a) as descrições dos códigos NCM , , e passam a ter a nova redação indicada no Anexo 1 a esta Resolução;

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "a) as descrições dos códigos NCM 3003.90.78, 3003.90.83, 3004.90.68 e 3926.90.30 passam a ter a nova redação indicada no Anexo 1 a esta Resolução;"

Transcrição

1 RESOLUÇÃO N o 35, DE 18 DEZEMBRO DE A CÂMARA DE COMÉRCIO EXTERIOR, reunida em 17 de dezembro de 2002, com fundamento no disposto nos incisos XIV e XIX do art. 2 o do Decreto n o 3.981, de 24 de outubro de 2001, e tendo em vista as Decisões n os 15/97, 67/00, 06/01 e 21/02, do Conselho do Mercado Comum (CMC), e Resoluções n os 39/02, 40/02, 51/02 e 57/02, do Grupo Mercado Comum (GMC), do MERCOSUL, R E S O L V E : Art. 1 o A Nomenclatura Comum do MERCOSUL (NCM) e as alíquotas do Imposto de Importação que compõem a Tarifa Externa Comum (TEC), de que trata o Anexo I da Resolução CAMEX n o 42, de 26 de dezembro de 2001, ficam alteradas na forma do Anexo 1 a esta Resolução: Art. 2 o No Anexo II da Resolução CAMEX n o 42, de 26 de dezembro de 2001, ficam efetuadas as seguintes modificações: a) as descrições dos códigos NCM , , e passam a ter a nova redação indicada no Anexo 1 a esta Resolução; b) exclusão dos códigos NCM e , ora suprimid os; e c) inclusão dos códigos listados no Anexo 2 a esta Resolução: Art. 3 o No Anexo III da Resolução CAMEX n o 42, de 26 de dezembro de 2001, ficam efetuadas as seguintes alterações: a) o código NCM fica substituído pelo novo código NCM , com a seguinte descrição: Outros, exclusivamente conexões para as bolsas de diálise peritonial (infusão e drenagem); b) as descrições dos códigos NCM e passam a ter as novas redações indicadas no Anexo 1 a esta Resolução. Art. 4 o No Anexo V da Resolução CAMEX n o 42, de 26 de dezembro de 2001, ficam efetuadas as seguintes alterações:

2 Fls. 2 da Resolução CAMEX n o, de / /2002. a) alteração de redação dos seguintes códigos: NCM DESCRIÇÃO Outros, exclusivamente Auranofina, Aurotioglicanida, Aurotioglicose, Aurotiomalato de sódio Outros compostos; amálgamas, exclusivamente Carboplatina, Cisplatina, Dexormaplatina, Enloplatina, Iproplatina, Lobaplatina, Miboplatina, Nedaplatina, Ormaplatina, Oxaliplatina, Sebriplatina e Zeniplatina Ketazolam; sulpirida; veraliprida; tenoxicam; piroxicam; cloxazolam b) exclusão dos seguintes códigos, cujas alíquotas do Anexo I da Resolução CAMEX n o 42, de 26 de dezembro de 2001deixam de ser assinaladas com o sinal gráfico : NCM DESCRIÇÃO Eritromicina ou seus sais Outros Eritromicina ou seus sais Outros Art. 5 o Fica prorrogado, até 31 de março de 2003, o prazo de vigência fixado no art. 3 o da Resolução CAMEX n o 42, de 26 de dezembro de em contrário. Art. 6 o Esta Resolução entra em vigor em 1 o de janeiro de 2003, revogando-se as disposições SERGIO SILVA DO AMARAL Presidente da Câmara

3 Fls. 3 da Resolução CAMEX n o, de / /2002. ANEXO I SITUAÇÃO ANTERIOR DESCRIÇÃO SITUAÇÃO ATUAL DESCRIÇÂO CÓDIGON CM Alíquota do II (%) CÓDIGO NCM Peixes ornamentais 11, Peixes ornamentais Aruanã (Osteoglossum bicirrhosum) Alíquota do II (%) Outros 11, Outros 11, Curimatãs (Prochilodus spp.), tilápias (Oreochromis spp., Tilapia spp., Sarotherodon spp., Danakilia spp.; seus híbridos), surubins (Pseudoplatystoma spp.), traíras (Hoplias malabaricus & H. cf. lacerdae), piaus (Leporinus spp.), tainhas (Mugil spp.), pirarucus (Arapaima gigas), pescadas (Cynocion spp.) e anchoitas (Engraulis anchoita) 11, Curimatãs (Prochilodus spp.) 11, Tilápias (Oreochromis spp., 11,5 Tilapia spp., Sarotherodon spp., Danakilia spp.; seus híbridos) Surubins (Pseudoplatystoma 11,5 spp.) Traíras (Hoplias malabaricus 11,5 & H. cf. lacerdae) Piaus (Leporinus spp.) 11, Tainhas (Mugil spp.) 11, Pirarucus (Arapaima gigas) 11, Pescadas (Cynocion spp.) 11, Anchoitas (Engraulis 11,5 anchoita) Piramutabas (Brachyplatistoma vaillianti), douradas (Brachyplatistoma flavicans), pacus (Piaractus mesopotamicus), tambaquis (Colossoma macropomum) e tambacus (híbridos de tambaquis e pacus) Piramutabas (Brachyplatistoma 11,5 vaillianti) Douradas (Brachyplatistoma 11,5 flavicans) Pacus (Piaractus 11,5 mesopotamicus) Tambaquis (Colossoma 11,5 macropomum) Tambacus (híbridos de 11,5 tambaquis e pacus) Outros 11,5

4 Fls. 4 da Resolução CAMEX n o, de / / Outros 11, Curimatãs (Prochilodus spp.), tilápias (Oreochromis spp., Tilapia spp., Sarotherodon spp., Danakilia spp.; seus híbridos), surubins (Pseudoplatystoma spp.), traíras (Hoplias malabaricus & H. cf. lacerdae), piaus (Leporinus spp.), pirarucus (Arapaima gigas) e anchoitas (Engraulis ancohita) Curimatãs (Prochilodus spp.) 11, Tilápias (Oreochromis spp., 11,5 Tilapia spp., Sarotherodon spp., Danakilia spp.; seus híbridos) Surubins (Pseudoplatystoma 11,5 spp.) Traíras (Hoplias malabaricus 11,5 & H. cf. lacerdae) Piaus (Leporinus spp.) 11, Pirarucus (Arapaima gigas) 11, Anchoitas (Engraulis 11,5 anchoita) Piramutabas (Brachyplatistoma vaillianti), douradas (Brachyplatistoma flavicans), pacus (Piaractus Mesopotamicus), tambaquis (Colossoma macropomum) e tambacus (híbridos de tambaquis e pacus) Piramutabas (Brachyplatistoma 11,5 vaillianti) Douradas (Brachyplatistoma 11,5 flavicans) Pacus (Piaractus 11,5 Mesopotamicus) Tambaquis (Colossoma 11,5 macropomum) Tambacus (híbridos de 11,5 tambaquis e pacus) Outros 11, RAÍZES DE MANDIOCA, DE ARARUTA E DE SALEPO, TUPINAMBOS, BATATAS- DOCES E RAÍZES OU TUBÉRCULOS SEMELHANTES, COM ELEVADO TEOR DE FÉCULA OU DE INULINA, FRESCOS, REFRIGERADOS, CONGELADOS OU SECOS, MESMO CORTADOS EM PEDAÇOS OU EM "PELLETS"; MEDULA DE SAGUEIRO RAÍZES DE MANDIOCA, DE ARARUTA E DE SALEPO, TUPINAMBOS, BATATAS- DOCES E RAÍZES OU TUBÉRCULOS SEMELHANTES, COM ELEVADO TEOR DE FÉCULA OU DE INULINA, FRESCOS, REFRIGERADOS, CONGELADOS OU SECOS, MESMO CORTADOS EM PEDAÇOS OU EM "PELLETS"; MEDULA DE SAGÜEIRO De butila 2# De butila 13,5# Espironolactona 14 Suprimido

5 Fls. 5 da Resolução CAMEX n o, de / / Carbamazepina Carbamazepina Ciclosporina A; fluspirileno; trietilenotiofosforamida; tioguanina; aminoglutetimida; dacarbazina; tiopental sódico; idarubicina; trimetrexato; nelfinavir ou seu mesilato; nevirapine; saquinavir; sulfato de indinavir; letrozol; sulfato de abacavir Ciclosporina A; fluspirileno; trietilenotiofosforamida; tioguanina; aminoglutetimida; dacarbazina; tiopental sódico; idarubicina; trimetrexato; nelfinavir ou seu mesilato; nevirapine; saquinavir; sulfato de indinavir; letrozol; sulfato de abacavir; lopinavir Outros Outros Ketazolam; sulpirida; veraliprida; tenoxicam; piroxicam; cloxasolam Ciclosporina A; fluspirileno; trietilenotiofosforamida; tioguanina; aminoglutetimida; dacarbazina; tiopental sódico; idarubicina; trimetrexato; nelfinavir ou seu mesilato; nevirapine; saquinavir; sulfato de indinavir; letrozol; sulfato de abacavir Ketazolam; sulpirida; veraliprida; tenoxicam; piroxicam; cloxazolam Ciclosporina A; fluspirileno; trietilenotiofosforamida; tioguanina; aminoglutetimida; dacarbazina; tiopental sódico; idarubicina; trimetrexato; nelfinavir ou seu mesilato; nevirapine; saquinavir; sulfato de indinavir; letrozol; sulfato de abacavir; lopinavir Outros Outros Com s ubstâncias radioativas de radiotividade específica inferior ou igual a 74Bq/g (0,002 µci/g) Com substâncias radioativas de radioatividade específica inferior ou igual a 74Bq/g (0,002µCi/g) De citronela; de cedro; de pau santo (Bulnesia sarmientoi); de lemongrass ; de pau-rosa; de palma rosa; de coriandro; de cabreúva; de eucalipto De pau santo ( Bulnesia sarmientoi) De poli(oxietileno) (polietilenoglicol) Tendo como substância ativa o níquel ou um composto de níquel Tendo como substância ativa um metal precioso ou um composto de metal precioso De citronela; de cedro; de pausanto (Bulnesia sarmientoi ); de lemongrass ; de pau-rosa; de palma rosa; de coriandro; de cabreúva; de eucalipto 15, De pau-santo (Bulnesia 15,5 sarmientoi) De poli(oxietileno) (polietileno glicol) 13, Tendo como substância ativa 3,5 o níquel ou um composto de níquel 13, Tendo como substância ativa um metal precioso ou um composto de metal precioso Em colméia cerâmica ou metálica 13,5 para conversão catalítica de gases de escape de veículos Com tamanho de partícula 13,5 inferior a 500 micrometros (mícrons) Outros 3, Halquinol 3, Halquinol; misturas de ésteres dimetílicos dos ácidos adípico, glutárico e succínico; misturas de ácidos dibásicos de C 11 e C ,5

6 Fls. 6 da Resolução CAMEX n o, de / / Triisocianato de tiofosfato de fenila ou de trifenilmetano, em solução de cloreto de metileno ou de acetato de etila 3, Triisocianato de tiofosfato de fenila ou de trifenilmetano, em solução de cloreto de metileno ou de acetato de etila; preparações à base de tetraacetiletilenodiamina (TAED), em grânulos Outros 15, Outros 15, Outros 15,5 Suprimido Polietilenoglicol , Polietileno glicol , Acessórios 16# Acessórios Dos tipos utilizados em linhas 0 de sangue para hemodiálise Outros 16# Bolsas para colostomia ileostomia, urostomia e outras bolsas para usos semelhantes Bolsas para uso em medicina (colostomia, ileostomia, urostomia, hemodiálise e usos semelhantes) Outros 18# Acessórios dos tipos utilizados 0 em linhas de sangue para hemodiálise, tais como obturadores, incluídos os reguláveis (clampes), clipes e semelhantes Outros 18# Outros couros e peles de 9, Outros couros e peles de 9,5 bovinos bovinos (incluídos os búfalos) Outros couros e peles de 9,5# Outros couros e peles de 9,5# bovinos bovinos (incluídos os búfalos) Outros couros e peles de 5,5# Outros couros e peles de 5,5# bovinos bovinos (incluídos os búfalos) Fotocromáticos 15, Fotocromáticos 3, De ligas de alumínio 15, De ligas de alumínio Sem costura, extrudados a frio, 3,5 de alta resistência, com forma e dimensões apropriadas para a fabricação de cardans Outros 15, Outras 14BK Dos tipos utilizados em linhas 1,5 de sangue para hemodiálise Outras 14BK Para encher e fechar embalagens confeccionadas com papel ou cartão dos subitens ou , mesmo com dispositivo de rotulagem Máquinas para fiação de matérias têxteis Filatórios intermitentes (selfatinas Do tipo tow-to- yarn 0 BK A jato de ar 0 BK Fiadeira-bobinadora automática 0 BK ( open-end ) Outras, para lã 0 BK Outras, para as fibras do 0 BK Capítulo 53 0BK Para encher e fechar embalagens confeccionadas com papel ou cartão dos subitens ou , mesmo com dispositivo de rotulagem Máquinas para fiação de matérias têxteis 14BK 3,5 0 0BK 0 BK

7 Fls. 7 da Resolução CAMEX n o, de / / Outras 14BK Teares manuais 19, Teares manuais 21, , ELETRO-EROSÃO, , ELETROEROSÃO, Operando por eletro-erosão Operando por eletroerosão Outras 1,5BIT Outras 0BK Com uma pressão de trabalho inferior ou igual a 50 mbar e dispositivo de segurança termoelétrico incorporado, próprios para serem utilizados em aparelhos domésticos 19, Com uma pressão de trabalho inferior ou igual a 50 mbar, inclusive com dispositivo de segurança t ermoelétrico incorporado, dos tipos utilizados em aparelhos domésticos Outros 14BK Outros 14BK Com velocidade de tronco superior a 72 kbits/s e de comutação superior pacotes por segundo, sem multiplexação determinística 3,5#BIT Com velocidade de tronco superior a 72 kbits/s e de comutação superior a pacotes por segundo, sem multiplexação determinística 3,5#BIT Gravador-reprodutor e editor de imagem e som, em discos, por meio magnético, óptico ou optomagnético Aparelhos de radiodetecção e de radiossondagem (radar) 0BK Gravador-reprodutor e editor de imagem e som, em discos, por meio magnético, óptico ou optomagnético Aparelhos de radiodetecção e de radiossondagem (radar) Aparelhos de radionavegação Aparelhos de radionavegação 0BK A cores Em cores A cores Em cores A cores 19, Em cores 19, Outros 0BK Outros 1, , a cores,... 1,5#BIT , em cores,... 1,5#BIT , a cores,... 9, , em cores,... 9, De mostrador exclusivamente 19, De mostrador exclusivamente 19,5 opto-eletrônico optoeletrônico Regra Geral Complementar (RGC) 2.As embalagens contendo mercadorias e que sejam claramente suscetíveis de utilização repetida, mencionadas na Regra 5 b), seguirão seu próprio regime de classificação sempre que estejam submetidas aos regimes aduaneiros especiais de admissão temporária ou de exportação temporária. Caso contrário, seguirão o regime de classificação das mercadorias. Capítulo 27 Notas de Subposições 4. Na acepção da posição , óleos.. Capítulo 28 Subcapítulo III III DERIVADOS HALOGENADOS, OXIALOGENADOS OU SULFORADOS DOS ELEMENTOS NÃO-METÁLICOS Capítulo 48 Nota 2 g) g) os plásticos estratificados contendo papel ou cartão, os produtos constituídos por uma camada de papel ou de cartão, revestidos ou recobertos de plástico, quando a espessura desta última exceda a metade da espessura total, e as obras destas matérias, exceto os revestimentos de parede da posição (Capítulo 39); 19,5 0BK 0BK Capítulo 27 Notas de Subposições 4. Na acepção da subposição , óleos... Capítulo 28 Subcapítulo III III DERIVADOS HALOGEN ADOS, OXIALOGENADOS OU SULFURADOS DOS ELEMENTOS NÃO-METÁLICOS Capítulo 48 Nota 2 g) g) os plásticos estratificados contendo papel ou cartão, os produtos constituídos por uma camada de papel ou de cartão, revestidos ou recobertos por uma camada de plástico, quando a espessura desta última exceda a metade da espessura total, e as obras destas matérias, exceto os revestimentos de parede da posição (Capítulo 39);

8 Fls. 8 da Resolução CAMEX n o, de / / OUTROS APARELHOS REPIRATÓRIOS E MÁSCARAS CONTRA GASES, EXCETO AS MÁSCARAS DE PROTEÇÃO DESPROVIDAS DE MECANISMO E DE ELEMENTO FILTRANTE AMOVÍVEL Nota complementar da Seção XVI 1. As ferramentas para montagem ou manutenção e os utensílios intercambiáveis seguirão o regime das máquinas sempre que se apresentem para despacho juntamente com estas e que sejam do tipo e quantidade normalmente vendidos com a máquina, não se somando seu peso ao da máquina, quando a classificação desta estiver condicionada ao peso. Será aplicado o mesmo regime aos catálogos, folhetos e plantas que contenham informações relativas ao funcionamento, manutenção, reparo ou utilização das máquinas que acompanham. Nota Complementar do Capítulo As disposições da Nota Complementar 1 da Seção XVI aplicam-se às máquinas, instrumentos e aparelhos deste Capítulo OUTROS APARELHOS RESPIRATÓRIOS E MÁSCARAS CONTRA GASES, EXCETO AS MÁSCARAS DE PROTEÇÃO DESPROVIDAS DE MECANISMO E DE ELEMENTO FILTRANTE AMOVÍVEL

9 Fls. 9 da Resolução CAMEX n o, de / /2002. ANEXO II NCM DESCRIÇÃO Outros Dos tipos utilizados em linhas de sangue para hemodiálise Outros Acessórios dos tipos utilizados em linhas de sangue para hemodiálise, tais como obturadores incluídos os reguláveis (clampes), clip es e semelhantes FIOS DE SEDA (EXCETO FIOS DE DESPERDÍCIOS DE SEDA) NÃO ACONDICIONADOS PARA VENDA A RETALHO FIOS DE DESPERDÍCIOS DE SEDA NÃO ACONDICIONADOS PARA VENDA A RETALHO FIOS DE SEDA OU DE DESPERDÍCIOS DE SEDA, ACONDICIONADOS PARA VENDA A RETALHO; PÊLO DE MESSINA (CRINA DE FLORENÇA) Estampados, tintos ou de fios de diversas cores Outros Estampados, tintos ou de fios de diversas cores Outros Outros tecidos FIAPOS DE LÃ OU DE PÊLOS FINOS OU GROSSEIROS Lã cardada Lã penteada a granel Tops De finura inferior a 22,5 micrometros (mícrons) Outras De cabra de Cachemira Outros Pêlos grosseiros, cardados ou penteados Contendo pelo menos 85%, em peso, de lã Contendo menos de 85%, em peso, de lã De dois cabos, de título inferior ou igual a 184,58 decitex por cabo Outros Outros Contendo menos de 85%, em peso, de lã Cardados Penteados Contendo pelo menos 85%, em peso, de lã ou de pêlos finos Outros FIOS DE PÊLOS GROSSEIROS OU DE CRINA (INCLUÍDOS OS FIOS DE CRINA REVESTIDOS POR ENROLAMENTO), MESMO ACONDICIONADOS PARA VENDA A RETALHO De lã De pêlos finos Outros Outros, combinados, principal ou unicamente, com filamentos sintéticos ou artificiais De lã, feltrados, com trama combinada exclusivamente com fibras sintéticas e urdidura exclusivamente de algodão, de peso superior ou igual a 600g/m2, próprios para fabricação de bolas de tênis Outros Outros De peso não superior a 200g/m² De lã De pêlos finos De lã De pêlos finos De lã De pêlos finos Outros Com um conteúdo de pêlos grosseiros superior ou igual a 85%, em peso Com um conteúdo de pêlos grosseiros inferior a 85%, em peso, e que contenham algodão Com um conteúdo de pêlos grosseiros inferior a 85%, em peso, e que não contenham algodão De crina De dois cabos

10 Fls. 10 da Resolução CAMEX n o, de / / De três ou mais cabos De algodão cru, de título superior a decitex por fio simples De dois cabos De três ou mais cabos De algodão branqueado ou colorido, de título superior a decitex por fio simples De dois cabos De três ou mais cabos De algodão cru, de título superior a decitex por fio simples De dois cabos De três ou mais cabos De algodão branqueado ou colorido, de título superior a decitex por fio simples Acondicionadas para venda a retalho De título igual ou superior a 714,29 decitex (número métrico não superior a 14) De título inferior a 714,29 decitex mas não inferior a 232,56 decitex (número métrico superior a 14 mas não superior a 43) Crus Outros De título inferior a 192,31 decitex mas não inferior a 125 decitex (número métrico superior a 52 mas não superior a 80) De título inferior a 125 decitex (número métrico superior a 80) De título igual ou superior a 714,29 decitex (número métrico não superior a 14) De título inferior a 714,29 decitex mas não inferior a 232,56 decitex (número métrico superior a 14 mas não superior a 43) Crus Outros De título inferior a 192,31 decitex mas não inferior a 125 decitex (número métrico superior a 52 mas não superior a 80) De título inferior a 125 decitex mas não inferior a 106,38 decitex (número métrico superior a 80 mas não superior a 94) De título inferior a 106,38 decitex mas não inferior a 83,33 decitex (número métrico superior a 94 mas não superior a 120) De título inferior a 83,33 decitex (número métrico superior a 120) De título igual ou superior a 714,29 decitex por fio simples (número métrico não superior a 14, por fio simples) De título inferior a 714,29 decitex mas não inferior a 232,56 decitex, por fio simples (número métrico superior a 14 mas não superior a 43, por fio simples) De título inferior a 232,56 decitex mas não inferior a 192,31 decitex, por fio simples (número métrico superior a 43 mas não superior a 52 por fio simples) De título inferior a 192,31 decitex mas não inferior a 125 decitex, por fio simples (número métrico superior a 52 mas não superior a 80, por fio simples) De título inferior a 125 decitex por fio simples (número métrico superior a 80 por fio simples) De título igual ou superior a 714,29 decitex por fio simples (número métrico não superior a 14, por fio simples) De título inferior a 714,29 decitex mas não inferior a 232,56 decitex, por fio simples (número métrico superior a 14 mas não superior a 43, por fio simples) De título inferior a 232,56 decitex mas não inferior a 192,31 decitex, por fio simples (número métrico superior a 43 mas não superior a 52, por fio simples) De título inferior a 192,31 decitex mas não inferior a 125 decitex, por fio simples (número métrico superior a 52 mas não superior a 80, por fio simples) De título inferior a 125 decitex mas não inferior a 106,38 decitex, por fio simples (número métrico superior a 80 mas não superior a 94, por fio simples) De título inferior a 106,38 decitex mas não inferior a 83,33 decitex, por fio simples (número métrico superior a 94 mas não superior a 120, por fio simples) De título inferior a 83,33 decitex, por fio simples (número métrico superior a 120, por fio simples) De título igual ou superior a 714,29 decitex (número métrico não superior a 14) De título inferior a 714,29 decitex mas não inferior a 232,56 decitex (número métrico superior a 14 mas não superior a 43) De título inferior a 232,56 decitex mas não inferior a 192,31 decitex (número métrico superior a 43 mas não superior a 52) De título inferior a 192,31 decitex mas não inferior a 125 decitex (número métrico superior a 52 mas não superior a 80) De título inferior a 125 decitex (número métrico superior a 80) De título igual ou superior a 714,29 decitex (número métrico não superior a 14) De título inferior a 714,29 decitex mas não inferior a 232,56 decitex (número métrico superior a 14 mas não superior a 43) De título inferior a 232,56 decitex mas não inferior a 192,31 decitex (número métrico superior a 43 mas não superior a

11 Fls. 11 da Resolução CAMEX n o, de / / ) De título inferior a 192,31 decitex mas não inferior a 125 decitex (número métrico superior a 52 mas não superior a 80) De título inferior a 125 decitex (número métrico superior a 80) De título igual ou superior a 714,29 decitex por fio simples (número métrico não superior a 14, por fio simples) De título inferior a 714,29 decitex mas não inferior a 232,56 decitex, por fio simples (número métrico superior a 14 mas não superior a 43, por fio simples) De título inferior a 232,56 decitex mas não inferior a 192,31 decitex, por fio simples (número métrico superior a 43 mas não superior a 52, por fio simples) De título inferior a 192,31 decitex mas não inferior a 125 decitex, por fio simples (número métrico superior a 52 mas não superior a 80, por fio simples) De título inferior a 125 decitex por fio simples (número métrico superior a 80, por fio simples) De título igual ou superior a 714,29 decitex por fio simples (número métrico não superior a 14, por fio simples) De título inferior a 714,29 decitex mas não inferior a 232,56 decitex, por fio simples (número métrico superior a 14 mas não superior a 43, por fio simples) De título inferior a 232,56 decitex mas não inferior a 192,31 decitex, por fio simples (número métrico superior a 43 mas não superior a 52, por fio simples) De título inferior a 192,31 decitex mas não inferior a 125 decitex, por fio simples (número métrico superior a 52 mas não superior a 80, por fio simples) De título inferior a 125 decitex por fio simples (número métrico superior a 80, por fio simples) Contendo pelo menos 85%, em peso, de algodão Outros Em ponto de tafetá, com peso não superior a 100g/m² Em ponto de tafetá, com peso superior a 100g/m² Em ponto sarjado, incluído o diagonal, cuja relação de textura não seja superior a Outros tecidos Em ponto de tafetá, com peso não superior a 100g/m² Em ponto de tafetá, com peso superior a 100g/m² Em ponto sarjado, incluído o diagonal, cuja relação de textura não seja superior a Outros tecidos Em ponto de tafetá, com peso não superior a 100g/m² Em ponto de tafetá, com peso superior a 100g/m² Em ponto sarjado, incluído o diagonal, cuja relação de textura não seja superior a Outros tecidos Em ponto de tafetá, com peso não superior a 100g/m² Em ponto de tafetá, com peso superior a 100g/m² Em ponto sarjado, incluído o diagonal, cuja relação de textura não seja superior a Outros tecidos Em ponto de tafetá, com peso não superior a 100g/m² Em ponto de tafetá, com peso superior a 100g/m² Em ponto sarjado, incluído o diagonal, cuja relação de textura não seja superior a Outros tecidos Em ponto de tafetá Em ponto sarjado, incluído o diagonal, cuja relação de textura não seja superior a Outros tecidos Em ponto de tafetá Em ponto sarjado, incluído o diagonal, cuja relação de textura não seja superior a Outros tecidos Em ponto de tafetá Em ponto sarjado, incluído o diagonal, cuja relação de textura não seja superior a Outros tecidos Em ponto de tafetá Com fios tintos em indigo blue segundo Color Index Outros Outros tecidos em ponto sarjado, incluído o diagonal, cuja relação de textura não seja superior a Outros tecidos Em ponto de tafetá Em ponto sarjado, incluído o diagonal, cuja relação de textura não seja superior a Outros tecidos Em ponto de tafetá

12 Fls. 12 da Resolução CAMEX n o, de / / Em ponto sarjado, incluído o diagonal, cuja relação de textura não seja superior a Outros tecidos Em ponto de tafetá Em ponto sarjado, incluído o diagonal, cuja relação de textura não seja superior a Outros tecidos Em ponto de tafetá Em ponto sarjado, incluído o diagonal, cuja relação de textura não seja superior a Outros tecidos Em ponto de tafetá Em ponto sarjado, incluído o diagonal, cuja relação de textura não seja superior a Outros tecidos Em ponto de tafetá Em ponto sarjado, incluído o diagonal, cuja relação de textura não seja superior a Outros tecidos Em ponto de tafetá Em ponto sarjado, incluído o diagonal, cuja relação de textura não seja superior a Outros tecidos Em ponto de tafetá Em ponto sarjado, incluído o diagonal, cuja relação de textura não seja superior a Outros tecidos Em ponto de tafetá Em ponto sarjado, incluído o diagonal, cuja relação de textura não seja superior a Outros tecidos Em ponto de tafetá Com fios tintos em indigo blue segundo Color Index Outros Outros tecidos em ponto sarjado, incluído o diagonal, cuja relação de textura não seja superior a Outros tecidos Em ponto de tafetá Em ponto sarjado, incluído o diagonal, cuja relação de textura não seja superior a Outros tecidos Crus Branqueados Tintos De fios de diversas cores Estampados Crus Branqueados Tintos De fios de diversas cores Estampados Em bruto Macerada Outras Juta Outros Sisal e outras fibras têxteis do gênero Agave, em bruto Outros Em bruto Outros Em bruto Outros Em bruto Penteado Outros Em bruto Outros Simples Retorcidos ou retorcidos múltiplos

13 Fls. 13 da Resolução CAMEX n o, de / / De juta Outros De juta Outros Fios de cairo (fios de fibras de coco) Fios de cânhamo Outros Crus ou branqueados Outros Crus ou branqueados Outros Aniagem de juta Outros Outros TECIDOS DE OUTRAS FIBRAS TÊXTEIS VEGETAIS; TECIDOS DE FIOS DE PAPEL Não acondicionadas para venda a retalho Acondicionadas para venda a retalho Outras Não acondicionadas para venda a retalho Acondicionadas para venda a retalho Outras De náilon De aramida Outros Fios de alta tenacidade, de poliésteres Tintos Outros Outros Multifilamento com efeito antiestático permanente, de título superior a 110 tex Outros Outros De poliésteres Multifilamento de polipropileno, de título superior a 110 tex Outros De náilon De aramida Outros De poliésteres, parcialmente orientados De poliésteres, outros Elastoméricos Outros De aramida Outros De poliésteres Outros De aramida Outros De poliésteres Outros Fios de alta tenacidade, de raiom viscose De acetato de celulose Outros De raiom viscose, sem torção ou com torção não superior a 120 voltas por metro De raiom viscose, com torção superior a 120 voltas por metro De acetato de celulose Outros De raiom viscose De acetato de celulose Outros

14 Fls. 14 da Resolução CAMEX n o, de / / Reabsorvíveis Outros Outros Outras MONOFILAMENTOS ARTIFICIAIS, COM PELO MENOS 67 DECITEX E CUJA MAIOR DIMENSÃO DA SEÇÃO TRANSVERSAL NÃO SEJA SUPERIOR A 1mm; LÂMINAS E FORMAS SEMELHANTES (POR EXEMPLO: PALHA ARTIFICIAL) DE MATÉRIAS TÊXTEIS ARTIFICIAIS, CUJA LARGURA APARENTE NÃO SEJA SUPERIOR A 5mm Fios de filamentos sintéticos Fios de filamentos artificiais De aramida Outros De aramida Outros Tecidos obtidos a partir de lâminas ou de formas semelhantes Tecidos mencionados na Nota 9 da Seção XI Crus ou branqueados Tintos De fios de diversas cores Estampados Crus ou branqueados Sem fios de borracha Com fios de borracha De fios de diversas cores Estampados Contendo pelo menos 85%, em peso, de filamentos de poliéster não texturizados Outros Crus ou branqueados Tintos De fios de diversas cores Estampados Crus ou branqueados Tintos De fios de diversas cores Estampados Crus ou branqueados Tintos De fios de diversas cores Estampados Tecidos obtidos a partir de fios de alta tenacidade, de raiom viscose Crus ou branqueados Tintos De fios de diversas cores Est ampados Crus ou branqueados Tintos De fios de diversas cores Estampados De náilon ou de outras poliamidas De poliésteres Acrílicos ou modacrílicos Outros De acetato de celulose De raiom viscose Outros De aramida Bicomponentes, de diferentes pontos de fusão Outras De poliésteres Acrílicas ou modacrílicas

15 Fls. 15 da Resolução CAMEX n o, de / / De polipropileno Bicomponentes, de diferentes pontos de fusão Outras De raiom viscose Celulósicas, obtidas por extrusão com óxido de N-metilmorfolina Outras De fibras sintéticas De fibras artificiais De náilon ou de outras poliamidas De poliésteres Acrílicas ou modacrílicas Outras FIBRAS ARTIFICIAIS DESCONTÍNUAS, CARDADAS, PENTEADAS OU TRANSFORMADAS DE OUTRO MODO PARA FIAÇÃO De fibras sintéticas descontínuas De fibras artificiais descontínuas Simples De aramida Outros Simples Retorcidos ou retorcidos múltiplos Simples Retorcidos ou retorcidos múltiplos Simples Retorcidos ou retorcidos múltiplos Combinadas, principal ou unicamente, com fibras artificiais descontínuas Combinadas, principal ou unicamente, com lã ou pêlos finos Combinadas, principal ou unicamente, com algodão Outros Combinadas, principal ou unicamente, com lã ou pêlos finos Combinadas, principal ou unicamente, com algodão Outros Combinados, principal ou unicamente, com lã ou pêlos finos Combinados, principal ou unicamente, com algodão Outros Simples Retorcidos ou retorcidos múltiplos Outros fios, combinados, principal ou unicamente, com lã ou pêlos finos Outros fios, combinados, principal ou unicamente, com algodão Outros fios De fibras sintéticas descontínuas, contendo pelo menos 85%, em peso, destas fibras De fibras sintéticas descontínuas, contendo menos de 85%, em peso, destas fibras De fibras artificiais descontínuas Crus ou branqueados Outros Crus ou branqueados Outros De aramida Outros De aramida Outros De fibras descontínuas de poliéster, em ponto de tafetá De fibras descontínuas de poliéster, em ponto sarjado, incluído o diagonal, cuja relação de textura não seja superior a Outros tecidos de fibras descontínuas de poliéster Outros tecidos De fibras descontínuas de poliéster, em ponto de tafetá De fibras descontínuas de poliéster, em ponto sarjado, incluído o diagonal, cuja relação de textura não seja superior a Outros tecidos de fibras descontínuas de poliéster Outros tecidos

16 Fls. 16 da Resolução CAMEX n o, de / / De fibras descontínuas de poliéster, em ponto de tafetá De fibras descontínuas de poliéster, em ponto sarjado, incluído o diagonal, cuja relação de textura não seja superior a Outros tecidos de fibras descontínuas de poliéster Outros tecidos De fibras descontínuas de poliéster, em ponto de tafetá De fibras descontínuas de poliéster, em ponto sarjado, incluído o diagonal, cuja relação de textura não seja superior a Outros tecidos de fibras descontínuas de poliéster Outros tecidos De fibras descontínuas de poliéster, em ponto de tafetá De fibras descontínuas de poliéster, em ponto sarjado, incluído o diagonal, cuja relação de textura não seja superior a Outros tecidos de fibras descontínuas de poliéster Outros tecidos De fibras descontínuas de poliéster, em ponto de tafetá De fibras descontínuas de poliéster, em ponto sarjado, incluído o diagonal, cuja relação de textura não seja superior a Outros tecidos de fibras descontínuas de poliéster Outros tecidos De fibras descontínuas de poliéster, em ponto de tafetá De fibras descontínuas de poliéster, em ponto sarjado, incluído o diagonal, cuja relação de textura não seja superior a Outros tecidos de fibras descontínuas de poliéster Outros tecidos De fibras descontínuas de poliéster, em ponto de tafetá De fibras descontínuas de poliéster, em ponto sarjado, incluído o diagonal, cuja relação de textura não seja superior a Outros tecidos de fibras descontínuas de poliéster Outros tecidos Combinadas, principal ou unicamente, com fibras descontínuas de raiom viscose Combinadas, principal ou unicamente, com filamentos sintéticos ou artificiais Combinadas, principal ou unicamente, com lã ou pêlos finos Outros Combinadas, principal ou unicamente, com filamentos sintéticos ou artificiais Combinadas, principal ou unicamente, com lã ou pêlos finos Outros Combinados, principal ou unicamente, com filamentos sintéticos ou artificiais Combinados, principal ou unicamente, com lã ou pêlos finos Outros Crus ou branqueados Tintos De fios de diversas cores Estampados Crus ou branqueados Tintos De fios de diversas cores Estampados Crus ou branqueados Tintos De fios de diversas cores Estampados Crus ou branqueados Tintos De fios de diversas cores Estampados Crus ou branqueados Tintos De fios de diversas cores Estampados Absorventes (pensos*) e tampões higiênicos, fraldas para bebês e artigos higiênicos semelhantes, de pastas ( ouates ) Pastas ( ouates ) Outros artigos de pastas ( ouates ) De aramida Outras

17 Fls. 17 da Resolução CAMEX n o, de / / Cilindros para filtros de cigarros Outros Outros De aramida Outros Feltros agulhados e artefatos obtidos por costura por entrelaçamento ( cousus-tricotés ) De lã ou de pêlos finos De outras matérias têxteis Outros De aramida Outros De polietileno de alta densidade De aramida Outros De polietileno de alta densidade De aramida Outros De aramida Outros De peso não superior a 25g/m De polietileno de alta densidade Outros De polietileno de alta densidade Outros De peso superior a 150g/m Fios e cordas, de borracha, recobertos de têxteis Com borracha Com plástico Imitações de categute constituídas por fios de seda Outros Com metais preciosos Revestidos por enrolamento, exceto com metais preciosos Outros FIOS REVESTIDOS POR ENROLAMENTO, LÂMINAS E FORMAS SEMELHANTES DAS POSIÇÕES OU 54.05, REVESTIDAS POR ENROLAMENTO, EXCETO OS DA POSIÇÃO E OS FIOS DE CRINA REVESTIDOS POR ENROLAMENTO; FIOS DE FROCO ( CHENILLE ); FIOS DENOMINADOS DE CADEIA ( CHAÎNETTE ) Inferior ao número métrico 0,75 por fio simples Outros Outros Cordéis para atadeiras ou enfardadeiras Outros Cordéis para atadeiras ou enfardadeiras Outros De náilon Outros Outros De algodão Outros Redes confeccionadas para a pesca Outras Outras De algodão Outros Feitos à mão Feitos à máquina De pêlos finos De outras matérias têxteis Tapetes denominados Kelim ou Kilim, Schumacks ou Soumak, Karamanie e tapetes semelhantes, tecidos à mão Revestimentos para pavimentos, de cairo (fibras de coco)

18 Fls. 18 da Resolução CAMEX n o, de / / De lã ou de pêlos finos De matérias têxteis sintéticas ou artificiais De outras matérias têxteis De lã ou de pêlos finos De matérias têxteis sintéticas ou artificiais De outras matérias têxteis De lã ou de pêlos finos De matérias têxteis sintéticas ou artificiais De outras matérias têxteis De lã ou de pêlos finos De matérias têxteis sintéticas ou artificiais De outras matérias têxteis De lã ou de pêlos finos De náilon ou de outras poliamidas De outras matérias têxteis sintéticas ou de matérias têxteis artificiais De outras matérias têxteis Ladrilhos de superfície não superior a 0,3m² Outros OUTROS TAPETES E REVESTIMENTOS PARA PAVIMENTOS, DE MATÉRIAS TÊXTEIS, MESMO CONFECCIONADOS De lã ou de pêlos finos Veludos e pelúcias obtidos por trama, não cortados Veludos e pelúcias obtidos por trama, cortados, canelados ( côtelés ) Outros veludos e pelúcias obtidas por trama Veludos e pelúcias obtidos por urdidura, não cortados ( épinglés ) Veludos e pelúcias obtidos por urdidura, cortados Tecidos de froco ( chenille ) Veludos e pelúcias obtidos por trama, não cortados Veludos e pelúcias obtidos por trama, cortados, canelados ( côtelés ) Outros veludos e pelúcias obtidos por trama Veludos e pelúcias obtidos por urdidura, não cortados ( épinglés ) Veludos e pelúcias obtidos por urdidura, cortados Tecidos de froco ( chenille ) De outras matérias têxteis Crus Outros Tecidos atoalhados ( tecidos turcos*), de outras matérias têxteis Tecidos tufados De algodão De outras matérias têxteis De algodão Outros De fibras sintéticas ou artificiais De algodão Outras De algodão Outras De algodão De fibras sintéticas ou artificiais De outras matérias têxteis Fitas de veludo, de pelúcias, de tecidos de froco ( chenille ) ou de tecidos atoalhados ( tecidos turcos*) Outras fitas contendo, em peso, 5% ou mais de fios de elastômeros ou de fios de borracha De algodão De fibras sintéticas ou artificiais De outras matérias têxteis Fitas sem trama, de fios ou fibras paralelizados e colados ( bolducs ) Tecidos Outros Entrançados em peça

19 Fls. 19 da Resolução CAMEX n o, de / / Outros TECIDOS DE FIOS DE METAL OU DE FIOS TÊXTEIS METALIZADOS DA POSIÇÃO 56.05, DOS TIPOS UTILIZADOS EM VESTUÁRIO, PARA GUARNIÇÃO DE INTERIORES OU USOS SEMELHANTES, NÃO ESPECIFICADOS NEM COMPREENDIDOS EM OUTRAS POSIÇÕES Bordados químicos ou aéreos e bordados com fundo recortado De algodão De fibras sintéticas ou artificiais De outras matérias têxteis ARTEFATOS TÊXTEIS MATELASSÊS EM PEÇA, CONSTITUÍDOS POR UMA OU VÁRIAS CAMADAS DE MATÉRIAS TÊXTEIS ASSOCIADAS A UMA MATÉRIA DE ENCHIMENTO (ESTOFAMENTO), ACOLCHOADOS POR QUALQUER PROCESSO, EXCETO OS BORDADOS DA POSIÇÃO Tecidos revestidos de cola ou de matérias amiláceas, dos tipos utilizados na encadernação, cartonagem ou usos semelhantes Outros Impregnadas, recobertas ou revestidas com borracha Outras De poliésteres Outras Com poli(cloreto de vinila) Com poliuretano Outros Linóleos Outros REVESTIMENTOS PARA PAREDES, DE MATÉRIAS TÊXTEIS Fitas adesivas de largura não superior a 20cm De malha Outros OUTROS TECIDOS IMPREGNADOS, REVESTIDOS OU RECOBERTOS; TELAS PINTADAS PARA CENÁRIOS TEATRAIS, PARA FUNDOS DE ESTÚDIO OU PARA USOS SEMELHANTES MECHAS DE MATÉRIAS TÊXTEIS, TECIDAS, ENTRANÇADAS OU TRICOTADAS, PARA CANDEEIROS, FOGAREIROS, ISQUEIROS, VELAS E SEMELHANTES; CAMISAS DE INCANDESCÊNCIA E TECIDOS TUBULARES TRICOTADOS PARA A SUA FABRICAÇÃO, MESMO IMPREGNADOS MANGUEIRAS E TUBOS SEMELHANTES, DE MATÉRIAS TÊXTEIS, MESMO COM REFORÇO OU ACESSÓ RIOS DE OUTRAS MATÉRIAS CORREIAS TRANSPORTADORAS OU DE TRANSMISSÃO, DE MATÉRIAS TÊXTEIS, MESMO IMPREGNADAS, REVESTIDAS OU RECOBERTAS, DE PLÁSTICO, OU ESTRATIFICADAS COM PLÁSTICO OU REFORÇADAS COM METAL OU COM OUTRAS MATÉRIAS Tecido s, feltros e tecidos forrados de feltro, combinados com uma ou mais camadas de borracha, couro ou de outras matérias, dos tipos utilizados na fabricação de guarnições de cardas, e produtos análogos para outros usos técnicos, incluídas as fitas de veludo, impregnadas de borracha, para recobrimento de cilindros de teares ("weaving beams") De matéria têxtil sintética ou artificial, em peça Outras De peso inferior a 650g/m² De peso igual ou superior a 650g/m² "Tecidos" filtrantes ("étreindelles") e tecidos espessos, compreendendo os de cabelo, dos tipos usados em prensas de óleo ou outros usos técnicos análogos Outros De algodão De fibras sintéticas ou artificiais De outras matérias têxteis De algodão De fibras sintéticas ou artificiais De outras matérias têxteis De algodão De fibras sintéticas ou artificiais De outras matérias têxteis De algodão De fibras sintéticas ou artificiais De outras matérias têxteis De algodão

20 Fls. 20 da Resolução CAMEX n o, de / / De fibras sintéticas ou artificiais De outras matérias têxteis De lã ou de pêlos finos De algodão De fibras sintéticas De fibras artificiais Outros De algodão De fibras sintéticas ou artificiais De outras matérias têxteis De algodão De fibras sintéticas ou artificiais De outras matérias têxteis De lã ou de pêlos finos Crus ou branqueados Tingidos Com fios de diversas cores Estampados Crus ou branqueados Tingidos Com fios de diversas cores Estampados Crus ou branqueados Tingidos Com fios de diversas cores Estampados Outros De lã ou de pêlos finos Crus ou branqueados Tingidos Com fios de diversas cores Estampados Crus ou branqueados Tingidos Com fios de diversas cores Estampados Crus ou branqueados Tingidos Com fios de diversas cores Estampados Outros De lã ou de pêlos finos De algodão De fibras sintéticas ou artificiais De outras matérias têxteis De lã ou de pêlos finos De algodão De fibras sintéticas ou artificiais De outras matérias têxteis De lã ou de pêlos finos De fibras sintéticas De outras matérias têxteis De lã ou de pêlos finos De algodão De fibras sintéticas De outras matérias têxteis De lã ou de pêlos finos De algodão De fibras sintéticas

ANEXO II NCM DESCRIÇÃO

ANEXO II NCM DESCRIÇÃO ANEXO II NCM DESCRIÇÃO 1001.90.90 Outros 3917.40.10 Dos tipos utilizados em linhas de sangue para hemodiálise 3917.40.90 Outros 3926.90.50 Acessórios dos tipos utilizados em linhas de sangue para hemodiálise,

Leia mais

Correspondência NCM X CNAE Classe 2.0 dos produtos desonerados pela Lei 12.546/11/2011 - art. 8º com as alterações da MP nº 563/2012.

Correspondência NCM X CNAE Classe 2.0 dos produtos desonerados pela Lei 12.546/11/2011 - art. 8º com as alterações da MP nº 563/2012. Correspondência NCM X CNAE 2.0 dos produtos desonerados pela Lei 12.546/11/2011 - art. 8º com as alterações da MP nº 563/2012. NCM 2007 DESCRIÇÃO NCM 2007 39262000 Vestuario e seus acessorios, de plasticos,

Leia mais

Capítulo 59. Tecidos impregnados, revestidos, recobertos ou estratificados; artigos para usos técnicos de matérias têxteis

Capítulo 59. Tecidos impregnados, revestidos, recobertos ou estratificados; artigos para usos técnicos de matérias têxteis Capítulo 59 Tecidos impregnados, revestidos, recobertos ou estratificados; artigos para usos técnicos de matérias têxteis Notas. 1. Ressalvadas as disposições em contrário, a designação tecidos, quando

Leia mais

REQUERIMENTO DE INFORMAÇÕES Nº, DE 2011.

REQUERIMENTO DE INFORMAÇÕES Nº, DE 2011. REQUERIMENTO DE INFORMAÇÕES Nº, DE 2011. (Do Sr. PEPE VARGAS) Solicita informações ao Sr. Ministro da Fazenda sobre a arrecadação dos impostos Federais do PIS e COFINS para o setor têxtil. Senhor Presidente:

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 33, DE 24 DE AGOSTO DE 2010

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 33, DE 24 DE AGOSTO DE 2010 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 33, DE 24 DE AGOSTO DE 2010 Publicada no DOE em 30/08/2010 Altera o Anexo Único da Instrução Normativa nº 35, de 26 de dezembro de 2006, que explicita procedimentos referentes às

Leia mais

Colocamos a disposição para melhor orientação a tabela do IPI, onde você irá encontrar as Nomenclaturas referidas de acordo com o seu produto.

Colocamos a disposição para melhor orientação a tabela do IPI, onde você irá encontrar as Nomenclaturas referidas de acordo com o seu produto. Colocamos a disposição para melhor orientação a tabela do IPI, onde você irá encontrar as Nomenclaturas referidas de acordo com o seu produto. Observe que para as Indústrias de Confecções que trabalham

Leia mais

Por fim, foi revogada a Instrução Normativa nº 35/2006 que tratava sobre o mesmo assunto.

Por fim, foi revogada a Instrução Normativa nº 35/2006 que tratava sobre o mesmo assunto. CE - ICMS - Substituição tributária - Tecidos e os produtos de aviamento - Disposições Por meio da IN nº 34/2011 foram determinados os procedimentos referentes às operações sujeitas ao regime de substituição

Leia mais

Publicada no DOE em 18/10/2011 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 34/2011

Publicada no DOE em 18/10/2011 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 34/2011 Publicada no DOE em 18/10/2011 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 34/2011 Explicita procedimentos referentes às operações realizadas ao abrigo do Decreto nº 28.443, de 31 de outubro de 2006, que trata do regime de

Leia mais

Capítulo 73. Obras de ferro fundido, ferro ou aço

Capítulo 73. Obras de ferro fundido, ferro ou aço Capítulo 73 Obras de ferro fundido, ferro ou aço Notas. 1. Neste Capítulo, consideram-se de ferro fundido os produtos obtidos por moldação nos quais o ferro predomina em peso sobre cada um dos outros elementos,

Leia mais

Capítulo 73. Obras de ferro fundido, ferro ou aço

Capítulo 73. Obras de ferro fundido, ferro ou aço Capítulo 73 Obras de ferro fundido, ferro ou aço Notas. 1.- Neste Capítulo, consideram-se de ferro fundido os produtos obtidos por moldação nos quais o ferro predomina em peso sobre cada um dos outros

Leia mais

ADEQUAÇÃO DA TARIFA EXTERNA COMUM

ADEQUAÇÃO DA TARIFA EXTERNA COMUM MERCOSUL/CCM/DIR. Nº 07/95 ADEQUAÇÃO DA TARIFA EXTERNA COMUM TENDO EM VISTA: as Decisões Nº 9/94 e 22/94 do Conselho do Mercado Comum e a Recomendação Nº 4/95 do Comitê Técnico Nº 1 - Tarifas, Nomenclatura

Leia mais

Capítulo 76 Alumínio e suas obras

Capítulo 76 Alumínio e suas obras Nota. Capítulo 76 Alumínio e suas obras 1.- Neste Capítulo consideram-se: a) Barras: os produtos laminados, extrudados, estirados ou forjados, não enrolados, cuja seção transversal, maciça e constante

Leia mais

Conselho Abit e Sinditêxtil SP Premiére Vision São Paulo. São Paulo, 21 de janeiro de 2014

Conselho Abit e Sinditêxtil SP Premiére Vision São Paulo. São Paulo, 21 de janeiro de 2014 Conselho Abit e Sinditêxtil SP Premiére Vision São Paulo São Paulo, 21 de janeiro de 2014 ECONOMIA PRODUÇÃO, VAREJO E IMPORTAÇÕES NO BRASIL EVOLUÇÃO NA QUANTIDADE EM COMPARAÇÃO AO PERÍODO ANTERIOR 39,3

Leia mais

DIREITOS ADUANEIROS SADC IMP CONS CÓDIGO DO S.H. N.º DE POSIÇÃO DESIGNAÇÃO DAS MERCADORIAS UNIDADE C. IVA TAXA GERAL. Ad. Valorem.

DIREITOS ADUANEIROS SADC IMP CONS CÓDIGO DO S.H. N.º DE POSIÇÃO DESIGNAÇÃO DAS MERCADORIAS UNIDADE C. IVA TAXA GERAL. Ad. Valorem. N.º DE POSIÇÃO CÓDIGO DO S.H. DESIGNAÇÃO DAS MERCADORIAS UNIDADE C. TAXA GERAL DIREITOS ADUANEIROS SADC RSA OUTROS M. CAT. Taxa CAT. Taxa UE IMP CONS Ad. Valorem Valor Minimo IVA 73.01 Estacaspranchas

Leia mais

Capítulo 68. Obras de pedra, gesso, cimento, amianto, mica ou de matérias semelhantes

Capítulo 68. Obras de pedra, gesso, cimento, amianto, mica ou de matérias semelhantes Capítulo 68 Obras de pedra, gesso, cimento, amianto, mica ou de matérias semelhantes Notas. 1.- O presente Capítulo não compreende: a) os produtos do Capítulo 25; b) o papel e cartão revestidos, impregnados

Leia mais

De superfície não superior a 0,3m2

De superfície não superior a 0,3m2 NCM Descrição 5 7 0 1. 1 0. 11 Feitos à mão 5 701 12 10 Feitos à máquina 5 701 20 10 De pêlos finos 5701.90.00 -De outras matérias têxteis 5702.10.00 -Tapetes denominados "Kelim" ou "Kilim", "Schumacks"

Leia mais

SECRETARÍA DEL MERCOSUR RESOLUCIÓN GMC Nº 26/01 ARTÍCULO 10 FE DE ERRATAS ORIGINAL

SECRETARÍA DEL MERCOSUR RESOLUCIÓN GMC Nº 26/01 ARTÍCULO 10 FE DE ERRATAS ORIGINAL MERCOSUL/GMC/RES N 51/02 MODIFICAÇÃO DA NOMENCLATURA COMUM DO MERCOSUL E SUA CORRESPONDENTE TARIFA EXTERNA COMUM TENDO EM VISTA: O Tratado de Assunção, o Protocolo de Ouro Preto e as Decisões N 7/94 e

Leia mais

Portaria CAT 72, de 19-07-2013

Portaria CAT 72, de 19-07-2013 Portaria CAT 72, de 19-07-2013 Estabelece a base de cálculo na saída das mercadorias que especifica, com destino a revendedores que atuam no segmento de vendas a consumidor final pelo sistema porta-aporta.

Leia mais

CAMEX - Câmara de Comércio Exterior

CAMEX - Câmara de Comércio Exterior CAMEX - Legislação- Resolução /13 Page 1 of 9 26/02/13 Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior CAMEX - Câmara de Comércio Exterior RETIFICAÇÃO (Publicada no D.O.U. de 22/02/13) Na

Leia mais

PORTUGAL GREECE Trade Balance

PORTUGAL GREECE Trade Balance PORTUGAL GREECE Trade Balance March 2013 TRADE BALANCE PORTUGAL GREECE IMPORTS (CIF) Annual Variation % EXPORTS (FOB) Annual Variation % 10³ Euros BALANCE 2003 81.998 121.881 39.883 2004 76.487-6,72 126.685

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO REDUÇÃO BASE CÁLCULO DO IMPOSTO/CLASSIFICAÇÃO FISCAL PRODUTOS TÊXTEIS

BOLETIM INFORMATIVO REDUÇÃO BASE CÁLCULO DO IMPOSTO/CLASSIFICAÇÃO FISCAL PRODUTOS TÊXTEIS BOLETIM INFORMATIVO REDUÇÃO BASE CÁLCULO DO IMPOSTO/CLASSIFICAÇÃO FISCAL PRODUTOS TÊXTEIS Estamos informando aos nossos clientes, que tomem o máximo de cuidado ao informar a classificação do produto NCM

Leia mais

Capítulo 62 Vestuário e seus acessórios, exceto de malha

Capítulo 62 Vestuário e seus acessórios, exceto de malha Capítulo 62 Vestuário e seus acessórios, exceto de malha Notas. 1.- O presente Capítulo compreende apenas os artefatos confeccionados de qualquer matéria têxtil, com exclusão das pastas ("ouates") e dos

Leia mais

Capítulo 76. Alumínio e suas obras

Capítulo 76. Alumínio e suas obras Capítulo 76 Alumínio e suas obras Nota. 1. Neste Capítulo consideram-se: a) Barras: os produtos laminados, extrudados, estirados ou forjados, não enrolados, cuja seção transversal, maciça e constante em

Leia mais

Capítulo 70. Vidro e suas obras

Capítulo 70. Vidro e suas obras Capítulo 70 Vidro e suas obras Notas. 1.- O presente Capítulo não compreende: a) os artigos da posição 32.07 (por exemplo: composições vitrificáveis, fritas de vidro e outros vidros em pó, grânulos, lamelas

Leia mais

DITAMES DE CLASSIFICAÇÃO TARIFÁRIA

DITAMES DE CLASSIFICAÇÃO TARIFÁRIA MERCOSUL/CCM/DIR Nº 12/98 DITAMES DE CLASSIFICAÇÃO TARIFÁRIA TENDO EM VISTA: O Tratado de Assunção, o Protocolo de Ouro Preto, a Decisão Nº 26/94 do Conselho do Mercado Comum e a Recomendação Nº 16/98

Leia mais

DECRETO Nº 7.660, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2011

DECRETO Nº 7.660, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2011 DECRETO Nº 7.660, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2011 Aprova a Tabela de Incidência do Imposto sobre Produtos Industrializados - TIPI. A PRESIDENTA DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, inciso

Leia mais

Capítulo 70 Vidro e suas obras

Capítulo 70 Vidro e suas obras Notas. Capítulo 70 Vidro e suas obras 1.- O presente Capítulo não compreende: a) os artigos da posição 32.07 (por exemplo: composições vitrificáveis, fritas de vidro e outros vidros em pó, grânulos, lamelas

Leia mais

ANEXO 1. Critérios de origem das mercadorias de Macau que beneficiam de tarifas preferenciais do comércio de mercadorias para o ano de 2006 (I)

ANEXO 1. Critérios de origem das mercadorias de Macau que beneficiam de tarifas preferenciais do comércio de mercadorias para o ano de 2006 (I) ANEXO 1 Critérios origem das mercadorias Macau que beneficiam tarifas preferenciais do comércio mercadorias para o ano 2006 (I) Número Critérios origem 1 04100010 Ninhos andorinhas (a)tratamento molhagem

Leia mais

DESONERAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO ALTERAÇÕES FEITAS PELA MEDIDA PROVISÓRIA Nº 601/2012

DESONERAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO ALTERAÇÕES FEITAS PELA MEDIDA PROVISÓRIA Nº 601/2012 CIRCULAR Nº 01/2013 São Paulo, 02 de Janeiro de 2013. DESONERAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO ALTERAÇÕES FEITAS PELA MEDIDA PROVISÓRIA Nº 601/2012 Prezado Cliente, No dia 28/12/2012, foi publicada a Medida Provisória

Leia mais

Gênero do NCM. 03 - Peixes, Crustaceos, Moluscos e outros invertebrados Aquaticos

Gênero do NCM. 03 - Peixes, Crustaceos, Moluscos e outros invertebrados Aquaticos 01 - Animais Vivos Gênero do NCM 02 - Carnes e miudezas 03 - Peixes, Crustaceos, Moluscos e outros invertebrados Aquaticos 04 - Produtos Comestiveis de origem animal 05 - Outros Produtos de Origem Animal

Leia mais

ISOLANTES TÉRMICOS. Isolantes Térmicos e Refratários LTDA. catalogofinal25.05.indd 1 25/5/2010 12:56:00

ISOLANTES TÉRMICOS. Isolantes Térmicos e Refratários LTDA. catalogofinal25.05.indd 1 25/5/2010 12:56:00 ISOLANTES TÉRMICOS Isolantes Térmicos e Refratários LTDA. catalogofinal25.05.indd 1 25/5/2010 12:56:00 catalogofinal25.05.indd 2 25/5/2010 12:56:01 ÍNDICE Apresentação 5 Tecido de fibra de vidro 6 Fio

Leia mais

ArcelorMittal Brasil S.A- % Carga Tributária aproximada dos produtos por NCM

ArcelorMittal Brasil S.A- % Carga Tributária aproximada dos produtos por NCM ArcelorMittal Brasil S.A- % Carga Tributária aproximada dos produtos por NCM NCM Descrição NCM % Carga Tributária Produto 0602 Outras plantas vivas (incluindo as suas raízes), estacas e enxertos; micélios

Leia mais

Diretoria de Pesquisas COIND. Índice de Preços ao Produtor

Diretoria de Pesquisas COIND. Índice de Preços ao Produtor Diretoria de Pesquisas COIND Índice de Preços ao Produtor Índice de Preços ao Produtor Indústrias de Transformação Resultados Agosto 2012 Principais Indicadores Indústrias de Transformação JUN JUL AGO

Leia mais

03037900 Outros 03037900 "Jurel" e "tojo" C3.g 03037900 Exceto "jurel" e "tojo" B3

03037900 Outros 03037900 Jurel e tojo C3.g 03037900 Exceto jurel e tojo B3 ACORDO MERCOSUL - PERU ANEXO II-B - PROGRAMA DE LIBERALIZAÇÃO COMERCIAL Apêndice VII Desgravação da República do Paraguai à República do Peru com dois ou mais cronogramas aplicáveis a cada item NALADI/SH

Leia mais

ANEXO. Regulamento Delegado da Comissão

ANEXO. Regulamento Delegado da Comissão COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 28.7.2015 C(2015) 5195 final ANNEX 1 PART 2/3 ANEXO do Regulamento Delegado da Comissão que complementa o Regulamento (UE) n.º 952/2013 do Parlamento Europeu e do Conselho com

Leia mais

RADAR COMERCIAL Análise do Mercado de Luxemburgo. 1 Panorama do País

RADAR COMERCIAL Análise do Mercado de Luxemburgo. 1 Panorama do País Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior - MDIC Secretaria de Comércio Exterior SECEX Departamento de Planejamento e Desenvolvimento do Comércio Exterior DEPLA Coordenação Geral de

Leia mais

Capítulo 54. Filamentos sintéticos ou artificiais; lâminas e formas semelhantes de matérias têxteis sintéticas ou artificiais

Capítulo 54. Filamentos sintéticos ou artificiais; lâminas e formas semelhantes de matérias têxteis sintéticas ou artificiais Capítulo 54 Filamentos sintéticos ou artificiais; lâminas e formas semelhantes de matérias têxteis sintéticas ou artificiais Notas. 1.- Na Nomenclatura, a expressão fibras sintéticas ou artificiais refere-se

Leia mais

COBRE EXTRA COBRE MISTO

COBRE EXTRA COBRE MISTO #1 cobre COBRE EXTRA Cabos, fios grossos, barras chatas, fio trolley sem liga, limpas e vermelhas. Todo esse material devem ter no mínimo 1,65 mm de espessura e devem ser absolutamente vermelhos. Todos

Leia mais

KIT Nº 14 KIT Nº 2 0.905

KIT Nº 14 KIT Nº 2 0.905 KIT Nº 1 KIT Nº 2 01 Bandeja Grande Ref.0.2823 01 Rolo de Espuma Pop 23 cm Ref.0.13 com cabo Ref. 0.2072 01 Rolo de Espuma Pop 09 cm com cabo Ref. 0.1109. 01 Rolo de Espuma Pop 05 cm c/ cabo Ref. 0.1105

Leia mais

DITAMES DE CLASSIFICAÇÃO TARIFÁRIA N 001/00 a N 007/00

DITAMES DE CLASSIFICAÇÃO TARIFÁRIA N 001/00 a N 007/00 MERCOSUL/CCM/DIR Nº 7/00 DITAMES DE CLASSIFICAÇÃO TARIFÁRIA N 001/00 a N 007/00 TENDO EM VISTA: O Tratado de Assunção, o Protocolo de Ouro Preto, a Decisão Nº 26/94 do Conselho do Mercado Comum e a Recomendação

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO. ICMS/SP - Redução da base de cálculo - Produtos têxteis e confecções - Roteiro de

BOLETIM INFORMATIVO. ICMS/SP - Redução da base de cálculo - Produtos têxteis e confecções - Roteiro de BOLETIM INFORMATIVO ICMS/SP - Redução da base de cálculo - Produtos têxteis e confecções - Roteiro de Procedimentos A legislação paulista atribui tratamento fiscal diferenciado às operações com alguns

Leia mais

Ministério da Ciência e Tecnologia Secretaria de Política de Informática e Automação. Regime de Origem do Acordo Mercosul-Chile

Ministério da Ciência e Tecnologia Secretaria de Política de Informática e Automação. Regime de Origem do Acordo Mercosul-Chile Ministério da Ciência e Tecnologia Secretaria de Política de Informática e Automação Regime de Origem do Acordo Mercosul-Chile APÊNDICE 4 DO ANEXO 13 DO ACE - 35 REGIME DE ORIGEM PARA O SETOR DE INFORMÁTICA

Leia mais

Desenho e Projeto de Tubulação Industrial

Desenho e Projeto de Tubulação Industrial Desenho e Projeto de Tubulação Industrial Módulo IV Aula 04 Isolamento térmico AQUECIMENTO DE TUBULAÇÕES Motivos Manter em condições de escoamento líquidos de alta viscosidade ou materiais que sejam sólidos

Leia mais

Capítulo 56. Pastas ("ouates"), feltros e falsos tecidos; fios especiais; cordéis, cordas e cabos; artigos de cordoaria

Capítulo 56. Pastas (ouates), feltros e falsos tecidos; fios especiais; cordéis, cordas e cabos; artigos de cordoaria Capítulo 56 Pastas ("ouates"), feltros e falsos tecidos; fios especiais; cordéis, cordas e cabos; artigos de cordoaria Notas. 1. O presente capítulo não compreende: a) as pastas ("ouates"), feltros e falsos

Leia mais

ANEXO 13 REGIME DE ORIGEM. Artigo 1º

ANEXO 13 REGIME DE ORIGEM. Artigo 1º ANEXO 13 REGIME DE ORIGEM Artigo 1º O presente Anexo estabelece as normas de origem aplicáveis ao intercâmbio de mercadorias entre as Partes Contratantes, para os efeitos de: 1. Qualificação e determinação

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL-INMETRO

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL-INMETRO MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL-INMETRO Portaria n.º 33,de 22 de janeiro de 2004. O PRESIDENTE

Leia mais

Dados gerais referentes às empresas do setor industrial, por grupo de atividades - 2005

Dados gerais referentes às empresas do setor industrial, por grupo de atividades - 2005 Total... 147 358 6 443 364 1 255 903 923 1 233 256 750 157 359 927 105 804 733 1 192 717 909 681 401 937 511 315 972 C Indústrias extrativas... 3 019 126 018 38 315 470 32 463 760 4 145 236 2 657 977 35

Leia mais

RADAR COMERCIAL Análise do Mercado da Croácia

RADAR COMERCIAL Análise do Mercado da Croácia Secretaria de Comércio Exterior SECEX - MDIC Departamento de Planejamento e Desenvolvimento do Comércio Exterior DEPLA Coordenação Geral de Produção Estatística CGPE RADAR COMERCIAL A Croácia foi a sexagésima

Leia mais

SUPORTES DE SOLO SUPORTE DE SOLO PARA EXTINTOR EM ALUMINIO POLIDO MODELO AP E PQS

SUPORTES DE SOLO SUPORTE DE SOLO PARA EXTINTOR EM ALUMINIO POLIDO MODELO AP E PQS CATALO DE PRODUTOS SUPORTES DE SOLO SUPORTE DE SOLO PARA EXTINTOR EM ALUMINIO POLIDO MODELO AP E PQS SUPORTE DE SOLO PARA EXTINTOR EM ALUMINIO E PINTURA EPOXI VERMELHO MODELO AP E PQS Aba na base que impede

Leia mais

Capítulo 55. Fibras sintéticas ou artificiais, descontínuas

Capítulo 55. Fibras sintéticas ou artificiais, descontínuas Capítulo 55 Fibras sintéticas ou artificiais, descontínuas Nota. 1.- Na acepção das posições 55.01 e 55.02, consideram-se cabos de filamentos sintéticos ou artificiais os cabos constituídos por um conjunto

Leia mais

Presença da TEXIGLASS no mundo

Presença da TEXIGLASS no mundo Presença da TEXIGLASS no mundo 2 O que são os PLÁSTICOS? São polímeros que apresentam Baixa resistência à tração Baixa resistência à flexão Baixa resistência à compressão O que fazem as FIBRAS? Aumentam

Leia mais

Podemos filtrar ou separar para aproveitar tanto a parte líquida quanto a parte sólida.

Podemos filtrar ou separar para aproveitar tanto a parte líquida quanto a parte sólida. 1. FILTRAGEM 1/6 É o processo que tem como objetivo de separar mecanicamente sólidos de líquidos ou gases. Quando a separação se faz por meio de coalescência ou centrifugação, dizemos que se trata apenas

Leia mais

Processo de Forjamento

Processo de Forjamento Processo de Forjamento Histórico A conformação foi o primeiro método para a obtenção de formas úteis. Fabricação artesanal de espadas por martelamento (forjamento). Histórico Observava-se que as lâminas

Leia mais

Fundição em Moldes Metálicos Permanentes por Gravidade.

Fundição em Moldes Metálicos Permanentes por Gravidade. Aula 10: Processos de Fundição em Moldes Metálicos por Gravidade (Coquilhas) 01: Introdução - Características do processo - Etapas envolvidas. - Fatores econômicos e tecnológicos - Ligas emprwegadas 02:

Leia mais

A seguir, sugerimos algumas formas de acondicionamento por tipo de material a ser enviado.

A seguir, sugerimos algumas formas de acondicionamento por tipo de material a ser enviado. Acondicionamento Para o cliente que deseja enviar um objeto via Correios, o correto acondicionamento dos objetos é muito importante para assegurar que as remessas cheguem bem a seus destinos. Recomenda-se

Leia mais

Capítulo 55. Fibras sintéticas ou artificiais, descontínuas

Capítulo 55. Fibras sintéticas ou artificiais, descontínuas Capítulo 55 Fibras sintéticas ou artificiais, descontínuas Nota. 1. Na acepção das posições 55.01 e 55.02, consideram-se cabos de filamentos sintéticos ou artificiais os cabos constituídos por um conjunto

Leia mais

MVA ALÍQUOTA INTERNA ORIGINAL ITEM DESCRIÇÃO NCM/SH 3917.10.10 17,00% 33,00% 41,01% 53,83%

MVA ALÍQUOTA INTERNA ORIGINAL ITEM DESCRIÇÃO NCM/SH 3917.10.10 17,00% 33,00% 41,01% 53,83% Abrangência: operações interestaduais originadas do Estado de São Paulo e destinadas ao Estado de Goiás. Produtos: materiais de construção, acabamento, bricolagem ou adorno. Conteúdo: acordos de substituição

Leia mais

Linha Telecom m Teleco

Linha Telecom m Teleco Linha Telecom Telecom Linha Telecom Esteiras para telecomunicações... 93 Sistema para condução e distribuição do cabeamento, constituído de barra chata de aço carbono, muito utilizado como solução no cabeamento

Leia mais

Não compreendo civilização sem papel. Ele se presta aos mais tristes e ignóbeis fins, mas isso não lhe macula a honra intrínseca.

Não compreendo civilização sem papel. Ele se presta aos mais tristes e ignóbeis fins, mas isso não lhe macula a honra intrínseca. Não compreendo civilização sem papel. Ele se presta aos mais tristes e ignóbeis fins, mas isso não lhe macula a honra intrínseca. Carlos Drummond de Andrade ORIGENS SUPORTE Antes do papel, o suporte da

Leia mais

RESOLUÇÃO SMAC nº 577 de 02 de dezembro de 2014*

RESOLUÇÃO SMAC nº 577 de 02 de dezembro de 2014* RESOLUÇÃO SMAC nº 577 de 02 de dezembro de 2014* Estabelece parâmetros para o Licenciamento Ambiental das atividades de comércio atacadista e de confecção e fabricação de produtos têxteis. O SECRETÁRIO

Leia mais

Vigência Unidade. (b) (c) (d) (e) (f) (f') (g) (h) (i) (j) (k) (l) (m) (n) (o) 04/06/2013 Pregão Eletrônico: 18/2013

Vigência Unidade. (b) (c) (d) (e) (f) (f') (g) (h) (i) (j) (k) (l) (m) (n) (o) 04/06/2013 Pregão Eletrônico: 18/2013 Nº (a) Órgão Gerenciador da Ata Objeto MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO PARÁ COMISSÃO DE ACOMPANHAMENTO DE CONTRATOS E CONVÊNIOS Data da Publicação ATA DE REGISTRO DE PREÇOS - ENCERRADAS JUNHO/2014 Nº do

Leia mais

Compósitos. Os materiais compostos são formados apenas por duas fases: MATRIZ, que é contínua e envolve a outra fase, denominada FASE DISPERSA,

Compósitos. Os materiais compostos são formados apenas por duas fases: MATRIZ, que é contínua e envolve a outra fase, denominada FASE DISPERSA, Os materiais compostos são formados apenas por duas fases: MATRIZ, que é contínua e envolve a outra fase, denominada FASE DISPERSA, As propriedades são obtidas através da quantidade, da geometria da fase

Leia mais

CARROS DE MÃO. Compre Produtos Certificados. Na Equipleva todos os equipamentos cumprem com as diretivas da CE.

CARROS DE MÃO. Compre Produtos Certificados. Na Equipleva todos os equipamentos cumprem com as diretivas da CE. Carros de Mão Carros Ligeiros com Plataforma Carros para Cargas Médias/Elevadas Carros Armário com e sem Prateleiras Carros com Banca de Trabalho Carros de Apoio à Industria Carros de Reboque Carros para

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR SECRETARIA DO DESENVOLVIMENTO DA PRODUÇÃO CONSULTA PÚBLICA Nº 04, DE 04 DE MARÇO DE 2015.

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR SECRETARIA DO DESENVOLVIMENTO DA PRODUÇÃO CONSULTA PÚBLICA Nº 04, DE 04 DE MARÇO DE 2015. MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR SECRETARIA DO DESENVOLVIMENTO DA PRODUÇÃO CONSULTA PÚBLICA Nº 04, DE 04 DE MARÇO DE 2015. O Secretário do Desenvolvimento da Produção do Ministério

Leia mais

INSTALAÇÕES HIDRO-SANITÁRIAS

INSTALAÇÕES HIDRO-SANITÁRIAS INSTALAÇÕES HIDRO-SANITÁRIAS Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 8º Período Turma C01 Disc. Construção Civil II ÁGUA QUENTE 1 UTILIZAÇÃO Banho Especiais Cozinha Lavanderia INSTALAÇÕES

Leia mais

Normas Atendidas. Tubos de aço carbono, sem costura, trefilados a frio, para permutadores de calor ou condensadores.

Normas Atendidas. Tubos de aço carbono, sem costura, trefilados a frio, para permutadores de calor ou condensadores. 4 Empresa Certificada ISO 9001 Distribuição de Tubos em Aço Carbono Tubos sem Costura Tubos de aço sem costura são utilizados em aplicações como cilindros hidráulicos, componentes de transmissão, oleodutos,

Leia mais

MATERIAIS BÁSICOS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

MATERIAIS BÁSICOS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS IFSC- JOINVILLE SANTA CATARINA DISCIPLINA DESENHO TÉCNICO CURSO ELETRO-ELETRÔNICA MATERIAIS BÁSICOS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS 2011.2 Prof. Roberto Sales. MATERIAIS BÁSICOS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS A

Leia mais

Descritivo Técnico - Mòveis Linha Home

Descritivo Técnico - Mòveis Linha Home Descritivo Técnico - Mòveis Linha Home Produto Código Descrição ARS 01 BD 01 BD 02 Suporte de descanço de braço Braçadeira de apoio de piso para suporte de braço e aplicação de injeção. Altura regulável

Leia mais

ANEXO 3 AO COMUNICADO: SÃO PAULO E SANTA CATARINA ALTERAÇÃO DE ACORDO DE ST.

ANEXO 3 AO COMUNICADO: SÃO PAULO E SANTA CATARINA ALTERAÇÃO DE ACORDO DE ST. ANEXO 3 AO COMUNICADO: SÃO PAULO E SANTA CATARINA ALTERAÇÃO DE ACORDO DE ST. Abrangência: operações interestaduais originadas do Estado de São Paulo e destinadas ao Estado de Santa Catarina. Produto: eletrônicos,

Leia mais

Dictámenes de Classificação Tarifária

Dictámenes de Classificação Tarifária MERCOSUL\CCM\DIR Nº 9/96 VISTO Dictámenes de Classificação Tarifária O Protocolo de Ouro Preto, a Decisão Nº 26/94 do Conselho Mercado Comum e a Recomendação Nº 06/96 do Comitê Técnico Nº1 - Tarifa, Nomenclatura

Leia mais

tecidos e Fitas Técnicas Aramtex Termoflex 610 e Termoflex HT Termovid 910N, 1000 e 1600 TC 600S e TC 600RT Termoceram 920 e 930 Termovid 901 e 951

tecidos e Fitas Técnicas Aramtex Termoflex 610 e Termoflex HT Termovid 910N, 1000 e 1600 TC 600S e TC 600RT Termoceram 920 e 930 Termovid 901 e 951 Tecidos e Fitas Técnicas tecidos Aramtex AR 443ACE Aramtex AR 580T, AR 580S e AR 580RT Termoflex 610 e Termoflex HT Termovid 910N, 1000 e 1600 ThermoCarbon TC 600S e TC 600RT Termoceram 1200 e 1600 Os

Leia mais

CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA SOBRE A RECEITA

CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA SOBRE A RECEITA CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA SOBRE A RECEITA SRRF 6ª REGIÃO FISCAL Divisão de Tributação Elaboração: Marcelo Almeida SUPERINTENDÊNCIA DA RECEITA FEDERAL EM MINAS GERAIS ABORDAGEM DO TEMA - Aspectos constitucionais

Leia mais

FILTROS PARA CABINA DE PINTURA

FILTROS PARA CABINA DE PINTURA FILTROS PARA CABINA DE PINTURA A Filtrax do Brasil é fabricante de todos os tipos de Filtros aplicados em cabinas de pintura, temos Filtros manta sintética, Filtros manta de fibra de vidro, Filtros de

Leia mais

Tubos são condutos fechados, destinados ao transporte de fluidos.

Tubos são condutos fechados, destinados ao transporte de fluidos. Tubulações Tubos são condutos fechados, destinados ao transporte de fluidos. Tubulação é conjunto de tubos e seus diversos acessórios(curvas, tês, reduções, flanges, luvas, junta de expansão, válvulas,

Leia mais

Referência na fabricação de lençóis de borracha com altíssima resistência ao desgaste CATÁLOGO

Referência na fabricação de lençóis de borracha com altíssima resistência ao desgaste CATÁLOGO Referência na fabricação de lençóis de borracha com altíssima resistência ao desgaste CATÁLOGO A Pang do Brasil é uma empresa com 36 anos de experiência na fabricação de peças para revestimento em borracha.

Leia mais

vendas1@juntasamf.com.br

vendas1@juntasamf.com.br À Sr( a) Ref.: Apresentação para Cadastro de Fornecedor Prezados Senhores, Vimos através desta, apresentar a Juntas AMF Ind. e Com. de Peças Ltda., uma empresa que já se tornou referencia no mercado de

Leia mais

ANEXO 4 AO COMUNICADO: ACORDOS DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA SÃO PAULO E RIO DE JANEIRO

ANEXO 4 AO COMUNICADO: ACORDOS DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA SÃO PAULO E RIO DE JANEIRO ANEXO 4 AO COMUNICADO: ACORDOS DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA SÃO PAULO E RIO DE JANEIRO Abrangência: operações interestaduais originadas do estado do Rio de Janeiro e destinadas ao estado de São Paulo. Produto:

Leia mais

ANEXO V MÓDULOS AUDITÓRIO. 1600,00 mm. 400,00 mm. 725,00 mm VISTA FRONTAL VISTA LATERAL. 700,00 mm VISTA SUPERIOR

ANEXO V MÓDULOS AUDITÓRIO. 1600,00 mm. 400,00 mm. 725,00 mm VISTA FRONTAL VISTA LATERAL. 700,00 mm VISTA SUPERIOR ANEXO V 1600,00 mm 200,00 mm 490,00 mm 400,00 mm 725,00 mm VISTA FRONTAL 580,00 mm VISTA LATERAL MÓDULOS AUDITÓRIO 700,00 mm 03 - Mesas em MDF texturizado estrutura em MDF Cinza Cristal 2 faces de 15mm

Leia mais

TINTAS E DROGARIA. Produtos de Limpeza e Conservação ARTIGOS DIVERSOS DE DROGARIA CATÁLOGO ARMAZENS REIS WWW.ARMAZENSREIS.PT

TINTAS E DROGARIA. Produtos de Limpeza e Conservação ARTIGOS DIVERSOS DE DROGARIA CATÁLOGO ARMAZENS REIS WWW.ARMAZENSREIS.PT CATÁLOGO ARMAZENS REIS WWW.ARMAZENSREIS.PT ARTIGOS DIVERSOS DE DROGARIA Morada: E.N. 2 km 10 Mamodeiro, 3810728 Aveiro Telefone: (+1) 234 941 194 55 Email: geral@armazensreis.pt = 55 ÁLCOOL Classe de compostos

Leia mais

Sumário. BAG TÊINER OXIGEN Dispositivo de prevenção para contêiner. BERMS OXIGEN Bacia de contenção para ações rápidas

Sumário. BAG TÊINER OXIGEN Dispositivo de prevenção para contêiner. BERMS OXIGEN Bacia de contenção para ações rápidas Sumário BCP OXIGEN Bacia de contenção de papelão 03 ECOTÊINER DE INTERIOR OXIGEN Dispositivo de prevenção de vazamentos para transporte em contêineres marítimos BAG TÊINER OXIGEN Dispositivo de prevenção

Leia mais

Marca Unid Quant PANGUE UNID 5

Marca Unid Quant PANGUE UNID 5 Item 2 4 5 Especificação Antena esportiva oficial para voleibol modelo aferida ou seja, aprovada e federação paulista de voleibol (FPV) e ou confederação brasileira de voleibol (CBV), para jogos competitivos,

Leia mais

PROJETO EXECUTIVO MEMORIAL DESCRITIVO

PROJETO EXECUTIVO MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO EXECUTIVO MEMORIAL DESCRITIVO DAS INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS DO RESTAURANTE E VESTIÁRIOS Rev. 0: 09/01/13 1. INTRODUÇÃO Este memorial visa descrever os serviços e especificar os materiais do projeto

Leia mais

Catálogo de produtos

Catálogo de produtos Catálogo de produtos Escovas Cilíndricas As escovas cilíndricas SUISSA são usadas em diversos tipos de máquinas, algumas de suas aplicações são nas varredeiras industriais de pisos, nos equipamentos de

Leia mais

ALTERAÇÕES PROMOVIDAS NA TABELA TIPI

ALTERAÇÕES PROMOVIDAS NA TABELA TIPI CIRCULAR Nº 32/216 São Paulo, 18 de Outubro de 216. Prezado Cliente, ALTERAÇÕES PROMOVIDAS NA TABELA TIPI No dia 11 de Outubro de 216, foram promovidas diversas alterações na Tabela de Incidência do Imposto

Leia mais

CONJUNTOS DE FACAS DE AR WINDJET

CONJUNTOS DE FACAS DE AR WINDJET CONJUNTOS DE FACAS WINDJET CONJUNTO DE FACAS WINDJET SOPRADORES CONJUNTOS DE FACAS WINDJET SUMÁRIO Página Visão geral dos pacotes de facas de ar Windjet 4 Soprador Regenerativo 4 Facas de ar Windjet 4

Leia mais

Entretelas Coats Corrente

Entretelas Coats Corrente Entretelas Coats Corrente Introdução às Entretelas - O que é uma entretela? Entretela é um material aplicado em certas partes das roupas confeccionadas, com a função de encorpar e estruturar a peça, oferecendo-lhe

Leia mais

Outros materiais que merecem atenção do marceneiro. Introdução

Outros materiais que merecem atenção do marceneiro. Introdução Introdução Existem diversos materiais utilizados pela marcenaria na composição do móvel ou ambiente. Por exemplo os vidros, chapas metálicas, tecidos e etc. O mercado fornecedor da cadeia moveleira lança

Leia mais

Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso do Sul Sistema Cofen/Conselhos Regionais - Autarquia Federal criada pela Lei Nº 5.

Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso do Sul Sistema Cofen/Conselhos Regionais - Autarquia Federal criada pela Lei Nº 5. COTAÇÃO DE PREÇO PROCESSO Nº. 349/15 NOME DA EMPRESA: DATA: 1. OBJETO Aquisição de materiais de limpeza e higiene para atender as necessidades do Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso do Sul conforme

Leia mais

Introdução ao Projeto de Placas de Circuito Impresso

Introdução ao Projeto de Placas de Circuito Impresso Objetivo: Introdução ao Projeto de Placas de Circuito Impresso Prof. Stefano Apresentar algumas considerações iniciais para permitir ao estudante se familiarizar com a placa de circuito impresso (PCI),

Leia mais

AQUISIÇÃO DE PLACAS DE SINALIZAÇÃO E EXTINTORES DE INCÊNDIO (PB-SBRH-002-2014)

AQUISIÇÃO DE PLACAS DE SINALIZAÇÃO E EXTINTORES DE INCÊNDIO (PB-SBRH-002-2014) ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA AQUISIÇÃO DE PLACAS DE SINALIZAÇÃO E EXTINTORES DE INCÊNDIO (PB-SBRH-002-2014) Maio 2014 Caderno de Especificações Técnicas Segurança do Trabalho de Sobradinho 1/19 ESPECIFICAÇÃO

Leia mais

CORTE DOS METAIS. Prof.Valmir Gonçalves Carriço Página 1

CORTE DOS METAIS. Prof.Valmir Gonçalves Carriço Página 1 CORTE DOS METAIS INTRODUÇÃO: Na indústria de conformação de chapas, a palavra cortar não é usada para descrever processos, exceto para cortes brutos ou envolvendo cortes de chapas sobrepostas. Mas, mesmo

Leia mais

Telecurso 2000 Processos de fabricação Peça; Retalho; Tira.

Telecurso 2000 Processos de fabricação Peça; Retalho; Tira. Conjunto de processos: Corte, Dobramento/curvamento (calandragem), Embutimento (estamp. profunda), Cunhagem, Perfilamento, Repuxamento. Processo a frio, Produto acabado, Matéria prima laminada, Forma volumétrica,

Leia mais

BARRACA BÁSICA ESPECIFICAÇÃO

BARRACA BÁSICA ESPECIFICAÇÃO INSTRUÇÁO NORMATIVA / DIRETORIA DE ABASTECIMENTO BARRACA BÁSICA ESPECIFICAÇÃO IN / D Abst / C1 II no 0041 201 1 SUMÁRIO 1. OBJETIVO... I 2. NORMAS CONIPLENIENTARES... I 3. CARACTER~STICAS GERAIS... 2 4.

Leia mais

TABELA DE PREÇOS REFERENCIAIS DE MATERIAIS DE LIMPEZA

TABELA DE PREÇOS REFERENCIAIS DE MATERIAIS DE LIMPEZA 78252 Materiais AGUA SANITARIA, A BASE DE HIPOCLORITO DE SODIO OU CALCIO, COM VALIDADE MINIMA DE 4 MESES, A PARTIR DA DATA DE FABRICACAO, ACAO: DESINFETANTE, TEOR DE CLORO ATIVO: 2,0% P/P A 2,5%P/P, PRODUZIDO

Leia mais

Armazenagem temporária Investimento em eficiência

Armazenagem temporária Investimento em eficiência Armazenagem temporária Investimento em eficiência Por que utilizar a armazenagem temporária? Características e Benefícios A melhor relação Custo-Benefício O de armazenagem temporária de grãos Temp Stor

Leia mais

Lista de Normas de janeiro a distribuir aos Correspondentes IPQ

Lista de Normas de janeiro a distribuir aos Correspondentes IPQ NP 3034:2012 Azeitonas de mesa Definição, classificação, características, acondicionamento e rotulagem NP EN 462-3:2012 Ensaios não destrutivos Qualidade da imagem radiográfica Parte 3: Classes de qualidade

Leia mais

LONA DE FREIO PEÇAS ESPECIAIS

LONA DE FREIO PEÇAS ESPECIAIS GAXETAS SECAS MANTA E TECIDO DE FIBRA CERÂMICA GAXETAS IMPREGNADAS FITAS CORTIÇA J U N T A E S P I R A L A D A FELTRO J U N T A D E V E D A Ç Ã O PAPELÃO HIDRAÚLICO F I T A P A T E N T E T E F L O N JUNTA

Leia mais

Parecer Técnico de Conformidade NR 17 e NBR 13966 MESA REUNIÃO REDONDA

Parecer Técnico de Conformidade NR 17 e NBR 13966 MESA REUNIÃO REDONDA Parecer Técnico de Conformidade NR 17 MESA REUNIÃO REDONDA Parecer Técnico de Conformidade NR 17 A SEFIT Serviços Especializados de Fisioterapia do Trabalho Ltda, inscrita no CNPJ n.º 04.207.225/0001-74,

Leia mais

CATÁLOGO GERAL TELAS TRANSPORTADORAS E CORREIAS DE TRANSMISSÃO

CATÁLOGO GERAL TELAS TRANSPORTADORAS E CORREIAS DE TRANSMISSÃO CATÁLOGO GERAL TELAS TRANSPORTADORAS E CORREIAS DE TRANSMISSÃO Correias Transportadoras A MOVICONTROL, S.A. presente no mercado desde 1987, possui uma grande experiência no fornecimento de soluções para

Leia mais

ICE-Trade s.a. ICE-Trade Production Sp. z o.o.

ICE-Trade s.a. ICE-Trade Production Sp. z o.o. ICE-Trade s.a. A ICE-Trade s.a. foi criada em setembro de 2001 e se especializou no fornecimento de Maquinário e Equipamento para empresas de serviços de correias e fabricantes de correias transportadoras.

Leia mais