INSSTITUTO FEDERAL D EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SERGIPE EDITAL PROGEP Nº 16, de 28 de outubro de Regime de trabalho

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INSSTITUTO FEDERAL D EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SERGIPE EDITAL PROGEP Nº 16, de 28 de outubro de 2011. Regime de trabalho"

Transcrição

1 INSSTITUTO FEDERAL D EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SERGIPE EDITAL PROGEP Nº 16, de 28 de outubro de 2011 A MAGNÍFICA REITORA EM EXERCÍCIO do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe IFS, no uso de suas atribuições legais, nos termos da Lei nº 8.112/90,Lei nº , de 22 de setembro de 2008 e Decreto 6.944, de 21 de agosto de 2009, considerando o disposto na Portaria MOG nº 108, de 25 de maio de 2011, publicada no DOU em 26 de maio de 2011, e na portaria do MEC nº de 20 de setembro, publica do DOU de 21 de setembro de 2011, torna pública a abertura de inscrição para realização de Concurso Público para o provimento dos cargos vagos, para Professor de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico, correspondente ao banco de Professores Equivalentes do quadro de Pessoal Permanente deste Instituto Federal de Ensino, regido pelos PROCEDIMENTOS-PADRÃO PARA REALIZAÇÃO DE CONCURSOS PARA PROFESSORES EFETIVOS, aprovado pelo Conselho Superior, publicado no Diário Oficial da União em 20/10/2011, seção 3, páginas 60 a 64, conforme segue:. 1. DAS VAGAS: CAMPUS ARACAJU CD Área vagas Regime de trabalho Área de Atuação Habilitação Mínima Exigida 01 Eletrônica 01 40h Eletrônica ou Sistemas Digitais Engenharia Eletrônica ou de Telecomunicações; Engenharia Elétrica com habilitação em Eletrônica ou Telecomunicações; Licenciatura em Eletrônica ou Sistemas Eletrônicos; Engenharia da Computação; Tecnológo em Eletrônica ou Telecomunicações 02 Física 01 40h Física 03 Inglês 01 40h Inglês Licenciatura ou Graduação com pósgraduação na área de Física Licenciatura Licenciatura ou Bacharelado em Letras - Inglês, com Mestrado em Letras. 04 Petróleo e Gás 02 40h Indústria química e petroquímica Engenharia Mecânica ou Tecnólogo em área correlata. 05 Engenharia Civil I 01 40h Geologia para Engenharia, Mecânica dos Solos, Fundações e obras de terras. 06 Engenharia Civil II 01 40h Estruturas 07 Engenharia Civil III 01 40h Topografia, Pavimentação e terraplenagem, Hidráulica e Engenharia Civil ou Tecnólogo em área correlata, todos com mestrado em Engenharia Civil. Engenharia Civil ou Tecnólogo em área correlata, todos com mestrado em Engenharia Civil. Engenharia Civil ou Tecnólogo em área correlata, todos com mestrado em Engenharia Civil

2 Orçamento de obras. 08 Desenho 03 40h 09 Segurança no trabalho 02 40h 09 Segurança no trabalho 01 40h 50 Segurança no trabalho 01 40h 10 Química 02 40h Desenho Geométrico, Técnico,Arquitetôni co, Arquitetônico Assistido por Computador,de Projetos Complementares Assistido por computador e Informática Aplicada. Segurança no trabalho Segurança no trabalho Segurança no trabalho II cursos técnicos de química e alimentos e curso superior de química licenciatura 11 Matemática 02 40h Matemática 12 Turismo 02 40h Turismo 12 Turismo 02 40h Turismo Licenciatura ou Graduado em Arquitetura, Engenheiro Civil, Licenciado em Construção Civil ou Tecnólogo em Design de Interiores. Enfermagem com especialização em Enfermagem do Trabalho ou Graduação em odontologia com especialização em odontologia do trabalho. Enfermagem com especialização em Enfermagem do Trabalho ou Graduação em odontologia com especialização em odontologia do trabalho Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho - Graduado em Engenharia Civil ou Engenharia Mecânica ou Engenharia Química ou Engenharia Elétrica. Licenciatura ou Graduado em Química (licenciatura em química) com mestrado em química com ênfase em orgânica Licenciatura em Matemática ou Bacharelado em Matemática com Mestrado em Matemática Pura ou Mestrado em Matemática Aplicada Curso Superior de Graduação em Turismo ou Ecoturismo ou Gestão de Turismo. Especialização. Guia de Turismo credenciado no Ministério do Turismo. Experiência comprovada como docente de no mínimo 1 (um) ano. Curso Superior de Graduação em Turismo ou Ecoturismo ou Gestão de Turismo. Especialização. Guia de Turismo credenciado no Ministério do Turismo.

3 CAMPUS SÃO CRISTÓVÃO CD Área vagas Regime de trabalho Área de Atuação Habilitação Mínima Exigida 13 Informática I 01 40h Informática/redes 14 Informática II 01 40h Informática/ manutenção de computadores 13 Informática I 01 40h Informática/redes 14 Informática II 01 40h Informática/ manutenção de computadores 15 Alimentos I 01 40h Alimentos 16 Alimentos II 01 40h Alimentos 17 Ciências Agrárias 01 40h 18 Agroecologia 01 40h Agroecologia e Ciências Agrárias Ciências Sociais, Ciências Naturais e Ciências Agrárias Ciência da Computação ou Graduação em Análise de Sistemas ou Graduação em Processamento de Dados ou Graduação em Engenharia da Computação ou tecnólogo em computação; todos com Mestrado ou Doutorado em Redes. Ciência da Computação ou Graduação em Análise de Sistemas ou Graduação em Processamento de Dados ou Graduação em Engenharia da Computação ou tecnólogo em computação; todos com Mestrado ou Doutorado em Redes. Ciência da Computação ou Graduação em Análise de Sistemas ou Graduação em Processamento de Dados ou Graduação em Engenharia da Computação ou tecnólogo em computação; e Pósgraduação na área de tecnologia da Tecnologia da informação Ciência da Computação ou Graduação em Análise de Sistemas ou Graduação em Processamento de Dados ou Graduação em Engenharia da Computação ou tecnólogo em computação; e Pósgraduação na área de tecnologia da Tecnologia da informação Engenharia de Alimentos ou Curso Superior de Tecnologia em Alimentos, com mestrado ou doutorado em Tecnologia de Alimentos ou Engenharia de Alimentos. Engenharia de Alimentos ou Curso Superior de Tecnologia em Alimentos, com mestrado ou doutorado em Tecnologia de Alimentos ou Engenharia de Alimentos. Graduado ou Licenciado em Ciências Sociais, em Ciências Naturais ou Ciências Agrárias, com mestrado ou doutorado em educação ou na área de formação. Licenciado em Biologia ou Ciências Naturais, com mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente ou Ecologia ou Genética.

4 19 Engenharia de Agrimensura 01 40h Engenharia de Agrimensura Engenharia de Agrimensura com Mestrado em Educação ou em Engenharia de Agrimensura ou em áreas correlatas ou com Licenciatura no curso de Formação de Professores de Disciplinas Especializadas para o Ensino do 2º Grau. CAMPUS LAGARTO CD Área vagas Regime de trabalho Área de Atuação Habilitação Mínima Exigida 20 Biologia I 01 20h Biologia Licenciatura em ciências biológicas 21 Biologia II 01 40h Biologia 22 Geografia 01 20h Geografia 23 Pedagogia 01 20h Pedagogia Licenciatura em ciências biológicas Licenciatura em geografia Pedagogia com Mestrado em Educação 24 Física I 01 40h Física Geral 25 Física II 01 40h Física Matemática 26 Mecânica 03 40h Controle e processos 27 Eletrônica 04 40h Eletrônica 28 Elétrica 02 40h Elétrica 29 Engenharia Civil 02 40h Engenharia Civil Licenciatura em Física com Pósgraduação Stricto Sensu em Física, Ensino de Física ou Ensino de Ciências. Licenciatura ou Bacharelado em Física com Pós-graduação Stricto Sensu em Física. Engenharia Mecânica ou Tecnólogo em Mecânica ou Tecnólogo Automação Industrial Engenharia Elétrica com habilitação em Eletrônica ou Tecnólogo em Eletrônica ou Tecnólogo em Automação Industrial. Engenharia Elétrica ou Tecnólogo em Automação Industrial ou Tecnólogo em Elétrica. engenharia civil ou Tecnólogo em área correlata, todos com pós-graduação em qualquer engenharia 30 Matemática I 01 40h Matemática aplicada Licenciatura em matemática com mestrado

5 31 Matemática II 01 40h Matemática matemática 32 Matemática III 01 40h Matemática básica matemática 33 Informática I 03 40h 34 Informática 03 40h Informática I: Programação de Computadores, Estrutura de Dados, Banco de Dados e Engenharia de Software Informática II: Redes de Computadores, Arquitetura de Computadores, sistemas operacionais e segurança da informação; Licenciatura ou Graduação (Bacharelado) em Ciência da Computação ou Engenharia da Computação ou Sistemas de Informação; Graduação (Tecnologia) em Processamento de Dados ou Análise e Desenvolvimento de Sistemas ou Sistemas para Internet ou ; e Pósgraduação na área de tecnologia da Tecnologia da informação Licenciatura ou Graduação (Bacharelado) em Ciência da Computação ou Engenharia da Computação ou Sistemas de Informação ou Engenharia de Telecomunicações; Graduação (Tecnologia) em Processamento de Dados ou Redes de Computadores ou Análise e Desenvolvimento de Sistemas ou Sistemas para Internet ou Gestão de Sistemas de Informação; e Pósgraduação na área de tecnologia da Tecnologia da informação. 35 Química 01 40h Química 35 Química 01 40h Química Licenciatura em Química com Mestrado Licenciatura em Química com Mestrado em Química CAMPUS ITABAIANA CD Área 36 Biologia Regime vagas de trabalho 01 40h Área de Atuação Biologia Habilitação Mínima Exigida Licenciatura ou Bacharelado em Ciências Biológicas ambos com mestrado em áreas correlatas 37 Matemática 01 40h Matemática Licenciatura em Matemática ou Bacharelado em Matemática com Mestrado em Matemática Pura ou Mestrado em Matemática Aplicada CAMPUS ESTÂNCIA CD Área vagas Regime de trabalho Área de Atuação Habilitação Mínima Exigida

6 38 Engenharia Civil/ Edificações 01 40h Engenharia Civil/ Edificações Engenharia Civil ou Licenciatura plena em construção Civil ou Tecnólogo em Construção Civil Engenharia 39 Civil/ Topografia 40 Eletrotécnica I 01 40h 01 40h Engenharia Civil/ Topografia Maquinas elétricas, transformadores, projetos e instalações elétricas Engenharia Civil ou Licenciatura Plena em Construção Civil ou Engenharia Cartográfica ou Engenharia de Agrimensura ou Tecnólogo em área correlata. Graduação em engenharia elétrica ou licenciatura em eletrotécnica ou Tecnólogo em área correlata. 41 Eletrotécnica II 01 40h Projetos e instalações elétricas Graduação em engenharia elétrica ou licenciatura em eletrotécnica ou Tecnólogo em área correlata. 42 Eletrotécnica III 43 Eletrotécnica IV 44 Recursos CAMPUS GLÓRIA CD 01 40h 01 40h Pesqueiros 03 40h Área vagas Regime de trabalho 45 Veterinária 01 40h 46 Laticínios/alimento s 01 40h Eletricidade, fontes alternativas de energia, sistema de potência, eficiência e conservação de energia; Eletrônica digital, eletrônica analógica e eletrônica de potência; Recursos Pesqueiros Área de Atuação Veterinária/ Alimentos Laticínios/Alimento s 47 Agroecologia 01 40h Agroecologia 48 Química 01 40h Química 49 Alimentos 01 40h Alimentos Graduação em engenharia elétrica ou licenciatura em eletrotécnica ou Tecnólogo em área correlata. Graduação em engenharia elétrica opção eletrônica ou licenciatura em eletrônica ou Tecnólogo em área correlata; Licenciatura ou Graduado em Engenharia de Pesca ou Tecnólogo em Recursos Pesqueiros com Mestrado em Recursos Pesqueiros ou correlato. Habilitação Mínima Exigida medicina veterinária ou engenharia de alimentos com mestrado na área de alimentos ou áreas correlatas. Licenciatura ou Engenheiro de Alimentos com mestrado na área de laticínios, Graduação em Agronomia ou Licenciatura em Ciências Agrícolas, com mestrado em Fitotecnia, ou Produção Vegetal, ou Agronomia, ou Engenharia Agrícola. Graduação em Licenciatura em Química Engenharia de Alimentos

7 ATENÇÃO: CONSIDERA-SE ÁREA CORRELATA (ÁREA DE CONHECIMENTO) O CONJUNTO DE CONHECIMENTOS INTER-RELACIONAD6OS DEFINIDOS NA TABELA DE ÁREAS DE CONHECIMENTO DA CAPES (http://ww.capes.gov.br/avaliacao/tabela-de-areas-de-conhecimento) 2. DA ISENÇÃO: A isenção do pagamento da taxa de inscrição deverá atender ao disposto nos PROCEDIMENTOS-PADRÃO PARA REALIZAÇÃO DE CONCURSOS PARA PROFESSORES EFETIVOS, aprovado pelo Conselho Superior, publicado no Diário Oficial da União em 20/10/2011, seção 3, páginas 60 a 64. (item 05 art. 10 a 14) e disponível também no sítio do IFS junto a este edital. 3. DAS INSCRIÇÕES: 3.1. Período: 05 a 20 de novembro de Local: A inscrição do candidato será feita exclusivamente via INTERNET, através do sítio: no link CONCURSOS-CSDP junto ao Edital Quaisquer informações sobre este concurso poderão ser obtidas na CSDP do IFS, no endereço: Avenida Engenheiro Gentil Tavares da Mota nº 1166 Bairro Getúlio Vargas Aracaju - SE Tel.: (79) Procedimentos: I. Após preenchimento do formulário, o candidato deverá pagar a taxa de inscrição através da impressão do documento de pagamento que deverá ser gerado em forma de Guia de Recolhimento da União - Simples, no respectivo link, e somente poderá ser paga em qualquer agência do BANCO DO BRASIL, exceto os candidatos que tiveram suas inscrições isentas. II. O IFS não se responsabilizará por solicitação de inscrição via Internet não recebida por motivos de ordem técnica que impossibilitem a transferência de dados. O candidato deve atentar para o fato que, nos últimos dias de inscrição, costuma haver congestionamento nos acessos ao endereço eletrônico. III. Só será aceito pagamento da taxa de inscrição através da Guia de Recolhimento da União (GRU), e após comprovação do pagamento, que deverá ser feito até o dia 21 de novembro de IV. O pagamento, para ser compensado na mesma data, deve ser efetuado em horário bancário; até as 19h, nos terminais de auto-atendimento e pela Internet, para correntistas do Banco do Brasil. V. Não serão acatadas as solicitações de inscrição, cujos pagamentos forem efetuados após a data e horários estabelecidos nos subitens III e IV. VI. O simples preenchimento do formulário de inscrição não gera ao candidato qualquer direito ou expectativa em relação à participação no concurso. VII. A inscrição é de exclusiva responsabilidade do candidato, bem como as informações dos dados cadastrais, não sendo necessário o envio de cópia do documento de identidade. VIII. A inscrição, mesmo deferida e regularizada, tem caráter condicional, podendo ser cancelada a qualquer tempo, desde que verificadas falsidades e inexatidões nas informações prestadas pelo candidato. IX. A taxa de inscrição de R$ 100,00, uma vez paga, não será devolvida em hipótese alguma, salvo em caso de cancelamento do Concurso, e só terá validade para o presente Concurso Público. X. O candidato somente poderá concorrer a uma das vagas disponibilizadas neste edital, mesmo que efetue inscrição em mais de uma área, sendo de sua inteira responsabilidade a opção da área a que irá concorrer. XI. O candidato deverá imprimir o Cartão de Identificação através do sítio: no link CONCURSOS CSDP, a partir de 25/11/ DA PARTICIPAÇÃO DOS CANDIDATOS PORTADORES DE DEFICIÊNCIA: A participação dos portadores de deficiência seguirá as normas estabelecidas nos PROCEDIMENTOS-PADRÃO PARA REALIZAÇÃO DE CONCURSOS PARA PROFESSORES EFETIVOS, aprovado pelo Conselho Superior, publicado no Diário Oficial da União em 20/10/2011, seção 3, páginas 60 a 64 (Item 3) e disponível em conjunto com este edital no sítio do IFS. Sendo disponibilizadas 4 vagas neste concurso. 5. DA SELEÇÃO 5.1 A seleção dar-se-á mediante 03 (três) fases: FAS NATUREZ VALOR VALOR PROVAS ES A MÁXIMO MÍNIMO 1 Prova Escrita Eliminatória 100 pontos 60 pontos 2 Prova Didática Eliminatória 100 pontos 60 pontos 3 Prova de Títulos Classificatóri a 100 pontos -

8 5.2 A classificação se dará por ordem decrescente de pontuação e serão nomeados os melhores colocados de acordo com o número de vagas ofertadas para cada área respeitados os critérios de nomeação dos portadores de deficiência e de desempate constantes nos PROCEDIMENTOS-PADRÃO PARA REALIZAÇÃO DE CONCURSOS PARA PROFESSORES EFETIVOS, aprovado pelo Conselho Superior, publicado no Diário Oficial da União em 20/10/2011, seção 3, páginas 60 a 64 (Item 13). 6. DA PROVA ESCRITA DISSERTATIVA A prova escrita dissertativa seguirá as normas contidas nos PROCEDIMENTOS-PADRÃO PARA REALIZAÇÃO DE CONCURSOS PARA PROFESSORES EFETIVOS, aprovado pelo Conselho Superior, publicado no Diário Oficial da União em 20/10/2011, seção 3, páginas 60 a 64 (Item 10). 7. DA PROVA DIDATICA - A prova didática seguirá as normas contidas nos PROCEDIMENTOS-PADRÃO PARA REALIZAÇÃO DE CONCURSOS PARA PROFESSORES EFETIVOS, aprovado pelo Conselho Superior, publicado no Diário Oficial da União em 20/10/2011, seção 3, páginas 60 a 64 (Item 11). 8. DA PROVA DE TÍTULOS - A prova de títulos seguirá as normas contidas nos PROCEDIMENTOS-PADRÃO PARA REALIZAÇÃO DE CONCURSOS PARA PROFESSORES EFETIVOS, aprovado pelo Conselho Superior, publicado no Diário Oficial da União em 20/10/2011, seção 3, páginas 60 a 64 (Item 12). 9. DOS RECURSOS 9.1.Para cada Candidato, admitir-se-á um único recurso para cada fase, desde que específico e devidamente fundamentado. 9.2 Os recursos só poderão ser interpostos perante CSDP, mediante formulário próprio, disponibilizado no anexo III deste Edital. O candidato que não puder comparecer no prazo estipulado para recursos poderá fazê-lo mediante procuração específica, devidamente registrada em cartório ou via SEDEX, desde que postado no prazo estipulado neste edital para recursos. 9.3 A interposição de recursos poderá ser feita das 08 às 11:00 horas e das 14 às 17:00 horas, na CSDP, no prazo previsto no cronograma que consta do item 9 deste Edital. 9.4 É vedado ao Candidato entrevistar-se com os componentes da Banca Examinadora ou ter vista de prova. O candidato, para tomar ciência da análise de seu recurso, deverá comparecer pessoalmente à CSDP, no Campus Aracaju, das 08 às 11h e das 14 às 17h, até 48 horas após a divulgação do resultado de cada etapa após recursos, no site do IFS. Em hipótese alguma o IFS telefonará ou enviará correspondência ao candidato, para tomar ciência da avaliação do recurso. 10 DO CRONOGRAMA ETAPA / ATIVIDADE DATA Solicitação de Isenção 31/10 a 04/11/2011 Resultado da Isenção 04/11/ HORAS Inscrições 05 a 20/11/2011 Impressão do cartão de identificação A partir de 25/11/2011 Prova Escrita Dissertativa data provável 15/01/2012 As datas das demais etapas do concurso, listadas abaixo, serão divulgadas em edital próprio. Divulgação Resultado Preliminar da Prova Escrita Dissertativa Período para interposição de recurso em relação à Prova Escrita Dissertativa Divulgação Resultado Final da Prova Escrita Dissertativa Prova Didática Divulgação do Resultado Preliminar da Prova Didática

9 Período para interposição de recurso em relação à Prova Didática Divulgação do Resultado Final da Prova Didática Entrega dos Títulos Divulgação do Resultado Preliminar da Prova de Títulos Período para interposição de recurso em relação à Prova de Títulos Divulgação do Resultado Final da Prova de Títulos Resultado Final do Concurso 11 DA HOMOLOGAÇÃO DOS RESULTADOS Decorrido o último prazo para a interposição de recursos, o resultado final com a classificação dos Candidatos aprovados será homologado pelo Reitor do IFS e publicado no Diário Oficial da União, Seção 3 em conformidade com a norma do Decreto 6.944/2009, abaixo reproduzida: Art. 16. O órgão ou entidade responsável pela realização do concurso público homologará e publicará no Diário Oficial da União a relação dos candidatos aprovados no certame, classificados de acordo com Anexo II deste Decreto, por ordem de classificação. 1 Os candidatos não classificados no número máximo de aprovados de que trata o Anexo II, ainda que tenham atingido nota mínima, estarão automaticamente reprovados no concurso público. 2 No caso de realização de concurso público em mais de uma etapa, o critério de reprovação do 1o será aplicado considerando-se a classificação na primeira etapa. 3 Nenhum dos candidatos empatados na última classificação de aprovados serão considerados reprovados nos termos deste artigo. 4 O disposto neste artigo deverá constar do edital de concurso público. 12. DA NOMEAÇÃO A nomeação do Candidato aprovado far-se-á com a rigorosa observância da ordem de classificação, conforme publicação no Diário Oficial da União e terão o prazo de 10 (dez) dias contados a partir da publicação da portaria, para comprovar a formação exigida no Item 1 deste Edital Observadas as necessidades da Instituição, o Candidato habilitado e classificado conforme as normas deste Edital será convocado após a nomeação através de (com confirmação do recebimento) ou telefonema No caso de mudança de ou telefone, na vigência do prazo de validade do Concurso, tem o Candidato aprovado a obrigação de informar ao IFS, através da Coordenação de Seleção e Desenvolvimento de Pessoas O Candidato nomeado para o cargo de provimento efetivo ficará sujeito ao disposto no artigo 41 da Constituição Federal, com redação dada pela Emenda Constitucional nº 019, de 04 de junho de 1998, e no artigo 20 da Lei 8.112/ DA POSSE O Candidato habilitado em todas as fases do Concurso Público somente poderá tomar posse após inspeção médica realizada pelo IFS e, se julgado apto física e mentalmente, deverá apresentar a documentação comprobatória do cumprimento dos requisitos previstos no item 1 deste Edital Será eliminado do Concurso e excluído da relação de candidatos classificados o Candidato que não apresentar a documentação comprobatória da formação exigida no item 1 deste Edital A posse ocorrerá no prazo máximo de 30 (trinta) dias, contados da data da publicação no Diário Oficial da União do ato de nomeação Será tornado sem efeito o ato de nomeação se a posse não ocorrer no prazo estabelecido Os documentos solicitados pela Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas deverão ser entregues até a data da posse, em cópias acompanhadas dos respectivos originais Os Candidatos portadores de necessidades especiais deverão submeter-se, quando convocados, à perícia médica por Junta Médica Oficial, que terá decisão conclusiva sobre o grau de deficiência que o capacite para o exercício do cargo. Se a deficiência for considerada incompatível com as atribuições do cargo, o Candidato terá seu nome excluído da lista de classificação em que figurar. 14. DO REGIME JURÍDICO, DO REGIME DE TRABALHO E DA REMUNERAÇÃO Os candidatos aprovados serão nomeados para exercer, em caráter efetivo, o cargo da Categoria Funcional de Professor de Ensino Básico Técnico e Tecnológico, Classe DI Nível 1, do Quadro Permanente de Pessoal do IFS, sob o regime jurídico da Lei Nº /90 e suas alterações, em regime de 40 (quarenta) horas de acordo com o artigo 112 inciso II da Lei nº /2008 ou regime de 20 (vinte horas), inciso I do mesmo diploma legal, conforme especificado no quadro de vagas

10 14.2. A remuneração inicial dar-se-á pelos vencimentos do Nível 1 da Classe D I (vencimento básico acrescido da Gratificação Específica de Atividade Docente do Ensino Básico Técnico e Tecnológico GEDBT), podendo ser acrescida de percentuais relativos à titulação (Retribuição por Titulação RT) que o docente possuir ou ao regime de dedicação exclusiva concedido a critério da Instituição e de acordo com suas necessidades, conforme quadro abaixo: CARGA HORÁRIA 20 H Classe Nível Titulação VENCIMENT O BÁSICO GEDB T RT TOTAL GRADUADO 557,51 978, ,46 D I 1 ESPECIALISTA 557,51 978,95 109, ,96 MESTRADO 557,51 978,95 175, ,04 DOUTORADO CARGA HORÁRIA 40 H 557,51 978,95 596,, ,48 Classe Nível Titulação VENCIMENTO BÁSICO GEDBT RT TOTAL D I GRADUADO 1 ESPECIALISTA MESTRADO DOUTORADO 1,115, , ,33 1,115, ,31 357, ,05 1,115, , , ,67 1,115, ,31 3,344, ,48 CARGA HORÁRIA 40 H Classe Níve l Titulação VENCIMENTO BÁSICO GEDBT RT TOTAL D I GRADUADO 1 ESPECIALISTA MESTRADO DOUTORADO 1,115, , ,33 1,115, ,31 357, ,05 1,115, , , ,67 1,115, ,31 3,344, , DAS DISPOSIÇÕES GERAIS:

11 15.1 O presente Edital poderá ser cancelado ou alterado, em parte ou no todo, a qualquer tempo, desde que motivos supervenientes, legais ou relevantes assim o determinem, sem que isso venha a gerar direito e obrigações em relação aos interessados, excetuando-se a devolução da taxa de inscrição, conforme o estabelecido no item IX deste Edital Informações referentes ao Concurso Público poderão ser obtidas na CSDP. O IFS não se responsabiliza por informações prestadas por pessoas não autorizadas ou que desconheçam o inteiro teor deste edital O regime de trabalho deverá ser cumprido em 2 (dois) turnos diários completos, de acordo com a necessidade da área para a qual foi prestado concurso Os candidatos aprovados serão convocados para preenchimento das vagas existentes dentro do período previsto no item 13, rigorosamente de acordo com a classificação obtida Os candidatos excedentes, até que venham a serem efetivados, poderão a vir a ser convidados a prestar serviço temporário, nos termos da Lei 8.745, de 09/12/1993 e suas alterações, sem que isso implique prejuízo às suas posições na ordem de classificação As informações prestadas no formulário de inscrição são de inteira responsabilidade do candidato, dispondo ao Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe o direito de excluir do concurso aquele que não satisfizer todos os requisitos fixados neste Edital Para complementar a carga horária, sendo necessário, de acordo com o princípio da conveniência e da oportunidade da Administração Pública e com o parecer AGU/PGF/PF/SE nº 99/2008, de 20 de novembro de 2008, o candidato aprovado poderá exercer suas atividades, também, nos demais campi do IFS Os candidatos poderão requerer a devolução do curriculum vitae até o dia 15/04/2012. Após esse período, o IFS fará o descarte de todos eles O Candidato convocado que declarar, por escrito, não desejar sua posse de imediato, poderá, uma única vez, requerer ser colocado no final da relação para uma próxima chamada, se houver Para as áreas em que existe vaga para portadores de necessidades especiais, constatada a ausência de inscritos ou aprovados nessas condições, a vaga será preenchida observando-se a classificação geral da ampla concorrência De acordo com o decreto n 4175, de 27 de março de2002, publicado no Diário Oficial da União de 28/03/2002, este concurso terá validade de um ano, prorrogável por igual período, contados a partir da data da publicação da homologação do resultado final no Diário Oficial da União As eventuais dúvidas serão dirimidas pela CSDP do IFS. A inscrição neste concurso implica, desde logo, o conhecimento e tácita aceitação das condições estabelecidas neste Edital. Ruth Sales Gama de Andrade Reitora em Exercício

12 Edital nº 16/2011 Anexo I PONTOS DAS PROVAS POR ÁREA Campus Aracaju Pontos Eletrônica 1. Projetos Lógicos Combinacionais, Sequenciais e Linguagem de Descrição de Hardware (HDL); 2. Projeto em Nível de Registradores (RTL), máquinas de Estados e HDLS; 3. Linguagens de Descrição de Hardware (VHDL, Verilog e SystemC), Processos e ferramentas de Síntese; 4. Implementação Física de Circuitos Digitais: Full Custom, Standard Cell, Gate Arrays e ASICs estruturados - Metodologias, Projetos e feramentas CAD; 5. Processadores de propósito único, processadores de propósito geral (arquitetura do conjunto de instrução, risc, cisc, pipeline, threads, múltiplos núcleos) e Microcontroladores; 6. Organização e arquitetura de computadores: Processadores, barramentos, hierarquia de memória e dispositvos de entrada e saída; 7. HDLs, Modelagem de sistemas digitais (ESL Electronic System Level), processos de síntese e ferramentas; 8. IP Cores, modelagem de sistemas digitais, Projeto Baseado em Plataforma (PBD), SOC, MPSOC e ferramentas de projeto; 9. Eletrônica reconfigurável: SPLD, CPLD, FPGAs e tecnologias de projeto; 10. HDLs, eletrônica reconfigurável e ferramentas de síntese. Pontos Física 1. Cinemática:1.1- Movimento e Repouso 1.1- Velocidade e Aceleração Média e Instantânea; 1.2 Movimento Uniforme e Uniformemente Variado de uma partícula; 1.3-Movimento circular; 1.4-Movimento Oblíquo no Vácuo e 1.5- Movimento Relativo. 2. Dinâmica: 2.1- Leis de Newton; 2.2-Aplicações com as leis de Newton ;2.3 Classes de Forças; 2.3-Forças de Atrito e Dinâmica do movimento Circular. 3. Trabalho e Energia: 3.1 Definições de Trabalho; 3.2 Definições de Energia; 3.3 Trabalho e Energia de forças constantes e Variáveis; 3.4 Teoremas de Conservação de Energia; 3.5 -Potência; 3.6 Energias potenciais e Cinéticas; 3.7-Forças conservativas e não conservativas; 3.8 -Diagramas de Energia e 3.9- Impulso e Colisões. 4. Estática e Hidrostática:: 4.1 Condições de equilíbrio de um ponto material e de um corpo extenso; 4.2-Centro de gravidade e de Massa; 4.3- Momento Angular e Momento de uma Força; 4.4-Pressão; 4.5- Teorema de Stevin; 4.6- Princípio de Pascal 4.7- Teorema de Arquimedes e 4.8- Equação da Continuidade e de Bernoulli. 5. Temperatura e Calor: 5.1- Temperatura e equilíbrio térmico; 5.2 Escalas Termométricas; 5.3- Dilatações dos sólidos e líquidos; 5.4- Propagação de Calor; 5.5- Calorimetria. 6. Termodinâmica: 6.1-Trabalho em um processo termodinâmico; 6.2 1º Lei da Termodinâmica; 6.3-Transformações gasosas ( isotérmica, isobárica, isovolumétrica e adiabática); 6.4-2º Lei da termodinâmica; 6.5- Transformações Cíclicas; 6.5-Máquinas térmicas e o ciclo de Carnot e 6.6-Entropia. 7. Óptica Geométrica: 7.1- Natureza da Luz; 7.2-Reflexão e Refração da luz; 7.3-Espelhos Planos e esféricos; 7.4- Lentes; 7.5-Instrumentos ópticos. 8. Eletrostática: 8.1- Eletrização e lei de Coulomb; 8.2-Campo elétrico; 8.3- Trabalho e potencial elétrico; 8.4- Condutores em equilíbrio eletrostático e 8.5- Capacitância Eletrostática. 9. Eletrodinâmica: 9.1- Corrente elétrica e leis de Ohm; 9.2- Associação de resistores; 9.3-Geradores e receptores elétricos. 9.4-Leis de Kirchoff e 9.5- Capacitores 10. Eletromagnetismo e Física Moderna: 10.1 Campo Magnético; 10.2-Força Magnética; Indução eletromagnética; 10.4 Teoria dos Quanta; 10.5-Efeito Fotoelétrico e Compton e Principio da Incerteza e Dualidade onda-partícula. Pontos Inglês 1. SIMPLE TENSES; 2. CONTINUOUS TENSES; 3. THE PRESENT PERFECT TENSE; 4. MODAL AUXILIARES; 5. QUESTION-TAG; 6. THE QUANTIFIERS; 7. CONDITIONAL (IF CLAUSE); 8. RELATIVE PRONOUNS; 9. ADJECTIVES (COMPARATIVE AND SUPERLATIVE FORMS); 10. THE PASSIVE VOICE.

ANEXO I QUADRO DAS ÁREAS DE ESTUDO. Lotação 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ

ANEXO I QUADRO DAS ÁREAS DE ESTUDO. Lotação 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ Código/Área de Estudo. Desenho Técnico, Desenho Assistido por Computador (CAD), Informática 02. Materiais para Construção Mecânica, Corrosão e Tribologia 03. Termodinâmica, Refrigeração, Transferência

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS PONTOS PARA CONCURSO PÚBLICO DE DOCENTES DO ENSINO SUPERIOR EDITAL 001/2009 Matéria/Área do Conhecimento: MATEMÁTICA 1. Transformações Lineares e Teorema do Núcleo

Leia mais

EDITAL N.º 44/2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO

EDITAL N.º 44/2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO EDITAL N.º 44/24 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO A REITORA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, considerando o Decreto nº 7.485,

Leia mais

EDITAL Nº 16, de 28 de outubro de 2011.

EDITAL Nº 16, de 28 de outubro de 2011. INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SERGIPE EDITAL Nº 16, de 28 de outubro de 2011. O MAGNÍFICO REITOR DO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe IFS, no uso de

Leia mais

TÉCNICO EM ELETROMECÂNICA Objetivo do Curso

TÉCNICO EM ELETROMECÂNICA Objetivo do Curso I MÓDULO I TÉCNICO EM ELETROMECÂNICA Objetivo do Curso Habilitar e qualificar profissionais para desenvolver atividades de projeto, especificação, instalação, montagem e manutenção de sistemas eletromecânicos

Leia mais

Cálculo Diferencial e Integral 80hrs Funções de uma variável e seus gráficos; Limites e continuidade; Derivada; Diferencial; Integral.

Cálculo Diferencial e Integral 80hrs Funções de uma variável e seus gráficos; Limites e continuidade; Derivada; Diferencial; Integral. Ementas: Cálculo Diferencial e Integral 80hrs Funções de uma variável e seus gráficos; Limites e continuidade; Derivada; Diferencial; Integral. Desenho Mecânico 80hrs Normalização; Projeções; Perspectivas;

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília Edital nº 20/CGPE/PRDI/IFB, de 18 de Dezembro de 2009.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília Edital nº 20/CGPE/PRDI/IFB, de 18 de Dezembro de 2009. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília Edital nº 20/CGPE/PRDI/IFB, de 18 de Dezembro de 2009. PROCESSO DE REMOÇÃO INTERNA DE SERVIDORES DOCENTES. Considerando

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE GOIÁS EDITAL Nº 073, DE 16 DE DEZEMBRO DE 2011

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE GOIÁS EDITAL Nº 073, DE 16 DE DEZEMBRO DE 2011 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE GOIÁS EDITAL Nº 073, DE 16 DE DEZEMBRO DE 2011 RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 068/2011 DO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM EMPREGOS DE NÍVEL SUPERIOR COMPLETO EDITAL Nº 02/2011

PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM EMPREGOS DE NÍVEL SUPERIOR COMPLETO EDITAL Nº 02/2011 PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM EMPREGOS DE NÍVEL SUPERIOR COMPLETO EDITAL Nº 02/2011 A Fundação de Educação Tecnológica e Cultural da Paraíba FUNETEC/PB, pessoa jurídica

Leia mais

EDITAL DE LEVANTAMENTO DE DEMANDA PARA CURSOS DE MESTRADO E DOUTORADO EM TECNOLOGIA NUCLEAR IPEN/IFRO EDITAL Nº 6/IFRO/2015

EDITAL DE LEVANTAMENTO DE DEMANDA PARA CURSOS DE MESTRADO E DOUTORADO EM TECNOLOGIA NUCLEAR IPEN/IFRO EDITAL Nº 6/IFRO/2015 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, INOVAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU TECNOLOGIA NUCLEAR EDITAL

Leia mais

EDITAL DE CONCURSOS PÚBLICOS Nº 08, DE 24 DE ABRIL DE 2009.

EDITAL DE CONCURSOS PÚBLICOS Nº 08, DE 24 DE ABRIL DE 2009. EDITAL DE CONCURSOS PÚBLICOS Nº 08, DE 24 DE ABRIL DE 2009. O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL, no uso de suas atribuições legais, e considerando o disposto no Decreto Presidencial nº

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO RETIFICAÇÃO EDITAL Nº 05, DE 19 DE FEVEREIRO DE 2009

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO RETIFICAÇÃO EDITAL Nº 05, DE 19 DE FEVEREIRO DE 2009 UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO RETIFICAÇÃO EDITAL Nº 05, DE 19 DE FEVEREIRO DE 2009 De acordo com os termos da Portaria nº 251/MEC de 17/03/2009, publicada no DOU de 18/03/2009, o edital

Leia mais

EDITAL Nº. 39 de 21 de setembro de 2012

EDITAL Nº. 39 de 21 de setembro de 2012 EDITAL Nº. 39 de 21 de setembro de 2012 A Reitora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina IF-SC, no uso de suas atribuições legais e nos termos da Lei nº. 8.745, de 09/12/93

Leia mais

A EXO 2 - LISTA DE VAGAS - DOCE TES

A EXO 2 - LISTA DE VAGAS - DOCE TES A EXO 2 - LISTA DE VAGAS - DOCE TES Campus Graduação na área de Artes Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de Artes em geral. Desenvolver projetos e atividades extra-curriculares nas Artes

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA PARAÍBA COORDENAÇÃO PERMANENTE DE CONCURSOS PÚBLICOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA PARAÍBA COORDENAÇÃO PERMANENTE DE CONCURSOS PÚBLICOS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA PARAÍBA COORDENAÇÃO PERMANENTE DE CONCURSOS PÚBLICOS PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PROFESSOR SUBSTITUTO DA CARREIRA

Leia mais

VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP

VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA EDITAL Nº 12/2012 CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR EFETIVO ANEXO I VAGAS POR ÁREA DE CONHECIMENTO VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP 1) Área de Conhecimento:

Leia mais

EDITAL N.º 005/2011 PROCESSO SELETIVO 2012/1 DA FACULDADE PIO DÉCIMO

EDITAL N.º 005/2011 PROCESSO SELETIVO 2012/1 DA FACULDADE PIO DÉCIMO DURAÇÃO O EDITAL N.º 005/2011 PROCESSO SELETIVO 2012/1 DA FACULDADE PIO DÉCIMO O DIRETOR GERAL DA FACULDADE PIO DÉCIMO, considerando o disposto na forma do que dispõe a Lei 9394 de 20/09/96, do Decreto

Leia mais

MUNICÍPIO DE BOM DESPACHO CONVÊNIO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

MUNICÍPIO DE BOM DESPACHO CONVÊNIO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO MUNICÍPIO DE BOM DESPACHO CONVÊNIO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 001 /2010, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2010 O MUNICÍPIO DE BOM DESPACHO,

Leia mais

CAMPUS CRUZ DAS ALMAS Edital 01/2010. Área de Conhecimento

CAMPUS CRUZ DAS ALMAS Edital 01/2010. Área de Conhecimento CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTE DO MAGISTÉRIO SUPERIOR CAMPUS CRUZ DAS ALMAS CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS - CETEC Área de Conhecimento Materiais, Estrutura e Sistemas Eletromecânicos PONTOS DO

Leia mais

EDITAL Nº 17, DE 13 DE FEVEREIRO DE 2015. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

EDITAL Nº 17, DE 13 DE FEVEREIRO DE 2015. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 17, DE 13 DE FEVEREIRO DE 2015. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Por delegação de competência do Magnífico Reitor do Instituto Federal do Paraná - IFPR, conforme Portaria nº 419 de 01/07/2011,

Leia mais

SELEÇÃO PARA VAGAS DE TRANSFERÊNCIA EDITAL Nº 001/2015

SELEÇÃO PARA VAGAS DE TRANSFERÊNCIA EDITAL Nº 001/2015 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO Comissão Permanente de Processo Seletivo - CPPS SELEÇÃO PARA VAGAS DE TRANSFERÊNCIA EDITAL Nº 001/2015 A UNIVERSIDADE

Leia mais

DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS PARA PROFESSOR E FORMAÇÃO NECESSÁRIA

DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS PARA PROFESSOR E FORMAÇÃO NECESSÁRIA 06/ 05/ INSTITUTO FEDERAL DO AMAZONAS PRÓ-REITORIA DE ENSINO PROCESSO SELETIVO DO º SEMESTRE 05 ANEXO II EDITAL Nº 8/05 DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS PARA PROFESSOR E FORMAÇÃO NECESSÁRIA Técnico em Redes de Computadores

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA EDITAL Nº 290/DDP/2014, de 10 de junho de 2014.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA EDITAL Nº 290/DDP/2014, de 10 de junho de 2014. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA EDITAL Nº 290/DDP/2014, de 10 de junho de 2014. A Diretora do Departamento de Desenvolvimento de Pessoas DDP da Universidade Federal de Santa Catarina, no uso de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO EDITAL Nº 03/2014- ESPECÍFICO DE ABERTURA DE CONCURSO

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO EDITAL Nº 03/2014- ESPECÍFICO DE ABERTURA DE CONCURSO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO EDITAL Nº 03/2014- ESPECÍFICO DE ABERTURA DE CONCURSO A REITORA DA UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO, no uso de suas atribuições regimentais e em conformidade

Leia mais

PREFEITURA DE CALDAS NOVAS EDITAL 001/2015

PREFEITURA DE CALDAS NOVAS EDITAL 001/2015 CONCURSO PÚBLICO PARA INGRESSO NOS CARGOS DO QUADRO PERMANENTE DO PESSOAL DA ADMINISTRAÇÃO DIRETA DA PREFEITURA DE CALDAS NOVAS. EDITAL COMPLEMENTAR N. 2 AO EDITAL N. 001/2015 O Prefeito de Caldas Novas,

Leia mais

Curso Técnico em Segurança do Trabalho Subsequente

Curso Técnico em Segurança do Trabalho Subsequente Curso Técnico em Segurança do Trabalho Subsequente PERFIL PROFISSIONAL Profissional capaz de orientar e intervir na realidade do processo produtivo, promovendo mudanças em relação às aplicações tecnológicas

Leia mais

Edital de Retificação nº 357, de 21 de novembro de 2013

Edital de Retificação nº 357, de 21 de novembro de 2013 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA COMISSÃO PERMANENTE DE CONCURSOS PÚBLICOS PROFESSOR EFETIVO DE ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIA Nº 235, DE 2 DE JUNHO DE 2014 O Presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais

Leia mais

UNI VERSI DADE DE PERNAMBUCO PEDRO DE ALCÂNTARA NETO

UNI VERSI DADE DE PERNAMBUCO PEDRO DE ALCÂNTARA NETO UNI VERSI DADE DE PERNAMBUCO PEDRO DE ALCÂNTARA NETO OBJETIVOS OBJETIVO GERAL Os cursos de Pós-Graduação Lato Sensu em Engenharia Naval e Offshore na UPE desenvolvem a capacidade para planejar, desenvolver

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PROFESSOR DE ENSINO TÉCNICO

PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PROFESSOR DE ENSINO TÉCNICO PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PROFESSOR DE ENSINO TÉCNICO EDITAL Nº 002/2014 A Faculdade do Vale do Araranguá- FVA, pessoa jurídica de direito privado, no uso de

Leia mais

Aplicar os princípios de ergonomia na realização do trabalho;

Aplicar os princípios de ergonomia na realização do trabalho; Curso: Técnico de Segurança do Trabalho Curso Reconhecido pelo MEC: PORTARIA N 959/2007 Apresentação: O curso de Técnico de Segurança do Trabalho da Conhecer Escola Técnica é reconhecido pela excelência

Leia mais

CURSOS TÉCNICOS 1º SEMESTRE/2013

CURSOS TÉCNICOS 1º SEMESTRE/2013 CURSOS TÉCNICOS 1º SEMESTRE/2013 NOVEMBRO/2012 1) CURSOS OFERTADOS: Automação Industrial Eletrônica Eletrotécnica* Informática Informática para Internet* Mecânica* Química* Segurança do Trabalho* * Cursos

Leia mais

ANEXO I EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DISCIPLINAS/EIXO TECNOLÓGICO POR GERED

ANEXO I EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DISCIPLINAS/EIXO TECNOLÓGICO POR GERED ANEXO I EDUCAÇÃO PROFISSIONAL /EIXO POR GERED DISCIPLINA/EIXO GERED ARARANGUÁ em Economia ou Administração ou Contabilidade ou Ciências Contábeis com Curso Emergencial de Complementação Pedagógica; ou,

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE PROFESSOR SUBSTITUTO

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE PROFESSOR SUBSTITUTO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE PROFESSOR SUBSTITUTO EDITAL Nº 160/2011 O Pró-Reitor de Gestão de Pessoas da Universidade Federal de São Carlos, no uso da competência que lhe foi delegada pela Portaria

Leia mais

EDITAL Nº 165/2015 PROGEPE IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

EDITAL Nº 165/2015 PROGEPE IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 165/2015 PROGEPE IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO O Pró-Reitor de Gestão de Pessoas do Instituto Federal do Paraná IFPR, conforme Portaria nº 1480 de 31/10/2014, torna público que estarão

Leia mais

CRONOGRAMA DATA ATIVIDADE LOCAL. Período de inscrições e protocolo dos documentos

CRONOGRAMA DATA ATIVIDADE LOCAL. Período de inscrições e protocolo dos documentos PROGRAMA ANUAL DE CAPACITAÇÃO CONTINUADA DE PROFISSIONAIS EM EAD PACC CURSO DE TUTORIA EM EAD Processo Seletivo Simplificado para contratação de tutores a distância Edital n. 13/2014 CRONOGRAMA DATA ATIVIDADE

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO AMAZONAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS Gabinete da Reitora EDITAL Nº 27/2009

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO AMAZONAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS Gabinete da Reitora EDITAL Nº 27/2009 FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO AMAZONAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS Gabinete da Reitora EDITAL Nº 27/2009 A FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO AMAZONAS torna público que o Processo Seletivo para preenchimento de

Leia mais

EDITAL PROPI 07/2012 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU/2013

EDITAL PROPI 07/2012 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU/2013 EDITAL PROPI 07/2012 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU/2013 O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí - IFPI, através da Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação, torna públicas para

Leia mais

CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA Educando para o pensar Tema Integrador 2013 / Construindo o amanhã: nós agimos, o planeta sente CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA Educando para o pensar Tema Integrador 2013 / Construindo o amanhã: nós agimos, o planeta sente CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA Educando para o pensar Tema Integrador 2013 / Construindo o amanhã: nós agimos, o planeta sente BIOLOGIA I TRIMESTRE A descoberta da vida Biologia e ciência Origem da vida

Leia mais

EDITAL Nº024/2014. 1.1 O Processo Seletivo Interno será realizado para seleção de docentes para as disciplinas que seguem:

EDITAL Nº024/2014. 1.1 O Processo Seletivo Interno será realizado para seleção de docentes para as disciplinas que seguem: 1 EDITAL Nº024/2014 Dispõe sobre processo de SELEÇÃO INTERNA de docentes para lecionarem no ano letivo de 2014, nas Escolas Técnicas Agrícolas mantidas pela Fundação Educacional Barriga Verde - FEBAVE.

Leia mais

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO SENAI DR/ES N 029/2013 11/08/2013

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO SENAI DR/ES N 029/2013 11/08/2013 COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO SENAI DR/ES N 029/2013 11/08/2013 O SENAI Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial torna pública a realização de processo seletivo para provimento de vagas de Docentes

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR - 2012/1º semestre (Aprovada pela Resolução nº 01 CONSEPE, de 09/02/2012). 1º PERÍODO 2º PERÍODO

ESTRUTURA CURRICULAR - 2012/1º semestre (Aprovada pela Resolução nº 01 CONSEPE, de 09/02/2012). 1º PERÍODO 2º PERÍODO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI INSTITUTO DE CIÊNCIA, ENGENHARIA E TECNOLOGIA - TEÓFILO OTONI CURSO DE GRADUAÇÃO - ENGENHARIA CIVIL ESTRUTURA CURRICULAR

Leia mais

EDITAL Nº 70/2014 PROGEPE IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

EDITAL Nº 70/2014 PROGEPE IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 70/2014 PROGEPE IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Por delegação de competência do Magnífico Reitor do Instituto Federal do Paraná - IFPR, conforme Portaria nº 87 de 03/02/2014, torno público

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA EDITAL Nº 051/DDP/2015, de 17 de abril de 2015.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA EDITAL Nº 051/DDP/2015, de 17 de abril de 2015. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA EDITAL Nº 051/DDP/2015, de 17 de abril de 2015. A Diretora do Departamento de Desenvolvimento de Pessoas DDP da Universidade Federal de Santa Catarina, no uso de

Leia mais

PONTOS PARA AS PROVAS ESCRITAS E DIDÁTICAS

PONTOS PARA AS PROVAS ESCRITAS E DIDÁTICAS PONTOS PARA AS PROVAS ESCRITAS E DIDÁTICAS DISCIPLINAS: Mecânica Geral I; Estruturas de Aço; Estrutura de Concreto Armado I; Estrutura de Concreto Armado II. 1. Equilíbrio dos Corpos Rígidos em 2D e 3D;

Leia mais

X (X-X): Total de Créditos (Carga Teórica semanal-carga Prática semanal)

X (X-X): Total de Créditos (Carga Teórica semanal-carga Prática semanal) Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Curso: Engenharia Agrícola e Ambiental Matriz Curricular 1 Período IB 157 Introdução à Biologia 4 (2-2) IT 103 Técnicas Computacionais em Engenharia 4 (2-2)

Leia mais

EDITAL Nº 06/2014, de 14 de fevereiro de 2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA TUTORES A DISTÂNCIA PROCESSO Nº 23222.

EDITAL Nº 06/2014, de 14 de fevereiro de 2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA TUTORES A DISTÂNCIA PROCESSO Nº 23222. EDITAL Nº 06/2014, de 14 de fevereiro de 2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA TUTORES A DISTÂNCIA PROCESSO Nº 23222.000079/2014-73 O Diretor Geral do campus Rio Pomba do Instituto Federal de Educação,

Leia mais

EDITAL Nº 162/2015 PROGEPE IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

EDITAL Nº 162/2015 PROGEPE IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 162/2015 PROGEPE IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO O Pró-Reitor de Gestão de Pessoas do Instituto Federal do Paraná IFPR, conforme Portaria nº 1480 de 31/10/2014, torna público que estarão

Leia mais

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas EDITAL Nº 424/15 -PROGEPE CONCURSO PÚBLICO

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas EDITAL Nº 424/15 -PROGEPE CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº 424/15 -PROGEPE CONCURSO PÚBLICO Por delegação de competência do Magnífico Reitor da Universidade Federal do Paraná, conforme Portaria n.º 2.590 de 26/09/97, e considerando o disposto no Decreto

Leia mais

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas EDITAL Nº 401/15 -PROGEPE CONCURSO PÚBLICO

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas EDITAL Nº 401/15 -PROGEPE CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº 401/15 -PROGEPE CONCURSO PÚBLICO Por delegação de competência do Magnífico Reitor da Universidade Federal do Paraná, conforme Portaria n.º 2.590 de 26/09/97, e considerando o disposto no Decreto

Leia mais

Centro de Educação Integrada

Centro de Educação Integrada Centro de Educação Integrada 1º ANO BIOLOGIA Origem da vida Citologia Teoria da geração espontânea e biogênese. Teoria de Oparin e Haldane. Panspermia. Criacionismo. Os primeiros seres vivos. Água. Sais

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2015-2 Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola - PGEA

PROCESSO SELETIVO 2015-2 Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola - PGEA PROCESSO SELETIVO 2015-2 Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola - PGEA O Processo Seletivo para Admissão Ano Letivo 2015-2 do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu da UFRPE em Engenharia Agrícola

Leia mais

EDITAL Nº 409/14 -PROGEPE CONCURSO PÚBLICO

EDITAL Nº 409/14 -PROGEPE CONCURSO PÚBLICO Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas EDITAL Nº 409/14 -PROGEPE CONCURSO PÚBLICO Por delegação de competência do Magnífico Reitor da Universidade Federal

Leia mais

EDITAL. 1.3. Ter experiência como tutor ou professor de disciplina de EAD a distância.

EDITAL. 1.3. Ter experiência como tutor ou professor de disciplina de EAD a distância. UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE INSTITUTO DE MATEMÁTICA Coordenação do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Especialização a Distância, em Planejamento, Implementação e Gestão da Educação a Distância EDITAL

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1º MED

EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1º MED 1º MED DESENHO TÉCNICO MECÂNICO I Especificação de elementos que compõem projetos; técnicas de desenho técnico e de representação gráfica correlacionadas com seus fundamentos matemáticos e geométricos;

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO TIRADENTES PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR ASSISTENTE E PRECEPTOR 2015.2

CENTRO UNIVERSITÁRIO TIRADENTES PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR ASSISTENTE E PRECEPTOR 2015.2 CENTRO UNIVERSITÁRIO TIRADENTES PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR ASSISTENTE E PRECEPTOR 2015.2 O núcleo de Gente & Carreira do Centro Universitário Tiradentes, no uso de suas atribuições, torna público

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA EDITAL Nº 144/DDP/2015, de 20 de outubro de 2015.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA EDITAL Nº 144/DDP/2015, de 20 de outubro de 2015. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA EDITAL Nº 144/DDP/2015, de 20 de outubro de 2015. A Diretora do Departamento de Desenvolvimento de Pessoas DDP da Universidade Federal de Santa Catarina, no uso de

Leia mais

ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA

ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA REQUISITOS PARA INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, OBJETIVANDO A FORMAÇÃO DE CADASTRO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE EXCEPCIONAL INTERESSE PÚBLICO, Nº 065/09/2015 de 19/10/2015.

Leia mais

EDITAL N 4/2015 - PROEC BOLSA CULTURA

EDITAL N 4/2015 - PROEC BOLSA CULTURA EDITAL N 4/2015 - PROEC BOLSA CULTURA A Pró-Reitora de Extensão e Cultura PROEC, no uso de suas atribuições legais e em cumprimento das normas previstas no Estatuto da Universidade do Estado de Mato Grosso

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA -2

TERMO DE REFERÊNCIA -2 TERMO DE REFERÊNCIA -2 1. O PROJETO Projeto executivo para construção do prédio das Promotorias da Infância e Juventude. 2. OBJETIVOS O presente Termo de Referência tem como objetivo nortear a contratação

Leia mais

EDITAL N.º 95/07 - PRHAE

EDITAL N.º 95/07 - PRHAE EDITAL N.º 95/07 - PRHAE Por delegação de competência do Magnífico Reitor da Universidade Federal do Paraná, conforme Portaria n.º 2590 de 26/09/97, e considerando o disposto na Portaria Normativa Interministerial

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA A CARREIRA DOCENTE DA UFPR EDITAL Nº. 25/2009-PRHAE CONCURSO PÚBLICO

CONCURSO PÚBLICO PARA A CARREIRA DOCENTE DA UFPR EDITAL Nº. 25/2009-PRHAE CONCURSO PÚBLICO CONCURSO PÚBLICO PARA A CARREIRA DOCENTE DA UFPR EDITAL Nº. 25/2009-PRHAE CONCURSO PÚBLICO Por delegação de competência do Magnífico Reitor da Universidade Federal do Paraná, conforme Portaria n.º 2590

Leia mais

31. Enfermagem Gerontológica I e II (Enfermagem) 32. Gestão em Saúde I e II (Enfermagem) 33. Primeiros Socorros I (Enfermagem) 34. Primeiros Socorros

31. Enfermagem Gerontológica I e II (Enfermagem) 32. Gestão em Saúde I e II (Enfermagem) 33. Primeiros Socorros I (Enfermagem) 34. Primeiros Socorros CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PAULA SOUZA ETEC PARQUE DA JUVENTUDE SÃO PAULO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA CONCURSO PÚBLICO DE DOCENTES nº 159/02/2007 O Diretor da Escola Técnica Estadual

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PESSOAL EDITAL Nº 93, DE 07 DE JUNHO DE 2013.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PESSOAL EDITAL Nº 93, DE 07 DE JUNHO DE 2013. PUBLICADO NO D.O.U. De 3/06/203. Seção 3, Página 90. UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PESSOAL EDITAL Nº 93, DE 07 DE JUNHO DE 203. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

Leia mais

Av. João Negrão, 1285, Rebouças Curitiba Paraná CEP 80230-150 Fone/Fax: (41) 3535-1662 Homepage: http://www.ifpr.edu.br

Av. João Negrão, 1285, Rebouças Curitiba Paraná CEP 80230-150 Fone/Fax: (41) 3535-1662 Homepage: http://www.ifpr.edu.br EDITAL Nº 003/2014 CÂMPUS CURITIBA IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Por delegação de competência do Magnífico Reitor do Instituto Federal do Paraná - IFPR, conforme Portaria nº 729, de 14/05/2014, torno

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO COORDENAÇÃO DE POS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA TECNOLOGICA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO COORDENAÇÃO DE POS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA TECNOLOGICA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO COORDENAÇÃO DE POS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA TECNOLOGICA EDITAL 01/2015 PROCESSO DE SELEÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM QUÍMICA

Leia mais

2. DAS CONDIÇÕES DO PROCESSO SELETIVO DE REOPÇÃO

2. DAS CONDIÇÕES DO PROCESSO SELETIVO DE REOPÇÃO EDITAL N O 001/2015/DICON PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS DISPONÍVEIS EM CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UFSJ, NA MODALIDADE REOPÇÃO (TRANSFERÊNCIA INTERNA) SEGUNDO SEMESTRE DE 2015 - A Divisão de Acompanhamento e

Leia mais

EDITAL Nº 9/2010 IFRS-BG TRANSFERÊNCIA DE ALUNOS E INGRESSO DE PORTADORES DE DIPLOMA EM CURSOS SUPERIORES

EDITAL Nº 9/2010 IFRS-BG TRANSFERÊNCIA DE ALUNOS E INGRESSO DE PORTADORES DE DIPLOMA EM CURSOS SUPERIORES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL CAMPUS BENTO GONÇALVES EDITAL Nº 9/2010 IFRS-BG TRANSFERÊNCIA

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE TUTORES MÓDULO INTERMEDIÁRIO E AVANÇADO 2015 POLOS UFRN CENTRAL, CENEP, MOSSORÓ, CAICÓ E ANGICOS

PROCESSO SELETIVO DE TUTORES MÓDULO INTERMEDIÁRIO E AVANÇADO 2015 POLOS UFRN CENTRAL, CENEP, MOSSORÓ, CAICÓ E ANGICOS PROCESSO SELETIVO DE TUTORES MÓDULO INTERMEDIÁRIO E AVANÇADO 2015 POLOS UFRN CENTRAL, CENEP, MOSSORÓ, CAICÓ E ANGICOS A Coordenação de Cursos Técnicos do Instituto Metrópole Digital da Universidade Federal

Leia mais

UNIVERSIDADE DE TAUBATÉ EDITAL PRG Nº 011/2011 CONCURSO PÚBLICO SIMPLIFICADO DE PROVAS E TÍTULOS PARA ADMISSÃO DE DOCENTE EM CARÁTER TEMPORÁRIO.

UNIVERSIDADE DE TAUBATÉ EDITAL PRG Nº 011/2011 CONCURSO PÚBLICO SIMPLIFICADO DE PROVAS E TÍTULOS PARA ADMISSÃO DE DOCENTE EM CARÁTER TEMPORÁRIO. UNIVERSIDADE DE TAUBATÉ EDITAL PRG Nº 011/2011 CONCURSO PÚBLICO SIMPLIFICADO DE PROVAS E TÍTULOS PARA ADMISSÃO DE DOCENTE EM CARÁTER TEMPORÁRIO. A Professora Doutora Ana Julia Urias dos Santos Araújo,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. Seleção de Bolsista Tutor para os Cursos de Especialização em Educação Especial

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. Seleção de Bolsista Tutor para os Cursos de Especialização em Educação Especial UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Seleção de Bolsista Tutor para os Cursos de Especialização em Educação Especial A Reitora da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO,

Leia mais

Reparador de Circuitos Eletrônicos

Reparador de Circuitos Eletrônicos Reparador de Circuitos Eletrônicos O Curso de Reparador de Circuitos Eletrônicos tem por objetivo o desenvolvimento de competências relativas a princípios e leis que regem o funcionamento e a reparação

Leia mais

DA LIBERDADE EM REDENÇÃO-CE

DA LIBERDADE EM REDENÇÃO-CE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE DA INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL DA LUSOFONIA AFRO-BRASILEIRA (UNILAB) EDITAL Nº 50/2015 SELEÇÃO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO CAMPUS DA LIBERDADE EM REDENÇÃO-CE O Reitor pro

Leia mais

CEFET-MG Concurso Público EBTT 2013 AGENDAMENTO DE DATAS DA ETAPA DA PROVA ESCRITA EPE

CEFET-MG Concurso Público EBTT 2013 AGENDAMENTO DE DATAS DA ETAPA DA PROVA ESCRITA EPE CEFET-MG Concurso Público EBTT 23 AGENDAMENTO DE DATAS DA ETAPA DA PROVA ESCRITA EPE De acordo com o item 3.3.1.2 do de Normas Gerais 077/13 de 21 de junho de 23, havendo compatibilidade de cronograma

Leia mais

GOVERNO DE SERGIPE SECRETARIA DE ESTADO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº. 04/2015 EDITAL DE REABERTURA

GOVERNO DE SERGIPE SECRETARIA DE ESTADO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº. 04/2015 EDITAL DE REABERTURA PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº. 04/25 EDITAL DE REABERTURA A SEPLAG, considerando o número de inscrições e a necessidade de ampliar a concorrência, reabre as inscrições para o Processo Seletivo Simplificado

Leia mais

Secretaria Municipal de Educação

Secretaria Municipal de Educação EDITAL DE SELEÇÃO DE PROFESSORES CURSISTAS Nº 01 /2015 Estabelece normas de seleção para ingresso de professores(as) no Curso de Pós-graduação Lato Sensu Especialização: Nação, Região e Ensino de História

Leia mais

ANO 2014 2º SEMESTRE

ANO 2014 2º SEMESTRE SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS EDITAL Nº 095/2014, de 25/04/2014 PROCESSO SELETIVO E MATRÍCULA DOS CANDIDATOS APROVADOS NO PROGRAMA

Leia mais

EDITAL 002/2014 - PROCESSO DE SELEÇÃO DE PROFESSORES-FORMADORES LOCAIS

EDITAL 002/2014 - PROCESSO DE SELEÇÃO DE PROFESSORES-FORMADORES LOCAIS Universidade Federal de Minas Gerais - Faculdade de Educação Núcleo de Estudos e Pesquisa em Educação do Campo - EduCampo Curso de Aperfeiçoamento Escola da Terra: formação de Educadores na perspectiva

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA E LOGÍSTICA DEPARTAMENTO AUTÔNOMO DE ESTRADAS DE RODAGEM EDITAL N 001/2009

GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA E LOGÍSTICA DEPARTAMENTO AUTÔNOMO DE ESTRADAS DE RODAGEM EDITAL N 001/2009 Anexo IV Da classificação e da tabela de pontuação A) Para os cargos de Técnico em Assuntos Rodoviários e Técnico em Assuntos Administrativos: TEMPO DE FORMAÇÃO NA PROFISSÃO: Comprovação através de Diploma

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA TECNOLOGIA DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE ENSINO DEPARTAMENTO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS DIVISÃO DE INGRESSO

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA TECNOLOGIA DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE ENSINO DEPARTAMENTO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS DIVISÃO DE INGRESSO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA TECNOLOGIA DE SERGIPE DIVISÃO DE INGRESSO EDITAL N. 10/DAA/PROEN, de 09 de março 2015. Retificado em 12 de março de 2015 O REITOR DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO,

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE ALÉM PARAÍBA Credenciada pelo Decreto Federal nº 78709, de 10/11/1976, DOU DE 11/11/1976

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE ALÉM PARAÍBA Credenciada pelo Decreto Federal nº 78709, de 10/11/1976, DOU DE 11/11/1976 FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE ALÉM PARAÍBA Credenciada pelo Decreto Federal nº 78709, de 10/11/1976, DOU DE 11/11/1976 EDITAL 2011 PROCESSO SELETIVO ISECC 2011 2º SEMESTRE 2 O Presidente da Fundação Educacional

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE SECRETARIA GERAL DOS CONSELHOS SUPERIORES

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE SECRETARIA GERAL DOS CONSELHOS SUPERIORES SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE SECRETARIA GERAL DOS CONSELHOS SUPERIORES DELIBERAÇÃO Nº 044/2005 CONSELHO DEPARTAMENTAL EM 25 DE NOVEMBRO DE

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTANCIA

INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTANCIA INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTANCIA EDITAL 072/2014 PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSORES AVALIADORES DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA - LATO

Leia mais

EDITAL Nº 028/2009-PRORH CONCURSO PÚBLICO

EDITAL Nº 028/2009-PRORH CONCURSO PÚBLICO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS EDITAL Nº 028/2009-PRORH CONCURSO PÚBLICO A Pró-Reitora de Recursos H umanos da Universidade Federal de Juiz

Leia mais

Universidade Estadual de Maringá PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS

Universidade Estadual de Maringá PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS EDITAL N O 001/2011-PRH 2 - DAS ÁREAS DE CONHECIMENTO, N O DE VAGAS, REGIME E LOCAL DE TRABALHO CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS AGRONÔMICAS (01) Bioquímica Graduação em Química ou

Leia mais

Lista de cargos e funções disponíveis no Consórcio Ipojuca

Lista de cargos e funções disponíveis no Consórcio Ipojuca Lista de cargos e funções disponíveis no Consórcio Ipojuca 1. INSPETOR CONTROLE DE QUALIDADE- Atuar com inspeção de processos / final, ensaios de rotina, controle de qualidade e verificação de falhas na

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE ORIENTADOR DE APRENDIZAGEM N.º

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE ORIENTADOR DE APRENDIZAGEM N.º UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA REGIONAL DE CHAPECÓ - UNOCHAPECÓ UNOCHAPECÓVirtual Núcleo de Educação a Distância da UNOCHAPECÓ EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE ORIENTADOR DE APRENDIZAGEM N.º 001/2006

Leia mais

Reitoria EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA MONITORIA DE ENSINO

Reitoria EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA MONITORIA DE ENSINO 1 EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA MONITORIA DE ENSINO EDITAL Nº 26/2015 Estarão abertas as inscrições para o preenchimento de vagas de Monitoria de Ensino, no período de 03 a 14.08.2015, na secretaria

Leia mais

EXTRATO DO EDITAL Nº 49/2012-UEPA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ

EXTRATO DO EDITAL Nº 49/2012-UEPA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ EXTRATO DO EDITAL Nº 49/2012-UEPA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ IV CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO BELÉM - PA A Reitora da Universidade do Estado

Leia mais

Edital Nº 18/2015 Processo Seletivo Interno para Remoção de Servidores Técnicos Administrativos

Edital Nº 18/2015 Processo Seletivo Interno para Remoção de Servidores Técnicos Administrativos O Reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro, nomeado pelo Decreto de 06 de maio de 2014, publicado no Diário Oficial da União em 07 de maio de 2014, visando atender

Leia mais

http://www.unochapeco.edu.br/ead

http://www.unochapeco.edu.br/ead UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA DA REGIÃO DE CHAPECÓ - UNOCHAPECÓ UNOCHAPECÓVirtual Coordenação de Educação a Distância da UNOCHAPECÓ EDITAL N.º 002/2011 PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE ORIENTADOR DE APRENDIZAGEM

Leia mais

EDITAL RETIFICADOR N 07, de 05 de novembro de 2010.

EDITAL RETIFICADOR N 07, de 05 de novembro de 2010. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO-IFMA CONCURSO PÚBLICO PARA CARGO DO MAGISTÉRIO DO ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO EDITAL RETIFICADOR N 07, de

Leia mais

EDITAL Nº 185/2013 PROGEPE IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

EDITAL Nº 185/2013 PROGEPE IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 185/2013 PROGEPE IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Por delegação de competência do Magnífico Reitor do Instituto Federal do Paraná - IFPR, conforme Portaria nº 751 de 12/11/2013, torno público

Leia mais

4.ª SÉRIE 99-9033-02 ESTRUTURAS DE CONCRETO II 80 0 080 99-9034-03

4.ª SÉRIE 99-9033-02 ESTRUTURAS DE CONCRETO II 80 0 080 99-9034-03 MATRIZ CURRICULAR Curso: ENGENHARIA CIVIL Graduação: BACHARELADO Regime: SERIADO ANUAL - MATUTINO Duração: 5 (CINCO) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 05 (CINCO) ANOS LETIVOS - MÁXIMO

Leia mais

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA Professor, nós, da Editora Moderna, temos como propósito uma educação de qualidade, que respeita as particularidades de todo o país. Desta maneira, o apoio ao

Leia mais

Edital n 49/2011 PROEN

Edital n 49/2011 PROEN Edital n 49/2011 PROEN Seleção Simplificada para Tutor a Distância O Pró-Reitor de Ensino da Universidade Federal do Maranhão, em exercício e o Núcleo de Educação à Distância, no uso de suas atribuições,

Leia mais

1.4. FACULDADE DE FARMÁCIA, ODONTOLOGIA E ENFERMAGEM DEPARTAMENTO SETOR DE ESTUDO REGIME VAGA 1.4.1. Análises Clínicas e Toxicológicas

1.4. FACULDADE DE FARMÁCIA, ODONTOLOGIA E ENFERMAGEM DEPARTAMENTO SETOR DE ESTUDO REGIME VAGA 1.4.1. Análises Clínicas e Toxicológicas MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ EDITAL Nº 103/2015 CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR DO MAGISTÉRIO SUPERIOR CAMPUS DA UFC EM FORTALEZA O Reitor da Universidade Federal do Ceará, tendo

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO CLASSIFICATÓRIO/2016 MEDICINA

EDITAL PROCESSO SELETIVO CLASSIFICATÓRIO/2016 MEDICINA EDITAL PROCESSO SELETIVO CLASSIFICATÓRIO/2016 MEDICINA De ordem do Magnífico Reitor do Centro Universitário Lusíada - UNILUS, Dr. Nelson Teixeira, torno público que as provas do Processo Seletivo Classificatório

Leia mais

COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA EDITAL PROCESSO DE SELEÇÃO EXTERNA DE DOCENTES

COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA EDITAL PROCESSO DE SELEÇÃO EXTERNA DE DOCENTES COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA EDITAL PROCESSO DE SELEÇÃO EXTERNA DE DOCENTES Por determinação do Diretor Geral da FEAD, a Coordenação Pedagógica torna público aos interessados que se encontram abertas as inscrições

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA -2

TERMO DE REFERÊNCIA -2 TERMO DE REFERÊNCIA -2 1. O PROJETO Título do Projeto: Reforma e Ampliação das Promotorias de Justiça de Direitos Constitucionais e Patrimônio Público e Promotorias de Justiça de Ações Constitucionais

Leia mais