULA 04. Prof. Fábio Diniz

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo de Gestão Aplicada a TIC AULA 04. Prof. Fábio Diniz FTIN Formação Técnica em Informática Módulo de Gestão Aplicada a TIC AULA 04 Prof. Fábio Diniz FTIN FORMAÇÃO TÉCNICA EM INFORMÁTICA GESTÃO DE PROJETOS Na aula anterior Project Charter. EAP / WBS. MS Project.

Leia mais

Gerenciamento de Projeto: Criando a Declaração de Escopo II. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br

Gerenciamento de Projeto: Criando a Declaração de Escopo II. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Gerenciamento de Projeto: Criando a Declaração de Escopo II Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Sumário Definindo escopo. Criando EAP. Definindo o Escopo Escopo é coletivamente o produto,

Leia mais

PLANO DO PROJETO. Início: 18/11/10 Término: 16/12/10. Projeto: Treinamento em Gerenciamento de Projetos

PLANO DO PROJETO. Início: 18/11/10 Término: 16/12/10. Projeto: Treinamento em Gerenciamento de Projetos PLANO DO PROJETO : Treinamento em Gerenciamento de s : Carlos Magno da Silva Xavier Início: 18/11/10 Término: 16/12/10 Versão: 01 1 Introdução 1.1. Justificativa No momento atual, em que várias organizações

Leia mais

GERENCIAMENTO DE PROJETOS PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE

GERENCIAMENTO DE PROJETOS PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE GERENCIAMENTO DE PROJETOS PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE O PMI e a Certificação PMP Visão Geral sobre o Modelo PMI APRESENTAÇÃO DO PMI O PMI - Project Management Institute é uma instituição sem fins lucrativos,

Leia mais

Universidade de Brasília Faculdade de Ciência da Informação Curso de Arquivologia Profa. Lillian Alvares

Universidade de Brasília Faculdade de Ciência da Informação Curso de Arquivologia Profa. Lillian Alvares Universidade de Brasília Faculdade de Ciência da Informação Curso de Arquivologia Profa. Lillian Alvares O Project Management Institute é uma entidade sem fins lucrativos voltada ao Gerenciamento de Projetos.

Leia mais

PLANEJAMENTO PLANEJAMENTO ESTRATÉGIA CICLO PDCA CICLO PDCA 09/04/2015 GESTÃO DE ESCOPO GERENCIAMENTO DE PROJETOS ACT

PLANEJAMENTO PLANEJAMENTO ESTRATÉGIA CICLO PDCA CICLO PDCA 09/04/2015 GESTÃO DE ESCOPO GERENCIAMENTO DE PROJETOS ACT UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE CONSTRUÇÃO CIVIL PLANEJAMENTO 2 GERENCIAMENTO DE PROJETOS SUBMETIDA E APROVADA A PROPOSTA DO PROJETO PROCESSO DE PLANEJAMENTO GESTÃO DE Processo fundamental

Leia mais

PMBOK/PMI Project Management Body of Knowledge. Gerenciamento de Projetos

PMBOK/PMI Project Management Body of Knowledge. Gerenciamento de Projetos PMBOK/PMI Project Management Body of Knowledge Gerenciamento de Projetos Organização de Projetos GERENCIAMENTO DE PORTFÓLIOS GERENCIAMENTO DE PROGRAMA GERENCIAMENTO DE PROJETOS GERENCIAMENTO DE SUBPROJETOS

Leia mais

Sistema de Automação Comercial de Pedidos

Sistema de Automação Comercial de Pedidos Termo de Abertura Sistema de Automação Comercial de Pedidos Cabana - Versão 1.0 Iteração 1.0- Release 1.0 Versão do Documento: 1.5 Histórico de Revisão Data Versão do Documento Descrição Autor 18/03/2011

Leia mais

DIAGNÓSTICO DE MATURIDADE EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS

DIAGNÓSTICO DE MATURIDADE EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS DIAGNÓSTICO DE MATURIDADE EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS A maturidade em gerência de projetos é a situação em que a empresa se encontra em relação aos processos de gerenciamento de projetos. Esse diagnóstico

Leia mais

Título da apresentação Curso Gestão de Projetos I (Verdana, cor branca) Curso de Desenvolvimento de Servidores - CDS

Título da apresentação Curso Gestão de Projetos I (Verdana, cor branca) Curso de Desenvolvimento de Servidores - CDS Título da apresentação Curso Gestão de Projetos I (Verdana, cor branca) Curso de Desenvolvimento de Servidores - CDS Prof. Instrutor Elton Siqueira (a) (Arial Moura preto) CURSO DE GESTÃO DE PROJETOS I

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais

Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com Bibliografia* Project Management Institute. Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento

Leia mais

GERENCIAMENTO DE PROJETOS

GERENCIAMENTO DE PROJETOS GERENCIAMENTO DE PROJETOS O que é um Projeto? Regra Início e fim definidos Destinado a atingir um produto ou serviço único Escopo definido Características Sequência clara e lógica de eventos Elaboração

Leia mais

SOBRE O WORKSHOP [ WORKSHOP

SOBRE O WORKSHOP [ WORKSHOP WORKSHOP [ WORKSHOP SOBRE O WORKSHOP O PMDome é um treinamento muito dinâmico e prático em gerenciamento de projetos onde os participantes são divididos em times que, em uma competição desafiadora e animada,

Leia mais

17/02/2009. Curso Superior de Tecnologia: Redes de Computadores. Disciplina: Gestão de Projetos de TI Prof.: Fernando Hadad Zaidan. Unidade 2.

17/02/2009. Curso Superior de Tecnologia: Redes de Computadores. Disciplina: Gestão de Projetos de TI Prof.: Fernando Hadad Zaidan. Unidade 2. Faculdade INED Curso Superior de Tecnologia: Redes de Computadores Disciplina: Gestão de Projetos de TI Prof.: Fernando Hadad Zaidan 1 Unidade 2.2 2 ESCOPO 3 1 Gerência do Escopo Processos necessários

Leia mais

Projetos na área de TI. Prof. Hélio Engholm Jr

Projetos na área de TI. Prof. Hélio Engholm Jr Projetos na área de TI Prof. Hélio Engholm Jr Projetos de Software Ciclo de Vida do Projeto Concepção Iniciação Encerramento Planejamento Execução e Controle Revisão Ciclo de Vida do Produto Processos

Leia mais

Consultoria Empresarial Ltda

Consultoria Empresarial Ltda EXEMPLO DE PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS 1 - CONSIDERAÇÕES BÁSICAS SOBRE O PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO No momento atual, em que várias organizações estão passando por mudanças estruturais

Leia mais

TC 045 Gerenciamento de Projetos

TC 045 Gerenciamento de Projetos TC 045 Gerenciamento de Projetos Escopo Tempo Figura: D. Randa (2012) NAYARA SOARES KLEIN nayaraklein@gmail.com ANO: 2013 Escopo: s.m. Finalidade; alvo; intento; propósito. Dicionário Aurélio Escopo do

Leia mais

Memorex MPBOK (2004-3ª edição) Versão 1.0

Memorex MPBOK (2004-3ª edição) Versão 1.0 Fortaleza, 02 de julho de 2009 Memorex MPBOK (2004-3ª edição) Versão 1.0 por Paulo Marcelo (paulo1410) e-mail/msn: paulo1410@hotmail.com O presente material traz uma compilação de estudos envolvendo o

Leia mais

Projeto Churrasco dos Sonhos

Projeto Churrasco dos Sonhos www.gerentedeprojeto.net.br Projeto Churrasco dos Sonhos Criando a EAP Analítica Alexandre Paiva de Lacerda Costa, PMP, MCTS, ITIL Sumário Estrutura Analítica do Projeto (EAP)... 3 Criar a EAP e o dicionário

Leia mais

Nome da Empresa. Plano de Desenvolvimento de Software. Versão <1.0>

Nome da Empresa. <Nome do Projeto> Plano de Desenvolvimento de Software. Versão <1.0> Nome da Empresa Plano de Desenvolvimento de Software Versão Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 2/7 Índice Analítico 1. Objetivo

Leia mais