APÊNDICE A EXEMPLO DE APLICAÇÃO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "APÊNDICE A EXEMPLO DE APLICAÇÃO"

Transcrição

1 APÊNDICE A EXEMPLO DE APLICAÇÃO Para ilustrar os três métodos de distribuição de objetos apresentados nesta dissertação iremos, a seguir, mostrar um exemplo de implementação de uma aplicação. São apresentadas as implementações, tanto do lado cliente quanto do lado servidor, em CORBA, DCOM e Java. Esse exemplo consiste de um objeto servidor, nomeado como StockMarket, que quando questionado sobre um determinado item de produto responde informando o seu preço, sendo essa requisição atendida pelo seu método get_price( ). A linguagem de implementação utilizada nesse exemplo é o Java, pois ela é a única que utiliza o Java/RMI e tanto o CORBA quanto o DCOM podem ter seus objetos escritos em Java. Cada uma das implementações define uma interface IStockMarket. Elas apresentam o método get_price( ) que retorna um valor real indicando o preço do item de produto passado como parâmetro para o método. Esse exemplo é composto de: 1) Arquivos que definem as interfaces escritas em IDL e Java. 2) Arquivos que mostram como clientes invocam métodos das interfaces através da aquisição de referências para o objeto servidor. 3) Arquivos que mostram a implementação do objeto servidor. 4) Arquivos que mostram a implementação do programa principal. 217

2 1. INTERFACES IDL O arquivo IDL DCOM, na Tabela A.1, mostra que o servidor DCOM implementa a interface IStockMarket como herdeira de IDispatch, que por sua vez é herdeira de IUnknown, assim, a interface IStockMarket herda também os métodos de IUnknown. A interface IDispatch juntamente com o arquivo que descreve o objeto (SimpleStocks do tipo TypeLibrary), possibilta a sua invocação dinâmica. A IDL DCOM também associa a interface IStockMarket com a classe de objetos StockMarket, mostrada no bloco coclass. Nota-se também que cada interface está associada a um Universally Unique Identifier (UUID) nomeado pelo DCOM com CLSID. O arquivo IDL CORBA, na Tabela A.1, mostra a interface StockMarket com o seu método get_price( ). Quando o compilador IDL compila arquivo IDL ele gera arquivos stubs e skeletons e gera também informaçôes sobre cada método da interface armazenando-as no Repositório de Interface. Essas informações possibilitarão a invocação dinâmica, pois o cliente pode, em tempo de execução, questionar o Repositório de Interface e obter a informação sobre a interface e seus métodos. O Java não faz uso de uma IDL específica para definir interfaces. As interfaces são descritas num arquivo <.java> utilizando a própria linguagem Java. A Tabela A.1 mostra a interface StockMarket como herdeira de java.rmi.remote, pois todo o servidor de objeto remoto no Java/RMI, assim como seus métodos, deve ser herdeiro das classes java.rmi.remote e java.rmi.remoteexception. 218

3 2. IMPLEMENTAÇÃO DO CLIENTE O cliente DCOM passa a acessar os métodos do objeto servidor após adquirir o primeiro ponteiro para o objeto, como mostrado na Tabela A.2, através do statement : <IStockMarket market = (IStockMarket) new simplestocks.stockmarket( );> A palavra chave new instancia o objeto DCOM StockMarket, isto é, chama a função CoCreateInstance( ) passando como parâmetro o CLSID. CoCreateInstance( ) retorna o ponteiro de IUnknown sendo então realizado um casting para IStockMarket. O casting faz com que seja chamada a função Queryinterface requisitando um ponteiro para IStockMarket. Caso a interface não seja suportada a ClassCastException indicará uma exceção. O cliente CORBA deve primeiramente inicializar o ORB como mostrado no statement <ORB orb = ORB.init( );> da Tabela A.2. Após, ele deve instanciar o objeto CORBA e obter a sua referência que é dada pelo statement <StockMarket market = StockMarketHelper.narrow(root.resolve(name));> da Tabela A.2, onde o contexto de nomeação ( root ) e nome do componente ( name ) é obtido através do serviço de nomeação. O cliente Java/RMI primeiramente aciona o gerenciador de segurança antes de realizar qualquer chamada remota, como mostrado no statement <System.setSecurityManager( )>, Tabela A.2. Após o cliente instancia o objeto servidor através de um chamada a função Naming.Lookup( ), como mostrado no statement < StockMarket)Naming.lookup("rmi:localhost/NASDAQ");>. Uma vez o cliente tendo adquirido para um objeto servidor remoto um ponteiro válido, no caso do DCOM ou uma referência de objeto válida, no caso do CORBA ou Java/RMI, ele passa a chamar os métodos desse objeto remoto como se ele residisse no seu espaço de endreçamento. 219

4 3. IMPLEMENTAÇÃO DO OBJETO SERVIDOR Para o exemplo mostrado na Tabela A.3, o pacote definido em <com.ms.com> contem todas as classes necessárias para implementar o COM utilizando a linguagem Java. No DCOM o objeto servidor implementa a interface IStockMarket que foi definida no IDL (StockMarketLib.IDL). A classe StockMarket e o método get_price( ) são declarados como públicos de maneira que possam ser acessados fora do pacote. O CLSID é declarado como privado, sendo utilizado pelo COM para instanciar o objeto através da função CoCreateInstance( ) quando o cliente DCOM executar o comando new. O método get_price( ) é capaz de retornar uma exceção (ComException). Para o exemplo mostrado na Tabela A.3, o pacote definido em <org.omg.corba> contem todas as classes necessárias para implementar o CORBA. No CORBA o objeto servidor é herdeiro da classe _StockMarketImplBase que é uma classe do tipo skeleton gerada pelo compilador IDL CORBA. A classe StockMarketImpl e o método get_price( ) são declarados como público de maneira que possam ser acessados fora do pacote. A classe StockMarketImpl implementa todas as operações declaradas no arquivo CORBA IDL (StockMarket.IDL). É necessário prover um construtor, para a classe do objeto servidor CORBA StockMarketImpl, que tenha como argumento uma variável do tipo string, no exemplo, name. Desta forma, todos os serviços CORBA associarão o nome, dado por name, ao servidor de objeto CORBA StockMarketImpl. Para o exemplo mostrado na Tabela A.3, o pacote definido em <java.rmi> contem todas as classes necessárias para implementação em Java. O objeto servidor Java/RMI é herdeiro da classe UnicastRemoteObject.class que possuí a definição de todos os métodos remotos do Java/RMI e implementa a interface StockMarket. A classe StockMarketImpl e o método get_price( ) são 220

5 declarados como público de maneira que possam ser acessados fora do pacote. A classe StockMarketImpl implementa todas as operações declaradas no arquivo de interface Java/RMI (StockMarket.Java). É necessário prover um construtor, para a classe do objeto servidor Java/RMI que tenha como argumento uma variável do tipo string, no exemplo, name. Este nome, dado por name, é registrado no RMIRegistry como um nome público sendo utilizado para estabelecer uma ligação e uma associação do nome ao objeto servidor. O método get_price( ) é capaz de retornar uma exceção (RemoteException). 221

6 4. PROGRAMA PRINCIPAL No programa principal CORBA, mostrado na Tabela A.4, primeiramente é iniciado o ORB (ORB.init( );) e o adaptador de objeto básico (orb.boa_init( );) responsável por connectar a implementação do objeto servidor ao ORB. Desta forma, pode-se instanciar o objeto utilizando o statement <StockMarketImpl stockmarketimpl = new StockMarketImpl("NASDAQ");>. NASDAQ é o nome que identifica o objeto sendo utilizado por todos os serviços CORBA. O statement <boa.obj_is_ready(stockmarketimpl);> informa ao ORB que o objeto está pronto para ser invocado. O trecho de código, mostrado a seguir, ilustra a utilização do serviço de nomeação que possibilita ao cliente encontrar o objeto: <org.omg.corba.object object = orb.resolve_initial_references("nameservice"); NamingContext root = NamingContextHelper.narrow( object ) ; NameComponent[ ] name = new NameComponent[1]; name[0] = new NameComponent("NASDAQ", ""); root.rebind(name, stockmarketimpl);> O statement <boa.impl_is_ready( );> garante que o programa principal aguarde num loop, isto é, sleep on a thread e não finalize até que seja executado um shutdown. No programa principal Java/RMI, mostrado na Tabela A.4, primeiramente, antes de realizar qualquer chamado, é iniciado o security manager e após através do statement <StockMarketImpl stockmarketimpl = new StockMarketImpl("NASDAQ");> é instanciado o objeto. O programa principal permanece até ocorrer um shutdown. 222

7 Não foi apresentado o programa principal utilizando o DCOM pois é o mesmo do Java/RMI. 223

8 TABELA A.1 INTERFACES IDL IDL DCOM IDL CORBA Definição de Interface Java/RMI 224 [ uuid (7371a240-2e51-11d0-b4c ), version (1.0) ] library SimpleStocks importlib ( stdole32.tlb ); [ uuid (BC4C0AB0-5A45-11d2-99C5-00A2414C655), dual ] interface IStockMarket : IDispatch HRESULT get_price( [in] BSTR p1, [out, retval] float * rtn); [ uuid (BC4C0AB3-5A45-11d2-99C5-00A2414C655), ] coclass StockMarket interface IStockMarket, ; ; Module SimpleStocks interface StockMarket float get_price (in string symbol); ;, package SimpleStocks; import java.rmi.*; import java.util.*; public interface StockMarket extends Java.rmi.Remote float get_price ( StringSymbol) throws RemoteException; Arquivo: StockMarketLib.idl Arquivo: StockMarket.idl Arquivo: StockMarket.java FONTE: Gopalan (1999, p.3)

9 225 TABELA A.2 IMPLEMENTAÇÃO DO CLIENTE Cliente DCOM Cliente CORBA Cliente Java/RMI StockMarketClient import simplestocks.*; public class StockMarketClient public static void main(string[ ] args) try IStockMarket market = (IStockMarket) new simplestocks.stockmarket( ); System.out.println( "The price of MY COMPANY is " + market.get_price("my_company") ); StockMarketClient import org.omg.corba.*; import org.omg.cosnaming.*; import SimpleStocks.*; public class StockMarketClient public static void main(string[ ] args) try ORB orb = ORB.init( ); NamingContext root = NamingContextHelper.narrow( orb.resolve_initial_references("nameservice") ); StockMarketClient import java.rmi.*; import java.rmi.registry.*; import SimpleStocks.*; public class StockMarketClient public static void main(string[ ] args)throws Exception if(system.getsecuritymanager( ) == null) System.setSecurityManager(new RMISecurityManager( )); (continua)

10 TABELA A.2 CONCLUSÃO catch (com.ms.com.comfailexception e) System.out.println( "COM Exception:" ); NameComponent[ ] name = new NameComponent[1] ; name[0] = new NameComponent("NASDAQ",""); StockMarket market = (StockMarket)Naming.lookup("rmi:localhost/NASD AQ"); 226 System.out.println( e.gethresult( ) ); System.out.println( e.getmessage( ) ); StockMarket market = StockMarketHelper.narrow(root.resolve(name)); System.out.println("Price of MY COMPANY is " + market.get_price("my_company")); catch( SystemException e ) System.err.println( e ); System.out.println( "The price of MY COMPANY is " + market.get_price("my_company") ); Arquivo: StockMarketClient.java Arquivo: StockMarketClient.java Arquivo: StockMarketClient.java FONTE: Gopalan (1999, p.4)

11 TABELA A.3 IMPLEMENTAÇÃO DO OBJETO SERVIDOR Objeto DCOM Objeto CORBA Objeto/RMI Java StockMarketServer StockMarketServer StockMarketServer import com.ms.com.*; import org.omg.corba.*; package SimpleStocks; import simplestocks.*; import SimpleStocks.*; import java.rmi.*; import java.rmi.server.unicastremoteobject; public class StockMarket implements IStockMarket public class StockMarketImpl extends _StockMarketImplBase public class StockMarketImpl extends private static final String CLSID = UnicastRemoteObject implements StockMarket 227 "BC4C0AB3-5A45-11d2-99C5-00A02414C655"; public float get_price( String symbol ) public float get_price( String symbol ) public float get_price( String symbol ) float price = 0; float price = 0; for(int i = 0; i < symbol.length( ); i++) float price = 0; for( int i = 0; i < symbol.length( ); i++ ) for( int i = 0; i < symbol.length( ); i++ ) price += (int) symbol.charat( i ); price += (int) symbol.charat( i ); price += (int) symbol.charat(i); price /= 5; return price; price /= 5; (continua)

12 TABELA A.3 CONCLUSÃO 228 price /= 5; return price; public StockMarketImpl( String name ) super( name ); return price; public StockMarketImpl( String name ) throws RemoteException try Naming.rebind( name, this ); catch( Exception e ) System.out.println( e ); Arquivo: StockMarket.java Arquivo: StockMarketImpl.java Arquivo: StockMarketImpl.java FONTE: Gopalan (1999, p.5)

13 TABELA A. 4 PROGRAMA PRINCIPAL Programa Principal CORBA Programa Principal Java/RMI StockMarketServer Main import org.omg.corba.*; import org.omg.cosnaming.*; import SimpleStocks.*; StockMarketServer Main import java.rmi.*; import java.rmi.server.unicastremoteobject; import SimpleStocks.*; 229 public class StockMarketServer public static void main(string[ ] args) try ORB orb = ORB.init( ); BOA boa = orb.boa_init( ); StockMarketImpl stockmarketimpl = new StockMarketImpl("NASDAQ"); boa.obj_is_ready( stockmarketimpl ); org.omg.corba.object object = orb.resolve_initial_references("nameservice"); (continua) public class StockMarketServer public static void main(string[ ] args) throws Exception if(system.getsecuritymanager( ) == null) System.setSecurityManager(new RMISecurityManager( )); StockMarketImpl stockmarketimpl = new StockMarketImpl("NASDAQ");

14 TABELA A. 4 CONCLUSÃO NamingContext root = NamingContextHelper.narrow( object ) ; NameComponent[ ] name = new NameComponent[1]; name[0] = new NameComponent("NASDAQ", ""); root.rebind(name, stockmarketimpl); 230 boa.impl_is_ready( ); catch( Exception e ) e.printstacktrace( ); Arquivo: StockMarketServer.java Arquivo: StockMarketServer.java FONTE: Gopalan (1999, p.7)

Invocação de Métodos em Objectos Remotos

Invocação de Métodos em Objectos Remotos Invocação de Métodos em Objectos Remotos Invocação de Métodos em Objectos Remotos Um sistema de objectos distribuídos é uma extensão ao conceito de RPC Um objecto invoca um método noutro objecto localizado

Leia mais

SISTEMAS DISTRIBUÍDOS

SISTEMAS DISTRIBUÍDOS SISTEMAS DISTRIBUÍDOS CUP Disk Memoey CUP Memoey Disk Network CUP Memoey Disk Remote Method Invocation (RMI) Introdução Solução JAVA para Objetos Distribuídos Um objeto existe em uma máquina É possível

Leia mais

Sistemas Paralelos e Distribuídos - 2003/2004 Curso: Matemática /Informática Sistemas Distribuídos - 2003/2004 Curso: Ensino da Informática

Sistemas Paralelos e Distribuídos - 2003/2004 Curso: Matemática /Informática Sistemas Distribuídos - 2003/2004 Curso: Ensino da Informática Java RMI - Remote Method Invocation Folha 5-1 No modelo de programação orientada a objectos, vimos que um programa consiste numa colecção de objectos que comunicam entre si através da invocação dos seus

Leia mais

Invocação de Métodos Remotos

Invocação de Métodos Remotos Invocação de Métodos Remotos Java RMI (Remote Method Invocation) Tópicos Tecnologia RMI Introdução Modelo de camadas do RMI Arquitetura Fluxo de operação do RMI Passos para implementação Estudo de caso

Leia mais

Num sistema de objectos distribuídos, dois conceitos são fundamentais.

Num sistema de objectos distribuídos, dois conceitos são fundamentais. Folha 10-1 Java RMI - Remote Method Invocation No modelo de programação orientada a objectos, vimos que um programa consiste numa colecção de objectos que comunicam entre si através da invocação dos seus

Leia mais

A ) O cliente terá que implementar uma interface remota. . Definir a interface remota com os métodos que poderão ser acedidos remotamente

A ) O cliente terá que implementar uma interface remota. . Definir a interface remota com os métodos que poderão ser acedidos remotamente Java RMI - Remote Method Invocation Callbacks Folha 9-1 Vimos, na folha prática anterior, um exemplo muito simples de uma aplicação cliente/ servidor em que o cliente acede à referência remota de um objecto

Leia mais

Tutorial RMI (Remote Method Invocation) por Alabê Duarte

Tutorial RMI (Remote Method Invocation) por Alabê Duarte Tutorial RMI (Remote Method Invocation) por Alabê Duarte Este tutorial explica basicamente como se implementa a API chamada RMI (Remote Method Invocation). O RMI nada mais é que a Invocação de Métodos

Leia mais

Invocação Remota MC704

Invocação Remota MC704 Invocação Remota MC704 Aplicações distribuídas Aplicação distribuída: conjunto de processos que cooperam entre si para prover um serviço ou realizar uma computação normalmente processos precisam invocar

Leia mais

Invocação de Métodos Remotos RMI (Remote Method Invocation)

Invocação de Métodos Remotos RMI (Remote Method Invocation) Invocação de Métodos Remotos RMI (Remote Method Invocation) Programação com Objetos Distribuídos Um sistema de objetos distribuídos permite a operação com objetos remotos A partir de uma aplicação cliente

Leia mais

Sistemas Distribuídos

Sistemas Distribuídos Sistemas Distribuídos Marcelo Lobosco DCC/UFJF Comunicação em Sistemas Distribuídos Aula 06 Agenda Modelo Cliente-Servidor (cont.) Invocação Remota de Método (Remote Method Invocation RMI) Visão Geral

Leia mais

MIDDLEWARE Aplicativos RMI, RPC e eventos Camadas Protocolo Requesição-Respostal Middleware Representação Externa dos Dados Sistemas Operacionais

MIDDLEWARE Aplicativos RMI, RPC e eventos Camadas Protocolo Requesição-Respostal Middleware Representação Externa dos Dados Sistemas Operacionais RMI JAVA MIDDLEWARE Aplicativos RMI, RPC e eventos Protocolo Requesição-Respostal Camadas Middleware Representação Externa dos Dados Sistemas Operacionais RMI REMOTE METHOD INVOCATION Invocação remota

Leia mais

Java 2 Standard Edition. Fundamentos de. Objetos Remotos. Helder da Rocha www.argonavis.com.br

Java 2 Standard Edition. Fundamentos de. Objetos Remotos. Helder da Rocha www.argonavis.com.br Java 2 Standard Edition Fundamentos de Objetos Remotos Helder da Rocha www.argonavis.com.br 1 Sobre este módulo Este módulo tem como objetivo dar uma visão geral, porém prática, da criação e uso de objetos

Leia mais

Invocação de Métodos em Objectos Remotos

Invocação de Métodos em Objectos Remotos Invocação de Métodos em Objectos Remotos Invocações de métodos remotas e locais A remote invocation B local C invocation local E invocation local invocation D remote invocation F Page 1 1 Invocação de

Leia mais

Laboratório de Computação VI JAVA IDL. Fabricio Aparecido Breve - 981648-9

Laboratório de Computação VI JAVA IDL. Fabricio Aparecido Breve - 981648-9 Laboratório de Computação VI JAVA IDL Fabricio Aparecido Breve - 981648-9 O que é Java IDL? Java IDL é uma tecnologia para objetos distribuídos, ou seja, objetos em diferentes plataformas interagindo através

Leia mais

Sistemas Distribuídos

Sistemas Distribuídos Sistemas Distribuídos LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO Prof. Adriano Avelar Site: www.adrianoavelar.com Email: eam.avelar@gmail.com Relembrando... Mecanismos de Comunicação Middleware Cenário em uma rede Local

Leia mais

Chamadas Remotas de Procedimentos (RPC) O Conceito de Procedimentos. RPC: Programa Distribuído. RPC: Modelo de Execução

Chamadas Remotas de Procedimentos (RPC) O Conceito de Procedimentos. RPC: Programa Distribuído. RPC: Modelo de Execução Chamadas Remotas de Chamada Remota de Procedimento (RPC) ou Chamada de Função ou Chamada de Subrotina Método de transferência de controle de parte de um processo para outra parte Procedimentos => permite

Leia mais

UFG - Instituto de Informática

UFG - Instituto de Informática UFG - Instituto de Informática Especialização em Desenvolvimento de Aplicações Web com Interfaces Ricas EJB 3.0 Prof.: Fabrízzio A A M N Soares professor.fabrizzio@gmail.com Aula 3 Invocação de Objetos

Leia mais

Desenvolvimento de Aplicações Java/CORBA

Desenvolvimento de Aplicações Java/CORBA Tutorial Desenvolvimento de Aplicações Java/CORBA Emerson Ribeiro de Mello, Fábio Favarim e Joni da Silva Fraga {emerson, fabio, fraga@das.ufsc.br Este tutorial ensina como criar uma aplicação distribuída

Leia mais

UNIVERSIDADE. Sistemas Distribuídos

UNIVERSIDADE. Sistemas Distribuídos UNIVERSIDADE Sistemas Distribuídos Ciência da Computação Prof. Jesus José de Oliveira neto Aula 17-18: Middleware: Implementação de RMI (cont.), RPC, Modelo de Eventos, Exemplo com Java RMI Chamadas dinâmicas

Leia mais

Uma Introdução à Arquitetura CORBA. O Object Request Broker (ORB)

Uma Introdução à Arquitetura CORBA. O Object Request Broker (ORB) Uma Introdução à Arquitetura Francisco C. R. Reverbel 1 Copyright 1998-2006 Francisco Reverbel O Object Request Broker (ORB) Via de comunicação entre objetos (object bus), na arquitetura do OMG Definido

Leia mais

Objetos Distribuídos - Programação Distribuída Orientado a Objetos. Luiz Affonso Guedes

Objetos Distribuídos - Programação Distribuída Orientado a Objetos. Luiz Affonso Guedes Objetos Distribuídos - Programação Distribuída Orientado a Objetos Luiz Affonso Guedes Introdução Conceitos básicos programação distribuída + programação orientada a objetos = Objetos distribuídos Motivação

Leia mais

Java RMI. Alcides Calsavara

Java RMI. Alcides Calsavara Java RMI Alcides Calsavara Objetivos Permitir que um método de uma classe Java em execução em uma máquina virtual JVM chame um método de um objeto (instância de uma classe Java) situado em outra máquina

Leia mais

Universidade Federal de Pernambuco Centro de Informática Recife - Pernambuco

Universidade Federal de Pernambuco Centro de Informática Recife - Pernambuco Introdução a Middleware: Visão do Programador de Aplicações Distribuídas Universidade Federal de Pernambuco Centro de Informática Recife - Pernambuco Relembrando... Aplicação Middleware Aplicação Middleware

Leia mais

Objetos distribuídos. Roteiro. Java IDL

Objetos distribuídos. Roteiro. Java IDL Objetos distribuídos Java IDL Roteiro Java IDL Definindo a interface IDL Compilando a interface IDL Criando o servidor Criando o cliente Rodando a aplicação Rodando a aplicação em duas máquinas Java IDL

Leia mais

Comunicação usando soquetes.

Comunicação usando soquetes. Soquetes Um soquete é definido como uma extremidade de um canal de comunicação. Um par de processos (ou threads) se comunica em uma rede utilizando um par de soquetes - um para cada processo. Um soquete

Leia mais

Objetos Distribuídos. Nazareno Andrade

Objetos Distribuídos. Nazareno Andrade Objetos Distribuídos Nazareno Andrade O Problema Orientação a objetos é um paradigma poderoso Modularidade, extensibilidade, manutenibilidade Porque distribuir os objetos: Localidade dos objetos Tolerância

Leia mais

Java RMI - Remote Method Invocation. Programação com Objetos Distribuídos (C. Geyer) Java-RMI 1

Java RMI - Remote Method Invocation. Programação com Objetos Distribuídos (C. Geyer) Java-RMI 1 Java RMI - Remote Method Invocation Programação com Objetos Distribuídos (C. Geyer) Java-RMI 1 Autores Autoria Cláudio Geyer Marcelo Castiglia Pereira Local Instituto de Informática UFRGS disciplinas:

Leia mais

COMUNICAÇÃO INTER-PROCESSOS JAVA RMI e RPC. Prof. Cesar Augusto Tacla http://www.dainf.ct.utfpr.edu.br/~tacla

COMUNICAÇÃO INTER-PROCESSOS JAVA RMI e RPC. Prof. Cesar Augusto Tacla http://www.dainf.ct.utfpr.edu.br/~tacla PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ COMUNICAÇÃO INTER-PROCESSOS JAVA RMI e RPC Prof. Cesar Augusto Tacla http://www.dainf.ct.utfpr.edu.br/~tacla 1 1. Conceitos Básicos a. Invocação remota (RPC/RMI)

Leia mais

1 a. Sumário. 1. Conceitos Básicos a. Invocação remota (RPC/RMI) b. Semântica de invocação remota c. Invocação remota de métodos (RMI)

1 a. Sumário. 1. Conceitos Básicos a. Invocação remota (RPC/RMI) b. Semântica de invocação remota c. Invocação remota de métodos (RMI) PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ COMUNICAÇÃO INTER-PROCESSOS JAVA RMI e RPC Prof. Cesar Augusto Tacla http://www.dainf.ct.utfpr.edu.br/~tacla 1. Conceitos Básicos a. Invocação remota (RPC/RMI)

Leia mais

Capítulo V Sistemas de Objectos Distribuídos

Capítulo V Sistemas de Objectos Distribuídos From: Coulouris, Dollimore and Kindberg Distributed Systems: Concepts and Design Edition 3, Addison-Wesley 2001 From: Wolfgang Emmerich Engineering Distributed Objects John Wiley & Sons, Ltd 2000 1 O modelo

Leia mais

insfcanceof new public switch transient while byte continue extends for int null

insfcanceof new public switch transient while byte continue extends for int null Palavras -chave de JAV A abstract catch do final implements long private static throw void boolean char double finally import native protected super throws volatile break class float insfcanceof new public

Leia mais

Sistemas Distribuídos RPC Remote Procedure Call

Sistemas Distribuídos RPC Remote Procedure Call Sistemas Distribuídos RPC Remote Procedure Call Universidade Federal do ABC Turma: Ciência da Computação Prof. Dr. Francisco Isidro Massetto Cliente/Servidor Quais os problemas? Baseado em E/S Erro propagado

Leia mais

Licenciatura em Engenharia Informática PROVA DE TESTE PRÁTICO Sistemas Distribuídos I 2º Semestre, 2005/2006

Licenciatura em Engenharia Informática PROVA DE TESTE PRÁTICO Sistemas Distribuídos I 2º Semestre, 2005/2006 Departamento de Informática Faculdade de Ciências e Tecnologia UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA Licenciatura em Engenharia Informática PROVA DE TESTE PRÁTICO Sistemas Distribuídos I 2º Semestre, 2005/2006 NOTAS:

Leia mais

Exercício programa para MAC5796

Exercício programa para MAC5796 Exercício programa para MAC5796 Walter Mascarenhas e Helton Rosa 9 de setembro de 2008 Resumo Esse documento explica dois aspectos do exercício programa para MAC5796: o processo de invocação remota de

Leia mais

UNIVERSIDADE. Sistemas Distribuídos

UNIVERSIDADE. Sistemas Distribuídos UNIVERSIDADE Sistemas Distribuídos Ciência da Computação Prof. Jesus José de Oliveira Neto Web Services (continuação) WSDL - Web Service Definition Language WSDL permite descrever o serviço que será oferecido

Leia mais

Programação de Computadores - I. Profª Beatriz Profº Israel

Programação de Computadores - I. Profª Beatriz Profº Israel Programação de Computadores - I Profª Beatriz Profº Israel As 52 Palavras Reservadas O que são palavras reservadas São palavras que já existem na linguagem Java, e tem sua função já definida. NÃO podem

Leia mais

Curso Adonai QUESTÕES Disciplina Linguagem JAVA

Curso Adonai QUESTÕES Disciplina Linguagem JAVA 1) Qual será o valor da string c, caso o programa rode com a seguinte linha de comando? > java Teste um dois tres public class Teste { public static void main(string[] args) { String a = args[0]; String

Leia mais

Aula 2. Objetivos. Encapsulamento na linguagem Java; Utilizando a referência this.

Aula 2. Objetivos. Encapsulamento na linguagem Java; Utilizando a referência this. Aula 2 Objetivos Encapsulamento na linguagem Java; Utilizando a referência this. Encapsulamento, data hiding é um conceito bastante importante em orientação a objetos. É utilizado para restringir o acesso

Leia mais

Modificador static e Pacotes. Alberto Costa Neto DComp - UFS

Modificador static e Pacotes. Alberto Costa Neto DComp - UFS Modificador static e Pacotes Alberto Costa Neto DComp - UFS 1 Roteiro Modificador static Pacotes 2 Modificador static Instanciando a classe Funcionário matricula nome cpf salario salario-min getmatricula()

Leia mais

Desenvolvendo uma aplicação CORBA utilizando Java

Desenvolvendo uma aplicação CORBA utilizando Java Desenvolvendo uma aplicação CORBA utilizando Java Tecgraf PUC-Rio fevereiro de 2011 Exemplo passo-a-passo Veremos um exemplo, passo-a-passo, de desenvolvimento de aplicações CORBA usando Java Para desenvolver

Leia mais

Sintaxe Geral Tipos de Dados. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc.

Sintaxe Geral Tipos de Dados. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. Sintaxe Geral Tipos de Dados Comentários Comentários: De linha: // comentário 1 // comentário 2 De bloco: /* linha 1 linha 2 linha n */ De documentação: /** linha1 * linha2 */ Programa Exemplo: ExemploComentario.java

Leia mais

Comandos de repetição For (inicialização; condição de execução; incremento/decremento) { //Código }

Comandos de repetição For (inicialização; condição de execução; incremento/decremento) { //Código } Este documento tem o objetivo de demonstrar os comandos e sintaxes básicas da linguagem Java. 1. Alguns passos para criar programas em Java As primeiras coisas que devem ser abordadas para começar a desenvolver

Leia mais

RMI/JNDI - Fundamentos

RMI/JNDI - Fundamentos c o l u n a Professor J RMI/JNDI - Fundamentos Um exemplo prático do que são e de como funcionam RMI e JNDI Roberto Vezzoni (roberto.vezzoni@gmail.com): SCJP, faz Ciência da Computação na Faesa e atua

Leia mais

Java Básico. Classes Abstratas, Exceções e Interfaces Prof. Fernando Vanini Ic-Unicamp

Java Básico. Classes Abstratas, Exceções e Interfaces Prof. Fernando Vanini Ic-Unicamp Java Básico Classes Abstratas, Exceções e Interfaces Prof. Fernando Vanini Ic-Unicamp Classes Abstratas construção de uma classe abstrata construção de classes derivadas Classes e Herança Uma classe define

Leia mais

INF01018 Aula Prática 2 RMI Remote Method Invocation

INF01018 Aula Prática 2 RMI Remote Method Invocation 1 / 18 INF01018 Aula Prática 2 RMI Remote Method Invocation Lucas Mello Schnorr, Alexandre Silva Caríssimi {lmschnorr,asc}@inf.ufrgs.br http://www.inf.ufrgs.br/ lmschnorr/ad/ INF01018 Sistemas Operacionais

Leia mais

THREADS EM JAVA. George Gomes Cabral

THREADS EM JAVA. George Gomes Cabral THREADS EM JAVA George Gomes Cabral THREADS Fluxo seqüencial de controle dentro de um processo. Suporte a múltiplas linhas de execução permite que múltiplos processamentos ocorram em "paralelo" (em computadores

Leia mais

Java. Marcio de Carvalho Victorino www.dominandoti.eng.br

Java. Marcio de Carvalho Victorino www.dominandoti.eng.br Java Marcio de Carvalho Victorino www.dominandoti.eng.br 3. Considere as instruções Java abaixo: int cont1 = 3; int cont2 = 2; int cont3 = 1; cont1 += cont3++; cont1 -= --cont2; cont3 = cont2++; Após a

Leia mais

Threads e Sockets em Java. Threads em Java. Programas e Processos

Threads e Sockets em Java. Threads em Java. Programas e Processos Threads em Java Programas e Processos Um programa é um conceito estático, isto é, um programa é um arquivo em disco que contém um código executável por uma CPU. Quando este programa é executado dizemos

Leia mais

Middleware de Aplicações Paralelas/Distribuídas

Middleware de Aplicações Paralelas/Distribuídas Computação Paralela Middleware de Aplicações Paralelas/Distribuídas João Luís Ferreira Sobral Departamento do Informática Universidade do Minho Outubro 2005 Principais aspectos a gerir pelo Middleware

Leia mais

Especialização em desenvolvimento para web com interfaces ricas. Tratamento de exceções em Java Prof. Fabrízzio A. A. M. N. Soares

Especialização em desenvolvimento para web com interfaces ricas. Tratamento de exceções em Java Prof. Fabrízzio A. A. M. N. Soares Especialização em desenvolvimento para web com interfaces ricas Tratamento de exceções em Java Prof. Fabrízzio A. A. M. N. Soares Objetivos Conceito de exceções Tratar exceções pelo uso de try, catch e

Leia mais

Java : Comunicação Cliente-Servidor.

Java : Comunicação Cliente-Servidor. Java : Comunicação Cliente-Servidor. Objetivo: Capacitar o aluno a desenvolver uma aplicação servidora para múltiplos clientes. Apresentar as classes Socket e ServerSocket, classes de fluxo de dados, a

Leia mais

Programação Orientada a Objetos em Java. Threads Threads Threads. Threads

Programação Orientada a Objetos em Java. Threads Threads Threads. Threads Universidade Federal do Amazonas Departamento de Ciência da Computação IEC481 Projeto de Programas Programação Orientada a Objetos em Java Threads Threads Threads Threads Professor: César Melo Slides baseados

Leia mais

Java Básico. Matrícula de Alunos. Marco Antonio, Arquiteto de Software TJDF ma@marcoreis.eti.br. Novembro/2005

Java Básico. Matrícula de Alunos. Marco Antonio, Arquiteto de Software TJDF ma@marcoreis.eti.br. Novembro/2005 Java Básico Matrícula de Alunos Marco Antonio, Arquiteto de Software TJDF ma@marcoreis.eti.br Novembro/2005 Objetivos OO: trocar mensagens entre os objetos Exception: tratar exceções Análise: implementar

Leia mais

Programação com Objetos Distribuídos e Componentes

Programação com Objetos Distribuídos e Componentes Programação com Objetos Distribuídos e Componentes Cláudio F. R. Geyer, Luciano Cavalheiro da Silva, Patrícia Kayser Vargas, Juliano Malacarne Resumo Universidade Federal do Rio Grande do Sul Instituto

Leia mais

Linguagem de Programação JAVA. Técnico em Informática Professora Michelle Nery

Linguagem de Programação JAVA. Técnico em Informática Professora Michelle Nery Linguagem de Programação JAVA Técnico em Informática Professora Michelle Nery Agenda Regras paravariáveis Identificadores Válidos Convenção de Nomenclatura Palavras-chaves em Java Tipos de Variáveis em

Leia mais

Java 2 Standard Edition Como criar classes e objetos

Java 2 Standard Edition Como criar classes e objetos Java 2 Standard Edition Como criar classes e objetos Helder da Rocha www.argonavis.com.br 1 Assuntos abordados Este módulo explora detalhes da construção de classes e objetos Construtores Implicações da

Leia mais

Objetos Distribuídos em Java

Objetos Distribuídos em Java J530 - Enterprise JavaBeans Objetos Distribuídos em Java Helder da Rocha (helder@acm.org) argonavis.com.br 1 Objetivo O objetivo deste módulo é fornecer os pré-requisitos de computação distribuída necessários

Leia mais

RMI RMI-IIOP Java IDL (CORBA) Helder da Rocha www.argonavis.com.br

RMI RMI-IIOP Java IDL (CORBA) Helder da Rocha www.argonavis.com.br RMI RMI-IIOP Java IDL (CORBA) Helder da Rocha www.argonavis.com.br 1 Sumário RMI/RPC e Java em ambientes distribuídos Java IDL (~25%) Arquitetura CORBA e mapeamento Java-IDL Construção de uma aplicação

Leia mais

Programação Orientada a Objetos em Java

Programação Orientada a Objetos em Java Programação Orientada a Objetos em Java Rone Ilídio da Silva Universidade Federal de São João del-rei Campus Alto Paraopeba 1:14 1 Objetivo Apresentar os principais conceitos de Programção Orientada a

Leia mais

Object Brokers. Tecnologias de Middleware 2004/2005 André Santos

Object Brokers. Tecnologias de Middleware 2004/2005 André Santos Object Brokers Tecnologias de Middleware 2004/2005 André Santos Resumo O que são Object Brokers? Como surgiu o conceito? CORBA Exemplos de utilização Comparação com Java RMI Actualidade (J2EE,.NET) O que

Leia mais

Programação por Objectos. Java

Programação por Objectos. Java Programação por Objectos Java Parte 2: Classes e objectos LEEC@IST Java 1/24 Classes (1) Sintaxe Qualif* class Ident [ extends IdentC] [ implements IdentI [,IdentI]* ] { [ Atributos Métodos ]* Qualif:

Leia mais

Construção de novas Classes em Java. Classes Atributos Métodos Herança...

Construção de novas Classes em Java. Classes Atributos Métodos Herança... Construção de novas Classes em Java Classes Atributos Métodos Herança... 1 Exemplo Representação em UML Java (Unified Modeling Language) Stack items : Vector Stack( ) push( ) pop( ) isempty( ) finalize(

Leia mais

Multithreading. Programação Orientada por Objectos com Java. Ademar Aguiar. MRSC - Programação em Comunicações

Multithreading. Programação Orientada por Objectos com Java. Ademar Aguiar. MRSC - Programação em Comunicações Programação Orientada por Objectos com Java www.fe.up.pt/~aaguiar ademar.aguiar@fe.up.pt 1 Multithreading 154 Objectivos Ser capaz de: Explicar os conceitos básicos de multithreading Criar threads múltiplos

Leia mais

Java RMI. RMI Remote Method Invocation. Chamadas Remotas de Procedimentos (RPC) RPC - Implementação

Java RMI. RMI Remote Method Invocation. Chamadas Remotas de Procedimentos (RPC) RPC - Implementação Java Remote Method Invocation Java Remote Method Invocation () é um protocolo Java para comunicação entre processos Permite objetos Java invocar transparentemente métodos de outros objetos (que podem estar

Leia mais

Java Threads. Introdução

Java Threads. Introdução Java Threads mleal@inf.puc-rio.br 1 Introdução O único mecanismo de concorrência suportado explicitamente pela linguagem Java é multi-threading. threading. Os mecanismos de gerenciamento e sicronização

Leia mais

Computação Paralela. Uma framework para aplicações concorrentes João Luís Ferreira Sobral Departamento do Informática Universidade do Minho

Computação Paralela. Uma framework para aplicações concorrentes João Luís Ferreira Sobral Departamento do Informática Universidade do Minho Computação Paralela Uma framework para aplicações concorrentes João Luís Ferreira Sobral Departamento do Informática Universidade do Minho Dezembro 2005 Fases de desenvolvimento de aplicações paralelas

Leia mais

Threads e Concorrência em Java (Material de Apoio)

Threads e Concorrência em Java (Material de Apoio) Introdução Threads e Concorrência em Java (Material de Apoio) Professor Lau Cheuk Lung http//www.inf.ufsc.br/~lau.lung INE-CTC-UFSC A maioria dos programas são escritos de modo seqüencial com um ponto

Leia mais

Sistemas Distribuídos Métodos de Invocação Remota II. Prof. MSc. Hugo Souza

Sistemas Distribuídos Métodos de Invocação Remota II. Prof. MSc. Hugo Souza Sistemas Distribuídos Métodos de Invocação Remota II Prof. MSc. Hugo Souza Nesta aula, complementando os conceitos que vimos nas aulas anteriores [aula 15], vamos praticar a programação de laboratório

Leia mais

Keeper of Knowledge. Capítulo 2 Classes em Java

Keeper of Knowledge. Capítulo 2 Classes em Java Capítulo 2 Classes em Java INTRODUÇÃO Uma classe é um conjunto de software que representa uma realidade qualquer, que pode ser representada por números e símbolos. Uma classe possui dados de um ou mais

Leia mais

Programação Orientada a Objetos em java. Polimorfismo

Programação Orientada a Objetos em java. Polimorfismo Programação Orientada a Objetos em java Polimorfismo Polimorfismo Uma característica muito importante em sistemas orientados a objetos Termo proveniente do grego, e significa muitas formas Em POO, significa

Leia mais

Implementando uma Classe e Criando Objetos a partir dela

Implementando uma Classe e Criando Objetos a partir dela Análise e Desenvolvimento de Sistemas ADS Programação Orientada a Obejeto POO 3º Semestre AULA 04 - INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETO (POO) Parte: 2 Prof. Cristóvão Cunha Implementando uma Classe

Leia mais

Um pouco do Java. Prof. Eduardo

Um pouco do Java. Prof. Eduardo Um pouco do Java Prof. Eduardo Introdução A tecnologia JAVA é composta pela linguagem de programação JAVA e pela plataforma de desenvolvimento JAVA. Os programas são escritos em arquivos-texto com a extensão.java.

Leia mais

Orientação a Objetos em Java. Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br

Orientação a Objetos em Java. Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Orientação a Objetos em Java Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Agenda Introdução; Orientação a Objetos; Orientação a Objetos em Java; Leonardo Murta Orientação a Objetos em Java 2 Agosto/2007

Leia mais

Módulo 07 Características Avançadas de Classes

Módulo 07 Características Avançadas de Classes Módulo 07 Características Avançadas de Classes Última Atualização: 15/06/2010 1 Objetivos Descrever variáveis, métodos e iniciadores static Descrever a semântica do modificador final em classes, métodos

Leia mais

Módulo 02 Programação Orientada a Objetos. Última atualização: 07/06/2010

Módulo 02 Programação Orientada a Objetos. Última atualização: 07/06/2010 Módulo 02 Programação Orientada a Objetos Última atualização: 07/06/2010 1 Objetivos Definir conceitos de orientação a objetos: o abstração, encapsulamento, pacotes. Discutir reutilização de código em

Leia mais

Programação Concorrente/Paralela em Java

Programação Concorrente/Paralela em Java em Java Resolução do Exercício 1 public class Cont extends Thread { protected int ct; public Cont() { ct=0; public synchronized void inc() { ct++; public void run() { for (int i=0; i

Leia mais

A Linguagem Java. Alberto Costa Neto DComp - UFS

A Linguagem Java. Alberto Costa Neto DComp - UFS A Linguagem Java Alberto Costa Neto DComp - UFS 1 Roteiro Comentários Variáveis Tipos Primitivos de Dados Casting Comandos de Entrada e Saída Operadores Constantes 2 Comentários /** Classe para impressão

Leia mais

Linguagem de Programação III

Linguagem de Programação III Linguagem de Programação III Aula-3 Criando Classes em Java Prof. Esbel Tomás Valero Orellana Da Aula Anterior Classes em Java, sintaxe básica Tipos básicos de dados em Java, como escolher o tipo apropriado

Leia mais

Programa de Computador que funciona em Rede

Programa de Computador que funciona em Rede Programa de Computador que funciona em Rede professor Robinson Vida Noronha 1 Paradigma Um programa rodando em rede é como uma loja. 2 Uma loja é composta por Vendedores Vendedores 3 Um loja deve servir

Leia mais

Enterprise Java Beans

Enterprise Java Beans Enterprise Java Beans Prof. Pasteur Ottoni de Miranda Junior DCC PUC Minas Disponível em www.pasteurjr.blogspot.com 1-O que é um Enterprise Java Bean? O Entertprise Java Bean (EJB) é um componente server-side

Leia mais

Java Spaces Exemplos

Java Spaces Exemplos Java Spaces Exemplos Programação com Objetos Distribuídos (C. Geyer) Java Spaces - Exemplos V0 1 Autoria! Autores! Local " Cláudio Geyer " Instituto de Informática " UFRGS " disciplina: Programação com

Leia mais

Análise de Programação

Análise de Programação Análise de Programação Conceitos Avançados da Linguagem de Programação Java Prof Gilberto B Oliveira Encapsulamento Proteger o dado dentro de uma classe (capsula segura) Facilita o uso da classe por outros

Leia mais

Programação Concorrente em Java. Profa Andréa Schwertner Charão DLSC/CT/UFSM

Programação Concorrente em Java. Profa Andréa Schwertner Charão DLSC/CT/UFSM Programação Concorrente em Java Profa Andréa Schwertner Charão DLSC/CT/UFSM O que é programação concorrente? Um programa, múltiplos fluxos de execução Quando usar programação concorrente? Desempenho Ex.:

Leia mais

Programação Na Web. Linguagem Java Parte II. break com o nome do bloco. Sintaxe. Nome do bloco. Termina o bloco. António Gonçalves ...

Programação Na Web. Linguagem Java Parte II. break com o nome do bloco. Sintaxe. Nome do bloco. Termina o bloco. António Gonçalves ... Programação Na Web Linguagem Java Parte II Sintaxe António Gonçalves break com o nome do bloco Nome do bloco Termina o bloco class class Matrix Matrix { private private int[][] int[][] mat; mat; public

Leia mais

OBJETOS DISTRIBUÍDOS E INVOCAÇÃO REMOTA

OBJETOS DISTRIBUÍDOS E INVOCAÇÃO REMOTA OBJETOS DISTRIBUÍDOS E INVOCAÇÃO REMOTA SUMÁRIO Introdução Comunicação entre objetos distribuídos Eventos e Notificações 1.INTRODUÇÃO Middleware oferece: Transparência de localização Independência de protocolos

Leia mais

Reuso com Herança a e Composiçã

Reuso com Herança a e Composiçã Java 2 Standard Edition Reuso com Herança a e Composiçã ção Helder da Rocha www.argonavis.com.br 1 Como aumentar as chances de reuso Separar as partes que podem mudar das partes que não mudam. Exemplo:

Leia mais

Programação Orientada a Objetos (DPADF 0063)

Programação Orientada a Objetos (DPADF 0063) Programação Orientada a Objetos (DPADF 0063) Aula 5 Herança Universidade Federal de Santa Maria Colégio Agrícola de Frederico Westphalen Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet Prof. Bruno

Leia mais

! "# $ $ % & % ' & ( )

! # $ $ % & % ' & ( ) %&!"# $$ % &( ) ! "#$# %! &&&##&# (! %! &&&#)#!##! &&&## *! &&&## +)! &&&##,)! &&&##. /."0 1$.2.3,,0 *445,0 6.1,70 +.-# 71,$.#0 6 8 9# - . ; 67?,0 javac. : * +, $8 A,BC! 230 D0 @

Leia mais

Aula 30 - Sockets em Java

Aula 30 - Sockets em Java Aula 30 - Sockets em Java Sockets Sockets são estruturas que permitem que funções de software se interconectem. O conceito é o mesmo de um soquete (elétrico, telefônico, etc...), que serve para interconectar

Leia mais

INE5380 - Sistemas Distribuídos

INE5380 - Sistemas Distribuídos INE5380 - Sistemas Distribuídos Object Request Broker e CORBA Por: Léo Willian Kölln - 0513227-4 Novembro de 2006 ORB Object Request Broker ORB aqui será tratado como um Middleware que permite a construção

Leia mais

Sistemas Distribuídos Métodos de Invocação Remota IV. Prof. MSc. Hugo Souza

Sistemas Distribuídos Métodos de Invocação Remota IV. Prof. MSc. Hugo Souza Sistemas Distribuídos Métodos de Invocação Remota IV Prof. MSc. Hugo Souza Nesta aula, complementando os conceitos que vimos nas aulas anteriores [aula 15, aula 16 e aula 17], vamos praticar a segunda

Leia mais

Prova de Java. 1) Copie o programa abaixo no eclipse e complete-o, utilizando os conceitos aprendidos durante o curso. (4 pontos)

Prova de Java. 1) Copie o programa abaixo no eclipse e complete-o, utilizando os conceitos aprendidos durante o curso. (4 pontos) Prova de Java 1) Copie o programa abaixo no eclipse e complete-o, utilizando os conceitos aprendidos durante o curso. (4 pontos) O programa consiste em uma aplicação que simula o comportamento de dois

Leia mais

Java. Disciplina: Programação Modular Prof. Marco Túlio de Oliveira Valente

Java. Disciplina: Programação Modular Prof. Marco Túlio de Oliveira Valente Java Disciplina: Programação Modular Prof. Marco Túlio de Oliveira Valente Introdução James Gosling e equipe (Sun, 1995) Linguagem compilada e posteriormente interpretada bytecode: linguagem intermediária

Leia mais

Módulo 5 - JDBC java.sql - Conexão com Banco de Dados

Módulo 5 - JDBC java.sql - Conexão com Banco de Dados Aplicações de Linguagem de Programação Orientada a Objetos 2ºsem/2012 (Professor: Tiago) Módulo 5 - JDBC java.sql - Conexão com Banco de Dados Fazer o download do drive de conexão com o BD: http://jdbc.postgresql.org/download.html

Leia mais

CAPA PARA OS CABOS DA CABEÇA

CAPA PARA OS CABOS DA CABEÇA CAPA PARA OS CABOS DA CABEÇA COMPONENTES Entre as peças entregues com este fascículo encontra-se uma espécie de tubo preto para reunir e proteger os cabos que saem da cabeça e vão ao tronco de O SEU ROBOT.

Leia mais

Aula 09 Introdução à Java. Disciplina: Fundamentos de Lógica e Algoritmos Prof. Bruno Gomes http://www.profbrunogomes.com.br/

Aula 09 Introdução à Java. Disciplina: Fundamentos de Lógica e Algoritmos Prof. Bruno Gomes http://www.profbrunogomes.com.br/ Aula 09 Introdução à Java Disciplina: Fundamentos de Lógica e Algoritmos Prof. Bruno Gomes http://www.profbrunogomes.com.br/ Agenda da Aula Java: Sintaxe; Tipos de Dados; Variáveis; Impressão de Dados.

Leia mais

Middleware. Camada Intermediária de Suporte a Sistemas Distribuídos

Middleware. Camada Intermediária de Suporte a Sistemas Distribuídos Middleware Camada Intermediária de Suporte a Sistemas Distribuídos Alternativas de comunicação entre processos (IPC) Mecanismos de IPC tradicionais (ou de baixo nível) Memória compartilhada, filas de mensagens,

Leia mais